INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU O DE VISEU

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU O DE VISEU"

Transcrição

1 O DE VISEU EDITAL RELATIVO AOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA e REINGRESSO NO ENSINO SUPERIOR fase 214/21 V (Portaria n.s 41/27, de de abril, alterada pela portaria n.e 232-A/213, de 22 de julho, e pelo Decreto-Lei n.2 113/214, de 16 de julho, e Regulamento do IPV) 1. Objeto O presente edital tem por objetivo servir de guia para a apresentação das candidaturas à matrícula e inscrição para o ano letivo de 214/21 nos cursos ministrados na Escola Superior de Educação de Viseu, no âmbito dos regimes de mudança de curso, transferência e reingresso no ensino superior. 2. Definições Entende-se por: «Mudança de curso» - o ato pelo qual um estudante se inscreve em curso diferente daquele em que praticou a última inscrição, no mesmo ou noutro estabelecimento de ensino superior, tendo havido ou não interrupção de inscrição num curso superior; «Transferência» - o ato pelo qual um estudante se inscreve e matricula no mesmo curso em estabelecimento de ensino superior diferente daquele em que está ou esteve matriculado, tendo havido ou não interrupção de inscrição num curso superior; «Reingresso» - o ato pelo qual um estudante, após uma interrupção dos estudos num determinado curso e estabelecimento de ensino superior, se matricula no mesmo estabelecimento e se inscreve no mesmo curso ou em curso que lhe tenha sucedido (para este efeito consideram-se, também, como tendo interrompido os estudos, os detentores do grau de bacharel); «Mesmo curso» - os cursos com idêntica designação e conduzindo à atribuição do mesmo grau, ou os cursos com designações diferentes mas situados na mesma área científica, tendo objetivos semelhantes, ministrando uma formação científica similar e conduzindo: i) À atribuição do mesmo grau; ii) À atribuição de grau diferente, quando tal resulte de um processo de modificação ou adequação entre um ciclo de estudos conducente ao grau de bacharel e um ciclo de estudos conducente ao grau de licenciado ou entre um ciclo de estudos conducente ao grau de licenciado e um ciclo de estudos integrado de Mestrado; Rua Maximiano Aragão 34-1 Viseu Telefone: Fax: eseviaesev.ipv.pt

2 COLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE VISEU «Créditos» - os créditos segundo o ECTS (European Credit Transfer and Accumulation System - sistema europeu de transferência e acumulação de créditos). 3. Condições para requerer a mudança de curso, transferência e reingresso Pode requerer a mudança para um determinado par estabelecimento/curso o estudante que satisfaça uma das seguintes condições: a) Ter aprovação nas disciplinas de um curso do ensino secundário, fixadas como provas de ingresso para a candidatura ao curso em causa; b) Ter realizado as provas de ingresso exigidas para acesso a esse par estabelecimento/curso e nelas ter obtido a classificação mínima de 9, valores; c) Ter ingressado no ensino superior mediante provas para frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, reconhecidas pelo Conselho Técnico-Científico da ESEV como adequadas ao curso para o qual pretende a mudança; (neste caso, deverá o requerimento ser acompanhado de documentação do estabelecimento de ensino superior onde as provas foram realizadas que discrimine as provas e esclareça o seu conteúdo, bem como a respetiva classificação) O Conselho Técnico-Científico da ESEV poderá, a requerimento fundamentado do candidato, admitir à candidatura à mudança para um determinado curso estudantes que, embora não satisfazendo aos requisitos mencionados em 3.1, demonstrem curricularmente possuir a formação adequada ao ingresso e progressão no curso que pretendem frequentar; Nos cursos para os quais sejam exigidos pré-requisitos, ou aptidões vocacionais específicas, nos termos do regime jurídico do acesso ao ensino superior, a candidatura está condicionada à satisfação dos mesmos Podem ainda candidatar-se a mudança de curso ou a transferência os estudantes que tenham estado matriculados e inscritos em estabelecimento de ensino superior estrangeiro, em curso definido como superior pela legislação do país em causa, quer o tenham concluído ou não Podem requerer o reingresso os estudantes que tenham estado matriculados e inscritos no mesmo estabelecimento de ensino superior nacional no mesmo curso ou em curso que o tenha antecedido. Rua Maximiano Aragão 34-1 Viseu Telefone: Fax: esevotesev. ipv.pt

3 ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE VISEU As disciplinas fixadas como provas de ingresso, referidas na alínea a) do ponto 3.1 são as seguintes: Código Curso Nome Elenco de acesso Uma das seguintes provas Pré-requisitos Comunicação Social Educação Ambiental 4 Economia 4 Economia 9 Geografia 984 Educação Social 2 Biologia e Geologia 9347 Artes Plásticas e Multimedia 3 Desenho 12 História da Cultura e das Artes 9466 Animação Cultural 1 Geometria Descritiva 12 História da Cultura e das Artes 98 Desporto e Atividade Física 2 Biologia e Geologia 16 Matemática 983 Educação Básica 2 Biologia e Geologia 1 Geometria Descritiva 1 Literatura Portuguesa 16 Matemática 993 Publicidade e Relações Públicas 9 Geografia Grupo D Autodeclaração. (Capacidade de Visão) Grupo F Atestado Médico (Visual e Motora) Rua Maximiano Aragão 34-1 Viseu Telefone: Fax:

4 SCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE VISEU 4. Número de Vagas As mudanças de curso e as transferências para o primeiro ano estão sujeitas às seguintes limitações quantitativas, para o ano letivo 214/21: Curso Regime Código Nome Mudança de curso Transferência 94 Comunicação Social Educação Ambiental 984 Educação Social 9347 Artes Plásticas e Multimedia 9466 Animação Cultural 98 Desporto e Atividade Física 983 Educação Básica 993 Publicidade e Relações Públicas As mudanças de curso e as transferências para os 2.2 e 3.9 anos e os reingressos não estão sujeitos a limitações quantitativas de vagas.. Critérios de seriação Na seriação dos candidatos ao ingresso para cada um dos regimes, no ano letivo 214/21, são utilizados os critérios a seguir especificados..1 - Mudança de Curso e Transferência.1.1 Os candidatos são seriados segundo os seguintes critérios: a) Maior número de unidades curriculares realizadas e consideradas afim do curso a que se candidata; b) Melhor média aritmética, aproximada às décimas, das unidades curriculares consideradas na alínea anterior..1.2 Sempre que dois ou mais candidatos, em situação de empate, disputem a última vaga, cabe à Presidência da Escola Superior de Educação de Viseu decidir admiti-los, mesmo que para tal seja necessário criar vagas adicionais. Rua Maximiano Aragão 34-1 Viseu Telefone: Fax:

5 SCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE VISEU.2 - Reingresso Os candidatos não estão sujeitos a critérios de sedação. 6. Júri Presidente: Isabel Abrantes - Vice-Presidente da ESEV Vogais Efetivos Belmiro Tavares da Silva Rego - Presidente do Conselho Técnico-Científico João Paulo Rodrigues Balula - Vice-Presidente da ESEV 7. Candidatura 7.1 Apresentação de candidatura A candidatura consiste na indicação do curso da ESEV a que o candidato se pretende matricular e inscrever. A candidatura é apresentada pelo interessado, ou por um seu procurador bastante, em impresso próprio, disponível nos Serviços Académicos, e no sítio devendo ser entregue nos Serviços Académicos no prazo indicado em No mesmo ano letivo, cada estudante, apenas se pode candidatar a um único curso e a um único regime previsto neste Edital. 7.2 Instrução do processo de candidatura O processo de candidatura é instruído em impresso próprio acompanhado dos documentos a seguir indicados Candidatos que tenham estado matriculados/inscritos em estabelecimentos de ensino superior nacional a) Certidão de conclusão do ensino secundário, onde constem as disciplinas fixadas como provas de ingresso para a candidatura ao par estabelecimento/curso ou da realização das provas de ingresso para acesso e ingresso ao par estabelecimento/curso; b) Documento comprovativo de matrícula/inscrição no curso e estabelecimento de ensino superior que frequenta ou frequentou; c) Certidão de habilitações, discriminando as disciplinas em que obteve aproveitamento e respetiva classificação; d) Plano de estudos do curso de ensino superior que frequenta ou frequentou, com indicação da carga horária, periodicidade (anual/semestral) e ECTS, se aplicável; Rua Maximiano Aragão 34-1 Viseu Telefone: Fax:

6 / /" ^ «* : * "",vji INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU COLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE VISEU e) Comprovativo do reconhecimento do curso que frequenta ou frequentou, pelo Ministério da Educação e Ciência (Portaria que autorizou o funcionamento do curso e respetiva regulamentação); f) Fotocópia do cartão de cidadão; g) Procuração, quando representado por procurador; h) Comprovativo de que reúne as condições exigidas pelos pré-requisitos, se aplicável Candidatos que tenham estado matriculados e inscritos em estabelecimento de ensino superior estrangeiro, em curso definido como superior pela legislação do país em causa, quer o tenham ou não concluído a) Certidão de aprovação nas (ou de equivalência às) disciplinas do ensino secundário correspondentes às provas de ingresso exigidas para a candidatura ao par estabelecimento/curso; b) Certidão da matrícula/inscrição em estabelecimento de ensino superior estrangeiro, visada pelos serviços de educação competentes do país emissor e, se não estiver escrito em Português, Espanhol, Francês ou Inglês, traduzido para Português por tradutor ajuramentado, e reconhecido pela representação diplomática ou consulado português; c) Certidão de habilitações, onde constem todas as disciplinas onde obteve aproveitamento e respetiva classificação, o ano curricular a que pertencem, respetivos ECTS, caso se aplique, passada pelo estabelecimento de ensino superior estrangeiro; d) Fotocópia do Cartão de Cidadão; e) Procuração legal, quando representando por procurador; f) Comprovativo de que reúne as condições exigidas pelos pré-requisitos, se aplicável Candidatos ao reingresso a) Fotocópia do cartão de cidadão; b) Procuração, quando representado por procurador; c) Comprovativo de que reúne as condições exigidas pelos pré-requisitos, se aplicável. 7.3 Taxa de candidatura Em conformidade com a tabela de emolumentos em vigor na ESEV/IPV, pelo ato de admissão da candidatura é devida uma taxa no montante de 7 (setenta) Euros. Rua Maximiano Aragâo 34-1 Viseu Telefone: Fax:

7 ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE VISEU 7.4 Prazo de candidatura e calendário Para todos os efeitos, deve ser considerado o calendário a seguir apresentado. 1. Apresentação das candidaturas Até 1/11/ Afixação da lista provisória de ordenação dos candidatos 11/11/ Reclamações De 12/11/214 a 14/11/ Decisão sobre as reclamações e afixação da lista definitiva de seriação/colocação 17/11/214. Matrícula e inscrição De 17/11/214 a 24/11/214 Escola Superior de Educação de Viseu, 4 de novembro de 214 A Presidente da ESEV Maria Cristina Azevedo Gomes (Professora Coordenadora) Rua Maximiano Aragão 34-1 Viseu Telefone: Fax: ipv.pt

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE LAMEGO EDITAL

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE LAMEGO EDITAL EDITAL Concurso para candidatura ao Regime de Reingresso, Mudança de Curso e Transferência no Ensino Superior 2015/2016 (Portaria nº401/2007, de 5 de abril, alterado pela Portaria n.º232-a/2013, de 22de

Leia mais

EDITAL Concurso para candidatura aos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição/Curso no Ensino Superior 2016/2017

EDITAL Concurso para candidatura aos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição/Curso no Ensino Superior 2016/2017 EDITAL Concurso para candidatura aos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição/Curso no Ensino Superior 2016/2017 Despacho do IPV n.º8340/2016, de 27 de junho e a Portaria n.º 181-D/2015, de

Leia mais

Regulamento dos Regimes de Reingresso, Mudança de Curso e Transferência

Regulamento dos Regimes de Reingresso, Mudança de Curso e Transferência Regulamento dos Regimes de Reingresso, Mudança de Curso e Transferência A Portaria n 401/2007, de 5 de Abril, aprova o Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferência e Reingresso no Ensino

Leia mais

REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO NA UNIVERSIDADE DE AVEIRO

REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO NA UNIVERSIDADE DE AVEIRO REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO NA UNIVERSIDADE DE AVEIRO Nos termos do disposto no artº 10º da Portaria nº 401/2007, de 5 de Abril, é aprovado o Regulamento dos

Leia mais

Regulamento Geral dos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição / Curso no Ensino Superior e do Concurso Especial de Acesso para

Regulamento Geral dos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição / Curso no Ensino Superior e do Concurso Especial de Acesso para Regulamento Geral dos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição / Curso no Ensino Superior e do Concurso Especial de Acesso para Titulares de Cursos Superiores 2017 20 de março de 2017 ÍNDICE

Leia mais

01 de abril de 2016 Republicação

01 de abril de 2016 Republicação Regulamento Geral dos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição / Curso no Ensino Superior e do Concurso Especial de Acesso para Titulares de Cursos Superiores 2016 01 de abril de 2016 Republicação

Leia mais

ANO LETIVO 2015/2016

ANO LETIVO 2015/2016 ORIENTAÇÕES PARA A CANDIDATURA AOS REGIMES DE REINGRESSO, MUDANÇA DE CURSO E TRANSFERÊNCIA (Portaria n.º 401/2007, de 5 de abril, alterada pela Portaria n.º 232-A/2013, de 22 de julho, e pelo Decreto-

Leia mais

(Preâmbulo) Artigo 1.º Objecto e âmbito

(Preâmbulo) Artigo 1.º Objecto e âmbito Instituto Politécnico de Bragança Regulamento dos regimes de mudança de curso, transferência e de reingresso no ciclo de estudos conducente ao grau de licenciado (Preâmbulo) A legislação decorrente da

Leia mais

IREI Politécnico d Guarda r,h,ntnk

IREI Politécnico d Guarda r,h,ntnk IREI Politécnico d Guarda r,h,ntnk EDITAL INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA REINGRESSO E REGIMES DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO EDIÇÃO 2016/2017 Constantino Mendes Rei, Presidente do Instituto Politécnico

Leia mais

INSTITUTO DE GEOGRAFIA E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Regulamento dos regimes de Reingresso e Mudança de Par Instituição/ Curso

INSTITUTO DE GEOGRAFIA E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Regulamento dos regimes de Reingresso e Mudança de Par Instituição/ Curso INSTITUTO DE GEOGRAFIA E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Regulamento dos regimes de Reingresso e Mudança de Par Instituição/ Curso A Portaria nº 181-D/2015, de 19 de junho, aprova o Regulamento Geral dos Regimes

Leia mais

Regulamento da Candidatura através dos Regimes de Reingresso, Mudança de Curso ou Transferência. Ano Letivo 2013/2014

Regulamento da Candidatura através dos Regimes de Reingresso, Mudança de Curso ou Transferência. Ano Letivo 2013/2014 Regulamento da Candidatura através dos Regimes de Reingresso, Mudança de Curso ou Transferência (Portaria nº401/2007, de 5 de abril) Ano Letivo 2013/2014 A Portaria nº401/2007, de 5 de abril, aprova o

Leia mais

Instituto Politécnico de Lisboa Escola Superior de Música de Lisboa. Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição/Curso no Ensino Superior

Instituto Politécnico de Lisboa Escola Superior de Música de Lisboa. Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição/Curso no Ensino Superior Instituto Politécnico de Lisboa Escola Superior de Música de Lisboa Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição/Curso no Ensino Superior PREÂMBULO Nos termos do disposto no artigo 25º do Regulamento

Leia mais

REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO

REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO (Aprovado pelo Conselho Técnico-Científico em 13 de Junho de 2016) Capítulo I Disposições gerais Artigo 1.º Objecto e âmbito

Leia mais

Regulamento dos regimes de Mudança de Curso, Transferência e Reingresso no ano lectivo de 2009/2010

Regulamento dos regimes de Mudança de Curso, Transferência e Reingresso no ano lectivo de 2009/2010 Regulamento dos regimes de Mudança de Curso, Transferência e Reingresso no ano lectivo de 2009/2010 Nos termos do artigo 10.º do Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferência e Reingresso

Leia mais

REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO, MUDANÇA DE CURSO E TRANSFERÊNCIA NOS CURSOS DA UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO. Artigo 1.

REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO, MUDANÇA DE CURSO E TRANSFERÊNCIA NOS CURSOS DA UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO. Artigo 1. REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO, MUDANÇA DE CURSO E TRANSFERÊNCIA NOS CURSOS DA UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO Artigo 1.º Objeto O presente regulamento disciplina os regimes de reingresso,

Leia mais

EDITAL. Licenciatura em Educação Básica: 4

EDITAL. Licenciatura em Educação Básica: 4 EDITAL Regime Especial de reingresso e mudança de par Instituição/Curso para candidatos aos ciclos de estudos da Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti (ESEPF) para o ano letivo de 2017/2018

Leia mais

EDITAL REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO NO ENSINO SUPERIOR 2015/2016

EDITAL REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO NO ENSINO SUPERIOR 2015/2016 EDITAL REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO NO ENSINO SUPERIOR 205/206 (Portaria n.e 40/2007, de 5 de abril, alterada pela portaria n.s 232-A/203, de 22 de julho, e pelo Decreto-Lei

Leia mais

REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO

REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO Artigo 1.º Objeto e âmbito 1. O presente Regulamento regula os regimes de reingresso e de mudança de par instituição/curso, na,

Leia mais

Creditação de formação académica e de competências profissionais

Creditação de formação académica e de competências profissionais Creditação de formação académica e de competências profissionais (Aprovado em reunião CTC de 28 de junho de 2012) Preâmbulo A Lei nº 49/2005, de 30 de Agosto, que alterou a Lei de Bases do Sistema Educativo,

Leia mais

Instituto Politécnico de Bragança Regulamento dos concursos especiais de acesso e ingresso no ciclo de estudos conducente ao grau de licenciado

Instituto Politécnico de Bragança Regulamento dos concursos especiais de acesso e ingresso no ciclo de estudos conducente ao grau de licenciado Instituto Politécnico de Bragança Regulamento dos concursos especiais de acesso e ingresso no ciclo de estudos conducente ao grau de licenciado Artigo 1.º Objecto e âmbito O presente regulamento estabelece

Leia mais

EDITAL. CONCURSO DE ACESSO REGIMES DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO E REINGRESSO Ano Letivo de 2016/2017

EDITAL. CONCURSO DE ACESSO REGIMES DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO E REINGRESSO Ano Letivo de 2016/2017 EDITAL CON DE ACESSO REGIMES DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/ E REINGRESSO Ano Letivo de 2016/2017 Por delegação de competências do Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e Ave, Agostinha Patrícia

Leia mais

ANO LETIVO 2015 / 2016 I NÚMERO DE VAGAS

ANO LETIVO 2015 / 2016 I NÚMERO DE VAGAS Código IMP.EM.EI.8_ ANO LETIVO 25 / 26 I NÚMERO DE VAGAS. O número total de vagas para o º ano de cada curso, é: VAGAS Medicina Dentária (MD) 2 Ciências Farmacêuticas (CF) 2 Engenharia Biomédica (EB) 8

Leia mais

REGULAMENTO DOS CONCURSOS ESPECIAIS DE ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR NOS CURSOS MINISTRADOS NA UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO

REGULAMENTO DOS CONCURSOS ESPECIAIS DE ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR NOS CURSOS MINISTRADOS NA UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO REGULAMENTO DOS CONCURSOS ESPECIAIS DE ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR NOS CURSOS MINISTRADOS NA UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO TÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º Âmbito O presente

Leia mais

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Faculdade de Direito

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Faculdade de Direito UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Faculdade de Direito Regulamento dos regimes de reingresso e de mudança par instituição/curso da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa Nos termos do disposto no

Leia mais

Artigo 1º. Âmbito. a) Os titulares de um curso superior de bacharelato, licenciatura, mestrado ou doutoramento;

Artigo 1º. Âmbito. a) Os titulares de um curso superior de bacharelato, licenciatura, mestrado ou doutoramento; Regulamento do Concurso Especial de Acesso aos Cursos da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para Titulares de Cursos Médios, Superiores e Pós-Secundários Tendo por base o

Leia mais

(Preâmbulo) CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo 1.º (Objeto e âmbito)

(Preâmbulo) CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo 1.º (Objeto e âmbito) (Preâmbulo) Conforme disposto no Decreto-Lei nº 113/2014 de 16 de julho, aprova-se o Regulamento dos Concursos Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior a aplicar no Instituto Superior de Ciências

Leia mais

TRANSFERÊNCIAS - 1.º CICLO - Direito

TRANSFERÊNCIAS - 1.º CICLO - Direito TRANSFERÊNCIAS - 1.º CICLO - Direito PORTARIA N.º 401/2007, DE 5 DE ABRIL, ALTERADA PELA PORTARIA N.º 232-A/2013, DE 22 DE JULHO, E REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO, MUDANÇA DE CURSO E TRANSFERÊNCIA

Leia mais

[ PRESIDENTE ] Edital

[ PRESIDENTE ] Edital [ PRESIDENTE ] Edital Abertura das candidaturas à matrícula e inscrição, no ano letivo 2016/2017, em ciclos de estudos conducentes ao grau de licenciado, através do Concurso Especial de Acesso e Ingresso

Leia mais

EDITAL. CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL Ano Letivo de 2016/2017

EDITAL. CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL Ano Letivo de 2016/2017 EDITAL CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL Ano Letivo de 2016/2017 Por delegação de competências do Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e Ave, Agostinha Patrícia

Leia mais

REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO Cursos de Licenciatura e cursos Técnicos superiores Profissionais

REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO Cursos de Licenciatura e cursos Técnicos superiores Profissionais Publicite-se nos locais de estilo. 27/07/2017 Ana Luísa Fernandes Vice-Presidente do IPBeja EDITAL ANO LECTIVO 2017/2018 REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO Cursos de Licenciatura

Leia mais

Artigo 1.º Objeto e âmbito. Artigo 2.º Avaliação da capacidade para a frequência. Artigo 3.º Provas

Artigo 1.º Objeto e âmbito. Artigo 2.º Avaliação da capacidade para a frequência. Artigo 3.º Provas REGULAMENTO DO CONCURSO LOCAL PARA A CANDIDATURA À MATRÍCULA E INSCRIÇÃO NO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE LICENCIADO EM TECNOLOGIAS DA MÚSICA MINISTRADO PELA ESCOLA SUPERIOR DE MÚSICA DO INSTITUTO

Leia mais

AVISO DE ABERTURA N.º 406/GA/GAI. Ano letivo 2016/2017 Mudança de par instituição/curso. 1º Ciclo Licenciatura em Serviço Social

AVISO DE ABERTURA N.º 406/GA/GAI. Ano letivo 2016/2017 Mudança de par instituição/curso. 1º Ciclo Licenciatura em Serviço Social AVISO DE ABERTURA N.º 406/GA/GAI Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação Ano letivo 2016/2017 Mudança de par instituição/curso 1º Ciclo Licenciatura em Serviço Social 1. Numerus clausus: 1ª Fase:

Leia mais

Projeto de Regulamento dos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição/Curso na Universidade de Coimbra

Projeto de Regulamento dos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição/Curso na Universidade de Coimbra Projeto de Regulamento dos Regimes de Reingresso e de Mudança de Par Instituição/Curso na Universidade de Coimbra Preâmbulo Com a entrada em vigor da Portaria n.º 181-D/2015, de 19 de junho surge a necessidade

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO DE ACESSO MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL ESPECIALIZAÇÃO EM CONSTRUÇÃO URBANA

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO DE ACESSO MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL ESPECIALIZAÇÃO EM CONSTRUÇÃO URBANA INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO DE ACESSO MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL ESPECIALIZAÇÃO EM CONSTRUÇÃO URBANA Edição 2016-2018 Nos termos do Decreto -Lei n.º 42/2005,

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO. (edição )

EDITAL MESTRADO EM SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO. (edição ) EDITAL MESTRADO EM SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO (edição 2016-) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de março, com as alterações introduzidas pelo

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO DE ACESSO MESTRADO EM INFORMÁTICA E SISTEMAS.

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO DE ACESSO MESTRADO EM INFORMÁTICA E SISTEMAS. INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO DE ACESSO MESTRADO EM INFORMÁTICA E SISTEMAS Edição 2016-2018 Nos termos do Decreto -Lei n.º 42/2005, de pelo 22 de Fevereiro,

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL NA ESCOLA SUPERIOR ARTÍSTICA DO PORTO (ESAP)

REGULAMENTO DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL NA ESCOLA SUPERIOR ARTÍSTICA DO PORTO (ESAP) REGULAMENTO DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL NA ESCOLA SUPERIOR ARTÍSTICA DO PORTO (ESAP) Artigo 1º Objeto O presente regulamento disciplina o concurso especial de acesso

Leia mais

Mudança de par instituição/curso 2017/2018

Mudança de par instituição/curso 2017/2018 Mudança de par instituição/curso 2017/2018 Definição Mudança de par instituição/curso é o ato pelo qual um estudante se matricula e ou inscreve em par instituição/curso diferente daquele(s) em que, em

Leia mais

Regulamento do Concurso Especial de Acesso e Ingresso do Estudante Internacional no Instituto Superior de Ciências Educativas do Douro

Regulamento do Concurso Especial de Acesso e Ingresso do Estudante Internacional no Instituto Superior de Ciências Educativas do Douro Regulamento do Concurso Especial de Acesso e Ingresso do Estudante Internacional no Instituto Superior de Ciências Educativas do Douro Artigo 1.º Objeto O presente regulamento visa regular o concurso especial

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS. Artigo 1.º Âmbito

REGULAMENTO DOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS. Artigo 1.º Âmbito Artigo 1.º Âmbito O presente regulamento1 estabelece o regime de funcionamento dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTSP) ministrados pelas unidades orgânicas do Instituto Politécnico de Saúde

Leia mais

Artigo 2º Conceito de Estudante Internacional 1. É estudante internacional o estudante que não tem nacionalidade portuguesa.

Artigo 2º Conceito de Estudante Internacional 1. É estudante internacional o estudante que não tem nacionalidade portuguesa. Artigo 1º Objetivo e âmbito de aplicação O presente regulamento tem como objetivo dar cumprimento ao artigo 14º do Decreto-Lei nº 36/2014, de 10 março e aplica-se exclusivamente aos estudantes internacionais

Leia mais

EDITAL. (Edição )

EDITAL. (Edição ) EDITAL MESTRADO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL ESPECIALIZAÇÃO EM PROBLEMAS DO DOMÍNIO COGNITIVO E MOTOR (Edição 2017-2019) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de

Leia mais

REGIME MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO NO ENSINO SUPERIOR LICENCIATURAS ANO LETIVO 2016/2017

REGIME MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO NO ENSINO SUPERIOR LICENCIATURAS ANO LETIVO 2016/2017 REGIME MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO NO ENSINO SUPERIOR LICENCIATURAS ANO LETIVO 2016/2017 Mudança de par instituição/curso é o ato pelo qual um estudante se matricula e ou inscreve em par instituição/curso

Leia mais

MESTRADO EM AGRICULTURA BIOLÓGICA Edição

MESTRADO EM AGRICULTURA BIOLÓGICA Edição INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA EDITAL (EDIÇÃO 2016-2018) Nos termos do Decreto-Lei nº42/2005, de 22 de fevereiro e do Decreto-Lei nº74/2006, de 24 de março, com as alterações que lhes foram introduzidas

Leia mais

TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO

TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO Nos termos do artigo 10.º do Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferência e Reingresso no Ensino Superior aprovado

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL NO ISMT

REGULAMENTO DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL NO ISMT REGULAMENTO DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL NO ISMT Em conformidade com o Decreto-Lei nº 36/2014, de 10 de março, que regula o Estatuto do Estudante Internacional,

Leia mais

Diário da República, 2.ª série N.º de Agosto de

Diário da República, 2.ª série N.º de Agosto de Diário da República, 2.ª série N.º 154 10 de Agosto de 2010 42913 curso CE1 CE2 CE3 9920 Gestão Bancária e Seguros.................................................. 4 1 5 8092 Gestão Bancária e Seguros,

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM FARMÁCIA - ESPECIALIZAÇÃO EM FARMACOTERAPIA APLICADA (edição )

EDITAL MESTRADO EM FARMÁCIA - ESPECIALIZAÇÃO EM FARMACOTERAPIA APLICADA (edição ) EDITAL MESTRADO EM FARMÁCIA - ESPECIALIZAÇÃO EM FARMACOTERAPIA APLICADA (edição 2016-) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de março, com as alterações

Leia mais

ESTUDANTE INTERNACIONAL CANDIDATURAS, EMOLUMENTOS, CRITÉRIOS DE SERIAÇÃO E DOCUMENTOS A APRESENTAR

ESTUDANTE INTERNACIONAL CANDIDATURAS, EMOLUMENTOS, CRITÉRIOS DE SERIAÇÃO E DOCUMENTOS A APRESENTAR ESTUDANTE INTERNACIONAL CANDIDATURAS, EMOLUMENTOS, CRITÉRIOS DE SERIAÇÃO E DOCUMENTOS A APRESENTAR Prazos de Candidatura 2016/17: Primeira fase: 01 a 27 de março Segunda fase: 06 a 24 de junho Nota: Para

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTUDANTE EXTRAORDINÁRIO

REGULAMENTO DE ESTUDANTE EXTRAORDINÁRIO REGULAMENTO DE ESTUDANTE EXTRAORDINÁRIO 17 07 10 CONSELHO TÉCNICO-CIENTÍFICO 2015 03 REGULAMENTO DE ESTUDANTE EXTRAORDINÁRIO ARTIGO 1º (ÂMBITO) 1- Consideram-se Estudantes Regulares os Estudantes matriculados

Leia mais

AVISO DE ABERTURA N.º 495/GA/GAI. Ano letivo 2015/2016 Transferência. 2º Ciclo Mestrado Integrado em Medicina Dentária

AVISO DE ABERTURA N.º 495/GA/GAI. Ano letivo 2015/2016 Transferência. 2º Ciclo Mestrado Integrado em Medicina Dentária AVISO DE ABERTURA N.º 495/GA/GAI Faculdade de Medicina Ano letivo 2015/2016 Transferência 2º Ciclo Mestrado Integrado em Medicina Dentária 1. Numerus clausus: 2ª Fase: 1º ano curricular: 0 vagas Restantes

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA. ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE AVALIAÇÃO E APLICAÇÃO CLÍNICA DO MOVIMENTO (edição )

EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA. ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE AVALIAÇÃO E APLICAÇÃO CLÍNICA DO MOVIMENTO (edição ) EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE AVALIAÇÃO E APLICAÇÃO CLÍNICA DO MOVIMENTO (edição 2016-) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006

Leia mais

REGULAMENTO Acesso e Ingresso nos Ciclos de Estudo Conducentes ao Grau de Doutor

REGULAMENTO Acesso e Ingresso nos Ciclos de Estudo Conducentes ao Grau de Doutor REGULAMENTO Acesso e Ingresso nos Ciclos de Estudo Conducentes ao Grau de Doutor Elaborado por: Aprovado por: Versão Reitor 1.0 (Professor Doutor Rui Oliveira) Revisto e Confirmado por: Data de Aprovação

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Gabinete do Reitor

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Gabinete do Reitor REGULAMENTO DO ESTATUTO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL DA UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR A Universidade da Beira Interior (UBI) pretende implementar uma política ativa de atração e acolhimento de estudantes

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO. (edição )

EDITAL MESTRADO EM SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO. (edição ) EDITAL MESTRADO EM SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO (edição 2014-) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de março, com as alterações introduzidas pelo

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS DO IPSN

REGULAMENTO DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS DO IPSN Artigo 1º - Objeto e âmbito O presente regulamento disciplina o concurso especial de acesso e ingresso de estudantes internacionais nos ciclos de estudo de licenciatura do IPSN, ao abrigo do disposto no

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA. ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE AVALIAÇÃO E APLICAÇÃO CLÍNICA DO MOVIMENTO (edição )

EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA. ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE AVALIAÇÃO E APLICAÇÃO CLÍNICA DO MOVIMENTO (edição ) EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE AVALIAÇÃO E APLICAÇÃO CLÍNICA DO MOVIMENTO (edição -) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de

Leia mais

REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO

REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO SETEMBRO/2015 Artigo 1º Objeto REG.SEC.02.02 Página 1 de 7 O presente regulamento estabelece as normas relativas aos regimes

Leia mais

[DIRETOR] Despacho D-28/ /2016. [Período normal] Artigo 1. Objeto

[DIRETOR] Despacho D-28/ /2016. [Período normal] Artigo 1. Objeto JI1. U [ISADA [DIRETOR] Despacho D-28/2015 REGULAMENTO DE CONCURSOS ESPECIAIS, REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO /CURSO NO ENSINO SUPERIOR UNIVERSITÁRIO 2015/2016 VAGAS E CRITÉRIOS

Leia mais

expressamente a nacionalidade do/a candidato/a; CPF (para o caso de candidatos brasileiros); domiciliado; deste regime (descarregar modelo);

expressamente a nacionalidade do/a candidato/a; CPF (para o caso de candidatos brasileiros); domiciliado; deste regime (descarregar modelo); EDITAL Concurso especial de acesso e ingresso para estudantes internacionais candidatos aos ciclos de estudos da Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti (ESEPF) para o ano letivo de 2017/2018

Leia mais

Artigo 1.º Objeto e âmbito. Artigo 2.º Avaliação da capacidade para a frequência

Artigo 1.º Objeto e âmbito. Artigo 2.º Avaliação da capacidade para a frequência REGULAMENTO DO CONCURSO LOCAL PARA A MATRÍCULA E INSCRIÇÃO NO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE LICENCIADO EM MÚSICA, MINISTRADO PELA ESCOLA SUPERIOR DE MÚSICA DE LISBOA, DO INSTITUTO POLITÉCNICO

Leia mais

REGULAMENTO DOS CONCURSOS ESPECIAIS

REGULAMENTO DOS CONCURSOS ESPECIAIS Página 1 de 5 Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1.º (Objeto) O presente regulamento fixa os procedimentos relativos aos concursos especiais para acesso e ingresso no ensino superior, nos termos da lei.

Leia mais

DESPACHO N.º 12/2015-IPL

DESPACHO N.º 12/2015-IPL DESPACHO N.º 12/2015-IPL A publicação do Decreto-Lei n.º 43/2014, de 18 de março, que cria os cursos técnicos superiores profissionais, conduziu à necessidade de proceder à revisão do regime jurídico dos

Leia mais

EDITAL CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS. Ano letivo 2017/2018

EDITAL CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS. Ano letivo 2017/2018 EDITAL CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS Ano letivo 2017/2018 A Escola Superior de Enfermagem de S. José de Cluny fixa 5 vagas para o Concurso Especial de Acesso e Ingresso

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM RADIOLOGIA - ESPECIALIZAÇÃO OSTEO-ARTICULAR (edição )

EDITAL MESTRADO EM RADIOLOGIA - ESPECIALIZAÇÃO OSTEO-ARTICULAR (edição ) EDITAL MESTRADO EM RADIOLOGIA - ESPECIALIZAÇÃO OSTEO-ARTICULAR (edição 2014-) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de março, com as alterações introduzidas

Leia mais

12 de maio de O Diretor, Prof. Doutor Fernando José Pires Santana.

12 de maio de O Diretor, Prof. Doutor Fernando José Pires Santana. Nos termos da lei e dos estatutos da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT/UNL), procede -se à publicação do Regulamento dos Regimes de Reingresso e de Mudança Par Instituição/Curso.

Leia mais

REGULAMENTO DE ACESSO E INGRESSO

REGULAMENTO DE ACESSO E INGRESSO REGULAMENTO DE ACESSO E INGRESSO Artigo 1.º Âmbito O presente Regulamento destina-se a regular o acesso e ingresso nos cursos da Escola Superior Artística de Guimarães, adiante designada por ESAG. Artigo

Leia mais

Regulamento Concursos Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior

Regulamento Concursos Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior Regulamento Concursos Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior Titulares de um diploma de técnico superior profissional Artigo 1.º Âmbito São abrangidos pelo concurso especial os titulares de

Leia mais

EDITAL EDT P - 30/2017

EDITAL EDT P - 30/2017 EDITAL EDT P - 30/2017 CURSO DE MESTRADO EUROPEU MEDICAL TECHNOLOGY AND HEALTHCARE BUSINESS (EMMAH) ANO LECTIVO DE 2017/2018 Maria Cristina Prudêncio Pereira Soares, Presidente Interina da Escola Superior

Leia mais

EDITAL ABERTURA DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS ANO LETIVO 2017/2018. fase

EDITAL ABERTURA DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS ANO LETIVO 2017/2018. fase EDITAL ABERTURA DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS ANO LETIVO 2017/2018 3. fase 1. Prazo para a apresentação das candidaturas De 30 de junho a 19 de ju ho de 2017

Leia mais

Concursos Especiais para Estudantes Internacionais Guia de Acesso - Ano Lectivo

Concursos Especiais para Estudantes Internacionais Guia de Acesso - Ano Lectivo De acordo com o estipulado no Regulamento do concurso especial de acesso e ingresso do estudante internacional a ciclos de estudo de licenciatura na Universidade de Atlântica, e no cumprimento do Decreto-Lei

Leia mais

Curso de Mestrado em Ensino de Matemática no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Secundário da Universidade da Madeira. Edital

Curso de Mestrado em Ensino de Matemática no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Secundário da Universidade da Madeira. Edital Curso de Mestrado em Ensino de Matemática no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Secundário da Universidade da Madeira Edital 5 de Setembro de 2008 Curso de Mestrado em Ensino de Matemática no 3.º Ciclo do

Leia mais

EDITAL N.º 04/2016. O período de candidaturas decorrerá entre 7 de julho a 31 de agosto de 2016.

EDITAL N.º 04/2016. O período de candidaturas decorrerá entre 7 de julho a 31 de agosto de 2016. EDITAL N.º 04/2016 A Universidade dos Açores faz saber que está aberto o concurso de acesso e ingresso ao Curso Técnico Superior Profissional (CTeSP) em Desenvolvimento de Aplicações WEB, no polo de Ponta

Leia mais

DESPACHO N.º GR.01/04/2014. Aprova o Regulamento de Aplicação do Estatuto de Estudante Internacional da Universidade do Porto

DESPACHO N.º GR.01/04/2014. Aprova o Regulamento de Aplicação do Estatuto de Estudante Internacional da Universidade do Porto DESPACHO N.º GR.01/04/2014 Aprova o Regulamento de Aplicação do Estatuto de Estudante Internacional da Universidade do Porto No uso da competência que me é consagrada na alínea o), do n.º 1, do artigo

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM PSICOACÚSTICA (edição )

EDITAL MESTRADO EM PSICOACÚSTICA (edição ) EDITAL MESTRADO EM PSICOACÚSTICA (edição -) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de março, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 107/2008

Leia mais

TPG PDIit(tflieO di, Gtmrda

TPG PDIit(tflieO di, Gtmrda TPG PDIit(tflieO di, Gtmrda 71 EDITAL INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA CONCURSOS ESPECIAIS DE ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR EDIÇÃO 2017/2018 Constantino Mendes Rei, Presidente do Instituto Politécnico

Leia mais

TPG. CONSTANTINO MENDES REI, Presidente do Instituto Politécnico da Guarda, faz saber que, nos

TPG. CONSTANTINO MENDES REI, Presidente do Instituto Politécnico da Guarda, faz saber que, nos j c,1it,crijeo d, Guarda CONCURSO DE ACESSO AOS CURSOS DE 2 CICLO (MESTRADOS) DO INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA Edição de 2017/2018 EDITAL CONSTANTINO MENDES REI, Presidente do Instituto Politécnico da

Leia mais

EDITAL. O período de candidaturas decorrerá entre 26 de junho e 31 de julho de 2017.

EDITAL. O período de candidaturas decorrerá entre 26 de junho e 31 de julho de 2017. EDITAL A Universidade dos Açores faz saber que está aberto o concurso de acesso e ingresso ao Curso Técnico Superior Profissional (CTeSP) em Desenvolvimento de Aplicações WEB, no campo de Ponta Delgada.

Leia mais

Regulamentos. É aprovado o Regulamento de creditação de formação anterior e de experiência profissional da Universidade do Porto

Regulamentos. É aprovado o Regulamento de creditação de formação anterior e de experiência profissional da Universidade do Porto Regulamentos CREDITAÇÃO DE FORMAÇÃO E DE EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Aprovado pelo Despacho Reitoral GR.01/04/ 2012 de 5 de abril de 2012 Considerando que, nos termos do n. 3 do artigo 45. do Decreto -Lei

Leia mais

REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO DA ESCOLA SUPERIOR ARTÍSTICA DO PORTO (ESAP)

REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO DA ESCOLA SUPERIOR ARTÍSTICA DO PORTO (ESAP) REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO DA ESCOLA SUPERIOR ARTÍSTICA DO PORTO (ESAP) Conforme definido no nº 3 do Artigo 25º do Regulamento Geral dos Regimes de Reingresso

Leia mais

2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM ENSINO DAS ARTES VISUAIS NO 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO E ENSINO SECUNDÁRIO

2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM ENSINO DAS ARTES VISUAIS NO 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO E ENSINO SECUNDÁRIO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM ENSINO DAS ARTES VISUAIS NO 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO E ENSINO SECUNDÁRIO CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E SERIAÇÃO, ANO LETIVO 2017/2018 Fator A (pa 0,20) Natureza

Leia mais

EDITAL ABERTURA DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS ANO LETIVO 2017/ fase E E

EDITAL ABERTURA DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS ANO LETIVO 2017/ fase E E Não O 1H Ir 101 EDITAL ABERTURA DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO PARA ESTUDANTES INTERNACIONAIS ANO LETIVO 2017/2018 2. fase 1. Prazo para a apresentação das candidaturas De 04 a 24 de abril de

Leia mais

Regulamento Geral dos Regimes de Reingresso e Mudança de Par Instituição/Curso da Universidade dos Açores. CAPÍTULO I Disposições Gerais

Regulamento Geral dos Regimes de Reingresso e Mudança de Par Instituição/Curso da Universidade dos Açores. CAPÍTULO I Disposições Gerais Regulamento Geral dos Regimes de Reingresso e Mudança de Par Instituição/Curso da Universidade dos Açores CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1.º Objeto 1 O presente Regulamento disciplina os regimes

Leia mais

Regulamento de Acesso e Ingresso

Regulamento de Acesso e Ingresso Página 1 de 6 Preâmbulo O presente regulamento define as regras de acesso e ingresso nos cursos técnicos superiores profissionais do ISVOUGA e institui os critérios pelos quais se pautam as provas de avaliação

Leia mais

Regulamento das Provas Especialmente Adequadas a Avaliar a Capacidade para Frequência dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais

Regulamento das Provas Especialmente Adequadas a Avaliar a Capacidade para Frequência dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais Regulamento das Provas Especialmente Adequadas a Avaliar a Capacidade para Frequência dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais Artigo 1.º Objeto e âmbito O presente Regulamento, nos termos do Decreto-

Leia mais

Artigo 1.º (Objetivo e âmbito) Artigo 2.º (Condições para requerer a inscrição)

Artigo 1.º (Objetivo e âmbito) Artigo 2.º (Condições para requerer a inscrição) REGULAMENTO DAS PROVAS DESTINADAS A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM DA ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM S. FRANCISCO DAS MISERICÓRDIAS, DOS TITULARES DE UM DIPLOMA

Leia mais

Tabela de Emolumentos do Instituto Politécnico de Castelo Branco

Tabela de Emolumentos do Instituto Politécnico de Castelo Branco Tabela de Emolumentos do Instituto Politécnico de Castelo Branco Aprovada em reunião do Conselho de Gestão de 14 de outubro de 16 (entra em vigor a partir de 1 de abril de 17) Designação do Emolumento

Leia mais

CIRCULAR INFORMATIVA

CIRCULAR INFORMATIVA CIRCULAR INFORMATIVA Nº. 22 Data: 2015/05/12 Para conhecimento de: Pessoal docente, discente e não docente ASSUNTO: - Regulamento das Provas Especialmente Adequadas a Avaliar a Capacidade para a Frequência

Leia mais

EDITAL INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE MESTRADO EM DESIGN DA ESCOLA SUPERIOR DE MEDIA ARTES E DESIGN 1

EDITAL INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE MESTRADO EM DESIGN DA ESCOLA SUPERIOR DE MEDIA ARTES E DESIGN 1 EDITAL INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE MESTRADO EM DESIGN DA ESCOLA SUPERIOR DE MEDIA ARTES E DESIGN 1 Delminda Augusta Pinto Lopes, Vice-Presidente, em substituição da Presidente

Leia mais

Tabela de Emolumentos do Instituto Politécnico de Castelo Branco Aprovada em reunião do Conselho de Gestão de 9 de junho de 2016

Tabela de Emolumentos do Instituto Politécnico de Castelo Branco Aprovada em reunião do Conselho de Gestão de 9 de junho de 2016 Tabela de Emolumentos do Instituto Politécnico de Castelo Branco Aprovada em reunião do Conselho de Gestão de 9 de junho de 16 Designação do Emolumento Euros 1 Candidaturas: 1.1 Candidatura a Cursos Técnicos

Leia mais

REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM GESTÃO E NEGÓCIOS. Artigo 1.º (Enquadramento jurídico) Artigo 2.

REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM GESTÃO E NEGÓCIOS. Artigo 1.º (Enquadramento jurídico) Artigo 2. REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM GESTÃO E NEGÓCIOS Artigo 1.º (Enquadramento jurídico) 1. O presente Regulamento visa desenvolver e complementar o regime jurídico instituído

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM AUDIOLOGIA (edição )

EDITAL MESTRADO EM AUDIOLOGIA (edição ) EDITAL MESTRADO EM AUDIOLOGIA (edição -) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de março, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 107/2008

Leia mais

REGULAMENTO N.º 3/2015

REGULAMENTO N.º 3/2015 REGULAMENTO N.º 3/2015 REGULAMENTO DAS PROVAS ESPECIALMENTE ADEQUADAS DESTINADAS A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS NA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA DA SAÚDE

Leia mais

EDITAL. Concurso de Acesso e Ingresso no Curso de Pós-Graduação em Enfermagem do Trabalho

EDITAL. Concurso de Acesso e Ingresso no Curso de Pós-Graduação em Enfermagem do Trabalho EDITAL Concurso de Acesso e Ingresso no Curso de Pós-Graduação em Enfermagem do Trabalho A Universidade dos Açores faz saber que está aberto concurso de acesso à Pós-Graduação em Enfermagem do Trabalho,

Leia mais

Cursos Técnico Superiores Profissionais

Cursos Técnico Superiores Profissionais Regulamento Cursos Técnico Superiores Profissionais (Regulamento Candidatura e Ingresso) Versão Data Alteração Ratificação 1.0 16-12-2014 Conselho Técnico Científico 2.0 07-11-2014 Adaptação ao D.L. 63/2016,

Leia mais

Regulamento dos ciclos de estudos de mestrado lecionados pela Escola Superior Agrária de Coimbra

Regulamento dos ciclos de estudos de mestrado lecionados pela Escola Superior Agrária de Coimbra Regulamento dos ciclos de estudos de mestrado lecionados pela Escola Superior Agrária de Coimbra Artigo 1.º Enquadramento jurídico e âmbito de aplicação 1. O presente regulamento visa desenvolver e complementar

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE VISEU REGULAMENTO DOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE VISEU REGULAMENTO DOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE VISEU REGULAMENTO DOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS O artigo 40.º-Y, aditado ao Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de março

Leia mais

Regulamento dos Concursos Especiais de Acesso e Ingresso nos Ciclos de Estudos de Licenciatura do Instituto Superior de Administração e Gestão

Regulamento dos Concursos Especiais de Acesso e Ingresso nos Ciclos de Estudos de Licenciatura do Instituto Superior de Administração e Gestão Regulamento dos Concursos Especiais de Acesso e Ingresso nos Ciclos de Estudos de Licenciatura do Instituto Superior de Administração e Gestão Ouvidos os órgãos de gestão do ISAG, nos termos do artigo

Leia mais