MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 57/2011 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: / O FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FNDE, Autarquia Federal vinculada ao Ministério da Educação, com sede no Setor Bancário Sul, Quadra 02, Bloco F, Edifício FNDE, na cidade de Brasília - DF, inscrito no CNPJ sob o nº / , torna público que fará realizar licitação, na modalidade de PREGÃO ELETRÔNICO, do tipo MENOR PREÇO GLOBAL de acordo com o descrito neste Edital e seus Anexos, em conformidade com as disposições contidas na Lei nº , de 17 de julho de 2002, no Decreto nº 5.450, de 31 de maio de 2005, Decreto nº 2.271/97, a IN nº 02/2008, alterada pela IN nº 03/2009, no que for cabível, o Decreto nº 7.174/2010, a IN nº 04/2010, Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, observando o Decreto nº 6.204, de 05 de setembro de 2007, e, subsidiariamente, na Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, com suas alterações. Na data, horário e endereço eletrônico abaixo indicados, far-se-á a abertura da Sessão Publica de Pregão, por meio de Sistema Eletrônico: DATA: 19/12/2011 HORÁRIO DE BRASÍLIA: 9h30 ENDEREÇO ELETRÔNICO: Não havendo expediente, ou ocorrendo qualquer fato superveniente que impeça a abertura do certame na data marcada, a sessão será, automaticamente, transferida para o primeiro dia útil subseqüente, no mesmo horário e local estabelecidos no preâmbulo deste Edital, desde que não haja comunicação do Pregoeiro em contrário. 1. DO OBJETO 1.1. Prestação de serviços de manutenção preventiva e corretiva da infra-estrutura de cabeamento da rede interna de telecomunicações de dados, de dados e voz, de voz, de cabos de fibra óptica e elétrica, com o fornecimento do material necessário, a serem executados no Edifício Sede do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e nas suas demais dependências conforme especificado neste Termo de Referência São produtos esperados pela contratação: Serviços de manutenção preventiva e corretiva para infra-estrutura de cabeamento da rede interna de telecomunicações de dados, de dados e voz, de voz, e de cabos de fibra óptica e elétrica, com o fornecimento do material necessário São resultados esperados com a contratação: Manter o meio físico de cabeamento da rede interna necessário para o uso de serviços computacionais, de telefonia e alimentação elétrica dos equipamentos de informática em perfeito estado de funcionamento Acompanham este Edital os seguintes Anexos: 1

2 Anexo I Termo de Referência e seus encartes; Anexo II Proposta de Preços; Anexo III Minuta de Contrato. 2. DA IMPUGNAÇÃO DO ATO CONVOCATÓRIO FNDE 2.1. Até 02 (dois) dias úteis antes da data fixada para abertura da Sessão Pública, ou seja, até dia 15/12/2011, qualquer pessoa poderá impugnar o ato convocatório deste Pregão, na forma eletrônica, encaminhando a impugnação para o no horário de 8h às 12h e de 14h às 18h O recebimento da impugnação deverá ser confirmado pelo licitante que a encaminhar. Os pedidos encaminhados após o horário estipulado (após as 18 h) passarão a ter seu prazo computado somente a partir das 8 horas do próximo dia útil Caberá ao pregoeiro, auxiliado pelo setor responsável pela elaboração do edital, decidir sobre a impugnação no prazo de até vinte e quatro horas Acolhida a impugnação contra o ato convocatório, será designada nova data para a realização do certame. 3. DAS CONDIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO 3.1. Poderão participar deste PREGÃO ELETRÔNICO as empresas que: atendam às condições deste Edital e seus Anexos, inclusive quanto à documentação, e estiverem devidamente credenciadas na Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação - SLTI, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, através do Site são estrangeiras autorizadas a funcionar no país; 3.2. Não poderão participar deste PREGÃO ELETRÔNICO as empresas que: Se encontrem em regime de concordata ou com falência decretada, concurso de credores, processo de insolvência, dissolução e liquidação, em recuperação judicial ou em processo de recuperação extrajudicial; Se encontrem em regime de consórcio de empresas, qualquer que seja sua constituição, e também empresas que sejam controladoras, coligadas ou subsidiárias entre si; Tenham sido declaradas inidôneas por órgão da Administração Pública, Direta ou Indireta, Federal, Estadual, Municipal ou do Distrito Federal, por meio de ato publicado no Diário Oficial da União, do Estado ou do Município, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição; ou quando punidas com suspensão de licitar ou impedimento de contratar com o FNDE A SLTI atuará como órgão provedor do sistema eletrônico Como requisito para participação no Pregão Eletrônico, o licitante deverá manifestar, em campo próprio do sistema eletrônico, que cumpre plenamente os requisitos de habilitação e que sua proposta está em conformidade com as exigências do instrumento convocatório Para participar do Pregão Eletrônico, o licitante deverá se credenciar no sistema PREGÃO ELETRÔNICO, através do sítio eletrônico O uso da senha de acesso ao sistema eletrônico é de inteira e exclusiva responsabilidade do licitante, incluindo qualquer transação efetuada diretamente, ou por seu representante, não cabendo ao provedor do sistema ou ao FNDE, promotor da licitação, responsabilidade por eventuais danos decorrentes de uso indevido da senha, ainda que por terceiros. 4. DA HABILITAÇÃO 2

3 4.1. A habilitação dos licitantes poderá ser verificada por meio do Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores SICAF, na forma do Parágrafo Único, do Art. 14, do Decreto nº 5.450/ Os licitantes que não optarem pelo cadastramento no SICAF, deverão comprovar a sua regularidade fiscal apresentando, quando solicitado pelo Pregoeiro, durante o certame, cópias autenticadas ou originais das certidões negativas fornecidas pela Fazenda Federal, Estadual e Municipal, pelo INSS, no que diz respeito à seguridade Social, e pela Caixa Econômica Federal no que diz respeito ao FGTS, conforme o disposto no Art. 29, da Lei nº 8.666/ A comprovação de regularidade fiscal das microempresas e empresas de pequeno porte somente será exigida para efeito de assinatura da Autorização de Serviço (Art. 42, da Lei Complementar n 123/2006) Em sendo o titular do lance vencedor microempresa ou empresa de pequeno porte e havendo alguma restrição na comprovação de sua regularidade fiscal, ser-lhe-á assegurado o prazo de 2 (dois) dias úteis contados do momento em que for declarado vencedor do certame, prorrogável por igual período, para regularização da documentação, pagamento ou parcelamento do débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito negativa ( 1, do Art. 43, da Lei Complementar n 123/2006) Para fins de habilitação, deverá ser apresentado, ainda: Apresentar no mínimo 01 (um) atestado(s) ou declaração(ões) de Capacidade Técnica, fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado observados os termos do item X.3, do Termo de Referência, comprovando que a empresa licitante executou a prestação(ões) de serviço(s) compatível(eis), em características, quantidades e prazos, com o objeto da presente licitação Declaração de Inexistência de Fato Impeditivo à Habilitação, atestando a inexistência de circunstâncias que impeçam a empresa de participar do processo licitatório, a ser declarado no sistema quando do lançamento da proposta; Declaração do licitante de que não possui em seu quadro de pessoal empregado(s) menor(es) de 18 (dezoito) anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e de 16 (dezesseis) anos em qualquer trabalho, salvo na condição de aprendiz, a partir de 14 (quatorze) anos, nos termos do inciso XXXIII, do art. 7º, da Constituição Federal de 1988, a ser declarado no sistema quando do lançamento da proposta, a qual será visualizada pelo pregoeiro na fase de habilitação, dispensando-se assim, o envio do documento por meio de fax ou via original; 4.3. Os documentos exigidos para habilitação, quando estiverem desatualizados no SICAF ou quando não estiverem nele contemplados, bem como a proposta de preço vencedora ajustada ao valor do lance dado ou negociado, a planilha demonstrativa da composição dos Preços, estabelecida no subitem e demais documentos e comprovações a serem anexados à proposta, deverão ser encaminhados ao Pregoeiro, no prazo máximo de 02 (duas) horas contadas a partir de sua solicitação no Sistema Eletrônico, através do Fac-símile nº (0xx61) Os originais ou cópias autenticadas por meio de cartório competente, deverão ser apresentados no prazo de 05 (cinco) dias úteis contados do final da Sessão. 5. DA PROPOSTA DE PREÇO 5.1. A participação no pregão eletrônico dar-se-á por meio da digitação da senha privativa do licitante e subseqüente encaminhamento da Proposta de Preço, no valor global, a partir da data da liberação do presente Edital no sítio eletrônico (7/12/2011), até o horário limite de início da Sessão Pública, (HORÁRIO DE BRASÍLIA). Durante este período, o licitante poderá incluir ou excluir proposta. 3

4 A Proposta de Preço contendo as especificações detalhadas do objeto ofertado deverá ser formulada e enviada, exclusivamente, por meio do Sistema Eletrônico. A Planilha Demonstrativa de Composição de Preços, parte integrante do Anexo II, deverá ser apresentada quando da apresentação da proposta adequada, na forma do subitem Fica vedado ao licitante identificar-se, no Sistema Eletrônico, quando do registro de sua proposta, planilha ou outros anexos exigidos neste Edital, sob pena de desclassificação do certame pelo Pregoeiro O licitante responsabilizar-se-á por todas as transações que forem efetuadas em seu nome no Sistema Eletrônico, assumindo como firmes e verdadeiras suas propostas, assim como os lances inseridos durante a Sessão Pública Incumbirá ao licitante acompanhar as operações no Sistema Eletrônico durante a Sessão Pública do Pregão Eletrônico, ficando responsável pelo ônus decorrente da perda de negócios diante da inobservância de qualquer mensagem emitida pelo sistema ou de sua desconexão O licitante deverá obedecer, rigorosamente, aos termos deste Edital e seus Anexos Na Proposta de Preço a ser enviada ao Pregoeiro, conforme o disposto no item 4.3 e no item 5.1.1, observada a forma do modelo do Anexo II, deste Edital, deverá constar: a) razão social e CNPJ da empresa, endereço completo, telefone, fax e endereço eletrônico ( ), este último se houver, para contato, bem como nome do proponente ou de seu representante legal, CPF, RG e cargo na empresa, Banco, agência, número da contacorrente e praça de pagamento; b) prazo de validade de no mínimo 60 (sessenta) dias corridos, a contar da data da sessão deste Pregão Eletrônico; c) prazo do inicio do fornecimento é a partir da notificação ou ordem de serviço para fornecimento a ser emitida pelo FNDE, em conformidade com o disposto no item IV.2. do Termo de Referência Anexo I, e na Cláusula Oitava, da Minuta de Contrato Anexo III, deste Edital; d) cotação de preços, em moeda corrente nacional, expressos em algarismos e por extenso. Em caso de divergência entre o valor expresso em algarismos e por extenso será considerado este último; e) preços unitários e globais ajustados ao valor do lance vencedor ou negociado; f) que nos preços estão incluídos todos os custos e despesas, tais como: custos diretos e indiretos, fretes, tributos incidentes, taxa de administração, materiais, serviços, encargos sociais, trabalhistas, seguros, embalagem, garantia contratual e dos serviços, lucro e outros necessários ao cumprimento integral do objeto deste Edital e seus Anexos O preço da proposta será fixo e irreajustável, expresso em real Não serão admitidas retificações ou alterações nas propostas apresentadas, uma vez aceito o lance vencedor ou negociado e finalizada a Sessão Eletrônica Não sendo a empresa vencedora convocada para assinar o Contrato dentro do prazo de validade da proposta vencedora, este poderá ser prorrogada por até 60 (sessenta) dias se o proponente, consultado pelo FNDE, assim concordar Quaisquer tributos, custos e despesas, diretos ou indiretos, omitidos na proposta ou incorretamente cotados, serão considerados como inclusos nos preços, não sendo considerados pleitos de acréscimos, a esse ou a qualquer título, devendo os respectivos serviços ser fornecidos ao FNDE, sem ônus adicionais. 6. DA SESSÃO PÚBLICA 6.1. O início da Sessão Pública se dará pelo Pregoeiro, via Sistema Eletrônico, a partir da data e horário previstos neste Edital e realizar-se-á de acordo com o Decreto nº 5.450, de 31/05/2005, 4

5 com a divulgação das propostas de preços recebidas em conformidade com o item 5.1 acima, e que deverão estar em perfeita consonância com as especificações detalhadas no presente Edital e seus Anexos A identificação das microempresas e empresas de pequeno porte na sessão publica do pregão eletrônico só deve ocorrer após o encerramento dos lances, de acordo com o Parágrafo Único do art. 11, do Decreto nº 6.204/ DA COMPETITIVIDADE (FORMULAÇÃO DE LANCES) 7.1. Classificadas as propostas, será aberta a etapa competitiva, ocasião em que os licitantes poderão encaminhar lances exclusivamente por meio do Sistema Eletrônico, sendo o licitante imediatamente informado do seu recebimento e respectivo horário de registro e valor Assim como as propostas, os lances serão ofertados pelo VALOR GLOBAL Os licitantes poderão oferecer lances sucessivos, observando o horário fixado e suas regras de aceitação O licitante somente poderá oferecer lance inferior ao último por ele ofertado e registrado pelo Sistema Em havendo mais de um lance de igual valor, prevalecerá aquele que for registrado em primeiro lugar Durante a Sessão Pública do Pregão Eletrônico os licitantes serão informados, em tempo real, do valor do menor lance registrado, vedada a identificação do seu detentor A etapa de lances será encerrada, automaticamente, após o interstício de 30 minutos, aleatoriamente determinado, contado a partir do aviso aos licitantes de seu fechamento iminente, por meio do Sistema Eletrônico, nos moldes do 7º, do art. 24, do Decreto nº 5.450/ No caso de desconexão do Pregoeiro, no decorrer da etapa competitiva do Pregão Eletrônico, o sistema Eletrônico poderá permanecer acessível aos licitantes para a recepção dos lances, retomando o Pregoeiro, quando possível, sua atuação no certame, sem prejuízo dos atos realizados Quando a desconexão persistir por tempo superior a 10 (dez) minutos, a Sessão do Pregão Eletrônico será suspensa e terá reinício somente após a comunicação aos participantes, no endereço eletrônico utilizado para divulgação. 8. DO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS 8.1. Será assegurada, como critério de desempate, preferência de contratação para as microempresas e empresas de pequeno porte Entende-se por empate aquelas situações em que as ofertas apresentadas pelas microempresas e empresas de pequeno porte, sejam iguais ou até cinco por cento superiores ao menor preço Tal Critério de desempate somente se aplicará quando a melhor oferta válida não tiver sido apresentada por microempresa ou empresa de pequeno porte Ocorrendo o empate, na forma acima, a microempresa ou empresa de pequeno porte melhor classificada poderá apresentar a proposta de preço inferior aquela considerada vencedora do certame, situação em que será adjudicado o objeto em seu favor Na hipótese da não contratação da microempresa ou empresa de pequeno porte, com base no subitem 8.5.3, serão convocadas as remanescentes que porventura se enquadrem em situação de empate, na ordem classificatória, para o exercício do mesmo direito Após o encerramento dos lances, a microempresa ou empresa de pequeno porte melhor classificada será convocada para apresentar nova proposta no prazo máximo de cinco minutos, sob pena de preclusão. 5

6 8.2. Após o fechamento da etapa de lances, o Pregoeiro efetuará o julgamento das propostas seguindo critério de MENOR PREÇO GLOBAL e poderá encaminhar, pelo Sistema Eletrônico, contrapropostas, diretamente ao licitante que tenha apresentado o lance de menor valor, para que seja obtido preço melhor, bem como decidir sobre a sua aceitação O Pregoeiro verificará as propostas apresentadas, desclassificando, de forma fundamentada, aquelas que não estejam em conformidade com os requisitos estabelecidos neste Edital ( 2º, do Art. 22, do Decreto nº 5.450/2005) Após análise e aceitação da proposta, o Pregoeiro anunciará o licitante vencedor imediatamente após o encerramento da etapa de lances da Sessão Pública ou, quando for o caso, após negociação e decisão acerca do valor Na hipótese da proposta ou do lance de menor valor não ser aceito ou se o licitante vencedor desatender as exigências habilitatórias, o Pregoeiro examinará a proposta ou lance subseqüente, verificando a sua aceitabilidade e procedendo à sua habilitação na ordem de classificação, segundo o critério do MENOR PREÇO GLOBAL e, assim, sucessivamente, até a apuração de uma proposta ou lance que atenda ao Edital, sendo o respectivo licitante declarado vencedor e a ele adjudicado o objeto do certame Ocorrendo à hipótese anterior, o Pregoeiro poderá, ainda, negociar com o licitante, no sentido de se obter preço melhor. 9. DOS RECURSOS 9.1. Existindo a intenção de interpor recurso, o licitante deverá manifestá-la ao Pregoeiro por meio eletrônico, em formulário próprio, expressando sucintamente suas razões, imediatamente após a divulgação do vencedor Será concedido ao licitante que manifestar a intenção de interpor recurso, o prazo de 3 (três) dias para apresentação das razões de recurso Os demais licitantes ficam, desde logo, intimados a apresentar contra-razões, no mesmo prazo, a contar do término do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata dos autos, na forma indicada no item A falta de manifestação imediata e motivada do licitante importará a decadência do direito de recurso O acolhimento do recurso importará na invalidação apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento Decididos os recursos e constatada a regularidade dos atos procedimentais, a autoridade competente adjudicará o objeto da licitação e homologará o procedimento licitatório, para determinar a contratação Os autos do processo permanecerão com vista franqueada aos interessados, no FNDE localizado no Setor Bancário Sul, Quadra 02, Bloco F Edifício FNDE 1º Subsolo Sala nº 05 - Brasília/DF, no horário de 8h às 12h e das 14h às 18h. 10. DA CELEBRAÇÃO DO AJUSTE Homologada a licitação pela autoridade competente, o FNDE convocará, oficialmente, a empresa vencedora do certame para, no prazo máximo de 03 (três) dias úteis, a contar da data do recebimento da convocação, assinar o Contrato, sob pena de decair o direito à contratação, conforme preceitua o artigo 4º, incisos XXII e XXIII, da Lei nº , de 17/07/02, e 1º do art. 27 do Decreto nº 5.450/ Como condição para assinatura do instrumento contratual, o licitante vencedor deverá manter as mesmas condições de habilitação Conforme estabelece os incisos XVI e XXIII, do art. 4º, da Lei nº , de 17/07/2002, se o licitante vencedor recusar-se a assinar o contrato, injustificadamente, será convocado outro licitante, desde que respeitada a ordem de classificação, para, após comprovados os requisitos 6

7 habilitatórios e feita a negociação, assinar o Contrato, sem prejuízo das multas previstas em Edital e no Contrato e das demais cominações legais, observado o disposto no art. 7º da mesma Lei, e no 3º, do Art. 27, do Decreto nº 5.450/ Estima-se a vigência do contrato para um período de 12 (doze) meses, iniciando-se a partir da data de sua assinatura, podendo ser prorrogado, tudo em conformidade com o disposto no Art. 57, da Lei nº 8.666/1993, conforme Cláusula Quarta da Minuta de Contrato Anexo III, deste Edital. 11. DA GARANTIA 11.1 A contratada apresentará a garantia de execução contratual de 5% (cinco por cento), sobre o valor global da contratação, em uma das modalidades previstas no 1º do art. 56 da Lei nº 8.666/93, conforme Cláusula Décima, da Minuta de Contrato Anexo III, deste Edital. 12. DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE Na execução do objeto, a Contratante obrigar-se-á a envidar todo o empenho e a dedicação necessários ao fiel e adequado cumprimento dos compromissos que foram assumidos, na forma disposta na Cláusula Sexta, da Minuta de Contrato - Anexo III, deste Edital. 13. DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA Na execução do objeto, a Contratada obrigar-se-á a envidar todo o empenho e a dedicação necessários ao fiel e adequado cumprimento dos compromissos que lhes forem confiados, na forma disposta no Anexo I Termo de Referência, Capítulo VIII e na Cláusula Sétima, da Minuta de Contrato - Anexo III, deste Edital. 14. DA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS A empresa contratada deverá executar o objeto da presente licitação nas condições estabelecidas no Termo de Referência Anexo I, e na Cláusula Oitava, da Minuta de Contrato Anexo III, deste Edital. 15. DO PAGAMENTO Os pagamentos dos serviços executados serão efetuados mensalmente em até 14 (quatorze) dias corridos após o recebimento pela Fiscalização da(s) Nota(s) Fiscal(ais)/Fatura(s) apresentada(s) pela contratada, contendo a descrição e os valores dos serviços comprovadamente executados, acompanhada da cópia das guias do FGTS, do Recolhimento das Contribuições Previdenciárias e da Relação dos Empregados referentes aos técnicos operadores, bem como cópia das Ordens de Serviço contendo as quantidades das cópias e / ou digtalização realizadas, caso esta seja entregue na data de aceite do serviço, nas condições estabelecidas no Termo de Referência Anexo I, e na Cláusula Nona, da Minuta de Contrato - Anexo III, deste Edital O não pagamento nos prazos previstos nesta Cláusula acarretará multa à CONTRATANTE, mediante a aplicação da fórmula a seguir: EM = N x VP x I, onde: EM = encargos moratórios N = Número de dias entre a data prevista para o pagamento e a do efetivo pagamento VP = Valor da parcela em atraso I = índice de atualização financeira, assim apurado: I = (TX/100)/365 TX = Percentual da taxa anual do IPCA Índice de Preços ao Consumidor Ampliado, do IBGE. 16. DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA 7

8 A Dotação Orçamentária para cobertura das despesas decorrentes da contratação objeto desta licitação correrá à conta do FNDE, no Programa de Trabalho: , Fonte de Recurso: , Elemento de Despesa: DOS ACRÉSCIMOS E SUPRESSÕES A quantidade inicialmente contratada poderá ser acrescida ou suprimida dentro dos limites previstos no 1º do artigo 65 da Lei n.º 8.666/93, podendo a supressão resultante de acordo celebrado entre os contratantes exceder tal limite, nos termos do 2º, inciso II do mesmo artigo, e consoante o disposto na Cláusula Décima Segunda da Minuta de Contrato Anexo III, deste Edital. 18. DAS PENALIDADES O não cumprimento das obrigações assumidas, no todo ou em parte, ensejará a aplicação das penalidades previstas na Cláusula Décima Terceira da Minuta de Contrato, Anexo III, deste Edital. 19. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS É facultada, ao Pregoeiro ou à Autoridade Superior, em qualquer fase da licitação, a promoção de diligência destinada a esclarecer ou complementar a instrução do processo, vedada a inclusão posterior de documento ou informação que deveria constar no ato da Sessão Pública Fica assegurado ao FNDE o direito de revogar esta licitação em face de razões de interesse público, por motivo de fato superveniente devidamente comprovado, pertinente e suficiente para justificar tal conduta, devendo anulá-la por ilegalidade, de ofício ou por provocação de qualquer pessoa, mediante ato escrito e fundamentado, nos termos do Art. 29, caput, do Decreto nº 5.450/ Os proponentes assumem todos os custos de preparação e apresentação de suas propostas e o FNDE não será, em nenhum caso, responsável por esses custos, independentemente da condução ou resultado do processo licitatório Os proponentes são responsáveis pela fidelidade e legitimidade das informações e dos documentos apresentados em qualquer fase da licitação Após a abertura da sessão de pregão eletrônico, não caberá desistência, salvo por motivo justo decorrente de fato superveniente e aceito pelo Pregoeiro As penalidades serão registradas no SICAF e, no caso de suspensão do direito de licitar, o licitante deverá ser descredenciado por igual período, sem prejuízo das multas, previstas neste edital, e das demais cominações legais Na contagem dos prazos estabelecidos neste edital e seus anexos, excluir-se-á o dia do início e incluir-se-á o do vencimento. Só se iniciam e vencem os prazos em dias de expediente no FNDE O desatendimento às exigências formais, não essenciais, não importará no afastamento do licitante, desde que seja possível a aferição de sua qualificação e a exata compreensão da sua proposta, durante a realização da sessão pública de pregão O licitante que, convocado dentro do prazo de validade de sua proposta, não assinar o contrato, deixar de entregar documentação exigida no edital, apresentar documentação falsa, ensejar o retardamento da execução do objeto, não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na execução do contrato, comportar-se de modo inidôneo, fizer declaração falsa, ou cometer fraude fiscal, garantido o direito à ampla defesa, ficará impedido de licitar e contratar com a União, e será descredenciado no SICAF, pelo prazo de até cinco anos, sem prejuízo das multas previstas em edital e no contrato e das demais cominações legais As normas que disciplinam este pregão serão sempre interpretadas em favor da ampliação da disputa entre os interessados, sem comprometimento da segurança da futura contratação O Edital e seus anexos, além de poderem ser lidos e retirados através da Internet, nos sites: e 8

9 eletronicos, estarão disponíveis também no FNDE, localizado no Setor Bancário Sul, Quadra 02, Bloco F - Edifício FNDE 1º subsolo, sala nº 05, no horário das 8h às 12h e de 14h às 18h Qualquer pedido de esclarecimento, em relação a eventuais dúvidas na interpretação do presente Edital e seus anexos, deverá ser enviado ao Pregoeiro, impreterivelmente, até 03 (três) dias úteis anteriores a data fixada para abertura da Sessão Pública, exclusivamente por meio eletrônico via Internet, no As informações e/ou esclarecimentos serão prestados pelo Pregoeiro através do site: ficando os licitantes obrigados a acessá-lo para obtenção das informações prestadas pelo Pregoeiro Aos casos omissos aplicar-se-ão as demais disposições constantes da legislação vigente O foro para dirimir questões relativas ao presente Edital será o Foro da Seção Judiciária do Distrito Federal, com exclusão de qualquer outro. Brasília DF, 7 de dezembro de LEILANE MENDES BARRADAS COORDENADORA GERAL DE COMPRAS E CONTRATOS FNDE 9

10 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FNDE EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 57/2011 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: / ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Nº 57/2011 I. OBJETO I.1. Prestação de serviços de manutenção preventiva e corretiva da infra-estrutura de cabeamento da rede interna de telecomunicações de dados, de dados e voz, de voz, de cabos de fibra óptica e elétrica, com o fornecimento do material necessário, a serem executados no Edifício Sede do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e nas suas demais dependências conforme especificado neste Termo de Referência. I.2. São produtos esperados pela contratação: I.2.1. Serviços de manutenção preventiva e corretiva para infra-estrutura de cabeamento da rede interna de telecomunicações de dados, de dados e voz, de voz, e de cabos de fibra óptica e elétrica, com o fornecimento do material necessário. I.3. São resultados esperados com a contratação: I.3.1. Manter o meio físico de cabeamento da rede interna necessário para o uso de serviços computacionais, de telefonia e alimentação elétrica dos equipamentos de informática em perfeito estado de funcionamento. II. DOS SERVIÇOS a. Os serviços devem atender ao edifício Sede do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação que apresenta dois ambientes distintos atualmente: ambiente não reformado, cuja especificação encontra-se no Encarte D e o ambiente reformado, cuja especificação encontra-se no Encarte E. b. Para as demais dependências sob o seu domínio, as especificações são as mesmas que devem atender o ambiente não reformado da Sede. c. Os chamados inerentes aos serviços de manutenção corretiva, serviços de substituição de elementos ativos / passivos, serviços de remoção e instalação de quadros de distribuição telefônico, serviços de fornecimento e instalação de materiais de infraestrutura e de instalações e remanejamentos de pontos telefônicos, lógicos, fibra óptica e elétrica serão registrados no sistema em uso no FNDE, cabendo a Contratada monitorar os chamados nele registrados. d. Nas tabelas do Anexo II estão especificados os quantitativos estimados para os serviços de manutenção preventiva, corretiva, serviços de substituição de elementos ativos / passivos, serviços de remoção e instalação de quadros de distribuição telefônico, serviços de fornecimento e instalação de materiais de infra-estrutura e de instalações ou de remanejamentos de pontos de rede que, com base na estimativa apurada nos anos de 2010 e 2011 servirá de base para cálculo do valor global estimado 10

11 II.1. FNDE para fins de alocação de recursos, pelo FNDE, e de definição do valor global a ser proposto, por cada licitante, para a execução dos serviços, traduzindo as necessidades e quantitativos necessários à prestação dos serviços definidos neste Termo de Referência. e. As quantidades de instalações ou remanejamentos de pontos de rede, dos serviços de manutenção corretiva, serviços de substituição de elementos ativos / passivos, serviços de remoção e instalação de quadros de distribuição telefônico e serviços de fornecimento e instalação de materiais de infra-estrutura referidas nas tabelas do Anexo II não se configuram como obrigação futura de execução por parte do FNDE, sendo executados sob demanda. Serviços de Manutenção Preventiva II.1.1. Os Serviços de Manutenção Preventiva serão realizados conforme as tabelas abaixo mediante relatório detalhado e tem por finalidade a conservação da infra-estrutura de cabeamento da rede interna de telecomunicações e elétrica que atende aos equipamentos de informática, através de inspeções, testes, limpezas, certificações, ajustes, bem como propor e implantar melhorias recomendadas pelo fabricante, de modo que todos os elementos componentes de cabeamento da rede funcionem em perfeito estado garantindo segurança e funcionalidade no atendimento as instalações do Edifício Sede do FNDE e demais locais especificados no item IV.1 deste Termo de Referência. II.1.2. Como condição inicial para execução dos serviços listados nas tabelas a seguir deverá ser entregue um Plano de Manutenção Preventiva até o quinto dia útil após a assinatura do contrato, informando em cada mês quais as atividades a serem realizadas, sujeito a aprovação da Fiscalização/FNDE. Serviços Descrição Periodicidade Rede Lógica Testes de certificação de uma amostragem de 10% dos pontos de cabeamento Inspeção visual de 10%: dos cabos, tomadas, patch cords e patch panels e sua identificação com etiquetas que atendam as normas TIA/EIA 606 Limpeza de poeira e organização dos patch cords nos racks Trimestral Mensal Mensal Serviços Descrição Periodicidade Rede Telefonia de Inspecionar o DG telefônico na Central, Racks e Quadros dos andares quanto à limpeza, estado geral. Verificar a fiação quanto à integridade, fios partidos, alinhamento dos mesmos obedecendo às normas de acordo com a documentação do DG, tomando ciência de suas atualizações. Realizar organização e ordenação dos Jumpers e line Cord dos Racks. Trimestral Serviços Descrição Periodicidade 11

12 Rede Elétrica Verificar as condições gerais de segurança no funcionamento dos quadros de distribuição dos andares efetuando medição e controle de tensão dos mesmos; Verificar o estado geral de cada quadro quanto a sua integridade, inspecionar quanto ao aquecimento nos disjuntores, existência de ruídos anormais, elétricos ou mecânicos; Controlar o nível dos alimentadores; Controlar a carga elétrica nos disjuntores; Efetuar limpeza geral dos quadros e verificar o reaperto dos barramentos; Verificar os contatos nas entradas e saídas dos disjuntores quanto à corrosão, partes queimadas e estado geral; Verificar o equilíbrio de fases nos alimentadores com todos os circuitos ligados; Verificar o reaperto geral de todos os componentes dos quadros; Verificar a pressão das molas dos disjuntores. Atualização das plantas baixas das redes elétricas, quando necessário Mensal FNDE II.2. Serviços de Manutenção Corretiva II.2.1. Os Serviços de Manutenção Corretiva serão realizados diariamente e tem por finalidade o restabelecimento do perfeito funcionamento de todos os elementos componentes de cabeamento da rede, tão logo se detecte qualquer defeito ou falha nesses componentes. II.2.2. Deverão ser realizados a pedido do FNDE, por meio de Chamado Por Incidente, cujo atendimento, pela Contratada, deverá ocorrer no prazo de até 2h (duas horas), a contar da solicitação feita pela Coordenação-Geral de Infraestrutura Tecnológica CGINF, para os serviços de dados, de dados e voz, voz, cabos de fibra óptica e elétrica, salvo em casos de urgência que deverão ser atendidos de imediato. II.2.3. Os casos de urgências são aqueles que ocasionam a paralisação total de algum segmento da rede ou desconexão de algum servidor / usuário e deverão ser atendidos em até 1 hora após sua abertura. II.3. Serviços de Remanejamento de Pontos Lógicos II.3.1. Entende-se como remanejamento de um ponto lógico a ação de mudar um ponto já criado para outro local, com reaproveitamento total ou parcial de material. II.3.2. A Contratada deverá ser responsável pelo lançamento, conectorização, identificação e reabilitação dos pontos nos patch panels e switches, bem como o teste e certificação de cada ponto remanejado. II.3.3. Os cabos deverão ser protegidos fisicamente em toda sua extensão. II.4. Serviços de Instalação de Pontos Lógicos 12

13 II.4.1. Entende-se por instalação de um ponto lógico, a criação de um novo ponto em um determinado local que tem como origem do switch até o patch panel, e do patch panel até o local especificado obedecendo às normas vigentes. II No caso de mudança de um ponto lógico já existente exigir um cabo maior, esse deverá ser originado do patch panel até o novo local e o cabo antigo deverá ser removido. Conforme conveniência da Contratante, o cabo e o ponto antigo poderá permanecer no local. Nestes casos caracterizar-se-á uma instalação e deverá utilizar de materiais novos. II.5. Serviços de Remanejamento de Pontos Telefônicos II.5.1. Entende-se por remanejamento de um ponto telefônico a ação de mudar um ponto já existente de um local para outro seguindo as normas vigentes, com reaproveitamento total ou parcial de material. II.5.2. No caso da mudança de um ponto telefônico exigir um cabo maior, esse deverá ser originado do quadro de distribuição DG (ambiente não reformado) ou do rack (ambiente reformado) até o novo local e o cabo antigo deverá ser removido. Conforme conveniência da Contratante, o cabo e o ponto antigo poderá permanecer no local. II.5.3. Nota: Atualmente o FNDE conta com 1770 ramais ativos e sua Central de Controle Telefônico instalada é a HIPATH 4000 da Siemens. II.6. Serviços de Instalação de Pontos Telefônicos II.6.1. Entende-se por instalação de um ponto telefônico, a criação de um novo ponto em um determinado local que tem como origem do quadro de distribuição geral (DG) da Central telefônica, ou do rack até o local especificado obedecendo às normas vigentes, conforme o tipo de cabeamento/ambiente. (UTP / CCI). II.7. Serviços de Remanejamento de Pontos Elétricos II.7.1. Entende-se por remanejamento de um ponto elétrico a ação de mudar um ponto já existente de um local para outro seguindo as normas vigentes para o local determinado, podendo ser reaproveitado total ou parcialmente o material removido. II.8. Serviços de Instalação de Pontos Elétricos II.8.1. Entende-se por instalação de um ponto elétrico, a criação de um novo ponto em um determinado local obedecendo às normas e os padrões específicos para o local solicitado, verificando a distribuição de carga para esse novo ponto. II.9. Serviços de Instalação de Pontos de Cabos de Fibra Óptica II.9.1. Esta instalação poderá ser feita interligando distribuidores ópticos, interligando estes distribuidores ópticos a equipamentos ativos de rede ou interligando a outros equipamentos definidos em projeto. II.9.2. Os serviços de instalação do ponto de cabo de fibra óptica serão definidos pelo FNDE, por intermédio da Coordenação-Geral de Infraestrutura Tecnológica - CGINF, de acordo com a sua complexidade. II.10. Serviços de Substituição de Elementos Ativos / Passivos II Entende-se por substituição de elementos ativos / passivos de rede, como troca de switches, bridges e patch panels fornecidos pela Contratante, que exijam a conexão e confecção de patch cords nesses elementos, quando necessário. II.11. Serviços de Remoção e Instalação de Quadros de Distribuição Telefônico II Entende-se por serviços de remoção e instalação de quadros de distribuição telefônicos (DG), quando houver a necessidade de desinstalar um quadro existente em um local, transferir para outro local ou instalar um novo e configurar. 13

14 II.12. Serviços de Fornecimento e Instalação de Materiais de Infra-estrutura FNDE II Entende-se por Serviços de Fornecimento e Instalação de Materiais de Infra-estrutura aqueles que envolvem o fornecimento, a instalação e remoção dos materiais de infraestrutura mencionados nas tabelas do Anexo II referentes a tais serviços, quando necessário. Observações: (1) Nos itens de II.3 a II.10 não é permitido manter sobras de cabos ou fios quando da execução desses serviços. (2) Os casos de urgências para os serviços descritos nos itens II.3 a II.12 serão aqueles que necessitam de providências imediatas quando a situação se justificar. (3) Nos itens de II.3 a II.10 todas as alterações deverão ser registradas na documentação Asbuilt. (4) Nos itens de II.1 a II.12, a Contratada deverá ser responsável pelo fornecimento e instalação de todos os materiais necessários, como cabos, conectores, tomadas, line cords, patch cords, e outros especificados neste Termo de Referência. III. DOS MATERIAIS a) As especificações técnicas dos materiais para o atendimento dos serviços constantes no item II estão disponíveis no ENCARTE D, para o ambiente não reformado e no ENCARTE E, para o ambiente reformado. b) Os materiais a serem fornecidos e utilizados nos serviços deverão atender as características descritas nestas especificações, conforme o caso. Para todos os materiais, devem ser indicadas alternativas de marca e tipo, e apresentado catálogo impresso ou indicação da página na Internet, do fabricante, comprovando as características especificadas. Essas informações serão solicitadas e deverão ser atendidas, oportunamente, durante a execução do Contrato. c) Todos os materiais a serem empregados nos serviços deverão ser novos e de primeiro uso, comprovadamente de boa qualidade, e estarem de acordo com as especificações e normas, devendo ser submetidos à aprovação da Fiscalização, sendo obrigatório que os mesmos possuam garantia e tenham comprovação, por nota fiscal de compra, para assegurar que os materiais são novos, de qualidade e não recondicionados. d) Os materiais provenientes de desmanche ou desmontagem, reaproveitáveis ou não, deverão ser convenientemente removidos para os locais indicados pela fiscalização. Ao término dos serviços, a empresa será responsável pela limpeza da área. e) A quantidade de técnicos especializados de acordo com a demanda dos serviços, e o material especificado neste Termo de Referência, fica a cargo da Contratada cabendo a mesma cumprir os prazos estabelecidos de acordo com o disposto neste Termo de Referência. IV. CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS IV.1. Local de Execução dos Serviços Os serviços serão executados nas instalações físicas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação FNDE, localizados nos seguintes endereços: ED. SEDE/FNDE Setor Bancário Sul Quadra 02 Bloco F, Edifício Áurea, que tem uma área interna total aproximada de ,17 m 2, distribuída nos seguintes pavimentos: 04 (quatro) pavimentos de subsolo, térreo, sobreloja e mais 14 (quatorze) pavimentos de escritórios; 14

15 DEPÓSITO/FNDE (DEBRA) Setor de Abastecimento e Armazenamento Norte Quadra 01 Lotes 170/230, que é composto apenas de pavimento térreo, com uma área interna de cerca de 2.979,12 m 2 ; ED. LINO MARTINS PINTO Setor Bancário Sul - Quadra 02 - Bloco L do 1º ao 4º andar, com uma área útil de 2.986,16 m 2. PRÉDIO ANEXO/FNDE Setor Hoteleiro Sul - Quadra Bloco B, Projeção 07, distribuído em 1º subsolo, térreo, 1º e 2º andares, com uma área útil de m 2. IV.1.1. Em caso de mudanças dos locais especificados neste item, a empresa Contratada será previamente comunicada, não podendo se eximir do cumprimento dos serviços originados nestes novos locais. IV.2. Prazos de Execução dos Serviços a) O prazo de contratação dos serviços deverá ser de 12 (doze) meses, a contar da assinatura do instrumento contratual, devendo-se prevêr, na forma da Lei, a sua prorrogação após análise de viabilidade, por períodos iguais e sucessivos, até o prazo total de 60 (sessenta) meses. b) Os prazos dos serviços a serem executados na infra-estrutura de cabeamento da rede interna de telecomunicações (de dados, dados e voz, voz, cabos de fibra óptica e elétrica), deverão levar em consideração o fornecimento dos materiais necessários, conforme especificados neste Termo de Referência e, deverá ser iniciado imediatamente após a abertura do Chamado por Incidente ou da Requisição de Serviço. c) Os serviços deverão ser executados em horário de funcionamento do FNDE, salvo em casos de urgência em que se faça necessário, esses deverão ser acionados e prontamente atendidos a qualquer momento fora do horário previsto de funcionamento com a finalidade de garantir o bom funcionamento dos sistemas. d) Caso a natureza do serviço a ser executado possa causar interrupções no funcionamento da rede, os serviços deverão ser programados para outros horários e dias, acordados com a fiscalização do FNDE. e) Qualquer serviço a ser realizado aos sábados, domingos e feriados ou fora do horário de expediente, dependerá de prévia e formal autorização pela Fiscalização. f) Os prazos para os serviços de instalação ou remanejamento de pontos devem obedecer ao exposto a seguir: IV Pequenos e Médios Serviços a) São serviços que correspondem à execução de instalação ou remanejamento de 1 (um) até 12 (doze) pontos, sejam eles telefônicos, lógicos, fibra óptica, elétrica ou sua soma, cuja contratada terá o prazo máximo da prestação do serviço de até 13 horas, contado da abertura da Requisição de Serviço, observando, também, um prazo máximo de até 1h para a instalação ou remanejamento de cada ponto com fornecimento dos respectivos materiais, exceto para o primeiro ponto que terá um prazo máximo de até 2 horas. A tabela que segue mostra o prazo máximo a ser adotado: Instalação ou Remanejamento 1 ponto 2 horas 2 pontos 3 horas 3 pontos 4 horas n pontos (*) Prazo Máximo (n+1) horas (*) Onde n é (< ou =) menor ou igual a 12 (doze) e representa a quantidade de pontos sejam eles telefônicos, lógicos, fibra óptica, elétrica ou sua soma a serem instalados ou remanejados. 15

16 b) O não cumprimento dos prazos definidos na Tabela de Pequenos e Médios Serviços incorrerá em penalidade, inclusive com aplicação de multa. IV Grandes Serviços a) São serviços que correspondem à execução de instalação ou remanejamento acima de 12 (doze) pontos, sejam eles telefônicos, lógicos, fibra óptica, elétrica ou sua soma. O prazo da prestação do serviço será definido, conforme o caso, entre a Coordenação- Geral de Infraestrutura Tecnológica CGINF e a contratada, de acordo com a complexidade dos serviços a serem executados, com fornecimento dos respectivos materiais. b) Em caso de dificuldade para se definir o prazo, valerá um máximo de 1h por ponto, a ser multiplicado pela quantidade dos pontos, sejam eles telefônicos, lógicos, fibra óptica, elétrica ou sua soma, perfazendo assim o prazo total do serviço, sob pena de incorrer em penalidade, quando do não cumprimento dos prazos definidos, inclusive com aplicação de multa. IV.3. Metodologia de Avaliação da Qualidade Todos os serviços que são descritos neste Termo de Referência, seja a manutenção preventiva, a manutenção corretiva, a substituição de elementos ativos / passivos, a remoção e instalação de quadros de distribuição telefônico, as instalações ou remanejamentos de pontos de rede e o fornecimento e instalação de materiais de infra-estrutura serão vistoriados pela Fiscalização/FNDE e deverão observar as normas técnicas aplicáveis à prestação dos serviços e aos materiais definidos nos Encartes E e F. V. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA a) As despesas com a execução do objeto deste Termo de Referência correrão à conta do Programa de Trabalho , Fonte de Recursos , classificado como serviço continuado na área de Suporte de Infraestrutura de TI conforme Elemento de Despesa Corrente sob o código do manual SIAFI GOVERNO FEDERAL, capítulo , seção , assunto DESPESAS COM TI. VI. CONDIÇÕES DE RECEBIMENTO E PAGAMENTO a) O objeto deste Termo de Referência será dado como recebido em conformidade com o que dispõe o artigo 76 da Lei 8.666, de 21 de junho de 1993, e modificações posteriores, que assim determina: Art. 76 A Administração rejeitará, no todo ou em parte, obra, serviço ou fornecimento executado em desacordo com o contrato." b) Os serviços de manutenção preventiva, corretiva, de instalações e remanejamentos de pontos, serviços de substituição de elementos ativos / passivos, serviços de remoção e instalação de quadros de distribuição telefônico, serviços de fornecimento e instalação de materiais de infra-estrutura serão executados pela Contratada, no Edifício Sede do FNDE e nas suas demais dependências, na forma do disposto no item II, deste Termo de Referência. 16

17 c) Todo o trabalho realizado pela Contratada será acompanhado por equipe técnica responsável do FNDE, e estará sujeito a avaliação técnica, sendo homologado quando estiver de acordo com o padrão de qualidade exigido pela Contratante. d) Todo e qualquer produto gerado pela Contratada, incluindo-se documentações e comprovações, deverá sempre passar por um procedimento de entrega e aceite por responsável do FNDE. e) Os pagamentos dos serviços executados serão efetuados mensalmente com base na(s) Nota(s) Fiscal (ais) / Fatura(s) apresentada(s) pela Contratada, contendo a discriminação e os valores dos serviços comprovadamente executados, e desde que tenham sido cumpridas todas as disposições e condições estabelecidas neste Termo de Referência. VII. OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE A contratante, durante a vigência do Contrato, compromete-se a: a) Disponibilizar no Edifício Sede do FNDE um local para servir de apoio às realizações das atividades da Contratada enquanto perdurarem os trabalhos na execução dos serviços; b) Proporcionar todas as facilidades para a Contratada executar o objeto do presente Termo de Referência, permitindo o acesso dos profissionais da Contratada às suas dependências; esses profissionais ficarão sujeitos a todas as normas internas de segurança da contratante, inclusive àquelas referentes à identificação, trajes, trânsito e permanência em suas dependências; c) Promover o acompanhamento e a fiscalização do objeto do presente Termo de Referência, sob o aspecto quantitativo e qualitativo, anotando em registro próprio as falhas detectadas; d) Comunicar, prontamente, à Contratada, qualquer anormalidade na execução do objeto, podendo recusar o seu recebimento caso não esteja de acordo com as especificações e condições estabelecidas no presente Termo de Referência; e) Fornecer, à Contratada, todo tipo de informação interna essencial à execução dos serviços; f) Conferir toda a documentação técnica gerada e apresentada durante a execução dos serviços, efetuando o seu atesto quando a mesma estiver em conformidade com as especificações e os padrões de informação e qualidade exigidos; g) Homologar os serviços prestados quando os mesmos estiverem de acordo com o especificado neste Termo de Referência; h) Providenciar a elaboração do Plano de Inserção da Contratada, conforme alínea a do artigo 25 da INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 da SLTI/MPOG, de 12 de novembro de 2010; i) Realizar reunião inicial com participação dos Fiscais do Contrato, do Representante Legal da Contratada (apresentando o Preposto da mesma) e demais intervenientes identificados, conforme alínea b do artigo 25 da INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 da SLTI/MPOG, de 12 de novembro de 2010; j) Efetuar o pagamento à contratada, de acordo com o estabelecido no item VI CONDIÇÕES DE RECEBIMENTO E PAGAMENTO. VIII. OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA A contratada, durante a vigência do Contrato, compromete-se a: 17

18 a) Atender a todas as disposições e condições do presente Termo de Referência, do Edital e do respectivo Contrato; b) Entregar o Termo de Compromisso e o Termo de Ciência, conforme ENCARTES C e D respectivamente, atendendo ao disposto no item 2 da alínea b do artigo 25 da INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 da SLTI/MPOG, de 12 de novembro de 2010; c) Responsabilizar-se pela guarda de seus materiais e do patrimônio colocado à sua disposição, no local disponibilizado pelo FNDE para apoio de suas atividades; d) Manter seus profissionais, enquanto prestando os serviços no âmbito do FNDE, devidamente uniformizados e identificados; e) Realizar, imediatamente após a assinatura do contrato, inspeção técnica completa em todos os elementos componentes da rede interna de telecomunicações e suas instalações, emitindo relatório circunstanciado sobre suas reais condições, e sugerindo providências corretivas e de melhorias a serem executadas; f) Manter as condições de habilitação e qualificação exigidas durante toda a vigência do Contrato; g) Responder pelas despesas relativas a encargos trabalhistas, seguro de acidentes, contribuições previdenciárias, impostos e quaisquer outras que forem devidas e referentes aos serviços executados e aos seus empregados, ficando claro e definido que estes últimos não têm nenhum vínculo empregatício com a Contratante; h) Responsabilizar-se-á pela execução dos serviços objeto deste Termo de Referência, respondendo civil e criminalmente por todos os danos, perdas e prejuízos que, por dolo ou culpa sua, de seus empregados, prepostos, ou terceiros, no exercício de suas atividades, vier a, direta ou indiretamente, causar ou provocar à Contratante; i) Durante e após a vigência deste Contrato, obriga-se a manter a Contratante à margem de quaisquer ações judiciais, reivindicações ou reclamações, seja a que título for, sendo a Contratada, em qualquer circunstância, nesse particular, considerada como única e exclusiva empregadora e responsável por quaisquer ônus que a Contratante venha a arcar, em qualquer época, decorrente de tais ações, reivindicações ou reclamações; j) Não ceder ou transferir, total ou parcialmente, parte alguma deste Contrato; a fusão, cisão ou incorporação só será admitida com o consentimento prévio e por escrito da Contratante; k) Abster-se, qualquer que seja a hipótese, de veicular publicidade ou qualquer outra informação acerca das atividades objeto deste Contrato, sem prévia autorização da Contratante; l) Dar ciência, imediatamente e por escrito, de qualquer anormalidade que verificar na execução dos serviços, bem como prestar os esclarecimentos que forem solicitados pela Contratante; m) Manter sigilo absoluto sobre informações, dados e documentos provenientes dos serviços realizados e também às demais informações internas do órgão a que a Contratada tiver conhecimento; n) Não deixar de executar qualquer atividade necessária à perfeita execução do objeto, sob qualquer alegação, mesmo sob pretexto de não ter sido executada, anteriormente, qualquer tipo de procedimento; o) Somente desativar hardware, software e qualquer outro recurso computacional mediante prévia autorização da Contratante; p) Observar o cumprimento das normas internas do FNDE, das Leis de Segurança e Medicina do Trabalho em especial as NR 7 PCMSO e NR 9 PPRA, da Portaria nº 3.217/78, do Ministério do Trabalho e Emprego ou de outro dispositivo legal que venha 18

19 substituí-las, observando ainda o cumprimento das normas relativas e emitidas pela ABNT, principalmente a NBR 5462 Confiabilidade e Mantenabilidade, dentre outros preceitos legais pertinentes à execução dos serviços; q) Fornecer todo Equipamento de Proteção Individual (EPI) necessário aos seus funcionários e diligenciar para uso dos mesmos durante a execução dos trabalhos, podendo ser paralisados pelo FNDE, enquanto tais empregados não estiverem protegidos, ficando o ônus da paralisação por conta da empresa; r) Prestar qualquer tipo de informação solicitada pela Contratante sobre os serviços contratados, bem como fornecer qualquer documentação julgada necessária ao perfeito entendimento do objeto deste Termo de Referência; s) Entregar, impreterivelmente, até o quinto dia útil do mês subseqüente ao da realização dos serviços, relatório técnico detalhando todos os serviços efetivamente realizados. A não entrega do relatório poderá caracterizar inexecução parcial do contrato; t) Manter sua equipe técnica provida de equipamento, ferramentas e demais acessórios, devidamente aferidos e calibrados, necessários à perfeita execução dos serviços constantes neste Termo de Referência; u) Disponibilizar profissionais devidamente capacitados e habilitados, mantendo os mesmos atualizados com as mais recentes normas para os serviços contratados bem como alocar, quando necessário, quantitativo de mão de obra suficiente para os casos de grandes demandas; v) A contratada deverá fornecer, no primeiro dia de vigência do contrato, sistema de comunicação eficiente para cada empregado (rádio ou celular ou qualquer outro meio de comunicação) para efetuar a comunicação diretamente com a Fiscalização/FNDE e com os demais empregados; w) Providenciar a substituição imediata dos profissionais disponibilizados aos serviços, que não possuam a qualificação mínima exigida, ou por solicitação da contratante, devidamente justificada; x) Implementar rigorosa gerência de contrato com observância a todas as disposições de serviços constantes neste Termo de Referência; y) Disponibilizar, quando necessário, transporte para deslocamento de seus funcionários para atendimento dos serviços nos locais situados fora do Edifício Sede do FNDE; z) Manter no local de apoio fornecido pela CONTRATANTE, estoque mínimo dos materiais de consumo, de forma a suprir as necessidades diárias de consumo. IX. SANÇÕES ADMINISTRATIVAS IX.1. Atendendo ao Art. 15, inciso III, alínea h da INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 da SLTI/MPOG, de 12 de novembro de 2010, e conforme Arts. 86, 87 e 88 da Lei Nº de 1993, seguem definições claras e detalhadas das sanções administrativas a serem aplicadas a essa contratação e que devem estar vinculadas por Termo de Contrato. IX.2. Pela inexecução total ou parcial do objeto definido neste Termo de Referência, a Contratante poderá, garantida a prévia defesa, aplicar à Contratada, as sanções a seguir de acordo com o grau do prejuízo causado pelo descumprimento das respectivas obrigações: I - advertência escrita: 19

20 Quando se tratar de infração leve, a juízo da fiscalização, no caso de descumprimento das obrigações e responsabilidades assumidas no contrato ou, ainda, no caso de outras ocorrências que possam acarretar prejuízos à Contratante, desde que não caiba a aplicação de sanção mais grave; II - multas: a) Para os serviços de instalação e remanejamento de pontos Para cada hora de atraso, que extrapolar os prazos máximos definidos conforme os tipos de serviços definidos nos itens IV.2.1 e IV.2.2 do Termos de Referência Anexo I, a Contratada fica sujeita a uma redução correspondente a 1 % (um por cento), até o limite de 30 % (trinta por cento), sobre o valor total de instalações ou remanejamentos que constam na respectiva Requisição de Serviço. Caso o atraso estenda-se por mais de 12 (doze) horas corridas, após o limite acima previsto, a Contratada pagará multa de 50% do valor da referida Requisição de Serviço. b) Para os serviços de manutenção corretiva Para cada hora de atraso, que extrapolar os prazos máximos definidos conforme os tipos de serviços definidos nos itens II.2 do Termos de Referência Anexo I, a Contratada fica sujeita a uma redução correspondente a 1 % (um por cento), até o limite de 30 % (trinta por cento), sobre o valor total do respectivo Chamado Por Incidente. Caso o atraso estenda-se por mais de 12 (doze) horas corridas, após o limite acima previsto, a Contratada pagará multa de 50% do valor do referido Chamado Por Incidente. c) Para os serviços de manutenção preventiva Para os serviços de manutenção preventiva o não cumprimento dos prazos das tabelas do item II.1 sujeita a Contratada a uma redução correspondente ao percentual de 2,5% (dois e meio por cento), até o limite de 30 % (trinta por cento), a cada dia de atraso sobre o valor de cada serviço listado. Caso o atraso estenda-se por mais de 48 (quarenta e oito) horas corridas, após o limite acima previsto, a Contratada pagará multa de 50% do valor do serviço listado em atraso. Decorridos 30 (trinta) dias de atraso o CONTRATANTE poderá decidir pela continuidade da multa ou pela rescisão, em razão da inexecução total. d) Quadro-Resumo A tabela a seguir é um resumo daquilo que foi descrito anteriormente e expressa os serviços, os requisitos mínimos a serem atendidos e as penalidades aplicáveis, no caso de descumprimento dos requisitos mínimos estabelecidos. Serviço Requisitos Mínimos Penalidades Manutenção Preventiva Cumprir os prazos de entrega definidos no Plano de Manutenção Preventiva. Redução correspondente a um percentual de 2,5%, até o limite de 30 % (trinta por cento), a cada dia de atraso sobre o valor de cada serviço listado. Caso o atraso estenda-se por mais de 48 (quarenta e oito) horas corridas, após o limite acima previsto, a Contratada pagará multa de 50% do valor do serviço listado em atraso. 20

21 Continuidade da multa ou rescisão, decorridos 30 (trinta) dias de atraso. Instalações ou remanejamento de Pontos Pequenos e Médios Serviços: cumprir os prazos definidos na tabela presente no item IV.2.1 Pequenos e Médios Serviços. Grandes Serviços: cumprir os prazos definidos, conforme item IV.2.2 Grandes Serviços. Redução correspondente a um percentual de 1 % (um por cento), por cada hora de atraso, até o limite de 30 % (trinta por cento), sobre o valor total de instalações ou remanejamentos da respectiva Requisição de Serviço. Caso o atraso estenda-se por mais de 12 (doze) horas corridas, após o limite acima previsto, a Contratada pagará multa de 50% do valor da referida Requisição de Serviço. Manutenção Corretiva Para casos de urgência: Os chamados devem ser atendidos em até 1 hora, contados da solicitação feita pelo FNDE. Para os demais casos: Os chamados devem ser atendidos em até 2 horas, contados da solicitação feita pelo FNDE. Redução correspondente a um percentual de 1 % (um por cento), por cada hora de atraso, até o limite de 30 % (trinta por cento), sobre o valor total do respectivo Chamado Por Incidente. Caso o atraso estenda-se por mais de 12 (doze) horas corridas, após o limite acima previsto, a Contratada pagará multa de 50% do valor do referido Chamado Por Incidente. 21

22 e) 0,06% (seis centésimos por cento) por dia sobre o valor global do contrato, para ocorrências de atrasos em qualquer outro prazo previsto neste instrumento, não abrangido pelas demais alíneas. f) 1% (um por cento) por dia sobre o valor da garantia contratual, pela não apresentação/atualização, no prazo estabelecido neste instrumento, da garantia de execução contratual. g) 5 % (cinco por cento) sobre o valor global atualizado do contrato, pela não manutenção das condições de habilitação e qualificação exigidas no instrumento convocatório. h) 20 % (vinte por cento) sobre o valor do contrato, nas hipóteses de rescisão contratual por inexecução do contrato, caracterizando-se quando houver reiterado descumprimento de obrigações contratuais, se a entrega for inferior a 50% (cinqüenta por cento) do contratado, caso o atraso ultrapassar o prazo limite de trinta dias, estabelecido na alínea a ou os serviços forem prestados fora das especificações constantes do Projeto Básico e da proposta da Contratada. III - suspensão temporária de participar em licitação e impedimento de contratar com a Administração, pelo prazo não superior a 2 (dois) anos; IV - declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública enquanto perdurarem os motivos que determinaram sua punição ou até que seja promovida a sua reabilitação perante a própria autoridade que aplicou a penalidade, que será concedida sempre que o contratado ressarcir a Administração pelos prejuízos resultantes e após decorrido o prazo da sanção aplicada com base no inciso anterior. X. CONDIÇÕES GERAIS X.1. Da Designação do Fiscal do Contrato a) O acompanhamento e a fiscalização da execução do Contrato serão realizados por servidores da CONTRATANTE, especialmente designados como FISCAIS DO CONTRATO, os quais obedecerão, dentre outros elementos de legislação, disposições de GERENCIAMENTO DE CONTRATO contidas nos artigos 25 e 26 da INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2010, a qual dispõe sobre o processo de contratação de Soluções de Tecnologia da Informação pelos órgãos integrantes do Sistema de Administração dos Recursos de Informação e Informática (SISP) do Poder Executivo Federal, e a RESOLUÇÃO FNDE Nº 20 de julho de 2010 que dispõe sobre a normatização dos procedimentos para solicitação de aquisição de bens ou serviços, no âmbito do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação FNDE. b) O relacionamento relativo à gestão do contrato será realizado nas dependências da CONTRATANTE, exceto em situações excepcionais onde haja o entendimento e anuência da CONTRATANTE para mudança do local. X.2. Da Vistoria Deverá ser realizada vistoria técnica nas seguintes instalações: ED. SEDE/FNDE Setor Bancário Sul Quadra 02 Bloco F; DEPÓSITO/FNDE Setor de Abastecimento e Armazenamento Norte Quadra 01 Lotes 170/230; ED. LINO MARTINS PINTO Setor Bancário Sul - Quadra 02 - Bloco L e PRÉDIO ANEXO/FNDE Setor Hoteleiro Sul - Quadra Bloco B, Projeção 07. a) O prazo de vistoria é de até 48 (quarenta e oito) horas corridas antes da data de abertura da licitação. 22

23 b) A vistoria deverá ser efetuada por um engenheiro elétrico ou eletrônico ou de computação ou de redes de comunicação ou similar, desde que seja o legítimo responsável técnico da interessada. c) A vistoria não é obrigatória, porém, tendo em vista tratar-se de sistema existente e em funcionamento, a sua realização possibilitará, às licitantes, inteirar-se das condições e do grau de dificuldade dos serviços a serem prestados, não se admitindo, posteriormente, qualquer alegação de desconhecimento dos mesmos. d) O agendamento da vistoria deverá ser previamente efetuado por meio dos telefones: (61) / 4029, da Coordenação-Geral de Infraestrutura Tecnológica - CGINF, mencionando o número do edital, as informações de contato da empresa licitante (razão social, endereço e telefone) e de seu representante (nome completo e telefone), que efetuará a vistoria. e) Efetuada a vistoria será lavrado, por representante da equipe técnica do FNDE, designado para tanto, o respectivo Atestado de Vistoria, o qual deverá ser preenchido e assinado pelo interessado em participar da licitação, conforme modelo do ENCARTE A, que deverá ser apresentado à Contratante, quando necessário e solicitado. X.3. Qualificação Mínima Exigida a) Possuir registro ou inscrição na entidade profissional competente da região a que estiver vinculada a licitante (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia CREA), pertinente ao seu ramo de atividade relacionada com o objeto da presente especificação. b) Apresentar Atestado(s) de Capacidade Técnica, a ser(em) fornecido(s) por pessoa jurídica de direito público ou privado e que comprove(m) a aptidão da Licitante para o desempenho de atividade pertinente e compatível, em características e prazos, com o objeto da licitação, contendo as seguintes informações: I. Identificação do órgão ou empresa emitente com nome ou razão social, CNPJ, endereço, nome da pessoa responsável e função no órgão ou empresa, telefone e fax para contato; II. Indicação do CONTRATANTE de que está atendendo ou foram atendidos os requisitos de qualidade e prazos requeridos (descrição, duração e avaliação dos resultados); III. Descrição das principais características dos serviços, comprovando que a licitante executa ou executou o objeto desta licitação. c) Ainda no Atestado(s) de Capacidade Técnica devem constar que os serviços prestados foram realizados em órgão ou empresa que apresentem, no mínimo, 50% (cinqüenta por cento) dos valores definidos para cada item a seguir, que representam números aproximados da Instituição: Número total de estações de trabalho do Órgão: 1550 estações de trabalho. Números da Central Telefônica: 1770 ramais ativos. d) Todas as certidões a serem apresentadas deverão estar dentro do prazo de validade neles indicados pelo órgão expedidor. Na falta desta indicação expressa, somente serão considerados válidos para os efeitos da licitação, quando expedidos nos 180 (cento e oitenta) dias anteriores à data da realização da licitação e, no caso de Certidão de Falência e Concordata o prazo é de 30 (trinta) dias, ressalvada a hipótese de a licitante comprovar que o documento tem prazo de validade superior, mediante juntada de norma legal pertinente. e) No caso de atestados emitidos por empresa da iniciativa privada, não serão considerados aqueles emitidos por empresas pertencentes ao mesmo grupo empresarial da empresa 23

24 X.4. FNDE proponente; serão considerados como pertencentes ao mesmo grupo empresarial da empresa proponente empresas controladas ou controladoras da empresa proponente, ou que tenha pelo menos, uma mesma pessoa física ou jurídica que seja sócio da empresa emitente e da empresa proponente. Da Garantia a) Os serviços que apresentarem defeitos ou incorreções resultantes da sua execução ou dos materiais empregados terão garantia mínima de 3 (três) meses e deverão ser reparados, corrigidos ou removidos, no total ou em parte, por conta da empresa Contratada sem ônus para a Contratante. b) A empresa deverá dar garantia, no mínimo, para as peças e componentes fornecidos de 03 (três) meses, como dito no parágrafo anterior, ou caso maior a periodicidade determinada pelo fabricante. X.5. Dos profissionais da Contratada X A licitante deverá apresentar documentos comprobatórios de que possui, em seu quadro funcional, para atendimento à Contratante, no mínimo: a) Responsável técnico, devidamente registrado no CREA, da jurisdição do local de execução dos serviços: I. Com formação em engenharia elétrica, eletrônica, de telecomunicações, de computação ou de redes; II. Profissional treinado e certificado em curso de instalação de cabeamento de rede de voz e dados, fibra óptica e elétrica que exercerá a função de supervisionar os procedimentos de instalação, bem como apoiar e orientar a equipe de instaladores, sendo portanto responsável pela administração local dos serviços, mobilização e controle de pessoal. b) A comprovação deverá ser feita mediante: I. Apresentação de cópia autenticada do(s) certificado(s); e II. Cópia autenticada das páginas suficientes e necessárias para comprovação de vínculo, da Carteira de Trabalho e Previdência Social CTPS; ou III. Cópia autenticada do contrato de trabalho ou de prestação de serviços entre a empresa e o(s) profissional(is); ou IV. Cópia autenticada de contrato social constando o nome do(s) sócio(s) indicado(s) como detentor(res) do(s) certificado(s). X A documentação comprobatória referida neste item deverá ser apresentada no momento da assinatura do contrato, conforme definido no Edital. 24

25 X.6. Da Proposta de Preço FNDE X A proposta de preço a ser apresentada pela licitante deverá seguir o modelo do Anexo II, tanto para o demonstrativo do preço global, quanto para o demonstrativo detalhado dos preços unitários dos serviços de manutenção preventiva e corretiva, serviços de substituição de elementos ativos / passivos, serviços de remoção e instalação de quadros de distribuição telefônico e de instalação ou remanejamento de pontos de rede. X A proposta de preço da licitante vencedora, ajustada ao valor do lance vencedor ou negociado, será acompanhada de toda documentação exigida no Edital e, ainda, das declarações, atestados, certificados e documentação técnica solicitados neste Termo de Referência. X Nos preços deverão estar contidos todos os custos e despesas diretas e indiretas, tributos incidentes, encargos sociais, previdenciários, trabalhistas e comerciais, taxa de administração e lucro, materiais e mão-de-obra a serem empregados, seguros, fretes, embalagens, despesas com transporte em geral, hospedagem, diárias, alimentação e quaisquer outros necessários ao fiel e integral cumprimento do objeto. X.7. Do Julgamento das Propostas O objeto da presente contratação destina-se à prestação de serviços caracterizados como comuns, assim entendidos, aqueles cujos padrões de desempenho e qualidade estejam objetivamente definidos no Edital, utilizando-se de especificações usuais no mercado e que, portanto, seja adotada a modalidade pregão, preferencialmente na forma eletrônica, para esta contratação consoante estabelece o Art. 3º da Resolução CD Nº 20, de 22 de julho de O julgamento das propostas será pelo PREÇO GLOBAL, sendo declarada vencedora a licitante que apresentar o menor preço global e que atender a todos os requisitos e exigências do certame. X.8. Da Vigência Tendo em vista tratar-se de serviço do tipo continuado (manutenção preventiva e corretiva), a vigência do Contrato oriundo deste Termo de Referência deverá ser de 12 (doze) meses, iniciando-se na data de sua assinatura, podendo ser prorrogado por períodos iguais e sucessivos, até o prazo total de 60 (meses), na forma do disposto na Lei nº 8.666/1993. X.9. Dos Preços Propostos X Os preços contratados não sofrerão reajustes durante a vigência do contrato, tendo em vista o exposto no artigo 4º do Decreto n de 07 de julho de X Admitir-se-á o reajuste visando à adequação dos preços contratuais aos novos valores de mercado, utilizando como índice o IPCA/IBGE (ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR AMPLO) observando-se o interregno mínimo de 01 (um) ano da última ocorrência verificada (a assinatura, a repactuação ou revisão do contrato), conforme dispõe o artigo 5º do referido Decreto. X.9.3. Incumbirá, à Contratada, a devida justificativa do reajuste ou revisão dos valores contratuais, bem como o encargo pela demonstração analítica da variação dos componentes de custos do Contrato. X.10. Da Aplicação da INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1 da SLTI/MPOG, de 19 de janeiro de 2010 X Os serviços e fornecimentos constantes neste Termo de Referência deverão levar em consideração os critérios de sustentabilidade ambiental conforme requisitos constantes da INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01 da SLTI/MPOG, de 19 de janeiro de X.11. Da Aplicação da INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 da SLTI/MPOG, de 12 de novembro de

26 X É importante informar que este Termo de Referência é fruto da seqüência de trabalhos da etapa de Planejamento da Contratação conforme a INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 da SLTI/MPOG, de 12 de novembro de 2010, a qual dispõe sobre o processo de contratação de serviços de Tecnologia da Informação pela Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional. X.12. Da Aplicação do Decreto de 12 de maio de 2010 X Ao presente Termo de Referência foram aplicadas as determinações constantes do Decreto no de 12 de maio de 2010, a citar: X Do artigo 2º: essa contratação foi precedida de elaboração de planejamento de contratação; X Do artigo 5º: X Pela análise desta área Técnica os serviços especificados nesta contratação não são produzidos de acordo com o Processo Produtivo Básico (PPB). 26

27 ENCARTE A Atestado de Vistoria Atestado de vistoria às instalações da Contratante a ser apresentado, pela licitante, quando necessário e solicitado (item X.2). ATESTADO DE VISTORIA (modelo) Atestamos para fins de comprovação junto à Comissão Permanente de Licitação, relativamente ao Pregão Eletrônico N o xxxx/2011, que o Sr. (a) _, RG, representante da empresa, esteve visitando nesta data, as instalações físicas do Edifício Sede do FNDE, situado no SBS, -Quadra 02 - Bloco F - Edifício Áurea - Brasília-DF, do Depósito - DEBRA, no SAAN Qd. 1 - lotes 170/230 Brasília DF, Ed. Lino Martins Pinto Setor Bancário Sul - Quadra 02 - Bloco L e Prédio Anexo/FNDE Setor Hoteleiro Sul - Quadra Bloco B, Projeção 07, visando obter subsídios para elaboração de sua proposta de preço para a licitação em questão. Data: / / 1. Responsável FNDE pelo Atestado de Vistoria Nome: Matrícula / registro: Assinatura: 2. Representante da Licitante Nome: Assinatura: 27

28 ENCARTE B TERMO DE COMPROMISSO Este Termo de Compromisso ( Termo ) é celebrado entre: O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação com sede no SBS, Quadra 02, Bloco F, Edifício FNDE Brasília DF, aqui denominado FNDE, e de outro lado a CONTRATADA, Endereço, inscrita no CNPJ/MF, têm entre si justa e acertada a celebração do presente Termo de Compromisso, por meio do qual a CONTRATADA declara, nos termos do 1 do Art. 37, e dos Art. 50, 62, 63 e 65, todos do Decreto n 4.553, de 27 de dezembro de 2002, ter ciência da responsabilidade no que concerne ao sigilo que deve ser mantido sobre os assuntos tratados no âmbito do FNDE e obedecer as regulamentações descritas na Política de Segurança da Informação do FNDE bem como nos normativos internos e externos afetos ao escopo da contratação e não divulgar, sem autorização, as informações restritas ou confidenciais de propriedade da Instituição, em conformidade com as cláusulas e condições declaradas neste Termo. O FNDE e a CONTRATADA podem ser referidos individualmente como Parte e coletivamente como Partes, onde o contexto assim o exigir. CONSIDERANDO QUE as Partes estabeleceram ou estão considerando estabelecer uma relação de negócio que possa incluir, entre outras, uma ou mais das seguintes relações ("Relação"): serviços de marketing, consultas, pesquisa e desenvolvimento, fornecimento/venda, teste/ensaio, colaboração, agenciamento, licitação, ou qualquer outra parceria que envolva a divulgação de Informações Confidenciais de uma Parte a outra; CONSIDERANDO QUE as Partes podem divulgar entre si Informações Confidenciais, conforme definido abaixo neste instrumento, sobre aspectos de seus respectivos negócios, e em consideração da divulgação destas Informações Confidenciais; CONSIDERANDO QUE as Partes desejam ajustar as condições de revelação das Informações Confidenciais, bem como definir as regras relativas ao seu uso e proteção; RESOLVEM as Partes celebrar o presente Termo de Compromisso o FNDE e a CONTRATADA, o qual se regerá pelas considerações acima, bem como pelas cláusulas e condições a seguir: 1. Para a finalidade deste Termo, "Informações Confidenciais" significarão todas e quaisquer informações divulgadas por uma Parte (de acordo com este instrumento, o FNDE) à outra Parte (de acordo com este instrumento, CONTRATADA _), em forma escrita ou verbal, tangível ou intangível, patenteada ou não, de natureza técnica, operacional, comercial, jurídica, a qual esteja claramente marcada como CONFIDENCIAL, incluindo, entre outras, mas não se limitando a, segredos comerciais, know-how, patentes, pesquisas, planos de negócio, informações de marketing, informações de clientes, situação financeira, métodos de contabilidade, técnicas e experiências acumuladas, e qualquer outra informação técnica, comercial e/ou financeira, seja expressa em notas, cartas, fax, memorandos, acordos, termos, análises, relatórios, atas, documentos, manuais, compilações, código de software, , 28

29 estudos, especificações, desenhos, cópias, diagramas, modelos, amostras, fluxogramas, programas de computador, discos, disquetes, fitas, pareceres e pesquisas, ou divulgadas verbalmente e identificadas como confidenciais por ocasião da divulgação. 2. Não serão incluídas nas Informações Confidenciais quaisquer informações que: (i) sejam geralmente conhecidas, ou subseqüentemente se tornem disponíveis ao comércio ou ao público; (ii) estejam na posse legal da CONTRATADA _ antes da divulgação pelo FNDE; ou (iii) sejam legalmente recebidas pela CONTRATADA _ de um terceiro, desde que essas informações não tenham chegado ao conhecimento da CONTRATADA _ através do referido terceiro, direta ou indiretamente, a partir do FNDE numa base confidencial. 3. Quando a divulgação de Informações Confidenciais for necessária para estrito atendimento de ordem judicial ou agência governamental, o mesmo se procederá da seguinte maneira: (i) a CONTRATADA _ fica obrigada a comunicar o teor da determinação judicial ao FNDE no prazo de 2 (dois) dias úteis a contar do recebimento da ordem, no caso de se tratar de determinação para cumprimento em prazo máximo de 5 (cinco) dias; ou no prazo de uma hora a contar do recebimento, no caso de se tratar de ordem judicial para cumprimento no prazo máximo de até 48 (quarenta e oito) horas; e (ii) fica a CONTRATADA _ obrigada também a enviar ao FNDE cópia da resposta dada à determinação judicial ou administrativa concomitantemente ao atendimento da mesma. A CONTRATADA _ cooperará com o FNDE para possibilitar que o FNDE procure uma liminar ou outra medida de proteção para impedir ou limitar a divulgação dessas Informações Confidenciais. 4. A CONTRATADA _ não divulgará nenhuma Informação Confidencial do FNDE a nenhum terceiro, exceto para a finalidade do cumprimento deste Termo e com o consentimento prévio por escrito da Autarquia. Além disso: I. A CONTRATADA _, (i) não usará as Informações Confidenciais para interferir, direta ou indiretamente, com nenhum negócio real ou potencial do FNDE, e (ii) não usará as Informações Confidenciais para nenhuma finalidade, exceto avaliar uma possível relação estratégica entre as Partes. II. As Partes deverão proteger as Informações Confidenciais que lhe forem divulgadas, usando o mesmo grau de cuidado utilizado para proteger suas próprias Informações Confidenciais. III. A CONTRATADA _ não revelará, divulgará, transferirá, cederá, licenciará ou concederá acesso a essas Informações Confidenciais, direta ou indiretamente, a nenhum terceiro, sem o prévio consentimento por escrito do FNDE, estando este terceiro, condicionado à assinatura de um Termo de Compromisso prevendo as mesmas condições e obrigações estipuladas neste Termo. IV. A CONTRATADA _informará imediatamente ao FNDE de qualquer divulgação ou uso não autorizado das Informações Confidenciais da Autarquia por qualquer pessoa, e tomará todas as medidas necessárias e apropriadas para aplicar o cumprimento das obrigações com a não divulgação e uso limitado das obrigações das empreiteiras e agentes da CONTRATADA _. 29

30 V. A CONTRATADA _ deverá manter procedimentos administrativos adequados à prevenção de extravio ou perda de quaisquer documentos ou Informações Confidenciais, devendo comunicar ao FNDE, imediatamente, a ocorrência de incidentes desta natureza, o que não excluirá sua responsabilidade. VI. A CONTRATADA _ obrigará seu pessoal que possa ter acesso às Informações Confidenciais que cumpram tais obrigações de sigilo. 5. As Partes se comprometem e se obrigam a tomar todas as medidas necessárias à proteção da informação confidencial da outra Parte, bem como para evitar e prevenir revelação a terceiros, exceto se devidamente autorizado por escrito pelo FNDE. De qualquer forma, a revelação é permitida para empresas coligadas da CONTRATADA, assim consideradas as empresas que direta ou indiretamente controlem ou sejam controladas pela Parte neste Termo. Além disso, cada Parte terá direito de revelar a informação a seus colaboradores que precisem conhecê-la, para os fins deste Termo; tais funcionários deverão estar devidamente avisados acerca da natureza confidencial de tal informação, e estarão vinculados aos termos e condições do presente Termo de Compromisso independentemente de terem sido avisados do caráter confidencial da informação, ficando a CONTRATADA _ responsável perante o FNDE por eventual descumprimento do Termo. 6. O intercâmbio de informações nos termos deste instrumento não será interpretado de maneira a constituir uma obrigação de uma das Partes para celebrar qualquer Termo ou acordo de negócio, nem obrigarão a comprar quaisquer produtos ou serviços da outra ou oferecer para a venda quaisquer produtos ou serviços usando ou incorporando as Informações Confidenciais. 7. Cada Parte reconhece que em nenhuma hipótese este Termo será interpretado como forma de transferência de propriedade ou qualquer tipo de direito subsistido nas Informações Confidenciais do FNDE para a CONTRATADA _, exceto o direito limitado para utilizar as Informações Confidenciais conforme estipulado neste Termo. 8. Este Termo entrará em vigor por ocasião da assinatura pelas Partes. Os compromissos deste instrumento também serão obrigatórios às coligadas, subsidiárias ou sucessoras das Partes e continuará a ser obrigatório a elas até a ocasião em que a substância das Informações Confidenciais tenha caído no domínio público sem nenhum descumprimento ou negligência por parte da CONTRATADA _, ou até que a permissão para liberar essas Informações seja especificamente concedida por escrito pelo FNDE. 9. A omissão ou atraso em aplicar qualquer disposição deste Termo não constituirá uma renúncia de qualquer aplicação futura dessa disposição ou de quaisquer de seus termos. Se qualquer disposição deste Termo, ou sua aplicação, por qualquer razão e em qualquer medida for considerada inválida ou inexeqüível, o restante deste Termo e a aplicação de tal disposição a outras pessoas e/ou circunstâncias serão interpretados da melhor maneira possível para atingir a intenção das Partes signatárias. 10. As Partes concordam que a violação do presente Termo, pelo uso de qualquer Informação Confidencial pertencente ao FNDE, sem sua devida autorização, causar-lhe-á danos e prejuízos irreparáveis, para os quais não existe remédio na lei. Desta forma, a 30

31 Autarquia poderá, imediatamente, tomar todas as medidas extrajudiciais e judiciais, inclusive de caráter cautelar, como antecipação de tutela jurisdicional, que julgar cabíveis à defesa de seus direitos. 11. A CONTRATADA _ deverá devolver, íntegros e integralmente, todos os documentos a ela fornecidos, inclusive as cópias porventura necessárias, na data estipulada pelo FNDE para entrega, ou quando não mais for necessária a manutenção das Informações Confidenciais, comprometendo-se a não reter quaisquer reproduções (incluindo reproduções magnéticas), cópias ou segundas vias, sob pena de incorrer nas penalidades previstas neste Termo. 12. A CONTRATADA _ deverá destruir quaisquer documentos por ela produzidos que contenham Informações Confidenciais da Autarquia, quando não mais for necessária a manutenção dessas Informações Confidenciais, comprometendo-se a não reter quaisquer reproduções (incluindo reproduções magnéticas), cópias ou segundas vias, sob pena de incorrer nas penalidades previstas neste Termo. 13. A não observância de quaisquer das disposições de confidencialidade estabelecidas neste Termo sujeitará a Parte infratora, como também o agente causador ou facilitador, por ação ou omissão de qualquer daqueles relacionados neste Termo, ao pagamento, ou recomposição, de todas as perdas e danos, comprovadamente suportados e demonstrados pela outra Parte, bem como as de responsabilidades civil, criminal e administrativas respectivas, as quais serão apuradas em regular processo. 14. As obrigações de confidencialidade decorrentes do presente Termo, tanto quanto as responsabilidades e obrigações outras derivadas do presente Termo, vigorarão durante o período de 5 (cinco) anos após a divulgação de cada Informação Confidencial à CONTRATADA _. 15. O não exercício por qualquer das Partes de direitos assegurados neste instrumento não importará em renúncia aos mesmos, sendo tal ato considerado como mera tolerância para todos os efeitos de direito. 16. Alterações do número, natureza e quantidade das Informações Confidenciais disponibilizadas para a CONTRATADA _ não descaracterizarão ou reduzirão o compromisso ou as obrigações pactuadas neste Termo de Compromisso, que permanecerá válido e com todos os seus efeitos legais em qualquer das situações tipificadas neste Termo. 17. O acréscimo, complementação, substituição ou esclarecimento de qualquer das Informações Confidenciais disponibilizadas para a CONTRATADA _, em razão do presente objetivo, serão incorporadas a este Termo, passando a fazer dele parte integrante, para todos os fins e efeitos, recebendo também a mesma proteção descrita para as informações iniciais disponibilizadas, não sendo necessário, nessas hipóteses, assinatura ou formalização de Termo Aditivo. 18. Este instrumento não deve ser interpretado como criação ou envolvimento das Partes, nem em obrigação de divulgar informações confidenciais para a outra Parte. 31

32 19. O fornecimento de Informações Confidenciais pelo FNDE não implica em renúncia, cessão a qualquer título, autorização de uso, alienação ou transferência de nenhum direito, já obtido ou potencial, associado a tais informações, que permanecem como propriedade da Autarquia, para os fins que lhe aprouver. 20. Nenhum direito, licença, direito de exploração de marcas, invenções, direitos autorais, patentes ou direito de propriedade intelectual estão aqui implícitos, incluídos ou concedidos por meio do presente Termo, ou ainda, pela transmissão de Informações Confidenciais entre as Partes. 21. A CONTRATADA _declara conhecer todas as normas, políticas e procedimentos de segurança da informação estabelecidos pelo FNDE para execução do Contrato, tanto nas dependências da Autarquia como externamente. 22. A CONTRATADA _ responsabilizar-se-á integralmente e solidariamente, pelos atos de seus colaboradores praticados nas dependências do FNDE, ou mesmo fora dele, que venham a causar danos ou colocar em risco o patrimônio da Autarquia. 23. Este Termo contém o acordo integral entre as Partes com relação ao seu objeto. Quaisquer outros acordos, declarações, garantias anteriores ou contemporâneos com relação à proteção das Informações Confidenciais, verbais ou por escrito, serão substituídos por este Termo. Este Termo será aditado somente firmado pelos representantes autorizados de ambas as Partes. 24. Quaisquer controvérsias em decorrência deste Termo serão solucionadas de modo amistoso através do representante legal das Partes, baseando-se nas leis da República Federativa do Brasil. E, por estarem assim justas e contratadas, as Partes firmam o presente Instrumento em 02 (duas) vias de igual teor e forma, na presença das testemunhas abaixo indicadas. Brasília (DF), de de. Contrato Nº: Objeto: Fiscal do Contrato: Mat.: Contratante: Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Contratada: CNPJ: DE ACORDO 32

33 Contratada Responsável CPF: <Nome> DE ACORDO FNDE CGINF Matrícula: <Nome> Testemunhas CPF: <Nome> CPF: <Nome> 33

34 ENCARTE C Termo de Ciência O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, com sede no SBS, Quadra 02, Bloco F, Edifício FNDE Brasília DF, aqui denominado FNDE, e de outro lado, RG nº, CPF nº, [prestador de serviço], residente e domicialiado na (endereço completo), doravante chamado RESPONSÁVEL, têm entre si justa e acertada a celebração do presente TERMO DE CIÊNCIA, por meio do qual o RESPONSÁVEL declara nos termos do 1, do Art. 37, e dos Art. 50, 62, 63 e 65, todos do Decreto n 4.553, de 27 de dezembro de 2002 conhecermos a responsabilidade no que concerne ao sigilo que deve ser mantido sobre os assuntos tratados no âmbito do FNDE e obedecer as regulamentações descritas na Política de Segurança da Informação do FNDE bem como nos normativos internos e externos afetos ao escopo da contratação e não divulgar, sem autorização, as informações restritas ou confidenciais de propriedade da Instituição, em conformidade com as seguintes cláusulas e condições: PRIMEIRA - O RESPONSÁVEL reconhece que, em razão da sua atuação no FNDE, estabelece contato com informações privadas da Autarquia, que são conceituadas como restrita ou confidencial. Estas informações devem ser tratadas com absoluta reserva em qualquer condição e não podem ser divulgadas ou dadas a conhecer a terceiros não autorizados, sem a expressa e escrita autorização da sua chefia ou da Presidência da Autarquia. SEGUNDA - As informações a serem tratadas confidencialmente são aquelas que, por sua natureza, são consideradas como de interesse restrito ou de confidencial, e não são ou não deveriam ser, de conhecimento de terceiros, como por exemplo: 1- programas de computador, seus códigos-fonte e códigos-objeto, bem como suas listagens e documentações; 2- toda a informação relacionada a programas de computador existentes ou em fase de desenvolvimento no âmbito da Instituição e rotinas desenvolvidas por terceiros, incluindo fluxogramas, estatísticas, especificações, avaliações, resultado de testes, arquivo de dados, versões beta de quaisquer programas, etc.; 3- documentos relativos à lista de usuários do FNDE e seus respectivos dados, armazenados sob qualquer forma; 4- metodologias e ferramentas de serviços, desenvolvidas pelo FNDE; 5- parte ou totalidade dos modelos de dados que subsidiam os sistemas de informações do FNDE, sejam eles executados interna ou externamente; 6- parte ou totalidade dos dados ou informações armazenadas nas bases de dados que subsidiam os sistemas de informações do FNDE, sejam elas residentes interna ou externamente; 7- objetivos e conteúdo de processos judiciais, administrativos disciplinares, inquéritos, sindicâncias e de tomadas de contas especiais; 8- objetivos, conteúdos e resultados dos projetos de pesquisa e de bolsas destinadas ao desenvolvimento tecnológico; 34

35 9- objetivos e conteúdos de documentos referentes a invenções ocorridas no âmbito dos mecanismos de fomento à ciência e tecnologia; 10- relatórios de atividades da instituição ou de qualquer órgão interno, enquanto não tornados públicos; 11- circulares e comunicações internas; 12- quaisquer processos ou documentos classificados como restrito ou confidencial pela Presidência do FNDE ou Chefias do Gabinete, por qualquer dos seus Diretores, pelo Procurador Federal ou pelo Auditor Chefe. TERCEIRA - O RESPONSÁVEL reconhece ser a lista acima meramente exemplificativa e ilustrativa e que outras hipóteses de confidencialidade que já existam, ou que venham a surgir no futuro, devem ser mantidas em segredo. Em caso de dúvida acerca da confidencialidade de determinada informação, o RESPONSÁVEL não deverá divulgar a mesma, até que venha a ser expressamente autorizado, pela Presidência do FNDE, a tratá-la diferentemente. Em hipótese alguma se interpretará o silêncio do FNDE como liberação de qualquer dos compromissos ora assumidos. QUARTA - O RESPONSÁVEL reconhece expressamente que: Parágrafo Primeiro Ao término da prestação dos serviços ou das atividades que resultem em vínculo eventual com a Autarquia, objeto do Contrato/Ordem de Serviço nº _ celebrado entre o FNDE e a, deverá entregar ao Gestor responsável pelo acompanhamento e controle da execução do serviço no FNDE, todo e qualquer material de propriedade deste. Parágrafo Segundo - Deve devolver, inclusive, suas notas pessoais sob qualquer forma, se houver matéria sigilosa relacionada com a Autarquia, registros de documentos de qualquer natureza que tenham sido usados, criados ou estados sob seu controle. Parágrafo Terceiro Assume o compromisso de não utilizar qualquer informação da Autarquia, adquirida por prestação de serviços ao FNDE. QUINTA - O RESPONSÁVEL obriga-se a informar imediatamente ao FNDE acerca de qualquer violação das regras de proteção das informações eletrônicas por parte dele ou de quaisquer outras pessoas, inclusive nos casos de violação, não intencional ou culposa, do sigilo das informações da Autarquia. SEXTA - O não cumprimento de quaisquer das cláusulas deste Termo implicará em responsabilidade civil, criminal e administrativa do RESPONSÁVEL, nos moldes previstos na legislação pátria. Parágrafo Único Apurada a responsabilidade no âmbito administrativo, o FNDE comunicará o ocorrido à empresa contratada para adoção das medidas cabíveis, inclusive substituindo o mesmo por outro prestador de serviços, de mesmo nível técnico. SÉTIMA O presente instrumento tem o seu início de vigência na data de sua assinatura. 35

36 Parágrafo Único - As obrigações a que aludem este instrumento perdurarão por 05 (cinco) anos, contados a partir do término do instrumento de avença de que trata o 1º da Cláusula Quarta. Brasília (DF), de de. Contrato Nº: Objeto: Fiscal do Contrato: Mat.: Contratante: Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Contratada: CNPJ: Ciência Contratada Funcionário CPF: <Nome> Ciência FNDE CGINF Matrícula: <Nome> Testemunhas CPF: <Nome> CPF: <Nome> 36

37 ENCARTE D AMBIENTE NÃO REFORMADO Os tópicos a seguir tratam da parte da infra-estrutura de telecomunicações e de rede elétrica ainda não afetada pela reforma, abordando os critérios a serem seguidos quanto à instalação ou remanejamento dos respectivos pontos e materiais empregados ainda neste ambiente. Instalação ou Remanejamento do Ponto de Rede Determinações e critérios a serem obedecidos a) Para execução de instalação ou remanejamento dos pontos de rede, que poderão ser cabeamento estruturado envolvendo dados e voz ou apenas dados, deverão ser obedecidas as seguintes normas: TIA/EIA-569-A - Padrão para caminhos e espaços de Telecomunicações em prédios comerciais. TIA/EIA-606-A - Padrão para Administração e identificação de sistemas de cabeamento. TIA/EIA-568-B.1 - Padrão para cabeamento de Telecomunicações em prédios comerciais - Parte 1. TIA/EIA-568-B.2 - Padrão para cabeamento de Telecomunicações em prédios comerciais - Parte 2. TIA/EIA Padrão para cabeamento de Telecomunicação exterior. TIA/EIA-607A - Requisitos para aterramento e junções para Telecomunicações em edifícios comerciais. NBR Elaborações de projetos de cabeamento de Telecomunicações para Rede Interna Estruturada. NBR Projeto de redes telefônicas internas em prédios - Tubulações de entrada telefônica. NBR13300, NBR Redes telefônicas internas em prédios. b) Além destas normas, as seguintes recomendações e critérios deverão ser obedecidos. Deverão ser usados os materiais de instalação especificados e acessórios tais como curvas, abraçadeiras, suportes, espaçadores, terminações e outros, que sejam adequados, não sendo aceitos componentes improvisados. Os cabos deverão ser protegidos fisicamente em toda a sua extensão, utilizandose de um ou mais materiais de instalação, não devendo ser instalados expostos. 37

38 Todos os materiais de instalação deverão ser firmemente fixados as estruturas de suporte, formando conjuntos mecânicos rígidos e livres de deslocamento pela simples operação. Todos os materiais de proteção física dos cabos deverão ser dimensionados com fator de utilização de no máximo 50%. Quando a proteção física dos cabos for feita por eletrodutos, rígidos ou flexíveis, a capacidade de ocupação destes não poderá ultrapassar o determinado na Tabela- 1, a seguir: Quando a proteção física dos cabos for feita por eletrocalhas, a capacidade de ocupação destas não poderá ultrapassar o determinado na Tabela-2, a seguir: 38

39 Quando forem utilizados eletrodutos para proteção dos cabos, as instalações deverão possuir caixas de passagens com distâncias máximas, entre si, de 12m. Todas as conexões entre eletrodutos flexíveis e calhas metálicas deverão ser feitas por boxes de alumínio, com buchas e arruelas. Nas interfaces entre os eletrodutos, sobre o forro e as canaletas nas paredes, deve-se utilizar caixas de PVC, de 75x75 mm, e boxes de alumínio, com buchas e arruelas. Todas as curvas a serem utilizadas não poderão, em hipótese alguma, ter ângulo superior a 90. Os raios de curvatura dos cabos instalados não poderão ser inferiores a oito vezes seu diâmetro externo. Todas as instalações lógicas deverão ser feitas com, no mínimo, 20cm de distância de reatores, motores, cabos condutores de eletricidade e demais equipamentos, materiais ou instalações que possam gerar indução eletromagnética. Em hipótese alguma deverão ser utilizados, para proteção dos cabos de informação lógica, os mesmos dutos utilizados para proteção de fios e cabos elétricos. Todos os cabos deverão ser identificados nas duas extremidades, utilizando-se do sistema de marcação com Ovalgrip e códigos a serem fornecidos pelo FNDE, para cada caso (dados, dados e voz, voz e cabos de fibra ótica e elétrica ). Sempre que possível, além da identificação nos cabos, os conectores de ambas as extremidades deverão ser devidamente identificados com os códigos a serem fornecidos pelo FNDE, para cada caso. Serviços a serem efetuados e configurações a) A seguir estão listados todos os serviços que poderão ser executados quando da instalação ou remanejamento do ponto de rede: Retirar forro falso ou demolir forro de gesso, conforme for o caso. Fazer furos em paredes de alvenaria e lajes. 39

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará, às 15 horas do dia 16 de julho de 2009, licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO, tipo MENOR PREÇO, conforme autorização da Senhora Chefe do DEAFI,

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia - FATEC, por meio de sua pregoeira, Claudia Pippi Lorenzoni torna público

Leia mais

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br EDITAL Nº 62/2012 PREGÃO ELETRÔNICO 34/2012 PROCESSO DE DESPESA: 2318/2012 (SEC. DE EDUCAÇÃO) PROCESSO DE LICITAÇÃO 2318/2012 PROCESSO DE COMPRA 45-12 ABERTURA: 29/03/2012 HORÁRIO: 15 horas O Prefeito

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006

REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006 REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTERIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES PREGÃO ELETRÔNICO EDITAL Nº 398/2006 PROCESSO : 50600.000884/2006-13 Tipo de Licitação:

Leia mais

DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319

DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319 Processo nº. 200910267000429 Data da Realização: 09/12/2009 Horário: 09:00 horas Local: www.comprasnet.go.gov.br DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319 A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE

Leia mais

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5.

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5. TERMO DE REFERÊNCIA I DO OBJETO 1.1. Contratação de pessoa jurídica especializada para prestação de serviço de limpeza e desinfecção de caixa d água para subseção de Dourados/MS do Coren/MS, conforme as

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 001/2013 REFERENTE AO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 037/2013

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 001/2013 REFERENTE AO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 037/2013 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 001/2013 REFERENTE AO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 037/2013 Pelo presente instrumento, a SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, órgão gerenciador do Registro de Preços, localizada na

Leia mais

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 A UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Curitiba,

Leia mais

FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 11/2013 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 23034.

FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 11/2013 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 23034. FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 11/2013 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 23034.005029/2013-19 O FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FNDE, Autarquia Federal

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços EDITAL A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10-124-DIREF de 29/06/2006, realizará

Leia mais

Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul.

Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul. LEI Nº 13.179, DE 10 DE JUNHO DE 2009 Business Online Comunicação de Dados Dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços no Estado do Rio Grande do Sul. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Faço

Leia mais

EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008

EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008 EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008 Ref.: Convênio n 001/2008: Convênio celebrado entre a Agência Nacional de Águas - ANA e Associação Brasileira de Águas Subterrâneas

Leia mais

1 DO OBJETO Aquisição de licença de software de informática para atender as necessidades desta Autarquia, conforme discriminação abaixo:

1 DO OBJETO Aquisição de licença de software de informática para atender as necessidades desta Autarquia, conforme discriminação abaixo: A Superintendência de Seguros Privados SUSEP, no Estado do Rio de Janeiro, mediante Pregoeiro designado pela Portaria SUSEP n 2.527, de 11 de outubro de 2006, torna público que realizará às 14 (catorze)

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE EDITAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE EDITAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO N.º 15/2014 PROCESSO N.º 23341.000141/2014-71

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE BAMBUÍ EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº.

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE BAMBUÍ EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE BAMBUÍ EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 67/2009 Processo nº: 23000.086744/2009-55 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS

PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 83/2012 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 23034.023369/2012-41 O FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2010/010

ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2010/010 1 O, por intermédio do TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS, doravante denominado TCM/PA, CNPJ nº 04.789.665/0001-87, com sede na Travessa Magno de Araújo nº 474, bairro do Telégrafo na cidade de Belém, Estado

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014

Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014 Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014 (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001). A União, por intermédio do Instituto Nacional de Câncer José Alencar

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá COORDENADORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá COORDENADORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n.º 25 /2014 PROCESSO n.º 62/2013 (Protocolo nº 6.007). PREGÃO ELETRÔNICO n.º 49/2013 VALIDADE: 12 (doze) meses Aos quatorze dias do mês de abril do ano de dois mil e quatorze,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/2011 Processo 7.497/08/2011-EOF A JUSTIÇA

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 039/2014 REFERENTE AO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 096/2013

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 039/2014 REFERENTE AO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 096/2013 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 039/2014 REFERENTE AO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 096/2013 Pelo presente instrumento, a SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, órgão gerenciador do Registro de Preços, localizada na

Leia mais

FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MERCADO, QUALIDADE E COMPRAS

FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MERCADO, QUALIDADE E COMPRAS PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 24/2013 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 23034.005201/2013-34 EDITAL PREÂMBULO O FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FNDE, com sede no Setor Bancário

Leia mais

EDITAL PROCESSO 4674/2009

EDITAL PROCESSO 4674/2009 EDITAL PROCESSO 4674/2009 A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10/58-DIREF de 24/06/2009 realizará o pregão presencial em epígrafe, regido

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 008/2016 PROCESSO LICITATORIO Nº 028/2016 PREGÃO PRESENCIAL Nº 008/2016.

ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 008/2016 PROCESSO LICITATORIO Nº 028/2016 PREGÃO PRESENCIAL Nº 008/2016. ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 008/2016 PROCESSO LICITATORIO Nº 028/2016 PREGÃO PRESENCIAL Nº 008/2016. VALIDADE: 12 meses Aos dezoito dias do mês de março de 2016, na sala de reuniões da Prefeitura Municipal,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2013 PROCESSO N 787-09.00/13-4

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2013 PROCESSO N 787-09.00/13-4 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2013 PROCESSO N 787-09.00/13-4 Contrato AJDG n.º 031/2013 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VERA CRUZ

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VERA CRUZ ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VERA CRUZ SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 01/2010 MODALIDADE CONVITE PROCESSO Nº 058/2010 Contratação de serviços

Leia mais

EDITAL DE CONVITE nº. 002/2016

EDITAL DE CONVITE nº. 002/2016 EDITAL DE CONVITE nº. 002/2016 Tipo de Licitação: Menor preço global Data abertura: 26/04/2016 Horário: 14:30hs Local: Sede do Conselho Regional de Odontologia do Distrito Federal SCN, Quadra 1, Ed. Central

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO NÚCLEO DE CONTRATAÇÕES SEÇÃO DE LICITAÇÕES EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 54/2011 Republicação Processo 7.242/03/2011-EOF

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº: 21218.000183/2011-59

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº: 21218.000183/2011-59 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº: 21218.000183/2011-59 1. DA JUSTIFICATIVA 1.1 Dotar de melhores condições de trabalho a sala 12, da SUREG/AM, na qual atuam os empregados designados para compor

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008 ATA DO REGISTRO DE PREÇOS CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DE PRESTAÇÃO DE

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA nº 20123340 TERMO DE PARTICIPAÇÃO

COTAÇÃO ELETRÔNICA nº 20123340 TERMO DE PARTICIPAÇÃO COTAÇÃO ELETRÔNICA nº 20123340 TERMO DE PARTICIPAÇÃO PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA COTAÇÃO ELETRÔNICA 150/2015. (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001).

INSTRUÇÕES PARA COTAÇÃO ELETRÔNICA 150/2015. (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001). Fl. Rub. INSTRUÇÕES PARA COTAÇÃO ELETRÔNICA 150/2015 (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001). A União, por intermédio do Instituto Nacional de Câncer José

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO 01/2010 Processo nº 0.000.000.001735/2010-31 VALIDADE 12 (DOZE) MESES ATA Nº 1/2010 No dia 21 de dezembro do ano de dois mil e dez, no CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. 093/2014 Contrato para fornecimento e instalação de unidade de backup padrão LTO-5,, autorizado pelo Senhor Eduardo Cardoso,, Secretário de Administração

Leia mais

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM EDITAL CONVITE Nº 002/2015 1 PREÂMBULO 1.1. A, através da COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO CML, adiante denominada simplesmente CML, CONVIDA essa firma para participar do certame licitatório, na modalidade

Leia mais

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail:

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS TERMO DE RETIRADA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N. º 55/2012

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010

EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010 EDITAL DE PREGÃO AMPLO N o 4/2010 PROCESSO N o 53500.000211/2010 A AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL, com sede no SAUS, Quadra 06, Bloco H, Edifício Ministro Sérgio Motta, na cidade de Brasília

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 03/2012 A EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES - EBSERH, com sede provisória no edifício anexo II

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO N 125/2008

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO N 125/2008 PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO N 125/2008 DATA DE ABERTURA: 04 de dezembro de 2008 HORÁRIO: 13:00 horas LOCAL DA SESSÃO PÚBLICA: Auditório da CPL/PGR, localizada no

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 ! " TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 PROCESSO Nº 1.825/2005 Regime Jurídico: Lei nº 8.666/93, alterações e normas complementares Tipo de Licitação: MENOR PREÇO Modalidade: TOMADA DE PREÇOS O CONSELHO REGIONAL

Leia mais

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0

PREGÃO Processo nº 000217-04.91/15-0 PREGÃO PE - 31/2015 - SULGÁS A Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul - SULGÁS torna público, através de seu Pregoeiro designado, que realizará licitação por meio da utilização de recursos de

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 24/2006

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 24/2006 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS COORDENAÇÃO DE COMPRAS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA PREGÃO 01-2008 PRESENCIAL MENOR PREÇO GLOBAL POR ITEM OBJETO:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA PREGÃO 01-2008 PRESENCIAL MENOR PREÇO GLOBAL POR ITEM OBJETO: 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA PREGÃO 01-2008 PRESENCIAL MENOR PREÇO GLOBAL POR ITEM OBJETO: ITEM 01 LIMPEZA E CONSERVAÇÃO ITEM 02 VIGILÂNCIA ARMADA ITEM 03

Leia mais

ATA DE REGISTRIO DE PREÇOS Nº 007/2014

ATA DE REGISTRIO DE PREÇOS Nº 007/2014 ATA DE REGISTRIO DE PREÇOS Nº 007/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO N. º 002/2014 MODALIDADE DE PREGÃO PRESENCIAL PROCESSO Nº 2014 0001 1954 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES Aos 28 dias do mês de fevereiro de 2014, na

Leia mais

ANEXO VI ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DIRAT/DESEG-200./..., OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS PARA USO EM MARCENARIA.

ANEXO VI ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DIRAT/DESEG-200./..., OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS PARA USO EM MARCENARIA. PREGÃO Nº 011/2007 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DIRAT/DESEG-200./..., OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS PARA USO EM MARCENARIA. Processo nº 041.000.045/2007. VALIDADE: 12

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

VALIDADE: 12 (DOZE) MESES, contados a partir da data de sua publicação no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso.

VALIDADE: 12 (DOZE) MESES, contados a partir da data de sua publicação no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 01/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS: N 01/2015/ PREGÃO: Nº. 001/2015/ REGISTRO DE PREÇOS VALIDADE: 12 (DOZE) MESES, contados a partir da data de sua publicação no Diário Oficial

Leia mais

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail:

Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE AQUISIÇÕES Empresa: Endereço: CNPJ: Telefone: Fax: e-mail: TERMO DE RETIRADA

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Rua Esteves Júnior, n. 68, Centro, Florianópolis/SC, CEP 88015-130 Fone: (48) 3251-3700 www.tre-sc.jus.br PREGÃO N. 095/2014 (Protocolo n. 38.206/2014) O TRIBUNAL

Leia mais

LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015

LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015 LICITAÇÃO COM RESERVA DE COTA DE ATÉ 25% PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 34/2015 A FUNDAÇÃO DE ATENDIMENTO SÓCIOEDUCATIVO DO PARÁ - FASEPA, inscrita no CNPJ sob o nº 84.154.186/0001-23,

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Rua Esteves Júnior, n. 68, Centro, Florianópolis/SC, CEP 88015-130 Fone: (48) 3251-3700 www.tre-sc.jus.br PREGÃO N. 124/2014 (PAE n. 55.782/2014) O TRIBUNAL

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças TERMO DE REFERÊNCIA

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA Código de Classificação: 13.02.01.15 1 DO OBJETO: A presente licitação tem por objeto a contratação de empresa para prestação dos serviços de cobertura securitária (seguro) para assegurar

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TERMO DE RETIRADA DO PREGÃO ELETRÔNICO N. º 08/2005.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TERMO DE RETIRADA DO PREGÃO ELETRÔNICO N. º 08/2005. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TERMO DE RETIRADA DO PREGÃO ELETRÔNICO N. º 08/2005. PESSOA JURÍDICA: ENDEREÇO: CNPJ DA PESSOA JURÍDICA:

Leia mais

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 14/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇO

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 14/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇO EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 14/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇO PROCESSO 48400.001.219/2015-34 TIPO LICITAÇÃO MENOR PREÇO DATA 10/11/2015 HORÁRIO 10:00 LOCAL www.comprasnet.gov.br (por meio do Sistema Pregão

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP)

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP) 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP) A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia -, por meio de sua Comissão de Licitações, torna público para conhecimento

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20145151 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20145151 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20145151 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação,

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO DIE02

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO DIE02 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO DIE02 (CONVÊNIO MTE/SPPE/CODEFAT No. 003/2007 DIEESE) O DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS - DIEESE, CNPJ n.º 60.964.996/0001-87,

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. 127/2015 Contrato para a contratação de suporte técnico, com direito de atualização de versões, para 15 (quinze) licenças de uso flutuantes do

Leia mais

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais).

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais). PROCESSO N.º 003/2013 LICITAÇÃO Nº 003/2013-CONVITE TIPO: MENOR PREÇO POR LOTE À EMPRESA: ENDEREÇO: O Conselho Regional de Administração-CRA, através de sua Comissão Permanente de Licitação, nos termos

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº0063 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº0063 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº0063 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais

SEGUNDA ATUALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº.006/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº.008/2015. VALIDADE: 01/04/2016

SEGUNDA ATUALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº.006/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº.008/2015. VALIDADE: 01/04/2016 SEGUNDA ATUALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº.006/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº.008/2015. VALIDADE: 01/04/2016 Aos três dias do mês de junho de 2015, o Município de Santo Antônio da Patrulha/RS, neste

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS DIVISÃO DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 28/2012 Processo SUSEP Nº 15414.

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS DIVISÃO DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 28/2012 Processo SUSEP Nº 15414. MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS DIVISÃO DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 28/2012 Processo SUSEP Nº 15414.004640/2012-46 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul MUNICIPIO DE ERECHIM PREFEITURA MUNICIPAL Praça da Bandeira, 354 Fone: 54 3520 7000 99700-010 Erechim RS

Estado do Rio Grande do Sul MUNICIPIO DE ERECHIM PREFEITURA MUNICIPAL Praça da Bandeira, 354 Fone: 54 3520 7000 99700-010 Erechim RS MINUTA 261/2015 CONTRATO ADMINISTRATIVO N.º /2015 PROCESSO N.º 14040/2015 - PREGÃO PRESENCIAL N.º 228/2015 AQUISIÇÃO DE REDES PARA A PROTEÇÃO DE JANELAS - SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - Contrato Administrativo

Leia mais

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO Data: A partir do dia 22/06/2011 Local: FAPEU SETOR DE LICITAÇÃO (Campus Universitário s/nº, Trindade,

Leia mais

FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MERCADO, QUALIDADE E COMPRAS PREGÃO ELETRÔNICO PARA

FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MERCADO, QUALIDADE E COMPRAS PREGÃO ELETRÔNICO PARA PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 65/2013 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 23034.000301/2013-74 EDITAL PREÂMBULO O FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FNDE, com sede no Setor Bancário

Leia mais

ANEXO I MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E INFRAESTRUTURA TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E INFRAESTRUTURA TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E INFRAESTRUTURA 1 OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA 1.1. Contratação de empresa especializada, para o eventual

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 08/2012 PROCESSO N.19.544/2012

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 08/2012 PROCESSO N.19.544/2012 1 EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 08/2012 PROCESSO N.19.544/2012 1. PREÂMBULO 1.1 A FACULDADE ESTADUAL DE CIENCIAS E LETRAS DE CAMPO MOURÃO - FECILCAM, por seu diretor Antônio Carlos Aleixo, nomeado pelo

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul MUNICIPIO DE ERECHIM PREFEITURA MUNICIPAL Praça da Bandeira, 354 Fone: 54 520 7000 99700-000 Erechim RS

Estado do Rio Grande do Sul MUNICIPIO DE ERECHIM PREFEITURA MUNICIPAL Praça da Bandeira, 354 Fone: 54 520 7000 99700-000 Erechim RS MINUTA 175/2014 CONTRATO ADMINISTRATIVO N.º /2014 PROCESSO N.º 8287/2014 - PREGÃO PRESENCIAL N.º 153/2014 AQUISIÇÃO DE PEÇAS PARA CONSERTO DA MÁQUINA M-65 - SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS PÚBLICAS E HABITAÇÃO

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Rua Esteves Júnior, n. 68, Centro, Florianópolis/SC, CEP 88015-130 Fone: (48) 3251-3700 www.tre-sc.jus.br PREGÃO N. 141/2013 (Protocolo n. 82.950/2013) O TRIBUNAL

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 95971-02/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 95971-02/2010 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 95971-02/2010 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia -, por meio de sua pregoeira, Claudia Pippi Lorenzoni designado pela Ordem

Leia mais

BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO - BID. Programa Multifase de Apoio ao Desenvolvimento do Legislativo Eletrônico no Brasil (INTERLEGIS II)

BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO - BID. Programa Multifase de Apoio ao Desenvolvimento do Legislativo Eletrônico no Brasil (INTERLEGIS II) BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO - BID Programa Multifase de Apoio ao Desenvolvimento do Legislativo Eletrônico no Brasil (INTERLEGIS II) SENADO FEDERAL EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 104/2012

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº 38/2015 TIPO MENOR PREÇO EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº10/2009 2 ÍNDICE 1 OBJETO...3 2 CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO...3 3 FORMA DE APRESENTAÇÃO DAS

Leia mais

MINUTA-PARÂMETRO DE CONTRATO PARA AQUISIÇÃO DE BENS DE INFORMÁTICA E AUTOMAÇÃO, DECORRENTE DE PREGÃO ELETRÔNICO. Anexo nº...

MINUTA-PARÂMETRO DE CONTRATO PARA AQUISIÇÃO DE BENS DE INFORMÁTICA E AUTOMAÇÃO, DECORRENTE DE PREGÃO ELETRÔNICO. Anexo nº... MINUTA-PARÂMETRO DE CONTRATO PARA AQUISIÇÃO DE BENS DE INFORMÁTICA E AUTOMAÇÃO, DECORRENTE DE PREGÃO ELETRÔNICO. Anexo nº... Minuta Contratual CONTRATO Nº.../... QUE FIRMAM A UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS

Leia mais

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 136/2015 OBJETO: AQUISIÇÃO ALMOFADA PARA CARIMBO, TINTA PARA CARIMBO, FITA ADESIVA LARGA E COLA EM BASTÃO, A PEDIDO DA SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE. IMPORTANTE INÍCIO DE

Leia mais

http://www.comprasnet.gov.br

http://www.comprasnet.gov.br MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO DE PESQUISAS JARDIM BOTÂNICO DO RIO DE JANEIRO EDITAL DE PREGÃO Nº 16 / 2009 PROCESSO JBRJ n 02011000477/2009-18 MODALIDADE: PREGÃO ELETRÔNICO TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL

Leia mais

EDITAL / CONVITE - 2016. TIPO DE LICITAÇÃO: Técnica e menor valor global REGIME DE EXECUÇÃO: Prestação de serviços

EDITAL / CONVITE - 2016. TIPO DE LICITAÇÃO: Técnica e menor valor global REGIME DE EXECUÇÃO: Prestação de serviços ANFIP - Associação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil SBN Qd. 01 Bl. H Ed. ANFIP Brasília DF - CEP 70040-907 Fone (61) 3251 8100 Fax (61) 3326 6078 EDITAL / CONVITE - 2016 TIPO

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N. º 53/2008 DTDIE / INEP PROCESSO N.º 23036.003304/2008-82

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N. º 53/2008 DTDIE / INEP PROCESSO N.º 23036.003304/2008-82 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA INEP DIRETORIA DE GESTÃO E PLANEJAMENTO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSITICOS, AQUISIÇÕES E CONVÊNIOS Esplanada

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CASA CIVIL SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRETORIA DE RECURSOS LOGÍSTICOS COORDENAÇÃO-GERAL DE LICITAÇÃO E CONTRATO EDITAL

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CASA CIVIL SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRETORIA DE RECURSOS LOGÍSTICOS COORDENAÇÃO-GERAL DE LICITAÇÃO E CONTRATO EDITAL PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CASA CIVIL SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRETORIA DE RECURSOS LOGÍSTICOS COORDENAÇÃO-GERAL DE LICITAÇÃO E CONTRATO EDITAL PREGÃO, NA FORMA ELETRÔNICA, Nº 087/2008 PROCESSO Nº 00185.001624/2008-99

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE SÃO PAULO TERMO DE CONTRATO CT Nº 0008/2015

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE SÃO PAULO TERMO DE CONTRATO CT Nº 0008/2015 TERMO DE CONTRATO CT Nº 0008/2015 TERMO DE CONTRATO CT Nº 0008/2015 QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE SÃO PAULO e a EMPRESA G & S IMAGENS DO BRASIL LTDA que tem por objeto contratação

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP (SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS) Nº 05/2016

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP (SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS) Nº 05/2016 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EBSERH-EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO SRP (SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS) Nº 05/2016 PROCESSO Nº 23113.016521/2015-00 OBJETO Registro de

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 01/2012

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 01/2012 TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 01/2012 PREÂMBULO O Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente - CONPAM sito à Rua Osvaldo Cruz, 2366 Dionísio Torres Fortaleza-CE, torna público este Termo de Participação,

Leia mais

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 114/2013 OBJETO: AQUISIÇÃO DE AUTOCLAVE DIGITAL, A PEDIDO DA SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE. IMPORTANTE INÍCIO DE ACOLHIMENTO DE PROPOSTAS: 14/10/2013 15h00min. LIMITE PARA

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRAS Vinculada ao Ministério das Comunicações

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRAS Vinculada ao Ministério das Comunicações PREGÃO ELETRÔNICO Nº 006/2012 (EXCLUSIVO PARA MICROEMPRESAS E EMPRESA DE PEQUENO PORTE Dec. 6.204/2007) Processo nº 039/2012 COMPROVANTE DE RECEBIMENTO DO EDITAL Objeto: Contratação de empresa para prestação

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº: 21218.000120/2011-01

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº: 21218.000120/2011-01 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº: 21218.000120/2011-01 1 JUSTIFICATIVA 1.1 Justifica-se essa aquisição pela necessidade de atendimento à demanda de Aparelhos Telefônicos efetuada pelas diversas

Leia mais

TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 769/CIENTEC/2013

TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 769/CIENTEC/2013 TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 769/CIENTEC/2013 1. DO TERMO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 1.1 A Fundação de Ciência e Tecnologia, torna público o presente Termo de Dispensa de Licitação, autorizada no expediente

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 08 /2009 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 200928 COMPRASNET N 227/2009 PROCESSO Nº 09000397-7 VALIDADE DA ATA: 12 MESES Governo do Estado do Ceará ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Aos 03 dias

Leia mais

ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº 28.088 DE 10 DE JANEIRO DE 2006 PREÂMBULO

ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº 28.088 DE 10 DE JANEIRO DE 2006 PREÂMBULO ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº 28.088 DE 10 DE JANEIRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do

Leia mais

COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE MINAS GERAIS CODEMIG CONCURSO Nº 03/2015 - PROCESSO INTERNO Nº 385/15

COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE MINAS GERAIS CODEMIG CONCURSO Nº 03/2015 - PROCESSO INTERNO Nº 385/15 COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE MINAS GERAIS CODEMIG CONCURSO Nº 03/2015 - PROCESSO INTERNO Nº 385/15 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE FORTALECIMENTO E FOMENTO DOS FESTIVAIS GASTRONÔMICOS NO

Leia mais

CARROCERIA DO CAMINHÃO MUNK PREÂMBULO

CARROCERIA DO CAMINHÃO MUNK PREÂMBULO CARROCERIA DO CAMINHÃO MUNK PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397 /

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 23/2015

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 23/2015 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 23/2015 O ESTADO DO PARÁ, através da FUNDAÇÃO DE ATENDIMENTO SÓCIOEDUCATIVO DO PARÁ - FASEPA, inscrita no CNPJ sob o nº 84.154.186/0001-23, sediada na Rua DIOGO MOIA, N.º 1101, Bairro

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO S/A EBC PREGÃO ELETRÔNICO Nº 050/2011

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO S/A EBC PREGÃO ELETRÔNICO Nº 050/2011 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO S/A EBC PREGÃO ELETRÔNICO Nº 050/2011 Processo EBC nº 002307/2010 COMPROVANTE DE RECEBIMENTO DO EDITAL OBJETO: Contratação

Leia mais

Poder Judiciário da União TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS. Vara da Infância e da Juventude do Distrito Federal

Poder Judiciário da União TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS. Vara da Infância e da Juventude do Distrito Federal PREGÃO ELETRÔNICO N. 005/2015 SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS P.A. N. 001/2015 A VIJ-DF torna público, para ciência dos interessados que, ÀS 14 HORAS(Horário de Brasília) do dia 24 DE MARÇO DE 2015, ou na

Leia mais

ANEXO VI MINUTA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS REFERENTE: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 034 / 2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

ANEXO VI MINUTA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS REFERENTE: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 034 / 2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº. / 2015.. PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 065 / 2015. CONTRATANTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRANA / SP. EMPRESA DETENTORA:. Aos dias do mês de do ano

Leia mais

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052

PREFEITURA DE CACHOEIRA DO SUL - RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS Rua Moron, 1.013 Fone/Fax (51) 3724-6052 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 54/2014 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA MANUTENÇÃO DE ELEVADOR DE PASSAGEIRO INSTALADO NO PRÉDIO DO POLO DA UAB, A PEDIDO DA SECRETARIA MUNICIPAL DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO.

Leia mais