PERGTj}{TAS E RESPOSTAS PARA H&I

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PERGTj}{TAS E RESPOSTAS PARA H&I"

Transcrição

1 t PERGTj}{TAS E RESPOSTAS PARA H&I 1 - Porque N A. é um programa espiritual? R : Porque o progíama me sugeíe um Deus da minha compreensão 2 - Existe mulheres em N.A.? : Sim, N.A. é uma irmanijade de homens e mulheres 3 - Você ainda sente vontade de usar drogas'i R : Eu sou um adicto, e para um adicto é natural sentir vontade de usar, mas quando frequento as reuniões, p ço ajuda e pratico o progíama a vontade de usar passa. 4 - O que vocês fazem em N.A. R : Tratamos da recuperaçáa da doença de adicção. 5 - Porque você não fazparu seus amigos o que vocês estão fazendo para nos? _ R : Os Íneus amigos do passado não fazem parte do meu presente hoje, e meus amigos hoje são pessoas que me ajudarn em recuperação. 6 - Qual tipo de drogas você usou? - R.ParaN.A. não importa op que frzna passado o que importa e o que eu quero fazer daqui para frente _ R : Para N.A. não importa o que frz no passado, o que importa é o que eu quero fazer daqui para frente. R : Para N.A. não importa o cir-le {rzna passado, o que importa é o que eu quero fazer daqui para frente.

2 ,{l 9-Oqueéadicção? R : A adicção é uma doença progressiva incurável e fatal que afeta todas as áreas de minha vida. 10-Oqueeobssessão? R. E o desejo incontrolável que pode me levar a usar mesmo sabendo que destruirá a mrnha vida. i I - A doença e hereditálria? R : Nos não somos médicos, professores, ou profissionais, portanto não temos resposta para esta pergunta A adicção leva ao uso? R : A adicção é uma doença progressiva incurável e fatal, portanto se eu não praticar o progrílma de N.A. eu posso voltar ao uso Você já vendeu o corpo para ter drogas? R : Para N.A. não importa o que eu fiz no passado, só importa o que eu quero fazer à respeito do meu problema com drogas, e como eles podem me ajudar Quando você usava drogas, voçê tinha a sensaçãc de ser duas pessoas? R : Antes de chegar a N.4., eu não podia apreciar a vida como as outras pessoas, quando eu usava me transformava em cüíra pessoa que eu aão queria ser Voçê disse que eu devo evitar lugares e as pessoas da ativa, aonde eu moro e minha ativa' eu devo então mudar de endereço, e separar de meu marido pois ele também usa drogas'/ R : O único requisito para s r inembro de N.A. é o desejo de parar de usar e nunca vimos uma pessoa que viva o programa de N.A. recair Eu quero usar maconh4 mas eu tenho rnedo de quando eu sair, pois so não esou usando porque estou preso aqui. O que eu faço quando eu sair daqui è vokar para casa?. Existe grupo perto de casa?. R : Para N-A. qualquer substância que altere meu ânimo ou humor é considerado como droga, se voçê tem o desejo de parar de usar, voçê poderá frequentar nossas reuniões e no final da reunião será distribuida uma lista de grupo.

3 "1 _) 17 - Só frequentando reuniões a vontade passa?. È:r R : Eu sou um adicto, e para um adicto e natural sentir vontade de usar, mas quando frequento as reuniões, peço ajuda e pratico o programa a vontade passa. l8 - Qual a diferença de 5 meses limpo e oito anos'f R : Para N.A. são todos iguais a única diferença é que quem tem mais tempo limpo chegou antes porque o progíama é só por hoje Quando voçê fala que continua sendo um adicto, porque?, tem gente que deixa de ser adicto? R : Sou um adicto, porque scu portador de uma doença chamada adicção, progressiva incurável e fatal. se não tbr detida em algum ponto Voces não hcam viciados em N.A. R : Em N.A. encontrei uma nova maneira de viver com liberdade de escolha. 2l - O que é estar limpo? R : E estar sem usar nenhuma substância que altere minha mente e o meu ânimo. 22-Oalcoolédroga? R. Para Narcóticos Anônimos o alcool tambem é droga. T -Íl psicologico ou não a bebida chamar a droga? R : Não somos médicos ou profissionais, mas para NA o alcool também e drosa. 24 -Por que não pode bater pajmas depois da partilha? R : Porque em NA somos todos iguais Pode usar e ir à reunião? Tem gente que trai a confiança? R : Sirq mas na sua proxima reunião é sugerido que continue voltando e que venha limpo, porém faço minha recuperação individual e teúo minha liberdade de *r.olh4 " ** nenhum momento nós estamos sob vigilância Eu não sou alcoolatra assíduo. Eu preciso de reunião de NA? Eu sou um alcoolatra? R : Para NA o alcool tambem e drog4 sofremos da doença da adicção, e temos que nos abster de todas as drogas. Em NA tratamos da doença dá adicção e sóvocê pod" dir"r r. " um adicto.

4 q 27 - ^internação só funciona se for de livre e espontânea vontade? R : Nos não somos pro{issionais, somos adictos em recuperação, tentando trazer uma menssagem de que um adicto, qualquer adicto, pode parar de usar, perder o desejo de usar e encontrar uma nova maneira de viver através do programa de NA Por que voçê usou drogas? Quando começou'l R. Para NA não importa o que fiz no passado, só importa o que eu quero fazer daquiparu frente Qual a diferença entre H & I e IP? R : H & I leva a menssagem de NA para adictos que não tem liwe acesso às nossas reuniões, e o IP ieva a menssagen de NA paía o publico em geral Pode pedir ajuda para qualquer pessoa aqui da instituição, mesmo que não seja o meu padrinho'l R : NA não tem opinião sobre esta questão, porém eu peço ajuda para quem eu acredite que esteja vivendo o programa de NA 31 - Pode se abrir um grupo aqui? O grupo lá de fora sustenta o grupo daqui de dentro '/ R. Sim, e possivel se for aprovado porumê consciência coletiva dos grupos Quais os sintomas da abstinência? R : Não somos médicos, somcs apenâs adictos em recuperação E obrigado a ter padrinho? R : Em NA nada é obrigado, tudo e sugerido porem todos estamos lirparaajudar e sermos ajudados Voce ficou quanto tempo na instituição? R : Para NA não importa o que fiz ou de onde eu üm só importa o que eu quero fazer daqui para frente Dá para arrumar fichas apara nós? R : E sugerido que não se dê ou aceitemos presentes, e nossa proposta aqui é a detrazer a menssagem de recuperação do progrzìma de NÂ.

5 f 36 - Tem tempo para praticar o 1" passo e depois passar para o 2" passo? R : Em NA nada e obrigado, tudo é sugerido, mas a experiência demonstra que quem não trabalha nosso programa de recuperação pode recair. 37 -a qu eu faço com as pessoas que quebram o anonimato das outras? R : A recuperação em NA é individual, e eu so posso fazeç a minha parte. 38-Oqueeanonimato? R : E o alicerce espiritual da nossa irmandade, e isto existe para que possamos estar protegidos de nos mesmos Quando eu sair daqui eu preciso ser apresentado nusa sala de NA? R : Não, você será um membro quando disser que o e Aonde está o companheiro que vinha aqui, ele está bem? R. Em nenhum momento nós estamos sob vigilância, mas o companheiro pode estar em outra instituição Por que vocês de H & I não aceitam os bombons oferecidos por nós? R : E,sugerido pelo nosso sub-cornitê que não aceitemos nem demos presentes o nosso propósito aqú é só o de trazer a menssagen de recuperação do programa de NA vocês conhecem aìguma liïeratura que fala sobre reações de drogas? R : NA não lala sobre reações à drogas, não temos uma opinião formada sobre este assunto" e não somos profissiqnais para responder esta pergunta Você saiu das drogas e foi para NA.? R : Em NA existem pessoas que vieram de vários locais, e hoje estão em recuperação, mas foi em N.A que eu conheci vida após as drogas Como você reage às desconfianças da família? R : Eu descobri em NA que a única pessoa que eu posso mudar sou eu, mas com a priúica do programa do programa essa desconfiança pode diminuir 45 - Da para voltar na ativa sem usar drogas? R : Descobrimos em NA que não temos condições de frequentar bares ou casas noturnas, ou de nos relacionar com pessoas que iìsam clrogas, pois joderernos rroltar à usar

6 x3 ri 46 - A culpa atrapalha a recuperação? R : Frequentando as nossas reuniões, partilhando, pedindo ajuda e praticando o programa não. 47-AqueéNA? R : NA é uma irmandade de homens e mulheres para quem as drogas se tornaram um problema maior (J que e um adrcto 'Ì R : Um adicto e simplesmente um homem ou uma mulher cuja vida é ou foi controlada peìas drogas Têm pessoâs que foram para NA e voltaram a usar? R ' Sirq muitos recaíram e outros se perderam completamente, mas muitos permaneceram e outros voltaram após a recaida. O mais importante e o fato de haver muitos de nossos membros com longos períodos de total abstinência e em condições de ajudar os recem chegados O que fazer com esta angústia que eu sinto? R : Peço ajuda ao meu poder superior e partilho os meus sentimentos. 5 i - () que Íaço com as restrições à cerveja e a macoúa? R : o álcool e a maconha para narcóticos anônimos tambem são drogas, e é sugerido que você vá as nossas reuniões, e que veúa limpo como eu faço para parar de sentir obssessão? R : Não somos médicos, ou prcfissionais, mas a nossa experiência mostra que &equentando reuniões, partilhando e pedindo ajuda a nossa obsessão poderá diminuir, 53 - Eu posso ir sozinho em uma instituição? R : Prestando serviço para Narcóticos anônimos, não Posso usar e entrar em Narcóticos Anônimos? R : E sugerido que você venha limpo, mas para Narcóticos Anônimos você e bem vindo em qualquer situação.

7 + ir 55 - As reuniões são todos os dias no mesmo lugar? R : No final da reunião será distribuido uma lista de grupo e ali poderá haver um grupo mais proximo de sua casa Fora de São Paulo, tem listas de grupo? R : Sim, N.A. é uma irmandade mundial ao término da reunião será deixado uma lista de grupo aonde está o nosso telefbne de linha de ajuda, aonde você poderá ligar pedindo maiores iníbrmações sobre grupos fora de São Paulo Qual o motivo de voçês terem se afastado desta instituição? R : N.A. não tem vinculo com esta instituição, e por motivos alheios à nossa vontade não pudermos vir O que fazer com a dilìculdade de ficar limpo? R : O que N.A. me ensinou foi evitar as pessoas que usavam e não usar haja o que houver, e pedir ajuda para alguem que também tenha o propósito de não usar drogas. 59 * Por que voçês não implantam um calendário com reuniões mais frequentes nesta instituição. R : Em N.A. o serviço é voluntário, e nós temos muitas instituições à serem atendidas e nem sempre temos pessoas o suficiente para isso Há quanto tempo existe N.A.? Havia drogas naquele tempo? R : Sim, pcir este motivo firi fundado N.4., e isto aconteceu no sul da California em Precisa ir para uma clínica para se recuperar? R : A recuperação e individual, N.A. não tem opinião sobre esta questão, nós não somos médicos " nem profissionais, e a recuperação varia de adicto para adicto- 62 -Meu irmão parcu indo à igreja, dero falar de N.A. para ele? R : Sim, você pode falar de N.A. para seu irmão, ele será bem vindo em qualquer reunião Como está sendo sua vida com a sua família depois que você ingressou em N.A.? R : Com a prâtica do programa de N.A. o relacionameíìto coín a minha familia tende a melhorar.

8 .:,,: v t, : -.: i r 64 - Como é se relacionar com as pessoas lâ {ara? Fr' R :-com a prinica do programa de N A, meu relacionamento com as pessoas está melhorando, desde que comec ei a fazer o que me foi sugerido Você já procurou ourro lugar fora de N.A.? R : Para N.A- não impo-rta o que frzno passado, eu serei sempre bem vindo, e o que importa é o que venho fazendo no p."ráote 66 - E seus amigos eles vão te esquecer? R : N'A' me sugeriu que eu evitasse pessoas lugares e hábitos da ativa, automaticamente estas pessoas podem me esquecer o que vocâ está sentindo agora, depois que parou de usar drogas? R : Eu sinto esperança, pois hoje eu sou útil para mim e na sociedade Voçê não sente mais vcntade de usar? R : Para um adiçto é normal sentir vontade de usar, mas quando peço ajuda para algum companheiro, a vontade de usar passa. R : Nós não somos médicos nem profissionais, portanto não podemos responder esta pergunta E quando se trafica pode frequentar Narcoticos Anônimos? R : Para N.A. não importa o que você fez no passado, as drogas que você usolr, ou as pessoas ou lugares aonde você andava, paran.a. so importa se você tem o desejo de parar de usar e como N.A. pode ihe ajudar A droga afeta a mente e os neurônios? R : Nos não somos medicos nem profissionais, portanto não podemos responder esta pergunta Qual a diferença entre o álcool e as drogas? R : Qualquer substância que altere nossa mente ou humor para N.A. são consideradas drogas, I como e o álcool para N.A. também é drosa.

9 73 - Porque vocês falam tantos né?!] R. Durante a adicção criei alguns hábitos, e hoje em recuperação estou tentando modiíïcalos como é pensar depois de uma reunião" tomo um ônibus ou uüa dose? R. Para um adicto é normal sentir vontade de usar drogas, pois a vontade não se restringe aos dias e horários de reuniôes, mas quando peço ajuda a vontade de usar passa Aicool é droga? E mais fácil ou mais dificil parar? R : ParaN-4. o álcool também e drog4 a recuperação e individual e o grau da doença e diferente de um adicto para outío Qual a põícentagem de quem fica em N A.? R : Em N.A. não temos estatísticas, e o estado ideal e quando adictos podem vir livre e abertamente à uma reunião, e partir com igual liberdade. OBS : ESTAS FERGUNTAS FORAM FEITAS PoR TNTERNOS DE VÁnras nystttutçõns

Roteiro Sugerido para Reuniões

Roteiro Sugerido para Reuniões Roteiro Sugerido para Reuniões Acreditamos que o uso consistente deste roteiro faz com que as reuniões sejam focadas na recuperação em CCA, fortalece nosso programa e estimula a unidade. Ele também oferece

Leia mais

Manter se limpo na rua

Manter se limpo na rua Manter se limpo na rua Tradução de literatura aprovada pela Irmandade de NA. Copyright 1993 by Narcotics Anonymous World Services, Inc. Todos os direitos reservados Muitos de nós tiveram o primeiro contato

Leia mais

Só você pode responder a esta pergunta.

Só você pode responder a esta pergunta. Sou um adicto? Tradução de literatura aprovada pela Irmandade de NA. Copyright 1991 by Narcotics Anonymous World Services, Inc. Todos os direitos reservados. Só você pode responder a esta pergunta. Isto

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Apresentaremos 4 lições, que mostram algum personagem Bíblico, onde as ações praticadas ao longo de sua trajetória abençoaram a vida de muitas

Leia mais

História Para as Crianças. A menina que caçoou

História Para as Crianças. A menina que caçoou História Para as Crianças A menina que caçoou Bom dia crianças, feliz sábado! Uma vez, do outro lado do mundo, em um lugar chamado Austrália vivia uma menina. Ela não era tão alta como algumas meninas

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

Sinopse I. Idosos Institucionalizados

Sinopse I. Idosos Institucionalizados II 1 Indicadores Entrevistados Sinopse I. Idosos Institucionalizados Privação Até agora temos vivido, a partir de agora não sei Inclui médico, enfermeiro, e tudo o que for preciso de higiene somos nós

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS

UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS Frutos-1 Impact0 LIÇÃO 12 VIVENDO A VIDA COM DEUS UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS 9-11 Anos HISTÓRIA BÍBLICA João 1:12; I Pedro 3:15, 18 A Bíblia nos ensina

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

Capítulo II O QUE REALMENTE QUEREMOS

Capítulo II O QUE REALMENTE QUEREMOS Capítulo II O QUE REALMENTE QUEREMOS Neste inicio de curso de Formação em Coaching e Mentoring do Sistema ISOR, eu quero fazer a seguinte pergunta: o que vocês mais querem da vida hoje? Alguém pode começar?

Leia mais

Confira a entrevista do Pastor Juanribe Pagliarin, da Rádio SuperVida FM, concedida para a Onda Gospel, em Portugal.

Confira a entrevista do Pastor Juanribe Pagliarin, da Rádio SuperVida FM, concedida para a Onda Gospel, em Portugal. Confira a entrevista do Pastor Juanribe Pagliarin, da Rádio SuperVida FM, concedida para a Onda Gospel, em Portugal. ONDA GOSPEL - Quando revelou ao seu amigo, Luis Melancia a vontade de adquirir a rádio,

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe

Leia mais

SENTIMENTOS DE USUÁRIOS DE SUBSTÂNCIAS LÍCITAS E ILÍCITAS: PROCESSO DE RESSOCIALIZAÇÃO

SENTIMENTOS DE USUÁRIOS DE SUBSTÂNCIAS LÍCITAS E ILÍCITAS: PROCESSO DE RESSOCIALIZAÇÃO SENTIMENTOS DE USUÁRIOS DE SUBSTÂNCIAS LÍCITAS E ILÍCITAS: PROCESSO DE RESSOCIALIZAÇÃO Terezinha Possa 1 Solânia Durman 2 INTRODUÇÃO: Este é um trabalho monográfico do Curso de Especialização em Saúde

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Visita às Obras da Vila Brejal Minha

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR Marcha Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe me disse Que é

Leia mais

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 1 JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 ENTREGADOR DE CARGAS 32 ANOS DE TRABALHO Transportadora Fácil Idade: 53 anos, nascido em Quixadá, Ceará Esposa: Raimunda Cruz de Castro Filhos: Marcílio, Liana e Luciana Durante

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. Eu quero não parar coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - de consigo.o usar que eu drogas f o? aç e Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br Guia Prático para Encontrar o Seu Propósito de Vida www.vidadvisor.com.br "Onde os seus talentos e as necessidades do mundo se cruzam: aí está a sua vocação". Aristóteles Orientações Este é um documento

Leia mais

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Brasília-DF, 30 de outubro de 2006 Jornalista Ana Paula Padrão: Então vamos às perguntas, agora ao vivo, com

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

Jovens ADICTOS, para. Jovens ADICTOS

Jovens ADICTOS, para. Jovens ADICTOS [ De ADICTOS, para Jovens Jovens ADICTOS ] [viver] Este folheto foi escrito por jovens membros de Narcóticos Anônimos que ficaram limpos e descobriram uma nova maneira de viver. Jovens adictos em todo

Leia mais

HISTÓRIA E PERSPECTIVAS DE VIDA DE ALCOOLISTAS

HISTÓRIA E PERSPECTIVAS DE VIDA DE ALCOOLISTAS HISTÓRIA E PERSPECTIVAS DE VIDA DE ALCOOLISTAS Jéssica Molina Quessada * Mariana Caroline Brancalhão Guerra* Renata Caroline Barros Garcia* Simone Taís Andrade Guizelini* Prof. Dr. João Juliani ** RESUMO:

Leia mais

AGUAS PROFUNDAS. Lc 5

AGUAS PROFUNDAS. Lc 5 1 Lc 5 AGUAS PROFUNDAS 1 Certo dia Jesus estava perto do lago de Genesaré, e uma multidão o comprimia de todos os lados para ouvir a palavra de Deus. 2 Viu à beira do lago dois barcos, deixados ali pelos

Leia mais

O dia que eu fiz um empreendedor imobiliário chorar

O dia que eu fiz um empreendedor imobiliário chorar O dia que eu fiz um empreendedor imobiliário chorar Por Natália Garcia* João ocupa um cargo importante em um dos órgãos sindicais de construtoras, corretoras e imobiliárias do Brasil. Seu nome é fictício

Leia mais

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em conjunto com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, com perguntas respondidas pelo presidente Lula Manaus-AM,

Leia mais

PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com

PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com Tema:Humor Você vai ler a seguir um fragmento da peça teatral Lua nua, de Leilah Assunção, que foi encenada em várias cidades do país entre 1986 e 1989, sempre com grande sucesso de público e de crítica.

Leia mais

Harmonizando a família

Harmonizando a família Harmonizando a família Narrador: Em um dia, como tantos outros, como e em vários lares a, mãe está em casa cuidando dos afazeres doméstic os, tranqüilamente. Porém c omo vem ac ontec endo há muito tempo,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 14 Discurso: em encontro com professores

Leia mais

Introdução. Bom, mas antes de começar, eu gostaria de me apresentar..

Introdução. Bom, mas antes de começar, eu gostaria de me apresentar.. Introdução O que você faria se descobrisse um método, altamente lucrativo que te permite trabalhar exclusivamente pela internet? Um método que você pode trabalhar aonde quiser e quando quiser, usando apenas

Leia mais

Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores?

Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores? Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores? Noemi: É a velha história, uma andorinha não faz verão,

Leia mais

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível).

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível). , Luiz Inácio Lula da Silva, durante a inauguração da República Terapêutica e do Consultório de Rua para Dependentes Químicos e outras ações relacionadas ao Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack São

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

Vivendo e aprendendo em família

Vivendo e aprendendo em família Vivendo e aprendendo em família VERSÍCULO BÍBLICO Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado

Leia mais

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro Histórias do Velho Testamento 3 a 6 anos Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro O Velho Testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt São Paulo-SP, 05 de dezembro de 2008 Presidente: A minha presença aqui

Leia mais

1 Narcóticos Anónimos (Texto Básico, página 17).

1 Narcóticos Anónimos (Texto Básico, página 17). Serei um adicto? Tradução de literatura aprovada pela Irmandade de NA. Copyright 1994 by Narcotics Anonymous World Services, Inc. Todos os direitos reservados. Só tu podes responder a esta pergunta. Isto

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

CENTRO HISTÓRICO EMBRAER. Entrevista: Eustáquio Pereira de Oliveira. São José dos Campos SP. Abril de 2011

CENTRO HISTÓRICO EMBRAER. Entrevista: Eustáquio Pereira de Oliveira. São José dos Campos SP. Abril de 2011 CENTRO HISTÓRICO EMBRAER Entrevista: Eustáquio Pereira de Oliveira São José dos Campos SP Abril de 2011 Apresentação e Formação Acadêmica Meu nome é Eustáquio, estou com sessenta anos, nasci em Minas Gerais,

Leia mais

Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições

Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições O. T. Brito Pág. 2 Dedicado a: Minha filha única Luciana, Meus três filhos Ricardo, Fernando, Gabriel e minha esposa Lúcia. Pág. 3 Índice 1 é o casamento

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos

DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos DESAFIOS CRIATIVOS E FASCINANTES Aula de Filosofia: busca de valores humanos Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br Eu queria testar a metodologia criativa com alunos que eu não conhecesse. Teria de

Leia mais

VOCÊ É MOTIVO DE LOUVOR? MARCAS DE LOUVOR

VOCÊ É MOTIVO DE LOUVOR? MARCAS DE LOUVOR 1 VOCÊ É MOTIVO DE LOUVOR? MARCAS DE LOUVOR Fp 1 3 Agradeço a meu Deus toda vez que me lembro de vocês. 4 Em todas as minhas orações em favor de vocês, sempre oro com alegria 5 por causa da cooperação

Leia mais

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura.

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Palavras do autor Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Durante três anos, tornei-me um leitor voraz de histórias juvenis da literatura nacional, mergulhei

Leia mais

Atividades Lição 5 ESCOLA É LUGAR DE APRENDER

Atividades Lição 5 ESCOLA É LUGAR DE APRENDER Atividades Lição 5 NOME: N º : CLASSE: ESCOLA É LUGAR DE APRENDER 1. CANTE A MÚSICA, IDENTIFICANDO AS PALAVRAS. A PALAVRA PIRULITO APARECE DUAS VEZES. ONDE ESTÃO? PINTE-AS.. PIRULITO QUE BATE BATE PIRULITO

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM RECUPERAÇÃO DE IMAGEM Quero que saibam que os dias que se seguiram não foram fáceis para mim. Porém, quando tornei a sair consciente, expus ao professor tudo o que estava acontecendo comigo, e como eu

Leia mais

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos.

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos. Entrevista A2 1. Onde iniciaste o teu percurso na vida associativa? R.: Em Viana, convidaram-me para fazer parte do grupo de teatro, faltava uma pessoa para integrar o elenco. Mas em que associação? Na

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL.

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. Como sabemos o crescimento espiritual não acontece automaticamente, depende das escolhas certas e na cooperação com Deus no desenvolvimento

Leia mais

18/11/2005. Discurso do Presidente da República

18/11/2005. Discurso do Presidente da República Discurso do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de entrega de certificado para os primeiros participantes do programa Escolas-Irmãs Palácio do Planalto, 18 de novembro de 2005

Leia mais

Latusa digital ano 2 Nº 16 julho de 2005

Latusa digital ano 2 Nº 16 julho de 2005 Latusa digital ano 2 Nº 16 julho de 2005 Uma intervenção Carlos Augusto Nicéas * Escolhi trazer para a nossa Conversação 1, alguns fragmentos do tratamento de um jovem de dezenove anos atualmente, dependente

Leia mais

LIÇÃO 2 AMOR: DECIDIR AMAR UNS AOS OUTROS

LIÇÃO 2 AMOR: DECIDIR AMAR UNS AOS OUTROS LIÇÃO 2 AMOR: DECIDIR AMAR UNS AOS OUTROS RESUMO BÍBLICO I João 4:7-21; Jo 13:35 Tudo começou com o amor de Deus por nós. Ele nos amou primeiro e nós precisamos responder a isso. Ele provou seu amor, através

Leia mais

1º Domingo de Julho Conexão Kids -05/07/2015

1º Domingo de Julho Conexão Kids -05/07/2015 1º Domingo de Julho Conexão Kids -05/07/2015 Sinalizar o Amor de Deus através da obediência e do respeito! Objetivo: Mostrar a importância de respeitar as regras e obedecer aos pais e responsáveis. Reforçar

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal Sobral-CE, 17 de março de 2004 Meu caro governador do estado do Ceará, Lúcio Alcântara, Meu caro companheiro

Leia mais

13 SE VOCÊ CRÊ. Venho para tentar despertar em você a compreensão de que todos os seus problemas, angústias e limitações já estão dentro de você.

13 SE VOCÊ CRÊ. Venho para tentar despertar em você a compreensão de que todos os seus problemas, angústias e limitações já estão dentro de você. 13 SE VOCÊ CRÊ Venho para tentar despertar em você a compreensão de que todos os seus problemas, angústias e limitações já estão dentro de você. Isto é assim porque os seus pensamentos surgem de suas características

Leia mais

Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada.

Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada. Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada. Cláudia Barral (A sala é bastante comum, apenas um detalhe a difere de outras salas de apartamentos que se costuma ver ordinariamente: a presença de uma câmera de vídeo

Leia mais

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus Ensino - Ensino 11 - Anos 11 Anos Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus História Bíblica: Mateus 3:13 a 17; Marcos 1:9 a 11; Lucas 3:21 a 22 João Batista estava no rio Jordão batizando as pessoas que queriam

Leia mais

MOVIMENTO FAMILIAR CRISTÃO Equipe Dia/mês/ano Reunião nº Ano: Tema: QUEM MEXEU NO MEU QUEIJO Acolhida Oração Inicial

MOVIMENTO FAMILIAR CRISTÃO Equipe Dia/mês/ano Reunião nº Ano: Tema: QUEM MEXEU NO MEU QUEIJO Acolhida Oração Inicial MOVIMENTO FAMILIAR CRISTÃO Equipe Dia/mês/ano Reunião nº Ano: Local: Tema: QUEM MEXEU NO MEU QUEIJO Acolhida Oração Inicial Esta é uma história de mudança que ocorre em um labirinto em que quatro personagens

Leia mais

SEU NOME SERÁ CHAMADO DE "EMANUEL"

SEU NOME SERÁ CHAMADO DE EMANUEL Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel. Isaías 7.14 Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

3ª LIÇÃO - AS 4 LEIS ESPIRITUAIS

3ª LIÇÃO - AS 4 LEIS ESPIRITUAIS 0 3ª LIÇÃO - AS 4 LEIS ESPIRITUAIS Este material tem sido usado em quase todo mundo e traduzido em diversas línguas por ter sido comprovado por sua eficácia por todos que o usam. Muitos são os seus benefícios,

Leia mais

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho VERSÍCULOS PARA DECORAR ESTA SEMANA Usamos VERSÍCULOS a Bíblia na PARA Nova DECORAR Versão Internacional ESTA SEMANA NVI Usamos

Leia mais

Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação.

Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação. Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação. 1.1 Conteúdos: Apresentação do Plano Didático Pedagógico; Classificação das orações coordenadas sindéticas e inferência. 1.1 Habilidade:

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Tudo tem um tempo. Uma hora para nascer e uma hora para morrer.

Tudo tem um tempo. Uma hora para nascer e uma hora para morrer. CAPITULO 3 Ele não é o Homem que eu pensei que era. Ele é como é. Não se julga um Homem pela sua aparência.. Tudo tem um tempo. Uma hora para nascer e uma hora para morrer. Eu costumava saber como encontrar

Leia mais

09/09/2004. Discurso do Presidente da República

09/09/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na solenidade de recepção da delegação brasileira que participou das Olimpíadas de Atenas Palácio do Planalto, 09 de setembro de 2004 Meu caro Grael, Meu querido René Simões,

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo São Paulo-SP, 20 de outubro de 2004 Meus queridos companheiros e minhas queridas companheiras

Leia mais

Contexto Espiritual.

Contexto Espiritual. Contexto Espiritual. Senisio Antonio 2 Contexto Espiritual Contexto Espiritual. 3 Senisio Antonio Projeto Força de Ler Senisio Antonio. 37980-000 Cássia MG Responsabilidade pela revisão: Maria Aparecida

Leia mais

Gtp+ PROGRAMAS E PROJETOS Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP+) Fundação em 2000, Recife-PE O Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo é a única ONG da Região Nordeste do Brasil coordenada

Leia mais

Copyright 2012 Edmar Santos

Copyright 2012 Edmar Santos Copyright 2012 Edmar Santos DIREITOS RESERVADOS É proibida a reprodução total ou parcial da obra, de qualquer forma ou por qualquer meio sem a autorização prévia e por escrito do autor. A violação dos

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

A PRÁTICA DO PRECEITO: AMAR O PRÓXIMO COMO A SI MESMO

A PRÁTICA DO PRECEITO: AMAR O PRÓXIMO COMO A SI MESMO CURSO A PRÁTICA DA FRATERNIDADE NOS CENTROS ESPÍRITAS A PRÁTICA DO PRECEITO: AMAR O PRÓXIMO COMO A SI MESMO A PRÁTICA DO PRECEITO: AMAR O PRÓXIMO COMO A SI MESMO Vimos na videoaula anterior que nas diversas

Leia mais

Mostra Cultural 2015

Mostra Cultural 2015 Mostra Cultural 2015 Colégio Marista João Paulo II Eu e as redes sociais #embuscadealgumascurtidas Uma reflexão sobre a legitimação do eu através das redes sociais. Iago Faria e Julio César V. Autores:

Leia mais

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava O Príncipe das Histórias Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava histórias. Ele gostava de histórias de todos os tipos. Ele lia todos os livros, as revistas, os jornais, os

Leia mais

Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça

Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça Serviço de Rádio Escuta da Prefeitura de Porto Alegre Emissora: Rádio Guaíba Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça Data: 07/03/2007 14:50 Programa: Guaíba Revista Apresentação:

Leia mais

LIVROS DE AUTO AJUDA E AS SEITAS EVANGÉLICAS

LIVROS DE AUTO AJUDA E AS SEITAS EVANGÉLICAS LIVROS DE AUTO AJUDA E AS SEITAS EVANGÉLICAS LIVROS DE AUTO AJUDA E AS SEITAS EVANGÉLICAS Tenho observado e tentado entender do porquê de tanta venda destes livros considerados de Autoajuda e ao mesmo

Leia mais

Dormia e me remexia na cama, o coração apertado, a respiração ofegante. Pensava:

Dormia e me remexia na cama, o coração apertado, a respiração ofegante. Pensava: Não há como entender a ansiedade sem mostrar o que se passa na cabeça de uma pessoa ansiosa. Este texto será uma viagem dentro da cabeça de um ansioso. E só para constar: ansiedade não é esperar por um

Leia mais

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957.

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. FORMAÇÃO

Leia mais

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO HISTÓRIA BÍBLICA: Mateus 18:23-34 Nesta lição, as crianças vão ouvir a Parábola do Servo Que Não Perdoou. Certo rei reuniu todas as pessoas que lhe deviam dinheiro.

Leia mais

O sucesso de hoje não garante o sucesso de amanhã

O sucesso de hoje não garante o sucesso de amanhã Com certeza, esse final de século XX e começo de século XXI mudarão nossas vidas mais do que elas mudaram há 30-40 anos atrás. É muito difícil avaliar como será essa mudança, mas é certo que ela virá e

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Os Anjos da Guarda. Palestrante: Miguel Labolida. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Os Anjos da Guarda. Palestrante: Miguel Labolida. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Os Anjos da Guarda Palestrante: Miguel Labolida Rio de Janeiro 15/10/1999 Organizadores da palestra: Moderador: "jaja" (nick: Moderador

Leia mais

A Maquina de Vendas Online É Fraude, Reclame AQUI

A Maquina de Vendas Online É Fraude, Reclame AQUI A Maquina de Vendas Online É Fraude, Reclame AQUI Muitas pessoas me perguntam se a maquina de vendas online é fraude do Tiago bastos funciona de verdade ou se não é apenas mais uma fraude dessas que encontramos

Leia mais

Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.

Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. PRIMEIRA LEI ESPIRITUAL: O AMOR DE DEUS TEXTO: João 3:16 Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Jo 3:16 1 Qual

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 40 Discurso no encontro com representantes

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 23 Discurso na cerimónia de assinatura

Leia mais

CO-PROCESSAMENTO. Para um futuro com melhor qualidade de vida!

CO-PROCESSAMENTO. Para um futuro com melhor qualidade de vida! CO-PROCESSAMENTO Para um futuro com melhor qualidade de vida! Todos os direitos reservados - 1999 XÔÔÔ, RESÍDUOS! O cimento sempre esteve ligado ao desenvolvimento da sociedade, afinal, com ele se constroem

Leia mais

Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo

Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo 4ª Semana Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo I- CONECTAR: Inicie o encontro com dinâmicas que possam ajudar as pessoas a se conhecer e se descontrair para o tempo que terão juntas. Quando

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 30 Discurso na inauguração da nova

Leia mais

O Espírito de Religiosidade

O Espírito de Religiosidade O Espírito de Religiosidade Pr. Alcione Emerich Como vive um Cristão Salvo contaminado ou infectado pelo Espírito de Religiosidade Hoje será um Culto de Libertação, vamos quebrar esta maldição em nossas

Leia mais

DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015

DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015 DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015 Senhores Deputados, meu pronunciamento é em caráter excepcional. Eu tenho uma história de vida

Leia mais

TESTE DE ELENCO COM UMA CENA. Por VINICIUS MOURA

TESTE DE ELENCO COM UMA CENA. Por VINICIUS MOURA TESTE DE ELENCO COM UMA CENA Por VINICIUS MOURA * Embora seja uma cena que contenha dois atores os candidatos serão avaliados individualmente. Os critérios de avaliação se darão a partir da performace

Leia mais

Manifeste Seus Sonhos

Manifeste Seus Sonhos Manifeste Seus Sonhos Índice Introdução... 2 Isso Funciona?... 3 A Força do Pensamento Positivo... 4 A Lei da Atração... 7 Elimine a Negatividade... 11 Afirmações... 13 Manifeste Seus Sonhos Pág. 1 Introdução

Leia mais

QUESTIONÁRIO. 1.) Nome: b. Esta residência é a mesma antes da sua emigração? c. Esta residência é a mesma da sua terra natal?

QUESTIONÁRIO. 1.) Nome: b. Esta residência é a mesma antes da sua emigração? c. Esta residência é a mesma da sua terra natal? QUESTIONÁRIO "O EMIGRANTE PORTUGUÊS NA ALEMANHA" D ADOS DO INQUIRIDO 1.) Nome: 2.) Idade: anos 3.) Residência: a. Portugal: b. Esta residência é a mesma antes da sua emigração? c. Esta residência é a mesma

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais