CLOUD COMPUTING PEDRO MORHY BORGES LEAL. MAC Organização de Computadores Prof. Alfredo Goldman 7 de dezembro de 2010

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CLOUD COMPUTING PEDRO MORHY BORGES LEAL. MAC0412 - Organização de Computadores Prof. Alfredo Goldman 7 de dezembro de 2010"

Transcrição

1 CLOUD COMPUTING PEDRO MORHY BORGES LEAL MAC Organização de Computadores Prof. Alfredo Goldman 7 de dezembro de

2 CLOUD COMPUTING 1 1. Introdução Com o grande avanço da tecnologia de processadores, armazenamento e transmissão de dados surgiu a possibilidade do modelo chamado Cloud Computing. O custo de atualizar um clusters de servidores é muito grande, já que o que se compra hoje daqui a um ano já está ultrapassado e com avanço da velocidade e qualidade de transmissão de dados na Internet trouxe um novo interesse, por que ao invés de processar programas no computador local não executa-los em um lugar remoto por um baixo custo, e ainda mais, se precisar de mais performance e armazenamento isso é rapidamente fornecido, ou se o inverso, ter a possibilidade de desalojar recursos rapidamente fosse obtida? Cloud Computing é disponibilização de recursos e serviços necessários conforme a demanda requer. Então, por exemplo, ao lançar um portal na Internet, ao invés de pagar uma mensalidade e configuração fixa em um servidor, o usuário pode pegar a menor configuração existente em uma maquina virtual na nuvem e, se começar a ter mais acessos e precisar de mais performance, utilizar a tela de gerenciamento na sua conta na cloud para realizar a operação de dobrar a memória principal e seu processador a partir da próxima hora. E depois que seu portal estiver fazendo sucesso ele percebe que durante a noite ocorre muitos acessos, enquanto que de manhã não, então ele pode configurar a cloud utilizar determinados recursos em diferentes horas do dia, atendendo a demanda e economizando gastos 1. Os diversos benefícios trazidos pela computação na nuvem, que serão apresentados na seção 2, vem atraindo muitas pessoas. O exemplo acima é um deles, hoje é muito mais fácil começar um negócio sem muito recursos do que antigamente, não é preciso prever o quanto de servidores serão necessários até o final do ano dependendo do êxito obtido. Na seção 3 temos a descrição de como é a arquitetura implementada pelas provedoras de cloud. Cloud Computing não veio do nada, ela se baseia e usa algumas tecnologias que já existem no mercado a algum tempo, na seção 6 vemos a descrição de algumas delas e a relação delas com a nuvem. Diferentes de tipos de serviços são oferecidos aos usuários pelos provedores, tudo depende da necessidade dele. Temos três siglas que representam cada tipo de serviço: IaaS, PaaS e SaaS, na seção 4 temos o significado e a descrição de cada uma delas. Além desse tipos de serviços temos ainda os tipos de cloud oferecidas, a mais conhecida é a Cloud Pública, que a principal diferença das outras é o compartilhamento de recursos. As características de cada uma são mostradas na seção 5. Após as descrições gerais de uma Cloud, seção 7, vemos uma breve descrição dos desafios em pesquisa que a computação na nuvem tem que enfrentar. Não se sabe ao certo quando foi o surgimento do Cloud Computing e nem do nome, em 2006 ganhou popularidade quando o CEO da Google descreveu seu modelo de negócios com ele, mas em 2010 inúmeros serviços na nuvem surgira.na seção 9 temos um teste de performance das principais Clouds disponíveis no mercado atualmente. 1 Na Amazon atualmente não há uma modo automático para fazer isso, mas pode ser feito facilmente com um script.

3 2 PEDRO MORHY BORGES LEAL Esse trabalho foi baseado no artigo Cloud computing: state-of-the-art and challenges escritos por Qi Zhang, Lu Cheng e Raouf Boutaba, e foi originalmente publicado no Journal of Internet Services and Applications em Janeiro de Benefícios O grande numero de benefícios que Cloud Computing tem sobre os modelos antigos vem atraindo a atenção no mundo. Todos os benefícios são relacionados entre si, abaixo eles são apresentados[2]: Baixo Investimento Inicial: Descritos no exemplo da introdução, o usuário não precisa comprar um servidor para ele com as configurações baseadas na perspectiva sobre a quantidade de uso do novo portal on-line, que desenvolveu, no ano. Com pouco ele pode contratar uma pequena maquina virtual em um dos provedores de serviço e se o portal fizer sucesso ele pede para melhorar os recursos. O custo por hora de uma maquina virtual bem simples na Amazon EC2 é de U$0.02[3], ou seja, em um mês utilizando 24 horas por dia temos aproximadamente U$ Baixo Custo: A agilidade na alocação e desalocação de recursos torna a utilização deles em uma forma ótima, não desperdiçando dinheiro e nem perdendo usuários finais por falta deles. Aumento de armazenamento: O limite de armazenamento não depende mais da quantidade de servidores que a empresa tenha, no tamanho do banco de dados que possui internamente, ou no espaço físico interno. Podemos pensar que não existe limite de armazenamento, sempre que precisar de mais armazenamento é só alocar recursos na cloud. Escalabilidade: O provedor de serviços possui uma grande quantidade de recursos para casos em que o usuário precisa rapidamente aumenta-los. Isso traz mais agilidade e segurança ao usuário. Nos modelos antigos a demora é muito maior, o que traz muitos problemas e por conseqüência mais gastos. Mobilidade: O acesso ao gerenciamento da nuvem é muito simples, geralmente sobre uma interface web, possibilitando o acesso de qualquer lugar e qualquer dispositivo. Equipe de TI com outro foco: Os problemas de hardware e alocação de recursos agora são problemas do provedor de serviços, o foco da equipe agora pode ser direcionado a outro assunto. 3. A arquitetura em camadas O ambiente de um servidor de Cloud Computing é geralmente divida em camadas, cada camada tem sua própria responsabilidade e não precisa e nem tem acesso as responsabilidades das outras camadas. Isso nos traz o benefício de baixo acoplamento, o que facilita utilização de diferentes aplicações para cada camada já que a implementação delas não afeta muito como as camadas se comunicam. Abaixo vemos os detalhes de cada uma delas:

4 CLOUD COMPUTING 3 Camada de Hardware: responsável pelos recursos físicos como servidores, switches, roteador, etc. Então nesta camada preocupações como configuração, tolerância a falhas, consumo de energia e resfriamento precisam ser levadas em conta. Geralmente os provedores de nuvem compram containers que já possuem toda infra-estrutura de um servidor, só é preciso plugar o cabo de rede e energia e pronto. Camada de Infra-estrutura: responsável pelo gerenciamento de recursos disponíveis. Utilizando a virtualização essa camada abstrai o hardware. Alguns softwares de virtualização são o Xen, que é utilizada pela Amazon EC2[4] e Rackspace[5], KVM e o VMWare. A virtualização que traz a vantagem de alocar e desalocar recursos abstratamente. Camada de Plataforma: aqui é onde o sistemas operacionais estão localizados e junto com eles as ferramentas para o software rodar como interpretadores e banco de dados. Isso serve para facilitar a implantação de alguma aplicação na cloud. Então caso o queira colocar uma aplicação web em Java, essa camada possue todas as ferramentes e confirgurações necessárias para esse processo ser facilmente executado. Camada de Software: Está localizado as aplicações que rodam na cloud. Só depende de como a camada de plataforma está implementada para rodar e ter determinados comportamentos, como se aproveitar da elasticidade de recursos, ou de um determinado banco de dados. 4. Modelo de Negócios Os modelos de negócios utilizados se baseia arquitetura de camadas, temos três deles: Infrastructure as a Service(IaaS), Platform as a Service(PaaS) and Software as a Service(SaaS). Cada um tem determinado serviço a ser oferecido ao usuário. Na figura 1 temos a representação de cada uma, junto com o serviço concreto fornecido do lado direito e do lado esquerdo exemplos de implementações. Figura 1. Modelos de Serviços Oferecidos

5 4 PEDRO MORHY BORGES LEAL A primeiro modelo é o SaaS que fornece aplicações prontas para usuários finais. O Google Docs 2 é um exemplo, o usuário utiliza um editor de texto na nuvem. E hoje em dia é visto diversos softwares que só eram utilizados nas próprias maquinas nos usuários finais são vistos implementados na nuvem, além do próprio Google Docs, temos o OnLive 3, que fornece jogos para serem executados na nuvem, o Animoto 4, que a partir de algumas fotos é feito um video com elas, efeitos visuais e sonóros, e automaticamente armazenado na conta do usuário para ele poder compartilhar com que quiser. Logo depois temos o PaaS, que fornece ao usuário alguma plataforma montada pronta para receber um tipo de aplicação desenvolvida. Por exemplo, o Google App Engine[6] oferece ao usuário arcabouços de Java e Python, então o usuário só precisa colocar uma aplicação desenvolvida em uma dessas linguagens e, sem a necessidade de instalar o banco de dados e o framework, a aplicação já pode entrar em produção. A Microsoft também tem um serviço com esse modelo chamado Microsoft Azure. E por fim temos o IaaS que fornece maquinas virtuais ao usuário. O usuário tem a possibilidade de escolher suas configurações iniciais de VMs e a partir de uma interface tem a possibilidade de gerenciar essas maquinas virtuais. Na figura 2 temos um exemplo de uma tela de gerenciamento da Cloud da Amazon, uma das provedores de IaaS. Nela temos diversas informações sobra as maquinas virtuais dos usuários, como qual é a sua configuração ou o estado atual dela: iniciando, ligada, desligada ou desligando. Vale lembrar que apenas quando a maquina está no estado ligada é que ela é cobrada do usuário. 5. Tipos de Cloud Existem diferentes tipos de implementações de Computação em Nuvem. Os exemplos descritos até o momento se referiam à Clouds Públicas, a mais utilizada atualmente. Porém ela possui algumas desvantagens que para algumas aplicações são bem críticas. O controle de processamento de dados não é muito eficiente, já que provavelmente mais de um usuário estará dividindo recursos de uma mesma maquina com outros usuários e caso ocorra uma sobrecarga de tarefas, o serviço para o usuário ficará mais lento do que o normal. Além disso existe uma escassez de configuração de segurança que são muito importantes para aqueles tipos de aplicações. Para tentar solucionar esses problemas, um modo oferecido é a Cloud Privada, que não compartilha recurso com outros usuário. Ainda sim podemos ter diversas aplicações, mas o usuário é o mesmo, e ele que controla como os recursos são compartilhados entre a suas aplicações. Nesse caso, o ambiente é muito mais controlado porém perde as grandes vantagens que a Cloud Pública traz, como o investimento inicial muito baixo e a alta escalabilidade. Uma opção para ter o benefício das duas mencionadas acima, é utilizar a chama Cloud Híbrida. Parte dela é uma Cloud Privada, onde o usuário tem o seu ambiente controlado

6 CLOUD COMPUTING 5 Figura 2. Tela de Gerenciamento da Amazon EC2 mas se precisar escalar ou possuir algumas tarefas que não são tão críticas e podem ser executadas em um ambiente de recursos compartilhados é só utilizar a parte pública, que utiliza serviços de uma provedora de Cloud Pública. Quando o problema da Cloud Pública for a falta de configurações e segurança, a alternativa é utilizar as chamadas Virtual Private Clouds que funciona como uma camada em cima da pública, formando uma casca de proteção a mais e com as configurações que o usuário precisar. 6. Tecnologias Relacionadas A Computação na Nuvem tem uma certa relação com diversas tecnologias encontradas atualmente. A primeira delas é a Computação em Grade, ambas se utilizam da idéia de computação distribuída, onde vários computadores são utilizados para realizar um mesmo objetivo. A diferença é que a Cloud utiliza-se da tecnologia de virtualização para dividir recursos e utilizar-los de uma forma dinâmica. Cloud Computing emprega um modelo chamado Utility Computing, que traz a idéia de prover recursos sob demanda e apenas pagar pelo que utiliza, ao invés de pagar uma mensalidade fixa. Do mesmo modo que nós pagamos apenas e energia que utilizamos em nossas casas, esse modelo aplica isso para a computação.

7 6 PEDRO MORHY BORGES LEAL Virtualização é a tecnologia base de cloud. Ela abstrai a camada de hardware para as aplicações de alto-nível permitindo ao usuário a alocação de recursos dinâmicos. A partir dela que a computação na nuvem traz algumas vantagens como a escalabilidade. 7. Características gerais Algumas características que a difere das tecnologias tradicionais são descritas abaixo: Recursos Compartilhados: Uma grande quantidade de recursos estão disponíveis em um provedor de serviços nas nuvens. Essa quantidade é compartilhada por diversos usuários. Esses recursos dinâmicos são muito úteis também para o provedor realizar suas tarefas de gerenciamento. Único local de acesso para diversos dispositivos: Como o gerenciamento de uma cloud é geralmente localizada na web, ela pode ser acessada de qualquer lugar e por qualquer dispositivo, como smartphones. Geo-Localização: Algumas provedoras de nuvem distribuem seus servidores em diversas regiões do mundo para atingir uma performance melhor a determinados usuários e uma maior segurança no seu serviço. A Amazon EC2, por exemplo, tem centros de dados localizados no leste e oeste dos Estados Unidos, na Irlanda e em Singapura. Fornecimento de Recursos Dinâmicos: O recursos oferecidos pela nuvem são caracterizados por serem altamente dinâmicos. Eles podem aumentar e diminuir conforme necessita o usuário. Isso traz uma redução de custos a ele, já que o que ele usa é especializado na demanda que possuí. Auto-organização: Um provedor de cloud deve ter recursos inteligentes para resolver problemas que surgem. Se em um determinado momento uma grande quantidade de acessos e utilização de processamento, por exemplo, ocorre e os servidores não estão preparados para isso, a nuvem deve se auto-organizar para não ter tantos problemas. Em uma grande data center situações como essa são comuns. Utility Computing: Como mencionado anteriormente, a cloud só cobra pelo o que o usuário utiliza e fornece recursos em demanda. 8. Pesquisas A Computação na Nuvem ainda é uma tecnologia muito nova, e ainda tem muito o que avançar. Muitos problemas ainda não estão resolvidos e ainda existe muita pesquisa sobre as técnicas e tecnologias utilizadas. Abaixo temos uma breve descrição de algumas delas: Oferecimento de Recursos Automatizados: Assim como dito anteriormente na seção 7, a cloud precisa ser inteligente para resolver problemas que ocorrem durante o seus funcionamento. Quando essas situações ocorrem elas devem ser resolvidas em tempo real, sem interromper o sistema.

8 CLOUD COMPUTING 7 Migração de Virtual Machines: Em sistema altamente virtualizado e com muitos servidores, a migração de maquinas virtuais é invitavel. Por exemplo, temos dois servidores, um está muito carregado e outro não. É interessante passar uma maquina virtual para o mais vazio, mas como fazer isso sem que o usuário dela não perceba? Consolidação de Servidores: Um data center possui muitos servidores e para evitar custos muito altos de energia e até de compra de mais servidores é necessário algoritmos de como otimizar o uso deles. Então se alguns servidores não estão em uso é interessante desliga-los para não gastar energia ou distribuir os processos de outros para ele? Algoritmos que resolvem problemas de consolidação de servidores são NP-difícil. Gerenciamento de Energia: Em 2006 nos Estados Unidos o consumo de energia dos data centers superou 1,5% do consumo de energia do país. Centros de processamentos de dados gastam muita energia e representam uma grande parte dos custos gerais de uma cloud. Então, por exemplo, problemas de como refrigerar esses servidores de uma forma ótima ainda não estão completamente resolvidos. O gerenciamento de energia é um tópico que é altamente discutido hoje em dia. Gerenciamento e Análise de Trafego de Dados: Para um melhor gerenciamento e planejamento de uma Cloud, é interessante possuir dados e análises de como está o tráfego de dados de um data center, porém neles existem milhares de conexões, e como rastrear de uma forma inteligente esse grande tráfego de dados ainda é uma questão que precisa de muita pesquisa. Segurança de Dados: Uma outra grande pesquisa em computação na nuvem é a segurança dos dados. Os provedores precisam garantir que os dados de cada usuário não podem ser acessados por outros. Diversas técnicas de segurança são utilizadas porém em cloud vários usuários dividem os mesmo recursos, e como impedir que um usuário não tenha como acessar o recurso dos outros ou como garantir que os dados do usuário são realmente confidenciais. Software Frameworks: Para o gerenciamento e o funcionamento de uma cloud, diversos softwares são utilizados. Como por exemplo o MapReduce, que gerencia como as tarefas são distribuídas entre os diversos nó existentes, porém estudos mostram que essa ferramenta se comporta de um modo diferente dependendo do tipo de tarefa utilizada. Outros tipos de ferramenta como gerenciamento de arquivos em uma cloud são utilizados. 9. Testes de serviços de cloud Um estudo de performance realizado em Junho de 2010[8]pela Bitcurrent e Webmetrics. Uma quatidade de testes realizados em 5 diferentes plataformas de nuvem: Amazon(IaaS), Google(PaaS), Rackspace(IaaS), Salesforce.com(PaaS) e Terremark(IaaS). Para cada uma delas uma bateria de diferentes tipos de testes foram realizadas. Os testes foram: Requisição de um objeto pequeno Requisição de um objeto grande

9 8 PEDRO MORHY BORGES LEAL Execução de tarefas intensivas de processamento Execução de tarefas intensivas de entrada/saida Execução 5 aplicações do mundo real Figura 3. Média de latência nos 4 testes para cada plataforma A imagem 3 mostra a média de latencia nos 4 primeiros testes da lista acima para cada serviço. Todas lidaram bem com a imagem pequena, já com a imagem de 2 MB a Rackspace, Amazon e Terremar, todas que oferecem infra-estrutura como serviços demoraram um tempo substancial. Para processamento de dados a Salesforce foi bem devagar, e Amazon também, mas para amazon a configuração utilizada foi bem pequena. E por fim a de entrada e saida, o Google foi o melhor de todos. Na execução de aplicações nativas, no gráfico mostrado na figura4, as clouds PaaS se sairam melhores novamente. A Salesforce e a Google foram bem rápidas, seguidas de Amazon e Rackspace. Por ultimo com uma grande quantidade de testes com tempo de resposta de 12 segundos fica a Terremark. Outras informações sobre os testes e mais gráficos podem ser encontrados no documento publicado. Além disso, no documento está escrito algumas conclusões a partir dos testes

10 CLOUD COMPUTING 9 Figura 4. Performance de aplicações nativas feitos. A primeira delas é que outros usuários que utilizam a mesma cloud realmente afetam a sua performance. Se alguns usuários estão utilizando os mesmos recursos que você e de uma forma bem expressiva, isso é refletido no seu desempenho. Mas nas clouds PaaS quando o sistema está devagar, ele está para todos que o utilizam, enquanto que nas clouds IaaS isso já é um pouco diferente, existe uma separação maior de CPU. Além disso, quando o alguém quiser contratar o serviço tem que pensar para qual propósito será, já que, cada tipo de aplicação reflete de um modo diferente em cada tipo de nuvem. Na seção de benefícios, está descrito em um dos itens que o fornecimento de armazenamento é muito grande, mostrando um pouco a idéia de que é ilimitado, mas nesses testes é mostrado que isso tem um preço. Para passar muitos dados para a nuvem custa muito tempo, o processo não é rápido.

11 10 PEDRO MORHY BORGES LEAL Referências [1] Zhan, Q et al (2010) Cloud computing: state-of-art and research challenges Journal of Internet Services and Applications 1(1):7-18 [2] [3] Dezembro de 2010, [4] [5] [6] [7] [8] Cloud computing performance. A Bitcurrent study on the performance of cloud computing platforms. Julho, 2010 disponível em

Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores

Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores Disciplina - Sistemas Distribuídos Prof. Andrey Halysson Lima Barbosa Aula 12 Computação em Nuvem Sumário Introdução Arquitetura Provedores

Leia mais

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS SISTEMAS DISTRIBUÍDOS Cluster, Grid e computação em nuvem Slide 8 Nielsen C. Damasceno Introdução Inicialmente, os ambientes distribuídos eram formados através de um cluster. Com o avanço das tecnologias

Leia mais

10 DICAS DE TECNOLOGIA PARA AUMENTAR SUA PRODUTIVIDADE NO TRABALHO

10 DICAS DE TECNOLOGIA PARA AUMENTAR SUA PRODUTIVIDADE NO TRABALHO 10 DICAS DE TECNOLOGIA PARA AUMENTAR SUA PRODUTIVIDADE NO TRABALHO UMA DAS GRANDES FUNÇÕES DA TECNOLOGIA É A DE FACILITAR A VIDA DO HOMEM, SEJA NA VIDA PESSOAL OU CORPORATIVA. ATRAVÉS DELA, ELE CONSEGUE

Leia mais

Infraestrutura: devo usar a nuvem? Prof. Artur Clayton Jovanelli

Infraestrutura: devo usar a nuvem? Prof. Artur Clayton Jovanelli Infraestrutura: devo usar a nuvem? Prof. Artur Clayton Jovanelli Conceitos principais Nuvem Local Dados (informações) Profissional Pessoal Procedimento padrão (modelo) Produzir Armazenar Como era... Como

Leia mais

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Aula 1 Conceitos da Computação em Nuvem A computação em nuvem ou cloud computing

Leia mais

A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer

A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer lugar e independente da plataforma, bastando para isso

Leia mais

Alexandre Malveira, Wolflan Camilo

Alexandre Malveira, Wolflan Camilo Alexandre Malveira, Wolflan Camilo Introdução Cloud Computing Computação Móvel SaaS, PaaS e IaaS CloudBees Diariamente arquivos são acessados, informações dos mais variados tipos são armazenadas e ferramentas

Leia mais

Arquiteturas Paralelas e Distribuídas

Arquiteturas Paralelas e Distribuídas Arquiteturas Paralelas e Distribuídas TSI-6AN Apresentado por: Cleber Schroeder Fonseca 1 CLOUD COMPUTING 2 Cloud Computing A expressão cloud computing (computação nas nuvens) começou a ganhar força em

Leia mais

Fernando Seabra Chirigati. Universidade Federal do Rio de Janeiro EEL879 - Redes de Computadores II Professores Luís Henrique Costa e Otto Duarte

Fernando Seabra Chirigati. Universidade Federal do Rio de Janeiro EEL879 - Redes de Computadores II Professores Luís Henrique Costa e Otto Duarte Fernando Seabra Chirigati Universidade Federal do Rio de Janeiro EEL879 - Redes de Computadores II Professores Luís Henrique Costa e Otto Duarte Introdução Grid x Nuvem Componentes Arquitetura Vantagens

Leia mais

Cloud Computing. Edy Hayashida E-mail: edy.hayashida@uol.com.br

Cloud Computing. Edy Hayashida E-mail: edy.hayashida@uol.com.br Cloud Computing Edy Hayashida E-mail: edy.hayashida@uol.com.br Facebook 750 milhões de usuários 42% de todos os usuários do Facebook estão localizado na América, 27% na Ásia e 25% na Europa 4% na África

Leia mais

Relatório de Progresso

Relatório de Progresso Luís Filipe Félix Martins Relatório de Progresso Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores Preparação para a Dissertação Índice Introdução... 2 Motivação... 2 Cloud Computing (Computação

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais UNIVERSIDADE BANDEIRANTE DE SÃO PAULO INSTITUTO POLITÉCNICO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Sistemas Operacionais Notas de Aulas: Tópico 33 e 34 Virtualização São Paulo 2009 Virtualização Ao falar em virtualização,

Leia mais

GIS Cloud na Prática. Fabiano Cucolo 26/08/2015

GIS Cloud na Prática. Fabiano Cucolo 26/08/2015 GIS Cloud na Prática Fabiano Cucolo 26/08/2015 Um pouco sobre o palestrante Fabiano Cucolo fabiano@soloverdi.com.br 11-98266-0244 (WhatsApp) Consultor de Geotecnologias Soloverdi Engenharia www.soloverdi.com.br.

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Felipe Pontes felipe.pontes@gmail.com

Planejamento Estratégico de TI. Felipe Pontes felipe.pontes@gmail.com Planejamento Estratégico de TI Felipe Pontes felipe.pontes@gmail.com VPN Virtual Private Network Permite acesso aos recursos computacionais da empresa via Internet de forma segura Conexão criptografada

Leia mais

CONCEITOS E APLICAÇÕES DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM

CONCEITOS E APLICAÇÕES DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM CONCEITOS E APLICAÇÕES DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM Rogério Schueroff Vandresen¹, Willian Barbosa Magalhães¹ ¹Universidade Paranaense(UNIPAR) Paranavaí-PR-Brasil rogeriovandresen@gmail.com, wmagalhaes@unipar.br

Leia mais

10 Dicas para uma implantação

10 Dicas para uma implantação 10 Dicas para uma implantação de Cloud Computing bem-sucedida. Um guia simples para quem está avaliando mudar para A Computação em Nuvem. Confira 10 dicas de como adotar a Cloud Computing com sucesso.

Leia mais

Aluno: Tiago Castro da Silva

Aluno: Tiago Castro da Silva Faculdade Tecnodohms I Mostra de Ciência e Tecnologia Tecnologias de Virtualização para CLOUD COMPUTING Aluno: Tiago Castro da Silva CURSO: REDES DE COMPUTADORES A Computação evoluiu e Cloud Computing

Leia mais

EXIN Cloud Computing Fundamentos

EXIN Cloud Computing Fundamentos Exame Simulado EXIN Cloud Computing Fundamentos Edição Maio 2013 Copyright 2013 EXIN Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser publicado, reproduzido, copiado ou armazenada

Leia mais

Armazenamento em nuvem é feito em serviços que poderão ser acessados de diferentes lugares, a qualquer momento e utilizando diferentes dispositivos,

Armazenamento em nuvem é feito em serviços que poderão ser acessados de diferentes lugares, a qualquer momento e utilizando diferentes dispositivos, Nuvem cloud Armazenamento em nuvem é feito em serviços que poderão ser acessados de diferentes lugares, a qualquer momento e utilizando diferentes dispositivos, não havendo necessidade de armazenamento

Leia mais

UMA VISÃO GERAL DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM

UMA VISÃO GERAL DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM UMA VISÃO GERAL DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM Ederson dos Santos Cordeiro de Oliveira 1, Tiago Piperno Bonetti 1, Ricardo Germano 1 ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil edersonlikers@gmail.com,

Leia mais

1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade.

1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade. 1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade. Todos nós da AGI Soluções trabalhamos durante anos

Leia mais

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV DATA CENTER VIRTUAL - DCV Em entrevista, Pietro Delai, Gerente de Pesquisa e Consultoria da IDC Brasil relata os principais avanços

Leia mais

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com SUMÁRIO Introdução... 4 Nuvem pública: quando ela é ideal... 9 Nuvem privada: quando utilizá-la... 12 Alternativas de sistemas

Leia mais

Núvem Pública, Privada ou Híbrida, qual adotar?

Núvem Pública, Privada ou Híbrida, qual adotar? Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 03/04/2015 Núvem Pública, Privada ou Híbrida, qual adotar? Paulo Fernando Martins Kreppel Analista de Sistemas

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação INF 108 Segurança da Informação Computação em Nuvem Prof. João Henrique Kleinschmidt Introdução Centralização do processamento Surgimento da Teleinformática Década de 60 Execução de programas localmente

Leia mais

Load Balance Benefícios e vantagens dessa funcionalidade.

Load Balance Benefícios e vantagens dessa funcionalidade. Load Balance Benefícios e vantagens dessa funcionalidade. Não espere seu ambiente cair para tomar providências. Saiba agora o que é o Load Balance. Load Balance 01. Eu tenho um problema? 02. O que é o

Leia mais

Uma Proposta de Framework de Comparação de Provedores de Computação em Nuvem

Uma Proposta de Framework de Comparação de Provedores de Computação em Nuvem Uma Proposta de Framework de Comparação de Provedores de Computação em Nuvem Igor G. Haugg Bolsista PIBITI/CNPq Orientador: Dr. Rafael Z. Frantz Área de Pesquisa Integração de Aplicações Empresariais Computação

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE APLICAÇÕES GRATUITAS EM NUVEM

ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE APLICAÇÕES GRATUITAS EM NUVEM ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE APLICAÇÕES GRATUITAS EM NUVEM Pedro Victor Fortunato Lima, Ricardo Ribeiro Rufino Universidade Paranaense UNIPAR Paranavaí Paraná Brasil pedrin_victor@hotmail.com, ricardo@unipar.br

Leia mais

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: UM FUTURO PRESENTE

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: UM FUTURO PRESENTE COMPUTAÇÃO EM NUVEM: UM FUTURO PRESENTE Andressa T.R. Fenilli 1, Késsia R.C.Marchi 1 1 Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí PR Brasil andressa.trf@gmail.com, kessia@unipar.br Resumo. Computação em

Leia mais

MCC - Mobile Cloud Computing

MCC - Mobile Cloud Computing MCC - Mobile Cloud Computing MAC0463/5743 - Computação Móvel Thiago de Gouveia Nunes 11 de junho de 2013 O que é Cloud Computing??!! O que é Cloud Computing??!! É. não. Tá mais pra algo assim... O que

Leia mais

Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes

Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes 3 MÁQUINAS VIRTUAIS Em nossa aula anterior, fizemos uma breve introdução com uso de máquinas virtuais para emularmos um computador novo

Leia mais

Computação nas Nuvens

Computação nas Nuvens Computação nas Nuvens TÓPICOS Introdução Internet: O fundamento principal O que é Computação em Nuvens Vantagens Dúvidas Corrida pela tecnologia Trabalhos Futuros Conclusão Referências 2 TÓPICOS Introdução

Leia mais

Rivolta Cloud Backup

Rivolta Cloud Backup Rivolta Cloud Backup Apresentação O que é o cloud backup? Cloud backup ou backup na nuvem é a forma mais economica e segura de manter as informações da sua empresa segura e sempre atualizada, caso haja

Leia mais

CLOUD. tendências CLOUD. entendendo e contratando assertivamente. Agosto/2012 INFORMATIVO TECNOLÓGICO DA PRODESP EDIÇÃO 02

CLOUD. tendências CLOUD. entendendo e contratando assertivamente. Agosto/2012 INFORMATIVO TECNOLÓGICO DA PRODESP EDIÇÃO 02 tendências CLOUD EDIÇÃO 02 Agosto/2012 CLOUD O conceito de nuvem é nebuloso Como uma organização pode contratar assertivamente Serviços em Cloud? Quais são os principais riscos de um contrato de Cloud

Leia mais

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho vi http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Administração de Redes de Computadores Resumo de Serviços em Rede Linux Controlador de Domínio Servidor DNS

Leia mais

Palavras-chave: Tecnologia da Informação, Armazenamento, Nuvem, Internet.

Palavras-chave: Tecnologia da Informação, Armazenamento, Nuvem, Internet. 1 COMPUTAÇÃO EM NUVEM Leonardo André Junges 1 Neimar Sierota 2 Palavras-chave: Tecnologia da Informação, Armazenamento, Nuvem, Internet. 1 INTRODUÇÃO Nos dias atuais encontramos tudo ou praticamente tudo

Leia mais

1 http://www.google.com

1 http://www.google.com 1 Introdução A computação em grade se caracteriza pelo uso de recursos computacionais distribuídos em várias redes. Os diversos nós contribuem com capacidade de processamento, armazenamento de dados ou

Leia mais

Prof. Ms. José Eduardo Santarem Segundo santarem@univem.edu.br. Demonstrar o impacto que o tema virtualização tem representado no mercado

Prof. Ms. José Eduardo Santarem Segundo santarem@univem.edu.br. Demonstrar o impacto que o tema virtualização tem representado no mercado Prof. Ms. José Eduardo Santarem Segundo santarem@univem.edu.br Demonstrar o impacto que o tema virtualização tem representado no mercado de TI. Apresentar alguns conceitos e técnicas sobre a tecnologia

Leia mais

UMA PROPOSTA PARA COMPARAÇÃO DE PROVEDORES DE COMPUTAÇÃO EM NUVEM DESDE UMA PERSPECTIVA DE INTEGRAÇÃO DE APLICAÇÕES 1

UMA PROPOSTA PARA COMPARAÇÃO DE PROVEDORES DE COMPUTAÇÃO EM NUVEM DESDE UMA PERSPECTIVA DE INTEGRAÇÃO DE APLICAÇÕES 1 UMA PROPOSTA PARA COMPARAÇÃO DE PROVEDORES DE COMPUTAÇÃO EM NUVEM DESDE UMA PERSPECTIVA DE INTEGRAÇÃO DE APLICAÇÕES 1 Igor G. Haugg 2, Rafael Z. Frantz 3, Fabricia Roos-Frantz 4, Sandro Sawicki 5. 1 Pesquisa

Leia mais

Por que Office 365? Office 365 Por que usar?

Por que Office 365? Office 365 Por que usar? Por que Office 365? Office 365 Por que usar? POR QUE OFFICE 365? Olá. Nesse guia, vamos tratar de um serviço que está sendo extremamente procurado por executivos e especialistas em TI das empresas: o Office

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL CLOUD SERVER

PROPOSTA COMERCIAL CLOUD SERVER PROPOSTA COMERCIAL CLOUD SERVER Sobre a AbsamHost A AbsamHost atua no mercado de hosting desde 2008, fornecendo infraestrutura de data center a diversas empresas no Brasil e no mundo. Focada em servidores

Leia mais

5 Mecanismo de seleção de componentes

5 Mecanismo de seleção de componentes Mecanismo de seleção de componentes 50 5 Mecanismo de seleção de componentes O Kaluana Original, apresentado em detalhes no capítulo 3 deste trabalho, é um middleware que facilita a construção de aplicações

Leia mais

Computação em Nuvem. Alunos: Allan e Clayton

Computação em Nuvem. Alunos: Allan e Clayton Computação em Nuvem Alunos: Allan e Clayton 1 - Introdução 2 - Como Funciona? 3 - Sistemas Operacionais na Nuvem 4 - Empresas e a Computação em Nuvem 5 - Segurança da Informação na Nuvem 6 - Dicas de Segurança

Leia mais

João Víctor Rocon Maia Engenharia de Computação - UFES

João Víctor Rocon Maia Engenharia de Computação - UFES João Víctor Rocon Maia Engenharia de Computação - UFES Agenda Quem usa? Conceito Ilustração Vantagens Tipologia Topologia Como fazer? O que é preciso? Infraestrutura Sistema Operacional Software Eucalyptus

Leia mais

Roteamento e Comutação

Roteamento e Comutação Roteamento e Comutação Design de Rede Local Design Hierárquico Este design envolve a divisão da rede em camadas discretas. Cada camada fornece funções específicas que definem sua função dentro da rede

Leia mais

Conceitos Básicos de Rede. Um manual para empresas com até 75 computadores

Conceitos Básicos de Rede. Um manual para empresas com até 75 computadores Conceitos Básicos de Rede Um manual para empresas com até 75 computadores 1 Conceitos Básicos de Rede Conceitos Básicos de Rede... 1 A Função de Uma Rede... 1 Introdução às Redes... 2 Mais Conceitos Básicos

Leia mais

Escolha seu serviço Cloud O melhor do Cloud

Escolha seu serviço Cloud O melhor do Cloud Escolha seu serviço Cloud O melhor do Cloud CAPA Comparamos os melhores serviços de Cloud Computing do Brasil em três categorias de ofertas. Leia e descubra qual é o mais adequado para suas necessidades.

Leia mais

Universo Online S.A 1

Universo Online S.A 1 Universo Online S.A 1 1. Sobre o UOL HOST O UOL HOST é uma empresa de hospedagem e serviços web do Grupo UOL e conta com a experiência de mais de 15 anos da marca sinônimo de internet no Brasil. Criado

Leia mais

SIMCAP Simpósio de Computação Aplicada Cloud Computing

SIMCAP Simpósio de Computação Aplicada Cloud Computing SIMCAP Simpósio de Computação Aplicada Cloud Computing A importância da nuvem na indústria dos games. Fábio Araújo Quintas / 2009027846 Micaely Bernardo Freire/2009036250 Ana Carolina M. Castro / 2008117299

Leia mais

Renan Borges Pereira¹, Rodrigo Rodrigues da Silva². Faculdade de Tecnologia de Ourinhos FATEC. renanzaum_1@hotmail.com¹, rodrigues_fatec@hotmail.

Renan Borges Pereira¹, Rodrigo Rodrigues da Silva². Faculdade de Tecnologia de Ourinhos FATEC. renanzaum_1@hotmail.com¹, rodrigues_fatec@hotmail. Renan Borges Pereira¹, Rodrigo Rodrigues da Silva² Faculdade de Tecnologia de Ourinhos FATEC renanzaum_1@hotmail.com¹, rodrigues_fatec@hotmail.com² Há algum tempo o termo computação em nuvem ou Cloud Computing

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA DE PLATAFORMAS DE COMPUTAÇÃO EM NUVEM

ANÁLISE COMPARATIVA DE PLATAFORMAS DE COMPUTAÇÃO EM NUVEM ANÁLISE COMPARATIVA DE PLATAFORMAS DE COMPUTAÇÃO EM NUVEM Igor dos Passos Granado¹, Ricardo de Melo Germano¹, Claudete Werner¹, Gabriel Costa Silva² ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavai PR Brasil

Leia mais

4 Estrutura do Sistema Operacional. 4.1 - Kernel

4 Estrutura do Sistema Operacional. 4.1 - Kernel 1 4 Estrutura do Sistema Operacional 4.1 - Kernel O kernel é o núcleo do sistema operacional, sendo responsável direto por controlar tudo ao seu redor. Desde os dispositivos usuais, como unidades de disco,

Leia mais

SOBRE A CALLIX. Por Que Vantagens

SOBRE A CALLIX. Por Que Vantagens Callix PABX Virtual SOBRE A CALLIX Por Que Vantagens SOBRE A CALLIX Por Que Vantagens Por Que Callix Foco no seu negócio, enquanto cuidamos da tecnologia do seu Call Center Pioneirismo no mercado de Cloud

Leia mais

Guia Rápido de Licenciamento do SQL Server 2012

Guia Rápido de Licenciamento do SQL Server 2012 Guia Rápido de Licenciamento do SQL Server 2012 Data de publicação: 1 de Dezembro de 2011 Visão Geral do Produto SQL Server 2012 é uma versão significativa do produto, provendo Tranquilidade em ambientes

Leia mais

Virtualização de Sistemas Operacionais

Virtualização de Sistemas Operacionais Virtualização de Sistemas Operacionais Felipe Antonio de Sousa 1, Júlio César Pereira 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil felipeantoniodesousa@gmail.com, juliocesarp@unipar.br Resumo.

Leia mais

Estratégia da VMware: O modelo corporativo definido por software e o desafio de simplificar a TI. Anderson Ferreira Bruno Amaral 22 Ago 2014

Estratégia da VMware: O modelo corporativo definido por software e o desafio de simplificar a TI. Anderson Ferreira Bruno Amaral 22 Ago 2014 Estratégia da VMware: O modelo corporativo definido por software e o desafio de simplificar a TI Anderson Ferreira Bruno Amaral 22 Ago 2014 Desafios de TI Arquitetura da VMware Estratégia da VMware Sucesso

Leia mais

Apresenta. SofStore o mais novo aliado no gerenciamento do seu negócio

Apresenta. SofStore o mais novo aliado no gerenciamento do seu negócio Apresenta SofStore o mais novo aliado no gerenciamento do seu negócio SofStore Um Novo Sistema Para Sua Empresa SofStore Apresentação Experiência no Varejo A ID Brasil Sistemas atua no segmento de varejo

Leia mais

Proposta de Avaliação de Empresas para o uso do SAAS

Proposta de Avaliação de Empresas para o uso do SAAS 1 INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO Gestão e Tecnologia da Informação/ IFTI 1402 Turma 25 09 de abril de 2015 Proposta de Avaliação de Empresas para o uso do SAAS Raphael Henrique Duarte

Leia mais

Soluções Completas. Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de:

Soluções Completas. Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de: Soluções Completas Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de: - Conexões compartilhada (.IP) e dedicada (.LINK); - Data Center com servidores virtuais

Leia mais

SUMÁRIO 1. AULA 6 ENDEREÇAMENTO IP:... 2

SUMÁRIO 1. AULA 6 ENDEREÇAMENTO IP:... 2 SUMÁRIO 1. AULA 6 ENDEREÇAMENTO IP:... 2 1.1 Introdução... 2 1.2 Estrutura do IP... 3 1.3 Tipos de IP... 3 1.4 Classes de IP... 4 1.5 Máscara de Sub-Rede... 6 1.6 Atribuindo um IP ao computador... 7 2

Leia mais

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive Google Drive um sistema de armazenagem de arquivos ligado à sua conta Google e acessível via Internet, desta forma você pode acessar seus arquivos a partir de qualquer dispositivo que tenha acesso à Internet.

Leia mais

www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432

www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432 www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432 Sua Infra na Nuvem Quem somos A Under é uma empresa de tecnologia e infraestrutura para internet, fundada em 2002. Figuramos entre as maiores empresas

Leia mais

NUVEM HÍBRIDA: DEIXE AS PREOCUPAÇÕES COM SEGURANÇA NO PASSADO.

NUVEM HÍBRIDA: DEIXE AS PREOCUPAÇÕES COM SEGURANÇA NO PASSADO. NUVEM HÍBRIDA: DEIXE AS PREOCUPAÇÕES COM SEGURANÇA NO PASSADO. Muitas empresas brasileiras estão interessadas nas vantagens proporcionadas pela computação em nuvem, como flexibilidade, agilidade e escalabilidade,

Leia mais

Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes

Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes EN-3610 Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes Computação em Nuvem Introdução Centralização do processamento Surgimento da Teleinformática Década de 60 Execução de programas localmente Computadores

Leia mais

Capítulo 2 Introdução à ferramenta Flash

Capítulo 2 Introdução à ferramenta Flash Capítulo 2 Introdução à ferramenta Flash Índice 1. O uso da ferramenta Flash no projeto RIVED.... 1 2. História do Flash... 4 1. O uso da ferramenta Flash no projeto RIVED. É importante, antes de iniciarmos

Leia mais

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Prof. Victor Halla Conteúdo Arquitetura de Processadores: Modo Operacional; Velocidade; Cache; Barramento; Etc. Virtualização: Maquinas virtuais; Gerenciamento

Leia mais

Introdução ao Modelos de Duas Camadas Cliente Servidor

Introdução ao Modelos de Duas Camadas Cliente Servidor Introdução ao Modelos de Duas Camadas Cliente Servidor Desenvolvimento de Sistemas Cliente Servidor Prof. Esp. MBA Heuber G. F. Lima Aula 1 Ciclo de Vida Clássico Aonde estamos? Page 2 Análise O que fizemos

Leia mais

Simple Storage. Storage Orientado ao objeto: Armazenamento de arquivos com a segurança e a economia que sua empresa precisa

Simple Storage. Storage Orientado ao objeto: Armazenamento de arquivos com a segurança e a economia que sua empresa precisa Simple Storage Storage Orientado ao objeto: Armazenamento de arquivos com a segurança e a economia que sua empresa precisa Simple Storage Storage Orientado ao objeto: Armazenamento de arquivos com a segurança

Leia mais

Por Antonio Couto. Autor: Antonio Couto Enterprise Architect

Por Antonio Couto. Autor: Antonio Couto Enterprise Architect Cloud Computing e HP Converged Infrastructure Para fazer uso de uma private cloud, é necessário crescer em maturidade na direção de uma infraestrutura convergente. Por Antonio Couto O que é Cloud Computing?

Leia mais

6/06/2012 09h26 - Atualizado em 26/06/2012 12h30 Boot to Gecko: o futuro celular da Mozilla

6/06/2012 09h26 - Atualizado em 26/06/2012 12h30 Boot to Gecko: o futuro celular da Mozilla 6/06/2012 09h26 - Atualizado em 26/06/2012 12h30 Boot to Gecko: o futuro celular da Mozilla O mercado brasileiro de dispositivos móveis em breve ganhará mais uma grande plataforma. Anunciado oficialmente

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais

Fundamentos de Sistemas Operacionais Fundamentos de Sistemas Operacionais Professor: João Fábio de Oliveira jfabio@amprnet.org.br (41) 9911-3030 Objetivo: Apresentar o que são os Sistemas Operacionais, seu funcionamento, o que eles fazem,

Leia mais

Soluções em. Cloud Computing. para Calçados Pegada

Soluções em. Cloud Computing. para Calçados Pegada Soluções em Cloud Computing para Calçados Pegada Principais Tópicos: Resumo executivo A Calçados Pegada procurou a Under no início de 2010 para uma solução de email corporativo em cloud. Em pouco tempo,

Leia mais

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Parceiros de serviços em nuvem gerenciada Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Implemente a versão mais recente do software da SAP de classe mundial,

Leia mais

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão em Tecnologia da Informação - Turma nº 25 08/04/2015. Computação em Nuvem

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão em Tecnologia da Informação - Turma nº 25 08/04/2015. Computação em Nuvem Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão em Tecnologia da Informação - Turma nº 25 08/04/2015 Computação em Nuvem Carlos Henrique Barbosa Lemos RESUMO Este trabalho tem por objetivo tratar

Leia mais

Entendendo como funciona o NAT

Entendendo como funciona o NAT Entendendo como funciona o NAT Vamos inicialmente entender exatamente qual a função do NAT e em que situações ele é indicado. O NAT surgiu como uma alternativa real para o problema de falta de endereços

Leia mais

Biblioteca Virtual do NEAD/UFJF GOOGLE APPS EDUCATION: FERRAMENTA DE EDIÇÃO, COMUNICAÇÃO E PESQUISA

Biblioteca Virtual do NEAD/UFJF GOOGLE APPS EDUCATION: FERRAMENTA DE EDIÇÃO, COMUNICAÇÃO E PESQUISA GOOGLE APPS EDUCATION: FERRAMENTA DE EDIÇÃO, COMUNICAÇÃO E PESQUISA Módulo de Acolhimento UAB/UFJF 2008 PrezadoCursista, Baseado na perspectiva de que você terá que se familiarizar com alguns recursos

Leia mais

Computação em Nuvens IaaS com Openstack. Eng. Marcelo Rocha de Sá marcelo@jambu.com.br FLISOL - Belém - Pará 25 de abril 2015

Computação em Nuvens IaaS com Openstack. Eng. Marcelo Rocha de Sá marcelo@jambu.com.br FLISOL - Belém - Pará 25 de abril 2015 Computação em Nuvens IaaS com Openstack Eng. Marcelo Rocha de Sá marcelo@jambu.com.br FLISOL - Belém - Pará 25 de abril 2015 Nuvens Computacionais IaaS com Openstack Nuvens Computacionais Serviços em nuvens

Leia mais

Como instalar uma impressora?

Como instalar uma impressora? Como instalar uma impressora? Antes de utilizar uma impressora para imprimir seus documentos, arquivos, fotos, etc. é necessário instalá-la e configurá-la no computador. Na instalação o computador se prepara

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? As ofertas de nuvem pública proliferaram, e a nuvem privada se popularizou. Agora, é uma questão de como aproveitar o potencial

Leia mais

TRIBUTAÇÃO NA NUVEM. Tax Friday 21 de outubro de 2011 AMCHAM - RJ

TRIBUTAÇÃO NA NUVEM. Tax Friday 21 de outubro de 2011 AMCHAM - RJ TRIBUTAÇÃO NA NUVEM Tax Friday 21 de outubro de 2011 AMCHAM - RJ PROGRAMA 1. INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO EM NUVEM CONCEITOS APLICÁVEIS 2. PRINCIPAIS OPERAÇÕES E ASPECTOS TRIBUTÁRIOS POLÊMICOS INTRODUÇÃO À

Leia mais

Classificação::Modelo de implantação

Classificação::Modelo de implantação Classificação::Modelo de implantação Modelo de implantação::privado Operada unicamente por uma organização; A infra-estrutura de nuvem é utilizada exclusivamente por uma organização: Nuvem local ou remota;

Leia mais

Como medir a velocidade da Internet?

Como medir a velocidade da Internet? Link Original: http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2012/05/como-medir-velocidade-da-suainternet.html Como medir a velocidade da Internet? Pedro Pisa Para o TechTudo O Velocímetro TechTudo é uma

Leia mais

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Satélite Manual de instalação e configuração CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Índice Índice 1.Informações gerais 1.1.Sobre este manual 1.2.Visão geral do sistema 1.3.História

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos Modelo Cliente-Servidor: Introdução aos tipos de servidores e clientes Prof. MSc. Hugo Souza Iniciando o módulo 03 da primeira unidade, iremos abordar sobre o Modelo Cliente-Servidor

Leia mais

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Cloud Computing (Computação nas Nuvens) 2 Cloud Computing Vocês

Leia mais

Processos Técnicos - Aulas 4 e 5

Processos Técnicos - Aulas 4 e 5 Processos Técnicos - Aulas 4 e 5 Trabalho / PEM Tema: Frameworks Públicos Grupo: equipe do TCC Entrega: versão digital, 1ª semana de Abril (de 31/03 a 04/04), no e-mail do professor (rodrigues.yuri@yahoo.com.br)

Leia mais

a evolução do marketing digital.

a evolução do marketing digital. a evolução do marketing digital. Você está preparado para conhecer o modelo de negócio que irá lhe proporcionar a liberdade financeira? NOSSA empresa A Welike é uma plataforma de comércio eletrônico e

Leia mais

Resumo da solução SAP SAP Technology SAP Afaria. Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva

Resumo da solução SAP SAP Technology SAP Afaria. Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva da solução SAP SAP Technology SAP Afaria Objetivos Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva Simplifique a gestão de dispositivos e aplicativos Simplifique a gestão de dispositivos e aplicativos

Leia mais

COMPUTAÇÃO EM NUVEM. Michele Marques Costa 1,2, Julio César2 ¹Universidade paranaense (Unipar)

COMPUTAÇÃO EM NUVEM. Michele Marques Costa 1,2, Julio César2 ¹Universidade paranaense (Unipar) COMPUTAÇÃO EM NUVEM Michele Marques Costa 1,2, Julio César2 ¹Universidade paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil Mih_nai@hotmail.com juliocesar@unipar.br Resumo. Este artigo contém a definição e citação

Leia mais

UTILIZAÇÃO DA COMPETÊNCIA DE TI ATRAVÉS DE UM ABRANGENTE PLANEJAMENTO DE CAPACIDADE E MODELAGEM DE CARGAS DE TRABALHO

UTILIZAÇÃO DA COMPETÊNCIA DE TI ATRAVÉS DE UM ABRANGENTE PLANEJAMENTO DE CAPACIDADE E MODELAGEM DE CARGAS DE TRABALHO S Y S T E M S ASG-PERFMAN 2020 UTILIZAÇÃO DA COMPETÊNCIA DE TI ATRAVÉS DE UM ABRANGENTE PLANEJAMENTO DE CAPACIDADE E MODELAGEM DE CARGAS DE TRABALHO ASG ASG-PERFMAN 2020: Visão Global A sua capacidade

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE III: Infraestrutura de Tecnologia da Informação Atualmente, a infraestrutura de TI é composta por cinco elementos principais: hardware, software,

Leia mais

Java. para Dispositivos Móveis. Thienne M. Johnson. Novatec. Desenvolvendo Aplicações com J2ME

Java. para Dispositivos Móveis. Thienne M. Johnson. Novatec. Desenvolvendo Aplicações com J2ME Java para Dispositivos Móveis Desenvolvendo Aplicações com J2ME Thienne M. Johnson Novatec Capítulo 1 Introdução à computação móvel 1.1 Computação móvel definições Computação móvel está na moda. Operadoras

Leia mais

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos Eficiência operacional no setor público Dez recomendações para cortar custos 2 de 8 Introdução Com grandes cortes no orçamento e uma pressão reguladora cada vez maior, o setor público agora precisa aumentar

Leia mais

Manual AGENDA DE BACKUP

Manual AGENDA DE BACKUP Gemelo Backup Online DESKTOP Manual AGENDA DE BACKUP Realiza seus backups de maneira automática. Você só programa os dias e horas em que serão efetuados. A única coisa que você deve fazer é manter seu

Leia mais

TRIBUTAÇÃO NAS NUVENS Uma Regulação em Debate

TRIBUTAÇÃO NAS NUVENS Uma Regulação em Debate TRIBUTAÇÃO NAS NUVENS Uma Regulação em Debate Workshop Divisão Tributária 18.04.2013 CIESP - CAMPINAS PROGRAMA 1. BREVE INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO EM NUVEM 2. PRINCIPAIS OPERAÇÕES E ASPECTOS TRIBUTÁRIOS POLÊMICOS

Leia mais

Arquitetura dos Sistemas de Informação Distribuídos

Arquitetura dos Sistemas de Informação Distribuídos Arquitetura dos Sistemas de Informação Distribuídos Quando se projeta um sistema cuja utilização é destinada a ser feita em ambientes do mundo real, projeções devem ser feitas para que o sistema possa

Leia mais

Introdução a Computação nas Nuvens

Introdução a Computação nas Nuvens Introdução a Computação nas Nuvens Professor: Rômulo César Dias de Andrade. E-mail: romulocesar@faculdadeguararapes.edu.br romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br PROFESSOR... Mini CV: NOME: RÔMULO

Leia mais