Finanças dos municípios capixabas em 2016 e perspectivas. Aequus Consultoria

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Finanças dos municípios capixabas em 2016 e perspectivas. Aequus Consultoria"

Transcrição

1 Finanças dos municípios capixabas em 2016 e perspectivas Aequus Consultoria 11de agosto de 2017

2 Receita Total A receita total do conjunto dos municípios capixabas em 2016 voltou ao nível da receita de 2010.

3 Receita Total Foram dois anos de quedas consecutivos.

4 Maiores Receitas Com exceção do FPM, as demais principais receitas sofreram reduções. O FPM só não caiu devido à arrecadação de IR proporcionada pela regularização de recursos no exterior.

5 Maiores Receitas A maior perda em volume veio do ICMS transferido aos municípios. Na sequência estão as quedas dos royalties e da receita tributária própria.

6 QPM-ICMS O ICMS vem caindo há quatro anos consecutivos. Em 2016, porém, a queda foi mais intensa.

7 Royalties e FRDR Evolução dos royalties e das participações especiais do petróleo e do gás natural em R$ milhões - IPCA médio de 2016 Evolução dos repasses do Fundo de Redução das Desigualdades Regionais em R$ milhões - IPCA médio de , , ,6 151,4 153,4 165, ,4 907,4 128,8 112,2 546,2 638,6 71,6 84,4 34, Os royalties foram afetados pela intensa queda nos preços do petróleo a partir do segundo semestre de Como o FRDR é formado por 30% dos royalties (da alíquota de 5%) do Governo Estadual, este fundo também foi reduzido.

8 Receita X Despesa Em 2016, os municípios capixabas reduziram suas despesas num ritmo ainda mais acentuado que a queda de suas receitas. Enquanto a receita recuou 6,5% para atingir R$ 10,43 bilhões, a despesa foi reduzida em 8,1%, em termos reais (considerada a inflação medida pelo IPCA) e chegaram a R$ 10,27 bilhões.

9 Despesa por Categoria Econômica Foi o segundo ano de corte nas despesas, sendo que em 2016, os cortes foram mais fortes.

10 Despesa por Função Houve reduções em todas as funções, também pelo segundo ano consecutivo. Em educação e saúde os cortes foram intensificados em relação aos de 2015.

11 Cortes nas Despesas Na despesa por categoria econômica, as maiores quedas em valores absolutos ocorreram em pessoal e custeio. Chama atenção o corte nos investimentos, justamente no último ano de mandato. Na despesa por função, foram na educação e na saúde, as duas maiores despesas municipais.

12 Investimentos 1.255,1 Volume de investimento por ano de mandato em R$ milhões - IPCA médio de , , , , , ,6 999,6 Volume de investimentos nos dois últimos mandatos em R$ bilhões - IPCA médio de ,5 4, Primeiro ano de mandato Segundo ano de mandato Terceiro ano de mandato Quarto ano de mandato Os investimentos do último mandato ( ) foram substancialmente menores que os do mandato anterior ( ): R$ -2,0 bilhões.

13 Despesa com Pessoal Número de municípios em relação ao cumprimento do limite para o gasto com pessoal do Poder Executivo de acordo com a LRF Limites da LRF Abaixo do limite de alerta (48,6%) Entre o limite de alerta (48,6%) e o prudencial (51,3%) Entre o limite prudencial (51,3%) e o máximo (54%) Acima do limite máximo (54%) Total Fonte: Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo. Acesso em 10 de agosto de Nota: até a data do acesso, o TCE-ES ainda não havia analisado as informações de Ancheita para Os municípios capixabas fizeram um esforço para se reenquadrarem nos limites do gasto com pessoal da LRF, em Porém, 13 prefeituras encerram o mandato fora dos limites.

14 jan/10 mai/10 set/10 jan/11 mai/11 set/11 jan/12 mai/12 set/12 jan/13 mai/13 set/13 jan/14 mai/14 set/14 jan/15 mai/15 set/15 jan/16 mai/16 set/16 jan/17 mai/17 IBC - Br 10,0% 8,0% 6,0% 4,0% 2,0% 0,0% -2,0% -4,0% -6,0% -8,0% Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) variação acumulada em doze meses -5,4%.

15 04/01/ /01/ /01/ /02/ /02/ /03/ /03/ /03/ /04/ /04/ /04/ /05/ /05/ /06/ /06/ /06/ /07/ /07/ /07/ /08/ /08/ /09/ /09/ /09/ /10/ /10/ /10/ /11/ /11/ /12/ /12/ /12/ /01/ /01/ /01/ /02/ /02/ /03/ /03/ /03/ /04/ /04/ /05/ /05/ /05/ /06/ /06/ /07/ /07/ /07/2017 PIB de ,6% Expectativa de mercado para o PIB de ,4% 1,2% 1,0% 0,8% 0,6% 0,4% 0,2% 0,0%

16 Arrecadação Federal Arrecadação Federal acumulada até junho em R$ bilhões corrigidos pelo IPCA 428,6 504,3 514,6 512,7 510,3 496,6 455,7 461,

17 Arrecadação nacional de ICMS Arrecadação de ICMS dos estados brasileiros no 1º semestre em R$ bilhões corrigidos pelo IPCA 426,2 418,4 398,7 401,8 Até Jun/14 Até Jun/15 Até Jun/16 Até Jun/17

18 FPM e ICMS em 2017 FPM: aumento real de 4% no acumulado de janeiro a junho de 2017 comparado ao mesmo período de São R$ 25,5 milhões a mais para os municípios capixabas. ICMS no ES: queda real de 3% no mesmo período. São menos R$ 34,7 milhões para os municípios capixabas no 1º semestre de 2017.

19 Alberto Borges e Tânia Villela Aequus Consultoria (27)

PEsQUIsA sobre FINANCIAMENTo DA EDUCAÇÃo No BRAsIL

PEsQUIsA sobre FINANCIAMENTo DA EDUCAÇÃo No BRAsIL PEsQUIsA sobre FINANCIAMENTo DA EDUCAÇÃo No BRAsIL Cenário das Principais Receitas Brasileiras Janeiro 2017 Realização: Apoio: EQUIPE Ursula Dias Peres Professora dos Programas de Mestrado e Graduação

Leia mais

Boletim de. Recessão avança com diminuição lenta da inflação em 2015 Inflação e desemprego

Boletim de. Recessão avança com diminuição lenta da inflação em 2015 Inflação e desemprego Julho de 2015 Recessão avança com diminuição lenta da inflação em 2015 Inflação e desemprego No primeiro semestre do ano de 2015, a inflação brasileira acumulou variação de 8,1% ao ano, superando em mais

Leia mais

Impactos Macroeconômicos da Indústria de Petróleo Prof.: Marcelo Colomer

Impactos Macroeconômicos da Indústria de Petróleo Prof.: Marcelo Colomer Impactos Macroeconômicos da Indústria de Petróleo Prof.: Marcelo Colomer GEE - UFRJ Milhões de Reais Importância do Setor de Petróleo na Economia Brasileira (I) Desde de 2006 os investimentos na indústria

Leia mais

Audiência Pública. 1º Quadrimestre de 2016 Lei 101/ Lei de Responsabilidade Fiscal, 4º do Art. 9º. Elaborado por: Anderson L.

Audiência Pública. 1º Quadrimestre de 2016 Lei 101/ Lei de Responsabilidade Fiscal, 4º do Art. 9º. Elaborado por: Anderson L. Audiência Pública 1º Quadrimestre de 2016 Lei 101/2000 - Lei de Responsabilidade Fiscal, 4º do Art. 9º. Elaborado por: Anderson L. Coelho Stoppa Assessoria Técnica em Planejamento e Execução Orçamentária

Leia mais

Boletim de Indicadores Econômicos. Estado de São Paulo

Boletim de Indicadores Econômicos. Estado de São Paulo DIEESE SUBSEÇÃO SINAFRESP Rua Maria Paula, 123 17º andar São Paulo e-l: susinafresp@dieese.org.br PABX: (11) 3113-4000 Boletim de Indicadores Econômicos Estado de São Paulo Julho de 2014 1. Introdução

Leia mais

Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e o seu comportamento neste primeiro quadrimestre de 2018

Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e o seu comportamento neste primeiro quadrimestre de 2018 Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e o seu comportamento neste primeiro quadrimestre de 2018 1 Introdução O FPM, principal fonte de receita de grande parte dos Municípios brasileiros, tem apresentando

Leia mais

Finanças do Município de Venda Nova do Imigrante 2011

Finanças do Município de Venda Nova do Imigrante 2011 Finanças do Município de Venda Nova do Imigrante 2011 12/07/2011 Introdução Receita Transferências do Estado da União Voluntárias e Investimentos Tributos municipais Despesa Gastos com educação e saúde

Leia mais

Situação dos Municípios Brasileiros

Situação dos Municípios Brasileiros Estudos Técnicos/CNM Agosto de 2015 Situação dos Municípios Brasileiros Introdução A situação econômica brasileira tem apresentado uma onda crescente de incerteza. Tal quadro é motivado e composto por

Leia mais

GOVERNO FEDERAL ANUNCIA CORTE DE GASTOS

GOVERNO FEDERAL ANUNCIA CORTE DE GASTOS 5 GOVERNO FEDERAL ANUNCIA CORTE DE GASTOS Estudos Técnicos/CNM Janeiro de 2015 O decreto N o 8.389, de 7 de Janeiro de 2015, detalhou cortes imediatos de despesas públicas, para os órgãos, fundos e entidades

Leia mais

INDX registra alta de 6,49% em setembro

INDX registra alta de 6,49% em setembro INDX registra alta de 6,49% em setembro Dados de Setembro/12 Número 67 São Paulo O Índice do Setor Industrial (INDX), composto pelas ações mais representativas do segmento, encerrou o mês de setembro de

Leia mais

CIDE Combustíveis e a Federação

CIDE Combustíveis e a Federação CIDE Combustíveis e a Federação O objetivo desta análise é investigar as possíveis causas da queda de arrecadação da CIDE no primeiro trimestre de 2009, na comparação com o primeiro trimestre de 2008.

Leia mais

CONJUNTURA DA CONSTRUÇÃO. Robson Gonçalves

CONJUNTURA DA CONSTRUÇÃO. Robson Gonçalves CONJUNTURA DA CONSTRUÇÃO Café da Manhã - ABRAMAT Robson Gonçalves Coordenador de Projetos Marco Brancher Consultor 8 e Março de 2016 SUMÁRIO ANÁLISE MACROECONÔMICA VAREJO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO INDÚSTRIA

Leia mais

INDX registra alta de 1,46% em Junho

INDX registra alta de 1,46% em Junho 15-abr-11 6-mai-11 27-mai-11 17-jun-11 8-jul-11 29-jul-11 19-ago-11 9-set-11 30-set-11 21-out-11 11-nov-11 2-dez-11 23-dez-11 13-jan-12 3-fev-12 24-fev-12 16-mar-12 6-abr-12 27-abr-12 18-mai-12 8-jun-12

Leia mais

FPM - 2º decêndio de fevereiro de 2019

FPM - 2º decêndio de fevereiro de 2019 Estudos Técnicos/CNM 1 Fevereiro de 2019 FPM - 2º decêndio de fevereiro de 2019 Será creditado na próxima quarta-feira, 20 de fevereiro, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação

Leia mais

FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS (FPM)

FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS (FPM) 7 FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS (FPM) Introdução O Fundo de Participação dos Municípios (FPM) apresentou um comportamento incerto ao longo desse ano. Tais incertezas são consequência das várias

Leia mais

FPM - 3º decêndio de fevereiro de 2019

FPM - 3º decêndio de fevereiro de 2019 Estudos Técnicos/CNM 1 Fevereiro de 2019 FPM - 3º decêndio de fevereiro de 2019 Será creditado na próxima quinta-feira, 28 de fevereiro, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA A ECONOMIA BRASILEIRA EM 2019

PERSPECTIVAS PARA A ECONOMIA BRASILEIRA EM 2019 PERSPECTIVAS PARA A ECONOMIA BRASILEIRA EM 2019 ROTEIRO A Situação Atual do País: Atividade e Inflação O Desempenho do Comércio e Serviços em 2018 As Perspectivas para 2019 2017-2018: recuperação lenta

Leia mais

Desafios da Política Fiscal

Desafios da Política Fiscal Desafios da Política Fiscal II Fórum: A Mudança do Papel do Estado - Estratégias para o Crescimento Vilma da Conceição Pinto 07 de dezembro de 2017 Mensagens Alta dos gastos primários não é recente, porém

Leia mais

INFORMATIVO MENSAL DE INVESTIMENTOS ABRIL/2017 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

INFORMATIVO MENSAL DE INVESTIMENTOS ABRIL/2017 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS OBJETIVO Os investimentos dos Planos Básico e Suplementar, modalidade contribuição definida, tem por objetivo proporcionar rentabilidade no longo prazo através das oportunidades oferecidas pelos mercados

Leia mais

Audiência Pública - CAE Situação Fiscal dos Estados Secretaria de Estado da Fazenda

Audiência Pública - CAE Situação Fiscal dos Estados Secretaria de Estado da Fazenda Audiência Pública - CAE Situação Fiscal dos Estados Secretaria de Estado da Fazenda Brasília 19 de abril de 2016 Secretaria de Estado da Fazenda Sumário da Apresentação 1 Contexto da Crise dos Estados

Leia mais

Desafios da Política Fiscal

Desafios da Política Fiscal Desafios da Política Fiscal Brasil 2018: Aspectos macroeconômicos e a retomada do crescimento inclusivo Vilma da Conceição Pinto 02 de março de 2018 Mensagens Alta dos gastos primários não é recente, porém

Leia mais

Situação Fiscal dos Estados

Situação Fiscal dos Estados Situação Fiscal dos Estados II Seminário Internacional de Política Fiscal FMI/FGV Secretaria de Estado da Fazenda de Goiás Rio de Janeiro 28 de abril de 2016 Secretaria de Estado da Fazenda Sumário da

Leia mais

Boletim de Indicadores Fiscais Estado do Maranhão

Boletim de Indicadores Fiscais Estado do Maranhão Boletim de Indicadores Fiscais Estado do Maranhão Poder Executivo 3º Quadrimestre de Fevereiro de Introdução A Lei Complementar nº 101/2000 mais conhecida como Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) tornou

Leia mais

INFLAÇÃO - IPCA ANUAL Em % , , , , , , , , , , ,00*

INFLAÇÃO - IPCA ANUAL Em % , , , , , , , , , , ,00* INFLAÇÃO - IPCA ANUAL Em % 1994 916,43 1995 22,41 1996 9,56 1997 5,22 1998 1,66 1999 8,94 2000 5,97 2001 7,67 2002 12,53 2003 9,30 2004 7,00* * Previsão Fonte: Estado de Minas, 1 o Julho de 2004 - Especial

Leia mais

PERSPECTIVAS DAS FINANÇAS

PERSPECTIVAS DAS FINANÇAS SEMINÁRIO PARA PREFEITOS DO MATO GROSSO Cuiabá junho de 2010 PERSPECTIVAS DAS FINANÇAS François E. J. de Bremaeker Consultor da Associação Transparência Municipal Gestor do Observatório de Informações

Leia mais

COMPORTAMENTO DO FPM NOS ÚLTIMOS CINCO ANOS ( )

COMPORTAMENTO DO FPM NOS ÚLTIMOS CINCO ANOS ( ) 1 COMPORTAMENTO DO FPM NOS ÚLTIMOS CINCO ANOS (2009-2013) O Fundo de Participação dos Municípios (FPM) é uma transferência constitucional de 22,5% da arrecadação do Imposto de Renda (IR) e Imposto sobre

Leia mais

Ano IV Mai/2016. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai Matheus Anthony de Melo e Jaqueline Rossali

Ano IV Mai/2016. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai Matheus Anthony de Melo e Jaqueline Rossali Arrecadação de impostos federais continua em queda em todas as regiões analisadas Cenário para a nova equipe econômica é de dificuldades para a gestão fiscal do país Ribeirão Preto atinge décimo sexto

Leia mais

Relatório Conjuntura Econômica Brasileira 2º trimestre de 2013

Relatório Conjuntura Econômica Brasileira 2º trimestre de 2013 Relatório Conjuntura Econômica Brasileira 2º trimestre de 13 Elaboração: Vice-Presidência de Finanças VIFIN Diretoria Executiva de Finanças e Mercado de Capitais - DEFIN 1 mai/8 ago/8 nov/8 fev/9 mai/9

Leia mais

MANIFESTO EM DEFESA DOS MUNICÍPIOS CATARINENSES SOBRE A CRISE FINANCEIRA

MANIFESTO EM DEFESA DOS MUNICÍPIOS CATARINENSES SOBRE A CRISE FINANCEIRA MANIFESTO EM DEFESA DOS MUNICÍPIOS CATARINENSES SOBRE A CRISE FINANCEIRA Considerações Iniciais O Conselho Político da Federação Catarinense de Municípios - FECAM, integrado pelos prefeitos municipais

Leia mais

FINANÇAS DOS MUNICÍPIOS CAPIXABAS

FINANÇAS DOS MUNICÍPIOS CAPIXABAS ISSN 2317-5273 FINANÇAS DOS MUNICÍPIOS CAPIXABAS ANO 21 2015 Apresentação O Brasil vive hoje um período de incertezas políticas e econômicas com graves reflexos na condução dos negócios privados e na

Leia mais

Luís Abel da Silva Filho

Luís Abel da Silva Filho PLANEJAMENTO ECONÔMICO E NOVAS POSSIBILIDADES: O MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO NORDESTE DO BRASIL Luís Abel da Silva Filho abeleconomia@hotmail.com Departamento de Economia Universidade Regional do Cariri

Leia mais

Receitas próprias Variação (%) União ,2% Estados ,8% Municípios* ,2%

Receitas próprias Variação (%) União ,2% Estados ,8% Municípios* ,2% OS MUNICÍPIOS E A CRISE RESUMO A Confederação Nacional de Municípios (CNM) realizou uma série de estudos com o objetivos de verificar a situação das prefeituras diante da crise econômica, e os principais

Leia mais

Tendências na Tributação Brasileira

Tendências na Tributação Brasileira Tendências na Tributação Brasileira José Roberto Afonso Vilma Pinto Julho de 2016 Conclusões Carga tributária bruta global no Brasil deve estar pouco acima de 33% do PIB, mesmo índice registrado em 2010

Leia mais

FPM - 3º decêndio de janeiro de 2019

FPM - 3º decêndio de janeiro de 2019 Estudos Técnicos/CNM 1 janeiro de 2019 FPM - 3º decêndio de janeiro de 2019 Será creditado na próxima quarta-feira, 30 de janeiro, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação

Leia mais

FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS FPM PÓS CRISE E O CENÁRIO PARA 2010

FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS FPM PÓS CRISE E O CENÁRIO PARA 2010 FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS FPM PÓS CRISE E O CENÁRIO PARA 2010 Pós s crise e a recuperação Números da crise financeira Apoio Financeiro Impacto do aumento do salário mínimo O cenário para 2010

Leia mais

Ano V Mar/2017. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai Henrique Hott e Jaqueline Rossali

Ano V Mar/2017. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai Henrique Hott e Jaqueline Rossali Esta é a terceira edição do ano de 2017 do boletim Termômetro Tributário do CEPER- FUNDACE. Na última edição, lançada em fevereiro, foram analisados os principais impostos federais no mês de dezembro de

Leia mais

FPM - 1º decêndio de janeiro de 2019

FPM - 1º decêndio de janeiro de 2019 Estudos Técnicos/CNM 1 janeiro de 2019 FPM - 1º decêndio de janeiro de 2019 Será creditado na próxima quinta-feira, 10 de janeiro, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação

Leia mais

LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL E POSSIBILIDADES DE REAJUSTE LINEAR. Categoria: SEPE - Estado do Rio de Janeiro

LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL E POSSIBILIDADES DE REAJUSTE LINEAR. Categoria: SEPE - Estado do Rio de Janeiro LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL E POSSIBILIDADES DE REAJUSTE LINEAR Categoria: SEPE - Estado do Rio de Janeiro LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL E POSSIBILIDADES DE REAJUSTE PARA O SEPE - ESTADO DO RIO DE

Leia mais

Análise de Conjuntura

Análise de Conjuntura Análise de Conjuntura Setembro / 2013 NEPOM Núcleo de Estudos de Política Monetária do IBMEC/MG Coordenação: Prof. Dr. Cláudio D. Shikida Alunos Integrantes: Arthur Abreu Fabiano Ferrari Joice Marques

Leia mais

Resultados de março 2017

Resultados de março 2017 Em março de sobre março de 2016, as micro e pequenas empresas (MPEs) paulistas apresentaram aumento de 8,2% no faturamento real (descontando a inflação). Por setores, no período, os resultados para o faturamento

Leia mais

Variação de Custos Médico-Hospitalares

Variação de Custos Médico-Hospitalares Variação de Custos Médico-Hospitalares Edição: Setembro de 2017 Data-base: Dezembro de 2016 Sumário Executivo Variação dos Custos Médico Hospitalares/IESS A Variação do Custo Médico Hospitalar - VCMH/IESS

Leia mais

Ano V Fev/2017. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai Matheus Anthony de Melo e Jaqueline Rossali

Ano V Fev/2017. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai Matheus Anthony de Melo e Jaqueline Rossali Esta é a segunda edição do ano de 2017 do boletim Termômetro Tributário do CEPER- FUNDACE. Na última edição, lançada em janeiro, foram analisados os principais impostos federais no mês de novembro de 2016.

Leia mais

FPM - FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS 2015

FPM - FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS 2015 Estudos Técnicos/CNM dezembro de 2015 FPM - FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS 2015 O Fundo de Participação dos Municípios (FPM) apresentou um comportamento incerto ao longo desse ano. Tais incertezas

Leia mais

A CRISE ECONÔMICA E AS FINANÇAS MUNICIPAIS: UMA PROJEÇÃO DO FPM PARA

A CRISE ECONÔMICA E AS FINANÇAS MUNICIPAIS: UMA PROJEÇÃO DO FPM PARA 7 A CRISE ECONÔMICA E AS FINANÇAS MUNICIPAIS: UMA PROJEÇÃO DO FPM PARA 2009 35 A crise econômica está se revelando mais grave do que se poderia imaginar. Depois de um ano de forte crescimento, em que a

Leia mais

REUNIÃO ENTRE FIESP E BNDES

REUNIÃO ENTRE FIESP E BNDES REUNIÃO ENTRE FIESP E BNDES DE 18/10/2016 José Ricardo Roriz Coelho Vice-Presidente da FIESP Diretor Titular do Decomtec1 Crise econômica atual é uma das piores da história Nos últimos anos o melhor previsor

Leia mais

Ano III Dez/2015. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai André Ribeiro Cardoso, Jaqueline Rossali e Guilherme Perez

Ano III Dez/2015. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai André Ribeiro Cardoso, Jaqueline Rossali e Guilherme Perez Na última edição do boletim Termômetro Tributário do CEPER-FUNDACE, foram apresentadas e discutidas as arrecadações dos principais impostos federais de setembro de 2015. Nesta edição, a última do ano de

Leia mais

FPM - 2º decêndio de dezembro de 2018

FPM - 2º decêndio de dezembro de 2018 Estudos Técnicos/CNM 1 dezembro de 2018 FPM - 2º decêndio de dezembro de 2018 Será creditado na próxima quinta-feira, 20 de dezembro, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação

Leia mais

arrecadações, que foram de 15,9% para a CSLL, 10,9% para o IRPJ e 10,3% para o IRRF. Os municípios da região de Ribeirão Preto registraram, em conjunt

arrecadações, que foram de 15,9% para a CSLL, 10,9% para o IRPJ e 10,3% para o IRRF. Os municípios da região de Ribeirão Preto registraram, em conjunt Esta é a primeira edição do ano de 2017 do boletim Termômetro Tributário do CEPER- FUNDACE. Na última edição, lançada em dezembro de 2016, foram analisados os principais impostos federais no mês de outubro

Leia mais

Relatório Conjuntura Econômica Brasileira 3º trimestre de 2013

Relatório Conjuntura Econômica Brasileira 3º trimestre de 2013 Relatório Conjuntura Econômica Brasileira 3º trimestre de 213 Elaboração: Vice-Presidência de Finanças VIFIN Diretoria Executiva de Finanças e Mercado de Capitais - DEFIN Superintendência Nacional de Planejamento

Leia mais

Resultados de outubro

Resultados de outubro Em outubro de sobre outubro de 2015, as micro e pequenas empresas (MPEs) paulistas apresentaram queda de 8,3% na receita (já descontada a inflação). Por setores, no período, os resultados para o faturamento

Leia mais

FINDES Federação das Indústrias do Espírito Santo

FINDES Federação das Indústrias do Espírito Santo FINDES Federação das Indústrias do Espírito Santo 30 de novembro de 2017 Leo de Castro Presidente do Sistema Findes Crescimento Econômico Capixaba e Brasileiro Evolução do PIB Trimestral Variação (%) acumulada

Leia mais

Março/2011. Pesquisa Fiesp de Perspectivas de Exportação Produtos Industrializados. Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos 1

Março/2011. Pesquisa Fiesp de Perspectivas de Exportação Produtos Industrializados. Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos 1 Março/2011 Pesquisa Fiesp de Perspectivas de Exportação Produtos Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos 1 METODOLOGIA 2 Indicador Fiesp de Perspectivas de Exportação Amostra: 71 maiores empresas

Leia mais

Desempenho negativo da Construção e das Indústrias de Transformação prejudicam o setor industrial

Desempenho negativo da Construção e das Indústrias de Transformação prejudicam o setor industrial Desempenho negativo da Construção e das Indústrias de Transformação prejudicam o setor industrial De acordo com os dados das Contas Nacionais Trimestrais do IBGE, a economia brasileira cresceu 0,1% no

Leia mais

Contabilizando para o Cidadão Entendendo as Finanças Públicas

Contabilizando para o Cidadão Entendendo as Finanças Públicas Despesas Realizadas por Área de Governo - Ano 2015 Em Milhões de 498,465 370,460 139,406 111,902 109,570 50,164 25,8% Dívida Pública (Pagamentos de Financiamentos e Parcelamentos) 9,7% 35,902 33,882 31,716

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. ORÇAMENTO Fechamento

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. ORÇAMENTO Fechamento UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ORÇAMENTO 2016 - Fechamento Janeiro/2017 CODAGE Coordenadoria de Administração Geral Rua da Reitoria, 374 5 o andar Cidade Universitária 05508-220 São Paulo/SP (11) 3091-3014

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Outubro 2010

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Outubro 2010 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Outubro 2010 As exportações em outubro apresentaram redução de 8,89% sobre setembro, porém, continuaram superando a marca de US$ 1 bilhão, agora pela oitava vez

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P F E V E R E I R O, 2 0 1 7 D E S T A Q U E S D O M Ê S São Paulo, 24 de março de 2017 Crédito imobiliário totaliza R$ 2,95 bilhões

Leia mais

Maior desaceleração e alerta para inadimplência

Maior desaceleração e alerta para inadimplência jan/11 jul/11 jan/11 jul/11 Maior desaceleração e alerta para inadimplência O crescimento do crédito total do SFN em 12 meses desacelerou 0,7 p.p. em abril, fechando em 10,, totalizando R$ 3,1 trilhões,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Florianópolis - Resumo das Finanças Despesas Realizadas - Ano 2015 Em Milhões de 700, , , , , ,0

Prefeitura Municipal de Florianópolis - Resumo das Finanças Despesas Realizadas - Ano 2015 Em Milhões de 700, , , , , ,0 Prefeitura Municipal de Florianópolis - Resumo das Finanças Despesas Realizadas por Área de Governo - Ano 2015 Em Milhões de 382,912 347,229 272,221 137,828 118,113 83,587 9,0% Assistência Social, Trabalho

Leia mais

FPM - 3º decêndio de maio de 2019

FPM - 3º decêndio de maio de 2019 Estudos Técnicos/CNM 1 maio FPM - 3º decêndio de maio de 2019 Será creditado na próxima quinta-feira, 30 de maio, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação dos Municípios

Leia mais

CONJUNTURA ECONÔMICA PARA A CAMPANHA SALARIAL

CONJUNTURA ECONÔMICA PARA A CAMPANHA SALARIAL CONJUNTURA ECONÔMICA PARA A CAMPANHA SALARIAL CNTQ Porto Alegre, 02 de outubro de 2013 VARIAÇÃO DO CRESCIMENTO DO PIB EM (%) BRASIL E RIO GRANDE DO SUL Taxa de Crescimento PIB RS e Brasil 2002-2013 2,66

Leia mais

Despesas Realizadas - Ano 2015 Em Milhões de 101,197 71,797 9,346 7,317 Folha de Pagamento Servidores Ativos Folha de Pagamento - Inativos e Pensionis

Despesas Realizadas - Ano 2015 Em Milhões de 101,197 71,797 9,346 7,317 Folha de Pagamento Servidores Ativos Folha de Pagamento - Inativos e Pensionis Despesas Realizadas por Área de Governo - Ano 2015 Em Milhões de 75,726 49,571 17,989 17,636 25,3% 7,443 6,135 Dívida Pública (Pagamentos de Financiamentos e Parcelamentos) 9,0% 5,449 5,113 Cultura, Esporte

Leia mais

Análise de Conjuntura

Análise de Conjuntura Análise de Conjuntura Fevereiro / 2014 NEPOM Núcleo de Estudos de Política Monetária do IBMEC/MG Coordenação: Prof. Dr. Cláudio D. Shikida Alunos Integrantes: Arthur Abreu José Morais Larissa Paiva Maria

Leia mais

Resultados de setembro

Resultados de setembro Resultados de setembro Em setembro de sobre setembro de 2015, as micro e pequenas empresas (MPEs) paulistas apresentaram queda de 10,1% na receita (já descontada a inflação). Por setores, no período, os

Leia mais

Conjuntura Nacional e Internacional Escola Florestan Fernandes, Guararema, 3 de julho de º. PLENAFUP

Conjuntura Nacional e Internacional Escola Florestan Fernandes, Guararema, 3 de julho de º. PLENAFUP Conjuntura Nacional e Internacional Escola Florestan Fernandes, Guararema, 3 de julho de 2015 5º. PLENAFUP Economia Brasileira I.54 - Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) Período Índice

Leia mais

w w w. i m e a. c o m. b r

w w w. i m e a. c o m. b r w w w. i m e a. c o m. b r Retrospectiva 2018 e Perspectiva 2019 Daniel Latorraca Superintendente do Imea daniel@imea.com.br 02/01/18 02/02/18 02/03/18 02/04/18 02/05/18 02/06/18 02/07/18 02/08/18 02/09/18

Leia mais

Contabilizando para o Cidadão Entendendo as Finanças Públicas

Contabilizando para o Cidadão Entendendo as Finanças Públicas Despesas Realizadas por Área de Governo - Ano 2016 R$ 6,273 R$ 5,671 Em Bilhões de R$ R$ 2,954 R$ 2,936 R$ 2,818 R$ 2,201 R$ 1,737 R$ 1,395 R$ 1,196 R$ 0,618 R$ 0,575 R$ 0,510 Repasses aos Municípios (parcela

Leia mais

1. Economia. Evolução do PIB Trimestral Variação (%) acumulada ao longo do ano, mesmo período do ano anterior

1. Economia. Evolução do PIB Trimestral Variação (%) acumulada ao longo do ano, mesmo período do ano anterior Novembro/2017 1 1. Economia Evolução do PIB Trimestral Variação (%) acumulada ao longo do ano, mesmo período do ano anterior Evolução do PIB Trimestral Variação (%) trimestre contra o trimestre imediatamente

Leia mais

TÍTULO: O IMPACTO DA CRISE FINANCEIRA NA ARRECADAÇÃO DAS RECEITAS DOS 78 MUNICÍPIOS CAPIXABAS

TÍTULO: O IMPACTO DA CRISE FINANCEIRA NA ARRECADAÇÃO DAS RECEITAS DOS 78 MUNICÍPIOS CAPIXABAS TÍTULO: O IMPACTO DA CRISE FINANCEIRA NA ARRECADAÇÃO DAS RECEITAS DOS 78 MUNICÍPIOS CAPIXABAS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS E APLICADAS SUBÁREA: Ciências Contábeis INSTITUIÇÃO(ÕES): FACULDADE

Leia mais

III Jornada de Debates Setor Público

III Jornada de Debates Setor Público III Jornada de Debates Setor Público Desafios diante do ajuste fiscal Brasília, 21 de Setembro de 2016 Diagnóstico Conjuntura Fiscal - União Receitas e Despesas da União Fonte: Secretaria do Tesouro Nacional.

Leia mais

COMPORTAMENTO SEMANAL DE MERCADO

COMPORTAMENTO SEMANAL DE MERCADO abr/17 jun/17 jul/17 set/17 out/17 dez/17 jan/18 fev/18 mar/18 abr/18 mai/18 jun/18 jul/18 mar/16 abr/16 jun/16 Desinflação e mercado de trabalho Na semana finalizada em 24/02, sancionou-se a expectativa

Leia mais

CENÁRIO ECONÔMICO BRASILEIRO EM TEMPOS DE CRISE. Marcelo Barros Amanda Aires

CENÁRIO ECONÔMICO BRASILEIRO EM TEMPOS DE CRISE. Marcelo Barros Amanda Aires CENÁRIO ECONÔMICO ASILEIRO EM TEMPOS DE CRISE Marcelo Barros Amanda Aires SUMÁRIO Breve retrospectiva Demanda agregada Oferta agregada Crise política (contexto econômico) Emprego Análise de cenários PIB

Leia mais

Esforço Fiscal do Setor Público e Comportamento das Finanças Públicas Regionais em 2015

Esforço Fiscal do Setor Público e Comportamento das Finanças Públicas Regionais em 2015 jan/14 fev/14 mar/14 abr/14 mai/14 jun/14 jul/14 ago/14 set/14 out/14 nov/14 dez/14 jan/15 fev/15 mar/15 abr/15 mai/15 jun/15 jul/15 ago/15 Esforço Fiscal do Setor Público e Comportamento das Finanças

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

FINDES Federação das Indústrias do Espírito Santo

FINDES Federação das Indústrias do Espírito Santo FINDES Federação das Indústrias do Espírito Santo 30 de novembro de 2017 Leo de Castro Presidente do Sistema Findes 2011.IV 2012.I 2012.II 2012.III 2012.IV 2013.I 2013.II 2013.III 2013.IV 2014.I 2014.II

Leia mais

Economia Brasileira cresce 0,8% no terceiro trimestre de 2018 com crescimento em todos setores e componentes da demanda

Economia Brasileira cresce 0,8% no terceiro trimestre de 2018 com crescimento em todos setores e componentes da demanda Economia Brasileira cresce 0,8% no terceiro trimestre de 2018 com crescimento em todos setores e componentes da demanda De acordo com os dados das Contas Nacionais Trimestrais do IBGE, a economia brasileira

Leia mais

Resultados de novembro

Resultados de novembro Em novembro de sobre novembro de 2015, as micro e pequenas empresas (MPEs) paulistas apresentaram queda de 2,9% no faturamento, descontando a inflação. Por setores, no período, os resultados para o faturamento

Leia mais

A contribuição das empresas de edificações e incorporação para o crescimento econômico do Brasil. Crescimento e carga tributária

A contribuição das empresas de edificações e incorporação para o crescimento econômico do Brasil. Crescimento e carga tributária A contribuição das empresas de edificações e incorporação para o crescimento econômico do Brasil Crescimento e carga tributária 05 de junho de 2014 1 Evolução recente da construção PIB, taxas reais trimestre

Leia mais

Municipalismo Unido, Município Forte NOTA TÉCNICA Nº 007/ /04/2017

Municipalismo Unido, Município Forte NOTA TÉCNICA Nº 007/ /04/2017 NOTA TÉCNICA Nº 007/ 2017 19/04/2017 Tema: Finanças Assunto: Repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) Referência: FPM 2º repasse de 2017 DO REPASSE Será transferido aos municípios nesta quinta-feira

Leia mais

RECUPERAÇÃO ECONÔMICA E O DESAFIO FISCAL PLOA DYOGO HENRIQUE DE OLIVEIRA Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão

RECUPERAÇÃO ECONÔMICA E O DESAFIO FISCAL PLOA DYOGO HENRIQUE DE OLIVEIRA Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão RECUPERAÇÃO ECONÔMICA E O DESAFIO FISCAL PLOA 2018 DYOGO HENRIQUE DE OLIVEIRA Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão PILARES PARA O CRESCIMENTO Reformas estruturantes Aperfeiçoamento do marco

Leia mais

Projeto de Lei Orçamentária Anual 2017

Projeto de Lei Orçamentária Anual 2017 Projeto de Lei Orçamentária Anual 2017 Henrique Meirelles Ministro da Agosto 2016 Cenário de Referência 2 Foi observado o limite de crescimento da despesa contido na Proposta de Emenda Constitucional 241/2016

Leia mais

BOLETIM ECONOMIA & TECNOLOGIA Informativo do Mês de Novembro de 2010

BOLETIM ECONOMIA & TECNOLOGIA Informativo do Mês de Novembro de 2010 O Informativo Mensal de Conjuntura faz parte das publicações e análises efetuadas pela equipe técnica do Boletim Economia & Tecnologia publicado trimestralmente. O Informativo apresenta uma análise rápida

Leia mais

IDEIES Instituto de Desenvolvimento Educacional e Industrial do Espírito Santo

IDEIES Instituto de Desenvolvimento Educacional e Industrial do Espírito Santo IDEIES Instituto de Desenvolvimento Educacional e Industrial do Espírito Santo 22 de fevereiro de 2018 Marcelo Barbosa Saintive Diretor executivo do IDEIES Reformas Microeconômicas - implementadas Reformas

Leia mais

Ajuste Fiscal e Relações Federativas: o desafio dos Estados e o papel da União. Ana Carla Abrão Costa Secretária de Estado da Fazenda de Goiás

Ajuste Fiscal e Relações Federativas: o desafio dos Estados e o papel da União. Ana Carla Abrão Costa Secretária de Estado da Fazenda de Goiás Ajuste Fiscal e Relações Federativas: o desafio dos Estados e o papel da União Ana Carla Abrão Costa Secretária de Estado da Fazenda de Goiás São Paulo, 27 de setembro de 2016 Sumário 1 2 A crise fiscal

Leia mais

TETO DO GASTO E SAÚDE PÚBLICA

TETO DO GASTO E SAÚDE PÚBLICA TETO DO GASTO E SAÚDE PÚBLICA Introdução O objetivo do presente estudo é analisar os possíveis impactos aos gastos com saúde decorrentes da aplicação da Emenda Constitucional nº 95 de 2016 que institui

Leia mais

1. Economia Crescimento Econômico

1. Economia Crescimento Econômico Abril/2018 1. Economia Crescimento Econômico PIB Trimestral Variação (%) trimestre contra o trimestre imediatamente anterior* PIB - ES vs IBCR-ES** Variação (%) acumulado no ano mesmo período do ano anterior

Leia mais

CAMPANHA SALARIAL PERSPECTIVAS PARA Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios

CAMPANHA SALARIAL PERSPECTIVAS PARA Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios CAMPANHA SALARIAL PERSPECTIVAS PARA 2016 Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios Conjuntura Econômica Variação real anual do PIB (em %) Brasil, 2003 a 2016* 10,0 8,0 6,0 4,0 2,0 0,0-2,0 1,1 5,8 3,2

Leia mais

DESEMPENHO da ECONOMIA de CAXIAS DO SUL. Fevereiro/2012 CÂMARA DE INDÚSTRIA, COMÉRCIO E SERVIÇOS DE CAXIAS DO SUL. Presidente Carlos Heinen

DESEMPENHO da ECONOMIA de CAXIAS DO SUL. Fevereiro/2012 CÂMARA DE INDÚSTRIA, COMÉRCIO E SERVIÇOS DE CAXIAS DO SUL. Presidente Carlos Heinen DESEMPENHO da ECONOMIA de CAXIAS DO SUL Fevereiro/2012 CÂMARA DE INDÚSTRIA, COMÉRCIO E SERVIÇOS DE CAXIAS DO SUL Presidente Carlos Heinen Departamento de Economia, Finanças e Estatística Alexander Messias

Leia mais

FPM - 2º decêndio de maio de 2019

FPM - 2º decêndio de maio de 2019 Estudos Técnicos/CNM 1 maio FPM - 2º decêndio de maio de 2019 Será creditado na próxima segunda-feira, 20 de maio, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação dos Municípios

Leia mais

FPM - 1º decêndio de maio de 2019

FPM - 1º decêndio de maio de 2019 Estudos Técnicos/CNM 1 maio FPM - 1º decêndio de maio de 2019 Será creditado na próxima sexta-feira, 10 de maio, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação dos Municípios

Leia mais

ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS

ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS CONTAS PÚBLICAS ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS jun/05 set/05 dez/05 mar/06 jun/06 set/06 dez/06 mar/07 jun/07 set/07 dez/07 mar/08 jun/08 set/08 dez/08 mar/09 jun/09 set/09 dez/09 mar/10 jun/10 set/10 dez/10

Leia mais

Indústria e Investimentos recuam no 2º trimestre e Economia Brasileira mantém ritmo lento de crescimento

Indústria e Investimentos recuam no 2º trimestre e Economia Brasileira mantém ritmo lento de crescimento Indústria e Investimentos recuam no 2º trimestre e Economia Brasileira mantém ritmo lento de crescimento Os dados das Contas Nacionais Trimestrais do IBGE mostram que economia brasileira cresceu 0,2% no

Leia mais

Crise Fiscal e Administração Pública no Brasil

Crise Fiscal e Administração Pública no Brasil IX Congresso Consad Crise Fiscal e Administração Pública no Brasil Pedro Jucá Maciel Senado Federal Brasília, 10 de junho de 2016 1 Sumário: as cinco perguntas que precisam ser respondidas I. Por que chegamos

Leia mais

Economia volta a crescer, após ano perdido

Economia volta a crescer, após ano perdido TENDÊNCIAS Economia volta a crescer, após ano perdido (Atualizado em 10/01/2011) Por Neuto Gonçalves dos Reis* Embora tenha sido um ano perdido, a economia brasileira recuperou gradativamente o ritmo pré-crise.

Leia mais

FPM - 1º decêndio de dezembro de 2018

FPM - 1º decêndio de dezembro de 2018 Estudos Técnicos/CNM 1 dezembro de 2018 FPM - 1º decêndio de dezembro de 2018 Será creditado na próxima segunda-feira, 10 de dezembro, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação

Leia mais

Prefeitura Municipal de Tubarão Resumo das Finanças Despesas Realizadas Ano 2015 Em Milhões de 98,393 63,290 12,920 6,813 Folha de Pagamento Servidore

Prefeitura Municipal de Tubarão Resumo das Finanças Despesas Realizadas Ano 2015 Em Milhões de 98,393 63,290 12,920 6,813 Folha de Pagamento Servidore Prefeitura Municipal de Tubarão Resumo das Finanças Despesas Realizadas por Área de Governo Ano 2015 Em Milhões de 54,422 42,156 29,334 16,780 9,551 7,301 7,295 6,813 Cultura, Esporte e Turismo 5,1% 6,667

Leia mais

BOLETIM ECONOMIA & TECNOLOGIA Informativo do Mês de Fevereiro de 2010

BOLETIM ECONOMIA & TECNOLOGIA Informativo do Mês de Fevereiro de 2010 O Informativo Mensal de Conjuntura faz parte das publicações e análises efetuadas pela equipe técnica do Boletim Economia & Tecnologia publicado trimestralmente. O Informativo apresenta uma análise rápida

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2015 COMPLEMENTAR

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2015 COMPLEMENTAR PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2015 COMPLEMENTAR Acrescenta o art. 66-A à Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000, altera a redação do art. 74 da Lei nº 1.079, de 10 de abril de 1950 e do art. 1º

Leia mais

Panorama Econômico do ES e o setor de TI Sindinfo

Panorama Econômico do ES e o setor de TI Sindinfo Panorama Econômico do ES e o setor de TI Sindinfo 07 de dezembro 2017 Marcelo Barbosa Saintive Diretor executivo do IDEIES AGENDA 1 2 3 4 5 ECONOMIA DO ESPÍRITO SANTO E DO BRASIL PANORAMA E EVOLUÇÃO DA

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS CAMARA MUNICIPAL DE SAO VALERIO CAMARA MUNICIPAL DE SAO VALERIO RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL DEMONSTRATIVO DA DESPESA DE PESSOAL

ESTADO DO TOCANTINS CAMARA MUNICIPAL DE SAO VALERIO CAMARA MUNICIPAL DE SAO VALERIO RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL DEMONSTRATIVO DA DESPESA DE PESSOAL LRF, Artigo 55, inciso I, alínea "a" - Anexo I JANEIRO/2013 FEV/2012 a JAN/2013 DESPESA BRUTA COM PESSOAL (I) 22.609,19 Pessoal Ativo 22.609,19 TOTAL DA DESPESA COM PESSOAL PARA FINS DE APURACAO DO LIMITE

Leia mais