MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx - DEPA COLÉGIO MILITAR DE BRASÍLIA (1978) TOMADA DE PREÇO Nº 01/2015 CMB NUP:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx - DEPA COLÉGIO MILITAR DE BRASÍLIA (1978) TOMADA DE PREÇO Nº 01/2015 CMB NUP: 64.250.002."

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx - DEPA COLÉGIO MILITAR DE BRASÍLIA (1978) TOMADA DE PREÇO Nº 01/2015 CMB NUP: / A União, por intermédio da Comissão Permanente de Licitação (CPL) do Colégio Militar de Brasília (CMB), designada por ato do Ordenador de Despesas, publicados nos Boletins Interno nº 151, de 18 Ago 14, torna público e dá conhecimento aos interessados, que promoverá no dia e hora indicado abaixo, licitação na modalidade de TOMADA DE PREÇO, do tipo OFERTA DE MAIOR VALOR POR METRO QUADRADO (M2), nos termos da Lei nº 8.666, de 21 Junho de 1993, e suas alterações subsequentes, Lei n 9.636, de 15 de maio de 1998, regulamentada pelo Decreto n 3.725, de 10 de janeiro de 2001, Portaria Ministerial nº 305, de 24 de maio de 1995 (IG 12-02) do Ministério da Defesa Exército Brasileiro e Instrução Normativa MARE nº 05, de e suas alterações subsequentes, às condições estabelecidas no presente Edital e seus anexos e demais diplomas legais vigentes. Data da Abertura: 15/06/2015 Horário: 10:00 Hs Local do Certame: Salão Garança do Colégio Militar de Brasília, situado no SGAN 902 Conjunto A, Asa Norte Brasília DF. I. Especificações Acompanham e integram o presente edital os seguintes anexos: II. Calendário de Eventos III. Modelo da Declaração de Inexistência de Fato Superveniente IV. Modelo da Declaração de Conhecimento de Informações V. Modelo da Proposta de Preços. VI. Modelo do Termo de Cessão de Uso VII. Modelo da Declaração do Menor (Inciso XXXIII do Artigo 7º da Constituição Federal). VIII Modelo Termo de Vistoria IX Modelo da Declaração Independente de Propostas 1

2 X Modelo do Termo de Entrega e Recebimento da Cessão de Uso XI - Declaração de Enquadramento na Lei Complementar Nº 123, de 24/12/2006 XII Modelo do Termo de Renúncia de Recursos (Lei Federal nº 8.666/93, art. 43, III) XIII - Modelo do recibo de retirada do Edital da Tomada de preço 01/2015-CMB O presente edital poderá ser obtido no Site e também na Seção de Aquisições, Licitações e Contratos do CMB, de segunda a quinta-feira, das 09:30 às 11:30h e das 13:30 às 16:30h e na sexta-feira das 08:30 às 11:30h, mediante a apresentação de carimbo contendo o CNPJ da empresa 1. DO OBJETO Cessão de Uso para o exercício de atividade de apoio de Restaurante, de uma área de 411 m2 (quatrocentos e onze metros quadrados), em piso cerâmico, com as seguintes divisões: Salão com 300 m2 (trezentos metros quarados); Copa com 52 m2 (cinquenta e dois metros quadrados); Cozinha com 40 m2 (quarenta metros quadrados) e Almoxarifado com 19 m2 (dezenove metros quadrados), localizadas no Pavilhão dos Refeitórios, para o funcionamento de Restaurante, sendo vedada qualquer outra destinação, conforme Especificação, Anexo I do Edital. 2. DOS ATOS PÚBLICOS E LOCAIS PARA COMUNICADOS 2.1. A abertura dos envelopes contendo a documentação para habilitação e as propostas de preços serão realizados em ato público no CMB, nas datas, horários e locais previstos no calendário de eventos anexo II deste edital A intimação dos atos de habilitação ou inabilitação, bem como do julgamento das propostas de preços, serão afixados no quadro de avisos do Colégio Militar de Brasília - SGAN 902, Conjunto A, Asa Norte Brasília DF As divulgações de recursos e impugnações recebidos e suas respectivas soluções, além de outros atos, serão afixados no quadro de avisos do Colégio Militar de Brasília SGAN 902, Conjunto A, Asa Norte Brasília DF Se, por motivo de força maior ou determinação superior, não houver expediente no Colégio Militar de Brasília, nas datas ou horários previstos como limites para a entrada da documentação ou divulgação dos atos relativos à licitação, ficam os mesmos adiados para o primeiro dia útil subsequente, à mesma hora e local, salvo disposto em contrário. 3. DAS CONDIÇÕES PARA EXECUÇÃO DA CESSÃO DE USO 3.1. A cessão de uso para o exercício de atividades de apoio, objeto desta licitação, deverá ser executado imediatamente a partir da assinatura do termo cessão de uso, por conta e risco do adjudicatário contratado, nos preços homologados e obedecendo as demais condições previstas neste edital e seus anexos O Cessionário será responsável pelos danos causados diretamente à Administração ou a terceiros, decorrentes de sua culpa ou dolo na execução do contrato. 2

3 3.3. Os serviços oriundos desta licitação deverão ser executados no local designado pelo CMB, conforme as especificações contidas no anexo I do edital. 4. DO CALENDARIO DE EVENTOS 4.1. Esta licitação obedecerá ao calendário de eventos constante do anexo II do edital. 5. DAS CONDIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO 5.1. Poderão participar do certame as pessoas jurídicas que atuem em ramo de atividade compatível com o objeto licitado, inscritas ou não SISTEMA DE CADASTRAMENTO UNIFICADO DE FORNECEDORES (SICAF) Não poderão participar as interessadas que se encontrem sob o regime falimentar, empresas estrangeiras que não funcionem no país, consórcio de empresas, qualquer que seja a sua forma de constituição e sejam controladoras, coligadas ou subsidiárias entre si, ou cooperativas e subcontratações, nem aquelas que tenham sido declaradas inidôneas para licitar ou contratar com a Administração Pública ou que estejam cumprindo a sanção de suspensão do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Nesta licitação não poderão participar empresas que já possuam outro contrato em vigor com este Estabelecimento de Ensino, com o mesmo objeto ou similar ao licitado neste certame As empresas interessadas em participar da presente TOMADA DE PREÇOS devem estar legalmente constituídas Só poderão se habilitar empresas, ou pessoas físicas, com domicílio fiscal no País, devendo a habilitação ser procedida de acordo com as prescrições da legislação citada neste edital e nas demais exigências nele contidas A empresa que declarar falsamente se tratar de microempresa, empresa de pequeno porte, para valer-se do tratamento diferenciado concedido pela LC nº 123/2006 incorrerá no crime de falsidade ideológica e estará sujeita às penas previstas no Art. 299 do Código Penal, sem prejuízo das demais penalidades cíveis e administrativas cabíveis Não poderão participar as Licitantes que possuam contrato com o Comando do Exército ou Administração Pública Federal e encontram-se inadimplentes com o mesmo contrato Não poderão participar as Licitantes que possuam débitos decorrentes de contratos encerrados com o Comando do Exército ou Administração Pública Federal e encontram-se inadimplentes com o mesmo contrato. 6. DAS CONDIÇÕES GERAIS 6.1 As empresas interessadas em participar da presente TOMADA DE PREÇO devem estar legalmente constituídas. 3

4 6.2. Só poderão se habilitar empresas, com domicilio fiscal no País, devendo à habilitação ser procedida de acordo com as prescrições da legislação citada neste edital e nas demais exigências nele contidas Nesta licitação não poderão participar empresas que estejam reunidas em consórcios e sejam controladoras, coligadas ou subsidiárias entre si, ou cooperativas e subcontratações Cada licitante apresentar-se-á com apenas um representante legal, que devidamente munido de credencial, será o único admitido a intervir em todas as fases do procedimento licitatório, quer por escrito, quer oralmente, respondendo assim, para todos os efeitos por sua representada. Em sendo sócio da empresa deverá apresentar cópia do contrato social, que comprove sua capacidade de representá-la e documento de identidade Por credencial entende-se, procuração pública ou particular com firma reconhecida e caso seja outorgada por pessoa física, acompanhada de cópia da carteira de identidade e cópia do ato de investidura do outorgante, no qual declare expressamente ter poderes para a devida outorga; 6.6. Para manifestar-se nas fases do procedimento licitatório, o participante deverá identificar-se com cédula de identidade e documentação apropriada observando o que se segue: a.) Quando se tratar de titular, diretor ou sócio da empresa deverá ser apresentado documento comprobatório de sua capacidade para representá-la (ex: contrato social, procuração); b.) Quando se tratar de representante, designado pela empresa, deverá ser apresentada procuração ou carta dirigida à Comissão Especial de Licitação, com dados de identificação do representante, devendo constar, expressamente, poderes para participar de todos os atos do procedimento licitatório, inclusive para interpor ou desistir de recursos. A referida documentação deverá ser acompanhada de documento comprobatório da capacidade do outorgante para constituir mandatários A documentação exigida para a habilitação das empresas deverão ser apresentadas em original ou por qualquer processo de cópia devidamente autenticada por cartório competente, ou ainda publicação em órgão da Imprensa Oficial, devendo ser entregue em envelope fechado, lacrado e rubricado, na mesma data e hora da entrega da proposta de preços. 7. DA HABILITAÇÃO 7.1. Habilitação é o reconhecimento dos requisitos legais para pessoas físicas ou jurídicas transacionarem com o Ministério da Defesa Exército Brasileiro (Art. 19, IG 12-02/95); 7.2. A habilitação das licitantes ficará condicionada à verificação dos seus respectivos registros, bem como da validade dos documentos cadastrais, por meio de consulta "on-line" ao SICAF, no ato da abertura do certame, que será impressa sob forma de Declaração de Situação - CONSITFORN, que instruirá o processo, nos termos dos artigos 27 a 31 da Lei nº 8.666/93 e Instrução Normativa MARE nº 05, de 21 de junho de 1995, republicada no Diário Oficial da União de 19 de abril de 1996; 7.3. Toda documentação exigida deverá ser apresentada por uma das seguintes formas: em original; 4

5 por qualquer processo de cópia autenticada por Servidor da Administração, ou por Cartório competente; por publicação em órgão da Imprensa Oficial A(s) Licitante(s) somente será (o) Habilitada(s) após consulta do Cadastro Informativo de Créditos não Quitados CADIN, conforme disposto no inciso III, art. 6º, da Lei nº , de Qualificação econômico-financeira (art 31, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993) Será verificada por intermédio dos índices econômicos (LG Liquidez Geral; LC Liquidez Corrente; SG Solvência Geral), relativos à boa situação financeira da empresa, comprovados por ocasião da consulta ao SICAF; As Licitantes que apresentarem resultado menor que 1 (um), em qualquer dos índices referidos no inciso V, item 7, da IN-MARE nº 05/95, deverão comprovar que possuem capital social registrado (através de seu Estatuto ou Contrato Social), ou patrimônio líquido mínimo (através do balanço patrimonial) igual ou superior a 10% do montante, na forma dos 2º e 3º, do artigo 31, da Lei nº 8.666/93, como exigência imprescindível para sua Classificação podendo, ainda, ser solicitada prestação de garantia na forma do 1, do artigo 56, do mesmo diploma legal, para fins de contratação Declaração de inexistência de fato superveniente impeditivo para participar da Licitação, assinada pelo titular da empresa concorrente, conforme modelo (anexo III); 7.7. Declaração de ter tomado conhecimento de todas as informações, condições e locais para o cumprimento das obrigações objeto desta Licitação (anexo IV); VII); 7.8. Declaração do Menor (Inciso XXXIII do Artigo 7º da Constituição Federal), (anexo 7.9. Termo de Vistoria Anexo VIII, comprovando que vistoriou o local da Cessão de Uso, objeto da licitação, para a prestação dos serviços mencionados no anexo I A Licitante deverá realizar a vistoria, no endereço abaixo: Colégio Militar de Brasília - SGAN 902, Conjunto A - Asa Norte, das 13:00 às 17:00 Hs de segunda a quinta feira, na sexta feira a vistoria será da 08:00 às 11:30 Hs Não haverá vistoria no dia da LICITAÇÃO Esta vistoria é considerada suficiente para que o licitante conheça todos os aspectos pertinentes aos serviços a serem prestados Certidão negativa de pedido de falência ou recuperação judicial, expedida pelo Cartório Distribuidor da sede da pessoa jurídica, dentro do prazo de validade; Atestado(s) de capacidade técnica, fornecido(s) por pessoas jurídicas de direito público e privado que comprovem a capacidade da empresa de fornecer os serviços, 5

6 devidamente registrado no órgão competente, comprovando que a licitante executa ou executou a prestação de serviços de preparo e fornecimento de, pelo menos, 100 refeições/dia por pelo menos seis meses ou declaração da empresa informando que presta serviços de forma autônoma atendendo ao número de refeições e período antes mencionados, ficando sujeita à vistoria e confirmação Deverão constar no atestado de capacidade técnica, pelo menos os seguintes dados: identificação do emitente, características e localização da prestação dos serviços, prazo de vigência do contrato, local e data de expedição e declaração do emitente do atestado de que o serviço foi, ou está sendo, executado a contento, podendo ser exigido da proposta melhor classificada que apresente cópia autenticada do contrato de prestação ou nota fiscal, que deram origem ao atestado Os atestados de capacidade técnica deveram informar CNPJ, endereço, telefone e site da empresa emitente, além de nome, cargo, telefone e do responsável pelas informações prestadas Os atestados de capacidade técnica deverão ser emitidos em papel timbrado da empresa, com todas as informações acima solicitadas. Serão aceitos apenas originais ou cópias autenticadas. O não atendimento de qualquer uma das exigências poderá acarretar na eliminação da licitante Declaração de Elaboração Independente de Proposta (Anexo IX) Certidão negativa de débitos trabalhistas (CNDT) Recibo de retirada do Edital da Tomada de preço 01/2015-CMB (Anexo XIII) Credenciamento da pessoa física, representante da empresa em todos os atos da Licitação, ou procuração com firma reconhecida em Cartório, nomeando o representante se for o caso; As licitantes são responsáveis pela fidelidade e legitimidade das informações e dos documentos apresentados em qualquer fase da licitação A apresentação de declaração falsa relativa ao cumprimento dos requisitos de habilitação sujeitará a licitante às sanções previstas no Art. 28 do Decreto nº 5.450/ Se a documentação de habilitação não estiver completa e correta ou contrariar qualquer dispositivo deste Edital e seus Anexos, a CPL considerará a licitante inabilitada O envelope contendo os documentos de habilitação, deverá estar fechado, lacrado, rubricado e identificado externamente com o título Documentos de Habilitação à Tomada de Preço nº 01/2015-CMB, e endereçado ao Presidente da Comissão Permanente de Licitação do Colégio Militar de Brasília. SGAN 902/904, Asa Norte Brasília DF. CEP Não será aceito entrega posterior de qualquer documento, para complementação da documentação apresentada. 6

7 7.21. Não será habilitada nesta licitação a empresa que, na data limite para a entrega dos documentos para a habilitação e proposta de preços estiver enquadrada em uma ou mais das situações, ou condições abaixo em atraso não justificado na execução de contrato anterior firmado com a Administração Pública Federal; suspensa nos termos da legislação vigente, do direito de licitar e de contratar com a Administração Pública Federal; multada por inadimplência por qualquer órgão público ou privado e não ter ainda comprovado junto ao CMB o pagamento ou a relevação da multa; não entregar até a data prevista no Calendário de Eventos (anexo II), de toda a documentação para a habilitação e proposta de preços exigida neste edital; estiver em estado falimentar ou concordatário; nomear como seu representante legal, pessoa física que represente, faça parte ou integre, como sócio ou empregado, outra empresa que esteja inscrita para concorrer neste certame deixar de atender às demais indicações específicas ou peculiares deste edital; Registro ou inscrição da empresa e de seu responsável técnico em plena validade, de acordo com o disposto no inciso I do artigo 30, da lei 8.666/93, com jurisdição sobre o domicílio da sede da licitante, no Conselho Regional de Nutrição; Alvará de funcionamento expedido pelo Órgão competente de vigilância Sanitária do Distrito Federal, conforme Lei Nº 4.201, de 02 de setembro de 2008; (Anexo XIII); Recibo de Retirada do Edital da Tomada de Preços Nº 01/2015-CMB Para ser realizada a abertura dos envelopes contendo as Propostas de Preços de sua empresa, as licitantes que não manifestarem intenção de recorrer, deverão apresentar o TERMO DE RENÚNCIA, conforme modelo do Anexo XII, inclusive as que não participarem do ato público. 8. DAS PROPOSTAS DE PREÇOS 8.1. As propostas de preços deverão especificar o valor por metro quadrado e o valor total mensal da Taxa de Uso, em algarismos (dois dígitos após a virgula) e por extenso, de acordo com as nomenclaturas e especificações constantes do OBJETO não podendo ser inferior ao valor previsto no ITEM 9.1, constante do Anexo I do Edital Havendo discordância entre os valores numéricos e por extenso, prevalecerão estes últimos; 7

8 8.3. Nos preços, os licitantes deverão considerar os custos incluindo impostos, taxas, fretes, seguros, e demais despesas com a cessão de uso para o exercício de atividades de apoio, objeto desta licitação, no local especificado; 8.4. As propostas deverão ser datilografadas ou digitadas, em 02 (duas) vias, em papel timbrado da Empresa, em linguagem clara, sem emendas, rasuras ou entrelinhas, com todas as folhas assinadas e rubricadas pelo proponente, devidamente identificado Na falta de papel timbrado, a proposta poderá ser apresentada em papel branco, com os dados da empresa (razão social, CNPJ, endereço e etc.) e com o carimbo padrão do CNPJ, em todas as folhas O envelope contendo as propostas de preços deverá ser identificado externamente com o título Proposta de Preços à Tomada de Preço nº 01/2015-CMB, e endereçado ao Presidente da Comissão Permanente de Licitação do Colégio Militar de Brasília, SGAN 902, Conjunto A, Asa Norte Brasília DF. CEP O prazo de validade das propostas de preços deverá ser de no mínimo 60 (sessenta) dias contados a partir da data de sua entrega, podendo ser prorrogado por igual período, desde que aceito pelos licitantes vencedores. 9. DO JULGAMENTO 9.1. As propostas serão apuradas e julgadas pela Comissão Permanente de Licitação do CMB, que elaborará o respectivo Mapa Comparativo com base nas condições deste edital Não serão levadas em conta quaisquer ofertas ou vantagens não previstas neste edital, nem propostas que contiverem previsão de aumento sobre a proposta de maior preço; 9.3. Esta licitação é do tipo oferta de maior valor por METRO QUADRADO (M2); 9.4. A cada proponente é facultado manifestar-se sobre a validade dos documentos apresentados pelos demais concorrentes, desde que sejam representantes da empresa, com procuração reconhecida em Cartório, se for o caso; 9.5. Em caso de empate, proceder-se-á na forma da legislação vigente, ou seja, através de sorteio; 9.6. Serão desclassificadas as propostas de preços cujos valores sejam inexequíveis. 10. DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS A vencedora do certame, que descumprir quaisquer das Cláusulas ou condições do presente Edital e seus anexos ficará sujeita às penalidades previstas abaixo, observando-se o direito ao contraditório e a ampla defesa multa correspondente a 4 (quatro) vezes o valor mensal da cessão, na qual incorrerá a parte que infligir qualquer Cláusulas ou condições do presente Edital e seus anexos, com faculdade assegurada à cedente de dar por rescindida a cessão, independente de qualquer formalidade. 8

9 10.2. O atraso no pagamento mensal da Taxa da Cessão de Uso acarretará o pagamento de multa contratual de 2% (dois por cento) sobre a importância devida acrescida de juros de mora de 0,5% (zero virgula cinco por cento) ao mês Pela inexecução total ou parcial do contrato a Administração poderá, garantida a prévia defesa, aplicar ao contratado as seguintes sanções: I- advertência; II - multa, na forma prevista no instrumento convocatório ou no contrato; III - suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a Administração, por prazo não superior a 2 (dois) anos; IV - declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante a própria autoridade que aplicou a penalidade, que será concedida sempre que o contratado ressarcir a Administração pelos prejuízos resultantes e após decorrido o prazo da sanção aplicada com base no inciso anterior. 1º As sanções previstas nos incisos I, III e IV deste artigo poderão ser aplicadas juntamente com a do inciso II, facultada a defesa prévia do interessado, no respectivo processo, no prazo de 5 (cinco) dias úteis Após 03 (três) meses em atraso no pagamento da Taxa mensal da Cessão de Uso, o Cessionário será notificado e advertido pelo Fiscal de Contrato da sua condição de inadimplência o Cessionário após ser notificado pelo Fiscal de Contrato terá um prazo de 05 (cinco) dias Uteis para realizar o pagamento dos meses em atraso no pagamento da Taxa da Cessão de Uso Caso o cessionário não efetue o pagamento dos meses em atraso no prazo estabelecido no Parágrafo Anterior, o Termo de Contrato de Cessão de Uso será reincidido pela Cedente Após 03 (três) meses em atraso no pagamento das despesas de luz e/ou Taxa de água e Esgoto, o Cessionário será notificado e advertido pelo Fiscal de Contrato da sua condição de inadimplência o Cessionário após ser notificado pelo Fiscal de Contrato terá um prazo de 05 (cinco) dias Uteis para realizar o pagamento dos meses em atraso no pagamento das despesas de luz e/ou Taxa de água e Esgoto Caso o cessionário não efetue o pagamento dos meses em atraso no prazo estabelecido no Parágrafo Anterior, o Termo de Contrato de Cessão de Uso será reincidido pela Cedente. 11. DA ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO 9

10 11.1. A Comissão Permanente de Licitação tendo em vista o estabelecido neste edital, adjudicará o item licitado, à luz das respectivas propostas, desde que satisfeitas as condições previstas na Legislação O Ordenador de Despesas poderá não homologar a adjudicação destinada a cessão de uso para o exercício de atividades de apoio, objeto desta licitação, a fim de atender ao interesse público, decorrente de fato superveniente, devidamente comprovado. 12. DAS OBRIGAÇÕES E DO TERMO DE USO O adjudicatário contratado ficará obrigado a cumprir todos os encargos estabelecidos neste edital, ratificados na sua proposta e no respectivo contrato A convocação da Licitante vencedora, para a assinatura do Termo de Contrato da Cessão de Uso atinente à prestação dos serviço licitado será: A licitante vencedora terá um prazo de até 10 (dez) dias para assinatura do Termo de Contrato de Cessão de Uso, após a data da Homologação da licitação, podendo este prazo ser prorrogado uma vez por igual período, se houver motivo justificado, aceito pela administração após solicitação da empresa vencedora Se o convocado não comparecer para assinar o Termo de Cessão de Uso nas condições do Caput deste artigo serão convocados os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para fazê-lo em igual prazo nas mesmas condições propostas pelo primeiro licitante A cessão de uso será de 12 (doze) meses a contar da data da assinatura do Termo de Contrato, podendo ser renovada por 12 (doze) meses, até o limite máximo de 60 (sessenta) meses, de acordo com as IR A cessão de uso tem caráter precário e poderá ser revogada a qualquer tempo, havendo interesse do serviço público, independentemente de indenização As disposições contratuais obedecerão ao modelo do Termo de Cessão de Uso constante no anexo V deste Edital. 13. ACOMPANHAMENTO E FISCALIZAÇÃO DA EXECUÇÃO CONTRATUAL Após a assinatura do Termo de Contrato de Cessão de Uso, o CMB designará formalmente 01 (um) Fiscal de Contrato, com autoridade para exercer, como representante da Administração do CMB, toda e qualquer ação de orientação geral, acompanhamento e fiscalização da execução contratual Ao Fiscal de Contrato compete, entre outras atribuições: Encaminhar a Fiscalização Administrativa os documentos que relacione as ocorrências que impliquem em multas a serem aplicadas à CONTRATADA Solicitar a CONTRATADA e seus prepostos, ou obter da Seção de Fiscalização Administrativa, tempestivamente, todas as providências necessárias ao bom andamento dos serviços. 10

11 Anexos Verificar a conformidade da execução dos serviços com o Edital e seus Assegurar-se de que o número de empregados alocados ao serviço pela CONTRATADA é suficiente para o bom desempenho dos serviços Acompanhar e Atestar mensalmente o bom andamento da execução do contrato, indicando as ocorrências de indisponibilidades dos serviços contratados, desde que por motivos imputáveis à contratada Remeter as solicitações da CONTRATADA à Seção de Fiscalização Administrativa, devidamente informadas Examinar, sempre que possível, a quantidade e a qualidade dos alimentos preparados pela CONTRATADA A ação do Fiscal de Contrato não exonera a CONTRATADA de suas responsabilidades. 14. DA CESSÃO DE USO PARA EXERCÍCIOS DE ATIVIDADES DE APOIO É vedada a Organização Militar cedente: cessionário; comprometer pessoal próprio em proveito dos serviços explorados pelo dificultar a atuação das autoridades fazendárias, sanitárias ou trabalhistas que visem à fiscalização do cumprimento das obrigações legais do cessionário. 15. OBRIGAÇÕES DO CESSIONÁRIO São obrigações do cessionário: Prestar os serviços de RESTAURANTE, com emprego de mão-de-obra devidamente treinada e qualificada, observando rigorosamente todas as exigências de manutenção, utilização, garantias, fornecimentos, prazos e quantitativos lá estabelecidos, bem como o estipulado em sua proposta, ficando a CONTRATADA sujeita às penalidades estabelecida neste edital, no caso de mora ou inadimplemento de suas obrigações Responder pelas despesas relativas a encargos trabalhistas, de seguro de acidentes, impostos, contribuições previdenciárias e quaisquer outras que forem devidas e referentes aos serviços executados por seus empregados, uma vez que os mesmos não têm nenhum vínculo empregatício com o CMB Responder, integralmente, por perdas e danos que vier a causar ao CMB ou a terceiros em razão de ação ou omissão, dolosa ou culposa, sua ou dos seus prepostos, independentemente de outras cominações contratuais ou legais a que estiver sujeita Corrigir todas as imperfeições verificadas pela CONTRATANTE, na execução das atividades no prazo por esta determinado. 11

12 Os alimentos vendidos deverão manter preservadas suas características organolépticas, bem como manter o padrão higiênico sanitário satisfatório, isentos de contaminação física, química ou biológica; Os alimentos industrializados deverão obedecer à resolução RDC nº 360, de 23 de dezembro de 2003 da ANVISA, quanto à regulamentação técnica sobre rotulagem nutricional de alimentos embalados; Os alimentos vendidos também deverão obedecer à data de validade registrada na embalagem original, lembrando-se que o primeiro a ser vendido será aquele que tiver menor prazo de validade; Os produtos vendidos deverão ter em sua embalagem, o registro do órgão fiscalizador competente; Deverá ser obedecido o binômio tempo/temperatura de acondicionamento dos alimentos; a tabela de preços deverá estar no mínimo 20% abaixo dos preços praticados no mercado local, tabela esta previamente aprovada pela Seção de Fiscalização Administrativa cumprir todas as medidas de higiene e segurança a que estiverem sujeitos, em função da atividade que desenvolvam de acordo com o MANUAL DE EXIGÊNCIAS TÉCNICO-LEGAIS PARA INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DE ESTABELECIMENTOS PRESTADORES DE SERVIÇOS DIVISÃO DE FISCALIZAÇÃO DE SAÚDE DO DISTRITO FEDERAL manter as instalações em perfeito estado de conservação; informar ao Colégio Militar de Brasília, sempre que houver uma modificação na quantidade de aparelhos eletroeletrônicos e/ou funcionários no local do OBJETO todas as taxas deverão ser pagas até o quinto dia útil do mês subsequente ao vencido, mediante Guia de Recolhimento da União (GRU), no Banco do Brasil, em favor do Colégio Militar de Brasília; O cessionário deverá solicitar a Guia de Recolhimento da União (GRU), na Fiscalização Administrativa do CMB, localizada à SGAN 902/904, Asa Norte Brasília DF arcar com o pagamento de taxas e ônus fiscais eventualmente aplicáveis ao imóvel cedido; cumprir com as obrigações legais relativas a encargos fiscais, trabalhistas, sociais, previdenciários, civis e comerciais que onerem a atividade a que se propõe, eximindo o Comando do Exército de quaisquer dessas responsabilidades; sua atividade; apresentar registro de todos os órgãos a que estiver obrigado por força de 12

13 submeter-se à fiscalização do cedente, das autoridades fiscais, sanitárias, tributárias e previdenciárias; cumprir as disposições dos regulamentos militares em área sob administração da OM cedente; e O Cessionário deverá apresentar ao Fiscal de Contrato, dentro de um prazo de 60 (sessenta) dias após a assinatura do Termo de Contrato de Cessão de Uso, o Alvará de funcionamento expedido pelo Órgão competente de vigilância Sanitária do Distrito Federal, conforme Lei Nº 4.201, de 02 de setembro de 2008, sob pena de ter o contrato cancelado Outras obrigações constantes da minuta de contrato É vedado ao cessionário: o cessionário não poderá vender bebidas alcoólicas de nenhuma espécie, energéticos, cigarros outros produtos que possam gerar qualquer tipo de dependência e também os que não estejam cadastrados no objeto do contrato social usar o nome do Exército Brasileiro ou do Colégio Militar de Brasília para aquisição de mercadorias ou bens, assim como para contratar serviços; deixar de observar as disposições dos regulamentos militares em área de administração da Organização Militar que lhe concedeu a cessão. 16. OBRIGAÇÕES DA OM CEDENTE A OM cedente obriga-se a: não comprometer pessoal próprio em proveito dos serviços explorados pelo cessionário; não custear despesas de energia elétrica, água, esgoto, telefone, lixo ou limpeza pública e quaisquer outras de interesse do cessionário; e não dificultar a atuação das autoridades fazendárias, sanitárias ou trabalhistas que fiscalizam o cumprimento das obrigações legais do cessionário Proporcionar todas as facilidades indispensáveis à boa execução das obrigações contratuais, inclusive, permitir o acesso de representantes, prepostos ou empregados da CONTRATADA às dependências do CMB não dificultar a atuação das autoridades fazendárias, sanitárias ou trabalhistas que fiscalizam o cumprimento das obrigações legais do cessionário. (Anexo X ) Expedir o Termo de Entrega e Recebimento do Imóvel da Cessão de Uso, Outras obrigações constantes da minuta de contrato. 13

14 17. DOS TRIBUTOS E OUTRAS DESPESAS As cessões de uso deverão ser executadas no local previsto pelo CMB, em Brasília - DF, correndo por conta da empresa os ônus com transporte, carga, descarga, seguro e demais despesas com o pessoal que irá realizar o serviço O reajuste de preços será efetuado depois de decorridos 12 (doze) meses, contados a partir da data de assinatura do Termo de Cessão de Uso O reajuste obedecerá à variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), no período considerado As despesas de luz, água e esgoto serão de responsabilidade do cessionário, através pagamento em rede bancária com os respectivos boletos das prestadoras de serviço e ou GRU Os reajustes das referidas taxas obedecerá ao aumento oficial, ocorrido no período, quando divulgado pelas Concessionárias prestadoras dos serviços DOS ESCLARECIMENTOS E DA IMPUGNAÇÃO AO EDITAL: Até dois dias úteis antes da data fixada para abertura da sessão pública, qualquer pessoa poderá impugnar o ato convocatório da Tomada de Preço, sendo protocoladas no Setor de Aquisições, Licitações e Contratos da COLÉGIO MILITAR DE BRASÍLIA (CMB), SGAN, 902 Conjunto A, Asa Norte, Brasília DF, CEP: , no horário de 09:00 às 17:00 horas de segunda à quinta-feira e de 08:00 às 11:30 horas às sextas-feiras Caso as impugnações e esclarecimentos sejam protocoladas no endereço acima, deverão ser acompanhadas de mídia, para efeito de divulgação para todos os interessados pedidos de esclarecimentos referentes ao processo licitatório deverão ser enviados à Comissão Permanente de Licitação, até três dias úteis anteriores à data fixada para abertura da sessão pública, por meio eletrônico ou fone (61) ou fax (61) , ou s: ou Caberá à Comissão Permanente de Licitação decidir sobre a impugnação e os pedidos de esclarecimento no prazo de até 24 (vinte e quatro) horas Acolhida à petição contra o ato convocatório, será definida e publicada nova data para realização do certame. 19. DAS DISPOSIÇÕES COMPLEMENTARES Só terão direito de usar a palavra e rubricar propostas os representantes credenciados dos licitantes e a CPL, podendo àqueles apresentar reclamações ou recurso Uma vez iniciada a abertura da documentação de habilitação e proposta de preços, não serão admitidos quaisquer retificações que possam influir no resultado respectivo, nem admitidos à licitação os proponentes retardatários. 14

15 19.3. Não serão aceitas propostas de empresas agrupadas em consórcio Não será aceita a subcontratação de outra(s) empresa(s) para prestação dos serviços constantes do objeto dos serviços licitados neste edital A documentação de Habilitação e a Proposta de Preços serão recebidas na data previstas (anexo II), em envelopes distintos fechados, lacrados e rubricado Cópia deste edital, bem como outras informações, poderão ser obtidas na Seção de Aquisições, Licitações e Contratos, de segunda a quinta-feira, no horário de 09:30 às 11:30h e de 13:30 às 16:30h e às sexta-feira no horário de 08:30 às 11:30h., ou pelo telefone ou As microempresas e empresas de pequeno porte terão tratamento diferenciado previsto no Capítulo V, da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de Os casos não previstos neste Edital serão decididos pela CPL As questões decorrentes da execução deste Edital, que não possam ser dirimidas administrativamente, serão processadas e julgadas na Justiça Federal, no Foro da cidade de Brasília-DF, Seção Judiciária do Distrito Federal, com exclusão de qualquer outro, por mais privilegiado que seja, salvo nos casos previstos na Alínea d, do Inciso I, do Art. 102 da Constituição Federal Contatos eletrônicos com a CPL (impugnações, recursos, esclarecimentos) poderão ser feitos através do Telefone (61) , FAX (61) A licitação somente poderá ser revogada por razões de interesse público, decorrente de fato superveniente devidamente comprovado ou anulada, em todo ou em parte, por ilegalidade de ofício ou por provocação de terceiros, mediante parecer escrito e devidamente comprovado A CPL, no interesse da Administração, poderá relevar omissões puramente formais observadas na documentação e proposta, desde que não contrariem a legislação vigente e não comprometam a lisura da licitação sendo possível a promoção de diligência destinada a esclarecer ou a complementar a instrução do processo O presente Edital e seus anexos serão fornecidos aos interessados, na Seção de Aquisições, Licitações e Contratos do CMB (SGAN, 902- Conjunto A, Asa Norte, Brasília-DF) e também estará disponível no site Brasília - DF, 28 de maio de JOÃO DENISON MAIA CORREIA - CEL Ordenador de Despesas 15

16 MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx - DEPA COLÉGIO MILITAR DE BRASÍLIA (1978)) ANEXO I AO EDITAL TP Nº 01/ CMB ESPECIFICAÇÕES 1. OBJETO Cessão de Uso para o exercício de atividade de apoio de Restaurante, de uma área de 411 m2 (quatrocentos e onze metros quadrados), em piso cerâmico, com as seguintes divisões: Salão com 300 m2 (trezentos metros quarados); Copa com 52 m2 (cinquenta e dois metros quadrados); Cozinha com 40 m2 (quarenta metros quadrados) e Almoxarifado com 19 m2 (dezenove metros quadrados), localizadas no Pavilhão dos Refeitórios, para o funcionamento de Restaurante, sendo vedada qualquer outra destinação, conforme Especificação, Anexo I do Edital. 2. TIPO DE SERVIÇO 2.1. Serviços de Restaurante, sendo vedada qualquer outra destinação. 3. HABILITAÇÃO TÉCNICA Para o inicio das atividades o Colégio Militar de Brasília por meio do Fiscal Administrativo fará inspeção das instalações para liberação da cessão de uso do espaço licitado, (Declaração de vistoria). 4. CONTROLE DE QUALIDADE DOS SERVIÇOS E PRODUTOS 4.1. O padrão de referência para a qualidade dos gêneros alimentícios utilizados deverá estar em conformidade com o prescrito na Portaria nº 326, de 30/07/1997, da Secretaria de Vigilância Sanitária, do Ministério da Saúde e Portaria nº 854/SELOM, de 04 de julho de Os óleos serão, sempre, de origem vegetal e o azeite oferecido não poderá ser composto por outro tipo de óleo vegetal. A gordura utilizada para fazer frituras não poderá ser reutilizada mantendo, desta forma, o padrão de qualidade do óleo e do alimento fritado Os produtos de origem animal como carnes suínas e bovinas, aves, presuntos, queijos, mortadelas, entre outros, somente serão aceitos se apresentarem o selo de inspeção sanitária (SIF), a identificação do fornecedor e prazo de validade em vigor. 16

17 4.4. O Colégio Militar de Brasília poderá, a qualquer tempo, solicitar a indicação e comprovação da procedência dos alimentos Os alimentos preparados para consumo deverão estar dispostos de modo que permaneçam organizados e adequados às condições higiênico-sanitárias de acordo com a disposição na Resolução RDC nº 216, de 15 de setembro de 2004, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária ANVISA Os sucos naturais, vitaminas, refrigerantes, leite e refrescos deverão estar dentro do prazo de validade Para atender aos hipertensos e diabéticos, deverão ser preparados e fornecidos diariamente alimentos, bem como sucos e refrescos, com identificação clara para o consumidor quanto as suas particulares composições Os alimentos servidos em marmitex serão vendidos obrigatoriamente no dia correspondente à sua preparação e fornecidos em embalagens descartáveis Os empregados deverão atender com presteza, polidez, educação, higiene e ter responsabilidade com as atividades desenvolvidas O cessionário deverá apresentar o Manuel de Boas Práticas, de acordo com a legislação, exigido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária ANVISA, logo que iniciar suas atividades. 5. HIGIENE DOS ALIMENTOS 5.1. Manter geladeiras e freezers permanentemente em condições adequadas de higiene e arrumação, armazenando os alimentos em caixas-monobloco de plástico Utilizar produtos de boa qualidade Utilizar somente água filtrada no preparo de sucos e refrescos Não aproveitar qualquer dos gêneros preparados (assados, cozidos, etc) e não servidos, para atendimento de cardápios futuros Os produtos saneantes utilizados deverão estar regulamentados pelo Ministério da Saúde. A diluição, o tempo de contato e modo de uso/aplicação desses produtos deverá obedecer às instruções recomendadas pelo fabricante. Esses produtos deverão ser identificados e guardados em local reservado para essa finalidade Os utensílios e equipamentos de higienização deverão ser próprios para a atividade e estar conservados, limpos, disponíveis em número suficiente e guardados em local reservado para essa finalidade Deverá haver utensílios distintos para a higienização de instalações, para a higienização das partes dos equipamentos, e para aqueles que entram em contato com alimentos. 17

18 5.7. Os empregados responsáveis pela atividade de higienização das instalações sanitárias deverão utilizar uniformes apropriados e diferenciados daqueles utilizados na manipulação de alimentos Coletar, diariamente, amostras de todos os alimentos servidos, e conservá-los em recipientes devidamente higienizados sob condições adequadas de refrigeração por um período de 72 (setenta e duas) horas, obedecidas as recomendações técnicas de coletas das amostras As amostras referidas nesse subitem permanecerão sob custódia do Cessionário, durante o período acima descrito, para serem analisadas, se necessário, por determinação da Administração ou da autoridade sanitária A análise microbiológica em amostras coletadas na padaria e no restaurante poderá ser determinada pelo Colégio Militar de Brasília, a critério seu, após comunicação expressa, ficando o Cessionário obrigado a pagar o custo dos exames se for detectado o descumprimento de qualquer parâmetro sanitário previsto na legislação pertinente ao produto analisado Utilizar somente produtos permitidos pela legislação vigente para a desinfecção dos alimentos. 6. HIGIENE AMBIENTAL 6.1. Seguir a legislação sanitária em vigor, respondendo com exclusividade por todas e quaisquer multas ou interpelações das autoridades competentes, bem como por problemas causados aos usuários relativos aos alimentos fornecidos, configurando-se falta grave a interdição da padaria e do restaurante por qualquer motivo Utilizar produtos de limpeza adequados, tais como: produto com poder bactericida, ação fungicida e propriedade vermicida, de forma a se obter a ampla higienização do ambiente, equipamentos e utensílios de cozinha, bem como das mãos dos empregados que manipulem alimentos A higienização do local, dos equipamentos e dos utensílios é de suma importância, porém, além dessa rotina deve-se também: remover o lixo diariamente, inclusive alimentos preparados e não servidos, quantas vezes for necessário, em recipientes apropriados, devidamente tampados e ensacados, tornando-se medidas eficientes para evitar a penetração de insetos, roedores e outros animais a remoção deve ser feita por acesso diferente daquele por onde houver trânsito de gêneros alimentícios a serem consumidos; impossibilitada a separação dos acessos, deverá ser determinado horário diferenciado para sua condução de forma a atender a Portaria nº de 2 de dezembro de 1993, do Ministério da Saúde Acondicionar o lixo em sacos plásticos próprios para tal fim, providenciando a sua retirada diária de modo a garantir a segurança contra riscos de contaminação durante a remoção e acondicionamento do lixo em local próprio, externo, de acordo com as determinações da CEDENTE, normas sanitárias vigentes e o Programa de Coleta Seletiva do Lixo impedir a presença de animais domésticos nas dependências da padaria, restaurante, mercearia e salão de beleza; 18

19 seguir um programa de controle integrado de pragas Periodicidade de Higienização Local DIÁRIO DIÁRIO OU DE ACORDO COM O USO: SEMANAL: QUINZENAL: - Pisos, rodapés e ralos; todas as áreas de lavagem e de produção; maçanetas; lavatórios (pias); sanitários; cadeiras e mesas; monoblocos e recipientes de lixo. - Equipamentos, utensílios, bancadas, superfícies de manipulação e saboneteiras, borrifadores. - Paredes; portas e janelas; prateleiras (armários); coifa; geladeiras; freezer. Luminárias, interruptores, tomadas e telas. - Reservatório de água. - Estoque; estrados Etapas obrigatórias no processo de higienização ambiental: - lavagem com água e sabão ou detergente neutro; - enxágue; - desinfecção química: deixar o desinfetante em contato mínimo de 15 minutos; - enxágue 6.7. Não é permitido nos procedimentos de higiene: - varrer a seco nas áreas de manipulação; - fazer uso de panos para secagem de utensílios e equipamentos; - uso de escovas, esponjas ou similares de metal, lã, palha de aço, madeira, amianto e materiais rugosos e porosos; - reaproveitamento de embalagens de produtos de limpeza; - usar nas áreas de manipulação os mesmos utensílios e panos de limpeza utilizados em banheiros e sanitários; - desinfecção de pratos e talheres com álcool hidratado a 70% Usar produtos permitidos para desinfecção ambiental conforme a legislação que rege a matéria. 7. CONTROLE INTEGRADO DE VETORES E PRAGAS URBANAS 7.1. A edificação, as instalações, os equipamentos, os móveis e os utensílios devem ser livres de vetores e pragas urbanas, devendo existir um conjunto de ações eficazes e contínuas de controle, com o objetivo de impedir a atração, o abrigo, o acesso ou proliferação dos mesmos. As medidas preventivas deverão estar de acordo com o estabelecido na Resolução RDC nº 052/2009, da ANVISA ou, em intervalos menores, quando se fizer necessário O Cessionário deverá arcar com o ônus de dedetização ou desratização, e deverá realizar acompanhamento dos trabalhos da empresa especializada, devendo, posteriormente, realizar limpeza geral na área física, equipamentos e utensílios, preferencialmente aos domingos O Cessionário deverá realizar dedetização ou desratização mensalmente e apresentar certificado de realização, com validade, de empresa capacitada para tal serviço. 8. DOS EMPREGADOS 19

20 O Cessionário obriga-se a: 8.1. Manter os empregados devidamente registrados, com carteira de trabalho atualizada, qualificados e em quantidade suficiente para a prestação adequada e tempestiva dos serviços, se responsabilizando por todos os salários, impostos, taxas, encargos sociais e trabalhistas, e quaisquer outras exigências legais ou regulamentares que venham a incidir sobre a atividade Apresentar, no início de suas atividades e sempre que solicitado, Carteira de Saúde, na forma legal, dos empregados designados para os serviços nas dependências do cessionário, em conformidade com a Portaria nº 3.214, de 08 de junho de 1978 (NR-7), do Ministério do Trabalho, e demais normas de segurança e medicina do trabalho em vigor Apresentar, a cada seis meses, exame de laboratório dos empregados (parasitológico e coprocultura), bem como exame clínico, com ênfase para a dermatologia, consoante a Portaria nº 3.214/1978 (NR-7) e demais normas de segurança e medicina no trabalho em vigor; 8.4. Afixar em local visível relação nominal dos empregados, constando funções e horários de trabalho Substituir o empregado que apresentar sinais de qualquer doença incompatível com a sua função Fornecer, após aprovação do Colégio Militar de Brasília, prazo máximo de 10 (dez) dias, uniformes completos, de cor clara (calças, blusas, calçados, aventais plásticos, touca/rede ou gorro, máscaras e luvas descartáveis para manipulação, limpeza etc.) e em quantidade suficiente, considerando as particularidades de cada função. Os uniformes deverão ser mantidos limpos e de acordo com as boas práticas de manipulação, e sua substituição deverá ser feita a cada 6 (seis) meses, ou sempre que não apresentarem bom estado de conservação, garantindo a boa aparência dos empregados Os empregados do Cessionário deverão apresentar-se sempre limpos, de cabelos e unhas aparadas e barbas raspadas, uniformizados e portando crachás de identificação contendo nome do empregado em destaque e nome do Cessionário Substituir sempre que exigido pelo CMB e independente de justificativa por parte desta, qualquer empregado ou representante cuja atuação, permanência ou comportamento sejam julgados prejudiciais ou inconvenientes ao CMB ou ao interesse do Serviço Público Responsabilizar-se, em caso de acidentes que venham a vitimar seus empregados quando em serviço, por tudo que as leis trabalhistas e previdenciárias lhes assegurem e pelas demais exigências legais para o exercício da função Manter pessoal capaz de prestar os serviços, sem interrupções, e substituir empregado, sem qualquer ônus para o CMB, seja por motivo de férias, licença, falta ao serviço, demissão ou por qualquer outra razão, devendo o CESSIONÁRIO acatar parecer do CMB quando esta constatar que o número de empregados esteja insuficiente para o bom andamento dos serviços Proporcionar treinamento continuado da equipe, visando aperfeiçoamento nas áreas de manipulação de alimentos, segurança alimentar, boas práticas e demais temas que sejam 20

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 O PRESIDENTE DA COMPANHIA ÁGUAS TERMAIS MARCELINO RAMOS no uso de suas atribuições legais e estatutárias e de conformidade com a Lei 8666/93 de 21 de junho de 1993

Leia mais

CONVITE Nº. 001/2014

CONVITE Nº. 001/2014 CONVITE Nº. 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL, autarquia federal criada pela Lei 1.411/51, através de sua Comissão de Licitações, designada pela Ata nº 1412/2014, da

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº 07/2013. A Prefeitura Municipal de General Salgado, sito à Av: Antonino José de Carvalho, 940, centro, fará realizar

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 Encerramento: às 17:00 horas do dia 30 de setembro de 2014 Abertura dos Envelopes: às 8:00 horas do dia 01 de outubro de 2014 A SANTA CASA DE

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas CONVITE Nº 14/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP)

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP) 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP) A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia -, por meio de sua Comissão de Licitações, torna público para conhecimento

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria Municipal de Finanças Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /2011 Fls. 1

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria Municipal de Finanças Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /2011 Fls. 1 Contrato nº /2011 Fls. 1 MINUTA TERMO DE CONTRATO Convite de Preços n.º 085/2011 Processo n.º 29.199/2011 Objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO SERVIÇOS DE DESINSETIZAÇÃO E DESRATIZAÇÃO NAS UNIDADES

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011 1 CONVITE N.º 5030005-01/2011 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA -, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a AQUISIÇÃO DE CERCA/MANGUEIRA

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006

EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006 2 EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CARTA CONVITE N.º 006/2006 TIPO: DATA DE ABERTURA HORÁRIO LOCAL MENOR PREÇO 04/12/2006 10 HORAS SALA DE REUNIÃO 1 - DO OBJETO DA LICITAÇÃO 1.1 A COMISSÃO PERMANNTE DE LICITAÇÃO

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS CNPJ: 00.278.912/0001-20

FUNDAÇÃO DE APOIO À EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS CNPJ: 00.278.912/0001-20 EDITAL DE LICITAÇÃO N.º 04/07 MODALIDADE: CONVITE FORMA DE EXECUÇÃO: INDIRETA ENTREGA DO ENVELOPE ATÉ AS 17:00 HORAS DO DIA: 13/03/2007 DATA DA ABERTURA: 14/03/2007 OBJETO DA LICITAÇÃO: Plantio e fornecimento

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA PROCESSO LICITATÓRIO Nº014/2014 MODALIDADE: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº001/2014 TIPO: MAIOR OFERTA GABINETE DO PREFEITO DATA, HORÁRIO, E LOCAL DE RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS: 11 de

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE PROCESSO nº 001/2014 CARTA CONVITE nº 001/2014 TIPO MENOR PREÇO POR ITEM A Presidenta da ASSOCIAÇÃO CASA DA MULHER CATARINA - CMC, mantenedora do Projeto: JORNALISTAS

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

CONVITE N.º 001/2007

CONVITE N.º 001/2007 CONVITE N.º 001/2007 A Companhia das Docas do Estado da Bahia - CODEBA, com observância da Lei n.º 8.666/93, de 21/6/1993, e demais disposições legais, convida essa empresa a participar de Licitação acima

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2011

CARTA CONVITE Nº 003/2011 CARTA CONVITE Nº 003/2011 O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 10ª Região CREFITO-10, com jurisdição no Estado de Santa Catarina, através de sua Comissão Permanente de Licitações,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 DATA DA ABERTURA: 13/11/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

AVISO DE LICITAÇÃO CONVITE N 034/02

AVISO DE LICITAÇÃO CONVITE N 034/02 AVISO DE LICITAÇÃO CONVITE N 034/02 O CNPq, fundação pública federal, vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia, sediada na SEPN Q. 507, Bloco B, Ed. CNPq Brasília-DF, CEP: 70740-901, informa que

Leia mais

ANEXO 7 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

ANEXO 7 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO ANEXO 7 MINUTA DE CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE AUTOMÓVEL, QUE ENTRE SI CELEBRAM A FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE DESENVOLVIMENTO DE EXTENSÃO E PESQUISA FUNDEPES E A EMPRESA, NA FORMA ABAIXO:

Leia mais

CONVITE n.º 6010004-01/2012

CONVITE n.º 6010004-01/2012 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC Cep: 97105-900 Prédio 66 - Campus/UFSM Santa Maria RS CONVITE n.º 6010004-01/2012 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59,

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

L I C I T A Ç Ã O: Convite: Compras e outros serviços, N.º 4/2014 Menor preço POR ITEM

L I C I T A Ç Ã O: Convite: Compras e outros serviços, N.º 4/2014 Menor preço POR ITEM Serviço Autônomo Municipal de Saneamento Básico SAMAE Travessa Theodoro Junctum, 124 - Bairro Centro RIO NEGRINHO - SC - Santa Catarina 85.908.309/0001-37 89.295-000 L I C I T A Ç Ã O: Convite: Compras

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

CONVITE Nº. 007/2014

CONVITE Nº. 007/2014 CONVITE Nº. 007/2014 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL, Autarquia Pública Federal criada pela Lei 1.411/51, através de sua Comissão de Licitações, designada pela Ata nº 1412/2014,

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO HOSPITAL ALCIDES CARNEIRO

SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO HOSPITAL ALCIDES CARNEIRO PEQUENO PORTE Nº 008/2014 CARTA CONSULTA - REPETIÇÃO Processo nº 038/2014 Folha nº 38 _ De conformidade com o Regulamento de Licitações e Contratações do Serviço Social Autônomo do Hospital Alcides Carneiro

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L CONVITE Nº 06/2013 MANUTENÇÃO DE POÇOS ARTESIANOS E D I T A L O Prefeito Municipal de Nova Roma do Sul, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei Federal n 8.666, de 21 de junho de

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

EDITALCARTA CONVITE Nº. 001/2015

EDITALCARTA CONVITE Nº. 001/2015 1 EDITALCARTA CONVITE Nº. 001/2015 Processo Administrativo 004/2015 OBJETO: Contratação de Empresa especializada para prestação de serviços de digitalização de documentos; gerenciamento eletrônico de documentos;

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 2015/6010003-02 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia - FATEC, por meio de sua Comissão de Licitações, torna público para conhecimento

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 007/2008

CARTA CONVITE Nº 007/2008 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO E COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 - JD. PAULISTA -

Leia mais

CONVITE Nº 050A/2015

CONVITE Nº 050A/2015 Processo nº 0308.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 050A/2015 DATA DA ABERTURA: 19/08/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO

ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO CONTRATO Nº -2011, DE CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE ENGENHARIA PARA *********, QUE CELEBRAM ENTRE SI, O CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO PARANÁ E A EMPRESA. O CONSELHO REGIONAL

Leia mais

EDITAL. TOMADA DE PREÇO Nº 16/2015 PROCESSO n 33.000.000301.2015. DATA DA REALIZAÇÃO: 23 de novembro de 2015. HORÁRIO: 09:00 horas

EDITAL. TOMADA DE PREÇO Nº 16/2015 PROCESSO n 33.000.000301.2015. DATA DA REALIZAÇÃO: 23 de novembro de 2015. HORÁRIO: 09:00 horas EDITAL EDITAL DE TOMADA DE PREÇO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO TÉCNICO PROFISSIONAL DE ASSESSORIA E CONSULTORIA DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS, CONFORME DESCRITO NO TERMO DE REFERÊNCIA E PROJETO

Leia mais

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DE SANTA CATARINA, autarquia federal de fiscalização profissional regida pela Lei n 12.378, de 31 de dezembro

Leia mais

I Sala comercial nº 806, do oitavo pavimento do Centro Comercial Fuad Chequer, situado nesta cidade de Viçosa MG à rua Benjamin Araújo, nº 56,

I Sala comercial nº 806, do oitavo pavimento do Centro Comercial Fuad Chequer, situado nesta cidade de Viçosa MG à rua Benjamin Araújo, nº 56, EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA PROCESSO Nº 65/2015 CONCORRÊNCIA Nº 01/2015 OBJETO: Consiste na Concessão de Uso de Imóveis Públicos, mediante contrato, pelo período de 24 meses, dos espaços físicos localizados

Leia mais

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011 PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas ABERTURA DOS ENVELOPES DOCUMENTAÇÃO Dia 17 de Outubro

Leia mais

Tomada de Preços n.º 015/2010

Tomada de Preços n.º 015/2010 Tomada de Preços n.º 015/2010 Procedimento Administrativo n.º 0848/2010 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: global Regime de execução: empreitada por preço unitário Objeto: Contratação

Leia mais

CONVITE N.º 97032-05/2010

CONVITE N.º 97032-05/2010 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC Cep: 97.015-970 Prédio 66 - Campus/UFSM Santa Maria RS CONVITE N.º 97032-05/2010 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59,

Leia mais

CONVITE Nº. 001/2015 FAFIA/ES

CONVITE Nº. 001/2015 FAFIA/ES CONVITE Nº. 001/2015 FAFIA/ES A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES DA FACULDADE DE FILOSOFIA CIÊNCIAS E LETRAS DE ALEGRE, situada na Rua Belo Amorim, nº 100, Centro, Alegre/ES, nomeada pela Portaria nº

Leia mais

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO EDITAL CONVOCATÓRIO CONVITE Nº 2013.02.18.2 1.0 EDITAL 1.1 Órgão: SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 1.2 Modalidade: CONVITE 1.3 Tipo de Licitação: Menor preço Global 1.4 Torna público para conhecimento

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO FINANCEIRO ANEXO III MINUTA DO CONTRATO Programa Nacional de Alimentação Escolar PNAE CONTRATO N.º /2013 CHAMADA

Leia mais

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais).

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais). PROCESSO N.º 003/2013 LICITAÇÃO Nº 003/2013-CONVITE TIPO: MENOR PREÇO POR LOTE À EMPRESA: ENDEREÇO: O Conselho Regional de Administração-CRA, através de sua Comissão Permanente de Licitação, nos termos

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2013 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 19/03/2013 HORÁRIO: 10:00 Horas LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP Aos 27 (vinte e sete) dias de mês de maio do ano de 2015, o Município de Parazinho/RN, CNPJ nº. 08.113.631/0001-29, com sede na Praça Senador

Leia mais

www.fundacaoaraucaria.org.br 2

www.fundacaoaraucaria.org.br 2 EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE 02/2013 Serviços de Auditoria 1. DO PREÂMBULO 1.1. A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, estabelecida em Curitiba, Av. Comendador Franco,

Leia mais

CONVITE 25/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas

CONVITE 25/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas CONVITE 25/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N. º 95933-02/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N. º 95933-02/2010 CONVITE N. º 95933-02/2010 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA

Leia mais

CONVITE N.º 004-001/2013-CV

CONVITE N.º 004-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 004-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de hospedagem com local para realização de evento, destinado aos contratados e convidados

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CABEDELO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Chamada Pública n.º 002/2014 para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar com dispensa de licitação, Lei n.º 11.947, de 16/07/2009, Resolução n.º 38 do FNDE,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 006/2008

CARTA CONVITE Nº 006/2008 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 24 HS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - SETOR

Leia mais

Parágrafo Segundo: A proposta poderá ser preenchida nos anexos I e II.

Parágrafo Segundo: A proposta poderá ser preenchida nos anexos I e II. CONVITE Nº 023/2012 LICITAÇÃO, MODALIDADE CONVITE, VISANDO A CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURÍDICA PARA EFETUAR SEGURO DOS PRÉDIOS E VEÍCULOS PERTENCENTES AO MUNICÍPIO. DIOGO SEGABINAZZI SIQUEIRA, PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS:

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS: EDITAL Nº 02/2013 Tipo de Licitação: Menor Preço Modalidade: Carta Convite Contratação de Empresa 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS: O Diretor-Presidente da Companhia de Desenvolvimento de Passo Fundo - CODÉPAS,

Leia mais

CONVITE DE ALIENAÇÃO Nº. 03 / 2012 Processo nº. 23219.000/2011-51

CONVITE DE ALIENAÇÃO Nº. 03 / 2012 Processo nº. 23219.000/2011-51 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO Câmpus Rio Verde GO CONVITE DE ALIENAÇÃO Nº. 03 / 2012 Processo nº. 23219.000/2011-51 O Instituto Federal

Leia mais

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br EDITAL Nº 62/2012 PREGÃO ELETRÔNICO 34/2012 PROCESSO DE DESPESA: 2318/2012 (SEC. DE EDUCAÇÃO) PROCESSO DE LICITAÇÃO 2318/2012 PROCESSO DE COMPRA 45-12 ABERTURA: 29/03/2012 HORÁRIO: 15 horas O Prefeito

Leia mais

- CARTA CONVITE Nº001/2015 - CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE MORMAÇO RS ORDENADOR DE DESPESA: EDUARDO ZANIN EXERCÍCIO 2015 TIPO TÉCNICA E PREÇO

- CARTA CONVITE Nº001/2015 - CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE MORMAÇO RS ORDENADOR DE DESPESA: EDUARDO ZANIN EXERCÍCIO 2015 TIPO TÉCNICA E PREÇO - CARTA CONVITE Nº001/2015 - DE RS ORDENADOR DE DESPESA: EDUARDO ZANIN EXERCÍCIO 2015 TIPO TÉCNICA E PREÇO Nos termos da Lei nº8.666/93, suas alterações posteriores e demais dispositivos legais aplicáveis,

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO ANEXO 7 MINUTA DE CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE SALAS, QUE ENTRE SI CELEBRAM A FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE DESENVOLVIMENTO DE EXTENSÃO E PESQUISA FUNDEPES E A EMPRESA, NA FORMA ABAIXO:

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO CONVITE Nº 05/2013 SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL O Conselho Regional de Biologia 3ª Região, através da Comissão Permanente de Licitações, convida V.S.a. a apresentar

Leia mais

CONTRATO N 02 / 2014

CONTRATO N 02 / 2014 CONTRATO N 02 / 2014 CONTRATANTE: CONTRATADA: RICARDO GABRIEL DE PAULA Pelo presente instrumento de Contrato, de um lado, a, Estado do Paraná, inscrita no CNPJ sob o nº. 77.780.245/0001-03, com sede à

Leia mais

Projeto Fortalecimento dos Catadores e Catadoras e Ampliação da Coleta Seletiva no Grande ABC"

Projeto Fortalecimento dos Catadores e Catadoras e Ampliação da Coleta Seletiva no Grande ABC Prezados Senhores, Convidamos Vossa Senhoria a apresentar, na data e horário indicado, proposta alusiva a prestação de serviços de formação, conforme descrição indicada no presente edital. DATA DE RECEBIMENTO

Leia mais

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009.

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009. EDITAL A SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SPTrans, inscrita no CNPJ-MF sob o n.º 60.498.417/0001-58, comunica que se encontra aberta a licitação, EXCLUSIVAMENTE para participação de microempresas e empresas de

Leia mais

MUNICÍPIO DE MAUÉS TERRA DO GUARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MAUÉS TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014.

MUNICÍPIO DE MAUÉS TERRA DO GUARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MAUÉS TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014. TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014. TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA, celebrado entre o MUNICÍPIO DE MAUÉS, por intermédio da PREFEITURA

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015.

EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015. 1 EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015. TIPO: Menor Preço LEGISLAÇÃO: Lei nº 8.666/93. REFERÊNCIA: contratação de empresa para prestação de serviços de telecomunicações de dados consistentes de

Leia mais

PREFEITURA DE ARROIO DO PADRE

PREFEITURA DE ARROIO DO PADRE PREFEITURA DE ARROIO DO PADRE SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, PLANEJAMENTO, FINANÇAS, GESTÃO E TRIBUTOS SETOR DE COMPRAS E LICITAÇÕES FONE FAX: (53) 3224 9000 32249141. EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE

Leia mais

PROCESSO LICITATÓRIO CONVITE N 01/2009 RESUMO

PROCESSO LICITATÓRIO CONVITE N 01/2009 RESUMO AÇÃO COMUNITÁRIA DO BRASIL ACB/RJ Plano Nacional de Qualificação - PlanSeQ CONVÊNIO MTE/SPPE/CODEFAT N 00010/08 PROCESSO LICITATÓRIO CONVITE N 01/2009 RESUMO A Comissão de Licitação da AÇÃO COMUNITÁRIA

Leia mais

EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012

EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012 EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012 1. DA LICITAÇÃO O Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de Santa Catarina CORE/SC, Órgão Fiscalizador do Exercício Profissional, criado pela Lei nº 4886,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICIPIO DE RIO VERDE GOIÁS ATRAVÉS DO FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E A EMPRESA LORENA GUIMARAES SANTOS

Leia mais

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA PARA EXPLORAÇÃO DO ESPAÇO DA CANTINA

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA PARA EXPLORAÇÃO DO ESPAÇO DA CANTINA EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA PARA EXPLORAÇÃO DO ESPAÇO DA CANTINA Dezembro 2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA PARA EXPLORAÇÃO DO ESPAÇO DE CANTINAS CONCORRÊNCIA PÚBLICA N 02/2013 Data de Publicação:

Leia mais

ANEXO I PREGÃO PRESENCIAL N 036/2009

ANEXO I PREGÃO PRESENCIAL N 036/2009 ANEXO I PREGÃO PRESENCIAL N 036/2009 Objeto: contratação de clínica e/ou profissional especializado na área médica de psiquiatria para prestação de serviços de consultas no Centro de Especialidades de

Leia mais

(LOGO DA ENTIDADE PROPONENTE PARTICIPANTE DA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS) COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 009/2015

(LOGO DA ENTIDADE PROPONENTE PARTICIPANTE DA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS) COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 009/2015 (LOGO DA ENTIDADE PROPONENTE PARTICIPANTE DA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS) COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 009/2015 ANEXO I MODELO DE DECLARAÇÃO DE INEXISTÊNCIA DE FATOS SUPERVENIENTES DA EMPRESA AO INSTITUTO VITÓRIA

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇO N.º 001/2011 SALA DE REUNIÃO DA COMODORIA PLENÁRIO ENDEREÇO: I - DO OBJETO DA LICITAÇÃO

EDITAL DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇO N.º 001/2011 SALA DE REUNIÃO DA COMODORIA PLENÁRIO ENDEREÇO: I - DO OBJETO DA LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇO N.º 001/2011 TIPO: MENOR PREÇO DATA DE ABERTURA: 07 DE FEVEREIRO DE 2011 HORÁRIO: 15:30 HORAS LOCAL: SALA DE REUNIÃO DA COMODORIA PLENÁRIO ENDEREÇO: SCEN TRECHO 02 CONJ.

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA DOS SISTEMAS DE SDAI E CFTV DA BIBLIOTECA PARQUE ESTADUAL BPE

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA DOS SISTEMAS DE SDAI E CFTV DA BIBLIOTECA PARQUE ESTADUAL BPE TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA DOS SISTEMAS DE SDAI E CFTV DA BIBLIOTECA PARQUE ESTADUAL BPE 1. OBJETO Contratação de empresa especializada em serviços

Leia mais

CONVITE N.º 003-001/2013-CV

CONVITE N.º 003-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 003-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de fornecimento de alimentação no município de Santarém/Pará. A TERRA DE DIREITOS, entidade

Leia mais

PROCESSO LICITATÓRIO Nº 001/2016 CARTA CONVITE Nº 01/2016

PROCESSO LICITATÓRIO Nº 001/2016 CARTA CONVITE Nº 01/2016 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 001/2016 CARTA CONVITE Nº 01/2016 1. DO PREÂMBULO 1.1 O Conselho Regional de Educação Física da Sétima Região CREF7/DF, por sua Comissão Especial de Licitação, em conformidade com

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO/UNIRG N. 015/2013 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Pelo presente instrumento particular, de um lado a, fundação pública com personalidade jurídica de direito público, com sede na av. Pará, 2432,

Leia mais

CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA.

CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA. CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA. Aos 03 dias do mês de julho de 2013, de um lado, o MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ, pessoa

Leia mais

Projeto Fortalecimento dos Catadores e Catadoras e Ampliação da Coleta Seletiva no Grande ABC"

Projeto Fortalecimento dos Catadores e Catadoras e Ampliação da Coleta Seletiva no Grande ABC ABERTURA DE CARTA CONVITE nº 03/2012 Fornecimento de vales refeições e vales transportes para circulação na região do Grande ABC Convidado: Fone/fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezados Senhores, Convidamos

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DA ADMINISTRAÇÃO

SECRETARIA MUNICIPAL DA ADMINISTRAÇÃO CONVITE Nº 05/2015 Objeto: Contratação de Empresa para Serviços de Acesso à internet. O MUNICÍPIO DE SÃO VALENTIM DO SUL, através de seu Prefeito Municipal, torna público e para o conhecimento dos interessados,

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS n.º 3110005-04/2011

TOMADA DE PREÇOS n.º 3110005-04/2011 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC Cep: 97105-900 Prédio 66 - Campus/UFSM Santa Maria RS TOMADA DE PREÇOS n.º 3110005-04/2011 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93

COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93 COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO (Portaria nº 002/2013) Edital de Licitação Pública Lei nº 8.666/93 Processo: N.º 001/2013 Carta Convite: N.º001/2013 A Câmara Municipal e Uruaçu, Estado e Goiás, em Cumprimento

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 2015/3010064-01 (SRP)

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 2015/3010064-01 (SRP) 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 2015/3010064-01 (SRP) A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia - FATEC, por meio de sua Comissão de Licitações, torna público para

Leia mais

1.2 Os serviços objeto desta licitação, devido à sua natureza, dependem da execução dos serviços constantes dos Processos Administrativos nºs

1.2 Os serviços objeto desta licitação, devido à sua natureza, dependem da execução dos serviços constantes dos Processos Administrativos nºs PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 277/2014 CONTRATO Nº 06/2014 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE FISCALIZAÇÃO DA OBRA DA NOVA SEDE DO CFF, QUE CELEBRAM ENTRE SI O CONSELHO FEDERAL DE FARMÁCIA - CFF E A EMPRESA

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria de Infraestrutura MINUTA EDITAL DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N.

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria de Infraestrutura MINUTA EDITAL DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N. MINUTA INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N.º 0900130000453 A SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA DO ESTADO DA BAHIA - SEINFRA, com sede na Avenida Luiz Viana Filho, 4ª Avenida, nº 440, Centro Administrativo da

Leia mais