EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 039/2012 PROCESSO N /12-1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 039/2012 PROCESSO N 23108.013140/12-1"

Transcrição

1 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 039/2012 PROCESSO N /12-1 A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT, Fundação Pública instituída pela Lei N o 5.647, de 10 de dezembro de 1970, inscrita no CNPJ / , através da pregoeira BRUNA LACERDA ROCHA designada pela Portaria GR nº de 22 de novembro de 2011 torna público para conhecimento dos interessados que na data, horário e local abaixo indicados, fará realizar licitação, na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO, pelo Sistema de Registro de Preços - SRP, tipo MENOR PREÇO TOTAL POR item para contratar o objeto abaixo descrito, mediante as condições estabelecidas neste Instrumento Convocatório e seus Anexos. OBJETO: O presente pregão tem por objeto eventual e futura aquisição de Material de consumo - Equipamentos de Conectividade de Rede, para atender demanda da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso, conforme anexo I deste edital. LEGISLAÇÃO: Lei nº , de 17 de julho de 2002 (Institui o Pregão); Decreto nº 3.555, de 08/08/2000(Regulamento do Pregão) e suas alterações; Decreto nº 3.931, de 19/09/2001 (Regulamenta o Sistema de Registro de Preços); Decreto nº 4.342, de 23/08/2002 (Sistema de Registro de Preços); Decreto nº 5.450, de 31/05/2005 (Regulamenta o Pregão Eletrônico); Decreto nº 3.772, de 09/01/2001, alterado pelo Decreto 4.485, de 25/11/2002 (Regulamenta o SICAF); Subsidiariamente pela Lei nº 8.666, de , e alterações posteriores, pela Lei n.º 8.078, de (Código de Defesa do Consumidor); Lei Complementar nº 123, de 14/12/2006; Decreto nº 6.204, de 05/09/2007 (Regulamento da LC 123/2006); IN 002/2010 SLTI/MPGO e suas alterações, /2010 (débitos trabalhistas), IN 01 de 19/01/2010 ( Critérios de Sustentabilidade Ambiental); decreto 7174/2010; outras legislações pertinentes e complementares e demais exigências deste Instrumento Convocatório e seus Anexos. DATA: xx/xx/2012 HORÁRIO: xx:xx horas (Horário de Brasília) ENDEREÇO ELETRÔNICO: ENDEREÇO DA PREGOEIRA: Secretaria de Licitações - Coordenação de Compras, Av. Fernando Corrêa da Costa, Boa Esperança Cuiabá/MT, Bloco do Almoxarifado Central, Telefone: (65) 3615-xxxx, Fax: (65) 3615-xxxx, ANEXOS: I. Termo de Referência; II. III. IV. Modelo de Declaração de Fatos Supervenientes; Modelo de Declaração Relativa ao Trabalho do Menor; Modelo de Declaração de Uso do Benefício da Lei Complementar 123/2006; V. Declaração de Elaboração Independente de Proposta; VI. Minuta da Ata de Registro de Preço. Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 1 de 40

2 1.0 OBJETO 1.1 O presente pregão tem por objeto eventual e futura aquisição de Material de consumo - Equipamentos de Conectividade de Rede, para atender demanda da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso, conforme anexo I deste edital. 1.2 A existência de preços registrados não obriga a Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT a firmar as contratações que deles poderão advir, nem mesmo nas quantidades indicadas no Termo de Referência Anexo I, podendo a Administração promover licitação específica para aquisição de um ou de mais itens, hipótese em que, em igualdade de condições, o beneficiário do registro terá a preferência de fornecimento. 1.3 A partir da assinatura da Ata de Registro de Preços, a licitante registrada se obriga a cumprir, na íntegra, todas as condições estabelecidas, ficando sujeita, inclusive, às penalidades pelo descumprimento de qualquer de suas cláusulas. 1.4 Não havendo expediente ou ocorrendo qualquer fato superveniente que impeça a realização do certame na data marcada, a sessão será automaticamente transferida para o primeiro dia útil subseqüente, no mesmo horário e local estabelecidos no preâmbulo deste edital, desde que não haja comunicação da pregoeira em contrário CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 2.1 Poderão participar deste pregão, as empresas que: a) Atenderem às exigências, inclusive quanto à documentação, constantes neste Instrumento Convocatório e em seus Anexos e que estejam devidamente credenciadas na Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI), do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, por meio do site para acesso ao sistema eletrônico. b) Possuírem registro cadastral atualizado no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores (SICAF), requisito obrigatório para fins de habilitação. 2.2 A SLTI atuará como órgão provedor do sistema eletrônico. 2.3 A participação neste Pregão Eletrônico implica na aceitação, plena e irrevogável, das normas constantes do presente edital e dos seus anexos. 2.4 A licitante deverá manifestar, em campo próprio do sistema eletrônico, o pleno conhecimento e atendimento às exigências de habilitação e que a sua proposta está em de acordo com as exigências deste Instrumento Convocatório, conforme Parágrafo 2 do Art. 21 do Decreto n 5.450/ A declaração falsa relativa ao cumprimento dos requisitos de habilitação e proposta de preços sujeitará a licitante às sanções previstas no Art. 28 do Decreto n 5.450/05. Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 2 de 40

3 2.6 As licitantes arcarão com os custos decorrentes da elaboração e apresentação de suas propostas. 2.7 Não será admitida nesta licitação a participação de empresas: a) Que tenham sido declaradas inidôneas (art. 87, IV da Lei /93), impedidas ou suspensas de licitar ou contratar com qualquer esfera da Administração Pública Direta e Indireta (art. 87, III da Lei /93, Acórdão TCU 2218/2011); b) Que tenham registros impeditivos de contratação por improbidade administrativa no Cadastro Nacional de Condenações Cíveis por Ato de Improbidade Administrativa (art. 97 da Lei /93, Acórdão TCU 1793/2011) c) Concordatárias ou em processo de falência, sob concurso de credores, em dissolução ou em liquidação judicial ou extrajudicial de sociedade; d) Estrangeiras que não funcionem no País; e) Que possuam entre seus sócios servidor(es) da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso; f) Que não tenha material compatível com o objeto deste pregão relacionado no objeto social ou ramo de atuação da empresa registrado no SICAF ou no documento de constituição da empresa (Registro comercial, Ato constitutivo, estatuto ou contrato social consolidado) g) Empresas em processo falimentar, em processo concordatário, em recuperação judicial ou extrajudicial; h) Quaisquer interessados que se enquadrem nas vedações previstas no artigo 9º da Lei nº 8.666/ REPRESENTAÇÃO E DO CREDENCIAMENTO 3.1 O credenciamento dar-se-á pela atribuição de chave de identificação e de senha, pessoal e intransferível, para acesso ao sistema eletrônico (art. 3º do 1º do Decreto nº /2005), no site 3.2 O uso da senha de acesso pela licitante é de sua responsabilidade exclusiva, incluindo qualquer transação efetuada diretamente ou por seu representante, não cabendo ao provedor do sistema ou a Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT, promotora desta licitação, responsabilidade por eventuais danos decorrentes do uso indevido da senha, ainda que por terceiros (art.3º do 5º do Decreto nº /05). 3.3 As licitantes ou seus representantes legais deverão estar previamente credenciados junto ao órgão provedor, no prazo mínimo de 03 (três) dias úteis antes da data de realização do pregão. 3.4 A perda da senha ou a quebra de sigilo deverão ser comunicadas imediatamente ao provedor do sistema, para imediato bloqueio de acesso. 3.5 O credenciamento da licitante, bem assim a sua manutenção, dependerá de registro atualizado no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF, que também será requisito obrigatório para fins de habilitação. Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 3 de 40

4 3.6 O credenciamento junto ao provedor do sistema implica na responsabilidade legal da licitante ou de seu representante legal e na presunção de sua capacidade técnica para realização das transações inerentes ao Pregão Eletrônico (art. 3º do 6º do Decreto nº /05) ENVIO DA PROPOSTA ELETRÔNICA DE PREÇOS 4.1 Após a divulgação do edital no endereço eletrônico, os licitantes deverão encaminhar proposta com a descrição detalhada do objeto ofertado e o preço e, se for o caso, o respectivo anexo, até a data e hora marcada para abertura da sessão, exclusivamente por meio do sistema eletrônico, quando, então, encerrar-se-á, automaticamente, a fase de recebimento de propostas. (art. 21 do Decreto nº 5.450/05) 4.2 As Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Sociedades Cooperativas (Art. 34 da Lei de nº /2007) deverão declarar, em campo próprio do Sistema, no ato de envio de sua proposta, que atende os requisitos do artigo 3º da Lei Complementar nº. 123, de 14 de dezembro de 2006, para que possam fazer jus aos benefícios previstos na referida Lei. 4.3 Até a abertura da sessão, a licitante poderá retirar ou substituir a proposta anteriormente apresentada. 4.4 A licitante será responsável por todas as transações que forem efetuadas em seu nome no sistema eletrônico, inclusive os atos praticados diretamente ou por seu representante, assumindo como firmes e verdadeiros sua proposta e lances. 4.5 Incumbirá à licitante acompanhar as operações no sistema eletrônico durante o processo licitatório, responsabilizando-se pelo ônus decorrente da perda de negócios diante da inobservância de quaisquer mensagens emitidas pelo sistema ou de sua desconexão. 4.6 Serão aplicadas, ainda, as regras de preferência previstas no art. 5º do Decreto n.º 7.174/2010, com a classificação das licitantes cujas propostas finais estejam situadas até 5% (cinco por cento) acima da melhor proposta válida, conforme o critério de julgamento, para a comprovação e o exercício do direito de preferência. 4.7 Os licitantes deverão declarar, em campo próprio do sistema, no ato de envio de sua proposta, que atende os requisitos do art. 3º da Lei nº 8.248/1991 bem como do art. 5º do Decreto n.º 7.174/2010 para que possam fazer jus aos benefícios. 4.8 Será assegurada preferência na contratação, nos termos do disposto no art. 3º da Lei nº 8.248/1991, para fornecedores, observada a seguinte ordem: a) Bens e serviços com tecnologia desenvolvida no País e produzidos de acordo com o Processo Produtivo Básico (PPB), na forma definida pelo Poder Executivo Federal; b) Bens e serviços com tecnologia desenvolvida no País; e Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 4 de 40

5 c) Bens e serviços produzidos de acordo com o PPB, na forma definida pelo Poder Executivo Federal. 4.9 As microempresas e empresas de pequeno porte que atendam ao disposto no item 4.7 terão prioridade no exercício do direito de preferência em relação às demais empresas enquadradas no mesmo subitem Caso haja licitantes que se declarem portadores de um ou de dois certificados, aplicase a seguinte ordem de classificação: 1º - Tecnologia no País + Processo Produtivo Básico + Micro e Pequena Empresas 2º - Tecnologia no País + Processo Produtivo Básico 3º - Tecnologia no País + Micro e Pequenas Empresas 4º - Tecnologia no País 5º - Processo Produtivo Básico + Micro e Pequenas Empresas 6º - Processo Produtivo Básico 4.11 O sistema fará a classificação e a convocação automaticamente da licitante para que possa oferecer novo lance para igualar ou superar a melhor proposta válida, caso em que será declarado vencedor do certame Caso nenhum licitante classificado venha a exercer o direito de preferência, observar-se-ão as regras usuais de classificação e julgamento previstas na Lei n.º 8.666/1993, e na Lei n.º / Para o efetivo exercício do direito de preferência, os licitantes deverão apresentar junto com a documentação necessária à habilitação, a comprovação de que atende aos requisitos estabelecidos no nos arts. 6º e 7º do Decreto 7.174/ Serão desclassificadas as propostas com preços excessivos ou comprovadamente inexeqüíveis ABERTURA DAS PROPOSTAS DE PREÇOS 5.1. A abertura da presente licitação dar-se-á em sessão pública, por meio de sistema eletrônico, a ser realizada conforme indicado abaixo, de acordo com o 1º do art. 17 do Decreto nº /2005, com a divulgação dos valores das propostas eletrônicas recebidas e inicio da etapa de lances, não havendo nesse momento a identificação das licitantes, o que só ocorrerá após o encerramento desta etapa, conforme as regras estabelecidas neste Edital e de acordo com as normas vigente As licitantes interessadas poderão participar da sessão pública na internet, por meio do uso dos recursos de acesso ao sistema eletrônico do site obedecendo os critério, normas, IN e outras Legislações que o regulam. Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 5 de 40

6 5.3. Após a abertura, a pregoeira verificará as propostas apresentadas, desclassificando aquelas que não apresentarem conformidade com os requisitos estabelecidos neste Instrumento Convocatório Qualquer elemento que possa identificar o licitante importa a desclassificação da proposta O preenchimento do campo DESCRIÇÃO COMPLEMENTAR, com a DESCRIÇÃO DETALHADA DO OBJETO OFERTADO, é obrigatório. O não preenchimento ou o preenchimento incompleto, quando não for possível analisar as principais características do serviço/material ofertado, acarretará desclassificação da proposta Serão desclassificadas as propostas que no lugar da descrição complementar constar os seguintes termos conforme Edital, de acordo com o Edital, atende todas as exigências do Edital, etc A desclassificação de proposta será sempre, fundamentada e registrada no sistema, com acompanhamento em tempo real por todos os participantes A comunicação entre a pregoeira e as licitantes ocorrerá mediante troca de mensagens, em campo próprio do sistema eletrônico COMPETITIVIDADE E FORMULAÇÃO DOS LANCES 6.1 O sistema ordenará, automaticamente, as propostas classificadas pela pregoeira, sendo que somente estas participarão da fase de lances. 6.2 Classificadas as propostas, a pregoeira dará início à fase competitiva, momento em que os licitantes poderão encaminhar lances exclusivamente por meio do sistema eletrônico. 6.3 O licitante somente poderá oferecer lance inferior ao último por ele ofertado e registrado pelo sistema. 6.4 Não serão aceitos dois ou mais lances iguais, prevalecendo aquele que for recebido e registrado primeiro. 6.5 Durante a sessão pública deste pregão, os licitantes serão informados, em tempo real, do valor do menor lance registrado, vedada a identificação do licitante. 6.6 A etapa de lances da sessão pública será encerrada por decisão da pregoeira. 6.7 O sistema eletrônico encaminhará aviso de fechamento iminente dos lances, após o que transcorrerá período de tempo de até trinta minutos, aleatoriamente determinado, findo o qual será automaticamente encerrada a recepção de lances. 6.8 Após o encerramento da etapa de lances da sessão pública, a pregoeira poderá encaminhar, pelo sistema eletrônico, contraproposta ao licitante que tenha apresentado lance mais vantajoso, Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 6 de 40

7 para que seja obtida melhor proposta, observando o critério de julgamento, não se admitindo negociar condições diferentes daquelas previstas no edital Excepcionalmente, após o encerramento da fase de lances, poderá ser acatado o pedido de desistência da proposta, em razão de motivo justo devidamente comprovado pelo licitante, decorrente de fato superveniente ou de força maior desde que solicitado em até 24 (vinte e quatro) horas após o término da fase de lances e aceito pela FUFMT Não restando comprovado o atendimento dos requisitos fixados no item 6.8.1, o licitante desistente ficará sujeito à aplicação das sanções previstas no subitem , c deste edital. 6.9 A negociação será realizada por meio do sistema, podendo ser acompanhada pelos demais licitantes No caso de desconexão com a pregoeira, no decorrer da etapa de lances, se o sistema eletrônico permanecer acessível aos licitantes, os lances continuam sendo recebidos, sem prejuízo dos atos realizados Quando a desconexão da pregoeira persistir por tempo superior a dez minutos, a sessão do pregão na forma eletrônico será suspensa e reiniciada somente após comunicação aos participantes, no endereço eletrônico utilizado para divulgação Será assegurada nesta licitação, como critério de desempate, preferência de contratação para Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Sociedades Cooperativas (art. 34 da Lei de nº /2007) em conformidade ao estabelecido nos artigos 44 e 45 da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de Entende-se por empate aquelas situações em que as propostas apresentadas pelas Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Sociedades Cooperativas sejam iguais ou até 5 % (cinco por cento) superiores à proposta mais bem classificada Após o encerramento da fase de lances, o sistema identificará em coluna própria as Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Sociedades Cooperativas participantes, fazendo a comparação entre os valores da primeira colocada, caso esta não seja uma Microempresa, Empresa de Pequeno Porte ou Sociedade Cooperativa, e das demais Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Sociedades Cooperativas na ordem de classificação A proposta que se encontrar na faixa até de 5% (cinco por cento) acima do valor do melhor lance, estará empatada com a primeira colocada. A Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Sociedades Cooperativas terá o direito, no prazo de 05 (cinco) minutos após o encerramento dos lances, de encaminhar uma última oferta, obrigatoriamente abaixo da primeira colocada, para o desempate, sob pena de preclusão Caso sejam identificadas propostas de Microempresas, Empresas de Pequeno Porte Sociedades Cooperativas empatadas em segundo lugar, ou seja, na faixa dos 5% (cinco por cento) da primeira colocada, e permanecendo o empate até o encerramento do item, o sistema Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 7 de 40

8 fará um sorteio eletrônico entre tais fornecedores, definindo e convocando, automaticamente, a vencedora para o encaminhamento da oferta final do desempate JULGAMENTO DAS PROPOSTAS DE PREÇOS 7.1 A pregoeira examinará a proposta classificada em primeiro lugar quanto à compatibilidade do preço em relação ao estimado para a contratação e verificará a habilitação do licitante conforme as disposições do edital. 7.2 Se a proposta não for aceitável ou se o licitante não atender às exigências habilitatórias, a pregoeira examinará a proposta subseqüente e, assim sucessivamente, na ordem de classificação, até a apuração de uma proposta que atenda ao edital Neste procedimento não cabe ao licitante convocado qualquer juízo de oportunidade e conveniência, estando obrigado a manter a proposta durante o prazo de validade disposto no item 9.3, e deste edital O licitante convocado deverá apresentar a proposta e documentação habilitatória no prazo e na forma estipulada nos itens 9.1 e deste edital O licitante que não mantiver sua proposta estará sujeito as penalidades administrativas previstas no subitem , b deste edital. 7.3 Para subsidiar a aceitação do material, a Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT poderá solicitar à empresa que apresentou o melhor preço amostras do material ofertado A solicitação da amostra será realizada mediante chat ou ofício, sendo concedido o prazo de até 05 (cinco) dias úteis para apresentação da mesma; A amostra deverá estar devidamente identificada com o nome do licitante, conter os respectivos prospectos e manuais, se for o caso, e dispor na embalagem de informações quanto às suas características, tais como data de fabricação, prazo de validade, quantidade do produto, sua marca, número de referência, código do produto e modelo, e outras informações cabíveis Os materiais de origem estrangeira deverão apresentar informações em língua portuguesa, suficientes para análise técnica do produto Os produtos apresentados como amostra poderão ser abertos, desmontados, instalados, conectados a equipamentos e submetidos aos testes necessários Os demais licitantes serão notificados para, querendo, acompanhar a apresentação e análise das amostras ofertadas pelo licitante vencedor Será rejeitada a amostra que não atender as especificações descritas neste edital. Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 8 de 40

9 A rejeição da amostra será devidamente fundamentada pela pregoeira Enquanto não expirado o prazo para entrega da amostra, o licitante poderá substituir ou efetuar ajustes e modificações no produto apresentado Será desclassificada a proposta do licitante que tiver amostra rejeitada ou não entregá-la no prazo estabelecido Se a amostra for aceita, do quantitativo total a ser entregue pelo licitante vencedor serão subtraídos os produtos apresentados como amostra A empresa que deixar de apresentar a amostra no prazo indicado será desclassificada, passando-se para o segundo melhor preço e assim sucessivamente, obedecendo-se a ordem de classificação das propostas; O ônus pelo envio e retirada da amostra é de responsabilidade do fornecedor, não cabendo qualquer pagamento ou restituição por parte da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso FUFMT por abertura de embalagem ou lacre e a utilização parcial ou total da amostra Decorridos 15 (quinze) dias úteis da comunicação do resultado da análise, caso a licitante não retire a amostra, a Fundação Universidade Federal de Mato Grosso FUFMT descartará ou aproveitará a amostra de acordo com sua conveniência, não cabendo às empresas requerê-las após este prazo; 7.4 Após o encerramento da sessão pública de lances, analisando a aceitabilidade ou não, a pregoeira anunciará a licitante vencedora imediatamente, ou, quando for o caso, após negociação e decisão acerca da aceitação do lance de menor preço Serão também desclassificadas as propostas que: Referência; a) contenham vícios ou ilegalidades; b) não apresentem as especificações técnicas exigidas pelo Termo de c) apresentarem preços finais superiores ao valor máximo estabelecido no Termo de Referência Anexo I; d) apresentarem preços manifestamente inexeqüíveis, (40% (Quarenta por cento) inferior ao preço de mercado) assim considerados aqueles que não vierem a comprovar sua exeqüibilidade através de documentação que comprove que os custos são coerentes com os de mercado Se houver indícios de inexeqüibilidade da proposta de preço, ou em caso da necessidade de esclarecimentos complementares, poderá ser efetuada diligência, na forma do 3º do art. 43 da Lei nº 8.666/93, para efeito de comprovação de sua exeqüibilidade, podendo Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 9 de 40

10 adotar, dentre outros, os procedimentos elencados nos incisos do art. 29 da Instrução Normativa n 2/2008-SLTI/MP. 7.5 Se a proposta não for aceitável ou se o licitante não atender às exigências habilitatórias, a pregoeira examinará a proposta subseqüente e, assim sucessivamente, na ordem de classificação, até a apuração de uma proposta que atenda ao edital. (Art. 25, 5º do Decreto nº 5.450/05) Neste procedimento não cabe ao licitante qualquer juízo de oportunidade e conveniência, estando obrigado a manter sua proposta desde que vigente seu prazo de validade. O licitante que não mantiver sua proposta estará sujeito as penalidades administrativas previstas no item 27 deste edital. 7.6 Será declarada vencedora a licitante que apresentar o menor valor total para o material adquirido e que cumprir todos os requisitos de habilitação HABILITAÇÃO 8.1 Os licitantes deverão estar com a documentação obrigatória em dia (Receita Federal, Dívida Ativa da União, INSS e FGTS). 8.2 Poderá ser feita a comprovação do cadastramento e da habilitação da licitante no SICAF, bem como a validade dos documentos on-line nos istes pertinentes, e a verificação dos índices econômico-financeiros. 8.3 Para habilitação na licitação, exigir-se-á dos interessados documentação relativa a: Habilitação Jurídica; Qualificação econômico-financeira; Regularidade fiscal e trabalhista; Qualificação técnica e Documentação complementar. 8.4 Documentos relativos à habilitação jurídica: 8.4.1Cédula de identidade (apenas para licitante pessoa física); Registro comercial, no caso de empresa individual; Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 10 de 40

11 8.4.3 Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado, em se tratando de sociedades empresárias e, no caso de sociedades por ações, acompanhado de documentos de eleição de seus administradores; Decreto de autorização em se tratando empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no país, e ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo órgão competente, quando a atividade assim o exigir Em caso de cooperativas: a) Inscrição do ato constitutivo deve estar acompanhada de prova dos responsáveis legais; b) Registro na Organização das Cooperativas Brasileiras ou na entidade estadual, se houver; c) Ata de Fundação; d) Estatuto Social com a Ata da Assembléia que o aprovou; e) Regimento dos fundos instituídos pelos cooperados, com a ata da assembléia que os aprovou; f) Editais de convocação das três últimas assembléias gerais extraordinárias; e g) Ata da sessão que os cooperados autorizaram a cooperativa a contratar o objeto da licitação (art. 19, 3º da IN SLTI/MPOG nº 02/2008). 8.5 Documentos relativos à qualificação econômico-financeira: Certidão negativa de falência, insolvência, concordata, recuperação judicial ou extrajudicial, expedida pelo distribuidor judicial da sede do licitante pessoa jurídica ou empresário individual; Certidões negativas de execução patrimonial expedidas pelos distribuidores das justiças estadual e federal do domicílio do licitante pessoa física; Balanço patrimonial e demonstrações contábeis do último exercício social, já exigíveis e apresentados na forma da lei, que comprovem a boa situação financeira da empresa, vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios, podendo ser atualizados por índices oficiais quando encerrado há mais de 3 (três) meses da data de apresentação da proposta; No caso de empresa constituída no exercício social vigente, admite-se a apresentação de balanço patrimonial e demonstrações contábeis referentes ao período de existência da sociedade A comprovação exigida nos itens e deverá ser feita da seguinte forma: No caso de sociedades anônimas, cópia autenticada do balanço patrimonial e demonstrações contábeis, publicados no Diário Oficial do Estado/ Distrito Federal ou, se houver, do município da sede da empresa; Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 11 de 40

12 No caso de empresas de responsabilidade limitada, cópia autenticada das páginas do Livro Diário, contendo Termo de Abertura, Balanço Patrimonial, Demonstrações Contábeis e Termo de Encerramento, com o respectivo registro na Junta Comercial e, no caso de sociedades simples (cooperativas), no cartório competente O licitante deverá apresentar os seguintes índices contábeis, extraídos do último balanço patrimonial ou do balanço patrimonial referente ao período de existência da sociedade, atestando a boa situação financeira: LG= Liquidez Geral superior a 1 SG= Solvência Geral superior a 1 LC= Liquidez Corrente superior a 1 Sendo, LG= (AC+RLP) / (PC+PNC) SG= AT / (PC+PNC) LC= AC / PC Onde: AC= Ativo Circulante RLP= Realizável a Longo Prazo PC= Passivo Circulante PNC= Passivo não Circulante AT= Ativo Total A empresa que apresentar resultado igual ou menor do que 1 (um) em quaisquer dos índices acima referidos deverá comprovar patrimônio líquido de 03 % (tres por cento) do valor cumulativo de todos os contratos a serem celebrados pelo licitante, como dado objetivo de qualificação econômicofinanceira Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 12 de 40

13 O balanço patrimonial e as demonstrações contábeis deverão estar assinados por contador ou outro profissional equivalente, devidamente registrado no Conselho Regional de Contabilidade. 8.6 Documentos relativos à regularidade fiscal: Prova de inscrição do licitante no Cadastro Nacional de pessoa jurídica (CNPJ); Prova de inscrição do licitante no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF); Prova de inscrição no cadastro de contribuintes estadual ou municipal, se houver, relativo ao domicílio ou sede do licitante, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto contratual; Prova de regularidade perante: A Fazenda Federal, mediante certidão conjunta, emitida pela Secretaria da Receita Federal do Brasil e Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, quanto aos demais tributos federais e à dívida ativa da União, por elas administrados; As Fazendas Estadual e Municipal, ambas do domicílio ou sede do licitante Certidão específica, emitida pela Secretaria da Receita Federal do Brasil, quanto às contribuições sociais previstas nas alíneas "a", "b" e "c" do parágrafo único do art. 11 da Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991, às contribuições instituídas a título de substituição e às contribuições devidas, por lei, a terceiros, inclusive inscritas em dívida ativa do Instituto Nacional do Seguro Social e da União, por ela administradas; Prova de regularidade relativa ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) por meio de apresentação do Certificado de Regularidade do FGTS CRF, emitido pela Caixa Econômica Federal Caso o licitante pessoa física não seja empregador, deverá, em substituição ao CRF, declarar tal fato Prova de inexistência de débitos inadimplidos perante a Justiça do Trabalho, mediante a apresentação de certidão negativa de débitos trabalhistas Quando o contrato for executado por filial da empresa, o licitante deverá comprovar a regularidade fiscal e trabalhista da matriz e da filial As certidões de comprovação da regularidade fiscal e trabalhista dos licitantes deverão ser apresentadas dentro do prazo de validade estabelecido em lei ou pelo Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 13 de 40

14 órgão expedidor, ou, na hipótese de ausência de prazo estabelecido, deverão estar datadas dos últimos 180 dias contados da data da abertura da sessão pública A comprovação de regularidade fiscal das microempresas e empresas de pequeno porte, bem como dos equiparados com receita bruta anual igual ou inferior a R$ ,00, enquadrados nos termos no art. 34 da Lei nº /07 e art. 3º, 4º, VI da Lei Complementar nº 123/2006, somente será exigida para efeito de contratação, e não como condição para participação na licitação. (art. 42 da Lei Complementar nº 123/07 e Art. 4º do Decreto nº 6.204/2007) As microempresas, as empresas de pequeno porte e seus equiparados, por ocasião da participação em certames licitatórios, deverão apresentar toda a documentação exigida para efeito de comprovação de regularidade fiscal, mesmo que esta apresente alguma restrição (art. 43 da LC nº 123/06) Havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal, será assegurado o prazo de 2 (dois) dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o proponente for declarado o vencedor do certame, prorrogáveis por igual período, a critério da Administração Pública, para a regularização da documentação, pagamento ou parcelamento do débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de certidão negativa (art. 43, 1º, da LC nº 123/06); A declaração do vencedor de que trata o subitem acontecerá no momento imediatamente posterior à fase de habilitação, aguardando-se os prazos de regularização fiscal para a abertura da fase recursal (art. 4º, 2º, do Decreto 6.204/07); A não-regularização da documentação, no prazo previsto acima, implicará decadência do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas no art. 81 da Lei nº 8.666/93, sendo facultado à Administração convocar os licitantes remanescentes, nos termos da lei, para a assinatura do contrato, ou revogar a licitação. 8.7 Qualificação técnica: Comprovação de aptidão para desempenho de atividade pertinente e compatível em características, quantidades e prazos com o objeto deste Pregão, que se fará através de apresentação de atestado em nome do licitante, expedido por pessoa jurídica de direito público ou privado. 8.8 A empresa proponente deverá, ainda, apresentar os seguintes documentos para fins de habilitação: a) Declaração expressa, sob as penalidades cabíveis, afirmando Inexistência de Fatos Supervenientes Impeditivos de sua Habilitação neste certame e garantindo ainda estar ciente da obrigatoriedade de informar acerca de ocorrências posteriores, conforme modelo de declaração constante no Anexo II deste edital. Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 14 de 40

15 b) Declaração da proponente de que não possui em seu quadro de pessoal, empregados menores de 18 (dezoito) anos em trabalho noturno, perigosos ou insalubres e, menores de 16 (dezesseis) anos em qualquer trabalho, salvo na condição de aprendiz a partir de 14 (quatorze) anos, conforme disposições contidas na Lei nº 9.854, de 27 de outubro de 1999 e nos termos do Inciso XXXIII, do Artigo 7º, da Constituição Federal, conforme modelo Anexo III. c) As Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Sociedades Cooperativas (Art. 34 da Lei de nº /2007) deverão enviar declaração de que atendem aos requisitos do artigo 3º da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, e puderam assim fazer jus aos benefícios previstos na referida Lei. Bem como não existe qualquer impedimento entre os previstos nos incisos do 4º, Art. 3º da referida lei, conforme modelo Anexo IV. d) Declaraçao de Elaboração Independente de Proposta, conforme instrução normativa/slti/mp/nº 2, de 16/09/09, publicada no diário oficial da união, seção I, página 80, de 17/09/09, anexo V deste edital. e) A comprovação das declarações das alineas a, b, C e d previstas no subiten 8.8 deste Edital poderá ser realizada por meio de consulta online ao Sistema COMPRASNET. 8.9 Caso o proponente tenha se declarado como detentor da condição de serviços com tecnologia desenvolvida no País este deverá apresentar a Portaria emitida pelo Ministério de Ciência e Tecnologia que comprova sua condição. art. 6º do Decreto 7.174/ Caso o proponente tenha se declarado como detentor da condição de Processo Produtivo Básico (PPB) este deverá apresentar a comprovação através documento expedido pelo Ministério da Ciência e Tecnologia ou pela SUFRAMA, conforme Parágrafo Único do art. 7º do Decreto n.º 7.174/ Será inabilitada a licitante que tenha sido declarada inidônea, que esteja cumprindo penalidade ou suspensão do direito de licitar ou contratar com qualquer esfera da Administração Pública Direta e Indireta (art. 87, III da Lei /93, Acórdão TCU 2218/2011), que tenham registros impeditivos de contratação por improbidade administrativa no Cadastro Nacional de Condenações Cíveis por Ato de Improbidade Administrativa (art. 97 da Lei /93, Acórdão TCU 1793/2011), e que tenham registros impeditivos de contratação por débitos trabalhistas no Tribunal Superior do Trabalho, Conselho Superior da Justiça do Trabalho e Tribunais Regionais do Trabalho (Lei nº /2011 e Resolução Administrativa TST nº 1470/2011) Será inabilitada a licitante que não tenha material compatível com o objeto deste pregão relacionado no objeto social ou ramo de atuação da empresa registrado no SICAF ou no documento de constituição da empresa (Registro comercial, Ato constitutivo, estatuto ou contrato social consolidado). Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 15 de 40

16 8.13 A Empresa ou Sociedade Estrangeira em funcionamento no país, deverá apresentar também o decreto de autorização ou o ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo órgão competente, quando a atividade assim o exigir A apresentação de declaração falsa relativa ao cumprimento dos requisitos de habilitação e proposta sujeitará a licitante às sanções previstas no Decreto nº 5.450/05, de 31/05/ Serão inabilitadas as empresas que não atenderem ao item 8 deste edital ENCAMINHAMENTO DA PROPOSTA VENCEDORA E DA DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO 9.1 A proposta de preço ajustada ao lance final, o prospecto e os documentos de habilitação deverão ser encaminhados a pregoeira, pelo licitante detentor do menor lance, em até 04 (quatro) horas uteis após o término da fase de lances, através do Fax (65) 3615-xxxx, pelo ou pela função enviar anexo no comprasnet. Os originais ou cópias autenticadas em cartório da proposta de preço ajustada ao lance final e os documentos de habilitação deverão ser encaminhados via Sedex ou postagem similar, endereçados à Secretaria de Licitações - Coordenação de Compras SL/CC/UFMT, Bloco do Almoxarifado Central, Av. Fernando Corrêa da Costa, n , Boa Esperança, CEP , Cuiabá/MT, até às 18:30 horas do terceiro dia útil posterior à convocação para apresentação da proposta e documentação original a qual se dará por mensagem via chat A proposta de preço ajustada ao lance final e os documentos de habilitação relacionados no subitem 8.3, necessários à habilitação, poderão ser apresentados : a) em original; b) cópia autenticada em Cartório competente; c) cópias simples, desde que acompanhadas dos originais para conferência pelo pregoeira; d) publicação em órgão da imprensa oficial. e) virtualmente, através do site as declarações relacionadas no item 8.0, subitem 8.3, alíenas a, b e d. 9.2 Para garantir a integridade da documentação e da proposta, recomenda-se que contenham índice e folhas numeradas e timbradas com o nome, logotipo ou logomarca da licitante. 9.3 A proposta de preços deverá ser redigida em língua portuguesa, datilografada ou impressa, sem alternativas, opções, emendas, ressalvas, borrões, rasuras ou entrelinhas, e deverão conter as especificações técnicas detalhadas do objeto ofertado A proposta de preço ajustada ao lance final deverá conter no mínimo: a) Identificação social, número do CNPJ, assinatura do representante da proponente, referência a esta licitação, numero de telefone, endereço, dados bancários, fax e, se houver, indicação de endereço eletrônico ( ); Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 16 de 40

17 b) Mensão da modalidade e o número da licitação; c) Descrição detalhada e correta do serviço e material ofertados, conforme as especificações constantes do ato convocatório, com indicação da marca, quando for o caso, a fim de caracterizar o produto oferecido, no caso obrigação acessória de fornecimento de equipamento, entregar prospectos, manuais ou outras informações fornecidas pelo fabricante do material; d) Os valores unitários, total e global dos serviços; e) Prazo de validade não inferior a 90 (noventa) dias, a contar da abertura do pregão; 9.4 Nos preços ofertados já deverão estar inclusos os tributos, fretes, taxas, seguros, encargos sociais, trabalhistas e as despesas decorrentes da execução do objeto. O Imposto de Renda de Pessoa Jurídica IRPJ e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido CSLL -, que não podem ser repassados à Administração, não serão incluídos na proposta apresentada IMPUGNAÇÃO DO ATO CONVOCATÓRIO 10.1 Até 02 (dois) dias úteis antes da data fixada para abertura da sessão pública, qualquer pessoa poderá impugnar o ato convocatório do pregão, mediante petição a ser encaminhada ao endereço eletrônico 10.2 Não serão reconhecidas as impugnações interpostas enviadas por fax e vencidos os respectivos prazos legais Caberá a pregoeira decidir sobre a impugnação no prazo de 24 (vinte e quatro) horas uteis Acolhida a petição contra o ato convocatório, será definida e publicada nova data para a realização do certame Os pedidos de esclarecimentos referentes ao processo licitatório deverão ser enviados a pregoeira, até 03 (três) dias úteis anteriores à data fixada para abertura da sessão pública, exclusivamente por meio eletrônico via internet, no endereço Data máxima para envio de pedido de esclarecimento / / 10.6 A Impugnação Administrativa deverá ser apresentada por meio eletrônico e/ou por escrito, encaminhada a pregoeira designada para esta licitação da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso, localizada na Avenida Fernando Corrêa da Costa, Bairro Boa Esperança, Cuiabá/MT, CEP: , fone: (0xx65) 3615-xxxxx RECURSOS 11.1 As licitantes poderão interpor recursos, mediante manifestação previa, após aceitação da proposta, devendo apresentar sucintamente suas razões exclusivamente no âmbito do sistema eletrônico; Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 17 de 40

18 11.2 A falta de manifestação imediata e motivada da licitante importará na decadência do recurso, sendo que, ao final da sessão pública, a pregoeira informará os prazos legais para registro da razão do recurso para aquela licitante com intenção de recurso aceita e para as demais licitantes registrarem a contra-razão; 11.3 O sistema disponibiliza à licitante com intenção de recurso aceita pela pregoeira, campo específico para o registro do recurso e para os demais registrarem a contra-razão, caso haja interesse, também através do sistema; 11.4 O encaminhamento do registro de recurso, bem como da contra-razão, somente serão possíveis por meio eletrônico (www.comprasnet.gov.br) conforme estabelece o artigo 26 do Decreto nº. 5450/05, o qual será encaminhado pela pregoeira à Autoridade Superior para decisão (Artigo 4º, inciso XVIII, Lei 10520/02) A licitante dispõe do prazo de até 03 (três) dias uteis para apresentação dos recursos, sendo eles escritos por meio eletrônico, sendo disponibilizados a todos os participantes, na forma do subitem 11.6 As demais licitantes poderão apresentar contra-razões em até 03 (três) dias uteis contados a partir do término do prazo do recorrente É assegurado às licitantes vistas dos autos do pregão, com a finalidade de subsidiar a preparação de recursos e de contra-razões, observados os prazos legais pertinentes A decisão da pregoeira deverá ser motivada e submetida à apreciação da Autoridade responsável pela licitação O recurso contra decisão da pregoeira não terá efeito suspensivo O acolhimento do recurso importará a invalidação apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento Não serão reconhecidos os recursos interpostos após os respectivos prazos legais Os autos do processo permanecerão com vista franqueada aos interessados na Secretaria de Licitações - Coordenação de Compras CC/FUFMT, situada na Avenida Fernando Correa da Costa, 2.367, Bairro Boa Esperança, CEP , Bloco Almoxarifado Central Cuiabá/MT, de segunda à sexta-feira, no horário das 07:30 às 11:30 e das 13:30 às 17:30 hs ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO 12.1 A adjudicação do objeto do presente certame será viabilizada pela pregoeira sempre que não houver recurso administrativo, caso contrário, pela autoridade competente, a quem caberá também a homologação do certame (incisos XXI e XXII do artigo 4º da Lei n.º /2002) A homologação da licitação é de responsabilidade da Autoridade competente e só poderá ser realizada depois da adjudicação do objeto ao proponente vencedor pela pregoeira. Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 18 de 40

19 12.3 Homologado o procedimento licitatório, a licitante adjudicatária será notificada, por escrito, para: a) apresentar a documentação de identificação (CPF e RG) do representante legal da empresa e os dados bancários da empresa (número e nome do banco, número e nome da agência e conta corrente); b) assinar a Ata de Registro de Preços no prazo estabelecido no subitem ATA DE REGISTRO DE PREÇOS 13.1 Apresentada a documentação exigida no subitem 12.3, a, o representante legal da adjudicatária, terá o prazo de 03 (tres) dias úteis para comparecer à Coordenação de Compras CC/FUFMT para assinar a Ata de Registro de Preços - ARP, Anexo V deste edital O prazo para a assinatura poderá ser prorrogado uma única vez, por igual período, quando solicitado pela adjudicatária durante o seu transcurso e desde que ocorra motivo justificado aceito pela Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT providenciará previamente à assinatura da Ata de Registro de Preços, sem ônus para aos fornecedores, quando for o caso, o seu cadastramento perante o Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF, após reexame da documentação apresentada nos termos do subitem 8.3; 13.3 O não comparecimento do adjudicatário ou a recusa injustificada em assinar a Ata de Registro de Preços - ARP dentro do prazo estabelecido pela Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT caracterizará o descumprimento total da obrigação assumida, sujeitando-a as cominações dele decorrentes; 13.4 Correrão por conta do adjudicatário, todas as despesas decorrentes de tributos de qualquer natureza que incidam ou venham a incidir sobre os preços a serem registrados na Ata de Registro de Preços, exceto a publicação do extrato desta no Diário Oficial da União, sob a responsabilidade da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT; 13.5 Após assinados e cumpridos os requisitos formais de sua publicidade, a Ata de Registro de Preços - ARP terá efeito de compromisso de fornecimento nas condições estabelecidas ADESÃO DE ÓRGÃOS NÃO PARTICIPANTES 14.1 Poderá utilizar-se da Ata de Registro de Preços - ARP qualquer Órgão ou Entidade da Administração Pública, que não tenha participado do certame, mediante prévia consulta à Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT, de acordo com as condições e regras estabelecidas pela Lei nº /93 e no Decreto nº / Caberá à licitante beneficiária da Ata de Registro de Preços - ARP, observadas as condições nela estabelecidas, optarem pela aceitação ou não da adesão, independente dos quantitativos Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 19 de 40

20 registrados em Ata de Registro de Preços, desde que não prejudique as obrigações anteriormente assumidas As aquisições ou contratações adicionais a que se refere este item não poderão exceder, por órgão ou entidade, a 100% (cem por cento) dos quantitativos registrados na Ata de Registro de Preços Na hipótese prevista no item anterior, a contratação se dará pela ordem de registro e na razão dos respectivos limites de fornecimento registrados na Ata de Registro de Preços ARP VIGÊNCIA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS 15.1 A Ata vigerá por 12 (doze) meses, a partir da data de sua assinatura CONTRATAÇÃO E CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 16.1 A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT não se obriga a firmar as contratações que poderão advir da Ata de Registro de Preços, ressalvada ao beneficiário do registro a preferência em igualdade de condições, na hipótese da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT utilizar-se de outros meios para a contratação A contratação decorrente da Ata de Registro de Preços será formalizada e encaminhada ao fornecedor para assinatura Se a licitante adjudicatária se recusar a assinar a Ata de Registro de Preços, será convocada outra licitante, observada a ordem de classificação, para fazê-lo em igual prazo, sujeitando-se a licitante desistente à penalidade prevista no subitem 27.2,III, deste Instrumento convocatório Correrão por conta do fornecedor, todas as despesas decorrentes de tributos de qualquer natureza, que incidam ou venham a incidir sobre a respectiva Ata, bem como as necessárias para a completa execução da mesma, exceto a publicação do seu extrato no Diário Oficial da União, esta de responsabilidade da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso FUFMT O fornecedor fica obrigado a aceitar durante a vigência da Ata de Registro de Preços ou contrato, nas mesmas condições, os acréscimos ou supressões do objeto, até o limite de 25% (vinte e cinco por cento) do valor inicial atualizado ENTREGA E RECEBIMENTO DO OBJETO 17.1 O licitante vencedor providenciará a entrega do material no prazo de 30 (trinta) dias corridos, contados a partir do recebimento da Nota de Empenho/ordem de fornecimento As entregas deverão ocorrer no Horário das 08:30h às 12h00 e 14:30h às 17h00, local: Fundaçao Universidade Federal de Mato Grosso, Almoxarifado Central Bloco do Almoxarifado Central, Av. Fernando Corrêa da Costa, n , Boa Esperança, CEP , Cuiabá/MT. Processo nº /12-1 PE SRP 039/2012 Página 20 de 40

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 044/2012 PROCESSO N 23108.014358/12-2

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 044/2012 PROCESSO N 23108.014358/12-2 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 044/2012 PROCESSO N 23108.014358/12-2 A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT, Fundação Pública instituída pela Lei N o 5.647, de 10 de dezembro de 1970,

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte nas contratações públicas de

Leia mais

Câmara Municipal de Itatiba

Câmara Municipal de Itatiba DOCUMENTOS PARA EFETUAR CADASTRO PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES Razão Social: Endereço: Bairro: Cidade: CEP: CNPJ: Inscrição Estadual:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas, empresas de pequeno porte e equiparadas nas contratações de bens, prestação de serviços e execução de obras, no âmbito

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 052/2010 PROCESSO N 23108.022050/10-1

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 052/2010 PROCESSO N 23108.022050/10-1 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 052/2010 PROCESSO N 23108.022050/10-1 A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT, Fundação Pública instituída pela Lei N o 5.647, de 10 de dezembro de 1970,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. Regime

Leia mais

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso, autarquia municipal,

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado, DECRETO N 42.434, DE 09 DE SETEMBRO DE 2003, DOERS. Regulamenta, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, a modalidade de licitação denominada pregão, por meio eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ DECRETO Nº 600/2014 Súmula:- Regulamenta a aquisição de Bens Permanentes, de Consumo e Serviços destinados a Administração Direta, Indireta e Fundacional do Município de Sengés, através de Pregão, tendo

Leia mais

EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS)

EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS) EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS) ÍNDICE: RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE EMPRESAS INTERESSADAS NA EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE TERRENOS, LOJAS E ESPAÇOS DE PROPRIEDADE DA COMPANHIA DO

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 129/2010 PROCESSO N 23108.049907/10-7.

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 129/2010 PROCESSO N 23108.049907/10-7. EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 129/2010 PROCESSO N 23108.049907/10-7. A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT, Fundação Pública instituída pela Lei N o 5.647, de 10 de dezembro de 1970,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REGISTRO CADASTRAL (Conf. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993) I - Para a habilitação jurídica: a) Cédula de identidade e registro comercial na repartição competente, para

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS 1 PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS O CONSORCIO INTERMUNICIPAL DE SAUDE DO MEDIO PARAIBA, mediante o Pregoeiro Flávio Macharet Barbosa, designado pela Portaria nº 004/2011, de junho

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

REGULAMENTO OPERACIONAL DO CERTAME

REGULAMENTO OPERACIONAL DO CERTAME Banco do Brasil - edital nº 2007/21407 (7420) - Registro de Preços - edital 8. REGULAMENTO OPERACIONAL DO CERTAME 8.2 CREDENCIAMENTO NO APLICATIVO LICITAÇÕES 8.2.7 Em se tratando de Microempresa ou Empresa

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado.

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado. ESCLARECIMENTOS Em curso nesta Autarquia a licitação nº 0453/13, Processo nº 0363/13, que almeja a contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços de medicina e segurança do trabalho. Foi recebido

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 040/2010. PROCESSO N 23108.016596/10-9 e apensos.

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 040/2010. PROCESSO N 23108.016596/10-9 e apensos. EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 040/2010 PROCESSO N 23108.016596/10-9 e apensos. A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT, Fundação Pública instituída pela Lei N o 5.647, de 10 de dezembro

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 53/2013

PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 53/2013 PREGÃO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 53/2013 O - IFBA, por intermédio de seu Pregoeiro, designado pela Portaria nº 61 de 16 de julho de 2013, torna público que fará realizar licitação, pelo

Leia mais

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. DECRETO N.º 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS)

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) ÍNDICE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DE MATERIAL/SERVIÇOS PÁGINA 2 FICHA DE INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES PÁGINA 4 DECLARAÇÃO

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 40/2011 PROCESSO N 23108.021147/11-2

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 40/2011 PROCESSO N 23108.021147/11-2 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 40/2011 PROCESSO N 23108.021147/11-2 A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT, Fundação Pública instituída pela Lei N o 5.647, de 10 de dezembro de 1970,

Leia mais

RESOLUÇÃO 942 / 99. Assunto: Aprovação das "NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA", e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94.

RESOLUÇÃO 942 / 99. Assunto: Aprovação das NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA, e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94. RESOLUÇÃO 942 / 99 Assunto: Aprovação das "NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA", e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94. Referência: INFORMAÇÃO PADRONIZADA SD/CCE - 01 /99, de

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL PROCESSO Nº 01550.000345/2009-46. PREGÃO Nº 26/2009. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 1/2010. A FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA, pessoa jurídica de direito público vinculada a Ministério da Cultura, com sede

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação?

Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação? Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação? As certidões indispensáveis à participação nas licitações, conforme previsto no artigo 27 da Lei 8.666/93, são: certidão

Leia mais

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais).

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais). PROCESSO N.º 003/2013 LICITAÇÃO Nº 003/2013-CONVITE TIPO: MENOR PREÇO POR LOTE À EMPRESA: ENDEREÇO: O Conselho Regional de Administração-CRA, através de sua Comissão Permanente de Licitação, nos termos

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia - FATEC, por meio de sua pregoeira, Claudia Pippi Lorenzoni torna público

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007 DECRETO 8.538/2015 COMPARATIVO COM DECRETO 6.204/2007 Outubro/2015 Importante: Pontos acrescidos estão destacados em verde. Pontos suprimidos estão destacados em vermelho. Decreto nº 8.538, de 6 de outubro

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP)

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP) 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP) A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia -, por meio de sua Comissão de Licitações, torna público para conhecimento

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SERVIÇOS DO VALE DO RIO PARDO - CISVALE

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SERVIÇOS DO VALE DO RIO PARDO - CISVALE HABILITAÇÃO JURÍDICA Documentos para Credenciamento - Registro comercial no caso de empresa individual; - Ato Constitutivo, Estatuto ou Contrato Social em vigor, devidamente registrado em se tratando de

Leia mais

OBJETO: Impressão de 5.000 (cinco mil) unidades da cartilha da cultura digital 210X297mm 4x4 couche fosco 170g dobrado com 100 páginas.

OBJETO: Impressão de 5.000 (cinco mil) unidades da cartilha da cultura digital 210X297mm 4x4 couche fosco 170g dobrado com 100 páginas. CARTA - CONVITE Nº 001/2010 (PRORROGAÇÃO) O SOYLOCOPORTI VEM POR MEIO DESTE EDITAL DE PRORROGAÇÃO APRESENTAR A NOVA DATA DE ABERTURA PARA OS ENVELOPES DE PROPOSTAS PARA FORNECIMENTO DE IMPRESSÃO GRÁFICA

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS PERGUNTAS E RESPOSTAS 1. O microempreendedor individual pode participar de compras públicas? Sim, o Microempreendedor (MEI), pode participar de licitações. A Administração deverá

Leia mais

minuta EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 37/2011

minuta EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 37/2011 minuta EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 37/2011 PROCESSO N 23108.021812/11-4 A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT, Fundação Pública instituída pela Lei N o 5.647, de 10 de dezembro de

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

Considerando a necessidade de se buscar a redução de custos, em função do aumento da competitividade; e

Considerando a necessidade de se buscar a redução de custos, em função do aumento da competitividade; e Página 1 de 5 PORTARIA Nº 306, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2001 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO GABINETE DO MINISTRO O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso das atribuições

Leia mais

Edital de convite para

Edital de convite para CÂMARA MUNICIPAL DE ARVOREZINHA EDITAL DE CONVITE N.º 004/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 006/2014 TIPO MENOR PREÇO POR ITEM ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO E ABERTURA DOS ENVELOPES DA DOCUMENTAÇÃO: 13/11/2014,

Leia mais

Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul.

Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul. LEI Nº 13.179, DE 10 DE JUNHO DE 2009 Business Online Comunicação de Dados Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Faço

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 13.179, DE 10 DE JUNHO DE 2009. (publicada no DOE nº 109, de 12 de junho de 2009) Dispõe sobre a Cotação Eletrônica

Leia mais

Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital.

Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital. Senhor Licitante, Informamos que os documentos exigidos no Termo de Referência deverão ser apresentados, visto que o mesmo é parte integrante do Edital. Atenciosamente, Vera Lucia M. de Araujo Pregoeira

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS

CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS A Supervisão de Suprimentos é a responsável pelo cadastramento dos fornecedores, bem como pela renovação cadastral

Leia mais

REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA

REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA 1. Na renovação a empresa deverá informar, por escrito, se houve ou não alteração dos documentos de Qualificação Técnica

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 008/2011 PROCESSO N 23108.039203/10-5

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 008/2011 PROCESSO N 23108.039203/10-5 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 008/2011 PROCESSO N 23108.039203/10-5 A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT, Fundação Pública instituída pela Lei N o 5.647, de 10 de dezembro de 1970,

Leia mais

COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006

COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - N 94/2010

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - N 94/2010 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - N 94/2010 PROCESSO N 23108.040197/10-2 e APENSOS 23108.040671/10-0, 23108.042224/10-4, 23108.038676/10-0 e 23108.040558/10-7 A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, no exercício da competência que lhe confere o art. 54, inciso IV, da Constituição Estadual, e

O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS, no exercício da competência que lhe confere o art. 54, inciso IV, da Constituição Estadual, e DECRETO No. 24.818 de 27 JANEIRO DE 2.005 Regulamenta a realização de pregão por meio da utilização de recursos de tecnologia da informação, denominado pregão eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará, às 15 horas do dia 16 de julho de 2009, licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO, tipo MENOR PREÇO, conforme autorização da Senhora Chefe do DEAFI,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 049/2011 PROCESSO N 23108.011407/11-8

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 049/2011 PROCESSO N 23108.011407/11-8 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 049/2011 PROCESSO N 23108.011407/11-8 A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT, Fundação Pública instituída pela Lei N o 5.647, de 10 de dezembro de 1970,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 3.931, DE 19 DE SETEMBRO DE 2001. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21

Leia mais

G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S. VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras

G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S. VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras SUMÁRIO O Sistema de Registro de Preços do Governo do Estado

Leia mais

OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA

OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA EDITAL DE LEILÃO - CGTEE Nº 002/2014 OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA EDITAL DE LEILÃO CGTEE Nº 002/2014 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Leia mais

Edital de Credenciamento 003/2012

Edital de Credenciamento 003/2012 1/5 Edital de Credenciamento 003/2012 1 DO OBJETO: 1.1. O presente Termo tem por objetivo o credenciamento de Instituições Financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, para prestação

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 ! " TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 PROCESSO Nº 1.825/2005 Regime Jurídico: Lei nº 8.666/93, alterações e normas complementares Tipo de Licitação: MENOR PREÇO Modalidade: TOMADA DE PREÇOS O CONSELHO REGIONAL

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 de 7 07/10/2015 10:08 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 8.538, DE 6 DE OUTUBRO DE 2015 Vigência Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS NA OPERAÇÃO E GESTÃO

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO 1 FUNDAMENTAÇÃO Este Manual contem regras para Cadastramento com fins de Licitação, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. e está disponível no site www.aracaju.se.gov.br/emurb. REGRAS PARA

Leia mais

MANUTENÇÃO DO PÁRA RAIOS PREÂMBULO

MANUTENÇÃO DO PÁRA RAIOS PREÂMBULO MANUTENÇÃO DO PÁRA RAIOS PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397 / 21

Leia mais

CONTAGEM DO PRAZO LEGAL

CONTAGEM DO PRAZO LEGAL Curso de Licitação. Pregão Presencial e Pregão Eletrônico Professor: Antônio Noronha Os 3 Caminhos Possíveis para Aquisição/ Serviços, etc... Licitação; Dispensa de Licitação; Inexigibilidade de Licitação.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls. Convite nº 081/2007 Fls. 1 CARTA CONVITE Processo nº 11784/05 Convite nº 081/2007 Entrega Envelopes até o dia: 15 de junho de 2007, às 14h00. Abertura Envelopes dia: 15 de junho de 2007, às 14h30. A COMISSÃO

Leia mais

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região EDITAL DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE CONTADOR PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS CONTÁBEIS E DE ASSESSORIA CONTÁBIL PARA O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 21ª REGIÃO PARAÍBA CONVITE Nº 002/2016

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº 38/2015 TIPO MENOR PREÇO EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM EDITAL CONVITE Nº 002/2015 1 PREÂMBULO 1.1. A, através da COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO CML, adiante denominada simplesmente CML, CONVIDA essa firma para participar do certame licitatório, na modalidade

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº.../20... PROCESSO Nº 1.00.000.003689/2013-00 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA Nº.../20...

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº.../20... PROCESSO Nº 1.00.000.003689/2013-00 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA Nº.../20... ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº.../20... PROCESSO Nº 1.00.000.003689/2013-00 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA Nº.../20... Ao...do dia do mês de... do ano de 20..., na PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA PGR,

Leia mais

Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014

Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014 Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014 (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001). A União, por intermédio do Instituto Nacional de Câncer José Alencar

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL EDITAL DE LICITAÇÃO nº 002/2012 TOMADA DE PREÇOS PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS E PRESTAÇÕES DE CONTAS NA GESTÃO DE PROJETOS A CBHb, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada

Leia mais

minuta EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 99/2011

minuta EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 99/2011 minuta EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 99/2011 PROCESSO N 23108.035972/11-0 A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT, Fundação Pública instituída pela Lei N o 5.647, de 10 de dezembro de

Leia mais

COLETA DE PREÇOS nº 07/2013

COLETA DE PREÇOS nº 07/2013 COLETA DE PREÇOS nº 07/2013 1. PREÂMBULO 1.1. A ASSOCIAÇÃO MUSEU AFRO BRASIL, torna pública a realização de Seleção de Fornecedores na modalidade Coleta de Preços, pelo critério de menor preço, objetivando

Leia mais

AVISO DE CADASTRAMENTO DE INTERESSADOS EM PARTICIPAR DE PESQUISAS DE SATISFAÇÃO JUNTO AOS PROFISSIONAIS INSCRITOS NO COREN/SP

AVISO DE CADASTRAMENTO DE INTERESSADOS EM PARTICIPAR DE PESQUISAS DE SATISFAÇÃO JUNTO AOS PROFISSIONAIS INSCRITOS NO COREN/SP AVISO DE CADASTRAMENTO DE INTERESSADOS EM PARTICIPAR DE PESQUISAS DE SATISFAÇÃO JUNTO AOS PROFISSIONAIS INSCRITOS NO COREN/SP 1. PREÂMBULO 1.1. O Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo, doravante

Leia mais

COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 005/2015

COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 005/2015 Tipo: Menor preço COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 005/2015 A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DO DESPORTO UNIVERSITÁRIO - CBDU, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita sob o CNPJ nº 42.467.787/0001-46, com sede

Leia mais

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO Data: A partir do dia 22/06/2011 Local: FAPEU SETOR DE LICITAÇÃO (Campus Universitário s/nº, Trindade,

Leia mais

E D I T A L Nº 2229/2013

E D I T A L Nº 2229/2013 E D I T A L Nº 2229/2013 MODALIDADE: Convite ABERTURA: Dia 12 de Setembro de 2013, às 10:00 horas TIPO: Menor preço por item LOCAL DE ABERTURA: Setor de Licitações, localizado na Rua Benjamin Constant,

Leia mais

RESUMO DO DECRETO MUNICIPAL Nº 49.511/08 - SP

RESUMO DO DECRETO MUNICIPAL Nº 49.511/08 - SP RESUMO DO DECRETO MUNICIPAL Nº 49.511/08 - SP O Decreto Municipal Nº 49.511/08 regulamenta, no âmbito do Município de São Paulo, as normas definidas na Lei Complementar nº 123/06, que criou o Estatuto

Leia mais

PREGÃOELETRONICOPARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 01/2015

PREGÃOELETRONICOPARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 01/2015 PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 01/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 004/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 06 PREGÃOELETRONICOPARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 01/2015 PROCESSO N 004/2015 VALIDADE 12 meses Aos 11 dias do

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA CARTA CONVITE N 005/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SANTA CATARINA - SENAR-AR/SC Edital de Convite nº. 005/2015 1 - Preâmbulo 1.1 - O Serviço Nacional de Aprendizagem

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VERA CRUZ

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VERA CRUZ ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VERA CRUZ SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 01/2010 MODALIDADE CONVITE PROCESSO Nº 058/2010 Contratação de serviços

Leia mais

a) Relação explícita do pessoal técnico especializado, adequado e disponível para a realização do

a) Relação explícita do pessoal técnico especializado, adequado e disponível para a realização do 2. CONDIÇÕES PARA CREDENCIAMENTO 2.1. Poderão participar deste Credenciamento, as empresas que: 2.1.1 Atendam a todas as exigências deste Edital, inclusive quanto à documentação constante deste instrumento

Leia mais

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0 PREGÃO PE - 31/2015 - SULGÁS A Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul - SULGÁS torna público, através de seu Pregoeiro designado, que realizará licitação por meio da utilização de recursos de

Leia mais

1.3. Poderá(rão) ser escolhida(s) uma ou mais empresas para a prestação do serviço(s).

1.3. Poderá(rão) ser escolhida(s) uma ou mais empresas para a prestação do serviço(s). I MEMORIAL TÉCNICO DO XXXII CBP: 1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da presente concorrência é a contratação de empresa Prestadora de serviços para secretaria e pessoal de apoio para o XXXII Congresso

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 90/2011 PROCESSO N 23108.044597/11-0

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 90/2011 PROCESSO N 23108.044597/11-0 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP N 90/2011 PROCESSO N 23108.044597/11-0 A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT, Fundação Pública instituída pela Lei N o 5.647, de 10 de dezembro de 1970,

Leia mais

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Estado de São Paulo DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Seção de Licitações e Contratos

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Estado de São Paulo DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Seção de Licitações e Contratos INSTRUÇÕES GERAIS PARA OBTENÇÃO DO C.R.C. (CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL), CONFORME DISPOSTO NA LEI Nº 8.666/93 1. CADASTRAMENTO 1.1 PROCEDIMENTO 1.1.1 A empresa interessada em obter o Certificado

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 016/2012 PROCESSO N 23108.003816/12-9

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 016/2012 PROCESSO N 23108.003816/12-9 EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP N 016/2012 PROCESSO N 23108.003816/12-9 A Fundação Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT, Fundação Pública instituída pela Lei N o 5.647, de 10 de dezembro de 1970,

Leia mais