CERTIDÃO DE REGULARIDADE E QUITAÇÃO - CRQ

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CERTIDÃO DE REGULARIDADE E QUITAÇÃO - CRQ"

Transcrição

1 CERTIDÃO DE REGULARIDADE E QUITAÇÃO - CRQ A CRQ será fornecida, mediante requerimento da pessoa jurídica registrada (Resolução CFN 378 de 28 de dezembro de 2005). O número de certidões a serem emitidas corresponderá ao número de responsáveis técnicos da pessoa jurídica, por Unidade da Federação de sua atuação; As taxas e emolumentos, correspondentes à expedição das certidões, serão pagos pela pessoa jurídica no ato do requerimento. Para solicitar o boleto referente à CRQ a pessoa jurídica deverá encaminhar e- mail para Havendo atualização de dados da pessoa jurídica que implique em modificação de informações constantes na certidão de registro e quitação, deverá ser emitida nova CRQ. Considerar-se-á nula de pleno direito a CRQ que deixar de corresponder à situação atualizada do registro da pessoa jurídica no CRN. CERTIDÃO DE CADASTRO - CC A CC será fornecida, mediante requerimento da pessoa jurídica cadastrada. (Resolução CFN 378 de 28 de dezembro de 2005). O número de certidões a serem emitidas corresponderá ao número de responsáveis técnicos da pessoa jurídica, por Unidade da Federação de sua atuação; As taxas e emolumentos, correspondentes à expedição das certidões, serão pagos pela pessoa jurídica no ato do requerimento. Para solicitar o boleto referente à CC a pessoa jurídica deverá encaminhar e- mail para Havendo atualização de dados da pessoa jurídica que implique em modificação de informações constantes na certidão de registro e quitação, deverá ser emitida nova CC Considerar-se-á nula de pleno direito a CC que deixar de corresponder à situação atualizada do registro da pessoa jurídica no CRN. Não existe previsão de isenção de taxas para empresas sem fins lucrativos ou filantrópicas (Parecer ASSEJUR)

2 DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A RENOVAÇÃO DE CRQ a) Renovação por vencimento anual, sem alteração de dados da empresa: 1. Requerimento da empresa solicitando a Renovação de CRQ e declarando que não houve alteração do contrato social. 2. Cópia autenticada ou original do instrumento particular de procuração do(a) representante legal. 3. Devolução da CRQ anterior; 4. Termo de compromisso do Responsável Técnico da matriz/ área de produção e de todas unidades onde haja produção (incluindo o CNPJ da filial), devidamente preenchido com todas as informações discriminadas (número de leitos por nível de assistência, número de refeições, número de consultas, produção da indústria, média de refeições por evento, etc.); Deverá ser escolhido o modelo que mais se adeque a empresa: Para Fins Licitatórios Escritório/ Matriz sem produção (exigido para TODAS as empresas) Geral (um para cada unidade/ filial de produção). 5. Formulário de Dimensionamento de acordo com a área de atuação Caso o responsável técnico tenha mais de uma área de atuação dentro da empresa terá que encaminhar um para cada área de atuação; devendo realizar a declaração da carga horária de cada uma das áreas de atuação. Só não será necessário ser apresentado nos casos de processo licitatório em que a empresa ainda não atue e/ou nos casos de escritório/matriz sem produção. Deverá ser apresentado para cada unidade produtora/ executora de atividade.

3 6. Formulário de Quadro Técnico da matriz e de todas unidades, se houver; O responsável técnico não compõe o quadro técnico. Para avaliação do quantitativo de nutricionistas necessários deverá consultar a Resolução CFN 380 de 28 de dezembro de 2005 (páginas 34 à 40) 7. Formulário de Relação de Unidades, se houver; 8. Formulário de Refeições Transportadas, se houver; Não serão averbados atestados de unidades/ filiais não declaradas. O número de refeições declaradas no formulário de dimensionamento da unidade de produção deverá prever não só as refeições distribuídas na unidade de produção como também todas as refeições que serão distribuídas para outras unidades. 9. Comprovante de Vínculo do nutricionista responsável técnico e do quadro técnico (nutricionista ou técnico em nutrição). Para assumir a responsabilidade técnica, os nutricionistas não podem ter vínculos de consultoria ou auditoria (Resolução CFN Nº 576, de 19 de novembro de 2016) São documentos aceitos como prova do vínculo: Contratos de Prestação de Serviços Carteira de Trabalho Ficha do Empregado/ Funcionário assinada pelo contratante e contratado. Termo de Cooperado.

4 10. Declaração de Nada Consta do(s) profissional(is) emitida por estes através do autoatendimento no site do CRN-5. Apenas nos casos de parcelamento ou comprovado problema de acesso (o nutricionista ou técnico deverá encaminhar o print da tela e a informação de dificuldade de acesso para o 11. Comprovante de pagamento da taxa de renovação. (Taxa referente a 2017/2018 O valor da taxa de emissão de CRQ/CC é R$ 32,69. A taxa de plastificação é R$ 18,00. Somando-se estes valores, temos o valor final de R$ 54,69. b. Alteração no contrato social (razão social, objeto social, capital social, filiais, endereço, sócios), atualização do (a) representante legal, outros: 1. Requerimento de Renovação da CRQ/ CC da empresa; 2. Cópia da alteração do Contrato Social autenticada em cartório ou original e cópia para autenticação no atendimento. 3. Cópia autenticada ou original do instrumento particular de procuração do(a) representante legal. 4. Devolução da CRQ anterior; 5. Termo de compromisso do Responsável Técnico da matriz/ área de produção e de todas unidades onde haja produção (incluindo o CNPJ da filial), devidamente preenchido com todas as informações discriminadas (número de leitos por nível de assistência, número de refeições, número de consultas, produção da indústria, média de refeições por evento, etc.); Deverá ser escolhido o modelo que mais se adeque a empresa: Para Fins Licitatórios Escritório/ Matriz (exigido para TODAS as empresas) Geral (um para cada unidade/ filial de produção).

5 6. Formulário de Dimensionamento de acordo com a área de atuação Caso o responsável técnico tenha mais de uma área de atuação dentro da empresa terá que encaminhar um para cada área de atuação; devendo realizar a declaração da carga horária de cada uma das áreas de atuação. Só não será necessário ser apresentado nos casos de processo licitatório em que a empresa ainda não atue e/ou nos casos de escritório/matriz sem produção. Deverá ser apresentado para cada unidade produtora/ executora de atividade. 7. Formulário de Quadro Técnico da matriz e de todas unidades, se houver; O responsável técnico não compõe o quadro técnico. Para avaliação do quantitativo de nutricionistas necessários deverá consultar a Resolução CFN 380 de 28 de dezembro de 2005 (páginas 34 à 40) 8. Formulário de Relação de Unidades, se houver; 9. Formulário de Refeições Transportadas, se houver; Não serão averbados atestados de unidades/ filiais não declaradas. O número de refeições declaradas no formulário de dimensionamento da unidade de produção deverá prever não só as refeições distribuídas na unidade de produção como também todas as refeições que serão distribuídas para outras unidades. 10. Comprovante de Vínculo do nutricionista responsável técnico e do quadro técnico (nutricionista ou técnico em nutrição). Para assumir a responsabilidade técnica, os nutricionistas não podem ter vínculos de consultoria ou auditoria (Resolução CFN Nº 576, de 19 de novembro de 2016) São documentos aceitos como prova do vínculo:

6 Contratos de Prestação de Serviços Carteira de Trabalho Ficha do Empregado/ Funcionário assinada pelo contratante e contratado. Termo de Cooperado. 11. Declaração de Nada Consta do(s) profissional(is) emitida por estes através do autoatendimento no site do CRN-5. Apenas nos casos de parcelamento ou comprovado problema de acesso (o nutricionista ou técnico deverá encaminhar o print da tela e a informação de dificuldade de acesso para o e- mail 12. Comprovante de pagamento da taxa de renovação. (Taxa referente a 2017/2018 O valor da taxa de emissão de CRQ/CC é R$ 32,69. A taxa de plastificação é R$ 18,00. Somando-se estes valores, temos o valor final de R$ 54,69 DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA RENOVAÇÃO DA CERTIDÃO DE CADASTRO 1. Requerimento da empresa solicitando a Renovação de CC 2. Devolução da CC anterior; 3. Termo de Compromisso do Responsável Técnico da matriz/ área de produção e de todas unidades onde haja produção/assistência (incluindo o CNPJ da filial), devidamente preenchido com todas as informações discriminadas (número de leitos por nível de assistência, número de refeições, número de consultas, produção da indústria, média de refeições por evento, etc.); Deverá ser escolhido o modelo que mais se adeque a empresa: Para Fins Licitatórios Escritório/ Matriz sem produção (exigido para as empresas que possuam várias unidades/ filiais) Geral (um para cada unidade/ filial de produção/ assistência).

7 4. Formulário de Dimensionamento de acordo com a área de atuação Caso o responsável técnico tenha mais de uma área de atuação dentro da empresa terá que encaminhar um para cada área de atuação; devendo realizar a declaração da carga horária de cada uma das áreas de atuação. Só não será necessário ser apresentado nos casos de processo licitatório em que a empresa ainda não atue e/ou nos casos de escritório/matriz sem produção. Deverá ser apresentado para cada unidade produtora/ executora de atividade. 5. Formulário de Quadro Técnico da matriz e de todas unidades, se houver; O responsável técnico não compõe o quadro técnico. Para avaliação do quantitativo de nutricionistas necessários deverá consultar a Resolução CFN 380 de 28 de dezembro de 2005 (páginas 34 à 40) Para avaliação da Alimentação do Escolar utilizar a Resolução CFN 465 de 23 de agosto de Formulário de Relação de Unidades, se houver; 7. Formulário de Refeições Transportadas, se houver; Não serão averbados atestados de unidades/ filiais não declaradas. O número de refeições declaradas no formulário de dimensionamento da unidade de produção deverá prever não só as refeições distribuídas na unidade de produção como também todas as refeições que serão distribuídas para outras unidades.

8 8. Comprovante de Vínculo do nutricionista responsável técnico e do quadro técnico (nutricionista ou técnico em nutrição). Original e cópia simples para autenticação no balcão ou cópia autenticada em cartório. Para assumir a responsabilidade técnica, os nutricionistas não podem ter vínculos de consultoria ou auditoria (Resolução CFN Nº 576, de 19 de novembro de 2016) São documentos aceitos como prova do vínculo: Contratos de Prestação de Serviços (contrato de sessão de sala, de percentual a ser pago para utilização de sala, etc) Carteira de Trabalho; Ficha do Empregado/ Funcionário assinada pelo contratante e contratado; Termo de Cooperado; Termo de Voluntariado nos moldes da Lei Federal Nº 9.608, de 18 de fevereiro de Declaração de Nada Consta do(s) profissional(is) emitida por estes através do autoatendimento no site do CRN-5. Apenas nos casos de parcelamento ou comprovado problema de acesso (o nutricionista ou técnico deverá encaminhar o print da tela e a informação de dificuldade de acesso para o 10. Comprovante de pagamento da taxa de renovação. (Taxa referente a 2017/2018 O valor da taxa de emissão de CRQ/CC é R$ 32,69. A taxa de plastificação é R$ 18,00. Somando-se estes valores, temos o valor final de R$ 54,69

9 ESCLARECIMENTOS IMPORTANTES Para que a CRQ seja renovada, é imprescindível que: A Pessoa Jurídica (PJ) esteja quite com anuidades ( apenas para as empresas obrigadas ao registro), taxas, emolumentos devidos ao CRN. (Art. 8º da Resolução CFN 378 de 28 de dezembro de 2005). Para consultar sua situação cadastral a PJ poderá entrar no autoatendimento do site do CRN-5. O(s) Responsável(is) Técnico(s) estejam quites com as anuidades, taxas e emolumentos devidos aos CRN. (Art. 8º Resolução Resolução CFN 378 de 28 de dezembro de 2005.e Art. 4º Resolução Resolução CFN Nº 576, de 19 de novembro de 2016); Se a PJ estiver respondendo por Processo de Infração em tramitação, caso já tenha sido imputada multa de infração esta deve estar quitada ou em recurso e a infração deve estar regularizada; A PJ deve apresentar/ atualizar os dados de TODAS as unidades clientes em que atua apresentando nutricionista responsável técnico e quadro técnico (quando houver) para cada filial ou representação que possuir. Deve a PJ estar ciente de que caso não informe ao CRN alguma de suas unidades, não poderá solicitar posteriormente registros de atestados de capacidade técnica, poderá ter a CRQ/ CC cancelada e será passível de Processo de Infração. (Art. 10 Resolução CFN 378 de 28 de dezembro de 2005, Portaria CRN-5 nº 11 de 24 de novembro de 2012 e Portaria CRN-5 n o. 9 de 30 de abril de 2015). Caso não apresentem os documentos de unidade (s) que sejam do conhecimento do CRN- 5, a CRQ/ CC não será liberada até que se apresente o Termo de Compromisso ou documento que comprove a baixa desta unidade.

10 Os Responsáveis Técnicos que atuam na PJ em mais de uma unidade devem observar a distribuição de sua carga horária nas unidades de forma que não haja conflito de horários entre as unidades; além dos demais critérios estabelecidos na Resolução CFN 576/16 de 19 de novembro de 2016 Art. 4º I. Grau de complexidade dos serviços relacionados a: a. Dias e horários de funcionamento da empresa/instituição; b. Dimensionamento da unidade, conforme segmento de atuação (número de refeições/dia, de leitos, de alunos/clientes, volume de produção industrial, número e especificação de turnos de produção, entre outros); II. Existência de Quadro Técnico (QT) e quantitativo, quando couber; III. Distribuição da carga horária técnica semanal e jornada diária compatível com os turnos de produção do serviço e com as atribuições específicas descritas em norma própria do CFN, bem como as legislações vigentes para este fim; IV. Compatibilidade do tempo despendido para acesso aos locais de trabalho; V. Regularidade cadastral e financeira perante o CRN. Parágrafo único. Caso haja necessidade de esclarecimentos dos critérios definidos no art. 4º para definir a concessão da Responsabilidade Técnica, o CRN poderá realizar diligências, inclusive visita fiscal e/ou técnica. Aos Responsáveis Técnicos que atuam também em outras PJ s será observada a compatibilidade da carga horária entre os vínculos de trabalho. Obedecendo os mesmos critérios acima descritos. A CRQ/ CC será entregue apenas ao representante legal, podendo ser entregue a terceiro desde que devidamente autorizado por documento comprobatório. Ou, caso seja de interesse da PJ a CRQ/ CC pode ser enviada por correio via correspondência registrada, Sedex ou Sedex 10 na forma solicitada no requerimento da PJ com a devida cobrança da taxa de envio postal. Vale destacar, ainda, que: Toda documentação exigida deve estar devidamente preenchida, datada e assinada (responsável identificado); Todos os campos devem ser preenchidos e, em caso de dúvida, a empresa deve contatar o CRN-5;

11 Documentação contendo rasuras ou preenchida inadequadamente será desconsiderada e o processo só seguirá após a substituição do mesmo; Documentação incompleta não será recebida e se for encaminhada por correio o processo ficará parado até a entrega dos documentos pendentes; Caso seja identificado no balcão de atendimento que o responsável técnico assinou formulários sem preencher as demais informações tendo deixado os campos em branco; e o mesmo estiver sendo preenchido por outra pessoa que não o próprio RT no balcão de atendimento; este documento será retido no atendimento e encaminhado para Comissão de Ética para posterior abertura de processo disciplinar. Formulários cujo preenchimento deve ser realizado apenas pelo responsável técnico: cujo preenchimento é de sua inteira responsabilidade a saber: Termo de Compromisso, Dimensionamento, Quadro Técnico e Refeição Transportada. Para emissão da CRQ/CC até a data de 15/07/2018, faz-se necessário que o RT e todo o quadro técnico esteja com a anuidade 2017 e débitos anteriores quitados. Em caso de dúvidas, a empresa deve contatar o CRN-5 pelo telefone (71) ou encaminhar para devendo citar Razão Social e CNPJ da empresa. Caso as dúvidas sejam do preenchimento de formulários de responsabilidade do nutricionista RT; este deverá encaminhar para devendo citar:o nome completo do RT, sua inscrição no CRN-5, Nome da empresa e CNPJ desta. A CRQ/CC tem prazo estimado para ser concedida de 30 (trinta) dias; considerando que toda documentação seja apresentada completa e sem erros no seu preenchimento. O acompanhamento da liberação de CRQ/CC deve ser feito através do autoatendimento utilizando o número do protocolo emitido pelo CRN-5.

CERTIDÃO DE REGULARIDADE E QUITAÇÃO - CRQ

CERTIDÃO DE REGULARIDADE E QUITAÇÃO - CRQ Conselho Federal de Nutricionistas Conselho Regional de Nutricionistas 5a Região (BA e SE) CERTIDÃO DE REGULARIDADE E QUITAÇÃO - CRQ A CRQ será fornecida, mediante requerimento da pessoa jurídica registrada

Leia mais

ANOTAÇÃO DA RESPONSABILIDADE TÉCNICA - ART

ANOTAÇÃO DA RESPONSABILIDADE TÉCNICA - ART ANOTAÇÃO DA RESPONSABILIDADE TÉCNICA - ART Conforme Resolução CFN 576 de 19 de novembro de 2016 a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) é o ato administrativo realizado pelo Conselho Regional de Nutricionistas,

Leia mais

RESOLUÇÃO CFN Nº 576, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2016

RESOLUÇÃO CFN Nº 576, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2016 1 RESOLUÇÃO CFN Nº 576, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2016 Dispõe sobre procedimentos para solicitação, análise, concessão e anotação de Responsabilidade Técnica do Nutricionista e dá outras providências. O Conselho

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS NO ESTADO DA BAHIA CORE-BA. Relação de Serviços e Prazos de Atendimento

CONSELHO REGIONAL DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS NO ESTADO DA BAHIA CORE-BA. Relação de Serviços e Prazos de Atendimento Relação de Serviços e Prazos de Atendimento Registros Presencial: 02-dias (certidão) e 15 dias (carteirinha ou certificado). Certidões Imediata Alteração contratual 05 dias úteis Cancelamento de Registro

Leia mais

Representante Legal (assinatura) Registro no CRA nº Data do Registro Tipo do Registro ( )Principal

Representante Legal (assinatura) Registro no CRA nº Data do Registro Tipo do Registro ( )Principal REQUERIMENTO DE REGISTRO CADASTRAL SECUNDÁRIO PESSOA JURÍDICA Ao Presidente do Conselho Regional de Administração do Espírito Santo, O requerente abaixo assinado, com amparo ao que preceitua o Art. 15

Leia mais

COMO SE REGISTRAR NO CORE-RJ

COMO SE REGISTRAR NO CORE-RJ COMO SE REGISTRAR NO CORE-RJ RELAÇÃO DE DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA O REGISTRO PESSOA JURÍDICA EMPRESÁRIO INDIVIDUAL OBRIGATORIEDADE DO REGISTRO PROFISSIONAL (Lei nº 4.886/65 Art. 3º) As pessoas jurídicas

Leia mais

NÚMERO DA PÁGINA 01/06

NÚMERO DA PÁGINA 01/06 01/06 JOSÉ AUGUSTO DE CARVALHO GONÇALVES NUNES, Diretor Presidente da ÁGUAS E ESGOTOS DO PIAUÍ S/A - AGESPISA, no uso das atribuições que lhe confere o Estatuto Social da Empresa e, CONSIDERANDO a conveniência

Leia mais

CADASTRO. 4. Cópia autenticada da Inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova de diretoria em exercício.

CADASTRO. 4. Cópia autenticada da Inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova de diretoria em exercício. COMISSÃO DE CADASTRO DE FORNECEDORES CADASTRO Relação dos documentos necessários para CADASTRAMENTO no Serviço de Previdência Municipal - SEPREM, conforme artigos 27 a 31 da Lei Federal nº 8.666, de 21

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA CADASTRO DE FORNECEDORES INSTRUÇÕES GERAIS. 1. OBJETIVO Estabelecer normas e procedimentos para efeito de habilitação em licitações da Prefeitura Municipal de Porto Ferreira, nos termos da Lei Federal

Leia mais

CONDIÇÕES E INSTRUÇÕES PARA CADASTRAMENTO e/ou CREDENCIAMENTO DE FORNECEDORES

CONDIÇÕES E INSTRUÇÕES PARA CADASTRAMENTO e/ou CREDENCIAMENTO DE FORNECEDORES CONDIÇÕES E INSTRUÇÕES PARA CADASTRAMENTO e/ou CREDENCIAMENTO DE FORNECEDORES 1. DEFINIÇÃO E OBJETIVO 1.1. O objetivo desta instrução é fornecer informações básicas aos interessados em obter seu cadastramento

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO REQUERIMENTO DE REGISTRO CADASTRAL PRINCIPAL - PESSOA JURÍDICA

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO REQUERIMENTO DE REGISTRO CADASTRAL PRINCIPAL - PESSOA JURÍDICA REQUERIMENTO DE REGISTRO CADASTRAL PRINCIPAL - PESSOA JURÍDICA Como requerer: Via Sistema de Auto Atendimento do CRA-ES Tempo médio de Atendimento em nossa Sede: 20 minutos Prazo de entrega da Certidão

Leia mais

PERGUNTAS & RESPOSTAS - SECRETARIA

PERGUNTAS & RESPOSTAS - SECRETARIA PERGUNTAS & RESPOSTAS - SECRETARIA 1. QUAL A DIFERENÇA DE UMA INSCRIÇÃO PROVISÓRIA DE UMA PRINCIPAL? A inscrição Provisória é aquela quando o profissional Cirurgião-Dentista já colou grau mas ainda não

Leia mais

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia Serviço Público Federal

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia Serviço Público Federal ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO DE PESSOA FÍSICA VIA CORREIO 1. Solicitar os boletos para recolhimento da taxa de inscrição de pessoa física, da taxa de expedição da habilitação e da anuidade (proporcional),

Leia mais

CONSIDERANDO o disposto no 1º, do art. 30, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993;

CONSIDERANDO o disposto no 1º, do art. 30, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993; Publicado no D.O.U. nº 84 de 22/04/2015, Seção 1 pag. 78 Publicado no DOU nº 211, 03/11/2016, Seção 1 pag. 75 RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015 (Alterada pela Resolução Normativa 489,

Leia mais

PROCEDIMENTO CADASTRAL

PROCEDIMENTO CADASTRAL PROCEDIMENTO CADASTRAL SERVIÇOS DE LIMPEZA CONTROLE DE PRAGAS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE PILHAS E BATERIAS COLETA, TRANSPORTE DESCONTAMINAÇÃO E DESTINAÇÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 464, DE

RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 464, DE RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 464, DE 22-04-2015 DOU 06-05-2015 Dispõe sobre a criação de Acervos Técnicos de Pessoas Físicas e Pessoas Jurídicas registradas nos CRAs, por meio do Registro de Comprovação

Leia mais

COMO SE REGISTRAR NO CORE-RJ

COMO SE REGISTRAR NO CORE-RJ COMO SE REGISTRAR NO 1 Registro de Pessoa Física (Autônomo) RELAÇÃO DE DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA O REGISTRO PESSOA FÍSICA (Lei nº 4.886/65, Art. 3º) Com a aprovação do novo Código Civil em 11 de janeiro

Leia mais

ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015

ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015 ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015 Dispõe sobre a criação de Acervos Técnicos de Pessoas

Leia mais

I EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE AVALIADORES CERNE 2017

I EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE AVALIADORES CERNE 2017 1. APRESENTAÇÃO I EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE AVALIADORES CERNE 2017 A Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (ANPROTEC), com sede na cidade de Brasília, no SCN, quadra

Leia mais

RESOLUÇÃO CFB N. 186/2017.

RESOLUÇÃO CFB N. 186/2017. RESOLUÇÃO CFB N. 186/2017. Institui o Registro de Comprovação de Aptidão para Desempenho de Atividades de Biblioteconomia RCA, de Pessoas Físicas e Jurídicas e dá outras providências. O Conselho Federal

Leia mais

O CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL DA 21ª REGIÃO/MS, no uso de suas atribuições legais e regimentais e,

O CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL DA 21ª REGIÃO/MS, no uso de suas atribuições legais e regimentais e, RESOLUÇÃO Nº 554, DE 20 DE AGOSTO DE 2015. EMENTA: Institui regras para aplicação dos instrumentos normativos de cobrança utilizados no combate ao inadimplemento e procedimentos a serem adotados nas conciliações

Leia mais

INFORMAÇÕES PARA MATRÍCULA / 2019

INFORMAÇÕES PARA MATRÍCULA / 2019 INFORMAÇÕES PARA MATRÍCULA / 2019 Salvador, 05 de novembro de 2018. Mães, Pais e Responsáveis, Estamos felizes em receber os alunos aprovados no Processo de Admissão de Novos Alunos para o ano letivo de

Leia mais

Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Imóvel

Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Imóvel Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Imóvel Nesse documento você encontra todas as orientações para efetuar a transferência de titularidade de sua cota de maneira ágil e fácil.

Leia mais

ANEXO X MANUAL DE CADASTRAMENTO NO GDH

ANEXO X MANUAL DE CADASTRAMENTO NO GDH ANEXO X MANUAL DE CADASTRAMENTO NO GDH Este manual poderá sofrer alterações devido a implementações de rotinas no sistema, as quais serão notificadas aos interessados. INSCRIÇÃO DO INSTRUTOR NO GDH Analisados

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO DE FORNECEDORES O Município de Colinas do Tocantins, Estado do Tocantins, com fundamento nos artigos 34 a 37 da Lei nº 8.666/93 e demais alterações, torna público

Leia mais

ANEXO X MANUAL DE CADASTRAMENTO NO GDH. Este manual poderá sofrer alterações devido a implementações de rotinas no sistema, as

ANEXO X MANUAL DE CADASTRAMENTO NO GDH. Este manual poderá sofrer alterações devido a implementações de rotinas no sistema, as ANEXO X MANUAL DE CADASTRAMENTO NO GDH Este manual poderá sofrer alterações devido a implementações de rotinas no sistema, as quais serão notificadas aos interessados. INSCRIÇÃO DO INSTRUTOR NO GDH Analisados

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE FONOAUDIOLOGIA

CONSELHO FEDERAL DE FONOAUDIOLOGIA RESOLUÇÃO CFFa nº 339, de 20 de outubro de 2006. REVOGADA Dispõe sobre o registro de Pessoas Jurídicas nos Conselhos de Fonoaudiologia e dá outras providências. O Conselho Federal de Fonoaudiologia-CFFa,

Leia mais

ORIENTAÇÕES DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE RT

ORIENTAÇÕES DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE RT ORIENTAÇÕES DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE RT A anotação de responsabilidade técnica (ART) deve ser preenchida pelo profissional contratado. Por diversos motivos a ART protocolada no pode ser devolvida

Leia mais

Lei nº de 30 de outubro de 1980

Lei nº de 30 de outubro de 1980 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS DA EMPRESA EXIGIDOS PARA O REGISTRO DE EMPRESÁRIO INDIVIDUAL OBRIGATORIEDADE DO REGISTRO PROFISSIONAL (Lei nº 4.886/65, Art. 3º) Lei nº 6.839 de 30 de outubro de 1980 (Dispõe sobre

Leia mais

1. DO CADASTRAMENTO E DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL

1. DO CADASTRAMENTO E DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL EDITAL DE CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL Nº 005/2019 Edital de Convocação de Pessoas Físicas e Jurídicas para Inscrição ou Renovação no Cadastro de Fornecedores da Prefeitura Municipal de Coqueiros

Leia mais

INFORMAÇÕES PARA MATRÍCULA / 2019

INFORMAÇÕES PARA MATRÍCULA / 2019 INFORMAÇÕES PARA MATRÍCULA / 2019 Salvador, 05 de novembro de 2018. Srs. pais ou responsáveis, Inicialmente, gostaríamos de parabenizar os alunos aprovados no Processo de Admissão do Colégio Bernoulli

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS NO ESTADO DE MINAS GERAIS CORE MG.

CONSELHO REGIONAL DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS NO ESTADO DE MINAS GERAIS CORE MG. REQUERIMENTO REGISTRO EMPRESÁRIO INDIVIDUAL PREENCHIMENTO OBRIGATÓRIO DO REPRESENTANTE COMERCIAL Nome do Empresário: Endereço do Empresário: Endereço para Correspondência: Fone: ( ) Fone/Fax:( ) E-mail:

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO PARANÁ MANUAL DE ACESSO E FUNCIONALIDADES DO PORTAL DE SERVIÇOS PJ. Área de Negócio: Portal CRM-PR Pessoa Jurídica

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO PARANÁ MANUAL DE ACESSO E FUNCIONALIDADES DO PORTAL DE SERVIÇOS PJ. Área de Negócio: Portal CRM-PR Pessoa Jurídica CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO PARANÁ MANUAL DE ACESSO E FUNCIONALIDADES DO PORTAL DE SERVIÇOS PJ Área de Negócio: Portal CRM-PR Pessoa Jurídica INFORMAÇÕES SOBRE O LOGIN PESSOA JURÍDICA 1 ACESSO AO

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA MOVIMENTAÇÃO CADASTRAL. Fevereiro/2011

ORIENTAÇÕES PARA MOVIMENTAÇÃO CADASTRAL. Fevereiro/2011 ORIENTAÇÕES PARA MOVIMENTAÇÃO CADASTRAL Fevereiro/2011 1. DOCUMENTOS EXIGIDOS POR TIPO DE MOVIMENTAÇÃO 1.1 INCLUSÃO DE TITULAR Ficha de movimentação preenchida, assinada, carimbada pela empresa e assinada

Leia mais

Sobre o Cancelamento de Gravames. Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/RS

Sobre o Cancelamento de Gravames. Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/RS Sobre o Cancelamento de Gravames Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/RS Procedimentos para solicitação do desbloqueio de cancelamento de gravame. (Versão Atualizada 2015) De acordo com a portaria

Leia mais

1º Para os casos de transferência externa serão aceitas apenas as inscrições para áreas afins,

1º Para os casos de transferência externa serão aceitas apenas as inscrições para áreas afins, EDITAL NRCA-SJP N.º 06/2016 DISPÕE SOBRE OS PROCESSOS DE INGRESSO POR TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE FAE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS. A Coordenadora do Núcleo

Leia mais

CONSELHO DIRETOR ATO DO PRESIDENTE RESOLUÇÃO INEA Nº 142 DE 06 DE SETEMBRO DE 2016.

CONSELHO DIRETOR ATO DO PRESIDENTE RESOLUÇÃO INEA Nº 142 DE 06 DE SETEMBRO DE 2016. Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado do Ambiente SEA Instituto Estadual do Ambiente INEA CONSELHO DIRETOR ATO DO PRESIDENTE RESOLUÇÃO INEA Nº 142 DE 06 DE SETEMBRO DE 2016. REGULAMENTA

Leia mais

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia Serviço Público Federal

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia Serviço Público Federal ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO DE PESSOA FÍSICA VIA CORREIO 1. Solicitar os boletos para recolhimento da taxa de inscrição de pessoa física, da taxa de expedição da habilitação e da anuidade (proporcional),

Leia mais

EXTRATO DE EDITAL Nº 006/2016 UEPA PROCESSO DE REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS DE CURSO DE GRADUAÇÃO EXPEDIDOS POR INSTITUIÇÕES ESTRANGEIRAS

EXTRATO DE EDITAL Nº 006/2016 UEPA PROCESSO DE REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS DE CURSO DE GRADUAÇÃO EXPEDIDOS POR INSTITUIÇÕES ESTRANGEIRAS EXTRATO DE EDITAL Nº 006/2016 UEPA PROCESSO DE REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS DE CURSO DE GRADUAÇÃO EXPEDIDOS POR INSTITUIÇÕES ESTRANGEIRAS A Universidade do Estado do Pará, por meio da Pró-Reitoria de Graduação,

Leia mais

- Mais informações: Departamento de Registro/Belo Horizonte. Telefones: (31) ou

- Mais informações: Departamento de Registro/Belo Horizonte. Telefones: (31) ou RELAÇÃO DE DOCUMENTOS DA EMPRESA EXIGIDOS PARA O REGISTRO PESSOA JURÍDICA ATENÇÃO: TODA A DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA O REGISTRO DEVERÁ SER APRESENTADA EM CÓPIA AUTENTICADA EM CARTÓRIO OU NO ATO DO REGISTRO

Leia mais

Documentação necessária para alteração cadastral

Documentação necessária para alteração cadastral Documentação necessária para alteração cadastral Segunda via de cadastro Preencher requerimento de 2ª via de cadastro Cópia da taxa paga de 2ª via (requerer nas unidades dos rápidos) Alteração de sócio:

Leia mais

Prefeitura do Município de Piracicaba Secretaria Municipal de Administração Departamento de Material e Patrimônio Divisão de Compras

Prefeitura do Município de Piracicaba Secretaria Municipal de Administração Departamento de Material e Patrimônio Divisão de Compras O, por intermédio da, comunica que, de acordo com o que dispõe a Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações, os Srs. Fornecedores da Prefeitura do Município de Piracicaba que desejarem se inscrever no CERTIFICADO

Leia mais

10.16 Não serão considerados para efeito de pontuação:

10.16 Não serão considerados para efeito de pontuação: EDITAL N 001/2018 DA SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA DA SECRETARIA DE SAÚDE DO ERRATA N 001/2018 A Secretaria de Planejamento Administração e Gestão de Pessoas do Município do Recife em conjunto com a Secretaria

Leia mais

PORTARIA Nº 017 /2017

PORTARIA Nº 017 /2017 PORTARIA Nº 017 /2017 De 30 de novembro de 2017 Dispõe sobre critérios para avaliação e concessão do benefício de isenção de anuidades no âmbito da Jurisdição do CRQ-III e dá outras providências. O PRESIDENTE

Leia mais

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia Serviço Público Federal ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO DE PESSOA FÍSICA

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia Serviço Público Federal ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO DE PESSOA FÍSICA ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Solicitar os boletos para recolhimento da taxa de inscrição de pessoa física, da taxa de expedição da habilitação e da anuidade (proporcional), pelo e-mail:

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC"

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL CRC MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" DO MUNICÍPIO DE PARAÚNA/GO, PARA CADASTRO DE FORNECEDORES/PRESTADORES DE SERVIÇOS. RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA

Leia mais

INFORMAÇÕES PARA MATRÍCULA / 2019

INFORMAÇÕES PARA MATRÍCULA / 2019 INFORMAÇÕES PARA MATRÍCULA / 2019 Salvador, 20 de novembro de 2018. Mães, Pais e Responsáveis, Estamos felizes em receber os alunos aprovados no Processo de Admissão de Novos Alunos para o ano letivo de

Leia mais

EDITAL Nº 33, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2018

EDITAL Nº 33, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2018 EDITAL Nº 33, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2018 ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO PARA OCUPAÇÃO DE VAGAS POR TRANSFERÊNCIA INTERNA / EXTERNA E INGRESSO DE PORTADOR DE DIPLOMA PARA OS CURSOS TÉCNICOS

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 01/ SEBRAE FAQ Perguntas mais Frequentes

PROCESSO SELETIVO Nº 01/ SEBRAE FAQ Perguntas mais Frequentes PROCESSO SELETIVO Nº 01/2015 - SEBRAE FAQ Perguntas mais Frequentes 1. Se eu enviar somente o formulário de inscrição já estarei apto a participar do Processo Seletivo? Não. Deverá enviar toda documentação

Leia mais

ESOLUÇÃO CFC Nº 1.390, DE 30 DE MARÇO DE 2012 DOU Dispõe sobre o Registro Cadastral das Organizações Contábeis.

ESOLUÇÃO CFC Nº 1.390, DE 30 DE MARÇO DE 2012 DOU Dispõe sobre o Registro Cadastral das Organizações Contábeis. ESOLUÇÃO CFC Nº 1.390, DE 30 DE MARÇO DE 2012 DOU 24.04.2012 Dispõe sobre o Registro Cadastral das Organizações Contábeis. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e

Leia mais

ATO ADMINISTRATIVO Nº 26, 13 DE DEZEMBRO DE 2012

ATO ADMINISTRATIVO Nº 26, 13 DE DEZEMBRO DE 2012 ATO ADMINISTRATIVO Nº 26, 13 DE DEZEMBRO DE 2012 Dispõe sobre os valores de Anuidades de Pessoas Físicas e Jurídicas, de Anotação de Responsabilidade Técnica - ART, de Serviços e de Multas no exercício

Leia mais

Manual de Procedimentos Operacionais. Requerimento de ART e Acervo Técnico

Manual de Procedimentos Operacionais. Requerimento de ART e Acervo Técnico Check List CAT sem registro de atestado CAT sem registro de atestado Preenchimento Se não houver dados, será solicitado o preenchimento. Se contiver rasura ou estiver ilegível, deverá ser recusado o requerimento.

Leia mais

- Maiores informações: Departamento de Registro/Belo Horizonte. Telefones: (31) ou

- Maiores informações: Departamento de Registro/Belo Horizonte. Telefones: (31) ou RELAÇÃO DE DOCUMENTOS DA EMPRESA EXIGIDOS PARA O REGISTRO EIRELI ATENÇÃO: TODA A DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA O REGISTRO DEVERÁ SER APRESENTADA EM CÓPIA AUTENTICADA EM CARTÓRIO OU NO ATO DO REGISTRO APRESENTAR

Leia mais

EDITAL NRCA-SJP N.º 10/2016

EDITAL NRCA-SJP N.º 10/2016 EDITAL NRCA-SJP N.º 10/2016 DISPÕE SOBRE OS PROCESSOS DE INGRESSO POR TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE FAE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS. A Coordenadora do Núcleo

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL DE MINAS GERAIS ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO CONFORME RESOL. CFESS 588/2010

CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL DE MINAS GERAIS ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO CONFORME RESOL. CFESS 588/2010 CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL DE MINAS GERAIS ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO CONFORME RESOL. CFESS 588/2010 Para iniciar o processo de Inscrição, leia atentamente a Resolução CFESS 588/2010, imprima

Leia mais

GUIA PARA RENOVAÇÃO OU ATUALIZAÇÃO CADASTRAL

GUIA PARA RENOVAÇÃO OU ATUALIZAÇÃO CADASTRAL SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO - ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO GUIA PARA RENOVAÇÃO OU ATUALIZAÇÃO CADASTRAL PARA FORNECEDORES QUE JÁ TRABALHAM COM O SESC/ARRJ SU MÁ RIO Orientações gerais

Leia mais

PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS PARA O PROCESSO DE REGISTRO NO CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL 2ª REGIÃO/MA

PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS PARA O PROCESSO DE REGISTRO NO CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL 2ª REGIÃO/MA PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS PARA O PROCESSO DE REGISTRO NO CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL 2ª REGIÃO/MA A inscrição no Conselho Regional de Serviço Social é obrigatória para pessoas físicas que exercem

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO GERÊNCIA DE CADASTRO DE FORNECEDORES, MATERIAIS E SERVIÇOS ORIENTAÇÕES INICIAIS Como se tornar um

Leia mais

O Plenário do Conselho Regional de Enfermagem de Minas Gerais - Coren/MG, no uso de suas atribuições consignadas no Regimento Interno;

O Plenário do Conselho Regional de Enfermagem de Minas Gerais - Coren/MG, no uso de suas atribuições consignadas no Regimento Interno; DECISÃO NORMATIVA COREN/MG Nº 97, de 24/11/2016 Regulamenta a Resolução COFEN nº 509, de 04 de abril de 2016, que estabelece o procedimento para a Anotação de Responsabilidade Técnica dos Serviços de Enfermagem,

Leia mais

EDITAL Nº 019/2015 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E INGRESSO DE PORTADORES DE DIPLOMA EM CURSOS SUPERIORES

EDITAL Nº 019/2015 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E INGRESSO DE PORTADORES DE DIPLOMA EM CURSOS SUPERIORES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS BENTO GONÇALVES EDITAL Nº 019/2015 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA

Leia mais

Edital de Preenchimento de Vagas Remanescentes n.º 02, de 24/05/2018

Edital de Preenchimento de Vagas Remanescentes n.º 02, de 24/05/2018 Edital de Preenchimento de Vagas Remanescentes n.º 02, de 24/05/2018 O Diretor da Faculdade de Tecnologia de Jahu (FATEC-JAHU), no uso de suas atribuições legais, faz saber que estão abertas as inscrições

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE PRAIA GRANDE. EDITAL FATEC PRAIA GRANDE Nº. 01/2018 de 05 de junho de 2018.

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE PRAIA GRANDE. EDITAL FATEC PRAIA GRANDE Nº. 01/2018 de 05 de junho de 2018. EDITAL FATEC PRAIA GRANDE Nº. 01/2018 de 05 de junho de 2018. A Diretora da Fatec Praia Grande - Faculdade de Tecnologia de Praia Grande, no uso de suas atribuições legais, faz saber que estão abertas

Leia mais

- o que estabelece o Decreto nº , publicado em 02 de agosto de 2007;

- o que estabelece o Decreto nº , publicado em 02 de agosto de 2007; ATO DO PRESIDENTE PORTARIA DETRO/PRES. Nº 1087 de 17 de setembro de 2012. DISPÕE SOBRE OS PROCEDIMENTOS A SEREM OBSERVADOS E APLICADOS NO PARCELAMENTO/ REPARCELAMENTO DE DÉBITOS REFERENTE A MULTAS E TAXA

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE CONCESSÃO DE BOLSA SOCIAL DE ESTUDO DA ESMAFE/RS CURSO DE PREPARAÇÃO À MAGISTRATURA FEDERAL (MODALIDADE PRESENCIAL).

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE CONCESSÃO DE BOLSA SOCIAL DE ESTUDO DA ESMAFE/RS CURSO DE PREPARAÇÃO À MAGISTRATURA FEDERAL (MODALIDADE PRESENCIAL). REGULAMENTO DO PROGRAMA DE CONCESSÃO DE BOLSA SOCIAL DE ESTUDO DA ESMAFE/RS CURSO DE PREPARAÇÃO À MAGISTRATURA FEDERAL (MODALIDADE PRESENCIAL). A Escola Superior da Magistratura Federal no RS- ESMAFE/RS,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Correntina publica:

Prefeitura Municipal de Correntina publica: Prefeitura Municipal de Correntina 1 Terça-feira Ano Nº 2641 Prefeitura Municipal de Correntina publica: Edital de Chamamento Público nº001/2018 Processo Administrativo 001/2018-Objeto:Convocação de pessoas

Leia mais

2.1. No QUADRO I (CRONOGRAMA GERAL) do subitem 1.2, onde se lê: QUADRO I - CRONOGRAMA GERAL 2016 AGOSTO. Dia 15 Às 23h59min Término das inscrições

2.1. No QUADRO I (CRONOGRAMA GERAL) do subitem 1.2, onde se lê: QUADRO I - CRONOGRAMA GERAL 2016 AGOSTO. Dia 15 Às 23h59min Término das inscrições EDITAL N 003/2016 MUNICÍPIO DE SANTA RITA DO TOCANTINS-TO / COPESE CONCURSO PÚBLICO PARA QUADRO GERAL, SAÚDE, EDUCAÇÃO E ASSISTÊNCIA SOCIAL 2016 O MUNICÍPIO DE SANTA RITA DO TOCANTINS ESTADO DO TOCANTINS,

Leia mais

RESOLUÇÃO CFFa nº 339, de 20 de outubro de 2006

RESOLUÇÃO CFFa nº 339, de 20 de outubro de 2006 RESOLUÇÃO CFFa nº 339, de 20 de outubro de 2006 Dispõe sobre o registro de Pessoas Jurídicas nos Conselhos de Fonoaudiologia e dá outras providências. O Conselho Federal de Fonoaudiologia-CFFa, no uso

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - CADASTRO DE RESERVA EDITAL APAE N.º 002/2018

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - CADASTRO DE RESERVA EDITAL APAE N.º 002/2018 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - CADASTRO DE RESERVA EDITAL APAE N.º 002/2018 O Presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Aracruz, no uso de suas atribuições legais, FAZ SABER, por

Leia mais

EDITAL Nº 07-DE, de 01 de Agosto de 2016.

EDITAL Nº 07-DE, de 01 de Agosto de 2016. EDITAL Nº 07-DE, de 01 de Agosto de 2016. EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA E EXTERNA PARA OS CURSOS TÉCNICOS SUBSEQUENTES DO IFRS CAMPUS VIAMÃO O do Instituto

Leia mais

O que é o Acervo Técnico de um profissional e quando posso solicitá-lo? Quais ARTs fazem parte do Acervo Técnico do profissional?

O que é o Acervo Técnico de um profissional e quando posso solicitá-lo? Quais ARTs fazem parte do Acervo Técnico do profissional? O que é o Acervo Técnico de um profissional e quando posso solicitá-lo? Considera-se Acervo Técnico do profissional toda a experiência por ele adquirida ao longo de sua vida profissional, compatível com

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1

CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1 CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1 A Comissão de Licitação do Conselho Nacional do SESI vem por meio desta

Leia mais

FEDERAÇÃO CATARINENSE DE Fundada em 31 de Março de 1995 Filiada a Confederação Brasileira de Basketball

FEDERAÇÃO CATARINENSE DE Fundada em 31 de Março de 1995 Filiada a Confederação Brasileira de Basketball RESOLUÇÃO DE DIRETORIA RD 005/2015 RESOLVE: A Diretoria da Federação Catarinense de Basketball, reunida em 05 de Março de 2015, por proposta do Departamento de Registro, Documentação e Estatística, e no

Leia mais

Anexo I Análise Técnica (POI nº 12) Objetivo: Autorização para o exercício da atividade de Produção de Óleo Lubrificante acabado.

Anexo I Análise Técnica (POI nº 12) Objetivo: Autorização para o exercício da atividade de Produção de Óleo Lubrificante acabado. Anexo I Análise Técnica (POI nº ) Legislação: Resolução ANP nº 8, de 9/06/009. Requerente: IQ Soluções & Química S/A CNPJ: 6.7.509/000-9 Processo nº: 4860.00966/008-78 Objetivo: Autorização para o exercício

Leia mais

EDITAL Nº. 36/2018 ABERTURA DE PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA PARA OS CURSOS SUPERIORES DO IFRS CAMPUS CANOAS

EDITAL Nº. 36/2018 ABERTURA DE PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA PARA OS CURSOS SUPERIORES DO IFRS CAMPUS CANOAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS CANOAS EDITAL Nº. 36/2018 ABERTURA DE

Leia mais

Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Móvel

Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Móvel Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Móvel Nesse documento você encontra todas as orientações para efetuar a transferência de sua cota de maneira ágil e fácil. Esse processo passa

Leia mais

PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS PARA O PROCESSO DE REGISTRO NO CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL 2ª REGIÃO/MA

PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS PARA O PROCESSO DE REGISTRO NO CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL 2ª REGIÃO/MA PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS PARA O PROCESSO DE REGISTRO NO CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL 2ª REGIÃO/MA A inscrição no Conselho Regional de Serviço Social é obrigatória para pessoas físicas que exercem

Leia mais

1º São requisitos preliminares para o registro de que trata o caput deste artigo : (1) a) b) c) d)

1º São requisitos preliminares para o registro de que trata o caput deste artigo : (1) a) b) c) d) Publicada no D.O.U. - 15/12/93 Seção 1 RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 148, DE 26 DE NOVEMBRO DE 1993 (Alterada pela Resolução Normativa CFA n.º 179, de 25/04/96) (Revogada pela Resolução Normativa CFA nº 304,

Leia mais

EDITAL Nº. 23/2018 ABERTURA DE PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA PARA OS CURSOS SUPERIORES DO IFRS CAMPUS CANOAS

EDITAL Nº. 23/2018 ABERTURA DE PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA PARA OS CURSOS SUPERIORES DO IFRS CAMPUS CANOAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS CANOAS EDITAL Nº. 23/2018 ABERTURA DE

Leia mais

DEPARTAMENTO DE REGISTROS E TRANSFERÊNCIAS Manual de Procedimentos Clubes Profissionais Versão 2018

DEPARTAMENTO DE REGISTROS E TRANSFERÊNCIAS Manual de Procedimentos Clubes Profissionais Versão 2018 MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO DEPARTAMENTO DE REGISTROS E TRANSFERÊNCIAS FEDERAÇÃO PARANAENSE DE FUTEBOL 2018 O procedimento para o protocolo dos processos referentes ao registro de atletas e comissão técnica,

Leia mais

ATO ADMINISTRATIVO Nº 21 DE 08 DE DEZEMBRO 2010.

ATO ADMINISTRATIVO Nº 21 DE 08 DE DEZEMBRO 2010. ATO ADMINISTRATIVO Nº 21 DE 08 DE DEZEMBRO 2010. Dispõe sobre os valores de Anuidades de Pessoas Físicas e Jurídicas, de Anotação de Responsabilidade Técnica ART, de Serviços e de Multas no exercício de

Leia mais

ATO ADMINISTRATIVO Nº 27/ 2013

ATO ADMINISTRATIVO Nº 27/ 2013 ATO ADMINISTRATIVO Nº 27/ 2013 Dispõe sobre os valores de Anuidades de Pessoas Físicas e Jurídicas, de Anotação de Responsabilidade Técnica - ART, de Serviços e de Multas no exercício de 2014. CONSELHO

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR MINISTÉRIO DA SAÚDE 1 AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR RESOLUÇÃO-RDC Nº 5, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2000 (*) Aprova normas sobre os procedimentos administrativos para requerimento e concessão de registro

Leia mais

DIRETORIA DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO DRCA

DIRETORIA DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO DRCA PRIMEIRA MATRÍCULA (Selecionados e Mudança de Nível) 01/08 a 05/08/2011 Período para envio dos documentos para matrícula 2011/1 25/07 a 29/07/2011 Matrícula nas disciplinas de nivelamento (secretaria do

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO AO CONCURSO DE SUFICIÊNCIA PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DE ATUAÇÃO NA ÁREA DE ATENDIMENTO AO QUEIMADO 2017

EDITAL DE CONVOCAÇÃO AO CONCURSO DE SUFICIÊNCIA PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DE ATUAÇÃO NA ÁREA DE ATENDIMENTO AO QUEIMADO 2017 EDITAL DE CONVOCAÇÃO AO CONCURSO DE SUFICIÊNCIA PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DE ATUAÇÃO NA ÁREA DE ATENDIMENTO AO QUEIMADO 2017 Pelo presente edital a Associação Médica Brasileira AMB e a Sociedade Brasileira

Leia mais

Resolução SEMAC nº 20 DE 23/10/2014

Resolução SEMAC nº 20 DE 23/10/2014 Resolução SEMAC nº 20 DE 23/10/2014 Norma Estadual - Mato Grosso do Sul Publicado no DOE em 24 out 2014 Regulamenta dispositivos da Lei n. 11.959, de 29 de junho de 2009 relativo ao registro dos pescadores

Leia mais

Cópia autenticada do Certificado de Registro do Veículo (CRV) devidamente preenchido, assinado e com firma reconhecida da assinatura do cliente X

Cópia autenticada do Certificado de Registro do Veículo (CRV) devidamente preenchido, assinado e com firma reconhecida da assinatura do cliente X CESSÃO DE DIREITOS E OBRIGAÇÕES PESSOA FÍSICA E JURÍDICA NOME: CONTRATO: DN: ORIENTAÇÕES IMPORTANTES: Informamos que para ceder e transferir a terceiros os direitos e as obrigações do contrato será necessária

Leia mais

ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO

ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE 2016. Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO Desejo receber comunicações da GEOS/SAS, via Correios, no endereço da sede social da empresa.

Leia mais

Anexo I Análise Técnica (POI nº 27) Objetivo: Autorização para o exercício da atividade de Coleta de Óleo Lubrificante Usado ou Contaminado.

Anexo I Análise Técnica (POI nº 27) Objetivo: Autorização para o exercício da atividade de Coleta de Óleo Lubrificante Usado ou Contaminado. Anexo I Análise Técnica (POI nº 7) Legislação: Resolução ANP nº 0, de 9/06/009. Requerente: CNPJ: Processo nº: Objetivo: Autorização para o exercício da atividade de Coleta de Óleo Lubrificante Usado ou

Leia mais

EDITAL Nº. 17/2016 ABERTURA DE PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA E INGRESSO DE PORTADOR DE DIPLOMA PARA OS CURSOS SUPERIORES DO IFRS CAMPUS CANOAS

EDITAL Nº. 17/2016 ABERTURA DE PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA E INGRESSO DE PORTADOR DE DIPLOMA PARA OS CURSOS SUPERIORES DO IFRS CAMPUS CANOAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS CANOAS EDITAL Nº. 17/2016 ABERTURA DE

Leia mais

PROCEDIMENTO DE CONTROLE MENSAL DAS OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS 2016

PROCEDIMENTO DE CONTROLE MENSAL DAS OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS 2016 PROCEDIMENTO DE CONTROLE MENSAL DAS OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS 2016 Este procedimento tem por objetivo estabelecer os critérios a serem observados pelas empresas e suas subcontratadas com relação ao processo

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº

RESOLUÇÃO CFM Nº RESOLUÇÃO CFM Nº. 2.052 (Publicada no D.O.U. de 25 de setembro de 2013, Seção I, p. 188) (Retificação publicada no D.O.U. 26 de setembro, Seção I, p.138) (Retificação publicada no D.O.U. 27 de setembro,

Leia mais

COMDICA- CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E ADOLESCENTE

COMDICA- CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E ADOLESCENTE CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE RESOLUÇÃO Nº001/2017/COMDICA Revoga todas as Resoluções anteriores e dispõe sobre o Registro de Entidades Não Governamentais para atendimento

Leia mais