Secretaria de Relações Internacionais - MAPA - Missões Prioritárias rias Desempenho recente e cenários para 2009

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Secretaria de Relações Internacionais - MAPA - Missões Prioritárias rias Desempenho recente e cenários para 2009"

Transcrição

1 Secretaria de Relações Internacionais - MAPA - Missões Prioritárias rias Desempenho recente e cenários para 2009

2 Exportações do Agronegócio Retrospecto de 10 anos

3 Exportações Brasileiras do Agronegócio PRINCIPAIS DESTINOS MERCOSUL 8,6% ALADI (EXCL.MERCO SUL) 3,6% ÁFRICA (EXCL.ORIENT E MÉDIO) 4,7% EUROPA ORIENTAL 3,2% OCEANIA 0,4% ORIENTE MÉDIO 5,9% DEMAIS 3,6% ESTADOS UNIDOS 14,9% CHINA 2,7% UE-27 41,1% ÁSIA (EXCL. CHINA E ORIENTE MÉDIO) 11,2% MERCOSUL 2,8% ALADI (EXCL.MERCO SUL) 6,0% ÁFRICA (EXCL.ORIEN TE MÉDIO) 6,7% EUROPA ORIENTAL 6,9% ORIENTE MÉDIO 7,1% OCEANIA 0,6% ESTADOS UNIDOS 8,7% DEMAIS 4,6% CHINA 11,0% UE-27 33,1% ÁSIA (EXCL. CHINA E ORIENTE MÉDIO) 12,4% Total: US$ 21,5 bilhões Total: US$ 71,8 bilhões Fonte: AgroStat Brasil, a partir de dados da SECEX/ MDIC

4 Crescimento médio anual das exportações do agronegócio brasileiro por destino ( ) CHINA 29,7% EUROPA ORIENTAL 21,6% ALADI (EXCL.MERCOSUL) ÁFRICA (EXCL.ORIENTE MÉDIO) OCEANIA ORIENTE MÉDIO ÁSIA (EXCL. CHINA E ORIENTE MÉDIO) 18,7% 16,9% 16,0% 14,9% 14,0% UE-27 10,4% ESTADOS UNIDOS 6,9% MERCOSUL 0,8% DEMAIS 15,7% 0% 5% 10% 15% 20% 25% 30% 35% Fonte: AgroStat Brasil, a partir de dados da SECEX/ MDIC

5 Exportações do Agronegócio Desempenho em 2008

6 Destinos das exportações brasileiras do agronegócio 2007 e 2008 PAÍS DE DESTINO Janeiro - Dezem bro/ 2008 Janeiro - Dezem bro/ 2007 US$ milhões Ranking Part. % US$ milhões Ranking Part. % CHINA ,04% ,00% PAISES BAIXOS ,10% ,31% ESTADOS UNIDOS ,70% ,96% RUSSIA,FED.DA ,83% ,80% ALEMANHA ,33% ,11% ITALIA ,83% ,50% BELGICA ,55% ,81% JAPAO ,40% ,00% VENEZUELA ,38% ,96% ESPANHA ,16% ,62% FRANCA ,98% ,04% REINO UNIDO ,71% ,03% HONG KONG ,26% ,06% ARABIA SAUDITA ,99% ,69% ARGENTINA ,83% ,08% Subtotal ,11% ,96% DEMAIS PAÍSES ,89% ,04% TOTAL % % Fonte: AgroStat Brasil, a partir de dados da SECEX/ MDIC

7 Carnes e Lácteos Os Desafios de Alguns Mercados Estratégicos

8 Inserção brasileira nos principais mercados de carne de frango in natura (em mil toneladas) Mil toneladas % 2% 63% 86% 94% Demais Fornecedores Brasil Importações Mundiais: m il toneladas Exportações Brasileiras: m il toneladas Market share brasileiro : 39,9% % 81% 0% 86% 98% 12% 83% 15% 32% 23% 0 Rússia,Fed.Da China Hong Kong Arábia Saudita Japão Emir.Árabes Un. África Do Sul Notas: (1) Exclui o intra-comércio da UE-27. (2) Consideram-se os países que enviaram os dados de 2007, que conjuntamente representam 94,1% do comércio mundial até 21/OUT/2008. México UE-27 Venezuela Vietnã Coveite Canadá Angola Cuba Fonte: COMTRADE/ ONU

9 Inserção brasileira nos principais mercados de carne bovina in natura (em mil toneladas) Mil toneladas % 61% 0% 60% 0% 0% Demais Fornecedores Importações Mundiais: m il toneladas Exportações Brasileiras: m il toneladas Market share brasileiro : 30,9% 98% 30% 0% 6% 43% 60% Brasil 46% 100% 0% 0 Estados Unidos Rússia,Fed.Da Japão UE-27 México Coréia,Rep.Sul Egito Venezuela Canadá Chile Arábia Saudita Hong Kong Israel Irã Rep.Isl.Do Indonésia Notas: (1) Exclui o intra-comércio da UE-27. (2) Consideram-se os países que enviaram os dados de 2007, que conjuntamente representam 94,1% do comércio mundial até 21/OUT/2008. Fonte: COMTRADE/ ONU

10 Preço médio das exportações brasileiras de carne bovina in natura UE-27 Fed. da Rússia Em US$ / tonelada Demais destinos Fonte: AgroStat Brasil, a partir de dados da SECEX/ MDIC

11 Inserção brasileira nos principais mercados de carne suína in natura (em mil toneladas) Mil toneladas % 40% 0% 0% 41% 0% 0% Demais Fornecedores Importações Mundiais: Exportações Brasileiras: Market share brasileiro : Brasil mil toneladas mil toneladas 16,7% % 0% 47% 99% 0% 0% 0% 53% Japão Rússia,Fed.Da Coréia,Rep.Sul Estados Unidos Hong Kong México Canadá Austrália China Cingapura Ucrânia Croácia,Rep.Da Filipinas Nova Zelândia Angola Notas: (1) Exclui o intra-comércio da UE-27. (2) Consideram-se os países que enviaram os dados de 2007, que conjuntamente representam 94,1% do comércio mundial até 21/OUT/2008. Fonte: COMTRADE/ ONU

12 Inserção brasileira no mercado mundial de lácteos (SH ) em 2007 Em milhões de US$ % 0% Demais Fornecedores Brasil Milhões de US$ % 0% 0% 5% 0% Importações Mundiais: US$ milhões Exportações Brasileiras: US$ 273 milhões Market share brasileiro : 1,1% 0% 0% 0% 1% 0% 0% 0% 0% 1% México Estados Unidos Arábia Saudita Rússia,Fed.Da Japão Argélia UE-27 China Cingapura Malásia Filipinas Tailândia Canadá Hong Kong Suíça Coréia,Rep.Sul Notas: (1) Exclui o intra-comércio da UE-27. (2) Consideram-se os países que enviaram os dados de 2007, que conjuntamente representam 94,1% do comércio mundial até 21/OUT/2008. Fonte: COMTRADE/ ONU

13 Evolução das Exportações do Agronegócio Brasileiro: US$ R$ 145,9 131, ,3 114,2 106,2 107,6 113, ,6 71,8 63, ,1 58, ,7 30,6 39,0 43,6 49, ,6 23,9 24, Fonte: AgroStat Brasil a partir dos dados da SECEX / MDIC Elaboração: SRI /MAPA

14 Célio Porto Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Tel: (61)

15 FIM DA APRESENTAÇÃO

16 Exportações Brasileiras do Agronegócio 1998 PRINCIPAIS SETORES 2008 FIBRAS E PROD. TÊXTEIS 3,5% DEMAIS 8,0% COMPLEXO SOJA 22,0% CEREAIS, FARINHAS E PREP. 3,1% SUCOS DE FRUTA 3,0% DEMAIS 9,8% COMPLEXO SOJA 25,0% SUCOS DE FRUTA 6,1% FUMO E PRODUTOS 7,2% CARNES 7,5% COUROS E PRODUTOS 8,8% AÇÚCAR E ÁLCOOL 9,2% Total: US$ 21,5 bilhões CAFÉ 12,1% PRODUTOS FLORESTAIS 15,6% FUMO E PRODUTOS 3,8% COUROS E PRODUTOS 4,4% CAFÉ 6,6% AÇÚCAR E ÁLCOOL 11,0% PRODUTOS FLORESTAIS 13,0% Total: US$ 71,8 bilhões CARNES 20,3% Fonte: AgroStat Brasil, a partir de dados da SECEX/ MDIC

17 Crescimento médio anual das exportações de setores do agronegócio brasileiro ( ) LÁCTEOS ANIMAIS VIVOS CEREAIS, FARINHAS E PREPARAÇÕES 45,6% 51,4% 50,1% CARNES PRODUTOS APÍCOLAS 21,0% 24,5% COMPLEXO SUCROALCOOLEIRO RAÇÕES PARA ANIMAIS DEMAIS PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL PRODUTOS ALIMENTÍCIOS DIVERSOS COMPLEXO SOJA 14,8% 14,6% 14,4% 14,3% 14,3% DEMAIS 7,7% Fonte: AgroStat Brasil, a partir de dados da SECEX/ MDIC 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60%

18 Exportações Brasileiras do Agronegócio - Principais Produtos Variação (%) Produtos Milhões de Milhões de Mil t US$ US$ Mil t Valor Quant. Soja em Grãos ,3 3,3 Farelo de Soja ,5-1,5 Óleo de Soja ,3-1,1 Carne Bovina in natura ,9-20,4 Carne Bovina industrializada ,0-4,4 Carne de Frango in natura ,0 8,7 Carne de Frango industrializada ,1 8,6 Carne Suína in natura ,4-15,3 Carne de Peru Industrializada ,0 16,7 Açúcar ,5 0,6 Álcool ,8 45,0 Café Verde ,3 5,3 Café Solúvel ,4 4,5 Fumo não manufaturado ,3-2,4 Suco de Laranja ,3-0,6 Couro bovino acabado ,1-8,2 Couro bovino wet blue ,3-31,2 Couro bovino semi-acabado ,0-9,6 Milho ,8-41,6 Algodão ,4 27,2 Leite em pó ,8 81,7 Demais produtos ,4 - Total: ,9 - Fonte: AgroStat Brasil, a partir de dados da SECEX/ MDIC

19 Os Impactos da Crise Internacional

20 Taxas de Câmbio Real / Moedas Selecionadas

21 Taxa de Câmbio Média (venda) Real / Dólar 3,75 3,50 3,25 3,00 2,75 Var. Ago/08 - Jan/09 = 42,9% 2,50 2,25 2,00 1,75 1,50 jan/03 mai/03 set/03 jan/04 mai/04 set/04 jan/05 mai/05 set/05 jan/06 mai/06 set/06 jan/07 mai/07 set/07 jan/08 mai/08 set/08 jan/09 Fonte: Banco Central do Brasil Jan/ 09 - média até 22/01

22 Taxa de Câmbio Média (venda) Real / Euro 4,00 3,80 3,60 3,40 3,20 Var. Ago/08 - Jan/09 = 27,5% 3,00 2,80 2,60 2,40 jan/03 mai/03 set/03 jan/04 mai/04 set/04 jan/05 mai/05 set/05 jan/06 mai/06 set/06 jan/07 mai/07 set/07 jan/08 mai/08 set/08 jan/09 Fonte: Banco Central do Brasil Jan/ 09 - média até 22/01

23 Taxa Média de Câmbio Média (venda) Real / Yuan 0,46 0,43 0,41 0,38 0,36 Var. Ago/08 - Jan/09 = 43,2% 0,33 0,31 0,28 0,26 0,23 jan/03 mai/03 set/03 jan/04 mai/04 set/04 jan/05 mai/05 set/05 jan/06 mai/06 set/06 jan/07 mai/07 set/07 jan/08 mai/08 set/08 jan/09 Fonte: Banco Central do Brasil Jan/ 09 - média até 22/01

24 Taxa de Câmbio Média (venda) Real / Rublo 0,120 0,110 0,100 Var. Ago/08 - Jan/09 = 10,6% 0,090 0,080 0,070 0,060 jan/03 mai/03 set/03 jan/04 mai/04 set/04 jan/05 mai/05 set/05 jan/06 mai/06 set/06 jan/07 mai/07 set/07 jan/08 mai/08 set/08 jan/09 Fonte: Banco Central do Brasil Jan/ 09 - média até 22/01

25 Taxa de Câmbio Média (venda) Real / Iene 0,031 0,029 0,027 0,025 0,023 Var. Ago/08 - Jan/09 = 72,6% 0,021 0,019 0,017 0,015 0,013 jan/03 mai/03 set/03 jan/04 mai/04 set/04 jan/05 mai/05 set/05 jan/06 mai/06 set/06 jan/07 mai/07 set/07 jan/08 mai/08 set/08 jan/09 Fonte: Banco Central do Brasil Jan/ 09 - média até 22/01

26 Taxa média de câmbio Real / Dólar 4,00 3,50 3,00 2,50 2,00 1,50 1,00 Média (99-09) : RS$ 2,33/ US$ jan/99 jul/99 jan/00 jul/00 jan/01 jul/01 jan/02 jul/02 jan/03 jul/03 jan/04 jul/04 jan/05 jul/05 jan/06 jul/06 jan/07 jul/07 jan/08 jul/08 jan/09 Fonte: Banco Central do Brasil

27 Crédito à Exportação Contratação de ACC Médias Diárias

28 Média mensal por dia útil de ACC (adiantamento sobre contrato de câmbio) 260 Em milhões de US$ jan/08 fev/08 mar/08 abr/08 mai/08 jun/08 jul/08 ago/08 set/08 out/08 nov/08 dez/08 jan/09 * Fonte: Banco Central do Brasil * jan/09 primeiros 11 dias úteis

29 Preços Agrícolas

30 Alta dos preços agrícolas nesta década Índice de preços de commodities alimentícias (2005=100) jan/00 jul/00 jan/01 jul/01 jan/02 jul/02 jan/03 jul/03 jan/04 jul/04 jan/05 jul/05 jan/06 jul/06 jan/07 jul/07 jan/08 jul/08 Fonte: Fundo Monetário Internacional (FMI)

31 Preços médios mensais de soja Chigago 1º entrega (US$ cents/ bushel)

32 Preços médios mensais do milho Chigago 1º entrega (US$ cents/ bushel)

33 Preços médios mensais de trigo Argentina (US$ /tonelada)

34 Preços médios mensais do algodão em pluma Liverpool A (US$ cents/ libra)

35 Meio século de preços agrícolas Preço Médio Real de Grãos no período US$ de 2007/ton Fontes: 1) USDA, Preços recebidos pelos produtores norte-americanos; 2) Banco Mundial, MUV.

36 Preços Internacionais Fatores fundamentais permanecem: Aumento da demanda na Ásia Produção de biocombustíveis Estoques reduzidos Mudanças climáticas globais

37 Preço médio das exportações brasileiras de carne bovina in natura Em US$ / tonelada Mundo UE-27 Federação da Rússia Demais destinos Ano US$ Milhões mil t. US$/t US$ Milhões mil t. US$/t US$ Milhões mil t. US$/t US$ Milhões mil t. US$/t Fonte: AgroStat Brasil, a partir de dados da SECEX/ MDIC

38 Exportações brasileiras de carne bovina in natura Prejuízo com o Embargo da UE (Quant. UE 2007 Quant. UE 2008) x (Preço UE Preço demais) = US$ 585,9 milhões EU-27 Demais destinos Quanto deixou de exportar Ano US$ Mil t US$/t US$/t US$ Mil (B2007- US$/t US$ Mil t (A) (B) ( C) (E) (C-E) x F B2008) (F) (C-E) Mil US$ Efetivo: US$ 4,0 bilhões Potencial: US$ 4,6 bilhões Fonte: AgroStat Brasil, a partir de dados da SECEX/ MDIC

39 Exportações do Agronegócio Cenários para 2009

40 Exportações do Agronegócio cenários para 2009 Produtos Dezembro (2008) (A) Preço Médio (US$/t) 2007 (B) Estimativas¹ (C) Soja em grãos Farelo de soja Óleo de soja Carne bovina in natura Carne de frango in natura Carne suína in natura Açúcar Álcool Café verde Celulose Fumo não manufaturado Suco de laranja Couro bovino acabado Couro bovino wet blue Milho Algodão ¹Em vermelho preços de mercado futuro em 29/01; demais produtos = 2007

41 Exportações do Agronegócio cenários para 2009 Produtos Estimativas² (I) Quantidades (mil t) Projeção 2009 Manutenção 2008 (II) Soja em grãos Farelo de soja Óleo de soja Carne bovina in natura Carne de frango in natura Carne suína in natura Açúcar Álcool Café verde Celulose Fumo não manufaturado Suco de laranja Couro bovino acabado Couro bovino wet blue Milho Algodão ²Complexo soja, milho e algodão Conab, Etanol 10% superior a 2008; demais produtos = 2008

42 Exportações do Agronegócio cenários para 2009 Cenários Exportações 2009 (US$ milhões) Produtos Cenário 1 Cenário 2 Cenário 3 Cenário 4 Cenário 5 Cenário 6 Preço (A) e Qtde (I) Preço (A) e Qtde (II) Preço (B) e Qtde (I) Preço (B) e Qtde (II) Preço (C) e Qtde (I) Preço (C) e Qtde (II) Soja em grãos Farelo de soja Óleo de soja Carne bovina in natura Carne de frango in natura Carne suína in natura Açúcar Álcool Café verde Celulose Fumo não manufaturado Suco de laranja Couro bovino acabado Couro bovino wet blue Milho Algodão Demais produtos Total

43 Evolução das Exportações do Agronegócio Brasileiro: ,8 63, ,4 49,4 US$ Bilhões ,4 21,5 20,5 20,6 23,8 24,8 30,6 39,0 43, * Fonte: AgroStat Brasil a partir dos dados da SECEX / MDIC Elaboração: CGOE / DPI / SRI / MAPA * Projeção

44 Exportações do Agronegócio cenários para 2009 Cenários Exportações 2009 (US$ e R$ milhões) Produtos Cenário 1 Cenário 2 Cenário 3 Cenário 4 Cenário 5 Cenário 6 Preço (A) e Qtde (I) Preço (A) e Qtde (II) Preço (B) e Qtde (I) Preço (B) e Qtde (II) Preço (C) e Qtde (I) Preço (C) e Qtde (II) Soja em grãos Farelo de soja Óleo de soja Carne bovina in natura Carne de frango in natura Carne suína in natura Açúcar Álcool Café verde Celulose Fumo não manufaturado Suco de laranja Couro bovino acabado Couro bovino wet blue Milho Algodão Demais produtos Em R$ (US$ 1,00/R$ 2,30)

45 Exportações brasileiras Produtos do Agronegócio (comparativo janeiro/08 e janeiro/09) média diária JANEIRO/2009 ( A ) JANEIRO/2008 ( C ) Var.% ( A/C ) US$ milhões US$ t US$/t t US$/t milhões Valor Quant. Preço CAFÉ EM GRÃO * 13,3 98,9 134,4 12,9 83,7 154,1 3,0 18,1-12,8 SOJA EM GRÃO 14,0 34,0 410,9 11,4 27,3 418,1 22,7 24,9-1,7 FARELO DE SOJA 14,8 46,7 317,2 10,0 30,5 327,4 48,6 53,4-3,1 ÓLEO DE SOJA EM BRUTO 3,1 4,5 688,1 7,0 7,3 955,0-55,2-37,8-27,9 SUCO DE LARANJA 5,7 7,5 761,0 5,7 3, ,9-0,5 93,4-48,6 AÇÚCAR EM BRUTO 20,7 72,8 284,4 8,3 34,4 241,7 148,7 111,4 17,7 AÇÚCAR REFINADO 8,1 25,6 316,1 5,9 20,4 289,2 36,8 25,2 9,3 CELULOSE 12,6 31,6 398,8 13,6 26,3 518,6-7,6 20,2-23,1 CARNE SUÍNA "IN NATURA" 3,3 1, ,5 2,8 1, ,7 19,0 36,5-12,8 CARNE BOVINA "IN NATURA" 8,0 2, ,0 16,6 4, ,4-51,7-35,4-25,2 CARNE DE FRANGO"IN NATURA" 16,3 11, ,0 17,3 11, ,4-5,5 6,2-11,0 COURO 3,3 1, ,8 8,3 1, ,4-59,9-30,9-42,0 FUMO EM FOLHAS 6,9 1, ,0 5,8 2, ,8 19,3-8,9 31,0 ALGODÃO 3,1 2, ,7 3,0 2, ,3 6,1 0,7 5,4 MILHO 11,7 66,4 176,5 4,4 17,8 246,7 166,5 272,4-28,4 ETANOL ** 4,6 9,6 476,8 4,0 10,0 403,9 13,7-3,7 18,1 Fonte: SECEX/MDIC * Quantidade em sacas de 60kg ** Quantidade em milhões de litros

46 Preço médio das exportações brasileiras de produtos selecionados (em US$/ tonelada) (MDIC / SECEX) Produto Dez/ 2008 Nov/ 2008 Var. % Dez/ 2007 Var. % (A) (B) (A/B) ( C) (A/C) OLEOS BRUTOS DE PETROLEO , ,81 ALUMINIO EM BRUTO , ,60 CARNE DE FRANGO "IN NATURA" , ,17 CARNE DE BOI "IN NATURA" , ,97 CARNE DE BOI INDUSTRIALIZADA , ,16 MINERIOS DE FERRO , ,34 SEMIMANUFATURADOS DE FERRO OU ACO , ,64 CAFE CRU EM GRAO , ,60 SOJA , ,47 ACUCAR REFINADO , ,82 ALCOOL ETILICO , ,34 ACUCAR EM BRUTO , ,95 CARNE DE FRANGO INDUSTRIALIZADA , ,89 LAMINADOS PLANOS DE FERRO OU ACO , ,05 CELULOSE , ,18 FERRO GUSA , ,22 SUCO DE LARANJA , ,12

47 Cotação internacional do óleo bruto de petróleo Em US$/ Barril , ,34 0 Média do período: US$ 41,91 por barril dez/98 jun/99 dez/99 jun/00 dez/00 jun/01 dez/01 jun/02 dez/02 jun/03 dez/03 jun/04 dez/04 jun/05 dez/05 jun/06 dez/06 jun/07 dez/07 jun/08 dez/08 Fonte: FMI e Banco Mundial Elaboração: DPI/ SRI/ MAPA

48

49 Comparação das cotações internacionais do petróleo e da soja em grãos jan/07 fev/07 mar/07 abr/07 mai/07 jun/07 jul/07 ago/07 set/07 out/07 nov/07 dez/07 jan/08 fev/08 mar/08 abr/08 mai/08 jun/08 jul/08 ago/08 set/08 out/08 nov/08 dez/08 US$/ barril US$/ tonelada Soja em grãos Barril de petróleo Fonte: Banco Mundial

50 Comparação das cotações internacionais do petróleo e do óleo de soja jan/07 fev/07 mar/07 abr/07 mai/07 jun/07 jul/07 ago/07 set/07 out/07 nov/07 dez/07 jan/08 fev/08 mar/08 abr/08 mai/08 jun/08 jul/08 ago/08 set/08 out/08 nov/08 dez/08 US$/ barril US$/ tonelada Óleo de soja Barril de petróleo Fonte: Banco Mundial

51 Frete Fonte: SIFRECA, ESALQ/USP 1st qtr nd qtr rd qtr th qtr 2005 Santos - Germany (Hamburg) 1st qtr nd qtr rd qtr th qtr st qtr nd qtr rd qtr th qtr st qtr nd qtr rd qtr 2008 Paranaguá - China (Shanghai) Fonte: SIFRECA, ESALQ/USP 1st qt r nd qt r rd qt r t h qt r st qt r nd qt r rd qt r t h qt r st qt r nd qt r rd qt r 2008

Resultados de Junho de 2014

Resultados de Junho de 2014 Junho / 2014 Resultados de Junho de 2014 - Exportação: US$ 20,5 bi, em valor, e média diária de US$ 1,023 bilhão; sobre mai-14, aumento de 3,6%, pela média diária; sobre jun-13, redução de 3,5%, pela média

Leia mais

Fevereiro , , , ,9

Fevereiro , , , ,9 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA FEVEREIRO 2010 US$ milhões FOB EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Período Dias Valor Média Valor Média Valor Média Valor Média Úteis p/dia útil p/dia útil p/dia útil

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de outubro de 2014. COMPARAÇÃO DO MÊS OUTUBRO COM O MÊS

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de fevereiro de 2015. COMPARAÇÃO DO MÊS DE FEVEREIRO DE

Leia mais

Importações no período acumulado de janeiro até novembro de 2015.

Importações no período acumulado de janeiro até novembro de 2015. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de novembro de 2015. Total das exportações do Rio Grande

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de janeiro de 2015. COMPARAÇÃO DO MÊS JANEIRO DE 2015 COM

Leia mais

Agosto , , , ,9

Agosto , , , ,9 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA AGOSTO 2010 US$ milhões FOB EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Período Dias Valor Média Valor Média Valor Média Valor Média Úteis p/dia útil p/dia útil p/dia útil p/dia

Leia mais

Exportações no período acumulado de janeiro a setembro de Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Exportações no período acumulado de janeiro a setembro de Total das exportações do Rio Grande do Sul. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de setembro de 2015. Total das exportações do Rio Grande

Leia mais

REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO JOÃO CRUZ REIS FILHO SECRETÁRIO DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Brasília/DF JULHO DE 2015 22 CENÁRIO POPULACIONAL

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de dezembro de 2014. COMPARAÇÃO DO MÊS DEZEMBRO COM O MÊS

Leia mais

com setembro de 2015.

com setembro de 2015. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de outubro de 2015. Total das exportações do Rio Grande

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SOJA DEZEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SOJA DEZEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SOJA DEZEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

A Recessão Global e o Comércio Exterior Brasileiro

A Recessão Global e o Comércio Exterior Brasileiro A Recessão Global e o Comércio Exterior Brasileiro Roberto Giannetti da Fonseca Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior 1 25 de Março de 2009 1 A recessão se torna global 10,0 8,0 2009*

Leia mais

Análisis Prospectivo del Comercio Agroalimentario Internacional. Prof. Dra. Susan E. Martins Cesar de Oliveira (Universidade de Brasília - UnB)

Análisis Prospectivo del Comercio Agroalimentario Internacional. Prof. Dra. Susan E. Martins Cesar de Oliveira (Universidade de Brasília - UnB) Análisis Prospectivo del Comercio Agroalimentario Internacional Prof. Dra. Susan E. Martins Cesar de Oliveira (Universidade de Brasília - UnB) ÍNDICE Tendências do mercado global; Perspectivas para o comércio

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de. Comparação do mês de maio de 2017

Parceiros Comerciais do RS no período de. Comparação do mês de maio de 2017 Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de maio de 2017. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Santa Maria - RS

Santa Maria - RS MERCADO INTERNO E DE EXPORTAÇÃO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL XXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOTECNIA ZOOTEC 2016 SIMPÓSIO III: MARKETING E EMPREENDEDORISMO Santa Maria - RS 13-05-2016 POSIÇÃO DO BRASIL

Leia mais

Exportações no período acumulado de janeiro até julho de Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Exportações no período acumulado de janeiro até julho de Total das exportações do Rio Grande do Sul. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de julho de 2015. Total das exportações do Rio Grande do

Leia mais

Total das exportações do Rio Grande do Sul. Exportações no período acumulado de janeiro a fevereiro de 2016.

Total das exportações do Rio Grande do Sul. Exportações no período acumulado de janeiro a fevereiro de 2016. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de fevereiro de 2016. Total das exportações do Rio Grande do

Leia mais

Maiores IMPORTADORES do agronegócio (market share)

Maiores IMPORTADORES do agronegócio (market share) Maiores IMPORTADORES do agronegócio (market share) 16% 15% 14% 13% 12% 11% 10% 9% 8% 7% 6% 5% 4% 3% 2% 1% 0% 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 UE EUA China+HK China Japão Canadá Coréia do Sul México

Leia mais

Importações no período acumulado de janeiro até dezembro de 2015.

Importações no período acumulado de janeiro até dezembro de 2015. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de dezembro de 2015. Total das exportações do Rio Grande

Leia mais

Destaques. Julho: Janeiro-Julho: 12 meses (Agosto-Julho):

Destaques. Julho: Janeiro-Julho: 12 meses (Agosto-Julho): Julho / 2012 Destaques Julho: - Exportação: 2º maior valor para julho (exp: US$ 21,0 bi); anterior jul-11 (US$ 22,3 bi); - Importação: 2º maior valor para julho (US$ 18,1 bi); anterior jul-11: US$ 19,1

Leia mais

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JANEIRO DE 2017 VS JANEIRO DE 2018

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JANEIRO DE 2017 VS JANEIRO DE 2018 Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de janeiro de 2018. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL Março/2014 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. População Mundial 05. População

Leia mais

Exportações no período acumulado de janeiro até maio de Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Exportações no período acumulado de janeiro até maio de Total das exportações do Rio Grande do Sul. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de maio de 2015. Total das exportações do Rio Grande do

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Brasileiro Tatiana Lacerda Prazeres Secretária de Comércio Exterior

Desempenho do Comércio Exterior Brasileiro Tatiana Lacerda Prazeres Secretária de Comércio Exterior Desempenho do Comércio Exterior Brasileiro -2013 Tatiana Lacerda Prazeres Secretária de Comércio Exterior Resultados de 2013 - MAIO/2013 - Exportação:média diária (US$ 1,04 bi) acima de US$ 1 bilhão; 3ªmaior

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de. Comparação do mês de fevereiro de 2017

Parceiros Comerciais do RS no período de. Comparação do mês de fevereiro de 2017 Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de fevereiro de 2017. Total das exportações do Rio Grande do

Leia mais

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JANEIRO DE 2016 VS JANEIRO DE 2017

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JANEIRO DE 2016 VS JANEIRO DE 2017 Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de janeiro de 2017. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de

Parceiros Comerciais do RS no período de Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de setembro de 2017. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Florestais apresentou um crescimento de 54,2%, totalizando US$ 68 milhões.

Florestais apresentou um crescimento de 54,2%, totalizando US$ 68 milhões. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de abril de 2017. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 1 16/06/09 16/07/09 16/08/09 16/09/09 16/10/09 16/11/09 16/12/09 16/01/10 16/02/10 16/03/10 16/04/10 16/05/10 16/06/10 16/07/10 16/08/10 16/09/10 16/10/10

Leia mais

com US$ 165 milhões, com aumento 12% no faturamento e 24% no volume.

com US$ 165 milhões, com aumento 12% no faturamento e 24% no volume. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de fevereiro de 2019. Total das exportações do Rio Grande do

Leia mais

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS MARÇO DE 2016 VS MARÇO 2017

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS MARÇO DE 2016 VS MARÇO 2017 Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de março de 2017. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Abril , , , ,2

Abril , , , ,2 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA ABRIL 2010 US$ milhões FOB EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Período Dias Valor Média Valor Média Valor Média Valor Média Úteis p/dia útil p/dia útil p/dia útil p/dia

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de

Parceiros Comerciais do RS no período de Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de setembro de 2018. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Painel II: A Força do Agronegócio Brasileiro no Mercado Internacional. Comércio Exterior Agrícola

Painel II: A Força do Agronegócio Brasileiro no Mercado Internacional. Comércio Exterior Agrícola Painel II: A Força do Agronegócio Brasileiro no Mercado Internacional Comércio Exterior Agrícola Comércio Agrícola Mundial 2016 Principais Produtos Produção Exportação Nº de destinos do Brasil Açúcar 1

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de

Parceiros Comerciais do RS no período de Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de maio de 2018. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JULHO DE 2015 VS JULHO 2016

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JULHO DE 2015 VS JULHO 2016 Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de julho de 2016. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de

Parceiros Comerciais do RS no período de Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de novembro de 2018. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Secretaria de Comércio Exterior

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Secretaria de Comércio Exterior Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior O comércio exterior brasileiro e o desempenho do setor industrial Welber Barral Secretário SÃO PAULO (SP), 27

Leia mais

Comparação do mês de março de 2018 com abril de 2018.

Comparação do mês de março de 2018 com abril de 2018. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de abril de 2018. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de

Parceiros Comerciais do RS no período de Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de dezembro de 2018. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Comparação do mês de dezembro de

Comparação do mês de dezembro de Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de dezembro de 2016. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JULHO DE 2016 VS JULHO 2017

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JULHO DE 2016 VS JULHO 2017 Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de julho de 2017. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de

Parceiros Comerciais do RS no período de Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de maio de 2016. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

(+0,5% sobre dez-12), 2ª maior média para meses de dezembro, anterior dez-11: US$ 1,006 bi; sobre nov-13, houve redução de 4,8%;

(+0,5% sobre dez-12), 2ª maior média para meses de dezembro, anterior dez-11: US$ 1,006 bi; sobre nov-13, houve redução de 4,8%; Resultados dezembro de - Exportação: US$ 20,8 bilhões e média diária de US$ 992,7 milhões (+0,5% sobre dez-12), 2ª maior média para meses de dezembro, anterior dez-11: US$ 1,006 bi; sobre nov-13, houve

Leia mais

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JANEIRO DE 2018 VS JANEIRO DE 2019

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JANEIRO DE 2018 VS JANEIRO DE 2019 Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de janeiro de 2019. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JUNHO DE 2015 VS JUNHO 2016

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JUNHO DE 2015 VS JUNHO 2016 Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de junho de 2016. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

CARNE AVÍCOLA JUNHO DE 2017

CARNE AVÍCOLA JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE AVÍCOLA JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

Resultados de Junho/2013 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA

Resultados de Junho/2013 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA Junho / 2013 Resultados de 2013 - JUNHO/2013 - Exportação: 2ª maior média diária para meses de junho (US$ 1,06 bi); 1º junho/11: US$ 1,128 bi); - Importação: maior média diária para meses de junho (US$

Leia mais

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JUNHO DE 2017 VS JUNHO 2018

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JUNHO DE 2017 VS JUNHO 2018 Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de junho de 2018. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de

Parceiros Comerciais do RS no período de Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de novembro de 2016. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016

CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de

Parceiros Comerciais do RS no período de Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de agosto de 2016. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

ALGODÃO TENDÊNCIAS PARA O MERCADO

ALGODÃO TENDÊNCIAS PARA O MERCADO ALGODÃO TENDÊNCIAS PARA O MERCADO Analista de Mercado Élcio A. Bento elcio@safras.com.br ALGODÃO CIF SÃO PAULO R$/@ Preço Mínimo R$ 44,6/@ ALGODÃO CIF SÃO PAULO R$/2 Jul A FORMAÇÃO DE PREÇOS NO MERCADO

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de. janeiro a abril de 2016.

Parceiros Comerciais do RS no período de. janeiro a abril de 2016. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de abril de 2016. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Semana Fiesp/Ciesp de Meio Ambiente

Semana Fiesp/Ciesp de Meio Ambiente Semana Fiesp/Ciesp de Meio Ambiente Agronegócio Brasileiro PIB Brasileiro (2007) US$ 1.314 bilhões Agronegócio 37% Empregos (2006) 25% US$ 329,9 bilhões Exportações (2007) Agronegócio US$ 58,4 bilhões

Leia mais

- Exportação: US$ 17,5 bi, em valor, e média diária de US$ 795,0 milhões; sobre dez-13 (US$ 992,7 milhões),

- Exportação: US$ 17,5 bi, em valor, e média diária de US$ 795,0 milhões; sobre dez-13 (US$ 992,7 milhões), Dezembro / 2014 Resultados de Dezembro de 2014 - Exportação: US$ 17,5 bi, em valor, e média diária de US$ 795,0 milhões; sobre dez-13 (US$ 992,7 milhões), redução de 19,9%, pela média diária; - Importação:

Leia mais

Resultados de 2015 Perspectivas para Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio

Resultados de 2015 Perspectivas para Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Resultados de 2015 Perspectivas para 2016 Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Agronegócio na Balança Comercial 300 250 37,9% 37,1% 39,5% 41,3% 43,0% 45,9% 50% 45% 40% 200 35% 30% US$ Bilhões

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de

Parceiros Comerciais do RS no período de Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de março de 2018. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 14/06/11 12/07/11 09/08/11 06/09/11 04/10/11 01/11/11 29/11/11 27/12/11 24/01/12 21/02/12 20/03/12 17/04/12 15/05/12 12/06/12 10/07/12 07/08/12 04/09/12

Leia mais

Exportações no período acumulado de

Exportações no período acumulado de Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de março de 2016. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 27/04/11 27/05/11 27/06/11 27/07/11 27/08/11 27/09/11 27/10/11 27/11/11 27/12/11 27/01/12 27/02/12 27/03/12 27/04/12 27/05/12 27/06/12 27/07/12 27/08/12

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de

Parceiros Comerciais do RS no período de Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de agosto de 2018. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 23/09/11 21/10/11 18/11/11 16/12/11 13/01/12 10/02/12 09/03/12 06/04/12 04/05/12 01/06/12 29/06/12 27/07/12 24/08/12 21/09/12 19/10/12 16/11/12 14/12/12

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 10/11/11 08/12/11 05/01/12 02/02/12 01/03/12 29/03/12 26/04/12 24/05/12 21/06/12 19/07/12 16/08/12 13/09/12 11/10/12 08/11/12 06/12/12 03/01/13 31/01/13

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de. Comparação do mês de dezembro de

Parceiros Comerciais do RS no período de. Comparação do mês de dezembro de Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de dezembro de 2017. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº Segunda-feira, 12 de maio de 2008 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR

Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº Segunda-feira, 12 de maio de 2008 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 1.847 Segunda-feira, 12 de maio de 2008 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR EXPORTAÇÕES DO BRASIL E DO PARANÁ JANEIRO A ABRIL DE

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2011

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2011 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2011 US$ milhões FOB Período Dias Úteis EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Média Média Média Média Valor Valor Valor Valor p/dia útil p/dia útil p/dia útil

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 17/05/11 17/06/11 17/07/11 17/08/11 17/09/11 17/10/11 17/11/11 17/12/11 17/01/12 17/02/12 17/03/12 17/04/12 17/05/12 17/06/12 17/07/12 17/08/12 17/09/12

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO

PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO 2014-2015 10 DE OUTUBRO DE 2014 Regina Helena Couto Silva Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos - DEPEC CENÁRIO AGRÍCOLA PRODUÇÃO GLOBAL DE GRÃOS SAFRA 2014/15

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES JANEIRO 2019 SUMÁRIO PÁG. 1 ANÁLISE 3 2 CAPÍTULO 41 COMPLETO 4 3 DESTINOS.. 5 4 COURO BOVINO POR TIPO 6 5 DISTRIBUIÇÃO POR ESTADO 7 QUALQUER PARTE DESTA OBRA PODERÁ SER REPRODUZIDA, DESDE QUE CITADO COMO

Leia mais

Mercado internacional do agro - análise FEVEREIRO/2017

Mercado internacional do agro - análise FEVEREIRO/2017 Mercado internacional do agro - análise FEVEREIRO/2017 Exportações tem caído em valores Balança Agrícola Brasileira US$ Bilhões Fonte: AgroStat a partir dos dados da SECEX/MDIC Dados extraídos em 06/01/2017.

Leia mais

Dados estatísticos dos principais produtos do Agronegócio Brasileiro

Dados estatísticos dos principais produtos do Agronegócio Brasileiro Dados estatísticos dos principais produtos do Agronegócio Brasileiro CADERNO DE ESTATÍSTICAS Uma publicação da Representação do IICA/Brasil Elaboração: Daniela Faria e Diego Machado 1. Apresentação 2.

Leia mais

Compreender as DIFERENÇAS e SEMELHANÇAS O que nos afasta? O que nos aproxima?

Compreender as DIFERENÇAS e SEMELHANÇAS O que nos afasta? O que nos aproxima? Maio 2014 Apresentar a Indústria de MT Compreender as DIFERENÇAS e SEMELHANÇAS O que nos afasta? O que nos aproxima? Diagnosticar as NECESSIDADES MÚTUAS Do que precisamos? Do que podemos fornecer mutuamente?

Leia mais

Agronegócio e o Plano Nacional de Exportações

Agronegócio e o Plano Nacional de Exportações Agronegócio e o Plano Nacional de Exportações Alinne B. Oliveira Superintendente de Relações Internacionais Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil CNA 17 de novembro de 2015. O agronegócio e

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA FEVEREIRO 2012

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA FEVEREIRO 2012 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA FEVEREIRO 2012 US$ milhões FOB Período Dias Úteis EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Média Média Média Média Valor Valor Valor Valor p/dia útil p/dia útil p/dia útil

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES JULHO 2017 SUMÁRIO Pág. 1 - ANÁLISE 3 2 - CAPÍTULO 41 COMPLETO 4 3 - DESTINOS 5 4 - COURO BOVINO POR TIPO 6 5 - DISTRIBUIÇÃO POR ESTADO 7 1 ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES

Leia mais

INFORME ESTATÍSTICO DA ECONOMIA BRASILEIRA

INFORME ESTATÍSTICO DA ECONOMIA BRASILEIRA LC/BRS/R.294/Add.1 Janeiro 2015 Original: Espanhol CEPAL COMISSÃO ECONÔMICA PARA A AMÉRICA LATINA E O CARIBE Escritório em Brasília INFORME ESTATÍSTICO DA ECONOMIA BRASILEIRA Janeiro 2015 O presente Informe

Leia mais

Introdução a Agronegócios

Introdução a Agronegócios Introdução a Agronegócios Professor: Me. Claudio Kapp Junior juniorkapp@hotmail.com Professor: Me. Claudio Kapp Junior Email: juniorkapp@hotmail.com Pilares do Agronegócio Sustentabilidade Segurança Alimentar

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES MAIO / 215 SUMÁRIO PÁG. 1 - ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES 3 2 - EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES - CAPÍTULO 41 COMPLETO 4 3 -

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES JUNHO / 215 SUMÁRIO PÁG. 1 - ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES 3 2 - EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES - CAPÍTULO 41 COMPLETO 4 3 -

Leia mais

O Agronegócio e o Sucesso do Brasil no Mercado de Carnes Gedeão Silveira Pereira

O Agronegócio e o Sucesso do Brasil no Mercado de Carnes Gedeão Silveira Pereira O Agronegócio e o Sucesso do Brasil no Mercado de Carnes Gedeão Silveira Pereira Vice Presidente FARSUL Terra arável disponível, por pessoa no mundo Brasil EUA Rússia Índia China União Européia Congo Austrália

Leia mais

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JULHO DE 2017 VS JULHO 2018

TABELA 1 EXPORTAÇÕES DO RS JULHO DE 2017 VS JULHO 2018 Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de julho de 2018. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Geografia. O Comércio Exterior do Brasil. Professor Luciano Teixeira.

Geografia. O Comércio Exterior do Brasil. Professor Luciano Teixeira. Geografia O Comércio Exterior do Brasil Professor Luciano Teixeira www.acasadoconcurseiro.com.br Geografia O BRASIL NO COMÉRCIO EXTERIOR O comércio exterior é a troca de bens e serviços realizada entre

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de

Parceiros Comerciais do RS no período de Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de fevereiro de 2018. Total das exportações do Rio Grande do

Leia mais

MERCADO DE ALIMENTOS E BEBIDAS UNIÃO EUROPEIA E CHINA

MERCADO DE ALIMENTOS E BEBIDAS UNIÃO EUROPEIA E CHINA MERCADO DE ALIMENTOS E BEBIDAS UNIÃO EUROPEIA E CHINA INFORMAÇÕES PARA A FEIRA ANUGA 217 COLÔNIA (ALEMANHA) US$ Bilhões EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE ALIMENTOS E BEBIDAS Gráfico 1 Exportações brasileiras

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES 2017 SUMÁRIO PÁG. 1 ANÁLISE 3 2 CAPÍTULO 41 COMPLETO 4 3 DESTINOS.. 5 4 COURO BOVINO POR TIPO 6 5 DISTRIBUIÇÃO POR ESTADO 7 1 ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS

Leia mais

PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Setembro/2011

PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Setembro/2011 PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Setembro/2011 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. População Rural 05. Habitantes no Campo 06. Ocupação do Território Brasileiro 07. Estrutura Fundiária Brasileira 08. PIB do

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES JULHO / 2016 SUMÁRIO Pág. 1 - ANÁLISE 3 2 - CAPÍTULO 41 COMPLETO 4 3 - DESTINOS 5 4 - COURO BOVINO POR TIPO 6 5 - DISTRIBUIÇÃO POR ESTADO 7 1 ANÁLISE DAS JULHO 2016 As Exportações de Couros e Peles apresentadas

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES OUTUBRO / 2015 SUMÁRIO PÁG. 1 - ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES 3 2 - EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES - CAPÍTULO 41 COMPLETO 4

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES JULHO 2018 SUMÁRIO PÁG. 1 ANÁLISE 3 2 CAPÍTULO 41 COMPLETO 4 3 DESTINOS.. 5 4 COURO BOVINO POR TIPO 6 5 DISTRIBUIÇÃO POR ESTADO 7 1 ANÁLISE DAS JULHO 2018 As Exportações de Couros e Peles apresentadas

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES NOVEMBRO 2017 SUMÁRIO PÁG. 1 ANÁLISE 3 2 CAPÍTULO 41 COMPLETO 4 3 DESTINOS.. 5 4 COURO BOVINO POR TIPO 6 5 DISTRIBUIÇÃO POR ESTADO 7 1 - ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES 2015 SUMÁRIO PÁG. 1 - ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES 3 2 - EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES - CAPÍTULO 41 COMPLETO 4 3 - DESTINO

Leia mais

São Paulo, 26 de fevereiro de 2013.

São Paulo, 26 de fevereiro de 2013. São Paulo, 26 de fevereiro de 2013. Janeiro 2013 Janeiro registrou o maior déficit mensal da série histórica. O saldo comercial do mês ficou negativo em US$ 4,03 bilhões, resultado de aproximadamente US$

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA ÍNDICE FEVEREIRO 2015 FRANCA Página População...... 2 Piso salarial do sapateiro... 2 Número de funcionários na indústria de calçados...... 2 Admissões e demissões do

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES ABRIL / 2016 SUMÁRIO PÁG. 1 - ANÁLISE 3 2 - CAPÍTULO 41 COMPLETO 4 3 - DESTINOS 5 4 - COURO BOVINO POR TIPO 6 5 - DISTRIBUIÇÃO POR ESTADO 7 1 ANÁLISE DAS ABRIL 2016 As Exportações de Couros e Peles apresentadas

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES SETEMBRO / 2015 SUMÁRIO PÁG. 1 - ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES 3 2 - EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES - CAPÍTULO 41 COMPLETO 4

Leia mais

EXPECTATIVA MÉDIA ANUAL DO MERCADO PARA A ECONOMIA BRASILEIRA: PIB, JUROS, CÂMBIO E INFLAÇÃO TAXA DE JUROS SELIC

EXPECTATIVA MÉDIA ANUAL DO MERCADO PARA A ECONOMIA BRASILEIRA: PIB, JUROS, CÂMBIO E INFLAÇÃO TAXA DE JUROS SELIC Indicadores EXPECTATIVA MÉDIA ANUAL DO MERCADO PARA A ECONOMIA BRASILEIRA: PIB, JUROS, CÂMBIO E INFLAÇÃO - 2010-2014 ANO TAXA DE CRESCIMENTO DO PIB TAXA DE JUROS SELIC TAXA DE CÂMBIO R$/US$ TAXA DE INFLAÇÃO

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA ÍNDICE OUTUBRO 2014 FRANCA Página População...... 2 Piso salarial do sapateiro... 2 Número de funcionários na indústria de calçados...... 2 Admissões e demissões do

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL ACUMULA SUPERÁVIT DE US$ 4,0 BILHÕES NO PRIMEIRO BIMESTRE DO ANO

BALANÇA COMERCIAL ACUMULA SUPERÁVIT DE US$ 4,0 BILHÕES NO PRIMEIRO BIMESTRE DO ANO São Paulo, 20 de março de 2016 Fevereiro 2016 BALANÇA COMERCIAL ACUMULA SUPERÁVIT DE US$ 4,0 BILHÕES NO PRIMEIRO BIMESTRE DO ANO Em fevereiro, a corrente de comércio brasileira totalizou US$ 23,7 bilhões,

Leia mais