A autora sustenta, em síntese, para justificar a obtenção da pretendida tutela antecipatória, o que se segue (fls. 25/26):

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A autora sustenta, em síntese, para justificar a obtenção da pretendida tutela antecipatória, o que se segue (fls. 25/26):"

Transcrição

1 TUTELA ANTECIPADA NA AÇÃO CÍVEL ORIGINÁRIA SÃO PAULO RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO AUTOR(A/S)(ES) :EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS - ECT ADV.(A/S) :RAIMUNDA MÔNICA MAGNO ARAÚJO BONAGURA E OUTRO(A/S) ADV.(A/S) RÉU(É)(S) :JOSÉ ROBERTO PADILHA :EMPRESA METROPOLITANA DE TRANSPORTES URBANOS DE SÃO PAULO S/A - EMTU/SP ADV.(A/S) : ANTONIO DE OLIVEIRA E OUTRO(A/S) LIT.PAS.(A/S) :PORTAL EXPRESS TRANSPORTES RÁPIDOS LTDA - ADV.(A/S) ME :EDUARDO BANNO DECISÃO: Trata-se de ação cominatória com pedido de tutela antecipada, ajuizada pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos ECT, com o objetivo de a. anular a contratação de PORTAL EXPRESSTRANSPORTES RÁPIDO LTDA. ME, decorrente do PREGÃO Nº 018/2007, que tem por objeto os serviços de transporte de malotes ( ) ; b. determinar que a Ré se abstenha iniciar procedimento de licitação que tenha como objeto a entrega de correspondência, bem como a agrupada, documentos ou objetos enquadrados como tal ( ) e c. que seja estabelecida multa diária no caso de descumprimento de qualquer dos pontos da sentença (fls. 27 grifei). A autora sustenta, em síntese, para justificar a obtenção da pretendida tutela antecipatória, o que se segue (fls. 25/26): A violação do monopólio postal praticada pela Ré configura clara afronta aos serviços públicos, pois, além de macular a credibilidade dos Correios junto à sociedade, a conduta resulta em prejuízo ao Erário Público, na medida em que as tarifas e preços postais cobradas pela ECT configuram receita pública destinada especificamente a subsidiar a prestação do serviço postal em todo o território nacional. Noutro naipe, se o exercício ilegal da atividade postal não for

2 coibido pela antecipação da tutela aqui pretendida, difícil e insatisfatória será a posterior reparação de danos, pois, além da receita que a ECT deixará de perceber, tormentosa será a quantificação do impacto que tal perda de receita representaria na manutenção e expansão da rede postal pública Além disso, considerando que durante décadas a ECT é tida como a instituição pública mais confiável no Brasil dificilmente uma indenização de caráter compensatório poderia reparar a credibilidade de uma instituição pública de tal porte. A prevalência da prestação de serviços paralelos de Correios promovida pela RÉ constitui, indubitavelmente, não só desrespeito à legislação aplicável, como também é ato lesivo às atividades da autora, que exerce o munus constitucional, refletindo em toda a comunidade. Assim, tem-se de forma inequívoca que a autora, por força do Decreto-Lei nº 509/69 bem como da Lei nº 6.538/78, cuida de executar o serviço postal que é público por natureza, e que o Estado assume como próprio, e ressalte-se que a quebra da exclusividade do serviço postal da União é crime tipificado na Lei Postal, e configura invasão de competência exclusiva União (artigo 21, X, e 22, V, da Constituição Federal de 1988). Deste modo, estão amplamente demonstrados os requisitos que autorizam a concessão da tutela antecipada, inaudita altera parte, consoante o disposto nos artigos 273 e 461, 3º, do Código de Processo Civil, no sentido de que a Ré suspenda, imediatamente a execução do contrato decorrente PREGÃO Nº. 018/2007, cujo objeto refere-se a prestação de serviços de coleta e entrega de correspondência agrupada e outros sujeitos ao regime de exclusividade do serviço postal, conforme fundamentado. (grifei) A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo EMTU/SP, por sua vez, ao impugnar tal pretensão, assim se manifestou (fls. 106/113): Inicialmente, faz-se mister esclarecer que a RÉ é empresa de economia mista integrante da Administração Pública Estadual 2

3 Indireta, atuante, principalmente, no planejamento, gerenciamento e na elaboração de projetos atinentes ao transporte coletivo intermunicipal de passageiros das Regiões Metropolitanas do Estado de São Paulo. Também é necessário ilustrar que, em decorrência de suas atividades, mantém filiais nas cidades São Bernardo do Campo, Praia Grande e Campinas, havendo a necessidade de comunicação entre a sede e as filiais. Lógico também, que em decorrência da centralização de seu Departamento de Compras, na cidade de São Bernardo do Campo, a empresa necessite de veículos para o transporte de bens entre suas filiais. Assim, desde o ano de 2002, vem licitando a contratação do serviço de coleta e entrega de malote entre as suas filiais. O malote serve para transportar bens entre as filiais, carregando por exemplo, desde um prego ou parafuso e até um galão de água de 20 (vinte) litros. A partir da aquisição, na cidade de São Bernardo do Campo, estes bens são distribuídos, quando necessário, pelas filiais. Este serviço não está e nem poderia estar contemplado nos artigos 7º e 9º da Lei Federal 6538 de 22 de junho de Acrescente-se que, tais serviços já são licitados desde 2002, e jamais foram questionados pela AUTORA. Ademais, a referida licitação teve como principal objetivo à obtenção de uma maior agilidade, além de uma sensível redução de custos aos cofres públicos, uma vez que, anteriormente, as referidas entregas e coletas eram feitas mediante a contratação específica para cada bem transportado. Ao contrário do que tenta aduzir a AUTORA, a EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS, com todo o nosso respeito, não oferece o serviço que tenta contestar e, ao que parece, não tem a menor condição de fazê-lo, eis que sua estrutura é insuficiente. Apenas para se ter uma ideia destas grandezas, bastaria olhar a questão dos serviços prestados pelas empresas de motoboys. A AUTORA possui cerca de 57 mil carteiros 3

4 distribuídos pelo Brasil, enquanto que, só na grande São Paulo, a iniciativa privada faz uso de cerca de 300 mil motoboys para a entrega e coleta de pequenos volumes. Frise-se que, para a execução de serviços postais de que necessita, a RÉ continua contratando regularmente com a AUTORA. Em que pese os elementos necessários ao esclarecimento de que os serviços de coleta e entrega de malotes com carro e condutor, utilizados pela RÉ não são abrangidos pela Lei dos Serviços Postais serem de fácil percepção, a AUTORA insiste em afirmar que o objeto licitado consiste na execução de serviço postal, o qual considera monopólio da União, com base no artigo 21, inciso X, da Constituição Federal.... Assim, resta claro concluir, com base nos elementos apresentados, que a presente demanda, promovida pela EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS-ECT, é infundada, logo, improcedente. É evidente que os serviços licitados pela EMPRESA METROPOLITANA DE TRANSPORTES URBANOS DE SÃO PAULO S/A EMTU/SP, não configuram serviços postais, sendo distintos daqueles contemplados pela Lei Federal 6.538/78, portanto, não justificam qualquer questionamento judicial, ou extrajudicial, por parte da AUTORA. Ainda assim, em caso de uma remota discordância desse entendimento, a pretensão da AUTORA também não merece prosperar, uma vez quê, com fundamento nos elementos supra aduzidos, os serviços postais configuram atividade econômica explorada sem o condão de monopólio estatal. (grifei) Instada a se manifestar, a empresa Portal Express Transportes Rápidos LTDA. ME, litisconsorte passiva, aduziu os seguintes fundamentos (fls. 220/221): A vencedora da licitação, ora contestante, presta serviços de COLETA E ENTREGA DE MALOTES COM MOTORISTA, cousa não realizada pela Autora, na forma em descrita na licitação sob 4

5 comento. Entretanto, a fim de eliminar dúvidas acerca dos materiais que são transportados (e não correspondências), apresenta o rol de objetos transportados: a) Galões de água; b) Papel higiênico e sulfites; c) Cadeiras e móveis de escritório; dentre outras coisas e bens 6. Pois bem, considerando que não se trata de correspondências, papéis e cartas, como tentou demonstrar a Autora, verifica-se que não lhe assiste razão nos fundamentos de seu pedido, haja vista que não se trata do objeto mencionado pela propedêutica. 7. Ademais, vale ressaltar que o mencionado artigo 7º, da Lei de 1978, disposto pela vestibular, não contempla os bens e coisas supra mencionadas, de forma que não podem ser consideradas, ainda que latu sensu, como correspondências. 8. A própria Autora menciona às fls. 04, o que são objetos de correspondências, não estando previstos os bens supra indicados. 9. No tocante à citada exclusividade, melhor sorte não lhe resta. Com efeito, no artigo 21, X, da Constituição Federal, aposta pela própria Autora, é da competência da União manter o serviço postal e o correio aéreo nacional, todavia, sem qualquer menção à exclusividade. 10. Vale dispor que no artigo supra, não há qualquer menção à exclusividade ou que deva manter o monopólio postal, mas tão somente, a manutenção de serviço postal e o Correio Aéreo Nacional. 11. Portanto, reiterando informação alhures exposta a, ora contestante, não transporta correspondências, ainda que agrupadas, nos termos das definições da Autora. (grifei) Sendo esse o contexto, passo a analisar o pedido de tutela antecipatória deduzido na presente causa. E, ao fazê-lo, indefiro o pleito em questão, por não se me afigurarem ocorrentes, na espécie, os pressupostos 5

6 necessários ao acolhimento dessa postulação (CPC, art. 273, na redação dada pela Lei nº 8.952/94). É que entendo descaracterizada ao menos nesta fase preliminar do processo e em juízo de sumária cognição a possibilidade de lesão irreparável ou de difícil reparação, apoiando-me, para tanto, sempre em caráter delibatório, nos fundamentos que dão suporte à contestação deduzida pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo. É importante rememorar, neste ponto, que o deferimento da medida liminar, resultante do concreto exercício do poder geral de cautela outorgado aos juízes e Tribunais, somente se justifica em face de situações que se ajustem aos seus específicos pressupostos: a existência de plausibilidade jurídica ( fumus boni juris ), de um lado, e a possibilidade de lesão irreparável ou de difícil reparação ( periculum in mora ), de outro. Sem que concorram esses dois requisitos que são necessários, essenciais e cumulativos, não se legitima a concessão da medida liminar. Sendo assim, e sem prejuízo de ulterior reapreciação da matéria, quando do julgamento final da presente ação, indefiro o pedido de antecipação dos efeitos da tutela jurisdicional. Publique-se. Brasília, 09 de junho de Ministro CELSO DE MELLO Relator 6

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal MEDIDA CAUTELAR NA RECLAMAÇÃO 15.303 RIO DE JANEIRO RELATOR : MIN. LUIZ FUX RECLTE.(S) :MUNICÍPIO DE ARMAÇÃO DOS BÚZIOS PROC.(A/S)(ES) :PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE ARMAÇÃO DOS BÚZIOS RECLDO.(A/S)

Leia mais

Parte requerente: INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL - IPHAN (Advª. Sandra Mary Tenório Godoi) E ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

Parte requerente: INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL - IPHAN (Advª. Sandra Mary Tenório Godoi) E ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Processo Judicial Eletrônico: 1 CAUTELAR INOMINADA Autos de nº 0800490-42.2014.4.05.8400 Parte requerente: INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL - IPHAN (Advª. Sandra Mary Tenório Godoi)

Leia mais

Relator: JARBAS GOMES Órgão Julgador: 11ª CÂMARA DE DIREITO PÚBLICO

Relator: JARBAS GOMES Órgão Julgador: 11ª CÂMARA DE DIREITO PÚBLICO fls. 104 Relator: JARBAS GOMES Órgão Julgador: 11ª CÂMARA DE DIREITO PÚBLICO Vistos. Trata-se de agravo de instrumento interposto por GRACEDES DO CARMO BONIZIOLI, contra a r. decisão que, em sede de ação

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO. Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2013.0000251389 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0128060-36.2010.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante AGÊNCIA ESTADO LTDA, é apelado IGB ELETRÔNICA

Leia mais

Representante : COLIGAÇÃO TODOS PELO PARANÁ (PSDB/PROS/DEM/PSB/PSB/PSD/PTB/PP/PPS/PSC/ PR/SD/PSL/PSDC/PMN/ PHS/PEN/PT do B)

Representante : COLIGAÇÃO TODOS PELO PARANÁ (PSDB/PROS/DEM/PSB/PSB/PSD/PTB/PP/PPS/PSC/ PR/SD/PSL/PSDC/PMN/ PHS/PEN/PT do B) REPRESENTAÇÃO N 1523-09.2014.16.0000 Representante : COLIGAÇÃO TODOS PELO PARANÁ (PSDB/PROS/DEM/PSB/PSB/PSD/PTB/PP/PPS/PSC/ PR/SD/PSL/PSDC/PMN/ PHS/PEN/PT do B) Representados : ESMAEL ALVES DE MORAES :

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO Comarca da Capital 2ª Vara Cível

ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO Comarca da Capital 2ª Vara Cível fls. 1 Autos n 0324833-09.2014.8.24.0023 Ação: Cautelar Inominada/PROC Requerente: Associação dos Servidores Civis da Segurança Pública de santa Catarina - ASSESP/SC Requerido: IBBCA 2008 Gestão em Saúde

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0005022-49.2014.8.19.0000 Agravante: Município de Três Rios Agravado: Gabriel Estanislau da Rocha Alves

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal MEDIDA CAUTELAR NA RECLAMAÇÃO 19.511 DISTRITO FEDERAL RELATOR : MIN. GILMAR MENDES RECLTE.(S) :SINDICATO ESTADUAL DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO DO RIO DE JANEIRO - SEPE/RJ ADV.(A/S) :ITALO PIRES AGUIAR

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0052654-08.2013.8.19.0000 Agravante: Município de Armação de Búzios Agravado: Lidiany da Silva Mello

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL C O N C L U S Ã O Nesta data, faço os autos conclusos ao MM. Juiz Federal Substituto, nesta 15ª Vara, Dr. Eurico Zecchin Maiolino. São Paulo,...Eu,..., Analista Judiciário 15ª Vara Cível Processo nº 2009.61.00.010245-7

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0005243-32.2014.8.19.0000 5ª Vara de Fazenda Pública da Comarca da Capital Agravante: Fundo Único de

Leia mais

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro. Agravo de Instrumento: 0012915-91.2014.8.19.0000

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro. Agravo de Instrumento: 0012915-91.2014.8.19.0000 FLS.1 Agravante: GLAUCO FIOROTT AMORIM Agravado: DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - DETRAN AGRAVO DE INSTRUMENTO. MANDADO DE SEGURANÇA. LEI SECA. RECUSA AO TESTE DO BAFÔMETRO.

Leia mais

2ª fase- Direito Administrativo. 02/2007 - CESPE

2ª fase- Direito Administrativo. 02/2007 - CESPE 2ª fase- Direito Administrativo. 02/2007 - CESPE Foi noticiado em jornal de grande circulação que O secretário de transportes de determinado estado, e certa empresa de transportes coletivos, pessoa jurídica

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DO TOCANTINS

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DO TOCANTINS Classe 2200 : MANDADO DE SEGURANÇA COLETIVO Impetrante : SINDICATO NACIONAL DAS EMPRESAS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA - SINAENCO Impetrado : SUPERINTENDENTE REGIONAL DO DNIT/TO e outro Sentença

Leia mais

1005895-57.2016.8.26.0100 - lauda 1

1005895-57.2016.8.26.0100 - lauda 1 fls. 372 SENTENÇA Processo Digital nº: 1005895-57.2016.8.26.0100 Classe - Assunto Procedimento Comum - Planos de Saúde Requerente: Requerido: UNIMED PAULISTANA SOCIEDADE COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEGUNDA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEGUNDA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEGUNDA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0008525-78.2014.8.19.0000 Agravante: MUNICÍPIO DE RIO DAS OSTRAS Agravado: ROSÂNGELA FERREIRA SIMÕES Relatora:

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 708.474 DISTRITO FEDERAL RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA - CONFEA ADV.(A/S) : ERICO BOMFIM DE CARVALHO

Leia mais

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Quarta Câmara Cível

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Quarta Câmara Cível APELAÇÃO CÍVEL - Processo APELANTE: EURICO ÂNGELO DE OLIVEIRA MIRANDA APELADO: CLUB DE REGATAS VASCO DA GAMA RELATOR: DES. ANTÔNIO ILOÍZIO BARROS BASTOS APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE REGRESSO. QUESTÕES PRELIMINARES

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 37ª Câmara de Direito Privado

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 37ª Câmara de Direito Privado ACÓRDÃO Registro: 2014.0000726618 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1007380-59.2014.8.26.0554, da Comarca de Santo André, em que é apelante JOSÉ RIBEIRO, é apelado KOPLENO PRODUTOS

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0055626-48.2013.8.19.0000 AGRAVANTE: JAQUELINE MACIEL LOURENÇO DA SILVA

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0055626-48.2013.8.19.0000 AGRAVANTE: JAQUELINE MACIEL LOURENÇO DA SILVA AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0055626-48.2013.8.19.0000 AGRAVANTE: JAQUELINE MACIEL LOURENÇO DA SILVA AGRAVADO: INSTITUTO ANALICE LTDA RELATOR: DES. AUGUSTO ALVES MOREIRA JUNIOR AGRAVO DE INSTRUMENTO. DIREITO

Leia mais

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz da 3ª Vara Federal de Florianópolis, Santa Catarina

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz da 3ª Vara Federal de Florianópolis, Santa Catarina Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz da 3ª Vara Federal de Florianópolis, Santa Catarina DISTRIBUÇÃO COM URGÊNCIA Com isenção de custas forte no artigo 18 da Lei n. 7.347/85. C/ PEDIDO DE LIMINAR, inaudita

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal CONFLITO DE COMPETÊNCIA 7.572 DISTRITO FEDERAL RELATORA SUSTE.(S) ADV.(A/S) : MIN. ROSA WEBER :VASP - VIAÇÃO AÉREA SÃO PAULO S/A :MARCUS VINÍCIUS DE ALMEIDA RAMOS :SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA (RECLAMAÇÃO

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0701.11.038426-3/001 Númeração 0384263- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Versiani Penna Des.(a) Versiani Penna 14/11/2013 25/11/2013 EMENTA: APELAÇÃO

Leia mais

Natanael Gomes Bittencourt Acadêmico do 10º semestre de Direito das Faculdades Jorge Amado

Natanael Gomes Bittencourt Acadêmico do 10º semestre de Direito das Faculdades Jorge Amado ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Natanael Gomes Bittencourt Acadêmico do 10º semestre de Direito das Faculdades Jorge Amado Resumo: A Administração Pública se liga ao interesse público e às necessidades sociais,

Leia mais

QUINTA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

QUINTA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO QUINTA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO APELAÇÃO CÍVEL Nº 0004150-49.2007.8.19.0042 APELANTE: MERCADOLIVRE.COM ATIVIDADES DE INTERNET LTDA. APELADA: LÍVIA SANTUX ANDRADE

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 18.742/10/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 02.000214928-21

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 18.742/10/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 02.000214928-21 Acórdão: 18.742/10/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 02.000214928-21 Impugnação: Impugnante: Autuado: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA 40.010126765-86 (Coobrigada) Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Coobrigada)

Leia mais

: MIN. GILMAR MENDES SÃO PAULO

: MIN. GILMAR MENDES SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 680.724 SÃO PAULO RELATOR RECTE.(S) ADV.(A/S) RECDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) ASSIST.(S) ASSIST.(S) ADV.(A/S) : MIN. GILMAR MENDES :LINO INÁCIO DE SOUZA : LUIZ GONZAGA DE CARVALHO

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal MEDIDA CAUTELAR NA RECLAMAÇÃO 17.446 RIO GRANDE DO NORTE RELATORA RECLTE.(S) ADV.(A/S) RECLDO.(A/S) ADV.(A/S) INTDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :MUNICÍPIO DE LUCRÉCIA :AMARO BANDEIRA DE ARAÚJO

Leia mais

DESENVOLVIMENTO VÁLIDO E REGULAR DO PROCESSO - QUESTÃO DE ORDEM PÚBLICA - EXTINÇÃO DO FEITO SEM JULGAMENTO DO MÉRITO - ART. 557, DO CPC.

DESENVOLVIMENTO VÁLIDO E REGULAR DO PROCESSO - QUESTÃO DE ORDEM PÚBLICA - EXTINÇÃO DO FEITO SEM JULGAMENTO DO MÉRITO - ART. 557, DO CPC. AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 929977-6, DO FORO REGIONAL DE FAZENDA RIO GRANDE DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA - VARA CÍVEL E ANEXOS AGRAVANTE : ROBERTO GOMES DA SILVA AGRAVADO : BANCO SANTANDER

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO SEXTA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Agravo de Instrumento nº 0030022-85.2013.8.19.0000 Agravante: LUCIENE FERREIRA DA SILVA Agravado: LEASING PANAMÁ EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA Relatora: DES.

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 728.071 GOIÁS RELATORA RECTE.(S) ADV.(A/S) RECDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :BANCO ITAÚ S/A : WANDERLI FERNANDES DE SOUSA E OUTRO(A/S) :REAL DISTRIBUIÇÃO LTDA

Leia mais

Faço uma síntese da legislação previdenciária e das ações que dela decorreram. 1. A LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA

Faço uma síntese da legislação previdenciária e das ações que dela decorreram. 1. A LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA DECISÃO: O INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL-INSS ajuíza suspensão de segurança em face de decisão da 1ª Turma Recursal do Juizado Especial Federal Cível de São Paulo que antecipou 21.416 (vinte e um

Leia mais

: MIN. GILMAR MENDES - FEBRATEL

: MIN. GILMAR MENDES - FEBRATEL RECLAMAÇÃO 10.132 PARANÁ RELATOR RECLTE.(S) : MIN. GILMAR MENDES :VIVO S.A. : JOSÉ ALBERTO COUTO MACIEL E OUTRO(A/S) ASSIST.(S) :SINDICATO NACIONAL DAS EMPRESAS OPERADORAS DE TELEVISÃO POR ASSINATURA E

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO PROCESSO TRT/SP Nº 0001785-11.2011.5.02.0008 RECURSO ORDINÁRIO DA 8ª VT DE SÃO PAULO RECORRENTE : SINTHORESP SIND. EMPREG. HOT. APART. HOTÉIS RECORRIDO : PARKGRILL RESTAURANTE LTDA. - EPP Da r. sentença

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no MANDADO DE SEGURANÇA Nº 14.450 - DF (2009/0121835-8) RELATOR : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA AGRAVANTE : VERA LÚCIA DE ARAÚJO COSTA ADVOGADO : PEDRO ULISSES COELHO TEIXEIRA AGRAVADO : MINISTRO

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO Comarca da Capital 2ª Vara Cível

ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO Comarca da Capital 2ª Vara Cível Ação: Procedimento Ordinário/PROC Autor: Laboratório Médico Santa Luzia S/S e outros Réu: Unimed Grande Florianópolis - Cooperativa de Tabalho Médico Ltda. Decisão. Trata-se de ação visando o restabelecimento

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PROCESSO: RP 1351-29.2014.6.21.0000 PROCEDÊNCIA: PORTO ALEGRE REPRESENTANTE: MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL REPRESENTADO: FACEBOOK SERVIÇOS ON LINE DO BRASIL LTDA JUIZ AUXILIAR: DES. FEDERAL OTÁVIO ROBERTO

Leia mais

: MIN. MARCO AURÉLIO EDUCAÇÃO - FNDE DECISÃO

: MIN. MARCO AURÉLIO EDUCAÇÃO - FNDE DECISÃO MEDIDA CAUTELAR NA AÇÃO CÍVEL ORIGINÁRIA 2.453 DISTRITO FEDERAL RELATOR AUTOR(A/S)(ES) PROC.(A/S)(ES) RÉU(É)(S) PROC.(A/S)(ES) RÉU(É)(S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. MARCO AURÉLIO :ESTADO DO CEARÁ :PROCURADOR-GERAL

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Primeira Câmara Cível

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Primeira Câmara Cível M Poder Judiciário Apelação Cível nº. 0312090-42.2012.8.19.0001 Apelante: COMPANHIA ESTADUAL DE ÁGUAS E ESGOTOS CEDAE Advogado: Dr. Luiz Carlos Zveiter Apelado: ASSOCIAÇÃO DE OFICIAIS MILITARES ESTADUAIS

Leia mais

Direito Constitucional Peças e Práticas

Direito Constitucional Peças e Práticas PETIÇÃO INICIAL RECLAMAÇÃO CONSTITUCIONAL ASPECTOS JURÍDICOS E PROCESSUAIS DA RECLAMAÇÃO Trata-se de verdadeira AÇÃO CONSTITUCIONAL, a despeito da jurisprudência do STF a classificar como direito de petição

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 10 16/04/2013 SEGUNDA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 667.692 SÃO PAULO RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI AGTE.(S) :SUDARCY SANSAO

Leia mais

HIDROCEFALIA. LAUDO MÉDICO QUE COMPROVA A NECESSIDADE DO PROCEDIMENTO. DECISÃO DETERMINA A REALIZAÇÃO, SOB PENA DE MULTA

HIDROCEFALIA. LAUDO MÉDICO QUE COMPROVA A NECESSIDADE DO PROCEDIMENTO. DECISÃO DETERMINA A REALIZAÇÃO, SOB PENA DE MULTA DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0022741-44.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: MUNICÍPIO DE ARRAIAL DO CABO AGRAVADO: BRYAN RODRIGUES ALVES PINTO REP/S/MÃE NATALY RODRIGUES ALVES DES. RELATOR:

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0010478-77.2014.8.19.0000 Agravante: Othelo Fernando Schaefer Agravado: Levinda Fernandes de Souza Pinto

Leia mais

D E C I S Ã O. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG

D E C I S Ã O. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG APELAÇÃO CÍVEL Nº 0193026-72.2011.8.19.0001 Apelante (Autor): AMANDA PEIXOTO MARINHO DOS SANTOS Apelado

Leia mais

SENTENÇA. Vistos, etc. CLAUS PETER DE OLIVEIRA WILLI ajuizou a presente AÇÃO ORDINÁRIA contra o INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS.

SENTENÇA. Vistos, etc. CLAUS PETER DE OLIVEIRA WILLI ajuizou a presente AÇÃO ORDINÁRIA contra o INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS. fls. 57 SENTENÇA Processo Digital n.º: 1007976-71.2014.8.26.0286 Classe Assunto: Procedimento Ordinário - Salário-Maternidade (Art. 71/73) Requerente: CLAUS PETER DE OLIVEIRA WILLI Requerido: INSTITUTO

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal AÇÃO CÍVEL ORIGINÁRIA 2.169 ESPÍRITO SANTO RELATORA AUTOR(A/S)(ES) PROC.(A/S)(ES) RÉU(É)(S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO :PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

Leia mais

Número: 0010065-54.2014.5.14.0000

Número: 0010065-54.2014.5.14.0000 Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região - 2º Grau PJe - Processo Judicial Eletrônico Consulta Processual Número: 0010065-54.2014.5.14.0000 31/03/2014 Classe: DISSÍDIO COLETIVO DE GREVE Tipo Partes

Leia mais

DECISÃO. Relatório. 2. A decisão impugnada tem o teor seguinte:

DECISÃO. Relatório. 2. A decisão impugnada tem o teor seguinte: DECISÃO RECLAMAÇÃO. CONSTITUCIONAL. ALEGADO DESCUMPRIMENTO DA SÚMULA VINCULANTE N. 10 DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. RECLAMAÇÃO PROCEDENTE. Relatório 1. Reclamação, com pedido de antecipação de tutela, ajuizada

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO DISTRITO FEDERAL

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO DISTRITO FEDERAL PROCESSO 39971-21.2014.4.01.3400 MANDADO DE SEGURANÇA INDIVIDUAL (2100) IMPETRANTE: FUNDAÇÃO ATTILA TABORDA IMPETRADO: DIRETOR DE GESTÃO DE FUNDOS E BENEFÍCIOS SUBSTITUTO DO FNDE SENTENÇA Trata-se de mandado

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal MEDIDA CAUTELAR NO HABEAS CORPUS 126.965 SÃO PAULO RELATOR PACTE.(S) IMPTE.(S) PROC.(A/S)(ES) COATOR(A/S)(ES) : MIN. LUIZ FUX :A P :DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO :DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL :SUPERIOR

Leia mais

DC 0000496-54.2012.5.12.0000

DC 0000496-54.2012.5.12.0000 DC 0000496-54.2012.5.12.0000 Suscitantes: 1. PROTEGE S.A. TRANSPORTE DE VALORES 2. PROSSEGUR BRASIL S.A. TRANSPORTADORA DE VALORES E SEGURANÇA 3. BRINKS SEGURANÇA E TRANSPORTE DE VALORES LTDA. 4. SINDICATO

Leia mais

Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Órgão : 6ª TURMA CÍVEL Classe : AGRAVO DE INSTRUMENTO N. Processo : 20140020089712AGI (0009027-50.2014.8.07.0000) Agravante(s)

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO NONA CÂMARA CÍVEL Apelação nº 0006551-75.2006.8.19.0003 Apelante: DULCINÉIA TEODORO SERENO Apelante: MUNICÍPIO DE ANGRA DOS REIS Apelante: MINISTÉRIO PÚBLICO Apelados: OS MESMOS Relator: DES. CARLOS EDUARDO

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br Tutela antecipada e suspensão da exigibildade do crédito tributário Eduardo Munhoz da Cunha* Sumário:1. Introdução. 2. A possibilidade de concessão de tutela antecipada contra a

Leia mais

Nº 70053391546 COMARCA DE FELIZ CONSTRUTORA SC LTDA A C Ó R D Ã O

Nº 70053391546 COMARCA DE FELIZ CONSTRUTORA SC LTDA A C Ó R D Ã O APELAÇÃO CÍVEL. LICITAÇÃO. MULTA APLICADA EM RAZÃO DE ATRASO NA EXECUÇÃO DE OBJETO DO CONTRATO. NECESSIDADE DE ABERTURA DE PRAZO PARA DEFESA PRÉVIA. A imposição de qualquer das penalidades previstas nos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2014.0000233978 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2070413-53.2013.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante BOTUCATU TEXTIL S/A

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal MANDADO DE INJUNÇÃO 4.393 DISTRITO FEDERAL RELATOR IMPTE.(S) ADV.(A/S) IMPDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI :RAMIRO CARLOS ROCHA REBOUÇAS :RAMIRO CARLOS ROCHA REBOUÇAS :CONGRESSO NACIONAL :ADVOGADO-GERAL

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO (9]WÖ1R100) PODER JUDICIÁRIO RELATOR : DESEMBARGADOR FEDERAL REYNALDO FONSECA AGRAVANTE : ERON TRADE IMPORTACAO E EXPORTACAO LTDA ADVOGADO : ERICO MARTINS DA SILVA ADVOGADO : ANDRE MOREIRA GARCEZ DORIA

Leia mais

CONCLUSÃO. Vistos. Juiz(a) de Direito: Dr(a). Fernando Oliveira Camargo. fls. 1

CONCLUSÃO. Vistos. Juiz(a) de Direito: Dr(a). Fernando Oliveira Camargo. fls. 1 fls. 1 CONCLUSÃO Em 16 de março de 2012, faço estes autos conclusos a(o) MM. Juiz(a) de Direito, Dr(a). Fernando Oliveira Camargo. Eu, LEILA MACEDO FIROOZMAND, Escrevente Técnico Judiciário, lavrei este

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PAULISTANA

ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PAULISTANA ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PAULISTANA AÇÃO CIVIL PÚBLICA PROCESSO Nº 00000064-20.2012.8.18.000064 AUTOR: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUI RÉUS: MUNICÍPIO DE PAULISTANA/PI e OUTRO

Leia mais

A C Ó R D Ã O Nº 70067495689 (Nº CNJ: 0434946-98.2015.8.21.7000) COMARCA DE PORTO ALEGRE AGRAVANTE LUIS FERNANDO MARTINS OLIVEIRA

A C Ó R D Ã O Nº 70067495689 (Nº CNJ: 0434946-98.2015.8.21.7000) COMARCA DE PORTO ALEGRE AGRAVANTE LUIS FERNANDO MARTINS OLIVEIRA AGRAVO DE INSTRUMENTO. MANDADO DE SEGURANÇA. SERVIDOR PÚBLICO. DELEGADO DE POLÍCIA. AFASTAMENTO PREVENTIVO DO CARGO. REQUISITOS PARA A MEDIDA LIMINAR. 1. A concessão de medida liminar em mandado de segurança

Leia mais

RECURSO Nº - 50.774 ACÓRDÃO Nº 14.061 RECORRENTE MUNDIVOX TELECOMUNICAÇÕES LTDA RECORRIDA DÉCIMA SEGUNDA TURMA DA JUNTA DE REVISÃO FISCAL

RECURSO Nº - 50.774 ACÓRDÃO Nº 14.061 RECORRENTE MUNDIVOX TELECOMUNICAÇÕES LTDA RECORRIDA DÉCIMA SEGUNDA TURMA DA JUNTA DE REVISÃO FISCAL PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 10 / 12 / 2015 Fls.: 08 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Rubrica: ID:42833175 Sessão de 13 de outubro de 2015 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº - 50.774 ACÓRDÃO Nº 14.061 INSCRIÇÃO

Leia mais

Gabinete do Conselheiro Antônio Carlos Andrada

Gabinete do Conselheiro Antônio Carlos Andrada PROCESSO: 724728 NATUREZA: CONSULTA CONSULENTE: ORLANDO ADÃO CARVALHO PROCEDÊNCIA: TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS. AUDITOR: LICURGO J. MOURÃO I - RELATÓRIO Versam os presentes autos sobre

Leia mais

SENTENÇA. Maxcasa Xii Empreendimentos Imobiliários Ltda

SENTENÇA. Maxcasa Xii Empreendimentos Imobiliários Ltda fls. 1 SENTENÇA Processo nº: 0008740-84.2013.8.26.0100 Classe Assunto: Procedimento Ordinário - Perdas e Danos Requerente: Fernando Albieri Requerido: Maxcasa Xii Empreendimentos Imobiliários Ltda Juiz(a)

Leia mais

P O D E R J U D I C I Á R I O

P O D E R J U D I C I Á R I O Número de Ordem Pauta Não informado Registro: 2011.0000035249 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 0565228-16.2010.8.26.0000, da Comarca de Monte Aprazível, em

Leia mais

TC 006.644/2012-0 Natureza: Representação Entidade: Fundação de Apoio a Pesquisa e Extensão Fapex Interessado: Edwin Gomes Santos, CPF 036.487.

TC 006.644/2012-0 Natureza: Representação Entidade: Fundação de Apoio a Pesquisa e Extensão Fapex Interessado: Edwin Gomes Santos, CPF 036.487. MIN-JJ Fls. TC 006.644/2012-0 Natureza: Representação Entidade: Fundação de Apoio a Pesquisa e Extensão Fapex Interessado: Edwin Gomes Santos, CPF 036.487.765-09 DESPACHO Trata-se de representação formulada

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO DE JANEIRO Órgão Especial VOTO VENCIDO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO DE JANEIRO Órgão Especial VOTO VENCIDO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO DE JANEIRO Órgão Especial Representação de Inconstitucionalidade nº 0048233-72.2013.8.19.0000 Representante: Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro FIRJAN RJ Advogada:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2012.0000649470 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 0184665-40.2012.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante são agravados (NÃO

Leia mais

04/06/2013 SEGUNDA TURMA : MIN. TEORI ZAVASCKI GROSSO DO SUL

04/06/2013 SEGUNDA TURMA : MIN. TEORI ZAVASCKI GROSSO DO SUL Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 8 04/06/2013 SEGUNDA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 400.927 MATO GROSSO DO SUL RELATOR AGTE.(S) ADV.(A/S) AGDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN.

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA PROJETO DE LEI N o 3.836, DE 2008 Obriga os fornecedores de produtos e de serviços a darem o troco das frações da unidade do Sistema Monetário Nacional

Leia mais

MANDADO DE SEGURANÇA Nº 31.947 / DF

MANDADO DE SEGURANÇA Nº 31.947 / DF Procuradoria Geral da República Nº 9138 RJMB / pc MANDADO DE SEGURANÇA Nº 31.947 / DF RELATORA : Ministra ROSA WEBER IMPETRANTE : SINAC Sinalização e Conservação de Rodovias Ltda. IMPETRADO : Tribunal

Leia mais

QUINTA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO Nº 22290/2010 - CLASSE CNJ - 198 - COMARCA CAPITAL WANIA APARECIDA OLIVEIRA BRAGA - ME APELADO: BANCO ITAÚ S. A.

QUINTA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO Nº 22290/2010 - CLASSE CNJ - 198 - COMARCA CAPITAL WANIA APARECIDA OLIVEIRA BRAGA - ME APELADO: BANCO ITAÚ S. A. APELANTE: WANIA APARECIDA OLIVEIRA BRAGA - ME APELADO: BANCO ITAÚ S. A. Número do Protocolo: 22290/2010 Data de Julgamento: 9-6-2010 EMENTA APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO DECLARATÓRIA - CONSIGNAÇÃO EXTRAJUDICIAL

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO Registro: 2016.0000057498 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2206951-70.2015.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante FACEBOOK SERVIÇOS ONLINE

Leia mais

TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LTDA ME

TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LTDA ME ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO MARCOS RODRIGO LIMA DO NASCIMENTO GOMES DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2015 DO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2014 TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 762.243 RIO DE JANEIRO RELATORA RECTE.(S) PROC.(A/S)(ES) RECDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO :PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DO RIO DE

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO - 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL Fl. 1. 22ª Vara do Trabalho de Porto Alegre

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO - 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL Fl. 1. 22ª Vara do Trabalho de Porto Alegre Fl. 1 Autor: Ministério Público do Trabalho Réu: Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio Grande do Sul VISTOS, ETC. Ministério Público do Trabalho ajuíza ação trabalhista contra Sindicato

Leia mais

ACÓRDÃO. Rio de Janeiro, 15 / 04 / 2014. Des. Cristina Tereza Gaulia. Relator

ACÓRDÃO. Rio de Janeiro, 15 / 04 / 2014. Des. Cristina Tereza Gaulia. Relator 5ª CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº: 0004117-44.2014.8.19.0000 2ª VARA DE TRÊS RIOS Agravante: Município de Três Rios Agravado: Elimar Santos de Carvalho Juiz: Dra. Ana Carolina

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça MANDADO DE SEGURANÇA Nº 17.583 - DF (2011/0225182-8) RELATOR : MINISTRO NAPOLEÃO NUNES MAIA FILHO IMPETRANTE : CESÁRIO AUGUSTO ALCÂNTARA FERREIRA ADVOGADO : RICARDO DANTAS ESCOBAR E OUTRO(S) IMPETRADO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE GOIÁS Gabinete do Desembargador Ney Teles de Paula

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE GOIÁS Gabinete do Desembargador Ney Teles de Paula AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 250603-48.2015.8.09.0000 (201592506038) COMARCA DE GOIÁS AGRAVANTE AGRAVADO RELATOR : BRASINEIDE CLEMENTE FERREIRA PIMENTA : DELEGADO GERAL DA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DE GOIÁS

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL Agravo nº 0004290-68.2014.8.19.0000 Agravante: LSH BARRA EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S/A Agravado: MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO Relator: DES. CARLOS EDUARDO MOREIRA DA SILVA

Leia mais

CÓPIA. Coordenação Geral de Tributação. Relatório. Fundamentos. Solução de Consulta Interna nº 20 Cosit Data 13 de setembro de 2012 Origem

CÓPIA. Coordenação Geral de Tributação. Relatório. Fundamentos. Solução de Consulta Interna nº 20 Cosit Data 13 de setembro de 2012 Origem Fl. 11 Fls. 1 Coordenação Geral de Tributação Solução de Consulta Interna nº 20 Data 13 de setembro de 2012 Origem COORDENAÇÃO GERAL DE ACOMPANHAMENTO ADMINISTRATIVO E JUDICIAL (COCAJ) Assunto: Normas

Leia mais

Doc.: 2305. Pag.: 1 1ª VARA DO TRABALHO DE BELO HORIZONTE MG PROCESSO Nº 0001153-71.2014.503.0001

Doc.: 2305. Pag.: 1 1ª VARA DO TRABALHO DE BELO HORIZONTE MG PROCESSO Nº 0001153-71.2014.503.0001 1ª VARA DO TRABALHO DE BELO HORIZONTE MG PROCESSO Nº 0001153-71.2014.503.0001 Pag.: 1 Aos 02 dias do mês de outubro de 2015, às 17h44 na sala de audiência desta Vara, por determinação da MMª Juíza do Trabalho

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO LICITAÇÃO

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO LICITAÇÃO JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 011/2016 PREGÃO PRESENCIAL Nº 008/2016 Trata-se de julgamento de recurso de licitação que tem por objeto a aquisição parcelada de

Leia mais

Processo Data: 01400227750 Decisão: 27/01/2014 Ano Geração: 2014

Processo Data: 01400227750 Decisão: 27/01/2014 Ano Geração: 2014 Processo Data: 01400227750 Decisão: 27/01/2014 Ano Geração: 2014 Autos nº: 201400227750 Ação Civil Pública Autor: Ministério Público do Estado de Goiás Requerido: Estado de Goiás Decisão: O Ministério

Leia mais

Ilustríssimo Senhor Presidente da Comissão Permanente de Licitação da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária INFRAERO

Ilustríssimo Senhor Presidente da Comissão Permanente de Licitação da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária INFRAERO Ilustríssimo Senhor Presidente da Comissão Permanente de Licitação da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária INFRAERO Ref: CONCORRÊNCIA Nº 006/DALC/SEDE/2012 Objeto: Contratação de empresa

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO RESPONSÁVEL PELO PROCESSO DE LICITAÇÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO.

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO RESPONSÁVEL PELO PROCESSO DE LICITAÇÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO RESPONSÁVEL PELO PROCESSO DE LICITAÇÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Ref. Edital de Pregão Eletrônico Nº 052\2012 AFEQUE SERVIÇOS DE VIGILÂNCIA LTDA, pessoa jurídica de

Leia mais

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO. Referência: Pregão Presencial para Registro de Preço n 071/2013 Processo Administrativo de compras n 146/2013

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO. Referência: Pregão Presencial para Registro de Preço n 071/2013 Processo Administrativo de compras n 146/2013 Betim (MG), 27 de Fevereiro de 2014 JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Referência: Pregão Presencial para Registro de Preço n 071/2013 Processo Administrativo de compras n 146/2013 Cuida-se de resposta do Pedido

Leia mais

SENTENÇA. 1004424-84.2015.8.26.0053 Procedimento Ordinário - Anulação de Débito Fiscal L Fazenda Publica do Estado de São Paulo

SENTENÇA. 1004424-84.2015.8.26.0053 Procedimento Ordinário - Anulação de Débito Fiscal L Fazenda Publica do Estado de São Paulo fls. 134 SENTENÇA Processo nº: Classe - Assunto Requerente: Requerido: 1004424-84.2015.8.26.0053 Procedimento Ordinário - Anulação de Débito Fiscal L Fazenda Publica do Estado de São Paulo Juiz(a) de Direito:

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATÓRIO O EXMO. SR. MINISTRO RICARDO VILLAS BÔAS CUEVA (Relator): Trata-se de recurso especial interposto contra acórdão proferido pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo assim ementado: "Exceção

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO. PROJETO DE LEI N o 7.927, DE 2014 (do Tribunal Superior do Trabalho)

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO. PROJETO DE LEI N o 7.927, DE 2014 (do Tribunal Superior do Trabalho) CÂMARA DOS DEPUTADOS DEPUTADO POLICARPO COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI N o 7.927, DE 2014 (do Tribunal Superior do Trabalho) Dispõe sobre a criação de cargos de

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg na CARTA ROGATÓRIA Nº 3.198 - US (2008/0069036-9) RELATÓRIO MINISTRO HUMBERTO GOMES DE BARROS: Agravo interno contra exequatur concedido pelo eminente Ministro Marco Aurélio do STF. Em suma, a decisão

Leia mais

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 24/2008

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 24/2008 Processo: A 08/376 Interessado: Gerência de Recursos Humanos Assunto: Contratação de Empresa Especializada em administração, gerenciamento, emissão, distribuição e fornecimento de documentos de legitimação,

Leia mais

369 OITAVA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0008685-71.2012.8.19. ANA MARIA PEREIRA DE OLIVEIRA

369 OITAVA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0008685-71.2012.8.19. ANA MARIA PEREIRA DE OLIVEIRA OITAVA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0008685-71.2012.8.19.0001 APELANTE: SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DO RIO DE JANEIRO APELADO 1: CLYMENE PENNA PONDE APELADO 2: ELIANA PONDE GRINGO RELATOR: DES. ANA MARIA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO 34 a Câmara Seção de Direito Privado Julgamento sem segredo de justiça: 27 de julho de 2009, v.u. Relator: Desembargador Irineu Pedrotti. Apelação Cível nº 968.409-00/3 Comarca de São Paulo Foro Central

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA COMARCA DE PIRAJU SP

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA COMARCA DE PIRAJU SP EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA COMARCA DE PIRAJU SP URGENTE IC 051/2014 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO, na defesa dos direitos dos idosos, com fulcro nos artigos 127, 129

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RONDÔNIA.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RONDÔNIA. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RONDÔNIA. LEONARDO P. DE CASTRO, advogado inscrito na OAB sob o nº 4.329, com escritório nesta Comarca, na Avenida

Leia mais

Processo nº 201304015410. Requerente: Elivaldo de Castro Moreira e outra. Requerido: Banco Bradesco S/A. Natureza: Anulatória SENTENÇA

Processo nº 201304015410. Requerente: Elivaldo de Castro Moreira e outra. Requerido: Banco Bradesco S/A. Natureza: Anulatória SENTENÇA Processo nº 201304015410 Requerente: Elivaldo de Castro Moreira e outra Requerido: Banco Bradesco S/A Natureza: Anulatória SENTENÇA Trata-se de Ação Anulatória de Registro de Averbação da Carta de Adjudicação

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO 595.476 SÃO PAULO RELATORA RECTE.(S) PROC.(A/S)(ES) RECDO.(A/S) ADV.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :ESTADO DE SÃO PAULO :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO :INTERNET GROUP

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão DJe 15/03/2012 Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 9 07/02/2012 PRIMEIRA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 614.246 SÃO PAULO RELATOR AGTE.(S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. DIAS TOFFOLI

Leia mais

RELATÓRIO. Apelação Cível nº 1250429-5 fl. 2

RELATÓRIO. Apelação Cível nº 1250429-5 fl. 2 APELAÇÃO CÍVEL Nº 1250429-5, DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE LONDRINA 2ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA, FALÊNCIAS E RECUPERAÇÃO JUDICIAL. Apelante 1: MARIA NASCIMENTO DE GOUVEIA E OUTROS

Leia mais