SAN.A.IN.NA 01. Especificações Técnicas Mínimas para Fornecimento de Uniformes Operacionais SANASA - Camisa, Calça, Colete e Blusa - 1.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SAN.A.IN.NA 01. Especificações Técnicas Mínimas para Fornecimento de Uniformes Operacionais SANASA - Camisa, Calça, Colete e Blusa - 1."

Transcrição

1 SAN.A.IN.NA ISO 90 1 / SUMÁRIO: 1. OBJETIVO 2. DESCRIÇÃO 3. IDENTIFICAÇÃO 4. FAIXAS REFLETIVAS 5. LOGOTIPO SANASA 6. EMBALAGEM 7. CONSIDERAÇÕES FINAIS 8. REFERÊNCIAS 9. ANEXOS 1. OBJETIVO Estabelecer, através da Gerência de Logística de Materiais e Inspeção - AM, condições mínimas para confecção e recebimento dos uniformes operacionais da SANASA: camisa manga curta, camisa manga longa, calça, colete e blusa. 2. DESCRIÇÃO 2.1. Camisa Manga Curta com Faixa Refletiva. Camisa tipo polo com gola do mesmo tecido, abertura frontal parcial com vista de 4 botões caseados na mesma cor do tecido, mangas curtas com bainhas fixas e costas em tecido único, hum bolso superior esquerdo, cargo chapado no lado esquerdo (14,0 cm altura x 13,0 cm largura, com cantos inferiores chanfrados), com logotipo Sanasa centralizado na aba, sendo a aba com fechamento através de velcro de mesma cor do tecido ou preto. Obs.: tolerância nas medidas do bolso de +- 1,0 cm

2 SAN.A.IN.NA ISO 90 2 / Material Tecido na composição de 100% algodão, sarja 2/1, com peso mínimo de 190 g/m 2, na cor azul royal, pantone TC, com fator de proteção solar de no mínimo 50+ e marca d água do fabricante no avesso do tecido. Tecido para aplicação da faixa refletiva (fluorescente), 100% poliéster, tela, gramatura mínima de 100 g/m². Apresentar laudos técnicos do tecido base para comprovação da proteção solar, além das características técnicas e lauto técnico do tecido de alta visibilidade para comprovação da fluorescência Costuras Em máquina de interlock bitola mínima 7mm para fechamento das ilhargas, ombros e mangas (fixação e fechamento). Travetes nos cantos superiores do bolso e cantos superiores da lapela. Em máquina reta 1 agulha ponto fixo para fixação e pesponto da gola, vista, bainhas, barra e aplicação do tecido de alta visibilidade com a faixa refletiva. Caseado reto de 18mm de comprimento. Aplicação de overlock nas partes desfiantes do tecido. Pontos por cm de 3,5 a 4,0 em todas as costuras Aviamentos Linha 120 poliéster / algodão ou 100% poliéster, na cor do tecido para as operações de fechamentos, fixações e pespontos, caseados e pregar botões. Linha 120 e filamento para o overlock na cor do tecido. Botão de massa de 4 furos 13 ou 14mm, da cor do tecido Faixa Refletiva Faixa refletiva (item 4 dessa Norma) aplicada de 3 a 6 cm abaixo da cava, frente e costas, e nas mangas a 5 cm das bordas, atendendo a NORMA NBR 15292, categoria de risco classe 3.

3 SAN.A.IN.NA ISO 90 3 / Logotipo SANASA Logotipo da SANASA (item 5 dessa Norma) estampado na cor branco, centralizado no bolso superior esquerdo, com 8cm de comprimento, e nas costas, com 20cm de comprimento Medidas As medidas deverão estar de acordo com a tabela a seguir: NUMERAÇÃO Pontos de Medida Tolerância Tórax +/- 1,0cm Espalda Costas) +/- 1,0cm Contorno da Cava +/- 1,0cm Manga +/- 0,5cm 23,5 24,5 25,5 26,5 27,5 27,5 27,5 Comprimento +/- 1,0cm Camisa Manga Longa Com Faixa Refletiva. Camisa tipo polo com gola do mesmo tecido, abertura frontal parcial com vista de 4 botões caseados na mesma cor do tecido, mangas longas com punho e carcela com fechamento através de botão e caseado, e costas em tecido único, hum bolso superior esquerdo, cargo chapado no lado esquerdo (14,0 cm altura x 13,0 cm largura, com cantos inferiores chanfrados), com logotipo Sanasa centralizado na aba, sendo a aba com fechamento através de velcro de mesma cor do tecido ou preto. Obs.: tolerância nas medidas do bolso de ± 1,0 cm

4 SAN.A.IN.NA ISO 90 4 / Material Tecido na composição de 100% algodão, sarja 2/1, com peso mínimo de 190 g/m 2, na cor azul royal, pantone TC, com fator de proteção solar de no mínimo 50+ e marca d água do fabricante no avesso do tecido. Tecido para aplicação da faixa refletiva (fluorescente), 100% poliéster, tela, gramatura mínima de 100 g/m². Apresentar laudos técnicos do tecido base para comprovação da proteção solar, além das características técnicas e lauto técnico do tecido de alta visibilidade para comprovação da fluorescência Costuras Em máquina de interlock bitola mínima 7mm para fechamento das ilhargas, ombros e mangas (fixação e fechamento). Travetes nos cantos superiores do bolso e cantos superiores da lapela. Em máquina reta 1 agulha ponto fixo para fixação e pesponto da gola, vista, bainhas, barra e aplicação do tecido de alta visibilidade com a faixa refletiva. Caseado reto de 18mm de comprimento. Aplicação de overlock nas partes desfiantes do tecido. Pontos por cm de 3,5 a 4,0 em todas as costuras Aviamentos Linha 120 poliéster / algodão ou 100% poliéster, na cor do tecido para as operações de fechamentos, fixações e pespontos, caseados e pregar botões. Linha 120 e filamento para o overlock na cor do tecido. Botão de massa de 4 furos 13 ou 14mm, da cor do tecido Faixa Refletiva Faixa refletiva (item 4 dessa Norma) aplicada de 3 a 6 cm abaixo da cava, frente e costas, e nas mangas na altura da faixa do tronco, atendendo a NORMA NBR 15292, categoria de risco classe 3.

5 SAN.A.IN.NA ISO 90 5 / Logotipo SANASA Logotipo da SANASA (item 5 dessa Norma) estampado na cor branco, centralizado no bolso superior esquerdo, com 8cm de comprimento, e nas costas, com 20cm de comprimento Medidas As medidas deverão estar de acordo com a tabela a seguir: NUMERAÇÃO Pontos de Medida Tolerância Tórax +/- 1,0cm Espalda (Costas) +/- 1,0cm Contorno da Cava +/- 1,0cm Manga c/ Punho +/- 1,0cm 59,5 60,5 61,5 62,5 63,5 63,5 63,5 Comprimento +/- 1,0cm Calça Com Faixa Refletiva. Calça meio elástico, cós postiço de 4,5cm com fechamento através de botão caseado, com 7 passantes, vista embutida com fechamento através de botões; traseiro com palas e dois bolsos chapados 5 cantos (14,5 cm x 17,0 cm com cantos inferiores chanfrados), aba com fechamento através de velcro de mesma cor do tecido ou preto, e hum bolso chapado na lateral com prega femea (16,0 cm x 17,0 cm), na lateral da perna direita, sendo posicionado entre as faixas refletivas superior e inferior, com aba com fechamento através de velcro de mesma cor do tecido ou preto, com logotipo SANASA centralizado na mesma e com reforço no joelho tipo matelace. Obs.: tolerância nas medidas do bolso de +- 1,0 cm

6 SAN.A.IN.NA ISO 90 6 / Material Tecido na composição de 67% algodão e 33% poliéster, sarja 3/1, com peso de 240g/m2, na cor azul royal, pantone TC, com fator de proteção solar e marca d água do fabricante no avesso do tecido. Tecido para aplicação da faixa refletiva (fluorescente), 100% poliéster, tela, gramatura mínima de 100 g/m². Apresentar laudos técnicos do tecido base para comprovação da proteção solar, além das características técnicas e lauto técnico do tecido de alta visibilidade para comprovação da fluorescência Costuras Fixação do cós em maqui de pregar cós. Fechamento das ilhargas, gancho traseiro e fixação das placas em fechadeira 3 agulhas paralelas. Fechamento do entre pernas em interlock bitola mínima 10mm. Máquina reta 2 agulhas paralelas para o pesponto da vista, gancho dianteiro e fixação dos bolsos.

7 SAN.A.IN.NA ISO 90 7 / Máquina reta 1 agulha para as bainhas dos bolsos, pespontos não paralelos nas laterais dos bolsos, barra das pernas e aplicação do tecido de alta visibilidade com a faixa refletiva. Travetes nas extremidades dos bolsos, final da vista, fixação dos passantes e na junção dos ganchos por sobre a costura de segurança do interlock. Caseado tipo olho. Aplicação de overlock nas partes desfiantes do tecido. Pontos por cm de 3,0 a 3,5 em todas as costuras Aviamentos Linha 80 poliéster / algodão ou 100% poliéster, na cor do tecido para as operações de fechamentos, fixações e caseado. Linha 120 e filamento para o overlock na cor do tecido. Botão de massa de 4 furos 13 ou 14mm, da cor do tecido. Velcro na cor do tecido Faixa Refletiva Faixa refletiva (item 4 dessa Norma) aplicada nas pernas, sendo a primeira logo abaixo dos bolsos das pernas e a segunda a 15 cm abaixo da primeira faixa, conforme indicado no desenho em 2.3, frente e costas, atendendo a NORMA NBR 15292, categoria de risco classe Logotipo SANASA Logotipo da SANASA (item 5 dessa Norma) estampado na cor branca, centralizado na aba do bolso lateral da perna direita, com 8cm de comprimento Medidas As medidas deverão estar de acordo com a tabela a seguir:

8 SAN.A.IN.NA ISO 90 8 / NUMERAÇÃO Pontos de Tolerância Medida Cintura (elástico +/- 1,0cm esticado) Quadril +/- 1,0cm Coxa +/- 1,0cm 29, , ,5 37, ,5 42 Gancho Dianteiro Gancho Traseiro Entre Pernas - comprimento Ilhargas - comprimento +/- 1,0cm 23, , ,5 26, ,5 28,5 28, /- 1,0cm ,5 39,5 40,5 41,5 42,5 43, ,5 45 +/- 1,0cm 79,5 81,5 81,5 81,5 81,5 81,5 81,5 81,5 81,5 81,5 81,5 81,5 +/- 1,0cm , , , , Camisa Manga Curta e Manga Longa Sem Faixa Refletiva. Considerar mesmas medidas e modelos dos itens 2.1 (com sub itens) e 2.2 (com sub itens) respectivamente, excluindo os itens de faixa refletiva.

9 SAN.A.IN.NA ISO 90 9 / Calça Sem Faixa Refletiva. Considerar mesmas medidas e modelos do item 2.3 (com sub itens) excluindo os itens de faixa refletiva. Considerar a posição do bolso a 35 cm do cós da perna.

10 SAN.A.IN.NA ISO / Colete Colete gola V, frente aberta com fechamento através de zíper Material Tecido tela 100% poliamida, com peso de 80g/m2, na cor azul royal, pantone TC Costuras Em máquina de interlock bitola mínima 10mm para fechamento das ilhargas e ombros. Em máquina reta 1 agulha ponto fixo para fixação e pesponto do viés, aplicação do zíper e faixas refletivas. Pontos por cm de 3,5 a 4,0 em todas as costuras Aviamentos Linha 80 poliéster / algodão ou 100% poliéster, na cor do tecido para as operações de fechamentos, fixações e pespontos. Linha 120 e filamento para o overlock. Viés azul royal aplicado na barra, cava, decote e vista. Zíper vislon na cor do tecido.

11 SAN.A.IN.NA ISO / Faixa Refletiva Faixa refletiva (item 4.2 dessa Norma) aplicada à 3cm da barra, frente e costas, e na vertical, do lado direito e esquerdo, frente e costas Logotipo SANASA Logotipo da SANASA (item 5 dessa Norma) estampado na cor branco, localizado no lado superior esquerdo de quem veste, com 8cm de comprimento Medidas As medidas deverão estar de acordo com a tabela a seguir: NUMERAÇÃO Pontos de Medida Tolerância M G GG Tórax +/- 1,0cm 57,5 61,5 65,5 Espalda (Costas) +/- 1,0cm Contorno da Cava +/- 1,0cm Comprimento +/- 1,0cm Blusa Com Faixa Refletiva. Blusa modelo STP, manga longa, gola náutica, em nylon pára-quedas impermeável, com forração em matelasse, com dois bolsos na cintura embutidos tipo faca, com lapela. Forro de nylon médio com bolso embutido. Gola tipo esporte, com zíper até o final da gola. Punho de elástico e espelho com o próprio tecido da blusa. Barra com cordão e terminais para regulagem.

12 SAN.A.IN.NA ISO / Material Tecido na composição nylon pára-quedas, fio 240/34 lisa para trama e ordume Rhodia, com peso de 190g/metro linear, na cor azul royal, pantone TC. Forro em matelasse, trama 30 batidas fio por cm2 e ordume 42 batidas por cm2, com peso de 125g/metro linear. Manta de enchimento 100% poliéster, com peso de 100g/metro linear. Tingimento à base de anílinas ácidas. Processo de purgação (purificação do tecido / eliminação da goma) no primeiro estágio. Fixação em altas temperaturas a vapor. Tingimento por imersão e acabamento final com secagem em rama Costuras Costura em ponto fixo; máquina reta industrial; agulha em todas as operações de costura. A manta de poliéster deve ser fixada individualmente nas partes da blusa com costura reta. Forro fechado com costura interlock que proporciona melhor acabamento e fortalecimento na costura; acabamento final com pespontos duplos. O elástico deve ser costurado em elastiqueira industrial de 8 cabeças para melhor alinhamento das costuras nos elásticos dos punhos Aviamentos Linha 100% poliéster nº 120. Manta (enchimento) 100% poliéster gramatura 100g/ metro linear. Zíper Vislon destacável da cor da blusa / forro tipo médio. Elástico de 4 ou 5cm de largura. Misto algodão e poliéster 65% e 35% elastodieno Faixa Refletiva Faixa refletiva (item 4 dessa Norma) aplicada de 3 a 6 cm da cava, frente e costas, e nas mangas na altura da faixa do tronco, atendendo a NORMA NBR 15292, categoria de risco classe 3.

13 SAN.A.IN.NA ISO / Logotipo SANASA Logotipo da SANASA (item 5 dessa Norma) bordado computadorizado e matizado, na cor branco, localizado no lado superior esquerdo de quem veste, com 8cm de comprimento Medidas As medidas deverão estar de acordo com a tabela a seguir: NUMERAÇÃO Pontos de PP P M G GG XG XGG Tolerância Medida Tórax +/- 1,0cm Espalda (Costas) +/- 1,0cm Contorno da Cava +/- 1,0cm Manga c/ Punho +/- 1,0cm 59,5 60,5 61,5 62,5 63,5 63,5 63,5 Comprimento +/- 1,0cm IDENTIFICAÇÃO Todas as peças deverão ser identificadas de forma legível e indelével, com etiquetas confeccionadas em poliéster ou similar, contendo, no mínimo, as seguintes informações: Nome da confecção; Tamanho da peça; Garantia total de fabricante do tecido, contendo nome e marca do fabricante; Nome e composição do tecido; Instruções de lavagem. 4. FAIXAS REFLETIVAS As faixas refletivas deverão obedecer aos critérios definidos para cada peça a ser adquirida pela SANASA. O material consiste em um filme termo-transferível respirável, composto por segmentos retrorrefletivos fixados sobre um liner plástico adesivado. Os segmentos são constituídos por microesferas de vidro fixadas em um adesivo termo-ativado de base poliéster. Deve ser fornecido boletim técnico contendo as informações relacionadas abaixo. A superfície refletiva do produto não deve ser contínua, devendo possibilitar respirabilidade à área do tecido onde for aplicado.

14 SAN.A.IN.NA ISO / Os valores de retrorrefletividade, em cd/lux/m 2, devem cumprir com as exigências mínimas especificadas na norma ABNT NBR 15292, tabela 5, e serem comprovados por laudo técnico a ser emitido em nome do fabricante por laboratório independente internacional ou nacional credenciado pelo INMETRO. O coeficiente de retroreflexão após 75 ciclos de lavagem doméstica segundo procedimento definido na norma ISO A (60ºC) deverá ser superior a 100 cd/lux/m², medido a um ângulo de observação de 0,2º e ângulo de entrada de 5,0º. O coeficiente de retroreflexão após as lavagens deverá ser comprovado por laudo técnico (original ou cópia autenticada), emitido em nome do fabricante, por laboratório independente internacional ou nacional credenciado pelo INMETRO. Além do coeficiente de retroreflexão deverão constar obrigatoriamente do laudo: método de lavagem, a marca e o código do refletivo. Tabela 5: refletividade inicial mínima para materiais refletivos, conforme NBR Camisa Manga Curta e Manga Longa, Calça e Blusa Com Faixa Refletiva. Faixas refletivas código de referência 3M do Brasil , composta por uma faixa refletiva segmentada com 5cm de largura, na cor prateada, aplicada, centralizada e sobre uma faixa fluorescente com 10,0 cm de largura, na cor amarelo limão, conforme desenho abaixo: Faixa fluorescente amarelo limão com 2,5cm de largura. Faixa refletiva segmentada prateada com 5cm de largura. Faixa fluorescente amarelo limão com 2,5cm de largura. A composição do tecido fluorescente deve ser de 83% poliéster e 17% algodão, com peso 160g/m2, na cor amarelo limão. O material refletivo deve seguir as especificações do item 4.0.

15 SAN.A.IN.NA ISO / Colete Faixa refletiva código de referência 3M do Brasil High - Gloss, com 5cm de largura, na cor amarelo fluorescente, conforme desenho abaixo: Faixa refletiva amarelo fluorescente com 5cm de largura. O material consiste em uma faixa de microprismas altamente retrorefletivos, formados em filme polimérico flexível de alto brilho e estável a UV. Acompanha também um filme de vinil flexível vedado internamente protegendo as microprismas contra penetração de poeira e umidade. O material deverá ser de cor fluorescente amarelo. O material retrorefletivo deve apresentar coeficiente de retrorefletividade inicial mínimo de 700 cd/lux m2 quando medido a um ângulo de entrada de -4 (menos quatro graus) e ângulo de observação de 0,2 (zero vírgula dois graus). 5. LOGOTIPO SANASA O logotipo da SANASA deverá ser estampado ou bordado, de acordo com cada peça, na cor branco, conforme modelo fornecido pela SANASA, devendo ser respeitada a sua proporcionalidade quando for necessário alterar o seu tamanho para maior ou menor. 6. EMBALAGEM Cada peça deve ser acondicionada em embalagem transparente, com numeração visível e fechada. As embalagens individuais podem ser acondicionadas em caixa de papelão devidamente identificada com numeração das peças e as respectivas quantidades.

16 SAN.A.IN.NA ISO / CONSIDERAÇÕES FINAIS O fornecedor deve dar garantia mínima de 12 meses contra qualquer defeito de fabricação durante a vida útil da peça, observadas as condições normais de uso, tais como: rasgos, encolhimento ou alongamento, desbotamento, manchas, rompimento de costuras, zíperes e botões, entre outros. Todo material recebido será examinado pela Gerência de Logística de Materiais e Inspeção - AM, com o objetivo de verificar os padrões de qualidade exigidos nesta Norma. O fornecedor deverá entregar juntamente com o lote, os certificados de aprovação e de garantia de qualidade do fabricante do tecido, laudos técnicos de laboratórios, especificações técnicas de todo material utilizado na confecção das peças, sem ônus para a SANASA, inclusive os já citados no item 4.0. Para todos os relatórios/laudos/certificados mencionados nesta norma, cuja descrição estiver em língua estrangeira, o fornecedor deverá apresentar a tradução juramentada do documento. Todo material reprovado nas inspeções ou testes deverá ser substituído imediatamente pelo fornecedor, sem ônus para a SANASA. 8. REFERÊNCIAS Esta Norma interage com os seguintes documentos: SAN.P.IN.PR Controle dos Documentos Internos; SAN.P.IN.PR 02 Controle de Registros. 9. ANEXOS ANEXO I - HISTÓRICO DE ALTERAÇÕES DATA REV. PÁG. DESCRIÇÃO NOME/SETOR 11/04/26 Todas Documento revisado na integra Oséias Nery/Fernando Gonçalves - AMI

JALECO FEMININO JALECO MASCULINO

JALECO FEMININO JALECO MASCULINO JALECO FEMININO JALECO MASCULINO - Jaleco feminino: com mangas longas, três bolsos chapados na frente, conforme ilustração, fechamento por 4 botões com caseados no sentido vertical, vista de botões embutida,

Leia mais

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO FICHA TÉCNICA DE PRODUTO Referência: 003 Tecido: JEANS CLARO Grade: P- XG Modelagem: CAMISA MASCULINA BÁSICA LEVEMENTE ACINTURADA. Tamanho Base: M ALTURA DA GOLA 4,5 CM Desenvolvida por: COMPASSING PROJETOS

Leia mais

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO FICHA TÉCNICA DE PRODUTO Referência: 004 Tecido: JEANS CLARO Grade: P- XG Modelagem: CAMISA FEMININA C/ RECORTES E ACINTURADA. Tamanho Base: M ALTURA DA GOLA 4,5 CM Desenvolvida por: COMPASSING PROJETOS

Leia mais

SN0004U Equipe de Trabalho. Colete Unissex Refletivo. Desenho Técnico. Seguir aplicações gráficas. Fita refletiva 40mm.

SN0004U Equipe de Trabalho. Colete Unissex Refletivo. Desenho Técnico. Seguir aplicações gráficas. Fita refletiva 40mm. Empresa Olimpíada do Conhecimento Peça Código Grupo Equipe de Trabalho Grade PP P M G GG XG XGG Desenho Técnico Revel rebatido com 1 pesponto 40mm Revel rebatido com 1 pesponto 40mm Seguir aplicações gráficas

Leia mais

ANEXO XIII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS UNIFORMES OPERAÇÕES. Camisa Polo Sulgás Operação

ANEXO XIII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS UNIFORMES OPERAÇÕES. Camisa Polo Sulgás Operação ANEXO XIII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS UNIFORMES OPERAÇÕES Camisa Polo Sulgás Operação Tecido: Malha Piquê 50x50 Referência Cor Azul: Azul Hawaii (Aradefe) Referência Cor azul Marinho: Detalhes (manga, gola,

Leia mais

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO FICHA TÉCNICA DE PRODUTO Referência: 002 Desenvolvida por: COMPASSING PROJETOS COM DESIGN Tecido: MALHA PIQUET Descrição da peça: CAMISA POLO MASCULINA, ESTRUTURA RETA E CLÁSSICA, BÁSICA PARA Grade: P-

Leia mais

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO FICHA TÉCNICA DE PRODUTO Referência: 001 Desenvolvida por: COMPASSING PROJETOS COM DESIGN Tecido: MALHA PIQUET Descrição da peça: CAMISA POLO FEMININA, ACINTURADA, COM FRANZIDO LEVE NO OMBRO, ESTRUTURA

Leia mais

Rua Almirante Lamego, 381 Centro Florianópolis (48) Florianópolis - GUARDA-VIDAS CIVIS

Rua Almirante Lamego, 381 Centro Florianópolis (48) Florianópolis  - GUARDA-VIDAS CIVIS ESTADO DE SANTA CATARINA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO DO CORPO DE BOMBEIROS Rua Almirante Lamego, 381 Centro Florianópolis (48) 225-3333 88.015-600 - Florianópolis e-mail - ccbcmt@pm.sc.gov.br GUARDA-VIDAS

Leia mais

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO FICHA TÉCNICA DE PRODUTO Referência: 006 Tecido: POLIÉSTER TECIDO, FORRO E FIBRA. Grade: P- XG Modelagem: JAQUETA FEMININA ACINTURADA. Tamanho Base: M Desenvolvida por: COMPASSING PROJETOS COM DESIGN Descrição

Leia mais

ANEXO II Especificação Técnica dos Uniformes

ANEXO II Especificação Técnica dos Uniformes ANEXO II Especificação Técnica dos Uniformes UNIFORMES EDUCAÇÃO INFANTIL E FUNDAMENTAL 1 - Jaqueta Forrada modelo Inverno Confeccionada em Tactel 4 cabos 100% poliéster, gramatura mínima de 115g/m². Cor

Leia mais

CAMISA MANGA LONGA AZUL MÉDIO (ROYAL) FEMININA CAMISA MANGA LONGA AZUL A FEMININA CAMISA MANGA LONGA BRANCA FEMININA

CAMISA MANGA LONGA AZUL MÉDIO (ROYAL) FEMININA CAMISA MANGA LONGA AZUL A FEMININA CAMISA MANGA LONGA BRANCA FEMININA CAMISA MANGA LONGA AZUL MÉDIO (ROYAL) FEMININA CAMISA MANGA LONGA AZUL A FEMININA CAMISA MANGA LONGA BRANCA FEMININA CAMISA MANGA CURTA AZUL MÉDIO (ROYAL) FEMININA CAMISA MANGA CURTA AZUL A FEMININA CAMISA

Leia mais

CAMISA MANGA LONGA AZUL MÉDIO (ROYAL) MASCULINA CAMISA MANGA LONGA AZUL A MASCULINA CAMISA MANGA LONGA BRANCA MASCULINA

CAMISA MANGA LONGA AZUL MÉDIO (ROYAL) MASCULINA CAMISA MANGA LONGA AZUL A MASCULINA CAMISA MANGA LONGA BRANCA MASCULINA CAMISA MANGA LONGA AZUL MÉDIO (ROYAL) MASCULINA CAMISA MANGA LONGA AZUL A MASCULINA CAMISA MANGA LONGA BRANCA MASCULINA CAMISA MANGA CURTA AZUL MÉDIO (ROYAL) MASCULINA CAMISA MANGA CURTA AZUL A MASCULINA

Leia mais

ANEXO II. Especificações Técnicas. Pregão 08/2015.

ANEXO II. Especificações Técnicas. Pregão 08/2015. ANEXO II Especificações Técnicas Pregão 08/2015. 1. VESTUÁRIO 1.1 CAMISETA UNISSEX DE MANGAS LONGAS: Camiseta confeccionada em malha 67% poliéster e 33% viscose e gramatura 158g/m2 + ou 2%, na cor Pantone

Leia mais

CAMISA PÓLO BICOLOR (AZUL MARINHO / BRANCO) FEMININA CAMISA PÓLO BICOLOR (AZUL MARINHO / BRANCO) MASCULINA CAMISA PÓLO AZUL MARINHO FEMININA

CAMISA PÓLO BICOLOR (AZUL MARINHO / BRANCO) FEMININA CAMISA PÓLO BICOLOR (AZUL MARINHO / BRANCO) MASCULINA CAMISA PÓLO AZUL MARINHO FEMININA CAMISA PÓLO BICOLOR (AZUL MARINHO / BRANCO) FEMININA CAMISA PÓLO BICOLOR (AZUL MARINHO / BRANCO) MASCULINA CAMISA PÓLO AZUL MARINHO FEMININA CAMISA PÓLO AZUL MARINHO MASCULINA Camisas pólo: bicolor,

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 71. UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 03

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 71. UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 03 1 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 71 UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 03 Data: 28/09/2015 Páginas: 17 1. PREÂMBULO Aquisição de Calça Cargo de Alta Visibilidade Classe 2 tamanhos 36 ao 62.

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 16/0018-PG REGISTRO DE PREÇOS ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS

PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 16/0018-PG REGISTRO DE PREÇOS ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 16/0018-PG REGISTRO DE PREÇOS ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS Item 1 Uso Interno (RCMS e Item) 16/1244-01 16/1244-09 16/4136-01 16/2085-02 16/2827-03 16/2827-04 16/2827-06 Descrição

Leia mais

JAQUETA DE COURO MASCULINA

JAQUETA DE COURO MASCULINA JAQUETA DE COURO MASCULINA 1. MATÉRIA PRIMA: Couro natural (tipo vacum), cm espessura 8/9 linhas, cor preta. 2. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS: 2.1 - Botão de pressão tipo bico nº 18 forrado com o mesmo material

Leia mais

ANEXO I A ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS UNIFORMES. 1.1 Para a confecção das saias, calças femininas, calças masculinas e jumper (salopete)

ANEXO I A ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS UNIFORMES. 1.1 Para a confecção das saias, calças femininas, calças masculinas e jumper (salopete) ANEXO I A ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DOS UNIFORMES I. DOS TECIDOS. Para a confecção das saias, calças femininas, calças masculinas e jumper (salopete) - Composição: 00% poliester (tolerância de + ou - 3%) -

Leia mais

Manual Padronizado de Uniformes

Manual Padronizado de Uniformes PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO Manual Padronizado de Uniformes DMAE Abril/2011 Índice Apresentação...03 Características da Marca...04 Aplicação das Assinaturas...05

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 69. UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 03

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 69. UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 03 1 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 69 UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 03 CAMISETA DE ALTA VISIBILIDADE CLASSE 2 Manga Curta Operacional Data: 28/09/2015 Páginas: 11 1. PREÂMBULO Aquisição

Leia mais

Uniformização das Unidades de Atendimento Integrado

Uniformização das Unidades de Atendimento Integrado Uniformização das Unidades de Atendimento Integrado 1 POSTOS UAI - PROJETO DE UNIFORMIZAÇÃO ARTIGO COD. PAG FUNÇÃO AGASALHO FEMININO BEGE T- 11/ T-12 58 COPEIRA AGASALHO FEMININO PRETO T-13 13 ATEN. RECEPÇÃO,

Leia mais

Obs: Deverá ser incluso um bolso do lado esquerdo do modelo conforme descrito acima.

Obs: Deverá ser incluso um bolso do lado esquerdo do modelo conforme descrito acima. CAMISA DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - BRAÇAL - I - MODELO 01 (LOTE 1) Camisa de malha na cor laranja padrão, costura reforçada, confeccionado em tecido 100% algodão, gola italiana, faixas refletivas e manga

Leia mais

ANEXO IX ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Referente ao Pregão nº 038/2010

ANEXO IX ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Referente ao Pregão nº 038/2010 ANEXO IX ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Referente ao Pregão nº 038/2010 LOTE 01: ESPECIFICAÇÕES DO ITEM 1: Blusa para usuários do sexo feminino, colarinho, com pence de busto no sentido horizontal frente e pence

Leia mais

História que gera confiança. Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE

História que gera confiança. Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE História que gera confiança Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE Conjunto antichama CAMISA MASCULINA ANTICHAMA - Risco 2 CA 19.972 SIG 42410 MOD. AX 007640-02555 - Azul royal 007640-07191 - Cinza médio 007640-13405

Leia mais

História que gera confiança. Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE

História que gera confiança. Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE História que gera confiança Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE Conjunto antichama TECIDOS: CAMISA 134 Ultra Soft - 88% algodão e 12% poliamida - 237 g/m² ATPV 10,8 cal/cm² CALÇA 219 Ultra Soft - 88% algodão

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. Lote 01

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. Lote 01 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA (CONVÊNIO 07 - EDITAL DE CHAMAMENTO INTERNO DE PROJETOS Nº 03/2014) 01. DO OBJETO Atender a meta 05 do respectivo convênio supracitado, visando à aquisição de uniformes para

Leia mais

NRO EXPEDIENTE :

NRO EXPEDIENTE : SUBSECRETARIA DA ADMINISTRACAO CENTRAL DE LICITACOES-CELIC FOLHA- 001 DATA -01/11/2013 HORA - 13:41:13 EDITAL DE LICITACAO DE MENOR PRECO - PREGAO ELETRONICO ATRAVES DA LEI ESTADUAL 13.191/09 E SUJEITANDO-SE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTA GROSSA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO 100/2015

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTA GROSSA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO 100/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTA GROSSA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO 100/2015 Ata: 294 12054 ÁGUIA FABRICAÇÃO E COMÉRCIO DE PRODUTOS PROMOCIONAIS

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO DO PREGÃO PRESENCIAL POR REGISTRO DE PREÇOS Nº 752/ CPL 01 DEPASA

1ª RETIFICAÇÃO DO PREGÃO PRESENCIAL POR REGISTRO DE PREÇOS Nº 752/ CPL 01 DEPASA 1ª RETIFICAÇÃO DO PREGÃO PRESENCIAL POR REGISTRO DE PREÇOS Nº 752/2015 - CPL 01 DEPASA OBJETO - Contratação de Empresa para Fornecimento de Uniformes, destinados a atender as necessidades do Departamento

Leia mais

DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS

DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS 1- COLETE : - Azul marinho; - 02 (duas) faixas refletivas, na direção horizontal, na cor laranja;

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR - FICHA TÉCNICA - MACACÃO

MANUAL DO FORNECEDOR - FICHA TÉCNICA - MACACÃO MANUAL DO - FICHA TÉCNICA - MACACÃO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE CONFORMIDADE DE PRODUTOS VERSÃO 3 PAG. 01/15 TOMADA DE MEDIDAS DE PEÇAS DE VESTUÁRIO VIGÊNCIA: 31/05/2016 A BUSTO / TORAX: B GANCHO DIANT:

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES UNIFORMES

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES UNIFORMES Universidade Federal de Uberlândia PROPLAD Pró-reitoria de Planejamento e Administração DIRAM - Diretoria de Administração de Materiais CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES UNIFORMES UBERLÂNDIA 2016 Especificação

Leia mais

FICHAS REFERENCIAIS UNIFORMES SENAC

FICHAS REFERENCIAIS UNIFORMES SENAC FICHAS REFERENCIAIS UNIFORMES SENAC RECEPÇÃO - SECRETARIA ESCOLAR - CENTRAL DE MATRÍCULA CAIXAS - CONTACT CENTER - BIBLIOTECA FEMININO - INVERNO 01 RECEPÇÃO - SECRETARIA ESCOLAR - CENTRAL DE MATRÍCULA

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MEMORIAL DESCRITIVO - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MEMORIAL DESCRITIVO - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROCESSO N.º: 2015-0.047.751-2 EDITAL N.º: 034/SEME/2015 MODALIDADE: Pregão Eletrônico Sistema BEC TIPO: Menor preço por lote OBJETO: Constituição de Sistema

Leia mais

APÊNDICE VI UNIFORMES E IDENTIFICAÇÃO FUNCIONAL. Página 1 de 14

APÊNDICE VI UNIFORMES E IDENTIFICAÇÃO FUNCIONAL. Página 1 de 14 APÊNDICE VI UNIFORMES E IDENTIFICAÇÃO FUNCIONAL Página 1 de 14 1. DESCRIÇÃO GERAL A Contratada deverá fornecer uniformes para todo o pessoal das UNIDADES DE ATENDIMENTO TUDO AQUI, conforme Quadro Geral

Leia mais

UNIFORME SESI. Especificação Técnica

UNIFORME SESI. Especificação Técnica UNIFORME SESI Especificação Técnica 2015 SUMÁRIO 1. CAMISETA MANGA CURTA 3 2. CAMISETA MANGA LONGA 10 3. REGATA 17 4. POLO MASCULINA 24 5. POLO FEMININA 32 6. JAQUETA MASCULINA - TACTEL 40 7. JAQUETA MASCULINA

Leia mais

FITA DE SINALIZAÇÃO E DELIMITAÇÃO DE ÁREA COM RECOLHEDOR - Especificação Técnica

FITA DE SINALIZAÇÃO E DELIMITAÇÃO DE ÁREA COM RECOLHEDOR - Especificação Técnica FITA DE SINALIZAÇÃO E DELIMITAÇÃO - Especificação Técnica CELG Distribuição S/A SESMT- Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho 1 de 5 ÍNDICE ÍNDICE 1. OBJETIVO... 3

Leia mais

MUNICIPIO DE ERECHIM PREFEITURA MUNICIPAL

MUNICIPIO DE ERECHIM PREFEITURA MUNICIPAL ADITIVO Nº 419/2014 ADITIVO AO CONTRATO ADMINISTRATIVO N.º 197/2014 ADITIVO AO CONTRATO ADMINISTRATIVO N. 197/2014 PROCESSO N.º 13443/2013 PREGÃO PRESENCIAL N.º 199/2013 AQUISIÇÃO DE EPIs - DIVERSAS SECRETARIAS

Leia mais

Boletim Técnico. Material Refletivo 3M Scotchlite. Tecido Refletivo Prata Descrição

Boletim Técnico. Material Refletivo 3M Scotchlite. Tecido Refletivo Prata Descrição Boletim Técnico Material Refletivo 3M Scotchlite Tecido Refletivo Prata 8910 Descrição O Material Refletivo 3M Scotchlite Tecido Prata 8910 foi desenvolvido para uso em vestuários de segurança e em roupas

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES SESI-SP / EDUCAÇÃO

PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES SESI-SP / EDUCAÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES SESI-SP / EDUCAÇÃO Anexo a instrução de serviço 05/08 de novembro de 2008 Índice Jaqueta...5 Calça Forrada...10 Camiseta - Decote Careca...15 Camiseta Polo...17 Camiseta Regata...20

Leia mais

ANEXO V PROPOSTA COMERCIAL PADRONIZADA PREGÃO N. 038/2010

ANEXO V PROPOSTA COMERCIAL PADRONIZADA PREGÃO N. 038/2010 À DME Distribuição S/A - DMED PREGÃO N. 038/2010 A empresa..., inscrita no CNPJ/MF sob o n..., estabelecida à Av./Rua..., n..., bairro..., na cidade de..., CEP..., telefone..., fax..., e-mail..., vem pela

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG. 1. OBJIVO 02 2. ÂMBITO 02 3. CONCEITOS 02 4. NORMAS, LEGISLAÇÃO APLICÁVEIS E DOCUMENTOS COMPLEMENTARES 03 5. CONDIÇÕES GERAIS 03 5.1. Apresentação de Documentos 06 5.2. Aprovação de

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONTROLE DE REVISÕES. ELABORADO: Elíade Martins Pereira MATRÍCULA: RUBRICA:

TERMO DE REFERÊNCIA CONTROLE DE REVISÕES. ELABORADO: Elíade Martins Pereira MATRÍCULA: RUBRICA: TERMO DE REFERÊNCIA CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE CAMISETAS A SEREM UTILIZADAS NOS CURSOS DE ATENDIMENTO À PESSOA COM MOBILIDADE REDUZIDA, PELO SISTEMA

Leia mais

ANEXO III Modelos de uniforme dos agentes de fiscalização da concessionária Vialivre, S.A., para a concessão Norte Litoral

ANEXO III Modelos de uniforme dos agentes de fiscalização da concessionária Vialivre, S.A., para a concessão Norte Litoral ANEXO III Modelos de uniforme dos agentes de fiscalização da concessionária Vialivre, S.A., para a concessão Norte Litoral 1 - Logótipos: - Bordado do logo da Vialivre em branco sobre fundo azul. - Bordado

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CAPACETE DE SEGURANÇA E.P.I. ACS Nº 0056 VISTA LATERAL DO CAPACETE DE SEGURANÇA VISTA INTERNA DO CAPACETE DE SEGURANÇA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CAPACETE DE SEGURANÇA E.P.I. ACS Nº 0056 VISTA LATERAL DO CAPACETE DE SEGURANÇA VISTA INTERNA DO CAPACETE DE SEGURANÇA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CAPACETE DE SEGURANÇA E.P.I. ACS Nº 0056 VISTA LATERAL DO CAPACETE DE SEGURANÇA VISTA INTERNA DO CAPACETE DE SEGURANÇA VISTA FRONTAL DO CAPACETE DE SEGURANÇA 1 - APLICAÇÃO: 1.1 -

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0011-PG REGISTRO DE PREÇOS ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS

PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0011-PG REGISTRO DE PREÇOS ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 5/00-PG REGISTRO DE PREÇOS ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS Item Uso Interno (RCMS) 5/07 5/490 5/07 5/089 5/045 5/048 5/040 5/040 4/97 4/97 5/069 5/069 5/069 N do Item da RCMS

Leia mais

MANUAL DE VISUALISAÇÃO. Conselho Regional de Medicina do Estado de Santa Catarina Descrição: Blusa Suplex Microlight decote V

MANUAL DE VISUALISAÇÃO. Conselho Regional de Medicina do Estado de Santa Catarina Descrição: Blusa Suplex Microlight decote V Descrição: Blusa Suplex Microlight decote V OPÇÕES DE TECIDO: (1) Microlight na cor branca / Composição: 100% Poliamida / Quantidade: 1 metro - manga curta ou manga longa ETIQUETAS: 1 etiqueta na cor branca

Leia mais

ANEXO VIII ESPECIFICAÇÕES DETALHADAS E DESENHOS

ANEXO VIII ESPECIFICAÇÕES DETALHADAS E DESENHOS ANEXO VIII ESPECIFICAÇÕES DETALHADAS E DESENHOS ITEM 125 Código: 1085448 Frasco de 120g Detalhe da tampa com abertura Flip Top (Meramente ilustrativo) : CARACTERÍSTICAS: Creme bloqueador solar, mínimo

Leia mais

CAPUZ DUPONT TYVEK COM VISOR TOUCA DUPONT TYVEK MODELO HOSPITALAR AVENTAL DUPONT TYVEK BARBEIRO GUARDA PÓ DUPONT TYVEK MANGOTE DUPONT TYVEK

CAPUZ DUPONT TYVEK COM VISOR TOUCA DUPONT TYVEK MODELO HOSPITALAR AVENTAL DUPONT TYVEK BARBEIRO GUARDA PÓ DUPONT TYVEK MANGOTE DUPONT TYVEK DUPONT TYVEK - NÍVEL DE PROTEÇÃO D CAPUZ DUPONT TYVEK COM VISOR Capuz em DuPont Tyvek branco com visor em PVC e entrada para suprimento de ar externo. TOUCA DUPONT TYVEK MODELO HOSPITALAR Touca em DuPont

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DA CAMISETA - SESC

ESPECIFICAÇÃO DA CAMISETA - SESC ESPECIFICAÇÃO DA CAMISETA - SESC 1 - CAMISETA MANGA CURTA MALHA PV COMPOSIÇÃO 33% VISCOSE E 67% POLIÉSTER COM TRATAMENTO ANTI-PEELING OU MALHA 30,1 PENTEADA 100% ALGODÃO, GRAMATURA MÍNIMA DE 0,160G/M2,

Leia mais

DECLARAÇÃO. A pasta contém 18 páginas numeradas com o descritivo de cada peça.

DECLARAÇÃO. A pasta contém 18 páginas numeradas com o descritivo de cada peça. DECLARAÇÃO Guarapuava, 20 de novembro de 2016 Nesta pasta, estão contidas as descrições completas das peças do Uniforme Escolar do Colégio Imperatriz Dona Leopoldina para execução a partir de 2017. A pasta

Leia mais

Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS

Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS ESPECIFICAÇÕES: KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS COMPOSTO DE: - 01 cobertor; - 02 macacões curtos tipo short; - 02 conjuntos tipo pagão; - 02 gorros de moletom; - 02 calças

Leia mais

Manual de Instruções Macacão para pintura CA

Manual de Instruções Macacão para pintura CA CA 37.699 Etiqueta interna 1 2 3 4 99 %POLIESTER 1 %CARBONO 108-112 88-92 164-170 1 - Fabricante 2 - Composição do material 3 - Pictogramas relativos a limpeza e norma 4 - Definição de tamanho do usuário

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DO COLETE DE PROTEÇÃO BALÍSTICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DO COLETE DE PROTEÇÃO BALÍSTICA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS LICITAÇÃO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DO COLETE DE PROTEÇÃO BALÍSTICA 1. OBJETIVO Descrever as características do colete de proteção balística, modelo

Leia mais

A SUA SEGURANÇA É A NOSSA MAIOR PREOCUPAÇÃO

A SUA SEGURANÇA É A NOSSA MAIOR PREOCUPAÇÃO A SUA SEGURANÇA É A NOSSA MAIOR PREOCUPAÇÃO TRABALHAMOS COM AS MELHORES MARCAS E COM OS MELHORES EQUIPAMENTOS PARA OFERECER AO PROFISSIONAL, A MAIS COMPLETA LINHA DE SEGURANÇA AÉREA, SUBTERRÂNEA, TERRESTRE,

Leia mais

ADENDO I PREGÃO PRESENCIAL Nº 57/2016-PG

ADENDO I PREGÃO PRESENCIAL Nº 57/2016-PG ADENDO I PREGÃO PRESENCIAL Nº 57/2016-PG O Serviço Social do Comércio Departamento Regional no Amazonas, COMUNICA alteração do ANEXO VI Termo de Referência do Edital e ANEXO VII Planilha Licitante Alterada,

Leia mais

COMO DETERMINAR O TAMANHO DO UNIFORME

COMO DETERMINAR O TAMANHO DO UNIFORME Brindes e Uniformes MASCULINO COMO DETERMINAR O TAMANHO DO UNIFORME CAMISA PROFISSIONAL / AVENTAL / JALECO / COLETE / PALETÓ / JAQUETA / MACACÃO Coloca-se a fita métrica, esticada, logo abaixo das axilas,

Leia mais

CONCORRÊNCIA. Endereço : AV. AYRTON SENNA,5677 ALMOXARIFADO - JACAREPAGUÁ. Kátia Valeria Teixeira Lopes SEC/DAF/DAF

CONCORRÊNCIA. Endereço : AV. AYRTON SENNA,5677 ALMOXARIFADO - JACAREPAGUÁ. Kátia Valeria Teixeira Lopes SEC/DAF/DAF 1 1 10/02475 CAMISA PÓLO MASCULINA - COR: VERMELHO MODELO: PÓLO TECIDO: MALHA PIQUET PV (COMPOSIÇÃO: 67% PES 33% CV) FABRICANTE: VICUNHA TEXTIL (MALHA ELIZABETH) COR: VERMELHO SANQUE REF. V407E PUNHO E

Leia mais

EXTRATO DE ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº. 31/2014-PMM

EXTRATO DE ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº. 31/2014-PMM EXTRATO DE ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº. 31/2014-PMM PROCESSO Nº. 2399/2013-PMM- PREGÃO PRESENCIAL Nº. 466/2013-PMM VALIDADE: 12 (DOZE) MESES - 05/02/14 À 04/02/15. OBJETO: Aquisição de Uniformes em Geral

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001 TERMO DE ADJUDICAÇÃO Às 15:31 horas do dia 22 de maio de 2012, o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Curvelo, designado pela portaria 7239 após analise da documentação do Pregão Eletrônico 023/2012,

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 70. UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 02

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 70. UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 02 1 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 70 UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 02 CAMISA POLO DE ALTA VISIBILIDADE CLASSE 2 Manga Curta Fiscalização Data: 11/08/2015 Páginas: 16 1. PREÂMBULO Aquisição

Leia mais

Cada peça deverá trazer, internamente, etiqueta com as seguintes informações:

Cada peça deverá trazer, internamente, etiqueta com as seguintes informações: 1. Objetivo Esta especificação técnica tem como objetivo estabelecer os critérios e exigências técnicas mínimas aplicáveis à fabricação e ao fornecimento de Uniforme para os Agentes Comerciais que utilizam

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA COTAÇÃO ELETRÔNICA N.º 10003/2015 Embrapa SEDE TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

1- PLANILHA DE ESPECIFCAÇÕES E QUANTIDADES

1- PLANILHA DE ESPECIFCAÇÕES E QUANTIDADES ANEXO I - TERMO DE REFERENCIA 1- PLANILHA DE ESPECIFCAÇÕES E QUANTIDADES ITEM DISCRIMINAÇÃO DO OBJETO UNID. QUANT. VALOR REFERENCIA. 1 -CAMISA MANGA CURTA, GOLA REDONDA NOS TAMANHOS P M G; -TECIDO PP 100

Leia mais

Indústria VESTUÁRIO DE TRABALHO PEÇAS DE MALHA POLARES ROUPA PARA FRIO / CHUVA ALTA VISIBILIDADE

Indústria VESTUÁRIO DE TRABALHO PEÇAS DE MALHA POLARES ROUPA PARA FRIO / CHUVA ALTA VISIBILIDADE VESTUÁRIO DE TRABALHO PEÇAS DE MALHA POLARES ROUPA PARA FRIO / CHUVA ALTA VISIBILIDADE ROUPA DE FRIO SERIE 08 COLETE MULTIBOLSOS ALCOCHOADO Fecho ao centro, com pala e molas de pressão. Bolso para o telemóvel,

Leia mais

NUMERAÇÃO P, M, G. PP P M G GG EG Pontos de Medida

NUMERAÇÃO P, M, G. PP P M G GG EG Pontos de Medida Inferior Masculino Cintura P, M, PP P M E Cintura com cós tipo jeans ou social Cintura c/ 1/2 elásticoesticada 38 40 42 44 46 48 50 52 54 56 58 60 Cintura toda c/ elásticoesticada 1,5cm 42 44 46 48 50

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR MF MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ETIQUETAS DE MARCA PRÓPRIA VIGÊNCIA: 26/07/10

MANUAL DO FORNECEDOR MF MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ETIQUETAS DE MARCA PRÓPRIA VIGÊNCIA: 26/07/10 VERSÃO 10 PAG: 1 / 8 Esta instrução tem por objetivo implementar o nome MARISA como única marca própria de produtos, em substituição às diversas marcas desenvolvidas pela empresa. 1. ESPECIFICAÇÕES DAS

Leia mais

5. TÊNIS 01(UM) PAR. ANEXO I 2ª parte DA DESCRIÇÃO / ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DO OBJETO. Cabedal. O cabedal é a parte superior do calçado.

5. TÊNIS 01(UM) PAR. ANEXO I 2ª parte DA DESCRIÇÃO / ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DO OBJETO. Cabedal. O cabedal é a parte superior do calçado. ANEXO I 2ª parte DA DESCRIÇÃO / ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DO OBJETO 5. TÊNIS 01(UM) PAR Conforme desenho anexo. Especificação Técnica Tênis Cabedal O cabedal é a parte superior do calçado. Figura 1 - cabedal

Leia mais

DESCRIÇÃO UNIFORMES BLAZER FEMININO

DESCRIÇÃO UNIFORMES BLAZER FEMININO DESCRIÇÃO UNIFORMES BLAZER FEMININO Blazer padrão alfaiataria, acinturado, modelo tradicional com três botões bolsos com lapelas. Tecido composto c/ 100% poliéster, (padrão Sanyotex ou Superior); Sanyotex:

Leia mais

P165 P166 ALTA VISIBILIDADE E TÉCNICOS :: PARKAS E CASACOS PARKA IMPERMEÁVEL DE ALTA VISIBILIDADE

P165 P166 ALTA VISIBILIDADE E TÉCNICOS :: PARKAS E CASACOS PARKA IMPERMEÁVEL DE ALTA VISIBILIDADE P. 11 COSTURAS TERMO SELADAS COSTURAS TERMO SELADAS ALTA VISIBILIDADE E TÉCNICOS :: PARKAS E CASACOS P165 PARKA IMPERMEÁVEL DE ALTA VISIBILIDADE Parka de alta visibilidade impermeável. Fitas reflectoras

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 72. UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 02

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 72. UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 02 1 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 72 UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 02 Data: 14/08/2015 Páginas: 16 1. PREÂMBULO Aquisição de Bermuda Cargo de Alta Visibilidade Classe 2 Operacional tamanhos

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR MF MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MANUAL DO FORNECEDOR MF MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS VERSÃO 8 PAG: 1 / 4 Esta instrução tem por objetivo identificar a localização das etiquetas de Marca Própria, Tamanho, Informações Legais e Referência em cada tipo de produto, visando padronizar uma identidade

Leia mais

FICHA TÉCNICA DATA: 18-05-12 FARDAMENTO ALUNO TÉCNICO

FICHA TÉCNICA DATA: 18-05-12 FARDAMENTO ALUNO TÉCNICO 1 FICHA TÉCNICA FARDAMENTO ALUNO TÉCNICO DATA: 18-05-12 DESCRIÇÃO: CAMISETA COM RECORTES LATERAIS, MANGA MEIA CAVA COM RECORTE NO CORPO DA CAMISETA, GOLA EM ESTILO MANDARIM COM ABERTURA EM ZÍPER E PUNHO

Leia mais

Corte: Padrão de Vedação. Canais de Costura. Corte de Alto Brilho X X X X FILMES Filme de Alto Brilho X X Filme Cintilante de Alto Brilho

Corte: Padrão de Vedação. Canais de Costura. Corte de Alto Brilho X X X X FILMES Filme de Alto Brilho X X Filme Cintilante de Alto Brilho 3M High Gloss Série Descrição O Material Refletivo 3M Scotchlite MR High Gloss foi elaborado para uso em vestuário de segurança e, quando adequadamente utilizado, ajuda a melhorar a visibilidade do usuário,

Leia mais

peça 7 peça 3 peça nº 3a emend dar na peça nº 3 meio das costa peça 12 peça 3 peça 8 cortar fio da peça 3 peça 8 fio da peça 3 a 1 peça 8 peça 3a

peça 7 peça 3 peça nº 3a emend dar na peça nº 3 meio das costa peça 12 peça 3 peça 8 cortar fio da peça 3 peça 8 fio da peça 3 a 1 peça 8 peça 3a 9 pe cortar fio da peça eça aplicação fio da acabamento peça a. fio da COMO MONTAR O SEU MOLDE www.manequim.com.br MOLDE ONLINE MAPA DE MONTAGEM Atenção Antes de iniciar a impressão e colagem das folhas,

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 14 / 15

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 14 / 15 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 14 / 15 CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 12 / 14 Aos dezesseis dias do mês de abril do ano de 2015, nas dependências do Departamento de Compras e Licitações, situado na Avenida Presidente

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS ESTADO DO PARÁ

TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS ESTADO DO PARÁ 1. Dados Gerais da Licitação Número do Processo Licitatório PA 031/2016 Exercício 2016 Modalidade Tipo Objeto Registro de Preços Originário de Pregão Presencial Menor Preço Status Publicada Contratação

Leia mais

PROTEÇÃO E SINALIZAÇÃO

PROTEÇÃO E SINALIZAÇÃO PROTEÇÃO E SINALIZAÇÃO Cone de 75cm com base de borracha e corpo em polietileno Cone desenvolvido para operar em Rodovias de alta velocidade. Trata-se de um cone nacional que não tomba ao ser submetido

Leia mais

CONSIDERANDO que cabe às OS o fornecimento dos insumos e equipamentos para as Unidades de Saúde sob contrato de Gestão com a SMSDC;

CONSIDERANDO que cabe às OS o fornecimento dos insumos e equipamentos para as Unidades de Saúde sob contrato de Gestão com a SMSDC; Circular S/SUBPAV/SAP n.º 09/2011. Rio de Janeiro, 19 de maio de 2011. Aos Coordenadores das A.P.s com vistas às Organizações Sociais e às Unidades Primárias de Saúde Assunto: Retificação de Uniformes

Leia mais

Página 1 de 6 KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS COMPOSTO DE: - 01 cobertor; - 02 macacões curto tipo short; - 02 conjuntos tipo pagão;

Página 1 de 6 KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS COMPOSTO DE: - 01 cobertor; - 02 macacões curto tipo short; - 02 conjuntos tipo pagão; KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS COMPOSTO DE: - 01 cobertor; - 02 macacões curto tipo short; - 02 conjuntos tipo pagão; - 02 gorros de moletom; - 02 calças compridas; - 02 pares de meia recém-nascido; -

Leia mais

COMPANHIA AMBIENTAL DO ESTADO DE SÃO PAULO CONDIÇÕES GERAIS

COMPANHIA AMBIENTAL DO ESTADO DE SÃO PAULO CONDIÇÕES GERAIS COTAÇÃO DE PREÇOS: Nº 966/2016/300 OBJETO: ROUPAS/UNIFORMES PROFISSIONAIS VENCIMENTO: 30/12/2016 CONDIÇÕES GERAIS Condição de Pagamento: 30 DDL. Os pagamentos serão efetuados por meio de crédito em conta

Leia mais

PROPOSTA DE TEXTO-BASE MEIA DE NYLON

PROPOSTA DE TEXTO-BASE MEIA DE NYLON MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO LOGÍSTICO DIRETORIA DE SUPRIMENTO (DS/2000) PROPOSTA DE TEXTO-BASE Seção de Suprimento Classe II 61/04 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 1 2. NORMAS COMPLEMENTARES...

Leia mais

R$ 22,23 R$ 22,23 4 CHAPADO; R$ 22,23

R$ 22,23 R$ 22,23 4 CHAPADO; R$ 22,23 Licitação Vestuário BERMUDA; - TIPO TAC-TEL, MODELO MASCULINO, NO TAMANHO GG; NA COR AZUL MARINHO; COM 4 BOLSOS, SENDO 2 DIANTEIRO TIPO FACA E 2 TRASEIRO CHAPADO; 1 BERMUDA;- TIPO TAC-TEL; MODELO MASCULINO,

Leia mais

Material Refletivo 3M Scotchlite Tecido Prata Antichama 8935 para lavagem industrial

Material Refletivo 3M Scotchlite Tecido Prata Antichama 8935 para lavagem industrial Boletim Técnico Material Refletivo 3M Scotchlite Material Refletivo 3M Scotchlite Tecido Prata Antichama 8935 para lavagem industrial Descrição industrial foi desenvolvido para uso em vestuários de segurança

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR MFI

MANUAL DO FORNECEDOR MFI PAG: 1/ 5 1. CONCEITO 1.1. Balteração dimensional É a variação no comprimento ou largura sofrida pelo corpo-de-prova após passar pelo processo de lavagem. Pode ser positiva (aumento na dimensão especificada)

Leia mais

ERRATA DE EDITAL ONDE SE LÊ QUANT. N D TOTAL L O T E I T E M UNIT. VALOR

ERRATA DE EDITAL ONDE SE LÊ QUANT. N D TOTAL L O T E I T E M UNIT. VALOR ERRATA DE EDITAL O PREGOEIRO COMUICA, PARA COHECIMETO DAS EMPRESAS ITERESSADAS, A ERRATA O EDITAL DE PREGÃO PRESECIAL 16/2015, RELATIVO AQUISIÇÃO DE UIFORMESE COLETE BALÍSTICO PARA A GUARDA MUICIPAL, A

Leia mais

PROPOSTA. Pregão. Proposta(s) Item: 0001 Descrição: Bermuda Tactel 100% Poliéster, Azul Petróleo Quantidade: 20 Unidade de Medida: Unidade

PROPOSTA. Pregão. Proposta(s) Item: 0001 Descrição: Bermuda Tactel 100% Poliéster, Azul Petróleo Quantidade: 20 Unidade de Medida: Unidade PROPOSTA Pregão Órgão: Prefeitura Municipal de Juiz de Fora Número: PE349/2012 Número do Processo: 07893/2012 Unidade de Compra: UG/PJF Proposta(s) Item: 0001 Descrição: Bermuda Tactel 100% Poliéster,

Leia mais

SAN.T.IN.NT 37. Especificações Técnicas Mínimas para Fornecimento de Uniforme Anti Chamas - Calça

SAN.T.IN.NT 37. Especificações Técnicas Mínimas para Fornecimento de Uniforme Anti Chamas - Calça SAN.T.IN.NT 37 Uniforme Anti Chamas - Calça 1 / 12 SUMÁRIO: 1. OBJETIVO 2. DESCRIÇÃO 3. MATERIAL 4. DETALHES 5. MEDIDAS 6. EMBALAGEM 7. IDENTIFICAÇÃO 8. CARACTERÍSTICAS 9. NOTAS 10. GARANTIA 11. AMOSTRAS

Leia mais

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES Departamento Nacional de Infra Estrutura de Transportes 21ª Unidade de Infra estrutura Terrestre

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES Departamento Nacional de Infra Estrutura de Transportes 21ª Unidade de Infra estrutura Terrestre 15/12/2014 COMPRASNET O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES Departamento Nacional de InfraEstrutura de Transportes 21ª Unidade de Infraestrutura Terrestre Termo de Homologação do Pregão

Leia mais

Fundação Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel

Fundação Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel Fundação Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel MISSÃO Contribuir para inclusão social de presos e egressos, desenvolvendo seus potenciais como indivíduos, cidadãos e profissionais. PRODUTOS FUNAP Laminado de

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PARA AQUISIÇÃO DE FARDAMENTO PARA OS COLABORADORES DO SERVIÇO DE MATERIAL DE RECIFE SEMT

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PARA AQUISIÇÃO DE FARDAMENTO PARA OS COLABORADORES DO SERVIÇO DE MATERIAL DE RECIFE SEMT ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PARA AQUISIÇÃO DE FARDAMENTO PARA OS COLABORADORES DO ET SEMT 01/2014 ET-SEMT-01/2014 1 1. OBJETIVO Esta Especificação Técnica objetiva estabelecer critérios e exigências mínimas

Leia mais

MOLDE ON LINE MAPA DE MONTAGEM COMO MONTAR O SEU MOLDE INSTRUÇÕES DE MONTAGEM ANOTAÇÕES

MOLDE ON LINE MAPA DE MONTAGEM COMO MONTAR O SEU MOLDE INSTRUÇÕES DE MONTAGEM ANOTAÇÕES COMO MONTAR O SEU MOLDE www.manequim.com.br MAPA DE MONTAGEM MOLDE ON LINE INSTRUÇÕES DE MONTAGEM 1 2 3 4 Antes de tudo, verifique se o quadrado localizado no canto superior esquerdo da Folha 1 mede 5

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Com relação às operações básicas de costura, e considerando as costuras em denim mostradas nas figuras acima, julgue os itens que se seguem. 51 Na costura de tecidos planos, desde

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL PORTARIA Nº 248, DE 29 DE ABRIL DE 2010

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL PORTARIA Nº 248, DE 29 DE ABRIL DE 2010 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL PORTARIA Nº 248, DE 29 DE ABRIL DE 2010 Institui e regulamenta a utilização de uniformes por Agentes Penitenciários Federais, Especialistas em

Leia mais

PADRÃO VISUAL CÓDIGO: PV-DDT PÁGINA: 1 / 8

PADRÃO VISUAL CÓDIGO: PV-DDT PÁGINA: 1 / 8 PADRÃO VISUAL CÓDIGO: PV-DDT-002-07 PÁGINA: 1 / 8 Emitente: Departamento de Desenvolvimento Tecnológico Responsável EMTU/SP: Objeto: Uniformes da Tripulação (Sistema Regular Metropolitano Comum e Seletivo

Leia mais

CONFORTO RESISTÊNCIA DURABILIDADE

CONFORTO RESISTÊNCIA DURABILIDADE CONFORTO RESISTÊNCIA DURABILIDADE O Grupo Pioneira atua no segmento têxtil disponibilizando ao mercado um ampla linha de impermeáveis, macacões, waders, perneiras, jaquetas. Atualmente a fábrica está localizada

Leia mais

PROJETO BÁSICO N.º 02 / 2012

PROJETO BÁSICO N.º 02 / 2012 PROJETO BÁSICO N.º 02 / 2012 Gerência de Fiscalização DITEC 1. DA FINALIDADE: Abertura para procedimento licitatório com intuito de fornecer ao Núcleo de Fiscalização NUFIS, Núcleo de Topografia NUTOP

Leia mais

CADERNOS DE ENCARGOS Concurso Público Nº 01/GCA/ENAPOR/2016 CLÁUSULAS TÉCNICAS

CADERNOS DE ENCARGOS Concurso Público Nº 01/GCA/ENAPOR/2016 CLÁUSULAS TÉCNICAS CADERNOS DE ENCARGOS Concurso Público Nº 01/GCA/ENAPOR/2016 CLÁUSULAS TÉCNICAS LOTE 1 Calçados e Equipamentos de Proteção Item 1 Bota 2 Capacetes 3 Sapato de homens 4 Sapato de Senhoras 5 Luvas Descrição

Leia mais

Uniformes da Litucera e itens relacionados às vestimentas.

Uniformes da Litucera e itens relacionados às vestimentas. Uniforme revisão 01 - novembro/2008 Este manual tem as informações necessárias para a confecção do material de identidade relacionado aos Uniformes da Litucera e itens relacionados às vestimentas. É obrigatório

Leia mais

Camiseta Gola Redonda para os alunos da Rede Pública Estadual

Camiseta Gola Redonda para os alunos da Rede Pública Estadual Camiseta Gola Redonda para os alunos da Rede Pública Estadual Especificação Técnica SEEDUC01E/2013 1 OBJETIVO Esta norma fixa as condições exigíveis para a confecção e recebimento da camiseta escolar que

Leia mais