FACULDADE DE COLIDER FACIDER Av. Senador Júlio Campos, 995 Loteamento Trevo- Colider-MT Fone: (066)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FACULDADE DE COLIDER FACIDER Av. Senador Júlio Campos, 995 Loteamento Trevo- Colider-MT Fone: (066) 3541-1080- E-mail:faculdadedecolider@hotmail."

Transcrição

1 NORMATIVA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE 2010/2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 10 DE JUNHO DE Dispõe sobre regulação em consonância com o Regimento Interno da IES, Regulamento de Estágio e Manual de Normas para a Elaboração do TCC, orientações e outros e dá outras providências. A Diretora do Centro de Pesquisa e Extensão da Faculdade de Colider, Direção Geral de Estágio, Direção Geral, Coordenação dos Cursos no uso das atribuições que lhe confere o Regimento Escolar da FACULDADE DE COLIDER FACIDER, aprovado pelo Senhor Ministro da Educação, aprovado pela Portaria nº 3318, de 02 de dezembro de 2002, Art. 4 o, Art. 6º, Art. 27º, Art. 30º e 34º, Art. 40º, Art. 50º e demais incisos e ou parágrafos que versam sobre a responsabilidade pertinente a regulamentação do assunto, bem como a legislação educacional pertinente, e CONSIDERANDO as disposições contidas nos artigos bem como legislação educacional, CONSIDERANDO a necessidade de uniformizar e racionalizar os procedimentos; CONSIDERANDO que a fase de conclusão de curso deve transcorrer de forma eficaz e efetiva e dentro do prazo previsto, estabelece-se a presente Normativa para o cumprimento da atividade propostas, resolve DO REGULAMENTO Art. 1º- Com base no Art. 10 da resolução CNE/CES n.º 9, de 29 de Setembro de 2004, que assevera que o TCC é componente curricular obrigatório desenvolvido individualmente, esta IES vem regulamentar os critérios de avaliação, procedimentos e mecanismos de avaliação a ser adotados para a referida disciplina.

2 Art.2º- O Trabalho de Conclusão de Curso TCC consiste na elaboração pelo aluno de um trabalho teórico-prático, valorizando a coerência das propostas com as finalidades do projeto pedagógico do Centro e com os objetivos do Curso. Art.3º- O trabalho de conclusão de curso é disciplinado em regimento próprio de cada curso e no Regulamento do Estágio Curricular Supervisionado, bem como compõem o PPPC; DA INSCRIÇÃO Art. 4º - Ao matricular no respectivo semestre a que se refere o Art 5º e Art 30º deste, estará automaticamente inserido ao componente a que pertence, seja Metodologia da Pesquisa e ou TCC, nesta respectiva prioridade; Art.5º- O aluno/orientando está automaticamente matriculado na disciplina TCC, no último semestre letivo, quando se tratar do Curso de Administração ou no penúltimo semestre letivo quando se tratar do Curso de Enfermagem, Farmácia, Direito e Educação Física e deve assumir o compromisso formal de apresentar seu TCC até o encerramento do último semestre. 1º: no ato da matricula, considerando o que dispõe Art. 4º deste, é dever do aluno, considerar-se matriculado, salvo se possuir reprovações, do que dispõe o regimento, componentes anteriores; 2º: é dever do aluno reconhecer sua prontidão ao que solicita e expressa o 1º deste, respondendo pelas informações não prestadas do que se apresenta; DO COORDENADOR, DO PROFESSOR / ORIENTADOR E ORIENTADOR Art. 6º - Caberá ao Coordenador do TCC / IES, orientar de forma geral norteando o orientador por meio de seu orientando, e auxiliar a decisão junto ao Centro de Pesquisa / 2

3 IES e Coordenação do Curso, pelo calendário e atividades, bem como emitir parecer final, deferindo ou não os trabalhos para defesa; Art.76º - Caberá ao professor /orientador, dirigir dentro das regulamentações as atividades do que compõe o Projeto de Pesquisa, submetendo se necessário, ao Coordenador do Curso e na falta deste ao Diretor do Centro de Pesquisa, para apreciação; Art. 8º Caberá ao orientador, as orientações e acompanhamento das atividades do TCC, submetendo a apreciação ao Diretor / Coordenador do Centro de Pesquisa, bem como Coordenador do Curso e Coordenador TCC / IES; 1º - Constitui obrigatoriedade do orientando em manter o orientador e ou co-orientador e ou outros envolvidos no processo sobre editais, orientações e normativas emitidas pelo assunto em questão (Projeto de Pesquisa e ou TCC), bem como suas recomendações; DO PROJETO DE PESQUISA E TCC Art.9º - O Projeto de Pesquisa, poderá ser realizado sob a orientação do Professor/Orientador do respectivo componente. 1º - Poderá o aluno optar pela co-orientação de outro orientador, cabendo ao aluno se de sua opção entregar no Centro de Pesquisa / Coordenação o Termo de Compromisso do coorientador. 2º - O orientador e ou co-orientador do que descreve 1º poderá ser ou não funcionário da IES (docente), contudo deve ser especialista no mínimo da área do desenvolvimento e ter conhecimento do manual e normas da IES que versam sobre o assunto, bem como ABNT; 3º - O orientador e ou co-orientador, não funcionário da IES não gerará a mesma custos e ou obrigações trabalhistas; 3

4 4º - Ao orientador e ou co-orientador, se funcionário da IES, deverá imediatamente ao aceite, registrar termo de compromisso junto a Direção do Centro de Pesquisa, e ao termino das atividades ter seu formulário / orientando devidamente preenchido e assinado (orientador e orientando e coordenador TCC) e protocolar no Departamento Pessoal para receber a gratificação expressa (ver tabela / Dep Pessoal) pelos trabalhos realizados; Art.10º- O TCC deverá ser realizado, obrigatoriamente, sob a orientação de um Orientador devendo o aluno/orientando entregar à Direção / Coordenação do Centro de Pesquisa e Coordenador do TCC o Termo de Compromisso do Orientador único: A cada inicio / fase, seja do Projeto de Pesquisa e ou fase do TCC caberá a Coordenação do Curso enviar ao Centro de Pesquisa desta IES proposta de Calendário das atividades e este por sua vez, publicar em edital as orientações mantendo os orientados devidamente atualizados; 2º - Qualquer orientação, deverá ter a ciência da Coordenação / Centro de Pesquisa da FACIDER, bem como do Coordenador do Curso em questão, e publicada em edital IES, do que deverá ser atendida imediatamente pelo orientado bem como cabendo ao mesmo (orientado) comunicar seu orientador e ou outros que estiverem envolvidos no processo; Art.11º - O TCC deverá versar sobre tema de livre escolha do aluno/orientando, em uma das áreas, observando a lei de propriedade intelectual. Art. 12º - Os trabalhos que venham envolver pesquisa com seres humanos, devem ser submetidos a análise e aprovação do Comitê de Ética / IES; Art.13º - A escolha do Orientador deverá ser feita pelo aluno buscando sempre adequar o tema do trabalho à área de atuação do Orientador e à disponibilidade do mesmo. Ressaltase que o Professor/Orientador tem a função de orientar o trabalho e não realizá-lo. 4

5 1º - O orientador deve ser especialista na área do tema e ter no mínimo experiência na referida área de no mínimo 03 (três) anos. Art.14º - Caberá a IES, por meio da Coordenação de seus Cursos, a escolha do Professor / Orientador, em consonância com a Matriz Curricular e suas habilidades, na fase em que será ofertado o componente Metodologia do Projeto de Pesquisa; 1º - quando ocorrer o que dispõe e trata o Art. 14º deverá o aluno reconhecer que o Professor/Orientador tem a função de orientar o trabalho e não realizá-lo. Art.15º - Cabe ao Professor/ Orientador a tarefa de coordenar e orientar todas as etapas de elaboração do trabalho, do Projeto de Pesquisa, programando as atividades, realizando as avaliações e submeter, se necessário, a Direção / Coordenação Geral do Centro de Pesquisa e Coordenação do Cursos; Art.16º - Cabe ao Professor/Orientador avaliar tanto o trabalho em si, quanto o desempenho do aluno no decorrer seu desenvolvimento. Art.17º Quando se tratar do TCC, cada orientador pode orientar no máximo 5 (cinco) alunos, porém fica a critério de cada Orientador decidir acerca da quantidade de alunos que irá orientar, obedecendo sempre o limite máximo determinado. Art.18º - Em caso de extrema necessidade de substituição do Coordenador do Curso, Coordenador TCC e ou Professor / Orientador a IES comunicará, oficialmente os alunos da fase, devendo os mesmos comunicar aos seus orientadores; Art.19º - Na fase do TCC, em caso de extrema necessidade de substituição do orientador, por parte do aluno e ou de seu orientador, só poderá ser realizada mediante a observância das seguintes normas: a) apresentação da ficha de desligamento devidamente preenchida do antigo orientador; 5

6 b) apresentação do Termo de Compromisso do novo orientador escolhido; e caso seja necessário e determinado pelo mesmo (orientador), elaborar um novo projeto a ser avaliado pelo mesmo (novo orientador); Art.20º - O aluno/orientando está ciente de que troca de orientador pode interferir nos prazos estabelecidos para a entrega do trabalho (que não serão estendidos). Art.21º - Quanto ao local e horário de orientação não há obrigatoriedade para que seja na IES, mas a IES disponibiliza o uso das cabines da Biblioteca, em horário de funcionamento da mesma para os encontros de orientação. Art.22º - Cabe ao orientador a responsabilidade de observar se o trabalho apresenta apropriação intelectual indébita (plágio) de trabalhos já apresentados ou cópia de trabalhos da Internet. DO PROJETO DE PESQUISA Art.23º - O Projeto de Pesquisa concluído satisfatoriamente, configura como requisito obrigatório para o início das atividades referentes ao TCC. Art. 24º- O Projeto de Pesquisa deverá ser realizado em concordância com a grade curricular de cada curso devendo o aluno/orientando assumir o compromisso formal de apresentar seu Projeto até o encerramento do período letivo, nas normas e formas de aferir o resultado da avaliação que julgar o professor / orientador necessária, correspondente a aplicação, sendo: *Administração: 7º semestre *Direito: 8º semestre *Enfermagem: 8º semestre *Farmácia: 8º semestre *Educação Física: 7º semestre 6

7 1º - A apresentação disposta Art 24º deverá ser disposta no programa do professor / orientador, bem como demais normativas pertinentes, contudo exigir-se á APROVAÇÃO (resultado satisfatório do referido Projeto de pesquisa)para o inicio do TCC; Art. 25º - O Projeto de Pesquisa deve ser entregue ao final do semestre citados no artigo anterior, em consonância com o calendário emitido pela Direção / Coordenação do Centro de Pesquisa e Coordenação do TCC, salvo exceções a serem devidamente debatidas entre ambas e publicadas imediatamente em edital, para ciência do aluno orientando; Art.26º- A entrega do Projeto deverá ser feita ao professor / orientador e quando determinada na Seção Protocolo, em duas vias encadernadas em espiral e uma cópia em CD, obedecendo calendário; Art.27º- A avaliação do Projeto de Pesquisa será feita pelo respectivo Professor / Orientador, podendo ser submetido ao Centro de Pesquisa / IES, no que tange a Metodologia (normas técnicas) entre outras; 1º: decidirá o professor / orientador, em consonância com a Direção / Coordenação do Centro de Pesquisa e ou na sua ausência pelo Coordenador Curso o computo do resultado da avaliação; 2º: Se vier ocorrer a influência do Centro de Pesquisa, pela Metodologia (normas) será aferido um resultado que deverá ser somada a avaliação do professor / orientador, conferindo o resultado final Art. 28 º- O aluno/orientando com media final igual ou superior a sete no Projeto é considerado aprovado, estando apto a executar as próximas etapas de elaboração do TCC. Art. 29º- O aluno/orientando com media inferior a sete estará automaticamente reprovado no componente curricular referente ao projeto de Pesquisa. Neste caso, deverá o aluno /orientando apresentar um novo projeto no semestre subseqüente, observando a turma 7

8 subseqüente da disponibilidade do referido componente, bem como regulamentações determinadas pelo respectivo professor / orientador, e se aprovado dar continuidade as etapas de desenvolvimento do TCC. 1º - O Projeto de Pesquisa de que trata o Art. 29º, deverá ser desconsiderado pelo orientando, devendo atender ao inicio da disciplina no rol em que dispõe, inclusive realizando novo projeto de pesquisa; DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC Art.30º- Em conformidade com o Regimento Interno o TCC configura-se como componente curricular obrigatório para os cursos de Graduação. Art. 31º- O TCC deverá se realizado em concordância com o curso, com a grade curricular, normativas, Manual de Normas / IES, ABNT entre outras, devendo o aluno/orientando assumir o compromisso formal de iniciá-lo de acordo com normas estabelecidas: *Administração: 8º semestre *Direito: 9º semestre * Enfermagem: 9º semestre *Farmácia: 9º semestre *Educação Física: 8º semestre 1º - Nada impede que o aluno orientando, venha realizar seu TCC antecipadamente, contudo deverá atender a fase e seu calendário, somente quando ofertado a seu semestre Art. 31; Art. 32º- O aluno/orientando deverá assumir o compromisso formal de finalizar o TCC de acordo com normas e prazos estabelecidos: *Administração: 8º semestre *Direito: 10º semestre * Enfermagem: 10º semestre 8

9 *Farmácia: 10º semestre *Educação Física: 8º semestre 1º - Cabe o Coordenador do Centro de Pesquisa em consonância com o Coordenador do Curso, elaborar o respectivo calendário. Eximi o direito de sofrer interferência no mesmo (calendário) postulado pelo orientador; Art 33º - Para a finalização do TCC reconhece o aluno/orientando da obrigatoriedade de submeter seu TCC a Banca de Qualificação, Banca de Defesa, independente das avaliações de seu orientador; 1º - O resultado das avaliações conferidas pelo orientador, sofrerão parecer da Direção /Coordenação do Centro de Pesquisa e Coordenador do Curso; 2º - O resultado emitido pelo orientador não interfere ao resultado do parecer que julgar deferido e ou indeferido para a qualificação da Direção / Coordenação do Centro de Pesquisa e Coordenador TCC e Coordenador do Curso; Art. 34 Todos os TCC, independente do aluno, curso, orientador e ou coordenador e outros deverão ser submetidos a análise do Centro de Pesquisa / IES; Art. 35 O aluno/ orientando que tiver seu TCC indeferido pela Direção / Coordenação do Centro de Pesquisa e Coordenação do Curso, não poderá participar da Banca de Qualificação; 1º - Todo e qualquer aluno, do que descreve o Art 31º, se julgar necessário, poderá em até 03 (três) dias úteis do resultado, postular requerimento ( oficial / IES), na Seção de Protocolo, solicitando revisão. 2º - Do que trata o 1º, a referida Seção encaminhará a Coordenação do Centro de Pesquisa e Coordenação do Curso, para reavaliação, estas posteriormente encaminharão 9

10 ao Conselho de 03 (três) docentes do Curso e de entendimento do conteúdo para parecer e posteriormente encaminharão a Direção Geral, para o parecer final; Art. 36 º- Para a Defesa Oral (TCC), junto a Banca de Qualificação, deverão ser entregues (3) três vias originais e idênticas do TCC e (1) uma cópia em CD em ambiente Windows, sendo que (1) uma via encadernada em Capa dura na cor referente ao curso e (2) duas vias encadernadas em espiral. Art. 37 º- Para a Defesa Oral (TCC), junto a Banca de Defesa, posterior a Banca de Qualificação, deverão ser entregues (3) três vias originais e idênticas do TCC e (1) uma cópia em CD em ambiente Windows, sendo que (1) uma via encadernada em Capa dura na cor referente ao curso e (2) duas vias encadernadas em espiral; Art. 38º - Se aprovado, deverão ser entregues (3) três vias originais e idênticas do TCC sendo todas em Capa dura na cor referente ao curso, no prazo de até dez dias. 1º - Do que se refere à entrega prevista Art. 36º, Art. 37º e Art. 38º, deverá ser realizada por meio de requerimento oficial/ IES, na Seção Protocolo / IES, de acordo com o Calendário; 2º - Não haverá prorrogação do prazo, para o que refere o 1º, independente dos motivos; Art. 39º - Posterior ao cumprimento do que estabelece o Art. 38º possui a Direção / Coordenação do Centro de Pesquisa o prazo de até (5) cinco dias para publicação do Edital. Art. 40º- Os prazo de entrega do TCC junto ao setor Protocolo, será estabelecido em calendário pela Direção / Coordenação do Centro de Pesquisa e Coordenação do Curso, publicado em Edital, cabendo ao aluno o dever e obrigatoriedade de acompanhar e cumprir. 10

11 Art. 41 º- As vias em capa dura e em espiral serão disponibilizadas para os membros da Banca de Qualificação; Art A banca de Qualificação, poderá solicitar adequações que julgar necessárias, ao aluno, formalizando-as no ato e dando ciência ao mesmo, que deverá adequar e protocolar da mesma forma e quantidade que dispõe esta normativa, anterior a Banca de Defesa; Art. 43º - Posterior a Defesa Oral do que trata esta normativa, uma via em capa dura e o CD serão enviados para a Biblioteca da IES, a outra via será devolvida ao aluno e ao orientador e ou professor, com os devidos registros de Avaliação. DOS PRAZOS Art.44º - O aluno/orientando não poderá extrapolar o prazo, contudo caberá a IES, posterior a solicitude do aluno por requerimento oficial da IES, o deferimento de nova data e a determinação para conclusão junto à próxima turma do respectivo curso, quando ocorrer o componente, cabendo ao aluno se inscrever para a disciplina Trabalho de Conclusão de Curso no período e assumir a CH, Normativas e custos respectivos de uma dependência. 1º - posterior o pedido e deferimento, caberá a IES por meio da Direção / Coordenação do Centro de Pesquisa e Coordenação do Curso, determinar cronograma, prazo e atividades ao mesmo; 2º - Caberá ao aluno o cumprimento do que dispõe o regulamento, com resultado satisfatório (aprovado) para a conclusão. Obtendo parecer não satisfatório (reprovado) deverá o aluno dar início a nova matricula e assim o proceder cumprindo o que determina em caso de reprovação; DA BANCA AVALIADORA QUALIFICAÇÃO e DEFESA 11

12 Art. 45º- A data máxima para a apresentação oral do TCC junto à Banca Examinadora (Qualificação) será de 60 (sessenta) dias antecedentes à data da formatura; Art. 46º- A data para a apresentação oral do TCC junto à Banca Examinadora (Defesa) será posterior ao período de exames e outros do respectivo semestre; Art.47º- Para a defesa oral do Trabalho de Conclusão de Curso perante a Banca Avaliadora (Defesa) o aluno/orientando deverá estar livre de qualquer restrição para com a IES e ter cumprido satisfatoriamente todos os componentes curriculares do curso. 1º - A Banca Examinadora de Qualificação poderá ser antecedendo ao termino dos componentes; 2º - Somente poderá participar da Banca Examinadora de Defesa TCC posterior ao período inclusive de exames finais e exigir-se-á APROVAÇÃO DE TODOS OS COMPONENTES, para participação da mesma; Art. 48º - A Banca Examinadora será composta por no mínimo 03 (três) e no máximo 05 (cinco) membros, todos titulados, sendo professores e ou convidados pela IES. Art.49º - O Presidente da Banca Examinadora Defesa e ou Qualificação será nomeado pelo Direção / Coordenação do Centro de Pesquisa IES ouvido o Coordenador do Curso Art.50º- O Orientador deverá compor a mesa. Para tanto caberá ao aluno/orientando mediante edital de comunicação da data, participar seu respectivo orientador. 1º - Na ausência do orientador, o aluno orientado, deverá aguardar o calendário da turma subseqüente, para tal; 2º - Na ausência do Orientador, pelos motivos previstos em lei, deverá o aluno submeter requerimento ao Coordenador do Centro de Pesquisa e Coordenação do Curso, formulário 12

13 oficial IES, aguardando deferimento, devendo se deferido atender as regulamentações que se fizerem necessárias; DA AVALIAÇÃO Art.51º- A pontuação necessária para a aprovação na disciplina é formada pela soma dos seguintes critérios de avaliação, aferidos nas seguintes atividades: TCC escrito / defesa oral Avaliação Avaliação da Coordenação do Centro de Pesquisa e Coordenador do Curso 0 à 10,0 (FASE 1) Avaliação da Banca de Qualificação ( FASE 2) 0 à 10,0 Avaliação da Banca Examinadora Defesa Oral. 0 à 10,0 (FASE 3) Média Final (Soma das notas anteriores e divisão por 3) 0à 10,0 Art.52º- A fase 1 é de inteira responsabilidade do Direção / Coordenação do Centro de Pesquisa e Coordenador do Curso, podendo ter o auxilio de um docente, escolhido por seus pares, devendo publicar em edital, de acordo com o calendário. Art.53º- A fase 2 é de responsabilidade da Banca Examinadora (Banca de Qualificação), cabendo a ela aprovar ou não aprovar a oralidade do aluno em consonância com o TCC, bem como deferir e ou indeferir a apresentação para a exposição final junto a Banca de Defesa, e em consonância com a Coordenação do TCC e Coordenação do Curso confirmar a data para apresentação final; Art. 54º- Caso a oralidade e TCC não seja aprovado para a fase 3 deverá o(s) Professor e ou Integrantes da Banca que o desaprovou fundamentar a sua decisão, publicando-a em edital. 13

14 Art. 55º- Considera-se na fase 3 a Avaliação da Apresentação Oral - DEFESA do TCC, computando-se avaliação de 0(zero) a 10,0 (dez) o que equivale a soma dos critérios avaliados, da qual deverá o aluno para APROVAÇÃO obter a média igual e ou superior a 7,0 (sete); Art. 56 Constitui a oralidade o conhecimento do aluno, segurança, empenho, linguagem entre outras quando da apresentação junto a Banca Examinadora ( Qualificação / Defesa) Art.57º- Em caso de adequações o aluno deverá entregar no prazo de até 15 (quinze) dias 02 (duas) novas encadernações em capa dura, devidamente adequadas, em substituição a entregue para a Defesa. Art.58º- Os trabalhos que não forem avaliados pela Direção / Coordenação do Centro de Pesquisa e deixarem de ter seu Orientador não serão encaminhados para avaliação em Banca, ficando, desta forma, reprovados antecipadamente no TCC. DISPOSIÇÕES GERAIS Art.59º- O aluno/orientando estará habilitado à Colação de Grau somente após a aprovação do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC, pela Banca Examinadora (Defesa), sendo esta determinada pela Direção / Coordenação do Centro de Pesquisa e Coordenação do Curso. Art.60º- A estrutura básica do TCC poderá ser adaptada pelo aluno/orientando e seu Orientador, em função da especificidade do tema abordado. A referência adotada, contudo, não deverá excluir os itens apresentados no Manual de Normas-FACIDER. Art.61º- A Coordenação do Centro de Pesquisa, coordenando os Componentes Metodologia da Pesquisa e TCC, encontra-se disponível, de acordo com o cronograma e horário oportunamente disposto em edital. 14

15 1º - Caberá ao aluno o dever de protocolar requerimento, na ausência das orientações recebidas a Coordenação do Curso e concomitantemente a Direção Geral, para providências; Art.62º- Poderão ocorrer alterações em dias e horários, contudo a Direção / Coordenação do Centro de Pesquisa e Coordenador do TCC comunicara por escrito, em edital, no prazo de até 24 horas, que antecede; Art.63º- Somente em casos fortuitos e de força maior, desde que previsto em lei, poderá haver alteração sem a necessidade de constar o edital com 24 horas de antecedência. Art. 64º-Toda solicitação e ou duvida deverá ser registrada pelo aluno/orientando em livro próprio, dada a ciência e procedimento da Direção /Coordenação do Centro de Pesquisa e Coordenador de TCC no momento e ou em edital. Art.65º- Os casos omissos serão resolvidos pela Direção / Coordenação do Centro de Pesquisa e Coordenação de TCC em concordância com a Coordenação do Curso e encaminhadas posteriormente a Direção geral da IES; Art.66º- Deverá fazer constar pelo aluno / orientando, no Trabalho de Conclusão de Curso, uma declaração de autenticidade, feita pelo mesmo (aluno/orientando) eximindo a IES e o Orientador de qualquer responsabilidade por eventual apropriação intelectual indébita (plágio) e ou ação de má fé contra terceiros; 1º - A falta do que estabelece o Art. 66º, configura ao aluno, falta grave, responsabilizando-o da mesma forma, se vier cometer apropriação intelectual indébita (plágio) e ou ação de má fé contra terceiros; 15

16 Art.67º- O aluno/orientando deverá declarar a cessão dos direitos autorais do TCC quanto à divulgação e pesquisa na biblioteca da IES; Art.68º A revisão do texto, no que se refere a norma culta da Língua Portuguesa deve ser feita por um profissional da área; Art.69º- As declarações da cessão dos direitos autorais, da correção de Língua Portuguesa e de autenticidade do TCC deverão constar nos Anexos do TCC e do Projeto de Pesquisa. Art.70º- O Projeto de Pesquisa e o TCC devem estar enquadrados dentro das normas pertinentes a cada curso e adequado as normas da ABNT/ FACIDER. (Normas estas constantes no Manual de Elaboração de Trabalhos Científicos- FACIDER) Art.71º- Para a que elaboração do TCC seja realizada com sucesso estarão disponíveis junto a IES, por meio do Centro de Pesquisa, um Professor orientador de Metodologia e um Professor Orientador de conteúdo; 1º - Cabe ao aluno, observar a grade horária do Professor Orientador de Metodologia / IES e Professor Orientador de Conteúdo, adequando-se e agendar com o(s) mesmo(s) professores a data para atendimento; Art.73º- Os horários de disponibilidade destes professores, a que se refere Art. 71, serão dispostos verificadas as disponibilidades dos mesmos, e previamente conferidos em edital, sendo de responsabilidade do aluno/orientando o agendamento para orientação. 1º - O não agendamento não interfere na ordem das atividades, contudo reconhece o aluno de seu dever as exigências (normas e outras) para o êxito de seu Trabalho; Art. 74º- O TCC deverá apresentar no mínimo 30 (trinta páginas), a partir da Introdução, com citação cientifica corrente. 16

17 Art. 75º- Cada TCC deverá conter no mínimo 10 (dez) referencias (concluintes 2011/2) e no mínimo 20(vinte) referencias (concluintes a partir de 2012/1); Art. 76º - A Direção / Coordenação a que se menciona nesta normativa atendem única e exclusivamente as funções dos docentes dispostos no Centro de Pesquisa desta IES, não procedendo para a Direção Geral da IES, que terá o critério de tão somente conhecer as decisões, julgar quando necessário, observando que a decisão maior estará a critério do Centro de Pesquisa IES e Coordenação do Curso a que se refere; Art. 77º- Esta normativa começa a vigorar imediatamente depois de oficialmente publicada. Art. 78º - Revogam-se Instruções anteriores. DA: DIREÇÃO E COORDENAÇÃO / CENTRO DE PESQUISA COORDENAÇÃO DO TCC COORDENAÇÃO DOS CURSOS DIREÇÃO GERAL 17

RESOLUÇÃO Nº 030/2012 CONEPE

RESOLUÇÃO Nº 030/2012 CONEPE RESOLUÇÃO Nº 030/2012 CONEPE Dispõe sobre o Trabalho de Conclusão de Curso TCC dos cursos de Graduação da Universidade do Estado de Mato Grosso UNEMAT. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão

Leia mais

Art. 2º - Esta Instrução Normativa entra em vigor na data de sua publicação. Professora Sandra Denise Kruger Alves Chefe do DEC

Art. 2º - Esta Instrução Normativa entra em vigor na data de sua publicação. Professora Sandra Denise Kruger Alves Chefe do DEC RESOLUÇÃO DEC No 01/2013 Fixa normas para Elaboração e Apresentação dos Trabalhos de Conclusão do Curso de Graduação em Engenharia Civil. A Chefia do Departamento do Curso de Engenharia Civil, no uso de

Leia mais

Sociedade Educacional da Paraíba - SEDUP Faculdades de Ensino Supeior da Paraíba - FESP

Sociedade Educacional da Paraíba - SEDUP Faculdades de Ensino Supeior da Paraíba - FESP Sociedade Educacional da Paraíba - SEDUP Faculdades de Ensino Supeior da Paraíba - FESP REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO TCC CURSO DE DIREITO DA FESP FACULDADES Ultima versão 21/08/2012 CAPÍTULO

Leia mais

NORMAS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

NORMAS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO NORMAS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Faculdade de Ciências Contábeis e Administrativas de Avaré AVARÉ NORMAS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Considerações preliminares O Regulamento do Trabalho

Leia mais

REGULAMENTO TCC FACIDER 2014/2015 (N.D.E 20/03/15) Página 1

REGULAMENTO TCC FACIDER 2014/2015 (N.D.E 20/03/15) Página 1 REGULAMENTO TCC FACIDER 2014/2015 (N.D.E 20/03/15) Página 1 TRABALHO DE CONCLUSAO DE CURSO REGULAMENTO TCC DO PROCESSO DE ELABORAÇÃO, ACOMPANHAMENTO e AVALIAÇÃO CURSO(S) DE GRADUAÇÃO FACULDADE DE COLIDER

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA - FIC PÓS GRADUAÇÃO Lato sensu

FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA - FIC PÓS GRADUAÇÃO Lato sensu FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA - FIC PÓS GRADUAÇÃO Lato sensu MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DA MONOGRAFIA DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO Lato sensu DA FIC Cassilândia - 2010 APRESENTAÇÃO Este

Leia mais

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso Curso de Design de Moda FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE - FAPEPE APRESENTAÇÃO O presente Regulamento de Projeto de Graduação, em forma de TCC - Trabalho de

Leia mais

REGULAMENTO DA MONOGRAFIA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DA MONOGRAFIA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DA MONOGRAFIA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades relacionadas com a elaboração, apresentação e avaliação do trabalho

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FACULDADE EVANGÉLICA DE GOIANÉSIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1. Respaldado pelo disposto nos termos do parágrafo único do Artigo 77 do Regimento

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO E TCC I E II PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CAPIVARI (FUCAP)

REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO E TCC I E II PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CAPIVARI (FUCAP) REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO E TCC I E II PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CAPIVARI (FUCAP) Dezembro de 2012 Dispõe sobre o Regulamento Geral dos Estágios da Faculdade Capivari,

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE GOVERNADOR VALADARES

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE GOVERNADOR VALADARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE GOVERNADOR VALADARES FUNDAÇÃO FUPAC GOVERNADOR VALADARES 2010 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO INTRODUÇÃO Todo aluno

Leia mais

FIBRA Faculdade do Instituto Brasil Instituto Brasil de Ciência & Tecnologia Ltda

FIBRA Faculdade do Instituto Brasil Instituto Brasil de Ciência & Tecnologia Ltda REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente regulamento normatiza as atividades relacionadas à elaboração, apresentação e aprovação do

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DA FACULDADE DE MIRANDÓPOLIS-FAM-CURSO DE SERVIÇO SOCIAL

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DA FACULDADE DE MIRANDÓPOLIS-FAM-CURSO DE SERVIÇO SOCIAL FACULDADE DE MIRANDÓPOLIS Administração: Reconhecido pela Portaria nº 4218, de 06/12/2005, D.O.U. de 07/12/2005 Pedagogia: Reconhecido pela Portaria nº 42, de 22/05/2006, D.O.U. de 24/05/2006 Serviço Social:

Leia mais

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DA FEAFLOR- FACULDADE DE EDUCAÇÃO - ALTA FLORESTA

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DA FEAFLOR- FACULDADE DE EDUCAÇÃO - ALTA FLORESTA REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DA FEAFLOR- FACULDADE DE EDUCAÇÃO - ALTA FLORESTA Alta Floresta/2010 1 SUMÁRIO 1 DA CONCEPÇÃO DO TC 3 2 DA COORDENAÇÃO 4 3 DO PROJETO DO TCC 4 4

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR FACULDADE ASCES

ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR FACULDADE ASCES DISPOSIÇÕES GERAIS ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR FACULDADE ASCES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MONOGRAFIA Art. 1º. Este regulamento define os procedimentos referentes à elaboração,

Leia mais

REGULAMENTO DE MONOGRAFIA

REGULAMENTO DE MONOGRAFIA REGULAMENTO DE MONOGRAFIA Lavras - 2010 Regulamento de Monografia CAPÍTULO I DA ORIGEM E FINALIDADE Art. 1º - Este regulamento disciplina a apresentação, depósito e a avaliação da Monografia de conclusão

Leia mais

UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO FACULDADE DE HUMANIDADES E DIREITO CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO FACULDADE DE HUMANIDADES E DIREITO CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO FACULDADE DE HUMANIDADES E DIREITO CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente Regulamento

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO DA MONOGRAFIA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO DA MONOGRAFIA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO DA MONOGRAFIA JURÍDICA DO CURSO DE DIREITO ÍNDICE TÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO, FINALIDADE E OBJETIVO TÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO CAPÍTULO I - DA COORDENAÇÃO CAPÍTULO II -

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Este regulamento tem por finalidade orientar o processo de desenvolvimento dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) do curso de Administração da Faculdade

Leia mais

REGULAMENTO DO COMPONENTE CURRICULAR TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

REGULAMENTO DO COMPONENTE CURRICULAR TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO REGULAMENTO DO COMPONENTE CURRICULAR TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1. Das Disposições Preliminares Art. 1 o. Este Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) PARA CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS, MODALIDADE BACHARELADO DA UNESP FACULDADE DE ENGENHARIA, CAMPUS DE ILHA SOLTEIRA. CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

FACULDADE DO GUARUJÁ

FACULDADE DO GUARUJÁ FACULDADE DO GUARUJÁ INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 01/2011 REGULAMENTO DE TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO NORMAS GERAIS Artigo 1º - O Trabalho de Conclusão de Curso TCC constitui-se em pré-requisito para

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE CRUZEIRO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE CRUZEIRO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE CRUZEIRO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) Cruzeiro-SP 2011 2 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente Regulamento tem por finalidade

Leia mais

Regulamento Trabalho de Conclusão de Curso TCC

Regulamento Trabalho de Conclusão de Curso TCC Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Justificativa: Todo aluno matriculado em curso de graduação onde o TCC é componente curricular obrigatório, para se formar, precisa fazer e defender perante banca examinadora

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 04, DE 09 DE JUNHO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 04, DE 09 DE JUNHO DE 2015 RESOLUÇÃO Nº 04, DE 09 DE JUNHO DE 2015 Institui regulamento referente ao Trabalho de Conclusão de Curso para o curso de Medicina do Instituto Metropolitano de Ensino Superior. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA Este Regulamento e a Resolução do Conselho Superior da Uneal (CONSU/UNEAL) que o aprovou foram publicados na edição do Diário Oficial do Estado de 26 de

Leia mais

Faculdade La Salle Mantida pela Sociedade Porvir Científico Credenciada pela Portaria Ministerial nº. 2.653 de 07/12/01 D.O.U. de 10/12/01.

Faculdade La Salle Mantida pela Sociedade Porvir Científico Credenciada pela Portaria Ministerial nº. 2.653 de 07/12/01 D.O.U. de 10/12/01. FACULDADE DE LUCAS DO RIO VERDE SUPERVISÃO DE ESTÁGIO E TCC/TC REGULAMENTO DE PROJETO E VERSÃO FINAL DE TC/ TCC CURSOS DE ADMINISTAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS Lucas Do Rio Verde / MT 2009 SUMÁRIO CAPÍTULO

Leia mais

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso TCC

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso TCC Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso TCC Capítulo I Das Condições Gerais 1 O aluno do curso, cuja estrutura curricular contemple o TCC, deve se matricular na disciplina conforme as normas institucionais

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA FAG CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA FAG CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA FAG CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente Regulamento tem por finalidade normatizar

Leia mais

CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES

CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC) CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES Art. 1º O Trabalho de Conclusão de Curso - TCC é um componente obrigatório dos cursos de Graduação

Leia mais

F A C U L D A D E N A Z A R E N A D O B R A S I L REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO B A C H A R E L A D O E M T E O L O G I A

F A C U L D A D E N A Z A R E N A D O B R A S I L REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO B A C H A R E L A D O E M T E O L O G I A F A C U L D A D E N A Z A R E N A D O B R A S I L REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO B A C H A R E L A D O E M T E O L O G I A 2 CAPÍTULO I DA NATUREZA Art. 1º O Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO TRABALHO DE CURSO DA UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE IPORÁ. TÍTULO I Disposições gerais

REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO TRABALHO DE CURSO DA UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE IPORÁ. TÍTULO I Disposições gerais UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE IPORÁ REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO TRABALHO DE CURSO DA UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE IPORÁ TÍTULO I Disposições gerais Art. 1º Objetiva-se

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC ENFERMAGEM Elaboração: Docente Ms. Taísa Guimarães de Souza 2012/1 Revisão: Docente Drº Rogério Alexandre Nunes dos Santos / Docente Esp. Robsom Inácio

Leia mais

REGULAMENTO DE TCC - TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DE TCC - TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO DE TCC - TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Título I DA CONSTITUIÇÃO, FINALIDADE E OBJETIVO Art. 1º - O Trabalho de Conclusão de Curso constitui-se em disciplina constante das últimas séries do

Leia mais

CAPÍTULO II DA CARGA HORÁRIA

CAPÍTULO II DA CARGA HORÁRIA Regulamentação do Trabalho de Conclusão de Curso do Bacharelado em Ciências Econômicas com Ênfase em Controladoria CAPÍTULO I DA MONOGRAFIA 1. Este documento regulamenta, no âmbito do Bacharelado em Ciências

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO GERAL DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO GERAL DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO GERAL DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DA CONCEITUAÇÃO E OBJETIVOS Art. 1º - O Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 004/2011, DE 11 DE AGOSTO DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº 004/2011, DE 11 DE AGOSTO DE 2011. RESOLUÇÃO Nº 004/2011, DE 11 DE AGOSTO DE 2011. Aprova o Manual de Procedimentos para o Projeto Integrador do Curso Superior de Tecnologia em Marketing, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

REGULAMENTO DO PROJETO EXPERIMENTAL I e II DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

REGULAMENTO DO PROJETO EXPERIMENTAL I e II DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA REGULAMENTO DO PROJETO EXPERIMENTAL I e II DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades relacionadas

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AGRONEGÓCIO

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AGRONEGÓCIO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AGRONEGÓCIO REGIMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Patrocínio,Outubro de 2013 SUMÁRIO Título I - Disposições Preliminares... 02 Título II - Da Caracterização... 02

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1 DE 9 DE NOVEMBRO DE 2012

RESOLUÇÃO Nº 1 DE 9 DE NOVEMBRO DE 2012 1 RESOLUÇÃO Nº 1 DE 9 DE NOVEMBRO DE 2012 Regulamenta a orientação, elaboração e apresentação do Trabalho de Graduação nos cursos tecnológicos da Fatec Professor Fernando Amaral de Almeida Prado. A diretora

Leia mais

Curso de Engenharia de Computação Regulamento dos Trabalhos de Conclusão de Curso

Curso de Engenharia de Computação Regulamento dos Trabalhos de Conclusão de Curso 1 Centro Universitário de Araraquara UNIARA Departamento de Ciências da Administração e Tecnologia Curso de Engenharia de Computação Regulamento dos Trabalhos de Conclusão de Curso Capítulo I Das disposições

Leia mais

REGULAMENTO TCC DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO: BACHARELADO e LICENCIATURA DA FACULDADE SÃO SEBASTIÃO

REGULAMENTO TCC DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO: BACHARELADO e LICENCIATURA DA FACULDADE SÃO SEBASTIÃO 1 REGULAMENTO TCC DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO: BACHARELADO e LICENCIATURA DA FACULDADE SÃO SEBASTIÃO 2015 2 SUMÁRIO REGULAMENTO PARA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO... 3 CAPÍTULO I GENERALIZAÇÕES... 3 CAPÍTULO

Leia mais

MEDICINA VETERINÁRIA

MEDICINA VETERINÁRIA FACULDADE ASSIS GURGACZ_FAG Cascavel, PR. MEDICINA VETERINÁRIA Manual de TCC do Curso de Medicina Veterinária, em concordância com o Regulamento De Trabalhos De Conclusão De Curso, Anexo I, Cap.XIV, da

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE RIO VERDE REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FISIOTERAPIA

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE RIO VERDE REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FISIOTERAPIA INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE RIO VERDE REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FISIOTERAPIA Capítulo I Definições e Finalidade Art. 1º - O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. Este regulamento disciplina o Trabalho de Curso de graduação

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO/PUBLICIDADE E PROPAGANDA COORDENAÇÃO DE TCC

FACULDADE SETE DE SETEMBRO COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO/PUBLICIDADE E PROPAGANDA COORDENAÇÃO DE TCC REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art.1º. Este regulamento disciplina o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de Comunicação Social (Cursos de Jornalismo

Leia mais

Faculdades Integradas do Tapajós O estudo da Amazônia para o progresso da humanidade

Faculdades Integradas do Tapajós O estudo da Amazônia para o progresso da humanidade REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO E DEFESA DE TCC DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DAS FACULDADES INTEGRADAS DO TAPAJÓS CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. As atividades de orientação, elaboração, apresentação

Leia mais

REGULAMENTO PARA ENTREGA DE MONOGRAFIA E/OU ARTIGO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO PARA ENTREGA DE MONOGRAFIA E/OU ARTIGO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO PARA ENTREGA DE MONOGRAFIA E/OU ARTIGO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades relacionadas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011. RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS, no uso de suas atribuições legais e considerando o Parecer nº.

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CATÓLICA DE UBERLÂNDIA. I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CATÓLICA DE UBERLÂNDIA. I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CATÓLICA DE UBERLÂNDIA. I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O presente Regulamento tem por finalidade normatizar

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO NORMAS PARA REALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DA NATUREZA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO NORMAS PARA REALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DA NATUREZA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO NORMAS PARA REALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DA NATUREZA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O trabalho de Conclusão de Curso deverá ser apresentado

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Direito

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Direito ATO DE DELIBERAÇÃO Nº 007/2009 1 PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO O Diretor da (FADIR) da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), no uso

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE UNIRV FACULDADE DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DA DISCIPLINA PESQUISA CIENTÍFICA E TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I E II

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE UNIRV FACULDADE DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DA DISCIPLINA PESQUISA CIENTÍFICA E TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I E II UNIVERSIDADE DE RIO VERDE UNIRV FACULDADE DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DA DISCIPLINA PESQUISA CIENTÍFICA E TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I E II CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente Regulamento

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE COSTA RICA-FECRA INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO LAURADAIANE REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CURSO: LETRAS

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE COSTA RICA-FECRA INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO LAURADAIANE REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CURSO: LETRAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE COSTA RICA-FECRA INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO LAURADAIANE REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CURSO: LETRAS INTRODUÇÃO FORMAS E REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

REGULAMENTO TRABALHO CONCLUSÃO DE CURSO TCC

REGULAMENTO TRABALHO CONCLUSÃO DE CURSO TCC Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerenciais Alves Fortes REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerenciais Alves Fortes COLABORADORES Prof. Roque Hudson da Silveira

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC Barretos SP 2014 APRESENTAÇÃO O Curso de Ciências Contábeis da Faculdade de Barretos prevê a realização de um Trabalho de

Leia mais

FACULDADE JAUENSE REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

FACULDADE JAUENSE REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FACULDADE JAUENSE REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO JAÚ/ SP - 2014 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FAJAU REGULAMENTO APRESENTAÇÃO Art. 1º O presente regulamento tem como finalidade de normatizar

Leia mais

REGULAMENTO PARA A REALIZAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO PARA A REALIZAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO PARA A REALIZAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente Regulamento dispõe sobre as diretrizes específicas para a realização de Trabalho de Conclusão

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MANTENEDORA: COMPLEXO DE ENSINO SUPERIOR DE CACHOEIRINHA MANTIDA: FACULDADE INEDI Cachoeirinha Rio Grande do Sul REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Leia mais

REGULAMENTO DA ATIVIDADE ACADÊMICA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE

REGULAMENTO DA ATIVIDADE ACADÊMICA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE REGULAMENTO DA ATIVIDADE ACADÊMICA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE CAPÍTULO I Da Natureza e dos Objetivos Art. 1. Com base no disposto no Art. 77 do Regulamento da Graduação da Universidade

Leia mais

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA FACULDADE DE ALTA FLORESTA - FAF

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA FACULDADE DE ALTA FLORESTA - FAF REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA FACULDADE DE ALTA FLORESTA - FAF Alta Floresta/2011 1 SUMÁRIO 1 DA CONCEPÇÃO DO TC... 3 2 DA COORDENAÇÃO... 4 3 DO PROJETO DO TCC...

Leia mais

Regulamento para Programa de Orientação

Regulamento para Programa de Orientação Regulamento para Programa de Orientação Capítulo I Disposição Geral Art. 1. O Título de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito será conferido ao aluno que, além de ter cursado com frequência e aproveitamento

Leia mais

ASSOCIAÇÃO LENÇOENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA - ALEC FACULDADE ORÍGENES LESSA FACOL ISEOL - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ORÍGENES LESSA

ASSOCIAÇÃO LENÇOENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA - ALEC FACULDADE ORÍGENES LESSA FACOL ISEOL - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ORÍGENES LESSA ASSOCIAÇÃO LENÇOENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA - ALEC FACULDADE ORÍGENES LESSA FACOL ISEOL - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ORÍGENES LESSA PORTARIA Nº 17/ 2013 Usando as atribuições que lhe confere o regimento

Leia mais

REGULAMENTO DA MONOGRAFIA FINAL DO CURSO DE DIREITO. Alterado pelo Conselho Acadêmico em 28 de março de 2011

REGULAMENTO DA MONOGRAFIA FINAL DO CURSO DE DIREITO. Alterado pelo Conselho Acadêmico em 28 de março de 2011 Considerando que: 1. A estrutura curricular do Curso de Direito da FDV, aprovada no ano de 2006, conta com quatro disciplinas não enquadradas em um período específico do curso, dentre as quais: Projeto

Leia mais

Catalão / GO, 04 de novembro de 2010. Resolução CONSUP FACULDADE CESUC 002/2010

Catalão / GO, 04 de novembro de 2010. Resolução CONSUP FACULDADE CESUC 002/2010 Catalão / GO, 04 de novembro de 2010. Resolução CONSUP FACULDADE CESUC 002/2010 Estabelece normas para a realização do Trabalho de Curso (TCC) obrigatório nos cursos de graduação da Faculdade de Ensino

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ. Campus Paranaguá. Credenciada pelo Decreto nº 9538, de 05/12/2013 D.O.E. 05/12/2013

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ. Campus Paranaguá. Credenciada pelo Decreto nº 9538, de 05/12/2013 D.O.E. 05/12/2013 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS 2015. PARTE I DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Art. 1º. O Trabalho de Conclusão de Curso TCC será desenvolvido

Leia mais

FACULDADE CAMPO REAL CURSO DE NUTRIÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

FACULDADE CAMPO REAL CURSO DE NUTRIÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FACULDADE CAMPO REAL CURSO DE NUTRIÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Caracterização A elaboração do Trabalho de Curso fundamenta-se nas Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Nutrição,

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DA GRADUAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA * TÍTULO I DA NATUREZA

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DA GRADUAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA * TÍTULO I DA NATUREZA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DA GRADUAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA * TÍTULO I DA NATUREZA Art. 1º. O Trabalho de Conclusão de Curso TCC é exigência obrigatória para integralização curricular

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés REGULAMENTO DOS PROJETOS DE SOFTWARE DA FACULDADE PRESIDENTE ANTONIO CARLOS DE AIMORÉS Regulamenta o desenvolvimento dos Projetos de Software do Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) GARÇA 2011 INTRODUÇÃO O Trabalho de Conclusão de Curso é um componente curricular obrigatório para os cursos de Graduação, assim sendo a Direção da Faculdade

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (PROJETO DE PESQUISA E RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA)

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (PROJETO DE PESQUISA E RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA) REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (PROJETO DE PESQUISA E RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA) ARARUAMA / RIO DE JANEIRO AGOSTO / 2013 Diretor Geral: Prof. Rogério Leopoldo Rocha Diretor Acadêmico:

Leia mais

Parágrafo Único Nos casos de matrícula por disciplina, o TC só será apresentado no ciclo de conclusão do Curso.

Parágrafo Único Nos casos de matrícula por disciplina, o TC só será apresentado no ciclo de conclusão do Curso. 1 Estabelece procedimentos para a realização do Trabalho de Conclusão TC II, no âmbito da graduação, bacharelados e licenciaturas, para fins de conclusão de curso, nos termos regimentais. Art. 1º. Os alunos

Leia mais

Manual para TCC. Jacareí 2011

Manual para TCC. Jacareí 2011 Manual para TCC Manual para TCC Jacareí 2011 FACULDADE INESP ORIENTAÇÕES PARA TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO Apresentação Este trabalho foi idealizado pela necessidade de

Leia mais

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO... 3 DOS OBJETIVOS E CARACTERÍSTICAS... 3 DO COORDENADOR DE CURSO... 4 DO PROFESSOR ORIENTADOR...

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO... 3 DOS OBJETIVOS E CARACTERÍSTICAS... 3 DO COORDENADOR DE CURSO... 4 DO PROFESSOR ORIENTADOR... FAEMA MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MANUAL DE TCC FACULDADE DE EDUCAÇÃO E MEIO AMBIENTE Coordenação e Atualização: Profa. Dra. Helena Meika Uesugui ARIQUEMES RO 2013 ANEXO A RESOLUÇÃO Nº. 018/2013/CONSEPE/FAEMA,

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE ENSINO NORMATIVA INTERNA PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

PRÓ-REITORIA DE ENSINO NORMATIVA INTERNA PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) PRÓ-REITORIA DE ENSINO NORMATIVA INTERNA PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) Aracaju/SE 2011 CAPÍTULO I Das finalidades e dos Objetivos Art. 1º - As Normas de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

Leia mais

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 - O presente regulamento tem por finalidade estatuir a elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), do Curso

Leia mais

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso Faculdade da Cidade de Santa Luzia - 2014 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Art. 1º -O Trabalho de Conclusão de Curso tem por objetivos contribuir

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA Art. 1. Este Regulamento normatiza as atividades relacionadas com o Trabalho de Conclusão de Curso do Curso

Leia mais

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FACULDADE BIRIGUI (TCC FACULDADE BIRIGUI)

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FACULDADE BIRIGUI (TCC FACULDADE BIRIGUI) CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FACULDADE BIRIGUI (TCC FACULDADE BIRIGUI) FUNDAMENTO: O Trabalho de Conclusão de Curso é componente obrigatório da grade

Leia mais

Regulamento de TCC do curso de Fisioterapia

Regulamento de TCC do curso de Fisioterapia Regulamento de TCC do curso de Fisioterapia A atividade de trabalho de conclusão de curso é desenvolvida em área escolhida pelo aluno, sob a orientação professor (es) orientador(es). O aluno descreverá

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 03/2009, DE 5 DE JANEIRO DE 2009

RESOLUÇÃO Nº 03/2009, DE 5 DE JANEIRO DE 2009 RESOLUÇÃO Nº 03/2009, DE 5 DE JANEIRO DE 2009 Altera o Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC do Curso de Economia, na forma do Anexo. O Reitor da Universidade Regional de Blumenau, no uso

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ENSINO FACULDADE GUILHERME GUIMBALA

ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ENSINO FACULDADE GUILHERME GUIMBALA ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ENSINO FACULDADE GUILHERME GUIMBALA Resolução nº 01/ 2010 Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Dispõe sobre a elaboração e apresentação do Trabalho de Conclusão

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) NA FACULDADE MONTESSORIANO DE SALVADOR

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) NA FACULDADE MONTESSORIANO DE SALVADOR 1 FACULDADE MONTESSORIANO DE SALVADOR REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) NA FACULDADE MONTESSORIANO DE SALVADOR Salvador 2011 2 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) NA FACULDADE

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS DA BAHIA FATEC/BA REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FATEC/BA

FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS DA BAHIA FATEC/BA REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FATEC/BA 0 FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS DA BAHIA FATEC/BA REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FATEC/BA ALAGOINHAS 2014 1 SUMÁRIO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE

Leia mais

FACULDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E CULTURA FABEC BRASIL REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

FACULDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E CULTURA FABEC BRASIL REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FABEC BRASIL REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Artigo 1º - O presente regulamento tem por finalidade normatizar as atividades relacionadas ao Trabalho

Leia mais

UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA CURSO DE ZOOTECNIA. Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso I e II

UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA CURSO DE ZOOTECNIA. Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso I e II UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA CURSO DE ZOOTECNIA Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso I e II Presidente Prudente 2009 CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E CARACTERÍSTICAS Art. 1. o - O Trabalho de Conclusão

Leia mais

PRODUÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIREITO

PRODUÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIREITO PRODUÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIREITO Dispõe sobre a forma de operacionalização do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do Curso de Direito. CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA

REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA Faculdade de Tecnologia de Americana Curso Superior de Tecnologia em Logística REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA Americana, SP 2015 SUMÁRIO 1 SOBRE O TRABALHO

Leia mais

REGULAMENTO PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA ETF-TO

REGULAMENTO PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA ETF-TO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA ESCOLA TÉCNICA FEDERAL DE PALMAS DIRETORIA DE ENSINO REGULAMENTO PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS SUPERIORES DE

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA NO CURSO DE DIREITO

PROCEDIMENTO PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA NO CURSO DE DIREITO PORTARIA N Institui normas para elaboração, apresentação e divulgação de monografia final no curso de Direito da Faculdade Maurício de Nassau-FMN- João Pessoa. PROCEDIMENTO PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA

Leia mais

REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DA

REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DA REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FACULDADE TRÊS PONTAS FATEPS O presente regulamento, aprovado pela resolução CONSUP 06/2014, estabelece as normas atinentes ao cumprimento do Trabalho

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CURSO DE GRADUAÇÃO EM GERONTOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CURSO DE GRADUAÇÃO EM GERONTOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CURSO DE GRADUAÇÃO EM GERONTOLOGIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) São Carlos 2012 SUMÁRIO Capitulo I Da definição e objetivos... 03 Capítulo II Da

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO PARA A ORIENTAÇÃO, ELABORAÇÃO, QUALIFICAÇÃO, APRESENTAÇÃO E AVALIAÇÃO DO TRABALHO DE CURSO NA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE LUZIÂNIA-GO A UEG Universidade Estadual de Goiás - Unidade

Leia mais

Regulamento específico Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) CAPÍTULO I

Regulamento específico Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) CAPÍTULO I Regulamento específico Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º O presente regulamento disciplina o processo de elaboração, apresentação e julgamento de monografia,

Leia mais

FACULDADES UNIDAS DO VALE DO ARAGUAIA

FACULDADES UNIDAS DO VALE DO ARAGUAIA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC O Trabalho de Conclusão de Curso está estruturado sob a forma de elaboração de um artigo científico, sendo este resultado de um trabalho integrado entre as disciplinas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 22/2005, de 30 de junho de 2005. RESOLVE:

RESOLUÇÃO Nº 22/2005, de 30 de junho de 2005. RESOLVE: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO MARANHÃO CONSELHO DIRETOR RESOLUÇÃO Nº 22/2005, de 30 de junho de 2005. Aprova as Normas Regulamentadoras da operacionalização da Monografia

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º O presente regulamento rege as atividades de elaboração

Leia mais

Trabalho de Conclusão do Curso (TCC)

Trabalho de Conclusão do Curso (TCC) CURSO DE ENFERMAGEM Trabalho de Conclusão do Curso (TCC) O Trabalho de Conclusão de Curso ou Monografia constitui um instrumento que possibilita ao acadêmico a oportunidade de demonstrar o grau de habilidade

Leia mais

FACULDADE ESPÍRITO SANTENSE DE CIÊNCIAS JURÍDICAS REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO CURSO DE DIREITO

FACULDADE ESPÍRITO SANTENSE DE CIÊNCIAS JURÍDICAS REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO CURSO DE DIREITO FACULDADE ESPÍRITO SANTENSE DE CIÊNCIAS JURÍDICAS REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO CURSO DE DIREITO Cariacica/ES 2014 FACULDADE ESPÍRITO SANTENSE DE CIÊNCIAS JURÍDICAS REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais