APROVAÇÃO E LICENÇA - RESIDENCIAL UNIFAMILIAR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APROVAÇÃO E LICENÇA - RESIDENCIAL UNIFAMILIAR"

Transcrição

1 APROVAÇÃO E LICENÇA - RESIDENCIAL UNIFAMILIAR 1. Formulário Padrão (fornecido pelo IMPLURB) devidamente preenchido, sendo imprescindível conter o nome do interessado, número do telefone, número do celular e e- mail do proprietário, do procurador e/ou responsável técnico. 2. Registro de imóvel ou escritura pública ou documento que comprove a posse mansa e pacífica do terreno. (conforme Portaria nº004/2012 PRES/IMPLURB). 3. No caso de Empresa, apresentar cartão do CNPJ, Contrato Social e/ou Alteração Contratual, Requerimento de Empresário. 4. Contrato de Locação se o imóvel for alugado. 5. CND - Certidão Negativa de Débitos ou Guia de quitação atual do IPTU ou Documento que comprove a isenção deste. Poderá ser apresentado a CPD Certidão Positiva de Débitos com efeito negativo, expedido pela SEMEF. 6. Anotação de Responsabilidade Técnica - ART de Autoria e Execução do profissional habilitado pelo CREA-AM ou Registro de Responsabilidade Técnica RRT de Autoria e Execução do profissional habilitado pelo CAU-AM. 7. Croqui de localização do imóvel, com indicação exata do lote na malha viária da cidade (incluir pontos de referência, tais como: nome das ruas do entorno, comércio, instituições, descrição do prédio/edificação, localização da via que possibilite a identificação do lote) (três) jogos de projeto arquitetônico completo e de acordo com normas da ABNT (devendo conter o número da ART/RRT de autoria e execução). Em cada planta deverá constar DECLARAÇÃO DE COMPROMISSO, assinada pelo proprietário, autor e responsável técnico, nos termos do Art. 19, Inciso V, da Lei n 673/ Memorial descritivo do sistema de esgotamento sanitário a ser executado na obra devidamente assinado pelo responsável técnico. 10. Projeto detalhado de fossa e sumidouro (se for o caso) e Esquema Geral do sistema de esgotamento sanitário. 11. Arquivo digital dos projetos arquitetônicos, em AutoCAD 2008 (*.dwg). Formalização e/ou Trâmite de processos por terceiros só será aceita por procuração reconhecida em cartório (solicitar modelo no balcão de atendimento). Em caso de não apresentar Registro de imóveis, anexar termo de compromisso registrado em cartório para entrega do mesmo na ocasião da solicitação do Habite-se. Importante: * Empreendimentos financiados pela Caixa Econômica não poderão conter Declaração de Compromisso, sendo assim serão analisados todos os parâmetros urbanísticos conforme previsto na lei. 1

2 APROVAÇÃO E LICENÇA DE CONDOMÍNIO DE LOTES E RESIDENCIAL MULTIFAMILIAR (TORRES) 1. Formulário Padrão (fornecido pelo IMPLURB) devidamente preenchido, sendo imprescindível conter o nome do interessado, número do telefone, número do celular e do proprietário, do procurador e/ou responsável técnico. 2. Registro de imóvel ou escritura pública ou documento que comprove a posse mansa e pacífica do terreno. (conforme Portaria nº004/2012 PRES/IMPLURB). 3. No caso de Empresa, apresentar cartão do CNPJ, Contrato Social e/ou Alteração Contratual, Requerimento de Empresário. 4. Contrato de Locação se o imóvel for alugado. 5. CND - Certidão Negativa de Débitos ou Guia de quitação atual do IPTU ou Documento que comprove a isenção deste (no caso de Termo de reserva da SUFRAMA ficam dispensados os mesmos). Poderá ser apresentado a CPD Certidão Positiva de Débitos com efeito negativo, expedido pela SEMEF. 6. Anotação de Responsabilidade Técnica - ART de Autoria e Execução do profissional habilitado pelo CREA ou Registro de Responsabilidade Técnica RRT de Autoria e Execução do profissional habilitado pelo CAU. 7. Croqui de localização do imóvel, com indicação exata do lote na malha viária da cidade (incluir pontos de referência, tais como: nome das ruas do entorno, comércio, instituições, descrição do prédio/edificação, localização da via que possibilite a identificação do lote). 8. Memorial descritivo do empreendimento (três) jogos de projeto arquitetônico completo e de acordo com normas da ABNT (devendo conter o número da ART/RRT de autoria e execução). Em cada planta deverá constar DECLARAÇÃO DE COMPROMISSO, assinada pelo proprietário, autor e responsável técnico, nos termos do Art. 19, Inciso V, da Lei n 673/02*. 10. Projeto urbanístico devendo conter no mínimo: a. Curso d' água, áreas alagadiças e mananciais. b. Áreas verdes e/ou lazer (devem equivaler a 5% e 10% do lote). c. Caixas viárias (pista de rolamento e passeios). d. Identificação de lotes, unidades habitacionais e quadras (quando for o caso). 11. Memorial descritivo do sistema de esgotamento sanitário a ser executado na obra devidamente assinado pelo responsável técnico. 12. Licença Ambiental de Instalação ou declaração do órgão ambiental informado à dispensa do licenciamento (empreendimentos acima de 48 unidades ou que farão uso de E.T.E). Para os empreendimentos em que não for necessário licenciamento ambiental por seu porte e uso, mas se utilizarem de Estação de Tratamento de Efluentes, fica determinado o prazo de 180 dias após a emissão do alvará de construção para apresentação da respectiva L.M.I, devendo ser apresentado a Licença Prévia ou de Conformidade do empreendimento no ato do pedido de licenciamento. 13. Projeto de análise de tráfego aprovado pelo órgão municipal responsável pelo trânsito (empreendimentos acima de 48 unidades e os classificados como Tipo-4 e Tipo-5, nos termos do Anexo IX da Lei 672/02). 14. Arquivo digital dos projetos arquitetônicos, em AutoCAD 2008 (*.dwg). 2

3 Formalização e/ou Trâmite de processos por terceiros só será aceita por procuração reconhecida em cartório (solicitar modelo no balcão de atendimento). Em caso de não apresentar Registro de imóveis, anexar termo de compromisso registrado em cartório para entrega do mesmo na ocasião da solicitação do Habite-se. Na planta de implantação deverá constar o respectivo quadro de áreas contendo no mínimo dados referente à: área verde, área de APP (se houver), área de pavimentação (vias e calçadas), área das edificações, área total do terreno, área total construída e área de permeabilidade. Obras implantadas nas áreas da SUFRAMA devem apresentar planta de implantação com carimbo aprovado daquele órgão e estão isentas da apresentação do EIV e análise de tráfego. Limite Máximo para condomínio de até ,00m², caso exceda será submetido à análise da CTPCU e CMDU. De acordo com o Art. 99 da lei n 672/02 poderá ser solicitado o Estudo de Impacto de Vizinhança, acompanhado do licenciamento ambiental e análise de tráfego aprovada pelo órgão municipal responsável pelo trânsito. Será concedido um prazo de 180 dias contados da data da licença para a entrega dos demais projetos complementares, devendo estar visados no CREA de AUTORIA/EXECUÇÃO e acompanhados de ART são eles: a. Projeto elétrico aprovado pela Amazonas Energia, em caso de subestação. b. Projeto Estrutural, caso exceda 03 (três) pavimentos. c. Projeto de esgotamento sanitário aprovado pela concessionária, em caso de E.T.E.. d. Projeto de combate a incêndio aprovado pelo Corpo de Bombeiros. Importante: Empreendimentos com mais de 40 (quarenta) contribuintes é obrigatório atender a Lei n 1.192, de 22/01/08 - Pró-Águas) * Empreendimentos financiados pela Caixa Econômica não poderão conter Declaração de Compromisso, sendo assim serão analisados todos os parâmetros urbanísticos conforme previsto na lei. 3

4 APROVAÇÃO E LICENÇA DE OBRA COMERCIAL, DE SERVIÇO OU INDUSTRIAL 1. Formulário Padrão (fornecido pelo IMPLURB) devidamente preenchido, sendo imprescindível conter o nome do interessado, número do telefone, número do celular e do proprietário, do procurador e/ou responsável técnico. 2. Registro de imóvel ou escritura pública ou documento que comprove a posse mansa e pacífica do terreno, caso o imóvel esteja inserido na área da SUFRAMA poderá ser apresentado Termo de Reserva.(conforme Portaria nº004/2012 PRES/IMPLURB). 3. Contrato de Locação se o imóvel for alugado. 4. CND - Certidão Negativa de Débitos ou Guia de quitação atual do IPTU ou Documento que comprove a isenção deste (no caso de Termo de reserva ficam dispensados os mesmos). Poderá ser apresentado a CPD Certidão Positiva de Débitos com efeito negativo, expedido pela SEMEF. 5. Anotação de Responsabilidade Técnica - ART de Autoria e Execução do profissional habilitado pelo CREA-AM ou Registro de Responsabilidade Técnica RRT de Autoria e Execução do profissional habilitado pelo CAU-AM. 6. Croqui de localização do imóvel, com indicação exata do lote na malha viária da cidade (incluir pontos de referência, tais como: nome das ruas do entorno, comércio, instituições, descrição do prédio/edificação, localização da via que possibilite a identificação do lote). 7. Memorial descritivo do empreendimento, definindo com clareza o uso pretendido (três) jogos de projeto arquitetônico completo e de acordo com normas da ABNT (devendo conter o número da ART/RRT de autoria e execução). Em cada planta deverá constar DECLARAÇÃO DE COMPROMISSO, assinada pelo proprietário, autor e responsável técnico, nos termos do Art. 19, Inciso V, da Lei n 673/02*. 9. Memorial descritivo do sistema de esgotamento sanitário a ser executado na obra devidamente assinado pelo responsável técnico. 10. Apresentar Licença Ambiental de Instalação ou Declaração do órgão ambiental informado à dispensa do licenciamento (industriais tipo 3, 4 e 5, comerciais e serviços tipo 4 e 5 e os que farão uso de E.T.E.). Para os empreendimentos em que não for necessário licenciamento ambiental por seu porte e uso, mas se utilizarem de Estação de Tratamento de Efluentes, fica determinado o prazo de 180 dias após a emissão do alvará de construção para apresentação da respectiva L.M.I, devendo ser apresentado a Licença Prévia ou de Conformidade do empreendimento no ato do pedido de licenciamento. 11. Projeto de análise de tráfego aprovado pelo órgão municipal responsável pelo trânsito (industriais tipo 3, 4 e 5, comerciais e serviços tipo 4 e 5, nos termos do anexo IX da Lei 672/02. 4

5 12. Arquivo digital dos projetos arquitetônicos, em AutoCAD 2008 (*.dwg). Formalização e/ou Trâmite de processos por terceiros só será aceita por procuração reconhecida em cartório (solicitar modelo no balcão de atendimento). Em caso de não apresentar Registro de imóveis, anexar termo de compromisso registrado em cartório para entrega do mesmo na ocasião da solicitação do Habite-se. Na planta de implantação deverá constar o respectivo quadro de áreas contendo no mínimo dados referente à: área verde, área de APP (se houver), área de pavimentação (vias e calçadas), área das edificações, área total do terreno, área total construída e área de permeabilidade. Obras implantadas nas áreas da SUFRAMA devem apresentar planta de implantação com carimbo aprovado daquele órgão e estão isentas da apresentação do EIV e análise de tráfego. De acordo com o Art. 99 da lei n 672/02 poderá ser solicitado o Estudo de Impacto de Vizinhança, acompanhado do licenciamento ambiental e análise de tráfego aprovada pelo órgão municipal responsável pelo trânsito. Será concedido um prazo de 180 dias contados da data da LICENÇA para a entrega dos demais projetos complementares, devendo estar visados no CREA de AUTORIA/EXECUÇÃO e acompanhados de ART são eles: a. Projeto elétrico aprovado pela Amazonas Energia, em caso de subestação. b. Projeto Estrutural, caso exceda 03 (três) pavimentos. c. Projeto de esgotamento sanitário aprovado pela concessionária, em caso de E.T.E. d. Projeto de combate a incêndio aprovado pelo Corpo de Bombeiros. Importante: Empreendimentos com mais de 40 (quarenta) contribuintes é obrigatório atender a Lei n 1.192, de 22/01/08 - Pró-Águas) * Empreendimentos financiados pela Caixa Econômica não poderão conter Declaração de Compromisso, sendo assim serão analisados todos os parâmetros urbanísticos conforme previsto na lei. 5

6 APROVAÇÃO E LICENÇA - POSTO DE COMBUSTÍVEL 1. Formulário Padrão (fornecido pelo IMPLURB) devidamente preenchido, sendo imprescindível conter o nome do interessado, número do telefone, número do celular e do proprietário, do procurador e/ou responsável técnico. 2. Registro de imóvel ou escritura pública ou documento que comprove a posse mansa e pacífica do terreno, caso o imóvel esteja inserido na área da SUFRAMA poderá ser apresentado Termo de Reserva. (conforme Portaria nº004/2012 PRES/IMPLURB). 3. Contrato de Locação se o imóvel for alugado. 4. CND - Certidão Negativa de Débitos ou Guia de quitação atual do IPTU ou Documento que comprove a isenção deste (no caso de Termo de reserva ficam dispensados os mesmos). Poderá ser apresentado a CPD Certidão Positiva de Débitos com efeito negativo, expedido pela SEMEF. 5. Anotação de Responsabilidade Técnica - ART de Autoria e Execução do profissional habilitado pelo CREA-AM ou Registro de Responsabilidade Técnica RRT de Autoria e Execução do profissional habilitado pelo CAU-AM. 6. Croqui de localização do imóvel, com indicação exata do lote na malha viária da cidade (incluir pontos de referência, tais como: nome das ruas do entorno, comércio, instituições, descrição do prédio/edificação, localização da via que possibilite a identificação do lote). 7. Memorial descritivo quanto ao uso do empreendimento (contendo n de tanques e bombas) (três) jogos de projeto arquitetônico completo e de acordo com normas da ABNT (devendo conter o número da ART/RRT de autoria e execução). Em cada planta deverá constar DECLARAÇÃO DE COMPROMISSO, assinada pelo proprietário, autor e responsável técnico, nos termos do Art. 19, Inciso V, da Lei n 673/02*. 9. Memorial descritivo do sistema de esgotamento sanitário a ser executado na obra devidamente assinado pelo responsável técnico. 10. Licença Ambiental de Instalação ou Declaração do órgão ambiental informado à dispensa do licenciamento. 11. Projeto de análise de tráfego aprovado pelo órgão municipal responsável pelo trânsito, nos termos do Plano Diretor, exceto os implantados nas áreas da Suframa. 12. Estudo de Impacto de Vizinhança, conforme Art. 99 da lei n 672/02, acompanhado do licenciamento ambiental e análise de trafego aprovada pelo órgão municipal responsável pelo trânsito. 13. Arquivo digital dos projetos arquitetônicos, em AutoCAD 2008 (*.dwg). 6

7 Formalização e/ou Trâmite de processos por terceiros só será aceita por procuração reconhecida em cartório (solicitar modelo no balcão de atendimento). Em caso de não apresentar Registro de imóveis, anexar termo de compromisso registrado em cartório para entrega do mesmo na ocasião da solicitação do Habite-se. Na planta de implantação deverá constar o respectivo quadro de áreas contendo no mínimo dados referente à: área verde, área de APP (se houver), área de pavimentação (vias e calçadas), área das edificações, área total do terreno, área total construída e área de permeabilidade. Obras implantadas nas áreas da SUFRAMA devem apresentar planta de implantação com carimbo aprovado daquele órgão e estão isentas da apresentação do EIV e análise de tráfego. Será concedido um prazo de 180 dias contados da data da LICENÇA para a entrega dos demais projetos complementares, devendo estar visados no CREA de AUTORIA/EXECUÇÃO e acompanhados de ART são eles: a. Projeto elétrico aprovado, em caso de subestação. b. Projeto Estrutural, caso exceda 03 pavimentos. c. Projeto de esgotamento sanitário aprovado pela concessionária, em caso de E.T.E. d. Projeto de combate a incêndio aprovado pelo Corpo de Bombeiros. Importante: Empreendimentos com mais de 40 (quarenta) contribuintes é obrigatório atender a Lei n 1.192, de 22/01/08 - Pró-Águas. * Empreendimentos financiados pela Caixa Econômica não poderão conter Declaração de Compromisso, sendo assim serão analisados todos os parâmetros urbanísticos conforme previsto na lei. 7

8 APROVAÇÃO E LICENÇA - TORRES DE TELEFONIA 1. Formulário Padrão (fornecido pelo IMPLURB) devidamente preenchido, sendo imprescindível conter o nome do interessado, número do telefone, número do celular e do proprietário, do procurador e/ou responsável técnico. 2. Registro de imóvel ou escritura pública ou documento que comprove a posse mansa e pacífica do terreno, caso o imóvel esteja inserido na área da SUFRAMA poderá ser apresentado Termo de Reserva.( conforme Portaria nº004/2012 PRES/IMPLURB). 3. Contrato de Locação se o imóvel for alugado. 4. CND - Certidão Negativa de Débitos ou Guia de quitação atual do IPTU ou Documento que comprove a isenção deste (no caso de Termo de reserva ficam dispensados os mesmos). Poderá ser apresentado a CPD Certidão Positiva de Débitos com efeito negativo, expedido pela SEMEF. 5. Anotação de Responsabilidade Técnica - ART de Autoria e Execução do profissional habilitado pelo CREA-AM ou Registro de Responsabilidade Técnica RRT de Autoria e Execução do profissional habilitado pelo CAU-AM. 6. Croqui de localização do imóvel, com indicação exata do lote na malha viária da cidade (incluir pontos de referência, tais como: nome das ruas do entorno, comércio, instituições, descrição do prédio/edificação, localização da via que possibilite a identificação do lote) (três) jogos de projeto arquitetônico completo e de acordo com normas da ABNT (devendo conter o número da ART/RRT de autoria e execução). Em cada planta deverá constar DECLARAÇÃO DE COMPROMISSO, assinada pelo proprietário, autor e responsável técnico, nos termos do Art. 19, Inciso V, da Lei n 673/ Licença Ambiental de Instalação ou Declaração do órgão ambiental informado à dispensa do licenciamento. 9. Estudo de Impacto de Vizinhança, conforme Art. 99 da lei n 672/02, acompanhado do licenciamento ambiental. 10. No projeto torna-se indispensável conter: Planta de localização. Planta de implantação. Elevação demonstrando altura máxima da torre. 11. Projeto estrutural com responsabilidade técnica. 12. Projeto do sistema de proteção contra descargas atmosféricas aprovado pelo Corpo de Bombeiros, poderá ser apresentado no prazo de 180 dias após o licenciamento da obra, considerando Art. 21 6º da Lei n 673/ Autorização do Comando Aéreo Regional para instalação da torre. 8

9 Formalização e/ou Trâmite de processos por terceiros só será aceita por procuração reconhecida em cartório (solicitar modelo no balcão de atendimento). Em caso de não apresentar Registro de imóveis, anexar termo de compromisso registrado em cartório para entrega do mesmo na ocasião da solicitação do Habite-se. Na planta de implantação deverá constar o respectivo quadro de áreas contendo no mínimo dados referente à: área verde, área de APP (se houver), área de pavimentação (vias e calçadas), área das edificações, área total do terreno, área total construída e área de permeabilidade. Obras implantadas nas áreas da SUFRAMA devem apresentar planta de implantação com carimbo aprovado daquele órgão e estão isentas da apresentação do EIV e análise de tráfego. 9

10 APROVAÇÃO E LICENÇA - SUBESTAÇÃO 1. Formulário Padrão (fornecido pelo IMPLURB) devidamente preenchido, sendo imprescindível conter o nome do interessado, número do telefone, número do celular e do proprietário, do procurador e/ou responsável técnico. 2. Registro de imóvel ou escritura pública ou documento que comprove a posse mansa e pacífica do terreno, caso o imóvel esteja inserido na área da SUFRAMA poderá ser apresentado Termo de Reserva. ( conforme Portaria nº004/2012 PRES/IMPLURB). 3. Contrato de Locação se o imóvel for alugado. 4. CND - Certidão Negativa de Débitos ou Guia de quitação atual do IPTU ou Documento que comprove a isenção deste (no caso de Termo de reserva ficam dispensados os mesmos). Poderá ser apresentado a CPD Certidão Positiva de Débitos com efeito negativo, expedido pela SEMEF. 5. Anotação de Responsabilidade Técnica - ART de Autoria e Execução do profissional habilitado pelo CREA-AM ou Registro de Responsabilidade Técnica RRT de Autoria e Execução do profissional habilitado pelo CAU-AM. 6. Croqui de localização do imóvel, com indicação exata do lote na malha viária da cidade (incluir pontos de referência, tais como: nome das ruas do entorno, comércio, instituições, descrição do prédio/edificação, localização da via que possibilite a identificação do lote). 7. Memorial descritivo da subestação (assinado pelo responsável técnico) (três) jogos de projeto arquitetônico completo e de acordo com normas da ABNT (devendo conter o número da ART/RRT de autoria e execução). Em cada planta deverá constar DECLARAÇÃO DE COMPROMISSO, assinada pelo proprietário, autor e responsável técnico, nos termos do Art. 19, Inciso V, da Lei n 673/ Licença Ambiental de Instalação ou Declaração do órgão ambiental informado à dispensa do licenciamento. 10. Estudo de Impacto de Vizinhança, conforme Art. 99 da lei n 672/02, acompanhado do licenciamento ambiental e análise de trafego aprovada pelo órgão municipal responsável pelo trânsito. 11. Projeto de combate a incêndio aprovado pelo Corpo de Bombeiros. Formalização e/ou Trâmite de processos por terceiros só será aceita por procuração reconhecida em cartório (solicitar modelo no balcão de atendimento). 10

11 Em caso de não apresentar Registro de imóveis, anexar termo de compromisso registrado em cartório para entrega do mesmo na ocasião da solicitação do Habite-se. Na planta de implantação deverá constar o respectivo quadro de áreas contendo no mínimo dados referente à: área verde, área de APP (se houver), área de pavimentação (vias e calçadas), área das edificações, área total do terreno, área total construída e área de permeabilidade. Obras implantadas nas áreas da SUFRAMA devem apresentar planta de implantação com carimbo aprovado daquele órgão e estão isentas da apresentação do EIV e análise de tráfego. 11

12 APROVAÇÃO E LICENÇA PARA MURO 1. Requerimento Padrão (fornecido pelo IMPLURB) devidamente preenchido, sendo imprescindível conter o nome do interessado, número do telefone comercial e número do celular e do proprietário, do procurador e/ou responsável técnico. 2. Registro de imóvel ou escritura pública ou documento que comprove a posse mansa e pacífica do terreno, caso o imóvel esteja inserido na área da SUFRAMA poderá ser apresentado Termo de Reserva. ( conforme Portaria nº004/2012 PRES/IMPLURB). 3. Certidão Negativa de Débitos ou Guia de quitação atual do IPTU ou Documento que comprove a isenção deste (no caso de Termo de reserva da SUFRAMA ficam dispensados os mesmos). Poderá ser apresentado a CPD Certidão Positiva de Débitos com efeito negativo, expedido pela SEMEF. 4. Croqui de localização do imóvel, com indicação exata do lote na malha viária da cidade (incluir pontos de referência, tais como: nome das ruas do entorno, comércio, instituições, descrição do prédio/edificação, localização da via que possibilite a identificação do lote); (dois) jogos de projeto, contendo: Planta de locação e/ou implantação do lote indicando limites e confrontações do mesmo e norte magnético; Corte e Elevação do muro (indicando a altura do mesmo); Perímetro da área a ser murada; Indicação da calçada e dimensão da mesma; 6. Muro acima de 1,80m deverá ser apresentado Anotação de Responsabilidade Técnica ART de Execução do profissional habilitado pelo CREA-AM ou Registro de Responsabilidade Técnica RRT de Execução do profissional habilitado pelo CAU/AM; 7. Formalização e/ou Trâmite de processos por terceiros só será aceita por procuração reconhecida em cartório (solicitar modelo no balcão de atendimento). Para os empreendimentos localizados na área da Suframa que contenham apenas o Termo de Reserva este deve ser apresentado, excluindo-se o itens 2 e 3 descritos acima. 12

REGULARIZAÇÃO E HABITE-SE DE OBRA UNIFAMILIAR

REGULARIZAÇÃO E HABITE-SE DE OBRA UNIFAMILIAR REGULARIZAÇÃO E HABITE-SE DE OBRA UNIFAMILIAR 3. CND - Certidão Negativa de Débitos ou Guia de quitação atual do IPTU ou Documento que comprove a isenção deste. 4. Contrato de Locação se o imóvel for alugado.

Leia mais

APROVAÇÃO E LICENÇA - RESIDENCIAL UNIFAMILIAR

APROVAÇÃO E LICENÇA - RESIDENCIAL UNIFAMILIAR APROVAÇÃO E LICENÇA - RESIDENCIAL UNIFAMILIAR 1. Formulário Padrão (fornecido pelo IMPLURB) devidamente preenchido, sendo imprescindível conter o nome do interessado, número do telefone, número do celular

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATÁ Secretaria de Planejamento e Orçamento Secretaria Executiva de Planejamento Urbano

PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATÁ Secretaria de Planejamento e Orçamento Secretaria Executiva de Planejamento Urbano PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATÁ Secretaria de Planejamento e Orçamento Secretaria Executiva de Planejamento Urbano 2014 CONCEITOS GERAIS DOS SERVIÇOS E Lei nº 3401/06 ( Plano Diretor), Lei nº 3420/07 (Código

Leia mais

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E HABITAÇÃO - SEMURH

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E HABITAÇÃO - SEMURH Documentos pessoais do requerente; Certidão Negativa do IPTU; Documento de responsabilidade técnica emitido pelo CREA ou CAU; Declaração do engenheiro ou arquiteto responsável pela obra; Aprovação do projeto

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO COORDENADORIA DE CONTROLE URBANO ANUÊNCIA PRÉVIA PARA CONSTRUÇÃO INICIAL DE EDIFICAÇÃO NÃO RESIDENCIAL

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO COORDENADORIA DE CONTROLE URBANO ANUÊNCIA PRÉVIA PARA CONSTRUÇÃO INICIAL DE EDIFICAÇÃO NÃO RESIDENCIAL ANUÊNCIA PRÉVIA PARA CONSTRUÇÃO INICIAL DE EDIFICAÇÃO NÃO RESIDENCIAL 1. Requerimento assinado pelo proprietário ou procurador legalmente constituído. 2. Nº da inscrição cadastral do imóvel para prova

Leia mais

CHEK LIST DE DOCUMENTAÇÕES PARA ABERTURA DE PROCESSOS COORDENADORIA DE URBANISMO ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO - UNIFAMILIAR

CHEK LIST DE DOCUMENTAÇÕES PARA ABERTURA DE PROCESSOS COORDENADORIA DE URBANISMO ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO - UNIFAMILIAR ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE MUNICÍPIO DE PARNAMIRIM SECRETARIA MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE E DO DESENVOLVIMENTO URBANO CHEK LIST DE DOCUMENTAÇÕES PARA ABERTURA DE PROCESSOS COORDENADORIA DE URBANISMO

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação. Documentação para aprovação

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação. Documentação para aprovação PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação DIRETORIA DE APROVAÇÃO DE PROJETOS Onde requerer: Praça de Atendimento 2 - Centro Administrativo Térreo Endereço: Avenida

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA OBTENÇÃO DO ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA OBTENÇÃO DO ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO NOME ou RAZÃO SOCIAL: NOME FANTASIA: DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA OBTENÇÃO DO ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO DOCUMENTOS APRESENTADOS SIM NÃO N.A* 1 Requerimento solicitando o Alvará de construção, conforme modelo

Leia mais

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Heber Xavier Ferreira Coordenador do COPLAN/ALTO VALE

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Heber Xavier Ferreira Coordenador do COPLAN/ALTO VALE RESOLUÇÃO COPLAN Nº 001/2012 O Coordenador do COPLAN/ALTO VALE, no exercício de suas atribuições e, atendendo a deliberação ocorrida na reunião ordinária do dia 07/12/2011, resolve: Art. 1º Fica aprovado,

Leia mais

SUPERINTENDENCIA ADMINISTRATIVA DE CONTROLE, FISCALIZAÇÃO E OBRAS SACFO. Município de Sumaré MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PROFISSIONAL

SUPERINTENDENCIA ADMINISTRATIVA DE CONTROLE, FISCALIZAÇÃO E OBRAS SACFO. Município de Sumaré MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PROFISSIONAL SUPERINTENDENCIA ADMINISTRATIVA DE CONTROLE, FISCALIZAÇÃO E OBRAS SACFO. Município de Sumaré MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PROFISSIONAL 1 APROVAÇÃO DE PROJETOS TRANSCRIÇÃO DE TRECHOS LEGISLAÇÃO PERTINENTE CÓDIGO

Leia mais

MANUAL PARA APROVAÇÃO DE PROJETOS

MANUAL PARA APROVAÇÃO DE PROJETOS MANUAL PARA APROVAÇÃO DE PROJETOS ORIENTAÇÕES SOBRE OS PROCEDIMENTOS REALIZADOS E OS SERVIÇOS PRESTADOS PELA SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVILVIMENTO URBANO SMDU, PARA APROVAÇÃO DE PROJETOS NO MUNICÍPIO

Leia mais

Manual da Construção. Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico

Manual da Construção. Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico Manual da Construção Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico APRESENTAÇÃO A presente cartilha é uma contribuição da Prefeitura Municipal de Viana, através da Secretaria de Planejamento

Leia mais

DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA AMBIENTAL DE ESTAÇÃO RÁDIO-BASE (ERB) Portaria SMMA nº 002/2012 e Lei Mun. 11.535/2005

DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA AMBIENTAL DE ESTAÇÃO RÁDIO-BASE (ERB) Portaria SMMA nº 002/2012 e Lei Mun. 11.535/2005 DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA AMBIENTAL DE ESTAÇÃO RÁDIO-BASE (ERB) Portaria SMMA nº 002/2012 e Lei Mun. 11.535/2005 ***TODOS OS DOCUMENTOS E PROJETOS ENTREGUES FICARÃO RETIDOS. *** TODOS OS PROJETOS

Leia mais

DOCUMENTOS SAC 1. INSCRIÇÃO NO CAU - CADASTRO ÚNICO DO MUNICÍPIO.

DOCUMENTOS SAC 1. INSCRIÇÃO NO CAU - CADASTRO ÚNICO DO MUNICÍPIO. DOCUMENTOS SAC 1. INSCRIÇÃO NO CAU - CADASTRO ÚNICO DO MUNICÍPIO. PESSOA JURÍDICA: a) instrumento de constituição primitivo e respectivas alterações, se houver, admitindo-se a Última alteração quando consolidada,

Leia mais

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST)

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) CÓDIGO 09.00 GRUPO/ATIVIDADES 09.07 Postos de Revenda de Combustíveis e Derivados de Petróleo com ou sem lavagem e ou lubrificação de veículos PPD M AGRUPAMENTO NORMATIVO

Leia mais

Tema: Aprovação de Loteamentos Município de Franca. Palestrante: Nicola Rossano Costa

Tema: Aprovação de Loteamentos Município de Franca. Palestrante: Nicola Rossano Costa Tema: Aprovação de Loteamentos Município de Franca Palestrante: Nicola Rossano Costa Leis Municipais Plano diretor Lei Complementar nº 050/2003 e posteriores alterações Plano viário Lei complementar nº

Leia mais

O Prefeito Municipal de Joinville, no exercício de suas atribuições, e com fundamento no inciso IX, do art. 68, da Lei Orgânica do Município,

O Prefeito Municipal de Joinville, no exercício de suas atribuições, e com fundamento no inciso IX, do art. 68, da Lei Orgânica do Município, DECRETO Nº 18.250, de 15 de setembro de 2011. Regulamenta o processo administrativo de aprovação de projetos, alvará para construção, reforma, ampliação, demolição, e vistoria final de edificações, uniformizando

Leia mais

Documentos CICAP - ampliação e reformas residenciais e conclusão de unidades comerciais.

Documentos CICAP - ampliação e reformas residenciais e conclusão de unidades comerciais. Documentos CICAP - ampliação e reformas residenciais e conclusão de unidades comerciais. Adicionar os documentos abaixo aos demais documentos do comprador. Certidão de Tributos Estaduais, da UF onde está

Leia mais

I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA PRÉVIA (LP) IMOBILIÁRIO

I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA PRÉVIA (LP) IMOBILIÁRIO I DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA PRÉVIA (LP) IMOBILIÁRIO ( ) Este documento Requerimento padrão do empreendedor ou representante legal; deve ser preenchido e assinado pelo requerente

Leia mais

VISTORIA PREVIA ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO (INICIO DE ATIVIDADE)

VISTORIA PREVIA ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO (INICIO DE ATIVIDADE) VISTORIA PREVIA REQUERIMENTO PREENCHIDO E ASSINADO PELO REPRESENTANTE LEGAL DA EMPRESA DECLARACAO A PROPRIO PUNHO INFORMANDO O RAMO DE ATIVIDADE GUIA DE IPTU DO ULTIMO ANO QUITADA LISTA DE DOCUMENTOS DISPONIVEL

Leia mais

ADEQUAÇÃO AO SISTEMA MUNICIPAL DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

ADEQUAÇÃO AO SISTEMA MUNICIPAL DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS ADEQUAÇÃO AO SISTEMA MUNICIPAL DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS Este documento. Requerimento padrão do empreendedor ou representante legal. Cadastro Descritivo da Atividade - Geral devidamente

Leia mais

CONCESSÃO DE VIABILIDADE TÉCNICA PARA NOVOS EMPREENDIMENTOS ENG.006.03.2015

CONCESSÃO DE VIABILIDADE TÉCNICA PARA NOVOS EMPREENDIMENTOS ENG.006.03.2015 CONCESSÃO DE VIABILIDADE TÉCNICA PARA NOVOS EMPREENDIMENTOS ENG.006.03.2015 OBJETIVO Estabelecer as regras e procedimentos para concessão de viabilidade técnica, aprovação de projetos e acompanhamento

Leia mais

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST)

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) ANÁLISE DOCUENTAL (CHECK LIST) CONSTRUÇÃO CIVIL CÓDIGO 10.00 GRUPO/ATIVIDADES CONSTRUÇÃO CIVIL PPD 10.01 Empreendimentos ultifamiliares Sem Infra- Estrutura (Condomínios e Conjuntos Habitacionais); 10.02

Leia mais

Cartilha para Aprovação de Projetos Habitacionais do Distrito Federal

Cartilha para Aprovação de Projetos Habitacionais do Distrito Federal Secretaria de Estado de Gestão do Território e Habitação Segeth Cartilha para Aprovação de Projetos Habitacionais do Distrito Federal Orientada pela Central de Aprovação de Projetos (CAP) CARTILHA PARA

Leia mais

LICENÇA DE INSTALAÇÃO LI

LICENÇA DE INSTALAÇÃO LI LICENÇA DE INSTALAÇÃO LI Autoriza o início da implementação do empreendimento ou atividade, de acordo com as especificações constantes dos planos, programas e projetos aprovados, incluindo as medidas de

Leia mais

DIVISÃO DE FISCALIZAÇÃO DE OBRAS

DIVISÃO DE FISCALIZAÇÃO DE OBRAS DIVISÃO DE FISCALIZAÇÃO DE OBRAS HABITE-SE CERTIDÃO RETIFICAÇÃO DE NÚMERO E DE ENDEREÇO CERTIDÃO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO PARA EMPREENDIMENTO DE USO RESIDENCIAL E NÃO RESIDENCIAL RENOVAÇÃO DE HABITE-SE/

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO

AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO PORTARIA ANP Nº 29, DE 9 DE FEVEREIRO DE 1999 Estabelece a regulamentação da atividade de distribuição de combustíveis líquidos derivados de petróleo, álcool combustível, mistura

Leia mais

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTOS DE ITAPIRA

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTOS DE ITAPIRA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO PARA LOTEAMENTOS URBANOS 1 DO OBJETIVO A presente Norma estabelece os requisitos mínimos a serem obedecidos

Leia mais

LICENÇA DE INSTALAÇÃO LI

LICENÇA DE INSTALAÇÃO LI LICENÇA DE INSTALAÇÃO LI Autoriza o início da implementação do empreendimento ou atividade, de acordo com as especificações constantes dos planos, programas e projetos aprovados, incluindo as medidas de

Leia mais

REGULARIZAÇÃO POSTO DE ABASTECIMENTO E SERVIÇOS DE VEÍCULOS

REGULARIZAÇÃO POSTO DE ABASTECIMENTO E SERVIÇOS DE VEÍCULOS POSTO DE ABASTECIMENTO E SERVIÇOS DE VEÍCULOS I- Requerimento (modelo fornecido pela EMURB), assinado pelo proprietário ou procurador legalmente constituído. II- Número da inscrição cadastral do imóvel

Leia mais

LICENCIAMENTO DE ENGENHOS PUBLICITÁRIOS

LICENCIAMENTO DE ENGENHOS PUBLICITÁRIOS LICENCIAMENTO DE ENGENHOS PUBLICITÁRIOS O Plano Diretor Urbano e Ambiental de Manaus através da Lei 674/2002 dispõe no art.64. A instalação de qualquer engenho publicitário depende da autorização da Prefeitura

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS CONSTANTES NO GUIA DE SERVIÇOS 2007 PMA

PERGUNTAS E RESPOSTAS CONSTANTES NO GUIA DE SERVIÇOS 2007 PMA PERGUNTAS E RESPOSTAS CONSTANTES NO GUIA DE SERVIÇOS 2007 PMA IMÓVEIS - EDIFICAÇÕES E LOTEAMENTOS A Prefeitura Municipal de Aracaju fiscaliza e licencia obras de edificação e de parcelamento do solo através

Leia mais

RESIDENCIAL SANTA MONICA MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I

RESIDENCIAL SANTA MONICA MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I RESIDENCIAL SANTA MONICA MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I CONTRATO N.º ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO DO RESIDENCIAL SANTA MÔNICA A INFRAESTRUTURA DE IMPLANTAÇÃO DO LOTEAMENTO RESIDENCIAL SANTA MONICA OBEDECERÁ

Leia mais

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) REGULARIZAÇÃO

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) REGULARIZAÇÃO ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) REGULARIZAÇÃO Regularização de Licença de Instalação (Empreendimento ou Atividade sem qualquer Licenciamento Ambiental) LICENÇA DE INSTALAÇÃO (Regularização) - Exigida nos

Leia mais

ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DO RAS - Obras de Telecomunicação

ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DO RAS - Obras de Telecomunicação 1 Informações iniciais Indentificação do empreendedor Responsável pelo empreendimento: Responsável pelo RAS ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DO RAS - Obras de Telecomunicação Razão Social CNPJ Telefone Nome CPF

Leia mais

PORTARIA GSF N 38/2013 Teresina (PI), 10 de junho de 2013.

PORTARIA GSF N 38/2013 Teresina (PI), 10 de junho de 2013. PORTARIA GSF N 38/2013 Teresina (PI), 10 de junho de 2013. Publicado no DOM n 1.528, de 14.06.2013 Dispõe sobre procedimentos para solicitações referentes ao Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU,

Leia mais

Estado de Mato Grosso Município de Tangará da Serra Assessoria Jurídica

Estado de Mato Grosso Município de Tangará da Serra Assessoria Jurídica MENSAGEM PROJETO DE LEI xxx/gp/2012 Tangará da Serra/MT, xx de xxxxxxxxxx de 2012. Excelentíssimo Senhor Presidente, Excelentíssimos (a) Senhores (a) Vereadores (a), Cumprimentando-o cordialmente, vimos

Leia mais

Instituto de Meio Ambiente de Alagoas IMA Diretoria da Presidência DIPRE Diretoria Técnica DIT Diretoria de Licenciamento DILIC POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

Instituto de Meio Ambiente de Alagoas IMA Diretoria da Presidência DIPRE Diretoria Técnica DIT Diretoria de Licenciamento DILIC POSTOS DE COMBUSTÍVEIS POSTOS DE COMBUSTÍVEIS LICENÇA PRÉVIA 1. Formulário de requerimento padrão dirigido à Presidência do IMA, devidamente preenchido e assinado; 2. Comprovante de pagamento da Taxa de Concessão da Licença

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO LICENCIAMENTO AMBIENTAL AMMA EUSÉBIO PARA CONSTRUÇÃO DE CASAS. ANÁLISE DOCUMENTAL

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO LICENCIAMENTO AMBIENTAL AMMA EUSÉBIO PARA CONSTRUÇÃO DE CASAS. ANÁLISE DOCUMENTAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO LICENCIAMENTO AMBIENTAL AMMA EUSÉBIO PARA CONSTRUÇÃO DE CASAS. ANÁLISE DOCUMENTAL SIT Nº ÍTEM 1 FASE I (LICENÇA PRÉVIA LP) Requerimento (formulário de solicitação) devidamente

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº126, DE 18 DE ABRIL DE 2008

LEI COMPLEMENTAR Nº126, DE 18 DE ABRIL DE 2008 LEI COMPLEMENTAR Nº126, DE 18 DE ABRIL DE 2008 Acrescenta dispositivos à Lei nº 1041, 11 de julho de 1979, que regula o loteamento de terrenos urbanos no Município de Dourados, e dá outras providências

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE ARQUITETURA

PROCEDIMENTO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE ARQUITETURA 1. PROCEDIMENTO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE Para primeira análise: I. Levantamento Planialtimétrico; II. Projeto de Arquitetura III. Memorial de Cálculo de Área Construída e Memorial de Cálculo de Área

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS CONSTANTES NO GUIA DE SERVIÇOS DA PREFEITURA

PERGUNTAS E RESPOSTAS CONSTANTES NO GUIA DE SERVIÇOS DA PREFEITURA PERGUNTAS E RESPOSTAS CONSTANTES NO GUIA DE SERVIÇOS DA PREFEITURA IMÓVEIS - EDIFICAÇÕES E LOTEAMENTOS A Prefeitura Municipal de Aracaju fiscaliza e licencia obras de edificação e de parcelamento do solo

Leia mais

I seja aprovado o projeto arquitetônico;

I seja aprovado o projeto arquitetônico; PROJETO DE LEI Nº 106/2015. INSTITUI A LICENÇA PRÉVIA PARA FUNCIONAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS QUE ESPECIFICA, EM IMÓVEIS E EDIFICAÇÕES QUE NÃO CUMPRAM OS REQUISITOS EXIGIDOS PELA LEGISLAÇÃO EM VIGOR PARA

Leia mais

Roteiros de Processos PASSO A PASSO

Roteiros de Processos PASSO A PASSO SECRETARIA DE PLANEJAMENTO Roteiros de Processos PASSO A PASSO Roteiro dos Processos da SEPLAN À Secretaria de Planejamento compete formular, planejar e implementar a política de planejamento e desenvolvimento

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MANUAL DE PROCEDIMENTOS PROJETOS E OBRAS PARTICULARES JUNDIAÍ cartilha_obras_pmj.indd 1 09/10/09 20:03 cartilha_obras_pmj.indd 2 09/10/09 20:03 ÍNDICE APRESENTAÇÃO [pag. 1] SERVIÇOS PRESTADOS PELA DIRETORIA

Leia mais

Bradesco Administradora de Consórcios Ltda.

Bradesco Administradora de Consórcios Ltda. Prezado(a) Consorciado(a), Para melhor atendê-lo, elaboramos este Guia Prático de Contratação de Imóvel destacando as modalidades de aquisição, fases do processo, documentos necessários, emissão e registro

Leia mais

Termo de Referência para Posto de Combustível no Município de Teresina

Termo de Referência para Posto de Combustível no Município de Teresina Termo de Referência para Posto de Combustível no Município de Teresina Requisitos e procedimentos para expedição do Licenciamento Ambiental de postos de combustíveis instalados/localizados e/ou a serem

Leia mais

Manual de Aprovação Eletrônica de Projetos

Manual de Aprovação Eletrônica de Projetos Manual de Aprovação Eletrônica de Projetos 1 Conteúdo Apresentação... 1 O que é a aprovação eletrônica de projetos?... 2 Quais os serviços disponíveis?... 3 Como cadastrar sua senha web?... 4 Aprovação

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE - SEA INSTITUTO ESTADUAL DO AMBIENTE

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE - SEA INSTITUTO ESTADUAL DO AMBIENTE GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE - SEA INSTITUTO ESTADUAL DO AMBIENTE RESOLUÇÃO INEA Nº 25 DE 20 DE DEZEMBRO DE 2010 ESTABELECE PROCEDIMENTOS PARA REQUERIMENTO DAS LICENÇAS

Leia mais

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST)

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) CÓDIGO 03.00 GRUPO/ATIVIDADES RESÍDUOS SÓLIDOS E PPD Armazenamento Temporário de Resíduos A 03.01 das Classes I Perigoso ou A Serviço de Saúde 03.02 Armazenamento Temporário

Leia mais

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DOS PROJETOS

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DOS PROJETOS MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DOS PROJETOS 1 1. AUTORIZAÇÕES E CADASTRAMENTO: Para entrada de profissionais e execução de serviços como LEVANTAMENTO PLANIALTIMÉTRICO e SONDAGEM, será necessária a autorização

Leia mais

Notas: Aprovada pela Deliberação Ceca nº 868, de 08 de maio de 1986. Publicada no DOERJ de 19 de maio de 1986

Notas: Aprovada pela Deliberação Ceca nº 868, de 08 de maio de 1986. Publicada no DOERJ de 19 de maio de 1986 IT-1815.R-5 - INSTRUÇÃO TÉCNICA PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE EDIFICAÇÕES RESIDENCIAIS MULTIFAMILIARES (PERMANENTES E TRANSITÓRIAS), GRUPAMENTOS DE EDIFICAÇÕES E CLUBES. Notas: Aprovada pela Deliberação

Leia mais

ISENÇÃO DE LICENCIAMENTO

ISENÇÃO DE LICENCIAMENTO ISENÇÃO DE LICENCIAMENTO 1. IDENTIFICAÇÃO Empresa/Interessado: Endereço: Bairro: Município: CEP: CNPJ/CPF: Telefone: Fax: E-mail: Atividade: Localização do empreendimento (Endereço): Bairro: CEP: Contato:

Leia mais

L E I Nº 3.469, DE 20 DE JANEIRO DE 2016.

L E I Nº 3.469, DE 20 DE JANEIRO DE 2016. AUTOR: PREFEITA MUNICIPAL, MARIA DA CONCEIÇÃO CALDAS RABHA A CÂMARA MUNICIPAL DE ANGRA DOS REIS APROVOU E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI: INSTITUI O PROGRAMA MUNICIPAL NOSSA CIDADE LEGAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST)

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) AGROPECUÁRIA CÓDIGO 01.00 GRUPO/ATIVIDADES AGROPECUÁRIA PPD AGRUPAMENTO NORMATIVO 01.01 Criação de Animais Sem Abate(avicultura,ovinocaprinocultura,suino M cultura,bovinocultura,escargot, ranicultura)

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL AMMA - EUSÉBIO ANÁLISE DOCUMENTAL PARA ANUÊNCIA DE LICENCIAMENTO

LICENCIAMENTO AMBIENTAL AMMA - EUSÉBIO ANÁLISE DOCUMENTAL PARA ANUÊNCIA DE LICENCIAMENTO SIT Nº ÍTEM 1 LICENCIAMENTO AMBIENTAL AMMA - EUSÉBIO ANÁLISE DOCUMENTAL PARA ANUÊNCIA DE LICENCIAMENTO Requerimento (formulário de solicitação) devidamente assinado pelo proprietário ou representante legal,

Leia mais

ANEXO I - DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INGRESSO DO PROCESSO DE ALVARÁ PROVISÓRIO

ANEXO I - DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INGRESSO DO PROCESSO DE ALVARÁ PROVISÓRIO ANEXOS AO DECRETO Nº 25.023 DE 28 DE DEZEMBRO DE 2009 ANEXO I - DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INGRESSO DO PROCESSO DE ALVARÁ PROVISÓRIO 2.Cópia do contrato de locação do imóvel onde funcionará a atividade,

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO -SEPLAN DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA EMISSÕES DE:

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO -SEPLAN DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA EMISSÕES DE: DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA EMISSÕES DE: 1. ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO / AMPLIAÇÃO /REFORMA / REGULARIZAÇÃO de Deve ter os dados do proprietário, dimensões do lote e ser registrada em cartório. Será aceito dimensões

Leia mais

Informações para Licenciamento Ambiental Municipal de PADARIAS, CONFEITARIAS E PASTELARIAS (2.640,10 Padarias, Confeitarias e Pastelarias)

Informações para Licenciamento Ambiental Municipal de PADARIAS, CONFEITARIAS E PASTELARIAS (2.640,10 Padarias, Confeitarias e Pastelarias) PADARIAS, CONFEITARIAS E PASTELARIAS (2.640,10 ) 1 - IDENTIFICAÇÃO DO EMPREENDEDOR Nome ou Razão Social: CNPJ: CPF: CGC/TE: Endereço (Rua/Av.) : nº: Bairro: CEP: Município: Telefone: Celular: e-mail: Contato

Leia mais

II Desenho na escala de 1:100 (uma para cem); III Cotas necessárias à perfeita compreensão do projeto; 1º - O projeto simplificado deverá apresentar:

II Desenho na escala de 1:100 (uma para cem); III Cotas necessárias à perfeita compreensão do projeto; 1º - O projeto simplificado deverá apresentar: Institui Projeto Simplificado e dispõe sobre a forma de apresentação de projetos de construção de edificações residenciais unifamiliares, e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE GUARATINGUETÁ

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE ATIVIDADES EM GERAL

TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE ATIVIDADES EM GERAL TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE ATIVIDADES EM GERAL O processo administrativo para aprovação e licenciamento de atividades em geral junto à Prefeitura Municipal de Santa Clara do Sul

Leia mais

PASSO A PASSO PARA APROVAÇÃO DE PROJETO NA COMISSÃO DE APROVAÇÃO DA LEI 97 de 10 de /09

PASSO A PASSO PARA APROVAÇÃO DE PROJETO NA COMISSÃO DE APROVAÇÃO DA LEI 97 de 10 de /09 PASSO A PASSO PARA APROVAÇÃO DE PROJETO NA COMISSÃO DE APROVAÇÃO DA LEI 97 de 10 de /09 1. O requerente deverá agendar junto à SMH uma análise prévia para enquadramento no programa Minha Casa Minha Vida

Leia mais

FORMULÁRIO 11 PADARIAS, PASTELARIAS, CONFEITARIAS, RESTAURANTES, SUPERMERCADOS E SIMILARES

FORMULÁRIO 11 PADARIAS, PASTELARIAS, CONFEITARIAS, RESTAURANTES, SUPERMERCADOS E SIMILARES FORMULÁRIO 11 PADARIAS, PASTELARIAS, CONFEITARIAS, RESTAURANTES, SUPERMERCADOS E SIMILARES FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO PARA LICENCIAMENTO AMBIENTAL A pessoa jurídica de direito privado, abaixo identificada,

Leia mais

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) GERAÇÃO, TRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) GERAÇÃO, TRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) GERAÇÃO, TRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃO DE CÓDIGO 11.00 GRUPO/ATIVIDADES GERAÇÃO, TRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃO DE PPD 11.01 Linhas de Distribuição B 11.02 Linhas de Transmissão

Leia mais

Relação de Documentos necessários para Aprovação de Projetos Particulares. Check-List. Gerência de Serviços Técnicos - Departamento de Projeto

Relação de Documentos necessários para Aprovação de Projetos Particulares. Check-List. Gerência de Serviços Técnicos - Departamento de Projeto Relação de Documentos necessários para Aprovação de Projetos Particulares Check-List Gerência de Serviços Técnicos - Departamento de Projeto Diretoria de Serviços Operacionais 1. RESUMO Relação de documentos

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSUNTOS JURÍDICOS

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSUNTOS JURÍDICOS LEI COMPLEMENTAR Nº 292, DE 3 DE FEVEREIRO DE 2014. Dispõe sobre a criação da Zona Especial de Interesse Social ZEIS Palmas Sul, estabelece normas para a implantação de Empreendimento Habitacional de Interesse

Leia mais

O 10. QUADROS DA NBR 12.721/2006, COM ART O 11. ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO O 12. ATESTADO DE IDONEIDADE FINANCEIRA O 13. CONTRATO-PADRÃO

O 10. QUADROS DA NBR 12.721/2006, COM ART O 11. ALVARÁ DE CONSTRUÇÃO O 12. ATESTADO DE IDONEIDADE FINANCEIRA O 13. CONTRATO-PADRÃO LISTA DE DOCUMENTOS 1 Lei 4.591/64, Provimento nº 260/CGJ/2013. O incorporador deverá apresentar, no Ofício de Registro de Imóveis, os seguintes documentos, organizados nesta ordem. CHECK LIST O 1. MEMORIAL

Leia mais

REGULARIZAÇÃO DE TERRENOS E IMÓVEIS

REGULARIZAÇÃO DE TERRENOS E IMÓVEIS REGULARIZAÇÃO DE TERRENOS E IMÓVEIS A regularização tira o imóvel da clandestinidade. Se o imóvel estiver irregular, pode sofrer ação da fiscalização a qualquer momento e ser multado pela infração que

Leia mais

Manual de procedimentos do Alvará de Licença e Funcionamento de Atividade

Manual de procedimentos do Alvará de Licença e Funcionamento de Atividade Manual de procedimentos do Alvará de Licença e Funcionamento de Atividade Prefeitura Municipal de São Leopoldo Secretaria Municipal da Fazenda Coordenadoria Tributária Divisão de Tributos Mobiliários Seção

Leia mais

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) COLETA, TRANSPORTE, ARMAZENAMENTO E TRATAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E PRODUTOS

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) COLETA, TRANSPORTE, ARMAZENAMENTO E TRATAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E PRODUTOS ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) CÓDIGO 03.00 GRUPO/ATIVIDADES RESÍDUOS SÓLIDOS E PPD Armazenamento Temporário de Resíduos A 03.01 das Classes I Perigoso ou A Serviço de Saúde 03.02 Armazenamento Temporário

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA FORMALIZAR PROCESSOS

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA FORMALIZAR PROCESSOS DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA FORMALIZAR PROCESSOS 01) ALTERAÇÃO DE DADOS NO CADASTRO IMOBILIÁRIO FISCAL ; - Registro do imóvel (emissão com menos de 1 ano); - CPF e identidade do titular ou dos sócios

Leia mais

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS 1 AUTORIZAÇÕES E CADASTRAMENTO Para entrada de profissionais e execução de serviços como LEVANTAMENTO PLANIALTIMÉTRICO e SONDAGEM, será necessária a autorização por

Leia mais

196,6 referente à habitação unifamiliar isolada e habitação multifamiliar única e isolada R$ 196,60.

196,6 referente à habitação unifamiliar isolada e habitação multifamiliar única e isolada R$ 196,60. ANEXO XII LICENÇA PARA EXECUÇÃO DE OBRAS OU SERVIÇOS DE ENGENHARIA 1.0 TERRENO R$ 1.0.1 Análise de terreno referente a desmembramento, remembramento e demarcação, com 163,89 área até 5.000m². 1.0.2 Análise

Leia mais

Instrução Normativa 004 de 16 de maio de 2005 da Bahia

Instrução Normativa 004 de 16 de maio de 2005 da Bahia Instrução Normativa 004 de 16 de maio de 2005 da Bahia Publicado no D.O.E. de 17 de maio de 2005. Orienta os órgãos da Administração Pública do Poder Executivo Estadual, quanto à incorporação de imóveis

Leia mais

Documento sujeito a revisões periódicas Natal RN CEP 59056-450 Tel: (84) 3232-2102 / 3232-1975 / 3232-2118

Documento sujeito a revisões periódicas Natal RN CEP 59056-450 Tel: (84) 3232-2102 / 3232-1975 / 3232-2118 Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Postos (Revendedores e de Abastecimento) e Sistemas

Leia mais

ORIENTAÇÕES INICIAIS PARA PROPRIETÁRIOS E ARQUITETOS

ORIENTAÇÕES INICIAIS PARA PROPRIETÁRIOS E ARQUITETOS 1. ROTEIRO PARA APROVAÇÃO E LIBERAÇÃO DE PROJETOS E OBRAS: PROJETOS A. Aprovação do Projetos pelo Depto. Técnico da Associação B. Aprovação do Projeto e Solicitação de Alvará de Construção na Prefeitura

Leia mais

INSTRUÇÕES BÁSICAS. Locatário Pessoa Física:

INSTRUÇÕES BÁSICAS. Locatário Pessoa Física: INSTRUÇÕES BÁSICAS O que é necessário para alugar um imóvel na Bandeirantes Imóveis? Para alugar quaisquer dos imóveis disponíveis na carteira de locação da Bandeirantes Imóveis siga os seguintes passos:

Leia mais

ORDEM DO DIA FLS.394 , ESTADO DE SÃO PAULO. OFíCIO GP. N. 196/2012 Proc. n", 3194/96. Senhor Presidente,

ORDEM DO DIA FLS.394 , ESTADO DE SÃO PAULO. OFíCIO GP. N. 196/2012 Proc. n, 3194/96. Senhor Presidente, ORDEM DO DIA FLS.394 "R" U~,.-:.-L.C. _~"'''' "'-'~ (".':N,~ -..,.~:..:-.;::..-

Leia mais

Relação de Documentos OBRIGATÓRIOS a ser encaminhado pela UTE ao Agente Financeiro UTE CÓDIGO DA PROPOSTA - -

Relação de Documentos OBRIGATÓRIOS a ser encaminhado pela UTE ao Agente Financeiro UTE CÓDIGO DA PROPOSTA - - UTE INFORMAÇÕES PARA CONTATO: NOME: TELEFONE: ( ) EMAIL: AGENTE FINANCEIRO DE ENCAMINHAMENTO DA PROPOSTA: ( ) BANCO DO BRASIL ( ) BANCO DO NORDESTE ( ) CAIXA ECONÔMICA FEDERAL LINHA DE FINANCIAMENTO: (

Leia mais

PREFEITURA DE SÃO LUIS SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E HABITAÇÃO SEMURH

PREFEITURA DE SÃO LUIS SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E HABITAÇÃO SEMURH Projeto de Lei nº, de de de Institui o primeiro plano municipal de incentivo à construção civil, e dá outras providências. O PREFEITO DE SÃO LUÍS, Capital do Estado do Maranhão Faço saber a todos os seus

Leia mais

MINUTA DE DECRETO. atribuição que lhe confere o art. 41, VI, da Lei Orgânica Municipal;

MINUTA DE DECRETO. atribuição que lhe confere o art. 41, VI, da Lei Orgânica Municipal; MINUTA DE DECRETO INSTITUI A APROVAÇÃO SIMPLIFICADA DE PROJETOS, REGULAMENTANDO A LEI COMPLEMENTAR Nº 102, DE 03 DE DEZEMBRO DE 2003 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE CUIABÁ-MT, no uso

Leia mais

Documento sujeito a revisões periódicas CEP 59056-450 Tel: (84) 3232-2102 / 3232-2118 / 3232-1975 / 0800-281-1975

Documento sujeito a revisões periódicas CEP 59056-450 Tel: (84) 3232-2102 / 3232-2118 / 3232-1975 / 0800-281-1975 Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Armazenamento e Comercialização de Produtos Agroquímicos

Leia mais

Instituto do Meio Ambiente ESTADO DE ALAGOAS DOCUMENTAÇÃO PARA POSTOS DE COMBUSTÍVEIS NOVOS

Instituto do Meio Ambiente ESTADO DE ALAGOAS DOCUMENTAÇÃO PARA POSTOS DE COMBUSTÍVEIS NOVOS DOCUMENTAÇÃO PARA POSTOS DE COMBUSTÍVEIS NOVOS LICENÇA PRÉVIA - Documentação necessária 1. Requerimento Padrão definido pelo IMA, devidamente preenchido e assinado; 2. Cadastro do empreendimento, definido

Leia mais

O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, Faço saber que a Câmara Legislativa do Distrito Federal decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, Faço saber que a Câmara Legislativa do Distrito Federal decreta e eu sanciono a seguinte Lei: PROJETO LEI COMPLEMENTAR Nº (Autoria do Projeto: Poder Executivo) Dispõe sobre loteamento fechado e alienação de lotes ou parcelas de terras públicas no território do Distrito Federal e dá outras providências.

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL BRASIL PREFEITURA DE ESTRELA Rua Julio de Castilhos, 380 Centro Estrela/RS Fone: 39811000

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL BRASIL PREFEITURA DE ESTRELA Rua Julio de Castilhos, 380 Centro Estrela/RS Fone: 39811000 PROJETO DE LEI Nº 044-02/2014 Acrescenta dispositivos à Lei Municipal nº 1.621, de 28 de dezembro de 1979, que dispõe sobre os loteamentos e dá outras providências. Art. 1º Além dos dispositivos constantes

Leia mais

DECRETO Nº 3941, DE 11 DE JANEIRO DE 2.012. APROVA A CARTILHA PARA PARCELAMENTO DO SOLO (LOTEAMENTOS E CONDOMÍNIOS URABANÍSTICOS).

DECRETO Nº 3941, DE 11 DE JANEIRO DE 2.012. APROVA A CARTILHA PARA PARCELAMENTO DO SOLO (LOTEAMENTOS E CONDOMÍNIOS URABANÍSTICOS). DECRETO Nº 3941, DE 11 DE JANEIRO DE 2.012. APROVA A CARTILHA PARA PARCELAMENTO DO SOLO (LOTEAMENTOS E CONDOMÍNIOS URABANÍSTICOS). O Prefeito Municipal de Uberaba, Estado de Minas Gerais, no uso das atribuições

Leia mais

Cartilha ALVARÁ L OCALIZAÇÃO E F UNCIONAMENTO

Cartilha ALVARÁ L OCALIZAÇÃO E F UNCIONAMENTO Cartilha ALVARÁ L OCALIZAÇÃO E F UNCIONAMENTO I NTRODUÇÃO Caro empreendedor, elaboramos esta cartilha com o objetivo de auxiliá-lo na abertura de novas empresas, licenciamentos e renovações de alvarás.

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA UTILIZAÇÃO DO FGTS (Check list) Modalidade: AQUISIÇÃO À VISTA (DAMP 1)

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA UTILIZAÇÃO DO FGTS (Check list) Modalidade: AQUISIÇÃO À VISTA (DAMP 1) (I) DO COMPRADOR ( ) Ficha Cadastral do Proponente (Original, preenchida, datada e assinada) ( ) Documento de Identidade de todos os compradores e seus respectivos cônjuges, se for o caso ( ) CPF de todos

Leia mais

CADERNO DE ORIENTAÇÕES LOCAÇÃO DE IMÓVEL UNIDADE REGIONAL BAHIA

CADERNO DE ORIENTAÇÕES LOCAÇÃO DE IMÓVEL UNIDADE REGIONAL BAHIA LOCAÇÃO DE IMÓVEL UNIDADE REGIONAL BAHIA Dezembro de 2013 SUMÁRIO 1. OBJETO... 3 2. GENERALIDADES... 3 3. DO EDIFÍCIO... 4 4. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, ELETRÔNICAS, DADOS E VOZ... 4 5. INSTALAÇÕES DE REFRIGERAÇÃO...

Leia mais

CARTILHA INSCRIÇÃO MUNICIPAL E REDESIM

CARTILHA INSCRIÇÃO MUNICIPAL E REDESIM CARTILHA INSCRIÇÃO MUNICIPAL E REDESIM 1- ATRAVÉS DA REDESIM PORTAL REGIN 1.1 -SOLICITAÇÃO DE INSCRIÇÃO MUNICIPAL ( EMPRESA SEM REGISTRO NA JUCEB) PASSO 1: PEDIDO DE VIABILIDADE DE INSCRIÇÃO A empresa

Leia mais

Guia do Requerente. Orientações de preenchimento

Guia do Requerente. Orientações de preenchimento Guia do Requerente Orientações de preenchimento Bem-vindo (a) ao nosso novo sistema on-line de atendimento Empresa Legal. Este documento é o Guia do Requerente. Ele o (a) ajudará em seu contato com o ambiente

Leia mais

- CERTIDÃO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO

- CERTIDÃO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO DIVISÃO DE FISCALIZAÇÃO DE OBRAS - HABITE-SE - CERTIDÃO RETIFICAÇÃO DE NÚMERO E DE ENDEREÇO - CERTIDÃO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO 1 ÍNDICE ÍTENS Pág. 1. HABITE-SE 1.1 Relação de documentos para protocolo

Leia mais

MANUAL DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

MANUAL DE ATENDIMENTO AO CLIENTE MANUAL DE ATENDIMENTO AO CLIENTE LOTEAMENTO GOLF GARDENS 1 INTRODUÇÃO VOCÊ É NOSSO CLIENTE ESPECIAL. Na parceria estabelecida entre as três empresas, caberá a CONSURB o relacionamento com os clientes.

Leia mais

Edição nº 51/2015 Brasília - DF, quinta-feira, 19 de março de 2015. Corregedoria PROVIMENTO Nº 44, DE 18 DE MARÇO DE 2015. Seção I Disposições Gerais

Edição nº 51/2015 Brasília - DF, quinta-feira, 19 de março de 2015. Corregedoria PROVIMENTO Nº 44, DE 18 DE MARÇO DE 2015. Seção I Disposições Gerais Corregedoria PROVIMENTO Nº 44, DE 18 DE MARÇO DE 2015 Estabelece normas gerais para o registro da regularização fundiária urbana. Seção I Disposições Gerais Art. 1º. O processo e os atos de registro da

Leia mais

LEI Nº 5.196. Disciplina a cobrança do IPTU, estimula a criação de loteamentos, e dá outras providências.

LEI Nº 5.196. Disciplina a cobrança do IPTU, estimula a criação de loteamentos, e dá outras providências. LEI Nº 5.196 Disciplina a cobrança do IPTU, estimula a criação de loteamentos, e dá outras providências. O POVO DE PELOTAS, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, POR SEU PREFEITO, FAZ SABER QUE SUA CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

O Feirão DA SUA CASA.

O Feirão DA SUA CASA. O Feirão DA SUA CASA. Tudo o que você queria saber sobre o financiamento da CAIXA para comprar, construir ou reformar sua casa. E tudo sobre o Programa Minha Casa Minha Vida para quem ganha até R$ 4.900,00.

Leia mais

RESOLUÇÃO CZPE N º 2, DE 15 DE MAIO DE 2009.

RESOLUÇÃO CZPE N º 2, DE 15 DE MAIO DE 2009. RESOLUÇÃO CZPE N º 2, DE 15 DE MAIO DE 2009. (DOU nº 93, de 19 de maio de 2009) Estabelece procedimentos para apresentação de Propostas de Criação de Zonas de Processamento de Exportação. O CONSELHO NACIONAL

Leia mais

Cachoeiro de Itapemirim (ES), segunda-feira, 16 de dezembro de 2013 DOM nº 4517 Página 10 PORTARIA Nº 895/2013

Cachoeiro de Itapemirim (ES), segunda-feira, 16 de dezembro de 2013 DOM nº 4517 Página 10 PORTARIA Nº 895/2013 Cachoeiro de Itapemirim (ES), segunda-feira, 16 de dezembro de 2013 DOM nº 4517 Página 10 PORTARIA Nº 895/2013 VIII. A implantação de sistema de coleta e tratamento de esgoto próprio requer anuência da

Leia mais

Considerando a necessidade de conferir maior agilidade na implantação das obras de saneamento básico, visando a melhoria da qualidade de vida;

Considerando a necessidade de conferir maior agilidade na implantação das obras de saneamento básico, visando a melhoria da qualidade de vida; 1 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010 Dispõe sobre licenciamento de sistemas de abastecimento de água e sistemas esgotamento sanitário, no Estado de Goiás. O Secretário da Secretaria do Meio Ambiente e dos

Leia mais

1º - O projeto apresentado para análise incluirá os seguintes itens:

1º - O projeto apresentado para análise incluirá os seguintes itens: Lei nº 2.409, de 26 março de 2003. Estabelece critérios para instalação de Estações de Rádio-Base ERB, de microcélulas de Telefonia e equipamentos afins, dando outras providências. (Lei alterada em função

Leia mais