NOTA INFORMATIVA Nº 1.397, DE 2018

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NOTA INFORMATIVA Nº 1.397, DE 2018"

Transcrição

1 Consultoria Legislativa NOTA INFORMATIVA Nº 1.397, DE 2018 Referente à STC nº , do Senador RANDOLFE RODRIGUES, acerca da arrecadação do ICMS sobre combustíveis. De acordo com o detalhamento da solicitação em epígrafe, esta Nota Informativa deveria: i) Apresentar a arrecadação do ICMS associada à venda de combustíveis (doravante denominado ICMS-Combustíveis) por tipo de combustível e por unidade da Federação; ii) Estimar o impacto sobre as finanças estaduais decorrentes da aprovação de Projeto de Resolução do Senado (PRS) apresentado pelo Senador, que propõe reduzir a alíquota máxima incidente sobre a gasolina, álcool combustível e óleo diesel. Sobre a arrecadação do ICMS, apresentamos a seguir a Tabela 1, que mostra os valores arrecadados na rubrica ICMS-Combustíveis em 2017 por unidade da Federação. Os valores dessa tabela foram diretamente fornecidos pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), em sítio eletrônico mantido pelo Ministério da Fazenda. Senado Federal Praça dos Três Poderes CEP Brasília DF Telefone: +55 (61)

2 2 Tabela 1: Valor arrecadado do ICMS e do ICMS-Combustíveis por unidade da Federação em 2017, em R$ mil. Unidade da Federação ICMS (Em R$ mil) ICMS-Combustíveis (em R$ mil) Participação relativa (em %) AC ,8 AL ,5 AM ,9 AP ,2 BA ,4 CE ,6 DF ,7 ES ,7 GO ,0 MA ,9 MG ,9 MS ,7 MT ,5 PA ,7 PB ,5 PE ,5 PI ,2 PR ,7 RJ ,4 RN ,0 RO ,6 RR ,2 RS ,0 SC ,9 SE ,2 SP ,9 TO ,0 BRASIL ,8 Fonte: Confaz/Ministério da Fazenda. A arrecadação do ICMS-Combustíveis foi de quase R$ 80 bilhões em 2017, sendo maior, como seria de se esperar, para os estados com maior PIB, como São Paulo e Minas Gerais, onde os valores superaram R$ 10 bilhões. A última coluna mostra a participação relativa do ICMS- Combustíveis sobre a arrecadação total do ICMS. Na média, os combustíveis geraram cerca de 18% do ICMS total arrecadado. Em nada menos que 15

3 3 unidades da Federação, os combustíveis representaram mais de 20% do total arrecadado, sendo que, em quatro (Amapá, Tocantins, Piauí e Mato Grosso do Sul), a participação foi superior a 30%. O Confaz não apresenta os valores arrecadados por tipo de combustível. Foi necessário, então, fazer uma estimativa. Para tanto, adotamos a seguinte metodologia: i) Obtivemos, da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o volume de vendas (em m 3 ) de cada tipo de combustível 1, por estado 2 ; ii) Também da ANP obtivemos o preço médio de cada tipo de combustível em cada estado. A ANP apresenta as médias mensais. Para as médias anuais, consideramos a média aritmética simples dos valores mensais 3 ; iii) Por fim, aplicamos a alíquota correspondente do ICMS sobre o faturamento total obtido para cada tipo de combustível (igual ao produto do volume de vendas pelo preço médio). Não encontramos as alíquotas praticadas em 2017, por isso, utilizamos as vigentes em maio de Os resultados das estimativas encontram-se na Tabela 2. 1 Estimamos somente os valores referentes à gasolina, óleo diesel e álcool, que são objeto do PRS. 2 Para simplificar a leitura, iremos denominar por estados todas as unidades da Federação, ou seja, os estados propriamente ditos e o Distrito Federal. 3 O correto seria ponderar os valores médios mensais pelo volume de vendas. Entretanto, as distorções provocadas pelo uso da média aritmética simples devem ser relativamente pequenas e, diante do exíguo prazo para a elaboração do trabalho, entendemos que a relação custo/benefício não era vantajosa.

4 4 Tabela 2: Estimativas de arrecadação do ICMS-Combustíveis por tipo de combustível e por Estado, para Unidade da Federação Arrecadação de ICMS (em R$ mil) Gasolina Álcool Diesel Total AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO BRASIL Fonte: ANP, Confaz, dados trabalhados pelo autor. Quando observamos o total arrecadado para o Brasil, vemos que o valor estimado se situa bem próximo daquele apresentado na Tabela 1 (R$ 77,8 ante R$ 79,2 bilhões). Era mesmo esperado que os resultados não fossem exatamente iguais, pois: i) Os cálculos da Tabela 2 foram feitos considerando o valor médio do combustível calculado pela ANP, que não necessariamente coincide com o valor utilizado pelos

5 5 estados como base de incidência do tributo. Além disso, conforme já mencionamos, utilizamos a média aritmética simples das médias mensais, quando o mais preciso seria ponderar pelo volume de vendas mês a mês; ii) Na Tabela 2 apresentamos somente a estimativa de arrecadação do ICMS sobre gasolina, álcool e óleo diesel, enquanto os valores constantes da Tabela 1 se basearam na arrecadação efetivamente ocorrida, que incide também sobre outros combustíveis, como querosene de aviação, óleo combustível e gás; iii) Conforme mencionamos, utilizamos as alíquotas praticadas em maio de Alguns estados podem têlas alterado no último ano, normalmente no sentido de aumentá-las. Apesar de considerarmos nossas estimativas satisfatórias para o agregado, para alguns estados, houve discrepância substancial entre os valores que nós estimamos e os efetivamente arrecadados. É o caso do Acre, Alagoas e, principalmente, Roraima, onde nossa estimativa (R$ 197 milhões) foi quase 200 vezes superior ao valor efetivo (R$ 1,2 milhão). Não dispomos de tempo suficiente para pesquisar a razão dessas discrepâncias pontuais. Uma explicação, que acreditamos ser bastante plausível, é que ou o Confaz 4 ou a ANP forneceu informações incorretas. É particularmente intrigante o caso de Roraima. Roraima teve consumo muito próximo ao do 4 Em verdade, o Confaz apenas repassa as informações oferecidas pelas respectivas secretarias de fazenda estaduais.

6 6 Acre 5 em 2017, e os estados impõem as mesmas alíquotas sobre os combustíveis. Entretanto, a arrecadação com ICMS-Combustíveis foi de R$ 45 milhões no Acre e de R$ 1,2 milhão em Roraima. Uma segunda possibilidade para a discrepância entre os valores estimados e efetivamente observados é ter ocorrido sonegação, apesar do regime de substituição tributária. Contudo, é importante reiterar que, a despeito de discrepâncias pontuais, para a grande maioria dos estados e para o agregado, nossas estimativas se situaram bem próximas das efetivamente observadas. A segunda parte dessa Nota Informativa trata dos impactos sobre as finanças estaduais decorrentes da eventual aprovação do PRS nos termos propostos. O PRS propõe os seguintes tetos para as alíquotas do ICMS-Combustíveis: 18% para gasolina e álcool e 7% para óleo diesel. As alíquotas atuais para a gasolina variam de 25% (AC, AM, AP, MS, MT, RR, SC e SP) a 34% (RJ). Para o etanol, de 12% (SP) a 30% (RS), e, para o óleo diesel, de 12% (SP, RS, SC, PR e ES) a 25% (AP). A Tabela 3 apresenta as alíquotas atuais 6, bem como a redução que ocorreria caso o PRS seja aprovado com sua redação atual. As reduções seriam mais intensas para a gasolina e óleo diesel, de 10 pontos percentuais, para a média dos estados. No caso do etanol, a redução média seria de 6 pontos percentuais. A redução de alíquota mais acentuada para o óleo diesel ocorreria no Amapá (18 pontos percentuais); para a gasolina, no Rio de Janeiro (16 pontos percentuais). Na situação oposta, temos os estados de Minas Gerais, São Paulo e Paraná, que não incorreriam em perdas no caso 5 Ambos consumiram 137 mil m 3 de gasolina. Acre consumiu 151 mil m 3 de óleo diesel, ante 121 mil m 3 de Roraima. Em relação ao etanol, os consumos foram de 8 mil e 1 mil m 3 para Acre e Roraima, respectivamente. 6 As alíquotas foram obtidas por cálculo reverso. O Confaz, por meio do Ato COTEPE/PMPF de 9/05/2018 divulgou o preço médio do combustível por estado. Já a Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis) divulgou o valor, em reais por litro, do ICMS incidente sobre os diferentes combustíveis. Com esses valores, foi possível o cálculo das alíquotas do ICMS-Combustíveis.

7 7 do etanol, tendo em vista que as alíquotas atualmente praticadas são iguais ou inferiores ao teto proposto no PRS. Tabela 3: Alíquotas estaduais do ICMS-Combustíveis (em %) e reduções (em pontos percentuais) que ocorreriam caso seja aprovado o PRS Estado Aliquotas atuais Redução alíquota com PRS Gasolina Etanol Diesel Gasolina Etanol Diesel AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO Fontes: Confaz e Fecombustíveis. A estimativa das perdas financeiras dependerá da base de arrecadação que será considerada. Utilizamos, como parâmetro, o volume de

8 8 vendas observado em 2017, multiplicado pelo preço do combustível em maio de Esse produto nos fornece uma estimativa para a base de arrecadação. A perda esperada corresponde então à base de arrecadação multiplicada pela redução na alíquota, conforme apresentada na Tabela 3. Os resultados encontram-se na Tabela 4. Ali mostramos nossas estimativas para as perdas absolutas (em reais) e relativas ao recolhimento do ICMS e à Receita Corrente Líquida (RCL) do estado. A Tabela 4 mostra que, no agregado, os estados e municípios 7 devem perder R$ 33 bilhões, o que corresponde a 7,4% do que arrecadaram a título de ICMS em 2017 e a 5,4% da RCL de todos os estados. As maiores perdas esperadas são com a gasolina (R$ 19 bilhões); as menores, com o etanol (R$ 706 milhões). Observe-se que a perda por estado depende não somente do consumo de combustível, mas também das alíquotas praticadas. Assim, São Paulo, apesar de apresentar o maior consumo do País, tende a perder pouco porque já aplica alíquotas menores que os demais estados. Talvez também por apresentar uma economia mais diversificada, São Paulo é o estado que deverá sofrer menor impacto com eventual aprovação do PRS, com seu ICMS arrecadado caindo menos de 3%. No outro extremo, aparecem Tocantins e Amapá, com perda de 21,1% e 16,5% em relação ao ICMS arrecadado em 2017, respectivamente. 7 As estimativas referem-se à frustração total do ICMS-Combustíveis. Como 25% do tributo é partilhado com os municípios, parte dos valores apresentados corresponderão, portanto, à redução de arrecadação municipal.

9 9 Tabela 4: Estimativa de perda de arrecadação do ICMS-Combustíveis, por tipo de combustível e por estado, em R$ mil e como proporção da arrecadação de ICMS e da RCL em Estados Perdas com PRS - preço maio 2018 (em R$ mil) Arrecadação ICMS Perda proporcional (em %) Arrecadação RCL Perda proporcional (em %) Gasolina Etanol Óleo Diesel Total (em R$ mil) Gasolina Etanol Óleo Diesel Total (em R$ mil) Gasolina Etanol Óleo Diesel Total AC ,9 0,2 5,3 9, ,0 0,0 1,4 2,5 AL ,1 0,3 4,0 10, ,0 0,1 1,9 5,0 AM ,5 0,1 5,0 7, ,7 0,1 3,4 5,2 AP ,9 0,0 10,6 16, ,0 0,0 1,8 2,9 BA ,0 0,1 5,5 10, ,6 0,1 3,9 7,5 CE ,6 0,2 2,9 8, ,6 0,2 1,8 5,6 DF ,9 0,2 1,3 8, ,6 0,1 0,5 3,2 ES ,8 0,1 1,8 5, ,9 0,1 1,3 4,3 GO ,4 1,3 5,8 12, ,8 0,9 4,1 8,9 MA ,9 0,1 7,7 13, ,0 0,1 3,9 6,9 MG ,0 0,0 4,3 10, ,0 0,0 3,6 8,5 MS ,6 0,3 5,3 8, ,3 0,2 4,8 7,3 MT ,7 1,3 9,3 12, ,4 1,1 7,6 10,1 PA ,5 0,1 6,9 11, ,5 0,0 3,9 6,5 PB ,3 0,2 3,3 9, ,6 0,1 1,9 5,6 PE ,8 0,2 3,4 8, ,3 0,2 2,3 5,7 PI ,1 0,0 5,1 14, ,3 0,0 2,4 6,8 PR ,7 0,0 2,9 7, ,8 0,0 2,3 6,1 RJ ,9 0,4 2,4 8, ,8 0,2 1,5 5,6 RN ,0 0,2 3,5 9, ,4 0,1 2,0 5,5 RO ,6 0,1 9,4 14, ,3 0,1 4,7 7,1 RR ,3 0,0 5,6 11, ,3 0,0 1,4 2,7 RS ,0 0,1 1,9 7, ,4 0,1 1,7 7,2 SC ,0 0,1 2,0 6, ,6 0,1 1,8 5,5 SE ,6 0,2 3,7 9, ,6 0,1 1,7 4,4 SP ,2 0,0 1,5 2, ,0 0,0 1,3 2,5 TO ,3 0,3 13,5 21, ,6 0,1 4,8 7,4 Brasil ,3 0,2 3,2 7, ,2 0,1 2,4 5,4 Fonte: Confaz, Fecombustíveis, dados trabalhados pelo autor.

10 10 Os impactos sobre as finanças estaduais tornam-se bem mais suaves quando a comparação é feita com a RCL. A RCL inclui outras receitas, como transferências da União e royalties do petróleo. Para os estados onde essas demais receitas são importantes, o impacto decorrente da aprovação do PRS tende a ser amenizado. No caso do Amapá, por exemplo, a perda de receitas com a redução de alíquotas do ICMS-Combustíveis cairia de 16,5% para menos de 3% quando o critério de comparação passa do ICMS para a RCL. Com essa base de comparação, Mato Grosso e Goiás passam a ser os estados mais prejudicados, com perdas estimadas de 10% e 9%, respectivamente. Os menos prejudicados seriam o Acre e São Paulo, com 2,5% de sua arrecadação. Esperando ter atendido satisfatoriamente a demanda do Senador, coloco-me à disposição para esclarecimentos adicionais. Consultoria Legislativa, 28 de maio de Paulo Springer de Freitas Consultor Legislativo

CIDE Combustíveis e a Federação

CIDE Combustíveis e a Federação CIDE Combustíveis e a Federação O objetivo desta análise é investigar as possíveis causas da queda de arrecadação da CIDE no primeiro trimestre de 2009, na comparação com o primeiro trimestre de 2008.

Leia mais

TABELA I - OPERAÇÕES REALIZADAS PELAS DISTRIBUIDORAS

TABELA I - OPERAÇÕES REALIZADAS PELAS DISTRIBUIDORAS TABELA I - OPERAÇÕES REALIZADAS PELAS DISTRIBUIDORAS UF Gasolina Automotiva e Álcool Anidro Álcool Hidratado Óleo Combustível Gás Natural Veicular Internas Interesta-duais Internas Interestaduais Internas

Leia mais

Carga Tributária dos Combustíveis por Estado. Referência: Julho/2017

Carga Tributária dos Combustíveis por Estado. Referência: Julho/2017 Carga Tributária dos Combustíveis por Estado Referência: Julho/2017 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor de mercadorias

Leia mais

Carga Tributária dos Combustíveis por Estado. Referência: Setembro/2016

Carga Tributária dos Combustíveis por Estado. Referência: Setembro/2016 Carga Tributária dos Combustíveis por Estado Referência: Setembro/2016 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor de mercadorias

Leia mais

Carga Tributária dos Combustíveis por Estado. Referência: Outubro/2015

Carga Tributária dos Combustíveis por Estado. Referência: Outubro/2015 Carga Tributária dos Combustíveis por Estado Referência: Outubro/2015 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor de mercadorias

Leia mais

PROCESSO SELETIVO UFAL SiSU GERAL (5.168 vagas ofertadas)

PROCESSO SELETIVO UFAL SiSU GERAL (5.168 vagas ofertadas) PROCESSO SELETIVO UFAL 2014 - SiSU 2014.1 - GERAL (5.168 vagas ofertadas) ALAGOAS AL 2.918 56,46% BAHIA BA 306 5,92% SERGIPE SE 96 1,86% PERNAMBUCO PE 627 12,13% PARAÍBA PB 24 0,46% RIO GRANDE DO NORTE

Leia mais

ÍNDICE DE TRANSPARÊNCIA DO CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO DOS ESTADOS BRASILEIROS

ÍNDICE DE TRANSPARÊNCIA DO CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO DOS ESTADOS BRASILEIROS icat 15.5.213 ÍNDICE DE TRANSPARÊNCIA DO CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO DOS ESTADOS BRASILEIROS PONTUAÇÃO RESULTADO DOS ESTADOS BRASILEIROS 6 5 4 3 2 1 AC AL AP AM BA CE DF GO ES MA MT MS MG PA

Leia mais

8ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos (2014)

8ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos (2014) 8ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos (2014) Elaboração: Contraf-CUT, CNTV e Federação dos Vigilantes do Paraná Fonte: Notícias da imprensa, SSP e sindicatos Apoio: Sindicato dos Vigilantes de Curitiba

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 1º a 15 de Junho de 2018

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 1º a 15 de Junho de 2018 Tributação dos Combustíveis por Estado Referência: 1º a 15 de Junho de 2018 Atualizado em 07/06/2018 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da

Leia mais

TRIBUTAÇÃO SOBRE AS MPEs RANKING DOS ESTADOS 2012

TRIBUTAÇÃO SOBRE AS MPEs RANKING DOS ESTADOS 2012 TRIBUTAÇÃO SOBRE AS MPEs RANKING DOS ESTADOS 2012 ROTEIRO 1 2 3 4 O PROJETO RESULTADOS DIFERENÇA NAS ALÍQUOTAS LIÇÕES: BONS E MAUS EXEMPLOS 1 O PROJETO 1 2 3 4 O PROJETO RESULTADOS DIFERENÇA NAS ALÍQUOTAS

Leia mais

Evolução das estatísticas de acidentes por Estado

Evolução das estatísticas de acidentes por Estado Evolução das estatísticas de acidentes por Estado Data: 1/8/218 FILTROS: Acidentes: Todos Veículos: Todos Valores: Absolutos Estado: Todos BR: Todas Este material destaca a evolução das estatísticas de

Leia mais

FONTE DE DADOS. Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde: Dados de todos os estabelecimentos de saúde do Brasil.

FONTE DE DADOS. Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde: Dados de todos os estabelecimentos de saúde do Brasil. CENSO AMIB 2016 OBJETIVO O objetivo desta proposta é prestar serviços de consultoria para a extração e análise de dados do CNES a respeito de leitos de UTI e profissionais da saúde intensivistas, bem como

Leia mais

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 01 a 16 de Dezembro de 2017

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 01 a 16 de Dezembro de 2017 Tributação dos Combustíveis por Estado Referência: 01 a 16 de Dezembro de 2017 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor de

Leia mais

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 16 a 31 de Março de 2018

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 16 a 31 de Março de 2018 Tributação dos Combustíveis por Estado Referência: 16 a 31 de Março de 2018 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor de mercadorias

Leia mais

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 01 a 15 de Fevereiro de 2018

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 01 a 15 de Fevereiro de 2018 Tributação dos Combustíveis por Estado Referência: 01 a 15 de Fevereiro de 2018 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor

Leia mais

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 16 a 31 de Maio de 2018

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 16 a 31 de Maio de 2018 Tributação dos Combustíveis por Estado Referência: 16 a 31 de Maio de 2018 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor de mercadorias

Leia mais

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 01 a 15 de Outubro de 2017

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 01 a 15 de Outubro de 2017 Tributação dos Combustíveis por Estado Referência: 01 a 15 de Outubro de 2017 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor de

Leia mais

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 16 a 31 de Julho de 2018

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 16 a 31 de Julho de 2018 Tributação dos Combustíveis por Estado Referência: 16 a 31 de Julho de 2018 17/07/2018 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor

Leia mais

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 16 a 31 de Janeiro de 2019

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 16 a 31 de Janeiro de 2019 Tributação dos Combustíveis por Estado Referência: 16 a 31 de Janeiro de 2019 17/01/2019 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor

Leia mais

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 01 a 15 de março de 2019

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 01 a 15 de março de 2019 Tributação dos Combustíveis por Estado Referência: 01 a 15 de março de 2019 11/03/2019 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor

Leia mais

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 16 a 30 de Junho de 2018

Tributação dos Combustíveis por Estado. Referência: 16 a 30 de Junho de 2018 Tributação dos Combustíveis por Estado Referência: 16 a 30 de Junho de 2018 20/06/2018 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE D TABELA BÁSICA / EDIÇÃO 2016 PRIMEIRA FASE REF ROD DATA - DIA HORA GR JOGO ESTÁDIO CIDADE 1ª 12/06 - Dom A1 Rondônia RO x Amazonas AM A1 Acre AC x Amapá AP A2 Tocantins

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA: ICMS. Senado Federal CAE 11 de Março de 2013

AUDIÊNCIA PÚBLICA: ICMS. Senado Federal CAE 11 de Março de 2013 AUDIÊNCIA PÚBLICA: ICMS Senado Federal CAE 11 de Março de 2013 1 ICMS Guerra Fiscal 1) Insuficiência das Políticas de Desenvolvimento Regional levam os Estados a concederem benefícios fiscais para atrair

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014

MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014 MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDUSTRIAS DE SUPLEMENTOS MINERAIS RUA AUGUSTA, 2676 13 ANDAR SALA 132 CEP 01412-100 SÃO PAULO SP Telefone: (011) 3061-9077 e-mail:

Leia mais

7ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos. (1º semestre de 2014)

7ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos. (1º semestre de 2014) 7ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos (1º semestre de 2014) Elaboração: Contraf-CUT, CNTV e Federação dos Vigilantes do Paraná Fonte: Notícias da imprensa, SSP e sindicatos Apoio: Sindicato dos Vigilantes

Leia mais

jan/16 fev/16 mar/16 abr/16 mai/16 jun/16 jul/16 ago/16 set/16 out/16 nov/16 dez/16

jan/16 fev/16 mar/16 abr/16 mai/16 jun/16 jul/16 ago/16 set/16 out/16 nov/16 dez/16 Brasil Preço de Realização do Produtor 13,09 13,08 13,07 13,08 13,07 13,09 13,09 13,08 13,08 13,09 13,23 13,23 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 15,28 15,26 15,26 15,27 15,26 15,27 15,28 15,26

Leia mais

jan/16 fev/16 mar/16 abr/16 mai/16 jun/16 jul/16 ago/16 set/16 out/16 nov/16 dez/16

jan/16 fev/16 mar/16 abr/16 mai/16 jun/16 jul/16 ago/16 set/16 out/16 nov/16 dez/16 Brasil Preço de Realização do Produtor 13,09 13,08 13,07 13,08 13,07 13,09 13,09 13,08 13,08 13,09 13,23 13,23 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 15,28 15,26 15,26 15,27 15,26 15,27 15,28 15,26

Leia mais

4ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos 2012

4ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos 2012 4ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos 2012 Fonte: Notícias da imprensa, SSP e sindicatos Apoio: Sindicato dos Vigilantes de Curitiba e Região Sindicato dos Bancários de Curitiba e Região Fetec-CUT(PR)

Leia mais

Coordenadoria de Defesa da Concorrência. jan/06 fev/06 mar/06 abr/06 mai/06 jun/06 jul/06 ago/06 set/06 out/06 nov/06 dez/06

Coordenadoria de Defesa da Concorrência. jan/06 fev/06 mar/06 abr/06 mai/06 jun/06 jul/06 ago/06 set/06 out/06 nov/06 dez/06 Brasil Preço de Realização do Produtor 11,33 11,33 11,33 11,33 11,31 11,32 11,33 11,32 11,33 11,35 11,33 11,32 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 13,51 13,51 13,51 13,51 13,49 13,50 13,51 13,50

Leia mais

AGOSTO/2017 ATUALIZADO EM OUTUBRO/2017

AGOSTO/2017 ATUALIZADO EM OUTUBRO/2017 AGOSTO/2017 ATUALIZADO EM OUTUBRO/2017 73.500.242.927 37.544.446.356 83.297.174.362 38.539.865.689 87.385.413.113 37.122.505.420 78.467.105.750 23.850.992.195 74.413.598.540 21.849.290.915 50.869.996.853

Leia mais

MARÇO/2017 ATUALIZADO EM JUNHO/2017

MARÇO/2017 ATUALIZADO EM JUNHO/2017 MARÇO/2017 ATUALIZADO EM JUNHO/2017 73.500.242.927 37.544.446.356 83.297.174.362 38.539.865.689 87.385.413.113 37.122.505.420 78.467.105.750 23.850.992.195 74.413.598.540 21.849.290.915 18.629.671.737

Leia mais

jan/14 fev/14 mar/14 abr/14 mai/14 jun/14 jul/14 ago/14 set/14 out/14 nov/14 dez/14

jan/14 fev/14 mar/14 abr/14 mai/14 jun/14 jul/14 ago/14 set/14 out/14 nov/14 dez/14 Brasil Preço de Realização do Produtor 11,33 11,33 11,34 11,34 11,34 11,34 11,34 11,34 11,34 11,34 11,34 11,33 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 13,51 13,51 13,52 13,52 13,52 13,52 13,52 13,52

Leia mais

jan/17 fev/17 mar/17 abr/17 mai/17 jun/17 jul/17 ago/17 set/17

jan/17 fev/17 mar/17 abr/17 mai/17 jun/17 jul/17 ago/17 set/17 Superintendência de Defesa da Concorrência, Evolução Estudos e Regulação dos preços Econômica de GLP - SDR (R$ / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 13,24 13,25 13,88 14,64 14,64 15,51

Leia mais

olução preço tijão de 13 kg) jan/18 Brasil Preço de Realização do Produtor 3,96 CIDE PIS/COFINS Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS ICMS

olução preço tijão de 13 kg) jan/18 Brasil Preço de Realização do Produtor 3,96 CIDE PIS/COFINS Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS ICMS Superintendência de Defesa da Concorrência, Evolução Estudos preços e Regulação de Econômica GLP (R$- SDR / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 23,96 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS

Leia mais

olução preço tijão de 13 kg) jan/18 fev/18 mar/18 Brasil Preço de Realização do Produtor 3,96 3,28 3,32 CIDE PIS/COFINS

olução preço tijão de 13 kg) jan/18 fev/18 mar/18 Brasil Preço de Realização do Produtor 3,96 3,28 3,32 CIDE   PIS/COFINS Superintendência de Defesa da Concorrência, Evolução Estudos preços e Regulação de Econômica GLP (R$- SDR / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 23,96 23,28 23,32 Preço do Produtor

Leia mais

jan/18 fev/18 mar/18 abr/18 mai/18 jun/18

jan/18 fev/18 mar/18 abr/18 mai/18 jun/18 Superintendência de Defesa da Concorrência, Evolução Estudos preços e Regulação de Econômica GLP (R$- SDR / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 23,96 23,28 23,32 22,39 22,34 22,35

Leia mais

jan/18 fev/18 mar/18 abr/18 mai/18 jun/18 jul/18 ago/18 set/18 out/18 nov/18

jan/18 fev/18 mar/18 abr/18 mai/18 jun/18 jul/18 ago/18 set/18 out/18 nov/18 Superintendência de Defesa da Concorrência, Evolução Estudos preços e Regulação de Econômica GLP (R$- SDR / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 23,96 23,28 23,32 22,39 22,34 22,35

Leia mais

jan/18 fev/18 mar/18 abr/18 mai/18 jun/18 jul/18 ago/18 set/18 out/18 nov/18 dez/18

jan/18 fev/18 mar/18 abr/18 mai/18 jun/18 jul/18 ago/18 set/18 out/18 nov/18 dez/18 Superintendência de Defesa da Concorrência, Evolução Estudos preços e Regulação de Econômica GLP (R$- SDR / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 23,96 23,28 23,32 22,39 22,34 22,35

Leia mais

Estado de São Paulo tem a maior quantidade de POS a cada mil habitantes; Maranhão, a menor

Estado de São Paulo tem a maior quantidade de POS a cada mil habitantes; Maranhão, a menor INFORMATIVO PARA A IMPRENSA ML&A Comunicações Fernanda Elen fernanda@mla.com.br (11) 3811-2820 ramal 833 Cresce a aceitação de cartões em 2015, aponta a Boanerges & Cia. Estado de São Paulo tem a maior

Leia mais

TÊNIS DE MESA Nº 03 04/09/2015

TÊNIS DE MESA Nº 03 04/09/2015 ! TÊNIS DE MESA Nº 03 04/09/2015! Jogos Escolares da Juventude 2015 12 a 14 anos Boletim Oficial de Resultados 04/09/2015 CENTRO DE FORMAÇÃO OLÍMPICA - QUADRA 1 TÊNIS DE MESA - EQUIPE - Feminino 1 09:00

Leia mais

jan/15 fev/15 mar/15 abr/15 mai/15 jun/15 jul/15 ago/15 set/15 out/15 nov/15 dez/15

jan/15 fev/15 mar/15 abr/15 mai/15 jun/15 jul/15 ago/15 set/15 out/15 nov/15 dez/15 Coordenadoria de Defesa da Evolução Concorrência dos preços de GLP (R$ / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 11,33 11,32 11,35 11,34 11,34 11,33 11,33 11,34 13,01 13,09 13,09 13,11

Leia mais

Educação Superior Enade e IGC dos Estados e DF

Educação Superior Enade e IGC dos Estados e DF Educação Superior Enade e IGC dos Estados e DF Enade 2015 O Conceito Enade é um indicador de qualidade que avalia o desempenho dos estudantes a partir dos resultados obtidos anualmente para os cursos que

Leia mais

jan/15 fev/15 mar/15 Margem Bruta de Revenda - (1) - (1) - (1) Preço Final ao Consumidor 46,15 46,05 45,86

jan/15 fev/15 mar/15 Margem Bruta de Revenda - (1) - (1) - (1) Preço Final ao Consumidor 46,15 46,05 45,86 Coordenadoria de Defesa da Evolução Concorrênciados preços de GLP (R$ / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 11,33 11,32 11,35 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 13,51 13,50

Leia mais

Planilha1 FUNC PROGRAMATICA PROGRAMA/ACAO/SUBTITULO/PRODUTO S N P O U T VALOR 0909 OPERACOES ESPECIAIS: OUTROS ENCARGOS ESPECIAIS

Planilha1 FUNC PROGRAMATICA PROGRAMA/ACAO/SUBTITULO/PRODUTO S N P O U T VALOR 0909 OPERACOES ESPECIAIS: OUTROS ENCARGOS ESPECIAIS ORGAO : 32000 - MINISTERIO DE MINAS E ENERGIA UNIDADE : 32265 - AGENCIA NACIONAL DO PETROLEO, GAS NATURAL E BIOCOMBUSTIVEIS - ANP 0909 OPERACOES ESPECIAIS: OUTROS ENCARGOS ESPECIAIS 178435832 OPERACOES

Leia mais

RESOLUÇÃO SOBRE DISTRIBUIÇÃO DO FUNDO ESPECIAL DE FINANCIAMENTO DE CAMPANHA FEFC (SUBSTITUI A RESOLUÇÃO DE 20/08/2018)

RESOLUÇÃO SOBRE DISTRIBUIÇÃO DO FUNDO ESPECIAL DE FINANCIAMENTO DE CAMPANHA FEFC (SUBSTITUI A RESOLUÇÃO DE 20/08/2018) RESOLUÇÃO SOBRE DISTRIBUIÇÃO DO FUNDO ESPECIAL DE FINANCIAMENTO DE CAMPANHA FEFC (SUBSTITUI A RESOLUÇÃO DE 20/08/2018) Companheiros e Companheiras Esta Resolução substitui a Resolução Sobre Distribuição

Leia mais

DEZEMBRO/2017 ATUALIZADO EM FEVEREIRO/2018

DEZEMBRO/2017 ATUALIZADO EM FEVEREIRO/2018 DEZEMBRO/2017 ATUALIZADO EM FEVEREIRO/2018 73.500.242.927 37.544.446.356 83.297.174.362 38.539.865.689 87.385.413.113 37.122.505.420 78.467.105.750 23.850.992.195 74.413.598.540 21.849.290.915 81.740.929.519

Leia mais

MAIO/2017 ATUALIZADO EM JULHO/2017

MAIO/2017 ATUALIZADO EM JULHO/2017 MAIO/2017 ATUALIZADO EM JULHO/2017 73.500.242.927 37.544.446.356 83.297.174.362 38.539.865.689 87.385.413.113 37.122.505.420 78.467.105.750 23.850.992.195 74.413.598.540 21.849.290.915 31.409.585.731 9.969.327.060

Leia mais

6ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos (2013)

6ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos (2013) 6ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos (2013) Elaboração: Contraf-CUT, CNTV e Federação dos Vigilantes do Paraná Fonte: Notícias da imprensa, SSP e sindicatos Apoio: Sindicato dos Vigilantes de Curitiba

Leia mais

JANEIRO/2017 ATUALIZADO EM ABRIL/2017

JANEIRO/2017 ATUALIZADO EM ABRIL/2017 JANEIRO/2017 ATUALIZADO EM ABRIL/2017 73.500.242.927 37.544.446.356 83.297.174.362 38.539.865.689 87.385.413.113 37.122.505.420 78.467.105.750 23.850.992.195 74.413.598.540 21.849.290.915 5.962.659.818

Leia mais

Brasil Preço de Realização do Produtor 13,09 13,08 CIDE - - PIS/COFINS 2,18 2,18 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 15,28 15,26 ICMS 6,57

Brasil Preço de Realização do Produtor 13,09 13,08 CIDE - - PIS/COFINS 2,18 2,18 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 15,28 15,26 ICMS 6,57 jan/16 fev/16 Brasil Preço de Realização do Produtor 13,09 13,08 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 15,28 15,26 ICMS 6,57 6,57 Margem Bruta de Distribuição 15,73 16,14 Preço de Distribuição 37,57

Leia mais

NOVEMBRO/2017 ATUALIZADO EM JANEIRO/2018

NOVEMBRO/2017 ATUALIZADO EM JANEIRO/2018 NOVEMBRO/2017 ATUALIZADO EM JANEIRO/2018 73.500.242.927 37.544.446.356 83.297.174.362 38.539.865.689 87.385.413.113 37.122.505.420 78.467.105.750 23.850.992.195 74.413.598.540 21.849.290.915 74.947.202.058

Leia mais

ANO XXX ª SEMANA DE MARÇO DE 2019 BOLETIM INFORMARE Nº 11/2019

ANO XXX ª SEMANA DE MARÇO DE 2019 BOLETIM INFORMARE Nº 11/2019 ANO XXX - 2019 2ª SEMANA DE MARÇO DE 2019 BOLETIM INFORMARE Nº 11/2019 ICMS ATO COTEPE/MVA Nº 05, de 08.03.2019 (DOU de 11.03.2019) - Ato Cotepe/Icms nº 42/2013 Alteração... Pág. 55 ATO COTEPE/PMPF Nº

Leia mais

Sistema de Mutirão Carcerário RESUMO. Total por Estado. Relatório Geral. Total Geral. Total de Processos Total de Liberdades Total de Benefícios

Sistema de Mutirão Carcerário RESUMO. Total por Estado. Relatório Geral. Total Geral. Total de Processos Total de Liberdades Total de Benefícios Sistema de Mutirão Carcerário Relatório Geral RESUMO Total de Processos Total de Liberdades Total de Benefícios % Liberdade/Processos Total por Estado Total Geral 185.332 27.046 47.166 14 Estado Processos

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua PNAD Contínua. Rio de Janeiro, 23 de fevereiro de 2017

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua PNAD Contínua. Rio de Janeiro, 23 de fevereiro de 2017 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua PNAD Contínua Rio de Janeiro, 23 de fevereiro de 2017 P R I N C I P A L O PNAD Contínua B J E T I Produzir informações contínuas Sobre a inserção da

Leia mais

JJR a Peça que faltava à sua empresa.

JJR a Peça que faltava à sua empresa. Visando facilitar a consulta das alíquotas das 27 unidades da Federação, estamos disponibilizando uma tabela com todas alíquotas internas, separadas por região no País, bem como a fundamentação contida

Leia mais

No Pará, governo gasta R$ 1,93 ao dia com a saúde de cada habitante

No Pará, governo gasta R$ 1,93 ao dia com a saúde de cada habitante No Pará, governo gasta R$ 1,93 ao dia com a saúde de cada habitante Levantamento inédito do CFM revela que valor coloca o Pará em último lugar no ranking dos estados e que fragilidades na assistência persistem

Leia mais

DEZEMBRO/2016 ATUALIZADO EM FEVEREIRO/2017

DEZEMBRO/2016 ATUALIZADO EM FEVEREIRO/2017 DEZEMBRO/2016 ATUALIZADO EM FEVEREIRO/2017 68.804.150.284 41.097.368.253 73.500.242.927 37.544.446.356 83.297.174.362 38.539.865.689 87.385.413.113 37.122.505.420 78.467.105.750 23.850.992.195 74.413.598.540

Leia mais

INDICADORES INDUSTRIAIS ZFM

INDICADORES INDUSTRIAIS ZFM INDICADORES INDUSTRIAIS ZFM NOVEMBRO/2015 ATUALIZADO EM JANEIRO/2016 FATURAMENTO TOTAL DO POLO INDUSTRIAL DE MANAUS 61.609.344.649 35.105.103.879 68.804.150.284 41.097.368.253 73.500.242.927 37.544.446.356

Leia mais

jan/10 fev/10 mar/10 abr/10 mai/10 jun/10 jul/10 ago/10 set/10 out/10 nov/10

jan/10 fev/10 mar/10 abr/10 mai/10 jun/10 jul/10 ago/10 set/10 out/10 nov/10 Coordenadoria de Defesa da Evolução Concorrência dos preços de GLP (R$ / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 11,33 11,34 11,34 11,32 11,33 11,33 11,33 11,34 11,34 11,34 11,34 Preço

Leia mais

SETE TRIMESTRES DE PRODUÇÃO DE PETRÓLEO SOBRE OS EFEITOS DA SUSPENSÃO DOS ARTIGOS DA LEI /2012, PELA LIMINAR CONCEDIDA NOS AUTOS DA ADI 4.

SETE TRIMESTRES DE PRODUÇÃO DE PETRÓLEO SOBRE OS EFEITOS DA SUSPENSÃO DOS ARTIGOS DA LEI /2012, PELA LIMINAR CONCEDIDA NOS AUTOS DA ADI 4. 12 SETE TRIMESTRES DE PRODUÇÃO DE PETRÓLEO SOBRE OS EFEITOS DA SUSPENSÃO DOS ARTIGOS DA LEI 12.734/2012, PELA LIMINAR CONCEDIDA NOS AUTOS DA ADI 4.917 O conjunto dos Municípios e dos Estados brasileiros

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DOS ÓLEOS LUBRIFICANTES

REGULAMENTAÇÃO DOS ÓLEOS LUBRIFICANTES REGULAMENTAÇÃO DOS ÓLEOS LUBRIFICANTES 01de AGOSTO de 2013 ENCONTRO TÉCNICO SOBRE LOGÍSTICA REVERSA DOS LUBRIFICANTES E A RESOLUÇÃO CONAMA N 362/05 FORTALEZA/CE Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural

Leia mais

Situação dos Municípios Brasileiros

Situação dos Municípios Brasileiros Estudos Técnicos/CNM Agosto de 2015 Situação dos Municípios Brasileiros Introdução A situação econômica brasileira tem apresentado uma onda crescente de incerteza. Tal quadro é motivado e composto por

Leia mais

Boletim Informativo - Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e contra o Sarampo

Boletim Informativo - Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e contra o Sarampo Boletim Informativo - Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e contra o Sarampo - 2018 O Ministério da Saúde, juntamente com as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, realizou no período

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (Março/15) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (Maio/15) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

Sete trimestres de produção de petróleo sobre os efeitos da suspensão dos artigos da Lei de 2012 pela liminar concedida nos autos da ADI 4917

Sete trimestres de produção de petróleo sobre os efeitos da suspensão dos artigos da Lei de 2012 pela liminar concedida nos autos da ADI 4917 1 Estudos Técnicos/CNM Maio de 2015 Sete trimestres de produção de petróleo sobre os efeitos da suspensão dos artigos da Lei 12.734 de 2012 pela liminar concedida nos autos da ADI 4917 O conjunto dos Municípios

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL GI-RN

MANUAL OPERACIONAL GI-RN MANUAL OPERACIONAL GI-RN SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 O MÓDULO... 3 REQUISITOS...4 GERAÇÃO GI -RN...5 CABEÇALHO DO RELATÓRIO...6 ENTRADAS DE MERCADORIAS, BENS E/OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS...8 SAÍDAS DE MERCADORIAS

Leia mais

2005 CDMA Latin America Regional Conference

2005 CDMA Latin America Regional Conference Agencia Nacional de Telecomunicações 2005 CDMA Latin America Regional Conference JARBAS JOSÉ VALENTE Superintendente de Serviços Privados Conteúdo Situação Atual do SMP Previsão da Evolução do SMP Espectro

Leia mais

INDICADORES INDUSTRIAIS ZFM

INDICADORES INDUSTRIAIS ZFM INDICADORES INDUSTRIAIS ZFM MARÇO/2016 ATUALIZADO EM MAIO/2016 68.804.150.284 41.097.368.253 73.500.242.927 37.544.446.356 83.297.174.362 38.539.865.689 87.385.413.113 37.122.505.420 78.467.105.750 23.850.992.195

Leia mais

14ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro

14ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro 14ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro Caracterização da Amostra DADOS FISICOS Amostra TOTAL Número de respondentes 293 Crescimento de 37% em relação a 2012 Número de Lojas 2.854 Número de Centro

Leia mais

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa e Acidentes por Unidade Federativa - 2016 Data: 23/05/2017 FILTROS: Veículos: Todos, Caminhões, Ônibus Valores: Absolutos Estado: Todos BR: Todas Estados com maior número de mortes e acidentes - 2016 Este

Leia mais

Tipo de Frete Estado Capital Peso do pedido (até) Frete capital Frete interior 1 AC RIO BRANCO 5,00 57,23 65,81 1 AC RIO BRANCO 10,00 73,49 84,51 1

Tipo de Frete Estado Capital Peso do pedido (até) Frete capital Frete interior 1 AC RIO BRANCO 5,00 57,23 65,81 1 AC RIO BRANCO 10,00 73,49 84,51 1 Tipo de Frete Estado Capital Peso do pedido (até) Frete capital Frete interior 1 AC RIO BRANCO 5,00 57,23 65,81 1 AC RIO BRANCO 10,00 73,49 84,51 1 AC RIO BRANCO 15,00 84,98 97,73 1 AC RIO BRANCO 20,00

Leia mais

Estimativas de Arrecadação de Impostos Próprios Estaduais e Municipais, Transferências Constitucionais e os 25% Constitucionais da Educação

Estimativas de Arrecadação de Impostos Próprios Estaduais e Municipais, Transferências Constitucionais e os 25% Constitucionais da Educação 1 Estimativas de Arrecadação de Impostos Próprios Estaduais e Municipais, Transferências Constitucionais e os 25% Constitucionais da Educação Resumo O presente estudo objetivou levantar dados sobre o total

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Nível superior Cargo 1: Contador DF Brasília/Sede da Administração Central 35 1820 52,00 Nível médio Cargo 2: Agente Administrativo AC Rio Branco/Sede da SRTE 2 1496 748,00 Nível médio Cargo 2: Agente

Leia mais

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DA RECEITA DE SERVIÇOS (DEZEMBRO- 2015)

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DA RECEITA DE SERVIÇOS (DEZEMBRO- 2015) Variação (%) ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DA RECEITA DE SERVIÇOS (DEZEMBRO- 2015) BRASIL: Volume de Negócios do Setor de Serviços Fecha o ano em Queda Em dezembro de 2015, o setor de Serviços recuou 5,0% no

Leia mais

jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 jun/13 jul/13 ago/13

jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 jun/13 jul/13 ago/13 Coordenadoria de Defesa da Evolução Concorrênciados preços de GLP (R$ / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 11,33 11,34 11,34 11,34 11,34 11,34 11,34 11,34 Preço do Produtor s/ ICMS

Leia mais

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA MEC

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA MEC SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA MEC A EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA O movimento Constitucional; O processo de discussão que antecedeu a LDB nº9394/96; A concepção de Educação Básica e a universalização do

Leia mais

O pagamento do 13º salário pelos Municípios brasileiros em 2010

O pagamento do 13º salário pelos Municípios brasileiros em 2010 15 O pagamento do 13º salário pelos Municípios brasileiros em 2010 A Confederação Nacional de Municípios (CNM) realizou uma pesquisa com 87,6% dos Municípios brasileiros sobre o pagamento do 13º salário

Leia mais

Formação dos Grupos e forma de disputa

Formação dos Grupos e forma de disputa Formação dos Grupos e forma de disputa Sorteio realizado no dia 01 de Novembro de 2010 na sede social da APMP. Categoria Força Livre 1. Amazonas 2. Acre 3. Amapá 4. Ceara 5. Espirito Santo 6. Goiás 7.

Leia mais

TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS: Análise do processo de consolidação e transferência de cargas via unidade centralizadora Um Estudo de Caso

TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS: Análise do processo de consolidação e transferência de cargas via unidade centralizadora Um Estudo de Caso UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE TRANSPORTES E GEOTECNIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LOGÍSTICA ESTRATÉGICA E SISTEMAS DE TRANSPORTE TRANSPORTE RODOVIÁRIO

Leia mais

Competição e Infraestrutura no Mercado de Combustíveis de Aviação

Competição e Infraestrutura no Mercado de Combustíveis de Aviação Competição e Infraestrutura no Mercado de Combustíveis de Aviação Superintendência de Distribuição e Logística - ANP FGV - SP 29 de novembro de 2018 QUANTITATIVO DE AGENTES REFINARIAS 17 Refinarias no

Leia mais

Carga Tributária dos Combustíveis por Estado. Referência: Junho/2015

Carga Tributária dos Combustíveis por Estado. Referência: Junho/2015 Carga Tributária dos Combustíveis por Estado Referência: Junho/2015 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor de mercadorias

Leia mais

O AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO E O SEU IMPACTO NAS CONTAS MUNICIPAIS 1

O AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO E O SEU IMPACTO NAS CONTAS MUNICIPAIS 1 O AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO E O SEU IMPACTO NAS CONTAS MUNICIPAIS 1 Resumo Todos os municípios brasileiros, a exemplo do que tem ocorrido nos últimos anos, sofrerão o impacto do reajuste do salário mínimo

Leia mais

A disparidade regional e o mercado brasileiro de cartões

A disparidade regional e o mercado brasileiro de cartões A disparidade regional e o mercado brasileiro de cartões Estudo da Boanerges & Cia. mostra que baixa renda ainda é obstáculo para expansão dos meios eletrônicos de pagamento no país Fim de exclusividades

Leia mais

Seminário Combustíveis Alternativos para a Ai Aviação. 29 e 30 de novembro de 2011

Seminário Combustíveis Alternativos para a Ai Aviação. 29 e 30 de novembro de 2011 Seminário Combustíveis Alternativos para a Ai Aviação 29 e 30 de novembro de 2011 Realização Apoio Biocombustíveis SJCampos/SP TRIP LINHAS AÉREAS S/A Novembro de 2011 Agenda 1. Introdução 2. Destaques

Leia mais

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

Contas Regionais do Brasil 2012

Contas Regionais do Brasil 2012 Diretoria de Pesquisas Contas Regionais do Brasil 2012 Coordenação de Contas Nacionais frederico.cunha@ibge.gov.br alessandra.poca@ibge.gov.br Rio de Janeiro, 14/11/2014 Contas Regionais do Brasil Projeto

Leia mais

NA VISÃO DOS ESTADOS:

NA VISÃO DOS ESTADOS: Seminário Internacional Tributo ao Brasil A Reforma que queremos REFORMA TRIBUTÁRIA NA VISÃO DOS ESTADOS: Reequilibrar o Federalismo PAULO ANTENOR DE OLIVEIRA Secretário da Fazenda do Estado do Tocantins

Leia mais

Tabela 2: PIB Brasil e unidades da federação a preços constantes - R$ de 2000(mil) - Deflacionado pelo Deflator Implícito do PIB nacional

Tabela 2: PIB Brasil e unidades da federação a preços constantes - R$ de 2000(mil) - Deflacionado pelo Deflator Implícito do PIB nacional 56 ANEXOS Tabela 1: Investimentos em Educação e Cultura dos Estados da Região Norte do Brasil 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 AC 41,14 82,62924 97,71488217 112,0076867 169,2800564

Leia mais

Evolução das Despesas Estaduais

Evolução das Despesas Estaduais PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CONTABILIDADE E ECONOMIA SINDICATO DAS EMPRESAS DE SERVIÇOS CONTÁBEIS DO RS Convênio FACE/PUCRS e SESCON-RS Relatório 2 Evolução das Despesas

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA POLÍTICA NO DESEMPENHO INSTITUCIONAL OU O SETOR PÚBLICO NA ECONOMIA DO

A INFLUÊNCIA DA POLÍTICA NO DESEMPENHO INSTITUCIONAL OU O SETOR PÚBLICO NA ECONOMIA DO A INFLUÊNCIA DA POLÍTICA NO DESEMPENHO INSTITUCIONAL OU O SETOR PÚBLICO NA ECONOMIA DO Cristiano Tatsch, secretário do Planejamento e Desenvolvimento Regional RS 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009

Leia mais

Tabela 1 - População Unidade Unidade Pac / Convênio Médico Pac./ Enferm Prof Enf Admin Máquina Prop. Osmose pmp Unidade Nefrologista

Tabela 1 - População Unidade Unidade Pac / Convênio Médico Pac./ Enferm Prof Enf Admin Máquina Prop. Osmose pmp Unidade Nefrologista Tabela 1 - Censo SBN 2002 - Dados das Unidades de Diálise População Unidade Unidade Pac / Convênio Médico Pac./ Enferm Prof Enf Admin Máquina Prop. Osmose n n pmp Unidade % n Nefrologista n n n n % % Região

Leia mais

Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A Divulgação dos resultados parciais do programa em 2013.

Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A Divulgação dos resultados parciais do programa em 2013. Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A Divulgação dos resultados parciais do programa em 2013. O Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A tem por objetivo a prevenção e controle da hipovitaminose

Leia mais

RESOLUÇÃO CFESS nº 516 /2007 de 28 de dezembro de 2007

RESOLUÇÃO CFESS nº 516 /2007 de 28 de dezembro de 2007 RESOLUÇÃO CFESS nº 516 /2007 de 28 de dezembro de 2007 RESOLVE: Aprova a Proposta Orçamentária do Conselho Federal e Conselhos Regionais de Serviço Social da 1 a., 2 a., 3 a., 4 a., 5 a., 6 a., 7 a., 8

Leia mais

Racionamento de água. Abril/2017

Racionamento de água. Abril/2017 Racionamento de água Abril/2017 Objetivo da Pesquisa Metodologia Tópicos da Pesquisa Informações técnicas Levantar informações sobre temas importantes no contexto atual dos Pequenos Negócios. TEMA ANALISADO

Leia mais