REVISTA DO INSTITUTO SUPERIOR DE DIREITO CANÓNICO. VOLUME VII/1 ANO VII JANEIRO/JUNHO 2012 Publicação Semestral ISSN

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REVISTA DO INSTITUTO SUPERIOR DE DIREITO CANÓNICO. VOLUME VII/1 ANO VII JANEIRO/JUNHO 2012 Publicação Semestral ISSN"

Transcrição

1 F ORUM CANONICUM REVISTA DO INSTITUTO SUPERIOR DE DIREITO CANÓNICO VOLUME VII/1 ANO VII JANEIRO/JUNHO 2012 Publicação Semestral ISSN INSTITUTO SUPERIOR DE DIREITO CANÓNICO

2 Ficha Técnica CONSELHO DE DIRECÇÃO DIRECTOR: João Maria Felix da Costa Seabra CONSELHO DE REDACÇÃO: Manuel Saturino Costa Gomes, Ricardo Jorge Alves Ferreira, António José Miguel Faustino Falcão, Aurora Martins Madaleno SECRETARIADO: Ismael José Mendes Marta CONSELHO CIENTÍFICO (REFEREES) Alberto De La Hera (Universidade Complutense, Madrid) Alfredo Leite Soares (Faculdade de Teologia, Porto, e Instituto Superior de Direito Canónico, Universidade Católica Portuguesa) Domingo Javier Andrès (Pontifícia Universidade Lateranense, Roma) Dominique Le Tourneau (Professor Visitante da Universidade de Navarra) D. Eurico Dias Nogueira (Arcebispo Emérito de Braga) Héctor Franceschi (Faculdade de Direito Canónico, Pontifícia Universidade de Santa Cruz, Roma) Jean-Paul Durand (Decano Honorário e Professor da Faculdade de Direito Canónico, Instituto Católico de Paris) José Joaquim de Oliveira Branquinho (Juiz Conselheiro Jubilado do Supremo Tribunal de Justiça) José Joaquim Almeida Lopes (Juiz Conselheiro Jubilado do Supremo Tribunal Administrativo) Juan José García Faílde (Decano Emérito do Tribunal da Rota de Madrid; Professor da PUGregoriana e da PULateranense, de Roma) Julio Manzanares Marijuán (Universidade Pontifícia de Salamanca) Manuel Alves Lourenço (Deão Emérito do Cabido da Sé Patriarcal, e Juiz Diocesano do Tribunal Patriarcal) Manuel de Pinho Ferreira (Faculdade de Teologia, Porto, e Instituto Superior de Direito Canónico, Universidade Católica Portuguesa) Manuel Saturino da Costa Gomes (Faculdade de Teologia, Lisboa, e Instituto Superior de Direito Canónico, Universidade Católica Portuguesa) Cardeal D. Péter Erdö (Arcebispo de Budapest-Esztergom e Primaz da Hungria) Samuel Saúl Rodrigues (Faculdade de Teologia, Lisboa, e Instituto Superior de Direito Canónico, Universidade Católica Portuguesa) PROPRIEDADE, EDIÇÃO, ADMINISTRAÇÃO Instituto Superior de Direito Canónico Universidade Católica Portuguesa Palma de Cima Lisboa Portugal TELEF: / FAX: SITE: ASSINATURA FORUM CANONICUM (2013) ASSINATURA AVULSO Portugal Europa,... * Restantes países ( * ) Europa, África Lusófona, Macau e Timor. Boletim de assinatura e números avulsos no fim da Revista. Pede-se-permuta / Se pide canje / Exchange requested / On demand l échange / Si richiede lo scambio A Revista FORUM CANONICUM está incluída no Catálogo Latindex, de acordo com a análise da Revista realizada pela FCT: no Catálogo da Biblioteca Universitária João Paulo II: Índice, Cotas analíticas DP-8 FC; e em OLIR Osservatorio della libertà ed istituzioni religiose: FORUM CANONICUM é uma revista com arbitragem científica Registo na Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC) nº Depósito legal: /06 ISSN: Nihil Obstat Lisboa, 10 de Julho de 2012, Cón. João Seabra Censor Deputatus Imprimatur Patriarcado de Lisboa, 16 de Julho de 2012, Cón. Nuno Isidro Nunes Cordeiro Vigário-Geral

3 ÍNDICE ÍNDICE 3 EDITORIAL 5 STUDIA Manuel de Pinho FERREIRA, Presbiterado e especifi cidade do Diácono Permanente 7 W. HILGEMAN G. CORBELLINI, Il Diritto del Lavoro nello Stato della Città del Vaticano e L'Uffi cio del Lavoro della Sede Apostolica Pedro María REYES-VIZCAÍNO, La Declaración Dignitatis Humanae ante la Doctrina Tradicional de la Iglesia COMMENTARIUM Elisa ARAÚJO, Reconciliação Conjugal (Parte II): coment. cc e 1695 CIC 79 DOCUMENTA BENTO XVI, A Interpretação da Lei Canónica, Discurso ao Tribunal da Rota Romana 83 BENTO XVI, Carta Apostólica sob forma de 'motu proprio' Omnium in mentem do Sumo Pontífi ce Bento XVI sobre algumas modifi cações do CDC 91 FORUM Francesco Card. COCCOPALMERIO, Os motivos das modificações (introduzidas pelo Omnium in mentem) Pedro María REYES-VIZCAÍNO, Que obrigação têm os fi éis católicos de guardar a abstinênca e jejuar Miguel FALCÃO, A Incardinação do Clero na Prelatura do Opus Dei JURISPRUDENTIA José Oliveira BRANQUINHO, Jurisprudência dos Tribunais Superiores ( ) - II Parte 119 3

4 BIBLIOTHECA IURIDICA RECENSÕES María del Carmen CAPARRÓS María del Mar MARTÍN Mercedes SALIDO (eds.), XXX Año de los Acuerdos entre España y la Santa Sede, Actas del IV Simposio Internacional de Derecho concordatario (Dominique Le Tourneau) INSTITUTO SUPERIOR DE DIREITO CANÓNICO, Os Leigos e a Corresponsabilidade na Igreja, Actas das XVII Jornadas de Direito Canónico (Dominique Le Tourneau) Dominique LE TOURNEAU, Droits et devoirs fondamentaux des fi dèles et des laïcs dans l Église (Nélio Luciano Baptista Vieira) OPERA RECEPTA PUBLICAÇÕES Colecção LUSITANIA CANONICA 153 Colecção CADERNOS FORUM CANONICUM 155 4

5 E D I T O R I A L Na secção STUDIA publicam-se três trabalhos de natureza muito diversa. Pinho Ferreira assina um estudo canónico e teológico sobre a especificidade do diaconado permanente, que retoma a comunicação apresentada em 2010 nas XVIII Jornadas de Direito Canónico de Fátima promovidas pelo nosso Instituto. W. Hilgeman e G. Corbellini apresentam uma completa e original análise do direito laboral do Estado da Cidade do Vaticano, inaugurando uma colaboração com FORUM CANONICUM que esperamos possa prosseguir. Reyes-Vizcaíno associa-se ao cinquentenário do Vaticano II com uma profunda e equilibrada intervenção sobre a articulação da declaração conciliar sobre a liberdade religiosa com a doutrina tradicional da Igreja, tema tornado actualíssimo pelos recentes convites do Papa Bento XVI a uma justa hermenêutica do Concílio. A secção FORUM contém os esclarecimentos do Cardeal Coccopalmerio, como Presidente do Conselho Pontifício para os Textos Legislativos, sobre os motivos das alterações introduzidas pelo Omnium in mentem no estatuto canónico dos baptizados que saíram da Igreja por acto formal, e das clarificações trazidas pelo mesmo 'motu proprio' ao regime teológico-canónico do diaconado. Completam a secção dois textos, de Reyes-Vizcaíno sobre a obrigação do jejum e abstinência e de Miguel Falcão sobre a incardinação do clero na Prelatura do Opus Dei. DOCUMENTA inclui o texto do referido 'motu proprio' e o discurso do Santo Padre à Rota Romana, de 2012, sobre a interpretação da Lei canónica, com comentário de Miguel Falcão. O COMMENTARIUM de Elisa Araújo sobre a reconciliação conjugal, a resenha comentada das sentenças dos tribunais superiores portugueses em matérias de Direito Eclesiástico de Oliveira Branquinho em JURISPRUDENTIA, e três recensões, completam o presente número, que temos o gosto de apresentar aos nossos assinantes. Lisboa, Instituto Superior de Direito Canónico, Setembro de O Director João Seabra 5

6 STUDIA FC VII/1 (2012) 7-24 PRESBITERADO E ESPECIFICIDADE DO DIÁCONO PERMANENTE MANUEL DE PINHO FERREIRA Professor de Direito Canónico Instituto Superiror de Direito Canónico (UCP) SUMÁRIO: A situação do diácono permanente na Igreja Latina encontra-se regulada por um Corpus de Actos emanados da Suprema Autoridade da Igreja: a Lumen Gentium 29; o 'motu proprio' Sacrum diaconatus ordinem ( ); o 'motu proprio' Ad pascendum ( ); o Código vigente; o 'motu proprio' Omnium in mentem ( ). Na relativa pobreza da reflexão sobre o diaconado anterior ao Concílio avulta a excepção de Charles Journet que, a partir da ordenação pela imposição das mãos, afirmava a sacramentalidade, invocando a autoridade de Caetano. Mas Journet não interpretou bem Caetano, pois para este a imposição das mãos não era suficiente para a constituição da sacramentalidade do ministério diaconal. O presente texto investiga a natureza teológico- -jurídica do diaconado a partir de LG 29 lida por diversas correntes teológicas e canónicas, e procura verificar como os citados actos legislativos referidos nos podem ajudar nesta busca, concluindo em acordo com a proposta de W. Kasper. ABSTRACT: The situation of permanent deacons in Latin Church is regulated by an Ecclesial Supreme Authority Corpus of Acts: Lumen Gentium 29; 'motu proprio' Sacrum diaconatus ordinem ( ); 'motu proprio' Ad pascendum ( ); the present Code; and 'motu proprio' Omnium in mentem ( ). Among the relative lack of reflection over the issue, previous to the Council, the exception is Charles Journet, who defended the sacramentality based on the gesture of the imposition of hands. He supported his view on Caetano s authority, but Journet didn't read Caetano accurately, because in Caetano the imposition of hands isn t enough to constitute the sacramentality of deacon s ministry. The present article investigates the diaconate s theological and juridical nature from LG 29, read by several theological and canonical visions, and tries to check how the quoted legislative acts could help these research. At the end, the conclusion agrees with to W. Kasper s proposal. 1. Introdução: as fontes essenciais para um estatuto canónico do diácono Quem se desse ao trabalho de elaborar uma compilação canónica sobre o diaconado 7

7 STUDIA FC VII/1 (2012) IL DIRITTO DEL LAVORO NELLO STATO DELLA CITTÀ DEL VATICANO E L UFFICIO DEL LAVORO DELLA SEDE APOSTOLICA W. HILGEMAN Doutor in Utroque Iure Defensor do Vínculo no Tribunal da Rota Romana G. CORBELLINI Bispo titular de Abula Presidente do Ofício de Trabalho da Sé Apostólica Presidente da Comissão Disciplinar da Cúria Romana SUMÁRIO: O estudo examina o direito do trabalho, ou direito laboral, o conjunto de normas jurídicas que regem as relações entre empregados e empregadores no Estado da Cidade do Vaticano (como também da Santa Sé) e o Ofício de Trabalho da Sé Apostólica com suas diversas competências. O estudo examina também a condição jurídica dos trabalhadores e natureza do trabalho prestado a serviço da Santa Sé. O direito do trabalho vaticano encontra uma particular importância na legislação vaticana, que liga este direito directamente à Doutrina Social da Igreja e ao Magistério Pontifício, um peculiar sistema de garantias, não apenas levados a cabo por normas, mas também por meio de estruturas e instituições. Estes são aspectos que contribuem para uma melhor aplicação deste direito e por isso são necessários para a sua interpretação e correcta aplicação. ABSTRACT: The study examines Vatican labour law (or employment law), the set of legal rules governing relations between employers and employees of the Vatican City State (as well as the Holy See) and the Labour Office of the Apostolic See with its several functions. It also examines the legal status of the workers and nature of work rendered to the Holy See. Vatican labour law is of particular importance in Vatican legislation as it is directly interconnected with the Social Teachings of the Church and papal Magisterium. It is a particular system of guarantees which is realized not only through norms but also through structures and institutions. Aspects of these guarantees contribute to a better implementation of the law and are thus necessary for its interpretation and proper application. Sommario: 1. Premessa; 2. Introduzione; 3. Principi circa il lavoro prestato presso la 25

8 STUDIA FC VII/1 (2012) La Declaración Dignitatis Humanae ante la doctrina tradicional de la Iglesia PEDRO MARÍA REYES-VIZCAÍNO Doutor em Direito Canónico Buenos Aires (Argentina) SUMÁRIO: La Declaración Dignitatis Humanae del Concilio Vaticano II introdujo en la Iglesia Católica de modo claro la doctrina de la libertad religiosa. En el ámbito civil esta doctrina hacía tiempo que había sido asumida. Con todo, el planteamiento de la doctrina de la Iglesia parte no de la neutralidad ante el hecho religioso, sino de la obligación de conciencia de los hombres de buscar la verdad y adherirse a ella. La doctrina de la libertad religiosa, sin embargo, no se introdujo de manera pacífica. Varias personas entre ellas, el más significado fue el Arzobispo francés Marcel Lefebvre criticaron esta doctrina. Por ello se originó un debate que culminó en un interesante intercambio de escritos en 1987 entre Mons. Lefebvre y el Cardenal Joseph Ratzinger, que en este artículo se analizan. ABSTRACT: The Dignitatis Humanae Declaration of Vatican II Council introduced the doctrine of religious freedom clearly in the Catholic Church. This doctrine has long been assumed in civil law. Nevertheless, the approach of the doctrine of the Church is not set out of neutrality towards religion, but the obligation of men s conscience to seek the truth and adhere to it. The doctrine of religious freedom, however, was not peacefully introduced. Several people, including the French Archbishop Marcel Lefebvre, criticized this doctrine. Thus originated a debate that culminated in an interesting exchange of letters in 1987 between Archbishop Lefebvre and Cardinal Joseph Ratzinger which is discussed in this article. Es conocido que la Iglesia Católica hizo un reconocimiento expreso de la libertad religiosa en el Concilio Vaticano II mediante la Declaración Dignitatis Humanae. En ella se declara que «la persona humana tiene derecho a la libertad religiosa» (n. 2). La Declaración Dignitatis Humanae introduce de modo claro en la doctrina de la Iglesia la libertad religiosa. Su importancia en este sentido es grande y no solo al interno de la Iglesia Católica: en efecto, algunos autores han señalado que con este documento 57

9 COMMENTARIUM FC VII/1 (2012) RECONCILIAÇÃO CONJUGAL (Parte II) (comentários aos cc e 1695) ELISA ARAÚJO Doutora em Direito Canónico SUMÁRIO: O Código de Direito Canónico estabelece que perante a introdução de uma demanda de declaração de nulidade matrimonial (c. 1676) ou de um processo judicial de separação conjugal (c. 1695), o juiz antes de aceitar a causa deve avaliar a possibilidade de reconciliação das partes. E é convidado a avaliar prudentemente a situação dos cônjuges para considerar se existe a possibilidade de superação da crise conjugal, com a reconciliação dos mesmos. Por vezes, a aplicação desta norma limita-se à prudente valoração do juiz, sem chegar a existir uma tentativa de reconciliação concreta (Carreras 1975). Obviamente a autoridade eclesiástica não deve impor ou forçar essa reconciliação. Deve dialogar com os cônjuges aplicando meios pastorais. ABSTRACT: The Canon Law Code asserts that in a request for the nullity of marriage (c. 1676), or for a judicial proceeding for dissolution of marriage (c. 1695), the judge, before the cause acceptance, should consider the possibility of reconciliation, assessing prudently if there is a way to overpass the marriage crisis. Sometimes, the application of this clause is narrowed to the prudent assess of the judge, without an effort of reconciliation (Carreras 1975). Of course, the authority cannot impose or force that reconciliation. The judge should establish a dialogue with the couple, applying pastoral means. Reconciliação e nulidade matrimonial Estabelece o Código de Direito Canónico (c. 1695) que o juiz deve cumprir o dever de tentar a possibilidade de uma reconciliação conjugal em qualquer momento do processo de nulidade matrimonial, sempre que lhe pareça que a mesma possa ter êxito e seja oportuna (por exemplo, uma das perguntas que o juiz costuma formular 79

10 DOCUMENTA FC VII/1 (2012) A INTERPRETAÇÃO DA LEI CANÓNICA DISCURSO AO TRIBUNAL DA ROTA ROMANA * BENTO XVI SUMÁRIO: No seu discurso aos membros do Tribunal da Rota Romana, na inauguração do Ano Judicial (21/01/2012), Bento XVI quis debruçar-se sobre um aspecto primário do ministério judicial: a interpretação da lei canónica com vista à sua aplicação, fazendo ver que essa interpretação e aplicação se realizam no ambiente de fé da Igreja. Bento XVI individualiza dois modos que se opõem à correcta interpretação da lei canónica. Um modo erróneo seria absolutizar a lei eclesiástica, identificar o direito canónico com o sistema das leis canónicas : é o legalismo. Em contraposição, outro modo erróneo seria relativizar por completo a lei eclesiástica, sob o pretexto de seguir critérios pastorais para resolver as questões concretas, com o risco da arbitrariedade: é o pastoralismo. O Papa propõe uma terceira via, que é a compreensão da lei canónica na comunhão da Igreja. ABSTRACT: In his speech to the Roman Rota members, at the opening of the Judicial Year (21/01/2012), Benedict XVI underlines a primary aspect of justice service, which is the interpretation of canon law in order to its application, showing that this interpretation and application takes place into the Church s faith. Benedict XVI points out two ways which oppose to the proper interpretation of canon law: one is reducing canon law to canonical laws, and applying the law strictly, this mislead is named legalism. The other way is doing the opposite, leaving ecclesiastical law completely aside, in order to follow pastoral criteria, taking the risk of arbitrariness; this mislead is called pastoralism. In order to find a middle way, the Pope proposes an understanding of canon law in the Church communion. Estimados Componentes do Tribunal da Rota Romana! É para mim motivo de alegria receber-vos hoje no encontro anual, por ocasião da inauguração (*) Na inauguração do Ano Judicial (21/01/2012). Título, subtítulos, revisão da tradução e comentário de Miguel Falcão. 83

11 DOCUMENTA FC VII/1 (2012) carta apostólica sob forma de 'motu proprio' omnium in mentem do sumo pontífice bento xvi sobre algumas modificações no CDC SUMÁRIO: O 'motu proprio' introduz duas alterações no direito vigente: clarifica as consequências canónicas da doutrina da Lumen Gentium 29 sobre o diácono ao dizer que lhe foram impostas as mãos em ordem ao ministério e não ao sacerdócio ; e revoga a excepção à aplicação da lei canónica aos baptizados na Igreja Católica determinada no cân. 11, que o Código de 83 introduzira em favor dos que saíram da Igreja Católica por acto formal, nas matérias de obrigatoriedade da forma canónica do matrimónio, do impedimento de disparidade de culto e da licença de mista religião. ABSTRACT: The Motu proprio adds two changes on the current law: brings light to canonical outcome over Lumen Gentium 29 doctrine about the deacon ministry, telling that the imposition of hands gesture was an act in order to the ministry and not for priesthood. This doctrine also annuls an exception to the canon law appliance over the baptized, ruled in c. 11, that 83 s Code had introduced for persons who left Catholic Church by a formal act, or in compulsory subjects over the canonical marriage, or over cult disparity impediment, or over mix religion license. A Constituição Apostólica Sacrae disciplinae leges, promulgada a 25 de Janeiro de 1983, voltou a chamar a atenção de todos para o facto de que a Igreja, enquanto comunidade espiritual e visível e ao mesmo tempo ordenada hierarquicamente, tem necessidade de normas jurídicas «a fim de que o exercício das funções que lhe foram confiadas por Deus, especialmente a do sagrado poder e da administração dos sacramentos, possa ser adequadamente organizado». Em tais normas, é necessário que resplandeça sempre, por um lado, a unidade da doutrina teológica e da legislação canónica e, por outro, a utilidade pastoral das prescrições, mediante as quais as disposições eclesiásticas estão ordenadas para o bem das almas. A fim de garantir mais eficazmente quer esta necessária unidade doutrinal, quer a finalidade pastoral, às vezes a suprema autoridade da Igreja, depois de ter ponderado as razões, decide as oportunas mudanças das normas canónicas, ou então introduz nelas alguns acréscimos. Este é o motivo que nos induz a redigir a presente Carta, que diz respeito a duas questões. 91

12 FORUM FC VII/1 (2012) Os motivos das modificações CARDEAL FRANCESCO COCCOPALMERIO Presidente do Pontifício Conselho para os Textos Legislativos SUMÁRIO: As modificações inroduzidas pelo 'motu proprio' Omnium in mentem têm razões diversas. Teológica a razão das modificações dos cc e 1009, subsequente à alteração introduzida no Catecismo da Igreja Católica em 1998 para tornar claro que a capacidade de agir em nome de Cristo, Cabeça da Igreja, é dos Bispos e dos presbíteros, mas não dos diáconos. Pastoral e jurídica a razão das alterações dos cc , 1117 e 1124, que abria uma excepção à regra do Cân. 11 que determina a aplicação das normas canónicas aos baptizados na Igreja Católica. As normas sobre a forma canónica do casamento, impedimento de disparidade de culto e licença de mista religião não se aplicavam aos baptizados que tivessem abandonado a Igreja por acto formal. As consequências práticas negativas desta excepção levaram o legislador a revogá-la. ABSTRACT: The changes introduced by 'motu proprio' Omnium in mentem have different reasons. A theological reason commands the modification of cc and 1009, following the change added in 1998 to the Catechism of the Catholic Church, which clarified that the capacity to act in the name of Christ, Head of the Church, is of Bishops and Priests, not deacons. A pastoral and juridical reason leads to the change in cc , 1117 and 1124, which contained an exception to the rule of c. 11 that determines the application of canonical laws to the baptized in the Catholic Church. The rules about the form of the celebration of marriage, cult disparity impediment, and mix religion license did not apply to baptized whom had abandoned the Church by formal act. The negative practical outcome of this exception lead the legislator to revocate it. O 'motu proprio' Omnium in mentem que hoje é publicado contém algumas modificações a serem incluídas no Código de Direito Canónico, que desde há tempos tinham sido submetidas ao estudo dos Dicastérios da Cúria Romana e das Conferências Episcopais. As variações dizem respeito a duas questões diferentes, ou seja: adaptar o texto dos cânones que definem a função ministerial dos Diáconos ao relativo texto do Catecismo da Igreja Católica (cf. n. 1581); e suprimir, em três cânones relativos ao Matrimónio, um inciso que a experiência revelou não idóneo. Nos cinco artigos contidos no presente 'motu proprio' é indicada a nova redacção dos cânones modificados. A primeira variação diz respeito ao texto dos cânones 1008 e 1009 do Código de 95

13 FORUM FC VII/1 (2012) QUE OBRIGAÇÃO TÊM OS FIÉIS CATÓLICOS DE GUARDAR A ABSTINÊNCIA E JEJUAR? PEDRO MARÍA REYES-VIZCAÍNO Doutor em Direito Canónico Buenos Aires (Argentina) SUMÁRIO: Desde tempos antigos, a Igreja Católica concretizou no preceito do jejum e da abstinência o mandato do Senhor de fazer penitência. Na sua forma actual, a abstinência obriga a partir dos 14 anos e o jejum dos 18 aos 59 anos feitos. Serão as Conferências Episcopais a concretizar estes preceitos às circunstâncias de cada país. Em si mesmas, são normas de direito eclesiástico e por isso admitem dispensa, embora em todo o caso subsiste a obrigação de fazer penitência. ABSTRACT: Since ancient times, Catholic Church materialized the Lord's command to do penance in the precept of fasting and abstinence. In its current form, abstinence compels from 14 years and fasting from 18. Episcopal Conferences will address provisions to the circumstances of each country. In themselves, these are ecclesiastical norms and thus support dispensation, but in any case there is obligation to do penance. 1. Desde tempos imemoriais é prática na Igreja observar dias de penitência. Não é objetivo desta nota comentar a história da penitência na Igreja, mas explicar a disciplina em vigor. A Igreja quer ser fiel ao mandato do Senhor, que disse: Dias virão em que o noivo será tirado do meio deles e então jejuarão (Mt 9, 15). Por isso, estabeleceu tempos e dias de penitência que incluem o jejum e a abstinência, obrigatórios para toda a Igreja de rito latino. Este é o sentido do cânon 1249: Todos os fi éis, cada qual a seu modo, por lei divina têm obrigação de fazer penitência; para que todos se unam entre si em alguma observância comum de penitência, prescrevem-se os dias de penitência em que os fi éis de modo 99

14 FORUM FC VII/1 (2012) A INCARDINAÇÃO DO CLERO NA PRELATURA DO OPUS DEI * MIGUEL FALCÃO Doutor em Direito Canónico SUMÁRIO: Trata-se de uma comunicação apresentada num painel com o objectivo de conhecer como se foi resolvendo a incardinação dos clérigos nas novas realidades eclesiais surgidas no séc. XX. No caso do Opus Dei, o autor mostra como foi evoluindo desde a fundação (1928) até à erecção como Prelatura pessoal (1982), passando pelas várias soluções para a adscrição dos sacerdotes necessários à assistência pastoral dos membros. Também refere a situação dos sacerdotes incardinados numa diocese que estão ligados à Obra para a direcção espiritual. ABSTRACT: This paper was presented at a panel in order to know how the incardination of clergy in the new ecclesial realities, which emerged in the XX century, was gradually solved. In the case of Opus Dei, the author shows how it evolved since the foundation (1928) until the erection as a Personal Prelature (1982), through the various solutions to the assignment of priests needed for the pastoral care of members. He also refers to the situation of incardinated priests in a diocese who are connected to Opus Dei for spiritual direction. Introdução Neste painel pretende-se conhecer como se foi resolvendo a incardinação dos clérigos nas novas realidades eclesiais surgidas no séc. XX. Os moldes em que se plasma a vida cristã de total dedicação a Deus e às almas são diferentes dos que eram conhecidos, e daí o não se encontrar facilmente a solução adequada no direito então vigente. ( * ) Comunicação apresentada num painel durante as XVIII Jornadas de Direito Canónico, organizadas pelo Instituto Superior de Direito Canónico da UCP, em Fátima, de 22 a 23 de Abril de 2010, subordinadas ao tema O Ministério presbiteral na vida da Igreja. 107

15 JURISPRUDENTIA FC VII/1 (2012) Jurisprudência dos Tribunais Superiores ( ) - II Parte - JOSÉ OLIVEIRA BRANQUINHO Juiz Conselheiro Jubilado SUMÁRIO: Oferecem-se referências a temáticas de relevo colhidas e tratadas em decisões dos tribunais superiores portugueses no período de , complementando recensões anteriores de 2004, 2006 e As temáticas reflectem regimes de direito canónico, concordatário e interno português e, por vezes o seu cruzamento; e respeitam ao direito matrimonial, ao direito sucessório e ao regime laboral contratual da docência da Universidade Católica Portuguesa, completando assim a primeira parte, publicada na revista anterior, sobre a liberdade religiosa, o contencioso das Misericórdias e o património afecto à Igreja Católica. ABSTRACT: Some major themes are collected from portuguese higher courts decisions between the years This selection follows the former published work related to 2004, 2006 and The issues concern Canon law, Concordatary law, portuguese law, and sometimes their intersection; and they are related to marital law, descent law, Catholic University of Portugal teaching employment contract. This article completes the first part published in the previous journal which dealt with freedom of religion, Misericórdias contentious and Catholic Church patrimony. Não obstante os enunciados limites temporais destas notas respeitarem a espécies jurisprudenciais do biénio , a sua preparação propiciou o encontro de outras decisões proferidas fora dele: três anteriores e uma de Aquelas não haviam sido incluídas nas recensões, já publicadas, dos anos 2004, 2006 e A última é de um recurso de constitucionalidade do acórdão de 2009, que faz parte das presentes notas. Pareceu preferível, todavia, antecipar-se-lhe a recensão pela conveniência de complementar o conhecimento do percurso jurisprudencial da temática com que tal decisão findou. 119

LICENCIATURA EM DIREITO CANÓNICO. POVO DE DEUS III: OS CLÉRIGOS (cc ; ; ) PROGRAMA

LICENCIATURA EM DIREITO CANÓNICO. POVO DE DEUS III: OS CLÉRIGOS (cc ; ; ) PROGRAMA LICENCIATURA EM DIREITO CANÓNICO Ano Lectivo 2011-2012 Semestre de Verão POVO DE DEUS III: OS CLÉRIGOS (cc. 232-293; 294-297; 1008-1054) PROGRAMA PARTE I O SACRAMENTO DA ORDEM (cc. 1008-1054) Introdução

Leia mais

Fiéis em cristo. Direitos e deveres dos fiéis leigos. Paróquia São Francisco de Assis Ribeirão Preto 05/08/2015

Fiéis em cristo. Direitos e deveres dos fiéis leigos. Paróquia São Francisco de Assis Ribeirão Preto 05/08/2015 Fiéis em cristo Direitos e deveres dos fiéis leigos Paróquia São Francisco de Assis Ribeirão Preto 05/08/2015 A igreja Necessidade de se fazer a distinção quando usamos o termo IGREJA. Quando falamos em

Leia mais

Margarida Isabel A Auditoria Tributária e a Deteção. Melo de Oliveira de Comportamento Evasivo

Margarida Isabel A Auditoria Tributária e a Deteção. Melo de Oliveira de Comportamento Evasivo Universidade de Aveiro Instituto Superior de Contabilidade e Administração 2012 Margarida Isabel A Auditoria Tributária e a Deteção Melo de Oliveira de Comportamento Evasivo 1 Universidade de Aveiro Instituto

Leia mais

Textos para treinamento de leitura e tradução de Inglês Texto 3/ Prof. Adinoél Sebastião Fonte:

Textos para treinamento de leitura e tradução de Inglês Texto 3/ Prof. Adinoél Sebastião Fonte: TEXTO The U.S. Federal Government The United States government is composed of three major sections. It is based on the Constitution of the United States of America that was put into effect in May, 1789.

Leia mais

O ACESSO À JUSTIÇA DOS TRABALHADORES SAFRISTAS MIGRATÓRIOS EM FACE DAS REGRAS DE COMPÊTENCIA TERRITORIAL PREVISTAS NA CLT

O ACESSO À JUSTIÇA DOS TRABALHADORES SAFRISTAS MIGRATÓRIOS EM FACE DAS REGRAS DE COMPÊTENCIA TERRITORIAL PREVISTAS NA CLT 1 UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ GUSTAVO MARQUES FERNANDES O ACESSO À JUSTIÇA DOS TRABALHADORES SAFRISTAS MIGRATÓRIOS EM FACE DAS REGRAS DE COMPÊTENCIA TERRITORIAL PREVISTAS NA CLT RIO DE JANEIRO 2015 1 2

Leia mais

O Sacramento da Ordem - V Seg, 29 de Dezembro de :26 - Pe. Henrique Soares da Costa

O Sacramento da Ordem - V Seg, 29 de Dezembro de :26 - Pe. Henrique Soares da Costa Pe. Henrique Soares da Costa No artigo passado vimos em que sentido o sacramento da Ordem confere um modo especial de participar do único sacerdócio de Cristo. Veremos, agora como é celebrado este sacramento,

Leia mais

A trajetória da Igreja Local de Campos no Pós Concílio Estudo Teológico Pastoral sobre os seus atuais desafios e exigências

A trajetória da Igreja Local de Campos no Pós Concílio Estudo Teológico Pastoral sobre os seus atuais desafios e exigências Marco Antônio Soares A trajetória da Igreja Local de Campos no Pós Concílio Estudo Teológico Pastoral sobre os seus atuais desafios e exigências Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa

Leia mais

A Santa Sé AD TUENDAM FIDEM, Igrejas Orientais, sejam acrescentadas normas, pelas quais expressamente se imponha o dever

A Santa Sé AD TUENDAM FIDEM, Igrejas Orientais, sejam acrescentadas normas, pelas quais expressamente se imponha o dever A Santa Sé CARTA APOSTÓLICA DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II SOB A FORMA DE MOTU PROPRIO AD TUENDAM FIDEM, COM A QUAL SÃO INSERIDAS ALGUMAS NORMAS NO CÓDIGO DE DIREITO CANÓNICO E NO CÓDIGO DOS CÂNONES DAS

Leia mais

A NOVA LEI FUNDAMENTAL DA CIDADE DO VATICANO

A NOVA LEI FUNDAMENTAL DA CIDADE DO VATICANO A NOVA LEI FUNDAMENTAL DA CIDADE DO VATICANO No Suplemento das Acta Apostolicae Sedis, onde são regularmente publicadas as Leis do Estado da Cidade do Vaticano, encontra-se hoje o texto de uma nova Lei

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL PARA A SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL PARA A SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL PARA A SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO PROVA DE SELEÇÃO AO CURSO DE DOUTORADO EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS E SAÚDE PROVA DE INGLÊS O objetivo desta prova é avaliar

Leia mais

學 術 研 究 獎 學 金 申 請 表. Bolsas de Investigação Académica Boletim de Candidatura. Academic Research Grant Application Form

學 術 研 究 獎 學 金 申 請 表. Bolsas de Investigação Académica Boletim de Candidatura. Academic Research Grant Application Form 澳 門 特 別 行 政 區 政 府 Governo da Região Administrativa Especial de Macau 文 化 局 Instituto Cultural 學 術 研 究 獎 學 金 申 請 表 ( 根 據 學 術 研 究 獎 學 金 規 章 第 九 條 第 一 款 ) Bolsas de Investigação Académica Boletim de Candidatura

Leia mais

Catálogo. de Publicações. Secretariado Nacional de Liturgia

Catálogo. de Publicações. Secretariado Nacional de Liturgia Catálogo de Publicações Secretariado Nacional de Liturgia Todos os preços indicados incluem IVA à taxa legal em vigor. Fátima, Janeiro de 2013 missais missal romano Formato: 175X255 mm 1.408 páginas Dourado

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE O ESTADO E ACTIVIDADE DO TRIBUNAL Para a Igreja Latina

RELATÓRIO SOBRE O ESTADO E ACTIVIDADE DO TRIBUNAL Para a Igreja Latina RELATÓRIO SOBRE O ESTADO E ACTIVIDADE DO TRIBUNAL Para a Igreja Latina Relativa ao ano Nome do Tribunal Nome do Bispo Moderador do Tribunal Direcção do Tribunal Nação de telefone do Fax Correio electrónico

Leia mais

Por ocasião do XXV aniversário da erecção do Opus Dei como Prelatura pessoal, o Prof. Carlos José Errázuriz responde a algumas perguntas.

Por ocasião do XXV aniversário da erecção do Opus Dei como Prelatura pessoal, o Prof. Carlos José Errázuriz responde a algumas perguntas. Perguntas sobre a Prelatura Pessoal Por ocasião do XXV aniversário da erecção do Opus Dei como Prelatura pessoal, o Prof. Carlos José Errázuriz responde a algumas perguntas. Mons. Carlos José Errázuriz

Leia mais

Revista Mundo Antigo Ano II, V. 2, N 04 Dezembro 2013 ISSN Revista Mundo Antigo. Normas de Publicação. Guidelines for publication

Revista Mundo Antigo Ano II, V. 2, N 04 Dezembro 2013 ISSN Revista Mundo Antigo. Normas de Publicação. Guidelines for publication Revista Mundo Antigo Normas de Publicação Guidelines for publication 225 226 Normas de Publicação / Guidelines for publication REVISTA MUNDO ANTIGO ARTIGO - NORMAS DE PUBLICAÇÃO EXEMPLO INICIAL DE ARTIGO

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO)

PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO) FACULDADE DE DIREITO UNIVERSIDADE DE MACAU CURSO DE LICENCIATURA EM DIREITO EM LÍNGUA PORTUGUESA ANO LECTIVO DE 2015/2016 PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO) DISCIPLINA SEMESTRAL

Leia mais

DIREITOS FUNDAMENTAIS

DIREITOS FUNDAMENTAIS 1 DIREITOS FUNDAMENTAIS (LL122) 1 INFORMAÇÕES GERAIS Coordenador: Jorge Bacelar Gouveia Regente: Jorge Bacelar Gouveia Ano letivo: 2014-2015 Curso (1.º ou 2.º Ciclo): 1º ciclo Semestre: 2º ECTS: 4 Contacto

Leia mais

Justificação e Batismo na obra de Wolfhart Pannenberg;

Justificação e Batismo na obra de Wolfhart Pannenberg; Antonio José Afonso da Costa Justificação e Batismo na obra de Wolfhart Pannenberg; Perspectivas para o diálogo ecumênico Tese de Doutorado Tese apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Teologia Sistemático-Pastoral

Leia mais

Comentário. Código Civil

Comentário. Código Civil Comentário ao Código Civil Parte Geral Universidade Católica Editora COMISSÃO EDITORIAL LUÍS CARVALHO FERNANDES (Coord.) JOSÉ BRANDÃO PROENÇA (Coord.) MARIA DA GRAÇA TRIGO MARIA DE FÁTIMA RIBEIRO CATARINA

Leia mais

ADVOGADO-GERAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA UNIÃO EUROPEIA: UM ESTUDO SOBRE A EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS SOB A SUA PERSPECTIVA

ADVOGADO-GERAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA UNIÃO EUROPEIA: UM ESTUDO SOBRE A EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS SOB A SUA PERSPECTIVA UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ UNIVALI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO, EXTENSÃO E CULTURA CENTRO DE EDUCAÇÃO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E JURÍDICAS - CEJURPS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM

Leia mais

Revista Mundo Antigo. Normas de Publicação. Guidelines for publication. Revista Mundo Antigo Ano IV, V. 4, N 07 Junho 2015 ISSN

Revista Mundo Antigo. Normas de Publicação. Guidelines for publication. Revista Mundo Antigo Ano IV, V. 4, N 07 Junho 2015 ISSN Revista Mundo Antigo Normas de Publicação Guidelines for publication NEHMAAT http://www.nehmaat.uff.br 253 http://www.pucg.uff.br CHT/UFF-ESR NEHMAAT http://www.nehmaat.uff.br 254 http://www.pucg.uff.br

Leia mais

GUIÃO I. Grupo: Continente e Ilha. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades

GUIÃO I. Grupo: Continente e Ilha. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades GUIÃO I Prova construída pelos formandos e validada pelo GAVE, 1/6 Grupo: Continente e Ilha Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: Um mundo de Muitas Culturas 1º Momento

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO)

PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO) FACULDADE DE DIREITO UNIVERSIDADE DE MACAU CURSO DE LICENCIATURA EM DIREITO EM LÍNGUA PORTUGUESA ANO LECTIVO DE 2014/2015 PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO) DISCIPLINA SEMESTRAL

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

Diretrizes diaconato permanente

Diretrizes diaconato permanente Diretrizes diaconato permanente Enviado por Dom Zeno DIRETRIZES PARA PROMOVER O DIACONATO PERMANENTE NA DIOCESE DE NOVO HAMBURGO... DIRETRIZES PARA PROMOVER O DIACONATO PERMANENTE NA DIOCESE DE NOVO HAMBURGO

Leia mais

ESTUDOS DE HOMENAGEM AO PROF. DOUTOR JORGE MIRANDA VOLUME IV DIREITO ADMINISTRATIVO E JUSTIÇA ADMINISTRATIVA

ESTUDOS DE HOMENAGEM AO PROF. DOUTOR JORGE MIRANDA VOLUME IV DIREITO ADMINISTRATIVO E JUSTIÇA ADMINISTRATIVA ESTUDOS DE HOMENAGEM AO PROF. DOUTOR JORGE MIRANDA VOLUME IV DIREITO ADMINISTRATIVO E JUSTIÇA ADMINISTRATIVA EDIÇÃO DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA PROPRIEDADE E SECRETARIADO Faculdade

Leia mais

A Santa Sé CARTA APOSTÓLICA EM FORMA DE MOTU PROPRIO LATINA LINGUA DO SUMO PONTÍFICE BENTO XVI

A Santa Sé CARTA APOSTÓLICA EM FORMA DE MOTU PROPRIO LATINA LINGUA DO SUMO PONTÍFICE BENTO XVI A Santa Sé CARTA APOSTÓLICA EM FORMA DE MOTU PROPRIO LATINA LINGUA DO SUMO PONTÍFICE BENTO XVI COM A QUAL SE INSTITUI A PONTIFÍCIA ACADEMIA DE LATINIDADE 1. A língua latina foi sempre tida em grandíssima

Leia mais

Guião N. Descrição das actividades

Guião N. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: 006 Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO Guião N Intervenientes

Leia mais

Estatutos do Conselho Paroquial de Pastoral PREÂMBULO

Estatutos do Conselho Paroquial de Pastoral PREÂMBULO Estatutos do Conselho Paroquial de Pastoral I PREÂMBULO Os Conselhos Paroquiais surgem, na renovação conciliar, como um meio primacial de conseguir a coordenação e animação da vida própria da Paróquia

Leia mais

Resumos/Abstracts. O ICMS nas transferências eletrônicas de software. Matheus Carneiro Assunção

Resumos/Abstracts. O ICMS nas transferências eletrônicas de software. Matheus Carneiro Assunção Resumos/Abstracts O ICMS nas transferências eletrônicas de software Matheus Carneiro Assunção Resumo: O desenvolvimento prodigioso da Internet, viabilizando trocas econômicas de bens intangíveis sem a

Leia mais

ESTRUTUTA DE CORRESPONSABILIDADE NA COORDENAÇÃO DA PASTORAL

ESTRUTUTA DE CORRESPONSABILIDADE NA COORDENAÇÃO DA PASTORAL Capítulo IV ESTRUTUTA DE CORRESPONSABILIDADE NA COORDENAÇÃO DA PASTORAL Introdução A unidade da Igreja tem um instrumento importante na unidade de ação, tarefa da coordenação de Pastoral. A preocupação

Leia mais

Descrição das actividades

Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Água Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos Guião E 1.º MOMENTO Intervenientes

Leia mais

ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CHOO HYUNG KIM

ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CHOO HYUNG KIM Read Online and Download Ebook ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CHOO HYUNG KIM DOWNLOAD EBOOK : ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS Click link bellow

Leia mais

DIREITO FUNDAMENTAL INDISPONÍVEL: A dignidade humana e o direito de oposição à transfusão de sangue por Testemunhas de Jeová em casos de iminente

DIREITO FUNDAMENTAL INDISPONÍVEL: A dignidade humana e o direito de oposição à transfusão de sangue por Testemunhas de Jeová em casos de iminente DIREITO FUNDAMENTAL INDISPONÍVEL: A dignidade humana e o direito de oposição à transfusão de sangue por Testemunhas de Jeová em casos de iminente risco de morte 2 BRUNO GOUVEIA PIETROBOM Advogado e Consultor

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO MEDIAÇÃO, ARBITRAGEM E INDISPONIBILIDADE DE DIREITOS Aplicação da Lei nº 9.307/96:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER

Leia mais

CORPO DOCENTE: PROGRAMA. 1. Apresentação e programa da cadeira. Diplomas relevantes.

CORPO DOCENTE: PROGRAMA. 1. Apresentação e programa da cadeira. Diplomas relevantes. CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO E TRIBUTÁRIO FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA MESTRADO PROFISSIONALIZANTE ANO LETIVO 2014/2015 CORPO DOCENTE: PROFESSOR DOUTOR GUILHERME W. D OLIVEIRA MARTINS PROGRAMA

Leia mais

Estudos da Língua(gem)

Estudos da Língua(gem) Estudos da Língua(gem) Luis CLáudio AguiAr gonçalves* Universidade estadual do sudoeste da Bahia (UesB/Brasil) Coordenação de aperfeiçoamento de pessoal de nível superior (Capes) MAriA da ConCeição FonseCA-siLvA*

Leia mais

Entre 5 e 12 de Outubro, decorre o sínodo para a família no Vaticano. É de suma importância para nós católicos. O que é um sínodo?

Entre 5 e 12 de Outubro, decorre o sínodo para a família no Vaticano. É de suma importância para nós católicos. O que é um sínodo? Entre 5 e 12 de Outubro, decorre o sínodo para a família no Vaticano. É de suma importância para nós católicos O que é um sínodo? Um sínodo é um encontro de bispos da Igreja Católica. Pode ser local, de

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 70/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 70/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

- MODELO DE ESTATUTOS - APRESENTAÇÃO

- MODELO DE ESTATUTOS - APRESENTAÇÃO CONSELHOS PASTORAIS PAROQUIAIS - MODELO DE ESTATUTOS - APRESENTAÇÃO Dom Augusto César Alves Ferreira da Silva, em 01 de julho de 1989, tornando presente a doutrina do Concílio Vaticano II, as recomendações

Leia mais

Quaresma. Tempo de Misericórdia. QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C

Quaresma. Tempo de Misericórdia. QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C QUANDO ELE NOS ABRE AS ESCRITURAS Domingo após Domingo - Uma leitura bíblica do lecionário - Ano C Quaresma Este livro apresenta as reflexões de D. António Couto biblista e bispo de Lamego sobre os textos

Leia mais

AÇÃO DE ANULAÇÃO DE CASAMENTO PELO DIREITO CANÔNICO

AÇÃO DE ANULAÇÃO DE CASAMENTO PELO DIREITO CANÔNICO AÇÃO DE ANULAÇÃO DE CASAMENTO PELO DIREITO CANÔNICO Jaqueline de Oliveira BEIJAMIM 1 RESUMO: O presente artigo analisou o aspecto do matrimônio no Direito Canônico, onde foi definido seu conceito. Proporcionou

Leia mais

EGAN. FUNDAMENTOS DA TERAPIA RESPIRATÓRIA (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CRAIG L. SCANLAN

EGAN. FUNDAMENTOS DA TERAPIA RESPIRATÓRIA (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CRAIG L. SCANLAN RESPIRATÓRIA (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CRAIG L. SCANLAN DOWNLOAD EBOOK : EGAN. FUNDAMENTOS DA TERAPIA BY CRAIG L. SCANLAN PDF Click link below and free register to download ebook: EGAN. FUNDAMENTOS

Leia mais

FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO

FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO Como pode cair no enem A Reforma protestante e a Contrarreforma envolveram aspectos ligados à doutrina da religião cristã e à forma

Leia mais

Principios Para Los Sistemas Públicos De Garantía Del Crédito Para Pymes

Principios Para Los Sistemas Públicos De Garantía Del Crédito Para Pymes Principios Para Los Sistemas Públicos De Garantía Del Crédito Para Pymes Quadro Jurídico e Regulamentar Princípioc 5 a 8 Sistema de Garantia Mútua Nuno Cavaco Henriques Presidente da Comissão Executiva

Leia mais

História do Direito Português Turma A Regente: Prof. Doutor António Pedro Barbas Homem. Introdução

História do Direito Português Turma A Regente: Prof. Doutor António Pedro Barbas Homem. Introdução História do Direito Português 2015-2016 Turma A Regente: Prof. Doutor António Pedro Barbas Homem Introdução Capítulo 1 Idade Média Capítulo 2 Idade Moderna Capítulo 3 Idade Contemporânea: século XIX (1820-1910)

Leia mais

MINISTÉRIOS DO POVO DE DEUS

MINISTÉRIOS DO POVO DE DEUS MINISTÉRIOS DO POVO DE DEUS Novas condições eclesiais A Igreja é como uma família, a filha da mãe Maria. A Igreja, de fato, não é uma instituição fechada em si mesma ou uma associação privada, uma ONG,

Leia mais

DIRETRIZES PARA O DIACONADO PERMANENTE DA IGREJA DO BRASIL

DIRETRIZES PARA O DIACONADO PERMANENTE DA IGREJA DO BRASIL ASSEMBLEIA NACIONAL DE DIÁCONOS, ASPIRANTES E ESPOSAS 19 A 21/04/13 FLORIANÓPOLIS (SC) DIRETRIZES PARA O DIACONADO PERMANENTE DA IGREJA DO BRASIL Diácono Antonio Heliton Alves Abril/2013 APRESENTAÇÃO No

Leia mais

AGRADECIMENTOS 17 PREFÁCIO 21. INTRODUçAo 33 I PARTE - GEOGRAFIA E HISTÓRIA CIVIL 37. Geografia 39 História Civil ~ 43

AGRADECIMENTOS 17 PREFÁCIO 21. INTRODUçAo 33 I PARTE - GEOGRAFIA E HISTÓRIA CIVIL 37. Geografia 39 História Civil ~ 43 AGRADECIMENTOS 17 PREFÁCIO 21 INTRODUçAo 33 I PARTE - GEOGRAFIA E HISTÓRIA CIVIL 37 Geografia 39 História Civil ~ 43 11PARTE - HISTÓRIA ECLESIÁSTICA - I PERÍODO.47 Os Dominicanos na Insulíndia 49 Capítulo

Leia mais

2004 Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Empresarial (INEDEM) Curso de Contabilidade e Análise de Balanços

2004 Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Empresarial (INEDEM) Curso de Contabilidade e Análise de Balanços Amândio Fernandes Silva 15 de novembro de 1975. Formação e Percurso Académico 2015 Instituto Politécnico de Lisboa Título de Especialista em Direito Fiscal e Fiscalidade 2014 (em curso) Doutorando em Ciências

Leia mais

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Instruções aos candidatos: (1) Preencher somente o número de inscrição em todas as folhas. (2) Usar caneta preta ou azul. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Leia mais

GUIÃO F. Grupo: Minho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades

GUIÃO F. Grupo: Minho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades GUIÃO F Prova construída pelos formandos e validada pelo GAVE, 1/7 Grupo: Minho Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas 1º Momento Intervenientes

Leia mais

MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM

MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM CADERNO DE QUESTÕES NOTA FINAL MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM Before reading the text, pay attention to these important and essential remarks. All the answers must be written in

Leia mais

PARTE I O PROCEDIMENTO TRIBUTÁRIO E AS GARANTIAS PROCEDIMENTAIS

PARTE I O PROCEDIMENTO TRIBUTÁRIO E AS GARANTIAS PROCEDIMENTAIS Mestrado: FORENSE Disciplina: PROCESSO TRIBUTÁRIO Docente: MESTRE ISABEL MARQUES DA SILVA Ano lectivo: 2008-2009 Semestre: 2.º 1. Programa da disciplina: INTRODUÇÃO 1. Fontes imediatas do processo tributário

Leia mais

Os que acreditam na Reencarnação, acreditam num ciclo perpétuo de morte e renascimento.

Os que acreditam na Reencarnação, acreditam num ciclo perpétuo de morte e renascimento. É a suposta passagem da alma humana, após a morte do corpo, para outro corpo. Segundo as mais recentes estatísticas a respeito de fé em Deus e elas mostram que em França, para as idades entre 15 e 30 anos,

Leia mais

Rui Pinto Duarte Estudos Jurídicos Portugueses em Comemoração e em Homenagem

Rui Pinto Duarte Estudos Jurídicos Portugueses em Comemoração e em Homenagem Estudos Jurídicos Portugueses em Comemoração e em Homenagem Recolhidos até dezembro de 2015, procurando cobrir uma percentagem elevada do universo em causa, mas sem pretender exaustão. Na recolha incluem-se

Leia mais

SOBRE COMUNICAÇÃO DIGITAL

SOBRE COMUNICAÇÃO DIGITAL JORNADAS PRÁTICAS SOBRE COMUNICAÇÃO DIGITAL APRESENTAÇÃO PÚBLICA DE CLICK TO PRAY A APP DO APOSTOLADO DA ORAÇÃO ORADORES 21 de Novembro de 2014 em Fátima D. ANTONINO DIAS Bispo da Diocese de Portalegre-Castelo

Leia mais

Todas Licenciatura. Cota Título Autor Data Nota de Tese Silveira, Joaquim José de Sá Marques TESE 07 UCP-SIL Jornalismo televisivo da

Todas Licenciatura. Cota Título Autor Data Nota de Tese Silveira, Joaquim José de Sá Marques TESE 07 UCP-SIL Jornalismo televisivo da Cota Título Autor Data Nota de Tese Silveira, Joaquim José de Sá Marques TESE 07 UCP-SIL Jornalismo televisivo da 1984 TESE 1 UCP-AND A história começa em Israel : historicidade e consciência no pensamento

Leia mais

O Ano Santo é um tempo de paz, reconciliação e perdão. Ele começa quando o Papa abre a

O Ano Santo é um tempo de paz, reconciliação e perdão. Ele começa quando o Papa abre a Neste mês ocorrerá a abertura do Ano Santo da Misericórdia: O jubileu dedicado à misericórdia de Deus. O rosto da misericórdia é o título da bula pela qual o Santo Padre convoca toda a Igreja para viver

Leia mais

ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017

ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017 ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017 Consulte sempre o site da Arquidiocese, pois irão sendo registradas as alterações e complementações que ocorrerem. DIA/SEM 20.01.2017

Leia mais

Agradeço a Deus, aos meus amigos Ana e Paulo locks sem os quais eu não teria conseguido concluir este curso, ao meu orientador Prof.

Agradeço a Deus, aos meus amigos Ana e Paulo locks sem os quais eu não teria conseguido concluir este curso, ao meu orientador Prof. Dedico este trabalho aos meus pais Darci (in memorium) e Ana, ao meu querido filho Davi, aos meus irmãos Indalécio, Adelita, Eliane e Eliz, e ao meu amigo, compadre e cunhado Eduardo, pelo incentivo que

Leia mais

Amor História Eternidade

Amor História Eternidade 3 Faculdade de Teologia Núcleo de Estudos Balthasarianos Amor História Eternidade Actas das Jornadas Balthasarianas Outubro de 2008 e 2009 coordenação Maria Manuela Dias de Carvalho Isabel Maria Alçada

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA. Escola Superior de Tecnologia e Gestão

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA. Escola Superior de Tecnologia e Gestão INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA Escola Superior de Tecnologia e Gestão SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NOS INSTITUTOS DE EMPREGO. ESTUDO DE CASO: IEFP DA GUARDA PROJETO APLICADO DO MESTRADO EM GESTÃO

Leia mais

Rule Set Each player needs to build a deck of 40 cards, and there can t be unit of different faction on the same deck.

Rule Set Each player needs to build a deck of 40 cards, and there can t be unit of different faction on the same deck. Rule Set Each player needs to build a deck of 40 cards, and there can t be unit of different faction on the same deck. In a battle between two cards the wining card is the one that has more attack against

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ UNIVALI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO, EXTENSÃO E CULTURA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ UNIVALI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO, EXTENSÃO E CULTURA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ UNIVALI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO, EXTENSÃO E CULTURA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIA JURÍDICA CPCJ PROGRAMA DE MESTRADO ACADÊMICO EM CIÊNCIA

Leia mais

PROGRAMA ABREVIADO PARTE I DOGMÁTICA GERAL

PROGRAMA ABREVIADO PARTE I DOGMÁTICA GERAL Faculdade de Direito de Lisboa Ano lectivo de 2016/2017 DIREITO DO TRABALHO I 4º ANO Turma da Noite Coordenação e regência: Profª Doutora Maria do Rosário Palma Ramalho Colaboradores: Prof. Doutor Pedro

Leia mais

CONTEXTURA DO DIACONATO CATÓLICO NA IGREJA LATINA. Autor: Eng Seg. Trabalho Anderson Santamarina 1

CONTEXTURA DO DIACONATO CATÓLICO NA IGREJA LATINA. Autor: Eng Seg. Trabalho Anderson Santamarina 1 CONTEXTURA DO DIACONATO CATÓLICO NA IGREJA LATINA Autor: Eng Seg. Trabalho Anderson Santamarina 1 CESUMAR Centro Universitário de Maringá PR - Brasil Discente de Teologia E-mail: asantamarina@ig.com.br

Leia mais

NOTA CURRICULAR DE JOSÉ AUGUSTO SACADURA GARCIA MARQUES

NOTA CURRICULAR DE JOSÉ AUGUSTO SACADURA GARCIA MARQUES NOTA CURRICULAR DE JOSÉ AUGUSTO SACADURA GARCIA MARQUES - Nasceu em 23 de Março de 1942, em Lisboa. - Terminou o ensino secundário em 1959 com a classificação de 17 valores, no Liceu Camões em Lisboa.

Leia mais

Encontro de Bento XVI com os membros do corpo diplomático. XIII Encontro de Agentes Sociopastorais das Migrações em Portugal

Encontro de Bento XVI com os membros do corpo diplomático. XIII Encontro de Agentes Sociopastorais das Migrações em Portugal Paulo Rocha Agência Ecclesia Deveriam ser notícia Percorrer os dias do ano 2013 leva-me ao encontro de muitos acontecimentos que não foram notícia. E deveriam ter sido! Vejamos: se numa noite de inverno,

Leia mais

CURRICULUM DO PROF. DR. FREI MOACYR MALAQUIAS JÚNIOR, OFM

CURRICULUM DO PROF. DR. FREI MOACYR MALAQUIAS JÚNIOR, OFM CURRICULUM DO PROF. DR. FREI MOACYR MALAQUIAS JÚNIOR, OFM Nome: Fr. Moacyr Malaquias Júnior, OFM Local e data de nascimento São Paulo Brasil - 18 de julho de 1958. 1. Professor da Faculdade de Direito

Leia mais

SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO

SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO Objetivo geral do encontro: Ao final deste encontro, o grupo deverá ser capaz de compreender o Matrimônio como uma instituição elevada à categoria de Sacramento por Jesus Cristo,

Leia mais

Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 49/2013

Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 49/2013 TEXTO Brazilian Central Bank Increases Interest Rates Third Consecutive Time In another step to combat high inflation, yesterday the Brazilian Central Bank raised interest rates for the third time in a

Leia mais

TESE DE MESTRADO EM ESTUDOS DA PAZ E DA GUERRA NAS NOVAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS

TESE DE MESTRADO EM ESTUDOS DA PAZ E DA GUERRA NAS NOVAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS TESE DE MESTRADO EM ESTUDOS DA PAZ E DA GUERRA NAS NOVAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS O TERRORISMO ISLÂMICO TRANSNACIONAL E GLOBALIZAÇÃO Diogo Inácio da Rocha Guerreiro de Oliveira Lisboa, 08 de Fevereiro de

Leia mais

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS Tema: Deus se mostra as pessoas: o simbolismo nas religiões. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

Sua Santidade, o Papa Bento XVI CARTA APOSTÓLICA EM FORMA DE MOTU PROPRIO SUMMORUM PONTIFICUM SOBRE A LITURGIA ROMANA ANTERIOR À REFORMA DE 1970

Sua Santidade, o Papa Bento XVI CARTA APOSTÓLICA EM FORMA DE MOTU PROPRIO SUMMORUM PONTIFICUM SOBRE A LITURGIA ROMANA ANTERIOR À REFORMA DE 1970 Sua Santidade, o Papa Bento XVI CARTA APOSTÓLICA EM FORMA DE MOTU PROPRIO SUMMORUM PONTIFICUM SOBRE A LITURGIA ROMANA ANTERIOR À REFORMA DE 1970 Sempre foi preocupação dos Sumos Pontífices até o tempo

Leia mais

CLÍNICAS FORENSES PRÁTICAS PROCESSUAIS ADMINISTRATIVAS

CLÍNICAS FORENSES PRÁTICAS PROCESSUAIS ADMINISTRATIVAS CLÍNICAS FORENSES PRÁTICAS PROCESSUAIS ADMINISTRATIVAS MARÇO 2006. ÍNDICE 1. Boas Vindas. 3 2. Horário e Funcionamento.. 4 3. Metodologia das Sessões....... 5 4. Programa...... 6 5. Calendarização das

Leia mais

NOTA PASTORAL REESTRUTURAÇÃO DA CÚRIA DIOCESANA. 1. A renovação conciliar na reestruturação da Cúria Diocesana

NOTA PASTORAL REESTRUTURAÇÃO DA CÚRIA DIOCESANA. 1. A renovação conciliar na reestruturação da Cúria Diocesana NOTA PASTORAL REESTRUTURAÇÃO DA CÚRIA DIOCESANA 1. A renovação conciliar na reestruturação da Cúria Diocesana A renovação da Igreja, como comunidade enviada em missão, tão necessária para evangelizar a

Leia mais

O trabalho social da Igreja Metodista com imigrantes Bolivianos no bairro do Brás em São Paulo

O trabalho social da Igreja Metodista com imigrantes Bolivianos no bairro do Brás em São Paulo UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO FACULDADE DE HUMANIDADES E DIREITO PROGAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO Luís Carlos Lima Araujo O trabalho social da Igreja Metodista com imigrantes Bolivianos

Leia mais

SAC Serviço de Atendimento ao Cliente como instrumento de satisfação do consumidor: um estudo de caso em um shopping center brasileiro

SAC Serviço de Atendimento ao Cliente como instrumento de satisfação do consumidor: um estudo de caso em um shopping center brasileiro Marcela Batista Soares SAC Serviço de Atendimento ao Cliente como instrumento de satisfação do consumidor: um estudo de caso em um shopping center brasileiro Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada

Leia mais

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS 01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS OBS1: Adaptação didática (TRADUÇÃO PARA PORTUGUÊS) realizada pelo Prof. Dr. Alexandre Rosa dos Santos. OBS2: Textos extraídos do site: http://www.englishclub.com

Leia mais

PALAVRAS E FRASES CÉLEBRES (PORTUGUESE EDITION) BY ALFREDO CAMPOS

PALAVRAS E FRASES CÉLEBRES (PORTUGUESE EDITION) BY ALFREDO CAMPOS PALAVRAS E FRASES CÉLEBRES (PORTUGUESE EDITION) BY ALFREDO CAMPOS DOWNLOAD EBOOK : PALAVRAS E FRASES CÉLEBRES (PORTUGUESE Click link below and free register to download ebook: PALAVRAS E

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Teoria Geral do Direito Administrativo

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Teoria Geral do Direito Administrativo INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 30/3/2016 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 20/4/2016 Ficha de Unidade

Leia mais

A Santa Sé PAPA FRANCISCO ESTATUTO DA SECRETARIA PARA A COMUNICAÇÃO. Preâmbulo

A Santa Sé PAPA FRANCISCO ESTATUTO DA SECRETARIA PARA A COMUNICAÇÃO. Preâmbulo A Santa Sé PAPA FRANCISCO ESTATUTO DA SECRETARIA PARA A COMUNICAÇÃO Preâmbulo A Secretaria para a Comunicação é instituída para dar resposta ao atual contexto comunicador caraterizado tanto pela presença

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTO MOBILIÁRIO ADMINISTRATIVO E DE ESCRITÓRIO PARA A UCCI BENTO XVI

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTO MOBILIÁRIO ADMINISTRATIVO E DE ESCRITÓRIO PARA A UCCI BENTO XVI CONTRATO DE FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTO MOBILIÁRIO ADMINISTRATIVO E DE ESCRITÓRIO PARA A UCCI BENTO XVI ENTRE: Primeiro Contraente: União das Misericórdias Portuguesas, com sede na Rua de Entrecampos,

Leia mais

Porque é que o Papa é Pedro?

Porque é que o Papa é Pedro? Início - Perguntas e Respostas - Porque é que o Papa é Pedro? Porque é que o Papa é Pedro? 29.6.2012 Os católicos professam obediência ao Papa, como legítimo sucessor de Pedro, e consideram-no o representante

Leia mais

ÍNDICE GERAL. Apresentação... 5 Ordem cronológica dos documentos... 7 Siglas Tra le sollecitudini Mo t u Pr o p r i o d o Pa pa Pio X

ÍNDICE GERAL. Apresentação... 5 Ordem cronológica dos documentos... 7 Siglas Tra le sollecitudini Mo t u Pr o p r i o d o Pa pa Pio X Apresentação... 5 Ordem cronológica dos documentos... 7 Siglas... 8 Tra le sollecitudini Mo t u Pr o p r i o d o Pa pa Pio X sobre a restauração da música sacra Introdução... 9 I. Princípios gerais...

Leia mais

MERCHANDISE ORDER FORM

MERCHANDISE ORDER FORM MERCHANDISE ORDER FORM Items and Prices Effective February 10th, 2016 and Are Subject to Change Without Notice BILLING INFORMATION NAME (Club or Individual) US Figure Skating ID# ADDRESS CITY STATE ZIP

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL PENAL Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL PENAL Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL PENAL Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL PENAL

Leia mais

Inválido para efeitos de certificação

Inválido para efeitos de certificação UNIDADE CURRICULAR: Distribuição e Vendas (d) CURRICULAR UNIT: Distribution and Sales Ficha de Unidade Curricular DOCENTE RESPONSÁVEL E RESPETIVAS HORAS DE CONTATO NA UNIDADE CURRICULAR (PREENCHER O NOME

Leia mais

:45 por Filipe d'avillez

:45 por Filipe d'avillez Do consenso à polémica. Os grandes temas do sínodo da família Casamento, moral sexual e evangelização tendo como ponto de partida a família. São alguns dos temas que bispos de todo o mundo e o Papa vão

Leia mais

A Santa Sé CARTA APOSTÓLICA SOB FORMA DE MOTU PROPRIO STELLA MARIS DO SANTO PADRE PAPA JOÃO PAULO II SOBRE O APOSTOLADO DO MAR

A Santa Sé CARTA APOSTÓLICA SOB FORMA DE MOTU PROPRIO STELLA MARIS DO SANTO PADRE PAPA JOÃO PAULO II SOBRE O APOSTOLADO DO MAR A Santa Sé CARTA APOSTÓLICA SOB FORMA DE MOTU PROPRIO STELLA MARIS DO SANTO PADRE PAPA JOÃO PAULO II SOBRE O APOSTOLADO DO MAR «STELLA MARIS» é desde há muito tempo o apelativo preferido, com que a gente

Leia mais

Filipa Oliveira. scroll down for english version. MARTINHA MAIA Negro

Filipa Oliveira. scroll down for english version. MARTINHA MAIA Negro scroll down for english version MARTINHA MAIA Vera Cortês, Agência de Arte Inauguração dia 21 de Setembro às 22h Performance Fluxos thing versão 2, dia 22 Setembro na Interpress às 22h De dia 22 de Setembro

Leia mais

A produção de Discursos Periféricos: A comunicação como instrumento de luta contra a exclusão

A produção de Discursos Periféricos: A comunicação como instrumento de luta contra a exclusão Departamento de Sociologia A produção de Discursos Periféricos: A comunicação como instrumento de luta contra a exclusão Sandra Faustino Coelho Tese submetida como requisito parcial para obtenção do grau

Leia mais

José Jacinto Ferreira de Farias, scj. A Unção dos Doentes. O Sacramento do Conforto e da Consolação

José Jacinto Ferreira de Farias, scj. A Unção dos Doentes. O Sacramento do Conforto e da Consolação José Jacinto Ferreira de Farias, scj A Unção dos Doentes O Sacramento do Conforto e da Consolação UNIVERSIDADE CATÓLICA EDITORA Lisboa, 2010 In t ro d u ç ã o No conjunto dos manuais que a Faculdade de

Leia mais

Manual Instructions for SAP Note Version 1

Manual Instructions for SAP Note Version 1 Manual Instructions for SAP Note 1973349 Version 1 TABLE OF CONTENTS 1 CHANGES TO CONTENT OF TABLE VIEW V_T596G... 3 2 CHANGES TO CONTENT OF TABLE VIEW V_T596I... 4 2 To perform the following changes,

Leia mais

o sacramento do matrimônio e as causas de nulidade

o sacramento do matrimônio e as causas de nulidade o sacramento do matrimônio e as causas de nulidade Coleção Sacramentos hoje O Sacramento da Confirmação Perspectivas teológico-pastorais, V. M. Goedert Sacramentos da iniciação cristã, Félix Moracho Galindo

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO DA PRÁTICA DE ENSINO SUPERVISIONADA

RELATÓRIO DE ESTÁGIO DA PRÁTICA DE ENSINO SUPERVISIONADA RELATÓRIO DE ESTÁGIO DA PRÁTICA DE ENSINO SUPERVISIONADA Maria de Fátima Rodrigues Ferreira Provas destinadas à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e 1. º Ciclo do Ensino Básico INSTITUTO

Leia mais

CIRCULAR DA CONFERÊNCIA EPISCOPAL PORTUGUESA

CIRCULAR DA CONFERÊNCIA EPISCOPAL PORTUGUESA CIRCULAR DA CONFERÊNCIA EPISCOPAL PORTUGUESA PRINCIPAIS IMPLICAÇÕES TRIBUTÁRIAS DECORRENTES DA NOVA CONCORDATA CELEBRADA ENTRE O ESTADO PORTUGUÊS E A IGREJA CATÓLICA A Conferência Episcopal Portuguesa

Leia mais