GUIA ACADÊMICO DO ALUNO DE GRADUAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GUIA ACADÊMICO DO ALUNO DE GRADUAÇÃO"

Transcrição

1 GUIA ACADÊMICO DO ALUNO DE GRADUAÇÃO Reitor Wilson de Matos Silva Vice-Reitor e Pró-Reitor Administrativo Wilson de Matos Silva Filho Pró-Reitor Acadêmico Cláudio Ferdinandi Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão Flávio Bortolozzi Diretora de Ensino de Graduação: Solange Munhoz Arroyo Lopes Diretor de Educação a Distância Willian Victor Kendrick de Matos Silva Diretor de Pós-Graduação Valdecir Bertoncello Diretora de Pesquisa Ludhiana Ethel Silva Bertoncello Diretor de Extensão e Ação Comunitária Cláudio Alexandre Ferdinandi Diretor de Desenvolvimento Institucional Amir Limana Diretor de Serviços Acadêmicos Ricardo Carvalho Rodrigues CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ Av. Guedner, 1610 Jd. Aclimação CEP: Fone: (44) Maringá-Paraná

2 APOIO ADMINISTRATIVO Chefe de Gabinete da Reitoria Fátima Azevedo ramal 305 Assessores da Reitoria Vicente Pedatella Netto ramal 204 Nardir Antônio Sperandio ramal 396 Gerente Administrativo Silvana Arnold Rodrigues ramal 196 Gerente Financeiro Maria Emília Joaquim ramal 166 Gerente de Recursos Humanos Juscelino Vieira de Lima ramal 113 Encarregado de Recursos Humanos Luiz Sérgio da Silva ramal 259 Coordenadora de Recursos Humanos Regiane Cristina de Souza ramal 344 Procuradoria Jurídica Iausy Anahy Farias Martins ramal 295 Coordenador de Tecnologia da Informação Luciano Martins Souza ramal 430 Coordenadora de Marketing Michelli C. Mendonça Brasiliano ramal 380 Encarregado de Segurança Roland Wanderbruck ramal 317 Encarregado da Engenharia Sandro Melo das Chagas ramal 228 APOIO ACADÊMICO Coordenadora do Núcleo de Apoio Pedagógico - NAP Gislene Miotto C.Raymundo ramal 210 Coordenadora Depto. Legislação e Normas Albertina Nascimento ramal 109 Coordenadora de Pesquisa Patrícia Panta Ferreira ramal 274 Coordenadora de Extensão Viviane Galassi ramal 177 Coordenadora de Eventos Cristiane Samberlan S. Mesti ramal 205 Coordenadora do Acolhimento Luciana Marinho ramal 153 Bibliotecária Responsável Mara Regina Colafatti ramal 224 Secretária Geral Carmem Regina Mascari Pereira ramal 117 NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Diretor Comercial Valmir Almeida ramal 620 Secretária Geral Márcia Maria M. Guerra da Silva ramal 117 Coordenadora de Ensino Viviane Marques Goi ramal 363 Coordenadora de Planejamento e Gestão Luciana Falcão Marinho ramal 350 Coordenador de Tecnologia e Inovação Fabrício Ricardo Lazilha ramal 368 Coordenação de Mediadores Carla Mendes Teixeira ramal 348

3 SUMÁRIO PALAVRA DO REITOR... 1 MISSÃO E VISÃO DA INSTITUIÇÃO INFRA-ESTRUTURA FÍSICA CAMPUS SEDE CAMPUS FAZENDA EXPERIMENTAL CURSOS / COORDENADORES ESTRUTURAS ADMINISTRATIVA - Pró Reitorias ÓRGÃOS DE ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR DIRETORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DIRETORIAS DE CLÍNICAS E LABORATÓRIOS DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA DIRETORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIRETORIA DE SERVIÇOS ACADÊMICOS BIBLIOTECA APOIO ADMINISTRATIVO Gerência Administrativa Gerência Financeira FORMAS DE INGRESSO PROCESSO SELETIVO OUTRAS FORMAS DE INGRESSO TRANSFERÊNCIAS NORMAS ACADÊMICAS DIREITOS E DEVERES DOS ALUNOS MATRÍCULA TRANCAMENTO DE MATRÍCULA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA FREQÜÊNCIA... 19

4 6.5 ABONO DE FALTAS ATIVIDADES DOMICILIARES NORMAS DISCIPLINARES PADRÕES DE ÉTICA E CONDUTA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO ESCOLAR OU APRENDIZAGEM PROGRAMAS DE APOIO AOS ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO MONITORIA PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA CESUMAR EMPRESARIAL ASSESSORIA INTERNACIONAL ESTÁGIOS E OPORTUNIDADES PROJETO MELHORES ALUNOS PROJETO EGRESSOS PROGRAMA DE NIVELAMENTO PROGRAMAS DE BOLSAS DE ESTUDO FIES PROUNI PROMUBE SERVIÇOS E BENEFÍCIOS SEGURANÇA NO CAMPUS DICAS DE SEGURANÇA PROTEJA SEUS PERTENCES ELES SÃO DE SUA RESPONSABILIDADE ACHADOS E PERDIDOS INFORMAÇÕES GERAIS... 33

5 14.1 COLAÇÃO DE GRAU ORIENTAÇÕES ENADE BIOTEC RÁDIOS CORAL E ORQUESTRA...35

6 PALAVRA DO REITOR A vocês, acadêmicos do CESUMAR: Neste ano, o CESUMAR - Centro Universitário de Maringá, comemora 20 anos de existência e nesta trajetória foi consagrado como um dos melhores Centros Universitários do Brasil, prezando por um ensino que garanta a vocês, caros acadêmicos, atividades pedagógicas e de investigação, próprias das instituições que cultivam a ética e o crescimento humano. É desse modo que o CESUMAR tem uma posição privilegiada enquanto difusor de conhecimentos e provedor de serviços à sociedade. E mais: a influência do CESUMAR se estende sobre os modos de entender o mundo, as relações entre os seres humanos e destes com o meio natural. Também colabora nas decisões políticas e, praticamente, nas esferas do pensamento e na atividade da comunidade à qual se dirige, por meio de um corpo docente qualificado e pelos colaboradores em geral, sempre prontos para o atendimento necessário ao funcionamento das atividades aqui vigentes. No Cesumar vocês contam com uma estrutura construída com o propósito de lhes proporcionar conforto, segurança e bem-estar, itens fundamentais para se aprender com qualidade. Caros acadêmicos, há vinte anos, lutamos por esta causa, uma educação de qualidade no ensino superior. Hoje abraçamos a todos vocês por participarem do nosso sonho, o de sermos um Centro Universitário reconhecido e agora queremos realizar os seus sonhos. Lutem por eles, obrigado por os terem devotado a nós, por continuarem conosco e sintam-se privilegiados por pertencerem ao CESUMAR, a Comunidade do Conhecimento. Prof. Wilson de Matos Silva, Reitor.

7 MISSÃO E VISÃO DA INSTITUIÇÃO Promover a educação de qualidade nas diferentes áreas do conhecimento, formando profissionais cidadãos que contribuam para o desenvolvimento de uma sociedade justa e solidária. Tem como visão ser reconhecida como uma Instituição universitária de referência regional e nacional pela qualidade e compromisso do corpo docente; aquisição de competências institucionais para o desenvolvimento de linhas de pesquisa; consolidação da extensão universitária; qualidade da oferta do ensino presencial e a distância; bem-estar e satisfação da comunidade interna; qualidade da gestão acadêmica e administrativa; compromisso social de inclusão; processos de cooperação e parceria com o mundo do trabalho e compromisso de relacionamento permanente com os egressos, incentivando a educação continuada. 1. INFRA-ESTRUTURA FÍSICA 1.1 CAMPUS SEDE Com m 2 de construção, 14 blocos, mais de 100 laboratórios, mais de 300 salas de aula, 4 Auditórios, quadras de tênis, 3 ginásios, pista de atletismo e campo de futebol suíço, com estrutura de Bancos, Livraria, Farmácia-escola, Restaurantes-cantinas, Restaurante-escola, Rádio CESUMAR (FM 94,3), Agência de Turismo, Salão de Beleza, infra-estrutura de apoio de reprografia espalhada por todo o campus. É assim a Comunidade do Conhecimento, construída com qualidade de vida plena, tornando o quotidiano da comunidade acadêmica funcional, agradável e satisfatório. 1.2 CAMPUS FAZENDA EXPERIMENTAL Com 164 alqueires abriga as instalações do Centro de Biotecnologia em Reprodução Animal, para desenvolvimento de pesquisas (campo experimental da agronomia e outros). Localizado a 10 km do Centro de Maringá. Toda infra-estrutura do CESUMAR atende à Portaria do Ministério da Educação de 7/11/2003 que dispõe sobre requisitos de acessibilidade de pessoas portadoras de deficiências.

8 2. CURSOS / COORDENADORES CURSO COORDENADOR COORDENADOR Ramal Administração Dr.Adriano Rogério Goedert Administração Integral Dr.Adriano Rogério Goedert Agronegócio Dr.Odacir Antonio Zanatta Agronomia Dr.Odacir Antonio Zanatta Análise e Desenvolvimento de Sistemas (P.D.) Me.Márcia C. Dadalto Pascutti Arquitetura Me.Antônio C. Pereira Miranda Automação Industrial Me.Evandro Cherubini Rolin Artes Visuais Esp.Deborah Kemmer Biomedicina Me.Fernando Henrique Ribeiro Ciências Biológicas Drª.Rosilene Luciana Delariva Ciências Contábeis Me.Olírio Sperandio Comércio Exterior Dr.Adriano Rogério Goedert Design de Interiores Me.Antônio C. Pereira Miranda Direito Me.Paulo André Souza Educação Física Bacharelado Esp.Jacqueline da S. N. Pereira Educação Física Licenciatura Esp.Jacqueline da S. N. Pereira Enfermagem Me.Raquel Gusmão Oliveira Engenharia Civil Me.Antônio C. Pereira Miranda Engenharia Elétrica Me.Evandro Cherubini Rolin Engenharia Mecatrônica Me.Evandro Cherubini Rolin Estética e Cosmética Me.Jackeline T.Guinoza Siraichi Farmácia Dr.Sidney Edson Mella Júnior Fisioterapia Drª.Sônia M. M. Gomes Bertolini Fonoaudiologia Me.Carla S. Almeida G.Pires Gastronomia Me.Marcos Roberto Mantovani Gestão Comercial Varejo Dr.Adriano Rogério Goedert Gestão de Recursos Humanos Dr.Adriano Rogério Goedert Jornalismo Esp.Cibele Abdo Rodella Letras Espanhol Me.Leoné Astride Barzotto Letras Inglês Me.Leoné Astride Barzotto Marketing Dr.Adriano Rogério Goedert

9 Medicina Veterinária Dr.Raimundo Alberto Tostes Moda Esp.Sandra de Cássia Franchini Nutrição Drª.Giana Zarbato Longo Odontologia Esp.Wagner Simm Pedagogia Drª.Rachel de Maya Brotherhood Psicologia Me.Gilcinéia R. da Silva Santos Publicidade e Propaganda Esp.Cibele Abdo Rodella Redes de Computadores Me.Márcia C. Dadalto Pascutti Serviço Social Me.Marília Gonçalves Dal Bello Sistema de Informação Me.Valdecir Bertoncello 218 Sistema para Internet (Web Design) Me.Valdecir Bertoncello 218 Tecnologia em Comércio Exterior Dr.Adriano Rogério Goedert Tecnologia em Marketing Dr.Adriano Rogério Goedert Tecnologia em Negócios Imobiliários Dr.Adriano Rogério Goedert Tecnologia em Produção Sucroalcooleiro Drª.Rosa Maria Ribeiro 204 Teologia Me.Edrei Daniel Vieira 138 Turismo e Hotelaria Esp.Savanna da Rosa Ramos ESTRUTURA ADMINISTRATIVA 3.1 ÓRGÃOS DE ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR Conselho Universitário (CONSUNI): órgão máximo de natureza normativa, deliberativa, jurisdicional e consultiva do Centro Universitário de Maringá. Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE): órgão superior de natureza consultiva, normativa e deliberativa, em matérias relativas ao ensino, pesquisa e extensão. Reitoria: a Reitoria é o órgão executivo superior do Centro Universitário que centraliza, superintende, coordena e fiscaliza todas as atividades universitárias de acordo com os procedimentos definidos no Estatuto, no Regimento Geral e nos Regulamentos aprovados pelos Conselhos Superiores. Vice-Reitoria: Substituto legal dos atos da reitoria nos casos de ausência do reitor.

10 Pró-Reitoria de Graduação: é o órgão executivo responsável pelo planejamento, coordenação, execução, controle e avaliação de todas as atividades acadêmicas e de ensino de graduação do Centro Universitário de Maringá. Pró-Reitoria Administrativa: é o órgão executivo responsável por todas as atividades administrativas, financeiras e de recursos humanos do Centro Universitário de Maringá. Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão: é o órgão executivo responsável por todas as atividades de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão do Centro Universitário de Maringá. 3.2 DIRETORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO O objetivo da Diretoria de Ensino é o acompanhamento, verificação, controle, assistência, avaliação e fiscalização do processo pedagógico e disciplinar de todas as atividades acadêmicas de ensino de graduação do Centro Universitário de Maringá. Localização: Bloco 06 (1º andar) Ramais: 210 / 186. Horário de atendimento: 08h00 às 22h52. Núcleo de Apoio Pedagógico: o NAP tem como função, estimular as atividades de ensino da Instituição na busca da qualidade. Suas ações concentram-se no acompanhamento e análise das condições pedagógicas e nos procedimentos acadêmicos de cada curso, viabilizando orientações e estratégias direcionadas à superação de dificuldades. Departamento de Legislação e Normas: o Departamento de Legislação e Normas é órgão suplementar da Reitoria. Acompanha, organiza e encaminha os processos envolvidos com o Ministério da Educação (reconhecimento e autorização dos cursos, cadastro nacional de docentes, cadastro da instituição para regularização do Fies e Prouni). Cabe a essa coordenação dar apoio aos Conselhos Superiores, na secretaria dos conselhos, na emissão de Resoluções, Portarias e Atos Executivos e ainda, atuar como pesquisador institucional. Central de Provas: arquivar as provas bimestrais recebidas dos professores. Encaminhar para reprografia e para as coordenações de cursos disponibilizando-as aos discentes. Supervisão Operacional: acompanhar a freqüência e assiduidade dos docentes, elaborando um relatório semanal das ocorrências. Colaborar na manutenção da disciplina e dar assistência aos discentes para atendimento de emergência. Coordenação de Fiscais: dar suporte operacional aos docentes na aplicação das provas e atividades avaliativas.

11 Coordenações de Cursos: Cursos Ciências Contábeis, Jornalismo, Moda, Publicidade e Propaganda, Sistemas de Informação, Sistemas para Internet / Web Design Ciências Biológicas, Enfermagem, Farmácia, Análises Clínicas, Nutrição. Automação Industrial, Biomedicina, Engenharia Mecatrônica, Letras, Pedagogia, Serviço Social, Redes de Computadores, Análise de Desenvolvimento de Sistemas / Processamento de Dados, Engenharia Elétrica, Produção Sucroalcooleiro. Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Design de Interiores, Gastronomia, Turismo, Engenharia Civil. Administração Geral e Habilitações de Comércio Exterior e Marketing, Agronegócio, Agronomia, Direito, Gestão Comercial, Gestão em Comércio Exterior, Gestão em Marketing, Gestão de Recursos Humanos, Gestão de Varejo. Fonoaudiologia Fisioterapia, Estética e Cosmética. Psicologia, Teologia Odontologia Educação Física, Medicina Veterinária. Localização Bloco 4 térreo Ramal 232 Bloco 6 1º andar Ramal 260 Bloco 6 2º andar Ramal 204 Bloco 7 térreo Ramal 180 Bloco 8 1º andar Ramal 275 Clínica-Bloco 05 Ramal 255 Clínica-Bloco 05 Ramal 136 Clínica Ramal 150 Clínica Ramal 162 HV2 Ramal Coordenação de Clínicas e Laboratórios A Diretoria de Clínicas e Laboratórios têm por finalidade e objetivo administrar os laboratórios e as clínicas que integram os cursos de graduação e pós-graduação, possibilitando o estudo e desenvolvimento de práticas científicas que venham agregar valores à formação do corpo discente e docente da instituição. Estão vinculados à Diretoria de Clínicas e Laboratórios, os seguintes departamentos: Supervisão de Clínicas e Laboratórios: supervisiona as atividades que envolvem o uso das dependências laboratoriais, desde as atividades realizadas entre os professores

12 e alunos, como também o trabalho realizado pelos colaboradores, cumprindo e fazendo cumprir a legislação pertinente e o Regimento Geral dos Laboratórios. Acolhimento Universitário: o Acolhimento Estudantil ACES é um serviço centrado no atendimento e orientação dos acadêmicos, regularmente matriculados no CESUMAR, que busca fazer um trabalho preventivo, abrangendo os aspectos que levam o aluno a solicitar trancamento ou cancelamento da sua matrícula ou que, simplesmente abandonam a Instituição. Neste sentido, são oferecidos os seguintes serviços: teste vocacional; psicoterapia breve; terapia em grupo; projetos específicos com grupo de autoestima e prevenção ao uso ou abuso de drogas lícitas e ilícitas; atendimento social e familiar; triagens e encaminhamentos para outros serviços. Localização: Bloco 6 (1ºandar) Horário de atendimento: 07h às 22h e aos sábados 09h às 13h. 3.3 DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA O CESUMAR oferece cursos de graduação e pós-graduação, dispondo do que há de mais moderno em tecnologia da informação e comunicação, seja por internet ou via-satélite, ao vivo (online/síncrono) ou em conteúdos que possam ser acessados quando o aluno desejar (offline/assíncrono). Todo este trabalho é desenvolvido por um Núcleo de Ensino a Distância (NEAD) sob a responsabilidade de um Diretor subordinado ao gabinete do reitor, que atua com uma equipe multiprofissional subdividida em coordenações específicas, coordenações de cursos, assessoria própria e secretárias. Cada coordenação é composta por técnicos capacitados para o desempenho adequado das ações propostas pelo NEAD, visando à promoção do conhecimento em detrimento das limitações geográficas. O conjunto dos profissionais envolvidos e a tecnologia empregada visam garantir atenção constante aos alunos e a aproximação entre alunos e professores. Localização: Bloco 4 - Telefone: Site: Horário de atendimento: 08h às 22h DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO A Diretoria de Pós-Graduação tem por meta direcionar suas ações na criação de novos programas LATO SENSU cujo objetivo é qualificar profissionais das mais diversas áreas do

13 conhecimento, oferecendo cursos com propostas pedagógicas inovadoras, mas sempre norteadas pelas normativas do Ministério da Educação-MEC. As ações se estendem ao programa de mestrado, o incentivo e a produção de artigos científicos pelos acadêmicos. Estas e outras ações são fundamentadas nas diretrizes disponibilizadas pela CAPES. Lato Sensu: os cursos de Pós-Graduação lato sensu ofertados por Instituições de Ensino Superior ou por Instituições especialmente credenciadas para atuarem neste nível de ensino, independem de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento e devem atender ao disposto na Legislação Vigente. Incluem-se na categoria de Pós-Graduação lato sensu os cursos designados como MBA (Master Business Administration) ou equivalentes. Stricto Sensu: os cursos de Pós-Graduação stricto sensu são ofertados mediante formas de associação entre instituições brasileiras ou entre estas e instituições estrangeiras e obedecem às mesmas exigências de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento estabelecido em Legislação Própria MEC/CAPES. Localização: Bloco 7 (térreo) Ramais: 221 / DIRETORIA DE PESQUISA A Diretoria de Pesquisa é responsável pelo estabelecimento, implementação e gestão das políticas e atividades relativas à pesquisa, respeitando o princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão atendendo nas suas instâncias, às exigências de legislações preconizadas pelos órgãos normativos e de fomento próprios. Para responder às diferentes demandas, a Diretoria de Pesquisa conta com os seguintes setores e Comitês Assessores para o desenvolvimento de suas atividades: Assessoria de Pesquisa; Setor de Pesquisa; Núcleo de Apoio à Editoração e Pesquisa (NAEP); Comitê Assessor de Pesquisa (CAPEC); Comitê Permanente de Ética em Pesquisa (COPEC); Comitê de Bioética Animal (COBAC). 3.6 DIRETORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS (PRPGE) A Diretoria de Extensão do CESUMAR tem como função desenvolver atividades extensionistas e de apoio comunitário, bem como a organização e o acompanhamento dos

14 projetos, programas, cursos e eventos de extensão universitária, propostos por discentes e docentes, orientando-os quanto ao procedimento e à elaboração das atividades. Localização: Bloco 7 (térreo) Ramais: 171 / 174 / 296. Coordenação de Extensão: é responsável por possibilitar a interação entre a universidade e a sociedade, abrindo as portas para a população, atuando além dos limites físicos da Instituição por meio dos Cursos de Extensão. Nos Cursos de Extensão, o acesso à educação é proporcionado em diversos campos do conhecimento e para pessoas de diferentes faixas etárias, grau de instrução e atuação profissional. É uma oportunidade de dar continuidade aos estudos e crescer pessoalmente. Eventos: é responsável pela autorização, organização e controle dos eventos que ocorrem nas dependências do Centro Universitário de Maringá e/ou outros locais realizados pela Instituição. Coordenação de Estágios e Oportunidades: é responsável por promover a interação com órgãos que ofereçam vagas de estágios para o direcionamento dos discentes dos diversos cursos de graduação. Aconselhamento Acadêmico: é um espaço que possibilita aos universitários maior diálogo, participação e orientação, buscando melhorar a convivência e a valorização da auto-estima. Atende requerimentos de alunos com problemas diversos, assistindo e orientando famílias com dificuldades assim como auxiliando os alunos no contato junto aos coordenadores e professores dos cursos. 3.7 DIRETORIA DE SERVIÇOS ACADÊMICOS A Diretoria de Serviços Acadêmicos D.S.A. é o órgão responsável pelas informações de toda a vida acadêmica dos alunos, desde seu ingresso até conclusão, colação de grau e expedição de diploma. É na D.S.A. onde são recebidos documentos, encaminhados processos e distribuídas informações dos alunos para todos os outros setores do CESUMAR. Localização: Bloco 6 (térreo) ramais:117/155/115. Horário de atendimento: 09h às 19h. Secretaria Acadêmica: é o setor responsável pelo acompanhamento de processos, registros, controles e documentação dos acadêmicos. Neste setor, são realizadas as matrículas, transferências internas e externas, processos de aproveitamento de estudos, trancamento, cancelamento de matrícula e emissão de documentos acadêmicos, tais

15 como: declarações de matrícula, certidões de conclusão e históricos escolares. Localização: Bloco 6 (térreo) ramais: 117 / 116 / 115. Secretarias de Coordenação: são responsáveis pelo atendimento de coordenadores, professores e alunos do curso. Este setor também emite documentos como diários de classe, editais de provas, horários e informações do curso. Acompanham a realização das atividades complementares e domiciliares, dentre outros. Multiatendimento: é o setor responsável pelo atendimento ao público. Neste setor são recebidas matrículas, inscrições e solicitações dirigidas a os diversos departamentos da Instituição. No Multiatendimento são retirados documentos como Declaração de Matrícula, Histórico Escolar, entre outros. Localização: Bloco 6 (térreo) ramais: 143 / 147 / 223 / 286. Horário de atendimento: 2ª a 6ª das 07h30 às 22h30 e aos sábados, das 08h às 16h. 3.8 BIBLIOTECA A Biblioteca está instalada em 2 pavimentos do Bloco 08 e ocupa uma área construída de m² com capacidade para armazenar até volumes. Oferece condições de utilização para portadores de necessidades especiais, com acesso através de rampas e elevador. Serviços Oferecidos: o acervo bibliográfico e de multimeios do Centro Universitário de Maringá está informatizado, o que permite a rápida e eficiente localização de títulos. A Biblioteca faz parte da Rede PERGAMUM (Sistema desenvolvido pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná). Consultas: é permitido o livre acesso do usuário às estantes. Para localizar o material desejado, o usuário deverá utilizar um dos micros de autoconsulta disponíveis nos dois pavimentos da Biblioteca. O número de chamada do material consultado deverá ser anotado para ser localizado nas estantes. Caso o material procurado não esteja na localização indicada, o usuário deverá procurar nas mesas destinadas aos "livros aguardando reposição". Serviços pela Internet: para empréstimo, todos terão que apresentar o Registro Acadêmico (R.A), que é um documento de identificação com foto. O empréstimo é facultado aos professores, alunos e funcionários da Instituição. Os prazos de devolução variam de acordo com o tipo de material e a categoria do usuário, conforme abaixo:

16 Categoria de Usuários Documentos Prazos(dias corridos) Alunos de graduação 3 títulos (livros) 7 dias 2 CD Rom s 2 dias Alunos de Pós-Graduação e Mestrado 3 títulos (livros) 2 CD Rom s 15 dias 2 dias Professores 5 títulos (livros) 3 fitas de vídeo 3 CD Rom s 15 dias 7 dias 7 dias Funcionários 3 títulos (livros) 7 dias 2 CD Rom s 2 dias Alunos de Educação a Distância 3 títulos (livros) 30 dias Egressos 1 título (livro) 15 dias OBS.: Não será permitido o empréstimo de mais de um exemplar do mesmo título (mesmo número de chamada). Materiais de Consulta Local: alguns materiais estão disponíveis para consulta somente no recinto da Biblioteca. São eles: Obras de Referência (dicionários, enciclopédias, Atlas, etc.); obras raras ou valiosas; trabalhos de conclusão de curso/monografias; publicações periódicas; normas técnicas e Bases de Dados em CD-ROM. Extravio de Materiais: o usuário é responsável pela conservação do material retirado. Toda obra perdida ou danificada, ainda que involuntariamente, quando em poder do usuário, será por ele substituída por novo exemplar da mesma obra. O usuário ficará sem fazer empréstimo domiciliar até a reposição do material. Exemplares de Consulta Local Reservado : os exemplares com etiqueta de reservado (exemplares de consulta local) poderão ser emprestados, na categoria de empréstimo especial, no sábado, a partir das 15h, e devem retornar no 1º dia útil subseqüente, até às 09h. Só será permitido o empréstimo de um livro reservado de cada vez, além dos livros considerados como empréstimo normal. Guarda-volumes: é permitido entrar na Biblioteca com objetos necessários às atividades de estudo e pesquisa, incluindo computador pessoal e fichário. Lembrando que na saída do recinto o material será verificado. As bolsas, sacolas, pastas e demais objetos deverão ser acondicionados em armário próprio, cuja chave deverá ser retirada no balcão de empréstimos, mediante apresentação do RA ou documento com foto para visitantes. A não-devolução da chave implica em multa.

17 Devolução: a devolução poderá ser feita por qualquer pessoa, na Biblioteca, não sendo necessária a apresentação de documento. O usuário deverá aguardar no balcão de empréstimo até que sua devolução seja confirmada. Atraso na devolução ocorrerá multa por atraso na devolução de cada material por dia útil (2ª a 6ª feira), e para os livros de Consulta Local Reservado, por dia de atraso. Renovação: a renovação do empréstimo da obra poderá ser feita sempre que a obra não estiver reservada e se o usuário não estiver em débito com a Biblioteca. Ela poderá ser feita nos terminais de consulta existentes na Biblioteca do CESUMAR, na Internet e/ou balcão de empréstimo. É aconselhável que o usuário renove o livro sempre 1(um) dia antes do vencimento, para evitar transtornos. OBS.: A Biblioteca não aceita justificativa de usuário que não conseguiu acessar o site para renovação do empréstimo de obras. Portanto, a multa pelo atraso é irrevogável. Reserva: a reserva só será possível se o usuário estiver com sua situação regular na Biblioteca e se todos os exemplares do material, exceto os de consulta local, estiverem emprestados. É exclusiva para o usuário que a solicitou, sendo impossível sua transferência para outro usuário. Após a chegada do exemplar reservado, este ficará à disposição do primeiro usuário da lista de reservas por um período de 24 horas. Depois, é liberado para o próximo da lista ou retorna para a estante, caso não haja outras reservas. Os materiais que estão na reserva não podem ser usados para consulta local, fotocópias ou empréstimo especial. As datas de devolução que aparecem na consulta são datas previstas, portanto, ao fazer a reserva, o usuário deverá acompanhar no ícone acesso usuário, diariamente, a situação do item reservado. São de responsabilidade do usuário o acompanhamento e controle de suas reservas. A reserva poderá ser feita nos terminais de consulta existentes na Biblioteca do CESUMAR e/ou pela Internet. Cabines de Estudo Individual e em Grupo: a Biblioteca possui 8 salas de estudo em grupo, algumas com pontos de rede para o usuário ligar o seu computador pessoal. As cabines de estudo em grupo serão ocupadas por ordem de chegada. O número mínimo de usuários para utilização das salas é de 03 (três). OBS.: A permanência de material deixado nas cabines sem a presença do usuário não implica sua reserva, podendo o material da Biblioteca ser colocado nas estantes e o material do usuário ser guardado no armário do Setor. Videoteca e Salas de Multimídia: a Biblioteca Central dispõe de uma Videoteca com vários títulos de fitas de vídeo e DVD s, sete salas que acomodam até 3 pessoas e uma

18 sala com capacidade para 30 pessoas. Todas as salas são equipadas com TV, DVD e Vídeo. Fotocópias: o serviço de fotocópias é terceirizado e está disponível no andar térreo da Biblioteca. OBS.: Os materiais da Biblioteca só poderão ser fotocopiados em parte, de acordo com a Lei n.9.610/98 (Lei do Direito Autoral). Comutação Bibliográfica: para a utilização do serviço de acesso à cópia de documentos, o usuário deve se dirigir com antecedência ao Setor de Periódicos, de posse dos dados do documento desejado (autor, título do documento, título do periódico etc.). Comutação Bibliográfica On-line (COMUT): o Programa de Comutação Bibliográfica (COMUT) permite às comunidades acadêmicas e de pesquisa o acesso a documentos em todas as áreas do conhecimento (por meio de cópias de artigos de revistas técnicocientíficas, teses, dissertações, relatórios técnicos, anais de eventos, etc.), disponíveis nos acervos das principais bibliotecas brasileiras, exclusivamente para fins acadêmicos e de pesquisa, respeitando-se rigorosamente a Lei de Direitos Autorais. Organização Pan-Americana de Saúde (BIREME): SCAD é um Serviço Cooperativo de Acesso ao Documento da Biblioteca Virtual em Saúde, coordenado pela BIREME, com a cooperação das bibliotecas integrantes do Sistema Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde. O principal objetivo é prover o acesso a documentos da área de ciências da saúde, exclusivamente para fins acadêmicos e de pesquisa, respeitando-se rigorosamente a Lei de Direitos Autorais. Orientação sobre o uso das Normas da ABNT: o usuário poderá obter orientação fornecida por bibliotecários sobre a utilização das normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), na elaboração dos trabalhos acadêmicos. 3.9 APOIO ADMINISTRATIVO Gerência Administrativa Localização: Bloco 08 (térreo) Ramal: 196. Horário de atendimento: 08h às 18h. Manutenção e Limpeza do Campus: o departamento de manutenção do Centro Universitário de Maringá é o responsável pela conservação do campus.

19 Engenharia: o Departamento de Engenharia é responsável pelas construções de infraestrutura necessárias e da conservação e organização dos jardins que compõem o campus do CESUMAR. Segurança: o Serviço de Segurança do Centro Universitário de Maringá é responsável em fornecer orientações e conhecimentos relacionados à proteção, reação em caso de emergência e informação a tudo o que diz respeito à segurança patrimonial e pessoal da comunidade acadêmica. Trabalhando 24 horas, a equipe de segurança patrulha o campus, controla os acessos e está posicionada para assegurar a manutenção da ordem e o cumprimento das normas institucionais, reagindo em casos de incidência e emergência. Câmeras de vídeo estão distribuídas pelo campus para auxiliar a equipe na vigilância Gerência Financeira Localização: Bloco 06 (térreo) Ramal: 448. Horário de atendimento: 08h às 18h Tesouraria: a tesouraria está à disposição para o atendimento aos alunos que tiverem dúvidas ou para efetuar o pagamento da mensalidade e taxas. Mensalidades: A cobrança da mensalidade é feita mediante boleto bancário, sendo que: O boleto bancário da 1º parcela é pago no ato da matrícula. O boleto bancário da 2ª parcela será entregue no ato da quitação da 1ª parcela. A partir da 3ª parcela, os boletos serão entregues nas salas de aulas para que os alunos retirem, e se, por algum motivo, o aluno não retirou o boleto, poderá imprimi-lo a 2ª via acessando o site da IES, no aluno on-line. O boleto pode ser pago em qualquer agência bancária até o vencimento ou em até 30 (trinta) dias posterior a data do vencimento somente nas agências do Banco Real e a qualquer tempo na tesouraria da IES. Localização: Bloco 06 (térreo) Ramais 123, 332 e 215. Horário de atendimento: de segunda à sexta, das 7h30 às 22h. Aos sábados, de 8h às 16h. Caso haja alguma alteração no horário ao longo do período letivo, os alunos ser informados por comunicados afixados no interior da instituição. Análise de Crédito: o Setor de Análise Crédito atua em duas frentes e a principal função é a negociação de débitos dos alunos inadimplentes, tanto na esfera administrativa, extrajudicial e judicial. São de responsabilidade deste

20 setor a análise e o arquivo da documentação dos alunos que utilizam o CREDIN (Crédito Interno do CESUMAR). Os processos relacionados ao PROEP, Também são analisados e arquivados neste departamento, seguindo as normas que regulamentam esta Instituição. Localização: Bloco 06 (térreo) Ramais 141, 151, 172, 330, 331. Horário de atendimento: de segunda à sexta, das 8h às 22h. Aos sábados, das 8h às 12h. FIES/PROUNI/PROMUBE: É o setor responsável por todos os processos relacionados à estes programas do governo Federal e Municipal. Localização: Bloco 06 (térreo) Ramais 208 e 377 Horário de atendimento: de segunda à sexta, das 8h às 22h. 4. FORMAS DE INGRESSO NA GRADUAÇÃO PRESENCIAL 4.1 PROCESSO SELETIVO NA GRADUAÇÃO É aberta a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou estudos equivalentes. O Processo Seletivo para acesso aos cursos de graduação do CESUMAR, consta de duas formas de avaliação classificatórias: provas de vestibular e ENEM. MÓDULO I: é a primeira avaliação do 1º Processo Seletivo, realizada por meio de provas do tradicional Concurso Vestibular. MÓDULO II VAGAS REMANESCENTES: é a segunda avaliação do Processo Seletivo, para preenchimento das vagas remanescentes. Os candidatos inscritos no Módulo II serão avaliados pela nota do ENEM, pela média das notas do histórico escolar do ensino médio e/ou pela nota obtida na Prova de Redação, a ser realizada no mês de janeiro em data a ser divulgada em edital próprio do Módulo II. 4.2 OUTRAS FORMAS DE INGRESSO NA GRADUAÇÃO Portador de Diploma Os candidatos portadores de diplomas de cursos superiores poderão ingressas no CESUMAR por meio de solicitação pelo site (www.cesumar.br). O deferimento da solicitação está condicionado à existência de vagas no curso pretendido.

Datas das Provas Vestibular Agendado A partir de 01/10/2015 - Horários disponíveis no site: vestibular.uninassau.edu.br

Datas das Provas Vestibular Agendado A partir de 01/10/2015 - Horários disponíveis no site: vestibular.uninassau.edu.br CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURÍCIO DE NASSAU Credenciado PORTARIA Nº 701, DE 28 DE MAIO. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 O Reitor do Centro Universitário Maurício de Nassau no uso de suas atribuições e com

Leia mais

UNIVERSIDADE DO AMAZÔNIA. Credenciado PORTARIA Nº 3.713, DE 11 DE DEEMBRO DE 2003. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016

UNIVERSIDADE DO AMAZÔNIA. Credenciado PORTARIA Nº 3.713, DE 11 DE DEEMBRO DE 2003. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016 UNIVERSIDADE DO AMAZÔNIA Credenciado PORTARIA Nº 3.713, DE 11 DE DEEMBRO DE 2003. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016 Com sede Av. Alcindo Cacela, 287 - Belém / PA, Rod. BR 316, Km 3- Ananindeua / PA - Trav.

Leia mais

Faculdade Maurício de Nassau

Faculdade Maurício de Nassau Faculdade Maurício de Nassau EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau de Manaus no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais, no Dec. 99.490/90,

Leia mais

FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 Credenciamento - Ato autorizativo Portaria Nº 998 de 22/10/2007, publicada no DOU em 23/10/2007

Leia mais

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A direção da Faculdade Aliança / Faculdade Maurício de Nassau no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais,

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. Para consultar se uma instituição é credenciada é só acessar o endereço eletrônico

MANUAL DO ALUNO. Para consultar se uma instituição é credenciada é só acessar o endereço eletrônico 1 O CEPAN Centro de Ensino Panoramica, representante comercial com exclusividade da Faculdade Associada Brasil FAB, Credenciada e reconhecida pelo MEC através da Portaria nº. 1387, D.O. U de 09 de Julho

Leia mais

FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 Com sede Av. Doutor Augusto Moreira, 1704 e 1502 Casa Caiada - Olinda Legislação

Leia mais

EDITAL PRAC 04/2015 INSCRIÇÕES

EDITAL PRAC 04/2015 INSCRIÇÕES EDITAL PRAC 04/2015 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO EM CURSOS DE GRADUAÇÃO NAS MODALIDADES PRESENCIAL E EAD DA UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO, PARA ESTUDANTES PROVENIENTES DE TRANSFERÊNCIAS EXTERNAS,

Leia mais

FACULDADE DIREÇÃO GERAL NORMA 029 1/5

FACULDADE DIREÇÃO GERAL NORMA 029 1/5 1. Dos Requisitos e Documentos para o Ingresso Para ingressar nos cursos de ensino superior o candidato deve ter concluído o Ensino Médio, prestar processo seletivo da IES ou ingressar por uma das formas

Leia mais

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FTDR. Fortaleza Ceará

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FTDR. Fortaleza Ceará FACULDADE DARCY RIBEIRO Manual do Aluno FTDR Fortaleza Ceará SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 5 2. CURSOS... 5 3. PROCEDIMENTOS... 5 4. CARTEIRAS ESTUDANTIS... 12 5. DIREITOS E DEVERES DO ALUNO... 13 6. REGIME

Leia mais

2. Do Processo Seletivo 3. Das vagas

2. Do Processo Seletivo 3. Das vagas EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA DESTRANCAMENTO DE MATRÍCULA, DESTRANCAMENTO DE MATRÍCULA COM REOPÇÃO, ACEITAÇÃO DE TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS REGULARES PARA CURSOS AFINS, REOPÇÃO DE CURSO, OBTENÇÃO DE NOVO

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA SISTEMA DE BIBLIOTECAS - SIBI NORMAS E PROCEDIMENTOS DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UCB

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA SISTEMA DE BIBLIOTECAS - SIBI NORMAS E PROCEDIMENTOS DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UCB UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA SISTEMA DE BIBLIOTECAS - SIBI NORMAS E PROCEDIMENTOS DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UCB 2013 SUMÁRIO 1 DA INTRODUÇÃO... 3 2 DO OBJETIVO... 3 3 DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO...

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE MAURICIO DE NASSAU DE BELÉM MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL CREDENCIAMENTO: PORTARIA Nº 571, DE 13 DE MAIO DE, DOU 16 DE MAIO DE SEÇÃO I EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 O Diretor da Faculdade

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2015 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2015 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB EDITAL CURSOS TÉCNICOS Instituto Bondespachense Presidente Antônio Carlos - IBPAC FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB BOM DESPACHO 2013 SUMÁRIO 1 EDITAL... 03 2. HISTÓRICO... 04 3. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO 1. Abertura O Pró-Reitor Acadêmico da Universidade de Caxias do Sul, no uso de suas atribuições, torna públicas as condições que regem o encaminhamento

Leia mais

RESPOSTAS RÁPIDAS A PERGUNTAS FREQUENTES INSCRIÇÕES E MATRÍCULA

RESPOSTAS RÁPIDAS A PERGUNTAS FREQUENTES INSCRIÇÕES E MATRÍCULA RESPOSTAS RÁPIDAS A PERGUNTAS FREQUENTES INSCRIÇÕES E MATRÍCULA 1. Como fazer para me inscrever num dos Programas de Pós-graduação Lato Sensu da FADBA? Basta consultar nossa página através do site www.adventista.edu/pos.

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC 2014 ÍNDICE CAPÍTULO I... 3 Da Constituição, Natureza, Finalidade e Objetivos dos Cursos... 3 CAPÍTULO II... 3 Da Implantação dos Cursos...

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE ALUNOS 2014/1 EDITAL N.º 023/2013

CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE ALUNOS 2014/1 EDITAL N.º 023/2013 1. ABERTURA CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE ALUNOS 2014/1 EDITAL N.º 023/2013 O Reitor do Centro Universitário La Salle UNILASALLE, na forma do que dispõe o art. 44, Inciso

Leia mais

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL. Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/89. e publicada no D.O.U em 11/12/89, Seção I, p.22.

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL. Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/89. e publicada no D.O.U em 11/12/89, Seção I, p.22. UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 681, de 07/12/89 e publicada no D.O.U em 11/12/89, Seção I, p.22.684 EDITAL PARA INGRESSO EXTRAVESTIBULAR 1º Semestre/2016 O Reitor

Leia mais

FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS

FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS CREDENCIAMENTO: PORTARIA MEC Nº 601 DE 20.05.2008, DOU 21DE MAIO DE 2008 SEÇÃO I. EDITAL DO PROCESSO

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 171/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 171/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 171/2015 Dispõe sobre as normas e fixa o calendário e o número de vagas para o Processo Seletivo Verão-2016, para os cursos de graduação presenciais da Universidade de Taubaté UNITAU.

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA EDITAL SIMPLIFICADO VESTIBULAR UniCEUB DE 2016 1º PROCESSO SELETIVO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA EDITAL SIMPLIFICADO VESTIBULAR UniCEUB DE 2016 1º PROCESSO SELETIVO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA EDITAL SIMPLIFICADO VESTIBULAR UniCEUB DE 2016 1º PROCESSO SELETIVO O reitor do Centro Universitário de Brasília - UniCEUB - faz saber mediante o presente edital que estarão

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Instrução Normativa n o 03/2013 PROGRAD

Leia mais

REGIMENTO DO SETOR REGISTROS ACADÊMICOS

REGIMENTO DO SETOR REGISTROS ACADÊMICOS REGIMENTO DO SETOR REGISTROS ACADÊMICOS CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES INICIAIS DAS COMPETÊNCIAS Art. 1º O Setor de Registros Acadêmicos - SRA é o órgão que operacionaliza todas as atividades ligadas à vida

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR E PARA TRANSFERÊNCIA DE OUTRA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR

PROCESSO SELETIVO PARA PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR E PARA TRANSFERÊNCIA DE OUTRA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PROCESSO SELETIVO PARA PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR E PARA TRANSFERÊNCIA DE OUTRA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR O reitor do Centro Universitário de Brasília - UniCEUB - faz saber, mediante

Leia mais

Processo Seletivo 2º semestre/2015 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas

Processo Seletivo 2º semestre/2015 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas Processo Seletivo 2º semestre/2015 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas A Cruzeiro do Sul Educacional S.A, entidade mantenedora da Universidade Cruzeiro do Sul, e controladora

Leia mais

EDITAL Nº 039, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2013 PROCESSO SELETIVO CONCURSO VESTIBULAR AGENDADO

EDITAL Nº 039, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2013 PROCESSO SELETIVO CONCURSO VESTIBULAR AGENDADO EDITAL Nº 039, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2013 PROCESSO SELETIVO CONCURSO VESTIBULAR AGENDADO O Diretor Geral da Faculdade Ingá, Instituição de Ensino Superior credenciada pela Portaria Ministerial nº. 1908/99,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2016 / 1 Semestre

PROCESSO SELETIVO 2016 / 1 Semestre PROCESSO SELETIVO 2016 / 1 Semestre A Diretora Acadêmica do Centro Universitário Hermínio da Silveira - IBMR, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, na conformidade do que dispõe a Legislação

Leia mais

MANUAL DO ALUNO 2014

MANUAL DO ALUNO 2014 MANUAL DO ALUNO 2014 APRESENTAÇÃO Caro Acadêmico, Agradecemos por você ter escolhido o IESG para sua formação profissional. No Manual do Aluno você encontrará informações importantes e necessárias para

Leia mais

Faculdade Escola Paulista de Direito

Faculdade Escola Paulista de Direito Faculdade Escola Paulista de Direito MANUAL DO ALUNO Este manual tem por finalidade informar à comunidade universitária as normas e os procedimentos acadêmicos institucionais da Faculdade Escola Paulista

Leia mais

EDITAL nº 092/2014 VALORES DOS SERVIÇOS EDUCACIONAIS PARA O ANO DE 2015

EDITAL nº 092/2014 VALORES DOS SERVIÇOS EDUCACIONAIS PARA O ANO DE 2015 EDITAL nº 092/2014 VALORES DOS SERVIÇOS EDUCACIONAIS PARA O ANO DE 2015 Por ordem do Prof. Me. João Batista Gomes de Lima, Magnífico Reitor do Centro Universitário São Camilo Campus Ipiranga, inscrito

Leia mais

Legislação Universitária de Interesse do Estudante. Aspectos da legislação universitária que dizem respeito ao estudante de graduação.

Legislação Universitária de Interesse do Estudante. Aspectos da legislação universitária que dizem respeito ao estudante de graduação. Legislação Universitária de Interesse do Estudante Aspectos da legislação universitária que dizem respeito ao estudante de graduação. Calendário Escolar O Calendário Escolar que é fixado através de Portaria

Leia mais

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FADR

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FADR FACULDADE DARCY RIBEIRO Manual do Aluno FADR Fortaleza Ceará SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. CURSOS... 3 2. PROCEDIMENTOS... 3 3. CARTEIRAS ESTUDANTIS... 10 4. DIREITOS E DEVERES DO ALUNO... 11 5. REGIME

Leia mais

Processo Seletivo 1º semestre/2016 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas

Processo Seletivo 1º semestre/2016 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas Processo Seletivo 1º semestre/2016 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas A Cruzeiro do Sul Educacional S.A, entidade mantenedora da Universidade Cruzeiro do Sul, e controladora

Leia mais

REGULAMENTOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

REGULAMENTOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO REGULAMENTOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 1. Admissão aos Cursos 2. Matrícula Inicial 3. Matrícula em Disciplinas 4. Alteração de Matrícula em Disciplinas 5. Progressão nas Séries 6. Coeficiente de Rendimento

Leia mais

COMUNICADO DE MATRÍCULA PROCESSO SELETIVO DE VERÃO - UNITAU 2016

COMUNICADO DE MATRÍCULA PROCESSO SELETIVO DE VERÃO - UNITAU 2016 COMUNICADO DE MATRÍCULA PROCESSO SELETIVO DE VERÃO - UNITAU 1 DIVULGAÇÃO DOS GABARITOS E DAS PROVAS Data: 06/12/2015 a partir das 17h, na internet. As provas estarão disponíveis em www.unitau.br 2 DIVULGAÇÃO

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL

CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL CONCURSO VESTIBULAR 2016.1 EDITAL A REITORA do Centro Universitário de João Pessoa UNIPÊ faz saber, pelo presente EDITAL, que estão sendo abertas durante o período, de 15 de setembro de 2015 a 11 de março

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12/12/2007, republicada em

Leia mais

EDITAL N.º 002 /2010, de 2 de junho de 2010 NORMAS DO PROCESSO SELETIVO DO 2º SEMESTRE DE 2010 DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ.

EDITAL N.º 002 /2010, de 2 de junho de 2010 NORMAS DO PROCESSO SELETIVO DO 2º SEMESTRE DE 2010 DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ. EDITAL N.º 002 /2010, de 2 de junho de 2010 NORMAS DO PROCESSO SELETIVO DO 2º SEMESTRE DE 2010 DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ. O Centro Universitário de Maringá CESUMAR - torna pública as normas do

Leia mais

A PUCRS oferece a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de transferência a partir de 17 de setembro de 2015.

A PUCRS oferece a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de transferência a partir de 17 de setembro de 2015. Ingresso Extravestibular 2016/1 - Transferência A PUCRS oferece a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de transferência a partir de 17 de setembro de 2015. Não serão

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR A Universidade Salvador UNIFACS, em conformidade com seu Regimento Geral, torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

FACULDADE MISSIONEIRA DO PARANÁ Biblioteca CINTEC REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPITULO I DA NATUREZA

FACULDADE MISSIONEIRA DO PARANÁ Biblioteca CINTEC REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPITULO I DA NATUREZA FACULDADE MISSIONEIRA DO PARANÁ Biblioteca CINTEC REGULAMENTO DA BIBLIOTECA CAPITULO I DA NATUREZA Art. 1º - A Biblioteca CINTEC da Faculdade Missioneira do Paraná é um órgão suplementar subordinado à

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA EDITAL SIMPLIFICADO VESTIBULAR DE VERÃO PROCESSO SELETIVO - UniCEUB DE 2015

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA EDITAL SIMPLIFICADO VESTIBULAR DE VERÃO PROCESSO SELETIVO - UniCEUB DE 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA EDITAL SIMPLIFICADO VESTIBULAR DE VERÃO PROCESSO SELETIVO - UniCEUB DE 2015 O reitor do Centro Universitário de Brasília - UniCEUB - faz saber mediante o presente edital

Leia mais

Regulamento Geral dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu

Regulamento Geral dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu VICE-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA Regulamento Geral dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu CAPÍTULO I DA FINALIDADE E DA ORGANIZAÇÃO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO Art. 1º Os Programas de

Leia mais

EDITAL REITORIA UNIRP n o 06/2015 PROCESSOS SELETIVOS 2015 MODALIDADE PRESENCIAL

EDITAL REITORIA UNIRP n o 06/2015 PROCESSOS SELETIVOS 2015 MODALIDADE PRESENCIAL EDITAL REITORIA UNIRP n o 06/2015 PROCESSOS SELETIVOS 2015 MODALIDADE PRESENCIAL O Reitor do Centro Universitário de Rio Preto - UNIRP, no uso de suas atribuições, faz saber que os Processos Seletivos

Leia mais

REITORIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO, em 26 de junho de 2015. Prof. Anísio Brasileiro de Freitas Dourado Reitor

REITORIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO, em 26 de junho de 2015. Prof. Anísio Brasileiro de Freitas Dourado Reitor O Magnífico Vice-Reitor da Universidade Federal de Pernambuco no uso das atribuições que lhe confere o artigo 33, alínea p do Estatuto da Universidade e, CONSIDERANDO - que a regulamentação do assunto

Leia mais

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO 1. Abertura O Pró-Reitor Acadêmico da Universidade de Caxias do Sul, no uso de suas atribuições, torna públicas as condições que regem o encaminhamento

Leia mais

SUMÁRIO. Regimento da Matrícula...03. Reingresso do Aluno por Processo Seletivo Especial...04. Trancamento e Cancelamento de Matrícula...

SUMÁRIO. Regimento da Matrícula...03. Reingresso do Aluno por Processo Seletivo Especial...04. Trancamento e Cancelamento de Matrícula... SUMÁRIO Regimento da Matrícula...03 Reingresso do Aluno por Processo Seletivo Especial...04 Trancamento e Cancelamento de Matrícula...05 Transferências e Aproveitamento de Estudos...05 Critérios de Avaliação

Leia mais

UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO UNICASTELO PROCESSO SELETIVO UNICASTELO EDITAL DO VESTIBULAR 2015/1

UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO UNICASTELO PROCESSO SELETIVO UNICASTELO EDITAL DO VESTIBULAR 2015/1 UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO UNICASTELO PROCESSO SELETIVO UNICASTELO EDITAL DO VESTIBULAR 2015/1 A UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO UNICASTELO, mantida pelo CÍRCULO DE TRABALHADORES CRISTÃOS DO

Leia mais

EDITAL Nº. 76/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1

EDITAL Nº. 76/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1 EDITAL Nº. 76/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1 O Diretor Superintendente da Faculdade Autônoma de Direito FADISP, no uso de suas atribuições regimentais e em acordo com a Lei nº. 9394/1996 das Diretrizes

Leia mais

UNICESUMAR - CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ - EDITAL N.º 20/2015, de 28 de abril de 2015. CAPÍTULO I DA FINALIDADE CAPÍTULO II DA INSCRIÇÃO

UNICESUMAR - CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ - EDITAL N.º 20/2015, de 28 de abril de 2015. CAPÍTULO I DA FINALIDADE CAPÍTULO II DA INSCRIÇÃO UNICESUMAR - CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ - EDITAL N.º 20/2015, de 28 de abril de 2015. NORMAS DO PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CENTRO UNIVERSITÁRIO CESUMAR EM 2015/2. O Centro Universitário Cesumar

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES 2012

REGULAMENTO PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES 2012 REGULAMENTO PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES 2012 1) Constitui pré requisito para o ingresso no Programa Especial de Formação Pedagógica de Docentes 2012 UNINOVE a apresentação de Diploma

Leia mais

EDITAL. PROCESSO SELETIVO 2015 / 1 Semestre

EDITAL. PROCESSO SELETIVO 2015 / 1 Semestre 1 EDITAL PROCESSO SELETIVO 2015 / 1 Semestre A Diretora Acadêmica do Centro Universitário Hermínio da Silveira-IBMR, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, na conformidade do que dispõe a Legislação

Leia mais

GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe

GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe Sumário Título I Dos Cursos de Pós Graduação e suas finalidades...1 Título II Dos Cursos de Pós Graduação em Sentido Lato...1 Título III Dos Cursos de

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO. Ingressantes 2010. Junho/2010 Página 1 de 14

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO. Ingressantes 2010. Junho/2010 Página 1 de 14 REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO Ingressantes 2010 Página 1 de 14 SUMÁRIO 1. OBJETIVO DO CURSO 2. ESTRUTURA DO CURSO 2.1) Visão geral 2.2) Pré-requisitos 2.3) Critérios de contagem

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO -2013.2-

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO -2013.2- UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO -2013.2- A Universidade Castelo Branco torna público o presente Edital com normas, rotinas e procedimentos relativos ao Processo Seletivo para ingresso

Leia mais

REGULAMENTO ACADÊMICO DOS CURSOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO DO IFGOIAS

REGULAMENTO ACADÊMICO DOS CURSOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO DO IFGOIAS REGULAMENTO ACADÊMICO DOS CURSOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO DO IFGOIAS Goiânia 2010 REGULAMENTO ACADÊMICO DOS CURSOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE

Leia mais

EDITAL Nº. 17/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/1

EDITAL Nº. 17/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/1 EDITAL Nº. 17/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/1 O Diretor Superintendente da Faculdade Autônoma de Direito FADISP, no uso de suas atribuições regimentais e em acordo com a Lei nº. 9394/1996 das Diretrizes

Leia mais

1 Cursos, Turnos, número de vagas e Locais de realização dos cursos (Notas de 1 a 6 encontram-se detalhadas ao final do quadro seguinte)

1 Cursos, Turnos, número de vagas e Locais de realização dos cursos (Notas de 1 a 6 encontram-se detalhadas ao final do quadro seguinte) PRÓ-REITORIA ACADÊMICA - PROACAD 1 o PROCESSO SELETIVO DE 2015 TRANSFERÊNCIA INTERNA EDITAL N o 29 / 2015 PROACAD A Pró-Reitoria Acadêmica PROACAD torna públicas, para conhecimento dos interessados, as

Leia mais

EDITAL Nº 034/ProEn-SecExc/2012

EDITAL Nº 034/ProEn-SecExc/2012 EDITAL Nº 034/ProEn-SecExc/2012 DIVULGA O CALENDÁRIO, OS PROCEDIMENTOS E AS CONDIÇÕES PARA A MATRÍCULA DOS ALUNOS VETERANOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO OFERTADOS EM REGIME REGULAR, PARA O 2º SEMESTRE DE 2012.

Leia mais

EDITAL 2º PROCESSO SELETIVO UNIFEG 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL GUAXUPÉ UNIFEG

EDITAL 2º PROCESSO SELETIVO UNIFEG 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL GUAXUPÉ UNIFEG EDITAL 2º PROCESSO SELETIVO UNIFEG 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL GUAXUPÉ UNIFEG Em conformidade com o disposto no Inciso II do Artigo 44 da Lei 9.394 de 20/12/1996, Portaria nº 391

Leia mais

PORTARIA Prac Nº 011/2014

PORTARIA Prac Nº 011/2014 PORTARIA Prac Nº 011/2014 Dispõe sobre a destinação de vagas remanescentes e as normas e procedimentos a serem aplicados no 1º período letivo de 2015, exclusivamente para os casos de Transferência de outra

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA Estabelece procedimentos para o uso do espaço físico das Bibliotecas das Faculdades Ponta Grossa e dos serviços prestados pelas mesmas. CAPÍTULO I COMPOSIÇÃO E FINALIDADE Art.

Leia mais

Calendário de Matrícula 1º Semestre de 2015. Calendário para Assinatura do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e do Plano de Estudos

Calendário de Matrícula 1º Semestre de 2015. Calendário para Assinatura do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e do Plano de Estudos Calendário de Matrícula 1º Semestre de 2015 Calendário para Assinatura do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e do Plano de Estudos 2 e 3/1 Direito e Nutrição. 5/1 - Ciência da Computação, Sistemas

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015 2 Edital do Processo Seletivo 2015 CAPÍTULO I DO PROCESSO SELETIVO Artigo 1º. De conformidade com o disposto na Lei 9394, de 20/12/96, Pareceres 95, de 01/12/98 e 98/99

Leia mais

REGULAMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

REGULAMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU REGULAMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU Res. Consun nº 96/10, de 24/11/10. Art. 1º Art. 2º Art. 3º Art. 4º TÍTULO I DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU CAPÍTULO I DAS FINALIDADES

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO 1 Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios, na modalidade a distância. O Reitor da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo MEC

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2016 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2016 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO EXTRAVESTIBULAR 2015.2 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E DIPLOMADOS, MODALIDADE A DISTÂNCIA

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO EXTRAVESTIBULAR 2015.2 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E DIPLOMADOS, MODALIDADE A DISTÂNCIA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADÊMICOS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO EXTRAVESTIBULAR 2015.2 A Diretoria de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria para

Leia mais

Processo de Outras Captações 2014/1

Processo de Outras Captações 2014/1 Processo de Outras Captações 2014/1 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA, OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO, OBTENÇÃO DE NOVA HABILITAÇÃO, REINGRESSO E REOPÇÃO DE CURSO 2014/1º O Reitor do Centro Universitário de

Leia mais

1. DA FORMA DE INGRESSO E OFERTA DE VAGAS DO PROCESSO SELETIVO

1. DA FORMA DE INGRESSO E OFERTA DE VAGAS DO PROCESSO SELETIVO A Universidade Castelo Branco torna público o presente Edital com normas, rotinas e procedimentos relativos ao Processo Seletivo para ingresso no 2º semestre de 2015 nos cursos de Graduação, na modalidade

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE MINAS GERAIS - FAMIG DOS OBJETIVOS

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE MINAS GERAIS - FAMIG DOS OBJETIVOS REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE MINAS GERAIS - FAMIG DOS OBJETIVOS Art. 1º. A Biblioteca tem por objetivos gerais: 1º. Coletar, organizar e difundir a documentação bibliográfica necessária aos programas

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2015 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2015 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2014 Coordenador: Prof. Dr. Eugênio Rondini Trivinho Vice-Coordenador: Prof. Dr. José Luiz Aidar Prado Estarão abertas, no período de U14/04/2014U a U05/05/2014U, as

Leia mais

Perguntas frequentes. 1. Enade. 1.1. Qual a legislação pertinente ao Enade? 1.2. O Enade é obrigatório? 1.3. Qual o objetivo do Enade?

Perguntas frequentes. 1. Enade. 1.1. Qual a legislação pertinente ao Enade? 1.2. O Enade é obrigatório? 1.3. Qual o objetivo do Enade? Perguntas frequentes 1. Enade 1.1. Qual a legislação pertinente ao Enade? Lei nº. 10.861, de 14 de abril de 2004: Criação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) Portaria Normativa

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ REGIMENTO DO PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ REGIMENTO DO PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ REGIMENTO DO PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO Belém-PA, janeiro/2015 REGIMENTO DO PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CAPÍTULO

Leia mais

REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UEPG

REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UEPG REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UEPG RESOLUÇÃO UNIV N o 19 DE 9 DE JULHO DE 2003. Com alterações Resolução Univ. nº15 de 28 de Março de 2007, Resolução Univ. nº138 de 16 de Maio de 2007 e Resolução

Leia mais

Processo de Outras Captações 2014/1

Processo de Outras Captações 2014/1 Processo de Outras Captações 2014/1 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA, OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO, OBTENÇÃO DE NOVA HABILITAÇÃO, REINGRESSO E REOPÇÃO DE CURSO 2014/1º O Reitor do Centro Universitário de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA O Universitário Módulo, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Fica aprovado, em anexo, o Regulamento dos Programas de Pós-Graduação Lato Sensu da FAE Centro Universitário.

R E S O L U Ç Ã O. Fica aprovado, em anexo, o Regulamento dos Programas de Pós-Graduação Lato Sensu da FAE Centro Universitário. RESOLUÇÃO CONSEPE 09/2009 APROVA O REGULAMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO. O Presidente do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE, no uso das

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 119/2011

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 119/2011 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 119/2011 Assunto: Altera a Resolução CEPE nº 96/2008, que dispõe sobre matrículas no Centro Universitário UNA. O Presidente

Leia mais

Regulamento Biblioteca

Regulamento Biblioteca Regulamento Biblioteca 2012 A Diretora Geral do Colégio e, no uso de suas atribuições regimentais, estabelece o presente regulamento da Biblioteca da Instituição. A Biblioteca do Colégio e, denominada

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007,republicada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO UFRJ INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS SOCIAIS BIBLIOTECA MARINA SÃO PAULO DE VASCONCELLOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO UFRJ INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS SOCIAIS BIBLIOTECA MARINA SÃO PAULO DE VASCONCELLOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO UFRJ INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS SOCIAIS BIBLIOTECA MARINA SÃO PAULO DE VASCONCELLOS REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PRESTADOS PELA BIBLIOTECA MARINA

Leia mais

FAE BUSINESS SCHOOL CENTRO UNIVERSITÁRIO REGULAMENTO DO SETOR DE REFERÊNCIA E CIRCULAÇÃO DA BIBLIOTECA FREI JOÃO CRISÓSTOMO ARNS

FAE BUSINESS SCHOOL CENTRO UNIVERSITÁRIO REGULAMENTO DO SETOR DE REFERÊNCIA E CIRCULAÇÃO DA BIBLIOTECA FREI JOÃO CRISÓSTOMO ARNS REGULAMENTO DO SETOR DE REFERÊNCIA E CIRCULAÇÃO DA BIBLIOTECA FREI JOÃO CRISÓSTOMO ARNS Este Regulamento normatiza os procedimentos a serem observados no tocante aos trabalhos desenvolvidos pelo Setor

Leia mais

PROGRAMA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIAS DO MEIO AMBIENTE REGULAMENTO

PROGRAMA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIAS DO MEIO AMBIENTE REGULAMENTO PROGRAMA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIAS DO MEIO AMBIENTE REGULAMENTO TÍTULO I : DAS DISPOSIÇÕES GERAIS TÍTULO II : DA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA Capítulo 1: Das atribuições

Leia mais

UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO. TERMO ADITIVO PROCESSO SELETIVO 2º/2015- Vagas Remanescentes

UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO. TERMO ADITIVO PROCESSO SELETIVO 2º/2015- Vagas Remanescentes UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO TERMO ADITIVO PROCESSO SELETIVO 2º/2015- Vagas Remanescentes 1 PROVA TRADICIONAL 1.1 Dos Períodos de Inscrição, Horários e Locais: O Processo Seletivo da Universidade Cidade

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007,republicada

Leia mais

FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO

FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO, FINS E OBJETIVOS Art. 1º As presentes normas visam regulamentar e disciplinar, em termos de sua administração,

Leia mais

REGULAMENTO I. FINALIDADE

REGULAMENTO I. FINALIDADE REGULAMENTO I. FINALIDADE Art. 1º As Bibliotecas do Centro Universitário Assunção UNIFAI, dispõe de 2 unidades distribuídas no Ipiranga e na Vila Mariana. Para melhor atender a todos que delas usufruem,

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA RESOLUÇÃO N.º 04 O Diretor Geral das Faculdades Integradas Santa Cruz de Curitiba, no uso de suas atribuições regimentais, estabelece o regulamento da Biblioteca das FARESC. A

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE SANTARÉM ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL LUTERANA DO BRASIL Portaria Ministerial nº 1992 D.O.U.

CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE SANTARÉM ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL LUTERANA DO BRASIL Portaria Ministerial nº 1992 D.O.U. CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE SANTARÉM ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL LUTERANA DO BRASIL Portaria Ministerial nº 1992 D.O.U. de 20/12/06 ATO EDITAL Nº 07/2014 Nos termos do Art. 54 do Regimento do Centro Universitário

Leia mais

Regulamento do Setor das Bibliotecas

Regulamento do Setor das Bibliotecas Regulamento do Setor das Bibliotecas Título I Preâmbulo Art. 1º Este regulamento estabelece as regras e normas das bibliotecas dos Campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha

Leia mais

EDITAL Nº 64/2015 (REPUBLICADO EM 26.06.2015) TRANSFERÊNCIA (ORIUNDO DE OUTRA INSTITUIÇÃO) E INGRESSO EM NOVO CURSO (PORTADOR DE DIPLOMA DE 3º GRAU)

EDITAL Nº 64/2015 (REPUBLICADO EM 26.06.2015) TRANSFERÊNCIA (ORIUNDO DE OUTRA INSTITUIÇÃO) E INGRESSO EM NOVO CURSO (PORTADOR DE DIPLOMA DE 3º GRAU) EDITAL Nº 64/2015 (REPUBLICADO EM 26.06.2015) TRANSFERÊNCIA (ORIUNDO DE OUTRA INSTITUIÇÃO) E INGRESSO EM NOVO CURSO (PORTADOR DE DIPLOMA DE 3º GRAU) 2015/2 A UNIVERSIDADE VILA VELHA-ES, mantida pela SEDES/UVV-ES,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2010

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2010 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2010 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO O Reitor do Centro Universitário Feevale, instituição de ensino superior recredenciada pela Portaria nº. 1.566, de 27 de maio

Leia mais