NORMAS PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS PARA PROVIMENTO DE CARGO DE PROFESSOR DA UFCSPA CAPÍTULO I DO CONCURSO E DOS CANDIDATOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NORMAS PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS PARA PROVIMENTO DE CARGO DE PROFESSOR DA UFCSPA CAPÍTULO I DO CONCURSO E DOS CANDIDATOS"

Transcrição

1 Normas para realização de Concursos Públicos de Títulos e Provas para os Cargos de Professor Auxiliar, Assistente e Adjunto da Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA)

2 NORMAS PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS PARA PROVIMENTO DE CARGO DE PROFESSOR DA UFCSPA CAPÍTULO I DO CONCURSO E DOS CANDIDATOS Art. 1º A admissão de Professor Auxiliar, Assistente e Adjunto será feita por concurso público de títulos e provas, de acordo com a legislação em vigor. Art. 2º - O edital de abertura do concurso para preenchimento da(s) vaga(s) será publicado pela Pró-Reitoria de Graduação. Art. 3º Poderão candidatar-se ao concurso de Professor pessoas possuidoras da titulação e demais exigências especificadas pelo edital de abertura do concurso. Art. 4º - Os prazos das inscrições serão definidos no edital de abertura do concurso, publicado no Diário Oficial da União e na imprensa local. Parágrafo Único Não havendo inscritos ou candidatos aprovados, poderá haver reabertura do edital. Art. 5º No ato de inscrição o candidato deverá tomar ciência da lista de pontos que servirá de base para a prova de conhecimentos, da cópia do Edital e das normas que regem o concurso. Parágrafo Único A lista de pontos será organizada pelo Departamento a que se vincula a área de conhecimento em concurso, com a participação da Disciplina/Área em questão. Art. 6º No Edital assinado pela Pró-Reitora, deverão constar obrigatoriamente: I. o período de inscrições; II. os títulos e documentos que devem ser apresentados pelos candidatos. Art. 7º - A inscrição deverá ser requerida pelo próprio candidato ou por procurador credenciado para tal. 1º Não se admitirá inscrição condicional. 2º Uma vez lavrado o termo de inscrição, não se poderá apresentar nenhum novo documento. CAPÍTULO II DA COMISSÃO EXAMINADORA

3 Art. 8º O julgamento do concurso será realizado por uma Comissão composta por 3 (três) Membros, que deverão possuir conhecimentos correlatos à área de conhecimento em concurso. 1º Deverá 1 (um) Membro da Comissão ser indicado pelo CONSUN, dentre os professores com, no mínimo, a mesma categoria funcional ou titulação exigida no edital em atividade nesta Universidade. Os 2 (dois) outros Membros deverão ser escolhidos pelo CONSEPE, a partir de uma lista de 6 (seis) nomes de professores em atividade nesta Instituição ou em outras Instituições de Ensino Superior proposta pelo Departamento a que se vincula a área de conhecimento em concurso. 2º Um dos Membros da Comissão Examinadora deverá ser, obrigatoriamente, de outra Instituição de Ensino Superior. Art. 9º A composição da Comissão Examinadora será divulgada oficialmente na página da UFCSPA, fixado em 3 (três) dias úteis o prazo para os candidatos apresentarem eventuais impugnações, por existência de parentesco até terceiro grau, em linha reta ou colateral, consangüíneos ou afins, entre algum dos candidatos e Membros da Comissão Examinadora. 1º Considerada procedente a impugnação, assumirá o Suplente, aplicando-se a este as mesmas disposições previstas no caput do artigo. 2º A presidência da Comissão Examinadora será exercida pelo Membro indicado pelo CONSUN. 3º Estabelecida a Comissão Examinadora, a data para início do concurso será divulgada oficialmente na página da UFCSPA. Art. 10 A Comissão Examinadora deverá estar presente em todos os atos e provas do Concurso na totalidade de seus Membros. Art. 11 Antes do Ato de Instalação da Comissão Examinadora, havendo impedimento superveniente de Membro titular da Comissão, o respectivo Membro Suplente ocupará o seu lugar. CAPÍTULO III DOS TÍTULOS E DAS PROVAS Art. 12 O exame dos títulos exigirá a apresentação de elementos comprobatórios. Parágrafo Único Após o exame de títulos a Comissão Examinadora atribuirá nota a cada candidato. Os títulos serão classificados em quatro grupos: a) Diplomas e dignidades acadêmicas;

4 b) Cursos e/ou realizações práticas de natureza técnica ou profissional; c) Trabalhos científicos ou técnicos; d) Atividades didáticas e profissionais. Art. 13 As modalidades de provas, destinadas a avaliar o desempenho do candidato, são: I Escrita; II Didática; III Prática. 1º Os candidatos serão chamados para as provas por ordem de inscrição. 2º A inclusão da Prova Prática ficará a critério do Departamento a que pertence a área de conhecimento em questão. 3º A leitura da Prova Escrita e a Prova Didática serão públicas. 4º O não comparecimento a qualquer das provas, incluindo-se a sessão de leitura da Prova Escrita, implicará a eliminação do candidato. Art. 14 A Prova Escrita será realizada com observância das seguintes normas: I a Comissão Examinadora organizará uma relação de pontos, com base na lista sugerida pelo Departamento a que se vincula a área de conhecimento, ficando a seu critério repetir o programa ou dele extrair temas; II a Comissão Examinadora dará conhecimento aos candidatos da organização dos pontos, no ato de instalação dos trabalhos do concurso, para que manifestem objeções ou reparos, decidindo, depois, soberanamente, sobre a formulação final da referida relação; III estabelecida a relação dos pontos, dela será sorteado um ponto único, que constituirá o objeto da Prova Escrita, para todos os candidatos; IV a prova terá a duração máxima de 6 (seis) horas. Nos primeiros 60 (sessenta) minutos, de modo prorrogável a critério da Comissão, será facultada aos candidatos a consulta ao material bibliográfico previamente aprovado pela Comissão Examinadora; V a prova será realizada de forma manuscrita e à tinta; VI serão feitas cópias xerográficas, da Prova Escrita que serão lacradas juntamente com a original. As cópias xerografadas serão fornecidas a cada Membro da Comissão Examinadora. A leitura da prova original será feita pelo candidato; VII quando o número de candidatos permitir a realização da leitura da prova em um só turno, a Comissão Examinadora conferirá, ato contínuo, o grau da prova de cada candidato;

5 VIII quando o número de candidatos impedir a realização da leitura das provas em um só turno, a Comissão Examinadora: a) dividirá os candidatos em grupos; b) determinará aos candidatos do mesmo grupo que compareçam no horário designado para a leitura das provas; c) após ouvir a leitura das provas dos candidatos integrantes de cada grupo, conferirá, em ato contínuo, os graus do mesmo grupo. Art. 15 A Prova Didática terá a duração mínima de 50 (cinqüenta) e máxima de 60 (sessenta) minutos. 1º A inobservância do tempo previsto no caput deste artigo acarretará a subtração de 1 (um) ponto, na escala de 1 (um) a 10 (dez), da nota atribuída à prova, para cada minuto acima ou abaixo do tempo estipulado. 2º A prova deverá ser realizada com observância das seguintes normas: I a Comissão Examinadora organizará uma relação de pontos, com base na lista sugerida pelo Departamento a que se vincula a área do concurso, ficando a seu critério repetir o programa, ou dele extrair temas; II a Comissão Examinadora dará conhecimento da relação de pontos aos candidatos, no ato de instalação dos trabalhos da prova, para que manifestem objeções ou reparos, decidindo, soberanamente, sobre a formulação final da referida relação; III da relação de pontos, será sorteado um ponto único para todos os candidatos, 24 (vinte e quatro) horas antes do início das provas, quando o número de candidatos permitir a realização das provas num só turno; IV quando o número de candidatos impossibilitar a realização das provas num só turno, a Comissão Examinadora, a seu exclusivo critério, adotará uma das seguintes alternativas: a) sorteará um ponto diferente para cada candidato, 24 (vinte e quatro) horas antes do início de sua prova; ou b) dividirá os candidatos em grupos, sorteando um ponto diverso para cada grupo e determinando aos candidatos que compareçam no horário designado para a prova. V se a Comissão Examinadora sortear um único ponto para mais de um candidato, a ordem da realização das provas obedecerá àquela da inscrição, devendo os demais candidatos permanecerem incomunicáveis. VI o número de pontos da relação estabelecida deverá exceder ao número de candidatos em pelo menos duas unidades.

6 Art. 16 A Prova Prática, quando houver, terá duração máxima de 6 (seis) horas. O ponto sorteado, no momento da realização da prova, constará da lista de pontos práticos do programa da área de conhecimento. Parágrafo Único Nas áreas em que são exigidas atividades envolvendo pacientes, procedimentos radiológicos ou laboratoriais, serão providenciadas as condições necessárias para a consecução das mesmas. CAPÍTULO IV DAS ATRIBUIÇÕES DE NOTAS Art. 17 As notas serão registradas em formulário próprio que será guardado em envelope lacrado. 1º - As notas variarão de 0 (zero) a 10 (dez), até a segunda casa decimal, sem arredondamento. 2 A nota relativa aos títulos, atribuída por examinador, será o somatório dos quatro grupos indicados na barema. 3º A nota da prova didática, atribuída por examinador, será calculada de acordo com os critérios de pontuação expressos no Anexo II destas Normas, assim estabelecidos: I plano ou roteiro de aula; II capacidade de comunicação; III pertinência e objetividade; IV amplitude, profundidade e atualização de conteúdo; V tempo de duração da prova, nos termos do art º Os envelopes serão abertos publicamente no dia da apuração, sendo as notas consignadas pelos examinadores a cada candidato lançadas em planilha própria (conforme Anexo I, Modelo 2). 5º A média final será a média ponderada das notas das provas escrita, didática e prática (se houver) atribuindo-se os seguintes pesos: I Exame de títulos - peso 3 (três); II Média aritmética das notas das provas escrita, didática e prática, se houver - peso 7 (sete). 6º Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem média final igual ou superior a 7,00 (sete). 7º A classificação se fará segundo a média final de cada candidato.

7 8º Em caso de empate entre os candidatos, dar-se-á preferência, para fins de classificação, o que tiver obtido a nota final mais alta na média das provas: 1) Didática; 2) Escrita; 3) Prática. 9º Persistindo, terá preferência o candidato de maior idade. CAPÍTULO V DISPOSIÇÕES FINAIS Art. 18 Concluídas as etapas do concurso, registradas em atas subscritas pelos examinadores, a Comissão examinadora divulgará o resultado do concurso. 1º Deste resultado, cabe recurso administrativo por parte dos candidatos, no prazo de 2 (dois) dias úteis da divulgação. 2º Os recursos administrativos serão avaliados pela Comissão Examinadora que emitirá parecer. Art. 19 O resultado final será submetido ao CONSUN. Art. 20 O recurso de nulidade, quando ocorrer, deverá ser interposto ao CONSUN no prazo de 10 (dez) dias úteis, contados da data imediatamente posterior à da Edição do Diário Oficial da União, com a devida publicação dos aprovados. Art. 21 Os casos omissos serão resolvidos pelo plenário do CONSUN.

8 ANEXO I MODELO 1 CONCURSO PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS PARA PROVIMENTO DO CARGO DE PROFESSOR AUXILIAR, ASSISTENTE OU ADJUNTO. DEPARTAMENTO: ÁREA DE CONHECIMENTO: NOME DO CANDIDATO: CARGO: ( ) AUXILIAR ( ) ASSISTENTE ( ) ADJUNTO GRAU ATRIBUÍDO: POR EXTENSO MEMBRO DA COMISSÃO ASSINATURA PORTO ALEGRE, DE DE

9 MODELO 2 CONCURSO PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS PARA PROVIMENTO DO CARGO DE PROFESSOR AUXILIAR, ASSISTENTE E ADJUNTO. DEPARTAMENTO: ÁREA DE CONHECIMENTO: NOME DO CANDIDATO: CARGO: ( ) AUXILIAR ( ) ASSISTENTE ( ) ADJUNTO PLANILHA DE GRAUS, NOTAS FINAIS E MÉDIA FINAL COMISSÃO EXAMINADO RA MEMBRO DA COMISSÃO PROVA ESCRIT A (PE) PROVA PRÁTIC A (PP) PROVA DIDÁTI CA (PD) NP1=Σ(P1+P2+P3): 3X7 (70%) PROVA DE TÍTUL OS (PT) NP2=PT X3 NF=NP1+N P2 MEMBRO DA COMISSÃO MEMBRO DA COMISSÃO NOTA FINAL POR AVALIAÇÃO (NF) MEMBRO DA COMISSÃO ASSINATURA MEMBRO DA COMISSÃO ASSINATURA PRESIDENTE DA COMISSÃO ASSINATURA

10 Anexo II Ficha de Valores para Avaliação de Prova Didática Nome Disciplina/área Tema Data Presidente 1º. Examinador 2º. Examinador Presidente 1º. Examinador 2º. Examinador Nota final Identificação Comissão Examinadora Notas Atribuídas Grau Atribuído Itens de Julgamento Plano de aula 0,0 a 1,0 pontos Nota =... Capacidade de 0,0 a 1,0 pontos Nota =... comunicação e clareza Pertinência e Objetividade 0,0 a 2,0 pontos Nota =... Amplitude, profundidade e atualização do conteúdo - inicia a partir de uma tese ou conceituação; - desenvolve com base em fundamentos teóricos e/ou práticos; - apresenta argumentos convergentes e divergentes; - propicia a elaboração de conclusões; - expõe o conteúdo baseado nos itens e na seqüência estabelecida no roteiro da conferência; - aborda o tema de modo a atingir os objetivos propostos no roteiro da conferência. 0,0 a 6,0 pontos Nota =... - conhece e compreende os conceitos e princípios do tema exposto; - aplica os conceitos e princípios; - apresenta habilidades de análise e síntese; - relaciona o tema da conferência com o todo da unidade de conteúdo do qual faz parte; - situa o conteúdo no contexto no qual foi produzido e estabelece a sua relação com o conhecimento atual; - utiliza de maneira correta a terminologia científica; - adequa a bibliografia ao tema abordado Somatório Parcial Nota =... Tempo de duração da prova A cada 5 (cinco) minutos acima do tempo máximo ou abaixo do tempo mínimo, reduzir 1 ponto. SOMATÓRIO FINAL Nota =...

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS SUPERIORES

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS SUPERIORES SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS SUPERIORES DELIBERAÇÃO Nº 013/2006 CONSELHO DEPARTAMENTAL EM 28 DE ABRIL DE 2006

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES TÍTULO I DO CONCURSO E DOS CANDIDATOS

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES TÍTULO I DO CONCURSO E DOS CANDIDATOS UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES TÍTULO I DO CONCURSO E DOS CANDIDATOS Art. 1º O ingresso como docente na UNISC faz-se mediante Concurso Público de

Leia mais

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA CONSELHO DELIBERATIVO

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA CONSELHO DELIBERATIVO 34 São Paulo, 125 (6) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I sábado, 10 de janeiro de 2015 CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA CONSELHO DELIBERATIVO Deliberação CEETEPS Nº 009, de 9-1-2015

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE VILHENA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE VILHENA Edital Nº 001/DC/UNIR/2015, de 28 de julho de 2015 FICHA DE AVALIAÇÃO INDIVIDUAL DA PROVA DIDÁTICA ANEXO II Candidato Campus/Curso Área Tema da aula DATA: Horário entrega plano de aula: Início da aula:

Leia mais

CURSO DE JORNALISMO EDITAL DE SELEÇÃO PARA VAGA DE PROFESSOR

CURSO DE JORNALISMO EDITAL DE SELEÇÃO PARA VAGA DE PROFESSOR CURSO DE JORNALISMO EDITAL DE SELEÇÃO PARA VAGA DE PROFESSOR A COORDENAÇÃO DO CURSO DE JORNALISMO E O NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE (NDE), no uso de suas atribuições legais, conforme Portaria nº 900/10,

Leia mais

D.O.E. Poder Exec.Seç.I, São Paulo, 123(3), sábado, 05 de janeiro de 2013-104

D.O.E. Poder Exec.Seç.I, São Paulo, 123(3), sábado, 05 de janeiro de 2013-104 EDITAL FEA 6/2013 - ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO CONCURSO DE TÍTULOS E PROVAS PARA O PROVIMENTO DE UM CARGO DE PROFESSOR DOUTOR, NO DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE E ATUÁRIA DA FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. RESOLUÇÃO Nº 036/2012, DE 14 DE SETEMBRO DE 2012 Aprova as normas para concurso público de provimento de cargos de Professor de Nível Médio/Profissionalizante, Administrador Escolar, Supervisor Pedagógico

Leia mais

Ministério da Educação. Universidade Federal de São Paulo. Reitoria

Ministério da Educação. Universidade Federal de São Paulo. Reitoria RESOLUÇÃO nº 112, de 17 de dezembro de 2014. Dispõe sobre realização de Concurso Público para a carreira de Magistério de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico A Reitora da, no uso de suas atribuições,

Leia mais

UNIVERSIDADE GAMA FILHO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL 2/ 2010

UNIVERSIDADE GAMA FILHO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL 2/ 2010 A Universidade Gama Filho, através do Curso de Arquitetura e Urbanismo, torna pública a abertura de inscrições para concurso de provas e títulos, para provimento de cargo de Professor, com titulação mínima

Leia mais

M E C / S E T E C RESOLUÇÃO CD Nº 15/2008, DE 9 DE MAIO DE 2008.

M E C / S E T E C RESOLUÇÃO CD Nº 15/2008, DE 9 DE MAIO DE 2008. M E C / S E T E C CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESPÍRITO SANTO C o n s e l h o D i r e t o r RESOLUÇÃO CD Nº 15/2008, DE 9 DE MAIO DE 2008. SUBSTITUI a Resolução CD nº 13/2007, de 18/06/2007,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EXTERNO DE ADMISSÃO DE PROFESSOR EDITAL N.º 12/14 - FESPPR

PROCESSO SELETIVO EXTERNO DE ADMISSÃO DE PROFESSOR EDITAL N.º 12/14 - FESPPR FACULDADE DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO PARANÁ Mantenedora: Fundação de Estudos Sociais do Paraná CNPJ: 76.602.895/0001-04 Inscr. Estadual: Isento Rua Dr. Faivre, 141 Fone/Fax (0xx41) 3028-6500 CEP 80060-140

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM EDUCAÇÃO (PPGE) MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM EDUCAÇÃO (PPGE) MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM EDUCAÇÃO (PPGE) MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO Recomendado pela CAPES e Reconhecido pelo CNE: Parecer n. 122/2009

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 144/DDP/2015, de 20 de outubro de 2015.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 144/DDP/2015, de 20 de outubro de 2015. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 144/DDP/2015, de 20 de outubro de 2015. A Diretora do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas DDP da Universidade Federal de Santa Catarina, no uso de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 03/2008

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 03/2008 RESOLUÇÃO Nº 03/2008 Fixa critérios para o Processo Seletivo/Vestibular 2008.2 - UNIVASF referentes aos Cursos de Engenharia do Campus Juazeiro-BA. O DA UNIVASF, no uso da atribuição que lhe confere o

Leia mais

EDITAL Nº 010/2015-PPA

EDITAL Nº 010/2015-PPA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PPA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UEM Centro de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Administração Av. Colombo, 5.790 Zona 07 87020-900 Maringá Pr. Fonefax:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei 5 152 de 2111011966 São Luís - Maranhão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei 5 152 de 2111011966 São Luís - Maranhão Fundação Instituída nos termos da Lei 5 152 de 2111011966 RESOLUÇÃO No 487-CONSEPE, de 29 de agosto de 2006. Regulamenta procedimentos e critérios do Processo Seletivo Vestibular Especial para ingresso

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR O MAGNÍFICO REITOR DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO DA

Leia mais

Resolução N 0 06/2010 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2011

Resolução N 0 06/2010 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2011 Universidade Federal de Campina grande CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA UNIDADE ACADÊMICA DE ENGENHARIA QUÍMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO Resolução N 0 06/2010 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2011 O Colegiado

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS SUPERIORES

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS SUPERIORES SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS SUPERIORES DELIBERAÇÃO Nº 044/2005 CONSELHO DEPARTAMENTAL EM 25 DE NOVEMBRO DE

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EXTERNO DE ADMISSÃO DE PROFESSOR EDITAL N.º 03/2015 - FESPPR

PROCESSO SELETIVO EXTERNO DE ADMISSÃO DE PROFESSOR EDITAL N.º 03/2015 - FESPPR FACULDADE DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO PARANÁ Mantenedora: Fundação de Estudos Sociais do Paraná CNPJ: 76.602.895/0001-04 Inscr. Estadual: Isento Rua Dr. Faivre, 141 Fone/Fax (0xx41) 3028-6500 CEP 80060-140

Leia mais

I a Jornada de Pós-graduação da UERGS UNIDADE EM FREDERICO WESTPHALEN CAMPUS REGIONAL III. PERÍODO DE REALIZAÇÃO 23 a 25 de setembro de 2015

I a Jornada de Pós-graduação da UERGS UNIDADE EM FREDERICO WESTPHALEN CAMPUS REGIONAL III. PERÍODO DE REALIZAÇÃO 23 a 25 de setembro de 2015 & I a Jornada de Pós-graduação da UERGS UNIDADE EM FREDERICO WESTPHALEN CAMPUS REGIONAL III PERÍODO DE REALIZAÇÃO 23 a 25 de setembro de 2015 EDITAL DE ABERTURA - RETIFICADO O Pró-Reitor de Extensão, Prof.

Leia mais

Número do Documento: 1005795

Número do Documento: 1005795 Número do Documento: 1005795 Governo do Estado do Ceará Secretaria da Ciência Tecnologia e Educação Superior Universidade Estadual do Ceará UECE Secretaria dos Órgãos de Deliberação Coletiva - SODC RESOLUÇÃO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE MONITORES

PROCESSO SELETIVO DE MONITORES PROCESSO SELETIVO DE MONITORES A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), por meio da Pró-Reitoria de Ensino (PRE), torna pública a abertura das inscrições para seleção de Monitores do Programa Institucional

Leia mais

CURSO DE PSICOLOGIA REGIMENTO DO CONCURSO PARA PROFESSOR ÁREA: PSICOLOGIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL

CURSO DE PSICOLOGIA REGIMENTO DO CONCURSO PARA PROFESSOR ÁREA: PSICOLOGIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL CURSO DE PSICOLOGIA REGIMENTO DO CONCURSO PARA PROFESSOR ÁREA: PSICOLOGIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL A COORDENAÇÃO DO CURSO DE PSICOLOGIA, conforme Portaria nº 1100/2012, e o NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE

Leia mais

CRONOGRAMA DO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES 2015/2º SEM.

CRONOGRAMA DO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES 2015/2º SEM. CRONOGRAMA DO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES 2015/2º SEM. ATIVIDADES DATAS Publicação do Edital 29 de agosto de 2015 Período de inscrições de 31 de agosto a 29 de setembro de 2015 Período de realização

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR ASSISTENTE E PRECEPTOR 2015.2

CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR ASSISTENTE E PRECEPTOR 2015.2 CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR ASSISTENTE E PRECEPTOR 2015.2 O núcleo de Gente & Carreira do Centro Universitário Tiradentes, no uso de suas atribuições, torna público

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EXTERNO DE ADMISSÃO DE PROFESSOR EDITAL N.º 01/2015 - FESPPR

PROCESSO SELETIVO EXTERNO DE ADMISSÃO DE PROFESSOR EDITAL N.º 01/2015 - FESPPR FACULDADE DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO PARANÁ Mantenedora: Fundação de Estudos Sociais do Paraná CNPJ: 76.602.895/0001-04 Inscr. Estadual: Isento Rua Dr. Faivre, 141 Fone/Fax (0xx41) 3028-6500 CEP 80060-140

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR SUBSTITUTO

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR SUBSTITUTO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL Nº 160/2011 O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas da Universidade Federal de São Carlos, no uso da competência que lhe foi delegada pela Portaria

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 03-2015

EDITAL DE SELEÇÃO 03-2015 EDITAL DE SELEÇÃO 03-2015 Estabelece as normas e condições para o Processo Seletivo nos Cursos de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Solos e Qualidade de Ecossistemas da UFRB, para ingresso no semestre

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 01-2016

EDITAL DE SELEÇÃO 01-2016 EDITAL DE SELEÇÃO 01-2016 Estabelece as normas e condições para o Processo Seletivo nos Cursos de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em da UFRB, para ingresso no semestre acadêmico 2016.1. A Universidade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ Resolução Nº 039/08 (Texto atualizado) CONSELHO UNIVERSITÁRIO Dispõe sobre Normas referentes a Concurso Público para Ingresso na Carreira Docente da Universidade Federal do Piauí e dá outras Providências.

Leia mais

1.3 O processo seletivo simplificado se dará por meio de única etapa composta por avaliação curricular através do Currículo Lattes.

1.3 O processo seletivo simplificado se dará por meio de única etapa composta por avaliação curricular através do Currículo Lattes. EDITAL Nº 04, DE 04 DE NOVEMBRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE BOLSISTAS DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DESENVOLVIMENTO E CARACTERIZAÇÃO DE MATERIAIS NANOESTRUTURADOS DE INTERESSE PARA A ODONTOLOGIA

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR A DIREÇÃO ACADÊMICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO Nº 77, DE 11 DE MAIO DE 2015 O (CEPE) DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO, usando as atribuições que lhe conferem o Estatuto e o Regimento Geral da UFRRJ, cumprindo o que estabelece

Leia mais

TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR. EDITAL Nº 12/2015 - Reitoria

TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR. EDITAL Nº 12/2015 - Reitoria EDITAL Nº 12/2015 - Reitoria O Reitor do Centro Universitário Autônomo do Brasil, UniBrasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo de contratação de professor para as disciplinas

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE NDE EDITAL DE SELEÇÃO PARA VAGA DE PROFESSOR

CURSO DE FISIOTERAPIA NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE NDE EDITAL DE SELEÇÃO PARA VAGA DE PROFESSOR CURSO DE FISIOTERAPIA NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE NDE EDITAL DE SELEÇÃO PARA VAGA DE PROFESSOR A COORDENAÇÃO DO CURSO DE FISIOTERAPIA e o Núcleo Docente Estruturante (NDE), no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE PEDAGOGIA

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE PEDAGOGIA FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE PEDAGOGIA Cachoeira, março de 2011 REGULAMENTO DE MONITORIA ACADÊMICA DO CURSO DE PEDAGOGIA Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR A DIRETORA ACADÊMICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR A DIRETORA ACADÊMICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO O Reitor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no uso de

Leia mais

3. DA SELEÇÃO E DOS CRITÉRIOS: 3.1. A seleção será operacionalizada pela Comissão Coordenadora de Programa do PPG-MATEMÁTICA.

3. DA SELEÇÃO E DOS CRITÉRIOS: 3.1. A seleção será operacionalizada pela Comissão Coordenadora de Programa do PPG-MATEMÁTICA. INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO No 034/2015 PROGRAMA DE MATEMÁTICA DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO A Presidente

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR A DIRETORA ACADÊMICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS, TECNOLOGIA E SAÚDE CURSO DE ODONTOLOGIA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS, TECNOLOGIA E SAÚDE CURSO DE ODONTOLOGIA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS, TECNOLOGIA E SAÚDE CURSO DE ODONTOLOGIA PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR POR PRAZO DETERMINADO EDITAL N 04/04 O Diretor do Centro de

Leia mais

Departamento de Engenharia Civil

Departamento de Engenharia Civil UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS, TECNOLOGIA E SAÚDE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR POR PRAZO DETERMINADO EDITAL N 008/2015-CCTS O diretor do Centro de Ciências, Tecnologia

Leia mais

EDITAL Nº. 28/13 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I

EDITAL Nº. 28/13 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I EDITAL Nº. 28/13 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Brasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 01 DE 12 DE AGOSTO DE 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 01 DE 12 DE AGOSTO DE 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 01 DE 12 DE AGOSTO DE 2015 EMENTA: Estabelece critérios para a operacionalização da Monitoria Voluntária, com vistas ao ano

Leia mais

GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe

GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe Sumário Título I Dos Cursos de Pós Graduação e suas finalidades...1 Título II Dos Cursos de Pós Graduação em Sentido Lato...1 Título III Dos Cursos de

Leia mais

EDITAL Nº. 07/09 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I

EDITAL Nº. 07/09 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I EDITAL Nº. 07/09 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Brasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 33/2013-CONSUNIV Altera a Resolução nº. 019/2011, que institui o Sistema de

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 33/2013-CONSUNIV Altera a Resolução nº. 019/2011, que institui o Sistema de UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 33/2013-CONSUNIV Altera a Resolução nº. 019/2011, que institui o Sistema de Ingresso Seriado para acesso aos Cursos de Graduação de

Leia mais

TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EDITAL Nº 94/2014 DG

TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EDITAL Nº 94/2014 DG EDITAL Nº 94/2014 DG O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Brasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo de contratação de professor para as disciplinas de Redação Jornalística

Leia mais

REGULAMENTO DO TCC - PROJETO EXPERIMENTAL OU MONOGRÁFICO DOS CURSOS DE BACHARELADO EM COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO E PUBLICIDADE E PROPAGANDA

REGULAMENTO DO TCC - PROJETO EXPERIMENTAL OU MONOGRÁFICO DOS CURSOS DE BACHARELADO EM COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO E PUBLICIDADE E PROPAGANDA REGULAMENTO DO TCC - PROJETO EXPERIMENTAL OU MONOGRÁFICO DOS CURSOS DE BACHARELADO EM COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO E PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este Regulamento disciplina

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 173, DE 18 DE OUTUBRO DE 2013.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 173, DE 18 DE OUTUBRO DE 2013. PUBLICADO NO D.O.U. De 23/0/203. Seção 3, Página. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 73, DE 8 DE OUTUBRO DE 203. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O

Leia mais

EDITAL Nº 01/2013 FACULDADE PARANAENSE TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR

EDITAL Nº 01/2013 FACULDADE PARANAENSE TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EDITAL Nº 01/2013 FACULDADE PARANAENSE TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR A FACULDADE PARANAENSE torna pública a abertura de inscrições para o teste seletivo de contratação de Professor para

Leia mais

Polo do Sul Fluminense Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física EDITAL COMPLEMENTAR N O 01/2013

Polo do Sul Fluminense Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física EDITAL COMPLEMENTAR N O 01/2013 Polo do Sul Fluminense Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física EDITAL COMPLEMENTAR N O 01/2013 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA POLO

Leia mais

Regulamento da Pós-Graduação Lato Sensu

Regulamento da Pós-Graduação Lato Sensu Regulamento da Pós-Graduação Lato Sensu CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Os cursos de pós-graduação lato sensu da FACULDADE UNIDA são regidos pela Resolução n. º 01, de 8 de junho de 2007,

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO UNIFICADO PARA DOCENTE

EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO UNIFICADO PARA DOCENTE EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO UNIFICADO PARA DOCENTE A Direção Geral da, mantida pela Fundação Educacional do Baixo São Francisco Dr. Raimundo Marinho, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVASF, no uso da atribuição que lhe confere o Estatuto da Universidade Federal do Vale do São Francisco,

O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVASF, no uso da atribuição que lhe confere o Estatuto da Universidade Federal do Vale do São Francisco, RESOLUÇÃO Nº 01/2009 Fixa critérios para o Processo Seletivo/Vestibular 2009.2 - UNIVASF referentes aos novos cursos de Graduação do projeto REUNI e preencher as vagas remanescentes dos cursos de Engenharia

Leia mais

EDITAL Nº. 02/09 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I

EDITAL Nº. 02/09 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I EDITAL Nº. 02/09 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Brasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo

Leia mais

EDITAL DTAc/IRI/USP/13/2010, de XX.10.2010.

EDITAL DTAc/IRI/USP/13/2010, de XX.10.2010. EDITAL DTAc/IRI/USP/13/2010, de XX.10.2010. Abertura de inscrições ao concurso público para provimento de um cargo de Professor Doutor, área de conhecimento Relações Internacionais Contemporâneas, do Instituto

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 47/2014. CONSIDERANDO o que dispõe a Lei 9.394/96 e demais legislação em vigor, no tocante à transferência facultativa;

RESOLUÇÃO Nº 47/2014. CONSIDERANDO o que dispõe a Lei 9.394/96 e demais legislação em vigor, no tocante à transferência facultativa; RESOLUÇÃO Nº 47/2014 Dispõe sobre as normas internas relativas ao Processo Seletivo Extramacro (PSE). O PRÓ-REITOR DE ENSINO DE GRADUAÇÃO e PRESIDENTE DA CÂMARA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO, DO CONSELHO DE ENSINO,

Leia mais

3.2 Sistema de Avaliação e Monitoria

3.2 Sistema de Avaliação e Monitoria 3.2 Sistema de Avaliação e Monitoria RESOLUÇÃO N.º 06/2006 - CONSUN APROVA O SISTEMA DE AVALIAÇÃO E PROMOÇÃO PARA OS ALUNOS DE GRADUAÇÃO E CURSOS SEQÜENCIAIS DA PUCPR INGRESSANTES A PARTIR DE 2000. O Presidente

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EXTERNO DE ADMISSÃO DE PROFESSOR EDITAL N.º 01/12-FESPPR

PROCESSO SELETIVO EXTERNO DE ADMISSÃO DE PROFESSOR EDITAL N.º 01/12-FESPPR PROCESSO SELETIVO EXTERNO DE ADMISSÃO DE PROFESSOR EDITAL N.º 01/12-FESPPR O Diretor Acadêmico da Faculdade de Educação Superior do Paraná (FESPPR), no uso de suas atribuições regimentais, faz saber que

Leia mais

1. A cidade, o território, a paisagem e suas representações: aspectos históricos e epistemológicos.

1. A cidade, o território, a paisagem e suas representações: aspectos históricos e epistemológicos. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Instituto de Arquitetura e Urbanismo IAU USP -SC Edital ATAc-06/2013 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O CONCURSO DE TÍTULOS E PROVAS VISANDO O PROVIMENTO DE 01 (UM) CARGO DE PROFESSOR

Leia mais

EDITAL Nº. 17/10 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I

EDITAL Nº. 17/10 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I EDITAL Nº. 17/10 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Brasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo

Leia mais

Curso Disciplina Perfil docente (formação acadêmica mínima)

Curso Disciplina Perfil docente (formação acadêmica mínima) EDITAL PARA PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA DA UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ UNESA Campus Resende A Estácio divulga processo seletivo para

Leia mais

EDITAL Nº. 73/14 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I

EDITAL Nº. 73/14 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I EDITAL Nº. 73/14 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Brasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 051/DDP/2015, de 17 de abril de 2015.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 051/DDP/2015, de 17 de abril de 2015. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 051/DDP/2015, de 17 de abril de 2015. A Diretora do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas DDP da Universidade Federal de Santa Catarina, no uso de

Leia mais

Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) PROGRAMA DE MESTRADO EM PLANEJAMENTO E GOVERNANÇA PÚBLICA EDITAL Nº 012 /2014-PGP

Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) PROGRAMA DE MESTRADO EM PLANEJAMENTO E GOVERNANÇA PÚBLICA EDITAL Nº 012 /2014-PGP (UTFPR) PROGRAMA DE MESTRADO EM PLANEJAMENTO E GOVERNANÇA PÚBLICA EDITAL Nº 012 /2014-PGP PROCESSO SELETIVO PARA CREDENCIAMENTO DOCENTE NO PROGRAMA PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM PLANEJAMENTO E GOVERNANÇA PÚBLICA

Leia mais

EDITAL. A realização do Concurso far-se-á segundo as normas do presente Edital.

EDITAL. A realização do Concurso far-se-á segundo as normas do presente Edital. EDITAL O Ilustríssimo Senhor Diretor da Faculdade de Odontologia de Pernambuco FOP/UPE, torna público que será realizado na Faculdade de Odontologia de Pernambuco, CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS

Leia mais

EDITAL Nº. 32/13 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I

EDITAL Nº. 32/13 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I EDITAL Nº. 32/13 - DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Brasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo

Leia mais

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ EDITAL PRG-Nº 029/2013 CONCURSO PÚBLICO SIMPLIFICADO DE PROVAS E TÍTULOS PARA ADMISSÃO DE DOCENTE EM CARÁTER TEMPORÁRIO.

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ EDITAL PRG-Nº 029/2013 CONCURSO PÚBLICO SIMPLIFICADO DE PROVAS E TÍTULOS PARA ADMISSÃO DE DOCENTE EM CARÁTER TEMPORÁRIO. UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ EDITAL PRG-Nº 029/2013 CONCURSO PÚBLICO SIMPLIFICADO DE PROVAS E TÍTULOS PARA ADMISSÃO DE DOCENTE EM CARÁTER TEMPORÁRIO. A Professora Doutora Ana Julia Urias dos Santos Araújo,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA EDITAL No. 01/2010

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA EDITAL No. 01/2010 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA EDITAL No. 01/2010 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA PARA OS CURSOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR FACULDADE ASCES

ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR FACULDADE ASCES DISPOSIÇÕES GERAIS ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR FACULDADE ASCES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MONOGRAFIA Art. 1º. Este regulamento define os procedimentos referentes à elaboração,

Leia mais

PORTARIA UNIVESP PR nº 14/2015, de 25 de março de 2015

PORTARIA UNIVESP PR nº 14/2015, de 25 de março de 2015 PORTARIA UNIVESP PR nº 14/2015, de 25 de março de 2015 Estabelece normas para concessão de bolsas no âmbito da Modalidade 1 Treinamento Técnico, para ingresso no 1 o semestre de 2015, cria cadastro de

Leia mais

CURSO DE MATEMÁTICA LICENCIATURA MODALIDADES PRESENCIAL E EAD REGIMENTO DO CONCURSO PARA PROFESSOR

CURSO DE MATEMÁTICA LICENCIATURA MODALIDADES PRESENCIAL E EAD REGIMENTO DO CONCURSO PARA PROFESSOR CURSO DE MATEMÁTICA LICENCIATURA MODALIDADES PRESENCIAL E EAD REGIMENTO DO CONCURSO PARA PROFESSOR A COORDENAÇÃO DO CURSO DE MATEMÁTICA LICENCIATURA, no uso de suas atribuições legais, conforme Portaria

Leia mais

TESTE SELETIVO 2015 CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS - LÍNGUA PORTUGUESA E LIBRAS

TESTE SELETIVO 2015 CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS - LÍNGUA PORTUGUESA E LIBRAS INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA FACULDADE SANT ANA Recredenciada pela Portaria MEC nº 1473 de 07 de Outubro de 2011. INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SANT ANA Credenciado pela Portaria MEC nº 2812

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFESSORES. No. 07/2015

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFESSORES. No. 07/2015 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFESSORES No. 07/2015 das atribuições, A Diretora Acadêmica da Faculdade Maria Milza no uso Faz saber que estão abertas as inscrições para o processo seletivo de professores, que

Leia mais

Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PRPPG) Faculdade de Ciências Agrárias de Presidente Prudente

Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PRPPG) Faculdade de Ciências Agrárias de Presidente Prudente Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PRPPG) Faculdade de Ciências Agrárias de Presidente Prudente Regulamento do Programa de Capacitação Técnica em Ciências

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Rio de Janeiro, 2003 CAPÍTULO I DOS CURSOS: MODALIDADES E OBJETIVOS Art. 1º. Em conformidade com o Regimento Geral de nos termos da Lei de Diretrizes e Bases da

Leia mais

EDITAL Nº. 04/10 DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I

EDITAL Nº. 04/10 DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I EDITAL Nº. 04/10 DG TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR COLABORADOR I O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Brasil torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS EDITAL CARGO DE PROFESSOR DOUTOR MS-3.1

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS EDITAL CARGO DE PROFESSOR DOUTOR MS-3.1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS EDITAL CARGO DE PROFESSOR DOUTOR MS-3.1 A Universidade Estadual de Campinas, através da Secretaria Geral, torna pública a abertura de inscrições para o concurso público

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS/UNITINS COORDENAÇÃO UAB SELEÇÃO PÚBLICA DE TUTOR BOLSISTA DA UAB/MEC EDITAL UAB Nº 003 DE 19 DE ABRIL DE 2013

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS/UNITINS COORDENAÇÃO UAB SELEÇÃO PÚBLICA DE TUTOR BOLSISTA DA UAB/MEC EDITAL UAB Nº 003 DE 19 DE ABRIL DE 2013 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS/UNITINS COORDENAÇÃO UAB SELEÇÃO PÚBLICA DE TUTOR BOLSISTA DA UAB/MEC EDITAL UAB Nº 003 DE 19 DE ABRIL DE 2013 A Fundação Universidade do Tocantins Unitins, por meio da

Leia mais

Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro. Fundação Educacional de Além Paraíba

Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro. Fundação Educacional de Além Paraíba Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro Fundação Educacional de Além Paraíba Regulamento de Monitoria Art. 1º A Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro admitirá, sem vínculo empregatício,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Centro de Informática EDITAL N 01/2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Centro de Informática EDITAL N 01/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Centro de Informática EDITAL N 01/2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA TUTOR A DISTÂNCIA DO CURSO DE FORMAÇÃO ALUNO INTEGRADO A Universidade Federal de Pernambuco, por meio do

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 10, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO N. 10, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2014 1 RESOLUÇÃO N. 10, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2014 Estabelece as atividades e pontuações a serem consideradas para a realização de Concurso Público de Provas e Títulos para o ingresso nas Carreiras de Magistério

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS O Grupo Territórios, Educação Integral

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFT N O 01/2015 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA POLO UFT

EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFT N O 01/2015 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA POLO UFT Universidade Federal do Tocantins Campus Universitário de Araguaína Curso de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física UFT EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFT N O 01/2015 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE BIOMEDICINA

REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE BIOMEDICINA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

Portaria nº 69, de 30/06/2005

Portaria nº 69, de 30/06/2005 Câmara dos Deputados Centro de Documentação e Informação - Legislação Informatizada Portaria nº 69, de 30/06/2005 O PRIMEIRO-SECRETÁRIO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS, no uso das atribuições que lhe confere o

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO DOCENTE

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO DOCENTE EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO DOCENTE FACULDADE DE TECNOLOGIA DE AMERICANA EDITAL DE ABERTURA N.º 332 /2008 DE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO DOCENTE POR TEMPO INDETERMINADO PARA A FACULDADE

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS EDITAL CTC 009/2015 Inglês

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS EDITAL CTC 009/2015 Inglês UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS EDITAL CTC 009/2015 Inglês A Universidade Estadual de Campinas, através da Secretaria Geral, torna pública a abertura de inscrições para o Processo de Seleção Pública

Leia mais

EDITAL N 001/2012 SELEÇÃO PARA O MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE TURMA 2013

EDITAL N 001/2012 SELEÇÃO PARA O MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE TURMA 2013 EDITAL N 001/2012 SELEÇÃO PARA O MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE TURMA 2013 A Coordenação do FAZ SABER que no período de 10 de setembro a 19 de outubro de 2012 estarão abertas as inscrições

Leia mais

FACULDADE DE CAMPINA GRANDE DO SUL Credenciada pela Portaria MEC nº 381/2001, de 05/03/2001 D.O.U. 06/03/2001

FACULDADE DE CAMPINA GRANDE DO SUL Credenciada pela Portaria MEC nº 381/2001, de 05/03/2001 D.O.U. 06/03/2001 FACULDADE DE CAMPINA GRANDE DO SUL Credenciada pela Portaria MEC nº 381/2001, de 05/03/2001 D.O.U. 06/03/2001 RESOLUÇÃO Nº.06/2008 Dispõe sobre a Normatização do Programa. de Cursos de Pós-Graduação Lato

Leia mais

TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EDITAL Nº 01/2015 - REITORIA

TESTE SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EDITAL Nº 01/2015 - REITORIA EDITAL Nº 01/2015 - REITORIA O Reitor do Centro Universitário Autônomo do Brasil UNIBRASIL torna público que estão abertas as inscrições para o teste seletivo de contratação de professor para as disciplinas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 290/DDP/2014, de 10 de junho de 2014.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 290/DDP/2014, de 10 de junho de 2014. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 290/DDP/2014, de 10 de junho de 2014. A Diretora do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas DDP da Universidade Federal de Santa Catarina, no uso de

Leia mais

NORMAS DA PÓS GRADUAÇÃO SENSO ESTRITO

NORMAS DA PÓS GRADUAÇÃO SENSO ESTRITO NORMAS DA PÓS GRADUAÇÃO SENSO ESTRITO NORMAS DA PÓS GRADUAÇÃO SENSO ESTRITO Artigo 1º - A pós-graduação compreenderá dois níveis de formação, que levam aos graus de mestre e doutor. único O título de mestre

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 009/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS

RESOLUÇÃO Nº 009/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS RESOLUÇÃO Nº 009/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS A Congregação da Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas, no uso de suas atribuições regimentais e tendo em vista o

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 2013.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 2013. PUBLICADO NO D.O.U. De 3/06/203. Seção 3, Página 90. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 203. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

Leia mais

Edital Processo Seletivo - 2º semestre de 2011

Edital Processo Seletivo - 2º semestre de 2011 Edital Processo Seletivo - 2º semestre de 2011 O Instituto de Ensino Superior João Alfredo de Andrade, por sua Comissão Organizadora do Processo Seletivo, instituída em caráter permanente pela Portaria

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COLÉGIO TÉCNICO DE LIMEIRA EDITAL

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COLÉGIO TÉCNICO DE LIMEIRA EDITAL UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COLÉGIO TÉCNICO DE LIMEIRA EDITAL Edital do Processo Sumário de Seleção, para admissão temporária de docente, na Carreira de Professor do Magistério Secundário Técnico

Leia mais