CONCEPCIONISTAS MISSIONÁRIAS DO ENSINO SETOR: ADMINISTRATIVO MANUAL DE PROCESSOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONCEPCIONISTAS MISSIONÁRIAS DO ENSINO SETOR: ADMINISTRATIVO MANUAL DE PROCESSOS"

Transcrição

1 CONCEPCIONISTAS MISSIONÁRIAS DO ENSINO SETOR: ADMINISTRATIVO MANUAL DE PROCESSOS

2 SETOR: Nº DOC.: FOLHA:02/16 MATRIZ DE PROCESSOS E ATIVIDADES Missão: Organizar e controlar o sistema contábil/financeiro de Rh da Instituição em consonância com Missão e o Projeto Educativo Concepcionista PROCESSOS E ATIVIDADES DO SETOR PROCESSOS: P1: Gerenciamento do sistema administrativo PEDAG/CAIXA P2: Organização dos documentos contábeis e do Departamento Pessoal P3: Realização do Processo de matrículas P4: Efetivação de compras, pagamentos e recebimentos P5: Orçamento P6: Vale Transporte P7: Concessão de bolsas e descontos ATIVIDADES: A1: Recebimento de taxas para eventos sócios culturais A2: Emissão e entrega dos boletos bancários 2

3 SETOR: ADMINISTRATIVO Nº DOC.: FOLHA:03/16 MATRIZ DE PROCESSOS E ATIVIDADES FORNECEDORES INSUMOS PROCESSOS SERVIÇOS CLIENTES NECESSIDADES DOS CLIENTES Setor de Informática da Província Direção PEDAG W CAIXA Orientação da mantenedora P1: Gerenciamento do sistema administrativo PEDAG/CAIXA Abastecer com os dados coletados o PEDAG e o W CAIXA Direção Professores Funcionários Alunos Pais Aprimoramento, segurança e clareza. informações atualizadas 3

4 SETOR: ADMINISTRATIVO Nº DOC.: FOLHA:04/16 FLUXO DO PROCESSO PROCESSO: P1: Gerenciamento do sistema administrativo PEDAG/CAIXA OBJETIVO DO PROCESSO : Abastecer com os dados coletados o PEDAG e o W CAIXA ATIVIDADES (O QUE) RESPONSÁVEL (QUEM) MÉTODO (COMO) 1. Baixar e instalar as atualizações do PEDAG e WCAIXA Setor Administrativo A partir da comunicação do analista de tecnologia da informação. Baixar e instalar as atualizações 2. Analisar as atualizações e sua funcionalidade Setor Administrativo Interando-se das atualizações a partir de consulta do ATI e com o próprio programa 3. Proceder o lançamento dos dados Setor Administrativo Lançando os dados pertinentes 4. Enviar informações W site para o setor administrativo Provincial Setor Administrativo Enviando as informações solicitadas 4

5 SETOR: ADMINISTRATIVO Nº DOC.: FOLHA:05/16 MATRIZ DE PROCESSOS E ATIVIDADES FORNECEDORES INSUMOS PROCESSOS SERVIÇOS CLIENTES NECESSIDADES DOS CLIENTES Direção Rede Bancária Fornecedores Funcionários Documentos pertinentes ao setor administrativ o P2: Organização dos documentos contábeis e do Departamento Pessoal Acompanhar o fluxo bancário Registro de documentos Setor Administrativ o da Província Direção Pais Organização coerência, agilidade. Orientação segura 5

6 SETOR: ADMINISTRATIVO Nº DOC.: FOLHA:06/16 FLUXO DO PROCESSO PROCESSO: P2: Organização dos documentos contábeis e do Departamento Pessoal OBJETIVO DO PROCESSO : Organizar os documentos da contabilidade e do Departamento Pessoal ATIVIDADES (O QUE) RESPONSÁVEL (QUEM) MÉTODO (COMO) 1. Receber os documentos contábeis e de pessoal Setor Administrativo Recebendo e organizando os documentos 2. Fazer os lançamentos nos programas pertinentes Setor Administrativo Lançando a partir de normas estabelecidas 3. Realizar a conciliação bancária Setor Administrativo Conferindo débitos e créditos 4. Gerar dados e arquivos Setor Administrativo Promovendo a geração de listagens atualizadas 5. Realizar o balanço mensal e exportar arquivos de dados para administração Provincial Setor Administrativo Confrontando os dados e realizando as alterações necessárias e enviando para a Administração Provincial 6. Emitir relatórios para análise da Diretoria Setor Administrativo Imprimindo os relatórios e encaminhado-os à diretoria 6

7 SETOR: ADMINISTRATIVO Nº DOC.: FOLHA:07/16 MATRIZ DE PROCESSOS E ATIVIDADES FORNECEDORES INSUMOS PROCESSOS SERVIÇOS CLIENTES NECESSIDADES DOS CLIENTES Setor de informática da província Direção Sistema PEDAG Fichas de matrículas Controle de pagamento dos alunos P3: Realização do Processo de matrículas Organizar o sistema financeiro do processo de matrícula Pais Alunos Agilidade no atendimento organização Orientações da mantenedora 7

8 SETOR: ADMINISTRATIVO Nº DOC.: FOLHA:08/16 FLUXO DO PROCESSO PROCESSO: P3: Realização do Processo de matrículas OBJETIVO DO PROCESSO : Organizar o sistema financeiro do processo de matrícula ATIVIDADES (O QUE) RESPONSÁVEL (QUEM) MÉTODO (COMO) 1. Analisar a situação administrativa Setor Administrativo + Direção Reunindo os dois setores e analisando a situação da instituição 2. Definir a política do Setor Administrativo para matrículas Setor Administrativo local e Provincial Reunindo a Diretoria da mantenedora para traçar a política 3. Emitir documentos financeiros para a efetivação da matrícula Setor Administrativo Fazendo as adequações e emitindo os documentos 4. Encaminhar os documentos para secretaria Setor Administrativo Conferindo os documentos emitidos e passando para a secretaria 5. Verificar o pagamento das matrículas Setor Administrativo Acessando o programa bancário 6. Confrontar documentos de matrícula da secretaria com financeiros Setor Administrativo Recebendo da secretaria os contratos devidamente preenchidos. 8

9 SETOR: ADMINISTRATIVO Nº DOC.: FOLHA:09/16 MATRIZ DE PROCESSOS E ATIVIDADES FORNECEDORES INSUMOS PROCESSOS SERVIÇOS CLIENTES NECESSIDADES DOS CLIENTES Cadastro de fornecedores Empresas Clientes Setor administrativo Levantament o de preços Notas e boletos a serem pagos P4: Efetivação de compras, pagamentos e recebimentos. Analisar as cotações de preços Efetivar compras, pagamentos e recebimentos. Fornecedores Comunidade interna Organização clareza e agilidade Boletos de recebimento 9

10 SETOR: ADMINISTRATIVO Nº DOC.: FOLHA:10/16 FLUXO DO PROCESSO PROCESSO: P4: Efetivação de compras, pagamentos e recebimentos. OBJETIVO DO PROCESSO: Analisar as cotações de preços, efetivar, comprar, pagamentos e recebimentos ATIVIDADES (O QUE) RESPONSÁVEL (QUEM) MÉTODO (COMO) 1. Receber e analisar as solicitações de compras Tesouraria + Direção Recebendo e analisando junto a direção a real necessidade do pedido 2. Proceder a análise e cotação no mercado Setor Administrativo Solicitando orçamentos via telefone, fax ou 3. Fechar os pedidos de compras Definir as compras Tesouraria Definindo e fazendo a solicitação das mercadorias 4. Receber e conferir as mercadorias Tesouraria Recebendo e conferindo com a solicitação e fazendo as adequações necessárias 5. Realizar pagamentos e recebimentos Tesouraria Conferindo a documentação apresentada e procedendo a pagamentos e recebimentos 10

11 SETOR: ADMINISTRATIVO Nº DOC.: FOLHA:11/16 MATRIZ DE PROCESSOS E ATIVIDADES FORNECEDORES INSUMOS PROCESSOS SERVIÇOS CLIENTES NECESSIDADES DOS CLIENTES Organização Setores da instituição Levantament o das necessidades dos setores P5: Orçamento Adequar às necessidades e os meios disponíveis. Comunidade Educativa administrativo/ financeiro da instituição 11

12 SETOR: ADMINISTRATIVO Nº DOC.: FOLHA:12/16 FLUXO DO PROCESSO PROCESSO: P5: Orçamento. OBJETIVO DO PROCESSO: levantar as necessidades e adequá-las aos meios disponíveis ATIVIDADES (O QUE) RESPONSÁVEL (QUEM) MÉTODO (COMO) 1. Realizar levantamento nos setores para identificar as necessidades Setor Administrativo + Responsáveis pelos setores Preenchendo um documento com as necessidades do setor 2. Reunir e analisar as necessidades dos setores Diretoria da mantenedora Analisando as solicitações de cada setor e o todo 3. Definir as prioridades possíveis de serem atendidas Diretoria da mantenedora Elegendo as prioridades dentro das possibilidades da Instituição 4. Elaborar orçamento Diretoria da mantenedora Elaborando o orçamento de acordo com as normas estabelecidas pela Administração Provincial 5. Encaminhar o orçamento para aprovação provincial Diretoria da mantenedora Passando o orçamento e sua justificativa para a Administração Provincial 12

13 SETOR: ADMINISTRATIVO Nº DOC.: FOLHA:13/16 MATRIZ DE PROCESSOS E ATIVIDADES FORNECEDORES INSUMOS PROCESSOS SERVIÇOS CLIENTES NECESSIDADES DOS CLIENTES Departamento pessoal Relação nominal com tipo e quantidade de vales P6: Vale Transporte Aquisição e distribuição de vales transportes. Professores Funcionários Transporte a baixo custo para professores e funcionários 13

14 SETOR: ADMINISTRATIVO Nº DOC.: FOLHA:14/16 FLUXO DO PROCESSO PROCESSO: P6: Vale Transporte OBJETIVO DO PROCESSO: Aquisição e distribuição de vales transportes ATIVIDADES (O QUE) RESPONSÁVEL (QUEM) MÉTODO (COMO) 1. Fazer o levantamento de quantos professores e funcionários utilizarão vale transporte 2. Fazer o levantamento da quantidade necessária para o mês Departamento Pessoal Departamento Pessoal Analisando salários e condições de acordo com a lei Verificando os dias do mês em que serão necessários vales de acordo com a lei 3. Preencher o formulário padrão Departamento Pessoal Preenchimento correto 4. Adquirir os vales Setor Administrativo Indo ao banco para adquiri os vales 5. Conferir e separar os vales Departamento Pessoal Fazendo a conferência de acordo com as necessidades e aquisições feitas 6. Entregar os vales Departamento Pessoal Entregando a cada interessado, pedindo que assine o recebimento. 14

15 SETOR: ADMINISTRATIVO Nº DOC.: FOLHA:15/16 MATRIZ DE PROCESSOS E ATIVIDADES FORNECEDORES INSUMOS PROCESSOS SERVIÇOS CLIENTES NECESSIDADES DOS CLIENTES Responsáveis pelos alunos Documentos apresentados pelos responsáveis P7: Concessão de bolsas e descontos Receber e analisar pedidos de bolsas e descontos apresentados pelos responsáveis. Responsáveis pelos alunos Desconto na anuidade escolar 15

16 SETOR: ADMINISTRATIVO Nº DOC.: FOLHA: 16/16 FLUXO DO PROCESSO PROCESSO: P7: Concessão de bolsas e descontos OBJETIVO DO PROCESSO: Receber e analisar pedidos de bolsas e descontos apresentados pelos responsáveis pelos alunos ATIVIDADES (O QUE) RESPONSÁVEL (QUEM) MÉTODO (COMO) 1. Orientar as pessoas que procurem o setor para descontos e orientar sobre os procedimentos 2. Entregar o formulário de requerimento devidamente numerado e relação de documentos exigidos 3. Receber o formulário de requerimento preenchido junto com os documentos Setor Administrativo Atendendo e explicando as condições Setor Administrativo Passando o formulário com as orientações devidas Setor Administrativo 4. Analisar a situação sócio econômica de cada requerente Conselho da mantenedora A partir dos dados apresentados 5. Recorrer a um assistente social para entrevistar os requerentes Conselho da mantenedora 6. Comunicar o resultado da solicitação Departamento Pessoal Via telefone 16

CONCEPCIONISTAS MISSIONÁRIAS DO ENSINO SETOR: TECNOLOGIA MANUAL DE PROCESSOS

CONCEPCIONISTAS MISSIONÁRIAS DO ENSINO SETOR: TECNOLOGIA MANUAL DE PROCESSOS CONCEPCIONISTAS MISSIONÁRIAS DO ENSINO SETOR: TECNOLOGIA MANUAL DE PROCESSOS 110 SETOR: TECNOLOGIA Nº DOC.: FOLHA:02/16 MATRIZ DE PROCESSOS E ATIVIDADES APROVADO POR: Ir. 25/03/2010 REVISÃO: 13/09/2013

Leia mais

REDE CONCEPCIONISTA DE ENSINO

REDE CONCEPCIONISTA DE ENSINO REDE CONCEPCIONISTA DE ENSINO SETOR: ALMOXARIFADO MANUAL DE PROCESSOS MP = Manual de Processos 1 Nº DOC.: MP 11 FOLHA: 2/10 MATRIZ DE PROCESSOS E ATIVIDADES Missão: Apoiar a Direção Geral e Administrativa

Leia mais

Contas a Pagar - Política de Pagamentos a Fornecedores

Contas a Pagar - Política de Pagamentos a Fornecedores Contas a Pagar - Política de Pagamentos a Fornecedores Setembro / 2013 Bem vindo ao sistema de consultas de pagamentos da TOTVS S/A. Aqui você encontrará informações sobre condições de pagamentos, bem

Leia mais

DOCUMENTO OPERACIONAL PROCESSO: DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS E EVENTOS SETOR RESPONSÁVEL: EVENTOS

DOCUMENTO OPERACIONAL PROCESSO: DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS E EVENTOS SETOR RESPONSÁVEL: EVENTOS SETOR RESPONSÁVEL: PÁGINA: 1 de 8 1.0 OBJETIVO: Identificar e analisar as solicitações de clientes na modalidade eventos, selecionar fornecedores que possam atender aos requisitos solicitados, efetuar

Leia mais

2.1 O Diretor Presidente é responsável pela aprovação dos processos de reembolso liberados para pagamento.

2.1 O Diretor Presidente é responsável pela aprovação dos processos de reembolso liberados para pagamento. PÁGINA: 1 de 6 1 1.0 OBJETIVO: Analisar e controlar as solicitações de reembolso dos bilhetes aéreos não utilizados quando de sua contratação e providenciar o reembolso devido ao cliente, desde que, observadas

Leia mais

MANUAL BÁSICO DE NORMAR E ROTINAS DEPARTAMENTO FINANCEIRO. Contamos com o comprometimento e colaboração de todos.

MANUAL BÁSICO DE NORMAR E ROTINAS DEPARTAMENTO FINANCEIRO. Contamos com o comprometimento e colaboração de todos. MANUAL BÁSICO DE NORMAR E ROTINAS DEPARTAMENTO FINANCEIRO DISPOSIÇÕES INICIAIS O manual trás um resumo de algumas normas e rotinas que devem ser seguidas para o bom desempenho das tarefas necessárias para

Leia mais

Cargo Descrição e Requisitos Benefícios

Cargo Descrição e Requisitos Benefícios Vitória, 22 de Abril de 2012. A Selecta, empresa de Recrutamento e Seleção, divulga as vagas de emprego em aberto, com destaque para: Auxiliar Administrativo, Assistente Financeiro, Coordenador de Recursos

Leia mais

GESTÃO OTIMIZE A SOFTWARE DA SUA EMPRESA ESPECÍFICO PARA CONSTRUTORAS E INCORPORADORAS. O Nosso Trabalho é Facilitar o Seu!

GESTÃO OTIMIZE A SOFTWARE DA SUA EMPRESA ESPECÍFICO PARA CONSTRUTORAS E INCORPORADORAS. O Nosso Trabalho é Facilitar o Seu! /superainfo Rua Osvaldo Aranha, 449 Centro 85.501-037 Pato Branco - Paraná O Nosso Trabalho é Facilitar o Seu! OTIMIZE A GESTÃO DA SUA EMPRESA SOFTWARE ESPECÍFICO PARA CONSTRUTORAS E INCORPORADORAS O Supera

Leia mais

SISTEMA DE REQUISIÇÃO ON-LINE

SISTEMA DE REQUISIÇÃO ON-LINE Manual elabora por: Benedito Elias Neto FCL - Araraquara Seção Técnica de Materiais SISTEMA DE REQUISIÇÃO ON-LINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO Implantação do Sistema de Requisição ON-LINE (RMS) REQUISIÇÃO DE MATERIAL

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos a distância

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos a distância Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos a distância A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis, informa

Leia mais

Sistema MSYS - Sistema Financeiro para Produtoras de Cinema e Vídeo

Sistema MSYS - Sistema Financeiro para Produtoras de Cinema e Vídeo Sistema MSYS - Sistema Financeiro para Produtoras de Cinema e Vídeo Resumo O desenvolvimento de um sistema específico para Produtoras de Cinema foi iniciado em 1984, quando fui convidado pela Companhia

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS

ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS ASSESSORIA DE IMPRENSA: Função GERENTE. Assessorar a Diretoria da Ceasa; Promover e divulgar notícias relacionadas a Ceasa; Estreitar o relacionamento da mídia com

Leia mais

Mural de Oportunidades

Mural de Oportunidades Mural de Oportunidades Administração Com Habilitação em Finanças 46097 09:00-12:00 / 14:00-17:00 550,00 Auxílio Transporte Acompanhar o controle de estoque através de planilhas eletrônicas, administrar

Leia mais

MÓDULO. Básico. Grupo Acert - 1

MÓDULO. Básico. Grupo Acert - 1 MÓDULO Básico Grupo Acert - 1 ÍNDICE Clientes / Fornecedores Comercial Expedição Estoque Compras 03 04 05 06 07 Faturamento Finanças Controle de Crédito Sintegra Cobrança Eletrônica 08 09 10 10 11 Esta

Leia mais

Procedimento Operacional N⁰ do procedimento: PO 023

Procedimento Operacional N⁰ do procedimento: PO 023 1/ 7 Nº revisão Descrição da Revisão 00 Elaboração inicial do documento 01 Revisão geral do documento e adequação dos registros e padrões Demais envolvidos na análise e aprovação Área / Processo Responsável

Leia mais

CADASTROS E CONCEITOS DAS BASES DE DADOS

CADASTROS E CONCEITOS DAS BASES DE DADOS CADASTROS E CONCEITOS DAS BASES DE DADOS INSUMOS DOS PROCESSO 1. PESSOAS 1. PLANO DE ITENS 3. OPERACIONAIS 4. CENTROS DE RESULTADO 1.1 Clientes 2.1 Unidades 3.1 Endereços 4.1 Plano de Contas 1.2 Fornecedores

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Página 1 de 9 1. OBJETIVO Estabelecer as diretrizes básicas pertinentes ao tratamento e manutenção de acervos arquivísticos ou bibliográficos, sejam administrativos, técnicos ou especializados nas instalações

Leia mais

Rua Osvaldo Aranha, 449 Centro Cep: 85.501-310 Pato Branco - Paraná. Supere na Gestão de sua Construtora.

Rua Osvaldo Aranha, 449 Centro Cep: 85.501-310 Pato Branco - Paraná. Supere na Gestão de sua Construtora. Rua Osvaldo Aranha, 449 Centro Cep: 85.501-310 Pato Branco - Paraná. Supere na Gestão de sua Construtora. Confira o fluxograma do software a seguir e entenda como funciona. Requisição de materiais/serviços

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Página 1 de 10 1. OBJETIVO Estabelecer as diretrizes básicas pertinentes a Guarda de Documentos de Terceiros. 2. APLICAÇÃO Este procedimento aplica-se aos processos da guarda de documentos de terceiros,

Leia mais

-------------------------------------- I GERAL ----------------------------------------

-------------------------------------- I GERAL ---------------------------------------- REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DO CATAVENTO E FÁBRICAS DE CULTURA -------------------------------------- I GERAL ---------------------------------------- Artigo 1º - Este regulamento

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DO ESTADO DE SÃO PAULO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DO ESTADO DE SÃO PAULO Instrução nº 2533 Dispõe sobre os procedimentos para concessão do auxílio-educação e auxíliocreche para dependentes. O Presidente do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado de

Leia mais

PROCEDIMENTO GERENCIAL PADRÃO Ref.: FIN-PGP-001_00 Emissão: 22/05/2013 P. 1/14 CARTÃO CORPORATIVO

PROCEDIMENTO GERENCIAL PADRÃO Ref.: FIN-PGP-001_00 Emissão: 22/05/2013 P. 1/14 CARTÃO CORPORATIVO Ref.: FIN-PGP-001_00 Emissão: 22/05/2013 P. 1/14 CARTÃO CORPORATIVO Ref.: FIN-PGP-001_00 Emissão: 22/05/2013 P. 2/14 SUMÁRIO 1. RESUMO DO PROCESSO... 3 2. FLUXOGRAMA... 4 3. OBJETIVO... 5 4. APLICAÇÃO...

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL AQUISIÇÃO / QUALIFICAÇÃO E AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES

PROCEDIMENTO OPERACIONAL AQUISIÇÃO / QUALIFICAÇÃO E AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES Histórico de Revisões Rev. Modificações 01 30/04/2007 Primeira Emissão 02 15/06/2009 Alteração de numeração de PO 7.1 para. Alteração do título do documento de: Aquisição para: Aquisição / Qualificação

Leia mais

A A EMPRESA. Sem mais a R4 Sistemas agradece aguardando o retorno.

A A EMPRESA. Sem mais a R4 Sistemas agradece aguardando o retorno. A A EMPRESA A R4 Sistemas é uma empresa de informática, voltada para o desenvolvimento de sistemas de gestão corporativa ERP e CRM, para diversas áreas de atuação. Utilizando tecnologia de ponta, seus

Leia mais

ENTIDADES SOFTWARE ESPECÍFICO PARA GESTÃO DE. ACEs, CDLs, AMPEs Sindicatos Patronais e similares. O Nosso Trabalho é Facilitar o Seu!

ENTIDADES SOFTWARE ESPECÍFICO PARA GESTÃO DE. ACEs, CDLs, AMPEs Sindicatos Patronais e similares. O Nosso Trabalho é Facilitar o Seu! /superainfo Rua Osvaldo Aranha, 449 Centro 85.501-037 Pato Branco - Paraná O Nosso Trabalho é Facilitar o Seu! SOFTWARE ESPECÍFICO PARA GESTÃO DE ENTIDADES Atuando no mercado nacional desde 2003, a Supera

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI em Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI em Blumenau EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

Faculdade de Tecnologia SENAI em Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI em Blumenau EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Faculdade de Tecnologia SENAI em Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI em Blumenau EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Faturamento Finanças Controle de Crédito Sintegra Cobrança Eletrônica. Clientes / Fornecedores Comercial Expedição Estoque Compras

Faturamento Finanças Controle de Crédito Sintegra Cobrança Eletrônica. Clientes / Fornecedores Comercial Expedição Estoque Compras MÓDULO Básico ÍNDICE Clientes / Fornecedores Comercial Expedição Estoque Compras 03 04 05 06 07 Faturamento Finanças Controle de Crédito Sintegra Cobrança Eletrônica 08 09 10 10 11 Esta apresentação exemplifica

Leia mais

TESOURARIA. Âmbito. Avisos a Clientes Proposta e emissão de avisos de débitos em atraso de clientes.

TESOURARIA. Âmbito. Avisos a Clientes Proposta e emissão de avisos de débitos em atraso de clientes. Página1 TESOURARIA Âmbito Recibos O módulo de recibos do Multi permite associar os valores recebidos de terceiros aos documentos regularizados, registar os meios de liquidação e emitir o Recibo. O recibo

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PO.GRH.01 01 1/9 1. OBJETIVO Descrever e fornecer informações quanto às atribuições, responsabilidades e pré-requisitos que constituem as funções da organização, e o levantamento da necessidade e realização

Leia mais

Oportunidade de Desenvolvimento e Crescimento Profissional: ASSISTENTE DE TI

Oportunidade de Desenvolvimento e Crescimento Profissional: ASSISTENTE DE TI ASSISTENTE DE TI Código: 0190 Atribuições da Função : Prestar serviços de suporte técnico aos usuários de TI. Realizar apoio técnico em projetos de Desenvolvimento / Manutenção de Sistemas, permitindo

Leia mais

INTRODUÇÃO. Administração. Departamento de Compras. Departamento Financeiro

INTRODUÇÃO. Administração. Departamento de Compras. Departamento Financeiro 1 INTRODUÇÃO Este Manual tem a finalidade de orientar os compradores e fornecedores de como deverão trabalhar em parceria com a Associação Paulista de Supermercados APAS. A partir do conhecimento do mesmo,

Leia mais

PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE REGULAMENTO

PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE REGULAMENTO PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE 1. DAS INFORMAÇÕES GERAIS REGULAMENTO 1.1 - O presente regulamento objetiva a concessão de Crédito Educativo para estudantes devidamente Matriculados nos cursos

Leia mais

BOLSA PDSE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR

BOLSA PDSE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR Program a de Pós-Graduação em Enfermagem SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE BOLSA PDSE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/7 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS ASSEMED/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: ACOMPANHAR MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DAS UNIDADES MODELO I e II ELABORADO EM:26/05/2015

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e SENAI em Tubarão EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e SENAI em Tubarão EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e SENAI em Tubarão EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis em parceria

Leia mais

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCAS DO RIO VERDE CONTROLE INTERNO

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCAS DO RIO VERDE CONTROLE INTERNO 1/8 1) DOS OBJETIVOS: 1.1) Disciplinar e normatizar os procedimentos operacionais na administração de recursos humanos; 1.2) Garantir maior segurança na admissão e exoneração de pessoal; 1.3) Manter atualizado

Leia mais

Controles Financeiros - Básico-

Controles Financeiros - Básico- Controles Financeiros - Básico- Introdução Este material irá tratar de controles financeiros que sua empresa deve manter a fim de organizar todo o fluxo de informações que servirão de base para os relatórios.

Leia mais

IN 105 ATENDIMENTO AO CLIENTE 001. Atividade Autoridade Responsabilidade

IN 105 ATENDIMENTO AO CLIENTE 001. Atividade Autoridade Responsabilidade IN 105 ATENDIMENTO AO CLIENTE 001 1 OBJETIVO Estabelecer as orientações e procedimentos para prestar o atendimento ao cliente que procura algum dos serviços ou produtos que compõe o portfólio e/ou o atendimento

Leia mais

CPP Comitê de Publicações Periódicas REVISTA VIVÊNCIA - ESG

CPP Comitê de Publicações Periódicas REVISTA VIVÊNCIA - ESG CPP Comitê de Publicações Periódicas REVISTA VIVÊNCIA - ESG REVISTA VIVÊNCIA A Revista Vivência é uma publicação periódica escrita por seus próprios consumidores. Essa característica é raramente encontrada

Leia mais

Manual de Normas e Procedimentos Comercial.

Manual de Normas e Procedimentos Comercial. Manual de Normas e Procedimentos Comercial. Gerência Comercial. Referência: Versão: Revisado 1.1 Data: 21/07/2014 21de Julho de 2014 Sumário Definição da Área Comercial.... 3 Representação da área comercial....

Leia mais

REGULAMENTO DO SETOR FINANCEIRO

REGULAMENTO DO SETOR FINANCEIRO 1 REGULAMENTO DO SETOR FINANCEIRO O Professor Dr. Marcus Vinícius Crepaldi, Diretor Geral da Faculdade de Tecnologia do Ipê FAIPE no uso das atribuições que lhe confere o Regimento Interno e, considerando

Leia mais

Já Pensou em um Sistema de Gestão? Então Pense no GESTOR!

Já Pensou em um Sistema de Gestão? Então Pense no GESTOR! Já Pensou em um Sistema de Gestão? Então Pense no GESTOR! Conheça as vantagens de ter o sistema Gestor, como sua melhor ferramenta de trabalho! Clique sobre a imagem para mais detalhes Para mais detalhes

Leia mais

Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador

Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador 1 Apresentação Apresentamos o Processo de Viagens GENS Manual do Colaborador. Este Manual é parte integrante do Processo de Viagens GENS.

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PROCEDIMENTO DE APURAÇÃO DE FREQUÊNCIA

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PROCEDIMENTO DE APURAÇÃO DE FREQUÊNCIA 22/0/203. INTRODUÇÃO A Política de Apuração de Frequência tem por objetivo estabelecer as regras para falta e atraso, além de estabelecer controles relativos à apuração de informações de frequência de

Leia mais

Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional

Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional Unidade Universidade Federal da Bahia Pró-Reitoria de Graduação Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional Processo Nº de folhas 1 de 5 Glossário Termos e Siglas CAP Comissão

Leia mais

PO.03 Emissão de documentos académicos

PO.03 Emissão de documentos académicos 1. Objetivo INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM Emitir, no tempo e segundo modelos e formas estabelecidas, certidões, certificados, diplomas e outros documentos similares que atestem e garantam a veracidade

Leia mais

Configuração Empresa/Filial

Configuração Empresa/Filial Configuração Empresa/Filial Para definir as configurações (Parâmetros) de cada empresa ou filial cadastrada no sistema, proceda da seguinte forma: Acesse o módulo Administrativo. Clique no menu Cadastros

Leia mais

FUNDO DE APOIO AO ACADÊMICO DO ENSINO SUPERIOR REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DO FAAES - PARA INGRESSANTES SEGUNDO SEMESTRE 2014

FUNDO DE APOIO AO ACADÊMICO DO ENSINO SUPERIOR REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DO FAAES - PARA INGRESSANTES SEGUNDO SEMESTRE 2014 REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DO FAAES - PARA INGRESSANTES SEGUNDO SEMESTRE 2014 A AJES, mantenedora da Faculdade de Administração e Ciências Contábeis do Vale do Juruena, Instituto Superior de Educação do

Leia mais

Cargos/Funções necessárias no desenvolvimento das atividades: GERENTE DE ATIVIDADE, ASSISTENTE TÉCNICO ESPECIALIZADO E ASSISTENTE OPERACIONAL

Cargos/Funções necessárias no desenvolvimento das atividades: GERENTE DE ATIVIDADE, ASSISTENTE TÉCNICO ESPECIALIZADO E ASSISTENTE OPERACIONAL Cargos/Funções necessárias no desenvolvimento das atividades: GERENTE DE ATIVIDADE, ASSISTENTE TÉCNICO ESPECIALIZADO E ASSISTENTE OPERACIONAL MACRO FUNÇÃO ATIVIDADE TAREFA Verificar Tabela de Bancos, Analisar

Leia mais

NORMAS PARA SOLICITAÇÃO, USO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS DO FUNDECITRUS

NORMAS PARA SOLICITAÇÃO, USO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS DO FUNDECITRUS 1 NORMAS PARA SOLICITAÇÃO, USO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS DO FUNDECITRUS Todas as normas devem ser lidas atentamente antes da submissão da proposta de pesquisa, bem como antes da realização

Leia mais

Orquestra BPM. Template Solicitação de Férias. Manual de Instalação

Orquestra BPM. Template Solicitação de Férias. Manual de Instalação Orquestra BPM Template Solicitação de Férias Manual de Instalação P á g i n a 2 Introdução Template pode ser definido como um modelo, molde ou padrão, por exemplo, de documentos, sites e blogs. Com relação

Leia mais

Inscrições/Submissões

Inscrições/Submissões Inscrições/Submissões Orientações Gerais As inscrições serão feitas exclusivamente online, no site do evento, pelo link Inscrições/Submissões > Formulário de inscrição. O preenchimento correto dos dados

Leia mais

Uma vez feito o pagamento você poderá enviar um e-mail ou fax com o comprovante para o seguinte:

Uma vez feito o pagamento você poderá enviar um e-mail ou fax com o comprovante para o seguinte: DEPARTAMENTO FINANCEIRO DA CORPORATE GIFTS O departamento financeiro da Corporate Gifts orgulha-se pela nossa capacidade de fornecer aos nossos clientes um serviço seguro, preciso e imediato. Será um prazer

Leia mais

Tabela de funcionalidades. Sage Folha de Pagamento. Tabela de Funcionalidades. Sage Sage Gestão Contábil A evolução A do do escritório

Tabela de funcionalidades. Sage Folha de Pagamento. Tabela de Funcionalidades. Sage Sage Gestão Contábil A evolução A do do escritório Sage Sage Gestão Contábil A evolução A do do escritório Tabela de funcionalidades A disponibilidade da funcionalidade dependerá da modalidade do pacote 1 Com esta funcionalidade, é possível executar os

Leia mais

Universidade Presidente Antônio Carlos Faculdade de Ciências Humanas e Exatas Curso de Administração Campus VI

Universidade Presidente Antônio Carlos Faculdade de Ciências Humanas e Exatas Curso de Administração Campus VI A) Área de Administração Geral ÁREAS E ATIVIDADES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO O estagiário desta área de interesse deverá participar de atividades essenciais de uma empresa, tais como: marketing, produção,

Leia mais

EDITAL Nº 5/2015 NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO 01/2016

EDITAL Nº 5/2015 NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO 01/2016 EDITAL Nº 5/2015 NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO 01/2016 A Direção Geral da Faculdade Iguaçu, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, de acordo com a legislação vigente e Regimento Geral, torna

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO, QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE MÃO DE OBRA NO SETOR DE INSTALAÇÕES SINDICATO DA INDÚSTRIA DE INSTALAÇÃO - SP

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO, QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE MÃO DE OBRA NO SETOR DE INSTALAÇÕES SINDICATO DA INDÚSTRIA DE INSTALAÇÃO - SP 1 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO, QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE MÃO DE OBRA NO SETOR DE INSTALAÇÕES SINDICATO DA INDÚSTRIA DE INSTALAÇÃO - SP 2 APRESENTAÇÃO O Sindicato da Indústria de Instalação -, identificou

Leia mais

profissionais graduados.

profissionais graduados. A pós-graduação lato sensu são cursos promovidos pela Faculdade de Jaguariúna com mais de 360 horas (entre 12 e 18 meses geralmente) em conformidade com a Resolução CNE/CES nº 1, de 8 de junho de 2007,

Leia mais

Figura 01 Visão Geral do Sistema de Gestão de Propostas (SGP)

Figura 01 Visão Geral do Sistema de Gestão de Propostas (SGP) Agosto de 2013 1. APRESENTAÇÃO Este Manual destina-se aos membros das Comissões Organizadoras Estaduais da III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial III CONAPIR, responsáveis por gerenciar

Leia mais

GESTÃO ADMINISTRATIVA

GESTÃO ADMINISTRATIVA GESTÃO ADMINISTRATIVA A Andrade s Consultoria em Gestão Empresarial é uma empresa que desenvolve projetos de consultoria customizados de acordo com as necessidades de cada cliente. Nossos projetos são

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 2015

CHAMADA PÚBLICA 2015 EDITAL N º 13 /PRPPGI/2015 CHAMADA PÚBLICA 2015 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS COM FINALIDADE DIDÁTICO- PEDAGÓGICA EM CURSOS REGULARES NO EXECUÇÃO: MAIO A NOVEMBRO DE 2015. A Reitora

Leia mais

Manual Coordenadoria (CO) Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV

Manual Coordenadoria (CO) Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV Manual Coordenadoria (CO) Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV Este Manual setorial faz parte do Programa de Gestão da Qualidade da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV.

Leia mais

Confira o fluxograma do software a seguir e entenda como funciona. Rua Osvaldo Aranha, 449 Centro Cep: 85.501-310 Pato Branco Paraná.

Confira o fluxograma do software a seguir e entenda como funciona. Rua Osvaldo Aranha, 449 Centro Cep: 85.501-310 Pato Branco Paraná. Confira o fluxograma do software a seguir e entenda como funciona. Rua Osvaldo Aranha, 449 Centro Cep: 85.501-310 Pato Branco Paraná. Envio de e-mail s pelo sistema vinculando-os à Central de Relacionamento

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE SUMÁRIO 1. OBJETIVO 2. CAMPO DE APLICAÇÃO 3. REFERÊNCIAS 4. DEFINIÇÕES 5. SIGLAS 6. CONDIÇÕES GERAIS 7. RESPONSABILIDADES 8. ANEXOS 1. OBJETIVO Este procedimento é estabelecido e mantido para uniformizar

Leia mais

Cargo Descrição e Requisitos Benefícios

Cargo Descrição e Requisitos Benefícios Vitória, 25 de Junho de 2012. A Selecta, empresa de Recrutamento e Seleção, divulga as vagas de emprego em aberto, com destaque para: Vendedor Externo, Assistente de Crédito e Cobrança, Auxiliar Administrativo,

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 4 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões de Acesso... 4 3.2 Plano de Contas... 5 3.2.1 Parcelado... 6 3.2.2 Parcelamento Notas a Prazo...

Leia mais

POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO 1. Aplicação Esta política aplica-se a todos os colaboradores Técnico-administrativos, sejam vínculo CLT ou contrato de estágio. 2. Objetivo Estabelecer critérios

Leia mais

Documentação de Controle de Acesso Descrição das opções disponíveis

Documentação de Controle de Acesso Descrição das opções disponíveis Módulo Cadastro SIGLA Digital Relação de Controles de Acesso Página 1 de 22 Documentação de Controle de Acesso Descrição das opções disponíveis Agenda Telefônica Cadastro simplificado de telefones. Tem

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN Pró-Reitoria de Recursos Humanos- PRH Departamento de Administração de Pessoal DAP

Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN Pró-Reitoria de Recursos Humanos- PRH Departamento de Administração de Pessoal DAP DAP DIVISÃO DE PAGAMENTO E ATENDIMENTO SEÇÃO DE CONTROLE DE PAGAMENTO MACROPROCESSO: 2 PROCESSAMENTO DA FOLHA PROCESSO: 2.1 PAGAMENTO DE SERVIDORES ATIVOS FORNECEDOR ATIVIDADES PRODUTO CLIENTE RECOMENDAÇÕES

Leia mais

A CRESCER RH dispõe de vagas em diversas áreas Interessando enviar currículo para. Endereço: Avenida Getulio Dorneles Vargas; 540 N 2ª andar - Centro.

A CRESCER RH dispõe de vagas em diversas áreas Interessando enviar currículo para. Endereço: Avenida Getulio Dorneles Vargas; 540 N 2ª andar - Centro. A CRESCER RH dispõe de vagas em diversas áreas Interessando enviar currículo para crescerh@crescerh.com.br e/ou realizar cadastro no site Endereço: Avenida Getulio Dorneles Vargas; 540 N 2ª andar - Centro.

Leia mais

Precision. A sua Solução de Gestão Empresarial. Características do Sistema: Principais Recursos:

Precision. A sua Solução de Gestão Empresarial. Características do Sistema: Principais Recursos: A sua Solução de Gestão Empresarial O Precision é a solução de Gestão Empresarial de baixo custo que a Maggiore Sistemas disponibiliza para pequenas e médias empresas. Desenvolvido e comercializado em

Leia mais

TREINAMENTO DTT EXERCÍCIO 2 IDENTIFICANDO RISCOS

TREINAMENTO DTT EXERCÍCIO 2 IDENTIFICANDO RISCOS TREINAMENTO DTT EXERCÍCIO 2 IDENTIFICANDO RISCOS Objetivo Identificar os riscos nos processos descritos No processo de revisão do processo de Compras, necessitamos identificar os principais riscos inerentes

Leia mais

Portfolio de Produtos

Portfolio de Produtos Introdução O Guia de Produtos e Serviços da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) foi elaborado com o objetivo de apresentar os produtos e serviços prestados

Leia mais

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE Pág.: 1 de 6 1. OBJETIVO Realizar o gerenciamento dos projetos desde o seu planejamento, desenvolvimento, recebimento, análise crítica, controle e distribuição nas obras. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Manual

Leia mais

Checklist dos Principais Processos do WinThor Atacado

Checklist dos Principais Processos do WinThor Atacado Checklist dos Principais Processos do WinThor Atacado Após atualizar a versão em ambiente de teste, faça o checklist abaixo executando todas as rotinas listadas. Esta validação dos principais processos

Leia mais

SAN.A.IN.NA 35. Controle de Acesso aos Serviços Disponíveis ao Fornecedor no Portal da Sanasa na INTERNET 1. FINALIDADE

SAN.A.IN.NA 35. Controle de Acesso aos Serviços Disponíveis ao Fornecedor no Portal da Sanasa na INTERNET 1. FINALIDADE ISO 91 1 / 7 SUMÁRIO: 1. FINALIDADE 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 3. CONCEITOS BÁSICOS 4. SENHA DE CONTROLE DE ACESSO 5. ASSINATURA ELETRÔNICA 6. NORMAS QUE DEVERÃO SER CONSULTADAS ANTES DE GERAR O REQUERIMENTO

Leia mais

Oportunidades Para sucesso!

Oportunidades Para sucesso! Operador Produção - Chapecó/SC Remuneração: R$ 765.00 Descrição: Auxilia do processo de extrusão e maquinas. 3 primeiros meses trabalho no horário 13:20 as 22:00 Após os 3 meses no horário 21:00 as 05:00

Leia mais

Curitiba PR www.softwar.com.br comercial@softwar.com.br

Curitiba PR www.softwar.com.br comercial@softwar.com.br Curitiba PR www.softwar.com.br comercial@softwar.com.br Sistema indicado para empresas que trabalham com produção: Composto de: Configurações Gerais Sistema Multi-Empresa Controle de Acesso Módulo Almoxarifado

Leia mais

Estabelecer os procedimentos para o gerenciamento dos sistemas e demais aplicações informatizadas do TJAC.

Estabelecer os procedimentos para o gerenciamento dos sistemas e demais aplicações informatizadas do TJAC. Código: MAP-DITEC-001 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Gerência de Sistemas Aprovado por: Diretoria de Tecnologia da Informação 1 OBJETIVO Estabelecer os procedimentos para o gerenciamento

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005

SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005 SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005 ÍNDICE Introdução...3 A Necessidade do Gerenciamento e Controle das Informações...3 Benefícios de um Sistema de Gestão da Albi Informática...4 A Ferramenta...5

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO EXTENSÃO E. E. INDIA VANUÍRE Código: 9136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica

Leia mais

Aplicação FUNCIONALIDADES

Aplicação FUNCIONALIDADES O sistema Advice é uma solução Corpdigital baseada na web que centraliza, de forma totalmente integrada, as atividades de um conselho de fiscalização profissional. A ferramenta apresenta módulos integrados

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Página: 1/5 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Módulo Rubi Avançado : 20:00 A quem se destina: Todos que tiverem a necessidade de administrar de forma avançada o módulo Rubi para facilitar o controle de Valores Folha

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA DECANATO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DPP DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO DIRP

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA DECANATO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DPP DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO DIRP UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA DECANATO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DPP DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO DIRP ORIENTAÇÕES GERAIS PARA A CRIAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE CURSOS NOVOS (APCN) NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROFESSORA

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Lean Manufacturing

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Lean Manufacturing Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Lean Manufacturing A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis, informa a abertura

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN ROTINAS ADMINISTRATIVAS PROPLAN SETOR: Pró-Reitoria CARGO: Docente / TNS FUNÇÃO: Pró-Reitor

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA IN

INSTRUÇÃO NORMATIVA IN Quinta-feira, 15 de Março de 2012 Ano XVIII - Edição N.: 4030 Poder Executivo Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Informação - Secretaria Municipal Adjunta de Recursos Humanos INSTRUÇÃO NORMATIVA

Leia mais

Relatório Gerencial. Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013

Relatório Gerencial. Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013 2013 Relatório Gerencial Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013 Sumário 1. Objetivo... 4 2. Seleção dos registros... 4 2.1 Seleção dos executores... 4 2.2 Parâmetros...

Leia mais

CONCESSÃO DE VALE TRANSPORTE 1. OBJETIVO

CONCESSÃO DE VALE TRANSPORTE 1. OBJETIVO 1/5 1. OBJETIVO Estabelecer procedimentos e diretrizes para disponibilização de vale transporte para todos os colaboradores que se enquadram na concessão, e que optaram pelo benefício. 2. DEFINIÇÃO E CONCEITO

Leia mais

MBA EM GESTÃO DE PROJETOS

MBA EM GESTÃO DE PROJETOS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI FLORIANÓPOLIS DIREÇÃO GERAL DA FACULDADE João Roberto Lorenzett COORDENAÇÃO DA FACULDADE Priscila Basto Fagundes COORDENAÇÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Beth Schirmer

Leia mais

PEDIDO DE VIABILIDADE. Pedido de Viabilidade. Página 1 / 42

PEDIDO DE VIABILIDADE. Pedido de Viabilidade. Página 1 / 42 Pedido de Viabilidade Página 1 / 42 ÍNDICE Apresentação... 3 Pedido de Viabilidade para Inscrição de Primeiro Estabelecimento... 4 Solicitante e Pessoa Jurídica... 4 Quadro Societário... 8 Nome Empresarial,

Leia mais

Especificação dos Requisitos do Software: Sistema de Gerenciamento de Planos Corporativo de Celulares

Especificação dos Requisitos do Software: Sistema de Gerenciamento de Planos Corporativo de Celulares Empresa de Informática Infinity LTDA Especificação dos Requisitos do Software: Sistema de Gerenciamento de Planos Corporativo de Celulares Autores: Bruno Alexandre de Souza Emerson Diogo de Lima Muzambinho/MG

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Nº Versão/Data: Validade: 1.0 01/10/2014 OUTUBRO/2015 FIN. 07 - BORDERÔS MACROPROCESSO FINANCEIRO PROCESSO CONTAS A PAGAR

Nº Versão/Data: Validade: 1.0 01/10/2014 OUTUBRO/2015 FIN. 07 - BORDERÔS MACROPROCESSO FINANCEIRO PROCESSO CONTAS A PAGAR 1 de 7 msgq - BORDERÔS MACROPROCESSO FINANCEIRO PROCESSO CONTAS A PAGAR BORDERÔS 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. DOCUMENTOS RELACIONADOS... 2 4. PROCEDIMENTOS... 2 4.1 DEFINIÇÃO DO SERVIÇO E SUA

Leia mais

Tutorial Parceria FAEL com Programa Educa Mais Brasil

Tutorial Parceria FAEL com Programa Educa Mais Brasil Tutorial Parceria FAEL com Programa Educa Mais Brasil Procedimentos de candidatos e parceiros FAEL 1 - Para se inscrever, o candidato deve acessar o site: www.educamaisbrasil.com.br, e selecionar o botão

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para conferir processos de pagamento.

Estabelecer critérios e procedimentos para conferir processos de pagamento. CONFERIR PROCESSOS DE PAGAMENTO SEM RETENÇÃO DE TRIBUTOS Proposto por: Diretor da Divisão de Conferência e Liquidação da Despesa (DILID) Analisado por: Diretor do Departamento Financeiro (DEFIN) Aprovado

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 2014

CHAMADA PÚBLICA 2014 EDITAL N º 34/PROPPI/2014 CÂMPUS URUPEMA CHAMADA PÚBLICA 2014 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS TÉCNICOS COM FINALIDADE DIDÁTICO-PEDAGÓGICA EM CURSOS REGULARES NO CÂMPUS URUPEMA EXECUÇÃO:

Leia mais

MANUAL DE CONTROLO INTERNO

MANUAL DE CONTROLO INTERNO MANUAL DE CONTROLO INTERNO ARSN, IP Página 1 de 12 Ed. Rev. Data Autor 00 00 s/ data Implementação do Modelo de Controlo Interno nas ACSS ARS. 01 00 jan./2013 Adequação dos procedimentos à ARSN,IP. UACI

Leia mais

2º Caderno de Perguntas e Respostas Pregão 373/2008-23

2º Caderno de Perguntas e Respostas Pregão 373/2008-23 2º Caderno de Perguntas e Respostas Pregão 373/2008-23 Pergunta n.º 01: Caso o DNIT/TO já possua este tipo de serviço, qual é o fornecedor atual e a taxa de administração que vem sendo aplicada? Resposta:

Leia mais