ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO"

Transcrição

1 ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PRUCESSO ADMINISTRATIVO tic' 15051STP00003 LICITAÇÃO N /2015 MODALIDADE: TOMADA DE PREÇOS TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certane: PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS AVENIDA CORONEL JUVÊNC10 CARNEIRO, CENTRO - CAJA2EIKÂS: - PB. CEP: Tel: (083) O Órgão Realizador do Certame acima qualificado, inscrito no CNPJ / , doravante denominado simplesmente ORC, lorna público para conhecimento de quantos possam interessar que fará realizar através da Comissão Permanente de Licitação, doravante denominada simplesmente Comissão, as 08:30 horas do dia 09 de Junho de 2015 no endereço acima indicado, licitação na modalidade Tomada de Preços n /2015, tipo menor preço; tudo de acordo com este instrumento e em observância a Lei Federai n" , de 21 da jur.ho de 1993 e suas alterações posteriores e a Lei Complementar n 123, de 14 de dezembro de 2006, conforme os critérios e procedimentos a seçuir definidos, objetivando obter a melhor proposta para: Contratação de Empresa para Construção do Centro de Referencia Lspecializadu de Assistência Social no Município de Cajaz. 1.0.DO OBJETO 1.1.Constitui ObjetO da presente licitação: Contratação dc Empresa para Construção do Centro de Referencia Especializado dc Assistência Social no Município de Cajazeiras/PB. 1.2.Ae especificações do objeto ora licitado, encontram-se devidamente detalhadas no correspondente Termo de Referência - Anexo I deste Instrumento A contratação acima descrita, que será processada nos termos deste instrumento convocatório, especificações técnicas e informações complementares que o acompanham, cuando for o caso, justifica-se: Pela necessidade de desenvolvimento de ações continuadas para a promoção de atividades pertinentes, visando à maximização dos recursos em relação aos objetivos programados, consideradas as diretrizes e metas definidas nas ferramentas de planejamento aprovadas. 1.4.Salienta-se que na referida contrataçso, não será concedido o tratamento diffirenciado e simplificado para as Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, nos termos das disposições contidas nos Arts. 47, da Lei Complementar n 123/2006, por não enquadrar-se nas hipóteses dos incisos I e III, do Art. *18, como também, não scr oportuno aplicar a exigência facultada no inciso II, do mesmo artigo, visto estarem presentes, isolada ou simultaneamente, as situações previstas no inciso III, do Art. 49, todos do referido diploma legal. 2.0.DO LOCAL E DATA E DA IMPUGNAÇÃO DO EDITAL 2.].Os envelopes contendc a documentação relativa à habilitação e a proposta de preços para execução do objeto desta licitação, deverão ser entregues à Comissão até as 00:30 horas do dia 09 dc Junho de 2015, no endereço constante do preâmbulo deste instrumento. Neste mesmo local, data e horário será realizada a sessão pública para abertura des referidos envelopes. 2.2.Informações ou esclarecimentos sobre esta licitação, serão prestados nos horários normais de expediente-: das 07:00 as 13:00 horas. 2.3.Qualquer cidadão 6 parte legítima para impugnar o ato convocatório deste certame por irregularidade na aplicação da Lei 8.666/93 e legislação pertinente, se manifestada por escrito e dirigida a Comissão, protocolizando o original até 05 (cinco) dias úteis antes da data fixada para realização da respectiva sessão pública para abertura dos envelopes de habilitação, nos horários de expediente acima indicado, exclusivamente no seguinte endereço: Avenida Coronel Juvêncio Carneiro, Centro - Cajazeiras - PB. 2.4.Caberá à Comissão, auxiliada pelos se_ores responsáveis pela elaboração deste ato convocatório e seus anexos, dccidir sobre a respectiva impugnação, respondendo ao cidadão interessado no prazo de até 03 (três) dias úteis, considerados da data em que foi protocolizada a petição. 2.5.Decairá do direito de impugnar as falhas ou irregularidades que viciariam o ato convocatório deste certame, o licitante que não o fizer por escrito e dirigida a Comissão, protocolizando o original alé o 2 o (segundo) dia útil que anteceder a abertura dos envelopes com as propostas, nos horários de expediente acima indicado, exclusivamente no seguinte endereço: Avenida Coronel Juvêncio Carneiro, Centro - Cajazeiras - PB. 3.0.DOS ELEMENTOS PARA LICITAÇÃO

2 3.1.Aos participantes, serão fornecidos os seguintes elementos: ANEXO X - TERMO DE REFERÊNCIA - ESPECIFICAÇÕES; ANEXO II - MODELOS DE DECLARAÇÕES; ANEXO III - MODELO DO TERMO DE RENÚNCIA, ANEXO IV - MINUTA DO CONTRATO; 3.2. A obtenção do instrumento convocatório será feita junto a Comissão, e quando for c caso, mediante o recolhimento da quantia abaixo indicada, correspondente ao custo de reprodução gráfica dos elementos; R$ 30,00 (trinta reais) Projeto Executivo referente ao obje.o ora licitado está disponibilizado junto à Secretaria de Planejamento nos horários normais de expediente, até o último dia útil anterior à data estabelecida para recebimento dos envelopes habilitação e proposta, onde poderá ser examinado e obtido pelos interessados, inclusive em meio magnético, observados os procedimentos definidos pelo ORC. 4.0.DO SUPORTE LEGAL 4.1.Esta licitação reçer-se-á pela Lei Federal n " de 21 de junho de 1993, suas alterações posteriores e a Lei Complementar n 123, de 14 de dezembro de 2006 e legislação pertinente, que ficam fazendo partes integrantes deste instrumento, independente de transcrição. 5.0.DO PRAZO E DOTAÇÃO prazo máximo para a execução do objeto ora licitado, conforme suas características e as necessidades do ORC, e que admite prorrogação nos casos previstos pela Lei 8.666/93, está abaixo indicado e será considerado a partir da emissão da Ordem de Serviço: Inicio: 3 (três) dias Conclusão: 4 (quatro) meses 5.2.As despesas decorrentes do objeto da presente licitação, correrão por conta da seguinte dotação: CONVÊNIO N / MINISTÉRIO DO DESENV. SOCIAL E COMBATE A FOME SEC. MÜN. DE CIDADANIA E PROMOÇÃO SOCIAL ESTRUT. DE REDE DE SERV. SOCIOASSISTENCIA1S DE PROT. SOCIAL CBRAS TNSTALAÇOES RECURSOS ORDINÁRIOS RECURSOS D0 FNA3 6.0.DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 6.1.Poderão participar deste certame, os ]icitantes devidamente cadastrados no ORC ou que atenderem a todas as condições para cadastramento até o terceiro dia anterior à data prevista para o recebimento das propostas, cuja regularidade será observada mediante apresentação do Certificado de Inscrição de Fornecedores e Prestadores de Serviços, ou equivalente na forma da lei, fornecido pelo ORC. Os proponentes deverão entregar a Comissão dois envelopes fechados indicando, respectivamente, DOCUMENTAÇÃO e PROPOSTA DE PREÇOS, devidamente identificados nos termos definidos neste instrumento convocatório. Ç,2. A participação neste certéme é aberta a quaisquer ínterressados, inclusive as Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Equiparados, nos termos da legislação vigente. 6.3.Não poderão participar os interessados que se encontrem sob o regime falimentar, empresas estrangeiras que não funcionem no país, nem aqueles que tenham sido declarados inidôneos para licitar ou contratar com a Administração Pública ou que estejam cumprindo a sanção de suspensão do direito de licitar e contratar com o:orc. 6.4.Não serão aceitos envelopes Documentação e Propostas de Preços enviados via postal. Hipótese em que os respectivos envelopes não serão aceitos e o licitante, portanto, desconsiderado para efeito de participação no certame. 6.5.Quando observada a ocorrência da entrega apenas dos envelopes junto a comissão, sem d permanência de representante credenciado na respectiva sessão pública, é facultado ao licitante, não sendo condição para sua habilitação, a inclusão no envelope Documentação, da declaração expressa de renunciar ao direito de interpor recurso e ao prazo correspondente relativo à Fase de Habilitação, concordando com o prosseguimento do certame, previsto no Art. 43, III, da Lei 8.666/93, conforme modelo - Anexo III. 6.6.É vedada à participação em consórcio. 6.7.CONDIÇÕES ESPECÍFICAS: C licitante deverá atender aos requisitos abaixo e os correspondentes comprovantes, obrigatoriamente, integrarão os elementos do envelope DOCUMENTAÇÃO: Comprovação de garantia que o licitante prestará, até 04/06/2015. Valor da garantia: R$ 2.813,86. Caberá ao licitante optar por uma das seguintes modalidades de garantia: caução em dinheiro ou título da dívida pública devidamente registrados e avaliados pelos valores econômicos conforme definido pelo Ministério da Fazenda, sequro garantia ou fiança bancária. A referida garantia deverá ser repassada ao Setor Financeiro do ORC ou outro informado peia Comissão, o qual emitirá o respectivo documento de quitação, válido até o seu resgate que somente poderá ocorrer cinco dias úteis após o ato de homologação da presente licitação; Comprovação de que o Responsável Técnico designado pelo licitante, feita através de atestado fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado, devidamente registrado na entidade profissional competente, executou serviços de características semelhantes à parcela mais relevante da obra ou serviços, abaixo discriminada. O referido atestado só será

3 accito se acompanhado da correspondente Certidão de Acervo Técnico - CAT emitido pelo CREA e da comprovação de que o profissional designado pertence ao quadro técnico da empresa. Ta' comprovação poderá ser feita através da apresentação de qualquer um dos seguintes documentos, a critério do licitante: a) cópia da carteira profissional CTPG ou da ficha de registro do empregado, juntamente com a última guia de recolhimento do FGTS relativo ao respectivo funcionário; b) instrumento de contrato de prestação de serviços específico devidamente registrado no órgão competente na forma prevista na legislação vigente; c) contrato social, alteração contratual ou equivalente na forma da Lei, no caso do responsável técnico ser sócio da empre.sa. Serão admitidos os atestados referentes ã execução de obras ou serviços similares de complexidade tecnológica e operacional equivalente ou superior a: MOVIMENTO DE TERRA FUNDAÇÕES CONCRETO ARMADO PARA PILARES R VIGAS DA COBERTURA LAJE PKÉ-MOLDADA. 7.0.DA REPRESENTAÇÃO E DO CREDENCIAMENTO licitante devprá se apresentar, para credenciamento junto a Comissão, quando for o caso, através de um representante, com os documentos que o credenciam a participar deste procedimento licitatório. Cada licitante credenciará apenas um representante que será o único admitido a intervir nas fases do certame na forma prevista neste instrumento, poder.do ser substituído posteriormente por outro devidamente credenciado. 7.2.Para o credenciamento deverão ser apresentados os seguintes documentos: Tratando-se do representante legal: o instrumento constitutivo da empresa na forma da lei, quando for o caso, devidamente registrado no órgão competente, no qual estejam expressos seus poderes para exercor direitos e assumir obrigações em decorrência de tal investidura; Tratando-se de procurador: a procuração por instrumento público ou particular da qual constem os necessários poderes para, firmar declarações, desistir ou apresentar as razões de recurso e praticar todos os demais atos pertinentes ao certame; acompanhada do correspondente instrumento de constituição da empresa, quando for o raso, que comprove os poderes do mandante para a outorga. Caso a procuração seja particular, deverá ter firma reconhecida por cartório competente representante legal e o procurador deverão identificar-se exibindo documento oficial que contenha foto. 7.3.Estes documentos deverão ser apresentados - antes do início da sessão pública - em original, por qualquer processo de cópia autenticada por cartório competente ou membro da Comissão. 7.4.A não apresentação ou ainda a incorreção insanável de qualquer dos documentos de credenciamento impedirá a participação ativa do representante do licitante no presente certame. Esta ocorrência não inabilitará o concorrente, apenas perderá o direite a manifesiarse nas correspondentes fases do processo licitatório. Para tanto, a CPL receberá regularmente do referido concorrente seus envelopes, declarações e outros elementos necessários à participação no certame, desde que apresentados na lorma definida neste instrumento. 7.5.No momento de abertura da sessão pública, caca licitante, por intermédio do seu representante devidamente credenciado apresentará, em separado de qualquer dos envelopes, a seguinte documentação: Declaração de Elaboração Independente de Proposta - Anexo II. 8.0.DA HABILITAÇÃO 8.1.Os documentos necessários à habilitação dos licitantes, deverão ser apresentados em 01 (uma) via, dentro de envelope lacrado, contendo as seguintes indicações no anverso: NOME PROPONENTE ENDEREÇO E CNPJ/CPF DO PROPONENTE DOCUMENTAÇÃO - TOMADA DE PREÇOS N / ENVELOPE DOCUMENTAÇÃO deverá conter os seguintes elementos: 0.2.PESSOA JURÍDICA: Comprovação de cadastramento nos termos do item 6.1 deste instrumento Balanço Patrimonial e demonstrações contábeis do último exercício social apresentados na forma da Lei, com indicação das páginas correspondentes do livro diário em que o mesmo se encontra, bem como apresentação dos competentes termos de abertura e encerramento, assinados por profissional habilitado e devidamente registrados na junta comercial competente, vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios Regularidade para com a Fazenda Federal - certidão conjunta negativa de débitos relativos a Tribunos Federais e à Dívida Ativa da União Certidões negativas das Fazendas Estadual e Municipal da sede do licitante ou outro equivalente na forma da Lei Certidão negativa de Débitos relativo ao Licitador Comprovação de regularidade relativa à Seguridade Social INSS-CND e do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço FGTS-CRF, apresentando as correspondentes certidões fornecidas pelo Instituto Nacional do Seguro Social e Caixa Econômica Federal, respectivamente Prova de inexistência de débitos inadimplidos perante a Justiça do Trabalho, mediante a apresentação de Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas CNDT, nos termos do Título VII-A da Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-Lei n , de 1 de maio de Dcclaraçâo do licitante: de cumprimento do dísposte no Art. 7, Inciso XXXIII, da Constituição Federal - Art. 27, Inciso V, da Lei 8.666/93; de superveniência de fato impeditivo no que diz respeito à participação na licitação; e de submeter-se a todas as

4 cláusulas e condições do presente instrumento convocatório, com assinatura, com firma reconhecida, conforma modelo - Anexo II Apresenta- relação cxplicita e declaração formal de disponibilidade para cumprimento do objeto da licitação, de acordo com o que estabelece o 6, do Art. 30 da Lei Federal 8.666/93 e suas alterações posteriores, com assinatura, com firma reconhecida do engenheiro Declaração de que manterá a frente dos serviços, tempo integrai, alé o seu recebimento definitivo, o profissional responsável técnico indicado., admitindo-se a sua substituição por profissional de experiência equivalente ou superior, desde que aprovada previamente pelo ORC, relativo a : Instalação de Canteiro (organizado e "Lay out"); Máquinas e equipamentos e Pessoa Técnico especializado, cora firma reconhecimento do engenheiro As licitantes deverão apresentar documento emitido pelo Tribunal de Justiça da sede ou domicilio da licitante, que indique todos os ofícios distribuidores responsáveis pelo registro ou recuperação judicial, APRESENTANDO certidões negativas emitidas por cada um dos ofícios distribuidores Termo de Renúncia, caso o participante envie apenas seus envelopes, sem representante credenciado e desejar renunciar ao direito ae interpor recurso e ao praso respectivo relativo à Fase de Habilitação, concordando com o prosseguimento do certame licitatório, conforme modelo - Anexo III Certidão negativa de Falência ou Concordata, expedida pelo distribuidor da sede do licitante, no máximo 30 (trinta) dias da data prevista para abertura das propostas Comprovação de registro e quitação do licitante e seus responsáveis técnicos, quando for o caso, frente ac Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia CREA-CK.Q, da região da sede do licitante Comprovação de Retirada de Edital. 8.3.Documentação especifica: Comprovação de prestação de garantia - item Comprovação de capacidade técnica - item Comprovação de que o licitante se enquadra nos termos do Art. 3 da Lei Complementar n. 123, de 14 de dezembro de 2006, se for o caso, sendo considerada microempresa ou empresa de pequeno porte e recebendo, portanto, tratamento diferenciado e simplificando na f o m a definida pela legislação vigente. Tal comprovação poderá ser feila através da apresentação de qualquer um dos seguintes documentos, a critério do licitante: a) declaração expressa, assinada pelo reaponsãve^ legal da empresa e por profissional da área contábil, devidamente habilitado; b) certidão símpliticada emitida pela junta comercial da sede do licitante ou equivalente, na forma da legislação pertinente. A ausência da referida declaração ou certidão simplificada não é suficiente motivo para a inabilitação do licitante, apenas perderá, durante o presente certame, o direito ao tratamento diferenciado e simplificado dispensado a ME ou EPP, previstos na Lei Complementar 123/ Os documentos de Habilitação deverão ser organizados na ordem descrita neste instrumento, precedidos por um índice correspondente, podendo ser apresentados em original, por qualquer processo de cópia autenticada por cartório competente, membro da Comissão ou publicação em ôrgãc da imprensa oficial, quando for o caso. Estando perfeitamente legíveis, sem conter borrões, rasuras, emendas ou entrelinhas, dentro do prazo de validade, e encerrados em envelope devidamente lacrado e indevassável. Por ser apenas uma formalidade que visa facilitar os trabalhos, a ausência do índice de que trata este item, não inabilitará o licitante. S.S.A falta de qualquer documento exigido, o seu vencimento, a ausência das cópias devidamente autenticadas cu das vias originais para autenticação pela Comissão ou da publicação em órgão na imprensa oficiai, a apresentação de documentos de habilitação fora do envelope específico, tornará o respectivo licitante inabilitado. Quando o documento for obtido via Internet sua legalidade será comprovada nos endereços eletrônicos correspondentes. Poderão ser utilizados, a critério da Comissão os documentos cadastrais de fornecedores, constantes dos arquivos do ORC, para comprovação da autenticidade de elementos apresentados pelos licitantes, quando for o caso. 9.0.DA PROPOSTA 9.1.A proposta deverá ser apresentada em 0 1 (uma) via, dentro de envelope lacrado, contendo as seguintes indicações no anverso: NOME DO PROPONENTE ENDEREÇO E CNPJ/CPF DO PROPONENTE PROPOSTA DE PREÇOS - TOMADA DE PREÇOS N / ENVELOPE PROPOSTA DE PREÇOS deverá conter os seguintes elementos: 9.2.Proposta elaborada em consonância com o respectivo projeto e as especificações constantes deste instrumento e seus elementos - Anexo I -, em papel timbrado da empresa, quando for o caso, devidamente assinada por seu representante, contendo no correspondente item contado: discriminação, quantitativo e os valores unitários e total expressos em algarismos, acompanhada de: Planilha de quantitativos e preços. 9.2_2.Cronograma físico-financeiro compatível com o prazo de execução dos serviços Composição de Custos Unitário contendo, inclusive, o detalhamento da composição de Lucros e Despesas Indiretas LDI e dos respectivos percentuais praticados.

5 9.3.Será cotado un único preço, marca, modelo para cada item, com a utilização de duas casas decimais. Indicações em contrário estão sujeitas a correções observando-se os seguintes critérios: Falta de dígitos: serão acrescidos zeros; Excesso de digilos; sendo o primeiro dígito excedente menor que 5, todo o excesso será suprimido, caso contrário haverá o arredondamento do dígito anterior para mais e os demais itens excedentes suprimidcs. 9.4.No caso de aquisição de bens, a quantidade mínima, de unidades a ser cotada, por item, não deverá ser inferior a 1f)0l da estimativa detalhada no correspondente Termo dc Referência - Anexo I. Disposição em contrário não desclassifica automaticamente a proposta apenas o respectivo item será desconsiderado. 9.5.A proposta deverá ser redigida em língua portuguesa e em moeda nacional, elaborada com clareza, sem alternativas, rasuras, emendas e/ou entrelinhas. Suas folhas rubricadas e a última datada e assinada pelo responsável, com indicação: do valor total da proposta am algarismos, dos prazos de er.trega ou execução, das condições de pagamento, da sua validade que não poderá ser inferior a 60 dias, e outras informações e observações pertinentes que o licitante julgar necessárias. 9.6.Existindo discrepância entre o preço unitário e o valor total, resultado da multiplicação do preço unitário pela quantidade, o preço unitário prevalecerá. 9.7.Fica estabelecido que havendo divergência de preços unitários para um mesmo produto ou serviço, prevalecerá o de menor valor. 9.8.No caso de alterações necessárias da proposta feitas pela Comissão, decorrentes exclusivamente de incorreções na unidade de medida utilizada, observada a devida proporcionalidade, bem como na multiplicação e/ou soma de valores, prevalecerá o valor corrigido, 9.9.A não indicação na proposta dos prazos de entrega ou execução, das condições de pagamento ou de sua validade, ficará subentendido que o licitante aceitou integralmente as disposições do instrumento convocatório e, portanto, serão consideradas as determinações nele contidas para as referidas exigências nâo sendo suficiente motivo para a desclassificação da respectiva propost â, 9.10.É facultado ao licitante, apresentar a proposta no próprio modelo fornecido pelo ORC, desde que esteja devidamente preenchido Serão desclassificadas as propostas que deixarem de atender as disposições deste instrumento DO CRITÉRIO PARA JULGAMENTO 10.1.Será declarado vencedor deste certame c licitante que, atendidas todas as exigências do presente instrumento, apresentar proposta com menor valor global no correspondente item cotado, relacionado no Anexo I - Termo de Referência -, na coluna código Havendo igualdade de valores entre duas ou ir.ais propostas, e após obedecido o disposto nos Arts. 44 e 45 da Lei Complementar 123/06 e no Art. 3, 2, da Lei Federal 8.666/93, a classificação se fará através de sorteio Na presente licitação será assegurada, como critério de desempate, preferência de contratação para as microempresas e empresas de pequeno porte Para efeito do disposto neste instrumento, entende-se per empate aquelas situações em que as propostas apresentadas pelas microempresas e empresas de pequeno porte sejam iguais ou até 10% (dez por cento) superiores à proposta mais bem classificada Ocorrendo a situação de empate conforme acima definida, proceder-se-á da seguinte forma: 10.5,1.A microempresa ou empresa de pequeno porte mais bem classificada poderá apresentar proposta de preço inferior àquela considerada vencedora do certamo, situação em que Sfirá adjudicado em seu favor o objeto licitado; í0.5.2.não ocorrendo a contratação da microempresa ou empresa de pequeno porte, na forma do item anterior, serão convocadas as demais remanescentes que por ventura se enquadrem na situação de empate acima definida, na ordem de classificação, para exercício do mesmo direito; No caso de equivalência de valores apresentados pela3 microempresas e empresas de pequeno porte que se encontrem no intervalo estabeleeide como situação de empate, será realizado sorteio entre e"as para que se identifique aquela que primeiro poderá apresentar melhor oferta Na hipótese de não-contratação nos termos acima previstos, em que foi observada a situação de empate e assegurado o tratamento diferenciado a microempresa e empresa de pequeno porte, o objeto licitado será adjudicado em favor da proposta originalmente vencedora do certame A situação de empate, na forma acima definida, somente se aplicará quando a melhor oferta inicial não tiver sido apresentada por microempresa ou empresa de pequeno porté DA ORDEM DOS TRABALHOS 11.1.Para o recebimento dos envelopes e início dos trabalhos será observada uma tolerância de.15 (quinze) minutos após o horário fixado. Encerrado q prazo para recebimento dos envelopes, nenhum outro será acoito. 1".2.Declarada aberta à sessão pública pelo Presidente, será efetuado o devido credenciamento dos interessados. Somente participará ativamente da reunião um representante de cada licitante, podendo, no entanto, ser assistica por qualquer pessoa que se interessar.

6 não comparecimento do representante de qualquer dos licitantes não impedirá a efetivação da reunião, sendo que, a simples participação neste certame implica na total aceitação de todas as condições estabelecidas neste Instrumento Convocatório e seus anexos, 11.4.Em nenhuma hipótese será concedido prazo para a apresentação de documentação e/ou substituição dos envelopes ou de qualquer elemento exigido e não apresentado na reunião destinada à habilitação A Comissão receberá de cada representante os envelopes Documentação e Proposta de Preços, e rubricará juntamente com os participantes os fechos do segundo Posteriormente abrirá os envelopes Documentação, rubricará o seu conteúdo o solicitará dos licitantes que examinem a documentação neles contidas. Quaisquer impugnações levantadas deverão ser comunicadas a Comissão, que as consignará na Ata de reunião Prosseguindo os trabalhos, a Comissão analisará os documentos e as impugnações porventura formuladas pelos licitantes, dando-lhes ciência, em seguida, do resultado da Fase de Habilitação. Entretanto, se assim julgar necessário, poderá divulgar o resultado numa nova reunião, registrando-se na Ata, ou mediante publicação na imprensa oficial ou ainda emitindo aviso por escrito, observada, nestes casos, a devida antecedência necessária - nãc inferior a 48 (quarenta e oito) horas Ocorrendo à desistência expressa dos licitantes ao direito de recorrer na Fase de Habilitação, conforme previsto no Art. 43, III, da Lei 8.566/93, na mesma sessão poderá haver a abertura dos envelopes Propostas, caso contrário será marcada nova data, com. observância ao prazo recursal estabelecido na legislação pertinente envelope Proposta de Preços, devidamente fechado e lacrado, será devolvido ao licitante inabilitado, desde que não tenha havido recurso ou após sua denegação Encerrada a Fase de Habilitação e observados os ditames deste instrumento, a Comissão procederá então â abertura dos envelopes Proposta de Preços dos proponentes declarados habilitados, rubricará o seu conteúdo e facultará o exame da documentação neles conlidas a todos os participantes, os quais poderão efetuar impugnações, devidamente consignadas na Ata de reunião, quando for o caso A Comissão examinará os elementos apresentados, as observações eventualmente apontadas, declarando, em seguida, vencedor o licitante que, atendidas as exigências e considerados os critérios definidos neste instrumento, apresentar proposta mais vantajosa para o ORC Da reunião lavrar-se-á Ata circunstanciada, na qual serão registradas todas as ocorrências e que, ao final, será assinada pela Comissão e licitantes presentes Em decorrência da Lei Complementar 12 3/06, a comprovação de regularidade fiscal das microempresas e empresas de pequeno porte somente será exigida para efeito de assinatura do contrato, observando-se o seguinte procedimento: As microempresas e empresas de pequeno porte, por ocasião da participação nosta licitação, deverão apresentar toda a documentação exigida para comprovação de regularidade fiscal, dentre os documentos enumerados neste instrumento para efeito de Habilitação c integrantes do envelope Documentação, mesmo que esta apresente alguma restrição; Havendo alguma restrição na comprovação de regularidade fiscal, será assegurado o prazo de 0 5 (cinco) dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o licitante for declarado vencedor, prorrogáveis por igual periodo, a critério do ORC, para a regularização da documentação, pagamento ou parcelamento do débito, e emissão da eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de certidão negativa; A não-regularização da documentação, no prazo acima previsto, implicará decadência do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas no Art. 31, da Lei 8.666/93, sendo facultado ac ORC convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para assinatura do contrato, ou revogar a licitação DO CRITÉRIO DE ACEITABILIDADE DE PREÇOS 12.1.Havendo proposta com valor giobai manifestamente insxeqüivel nós termos do Art. 48, II, 1 e 2, da Lei 8.656/93, o mesmo será desconsiderado. Esta ocorrência não desclassifica automaticamente a proposta, quando for o caso, apenas o item correspondente, relacionado no Anexo I - Termo de Referência 13.0.DOS RECURSOS Dos atos decorrentes deste prm:ndimento liciratório, caberão recursos nos tenr.os do Art. 109 da Lei Federal n.d 8.666/93, de 21 de julho de recurso será dirigido à autoridade superior do ORC, por intermédio da Comissão, devendo ser protocolizado o original, nos horários normais de expediente das 07:00 as 13:00 horas, exclusivamente no seguinte endereço: Avenida Coronel Juvêncio Carneiro, Centro Cajazeiras - PB DA HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO 14.1.Concluido o julgamento das propostas apresentadas, a Comissão emitirá relatório conclusivo aos trabalhos desenvolvidos no certame, remetendo-o a autoridade superior do ORC, juntamente com os elementos constitutivos do processo, necessários à Homologação e Adjudicação da respectiva licitação, quando for o caso A autoridade superior poderá, no entanto, tendo em vista sempre a defesa dos interesses do ORC, discordar e deixar de hcmojogar, total ou parcialmente, o resultado apresentado pela Comissão, revogar ou considerar nula a Licitação, desde que apresente a devida fundamentação exigida pela legislação vigente, resguardados os direitos dos licitantes.

7 15.0.DO CONTRATO 15.1.Após a homologação pela Autoridade Superior do ORC, o licitante vencedor será notificado para, dentro do prazo de 05 {cinco) dias consecutivos da data de recebimento da notificação, assinar o respectivo contrato, quando for o caso, elaborado em confontiidade com as modalidades permitidas pela Lei Federal n.a 8.666/93, podendo o mesmo sofrer alterações na forma definida pela referida Lei Não atendendo â convocação para assinar o contrato, e ocorrendo esta dentro do prazo de validade de sua proposta, o licitante perderá todos os direitos que porventura tenha obtido como vencedor da licitação É permitido ao ORC, no caso do licitante vencedor não comparecer para assinatura do contrato no prazo e condições estabelecidos, convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para fazê-lo em igual prazo e nas mesmas condições do licitante vencedor, incltisive quanto ao preço, ou revogar a presente licitação contrato que eventualmente venha a ser assinado pelo licitante vencedor, do tipo empreitada integrai, poderá ser alterado, unilateralmente pelo Contratante ou por acordo entre as partes, nos casos previstos no Art. 65 e será rescindido, de pleno direito, conforma o disposto nos firts. 77, 78 e 79 da Lei 8.666/ Contratado fica obrigado a aceitar nas mesmas condições contratuais, os acréscimos ou supressões que se fizerem necessários, até 25% (vinte e cinco por cento) do valor inicial atualizado do contrato, e, no caso de reforma dc edifício, até 50% (cinquenta por cento) para seus acréscimos DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS 16.1.A recusa injusta em deixar de cumprir as obrigações assumidas e preceitos legais, sujeitará o Contratado, garantida a prévia defesa, às seguintes penalidades previstas nos Arts. 86 e 87 da Lei 8.666/93: a - advertência; b - multa de mora de 0,5% (zero vírgula cinco por cento) aplicada soore O valor do contrato por dia de atraso na entraga, no início ou na execução dc objeto ora contratado; c - multa de 10% (dez por cento) sobre o valor contratado pela inexecução total ou parcial do contrato; d - suspensão temporária de participar em licitação e impedimento de contratar com a Administração, por prazo de até 02 (dois) anos; e - declaração de ir.idoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida sua reabilitação perante a própria autoridade que aplicou a penalidade; f - simultaneamente, qualquer das penalidades cabíveis fundamentadas na Lei 8.666/ Se o valer da multa ou indenização devida não for recolhido no prazo de 15 dias após a comunicação ao Contratado, será automaticamente descontado da primeira parcela do pagamento a que o Contratado vier a fazer jus, acrescido de juros moratórios de 1% (um por cento) ao mês, ou, quando for o caso, cobrado judicialmente Após a aplicação de quaisquer das penalidades previstas, realizar-se-á comunicação escrita ao Contratado, e publicado na imprensa oficial, excluídas as penalidades de advertência e multa de mora quando for o caso, constando o fundamento legal da punição, informando ainda que o fato será registrado no cadastro correspondente. 17.0,DA COMPROVAÇÃO DE EXECUÇÃO DO OBJETO 17.1.A comprovação de execução pelo ORC do objeto licitado, observadas suas características, se fará mediante recibo ou equivalente emitido por funcionário ou comissão específica devidamente designados, após a verificação da quantidade, qualidade e outros aspectos inerentes nos termos deste instrumento, das normas técnicas e legislação pertinentes, e conseqüente aceitação DO PAGAMENTO pagamento será efetuado mediante processo regular e em observância às normas e procedimentos adotados pelo ORC, da seguinte maneira: Para ocorrer no prazo de trinta dias, contados do período de adimplemento de cada parcela, sendo as medições quinzenais desembolso máximo do período, não será superior ao valor do respectivo adimplemento, de acordo com o cronograma aprovado, quando for o caso, e sempre em conformidade com a disponibilidade de recursos financeiros Nenhum valor será pago ao Contratado enquanto pendente de liquidação qualquer obrigação financeira que lhe for imposta, em virtude de penalidade ou inadimplência, a qual poderá ser compensada com o pagamento pendente, sem que isso gere direito a acréscimo de qualquer natureza DO REAJUSTAMENTO 19.1.Os preços contratados são fixos pelo período de um ano, exceto para os casos previstos no Art. 65, 5o e 6, da Lei 8.666/ Ocorrendo o desequilíbrio econômico-financeiro do contrato, poderá ser restabelecida a relação que as partes pactuaram inicialmente, nos Lermos do Art. 65, Inciso II, Alínea d, da Lei e.666/93, mediante comprovação documental e requerimento expresso do Contratado DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 20.1.Não será devida aos proponentes pela elaboração e/ou apresentação de documentação reidl.i v a ao certame, qualquõr t i p o de indenização Nenhuma pessoa física, ainda que credenciada por procuração legal, poderá representar mais de uma Licitante.

8 20.3.A presente licitação somente poderá vir a ser revogada por ratões de interesse público decorrente tíe fato superveniente devidamente comprovado, ou anulada no todo ou em parte, por ilegalidade, de oficio ou por provocação de terceiros, mediante parecer escrito e devidamente fundamentado Caso as datas previstas para a realização dos oventos da presente licitação sejam declaradas feriado, e não havendo ratificação da convocação, ficam transferidos automaticamente para o primeiro dia útil subseqüente, no irtesmo local e hora anteriormente previstos Ocorrendo a supressão de serviços, se o Contratado já houver adquirido os materiais e postos no local de trabalho, oa mesmos deverão sor pagos pelo ORC, polo preço de aquisição regularmente comprovado, desde que sejam de boa qualidade e aceitos pela fiscalização Os preços unitários para a realização de novos serviços surgidos durante a execução do contrato, serão propostos pelo Contratado o submetidos à apreciação do ORC. A execução dos serviços não previstos será regulada pelas condições e cláusulas do contrato original ORC por conveniência administrativa ou técnica, se reserva no direito de paralisar a qualquer tempo a execução dos serviços, cientificando devidamente o Contratado Decairá do direito de impugnar perante o ORC nos termos do presente instrumento, aquele que, tendo-o aceitado sem objeção, venha a apresentar, depois do julgamento, falhas ou irregularidades que o viciaram hipótese em que tal comunicado não terá efeito de recurso Nos valores apresentados pelos licitantes, já deverão estar incluídos os custos com aquisição de material, mão-de-obra utilizada, impostos, encargos, tretes e outros que venham a incidir sobre os respectivos preços Este instrumento convocatório e todoo os seus elementos constitutivos, estão disponibilizados em meio magnético, podendo ser obtidos junto a Comissão, observados os procedimentos definidos peio ORC As dúvidas surgidas após a apresentação das propostas e os casos omisses neste instrumento, ficarão única e exclusivamente sujeites a interpretação da Comissão, sendo facultada a mesma cu a autoridade superior do ORC, em qualquer fase da licitação, a promoção de diligência destinada a esclarecer ou a complementar a instrução do processo Para dirimir controvérsias decorrentes deste certame, excluído qualquer outro, o foro competente é o da Comarca de Cajazeiras. Cajazeiras - PB, 21 de Maio de JOSELITO FEITOSA DE LIMA Presidente da Comissão

9 iw isyw w. ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ANEXO I - TOMADA DE PREÇOS N 00003/2015 TERMO DE REFERÊNCIA - ESPECIFICAÇÕES 1.0.DO OBJETO 1.1.Constitui objeto desta licitação: Contratação de Empresa para Construção do Centro de Referencia Especializado de Assistência Social no Município de Cajazeiras/PB, 2.0. JUSTIFICATIVA 2.1.Considerando as necessidades do ORC, tem o presente termo a finalidade de definir, técnica e adequadamente, os procedimentos necessários para viabilizar a contratação em tela. As características e especificações do objeto ora licitado são: CÓDIGO DISCRIMINAÇAO UNIDADE QUANTIDADE Contratação de Eir.presa para Construção uo Centro de Referencia uh 1 Especializado de Assistência Social no Munieipio de Caja2eiras/FB BRIGAÇÕES DO CONTRATADO 1.1.Responsabilizar-se por todos os ônus e obrigações concernentes à legislação fiscal, civil, tributária e trabalhista, bem como por todas as despesas e compromissos assumidos, a qualquer titulo, perante seus fornecedores ou terceiros em razão da execução do objeto contratado. 3.2.Substituir, arcando com as despesas decorrentes, os materiais ou serviços cue apresentarem alterações, deteriorações, imperfeições ou quaisquer irregularidades discrepantes às exigências do instrumento de ajuste pactuado, ainda que constatados após o recebirr.ento e/ou pagamento. 3.3.Não transferir a outrerct, no todo ou em parte, o objeto da contratação, salva mediante prévia e e.xpressa autorização do Contratante. 3.4.Manter, durante a vigência do contrato ou instrumentos equivalente, em compatibilidade com. as obrigações assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas no respectivo processo licitatório, se for o ca ao, apresentando ao Contratante os documentos necessários, senpre que solicitado. 3.5.Emitir Nota Fiscal correspondente à sede ou filial da empresa que apresentou a documentação na fase de habilitação. 3.6.Executar todas as obrigações assumidas com observância a melhor técrioa vigente, enquadrando-se, rigorosamente, dentro dos preceitos legais, normas e especificações técnicas correspondentes. 4.0.DO CRITÉRIO DE ACEITABILIDADE DE PREÇOS 4.1.Havendo proposta cem vaior global manifestamente inexeqüível nos termos do Art. 48, II, 1 e 2, da Lei 8.666/93, o mesmo será desconsiderado. Esta ocorrência não desclassifica automaticamente a proposta, quando for o caso, apenas o item corre3pondonte, relacionado neste anexo. 5.0.MODELO DA PROPOSTA 5.1.É parte integrante deste Tentio de Referência o modelo de proposta de preços correspondente, podendo o licitante apresentar a sua proposta no próprio modelo fornecido, desde que seja devidamente preenchido, ccnforme faculta o -Instrumento convocatório - Anexo 01. BETAMIA FEITOSA NOBREGA SECRETÁRIA

10 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DIRETORIA EXECUTIVA DO FUNDO NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS PARAÍBA M E M Ó R IA D E C Á L C U L O F E V /

11 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS - PARAÍBA Objeto: Proprietário: Endereço: Área da Edificação: Pavimento: Área do Terreno: Centro de Referência Especializado de Assistência Social -C R E A S Prefeitura Municipal de Cajazeiras - Paraíba S e de do M u n ic ip io 216,60 M2 Térreo 450,00 M2 INTRODUÇÃO Este documento técnico tem por objetivo conhecer os serviços necessários para a execução do CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CREAS, com base no projeto Padrão, bem como demonstrar os seus quantitativos SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1. Placa da obra: > 1 unidade com dimensões de 4X2,5 = 10m2, padrão Governo Federal 1.2. Limpeza do terreno: > Dimensões de 15,00 x 30,00m = 450,00m Ligações provisórias de água potável e esgoto sanitário: 1 unidade 1.4. Ligações provisórias de energia elétrica (baixa tensão): 1 unidade 1.5. Barracão com piso cimentado e cobertura telha fibrocimento 4mm: 30,00m Locação da obra (gabarito convencional): > Formação de um retângulo de 10,00 x 25,00m = 250,00m MOVIMENTO DE TERRA 2.1. Escavação manual de valas, com dimensões minimas de Q,20m (largura) x 0,30m (profundidade), previstas para os seguintes serviços: > Rede externa da entrada de instalação elétrica - 15,00m. > Rede externa da instalação telefônica - 1 5,00m. > Rede externa da instalação de água potável - 20,00m. Página 2

12 PREFEITURA M UNICIPAL DE CAJAZEiRAS - PARAÍBA > Rede externa da instalação de esgoto sanitário - 30,00m. > Rede externa da instalação de águas pluviais - 20,00m. > Rede externa das instalações provisórias - 30,00m. > Volume de solo escavado= 130,00(extensão linear) x 0,20 x 0,30m = 7,80m Regularização e compactação do fundo das valas escavadas: > 0,20 m x 130m (extensão linear) = 26,00m Reaterro compactado de valas: > Volume = 1,6 (índice de compactação) x 7,80m3 = 12,48m Aterro da projeção da edificação (caixão), considerando altura média de 0,30m e área projetiva estendida para 275,00m2: > Volume = 0,3Qm x 275,00m2 = 82,50m INFRA-ESTRUTURA: FUNDAÇÕES 3.1. Vigas baldrame e "Pescoço" dos Pilares Escavação manual de valas (fundações rasas < 1,50m) para execução da viga baldrame (Edificação): > Comprimento total na edificação: 158,35m > Secção transversal: 0,50m (largura) x Q,40m (profundidade) > Volume escavado: 158,35 x 0,50 x 0,40m = 31,67m3. > Total: 31,67m Regularização e compactação de fundo de valas escavadas: > Comprimento total: 158,35 m > Área total: 0,50 x 158,35 = 79,18m Lastro de concreto magro, e=3,0 cm, para fundo de viga baldrame: > Comprimento total: 158,35m > Área total: 0,50 x 158,35 = 79,18m Forma de madeira comum (2,5 x 30 cm) para viga baldrame (edificação) e pescoço" dos pilares, inclusive desforma: > Viga Baldrame: 2 x 0,30 x 158,35m = 95,01 m2. > Pescoço dos pilares (considerando altura média de 1,00m): 4 x 0,30 x 1,00 x 28 = 33,60m2. > Área total: 95, ,60 = 128,61 m Concreto estrutural (Fck=20 MPa) para as viga baldrame e pescoço" dos pilares: > Viga Baldrame: 0,15 (largura média) x 0,30 (altura) x 158,35m (extensão linear) = 7,13m3. > Pescoço dos pilares: 0,30 x 0,30 x 1,00m x 28 = 2,52m3 Página 3

13 g s a sasbga > Volume total: 7,13 + 2,52 = 9,65m Armadura CA-50 das cintas de amarração e "pescoço dos pilares: > Aço CA-50: 0,7378 (% aplicada) x 78 Kg/m3 (taxa de consumo) x S^Sm3 (volume de concreto) = 555!34Kg Armadura CA-60 das cintas de amarração e "pescoço dos pilares: > Aço CA-60: 0,2622 (% aplicada) x 78 Kg/m3 (taxa de consumo) x 9,65m3 (volume de concreto) = 197,36Kg Lançamento e adensamento de concreto em fundação: > Viga Baldrame: 0,15 (largura média) x 0,30 (altura) x 158,35m (extensão linear) = 7,13m3. > Pescoço dos pilares: 0,30 x 0,30 x 1,00m x 28 = 2,52m3 > Volume total: 7,13+ 2,52 = 9,65m3, Reaterro compactado de valas das vigas baldrame: (volume total de escavação) - (volume de concreto) (31,67) -(7,13 + (116,68x0,03)) = 21,04m Sapatas Isoladas para Pilares da edificação (1,00 x 1,00m): Escavação manual das sapatas (fundações rasas < 1,50m): > Área escavada da edificação: 1,30 x 1,30 x 1,50 x 28un = 70,98m3 > Total de área escavada; = 70,98m Regularização e compactação de fundo de sapatas: > Área da sapata da edificação: 1,30 x 1,30 x 28un = 47,32m2 > Total da área a compactar: = 47,32m Lastro de concreto magro, e=3,0 cm, para sapatas isoladas: > Areada sapata da edificação: 1,10 x 1,10 x 28un = 33,88m2 > Total da área a compactar: = 33,88m Forma de madeira comum (2,5 x 20cm) para sapatas, inclusive desforma: > Sapatas da edificação: 28un x0,20 x 2 x (1,00 + 1,10) = 23,52m2. > Total de forma: = 23,52m Concreto estrutural (Fck 20 MPa): > Altura média de cada sapata: 0,20m > Volume da sapata da edificação: 1,00 x 1,00 x 0,20m x 28 = 5,60m3 > Total de concreto: = 5,60m Armação da sapata: > Aço CA- 5 0:40Kg/m3 (taxa de consumo) x 5,60m3 (volume de concreto) = 224Kg Lançamento e adensamento de concreto em sapatas: > Altura média de cada sapata: 0,20m > Volume da sapata da edificação: 1,00 x 1,00 x 0,20m x 28 = 5,60m3 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS - PARAÍBA Página 4

14 > Total de concreto: = 5,60m3 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS - PARAÍBA Reaterro compactado da áreas das sapatas: (volume total de escavação) - (volume de concreto) 31,67 - (5,60 + 2,52 + (46,90 x 0,03)) = 22,14m3 4.0-SUPERESTRUTURA 4.1. Concreto Armado para Pilares e Vigas da Cobertura Forma com tábuas de madeira 2,5 x 30 cm, inclusive desforma: > Vigas: 2 (lados) x 0,35m (altura média) x 151,80m (extensão linear total) = 106,26m2. > Vigas da Laje da Caixa D'agua: 2 (lados) x 0,30 (altura) x (2 x 2, x 3,60) (extensão linear total) = 7,26m2. > Pilares da edificação; 2 x 0,30 x 2,60 x 28un = 43,68m2 > Pilares do muro: 2x0,30 x 1,80x31 un = 33,48m2 > Pilares da Laje da Caixa D agua: 2 x 0,30 x 2,50 (altura média) x 4 (n pilares) = 6,00m2 > Área total forma (desforma): 106,26 + 7, , ,48 + 6,00 = 196,68mz. > Observação; no caso das vigas não haverá forma de fundo, que será a própria alvenaria levantada Concreto estrutural (Fck=20 MPa) para as vigas e pilares: > Vigas: 0,12 (largura) x 0,32 (altura média) x (151, ,10) = 6,29m3. > Pilares: (0,12 x 0,30 x 2,60m x 28) + (0,10 x 0,20 x 1,80 x 31) + (0,12 x 0,30 x 2,50 x 4) = 4,10m3. > Volume total: 6,29 + 4,10 = 10,39m Armadura CA-60 das vigas e pilares: > Aço CA-50: 0,7378 (% aplicada) x 100 Kg/m3 (taxa de consumo) x 10,39m3 (volume de concreto) = 766,57Kg Armadura CA-60 das vigas e pilares: > Aço CA-60: 0,2622 (% aplicada) x 100 Kg/m3 (taxa de consumo) x 10,39m3 (volume de concreto) = 272,43Kg Lançamento e adensamento de concreto > Vigas: 0,12 (largura) x 0,32 (altura média) x (151, ,10) = 6,29m3. > Pilares: (0,12 x 0,30 x 2,60m x 28) + (0,10 x 0,20 x 1,80 x 31) + (0,12 x 0,30 x 2,50 x 4) = 4,10m3. > Volume total: 6,29+ 4,10 = 10,39m Concreto Armado para Vergas e contra-vergas Vergas e contra-vergas pré-moldada em concreto armado (Fck= 20Mpa) - 10x10cm: > Extensão linear total para vãos de esquadrias: 3,10 + 2,60 + 1,40 x 9 + 1,80 x 2 + 1,20 x 3 + 1,75 x 2 + 2,60 x ,65 x 2 + 2,00 x 2 + 2,20 x 2 = 81,10m Página 5

15 PREFEITURA M UNICIPAL DE CAJAZEIRAS - PARAÍBA 4.3. Laje Pré-Moldada Laje da cobertura e da caixa d agua: > Área efetiva de laje: 216,60m2 > Área efetiva de laje: 2,75 x 3,60m = 9,90m2 > Total da área de laje: 216,60 + 9,90 = 226,50m Piiareies de amarração (12x12cm) em toda a Plaíibarsda da Cobertura, com espaçamento a cada 1,20m Concreto armado (Fck=15 MPa): 70,00m/1,20 (n. pilaretes) = 59un x 0,12 x 0,12 x 1, u n x 0,12x0,12x1,50 = 1,11m Rufo em concreto armado, largura de 0,40m e espessura de 0,03m Extensão: 9,60 + 6,60 + 3,20 x 2 + 2,45 + 8,90 + 5,90 + 4,80 + 4,00 = 48,65m PAREDES 5.1. Alvenaria de vedação (edificação) Alvenaria em tijolo cerâmico furado 10 x 20 x 20 cm de 1/2 vez: > Área dos vãos livres das portas, vãos acima de 2,0m2: (2 x 1,20 x 2,10) + (2,00 x 2,10) + (2,50 x 2,10) = 14,49m2 (-) > Área dos vãos livres das janelas, vãos acima de 2,Om2: 1,15x2,00 + 2,0 0x1,1 0x7 + 1,40 x 1,10 + 4,40 x 0,50 + 1,65 x 2,00 = 24,74ms (-). > Área bruta de paredes: 133,00 (extensão linear total) x 2,60 (altura) = 345,80m2 (+). > Área efetiva de paredes no térreo: 345,80-1 4,4 9-24,74 = 306,57m2 (+). > Área efetiva de paredes na projeção da Caixa D água: 2 x 2,25m (altura média) x (2,45 + 3,60) = 27,23m2 (+). > Área de paredes em todo perímetro da platibanda: 69,30m (extensão linear) x 1,18m (altura média) = 81,77m2 (+). > Área de paredes do abrigo de gás: (2 x 0,50 + 1,44) x 0,71 m (altura média) = 1,73m2 (+). > Área de paredes com altura de 0,20m (1 tijolo), para formação das calhas de captação de águas pluviais na cobertura: 44,55 (extensão) x 0,20m = 8,91 m2 (+). > Área efetiva total de paredes em alvenaria com tijolo furado de 1/2 vez: 306, , ,77 + 1,73 + 8,91 = 426,21 m2 6.0-ESQUADRIAS PORTAS DE MADEIRA E VIDRO Porta de Vidro (PV1) e (PV2)c/ ferragens, conforme projeto: 9,45m Porta Madeira (PM1) ci ferragens, de acordo projeto; 10 unidades Porta Madeira (PM2) c/ ferragens, de acordo projeto: 2 unidades Poria Madeira (PM3) c/ ferragens, de acordo projeto: 2 unidades Porta de madeira para divisória de banheiro - com ferragens e tarjeta tipo livre/ocupado: 3 unidades Fechadura para porta interna: 6 unidades Página 6

16 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS - PARAÍBA Fechadura para porta de banheiro; 4 unidades Fechadura para porta interna 2 folhas: 2 unidades Fechadura para porta externa: 2 unidades 6.2-PORTAS METÁLICAS Porta de Ferro (PF1) c/ ferragens, conforme projeto: 3,36m Porta de Ferro (PF2) c/ferragens, conforme projeto: 0,41m Porta de Ferro (PF3) c/ ferragens, conforme projeto: 0,851 m JANELAS METÁLICAS Janela de Alumínio (JA 1} com ferragens: 2,50m Janela de Alumínio (JA 2) com ferragens: 15,40m Janela de Alumínio (JA 3) com ferragens: 1,53m Janela de Alumínio (JA 4) com ferragens: 1,54m Janela de Alumínio (JA 5) com ferragens: 2,20m Janela de Aluminio (JA 6) com ferragens: 3,30m2 7.0 COBERTURA 7.1. Estrutura para telha ondulada fibrocimento, em madeira aparelhada, apoiada em laje; > Área a ser coberta = 9,65 x 6,15 + 3,30 x 8,50 + 2,60 x 6,60 + 2,45 x 3,20 + 4,50 x 8, x 3,00 + 3,00 x 4,00 = 169,85m Telha de fibrocimento ondulada 6mm (incluso acessórios de fixação): > Área a ser coberta = 9,65 x 6,15 + 3,30 x 8,50 + 2,60 x 6,60 + 2,45 x 3,20 + 4,50 x 8, x 3,00 + 3,00 x 4,00 = 169,85m Cumeeira em fibrocimento ondulada 6mm (inclusa fixação): > Extensão linear = 12,05 +4,50 = 16,55m IM P E R M E A B ILIZA Ç Ã O 8.1. Manta asfáltica 4mm (para calhas e laje descoberta) > Calhas com dimensões de 0,30m (largura) x 0,20m (altura) = (0,40+0,30+0,20+0,10) x 44,55 = 44,55 m2 > Laje descoberta da recepção/acesso coberto = 4,00 x 7,15 + 3,50 x 7,15 = 53,63nf > Área total a ser impermeabilizada = (44, ,63) x 1,05 (taxa de acréscimo na área desenvolvida) = 98,18m2x 1,05 = 103,09m Proteção mecânica a ser executada = 103,09m. Página 7

17 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS - PARAÍBA 8.3. Impermeabilização com tinta betuminosa em fundação - viga baldrame: (0,30+0,30+0,15) x 158,35m + (0,20+0,20+0,15) x 75,00 = 160,01 m REVESTIMENTOS DE PAREDES 9.1. Chapisco em paredes V2 vez = total de alvenaria - total de vão abaixo de 2,0m2 > 561,21 - ((2 x 0,60 x 2,10) + (10 x 0,80 x 2,10) + (0,50 x 3,05) - 561,21-20,85 = 540,36m2 (área de alvenaria) - 2 (dois lados da parede) x 540,36m5 (área total de alvenaria a ser executada) = 1.080,72m Chapisco em tetos: 10, ,30 + 9,00 x 2 + 6,08 x 2 + 8,00 + 2,55 x , , ,00 x ,07 + 6,75 + 1,35 x 1,50 = 197,01 m Emboço de paredes para receber azulejo: > WC coletivo = 4 x (2,18 + 2,79) x 2,60-51,69m2 > WC PNE = 4 x (1,50 + 1,70) x 2,60 = 33,28m2 > Área de serviço = (4,50 + 2x1,47) x 2,60 = 19,34m2 > Copa = 2 x (2,45 + 3,21) x 2,60 = 29,43m2 > Área total de emboço = 51, , , ,43 = 133,74m Reboco (paredes interna/externa): 2 x (área total de alvenaria) - (emboço para azulejo) = 2 x 561,21 m2-133,74m2 = 988,68m Reboco de tetos: 10, ,30 + 9,00 x 2 + 6,08 x 2 + 8,00 + 2,55 x , , ,00 x ,07 + 6,75 + 1,35 x 1,50 = 197,01 m Azulejo branco 1 5 x (área total de emboço) = 133,74m PAVIMENTAÇÕES Camada em lastro/regularizadora: 10, , ,00 x 3 + 9,00 x 2 + 6,08 x 2 + 8, ,00 + 2,55 x , ,10 + 6,75 + (10 x 0, x 0, x 1,20 + 2,50 + 2,00) x 0,15 = 197,40m Camada de regularização de piso = área de lastro = 197,40m Piso cerâmico = (área de lastro/regularização + 3% de perdas) = 197,40 x 1,03 = 203,32m Fornecimento e Colocação de Piso tátil em borracha, assentado com cola, espessura 5mm: > Área Interna = 39,85 x 0,25 = 26,46m Rodapé cerâmico > Acesso coberto: 2,35 +1,80 = 4,15m. > Sala de atendimento familiar: 4 x (3,00 + 4,00) - 2 x 0,80 = 26,40m. Página 8

18 PREFEITURA M UNICIPAL DE CAJAZEIRAS - PARAÍBA "r Recepção; (1,65 + 3,00 + 2,30 + 4,80 + 5,46) - (1,20 + 0,80) - 15,21m. > Sala de atendimento individual: 4 x (3,00 + 3,00) - 2 x 0,80 = 34,40m2 í* Sala Multiuso: 2 x (4,00 + 8,80) - (2,50 + 1,20) - 22,1 um. > Sala de coordenação: 2 x (3,00 + 4,00) - 0,80 = 13,20m. > Espaço externo coberto: (4,15 + 0,75 + 3x0, x 0,35) = 6,05m. > Extensão linear Circulação: (2 x 15, x 1,15) - (8 x 0, x 0,60) = 25,10m. > Total de rodapé cerâmico: 4, , , , , ,20 + 6, ,10 = 146,61m Calçadas (pública e pátio interno) e rampa em concreto, espessura 7cm = 23, ,52m2 + 7,11 (rampas) = 157,76 m PINTURA Emassamento de parede e teto em massa acrílica > Paredes = área de reboco = 988,68m2 > Tetos = área de reboco em tetos = 197,01 m2. > Área total = 988, ,01 = 1.185,69mz Pintura acrílica de parede e teto sobre massa acrílica r Paredes = area de reboco = 988,68rn2 > Tetos = área de reboco em tetos = 197,01 m2. 'i-, Á m n r»oo (2 o i 't n"7 r\4 a * o c g n --? r rvica iuidi - aoo,uq t \z>t,u i - 1. i0u,03in tsm aiie sintético com zarcão em esquadrias de ferro > Porta e portão: 2 x (2 x 0,80 x 2,10 + 0,64 x 0,64 + 0,71 x 1,20) = 9,24m2. > Corrimão de aço: (2 x 1, x 2,50) + 4 x (2 x 1, x 1,00) = 24,00m x 2 x 3,14 x 0,02415 (circunferência) = 3,64m2 > Grade de ferro em barra chata 3/16 para fechamento dos condicionadores de ar: 0,80 x 6,15 x 2 + 0,80 x 6,15 + 0,80 x 4,00 x 2 + 0,80 x 0,80 x 2 + 0,80 x 4,00 = 25,64m2 > Área Total: 9,24 + 3, ,64 = 38,52m Emassamento de portas e grades de madeira = 2,5 x (10 x 0,80 x 2, x 0,60 x 2, x 1,20 x 2,10) = 60,90m2 1 1 ^ Pinfi iro nnr+op a Qnp-»2 t i,sj. i ii kui a pwi iao t* yiavjco u c m auciia INSTALAÇÃO ELÉTRICA (220/380V) Quadro de Distribuição de Força e Luz (QDFL): Quadro de distribuição de embutir para 24 disjuntores com barramenío: 1 unidade CONTRATO; Página 9

19 12.2. Disjuntores: Disjuntor termomagnético monopolar de 10 a 30A unidades Disjuntor termomagnético monopolar de 35 a 50A - 1 unidade Luminárias Luminária de sobrepor 2 x 20w completa - 8 unidades Luminária de sobrepor 2 x 40w completa - 14 unidades Pontos de tomadas Instalação ponto tomada equivalente 2 varas eletroduto PVC rígido de 1/2" 12m de fio 2,5mm2 caixas conexões tomada de embutir com placa, inclusive abertura e fechamento de rasgo em alvenaria = 38 unidades Instalação 1 conjunto 2 tomadas equivalente 3 varas eletroduto PVC rígido 1/2", 18m de fio 2,5mm2 caixas conexões e tomadas de embutir com placa, inclusive abertura e fechamento de rasgo em alvenaria = 14 unidades Instalação 1 conjunto 3 tomadas equivalente 4 varas eletroduto PVC rígido 1/2", 25m de fio 2,5mm2 caixas conexões e tomadas de embutir com placa, inclusive conexões e fechamento de rasgo em alvenaria = 2 unidades Interruptor duplo (por ponto) -1 1 pontos Interruptor three way (por ponto) - 5 pontos Tomada de piso (por ponto) - 1 ponto Tomada de ar condicionado - 6 pontos PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS - PARAÍBA INSTALAÇÃO TELEFÔNICA Eletroduto PVC 20mm (3/4 ) = 50,00m Cabo telefônico Cl -50 com 10 pares = 50,00 x 1,30 = 65,00m Caixa de passagem 10 x 10 x 5cm - 9 unidades Quadro de distribuição para telefone n. 3-1 unidade INSTALAÇÃO HIDRÁULICA Tubulações e Conexões em PVC e Caixa D água (1000 litros) PVC soldável 025mm = 13,70 + 6,80 + 5,75 + 4,25 + 1,70 = 32,20m PVC soldável 032mm = 5,60 1,80 = 7,40m PVC soldável 05Omm = 6, ,70 = 21,50m PVC soldável 06Omm = 5,30 + 3,40 = 8,70m Adaptador PVC ci flanges/anel 20mm x V i - 2 unidades Adaptador PVC cl flanges/anel 32mm x 1-2 unidades Página 10

20 P R E F E IT U R A M U N IC IP A L DE C A JA ZE IR A S - P A R A ÍB A , Adaptador PVC ci flanges/anei 5Umm x V /i - 2 unidades Adaptador PVC c/ flanges/anel 60mm x 2 "- 2 unidades 14,2. Acessórios e complementos Registro de gaveta bruto 2 Vi' - 3 unidades Registro de gaveia bruto 2" - 3 unidades Torneira de bóia 1-2 unidades Reservatório de fibrocimento (1000 litros) - 2 unidades INSTALAÇÕES DE ÁGUAS PLUVIAIS Tubulações e Conexões em PVC Tubo mm= (4x2,60) + 36,55 = 46,95m Tubo 0 75mm= (4x2,60) + 14,20 = 24,60m Acessonos e complementos Ralo hemisférico (tipo abacaxi) 0 100mm - 10 unidades Caixa de areia 40 x 40 x 40 cm - 6 unidades INSTALAÇÃO SANITÁRIA Tubulações e Conexões de PVC Tubo PVC esgoto serie r dn 150mm c/ anel de borracha - fornecimento e instalação = 3,20m Tubo PVC de esgoto 0 100mm (rede externa)=2j7q+22,30+8,90+5,60+7,70=48,20m Tubo PVC de esgoto 0 75mm (rede interna) = 2 x 1,70 = 3,40m Tubo PVC de esgoto 0 50mm (rede interna) = 2,65m Tubo PVC de esgoto 0 40mm (rede interna) = (4x 1,20) + 3,15 + 1,85 = 9,80m Acessórios e complementos Caixa sifonada PVC 150 x 150 x 50mm - 6 unidades Caixa de gordura PVC 250 x 230 x 75mm -1 unidade Caixa de inspeção em alvenaria 60 x 60 x 60cm -1 unidades Caixa de passagem pré-moldada 0 6Qmm - 2 unidades 16,3. Sistema Fossa/Sumidouro Fossa séptica em alvenaria -1 unidade Sumidouro em alvenaria, altura 2,50m -1 unidade PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO Página 11

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE A FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE A FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL MEMÓRIA DE CÁLCULO Objeto: CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Proprietário: Endereço: Área da Edificação: 165,30 M² Pavimento: térreo Área do Terreno: 450,00 M² INTRODUÇÃO Este documento técnico

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME MEMÓRIA DE CÁLCULO Objeto: Centro de Referência de Assistência Social CRAS Proprietário: Endereço: Área da Edificação: 165,30 m² Pavimento: Térreo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SUPERINTENDÊNCIA DE TRANSITO E TRANSPORTES PÚBLICOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SUPERINTENDÊNCIA DE TRANSITO E TRANSPORTES PÚBLICOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 00001/2016 LICITAÇÃO Nº. 00001/2016 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL - REGISTRO DE PREÇOS TIPO: MENOR PREÇO POR LOTE Órgão Realizador do Certame:

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARABIRA

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARABIRA ESTADO DA PARAÍBA PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 150304PP00032 EDITAL DE LICITAÇÃO Nº. 00032/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: RUA SOLON DE LUCENA, 26 - CENTRO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACIMBA DE DENTRO PB O Trabalho e o Progresso Continuam EDITAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACIMBA DE DENTRO PB O Trabalho e o Progresso Continuam EDITAL EDITAL PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 150218PP00007 LICITAÇÃO Nº. 00007/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL - REGISTRO DE PREÇOS TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: PREFEITURA MUNICIPAL DE CACIMBA

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 140708PP00056 LICITAÇÃO Nº. 00056/2014 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: AVENIDA

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE APARECIDA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE APARECIDA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE APARECIDA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO LICITAÇÃO Nº. 00013/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL - REGISTRO DE PREÇOS TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame:

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/2015

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/2015 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/2015 OBJETO REGISTRO DE PREÇOS para contratação de empresa especializada objetivando a prestação de serviço de acesso à internet através de links

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE BREJO DO CRUZ COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE BREJO DO CRUZ COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 140812PP00035 LICITAÇÃO Nº. 00035/2014 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: RUA: SÓLON

Leia mais

EXCLUSIVO PARA PARTICIPAÇÃO DE MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

EXCLUSIVO PARA PARTICIPAÇÃO DE MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO DOMINGOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Nº. 00002/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL - REGISTRO DE PREÇOS TIPO: MENOR PREÇO EXCLUSIVO

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

EXCLUSIVO PARA PARTICIPAÇÃO DE MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

EXCLUSIVO PARA PARTICIPAÇÃO DE MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE ESTADO DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO LICITAÇÃO Nº. 00015/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL - REGISTRO DE PREÇOS TIPO: MENOR PREÇO EXCLUSIVO PARA PARTICIPAÇÃO DE MICROEMPRESAS E EMPRESAS

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE BARAÚNA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE BARAÚNA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO LICITAÇÃO Nº. 00013/2014 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: RUA GETULIO VARGAS, S/N - CENTRO - BARAÚNA - PB.

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DE LAGOA DE ROÇA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DE LAGOA DE ROÇA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DE LAGOA DE ROÇA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 00002/2015 LICITAÇÃO Nº. 00002/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO EDITAL CONVOCATÓRIO CONVITE Nº 2013.02.18.2 1.0 EDITAL 1.1 Órgão: SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 1.2 Modalidade: CONVITE 1.3 Tipo de Licitação: Menor preço Global 1.4 Torna público para conhecimento

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DA LAGOA TAPADA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DA LAGOA TAPADA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DA LAGOA TAPADA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO LICITAÇÃO Nº. 00019/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL - REGISTRO DE PREÇOS TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA CRUZ COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA CRUZ COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 150323PP00018 LICITAÇÃO Nº. 00018/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: PROFESSOR

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Chamada Pública n.º 002/2014 para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar com dispensa de licitação, Lei n.º 11.947, de 16/07/2009, Resolução n.º 38 do FNDE,

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAJAZEIRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 140529PP00046 LICITAÇÃO Nº. 00046/2014 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 007/2008

CARTA CONVITE Nº 007/2008 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO E COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 - JD. PAULISTA -

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS 1 1.1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas 01520.8.1.1 m² 7,50 1.2 Ligação provisória de água para a obra

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 140811PP00055 LICITAÇÃO Nº. 00055/2014 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão

Leia mais

LICITAÇÃO Nº. 00035/2014 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO

LICITAÇÃO Nº. 00035/2014 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO ESTADO DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO LICITAÇÃO Nº. 00035/2014 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: RUA MANOEL TOMAZ DE AQUINO, 485 - CENTRO - RIACHÃO

Leia mais

LICITAÇÃO Nº. 00013/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO

LICITAÇÃO Nº. 00013/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO ESTADO DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO LICITAÇÃO Nº. 00013/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: RUA MANOEL TOMAZ DE AQUINO, 485 - CENTRO - RIACHÃO

Leia mais

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 O PRESIDENTE DA COMPANHIA ÁGUAS TERMAIS MARCELINO RAMOS no uso de suas atribuições legais e estatutárias e de conformidade com a Lei 8666/93 de 21 de junho de 1993

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 130717PP00036 LICITAÇÃO Nº. 00036/2013 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: RUA JOÃO

Leia mais

Planilha Orçamentária

Planilha Orçamentária Ministério da Educação Obra: Proinfância - Espaço Educativo Infantil Tipo C BDI adotado Município: SALTO DO CÉU-MT 25% Endereço: Avenida Governador Pedro Pedrossian s/n Planilha Orçamentária ITEM DESCRIÇÃO

Leia mais

22100022.12.362.014.21747.0700000.33903000.51.0.30-4955

22100022.12.362.014.21747.0700000.33903000.51.0.30-4955 Convite N.º 003/2015 Natureza da Despesa Funcional Programática Data da Emissão 15 de Junho de 2015 Data da Licitação 22 de Junho de 2015 Horário da Licitação 08:00h Tipo de Licitação Aquisição de Material

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE CAJAZEIRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE CAJAZEIRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 141229PP60006 LICITAÇÃO Nº. 60006/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: RUA CORONEL

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 Encerramento: às 17:00 horas do dia 30 de setembro de 2014 Abertura dos Envelopes: às 8:00 horas do dia 01 de outubro de 2014 A SANTA CASA DE

Leia mais

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS ENDEREÇO: Rua nº 01 - Loteamento Maria Laura ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² 1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA 1.1 Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas

Leia mais

Programa: FORTALECIMENTO DO SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Nº do contrato: 1010382-61/2013-0-61 / 0 88,52% (hora)

Programa: FORTALECIMENTO DO SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Nº do contrato: 1010382-61/2013-0-61 / 0 88,52% (hora) 1 Serviços Preliminares 7.332,14 1.1 placa da obra em chapa de aço - padrão Governo Federal m2 2,50 301,74 754,35 74209/001 1.2 Hidrômetro 5.000 3/H, D=3/4 - Fornecimento e instalação unid 1,00 114,48

Leia mais

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 DATA DA ABERTURA: 13/11/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

DEPARTAMENTO DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO

DEPARTAMENTO DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 8.948.697.040/2015 LICITAÇÃO Nº. 00022/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: PREFEITURA MUNICIPAL DE POMBAL RUA

Leia mais

Tomada de Preços n.º 006/2009

Tomada de Preços n.º 006/2009 Tomada de Preços n.º 006/2009 Procedimento Administrativo n.º 0802/2008 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: por item Regime de execução: empreitada por preço global Objeto: Aquisição

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

Tomada de Preços n.º 015/2010

Tomada de Preços n.º 015/2010 Tomada de Preços n.º 015/2010 Procedimento Administrativo n.º 0848/2010 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: global Regime de execução: empreitada por preço unitário Objeto: Contratação

Leia mais

ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. 1.00 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.01 PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO M2 6,00

ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. 1.00 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.01 PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO M2 6,00 MEMORIAL DE CÁLCULO OBRA: AMPLIAÇÃO DA UNIDADE DE ATENDIMENTO NO DISTRITO DE RIO BRANCO LOCAL: ZONA RURAL, DISTRITO DE RIO BRANCO ÁREA: 77,05M² ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. QUANT. 1.00 SERVIÇOS

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 130813PP00042 LICITAÇÃO Nº. 00042/2013 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: RUA JOÃO

Leia mais

SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 06 de Outubro de 2.009 M I N U T A

SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 06 de Outubro de 2.009 M I N U T A PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO E COM ATÉ 3(TRES) DIAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA CEP 01405-001

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº 07/2013. A Prefeitura Municipal de General Salgado, sito à Av: Antonino José de Carvalho, 940, centro, fará realizar

Leia mais

www.fundacaoaraucaria.org.br 2

www.fundacaoaraucaria.org.br 2 EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE 02/2013 Serviços de Auditoria 1. DO PREÂMBULO 1.1. A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, estabelecida em Curitiba, Av. Comendador Franco,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 140515PP00057 LICITAÇÃO Nº. 00057/2014 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: RUA JOÃO

Leia mais

Parágrafo Segundo: A proposta poderá ser preenchida nos anexos I e II.

Parágrafo Segundo: A proposta poderá ser preenchida nos anexos I e II. CONVITE Nº 023/2012 LICITAÇÃO, MODALIDADE CONVITE, VISANDO A CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURÍDICA PARA EFETUAR SEGURO DOS PRÉDIOS E VEÍCULOS PERTENCENTES AO MUNICÍPIO. DIOGO SEGABINAZZI SIQUEIRA, PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

CONVITE Nº. 001/2014

CONVITE Nº. 001/2014 CONVITE Nº. 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL, autarquia federal criada pela Lei 1.411/51, através de sua Comissão de Licitações, designada pela Ata nº 1412/2014, da

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 140725PP00075 LICITAÇÃO Nº. 00075/2014 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: RUA JOÃO

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇAO REGIONAL DE SANTA CATARINA SENAR-AR/SC

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇAO REGIONAL DE SANTA CATARINA SENAR-AR/SC CARTA CONVITE N 008/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇAO REGIONAL DE SANTA CATARINA SENAR-AR/SC 1 - Preâmbulo 1.1 - O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - Administração Regional

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DATA agosto/2013 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.2 74209/001 Aquisição e assentamento de placas de obra em aço galvanizado. Abrigo Provisorio de madeira executado na obra para m² 6,00 157,35 944,10 1.3 01520.8.1.1

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPOROROCA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPOROROCA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPOROROCA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 150310PP00010 LICITAÇÃO Nº. 00010/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L CONVITE Nº 06/2013 MANUTENÇÃO DE POÇOS ARTESIANOS E D I T A L O Prefeito Municipal de Nova Roma do Sul, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei Federal n 8.666, de 21 de junho de

Leia mais

CONVITE Nº 060E/2015

CONVITE Nº 060E/2015 Processo nº 0405.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 060E/2015 DATA DA ABERTURA: 16/10/2015 HORA DA ABERTURA: 10:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CRECI - 11ª REGIÃO/SC, através da Comissão de Julgamento de Licitação, comunica que, de acordo

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

FUNDAÇÃO PROFESSOR MARTINIANO FERNANDES- IMIP HOSPITALAR - HOSPITAL DOM MALAN

FUNDAÇÃO PROFESSOR MARTINIANO FERNANDES- IMIP HOSPITALAR - HOSPITAL DOM MALAN 25% 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES R$ 12.734,82 1.1 COTAÇÃO MOBILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS, FERRAMENTAS E PESSOAL. M² 200,00 2,57 3,21 642,50 1.2 74220/001 TAPUME DE CHAPA DE MADEIRA COMPENSADA, E= 6MM, COM PINTURA

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011 1 CONVITE N.º 5030005-01/2011 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA -, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a AQUISIÇÃO DE CERCA/MANGUEIRA

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte nas contratações públicas de

Leia mais

CONVITE Nº 050A/2015

CONVITE Nº 050A/2015 Processo nº 0308.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 050A/2015 DATA DA ABERTURA: 19/08/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

QUANT UND PREÇO/LT 01 ÓLEO DIESEL 3.726,50 LT

QUANT UND PREÇO/LT 01 ÓLEO DIESEL 3.726,50 LT MODALIDADE: CARTA CONVITE Nº 003/2009 EXPEDIDA EM: 27/01/2009 TIPO DE LICITAÇÃO: MENOR PREÇO POR ITEM REPARTIÇÃO INTERESSADA: SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRA- ESTRUTURA E LOGÍSTICA FUNDAMENTO LEGAL: REGIDA

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N. º 95933-02/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N. º 95933-02/2010 CONVITE N. º 95933-02/2010 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA

Leia mais

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Aripuanã Comissão Permanente de Licitação

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Aripuanã Comissão Permanente de Licitação EDITAL CARTA CONVITE 025/2010 1.0. DA LICITAÇÃO: 1.1. Licitação Carta Convite nº. 025/2010 1.2. Abertura às 08 horas do dia 21/09/2010 Local:PREFEITURA MUNICIPAL DE ARIPUANA. 1.3. A, através da Comissão

Leia mais

CONVITE n.º 6010004-01/2012

CONVITE n.º 6010004-01/2012 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC Cep: 97105-900 Prédio 66 - Campus/UFSM Santa Maria RS CONVITE n.º 6010004-01/2012 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59,

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA CARTA CONVITE N 005/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SANTA CATARINA - SENAR-AR/SC Edital de Convite nº. 005/2015 1 - Preâmbulo 1.1 - O Serviço Nacional de Aprendizagem

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS)

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS) TOMADA DE PREÇOS N.º: 2/213 PROCESSO N.º: 11-4/213 TIPO: MENOR PREÇO EDITAL O CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS 3ª. REGIÃO, por intermédio da COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO, torna pública a realização

Leia mais

CÂMARA DE VEREADORES ATILIO VIVÁCQUA - ES

CÂMARA DE VEREADORES ATILIO VIVÁCQUA - ES CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVACQUA - ES COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CONVITE Nº. 001/07 A CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVACQUA - ES - CMAV, com sede na Praça José Valentim Lopes, nº 05 Centro, Atílio

Leia mais

DEPARTAMENTO DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO

DEPARTAMENTO DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 08.948.697.038/2015 LICITAÇÃO Nº. 0020/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO Órgão Realizador do Certame: PREFEITURA MUNICIPAL DE POMBAL RUA

Leia mais

CONVITE DE ALIENAÇÃO Nº. 03 / 2012 Processo nº. 23219.000/2011-51

CONVITE DE ALIENAÇÃO Nº. 03 / 2012 Processo nº. 23219.000/2011-51 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO Câmpus Rio Verde GO CONVITE DE ALIENAÇÃO Nº. 03 / 2012 Processo nº. 23219.000/2011-51 O Instituto Federal

Leia mais

CARTA CONVITE 006/2013

CARTA CONVITE 006/2013 CARTA CONVITE 006/2013 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 6ª REGIÃO, autarquia federal criada pela Lei 1.411/51, representada pelo Presidente da Comissão de Licitação, designada pela Portaria nº 002/2013,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZ ALTA SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA EQUIPE DE COMPRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZ ALTA SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA EQUIPE DE COMPRAS CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 004/11 EDITAL Nº 078/11 O Município de Cruz Alta, através do presente Edital de Chamamento Público, estará selecionando propostas para exploração de Copa e Bar no Ginásio Municipal

Leia mais

CONVITE N.º 004-001/2013-CV

CONVITE N.º 004-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 004-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de hospedagem com local para realização de evento, destinado aos contratados e convidados

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. Regime

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS CNPJ: 00.278.912/0001-20

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS CNPJ: 00.278.912/0001-20 EDITAL DE LICITAÇÃO N.º 04/07 MODALIDADE: CONVITE FORMA DE EXECUÇÃO: INDIRETA ENTREGA DO ENVELOPE ATÉ AS 17:00 HORAS DO DIA: 13/03/2007 DATA DA ABERTURA: 14/03/2007 OBJETO DA LICITAÇÃO: Plantio e fornecimento

Leia mais

EXCLUSIVO PARA PARTICIPAÇÃO DE MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

EXCLUSIVO PARA PARTICIPAÇÃO DE MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE ESTADO DA PARAÍBA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO LICITAÇÃO Nº. 00014/2015 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO EXCLUSIVO PARA PARTICIPAÇÃO DE MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE Órgão

Leia mais

MEMORIAL DE CÁLCULO UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE

MEMORIAL DE CÁLCULO UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE MANGUEIRA ITEM CÓDIGO FONTE ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS. 1 SERP SERVIÇOS PRELIMINARES 0011 DEMOLIÇÃO DE ALVENARIA 1.1 72214 SINAPI-ES Demolicao de alvenaria estrutural de blocos

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012

EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012 EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012 1. DA LICITAÇÃO O Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de Santa Catarina CORE/SC, Órgão Fiscalizador do Exercício Profissional, criado pela Lei nº 4886,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO CONVITE Nº 05/2013 SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL O Conselho Regional de Biologia 3ª Região, através da Comissão Permanente de Licitações, convida V.S.a. a apresentar

Leia mais

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011 PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas ABERTURA DOS ENVELOPES DOCUMENTAÇÃO Dia 17 de Outubro

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS n.º 2013/5040001-01

TOMADA DE PREÇOS n.º 2013/5040001-01 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC Cep: 97105-900 Prédio 66 - Campus/UFSM Santa Maria RS TOMADA DE PREÇOS n.º 2013/5040001-01 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 019/2015

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 019/2015 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 019/2015 JOÃO PEDRO TILL, Diretor Presidente da Autarquia Municipal de Turismo GRAMADOTUR, no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º 8.666 de 21.06.93

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ITATIBA DO SUL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ITATIBA DO SUL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 O Município de Itatiba do Sul, Estado do Rio Grande do Sul, torna público para o conhecimento dos interessados, que em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93

COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93 COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93 Processo: N.º 001/2013 Carta Convite: N.º001/2013 A Câmara Municipal e Uruaçu, Estado e Goiás, em Cumprimento

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE PROCESSO nº 001/2014 CARTA CONVITE nº 001/2014 TIPO MENOR PREÇO POR ITEM A Presidenta da ASSOCIAÇÃO CASA DA MULHER CATARINA - CMC, mantenedora do Projeto: JORNALISTAS

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 10/2015 CREA-PI. Carta Convite n 08/2015

EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 10/2015 CREA-PI. Carta Convite n 08/2015 EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 10/2015 CREA-PI Carta Convite n 08/2015 O CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO PIAUÍ - Crea-PI, por intermédio da Comissão de Licitação, designada pela Portaria n 034/2015,

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 011/2015

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 011/2015 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 011/2015 JOÃO PEDRO TILL, Diretor Presidente da Autarquia Municipal de Turismo GRAMADOTUR, no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º 8.666 de 21.06.93

Leia mais