Guião da Lição 25 SOMOS A IGREJA QUE ELE FUNDOU

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guião da Lição 25 SOMOS A IGREJA QUE ELE FUNDOU"

Transcrição

1 Guião da Lição 25 SOMOS A IGREJA QUE ELE FUNDOU A família e os nossos amigos mais próximos, que são como uma família, são muito importantes para nós. Tratam-se todos, de uma comunidade de pessoas ligadas por laços, isto é, algo que as une umas às outras. Que tipo de laços achas que existem, entre eles? Pois bem, os laços que unem as pessoas de uma mesma família podem ser de sangue ( por exemplo, entre pais e filhos), de amor (amam-se uns aos outros, têm gestos de ternura e de carinho), de compromisso ( por exemplo, o marido e a mulher comprometeram-se, no dia do casamento, a partilhar a vida um com o outro, a apoiar-se e a amar-se). Estes laços que ligam as pessoas da mesma família fazem com que todos se sintam próximos uns dos outros, mesmo que vivam a muitos quilómetros de distância, pois que se ajudam uns aos outros e são solidários uns com os outros. Espaço de Comunhão Família Espaço de Partilha Uma família existe onde há uma unidade muito forte e onde há harmonia e entendimento entre as pessoas Do pão, os alimentos e tudo o que faz falta para viver, do espaço (a casa da família), do tempo, dos cuidados O amor que a todos une, a comunhão, a entreajuda, a solidariedade, o apoio que dão uns aos outros, fazem com que a comunidade familiar seja um ligar de Vida, de alegria, e de felicidade, onde as pessoas se sentem bem, se sentem queridas e amadas. Pertencer a uma família e viver em família é uma das experiências mais bonitas. Muitas vezes, os diversos membros da família têm um projeto semelhante, objetivos semelhantes, vêem a vida da mesma forma e têm os mesmos valores e princípios, pois foram educados de forma muito semelhante. Os membros da família mesmo que não vivam juntos, encontram-se de vez em quando, celebram juntos certas datas e festas, festas que têm a ver com pessoas da família ou com acontecimentos que foram importantes para todo o grupo.

2 Comunidade = Pessoas unidas por fortes laços Hoje, vamos falar de uma família muito especial. Trata-se de uma comunidade de pessoas ligadas por determinados laços. Essa família é constituída por pessoas muito diversas, com funções e trabalhos diversos, de diversas origens, por vezes até de diversas cores, de diversas raças e de diversas culturas. Nessa família, os laços de sangue não são os mais importantes. Observa as imagens da página 105 do catecismo e, escreve o que vês. O laço que liga as pessoas desta família é Jesus, nesta imagem podemos ver pessoas, que de uma forma ou de outra conheceram Jesus, ouviram as suas palavras e propostas e acharam que o que Jesus dizia e propunha fazia todo o sentido. Quiseram então seguir Jesus, viver com e Ele e como Ele. A grande Lei desta família é o AMOR. Jesus dizia aos que queriam integrar esta família: o mandamento que vos deixo é (completem com a resposta correta). Esta comunidade que nasce à volta de Jesus, chama-se IGREJA. Os que a constituem sentem-se irmãos. Amam-se uns aos outros. Ajudam-se uns aos outros. Perdoam-se quando algum membro faz alguma coisa errada. Reúnem-se mais frequentemente ao domingo, para celebrar o momento em que JESUS ressuscitou dos mortos e fazem uma bonita festa: a EUCARISTIA. Todos nós também fazemos parte desta família! O nosso grupo de catequese é um elemento importante da nossa comunidade de fé, assim como todos os grupos de catequese, as pessoas têm tarefas especiais, como os responsáveis da catequese, o Padre Paulo, o Padre Manuel Alexandre e o Padre Rui, todas as pessoas que se juntam para rezar, as que estão lá em casa mas rezam connosco e por nós e, imaginem, todas as comunidades de fé do mundo inteiro. Abram agora na página 106 do catecismo e observem novamente as imagens e escrevam o que vêem. Vamos relembrar agora o que falámos na catequese anterior

3 "Mundo Novo" Paz Reino de Deus Amor Justiça Perdão Jesus, com as suas palavras e com os seus gestos, mostrou aos Homens o que é que eles deviam fazer para que esse mundo novo aparecesse. Tal como nós, algumas pessoas ouviram a mensagem e a proposta de Jesus, acharam que o que Jesus dizia e propunha fazia sentido e começaram a andar com Ele tornaram-se seus discípulos, os discípulos de Jesus. O que faz um discípulo? Durante quase três anos, os discípulos seguiram Jesus, caminharam com Ele, viram os gestos de amor e bondade que Ele tinha para com as pessoas que encontravam no caminho e ouviram as suas indicações. Após a morte de Jesus, os discípulos sentiram-se perdidos, sem saber o que fazer, pois pensavam que as coisas não tinham corrido como eles pensavam, pois parecia que esse projeto em que eles tinham acreditado, a construção de um mundo novo, estava perdido Como é que o mundo novo ia ser construído se Jesus estava morto? Contudo, a morte não venceu Jesus e Ele ressuscitou. Aparecendo aos discípulos, Jesus Ressuscitado fê-los compreender que eles podiam e deviam continuar esse projeto de construir o mundo novo. E após receberem o Espírito Santo, começaram a falar a toda a gente de Jesus e do Reino de Deus. Os discípulos de Jesus, tinham a missão de anunciar o Reino de Deus e formaram uma família, uma comunidade. Na tua opinião qual será o nome dessa família/ comunidade?

4 Igreja significa: a comunidade daqueles que Deus chamou e que formam uma assembleia de Deus. Estas pessoas formam uma assembleia que se reúne à volta de Jesus para o escutar, para aprender com Ele A Igreja é o conjunto das pessoas que Deus chamou e que aceitaram integrar a família de Jesus Devem dar testemunho diante de outras pessoas desse mundo novo que Jesus veio propor a todos os homens e mulheres Abre agora a tua Bíblia em At 1, 42-47, lê atentamente e responde à questão retirando exemplos da passagem bíblica que acabas-te de ler: o Como é que essa família vivia? Na Bíblia é dada uma nova imagem da Igreja composta por todos os homens e mulheres. Abre a tua Bíblia em 1 Cor 12, 12-27, lê atentamente e responde ás

5 questões que se seguem, podes retirar exemplos da passagem Bíblica que justifiquem a resposta. 1. A que é que Paulo se refere quando fala deste corpo formado por muitos membros? 2. Esse corpo é o corpo de quem? Porquê? 3. Quem quiser encontrar Jesus, para onde se tem de dirigir? Após a leitura e realização das atividades deste guião, já estás preparado para responder à grande questão que resume toda esta catequese. O que é a Igreja? Para a próxima catequese IGREJA = TEMPLO DE DEUS Levem os vossos trabalhos de grupo e todo o material necessário para a sua elaboração, de modo a aproveitarem ao máximo o tempo para o realizarem! Até dia 1 de Junho! Nome: Data:

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 Senhor Jesus, Tu tens palavras de vida eterna e Tu revelas-te a nós como Pão da vida

Leia mais

Catequese Paroquial e CNE Escutismo Católico Português

Catequese Paroquial e CNE Escutismo Católico Português 1º Ano Paroquial e CNE Escutismo Católico Português JESUS GOSTA DE MIM Proporcionar às crianças um bom acolhimento eclesial, pelos catequistas e por toda a comunidade cristã (cf CT 16 e 24). Ajudá-las

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC)

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC) 2015-16 3 º ANO Unidade Letiva 1 A Dignidade das Crianças 1. Tomar consciência de que as crianças

Leia mais

1: Jesus, Tu és o Deus que veio ter connosco, para ser nosso amigo e nosso irmão, para nos ensinar a ser felizes e a construir um mundo bom e bonito, de amor, de justiça e de paz! Obrigado(a), Jesus! 2:

Leia mais

FESTA DO PAI-NOSSO 2º Ano. 14 de junho de Catequese Paroquial de Santa Maria da Feira Núcleo: Missionários Passionistas

FESTA DO PAI-NOSSO 2º Ano. 14 de junho de Catequese Paroquial de Santa Maria da Feira Núcleo: Missionários Passionistas FESTA DO PAI-NOSSO 2º Ano 14 de junho de 2014 Catequese Paroquial de Santa Maria da Feira Núcleo: Missionários Passionistas MONIÇÃO ANTES DO CÂNTICO DE ENTRADA (Criança) Olá, nós as crianças do 2º ano

Leia mais

IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO

IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO IGREJA EM SAÍDA CULTURA DO ENCONTRO comunidade eclesial a V O C A Ç Ã O NASCE, CRESCE na IGREJA; é SUSTENTADA pela IGREJA. Todos os cristãos são constituídos missionários

Leia mais

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA A Eucaristia é o sacramento que atualiza e faz a memória do sacrifício de Jesus: em cada Eucaristia temos a presença do Cristo que pela sua morte e ressurreição

Leia mais

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra);

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra); Uma nova paróquia Introdução DA: Conversão Pastoral Escolha de outro caminho; Transformar a estrutura paroquial retorno a raiz evangélica; Jesus: modelo (vida e prática); Metodologia: Nele, com Ele e a

Leia mais

Coleção Chamados à Vida Chamados À Vida, Chamados À Vida Em Jesus Cristo,

Coleção Chamados à Vida Chamados À Vida, Chamados À Vida Em Jesus Cristo, Coleção Chamados à Vida Em preparação à Eucaristia 1ª Etapa: Chamados à vida 2ª Etapa: Chamados à vida em Jesus Cristo 3ª Etapa: Chamados à vida em Comunidade. 4ª Etapa: Chamados à vida para amar e servir.

Leia mais

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial Catedral Diocesana de Campina Grande Paróquia nossa Senhora da Conceição II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia Por suas chagas fomos curados, felizes aqueles que crêem sem terem visto.

Leia mais

Colégio Nossa Senhora da Piedade

Colégio Nossa Senhora da Piedade Colégio Nossa Senhora da Piedade Dados de identificação: Curso: Ensino Fundamental II Série: 9 Ano Professora: Denise dos Santos Silva Rocha Disciplina: Ensino Religioso Ano: 2016. Plano de curso 1-Objetivo

Leia mais

# Não temas! Transforma o mundo!

# Não temas! Transforma o mundo! 09 de outubro SIM, QUERO, POR TODA A VIDA Bom dia! Hoje, partilhamos contigo algumas fotos da Profissão perpétua da Ir. Linda, realizada na paróquia de Ferreiras, no dia 7 de outubro. (Powerpoint em anexo)

Leia mais

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA 17-03-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze A Igreja no desígnio de Deus O que significa a palavra Igreja? Designa o povo que Deus convoca e reúne de todos os

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS (EMRC) (5ºANO) Unidade letiva 1 (Viver Juntos) Mudar faz parte da vida Os grupos a que pertenço Deus estabelece uma relação com a humanidade A aliança condição facilitadora da relação entre as partes A

Leia mais

Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus,

Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus, Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum-20.1.13 Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus, ia haver uma grande tristeza, porque o vinho se tinha

Leia mais

FESTA DO ESPIRITO 10º ANO DE CATEQUESE. 23 de Maio de 2010

FESTA DO ESPIRITO 10º ANO DE CATEQUESE. 23 de Maio de 2010 FESTA DO ESPIRITO "É este o fruto do Espírito Santo: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e auto-domínio." Gl, 5,22 Espírito Santo ajuda-nos a ter estes Teus frutos!

Leia mais

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO. Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO. Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal ITINERÁRIO CATEQUÉTICO Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal COMO É PROPOSTO O PROCESSO CATEQUÉTICO NO ITINERÁRIO? O Itinerário orienta a construção do processo catequético conforme

Leia mais

HOJE FALAMOS DE GRAÇA E PAZ

HOJE FALAMOS DE GRAÇA E PAZ 16 de janeiro HOJE FALAMOS DE GRAÇA E PAZ Bom dia. E boa semana. Hoje começamos o nosso dia com a Palavra de Deus. Penso que sabes o que quer dizer A Palavra de Deus é aquela palavrinha que lemos e escutamos

Leia mais

Guião da celebração. Festa do Pai-Nosso. Núcleo seminário passionistas. 2º Ano de catequese. 2 Junho de 2012. Saudação inicial: Catequista:

Guião da celebração. Festa do Pai-Nosso. Núcleo seminário passionistas. 2º Ano de catequese. 2 Junho de 2012. Saudação inicial: Catequista: Guião da celebração Festa do Pai-Nosso Núcleo seminário passionistas 2º Ano de catequese 2 Junho de 2012 Saudação inicial: Catequista: Boa tarde A nossa comunidade está hoje em festa, porque as crianças

Leia mais

Escola Bíblica Ano Pastoral

Escola Bíblica Ano Pastoral Escola Bíblica Ano Pastoral 2013-2014 Paróquia do Candal 5.º encontro 4 de dezembro de 2013-21:30 horas - Cripta da igreja Que procuramos neste encontro?! Na sessão de hoje, vamos ler uma das páginas mais

Leia mais

Nº 27 - B - Pentecostes

Nº 27 - B - Pentecostes Nº 27 - B - Pentecostes 24.5.2015 Hoje celebramos a festa de Pentecostes, ou seja, a descida do Espírito Santo sobre os Apóstolos e Nossa Senhora. Antes de subir ao Céu, Jesus prometeu aos Apóstolos que

Leia mais

PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos,

PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos, PRIMEIRO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro

Leia mais

Orações Semanais para a Quaresma

Orações Semanais para a Quaresma Orações Semanais para a Quaresma Nesta Quaresma iremos realizar uma pequena oração no inicio ou no fim de cada reunião, pretendendo assim criar o hábito de oração em grupo, mas relembrando sempre que somos

Leia mais

2ºano de catequese 1. DESCOBRIR O AMOR DE DEUS NA ESCUTA DA SUA PALAVRA. Paróquia de Forjães 26 de Fevereiro de 2005

2ºano de catequese 1. DESCOBRIR O AMOR DE DEUS NA ESCUTA DA SUA PALAVRA. Paróquia de Forjães 26 de Fevereiro de 2005 Tu tens um amigo que te ama: Nós temos um amigo que nos ama, Que nos ama, que nos ama. Nós temos um amigo que nos ama: 1. DESCOBRIR O AMOR DE DEUS NA ESCUTA DA SUA PALAVRA Presidente: Em nome do Pai e

Leia mais

Nº 12 C 1º Domingo da Quaresma A escolha certa

Nº 12 C 1º Domingo da Quaresma A escolha certa Nº 12 C 1º Domingo da Quaresma-14.2.2016 A escolha certa Conforme dissemos nos Xavierinhos da semana passada, a Quaresma começou na passada quartafeira, quarta-feira de cinzas. Como a maior parte dos meninos

Leia mais

NÃO TEMAS! ESTOU CONTIGO! 2ª FEIRA 23 DE OUTUBRO PALAVRA DE DEUS

NÃO TEMAS! ESTOU CONTIGO! 2ª FEIRA 23 DE OUTUBRO PALAVRA DE DEUS 2ª FEIRA 23 DE OUTUBRO PALAVRA DE DEUS É já esta semana que celebramos a Festa da Santidade Juvenil Salesiana. Já muito foi falado sobre como poderemos atingir a Santidade e, de facto, sabemos que é algo

Leia mais

Nº 22 C Domingo II da Páscoa Cristo ressuscitado, os primeiros apóstolos viram-te, tocaram-te, escutaram-te e acreditaram em ti. Nós, os teus amigos

Nº 22 C Domingo II da Páscoa Cristo ressuscitado, os primeiros apóstolos viram-te, tocaram-te, escutaram-te e acreditaram em ti. Nós, os teus amigos Nº 22 C Domingo II da Páscoa Cristo ressuscitado, os primeiros apóstolos viram-te, tocaram-te, escutaram-te e acreditaram em ti. Nós, os teus amigos de hoje não te contemplámos, nem escutámos a tua voz,

Leia mais

O MUNDO QUE DEUS SONHOU PARA MIM E MINHA FAMÍLIA

O MUNDO QUE DEUS SONHOU PARA MIM E MINHA FAMÍLIA Estudante: Ano: 6º Turma: Educador: Wagner Melo C. Curricular: Educação Religiosa O MUNDO QUE DEUS SONHOU PARA MIM E MINHA FAMÍLIA Deus nos criou para convivermos com outras pessoas e sermos felizes. A

Leia mais

Metas/Objetivos Descritores de Desempenho/Conteúdos Estratégias/Metodologias Avaliação

Metas/Objetivos Descritores de Desempenho/Conteúdos Estratégias/Metodologias Avaliação Domínio Religião e experiência religiosa Cultura cristã e visão cristã da vida Ética e moral cristã DEPARTAMENTO DE PASTORAL DISCIPLINA: EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA PLANIFICAÇÃO DE 5º ANO Calendarização:

Leia mais

ARTE DE AMAR EM BUSCA DO PERFEITO AMOR

ARTE DE AMAR EM BUSCA DO PERFEITO AMOR A ARTE DE AMAR EM BUSCA DO PERFEITO AMOR EM BUSCA DO PERFEITO AMOR #4 A ARTE DE AMAR COMO DEUS NOS AMA Henri Nouwen A volta do filho pródigo Esta é a filiação divina. E é a esta filiação que sou chamado.

Leia mais

Roteiros Mensais para Grupos

Roteiros Mensais para Grupos Roteiros Mensais para Grupos JULHO 2017 INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA Ajudar a aprofundar e rezar com a INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA de cada mês, para mobilizar os grupos e a vida pessoal diante dos grandes

Leia mais

Família Presente de Deus, Lugar de Amor

Família Presente de Deus, Lugar de Amor Família Presente de Deus, Lugar de Amor Amadas irmãs e amados irmãos, Paz e Bem! É com felicidade que trazemos mais este presente para a IMMF do Brasil: mais um encarte no caderno de formação! Um material

Leia mais

PLANO DE CURSO OBJETIVO GERAL DA ÁREA DE ENSINO RELIGIOSO

PLANO DE CURSO OBJETIVO GERAL DA ÁREA DE ENSINO RELIGIOSO PLANO DE CURSO OBJETIVO GERAL DA ÁREA DE ENSINO RELIGIOSO O direito fundamental à educação inclui receber, na formação integral, a capacitação necessária ao exercício da cidadania. O Ensino religioso tem

Leia mais

NÃO TEMAS! ESTOU CONTIGO NA TUA FAMÍLIA 2º CICLO

NÃO TEMAS! ESTOU CONTIGO NA TUA FAMÍLIA 2º CICLO 2ª FEIRA 25 DE SETEMBRO Bom dia! Depois de um fim de semana para re carregar energias, espera-nos uma semana em cheio. Nesta semana vamos falar da importância da família e de como a devemos tratar como

Leia mais

PRIMEIRO LIVRO DO CATEQUIZANDO. Em preparação à Eucaristia

PRIMEIRO LIVRO DO CATEQUIZANDO. Em preparação à Eucaristia PRIMEIRO LIVRO DO CATEQUIZANDO Em preparação à Eucaristia Direção editorial Claudiano Avelino dos Santos Coordenação editorial Jakson Ferreira de Alencar Ilustrações Cícero Soares Produção editorial AGWM

Leia mais

Nº 5 C Natal e Sagrada Família

Nº 5 C Natal e Sagrada Família Nº 5 C Natal e Sagrada Família Esta semana celebramos nascimento de Jesus, no dia de Natal e depois a festa da Sagrada Família. A Sagrada Família é composta por Maria, José e o Menino Jesus. A Sagrada

Leia mais

HOMILIA CATEQUEÉ TICA PARA A PAÁ SCOA DE 2016

HOMILIA CATEQUEÉ TICA PARA A PAÁ SCOA DE 2016 HOMILIA CATEQUEÉ TICA PARA A PAÁ SCOA DE 2016 DE S. S. BARTOLOMEU I, ARCEBISPO DE CONSTANTINOPLA-NOVA ROMA E PATRIARCA ECUMEÊ NICO PROTOCOLO Nº 450 BARTOLOMEU PELA MISERICÓRDIA DE DEUS ARCEBISPO DE CONSTANTINOPLA-NOVA

Leia mais

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS 279 I rmãs e irmãos: Ao celebrar a solenidade de São N. (de Santa N.), nosso irmão (nossa irmã) na fé e no Baptismo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, dizendo (ou: cantando): R. Deus, fonte de toda a santidade,

Leia mais

O Matrimónio, uma vocação A família, lugar vocacional. Maio-2011 Vocação Matrimonial e Familiar 1

O Matrimónio, uma vocação A família, lugar vocacional. Maio-2011 Vocação Matrimonial e Familiar 1 O Matrimónio, uma vocação A família, lugar vocacional Maio-2011 Vocação Matrimonial e Familiar 1 Sumário O que é vocação Matrimónio, sinal e missão Matrimónio, aliança e compromisso Missão em casal Missão

Leia mais

(ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL

(ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL SACRAMENTOS - III (ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL - 1 COMO OS SACRAMENTOS ATUALIZAM A GRAÇA NAS DIVERSAS SITUAÇÕES DA VIDA 2 1. O QUE ACONTECE NO BATISMO? 3 NO BATISMO, A PESSOA

Leia mais

FAMÍLIA R&B 12º ANIVERSÁRIO CASAMENTO COMEMORAÇÃO JANTAR DE FAMÍLIA 1 DE MARÇO

FAMÍLIA R&B 12º ANIVERSÁRIO CASAMENTO COMEMORAÇÃO JANTAR DE FAMÍLIA 1 DE MARÇO ARRANJACASA REPARAMOS E REMODELAMOS O SEU LAR, EMPRESA, JARDIM 938664495 FAMÍLIA R&B EDIÇÃO ESPECIAL S. VALENTIM DIRECÇÃO TÉCNICA OLÍVIA 14 DE FEVEREIRO DE 2015 FOTOGRAFIA MARGARIDA RETIRO DA QUARESMA

Leia mais

Nº 8C 2º Domingo do Tempo Comum Bodas de Caná

Nº 8C 2º Domingo do Tempo Comum Bodas de Caná Nº 8C 2º Domingo do Tempo Comum-17.1.2016 Bodas de Caná Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus, ia haver uma grande tristeza, porque

Leia mais

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias Finalidade: Descobrir-se Cristão Objectivos: Participar na eucaristia Concretizar projecto comunitário (partilha fraterna) Tema do Período Em Diálogo 1 1º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos

Leia mais

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO 1 CATEQUESE VOCACIONAL 1. ACOLHIMENTO 2. ORAÇÃO INICIAL: A catequese deve iniciar sempre com uma oração conjunta: Todos de pé rezamos pedindo ao Senhor que continue a chamar jovens para a vida sacerdotal

Leia mais

LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37):

LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37): LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37): Quem é o meu próximo? perguntou o Doutor da Lei a Jesus, que em seguida lhe contou a Parábola do

Leia mais

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EIS O CORDEIRO DE DEUS QUE TIRA O PECADO DO MUNDO DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EUCARISTIA 19H DINAMIZAÇÃO DO 10º ANO DE CATEQUESE IGREJA MATRIZ DE VILA DO CONDE Cântico Inicial: Filho de Deus 1. Somos

Leia mais

Nº 18 C - Domingo de Páscoa

Nº 18 C - Domingo de Páscoa Nº 18 C - Domingo de Páscoa-27.3.2016 Vida para Todos Aleluia! Aleluia! Cristo ressuscitou! Aleluia! Hoje é um dia de grande alegria, porque Jesus tinha sido morto e ressuscitou. Estivemos toda a Quaresma

Leia mais

Solenidade da Imaculada Conceição

Solenidade da Imaculada Conceição 1.A Igreja celebra hoje a solenidade litúrgica da Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria, Padroeira de Portugal. Este é, por isso, um dia solene, um dia de graça e um dia de bênção para a Igreja e para

Leia mais

Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas. ocantinhodasao.com.pt/public_html.

Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas. ocantinhodasao.com.pt/public_html. Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas ocantinhodasao.com.pt/public_html 12 Ano B ocantinhodasao.com.pt/public_html 1 RITOS INICIAIS Hoje,

Leia mais

Grupo de Reflexão - Cantos para maio

Grupo de Reflexão - Cantos para maio rupo de Reflexão - Cantos para maio Indice Obrigado, Senhor Trabalho de um operãrio Eucreio num mundo novo Ilumina, ilumina É no campo da vida Ensina teu povo a rezar Santa Mãe Maria nesta traessia Eu

Leia mais

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014 CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014 CANTO DE ENTRADA: E B7 Dentro de mim existe uma luz/ Que me mostra por onde deverei andar F#m B7 E Dentro de mim também mora Jesus/ que me ensina buscar

Leia mais

SENHOR! DE NADA VALERIA CHEGARMOS AQUI, HOJE, SE NÃO FÔSSEMOS CAPAZES DE AGRADECER A TI, Ó DEUS DAS INTELIGÊNCIAS.

SENHOR! DE NADA VALERIA CHEGARMOS AQUI, HOJE, SE NÃO FÔSSEMOS CAPAZES DE AGRADECER A TI, Ó DEUS DAS INTELIGÊNCIAS. ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO SENHOR! DE NADA VALERIA CHEGARMOS AQUI, HOJE, SE NÃO FÔSSEMOS CAPAZES DE AGRADECER A TI, Ó DEUS DAS INTELIGÊNCIAS. AGRADECER-TE PELO DOM DE NOSSAS VIDAS, EXISTÊNCIA DE NOSSOS PAIS,

Leia mais

1 º A N O /

1 º A N O / SETEM OUTUBRO 1 º A N O 2 0 1 2 / 2 0 1 3 1ª ETAPA - A MINHA FAMÍLIA É ACOLHIDA E ACOLHE Celebrar Data Pais Data filhos Semana celebrar Pais Tema filhos 17-24-30 1-7 8-14. 15-21 22-28. Mc 9, 30-37 Mc 9,38-43.45.47-48

Leia mais

Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum

Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum-26.1.2014 Vinde comigo! - Quem irá anunciar a toda a gente a Boa Nova da ternura de Deus? - Quem irá falar de Jesus Cristo vivo a quem busca razões para viver? - Quem

Leia mais

NÃO TEMAS! ESTOU CONTIGO NA TUA FAMÍLIA ENS. SECUNDÁRIO

NÃO TEMAS! ESTOU CONTIGO NA TUA FAMÍLIA ENS. SECUNDÁRIO 2ª FEIRA 25 DE SETEMBRO Sejam bem-vindos a mais uma semana de atividades na nossa escola. Começaremos a nossa semana com a intenção de oração do Papa Francisco para o mês de setembro: as paróquias. VÍDEO

Leia mais

NOSSO DESTINO: A RESSURREIÇÃO DO CORPO.

NOSSO DESTINO: A RESSURREIÇÃO DO CORPO. NOSSO DESTINO: A RESSURREIÇÃO DO CORPO. O CÉU É UMA EXPERIÊNCIA CORPÓREA Mt 22, 23-32 I COR 2, 9-10 É como está escrito: Coisas que os olhos não viram, nem os ouvidos ouviram, nem o coração humano imaginou

Leia mais

LEIGOS e LEIGAS SACRAMENTINOS

LEIGOS e LEIGAS SACRAMENTINOS LEIGOS e LEIGAS SACRAMENTINOS Roteiro de Formação Continuada Ano II - nº 20/2009 - leigossacramentinos@yahoogrupos.com.br PROJETO DE VIDA Admissão e Formação Permanente Mês de novembro Projeto de Vida

Leia mais

Dia Mundial das Missões - Coleta Nacional - 21 e 22 de outubro

Dia Mundial das Missões - Coleta Nacional - 21 e 22 de outubro Missionária 26º Domingo do Tempo Comum - 01/10/ Motivação inicial é o tema da Missionária que hoje iniciamos. A Igreja em saída é a comunidade que faz a experiência de Jesus e sai de si para anunciar a

Leia mais

Celebração Dominical da Palavra. Cap. 07 Ione Buyst

Celebração Dominical da Palavra. Cap. 07 Ione Buyst Celebração Dominical da Palavra Cap. 07 Ione Buyst A Igreja de Cristo, desde o dia de Pentecostes, após a descida do Espírito Santo, sempre se reuniu fielmente para celebrar o mistério pascal, no dia que

Leia mais

Nome: Responsáveis: Paróquia: Meus melhores amigos:

Nome: Responsáveis: Paróquia: Meus melhores amigos: EDITORA AVE-MARIA Nome: Responsáveis: Paróquia: Meus melhores amigos: 1. Somos amigos de Jesus Somos um grupo de amigos: Maíra, Cassilda, Babo, Moscão e Matilda. Somos amigos porque nossas famílias são

Leia mais

Escola Básica e Secundária de Velas. Governo dos Açores. 2º Ciclo ENSINO BÁSICO. Planificação Anual de EMRC. 5 º Ano

Escola Básica e Secundária de Velas. Governo dos Açores. 2º Ciclo ENSINO BÁSICO. Planificação Anual de EMRC. 5 º Ano Governo dos Açores Escola Básica e Secundária de Velas º Ciclo ENSINO BÁSICO Planificação Anual de EMRC 5 º Ano º Periodo Unidade Letiva - Viver juntos Competências chave Metas Curriculares B. Construir

Leia mais

Amigos de santa. Júlia

Amigos de santa. Júlia Amigos de santa Júlia - 2011 JÚLIA EM SEU VIVER Júlia, em seu viver, a bondade testemunhou. Simples e firme, o Senhor sempre imitou. Viver, amar, com bondade sem igual. É ser um instrumento revelando que

Leia mais

2º encontro de pais. 2 de fevereiro de 2016

2º encontro de pais. 2 de fevereiro de 2016 2º encontro de pais 2 de fevereiro de 2016 Oração inicial Sinal da cruz OBJETIVOS Dar conhecimento da caminhada da catequese Levar a entender que o Sacramento da Reconciliação, nos faz vivenciar a misericórdia

Leia mais

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo.

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo. MATRMÓNO 321 rmãos e irmãs: Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar o amor dos nossos irmãos N. e N., confiemo-los ao Senhor, dizendo (ou: cantando): Ou: Abençoai,

Leia mais

É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a

É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a vida e projeto de seu FILHO. A missão dela era nos dar Jesus e fez isso de maneira ímpar. Vamos refletir nos fatos na vida de Jesus onde ELA está

Leia mais

Paróquia S. Salvador do Burgo - Arouca Advento 2015

Paróquia S. Salvador do Burgo - Arouca Advento 2015 1ª Semana de Advento (29 de Novembro a 5 de Dezembro) Catequista responsável: Ana Maria (2º e 7º ano) Palavra da semana: CARIDADE Estás a preparar-te para um caminho que te leva ao Natal. O Natal é um

Leia mais

EVANGELHO Mt 16,21-27 «.. Se alguém quiser seguir-me, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me?...»

EVANGELHO Mt 16,21-27 «.. Se alguém quiser seguir-me, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me?...» «.. Se alguém quiser seguir-me, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me?...» Ambiente: «.. Se alguém quiser seguir-me, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me?...» Na sequência do Domingo

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS TEMA: OS RITOS E OS RITUAIS : OS SETE SACRAMENTOS DA IGREJA. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos

1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos NOVENA À NOSSA SENHORA DE CARAVAGGIO 1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos Vós que consolastes a pobre Joaneta em meio à sua aflição familiar, concedei a graça que tanto necessito, intercedendo junto a Jesus

Leia mais

OBJETIVOS Ajudar os catequizandos e as famílias a descobrirem na comunidade, os "irmãos" que precisem de ajuda;

OBJETIVOS Ajudar os catequizandos e as famílias a descobrirem na comunidade, os irmãos que precisem de ajuda; LEMA DA CAMINHADA «Onde está o teu irmão?» OBJETIVOS Ajudar os catequizandos e as famílias a descobrirem na comunidade, os "irmãos" que precisem de ajuda; Ir ao encontro de quem mais precisa, através de

Leia mais

VI Domingo TC Ano A. Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos. 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese

VI Domingo TC Ano A. Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos. 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese VI Domingo TC Ano A Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese Admonição Inicial - Cântico Inicial - Sou Feliz 1- Sopra o vento de mansinho

Leia mais

Uma visita à Igreja. (Mons. Álvaro Negromonte - Guia do Catequista. para o Meu Catecismo 1o ano, crianças de 7 anos)

Uma visita à Igreja. (Mons. Álvaro Negromonte - Guia do Catequista. para o Meu Catecismo 1o ano, crianças de 7 anos) Uma visita à Igreja (Mons. Álvaro Negromonte - Guia do Catequista para o Meu Catecismo 1o ano, crianças de 7 anos) Leve as crianças a uma igreja. Em hora sem movimento, para poder falar-lhes. De preferência,

Leia mais

IRMÃO NA HORA DA ANGÚSTIA. 08 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. "Em todo o tempo ama o amigo. e na hora da angústia nasce o irmão.

IRMÃO NA HORA DA ANGÚSTIA. 08 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. Em todo o tempo ama o amigo. e na hora da angústia nasce o irmão. IRMÃO NA HORA DA ANGÚSTIA 08 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação "Em todo o tempo ama o amigo e na hora da angústia nasce o irmão." 1 / 5 (Provérbios 17:17) Sempre que falamos sobre Amizade,

Leia mais

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I ORAÇÃO UNIVERSAL Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar

Leia mais

Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Modelo Dep-01 Agrupamento de Escolas do Castêlo da Maia Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Ano 5º Ano letivo 2013 / 2014 Disciplina EMRC Turmas A, B, C, D, E, F, G, H, I, J Professores:

Leia mais

5 º ANO Unidade Letiva 1 - Viver juntos METAS OBJETIVOS CONTEÚDOS B. Construir uma chave de leitura religiosa da pessoa, da vida e da história.

5 º ANO Unidade Letiva 1 - Viver juntos METAS OBJETIVOS CONTEÚDOS B. Construir uma chave de leitura religiosa da pessoa, da vida e da história. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁGUEDA Escola Básica Fernando Caldeira Departamento de Ciências Humanas e Sociais Educação Moral e Religiosa Católica - 5º ano Ano letivo 2016/2017 5 º ANO Unidade Letiva 1 -

Leia mais

Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA:

Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA: Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA: Faz muito tempo, mas parece que foi ontem. Cada criança que nasce é uma mensagem de que Deus acredita nos homens. Deus acreditou em nós e nos deu a alegria e a responsabilidade

Leia mais

CONTEÚDOS ENSINO RELIGIOSO - 1º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER

CONTEÚDOS ENSINO RELIGIOSO - 1º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER CONTEÚDOS ENSINO RELIGIOSO - 1º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER UNIDADE 1 JESUS ME AMA Compreender que Deus nos ama e deseja o melhor para cada um de Seus filhos. Reconhecer que Deus se revela por Sua

Leia mais

Eu só sei que amo verdadeiramente depois de ter esbarrado nas imperfeições do outro, depois de ter conhecido sua pior faceta e, mesmo assim,

Eu só sei que amo verdadeiramente depois de ter esbarrado nas imperfeições do outro, depois de ter conhecido sua pior faceta e, mesmo assim, Eu só sei que amo verdadeiramente depois de ter esbarrado nas imperfeições do outro, depois de ter conhecido sua pior faceta e, mesmo assim, continuar reconhecendo-a como parte a que não posso renunciar.

Leia mais

A VONTADE DE DEUS e os VENENOS que atacam nosso coração

A VONTADE DE DEUS e os VENENOS que atacam nosso coração A VONTADE DE DEUS e os VENENOS que atacam nosso coração Meu Pai é glorificado pelo fato de vocês darem muito fruto; e assim serão meus discípulos. - JOÃO 15:8 A vontade de Deus é que você dê muitos frutos!

Leia mais

Há muitas razões para lermos a Bíblia nos tempos de hoje

Há muitas razões para lermos a Bíblia nos tempos de hoje Há muitas razões para lermos a Bíblia nos tempos de hoje A Bíblia é como se fosse um manual de sobrevivência com dicas e relatos escritos por pessoas, assim como nós, normais. Exemplo:- como o advogado

Leia mais

42ª Assembleia. Diocesana de Pastoral

42ª Assembleia. Diocesana de Pastoral A PAZ AMIGO A Paz amigo eu tenho em seu abraço em seu abraço amigo eu tenho a paz A Paz amigo eu tenho em seu abraço em seu abraço amigo eu tenho a paz A paz que acalma, a calma que faz a gente ser mais

Leia mais

DAVE Certo. Bem, temos dois erros opostos que podemos cair quando falamos de batalha espiritual. Um erro é ignorá-la. O outro é focar somente nela.

DAVE Certo. Bem, temos dois erros opostos que podemos cair quando falamos de batalha espiritual. Um erro é ignorá-la. O outro é focar somente nela. BATALHA ESPIRITUAL Mateus 6:13, Efésios 6:11, Romanos 8:37 Em nossos últimos encontros, estivemos falando sobre oração e sobre as duas áreas críticas o ser perdoado, e o perdoar outras pessoas. Agora,

Leia mais

de Jesus, nos é dada a oportunidade de iluminar as nossas ações.

de Jesus, nos é dada a oportunidade de iluminar as nossas ações. Novena de Natal O tempo do Advento é constituído das quatro semanas que antecedem o Natal do Senhor. É, portanto, tempo de piedosa espera. Ora, esperar uma pessoa querida requer alegre e cuidadosa preparação.

Leia mais

23º Domingo do Tempo Comum. 24º Domingo do Tempo Comum. 25º Domingo do Tempo Comum. 26º Domingo do Tempo Comum

23º Domingo do Tempo Comum. 24º Domingo do Tempo Comum. 25º Domingo do Tempo Comum. 26º Domingo do Tempo Comum CIFRAS DO FOLHETO 1 SANTUÁRIO DIOCESANO DE SÃO SEBASTIÃO 23º Domingo do Tempo Comum 04 DE SETEMBRO DE 2016 24º Domingo do Tempo Comum 11 DE SETEMBRO DE 2016 25º Domingo do Tempo Comum 18 DE SETEMBRO DE

Leia mais

Nº 23 A - Domingo II da Páscoa

Nº 23 A - Domingo II da Páscoa Nº 23 A - Domingo II da Páscoa - 27.4.2014 Felizes os que acreditam sem terem visto. Felizes os que O vêem com os olhos da fé na Palavra que é escutada e saboreada. Felizes os que O vêem com os olhos da

Leia mais

Catequese 2º ano Ensina-nos a rezar (Revisões fim de ano)

Catequese 2º ano Ensina-nos a rezar (Revisões fim de ano) Catequese 2º ano Ensina-nos a rezar (Revisões fim de ano) Na catequese encontramos essencialmente uma Pessoa: Jesus, Filho único do Deus, que sofreu e morreu por nós e que agora, ressuscitado, vive connosco

Leia mais

Encontro para pais de Crianças da Primeira Comunhão

Encontro para pais de Crianças da Primeira Comunhão SECRETARIADO DIOCESANO DE CATEQUESE DA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA SANTARÉM Encontro para pais de Crianças da Primeira Comunhão Tema: A EUCARISTIA (Também se pode recorrer ao power point sobre a Eucaristia)

Leia mais

+ Ilídio Pinto Leandro Bispo de Viseu

+ Ilídio Pinto Leandro Bispo de Viseu + Ilídio Pinto Leandro Bispo de Viseu Nota Pastoral Todos Discípulos. Todos Responsáveis O Plano Pastoral para o primeiro de 10 anos, na vivência e concretização do Sínodo Diocesano, convida-nos a ser

Leia mais

SOBRE O CENÁCULO Mencionado na Mensagem de

SOBRE O CENÁCULO Mencionado na Mensagem de 1 Áudio da Mensagem de Manoel de Jesus, de 28.08.2017 convertido em texto, SOBRE O CENÁCULO Mencionado na Mensagem de 21.08.2017 28.08.2017 Chamado de Amor e de Conversão do Coração Doloroso e Imaculado

Leia mais

Pentecostes Atos

Pentecostes Atos Pentecostes Atos 2 1-47 Introdução: Jesus, durante a sua vida, foi seguido pelos apóstolos e por tantas outras pessoas. Maria, sua mãe, desde o início estava sempre com ele e nunca o abandonou. Quando

Leia mais

Eis-te aqui! Eis um livro com uma mensagem! - O perdão do teu passado - Um propósito para a tua vida futura - Uma morada no céu

Eis-te aqui! Eis um livro com uma mensagem! - O perdão do teu passado - Um propósito para a tua vida futura - Uma morada no céu Eis-te aqui! Eis um livro com uma mensagem! Uma mensagem que vai responder à tua pergunta o que posso fazer aqui na terra? Há uma mensagem que responde a todas as tuas perguntas e dúvidas. Este livro demonstra

Leia mais

CELEBRAÇÃO COM AS FAMÍLIAS DOS CATEQUIZANDOS

CELEBRAÇÃO COM AS FAMÍLIAS DOS CATEQUIZANDOS CELEBRAÇÃO COM AS FAMÍLIAS DOS CATEQUIZANDOS 1- ACOLHENDO Animador 1: Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Sejam todos bem vindos à esta nossa celebração. Diante aos desafios para a família na atualidade,

Leia mais

MISSIOLOGIA. Missão e juventude

MISSIOLOGIA. Missão e juventude MISSIOLOGIA Cesar Leandro Ribeiro O cristianismo é uma religião marcada por uma série de aspectos próprios e indispensáveis para sua existência, sendo um deles justamente a missão, condição que se fez

Leia mais

Nº 32 B-Domingo XXVII Tempo Comum

Nº 32 B-Domingo XXVII Tempo Comum Nº 32 B-Domingo XXVII Tempo Comum-7.10.2012 Deixai vir a mim as criancinhas Cá estamos nós, de volta depois das férias!!! A escola já começou, e agora recomeça a Missa das crianças em conjunto com a Missa

Leia mais

DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não

DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não crentes, dizendo (ou: cantando), cheios de esperança: R. Cristo,

Leia mais

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA CANTO DE ENTRADA: E B7 E B7 E B7 E B7 E Jesus meu amigo, estou aqui, estou aqui para celebrar, para agradecer e A B7 partilhar o pão e a Fé. A B G#m C#m A F# B7 Celebrar o

Leia mais

Educação Mundial Para a Paz

Educação Mundial Para a Paz Educação Mundial Para a Paz Guia de aulas destinado aos alunos do 1.ª ao 8.º Ano Sri Chinmoy Fundador da Sri Chinmoy Oneness-Home Peace Run 1º Dia O que é a Corrida Mundial da Paz? O objetivo da Corrida

Leia mais

Paróquia missionária. O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade.

Paróquia missionária. O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade. Paróquia missionária O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade. Renovação das paróquias As paróquias são células vivas da Igreja e o lugar privilegiado no qual

Leia mais

Acto penitencial: Aclamação:

Acto penitencial: Aclamação: Entrada: O senhor Ressuscitou! Do+ O Senhor ressuscitou, vencendo a morte na cruz Re7 Re7 Nossa esperança está n Ele, Ele é o nosso Salvador. Do+ P ra trás ficou o temor, a dúvida e a pouca fé: Re7 Re7

Leia mais