R1M. Aplicação. Apresentação da placa CARACTERÍSTICAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "R1M. Aplicação. Apresentação da placa CARACTERÍSTICAS"

Transcrição

1 17 R1M RECEPTORA MULTI-FUNCIONAL Aplicação Revolucionário equipamento que reúne as principais características de receptora controle remoto, incluindo a opção de ser uma central de alarme de "1 setor" c/ e sem fio. Tudo, devido a sua versatilidade de configuração. Apresentação da placa Contatos NA do relé " 1 ". Contatos NA do relé " 2 " Vcc. Negativo. Etapa de RF Fig.19 Chave de aprendizagem dos controles remotos e sensores sem fio Entrada para sensores " NF ". Entrada para acionamento paralelo ou chave auxiliar. Jumpers de configuração CARACTERÍSTICAS Qualidade na estabilidade e alcance; Aprende os códigos dos controles remotos e sensores sem fio; Configura por jumpers "4 "condições de funcionamento (2 saídas com relé); Opera sensores com e sem fio simultaneamente; Aplicação para as 3 chaves do controle remoto; Entrada (PAR) para receptora ou chave auxiliar; Memória permanente; Como central de Alarme reúne as melhores propriedades como: - Tempo de disparo cíclico da saída de sirene com rearme automático; - Sinal de armado para monitoramento; - Pânico silencioso no tele alarme; Acionamento de centrais de alarme e/ou de portão que possuam ou não controle remoto.

2 18 Características Técnicas Gerais Freqüência fixa Saída dos relês 1 e 2 Alimentação Consumo Setor com fio Dimensão Peso 433 MHz 5A 12Vcc (11Vcc mín. a 15 Vcc máx.) em repouso 15 ma normalmente fechado ao negativo 88 x 86 x 34 mm 110g-(sem controle remoto) 150g-(incluso controle remoto) Posições dos botões do controle remoto Botão A Botão B Botão C Fig.20 Aprendizagem dos controles remotos Primeiramente configure a função a ser utilizada, a seguir, ligue-a somente à fonte de alimentação, nos bornes (NEG/+12); Em seguida, retire o jumper do setor na placa da R1M. Porque senão, os códigos dos controles remotos serão aprendidos como de sensores. Capacidade de aprendizagem de até 20 controles remotos e/ou sensores sem fio. Esse limite é o resultado da soma dos mesmos. +12Vcc negativo Sem jumper Fig.21

3 19 Pressione a micro chave "APRENDE" na placa da R1M. Fig.22 Imediatamente pressione o botão "A" do controle remoto que está sendo aprendido o código. Isso porque, a receptora condiciona um tempo de 10 segundos para cada aprendizagem. Botão A Fig.23 A cada recepção aceita, a sinalização é conforme a tabela abaixo: 1 bip curto novo código armazenado na memória 2 bips curtos código já existe na memória e é descartado 3 bips curtos novo código armazenado na última posição da memória Observação Havendo a necessidade de usar mais de 20 sensores ou controles remotos, use as mesmas codificações já aprendidas. Exemplo: - Em um certo sistema de alarme, o instalador já aprendeu 20 códigos diferentes de controle remoto. Ele precisa acrescentar mais 4 controles, para isso, basta copiar os códigos dos controles já aprendidos. CÓDIGOS INVÁLIDOS PARA OS TRANSMISSORES: - Ligar "8 e 9" ao negativo simultâneamente; - Ligar "8 e/ou 9"ao positivo. Aprendizagem dos Sensores sem fio O processo é o mesmo do controle remoto, porém, o jumper de setor deve estar fechado na placa da R1M; válido também para casos em que se use algum sensor com fio. Fig.24 Tomando por exemplo uma instalação: Fig.25 Depois de habilitado o setor da R1M, o instalador precise adicionar sensores magnéticos ou passivos infra-vermelho sem fio. (1º) Estabeleça um código qualquer no "Dip Switch", encontrado no transmissor do sensor. DIP SWITCH Placa do TSF - sensor magnético sem fio Sulton

4 20 (2º)- Pressione a tecla aprende na placa da R1M; (3º)- Imediatamente, acione o magnético ou passivo sem fio em que se deseja adicionar ao setor (aprender o código); (4º) Automaticamente a R1M fará a leitura do código emitido pelo transmissor do sensor e conseqüêntemente passará a ser mais um sensor atribuído ao seu setor. Observações - Ao segurar a tecla APRENDE por mais de 3s a central sinaliza com 2 bips longo e 2 bips curto, indicando que todos os códigos foram apagados e finaliza a aprendizagem. OBS.: Só será possível ouvir os bips, se uma sirene estiver conectada ao "relé 1" da R1M. - Se não receber um código válido em 10s a central sinaliza com 1 bip longo e 2 bips curtos, indicando que esgotou o tempo de aprendizagem. Configurações para aplicações específicas Condição Jumper Relé 1 Saída Relé 2 Saída Entrada Setor Operando Aplicação "exemplos" 1 A B C pulso pulso não Acionamento de 2 portões nos botões A e B respectivamente 2 A B C pulso pulso não Acionamento de 2 portões nos botões B e C respectivamente 3 A B C sirene discador sim Alarme + pânico silencioso 4 A B C sirene nível sim Alarme com saída para monitoramento ou acionamento de central

5 21 Condição Funcional 1 Aplicação: Acionamento de 2 centrais de portões automatizadas, com possibilidade de triplo comando. - Pressionando o botão A, aciona somente o relé "1"; - Pressionando o botão B, aciona somente o relé "2". - Nessa condição o botão "C" não tem função, ou poderá ser utilizado para um outro equipamento. Fig.26 Acionado pelo botão B +12Vcc SEM JUMPER Condição Funcional 2 Aplicação: Acionamento de 2 centrais de portões automatizadas, com possibilidade de triplo comando. - Pressionando o botão B, aciona somente o relé "1"; - Pressionando o botão C, aciona somente o relé "2". - Nessa condição o botão "A" não tem função, ou poderá ser utilizado para um outro equipamento. Fig.27

6 22 Condição Funcional 3 - A aplicação nesta condição é de uma central de alarme, aonde no relé "2" ligaremos uma entrada de disparo de um Tele Alarme e o relé "1"para acionar sirenes. Acionando o botão "A" do controle remoto, nada acontece no relé "2", e o relé "1" sinaliza com pulso. Na condição de alarme armado, o setor deve estar fechado, caso contrário acionará a sirene e o Tele Alarme. Se pressionar o botão "A" novamente, o relé "1" sinaliza com 2 pulsos, indicando que está na condição desarmado e abre o relé "2", caso a central esteja disparando. - Se pressionar individualmente os respectivos botões do controle remoto por 3 segundos: O botão A - acionará simultâneamente os relês "1 e 2" (por um ciclo de disparo); O botão B - somente acionará o relé "2" (Tele Alarme) por um ciclo de disparo (pânico silencioso). O botão C - acionará somente o relé "1" (sirene) por 1 ciclo de disparo. SIRENE TELEALARME Fig.28 SENSORES MAGNÉTICOS SEM JUMPER +12 Vcc Recarregador + bateria 12Vcc x 7Ah Condição Funcional 4 - Liga-se o relé "2" junto a entrada de um modem para monitoramento e o relê "1" à uma sirene. - Pressionando o botão "A" do controle remoto, o relé "2" aciona "+12V" para monitoramento e o relé "1" sinaliza na sirene com 1 pulso. - Pressionando o botão "A" novamente, o relé "1" sinaliza na sirene com 2 pulsos, indicando que está na condição desarmada e abre o relé "2". - Se pressionar por 3 segundos o botão "A" acionará o relé "1" (sirene) por um ciclo de disparo (pânico). - Nesta condição os botões B e C do Controle remoto, não tem função ou SIRENE poderão serem utilizados para outro equipamento. Fig.29 SEM JUMPER Indicador de alarme armado para monitoramento. SENSORES MAGNÉTICOS +12 Vcc Recarregador + bateria 12Vcc x 7Ah

7 23 Outro exemplo da condição funcional 4 - Acionando o botão "A"do controle remoto, a saída do relé "2" fecha o contato e o relé "1" sinaliza com um pulso (fecha momentaneamente). - Acionando novamente o comando, o relé "2"abre o contato e o relé "1"sinaliza com 2 pulsos. Fig.30 SIRENE Central de alarme sem controle +12Vcc COM JUMPER Características das Condições Funcionais 3 e 4 - Acionamento: Armar/desarmar pelo controle remoto, ou pela entrada PAR através de uma chave de contato momentânea (NA); - Indicação de Armado por um bip na sirene e led aceso. Desarmada por 2 bips e led apagado; - Acionamento de emergência total: mantendo pressionado o botão "A" por mais de 3 segundos, a central dispara por um ciclo as saídas da sirene e Tele Alarme, podendo ser interrompida com um novo sinal do controle remoto; - Ciclo de disparo: (saída de sirene) com 6 minutos de disparo nos dispositivos de aviso (Exemplo: sirenes) seguido de 1 minuto de intervalo, mais 6 minutos de disparo; - Rearme automático: Se for violado um sensor com e/ou sem fio e permanecer assim, o alarme dispara por um ciclo e desabilita o setor enquanto estiver violado. Caso o sensor volte à condição normal, mesmo após o término do ciclo de disparo, o alarme fica rearmado, ou seja, se houver nova tentativa de arrombamento, repete-se a condição acima. Observação: - No caso de sensores sem fio, considera-se sensor aberto ou violado apenas o período de transmissão. Com duração de apenas alguns segundos após a violação. Sensores com fio: Para usá-los é necessário retirar o Jumper ( S ), e não usar uma fiação total superior a 50 m, com base em cabos 2x26 AWG. Para o uso simultâneo de sensores com e sem fio, também não precisa do jumper, porque o uso de sensores com fio já torna a entrada de sensores fechada ao negativo. Fig.31

8 24 Instalação geral Localização: Alimentar provisoriamente com uma fonte de 12Vcc (bateria) e testar o alcance dos controles remotos e sensores sem fio se for o caso. Dê preferência à lugares com altura superior a 1,5 m, quanto mais alto melhor o rendimento da receptora. Não instale próximo a televisores, computadores, motores em geral, reatores de lâmpadas, lugares com muita umidade, próximo à vigas, colunas, escadas de concreto armado ou estruturas metálicas em geral. Exemplo de aplicação conjugada de dois módulos de R1M com diferentes funções. (TRIPLO COMANDO) A aplicação conjugada da R1M, torna-se interessante porque habilita os 3 botões do controle remoto. No exemplo abaixo, através de um controle apenas o usuário pode armar/desarmar a central de alarme de sua residência e automatizar mais dois portões distintos. Após a instalação correta, basta aprender os controles que as acompanham. Condição Funcional 4 Indicador de alarme armado para monitoramento ou chaveamento de outra central de alarme SIRENE TELEALARME (opcional) Fig.32 NEG +12 Vcc Arma e desarma a central de alarme SENSORES MAGNÉTICOS Recarregador "CG5" + bateria 12Vcc x 7Ah Condição Funcional 2 Aciona o portão "2" Aciona o portão "1" Acionado pelo botão B Acionado pelo botão C Fig Vcc NEG

9 25 Exemplo de aplicação conjugada de dois módulos de R1M com funções 3 e 2. Sabendo-se que em cada receptora acompanha 2 controles remotos. No entanto o instalador, para o uso associado das duas receptoras poderá dispôr de 4 controles, usando 2 ou 3 para uso geral aprendidos pelas 2 receptoras R1M, e 1ou 2 para uso da central e emergência, aprendidos só pela R1M com a função 3. Condição Funcional 3 - SIRENE Fig.34 SEM JUMPER SENSORES MAGNÉTICOS Recarregador + bateria 12Vcc x 7Ah PARA USO GERAL Arma e desarma a central de alarme PARA EMERGÊNCIA Arma e desarma a central de alarme Aciona o portão "2" Condição Funcional 2 Aciona o portão "1" Somente sirene se pressionado por 3 segundos Pânico silencioso se pressionado por 3 segundos Acionado pelo botão B Acionado pelo botão C SEM JUMPER Fig Vcc NEG

10 26 Acionamento simultâneo de 2 dispositivos ( exemplo: 2 centrais de portões ) Aciona o portão "1" +12Vcc NEG SEM JUMPER Aciona simultâneamente os dois portões Aciona o portão "2" Acionado pelo botão B e C +12Vcc SEM JUMPER

11 27 CONSIDERAÇÕES GERAIS R1M - O controles remotos e sensores sem fio, tem alcance médio de 30m com obstáculos, podendo chegar até 100m. - Controle remoto: tipo chaveiro com bateria, codificados. - Placas em fibra de vidro: indispensável para sistemas por controle remoto, não retém umidade, não varia alcance, mais resistência e durabilidade. Recomendações para uso da fiação (até 50m) Alimentação Sirene piezzo elétrica Alimentação dos sensores passivos (máx. 4 unidades) Sensores magnéticos c/ fio e chave auxiliar "PAR 20 AWG 22 AWG 24 AWG 26 AWG Transformar R1M de NA para NF Uso da R1M para transformar setores de centrais convencionais e sem fio. Versão original. Fig.39 CORTAR UNIR CORTAR UNIR Fig.38 Observe as alterações que devem serem feitas nos respectivos pontos indicados

12 28 Exemplo de uso com dois TSF utilizando um para cada relé. 1º CASO 1.1- Configurar a R1M na "Condição Funcional 2"; 1.2- Codifique o 1º TSF deixando a chave 8 em "ON" no DIP SWITCH e rompa a trilha fina na placa indicada no desenho logo abaixo ; 1.3- Faça aprendizagem do 1º TSF; Fig.40 Fig.41 Placa do TSF - sensor magnético sem fio Sulton Romper a trilha entre os dois pontos 2º CASO Codifique o 2º TSF deixando a chave 8 aberta, rompa a trilha na placa do lado Positivo (+) e ligue com solda o lado Negativo(-) Faça a aprendizagem do 2º TSF. OBS.: Se os códigos do 1º e 2º TSF forem os mesmos de 1 a 7, não é necessário proceder com o passo 2.2. Placa do TSF - sensor magnético sem fio Sulton Fig.43 Fig.42 Cortar o Positivo e Ligar o Negativo.

13 29 Exemplo de uso com dois TSP utilizando um para cada relê. 1º CASO Configurar a R1M na "Condição Funcional 2"; Codificar o 1º TSP deixando o pino 8 (fechado) e o 9 (aberto); Faça a aprendizagem do 1º TSP. Fig.44 2º CASO Codifique o 2º TSP deixando o pino 8 (aberto) e o 9 (fechado); Faça a aprendizagem do 2º TSP. OBS.1: Se os dois TSP tiverem o mesmo código de 1 a 7, não é necessário proceder com o passo 2.2. OBS.2: O código 9 sai de fábrica ligado ao positivo. Esta ligação deve ser desfeita para que o 9 possa ser ligado ao negativo. Fig.45

14 30 Chave Auxiliar A R1M pode também ser ligada ou desligada por chave de contato momentâneo "NA". Com fiação máxima de 100 m. Fig.46 Observação As demais ligações dos bornes, verificar nas condições funcionais 3 e 4. Recomendações sobre a antena Para maior eficiência da antena, é recomendável primeiramente mantê-la na posição vertical, se não for possível, mantenha-a ao menos horizontalmente. Fig.47 Fig.48 Não contornar a antena no gabinete, isso pode comprometer o seu bom funcionamento. Fig.49

Produto distribuído por: BR Alarmseg com br -

Produto distribuído por: BR Alarmseg com br - Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. CARACTERÍSTICAS * Aprendizagem de 20 códigos diferentes para controle remoto e sensores sem fio; * Sinalização com buzzer

Leia mais

RECEPTORA MULTIFUNCIONAL 1. APRESENTAÇÃO DA RECEPTORA

RECEPTORA MULTIFUNCIONAL 1. APRESENTAÇÃO DA RECEPTORA RECEPTORA MULTIFUNCIONAL. APRESENTAÇÃO DA RECEPTORA Fig. 0 . APRESENTAÇÃO DA PLACA PROG Chave para programação de controles remotos, sensores sem fio e condições de funcionamento. Led Saída de nível para

Leia mais

R2M CARACTERÍSTICAS. Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA. Buzzer. Placa de RF Antena

R2M CARACTERÍSTICAS. Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA. Buzzer. Placa de RF Antena 38 R2M CENTRAL DE ALARME 2 SETORES MICROPROCESSADA Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA Led - setor 2 Buzzer Placa de RF Antena Led - setor

Leia mais

R3M. Saída da antena. Teclas de setor. Teclas de aprendizagem. Teclado do Tele Alarme (opcional) Gabinete metálico com espaço para bateria

R3M. Saída da antena. Teclas de setor. Teclas de aprendizagem. Teclado do Tele Alarme (opcional) Gabinete metálico com espaço para bateria 47 R3M CENTRAL DE ALARME 3 SETORES MICROPROCESSADA Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. Saída da antena APRESENTAÇÃO DA CENTRAL Teclas de setor Teclas de aprendizagem

Leia mais

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA 3. CARACTERÍSTICAS 3.1 Central de alarme microprocessada com 1 setor; 3.2 Acompanha dois transmissores (mod. TSN); 3.3 Freqüência de transmissão: 433MHz;

Leia mais

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA 3. CARACTERÍSTICAS 3.1 Central de alarme microprocessada com 4 setores expansível para 8 ou 12 setores; 3.2 Acompanha dois transmissores (mod. TSN); 3.3 Acionamento

Leia mais

CENTRAL DE ALARME AS-322 SINAL

CENTRAL DE ALARME AS-322 SINAL PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS CENTRAL DE ALARME AS SINAL Central de alarme de zonas, sendo que a zona é mista e a zona somente sem fio; Tempo de entrada e saída programável para a zona; Tempo de sirene de

Leia mais

RXM. SaÌda da antena. Teclas de setor. Teclas de aprendizagem Teclado do Tele Alarme (opcional) Gabinete met lico com espaáo para bateria

RXM. SaÌda da antena. Teclas de setor. Teclas de aprendizagem Teclado do Tele Alarme (opcional) Gabinete met lico com espaáo para bateria RXM CENTRAL DE ALARME 4/8 ou 12 SETORES MICROPROCESSADA Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. SaÌda da antena APRESENTAÇÃO DA CENTRAL Teclas de setor Teclas de

Leia mais

Presente em seus projetos.

Presente em seus projetos. Manual de configuração do módulo de relê receptor RF de 1 canal para tensões de 12V, 127V e 220V Objetivos: Explicar como configurar os modos de funcionamento, cadastrar controles e apagar os controles

Leia mais

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA 2. APRESENTAÇÃO DA PLACA 3. CARACTERÍSTICAS 3.1 Central de alarme microprocessada com 3 setores; 3.2 Acompanha dois transmissores (mod. TSN); 3.3 Freqüência

Leia mais

SRX602. Receptora 6 relés pulso ou retenção. Manual de Instruções

SRX602. Receptora 6 relés pulso ou retenção. Manual de Instruções SRX602 Receptora 6 relés pulso ou retenção Manual de Instruções 3 Sumário Introdução 04 Características Gerais 06 Características Técnicas 07 Funcionamento 07 Entrada e Saída do Modo de Programação 08

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Maio 20/05/2013 R06 suporte@compatec.com.br fone:(54)4009 4711 Central de Alarme Monitorada AP8 10K 10K 2 Índice Introdução... 3 Características...

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 PLUS

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 PLUS CENTRAL DE ALARME BRISA 8 PLUS 1- PAINEL FRONTAL Led REDE Aceso: Indica que o aparelho está sendo alimentado pela rede AC. Led BAT Aceso: Indica que o aparelho está sendo alimentado pela bateria. Led ARMADO

Leia mais

Controle remoto de 4 canais utilizando módulo de RF 433 Mhz

Controle remoto de 4 canais utilizando módulo de RF 433 Mhz Controle remoto de 4 canais utilizando módulo de RF 433 Mhz O objetivo principal deste artigo é mostrar a funcionalidade do módulo de transmissão RF (FS1000A transmissor) + recepção de RF. Para demonstrar

Leia mais

Obs.: O processo irá se repetir enquanto durar o disparo do alarme.

Obs.: O processo irá se repetir enquanto durar o disparo do alarme. pág. 9 DISCADOR T-430 Aplicação: Equipamento desenvolvido a fim de realizar automaticamente discagens telefônicas para aviso de alarme. Podendo ser implementado praticamente à todos os sistema de alarme.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO E INSTALADOR

MANUAL DO USUÁRIO E INSTALADOR Cell A melhor maneira de abrir o seu portão MANUAL DO USUÁRIO E INSTALADOR Ver. 2.01 Apresentação O acionador de cargas Cell Sésamo é um solução prática e eficaz para acionamento de dispositivos à distância.

Leia mais

PORTEIROS ELETRÔNICOS RESIDÊNCIAIS - KITs

PORTEIROS ELETRÔNICOS RESIDÊNCIAIS - KITs RESIDÊNCIAIS KITs 7.0 INTRODUÇÃO AOS PORTEIROS ELETRÔNICOS RESIDÊNCIAIS KITs O Porteiro Eletrônico Residencial é um sistema constituído por quatro componentes básicos. 7.1 PRIMEIRO COMPONENTE Painel instalado

Leia mais

INTERFONES MODELOS: PLANALTO, HORIZONTE E IPANEMA

INTERFONES MODELOS: PLANALTO, HORIZONTE E IPANEMA S MODELOS: 27.0 - INTRODUÇÃO AOS S Figura 1 - Interfone código: ICAP-PL Figura 2 - Interfone código: ICAP-HO Os interfones foram projetados para serem utilizados em centrais de portaria ou porteiros eletrônicos

Leia mais

T-530. Características. Características técnicas TELE ALARME MICROPROCESSADO. Aplicação

T-530. Características. Características técnicas TELE ALARME MICROPROCESSADO. Aplicação 12 T-530 TELE ALARME MICROPROCESSADO Aplicação Equipamento desenvolvido a fim de realizar automaticamente discagens telefônicas para aviso de alarme. Podendo ser implementado praticamente à todos os sistema

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO CATEGORIA: BOTOEIRAS / ACIONADORES MANUAIS SUBCATEGORIA: ACIONADORES MANUAIS DE ALARME DE INCÊNDIO Acionador Manual de Alarme de Incêndio À Prova de Tempo IP54 Quebra Vidro Código: AFAM1PT. O acionador

Leia mais

CENTRAL DE ALARME MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO

CENTRAL DE ALARME MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO CENTRAL DE ALARME MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO INTRODUÇÃO A FLEX-410 é uma central de alarme de 4 setores mistos (com ou sem fio) configuráveis.

Leia mais

MÓDULO ANTI-FURTO COM SENSOR DE PRESENÇA

MÓDULO ANTI-FURTO COM SENSOR DE PRESENÇA MÓDULO ANTI-FURTO COM SENSOR DE PRESENÇA PRODUTOS ELETRÔNICOS 1 - APRESENTAÇÃO A FKS sente-se honrada em ter sido escolhida por você. Ao tornar-se proprietário de um ANTI-FURTO FKS, você acrescentou ao

Leia mais

Central de alarme Ventura GSM

Central de alarme Ventura GSM Central de alarme Ventura GSM Manual do Usuário 1 Índice: 1 Aplicação:... 3 2 Características:... 3 3 Características de funcionamento... 3 4- Apresentação da Central... 4 4.1 Parte externa... 4 4.2 Parte

Leia mais

USO DO APARELHO DE TESTE DE EQUIPAMENTO AUXILIAR DE IP

USO DO APARELHO DE TESTE DE EQUIPAMENTO AUXILIAR DE IP 1/5 1. Objetivo Estabelecer procedimentos para testes de reator, ignitor e polaridade com o aparelho de teste de equipamento auxiliar de IP, para execução de trabalhos de construção e manutenção em iluminação

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Módulo Transformador para Iluminação de Emergência, até 2 Lâmpadas, Autonomia 1,5 h. Código AFILSI-NICAD Equipamento com a função de transformar uma ou mais luminárias fluorescentes comuns, instalada em

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Sensor Infravermelho

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Sensor Infravermelho MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO IR30 Sensor Infravermelho www.compatec.com.br 1. Apresentação... 3 2. Características Gerais... 3 3. Conhecendo o seu produto... 4 4. Instalação... 5 5. Ligação... 6 6.

Leia mais

LCD DIGITAL de 3,5" com ajuste de Cor, Contraste, Brilho e Nitidez

LCD DIGITAL de 3,5 com ajuste de Cor, Contraste, Brilho e Nitidez LCD DIGITAL de," com ajuste de Cor, Contraste, Brilho e Nitidez Obs: Para evitar qualquer dano ao equipamento leia atentamente este manual. MONITOR PAINEL EXTERNO VOLTAGEM Bivolt automático Vdc pelo monitor

Leia mais

MÓDULO DE PASSAGEM LINEAR HCS

MÓDULO DE PASSAGEM LINEAR HCS LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 6823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP: 09530-250 1 Revisado em 15/03/2007 MÓDULO DE PASSAGEM LINEAR HCS DESCRIÇÃO GERAL: O Módulo de passagem é um equipamento

Leia mais

SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO PARA AUTO ATENDIMENTO BANCÁRIO

SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO PARA AUTO ATENDIMENTO BANCÁRIO SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO PARA AUTO ATENDIMENTO BANCÁRIO DESCRITIVO DO SISTEMA INTELIGENTE DE ABERTURA DE PORTAS O sistema inteligente de travamento de portas consiste na utilização de fechadura eletromagnética

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CARACTERÍSTICAS BÁSICAS 8 Zonas programáveis sendo 4 mistas, ou seja, com fio e sem fio e 4 com fio; 1 senha mestre; 1 senha de usuário; Entrada para teclado

Leia mais

CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS-321 PLUS

CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS-321 PLUS CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS PLUS CARACTERÍSTICAS DO APARELHO Central de alarme de zona mista, ou seja, aceita tanto sensores com fio como sensores sem fio. Tempo de sirene: 5 minutos com rearme automático.

Leia mais

Central de Alarme de Oito Zonas

Central de Alarme de Oito Zonas Central de Alarme de Oito Zonas R02 ÍNDICE CARACTERÍSTICAS GERAIS:... 3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:... 3 CONHECENDO A CENTRAL:... 4 COMO A CENTRAL FUNCIONA:... 4 COMO APAGAR A MEMÓRIA DA CENTRAL:... 4 COMO

Leia mais

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A central de alarme ANM 2004/2008 MF é compacta e de fácil programação, possui

Leia mais

SOLUÇÕES EM AUTOMAÇÃO TELEMETRIA E PROJETOS MANUAL AC66-G V1.1. Especificações do Hardware

SOLUÇÕES EM AUTOMAÇÃO TELEMETRIA E PROJETOS MANUAL AC66-G V1.1. Especificações do Hardware MANUAL AC66-G V1.1 Especificações do Hardware Firmware: 1.5.5 - Alimentação, fonte externa 12 a 24Vdc 2A; - Modulo GSM Quadriband, funciona em todas as operadoras brasileiras atuais. - 6 Entradas digitais

Leia mais

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA Manual do Usuário 1 Índice: 1 Aplicação:... 3 2 Características:... 3 3 Características de funcionamento... 3 4- Apresentação da Central... 4 4.1 Parte

Leia mais

ABB Automação. Indicador Digital Processos Pt100 e TAP s MODO DE USO. Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional

ABB Automação. Indicador Digital Processos Pt100 e TAP s MODO DE USO. Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional Indicador Digital Processos Pt100 e TAP s MODO DE USO Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional ABB Automação Hartmann & Braun Dados Técnicos (NRB5180) Entrada Características

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA CELL 804

CENTRAL DE ALARME BRISA CELL 804 CENTRAL DE ALARME - PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica que o aparelho está sendo alimentado pela rede AC. Led BATERIA: Indica que o aparelho está sendo alimentado pela bateria. Led ARMADO: Aceso indica que

Leia mais

Manual; Módulo de Alarme com Sirene Piezo Elétrica Dedicada; Dois Transmissores com Bateria; Chicote de Potência.

Manual; Módulo de Alarme com Sirene Piezo Elétrica Dedicada; Dois Transmissores com Bateria; Chicote de Potência. COMPOSIÇÃO DO SISTEMA DE ALARME Manual; Módulo de Alarme com Sirene Piezo Elétrica Dedicada; Dois Transmissores com Bateria; Chicote de Potência. INFORMAÇÕES AO PROPRIETÁRIO 1. OPERAÇÕES BÁSICAS DO ALARME

Leia mais

MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO

MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO MQ5 CHAVE DE TRANSFERÊNCIA AUTOMATIZADA (ABERTURA SEM CARGA) MANUAL DE FUNCIONAMENTO Chave de transferência automatizada - série MQ5 Um Tipo e significado MQ5 o tipo de controle (I; 0; II) o número de

Leia mais

Senha de Acesso. 1. Apresentação da Senha de Acesso. Fig. 01

Senha de Acesso. 1. Apresentação da Senha de Acesso. Fig. 01 Senha de Acesso 1. Apresentação da Senha de Acesso Fig. 01 Guia Rápido 1 - Alterar Senha Mestre: Pressione * 1 Senha Mestre atual e em seguida a Nova Senha. Ex.: * 1 1 2 3 4 4 3 2 1 Função Senha Mestre

Leia mais

Wireless N 300 ADSL2+ Router GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA

Wireless N 300 ADSL2+ Router GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA Wireless N 300 ADSL2+ Router GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CONTEÚDO DA EMBALAGEM CONTEÚDO Wireless N 300 ADSL2+ Router PORTUGUÊS ADAPTADOR DE ENERGIA ADAPTADOR CABO ETHERNET (CABO RJ-45) CONECTE O MODEM NO

Leia mais

F K I MODELO FIAT Brava - Doblò - Pálio - Siena - Strada. Rev. A PRODUTOS ELETRÔNICOS

F K I MODELO FIAT Brava - Doblò - Pálio - Siena - Strada. Rev. A PRODUTOS ELETRÔNICOS F K I 5 0 1 MODELO FIAT Brava - Doblò - Pálio - Siena - Strada Rev. A Produzido por TCS Industria de Componentes de Comunicação e Sistema de Segurança Ltda. Rua João Aluysio Jacobs, 301 - Canoas - RS -

Leia mais

www.sulton.com.br 1. Apresentação do Tele Alarme Tom e Pulso

www.sulton.com.br 1. Apresentação do Tele Alarme Tom e Pulso 1. Apresentação do Tele Alarme Tom e Pulso Equipamento desenvolvido a fim de realizar automaticamente discagens telefônicas para aviso de alarme. Podendo ser implementado praticamente à todos os sistema

Leia mais

CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS-321

CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS-321 CENTRAL DE E SEM FIO AS- CARACTERÍSTICAS DO APARELHO - Central de alarme sem fio com setor misto ( com e/ou sem fio ); - Caixa plástica com alojamento para bateria selada de 7 A/H; - Carregador de bateria

Leia mais

SENHA MESTRE Com a senha mestre são permitidas todas as funções de programação do módulo. A senha de fábrica é 5-6-7-8.

SENHA MESTRE Com a senha mestre são permitidas todas as funções de programação do módulo. A senha de fábrica é 5-6-7-8. MD-50 DESCRIÇÃO DO PRODUTO Com esse equipamento você pode monitorar qualquer central de alarme convencional ou eletrificador. Ele possui 5 entradas e uma saída PGM que pode ser acionada por telefone através

Leia mais

www: toppoalarmes.com.br SAC: 0800-643-6680

www: toppoalarmes.com.br SAC: 0800-643-6680 Prezado cliente, Muito obrigado por escolher o alarme residencial TPS-100: você adquiriu um produto de alta qualidade, confiabilidade e sofisticação. Por favor leia todas as instruções relacionadas ao

Leia mais

LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO

LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO CENTRAL DE ALARME 4 SETORES MISTOS COM DISCADOR MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO INTRODUÇÃO A FLEX-430 é uma central de alarme de 4 setores

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Botoeira / Acionador Manual À Prova de Tempo IP54 - Quebra Vidro Com Módulo Endereçável. Código AFAM3PT-E O acionador manual de alarme de incêndio AFAM3PT-E é um equipamento que deve ser instalado na parede

Leia mais

CONTROLADOR DE FATOR DE POTÊNCIA COISARADA CFPC-12

CONTROLADOR DE FATOR DE POTÊNCIA COISARADA CFPC-12 CONTROLADOR DE FATOR DE POTÊNCIA COISARADA CFPC-12 1. Funções e Características - Interface totalmente em português. - Possui um eficaz sistema de medição de fator de potência da onda fundamental, o que

Leia mais

CENTRAL DE ALARME ASD-600 SINAL E VOZ

CENTRAL DE ALARME ASD-600 SINAL E VOZ CENTRAL DE ALARME ASD-6 SINAL E VOZ Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo ASD-6 produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. 1- PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

RECEPTOR RF TX - 4 CANAIS 223-RECHCSMINI-RV10

RECEPTOR RF TX - 4 CANAIS 223-RECHCSMINI-RV10 RECEPTOR RF TX - CANAIS 3-RECHCSMINI-RV0 - PLACA DE CIRCUITO INTERNO DO RECEPTOR TX- (P.C.I.) 3 0 9. - DESCRIÇÃO DA PLACA DE CIRCUITO INTERNO (P.C.I.). - Jumpers - JP E JP para de ajuste do baudrate CAN;

Leia mais

SOLUÇÕES EM AUTOMAÇÃO TELEMETRIA E PROJETOS MANUAL ACT146-DS. Especificações do Hardware

SOLUÇÕES EM AUTOMAÇÃO TELEMETRIA E PROJETOS MANUAL ACT146-DS. Especificações do Hardware SOLUÇÕES EM AUTOMAÇÃO TELEMETRIA E PROJETOS MANUAL ACT146-DS Firmware: 1.5.5 Especificações do Hardware - Alimentação, fonte externa 12 a 24Vdc 2A; - Modulo GSM Quadriband, funciona em todas as operadoras

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO (VT01 / VT09)

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO (VT01 / VT09) MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO (VT01 / VT09) Pagina 1 / 5 1.0) VOLTÍMETRO - RACETRONIX A principal função do Voltímetro é indicar o valor da tensão (em volts) do sistema elétrico do veículo. O Voltímetro

Leia mais

RECEPTOR Módulo 5 Zonas

RECEPTOR Módulo 5 Zonas MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO RECEPTOR Módulo 5 Zonas www.compatec.com.br 1. Apresentação... 3 2. Características Técnicas... 3 3. Cadastro do Controle Remoto (HT)... 4 4. Cadastro do Controle Remoto

Leia mais

Manual do usuário Receptor Wirelles - LVRC

Manual do usuário Receptor Wirelles - LVRC Parabéns! Manual do usuário Receptor Wirelles - LVRC Você acaba de adquirir um produto com a mais alta tecnologia e qualidade Luxvision. Leia cuidadosamente as informações para o uso correto do produto.

Leia mais

PLT50: Alarme 8 setores mistos

PLT50: Alarme 8 setores mistos PLT50: Alarme 8 setores mistos Central 8 setores misto (com e sem fio) controlada por microprocessador. Os setores podem ser ativados e desativados individualmente Liga (1 bip), desliga (2 bips) por controle-remoto.

Leia mais

Compacta e de fácil programação possuindo:

Compacta e de fácil programação possuindo: '(6&5,d (6*(5$,66/$; Sua central de alarme 6/ ± $;, é microcontrolada, com quatro setores independentes, com fios ou sem fios (dependendo dos opcionais instalados), controle remoto e discador telefônico,

Leia mais

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL MC - 4

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL MC - 4 Central de Alarme MC-4 1. Apresentação 3 2. Características 3 3. Conhecendo a Central de Alarme MC-4 4 4. Instalação 4 4.1 Especificações Técnicas 4 4.2 Especificação da Fiação 5 4.3 Escolha dos Sensores

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CENTRAL DE ALARME 2 SETORES MISTOS COM DISCADOR MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO INTRODUÇÃO A FLEX-230 é uma central de alarme de 2 setores

Leia mais

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Discadora por Celular HERA HR2048.

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Discadora por Celular HERA HR2048. Discadora por Celular HERA HR2048 Manual do Usuário Índice: Paginas: 1. Introdução 03 1.1 Visão Geral 03 2. Características 04 3. Funcionamento 04, 05 e 06 3.1 Mensagens 06 e 07 4. Instalação da Discadora

Leia mais

Coletor de Dados Ponto Digital Mundi 1060 Manual de Instruções

Coletor de Dados Ponto Digital Mundi 1060 Manual de Instruções Coletor de Dados Ponto Digital Mundi 1060 Manual de Instruções www.pontodigitalnetwork.com.br Sumário 1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MUNDI 1060...3 2 - APLICAÇÕES...5 2.1 RECOMENDAÇÕES DE INSTALAÇÃO...6 2.1.1

Leia mais

Infraestrutura. A empresa. Tecnologia ALARMES

Infraestrutura. A empresa. Tecnologia ALARMES ALARMES A Sulton conquistou a certificação do Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001:2008. Para nossos clientes, É a garantia de que estamos fornecendo produtos de qualidade e que atendam todas as suas

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA-4

CENTRAL DE ALARME BRISA-4 CENTRAL DE ALARME BRISA-4 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS -4 zonas mistas programáveis -disca para até 4 telefones -pânico pelo controle remoto -dupla tecnologia hopping code e rolling code em 4,9mhz -indica

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo Brisa 4 Plus produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. - PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

EXPERIÊNCIA N O 1 ACINAMENTO DE UMA LÂMPADA POR UMA CHAVE

EXPERIÊNCIA N O 1 ACINAMENTO DE UMA LÂMPADA POR UMA CHAVE I EXPERIÊNCIA N O 1 ACINAMENTO DE UMA LÂMPADA POR UMA CHAVE Ligar e desligar uma lâmpada através de uma única chave pulsante. Toda vez que a chave for pressionada a lâmpada deve mudar de estado, mantendo

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DO CONTROLO DE ACESSOS TW2200

MANUAL TÉCNICO DO CONTROLO DE ACESSOS TW2200 MANUAL TÉCNICO DO CONTROLO DE ACESSOS TW2200 Introdução O TW2200 é um controlo de acessos stand-alone por impressão digital que utiliza a ultima tecnologia de leitura, ideal para aplicação em situações

Leia mais

Manual Prático VW10Z V R ABRIL 2013 VW10Z - 1

Manual Prático VW10Z V R ABRIL 2013 VW10Z - 1 Manual Prático VW10Z V1.50 R1.01 ABRIL 2013 VW10Z 1 2 Manual Prático Índice Formato de Comunicação...4 Comunicador Linha Telefônica...4 Zonas...5 Temporização das Zonas...5 Auto Ativa...6 Partições...6

Leia mais

LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO

LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO CENTRAL DE ALARME 2 SETORES MISTOS MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO INTRODUÇÃO A FLEX-210 é uma central de alarme de 2 setores mistos configuráveis.

Leia mais

B D B D

B D B D B D - 2 5 0. 1 B D - 2 5 0. 2 02... Especificações técnicas 03... Unidades de entrada e saída 04... Exemplos de entrada 05... Exemplos de ligação BD-250.1 06... Exemplos de ligação BD-250.2 07... Sistema

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo Brisa 4 Plus produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. 1- PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

CPM800S. Manual do Usuário

CPM800S. Manual do Usuário CPM800S Manual do Usuário R Descrição Geral O CPM800S é um contador e totalizador microprocessado especialmente desenvolvido para máquinas de corte e solda. Possui algumas funções especiais como trabalho,

Leia mais

MANUAL DO INSTALADOR. CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8

MANUAL DO INSTALADOR. CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8 1 2 MANUAL DO INSTALADOR CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8 Parabéns, você adquiriu um sistema de alarme da CS Eletrônica. Os nossos equipamentos foram projetados para lhe oferecer anos

Leia mais

TERMO DE GARANTIA. Recomendação:

TERMO DE GARANTIA. Recomendação: TERMO DE GARANTIA ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., localizada na Rua Carlos Ferrari, nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17.400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

Rele de Fuga a Terra RFT-3C

Rele de Fuga a Terra RFT-3C [] Introdução Os Reles de fuga à terra são instrumentos utilizados para auxiliar na proteção de pessoas, painéis e equipamentos em geral. Acoplados a sensores de corrente toroidais apropriados, são capazes

Leia mais

PEA LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EXPERIÊNCIA - DISPOSITIVOS DE COMANDO RELATÓRIO

PEA LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EXPERIÊNCIA - DISPOSITIVOS DE COMANDO RELATÓRIO PEA 2401 - LABORATÓRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EXPERIÊNCIA - DISPOSITIVOS DE COMANDO RELATÓRIO NOTA Grupo:......... Professor:...Data:... Objetivo:......... 1 - ROTEIRO 1.1 - Análise das características

Leia mais

ÓCULOS 3D MANUAL DO UTILIZADOR. Antes de utilizar este equipamento, leia este manual atentamente e guarde-o para consultas futuras.

ÓCULOS 3D MANUAL DO UTILIZADOR. Antes de utilizar este equipamento, leia este manual atentamente e guarde-o para consultas futuras. MANUAL DO UTILIZADOR ÓCULOS 3D Antes de utilizar este equipamento, leia este manual atentamente e guarde-o para consultas futuras. AG-S100 REV.01 www.lge.com Atenção Leia estas instruções de segurança

Leia mais

SUMÁRIO BOTOEIRAS... CABO DE INSTRUMENTAÇÃO... CENTRAIS DE ALARME... Convencional - Endereçável DETECTORES DE FUMAÇA... DETECTORES DE TEMPERATURA...

SUMÁRIO BOTOEIRAS... CABO DE INSTRUMENTAÇÃO... CENTRAIS DE ALARME... Convencional - Endereçável DETECTORES DE FUMAÇA... DETECTORES DE TEMPERATURA... SUMÁRIO BOTOEIRAS... 02-07 CABO DE INSTRUMENTAÇÃO... 08 CENTRAIS DE ALARME... Convencional - Endereçável 09-18 DETECTORES DE FUMAÇA... 19-21 DETECTORES DE TEMPERATURA... 22 PLACAS DE SINALIZAÇÃO... 23-24

Leia mais

Módulo de Controle de Acesso. Manual de Instalação.

Módulo de Controle de Acesso. Manual de Instalação. Módulo de Controle de Acesso Manual de Instalação www.commbox.com.br ÍNDICE VISÃO GERAL DO SISTEMA...3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS....4 CONEXÕES PLACA MCA10... 5 PINAGEM DAS PORTAS DA MCA10... 6 DESCRIÇÃO

Leia mais

TERMO DE GARANTIA. Manual do Produto

TERMO DE GARANTIA. Manual do Produto TERMO DE GARANTIA ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., Localizada na Rua Carlos Ferrari, nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17.400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

Índice. 1. Características técnicas

Índice. 1. Características técnicas Termo de garantia A ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., localizada na rua Carlos Ferrari nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS A EMPRESA Atuando desde 1986 no mercado brasileiro, a Sulton Produtos Eletrônicos é referência em sistemas de segurança eletrônica. São soluções desenvolvidas com tecnologia de ponta

Leia mais

Painel de Monitoramento e Controle PASE Manual de Instalação Características:

Painel de Monitoramento e Controle PASE Manual de Instalação Características: Painel de Monitoramento e Controle PASE Manual de Instalação Características: Entrada para sensor de nível 4 20mA Entrada para sensor de condutividade RS485 Comando e monitoramento remoto da bomba Fácil

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO CARREGADOR DE BATERIA MODELO: KA-043

MANUAL DO USUÁRIO CARREGADOR DE BATERIA MODELO: KA-043 1 MANUAL DO USUÁRIO CARREGADOR DE BATERIA MODELO: KA-043 Neste manual você vai encontrar informações importantes a respeito do funcionamento do equipamento. Observe primeiramente os cuidados necessários

Leia mais

LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 267 - TELEFONE: 6823-8800 Revisado em 24/10/2006 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP: 09530-250 www.linear-hcs.com.

LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 267 - TELEFONE: 6823-8800 Revisado em 24/10/2006 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP: 09530-250 www.linear-hcs.com. LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 267 - TELEFONE: 6823-8800 Revisado em 24/10/2006 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP: 09530-250 www.linear-hcs.com.br CENTRAL ELETRÔNICA MONOFÁSICA DE CONTROLE DE PORTÃO rev8 CARACTERÍSTICAS

Leia mais

Tecnologia, inovação e qualidade. Linha Alarme Fachada da sede da Posonic do Brasil Campina Grande do Sul/PR CLIQUE AQUI PARA INICIAR

Tecnologia, inovação e qualidade. Linha Alarme Fachada da sede da Posonic do Brasil Campina Grande do Sul/PR CLIQUE AQUI PARA INICIAR Tecnologia, inovação e qualidade. Linha 2014 Fachada da sede da Posonic do Brasil Campina Grande do Sul/PR CLIQUE AQUI PARA INICIAR SUMÁRIO Linha 2014...7 PS-412...7 PS-412 PET... 8 MAGNÉTICO... 22 PS-850MG...22

Leia mais

SISTEMAS DE CONFORTO E CONVENIÊNCIA (Telecomandos/ acionadores de alarme)

SISTEMAS DE CONFORTO E CONVENIÊNCIA (Telecomandos/ acionadores de alarme) Fiat Palio, Marea, Tempra, Tipo Procedimento para programação de transmissor de entrada por controle remoto Com este sistema de programação, todos os códigos dos telecomandos; sem limite de quantidade,

Leia mais

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A central de alarme ANM 2004/2008 MF é compacta e de fácil programação, possui

Leia mais

ST4 PLUS. Central de alarme MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A

ST4 PLUS. Central de alarme MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMPATEC A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO suporte@compatec.com.br fone:(54)4009 4711 Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda Indústria

Leia mais

Tutorial de Eletrônica Circuito para Uso de Relé v

Tutorial de Eletrônica Circuito para Uso de Relé v Tutorial de Eletrônica Circuito para Uso de Relé v2010.05 Linha de Equipamentos MEC Desenvolvidos por: Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212 Londrina PR Brasil http://www.maxwellbohr.com.br

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO AP6 Central de Alarme Particionada www.compatec.com.br 2 www.compatec.com.br 3 4. Dimensões do produto... 5. Conhecendo o seu produto... 7 5.1 Conhecendo as funções da central...

Leia mais

Vigilance V816. Guia Rápido de Programação

Vigilance V816. Guia Rápido de Programação Vigilance V816 Guia Rápido de Programação ÍNDICE 1 Introdução... 3 2 Programação... 3 2.1 Diagrama da programação... 3 2.2 ndo em programação... 4 2.3 Senha do instalador... 4 2.4 Editando endereços na

Leia mais

DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT

DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT Sua central de alarme SL AX4 - MT, é microcontrolada, com quatro setores independentes, com fios ou sem fios (dependendo dos opcionais instalados), com opções monitoráveis

Leia mais

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4020 2 setores HERA.

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4020 2 setores HERA. Central de alarme HR 4020 2 setores HERA Manual do Usuário 1 Índice: 1 Aplicação... 3 2 Características... 3 3 - Apresentação da Central... 3 3.1 - Parte externa... 3 3.2 - Parte interna... 4 4 - Diagramas

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada AP4/AP4 D

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada AP4/AP4 D MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Central de Alarme Particionada AP/AP D Índice 1.Apresentação... 2.Características... 3.Características Técnicas... 5.Status de Bips... 5 5.Status dos Led s... 5 6.Conhecendo

Leia mais

AA e AA

AA e AA Manual Kit Trava Elétrica UP (a partir 2014) AA.42.0114 e AA.42.0115 www.softautomotiva.com.br UP (4P e 2P) A Soft coloca a disposição para o mercado automotivo o Kit Trava Elétrica para o UP a partir

Leia mais

Inversor Trifásico 1CV e 2CV

Inversor Trifásico 1CV e 2CV Inversor Trifásico 1CV e 2CV Página 1 de 10 Esta linha de inversores de frequência da Neotec tende a unir a versatilidade do seu firmware com o desempenho a um baixo custo. Com isso pode ser inserido em

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Discador GSM

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Discador GSM MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO www.compatec.com.br Indice: 1. Caracterísitcas... 2 2. Leds... 3 3. Programando os números telefonicos... 4 3.1. Para apagar números individualmente... 4 3.2. Para apagar

Leia mais

TESTE DE LAMPADAS TL-12

TESTE DE LAMPADAS TL-12 TESTE DE LAMPADAS TL-12 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso TESTE DE LAMPADAS TL-12. Para garantir o uso correto e eficiente do TL-12, leia este manual completo e atentamente para entender como

Leia mais

C 850 CENTRAL DE ALARME VSEG 16 - ARMAR POR BIP OU BIP+SIRENE

C 850 CENTRAL DE ALARME VSEG 16 - ARMAR POR BIP OU BIP+SIRENE 16 - ARMAR PR BIP U BIP+SIRENE Sai de fábrica com a configuração de ARME para BIP+SIRENE, para alterar para SMENTE BIP, deve-se pressionar o Botão 1 do controle remoto (já cadastrado) e manter pressionado,

Leia mais

PB 201 Manual do Usuário

PB 201 Manual do Usuário PB 201 ÍNDICE 1. IDENTIFICAÇÃO 2.INSTALAÇÃO 2.1 Conteúdo 2.2 Desembalagem 2.3 Instrução de Instalação 3.MOEDAS 3.1 Especificações das Moedas 3.2 Condições das Moedas 4.OPERAÇÃO 4.1 Contagem 4.2 Pré-Determinação

Leia mais