autoridade tributária e aduaneira

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "autoridade tributária e aduaneira"

Transcrição

1 I1 ' AT _ autoridade tributária e aduaneira Classificação: Segurança: Processo: 1266/20 16 DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS COLETIVAS Divisão de Liquidação Oficio Circulado N.º: Entrada Geral: N. 0 Identificação Fiscal {NIF): Sua Ref.ª: Técnico: Camila Gouveia Subdireções Gerais Direções de Serviços Direções de Finanças Serviços de Finanças Assunto: IRC - TAXAS DE DERRAMA LANÇADA PARA COBRANÇA EM PERIODO DE Na sequência da divulgação do Ofício Circulado nº 20186/2016 de , informa-se que as taxas/âmbito da isenção referentes à Derrama Municipal a cobrar em 2016, para os Municípios a seguir indicados, e em substituição do referido na tabela anexa àquele ofício, são as seguintes: Código Município Taxa Normal Taxa Reduzida Isenção Âmbito da Isenção Albergaria a Velha 1.25% 0,25% Não Sujeitos passivos cujo volume de Beja 1.50% Sim negócios no período anterior não ultrapasse os , ; ; ; Paredes 1.50% 0.50% Sim ; ; ; ; ; Para efeitos da aplicação da tabela e com o intuito de dissipar eventuais dúvidas, esclarece-se o seguinte: >" Para sujeitos passivos cujo volume de negocios no período anterior ultrapasse ,00 Euros, a taxa de derrama a aplicar é a taxa normal; )"" Para sujeitos passivos cujo volume de negócios no período anterior não ultrapasse ,00 Euros, mas seja superior ao referido no âmbito da isenção, a taxa de derrama a aplicar é a taxa reduzida; >" Estão isentos de derrama os sujeitos passivos cujo volume de negócios no período anterior não ultrapasse o montante indicado na coluna "Âmbito da Isenção". >" Nos casos em que a isenção esteja dependente da verificação de outros requisitos que não o volume de negócios, deve atender-se ao que se refere na coluna "Âmbito da Isenção". Av. Eng. Duarte Pacheco, Lisboa Tel: (+351) Fax: (+351) Centro de Atendimento Telefónico: (+351 )

2 ,..... mat autoridade tributária e aduaneira! L DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS COLETIVAS Divisão de Liquidação Republica-se, em anexo, a tabela das taxas de derrama a aplicar ao período fiscal de 2015, que substitui a anteriormente publicada no ofício circulado nº 20186/2016 de Com os melhores cumprimentos A Subdiretora-Geral ( c-'~sii- :::::-- Teresa Gil OfCir/20189/2016 2/2

3 CÓDIGO MUNICÍPIO Taxa Taxa Normal Reduzida Isenção Âmbito da Isenção Distrito de AVEIRO ÁGUEDA 1,50% Sim período anterior não ultrapasse , ALBERGARIA-A-VELHA 1,25% 0,25% Não ANADIA 0,50% Não AROUCA 1,00% 0,50% Não AVEIRO 1,50% Não CASTELO DE PAIVA ESPINHO 1,50% Não ESTARREJA 1,50% 0,01% Não SANTA MARIA DA FEIRA 1,50% 1,00% Não ÍLHAVO 1,50% Não MEALHADA 1,00% Sim MURTOSA 0,40% Sim OLIVEIRA DE AZEMÉIS 1,20% 0,75% Não OLIVEIRA DO BAIRRO 1,10% Não OVAR 1,50% Sim S. JOÃO DA MADEIRA 1,45% 0,85% Sim SEVER DO VOUGA 1,50% 1,00% Não VAGOS 1,25% 0,25% Não VALE DE CAMBRA 1,35% Sim ALJUSTREL 1,50% Sim ALMODÔVAR 1,50% Sim ALVITO BARRANCOS TABELA DE TAXAS DE DERRAMA A APLICAR NO PERÍODO FISCAL DE 2015 Distrito de BEJA BEJA 1,50% Sim CASTRO VERDE 1,50% Sim CUBA 1,50% Não FERREIRA DO ALENTEJO 1,50% Não MÉRTOLA MOURA 1,50% 0,50% Não ODEMIRA 1,00% Sim OURIQUE 1,50% Não SERPA 1,50% Sim VIDIGUEIRA 1,00% 0,01% Não período anterior não ultrapasse ,00; NIF s: ; ; ; ; ; ; ; Sujeitos passivos que cujo volume de negócios no período anterior não ultrapasse ,00 que tenham fixado a sua sede social em S. João da Madeira e que tenham criado e mantido 3 ou mais postos de rabalho. Sujeitos passivos que se tenham instalado no concelho no período de 2015, desde que tenham criado cinco ou mais postos de trabalho. período anterior não ultrapasse ,00. Sujeitos passivos cujo o volume de negócios no período anterior não ultrapasse os ,00. Sujeitos passivos cujo o volume de negócios no período anterior não ultrapasse os ,00. período anterior não ultrapasses , AMARES Distrito de BRAGA BARCELOS 1,20% Sim BRAGA 1,50% Sim CABECEIRAS DE BASTO 1,00% 0,50% Não CELORICO DE BASTO

4 03 06 ESPOSENDE FAFE 1,50% 1,00% Não GUIMARÃES 1,50% 1,00% Não PÓVOA DE LANHOSO TERRAS DE BOURO 1,40% 0,20% Não VIEIRA DO MINHO 1,50% Sim V. N. FAMALICÃO 1,20% Sim VILA VERDE 1,50% 1,00% Sim VIZELA 1,50% Não Distrito de BRAGANÇA ALFÂNDEGA DA FÉ 1,50% Não BRAGANÇA CARRAZEDA DE ANSIÃES FREIXO ESPADA À CINTA 1,50% Não MACEDO CAVALEIROS MIRANDA DO DOURO 1,50% 0,01% Não MIRANDELA MOGADOURO TORRE DE MONCORVO 1,50% Sim VILA FLOR VIMIOSO VINHAIS BELMONTE CASTELO BRANCO COVILHÃ 1,20% Sim FUNDÃO 1,50% 0,75% Sim IDANHA-A-NOVA OLEIROS PENAMACOR PROENÇA-A-NOVA SERTÃ 1,50% 0,25% Não VILA DE REI 1,50% Sim VILA VELHA DE RÓDÃO 1,20% 0,60% Não Distrito de COIMBRA ARGANIL CANTANHEDE 1,50% 1,00% Não COIMBRA 1,50% Sim CONDEIXA-A-NOVA FIGUEIRA DA FOZ 1,50% 1,00% Não GÓIS LOUSÃ 1,30% Sim MIRA Distrito de CASTELO BRANCO MIRANDA DO CORVO 1,50% Sim MONTEMOR-O-VELHO 1,50% Não OLIVEIRA DO HOSPITAL PAMPILHOSA DA SERRA PENACOVA Sujeitos passivos que se tenham instalado no concelho no período de 2015, desde que tenham criado, durante esse período, três ou mais novos postos de trabalho. período anterior não ultrapasse Isenção empresas em 2015 se tenham instalado concelho e tenham criado 3 postos de trabalho por 3 anos. NIF s: ; Sujeitos passivos com residência fiscal / Sede Social no Concelho do Fundão Os sujeitos passivos cujo volume de negócios no período anterior não ultrapasse os ,00. Novas empresas que se instalem no concelho e que criem e mantenham neste período um número mínimo de 5 trabalhadores. Sujeitos passivos que aumentem 3 postos de trabalho e mantenham durante 3 anos.

5 06 14 PENELA SOURE 1,40% Sim TÁBUA 1,50% Sim VILA NOVA DE POIARES 1,50% Não Distrito de ÉVORA ALANDROAL 1,50% Não ARRAIOLOS 1,50% 0,50% Não BORBA 1,50% Não ESTREMOZ 1,50% 0,20% Não ÉVORA 1,50% 0,50% Não MONTEMOR-O-NOVO 1,50% 0,50% Não MORA 1,50% Não MOURÃO 1,50% Não PORTEL 1,50% 0,75% Não REDONDO REGUENGOS MONSARAZ 1,25% 0,50% Sim VENDAS NOVAS 1,50% Não VIANA DO ALENTEJO 1,00% 0,25% Não VILA VIÇOSA 1,50% 0,50% Não Distrito de FARO ALBUFEIRA 1,50% Sim ALCOUTIM ALJEZUR CASTRO MARIM FARO 1,50% Não LAGOA LAGOS 1,50% Sim LOULÉ 1,50% Sim MONCHIQUE OLHÃO PORTIMÃO 1,50% Não S.BRÁS DE ALPORTEL SILVES TAVIRA VILA DO BISPO VILA REAL STO. ANTÓNIO 1,50% Não Distrito de GUARDA AGUIAR DA BEIRA ALMEIDA CELORICO DA BEIRA 1,50% Não FIGUEIRA C. RODRIGO 1,50% 0,50% Não FORNOS DE ALGODRES 1,50% Não GOUVEIA 1,50% 0,50% Não GUARDA 1,00% 0,15% Sim MANTEIGAS MEDA PINHEL 1,50% Sim SABUGAL SEIA 1,50% Não TRANCOSO V. N. FOZ CÔA Empresas que no período de 2015 tenham instalado a sua sede social no concelho e que tenham criado e mantido 3 ou mais postos de trabalho. período anterior ultrapasse ,00 dos ramos de negócio, correspondentes aos seguintes Cógigos CAE s: Subclasses 4721 a 4724, a e 3102; Grupo 474 Sujeitos passivos que tenham instalado a sua sede no Concelho da Guarda em 2014 e 2015 e que tenham criado, no mínimo, 3 novos postos de trabalho e os mantenham. Sujeitos passivos com sede social ou domicílio fiscal no Concelho de Pinhel.

6 Distrito de LEIRIA ALCOBAÇA 1,30% 1,00% Não ALVAIÁZERE ANSIÃO 1,50% Não BATALHA 1,20% 0,95% Não BOMBARRAL 0,50% Sim CALDAS DA RAINHA 0,75% Sim CASTANHEIRA DE PÊRA 1,50% Não FIGUEIRÓ DOS VINHOS LEIRIA 1,50% 1,25% Não MARINHA GRANDE 1,50% 0,75% Não NAZARÉ 1,50% Não ÓBIDOS PEDRÓGÃO GRANDE 1,50% Sim PENICHE 1,00% Sim POMBAL 1,00% Sim PORTO DE MÓS 1,30% 0,90% Sim ALENQUER 1,50% Sim ARRUDA DOS VINHOS 1,50% 1,00% Sim AZAMBUJA 1,50% Sim CADAVAL Distrito de LISBOA CASCAIS 1,25% Sim LISBOA 1,50% Sim LOURES 1,50% 1,00% Não LOURINHÃ 1,00% Sim período anterior não ultrapasse ,00. Sujeitos passivos cujo volume negócios período anterior não ultrapasse ,00. Sujeitos passivos que tenham fixado a sua sede social ou direção efetiva no concelho e que cumulativamente tenham criado e mantenham no mínimo 3 postos de trabalho. período anterior não ultrapasse ,00 desde que tenham sede no concelho de Pedrógão Grande. Entidades que se tenham constituído, instalado ou alterado a sede social para o concelho de Peniche em 2013, 2014 e 2015 período anterior não ultrapasse os ,00. Sujeitos passivos que tenham instalado ou que venham a instalar a sua sede social no Concelho em 2013, 2014 e 2015, e criem, no mínimo, 3 postos de trabalho. Sujeitos passivos que em 2015 tenham fixado a sua sede, por constituição ou alteração, no Concelho de Porto de Mós e criem e mantenham no mínimo 3 (três) postos de trabalho. período anterior não ultrapasse ,00. Sujeitos passivos que se tenham fixado no concelho em 2015, desde que tenham criado e mantido pelo menos 3 postos de trabalho. período anterior não ultrapasse ,00. Empresas que se tenham fixado no concelho em período anterior não ultrapasse ,00; período anterior não ultrapasse ,00 para restauração, pequeno comércio, incluindo farmácias (CAE s Grupos 471, 472, 474, 475, 476, 477, 478, 479, 561 e 563); Sujeitos passivos que tenham instalado a sua sede social no concelho nos anos 2014 e 2015 e criem e mantenham no mínimo 5 novos postos trabalho. Às empresas que se tenham constituído e instalado ou alterado a sua sede social para o Municipio durante os anos de 2014 e 2015.

7 11 09 MAFRA 1,50% Sim OEIRAS 1,50% 1,40% Não SINTRA 1,50% Sim SOBRAL MONTE AGRAÇO 1,50% 1,00% Sim TORRES VEDRAS 1,50% 1,00% Não VILA FRANCA DE XIRA 1,50% Sim período anterior não ultrapasse ,00; Sujeitos passivos dos ramos de negócio correspondentes aos seguintes CAE s: Grupo 471, 472, 474, 475, 476, 477, 478, 479, 561, 563 excepto CAE Divisão 01,02 e 03; Sujeitos passivos que tenham instalado a sua sede social no concelho em 2015 e tenham criado no mínimo 3 novos postos de trabalho. Sujeitos passivos que se tenham constituído e instalado, ou alterado a sua sede social para o Município durante o ano de 2014 e período anterior não ultrapasse 150,000,00; período anterior não ultrapasse ,00 se já instalados ou que se instalem no concelho e criem ou mantenham postos de trabalho em 2015: microempresas - 1 posto de trabalho; pequenas empresas - 3 postos de trabalho; médias empresas - 6 postos AMADORA 1,50% Sim ODIVELAS 1,50% Não Distrito de PORTALEGRE ALTER DO CHÃO 0,75% Sim ARRONCHES AVIS 1,00% Sim CAMPO MAIOR 1,50% Não CASTELO DE VIDE CRATO ELVAS 0,40% Não FRONTEIRA 0,50% Não GAVIÃO MARVÃO 0,80% Não MONFORTE NISA 1,00% 0,01% Não PONTE DE SOR PORTALEGRE SOUSEL 0,50% Não Distrito de PORTO AMARANTE BAIÃO FELGUEIRAS 1,50% 1,00% Não GONDOMAR 1,50% 0,75% Não LOUSADA MAIA 1,50% 0,90% Não MARCO DE CANAVEZES 1,50% Não MATOSINHOS 1,50% Sim PAÇOS DE FERREIRA 1,50% 0,50% Sim PAREDES 1,50% 0,50% Sim PENAFIEL 1,50% 0,75% Não PORTO 1,50% 1,00% Não PÓVOA DE VARZIM NIF s: , , , , , e ; ; ; ; ; ; ; ;

8 13 14 SANTO TIRSO 1,50% 1,20% Sim VALONGO 1,50% 1,00% Não VILA DO CONDE 1,50% Não VILA NOVA DE GAIA 1,50% 1,25% Sim período anterior não ultrapasse ,00. Sujeitos passivos que se tenham fixado no Concelho em 2015, desde de que criem e mantenham 5 ou mais postos trabalhos. Sujeitos passivos que se tenham fixado no concelho em 2015 desde que criem e mantenham durante esse período, cinco ou mais postos de trabalho TROFA 1,50% Não Distrito de SANTARÉM ABRANTES 1,50% Sim ALCANENA 1,50% Não ALMEIRIM 1,50% 1,00% Não ALPIARÇA 1,50% 1,00% Sim Sujeitos passivos que se tenham fixado no concelho em 2015 desde que criem e mantenham durante esse período três ou mais postos de trabalho BENAVENTE 1,50% 0,50% Não CARTAXO 1,50% Sim NIF CHAMUSCA 1,05% Não CONSTÂNCIA 1,50% Não CORUCHE 1,00% 0,50% Não ENTRONCAMENTO 1,50% Não FERREIRA DO ZÊZERE 0,50% Sim período anterior não ultrapasse , GOLEGÃ 1,20% 0,75% Não MAÇÃO RIO MAIOR 1,30% Sim Empresas que tenham criado, no período de 2015 três ou mais novos postos de trabalho; período anterior não ultrapasse ,00 desde que tenham criado 2 ou mais postos de trabalho SALVATERRA DE MAGOS 1,00% Sim SANTARÉM 1,50% Não SARDOAL 1,50% Sim TOMAR 1,50% Sim TORRES NOVAS 1,50% 0,01% Não VILA NOVA BARQUINHA OURÉM 1,35% Sim Distrito de SETÚBAL ALCÁCER DO SAL 1,00% 0,25% Não ALCOCHETE 1,50% Não ALMADA 1,45% Sim BARREIRO 1,50% 0,01% Não GRÂNDOLA 1,40% Sim MOITA 1,50% Sim MONTIJO 1,50% Sim PALMELA 1,50% Sim SANTIAGO DO CACÉM 1,50% Não SEIXAL 1,50% 1,00% Sim período anterior não ultrapasse ,00 Sujeitos passivos que se tenham fixado no concelho em 2015 desde que tenham criado e mantido, durante esse período, dois ou mais postos de trabalho.

9 15 11 SESIMBRA 1,50% Sim Sujeitos passivos com sede social no Concelho Sesimbra, que criem e mantenham postos trabalho efetivos durante igual periodo nos seguintes termos: empresas: micro-1; pequenas e médias, respetivamente, 3 e 6 postos trabalho SETÚBAL 1,50% Não SINES 1,50% Sim ARCOS DE VALDEVEZ CAMINHA 1,50% Sim MELGAÇO MONÇÃO PAREDES DE COURA 1,00% Sim PONTE DA BARCA 1,50% Sim PONTE DE LIMA VALENÇA 1,50% 0,50% Não VIANA DO CASTELO 1,50% Sim VILA NOVA DE CERVEIRA 1,50% 0,80% Sim Distrito de VILA REAL ALIJÓ 1,50% Não BOTICAS CHAVES 1,50% Sim MESÃO FRIO MONDIM DE BASTO MONTALEGRE 1,50% Sim MURÇA PESO DA RÉGUA 1,50% 1,00% Não RIBEIRA DE PENA 1,50% 0,50% Não SABROSA STA. MARTA PENAGUIÃO VALPAÇOS VILA POUCA DE AGUIAR 1,50% Sim período anterior não ultrapasse ,00. Empresas com criação liquida de postos de trabalho; Novas empresas com sede em Caminha e criadas no Município. período anterior não ultrapasse ,00. período anterior não ultrapasse ,00. Entidades com domicílio fiscal no concelho de Chaves. período anterior não ultrapasse , VILA REAL 1,50% 0,75% Sim NIF: Distrito de VISEU ARMAMAR 1,35% 0,50% Não CARREGAL DO SAL CASTRO DAIRE CINFÃES LAMEGO 1,50% Sim MANGUALDE 1,00% Não MOIMENTA DA BEIRA 1,50% Não MORTÁGUA 1,00% Sim NELAS 1,50% Não OLIVEIRA DE FRADES 1,50% 1,00% Não PENALVA DO CASTELO PENEDONO RESENDE 1,50% Sim SANTA COMBA DÃO 1,50% Não S. JOÃO DA PESQUEIRA 1,50% 0,75% Sim S. PEDRO DO SUL 1,50% SÁTÃO Distrito de VIANA DO CASTELO Sujeitos passivos com residência ou sede social no concelho de São João da Pesqueira.

10 18 18 SERNANCELHE TABUAÇO 1,20% 0,50% Não TAROUCA TONDELA 1,50% Não VILA NOVA DE PAIVA VISEU 1,50% 1,13% Não VOUZELA 1,50% 1,25% Não Distrito de ANGRA DO HEROISMO ANGRA DO HEROÍSMO CALHETA 1,50% Não SANTA CRUZ GRACIOSA VELAS VILA PRAIA DA VITÓRIA 1,50% Sim Sujeitos passivos que tenham instalado a sua sede social no Concelho e criem no mínimo 5 novos postos de trabalho durante o mesmo período. Distrito de HORTA CORVO HORTA 1,50% Sim LAJES DAS FLORES LAJES DO PICO MADALENA SANTA CRUZ FLORES S.ROQUE DO PICO Distrito de PONTA DELGADA LAGOA 0,95% 0,50% Não NORDESTE 1,50% Não PONTA DELGADA 1,50% Sim POVOAÇÃO 0,90% Não RIBEIRA GRANDE 1,00% 0,50% Não VILA FRANCA DO CAMPO 1,50% Não VILA PORTO Distrito de FUNCHAL CALHETA CÂMARA DE LOBOS FUNCHAL 0,50% Sim MACHICO PONTA DO SOL PORTO MONIZ PORTO SANTO 1,50% 0,20% Não RIBEIRA BRAVA SANTA CRUZ 1,50% Sim SANTANA S. VICENTE

Código QZP Código Concelho

Código QZP Código Concelho Códigos dos quadros de zona pedagógica Códigos de Concelhos por QZP Código QZP Código Concelho 01 AVEIRO 02 BAIXO ALENTEJO/ALENTEJO LITORAL 0101 0102 0103 0105 0108 0110 0111 0112 0114 0115 0117 0118 0201

Leia mais

MAPA XIX TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO 2015 (Un: euros) FEF FINAL

MAPA XIX TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO 2015 (Un: euros) FEF FINAL MAPA XIX TRANSFERÊNCIAS PARA OS PARTICIPAÇÃO DOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO 2015 (Un: euros) FEF FINAL CORRENTE CAPITAL PIE % a transferir TRANSFERÊNCIAS AVEIRO (distrito) ÁGUEDA 6 628 952 736 550 7 365 502

Leia mais

Parque Automóvel Seguro 2000-2001 INSTITUTO DE SEGUROS DE PORTUGAL

Parque Automóvel Seguro 2000-2001 INSTITUTO DE SEGUROS DE PORTUGAL 2000-2001 INSTITUTO DE SEGUROS DE PORTUGAL Autoridade de Supervisão da Actividade Seguradora e de Fundos de Pensões Autorité de Contrôle des Assurances et des Fonds de Pensions du Portugal Portuguese Insurance

Leia mais

DESEMPREGO REGISTADO POR CONCELHOS

DESEMPREGO REGISTADO POR CONCELHOS INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL DESEMPREGO REGISTADO POR CONCELHOS Estatísticas Mensais Junho/2006 FICHA TÉCNICA TÍTULO Desemprego Registado por Concelho Estatísticas Mensais EDIÇÃO Departamento

Leia mais

Departamento de Conservação da Natureza e Florestas (DCNF)

Departamento de Conservação da Natureza e Florestas (DCNF) ABRANTES ÁGUEDA AGUIAR DA BEIRA ALANDROAL ALBERGARIA-A-VELHA ALBUFEIRA ALCÁCER DO SAL ALCANENA ALCOBAÇA ALCOCHETE ALCOUTIM ALENQUER ALFÂNDEGA DA FÉ ALIJÓ ALJEZUR ALJUSTREL ALMADA ALMEIDA ALMEIRIM ALMODÔVAR

Leia mais

Municípios por distrito (entre 05/11/2002 e anos seguintes) - NUTS 2002 (nível II e III) Municípios por distrito NUTS 1998

Municípios por distrito (entre 05/11/2002 e anos seguintes) - NUTS 2002 (nível II e III) Municípios por distrito NUTS 1998 Municípios por distrito (entre 05/11/2 e anos seguintes) - NUTS 2 (nível II e III) 01 Aveiro 0101 Águeda Centro 1 Baixo Vouga 01 Aveiro 0102 Albergaria-a-Velha Centro 1 Baixo Vouga 01 Aveiro 0103 Anadia

Leia mais

2016-02-26. Euros, mas seja superior ao referido no âmbito da isenção, a taxa de derrama a aplicar é a taxa reduzida;

2016-02-26. Euros, mas seja superior ao referido no âmbito da isenção, a taxa de derrama a aplicar é a taxa reduzida; 1 AT autoridade tributária e aduaneira Classificação: O 7 O. O 5. O 3 Segurança: Processo: 3 55/2 O 16 DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS COLETIVAS Divisão de Liquidaçao Oficio

Leia mais

DESAGREGAÇÃO DE ASSOCIADOS 1 ASSOCIADOS POR ESPECIALIDADE E CONSELHO REGIONAL

DESAGREGAÇÃO DE ASSOCIADOS 1 ASSOCIADOS POR ESPECIALIDADE E CONSELHO REGIONAL DESAGREGAÇÃO DE ASSOCIADOS Notas: 1 O conselho geral deliberou, em reunião de 15 de outubro, nos termos do n.º 2 do artigo 11.º do EOSAE, agregar as delegações distritais de Beja, Évora e Portalegre numa

Leia mais

RENDA MÁXIMA ADMITIDA PARA O ANO DE 2016 DE ACORDO COM A PORTARIA N.º 1190/2010, DE 18 DE NOVEMBRO (ORDENADA POR MUNICÍPIO)

RENDA MÁXIMA ADMITIDA PARA O ANO DE 2016 DE ACORDO COM A PORTARIA N.º 1190/2010, DE 18 DE NOVEMBRO (ORDENADA POR MUNICÍPIO) ABRANTES MÉDIO TEJO 335,00 469,00 590,00 AGUEDA BAIXO VOUGA 369,00 502,00 647,00 AGUIAR DA BEIRA DÃO LAFÕES 335,00 469,00 590,00 ALANDROAL ALENTEJO CENTRAL 369,00 502,00 647,00 ALBERGARIA-A-VELHA BAIXO

Leia mais

Protocolos firmados no âmbito das Autarquias: Igualdade de Oportunidades entre Mulheres e Homens

Protocolos firmados no âmbito das Autarquias: Igualdade de Oportunidades entre Mulheres e Homens 1 Abrantes Santarém 2 Águeda Aveiro 3 Albufeira Faro 4 Alcanena Santarém 5 Alcobaça Leiria 6 Alcoutim Faro 7 Alenquer Lisboa 8 Alfândega da Fé Bragança 9 Aljustrel Beja 10 Almada Setúbal 11 Almodôvar Beja

Leia mais

Listagem de delegações da IGAC por ordem alfabética

Listagem de delegações da IGAC por ordem alfabética ÁGUEDA AGUIAR DA BEIRA ALBERGARIA-A-VELHA ALBUFEIRA ALCÁCER DO SAL ALCANENA ALCOBAÇA ALCOCHETE ALCOUTIM ALENQUER ALFÂNDEGA DA FÉ ALJEZUR ALJUSTREL ALMADA ALMEIDA ALMEIRIM ALMODÔVAR ALTER DO CHÃO AMADORA

Leia mais

ANEXO II. Página 1 ORDEM TIPO DE C. CLASSE CONCELHO TEM SISTEMA?

ANEXO II. Página 1 ORDEM TIPO DE C. CLASSE CONCELHO TEM SISTEMA? ORDEM TIPO DE C. CLASSE CONCELHO TEM SISTEMA? 2 C. Predial 1 VISEU NÃO 0 C. Predial/Comercial 1 BRAGANÇA NÃO 0 C. Civil/Predial/Comercial 2 VILA NOVA DE CERVEIRA NÃO 0 C. Predial/Comercial 1 VIANA DO CASTELO

Leia mais

Concelhos e Distritos (2016)

Concelhos e Distritos (2016) Angra do Heroísmo Calheta Corvo Horta Lagoa Lajes das Flores Lajes do Pico Madalena Nordeste Ponta Delgada Povoação Praia da Vitória Ribeira Grande Santa Cruz da Graciosa Santa Cruz das Flores São Roque

Leia mais

Juízes a considerar Movimento PGD Comarca Município Secções Amares Local 1 DIAP Família e Menores 2 Barcelos

Juízes a considerar Movimento PGD Comarca Município Secções Amares Local 1 DIAP Família e Menores 2 Barcelos PGD Comarca Município Secções Juízes a considerar Movimento 2016-2017 Efetivos Auxiliares Aveiro Águeda / Execução 1 Albergaria a Velha Anadia Local 1 Arouca Local 1 / 1 Central Cível 3 Aveiro Central

Leia mais

Mapa de Sensibilidade Ambiental dos Concelhos de Portugal Continental

Mapa de Sensibilidade Ambiental dos Concelhos de Portugal Continental Mapa de Sensibilidade Ambiental dos Concelhos de Portugal Continental 233 234 238 240 235 231 232 59 236 237 246 46 242 34 44 252 42 39 37 36 35 41 191 58 52 54 53 249 247 38 47 181 245 48 192 187 183

Leia mais

Global Map of Irrigation Areas PORTUGAL

Global Map of Irrigation Areas PORTUGAL NUTS3-region NUTS2-region irrigation Area actually (ha) irrigated (ha) Alentejo Central Alentejo 42 675 22 287 Alentejo Litoral Alentejo 40 289 14 427 Alto Alentejo Alentejo 39 974 20 993 Baixo Alentejo

Leia mais

Correspondência entre Municípios. Área de Rede Tejo. (Diretiva n.º 2/2018 da ERSE) Área de Rede Lisboa. Área de Rede Mondego.

Correspondência entre Municípios. Área de Rede Tejo. (Diretiva n.º 2/2018 da ERSE) Área de Rede Lisboa. Área de Rede Mondego. Abrantes Águeda Aguiar da Beira Alandroal Albergaria-a-Velha Albufeira Alcácer do Sal Alcanena Alcobaça Alcochete Alcoutim Alenquer Alfândega da Fé Alijó Aljezur Aljustrel Almada Almeida Almeirim Almodôvar

Leia mais

Tabela 2: Características dos municípios

Tabela 2: Características dos municípios Tabela 2: Características dos municípios Abrantes 19 713,41 37,55 Águeda 20 334,71 16,74 Aguiar da Beira 13 206,94 15,92 Alandroal 6 544,86 90,81 Albergaria-a-Velha 8 155,75 19,47 Albufeira 5 140,46 28,09

Leia mais

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOS Quadro das aprovações

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOS Quadro das aprovações Aveiro Águeda 05-03-2007 29-04-2015 Aveiro Albergaria-a-Velha 05-03-2007 14-12-2015 Aveiro Anadia 05-03-2007 07-06-2013 Aveiro Arouca 11-08-2008 15-07-2015 Aveiro Aveiro 15-12-2008 Aveiro Castelo de Paiva

Leia mais

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS - OE/2017

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS - OE/2017 FINAL ÁGUEDA 7 035 116 781 680 7 816 796 775 247 0 8 592 043 586259 65140 64603 0 586267 65140 64614 0 ALBERGARIA-A-VELHA 4 478 645 497 627 4 976 272 498 356 418 651 5 893 279 373220 41468 41529 34887

Leia mais

Anexo 7 - Lista de Códigos de Concelhos por QZP

Anexo 7 - Lista de Códigos de Concelhos por QZP Anexo 7 - Lista de s de s por QZP QZP - 01 AVEIRO 0101 ÁGUEDA 0102 ALBERGARIA-A-VELHA 0103 ANADIA 0105 AVEIRO 0108 ESTARREJA 0110 ÍLHAVO 0111 MEALHADA 0112 MURTOSA 0114 OLIVEIRA DO BAIRRO 0115 OVAR 0117

Leia mais

REDE DE GABINETES DE INSERÇÃO PROFISSIONAL VAGAS A APROVAR

REDE DE GABINETES DE INSERÇÃO PROFISSIONAL VAGAS A APROVAR REDE DE GABINETES DE INSERÇÃO PROFISSIONAL 2019-2021 VAGAS A APROVAR DELEGAÇÃO REGIONAL DO NORTE e CTEF ALTO TÂMEGA CTEF BRAGA CTEF BRAGANÇA CHAVES BRAGA BRAGANÇA MACEDO DE CAVALEIROS BOTICAS 1 MONTALEGRE

Leia mais

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO MAPA XIX - PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO - 2012 MUNICÍPIOS AVEIRO (distrito) ÁGUEDA 4 477 961 2 985 308 7 463 269 660 535 1 284 849 5,0% 1 284 849 9 408 653 ALBERGARIA-A-VELHA

Leia mais

TAXAS DE IMI 2012 POR ORDEM DAS TAXAS

TAXAS DE IMI 2012 POR ORDEM DAS TAXAS Águeda 0,3 % Aguiar da Beira 0,3 % Alandroal 0,3 % Alcoutim 0,3 % Almeida 0,3 % Almodôvar 0,3 % Alpiarça 0,3 % Alter do Chão 0,3 % Alvito 0,3 % Amarante 0,3 % Amares 0,3 % Anadia 0,3 % Angra do Heroísmo

Leia mais

TAXAS DE IMI RELATIVAS A 2012

TAXAS DE IMI RELATIVAS A 2012 Abrantes 0,4 % Águeda 0,3 % Aguiar da Beira 0,3 % Alandroal 0,3 % Albergaria-a-Velha 0,4 % Albufeira 0,5 % Alcácer do Sal 0,4 % Alcanena 0,5 % Alcobaça 0,4 % Alcochete 0,4 % Alcoutim 0,3 % Alenquer 0,4

Leia mais

Devolução municipal do IRS em 2016

Devolução municipal do IRS em 2016 Devolução municipal do IRS em 2016 Devolução máxima (5%) Devolução entre 3% e 4% Devolução entre 2% e 2,5% Devolução até 1,5% Sem devolução Municípios IRS para o município Devolução do IRS Águeda 0,00%

Leia mais

EVOLUÇÃO DO ENDIVIDAMENTO DE MÉDIO E LONGO PRAZOS, POR MUNICÍPIO (2010 a 2013)

EVOLUÇÃO DO ENDIVIDAMENTO DE MÉDIO E LONGO PRAZOS, POR MUNICÍPIO (2010 a 2013) Limite de Endividamento SANTARÉM ABRANTES 17.826.299 16.296.512 6.660.154 9.636.358 11.590.900 14.996.367 6.097.434 8.898.933 10.014.089 14.811.552 5.575.824 9.235.728 16.157.114 13.234.222 5.022.183 8.212.039

Leia mais

Listagem dos municípios ordenada alfabeticamente (Ano de 2011)

Listagem dos municípios ordenada alfabeticamente (Ano de 2011) Listagem dos municípios ordenada alfabeticamente (Ano de 2011) 1 Abrantes 39325 2 Águeda 47729 3 Aguiar da Beira 5473 4 Alandroal 5843 5 Albergaria-a-Velha 25252 6 Albufeira 40828 7 Alcácer do Sal 13046

Leia mais

Listagem dos municípios ordenada por número de habitantes (ordem decrescente - Ano de 2011)

Listagem dos municípios ordenada por número de habitantes (ordem decrescente - Ano de 2011) Listagem dos municípios ordenada por número de habitantes (ordem decrescente - Ano de 2011) 1 Lisboa 547733 2 Sintra 377835 3 Vila Nova de Gaia 302295 4 Porto 237591 5 Cascais 206479 6 Loures 205054 7

Leia mais

COBERTURA TDT POR CONCELHO

COBERTURA TDT POR CONCELHO COBERTURA TDT POR CONCELHO Percentagem (%) de população coberta, estimada para cada concelho, da rede implementada pela PT Comunicações, relativa ao primeiro trimestre de 2012. Cobertura Televisão Digital

Leia mais

Índice de Desenvolvimento Social Concelhos de Portugal Continental (Portaria nº200/2004 2ª Série de 4 de Fevereiro)

Índice de Desenvolvimento Social Concelhos de Portugal Continental (Portaria nº200/2004 2ª Série de 4 de Fevereiro) Concelho Distrito Valor IDS Nivel de IDS Dir. Reg. de Educação Abrantes Santarém 0,913 4 DRE Lisboa Águeda Aveiro 0,922 4 DRE Centro Aguiar da Beira Guarda 0,864 2 DRE Centro Alandroal Évora 0,847 1 DRE

Leia mais

MAPA X. FINANÇAS LOCAIS (em contos)

MAPA X. FINANÇAS LOCAIS (em contos) AVEIRO ÁGUEDA 682.709 494.376 1.177.085 68.271 ALBERGARIA-A-VELHA 402.382 291.380 693.762 40.238 ANADIA 468.002 338.898 806.900 46.800 AROUCA 474.318 343.472 817.790 47.432 AVEIRO 685.070 496.086 1.181.156

Leia mais

MAPA X. Finanças Locais

MAPA X. Finanças Locais - 1 - AVEIRO ÁGUEDA 736.561 533.372 1.269.933 73.656 ALBERGARIA-A-VELHA 431.876 312.738 744.614 43.188 ANADIA 490.601 355.262 845.863 49.060 AROUCA 505.232 365.857 871.089 50.523 AVEIRO 733.770 531.351

Leia mais

Câmara TMDP 2014 (%) TMDP Município Abrantes 0,25 TMDP Município Águeda 0,00 TMDP Município Aguiar da Beira 0,15 TMDP Município Alandroal 0,00 TMDP

Câmara TMDP 2014 (%) TMDP Município Abrantes 0,25 TMDP Município Águeda 0,00 TMDP Município Aguiar da Beira 0,15 TMDP Município Alandroal 0,00 TMDP Câmara TMDP 2014 (%) TMDP Município Abrantes 0,25 TMDP Município Águeda 0,00 TMDP Município Aguiar da Beira 0,15 TMDP Município Alandroal 0,00 TMDP Município Albergaria-a-Velha 0,25 TMDP Município Albufeira

Leia mais

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO MAPA XIX - PARA OS MUNICÍPIOS CORRENTE CAPITAL PIE % a transferir AVEIRO (distrito) ÁGUEDA 6 728 451 747 606 7 476 057 775 247 1 585 731 0,0% 0 8 251 304 ALBERGARIA-A-VELHA 4 279 964 475 551 4 755 515

Leia mais

local Indice 2 Populacao e Territorio Indice 4 Actividade Economica Indice 6 Saude e Recursos de Saúde Indice 8 Sintetico D.

local Indice 2 Populacao e Territorio Indice 4 Actividade Economica Indice 6 Saude e Recursos de Saúde Indice 8 Sintetico D. local A21L_OP Indice 1 Ambiente Consumo Indice 2 Populacao e Territorio Indice 3 Educacao e Cultura Indice 4 Actividade Economica Indice 5 Emprego e M. Trabalho Indice 6 Saude e Recursos de Saúde Indice

Leia mais

O Seu Espaço A Autenticação só será solicitada quando for necessário

O Seu Espaço A Autenticação só será solicitada quando for necessário SEGUNDA FEIRA, 27 MARÇO 2017 O Seu Espaço A Autenticação só será solicitada quando for necessário Você está aqui Início Cidadãos Consultar Taxa de Participação no IRS dos Municípios TAXA DE PARTICIPAÇÃO

Leia mais

Valor patrimonial tributário. Receita IMI inicial Potencial. Critério 2 Critério 3 Critério 4. Receita IMI Final Potencial

Valor patrimonial tributário. Receita IMI inicial Potencial. Critério 2 Critério 3 Critério 4. Receita IMI Final Potencial Estimativa da variação de dos imóveis sujeitos à avaliação geral Município ) Valor patrimonial tributário não Receita inicial Potencial Receita Final Potencial Critério 2 Critério 3 Critério 4 pela pela

Leia mais

TABELA DE TAXAS DE DERRAMA A APLICAR NO PERÍODO FISCAL DE 2012

TABELA DE TAXAS DE DERRAMA A APLICAR NO PERÍODO FISCAL DE 2012 CÓDIGO TABELA DE TAXAS DE DERRAMA A APLICAR NO PERÍODO FISCAL DE 2012 MUNICÍPIO TAXA NORMAL TAXA REDUZIDA ISENÇÃO ÂMBITO DA ISENÇÃO DISTRITO DE AVEIRO 01 01 ÁGUEDA 1,50% - 01 02 ALBERGARIA-A-VELHA 1,35%

Leia mais

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO AVEIRO (distrito) ÁGUEDA 7 205 612 800 624 8 006 236 775 247 1 490 409 0,0% 0 8 781 483 ALBERGARIA-A-VELHA 4 527 403 503 045 5 030 448 498 356 736 162 2,8% 404 889 5 933 693 ANADIA 6 618 373 735 375 7

Leia mais

Ordem dos Advogados. Conselho Geral

Ordem dos Advogados. Conselho Geral Ordem dos Advogados Conselho Geral O Conselho Geral, reunido em sessão plenária de 11 de Julho de 2008, relativamente ao número de lotes (por comarca), deliberou, por unanimidade, aprovar o seguinte: I

Leia mais

MEDIDA ESTÁGIOS PROFISSIONAIS

MEDIDA ESTÁGIOS PROFISSIONAIS Territórios Economicamente Desfavorecidos (TED), a aplicar às candidaturas a partir de 1 de maio de 2018 ABRANTES 2,0 ÁGUEDA 4,3 AGUIAR DA BEIRA 2,6 ALANDROAL 1,6 ALBERGARIA A VELHA 3,8 ALBUFEIRA 3,8 ALCÁCER

Leia mais

CORRENTE CAPITAL TOTAL IRS PIE % IRS IRS a transferir

CORRENTE CAPITAL TOTAL IRS PIE % IRS IRS a transferir MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS PARTICIPAÇÃO DOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO - 2017 AVEIRO (distrito) ÁGUEDA 7 035 116 781 680 7 816 796 775 247 1 528 048 0,0% 0 8 592 043 ALBERGARIA-A-VELHA 4 478 645 497

Leia mais

Municípios Ranking 2017 Ranking 2016 Dif ranking

Municípios Ranking 2017 Ranking 2016 Dif ranking Municípios Ranking 2017 Ranking 2016 Dif ranking Alfândega da Fé 1 1 0 Vila do Bispo 1 13 12 Vila Nova de Cerveira 3 4 1 Arcos de Valdevez 4 4 0 Santa Marta de Penaguião 5 26 21 Sintra 6 18 12 Oliveira

Leia mais

Decreto-Lei n.º 78/84, de 8 de Março Estabelece a Classificação dos Municípios do Continente e das Regiões Autónomas

Decreto-Lei n.º 78/84, de 8 de Março Estabelece a Classificação dos Municípios do Continente e das Regiões Autónomas Decreto-Lei n.º 78/84, de 8 de Março Estabelece a Classificação dos Municípios do Continente e das Regiões Autónomas Por expressa determinação do Código Administrativo, no seu artigo 6.º, a classificação

Leia mais

Transferências para os municípios Proposta de Orçamento do Estado para 2008

Transferências para os municípios Proposta de Orçamento do Estado para 2008 PARTICIPAÇÃO DOS S NOS IMPOSTOS DO ESTADO EM 2008 CORRENTE CAPITAL ÁGUEDA 4 634 048 3 089 366 7 723 414 692 556 1 407 632 9 823 602 ALBERGARIA-A-VELHA 3 017 639 2 011 759 5 029 398 405 380 529 814 5 964

Leia mais

EVOLUÇÃO DO ENDIVIDAMENTO LÍQUIDO, POR MUNICÍPIO (2007 a 2009) Fonte: Reportes efetuados através da aplicação SIAL e contas de gerência municipais.

EVOLUÇÃO DO ENDIVIDAMENTO LÍQUIDO, POR MUNICÍPIO (2007 a 2009) Fonte: Reportes efetuados através da aplicação SIAL e contas de gerência municipais. SANTARÉM ABRANTES 20.406.477 8.097.608 8.184.874 0 22.138.659 2.803.250 7.737.985 0 22.576.668 2.520.475 7.234.535 0 AVEIRO ÁGUEDA 20.825.089 10.961.434 0 10.961.434 20.613.500 9.572.057 0 9.572.057 21.343.540

Leia mais

N. Eleitores. Distrito Concelho N Freguesias

N. Eleitores. Distrito Concelho N Freguesias Aveiro Águeda 11 42.872 7 21 Aveiro Albergaria-a-Velha 6 22.624 7 21 Aveiro Anadia 10 27.195 7 21 Aveiro Arouca 16 20.394 7 21 Aveiro Aveiro 10 70.316 9 27 Aveiro Castelo de Paiva 6 14.320 7 21 Aveiro

Leia mais

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO - 2008 AVEIRO ÁGUEDA 4 634 048 3 089 366 7 723 414 692 556 1 407 632 9 823 602 ALBERGARIA-A-VELHA 3 017 639

Leia mais

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO - 2007 AVEIRO ÁGUEDA 4 548 542 3 032 360 7 580 902 672 497 1 102 412 9 355 811 ALBERGARIA-A-VELHA 2 876 240

Leia mais

LISTAGEM DE CONTRATOS INTERADMINISTRATIVOS CELEBRADOS ENTRE MUNICÍPIOS E ENTIDADES INTERMUNICIPAIS

LISTAGEM DE CONTRATOS INTERADMINISTRATIVOS CELEBRADOS ENTRE MUNICÍPIOS E ENTIDADES INTERMUNICIPAIS ALENTEJO CENTRAL 14 0 ALANDROAL P ARRAIOLOS P BORBA P ESTREMOZ P ÉVORA P MONTEMOR-O-NOVO P MORA P MOURÃO P PORTEL P REDONDO P REGUENGOS DE MONSARAZ P VENDAS NOVAS P VIANA DO ALENTEJO P VILA VIÇOSA P ALENTEJO

Leia mais

DELEGAÇÕES PROPOSTAS DE ORÇAMENTO PARA Receitas. Quotizações Outras receitas Total

DELEGAÇÕES PROPOSTAS DE ORÇAMENTO PARA Receitas. Quotizações Outras receitas Total DELEGAÇÕES PROPOSTAS DE ORÇAMENTO PARA 2014 Delegação / Agrupamento de Delegações Receitas Quotizações Outras receitas Total Despesas correntes Despesas de capital Saldo orçamental Alenquer 5.591,90 0,00

Leia mais

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO MAPA XIX - PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO - 2019 CORRENTE CAPITAL PIE % Município AVEIRO (distrito) ÁGUEDA 7 030 436 781 159 7 811 595 775 247 1 556 651 0,0% 0 724

Leia mais

APA, de 7

APA, de 7 O Decreto-Lei n.º 267/2009, de 29 de setembro, que aprova o regime jurídico de gestão de óleos alimentares usados, estabelece a obrigatoriedade dos Municípios, ou das entidades às quais aqueles transferiram

Leia mais

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO MAPA XIX - PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO - 2019 CORRENTE CAPITAL PIE % Município (Un: euros) AVEIRO (distrito) ÁGUEDA 7 030 436 781 159 7 811 595 775 247 1 556 651

Leia mais

QUADRO I. LISTA DO PRAZO MÉDIO DE PAGAMENTO REGISTADO POR MUNICÍPIO EM DEZEMBRO DE 2014

QUADRO I. LISTA DO PRAZO MÉDIO DE PAGAMENTO REGISTADO POR MUNICÍPIO EM DEZEMBRO DE 2014 QUADRO I. LISTA DO PRAZO MÉDIO DE PAGAMENTO REGISTADO POR PORTIMÃO 1.054 1.055 1.975 2.044 4.628 NAZARÉ 421 428 1.632 1.692 3.411 SÃO VICENTE 436 543 744 889 1.088 VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO 1.580 1.513

Leia mais

Repartição de 60% Fundo. Repartição de 40% Fundo

Repartição de 60% Fundo. Repartição de 40% Fundo s # CIM ALENTEJO CENTRAL 14 - - 46 090,5 61 645,3 - - 0 - - ALANDROAL 1 - - 3 292,2 4 504,0 - - 0 - - ARRAIOLOS 1 - - 3 292,2 4 890,0 - - 0 - - BORBA 1 - - 3 292,2 2 798,1 - - 0 - - ESTREMOZ 1 - - 3 292,2

Leia mais

IRS FSM. TOTAL TRANSFERÊNCIAS CORRENTE CAPITAL TOTAL IRS PIE % IRS IRS a transferir

IRS FSM. TOTAL TRANSFERÊNCIAS CORRENTE CAPITAL TOTAL IRS PIE % IRS IRS a transferir MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS PARTICIPAÇÃO DOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO - 2018 CORRENTE CAPITAL TOTAL PIE % a transferir AVEIRO (distrito) ÁGUEDA 7 205 612 800 624 8 006 236 775 247 1 490 409 0,0% 0

Leia mais

DISTRITO CONCELHO DIA HORA Localidade LOCAL Morada VIANA DO CASTELO BRAGA PORTO VILA REAL BRAGANÇA

DISTRITO CONCELHO DIA HORA Localidade LOCAL Morada VIANA DO CASTELO BRAGA PORTO VILA REAL BRAGANÇA DISTRITO CONCELHO DIA HORA Localidade LOCAL Morada BRAGANÇA VILA REAL PORTO BRAGA VIANA DO CASTELO ARCOS DE VALDEVEZ 10 de Maio de 2003 14h e 30m Braga Casa dos Crivos Orfeão de Braga CAMINHA 10 de Maio

Leia mais

Tabela 1: Classificação dos Municípios por dimensão

Tabela 1: Classificação dos Municípios por dimensão Tabela 1: Classificação dos Municípios por dimensão Municípios de grande dimensão 1 Lisboa Lisboa Vale do Tejo 519 795 509 751 499 700 489 562 2 Sintra Lisboa Vale do Tejo 419 382 428 470 437 471 445 872

Leia mais

TABELA DE TAXAS DE DERRAMA A APLICAR NO PERÍODO FISCAL DE 2010

TABELA DE TAXAS DE DERRAMA A APLICAR NO PERÍODO FISCAL DE 2010 TABELA DE TAXAS DE DERRAMA A APLICAR NO PERÍODO FISCAL DE 2010 CÓDIGO MUNICÍPIO TAXA NORMAL TAXA REDUZIDA ISENÇÃO 01 01 ÁGUEDA 1,50% 01 02 ALBERGARIA-A-VELHA 1,50% 01 03 ANADIA 1,50% 01 04 AROUCA 1,50%

Leia mais

QUADRO I. LISTA DO PRAZO MÉDIO DE PAGAMENTO REGISTADO POR MUNICÍPIO EM DEZEMBRO DE 2014

QUADRO I. LISTA DO PRAZO MÉDIO DE PAGAMENTO REGISTADO POR MUNICÍPIO EM DEZEMBRO DE 2014 QUADRO I. LISTA DO PRAZO MÉDIO DE PAGAMENTO REGISTADO POR PORTIMÃO 1.054 1.055 1.975 2.044 4.628 NAZARÉ 421 428 1.632 1.692 3.411 PAÇOS DE FERREIRA 874 916 865 1.122 1.417 SÃO VICENTE 436 543 744 889 1.088

Leia mais

INFORMAÇÃO FINANCEIRA DAS DELEGAÇÕES

INFORMAÇÃO FINANCEIRA DAS DELEGAÇÕES C D INFORMAÇÃO FINANCEIRA DAS DELEGAÇÕES Delegação Advogados inscritos activos - PROJECÇÃO PARA 2009 Verbas que deverão ser entregues às Delegações em 2009 (valor aproximado fixado com base no orçamento

Leia mais

SERVIÇO DESCONCENTRADO NIB FAX

SERVIÇO DESCONCENTRADO NIB FAX 1ª Conservatória do Registo Predial de Almada 0035.2143.00033486530.03 212721259 1ª Conservatória do Registo Predial de Amadora 0007.0000.00207288322.23 214929419 1ª Conservatória do Registo Predial de

Leia mais

IRC - MUNICÍPIOS COM TAXAS DE DERRAMA PARA COBRANÇA EM 2008 EXERCíCIO DE 2007

IRC - MUNICÍPIOS COM TAXAS DE DERRAMA PARA COBRANÇA EM 2008 EXERCíCIO DE 2007 DISTRITO CONCELHO CÓDIGO TAXA GERAL TAXA REDUZIDA DISTRITO CONCELHO DERRAMA DERRAMA CONTINENTE AVEIRO AGUEDA 01 01 1.50 ALBERGARIA A VELHA 01 02 1.50 ANADIA 01 03 1.50 AROUCA 01 04 1.50 AVEIRO 01 05 1.50

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DOS 774 POSTOS DE TRABALHO POR ARS/ ACES/ CONCELHO. Administração Regional de Saúde do Norte, I.P.

IDENTIFICAÇÃO DOS 774 POSTOS DE TRABALHO POR ARS/ ACES/ CONCELHO. Administração Regional de Saúde do Norte, I.P. IDENTIFICAÇÃO DOS 774 POSTOS DE TRABALHO POR ARS/ ACES/ CONCELHO Administração Regional de Saúde do Norte, I.P. Entre Douro e Vouga II Aveiro Norte Oliveira de Azeméis 4 Porto I St Tirso/ Trofa Trofa 1

Leia mais

TABELA DE TAXAS DE DERRAMA A APLICAR NO PERÍODO FISCAL DE 2011

TABELA DE TAXAS DE DERRAMA A APLICAR NO PERÍODO FISCAL DE 2011 MUNICÍPIO TAXA NORMAL TAXA REDUZIDA DISTRITO DE AVEIRO 01 01 ÁGUEDA 1,50% 01 02 ALBERGARIA-A-VELHA 1,50% 01 03 ANADIA 1,50% 01 04 AROUCA 1,50% 01 05 AVEIRO 1,40% 1,30% 01 06 CASTELO DE PAIVA 01 07 ESPINHO

Leia mais

Sujeitos passivos cujo volume de negócios no ano anterior não ultrapasse ,00.

Sujeitos passivos cujo volume de negócios no ano anterior não ultrapasse ,00. TABELA DE TAXAS DE DERRAMA A APLICAR NO PERÍODO FISCAL DE 2014 CÓDIGO MUNICÍPIO Taxa Taxa Isenção Normal Reduzida Distrito de AVEIRO 01 01 AGUEDA 1,50% V 01 02 ALBERGARIA-A-VELHA 1,30% 0,50% F 01 03 ANADIA

Leia mais

A habitação social em Portugal, 2011 Municípios

A habitação social em Portugal, 2011 Municípios s s por A em Portugal, 2011 Municípios Residência fam res no / aloj Fogos x fam res x Dim méd 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 Abrantes 39.325 15.998 2,46 1,01 25.504 15.902 1.983 0,11% 0,17%

Leia mais

TABELA DE TAXAS DE DERRAMA A APLICAR NO PERÍODO FISCAL DE 2015

TABELA DE TAXAS DE DERRAMA A APLICAR NO PERÍODO FISCAL DE 2015 CÓDIGO MUNICÍPIO Taxa Taxa Normal Reduzida Isenção Âmbito da Isenção Distrito de AVEIRO 01 01 ÁGUEDA 1,50% Sim período anterior não ultrapasse 100.000,00. 01 02 ALBERGARIA-A-VELHA 1,25% 0,25% Não 01 03

Leia mais

MAPA XIX TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO 2014 (Un: euros) FEF FINAL

MAPA XIX TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO 2014 (Un: euros) FEF FINAL MAPA XIX TRANSFERÊNCIAS PARA OS PARTICIPAÇÃO DOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO 2014 (Un: euros) FEF FINAL CORRENTE CAPITAL PIE % a transferir TRANSFERÊNCIAS AVEIRO (distrito) ÁGUEDA 6 448 168 716 463 7 164 631

Leia mais

Concelhos abrangidos pela Rede Social, segundo a NUT II, por NUT III e Distrito

Concelhos abrangidos pela Rede Social, segundo a NUT II, por NUT III e Distrito abrangidos pela Rede Social, segundo a NUT II, por NUT III e Distrito NUTS II* NUT III* Distrito Concelhos Ano de Adesão 278 Bragança Alfândega da Fé 2004 Bragança 2005 Macedo de Cavaleiros 2000 Miranda

Leia mais

TABELA DE TAXAS DE DERRAMA A APLICAR NO PERÍODO FISCAL DE Distrito de AVEIRO

TABELA DE TAXAS DE DERRAMA A APLICAR NO PERÍODO FISCAL DE Distrito de AVEIRO Distrito de AVEIRO 01 01 ÁGUEDA 1.50 Sim não ultrapasse 100.000,00 01 02 ALBERGARIA-A-VELHA 1.35 01 03 ANADIA 0.50 01 04 AROUCA 1.00 0.50 01 05 AVEIRO 1.50 01 06 CASTELO DE PAIVA 01 07 ESPINHO 1.50 01

Leia mais

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS ponto de situação dos PMDFCI, reportado a 31-dezembro-2017 DISTRITO DICO CONCELHO Aveiro 0101 Águeda 29-abr-2015 Aveiro 0102 Albergaria-a-Velha

Leia mais

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS ponto de situação dos PMDFCI, reportado a 31-janeiro-2018 DISTRITO DICO CONCELHO Aveiro 0101 Águeda 29-abr-2015 Aveiro 0102 Albergaria-a-Velha 14-dez-2015

Leia mais

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS ponto de situação dos PMDFCI, reportado a 28-fevereiro-2018 DISTRITO DICO CONCELHO Aveiro 0101 Águeda 29-abr-2015 Aveiro 0102 Albergaria-a-Velha

Leia mais

Campanha Esterilização de Animais Abandonados

Campanha Esterilização de Animais Abandonados Campanha Esterilização de Animais Abandonados Quadro informativo sobre a oferta das Câmaras em matéria de esterilizações de animais domésticos ( Lei 27/2016) em construção Abrantes S Águeda Aguiar Da Beira

Leia mais

Fundo para o Serviço Público de Transportes Estimativa preliminar do financiamento regular das autoridades de transportes em 2019

Fundo para o Serviço Público de Transportes Estimativa preliminar do financiamento regular das autoridades de transportes em 2019 ALENTEJO CENTRAL 5,1740% 46.091 62.089 108.179-19.048 31.044 50.092 108.179 50.092 158.271 ALANDROAL 0,3690% 3.292 4.428 7.720-2.214 2.214 7.720 2.214 9.935 ARRAIOLOS 0,3997% 3.292 4.797 8.089-2.398 2.398

Leia mais

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS ponto de situação dos PMDFCI, reportado a 31-maio-2019 PMDFCI - 2ª PMDFCI - 3ª Aveiro 0101 Águeda 29-abr-2015 Aveiro 0102 Albergaria-a-Velha 14-dez-2015

Leia mais

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO FSM CAPITAL TOTAL IRS PIE % IRS

MAPA XIX - TRANSFERÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO FSM CAPITAL TOTAL IRS PIE % IRS MAPA XIX - PARA OS MUNICÍPIOS PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NOS IMPOSTOS DO ESTADO - 2013 CAPITAL PIE % AVEIRO (distrito) ÁGUEDA 5 967 448 80% 1 491 862 7 459 310 660 594 1 284 849 5,0% 1 284 849 9 404 753

Leia mais

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS ponto de situação dos PMDFCI, reportado a 31-janeiro-2019 aprovado Aveiro 0101 Águeda 29-abr-2015 Aveiro 0102 Albergaria-a-Velha 14-dez-2015 indeferido

Leia mais

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS ponto de situação dos PMDFCI, reportado a 28-fevereiro-2019 aprovado Aveiro 0101 Águeda 29-abr-2015 Aveiro 0102 Albergaria-a-Velha 14-dez-2015 indeferido

Leia mais

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS ponto de situação dos PMDFCI, reportado a 30-junho-2018 DISTRITO DICO CONCELHO 443-A/2018) 1222-B/2018) Aveiro 0101 Águeda 29-abr-2015 Aveiro 0102

Leia mais

Distância-física entre NUTS II ponderado pela População (Censos 2011)

Distância-física entre NUTS II ponderado pela População (Censos 2011) Distância-física entre NUTS II ponderado pela População (Censos 2011) Centro Lisboa 73,6 Centro 205,5 132,7 Lisboa 364,8 216,7 30,0 403,3 254,7 146,9 133,7 595,4 452,3 282,6 264,1 49,2 Informação relativa

Leia mais

1. Lista de Municípios onde se detetou a existência de Vespa velutina pela primeira vez em 2018

1. Lista de Municípios onde se detetou a existência de Vespa velutina pela primeira vez em 2018 1. Lista de s onde se detetou a existência de Vespa velutina pela primeira vez em 2018 Mirandela Mogadouro Vinhais Vila Flor Oleiros Fundão Covilhã Sertã Miranda do Corvo Trancoso Celorico da Beira Batalha

Leia mais

Fundo para o Serviço Público de Transportes (FSPT) Montantes provisórios das transferências para as Autoridades de Transportes em 2018*

Fundo para o Serviço Público de Transportes (FSPT) Montantes provisórios das transferências para as Autoridades de Transportes em 2018* ALENTEJO CENTRAL 14 77 447 903 5,1462% 46 091 61 754 107 845-107 845-107 845 ALANDROAL 1 5 682 487 0,3776% 3 292 4 531 7 823-7 823-7 823 ARRAIOLOS 1 6 160 883 0,4094% 3 292 4 912 8 205-8 205-8 205 BORBA

Leia mais

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS ponto de situação dos PMDFCI, reportado a 31-dezembro-2018 DISTRITO DICO CONCELHO aprovado Aveiro 0101 Águeda 29-abr-2015 Aveiro 0102 Albergaria-a-Velha

Leia mais

Tempos de emissão dos certificados de matrícula

Tempos de emissão dos certificados de matrícula ABRANTES 1 1 AGUALVA-CACÉM 1 Sem competência receção pedidos Online ÁGUEDA NO PRÓPRIO DIA 1 AGUIAR DA BEIRA NO PRÓPRIO DIA NO PRÓPRIO DIA ALANDROAL NO PRÓPRIO DIA NO PRÓPRIO DIA ALBERGARIA-A-VELHA 1 1

Leia mais

QUADRO PREVISTO NO Nº 9 DO ARTIGO 6.º DA LEI N.º 11/

QUADRO PREVISTO NO Nº 9 DO ARTIGO 6.º DA LEI N.º 11/ QUADRO PREVISTO NO Nº 9 DO ARTIGO 6.º DA LEI N.º 11/2011 30-09-2011 Critérios abertura CITVs Artº 2º a) - 1 CITV por cada 30.000 eleitores no concelho, caso ainda não haja 1 CITV por cada 30.000. Artº

Leia mais

Tempos de emissão dos certificados de matrícula

Tempos de emissão dos certificados de matrícula ABRANTES NO PRÓPRIO DIA NO PRÓPRIO DIA AGUALVA-CACÉM 1 Sem competência receção pedidos Online ÁGUEDA NO PRÓPRIO DIA NO PRÓPRIO DIA AGUIAR DA BEIRA NO PRÓPRIO DIA NO PRÓPRIO DIA ALANDROAL NO PRÓPRIO DIA

Leia mais

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCENDIOS ponto de situação dos PMDFCI, reportado a 30-novembro-2018 DISTRITO DICO CONCELHO aprovado Aveiro 0101 Águeda 29-abr-2015 Aveiro 0102 Albergaria-a-Velha

Leia mais

CODIGO TAXA GERAL TAXA REDUZIDA DIST. CONC. DERRAMA DERRAMA AVEIRO AGUEDA 1 1 1,5 - ALBERGARIA-A-VELHA 1 2 1,5 - ANADIA 1 3 1,5 - AROUCA 1 4 1,5 -

CODIGO TAXA GERAL TAXA REDUZIDA DIST. CONC. DERRAMA DERRAMA AVEIRO AGUEDA 1 1 1,5 - ALBERGARIA-A-VELHA 1 2 1,5 - ANADIA 1 3 1,5 - AROUCA 1 4 1,5 - DISTRITO CONCELHO CODIGO TAXA GERAL TAXA REDUZIDA DIST. CONC. DERRAMA DERRAMA AVEIRO AGUEDA 1 1 1,5 - ALBERGARIA-A-VELHA 1 2 1,5 - ANADIA 1 3 1,5 - AROUCA 1 4 1,5 - AVEIRO 1 5 1,4 1,3 CASTELO PAIVA 1 6

Leia mais

Índice Figura 1 Valor mediano das vendas por m² de alojamentos familiares ( /m2) 3ºT 2017 PT Portugal Continente Norte Alto

Índice Figura 1 Valor mediano das vendas por m² de alojamentos familiares ( /m2) 3ºT 2017 PT Portugal Continente Norte Alto Índice Figura 1 Código territorial Designação Valor mediano das vendas por m² de alojamentos familiares ( /m2) 3ºT 2017 PT Portugal 912 1 Continente 913 11 Norte 761 111 Alto Minho 712 1111601 Arcos de

Leia mais

DESEMPREGO REGISTADO POR CONCELHOS

DESEMPREGO REGISTADO POR CONCELHOS INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL DESEMPREGO REGISTADO POR CONCELHOS Estatísticas Mensais Maio/2006 FICHA TÉCNICA TÍTULO Desemprego Registado por Concelho Estatísticas Mensais EDIÇÃO Departamento

Leia mais

DESEMPREGO REGISTADO POR CONCELHOS

DESEMPREGO REGISTADO POR CONCELHOS INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL DESEMPREGO REGISTADO POR CONCELHOS Estatísticas Mensais Janeiro/2006 FICHA TÉCNICA TÍTULO Desemprego Registado por Concelho Estatísticas Mensais EDIÇÃO Departamento

Leia mais

FICHA TÉCNICA. TÍTULO Desemprego Registado por Concelho Estatísticas Mensais

FICHA TÉCNICA. TÍTULO Desemprego Registado por Concelho Estatísticas Mensais Abril 2009 FICHA TÉCNICA TÍTULO Desemprego Registado por Concelho Estatísticas Mensais EDIÇÃO Gabinete de Estudos e Avaliação Rua de Xabregas, 52 1949-003 Lisboa Telef.: 218 614 100 Fax: 218 614 613 DIRECÇÃO

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DOS 774 POSTOS DE TRABALHO POR ARS/ ACES/ CONCELHO,

IDENTIFICAÇÃO DOS 774 POSTOS DE TRABALHO POR ARS/ ACES/ CONCELHO, IDENTIFICAÇÃO DOS 774 POSTOS DE TRABALHO POR ARS/ / CONCELHO, para efeitos de ordenação, por ordem, decrescente das preferências dos candidatos abrangidos pelo Decreto-Lei n.º 29/2001, ou seja, com incapacidade

Leia mais

FICHA TÉCNICA. TÍTULO Desemprego Registado por Concelho Estatísticas Mensais

FICHA TÉCNICA. TÍTULO Desemprego Registado por Concelho Estatísticas Mensais Maio 2019 FICHA TÉCNICA TÍTULO Desemprego Registado por Concelho Estatísticas Mensais EDIÇÃO Direção de Serviços de Estudos, Planeamento e Controlo de Gestão Rua de Xabregas, 52 1949-003 Lisboa Telef.:

Leia mais

Derrama. A derrama é um imposto municipal cujo lançamento depende da deliberação anual das Assembleias Municipais.

Derrama. A derrama é um imposto municipal cujo lançamento depende da deliberação anual das Assembleias Municipais. Derrama A derrama incide sobre o lucro tributável das pessoas coletivas, sendo a sua taxa fixada anualmente, pelos municípios, no valor máximo de 1,5%. A derrama é um imposto municipal cujo lançamento

Leia mais

IRC Taxas de derrama lançadas para cobrança em Exercício de 2012

IRC Taxas de derrama lançadas para cobrança em Exercício de 2012 IRC Taxas de derrama lançadas para cobrança em 2013 - Exercício de 2012 Ofício-Circulado n.º 20165/2013, de 5 de março Direcção de Serviços do IRC Assunto: IRC Taxa de Derrama lançada para cobrança em

Leia mais