FUNDADO PUNDADO EM 9 DE ABRIL DE 'i< científica revela: Gerald Thomas e o ácaro são a mesma. pessoa!

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FUNDADO PUNDADO EM 9 DE ABRIL DE 'i< científica revela: Gerald Thomas e o ácaro são a mesma. pessoa!"

Transcrição

1 JORNAL DO JO BRASL JORNAL DO BRASL SA 1996 RO DE JANERO Quinta-feira 24 DE OUTUBRO DE 996 FUNDADO PUNDADO EM 9 DE ABRL DE 1891 Preço para o Rio: R$ 1,00 Centro do Rio é palco de arte Mágicos, cantores, malabaristas, acrobatas. realejos, dançarinos, palhaços e até engolidores de fogo (à direita) transformam as ruas do Centro do Rio em um grande palco de diversão e arte aberto ao público. Os espetáculos atraem de balconistas a executivos, divertem a valer crianças de rua e distraem os aposentados, democratizando o entretenimento e levando lazer a quem não pode comprar entrada para o teatro ou circo. (Páginas l e 2) mm i<! BPesqmsa Pesquisa científica revela: Gerald Thomas e o ácaro são a mesma pessoa! O beatle George Harrison trai John Lennon com Emerson Fittipaldi! Depois de Xuxa, Nastassja Kinski é acusada de crime de lesa ao consumidor! Sociedade civil elege Eduardo Eugênio GouvêaVieira sua ZoraYonara! Por causa das perspectivas de crescentes déficits comerciais, o presidente Fernando Henrique pediu ao ministro do Planejamento, Antônio Kandir. a elaboração de novas medidas de estímulo às exportações e de corte de gastos para conter o rombo nas contas públicas. On- aperta mais Real h para proteger tem. o ministro-chefe da Casa Civil, Cióvis Janeiro. Tudo por causa do medo do déficit Central (BC), Gustavo Franco, disse Carvalho, disse que o que o governo vai extinguir ou comercial, do julgamento da ação judicial dos governo conta com a entrada de investimentos reformular órgãos e empresas estatais. O mercado financeiro viveu uma quarta-feira tensa ce titulos da divida externa. Em Nova orque, do BC (TBC) para novembro foi fixada em cm recibos da Telebrás e da queda de 2,73% nos para cobrir o déficit. A Taxa Básica de Juros as bolsas de dc valores fecharam em queda de durante uma conferência conferencia para investidores, o 1,78%, contra 1,82% atualmente em vigor. 0,4%, em cm São Sao Paulo, e de 1%. no Rio de diretor de Assuntos nternacionais do Banco (Págs. (Pags. 15 e c 16 e c nforme Econdmico, Econômico, pág. pag, 17) o Alexandre Durdo Grega da fraude é expulsa Maria Stavrinou. 51 anos, a grega que fraudou as eleições do Rio em 1994, obrigando o Tribunal Regional Eleitoral a anular e repetir o pleito para deputado federal e estadual. será expulsa do Brasil, por determinação do presidente Fernando Henrique Cardoso. A ordem de expulsão foi publicada no Diário Oficial do dia 14 e ontem o Ministério da Justiça comunicou á Policia Federal que a grega deve ser delida. Maria Stavrinou foi denunciada pe- o JORNAL DO BRASL porvender votos a um suposto comprador, o vereador do PFL de São Gonçalo Dilson Drumond. Passando-se por assessor de Dilson. um repórter do JB chegou a entregar a grega, cm seu escritório no edifício São Borja (na Avenida Rio Branco, 277) um cheque de RS (Página 2) * 1 >\i**\*v li"-t >:.v/..;a:_- KSHB6M$yfe.#H tose lose Veríssimo \ erissinio precisou pagar RS 58 e esperar três tres horas horns para conseguir retirar do depósito deposito da PM seu sen carro varro rebocado Morre aos 86 S,\o Paulo Holvio Romoro Reboque é anos o general Sílvio Frota Ministro do Exército de 1974 ;t 1977 e um dos expoentes da linha dura durante o regime militar. foi sepultado ontem no Rio o general Sílvio Frota, que deixou pronto um livro de memórias umda não publicada. 0 general morreu aos 86 anos, de insuficiencia respiratória aguda. (Pagina S) KB indústria sob suspeita Os reboques particulares que. entre janeiro e setembro, guincharam para a Prefeitura do Rio carros podem estar atuando ilegalmente. Além dc não passarem pot licitação, os rebocadores recebem diretamente dos donos dos veículos rebocados parte da taxa de liberação. A indústria dos reboques faturou neste período RS 37(1 mil. (Pág. 23) Menem pede "abertura" ndenização a demitidos não da Petrobrás O presidente argentino, Carlos Menem, pediu que o governo brasileiro acelere o fim do monopólio da "O Petrobrás. que estamos solicitando e a abertura da Petrobrás. sso não é nenhum pedido tora do que è correto", disse. Menem voltou a elogiar Fernando Henrique: "Ele é realmente excelente." «m " -«- L descontará R n As indenizações pagas pelo governo federal aos funcionários públicos que aderirem ao Programa de X-- missão Voluntaria (PDV) serão isentas de mposto de Renda. Os servidores que aderirem ao PDV nos primeiros dias vão receber um adicional de 25% sobre o total da indenização. Cartões Bank of Boston, Os cartões que acompanham o seu estilo de vida e todos os padrões de qualidade. Agora com SO C\ ) BANCO DE BOSTON Atendimento de1 classe COTAÇÕES SALÁRO MÍNMO (outubro) R$ 112,00. DÓLAR Comercial (compra) RS Coroeroal {venda) RS 1,0265. Paralelo (compra) RS Paralelo (venda) RS 1,075. Turismo (compra) RS : Turismo (venda) RS TR do dia a %; TBF do dia a %, UF1R (outubro) Para PTU residencial, comerciai e territorial, SS e Alvará RS Ano CVl N 199 Assinatura JB (novaai... W.OÚA» DOGi.?wa Rk> «Si! S-5000? O 190 Salão nternacional do Automóvel, aberto ontem em São Paulo, deixou o público boquiaberto. Menos pelas máquinas de última geração exibidas pelas maiores montadoras do mundo e mais pelas mulheres que andaram pelo salão, chamando a atenção do público para os novos carros. Poucas foram as empresas que não contrataram modelos, geralmente em roupas insinuantes, para desfilar junto com os lançamentos. A feira foi também uma boa oportunidade para o anúncio de investimentos no país, como o feito pela montadora americana Chrysler. A empresa vai construir uma fábrica de veículos em Campo Larço, no Paraná. (Pág. 21) DORA KRAMER Dcspudor e falta de civilidade unem brancos e índios em Brasília. Página 2 EDTORAL O presidente Jacques Chirac teve ontem o seu dia de De Gaulle. Asas para Voar, p g. 10 ACiSSO ACESSO RAPDO E FACL FAcil AO SEU NFOWAY. swiiidivij s (OS &a32l4a4.) (oodiqiwo t* tn ta 4\ 4*. da* lh AS as tab. toh. Aot tibadot. Ui>i4ot, da* das fh 4s a* ijh.

2 . DO BRASL JORNAL JORNAL DO BRASL " SA 1996 "" T nn.,- FUND A DO ABB1L? EdWo Pre,.. Bl.l R«1f0 Quinta-lcira BE Db RO DE JANERO Quinta-feira 24 DE OUTUBRO DE 1)% FUNDADO EM 9 DE ABRL DE 1891 DepoisdeXuxa, Centro do Rio. Pesquisa «Pesquisa ll\tmrmt gdhf e cientffica Nastassja Kinski é é científica palco de arte _\JTTY deatode acusada crime revela: Mágicos, cantores, malabaristas, lesa ao consumidor! acrobatas. realejos, dançarinos, palhaços c Gerald Qbeatle até engolidores de fogo (á direita) Thomas transformam as ruas do Centro do Rio em e o ácaro Sociedade civil elege um grande palco de diversão e arte aberto ao público. Os espetáculos atraem de S0a, são a Eduardo Eugênio O beatle George Harrison balconistas a cxccutivos, divertem a valer yrdignio GouvêaVieira sua crianças de rua e distraem os aposentados, mesma trai John Lennon com democratizando o entretenimento e levando ZoraYonara! pessoa! la/er a quem não Emerson Fittipaldi! pode comprar entrada para o teatro ou circo. (Páginas 1 e 2) Real mais FH aperta para proteger Centrai (BC). Gustavo Franco, disse que o Janeiro. Tudo por causa do medo do déficit governo conta com a entrada de investimentos comercial, do julgamento da ação judicial dos SSSSrS para cobrir o déficit. A Taxa Básica de Juros recibos da Telebrás e da queda de 2.73% nos SSpa»i do BC ferfre5ov,sie *m>o«& *.* (TBC) para novembro foi fixada em. nio Kandir. a elaborapio de novas mcdidas de rado tareiro vi.a títulos da dívida externa. Em Nova orque, de durantc conlerenria invcstidorcs. 1.78%, 1.78%. contra l,82/o 1,82% atualmcnu. atualmente em era vigor.. i estimulo as cxportacocs e de corlcde gaslos as o ss djrelor durante uma conferência para investidores, o dc ntemacionais (Pilgs. n/orme tcmom. nara conter o rombo nas contas pubhcas. On- 0,4 /. cm Sao rauio, A,e, ndre (Págs. 15 e 16 e nforme Econômico, pág. 17) diretor de Assuntos nternacionais do Banco Alexandre OurSo Dorfto gional Elcitora! a anular c rcpoli Maria Stavrinou foi denunciada pelo JORNAL DO BRASH, por Mil der votos a urn fuposto comprador, o vcrcador do ll, de Sao Goncalo Dilffn nruinond. Passando-sc por assessor de Dilson. urn reporter do ; g.b chegou a fcntregar a grega, cm EPPPPPPP seu escritorib no cdificio Sao Boi-.-. <,...,., -. p\f rnrm rebocudo ttwttl L<«c YerMijLou p«g«rs58. c-perar clegu.r rear To rip, $V k, Morre aos 86 anos o general Sílvio Frota Ministro do Exército de 1974 a l)77 e um dos expoentes da linha dura durante o regime militar, foi sepultado ontem no Rio o general Silvio Prota. que deixou pronto um livro de memórias ainda não publicado. O general morreu aos 86 anos, de insuficiencia respiratória aguda. (Página S) 1 Menem pede "abertura" ndenização a demitidos não descontará R da Petrobrás As indenizações pagas pelo governo federal aos funcionários públicos 0 presidente argentino. Carlos que aderirem ao Programa de Demissão Voluntária (PDV) serão isentas Menem, pediu que o governo brasileiro acelere o fim do monopólio da "O Petrobrás. que estamos solicitando e c a abertura abcrtura da Petrobrás. Petrobras. *w~ * que adcrirem primciros vao de mposto de Renda. Os servidores que isso riao e V aderirem nos primeiros dias vão sso não é nenhum pedido fora do recebcr receber um urn adicional de 25% sobre e correto\disse.mcnem _.. 0 o total da indenização. indenizavao. (Página (Pagina 7) que é correto", Menem voltou a elogiar Fernando Henrique: excelcnte." (Pag. Lj " ~ ~7 "Ele e realmente excelente." (Pág. 12) ] n 0 19 Salao nternational do Automovel,..TArftK aberto ontem em Sao Paulo, deixou o publico JJJ333JEiH DORA KRAMER fcartses Cartões Bankl Despudor e falta de civilidac SALÁRO SAUkBloMmi.0 RS W mhw rt-f Ronton d6lar Come,c,al MlNMO <comf>ra>ps10260 (outubro! 112,00 mundo e mais pelas mulheres que andavam unem brancos e indios cm ACESSO DÓLAR Comercial (compra) 1,0260. Comercial (venda) RS 1,tK6S Paraieto leompra) _ cell MPAWAY pelo RAPDO rtclp of v/ Boston. UvJ3lx/l mercia! R$ l tt>65 compra),.,ln nuhlill) nara OS BraSlLa. Brasília. rápido e fácil n,t linminnhlm r$ 1,066; ParaietOtvemSaiRS 1.075; tunsmo saluo, choltuutdo 0 atenao UO puultco para Pigina AO StU TOW AT. i s i i icompia) R$ 1.065, Paralelo (s-emja) 1.075, Turismo Página 2 AO SEU NFOWAY. Os c artões que acompanham (compra) RS rs Turismo (vendai (vemjai RS R$ nnvos carros. Poucas foram as emptesas que ;,odos 05 ZffiLVSS&Siii TR do d>a a 2<s 10 o 0.W96H seu estilo de vida e todos os mo -w conmwam mmm. geraimem m rou- ff m~suja) TBF Cto dia a 22.H %: padots d" cjahdadc pas UFTR padrões de qualidade. (outubro) Para PTU resdencial, comercial miimnm, para de,fito junto C-.A- EDTORAL e territoria* ftmentos. SS e Alvará RS Agora com SO Afeirafoi tambim uma boa oportu- 0 nrkideme JacquK tcve t=3 fibwcodt boston -wcvi- viw radoife para o anuncw dewmnmenlos mpah, onicmoscudiadcdcoaulle. O presidente Jacques Chirac amnm teve Nl 11W,.fit--: ifflfialls C-)«wcoutMMOS An>( - como o 1(imSimii-!rf:-----l ler. feito peta montwaraamcncmackrys- ontem o seu dia de De Gaulle. BANCO DE BOSTON o 1 Asas A empresa vai construir uma fabrica de para Voar, pág, 10 ***% " *1 wicubs em Camnp Largo, no Parana. (Pag- *1) W*m2m m\nmwv ** Ci«5«<*d«... t 4

3 /-) JORNAL DO BRASF BRASn. "W S A * n 1 TT T" TT ""..unnpiwr, QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DÈ 1W6 Política Politica COSAS DA POLÍTCA DORA KRAMER Grega acusada de fraude eleitoraj Brancos e índios unidos pelo vexame despudor com o que é público c a falta de civilidade unem (J dois episódios ocorridos terça-feira cm Brasília. A diterenca c que um foi cometido por um grupo facilimo de atacar, saco dc pancadas permanentemente de plantão, que c o Cotieresso. O outro, perpetrado por indígenas, alvo de comoção geral e da boboca leniência dos autoproclamados politicamente C O que os separa, no entanto, não deve refrear impulsos críticos A banalização dos ataques ao Congresso nao autoriza silencio diante de deputados que Tingem reformar o Estado enquanto cuidam mesmo e de seus salários. Da mesma forma, a reverência ao silvícola não justifica que se ignore c considere natural o fato de índios xavantes tomarem como refem. cxpulsarem do trabalho c humilharem o presidente da Funai. Sim, porque se Júlio Gaigcr ainda nao avaliou corretamente o que houve na terça-feira, o Palácio do Planalto ja. E ali nao vigora nem uma réstia de dúvida a respeito da conven.enca de sua retirada de cena, diante da desmoralização em horano nobre. É certo que a troca do presidente - mais uma vez, pois este ano Márcio Santili também demitiu-se pouco tempo depois de ser preso na garagem por indígenas mancomunados com a corporação funaísta não resolve aquele problema. Lá ocorre o mesmo que acontece cm outros nichos incontroláveis do Estado, como a Receita Federal, a Policia Federal, o Banco Central, o ncra, entre outras ilhas inexpugnáveis ao controle externo. Contra elas não pode nem mesmo o presidente da República, que tem o diagnóstico da comphcaçao. ja a denunciou várias vezes de público, mas não da um passo cm direção ao desmonte., A questão não se resolve com a saída de Gaigcr, mas e lato que os rebeldes de terça conseguiram uma vitória que e a de tornar impossível sua permanência no cargo. Alguém que è posto para fora, jogado na calçada pelos próprios funcionários (os xavantes revoltosos ocupam cargos na Funai) e depois ainda acha tudo normal dizendo que a culpa é dos brancos que insuflam os indios. convenhamos, nao pode mais tomar uma decisão sem que corra o risco de outra vez ganhar a rua aos empurrões. Com branco insuflador ou sem branco insufiador, o fato é que a Funai evoluiu da condição dc nicho incontrolável para a situação de bagunça irremediável. A cena mostrada na televisão foi patética, B acerta quem acreditar na suposição dc que o presidente Fernando Henrique a tenha considerado assim.... E o presidente, que tão corretamente detecta a existcncia desses aleijôes que fogem ao comando do Executivo, considera que apenas a reforma do bagunça e o A Funai virou Estado será capaz de permitir Congresso um correções. É certo, dado que não se pode admitir posições de força à margem da lei. Justamente para isso é que se propõe a mudança da lei. poder que só se move em favor de seus próprios interesses E l. V.»vt essa proposta está agoraviu. em discussão no Congresso, dono do segundo vexame nacional da semana. Pelo comportamento dc suas excelências, reformas profundas ainda terão de esperar pela depuração natural que a cada pleito faz o eleitor. Nesse aspecto, os deputados que la estão deram uma demonstração dc pequenez inadmissível. A reforma seria votada ontem na comissão especial. Esse resultado conta pouco, a não ser pela ação predatória de produzir uma ilusão á sociedade. Os jornais trarão a noticia de que a reforma administrativa foi aprovada e isso não sera a verdade completa. Ao contrário. O que os deputados tramam é derrubar em plenário, através de um instrumento chamado emenda aglutinativa, a limitação dos ganhos dos que exercem funções públicas a RS Os deputados que têm aposentadorias querem manter seu direito a acumulação! Com 1 teto correm risco, pois salário de parlamentar mais aposentadoria na maior parte das vezes ultrapassa o limite. Então, pasme o leitor, estão apenas se decidindo entre as secuintes hipóteses: se excluem apenas parlamentares da regra ou se incluem na mamata todos os detentores de cargos eletivos. É um doce dilema, ainda mais que deixam a coisa para ser decidida apenas depois do segundo turno das eleições municipais. E ai pensam que enganam quem0 ( Rigorosamente ninguém, a despeito de, com essa atitude, estarem considerando que os cidadãos só adquirem inteligência em época de eleição. Fora dela. perdem o sentido da audição, da fala e principalmente do raciocínio. Pois quem perdeu o senso aqui foram os deputados. E do ridículo. E devem ser incluídos ai todos eles para que as exceções tenham, a fim de que não se desmoralizem junto, força para reaeir. O presidente Fernando Henrique disse ontem no Palacio. durante um discurso, que nao cederá um milímetro na reforma.,... A afirmação foi vaga e pode ser inútil. Vaga. pois nao disse exatamente a que tipo de concessão se referia, evitando colocar o dedo sobre a chaga. E inútil porque o Congresso e outro poder e se os lideres e liderados resolveram que mudam a proposta eles mudam independentemente da posição do presidente. Nào está claro também o que pensa gente de expressão, como o presidente da Câmara. Luis Eduardo Magalhães, que deve saber que, nesse caso, não bastará votar contra. Ou tomará licita a impressão de que enquanto o baixo clero se queima na opinião publica por ser explicito, os maiorais preservam-se por serem omissos. ser expulsa hoje do terá país que r 5.1 J: 4arr.AnUprpr dpfissr], 14, federals dsmb Ordem foi assinada dia mas no Rio agentes federais dizem desconhecer decisão Uia 1-», cario»maono-27no/94 y* FRANCSCO LEAL L Quadrilha foi BRASÍLA BRASLA Condenada por j detida em 1994 formação onnagao de quadrilha e fraude nas t. eleições :lei?5es em 1994 no Rio, a "Eu grega entro no sistema de computação e os votos começam a pm- Maria Vlaria Stravinou deverá dcvcra ser expulsa Hk f,:-jiiiil5.v dpus; hoje ioje do país, pais, por determinação detcrminasao do l " gar." Verdade ou mentira de estelionatária, a bravata foi contada expulsao HJV. presidente r>residente Fernando Henrique «, 9k Wm.. Cardoso. A ordem de expulsão foi,v j jk pela grega Mana Stavnnou, de S Diario :>T"SaMdMfc *jp» publicada no Diário Oficial do dia i anos, antes de ser presa, após as 14 c e ontem o Departamento amen to de Es- 11 eleições de outubro de 1994, a um trangeiros do Ministério Ministerio da Justiça JustiQa PjflflV suposto comprador de votos, o vercador do PFL de São Gonçalo comunicou à a Polícia Policia Federal grega que a f gj-ega deveria ser delida e expulsa do 1 Dílson Drumond, que ajudou a pals. 0 nao pais. O comunicado não havia chegado até ate o inicio da noite ao supennten- fraude foi caracterizada quando o Justiça a desbaratar a quadnlha. A dente da PF no Rio, Jairo Kullmann. jornalista Antônio José Mendes, do Ele disse, porém, que Maria Stavrinou está sob vigilância. j» se por um assessor de Drumond JORNAL DO BRASL, passando A grega foi ontem à a Delegacia entregou â grega um cheque de RS dc de Policia Marítima Maritima e Aerea Aérea de mi 10,5 mil. no esentório que ela mantinha no Centro. Fronteiras rotina semanal a que está obrigada desde que foi condenada, em abril de Mas não foi sala do edifício São Borja, ria O estouro do balcão de votos, na detida nem avisada de que deve Avendida Rio Branco 277, rendeu preparar-se para deixar o país, pais, pois fartas provas para que Maria Stavrinou fosse presa e investigada os policiais nào sabiam do decreto de extradição. Presa em flagrante la Polícia Federal, em inquérito que em 15 1S de outubro de de 1994 por integrar uma quadrilha que estava dio. decisivo para a anulação e a resultou em condenação. O episo- fraudando as eleições elei?6cs no Rio, lentandoevitar evitar lados federal e estadual, revelou uni Maria Stravinou vinha tentando repetição das eleições para depu a saída á força do pais, Em 1 dc esquena de corrupção que se estei?- julho deste ano. o presidente assi- f# dia da política fluminense incluir nou vcz dccreto pela primeira vez o decreto de & da a Assembléia Legislativa, presidida na época por José Nader jpffe. expulsão. Alegando estar no Brasil há muitos anos e ter que cuidar de aos gabinetes do Tnbunal Regional sua mãe, a grega pediu reconsideraçào do ato. Eleitoral (TRE). PPPpHpr O braço-direito de Maria Staytv havia recorrido contra o primeiro decreto de expulsão nou, o ex-serventuário da Justiça Em 14 deste mês, Fernando Henrique indeferiu o pedido, pedido. ordenando novamente a expulsão. expulsao. A anos mcses prisdo, (demitido) Roberto Ricardo da Sijr decisão decisao do presidente se baseou no fonnaciio ro u 2 anos e nove meses de prisão, Estatudo dos Estrangeiros no artigo 69 concede ao Ministério da Jus- chefe gozava no TRE. Ele tinha va, era prova viva do trânsito que a Tarn- Estatuto do Estrangeiro. A legisla- por fonnaçào de quadrilha. Tambèm foj foi condenada com base no liça o poder de determinar a prisão carteira de assessor do tribunal, ay çào dc de 1980 permite ao governo odigo Código fraudur decidir pela expulsão expulsao do estrangei- estrnngeiro condenado pela Justiça. Justin. Recençôçs. A grega tinha sido condenada dc 90 dias para garantir o cumprigador Décio tabaiana. Em uma Eleitoral, por fraudar elei- do estrangeiro por prazo máximo sinada pelo presidente, o desembar- grcgu a cumprir cumpnr penu cm em regime semi-abertomento do proccsso de expulsão. das várias agendas encontradas no temente, o Ministério Ministerio da Justiça JustJQa rt0 Podia p0(fm trabalhar durante o Caberá á Policia Federal pagar a escritório da grega, no Centro, dul passou a ser mais rigoroso com os dia no n0 Sindicato sindicato Nacional National dos Ambulantes e da ja Economia nformalh vôo em que Mana Stravinou viajamanca. Zilda, " Stavri- passagem e escolher o horário do constava a anotação TRE infor- estrangeiros condenados no pais, Mantes instaurando os processos de expulsão c encaminhando para análise do Rio de Janeiro. rã para a Grécia. nou participou até de reunião ampia do PSD, sempre chamada dc do presidente as conçlusôes Em 8 de abril, o Ministério da Na época da fraude, a grega tinha escritório na Avenida Rio doutora Mury. favorá- Justiça instaurou o processo de expulsào. Mana Stravinou premou de- Branco. Ali, Maria Stravinou e Os negócios escusos da grega \eís á saida do estrangeiro. Essa medida e adotada após a poimento na Policia Federal e alegou mais quatro pessoas montaram o ora apresentava-se como advogada, condenação do estrangeiro transitar em julgado (ser apreciada pela mente. Disse iiindü nào tinlui çào de mapas de votação e lança- limitavam à venda de votos. No que tinha sido condenada_ injusta- esquema de fraude, com adultera- ora como publicitária nao se última instância judicial). A grega como custear a volta á Grécia mento de votos no sistema de totalizaçào sem correspondência com o encontrou provas e indicios de en- escritório de Stavri nou, a polícia recorreu ao Tribunal Superior Eleitora! (TSE), mas nào conseguiu trangeiros do Ministério da Justiça, que estava nas cédulas. O Ministevolvimento em golpes no NSS, Ontem, o Departamento de Es- anular sua condenação com base na decisão final sobre o rio Público apurou que a quadrilha venda fradulenta de telefones e Em 24 de abril do ano passado, caso do presidente da República, adulterou boletins de urnas nas seçòes 32a, 269a, 400* e 803 da 25* de automóveis e ate fraudes no vtv imóveis, emplacamentos suspeitos Maria Stravinou foi condenada pela Justiça Eleitoral do Rio de Janei- para deter e expulsar a grega. O Zona repassou à Policia Federal a ordem tibular. Eleitoral. Candidatos u v <»vnlií%aii n rliretof As expectativas para o primeiro sor de Cabral Filho. alteração, mais uma vez para o horário original das 1 Th. de divulgação da TV Globo, Paulo para amanhã", explicou o diretor encontro do 2o turno entre os candidatos que disputam a Prefeitura cumento foi combinado anteontem Mas a assessoria de Cabral h- Carneiro. O horário da assinatura do do- "Não do Rio, Sérgio Cabral Filho entre as assessonas dos candidatos lho nega ter evitado o encontro sei por que Cabral 1ilho "Solicitamos (PSDB) e Luis Paulo Conde (PFL), e representantes da emissora. Ainda assim, no mesmo dia. segundo a equipe de Conde que o encontro algum problema. Nào quero julgá* com o á não veio, mas ele pode ter tido pefelista. acabaram frustradas. Os dois deveriam se reunir ontem à tarde na TV Globo, a equipe do tucano fosse trocado para o dia seguinte, lo", disse Conde, evitando conwntar a ausência do adversário, como yok redação da TV Globo, no Jardim tou atrás e tentou mudar o horário mas eles disseram que não era possível", afirmou Rogéno Monteiro. já havia feito durante visita ao C iu- Botânico, para assinar um termo de do encontro. O departamento de reconhecimento das regras do debate do dia 12. mas o documento equipe de Cabral Filho propôs an- daria à Rádio Catedral no fim da O anunciado debate entre o pre.- divulgação da emissora diz que a Conde cancelou entrevista que be Oásis, na Barra da Tijuca. ficou sem a assinatura de Cabral tecipar a reunião, que aconteceria tarde. Chegou â Globo antes do feito César Maia e o ex-governador Filho. No início da manhã, a assessoria do tucano ligou para a TV do candidato contesta a versão. Sedena a mão ao adversário, mas fi- Ciro Gomes pode estar próximo dc às 17h. para ás 5h30. A assessoria horário previsto, avisou que esten- do Ceará e ex-ministro da Fazenda Globo avisando que Cabral Filho não poderia comparecer. "Era gundo Rogério Monteiro, foi a cou sabendo que ele só assinara o preciso regravar alguns programas de própria emissora que sugenu a troca de horário. No fim do dia, po- impossibilidade de conciliar a agen- quarta-feira, dia 30, às 9h30. Cesai documento hoje â tarde. "Devido acontecer. A rádio CBN convidou a ontem o prefeito para o debate na TV e o único horáno disponível era rém, a equipe do tucano achou o da dos dois candidatos, decidimos Maia aceitou a proposta e a radio o da assinatura do documento, horário incompatível com a agenda manter a assinatura de Conde para ficou de confirmar a data e as rui justificou Rogério Monteiro, asses do candidato e pediu uma nova hoje e deixar a de Cabral Filho gras do debate. JUM111.UU iwgvuv TSE muda sistema eletrônico. - JBÈa*,.nrfirfá. BRASÍLA O Tnbunal Supenor Eleitoral (TSE) aprova hoje re- tores aptos a votar pelo sistema a modificação, a máquina só acei- turno, a cada voto confirmado, a bro. No total, são elei põem o número do candidato. Com ocorria a cada 15 minutos. No 2" solução regulamentando mudanças eletrônico no 2" turno. larà a digitação do segundo algarismo apos o intervalo. quete. Por precaução, urna v3i efetuar a gravaçào no dis- no sistema eletrônico de votação O presidente do TSE, Marco a urna eleirônica vai gerar um arquivo de nas 31 cidades onde haverá 2o turno. As alterações, apresentadas onviar até 3 de novembro todas as São Paulo a urna eletrônica regis- segurança (backup). Aurélio Mello, disse que espera en- O PT havia reclamado que em tem aos partidos, vão simplificar o orientações sobre as mudanças aos trabalho dos mesàrios e permitir Tnbunais Regionais Eleitorais. "Ja trava o numero. do candidato As mudanças no sistema tambem eliminarão alguns procedi- do PPB, Celso Pitta. quando os que as urnas eletrônicas defeituosas alcançamos êxito inimaginável em eleitores apertavam demais o algarismo 1. trónica nào vai mais travar se,o mentos de segurança, A unia ele- sejam substituídas durante a votaçào aperfeiçoamentos para o segundo 3 de outubro e faremos alguns Para facilitar o manuseio das urnas pelos mesános, o equipamento votos impressos for retirado fora de recipiente plástico para onde vão o-, Ȧs principais mudanças serão turno", disse Marco Aurélio. chegará às seções de votação com a feitas no software (programa de A única alteração que o eleitor urna computador) que faz a urna eletrónica funcionar. Nào havera modifi- plástica deve notar será adotada em atenção acoplada. hora. A máquina vai emitir um stnal e aparecerá na tela instrução Os disquetes onde serão armazenadas as m- cações no equipamento ou na maneira de votar. Segundo o TSE. 14 urna eletrônica vai exigir um intertalados na máquina. O sistema de locada no lugar. O mesmo vai ocor- a um pedido do PT de São Paulo. A formações da votação ja virão ms- para que a urna plástica seja reco- capitais e mais 17 municípios terào valo de 3 segundos entre a digitacão dos dois algarismos que com- mudou. No o turno, a gravarão gravação nos disquetes também rer quando o disquete for retirado vegundo turno no dia 15 de hovem- em momento inapropriado.

4 ~ JORNAL DO BRAS BRASH. QUNTA-t-HlRA. ".QUNTA-FERA. 24 DEOUTUBRO DE PL % POLTC POLÍTCA todos Palpites por os lados recebe sjls conflitantes de tucanos. A ultima foi Ciro Gomes, que defende a adogao a úllim. M de Cp Goma, q.e C,b l Filho «cb.,jlcom **d. As primeiras pesquisas do turno no Rio voltaram a fazer do -tucano Sérgio Cabral Pilho vitima do nervosismo que tomou conta de sua campanha, ainda em agosto, quando, de uma hora para outra, Luís Paulo Conde (PFL) trocou a lanterna pela posição de favorito. Como naqueles dias. os palpites sobre mudanças de estratégia chegam de todos os lados. E, quase sempre, as sugestões se opõem umas as outras. A mais recente partiu do ex-ministro Ciro Gomes, na noite de terça-feira, ppi reunião do candidato com arvistas. Há cinco dias no Rio. (iro chegou a um veredicto: Cabral "esqiierdizar o (liscurso" para atrair os eleitores de pilho precisa Chico Alencar, petista derrotado po 1" turno. E, em vez de ficar batendo em Conde e no prefeito César Maia. o tucano deve jncorporar propostas do P para convencer o eleitor de esquerda. A proposta de Ciro. no entanto. não conquista a unanimidade çjo PSDB. O governador Marcello Alencar, por exemplo, defende o ataque à administração de César.Maia posição oposta à do Reputado Eduardo Mascarenhas. integrante do conselho de campanha criado por Marcello. (orno.çjro. Mascarenhas acha que Cabral Filho precisa abandonar as criticas a» prefeito. Mas de modo diferente: o candidato, segundo deve agir como se estivesse mima "partida de futebol e perlimitar ao eleitor: vocc "Quem quer no seu time. Palpites de estratégias pouco claras dividem espaço com propostas radicais. O vice-governador Luis Paulo Corrêa da Rocha considera o ataque a César Maia fundamental. O secretario estadual de Administração. Augusto Werneck. recomenda que Cabral filho se dirija o tempo todo ao eleitor de Conde. Werneck acredita que, assim, o tucano poderá convencer os adeptos do adversario de que as obras do prefeito suo eleitoreiras. Cabral Filhò. nega o excesso de palpites Mas sempre tem a mêsma resposta para perguntas sobre as sugestões que lhe ta/em Lodos podem sugerir Mas a palavra final e minha". vice-governador defende a estratégia das denuncias contra a administração C ésar Maia. Acha que o candidato deveria ser mais agressivo nos ataques ao prefeito. Sua palavra dc ordem e: denuncia Luís Paulo acredita que C abral ilho erra po ; nãò comparar, na TV. as obras de César Maia com as da gestão de Marcello na prefeitura Eduardo Mascarenhas C ondena os ataques a César Maia. Por ele. Cabral Pilho deveria agir como se a eleição fosse lima P-" 1L futebol com dois jogadores" E perguntar Quem você quer no seu time?" Pará Mascarenhas. e perda de tempo ficar falando em dar prioridade á arca social", como faz Cabral Filho. Lm sua sensação, o eleitor não sabe o que é social mmmhoje _ n covcrnador Outre palpito: a cnndulaio cena- suhmeteria fin.uiv.a-. municipu..u g Marcello Alencar - O governador, acha Outro palpite: O candidato precisa mudar o cernirio dc seu programa, tirando os livros c a mesa do estado. submeteria as finanças do município ao governo no do scu programa. que Cabral Filho deveria politizar o discurso contra César Maia. Marcello sente falta dc uma que lhe dão um ar de Henrique jo- Marco Antônio - O filho mais velho do "Peruando "Pernando he diio defesa mais veemente das obras do estado e dc sua vem". eovernador é pela estratégia do ataque incessante gestão na prefeitura. Cabral Filho teria de apresentar essas realizações como um contraponto as Artur do Távola O scruidor píilpiiu a César Maia. Também acha que o candidato pouco para os jornais, mas nas reuniões fechadas deveria comparar a gestão do pai na prefeitura a "obras de fachada" de César Maia e de C onde Sc do conselho político concorda com as leses de de César Maia. E lembrar que Marcello tirou o dependesse do governador, o candidato ja teria Mascarenhas. Rio da falência. mudado toda a equipe de TV. Augusto Wernek O secretário de Administração de Marcello também acha que é Ciro Gomes - Acha que Cabral Pilho deve Luís Paulo Corrêa da Bocha "esqiierdizar" pre- o discurso para atrair a niilitancia 1 ciso atacar a administração César Maia. Na sua avaliação. Cabral Pilho deve se dirigir ao eleitor de Conde alertando-o mais ou menos assim: "Sabc aquela obra via sua rua? E eleitorèira 1 di/et que o PSDB e melhor que o PFL. Marco Aurélio Alencar Políticos da cúpula do PSDB carioca contam que o filho e secretario de Planejamento do governador deiende um apoio mais "dosado do ex-ministro ( iro Gomes. Marco Aurélio teria ficado aborrecido com o Convite antecipado a C iro para a Secrélaná de a/enda Segundo fctaiios. Marco \ureho interpretou o convite conto uniu o mui de!ic\ul«i de anular as criticas de que. eleito. C abral Pilho do PT. Nos bastidores, diz que só o entusiasmo dessa mílitância de esquerda pode salvar o tucano. \cha também que o candidato deve apostar no eleitorado pobre. P. vli/er o tempo todo que a eleição de Conde representa a vitória do PPL. o partido vias oligarquias", em unia cidade progressísta como o Rio. Einhart Jacome da Paz O homem dl marketimi trazido de São Paulo pelo SOB nega que tenha sido dele a idéia dc Cabral Filho se declarar contra o aborto. Diz que. se fosse cônsult.ido antes, o tucano simplesmente teria evitado a "féria pergunta enrolado, como fizeram Chico Mcncare Mira Peixeira" ondiiza u ctíin/hinlui o prefeito 1 Na mesma semana em que nc - mes ilustres do PSDB nadou; vieram ao Rio para tentar deslat - char a campanha de Sérgio C; - bral Filho, uma das maiores esjtrelas do PFL o prefeito eleito de Recife. Roberto Magalhães também desembarcou na cidadt Magalhães deixa hoje a tranqüil - dade do hotel Sheraton. em Sãp Contado, onde esta descansando, para uma visita ao prefeito César Maia. quando provavelmente encontrará o candidato pelelista a Prefeitura do Rio. Luís Paulo Conde. "Quero cumprimentar Roberto Magalhães, porque o admiro como deputado e homem públjco". üisse ontem Conde. O candidato do PFL também espera conversar com o presidetite do Comitê Rio 2004, Ronaldo Cezar Coelho, um dos fundadores do PSDB de Cabral Pilho "Vamos falar apenas; do Rio 2004". resumiu o candidato, Roberto Magalhães Sfirma que sua presença na cidade nao deve ser entendida como uma decisão de nacionalizar a campanha. Muito menos uma resposta a vinda dos tucanos. Perdedores O preleito eleito de Recife alega que Conde está tranqüilo na liderança da Üisputa. Ahas, segundo os pelelistas, os que vieram animar a campanha carioca foram os tucanos que perderam em suas própria cidades como o ministro via F.ducaçào. Paulo Renato, de São Paulo, e o líder do partido na Câmara dos Deputados. Nrthur Virgílio Neto, dc Manaus Manter a briga do PPT contra o PSDB restrita aos cariocas tem sido a estratégia da executiva naciortal pelelista Mas um encontro de Roberto Magalhães, f ésar Mata e Luís Paulo Conde consolida a imagem do lado bem-sacedívlo do PFL e. ao mesmo tempo, é a comemoração do bom desempenho no Sudeste coisa que o partido nunca havia conseguido Em Recile. Magalhães tatiibem enfrentou uni adversáno do PSDB. João Braga, que. a exent- "A plo do que ocorre no Rio. contou Tucano denuncia redução de verba com a ajuda de caciques tucanoi, pallvra mas terminou com apenas fuial é minha "Oprefeitonjevplic.Hiikondeu-h>, JLotw,»»,- 11 _ Sérgio Cabral Filho acha que \ poderosa Secretaria Municipal de Obras lhòcs prefeito não explicou onde veio o 0 tucano passou quase quatro horas ouvindo sugestões dos artistas sobre a melhor forma "César Maia já e a ligara mais dos votos observações como u da exisiencu responsável pelo projeto Rio Cidade e pela restante dos recursos. 1 sse tipo de manobra de um excesso dc palpites em sua i inha Amarela, recebera no proximo ano ocorre em quase toda a dotações orçamentarias de condu/ir sua campanha. \ arca cultural importante do partido no Sudcste", diz Roberto Magalhães "S",. campanha tem o objetivo de prejudicá-lo. já disse diversas orçamentaria de #7, publicada no Diário O ;- constituições estadual, federal e a 1 ei Organi- 2 turno, como reenrou o cfficasta Lm- C ailo- a menos de recursos. Pela pievisao da prefeitura sto e contra lei c desrespeita as ficou relegada ao segundo plano, ou melhor, ao "Eu Reconhecendo que o lortalecimento do partido vezes quem manda na campanha ciaifjja ( amara dos \ ereadores. na segunda-leira a secreüirff terá direito a RS 4 milhões \ secretaria de Fazenda Soi Ciarson. evpli larrvto s destacou por vi um uo Cvt. íli>se t abral Filho. Barreto. do Sérgio Cabral e o Sérgio C a- presentes no Rio deve ser bral. Õ que mais posso fazer.. em:m v Vitíõr loí de RS M bilhão No total, o coti que a previsão orçamentaria para T esta a reunião de ( abral ilho que la-tbem creditado á atuação dl preleito, parnciparam o "Nos lamentou. realmente reuni* orçamento de 7 sofrerá redução de 14.S4, em dentro da media dos gastos da prefeitura nos uios os companheiros de partido, relação ao deste ano denuncia foi leita ontem pelo últimos quatro anos. "1 do encontro com os artistas promovtdt pernambucano garante que nao m 96, houve superávit Pmio Conde no P uirno. Na mesma vai interferir em nenhum detalhe discutimos e ouvimos sugestões Km) e saudável. Mas quem da a candidato do PSDB a ordeno. Séfgio nos recursos, por isso a quçda aparente por l üís C omeçar um governo com Rs 4V» milhões cm caixa c cineasta Paulo Phiago. que vo \ nu ao Rio descansar e faço situação estavam o ator \nt da campanha de Conde Cabral Filho. palavra final sou eu. "Diante disso, como o Conde pretende lazer muito bom Nos efineçamos. em com apenas Rn 144 milhões para investimentos", disse \os poucos contra o Vvitv) nnk> uma visita de cortesia ao preleito Cabral Filho diz que. desvie o o Rio Cidade : preciso alertar a população 1" turno, a cobertura dos jornais "Quase para que não compre gato por lebre. disse Quanto a denúncia de gasto maior que o momentos cm que v>> divurvs a campanha na cidade e da alçada pre- se voltaram para questões artísticas sobraram exclusiva de Cesu Maia e do eaitdidato". afirma lhe tem sido desfavorável Para reforçar a denuncia, o tucano citou o \ isto no orçamento, Ciarson afirmou que o ludó que sai a nosso respeito e endividamento da prefeitura ilos últimos quatro anos. que passou de RS 615 milhões para sistema. tucano "não larpas para está sabendo ler" os números do a secretária Municipal de ( ultura. Helena Severo O ator Sthepan Neeerssian. que O rjjim." Sobre a divergência de "A secretária envia mensalmente a disse ter.yoiadoem SergiÓ \rouca (PF nv preleito eleito de Recife opinião entre os que pregam o Rs 1,9 bilhão. Segundo Cabral ilho. o provimo prefeito todos os órgãos das administrações direta e "racasso aprova a déia lançada pelò turno. classiticoii de a administraçào de clena Severo deputado José Jorge (P*. <je ataque a César Maia e os que reieitam essa estratégia, vi tucano ainda tera que pagar cerca de R"- indireta, a Camara e ao ribunai de Conta> do presidente nacional do L, "Nao 700 milhões a empreiteiras sobre obras realizadas este ano. mas que tem contrato de venci- Município um relatono com a evecuçav) orçamentaria do município. Os artistas forniarani uma discus* encerrou a questão: se a/ política sem confronto Se somos mento apôs P de dezembro. "O pila que o nome de César Maia seja são. recavla a uísque, queijos e nos, l)e pe. "Nao levado ao presidente Fernando eleitorado deve Artistas OcearenseC irocmines.ex-ministro da fazenda e cabo eleitoral numero um dois candidatos, e porque um e se preparar para a ressaca eleitoral que pode vir Cabral l ilho ouvia as sugestões tala do Henrique t ardoso, na discussão t c-sar Maia que amanhã is-o vai vi manchete sobre a reforma ministerial. 0 contra o outro. Senão, estaríamos com a eleição do C onde. disse de Cabral Filho, acabou sendo a csirela maior dos 4o mesmo lado. Então, tudo que O tucano mostrou ainda uni documento do encontro entre o tucano e artistas, anteontem a noite A sugestão para que o candidato Também estavam presentes os musicvts prefeito carioca, afinal, ja decla- jornais", pedia o cartunista Ziraldo. pudermos provar de malversaçao com a verba municipal de 19% para publicadade e Nana Cavnimi. Raimundo aviner. João Nogueira ministério extraordinário de Serou que gostaria de assumir um de recursos públicos c de pbras que em nada beneficiam o cidadão. v amos denunciar. propaganda. Pelo documento, obtido iunto ao Sistema de Acompanhamento de \eaia- os eleitores do PT ganhou a simpatia dc 70 e Geraldo \zevedo on atores \ntonio Pedro gurança adote um discurso mais à esquerda para atrair çào Orçamentaria da prcicuuta. a dotação para representantes das clave-» artística e cuituial Milton Gonçalves e Ricardo Petragka e ( ana "César Publica Maia é a pessoa O chefe de sua assessoria, jorniilista Rogério Monteiro, deu o a arca foi de RS 7.8 milhões ia com acréscimos, que compareceram á reunião no apartamenu Amado, o jornalista C arlos Eduardo Novaes, indicada", limita-se a comentar Roberto Magalhães. mas o empenho (gasto) chegou a RS 1\6 mi- de Cabral Pilho. entre outros fjêóm da insatisfação do candidato: ste tema dos palpites é recorrente L sempre que surge uma 0 Pm encontro na casa da sccretáriu municipal de C ultura. Helena Severo, na agoa. escultores, pintores, versão; o repórter liga. pergunta e tuivc que não é isso. Mas nao de César Maià compositores e escritores descobrirain um bom motivo para declarar Os adianta. No dia seguinte, abro os planos jornais é o que está la e a versão." "nunca Prefeito conta! sonho com çào aos políticos, a criatividade e a resistencia as Castello Branco. "Estou quase terminando apoio a l.uis Paulo Conde: no Brasil não se vota em partidos, mas em Rogério afirmou que pressões", acordeu todo feliz", contou de lé-lo". comentou, todo feliz, pessoas. Houve manifestações desinibidas de apoio -.to candidato do P1L. «fez uma matéria sobre crise no Jânio Quadros e acorda o prefeito. O sonho aguçou a ambição cio prefeito. P L. só no PSDB" V sugestões, "podem uíssc. ser feitas a vonta* "Mas pensando era ser No sonho, o prefeito contou que tarobem recebeu conselhos. om a força que presidente C César Maia comentou com interesse suas a ponto de se ter falado ate cm reeleiçâo. Aí. ( onde foi cauteloso: "Primeiro, deixa eu ser eleito. de" nenhuma desses que sugerem e candidato São companheiros de partido. O candidato c com Jânio Quadros e acordou manter os meus princípios e chances de ser presidente da República. Sc prefeito do Rio, C esar Maia. sonhou você tem. pode "Sempre presidente da Republica" Jânio "O Sérgio Cabral E quem decide, determina e da a palavra final e ele voltou à Terra, se aproximou da minha disse Jânio" César Maia tratou logo de çào que tenho hoje. é quase uma obrigação superar os impasses O caminho é esse*, me quando eu for governador, tiver a aprova- fui de esquerda, mas partido político Quadros no Brasil e uma questão mal transada. scothi Conde desde o primeiro amiespalhar a história entre assessores P um desabafo de quem só levou cama 8 disse Minha missão ficou tmcompleta, mas veio em voce muitas coinciden- ganhou ate um livro sobre a 1110 me candidatar Vou aonde o povo me levar. turno", declarou a pintora Marília de paulada julho para ca É só são quero generalizar, mas e me levar a deputado, senador. Se o Kran/. povo "Não voto no PFL, voto no o nosso sentimento na campa- cias a coraiiem. a independência em rela- Quadros, de autoria do jornalista Carlos presidente, esta b ( onde", reforçou o escritor e compositor Antônio Cícero.

5 < QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 1996? Êdiçflo POLÍTCA JORNA. DO BRASL todos os lados D Palpites 1 & por adogao Cabral Filho recebe sujtões conflitantes de tucanos. A última foi de Ciro Gomes, que defende a adoção de do PT propostas.. -« Ti «n i-ioilal.. M«rfii8Mt»«g.ft> OS w PALPTEROS WTiMofWWMWgiMt.. : V\" As primeiras pesquisas do 2 Magalhães visita V>i.vivi rt\>viiiv..«viw i»v. > turno no Rio voltaram a fazer do * ~ 1. _ o eovernador >cba Omro palpilc: candidate picasa mudar» ccna- *M *>*» municga sovcnio jfacano Sérgio Cabral Filho vitima ""j: 1 *rc*r..,;lconsto nervosismo que tomou conta Marcello Alencar - O governador acha Outro palpite: o candidato precisa o cenário de seu programa, tirando os livros e a mesa estado. submeteria as finanças do municipiõ ao governo hoje o prefeito dc scu proerama. liranmos Sesf «ladoj _. de sua campanha, ainda cm agos- que Cabral Filho deveria politizar o discurso contia César Maia. Marcello sente falta de uma que lhe dão um ar de Henrique jo- Marco Antônio Na mesma semana em que "Fernando,to, quando, de uma hora O filho mais velho do nomes ilustres do PSDB nacional Vftitra. para Luís Paulo Conde (PFL) defesa mais veemente das obras do estado e t e sua vem". governador é pela [estratégia do ataque incessante vieram ao Rio trocou a lanterna pela posição de uestão na prefeitura. Cabral filho teria de apresentar essas realizações como um contraponto as Artur da Távola O senador palpita a César Maia. Também aclui que o candidato para tentar deslanchar a campanha de Sérgio Ca- favorito. Como naqueles dias, os pouco para os jornais, "obras de fachada" de César Maia e de Conde. Se mas nas reuniões fechadas deveria comparar a gestão do pai na preleitura a do conselho político concorda com as teses de de César Maia. E lembrar que Marcello tirou o braj Filho, uma das maiores estrelas do PFL palpites sobre mudanças de estratecia chegam de todos os lados. E, dependesse do governador, o candidato ja teria Mascarenhas. Rio da falência o prefeito eleito mudado toda a equipe de TV. Augusto Werriek O secret.irio de Administração de Marcello também acha que e Ciro Gomes Acha que Cabral Filho deve de Recife, Roberto Magalhães quase sempre, as sugestões se Luís PaUlo Corrêa da Hocha "esquerdizar" preciso atacar a administraçao César Maia. Na sua do PT. Nos bastidores, diz. que so o entusiasmo Magalhães deixa hoje a tranqüili- o discurso para atrair a inilitáncia também desembarcou na cidade. opõem umas às outras. A mais recente partiu do ex-ministro vice-governador defende a estratégia das denuncias contra a administração César Maia. Acha que avaliação. Cabral Filho deve se dirigir ao eleitor dessa inilitáncia de esquerda pode salvar o tucano. dade do hotel Sheraton. em São Ciro Gomes, na noite de terça-feira, o candidato deveria ser mais agressivo nos ataques ao prefeito. tem reunião do candidato com aritlstas. Há cinco dias no Rio, Ciro Sua palavra de ordem de Conde alertando-o mais ou menos assim: Sabe aquela obra da sua ru.i? É eleitoreira dizer eleitorado pobre. E dizer o tempo todo que a Acha também que o candidato deve apostar no Conrado. onde está descansando, e: denuncia. Luis Paulo acredita que Cabral Filho erra por chegou a um veredicto: Cabral não comparar, na N. as obras de Ces.tt aia que o PSDH e melhor que o PFL eleição dc Conde representa à vitoria do PFL, "o para unia visita ao prefeito César Maia, "esquerdizar,-jnilho precisa o disourso" para atrair os eleitores de Eduardo Mascarenhas Condena os cúpula do PSDH carioca contam que o filho e sista como o Rio. Prefeitura do Rio. Luis Paulo com as da gestão dc Marcello Marco Aurélio Alencar Políticos da partido das oligarquias", quando provavelmente encontrarã o candidato pelelista a em uma cidade progres- na Breleitura. Cinco Alencar, petista derrotado ataques a César Maia. Por ele Cabral Filho deveria agir como se a eleição fosse partida dc de um apoio mais "dosado Einhart Jacome da Paz O homem secretário de Planejamento do governador defen- "uma do o turno. E. em vez de ficar Conde dó ex-ministro (íro dc marketing trazido dc Suo Paulo pelo PSDB "Quero cumprimentar Roberto Magalhães, batendo em ( onde e no prefeito futebol com dois jogadores". E Gomes. Marco Aurélio teria ficado aborrecido neça penuinur Quem -César Maia. o tucano deve incorporar propostas do PT para con- perda de tempo ficar falando em dar "prionqade dc 1 azend.i Segundo tucanos. Marco \ tado antes, o tucano simplesmente teria evitado a você quer no seu tihie? Para Mascarenhas. e com o convite antecipado a C iro para a Secretaria que tenha sido dele a idéia de Cabral Filho se declarar contra o aborto. Diz que, se fosse cônsul- porque o admiro como deputado e homem púbhco". disse ontem Conde. vencer o eleitor de esquerda. a área social", como faz Cabral Filho Em sua interpretou o convite como uma lorma perguntai "Teria enrolado, como fizeram Chico O candidato do PFL também A proposta de Ciro, no entanló. não conquista a unanimidade sensação, o eleitor não sabe o que é soqal. de anular as criticas de que. eleito. C abral lehcar e Mito leixeira espera conversar com o presidente do Comitê Rio 2004, Ronaldo do PSDB. O governador Marcello Cezar Coelho, um dos fundadores do PSDB de Cabra! Filho Alencar, por exemplo, defende o "Vamos falar apenas do Rio ataque administração de César.Maia posição oposta à do 2004". resumiu o candidato. Roberto Magalhães afirína deputado Eduardo Mascarenhas. integrante do conselho de campanha criado por Marcello. C omo que sua presença na cidade não deve ser entendida como uma dccisão de nacionalizar a campanha. Muito menos uma resposta a Ciro. Mascarenhas acha que Cahral filho precisa abandonar as vinda dos tucanos. criticas ao prefeito. Mas de modo Perdedores O preleito diferente: o candidato, segundo lle, deve agir como se estivesse "partida mima de futebol e per- untar ao eleitor: "Quem você quer no seu time". eleito de Recife alega que C onde está tranqüilo na liderança da disputa. Aliás, segundo os pefelistas, os que vieram animai a campanha carioca foram os tucanos que Palpites de estratégias pouco claras dividem espaço com perderam em Suas propru cidades como o ministro da Educa- propostas radicais; O vice-góyerna- \or Luís Paulo Corrêa da Rocha çào, Paulo Renato, de São Paulo; e o líder do considera o ataque a César Maia partido na Câmara dos Deputados, \rthur Virgílio fundamental. O secretario estaçlual de Administração Augusto Neto. de Manaus. Manter a briga do PF1 contra Werncck. recomenda que Cabral Filho se dirija o tempo lodo ao o PSDB restrita aos cariocas tem eleitor de Conde. Werncck acredita que, assim, o tucano cional sido a estratégia da executiva na- poderá pelelista Mas um encontro convencer os adeptos do adversario de que as obras do prefeito são Maia e Luis Paulo Conde coiiso- dc Roberto Magalhães, Cevir eleitoreiras. lida a imagem do lado bem-sucedido do PFL e. ao mesmo tempo, Cabral 1 iltío nega o excesso de.palpites. Mas sempre tem a rifoív i resposta para perguntas sobre penho no Sudeste coisa que o e a comemoração do bom deseja- "lodos podem sugerir. Mas a palavra aü sugestões que lhe a/em; partido mítica havia conseguido final é minha"- Ciro upnu-sí-f «njujwu u Em Recife, Magalhães também enfrentou um adversário do PSDB. João Braga. que. a exémpio do que ocorre no Rio, contou A palavra Tucano denuncia redução de verba com a ajuda dc caciques tucano, mas terminou com apenas 16. V» final é minha i.. f\ i.i.- im.t mxmiii miase ouatro ouvin " Sérgio Cabral Filho acha que \ poderosa Secretaria Municipal "O dc Obraresponsável pelo proicto Rio (idade i peía restante dos recursos Esse tipo de manobra do suwstões dos artistas sobre a melhor lorma "César Maia ja e a figura mais hòes. prefeito não explicou dc onde veio o C) tucano passou quase quatro horas ouviu lios votos. observações como a da existência de um excesso de palpites em sua Linha \nurcla. receberá no pioximo ano Ocorre em quase toda a dotações orçamentarias de conduzir sua campanha. \ área cultural campanha tem o objetivo de prejudicá-lo. já disse diversas orçamentaria de J997; publicada no Diário C)fi- constituições estadual, federai e a Lei Organt- 2" turno, como registrou o cíne:t>t i 1 uís C arlos 6.25?4 a menos de recursos Pela previsão da prefeitura sto e contra lei e desrespeita as Hcou relegada ao segundo plano, ou melhor, importante do ao partido no Sudeste", diz Roberto Malhàes "Eu Reconhecendo que o fortalecimento do partido no Rio deve ser vezes: quem manda na campanha ciai da Câmara dos \ civadorev na segnda*feira. a secretaria lera direito a Kv milhões \ secretária de Fazenda, So! Garson,ph- Barreto se destacou por ser um dos ca", dísse Cabral 1 ilho Barreto dó Sérgio Cabral e o Sérgio C a- presentes biil. O que mais posso lazer. cm "Nos fò, o valot foi dc RS 1.2 bilhão. No total, o lamentou realmente reuni- orçamento de ir cou que a previsão orçamentaria para esta a reunião de ( abra! FilSj» que também creditado a atuação do prefeito, parttciparam o sofrerá redução em ;deú.s4mo dentro da média dos gastos da preleitura nos mos os companheiros de partido, relação ao deste ano A denúncia loi leita outem pelo candidato do PSDB a prelcito. Sérgio quatro anos. "Em do encontro com os artistas promovido últimos discutimos e buvimig sugestões. pernambucano garante que nao 96, houve superávit nos recursos, por isso a queda aparente. C orneçar uni governo com RS 490 milhões em caixa é cineasta PauloThiago, que por Luís Paulo Conde no 1 turno. Na mesma vai interferir em nenhum detalhe situação estavam o ator Antônio Pedro e o da campanha de Conde sso e saffdàvel Mas quem da a " Cabral Filho votou no P mas e "Vira ao Rio descansar e laço palav ra final sou eu "Dmnic disso, como o Conde pretende liai muito bom. Nos começamos, em 93. com apenas RS 144 milhões para investimentos. disse V>s poucos contra o voto nulo. uma visita de cortesia ao preleito: v Cabral Filho diz que. desde o O Rio Cidade 2? É preciso alertar a população P turno, a cobertura dos jornais lhe tem sido desfavorável. "Quase para que não compre gato por lebre", disse Quanto á denuncia de gasto maior que o momentos em que os discursos a campanha na cidade e da alçada pre se voltaram para questões Para reforçar a denuncia, o tucano citou o visto no orçamento, Ci.irson alirmou que o artísticas, sobrai.un exclusiva de César Maia e do eandidato", afirma. tudo que sai a nosso respeito e num " endividamento da prefeitura nos últimos quatro anos, que passou tucano "não farpas para a secretária Municipal de ( ultura esta sabendo ler os números do Helena Severo Oator Sthepan Necerssianíque Sobre a divergência de opinião entre os que pregam o de "A RS 615 milhões para sistema. secretaria envia mensalmente a disse ter votado em Sérgio Arouca (PPS) no O preleito eleito de Recite RS 1,9 bilhão Segundo Cabral Filho, o pròximo prefeito todos os órgãos da administrações direta e turno, classificou dc "fracasso" aprova a idéia lançada pelo a administraçào de Helena Severo. deputado Jose Jorge ataque a César Maia e os que tejeitam essa estratégia, o tucano ainda terá que pagar cerca de RS indireta, a Camara e ao Tribunal de Contas do presidente nacional do Pí L. - (PE) de "Nao 700 milhões a empreiteiras sobre obras realizadas este ano. mas que têm contrato de vencimentária do município." Município um relatório com a execução orça- Os artistas formaram uma roda de diselissão. reuada a uísque, queijos e frios De pe. que o nome de César Maia seja encerrou a questão: se faz política sem confronto. Se somos "O mentoapos V dc dezembro eleitorado deve dois candidatos, e porque um e sc preparar para a ressáca eleitoral que pode vir Artistas O cearense Ciro Gomes, ex-ministro da fazenda e cabo eleitoral número um Cabral Filho ouvia as sugestões. "Nao levado ao presidente Fernando tala do Henrique Cardoso, na discussão César Maia contra o outro. Senão, estaríamos com a eleição do C onde, disse. de Cabral Filho, acabou sendo a estrela maior que amanha isso vai ser manchete dos do mesmo lado. Então, tudo que O tucano mostrou ainda um documento do encontro entre o tucano e artistas, anteontem a noite A sügestão para que o candidato Também estavam presentes os músicos prefeito carioca, atinai, ja decla- jornais", pedia o cartunista sobre a reforma ministerial. O Ziraldo. pudermos provar de malversação com a verba municipal de 1996 para pubiicidade e propaganda. Nana Cavmmi. Raimundo 1 agner. João Nogueira ministério extraordinário de Seroti que gostaria de assumir um dc recursos públicos e de obras que em nada beneficiam o cidateo. vamos denunciar." Pelo documento, obtido junto ao Sistema de Acompaiitíàmentô de Fxecua- os eleitores do PT ganhou a simpatia de e Geraldo Azevedo, os atores Antonio Pedro gurança Pública adote um discurso mais á esquerda para atrair "*0 çào Orçamentária da prefeitura, a dotação para representantes da classes artística e cultural Milton Gonçalves e Ricardo Petraglia e Caiml "César Maia e a O chefe de sua assessoria, jorniilista Rogério Monteiro, deu o a area foi de RS 7.8 milhões já com acréscimos, que compareceram a reunião no apartamento Amado, o jtíialisra Carlos pessoa Eduardo Novaes, indicada". limita-se a comentar Roberto Magalhães mas o empenho (gasto) chegou a RS 1 S.C> mi- de Cabral Filho. entre outros. 5&m da insatisfação do candidato: ste tema dos palpites e recorrente E sempre que surge uma ria municipal de C ultura. Helena Se- [ ] Lm encontro na casa da secreta- versão. o repórter liga. pergunta e vero. na Layoa. escultores, pintores» ou\e Cesar que não e isso. Mas nao Os de César Maia compositores e escritores descobriram um bom motivo para declarar adianta. No dia seguinte, abro os planos pianos iòrnais e o que está la e a ver- Silo." "nunca Prefeiloconusonhocom Prefeito conta com cias: a coragem, a independência em relaçào aos políticos, a criatividade e a resisten- de lê-lo", comentou, orgulhoso. Castello Branco. "Estou quase terminando apoio a l.uis Paulu Conde: no Brasil -=S;l3E f,s,»sfflst não se vota em partidos, mas em Rogeno afirmou que ve fez uma matéria sobre crise no Jailio pressors, pessoas. Houve manifestações desinibi(!js de apoio ao candidato dn PF L, Jânio q s0nh0 agu?ou ambivao Quadros e acorda cia as pressões. e acordei todo feliz. contou o prefeito César Maia logo manifestou com ehtusias- a ponto de se ter falado até cni ree- O sonho aguçou a ambição do ftreleito. prefeito. P 1. so no PSDB" As sugestões,., tou prefciio. Cesar entusiaspensanuo cm SC picsc en s. sonho. suaschancesde Rcpu- "podem disse, ser feitas a vpntade" nenhuma desses "Mas pensando em ser presidente No sonho, o prefeito que _.. h -,u "Com contou que tambem recebeu conselhos. Com a torça que mo forga bliea. "Se, ser presidente da República. "Se. quando eu for governador, tiver. leição. Vi. C onde foi cauteloso: "Pri- sugerem e candidato. São cotnpa- () prdcll CsJr ".. voce nheiros preleito do Rio. César Maia. sonhou tem, banter, principtos aprovao e de partido. O candidato é com Jânio Janio presi- 0 esse", hn?lq \ou Sérgio Cabral. E quem decide, determina e da a palavra final e ele. dente da República". Jânio Quadros disse Jânio". César Maia tratou logo de Quadros e acordou "presi- você tem. pode manter os meus princípios e meiro. deixa eu ser eleito "Sempre a aprovação que tenho hoje. é quase uma fui de esquerda, mas partido político superar os impasses. O caminho e, me no Brasil é uma que-tão mal transad i Fseolíii Conde desde o primeiro "O "0 Republica". Janio janj0- Cesar - obrigação me candidatar Vou aonde o povo me levar Se o povo me levar a depu- & jevar aproxunou histona È um desabafo de quem so lesou voltou a Terra, sc aproximou da minha espalhar a história entre assessores e amieos e ia ganhou ate um livro sobre Jânio tado. senador, presidente, turno", declarou a pintora Marilia, prcmjcnte. esta bom", j! e disse Minha missao g<* c ja urn Unto Jamo scnador. prestac paulada de juího para ca E só cama c tnssc: Mmlu missão ficou mcompleta, mas vejo em uvè muitas coincidèn- Quadros, de autoria do jornalista Carlos clarou. está. de- Kranz. "Não voto no PF. voto no C onde", reforçou o escritor c compositor Antônio Cícero. isso. Não quero generalizar, mas e d* aularia pjeta, voce mtuias coincides jornahsta clarou. _J

6 OUNTA-FERA, QUNTA-FERA, 24 DEOUTUBRO DE 19% JORNAL DO BRAS POLÍTCA Partidos se revoltam Dutra (E). Robã Antonio Cai os Vá ai ares UscutcíwriaçãtHlo bloco oposicionista i Como Evitar t Engarrafamento Na Sexta-Feira. O Jornal do Brasil solicita aos anunciantes do Caderno Achei! que antecipem suas autorizações para o início da semana. Seu anúncio sai no sabado, em 3 posições diferentes e na nternet duimjte toda a semana através do JB Online. Mas, você não precisa deixar para última hora. De 2 a 5* de 8 às 19H, fica muito mais fácil. B mais seguro. Evite o congestionamento das linhas telefônicas na sexta-feira. Ldgue para contra PMDB no Sei Sucessão de José Samey na presidência virou briga de blocos As lideranças do PFL. PPB e ÍPFL-BA1 (PFL-BA) também começou a cabalar votos na bancada do SÔNA CARNERO BRASÍLA PSDB no Senado também se rebelaram contra a tentativa do PSDB. Numa reação ao anúncio do PMDB de que nao PMDB. Nenhum dos partidos reconheceu o critério do PMDB dc nado. Jáder Barbalho, que conti- Mas o lider do PMDB no SS abre mão de indicar um candidato à presidência do Senado, os quatro partidos de oposição ser o partido majontano levando nua forte candidato à disputa, se PT. em conta o número de integrantes reuniu, ontem, com o líder do PDT, PSB e PPS criaram ontem um bloco da bancada no inicio da legislatura. Em clima de alerta, o lider do do e o líder do governo no Sena- PSDB no Senado, Sérgio Machtf- parlamentar para influir na sucessão de José Sarney. PFL no Senado. Hugo Nápoleão do. Élcio Álvares (PFL-ES). que Com 11 senadores, as oposições se transformaram na quarta "Vamos torça (P), que também é candidato, também é candidato declarado anunciou que seu partido política do Senado. ter não presidência do Senado Nas coíi: abrirá mão da disputa pela presidència e já discute a formação de senadores do bloco das oposições; tas de Barbalho, somados c* 11 peso especifico na sucessão. anunciou o senador Antonio Carlos Valadares (PSB-ES). O bloco com o com os 13 do PSDB. aos 24 do um bloco parlamentar oposicionista negociará seu apoio PPB. Além de marcar um encontro com o prefeito Paulo Maluf, tro-esquerda ocorreria por 4S vo- PMDB. a vitória do bloco de cen- ao partido que garantir maior espaço e partipação na mesa diretora e nas comissões técnicas. dor Antonio Carlos Magalhães Colaborou Karmen para a semana que vem, o senalos.... Kozak Descontentamento na divisão de cargos ivin rvirtuín "Vni indicar os JORGEMAR ELX partidos que ocupam as para o partido. "Vou discutir com BRASÍLA sub-relatorias tematicas. Na pratica. porém, isso nunca ocorreu, respeitada a tradição da Casa. minha bancada, so quero que seja Um novo critério para a escolha dos sete sub-relatores do orçamento da União, ado- seriei) sempre a escolha o resultado de um entendimento entre os Leão (MG). O PPB ficou cora a disse o líder do PPB, Odelmo tado pelo presidente da Comissão lideres, obedecendo o número de sub-relaioria de Agriculura Mista de Orçamento, deputado José Sarncv Filho (PFL-MA), resoltou o PPB. PTB. PSDB e ate representantes de cada bancada ainda sem nome indicado pelo "O setor que cada partido vai relatar partido. Quando foi questionado mesmo parte do PFL. Sarncv Filho decidiu ignorar o número de quem diz é o presidente c sobre os motivos de ter dado esse meu objetivo foi apressar a votaçâo. Vamos votar ate o fim do reagiu: "Mas naquele partido nao lema para o PPB. Sarney Filho deputados de cada bancada, como sempre foi feito na Câmara, e ano, no prazo da lei", afirmou tem um monte dc latifundiários. Sarney Filho. O PTB. que queria a Agricv.iltura, licou com a Saúde. O que distribuir as subcomissões entre os partidos. O presidente acabou Vicio A inovação do deputado poderia evitar o vicio nas beneficiando o PMDB. que ficou com as duas principais sub-relatonas. nfra-estrulura e Recursos sub-relatorias que eu entendo de epidemia, cndemia e dessas doenças todas.. em geral, ocupadas sempre pelos mesmos partidos. Mas acabou quebrando o vi- perguntou o líder do P B. Pedn- Hídricos, que concentram a maioria da obras sendo que o nho Abrao, auto-indicado sub-rclator e fa/endeiro em Goiás. Hocio a favor do partido do relatorgeral. Os lideres dos partidos go- PMDB já tem o maior cargo da comissão, a relatoria-gerai, ocupada pelo senador Carlos Bezerra veraistas afirmam que o orçamento, este ano. será um foco dc o problema ic, Sarney Filho reúne os lideres dos partidos para tentar resolver conflito entre o Executivo e o Legislativf O motivo maior e a eleique Cardoso acompanha o pro: O presidente Fernando Hcnn- (MT) "Não tem nada de critério. U blema 11.1 Comissão de Orçamento com receio dc que a inovaçao critério foi afinidade com o relator". disse Saruês Filho, ontem, de José Sarney Filho provoque ao deixar o plenário da Câmara, reações na base parlamentar do onde ouviu reclamações dc vários deputados, ate mesmo do lider do governo, O partido do presidente, o PSDB, também está insatisfeito PFL, lnocênio Oliveira (PE). com a sub-relatoria de Educação. "Todo ano tem briga, mas não estou intransigente a esse respeito, só usei de minha atribuição, de presidente", justificou. Secundo o regimento interno, o presidente da Comissão pode çâo municipal Enquanto o Palacio do Planalto quer apertar os cintos, os deputados querem garantir a aprovação de emendas para obras e projetos em prefeituras de cidades onde seus partidos saíram vitoriosos O choque de interesses descontentou, sobretudo, o PTB c o PPB do prefeito Paulo Maluf. O PPB ameaça não indicar sub-relatores sc ficar com temas sem interesse Os tucanos preferiam continuar Com a sub-relatoria de Planejamento, ja que os dois ministros da pasta, o anterior! e o atual, sao do partido. Bancada dos aposentados obtém promessa que garante privilégi M nara e alf redigidas versões para a emenda O relator c contra a alteração l ARMt N KO/ BRASÍLA A Comissão Especial da Reforma A votação, porém, so vai aconte- acumulação de salario com apo-, que sera apresentada em plenário de seu parecer, que proíbe que á Administrativa concluiu a votação do parecer do cer após o 2" turno das eleições scntadoria ultrapasse os RS municipais. Tanto o governo Mas aceita que o assunto deputado Moreira Franco (PMDB-RJ). que foi mantido íntegralmente. 0 fim dos trabalhos rem correr risco de enfrentar a e teto, não e duple.x, não è in- quanto os parlamentares da base seja discutido. "Vamos conversar que o Caderno Achei! vende o seu carro rapidinlio. de sustentação política nao que- mas todos têm que saber que tetty Evite o congestionamento na hora de vender seu carro. Ligue já. Engarrafamento, basta o do trânsito. da comissão, porém, nao representa avanço vi\ausu nao nas negociações e o com manuicnvu uu r,,yuvi-.,v; reação negativa do eleitorado ple.x", disse Moreira. Ntriua parecer do relator ainda pode so- com Qs a manutenção do privilégi Nos bastidores, a bancada Os parlamentares da oposição opomsao irer l alterações alteracoes na votação vota?q cm pie- jfrotestaram protestaram nario. ameaca dc botcoiar nano. Com a ameaça de boicotar contra o acordo e dos aposentados" continua traba- toda a reforma. reforma, a chamada "ban- t00 classificaram como "farsa lhando cm favor de seus intercs-, a votação de jc ontem na Comissao Comissão Escada dos aposentadosj, Jormada formada..j. s1(1vi jc engana?jo. ses. Em publico, nenhum dos ín-, "tropa por 141 parlamentares, conseguiu stao pecial. "F tegrantes da de choque" um show dc enganação. dos parlamentares aposentados iprovando texffi Achei! dos lideres n-0 vac muju O SUCESSO K TODO SEU govemistas a Estão aprovando aqui um texto assume a paternidade das propos- sera garantia dc que um novo texto será que não vale nada, porque a tal ias. Nos gabinetes dos líderes governistas. porém, a situação é ou- prepa- emen(ja aglutmativa esta a ret- fcjla 0 \ mdicacao G,noino "Nao (PT-SP). un Perfeito para quem vende. Perfeito para quem compra. rado para atender.1 principal reiv indicação do emenda aglutinativa ja está sendo feita", protestou o deputado Jose tra. Segundo um influente líder, a grupo. "Não ties Eles lutam para manter mania o 0 Cienoíno tpt-sp). tem cnganação. A votação foi muito parou pelo menos três textos. Nos darissimo..., aposentadonasdej P c nio eslabiudade. senator nao e bancada dos aposentados já pro pnvilégio vilcgio de acumular salário salario de dc q a vou(,j foj nnnt0 parlamentar e aposentadorias produtiva, deixando claríssimo trés. a sintese e a mesma, mandato, servico serviço público publico sem sc submeterem ao teto de RS f R que o teto, e não a estabilidade, c de deputado e de senador não è pernwia lungao publica JUttW ALl UKJ Dlinoiu q isso, 0 salario acumiado JORNAL DO BRASL o previsto problema que permeia toda a cargo ou função pública e, por na reforma administrativa. Com discussão, discordou o relator isso. o salário pode ser acumulado este objetivo, já começaram a ser Moreira Franco. com aposentadoria. htt p:// coni.br ~~ ll JORNALdoBRASL DO BRASL Helicoptodideja. O EM ORLANDO c tom do aeu carro nunca joi tão aüo. c tranôíto peta u?uejb m cu Radlc cidade e equipe,u carro. CASAS BANA dedkxxjóo >otai o vo06 v. *** tm *% 1 avulsa e assinaturas:»r* r»i TiArii*\ Pirinrio nn ffl 1 STAR AMPLM1DA AMPLMD1A Lakchurst 5850 Lakehurst Dr. Suite 205 j Publicidade, venda Orlando, Fl Tel.: (407) / Fax: (407) j

7 QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 1996 P0L1 CA JORNAL DO HO BRASl BRASH, <-.ORNAL reelciao 1 FH assume negocia<j6es pela Brasília Jamil Bittar niasansh nn m w3vwe&b/ts&! exidente durante cerimônia «S Krjose Sarney. njo Carlos ifagalhaes (PFL-BA). resolveu 0 O ptograma BRASH AQAO programa Ferriandb Henrique sabia que.;o con, quem R-rnaado Henrique al- BRASL EM AÇAO t~"~ MDB havia decidido endurecer mchj0u ha 10 diasabotsc trans- to(rs)c Tasso JuussUi pmieto ValOr(R$ milhoes) PfQjetO Valor(R$ mimes) jouo na sucessao do Senado. formando num problema a raais. Coube a Britto, e nao ao mmis- Proieto 1 Valor(Rf milhões) Valor(R$ milhões) B Fernando Henrique, segundo in- No PMDB. passou a ser contestado tro da Coordemwao olitica. pro- Pavjmenta<;6odaBR-i74 eriigagao Gasoduto Bollvia-Brasil Pavimentação 3R-174 nterligação do Sistema s.siemaiifiinco Elòtrico?»<» terlocutores. nao tem ilusaode que OCOmandodo processodeaprova- mover uma rodada de corners Grts GasNa,uad«Natural do Urueu ""*;u ZZ~"ZZZZZ 24-.o Pasto-T Paate-Toiecomumcatfos olocomunicaçflos possa condu/.ir 0 processo a bom da reelei), Sue e exercido com OS govemadores do 1DB. Hidrovia da do Madeira Rodovia do Mercosul Recuperação da 0R-364/163 BR-3W/163 J-* lermo sem lan?ar mao de algumas jq prcsidenic da Camara, Luis Antes dissoitasso este\e em 5>a< Unhad«Transmissaodo Tucurui... Relorma Agrâna Linha do Transmissão M*0 Prona» 3 "- gmpensapes. entre as quais eslao Et]uardo Pronat Mapalhaes. 0s pemede- Paulo para sondar *g» cm- Hidrovia ~ do Sáo Francisco rodamomaildado jjjnudangas nnnisteriais. Quando Vistas dao sinais de que nao aceita- presanais e 0 govemador Mario Novo Modolo de rrigação Projeto para Reduçào da Mortalidade na mtancm nlftncia (PRM) (TOM!) **» a lira cliegar, 0 presidente podera - ppl cobrc sozjnho Covas. Os dots governadops tem Prodotui Prodetur Z~«7.o vaiorizapaodomagistftrio... Valorização Magistério " substituir pelo menos cinco minis- por aprovara avioiv-ao. convcrsas. por telefone quasc que Conclusão do Xingó, #.0 Recursos Conlraluados na Escola iros que. na avaliagao Sistema do Transmissão Associado a Xingo Educação â Distancia do lanalto.. m Coorden-iciio Po- diarias com l-ernando Hennqut Porto do de Suapo22o VZ&-9 estiio prontos a ceder seus lugares Prò-Sanaamonlo Carlos Sanlos. tambcm Memo as ironias de tucanos m,- Porto do mo 55i"5 l-ernando Henrique, segundo um des staifo cotb neeo- neirosque cobram uns dos outros Tocantms-Araguaia Cartade Programa do AçAo Social om Sunoamonlo Recuperação Descentralizada do Rodovias Habitar Brasil Hidrovia ToCantins-Araguaia Carta do Crôdito ;» **»rs&m?. p- «*> «*«- «*::«A;r LigaçAo Ferroviária Unai-Pirapora $gsr~rr== dispoe dos ministc sidcffcia Ferronorto fa? = da Camara contra 0 lider redo ou com a mlcicao. t-rnan Moderrota$*o de Sapojiba *8 ModernlzaçAo do Porto do Sepotiba piano Nacionai QuaiificagSo e Administracao, Meio A111 men te.. Mirh.»l Tnfrr rspt do HenriquetesolVeu se aproximar teiopoitodo rk> do janotro. - Plano Nacional do Qualificação o íek»porto Rio de Janoiro. Roqualiticaçáo ntk,uain,cat;ao Profissional Protwaionai trans «Ciineia c Tcconolo- J [.crnador Hri» c!arc». WodornuaçAo do Porto do Santos «SESil = Programa da Crôdito Produtivo Popular... QuplicaçAo da Fernáo Dias < " j _ 4..anrkiarura nrovocadas por scus grincipais Wa.iva dc consomar apoo mars »». ****** Progor ConclusAo da hidrovia Tiotô-Parana a presidcncia iff Setoff de AWd*»M»s. i *K Fernando Henrique K«m> m M«R TEMPRA 96. j O PAGAMENTO E A PRAZO E O E DE GRAÇA GRAA. AR-CONDCONADO jl c 1, i ; -si i APARTRDE: 10% NO ATO + AR-CONDCONADO AR-«2AD i 10% EM 90 DAS + f 1ft *" ADATS TAXA GRÁTS 36 PARCELAS FXAS TAXA DE 2,8% a.m.+oc i a PSOMOCAC POR TEMPO LMTAOO i VAUDA APiNAS PARA VliCUUOS TEMPRA 96. LlfâA AP1NA j j \ SSB/Sf? CONCESSONÁRAS CONCESSONARES J \icmfímr»uo oood aaaa iitrru! jhat.. tip hunts *& ijsss OBESO h 0tnt(6:witvvu j Financeiraajj Empresas tuii 21 hvrti Financeiras j glmmmjmmmmmkma

8 JORNAL DO """""" JORNAL BRAS BRASH, QU1NTA-FERA, DO PE Edigao POLTC ÜntÃ-"fERA, 24 DE OUTUBRO DE 1996? 2 Edição POLÍTCA reeleição reeleiao FH assume negociações negociaoes pela Brasília Brasilia Jamil Bitlar J 1 adota novo SSSSS CLÁUDA SA AT.V- BRASÍLA O presidente Ferliando Henrique Cardoso inaugurou ontem um novo modelo de gestão dos investimentos públicos, ao apresentar, cm solenidade no palacio do Planalto, os 35 gerentes dos 42 projetos de investimentos prioritários do governo para os próximos anos. O esquema de gerência matricjal _ quc começou com as Camaras (de política econômica, de comércio exterior etc.) e. agora com o Sistema de nformações Gerenciais, com dados sobre a situação e os problemas de cada um dos projetos eleitos representará, segundo_o "a presidente, quebra da tradiçuo brasileira do isolamento burocrático e do enquistamento político nesse isolamento". A rigor, cada detalhe de cada um dos 42 projetos listados no programa Brasil em Ação, estará no computador do presidente da República. De lá, por meio do correio eletrônico, ele poderá dar orientaçòes e ordens aos 35 gerentes, oticialmente apresentados ontem, e que cuidarão, pessoalmente, e em 0 seus respectivos ministérios, do andamento das obras, das dificulda- sh Si 0 O Progran,a BBASL ACAO programa BRASL EM AÇAO o (s) ct;isso Joreissaincn). StaSoSSl v./clmmlims, Profeta mm***# SS$SM~ Projeto Valor(R$ milhões) Valor(R$ milhões) jtmo na sucessao do Senado. formando num problcnia a mais. Coube a Briitio.e naoaomin. )67>0 Gaswiuto Boiivm-Brasii - " Fernando Henrique, segundo in- No PMDB. passou a sercontestado tro da Coordenayio Pohtica. j *. Pavimentacdo b - - 1KJ5 Gasoduto Bollvia-Brasil Pavimentação da i terii0a?»o nterligação do Sistema &aigw Elôtnco ewrico JfflL nio lem Brio * S pri e4 d, arrova- mover uma rodada de «*««Gás Natural de ürucu Paato-Telocomunicaçôes fsss===- KSBSg Jig. possa conduzir o processo a bom r10 da reeleigao. que c evercido com os govemadores do! mi HidrovM do Madeira ~Zmo notocma Rodovia do Mercosul Recuperação da BR-364/163 Rotorma Agrária \f termo scm lamjar mao de algumas presidcntc da Camara. disso. Tasso esteve cm Sao Linha de Transmissão do Tucurui S:== Pronal ju.s Antes compensates, entre as quais esiao iuardo Magalhaes. On pemede- Paulo para sondar segmu * < novomodoiodeimga?ao Hidrovia SAo Francisco Novo Modelo de rrigação g7g7 Pr00l0paraRaduaodaMortoiidadona Proioto Roduçáo da Mortalidade na as mudangas ministcriais; Quando Kfes dlssinais de que nao accitag presariais e o governador Mario p" ZZZZZZ...soao iniancia(prmi)... nfância (PRM)... n230 a hora chegar. o pf dente podera,-0 quc 0 PFL cobrc sozmlio Covas. Os dois govemadores fern.. Valorização do Magistério Conclusão de Xingô Mibstiluir polo menos cinco minis-, aprovar a reeleicao. converses, por telefone, quase qut siatoma Transmls?#o Assocmdo xmg 1720 Edueanfto Recursos Centralizados na Escola Sistema de Transmissão Associado a Xingo iros quc. na avalwio do Mulatto. 0 minisl0 Cocdowio Po- d,anas com Fernando Educarão a Distancia H nq«v Porto do : :km S5S5 Ei3ZSi Prô-Sanoamonto estao prontos a ceder sens lugares., & mmbem Memo as iromas de lucanos Porto do mi- Programa do Açflo Social om Saneamento *m*m Recuperação Descentralizada OMcontrairaagi 1 do P!s Rodovias. Hawtar Habitar Braall Brasil gjs liernando Henrique, segundo urn iandb como nego- neiros que cobram uns dos outros Hidrovia Tocantins-Aráfluala... -==2. Carta do Crédito \ J%\ de sens rcquentes miulouitoas. ao preleikjcr disputar a pre- delmwao sobre se estap j-om, «. Ligação Ferroviária Unai-Pirapora Ferronortu ,4 Proemprego proemprego 4 /48 J Modernização do Porto de SopetiDa Plano Nacional do Qualilícaçáo o Teleporto do Rio de Janeiro Requaliticaçâo Prolissional rag srsrs ssgffis: 8gta==s ModernizaçSo do Porto de Santos Programa do Crôdito Produtivo Popular... Duplicação da Farnfto Dias 1 Conclusão da hidrovia Tiolê-Paranà Sfctoaonuis i a prr,dt"do Senado de Ami- aliados. c,ne Fernando He n,ue sir» Mm, " 96. TEMPRA O PAGAMENTO E A PRAZO E O f AR-CONDCONADO E DE GRAA. j i 1 }:.p APARTRDE: Jt H 10% NO HO ATO + %% WAS #. 10% EM 90 DAS + : 1 AR-COHDCONADO SSSm00 R j GRÁTS de a,a% a.m.+ioc WKA \\ ] 36 PARCELAS PAMELAS FXAS TAXA DE 2,8% a.m.+oc taxa PHOm r Tjj AP1NAS PARA VilCULOS TEMPRA 9#. HSUHfSl CONCESSONÁRAS CONCESSONARES UtfMÜtnrfit* «.«««> tmoa naaa >rrrz, lempkmsjj! Empresas»ui "" cotttpni tw ***" 4tí: ifiajnceirasji rj tfy Financeiras BjBB&JmmJBSjBLSB F7/ AT O km l i* W",a<. Ui. iivtt Í5ií5< Hum tj. - ; i -7

9 i JORNAL, DO BRASL ôõpsnõscnlcõirsãntw SABADO todos oi dias, nclusrve tr SBH SF1 Jyrtado, t Caderno íssii dejas r jb emmsib BSJlffiESlS J Masculin y\m, Masculmfswttsw.j V?ot"i íc?2 NFORME JB Equipe Mcdico-Psicológica MAURCO BlSS SwAlCER 255*1523 Aif M DR. HENRQUE GVACF.R q i3 J 13*0 MAURÍCO DAS Hospital dos f ServidoresdoEstadoj > (p"r /terca rcsposta, indo alciri i de cliches c preconceitos, o Servidores do Estado 5 Palacio do Planalto cncomcndou ao cicntista politico Nelson dc, llc H/ jif SfBh H*1 AVSOS DE LCTAÇÃO LClTApAO Carvalho. do nstituto Universitario dc Pesquisas do Rio (lupen). \Jp _cc Concorrnclas Tomadas ds Pre<?os uma scrie de estudos que dcsenheni o perfil exato do Concorrências Tomada» de Preços parlamentar ct d\to afd 0 0 Hospital dos Servidores do ; hrasileiro.,....jfl -.at Oe i%& Estado estd i Nesse scntido. o estudo inedito sobrc o parlamentar hrasileiro sicao Estado está licitando para aqui- medlcamentos 5 podcra desvendar os misterios da caixa-prcla: como vota o siçâo de medicamentos e parla- Qp fo materials mentar? Qual o impacto do apoio eleitoral que recebe sobrc Ba *A«A materiais de consumo. Ha anos OQC Mi Meier 9R131R1 Ve/«resume edftaf mmnnrlnmento oolitico? Como o eleito paga esse apoio. BOldTOQO Há 43 anos /nl)./qju WvlO Veja resumo de editai na formando qeracoes 40 liw 10 v Seção sccao de dc Classificados. i 0 trabalho incluira tambem uma analisc do sistcma eleitoral [Botafogo J? gerações ; hrasileiro. a espccihade de Nelson dc Carvalho, cncarregado da ==, PALESRAMfS coordenacao de uma cqiiipe de pesquisadores. jsemnahu [seminário EgESa Em numero recente da revista Monitor Publico, cle publicou nnvasiregras CPMSBa PROGRAMA: novas do 1) Hipótosos de ncidência Alberto dasilva Lopes J um estudo que da pistas por ondc passam suas preocupagoes. j T11 2) Sujeiçôo Passiva Cicero tvanildoalve«caiifniro f 3) 0 Diferencial rif? nliquotn Cícero vanildo /Uvas Casimiro ij/mflf DRETO ga/waf DE EMPRESAS SeGundo Nelson dc Carvalho, o sjstema proporcronal permite U L/l 4) Substitui?ao SubstituicAo tributário tributjgo.iitóeçatopii. llflpia 0pefirara«variiis modalidadcs tie rcprojluciio. No Sul do pais a dspul-1 n?j W.l 5) Desoneração das municipios c compctitiva c o voto e mais ldcologico. FVlilluil exportações - Produtos í?!eesp primários primarigesemsiaborados Slc 0 enter o 6 oligarquico. Um deputado ten, votagao hi 111 1H 16) oadho da attvo pernjianame Noruestc crutnu c t Crédito do e ativo semi-elaborados permánente ftthh < {,, em dois ou #»Vv4liy e c material de dc uso e consumo HiVmhB pulvcrizadapeloestadocgrandeconcentrava p0r dois B 7) Transferência de saldo H7>Trans(ertnc,a,sald0 credor acumulado MipBjjitspoãseÉes. felrafaapejr&lkposktte : 8) 0) Prazos devigftncia vigência»j.utir.- jflkl, chcfes piitamlisildl tooroenador ni»;hni;iii.wi DEDXTtOURES: JoloGabriildtM«Uo Joio Gabriel d* Mello Bnndio Brandío instituto nstituto n rcsultado da pcsquisa encomctulada pel governo sera EliwliH de Administração.carlo.Antoniogo»k««p«laREF1L Pubtictet Fiscal* de cfee?0 K\ coro dol grandc iminario. maaado para abril. cm Brasi- DtaZBde Z»T*>«Carlos Antônio Gonçalves pela REFL Publicações Recai* e Gerência José Edmundo de Axevedo Dia 28 dc A outubro Carvalho.CriodaOUvataUma Cato de Oliveira Uma n/ \H Dos debates sairao os subsidies para que o governo tente ll8 dasbistth Luclana do Azevedo da,«?j, Ti l P0S-qradua< 0 \ 1 nular do debate doutrinario c tratar dos aspcctos opcractonai n. lip.mffifm local Centro Cultural Cunha FUtóp Pós-graduação em Candidn Mendes. Theraza Themm Marina Cunha Cunh» aret-krutl (3).! A/A y Cfe ESDGOdllZdCdO. \ V funcionami-iito do Conercsso, espressos onire outras co.sas na Rua BjlaM da Assembléia. Mattos Cunha "" tilit(iadnis rru»r*<i*«nm"*k "-" i >cmaç*" * Virei Nível de mr Especialização. gmwgfag*! H fragmentatjao do quadro partidario. nas migrates e nas co iga Subsolo NSCRBES: 1 jfl {..B &es. ntre outras couiv nf. e nscr. pelos Tels: ATE ej32-S560 NSCRÇÕES: ATÉ 07 DE FEVERERO secrclirio de Securanca do Rio. DE 1997 Barrado no banco mat quando troca a arma dc /*CDlATDOH ED AN. senador Hugo Napolcao fogopeloivcrbo. UlllllH lllwm HiD"". quase foi barrado, ontcm. no al- Piora nura sc o ako csta dc L GERATRCA LEBL0N 1H v.st* t mogooferecidopolosirmaossafra frentccnaod#)stas cvrp PKTP P NCA GERATRCA NO LEBLON n, a politicos epiprcsarios brasiki- 1 ni carta publicada ontcm. EXCELENTc ULN DPrilPPRACAO PUC ros que Coram a testa do Homcm no JORNAL DOBJRASL. Cer- NTERNAQOES - REPOUSO - RECUPERAVAU do Alp proiovida pcla Camara qucira despejou uma saraivada dc Medico Responsavel: Dr Fernando Marques CRM NFORMAÇÕES NfOftMOfS ftlflbbi de Comercio Brasil-Estados Um- acikwcws contra o advogado \ ir- Mcd p -«91AG Rua Rua Marquês Marques de dc São Sao Vicente, Vicentc. 225 Gavea KM* dos gilio Donicci. atmgindo todps OS Rua JuquiA. 18 Leblon - RJ - Tels ( 021 ) / bJ Tels Tely: / iW / " "W 1 Hie tcfitou pular o obstaculo criminalistas do pais. Fax Fax d;nulo uma cartcirada. Vai rcsponder a qpxu-crimc Rio dc RJ gj Mas dc nada vallu provar na no Tribunal de Justica. Rio de Janeiro - R CEP n<4c rdahl ATAO.yti Sit , MBB porta do National SccuritN Hank. cexten(o!iag.puc-rio.br CabideirO PÓS-GRADUAÇAO POS-CjKAUUAV J~ J,,a yumul0r" A dcpuiada Hcloneida Slu- "LATO SENSlT SENSU" ScSciSfdSgoS. AnSiseTProjeto Cerencia j nca dc um iunconano do llama- g do Rio passou. carrc- AnáíisêTProjeto e Gerência ral1, gando uma leva dc contratacs (jg de Sistemas SlSlGmaS w-t Sarney se esconde Ucgais dc runcioiianqs. Format JsioiMis eskolili«dos. c«pw«;ii «* #" ruvi/ tymv lara fugiwdos brasileiros que Scgundo dados p.iru.us m> omrat.si., Formar profissionais t«vniois < esxn:iali/adi f«n»,.m.m«,is apr..pru.t.«>.i..«la u>" wio 9 lotavam o Hotel Pla/a. o ex-presi* [nbunatdc Contas. om cljo dc do (ócfiioís o íort.uneni.ts proolsb desww "«snto snias, ut.l.««kl.»- dome lose Sarnev rcfuuiou-sc no Fsiudos. Conanwntais da Ucrj t Tio!ow«tetlltinwr.H.o»nK.OnwnOh»Ho do nrrkçsso dc (iosonvtikimonlo ESTADO DE MATO GROSSO Hotel Peninsula. adiimiu 146 laneionanos rfin gsio sotncnok ip.isdoúliimaptíh/vi.n CrArJl.itemliv., _ SECRETARY DE FAZENDA Cr«1íi(i ntnrmtiv.i CURSQS rijrsos DE EXTENSAQ EXTENSAO LETRAS ofertasdettulosestaduais Caneta salvadora nlij!ru 7 FNANCERAS DO TESOURO DO Uma ressaka no texioem um Natal da cautela Programaçcío PrOgramaaO de ESTADO DE MATO GROSSO adminislrauva podc sigmfe a Caulclac acotdutadores d»fiu«nda<10 E«tdodoM«toOrowo autwapak.decrrna 1 sals acao dos funcionarios nao es- dojjp»n nutc kmprc na forin.ir Computadores proiis$i<>n.iiscom silidoscmb,ani.otni-iias.)rp.is tl 11 1 \, 1 M f,..58 "onl.con: o, UVCS.. m sclembro nie> em que! de Stromas de Gomrtaol* e om Tdcnioise UH4680.de 07.do i«ve«iro d 984. fohuiamamad.t p»io. R! D 1 tradicionalmenic comeeani ascn- i M dos\"ovcrnosr ih«cvto SSSi qi lempnsriouv-dos pcla T&. omuda% ofajob caa Uuaainento do Tasouro do Eswdo da n t, W iviri c ipos Boucinha & Campos disseram nao PC Mato Gro.so FTE-MT,.1 saber PREVSTA vencimento data base =U =r-sw s " «,120 01/11/97 01/11/ /96 dc. basta uma canciada,ua maiorin industrials - resda- P"--*" nfm$> a /05/98 SlS oi S ram que nao pretendem comratar 0 /% os % / /96 OU N A i DO BRASL 8 Supremo na Camara mio-dc-obra extra para 0 Natal JUlVl/Vl UU fa4073o 01/11,% y /11/ /96 JORNALDOBRASL Lyra indica Lyra gg n duardo \T!c,i sf:ds Magalhaes, Lider do PSB na Camara.,nWmdd.o da lnsmu.«dos mteoramas do Smtanw L.qu.dacao d«naria da Camara. no proximo dia deputado lcrnando sr.i i.iidccb Cu,d,n8t(jfui)s F.nanceirasdevarabapresontarsuaapropostasi BANCO. 6 debater a retorrna do Judieiario. d.u dc quem sera a \,ia dc-scu /* 1\ do estado de mato grosso s a. no w,m» loci ;»».«*** s&rf QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 1996 Cfi/iiiiw/ii V/i/i P/iwn ssstw- * wb Contas publicas jucufsffl uoo iffluv Melhoroun noiaodusconias da prcrrogalisa dc lider. a qucni 1 A momanw da proposw; J nublicas do xeeutivo. cabc liioar nomes para as conns- B ~ 0 praio dos pap6is. Dados saidos do briio da Sc- soes - justifiea Lyra k ~Na ma AuM nwk (\ fllv/jifi f!f\ QCYflfiW swoim apmsitadas. saffloadecidos oa masmoa crito-! cretaria dc C ontrolc lnlcrno 1110s- H garanliu mais um soto. [JlfyJfl HQ llos j4 comumente obsarvados pata apuracso das otertas dajulps mmmwrn &r.krs 1 mm L <11 nir» SOS tratisa. na bora do alniofo, / mn / \ * U/ll 07rr tivoiem suas pioposias aebitas. total ou parcialroanto. promover a atu.dizafjoi ressakas e;iiranuk?33para MM* duwo s.indro Mabel lomou ill Z 11" / / J waicomas de cus.mla, no dia 01/11/96..mpretenveimento,.mpl.cando a Mas a queda maior ocorreu XSmx Ull/ MJJ +> 4 aqu»*4o o nio cumprimanto do dttpo> neata nam ; nas contas canmbadas como irrc-... oiriuem da Ca- cuiabd. 24 da oiitubro da 1996 J 11 i e=ririb»mldcon;,sda SiblldOS, dtts 9h OS 14h. 1 tares que passaram seis horas vt>- ; Alvo VVO tando c. de quebra. fe/. propagan- a 0 acncnil Nililn Ccrqueira. da da sua cmpresa. o... Asen«la Brasil, 500 ««(...v. Po>iai :>iuo saocm«6vao-fep3#-«w Rio de Janeiro i JORNAL DO BRASL lance-livre BRA81L ;~-!!- (URL, no jargão da nternet) do JB JORNAL DO BRASL e os cofres da nião. Segundo Xerez. as O ministro Francisco Domellcs e o Online é: secretário secrctario de dc lndiislria ndústria e c Comércio Comcrcio do propostas garantirão garanlirao RS 35 milhões milhoes REDA9AO w>a"*m fh Tl 1 ft P Correspondências Corresponddncias eletrônicas eletr6nicas! Mircio embarcaml hojc DEPARTAMENT0 COMERCAL L0CJkt ouatirw oom U it * * * Rio. Márcio Fortes, hoje mensais. também tambem 1 para 0 Y5o mi- Oficma Rcparos: 0 R,jJa" m ~ podem ser enviadas ao e Oficina de Reparos: o nforme pura o Peru. \ âo participar da reu- 6 JB, JB. através atrav6s do seguinte segumte mão do Conselho de Empresários ElSSLtSSSr da trocou ii> bolas. A exibição dos fil* O que é o JB Online SS-»,, SS1SS " Z Eumaedi?aoeleironicadoJOBMAL America l.aiina. mevpudiiutarios orasuurus,b pi"" Anuncio* po» Tatetone p»,oo. so 300,, ai» i.ena 0 chilcno t.ucho Gatica cm Cannes sera hojc no AnuFunetxes -4320/ so DO disponivel jb.r ax.apc.org América Latina. mes publicitários brasileiros premiados em Caàlts será hoje rio Cinema DO BRASL, disponível hoje. as 2h30.0 cmtuuvadf Sao Luis, no É edição eletrônica do JORNAL e Como o cantor chileno l.ucho Gàticl >. CRCULA9A0 - --, 100 para usuarios de computador. Consiste em do jornal ; olifflpico czar PD i J"0 Como achar complementos visita hoje, às 2h?0. o embaixador S."to Luis. m* Rio. ** u do Jornal no JB Online olímpico Ronaldo Cezar Coelho para comunicar o seu apoio á campa- 200 «o tex,0s alem adarecem i ntn d-i Rio aderc bro.vos pedetistas etegefam preteitos AtendmentoaoAssiname s.oc y O PDT é mais ura partido que Ul A»matu>as novas Grande R» versao jornai ilti-. 0 numero, 0 sou a comwnora Ass.natu.asdema«Odate 0800J-8787 uwmm A marca JB Online e o número, comemora os resultados dv 3 outu- uma versão sucinta do jornal impresso, com textos e lotos, além de. mni0m0niam que apareceu aparecem em certas reporta-gens do jornal, indicam que há nha da Rh* 2tHM O bolero adere ao pedetístas elegeram prefeitos j j j,j em municipios brasiltiros. Sao Aiendimento is Bancas gens em 520 municípios brasileiros. São inlormaçóes que complementam ji77 inlormagoes jornai, ha ; governo nao 0 *iioriosos pan. so fedwamoticiosos: REPRESEHTAHT*S COKERCAS reportagens samba, e O \iloriüsos demais para uma só federa- edipao nascimenio Pixinguinha V»o-,, upwnuefe R««t«n, Sport Pw». ufl "V, material complementar na edição goterno não deixara o centenario de nascimento de Pivinguinha pas- Vào. j-* Como reportagens publicadas. Como ter acesso ao eletrdmca eletrônica. Ao entrar no JB Onli; Onli-! sar em branco. braneo. Em F.m maro março de , a t e A viabilização v»bthia(3c,doobmen. dcscnvolvimcnto cientifico da Aménca Latina vr.i JB Online MRVk;OS ESP.C.AS: JB ne nternet. 6 so ECTe0 Ministerioda Cultura la«,a- ocnufico AmerKa Lalina sera us AngeteT,n«, Eifa>., u Atraves ne. na nternet, è sò clicar sobre EXT e o Ministério lança- conexso d... rao cm tcma semmano mteniacional Mi- correspohdbhtes: V. "nutariorps 2Ujnha canismosfinanceirosc descn>olumfn- Acte A139CWS Ba»>u Espimo Samo. M*to G»osso ttjt h rnundial computaaores tela a mesma marca que aparece na rão um selo em homenagem a Pixinguinlia. tema do seminário iàwmacional Me- Através de uma conexão â rede e desentobimen- 0 numero ; o scgundo.urno clckao dc net mundial de computadores nternet e programas específicos No cmjuu-.de. >ra. candidalo Carios mi\a Hotd Mindnn. rhk:>mi«oaa»«. Ca«c». Uboa. lowhat. Ma U-J Brasil. d e teito pondente, /neraimontp para encontrar o com- e, especiticos_ tela e (e procurar o número corres- e Para ò segundo turno da eleição to de projetos tecnológicos, que começa hoje no Hotel Mcridicn. no Brasil, o acesso à nternet é feito intor- em Juiz Fora. o candidato Carlo> Albcrto Bejani registroucm cartorio Rio. m*«o. mokou. nova io<qu«. Para. Roma. LOJAS DECLASSF1CADOS plemento igeraimente (geralmente mais informações sobre o mesmo assunto, assunto. Alberto Bcjani em cartono Rio cidadc. Esta Esianapauta,daproxtmasemana, próvima semana, washaswo. a.=,8.«-,s uc-si-arm Atualmente pelos provedores de acesso um contrato com a cidade, inspirado e*istem mapoes nocontrato Brasil. Adcsg. d«da Cornvsao ( omissão de Constituição Coosritu e Justi- ça da Câmara um projeto da deputada SUCURSAS u<*_ PSDahad0S Atualmente,existem cerca de 300 Brasil, da Adesg oelo D3,s endere<?o ntegra Kicou \irton \<- ca t amara Brasilia, or fer-y Ct S«t Oa B> > c --is-v- s» _a;, pais u enue cv integra de documentos etc) SUCURSAS Ficou com o deputado Aírton \erez a missão de apnsentar duas etnen- Marta Suptio que aumenu a cota Oerasi f BRASÍLA. Or - t?asív; espalhados pelo país O endereço das que ZS&jrZXXS- das mulheres nas chapas podem garantir mais grana de proporcio-ssrtzr:nais d» dos partidos de 20S 20*» pata para 30*» 30% VVmmi* - MftTtUX 10» "!«. " -ORNAL 00 BRASL S _. i CMS «Kio. emado tena nab para o R». O estado teria S PAULO SP A, Pj-jinií 777/15 CEP U TtL toltl W4813ÍTtlEJt37S16 direito dirnlo a um percentual perwntual sobre OS os recursos curvis nodos <indos do petndto enerjna e No governo gowrno Ht H quem chora Chora não nao 7 BEO HOBtZONTE. BH A». Akrao Peru. 1500, V- das oasugav \agas. BElOHOB«ONTt Aoo«oP«m.1500/ **}<***> odade Sio PwAh Bw»a. B«to Homonts ml,_ inco vi>n<o. microi-iit-joem. ctoctstm, sem auloniacioewtfa oos muwtetoos s petróleo e da energia 7- andu aodai - O>»o Cwwo CEP J Eax FA* (031! i03t) Uberfanda «Jug de, F"a*f* fffj?" diieitbsaototts eletrka one. hoie. >»o totalmeote mama 274 7m. ( ***>*>»»<*». - >- elétrica que. boje. >ão totalmente para " *

10 QUNTA-FERA. 24 DE OUTUBRO DE 1996 POLÍTCA JORNAL DO BRASL 7 Ministros disputam espaço MANTENHA A SAÚDE SAUDE S0RRND0! SORRNDO! na Secretaria do Tesouro é Todos querem nomear secretário para ter a chave do cofre Arquivo Árnnlwn C/O 5/2/95 [LMAR FRANCO Brasília Os ministros cntraiam na disputa que se descnrola no Ministério da Fazenda fiara indicar o sucessor de Muri- o Portugal na Secretaria do Tefiouro Nacional. O ministro da Fazenda, Pedro Malan, e o próprio Portugal, querem no cargo Fábio Barbosa. Mas o chefe da Casa Civil, Clóvis Carvalho, e o secretário executivo do ministécio, Pedro Parente, fazem camflanha para Odair Lucietto. Os demais ministros, que sofrem nas mãos de Murilo Portugal, a Quem acusam de não ter a miniuia sensibilidade para reconhecer necessidades inadiáveis e li- Gerar dinheiro, só querem uma soisa: que a chave do cofre seja entregue para alguém mais flexível. ; Fábio Barbosa é o adjunto de Murilo Portugal. Encarregado de administrar a divida pública, íiua escolha não tem a simpatia dos demais ministros. Lucietto é <3 segundo de Clóvis, que faz a coordenação das ações do goíerno. e seria, teoricamente, üiais sensível ás demandas mirtisteriais. A disputa pelo cargo Murilo Portugal tem fama de austero e não costuma ceder a pressões vem sendo travada num moliiento em que a equipe cconó- medidas efetivas para aumentar nistração do dia-a-dia de con- por não ter conseguido adotar zenda se acomodaram na admimica sofre severas críticas dos esta arrecadação. A previsão da trole da liberação dos recursos demais ministros. Receita para este ano era um no caixa. Na Esplanada já existe um aumento da arrecadação, mas Os ministérios também estão çonsenso: toda vez que um miinsiro tiver um pleito fundaihiiçâo de 0,6% até o momento, pelo fim da inflação e a estabili- ocorreu o contrário, uma dimi- sofrendo os efeitos provocados mental a fazer, o caminho mais o que representa de RS 2 bilhões dade da economia. Uma das curto, procurar Murilo Portu- a RS 3 bilhões a menos. formas utilizadas para compensar a limitação dos recursos or- Cal. é o menos recomendável. Os Dois ministros que têm usado o expediente de recorrer direçamentários era a aplicação fi- piinisirosjá estão indo direto ao presidente Fernando Henrique tamente ao presidente afirmaram ontem que Malan arrochou veis em caixa até que fossem nanceira dos recursos disponi- 0. só depois, batem na porta do Tesouro. demais a economia, reduzindo a utilizados para os pagamentos. A queda da arrecadação feáeral e a crise fiscal do governo percebeu isto recentemente e xaram de dispor, de um ano arrecadação, e que a Receita só Há casos de ministérios que dei- (ambem preocupam estes minisíros. na medida em que isto afedcncias para aumentar a arreca- Somente no ano que vem, quan- adotou de forma tardia provi- para outro, de RS 600 milhões. ki diretamente as disponibilidacies para executar o orçamento ministros terem feito a parte de- mais com esta receita extra, é daçào. Ou seja, acreditam os do os ministérios não contarem tle cada pasta. Mas também crilicam o Ministério d.i Fazenda Receita e o Ministério da Fales, enxugando gastos, mas a que o orçamento voltará a se equilibrar. Governo tem alternativa para negociação com governadores SOM \ CARN RO madas de "palatàveis", até jx-lo tro de contas entre os governos ANlií l t \ \\ 1)1 RHVM K líder do governo no Senado. Elcio federal, estadual e municipal. "Vamos HRASlt A O governo \ai Alvares (ES). confrontar quem deve a (ifereeer uma alternativa ao pacofe de medidas proposto pelos go- Buritis, os Em encontro no Palácio dos quem e reduzir os débitos", mformou o senador, governadores Cristovam Buarque e Divaldo Suruagy geriu a securitizaçào das dívidas que também mivernadoivs para refinanciar as dívalas estaduais. O anúncio foi leito pelo viee-lider do governo no mas metas de dos (Alagoas) decidiram que as estados, nos mesmos moldes próxi- dos listados Unidos, negociação onde uma das medidas contarão comissão conseguiu Senado. Nei Suassuna (PMDBreduzir com a pela participação da equipe econômica e com governado- metade as dividas dos PB), que defendeu um elenco de res. medidas de contenção de gastos um grupo de senadores, para fechar proposta de consenso e disdos nos encontros entre Cristo- Ontem, o único consenso obti- como contrapartida dos governaflores ás facilidades do refinancia- cutir a viabilidade. Semana que vam e Suruagy foi a condenação Dicnto. A medida pode impedir vem. os governadores Antônio das liminares sobre disputas trabalhistas e que o governo seja surpreendido Bntto. do Rio Grande do Sul, com a aprovação das propostas Surugay e precatórios Cristóvam se judiciais encontram para acrescentar concedidas dos governadores. por um único medidas juiz. Para os dois de O pacote de medidas que permite reduzir pela metade os oferecidas contenção ao governadores e a equipe pacote, que serão econômica, as liminares têm gastos como contrapartida que ser deferidas dos estados com o pagamento das dos go\ ernadores. por tribunal "A pleno. figura jurídica da liminar não dividas e o alongamento dos prazos em 30 anos foi recebido com (PMDB-PB). que e o relator do terferir na estrutura dos poderes O senador Nei Suassuna pode prejudicar a sociedade e in- (ista entre os senadores, e obrigou projeto do senador Humberto Executivo e Legislativo". Os passivos trabalhistas e precatórios ju- a equipe econômica a negociar. Lucena (PMDB-PB) ao qual será As propostas, elaboradas pelo governador do Distrito Federal, defendeu ontem que, além das ponsáveis pelo endividamento dos acoplado o pacote de Cristóvam. dieiais estão entre os maiores res- Cristóvam Buarque, foram cha- medidas, seja realizado um encon- estados. Assédio ao Ministério da Fazenda ALLXANDR PNHERO BRASÍLA A ameaça dos governadores de não discutir mais a renegociação de suas dividas com o Ministério da Fazenda durou apenas uma semana. Desde se- \inda-feira, eles voltaram à mesa de reuniões do secretário-executivo da Fazenda. Pedro Parente, para tentar resolver seus problemas caso a caso. "Não dá para tomar uma decisão global se todos têm problemas diferentes", afirmou a governadora do Maranhão. Roseana Sarney. após um encontro com Parente Roseana defende "soluções que não privilegiem, mas que sejam adotadas dentro da realidade de cada estado" Victor Buaiz. do Fazenda, tentando apressar a liberaçào de RS 300 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BN- DES) para pagar dívidas e salanos atrasados. A retomada das negociações individuais não deixou de lado as pressões sobre o Congresso Nacional e o presidente Fernando Henrique Cardoso. Ate amanhã, o governador do Distrito Federal, Cristóvam Buarque, deve tinalizar um documento consolidando as propostas colhidas junto aos colegas de outros estados, que será enviada ao Congresso para ser transformado em ler partir da renegociação das dividas contratuais de Minas Gerais e do Rio Grande do Sn! os afirmou, ontem. Victor Buaiz. Segundo ele. o que todos cobram é uma orientação do próprio presidente Fernando Henrique para que a equipe econômica negocie as dividas. Buaiz disse que são 13 os estados que não têm grandes problemas de dívida mobiliária (em títulos), mas que desejam um alongamento por 30 anos com 6% de juros anuais. A romaria dos governadores recomeçou na segunda-feira, com a chegada de Valdir Raupp. de Rondônia, e Almir Gabriel, do Para. Ontem, o governador de Alagoas. Divaldo Suruagy. tambem voltou ao gabinete de Pedro Parente, Hoje. são esperados Tasso Jereissatí, do Ceará, e o secretario da Fazenda de São Paulo, Yoshiaki Nakano. a Em todas as fases da nossa vida, boa forma fisica física esta está relacionada aos cuidados com a saude saúde bucal. e Consulte seu dentista regularmente, descubra como urn um sorriso bonito pode ser mais do que mera aparencia. aparência. ; CRO RJ CONSELHO REGONAL REOONAL DE ODONTOOGA ODONTOLOGA DO MO RO DE JANERO CONSULTE SEU DENTSTA REGULARMENTE RARA QUEM QUERA UMA BOA NOTÍCA, A RO-SUL TEM DUAS. 2 NOVOS VÔOS RO-SÃO PAULO-RO. JjWy RO DE JANERO SÃO PAULO i 00 14:50 d) ili Q19:45 205s~j«JLJi _ SANTOS DUMONT ] SÃO PAULO. RO DE JANERO taxvua cwc;aoa * r a a t \ o [06: Qió 12 16:57 i C$ Para atender melhor você, a Rio-Sul está colocando no ar novos horários na rota Rio-Sâo Paulo- Rio Sâo vôos operados com Boeing , o mais moderno e confortável avião na sua categoria Além disso, a Rio-Sul ainda oferece outras vantagens Reserva antecipada, com marcação do assento. Refeições especiais. Você pode solicitar antecipadamente refeições adequadas ao seu regime alimentar. * Maximilhas Smiles. Cada vôo no trecho Rio-Sâo Paulo ou São Paulo-Rio vale Mil has Smiles: são as 500 milhas mínimas, mais 25% de milhas que a Rio-Sul sempre dá e um bônus de milhas.* Com 16 vôos de ida e volta você acumula milhas suficientes para uma viagem grátis para Nova York, pela Varig, por exemplo Consulte seu agente de viagens ou a Rio-Sul sobre as conexões disponíveis 8RJ(021) ) «spbuiixxbxxei Herbert Greenbefg Como achar o vendedor certo maior especialista em seioçâo de- profissionais de vendas do mundo, é fundador e presidente da Caiiper Human Strategies, tnc. Participe do melhor evento do ano SALES SEMNÁRO NTERNACONAL DE VENDAS EXCELLENCE ClKtUlO l> «S r>[ ÍVqhssionais,g iiinwim Pt VlH> vs Matai to-smmm nformações e nscrições (041) fax (041) Valor Bruto R$ 640,00 R$ A verdadeira razão da baixa produtividade em vendas: o sistema de contrataçáo. Por que o turn-over é táo alto em vendas? Desemprego x Mau Emprego. A personalidade de um campeão de vendas. Derrubando os mitos na seleção de vendedores. 0 que você pode fazer para aumentar sua produtividade, vender mais e reduzir turn-over de vendedores. ri ye l()0<;< das pessoas que trabalham ein vendas no mundo: -55** nào são e nunca serio vendedores; -25r silo vendedores mas estão vendendo o produto errado; -20f* são vendedores e estão vendendo o produto certo. Por isso c que 80.* de todas as vendas do mundo são efetuadas apenas por 20x dos vendedores." * BB ; RnflfH ~ <* < m Sãii \iulo 80,00 f»m w..,1.,.. W-!! M! T1 - para grupo de pessoas da mesma empresa. RO-SUL Linhas Aereas Dirk Beveridge Gerentes ou Supervendedores? U* dos mais requisitados conferencistas americanos da atualidade fundador o principal executivo de -1 empresas bem sucedidas com o nome do Beveridgo Business Systems nc. Três tipos de Gerente de Vendas que levam as organizações à resultados desastrosos será que um deles habita em você ou na sua empresa? A principal mudança para o sucesso em vendas na atualidade: focar o vendedor no cliente e nào no produto. Saiba como fazê-lo na prática. Seus vendedores reclamam que o preço é alto? 0 que fazer para que deixem de vender somente preço e se tornem solucionadores de problemas. Erros mais comuns em Gerência de Vendas e como corngi-los para aumentar a quantidade e a qualidade das suas vendas. e a sua empresa está vendendo hoje da mesma forma que vendia há um ano atrás, você está a caminho do desastre." DRtt SUknZK iocucofu JORNAL DO BftASlL A, jjj TQPEMRM

11 1 JORNAL DO "J JORNAL RO BRASL QU1NTA-FE1RA, PE? 2- Edigao POLTC POLÍTCA A QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 1996 D Demissão Demissao tera voluntaria MANTENHA A SAUDE SORRNDO! indenizacao indenização isenta de R Em todas as fases da nossa vida, L Servidor que aderir 25% logo ao programa ganhara a flsica esta relaaonada a boa forma física está relacionada íhara 257b a mais que o governo começará a demitir saude aos cuidados com a saúde bucal. os funcionários que não têm estabilidade (cerca de 55 mil). "O tamanho do corte entre esses servidores vai depender do volume de o/- *»-ric/~» hr*ni+n 1 Consulte seu dentista regularmente, SfSSSltSSiS Consulte nicis nelo governo federal aos Usempresanos cat««s que adcri. im> «%.- : 6 urn e descubra como um sorriso bonito adesão ao PDV. Quanto mais rem ao Programa de Demissao a secretaria explicou que a gentc a demissao volunta-. morn.voluntaria(pdv)seraoisentasde nnnrpnrid P. gente aderir à demissão voluntária amenosservidoresteraoquescr servidores terão ser DOde Ser mos 00 mero OparenCO. Jjmppsto de Rcnda. A informasao go pode ser mais do que mera aparência. SdV So?no Rio demitidos na segunda etapa", mi«etapa H ;[pi dada ontem pela secretana de onde con. afirmou afirmou a secretária. secrelana. j&pcutiya do.mmistenada Admi- centram H8 mil funcionarios pu- Sindicatos Em reunião rcuniao jwstragao, Claudia Cos in. blicos federais. No Distrito Fede- com 15 líderes lideres sindicais, sindicais. da Força Forga vidores que adenrem ao PDV no g lem de 50 mi, servi. sindica. fltfljl pnmeiros dias vao» receber Sindical, da CUT e da CGT. o p.blicost a major concen_ prcsidentc adicional de 25 k sobre o total da -,0 presidente Fernando Henrique je funcionarios e nas nrometeu W 2h!d33S!3 chiimadas caneiras de eslado prometeu rever a Medida Provisória s r» em cm que proibt tmmmssxssm flposo2 turnodaseleipoesmuni o governo proibe o CONSELHO MOONAL DE ODONTOLOGA fiscais do TesoUro Nacional. di- aposentado de continuar na sua... DO RO DE JANERO ma.haduemtc PPa,s nlomatas, pesquisadores e delis- contrato CONSULTE REGULARMtri "lizemos atividade com o mesmo contraio C um acordo com Neslas carreiras, o governo de trabalho. Pela MP. o trabalha- CONSULTE SEU DENTSTA REGULARMENTE Receita Federal o pagamento na0 pretende fazlcortes. dor e é obrigado ojjrigado a pedir demissao, Sue os funcionarios receberem no n demissão, r\viin Hr- nerdendo previo PDV sera ttatado como indeniza- Segundo Cla d. C im J perdendo o aviso prévio e a multa de i7ats8a 40% EOTS. ciio raballusla e. porlanlo. rendi- puis do cncerramenlo do indenizatória de 40 o do FG1S. blinistros jministros disputam espaço espao PARA QUEM QUERA UMA BOA NOTÍCA, A RO-SUL TEM DUAS. pa ha Secretaria do Tesouro Arquivo 5/2/95 2 NOVOS novos VÔOS v6omommaulo-rio. RO-SÃO PAULO-RO SANTOSOUMOHT PAULO RO DE JANERO fmtxu CKtVAÍlA > :««t O Q. r. *., 1., C j 106:54 07:39 <3316:12 16:57" _ S JT [18:32 19:22 É Í M 021:15 22:00. j... tj MAR RANÇO BRASil ia Os ministros enfi aram na disputa que se desenuila no Ministério da Fazenda para indicar o sucessor de Muri- J) Portugal na Secretaria do lesòuro Nacional. O ministro da Fazenda, Pedro Majn. e o próprio Portugal, querem no cargo tábio Barbosa. Mas o chefe da asa Ci\il. Clóvis Carvalho, c o secretário executivo, do ministèno. Pedro Parente, fazem campanha paia Odair Lucietlo. Os denials ministros. solrcm S % - Para alender melhor voce, a Rio-Sul esta colocando no or novos horariosina rota Rio Sao P demais ministros, que sofrem feas macs S /") % N( Rio S5o v6os opcrodos com Boeing , o mais modcrno C confortavcl av.ao no üas mãos de Murilo Portugal, a niio tcr gf " ;j. gorio Alem disso, o Rio-Sol ainda oferece outros vontogens quem acusam de não ter a minipia Hia sensibilidade sensibilulade para-rcconhe- rcconhe- V y?. \\ Re$erva antedpada, com morcacao de assento der «cr necessidades neccssidacs madiaycis madiavcis e li- <}/ Refeioes especiais. Voce podc solicitor anteapadamcnte rcfoicoes adequadas ao scu berar dinheiro, só querem uma coisa: que a chave do cofre seja!nl i v-uc pir i m uoin imuolsi- ZrnHhos Smiles Coda voono trecho R-o-SaoPaulo ou Sao Poloo vjeu25 tmtreguc para alguém mais flexivel. ábio Barbosa é o adjunto de Murilo Portugal..ncarregado do publica. Consulte seo agente de viagens ou a Rio-Sol sobre as conexoes dispomvcis de administrar a divida pública, jua escolha cscolha não nao tem lem a simpatia simpa i dos demais denials ministros. ininisiros. Lucietto é g glllmilt>p,t h segundo segutido de Clóvis. Clovis. que faz a SSPtmlHVB-fLLi gl\ J} PlfiiTUL cixirdenacao Coordenação das ações agoes do go- Hram / onum rrrrrrrtrrm ON. dss S wfc«terno, Verno. e seria, seria. teoricamente, teoricamcnte. «_. mm. i, m(» tmhos Linhas Aéreas hiais Mais sensível sensivel as demandas mi- \/,» // PortuWcni farntt Sjf austero e niio costuma cetter a pn-ssmw MBW~gfflnanna jjisteriais. ijistcriais A disputa dispuut pelo polo cargo "... n:1 sc.ulo por {em sendp travada num mohiento pienlo yem (cr conseguido adotor do dukk,ul de cg. ~ em que a equipe cquipe econôijiica Qiica sol«i; solve severas críticas cuticas dos esta arrecadaao. A prcvisao da econo- mcdidas efetivas para aumentar jmjt>!lhorac.-lo dos rccurs0s flemais ininistros. Reccita para estc ano era um n o" Üeniais ministros. m.nistcrios lambcm cstao Participe do melhor Bventojjojjn * Na hsplanada spianada já ja existe cxisle um lumento da arrecadagao. mas r... ionsenso: Consenso: toda 16da uv. ve/ que um nu- mi- lctrren 0 c0 lri,rib, &. dimi- M r k rr SEMNÁRO 1S1WU n t C 1 CC SSffiiSS DilkBemidge.her plci.o fuuda- nllitas»i dc 0;6% ate o%o, cmo.!»» Hertat CreB,.be1U (listro tiver um pleito funda- Heibett Greenbery \ A h\ NTERNACONAL DE Sd SALl J vsdas nr, Qiental ijieoial a lazer, l.i/cr. o camiulio, caminho mais rcprkcula ; RS1 bdhoes Pmutt vhl-uvndab OnLLJ VENDAS hwmks OU /UUnr curto, H0. procma, procurar Murilo Portuj.ií, ial. eo é o menosrcipmenda\cl.ps recomendável. excellence Pom-, ks, «amcuos, Como J achar J EXCELLENCE Os Dois ministros que lem usa- mij,vlp30 fi. n VPWflPnflY», i n ijunistros qiinistrosjaestaoindodiretoao estão indo direto ao o vendedor dooexpedienlcderecorrerdire- amcn<j recursos dilrolu- 1 VPtldcdOrCS? presidente Fernando Henrique só depois, batem na porta do certo ±,ke;;s«í esouro. ; À queda da arrecadação fe- Ori 1.1.1) t»s Beral Hei e a.1 crisc crise llscal fiscal do gowruo pcrccbea nara oulro. de RS 6U0 milhbes, fjsmjsr m,!!!? HB""!}}!! (ambem pivocupam cstes governo PKOtlSSONA-S adotou de lorma tarora pro\i- someme no ano que vem. quan- 1 t> vvm>as h«ui?>»"»«-*1"1 jaitjfém preocupam estes mmisjros. na medida em que isto ale- dencias para do 1 ministenos nfl0 contarem L> Vi nd hi dagao. Ou seja. mais com esta receita extra. nformações e nscrições Ki diretamente as disponibilida- B }es orgamento ministros terem teito a les para executar o orçamento irtede- onjamcnlo voltara a se MM He de cada pasta. Mas tambem também crilicam o Ministério Ministerio da Fazenda Fa/enda Receita o Ministerio da l a- fax fax (041) sb en- les, en.xugando gastos, eonilihr-ir HnH H (041) M (M l /-n. fttiir-1- ndo -1" \Jm d s nwis requisitados Condição U n-saior especialista em»rtssfixx normal pm Cnv<mn fcsssi Governo VXU? CJL AiV tem 1/V/J.ii alternativa C%1 vondas seleção dé profissionais do, Condisao nvestimento S? n0rmal PiofioMii Vwto para vendas dó do mundo, mundo. é Vilnt Rrill RS principal executtvo de 4 : (ondador * r_-r - empresas fundador e presidente da Valor Bruto R$ R$ ,00 bem sucedida-s Q H AVPtt Caliper Galiper Human Stíategies, Strategies. *ÍT"H* a-l.luno J>mono npociflccio sovcriiauui 0 d_b i., BuS1n3 svitcn«i.«negociação com para grupo de pessoasda mesma empresa. _ t governadores i.».nru) tti oacote que serao ole- A verdadeira razao da baixa produtividado em ven- Tres tipos de Geronla de Vandas quo lovam as namip niit» oí SOM VC ARN1RO l raid.iv como contrapaflida dos go- \Nti! 11( A Wlt pi RU CKF.R V tas, elaboradas pelo govemador do vemadores ujmprego x Mau Emprego. A principal mudan9a para o sucesso am vendas n tik-\sii HR-\sil t. l.\ O governo vai oferecer uma alternativa ao pacote de de (PMDB-PB), que e O relator do Dorrubando OS mitos na seleqao de vendedores produto. Saiba como faze-lo na pratica. ok- Qlr>lnt0 Federal. Cnstovam Bu.ir- 0 senador Nei Suassuna Ders0nalidade de um campeao de vendas. atualidade: focar o vendador no cliente e quejjm dramadas "palatamedidas prcfjgbstb ix-los alc pdo lider do governo no p&to do senador Hlimberto)tu- 0 que voce pode fazer para aumentar sua produtivl- Seus vendedores reclamam quo o proposto pelos governadores para refinanciar as dividas preqo e a o rcimanciar dmdas gicioalvares les). cena (PMDB-PB) ao qual sera aco- dade, vender mais e reduiir tunwiver de vendedores o que laier par a que dewem de vender somen eiaduais. an io nl-idoooacotedecrist6vafti.de- nr.... preqo e se tornem solucionadores d estaduais. O anúncio foi feito pelo eoverno Senadd, Em encontro no Palaao dos plad0pote ttsqttelranb,«<n, Erros Q mais comuns em Gerenc.a de Vendas e como.vice-lider do governo no Senado, (PMDB-PB!. de- ntfci. OS Nei Suassuna gojfi "otodo (PMDB-PB). quedetendeu um elenco de medidas de das suas vendas. um enconm. de :$ %! lsmos,»,» lendeu Buarque e Divaldo Suruag) (Ala da>. BOvernos Federal sau %cuiodores n.aestao vended.. de t. in oniiv mnira- uoas) decidiram que as proximas comas tntre os i nr«hia(o en-auo; anuençao eontemuo-ac dc sustos g«is.tos como contra.si-ulml "\amos e municipal, wn- -»o«/} Ni-, vindwores c estao.vendgndo JwoSSS-aS- partida di>s governadores as lacilidades do refinanciamento A medi- s.i está vendendo hoje contiirao com a pariicipao da i mui tjuc vciuüa há mn mio da pode impedir que o governo seja equipe economica e com um aminho ilcsasttt. grupc securitizacao >. ciuiedorcs." surpreendido surpramdido com a aprovação aprovacao das de senadores. para leehar prdjfosia qui umlx lunf BSSSSSm rssebbw profkstasdos governadores. deconsensoediscutiraviabilickide. das dhidas dos estados. nos hks- «=» Hf- propostas govemudores. J\ O pacote penm- Semaiuil vein, os i>o«maores mostooges dos Btadqs L nidos, Dlul4MBne>oiunom t) paeole de medidas que permi- upemrm "ie 10 reduzir pela metade os gastos do> O «ilim «u «3K JOtUOOnJ TAPEMRM tuhliuo Antonio Bntto. do Rio Grande do S JORNAL P0 BBAflL estados com m) o nt-mrh JWunw Jdidos W0111 loms pagamento das dividas e o alongamento dos prazos esv -r-vlrvebut ci>m festa mf** tra- acresvontar medidas de govemadoics

12 8H QUNTA-FERA,?4 OK OJTUBRO BE " runnta.fripa 24 DH OUTUBRO DE 1996 JORNALDO BRASL BRAS1L POLTCA POLÍTCA ~~~ ~~~~~~ Marcelo Theobald lhobald ~~~~ Mwel<> "Ele ter poderia causado uma crise foi afastado quando pelo presidente Geisel, nias se portou patrioticamente. Almirante Júlio Bierrenbach, ex-mlnl»tro do STF tu"" ryjkbjflb KTXf* -v ml J "d flflbjflhhl ( "Foi bom 1i" "Foi para o jiisibshjlihlll Brasil que as idéias ideias de Sílvio Frota não tenham tenham predominado no governo Geisel e nao que ele não tenha conseguido chegar à presidência1 Jo*é Gonoino m, ó corno do g«i Silvio -< Frota foi enterrada iso W com honras militares no Cemitério São Advier, no Caju. com a presença de 50 péssoüs Ci"" ofi,inos insuficiência respiratória; lamilia tem originais da obra. que aborda golpe e os anos 70 General linha-dura morrc aos 86 anos, de _ u, t oartc poentes -o i-row foi 0 general Silvif Frota dci\ou repressm ás organizações de esquerda, amuios Passava a maior parte do tempo presentes ao enterro: "O general rota toi pronto; " um livro de memórias cm que retrata a sua nos anos 7(f; um cimipêndio sobre as em casa. no Çrajaú. Zona Norte do Rio um brasileiro acima de paixões, que soube DEPOMENTOS visão da República, de 1932 aos nossos atividades do xcrcito tía vida do pais nos O seu arquivo pessoal, incluindo o livio cumprir suas missões sem ambições ou dias. De acordo com um coronel de \crçilò que este\ ontem no enterro do gene- filho do ceneral. assim como sua bibliotc- Luís Pragária da Frota, capitão de Mar-e- na", comentou, sem citar o nome do ex- ultunos Ml anosi Os originais estão com o de memórias, está aos cuidados do tlho vaidades pessoais. Ele deixou unia lacu- Newton Cruz General, chefe da ayôncia central do SN! nos governos Ernesto Geisol ral e que pediu para não ser identilicado.o 11 \ ro esta sob a guarda da família áíardou ao longo da carreira \ fitmilia e eana da 1 rola O general e avo de Ratael. ntrc o- militares presentes, todos da um patriota e um graucíi c iodos os documentos niihuircs cui clc Guerra da Marinha, e da filha Dylce!rapresidente, recentemente falecido. e Joáo Figueiredo "Foi de militar. Nasceu para ser soldado. vivia para o xcrcito chamada linha dura do l xereito, estavam a ela caber.i decidir sc será publicado e que vai decidir quando essas memóriaserão publicada- Por enquanto, acho di- ()> a mi cos de caserna cjue loram onum generais \dir Fiúza de Melo e PÍini< de 14 anos, lilho de Luís os quando. Òs dois hlhos iio - general ministro do 1 xêrcitó de ll)"-j a 19 e um fieil Muitas pessòas citadas estão \iv.is e ao Cemitério de Sao l ranci-co Xavier não cuidava de -i proprio le Pitàluga. O comandante-militar do Leste, foi afastado do ministério porque era contrario á eleição do dos expoentes máximos da linha dura nas lleanam comprometida- com a- revelaçpesdo livro", disse o coronel. miravio. O secretario de Seguiana úhh- lembraram do general com respeito e ad- general Abdias da Costa Ramos, representou o ministro do xereito. Zenildo presidente figueiredo. Apesai Forças Armadas não quiseram lalar l.ucena. de não concordar, respeito miegralmente a posição de frota sobre o assunto Silvio 1 rota foi sepultado no final da tarde, com honras militaqueira, teve e-treita relação com Silvio ve-tido com a farda de gala do Exército Ele se opôs a Figueiredo exclu-i- Ò general Silvio Frota tinha 86 anos e ca do H-tado do Rio. general Nilton Cer- 0 corpo do ex-ministro. Sílvio frota loi estava internado desde o ultimo dia 13 no Hospital Naval Marcilio Ouis. no 12" andar. reservado a oficiais generais. Segun-! rota. " vamenie Vive a honra de fa/.er parte de seu brasileiro. O caixão, coberto pela Hanileira Nacional, foi levado por -eis soldados por achar que este não era o melhor caminho para o res, no Cemitério de Sao rancisço Xavier. no Caju Cerca de 5(1 pessoas, entre cabinete no Ministério do l xereito e pa- pais Nao éramos amigos, mas do a relaçõc- do hospital, capitão-tenente ( armem Oliveira, o <jcner.il públicas -ei paren s e aiiiigos. acompanharam o enterro. Silvio rota morreu lum as 2htl." de insu- a admira-lo como um grande chele no Batalhão de Guarda do Comando Miluar do Leste. As honras militares incluíluva quase cego e sofrendo mui- soube que. ultimamente, ele es- militar l ie cumpriu um papel muito importante. íoi integro e decidido. lembrou ram uma salva de ires tiro- de luzil por Senundo o coronel, o livro trata dá itfíència respiratória aguda Qti&icuidou to." história do 1 xércilo desde que Sihio f rota se tornou aspirante de oficial de C ava- Hospital Naval. O secretario de Segurança foi uni dos Marcha fúnebre pèla Banda do Batalhão gj-givbrrilheifo " do general foi Dr. (Uilhon. lambem do o colega general (. erqueira um pelotão de soldados e a execução da José Genoíno Deputado polo P d" sâo Pílljo 0 Foi bom para o Brasil que léa. em W~. passa pelo golpe militar Viuvo desde Silvio 1 rota passou poucos a comentar as divergencia- entre de Guarda O corpo foi encomendado pe- suas idéias não tenham predominado no governo (leisel e que ele que derrubou o presidente João Goulart, os três últimos anos com serio- problemas Silvio rota e o presídentljbrnesto Cjcisc, o tenente-coronel Fuclides José da Silva, em Í964! aborda o período mais forte da de saúde e restringiu o convívio com os um assunto evitado por outro- militares capelão do Comando Militar do este. não tenha conseguido chegar a presidência. (.) Geisel valorizou a " Arquivo distensáo ao demiti-lo. Estava 14/1.0/7 % preso quando frota a uiniu o * *> ministério. Lembro que ele denuneiou varias pessoas parajustificar a linha dura Teve um forte papel rui regime militar Júlio de Sá Bierrenbach Almirante, ministro aposentado uo Supertor Tribunal Militar w m nfyvhnht 11 1MH K % j.liy MKHB vljb /;"l 97t), i«p m rli já era llgrs; HlHint u sljll e. 1MB» \?. Hi, iv KMhBp um incômodo ministro para W v jjeshews H 1 WABHifftlSHl /HT/fraH vivia»m\» l(t/nv</»i</«l! iliii i Xi ${ati\% w WB?.w Hflttffl Hi Frota Jinulw hikiw lbb SLV1U brula Um conservador radical que queria ser presidente MARA HE EN X MALTA Com a mulher. dia. o general se prepara para o embarque para o Rio. dois dias após a exoneração longo de Sh anos. o carioca Sílvio Ao Couto Coelho da Frota foi um eonservador radicai e obstinado, sobretudo em sua vida militar e política o que o transformou num v moroso representante da chamada linha- "dura. Militar da cavalaria, já em 1940 era campeão de saltos em concursos hípicos e, cm ptl chegava ao comando do 1 Exército, iniciando um período de lebril participação dos organismos militares na repressão política. Pouco tempo depois, já no governo de Ernesto Geisel. ele seria um polêmico ministro do l.xercito, respon-aiel por uma das mais graves crises do regime militar. Conspirador nato. esteve sempre na oposição ao legalista Henrique Teixeira Lott mini-tro do l:\ercito nos anos 50 e icou ao lado dos mmi-tros militares, em {961, disposto a impedir que o \ice-presidente Joào Goulart "!«* - *W :W-< >. # «fw*&+ \tr- vl mm *- * * ) v /JBuk "j, 4 fjsrlkel - ** -25S1 Hv»» -jg.mpsi «MfiSL3Q«Fi \ u * assumisse a vaga aberta com a renuncia de Jânio. }, Na virada de 1963 para 64. então chele do Estado-Maior de Div isão Blindada l RJ) e anticomunista ferrenho, participou ativamente da conspiração contra o governo de Jango. Não por acaso, foi um dos criadores do tanioso Centro de nformações do Exército tciex) com triste destaque na area de informações sobre "inimigos do regime e. a partir de 4. já ministro de Geisel. transformou seu gabinete em importante sede da conspiração contra a abertura promovida pelo presidente. "mliltraçao Sua preoeupação obsessiva era sempre a marxista na sociedade brasileira Foi durante a gestão de Frota no ministério que apareceram mortos nas dependências do Destacamento de Operações e nformações do Centro de Operações de Defesa nterna (DOl-Codi). vinculado ao 2 Exercito, em Sao Paulo o jornalista Vladirair Herzog (outubro de 1975) e o operário Manuel Fiel Filho (janeiro de Nos dois casos, o- inquéritos militares contestados por vários setores "suicídio concluíram pelo e acabaram detonando uma das mais ousadas intervenções do presidente: Geisel demitiu o general Ednardo Dãvila Melo, comandante do 2 Exército, ligado a Frota. Foi também nesta fase que circulou em m íi Brasília uma pasta secreta, com um minucioso relatório sobre a "ação contestadora e subversiva permanente do JORNAL DO BRASL estudavam-se, contra o JB. medidas assustadoras, que iam desde a imposição de censura e a apreensão pura e simples até o boicote tinancejro como a suspensão de créditos oficiais e de publicidade de órgãos do. governo sem falar das pressões contra os anunciantes e da investigação, sob qualquer pretexto, por meio da Lei de Segurança Nacional Mas além de não perder uma chance de criticar a abertura de Geisel ou atacar a imprensa. Frota celebrizou-se como um articulado candidato a sucessão do presidente. Para atingir seu objetivo e. sobretudo, neutralizar um nome fortíssimo o do general Joào Figueiredo, o favorito do proprio Geisel. o ministro do Exército mobilizou não apenas seus pares da caserna. mas ate um punhado de parlamentares da Aliança Renovadora Nacional (Arena), o partido da situação, através do general da reserva Jaime Portela, desafeto do presidente, que fora chefe do Gabinete Militar na gestão de Costa Silva. ) rota terminou exonerado por Geisel. na manhã de 12 de outubro de mas ainda tentou um golpe contra o governo, convoeando uma reunião do Alto Comando. Os generai>. entretanto, foram fiéis ao presidente " l:.le poderia ter causado um crise quando foi afastado pelo presidente Geisel, mas se portou patrioticamente. Ele desejava -cr presidente e não concordou com o lançamento da candidatura do general Figueiredo. Havia mais uente 110 Exército contrária a Eigueiredo e Frota poderia ter comandado uma reação. Lamento a morte de um homem de bem. correto. É também uma grande perda para a torcida do Vasco da Gama. Encontrava Frota re-.jiientemente no Maracanã, com a família, torcendo pelo Vasco Armando Falcáo Ministro da Justiça no governo Geisei " Como ministro da Justiça do governo Geisel. tive o prazer de constatar o carater firme e a honra pessoal do general Silvio Frota durante o tempo em que ele foi ministro do Exército. Na minha opinião, tratava-se de um patriota, homem acima de qualiuer suspeita na sua conduta moral e profissional de boa esnrpe. Agora que faleceu, só peço a Deus que lhe conceda, na sua corte, o lugar merecido. Sobre os problemas sucessórios, que afastaram Frota do ministério, já me pronunciei através dos dois livros que escrevi. Leônidas Pires Gonçalves General ministro do Exército no governo José Sarney "Lamento muito. Estou triste por este fato, assim como todo o Exercito. Quando morre um Velho líder, a gente tica triste.

13 QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 1996 Brasil Fimai denuncia uso político Brasília Arnildo Schulz Gaiger está certo de que os brancos Ministro defende querem derrubá-lo BRASÍLA O presidente da Fuhai, Júlio Gaiger. suspeita que na nternet os 22 xavantes que tentaram fazè- provão o refém, na terça-feira, agiram ELANA LUCENA as principais dúvidas dos e studantes: sob influência de grupos que instigam os índios para garantir seus BRASÍLA O ministro da interesses. A Polícia í-edéral vai Educação. Paulo Renato Sou/a. O aluno corre risco de ver a sua nota divulgada? A lei é clara, investigar o caso. como também a foi sabatinado ontem durante e estabelece ação dos índios wainuri-atroari meia hora. via nternet, sobre o que se algum funcionario do MEC divulgar indevidamente um resultado estara sujeto que bloquearam a estrada da minefadora Taboca, no Amazonas, marcado para 10 de novembro. A exame de final de curso] o provão. a e os guajajaras que fizeram 130 maioria das dúvidas dos formandos em administração, direito e processo disciplinar administrativo. Apenas o aluno terá acesso reféns no Maranhão. A pressão dos xavantes; segundo Gaiger. engenharia civil os primeiros a ao resultado do exame. não vai provocar sua demissão do fazer o cargo. "Só provão dizia respeito à O resultado do exame vai ínfluir na distribuição de verbas pa- deixo o cargo a pedido garantia de que as notas não serào divulgadas e que a emissão do ra as universidades públicas? A do ministro", disse. Em fevereiro deste ano, o expresidente da lunai. Mareio San- ao desempenho no exame. O mira vinculada á avaliação, mas as diploma não estara condicionada distribuição de recursos não estatilü. deixou o cargo depois que os nistro respondeu a 15 perguntas. areas que apresentarem problemas poderão receber investimen- xavantes também o fizeram retem. Na ocasião, o ministro da nternet as respostas as 300 ques- No sábado, o MEC divulgará na tos adicionais para a sua rccugração. Justiça, Nelson Jobim queria que toes recebidas. Wm Santilli reforçasse a segurança da O sistema chegou a ficar coneestionado e a consunicàção loi o desempenho de um aluno du- Uma única prova pode avaliar -unai para evitar a invasao de indios. Santilli reagiu afirmando interrompida duas vezes, entre as rapte todo o curso.1 O objetivo que esta medida feria sualeonviclões indigenistis. No entanto, conseguiram limitar o numero de tuiçào. Uma prova sozinha tam- 6h30 e 17h. ate que os técnicos não e avaliar o aluno, mas a insti- também acusou a manipulação usuários que tentavam talar com bem não avalia uma instituição, dos índios por brancos. Desta vez o ministro. Paulo Renato afirmou mas o resultado global, sim. Alem Gaiger estranhou que1 os \avantes. de Mato Grosso, partissem que a maioria dos estudantes do provão. serão utilizados outros atendera a convocaçao do MEC indicadores para se chegar a uma para ataca-lo sem antes tentar o O ministro lembrou que o formando avaliação das instituições. diálogo. "Os xavantes costumam sair t h xavantes foram a Camarõípedir o demissão do presidente do hnuii que não fizer o exame não Quais as conseqüências para recebera o diploma os alunos das aldeias sem pintura, dispostos "Não que não fizerem o provão ou deixarem a prova em e esta foi a senha para que os mandar policia que xavántc não acredito num boicote generali/ado". afirmou o ministro, branco? O aluno não receberá o a conversar muito, Essqsjá chegaram pintados e com o discurso da Índios agissem contra mim", explicou Júlio Gaiger O diretor do da Funai não chega a na aldeia. ao comentar o plebiscito realiza- diploma. Alem disso, a prova em tem medo de morrer. O dinheiro extinção da Funai. Com certeza, Smdsep. smael César, disse que outras pessoas influenciaram os o queixou-se o cacique. do ontem em vários estados para branco contribuíra para piorar a sindicato não tem responsabilidade no le da Funai. eles querem a rees- ocorra uma adesão geral, o nitnis- avaliação da instituição de etisi- Além da demissão do prendeu- julgar o provão. Mesmo que não índios para agir desta forma. no. Bisse Gaiger. Segundo ele, a confusão começou quando o repre- protesto. O cacique Daniel, um dos 22 truturação do órgão e a revoga- tro defende que os resultados seráo suficientes para atingir a meta O que acontecerá com o curso \a\antes sentante do Sindicato dos que foram a Funai na ão do decreto 1775 que reve a que não obtiver boa avahaçao Servidores Públicos Federais. Antonio terça-feira, afirmou que nao era demarcação das terras indígenas de avaliar a qualidade do ensino Os resultados serão divulgados intenção pos índios agredir Gaiger. Os caciques estiveram ontem com das escolas publicas e privadas "Reiteramos Borges, o acusou durante uma reunião com os funcionários e os e sim leva-lo para negociar as o presidente da Câmara, deputadif pis Hduardo Magalhães, não e avaliar o aluno \ nota e que nosso objetivo junto com outros indicadores. Se, reivindicações indígenas com o após alguns anos, o curso ou a s.ivantes de iludir a todos ao garantir que a Funai não será extitig bim o Júlio continuar no car- Nelson Jobim pedindo que os so ao resultado", disse Estas lo- avaliação ruim seu credenciamen- ministro da Justiça; Nelson o* que telefonou para o ministro sigilosa e so o formando tera aces- instituição continuar com uma "Se "He ta me desmentiu em publico go. nós vamos a bater nele. Pode atendesse. ram as respostas do ministro para to poderá ser cassado. de índios Guajajaras soltam os 130 reféns Os 130 reféns que os índios guajajaras mantinham desde quinta-feira na aldeia Coquinho. município de Grajaú, no Maranhão, foram libertados ontem a tarde. A libertação só ocorreu após a assinatura de um acordo pelo qual o governo compromete-se com os índios a recuperar o trecho de 250 quilômetros da rodovia BR-226 entre as cidades de Barra do Corda e Porto Franco. Jorge Amado se alimenta e anda Apesar de apresentar recuperação satisfatória, o escritor Jorge Amado. H4 anos. permanecera internado na Unidade Semi-lntensiva de Tratamento, do Hospital Aliança, cm Salvador, pelo menos até sexta-leira. Ainda há risco de haver formação de coágulos ou reobstruçòes. Jorge Amado está se alimentando normalmente e caminha pelo quarto PF fará operação em Serra Pelada A Policia Fetléraí confirmou ontem em Brasília i}uc ulc o tim da scinanu sem desencadeada uma operação em Serra n. Pelada, no Sul do Para. para retomar a arca de Serra Leste, pertencente a Companhia V ale do Rio Doce e ocupada por garimpeiros. O ministro do Exército, general /emido Lucena. informou que a operação terá apoio militar f SÊnf Banco de Jóias! YLNDAÜEM CCWUm-NOiCOTKtó SUAS J0AS ( * \ * NWY0MWHSOH SECOS ra ictfl WOííCN»ÇtoR WVEíSAl if,.!>ncü «SOMfOinSOS ÍTJÍYAN0, 10 10M 70 M ff id biirind " (M flíwt *01NG0 1 fk.nt., ,1288 ciu:986-l300c! T TELESP, TELERj E TELEMG. AS NOVAS UGACOES DO BRADESCO PARA VOCE. idwm3 1 Era so o que faltava para voce negociar bem suas a<;6es. Mesas de Operações da Bradesco Corretora, que Através do SANA - Sistema Automático de Com o convênio firmado entre o Bradesco e a providenciará a venda nos pregões da Bolsa de Negociação de Ações, você fica sabendo se Telesp - Telecomunicações de São Paulo. ggasssss Tlerj Telecomunicagols posi?ao negociagao \a Valores, oris, nos preços e condições do mercado. possui a posição livre para negociação de suas Telerj - Telecomunicações do Rio de Janeiro e TelecomunicaS6es Gerais. a,6es tent negocio. acionano. acionário. No terceiro terce.ro dia dta útil uu apes após a realização realao ações e tem tudo para fazer o melhor negócio. Telemig - Telecomunicações de Minas Gerais, voce de dtreta sistema. do do negócio, negocio. os valores \a serão automaticamente Para entrar em linha direta com este sistema, você acaba cie conquistar ainda mais facihdades. basta voce a Agenda tern creduados creditados na sua conta corrente. E você vocc basta você ir à Agência Bradesco onde tem facilidades. alem aqdes Telebras. voce recebera receberá em cm seu stu endereço endereo a Nota de conta corrente. No mesmo instante, a sua Agora, além das ações da Telebrás, você tambem podera as6es ate a?6es. Corretagem com todos os dados da operação. operaqao. ordem de até ações, no caso da também poderá negociar ações dessas ma.xtmo de Telebras aqoes, Vtu Viu come como é e fácil? (actl? Então, Lntao, se voce você quer qui Telebrás e Telemig ou ações, da Telesp r empresas no Bradesco com o máximo cie seguransa ou Telerj. e as negociar suas aqoes, ações, va vá direto dtreto ao Bradesco. ou Telerj, é transmitida eletronicamente às agilidade e segurança. BRJ DESÇO m

14 QUNTA-FERA, 24 DFOUTUBRO DE 1996 CONSF..HO EDTORAL M. F. DO NASCMENTO BRTO *rvmdcntc WLSON FGUEREDO Vice-*rwid<nte JORNAL DO BRASL Fundndo era 1891 REDAÇÃO MARCELO PONTES MARCELO BERABA Editor Editor Executivo paulo Torri ORVAL1M) PER1N fcditoc Exccvtho Smttàríode Rcdjçlo SÍ.RG10 REGO MONTERO Dirttor EDGAR LSBOA Diretor Agência JB PAULO CARUSO Missão e Profissão diminuir o déficit público, em vez de mento, verba de gabinete de RS 10 mil, apartamento funcional, material de expediente e Para aumentar impostos ou reduzir investimentos, o governo escolheu cortar privilégios cotas de passagens aéreas e correio. de servidores que não têm proteção constitucional. Mas essa tentativa sensata a refor- conta, é o desânimo. Essa gente cria a falsa A sensação do contribuinte, que paga a, ma administrativa continua esbarrando na impressão de que representantes do povo merecém vantagens c privilégios por estarem fa- falta de espirito público dos deputados: o que é bom para o Brasil nem sempre é bom para zendo um favor ao representar os que os elegeram. Obnubilados pelo mundinho corporativo em Que vivem, pregam descaradamente eles. Os 141 parlamentares da bancada dos aposentados querem a todo custo acumular o comportamento parasitário, sem se importarem com o fato de que o hospedeiro é o salário c aposentadoria, sem sc submeterem ao teto previsto de R$ (vencimento de cidadão comum, que não goza de privilégios nem de imunidades. ministro do STF). Os 87 deputados do PPB Nada disso é verdadeiro. Muims publico e insistem no pagamento igual a ativos e a encargo, ônus em prol da sociedade, não desfrute de mordomia ou orgia de favores. Man- inativos e não aceitam que estados e municípios com folhas acima do limite de 60% da dato receita sejam impedidos de receber repasse de popular não é profissão, é missão. Função pública difere do emprego privado: requer verbas da União para pagamento de pessoal..homens preocupados Outros não aceitam a flexibilização da estabilidado do servidor não em engordar a conta no banco. Brasília com a saúde da nação, o cerne da reforma. não pode continuar sendo um acampamento Os impasses serão resolvidos em plenário. de oportunistas e lobistas. Ate lá, ulo Ficou claro: u obscena atuação Ao resistir às reformas necessárias à sustentabilidade do real a administrativa, a legislativa em beneficio próprio ilustrada pelo comentário do deputado Régis de Oliveira tributária, a previdenciária. os políticos demonstram que não estão a altura da confiança (PFL-SP) candidato a vicc-prefeito de São "Não Paulo na chapa de Celso Pitta: estou do povo. E a sociedade lamenta ao verificar aqui para trabalhar de graça." Trabalhar de que o Congresso atrai, cada vez mais. os graça, no caso. é receber RS 8 mil de venci- piores quadros da nação. Asas para Voar francês Jacques Chirac, em enliére sem ceder aos seus princípios. presidente matéria de política externa, teve ontem o Os incidentes na viagem de Chirac não seu dia de De Gaulle ao ser saudado como começaram apenas quando ele sc rebelou contra o sistema de segurança em torno de sua herói no Conselho legislativo palestino, em Ramalá. De fato, o lour chiraqueano pelo pessoa durante a caminhada em Jerusalém Oriente Médio é o ponto culminante da oriental. Antes mesmo do inicio do tom os "guerrilha diplomática" que ele vem travando israelenses vetaram a anunciada visita do ministro de negócios estrangeiros Hervé de t ha- contra os EUA, de uma forma que não se via desde os tempos do rette à Casa do Oriente, sede da OL.P. C harette, que não viajou com C hirac a srael, toi general. A França deseja ser, no Oriente Médio, principalmente ao sul do Mediterrâneo, instrumento, porta-voz da política de presença Denis Báuchard, responsável pelo departa- substituído na ida a Casa do Oriente pot européia, depois que a Rússia praticamente mento de África do Norte e Oriente Médio do saiu de cena e os EUA se tornaram donos Ouai dorsay. De qualquer forma, para a quase absolutos do campo. Mas antes disto a comunidade internacional, Jerusalem oriental França já vinha desfolhando os itens de sua continua a ser território ocupado A maioria guerrilha, que envolve outros países do Oriente Médio, África e América Latina. A França (exceção de El Salvador e Costa Rica) man- esmagadora dos países membros da ONU defende maior aproximação com Saddam tém há 29 anos suas embaixadas em Tel Aviv. Husseii (Chirac era premier, nos anos 70, Numa etapa anterior da viagem, na Síria, quando a França ajudou o raque a construir Chirac ouviu de Assad que os sírios querem a o reator atômico de Osirak, destruído pela presença européia nas negociações com srael, aviação israelense em 1981). Hoje, a 1 rança como apentivo para conversações sobre as insiste em que, no raque, seja aplicado logo o colinas de Golã. Mas tanto a França como a acordo de troca de petróleo por alimentos, Sina, como observou o Lc Al onde, sabem que decidido pela ONU. A França defende iambem "diálogo critico" com rã Líbia e sobre- enquanto srael e os EUA se Opuserem a são necessárias duas asas para voar. e que, tudo se insurge contra a lei Helms-Burton participação da Europa no processo de paz. com que os EUA pretendem punir os países nada será possível. "eufórico que negociem com C uba. Mesmo em meio ao clima com Os europeus se julgam com direito a voz que os palestinos festejaram sua chegada a ativa no Oriente Médio contribuem Ramalá, Chirac teve o bom senso de observar, porque com cerca de quatro quintos da assistência aos no discurso ante o parlamento palestino, que territórios palestinos autônomos. Mas. como os palestinos precisam entrar num acordo para elaborar sua constituição (deixando de lado lembrou o Le Monde, a ambição francesa se esbate contra sérios obstáculos, antes de mais o conflito que opõe legislativo ao executivo) e nada porque Bonn e Londres desejam pão que "è necessário que se compreenda e admita desafiar o monopólio americano no Oriente a legítima aspiração de srael a segurança. O Médio! Depois, falta aos europeus um minimo de confiança necessária do lado israelense do por Arafat) sabe que nao adianta pregar doutor Chirac (tratamento que lhe é dispensa- para serem aceitos como interlocutores <i pari no deserto. Sonho de Volta esffço dá Caixa Econômica Federal; \J maior agente imobiliário do pais, para retomar os financiamentos á compra da casa própria e elogiável. Entretanto, pela importància econômica e social da construção habitacional. ainda esta se fazendo pouco para que o sonho da casa própria sc torne acessível á maioria dos brasileiros. Quando os governos querem estimular o crescimento econômico e o emprego, a índústria automobilística e a construção civil ganham incentivo, por seu amplo efeito multiplicador: ambas envolvem a produção de bens de alto valor, mobilizam centenas de componentes. criam empregos diretos e indiretos, e induzem o consumidor á poupança forçada. O crédito a longo prazo facilita a produção virar consumo. O milagre brasileiro teve o automóvel e o imóvel como pilares. O boom imobiliário dos anos 70 e começo dos 80 loi possível pela existência de um eficiente Sistema f inanceiro da Habitaçao, 411c amealhou poupanças para financiamento de médio e longo prazos com a correção monetária. Ao subsidiar os mutuários quando a inflação disparou, o governo destruiu o SFH. que encerrou as atividades precocemente facilitou a casa a menos de 10 milhões de brasileiros, A. u m atendimento demanda da mesma ordem. Como lembrou o diretor de Política Monetária do Banco Central. Francisco Lopes, e preciso reconstruir o financiamento imobiliário. Não bastam os esforços da CEF, que limitou os juros em 12% ao ano mais a TR. Alongar os prazos das cadernetas pode baratear os financiamentos, pois a poupança trimestral nao pagará a C PM. A falta de crédito á casa própria interfere na vida familiar e no bem-estar social. Ate os anos 80 o universitário sonhava formar-se, casar e ter sua casa para constituir família. Com a redução das construções, os preços dos imóveis urbanos e dos aluguéis dispararam na hiperinflação, e os jov ens, sem perspectiva de trabalho, tiveram de adiar seus sonhos e prolongar a permanência na casa dos pais. A estabilidade do Real permitiu resgatar o sonho da classe media. A cautela com que a Caixa lançou-se aos financiamentos, exigindo poupança prév ia de 40% do v alor do imóvel (incluindo a cota do terreno), indica que as garantias são proporcionais á baixa valorização dos imóveis sob a estabilização. O risco do mutuário e grande. Dai a necessidade de que o comprador não assuma o que não possa pagar. Na estabilidade, os salários mudam poúco. O realismo e a maior garantia para afastar a tentação de intervenções paternalisias no futuro. Era o que faltava: Apoio de peso! A OPNÃO DOS LETORES Casa própria (...) Li no JB o novo plano da Caixa Econômica para financiamento de casa própria. O governo agora entrou no negocio da agiotagem. Que absurdo! Gostaria que alguém me informasse quem da classe média pode pagar uma taxa de juros de 22% ao ano. cm quinze anos que os economistas da CEF acham mais do que suficiente, quando eles só financiam 60 o do imóvel? A classe media americana ganha muito melhor que a brasileira, e sofre para pagar. geralmente em 20 ou 30 anos, o nwrtgage (financiamento) com juros de 8% ao ano (e nessa taxa está incluída a inflação anual nos EUA que é de 4% ao ano!) Somos um jovem casal de 30 anos cuja faixa salarial o plano supostamente vai beneficiar, mas, fazendo as contas, por alto, chegamos á conclusão de que é iinpossível pagar um financiamento como este! (...) Cristina Silva Telles Rio de.janeiro (Via nternet). uma política para o setor público. Além de as medidas visarem a atingir exclusivamente o funcionário público civil, e impressionante a avassaladora desqualificação do Estado que resultará desa reforma linear, uma vez que sairão apenas os mais experientes e treinados. E isso acontece em fase de abertura econômica sem precedeutes, quando as questões do imperfeito mercado brasileiro exigiriam do Estado um grande esforço regulatório e fiscalizador. (...) Mas tudo sc encaixa quando se percebe a ação do governo. No caso das e scolas. por exemplo, estas poderão emitir um documento de inadimplência que impedira a matrícula de um estudante em qualquer outro estabelecimento, dando-lhes um poder semelhante ao de um cartorio. Se isso não é ação típica de um cartel, nao sei mais o que significa essa palavra. Escolas, empresas de seguro de saúde, bancos, empresas de ônibus, são apenas exemplos recentes das relações promiscuas entre o setor privado e Estado em nosso pais. maginem depois dessa rclorma. quando teremos um quadro funcional desqualificado e acovardado ante tanta prepotência. (...) Roberto P D. Araújo Rio de Janeiro (Via nternet); Trabalhador "ou (...) Parodiando, o Brasil acaba com a atual justiça trabalhista, com suas leis, seus sindicatos, seus juizes e tudo mais! moderni/ando todo este lixo, ou este lixo acaba com o Brasil". (...) Privilégios 1 ico chocado quando vejo os deputadòs querendo derrubar o limite máximo FGTS, aviso prévio, etc. não beneficia o Toda essa de NSS, parafernália do seu salário (RS H) mil). Será que não bom trabalhador. É preciso que as regras percebem que estamos no Brasil onde o sejam honestas e que o trabalhador, paia salário mínimo é RS 100? (...) van ( amaruo Brasília (Via nternet). mações que lhe interessam. Í:. preciso criar poder se posicionar, tenha acesso as inlor-? mecanismos que permitam ao trabalhador Como pode um jovem confiar em um acessar livremente o seguro-desemprego. governo que a toda hora muda as regras seguro de saúde, plano de aposentadoria. do jogo, prejudicando uns e história privilegiando O que se faz hoje no Brasil é da outros? carochinha". José Luiz Ramos Rio de Os professores universitários aposentados das universidades federais estão sendo Janeiro (Via nternet). muito prejudicados. Por acaso o governo paga as perdas reais e as Causas ganhas na Estrada Justiça? Como é possível os parlamentares (...) Costumo ir a Teresópolisi cuja estrada de acesso é agora gerenciada por um reclamarem do teto salarial de RS 10 mil, "condição digna de trabalho"? Em quanto vai Ao contrário do que ocorria antes, a co- alegando que dessa forma não têm novo consórcio que estabeleceu o pedágio. ficar a conta da reeleição? (...) Suzana brança agora é feita nos dois sentidos, só Hara Viçosa (MG-Vil nternet). que as cabines não aumentaram de número, ocupam apenas parte da pista, provo-? Parabéns pelo JB Online e também cando um estrangulamento que vem causando retenções. (...) Já imaginou o que pelo JB tradicional. Esta mensagem é apenas para comentar a reportagem sobre vai acontecer em 15 de novembro?...) Claudia Costin. assessora do ministro Flavio Guberman Rio de Janeiro (Via Bresser Pereira. Como foi publicado no nternet). JB. ela foi aluna de mestrado do ministro; foi trabalhar em Brasília como assessora, Telerj dele em 1987, e, após a saída de Bresser do governo, ela permaneceu em Brasília, no (...) Ao perder meu telefone celular fui Scrpro. Será que Claudia Costin ganha o informado que ao recadastrar um novo que eu com mestrado pela PUC-Rio e aparelho, pelo qual paguei RS 300. teria doutorado na nglaterra ganho como de pagar uma pequena taxa pelo "serviço professor universitário? E que não me venham com salário nominal. Regalias e terminai). Qual não foi minha surpresa ao de habilitação (uma simples digitação no mordomias fazem parte do salário. verificar em minha conta a cobrança de Algumas reformas no serviço público RS 90 pelo servicinho: um terço do preço são necessárias, ninguém nega. especialmente para acabar com os privilégios de Janeiro (Via do aparelho! (...) David Dahis Rio de nternet). poucos. (...) Roberto de Barros Emery Trindade Rio de Janeiro (Via nternet). Cartas para esta seção Av Brasil. 500, 6 andar CEP Rio de Janeiro. RJ FAX-021-S Reforma O que espanta nessa retorma admmistrativa do governo é a total ausência de e legível e endereço que permita confirmação prévia As cartas serão selecionadas para publicação no todo ou em parte entre as que tiverem assinatura, nome completo nternei )D < ax ape org

15 QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 1996 JORNAL DO BRASL Opinião o QUE ELES DZEM bancada dos aposentados, parlamentares Compromissos do Ministério Público que querem continuar a acumular aposentadoria com salário do deputado ou senador. Ontem no JB) GERALDO BRNDERO É missão do Ministério Público cumpios constitucionais da legalidade, da Púhlirn rum- oios legalidade. "Não Ministério Público Brasileiro receprir e fazer cumprir a Constituição e as presunção da inocência, do dite prol ess of leis do posso deixar país. A lei deve valer para todos. la\\\ do contraditório e da ampla defesa. \/ beu, pela primeira vez na nossa Os princípios de aproveitar os História, amplo disciplinamento institucional de nível constitucional na Consti- a lei são os fundamentos No mundo contemporâneo em da legalidade e da igualdade perante meus do que há fatos novos nunca antes ocorridos no campo da biotecnologia, ciber- Estado Democrático de Direito. próprios tuição Federal de Ela o definiu direitos." como instituição permanente, essencial à A Constituição assegura ainda aos nética, comunicações e informática* e Fernando (Prosidento da CUT, sindicalista Vicenti-! enrique nho, que nào abriu m&o, no nascimento do função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do tias e vedações análogas às da magistranomia e a formação de blocos como a membros do Ministério Público garan- no qual existem a globalização da eco- sétimo tilho. da iiconça-patefnidade. Ontem "Temos ; na Folha de S Paulo) de superar regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis. tura. As garantias da vitaliciedade, inamovibilidade e irredutibilidade de Nafta North American Free Trade Comunidade Econômica Européia, o "Os essa mentalidade governadores A Constituição estabelece como vencimentos visam a assegurar sua independência. As vedações do recebimento tros. não pode o jurista prescindir de Agreement e o Mercosul, dentre ou- principios institucionais do Ministério Público a choramingueira.,, estão agindo (Prosirtonte Fernando Hennquo Cardoso, criticando políticos que vivem a se sobretudo como unidade, a indivisibilidade e a independência funcional. Além das funções tradi- processuais; da perspectiva internacional e de direito de honorários, percentuais ou custas queixar da falta de recursos. Ontem no JB) j gerentes "Vão de participação em sociedade comercial; do exercício de qualquer lida formação humanistica e iilosófiea. comparado, visão interdisciplinar e so- pessoal." cionais, de custos legis, fiscal da lei e (Governador me do Distrito Federal, Cnstovam prender Buarque (PT), sobre a foll» de pagamento promotor do antes.1 funcionalismo Ontem em O Estado de da ação penal pública, da ação outra função pública, salvo uma de magistério; do exercício da advocacia e de Somente assim poderá enfrentar os desafios de encontrar as soluções éticas direta de inconstitucionalidade ou de S.Paulo) (Ex-ministro da Economin da Argentina Domingo Cavallo. declarando que nôo lera constitucionalidade, da representação interventiva e das funções eleitorais, são rantir-lhes a indispensável isenção e con- se impõem a convivência nacional e atividade politico-partidária visam a ga- que chancos do presidir seu pais Ontem no internacional, à solidariedade e a dignidade da pessoa humana. JB) novas funções institucionais promover o seqüente credibilidade. Propus duas "Meu inquérito civil público e a ação civil ações diretas de inconstitucionalidade, pública para proteção do patrimônio público e que deverão ser julgadas em breve O Estado moderno certamente não e o filho não é de pelo direita." social, do meio ambiente e de outros interesses difusos e coletivos. Cabe ainda à liação partidária de membro do Ministe- metade do Século 20. O Direito nterna- Supremo Tribunal Federal, contra a fi- mesmo do Século 1? ou da primeira (Sérgio Cabral, pai. sobre o candidato a proteito Sérgio Cabral Filho (PSOB Ontem em O Globo) instituição zelar pelo devido respeito dos rio Público simultaneamente no exercício cional Contemporâneo tem sido neste "Não poderes públicos e dos serviços de suas funções institucionais. final de século muito menos direito mierestatal e muito mais direito cie coopera- públicos estou aqui para aos direitos assegurados na Constituição, Devo enfatizar a necessidade de reformas para tornar o processo moderno e ção internacional nas mais diversas áreas trabalhar de graça." Cristmam defender judicialmente os direitos e interesses das populações indígenas e exercer funcional, atendendo aos anseios da socie- dos de interesses comum e de proteção (Deputado Régis do Oliveira (PFL-SP. da Buarqfue o controle externo da atividade policial. dade. È preciso modernizar a Justiça, o direitos da pessoa humana independeutemente de fronteiras nacionais, como Nosso compromisso com a proteção Ministério Público e a policia judiciária, ensina o dos Direitos Humanos c a defesa do Estado Democrático de Direito é uma exigên- os recursos humanos necessários e eliiru- partir do seu livro The Wtanging Struc- aparelhando-os com os meios materiais e professor Wolfgang Fnedman. a tare of nternational Law publicado pela cia constitucional. A violência policial tem nando-se anacronisníos legislativos e administrativos. Somente assim poderão sei Columbia University Press, New York Um Zweig historicamente gerado as maiores violações de direitos humanos no pais. O (1964). O Brasil deverá ingressar no Século 21 com as reformas constitucionais próprio Ministério Público já sofreu asconsenal. o acúmulo de processos e as dificulda- evitados a lentidão na prestação jurisdicio- revival? necessárias â governabilidade a que se qciências disso. É preciso mudar c e o que des no combate á criminalidade. refere Norbcrto Bobbio plenamente reali/adas. a fim de permitir o desenvolvi- se começa a fazer por meio do Plano Meras cruzadas morali/adoras periódicas sem os efeitos práticos desejados mento econômico e social d o pais e que o SV 1 VO BAl K. Nacional de Direitos Humanos, cursos biografias, os ensaios c documentários europeus para as policias militares e civis e criação são insuficientes. É necessário moderaide Departamento de Direitos Humanos /ar a legislação e o processo para maior Estado possa exercer efetivamente o seu papel Âs sobre a vida e a obra de Steían Zweig dão exígua de promover a segurança, a justiça na Polícia Federal. Devo reverenciar sempre a memória do procurador da Repúbliciai mente no combate ao crime orgam- eficiência na persecução criminal, espe- e o bem-estar. relevância aos meses de seu exílio voluntário no Brasil, que "culminou com o suicídio dele e dá mulher. Elízareth O Ministério Público Brasileiro tem Charlotte Altmann (Lotte). em a 67km do Rio ca Pedro Jorge de Mello e Silva, assasstnado em razão do exato cumprimento de zado, ao tráfico de drogas, aos crimes compromisso com o Estado Democratico de Direito e com a proteção dos Di- trópolis de Janeiro, em plena Segunda Guerra contra o Mundial. patrimônio publico e aos crimes seu dever em Requisitei em selembro do ano A excèçfio é credito do jornalista e escritor AJtótO Dines. ao publicar Morte passado no Paraíso, em Nela ha a reabertura do colarinho branco, denominaçao usada pelos criminalistas americanos ja na rei tos Humanos. Tal compromisso renova-se em face da globalização da das investigações. pela Policia Federal, para década de 50. a partir uma detida investigação e naturais fabulaçoes sobre as horas precedentes, o epílogo premeditado c o dia seguinte captura do assassino, o ex-major Ferreira, da publicação do economia no inundo contemporâneo, a morte do casal da Polícia Militar de Pernambuco, que se livro The Vhite Collar Crime, em 1949, devendo-sc preservar a ordem jurídica Zweig. Um apaixonado olhar brasileiro que encontrava foragido há 13 anos, A por Edwin H. Sutherland. constitucional e assegurar o respeito aos prisão reatualiza a tragédia. ocorreu em janeiro deste ano e em abril o A modernização do processo, todavia, direitos fundamentais da pessoa humana oi naquela cidade serrana que, de 17 de setembro de presidente 1941 até a segunda-feira fatídica, dia 23 de tevereiro de da República Fernando Henrique Cardoso, atendendo a solicitação que não deve significar prejuízo na observância rigorosa dos princípios constítucioperas do terceiro milênio estamos no ru- e indispensáveis à sua dignidade. As vês o famoso escritor austríaco atravessou as portas da li/, concedeu condecoração póstuma da nais do Estado Democrático de Direito. mo certo, contribuindo para construir a pereejòção a caminho da imortalidade. Como homem, Ordem do Rio Branco ao procurador assassinado. entregue à viúva e filhas, em mários e tribunais de exceção, como nos mana na América Tropical", como diria Nele não há lugar para julgamentos su- nova democracia brasileira, forte e hu- intelectual e autor. lia pouco mais de 50 anos. vida e obra embaralham-sc solenidade no ltamarati. em reconhecimento do Estado Brasileiro por seus mériimnal nao sc pode dispensar, cm nenhu- regimes autoritários. Na persecução cri- 0 saudoso Ctilberlo reyre neste limiar de reprise de uma glória passada incontestc * He detinha o cetro do mais tradu/ido dos anos o los como membro do Ministério Público. ma hipótese, a observância tios Proturador-garal da HopúDuc.i princi- atual reviml literário de seus livros em especial os concluídos no Brasil reproduz aquele fino eco no inconsciente do leitor quê sempre procura rastrcar o mador na criatura. Km Zweig isso é de supina pertinência* A autodestruição como ele testamentou renal em holocausto à barbane nazista, que então feria a humanidade,...,, UMU S e transplante Hemodiálise carrega em si a senha moral de um üvre-pensífgor. agnosti- todo o JORGE DARZE pais. o governo gasta por ano reais, através do BND1 S. para compra CO. um cidadão eqüidistante de ideologias, partidos, palavras-de-ordem, inclusive da religião judaica o que nao A política de saúde na área do renal aproximadamente 300 milhões de reais. de novos equipamentos pelas clínicas era pouco para aqueles tempos inquisítoriais. /\ crônico no Brasil foi integralmente Embora lucrativo e em franco creseimento, o atendimento no setor público fun- Uma outra face da crise è a situação particulares conveniadas. ssa modernidade a toda prova de Stelan Zvyçig atravessa como uma gnfe toda sua estante v asta c poliiomca privatizada. As máquinas necessárias a realização da hemodiálise (tratamento ciona cada vez mais precariamente, contrastando com o constante surgimento qüênciás são ainda piores. Por não con- do transplante renal no pais, cujas conse- das biografias (Fouchè, Freud, Maria Antoiueta, Fernao que filtra o sangue) estão nas mãos de de Magalhães. Américo Vespúcio etc.) e peças teatrais clínicas particulares conveniadas ao de novas clínicas de hemodiálise em busca de credenciamento com o SUS As transplantes no Brasil, as filas de espera seguirmos dinamizar a estrutura de (Jmwiií, Volponc) aos ensaios (sobre Bal/ac. Uickens. SUS. enquanto muito poucas são mantidas pelos hospitais da rede pública, suca- tragédias se repelem: Caruaru (PE) foi O são intermináveis, é extremamente redu- Dostoiewski, Kleist. Nietzsche etc ), dianos memonas e novelas ( 1 mok, 24 horas rui vitia de uma mulher. (orla de carro-chefe da mazela do setor com mais /ido o número de cirurgias reali/adas e teadas e funcionando precariamente. uma desconhecida etc.). Dotado de um estilo cristalino e Sem alternativas, os doentes renais contribüem para elevar os lucros dos empredio. Em Alagoas, 19 pacientes loram e acabam morrendo. de 50 mortes um verdadeiro genocí- muitos pacientes nao suportam a espera cativante era mestre em transfojmar a historia em Uteratura. em psícliogizaf poeticamente os dramas do cotidiano e sanos da saúde, que realizam hoje 90% internados para tratamento médico por Falta uma política séria, como Lutam seus descaminhos. de todos os atendimentos de hemodiálise conta de problemas na hemodiálise. Em campanhas de divulgação que envolvam Ainda que deprimido pela perda da lingua-mae (os livros proibidos na Alemanha hitleristag no pais. impotente e acuado sem o influxo cultural da Europa, vilipendiado pda horas. Esse contexto contraria radical- normas técnicas. Considerada satisfatomente comprometida com o transplante Cada paciente é submetido a três Campinas (SP), um centro de hemodialise foi interditado devido a falhas nas disso, precisamos de uma estrutura total- a sociedade brasileira nessa tarefa Alem sessões semanais, cada uma com quatro declaração de amor feita no livro Brasil, pais do Juturo mente a legislação regulamentadora do ria. a legislação que controla a atuação (onde o encantamento sobrevive funcionamento da saúde pública no Brasil, dessas instituições (portarias 1884 l>4 renal, desde o monitoramento diário dos e pacientes internados com morte cerebral apesar da ditadura Vargas), mesmo assim elegeu o Brasil, que determina aplicação dos recursos 038 4) é ignorada pela quase ausência na rede hospitalar. Constituição de equi- A crescente que ja redescoberta de Zweig visitara tio auge da fama em dos governos prioritariamente no setor de fiscalização no setor. A escassez de pes mulliprgfissionais na captação dos seu paraíso e pessoal, a precariedade nas condições de órgãos, autorização das lamilías dos nele decidiu entrar deve-se cm boa parte à público. para a eternidade O problema não é recente e vem crescendo de maneira assustadora, atraindo, ca para fazer cumprir a lei são sentidas Segundo a Associaçao Brasilcita dc trabalho e a falta de determinação polui- doadores ate a realização das cirurgias decadência das Stefan Zvseig soube igualmente mimeti/ar esse impasse também, empresas estrangeiras, que já tanto por parte do Ministério da Saúde Transplantes de Órgãos, de janeiro a ju- ideologias politico-existencial em força compraram diversas clínicas brasileiras, quanto pela Vigilância Sanitaria. nho foram realizados S26 transplantes renais em todo o país. Em nosso estado motriz criadora, ultimando em Petropolis seu livro de segundo denúncia publicada no jornal Com a crise desencadeada pelo episódio de Caruaru, o Ministério da Saúde, apenas duas instituições ia/em esses trans- memórias (O mundo que eu vil esboçando as biografias do Conselho Federal de Medicina, em de Bal/ac e Montaigne e escrevendo a novela Xodrc: dezembro do ano passado. As multinacionais entram no ramo atra\es dc con- /ação de levantamento em todas as clinicia. São eles o Hospital Geral de Bonsu- numa ação louvável, determinou a reali- plantes, ainda que com pequena treqüen- (que nem chegou a ver publicada) - para muitos, sua obra-prima. tratos de franeltising e seguem o exemplo eas de hemodiálise no Brasil. O relatório cesso e o Hospital Universitário Pedro A crescente redescoberta de Zweig, sem nenhuma da empresa National Medicai C are ja foi concluído e o quadro revelado e Ernesto, que dependem unicamente do coincidência, deve-se em boa parte à decadência das inmc), divisão da multinacional de saúde W.R Grace Co., operadora na área ro, onde a auditoria constatou que ne- de saúde dessas unidades. O Rio de Janei- idêntico ao encontrado no Rio de Janeí- grande esforço da equipe de profissionais ideologias, ele que as execrava, como a unificaçao em curso da Europa, ele que gostav de lembrar de uma Europa "sem de diálise nos Estados Unidos. Ela compronhuma das 66 vistorias feitas encontrou ro possui no momento l.600 pacientes na passaporte" de antes da Primeira Guerra Mundial. Mas fundamentalmente a aura clinicas no Brasil com a \alorizuçuo condições totalmente satisfatórias. Entre fila de espera, alguns há mais de oito anos. da empresa medida pelo número de pacientes em tratamento. Cada paciente era mos a reutilização excessiva de capilares, utilizando os indicadores da Organiza- as diversas falhas verificadas, destaca- Se a realidade fosse outra no Brasil, mítica que acabou se erguendo em torno de sua personalidade ambígua, atormentada e finalista, incluído ai o pacto terminal um patrimônio; animico do qual Zweig jamais privou suas figuras reais ou cotado por volta de 15 mil dólares, seaundo a matéria. Essa mesma empresa e uso de equipamentos antigos e com mada 1 milhão de habitantes, poderíamos falta de controle da qualidade da água. ção Mundial de Saúde, pautados em ca- denunciada nos Estados Unidos como nutenção deficitária, instalações inadequadas etc. Reconhecemos, no entanto, a representaria o fim da espera no chegar a 260 transplantes mês. o que imaginárias. responsável pela elevação dos índices de prazo Muitos perfis de ícones da História antecipam seu próprio destino, neles decantando os enigmas mortes dos pacientes dialisados, decorrentes, entre outros fatores, da substitui- no mercado. O governo fez. um mea culpo política de estimulo aos transplantes re- existência de algumas instituições sérias máximo de oiio meses. Como não ha cruciais da existência humana: a volúpia do poder, de Eros. da vontade, da paixão, do fracasso, da ção de médicos por técnicos, excessiva aprovando no Congresso lei que remunera as famílias dos de Caruase do setor público funcionam com prenais no país e as máquinas de hemodiáli- utilização morte e da morte dos capilares e redução do pacientes procurada. ru com um salário mínimo por mês. Mas cariedade, os pacientes continuam Vida e literatura em Stelan Zweig eram siamesas. tempo da diálise. integravam um mesmo processo intimo de exposição: escrevia reinventando-se. Cada paciente incluído no será esse o programa preço de uma vida no país escravos do setor privado como única de hemodiálise custa aos cofres públicos Por outro lado. em vez de investir pesado garantia de vida. 700 reais por mês e. para atender aos na rede pública, esse mesmo governo cria milhares de doentes renais crônicos cm uma linha de credito de 100 milhões de Nacional dos Míkico

16 i JORNAL DO BRASL QUNTA-FERA, 24 DE OUTUURO DF. 19% nternacional Gro deixa poder em Oslo após 15 anos OSLO A primeira-ministra da Noruega, Gro Harlcm Brundtland, renunciou ao cargo, depois de 15 anos à frente do governo traba- hista. O anúncio, feito ontem, fez aumentar as especulações sobre uma possível candidatura de Brundtland á Secretária-Geral da ONU, atualmente ocupada pelo egípcio Butros-Ghali. Os Estados Unidos se opõem à reeleição de Ghali e Gro contaria com o apoio do governo americano para se candidatar ao posto. O anúncio causou surpresa no Parlamento e nos membros do Partido Trabalhista. Segundo a própria primeira-ministra. o motivo da renúncia são as próximas eleições para o Parlamérito, em setembro do ano que vem. Gro Brundtland decidiu renunciar ao cargo antes do congresso nacional do partido, no próximo du 7, para que os trabalhistas possam escolher a nova geração de líderes que estará à frente da próxima campanha eleitoral. Ela afirmou que era hora de deixar claro quem vai liderar o governo trabalhista norueguês depois das eleiçoes parlamentares e. possivelmente, no próximo século". Anunciado como substituto de Brundtlancl, Thorbjoeni Jagland. líder do Partido Traba- hista desde 1992, disse que não mudará a política econômica atual do país de 4,3 milhões de habitantes, cuja maior riqueza é o petróleo..le foi ao Palácio Real e prometeu ao rei Harald apresentar o novo gabinete na sexta-feira. "Não será fácil ocupar o espaço deixado por Brundtland", confessou. Primeira mulher a assumir a chefia do governo da Noruega, em Gro Brundtland, 57 anos, conhecida por suas opiniões firmes, se tornou a figura política mais popular e impor- Jante de seu pais. Desde outubro de quando deixou a liderança do Partido Traba- hista. um mês depois do suicídio de seu filho, a imprensa local especulava, com freqüência, sobre sua saída do governo. Durante os 15 anos em que esteve no poder. Gro levou a Noruega a aderir á União Européia e deu projeção internacional ao pequeno pais. que mediou os Acordos de Oslo entre palestinos e israelenses, em ;, j Ontem. Gro nao quis comentar sua possiul candidatura à secretaria-geral da ONU l ia " disse que pretende se reeleger deputada. e nbo a consciência limpa. Acredito ter feito um.trabalho razoavelmente bom durante esses anos, e estou deixando o governo em boas mãos", declarou Rnmalá. CsjordAnia Reuters JgttKjS til fwjd? um rnijnwmilitar, o jovem palestino sorri ao mostrar o carta: com bandeiras e Jbtos cie Chirac e Arafat HHHHHHHH Republicanos lutam pelo Congresso WASHNGTON A menos de duas semanas das eleições americanas, os republicanos, quase que resignados com a vantagem dos democratas na corrida para a Casa Branca, começaram a concentrar esforços para defender sua maioria no Congresso, conquistada ha dois anos pela primeira vez. em quatro décadas. O Partido Republicano está destinando grandes quantias para as vagas mais concorridas no Legislativo, tentando remar contra a maré democrata. Só na segunda-leira. o partido de Bob Dole gastou quase USS milhão em campanhas para candidatos ao Senado, aproveitando-se de uma decisão da Corte Suprema que ampliou os limites para despesas eleitorais. "Se Clinton for reeleito, que Deus nos livre, a última coisa que os americanos gostariam é de que ele tivesse um cheque em branco na forma de um Congresso de maioria democrata". disse o diretor do comitê eleitoral do Partido Republicano, Harlev Barbour. Os democratas precisam ganhar mais três vagas para dividir o Senado, onde os republicanos têm maioria de 53 a 47 Caso Clinton seja reeleito, o vice-presidente Al Gore poderia lançar mão de seu voto de desempate e garantú maioria para o governo (o vice-presidente é, pela Constituição, presidente do Senado, e vota sempre que ha empate) Na Câmara, os democralas precisam ter mais 18 cadeiras hoje os republicanos detêm vantagem de 235 a 9K, com um independente que geralmente vota com os democratas, c um lugar vago. Segundo analistas políticos, a grande questão do momento é saber se os eleitores preteririam um governo dividido reelegendo um presidente democrata a dando a ele um ( ongresso republicano como contrapeso -, ou se, os democratas conseguiriam recuperar o controle do Congresso, pegando carona na boa votação de Clinton. Os especialistas afirmara que o desfecho dessa batalha eleitoral será a transformação de dinheiro e diferenças regtonais em tendências de votos. Quanto ao partido de Clinton. tudo indica que esta dando pouca importância à formação de um congresso democrata. Prova disso é a escassa quantia destií nada a seus candidatos: entre USS 2 e 3 nu- hòes. enquanto o presidente gasta l 120 milhões na campanha pela reeleição. Corrupção faz crescer tensão na Argentina JM ÍMARCA CARMO fcorràspondonto Cor l Bi i nos ARES Ao mesmo tempo em que alguns parlamentares querem instalar uma co- missão nussao para apurar o caso de corrupção no (governo, jgovefno, uma guerra judicial começou a ser ura travada ontem entre assessores do presidente c ÍCarlos Menem e o ex-sujgrministro da Econofmiaj )nua Domingo Cavallo, que os acusou de cor- Jruptos. \ Ontem, ofendido com as denúncias de Cavallo, o ministro do nterior, Carlos Corach, iauxiliado por advogados de Menem. pediu três anos janbs de prisão para o ex-colega sob a alegação jd jde calúnia e difamação. O tiroteio de acusações e jc as investigações sobre os envolvidos, possíveis ientre lent eles o secretário particular do presidente, iramóri 4 Henrnández, no tráfico de drogas de 1Guillermo Coppola. empresário de Maradona, 1!estão deixando o clima tenso no pais. Um raro ; momento de descontração, nos últimos ires dias, foi o encontro da cúpula da Casa Rosada com a apresentadora brasileira Xuxa num jaujtar beneficente, no tradicional Hotel Alvear. O svfçessor de Cavallo. o tímido Roque Ferram- \ dez, não aguentou e ao pe do ouvido da moça lhe pediu um autógrafo. } Ontem, Carlos Menem. que convidou a ira- ] prensa brasileira para um encontro em seu : gabinete, no inicio da noite, voltou a dizer que Cav alio mente, que seu governo nunca esteve tão unido e. tentando erguer a mesma bandeira i da moralidade de Cavallo, mandou apertar o. cerco aos sonegadores fiscais. Mas o juiz ledei ral Adolphò Bagnasco. um dos que interroga- 1 rara o ex-superministro no caso da propina ] paga pela empresa BM para informatizar o j Banco de La Nación, poderá ouvir o presidente i para saber de uma reunião, contada por Cavai-! o. em que o secretario-geral da Presidência, j Mberto Cohan. teria comentado a negociata! Depois de ouvir Menem. Bagnasco vai coman- dar uma acareação entre Cavallo e Cohan. Cavallo o acusou de saber da propina de USS J 37 milhões que a BM teria pago a gente sua S para conseguir o contrato milionário para a j informatização do banco federal. "Mais do que preocupados estamos indigna- dos e cansados pelas acusações sem provas que estão sendo feitas por Cavallo". disse um asses- sor de Menem. "Por que Cavallo não fez estas J denuncias durante os sete anos em que loi ; ministro1", questionou o governador peronista \ Eduardo Puhalde. O porta-voz da Presidência, } Raul Delgado, disse que ninguém será demitido "Estamos í ou obrigado a renunciar ao cargo. trabalhando normalmente", atirmou CiÍFíC visitíl ClSJ OrdíUllcl e tem recepção de herói b Em discurso, presidente francês pede respeito a segurança de srael i «- \ rmnnit A R\MAt A, (. 1SJORDÂMA - 0 presldente da 1 rança, Jacuues Chirac, teve pa. ao lado dos Estados Unidos e da tendeu um papel da França e da Euro- um acordo sobre Hebron. porque acredita que o mundo inteiro o apoia. Se- uma recepção de herói, nas sete horas Rússia. 110 processo de paz, que "continua sendo muito frágil" Depois, na ter desocupado a cidade em março, gundo os acordos de paz, srael deveria que permaneceu ontem nos territórios Viva autônomos palestinos. Chirac! entrevista que concedeu com Chirac, o mas o governo israelense vem exigindo Viva a rança! Viva! Palestina", gritaram as multidões, agitando bandeiras diu que a França tenha este vivem 11.1 cidade, em meio a 120 mil presidente palestino Yasser Arafat pe- novas garantias para os 450 judeus que papel "Necessitamos francesas e palestinas, tanto nas ruas de Chirac para salvar o palestinos. As negociações sobre Hebron tiverara progressos ontem, em Jerusalém, de Ga/a quanto nas de Ramala, na processo de paz e dar-lhe um novo Cisjordáiiia. Ante o Conselho Legislativo palestino, eleito em janeiro e une- como disse o negociador e ministro impulso", disse Arafat Ontem à tarde. Chirac partiu para grado por SX deputados, Chirac loi Anui. capital da Jordânia, onde foi palestino Yasser Abed-Rabbo: Houve um intercâmbio de idéias que nos Constantemente interrompido por recebido pelo rei Hussein, 11a quarta aplausos, mesmo quando disse: "L permitiram reduzir nossas divergências. A atmosfera era melhor e mais neçessarío que a legitima aspiração de dio,. que o levara ainda ao Líbano e ao etapa de sua viagem pela Oriente Mepratica." Estes progressos foram confirmados por dois jornais israelenses, srael a segurança seja compreendida e Egito. Antes de viajar para Ramala, aceita." onde se tornou o primeiro chefe de Mtuirn e Yctliol.((ironot. srael teria Chirac, que véspera ficou furioso Estado estrangeiro a falar ante o C onselho Legislativo palestino, o presiden- abandonar o desejo de manter o con- feito algumas concessões, como a de com policiais israelenses em lei Aviv, checou a ser aplaudido de pé pelos te francês loi recebido cm Jerusalém trole sobre a construção de nov as casas deputados eufóricos, quando criticou o atual governo israelense: "E pelo presidente israelense. Ezer Weizman, que lhe pediu que levasse uma entanto, "a brecha entre as duas posi- para colonos judeus. Para Arafat. no necessário que os acordos firmados sejam respeilados não apenas 11a letra mas também que concluísse o quanto antes "há mensagem a Arafat: um convite para çòes e muito grande". Ele afirmou que possível muitos temas na agenda, a liberação de prisioneiros, especialmente mu- 110 espírito. É necessário deter a coloni- as negociações sobre a cidade de Hebron. na Cisjordánia. Na entrevista lheres. uma melhor fecolocaçâo de tro- /ação (judaica em território palestino). Devem cessar as mudanças no status com Chirac, NVeizman comentou que pas de áreas rurais. Ha 35 pontos ainda quo em Jerusalém, a demolição de casas (árabes)." O presidente francês demente uma demora na finalização de resolvidos Arafat estava provocando proposital- sob discussão e esperamos que sejam tranqüilamente." Peres e Noa homenageiam Rabin TEl AVV O assassinato do pnmeiro-ministro Yilzhak Rabin. no dia 4 de novembro do ano passado, será lembrado hoje. pelo calendário hebraico Era entrevista á agência Reuter. Shimon Peres. que era ministro do E.\- terior e substituiu Rabin na cheha do governo israelense, lembrou que se despediu com um beijo na testa do parceiro nos acordos de paz com os palestinos. Horas antes do crime, os dois homens que sempre foram rivais políticos dentro do Partido Trabalhista tinham se abraçado diante de uma multidão de 100 mil pessoas, numa manifestação pela pa/ em Tel Aviv. "De certo modo foram as horas mais íclizcs de nossus vidas, i.lc nuo esperava ver uma concentração tão crande e um público tão entusiasmado. Ficou muito emocionado. disse Peres Foi a ultima vez que Peres viu Rabin vivo. Momentos depois o primeiroministro foi alvejado e levado para o hospital. "Depois que o diretor do hospitai me disse que Yitzhak nao estava mais vivo. fui ao quarto para dizer adeus. Ele estava coberto com um lençol, apenas com a cabeça de fora. No rosto, ainda havia um resto de sorriso, quase sarcástico, como se a felicidade continuasse. Eu o beijei na testa, conlou Peres. A manifestação tinha um significado especial, porque Rabin vinha sendo chamado de traidor por israelenses opostos ao processo de paz. Foi a pnmeira vez em 50 anos que Peres viu Rabin cantar a toda voz. Eles cantaram a Canção da Pa: hebraica. "Nos deram a letra da musica e ele a botou no bolso. Seu coração e o papel foram penetrados pela mesma bala", disse Peres. lembrando que Rabin foi atingido pelas costas pelo fanatico judeu YjsSÍ Amir. Os dois nunca tinham tido uma convivência tranqüila: Rabin era um ex-general e combatente convertido á causa da paz, que considerava Peres "Nos um sonhador. pertencíamos a mesma família mas não era necessáriamente uma família feliz. Costuinavos discordar e discutir. Mas quando começou o processo de paz. realmente começamos a ter uma família agradavel, disse Peres. O assassinato de Rabin também foi lembrado ontem pela neta. Noa. que emocionou a todos ao falar no funeral "Tem do primeiro-ministro. sido um longo pesadelo desde então. disse "Tudo Noa à Radio srael. o que aconteceu depois do assassinato, seja estranho, feio ou doloroso, nada parece com as coisas que aconteceram anles. Meu mundo está dividido em dois e, se você me perguntar, está claro " que preferiria viver no de antigamente Apuração na Nicarágua causa confusão MANAGUA A presidenta da Nicaragua, Violeta Chamorro, pediu "calma e tranqüihdade" ao povo e autorizou a policia a impedir manifestações antes de terminada a lenta con» tagerfide votos das eleições de domingo, que dá a vitória ao candidato da Aliança Liberal. Ar* noldo Aleman. A Frente Sandmista, derrotada nas urnas pela segunda ve/, ainda nao aceitou os resultados e a ela somaram-se ontem 11 pequenas agremiações de todas as tendências, que insinuaram a existência de raude na transferência dos números dos mapasdas seções eleitorais para o centro de tótalização de votos. Rosa Marina Zelayo, presidenta da Conussão Superior Eleitoral (CSE), reconheceu na terça-feira que houve "falhas em alguns relatórjos eleitorais (não disse de quantas seções) e que isso poderia levar a "alguma mudança ou variação" dos resultados, pois os mapas que não estavam bem claros foram deixados de lado para serem analisados mais tarde na presença dos fiscais dos partidos Reconheceu também que há casos de que votos dados a um partido foram contados como sendo de outro A presidenta da CSE prometeu que a apuração será encerrada hoje á noite A Frente Sandmista desde o inicio da apuração denuncia que 60 mil votos "sumiram dos mapas das seções, principalmente no interior do pais. Os sandinistas anunciaram que não reconhecerão uma vitória de Alemán ate que seja feita uma verificação dos resultados enviados ao Centro Nacional de Computação. Ontem. outros 11 partidos aderiram á idéia. Virgilio Godoy, candidato presidencial do Partido Liberal ndependente (de direita) e e.v vice-presidente do atual governo, pediu a anuiação das eleições se na revisão dos mapas "lar observado um padrão de irregularidades que. a seu ver. significaria intenção de fraude No pólo oposto, mas com o mesmo tipo de queixa, ficou o candidato do Partido Socialista Niaragüensc, Gustavo Tübludü. Este brincou cjuc os votos que o PS conseguiu para a Assembleia Nacional não representam nem a metade do número dos próprios candidatos e militantes socialistas. Já o deputado Moisés Hassan, candidato do Movimento de Ação Renovadora, queixou-se a CSE que. no mapa da seção onde votou, não aparece seu voto para o candidato do partido á Prefeitura de Manágua. Hassan criticou o trabalho dos mais de observadores internacíonais: "Eles não cumpriram sua missão e so viajaram á Nicarágua para abençoar uma eleição, já anunciada, minimizai as irregulandades, e apressar-se a felicitar Alemán

17 JORNAL DO BRASL li$fãu U gunta-l lira. 24 DEOU PBK.O DL 1V9<> nternacional RamalA. Ramalà, Cisjorddnia Cisjordânia Routes Roulers Gro deixa Republicanos poder em Oslo após V 15 anos 0Sl O _ a primeira-ministra da Noruega. Gro Harlem Brundtland, renunciou ao cargo, depois de 15 anos á frente do governo trabalhista. O anúncio, feito ontem, fez aumentar as especulações sobre uma possível candidatura de Brundtland â Secrctaria-Geral da ONU, atualmente ocupada pelo egípcio Butros-Ghali. Os Estados Unidos se opõem à reeleição de Ghali e Gro contaria com o apoio do governo americano para se candidatar ao posto. O anúncio causou surpresa no Parlamento e nos membros do Partido Trabalhista. Segundo a própria primeira-ministra, o motivo da renúncia são as próximas eleições para o Parlamento, cm setembro do ano que vem. Gro Brundtland decidiu renunciar ao cargo antes do congresso nacional do partido, no próximo dia 7. para que os trabalhistas possam escolher a nova geração de líderes que estará à frente da próxima campanha eleitoral. Ela afirmou que era hora de deixar claro quem vai liderar o governo trabalhista norueguês depois das cieiçòes parlamentares e. possivelmente, no próximo século". Anunciado como substituto de Brundtland, Thorbjocrn Jagland, líder do Partido Trabalhista desde 1992, disse que não mudara a política econômica atual do pais dc 4.3 milhões de habitantes, cuja maior riqueza é o petroleo. Ele foi ao Palácio Real e prometeu ao rei Hãrald apresentar o novo gabinete na sexta-feira. "Não será fácil ocupar o espaço deixado por Brundtland", confessou. Primeira mulher a assumir a chefia do governo da Noruega, em 1981, Gro Brundtland. 57 anos, conhecida por suas opiniões firmes, se tornou a figura política mais popular c importante de seu país. Desde outubro dc quando deixou a liderança do Partido Trabalhista. um mês depois do suicídio de seu lilho. a imprensa local especulava, com freqüência, sobre sua saída do governo. Durante os 15 anos em que estev e no poder. Gro levou a Noruega a aderir a União Européia e deu projeção internacional ao pequeno pais, que mediou os Açordos de Oslo entre palestinos e israelenses, em Ontem. Gro não quis comentar sua possive candidatura a secretaria-geral da ONU Ela disse que pretende se reeleger deputada. Fenho a consciência limpa. Acredito ter feito um -trabalho razoavelmente bom durante esses anos, e estou deixando o governo em boas mãos", declarou. st indo um uniforitú militar, " jovem ÈjÉff P paksthw sorri ao mostrar o cartaz com bandeiras e fotos dc Chirac c Arafat lutam pelo Congresso WASHNGTON A menos de duas semanas das eleições americanas, os republicanos, quase que resignados com a vantagem dos democratas na corrida para a Casa Branca, começaram a concentrar esforços para defender sua maioria no Congresso, conquistada ha dois anos pela primeira vez em quatro décadas. O Partido Republicano está destinando grandes quantias para as vagas mais concorridas no Legislativo, tentando remar contra a maré democrata. So na segunda-feira;, o partido de Bob Dole gastou quase USS milhão em campanhas para candidatos ao Senado, aproveitando-se dc uma decisão da C orte Suprema que ampliou os limites para despesas eleitorais.; "Se Clinton for reeleito, que Deus nos livre, a última coisa que os americanos gostariam o de que ele tivesse um cheque em branco na forma de um Congresso de maioria democra; ta", disse o diretor do comitê eleitoral do Paru do Republicano, Harley Barbour Os democratas precisam ganhar mais ires vagas para dividir o Senado, onde os republicanos têm maioria de 53 a 47. Caso Clintón seja reeleito, o vice-presidente Al Gore poderia am çar mào de seu voto dc desempate e garantir maioria para o governo (o vice-presidente è. pela Constituição, presidente do Senado, e volà sempre que há empate) Na Câmara, os democrataf precisam ter mais 18. cadeiras hoje os republicanos detem vantagem de 2*5 a 19S, com um independente que geralmente vota com os democratas, e um lugar vago. Segundo analistas políticos, a grande quêstão do momento é saber se os eleitores preterir rmni um governo dividido reelegendo um presidente democrata a dando a ele um Con* uresso republicano como contrapeso. ou se os democratas conseguiriam recuperar o controle do Congresso, pegando carona na boa votação de Clinton Os especialistas afirmam que o desfecho dessa batalha eleitoral será a transformação de dinheiro e diferenças regi"- naisem tendências de votos Quanto ao partido de Clinton. tudo indica que esta dando pouca importância a formação de um congresso democrata. Prova disso é a escassa quantia desti nada a seus candidatos: entre USS 2 e 3 mi- hòes, enquanto o presidente gasta 1 SS 120 milhões na campanha pela reeleição. Apuração na Menem quer "abertura" Chirac visita Cisjordânia Nicarágua da Petrobrás imakcíg < ARMO < Correspondente Bi i \os \irl s Na tentativa de afastar da.casa Rosada as açísap5es de corrupção feitas pelo cx-supermiiustro da Economia. Domingo Xavallo, o presidente Carlos Menem disse, numa entrevista aos cqjjrfspòndentes brásileiios em Buenos Aires, que o assunto está "supera-, do" e que as brigas, se existem, sao entre funcionários e (. av alio, mas nada com o governo. No dia em que seu ministro do nteriqr, Carlos Corach, entrouóm processo na Justiça ípedindo três anos de prisàò para Cavallo, que o acusou de corrupção, Menem. com semblante cansado, falou da proposta de reeleição do ; presidente 1 ernando Henrique Cardoso "ele *e realmente excelente e reclamou a acelera- \ão do fim do monopólio da Petrobrás sobre a exploração do petroleo brasileiro, O que está- mos solicitando e a abertura da gètrobrâs", i disse. Menem também falou do comercio recorde entre Brasil e Argentina, da importância de ter 1 bancos e outros negoeios brasileiros aqüi, da brisa com os sindicatos, cio entraijuecimento! das Forças Armadas e disse que nao se arrependia de ler nomeado Cavallo seu ministro: Não {me arrependo de nada do que faço, i: nao posso : apagar o que já fiz. Talvez a briga seja entre ele ; e alguns funcionários do governo, mas nao com o governo." i Ontem, foi mais um dia tenso aqui na Ar- eentina, por causa das acusações de corrupção jqtie Cavallo vem fazendo ha uma semana, atin- íiindo ires altos assessores do governo. Num i dos raros momento! de descontr.ição. a cúpula. da Casa Rosada participou dc uma festa benc- ficcnte ao lado da apresentadora brasileira \u- \a. no tradicional Hotel Alvear. O sucessor; de jcavallo, o tímido Roque lernande/. nao agüentou e pediu um autógrafo ao pe do ouvii do da moça. Na entrevista com jornalistas brasileiros, Menem voltou a declarar que o desemprego esta sendo amenizado pelo trabalho informal, que deverá ser legali/ado com os projetos de reforma da legislação trabalhista, em tramitaçâo no Congresso argentino. Ele fez sua avaliação da situação brasileira: coisas estão "As ) avançando. Talvez não com a velocidade que fizemos aqui. mas.. Hoje. a nossa grande van- { tagem e que quando temos um problema eu e o Ferhando Henrique resolvemos logo. falando j diretamente pelo telefone. Ao final da entre- ) vista, perguntaram se ele era candidato ao teri ceiro mandato, como o peruano Alberto Fuji- " 1 mori A 1999 não, mas em 2003 com certeza. v disse Menem e tem recepção de herói O] Em discurso, presidente francês pede respeito a segurança de siae RAMAl \.( SJORDÂNA O presidente da f rança, Jacques Chirac, teve pa. ao lado dos Estados l indos e da dita que o mundo inteiro o apoia, Se- tendeu um papel da frança e da luro- um acordo sobre Hebrun. porque acre- uma recepção de herói, nas sete horas Rússia, no processo de paz, que continua sendo muito frágil". Depois, na ter desocupado a cidade em março, gundo os acordos de pa/. srael deveria que permaneceu ontem nos territórios "Viva autônomos palestinos. C hirac" entrevista que concedeu com Chirac, o mas o governo israelense vem exigindo Viva a França! Viva! Palestina", gritaiam as multidões, agitando bandeiras ditl que a França tenha este vivem "na cidade, em meio a 120 mil presidente palestino \àjsser Aralat pe- novas garantias para ÓS 45Q judeus que papel. "Necessitam francesas e palestinas, tanto nas ruas de Chirac para salvar o palestinos As neooaoes sobre Heoron tiveram progressos Ontem, em Jerusalém, de Ga/a quanto nas de Ramala. na processo de paz e dar-lhe um novo C ísprdània. Ante o Conselho legislalivo palestino, eleito em janeiro e mie- Ontem à tarde. Chirac impulso", disse Aralat. como disse o negociador e ministro "Houve um intercâmbio de idéias que nos partiu para grado por ss deputados, C hirac foi Amã, capital da Jordânia, onde foi palestino Yasser Abed-Rabbo: constantemente interrompido "i poi recebido pelo rei Hussein, na quarta aplausos, mesmo quando disse: necessario que a legitima aspiração de dio, que o levara ainda ao Líbano e ao etapa de sua viagem pela Oriente Mepermitiram redu/ir nossas divergem cias. A atmosfera era melhor e mais pratica." Estes progressos foram confirmados por dois jornais israelenses, Krael a segurança seja compreendida e Egito. Antes de viajar para Ramala. aceita," onde se tornou o primeiro chelc de Uuuriv e )cdwt Úiroiwi- srael teria Chirac. que véspera tcou lurioso Estado estrangeiro a talar ame o Conselho Legislativo palestino, o presidem abandonar o desejo de manter o con- feito algumas concessões. como a de com policiais israelenses em T el Awv. chegou a ser aplaudido de pi pelos te francês foi recebido em Jerusalém trole sobre a construção de nov as casas deputados eufóricos, quando criticou o atual governo israelense: "L pelo presidente israelense. E/er Weizman, que lhe pediu que levasse uma entanto, "a brecha entre as duas posi- para colonos judeus. Para Aralat, no necessário que os acordos firmados sejam respeilados não apenas na letra mas também mensagem a Aralat: um convite para çòes e muito grande". Ele atirmou que "ha muitos temas na agenda, a liberaçâo de prisioneiros, especialmente muno espirito f necessário deter a coloni- /ação (judaica em território palestino). Devem cessar as mudanças no jííiíii.v tiuo em Jerusalém, a demolição de casas (árabes)? i O presidente francês de- que concluísse o quanto antes possível as neeociaçoes sobre a cidade dc He* broiu na Cisjordânia. Na entrevista com Chirac, Weizman comentou que Arafat estava provocando proposíuilmente uma demora na finalização de heres. uma melhor recolocaçao de tropasde áreas rurais Há 35 pontos ainda sob discussão e esperamos que sejam resolvidos tranqüilamente " Peres e Noa homenageiam Rabin TH aviv O assassinato do primeiro-ministro V it/hak Rabin, no dia ministro foi alvejado e levado para o bm vivo. Momentos depois o primeiro- 4 de novembro do ano passado, será hospital. "Depois que o diretor do hospilai me disse que Yit/hak não eslava lembrado hoje, pelo calendário hebraico. Fm entrevista a agencia Reuter. mais vivo, fui ao quarto para di/er Shimon Peres, que era ministro do Extenor e substituiu Rabin na chefia do çol. apenas com a cabeça de fora. No adeus. E le estava coberto com um len- governo israelense, lembrou que se rosto, ainda havia um resto dc sorriso, despediu com um beijo na testa do quase sarcástico, como se a felicidade parceiro nos acordos de paz com os continuasse. Eu o beijei na testa. contou Peres. palestinos. Horas antes do crime, os dois homens que sempre loratn rivais A manifestação tinha um significado especial, porque Rabin vinha sendo políticos dentro do Partido Trabalhista tinham se abraçado diante de uma chamado de traidor por israelenses multidão de 100 mil pessoas, numa opostos ao processo de pa/. Foi a primeira vez em 50 anos que Peres viu manifestação pela paz em Tel Aviv. "De Rabin cantar a toda voz. Eles cantaram a Canção da Pu: hebraica. Nos certo modo foram as horas mais felizes de nossas vidas. Ele não deram a letra da musica e ele a botou esperava ver uma concentração tão no bolso. Seu coração e o papel foram granue e um público tão entusiasmado. penetrados pela mesma bala. disse 1 icotí muito emocionado", disse Pe- Peres. lembrando que Rabin foi atingipelas costas pelo fanático judeu Foi a ultima vez que Peres viu Ra- gal Amir Os dois nunca tinham lido uma convivência tranqüila: Rabin era um ex-general e combatente convertido á causa da pa/. que considerava Peres "Nos um sonhador. pertencíamos a mesma família mas não era necessariamente uma família feliz. Costumávos discordar e discutir Mas quando começou o processo de pa/. realmente começamos a ter uma família agradavel". disse Peres. O assassinato de Rabin também foi lembrado ontem pela nela. Noa, que emocionou a todos ao falar no funeral "Tem do primeiro-ministro. sido um longo pesadelo desde então", disse "fudo Noa a Radio srael, o que aconteceu depois do assassinato, seja estranho, feio ou doloroso, nada parece com as coisas cjue aconteceram antes. Meu mundo esta dividido em dois e. se você me perguntar, está claro que preferiria viver no de antigamente. causa confusão xiwuil.v A presidenta da Nicaráguai Violeta (. hantorro, pediu "calma e tranqinlidade" ao povo e autorizou a policia a impedir niamiestações antes de terminada a lenta com tagem de votos das eleições de domingo, que dâ a vitória ao candidato da Aliança Liberal. Arnoldo Alcman A frente derrotada gandinista, nas urnas pela segunda ve/, ainda nao aceitou os resultados e a ela somaram-se ontem pequenas agremiações de todas as tendências, que insinuaram a existência de fraude na transjfer&hcia dos números dos mapas das seções eleitorais para o centro de totalízação de voto» Rosa Marina Zelayo. presidenta da Comissão Superior Eleitoral ((S:), reconheceu nj terça-leira que houve "talhas em alguns rela,1 torios eleitorais (não disse de quantas seções) e que isso poderia levar a "alguma mudança ou variação" dos resultados, pois os mapas que não estavam bem claros foram deixados de lado para serem analisados mais tarde na presença dos fiscais dos partidos Reconheceu também que ha casos de que votos dados a um partido foram contados como sendo de outro A presidenta da CSE prometeu que a apuração será encerrada hoje a noite. A Frente Sandimsia desde o início da apuracão denuncia que 60 mil votos "sumiram doj» mapas das seções, principalmente no interior do país. Os sandinistas anunciaram que não reconhecerão uma vitória de Aleman ate que seja feita uma verificação dos resultados enviardos ao Centro Nacional de Computação Om tem, outros 11 partidos aderiram ã idéia. Virgílio Godov, candidato presidencial do Partido Liberal ndependente (de direita! e exvice-presidente do atual governo, pediu a aniliação das eleições se na revisão dos mapas "for observado um padrão de irregularidades" que. a seu ver, significaria intenção de fraude. No polo oposto, mas com o mesmo tipo de queixa, ficou o candidato do Partido Socialista Niaragüense, Gustavo Tablada. Este brincou que os votos que o PS conseguiu para a Assembleia Nacional não representam nem a metade do numero dos pròpnos candidatos e militantes socialistas. Jã o deputado Moisés Hassan, candidato do Movimento de Ação Renovadora, queixou-se a CSE que, no mapa da seção onde votou, não aparece seu voto para o candidato do partido à Prefeitura de Manágua. Hassan criticou o trabalho dos mais de observadores internacionais: "Eles não cumpriram sua missão e sô viajaram á Nicaragua para abençoar uma eieiçâo. já anunciada, minimizar as írregularidades. e apressar-se a felicitar Alemán

18 QUNTA-FERA, 24 DE OJTUHRO DE 19% NTERNACONAL.ORNA. X) BB Cartas inéditas do líder indiano são divulgadas NELSON FRANCO JOHM Correspondenlo LONDRES Com sua força espiritual e suas táticas nao-violentas de resistência civil, ele derrotou o mpério Britânico e conquistou a independência da índia, mas não conseguiu evitar a divisão do país, que provocou a morte de 200 mil pessoas e três guerras entre a índia e o Paquistão. Agora, numa série de manuscritos que ficou escondida durante quase 50 anos, revela-se que o Mahatma Gandhi culpa o império e o primeiro-ministro Winston Churchill pela trágica separação. "Adverti desde o inicio que seria um grande erro para a Grã- Bretanha participar da divisão da índia em dois paises", disse Gandhi nutri carta de 10 páginas ao Conde Mountbatten, último "E govcrnador-geral da índia. impossível desmanchar este erro. Mas a admirável doutrina da justiça exige que eu não ajude a parte que cometeu o erro a imaginar que o erro não foi um erro", acrescentou, com sua sabedoria "Pensar profética. que a sociedade hindu, por ser majoritaria. pode esmagar milhões de muçulmanos não passa de um formidável mito." Os documentos recem-descohortos do líder da independência da índia serão leiloados no próximedia 14. em Londres. Acreditase que o valor total pode atingir um milhão de libras (RS jj?,6 mi- hào) Eles desvendam aspectos importantes dos seus últimos seis meses de vida de Gandhi. até ele ser assassinado em 30 de janeiro de Í948 por um fundamcnuilista hindu que, ironicamente, o considerava responsável pela partição do pais As cartas, discursos e reflexões do líder venerado por sua autori-. inn desiludido pacifista Arquivo fhn /ft iflh,. f.jbrnm s\*m * % Hj.. jjhntevs ver H G<W/ii lamciuosbffssnfo as conjlitos entre ntuitu e mufuhmm Gandhi lamentou vdmwse 1b nwn WJÊÊwr fa c<mtlltos c,ure "f*" * mdmm riffikpp \ ; : PS ífef MS í -. - & rffjiaí* éhmékk P» Ü5 -««3* dade moral e espiritual estavam etff poder do seu secretario particular, V. Kalyanam, que tem hoje mais de 70 anos Lie cedeu os manuscritos a uma instituição beneficente que pretende arrecad dinheiro para a construção de um templo hindu. Entre os documentos há relatos sobre seu último jejum, os dias anteriores ao assassinato, o rascunjff fnicial de seus últimos desejos e seu testamento, e uma resposta a um discurso de ( hurchill denunciando a carnificina entre hindus muçulmanos que ocorreu depois da independência! "(hurchill prestou um desserviço á nação a que tanto serviu", afirmou Gandhi. "Se ele sabia do destino que desabaria sobre a índia pouco depois de se tomar independente da Grã-Bretanha, por um momento parou para pensar que a culpa è dos arquitetos do império1" Vários textos descrevem o horror de Gandhi com os massacres de 200 mil hindus e muçulmanos. Depois de percorrer a capital indiana, Nova Deli, ele descreveu-a como "a cidade da morte". Para o professor 1 eliv Pryor. que passou um mês examinando os manuscritos 3 pedido da casa de leilões londrina Phillips, "e dificil superestimar a importância deste arquivo. Ê como examinar os rascunhos doj originais do Rei %ar de Shakespeare" Profeticamente, Gandhi prevê e deseja a sua própria morte para não assistir mais á tragédia de seu povo: "Talvez seja errado descrever meu atual estado de espirito como depressivo. O termo mais adequado è impotência Nesta situaçào, devo invocar 3 ajudâ do Todo-Poderoso para me resgatar deste vale de lágrimas em ve/. de me deixar como testemunha ímpotente desta carnificina de homens tornados selvagens, sejam hindus ou muçulmanos" Avião cargueiro cai em cidade A queda de um avião cargueiro americano na localidade equatoriana de Manta, na noite de terça-feira, causou a morte de 28 pessoas 24 moradores e quatro tripulantes do Boeing 707 da Milton Air Dezenas de casas foram destruidas e cerca de 60 pessoas ficaram feridas. O avião dirigia-se para Miami transportando atum congelado, e as causas do acidente ainda não são conhecidas. Em Buenos Aires, duas pessoas morreram e seis ficaram feridas na queda, ontem à tarde, de um aviso da Força Aérea argentina quando se preparava para pousar no aeroporto internacional de Ezeiza, quando se preparava para o pouso. Tal como o acidente do Equador, o aparelho era urn Boeing 707, cargueiro, e transportava para a Argentina 25 toneladas de peixe congelado, procedente de Santiago do Chile Alimento acaba para 200 mil refugiados Milhares de hulus naturais de Burundi e de Ruanda, que viviam refugiados no Zaire, estão com as vidas ameaçadas pela fome e por doenças. Num êxodo como não ocorria na região desde eles vêm abandonando, desde sábado, a região Leste do /airc para por-se il salvo dos combates entre o í xercito c milicianos da etnia tutsi Segundo Ábdelwahad Mahmud Jeme. representante em Bukavu do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas, com a chegada de quase 200 mil refugiados os estoques destinados a população local chegaram ao fim e deium dc no máximo seis dias estarão totalmente esgotados ffâo ha (visibilidade de se receber no supiéntos. pois as duas estradas de acesi,i Bukavu lor.im cortadas. EUA autorizam envio de ajuda aos cubanos O Departamento de Estado americano qualificou de "apropriada c neorssaria".1 decisão de autorizar o envio de 68 toneladas de ajuda humanitária a Cuba. atingida na semana passa,!.! pelo furacão l ííi "Foi pia decisão humanuaná", disse o porta-voi Nicffilas Bums, informando que a ajuda, recolhida p<r grileis cubanos c a greja Católica, será "A enviada imediatamente organização Cantas cubana se comprometeu a se esforçar ao máxinio para que as doações cheguem.ios jjiais necessitados", explicou Hurm Chuvas torrenciais continuam caindo no 1 em de Cub.i. causando inundações e obrigando à evacuação da população nas províncias dc Santiago dc Cuba e Guantanamo. que haviam escapado da fúria do Lili. Crianças roubam banco Quatro irmãs, a mais velhacom 14 anos, roubaram ontem quantia equivalente a RS 10 mil de uma agência do Banco do Fxtenor, em Miranda de Ebro. uma - pequena cidade do Norte da Espanha. Enquanto ires das meninas distraiam o gerente com perguntas sobrt um empréstimo, a t mai» nova, de 9 anos. entrou na caixa-forte, aberta naquele momento, e recolheu o dinheiro. As quatro foram detidas algumas horas mais tarde, mas o dinheiro ainda não apareceu Polícia do Chile bate em servidor Pelo menos 10 pessoas foram presas c outras, em numero não determinado, feridas por golpe- dc cassetetes, na "Jornada pela Dignidade do Servidor Público" no Chile A pancadaria foi em Santiago londe a prefeitura não autorizou a concentraçaol, perto do palácio La Moneda A manifestação ocorreu horas antes do fim da campanha para a eleição municipal, a Ncr realizada domingo, em todo o país Astrólogo é preso por previsões O astròlogo fez suas previsões para o ano que vemjj numa reunião com banqueiros, empresários e políticos, em Caracas. E sumiu. Mas o ministério do nterior da Venezuela esclarecei o mistério José Bernardo Cómcz ioi detido pela policia secreta para explicar as previsões e analisar suas implicações políticas Gômez havia dito que o pnstdenie Ralael Caklera não pass;i de 1997 ÍNDGNADO, AJRCVÍDO, ENGRAÇADO, D VCNCNOSO, MPUCANTS, CRATVO, ORGNAL, DCBOCHADO, NTCLGCNTC, AMXONADO, J) CULTO, NCONFUNDÍVEL, POLEMCO, ATUALZADO, BRLHANTE. L1 TUTTy NO JB. Ele voltou. 0 cronista Tutty Vasques está de volta ao jornal que o lançou, há 10 anos: Jornal do Brasil. Uma * *? BRASL em orne de espias. onde Ja brilha* Apiciu,.-ando Nojeira. Artur Xexéo. Celso Cauda C.aud o JORNAL DO BKAE, Paiva. Danuza Leào, Dora Kramer. Guühenae Barms. Jo* Wilker. Uis Fernando Venss.mo, Maurlcio Dlas Oldemá io Tougulnhó, Paulo Caruso. Serjio Noronha. Teodomlro Braga. Vlllas-Boas Corrêa. Zagalo. Zuenir Ventura.

19 . J y\ JORNAL DO BRASL QU1NTA-F li RA. 24 DE OUTUBRO DE 1996 " " " Prewiilo O TEMPO fe-(. illpslscl.v s >, V- Rio de Janeiro KmS fflesssim ypreaiai mstx. -»#*»- ;.:.-. r l -.i.- Um sistema de baixa pressão que deveria ter passado _ -iaim«nto Nubladocomchuvae Nubladoa Palmeatd, deslocou-se para o oceano deixando o tempo ensolarado [empole irâ vam " de nublado a c»»<» 8S88i ; 2 ~ 3**,!W parcialmente ensolarado na maior parte pancadas de chuva com trovoadas no Norte Fluminense. 87/19. enaolaraclo. Si " 27/22 Zona Sui 27*20 Zona Sul 2520 Zona SuT 2M1 Zona Sul 26/21 Zona Sul Zona Nortc 29/19 Zona Norte Zona Norte 27 9 Zona Norte ZonaN Norte 27/19 Zona Oesto 28/19 Zona Oeste 26/18 Zona Oeste ÉÊÊ Zona Oeste Zona Oesle 65% Umidaderelativa 70S Umidaderelativa... 85% Umidaderelativa Mova Fribur««- sêêêêê. 26/19-.! P Umidade UMlUauc relativa iciauva... «< Umidade relativa. j i.,«to médias das máximas e mínimas de cada regi.lo. /;é-~ mv *, Obs: As temperaturas da cidade relerem-se as meuu» Ü 27/19 i-í$. s wam 8«í«r» io Resende r. ffir "\Mlida oara hoie, com as temperaturas máxima hojo sxta-leira 26/18 27/19 -. Barr* Mansa falfe Previsão para o Brasil e mínima em cada capital Cid.ide tax Mtn Max Mln T Acaculco pn pn CèboFltò Frerites Amsterdam pn 15 8 Araruama 26/20, Pressão ffrattri x ÉMmí fr».í»-í. "V. Assunçáo ag w? Fria Atenas n Alta Baixa Atianta S pn Parati - Rio de Janeiro MWl &! Bagda s 26/19 Angra 26/21 m ;A Quentc Bancoc pn 3t 23 ch Barcelofia pn pn dos Reis BeHi( 11 4 pn 12 6 pn 27/20 mi 1 Praias iff f S} - "Boa VistS5"" Macapá Estacionaria BogoM pn Mangaratiba Própria v>< 36 BruxoUis on 17 8 n m M;,.; "V-v Sâo Luis Buonos Airos pn Gtunian Própria ü» 33"25 Mare ra 1tim hora altura Recreio Prôpri». 7/ " Belém Fortaleza Cairo S MgSji., Bio do Janeiro Daria Própria ;. \ «32/24 34/24 Canctin aq pn Caracas pn pn Manaus Chicago 12 4 pn 13 7 pn Alta 01hl5m h38m 1.10 Pepino Própria / 34/24 Teresina Baixn Q7h39m h49m 0.20 S5o Conrado Própria C Natal Cingapura ag 3 22 ag Vidigal Própria $ v: 1 37/24 João i 33/24 Coponhague 12 7 Un 12 7 pn Pessoa Cidvide do México 21 9 cr pn Sao Jono da Barra leblon mprópria 2&24 &na 01h49m 107 4h12m 1.07 panema própria % Rio Branco r t MiSifámr Palmas Dotes 22 9 pn on gaixa 06h57m h07m 0 14 Diabo Própria % 3<V23 i Porto Velho 35/24 Recife. Dublm en stanbul S/25: Aipoador Própria Maceió Estocolmo n -Attn. 00h52m 110 3h15m 1 10 Copacabana Própria 31/24 Flonvga t m Leme própria Aracaju Frankfurt 11 2 pn 2 4 pn \ -fiaixa 06tVlfm 0 18M1m 0-14 V Botafogo mprópria Íív 30/25 Genebra 17 7 pn ibá Hot;;inqoo t Cabo Frio Flamengo mprópria Salvador 3Í3/24 : Alia" 01 hi2m h35m 1 00 Uica mprópria Goiânia 29/23 Ho<iç) Kong 2Q 9 21S pn Baixa 07h34m h44m 0.18 Fortalezas Jo3o Própria.. 32/22 * Jorvi-Mioni S tonesburgo Vermelha Própria La Pa. Bo. Lima vai Lisboa Ondas n Sol Vitbria A A previsão para hoje na orla marítima do Rio e Poente: de céu limpo a pouco nublado. Ventos cie quad- 19h01m % ipo Grande Belo Horizonte X 28/ /18 Los.An ranie Nordeste a Norio. com velocidade de 11 a Nascente: ifi nós Mar de Nordeste, com ondas do 1.0 a 06h13m m Sâo Paulo 1,5 metros, em intervalos de 3/4 segundos 23/15 Visibilidade boa. Temperatura em elevaçào. Estradas Prosidente Dutra (BR 116) - Do Km 163 ao Km 178 serviços de Sinalização horizontal nos dois sentidos Do Km 169 ao Km 170. construção de barreira rígida no canteiro central Do Km 100 ao Km 232. recomposição de guardacorpo Nos Km 256 e Km 266. pista da esquer- -oa impedida nos dois sentidos, para construção <j<- mureta. das 8h às 7h No Km 284, acosta-. mento interditado para contenção do encostas. Rlo-Juiz do Fora (BR 040) Do Km 0 ao Km 64, serviços de conservação rotineira, nos doi sentidos, Rlo-Santos (BR 101) No Km 435,5. acosta- "monto interditado no sentido Sanlos-Rip Nos Km 447. Km 449 o Km 462, pista interditada com passagem por variante No Km 464 tiflnslto em variante em ambos os sentidos No Km 515. muita cautela na pista, que esta com rachaduras e com passagem um veiculo do cada vez pelo acostamento sentido Rio-Santos No Km 591.5, deslocamento de aterro, com tràlogo passando om moia pista no sentido Santos Rio. No Km 598. pista om estado precário, com passanem do um só veiculo de cada vez. Rlõ-Campos (BR 101) - Do Km 75 ao Km 76, trânsito om meia pista devido a obra de rocuporação do ponto sobre o Rio Ururai Do Km 262 ao Km 275; obras de duplicação oa pista Do Km 275 ao Km 282, obras do rocapeamento da pista no sentido Rio-Campos Lua Chota 26/10 Nascente. 17ti15m ## Minguante Nova Crescente 3/11 10/11 17/11 Poente 04h4lm Éfflfeii r{- Aeroportos Tempo Vlslbllldndo GaleSo bom boa Santos Dumont bom boa Congoohas (SP) bom mocitoa Viraoopos (SP) bom boa Coofms (MG) bom boa Brasilia nub. boa Manaus pat/ngb. boa Fortaieza peifrwb boa Roole pxnub. boa Salvador par/hub. boa Curtiba nub. boa Potto Alogre nub- LEGENDA pnr - pnimimenli. nub «nublaüo. mod modorada rod * todurtln CondçOes «Sitos i«/a fo/e.( fars ím Curitiba 21/13 Porto Alegre 2-t; 16 Rio de Janeiro 26/21 Florianópolis 23/18 Resumo do tempo no Brasil Norte - A previsão para a região 6 de tempo parcialmente ensolarado com pancadas do chuva em àroas isoladas Nordosta - Tempo parcialmente ensolarado na maior parto da rogião mas podom oconer pancadas de chuva no sul Centro-Ooste - Tempo parcialmente ensolarado, quente e úmido na maior parte da região com possibilidade de pancadas do chuva o trovoadas isoladas Sudesto - Um sistoma do alta pressão dotxa o tempo estável, com predomínio do sol om toda a roçji&o. Possibilidade do chuva no norte do Rio de Janeiro Qui Tempo bom em toda a região, com predomínio de sol embora possam Ocorrer pancadas do chuva no tinal do dia em algumas areas do interior Todos os mapas a pravisões do lempo sio pmdmos pela U S tontas: Navamar (ondas). DNER (estradas). ntraero (aeroportos) a FWM (praias) Mun Na" Nas Nov Nüv Orlaruto Pi in amá Seattl Stíui Stdnoi >6li orquo Washíngt( pn s ft?1 4 n pn 19 2 S on 16 6 n pn 24 9 pn 22 7 pn!2 23 pn 3t 22 on pn ; 29 2: pn pn pn pn pn l!3 pn pn !> 18 9 pn s pi 12 n n pn pn 31 2 \ pn pn pn t6 o pn 9 6 * pn 30 pn 24 pn iq V2 pn 19 9 s 11 o 12 7 cn 18 t4 16 t s n 13 4 s 12 2 r, 3 5 B 1 pn 9 3s 19 9 pn 19 9 pn 15 a pn 1$ 8 pn tjrnpo vt) «íüí pn píuçtólmnnto nublatio. nublado,ch hinl novada liljíífj. nv novada, y v i i uxnpeslaâos ag iguaceíro. fjelo Ciência Nova forma njeção à base de hormônio ti-ata saicoma boston, ila njeções de um hormônip produzido normulmcntc no inicio da gestação podem diminuir e mesmo fazer desaparecer o sarcoma d Kaposi, um tipo comum de tumor de }X!e entre pessoas com Aids. Em uma pesquisa feita com 36 pessoas nu Escolu dc Mcdicinu du Universidade do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos, foi injetado o hormônio gonadotroítna briônica nas lesões desçoloradas na pele dos pacientes. Em vários casos, os tumores diminuíram e em outros desapareceram.. O estudo, publicado no New Engjand Jourrutl of A/t iln inc. foi coordenado pelo medico Parkash Gill, da Universidade da Califórnia, e mostrou que os tumores começavam a morrer depois das injeções. Atualmente, não existe nenhum tratamento chcaz para o sarcoma, uni tipo dc câncer muito raro que aumentou com o aparecimento da Aids. "Os tumores tratados com o hormônio melhoraram em 10 entre 12 pacientes que receberam altas doses", contou o pesquisador. Entretanto, as lesões eram "relativamente pequenas" Outro fator que poderia influir no resultado final, segundo os médicos, era o uso de outros medicamentos para tratar o sarcoma conçomitantemente. O f.itor que motivou o inicio dos estudos com o hormônio foi a constatação que o sarcoma de kaposi era mais com»m em homens do que mulheres e que o tumor não podia ser encontrado em ratas de laboratório grávidas. Pró-Guaíba* _ Programa despolui bacia e beneficia mais de 200 municípios JOSÉ MTCHELL T) ORTO ALEGRE O programa 1 Prô-üuaiba, de despoluição da bacia do Rio Guaiba. começa hoje sua execução de forma mais acelerada com a publicação pelo governo gaúcho de um lote de editais para aquisição de materiais no valor global de RS 6 milhões. Entre eles. equipamentos de laboratório de estudos químicos e biológicos para testes e monitoramento da água. ar e solo. O secretário estadual de Coordenação e Planejamento, João Carlos Brum Torres, disse que o objetivo final é prover os órgãos técnicos de equipamentos que permitam "implementar um sistema de proteção ambiental. Entre outros materiais estão equipamentos para laboratório da Rede de Monitoramento Ambiental e Controle de Poluição lndustrial da Fepam (Fundação de Proteção ao Ambiente Natural), principal órgão do estado na area. O programa global do Pró-Guaiba prevê a despoluiçào da bacia do Guaiba, numa area de 85 mil 930 km2 (30% da área do estado), beneficiando 222 dos 4ò7 municípios gaúchos. Através de um contrato que envolve SS milhões. dos quais l SS 132,2 milhões do Banco de Desenvolvimento lnteramen- é acelerado : : : : W~~ 1 4. ««*; >....Xs ; m ~>u -iv - V * * - - :. «- 9 ~. - : r~ 0 Grande tcr remperado O Rio Guaiba, no Rio Graruie do Sul, vai ter o seu ecossistema recuperado cano (BD), serão construídas inicialmente duas estações de tratamento e controle de poluição industrial. Na Região Metropolitana serão quatro estações de tratamento das 70 toneladas diánas de esgotos. Também serão realizados projetos de recuperação do solo, reflorestamento e redução do uso de adubos e agrotóxicos nas 117 microbacias de 89 municípios Outra atividade será o cadastramento e controle das 4 mil 700 industrias poluidoras situadas ao longo da Bacia do Guaiba. de S aca louca é descoberta LONDRES Cientistas britânicos consmuiram provas de que a doença da vaca louca (encefalopatia espongiforme bovina) está assumindo nova forma de contaminação em seres humanos. A tnformação toi divulgada em um artigo publicado na revista Nciturc Os cientistas do Í$perial Collcgc School of Matwiih do Hospital de Saint Marys, em Londres, localizaram um cód 120 molecular, relacionado com as vacas infectadas, que pentifica uma nova vartação da sindrorne de Creutzfelt Jacob (SCJ). versão humana da doença da vaca louca. As especificidades desta variação são totalmente diferentes das formas conhecidas da SCJ. mas têm características moleculares semelhante) as da doença da vaca louca, que atinge apenas animais. A equipe dc cientistas, dirigida pelo professor John Collingé, acredita que estas semelhanças podem ser uma importante prova, porém não definitiva, de que a nova variação da SCJ. que já se apresentou em algumas pessoas, surgiu da doença da vaca louca encontrada em carne bovina. A descoberta abre caminho para desenvolver nova> técnicas de diagnóstico de SCJ Segundo os cientistas, estas videncias poderiam ser eficientes para detectar a doença através de exame de sangue. Poderia-se, ainda, identificar se ovelhas também estão sendo Mectadas pela doença, o que seria um perigo para a saúde pública.

20 "11% "T *.#->.,MA. nniidacm g ->y Negocios Q & FNANCES. :;.., / *tf o:; **> * Tensão no mercado financeiro Temor de aumento no déficit comercial e a queda dos títulos da dívida brasileira nos EUA derrubaram as bolsasde valore? ANTÔNO XlMl-NES E FÁBO ALVES *.. v Cf 1UOT9U tjpf-t* D** *i\»w t»* * Jphí, ** 21 Rp 4 8,e TEK ü.?í. 3-7»0 UCO são PAULO O medo da disparada do déficit da balança comercial (importações superando as iftro político deixa MERCADO NERUOSO t exportações), o julgamento da ação judicial dos recibos de Telebrás, no Tribunal Regional Federal (TRF) e a queda dos títulos da dívida externa brasileira, em Nova orque, foram os responsáveis pela baixa tias bolsas e o nervosismo que dominou ontem no mercado financeiro. O pregão paulista fechou com -0.4% e o do Rio de Janeiro, com - 1 % Foi um dia tenso, em que os investidores não descuidaram os olhos do julgamento do ÍR e dos EstfSos Unidos. O pico da tensão foi durante a tarde, quando o pregão da Bolsa de Sao Paulo registrou queda de 2.)%. nas ações preferenciais (sem direito a voto) da Telebrás, e de 4,07%, nas ações ordinárias (com direito a voto) da empresa. No final das operações. Telebrás PN lechou em baixa de 0.5%. com o lote de mil ações cotado a RSJémmesíjio! a vitória de cinco a um da 1 elebras no TRF acalmou o mercado, pois o Ministério Público decidiu levar o processo para outras mstáncias jpfidicas. Os juizes decidiram que a emissão de 13,71$ milhões de ações preferenciais veildidas pela Telebrás em 1990 é que hoje valem USS 150 milhões foi correta. A procuradora da Uni Maria Helena da Costa já recorreu ao Superíõr Tribunal de Justiça (SJ). Títulos -Às quatro da tarde, os títulos da divida externa brasileira (C-Bonds) mostravam uma queda de 1.79%. em Nova orque. No final das operações! a queda foi de 2. 3 o. Em Brasília, esse recuo foi minimizado pelo Banco Central. Segundo o chefe do Departamento da Divida Externa do BC, José l maldo Aguiar, estes movimentos não representam uma tendencia. "Nos últimos 12 meses, as cotações desses papeis subiram 25%". dsno cenário externo, de todo modo. as noticias nao foram boas sso aconteceu porque os investidores estrangeiros receberam muito mal o calote UbJ> ge milhões que a Constran]construlora do grupo ltamaiati. do em- p r e s a r i o "A Olacvi de convivência com Moraes, passou no mor- déficit, cm tempo de cado internac i o n a 1 a o inllaçãq baixa, é não saudar compreensível" uma divida Emílio Garófalo Fllbo que venceu anteontem. O econo-. mista limilio üaròkilo lilho, c\-ii)rcior ua Aica nternacional do BC, disse que não ha motivos para desespero com o dclicit da balança comercial, e com a queda dos mulos da divida externa "O Banco Centrai tem reservas de USS 57.4 bilhões e a convivência com déficit, cm lempo de mfiação baixa, è peileitamente compreensível. Quanto aos t -Bpnds. os invéslidores estranpiros estão fazendo um jogo especulativo, porque não ha motivo para alarde no curto. médio e longo prazos. frisou Mas ha opiniões bem diferentes. "O problema do déficit comercial está causando preocupação para os investidores estrangeiros", afirmou o ecqnomisiachefe para America l.itína do banco de investimento americano Oppènheimer, Carlos \sihs Segundo ele. esse problema não devera chegar a prejudicar a colocação dos títulos que o BC espeta lançar no mercado internacional, mas afetar o seu preço. Na visão dos investidores estrangeiros, disse Astlis. o delieii comercial geia a expectativa de que o BC venha a mudar o rumo das taxas de juros para "Nao segurai a expansão da economia acredito que o governo mexeria na taxa cambial para mudar essa situação", disse. Erros O diretor do banco de investimento inglês Sehoroders Walter Mendes Filho acredita que a questão do déficit publico e comercial ja está sendo "Os refletida na bolsa de valores. investidores estão bastante nerv osos, porque ninguém sabe direito qual o real efeito do crescimento econômico sobre a balança comercial", disse ele. analistas estrangeiros t "Os nacionais e o próprio governo erraram nas suas projeções porque a abertura comercial e bastante recenie... Na opinião de Mendes Filho, o déficit cpmercial divulgado nos últimos meses superou as expectativas de todos e mostrou que o efeito do crescimento econômico tem sido mais grave do que o estimado "Os rijo mercado. investidores não sabem o que o gòveffl vai fa/cr para atacar esse problema e isso está causando incertezas que estão afetando a bolsa. disse o principal executivo da Schroders no Brasil, que tem sob sua responsabilidade USS 700 milhões em recursos de investidores estrangeiros na bolsa de "O valores. governo tem poucas alternativas para resolver o problema, entre elas a desvalorização do câmbio ou a redução do crescimento econômico via aumento da taxa de juros", atirmou. _ \ mudança do humor do mercado financeiro toi noticiada ontem na coluna nforme Econômico, do JB. Na mesma edição, o diretor de Política Monetana do Banco Central, Francisco Lopes, afirmou que não havia motivos para preocupações do mercado financeiro. Ontem, procurado, em Brasília, pela agencia de noticias Ratt< r, a respeito do nervosismo do mercado, Chico l opes respondeu da seguinte maneira. "Eso es mierda v perdonen mi írntaeion com esta especulaciòn." * Colaboraram César &qiges e Silvia MuQnatto Bolso A evolução do bovespa Sú<> Í\íulo LTnwijò,H-h tcns:io ilianw dc Mkit maior iui halai«a comcn u, r 1,28% ya c*w SX 0,58% -r% 0,48% 0.47% U * 0,31%,/v j$r l~ % -yrnw o.oi%: jjr*. jsaa* Jn Ffc -O.4O%h o_o esns %*23S! JO \**»* -0,06% -0,16% % JST 0,21% -0,30% % M. ; -1,wST j 14/10 15/10 16/10 17/10 18/10 21/10 22/10 23/10 TÕSfi Sovesfu Os títulos da dívida externa pfmw) 6» - r 1 ; ;. : [ «C 1 r: i ttt: o i!i "Por lote de mil Fonte: Bloomberg BRASÍLA O governo decidiu promover uma pequena redução nas taxas de juros que vão vigorar em novembro. Ontem, o Comitê de Política Monetária (Copomi. órgão vinculado ao Banco Central, lixou BC reduz taxa de juros Ao fixar a TBC em 1.78%. o do governo e ambos diretores do Banco Central sinalizou que continua com a estratégia de redução E também um sinal de conservadorismo, ou seja. a manutenção da lenta e gradual dos juros. Em julho, a TBC estava em 1,90%. No mês taxa do mês anterior poderia sancionar as expectativas negativas do seguinte, foi mantida em 1.90%. em setembro caiu para 1,88% e, em mercado. outubro, para 1.82%. A postura do Banco Central representa, ao mesmo tempo, uma Q Os investimentos estrangeiros na Bolsa de Valores de São Paulo resposta ao mercado financeiro, (Bovespa) subiram RS 215,4 milhões que ficou nervoso com as expectativas de uma deterioração no resulta- primeiros dez meses deste ano para este mês, elevando o valor total nos do da balança comercial e da situação fiscal. por capitais estrangeiros ficou em RS RS 2,25 bilhões. A compra de ações Ao reduzir os juros, o Banco 1,7 bilhão, contra uma venda de RS 1,4» bilhão. A negociação de ações brasileiras, este mês, totalizou RS 3,18 bilhões, a terceira menor depois a Taxa Básica de Juros do BC (TBC) em 1.78%, um pouco abaixo, portanto, da taxa (1,82%) que está vigorando em outubro. Foi uma redução de 0.04%. O comitê do Banco Central reduziu também, de 1.93% PJ 190% a Taxa de Assistência do Banco Central (TBAN), usada para remunerar as linhas de empréstimo concedidas pelo Banco Central a bancos com dificuldades de caixa a TBAN e usada nas linhas mais caras de financiamento do sistema financeiro. Já a TBC é usada como referência na remuneração de titulos públicos. Central indicou que a situação está sob controle, tanto que os juros estão sendo reduzidos Confirma, na prática, as analises feitas pelos economistas Francisco Lopes e Gustavo Franco, os grandes formuladores da política econômica Na pagina 16, governo já estuda medidas para estimular as exportações, facilitando a H do que foi verificado em janeiro, quando essa cifra atingiu RS 3.1 bi- hões; e em abril, que registrou RS 3,18 bilhões. vida das empresas Sem razão ra/iio para pânico il OOMBf 111 SM SS N WS* mui SÃO PAULO -- A queda das exportações brasilei ras este mês, que, segundo se noticiou, poderia proyocal o maior déficit comercial da história do pais, não deve ser motivo de pânico. "As exportações estão quase no nível previsto", disse ontem o secretario de Comércio do Ministério da ndustria e Comercio. "Não Maurício Cortes. há razão para preocupações", acrescentou. As exportações brasileiras caíram de uma media de USS 2 milhões por dia. na primeira semana deste mês; para USS 168,8 milhões por dia. na terceira semana realmente uma detenoraçao jto "Houve quadro. Os números do déficit na balança comercial realmente preocupam Mas nao acredito em uma onda de pessimismo", diz (.irlos Thadeu de rcias Gomes, ex-diretor do Banco Central e da Petrobras que. em 1991, fez uma grande emissão da estatal no exterior. No inicio deste mês. a Petrobras tez uma operação de USS 250 milhões em bônus no exterior, com prazo "A de cinco anos. taxa foi boa. Nao chegou a ser excepcional, mas agora ainda ha um bom espaço paia papeis que rendam acima das letras do Tesouro americano", diz Carlos Thadeu Queda da inflação Rogério Furtado, uirttor do Banco da Bahia, acredita que nem tudo esta "Talvez perdido. as projeções estivessem muito otimistas. Temos vitórias inegáveis. A infiaçao despencou. os juros estão caindo O déficit da balança comercial assusta. Mas é a única noticia ruim. Rogério Furtado diz que o mercado reagiu benva notícia de que a Constran. do grupo ltamarati,,nao paeou a primeira parcela de sua divida externa.-de "Não USS 13 milhões. ha risco de contaminaçao de outros papéis. Esse tipo de divida é como se naoçi mercado secundário e o risco é do tomador. Carlos Thadeu. jg, - V, Nos últimos dias. Gustavo Franco, diretor, yí. Assuntos nternacionais do Banco Central, e Munlo Portugal, secretário do Tesouro Nacional, estaoetppenhados em uma viagem pelo exterior tentamjo estruturar um gigantesco lançamento de bônus do governo,com prazo de cinco anos. O valor e de Üjj 750 milhões, mas os representantes do governo brasíleiro estão testando a receptividade.. "As notícias que temos são de que haverá uma boa aceitação Pode não ser nos níveis que comcçarjn imaginando, mas será boaavalia José Júlio Scnaa. diretor do Banco Graphus Mas o que assusta são as "Os projeções do mercado financeiro. números da balança comercial indicam que a luz amarela toi acesa. O déficit deve chegar a RS 4 bilhões, diz Senna ) "Colaborou Sônia Aranpe

21 JORNAL DO BRASL NEGOCOS & FNANCAS QUNTA-FHRA, 24 DE OUTUBRO DE 1996 tr CELSO PNTO novo Governo m prepara pacote gerentes de gr Os pessoal /-l ristóvam Buarque, governador do Distrito Federal e portavoz do grupo de 19 governadores rebeldes, esta fazendo um erande esforço para não queimar navios. As propostas por ele alinhavadas - e que devem ser encanunhadas na próxima semana-jogam no lixo o modelo federal de acerto com os Estados, renegociam o que foi recem-negociado, ampliam o subsídio implícito na negociação e transferem da Fazenda para o Senado o comando futuro do ajuste dos Estados. Ou seja, eliminam qualquer garantia de que os Estados, que hoje respondem por dois terços do déficit público, serão empurrados ao equilíbrio no futuro. Ainda assim, Buarque insiste que não se quer o confronto e sim "sensibilidade política, com respeito aos limites técnicos. Diz estar convencido que a proposta dos governadores nao "Achamos compromete a estabilidade ou o ajuste fiscal. que ha uma margem", define, "vamos conversar e ver. Ele revela ter tido contatos com o segundo escalao da arca econômica do governo, e assegura que nenhum governador quer a volta da inflação. "Cair no populismo não vale a pena, insiste. Buarque reclama que os governadores se transformaram em "gerentes de pessoal". Só que, mesmo que a dívida desaparecesse, muitos Estados que gastam toda ou quase toda a receita com pessoal continuariam no mesmo buraco. O próprio Distrito Federal é um exemplo de pouca divida e muito gasto com pessoal. >lem sempre foi assim. Quando Buarque. do PT. entrou no governo, as despesas com pessoal consumiam 62% da receita liquida. As finanças estavam enxutas, praticamente dentro do limite fixado pela Lei Camata (60% da receita), e, portanto, com folga orçamentaria para investimentos. Hoje, o DF gasta 82% de sua receita liquida com pessoal. Buarque atribui o salto a pressões dos inativos, aumentos vegetativos da folha (quase 1% ao mês) e queda nos repasses federais. Na sua própria equipe, contudo, admite-se que a deterioração oi ajudada pela liberalidade na concessão de aumentos salariais, especialmente no início da gestão, empurrada por pressões sindicais e do PT... O governador diz que hoje impôs teto para os salanos, tez cortes e quer aprovar um aumento no mposto Predial e Tcrrilona Urbano, de 0,3% para 0,5%. Entre os cortes, menciona a demissão de dois mil funcionários da Novacap, aquela velha entidade criada por Juscelino Kubitschek para administrar a construção de B jjilia., A capital já está quase quarentena, mas a Novacap continua a, firme e forte, hoje tapando buracos, cortando grama e limpando ruas Para isso, mesmo depois dos cortes, continua com seis mil funcionários e consome RS 100 milhões, o equivalente á arrecada- çãodolptu- Brasília é uma das poucas cidades no mundo onde o governo mantém uma rede de supermercado, a SAB, instalada nao nas favelas das cidades-satélites, mas em algumas das mais chiques superquadras do Plano Piloto. A venda das lojas da SAB poderia financiar muitos dos excelentes programas sociais criados pelo governador. Assim como o Distrito Federal, vários outros estados so resolverão seus problemas com ajuda da reforma adçinisirativa, como diz Buarque, e muito ajustes. Alguns dos sc piais ovèrnadores tornaram "gerentes de pessoal" por opção (ou omissão) própria. Como foram eleitos, è um direito que lhes assiste e que sera julgado nas urnas.. injusto é querer repartir essa conta com cidadaos do 1 arana (administrado pelo PDT), do Ceara (do PSDB) ou da Bahia (do PF L), que são Estados com as finanças em ordem e com dinheiro sobrando para investimentos; Seria uma gigantes "inseifplidade política" do Senado fazê-los gnr. indiretamente, essa conta Efeitos do default O calote dado pela Constran. de Olacyr de Moraes, no pagamento de USS 13 milhões em commèjml papeis a investidores estrangeiros, trouxe pelo menos um efeito salutar, na visão de analistas do mercado. Lembrou a todos que existe risco. A liquidez do mercado, hoje, e tão imensa, que tanto bancos quanto investidores estão fechando um olho para a analise da solidez dos emissores, num tipo de euforia que já leve. outros finais infelizes no passado, inclusive na crisèdo México em 94. seguida de inúmeros calotes de empresas. Ã coluno o«coiso Pmio potxicadi. As 4">nws <> «,,u5 simuitanoamonte com a Folha cio S Pàu*o as exportações estimular para M.,mnnmi à (Copom) no Banco Central, ontem a tarde, que _ BNDES emprestará mais definiria as taxas de juros básicas para novembro. O a juros mais baixos e com mercado, ontem, chegou a apostar na manutençao da Teoria explica taxa nominal de outubro, especulando que o governo maior prazo para pagamento interromperia a trajetória de queda dos juros em vendas fracas função da piora CLAUDA SAFATLE C VERA BRANDMARTE dos números da balança comercial e Brasília O governo ainda BRASÍLA do déficit público. nquieto com a inanição das exportações brasileiras e com a perspectiva O BC não passou de déficits comerciais crescentes, o governo prepara mais um pacote de do Banco Central (TBC) de 1.82% em outubro tico satisfatório sobre as razões do recibo. Reduziu a Taxa Basica não conseguiu chegar a um diagnós- para 78% em novembro. A Taxa de Assistência do BC fraco desempenho das exportações estimulo ás vendas brasileiras ao exterior e avisa que vai prosseguir no corte de (Tban), que remunera as linhas mais caras de redesconto de liquidez, também caiu. saindo de 1.93 o no da balança comercial para algo pró- este ano, que podem elevar o déficit gastos para controlar o déficit público. As medidas já adotadas para aumentar as exportações não surtiram efeito e o ministro do 1.90% em novembro. mês de outubro para ximo a RS 4 bilhões. Mas uma suspeita inquieta técnicos da área eco- Armadilha - O que está no cerne do nervosismo, a Planejamento, Antônio Kandir. está listando novas rigor é o temor de que a armadili juros-cambio; tao nòmica: o pais estaria pagando, dois providências., _... propalada pelos Simultaneamente, o ministro chefe da casa Civil, críticos da politica economica. esteja anos depois, a conta maior da apreciação do câmbio do inicio do Plano i confirmando. Armadilha que levaria o pais. em Clóvis Carvalho, disse ontem que o governo vai extmcuir órgãos públicos e liquidar empresas estatais paumico mais arrojado para não comprometer as contas Na raiz dessa indagação estão as algum momento, a sacrificar um crescimento ccono- Real? teorias do economista Paul Krugman. da Universidade de Stanlord. latinamente, segundo os trabalhos dos ministérios que externas do pais. supervisionam esses órgãos. Na última terça-feira, o Para K.andir. esse constrangimento nao e novidade a estratégia do Plano Real limita o cresci- nos Estados Unidos. Para Krugman, Conselho Nacional de Desestatização incluiu e imediatamente mandou liquidar a Companhia Nordestimento todo mundo sabe. Tanto que estamos traba- as variações cambiais não têm im- "Que na de Sondagens e Perfurações. A Sunab. ligada ao lhando intensamente para aumentar as exportaçoes. pacto forte de curto prazo sobre as Ministério da Fazenda reestruturada em breve. Na A chave do crescimento econômico ca exportaçao exportações. A desvalorização do área das exportações, as medidas, segundo Kandir. O elevado nível das reservas cambiais, segundo o dólar americano a partir de 1985 ministro, dá ao governo tranqüilidade para esperar pouco contribuiu para solucionar o são: 1 Seguro - Até no vembro o presidente Femanmadas para estimular a mercial dos F.UA. que cresceu a par- resultados de medidas to- problema do aumento do déficit codo Henrique Cardoso assinará decreto regula- exportação e "custo para reduzir tir do inicio dos anos 80. o chamado Brasil". determinado mercado, o exportador Fraco desempenho das Para entrar com produtos em um mentando o seguro de exportações leva pessimismo ao O mercado, entretanto, gasta dois a três anos de investunento. e mesmo que sua margem tenda a crédito de exportação, não está tão tranqüilo ascom dotação de recursos do Tesouro para a cobertura de risco político. Os concordam que o país não deverá abandonar este mercado apos mercado financeiro Min. Analistas de bancos zero no meio desse processo ele so riscos econômicos e coinerciais serão assumidos por empresas privadas de financiar o déficit nas contas externas Mas apon- Ainda que o trabalho de K.rug- enfrenta dificuldades de amortizar o investimento seguro e pelo Banco do Brasil. Essa é uma forma de iam crescente ceticismo em relação a disposição man esteja centrado em produtos dar garantias as exportações após o embarque das política do governo de atacar o déficit publico num manufaturados exportados petos mercadorias;,.cç. momento em que quer negociar com o Congresso a países em desenvolvimento, a teoria LS, emenda da reeleição e. também, enlrentar as de- Financiamentos - A linha de credito de u«i omenua < a rccic.v«v c, "hãotbcrta há poucos meses pelo BNDES, para mandas dos governadores. S.tuaçao qued, 1-1 du poderia estar valendo também para o Brasil, di/ um técnico da area econòmica. Lxportadores que viram sua t rv.r. rt."tferior. nais alavancar as vendas de manufaturas para o exterior, xar o pais mais vulnerável aos investidores. não funcionou Os bancos, que alem de S5 o de O ministro do Planejamento acha que a situação margem comprimir-se, estariam agor.i abandonando mercados. Se a hi- repasse do BNDES, tinham que entrar com 15 o. nao do ano que vem e razoavelmente confortável. Disse liberaram os recursos, temendo inadimplência. Ago- que a meta de superávit primário nas contas do pótese estiver correta, o atual desequilibrio da balança comercial seria ra Kandir quer elevar a parcela do BNDES para governo é de 0.8% do Produto nterno Bruto (PB), mais de 85% c reduzir os juros, fixados em 5.5 m mais ligeiramente melhor do que os 0.5l% do PB de um problema muito mais serio variação da taxa interbancária de Londres, superávit de 95 (no conceito primário, que çontabiliza receitas e despesas não financeiras). E novas medi- O aumento das importações neste Finamex - Essa linha do BNDES para financiamento ás exportações de bens de capital devera ter das fiscais estariam em curso. último trimestre do ano ja era esperado. mas ninguém contava com um seu prazo ampliado de 8 anos para 12 anos. Acha. também, que não haverá dificuldade para A deterioração da balança comercial, pela perda financiar o déficit em conta corrente do balanço de desempenho tão fraco das exportações. Segundo levantamento do l SS 22 Mi- de fôlego das exportações, e o sofrível desempenho das contas públicas este ano. contaminam as expectativas do mercado e preocupam economistas do governo Ontem foi mais um dia de intenso nervosismo no mercado financeiro A bolsa de valores de Sao aulo despencou 5% nesta semana. B.lurus - Contribuiu pára esse clima a apreensão com a reunião çdo Comitê de Política Monetana pagamentos cm 1997, ainda que ele suba para bilhões. O déficit seria fruto de um saldo negativo na casa dos USS 4.5 bilhões na balança e uns USS 17.5 bilhões na conta de serviços Os investimentos externos diretos, que neste ano devem chegar a USS 8 bilhões, podem chegar a USS 12 bilhões em financiando, assim, mais da metade do delicit em transações correntes Banco Mundial critica Mercosnl n_.\vt \ si ki i s Corresporvdont WASHNGTON As barreiras comerciais que separam o Mercosul do resto do mundo estão criando desequilíbrios comerciais e perpetuando ineficiencias em algumas indústrias da região em vez de preparar o bloco econômico para competir globalmente, conclui um estudo de um economista do Banco Mundial (Bird). antecipado pelo The Hu// Strvci Journal. Um porta-voz do Bird disse, ontem, ao JORNAL K) BRASL que a pesquisa; do economista Alexander Yeats. não quer dizer que o Mercosul está sob ataque, apenas sob observação. O economista-vhele do Banco para a América Latina, Guillèrmo Perry. havia dito num seminário a investidores, durante a reunião anual do banco no inicio do mês, que o Mercosul e um mercado Comparável ao Mercado Comum Europeu em seu inicio, com potencial de crescimento equivalente Entre seus diversos pontos positivos constam o crescimento do comércio na região, o Produto nterno Bruto (PB) elevado dos quatro países (com crêscimento médio de 3.6%. entre lj e 1995), o aumento rui importação per capita de USS bb para Si 376 no mesmo período, e o fato de que outros pauses estão fazendo fila para entrar. "Não é uma ma idéia para investidores subir no trem antes dele sair da estação", disse Perry Mas as proteções que o Mercosul oferece a algumas industrias é preocupante. Se por um lado atraiu novos investimentos e aumentou o comercio de x 4 1 bilhões para USS 12.3 bilhões em cinco anos, os setores que mais crescem são automóveis, ônibus e máquinas agrícolas, que são produzidos em mdusmas relativamente ineficientes nistério da ndústria, do Comercio t do Turismo, a média diana das exportaçòes na terceira semana de outubro caiu para USS 168,8 milhões, inferior ao já fraco resultado da semana anterior, de USS 189 milhões ao dia. Ate a terceira semana do mès, as vendas externas somavam USS 2,45 bilhões, e nada indica que elas terão um incremento suficiente para ao menos empatar com o total de setembro, que foi de USS 4.1 bi- hões. Q O diretor do Banco Nacional de Desenvolvimento F.conòmico c Social, José Pio Borçes, anunciou ontem que a BNDKSpar, a empresa de participações da instituição, vai vender, no próximo ano, 13% das ações preferenciais (sem direito a voto) da Petrobrás que fazem parte de sua carteira de investinu-atos. A oferta dos papéis, na Bolsa de Nova orque, depende apenas do registro da Petrobrás na Security Kxchange Comission. responsável pela finalização do mercado de ações nos ELA. As ações, a preços de hoje, valem RS 1,5 bilhão. m PETROLEO BRASLERO S.A. PETROBRÁS MNSTÉRO DE MNAS E ENERGA m- FTP71 BRASL E&P - Bacia de Campos AVSO DE LCTAÇÃO TOMADA DE PREÇOS N« nt,«io Serviços do caldeiraria. fflua industnal. soldagem. preparo de «uparti epw»»h gssffio* do tetecomunfcaçóesdo SE "rsxtac-io serêmediante aprosèntaçào do comprovante d» pagando ic lodlumer,,açõesepropostas no *.11 j Campos, ocasúo em que sera iniciada a abertura dos envelopes do documentação AVSO DE ADAMENTOS CONCORRÊNCA N" Comunicamos quea data do recebimento da* documentações e publicado em r umo no D*r» Oficial da Unuo S*fào3 m/10/96, às h. na ESP - Bacia do Campos As dema.s condiyoes do Edital por necem inalteradas. CONCORRÊNCA N» Comunicamos quo a data de recebimento das doe umentaefes publicado em resumo no Duno Oltial da União Hmu as 09 oo h na E»P - Bacia de Campos As dama» cond*roes do Edrtal perma nt»cem inalteradas. CONCORRÊNCA W Comunicamos que a data d, recmen.o d«docnep.< E«-a publicado em resumo rw Dtório Olicial da União - Seção 3. no (ha 1&W96Jto. adapara 26Í11/96. as h. na D SP Bacia de Campos As demais cond*,oes do Edital perma f»ec«m inalteradas AVSO DE ALTERAÇÃO CONCORRÊNCA N* A partir desta dita. estão disponíveis as aíteraçt» ; mento ao f dital Z. puwcaoo no uia Nova data e locai de roc ebimento d,vn t*. c umentaçoés e propos a: fcàp Bacia de Cainpos PETRÓLEO BRASLERO S.A. PETROBRÁS MNSTÉRO DE MNAS i ENEMOA eh Si Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Leopoldo A.. Mlguez de Mello AVSO DE LCTAÇÃO TOMADA D PREÇO CENPES <V96 Obietoi Compra o Entrega de Pasta Protetor para Transparência o Transparência t fido roço Cidade Universüána. Quadra 07. Prftdio 11 Sala lha do FundJo Rio de Janeiro RJ CEP Tololone (021) Fa» (02 ) Valor do Edital RS (do. reais) Critério de julgamento Menor proço tolal Abertura das propostas 13 1! %. as endereço ackna UaaaaagBBffl BNDE, FNAME BNDESPAR AVSO DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNCAS E COMERCAS TOMADA DE PREÇOS AA/0EJUR-09/96 OBJETO Aquisição de 250 impressoras com tecnologia jato de tinta. A Comissão de Licitação do BNDES comunica,ulç da TO DE PREÇOS AAyGEJUR a licitante VLEFOX DSTRBUDUH COMERCAL LTDA. encontrando-se a Ata de Reunião das Propostas Tècnicase Comerciais a deposição para consulta na Av Republica dochiíe n 100. sala 2 iio horano de is 7.30hs. (Üíinicamos, outrossim que abnr-se-á prazo de 05 (anco) dias utee pafa recurso, n partir da data desta pubiicaçáo. Rio de J sn de outubro de *996. Corrossão de Licitação do BNDES m PETRÓLEO BRASLERO S.A. PETROBRÁS MlMSTÉRtOOe MNAS E ENERGA Superlnteodéncla Executiva de E&P AVSO DE ADAMENTO CONCORRÊNCA NTERNACONAL N« S -ou obtonçio do Edrt.il Av Republica do Chile » andar sau Rio de Janeiro RJ Valor de aquis»<;ão do Edital Q TELEBRÁS PABX VRTUAL (001) A Telecomunicações Brasileiras 5.A.-TELEBRA5 comunica a mudança do prefixo de seus telefones, que passa de 215 para 415, a partir do dia 28/10/96.

22 16 JORNAL DO BRASL NEGOCOS& FNANÇAS 2» Edição? QUN l A- RA. 24 DE OUTUBRO DE!99(i CELSO PNTO Governo prepara novo pacote gerentes Os de pessoal ristóvam Buarque, governador do Distrito Federal e portavoz do grupo de 19 governadores rebeldes, está fazendo um randc esforço para não queimar navios. As propostas por ele alinhavadas - c que devem ser encaranhadas na próxima semana - jogam no lixo o modelo federal de acerto com os Estados, renegociam o que foi recem-negociado, ampliam o subsídio implícito na negociação e transferem Fazenda para o Senado o comando futuro do ajuste dos Estados. Ou seja, eliminam qualquer garantia de que os Estados, que hoje respondem por dois terços do déficit público, serão empurrados ao equilíbrio no futuro. Ainda assim, Buarque insiste que não se quer o confronto e sim "sensibilidade política, com respeito aos limites técnicos". Diz estar convencido que a proposta dos governadores nao "Achamos compromete a estabilidade ou o ajuste fiscal. que ha uma margem", define, "vamos conversar e ver.... Ele revela ter tido contatos com o segundo escalao da arca econômica do governo, e assegura que nenhum governador quer a volta da inflação. "Cair ivo populismo não vale a pena", insiste. Buarque reclama que os governadores se transformaram em "gerentes de pessoal". Só que, mesmo que a dívida desaparecesse, muitos Estados que gastam toda ou quase toda a rectita com pessoal continuariam no mesmo buraco. O próprio Distrito Federal é um exemplo de pouca dívida e muito gasto com pessoal. Nem sempre foi assim. Quando Buarque. do PT. entrou no governo, as despesas com pessoal consumiam 62% da receita liquida. As finanças estavam enxutas, praticamente dentro do limite fixado pela Lei Camata (60% da receita), e. portanto, com folga orçamentária para investimentos. Hoje, o DF gasta 82% de sua receita liquida com pessoal. Buarque atribui o salto a pressões dos inativos, aumentos vegetativos da folha (quase 1% ao mês) e queda nos repasses federais. Na sua própria equipe, contudo, admite-se que a deterioração foi ajudada pela liberalidade na concessão de aumentos salariais, especialmente no inicio da gestão, empurrada por pressões sindicais e do PT.,. O governador diz que hoje impôs teto pura os salános, tez cortes e quer aprovar um aumento no mposto Predial e Territorial Urbano, de 0,3% para 0,5%. Entre os cortes, menciona a demissão de dois mil funcionários da Novacap. aquela velha entidade criada por Jusaiino Kubiischek para administrar a construção de Brasilia., A capital já está quase quarentona, mas a Novacap continua a. firme e forte, hoje tapando buracos, cortando grama e limpando ruas. Para isso, mesmo depois dos cortes, continua com seis mil funcionários e consome RS 100 milhões, o equivalente á arrecadaçào do 1PTU. Brasifl é uma das poucas cidades no mundo onde o governo mantém uma rede de supermercado, a SAB. instalada nao nas favelas das cidadcs-satèlites, mas em algumas das mais chiques superquadras do Plano Piloto. A venda das lojas da SAB poderia financiar muitos dos excelentes programas sociais criados pelo governador. Assim cònió o Distrito Federal, vários outros estados so resoljferão seus problemas com ajuda da reforma administrativa, como di/ Buarque, e muito mais ajustes. Alguns dos governadores se tornaram "genintes de pessoal" por opsâo (ou omissão) própria. Como foram eleitos, é um direito que lhes assiste e que será julgado nas urnas. njusto e querer repartir essa conta com cidadãos do Paraná (administrado pelo PDT), do Ceará (do PSDB) ou da Bahia (do PFL), que são Estados com as finanças em ordem e com dinheiro sobrando para investimentos, Seria uma gigantesca "insensibilidade política" do Senado fazê-los pagar, indiretamente, essa conta. Efeitos do default O calote dado pela Constran, de Olacyr de Moraes, no pagamento de USS 13 milhões em commerdm PW# * investidores estrangeiros, trouxe pelo menos um efeito salutar, na visão de analistas do mercado. Lembrou a todos que existe risco. A liquidez do mercado! hoje, è tão imensa, que tanto bancos quanto investidores estão fechando um olho para a analise da solidez dos emissores, num tipo de euforia que ja teve outros finais infelizes no passado, inclusive na crise do México em seguida de 4. inúmeros calotes de empresas. A coluna do Olso Pinto 6 publicas,i.ls torças quortas. e *>«las e 908 simultaneamente com a Folha óe S Pauto estimular as exportações para,,. n.-> Rinrn Centrai, no Banco Central, ontem á tarde, que definiria as _ BNDES aumenta créditos taxas de juros básicas para novembro. O mercado, a juros mais baixos e com ontem, chegou a apostar na manutenção da taxa Teoria explica nominal de outubro, especulando que governo interromperia a trajetória de queda dos juros em vendas fracas função da piora dos números da balança comercial e maior prazo para pagamento CLAUDA SAFATLE E VERA BRANDMARTE BRASÍLA nquieto com a inanição das exportaçôes brasileiras e com a perspectiva de déficits comerciais crescentes, o governo prepara mais um pacote de estímulo às vendas brasileiras ao exterior e avisa que vai prosseguir no corte de gastos para controlar o déficit público. As medidas já adotadas para aumentar as exportações não surtiram efeito c o ministro do Planejamento. Antônio Kandir, está listando novas providências. Simultaneamente, o ministro- chefe da casa Civil. Clóvis Carvalho, disse ontem que o govemo vai extinguir órgãos públicos e liquidar empresas estatais paulatinamente, segundo os trabalhos dos ministérios que supervisionam esses órgãos. Na última terça-feira, o Conselho Nacional de Desestatizaçâo incluiu c imediatamente mandou liquidar a Companhia Nordestina de Sondagens e Perfurações. A Sunab. ligada ao Ministério da Fazenda, será reestruturada cm breve. Na área das exportações, as medidas, segundo Kandir, são: Seguro Até novembro o presidente Fernando Henrique Cardoso assinara decreto regulamentai!- do o seguro de credito de exportação, com dotação de recursos do Tesouro para a cobertura de risco político. Os riscos econòmicos e comerciais serão assumidos por empresas privadas de seguro e pelo Banco do Brasil. Essa é uma forma de dar garantias às exportações após o embarque das mercadorias. Financiamentos A linha de crédito de USS bilhão, aberta há poucos meses pelo BNDES, para alavancar as vendas de manufaturas para o exterior, do déficit público. O BC não passou recibo: Reduziu a Taxa Básica do Banco Central (TBC) de 1.82% em outubro para 1.78% em novembro A Taxa de Assistência do BC. que remunera as linhas mais caras de redesconto de liquidez, também caiu, saindo de 1,93% no mês de outubro para 1.90% em novembra 4 Armadilha O que está no cerne do nervosismo, a rigor è o temor de que a armadilha juro>,-cambio, tão propalada pelos críticos da política econômica. esteja se confirmando. Armadilha que levaria o pais. Seguro contra risco político será feito com recursos do Tesouro Nacional não funcionou. Os bancos, que além de 85% de repasse do BNDES, tinham que entrar com 5V não liberaram os recursos, temendo inadimplência. Agora, Kandir quer elevar a parcela do BNDES pira mais de 85% e rcdu/ir os juros, fixados em 5.5% mais variação da taxa interbancária de Londrcs. Finamex Essa linha do BNDLS para financiamento às exportações de bens de capital deverá ter seu prazo ampliado de 8 anos para 12 anos. Mercado - A deterioração da balança comercial, pela perda de fôlego das exportações, e o sofrível desempenho das contas públicas este ano, contaminam as expectativas do mercado e preocupam economistas do gowrno. Ontem foi mais um dia de intenso nervosismo no mercado financeiro. A boki de valçfes de São Paulo despencou 5% nesta semaria. Juros Contribuiu para esse clima a aprecikio com a reunião do Comitê de Política Morietaria ((. opotn ). em algum momento, a sacrificar um crescimento econômico mais arrojado para não comprometer as contas externas do pais. Para Kandir. esse constrangimento nao e noytdade. a estratégia do Plano Real limita o cresci- "Que mento, todo mundo sabe. Tanto que estamos trabalhando intensamente para aumentar as exportações. A chave do crescimento econômico e a exportação O elevado nível das reservas cambiais, segundo o ministro, dá ao governo tranqüilidade para esperar resultados de medidas lomadas para estimular a exportação e para redu/ir "custo o chamado Brasil". O mercado! entretanto, não está tão tranqüilo as- sim. Analistas de bancos concordam que o pais não enfrenta dificuldades de financiar o déficit nas contas externas Mas apontam crescente ceticismo em relação a disposição política do governo de atacar o déficit público num momento em que quer negociar com o Congresso a emenda da reeleição e. também, enfrentar as demandas dos governadores. Situação que pode deixar o pais mais vulnerável às mudanças de humor dos investidores internacionais. O ntinistro do Planejamento acha que a situação do ano que vem é razoavelmente confortável. Disse que a mela de superávit primário nas contas tio governo é de 0.8% do Produto ntento Bruto (PB), ligeiramente melhor do que os 0,59% do PB de superávit de 95 (no conceito primário, que contabili- /a receitas e despesas não financeiras). novas medidas fiscais estariam em curso. Acha, também, que não haverá diliculdade para financiar o déficit em conta corrente do balanço de pagamentos em ainda que ele suba para USS 22 bilhões. O déficit seria fruto de um saldo negativo na casa dos l SS 4.5 bilhões na balança e uns USS 17.5 bilhões na conta de serviços Os investimentos externos diretos, que neste ano devem chegar a USS 8 bilhões, podem checar a USS 12 bilhões em 1997 Banco Mundial critica Mercosul Mercosul e um mercado comparável ao Mercado FLAV1 \ S Kl S Comum Europeu em seu início. Corrosponoenlu Washington As barreiras comerciais que separam o Mercosul do resto do mundo estão criando crescimento do comércio na região, o Produto nter- lintre seus diversos pontos positivos constam o desequilíbrios comerciais e perpetuando ineficiéncias no Bruto (PB) elevado dos quatro paises (com çrescimento médio de 3.6"*o. entre 1990 e 1995), o aumen- em alllimas industrias da região em vez de preparar o bloco econômico para competir globalmente, conclui to na importação per capita de USS 166 para l Si um estudo de um economista do Banco Mundial 376 no mesmo período, e o fato de que outros países (Bird), antecipado pelo The Wall Street Journal estão fazendo fila para entrar Um porta-voz do Bird disse, ontem, ao JORNAL Mas as proteções que o Mercosul oferece a algumas indústrias è preocupante. Se por um lado atraiu W) BRASL que a pesquisa, do economista Alexander Veats, não quer dizer que o Mercosul esta sob novos investimentos e aumentou o comércio de us5> ataque, apenas sob observação. O economista-chefe 4.2 bilhões para USS 12,3 bilhões em cinco anos, os do Banco para a America Latina, Guillermo Perry. setores que mais crescem sao automóveis, ônibus e havia dito num seminário a investidores, durante a máquinas agrícolas, que são produzidos em indústrias relativamente reunião anual do banco no inicio do mês, que o ineficientes. BRASÍLA O governo ainda não conseguiu chegar a um diagnojtico satisfatório sobre as razões do fraco desempenho das exportações este ano. que podem elevar o déficit da balança comercial para algo próximo a RS 4 bilhões. Mas uma $115- peita inquieta técnicos da area econõmica: o pais estaria pagando, dois anos depois, a conta maior da apreciação do câmbio do inicio do Plano Real? Na raiz dessa indagação estão as teorias do economista Paul Krugnian, da Universidade de Stanforq, nos Estados Unidos. Para Krugmatl, as variações cambiais não têm impacto forte de curto prazo sobre as exportações. A desvalorizaçao do dólar americano a partir de 9S5 pouco contribuiu para solucionar o problema do aumento do déficit comercial dos LUA, que cresceu a paitir do inicio dos anos 80. Para entrar com produtos em um determinado mercado, o exportador gasta dois a três anos de investimeitto, e mesmo que sua margem tenda a zero no meio desse processo ele sp devera abandonar este mercado após amortizar o investimento. Ainda que o trabalho de Krugman esteja centrado em produtos manufaturados exportados pelos países em desenvolvimento, a teoria poderia estar valendo também para o Brasil, diz um técnico da area econòfjfica. Expòftafõres que viram sua margem comprimir-se. estariam agora abandonando mercados Se a hipòtese estiver correta, o atual desequilibríó da balança comercial seria um problema muito mais sério, O aumento das importações neste ultimo trimestre do ano ja era esperado, mas ninguém contava com um desempenho tão raco das exportações. Segundo levantamento do Ministeno dá ndustria, do Comércio e do Turismo, a média diária das exportações na terceira semana de outubro caiu para USS 168,8 milhões, inferior ao ja raco resultado da semana anterior, de USS 189 milhões ao dia Ate a terceira semana do mês, as vendas externas somavam USS 2,45 bilhões, e nada indica que elas terão um incremento suficiente para ao menos empatar com o total de setembro, que foi de USS 4,1 bi- hòes? O diretor do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, José Pio Borges, anunciou ontem que a BNDLSpar, a empresa de participações da instituição, vai vender, no proximo ano, 13% das ações preferenciais (sem direito a voto) da Petrobrás que fazem parte de sua carteira de investimentos. A oferta dos papeis, na Bolsa de Nova orque, depende apenas do registro da Petrobrás na Securitv hxchange Comission, responsável pela fiscalização do mercado de ações nos H A. As ações, a preços de hoje, vãlem RS 1,5 bilhão. m PETRÓLEO BRASLERO S.A. PETROBRAS MNSTÉRO DE MNAS E ENERÜA ja! jflpj brasil E&P - Bacia de Campos AVSO DE LCTAÇÃO TOMADA DE PflEÇOS N" Otxeto Serviços de caldeiraria, limpeza indu9tri.il. sotdjqtmv preparo do superfície e prnlu fatck na torre de tetecojn.ações do SERTEL-V, sob rcgjn* de W por uni prazo do /O (setenta) dias corndos. através de Ucitaçao tipo Mono ç (Cadastro PETROBRÁS itens ou ou Grupo» Atè«Edital encontra-se à disposição para consulta o-ou obtenção d,(a p j E&P-Bacia de Campos Av Elias Agostinho. 665, Sala 105. Bloco B. em Macaè - RJ A aquisição da documentação seta medrantü apresentação de comprovante de pagamento Recebimentodas documentações e propostas no du 11.11/96. a* 09 ESP de Campos, ocasião em que será inicuda a abertura dos envelopes do documentação AVSO DE ADAMENTOS CONCORRÊNCA N» Comunicamos que a data de recebimento das documentações e publicado em resumo no Dano Ohcul da Unuo Seção 3, no da, 3010/96, às h. na E&P Bac>a de Campos As demais condições do Edital perma nocem inalteradas CONCORRÊNCA Ns Comunicamos que a data de recebimento das documentações e opostas itólachni publicado em resumo no Diário Oficial da Uniáo - Seção 3. no dia 131»96 l«adiadapara 05/11)96, as h. na E&P - Bacia de Campos As demais condiçoes do Edital perrtu nocem inalteradas CONCORRÊNCA N* Comunicamos que a data de recebimento das documentações o propostas do Edaal ac ima. «25 S riu,to no Dno Oficial da União Seção 3. no 1 a MMJta, aduda para 26/11/96. as h. na E&P - Bacia de Campos As demais condiçoes do Edital permanecom inalteradas AVSO DE ALTERAÇÃO CONCORRÊNCA N« A partir desta data. estão disponíveis as alterações eletuadas nos Anexos i e K*»«va monte ao Edital , publicado no Diano Oficial da União Seção. no dia Nova data o local de rec ebimento das documentações e propostas: 25/11 96 ás h na E&P Bacia de Campos m PETRÓLEO BRASLERO S.A. PETROBRÁS MMtSTHRtO OE MNAS E ENERGA Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Leopoldo A. Miguez de Mello AVSO DE LCTAÇÃO TOMADA DE PREÇO CENPES /96 Objeto Compra e Entrega de Pasta. Protetor para Transparência o! ransparáncia Endereço Cidade Universitária. Quadra 0/ Predw 11. Sala llh.i do Fundão. Rio de Janeiro - RJ. CEP Telolone (021) ax (021) / Valor do Edital RS (do/ reais) Cnter>o de julgamento Menor preço total Abertura das propostas 13 11/96. ás 09 OOb. endereço acima MMMMJM mhz9 ft BND FNAME BNDESPAR AVSO DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNCAS E COMERCAS TOMADA DE PREÇOS AA/QEJUR-09/96 OBJETO: Aquisição de 260 impressoras com tecnologia jato de tinta. A Comissão de Licitação do BNDES comunica que julgou vencedora da TOWAp DE PREÇOS AA/GEJUR-09/96 a licitante VLEFOX DSTRBUDORA COMERCAL LDA., encontrando-se a Ata de Reunião das Propostas Técnicas e Comerciais à disposição para consulta na Av, RôpúWtca dochite nc aln 324. no horáno de as 17 30hs. Comunicamos, outrossim, que abnr-se-a prazo de 05 (anco) dias útets para recurso, a partir da data desta publicação. Rio de Janeiro. 23 de outubro de Comissão de Licitação do BNDES m PETRÓLEO BRASLERO S.A. PETROBRAS MNSTÉRO DE MNAS E ENERGA r?:7ult BRASL Superintendência Executiva de E&P AVSO DE ADAMENTO CONCORRÊNCA NTERNACONAL N» Obieto Serviços de inspeção e intervenção submarina em Unidade de Porluraçao Marítima, mediante o fornecimento, operação o manutençao de 05 (cinco) Veículos de Oporação Remota ROVs «mi/oa Adiamento Estamos adiando o recebimento das propostas para c. dia 25/11/96 as h, na Av Chile 65. sala 1106 om lunçao de alterações no Edital o seus Consulta e/ou obtenção do Edital Av Republica do Chile a andar sala 1101 Rio de Janeiro. RJ Valor de aquisição do Edital S TELEBRÁS PABX VRTUAL (061) A Telecomunicações Brasileiras S.A.-TELEBRAS comunica a mudança do prefixo de seus telefones, que passa de 215 para 415, a partir do dia 28/10/96

23 i QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 1996 JORNAL no - - JORNAL OO BRASU BRASH. 17 NEGOCOS& NEGÓCOS & FNANÇAS FNANCES reestratoar BC terá tera diretoria reestruturar para. dividas bancos estatais e dívidas estaduais 1 - ~ Presidente da Republica indicou um baixo-astral economista italiano para ocupar cargomico Tin Prirainicll baixo-astral que inundou o mercado nos iiltimos dias deu --,m,r ORamacuo antes ser aprovado cm sabatina TlltU no lvf J- Paraguai O umaacalmada no fimda tardede ontem. Umdosprincipals angelica wiedgr&er no Senado. 0 novodiretor tera Ceyal a quc ftbricas < motives para a reanimagao do mercado foram os rumoresdequco BRASn.iA _ Preocupado com tareg de negociar a dywda cm «A Cevai, BaiTiennduS tclltcl tl a que já tem fabricas fazcr Comite de Politica Monetana (Copon) do Banco Central ma auniento do deficit nas contas titulos dos estados. avaluda cm venaer na Argentina, optou por fazer mdustlia sen proximo decdir por uma queda dos juros superior a que o mercado><sava dos eslados. que ja csta em tonio RS 42 b.hoes, e a reestruturaqao Vender lnqubind seu próximo r Xba investimento na, fecluir esperando. Tanto que os titulos da divida externa brasileira nego- % dq pt0(lul0 nterno Bru- das dividas estaduais, que hoje que Bolívia. Acaba de fechar uma ninguem qutr J ; rnm emoresa ciados la reagiram um pouco ontem no to, e com o rombo dos bancos somam RS92 bilhoes. vera feanaf joini venture com uma empresa BRAND.MARTE tern apos terem despencado nos ultimos dias (veomportn estaduaisbmado boliviana, a Gravetal. que tem em RS 30 bi- 0governo lanpouh&mesesum r> RASlLA - 0 senador Dorto propria C-Bonds - os papeis brasile.ros mais negociados la fora - no q governo decidiu cnar PrJ?m os bancos estaduais. g porto próprio no Rio Paraguai. Jfidwrdo Andradc a Ceval des- urafico baixo).... uma diretoria no Linco Central nias Futuramente, nenlium governo apareceu vieiri iptb-pr). controlador, r.,, a Cevai nao des hmotesc vir partici- Outro motivo a (BC) para cuidar da reestrutun, panl carta a hipótese de ur a partia- ; usa,0. Tecnicos do BC cal- mldus. tem no desta empl. diretor de Assuntos nternacionais do Banco Lcntr., dess«s bancos c das manias cuam que, se ohoverno tivesse p Um orobletna que lem* par no capital desta empresa..... A Marangatu tem, alem do preço, um outro problema: seu desenho, com inúmeras entradas. e saídas de matéria-prima e produtos. exige um numero de tra- tasrsschamadoaate Mi?ohs, 0 dirclor indicado para o BC. 0 m, pan#* 3i»"i"»pcrior io n-m feira iwra o fatofbeque o cambio no Brasil era flexivel. gemjc. Holo balhadóres muito superior ao Ennco Mam Zajhw. A. Marangatu. a umca industnaik lv,,tthricasmoderls:saocerca SSifiB!* au"» 0 cambio c to. OuA. fe»». r-««««das fábricas modernas: são cerca 4g* par, de 600 empregados para um g=rnnviver com os megassuperavits do passado, que. segundo elc. ra o cargo pek) sevretano cxat 11- coverno media de (>0 nas novas indústrias. federal, pois as Este. na fronteira com o Brasil industna. Urim frntos da hipennfla(,-ao. A realiclade do pais e outra. Disse \o do Mmistcrio A venda da indústria, assim da a/an a l- > esiiduaissao hoje o maior A fabrica tem capacidade de Como npacel. la/, n i tmhalhando com um deficit de transa<;6e$ dro arente. Os dois loram colt- dividas moauem como a da npacel, a/, parte do de toneladas por pmennia reesffiituragaq SJ?,: m fr 0 ainda.»% gas * Ejjte problem, prourama de reestruturação do 20% da pro- K prev= SS«tam «lo cobertos pola cn.rada de igiafeos,e,am resohau,, Brust du!ida grupo Bamermdus, que prevê a o>parae.a,. tenda dc aovos capitau/adiretos de fora do pais. 8oVcrn rq, " venda de ativos para,!! a N;lUir;U dc C rcma (U. hj)» capilali/açào do lanço. A venda de ati- & muito menor -0 f>blema bunco vcnda dc diretor do Banco Central reafirmou seu otimismo no Brasil. uma vitona de} aantc duitro da ZaglH,n csiudou nas universidades quc a npace. e verdade, mas as ag6cs CSN. ao dar algumas dicas sobre o "global bond que sera lanpado no Jim equipe economica f or defender dc S5o,fulo c da California,oin m Comum o fato de que os \os. como as ações da CSN, foi p..svu. desta semana, em Londres. Ao ser perguntado sobre qual sena rcnegociaao da divida dos esta- (Bcrkejcy). Nesta ultima obteve potenciais compradorcs estao taul fácil O difícil e passar 1 para a _ prazo de vencimento do eurobond brasileiro, Gustavo franco dos. Parente chegou a ser cnticatilu0 dedoutor em a-onomia avaliando a empresa pela meta- frente os negocios t. q que c represem P disse que estava tao otimista com o Brasil que esse primeiro term dlpor sens colegas de ecjinpe. de do valor das suas dividas. tarn tatu investidas do senador na um prazo mais curto. 0 mercado interpretou sua dcclara$ao como j)ara assunur. Zaghen tera Coi«bo»ou que AlexandrePmheiro Marangatu Glencofe. esta arrendada a tru- area agroindustnal uma indicaeao de que este eurobond sena de cinco anos, mas que nao tem inte-,cmpre área agroindustrial. nteressados semprè existem, cxistem. mas tudo è e uma depois, quando o pais apresentasse numeros melhores. se lanqana 1 Q n«tcp rcsse na aquiswao. questao pre?o. um papei de 10 anos. Cltellla questão lcl 0 de preço. A npacel. por en ensina na negtkio foi tambem ofcre- cxempl exemplo, >, sc se olertada a RS 350 milhões, a metade do valor pietendido pelo controlador, teria -Tessas fila de compradores A Marangatu, cm relação a i.piv.risx: MnKMHn pm phliirio rado um profissional de pnmeira destaque no mercpo finana-iro. unic c o mcruuc ndiciotials npacel. tem uma desvantagem industrias, linha. "Ele e -10 prepando e..[;u. J mml0 Jpflcme e m.e- fg>mf m, JW. adicional: indústrias de soja a Mercado em ebulição mlo Mlam r seaiprv primou pela pondcraipao um ex-aluno auis uuxluna por. > venda no Brasil não faltam e os mtavi ffidam ap preços andam na bacia das almas. O Bamermdus, consultado cesmr de Ziphon na diretoria ft- algoeiure RS 25 milllooie RS 30) sobre essas negociações, nao sc l naneeira e de Relates com o na da Fazend., lu.a go>erno nulbocs pronnncou pronunciou. ::,SoPaulodc,982aim CONSORCO NACONAL X:r;2T! J HYUNDA BffiKSi Família Familia de 64 m m m m m o?yto o&io 11/10 iaio 24/101 H-OO copiadoras Míni-bus Xerox.. na0 em Sao Paulo. Pretendem 60x US$ Qual delas parece JH Delaillt invcslir uss 315 milhses na ux»d$*d**so ttm taxa d* aduio rt_-9 Oulrapcrgunta feita ontem cmprcitada. Lanço liborado COlT mais com você? VOUtJ commercial paxrs uisque Jack Daniels, do Te- BEEE3EE3358 dos pela ncsscc, desenibarcain M Constran. afetaria o landmen- Rio, Como investiram ccrca to dos titulos da Republica do de RS 20 mil no patrocinio de ~~ ~ Brasil (os global bonds)? 0 di- uma-festaque acontece a noite cen?r«s FUHNAS CENTRAS ELÉTRCAS kietbicas SA sa retor do BC disse que setor Hotel Rio Palace, em Copa- J&i cocm*#, privado e Republi- cabana, COC K?* se sentiram no direito cite outni. Ou seja. abusar. a 1!f Aviso do Adiaroonto. 1 Vollam para o> bs- Concorrdncia Nocionnl AlniOO tados Umdos no diaseguinte. n-co.n.das.g O momento aguarda* do do road show de Gustavo LlVTO Franco nos Estados Unidos.se- As c\iitoras que se cuidem. fomocimonto do Sistema do ra hoje, em Nova lorque. ra A Receiui Federal esta ue oino Telocomunicaijoos das Usinas. " amo<;arcom dezenasde inves- arregalado no merado de li- do Angra. composio do -f* tidores no elamouroso Hotel vros. Nao entende como essas Equipamonio pabx cpa-t Si Regis publicasdes»brasj saolrf SC C. W,. las de lodo o npo de imposlo CA.CC! Katlim - ; o que e justo Ura. o que Componentos e Consumivois. niioejustoeo que se cobra por Pohs o Moduios dc Roposao ; Outro motivo para a memo- Eclaro que tudo deve aca- instrumentos Ferramontas fiuk i ria do astral do Brasil ontem bhremi-olhetim.masnaocusta Ac«ssorios Especiais Matenal - term i- sido a publicaao l do rii- n tda um susto da Receita nstalaao; lnstala9ao ; para do Duff & Phelps. O nsco Brasil >lhorar os preve nm Rpar5\M} tena subido um degrau. fc,rro Documenta<;ao Tccmca.,v. p/ mercado. no entanto, ainda q cicnttsta politico Sergio Tromamento e Transpofie. v confia mais "as n tas da Abranches considerou a decirjrnascitrateeletricaasa ;] Moody se da S& P. da Caixa Economica Fede- cimunica o adiamento da data \J "3;, p. ral de larejar um programa de dc entrega da Documonta?ao 1 ; Llirysier financiamento habitacional de Habiiitao c das Propostas 1 Batii 0 martelo. 0 pres.- clause media um erro politico. tenotmornorov dente da Chrysler mundial. Abranches afirma que fl Teleniarketing: o dia passando Robert Lutz. anunciou ontem. de juros. tnesmo baixanuo para nova data paia o dia f "jjm S no coquetel de abertura do sa- 12%, e alta demais para esse "* 1-m.tn Miuomovel em Sao Pau- tipo de financiamento Hora 3. Maioraa inlormaaoea no " w? lo. tue a fabrica da monladora g-j A familia de copiadoras Xerox 6 mmto gtande Tao --7- \ ~~\ J no Brasil sai ser emcamiba, nbenado f. PELO MERCADO Espec,nl anuncto, vocs s6 esta vendo 3 mquinas. Copiadora X-5100 Mas o que Copiadora X-53J4 Copiadora X-5310 WgM Velocidade.Velocidfde Velocidade -veioadade Velocidade m Telcbrls Me- pe.orrer mi,.uniopk, Xerox quer mesmo.e mostrar que n8o tem preference de 32 cpm de ate 10 cpm. de 100 cpm. Recursos vão Contraste kinsey fazvr umd.agnostko Nordesle percorrer 1,8 mil municípios de A Telebrás contratou a Mckinscy Opções de para fazer diagnóstico Caderno Alimentador parading<»ser- por ninguem. N 0 importa o porte da sua empresa a«co cópia automático automatizados do Nordeste dbulgar os viços, do Pais da esteja. Vamos estar frnfe Redut/Ampha acabamento automático. gpral v.sando privau- P«st.dos pdo de originais ou manual prestados pelo banco. O objctho c oferecer financiamentos a H Dl Q V nfrr0cer tecnologia. já estão peqttoase mwiascmptsas. XilVlilS «mpre prontos para ofarecer a melhor g Grampeia geral das teles visando a privati- : z.o. ja cstso jetivo i oferccer linancianertos * até 30 folhas de 70 a 124% em em linha /ação. Os consultores xiomde eml% «pequenas e médias empresas. percorrendo todas as teles para fazer seu relatório. rtlatorio. g Sensacional a capa da ultima VROS Eo melhor suporte tecmco. O presidente prvsidente do Banco do fortune. revista Fortune O ex-consagrado executivo Roger Enrico, da thedoci:mentcomp\nv ex-consagja- mtmvv ] Nordeste, B>roti rott Queiroz, Qudn«. lança buy CXJUV0 R.r Ennc0> o A DOCLMtNl COMF J hoje. en, Forta a««,» hoje, em Fortaleza, o agente de SABADO RADO THE SABADU desenvohimenlo alividadrs Pepsi Cola, aparece dentro de desemohimento de atividades. Konitn ALMJA ecoadmicas. dors meses uma garrafa ganrafa da Coca-Cola Pre- R para A Xerox faz tudo XEROX VOCe borlto. econômicas. Depois de dois me*> a você fazer bonito rf. dt tmnaincoto, 1H0 funcionari<»s cisadizer maisalguma alguma coisa.. 1,1 de treinamento, 180 funcionárias

24 18JORNAL DO bras,l NEGÓCOS & FNANÇAS QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 1996 ; NDCADORES. " imposto, Taxas e indices _J FZ 1 nflacdo - 1 ~~ ~ Rendlmentos da Poopahga 1 - Halo Junho Julho Asoalo UUmbn Outubro "Unj(" 25, Outubro Noy«inbro j3mí "22" STTjiw.«U» "ZiiãL figq.. PCA/BQE % NPC/BQ1 PC/F1PE % CV/P11181% Wf Uflr X" S5.08 Uflt Uilr 25.08Utir Junho V19 Junho - U3 Junho Junho- 091 TJJjJJi 44* N* 44jS#Ultf i " 0,9786 P9...1/345Q 28 0, ,2041» A»a?. JfflSi. 20 l.ggis. Jufro... V11 Julho 1?0 Ju<ho 131 Julho M 36 68" 36.68* * L "ij MiO M.50 M Agoslo Agás» 0JM Agosto 034 Agotío o» 50 34M ,50] a <v»*o AA1 16 1, !,32«... "25.J,Ó5W &3m 01 1,2450 w...,"!.?. ÍA...ÍM.TS Voaqo 72 Srtefnbro 015 Saterfo W7JB8 Scttntn» 007 Sflrtmbm 0*3 AcunxjiadcVano... R-3 AoumWiWífO AíumUaòano.. &M Kcxxnitdortno , M4? p" J4T1?.4«JLJM Em 12 rrwcs Em 1?fn«« Eir 12ny«fls Em 1? rcçvfi 1906 Obvi A Und e a Uler loram eitintas om janeiro valor em Real mposto do Renda OPM/FOV % NDCADORES Junho ia? 0TNO11O R$Ofl6l8* BA7CNBV. k OEfl Aíum.fc*3odo Contribuições ao NSS R na Fonte (Outubro) Alíquota % Parcela a ciertujrr om R$ Jufr» UPC (4*lnm«tm*.. R$Utt 24 STB tmiítiol.ttk Agosto 0Í8 UStloulubro) RJOffi»? perte* w r67<(936 CompaUncia da Outubro Dano do calculo (RS) Setembro N-m GPV <8V M4C6 * AajKUfldopaaTR íf»í»nto Mil Í> Acumuto<yyano «WrtW P" tmx " BaseOwwfo tojj Autônomos, Empr*rk>«FocuHntlvo» Miim«ro Mínimo dm SaliHo Alíquotas A P»«" Em 12 nv*«>063 Mmw d* fkmnancia Ba «Mu RS Do a 000,00?í> Em cti* &* *» RS Acimn do 1 800,00 Deduções Caderneta Salário mínimo! TBF clotnl nj mo» po.» > o) RS W cada dep<m<*>nte (» W) anos c> Cortrt,u.çAo PrevWaocUna dl fw Juiho <J« S Ju RS TB7 d«1&10«1011 1i"S4S 1? 191, trnnatn ridos para» fgjjgj} " "" ft0 Abasto cfca 01 GB inws - RS TBF cto T910 a ,2: ,R M..«umaeio uli.apaaaar alimentícia e) Aposentados com mal. do tt> ano* rt PW* Setocrtxo da S A4000,.-.. RS TBFtiuiJOlOiJO 17TT?*» CH/futro dia S S.?mtyo RS TBF(M?1 Wa2111 l "WS ? ob., Para calcular o valo, a pa9a,. apl*x1b « " t>a 24 K5 1 6?3\ Oututro rj 112 CC TV Oia 22?0 a « B.7B.OCX) %, *00 n4.w Ponta: Socrelnfo it" Recorta Mltntf Aluguel 1 FGTS Ouro _36 aro »34(W Câmbio Turismo Moedas Fator de Corrução 3\ rs porarm l , 6 20 CO Compra Vttwia RcskWku»! e Comorctal QB7M , Sí*?rto totmter... U?,SB0. («) (M) PCA Anual Ojfjbo 0Í1 VtSH cmanipaoa w» Q.TD íss" WL D6iar 1, Outubro US» Ou Datadícróduo fnflk* jsanssx$0.ífflssaw!» 5.5J86. tsoxv) 0, igp* dt»c*so óo rrcotorvrto s<*»;vrcv nd Asaatodadot, Dom4«t>coi Trabalhadorüt Avutoo* H1096 Boíaro SaMMo d* ContHbuiçéo frs) ANquoC» fv) Oututo 1M. _Utü9.. yra... RSSftSfij Frnnco S*j<o 0, ioí-m SetS6... O t V M78S (KDOft) irj63q U» mas i.sm.!» F ranco FfflncAs 0, Outubro 1(1063 (XA"56 - QOCOOOO OOOOOCC FuMon» terandoru f cu»v*wí> OtM. C«h>«p * PC» m rwn«tt na MerartH at* 2872f 8.00 AljQjto cxyn vffk «m 5>*x>rrtro irtx**r*rt: ifc fuvos de267.í8ê*4r&r H9!OT - im...ç«km.sww 6,M. _ lene aooôooo <*» 4ra a» Çsçydç JSSJS9. am. JSÍSfiüS lltku li>4000j Ot» P»n>»ntuai* incldanim da forma nao cumulativa,.p»5fl«mm. Lkb aoooêoo JTR moasojisio. o«rs 1 Seguro/taxa Pro Rata dia da TR* Cwitribu.cAo do.pmto. dom*atico 2S do Min,.o HH<..«.«wtando o tnto ao»na a A. conimt>u*(w».tn «mpfma. nclu.iv, a ru.ol, ns., oit»o,ur>.t». a iim.t» Jo loc<d«ncla!,0 um. Marco AlomAo H da 71«> (6% Contratos «t Contrato, a partir d. 01W,$4F«w... Ç.«J PcsoUi , OJ217N lantnokmt) Acumulado da Juraa TO/T AJ TB) PraAT. pam.nto ata 04,tt Mm conacao. a partir do dt. 06,11 acr«c,d. da,uro. o.ww "Autônomo.. T>d«a ll31c 0WTN SajiKJ atc.-m36: aaho..ws» DomAaticoa, fmpotaánoa a Fncultattvofl nao»m> corrrc»o at.. odto 1B/11 A partir,,fth9.orawv.?. 4 Rmto Banco do Bfasn iridun.?1 oie6s f f CWV>0 &n *C*KÍKby te *** Ccrtr«?05 te. Sjca da».»cra»chla da juroa a multa >,.NswpPW.W0 -.root. Fontm Agbncms - Loodrwg BOLSA BE VALORES " RESUMO DAS OPERAQOES 1 KsBi ~" BVRJ ( SAO PAULO AQOES DO SEWH a Li«a» ninm dv Sao fcchou : Maiores Altas Maiores Baixas Q A Bolsa de \ nlores de São Paulo fechou em Qtd«Vol. em Qtct* Vol. am Mil RS Sharp pa 2,40% Paranapartoma pn -4 76% baixa de 0.40%, com volume dc RS 53X.268 Mil RJ milhões. O Índice Boiespa ficou em 66.4% pootos. As ações mais negociadas foram Tclebrás Mercado a Termo Lote ,CO Unipar bng 2,33% PetrobrAs pn 2.660,o Elptrotxás bn 1,81% Bradesco pn 2,57% PN. Telebràs ON e Petrohris PN. A maior alta Morcado de Opções Mercado à Vista lrxj*ce MèdK) Banco do Brasil on 1.08% Cosipa bng 2,53% rwjjco Fochan>ento % rxko MAximo Sk Tubarão bn. 2.52% /vok:o Mínimo MAORES VOLUMES FNANCEROS ~ Total Açôos (Em R*) Vale do Rio Doce png Tolobrôs pn Gerdau on «r? "SSS Eletrobrôs bn MERCADO À VSTA "ÕS TttukM tipo DB» Preço nffl Reata por mil nçfwa «001 AnwtnON 1*C CVQ n Ac«n» PN 71000(00 A.r?hj l*"ur PN roa cm Brnsjt ON A 110ÍU) aisn Rrwrt P*«3 WlODO H B Norttoítn Br ON C».,t 009 B«*»t*» ON «H Bb Bomi* Sr A BT J(>» fiesi B ti* kww» S» C B 1 f -i,. B»#3«wcoO«Madiaco Wí PN 017-CtóLwoMmA W. C«t UwpoWirxA ON <714 C*mig PN O ÓtMwto* - J>*ÍB "Ctm h»u P t. Ji"Crnll»u PN f"4 OU!* ON-G ron ConBWr BN ps*» 030 Cup»» AN V-; QÍ4Í MTt**lU BN <tüic<rot**s ON B f fkn Cl Wí fotfwttl PN H M» l» AN ürixla. ON Mtwi% wfli *N V Ü2fl lospa PN.xuooo j ooo oro MO oao 690X00 J10ÜC KD000 r «xí ouo «0000 WaMOOD 3 OCO COOCC >«. 1COCOO J*jW moottooo Kuao."ç ao íjfcojü ««ooo."qototto 30 ao ao?üaooao tfcomooo.uoooo «üooai haubanco ON KiOCD «030 lighl ON naaw lv üvjhtpw ON «ao t 033 Pni»»y»p«nom«N :4ccao " 0JP»HCt*M L>* izxao (in «mao 0»0Sh«rp»»N eioaoioii «01*8*1 TuNimoBH.xoao Sonòotac»wc* AN xoaiooo OC T»«<)?» ON , 04} uawao * B Ttrf«p ON a a» ao «060 T«J«4> PN JOXQX! i Q63UMnwias PN?ç *uaao 066WhS» MartimOf. hkocuo Proço em Roala por»ç*o Ant»rrtK«ON *>K0 fwtvou»sk10n-g- -»0 Owe ON,Cn1 v a a«w PN-O 023 Co«p«BN n av tmim PN KV0tC * viron 30 av " WnOut>*f fri SJCt t * S«niiv> li»t PN,V, * ScxC* Cna ON vlt 062 Omp«r BN,jac, CW>V8<«R<o CXx» PNG raj400. B TotK.MERCADO DE OPÇÕES rwt 5k SC SSTõ T jii?.is :z!?*» 41<B ? ao.* aoj 4"< t} 4,1 i.j- Sk40 S3* 1 OP *>P7 «J0 9<!N «30»1«&30 M) JM :.V» 2.SJ S.B *-K 10S 108 *<«iy, \n 118 JO "&<*,B 1«>*!»* "i,s, y, 1?* ; ;.-8?.*» w-» KT7 tin KK tn 2.M *** tixi au fa\ai tcco,!vfd,x <jo 22 1J1 cu» 1* ir w m. j rto r.» 1 i»i«i asi at i«í** ;r? o.??!»,» vi co woo V AS trr KvOO stsai *.»M44 i«) O 1iO 10 is»4.r i.4. SC 2<tíO C VV JWJ0 xvao JJT 1.81 vw rj riu 31A00 XU44 12C91 i» li» i» íoo \co?1 71.M CJKi OA) aw a* «xuo *51 x ixxuj moo»«l(b 1*00 A00 ft. flhjo «u*0 UflXC 13K» 12B 1 lio HiO 1» 1» WvK W.»0,**40 PBJ0 ina) in T91j» 1#VCO \ii3 ia? v«v» s;oo fcio C.00 u 00 am aw 7i0 733 arr an aê» cur> ao4 003 CJfc O*»««i yuc e.4p 044 u«m x# Oporações Titulo» tu» DBS S*n» PfKod# t»tf«ou*m m fuwí pot mil»ç6«bbothpn U»pPN Ci.F XX C8W 38» 1C CBN *0 Kl > E*l0Cwt«BN C MO WfOWtlBN CBJ 366.»C fwptotrtf BN CLB XC X 5 f BN CC i {tnoor*»bn ClE KOJC rooo -fmtxm BN CU XXX 1W0 L*tTcC«J BN ai 346J0 2COO C fietwwtibn CU 2C 2 3 HTtiOfW ON C6A KC.OC 01 i tifwrnon 3W. 1X0, t«*rotr«on C?r 3 13 CvC on cib 30C rsc. * 1» ON CiH 320, 1 c s l-«rc<**son CU 3X?w {C"N CXN 35C 7 ON Cm Nrftpfef! PN C > V40W 37 ;»VTOt?N CBJ Wi 3 "00 Sf»rp PN C8P * t S*~*rV PN 5 3 * J5W $>>4!>PN C8U 30*3 t * 5*virj N CC 2J * PN C4.P 31 J, Tew*** CLP 1HX 33. * T»W*iPN VvP?4 i * 1-*9 PN UB?«J» e, ecn aw «e tdog m UM Ptx ACAO Yl* R* Doct PN -G C1C V R*o Oc«c«Pt G- CS-f ii: v»* fie 0oc«PN -G O.G T01*. 1XC 3? M?f?iO S.V00 Jux 1J SJ/ÍD rti» ia. soo \Z n.h a» a* aaaoo saoo WAXC ftoc 9003 uvao \n ÜSO A «k.?0 «08 10) U1 B.i» 12 C»» ati f> VM10D ívn ak a* m «A -*N CC 4.* R» 1M t20< 2.» 1* *!L» 23? 1# 64n. i» 11» 1»1V 1XL» ijc oty f? v.v* » ar» aí» aos TV «O fc G4i 2 33?1 «0 0C 04.. Pt+rmo Hèá «n ij MVÍi KOX KO. * «3i» Oíí4 8C>0* zx* xc.w 72. KW rjw Mbè 1*7 13&ÜT V401J 1&A Ti* lit 162,» VC SC 82.40?* Cl..*2 ir i?w2 *»r2 Vvtor CJ» CJÍ O» C.20 0« » 036 C «.10 «.*0 LK «.» LiC ÜC »» t» 3t 3V » X X X 1X 196» «* i» *c 117.» ttflo 111» 117* » » ZBX t TJ 4? fi XX » 32 4$ 20 2a UiC w * 6.0C 5» K*iO K».» KHJC K V 4« J 400 * 2» 23C» 007 Ov? t OC2 OZ CiC 0C? 002 Ou? CJJ J2 032 K M * *? OK 0»C OK 0.K! 0 o y,v 36.* 3M7 ft* 02i acr» 02i C «Lote PadrAo Concordata nas Fundo» e Certificados Bônus (Privados) E*erc opções de compra Worcack) a T ermo Opções do Compra Opções de Venda Fracionário Total Gorai índice Bovespa Médio ndico Bovuspa Fechamento ndico Bovespa Máximo índice Bovespa Mínimo ,> , , % foi Sharp PN e a maior baixa foi Belgo Mineira ON. A Bolsa de Valores do Rio de Janeiro fechou em baixa de 1%. com >»lume negociado de RS milhik-s. O 1BV ficou cm pontos. As ações mais negociadas foram V ale PN, Telebràs PN e Gerdau ON. A maior alta foi Unipar BN e a maior baixa foi Paranapam- 7 r. M -w-fw,ii. ROVESPA 12 subiram. 29 cairam e oito pormanocema PN. Das 50 compononrw do v-$«on. qoatro sub*rnm; 18 cairam, novo, Das 49»»mvots 9 19 nao toram mociadas rjmot.a. pofhwmkoram BOVESPA T) chj Aht Mln MM»«ch CHc - ZZZZZZZZ THvkM QU am M«M«M. (He Tlts*» X QMERCADO BOVESPA V»t H>mM Ali** a;t H»rw*r (W* »*.v S*4p po lltmfm WlM C*l li! Au«#!iâ <v B< C*K* pt C«" 1M T* UWV #4U«hrgr cy Ai»*-» P" pn W+i-»r*f» VTi MAORES VOLUMES FNANCEROS Aç6os lelebrfts pn Telebràs on Petrobrâs pn... EletrobrAs pnti Eletrobràs ori,1é> \"*Í 1V ZA i."«0.03 V*.í» Total (Em R$) , ti ,00 mercado à vista - Q em lote mil "rm*»"" _ õ«íw Min Mfci Mi. r«rt> 0»c AcWX«ON * V»*-.a PN A*«A»-».«6k* PN " iknuni NL*0 Arftjvtu* ON A/»JU». v. PN * T«uW PN * ON * B*m#r*v1 tw ON P» ON b*5 CN PN tuxmm Vn PN * Bendéfww» n * B*maMiPN haomion * brwkwpn" B*rMKk)PN b*nn*n* ON ew»r*»*apn B«rOMMPN BKTPN* - tm«go Kk*t«ON tw-v. PN frvinvi PN tu C4WO PNfr Bornt** PN VOOW. V s)n PN B>aNm«PS tfc«v»on- B<«*i V*»nx*v PN BrumadMino PN 1 BCMAPurlPN C*M Aro PN * C«* J SaN» PN OJro ON "tí> OOro PNBtD C«««cPNB ON * OJPN C«OON- OwpON" OaoPN" 0«4 ON " c«.«< PN Oajw«.vPN" Cvn n*. PN Cc-éON Ccmj» PNA a*r PN Co-tt PN Consi Bwlf Cc»***"C4 PN " Cw«" ON CotXK* PNA" CcçmJCN COWÇÜ»PN Cvx+t** C4 Co*»"»nPN Oim Toa PN Otx««ON CUtPN txjfs** PN * PN Ek«tsoM»«ON * PN6* KM*Xia\l «uoaao «ac 2XO WUXO MAOOÚO «X LU) 3i4»a\i voe 4Ú0 «CO 280 utxo 200? W0 0 ewtuxv 3U3 xa» J0 3*0 «owoa» to o icoio tu) V3QOCO 208 a» «co 386«tó 0 1ZXXV 13C* OtO 46 67aa» 25K tícoc toa o XOÜ) /9004 \72 OCOO 2WWOOOC J.7WM XKÜW 23 2 O > OCO 3GCCC 16S4« tko) W)CC Oo6 VliJÜ 28 6Ü 0 *00 6 *30.0 JD9000 tu, 12 :ai OJOO Hüax} Wl 0 _» rãsw tc o»a» t»;o» 2100 JJXXX 1» C 20J700 2S8SCOOO 6iC C c..»> 2.V n 6w 60 3/»0 116 fc.ro TOiW «6,00 *ja 0J6 W,«í.7!> 8A6 «a&io ft.» S.16 meo 0> V50.VM r*.cd ma> toa üxuo 87 9 " 1 72 atfc O.J» 50 90J «J *. 18.SC n. *6 12 JO 12 \2X 12.M: jo J7 2 * 2 41.*4 * ry *T 62 SO K) 37 K3 >»VOJ "5.?.bU J 0-8B «00 JMX 042»-o >4 *0 7 JC ÍMO 0*4 2?VW 6J> on *0 * < 8DC 078 3KJ0 3EO j; *6 50 3*9. 33C, W W63 *4 01 W# 40) a* 7? Aj > 9*1 836 * J «3?*UC 3T>. 0>6 0. * *8 * » > *4 276J» X0 KJX 40BX *0. JhC.» 2H 2/00 J? «SOM 317XC xs O.* 7VS4 47X0 0Ü8 4&0» s? rs 0.61»i>4 > OU , 6X22 131? ic KXÍ7 40L3 9S.90 8Á>4 07 3*182 jea CM 60X01 1 * i» 220 H, ;rjixw 5ÔJK *! V.V} 1 >6. 9XO T)J ? U SC» 320« eob JM. 016 tc : 12 X«70. «vau 6COXO 87X y*5 91XO X *6.112 *2 <2 iux 69X0 J-6 026? « * «09 «3-10 *16»JX> Cf «BXO -»1 « » <>» X» 1* «36. -C *04 92S? O» OC J JC * W *O.T> 4V6XO CC W 32* X0 J37 113j 3-"yoo 0* io 5*60 18 a*> -5J " «i l *8.97 * «0J 031 -li» * * BCJC >lfi ttí KysMlN» v PN *.>"N> *sor EwWON ) * SXR 1 J6 «078» 3K3XO 300» X0 324 * 0 337X CN" vr»"» PN" l wc«ta«pn f C«t*0*MU»4 PNA PN»»rtt«*i PN»nOvJ l"n > «. PN " CO* r-jvwü ON *»U«Aw?t PN ( «VflW PN *?*»«PNA frgc«vin PN «QUytm* PN Ckrt«rvi«pw» ON H««w«g T«1 PN * l«p PN " C*A»PN* ir»)» <««PN r«n.>v PN * ÍNrt P"N íw N " ON >t+iíaj*a PN 99»wNC PNA J B 0\<«f** PN K.»p4w WC-#* PN NT *>«>«* PN L» lo<n» P* PN 1 V «jf< CN * li.jr*pa#on PN * Uf*> ÇtrUJO P*< CMt» A»X PN u**» léft R**»» F*4 imvm PN * *t«qn«*ta ON MMK> 0«rto PN KVM-FNkW >/w PN U,Í-»W-W> ON W»B*-.«PN kwí«v«>«*n Mart bf«* P<" VWt B.wt*ri* PN MM St «VjU 1*1.V9W ífn * WKfWafc PN - Muct Aftfftl ON MkíWM PN N*k*U PN Nmxwtwxw PNA NorJ B*«s* PN" OòabrBCht PN OnorPN* P Acue** ctxl PN P*JÍ ÍLaON- PwOÇlOPN M»u ON PN * " Pw.orn B» PN P*<r«jw«PN* Pw*»<0 PN. P?«ak ON P»>* ON Pv**f PN Pt*COC»«* PN * p*coe* P*vA K*oOoo P«M PN AM4 ON «ÍM.PN- RatO* r>«on* &**$! O* mv PN «íccp R*aJ Ccf P «0*tm»CN. Ww* O* ** PN PwlON. fiepwipnb «Cf PN MrfW PN - fchoowwwon a"cav1 PN SKÍM CoocO* PN S*far»í Lrv* PN»ivnti * 40»*x c. 40,030.WCOO Kl 000 4UOOX 5 0 *Cli 0 6 «CO O tixuoo M XO XOO CC oco KJOJO 12XÜOJÜ 2á0!00 0j0 «OXiOX «0) 0 44 W> 0 «300Ü vsooo «CO KOOOO 8 OJO 13 0» KJlO CWMl yjüoxj "OO 0 «1CUJ latoo» «atjoü 44JOXOU * 3X> » ltfcuoco X60 >3*0 1W OrO!fO} "XJ /1 XJO xso OJ 8X1! JO 4fl X«1X4D *3.W KOJ » 0JA C 6fi UX0 1JHW ,70 2ÍO , 6<0 i.*; *21 0* ifc J* 4.1JXO C96 1X70 0 MJ0 40 AU 0J1 X «33 33X00 NO W » XO JW 3 MX-OO) «ao O4 40CU» tftxoo» » 200 O» * *»a» vjfiox) 14 41» O» 3410 UÜU» ro»xu3 2 O» *0 0 3M0» » 70ÜUO» OUU X4WO J332CC»0 v*. JH.OJU» X0 K5.0 1X8000CC O» 90i0» «6 4ÜOOOC O» 166 0» » CC KOOOO 25B 90000C l Hí 0 80» *5k6 C 14f*.acGaoc W woo» V*4O » * » Jb 931 U& 220XC » T30J» V4XJ0 t X* MJ- JO C i0 2 " «8 5 S > 4 1X O 4D # 20, * * #30 ; *5 0»i 0 # a.en a,.«a» TO 0» 0,97 a* 13, X70.03 JMd.»OJ»H. «*» 4»4 31 4JO, <J A1 306 i*3 1« ?) V03 * 170 «O 330 X20 X ) 2 4Ü "O M2U Jt» 140 U400 07U 56 * Í J7 <* » 14J 26 JC u, ÍO» 12» » 70 «0 130 *J VU > J/ » U4» n 6ÍC 10b 951 JC S0 811»1 90.» b» V.64 ««&» ai 090 tuo US SMNaowVONoa, am s..(ha.«.l>,n- tm.00 Tutiarao W#* ; nj 11 SoKxrttnlK J:«)» SoUtaCnapN»jd a.al tuumm tx UB Hal lla» u <*\.m ti.n> i a r~w use MS a.j tuhcwduow tjttijj»j] t«mt..a",-.n,a )J2,0it!» *** PN Will XJX t«oh- TwmaW 1« ON 29» V / a« » 157 2» 320 X >* 2 DO irtwpaw JN»!M»J» M, """1 cw a«aw r"«lm, «VK *won v«i.w A< TafaoPN* l".tw»o "<A 1.70 *U O tjc X t9js& 8.Í9 1»» 146 U J > Á» * JO» 30X0 17» 2933 U ase 2056.» «6X10 0* » a» áM 1X70 /» JB6X Ofll 110 OJb 748 li» i» « J2 2» » 77Í 79 W 2» #30» * ) » ,1C »»» ) X0 * » 895 1X » 220XD * 48 81Ot? 08 90X Q b «. *4.» X » 04 4ttviX 8*2.» » -20 1J2 2» 1X i * O* itkmo r>n«. pn tri«wrfj»>w. *"N pn PN Un<tMH«:o PN litaf l*ml l>mmm>*)l PN V C P PN S 4t*n R Doc» CN V«eM Ox* PN W»y PN WfHl Mj»fflrt» JN1D A-««fN B 2ivi PN 800 ftxjcuj XÜÜ0U0Ü ) » MO J4,fl #) * nx w»»«is J ra J».10 «<0» «J0 6» >«,11: JM JJK l(» " aoou «0.» «l» t» H ox oxo oxo oxo 0..V) 050 0,x 0,50 y> , *1 jr>4 * 1.4 «a«-w w,20 01 /7/0 7H " W 121» * 115X "6X H «wsx *4»4) H>J H300 * 4. H vfu «)i 82 «>4 *»,tw «J 176,.Xft i«ox i(*j.0-l 191.X "*6-01 W X 11 X)» 11 X) * X » * *6) yt, * B60 2*1.!>J A 28. * 0.J ft ,2 102 HX- O-5,,(n W30 16 J> 8" * O ?» 0, U.UO ) W UV3 12 l.m jfi 0_ concordatarias thuto. 0ul tel M,n Mw Ml" V "i«o,,. s; TERMO 30 DAS ~b«m 05 S M" F~h CorttO PN Qx*# 0N P»t»rí.<* *» PN " r fiait.* Vi * tfmm-fm P*4 " Vm-tH PN - Aruw*.t*c»» C»4 brwwl PN * CcHaeP*. P*«p4»D*f*:t> PN 1 Pnc-XXM PN Srw*rpPN vi Ta*v*o PNr T W(M PN um COM P*4 SíírpPN " T*a«<*w» ON * Tajtj»» PN " TwaiacCN V*Mi P 0OL» PN Tw P«4 Pn PN 2X0 3» 503» 2 OCO 3» 3X0 3» 100X3» 2X » (1 100X3» 4 X»3» 2X3» WJ.0X3» 26 0XX0 1 7X3» 53» 36 7X3» 3X3» 1XO» 503» «X 20 0X OPÇÕES DE COMPRA t>»cti t**0«- MjpPn" W«6Pn" PwOn* p-pn* 6r4P«6h*P" Tr P*«T*Pn* TPn T» P" T*«Pn DC2 DEZ Ct2 CÉ2 D X 0G 0ÊX 0 X cez DC2 ctx 0E2 CCX OÍX otz ctr oex D62 ou CC2 HT. ftv *Q»i 1X78 86 V 80 4*1 2X» 91 1? «4ri » 4«j ,1 «n rl»« X76 1» 76 oo X , W.X MJ *0 138X «xa» 130 *6 86.» 80-ft? 2X W31 1X3 KA 127 l6jsft 82» 2K * »» K9i 1».78 «633 at io 2X* Ü 0 *2 6X6 VX 4» X8 16 B2X* b «W R» BX Wi ? J , J* 00 12X r 00 « «iic mxomo if» *,A4,M joocu iflcc noo»j0 K.o * *30»j; xnooc ut «1,1,c0 «,o imccw -to 2 2«*ao isjcojj sm va 7«Monm 120 ta v»»» tjj. toooaoc an # J7,, ZUOOCOO " *" 0B E1 ax»»jot ie >v»j»» o»!1* *,.jt r.aocm «u»» KK " ixiaa»m»» ub» >«Kjcaosoci»c 1" ** tm u0 MtttraiKOX J.K 2 l«!k "" woe Domooo o.«a«6 o.» a>4 *.00 txjodcoo 0JS 025 5J0 C.36 CX!»!«: lid «!3C 150,-,c ts xx-amx i» «!J0 SB3O0MC u» ** JBMCOT ffl "ffl 00 ",90 ybtctw &,J 11 :ao jjjooooo cj; aa i2 w *» «,» *«. ; aaioooooc?»ao?*oc 2»x xx u A WST3K V«145 yk 3*

25 . i Quinta-feira, 24 de outubro de 1996 NEGOCOS& FNANÇAS JORNAL DO BRASL 19 apontam FGTS em ações,í: Estudo mostra que aplicação nem Sempre dá lucro SÔNA ARARPE Os trabalhadores que têm tlinhciro depositado no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o FGTS, devem conhecer bem as re- "aplicar,gras do jogo antes de decidirem até 50% de seus saldos cm novos fundos que serão formados por ações de empresas estatais pri- -vatizadas. A nova opção acaba de ser anunciada pelo governo. "Pode ser um bom negócio, mas não será uma panacèia. O retorno deve ate ser melhor do que os 3% atuais, acima da TR, que correspondem à metade da remuneração da poupança. Mas é preciso que os investidores se lembrem que bolsa é investimento de risco", alerta José Luis Garcia, analista do Banco da Bahia. Ele explica que algumas ações de estatais privatizadas nos últimos cinco anos apresentaram ótimas oportunidades de negócio. Para quem acreditou em outras, porém, a sorte foi menor. Garcia aconselha que as pessoas estudem, caso a caso "Fala-se muito na privatização da Vale do Rio Doce. Mas. na nossa avaliação, o papel já está no preço justo. A empresa é boa e lucrativa hoje. Não vai subir muito depois que for vendida." A intenção do governo com essa novidade é democratizar o capital das estatais que estão sendo vendidas. Até agora, a participação de investidores individuais nos leilões tem sido praticamente zero. Discretas pulverizações só ocorreram quando estava previsto que os funcionários teriam subsídios para comprar. Mesmo nesses casos, o que se viu foi um final inesperado. Querendo ver logo a cor do dinhei-. ro. milhares de trabalhadores acabaram revendendo as ações a grandes bancos sem esperarem pelo retorno do investimento. "Será preci so entender o que esta sendo olereeulo. Ninguém poderá tirar o dinheiro da noite para o dia. Por isto, o governo esta pensando em estabelecer uma carência de pelo 0 vaivém dos papéis Bom neg6clo (Em%) A$ o Valoriza?So bovespa OP-M Usiminas Sid. Tubarao 383,97 137,39 39 Copesul Fosl6rtil 675,99 428, Baixo retorno (Em%) A5a0 Valorlzaggo bovespa GP-M CSN , Acesita Embraer , LiQht ,60 1,40 Cosipa ,27 Obs Os ciados lotam calculados com base na cotacão da bolsa de valores de maior liquidez de cada açdo do dia da privatização da empresa até ontem O estudo loi dellacionado pelo dólar flutuante no período Fonte: R. Sirotsky Consultoria e Planeiamento Financeiro "Quem menos um ano. Bolsa é investimento de longo prazo. Mas acredito çãq de um banco poderá procurar não gostar dá administra- que será um bom negócio", atirma outro. Mas e bom saber direitinho Álvaro Bandeira, presidente da Ansociação Brasileira dos Analistas fazèm parte do fundo. Caso contra- o que esta comprando, que ações do Mercado de Capitais. rio, vira um novo fundo 15", um Estudo Mas. afinal, até agora. que papéis já renderam lucro10 Magalhães. verdadeiro initi\ prelo", adverte JORNAL DO BRASL pediu que a consultoria financeira R. Sirotsky, PASSO A PASSO do Rio de Janeiro, fizesse um estudo sobre as principais privatizações B Exisjem 83 milhões de contas de nos últimos anos, A conclusão e FGÊS. O dinheiro rende 3% ao interessante: ações que ja eram cotadas na bolsai como Acesita e í: a metade do rendimento da ca- ano, mais a Taxa Referencial (1 R) Companhia Siderúrgica Nacional, derneta de poupança. E pouco. cairam. Outras, que não estavam E A idéia do governo e permitir no mercado, como l siminas. Siderúrgica de ubarao. Copesul e Poscado em uma nova modalidade de que metade do saldo possa ser aplifértil, mostraram valorizações surpreeiidentes. As que já estavam Privatização do FGTS O dinheiro aplicação. Será o Fundo Mutuo de mal, como Embraer e Cosipa. só será aplicado em ações,dc estatais pioraram. que séràjs privatizadas. E arriscado, "A analise deve ser feita com O novo fundo será administrado calma. Algumas empresas já subiram por conta da privatização. A H Apenas depois de um ano o por bancos. Vale do Rio Doce. por exemplo, dinheiro poderá voltar para a conta está colada perto de seu valor patnmonial. Pode ate ser que suba. se cado imediatamente. do FGTS Mas não poderá ser sa- seus resultados crescerem, mas as B As regras dl saque do FGTS chances são baixas. : o setor de continuam as mesmas. telecomunicação também subiu um B Quando for sacar o FGTS, o bocado", diz Carlos Antônio Magalhães. analista da R. Sirotsky. çào que for superior ao rendimento ganho do novo fundo de priyati/a- Os novos fundos de privatização normal de 3% acima da 1 R ao ano devem ter grande concorrência. serão tributados A pressão das microempresas A Frente Parlamentar das Micro c Pequenas Empresas está aproveitando a negociação com o governo em torno do regime tributário especial para renegociar débitos fiscais e com o setor financeiro. Além disso, a intenção é pressionar o Executivo para apressar a abertura de linha de crédito para o setor. A reivindicação foi feita ontem ao presidente Fernando Henrique Cardoso pelo deputado Augusto Nardes (PPB-RS), coordenador da frente: "Vamos usar o nosso instrumento de pressão, que é a votação em regime de urgência para os projetos empresas", disse ele. Câmara aprova projeto do FAP A Câmara dos Deputados aprovou ontem projeto de lei que permite a criação, por bancos e seguradoras, dc uma nova aplicação financeira, vinculada à aposentadoria Os Fundos de Aposentadoria Programada ndividual (FAP) sãl uma espécie de conta poupança de aposentadoria, que poderá ter a adesão de qualquer trahalhadodor. destinada aos trabalhadores autônomos, profissionais liberais e micro e pequenos empresários \ ale# ao FAP e véllintária e o {empo mínimo dc contribuição pafá o Fundo será de 10 ano? Regra nova para contrato de casa O Senado aprovou, em primeira votação, projeto de lei que pode acabar com os chamados contratos de gaveta. Segundo o texto, o comprador de um itnovcl financiado c ainda não quitado poderá assumir a divida pagando apenas uma taxa de 1% sobre o saldo devedor hssa regra, que ainda será submetida a tuna votação no senado e a duas votações na Çãmára dos Deputados, elimina o aumentei de 20" >, nas prestações do comprador, criado por medida provisória do governo editada no mês passado. bmec recomenda cautela com fundo mútuo de ações ADRANA BAFFA Cautela. Este è o conselho que o nstituto Brasileiro de Mercado de Capitais (bmec) está dando aos pequenos e médios investidores na hora de investir em fundo mútuo de ações. De acordo com o estudo moderna gestão de invéstimentos, feito pelo economista e professor do bmec Roberto Zentgraf. os fundos de ações não foram os melhores investimentos para médios e grandes investidores, pois tiveram desempenho bem inferior ao esperado. "Quando a poupança dava 34,89% liquidos sem riscos, o indice da Bolsa de São Paulo dava rentabilidade de 439% e os fundos de ação apenas M%.. sso em cinco anos. Não estava valendo a pena", disse ontem o economista. Para Zentgraf, há três causas para essa diferença: as taxas dc administração altas, com média de 10% ao ano, diminuíram 61% no acumulado de cinco anos con- Perdas e ganhos* Rotomo i Riscoi dos Fundos Mutuos dc Aocs Em RS Nome do fundo Rentabilidade MMa do acumulada rctomomos Bamerlndus Ac6es V50 1,64 Banorte iii,!.-.?? BB Fundo de Ajoes U0.M BCA Banerj UW 2.03 BCNAftes ).)6 Mj> B-idesco Ac6cs } AJ M5 Citi Afjfies 2,28 2.st) CieoiBanoo 0.33 \O.SO) Fininvesl A<;4es Garanlia 6.J0 iiau AyC";s 1.8;, Primus 5.38 JX Sudamens Ag6as Venice 4.J4 J, Maximo 6,K 4,96 MMjno 0.M i?..??}, Bov«spa 5.88 n<» ontro JurrhOfW.1 JunhO/9 siderados no estudo os lundos mal administrados e, por fim; o excesso de trocas dc posição.. No estudo, o economista observou que entre os 62 fundos analisados, apenas um conseguiu repassar para o investidor um Sndice maior que o do Bovepn (4,75% ao mês): o fundo dc ações do banco Garantia deu 6,Q%. "São 0,17% a mais por mês para recompensar os riscos dos invertidores", disse Zentgraf. O economista disse ainda ijue, em todos os niveis de risco, 0 bovespa está acima dos fundos ; de ações. Em cinco anos, a média,dos fundos foi dc 71%, enquanto! o índice da Bolsa de São Paulo for.de iue fb%. O estudo mostra ainda Wb% dos fundos não superafam os v alores da caderneta de poupauça em cinco anos. Segundo Zontgraf. os piores fundos foram o Credibancp, que caiu 77%, c o Crrofi co Unihinco. que teve quedar dc 42%, descont.uídò a taxi dc administrãçáo e a inflação. O economista aconselha que antes de m- vestir, o aplicador.avalie a história dos íundos e procure ffindos que oòbrem uma taxa lixa baixa. "Ê bom tomar cuidado com gropagandas enganosas que esses fundos liia-m, dizendo que tiveram boa rentabilid;tde, quando na verdade não foi bem assim", avisou Zentgraf. Também paraçidiretor do bmec Antomo Freitas] por cau:>a da variação de renih bilidade, os mveslfdiv res em fundos correm mais riscos. MP das escolas terá mudanças BRASÍLA O governo estuda três alterações na Medida Provi- Só ri a das Mensalidades l sçolares, mas essas mudanças só vão valer para o ano que vem. "A principal modificação será a distinção entre o inadimplente eventual e o [hadimplente contumaz, para que a escola possa aplicar punições. afirmou João Batista Magalhães, assessor do secretário de Acompanhamento Econômico. Bolívar Moura Rocha. Ontem. Bolívar esteve com os representantes de estudantes secundaristas e universitários O deputado federal Lindbergh Fanas (PC do B-RJ) disse que a atual redação do artigo sexto da Ml proíbe a recusa das escolas cm matricular alunos inadimplentes. O artigo sexto e o que proíbe sanções didáíico-pedagógicas aos inadimplentes. As outras mudanças na MP serão a tentativa de estabelecer um ritual de negociação entre escola e alunos e a proibição da adoção de constrangimentos aos alunos inadimplentes. Bolívar e o ministro da Educaçàó, Paulo Renato de Souza, foram coiivocadüs ontem pelas C o- missões de Defesa do Consumidor e de Educação da Câmara dos Deputados para irem ao Congresso. GCvr*M3CO 111*00 PO Rio de Janeiro (í) Cu"Wv**o t JMíiuol CEG o* O&i cto í-o dt $e<<e0icr ch? f i»odo de Ob»at e Serviçoi PoW»cos RECADASTRAMENTO DE FORNECEDORES Dilatação do prajo nicial A Companhia Estadual dc Gãs do Rio de JaneiroCEG comunica aos mteres sados que estendeu o prazo de becadastramento dos fornece dotes de Materiais, Equipamentos, Obras e í Serviços para o dia 29 de novembro!do corrente d"o. ; Apôs esta data, as empresas que nao jtenham se rc,:jdastrado terão seus! registros cadastrais desconsiderados j CÔítitssão Permanente de Registro j Cadastral. COMPUmPOitE Fax - mpressoras Matriciais - 5 Laser - Jato de tinta rifa Aluguel / \ r que Nós não vamos oferecer um banco tem chequescartões e que paga contas. sso você já tem. 1. <> v 1 \ i r DORO iimnu agora mesmo B v Olp Lloyds Bank NOVO S RVtÇ O. PARA MAM/ E ORLANDO. AGORA, 11 VEZES POR SEMANA. A par* de X * tb:: a Tronsbros" Á*ecè mas à vôos por semana paru A Vo",; vkj C <> " -cx7conü?5 voqz> ufcw* e du>fiò-s ago*a i i opçõesae a P Coráük,v; «Í. *-" -- ou transqbrasil leva o nossa gerttv. Achei! Achei! Ache RETERAÇÃO DE CONVTE A FAT, continuando em sua política de total respeito ao Cliente, volta a chamar todos os proprietários do veículo Tipo 1.6 i (importado), "RhCALL que ainda pão tenham atendido à chamada do pra em curso, para que programem e marquem com qualquer Concessionária Fiat de sua preferência, no País, o atendimento necessário à substituição gratuita das peças envolvidas na campanha. Para tanto e visando seu maior conforto, infonnamos-lhe que os reicti? dos seiviços poderão ser realizados NCLUSVE NO SÁBADO E DOMN GO. 26 e 27/10/96. quando as Concessionárias abaixo discriminadas estarão trabalhando especialmente para atender a esta finalidade. Concessionaria Telefonc Concessional Aifacar /0435 tavema Telefone Rio Autofacil JoWcar Azzum Miiocar Brilhauto Nova lgua<;u /1396, Delsul NovaTexa Dicasa Paranapuan Duque de Caxias /1217 Pavao Eurobarra Pnma Rio Faciiauto /5382 Roma Finlt /6762 Vicauto /4494 talia Barra Vittori tawma Rio MARQUE JÁ com seu recepcionista dia e horário para seu atendimento. Registra-se assim que a insistência da Fiat significa, como sempre, o permanente respeito e atenção ao; Cliente Brasileiro, além do rigoroso cumpnmento da lei (Lei n 8.078/90, art e 2o cc art 26). Atendimento ao Cliente Fiat: TeL Fax anaa Respeito ao consumidor - Equipamento original de todo o veículo Fiat.

26 2q jornaldobrasl NEGOCOS & FNANCES - JORNAL r\ TT Columbia Tristar abre mpasse entre Caneco e lhyssen -t - C3r m escntorio no \ si Grapkmiio qucr liberação de lászló varga SÃO PAULO A Columbia Tristar nternational Home Video, terceira maior distribuidora de vídeos dos Estados Unidos, com faturamento de USS 1 bi- HB& hão. está abrindo seu primeiro escritório no Brasil. A empresa pertence ao megagrupo japonês Sonv. Sua co-irmã, a produtora de filmes Columbia Tristar, é uma das poucas companhias estrangeiras que vem financiando trabalhos brasileiros, injetando dinheiro cm Tieia. de Caca Diegues que tentará concorrer ao Oscar de melhor filme estrangeiro e em outras sele produções. A meta agora c expandir os negócios em território tupiniquim. "O Brasil è o sétimo mercado de vídeo do mundo e tem um grande poiencial de crescimento. hs""r C""" BN"k:"m " A instabilidade econômica na pwoalmente <»«* < 0 w t m Cm- i "Estou America Latina fez com que firmássemos um contrato de distri- vios saircmje para isso. precisamos uluiz Carlos MfenlnW do Barros da novaemprew txp «u pessoalmente conversando c exccutivos g masscmos urn conirato distil-,r0 do financiamento do BNDLS. ex- 0 mchor presidente que o BN- Asneg ciat,i. com executivos do BNDES para Vs.;-em temar financiamento". buiap -Kiel q 0 crcscimento do sctor cktroclepliea o empresario. DES ja teve. Ele compreendeu a a hyssen lora. bra il. tentar viabilizar o 1 buiçàò com a L-Ktel em 1988, mas ele expjou e tnico esta atraindo mm um fabri- Navios 0 problema e que a nccessidade de uma nova politica ju to pe o.. / diz. mas el expirou c agora vamos delicada. diretamenie pais", canto para o BrasS. No Hm de novem- Thyssen so assunnra o C aneco se J Q sctor nava e acho que o A sttuajjo _ Para Dornelles. os estaleiros atuar diretamente no país", disse f um*dos brasileiros não nao tem outra alternativa Tnslar Hol Video, Untdc caixas acustiras. amplifica- alternali- vicc-presidente o vice-presidente da Columbia bro, cornea a w distribuido no pais a liver em carteira navws sufictenk. yaju(jar a empresa". disse. 5U,ntSsemDreilrios do Rio. para mante-lo cm operas P Donato diz que a Thyssen nao mais para sair da crise, a nao ser se estaleiro sotern um Jfhardavoyne, Tristar Home Nidco. William ehi dttres, aparelhos do CD, receivers e cerca de do.s anos tempo dc que -fetamos 0 Caneco. attj mem oc associar a grupos Chardavoync. que esta em visita a»eu nlcsm0 ja cbnvidei estaleirm pj 0 nt6rio n0 Brasi, da arman, dos fetados precisam para struturar o esta "Eu internacionais. mesmo já convidei estaleiros cm cri uma nova cm- São Paulo. O escritório no Brasil TeSmen- coreanos corcanos a investirem invest,rem no Brasil, Bras, h Latina Los. A empresa esgr. fa.urar 0 minisiro da lndustria c do presa. para a qua scrao translené o secundo na America 1.atina c acho que em cm brevelrelos teremos nóvidades. avisa. Divulqaçao nov.da- "Consideramos 1C 0 c J VSS 20 milhoes em trfc anos. que o asli Brasil è o Comercio. Francisco Dornelles, gue no como do ano que vjm acha que o impasse sera supcrado. macs tcrao.amaior pa, Dornelles promete ajuda ao Yerolme _ limine que controla o estaleiro, -S 0 nnuis.ro lndustria estaleiro", afirmou Dornelles. f oveotae lem da shibras. no planode reestruturaeao deve levar O ministro da ndústria e do Plano O Verolme tem uma Comercio. Prancisco Dornelles, recebeu. ontem, uma comissão de dívida superior a RS 200 milhões, O S5:SS sssksgg maior acionista c o empresai 10 Nelson Tanurc, seguido pelo Banco empregados da ndústria Verolme- Mi As shibrás (1V) e deputados em seu Nacional de Desenvolvimento Econòmico c Social (BND St e pelo = === gabinete, em Brasília. Os funcionanos foram pedir ainda do ministro isgiiil. =2sSS grupo japonês lstókavvagima. Desde maio. o estaleiro esta sendo ad- ycw? para tirar o estaleiro da crise. Eu vou fazer tudo o que estiver ao meu ministrado isiis sshfi filo Banco Fator alcance para ajudar o Verolme. Ate pela consultoria Jaakkcf No me> sfggs -sss mesmo pedir à Petrobrás. desde oyry. Hi nao tenlva picjui/os qui Uc passado, P*- 4 os novos administradores Si» mi Bruxa, cm ficta produto com vrrhuja Colunihia nstar que não. tenha prejuízos, que faça (aram Q phul0gc rccslnuu-,on Ferreira. dirclor da Scquip. a muik. (1.1.) Mms piataiomus apresentaram o plano de ree-u utu al-umas de suas plataformas com o... Gei(lau-Pains na Justia Melborou o nivel nível salarial dos brasileiros A pesquisa mostra. amda. que apes.tr des.gualdade jjs%i! afcrtano orgao que apesar da desigualdade ainda pela SANDRA samk \ BA um 111 ni pa" contihua caindo, a distancia entre o gruanie. mclhorou conditio ik t8 r.-tnunencao que o Grupo Gerdau.de;proprie- atitude isolada da procuradora sao M 10 Os salarios sajarj0 em n,vcl dc presidencia e o gritante, melhorou a condição de remuncracao operano -1 mj SÃO PAlil-Ò OS salanos dos remuneração do operário brasileiro. já foi o segundo trabalha-. / Os nresi- dade do empresario Jorge Gerdau glial, Marusa 1-reirc. de entrar cstao do Em presidente ja 0 do niundo. ncsk c. g. P j0hafthpeter. brasileiros estão entre os que mais "Ele se desfaga da Side- com a;ac na 11J V ara de Justija crcsccram 110 cmprcsa galhava ate 66 pla- denies dc emprt,i s «cresceram no mundo, entre julho de.1 rurgica Pains, contprada per USS Federal contra a empresa, no ultidor mais mal remunerado do pianeta", diz Rebelli. Agora e o sexto pe a jiqao 1995 fibril seu; opcrarios. Em nota". Rcbelli. 0 bem deram um salt. _so 1 a abril deste ano. A constataçào e da Tovvers Perrin, consultoria injlhfc em 4 -\ outra op- mo dia K. A aberta s-ao Towers Perrin. consultona 1994 cssa rclav.ao c.ura para 57 \emcnor salario, \ ternacional de s-ao, ainda cm cstudo pelo conse- procuradbra nao foi autoriak.1 menor salário, com USS piscm,995 para 44 Ve/es c estc pjor quc brasileiros. so passado eles af aretiain ti c americana jc propur a0 grupo pro- pclos eonselhciros, nem tstabek salaries que todos os anos pesquisa os salários de operários e exe- pela dc operanos c, anuais. Pior dc 4, yczes»mesmo que os brasileiros, sò assim, 0perarios Kong, "gar. dcp». dos. a"ie cedimentos para que a aquisigao cia as regras a serem scguidas tutivos dc alia gerencta cm con(jnua nulil0 grande a distancia os operários de Hong Kong. que uanh;im uss ; Mexico, ranceses. Eslao. au ra,. cutivos de media e alta gerência em... desfeita. A compra da Pains Gerdau para se desf;tzer da ams, paiscs. remunerado or. - ganham USS 14,075; os do México, 22 paises A remuneração dos brasíleiros só evoluiu menos que a dos dl/ pbelli. Na Argenti- ygj Venezuela. anual de SS Os prestden- ceniracao do mercado dc a?os en(rc 0 maior e 0 mcnor salario da m.55 Africa do lugar, com uma remuner.u,\ t Gerdau. que provoeou a con- conforme prevc 0 paragrafo 9 do sileiros so mcnos uos com USS 7.952; da África do Sul, arjf 54 ja Lei Arititruste. Mavcnczuelanos mcxicanos. cxempo, com USS ; da Venezuela, venezuelanos c mexicanos. Enquanto a taxa de câmbio ficou esta- 0 numero um da m \ 4*»2; tcs de empresas amencanos, com longos comiihs (usados na cons- 01 desautorizada publica- cambto, licou1mw- com USS 3.422; e da China, com ganha alc 29 vczes mais yss VJ27 anhos anuais de USS so- lru<ao civ,1) em 46,2", Foi conde- USS anuais. enw,0 pa,slt]cnte do CAD u,", vel. os salários evoluíram acima do 3 S ftli 0operario,nosBtadosllnidos conlriipurlida. salanos ram;, cdasalfalcmrda«ao» nada pelo CADE em mar«o dc ui contrapartida, os salários Jcspacl ublicadfno índice de inflação", explica Felipe Diiracao subsidiaria Todos executivos brasileiros contimiam nuam supervaíòrizados. supervalonzados. Lm Um dire- rostiveramaument Rebelli. gerente da área de remuneração da subsidiária local da lo- pesquisa da Towers niostra wers.. Brasilcap tem lucro Setor gráfico grafico EX-AhUNOS(AS) DO der$8,91 mi.hoes quer reduzir [ -H, h. «;eud«sr seus custos Companhia s«o«. teresiano Começa hoje, em Canela, Vale do Rio Doce ft 0 a 200 Ha quilômetros de Porot Alegre, o 1" superinteno nciadaestrada dhob ue jk RSrn tnteramcricanoda Congresso fpcta qug Se eontabilizoulucrol»doik TomadadoPrto8CSL-suESTj060oSpesndo..em960 vaooes nos(as) pdra Pc f L 9-] no pritwiro ano de alividade. nteramericano Nos ulumos lndustria Grit lea de-i1aeremtoecutadoanaoflelnadacvrdgmtubarfio, Vlt6ria-ES.(Ma recllizaia HO did 1 dt Nover D, *- do/emeses ndústria Gráfica do foram vendidos 1.5 milhaog Cone Oobjetivoe intormnoesnocx)u de24/10/96). J ho ds nos pilol ls do Colegio. Cone Sul. è LOnvlies tau0>e comivso. aempres;..wumiu0 buscar parceriasa a fim de venda na Secrelaiia. tel. 2/4-bb 1 reduzir custos de COMPANHA CERVEJARA BRAHMA p nlor materiais e mão-de-obra 7=i douuá companhiacebvejariabbahma Companhia Aberta e modernizar o setor no CGC/MF n BCV Brasil. Argentina. ATADEREUNAOtWCONSELHO REUNÃO DO PREFETURA (,; J i) RSmilhoes. Urueuai DEADMNSTRAt?AOREALZADAAOS UU Uruguai e jjy uruu.u t Paraguai. > t No ADMNSTRAÇÃO REALZADA AOS 10.10,.fa CERTDÃO certidao DA CDAut \:, < Brasil, Brasil, onde o 0 setor sctor,. _.,in(,irocerildaoce.nt.coqm-esu>damento D0 RO DE JANERO Semp Toshiba lana reprcscnta representa 1. % 1.22% do PB nfais 17 de ouiubrode nposlos meca-n.ente SECRETARA MUNCPAL DE HABTAQAO fy rf 50 polegadas, caíram, eairam, no primeiro CristlnaV ContreiraS. Secrelano Geial COMSSAO ESPECAL DE LCTAQAO i, semcstrc. 11,5 0 OS JJhraGm _«*NOSSAS AQOf SSAO MUNlciPiO DO RO DE JANEolvMeNTO A Scmp Toshiba langaru nos primeiros dun. semestre, em 11.5% os Maria Cristina V. Controuas. Secretario Geral idos itfflo negocim AÇÕES 5AO _ BANCO 1NTE FMPBtSTmo 898?oc-BRV0LVMENT de mnembro qtiatro modelos Jc TV ern cores, pedidos de clientes NEGOCADAS NAS BOLSAS PE VAtORlS m.-crtptnhis :::abrasca «wiiíí brasileiros prefercm ~~~ brasileiros. Eles preferem coi No 003/96, CO N 004/96, col N* 006/96 de c 50 polegadas. Ja a recem-criaila editar em outros paises. países, a, A Com.SSao Especial de nctatfo informa as lima.semp Toshiba Export, comeeou a exportar 0 />,.ut para os paises do Ntercosudevendo chegar como o Chile, onde os a jur0s sao own inter«,=./9ee,o FcFF,NAMfc DAADAV1S1TA USS 0 milhoes no seu primeiro ano pra/os. juros são menores e os maiorcs. EMMM BNL,tyBNDESPAR ro,, *v96 01 nrazos. maiores. denovembrode CO N: 004/96 04denovembrode 1996 AVSO DE LCTAQAO COMPfiNHR RMERCfl FHBHL tomadadepre?osaa/gejur.15/96 EM L QUD AC AO OBJETO Aquistcao de (dezesseis mil) resmas do papel A-4. bmnco. alia AVSO DE ALTERAQAO DE DATA DE RECEBMENTO DE CGC El n / AP 75 9,m2. atcali"0. destinado a cc.as xecas e aper XS* ASSEMBLE GERAL ORD.NABA - CONVOCAQAO - Ream ABERTURA DOS ENVELOPES DE habh.itaqao E DE ACoo Especalda Uejyl.»03da empresa na Av Brash safes: QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 1996,. 29 de outubro de Edifictode Servosdo BNDES - EDSERJ. 1 RRECOS V horas horas - ramtahacso da reserva constituida para esse im 2 M%ZX3X~ 29<K?6~s"" de outubro de de outubro de 1996 CONCORRÊNCA 16:00 horas ft0 de Ja eir0.,4 de outubro de,996 leiefone (021) PUBLCA PUBLiQA 14 i4.ac horas "i van Ramos Castro 1 wa.nnnr>fnitai RS 1.65 (um reals sessenta e ancocentavosi fv,rn«npnria 28 de cutucro de de outubro de 1996 lauidante R,o de Janeiro. 23 de outobro de 1996 Carmen Lac.a S.meone Gerenle JufldCO 3HRÉNC1A pubuca 16W l4 00toaS 14 horas 1 da Area de AdminKStrario. J L

27 2 Edição? QU1NTA- l.il KA, 24 DL OUTUBRO Dli VKf, 20 JORNAL DO BRASL NEGÓCOS & FNANÇAS mpasse Thyss Grupo alemão quer Uberação de R$ 200 milhões do BNDES para ficar com estaleiro Arquivo Ft-KNANDO THOMPSON Está difícil a sitüação do Estaleito Caneco. As negociações entre a aü empresa e o grupo alemao Thyssen emperraram por causa da falta de recursos para financiar a construção de seis navios, cerca de RS 200 milhões. O Banco Nacional de Desenvolvimenlo Econômico e Social (BNDES), o agente que financia a construção de navios no Brasil, antes de liberar o dinheiro exige a transferência do controle acionário do Caneco para a Thyssen. Mas os alemães só aceitam fazer negócio se banco liberar os recursos primeiro. "A transferencia do controle e pre-condição para financiarmos os navios". diz Bdgur Luccrdu, chclt do Departamento de Navegaçao do BNDES. Uma péssima noticia para Arthur João Donato, dono do Caneco. "Os alemàes só vão entrar no Thyssen atiles de liberar recursos negócio se us encomendas dos navios saírem. E para isso. "Estou precisamos "Luiz Carlos Mendonça de Barros cia nova empresa" explicou. pessoalmente conversando do financiamento do BNDES. ex- è o melhor presidente que o BN- As negociações entre o Caneco e com executivos do BNDES para plica o empresário. Navios O problema e que a Thyssen só assumirá o Caneco se tiver em carteira navios suficientes para mantê-lo em operação por cerca de dois anos. tempo de que precisam para reestruturar o estaieiro. O ministro da ndustria e do Comércio, Francisco Dornelles, acha que o impasse será superado. DES já teve. Ele compreendeu a necessidade de uma nova política para o setor naval e acho que o banco vai ajudar a empresa", disse. Donato di/. que a Thyssen nao "Estamos vai comprar o Caneco. pensando em criar uma nova empresa, para a qual serão transferidos os ativos do estaleiro. Os alemães terão á maior parte tias ações a Thyssen foram antecipadas em julho pelo JORN AL DO BRASL A situação do estaleiro é delicada. Segundo Donato. que já foi um dos mais influentes empresários do Rio. atualmente o estaleiro só tem um navio em construção, um graneleiro de 40 mil toneladas. A encõmenda foi feita pela Norsul e sera entreímic no começo do ano que vem. tentar Viabilizar o financiamento", diz. Para Dornelles. os estaleiros brasileiros não têm outra alternati- \u para sair da crise, a não ser ->e associar a grupos internacionais. "Eu mesmo já convidei estaleiros coreanos a investirem no Brasil. acho que em breve teremos novidades". avisa. Golumbia Tristar escritório no Brasil.ÁSZLÒ VARGA SÃO PAULO A Columbia Tristar nternational Home Video. terceira maior distribuidora de vídeos dos Estados Unidos, com faturamento de USS 1 bi- hão. está abrindo seu primeiro escritório no Brasil. A empresa pertence ao megagrupo japonês Sony. Sua co-irmã, a produtora de filmes Columbia Tristar, é uma das poucas companhias estrangeiras que vem financiando trabalhos brasileiros, injetando dinheiro em Tiéta. de Caca Diegues que tentará concorrer ao Oscar de melhor filme estrangeiro e em outras sete produções A meta agora e expandir os negócios em território tupiniquim. "O Brasil é o sétimo mercado de vídeo do mundo e tem um grande potencial de crescimento. A instabilidade econômica na América Latina fez Com que firuníssemos um contrato de disiripiiição com a L-Ktel em l(ss. mas ele expirou e agora vamos atuar diretamente no pais", disse o vice-presidente da C olumbia Tristar Home Vi de o. NVilliam Chardavoyne. que está em visita a São Paulo. O escritório no Brasil e o segundo na America Latina "Consideramos que o Brasil e o mercado com maior potencial daj região", diz Chardavoyne. Em 1995, o mercado de video no Brasil somou 6 milhões de cò-, pias. Excluindo os filmes pomos, a receita chegou a USS 300 mi- hões. A Columbia respondeu por 20% desse total, através da L-K- "Podemos tel. chegar a 25% cm 1997", arrisca Chardavoyne. A Columbia Tristar lançara de 100 a 150 vídeos no Brasil por ano. O filme TietÊ de Cacá Diegues. escolhido pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura para tentar uma das cmco vagas que concorrerão a filmeestrangeiro Í99 pe pelo Oscar, estará disponível em fita a partir de fevereiro de Entre os di$ mais filmes brasileiros que receb# rum recursos da Columbia Tristar estão Quem Matou Pixoti, Oucry dos Canudos. é O que h sso Coimj panlwiro?? O crescimento do setor eletroc rônico está atraindo mais um fahncante para o Brasil. No fim de nmembro, começa a ser distribuído no pais a linha de caixas acústicas, amplifica-1 dores aparelhos de Cl), receivers e tape-decks da Marman, dos F.stados l nidos. A empresa espera faturar l SS 21) milhões em três anos. Divulgação ajuda ao Verolme Dornelles promete >.. íi.j./nifi mu) O ministro da ndústria e do estaleiro", afirmou Dornelles. Comércio, l-rancisco Dornelles, recebeu. ontem, uma comissão de divida superiora RS 200 milhões O Rio, serão divididas em duas l ma cerca de um ano para er implanta- Plano ração do estaleiro. miiiis q«controla o estaleiro, o O Verolme tem uma ÀS instalações da shibrás. no plano de reestruturação deve levai empregados da ndústria Verolme- maior acionista é o empresário Neh parte shibras (1V) e deputados em seu son Tanure. seguido pelo Banco continuara construindo e reparando navios. A outra vai se de- \ idéia e que ao final desse pedo. gabinete, em Brasília; Os luncionarios foram pedir ajuda do ministro nômico e Social (BNDES) e pelo têineres. Essa atividade terá sòcie- BNDES, junto com os novos admi- Nacional de Desenvolvimento Ecodícar a construir e armazenar conriodo. Tanure venda su.in ações. () "Eu pára tirar o estaleiro da crise. grupo japonês shikavvagima. Desde maio, o estaleiro esta sendo ad* dade da Muititerjrúnais. mstradores. esta procurando um vou fazer tudo o que estiver ao meu a(cançe para ajudar o Verolme. Até ministrado pelo Banco fator e Já a Verolme. em Angra dos novo sócio para a 1\ É bem prov áv ei que OS dois estaleiros que pela Reis (RJ), vai se especializar na mesmo pedir á Petrobràs. desde consultoria Jaakkg Povrv. No mês construção e reparos de pl.italormas marítimas Segundo Welling- shibras, sejam vendidos separada- compõem a empresa, o Yeroime c o qiie não tenha prejuízos, que laça algumas de suas platalormas com o passado, os novos administradores apresentaram o plano de reestrututon ferreira, diretor da Sequip. a mente. (.! <) Melhorou o nível salarial dos brasileiros SANDRA UA 111 SÃO PAULO Os Salários dos brasileiros estão entre os que mais cresceram no mundo, entre julho de 195 a abril deste ano. A constatação e da Tovvers Perrin. consultoria americana que todos os anos pesquisa os salários de operários e executivos de média e alta gerência em 22 países. A remuneração dos brasileiros só evoluiu menos que a dos "Enquanto a ta\a dc câmbio ficou esta- venezuelanos e mexicanos vel. os salários evoluíram acima do indice de inflação", explica Felipe Rebelli, gerente da área de remuneração da subsidiária local da lovvers. A pesquisa mostra, ainda, que continua caindo a distância entre o salário em nível de presidência e o do operário. Em 1991, o presidente dc uma empresa ganhava ate 66 vezes mais que seus operários. Em 1994 essa relação caíra para 57 vezes, em 1995 para 44 vezes e este "Mesmo ano é de 41 vezes. assim, continua muito grande a distância entre o maior e o menor salário da pirâmide", diz Rebelli. Na Argentina. por exemplo, o numero um da empresa ganha até 2) vezes mais que o operário, nos Estados l nidos 24 vezes, no Canada 13 vezes, na Suíça 10 vezes c no Japão 9 vezes. A pesquisa da Tovvers mostra que apesar da desigualdade ainda gritante, melhorou a condição dc remuneração do operário brasileiro. "Ele já foi o segundo trabalhador mais mal remunerado do pianeta", diz Rebelli. Agora c o sexto menor salario. com USS anuais. Pior que os brasileiros, so os operários de Hong kong. que ganham USS ; os do México, com USS 7.952; da África do Sul. com USS ; da Venezuela, com USS 3.422; e da China, com USS anuais. :m contrapartida, os salarios dos executivos brasileiros continuam supervaiorizados. Um diretor de Recursos Humanos, por exemplo, ganha por ano l S> É a mais alta remuneração do mundo, neste cargo. Os presidentes de empresas no Brasil tambem deram um salto na escala m- ternacional de salarios No ano passado eles apareciam em terceiro lugar, depois dos americanos e franceses. Estão, agora, em segundo lugar, com uma remuneração afinal de USS Os presidentes de empresas americanos, com ganhos anuais de l SS so- Creram queda salarial em relação ao ano passado, enquanto os brasilei* ros tiveram aumento. V, i i.:. ].. f i Sonià ãraga. <» Tieta produção com verba da C olumbia nstai Gerdau-Pains na Justiça Com a fixação do pra/o dc 30 BR \sit i \ Dentro de 30 dias para definir o futuro do caso iás, o Conselho Administrativo Cierdau no fica contornavia a crise aberta no orgào de Defesa f.eonòmica (CADl.i pade. decide sc recorre à Justiça para pelt atitude isolada da que o Grupo Gerdau, de propriedade do empresário Jorge Gerdau geral. Marusa Freire, dc entrar pbcuradora* Johannpeter, sc «sfaçu dá Síderúrgica Pauis, comprada por l SS com ação na 1 a Vara de Justiça 1 ederai contra a empresa, no último dia 18. A ação aberta pela 50 milhões em 1994 A outra opção. ainda em estudo pelo con selho, é a de propor ao procuradora não loi autori/ada grupo procedímenjgj» para que a aquisiçao cia as regras a serem seguidas pela pelos conselheiros, nem cstalxie- $ej.i desfeita A compra da Pains pela Cierdau. que provocou a concentração do mercado de aços o parágrafo Gerdau para sc desla/er da 1ains. conforme prevê 9" do artigo M da Lei Antitruste. Mak longos comtírís (usados na con->tração civil) em 46,2!«, loi conde- rusa fòi desautorizada publicanienlnada pelo ( AD em março de pelo presidente do ( AD 1995, mas até hoje a nteiiça nao com despacho publicado no Du- rio Oficial de ontem. (oi cumprida. mm?hi Companhia Vale do Rio Doce MNSTÉRO DE MNAS E ENERGA SUPERNTENDÊNCA DA ESTRADA Tomada de Preços CSL-SUEST 102/96 Serviços para mnnulençáo preventiva ciclicae corretivos pesados em 9601 vagões GDEs, a serem executados na Oficina da CVRD, em Tubarao, Vitona-ES. (Mau informações no DOU de COMPANHA CERVEJARA BRAHMA BRAHMÀ Companhia Aberta CGC/MP ly ATA DE REUNÃO DO CONSELHO DE ADMNSTRAÇÃO REALZADA AOS G CERTDÃO junta Comercial do Estado do Rio de Janeito Certidão. Çe< Mico que este documento foi arquivado sob o n" em 17 de outubro de 199o. apostos mecamcafne nte Maria Cristina V. Contreiras. Secretario Geral :::abrasca *s>0ct*dj iv i Fj («[il99 marnsm..a NOSSAS AÇÕES SAO ACnU NEGOCADAS NAS BOSAS OE VAQHCS BNDE, FNAME BNDESPAR AVSO DE LCTAÇAO TOMADA DE PREÇOS AA/GEJUR-15/96 OBJETO: Aquisição de (dezesseis mil) resmas de papel A-4 branco, alta alvura, AP 75 g/m2, alcalino, destinado a copias xerograficas e a utilização por impressora a laser. ENTREGA E ABERTURA DOS ENVELOPES DE HABLTAÇAO E DE PROPOSTA o recebimento dos envelopes sera no dia 11 de novembro de 1996 a partir das 14 30hs, e neste mesmo dia as horas sera iniciada a abertura dos envelopes. LOCAL DE ENTREGA E ABERTURA DOS ENVELOPES Av. República do Chile nl Rio de Janeiro - RJ. no Centro de Treinamento Rómuio de Almeida do edifício de Serviços do BNDES EDSERJ. EDTAL COMPLETO A disposição dos interessados na Av. Republica do C Mue n» 100. terreo selei de Protocolo, das ãs 12 OOhs e das 14:00 as 16 OOte telefone (021) VALOR DO EDTAL RS 1,65 (um real e sessenta e cinco centavos!.! R:q de Janeiro. 23 de outubro de Carmen Lúcia S.meone. Gerente Jundicc! da Área de Administração. EX-ALUNOS(AS) DO TERESANO O Colégio Teresiano. comemorando seus 40 anos de existência, convida seus ex-alu nos(as) para participarem da festa que se realizará no dia o de Novembro, as 21 horas, nos pilotis do Colégio Convites à venda na Secretaria, te PREFETURA DA CDADE DO RO DE JANERO SECRETARA MUNCPAL DE HABTAÇÃO COMSSÃO ESPECAL DE LCTAÇAO MUNCÍPO DO RO DE JANERO BANCO NTERAMERCANO DE DESENVOLVMENTO EMPRÉSTMO 898/OC BR CO N 003/96, CO N? 004/96, CO H - 006/96 A Comissão Especial de licitação inloima as 7 NCA aos leais que serão cintos das obras referentes aos Editais de CONCORHtr,UA kublich NTERNACONAL N- 003/96. N»004/96 e N íonlonro «totasaxoleaciona-a. DATADAV5A rni N* nni.q6 01 de novembro de 1996 CO N> de novembro de 1936 CO Ns 006/96 05 de novembro de 1996 o local de encontro será na Sede da SMH Rua Afonso Cavalcanti. 455,4 andar -a,a da Fnnennana - Cidade Nova. às 9:00 horas, nas datas acima mencionadas 0 Atestado ae v.sita fará parte integrante do envelope de documentação a ser apresentado pela licitante AVSO DE ALTERAÇÃO DE DATA DE RECEBi" DE DOCUMENTAÇÃO E PROPOSTAS DE preç s TP N* 017/96, CP N- 014/96, CP N? 016/96 A Comissão Especial de Licitação da SMH. informa as firmas interessadas, que por motivo io SuADO previsto para o d,a 28 de outubro de feira, em comemorado ao DA 00 FUNCONÁRO PÚBLCO as licitações abaixo relacionadas, prevista., para a ree"d licam imediatamente ADADAS para o dia 29 DE OUTUBRO DE na seguinte lorma EDTAL DATA ANTEROR NOVA DATA TOMADA DE 28 de outubro de 1996 PREÇOS 17/ horas CONCORRÊNCA PUBLCA 14/96 CONCORRÊNCA PÚBLCA 16/96 Z 28 de outubro de :00 horas 28 de outubro de :00 horas 29 de outubro de :00 horas 29 de outubro do horas 29 de outubro de horas Brasilcap tem lucro de RS 8,91 milhões \ empreslse capítalizaçao Brasilcap (assodação entre o Banco do Brasil, catu. Sul \nicrica dc Seguros c (.irupo Aiiunçu contabiiiwu lucro liquido de RS s.l)l milhões no primeiro ano de atividade. Nos últimos doze nkses foram vendjbs i.5 milhão de títulos e. com isso, a empresa assumi o primeiro lugar o ranking da-, companhia. i(ue operam com títulos de pagamento mensal As reservas da Brasilcapchegar a RS 366 milhões Sudameris lança um pacote de serviços O Banco Sudameris lançou ontem, junto com o grupo Europ Assisiance. um pacote de seniços de encanadores, eletricistas, chaveiros e até vídraceiros 24 horas para seus correntistas especiais, ü serviço se chama Personassist Setor gráfico quer reduzir seus custos Começa hoje, em ( anela.j a 200 quilômetros de! lorot Alegre, o l" Congresso nterapiericano da ndústria Gráfica do Cone Sul. O objetivo e buscar parcerias a fim de reduzir custos de j materiais e mão-de-obra j e modernizar o setor no Brasil, Argentina. Uruguai e Paraguai No Brasil, onde o setor representa 1,22% do 1 Bj, caíram, no primeiro j semestre, em 11.5% os j pedidos de clientes brasileiros. Eles preferem! editar em outros paises, ; como o Chile, onde os! juros são menores e os prazos, maiores COMPANHA AMERCA/ABRL EM E! LQUDAÇAO CGC n / ASSEMBLEA GERAL ORDNARA C0NV0CA, Qera convidados os Senhores Acionistas para a»ass «rasil Ordinária que se realizará na Sede da empresa a n 441 São Cristóvão (RJ), no dia b. as niceusdeliberarem sobre a seguinte Ordem do Dia A) ex _ são e aprovação do Balanço e demais Demons raç ceiras relativas ao exercício de 1994; B) aprovaçao corre ção da expressão monetária do capita! sócia rea capitalização da reserva constituída para esse fim Rio de Janeiro, 14 de outuoro de 1996 van Ramos Castro Liquidante

28 1,1 JORNAL JORNAL DO BRASL t 1 QUNTA-FERA, 24 DEOUTUBRO DE 1996 negocios&financas fi NEGOCOS & FNANÇAS São Paulo Hólvio Romero Ninguém vende toda Linha Volkswagen *r*. - :y. r- Ô Ford Ka 1 uma das sensações do Salão nternacional do Automóvel, no Anhembi. que xai ate o dia J nas condições da Recreio: nova Salao do Automo\cl. nesta cida- um carro no Braal, alun do Co-,,r,nvi -nr uvnokmn p in dc. A Mercedes-Ben/ tambem de- rolla que enira em produeao em vamo* transkri tecngog p> > O nuxklo csia tin csiudo. is orneu. ore Onde eseguiromesinocaminho. 19%. Onde a 0 Recreio vai VO as OS outras OUtraS vão VOO atrás. atros. ~~ "~ Ela Ela lançou lanqou o carro OKm, sem entrada e todos seguiram a promoção. promoqao. Di CERDAE/D CC\\ DC e \J 9E0fw4ia/ 1%J LvLvvm Dessa vez a Recreio inovou mais ainda: j pmrt/n vende vende toda a linha Volkswagen OKm, VOCE EM C0NTAT0 DREO SMENT T:"f36MESES, SEM ENTRADA, 100% FNANCADO EM ATÉ 36 MESES APENAS 2,5% AO MÊS. COM PETER DRUCKER. TELECONFERENCA NTERATVA E sem os juros que se cobra por aí: é a menor taxa do mercado. Não Nao e so ate perca esta oferta: é só até domingo. 1 M j 1 A liderancc do futuro, a \ j 30 DE 0UTUBR0, DAS 13:00 H AS 16:00 H AO VVO VA SATEL1TE \ j Só Venha aprender os mais modemos conceitos de RQ Ot6 até domingo. dothqo " RO DE JANERO AV CALOGERAS. 15/? ANDAR CENR0 lideranca empresarial com Peter Drucker, umo das GarCHltiC Garantia de COf cor e modelo. j j maiores autoridades mundiais em Administracao, VOLTA REDONDA ESCOlJlO Escolha o O seu SeU ; piano de financiamento. finanaamento. : interagindo e tirando duvtdas via rax. plano,» revolucionar a administracao da sua empresa. NSCRCOES R$ 40,00 J f j E lucrar mais. NO NO FUTURO, AS QUTRAS OUTRAS SERÃO SERAO ASSM ASSiM i ggg/ggg HBbbSBLMW* * VAGAS VAO,AS,"M,TA!0AS LMTADAS meatenomento SEBRA /RJ PHBPl SEBRAE Avenida das Americas, Américas, Tel.: 43ÜF-7Ô j j 5EB8AEMA5PRCbXiMOOUuGUERaSA gj Aberta segonda sabado at6 as ate as A informação vai até você Aberta de segunda a sábado até às 20h e domingos até às 18h. -

29 JORNAL DO BRASL -g -g..-.r, rrr,t-.,r.r, r>.c mnt QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 1996 Cidade ":. jfo Atravessar a Ponte fica Quem r ra a Ponte cllwfc(r V* a pista H mais difícil emergencial junto à Praça do Pedágio deixa duas das quatro faixas sentido Niterói-Rio fechadas até domingo nício hoje de obra A partir de meio-dia de hoje, sair de Niterói pela Ponte tem Como será sera a interdição interdlgdo tudo para tornar-se uma odisséia. Ônibus Até às 14h de domingo, duas das Demeio-diadehojeat6as 14hdedomingo.duasfaixasnosentidoNrter6i-Riolicarao interditadas. NaiprMmajqUinta As empresas de ônibus a Ponte S/A (echari a passagem nas outras faixas, no sentido do Rio. Uma semana depois, seri a vez de interdrtar duas quatro faixas de rolamento em que Estácio) e 521 (Alcântara-Castelo), estará com 10 ônibus extràs operam linhas na Ponte Rio-Niterói direção ao Rio ficarão fechadas faixas em diregao a Niter6i. Na quarta semana, a concessionaria espera conclu ro "Podemos para a realização de uma obra de querem avaliar o transtorno a hoje. aumentar aijitia ser causado emergência próxima à Praça do pela interdição de mais, se for preciso", afirmou o duas Pedágio. Mas a situação deverá pistas na Praça do Pedágio, auxiliar de tráfego Marcos Aurélio Souza Silva. A Viação Barreto antes de decidir se aumentam ou ficar infernal amanhã, quando a diminuem a frota nas ruas. "Não também terá mais dois carros, interdição vai coincidir com o horário de maior movimento na 0N0A L.V.RE sabemos sc os passageiros vão além dos nove que já circulam Tia Ponte por onde passam 55 mil preferir utilizar as barcas. Por isso, vamos conferir o movimento se o engarrafamento à tar- linha 130-D (Barreto-Praça Í5). "Mas, veículos por dia. Barcas, aerobarcos e catamarãs terão um esque-».,»..»».» -» Prafadopedigio Praça pedágio durante três dias para ver o que de for muito grande, podemos-reduzir a frota", avisa o gerente QSnnHBE 5.? 2 faremos", disse o diretor administrativo da Viação Fortaleza, Luci- tráfego, José Antônio Fernandes. ma especial para atender de quem frjmillbl quiser fugir do caos anunciado. Horário que deve ser QSq39 t nei Antunes. A empresa é responsavel pela linha 765 (Santa Rosa- da Viação 1001, Marcelo Moura, Segundo o gerente A Ponte S/A. concessionária evitado: operacional Niterói que administra a Ponte Rio-Niterói, reconhece que os engarrafa- das 6h45 às 10h 0PC0ES Passeio), que atende a cerca de 2 a empresa acionará duas equipes Es,raJ"!orno Z- mentos serão inevitáveis e recomenda que os motoristas evitem R$0,55 R$ 3,40 R$3,40 Barcas Aerobarcos Catamaras Estrada do Contorno ft$ J$*2iU 6H6aUM mil passageiros por dia. para acompanhar o movimento (Magé-Rio). tzt Poucas são as empresas que durante o dia. Uma ficará na garagem e a outra percorrerá pontos - 1h30 de viagem, sem ro de passageiros. A Rio ta, que de ônibus. "Se for necessário, do- 4 acada15 Pfl10 2,77 trafegar por ali entre 6h45 e 1 Oh. a cada 10 "Quem minutos- minutos- minutos- puder, deve optar pelas - a cada a pedágio R$2,77 apostaram no aumento do nútne- at6 at6as20h engarrafamenlo g barcas, aerobarcos ou catamarãs. até as 20h at6 as 20h at as engarrafamento trabalha normalmente com 40 braremos a frota", explica Marcelo. carros nas linhas 749 (Alcântara- Ou então, utilizar o transporte solidário para redu/ir ao máximo Joflo JoAo CerqUGirn Cerquoira número de veículos na Ponte". s\igeriu Roberto Siriani. diretor de construções da Ponte S/A, garantindo que conserto é ina- "o diável". Erosão Na primeira das quatro etapas da obra, 35 homens trabalharão 24 horas por dia para recuperar o aterro que fica abaixo do piso. Na quinta-feira da próxima semana, serão interditadas as outras duas faixas do sentido Niterói-Rio. Nas duas semanas seguintes, será a vez "Naquele das pistas em direção a Niterói. trecho, uma infiltração causou a erosão do aterro, provocando uma depressão na pista. Decidimos fazer logo porque, se esperássemos o período de chuvas, os transtornos seriam maiores", explicou Roberto Siriani. O problema foi detectado há dois anos, antes da concessão da Ponte á iniciativa privada. A ongem é a má vedação da junta de dilatação que fica na transição do piso de concreto da Praça do Pedágio para o pavimento de asfalto ku&tom do restante da ponte. A água foi sc infiltrando, causando a erosão do aterro no subsolo. Aos poucos, as placas de concreto foram cedendo, abaixando também as fai- KOC:ôé?3 \as de rolamento. A solução paliativa sempre foi asfaltar o buraco, mas. em pouco tempo, a falha voltava a aparecer. ). " Para reconstituir o aterro, serão introduzidos no piso tubos mst S5555 «BE? ** B 3S < <»»«/ «/» * ** <*» » <** «* **»««*> que lançarão no subsolo argamassa de cimento e concreto. O tre- por Fugir Magé sai caro cho danificado tem três metros de A única opção para o motorista que quiser fugir dos engarra- terá de pagar RS 5,54 de pedágio gasto maior dc combustível, ele largura e atinge os dois lados da Ponte. "Se chover muito antes de mentos da Ponte è fazer o trajeto nas estradas para fazer o trajeto o trabalho começar, a interdição Niterói-Rio por terra, usando a de ida e volta Niterói-Rio (duas so será feita na próxima semana. E strada do Contorno (Rio-Maque está preparada para ab- Segundo Marcelo Baena, a l,s- vezes RS 2,77). Depois de iniciado, não ha empecillios para prosseguir", disse o sorver um possível aumento de trada do Contorno recebe hoje cê) diretor de construções da Ponte trafego. A informação é de Marceio Baena, gerente de tráfego da mente, numero pequeno se com- cerca de 16 mil veículos dsaria- S< A. Prevista para terminar em 11 de novembro, a obra \ ai custar Concessionária Rio-Teresópolis RS 100 mil. A concessionária preparou um (CRT) r«ponsável pela administração de 22 quilômetros da parado aos 55 mil carros que pussam todos os dias pela Ponte Rioesquema para tentar diminuir os estrada, no trecho entre Magé e a efeitos da interdição das pistas. Rodovia Washington Luís (BR- Uma das medidas foi programar 040). data e horário da obra para que os motoristas que saem de Niterói enfrentem o horário do rush apenas amanhã. Quem costuma deixar o Rio em direção a Região dos Lagos nos fins de semana também não precisará se preocupar em voltar para casa mais cedo, pois o conserto esta previsto para terminar às 14h de domingo. Queixas Acostumados com os engarrafamentos na Ponte. moradores de Niterói prevêem o pior. É o caso do aposentado Egidio Succhesi. "Não quero nem saber de ir ao Rio. Prefiro aproveitar carai". afirmou. Já a agente de turismo Ana Maria di Stasio. que mora em Santa Rosa e trabalha no Rio, garante que não vai passar perto da Ponte. "E melhor usar barcas ou catamarãs", aconselha ela que, na ultima vez que usou ônibus para voltar para casa. ficou mais de uma hora presa num congestionamento. A dona-de-casa Estel Atanasio è ainda mais radical: "Não vou sair de Niterói tão cedo". Segundo Roberto Sinani, após a reconstituição do aterro sobre o pavimento, ha um cronograma de obras para os provimos quatro "Muitas anos. delas acontecem dentro da Ponte e não vão atrapalhar o trânsito. Barcas e aerobarcos são Na expectativa de um aumento na procura pelos transportes maritimos durante as obras na Ponte Rio-Niterói, a Companhia de Navegação dos Estado do Rio de Janeiro (Conerj). que administra as barcas, e a Transtur, empresa responsável pelos aerobarcos e catamarãs. preparam-se para transportar um número maior de passageiros do que o habitual. A Coneij continuará trabalhando normalmente com seis lanchas, mas deixará duas embarcações prontas para entrar em operação, caso haja aumento da demanda. Já a Transtur pôs â disposição dos usuários dois novos aerobarcos que. juntamente com os três que circulam normalmente, sairão em intervalos de quatro minutos Os dois catamarãs da empresa farão a travessia a cada 15 minutos. De acordo com o diretor comerciai da Transtur. Maurício Canalho, a companhia também está estudando a possibilidade de estender o horário de atendimento até as 21h. Normalmente, os aerobarcos e catamarãs fazem o trajeto Rio-Niterói-Rio das 7h as 20h, somente "Também nos dias de semana. estamos pensando em botar aerobarcos circulando nos fins de semana, caso a procura seja grande", informou Maurício. Os usuários da Transtur poderão obter informações sobre o funcionamento das embarcações pelo telefone A tarifa para os aerobarcos c cut3iruinis c dc RS Normalmente, a Transtur as opçoes transporta um total de 14 mil passageiros diariamente. A Conerj informou que vai continuar a operar com seis lanchas, cada qual com capacidade para 2 mil passageiros. Seguindo um procedimento rotineiro na empresa, duas outras embarcações ficarão de prontidão, entrando em circulação caso haja necessidade. No horário do rush, as barcas costumam sair com intervalos de 10 minutos. O secretário estadual de Transportes, Francisco Pinto, recomenda que as pessoas utilizem as barcas enquanto durarem as reformas na Ponte "A Rio-Niterói. oferta de barcas foi recomposta em setembro. Estamos com lugar sobrando", garantiu. Apesar de garantir que a Rio- Magé esta preparada para receber mais veículos, Marcelo não acredita que o fluxo vá crescer muito por causa das obras na ponte. "Para chegar ao trabalho no Rio por Magé, o morador de Niterói teria que acordar 40 minutos mais cedo. A maioria vai ter que acordar cedo de qualquer maneira, mas acho que vai preferir ficar no engarrafamento para gastar menos combustível." Para fazer o trajeto Niterói- Rio pela estrada, o motorista gastaria pelo menos 15 minutos na rodovia BR-101. de Niterói ate a entrada da Rio-Magé, no Trevo de Manilha. A partir dai. ele teria de percorrer mais 56 quilômetros até a Linha Vermelha, passando pelas rodovias BR-493 (de Mamlha ate Magé), BR-116 (trecho administrado pela CRT) e BR-040. Caso não enfrentasse nenhum congestionamento, o motorista gastaria cerca de lh30 no trajeto. Se o tempo do percurso pode não ser muito diferente do que supostamente se gastará no engarrafamento na Ponte, quem optar pela Estrada do Contorno lera de desembolsar um pouco mais para chegar ao trabalho. Alem do Niterói. "L.ssa e uma estrada upica de fim de semana, usada pnncipalmente por cariocas que sobem a serra na sexta-feira e descem no domingo. Não esperamos um grande aumento no fluxo de carros, mas já estamos notando um crescimento de 20% na circulação de caminhões", conta Marceio. Comércio Ao contrario da CRT. a grande maioria dos comerciantes de Magé principalmente os donos de estabelecimentos situados na beira da rodovia aposta que as obras da Ponte vão melhorar substancialmente a sua arrecadação. "O movimento aqui sempre foi fraco e so poderá ficar melhor com essa obra. Quanto mais engarrafamento na Ponte melhor para mim", diz o borracheiro Jardel Petterson Medeiros, de 17 anos, que chega a ficar um dia inteiro sem atender qualquer cliente O dono de uma pensão no quilómetro 20 da estrada, AristidCs José Afonso, de 47 anos, mora ha 20 anos em Magé e não se lembra de grandes congestionamentos na rodovia, onde a tranqüilidade pode ser medida pela grande quantidade de bicicletas e animais que dividem espaço na rodovia com os carros. "sso aqui só fica mais movimentado quando o pessoal volta do feriado", lembra Aristide>

30 QUNTA-FERA, QU1NTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 1996 JORNA.nO BRASL - JORNALDOBRASL CDADE CDADE Alexandre Durüo í..í-n?1*!; TZZr,c mais 14 ti Por <JU. ca* «M14 ***** P* H " "" "" S""" Rcbo({ues [) da prefeitura sob suspeita Uma arrecadagao arrecadação milionária miitoniria1 SStooSSSkwSK0 uma 0 castigo do motorista ~ V/U)io LAU ondc uma das partes podc prestar MBCTniMinSSniilSilSBPMWMBMB CARROS REBOCADOS (Jan/96 a set/96) Tarinra Ptlfrentl ldodonodocaminhao.no De Janeiro a sctcmbro deste service ao governo por tempo in- 111 LaHOCa eihlulld Ml n,,u cas0 um cert0 jose Nlana ano carros foram rcboca- detcrminado, revelou. Centra Gl6na HH Via CrUCS para Delfino da Silva); e a da diana dospcla prefeitura por estarem Viveiros de Castro disse aincla Botafogo HE1«KH lihpnr veicillos Eprovavelmentca untcadiana., estacionados em locals proihidos que a formula de pagamento ado- Botafogo MS panema KtH!r n: do Pais (lue nso v#e em 24 infracao ao Codigo de Postura tada em beneficio dos rcboquis- Copacabana Laranjeiras WLiJMti 5 r9 ANA MAl)l!RHRA Df boras. sso porque so o earro K.innii*in*it fk inrnntos cnie nao tas. ondc o propnetario do veicu- Flamenoo Flamengo BiTflB tete 0 susto corneal qua ndo vofni hoi-fjo as 7h e VCK o niyintram nn cidade ondc csta- lo e obrigado a depositar RS W),M, mii L, iw cc sc da conta deque o carro nyupera ;ls h do dia seuumtc. Sonar, proporcionaram ao gover na conta de um particular, _ na0 csta FS.0,uk ckl0,uc1 ja sao duas diarias! no municipal e aos reboquistas representa outro flagrante de ile- j~ 1 xado. Rouboea primeira coisa Sc voce recupera-lo no niesarea dc RS 370 mil, valor equiva- plidade: hana legisjpo Jfc Janeiro "Nao Centro j*-, que sc pensa. Mas voce acafti mo tiia. as trcs viuia> juntas lentc a pisss salariais dc nenhuma forma de pagamento cm / Rio de Janoiro j n, Wk tendo a surprcsa de ygriidavcl lolai,/am quasc R5 1(H). Se o professor municipal. A multa csta que o devedor deva depositar di- descobrir que clc ioi api-im rc- carro pemoitar no rebospdivida entrea laxada Secrcta- nhciro na conta de algucm. Sc bocado. W come?a o castigo. amanheva ria Municipal de Fazenda (RS mccanismo fosse dentro de um Catete 0 proximo passo e saber sej int,ct0 Voltantlo a Wrf crucis: 30). o deposito na conta pessoal paranietro de legalidade. o per- FlameiflO Flamengo fabk veiculo foi rebocado pcla enfrenta-sc fila. pega-se as trcs do rcboquista (RS 39.19) e a dia- missionario (reboquista) seria res- Laranelras ou pcla Guarda Municipal c ltulas, enfrenta-sc fila novaria referentc a permanencia do sarcido pela prefeitura". disse, Botafofloj Laranjeiras J 4 ondc foi parar. mente no banco 1 volta-sc ao carro no deposito publico (RS afirmando ainda que cstc modelo Botafogo 1 Ao chegar ao deposito. o dcnosilo para rcurur o carro ), totaluando RS 88,39. favorece a evasao fiscal ja que nao RO OE JANERO motorista tern que enfrentar [ d.,. exanlinc 0 eio de A contratagao dos rcboqucs h;. m comprante oficial dc pa- uma cansat!va f,la pcpar trf mao H comum clc ir para as nao passou por licitacao. hies lo- ganj-nt 0M guias dc - pagamento a da 0!CSU0 kl,ar ram cadastrados e passaram a Procura Procurado ontcm U HMin multa por cstacionamciuo irrc- niciencia prestar 0 service apos uma visto- 1 JBSM gular; a >1» pw Jo refque qw "UM ;»a pmtnaa. sua pb (niannteda panema 0 (RS 39,16, dcpositados na con- CK>rd- BANOU re míaboocfoeístante prefeitura. Nao disse que a pessoaimais T / -FavoXc.iio- V eoncessionarios porque nao uulicada para fakir a respeito era (."Wro LlrTx Od C/A./n veiicitacao. Muito menos pcrmis- o presidente da ClTjRio, Carlos JpLrlhlyi ( Wl lle-yr?? JSÊítiã rk& 1/Í1 sionanos. porque outros profis- l.duardo Maiolino. Este, por sua ---. A k ftm m gs Jk J j r -o»po».to»ni 0»pô»ilo im AinOi N sionais nao foram comidados a \ez. afinnou que desconhcaa UHfl A A 00 0,rno}R ONMtiBO CHEQUE 1 0 U 911 (S?"nH participar. Portanto, trata-sc dc questao legal de contrataijaoic pc- % (10) LJ (141, 0 W W yihu um acordo ilegal que fere a tanto d;u p;ira que fosse procurado um 7 ATENÇÃO f. O 0 VALOR VAL0R AUTENTCADO autekticaoo SÓ so SEHÀ seba VAUOO vauoo SEM eoj emehoas. EMENDA a lei 8666/93, das licilavoes. como assessor juridico. i taior ta«e dlirla wauhmbrnrotmmtopobawj RAAUBAS e FOTO Bi UÍCMHA DO DaWCO.-- yj UBr,Tll, rm ) é o valor da multa és valor di taxa i o valor da diária no depdslto (Sec. Municipal de Fazenda) de reboque ÜÍ6M.S«Wf6rt Prazos Para 0 aqvogado, o gercnte de estacionamcnto da RS { ilcgalidade do acordci cntre CET, Ricardo Mclo. A contra- LJ A.BlV J 4!s ub prefeitura e reboquistas e a talta tai;ao c respaldada cm um decreto ObnyMv OònyKk) p**!o io iw»<» depósito deposito de um contrato que cstabek\a o assinado em 1994 pelo prefeito UHH j=r j~....r. r/t-7 prazo para a prestaijao de servi- Cesar Maia". revelou. dizendo Total a pagar Total anacadado f! Por cada corro car? rchocado. José Mario ganha RS 39,16 Total snacadado "Nao ~~ pela prefeitura~ cos: existe na legislagao lie- que ainda ha \agas abertas para Cgmpinhliit fcfiti CompinhU Oi nftrttfs & rltsgo rrtmjo(cn-m/ (Cf!-RO) nhum acordo formal ou informal reboquistas. Verfladeira PM e reboquistas agiidem reporteres do JB Verdadeira maratona wlson AQUNO propria Uma " cquipe do JORNAl. DO ftii/endo que aquilo nao era quilo que ela própria define como W SON \QU1N0 dissc aos jornalistas que deveriam, "burrocracia nt i h k! i : tcve BRASL que esteve ontem no de- a casa da mae Joana equta cq publica". Ela teve jda-sargento Guaraci passou procurar o setor de relaoes publivitxirde terl cmo rcbocado seu Fiat rcbocado PraCa posito da Pohaa M.litar na Rua do JB nao podena estar all sem..voc0s uns palha- cas da Policia Militar antes defaze- Como se já não bastasse o diss;ibor o carro rebocado, os tern cumnrir Saenz Pcna, as Mcia Benedito Hipolito. na Pra(,a On/c, autoruavao. sl Fiai Uno rebocado na Praça Vou mostrar pra voces com rem uma reportagem no local, demanloni i velcuios deptms infonnada rcportagi s Saca/ Pena, às loh. Meia hora motoristas têm que cumprir uma jx>li- fazendiguma lncentivado pelos reboquistas. o quantos paus se faz uma canoa", volveu os equipamentos apramdiiesos3!;; depoo 1otlci.i cal drama dos motonst s «maratona depois foi para reaver os vtfcülos nformada por um policiai que o reboque havia je tcntou ainda lonuir a ca. Jn(ava 0PpM. dos e liberou aegipe. dand(wa«) levados para o deposito da Polícia passado. Militar, Miluar. na Rua Benedito Hipolito, na Praça On/e Xv entre 10 depósito da Benedito Hipoliio Às As 0h45m, Oh45m. Rose já ja ema\a estaxa no wrbalnwntepor PM e mcra do lotoprafb Alexandre Du- As agressoes verba.s prosscgui- DObRL Tntretanto, to. Pr.xa Onze depositcii Hipolito. ; rek.xjuisfis. Aos bcrros. o PM rao, que se rccusou a entrega-la e ram ate a chegada da tencntc Janai- i AL,,M ()J burocracia Dcniorou huma lila eonhecido como sarucnto Guui- mesmo assim ieve a maquina ar- na. supemsora do sargento (juara- pres ou Demorou 10 minutos numa fila pessoas reclamam da burocracia e cstrutura deposho, rancada. d f ouv,u,af# :l versa0 d,c "if da falta de estrutura do deposito, para confirmar que seu carro eslava ali. Mais 2U minutos, em ou- que rccebc recebe 20 minutos. dezenas de carros diariamente tem 25 reboquei reboques parira tra fila, fila. para pegar a GRV. tirv. Dali. ticulares a seu serviço, mas partiu para o Quartel-general da apenasdois funcia- Empresa fatnrou R$ 1»1 milhao com iniutas lm. na Riu Evansto da Veiga. multas conta com funcionarios para registrar a entrada, Centro, para apanhar o nada longo da via expressa, de acordo guardar, emitir a Guia de Reco- consta e a liberação do carro. Em himento Veiculos (GRV) %uida] tcve Antonio Manocl Rato, disse ontui com a Secretaria de Obras, e checada anualmente pelo nmetro. Caso autompveis car Sreboque diaria que nao hou\e licitao para aeon- hivhento de Veículos Btra. acordo com Antonio Rato, o que ) e liberar os automóveis seguida, teve que ir ao Banerj pagal o S«Rod i.vmifunderj, subor- acontece com a Engebras e um con- adultera?5o, cstrutura Sito - e a diária do deposito haja adulteração, o contrato pode A falta de estrutura e tanta que RS 58. 7«o% Z[ol o governo nao ser rescindido automaticamente. um vendedor ambulante, ambulante. que se X-poís Depotf da maratona de filas lilas e [U..lsiao a Enge. Qbras, de 12 de Janeiro a 15 de gasta, somente arrecada. 0 repasse Para o deputado Rubens Tavaidentilicou apenas como 1 abio, aluo, pagamentos, pagamentqs esbaforida. csbalonda Rose re- mch" P 4 k identificou Qutubr0 foram emilidas 376 mi dos ;o./# das mulas f01 uma forma res (PP) esse contrato de hca vigiando o portão portao para que tornou ao depósito deposito jxira retirar retir.r Associao cavalheiros entre a Funderj e a Engebrâs Engebras e, fica jxira Brasiteira dain- multas. 0 total arrecadado ate ago- de isentar o governo de custos para ninguem ninguém fuja com wm os carros sob a seu carro. He Doce cc ilusão. ilusao. Eram am Etelrica e Eletromecamca ra foi de RS 5.6 milhoes, com um a impiantaqao do sistema. "Eu estranho. Ele argumenta que as empresas de multagem eletrônica não custodia da PM. Eu sou o X-9 \-9 Í2h30m. UtfOm.o o depósito deposucta estava alech- fechado para o W almoço e uma policial poutwi l\oi c > (ABNEE) e na Confederal Na- repasse de RS 1.1 milhao a Enge- Para 0 secretario de Obras a sus- eletromca nao (informante) daqui. Ja segurei de que a Engebras multa alea- são sao obrigadas obngadas ao cadastramento na ( Scarasjile dois carás que tentaram fugircom militar itar informou que 6 poderia recistro era requisito necessario pa- A afirmavao do deputado esta- tonamente visando lucro e inlun- ABNEEeCNl. c CM. Tavares Tuvurcs vai pedira a o carro. Sc Se clcs eles conseguem, comegkm. os berar lix-rar o.arro< carro depois tw das 14h.. pfoa.sso iicitato- dual Rubens Tavares Jc que o "Eles go- J,lLla lrabalh;un com unu instauracao dc Comissao policiais J0hc,a,s ficam presos", prcsos. cnu.u contou o Porjmd volta das 14hl5m. o dep\)sito "HSto fcsrio c Jc vcrno mm tcrccinzando a arrc-,a,ist,ca mu d,al dc m loda instauração dc de uma Comissão Parlamentar de nquérito (CP) na As- ln,u6rit0 a jtrnbulante; ambulante, acrescentando reabriu e a supervisora ouc de vendas, "tem que jemccnuri. as ou.r > cmprms cxisremcs cada(ao lambcm foicomcsuda pc- populasao comc.c esse Upo de m- Lecislauva pan. pena" dos PMs que traba- que não pôde Z»* almoçar, pois Corria sembléia Legislativa para apurar o Hum SL& P sc cadastral lo sec-reranomixoff o risco de A && assumo c cmar ata ham no depósito. perder o lugar na fila. ~ Wf"0 "ua assunto e entrar com uma ação popular pela anulação das multas S J S. eu «Uvesse repassando porcema- dade das ctmeras.mplaoradas ao polar pcla aoulao Uv A supervisora de vendas Rose finalmente conseguiu ter o carro Veríssimo foi uma das \ itinias da- liberado. ~ Desconto Oesconto especial 2a, 2?*, 3as e 4as 43s. jnl tin " mu at AMi,aBios Aceitamos Crellicard Credicard e Visa Cama, cadeira, armário, mesa. QS E P ns.. i mied TDlmVPllKRiniM 111 1&5 ilhcl Oscupinsadoramosm6veisdasuacasa. os móveis da sua casa. A C4C4 1 llllbltfr UniRrljii llhryllyk sso sso sem falar nos livros, livros. antigüidades antiguidades e nllz"3 3t ft H 1 ffllil obras male WUm obfas de arte. Por tsso mate os cupins sem pena 5 Porque na sua casa só tem comida pra quem é da família. Pest Controí f

31 ) 24JORNAL DO BRAS1L CDADE QUNTA-FERA. 24 DE OUTUBRO DF. Í9% Levado para os hospitais Geral de Bonsucesso e Cetúlio Vargas, Ricardo não foi operado e, ao contrário. foi liberado após ser medicado. Ricardo foi baleado por volta das 13h05, no pátio da escola, onde aguardava com outras cerca de 400 crianças o toque da campainha de entrada do segundo turno. O menino estava no pátio interno da cscola. em companhia da mae Maria da Conceição de Morais da Silva. p6. c da irmã Michele.. matriculada na 4 série da mesma escola. Liberação Ricardo foi socorrido por Ehsabeth da Silva a- menino em escola Projétil de calibre 9mm atravessa braço de garoto que estava com outros alunos no pátio de colégio próximo ao Morro do Adeus; VV André Arruda Mais um menino foi atingido, garro, que também aguardavaxom ontem à tarde, por uma bala perdida no Rio. Menos de 72 horas de- levado para o Hospital Geral de suas filhas o sinal de entrada, e Bebê baleado «.O JÜfc pois que o bebê Lucas Cabral Albano, de nove meses, levou um tiro dica, Jorge Davi se negou a comen- A família do bebê Lucapgjb- Bonsucesso. O chefe da equipe mé- está em casa t domingo passado no Maracanãzinho durante a apresentação do tou o cirurgião Antônio Abílio tar a liberação do menino e aponbral Albano, de 9 meses, nãoxánsa de agradecer a Deus Circo de Moscou, o menor Ricardo de Moraes da Silva, 9 anos, BRASL considera um milagre. não encontrado pelo JORNAL DO "Nfflwpi qfljhe como o responsável mais estudante da 2a serie da Escola Municipal Pedro Lessa, em Bonsuces- do menino levaram Ricardo para o estava no meio do caminho?}- por esses casos. Revoltados, grave porque a mão de$m}s os pais pete sem parar Gilson CabraUayo so, Zona da Leopoldina, levou um Hospital Getúlio Vargas, onde da criança. Lucas deixou ontemà tiro de calibre nove milímetros no também não foi operado e liberado tarde o hospital onde estava iutérnado desde domingo, depois de braço direito, quando esperava depois dos curativos. com a mãe no pátio do colégio o Localizada a menos de 800 metros do Morro do Adeus e a cerca ler sido atingido no braço direito sinal de entrada do turno da tarde. A bala entrou no braço do menino de 1.5 K.m do Morro do Alemão Ln. por uma bala perdida durante o na altura do cotovelo e se alojou no duas das favelas mais perigosas da espetáculo do Circo de Moscou, no Maracanã/mho. cidade, a Escola Pedro Lessa Passado o pesadelo, Lucas teve pulso. tem mil alunos divididos em dois um dia agitado: chegou em casa, turnos. Segundo a diretora. Mareia em Vila sabel, às 16h30 e logo de Sá, o colégio é um local tranqin- recebeu a visita de parentes, viu- "crianças lo onde as vão apenas para estudar". A diretora disse a policia que estava no portão recebendo os meninos para o segundo turno mas não ouviu nenhum estampido de arma de fogo na area. apenas ouviu Ricardo falar para a mãe que havia recebido uma pedrada. Ela disse ainda que o estudante estava do lado de fora do portão falo, negado pela mãe e pelos estudantes no momento em que foi atingido. tí VV Ü1 Liberado eíf&is hospitais piihluos, Ricardo foi atingido no Cotovelo e tu ou com a bolo alojado «gpulso nhos, curiosos e amigos da fsplia. Apesar de um pouco cansado, ele passou a maior parte do tempo bem disposto Depois de um bofn banho, foi para o colo da «mãe fazer o que mais gosta: mamar. "Achei que havia perdido a minha paz. mas hoje agradeço-a Deus acima de tudo", disse Gicber, pai do garoto, que, na hora do acidente, estas a com Lucas 6 colo. an F arma [Xsempregado, com fòme c sem condições de sustentar os três íilhos, o ex-vigia da Riotur Antônio Alberto de Souza Lima, 31 anos, conseguiu chamar atenção de todos para o problema que está vivendo. Na manhã de ontem. Antônio entrou na sede da Riotur empresa de turismo do município e. usando um capuz e uma pistola, tomou,i secretária Ana Maria Andrade çomo refem Desesperado com a falta de dinheiro. Antônio ficou por 40 minutos na antesala do presidente da Riotur, Marcelo Siqueira, apontando a arma para a secretaria. Antes de fazer Ana Mana de reícm. o cx-vigia ameaçou os próprios filhos. No fim de 40 minutos, Antônio entregou-se para a policia, que ocupava o 9" andar do prédio da Rua da Assembléia 10. no Centro. Depois de deixar os funcionários da Riotur em pânico, os policiais tive- am uma grande surpresa com Anlônio: a arma usada pelo vigia era de brinquedo A atitude desesperada de Antônio aconteceu um dia antes do anversário de seu filho Nazareno, que hoje completa anos. Além do menino, o vigia iam- * bem levou os íilhos Cristiane. de 10 anos. e Pedro, de 5. Sem poder dar ao menos um prato de comida para as crianças, o ex-vigf decidiu chamar a atenção para resolver seu problema. Antomo Alberto e um dos 322 funcional ios da Riotur que foram demitidos da empresa em junho de 1993, quando esles contratos foram anulados pelo prefeito César Maia. Sem direito ao Fundo de Garantia BDMffi Saiba antes de atender quem está ligando.» Memon:a as ultimas 700 lyafóes Pode ser levado p/ qoakjuw ponto do amtueofe, não piaosamio ficai fno no mesmo lugar. Rrgrstra o tha. o ftorano e duração das liçaçóes n?cesütes e emitidas Galvâoe Rodrigues Ltda. RuaUruguaiana,118-S.610 A CASAN por Tempo de Serviço (FGTS) e rescisão de contrato. Antônio não conseguiu sequer dar baixa em sua carteira profissional. "Estou ha quatro anos com a carteira profissional presa estou desesperado. Quero voltar a Jrabalhar como qualquer cidadão. disse depois de preso. Durante o tempo em que Antônio loi demitido da Riotur, ele chegou a fazer biscates cm obras. "Tenho muita disposição para o trabalho, mas não consigo emprego. Na cadeia pelo menos, eu vou poder comer. disse. A atual mulher de Antônio. Maria Aparecida dos Santos, disse que não sabia que o marido lana isto "Ele saiu de casa sem di/er aonde ia", disse. Maria contou que a laniiha dorme em colchões finos no chão e o aluguel já está atrasado há três meses. A aventura de Antônio Alberto, no entanto, não teve um final feliz. O delegado-adjunlo da a Delegacia Policial (Praça Máuá). Adalberto de Andrade, enquadrou o vigia no artigo 158 do Código Penal, que prevê pena de quatro a 10 anos de reclusão. Contratado em 1 J como vigia. Antônio Antônio foi dispensado em 1993 pelo prefeito César Maia. com 321 funcionários da Riotur e outras empresas públicas. O preleito usou como alegação o lato dos servidores terem sido admitidos sem concurso público depois da Constituição de A Procuradoria Geral do Município considerou as contratações "nulas e os lunciónários perderam iodos os direilos trabalhistas 1 ano do garantia SC GOVtUNO Dt SANTA CATABMA AVSO DE LCTAÇÃO N 428/96 CONCORRÊNCA PUBUCA N 24/9Ó ACORDO DE EMPRÉSTMO N" LOAN 3442 BR t A COMPANHA CATAHNENSf Df ÁGUAS l SANEAMENTO _ mo do Banco M.-maoonal WJ -- raxxtol relativo.«custo do P>o*1o de Mode.míWio do Aulor-sçio, pmmde apliem pam d» ntuws empw,bjesmccx " tom*» do contraio Aqutwáo dt Eu«<fc> rtr R»d>o Quadro de Corwrxto, Ftxix-cxwmo e Sw de Moto Reduto** para de u ch«wco apect À CASAN dcavan» de«iom«vida COM»>«ADOK aflora "l**" NENTES adrmssivws para o tor*chrxmto dos bens retendos no l tsi*-olicscc»» Teco*» (SeçioVdo Ed<tall O PROPONENTE sonvn«* pod«*a uma pwooosta mdiy»doakwnte ou com. Or um "jotot-ventun» consó»c»o PWOPONtNTE A docunxfiiaçào COmpku n-iai». a concorténca pode w< admissível mednt? rfcoíhfmeok) de CASAN Rua As Cmp-m propostas devwío se< wwgoos «o Proiocolo da D.vs«i da Mwa 174 são» MO Booan6pot«.SC até as tot - Rs acomf\cm>hacms de uma «aianiui de proposta pw» cada to*e nos ~ looo Lote 2 RS Lote 3 R* e Lcrte 4 RS 3WOO e se«ao abeit».uw (Su««dod«?6de nsiro de 1996 n. prea dosm*r«ad«quea toc«. o» 1 2» 3 - Alentada da CASAN - BR Trevo de Sèo Jose. SC»> o U*e4 rvo AWrio <adooaca Ctupeco na Rua Cisto Ftedaojornr «X contonn» desetno noescopode Fornetnv to (S.:vk>!V do Edital) 1 ol rt+u «Stario à disposição dos «ow>rt«sados no wòwíço menc.on.joo t? avso, a ua-iv do d«a 25 de oututxo de 19% Ack Cardoso Gentd DRítORA AOMÍNSRATVA ENTREVSTA/ANTÔNO DF: SOUZA LMA "Eu QMorador da Favela Mova Brasilia, cm Ramos, o ex-vigia da Riotur, Antônio Alberto de Souza Lima, 31 anos, sempre evitou contato com os "Se bandidos do local. eu desejasse entrar para a bandidagem eu teria entrado. Eu moro na favela", disse, desesperado. Foi este desespero que tomou conta de Antônio na manhã de ontem. E ele resolveu chamar atenção para seu problema. Paraibano da cidade de Guarabira, Antônid vive no Rio desde os três anos de idade. Durante o período que foi. jjf demitido, o ex-vigia fez biscates em obras e recebeu ajuda dos pais e amigos para alimentar os filhos. O quç o le>ou a fazer isto. Sou funcionário da Riotur. Vlo que consta, ainda não deram baixa na minha carteira Então, olha so o meu desespero 0 César Maia me dispensou, assim como outras pessoas, hu estou querendo trabalhar e a minha carteira esta presa ate hoje. O meu aluguel está atrasado meses e estou dormindo no chão. Mas poriik atr desta forma. Eu fui la pira conversar, falei com o próprio presidente e ele falou como se eu nao tosse nada Ele disse para eu ir no Departamenlo Pessoal pura dar um carirobo de nulo na carteira, l.u perguntei a ele pelos meus direitos e Câmera filma assalto em banco do Rio A policia já iem uma primeira pista sobre os assaltantes filmados pelas càmcras de circuiló-in terno da agência do B,inco Geral do Comércio (B(K ), da Ru.i do Rowno. no Centro, durante um assulto na manhã de ontem. A desconfiança è de que dois dos cinco integrantes da quadrilha sejam gêmeos. As cenas mostraram, mas uma vez. a falha da segurança, que sempre libera portas para mulheres de meia idade com bolsas. No caso do assalto, foi uma delas quem pôs para dentro da agência as pistolas e a sub-metralhadora utilizadas pelos outros marginais estava desesperado" ele dis>e que eu ia perder os meus direitos. Porque você entrou lá? Era para chamar atenção. Eu ate dis>e que estava com uma granada, porque estava precisando muito. A sua atitude não poik prejudicar sua >ida daqui por diante. Vai, mas è melhor eu sair prejudicado, porque estou querendo trabalhar e não posso, (chorando) É melhor do que ver meus filhos passando Você fome. tem procurado emprego? Não estou escolhendo empreao. Eu trabalho numa obra ou em qualquer lugar. Eu só quero trabalhar para dar de comer para os HPPPP." tesft Quadrilha em fuga lança granadas Quatro assaltantes que fugiam de uma perseguição policiai pela Avenida Brás de Pina, em Vista Alegre, na /.ona Suburbana, em um Santana a/ul roubado, placa kns lançaram, na madrugada de ontem, duas granadas próximo a um posto de gasolina Os explosivos. encontrados por um menino de 12 anos, não deionaram O Esquadrão Anii-Bombas da Policia Civil conseguiu isolar a area a tempo Os bandidos lançaram a primeira granada, uma Nl-4 de fabricação nacional e de uso exclusivo das Forcas Armadas, no próprio posto de gasolina O explosivo, protegido contra a detonação per um grampo de cabelo, foi retirado da area por técnicos do Esquadrão Anti-Bombas e detonado com a proteção de sacos de areia molhada A segunda, uma MK.-2 de fabricação americana, foi encontrada também sem o pino de proteção, na Avenida Menti, a 200 metros do posto de gasolina, e podia explodir a qualquer momento Nao havendo condições de sequer tocar a granada, os técnicos a detonaram no própno local onde loi encontrada 0 bando havia sido surpreendido por policiais do 16 BPM (Olaria) durante a tentativa de assalto a um posto de gasolina. Adriana Lor»l«m K meus filhos e pagar o aluguel. Sc eu quuesse roubar, seqüestrar ou fazer mal a alguém, eu entrava para a bandidagem. Eu moro numa as ela. mas não tenho coragem para fazer isso nao. Mas porque esta atitude. Eu fui lá conversar, mas nao teve sffução nenhuma. Eles não dão atenção, porque são uns grandões. Quíiltjucr funcionáriozinho não deixu você entrur numu sala dessas sem mais nem menos _ Daqui para frente, o que você vai fazer? Daqui pra frente eu sei que vou ficar numa cela dessas, mas pelo menos vou comer... Meus filhos estão sem café da manha. Camelôs não podem vender; A perfeição da arma de hrinquedo do ex-vigia da Riotur Antònio Alberto de Sou/a Lima foi a principal responsável pelo pânico causado nos corredores da empresa de turismo na manhã de ontem "Não dava para ver a arma, porque estava atrás da mulher. Mesmo depois que vi nao poderia dizer que era de brinquedo, até porque a arma tinha inclusive pente (carregador)", disse o capitao Chivandro Santiago. Ao usar a arma de brinquedo, Antônio pôs vm risco sua própria vida, já que os policiais poderiam abrir fogo contra ele. Caso desconfiassem que Antônio atiraria. As armas de plástico ja causam polêmica nos Estados Unidos desde W7. quando os brinquedos foram considerados muito pe rigosos. Os americanos acreditam que quem usa o brinquedo como forma de ameaçar alguém é uísensato, já que o porte de armas e liberado e a maioria dos cidadãos anda armada. A perfeição das armas de plástico fez com que p presidente da Líbia Muammar Kadhafi importasse 100 pistons Glock 9 milímetros de tjrinquedjj). em No Brasil, a Polícia Federal ja destruiu mais de 5 mil armas 4c "ptngosas". No uno passado, lis «.ff- brinquedo, por considera-las mas estavam sendo usadas cm ;isaltos a banco. A polícia também proibiu a venda desses brinquedos por camelos. A maioria das pistç- as de brinquedo chegam ao RJo pela fronteira com o Parati, sempre contrabandeadas». \». Homem se joga da Traficante Ponte Rio-Nterói é preso Um homem ainda não identit içado se em Vigário suicidou pulando hoje cedo do vão central da Ponte Rio-Níterói. Ele ainda foi encontrado vivo por um pescador mas, poucos minutos depois, não resistiu aos ferimentos. O corpo da vitima loi levado de lancha pelos bombeiros para o Grupamento Maritimo do Salvamar (G-Mar), em Botafogo. O trânsito na ponte ficou congestionado nos dois sentidos União investirá no estado ano que vem No proximo ano, a União vai investir RS 3H0.2 milhões no Rio de Janeiro, de acordo com a proposta aprovada pela Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional Mas os cálculos são prelimtnares e devem sofrer mudanças, já que os parlamentares têm ate 1 de novembro para apresentar emendas ao projeto original do governo. traficante Jorge mberto Vieira, o j Bt iinlw, 24 anos, foi prio na Favela de Vigário Geral, subúrbio da \ Leopoldina, ontem pehu manhã. Ele estava sendi procurado pela policia. acusado de ser o gerente-geral do chefe do trafico no local, conhecido como Ulissei Jorge Umberto foi presp por policiais da Divisão Metropolitana de Policia Civil 3 (Mctropol)e» levado a 19J Delegacia j Policial (Tijuca),

32 QUNTA-FERA. A-FE1RA, 24 DE OUTUBRO OUTLJBRO DE l6 19% JORNAL DO BRASL 25 CDADE CDADE Alborlo Jacob aayy *% j REGSTRO JMH Armando Favnro. lit- W*Sfk, Premiada: a <& 4(Sf» Lan«?ado: Sao v0/ Premiada: pela oitava Lançado: ontem em São vez a agência agencia Portafolio Co- Paulo o primeiro disco dos municação com o Prêmio sobrinhos de Michael Jackson. Brotherhood. Taj, 23/ Aberje Rio cie Comunicação, promovido pela Associação Taryll, 21, e Tito Joe, 18 (foto),filhos do irmão mais ve- Brasileira de Comunicação Empresarial. A agência venceu na categoria Jornal nterlho de Michael, formam o grupo de rythmn & blues 3T no. com o trabalho Trend on YTZHAK RABN ZL -L ANO BANCA B1ANCA POLJOKAN 1 NCOLA ALBANO /,TZ"RABNZL T 3,nos ios (DESCOBERA MATHVA) -fa A Diretona e (uncionanos do CEPERJ - (DESCOBERTA DA MATZEVA) Centra de Prematuros a familia COnvida DeSCOberta A A j a waiter «m i.m.braik.i a um ano <J«taiocirnento do Estado do Rio do Janeiro convidam para a missa de seu saudoso A Sua família convida para a Descoberta Matzejva dg quenda inesquecive! ZTZ\.w * eocio-fundador, a ser celebrada HOJE, as horas. na gr X yy X da Matzeiva da querida e inesquecível Ri Sf do Carmo. a ma 1" de Maryo - A. A Centra _J OUtLlbrO Bianca, a ser realizada no Domingo, dia horas. OO 27 de outubro de às horas, no " "" Cemitério Comunal sraelita do Caju 1 General-de-Exercito HEL0SA HELOÍSA LOPES VDAL General-de-Exército r", ANTONO CARLOS DE ANDRADA SERPA a L«a. 64 seu.aiec, (MSSA DE 7 DA) WW "f* mentb jnunica a celebr :ao da Santa JACOB KREMNTZER JL lamilia agradecl.as maniflstacoes de soiidariedade (MATZEVA) Missa em memoria da bonissima HELOka A (amijla agradeci as manifestações é folidanedade (MATZEVA) T pot ocasiaodo tipcimentoecoovida > realizar-se poi ocasião falecimento e convida pata a Missa de as 1 9 hoias do dia 2b de outubro td Dia. Dm amanha AMANHÃ 2b 25 de outubro, outubro. às huias na lg<ejc,9u,a Mania, J,,30 Jose Krcmnitzcr famdia convidam fejra). na greja de Nossa Senhora do Rosrio. da Santa Ciuz dos Militares Rua 1 de Marco Mania, José Kremnitzcr c família convidvim para a -JP- 11- DESCOBfRTA sou qucrido na Rua General Ribeiro da Costa, etnt. PtSCOBtRTA DA MATZEVA do seu querido JACOB, lomingo, 17/10 as 0:30h L cmitc- """ " jacob, domingo, dia 27/10às 0:30li no Comitê- AVSOS FUNEBRES rioggdclt sraelita de Vila sosali (antigo). FABO RELGOSOS E FÚNEBRES FAR1A MEDEROS Class" T«a*Kmww«RosKucio«5iiiv»5 Nas Lojas de Classificados TUBA K C(W MM «ROS KJXJ0W51 av»5 jiika Katia e Henrique, Patricia e 2as. 2aSQanunciosreligiosos às 6as. feitas, ANÚNCOS RELGOSOS T oswhsop Laura e Guilherme. 9:00;ds p funebres ] Carlos VVi son, Lduid c das às 17:00 h., E FÚNEBRES AX1V.«U* OtA* U1» ANUNCO PORTELEFONE T Monica, Roberto e Fernando, ir ANÚNCO caaa pi antao DARO maos, cunhadas e sobrinhos P ANTÃO DÁRO comum piantau uiakiu s cam seu falecimento e convidam para 2as. 2as. às cis 5as. feitas, feiras, QPnnltamento, hoje, 24 de outu- 585 " das 8:00 às -19:00 h bro de 1 996, as 1 2 horas, no Cemite- Sextas-feiras, Sextas-feiras. r-oc iiooc in-amwo0". c - i _RptiQta onde O COrpO das 8:00 às as 20:00 00 h ri0? i johhxldoluuuui. pnrio N/6l3dO i,ho 03 v3pt;ld Ca e a \J\J 06 PLANTÃO PLANTAO DÁRO DlARO "" e de de 8 as às 20hs "ZZZHHH 2as. às as 6as. feiras, -sabados sábados e feriados, fenados, até ateas as 14hs 14ns PROPtbDv/K das 8:00 às as h ME CON DE AZEVEDO BRANCO Sábados SabadoseFenados. e Feriados, NELSUN L»C is 14 (MSSA DE JO UA) das 8:00 às 4 00 h Domingos, Domingos., EL2A SAo PAULd de azeveoci brancci. famiua das 9 00 as às :00 h JORNAL HO DO BRASL BRASH + convidajn SKlO OoL,Xou,,, «, Sag.ado Ccclo de J Jesus d R0o Beniamim Constant. n 42 - G6na JORNAL DO BRASL e estão em turnê oficial de divulgação do trabalho. A nova geração da família Jackson levou 10 anos para gravar o primeiro disco e recebeu total apoio do tio, que fez uma participação especial L/m, produzido para a empresa Trend Tecnologia tducional. Os dl trabalhos inscritos, divididos em 14 categorias, foram avaliados por 22 jurados, entre jornalistas, empresários, publicitá- em uma das faixas, Vhy. Enquanto isso. Michael recebeu rios, escritores e professores universitários. A festa de entrega foi no auditório na Fe- autorização do prefeito de Kuala Lampur para realizar deraçào de ndústrias do Rio dois shows na cidade. A apresentação quase foi suspensa de Janeiro e contou com quase 200 pessoas. im porque o Conselho Nacional da Juventude Malaia temia que o espetáculo pudesse corromper os jovens do leilões Christíes, em Lon- Divulgada: pela casa de país. dres. a realização de um leilào. no 110 fim filll do itlês, UKs. 00 no qual qiull Arquivo jf! / Arquivo (jo, Qravou: Qravous um especial gtt supressao pagi- serao negociadds inedi-.ja o para nas Pedida: a supressão de varias páginas do livro niciais B.B.. B.B., de Brigitte Brigjtte mtas tas do escritor escritbr Mareei Marcc Proust. Neide Aparccida. Bardot 0 0 Frances fycoreto de Sao Crisi6vao.dc sentadora Neidc Aparecida, serão negociadas cartas medi- o Programa ntervalo a apre- 9i. n p Bardot O romancista trances teria (foto). O pedido foi encaminhado á Justiça, em Paris, por seu ex-mari- uma das primeiras & Justica. iriviado televisao garotaspropagandas da televisão enviado cartas apaixonadas, j0 escriias K95 S%, *2rv -A-«rrTi*"k fyqtinq brasileira. programa. Nicolis. escritas entre S95 e 18%, a brasileira No tambcm quercm um lfr anos. nao VXlfel-OV du fala programa, ela do Jacques Charrier e pelo filho deles, rada Nicolás. Os dois também querem V:K um jovem de lh anos, segundo ele. inteligente. inteligente, elegante e São Cristóvão fala do inicio da carreira no a retirada dos jos exemplares exemplarcs disponíveis disponiveis nas livrarias. Jacques e Nicolas consideraram,epwe3»: %l* de dc bom aspecto. O 0 rapaz rapa/ era " sa?oes HMits. #%.,,, Clube do Gun Guri e das improvi- P sações que fazia durante as ofensivas ofensivas algumas livro. «B. tyfflh Daudet, lilho tam- "n"\7c nypq no comereiais ue v" Lucien Daudet. filho do tainbem escritor Alphonse Alphonsc Duu- Daupassagens do livro, 97iflkl> jpva<$cs gra\açòcs dos comerciais ao ja coptas. 4-* % UV % dlvc ut/ liuiv/i. MVO. vivo, que duravam ale ate dois dots mcnte. que já vendeu 400 mil cópias. Recentemente, um tribunal francês confirmou a ilet. No texto. Proust chama minutos. Neide ficou famosa nao-autorifida -mgi, fd$m ilavio araujo nova área de Frances -Mjm. det. tava sc1kio ocupado por mendi- Famosa proibio dos Agora ja exiitfe ate uma idcia cnado Frases Lucien de "Meu ratinho que- do? "meu "mcu por ex-prcsidenl Frances Francois Mit- *> rido" e pequenino" pcquejjno e Sao Cristovao, =,ira "Gos- ter criado frases que marcaram época, epoca. como a do terrand. [arian10s de fa/er uma licilaao bunal. terrand, morto este ano. Segundo o 0grundesegredo - tri- comenta com Lucien a respei- proibição da biografia nao-autorizada LÁVO ARAÚJO do ex-presidente francês François MU- O bairro de São Cristóvão, na aproveita-l0 melhor. Zona Norte, anuncio de uma loja de eleirodomeslicos: To-ne-lux, a medico Mitterrand. Oaudc j; Re\nal- opvoes la/cr: area *~n. VSM to lo de uma relação rekwao recente- ganhou de volta on- dc principals "To-ne-lu\. bunal o autor de grande o tem uma de suas para que de seja explorado como trodomesticos. riauranie\ sugcriu o subprefei- Francois mente encerrada com Reynaldo Huiih. Hnnh. um músico musico J principais e mais médico pessoal de Mitterrand, Claude antigas opções de lazer: uma arca mais bonita loja do Brasil". François nao não respeitou respcitou o sigilo exigido profissao. JBSSbm vcnezuelano. venezuelano. As cartas carols J de cerca cerci de 20 mil metros quadra- i0 do Centro. Augusto l\an. do pela profissão. perdos, no Campo de São C ristóvão, Anunciaram: a presença. hoje. as 14h. no stand do ngòra transformada numa grande praça gradeada, com uma ciclo via Pró-Criança Cardíaca, na de 530 metros, iluminação, brin- Feira da Criança (Jockey Club), a atriz Maitò lnça maneceram inéditas todo este tempo principalmente porque naquela época a homossexualidade na França era um crime passível de prisão. om isso Proust foi obrigado a ser (foto) e o cantor Evandro Mesquita. Toda a venda arrecadada com a venda dos prohora em vários momentos discreto em seus afetos, emdutos do stand será enviada das cartas se refira aos homossexuais com desprezo. para o projeto que opera, A cerimônia de reinaguraçao gratuitamente, no Pro-C ardiaco. crianças carentes com Marcada: para hoje, ás teve jogos de futebol das equipesmirins do Vasco da Gama e do deficiências cardíacas. Lançado em agosto, o programa já tura da peça 0 nud definitivo, 19h, no Scsc da T ijuca, a lei- São Cristóvão Houve exposição de trabalhos com materiais recíclaveis, oficinas e apresentação de a operação de de Wilson Sayào. Com dire- possibilitou cinco pacientes ção de Luís Fernando Lobo, a um grupo de teatro infantil. Ȧnlônlo Qwoto leitura do texto, há quinze Um dos destaques da obra foi anos inédito, abre o 3a Ciclo a reforma de um coreto, erguido Nacional de Leitura Dramatica cio SESC Sayão, deten- Campoide Saonstovao. Campo de Sao Cristovao. So vai g> res«dencta na época da inauguração oficial do São Cristovao, em Encontraram-se: na residência Bneontraram-se: t CalMjt. Trois- tor de vários vanos praiiios nstitute Hear Faltandodefinir o destmo do oftdal.emjohanesburgo, Afnc. o. o-irticipar prêmios da dramaturgia nacional, mantém 1906, e tombado pelo nstituto oficial, África do Sul,: hoje de nacional. mantem bstadual Patnmonio Artistico Pavilhao de Sao ( nsto% ao mod- f. \gm imhh 0 pres,denlc Mandela cos terns-; f Estadual do Patnmònio Artístico o presidente Nelson Mundcltt tênis* ewnt0 ttaslron6mico epoca, vo de uma bnga entre a 1 refcitura j* as Bjorn lv<)rg. John t internacional. ainda na pesos-pesados nao gaveta outros textos e Cultural (lnepac). Na época, os tas Bjom Borg, McEnroe e V an- publico. O espaoos importantes c a Federaao Hum.ncnse das JM,.<*? w nick da não conhecidos do público. 0 coretos eram espaços importante níck Noah (da esquerda para a direita). Sira conlo Jose Micro. Pequenas e Medias Em- gm Os tres atletas. ab.tndonara n. sy ciclo, que vai ate o dia 27, na vida da sociedade. Abrigavam Os três atletas, que ja abandonaram as CeUddnio e PhiUpe Brie, entre apresentara apresentações apresenta?oes de bandas, bandits, cerimõmas religiosas, discursos políticos politicos ora a vjttina tt da prefeitujra. JHr J tvrimo- prcsiis (Flupeme) na Justita. Ate ctrcuito pnncipa, i apresentará quatro textos disputas do circuito»j Dimr comandado por ineditos prenuados dra ao P:»!>pra dlspuuir principal, estavam tornc,,n comtxais inéditos e premiados de dramaturgos nacionais, nacionais. sendo & awmoratfc d«c ob,cvt, remk.fwa0,k»»» " no pais para disputar um torneio internacional de veteranos, o primeiro g- dk. J S reali- Hold A a-ni sera nmu, fm complemcajo. Jiari,men- 20h. no Sheraton e até comemorações de carnaval. Comoapartamtntodosc o aparecimento clu- 9K mk u complementado, diariamente, com um debate sobre prozado na África do Sul, com idade acima Cnrala Jo Minor, para a profoso- tc. bes. de 3? comptinao atoniettu,ncnoa.s bcs. teatros e cinemas, os coretos de 35 anos A competição aconteceu na na area de res- duvao toram cnlrando deoadencia. HUpiw P, a ions,roi.,o dc«m MggK ma de Sundgwn vmoda M ** dução de texto para teatro no foram entrando em decadência. O i-mrada e fvcnaovao i shopping A idcia e unliza-lo cidade de Sundtown e foi vencida por Brasil. A entrada é franca. para ff.# Vannri de São Cristováo é um dos poucos remanescentes da cidade e es- competisoes esgbrtivas. - Yannick Noah quedos, duas quadras poliesportivas e um campo de futebol. As obras tiveram inicio em abril deste ano e foram realizadas pela Riourbe ao custo de RS 2.9 mi- hões.

33 .JORNAL DO ~~ JOKNAL BRASL 25 QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 1996? CDADE --- Raprodügâo de TV REGSTRO Armando Favnro rnmeçm a nrollur mães c meninos de rua Juizado combate coixibatc j lllinn o espclaculo cor- \ HjjjjjjjjjjHRf o" Christie"?. cm HlPflfllPflllClH. nas lclo ruas l Udo romper os jovens do pais, """ dres, a refizagao de umgtmendicância - Arquivo jao no fim do mes, no quul o Juizado; da facia da passado. Sccrciaria Arquivo do ano pass;uio. a Secretaria Mu- Gravou; pedida: a supressao dc varus pagi- serao negociadas cartas inedi- Jliveniudc do Rio esta intensiii- nicipal o 0 nicipàl de Desenvolvimento Sociai constatou conslatou quo cmstem l» se,uadora Aparccida, Bardol (foto). 0 pedwlo foi encaminha- >MErW -0 romancista frances teria Gravou: um especial para nas do i,vro inkiais B.B.. dc Brigitte tas do cseritor MarcdProust. ciuido o combate a mendicancia cial ao abandono de crianqas na cida- miluis que existem 164 lamilias vivendo nas ruas 0a da cidade, t. uma o Programa ntervalo a apresentadora Neide Aparecida, jas do a Justi em Paris, por seu ex-mari- JBK,enviado cartas apaixoriadas. de. A intengao e retirar o patrio mas so. isscram i«propagandas uma das mus só 59 disseram não primeiras garotas- televisao do jactiucs Charricr e pelo fillio deles. cscrilas entre 1895 e!. a podcr dos pais que manteni os cstst kcmwi. possuir casa para morar. A secretaria pi e- brasileira. propagandas da televisão programa. Njcolas. Os dois tambcm quercm a reti- MM.. lm um jovent de llanos.?egunliihos mendigando nas ruas. On- tendc tende retirar estas pessoas das fala brasileira. No programa, ela nida dos cxemplares disponiveis nas li-,, lpg& do ele, mteligente, elegante e fala do inicio da carreira no teni a tarde. um onibus com ruas até ate o Natal. Cluhe»ssis- ruas \rarias. Jacques e Nicolas consideraram WSmMS) de bom aspecto. 0 rapaz era Clube do Guri e das improvisações que fazia durante as tentes sociais. fiscais de menores. A a operação operacaode ontem onicm foi loi a primeira numa série ações a serem pn- Sa<;6esque fa/ia ofensivas algumas passagens do livro. mm :$ Lucicn Daudet. ilho do tanieducadores c psiciilogos percor- nieir;(puniaseriedeaqoesaseicni gravagoes que ja \endeu 400 mil copias. Reccnte- m"j A; > bem escritor Alphonsc Daih feu as ruas do Centre ejjrj busca de desencadeadas pelo pep Juizado de viv ue gravações dos comerciais ao vivo. ate niente. um tribunal franccs confirmou fl. det. No texto. Proust chama que duravam até dois # (6 pais nesta situa?ao. Mas ape- Menores, Menores. prefeitura preleitura e entidades Ncide lamosa nroibiao da biografia nao-autoruada 4$$* jdlm Lueicn de "Meu ratmlto quehas tres familias foram Jpcali/a- emffesariais. asuais re- por "meu do cx.presidente frances Francois Mit- jyg rido e pequenino e empresariais, entre a quais a c- minutos. Neide ficou famosa por das mendigando na Ayenida Rio deragiio deràçào das ndustrias ndustrials do listado Eslado ter criado frases que marcaram época, cpoca. como a do terrand. morto este ano. Segundo o tri- olmm comenta com Lucien a respei- Branco proximo a Pra?a Paris. Rj0 dc (hrjan). ma anuncio bunal.oautor de 0gromtcsqtmlo 10 lc uma rcasao rjjccnltj" l.exadas para abrigos da do Rio de Janeiro (hnan). Una anúncio de uma loja de eletrodomesticos: a preleitu- medida> estudada> trodomesticos: "To-ne-lux, das medida seria empregar] os pais que deixam "To-ne-lux. medico pessoal de Mitterrand, Claude,.,. j/ mente encerrada com Rejnalra. eles afuardarao decisao do sludé prearspais dei.xam niais Francois nao respeitou o sigpexigi- -f do Hanh. um music o "Todos os seus M Siro Darlan. serao Hlhós Rlhos na rua por alta lalta de dinhei- dmhci- mais bonita loja do Brasil". do pela profissao. WKM veiieztielaffi. As cartas per- Anunciaram: a presença. hoje, às 4h. no stand do Outro protelo defendido pelo Jui/adò é a doaçad de cestas básicas para as famílias que mantive- 1-cirã da Criança Pró-Gfiança Cardíaca, na (Jockey rem os filhqs nas escçjas As crianças encontradas nas ruas e que de fato não possuem fanjjíia deverão ser adotadas ou levadas nara casas de acolhida Club), a atri/ Mailê Proenra (foto) e o cantor Evandro Mesquita. Toda a venda arrecadada com a venda dos prodtitos do stand sera enviada para o projeto que opera, gratuitamente, no Pró-Cardíacò. crianças carentes com deficiências cardíacas. Lançado em agosto, o programa ja possibilitou a operação de cinco pacientes ȦnlOntp apresentara quatro textos nutos Beatriz, del].595 Kg c>o espu».. JB: w pais para disputar um tonu.no inter o inéditos c premiados de drainaturgos nacionais, sendo outros. Le Dincr. comandado por maturnos nacion.us, cehtimetros nasceu as no rag na histona da ntedtcna. «JoJ gh45; d vclcrjnos, 0 primeiro real.-: &da Claude. começa às 20h. no Sheraton mlra Lplcmcntado. d.anamenmitiuto secuinte foi a uv dc rtssaltou que oparto oi nuis JHtor /ado na Alrica do Sul.com titde acima o c. complementado, dianamente, com um debate sobre pro- Hotel. A renda será revertida para a profissio- Eduardo/l ;5 ke e 40cm; as que perfeito As quatro cnancas. WM dc 35 anos \ coinpet«?io aconteceu na Cruzada do Menor, para a r0ltssi0* nj arc:t res. duçào du?aq de texto para teatro no ll)h47m. veio Rodriuo, de que est ao na 11 da clinica por ctdade dc SuiuStovvn e loi vefida por: nalizaçào nah de menores na área de restaurantes Brasil Brasil A \ entrada e t ranca. Ki e 4,Vm. e. finalmente, W alia- rotiita e devem let alia dentro dc Jf g \amuck Noah a\ com!.325 Ke e 41cm. ts110as - -,n gtttjtt pni OKAN YTZHAK L YTZHAK RABN ZL Si MPO A /X AMO BANC-A ruljvylvam \ FEDERACAu SHAELTA X MUULM MLDMV mfscoberta BANCA POLJOKAN NCOLA ALBANO A FEDERAÇÃO SRAELTA DO ESTADO DO RO DE JANERO ra-r l"dlhat.t CONSULADO GERAL OERA DE OE.SRAE SRAEL, (3 anos) (DESCOoE Y Y COMB* lo.su,ry mvklupawoawciviu>re_ A Diretoria e tuncionarios do CEPERJ - (DESCOBERTA DA MATZEVA) Vi B. ios.uhj convida patao Ato Cívico Reii( «Centro de Prematuros familia COnvlda DeSCOberta AA t «- ; l,, lomotança a um ano do laiocimenio do ouikk ; do Estado do Rio de Janeiro convidnm para a missa de seu sau oso TTyT A Sua família convida para a Descoberta 0 inosquecivel. Y,. YTZHAK HABN nest t qühia tetf»,.1 o«outuwo VV «,<te Pcwsoio. Ccnwo socio-tundadoi, a ser celebrada HOJE, as 11:00 boras, na greja A da Matzeiva da querida e inesquecível (te Posnolo, 8. Centro A Qjanca Ser reali/ada HO Sr* do Carmo. a rua 1 de Margo - A..A Centro Bianca. a ser realizada no Domingo, dia 2tM OUtubrO as horas. HO 27 de outubro de às 10:30 horas, no Cemitério Comuna! sraelita do CajLi 1 HEL0SA HELOÍSA LOPES VDAL General-de-Exército 1/ pmk,t7fr ANTONOCAKL0SDEANDRADASERPA CARLOS ANDRADA SERPA. Amk fc JACOB ZtK y men to e comumca a colebracacf da Santa (MSSA DE 7 DA) JACOB KREMNTZER r A lamina agradece as manifesto Oes de solidanede Missa em memoria da bonisisimahtla; (MATZEVA) T po. ocas ao do fale c.mento e conv.da pa-a, M- - > realizar-se as 1 9 hotas do did 25 de OUtUb D Dia. AMANHA 25 do outubro. as 11 JO horas nu igieja Krcmnitzcr o familia convklam para f jra). na greja de Nossa Senhora do Hosano. da Santa Ctu. dos Militates Rua m.,k ist OBER"1 A DA MATZEVA dc sou qucrido na Rua General Ribe.ro da Costa. 164 Lome. AVSOS JACOB, ~ dominqo, dia 27/10 as 0:30h no Ccmitc- AVSOS religiosos RELGOSOS E FÚNEBRES FUNEBRES FABO FARA MEDEROS Nas Lojas de Classificados rljulttmco,,uuhk»iiwao5msi»s muot PttÇÜS lumv50í KUQ0505 (RMWtS»L lka Patricia JL llka, Katia e Henrique, Patrícia e 2as. as às 6as. feiras, anuncios anúncios religiosos das 9:00 as às 17:00 h e T Carlos Wilson. Laura e Guilherme. E fonebres FÚNEBRES t4juac4-1 r?ja R berto Mônica. Roberto e Fernando, irmãos. cunhadas e sobrinhos comum- ANUNCO anúncio POR por telefone TEUEFONE 5ni nmhadas comuni- plantao DARJO i PLANTÃO DAR1Q E: earn cam seu falecimento e convidam para 2as. às 5as. feiras, seu sepultamento, hoje, 24 de outubro de ffku 1 996, às 1 2 snlcem: horas, no Cemite- das 8:00 às 19:00 h Sextas-feiras, S-i, =8= rio Sao Joap no São João Batista, onde o corpo das 8:00 às as 20:00 00 h DOO tnn*.«r»9w esta nacapela06 está sendo velado ub. PLANTÃO PLANTAO DÁRO DARO ~i de as PROFESSOR e de 8 às 20hs 2as às as 6as. feiras, feiras. -sabados e (enados, tenados. a.è ateasls as 14hs PRUr das 8 00 às as h MC DE A,21EVEDC Sabados Sábados e Feriados. Feriados, NCWVN (MSSA DE 30 DA) das 8 00 às h Domingos. ELZA SAO PAULO de AZEVED9SposoC(PA FSOGRO. Domingos, AVobTsAVC a realizar-se as JQRNA. DO BR.VSL 4- ho.. = **-> c "" *> das 9 00 às 20:00 h JORNAL PO BRASL Jesus, a Rua Benjamim Constant. n 4? G.or.a JORNAL DO BRASL %éê. Convidados: por l lautie i róisgros, para participar hoje dé -l Ürand Dincr, evento gastronômico de nível internacional, pesos-pesados da culinária brasileira como Josc Hugo Celidônio «Htilipe Brie. entre Marcada: para hoje, as 19h, no Scsc da Tijuea, a leitura da peça 0»"/ dejmiiim, de Wilson Sâyão. Com direção de Luis Fernando 1a)1ki, a leitura do texto, ha quin/c anos inédito, abre o 3 C ido Nacional de Leitura Dramatica do SESC. Sayão, detentor de vários prêmios da dramaturgia nacional, mantém ainda na gaveta outros textos não conhecidos do público. O ciclo, que vai até o dia 21,

34 36 ~!T JORNAL DO BRASL Esportes QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE PE 1996 ± AP 18/55 16/5/95 -,», Passarela ganha o lc? Sucata Sueata brilha gh charme de Gabrielà contra o mito H S.«.3S Dan Severn s3s5 J i»# P Sbtttida mundial tej.saor SliCHdSrS ssxnl eles v-" um revoltado Wallid AndrGArrudn lsma era dc Dan Severn. Sabatini, campeã de 27 torneios internacionais, trocara o tems pc mu10 mundo movida a vento Global Challenge ~j 0t a0 Oceino Atllntico. SoiíthamptoB Oceano Pscltkú Sldhallf í y " i > Wallington cima) lew qlie espcrava JTl** Severn (cm cima! teve mais trabalho do que esperava no Metropolitan PLACAR 1 JB r ZZZZZ* 1 -._ x Athletic Bit- cas/sos Computadores (15/ / 15/7. Coruna, Composteiu 1 * 1 Athlolic Bilbao ib. 15H. 15/13. 15/131. Report/Suzanq (! itrifihf A!!K?J? *" "** VOLE! i 1í> 15/13). Chapocô 3 * 1 Maringá (101 VÔLE 3 l\ x fu \ Lupo/Náutico Jnl?3/iWf (13/15, 15/4. W 15/5 o ] \MMLlli W mais informacao para voce! ; Sup«rllga Masculina ro"3«-p~ : 15/8) C"7S : 1* rodada Olympikus 3 «Palmeiras i OOT (15/3. 12/15. 15/9. 15/9, 15/6). Flamongo/Potrobras 3*2 Minas Tôms (15/9, 15/8. Famongo/Pe- : FUTSAL KU Jflr " AliORA OS LETORES E ASSNANTES DO JORMAL DO BRASl S Campeonato Estadual 12/15 7/15, 18/16), Ulbra/Diadora 3 * 1 &% *? &. Botafogo 8 * 3 Tio Sam, Tio Sani San, s 5 «- <1,, mmmw TEM ACESSO A TODOS OS SERV!(,"OS DA C1DADE PELO TELEFONE, Va<toc4no E=ot 2,1 Herco.es. Ginástica/Novo Banespa Hamburgo (15/12. 15/9. ntercllnt- : Hebralca Hebraica r Bell!, i * i uvmuu. 13/15. 15/9). Banespa 3 x 1 nterclimoe /lc/c ODSQUF.JB 11 S«" MSTKVÇÕES Dt: USO == 11.itjué grátis De copias Ouça as instruç&es De 12 a 80 cópias minuto. PR1MH1ROS SOCORROS por, 2) Em seguida, segulilimlisques disque o numero nuinero do d Hemorragia código do serviço que você quer ouvir LesOcs nos Ossos raria necessidade.,»5s5ss5sr--!s:» Sr MPORTANTE: U3- Parada Cardíaca ; Mifa. lima copiariora - Certifique-sc Ccrtmquc-sc de dc que o número numcjgdo 114- Cardiaco Mita. Uma copiadora cada - Ataque Cardíaco 1- para pari* fr J código escolhido esta correio- Quando ouvir a gravaçílo COD1GO ERRADO, disque novamente devagar, número por número, paru nfto crrur. Sc você niío conseguir completar a liuaçfio com o telefone de disco, tente novamente e devagar ou ligue de um aparelho de teclas Corpos Estranhos 116- Mordidas dc Cachorro HOSPTAS Hospitais da Rede Pública (Zona Sul) Hospitais da Rede Pública (Centro) Hospitais da Rede Pública (Zona Norte) Hospitais Psiquiátricos Hospitais Especializados Restauramos Japoneses 711 Jogos do Campeonato Brasileiro Restaurantes a Quilo Ranking do Surt ( Bares bk Novidades 11 «& - Hares Tradlcionais em Bares Hnres Tradicionais Píziarias da Zona Sul H,. J, 1 1 Ol Pizzarias.Lar.as da Zona Norte TtulO Título dc de Eleitor Ecitor a Carteira dc de Motorista Motorisia 11 _- j Passaporte Carteira de dentidade Furmãctus 2a horus (Z.onu Norte) listradas 81 ti - CC Praias Carteira dc Trabalho Supermercados 24 noras Comlurh Bancas dc Jornais FurmácioK 24 horas (Zona Sul) Rio Sul - Serviços Pagamento dos Pensionistas do Estado Chaveiros Chnveiro* horas horus Pagamento do Funcionalismo Estadual bstailuai 1 ;.. fet"iz: Tecnoloqia iaponesa Assistencia Assistência técnica tecnica em todo o Brasil Bras.l Tecnologia japonesa de ponta i ~~ T«fewow OTiiii Ji. Desiqn Material de consumo original Design compacto e moderno ill.cerâmca 1OHTOBKXO. varies a Planos Pianos especiais de financiamento Jnanciamento limn «>i2-nofcsu civil, comiurb. Ce8 c i mhi i, uonnrr,.cin Vários modelos á sua escolha ivirrnnia Delegacias da Mulhcr. dc Atendnnento, MGnOr CUSlO pot C (J Garantia de 12 meses Menor custo por cópia j Aerobarcos 9,4. Dcfcsa do Consumidor. Procon e Sunab. riratlc L)L> ACC 422 Ponte Pontc Airea Aérea q 15. piantio Rodovidrio, aw#1 UlyUC y C O P*,, 423 Barcas (Nilenii) ("Niieroi) 916. Juizado de Pequenas Causas e Juizado de, fffffjv AOAA «1 aaaa BHBGE5EL3 424 Barcas (Paquctü) -Barcas<Paquc«a> Menores l 425 Marcas tribcira) l 0900 BaSi Barcas lllha j! Cirandei COPADORAS COPADORAS V»WV :WPBW] 11\"",11! filial RJ - Rua Sao enstovao. Sao Cristovao 209, BO do Janeiro - h nformações sobre comercialiiaçào deste seuiço. entrar em contato com os tgle{on« j. ao, São Cristóvão j mio

35 , QUNTA-FERA. 24 DF, OUTUBRO DE 1996 ESPORTES.ORNA DO BRASL 27 Vasco decide com vantagem Na Conmebol, time pode perder de 1 gol do Emelec RCARDO GONZALE7 O Vasco tem hoje á noite (21 h40. com transmissão anunciada pelo SBT) uma grande oportunidade de se reencontrar com a vitória. Se no Campeonato Brasileiro a fase nâo c das melhores, na Copa Conmebol, o time de Alcir Portela conseguiu importante vantagem ao vencer o Emelec, em Gu<aquil. por 2 a 0. no jogo de ida. Hoje, em São januário, no jogo de volta, o Vasco pode perder até por um gol de diferença que estará na semifinal da Conmebol derrota por dois gols leva a decisão para os pênaltis. Caso o Vasco se classifique, enfrentará o vencedor da chave do Bragantino e do riílependiente da Colômbia. Na semifinal, o Vasco fará a segunda partida fora de casa mas, caso chegue à decisão da Conmeboi, o Vasco terá o mando da segunda partida. Numa final, o time carioca poderá enfrentar o argentino Rosário Central (ja na seinifinal) ou o vencedor de Lanus (Argentina) e Guarani (Paraguai). Para a partida desta noite, o téciiico Alcir Portela decidiu mudar sua zaga. Sidnei e Alex foram barrados, dando a vez a Joáo Luis e Tenòrio. O lato criou mais uma situação para Alcir contornar, já que os barrados deixaram o treino de ontem misturando irritação com "Um desânimo. bom trabalho de nove jogos foi jogado fora por um pênalti que cometi. Não posso estar satisfeito mas o treinador sabe o que faz", reclamou Alcv Se o clima não está la essas còisas em São Januano. pelo menos uma boa noticia ocorreu em relaçào a Juninho. O meia submeteu-se a um exame de ressonância magnètica no joelho esquerdo, numa clinica em Botafogo, e não ficou constarada qualquer lesão de menisco. Juninho proseeguira o tratamento normal e pode voltar á equipe na próxima semana. E e justamente buscar uma alternativa a Juninho o maior problema "Com hoje de Alcir. Juninho perdi uma ótima jogada pela direita, ao lado de Pimentel. e perdi lambem na marcação, já que Ranieli marca menos. Por isso optei por escalar Fabricio na cabeça-de-area ao lado de Luisinho. e adiantar Nelson Vámos ver se dá certo", disse Alcir ngresso A hoje custa RS 5 arquibancada VASCO EMELEC Carlos Gormano Cevatlos Commit JoAo Luis C-aiitMtt Tt»n6fiO Ptvroso CAssio Baiallas Lu<t»mho Smith Fafcrlcto Vorduflrt Nelson Miranda Ramon FtarnAnCej Mik<«Oo Joaro. EdmontJo Gta/tftni T6cnloo T6cnk:o Atetr Poft**ta Anpol Costtr>oW«Local SAo JanuAr»o HorArlo 21*40 ArWtro: tlbakto Aquino, (Jo Pi»ragu»i 0 SBT e as f Ad»os Tamo«o (900kh;) e National (113C*h/) uansmitem 1 : is<19j Joáo Gerqueira * :" " "» ", W V*. V- i * M # ji M.. -.,.vvl n-*"-" S. i.... «a t. ~w * - : ;*? m asco Animado com a de >ssihilúia(k jogar na Espanha. Edmundo c principal arma do l contra o Emelec Edmundo no embalo do rock A volta de Edmundo ao Vasco banda também e de vascainos: Celso Blues Boy e N.mi Dias na guitar- não mobilizou apenas as arqútbancadas vascainas. Com o Bacalhau, ra, vo (E"unkn Lata) no baixo e Vasco também ê rockn roll. O produtor Pierre Aderne, vascaino, re- Além deles, o botafoguense Siirtori Gclsiriho (Cláudio Zoli) na bateria solveu homenagear o ídolo e fez o (que jogou basquete durante anos rock Edmundo Bacalhau, gravado, em São Januano) nos teclados. ontem á noite no estúdio de Pierre, em Copacabana, com a presença de "Foi até bom termos marcado Edmundo. O CD com a musica essa gravação para esta semana. deverá ser comercializado junto com uma revista sobre o Vasco e Edmundo Bacalhau um pôster do time, caso a RS Pronn\òes. que cuida do marketing do Vasco, bancar o projeto (còm a ajuda da Datacontrol) o que está praticamente acertado. Os vocais de Edmundo Bacalhau ficaram a cargo dos vascaínos Celso Blues Bo\. Gugu (filho do iambem vascaino Erasmo Carlos), 1ierre Aderne ç Humberto Effe Fernanda Abreu chegou ontem de Paris e coloca seu vocal hoje A Quando a bola chega/ele trata com carinho/ Chama de meu bem/meu amor, vem de mansinho Ele saiu de casa/ de saudade alô chorou Nos outros por dinheiro/ no meu Vasco por amor Pedra no sapato/ da torcida adversária Furacão dentro de campo/ terror dentro da área Relrâo DA-lhe Bacalhau Eu sei que vou ser campeão/ Manda Bacalhau/ Mais um gol pro meu Vascáo quando o Vasco perdeu para o Numinensc, para dar uma melhorada no astral. Os músicos estão entrando no projeto por amor aò V,kü c, mesmo com a Datacontrol bancando, vamos ceder o cachê ao pessoal do Belinho, dos projetos de apoio aos metunos de rua", afirmou Píerre Aderne (R G.) Alto astral tricolor em Xerém Vitória sobre o Vasco transforma Campeonato Brasileiro?Classificação i g];]g!jjppm~pqtt v e l p i bp i oc ) Cruzeiro J J ** 7" Palnwrai * 1 -*1 * 3- Quorum ,B 21 4" Atlftlico-PR AH6KTO MG » Q.«rr>K> «Sport 28 > ,<J 8ft Corn!h,«ns 23 li t> S -1 J Juvenlude J J 23 Flamwtgo B 23 MMrtrnttCionnl 16 t) 12* Botafoqo B Viloriu J * GotAs Vmco Por1ugu»»J ? Z0 S»o Paulo 16 s " * Coriliba t B- Santos i" l_8 nywlnliwi Parana ? " Bafwa 3?3* Crtciura >5 2 J0 3? Resultados! Sábado Sanios 1 x 2 Flamengo Domingo Fluminense 3*2 Vasco Botafogo 2x3 Goiás Palmeiras 4*2 Vitória Sào Paulo 0*0 Connthians?Resumo Jogos disputados 189 ToUri do gota 490 Média do gota 2,59 Melhor ataque Palmeiras. 31 gols em 15 partidas P»of ataque Bragantino ls em 15 partidas Melhor dolosa Guarani. 11 gols em 16 partidas Pior defesa Fluminense. gols em 16 partidas Maior público pagantes (Vitória 1 x 1 Bahia) Maior renda RS (Vitória 1 * 1 Bahia) Menor público 394 pagantes (Bragantirvo 0 * 1 Vitória) Monor renda RS (Bragantino i x 0 Paraná) Maior goleada Sport 6x0 Fluminense, em Recife clima no tricolor A vitória de v irada sobre o Vas- /\ co. domingo, por 3 a 2. trouxe de voljl ao Fluminense os bons fluidos, tanto que o técnico Cláudio Duarte começa a fazer planos para o futuro. Ontem. Duarte esteve mais uma vez em Xerém. onde o clube mantém seu centro de treinanento, e falou das modificações que realizou no local. "Tenho experiència e posso ajudar", disse ele O técnico mandou pintar uma grande área atras das traves para evitar que o gramado se desgaste nos coletivos. "Ali \ou realizar treinos de posicionamento". Para o jogo de sabado, em São Paulo, contra a Portuguesa. Claudio Duarte mandara a campo a no rui formação em nove jogos, uma constatação que não o tira do sério. "0 pior é que os outros clubes, em geral, ficam sem um ou dois jogadores a cada partida. Mas aqui es- Criciúma 2*3 Portuguesa Cruzeiro 4x0 Bragantino nternacional 0*0 Guarani Contiba 1 x 0 Paraná Juventude 0*2 Atlètico-PR Sport 0*0 Atletico-MG Bahia 1 * 2 Grêmio? Próximos jogos M Amanhã Bragantino * Sport Marc«lo Stetani, 20h30 Sábado Portuguesa * Fluminense (TV) CaninOé. 16h30 Vitória x São Paulo Fonte Nova. 16h30 Vasco * Goritioa Maracanã. 20h Domingo Flamengo x nternacional Maracanã 18b Atlètico-MG * Botafogo Minetrào. 17h Grêmio x Palmeiras Oilmpioo. 19h (TV) Corintfiians * Santos Morumb». 17h Bragantino x Juventude Marceio Sle<ani, 17h Go<às x Cruzeiro Serra Dourada. 8h Atlético-PFt x Sport Joaquim Américo. 17h Guarani x Bania Brinco de Ouro. 17h Paraná x Criciúma Dunval de Bnto. 17h mmmmmmmmmmmmmimmmmmmmmmmmêmmkm tou ficando sení a espinha dorsal, lilsnc O tixnioq deve lançar mais uni jogador dos juniores na próxima partida: o apoiador Hruno Reis, cuio passe e dividido entre o cluk e o empresitrio Reinaldo Pita Rogerinho e Paulo Roberto estão susp<.nsos pelo terceiro cartão amarelo e Outrles foi evpulso. Vaguinho, Jorge Luís. Dirceu, Bruno Reis e Fiaunho serão os cinco juniores do time, que tera Cadu, também tormado nas categonas de base? Artilheiros] 11 OOLS Paulo Nunes lortmlol 10 OOÍ3 Túlio (Botafogol. Allton (Ouaranfi 09 OOLS 02éas (Attéttco- PR), Palhinha (Cruxalrol. Leandro (ntornaolonal). Dialminha (Palmeiras 00 OOLS Renaldo (Atléttco-MO) Edmundo (Vasco) 07 OOLS Paulo Rink (AMtico-PRi Matjllia (CHcWwna). Bebeto (FJamongo) Luizâo (Pabneiraa) 0«OOLS Euler lattétjco- MO). Zé Alonso (Orèmioi Fernando (Juvontudo). Rmcôn (Palmolraa). luls Muller (Sport). Agnaldo (VRàcta)?Regulamento O Camwonalo Brasitwo (Série Aiwa quatro tas*?s Na pfin>e+ra. em andamento, os 24 clubes jogam eotn; si em turno unteo. num lotai de 23 rooaoas oassanoo para as ;wiasòena» (segunda tese» os octo ciubes Que otxsverem o maior numero de poços gannos Em caso de «gua>aaoe. o 0ef«npa!e será pe-os sogu»ns enténes 1 makk numero de vrçonas. 2 mehor sa-do de go«s. 3 maick n-jmero de gos marcados. 4 confronto direío entre dots ctutws. 5»orte<o i SÉRGO NORONHA Jogo duplo T utar em duas frentes nem sempre é prejudicial. Para Joel ; Santana e Alcir Portela pode ser providencial, bastando que Flamengo e Vasco consigam se classificar na Supercopa dos Campeões da Libertadores e na Conmebol. As dificuldades no Campeonato Brasileiro podem ser perfeitamente relegadas ao segundo piano. O leitor nem precisa lembrar que as coisas seriam dilerentes se os dois estivessem em situação mais confortável no Campeonato Brasileiro. As queixas contra a dualidade de competições seriam claras e imediatas, como se tal situação já não fizesse parte do dia-a-dia do nosso futebol. Mais difícil e a tarefa do l lamengo. que tera que vencer para conseguir a classificação fora de casa. contra um Coio-Colo motivado pelo empate do primeiro jogo. A situação do Vasco e mais cômoda, porque joga em casa e pode perder ate por um gol de diferença, contra um adversári< que já esta dc crista baixa pela derrota no primeiro jogo. Joel Santana e Alcir Portela só não podem perder a classificação na noite de hoje A vitória e a garantia de tranqüilidade. Ate o fim da semana,? Nada mais desconcertante do que a cara de Bebeto. ao comentar a vmda de Romário e sua possível ida para o futebol inglês Logo ele. que voltou a Gávea cantando "meu lugar e aqui, faz de conta que eu não sai", e agora e obrigado a admitir duas hipóteses que lhe sào inteiramente desagradáveis: um com mo constrangedor com Romano, ou a frustrante perspectiva de ir para a ria nglaterra Aos que argumentarem que o futebol e assim mesmo, eu responderei perguntando quantas vezes rios ia vimos um jogador mudar de clube, paise continente e mudar novamente ao fim de três meses. Bebeto pode continuar cantando a mesma canção, so precisa mudar de verso O de agora e nunca míús vou lazer o que meu coração pedir nunca mais vou ta/er o que meu coração mandar.? O tom de voz. e o jnéityujp de \! Paccino. Ou será Robcrt l)e Ntrn O certo e que monocordicaniente Romário conseguindo o at que quer. principalmente com os dirigentes do lamcngn Os mesmos que fizeram um brinde a sua saída agora brigam para trazê-lo de volta. Romário está infeliz no V.ilcncia. na casa de mais de dez quartos na Espanha, então urge tra/e-lo de volta, para com ele dividir a responsabilidade de classiticar o time no ( ampeonato Brasileiro. Não sei por quanto tempo o ator principal vai conseguir encantar a platéia. O tngrediente que impulsiona Ronaldiuho para a eltatqtera e o mesmo que empurra Túlio para as prolundezas Chama->c motivaçào. motivo de Ronaidinho e ser o melhor iogador de futebol do mundo Para isso ele trabalha Serri parar, treina sério, entra em campo absolutamente concentrado no jogo durante os ;H) minutos e faz gols, única manetra de chegar ao seu objetivo. qual seria o objetivo de Túlio? Primeiro falou-se em ser o maior artilheiro do Campeonato Brasileiro, meta que já parece malctinçavel. Agora e o centésimo gol. meta que seria mais fácil de chegar mas que parece esbarrar no desinteresse do próprio fiiho. Seus companheiros o acusam e ele admite que nao tem treinado o suficiente. É o primeiro a ir embora, descuidando-se da parte física e técnica. Desfiles de moda. convenções e publicidade parecem ser mais interessantes do que o aprimoramento como jogador de luteboi Elo sò nio sabe que goleador que nao ia/ gol sai da moda rapidinho.? Nhenhenhem e Choramingara. Parece nome de dupla caipira Botafogo jogará no ataque no Mine irão O técnico Jair Pereira sabe muito bem o que significa enfrentar o Atlético Mineiro embalado no Mineirão. Com passagens pelo pròximo adversário do Botafogo e tambem pelo Cruzeiro. Jair conhece a força da torcida do time mineiro e a energia que ela passa aos jogadores Por isso, não quer saber de pressão no jogo de domingo. "Se entrarmos com três cabeças-de-área vamos ficar atrás e isso não quero de jeito nenhum. O Atlético virá para cima e não podemos dar campo para eles. Ninguém agüenta muita pressão por muito tempo", explica o treinador. Como Moisés foi suspenso por dois jogos e esta fora da partida. Jair vai escalar OtacUio ao lado de Souza. Ele ainda pensou em França, mas se decidiu por Otacilio. que definitivamente não agrada a tora- "Vamos da alvmegra. precisar de mais pegada no meio", justifica. 0 meio-eampo será completado por Renato e Bentinho Os dots voltaram a jogar domingo passado depois de muito tempo fora dos campos e mesmo com a derota "Precisamos para o (JJfias, agradaram vencer e como hão quero o time recuado, esta e a melhor formavão", disse o treinador, que terá a volta de Mauricínho, que não jogou contra o Goiás. Bentinho, que teria mais uma semana para aprimorar a forma, jogará domingo ainda em precárias condições. Com dores no joelho, não treinou terça-feira Ontem, apareceu com gripe e ainda treinou de manhã. Mas á tarde, com frebre, foi poupado. "Foram dois dias precisos que perdemos. lamentou o prerador-fisico Ronaldo Torres. El E1 Paso treina bem nara a Cooa ANPC El Paso, um dos principais representantes do turfe carioca na Copa ANPC clássica de domingo, realizou otimo treino ontem de manhâ em Teresópolis. O castanho tilho de Fast Gold floreou os 11X30 metros em lm07s cravados, com muitas sobras em todo o percurso O treinador ldefonso Souza tem "O esperança de vitória: páreo e muito equilibrado, mas o cavalo atravessa bom momento e pode decidir a carreira com Quinze Quilates e Oriental Flower. aparentemente os concorrentes de maior categoria". Eco Art, inscrita na Copa ANPC das éguas, em metros, na grama, também aprontou bem e pode marcar ponto para o Haras Santa Mana de Araras. Segundo o treinador, o treino de 53s para os *00 metros foi muito bom e a credencia a uma boa exibição. "E ciaro que Onefortheroad e Big Baby Bear são grandes rivais, mas Eco \rt está em grande forma e vai dar trabalho ", promete.

36 QUNTA-FERA. 24 Dl-OUTUBRO DE 19%? 2» Edição ESPORTES JORNA. DO BHAS. 27 Vasco decide com vantagem Time pode perder para Emelec até por 1 gol na Conmebol V, jilcardo GONZALEZ 0 Vasco tem hoje à noite (2lli40, com transmissão anunciada pelo SBT), em São Januário, uma mnde oportunidade de se reencontrar com a vitória. Se no Campeonato Brasileiro a fase não é das mjíjhores, na Copa Conmebol o time de Alcir Portela conseguiu importante vantagem ao vencer o Éjmelec, em Guaiaquil. por 2 a 0, no jogo de ida. semana passada. Agora, na partida de volta, o Vasco pode perder até por um gol de diferença que estará nas semifinais da Conmebol derrota por dois gols leva a decisão para os pênaltis. Caso se classifique, o Vasco enfrentará o lndependiente de Santa Fé (Colômbia), que ontem a noite garantiu vaga ao empatar por 0 a 0 com o Bragantino, em Bragança Paulista. Na primeira partida. o lndependiente havia vencido por a 0. Nas semifinais, o Vasco fará a segunda partida fora de casa mas, ciiso chegue á decisão da Conmeboi, terá o mando da segunda partida. Numa final, o time carioca poderá enfrentar o argentino Rosário Central (já nas semifinais) ou o vencedor de Lanus (Argentina) e Guarani (Paraguai). Para a partida desta noite, o tècnico Alcir Portela decidiu mudar sua zaga. Sídnei e Ale\ foram barrados. dando vez a João Luís e Tenono. O fato criou mais uma situação para Alcir contornar, já que os afastados deixaram o treino de ontem misturando irritação com "Um desânimo. bom trabalho de nove jogos foi jogado fora por um pênalti que cometi. Não posso estar satisfeito, mas o treinador sabe o que faz", reclamou Alc.v Se o clima não está lá essas coisas São Januário, pelo menos uma boa notícia surgiu em relação,i Juninho. O meia submeteu-se a um exame de ressonância magnèiica no joelho esquerdo, numa clinica em Botafogo, e não ficou consiatada qualquer lesão de menisco. Juniliíló prosseguirá o tratamento nor- mal e poderá voltar à equipe na próxima semana. : e justamente buscar uma alternativa para Juninho o maior problema hoje de Alcir. "Sem Juninho, perdi uma ótima jogada pela direiia. ao lado de Pinientei. e perdi também na marcação, já que o Ranieli marca menos. Por isso. optei por escalar o Fabrício na cabeçade-area ao lado de Luisinho. e adiantar Nelson. Vamos ver se dá certo", disse Alcir. ngresso A arquibancada lioje custa RS 5;Ü0- VASCO EMELEC Carlos Gormaf>o Cftvallos Ptmentel Coronet Jo&oLui* CatdUii Ten&rio Poroso CAssio Batnilas Luistnho Smith FabfKio Verduga Nelson Miranda Ramon FornAnde Macodo Juarc: Edmunoo Gra/iani T6cnlco TAcnico Alcif Portela An$el Casteinobie "llfcaldo Local SAoJanuàno Horário 21MQ Arbitro Aquino, do PamQuai O SBT v as radies Tamoio (900**) e Nacional (1 transmitem > Bp,.. SiLv. : " " -. M João Cerqueira Animado com o possibilidade de jogar na mponím. Edmundo c principal arma do asco contra o lünèh Edmundo no embalo do rock Quando a bola chega.ele trata com carinho Chama de meu bem/meu amor. vem de mansmho Ele saiu de casa de saudade atè chorou Nos outros por dmhoiro/ no meu Vasco por amor Pedra no sapato da torcida adversária Furacáo dentro de campo/ terror dentro da area Refrão Dá-lhejiacalhau Eu sei que vou ser campeão Manda Bacalhau/ Mais um gol pro meu Vascão A volta de Edmundo ao Vasco ris e coloca seu vocal hoje A banda não mobilizou apenas as arquibancadas vascainas. Com o Bacalhau. Boy e Nani Dias na guitarra, vo também e de vascainos: Celso Blues \ asco também é rockn roll. O produrar Picrre Aderne. vascaíno, re- (Cláudio Zoli) na bateria. Alem de- (Funkn Lata) no baixo e Gelsinho solvel homenagear o idolo e fez o les, o botafoguense Sartori (que jogou basquete durante anos em São rock Edmundo Bacalhau, gravado ontem á noite no estúdio de Picrre. Januário) nos teclados. em Copacabana Edmundo, esperado no local, ligou avisando que "A musica se chamaria Edmun- não poderia deixar a concentração O CD com a musica deverá ser Edmundo Bacalhau comercializado junto com uma revista sobre o N asço e um pôster do time. caso a Datacontrol. que patrocina o Vasco, banque o projeto - o que esta praticamente acertado. Os vocais de Edmundo Bacalhau ficam a cargo dos vascainos Celso Blues Bov, Gugu (filho do também vascaino Erasmo Carlos), Picrre Aderne e Humberto Effe l ernaná! Abreu chegou ontem de Pa- do Love, mas o público se identificou com o Bacalhau. Os músicos estão entrando no projeto por amor ao \ asco e. mesmo com a Datacontrol bancando, vamos ceder o cachê ao pessoal do Betinho, dos projetos de apoio aos meninos de rua", afirmou Pierre Aderne (R o Alto astral tricolor em Xerém Vitória sobre o Vasco transforma a Campeonato Brasileiro?Classificação > BlfflMBBtEZEOXlCEK. V Cru/o.ro 33»t> * 12 Pnlmwlras 33 -t1 t, t Guar an. 30 Hi * 1«n 4" AtUMico-PR AtlOtiCO-MG *4 19 6" GrCmuo 15 J 30 lb SpOtt 28 lb J* 8" Corinthians J 1o ib JuventuUe >3 *Q Flumcngo 6 nter nac»i»n;tl»3 6 > S 22 *9 Botafogo»Y Hi Vittfjfia b 27 2? u Golds Vaftco 16 6 Pof!uguf5a 2i 16.» 20 2* SAo Paulo 2-16 " Contiba 1* * Santos * 17 Flumincnse»> 4 : 22* B-ah "3 16 * iiinit m ni? Resultados] Sábado Santos 1 x 2 Flamengo Domingo Fluminense 3x2 Vasco Botalogo 2*3 Goiás Palmeis 4*2 Vitória São Pauio 0*0 Cormtnians Criciúma 2*3 Poftuguesa?Resumo Jogos disputados 190 Total de 90S 494 Média de gols 2.6 Melhor ataque Palmeiras. 33 gois em 16 partidas Pior ataque Bragantmo 10 gols em 15 partidas Melhordefesa -Guarani. 11 gols em 16 partidas Pior defesa Fluminense. 35 gols em 16 partidas Maior público pagantes (Vitoria 1 * 1 Bahia) Maior renda - RS (Vitória 1 * 1 Bafra) Menor público 394 pagantes (Bragantino 0 x 1 Vitoria) Menor renda RS Bragantino t * 0 Paraná) Maior goleada Sport 5» 0 Fluminense, em Recite clima no tricolor A vitória de virada sobre o Vas- ~V co. domingo, por 3 a 2. trouxe de volta ao Fluminense os bons fluidos, tanto que o técnico Cláudio Duarte começa a fazer planos para o futuro. Ontem. Duarte esteve mais uma vez em Xerém, onde o clube mantém seu centro de treinanenfo, e falou das modificações "Tenho que realizou no local. experiència e posso ajudar", disse ele. O técnico mandou pintar uma grande área atras das traves para evitar que o gramado se desgaste nos coletivos. vou realizar treinos de "Ali posicionamento" Para o jogo de sábado, em São Paulo, contra a Portuguesa, Cláudiq Duarte mandará a campo a nona formação em nove jogos, uma constatação que não o tira do serio. "O pior e que os outros clubes, em geral, ficam sem um ou dois jogadores a cada partida. Mas aqui es- Cruzeiro 4 *0 Bragantino nternacional 0x0 Guarani Contiba 1 * 0 Paraná J jventuae U * 2 Atiènco-PFt Sport 0*0 Adetico-MG Bahia 1 * 2 Grêmio Ontem Palmeiras 2*2 Corintnians? Próximos jogos Amanhã Bragantino * Sport Marce0 Stefani. 20h30 Sábado Portuguesa % Fluminense (TV) Canindê 1õh30 Vitória * Sào Pauio Fonte Nova. 16h30 Vasco x Contiba Maracanã, 20h Domingo Flamengo * nternacional Maracanã 8h Atletico-MG» Botafogo Mmeirào, 17h Grêmio * Palmeiras Olímpico. 19h (TV) Cormthians * Santos MorumDt. 17h Bragantino x Juventude Marcelo Stefant. 17h Goiás x Cruzeiro Serra Dourada 8h Atiêtico-PR < Sport Joaquim Amênco 7h Guaram * Bahia Bnnco de Ou0. i?h Paraná * Cnciuma Oiifívai de Bnto. 17h tou ficando sem a espinha dorsal", disse O técnico deve lançar mais um jogador dos juniores na próxima partida: o apoiador Bruno Reis. cujo passe e dividido entre o clube e o empresário Reinaldo Pita. Rogerinho e Paulo Roberto estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo e harles foi expulso. Vaguinho, Jorge Luís. Dirceu, Bruno Reis e Fiavinho serão os cinco juniores do time, que tera Cadu. também formado nas categorias de base.? Artilheiros 11 OOLS Paulo Nunes (Grèmioí 10 QOLS Tuiio (Botafogol. AiHon (Guarani; 9 GOLS Ozeas (Atlético- PR:. Palhinha (Cruzeiro). Leandro (nternacional) Dialmtnha (Palmeirasi 8 GOLS Ronaldo Atlétlco-MG Edmundo (Vasco) 7 OOLS Paulo Rmk (Atlétlco-PRi Mabliia Crlcúmai Bebeto Ftamengol Luizão e Rincún Palmeiraü e GOLS Euler (Atlético- MG). Zè Alonso (Grêmio) Fernando (Juventude!. Luís Muller (Sport) Agnaldo (Vltória) 5 GOLS Luís Carlos (AHétlco-PRi Pachequmho (Coritibai Gilson (Guarani). Marqumhos (Juventude)? Regulamento M O Campeonato Brasüeiro (Série A) terá quatro fases Na primeva, em andamento, os 24 oubes togam entre si em turno único, njm total óe 23 «Sidas, passando para as Quartasd9-hia: i segunda tisei os oito cíut?es q.e ofcüverem o maior numero de pontos ganhos Em caso de *gua- dace o desempate se<a pe»os segu*ntes entenos 1 maior número úe mtónas. 2 melfcof sakío de gois, 3 maor numero de gois marcados * confrof.o oireto enire oo»s crises. 5 sorte-o SÉRGO NORONHA Jogo duplo T utar em duas frentes nem sempre e prejudicial. Para Joel J-j Santana e Alcir Portela pode ser providencial, bastando que Flamengo e Vasco consigam se classificar na Supercopa dos Carnpeões da Libertadores e na Conmebol. As dificuldades no Campeonato Brasileiro podem ser perfeitamente relegadas ao segundo piano. O leitor nem precisa lembrar que as coisas seriam diferentes se os dois estivessem em situação mais confortável no Campeonato Brasileiro. As queixas contra a dualidade de competições seriam claras e imediatas, conio se tal situação já não fizesse parti do dia-a-dia do nosso futebol. Mais difícil è a tarefa do Flamengo, que terá que vencer para conseguir a classificação fora de casa, contra um Colo-Colo motivado pelo empate do primeiro jogo. A situação do Vasco è mais cômoda, porque joga em pisa e pode perder até por um gol de diferença, contra um adversário que ja está de crista baixa pela derrota no primeiro jogo. Joel Santana e Alcir Portela so não podem perder a classificação na noite de hoje. A vitória e a garantia de tranqüilidade. Ate o fim da semana? Nada mais desconcertante do que.1 cara de Bebfcto. ao comentar,i vinda de Romário e sua possível ida para o futebol inglês. Logo ele. que voltou a Gávea cantando "meu lugar e aqui. a/ de conta que eu não sai", e agora e obrigado a aattiitir duas hipóteses que lhe sào inteiramente desagradáveis: um convívio constrangedor com Romano, ou a frustrante plisp&ctiva de ir para a fria nglaterra. Aos que argumentarem que o futebol e assim mesmo, eu responderei perguntando quantas vezes nos já vimos um jogador mudar de clube, pais e continente e mudar novamente ao mi de tres meses, Bebeto pode continuar cantando a mesma cançao* so precisa "nunca mudar de verso. O de agora e mais vou faze o que meu coração pedir nunca mais vou fazer o que meti cuiaç.to mandar...? O tom de yoz è o mesmo de Al Paumo. Ou seia Robcit De Niro O certo e que monocordicamente Romário vai conseguindo o que quer. principalmente com os dirigentes do Flamengo Os mesmos que fizeram um brinde a sua saída agora brigam para trazê-ío de volta Romário está infeliz no Vajéncia. na casa de mais de de/ quartos na l-«panha. então urge tra/è-lo de volta, para com ele dividir a responsabilidade de classificar o time no Campeonato Brasileiro. Não sei por quanto tempo o ator principal vai conseguir encarnar.1 platéia O ingrediente que impulsiona Ronaldinlio para a estratosfera e o niesmn que empurra Túlio para,is profunde/as ( haip-sé motivaçào Ȯ motivo de Ronaldinho e ser o melhor jogador de futebol do mundo Para isso ele trabalha sem parar, treina serio, entra em campo absolutamente concentrado 110 jogo durante os O minutos c faz gols, única maneira de chegar ao seu objetiv o : qual seria o objetivo de Túlio? Primeiro falou-se chi ser o maior artilheiro do Campeonato Brasileiro, Beta que ja parece inalcançavel. Agora e o centésimo gol, meta que seria mais fácil de chegar mas que parece esbarrar no desinteresse do proprio alio. Seus companheiros o acusam e ele admite que não tem treinado o suficiente; F o primeiro a ir embora. pesèúidantío-se da parte fisicá e técnica. Desfiles de moda. convenções e publicidade parecem ser mais interessantes do que o aprimoramento como jogador de futeboi. Ele so não sabe que goleador que rapidinho, a/ gol sai da moda? Nhenhenhém e Chóramingueira Parece nome de dupla caipira Botafogo jogará no ataque no Mineirão "Vamos O técnico Jair Pereira sabe muito bem o que significa enfrentar o mais pegada no meio", justifica. O da alvmegra precisar de Atlético Mineiro embalado no Mineirão. Com passagens pelo pfóxi- Renato e Bentinho. Os dois volta- meio-eampo será completado por mo adversário do Botafogo e tambem pelo Cruzeiro, Jair conhece a pois de muito tempo fora dos camram a jogar domingo passado de- força da torcida do time mineiro e a pos e mesmo com a derota para o energia que ela passa aos "Precisamos jogadores GoíáS, agradaram. Por isso, não quer saber de pressão vencer e como não quero o time ho jogo de domingo "Se entrarmos recuado, esta e a melhor formaçào". disse o treinador, que terá a com trés eabeças-de-área vamos 11- car atras e isso não quero de jeito volta de Mauncinhcf que não jogou contra o Goiás. nenhum O Atlético vira para cima e não podemos dar campo para Bentinho. que teria mais uma eles. Ninguém agüenta muita pressão por muito tempo", explica o jogará domingo ainda em precárias semana para aprimorar a forma, treinador. condições. Com dores no joelho, Como Moisés foi suspenso por não treinou terça-feira. Ontem, dois jogos e está fora da partida. apareceu com gnpe e ainda treinou Jair vai escalar Otacilio ao lado de de manhã. Mas a tarde, com frebre, "Foram Sou/a. Ele ainda pensou em França, mas se decidiu por Otacilio, que cisos que perdemos", lamentou o foi poupado dois dias pre- definitivamente não agrada a torci- prerador-lisico Ronaldo Torres. Palmeiras alcança o Cruzeiro O Palmeiras alcançou o Cruzeiro na liderança do Campeonato Brasileiro ambos com 33 pontos ganhos ao empatar ontem á noite, no Parque Antártica, por 2 a 2 com o Corimhuns, em jogo muito disputado. Os gols foram marcados no primeiro tempo. Célio Silva fez 1 a 0 para o Cormthians logo aos amin: Viola, aos 21min. e Rini-on. aos 42mm. viraram o placar; ma- Mirandinha empatou novamente a partida, aos 44min Acordo para viabilizar F ndy deve sair hoje Os presidentes da ntag. Jorge Cintra, e da Riotur. Marcelo Siqueira, se reuniram ontem em Sào Paulo e iniciaram as negociações para manter o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula ndv no Rio de Janeiro Organizador Ja corrida. Cintra quer receber da Prefeitura garantias de que o Autódromo de Jaearepagua estará em condições de receber a prova no dia 11 de maio de 97, A previsão é de que o acordo deve ser fechado ainda hoje El Paso treina bem para a Copa ANPC El Paso. um dos principais representantes do turíe carioca na Copa ANPC clássica de domingo, real i/ou ótimo treino ontem de manhã em Teresopolis O castanho filho de 1 ast üold floreou os 1 jpoo metros em lm07scravados.com muitas sobras em todo o percurso

37 . JORNAL DO BRASL ESPORTES QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 19% Volta de Romário fracassa. Flamengo se recusa a envolver Savio no negocio, mesmo USS95 P recebendo US$ 9,5 milhões, além do do atacante tetracampeao passe \ nhciro vivoocuv>i:i;,j NOTCÁROS > 12h00 Manchete Esportiva 12H30 Globo Esporte 12H40 Esporte Total -- Band 12M0 Camisa 9 CNT J FUTEBOL 1 Rh16 Gols do Campeonato Argentino E5PH BratU 6h30 Brasileiro Palmeiras * Corintriuins. Vi - C3PN Brasil 18hOO Brasiloíro Palmeiras * Connthians, VT Sportv 22h10 Supercopa Colo Coo * Flamengo, ao v*vo -- Bsnd 22H30 Espanhol Sevilla t Barcelona, VT ESPN 8r»U VAREDADES kvw trata do novo retorno de iwhb. -,»M< o»hoo 09H00 Automobilismo Automobiiismo:Coo«p«iKj-»pofi* Copa Palio Sportv i 13h30 Vôlei masculino Suporliya. Lupo/Nâuti- CO i ReportSu/ano VT - Sportv 18H4S Automobilismo-- ESPH Bísí 20H30 Esporte Real Sportv 20h30 vôlei masculino Campeonato tab-jno Sisley Treviso * Porta Ravenna. VT ESPN Brasil a»h10 Basquew Sport» 22H30 Basquete ESPN Bf«*H nformática Direcionada Para Cada Nocossidado: DATASUPER - Wlndowt 95 Offlc# >- 7 \ DATAPROFESSON f,, JÊF «u«lb»<*o pjri ( XjÇA i " Na rcuniaocxtraordinaria passe, parca-u conformado. "Sou " Pro««io<iiU 11 SMáUlWW j *>V DATABUSNESS \ convocada as pressas para a noite jogador do Valencia e voltarei Curto p»i pa- \ DATASENOR <453/ N$SZJ de anteontem. os 14 conselhciros ra a Espanha a hora que o clube V4,. tofomiatlca nformática para que compareeeram deixaram Kle- detcrminar". declarou. Esse retor- % N Tercelra ber a vontade para dccidi o que no jlcvera afcntecer dommgo Terceira dade Movo! yr LDSrjr.Tt>Mii<Mt)1 OATANíT l rn~of wrewwcti i,:.nmjiv"q l, 1.«WfyS H P O MMnmaMi cin» amtq CAMPO 0RAN0 Bacalhau a espanhola J. \* ElgMr ÍSTPPPWfWT* CQPACAtUMA MADOUEiRA MiitROí RCARDO (K)NZA./ JaJa - WÊÈÊtlÊtÊÊÊÊÊÍÊÊÊ MOVA GUAÇU A primeira senha foi dada sahado, por Romário, Romano numa roda m Romirjo um % TEL: / de amigos numa boate do Rio: ele JJ \ torcida. 4.V M" CENTRAL DE ATENDMENTO ATENDMENtO bado, "Por datacent(o)rio com.br comentou: mais que queira voltar ao Flamengo, vou acabar parando e no Vasco. A segunda senha veio de Valência, com o procurador de Romário, Lui Fduardo Moraes: ele disse que a permanência do Baixinho no Brasil não depende apenas do Hamengo, há outros dois clubes inte- O GOURMET ressados Romano. Tenho boa situacao finaneeira ( reisados em contratar Romário. jjl v O c mas se eu fosse para o \alnc V Um deles e mesmo o Vasco e as Rjl Aoojy negociações negociagocs com Eurico l unco Miranda scna PaM P,,n u,r nuiv 11 v j behtaurante mais\ têm ten, tudo s.mplcs nho duv.das para serem mais simples que scna uma neco-,, JSTAURAN rapidas cacao boa para todas as partes MOCAMBO e rápidas que com os cartolas rubro-negros. bro-ncgros. Ontem, Ontemem São Sao Ja- afiuectada W ojssfisz + m* f nuario. nuario, Edmundo abria as portas f 24 ANOS DE TKADtQAO para PUnlt o clube espanhol. "Não SfSSL Edmundo garantiu que. se 0 ne- % sei de detalhes, mas e a f TflSmmmmS prt!c;«nwk (aril iln gocio com ovalencia satr. ele la/ # *J 1 tf> no vir eeuir questao de dcixar um contraio as- J Rua Teófilo Otoni, 24/26 " coisa mais fácil do mundo Romario \ para o Vasco eu para o f,ornimhn1 Valencia men easo smado com o Vasco para quando Me9a Co,mbra Valência. 0 meu caso e bem mais "Nao \ Adega Flor de Coimbra deavio. voltar ao Brasil. abro mao FJkJi simples que o Savio Quando r ~"rmi íi < casa ASA rlfií timca Vasco. Eurico disso. Se a co.sa evoluir. prewfido PORi ucjuesa A assinei com o Vasco, o l unco PORTUGUESA prometeu me liberar "vesse na primeira proposw exle- M voltar ao Vasco e Hear aqui )cil>. n,, t/ dirciom nao acvitm rnlutr Souo (ao fumtoj TciJSr proposta boa que tivesse do exterior Eu tanto poderia ir agora. Romário queria twar no nor agora, ate a hora deencerrara carreira. %««"»"u" "" tur Pratos fartos pl 2 pessoas - Bolinhos da K.SYmt> ide fundo) na negociação bacalhau ao comprido Chopp golado Eapcclal emvinhodacam casa _MtfUMO* tooos o«e cueuui* on» o -w-t f* 1 M.TYAMO& 1OÒO0OS flokrt»e CHtOUfcS OO * ii * m_ Rua Rua Teotònio Teot6nio Regadas, 34 Lj.A r ;. i Ttna tareta diticil Lime (Pmiimo i Sal» Cecifia Mwto) tr Uma llld tarefa difícil no r*7*5m Amagoa de Bebeto acha ZZZ?. Atacan nue diriaeiltes o que o aiacante na&o- SANTAGO 0 Flamengo deacom que o Flamengo ganhou goleador, pre\m <5&sS> JANMW. qul U1 w menta. mas todo mundo no de 0 seu luturo na Supercopa da cstadual: fcctedona Se o ataque e forte, a RESTAURA«T StGUMOA À S XTM Jfesa aojwjsjj querem llbtl a-lo Flamengo sabe, e o certo des- Ubertadores hoje a none, contra o Jefcsa> wpcrando o adversario ata- marca miuto mat Qucm chama * f \ Flamenco nao conseguiu conforto que a chegada de Ro- Colo Colo, as 22H10 ide Brasilia). car< para depois tcntar o gol em atencao para isso e o arg miao UlBMMTVMÇftO Hmmmm# O contratar Romano e mano provocana. Os dois sao no Estadio Monumental, or ldc 0 contra-ataques. Joel argumenta que Mancuso. que ve nessii deficiencia sbmoot SBMÇO Ot WTHOA wihoamw MU PHJWMJADO psojqmoadq u-nr:. i,mh um problcm.i com am o sos, tetracampeoes do time chileno dificilmente e derrota- ( mt.hor maneira je 0 Ha- do adversario a possibdidade de (J0 Tf Bebeto Ao tomar eonheci- niundo.ee sab.do que tern do. 0 tecnico Joel Santana. - porem. vencedor- "Nos de/ mi- Flamengo ganhar. "ties atacam Rua do Ouvidor, 45 ir mento - atraves de telefone- dificuldades em divtdir o estre- assegura que a equjpe canaa esta g. ama mu.to e se esquecem de marear QL Wnvufi fl mas do Brasil - de que os lato. Ontem mesmo antes dh prcparada para enfrentar um ad- nutos iniaus P lembra>ancus0 aierta paraoutro dirigentes rubro-negros esta- (remo no Estudio Monmental. \ervino que tern no gnto da toaida da gente com fator do qual o Flamengo podera coj»h* uohkwwm. vam negoctando seu passe Bebeto teve dificuldade cm a sua grande anna 0 ta-mador foi mar cuidado e explorar os contra- conseguem EspecMldades em Frutos do Mar p a abrir espacd para a volta chegar ao campo. tamanho alerlado por Mancuso. que jajogou alaqucs-. disie. t.rar prove.to. be nao con ***** 15s00 MS) de Romano Bebeto ficou irri- «ssedio dos torcedores. C om cm Santlago contra o Colo Colo, Menos ma para o treinador ru- marcar um gol nos pnmc ros HAPPY HOUK tado 0 aiacante esta magoado Romano no elenco. um dos Juniors para a pressao bn> que a pan.da tera tras- minutos. a torcida comeca a nxla- com a pressa que os d.ngentes do.s sena iransftjrmado em quasc insuponavel que os torcedom(o pc,a lclcus5o chilena mar e eles ficam muranqmlos. ga- rubro-necros demonstram em coadju\ante. Bebeto esta a>s locals e.xercem fora e, ds ves, 0 estadio nao devird lotar. Joel rante. Mancuso lembra ainda que o > querer se desfazer do seu lute- magoado porque achaq nao denlr0 de campo. me d.sse aa ;*Ek qu.o va. Haracng0 tem de tomar cuidado V g (021) y bot apenas dois meses depois conseguiu f.uer a torudc 0 campo fica cheio dc gente.. la P c, n5o x deixar envolver pela f csaa,.,.i rv quecer o Romano. Mas isso -.1 n-viemos nos mtimidar. nao nas \e/es ao teip*. em que u v,.a,,.ir, j < > TA. v Li o S cl a 4-!».. in.cg.amc da "psi M.mpreBionar com na- Colo diminou o EsmdianKs pda ca.imba dos chocnos. Quando * wm nio mierem me ven- S".d«W. Supcmopa por 4 a 2yiu: q»c 0 a,uc,a,m pdo Boca Jumon. ojojo JU$UW dcr. inas la sou vclcrano no Frustra?ao - Osjogado- Aorendida & a licao da seric pcrigo do adwrnrm se ctana Ba- ticou paradu pot unco minuo. g fuiebsl pata sabct que na res do Naincngp dcrrotas no Brasiiciro o lime say. alacanle qoe nao enfremou 0 Bnfaram os jogadorts. con- jj ["BACALHAU ETFRUTOS] DO MAR VARADOS. J maiona das ve/es a palavra de com surpresa. ontim a tardc.j. m.,neiride marcar (estava Flamengo em Sao Jose do Rio Pre- tou. 2 sis com mr-ccn4iacn*ic..n,.,vh-, Ml,." cmei- not cia de que Romano nao mudou a maneiramarcar lestava 1 b 3 um uincente naua \ait. quci SarvodaMfetmoexurno n. n?ra» xa-se. voltara mais para a Ga\ea. jhertadores rm R. Alcindo Guanabara, Bebeto cofirma que rece- Decepcionados. muitos pe- SUP.erC0.P Supercopa da?-- Libertadores H5 LB th?40/2463 J beu uma proposta do Black- diam informacoes sobre 0 re- " \W. QueCM A burn, clube ingles onde trocesso das negociavoes com Q jogava T Boca Jrs(ARG) \ B Olimpia(PAR) ibfa sopedl 0 artilheiro Shearer (vendido 0 Valencia qt«ja considera- x X Fjs X M velez COLO COLO FUMENGO 7=yUAk1 mff o Newcastle), a uuem ele vam conclu.da Mancuso. q Cnu8iro<BRA) T GOH AN Fb wc#.. ubst.tu.na Mas nao respon- Marques. ramldo. l ab.ano ~ RESTAURArfTE Velez S.(ARG) FLAMENGO? CruzeinHBRA) ArCM 2* C*"os Rivm* frrn Bíi.«no NATURAL n.»nvi due o Aoisio. amigos de Romano, 1 deu ainda. c csptra\a que 0 *mais RonaxJáo Uimentaram E SUSlil BAR Flamengo se recusasse a tomar torani os qui mais lamraurara _ Gu«v«r» GiiCtO tw«pt* e<a Mârcxí ***,*»» Co»ti 4 fjfl, a reviravolta do ease 0 teeni- ESpffMK Rua Joaqulm Sllva, 130 jryrprruiu conhecimento da oferta pelo Sai«s Jod ames en(u.. S-9#r«Mérqu«4 So! seu passe, numa provaconcre- s,asmado.,ambcm tkou tnste ggtgsi BartxxKJUo Beooo UBl ta de que «na megociavel. coa0 saber que nao podera con- n Bím, Akj»4O miorninichii s Q runtco r*cma, a a e~"\ mo os dirigentes tanto aiir- M tar turn com KWlt Bebeto l e numaiii Romariojun- juu i CotoColo(CH) semilinais 0 Santos(BRA) T4cnico Técnico O Colo(CH) Semilinai» X Gustavo BenftU Jo# Sarara 9f "Parece X y*«ln«i»cflll Uxal tkilw Uonum«rt«i em S«nc»so _ mam que o clube ra- tos. chegando a afirmar Nacionanuu j Local Eaiaáw laonumeniaj w* Santao PARA ANUNCAR National(COL) que i HFlamenao<BRA) n«rtho j«i* OK*fcu.a«ff "OOj", f nor; L 1? r»d«* 9ot» (t220»w) e tup" glesofereceu CSS 5 mjinoes <!,o este e um sonho oe qualquer ; Flamengo(BRA) --- -f- - Quartas Htxino Cc*y4 22H10l<t»8r«fciia) A»r«dQloe*>(t2a*WieTu(!> JuU 0»c».a» « iizsouat««(290khz) a a TV tv Baròe»f Bwdmwus artes tiaiw* a 333 rauagsa* Quartas de final Flamengo cootrapropos USS 7 treinador L.A 4ftxU partida,

38 2g JORNAL DO BRASL ESPORTES ~ 2 Edição? QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 19% Volt a de Romario Romário vira novela Kleber nao aceita envolver Savio no negocio, vem mas dirigentes do Valencia vêm ao Rio para novo entendimento com o Flamengo NOTCÁROS lhoo Manchete Esportiva 12N30 Qlobo Esporte 18M0 Esporltí Total B*nd 12M0 Camisa 9 CWT JBMtt. =2=;: : jenha vu di alcnua u n o gjar* firma que uma transference ago- mm-m. mk J Wk procurador de Romano. Luis;.,..tu P *»;»* Wk m r - Eduardo Moraes: ele disse que a r;1 etudohfc HvSMl / WW AMlJS \ jkrnianencia do Haixinho no Bra- Xchegou a ntka de 4 P* *.Uwipmi % O GOURMET ressados em eontratar Romano lenho boa situagao Hnanceira, > Jm deles e inesmo o Vasco e as mas se eu fosse para o Valencia /k legociafoes com Eurico Miranda seria para ganhar mais. ao te- - H 10%( tem tudo para serem mais simples nho duvidas que seria uma nego-?. un RESTAURANTE mais\ m.«\ e rapidas que com os cartolas ru- cia$ao boa para todas as partes. mocambo MOCAMBOT bro-ncgros. Ontem. em Sao.la- afirmou; mv"d.jj- l0;vlj W e.«c».iw«te «n r nuario! Edmundo abna as Especialidade em portas J w relhado# Grelhadas e o Fruto Frutos do Mar para o clube espalihol contudo. nao foram esquecidan. 24 2* ANOS DE D TKADÇÃO TKAD/pAO fsao sei de detalfibs. mas e a Edmundo garanuu que. se o ne- m att V18AMMEX coisa mais facil do muhdo Roma- gock\coni o \alencw sair. ele a/ *.%, SEXTAS até 22h - CC VSAMKX f RBBSBEfflBEBSBB rio vir para o Vasco e eu ir para o questao de deixar um contrato as- J Rua Teòfilo Otoni. 24/26 " 233*2025; 2sSSSSS252!5 AdeqaFlorde Valencia. 0 men caso e bem mais sinado com o \ asco para quando tvlllk Adega Flor de Coimbra simples que o de Savio. Quando voltar uo Brasil. Nao abro iikio (? An Sinei com o Vasco; o Eurico disso. Se acoisa evoliiir. pretendo A# CASA TÍPCA it-rfsl prometeu me liberar na primeira jogar tres anos na Europa e. vie- twrwsws PORTUGUESA proposta boa que tivesse do exte- pois. voltar ao Vasco e Hear aqui - Sm-in mi mvociihiio prato»fartos p/2 p»ssoa» Boiinhos da nor Eu tanto noderia ir aebs, ate a hora de encerrar a carteira." Rdiimirio queriajtcqfi nuis a dirvtorui nao m t ttot i Pratos / p12 passoas - Bolinhos de lacaihauaocomprido-choppbsiatio- Especial Rümàrio ficar no Flamengo,»w " dm-toria não acenou incluir o poma Sávio na negoçmão bacalhau ao comprido - Chopp galado Especial vinho vlnho da casa can MÚMMOS tooos o» ticmia tc»*oues OOWO Rua Teotònlo Regadas, 34 Lj.A [Tjnaaoa de Bebeto Uma dificil Chile (Prtiimo i Sala Ctcilia líeirefcs) tr Uma tarefa difícil no A llclgua UC combatendoma.snafrente.no to. "0 ataque deles e bom. os joga- ALMOO: milhoes. Sinaldequeremmes- hi/ M.isiom m-s Atacante acha campodo adversario), Joel man- dores trocam de posi?ao a todo swunmasamoo /7TTCV ALMOÇO: l 11/ M ul ST0 MM S " SCUMMAsamdo, mo me vender, disse Bebeto. sn*«**so«m 4 Enviado especial da a campo hoie a noite a formao momemo. e esse Basay e mesmo 0 : naotenxwe que dirigentes O que o atacante nao co- SANTAGO - 0 O Flamengo decide o seu futuro na Supercopa da RESTAURANTE SÉGUNDA À S XTA dealalica com quc 0 Hamengo canhou goleador". previne JANWfc mcn,a" mas todo mundo,no nuprpm iihpmulf 0 w c(00 tituoestadual; fechado na Se o ataque e lone, a defesa h«$tauhamt«1segunda&soc» qutiliu niuu l lamei# sabe, e o certo des- Ubenadores Libertadores hoje á a noite, contra o jefesa pcrando o adversario ata- marca muito mal. Quem chama MO 11M0*sa«H5 rv Bamengo naoconseguiu conforto que a chegada de Ro- Colo Colo, as 22hlO Brasilia), para depois tentar o gol em atengao para isso e o argentino wiwwiwdto MilAKO Cotò Colo. às 10 (de Brasília), UNMMMMdto t,*cm.oej l.*cb?m*0s eontratar Romario e mario Os dois sao pvocaria. no Estádio Estadio Monumental, onde o c*, tr;t.ataqucs. Joel aruumenta que Maneuso. que ve nessa deficiencia saofbmsoanasnoxmdaocs SBMÇO H BmSOA NAS HOXMMOCS.mora tem um roblema com famosos. tctracampeoes do time chileno dificilmente é e derrota- *Lnefra )h Ba- do adversario a posibilidade de Bebeto. Ao tomar conheci- mundo. e e sabido que ten, 0 uvmco Santana. poren, «sa e a nulhor n anura de o na Rua do atacam Kua do Ouvidor, UUVOOf, 45 VlV111 tr M J mento do O técnico Joel Santana, porém, atraves de telefone- di(#ildades em dividir o estre- esta mengosair veneedor. Nosdc \. assegura que a equipe carioca está marcar" Til T/> T\ mas do Brasil - de que os lato. Ontem mesmo antes do preparada nutos inidais. eles Mrao para c.ma outro ) preparada para enfrentar um adversário ((VMcd] dirigentes) rubro-negros esta- tremo no Estadio Monmentau versario temmogrito da gente com tudo. Temos de to- lemora. mautusu at \W],/ <) que no grilo da torcida vam nenociando o seu passe Bebeto teve diliculdade em a a suagrande 0 trpador mar cuidado e explorar os contra- fator do qual o Bamengo podera - cownunrrewaowwi. arma. Ò treinador foi para abrir espa?o para a volta chegar ao campo, tamanho alertado Maneuso. ja auiques» disse. tirar proveito. "Se coawu nftíjmicioxa- nao conseguem Especlalldados tm alertado por Mancuso, que já jogou Especialidades «m Frutos do Mar de-romario, Bebeto ficouirri- assedio dos torcedores. Com L-m em Santiago contra o Colo Colo. Menos mal para o treinador ru- marcar um gol nos primeiros -15 HAPPY HAPPY HOUR (**» **63 **15:00 tado. 0 atacante esta magoado Romario no elenco, um dos pelo Juniors, pressao hrivne ro uue a nartida tera tras- minutos, a torcida come a reda- com a pressa que os dirigentes dois seria translormado em qiiasfe pelo Boca Jumors, para a pressão ABERTO DAS insuportavel,a teievislo chilena mar e eles ficam intranquilos", As H3 quase ga- 11:QQ rubro-negros demonstram em coadjusante. 0 Btbeto esta nes insuportável que os torcedores locais locals exercem exercera fora e, e. as ás uv.es, ve/es, 11:00 AS 23:00 HS lot-ir rante Maneuso lembraaindaque witetuwpo >»»«* wo-ewmo quem se desfa/er do seu lute- magoado porque acha que nao demro e o estadio nao dcvcra lotar. Joel ranw.la dentro de campo. "Ele me disse que g (021) J bol apenas dois meses depois consegu la/er a torcida es- 0 r,ca trouxe para Santiago e ass.stiu va- Bamengo tern de tomar cuidado. o campo fica cheio de gente. Mas de o terem contratado do De- quecer o Romano. Mas isso n-l0 pihi..mos nao rias vezes ao teipe em que o Colo para nao se daw envoiur peia vjjv,yjtfr "Eles portivo La Coruna di- passa" disse um integrante da podemos não podemos nos intimidar, não Colo eliminou o Estudiantes pela catimba dos chilenos. Quando podemos WMA /em que nao querem me ven- delega<ao. da", nos impressionar com nada", disse Joel. Supercopa por 4 a 2. Viu que o atuei aqui pelo Boca Juniors, ojogo Aprendida der. mas ja sou veterano no licao sene pengo do adversario se chama Ba- ficou parado por cinco minutos. fbacalradrlfes lutebol \ para saber que na do l lamengo rmpbtrjtn h Aprendida a lição da série de Bnsileiro - say. atacante que nao enfrentou o Bngaram os 22 jogadores. con- VAPAnn - S nviinrii dls ve?es a oalavm de com surpresa. ontem a tarde, atrrotas derrotas no Brasileiro Brasiitiro o time ume. m»l 00 MARJi&jsAPOS. -j l diricente nail vale" auei- noticia de que Romario nao lestava Bamengo em S;io Jose do Rio a- tou. i um amgenie naua\aie. zsem*-cc*dktc**k> 4uu i mudou a maneira de marcar (estava a Q ive - Semfoda buffet rnternoe e»temc """Bebeto confirma lie rece- DeifpcionadomSitos pe- Supercopa SuperCOpa da Libertadores UbertadOreS_ [ --r-ni fa 1 AlcirvJo GuanabanJ, -1 - a so o j0 ys,j burn, clube ingles onde jogava trooso das negociacoes com flboca Jre(ARG) Ollmpia(PAR) Cl\7X o artilheiro Shearer (vendido o\alencia que ja considera- Boca Jrs(ARG) Olímpia(PAR) x {..najs POLO 1 St pt- u X X para o Newcastle), a quem ele vam concluida. Maneuso. Q -p Cnnelro(BRA) VelezS.fARG) volo wumlu PUMmeniiV fnu\\l ftecmtrn substituiria Mas nao respon- MarqUes. ranildo. Fabiano S.(ARG) COLO COLO FLAMENGO Cruzeiro(BRA) VUQQjN AJTX* Zè Caries FtmèrOQZ Ri v«fb twnho* w».j deu ainda. e esperava que o Aloisio. amigos de Romario, ojst0 RESTAURAWTE neve* Júntof Baiano RonakJAc MATORAL ; Fkbengo se recusasse a tomar toram os que mats lamentaram i. Ou«ym/s Gilberto E SUSH BAR conhecimento da oferta a reyiravoita do caso. 0 teem- MèrooCcsU pelo Esprra Mrcwo *«««Rua Joaqo/m S//va, 130 co Jod Santana, antes entu Salaa itapial w. o,e»tkewa seu passe, numa prova concre-, f, lnt, r Stfffê sr«ma/«lapa-i&s.. ui-j*bu jtmfirani 1 siasmado. tambem licou tn>te &itkxk«o b*o<*q ikceframos] DuiimLw ta uc UUC Sena KUCi, to* l... _ * Batxxioco &M»<0. iwl,>r! _,. Bi&fiy Atotw! ao saber tipxtts. i que nao podera con- n _. Basay AtoíSíO rn,0,chh O T»en»«V mo dirigentes tanto afir- larcombebetoe Romariojun- J U1, > Q Santos(BRA) Técnico T4cnk» Q Colo Colo(CH) Semifinais &.javobe«i«omímyo Be«l«Joot j««s«r.-«sanuna r ANUNdAR num. "Parece X X que o clube in- l05. chegando a af.nnar que lfiamengo(bra)? Nacional(COL) j 1 ties ofereceu l;ss 5 milhoes e o este e um sonno de quaiquer Q Hacional(COL) Local EsUiiw Mcr»vr?ie«tai «fn Sanoaço PARA ANUNCAR Tt Flamengo<BRA) Horirk) 22ni0 «te Bfas«a) Jui* Oscar Ru>z da, coksm<m-aik#o»«oe>o(iw)utt}«tua Ccvtxa As ití>cs Giobo (220iihi) e Tuo» **« i... Ouartas! wtom«i>mtwwwii>iwn j Flamengo contirapropos S> treinador L.! Quartas de final (1290WU) a TV Baroen artes transmrtatn a n galgar 1 p»rm» part><ía FUTEBOL 18h15 Gots do Campeonato Argentino ESPH Brasil 1 Shio Brasileiro Palmeiras» CotintWans V SPN Brasil 18H00 Brasileiro Palmeiras i Corlnthiana, VT portv 22h10 Supercopa Colo Colo i Flamengo ao vivo Band iiuo Espanhol Sevlia > Barcelona V - SPN Brasil VAREDADES 09h00 Automobilismo Copa Palio Spcrtv 13H30 Vôle masculino Suporliga LupoNàuti- CO * Rr»port/Su;ano. VT Sportv 8h40 Automobilismo - ESPM Braail 20h30 Esporte Real Sportv 20h30 V6ei masculino Campeonato taliano Sisley Treviso * Porto Havenna VT ESPH Brasil J1h10 Basouoto Sportv»h30 Basqueto ESPH Brasil nformática Dirocionada Para Cada Nocossldado: DATASUPER _ Windows 95 a Offlca \ oataprofession Nj Atualtufio para /v Proflaalonal» 11 DATABUSNESS f Curso para ampfaws t te ontem a tarde. K> escritorio de chegadl dos dirigentes dosvaicn-.j\ DATASENOR DATASENOR sua cmprcsa. cm Bctafogo. depois da amanha M Rio, muila eoisa rs. nformática % MM Jif nn4tle«de mais de duas horas direuniao, alnda podera acpnfer. <<>/ T-1 Twctlra Made para Terceira dade <o>> Novo DATAMCT to n 11 f A [p?ltrit} rud* to/** :N tzrne n i,?h mm CAXAS-CENTRO Bacalhau a espaiiliola 1 HWhiMjWM JZ CAMPO GRANDE MHEr Kw1T9V99Wt COPACABANA TniAHim maoureiha Ax ÜB*AX BMÍV méier - TUUCA NOVA cuaçu hadaromario.ferna roda cu ir pjmi a Espanha. A torcida CENTRAL CENTRAL PE DE ATENDMENTO de amigos numa boaie do Rio: ele vasea.na term em Romano um f v. comcntou: "Por TEL.: / mais susbtituto mui o me lor co que queira que ; >4* 1 r

39 Rio de Janeiro - Quinta-leira, 24 de outubro de 1996 JORNAL DO BRASL Náo pode ser vendido separadamente Capocirista, Benedito salta mais de 2m de altura. O povo vibra.1.(.).!! fft"fr" : _ 9BJT Bfcv-.*"-.: ; YHwkjH-1 HSBfiKm - HHfc-HfflBMfl, ylmc 1 HwaBsBk arre comjntrada Artistas de rua fazem do Centro do Rio um grande palco ao livre entrada franca Mf iatea Diversão Diversio. Carlos Rogério canta baladas c Alexandre Baiano ("abaixo ) engole fogo ArH p jj J O mágico Mister Legnar, cm pleno Largo da Carioca- "Este é o mundo do ilusionismo recreativo. Eu vendo ai cana REGNA ZABPA desaparece da mão dele. gente não quer só comida. Mister Legnar, o mágico, que o diga. As quatro! da tarde ele chega, arma seu tabuleiro e vai tirando seus apetrechos da malinha. Pega uma canela e a faz desaparecer, misleriosamenle. na mão esquerda. O primeiro curioso sc aproxima e quer ver a mágica de perto. "Este e o mundo do ilusionismo recreativo. proclama o mago. em pleno Largo da Carioca. Logo, logo, vai "0 juntando gente. cavalheiro pode segurar este dadofs pergunta. 0 cavalheiro segura um. Mas quando abre a mão, aparecem dois dados de espum Oooooohhhh! 0 povo chega mais. 0 lenço azul "O ministério do cigarro adverte: o governo e prejudicial à saúde", brinca o mágico e o cigarro aceso também some, milagrosamente. "O senhor merece 100 reais", grita, encantada, a mocinha com o bebê no colo. Mister Legnar aproveita o frisson e anuncia os produtos de mágica que ele mesmo fabrica em sua micrgpmpresa, em Juiz de Fora. E sai recolhendo sorrisos e exclamações, coisa que faz ha mais de 40 anos na rua. "Vendo alegria \ anuncia. Balconistas, bancários, aposentados, office-boys. meninos de rua, mendigos, donas de casa. secretárias, desempregados, executivos, iodo mundo arrisca uma olhadcla. É diversão e arte para quem passa pela Rua Uruuuaiana, pelo Largo da Carioca, pela Sete de Setembro, por cantos e esquinas do Centro da cidade. E uns trocados garantidos para os artistas que sobrevivem nas ruas. Eles fazem de tudo. Acrobacias. mágicas, malabarismos. Engolem togo, tiram a sorte no realejo, e vendem sabonetes e cremes que curam de piolho a unha encravada, antes de dar saltos mortais.... "Para mim, isso é uma terapia", diz Ney Gomide, 43 anos, cabeleireiro. Sempre que pode ele escapole para a Carioca e se diverte com os artistas. "Eu venho para dar um descanso do trabalho", confessa Edson Oliveira, office-boy, 23 anos. O uruguaio Hector Hugo, que trabalha como tradutor "sso e intérprete e com turismo, tem sua teoria. é teatro ao ar livre, de graça, para o povo que não tem dinheiro para ir a teatro de verdade. Continua na pagina *. ~ """ is? P 8 * -" Jg.* FaSar ngles Falar nglês e um AUDNG terror. DOMAS "Happy Wr x Na sx*" ~>JM_ i-"\ ultima m s. HappyHour immmmmrnmrn-. Üa última 6* feira deste mês. o Hour -~ Cl -a -,,. Conversation Club"da Audingdiomas tcra Conversatíon tera -T /J / / / TJT/F" _ "Halloween como tema o Party". yiiijj m r?t A 1 -V f A*, t\tp AfinaJ, nao e ngles Participe. AtlnaJ, náo é sempre que se falar nglês J...>_H H V\ dâ aquele 1 "~ da friozlnho friozinho na espinha. jíjyiij ) RSVP Qaroa 302

40 ry JORNAL DO BRASL iw Continuação da capa "QUNTA-FERA. 24 DE DO OUTUBRO OUTUHRO DE 1996 QUNTA-FERA, Fotos do Evnndro Tolxeira J palhaço (samoonu ia «m-/./«- rformances com a boneca Odete e. índio e Cigana dançam lambada e jogam capoeira < \ y"> ; ÉTAS De D engolidores de fogo m a filhos de Bruce Lee O realejo cigano c uma atração concorrida. Xsu. vez o publico e quase todo feminino. Cigano tala de amor c paz e recolhe papeis em branco onde as pessoas escrevem seus nomes. Seu realejo e um cilindro de vidro com ágíia dentro espetado num pau que parece um cabo de vassoura pintado de preto. Cigano põe os papeis em dois tubos, em ema do cilindro e na água tres bonecos flutuam quando ele manda. Logo depois, o mistério. Os papeis, com cada nome. voltam com mensagens canmbadas cm letras de forma. Jtrava simula Unas marciais e executa malabarismos (acima) enquanto Capi, o pintor, vende suas. viagens a /<> <> cada vem aqui. mesmo que não tenha nada que lazer no e mestre capoeirista. já viajou meio mundo, mostrando Próvimo dali, se exibe Alexandre Bahiano, M anos. Centro " ara n e diz que Seu mando não pode saber U sua arte. Foi na Alemanha que conheceu sua mulher. ha 42 trabalhando na rua, o rei do pedaço. Todo mundo is três mais todos em volta do cantor, se derretem e se Regina Cigana, bailarina, que também viajava muito conhece Alexandre, que faz de tudo. Engole logo. enfia emocionam com a voz de Carlos, acompanhada pelo com companhias dc danças brasileiras, afro, maculelê oito pregos dc uma só ve/ no nariz, ou uma tesoura candomblé. Os dois dançam lambada e índio dá saltos tecladista Adilson Santos. grande quase inteira, ou uma chave de fenda. Pede a Carlos Rogério c deficiente físico, canta sentado no mortais Resolveram voltar para o Brasil c para sobreviver mostram seu talento na rua em troca de colabora- alguém da platéia que o amarre bem forte com cordas "Tem chão, em cima de um tapete. gente aqui o dia grossas para que depois, como o Grande Houdini, ele se todo, a roda não acaba enquanto não vou embora. desamarre com a maior rapidez, puxando o assombro çòes". garante o canior capixaba, contando que já foi ao São muitos os artistas que divertem o povo que popular. Chacrinha três vezes e uma ao Silvio Santos. F.le vende circula c trabalha no Centro. Capi pinta na cartolina Depois do espetáculo, com calma, Alexandre conta na rua uma media de 100 fitas cassetes por dia, cada com spray "viagens" de universos psicodélicos, Leticia sua história. É também artesão, tem uma barraca na Cordeiro e Augusto Cambone, atores profissionais, fa- uma a RS 7, Feira Hippic e se define como artista do absurdo Ha 2? Jtraya, alagoano dc 4-1 anos, di/ que c filho de Bruce /em fh-rtbrmances em ônibus e nas ruas Tem as repentisias nordestinas velhinhas, irmãs, do Largo da Carioca, o anos, se dedica so a isso e ganha seu dinheiro assim La-, se veste feito ninja e sai dando saltos e fazendo Antes, já foi porteiro de boate, ja teve carteira assinada. malabarismos com tdmcos So pára para recolher uns Agora, uma vez por semana, ura uma folga, bota a saxofonista da salda do metrô da Carioca, o baterista do trocados do publico em volta e apresentar seu parceiro. canusa branca, limpa e bem passada, c vai ao outro Buraco do Lume. os peruanos ou bolivianos dá Sete de "Faz Benedito, capoeirisla de primeira de conta que canto da praça ouvir Carlos Rogério cantar. agora você e urubu rei Sobe " Setembro. Muitos acham que poderiam ter uma oporlu Benedito, 2S anos, Este atrai multidões. Carlos Rogério ja e famoso no nidade melhor, um apoio, um reconhecimento oficial. Centro. Baladas românticas, o seu forte, e a voz grave e toma distância e salta uma corda estirada. Mais de dois Mas Benedito, o do salto mortal, não tem muita esperança. não dá valor a outro brasileiro. melodiosa, arrastam gente de tentos os cantos para metros de altura. O povo vibra. "Brasileiro ouvi-lo cantar. ara Alves, de 72. Flisa Mendes, de 3a "Todo correa. 75, nao unia, Todo dm J Índio, um mulato baiano museuloso.de corpo bonito lamenta (K.Z.) Nair corréa, 75. não perdem uma. dia a gmw gente. ""» u" - SERA TRÁGCO Bilco] mmmamm SE NÃO FOSSE comico CÔMCO DREÇÃO: LUZ ARTHUR NUNES f fmo forma ljw Móveis do deslgn quo respeitam 3333 a natureza humana Compre agora e evite a correria do fim do ano. 5». 6" e Sabado h Domingo - 20 OOh V -,\,-V _, A. ssbkjms Sala Azul RUBENS DE FALCO JAQUELNE LAUfUNCt CLÁUDO CORRÊA E CASTRO ~p jr y O (! «G R A N D S At ON t S Av. das Américas Shopping Barra Square 8,.n,i lei Sem acréscimo. OS ASSNANTES DO JB VAO ASSSTR AO DECOTE i imua RFSDENCALFORMA E MODULADOS, " MAESTR" PROBJETO E CASSNA-NCLUSVE PELA METADE. Móveis exclusivos dos maiores designers do mundo _«com garantia de qualidade. H Desconto especial de 10%. ""~ ~ N>r Depois do sucesso de 1 \ Ajj[ "Romeu "Romeu e soida", solda", peça pea ganha- B» TOTl 1 VKnL j JH dora do Prêmio Premio Coca-Cola Rl pj N jjg B? Mm. j <B Jim wjrosfesstfc l\" forma "o 1 1 n Ciu V-viy.*/~?" Ru3Fdrms 06 Amoodo. 82m de melhor direção, a Cia. de Rua Farme cie A:roeclo. 82A Tei: (021) panema Atores de Laura apresenta o TEstSSwtoemfrente. espetáculo espetaculo "Deeoteinspirado "Deeote", Estacionamento inspirado VC# UQ P(Su» P.omocao vahda dra enquanlo esloque Promoção válida ale o d.a 31/10/96 ou enquanto durar o estoque no teatro c nas crônicas cronicas de *mmm" """" "1"""" " """ T jfl f P. Nelson Rodrigues. Em cartaz T5-**C Clll QlTirjo ggfevm LB no Teatro da Casade Cultura Culture jjljjm E.X1 J3i oillcll liavj Laura Alvim (Av. Vieira Souto, panema. Te!.: Tel.: ). J?A 11.4,,. i i 7 A n A Apresentando Apresentandd o seu Cortfio Cartão Clube JB, nas bilheterias do teatro, UNCA APRESENTACAO J J MU5CA CJVJ; voce 50Tf \FORMAQAO RElEVANTE você recebe de desconto na compra de 2 ingressos, ÚNCA APRESENTAÇÃO Música civilizada & NFORMAÇÃO RELEVANTE par? 24,25,26 Terga hs para os dias 25, 26 e 27 de Terça feira 29 de Outubro às 21:30 J l i ; sdbado is BRASH, LmMMBi outubro. De quinta a sábado às JORNAL DO BRASO,,, 9n, mmmmmmmmm informespelo Or!OSUL!TlS 21h h e domingo às as 20h. -.,> nformes pelo..- RO-SUL SLJxJHL- Tel.: «*

41 QUNTA-FERA. 24 DE OUTUBRO DE 1996 JORNAL DO BRASL * m f»fljm Lapso ntocável Lord Lora k m 1 m> U And Anda a confusa a mente mentc tu- Os espanhóis jogaram pesado Depois dessa dcssa ninguém ninguem B jm M j m: canamail scgura prcsidcntc Fcr- ; H «V 1 K K mwt Ontcm, cm cnlrcvista a mais segura o presidente Fer- para levar Sávio para o cana. Ontem, em entrevista à CRN. Valencia. H H B 1 Si M o govemador Alencar. nando Henrique. o _ N\ tradicao Brita- H K ml m governador fk ao comenlar Marcello Alencar, Começaram o assédio com Na melhor tradição brita- ao comentar a última ultima pesqutsa pesquisa ie ~ nic.. de U li S? do lbope. cnpisgou nosso " nica, a visita de Estado dc do fbopc. engasgou no "nosso RS 12,8 milhões, cresceram a u } inn llnido dc V flpjfflw 1 W: f mi B scm conscguir oferta para 13,8 milhões e dizei»*>»: lfh FH ao Ren Reino Unido de 2 a 4 candidato", sem conseguir dizer 111 ontem, J& K W; f k JL nomc ate dc dezembro d do ano que vem já no desespero, chegaram a RS 18 milhões. o nome do tucaninho, até que ML t, " JL, JL segundos depois soltou: foi anunciada ontem ontcm gpla pela \ Cardoso Ouviram da diretoria do -Sergio Rainha Elizabeth na cerimo- Sérgio Cardoso. "nem Flamengo um sonoro abcrtura # nia oficial dc abertura do pensar". Parlamento britânico. Íiiifcií. Prévia Stótó! wct1- HíSf>WÍ 1 O Fórum de Reitores da UFRJ está fazendo contatos gfrul com as assessorias dos candidatos à Prefeitura do Rio pa- S tja 200* _ RO 2004 ra a realização dc mais um V Foi acertada accrtada na reunião reuniao debate. dc de*icrga-fcira terça-feira do time de pu- /" blicitários que vão atuar na p- A transmissão seria feita, if BjBLv. *tf Rio 2004 que a prioridade prioridadc W " W i. M > }r% f-m pela TV Educativa. agora é c enfeitar cn foi a cidade cidatlc paia para fr a visita dos rcprescntantes representantes do gkhp. -rnnf t. --. Sucesso Comitc Olimpico lnternacio- g ~*m»- ::.J U Comitê Olímpico nternadonal. dia 21 dc novembro. P W BL J Guilherme Fontes chegou Todos os postes das 1.;..- >rr!< de Paris /rês coiucni. Acertou com emissoras dc ruas principais principals da cidade te- tc-. HNW "jp B * rao galhardcrtes bandciras KllflR ffm ííwtu rão galhardertes e bandeiras televisão francesas a exibição. MB *ft. *4* W > ;0 das duas minissèrics DossiV ma., da campanha, c esta sendo / Chato, o reitdé Brasil e Os preparado um anúncio para cinco dias que abalaram o a televisão incentivando os Brasil. tevvr,- íariòcãs a colorir suas janelas X1 Otawo dó Rei do gado MÍ com a Rio o produtor não tem nada. Trapalhada O presidente do TRE, Antònio Carlos Amorim. e o presidente da Unisys, Victor Reis, acertaram cm reunião na terça-feira que haverá um técnico da empresa de plantão em cada Zona Eleitoral da cidade para solucionar qualquer problema com as urnas eletrônicas. Essa medida poderia ter sido adotada no primeiro turno, evitando as diversas confusões, se o Tribunal Superiofj Eleitoral tivesse comuníciido à empresa o número atual de Zonas Eleitorais do estado 96, em vez de 33. como era antes do desdobramento. A 6. Esperança o escritor l ernaiulo Mo- - " raes parou com tudo. Sua única atividade no Hwr> momento c colher assinaturas para um manifesto de apoio a LuiZa Erundltia Que delícia De amanhã ate o dia 2 < o Hotel Sheraton fa/ um sho de gastronomia: é o Boa Mesa Rio, idealizado por Josimar Melo. Os homens que adoram um fogão poderão ter aulas de culinária com grandes f/ic/i, aulas de cortes de car ncl degustação dc vinhos e guloseimas c ainda fazei umas comprinhas no sfàwrpoiít tudo para agradar suas mulheres, que não nasceram tão talentosas quanto eles. Ah. esses maravilhosos homens modernos. Pai Mei Chun e Ano Paula siioirnitis são irmãs gêmeas, mas ninguém ac CALÇADAO O presidente da 1etrobrás. Jocl Rennó. fala hoje h Associação Comercial, ao meio-dia, sobre a situação da empresa seiti o monopólio Será de 5 a > de noscmhro. no Hotel Otlion. a 13" Exposiçào de Mesas dc Natal Das duas da tarde às nove da noite e por apenas RS 10 você verá as mais lindas mesas, inspiradas em.mios. e \ai lambem poder comprar artigos de Natal, velas, comidtnhasj balas de ovo, tortas c bolos; ilido delicioso, e em beneficio da t rcche Santa Terezinha da Gãvea, hão perca. * D&rante as comemorasões d"s dez anos do Museu \ illa-l.ol>os. em Botafogo amanhã, as sete e meia da noite, o maestro e com* positor José Mana Neves lança o li\ro Brasilio libere vida e obra. * odos os integrantes da conipaiihia russa do Bale Kiro\ vão ganhar uma medalha de ouro. dia " de nos embio A homenagem será do Fórum de Ciência e CuHuia da l i RJ * O Casashoppiinconvida para coquelei de abertura e premiação do vchccdoí do Concurso de \ i- trines. dia 2K a parlu das seis da tarde no próprio Casashopping, é claro No caneco O empresário Jorge Cierdau Johannpeter diversiiicou. c um dos donos da Dado Hicr. níicroccrvejana cervejaria, não chopcria com capacidade para pessoas, que é o sucesso das noites dc Porto Alegre Jorge foi à Alemanha, estudou profundamente o assunto e em novembro maucura sua primeira filial no itaitn, em São Paulo, num terreno de metros quadrados \ quem interessar possa seu sócio, Dado. que da nome à casa, é um sn-to. Mudanças A bela revista Ícaro, da Varig. foi terceirizada. A partir de 97 será produ- /ida pela RMC Comunicaçüo leia-se Roberto Muylaert. Apertem os cintos Voaram jutitinhos para Nova orque, na terça-feira, o senador Antônio Carlos Magalhães e o presidente do Senado, José Sarncv Até a hora do jantar o baiano falou sem parar sobre a disposição do PMDB em lançar um candidato a stjpessão de Sarncy - que licou mudo. Quando terminou o desabafo. ACM pegou o travesseiro e dormiu como uni an jo; já Sarney ficou a noite inteira pensando Danusai Celio de Castro, candidato do PSB a Prefeitura de Belo Horizonte e franco favonto. recebeu ontem um apoio inesperado: Luzia Chaves, mãe de Aureliano Chaves, ligou para declarar seu voto. Luzia, de 85 anos, não é obrigada a votar, mas com pareceu às urnas dia 3 e voltara dia 15 de novembro para confirmar sua vontade nas urnas. Muita areia Amanhã Célia Portella recj?e 30 mulheres para almoço; e sua despedida de soltei - ra, Dois homens só dois foram convidados para o ágapei Paulo Fernando Marcondes Ferraz e Júlio Rego. Matematicamente. 15 para cada uni,< <«<> «Cláutlin Montenegro Armazém do Chopp O último polnt sensação do momento Bem freqüentado. nclusive por artistas e intelectuais. R Marquês de Abrontes. 66 Próximo no Lio do Machado,Tel.: / ic» «*iiom.fph«or Vltm - FORTE * HHJ. pjcts-rj. ~ jmóçao MPtSDÍVn. WOS DS SEMANA stmana rmw P* l* RJ Q.00 prcw* Í-TO.V cmplrtn Rqtlío lurujc. iio ftorttó» ffi nnai)5i-m»m7 K»H1UJ2S0S> TODOS OS DAS TREM DE PRATA 1* CASSE RO - SP tl:(s) 87S ) NEY DE SALVADOR Viclonli! de Aitislas, Polincos o Socíelltus Com vidôncu»s comprovadas no Brasil (i rto Extunor Alualmentu alondondo no RJ «P» irópolis com M.irio o Caboloiroiro THE BEST (021) (021 ) (071 ) Carro e Moto SABADO no seu «tn,, ) R? í> Restawraiítç Bollito Mare e Terra Cozido de Peixes Cozido de Carnes Grande Buffet Único "A! Mondo" RS 19,00 por pessoa Garagem com Manobristas de 3a a sábado - almoço Rua Barào da Torre, 192 panema Tel.: A MAOR EXPOSÇÃO DE TAPETES El JÜROs DC Mergulho Ki*/.. W.NÍ) x KS lt>l> Cronômetro Kff USD X KS 270 ORENTAS Dc 25/10 a 25/11. Segunda a sexta sexia das 10 as 22 horas hwas. DAR1AN WT \ 11 tip boras. Tapetes M Sabados das 10 as 20 horas DARLAN Tapetes Orientais OrieWais >X.. O rnenof menor preço pre<;o iloumorcado 74 TRADQAO <f *>.. iniliioi du mercado yatdniui 74 ANOS DE TRADÇÃO A melhor qualidade com yafantm lota A Epiticio..ytilBlBteyjO VV J*, S -ijbuf Av. Epilácio Pessoa, }00% 100a. anesanais.idesanais «- il.ail Lagoa Lado panema. vla >- _N. -CTT de >le todas lod.is as.is roqiòes r.hjioes do Ortonlu Oriente Tel.: Te/." (021,1 (021) , khr<vw liflt itimw$ > Atendimento Atondim.mlo personaluado personal«ado. ESTACONAMENTO PRÓPRO PROPRO q CADERNO DÉAS )E JORNAL DO BRASL Nem pense duas vezes. Sucuml Sao Paulo 1 Leia. 1 kdmnlodiretoaohmte Todos os sálwilos, no seu JB. JOKNAL DO BRASL i (Oil) Segunda a sexta-feira, das 8h às as 21h lilt. Sábados, das 9h às 14h. ~~ -1 i

42 O cotidiano em H palavras Zuenir Ventura e Joào Ubaldo Ribeiro contam nas Rodas de leitura, no ANDRÍ LUZ BARROS "Botar a realidade em letrinhas é difícil. Na experiência cotidiana existem coisas intransmissiveis. que se perdem quando escrevo uma crônica. A confissão inesperada dè Zuenir Ventura deu o tom do encontro Rodas de leitura, anteontem, no Centro Cultural Banco do Brasil, no Centro. O colunista do Caderno B. jornalista desde os anos 50, foi aplaudido com entusiasmo por uma platéia cjuc demonstrou intimidade com suas crônicas dos sábados no JB e com seus dois best seliers. 196S. o ano que não terminou ( já na lf edição, e C idade "Ê partida (l?4). impressionante como as pessoas acompanham c lembram detalhes de meus textos que eu mesmo, já esqueci. comentou Zuenir, ao fim do debate. Antes de Zuenir. o escritor e acadêmico João Ubaldo Ribeiro, autor de Sarvento Getúlio e iva o povo brasileiiv. falou sobre suas viagens a Alemanha e suas crônicas que talavam, dos personagens, reais ou fictícios, da lha de taparica. Das perguntas estritamente literárias até a curiosidade quanto a posição politica de Zuenir. a platéia manteve o tom de proximidade com o jornalista, que confessou ter entrado para a profissão por acaso. Quando estava na Faculdade Nacional de 1 ilosofia, onde fez ate Letras Neo-Latinas. Zuenir conhecéu Élcio Martins, "um verdadeiro gênio", que morreu muito novo, aos 3? anos, que o chamou para ser chefe do arquivo de um jornal de ppnta no Rio. "F i/ uma resenha de um livro do Albert Camus. uma preferencia lucraria ate hoje. e conffçou a circular o boato de que o contínuo era um gênio. Mas eu não era continuo, nem gênio. brincou Zuenir. O jornalista falou sobre amigos infelizmente desaparecidos, como o psicanalista e escritor Hélio Pellearmo. responsável pelo incentivo para que ele concluísse o livro /w>n, o ano tpie não terminou. "Eu estas a angustiado com a importância do trabalho que eu tinha que começar. Disse isso a Mary (Man entura. sua mulher), que me mandou ligai para o Hélio. V le era de origem italiana, era sedutor, falava com as mãos e. não lembro o que ele me CCBB. a dificuldade de traduzir para 1,-1 disse exatamente, ffrajs quando desliguei o telefone estava decidido a inicial o livro. conta Zuenir. Hélio. na verdade, tmha ressaltado a importância de novas gerações terem acesso a essa histona aleti\a dos anos de chumbo no pais. Outra amiga lembrada loi /.uzti Angel. mãe de Smart \ngel Joues. sobre quem o jornalista le/ uma crônica recente. "Ela era a única pessoa que discutia com ameaças anônimas Atendia telefonemas de ameaça, pois era uma batalhadora pela me- a literatura vivêncras do dia-a-dia Zuenir ficou surpreso com a memória da platéia, curiosa por saber de L baldo í detalhe) quem ê real em taparica mòriá do filho e ção e não conseguir expressá-la em contra os abusos da um texto", disse. ditadura, e dizia: Perguntas sobre a situação do "Vem pessoalmente, Brasil foram respondidas com seu covarde!. Era uma defesa da democracia. E como o Churchill disse: A democra- maravilhosa", lembracia e o pior dos regimes, com exceçào dos outros. Convivemos há Zuenir leu as cronicas Quem disse que muito pouco tempo com a democracia, que tem suas dificuldades, ti seitt i jnenlo c kitsclt? e l m idoso não e um paraíso, mas certamente na li a do Detran. e melhor, bem melhor, que o que \mbas são confissòes emocionadas ra", ressaltou Zuenir disse ser um se viveu no pais durante a ditadu- sobre experiências otimista e esperançoso de que situações de injustiça social no Bra- pessoais: a primeira è sobre seu sofrimento pessoal diante da doença sü fossem encaradas. sou "Nao do filho, o jornalista Mauro V entura. que hoje está inteiramente recu- que o Brasil não tem problemas um otimista acrílico. Apenas acho perado, e a segunda e sobre o choque. bem-humoradk na primeira cionalistas, que explodem mesmo radicalmente insoluveis, como o fundamentalismo ou as brigas na- vez em que foi chamado de idoso. "! no centro da Europa, na lugoslavia Creio mesmo que se houvesse difícil passar emoções em crônieas Como transmitir com a palavra um Plano Marshall, numa hipótese exagerada, poderíamos resolver justa um abraço, um olhar úmido, um gesto, um aperto de mão Ha também o perigo da problemas urbanos como as laveias Basta vontade politica". de- pieguice, ou de o jornalista ser tomado pela emotendeu Boulez traz ao Rio a vanguarda erudita» nntm Poi VCTOR QUDCE uma colabora com a outra. Por outro lado. considero a regência Nascido em Montbrison, de compositores como W agner e França, em 1925, o compositor Mahler também como uma fonte Pierre Boulez é, sem dúvida, a inesgotável de novas aprendizagens. figura mais significativa da vanguarda musical do século 20. E Como o senhor vê a aceitação estará hoje. a partir das 21h, no Teatro Municipal, regendo o Ensemble ntercontemporain de por parte do grande público? do dodecafonismo e do serialismo Nos últimos anos, esta aceitação tem crescido de maneira bas- Musique, por ele fundado. O programa inclui obras de Antoif Webem. Ligeti e também do fundador do iodecafonismo, Arnold divulgação por parte da mídia. Jante significativa devido á maior Schoenberg. O solista do concerto Há poucos meses, por exemplo, de Ligeti para piano e orquestra regi a ópera Moisés e Aárào, de será o pianista grego Dimitri \ assilakis, que conquistou medalha do durante o lestival de Salzbur- Schoenberg, para um teatro lota- de ouro do Conservatório de Paris. Pelo telefone, de Buenos \i- Uma de suas obras mais imporgóres, Pierre Boulez conversou com tantes é Le (norteou sons moitre. o JORNAL DO BRASL: Por que até agora, não há no mereado uma gravação desta obra? Ultimamente, o senhor vem sendo considerado um dos maestros Segundo um projeto já existente, esta mais importantes, devido, principalmente, às suas inigualáveis in- nos próximos meses. gravação devera ser leita terpretações de compositores franceses. como Ravel, e até Wagner. paço físico ocupado pela orquestra, Qual a sua opinião sobre o es- Afinal, o senhor se tornou uma sempre mergulhada num fosso e presença quase obrigatória nos festivais de Bayreuth. O que é mais uma parede curva, no teatro de separada do palco e do público por Bayréuth? importante para o senhor: o Boulez compositor ou o Boulez maestro? Ambos. As duas atividades estão intimamente relacionadas e V,. : Acho ideal porque estabelece mais equilíbrio sonoro entre cantores e orquestra. Divulgaçôa H * vbh m Pierre Boulez:"Reger e compor são atividades complementara: Anne Rice foge dos demônios Autora de Entrevista com o vampiro dá uma guinada na... RTA 1 XV XRl S Especial para o Jü SÃO RANC1SCO - A escrifera americana Anne Rice cheüou ao sucesso ijuando escreseu Entrevista com o vampiro, o pnmeiro de cinco livros sobre um fantástico universo no qual o mundo real e o sobrenatural se confundem. De eiilt. passou a ser um ídolo de massas. Em seu ultimo livro, Scrvam oj lhe boucs, Rice explora novos mundos: o dos fantasmas e dos anjos. Azriel. o protagonista do romance, é um sábio fantamasgòrico que mora em Nova orque. Está no mundo desde a Babilônia, conversa com Deus e foge do Diabo O livro está na lista dos mais vendidos desde agosto e reforçou o projeto de Rice de escrever, agora, uma série sobre fantasmas "As pessoas me identificavam muito com o Diabo. Esse livro serviu para revelar que acredito em Deus e apontar um novo cáminho para meu trabalho. disse Rice a uma platéia de quase mil pessoas que pagaram para escutala falar sobre sua vida e sua obra durante uma hora e meia. Avessa a entrevistas, Rice promove seus livros com noites como essa e com uma /!t» sleitèf para os as. Ela acha a imprensa desrespeitosa: "Veio criticas espinafrando um novo autor e outras louvando o livro de dieta da Liz Taylor." Rice não lê criticas literarias de seus "Evito livros essa dor que. as vez.es. machuca \n resenhas, em geral, consideraram comerciais e repetitivos seus cinco livros sobre vampiros Para escrever Servant oj tlw bones, Anne Rice trancou-se em sua casa em Nova Orleans, onde nasceu e foi cnad.i, e mergulhou em leituras sobre a história das religiòes e a Bíblia "Queria e quero entender coisas que talvez nunca entenda". disse. Criada dentro de rígidos princípios cristãos, para ela a religião sempre foi um desafio. Primeiro, por proibi-la de entrar na onda de rock. sexo e drogas dos anos 60 Depois, porque não respondia suas duvidas e.xistenciais. Rice acabou rompendo "Não com a greja. posso fazer parte de uma igreja que condena casamentos de pessoas do mesmo sexo", afirmou. Casada com o pintor Stan Rice. com quem tem um filho, ela e uma defensora veemente da bissexualidade como forma de libertação e conhecimento. Outra fonte de inspiração para Servant oj lhe bonés foi um livrinho barato e nada literário que reúne depoimentos de pessoas que estiveram muito próximas da morte, mas sobreviveram para contar o que passaram. Estórias como a de uma mulher que viu sua vida passar em rápidos flashes como num clipe e ainda teve tempo de analisar o que teria feito de certo ou errado em cada um dos acontecimentos. "Há 10 anos, eu não estaria preparada para escrever estórias envolvendo Deus, X <n fl J/f\Ur 1/ «//// \...carreira com o sucesso de livro sobre fantasmas e anjos reconhece Rice. A partir desse primeiro livro com um fantasma/ anjo, a autora disse que vai adiante. Esta quase pronto "Desta o segundo volume sobre Azriel. vez. muito mais prolundo, anuncia. Rice confessa que sua maior dificuldade ao escrever sobre Azriel foi abandonar seus antigos personagens principalmente Lestat. o vampiro vivido pelo ator Tom Cruise na versão para o cinema de Entrevista com o vampiro. Após Memnoch the Deyil, ela resolveu pôr um ponto final no mundo de limitaçòes e desejos dos vampiros. "Foi como se Lestat Anne: religiosa me dissesse: "Você fez o que pôde por nós. Mas não sei se é isso mesmo, ponderou a autora. Na dúvida, ela tem planos para escrever pequenos romance sobre cada um dos vampiros: Lestat. Louis de Pointe du Lac, Gabriel etc. A idéia é tão lucrativa como sua associação com uma vinícola da Califórnia para lançar o vinho Cuvé Lestat. que tera desenhos do marido da escritora nos rótulos. Aos 55 anos. grisalha e deze- nas de quilos acima da tabela, Anne Rice considera-se uma románticá, embora reconheça que já teria passado da idade para isso. Sua admiração pela escritora Mary Schelley (Frankestein) seria outra evidência disso. Enquanto na platéia nao faltavam lãs com capas de veludo preto ou cor de vinho, num misto de vampiros góticos darks, ela usava unva blusa branca com babadoi na manga e tênis dourados laiscantes. Rice revelou-se também uma compulsiva. Ha pouco tempo, alugou o filme Adorado Beethoven, com o ator Garv Oldman. por indicação de um amigo. Ficou tão fascinada que voou. quase em seguida, até Viena para conhecer e rastrear a cidade do compositor austríaco. Ate agora, viu o filme oito vezes. Ao voltar a morar em Nova Orleans. em 1988, depois de anos em São Francisco, ela envolveu-se em politica. No começo deste mês. publicou um anúncio no jornal The New York Times e em duas revistas de entretenimento, em defesa da reeleição de Biíl Clinton. Ela considera "heróico" o desempenho do presidente. Loeo em seguida, numa noite de autoiirafos. um adolescente disse ter ficado chocado ao saber que Rice era democrata. Ela disse não ter se intimidado com a provável per- "Eu da do fã. me sinto como um astro de rock. Não há limites para o que posso fazer", disse.

43 QUNTA-FERA. 24 DEOUTUBRO DE 1996 B JORNAL DO BRASL a violência é o limite Quando No Brasil, estudioso das galgues americanas diz que o fenômeno é resultado da ausência de mobilidade social RÍCO MARQUES faxambu, MG - O professor mexicano Martin Sànchez Jankowski. da Universidade da Califórnia, Berkele estuda desde 1977 as gangues americanas, aquelas organizações violentas que reúnem delinqüentes juvems nas periferias das grandes cidades. Ele já mergulhou em 37 gangues, em cidades como Nova orque, Los Angeles e Boston. Seu livro slands in lhe streeis ganhou o prêmio de melhor pesquisa em sociologia urbana de A conclusão de seu trabalho é que os jovens suburbanos aderem a galigues em busca da mobilidade sociai perdida entre as minorias e os imigrantes nos Estados Unidos Para fazer sua pesquisa, Jankowski precisou suar a camisa. Apesar do ar bonachào e a estatura de jóquei, submeteu-se a provas para ganhar a confiança das gangues que estuda- va. Nunca, obviamente, denunciou "As gangues ninguém. Como a violência c o obedecem à que impõe limites no lógica mundo das gangues, precisou sair capitalista. no braço com vários rapazes que Elas querem d u v i d a V a m d e dinheiro" seus propósitos, Como luta caratê, foi fácil para o professor mostrar que não eslava para brincadeiras. Outro risco a que se expôs foi o de ser preso. E foi, "umas 50 vezes. nas suas contas, quando fazia seus estudos de campo. Convidado dó 20" knconiro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduaçãó e jpsquisa em Ciéncias Sócias (Anpocs). que acontece em ÇaxaniBu. Jankowski fez ontem uma palestra de uma hora sobre sua pesquisa. Abaixo, alguns trechos da en- (revista concedida ao JORNAL DO BRASL: Qual u motor social que impulsiona as sangues? Quase todas as gangues vem de Classes baixas. Nos últimos tempos, as gangues americanas estão ganhando fôlego porque esta bloqueada a mobilidade social dos mais pobres e dos inucrant.es. As classes baixas almejam ter bens que as classes medui e alta possuem A organizaçao de bandos e gangues è uma resposta a esta falta de mobilidade. O que move as gangues e a busca de ascensaó social. O que querem as gangues? Bens materiais. As gangues mo um negócio que obedece a lógica capitalista, embora de um capitalismo pnmano. Elas querem dinheiro. Se roubani. se traficam drogas, se cometem crimes, 6 com a finalidade de ganhar dinheiro. Como se trata de um negocio, elas lutam pelo monopólio de um determinado produto ou de uma certa clientela. Afinal, sem concorrência, vão ganhar mais Brigam entre si para conseguir esse monopólio. Se o nosso sistema capitalista não tivesse o Estado e as leis para mediar as relações entre as pessoas, teríamos uma economia de mercado dominada pelos mais fortes e baseada na violência. E assim que as gangues funcionam. Dá para comparar a estrutura do "Uma das tráfico de drogas regras das nos morros cariocas com as gan- gangues é que não se briga gues Não americanas? posso afirmar nada porque por causa de ainda não conheço a realidade mulher" brasileira. O que posso dizer è que nem toda forma de associação entre jovens para fins não lícitos forma uma gangue. Unia gangue tem hierarquia, as relações sao bastante tormais. Quando você vê jovens praticando atos ilícitos nas ruas. não necessariamente pertencem a uma cangue. Pode ser um bando, que é só um agrupamento de pessoas sem uma estratégia consistente para conseguir bens materiais. O senhor teve problemas com a policia quando acompanhava as gangues em sua pesquisa acadêmica? Muitas vezes. Fui preso acho que umas 50 vezes, porque a policia ameri- cana às vezes faz uns arrastões no território das gangues e leva todo mundo preso. Seu convívio com as gangues exigia uma certa cumplicidade. O senhor não foi processado? Esse tipo de problema eu sempre deixei para o Departamento Jurídico da Universidade de Berkcley resolver. Eles só passaram a confiar em mim quando viram que eu não ia denuncialos. Essa foi uma das primeiras provas por que passei. Houve outras provas? Luta corporal, por exemplo. No começo, tive que sair no braço com alguns deles. Como luto caratê, ganliava as lulas. Mas também saia machucado. Eu me preocupava em não humilha-los na luta. Precisava vencer, mas ganhava por pouco. As gangues têm regras para usar a violência? Sim. A primeira leias é que nao se pode atacar outra gangue sem a permissão do líder. Outra regra é que não se briga por causa de mulher Nem sempre essas regras são seguidas. Boa parte da violência que se atribui as gangues e. na verdade, violência! de membros das gangues. de carater particular De modo geral, as gangues conseguem controlarse e evitar a violência a esmo. Mas persiste aquele tipo de violência cm que o chefe da gangue chama três membros da turma e ordena que matem alguém. A violência é uma tática para conquistar algum bem material. Gangues também fazem o bem? Às vezes fazem. Distribuem üiuheiro c comida para pessoas pobres, protegem os velhos de outras ganguev AÍgumas gangues são tão bem esiruturadas que ate têm imóveis. 1 cedem esses imóveis a gente que precisa. Qual o papel da mulher dentro das gangues? -- São uma força auxiliar. Quando comecei a estudar as gangues. por volta de 1978, as mulheres tinham um papel bem secundário. Nao cometiam atos ilícitos e eram tratadas como posse pelos homens. Hoje. isso esta mudando. Estatísticas mòsiram que, nos Estados Unidos, entre 45% e 52 o de todo o efetivo das gangues entre 15 e 26 anos estão na cadeia O papel das mulheres vem crescendo. Elas, algumas vezes, são chamadas a participar das ações da gangue. lambem estão mais ativas no campo sexual Como os homens podem ser presos a qualquer momento, os casais têm uma vida sexual muito ativa, para compensar a separação iminente Ha um número crescente de mães adolescentes sobretudo nas gangues mexicanas e portoriquenhas. K possível eliminá-las? Existe uma sociedade ideal sem espaço para elas? sso é muito difícil. Mesmo estados policiais como foram a África do Sul e a Rússia soviética conviveram com as gangues. Mas ha países onde elas praticamente não existem, como a Suécia e a Dinamarca. Alem de serem países com bem estar social elevado, têm popula* çòes homogêneas e não tem história de violência entre grupos rivais. A heterogeneidade da população americana faz prever que o problema das gangues vai se agravar? Novas gangues estão se formando. Antes, eram formadas principalmente por negros, mexicanos e porto-riquenhos. Antigamente havia muitas gangues triandesas. As novas gangues vêm de Hong K.ong. Taiwan, Vietnã e Camboja. Elas ja existiam como estruturas com finalidades ilegais em seus países de origem e estão sendo exportadas para os Estados l nidos. para capitalizar com a expansão da indústria das drogas. O senhor estudou as gangues em cidades como Nova orque e Los Angeles, que lèm taxas de criminalidade bem diferentes. O que distingue as gangues destas duas cidades? Em Nova orque, as gangues estão num patamar superior. As gangues maiores já engoliram as cangues menores. Por isso. não precisam usar tanto a violência. Elas estão integradas a economia local. A Máfia delegou às gangues a tarefa de distribuir drogas e as coisas funcionam sem grandes choques. Ja em Los Angeles as gangues vivem um estágio pre-capitalista. A concorrência é acirrada e eles apelam para a torça íisica. A violência mata pelo menos 600 pessoas todos os anos em Los Angeles. /ifi* V* isva.yi«l Paradoxo nas favelas cariocas Costuma-se relacionar a violência dendo o contato com as noções de civilidade que vigoraram ate a geração de ano, no Carnaval, o morro descia a crescente nas favelas cariocas à exclusão social imposta a seus moradores A pesquisadora Angelina Peralva. da Univerpo atrás, era o trabalho que modelava a ma. Como a vida melhorou, os jovens seus pais. Ela explica: "Até cidade e todos se confraternizavam. algum tem- Mas os anos Xü mudaram este panorasídade de São Paulo e da Escola de vida e o comportamento das pessoas. favelados ficaram um pouco parecidos Altos Estudos em Ciências Sociais, de Quem trabalhava ganhava dinheiro e com os de classe media Hoje, todos Paris, acha muito simplista esta associação: anos S0, a qualidade de vida de civilidade estavam ligadas a esta mo- freqüentam a mesma praia, o que não tinha seu espaço na sociedade. As regras usam roupas e tênis semelhantes e ate "Nos nas favelas melhorou razoavelmente, ral do trabalho. O problema hoje e que faziam antigamente, sso cria uma teusão, porque o lavelado sabe que nao e enquanto a violência aumentou a dentro", diz ela.com a autoridade de quem mos. esta desaparecendo. Além do de- igual e sofre com o preconceito. A classe o trabalho, da brma como o conhecia- faz pesquisas de campo ha ires anos semprego alto, crescem os empregos média também subverteu as regras subindp ao morro para comprar cocaína, com favelados da Zona Sul da cidade precários é temporários. Sem essa experiència. cria-se uma ausência de regras uni necocio lucrativo mas arriscado que "Eles trocaram os barracos de madeira por alvenaria, a coleta de lixo e a distribuiçào de águá melhoraram, mas isso vens. que sofrem particularmente com levou os traficantes a se armarem para de comportamento, sobretudo os jo- coincide com a disseminação da violência nas favelas", continua. enfraquece." cidade subiu a favela", alirma essa mudança. $ aí proteger seu território. A violência veio que a civilidade se depois que a favela desceu a cidade e a Um seu estudo Juwttizaçâo da \iolencia e a/iaiistia da nwru\ que está sendo um assassinato recente que repercutiu que a angustia da morte e um fator que A pesquisadora cila como exemplo Outra conclusão da pesquisadora é apresentado no 20 Encontro Anual da bastante na capital paulista. Depois de potencializa a violência. Quando voce Anpocs. em Caxambu, Angelina sustenta que o engajamento um acidente banal de transito, o motorista de um dos carros loi surrado até a que ele sabe que terá uma vida curta, conversa com um traficante, percebe dos jov ens fav elados no trafico de drogas e até a rotina níorte por três jovens de classe média temerária dos chamados surfistas ferroviários fazem parte de um fenômeno estavam no outro automóvel. "Um que vai morrer num choque com a poli- que cia ou algum dos assassinos disse que maiou para se grupo rival, como já aconteceu a tantos", explica. sso a fez lembrar do que escreveram dois autores comum a várias sociedades. Na França, defender. Apelou á violência brutal porque, na ausência de regras, se julgava franceses, Edgar Morin e Philippe tal fenômeno manifesta-se nos mais de 50 lev antes de jovens suburbanos ocorridos desde 1990, todos eles em protes- indefeso", afirma Angelina. Ariès, a respeito da angústia do homem los contra a morte violenta de algum No caso da criminalidade nas favelas moderno diante da morte. Diante da adolescente. Na Alemanha, tem o rosto cariocas. Angelina aponta uma série de angústia da morte, pode-se rejeitá-la. dos jovens racistas que assassinam imigrantes. Nos Estados Unidos, aparece no. alguma medida, è porque a samento paradoxal, escapar da morte peculiaridades que explicam o fenòme- desafiá-la ou até matar para, num pen- "Em na discussão sobre a propriedade ou vida melhorou nas favelas que a violência se complicou", diz ela. "O impondo-a a outra pessoa", diz Angeli- não de se encarcerar adolescentes criminosos em cadeias comuns. pre teve a fama de cidade cordial, mas corre riscos para desafiar essa angústia, "Assim Rio semna. como o surfista ferroviário A lese de Angelina é que, em comum, os jovens destes países estão per- cidade só para trabalhar. Uma vez por objetivo vivia um aparíheid. A favela descia á o jovem traficante pode até matar com semelhante." Mais de mil pesquisadores em ciências sociais estão reunidos desde ontem em Caxambu, Minas Gerais, para apresentar e discutir a produção acadêmica do ano passado em sociologia, antropologia e ciência política. É a vigésima vez que acontece o Encontro Anual da Associação Nacional de Pos-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (Anpocs), mas só nos últimos dois anos a reunião ganhou repercussão fora da fronteira da universidade O fato de haver um sociólogo instalado na presidência da República contribuiu para isso. Há dois anos, a primeira dama Ruth Cardoso foi a Ca- O ENCONTRO xambu. com o marido já eleito. No ano passado, o vinculo da sociologia com o poder rendeu debates acalorados. A presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, Rosiska de Oliveira, foi duramente interpelada por um srupo de feministas, insatisfeitas com o imobilismo do governo na proposta de uma nova legislação sobre o aborto. Neste ano, a única autoridade convidada foi o ministro da Administração Luiz Carlos Bresser Pereira. Os cientistas sociais participam de discussões em 25 diferentes grupos de trabalho, sobre temas tão dispares como a questão agrária, a violência, a sexualidade, a religião, elites políticas, as Forças Armadas, os problemas urbanos e a organização familiar. Mais de 300 trabalhos serão apresentados nestes grupos. A reunião tem ainda 13 mesas redondas e seminários de cinco convidados estrangeiros. Um assunto particularmente badalado neste ano é a questão indígena, objeto de dois grupos de trabalho, um sobre a história, outro sobre a política indigenista. Mas há outras novidades, como o grupo de trabalho que vai discutir a arte dos negros. O encontro da Anpocs termina no próximo sábado.

44 QJNTA-FRA. 24 deoutuhko OU W6, JORNAL DO BRASL HH,, cuas vidas lomam caminhos que nunca maginariim EUA/1995 Censura 11 SEGREDOS E MENTRAS 8«cr«t» and H««de Circuito One Gávea 14h30 16h20 ves alienígenas Os visitantes bombardeiam COLCHA DE RETALHOS How to rnak» «n aroencan quw de Jocelyn Moorhouse Com M.ke Leqh Com Btenda Blethyn. Marianne 18h10. 20h 21h50 Estação Botafogo 2 as principais metrópoles do planeta e uma fo;i:.ijfè Circuito Ali Copacabana 14h. 16h. 18h. Jean Baptiste e Timothy Spall 15h20. 17h10. 19h C/ne Arte UFf 16h40 equipe parte para o contra ataque EUA, Kaelyn Graddick. Sara Graddick e K«te Caps 1995 Censura Sivre?* baw Drama?nh?2h>»lW h. 16HB0, 18h40. Hortense lovem neflra. decide 1 Bh30 Circuito Niterói Shopping 2 16h20 Drama Finn decide passai o veran n«,* CNEMA 2 0h30 Parido s 15h30 171,10. 18h60 procurar sua verdadeira mãe, após a morte e REAÇÃO EM CADEA Ctoln rtaetioo de An 1?b50. 20b20 Madurmra Shopping 2 casa d» avô pata pensar sobre o pedido dur Whio Art Tiiucn Ar! Casashoppmçl 2. An sua mâe adotiva Apesar da longa separação, drew Davis Com Keanu Reeves Moiga 15h30 BhlO. 20h50 casamento do seu namorado Ouiante.1 esloda seus olhos sao abertos por mulheres qu. COTAÇÓESt ruim * regular Matluiaira Ari Norteshoppmg 2, Ari Piam surge uma relação de amor enlre as duas Freeman e Rachel WeiS2 QUEMA de ADOUVO Enaar de Charles 2 siar Campo Cnmde Wmdsor. Slai Sao nglaterra. França 1996 Censura 16 anos Ação Eddie e a cientista lily "siao pres Russell Com Arnold Schwai.-eneqqei Va,á viram de tudo EUA, 1995 Censura livre tes a descobrir um substituto para o petr? o nessa Williams o James Caan * ** bom *** ótimo **** excelente áotçalo 15h. 17h 19h, 21 h, 0» horário. d«fflmm ««**» d0 Mall 2. An Barrashopmng 3 15h30, 7hju. Circuito: siaçio Cinema 1 14h, 16hí quando seu laboratório * sabotado Depois Açào John Kruger trabalha ryj serviço de Circuito Cândido Mendes 17h30 19h3Qj 19h. 21h30 Estação Poço 13J\30, J!) disso, eles sáo envolvidos numa trama <w ptoteçào a testemunhas e faí qualquei coisa 19h30 21h30 cinemas estào no PERTO DE VOCE. * LHA DO DOUTOR MOREAU - 18h30 Art Faxhion Mall 4 15h40. 18h20. assassinatos e espionagens EUA» pata monte-las em segurança EUA/1996 OU AKT AN AM ERA Ouantananwrt - de TomSt Th. hund dl Dr. 21 h Censura 12 anos ** Censura 14 anos GuliArrel Alea e Juan Carlos Tabia Mornau - de John Fiankenheimer Com ESTREA Marion Brando Vai K.lmer e David Thewl.s T1ETA DO AORESTE de Carlos Diogues Com Circuito: «O Sul 14h 16b 18b20h; Circuito- An Barrashopping 2 14h50 1 7h, Carlos Cru?. Mirtha bbora e Salvador Wood ACONTECEU NA SUlTE 19-Suite 18 - de Do. Ficçfto cientllka Num futuro nao dibv Sônia Braga. Marllia Pòia e Chico Anysio 22h Barra 5 16h.l8h.20h 22h.Mcro 9h10 21h20. Drama Em Cuba. durante uma crise de SeDeruddere Com Pote Posllehwaiie,e o av.áo em que Douglas v,aav» sofre um Romaoce Antometa. a Tieta. volta a San 13h30. 15h30. 17h30 19h30 2>h30 Via MCD0 P+OT de Jarm»s Foley Com Mnrk combustível, burocratas tentam resolve. 9, Drama Numa suite do hotel dois,homens acidente sobre o Pacifico sul e ele è resgata tana do Agreste 26 anos depois de ter sido Pargue6 15h15. 17h15. 19h15, 21h15 Nova América 2 16h30. 1fih30. 20h30 Vrt»rd tersen Cuba, 1995 Censura livre ** Wahlberg Reese Withorspoon e William Pe problema de trans.to de defuntos Espanha vivem uma relaçflo d. dependência «dom, ni.çáo Holanda/lnglajerrB/FrançaJ 995 do e levado para a ilha do cientista D, Mo expulsa de casa pelo pai o pastor de cabras Z0 Esteves Brasil Censura 14 anos Shopping 14h50 16h50 18h50. 20h60 Suspnse Nicole. de 16 anos. sonha com Circuito CstJCto Museu da fíepublilo reau EUA/1996 Censura 1 2 anos?? FNÒMEM0 PtHnomwxw de Jon Turtei alguém esoecial guando é atraída pe«o jovem ( «nsura 18 anos Circuito Estação Museu da Republica taub Com John Travolta. Kyra Sedgsvick e t» educado David Port»m ela percebe um 0 CORCUNDA D NOTBE DANE The hunckback Circuito star Copacabana. SM panema.,.. 4 eu irk?0h 22h Estação Pmssundu. AÇasashopping n1h30 Art Fashion 3 Mall 1 5n h, 17h3 7 Rarra 2. Carioca 15h30 1HJJ. 20h30 Robett Duvall brilho estranhos no olhar do rapa/ e s*u of Hotr«Omm desenho dos Estúdios D«s 19h30 21H30 Um Sul 2 1 3h50. 15h;50. OS RMÃOS MCMULLEN Th«brothef» McMuRen Drama No dia de seu amvwsano. George sonho acaba se tomando um pesadelo EUA,- Romance 18h, J9! h50 19h50 21H50 Rio OU Prrce do Edward Burns Com Shart Albert. Ma Malley. um homem comum >í uma lu/ no ArLhoppinç! 20h.22h Art. h40 16h30 18h20.20h10.22h Odeon xime Bahns e Catharine Bolt/ ceu que vai lhe trarer poderes P-11"0 * " 1996 Censura 14 anos * Rapar te.o e corcunrtn criado Circuito Rio Sul 4 14h40. 16h30. 18h20. por um iuu perverso, decide sair do campanano da Catedral de Not.e Dame onde m>«mérer Bruni /"«15h h. 21h A\rt 13h30 15h30 17h30, 19h30. 21h30. V,a MBfféihopping AnPlaza 151, ,10. Pargue 4 15h 17h. 19h. 21 h le Sho Comédia Os irmãos Jack, Patr»ck e Barry. transformar sua vida para sempre EUA 199* 20b 10, 22h por ocas.so da morte do pai. voltam A casa Censura livre?? FUOADC LOS ANGELES Eacape trom Um Ange- escondido, e conhece uma bela cigana lia 19h10 211,10,nq 2 Mfídureirn Shopping 3 1 "7h20.19h10.21h 5h30. onde passaram a infancia EUA1995 Cen Circuito: Via Parpue 1 16h20. 18b40 21 ««- de Jobn Carpent«f Com Kurt Russell. soado no romance de Victor Hugo Censura FM MA Emma - d" Douglas McGrath Com NovaAménca 5 7h20 sura 14 anos??? UM CASO Df AMOR Th» vim o» irt de Kevm 5tacv Keach e Peter Fonda Gwynolh PaltlOW. Tom CoUetln. Alnn Cum 19H10 21 h lha Plara 2 15M5. 17h 5 Circuito: ístefio Museu da Republica Dowling e Geotf Burton Com Jack Thomoson. Russel Crowe e Deborah Kennedv Angeles deuendo a cidade em ruínas Snake Açéo Um horrível terremoto assola Los Clrcuto: Cândido Mendes 16hAdubjado) minei e Jeremy Northam 9hl5 21 h15 Madurelra 2, Cenler 15h. 16h50 ComVidia Marry Mitchel é um pai que e chamado pelo Presidente para lidar com o extra"" Romance Mulher bonita e inteligente 17h. 19h. 21 h Hoie. não seié exibida a ulv BEM-VNDO A CASA DE BONECAS Wekome to busca a felicidade <jo filho encomendo o terrível revolocionario sul americano Cuervo CURTA 0 METRAGEM - <1- Guilherme K.iram nuoco se apaixonou se ocupa dando ma sessão no São Luir 2 lhe de Todd Solond; Com Hea rapai a encontrar seu par ideal. n4o Jmp5>* Jones EUA/1996 Censura Uanw * Apresentando scunnho ikt C«O A vr thor Mataraxío e Dana KaHnina tando que este se»a gav Austrél<a.199 Circuito Largo do Machado 2 14h 16 dade de Nelson Nadom. 0 bilhete premiado conselhos no vida seniimental das amigas Drama Dawn Wiener e uma menina tim. Censura 14 anos 8h. 20b. 22h Matro Boavsta 13h30, de Maurício Farias Domingo no campo ne f lja 1996 Censura 1 2 anos ** da de 11 anos que percebe o mundo através Circuito Estação Museu da República 15h30 1 7h30. 9h30 2lh30 Barra 3 André Sturm Circuito: fíófy Sio CONTNUAÇÃO lur ; 4h20. 16h40. 19h. 21h20 Leblonl. BELEZA ROUBADA Stea»h>9 b»*"1» <Je Bet das lentes grossas de um óculos EUA, b40 5h40 1 7h40.!9h40 2th40 Média metragem rune quatro curt.ii í% Óil Price 1. Bom, 3 14h30. 6h50. nardo Bertolucr. Com Liv Tylei JeremV Censura livre ** Circuito Estação Botafogo 15b 6h O 0 PROmSOR ALOPUADO Th«nutty ptofestor STRPTEASS - StrtptMM rle Andrew Berq protagonizados por Guilherme Karam Brasil/.. de Tom Shadvsc Com Eddie Murph man Com Demi Moore Burt Reynolds e 1996 Censura 2 anos 19MQ, 211,30 Via Pargue 3.16h30 1Bh60. rons e Stefoma Sandrallr Jli.io r./uca letal. 16h20 18h40. 21h Drama Após o suicídio de mn Luçy 18h20. 20h. 21 h40 Jada Pmkett e James Coburn Arniand Ansante Circuito: Estação Botafogo 2 2Qb50. 22b PCA COMGO de T"uka Yamasaki Com 19 anos. Vinia para a tàli» a Lm de reencoo ANO EL BABY Angd bitry de Miehnel Pv Comédia Shefman Klump t um piofessor Comedia Uma e«funcíonéna do FB. "ôníruund... Lucan. Rigueira. Vi,o, trar os amigos d» família, mas sua inocência met Com John Lynch. Jacqueime McKenjie universitário ms»»guro pesar>òo 180 quilos, Ertn Grant. aceita u" emprego de stripper Huoo e luao Alves desperta uma oodti de sensualidade talia.. Drama Adolescen.e de 16 perde seu pa, nglaterre/fronça/l996. Censura e Colm Fnels mas íle um dia Dara o outo. se iranjfoima numa boate para que possa recuperar a eus MOSTRA 16 anos D»ama Hsrry é um homem jov,»», e diser num Casanova irresistível EUA/1996 Ce«tòdia da filha Mas ela acaba se envolvendo 0 FEMNNO NO CNEMA ALEMÃO - 24 horas verdadeiro, numa ««plosíro. e se envolve com "tr tido. mas de repente sua vida vira de cabeça sura livrw numa trama criminosa ao conhf»c*«r um sena na vida de uma mulher Í24 stundvn ans rfr "> um bando d-, marginais, aièm de manter uma Circuito. Novo JOia 1íhW. para bai*o depo«s de um surto psicótico E Circuito Condo* Copacabana Largo do dor EUA, 1996 Censura 14 anos Lebenemer Fraui de Robert l_and Com reioção de amoi com seu pai adotivo Brasi 21 hloj Evaçáo Bo,alogo 3 15h, quando ele conhece Kate e resolvem amscai U*rh.u1o 1 4h30 6h20!8h10 20h. Circuito 4rr Barrashopping Henry Porlen e Frierloch Kayssler (leflendas 19h40. 21h50 Ari fashion Mall 1 14H50. tudo pela chance de ter uma v»da normal 21h50 «ro Sul 3 13h50 15h40 17h30. l?h30. 19h hm An CasashODpmg em português) cf ui,t«o2t 0. 18h10 20h. 17h05. 19h30. 21h50 EUA/1995 Censura: 14 anos ** 19h20 21hl0 4mfricí Madure" Shor t?h 19H10 21h20 An Barrashopping 5 Viúva começa.1 freqüentar lugares mov»?1 h50 Palácio 2 1 3h ATOS DE AMOR Cirried av»a* d" Buno Circuito Cmeclube L*ura Alvim 1 7h. 19b,,.w.,o * Norte Shoopmg Hht Pia: Via 14h30. 16h40 18h50 21 h Top Cme Santa m»»ntados para fuqir da solidão Na Riv»ei» 18h Vre Paque "g Barreto Com Dennis Hdpper e "-"a 21b ggwe2 16h 17h50 19h40, 21h30 Barra Crui! Sh 1 7h, 19h 21 h encontra jovem,ooador e tenta aiudfi o ms 1 ", Nova América VifPl-% Drama Professoi de cidade do tntenp" se DOCES PODERES de Lúcia Murat Com Ma 1 16h?0. 18M0 20h 21b50 No** Amtca pirado em Stefan Zwe.«Alemanha/1931?0h60 Art Madurara 2 1 &h h sente atraído por umn jovem estudante pro* nsa Onh. Antôn<o Fagundes e Otév»o Augus 16h45 18h45 20h45 Madureíta Circuito: Cinemateca do MAM boje.is 15h5C 17b4Q 19h30 2ÍB20 Star Cimpo REAPRESENTAÇÀO h10 vocando uma cnse no "líc0"7"" to rc0 m JOVENS BRUXAS - The cnrtl sua namorada de mlôncia EUA.... e Drama Durante o período eleitora», uma Grande 2 Niterói 15n30 \ h20 9ht0 LEN REFENSTAHU A DEUSA MPERfElTA The SRA1U0AD S A MOVA GERAÇÃO DO CMEMA mino Com Robrn Tunney Fairuiâ Bali» sura 14 anos jornalista assume a chetia da sucursal de 21 h «ondwfui. horriw» N* o* Ltol RWmtiN de D SRAEl. Mojh- 16h30 Doido de amor C.implwll e Rachel True Circuito Ro,y 15h 17hl0 19h20 Brasil<a da pnnctpsl rede de TV do país W NDEPENDENCE DAY - ndependem» d»y - de Rav Muller de Savi Gabiion Com Moshe vgi e Hannah Comédia. Sarah se moda para Los An«e?1h30 riiuca 2 16h50 19, 21h10 No»» rios repórteres da emissora estéo de»*ando a Rotand EmmerKh Com WiH Smith. BiM Pu» Documentário Misto"* du cineasta oficia» Aruiai Haslari (l«qend.,s em mgl*s) As 1( P se sente soíinha no meio do» alunos d» America 4 16h. 18tlV0 20h20 Madura-a TV em busca dos salànos m«uonàrto$ das man e Margaret Colm de Hitler Alemanha, Rliqica; nglaterra 1830 Programa dv curtas (legendas em Academia. até que «ncontia três jovens que Shopping > 16h40. 18h60 21 h Eslafto r.impanhas dos políticos Biasii-1995 Cen Ficçáo cientifica O.- Ao americano e 1993 Censura 10 anos nglm). também se sentiam tornadas Mas. unto carai 14M0 16h60.19h.21h10 sura 1 2 «nos * * Obstruído pla passagem de gigantescas na Circuito Cine Arte UFf 20h20 Circuito Centro Cultural Banco do Basil SHOP ART BARRASHOPPNG (Av daí Américas 4 666/L N ) Sala 1 (221 luga Aconteceu no surfe t6 16h.18h.20h 22h Saln 2 (204 lugares) Ouemya de ar auivo 141,50 1 J.H 19h h2.0 Sala 3 (36? lugares) Jovor. i brwas 15h ,30 21 h30 Saln 4 (252 luga,s> Sliptease 16H20; 17h30. 19h40. 21hW) Sala 5 i18b lunares) Striptease 141,30. Hih40 1 Rh50 21 h ART CASASHOPP1NG (Av Aírton Sena. "f&o ) Sala 1 i222 lugares) Striptease 17h 9h)0. 2.1h20 Sala 2 (0<57-lugares) Jovens hrutos 16b 1?h tdhr21h Saia 3 (470 lugares) Aconteceu na suite 6 15h30.17>,30. 19h30 21h30 ART FAJMtOH MALL (tsliacln <1a GAvea ) Sala 1 (16-1 lugares) Be íc;o roubada 14b60. 7b05. 9h30?lTi5o Sala 2 (356 lugares) Jovens hru ;,,Vl5h h30. 19h30, 21 h30 Saio 3 (325 lugares) Aconteceu nu suite 16 10h 18h. 20h 22h Sala 4 (192 lugares) Sc grçdqs e mentiras 15b40 18h20. 21b ART N0RTESH0PPNG (Av Suburbana o 332 puto G Sala 1 (Í40 lu gares) Aconteceu ne iurte 16 15h10. Í7h10 19b hl0 Sola 2 (240 loij.» rei*.). Jovens hru*as 1 bh 17b 19b 21h BARRA Av i1hs AnvfK,»«. 4.66b 32,0 eíüí) Sala 1 Í270 lugares) 0 ptolèfsor nlopiado 16h20.1Bh10.20h 21 h50 Sala 2 (2% lugares) A rlha do D Morvau 16H30 171, ,30 21 h30 Sala 3138 lugares, fmma 4h30 16hi>0, 19h10 21 f, 10 Sola 4 (1 30 lugares) lugaoi Los Angeles 15,40 1?i>40 19b40.,21h40 Saln b (152 lugares) Heacáo em cadeia 1Bh 201,. 22h CNE oavea (Rua Marguis de S,V, Vi cente lugares) Ou BM-podetesl 14h30. 6h20 BhlO, 20h 2.1 h50 U4A PUMA lav Maestro Paulo e Si(va 400/ Sala 1 <255luoara») OTHótvxsot ahptfido 16h. 1 7bf>0 19h40.Mt,30 Sala 2 (255 lugares).1 Hha no O Moie-au ib>,15 17h15 19h1B 21h16 MADURERA SHOPPNG ( sirad» (n!(» 222 Li 301 4BH 1441 Sala1(15? iúgaies) 11", de amo, ir,f, lh Sala lugaresi ndapmtfepce gav 151,30 BhlO 20H50 Sala 3 lugares A ilha do Dr Motrau 16f>30 1 jhío 19h h Sala 4 (191 lugares! O professor aloprado 16b. 1?hi>0. 1.9b40 21b30 NORTE SHOPPNG (Av Suburbnn,, < ) Saiu lugares) 0 Po lessor aloprado 6h 17h50 19h40 rrtt30 Sala 2 : 240 lugares) 4 nha do Ot. Moreau 16h30 17h20 19h10 2lh NOVA AMÉRCA (Av Automóvel Clube 1201 Sala 1 (261 lugares) O piolesso o,nado 16h45 18b4b 20h45 Sala 2 (240 lugares» Reação em cadeia 16*30 18h3Ò. 20f30 Saln 3 i260 lugares) fica mrmrnc -v- comigo i lugares) 4ro«de amor 20b20 Sala 5 (261 lugares) A,lha do L < Moreau 1?h20 19hi0. 21 h RO OFF-PWCE (Rua General Sev ano 97Li ) Sala 1 (20!) 0. fmma 14h30, 16h50 19h10, 211,30 Sala 2 (163 Péaresl A "ha do Dr.Moreao 141,40 16h30 lbh20 20hl0 RJ0 SUl - (Rua Lauro MüHer 116 ti ? 109H) Sala 1 :160 lugares, Hea cm m,:aríeia 14h 16h 1HH 20h 22h Sala 2 (209 lugares) 4 ilha do Or 13t,60 15hM 1 7t,50j Í9ti 21 hb Sala luqates. 0 proesio aiopia 1 31,50 15h40 1 7h30 191)20 211,10 bali) 4i156luga.es) Medo 14$l 16h30j 18h20 201,10. 22h VA PARQÜE (Av Ayrton Senna , Sala 1 (290 iügatw) fn«mrno 16h20 1Bb40 21h Sala 2 (340 lugares! 0 prolesso- aloprado 16h 17b50 19f>40 21h30 Sala 3 (340 luga res) tmm» 16h30 18h50 21hl0 Sola 4 (340 Vugares) / rlha do Or Moteau 15b 17h 19h 21 h Sala 6 (340 lugares) fica comigo 16h, 17h50 19h40 21h30 S#l«6 (340 lugares) Reaçio tm cadeia lbhis 17h16 19h15. 21hl COPACABANA ART COPACABANA Av N S O > dt na R3b "jgares) Jown$,umas 14h, 16t>, 1 Bh 20h 22h CONDOR COPACABANA (Rua Magalhães i 04 > lugr tfs 0 professo* aloprado 14b30 16h*0 lbb10r20h 21 b50 COPACABANA (As N S Col, it R lugares) A ilha do Ot More ao ) bh 1 BH. 20h 2Jh ESTAÇÀO CNEMA 1 (Av Piado Júnior. * R9 403 lugares) Segredos e ptenrrras 14h 16h30 19>, 2lh3P NOVO JÓA vav N S Copacabana 6B0 95 lugares) Relera roubada 14h40 6h50 1 9b 21 b 10 ROXY (Av N 5 Copacabana , Sala 1 (4tX) lugares) 4tí>J tfr a""" 15h 1?, lhl0 Sela 2 140" Joga»» M lr,h40. 19!, 211,20 Sala 3 : 100 lugares) fnj comigo 16h20 BhlO. 20h.lh50 STAROPACABANA - (Rua Barata Ribeiro. 502C lugares) Aconteceu na.f h_ 16h 18" 20h 221 _ PANEMA, LEBLON CÂNDDO MENDES («ua Joana Arvyf-i.i lug.ves? O corcwuia dt NoVe Dame ibh (dublado) Colcha oe retalhos l > h30 CNECLUBE LAURA ALVM Av v. Soulo lugares» An oelílsby 1 h 9h. 21h LEBLON (Av At..íuik> <v -i i Sala 1 (714 lugares) tmwj 10h 18H10 luares) >1 s 17h5() h50 2 (300 do Dr Moreau 15h50. STAR PANEMA - (Rua Visconde de Pitai*, 1 r,;i lugares! Aconteceu na sorte h 18h h BOTAFOGO ESTAÇÍ0 BOTAFOGO - C -.» Voluntínos da fair.t BB ) Sala 1 (280 luoa res. liem vindo a asa de bonecas 16h,f.r< h 21 h40 Saio 2 *«.- ligarei) í1"" P "r,,h í 19h clrta neiiagen, h.Sala 3 (60 lugar. «- «toiham! 1 7h CATETE. FLAMENGO ESTAÇÃO Ml/SEU DA REPÚBLCA (Rua d Catete lugares) QuantanarTHHa 15h Oi mios Mtmotvn Um caso de amor 18M0 httã Ce Arresta 20b30 ESTAÇÁ0 PASSANDO (Rua Sonador Ver gue.ro luge-es. Aconteceu na suite 16 15b30. 7h30. H3Q LARGO 00 MACHADO \...:i" o- Man,, do ) Sal» 1 (835 lugares) O profeisol aloprado 4h30 HihíO :ih50 Sala 2 419ii.tia.es> f uga de l,t Angeles 14h », 22n SAO LUZ (Rú«do Catete J9t "l, Sala 1 (455 lugares > Ervn..11, Sala 2 (499 luga.es i >1 lha do Oi \U»e*v , Hoi* nio <e>t c t>.da a vttxn* sessão CENTRO CENTRO CULTURAL BANCO 00 BRASL Rua 1V de Marco lugares Mostra CNEMATECA 00 MAM (As infante Ck>m Henrique ug«",-! Vei \»cífa ESTAÇÃO PAÇO iii.k) 5 Oe Novemíyo 4H 64 lugares. Segredos e mentiras h METRO BOA VST A ~ (Rua do Passe» lugjtwm fuga d«los Angeles r h30 00C0N - (Praça Manatma Garvdni lugeret») A riba do Dr Mo resu h ri 30 pucto (Rua üo Passe»o. 40."40 654D Sola lugar»*) Raaçio e"i cadeia n30 Sala lugares) fica círmrgo PATHE (Piavo Floriano lugares) Jo>ens brutas 13h10 15h 161, h30 T1JUCA AMtTUCA (Ruê Conde de Bonfmi. 334 "» lugares» O professor alocado 16h AKT TWÜCA (Rua Conde de Bonfim *5 lugares» Jovens tvu 151 t 7h RltUM TUÜCA (Rua Conde d«* Bonf.m lugares) Aconteceu na sune lf » CAROCA (Rua Co"ie d«bonfim 138 Moreno lugares i 4 >iha do Of H3Ü h30 TUUCA (Rua Cond«de Bonfim ) Sala (430 lugares) f mma , Sala 2 (391 lugares! Aro.r de amor h 21 HO MEER ART MElíR (Rua * Rabelo ,4J 845 luua"s> Aconteceu na SUt*! ;!.l h. 211 PARATOOCS (Rua Art)uias Cndro lug.se<> Jovens t*u*as 16h h60, 20h30 MAD RFRA JACAREPA- GUA ikt MA0UR30RA (Shopping Ce"". 0e Madurwira } Sala 1 ti 025 luq-» rt)%) Jovens brutas 5h 1?b. 19h 21h Sala 2 (288 tugare-,1 fm comigo "* MADOKQRA (Roa Oagmai da fon-»*k« ) Sale 1 i58t> lugares) O oro fessor aloprado 15h50 1 7b40 19h30 21 h20 Sala lugares! A ilha do Dr Moreau TOP CN SANTA CRUZ i «ua f el.t». Ca. doso lugares) Strm tease h. 21 CAMPO GRANDE STAR CAMPO QRANDE (Rua Campo Gran (Se ) Sola lugares) Jovens bfwat h 211 Sala J (320 lugar»») O professor aloprado h NTERÓ /yjt PLAA («ua XV de Novempro ) Saio 1 (260 lugares) Acont«u na solte te Sela luyaresi Jovens bru,,, ibh Ç** *620 ART ÜFF Rja Miguel oe "4s lugares) Doces poderes 16.ao Lem Rielenstahl a deusa tmpederta 20h20 CtXTtR (Ru«Coronel M<*e«ra Osar /Ob lugares/ A ilha do Dr Moreau h TAÇÀ0 JCAUÜ - (Rua Coronof Moreira César lugares) Atosdeamor 4h K. 21 hlo ESTREA HELS0M SARGENTO oco da Velha Cardoal CAmnra. 132 Lapa ( ) 5* * 6 As 221 Cuuverf a Rs 8 O cantor e. ompositor interporia canç.vn coítso falso amor sincero Mar de lagrimas nntre outras 03 WALMTYS Hipódromo Up Praça Santos Dumont. 108 Gávea < )í5v 1» 221 Couvert.«R5 15 e consumação a R* 10 Show do grupo que t*"",rr **10 <í,,t>0 çlarto de mostrar canc<,"s como fogo e pa-,io Outro gut tudo vi Para o interno e outra* OANEL QON1AOA Saia funarte Shíiwy M-t l Rua Arauto Porto Ale<jre 80 (."" 6116:.) a 6 as RS 10 Show do cail(w e compôs,lor No reper 16-ro. 4,1 branca. Galope e outras canções tie Gon/aguinl4. como Poaira Sob o sol ANDR&A FRANÇA Niyht Rio s Parque <ÍO flamengo, s.v fiamenyo (5M H31) c" pncwlede 1 50 pessoas 5* e 6* i píttir das 81 Sem cor/ver» Happy lour cpm sucessos (la Ml H ROQUE MALASARTO Rio Jau Club Rua C.ustivo Sampaio, s ll«leme ( ) Capecwlade lsolugmes 5- Js 221 Crn/verf,i RS 10 e consumação a R* B Show da banda C0NT1NUAÇA0 MAR1SA MONTE Canecio Av Vnnceslau Bral 215 ( ) 5*..s 2H30 6- e S.1Í is e dom. as 2H30 «s 20 <arquibancada),»s 30 (lateral). RS 40 Rs 50 «R1 60 (setores espvctaia) LÔ BOROES Cale Conceito teatro»<val Rua Álvaro Alv*m. 33. Centro ( ) CaçyKKlade 400 lugares 4* a 6 e dom»s 9h sab.vs 201 R» 20 Sem consumação O cantor e compomtm fa* show de tjrvça rrvjnto do Cü Meu filme PARADS0 PUNO BAR Rua Maria Ang*l.ia 29. Jardim Bot4n»co (537 2?24) 2 a %òt>» ícart.r das 221 Couvvrt s RS 30 Show da cantora italiana Mafalda Min nort, fpr.k:,pa..áo espec.al do t»an.«ta drioho Amui WAtDA SA, MEL11 MENiSCAL Mistura f, na Av Borges de Mttdeirofc, J20J. L<H)ua ( ) Capac»da<)e 180 lugartrs 5* a»àb as22h Couvert a Rs 15 (5*) e Rs 20 (6- e sáh ) ConsumaçAo a R 10 0 tno conta e canta histórias da Bosaa Nova QUANDO musica CCL50 BLü S BOY A LE OE DEUS É 0 Ritmo. Estrada do Joá 256 S»o Cborado ( ) 5-.. s.«> as 22h (>.S.«, 4s22h30 Converta HS 15 (5 a dom e HS 20 (6-» sdt, ) Consumação.. R5 6 Celso Hlues Bov apresenta sua nova bafl da CracKenac* DE GRAÇA CORAL CÂNDDO MENDES - Teatro Joio theotõnmi Rua da AssembtA.i 10»uboo Centro 5 as e H 191)0 Eotran.i franca o coral foreíonla o mus.. (".nlin.lo os anos 60 CLÁSSCO EDUAR00 MONTERO Audno-o du BNOf Avenida Chile 100. Centro ( ) 5\ ás!9h Gritu Os ingressos, com lugares marcados. s"ão drsfibuidos 4 partir das!8hj0 0 pianista mierivola Chopm e 0o"tho v«n ÓPERA Centro Cultural Qduvaldo Vianna Filho. Ca*te».nho do Flamengo Prd.a do Ma mango 158 4" 2» piso > lamengo U «) 5* ás ish GrèllS Distribuição de Sanhas.0ni antes do espetáculo No programa as principal» Operas de Mo tnrt, Rossmi e Verdt MUSCA BRASLERA ATUAL Sala da Cun uregaçio da tscola de Musica da O«. Rua tio Passeio, 98 lapa ( »» 6h Grfttis No p«ogfa Obras de Eduardo baum. Virgínia Moreira, Schubeu e outros MUSCA BRASLERA ATUAL Salip eopoloo Miguel da fcscols de Música da (JFR1 Rua do Passeio 98 Lapa ( ) 5- as Grátis Obras d«guilherme Baum l.iu mw B,.!h Alamino entre outros FESTVAL MONONE Casa d- Rui Barbosa Rua 54o Clemente 134 Qoialoflo (53, «,( as tntrad» ranca Com Luurs Cuevas (llauta) e Mana na de Andrade (p.ano) interpretando Chopm B/et. Migoone e outro» ORQUESTRA FLARMÔNCA Sala Cecília Meireles. Largo da Lap.,. 47 (.entro ( ) 5- as 19h RS 10 (haiclo) e Rs 15 (platéia) A Osguettru homen.»* A/y Barroso * Noel Rosa convidando Soma Dellmo o tduardo Conde TERROR DOS HOMENS /SbÍ-sui >. caneca s p 6 f - f K s M UÁtlU *#ki«síraaha MADWWA <ví t*f " "e *.»* <., LG#çA>ti»ü* JSi NC«0 cb ; QAâtfÇHtMWj).. rlj Vr*Cf t[ Soi cnu,som ty umeà Seiect f» AMANHà NOS CNEMAS;.. J 4» (üilmi J 1*1 Trtt«N» tatwtw» tmmt AeheiSAch6i!Hfh

45 OUNTA- ÜRA.24 DE OUTUBRO OF jpã B 7 ESTRÉA NNOUÈM MB AMA, NNOU** MG OU** N*- OUtM ME CHAMA DE BAUDEUM - De van do Alhuqunrquo Com van de Albuquerque, leyla Ribeiro. Lucro Mouro Filho e outros Tfíairo panema. Rua Prudente de Morais. B24. panema ( ) 5 a sèb. As 21 h30 o dom. às 20h30 RS 20 VENTANA Do Alcides Nogueira Direçôo de rt«gabriel Villela. Com Silvia Buorque Malu Valle. Alexandre Scbumacher. Eriberlo Leão e outros Teatro do CCBB. Rua Primeiro do Março. 66. Centro ( ). 4" a dom, às 9h, sáb., às 21h. RS 10. ROQUE SAKTERO De Dias Gomes. Diroçik) de Bibi Ferreira Com Niceto Bruno. Aflildo Ribeiro. Sidnoy Magal. Maria Lúcia Priolli. e muitos outros Teatro Joio Caetano. Praça Tiradentes, s/n". Centro ( ). 5 às 17h o 21 h. 6-, às 21 h. Sàb. às 18h o 21 h Dom., ás 18h RS 15 (twlcfto simples <5" a sábe RS 20 (dom ) RS 26 (platéia 2o ">l r> RS 30 (plataio 1" setor a balcso nobre) R8 4U (jalcáo nobre) A história do Roque Santeiro o sua fogosa viúva Porcina ÚLTMOS DAS SEJtMÀO DA QUARTA-FERA OE CKZAS - De Padre Antomo Vieira Diroçôo de Moacir Chave* Com Podro Paulo Rangel e Kelrv tcnrd Teatro Carlos Gomes. Praça Tiradon,RS 19. Centro ( ) 2- a 6-, às 12H30 Rs 5 GRÁTS META SSO NA SUA CABEÇA - De Luís Carlos Góes Llcia Man/o o Akiisio Abreu DireçAo de Lúcia Coelho Com Aloisio Abreu Cme rentro Oinn Slat. Centro Cultural Gama Filho. Rua Manoel Vitonno Piedade ( ) 5* e 6", As 13h GiAtis ComAdia 0 ator interpreta três prolesso r.j«em diferentes aulas NOVAS HSTÓRAS DO PARAÍSO Tafledi rncso de Gilirav Coutmho Com Aditttna Ma.a, Antomo Carios Bernardes ií outros Sala Paraíso, do Teatro Carlos Gomes Ptaca Tiradentes, 16. Centro ( ) 2" o 5" As18h30 Grátis Drama Três histórias curtas abordando a tragédia, o drama Rodngueano e a comédia o dom. As 20h RS 20 (6» o 6"). 25 (dom > o RS 30 (sáb.). ngressos a domicilio pelo tel t> Comíidia A poça mostra, com humor, a solidão dos pessoas que vivem nas qi3ndes cidades HB CRADAS Do Jean Gcnot DireçAo de Ricardo Torres Com Leonardo Vioira Díio Garcòs e Marco Rocha, Sala Vermelha do Teatro dos Grandes Atores, Barra Square Av das Américas Barra ( ) 5* a sab As 21h30o dom. As 20h RS 15 (5") RS 18 (6" o dom ) e RS 20 (sáb ) [: Drama As relações de poder entre uma patroa e suas duas criadas. ngressos a dom-- cllio pelo tel BURGUÊS RDÍCULO Baseado na obra de Moliòre. Direção do Guel Arraes o João Fal cão. Com Marco Nenim. Botty Gofman e outros Teatro Cosa Grande. Avenida Afrânio de Melo Franco Leblon ( ) 5* a sáb, âs 21h30. e dom. As 20h RS 20 (5"). RS 25 (6" o dom ) o RS 30 (sab ) ngressos a domicilio pelos telefones: e t> Comédia Burguês rico. som cultura al meja freqüentar a nobreza e ser respeitado por ela FRANCSCO DE ASSS Concepção e direçao de Ciro Barcelos. Com Ciro Barcelos. Camila Amado e outros. Teatro da Praia. Rua Fran cisco Sá. 88. Copacabana ( ) 6*. As 18h30 o 21 h. 6". ás 21h. sab e dom As 18h30 RS 15 (5* e 6*), RS 20 (sáb e dom ) e RS 10 (estudantes) ngressos a domicilio pelos telefones: e Du ração 1 h30 t> Musical Baseado na vida e nos pensamentos de Sào Francisco de Assis TODO MUNDO SABE OUE TODO MUNDO SABE De Miguel Falabella e Maria Carmem Barbo sa Direção de Miguel Falabella Com Aríete Salles. Laura Cardoso e outros Teatio dos Quatro. Shopping da Gávea. Rua Marquês de São Vicente. 52/2 andar Gávea ( ) Capacidade 402 lugares 5* As 21 h30. 6" As 22h. sab. As 20h e 2?h e dom ás 20h RS 20 (5-). RS 22 (6- edom ) e RS 25 (sáb. feriados e véspera de feriados) ngres sos a domicilio pelos telefones e Duração h30 Comédia Socialite decadente tenta de iodas as maneiras, evitar a falência COMEÇARA TUDO OUTRA VEZ Te*toedrre çáo de Dacio Malta Com Gaspar Filho «músicos. Teatro Ginástico Avenida Graça Aranha 187 Centro ( ) 4* as 1 bh 5" 6" e dom AÍÍ9h, e sab As 21h RS16 (d- o 5*). RS 18 (li* c dom ) c Hs 20 (s.1b ) Duração 2h15 ngressos a domicilio p< os telefones 22! 0515 e ? Musical Conta a vida r* canta a obra de Gonzaguinha NGRESSOS A DOMCLO C0#0 ENCHER UMWOUN SELVAGEM 1"«to e"direção do M»guol Falabella Com Claudia jinwneí Teatro Vanucci Shopping da GA voa. 3r andar 5. As 21h e sat) A» 22h CONTNUAÇÃO OS FÍSCOS Direção de Alonso lat.irola Com Frederico Arouio. Hugo Martins * ou tros espeto CultutiiSiós Correm Rua Vr» conde de taborai. 20 Centro ( ) 5- a dom. às19h R*10 Drama A história destaca o perigo das pesquisas nucleares A 0AMA DO MAR Direção do Ulysses Cru* Com Chnstiana Gumle. Paloma Duarte Tere ni Seibliti Felipe Martins e outros Teatro do Píer Maná. Cais do Porto do Rio de Janeiro Pc Mauá. s/n. Centro ( V 5 e 6 sjlh sab. às 18h e 21 h. dom. As18h RS 15 (5- e 6") e RS 20 (sáb e dom ) tmbarca çào na Marina da Glória, às 17h a HS 5 o mar é o cenário para contar o história de tilda, uma mulher que mergulha dianmente,»m suas águas 0 SORRSO AO PÉ DA ESCADA De Henry Miller Adaptação de Sidnoy Cruz Com Pau o Gianni. Ricardo Canella e outros leatro r.iaucio Gill. Praça Cardeal Arcovetde s/n Copacabana ( ) 5«a sáb As 21 h dom As 20h RS 10 (5 estudantes e mota dores de Copacabana) e RS 20 (6 a dom.) A história do sofrimento do palhaço Au gusto 0 QUE É BOM EM SE0RED0 É MELHOR EM PÚ- CUCO -- Direção gera de Antorvo Abujamra Com Claudia Provedel, André Corrêa e ou tios Teatro Dulcina Rua Alcmdo Guanabara. 17 Centro ( ) 5 o 6". as 19h. sáb. às 21 h e dom,, às 20h RS 10 Te>to inéditos da obra de Nelson Rodn gues BLACK0UT De Fredenck Knott Traduçãode Millôr Fernandes DireçAo de Ene Nelsen Com runçoise l-otlon. Grac.ndo Jr Jayme Patiard e outros Teatro V» Lobos Avenida Princesa sabel Copacabana ( ) 5 a sáb, às 21 h, dom. às 20h RS 15 (5) o RS 18 (6- e dom ) e Rs 20 (sabl Drama Mulhw cega ameaçada por três iralícantos que procuram drogas em sua ca sa 0 BALE Teatro Glauce Rocha Av Rio Branco Centro ( ) 5*. às 19h. 6 e sab As 21b RS 15 Com a Companhia do gesto Num salão de baile revive se um período recente da história a partir dos anos 50 SERA TRÁGCO SE NÀ0 FOSSE CÔMCO De Frtednch Durrenmatt Direção de Luiz Arthur Nunes CA.idio Cerres e Castro. Jncmieiine Lau»?ncp e Rubens de Falco Teatro dos Grandes Atores (Sala atui). Av das Améfi r,.s 3jS55. Barra ( ) 6- As 21h30 6"? sáb. às 21h30 e dom às 20h RS 15 (5l) R5 18 (6* e dom )»* RS 20 (sáb ) Comédia Sobce as desavenças d<» um casa! que comemca 25 anos de casamento DECOTE Ottecto de Daniel Heri e Susanna Kruger Criação coletiva e interpretação da Companhia de Teatro Atores da Laura Casa de Co>tura Lauta Alvim. Avenida Vieira Sou to. 176 panema <2* ) 5* a sáb às T1 h e dom. ás 20h RS 15 Drama Nove esquetes mspwados rx; leo tro e nas crônicas d«nelson Rodr>gues 0 PEDDO DE CASAMEKT0 Direção d» Nel SOO Xavier Com Nelson Xavier e V.» Negro monte Cme Teatro Dma Slat. Centro Cultural Gama Filho. Rua Manoel Vitonno 553, Pm dade ( ) 5 a sab As 20h e dom As 19h Rs 10 e RS 5 (estudantes! Comédia Um exercicio de fazer rir diante do mais desconcertante dos sentimentos o amor 0 TEMPO DA APOTEOSE Direção de V.c Milliallo Com Gilberto Fernandes e licio Magna Teatro Galeria. Rua Senador Ver gueiro. 93, Flamengo ( ) 5 a dom As 21h30 RS 15 A peça conta a trajetóna de uma velha atriz no circo/teatro PEDDO DE CASAMENTO - Do Anton TchecoV Direção de Marcus Alvisi Com Luís Henrique Nogueira Cristiana Kalache e outros Teatro 2 do Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro ( ) 4" a 6 As 12h30. sab e dom ás 17h RS 6 Comédia O espetaculo mostra os contra tompos das relações humanas CRÔNCAS PANTACRUtUCAS DO NFAME RA- BELAS Texto e direção de Anamaria Nu nes Teatro Murucipal de Niterói, Rua Quinze de Novembro. 35. Centro ( ) 5* a sab ás 21h Dom As 20b RS 10 (galeria). RS 15 (platéia) e RS 60 (rtsas o camarotes) A peça é uma adaptação da novela Pantacrueí e mostra a trajetória de um gigante CONFSSÕES 0C MULHERES DC TRNTA - Co letánea de textos Com Clarice Niskier Poso a Rozembaum e Dedina BernadeMi Teatro Planetário. Avenida Leonel Franca Gá vea ( ) 5*. às 21h30 RS 15 Des conto de 50% para mulheres de 30 Duração 1h10 Comédia dramática Textos confessionais t>asea<k>s em histórias rea»s FUTURO DO PRETÍRTO De Retjiana Anton. m Direção de Marcelo Saback Com LH»a Cabral. Dalton Vigh e outros Teatro de Are na Rua Siqueira Campos 143 Copacabana ( ) 5* a sab. As 21h. e dom. As 20h RS 20 (sáb ) Preço promocional RS 15 Du k,ão 1 h20 Comédia romântica Sobre os anseios e translormacíws na vida de um grupo de ami gos ao longo de 20 anos 0 BEJO NO ASFALTO Oe Nelson Rodrigues D«r.?çào de Lu«s Carlos Persy Com Flávio Lofêío Marco André e outros Espaço 3 do Teatro V/Ha lobos. Avenida Pnncesa lsab«l 440 Copacabana ( ) 5- a sab As 21 h dom As 20h. RS 12 (5-e dom ) o RS 15 (6 «sab ) Dinaçào 1 h30 Drama Homem beija na boca um outro. Vitima de atropelamento e solre perseguiçao de repórter insinuando que o* do»s eram amantes 0 DOENTE MAGNÁRO D.. Mo»i*ro Direção,1.. Voacyr Gíxs Com ítalo Rossi, Stela Frei,ta$ «muros Teatro C,iO"a Rua do Rusvl. 632 G0r,í( ) 4-a Mb,(s21h e dnm as 20h RS 15 (4-5- e dom ) e RS 20 (0- e»ab ) Duração 1h20 permitida entiadt após o ihkm do espetáculo n prrssos * dom*crs*v pflo tel Comédia As trapalhadas de Argan. um homem que vive cercado de médicos e doen ças que acredita ter COMO TUDO COMEÇOU MORAL E AMORAL De Jurema Penna Direção de Eduardo Co bus Com Angola Pires e Humberto Klure Cerquera Teatro Oibi Ferreira. Rua Visconde de Ouro Preto. 78 Hotalogo ( ) 5" a sab As 21 h. e dom As 20h RS 15 Dura çáo 1h30 Drama Sobre a vida amorosa de um casal com ideologias diferentes QUATRO CARRERNHAS De Flávio Marinho Direção de Wolf Maia Com Nelson Freitas. Renato Rabelo o outros Teatro Ca/é Pegueno. Avenida Ataulfo de Paiva Leblon ( ) 5* e sáb. As 21h As 21h30 e meia noite. dom. às 20h RS 20 Duração 1h20 Comédia musical Quatro repares solrem um acidente latal e o ospetáculo que roalua riam na tetr» acaba acontecendo no céu PELA NOTE De Caio Fernando Abreu Dite çáo de Renato Ferias Com Marcelo Assump çào. Miguel Bellinr e Renato Farias Casa da Gávea. Praça Santos Dumont. 116/»obrado. Gávea ( ) 5- a sãb As 21h30. e dom. As_20h30 H» 12 (5" e dom ) e RS 15 (6* e sãb) O Drama Professo* e crttico teatral sa reen contram depois de anos e descobrem que suas vidas tomaram rumos completamente diferentes NOS TEMPOS DE MARTNS PNA Textos de Martins Pena Adaptação e roteiro de Clóvis Levy Direção de Sérgio Britlo Com SArgio Bntio Nadia Mana e outros Teatro Defttn. Rua Humaità 275. Mumaitá ( ) 5* a sãb. às 21h3Q e dom, às 20h RS 15 r> Comédia musicada A peca O diletante funciona como fio condutor do testo que reúne cenas de seis peças do autor NÔ DE 0RAVATA De Minam Bevilacqtwi Direção de Franncis Mayer Com Luann Pio vani, Carmo Dalla Vecia e outros Teatrv Cindido Mendes Rua Joana Angélica 63 panema ( ) 5" a sãb às 21h30. e dom. As 20h RS 15 As 5-s estudantes pa gam RS 10 Duração 1h?0 t Comedia Falo sobre o cotidiano de uma famlha classe média, em esp«k:iai a mlação pais e filhos AS TAS D0 MAURO RAS Te.to o direção de Mauro Rasi Com Murilo BenicHi B«rt,i Lo ran e outros Teatro do Leblon/Sala FofnatHla Monlenegro Rua Conde de Bernadotte 26/ loi«104 lüblon ( ) 5». vmpwètts 1 ;h 5 a sab As 21 h. o dom As 20h RS 20 (5*). R» J5 (6" o dom) e RS 30 («Ab ) Duração 1 h30 Comédia O autor reurvj no pako suas quatro tias. conhecidas pelo publico através de suas crônicas jornalísticas POMBA ENAMORADA De Lygia Fagundes Teiies Direção de José Antônio CarrtevaU. Com Mana Assunção Teatro do Museu da Repobhca. Rua do Catete Catete (225 4R73) 6e8* As 19h RS 12 f ttacioo*<rvr> to ffrélu Comédia Mulher alimonta um amor pia tônico por 25 anos. espetando um dia ser correspondida PROVAR ANTES DE CASAR De F r o d.jíüjs. Lonsdale Direção de José Renato Com Tahis Portinho. rving São Paulo v outros Trtr tro Posto Sois Rua Francisco Sã. 51 Copa cabana ( ) 5» a sáb As 21h. o dom,às19h30 RS 12 Comedia Ambiemada nos anstocraticoi salíkre da nglaterra, salirua os excessos daciasse alta nos anos 20 DOS FORTE - De Lúcia Nogueira Direção de Rubens Lima Jr Com Adriano Reys. Mirum Pérsia e outros Teatro Thereza Rachel Jíua.. Siqueira Campos 1*13. Copacabana ( ) 5 e 6" ás 21 h. sab o dom. As 20h RS 20 (5* a sab ) o RS 15 dom ) C» Diama Retrata os problemas da socieda ADOLESCENTE MAS UMA DE FANTASMA - Direção de Domei Berlinsky Com o Grupo Teatralnando Teatro Galeria. Rua Senador Verguoiro. 93. Flamen go 5- As 19h RS 10 0 FUTURO EM NOJB Textos do Rogério. Blat Direção de Ernesto Piccolo Teatro Goniagumha Rua Benedito Hipóhto. ( ) 2* a sáb. às 20h Entrada frw ca L» Ficção A peça aborda o desdobramonto da atual realidade de violência e desrespeito com os princípios dectdodania DANÇA FOX Espaço Cultural Ft*n>p, Praia do Fia mengo. 200/Püotis ( ) 5* e 6" às 18h30 Gtátrs Distribuição de senhas 45m a<ites do espetáculo Apresentação do BaMet Eluina Karm Co reografws de Cristina Helena o musicas de Mozart 0 GUARAN - Teatro Nelson Rodrigues. «V Chile 230 Centro ( ) 5- a SAb As 21 h o dom, às 1 9h RS 15 Com direção e coreogralias do FAbio de MeMo ÓPERA DO MALANDRO Teatro Cactlda ker Rua do Catete. 338 Catete ( ) 5* a sãb às 21 h, e dom às 20h RS 12 Com o grv»i>o de dança Tàpias inspwada «ti textos d*j Bn»cht HUMOR 1-. DOS ATORES DUAS COMÉDAS Teatro Sesc da Ti/uca. Rua Barão de Mesquita 539. TUuca ( ) 5" a sab. As 21 h. dom. ás 20h RS 10 e rs 5 (estudante) EspetAculo interativo sob a direção de Fafv Siqueira Com Jorge Lafond e André Rangel SUBVERSÕES J UNPLUOGED - Cale do Tia tro. Shopping da Gávea Rua Marquês de São Vicente 52 2". Gávna ( ) 6* e sáb às 23h30. odom ás 21 h30 RS 10 (5* e 0<>m ) a RS 14 (6* «sab ) Consumação a RS 6 (5* o dom ) e RS 8 (O- e viti) Show com os atores e cantiwes Aioisio de Abreu Luiz S*»l«m n Mareia Cabrita liéeíws] ÚLTMOS DAS SES VSÒES CONVERGENTES Consulado Geral da Republica Argentina: Galeria Praia de Botafogo 228/ >l 202 Coletiva 2" a 6* das 10h As 1 9h Grátis Até 24 d» outubro A mostra reúne traf>albos di expositores brasileiros» argentinos A DADE DA PRESENÇA JOÍO BATSTA M. Esp»CO Cultural dos Correios Rua Visconde de taborai. 20. Centro ( ) Pinturas 3*.1 dom. das 11 h As 20h GiAus Até 27 de outubro 0 BANQUETE/Y0LANDA FREYRE Museu Ha uonal de Belas Artes Av R.o Branco. 199 Centui ( ) Objetos 3 a sab das 10h As 1Bh Dom. das 14h As 1 Bh RS 1 (domingo, grátis) Atè 27 de outut>ro MARTKA POPPE Espaço Cultural dos Cotrems. Rua Visconde de taborai, 20. Centro (WD3 8222) Pinturas 3* a dom das 11 h às 20h GrAtis Até 27 de outubro HEDE HNFELD E M0JE MENKARDT - Museu Nacional de Belas Artes Av RrO Branco 149 Centro ( ) Pinturas e escultu ms " das loh As 18h SAb e dchn 14ii és 18h RS 1 tdomingo grátis) Até du outubro A mostra ruune 10 acrílicos sobri1 abstratos e 16 esculturas CENAS PARSENSESFERNANDO RABELO - Cmbei de Pau Rua arm.i de Amoodo 39, panema ( ) luiogiat.as Dietin mente dos 9h As 19h Giatis Até 27 Oe outubro. D0 TROPCAL NOLÉS AO BLUE JEANS A HS- TÔRA DO SAARA CspêfO Cultural dos Coileios Rua Visconde dr taborai 20 Centro ( ) Fotografias 3* a dom dasllh ís 20h GrAtis Até 27 de outubro Dlô VAKA Museu Nacknia! dt Belas Aitcs Av Rio Oranco. 199 Centro ( ) Desenhos gravura*. 3» a sáb das loh ás 1Hi> Dum. das 14h As 18h RS 2 (dommlu grátis) An> 27 de outubro A mostra reúne 12 desenhos e 10 gravu tas do amsta ALBERT NOUET spaço Cuttui»! dos Coretos Rua Visconde óv itaborai. 20 Centro ( ) Co(ag ns 3* a dom das 11 h às 20h Grátis Até 27 de outubro LUCANA RENNÔ Vrlla Riso strnda da GA vna 729. SAo Conrado ( ) Pinru *»as 2* a 6*. das 13h as 19h Sãb e dom d" 03h A» 17h GrAtis Até 28 de outubro. dai 77 teia AROUEOLOOA DA ABS-mAÇA0CUUDAM WATKHS Museu d» Republica. Rua do Catete. 11>3. Catete Pintura* Diariamente, d.is 1(Jh,!s 19h GrAie- Até 10 de novembro HÊi.10 OTCCAj GRUPO FRENTE E NETA ES- QfEHAS Joel Edelstcm Ane Contenipot noa Hua JantjÁdeiros 14 B panema ( ) Pinturas 2* a 6* das 11h à* 20h SAb. das 11 h as 16h GrAtis Are 14 de novembro ATEUER DE ARTSTA. JUAREZ MACHADO Museu Nacional de Belas Ants Av R»o Branco. 199 Centro ( ) Pinturas 3" a 6- das 10h as 18h SAb»dom das 14h,1N 18h RS 1 (domingo. gratu) Ate 17 de novi»mbro FUTEBOL CARNAVAL OAF1ERAALBA CA- VALCAMT1 Museu internacional 0e Arte Nad do Brasil Rua Cosme Velho M3T Cos nwi Velho ( ) Pinturas nn.ts 3* a 6* dflsohasbh SAb e dom d«s12has18n RS 5 < RS 2.50 (crianças e estudantes) Ate 1 7 de novembro MÀEQULHERME KARAM tiookmaken Roa Marquôs de São Vicente, 7, Gávea (2.74»V441) Pinturas esculturas o colagens a sab das 10h os 22h Giat.s Atí 21 de no vi-embro LEONUON SÀO TANTAS AS VERDADES Cenfro Cultural Banco do Biasil Rua Pr«mei ro du Março. 6 >. Centro (21t> 0237) Pintu ras 3* a dom, das loh às 22h GràliS Atè 22 cve deiembro A mostrn uma retrospectrva da ob? p do artista que abrange 10 anos de prodocáo AQUARELA Pftouni - VSÒES DE ONTEM E DC MOJECH- CO VERlSSHO C.isa de Cultura Laura Al r/m Av. Vieira Souto 17b panema ( ) Aquarelas 3* o dom, das 15n às 20h GrAtis Ate 3 de nos-embro. 0 anista retrata em forma dr* aquare>fl as paisagens de Paquetá através dos tempos das 1 íh As 20h «-íscu A mostra reúne obres de artista* bras«lei ros e estrangeiros dos anos 20 aos anos 60 ERNESTO NETO - Paço mperft Ptaca 16 de Novombro. 48, Centro ( ) Escultu ras 3 a dom das l?h às 18h30 Grátis A tá 3 de novembro ROSLDA SÀ sraco Cultuiai Stiçw Porto. Rua HumaitA 163 HumorM ( ) Js culturas e objetos 3* a dom Grátis Ate 3 de novembro A motfa eurxi mais de 30 obras lutas e Obtetos do coramwa e ttrro <ft CentroCuttufalLight.fr* Ma rechal Monano 168,Tetr,.a Centro tscuhu ras 2"aC* das10hás19b Grátis Ate 22 de novembro OBJETO PR1SCLU MONGE Tbônus ÇohniAite Co" temporinra Rua 8ar»o««1orre 18í> A. pfl rwma ( ) Obteios 2 < 6- des Hti ás 20h Sâb das 15h às 1 8h GrÁt<s Ate 1 de novembro AMT0H0 WAS Gabara Pauk> Fernandes. Rua <.Kj Ros<tr»o 38 Centro ( ) Ob fitos 2asAb das 12h As 18h GrAtis Atè 2 de novembro OUSSAMiFRANCSCO CARVALHO Museu 1to FoickxtlStia do Artista Pocuiai Rua do Catete 179 Catete (24S OA41) Ob»et.«2-,i ti- lias 1 oti As 18h Sau e dom. dus 1 5h As 18h Grát»s Atá 10 do novembro magens de uma reg«áo tomada p«*«monocultura da cena desde o sec 17 Qutssa má CARMEM MRANDA, DA PEOOENA NOTÁVEL A BRàXUAN BOMBSMELL Museu Carman Miranda Pamue do flamengo (Av Rui Hat bosa em fwnte «o n1" 560) 2*asab dasloh.is 1 7h Ale 31 de janeiro ANTONO DAS ROBERTO MAOALHÀES - Pa ço mpetrai. Praça 1 5 d» Novembro. 48. Cen tro ( ) nstalação 3* a dom das 12 is18h30 GrAtis Ate 22 de dejemtuo CERAMCA Bota 6* das das 14h A» 8h QtAtn PNTURA M ANOS DE PNTVRA. ALUÍSO CARVÃO Mu seu de Arte Moderna MAM Av nfante 0 Henrique 86 Aterro rio flami-ngo ( ) Pinturas 3" a dom. das 12h As 18h RS 2 AtA 3 de novembro A mostra reúne 60 p**çns do artista desde «dacads de 40 ata a producao atual BENAL NO RltVTRANSPARÊNCtAS Museu de Artf Moderna MAM Av nfante D Henrique 86. Atciro do Flamengo ( ) 3-a dom oas 1 2h ás 18h RS 2 Ate 3 novembro A nvostra reúne obras óv 11 anulas RO LAGOA MAR-CLARA CAVEN0SM Casa de Cultura Laura Ahftm. Av Vieira Souto 176 panema ( ) Pinturas e desenhos vis Sh As 20h SAb e dom das 16h As 20h GrAtis Ale 30 de outubro LUZ ERBM Paço mperial, fraça 16 dt» Novembro 48 Centro ( ) Pinturas 3-.dom das 12h As 18h30 GrAtis Atè 3 da novembro EXTREARTES MÒNCA FTUNÇOS E ALZRA CE- LESTE Galeria do Poivef An Rua SAo Clemente. 33S11 Botafogo ( ) fnturas 2* a 6". das 9b ás 18h Grans Ate 8 0* novembro FOTOGRAFA UMA VAGEM DENTRO DA DiASPOttA CHNESA PATR1CK ACHMANN - nstituto Ci-tural Vil a Mautv>a Rua General Dionisio. 5 togo ( ) Fotograias 11h30 As 18h Sab Ate 30 de outubro A mostra reúne 90 lotos em preto e Man co 40 lotos em cor e. dors tentos do artista A ARTE DO DESAPARECMENTO JEAN BAU- DRJLLAR0 Museu d* Arte Moderna Av nfante D Henrique 85 Alerto do Flamengo ( B8) atoara.ns 3" a dom das 12h âs 18h RS 2 Ate 3 de novem A mostra reúne 45 lotogralias deste renomado intelectual liem As AMAZÔNA SAUDADES DO OUE NÍ0 V Sboppuig da Gávea Saléo de l -iro Rua MaiquAs de SAo Vicente. 62 Ga.ea ( ) Fotos e colagens Dianan-vente das 10h as 22h GiAus Aie 30deoutut«o PASAGENS PAULO BAPTtSTA Museu da República Rua do Catetf Catete ( ) Fotografias Diariamente das 12h as 17h GtAtis Ate 3 de novembro ROSSN PEREZ, SONHO E REALDADE Cer, 1,0 Cu/tuia/ Ligbt A. Marechal Flonano 168 Teiteo Centro Fotogiatias 2» a 6- das lon as 19h Gtâtis Atè 22 de novembro ALBERTO COELHO Museu do Açude ístia d» do Açude 764 Alto da Boa Vista ) Fotografias 5* a dom das 11b as 17h RS 1 Ate 15 de demnbro COTDANOS DO RO MONCA B0TKAY Foto gajetia fstaçio Botafogo. Rua Voluntário da Pátria. 88. Botalogo Foiograt.as Diaiiamn ti das loh as 22h Graus Ate 5 de.anciro NSTALAÇAO A LOUCA E A BONECA APRESENTAM SÔNA PAVA - Centro Cu*tur J BartcO do B»s.4 Rurt Primeiro t1e Março, 66 Centro (?16 023?) nstalarão 3* a dom,das 10b âs 22h Gráfs Ate 1 7 de novembro MA BACKHEUSER Vrm fl Av Atlântica /Lj G. Copacatvina Ceràm«,.ts 2* a 6* das 10ti às 19b Sàb, da* 10b às 14h Grátis Ate T de tikurembro GRAVURA SAL0UE1RART - 06 Cspaço da Biblioteca Sesc Rua BatAo d** Mesquita 539 lijuca Gravuras e pinturas 2* a 6* das 8h ás 20h S.sti e ikim. das K)h As 6h GrAtu At«31 tve outut»ro A mostra ri»un*i tf.itvilhos rtiaiizíwos por crtancm de 6 a 1 2 anos PCTPUOUDADE/JOSÍ PAXÃO tspaca Cul tt.ul HSPrSai* Otai> Av Cario» PeuotO, S4 Botafogo Gravuras, desenhos e pinturas 2 a 6* das loh ás 20h GrAtis AtA 8 d» no v*"mbro EXTRA BENAL MO RKV1NTl»0«3 - Museu rfe Arte Moderna - MAM Av nfante D Henrique, Aterro do Flamengo ( Dwer * 3-»dom.das12hA.8h HS 2 Ate 3 de fvovembro SelecAo da colecao Gilberto Ch.iteau bnand i1e obras que tratam do toma muno QRAPWC DESWN - 10 AJWS.TOEU LAUS - Grande Galeria Cândido Mandes Rua da Ai sembláia lo/subsolo. Centro ( r 236) Ditsign gralicos 2- a 6 das 11 h 19h Grátis Ate 1 de novembro A most.a reúne trabalhos do atlista entrw cartazes, kjotipos e capas d«disco CS TAPETES MAQCOS 00 ORENTE Rio O* s.yri Center Av Ataullo de Parva. 270,lj Leblon (2M 2545) Tatwarm! a 6" das 10h as 22h SAb a dom da» 11h As 18b Grátis Até 3 de novembro T apeles anesanais do todo» os palies p<oduhit>t» do Médio ao t «twmo Oriente RtO t DESWN M - Casa da CiátvUfRJ Rua Lauro Mulle». 3. Botalogo ( ) Div*hsos 3* a dom das 13h às 20h Grátis Alá 8 de novembro A mostra reúne 50 protetos de des»gn de produtos d» ctnco Faculdades do Rio do Janeiro RU Dl 0UVERA to ANOS DE LUSTRAÇÕES Museu Nacional de Balas Aites Av Rio Branco 199 Centro ( lustra ç6es ),1 sab das 10h As 18h Dom das!4h As 8h RS 1 (domingo gratis) Ate 10 de novembro A mimtra * uma retrospectiva das ot«as do liustrtkjr AHHAQA Centro Cultural Banco ito Brasil Rua Pnrrwiro di* Março. 66. O»ntro ( ?) Orverso» 3* a dom das 10h ás 22h Grátis Alá 24 d* r>cvembro Panorama da hutôna da imegem animaria desde wiu» pumofdio» AS tacnicas mconles MENA FALAi UM N0«E NA MOOA Museu Histórico Nacronal. Praça Marwcbal Ancora, s/n-. Centro ( ) Moda 3a 6* das loh.1s 1 h30 SAb e dom. das 14h30 As 1 7h30 RS 4 AtA 24 de novemtm) H«une 76 vestidos enadsj» lor um dos ««pieísssivos nom«s da aha costura e x posições COLETVA COLETVA 0E CERÂMCA - Ofrcna de Arte Mana faiesa V»na/SaliO Hua da Carioca 85. Centro ( ) Co Mrve de cerímic.s 2- a 6-, das 0n.ss 20n Gr itis Ate 31 de outubro A mostra rourm olx.s de 18 ceram.stas COLETVA NO CLUBE NAVAL - Clube Na*ali Zo Nobre Av Rio Branco. 180/3- arxlar, Contru Coletiva 2- a 6* da» 12h as!6h Oi sus AtA 29 de ouluteo A rmístra reúne obras de 16 artistas, entre pinturas porcelanas e esculturas COLETVA NO TREM 0«PRATA ÍJP»<o Cul tutaj trem da Prata. Rua Francisco Bicalho.»<n«(eopoldina Coletiva Dunatnente das! 7h As 20h30 GrAtis AtA 31 de oulutxo Yolanda Freyre Maruia C»chay Mairy Sarmanlio e Sandra Chave» e.pfto sua» obras 00 BARRO AO BRONZE Galeria de A,te Sesc. Rua 8 ar Ao de Mesquita TiUC«. Coleli v j. a 6- das 13h A» 21 h SAb odom da» loh A» 1 7h GrAtis AtA 30 de outubro A mostra reúne trabalho» de on/e arlistas URBANAS COLAOEJtt CAROCA» R-o Sul Shopptng Center Rua Lavro Muller 116/3" p,»o. Botalogo Coletiva 2* a sab das loh s»22h GrAns Ate 3 de novembio A mostra reúne trabalho» de colagem de de/ artistas CENA FOTOGRÁFCA fico/a de Artes Vnu.uz do Pargua Lave Rua Jardim Botânico. 414 jardim BolAnico ( ) Coletiva 2" a 6V das loh á!» 19h Sáb das 10h às 1 7h Grátis Atè 9 de novembro A mosrta roune trabalhos de quatro a(ti» tas RECRANDO MOLDURAS EMOLDURANDO A ME- MÔR1A - Musau do Açuda Estrada do Açude. 764, Alto da Boa Vma ( ) cntat.va 5* a dom. das 11h a» 17n RS 1 Até escultura BENAL NO RO/ESCULTURAS Museu de Arte Moderna MAM Av nfante O hem-nue. 8b Ateno do Flamengo ( i a dom das 12h As 1 Bh Hs 2 Aie 3 oe novem b*o ESCOLA DA MAGSTRATURA DO ESTADO DO RO DE JANERO - EMERJ Qr- ifl Ceo Cjandclnuw participação* Bruiio Cardozo OUTUBRO 18:3()h AUWTÚWO H MtX PALAOO UK JSTÇA Para convidacos da ComorwdaíJe Jurídica rrformaç6es Secrelana»: V AR o. J3 t p yr Da. h Y% * HSKfvj" * bienal no rio exposições Aluísio Carvão retrospectiva 50 anos Transparências arte contemporânea nteriores Coleção Gilberto Chateaubriand A Arte do Desaparecimento Jean Baudrillard de 02 de outubro á 03 de novembro museu de arte moderna do rio de janeiro aw infame dom hennque 85 aterro, tei ama 2 Cototiva b* a dom 15 do dtí/ambfo VSÕES DA EMlUAi 0 0LKAR 0E SETE LUSTRA- DORES WlAStUDNOS Centro Cultural Ban CO do BrasiHFoyer Hua Primeiro de Março 66 Contro ( ) Coletrva 3* a dom. da» loh 1» 22h Oríl" A<* 4 d" i""*"0 A mo*tr«reúo«14 onq>nai» de tfudofírt bfa»ik»wo«de TORDEStLHAS AO MERC0SUU UMA EXPW- ÇÀO DA MttrtMA DKOüATKA WUUmA. Musau Histórico a Diplomático do Palácio. tamarety Av Mmochíl Flocoflo, 196. Ceotro Fotografia» 2* a 6* da» 9ti a»17h ExposiçAo permanente 0» 500 ano» da diplomacia bra»ileiri atravé» de 122 lotofltafiae USNA DO CATETE Museu da Republica Rua do Catete. 151 Catete ( ) n» taiacío 2* a 6* da» 9h te 17h Sab dom e t«riado«. da» 14h a» 17h GrStr» xpo»«;ao pofmaounto. A mostra um;i v»í»q«m wbflf o adysjftfí;. da akitftcidod*» no cotidiano da* p*oas A COLEÇÃO 00 BARROCO TALANO - Musau Nacional de Belas Artes/2" piso. Av Rio Hianco, 199. Centro ( ) A«cen;.T dw 20 obfas aspwlhdm nada m*ioo* do íjuáo >{><K)«u do estilo barroco na tôlid 3* «. d«n 10b às 18h Dom. da* 14h ás 18h RS 2 (domingo. qrati*) E*po*»çAo permanente QALER1A NACONAL DOS SÍCULOS XV, XVHL XiX E XX Museu Nacional dn Belas Artes. Av Mio Branco Centro (240-00«8) Expoaiçio de obra.» rwliiuratla». entre piritu íij* e mcultura*. da produção artística bi&m- mra no» quatro últimos iculo» 3* a»áb. da» 10h 0» 18h Dom, da» 4h ih 18h RS 2 (dofntnoo oráti»), Exdo**cAo oerm«nf»m«exposções DA MARNHA espaço CúHurãf lia Marinha. Av Alfrwdo Ag#Kh<i */n". Contro ( ) A mostra muna mis e»po»lçò Galeots D Joóu V; Hmôna da navagatío fl A/queok>9*a *utm»qua»»ca Brasil Diário mente, daa 12 ís 16h30 Giati» Expóíío p*wmanent«quatro QUADROS Ga/irna Cândido Man des Rua Joana Angélica. 63. parmma -fioletiva de pintora* Oiariarrwntw. d»i* 10h A* 22H GrAtr* (spoftiçao permanente A exposição reúne obrits d*» quatro artw ta* OtRETOS HUMANOS DRETOS DE TOOOS Espaço Cultural da tstaçio Carioca du Me tro, Largo de Canoca Diversos 2* a. dus 6b30èf 23h Graus At* 31 de outubro. A nwntra r»jún ò composta por B? pai nais. com material fotográfico, gráficos» ou tros ESCULTURAS N0 PAÇO Paço mperial rr.ti;a 15 de Novembro 48 Centro (533 6t)t3l Coletiva i1e e*culluras 3a a dom. da* 12b As 18h30 Gr Atra Atè 3 de novombro. A mostra reúne obra* de 34 artistas DMENSÃO DO DESENHO Paço lmpeii.il Praça 1 í> de Novembro, 48. Centro ( ) Coletiva 3" a dom da» 1 2h í» 18h30 Giãii» Ate 3 d«novembro A mostro reúne obras de oito artistas po» tugueses contemporâneos ANOS ÍOt TOTOUNOUAOEM Cscola de Artes Visuais do Purgue Lagn Rua Jurdwn HoUkitr co. 414 Jardim Botânico ( ) Coletiva 2- a 8-, da» 10n á» 19h bati. das 10h á» 1 7h Grèti» Ate 9 de novembro A mostra celebra a wfluância da foto na pioduçao (Hllstica nos ano» 70 PORTA-RETRATOS Museu do Açude Eitra da do Açudo 764 Alto da Boa Vista ( ) Coletiva 6* a dom. das 11h âs 1 7h Rt 1 Ate 15 da dejiembro A mostra reúne 23 peças de 18 ceramis A PASAGEM BRASLERA NA COLEÇlO DE QL- BCRTO CHATEAUBRAND Museu de Art* Moderna MAM. Av nlantn D Herjrijft. 86 At«rro do Flamengo ( ) Colati va 3" a v1b. da» lon às 18h Dom das 14h a»l8h HS 2 Exposição permanente, A mostra raune 60 obras de 35 artistas (UTROS«CnVA HÍUO OTtCtCA Centro de Artes Hélio Oiticica. Rua lui/ de Camões 68. Centro ( ) Pintura» 3* a 8-drt 12h as 20h Sab e dom. da» 11h ii 1Jn Grítis Exposição pormanenle Retrospectiva que junta 167 peçe,mista, tintas entm 19Í5 e 1980 "JJJJJ, AKft cumtmporanea NA COLEÇÃO -J0A0. SATTAMN Museu da Arte Contampórinaf de Niterói Mirante da Praia de Boa Viagem,»/n" Nrtoròi ( ). Pintura» «rsciillu-; ras e objeto* 3* a sâb, das 13b Dom das 13h.1» 19h Grátis t«pe«eêo; permanente PASSAata MAURÍCO SENTES Paço mpa nal. Praça 16 de Novembro. 48, Contro f6j3, 6613) Esculturas 3* a dom. das 12b ài 18h30 Grátis ExposicAo pernianiintu C> A mostra reúne obras em ferro e reecente USNA 00 CATfTl Museu da Repuoticê: Rue do Cetele 153. Catete ( /i in«-, taiaçio 2* a 6* da» 9h í» 1 7h SAb. dom» fmiedo*. da» 14h ás 17h Gràtu. Exp««i«Ao permanente " "r,r",j O A mostra è uma viagem sobre o advento da eletricidade no cotidiano das pessoas av infante Dom hennqui 3p0,!"> üüü TEATRO DA GALERA W

46 JORNAL DO BRAS BRASL g*-jornal ~ QUNTA-FE1RA. OUTUHRO Of: W QUNTA-FERA. 24 DF. OUTUBRO DF, 996 Ronnto Lomos Divulgação no video Parceria perleila j Leila Cordeiro festejam sucesso """*!!_Í Muito mais que um crimc dc Costa-Gavras, na nòite ái Globo O horror nazista de volta KHMH l&g.à Richard Crivna e Beverly DAneelo EUA, Hudson e Rrista OS HATFEÜS CONTRA OS Erickson. EUA mm MACCOVS lw4 Duração: ih3u Durarão 1 h 50. Policial. Tira e acusado de assassinar a felt,!iu Supnmos as falhas um outro" Record Rio C 13H30 Policial. Agente no combate as drogas, (rhe Htttfields aml tho rerr.«s5k21s3& itr<z:zi mulher Garota o MacÇoys) dc C 1 > cic lutador tenta prender TV FOR ASSNATURA!v"C \,, ii p., chcfio j., Art. c ajuda»judw a provar prov.r sua... lhe tão da Mal ia e 1V hn,-c Ware. Com Jack Palance e Stevc Forrcst acaba descobrindo c Steve Foncst dcscobnndo inocência. mocencia, * l,ur;l" l \, 1973 Duração. usç seu irmão e um 1 J fauo A* tdlpntnq >,in3 STn«c -JESS* ÍHTERCHE Íh30. criminoso. * _«Uma verdadeira tabrica de taienios Faroeste. Duas lamilias sjrs passam os dias se Globo O 23h10 caladas _sl cm frente ao icatro para cngairmhando CNi z*z TRAVESSA FATAL, 2?h THftVES?..!Uf- TTTeatro CSta Narrado em torn poetico. o ts- engalfinhando * CNT O 22h * *. rfs&s teniar uma vaea MicTtnin n& Hi l/.cma) OXon- (Treachero» crossing) n de custencia. pecial se divide em seis paries en- (Trcacherous ctossíiir) TJTcatro Tablado está comemorando 45 dc existência., k4bmiwhb Ate hoje. foram encenadas 44 (Zcida) de Pat 0Coiv 0 MSTÉRO DA LHA DOS LnNSTiins nor. Timothy de Tcmy VVharmby raorando 4> anosd txwtnt dc on> Wharmby Com rimoihy rcmcadas com comentanos da ««. MONSTROS infantis e S2 adullas e mats MOHSTBK, Hutlbn, Com LindsayWagne. Wagner, propria Maria Clara Machado e flbdmh &o mil alunos ja param 8B1 C Hutton. Natasha Richardson rd«e Spalding Angie Snt Dlckinsone Para contar a história desstt trajelória. o cana! Mulushow apresen- Gray. EUA Du- 1* ssvua. u t e 2ihW. ass,- de figures que hoje se oestaeam f Mi teatro Nesta histona, mere- (MOT - JJ& Grani ft#,** * Snov. EUA, ia hoje. às 21h30. para os assinantes da NET Globosat. o F.spt - (Mystery on (hc monsração: h34 names NlT fo/x- no ccndrio dra 8turl d; jwl $! WM «destaque a figura do Damiao. ur»forca OA VHGANCA,,/ Tahlado leira como Drama. A conturbada Uts islund) de Juan os atores uauoio /j,.. mm morlo Piqpr Simon. Com cm,w) um g respons-,jcna. stamp c wfci vid-i levada por Zelda ZcWu A FORÇA DA VNGANÇA t ml- Tablado. Corrca e Castro e Ouilherme jmu.-r. ;EK veis peio sucesso do Tablado ( ushmg. nglatena. cl Scott hupn (n,«0 prourama traca rctros- KwB : 1 ercncc Stamp e Peter Cushing. nglaterra, c Scvtt Fitzgerald, ( rhe redemption) de O programa traça uma retróspeetiva da vida de Mana Clara Terror. Naufrago tem M.irk Dacascos, James u:-hv hn-e Tra~ Duracfio. jcristme PetersoftCom Maria montam - Terror. lo. Duração: lh44 uma atordoada por Tibhdo Hl". fifl! pcla probkmuis mentaiseo \tark Mi -ndo -ttri/ l undado em 1. l. c T -Wg3ft JHK balhos ik Htrcules, que St tornou 0 problemas e o KjTStmc Vterstm C om a/ar alcoilatra «yane ony Capran V,,.r 1 iiue confunde manlem sua lama de lam,adc?r di um outro alcoólatra e com Machado como atriz, autora e diretora teatral que se contunde ilha habitada por 1 UA * seguir na sua carreira o azar de bater em Ryane on> Caprari dos maiores sucessos do tea- llha dificukiades dificuldades em pros- t (jaj M5. com a própria evisiência do Teatro do Tablado Aborda ainda a WkJSf. monstrengos * 3 &Xmn dc escritor. UM DSTNTO CAVALHERO - descoberta de sua vocação para o REENCONTRO MORTAL (lhe distinguishfd.ymfi "li~ -%& - PLANO ASSASSNO Br&z&sx teairo, a educação rigorosa das gentleman) de, E 3 mocjllhasdosanos 50ate0sces regisi(iaoalorentraopagdimn ; Kpccial, alem ia propria hutoria Globo O )6h Jonathan Lynn. Com (M.rtW. likik Murphy mocinhas anos o suces- com p«as w* torn* Clm, n mbra hfa * Mana Clara, que «a compk- (Murtiul Ku A,.d«no«outlu») um de Recofd Rio O 22h Com Eddic Mürphyc Lane Smah tua. NK. so tom suas peças mais famosas Kurt Anderson Com (Frame-Up) de Mi Smiin EUA, 1992 * Maria Clara relembra hoje a como 0 cavalinho A:ul e Pluft, o!:irqrafomir nas "ajeldria ilo Teatro Tablado,a»dSano, Jeff Wincoti. Gary chuel Swil/er. Con iraietôria cio 1 cairo Tublado faijtasminlui. MANHA / TABDE NOTE f- ndf7, SBT Record (13) ; (11) MANHÃ/TARDE Manchete CNT (6) Bandf7) (9) Tei (021) S lei (021) S TiX 0Í11SC2-O793 j 13 Scvvil Ra-f Bjjí " Tel """ 1021) 28S-0C33 Tel t0jl S42.;ii: 9 Bom l>u Vi4i (tohl Gdade AJtrta (18h) BBrcsssr J. XSSZ. diac Oi Hyifnús cwm m 5 Passa ou Repassa 7 11 lamüuadam> (!«.! T T1 <***- CNT Estado (V8h) WoíVi)tJ(l3iÓW Mel rose Piace iar-lj 9 Mia c Õrocp RriifK>*o 7 Connha ás 19 0 L r r e n e (18h) 4 VUcoSbe»03M0) Sailor Mo o o (íühsoi Aqui Agora (18K30) p»i ordudohioi rhtt frsss. 6 U.iw Svw»aí Slx>v. (J8hl5) WWflL 2 K.«iài>da mpu llkhl5)! notv,. (UM51 Klin Rfdf Nolicias Samurai Warriors!» :.. :{ "»-lfhjad»graptt*l >9 grrj.» tia Graça U*bl WC-i j-r»ak&w»wii 2 Rn)cV<X"JS(,V"1 UH (18h50) Sene(J«h45) \ 0ivsprruiiSa Kc(Mii 2 l»w Ra-Tin-Bum Rnic Ncíi-uslUWS) W Plantio Senc (lísh45) 13 O l Vspxrar iia Fc (6h da Liutfua i ; oworii = 4 PropiiMB&nfe p!c>jirama teumeniev) (lohk» 6 On.poii,(!(*,») CTTO ; 7TT i Rede (NT Jornal j : Grupo nufoi (10H30) Direto ao Assunto Jom <ia Record Sim (bhlo) W.RohnlUvi knm RobinHood 4 W j Shurato Shuraio(9hl5) (lhl 5) Rede Cidade Kd (l9hl5) J (19h2lf O%30> 4 Tdcait» TctonoXW- ÍOOO (tttixw = (CHiKll 9 \ Coráiu do t J"kT*Híl o Salsa e NUrrng Ca»aleiros (!%») : (1%1M i J Brasil(l)h30) : &>WMe((ht$) 7 Vuun)r(KWM,ui» Bum(l%). 4* : 09h27),prt>fii«onaUantf <6hl 5) Os Cavaleiros do (9h50) rj -TckswoXW) : f\nuur> Jr. 11 (K>h45i (}4h) (9h30) 4 Ffkuirv) 2000.v 11 GxtnacmCüa fiarnumii" MS Desenhaodo s (»9h30) : Zodíaco " "co(l ll(íh45) grau paulmihh (OhXn immm! l toe.rk O muitt» ii Ai "*u Ad ilqhjll DumRunp!)) Tm 11 U tim j_ 7 Durw Rural (KhWl m >M«9n>) 2 llvaiiçâk» áo Hino 7 - DcNcr.hmk»0lh) (Mkt 4 4 Sírj Mm Bon. twf Meu Stm Mal M»1 : i- f i loformt ; Nacional 4 - Anpcbcatllhl nforme Rio 2 (6h3Sl -«sr rasu. ;!TW-«%im rala\ta Vna(tM)) 11 - ()4hl5) 190 Urgeote (20h) Maria Mercedes Mcfar.unfl hl 13 &. fc«iyfl«>15) Esqueotaodo os Jornal Bandeirantes (20hi5) 2 Curso ProTtsskKwkranlc 2 - PUniio da linfú Tinüm (20h) Jornal Nacional Retratos Com Godo vil (20h3ü) i (20hl5) 7 C«i*k Educação ri sarir. vsr*-*. Wm." "«"«i1:01,301 Tamborim (20h30) (20h) /xirro (20h30) (HLX» Brasil Debate (20h30) 1 ztzscsl \ %* **» *- *»- ((W5) \ TckoinoSW - 4 Tekcurw 20ÍK) - i 2 ~ r«n,je*>rt»(llh30l t}4h30l Na Rota do Crime ChapadJo do Bugre Hra:>,a Evprcss(HhK)l ViricsWes : /viui : Sovela _.piu((w5) -SJHiraioCllWO) 9 Muihcm \u»l*lci (20h30),14h30l Kl.grau(6b45> 6 Shuraio \ lhxn _} P*lnT»Vna(6h«) Su«cl Fipbi«(4h»í (20h35) Novela (20h40) 11 Silivu (bhl 11 Sinect Fighlcr U lhx*> 6 ikthclnrsftaalt lopwiaat 1 ra nrinmro : 6 Fcms trrasdocanuv.1 Carnaval,i4b4M j.,! Suoercopa Juca Kfouri Entre- Li*re m prinwro. WM Programa l,i*re Crime etn primeiro (!lh55> 2 RinúddiUnjoa Supercopa Futc- Jucá Kíoun Eintrtboi. Hoje: Colo Co- (21h) Jornal da Manchete grau Serie Qlh) >ott-kl Vtvuii(UK Bom Du Rio Chi Jornal do Congresso vistas (2lht5) Vamos Faianitn Deus (21h05) Copa Concrifbol Ííictnanhàfh) (21h30) o v Flamengo ; ;ssu is-"* (lh55) Em :><»» Hoje Loiro < Emeípc "l (21h20) - Cidade Caderno 2 (2lh35)! (2lh40) : 2 TdcoinoXllXl- Tckcurso -? mmmm. - Dex&bAnio(15h) [>vnhaalo(ls>l KflM : - pau (Th) (Thl nttb- 2 avu-i; Rj-Tun-Bura! Sr.M0t)cv.-nh0com "" Casldo Ra-TuD-Bwn 11 - Scvjo Desenho com 7 - Rede Rcdc Brau! Bnuil litik Urtklníwtil(l5JiW bfwrthsiiml. Ttla rim*: Vov6siifiii»rto 7-LmABKdcFaniii BMW, :;.j. Yin, i > : Holhwwd w tu- j Super THa Fihnc* \ Vovó Miíakia (t2h) 7 - l>ra Amot Faria njjn0 Tekciuw SM 4 OsTrapolh5o<l2W ti»3o» j ao Medico : HoDywood % F-il : Plano assassino 2 Tdcmrv.1 MOO 4 -- hk: ZWiii(22h) :. : piu(71il5l 6 0> NUnchcieEsport" TfjjuKVs (1 -h» Xica da Si > a { (l$h30) 8-PifuTuJotlSMli te(22h) Rede brasil j (22hl0) j ( niu) : 1 pau (7hl5) - SUnchelí li.-ví-.na No»- : Plantão Médico me: Zelda 6 - Papa Tuio (15M5) (22h) 2-ArquivoHiiioruCniWl Hisioru (7M0) 2-RnfcNoiwUi(lSM! 2 - (22h) (22hl0) (2h» RcdeSoiwu»(15h5Í! fenario Brisil 1 4 Bora 4-B.imDuBn«d(Th>01 Oil Bmil(7h30l 7 Eswrte tsronctoulu-m (12il Cenário Brasil V/JJ n-»4,i«6 lrru ptj.d.gtxaaou. da Graça oo Lai Mdbo Kfafl»<taF«noo da Furacão JWJ (22h30) j "PWO) nhw """TSeoCcmura(Mihl sooua» 4 - SasCemuralHihi Documento 40 Mi- -4, /v.. "" -PUnliodjUnpu 11 -Vov6cEu(l») 4-ScsaodjtirtJc Fto: nuu»(2l45} 1 :» "f*. 2 PUnüoAiünfii 11 (735) 9 CamcnJllhlS) VevôcEuOih) 4-SesãodjTinJe RimonovnohJ(6h) Ftoe nulos (22h45)! Jô Soares Onre e (7h55l 9 CimmHiaiS) RtmcontTQ mortd ntefch* nterane Fiitk: Filme * j \ B«si»c» B«sÍDCss(23hlO) (,3hl0) : Mm(-3h4$) Meia (23h45) 4-Gtoho&>nc(i:h>.M Gfoto Èsçwic (\ 2h30) Corrida Mihaca 6-ComliMiiuoOt+.l < th) «j fn]vt>»kj ftualt? A! i 6 - E<SpoiST»R!C(3X1 7 An«incn\«0<*) ~ Travessia fatah? : EdãjodlTirie(2Ü0) Arxn tncrkro Otih) 2 7 Xvnal kxrul Acwnccr(13uW (1300 n 11 DcxnhcMlfcb) DncnlmlH! j força 1 da vinganfai ; TV EscoU (?>hl..7-dvil>-> Da Xj Vanedite Vjncdninll (Shl 99 CoraM<»(l2MM CoraM>»(l2MM 6. Suswi EfiU OtSlinlO Cata-. Suw Humn SUSUÜ Um ésnnio cava- : 9 - Falando FilmJoikVylaOshl òc Vida (Khl 13 Forno, FonaFogiocCa. FoçàocCu. (tfals) (lohl5i j //ietrs(23hl0) hetroq3hl0) : \ 1t Boml>ia&Cu BomDu&Cu UXSl (ia»4s) OAfnseG OAgtalcG laswj nfinü! CNT _J U_ r"au Vnilf Jorad i Z5" Hofa ] " 25" Hora Debate lnfiniatfhl 4 4 RJTV(iai50t ()6bl») r- : Jomahsti- : Nolle CNT Jornal (Oh) lnfaniü CSbl RJTVOaiSOl (tíbls) Verdade Jomalistico (OhlO) lohlo) Jornal da Noite {-aoitli : 4 TVCok«so.WiuSi Co»ov>o nfaniá 7- SupsMrtSjHkJOt <- P1*1 \ Supcnnarict i : CO N*ercado Mercado Capital (Oh) (!h)m TT*V- e-on*olm*ca.<km» 6 Gr jpt LituíOT ( tw. (ShX>l Momtnto Eoomi- i Flash ((WO) (0h20) 6-acBfttoMTV En»liBiiSKaruTV ss.~6ccrrk-u.u3h) i Momento Econômico (0h40) «oh55> FTa-Ji (0h40) (0h20l Sík» dccicnoií03h) Ti, i s a»e : i"h»t 7 FoBoojhi nrrv "tt- miiim,ww Os lntocá»eis 7 - Rfto(ltt) 13 NoiccAflcHe. v«c c Anoic 9 Ctocii9(l5bJ LoucoPwVoa (0h55) 9~Cimcti9(l5hl DEZS7 [ ncvi.de(vh» 11 4quiAfon(l3h) 9 louco Pot Você (lb) Home Shopping VáMadatHOO) 11 - Aqui AOfl(l}h) 9 - ES FiCoO Conta ílh) l«m51 ;! nrjmrirn v,nn.lonal (lh) j Pala>ra de Vida : «JonalHoje(l»15t H-Oupotai.) "t JÍM21 4 )omal Hoje(lJhl5l 11 Cnapocnil*) i, ai au r.lnhn lereja GriK* t» \ amo» )alar Jonnl do SBT (h) greja da Graça oo Vamos Falar com Primeiro Mundo : j0>cc ; (lh) 9 - Bem Fone (l hl S» 7 - Progrwna Strvu Jornal da Globo Programa Jovce c, Kssr is i us Lar(lhlO) ;"»" (lh55) È vk Manhã 13 i iost j j..u. v»rd»de i Forno. Fogão A Ca pofpcaíc (1K50) Deus(!h4Q) llho) (lh30) 6 HomcShopprKPh) -0u>t»07h30i Campeow WJhe- CKpGosp«(ln40) ; : perf,iuh35) ; t3h30) f Home Shoir-ni (W (JhS 11 -Chavt*(17h30l ClipGospd (!h4(i) Siik*Momfltil5»l. 7 Brooco(l3íi3ó) Hracofrnvi 13 -OM«o4>4cBalm»a -OMualoJcBcílBua Campeões de bilheteria Filme Muito Perfil i lh35) SaijbtMooafflklSi B tetia Mutfo : Espaço Esp»?o Renascer :! : 6- Smum*amwvWMSi BH \ Samurai V amor* (9W5Í 2 Procura Adu í \ 3h30) [\7b3Ql m*s «m crin* \ (2h4U! (2h40) 6 - Dc Bem ctxn a Vida 4 MíScOÍTM!) nuas que um ctuju: :.y 9 (3h»l 6 Sesik. Animada (!Th45 9 TrkStorcinhWi TdcSiortllTO 2 2 pie fcdefsnkiimwm

47 , QU1NTA-FERA. QUNTA-FERA. 24 DE OUTUBRO DE 1996 ~ "" " JORNAL DO BRAS1 BEEBBBBS.VCTOR victor GUDiCE giudice Fotos de do divulgação dvulg.icac Notícia, Staerke e Figueiro boa, de A Editora Quark lança em São Paulo, dia 2?. Ti! 0 soprano Ruth Staerke (foto) c a brilhante mais importantes publicações européias sobre musi: edição brasileira da revista Classic CD, uma dibij Hamburgo acompanhadora Laís Figueiró se apresentam hoje, pia- um recital do baixo Samuel Ramey, acompanhado De acordo com as ca erudita. 0 lançamento sem comemorado com boas línguas, três nos Steinway de cauda, às 8h3(), na Escola de Ê procedentes de Hamburgo, já se encontram pela Orquestra Sinfônica e pelo Coral Lírico <4o Música, como parte do fl Teatro Municipal de São Paulo, sob a regência.de Panorama da Música Bra- a saac Karabtchewsky. a caminho do Rio de sileira Atual, cujo enarra- Janeiro. Dois para o mento será sexta-feira, Polos Teatro Municipal e um com a participação do Co- Eva de Bayreuth para a Sala Cecília rol Todo-Tom/ UFRJ e Meireles. É o que se À critica européia permanece em êxtase pode chamar de ressurrei- da Orquestra de Câmara diante do novo CD do soprano americano & Renée Fleming cantando árias de Mozart. Em da Uni-Rio. ção em forma de teclados. Concertistas a pos- último festival de Bayreuth, interpretando a tempo: Renée foi umas das gratas atrações do tos: está chegando a ""* Eva de Os mestres cantores de Nurijpbergue, de Hora dos pianistas hora da verdade. Wagner. 0 BEU está promovendo o Primeiro Concurso Nacilnal Nacional de Piano, endedo endereçado a candidatos ate 25 _5 : anos. As inscrições inscribes se encerram no dia a 8 de novem- Ripiau Rjpiau. T_»., BpB 1T1 i i#ll UWi bro. nformações no Departamento Cultural do Musica beu, pelo telefone (021) , ramal 2232 de sexta à noite no BAM 1, «, «, loq»nb*oow m mrcom C : Brasil no Prata 1, 0 maestro Florentmo 3. 0 Quarteto de Cordas comcmorar ccntc- :. coroo rcgentc Cidadc de;sao Um garçom de concorrido restaurante da nário de nascimento do bra- da orquestra Os Virtuosos fará uma única apresenta- Para comemorar o cente- Dias atuou como regente da Cidade São Paulo comjot;,a,1,t Vila e Mangueira 3S tefl-tdkls tzs i jfcss SRSK ancis existencia con\idou vio VlyvVU VAVVU stleiro Ftrnandts.. cidade convidou clientes a tomar parte ás Argentina está realizanda um sileiro Lorenzo Fernandes, a de Praga no último festivai daquela cidade. 9h, na Sala Cecília Mução, dia - de novembro ás 0 Opus 5 festeja 10 anos de existência com um daqucla cidadc 19h. Cccilui Mci- 28 as tes,omar as as tcrgas-feiras, dc esta realizando, show no Teatro Sesi, dias c 30. ás 9h. No Q CcnUo ArtcsjFF R.Cv repertorio. vivto classics Cartola. sextas-feiras.. is1lhe comentrada franca.o publico podera concurso convocacriancaseftfre8c 4. fer<a vcm po nformafoes pclo telefonc das sextas-feiras, a partir concurso de movimen- BAM pret«s piano para interpretes de suas obras. A crianças entre 8 e 4 Terça que vem ijo 2 0 Centro de Artes reles JJFF repertório, uma visão clássica de Noel e Cartola, Sempre ás terças-feiras, a partir de 5 de novembro. às 21 h e franca, o público poderá das 20h. em movimefs nformações prova Para partiapar CCBB. ás as.l2h30 12h30 e c 18h3Q, 18h30, pelo telefone anos para participar do encontrar-se no 1BAM com o soprano Neti Szpilman e o baixo Eduardo Amir (foto), a pianista tadò tador,pim. rtpíttu. naturalmente referindo-se rekrindo-st a Clara Muardo M. dc out,,- cmwamil to UFKAs pianisla rmfseri ~ r, j. t, t, final será «no dia 25 de outubro. Pela, primeira vez, um inscrições encerram lio- apresenta a música co- Coro nfantil da UFF. o Projeto Canto do Vltiu- nrimeira vez. inscngoes.so no- doaprtttntaamusitiuo MnHprn 80S 0 Zagury, vtoloncehsta u0 )c (iformaeoes tele- Johial America L.ui- MOaern ounu dobju Clara Zacury, o violoncelista Hugo Pilger, a harpista Acácia Brazil ou a flautista Bette Emcst vocabulo seta Dias. Serao interpreiadas dc i txtertor r. happy hour. TLyoswA pisla Acdcia Ernest : brasile.ro e : %appy hour- É provável compositor brasileiro é homenageado no exterior atrafone je. (SiTormaçòes pelo telcloinal da América Lati- Modern Sound aos 30 lornecedora que CDsHmusica pais, que o vocábulo sej. A loja Modern Sound, maior fornecedora de Dias. Serão interpretadas obras de Mozart, Carlos adotado Aurclio, Gomes. Verdi. nformaes ves Enderco pelo Aurélio, vês de um concurso dessa na- de erudita do país, completa 30 anos no Gomes, Verdi, Pixinguinha e outros. nformações Endereço eletrônico eletronico da coluna: dia 30 de outubro. Seu feliz fell/ proprietario. iado pci0 tekfone t>5 O Pica : Mudice(«patios intimos) proprietário, Pedro ao lado (j//) de forro BAM. (for tureza. pelo telefone BAM fica no Largo do Tibau (ou Pedrinho, para íntimos) promete algumas promoções promotes dc de aniversário. aniversatip. vgiudiccfamontreal.com.br ali) bjm, 1.. Botafogo. Botafoeo. ; ~ " CRUZADAS H0R0SC0P0 "F"? r.ftmeos 21/Sa20/6,, CÂNCER CANCER 21/6a20/7 i!i l FTT ARES* ZU4 20/6 Proseaca o aluaco no ZyT) //) imcialivaf a,liga- 20/7.. 21/3 a 20/4 TOURO 21" a 20/5 Suas ímcial«vas l»gadas ao trabalho terão er4ozw J, /- f_ rgsfixyjjjz» ~i HHT io nfluência niiucnc.a que Que gera qora (*CtSfc( Zl Agora, taurino. taurine, adote ffh-f H. mp..nho do tart,las /// J/jC um Du.idro 6o i- atitudes de da maior con- $-3jlJ gsu J <Cr quadro de vantagens em relação aos Eüiil 1 nun «rso molhof melhor receptividade. receplividado 03SESESrS5S33 ciliação com entes tcqueridos Vocô bloqueara influências N3o s» deixe, em termos pessoais, levar por assuntos novos de trabalho. Seu comportamento equilibrado e seguro marcara a rotina Sensi- impressões superficiais sobre outras pessoas res sobre sua rotina e assim poderá Alegrias e realizações o deixarao <ehi ssrsszsi;?;: seu redor uma aura de otimismo Mot desta qumta-teira Novidades em família e 110 S5KS-*»- biiidade lorte -L~ ajnor amor o deixarão deixar&o teliz toll! trato raloaloio afetivo >,/q.?ono ESCORPlAO* ESCORPÃO 2l/10«8MJi. 21/10 a 2QJ!_ Hi LEÃO LEAO.2i.7a2Q.-8 21/7 a 20/8 V1KGEM. VRGEM 21,R ianocon- Ho,e.siarto Forle inllufincia.-asiifal Voco 2 lo-a B a 20,9 rjy. wft>8 Hof estarão integral- nj, Forte influência astral Vocô agora teá um /* f&iwhd«de menlesuperodososta /] \T nntivo vp- \ qundrode grando lavo- t-o.,r0 D0 mente superados os fa 12_. y. fv lores noqativos sua vs- p-. j quadro de orando favo- J Jy ~ em seu signo, nalivo v5> 21 Leao DisposicSo rocimento male- -J de ampjiar r_ toros negativos de su.t qs- J nda casa Esla E*c«lonte lormos materials oue beneticia assunlos prolisbnais h- riahza cm excelenle d.sposo rabatho Sc. anho. is semana Excelente quadro em termos materiais de Leão Disposição recimento que se mate rializa em excelente disfxjsiçâo ao trabalho Sei lam notftvel lavorabih- Dmarmsmo dom.nara aqoos»* rnb a ongenharia construes. F.nanqas comportamenio podera abru-im. po«as nova:, n. q tia-t«i! Dod.cagao Dinamismo que dominara suas ações Tardo c que o beneficia nos assuntos prolisstonais li comportamento poderá abrir-lhe portas novas nc de pes noito tafcorav.it a ln#a mslavol M _ nreslioio dlsposl- passa. d.a Valor,;ap4o al.tuder dado rolauo ao amor cm noite favoráveis á vida intima Quadro instável gados á engenharia e construções. Finança; pasmar do dia Valorização para suas atitude; estáveis Vantagens e prestigio Boa disposi em termos lormos alolivos atolivos» " ção Clio aletiva afetiva em todo lodo o dia Ugadas ligadas ao amor. soap.ox.ma HORZONTAS 1 materia rosultanle dc pro.nnimn. 11 i, mi PEXES 21/2 a 20/ cwsso inllamalono o quo. saindo de vasoa sanau- SAGTARO M2 CAPRCORNO. a2ai anano. AGUARO 21/1 a, CAPRCÓRNO* 21/1? 20/1 SAGTÁRO 21/11 a 20/12 jm/12 Agora, aguariáno, cm com ftd /KH /y\ Boas m.-uncias para K c*lul.tcmes Ol Dia positive Com boa regência em po apoo cologas a \ \ \r tooos os sous assunlos celulares, e caraet.riwda. al«m do qu#j4 ie mj»nmudanpas regfincia pc/ >«sn signo. voc6 om 1/ associados. o -íooio de colegas e ri * V ~A? positivo que mostra rpt 7~> mudanças na regência X seu signo, buacjue oe negdcios e proti." c,ol,!u po, aito contoudo prowtco. 8 a charttrnastroldgica Vocft in- tonsacao você tem va- L jj t -SB associados, busque, astrológica Você m- d(, lo,,a ma pondejada. VoS /.verft sionais Comportamento pessoal qut POdora \[ l\.\>. lorizaçao e vantagens. {_ m ace uma w# d0 madeira qressart hoie favoriwl. espocialmenle trabalho nanuis bt n d, áglr de m lorma mais pond.«ada Você viverá um especialmente no trabalhe Finanças bem dispostas Reconhecimento por parte de, compromts- portamento para a vtvfinca em lamina Amor.-m asca,im4o. 9 - Hint) pthtfc) do rei 4a cam»,,ormos ma,m,a,s termo* moslrar instanles de irrealismo Mo de seu CO,,,,u«nt)ia possa asaenlar bom oulra poc.t, gressai.1 hòe em quadro bem mais íavflràvo] quo atraira alencfio. dc RecOphecimento pessons excelente dia em termos, materiais. Em tormos Comportamento pue atrairá atenção, de forma ss «. - y.tsjr rtf " * pessoas afetivos, o quadio mostra êxito nos compromissos amorosos favorável Boa vivência no amor a nos seus mais idosas v... Bom encaminhamento para pe" sentimentos dências afetivas totsdes lltlallvai; 11 eateira geralmant. letla laas d«purums. na qubl SO OSpalham OS produ-., «io? da lavoura para secarem. o omprogada tarn. AT i ndtyline bem como tolda de canoa. alom do tar uso domosin n M H Kl CO 12 pecarwil raramenta usada, quo consljje i y U il 1/ 1111" V em uma coluna d» madolra ou do lorro. tortemimte * [>rnsa no convos. o am torno da qual V) djo voltas a,r o cinn amarra. dopois do lanpada a Jncora. 14 parte da : i,m\/i AS COBRAS «- matematiea om que se nvestlgam as proprledadoa GATÃO GATAO DE MEA-DADE..l:!l 12 =\[ 7...lemontares dos numuros inteiros «racionais (pi). iro/y/..1 T\\ A J»nav> Cft ix>9rt<?a a / kifla /-> 16 - normalidade Htica ou palquica; bigiene, 1 / W"<- Wr KioO«H...QUWCWePft *\i00 A tca ü09n«?a J atondo as necessidadea de alguam ou de algum* á DL2.D>SÃ DL2.DW»6 DE D UEtíME... C6blM... W, «H. QÜAMCX Z*U*SL 1 vjo\j ESVfeC. NiO PSSO V COna vou om nocorro ou om auxlho; 18 m6son Z (=KAwy2 C\ r. fa VCW NU WVJ f,ç>vuat2(\ &&&nnuia v. EMwy2 C\ \BO C=KAMP >... bo os vai GfòSL MO Peo i T commassa em ropousoda ordom de 140 MeV,»pin Y. 1 \ yuxmoo.) a? ccçsavy>y 4 nul0 ngmero baridnico nulo e oslranh«2a nulu -j V C?->P com trds oilados do carga elotrica, disco do jade \ / 4 /t rx\ TVT _ fjlquzz) feoipt com uma abortura circular no c«nt>o 19 -ago que h\ /k \ rv fej»- r K /. Pnfrn conrtm alim do carbono. elomontos de liga, adi f n )U / r F cionados a limdeconseguir-se material com detor- /J rv cl U minadas piopriedades mocflnicas, tdrmicas akitn ( U ) L «L. T\ rj.s maaneticai inticorrosivas; 21 - mvolucro l U r 1 V- ft.\ SS3ilftaB6 < rur--- caicano ou cdrneo de curtos animals, ospoc.ial \- / C-l_ " ll, \ mente os rrwlusco#. que tem a lace interna revew- WO*! /Z? fl V.. \ X//H vt ua de madrepirola. utilizada no labrico de boro«/u V vrvn tvxwvv.y \/,a TTT.T uhricra FERNANDO GONZALES objetos o«adorno. of designa?4o comum a cera V/l \ )A/ K NlftUX NAUSEA 1 m«ornatos de pedra pollda qtayse encontrarrwmis NlaUEL NÁUSEA /\Z*) (S / ~Cn_, urnas loneririas de antigos povos aborlgenew-33, (*2f- S2l Jf.mj provocads a dessorcio provocada por umjluxo fl TVTF.NTNO MALUQUNHO 12 UA ( JS" ).SSSJ r. f?l ttzz/.t s# e tqutdo ou de flis atravto de um adsorvente..4 O MENNO MALUQ.UNHO carc.fi Anus.rc Fjjãã H.1-V. motas --t1 r-tb.ur-ih HK Al A «MTl fi-ío VA t R M P1301T5T0,1 v voei! mentde9/./ tr mu que antaw õjta ptccroim netipiu w# H.... QWM (XX MA1FA1 VLKÍF tjuma 1UCMA MAS propexora \ APWNWM! V* i. v y r"" r.rscen,?m [ /; i / /...-a.; N.- «/» i - -nnnit- M-ni-l "» WERTCAS lenomeno oos«rvadoem senl.- t nuimtrrc >. menio profundo e indizlvque aparenla corres- PEANUia "i PJCY.O hxd LlfA poiider a enorm. alegria, mas que e mescladoide r\ a/t jrn nv HAr. c,or o un i-v~>lc. niafs VERJ. 5 -Y- mi a V/! L) certa anaustia. icartdo o pacionte quaso toda imo- Q Ut. in PARKER E HART o& DESC08R- VW VER,at5 o MAGO DE P SABE P...HA DOie> DAS DESC03R- LPL-5 T A / EXPLlOllEt biluado. parecondo haver perdido qualquer confi P Mitrrn Gt?A-""\ / QGAAAOS \!R Qut RAM OUE i CHB5AR A UfAA ju ELE5._ tacto corn o rnuooo e*torior admiragao uw cotsas j j t MUVTD GhA, rjp\ic PA7CR \ [ "lf% QUE MÃO T UlVOS OUÇO COlOTEB. OS> iroorafcda.- RAM j V CONOLOSAO 7 ~i~r sobrenalurais, 2 nclmagso da face dos madel- ( E MÜTO 6RA- DGAMOS QUE.AH Pt?A oue UiVOS COS COOTES NAO CEVE FAZ.ER n, Son a l/7>o/ VATV. NCOMbDA- VE, POUTOR? GA5A- ] V/AW. vocf j V- PESS&,?_ ros cte utn r av»o. para nela so assentar o costado. y y, PLAW06 LC7NW/ V VOCê -, PLAMOô A LONGO _-V -a. -rrfvvi ii. bitola. 3 - movimonto que rosultaem posi?4o om cr\ />» V t N. PKAZO- OOVSAV /.YX fsf \ c O r> j / \ 1 ii quocada mlo tem a palma voltada para a lrente.au hmy!- >sp0 SPO PRAZO- COVSAV 7*~N para TPO.-/ C< V 5 / < W 1/ < ctrna movimonto que resulta om posicaatifi vl* rk /-Cyk r\ J 1 (/ - Mkl "-W que a borda medial de cada pe se enconlra ejn ~ 0 queanosu,bin imp»d"rtlnto j 4 <sf> ill Sf.4, \?Sl EU (. "" acloexter5. conlormagactgeral do corpo humai, igt p (T no >0 moteorrto que serve de fetiche natural de m *==0!=r... n \»!lillw! ll V" _J MAURCO DE SOUSA Xanga-,12 - parte irrtwior da guitarra, onde MlSo CEBOLjJliLA OS Dregos ou botdes que seguram as cordas, 13 lmdavts " rwv&hcsa! JA concavidade nos laiedos. da qual se relira o casca- JMOAViS GARFTF--r Dtsse SOFA!) im nostos casos quase sempre rico que e 0 K AüCRfl não w i NÃO TENHO NAPA P«A FAZER RSSSS /Ok AGORA sfe tt-1. NHO WM FRA fa Sf), x4; a lotalidade das tunges do organismo. ou uma XT\ ou G contunoindo-se estecom Bram-20- "cwicreto. \ /j if t V <v _ Xv rlfr.-i/./ iiituivt Hi ilpr parpec.s se pintavam para festas e cer,m6n,as.21 - Vl n) ha i, \j9 frj ft) Z~LL /i/y///j/i,*lll\w /1 / 1 V passavas gradualmente continuavas 23 --Muto J\ilw/A4 i- V r CjJ J Cy- v-wl CJ* SF Ta oueoalamiaros. que coastitulam as guarmcfles de t,. r TTyy J/ w..l? --r...: UVWV, Afge, e Tun.s apos a conquisia deslas CKlades peios turcos. no sec XV. davam aos chetes eleitos rvtam vai Sir c craw nrakf DO e,es 25 - pequeno cfculo nscado no ch4o rrr i WTT r rttrrt THAVES R FT TNT) f»n DEAN YOUNG VOU-uE E 5TAN _ - DRAt: dent,o do qual se coloca o logaoor de blharda FRANK E ERNEST O g == T5 [«w Vi ogmioaww CHATEtA B QUB,QmV0 do numero anterior C?U6 ME CHATEA 6 QUfltlpO fp Zjt vm mwl solutes f - _ /v> -. bü 6U FOH FCK PAPA 0& OB VBKUeS V6RC76& T ftrl n"! SafHO. fit Wj HOWZOHTAS - madr.aal ar.ano eqo. distaniaj PASTOS- PASTOS MÃO NAO VOU /MA& MAS Ô. C-OMS&UR < NA cenca. rwxmdència para Rua da«palmíir.t, 57 apt«- Botafogo - CEP 22Jt7.070

48 DEOUTUBRO QUNTA-FERA, 24 DE 19% QUNTA-FE1RA, J Q JORNAL H> DO BRAS BRASH. Z5S A Tia Ririca penultima penúltima Tia Pseudommo rf-., JjM* Mr" A,fese" o que faz a censura que não Pseudônimo Marcello Alencar deu agora Conselho voce ti.tr ideia grandc AjtH gfitt* "" L proibe o Tinnca de andar sem peruca e, ainda por cima. de blazer! e. ami, eimfc btar! por mars rdrola ruc qae HBBM"* para chamar a reeleição de mandato saideira! Fa/ sentido! A grande imprensa noticiou Se vocc tiver uma boa idéia F.1Se,r esta semana que "Pamela Anderson Lee. a boazuda do seriado vergonha!, lembre-se; não faça nada dc SOS Malibu vai dar uma chance TinATTPC U por mais idiota que ela seja EMM dalosarderra. _ cmbre-se: nao fa?a boanrda É uma AV** Jj pouca antes de consultar o Eduardo PrOlllO 0 C lie? 7- Fnpenio Gouvca a á sua veia literana! literária!" Não Nao há ha por- 1/ALf 1JW Promo o que! Eugênio Gouvêa Vieira! Ninguem faz mais nada no Rio Vanessa de Oliveira c JllfYafflO f nidn QUC CO- \ l\ Vanessa e OUllaglU que duvidar! Foi assim que começou o Paulo Coelho! Quem "a mais Sufrágio, mccou 0 J Va promoter peda?c"! Bern Conde. "r sem conversar com ele. sabe "! nova promotor do pedaço! Bem Pleonasmo do dia: p" Vai nao sao q,/ton, sabe Paulo c Pamela não são a W C av.s.o,»e Oft*.** Deus porque razão! ver e que a Manlena Cury avisou que Cabral ou nulo0 ourasuperstitao! mesma mesma um d.a scnlinamos pessoa? pura superstição! um dia sentiríamos saudades dela! lirpqco 4 Fotomontaaenrizada Folomontaaem colorizada cte Édio XayigF Do-rlirln OUtvoOV. Sucesso Perdido erciiuo É impressionante: sò se fa Astral r Silvio Santos chegou domingo la em Caetano Veioso na F.u de Paris! Eu. hein! ropa! Coletivo Em virtude de obras na praça do pedágio, a empresa que administra a Ponte Rio-Nitérói pede Thomas Acaro Atendendo a apelo* de guarda Surpresa! Encontramos uin desenho do êurogly- tanta aos usuários que a partir de hoje gente que ficou iriiprcssionada com a utilizem meios de transporte alternativos para cruzar a Baia! performance plms hiayiwi [jato ií ilir). que de Gerald Thomas (joto à nos levou a uma conclusão ciíjf.) no Jõ onze e meia ele surpreendente: Gerald Thohias e o Acaro são a mesma Além das barcas, o nado sincronizado é ótimo para evitar cn- 11 disse que vive hoje, mais do que tudo. a paranóia do acaro pesquisamo* bibhoteca pessoa! garrafamentos! A paranóia é um caso pesquisamos na biblioteca j*ss01 típico de confino m""! com o alter tiler j garrafamcntos! do JB o bichinho de tapete Momento olímpico 30 ochefe DCCldcl SC oue apavora o curu da van- Foi transferida para o dia 10 a, palestra que do Decida-se.f Gabinete Militar do Planalto, o Vihõ decide terá três finais cn general Alberto Cardoso, daria terça em 1997! Vai funcionar mais ou Adcsn! assirnt opiniao. dc peixc j passada na Adesg! menos assim: na sua opinião. Filho de peixe Tomara que isso não repercuta Mauro Rasi fez plástica facial, Marcelo Novaes cortou com J FllhO mal no iobby internacional da abusou dos cremes e mascaras ou k,lrr,0nal t\cc rncsmo? Apesar cktoda que envolmi as próprias mãos o cordão umbi- passado, licj f0 fijl dc Lcticia Sp.iier movimcnto is salfcs de beic/a. campanha campanna Rio 2004! -uih. ele c assim mesmo? } ele a intriga </!«as envolveu no passaao, lical do filho de Leticia Spilier1 fc&hamps.e Femuulinha Barium continuant. Apc$ar s50j mcmn0 p#ssa rcgistrada nos ulumos meses! Ocschamps c Fcrnanclinha Barbosa continuam..... rnsjjsmsm (/< xin Apesar disso, o menino passa de bem com a vida! bem1 dara Faz scntido1 Quem tem fofoca bem! Pedrinho dará sua primeira PROGRAMA DE ÍNDO EEE ~~ Htrcvista a sctnar.a em casa ai pagar para fazer entrevista à imprensa na semana "Se voce ja d.a 28 deou.ubro is, 2lh na Vila n você já foi hipnotizado pela musica de Parintins. se você que ; Fittimldi UnWpOrquc nnisica ParintinJ voce Riso (Estrada da Gavea. 7<-8. Sao Kclfl verti 1S011 r llupdlul qucrconhecer0som selva. voce Conrado) Vahdo para - quer conhecer o da selva, você P- ho ta qua j0hn Lcnnon 0 imagmou. acaba definitivamente Ciiinln é nosso convidado para o coquetel izsstxt* de lançamento do rumo que vai o opt«,c, %isr,uand#:ns!azfc"s em vamos entregar quem esta na ****** contagiar o da, pais. Venha descobrir aicodoescdonodewmy aumeniativo de porco! rd7.soe?ms," a toada amazônica com os sliovvs de Arlindo Jr. e David Assayag. teiro! ; ~ " " " Antonio Lgfa PpHro Raneel palcocarioca WSrl.-; rcuu Pedro Paulo 1 ClUlU Ransel volta ao carioca como Padre Antônio Vieira r vui v U-i.vv han/a com a, irnnnnucm linguageni de dc Vieira e embarca em cm sua Hr re nato lfmos nrcc-ieao. fe esse o grandc mcnto da pa;a A otnqlirlqrlp mw?rw<\ Bf W A atuailgdqc mw tentleu ao.dor OS preniios Mi.ktv, Shell e Mamnt i- be cm l>4 c que hoje c amanha eneerra temporada queria ouur t usd\a uma Unguag % rip um ipmta ; QC Ul JCMllia =ll"ass iwde Moliere, que dirigira lendo Edsou disposto a u»r de todos o> argumentos para conven- Cclullar. no papel prmapal. nq Rangel: preço popular cer m0. os ouvintes a desp.rem-se de seus maiorcs peca- Scmuw dc c"-mos Uira da,lllica dos Pela ordem: ganancia, ambi?aoe vaidade. mcnto cm que se distuttm nonuiar do ~1 Denois de passar por Brasilia, Curitiba. araty cultural na adade que tem no modtlo pop Sao Paulo. Sermao foi aprescntado em Portugal. Teatro Carlos Gomes, administrai o por "A ( r\ riuar n doce das crianqas. terra de Vieira. em agosto passado: reaao cm --rcire Filho. um de seus polos trradiadorts. Oomo 1.RAR o DOCE OAS j f(j reveia Rangcl. acrcecntando Rangcl isc u*fe "EsUve fora um bom tempo. que deverao volur ao pais em Janeiro, quando se incusive durante a votacao doprimciro turno. Nao icd NFantil f muitos outros temas comemoram os 300 anos da morte do jesuita. 0 ator. h Como opinar". 0 espetaculo segue em turnc vl_y b E s i D A D E infantil e MUiTOb inicio itiostrara-se preocupadocom a den,.da- comw;ando por Salvador, cxatamente de DO SEU interesse na ed.ao ESPEC.AU sob de0 texto, escrito no Hnal do seculo 17, surpreen- sua pagem pelo "GO- "» BrasiljDe volla ao pd.afizial. O QUE FAZER COM AS CRA KrpuUmcnto Promoção: O JB leva v()l C - jari concorrer ao»orle»o rr.puntij i p<-n;unli r prrrncht <> rui.im. Eovit a "Pnxwuio * h l**""! 151 orw* ti H alt Disney World. Av. Bri.il 5<XV Sala 429, Cn.lovWKJ. CEP 20W)-f«X).. 0 cuh>m >ortr».lo (jnhara uma wajrm ao» #Sio EnUdoi Unnlot >ar» conlwixr o Walt Diiney Worlil com dirsito a arompanhantc. 0 prfmw inrlui pa«iaprn«iir. as dr i<u r volta na cb»»* <-»r< uti»a. r»uida» papa* rom cafe da manha.rn Orlando * Miami (o.lo noil" rm Orlando r dua. noilr. Miami), innreawa para lodan ai alra<;»c«4a Wall Diaoey»<*«. afan do. traaudot. 0 vtnecdor drvrri cr a duponibuidadr dr via jar ale 28/027.. At dr«if»a» rrfcrtnlrn ao parnaportr. vinlo r lava, dc <rml.ar.ur c alimrnla<ao rorrrrao por conia do»rncedor c»cu acompanhantc.. Somcnlc «rrao valida. a. carla. rrc.-t.ida.. com o cu>o<n prrcnchido, air o dia 09/11/%. O JB pulrlica o rc«ullado no dia.v no Cadcrno Vufcrn.. A prcrmaao t inlran»fehvcl t o vcncnlor trri W dia» da dau da di»ulwio do rrauludo para rrclamar o tru prrmio.. A prom.-jao nao r»al.da para runoonano. r parentrt dc funooninoi das cmprr»ai enolvkla*.. fc*ta promoao t- «le carilrr rrcrral.vo r cultural conform* item do arligo * da j-i S768 dr 20/12/71 r nio m»»ui >inculo dc compra. GNAST1CA VTAMNAS: O QUE >77 NÁO nao PERCA perca A a EDÇÃO edicao esual - gr Hck>u>ta _ c * 11 n a v r 1 nos ULTMOS TEMPOS. Rc»po»uu. - w / tzl-l.r\ DnnnUO MAS SAUDAVEL DOS Vr ~ STELLA BARROS VA SER A SUA LETURA Nome: jprnal JORNAL DO BRASL HRAS1L Endereço- loadc Ckic Tclcfonr: Tek-fonr dade: CEP: MmBMOO Yodf \<xt i a*»iiiantc do do JB* JB Smv Sim 1 ao( ) _j 1 l_

49 , NAo pndp sf*r vf>o(1dn spp?if(1arnftf*o JORNAL DO BRASL Rio de Janeiro Qulnta-leira, 24 de outubro de 1996 Crisauto A maior em vantagens. A mellior em negócios Barra Temperatura maxima ira bannistas a nana, amnuiianuu. Linha Amarela trará mais banhistas à Barra, aumentando a confusâo_no trânsito e na areia Fotos do Marcelo Sayfto ÃLÜÍZO FRERE Os morudores du Barra devem se preparar para um verão tumultuado. Com a - ;. A }< " inauguração da Linha Amarela, no final *:" "., 1 -, -. * i. f ;f?vj usi do ano! bairros como Bonsucesso, Olaria. " -..r <",«/, -" Y. lha do Governador e Méiér estarão a menos de 30 minutos da Avenida Sernambetibai Essa proximidade deve atrair para *-}.... o bairro parte das pessoas que hoje preferem ir às praias da Zona Sul. As expectativas são alarmantes: segundo a Polícia Militar a população flutuante do bairro deve 2.49 duplicar, chegando a quase 300 mil pessoas ; T- -11;, : num fim de semana sol. e "Bse verão vai ser o mais complicado, i: -, %: $. "~V S. tftpnsiflbiij dos últimos tempos", admite o subprefeito da Barra e Jacarepaguá Luiz Antônio Guaraná. Os 50 mil veículos que circularao diariamente pela Linha Amarela represeniam o principal complicador. Mas não ò so isso. Segundo dados da Companhia de Engenharia de Trafego (Cet-Rio) o número de carros na Avenida Aírton Sena devera passar de 80 mil por dia para 92 mil, ou seia. um aumento de 15%. Par a subprefeitura, os dados atuais do bairro ja permitem que se vislumbre a dimensão do caos. "A Barra tem um crescimento de cerca de 11 mil moradores e possui uma media atual de 1.15 carro por morador. E uma coisa gigantesca", avalia Guarana. Embora a subprefeitura ainda não tenha elaborado um esquema de segurança preventiva ou mapeado os trechos onde o trânsito será mais intenso, algumas ações isoladas começaram a ser discutidas. "Nossa primeira iniciativa será a de monlar uma operação que facilite o acesso à jjj praia nos iins de semana. Pretendemos dobrar o efetivo, que hoje è de cerca de 30 homens", adianta José Antonio Lopes Filho. coordenador regional da Cet-Rio. O Salvamar vai distribuir 400 homens pela praia, além do reforço de dois helicópteros, teu-ibl....." "Esse i...i r,.,ikir iat- n miiinr numero ck duas ambulâncias e dois jjét-skis. íyerão vai me deixar de cabelos brancos. gurança para ser adotado em algumas selha Cristina; "Precisamos organizar uma local onde registra-se o maior número de prevê o coronel Marcos Aurélio da Siha, Esquema do 2" Subgrupamento Marítimo. <le "Estamos áreas. reforçando nossa segurança e colocando alguns homens em ponsoas e. ao mesmo tempo, agir com rtgor que a correnteza naquele trecho e muito campanha educativa para orientar "As as pes- afogamentos. pessoas desconhecem Superlotação los estratégicos do condomínio. diz a sindica do Barramares, Cristina Raupp, sem Machado da Barralerta. contra os infratores", recomenda Kleber forte", alerta. Para o comandante do 18" Batalhão da Policia Militar (Jacarépaguá), Generino José Lopes Filho, o mo- guerra contra Para o presidente da ( amara Comumtária da Barra, Delair Dumbrosck. a T As recomendações sao endereçadas c> revelar detalhes. vimento nos três últimos fins de semana O aumento da população no bairro, principalmente aos visitantes. "Oitenta poi Companhia ndependente da Polícia Mifitar. responsável pela segurança do bairro, cento dos casos de afogamentos sàoj de serviu para mostrar o que vem por ai. Ele a desordem ccrado principalmente pelos visitantes que vai determinar que seus homens atuem, Guerra contra a desordem 1 dessa lorma que as autoridades lqsiis pretendem com que os moradores lovens, que nao conhecem a praia e tam- "A utilizarão a Linha Amarela, está fazendo pessoas que vil de fora. Em geral, são deverá atuar com o dobro da eficiência do principalmente, nas vias de acesso atrases "Em último verão. atraçao criada pela Liilha Amarela vai representar um aumento comecem a antecipar algumas iniciativas para garantir a bem não respeitam as placas indicando os de Jacarepaguá. algumas saídas, as combater o caos na orla marítima da Barra pontos gargantàs são muito estreitas, portanto, durante o verão. Assustados com o inicio tranqülidade do bairro. Sugestões nao taltam. preciso colocar policiamento nos do 2 Subgrupamento Marítimo. Marcos avalia freqüência vai demonstrar a de perigo", afirma o comandante significativo no numero de banhistas, "Essa não adianta aumentar o numero de homens. O trânsito nesses trechos será lento "É de um arrastão no Posto 2 da Sernambctiba. ocorrido ha três Uns de semana, mota- acessos a praia, principalmente Aurélio da Silva. Ele adianta que. na Via prefeitura a necessidade em iniciar o projeto do Rio Orla no trecho entre o Condomí- mesmo. O ideal é que os motoristas aprendam a utilizar as vias alternativas", sugedores c entidades comunitárias do bairro Ollgario Maciel, na Ponte Lúcio Costa e vorada), onde há maior concentração de nio Allabarra, na altura da Avenida Alt na Avenida 11 (próximo ao Terminal Rodoviário Alre. começaram a esboçar um esquema de se- no Terminal Rodoviário Alvorada", acon- pessoas que vem do subúrbio, é também o ton Sena, e o Recreio, sugere Segundo o comandante, quem pretende ~~ ~~" 7. ] freqüentar a l i Y" praia do Recreio, PRESTE ATENÇAO por exempio, pode seguir direto pela Estrada dos "l -ill Hi 1 Para evitar acidentes no trânsito durante o verão, a Subprefeitura da Barra 1 it. )**", YV1 Y Bandeirantes, evitando pegar o trânsito das avenidas Aírton Sena e Américas. O e Jacarepaguá elaborou algumas dicas comandante do 18 BPM recomenda que para as empresas coloquem ônibus circulando motoristas e pedestres Motoristas em números suficientes para nao haver superlotação e problemas com os "surfistas rodoviários". Ande devagar e respeite a sinalizaçào... Crimes "Ê Reduza a velocidade próximo aos nessa época que aumentam as incidências de crimes contra o patri- Respeite o pedestre sinais e retornos mònio, como arrombamentos e roubos de Não pare nunca sobre as taixas de carros. Vamos manter uma vigilância pedestres, nem nos cruzamentos constante para reprimir qualqueratitude Ao abrir o sinal, aguarde a saída de suspeita", alerta o comandante da 1 Companhia ndependente da Polícia Militar todos os pedestres da pista (CPM), Guanacir de Souza Macedo. "Os Para retornar, utilize sempre a pista laleral ~ llanelinhas da área serão cadastrados e os Vale lembrar, use sempre o cinto de carros só poderão abastcccr os trailcrs aiè segurança ás 9h". completa. Os motoristas devem ter atenção A Barralerta, entidade comunitária que pois existem cruzamentos com a passaeem de veículos cortando a avenida atua no bairro em questões de segurança, Está proibido o estacionamento nas promove esta semana uma reunião para pistas centrais e laterais das avenidas, traçar algumas propostas que possam inclusive nos canteiros divisórios amenizar os problemas durante o verão. Oitenta por cento das pessoas que oçupam a remoção de veículos que 1 Será utilizado um reboque para a Praia da Barra vêm de outros bairros ou municípios. É comum ver ônibus de desrespeitarem a sinalização Barra Mansa e Resende estacionados aqui nesse período", atesta o presidente K-léber Sò atravesse nas taixas para pedes-, tres e com o sinal fechado Machado. Se o sinal de pedestre começar a A Barralerta vai propor à subprefeitura piscar, aeuarde o próximo sinal que utilize alguns terrenos da região como Ao atravessar certifique-se que os depósitos de carros rebocados. Cnu outra carros estão realmente parados proposta seria a utilização dos estacionamentos dos shoppings aos domingos. Se- crianças, atravesse de mãos dadas H No caso de estar acompanhado de gundo Rleber Machado, o transporte ate a A travessia de pedestres deve ser praia poderia ser leito por ônibus cedidos pela subprefeitura. Mas a alternativa sugerida pelo subprefeito è usar o estacionamento do Terminal Rodoviário Alvorada. 14, in-ic com capacioaoe para nui \ verão fe;ta em duas etapas: da calçada ate o canteiro central e. em seguida, do canteiro central para a calçada

50 , JORNAL DO BRASL H- OUTUURO 01. W<» QUNTA-FERA. 24 Dl-OUTUBRO DE l<w(, QUNTA-FERA. BARRA i Emergências médicas Hospital Riomar Hospital Municipal Lourenço Jorge PÂ;M Jacarepaguá Hospital Cardoso Fontes Emergência odqnjológica Clínica Dental Ccntcr Farmácia 24h Farma Ville (Gõlcicn Center) miramares Policia 16a DP (Barra) " DP (Jacarepagual 392- Bombeiros Salvamar Subprefeitura da Barra Táxis Coopabarra Chaveiro 24h Mário Cedae Água X8 nstituto Félix Pacheco Defesa do Consumidor Correios Telerj sank sobe aopalco domet H6quei Hóquei sobre SObre geio gelo Banda da Barra O COlfll O SfllllbSl POCO no fim flm de semana faz aniversario Samba Pocouc i: o show que o do refrao facil. o vidcoclipc dc Garota A velocidade vclocidadc lan«a rnodas Sabado e dial dc comemorar os 13 anos grupq mincir0 Skank apresenta ama-. national /uase la "JbaDcpSs que a Barra lança modas c a mesma da ultima novidade dc crupo de"m(isicos mais tradicional do 5ttde!cirem no panorama nacio- ficar conhccido cm todo o esportiva do bairro. Depois de pais..0 coagmr consagrar o hóquei hoquci sobre patins, patins. agora bairro. A festa sera no Riviera Country nalcom p disc0 Calango. lan?ado ano rcpcrtono scwmplcia com a. c # a vez uv do hóquei hoquci sobre spbrc o 0 gclo. --M Club, as 11. c contara com a,0 Com mais dc um milhao dc cas novas Too seu. Z( Tmk fim gelo. Neste fim de dc semana, semana. na pista do Barra on. animacao do lonjunto Araripe. Colo jv vcndidj 0 skank repetc a do- tuna parttdq de Jutebcl. most- lcc< acomccc pnmc.ro tornc.o data coincide com o Halloween, o v cm o Samba Pocane. Em tres podcrao curur sua-ssos lce, acontece o ig modalidade. Serao pnmciro torneio da modalidade] Serão 50 jogadorcs. jogadores, Pia das Bru\as. o salao do clubc estara 0 novo album do gropo ja Pacaio ctdadao. Te twr [f" divididos divididos por c per j_ povoado dc bruxinhas c outros chcgou a casa de um milhao dc exem- show sera,abcrto peb banda J yu«i, sexo e por idade. Cada qua,r0 jogadorcs nao.. monslrinhos 0 prcsidenic da Banda da.h comcrcializados? rcpctindo o de Bclo Hon/onlc. queacaba del havera QUEXAS DA BARBA equipe tera quatro jogadores e não haverá goleiro. golciro. As inscrições inscnsocs encerram cna-rram Birrl uiz Mangia. lembra que ja mccsso do trabalho anterior. A miisi- car seu CD pela Son\ Mush.. hoje. prcco da direiio. 110*03 S abertas as inscncocs para o hoje, ao & por tamanho succsso e. no e c OS mgasos vao dc RS a preço de RS 20. que dá direito a uma camiseta c 110 ao aluguel alugucl dos patins. AteiTO liteguldl U JconcUrsOdc Rainha da Banda: Os d(,vid Gar national, aquela 20 a R* Metropo i Osjogos Os imciarn sabado. as8h.. denunchndo um cri- OCUpaflo urbatui. A area esta, convites podem scr adquindos pelo que di/ qm,fo te prow, sent me do e shopping % ia Parque,. jogos iniciam no sábado, com as marcadas domingo. Esta as finais mareadas para o domingo, no j. c0. scmj0 utih/ada para descarregar. telcfone Ocndcrccoe Alem do ntmo embalado c AirtonScna. mcsmo mesmo horário. horano. 01 S entulhos. sendo cobrada uma ta\a Avenida Scmambcliha. 3.7(H) : " jfc& (lc RS 10_e cada Giminhao. Pcdi- Mil,,-. Ml Coleaio ocrmercado Freeway. Trata-se de mos uma tiscah/agao ngorosa. dc Riocentro abriga Colégio PH Competi<?ao de funcionara feira feira de informática informmica marine,*. ginastica na Akxe funcionará Barrlnha GomeahojenoRioccnuoorSalao Começa Riocentro o 2o Salão na Barrinha sendo «wn» JJ. n->deneivad do constrain irrega- Sabado 6 dia do tfunpelftsl csporliva de (VtMbiilol de lnfotmalica. nformática Scrao Serão «0 400 oumcs estantes area ewlbjii -ri ser larvsna margem da la6a. Va#s Os alunos da Barra agora iiaacadtmiaakxo. A panirdasnk distribuídos cm 30 mil metros to, «m prkos.o o sabado as tem mais uma opçáo dc acontecc a Copa AUcdeO.nast.cac f~cnsino.0colegio esta quadrados.onderaocka quadrados, onde serão oferecidos ensino. O Colégio PH está ronstr paisa,,,suc0 loh. na Asctuda l-.ngcnheiro Sou- T:am1S 0 m fasc rtal de C0nstruvfd equipamentos, suprimentos dc em fase final dc eonslruç.io SJSTTatodc estica) servos dc da 4tk cidade do Rio dc Janeiro, sen- / 207. cm trente ao atcr- Adultb dc Trantpqlitn (eama elastica). A]W: jh Barnnha.com capac.dadc software*; alem dc serviços de na Barrinha. capacidade AJL tennina do uma area dc prot<*ao ambwh- ro. A sera divldida em fl ompetivao informática. A feira termina na _0 da.fctra Oinga-sso tal. Suas marns sac cons.dera- Danicla \ arkas. >RX-presulcntc da para atender a 900 alunos. O próxima segunda-feira. ingresso colégio terá turmas dc 5* série Umadal custa custa RS 10. A íetra feira ficará ficara aberta das das macro2onas de restrio a AMA-ltanhan»a ate o pré-vestibular. das acessff gratinio as depcndehcias da inova«6«sera una jh.tado 17h ás 23h, nos dia-, úteis, c das 14h a> inovações será uma sala de fdomingo., nlia jln TppH Akxe \acadcmutfica na Avcnida jj y WF aulaequipadaum 23h. no sábado e com ({S Llllild A vltlj computadores multimídia. As Calçadas femar"ptnd,>" 7m MjfM insenpoes wra6e.xamc Palestra "Ha inscrições SObre "Tenho observ;uio a lalta de um ano e para o exame de. m fl ft sel«;ao serao Trceira idade criterio na construgao das: cakpi- Mcrj a extensao dc m mh. nha seleção serão feitas cm duas datas 26 dc outubro e 23 dc / 1 HT te novembro. A? ph A rede PH hoje hojjc As pessoasda So, na RuAraguaia. mcsma rua Palestras ensinam aevilar.csncer JULJ conta com quatro evitar o câncer cursos Sr» prc-vestibul.tr e ires colégios O Centro Medico do Bárrashopping Maiores informações, pelotelefones " e ST yyjerfr11 afa a" Aoatoa * s,, propnodado Ainda pjobjjas está rcali/ando palestras gratuitas sobre ii prevenção conini ifjkli*. o cuncei. :s Espégialistas vão alertar sobre os principais fatores dc asco ila doença Aula de ginástica ginastica em SSiSTtt *"«?% entre eles. fumo. alimentação 3ac«ritmo de rock and roll ro.l Festa do RS,s.! inadequada i exposição a. 1 radioatividade. areedtadafesta As inscrições estão Orock ajuda a manter a forma Pelo menos terror em Giaaslicac Sao «M3M- fiv«com conforto «scgu- 25. to que 0 mbkrn. to <cndo sendo teiuis leitas nelos tclclones4.>0-92?.- c imjuhiu-uw pelos telefones esta é a receita da festa Ginástica c Rock and São Conrado terminado, mas mnguetit apart- ; serao Roll, acnteec hojc noitc. ha/enda y.-r o a\a.. CasasHopping 4 ;i As palestras serão no Roll. que acontece hoje a noite, no a/.enda \ ai ser 0 terror Bruxas, fax ra"v,, cu na data. No dta wguinte. me auditório dò Centro Medico. Clube Mara;xndi A partir das 19h30, a banda caveiras, vampiros e Casashopping faz rrri-- ZXZZZ***"* rkiffs. João Penca c seus Miquinho-. Amestrados morcegos vào invadir a boate concurso de vitrine 1, uma aula dc g,nam.ca 0 Casashoppmg promose pamr Respo8ta: sn Seuundo o chefe. s, u M, doto) anima unia aulü de ginástica para 100 Ritmo nos dias 2> e 30 de O Casashopping promove moradora da expoe ;.,s!lh,rt outubro, a iutr t"2z ** *»< dc da D!Z siagaiena alunos.. Ao som de / àgijjpas ài crocvtido e Pop partir das 23h. a partir do dia 30 um concurso dc vitrines entre a Pintora expõe em,agalerasa«queim:f.u,uscalorias a ptcwektn/aroesp.dto L.uiunos.os rio de Conservyo e Obra, vai Dta 21). a esta Hailovvcen queimar muitas 0 lojas do shopping Na Novorumo. galeria de Copa Uf Ro9p08ta: A assessorm de im- Ba BriU Sao cl,c fiea Avcmdttdas Amincas. lad<$do jagaleta., p. n. {;u/, L ui/ DCO). Ciovis Oeraldmo. a clubc fica na Avenida das Américas, ao lado do promete cletn/ar 0 espirito especializada em móveis italianos, A prenyl da lelcn inlonnou que 0 pintora Eva Brilz; moradora dcsào da galera.a nimeiasdeconstruv Conrado. ontcm pancma Ventrapc \,>dia>eguinte.e c*.orauo trregulateh scruti-0 ainda nao lot realtzado cxposicao de qudsros. Coonomcde Nova panema, A entrada e franca No seguígje. c decoradores Eliane lúza c uiz Conrado, inaugurou ontem sua \e/ grup\» error ennque t. i a vc/ do na reciao cstao sendo uverigua- jt«vido a problemas tecmcos na grupo 1etTor na Henrique Medeiros vão rcprodu/ir exposição dc quadros ( om o notne de Comvnmia. a retme fa, Praia a-na. Auwe tneatre t. ciovis informou que \ arias rede externa da linha telelonica. A dc...b-c pe«,as.c Barrashopping faz Praiá entrar em cena. uma kww iheatre com vídeos, fotos e Convi! < iu i\ mostra reúne trabalhos apresentando aprewfe personagens personage do pôsteres posteres do cantor Renato Rcna Russo. Ra so. Jo Já a c moradores jh bram Telerj esta avahando a de posstbilipintura sobre tela As peças se Jesncam peia combma?a horasu-ac 1 5 anos com musica alem para divertir dnert.r o publico. publ.co arquiteta Márcia Mama l Uma. una. da Spaao Spa/io, destacam previstas dade de substituir os-equipamenpela combinação suave, Scontrastantc das. F vcm A 0rqu.tra F.larmomca do Rio de Janeiro fa/ Para a Festa Hallovveen, Hasten, os Ca5a. Cas.., vai montar mwar uma cozinha cwmha italiana.tal.ana «hora contrastante cores Eva vem R$ mil tos para a extend ser. (eita.., nondo profissionaimcnle desdc 99l, um cpnccr,0 especial neste domingo. cm ingressos mgressos são saodersj 35 na V)tnnc «o«rm*va. «* naando mo-t.ou suasobras Galler>! effinemorayao aos 15 anosdo Barrasling, (homens) (homag e RS. 25 na vitrine da loja. onde um tourmet vai expondo prolí-sionaimente desde (mulheres).( tazer pacs italunos. kedaeao do JB-Barra. na Avenida f 1. cstado americano.de Arizona. come.norados na segunda-feira A aprescntasao No o dia 30, o couvert é de RS ensinar como fazer quando mostrou na Gallery pães italianos. O R\ f) sera conhccidno propno As cartas mm ser P / endc- cvposicao,cra as 17h,na Pra?a dc hentosdo 15 e a consumação. Rs 6 A vencedor será conhecido no [.m. no estado Anioiia. próprio dia L,Hi doconcurso. p Casashoppmg Bnisd, 500/6 ami art Lfajwm" ZShopping.:., tornim*.- W1 N» K$m- Rumo *TT- fica na Estrada do fci.da O asashopping lica no \ exposição continua ate o dia 31. na Scopus Galeria, no Cassino A.enida A.rlon»m Atlantico Atlantica4 24U> Mo/art. ebcr c luh inicio üa Avenida Airion Sena Atlãntiéo (Avenida Atlântica, 4 240), " -T7- Exposiao As russas do Kirov sapatilhas Divulgação gala. uma coletanea das principals apre- O progra- r pamr him pa- XZ arttsias do Mariiwky. se- obras exposlas cm divcrsos companhia, vai proporcionar?os publicos do Rio e ate do e.ue- Pdco do Metropolitan. A grande aos brasileiros a oportumdade de _ nor. Eseu.porexcmplo opainclnrocfft forcou o bale atazer apledar o bailado de Faruk Ruzt- relevo Mustangs, que decora de matov. 3? anos. Ele e apontado Hotel Atlantico, emcopaabana sessao de malme no como sucessor do consgarado Mik- Outros dois patneis had Ban-shnikov, que deu pnmei- «postos no Teatro Gimnasio, do R qjov. melhores cornpa- mtegra a companhia desde iv»i Outros artistas conheados que de danga. Os 118 tcm sido frcquentenumte convida mhuhj estarao participando da exposio : bailarinos estrelas da mesma a participar da Amenoun ajw sao O Bale Kirov. de 250 Antonio Veronese. Cnstina crandeza que intecram o Bale Bols- Theatre. Ja Oiticica, la Miriam Gamier e Jose hoi. dc Moscou. o American Bal- interpreta Odette-Odile em anos de existência, Paulo. está no Brasil pela Uma das revela?6es e o let Theatre, de Nosa York. Quern Logo dos C ohm. primeira vez e se pintor Nando, que aos 18 anos. ; for ao Metropolitan Te HH apresentara no Metropolitan nos dias 2 e 3. --W W 1 ft. participou de 11 exposkes. ioespetaculo elusive nos Estados Unidos. Os Municipal, onde os hiilarinos apre- -f fc depois de passar pelo W 1 trabalhos estarao expostos na sentam as coreogratras ae u Lag VemUBpJiraentrees em wsapeiosteietones BBBffnnWMHT - Prapa Central do shopping., e P-in Qui Wit Teatro Municipal osao-zeeooo e zswra de 5»9umw a seita. \ i. \S.1 de e-petiiculos da Barra e- as s»b«o«ion *» «h

51 QUNTA-FERA, 24 DE OUTUBRO DE 1996 BARRA Fabio Fábio Abrunhosa JORNAL DO BRASL -j : "f : PERGO í RtCHO SVi Jíjfiíasító» V&mí. ~_: *" ; ~-.iiiyjjfe.-- irse 1 isáfc - : #«._ % m& :x m- jjgpifysi itf-->- > * - """""" L,m *» *» "»"«""""" T-"-h-" """ 100 mil veiados por tim C, >,,< * v,;c;,«.«anssar. g,»«. "" «* Mudanças facilitam trânsito 1 ssio a»4ísé«i» JbJ ~ í i.ouarx) GRAÇ Parque foi toda reformada e ja anos, c desde entuo os cngdrrsliimentos são constantes. cho; entre a Lagoa de Camorim e tro sinais serão instalados no ire- O trânsito na Barra sofre uma tem sinalização pronta, com piacas "Agora série de mudanças a partir dessa faixas. precisamos Sinais A pista central da o Cebolào e um outro, próximo "Os acabar com este medo de passar \venida das Américas terá ligação com a pista central da Aveni- frente ao Makro e ao Mercado ao Arroio Fundo. sinais em semana. A prefeitura aproveitou a duplicaçao da Avenida Airton pela Via Parque. Ela esta pronta e Sena para modifiear as vias de pode ser uma opção para fugir do da Airton Sena e com a saída Produtor já estão funcionando e acesso a Jacarcpaguá e a Avenida fluxo da Avenida Sernambetiba para o Recreio dos Bandeirantes. espero terminar as obras antes Sernambetiba, para quem vem da neste verão", diz Guarana. Os ônibus que vão em direção ao das eleições. Mus nincucni precisa se estressar. pois o onda verde Avenida das Américas. No Cebolão. as pistas foram alargadas e S.A. Estudo* da Linha Amarela Recreio e a Zona Norte não precisarão mais contornar o Cebo- também será implantada na Air- (Larnsa) concessionária os fluxo de carros separado. O que administra a via lão, mostram passando diretamente para a ton Sena", dt/ Guarana. Todos Avenida Airton Sena pelo novo os cruzamentos serão controlados por computador Sensores siibpreleito da Barra e Jaéarepaguá, Luis Antônio Guaraná, ga- da Covanea. haverá um aumento que. com a inauguraçao do Túnel "Poderíamos acesso. optar pela rante que a confusão causada simples instalação de sinais. Mas automáticos e duas camêrasjâ loram instüládos e o controle do por de 25% do fluxo de carros na achamos que carros que unham do Recreio, de as modificações nos região do Cebolào, passando de acessos do Cebolào diminuiriam fluxo de trânsito com a onda verde Jáearcpaguà e da praia da Barra 80 mil para cerca de 100 mil carios ainda mais os problemas de tr.tnsito", diz Guaraná. que garante a manutenção acabou. A Avenida Via Parque da Lagoa, que liga a Avenida das Ame- por dia. O Parque Trevo das do sinal aberto por mais tempo Palmeiras, nome oficial do C ebolão. foi construído pela BR Disnais se proliferam. Além da du- congestionada Na Avenida Airton Sena. os si- i\o lado da pista que está mais ricas à Aírton Sena sem cru/ar o - devera reduzir Cebolào. e mais uma opção tribuidora subsidiária da Petrobrás no cru/amento da do reclamação dos motorista-- pe- será integrado entre as Avenidas plicaçào. para das pistas, que tem gera- os engarrafamentos O sistema os motoristas. Com pjsia dupla pavimentada e sinais integrados Avenida das Américas com a a ma iluminação das obras que Airton Sena. das Américas e Via ao sistema Onda Verde, a Via Avenida Aírton Sena há cinco só terminam em novembro, qua- Parque da Lagoa. Cascões eleitorais dores depois de quase um mês das eleições. Carlos Eduardo avisa que, em terrenos particulares, não ha intromissão do Políticos deixam poder público. A expectativa rastro de poluição dos fiscais é de que a lista de infrações no segundo turno lique bem menor que a do pri- visual na região inglória disputa pelo meiro sufrágio. Na campeonato da sujeira Logo atrás de Domingos eleitoral da cidade, Jacarepaguá só perde para a lijuca. Brazãl quem mais poluiu visualmente a Baixada de Jacarepagua loram os ex-subprelei- Uma pesquisa detalhada nas pastas e arquivos da Comissão tos Eduardo Paes (PFL) - de Coordenação e Fiscalização da Propaganda Eleitoral que acabou se tornando o vereador mais votado do pais uma seção do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com 82.41S votos e nove infrações comprovadas mostra que na Baivada de Jacarepaguá foram registrados CM xandre Cerruti, que adminis- e Ale- autos de infração trou Madureira e recebeu 21.(i5% de toda a cidade no primeiro turno votos, além de seis infrações. das eleições. nfrações As irregularidades mais cornuns são faixas, placas, cola- solado com a medalha de bronze da irregulundade aparece o empresário gens e galhardetes fixados em Janualdo Borges de Souza, o vias publicas, postes de luz ou Jainialdo dti Mardil, do PSDB. arvores Mas também aparecem carros de som sem licença, que precisou de cinco infrações e 13.1S2 votos para se eleger propacanda em locais inusitados como igrejas e festas juni- vereador. Empatados com nas e pixaçoes em campos dc quatro ocorrências, aparecem os candidatos van Morena, futebol. O êomaè do primeiro turno reeleito pelo PL com votos. Lurdinha. do PSDB. na região toi o vereudor eleito Antônio Gonçalves, do PMN e Domingos Brazao (PL) l o- Sümi Jorge, do PD 1 ram dez flagrantes da fiscalização eleitoral, que serão reverti- Apenas dois candidatos a "O dos em multas valor das prefeito sujaram as ruas da reilíão: Sérgio Cabral FillO multas varia de acordo com a (PSDB), com 7 infraçõese Miro Teixeira (PDT), com 3. O reincidência do candidato. afirma o fiscal Paulo Nascimento. do 1 Ri partido que mais deu trabalho Tranqüilas à Comlurf na região loi o PFL O juiz res-í ponsável pela propaganda eleitoral. Carlos Eduardo Fonseaf (21 ocorrências), seguido pelo PSDB t P) e P (15). Entre os sujòes derrotados, Passos, disse, no entanto, que as eleições do último dia 3 foram as mais tranqüilas na re- pode-se encontrar rias pastas da Comissão dc hseahzaçao gião. "A Barra teve poucas m- histórias como a do candidato Roberto de Castro (PMN), frações e. em Jacarepagua. ja imperávamos enfrentar alguns problemas", garantiu Carlos Eduardo. A surpresa íoi o excesso de ocorrências na região de Guaratiba, que registrou mais irregülaridades que São C ourado, 1ara os que reclamam da permanência de mitíbors de verea- que foi devidamente advertido por ter lançado sua candidatura com um churrasco, no dia 4 de agosto, em uma escola municipal de São (ourado. ranquilo com a animada banda de música que garantia a diversão dos presentes, o candidato que não loi eleito só não contava com a inusitada visita dos intrépidos fiscais da Justiça Eleitoral. Luís Alvarenq A parceria entre a C orupanhia Estadual de Água e Esgoto (Cedac), a Construtora Encol e os moradores da região de Athayde- \ illc garante, a partir de sexta-feira. o fim do monopólio dos carros-pipa naquela área. com o fim das obras de uma nova rede de água. A falta de agua na região vinha se tornando freqüente nos últimos dois unos. pnncipuliticnic nos meses quentes. X acordo com o presidente da Câmara Comunitária. Oelair Dumbrosck. no verão a situaçao era critica. O ramal da Cedae que abastece a região começa no Parque 1 revo das Palmeiras o Cebolão e, quando chega ao Athaydev ille. a pressão nao é suficiente para a água chegai as residèncias. Só com os carros-pipa, os moradores de cada um dos -0 prédios du ureu ü.ut>uiviiiu RS mil por mês Depois de uma reunião conjunta, moradores de prédios decidiram financiar a extensão do novo ramal de abastecimento da Cedae. que terminava no Condo* minio Rivieia Dei Eiori. A obra, a um custo total de RS 240 mil. foi divida entre moradores. Ce- ganha nova rede de água CJ f aocia Q<«ma»qf 26/ V»- BBSKi >** x --»lk j,,/wo (A rcvrid adouuio alziuc pssolucuafain: dagua aimgeboa da ana ) nuhhlo á-pan, na adoiado cm AtluSuilc po* solucumj* falta dtu, que a nheboa parte ela arra dac e a construtora Encol, que pretende erguer alguns empteendimentos na área. Os moradores ficaram responsáveis pela tubulação e a prefeitura, pela obra. "Com a divisão, os condomínios vão raterar entre seus moradores um total de RS 120 mil. Mas no sabado. quando for inaugurada a obra. já poderemos comemorar o primeiro verão com agua no Athavdeville". diz Delair. O presidente da Câmara Cominutaria espera agora que o sistema de parceria com a Cedae se estenda para o Recreio dos Bandeirantes. que depende, em toda sua extensão, dos carros-pipa para o abastecimento de água. O projeto PL-100 da Cedae para o abastecimento da agua, que ainda nao tem orçamento definido, poderia ser divido, segundo Delair, entre moradores, empreiteiras e Estado. "Estamos dispostos a intermediar esta parceria. Se as associações de moradores do Recreio quiserem, poderemos estender a experiência da Barra para la", afirma Delair. mm# = V*-."UK; 1 propagaria ieiinula aumenta a poluição \ Luuil nas ruas FDHffiAYEKHCAL BOMBO (MADERA - ALUMÍNO - PVC) PER8ANAS VERTCAS (TECDO - ALUMÍNO - PVC! PORTAS SAXFONADAS llell CORTNAS RÊ8LLNE 5 Rua Desembargador sidro. 10 Loja C- T* » : CADERNO DÉAS Nem pense Cristate! Veto... Atendimentd jornall Direto ao Assinante duas vezes.! Artigosoora Rio de Janeiro,OCn50 Leia. A f \ i riappy 5mOOO Todos OS snbndos TosL jb. jornal do brash. halloween HAL,L0"[jN[ iin Ol//rflS locttlidttdes HHHHS J Sdbados, domingosj! " E? Tellias Coloniais dc tú Tijolo 20X20e20X30 Semi-refratários e rcfratái ios Xijolos 04 Faces c vazados Blocos dc concretos Lajotão Colonial Rczina c arame de cobre Tellias esmaltadas Estrada dos Bandeirantes, 4666 Tel/fax Curicica - Jacarepagua RJ

52 i i lunta-l-erá. 24 nr OUTUBRO DÍ 1996 JORNAL DO BRASU BARRA para pescadores de todos os naipes gasta mesmo é o "Quem pescador comum. Fie aproveita e traz materiais danificados para a gente consertar, alem de pedir conselhos. diz Dependendo da peça danificada, o conserto não ultrapassa os RS 15. de boas historias Garantia Jacarepaeua oiercccm lncinuio * Luis Alvarenga Lojas de artigos de na Barra e em Jacarepaguâ oferecm os melhores egutpamentos para novatos e velhos.obos do mar pesca EDUARDO GRAÇA Os loucos por siris e caranguejos desembolsam apenas RS Todos os anos a cena se repctc na Praia da jfrra. Quando o 4 por um bom puçà c os que verão vem chegando, uma multidão de animados pescadores preferem pescar cm canais e lagoas compram uma tarrafa feita langa redes e anzóis em busca de à mão por RS 150. Uma vara de algo mais do que aquela velha fibra de carbono, de três metros botina. Fm toda a região, as opçôes de lojas de equipamento de marca, pode variar de RS 55 a a 4.20 metros, dependendo da pesca são variadas e atendem RS c)5. No estoque da casa. um desde iniciantes ate rolo de 100 metros de linha importada custa RS Na loja pcadores velhos lobos do mat. ncluído nesta ultima categoria. M rànio Pinto Silva já cornedes como o chapéu de pescador também se encontram curiosidara a dar os últimos retoques na ftia A Minhoca Feliz, que aproveita a maré da primavera para aquecer as turbinas da alta estaçào. Além dos mais de 40 tipos de molinetes e de uma infinidade de kiis de pesca importados, a casa da 1 aquara se destaca por oferecer uma inusitada assistència técnica e especializada. Quem nunca lançou um anzol e nem foi fisgado pela coceira da pesca encontra nas dicas dos compadres Afránio e João Alves um luxuoso auxilio para evitar mancadas. Scni muita cciinv> rua. aprende-se como dai um nó. mexer no mohnete e lançar o anzol. "Quem pretenue pescar na beira da praia deve comprai um mohnete com o maior número possivff de rolamentos, pois quanto mais rápido melhor. O Daiv.a, com quatro rolamentos, sai por RS 152. Já para os que se aventuram nas pedras, o ideal é um modelo mais resistente. O Paoli. nacional, custa RS 59. explica O material essencial do pescador fiu em torno de RS 150 O kii-p( sca da Minhoca e- 11/ c composto por molinete (RS 50). vara de fibra de carbono 7n. (Rs linha (RS 6). anzol de chumbo (RS 5), chicote (RS e a finca, uma esfera que se lixa na areia (RS 10). Profissionais Para peseadores profissionais, que se ai riscam eni alto-mar. e tndispensável a compra de unia carretilha. que na Minhoca Feliz vii por RS 130. Outra novidade sao os molinetes importados coreanos de sele rolamentos. iue saem por RS 159, e abolem o uso de força na pescaria. Mas os ncòfitos de beira de praia têm sua vez e podem escolher as \aias de bambu a RS 10. Há anos no ramo, Atrànio faz de stia casa uin ponto concorrido Exposição vantagens com ventilador (RS 25). o colete esportivo (RS 29) e o porta-caniços jeans. que garante um confortàvel transporte de até três v aras de pesca a módicos RS 15. Sofisticação Na recéminaugurada Hawai Sport s, no Shopping Via Parque, as varas de pescar Quantum, de grafite, custam RS 76 e as coreanas Semsung RS 45. O publico mais sofisticado e prefere pescar nos fins de semana em Angra dos Reis. Para estes clientes, as iscas artificiais flutuantes, vindas direto da 1 inlándia. saem por RS 19,50 e as facas espanholas Muela. especiais para a pós-pescaria. custam RS 69. O gerente Fernando Pinto torce por uma primavera "O ensolarada. mercado para pesca e reícni do tempo bom. No inverno, não; vendemos nada. Fitamos apostantu1 tildo neste veiao da Barra", afirma. Na loja anatico. em Jacaré- paguá. o bom momento vivido peio mercado de pesca nao tem se transformado cm lucro para o gerente Joaquim da Silva Pinto "nfelizmente, os camelos entraram no negocio com tudo. reviuzmdo os preços em demasia. reclama Joaquim. De acordo com o comerciante, os ambulantes da se concentram na Rua Sete de Selembro, no Centro da cidade, com equipamentos importados do Paraguai. a preços reduzidos Na Fanatiço, ppde-se encon irar molinetes de RS a RS 70. anzóis de R 0,0 a Ks - caniços de Rs 10 a RS 50 e linha de náilon de RS 0.S2 a RN 11 A variação dos preços e grande, de acordo com a qualidade e o tanianho do produto N.h1 trabalhamos com redes, que só sao Utilizadas por pecadores niais experientes. em a!to-mar. diz Joaquim Xa Taquara ou nos shoppings da reeiáo. os destemidos pescadores de plantào ja podem se equipar para enfrentar pampos, papaterras, cocorocas e pescaas "Mas é um perigo. Quem pesca uma vez. se ltvr.t do estresse c não quer voltar par o trabalho tão cedo", carante Afranio. \ discussão sobre transporte tizat a comunidade. na Barra e Jacarepaguâ continua Os organizadores dvi movimento querem provar ao publico 1 ioje. as 20h. no Bandeirantes Tcnis Clube, na Taquara, o VL1 que o VLT e uma evolução do (Veiculo Leve sobre Trilhos) volta antigo bonde, mas com muitas a ser cogitado como alternativa vantagens. Para justificar a proposta, argumentam que o trans- para os moradores da região. Será apresentado ao público um projeto proponde) a ligaçao entre bair- em vários países desenvolvidos, porte já foi testado com sucesso ros da Zona Oeste e Zona Norte, como por exemplo. Suécia, liolanda. Estados Unidos, Alemã- através da Barra. Jacarepagua. Madureira. lrajá e Penha E amauhá. dando continuidade a pro- Portugal e Suiça. nha. t rança. nglaterra. spanha, gramação. um estande montado Trafegando sobre trilhos, o no Barrashopping, Nivel.-Vmerica. vai apresentar aos visitantes veiculo não oferece riscos de poluiçào ao meio ambiente, e tem alguns detalhes do sistema. A exposição vai ficar no local ate 25 de capacidade para transportar mais de 25 mil pessoas por hora. O novembro. "1 trajeto ligando a Barra a Penha stamòs dispostos a realizar corresponde a 25 uma grande mobilização comumtária para v íabilizar esse um custo de aproximada- "Com quilômetros. projeto. mente RS 300 milhões, financiados declara Jorge Moura, presidente da Câmara de Transportes da Associação C omercial e ndustrial privada, o prazo de conclusão da pela prefeitura e a iniciativa de Jacarepagua (Acija) e da Assoaaçao C omercial e ndustrial da pròximi prefeito tem que assumir obra seria de ate três anos. O Barra (Acibarra) Segundo Jorge, esse compromisso com a comunidade". propõe Jorge Moura. a Baixada de Jacarepaguâ tornou-se polo de serviço, lazer e Segundo ele. durante um encontro realizado na segunda-lcira. entretenimento, aumentando o número de pessoas que se dirigem com a presença dos vereadores "Se a região diariamente não eleitos na região, a proposta de houver uma reestruturação do sistema de transporte, isso aqui vai Jacarepagua foi apoiada por to- implantar o \L1 na Baixada ck fie.-.! intransitável", prevê Para dos. O vereador Edson Santos, lançai o movimento pró-ylt. os membro da comissão de transpories da Câmara Municipal do Rio. representante!» das associações criaram v t ube:do 1 r ilho uma disse que o sistema é uma reaudade em \ árias cidades do entidade informai para conseten- mundo mostra dovlt CESTA DA BARRA* Carrefour P. Mendonça Freeway Carrefour P. Mendonça Mendon<ja Freeway Extrato de tomote tomate n? H Eletrodomésticos Jctrodomesticos : ESefanto!! i - 299,00 Eielanto (370g) Lavalouça Enxuta Futura?! u.!.n,x.ui8..f " "j PolpadoiW de tomate Q) Ferro erfo automático automatico VFA 1100 Purecicai520gi Purecica(52Gg> - H Black»ack&_OecKer & DecKer 22.9? - : twpomarola Molho Porraroia Cica(350g) Clca(3S().. 68 Aspirador ispirador de po p : Aeitonas 4 74 Vaiila : Azeitonas Ansco Wadta Vital l. (500g) (500g} «? 4,74 Liquidilicador.iquidilicador Amo Arno ttr/: B \utocjean 48,80 «,00 d4.3 Autoclean ; Carnes, Peixes, Frios e c Congelados Congolados B Batedena jaledoira AinoBCA ArnoBCA 64, iijso"" 7.90 Ciranda J~J... FlHjgnori.(kg) 0J Arrto Multitpst ,00 : Filé migndfftkg) ] 4 ; Torradeira Atno Multitost : Atcatra Alcatra (kg),,5..9?»?? 5 «j Perfumaria Porfumaria : : Frango defumado Sadia i>g] (kgi...h?,.,.. " H j OT */ 690 B [ Desodoiante Desodoianto Axe!90g!!90g) Mf \ Dourado {* %) tkg. H 26 í Xampu Palmoitve Pamolive!500mit (SOOmli 2,20 : : Hambúrguer Hamburgue Saoia Sadia 1672gi 1672g) Condicionador gg 3 02 i : Almôndegas Alm6ndegas Sadia 500g) isqqg) 2<30 H Palmoiive Palmoliyg \450nii} >-i50wi* """ Leite 9E Loc&o apos Sport g90 tocào apôs barba After Spor; Leite e Derivados Atkinsons AtMnsons (10Og) >OOgl...» ** : Manteiga Manielga Mimo(HjOfl) (2C0g) Espuma para barbear baroear.. i Margartna.9 1 English lavender Le_175g) i 17í>g) 5.48 Margarina Qualy 3.?0 ; «Cremosa cremwa (500g! 1i41 i Xampu colorante u.il:!t 11 j Requeiáo Jfeijab cremoso M f Wellafon Wellaton M«f : Nestlé Nestle...}>** " "j (250gi S Aparelho Prestobarba : i.65 Ouei0 Oueijo tipo tálico tsiieo,9 S?emS PrMl0bafba 1,45 1.8O ,11 Giilettte ; p. tuna M?u,OSelmaS "i (Kg) Guloseimas ii,58 6 : gufte iogurte Chambinno Chambmho 2,32 V*M 3 Bom Bonbons Alpino Aipioo (Wg) (1(Mg).: (90$ (909) H # Chocolate Baton Garoto Garote (80g) BOg) 0,79 M - ogurte logurte Oanone Danone <45 H *111 nt* 7u n\ 159 < ; (g unidades) w Quick (100g) % Chocolate Quic MOD-3) (6 i p Conteti Confeti HOOg) ncog) : Biscoitos e Massas j Orops HalS 3 jnidadest j Biscoito Negresco 0,87 1» t Chocolate com leite 4 «C - 4. c *>, J :" São Sao Lu lu.z í!200g) 200g> J...: B P lacta!.!????.!!200g) " : Biscoito B.SCO.O Crearr Cream Crac Ciack 0, mportados Pi?aqu6 Piraquè (200g)!200g) ft 6 80 H $. Vinho Vmho Santa Heiena (750mi) M50 j Biscoito Biscotto Bono Q M São Ljiz Whisky Johnny Walker (200g) 4t;39i!Jas! Red Labeni Lafce! 0 litfo) iitroí Jau : BlsCOilo Biscoito Maisena i Vodka Wioorowa : M! 5L««5ia! Piraqué (200g) 22, m 1, Lemon Lomon (500ml) : Taiharim Frescanm Frescarim lãoog) i500g) yff-,. Tequiia Tequila Cuervo Especial : pastel 21, Massa para pastei 2,Q 2.89 St f (750ml) "*»?. Nápoles Npoles (500g) f Licor Ftangeíico Frangelico(750ml) 24,50.?*»*?. : Capeieti Capeieltdericota » Conservas e Enlatados : Frescarmi Frescarint isooq) 500g) : Ervilha Jurema (200g). :55 0, i.» a. prtm w r.-u.a. d,a a-». O, o, P«o> b.,.0. d««t*. «n (200g) 0, : A pe*qui*j d«pfto% foi rtsiuada no a»a 22. ; d..uq«. Milho verde Jurema (200gl 0, de«taqu«. liiimr- ml - 1 AKPSU jik\\nwuphr --a «v viamasidgil -jk. JwK5 A*. H \n ;.r :. loja A Minhoca Feliz, na Taquara, os pescadores encontram osflsusm equipamentos e reccbctn dtcás do proprietário AJramo nmo Fanático Pesca e Esportc: Estrada de Jacarepagua. loja 104, Jacarepagua. lei. 44"- 43. Trabalha com os mais váriados produtos. Molinetes custam de RS l!f9ò.i RS e camços de RN 18 a RS 50. Hnwai Sporfs: Shopping Vt SCAS, CANÇOS E MOLNETES Parque. piso, Avenida Aírton Sena. Barra. l ei. 3S O charme são as iscas artificiais finlandesas, flutuantes e de fibra de carbono, a Rs Facas espanholas Muela saem a Rv 6l) (ianiços e molinetes importados completam o estoque da casa, A Minhoca Feliz: Rua André Rocha. t.s!5, loja \. Taquara, lei A mais tradicional. Se destaca pela quantidade de produtos e pelo tratamento especial "teóricas dado ao pescador Aulas para iniciantes c consertos de equipamentosa RS 15 O kit-pesca cuv ta RS 151 Molinetes importados da Coréia custam RS 150. Fishing Point: Barrashoppuig, loja B-"11 no Bàrra Free. Avenida das Américas. Tel.: Segue a linha da Hawai Sports e e_volü- do para um publico mais sofisíiafe. do. com ênfase equipamentos gbs importados

53 .JORNA. DO BRASL QUNTA-FERA- M DE OJTUHKO DE 19% 1 ; > i /"»" i»- " tropicos f mitos de fadas com tempero dos trópicos [om 3 c" o U i. A«a. governo * r rtucic n:ir:i hosdctiur OS. «i.úémj llmehhhhhhhbb8ãbh8lljlíli5límè.l..tj,t.rá.áifc** ofereceram suas casas para hospedar os \Q1U \NA MOR RA "Tudo dinamarqueses. era novidade para A Praia da Barra e s montanhas do cies. Até banana prata virou banquete. Maciço da Tijuca. paisagens tão comuns contou a professora Lúcia Arlotta. coordenadora do projeto, que adotou um dos 305 moradores da Barra, deixaram des umbrados um grupo de 30 estudantes dmamarqueses da Escola da Juventude de Ro- estudantes. dovre, que vieram Como todo turista que se preza, os visitar ao Rio. Mas. esta estudantes Miam com suascameras penduradas ao não foi uma viagem dedicada somente ao uvrismo pela cidade. ntegrantes de uma pescoço para registrar de perto Pequena companhia algums dos famosos cartões-postais da cidade. "Fiquei mpressionada com a dimen- teatral, eles apresentar;mi um musical infantil aos alunos do Colégio Veiga de Almeida. Depois de duas são do Pão de Açúcar c do Corcovado. disse Helene Lillieljerg. de 15 anos. A ansiedade entre os visitantes, a maioria entre semanas de passeio, retornam hoje a Dmamarca com um punhado de recordações na 13 a 22 anos. foi tanta que nada adiantou o bagagem. filtro solar para proteger a branquissima " lá estou com saudades. Adorei a praia pele durante os passeios. Todos voltaram "Aqui e e**ou ansiosa pai voltar um dia aqui. cfflou a jovem Rikkl íperup, 16 anos. cfisusil faz parte do projeto ntercâmbio Wwil-Dmaíébrca criado este ano pelo Lolefio Veiga de Almeida, em parceria com o Consulado dl Dinamarca, para estimular a troca de experiências culturais entre os dois países. "A idéia è motivar os alunos a conhecerem uma cultura que so viram nos livros", disse luamar Veiga de Almeida, diretora da escola. Animada com o-proje- 10 a professora anuncia novidades para o "Em próximo ano. 97, pretendemos levar ns alunos do colégio para apresentarem a peça lendit da vitória règia na Dinamarca", adiantou Luamar. Preconceitos Pelo menos, o intircâmbio serviu para o grupo de dinamarmieses acabar com alguns.preconceitos "E em relação aos brasileiros. uma pena que as noticias veiculadas na Dinamarca sobre o*"brasil fstejam ligadas somente à violem cía. Ao conhecer a cidade, percebi que o problema não é tão grave quanto se flivulua a fora. contou Rikke Dollerup. Durarite a tisíii eles foram adotados pelos pais dos alunos do Veiga de Almeida, que para casa de bochechas rosadas. muito quente e não deu para resistir ao calor", justificou Rikke Dollerup. Clássicos Apesar das pequenas assaduras. os estudantes não perderam a pose no palco. Para apresentar o musical My Life Ston. escrito pelo próprio grupo, os atores reuniram contos do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen. autor de clássicos da literatura infantil. No espetaculo. foram apresentados os contos 0 Patinho Feio, O Sovo Trate do mperador. O Soldadinho de Chumbo e A Pequena Sereia, conto que saiu das páginas dos livros e ganhou as telas do cinema graças ao desenho animado dos estúdios Disne> A direção dos atores ficou aos cuidados de Sabastian SeguiiT. da Escola de Juventude de Rodrovre. que também è responsável pelo curso de teatro do Veiga de Almeida. "Minha vida é um vai-vem entre o Brasi e a Dinamarca A cada seis meses, venho para cá Já estou acostumado com este jeito tropical daqui. disse o dinamarquês que ainda se embaralha para falar portueuês. O vm/mi diiuvtuiriitiès de artistas, composto por t v \mottu!íccnou textos de uns c hristian Jp. EMerinlil no slalom,wf/i Modew M-m <> Camplonato Brasileiro tie WtndsurW»v- União Cooperativas criam opções para a falta de contra as dificuldades recursos são reaplicados em melhorias. ussegura. Seguindo csie mesmo principio, foi inaugurada, no dia 16 de setembro.a ncubadora Tecnológica de CoOperaliv as Populares (iieccolpe). O principal quisas de mcuado e onentam as pessoas sobre a legalizado da cooperativ a "Montamos um núcleo dc administraçãoi para oferecer o suporte necessário, aos cooperativ ados". explica Gonçalo escolas e desemprego velho jargão a umào fii: a Para montar uma cooperativa dentro de jorça O nunca esteve tanto cm evidência. objetivo da associação e implantar o uma comunidade é preciso.i adesao de " E a proliferação das cooperativas, unindo pessoas com as mesmas agdõe> e marcou presença na região instalando sistema em comunidades carentes e ja pelo menos 20 pessoas. \s cooperativas surgem de acordo com a tendência objetivos profissionais, está revtgotando ainda mais ésta idéia Na Barra. compolas cm Vargcrn Grande um núcleo de fabricação de doces e do mercado da região. Não adianta incentivár o que não tem demanda"..diz Jacarepaguá e \ argem Grande ess.i realidade começa a ganhar vida nos encon- VocaÇÜO - "Em Por enquanto, os alvos principais sao as nossa visita conundades carentes. aquela comunidade, descobrimos um irps comunitários, ajudando a superar grande dificuldades que. até então, numero de mulheres egressas de \ Associação Comercial e ndustrial de Jacarepaguá (Acija) iniciou um programa de geração de empregos, no se- pareciam Minas Gerais Nas entrevistas, percebemos que intransponíveis. o caso da C óoperativa Educacional da Regi,10 de Jacarepdguá, formada por funcionários do Ban- havia uma vocação pela fabncação caseira de alimentos", diagnosticou Gonçalo Guimarães, coordenador gundo semestre deste ano, olerecendo oportunidades para os desabrigados peco do Brasil. A iniciativa surgiu quando os pais. da nteccoppe. que participou da lormaçào da cooperativa Novo Palmares, as enchentes de fevereiro. "Estamos la- /endo um cadastranicnto de mao-de-obra nas comunulades da Baixada de que mantém mantem a escola, buscavam alternativa naiiva para fugir dos tubàrm \ do cusi- cm \ argem Grande. Jacarepaguá. A partir desse cadastro, "Esvi "Depois, região ainda vai revelar muitas no. fomos adaptando a e>trutura a bbjetivos objetivos mais amplos. alirma vamos encaminhar as pessoas de acordo iniciativas em outros segmentos", aposta A incubadora de cooperativas e lor- com suas habilidades prolissionais. Antomo Carlos la/an. um dos intearames do grupo, que comemora a sede mada por um grupo de pesquisadores e afirma Ricardo Penha dos Passos Miranda, coordenador do Comitê de l or- própria construída na rcgucsia, cin professores da Coordenação de Programas de Pos-Graduaçào de Engenharia maçào de Cooperativas da Acija, A Ca- A escola oferece vacas do materna! ate, v seril Seaundo -" " tanuo. mieuu.va *«*. - = a 3 série do Segundo grau. O custo da Universidade Federal do Rio de Janeiro. " «npregos terceira... mara Comunitária da Barra esta adotando iniciativa semelhante para gerar pelo.nuracro do dunos. total e rateado numero de alunos. O valor atual é e dc de Ri 160. WJ Todos Kkhs os No pnmeiro ano, eles elaboram pes- empregos para a idade. Sobre as ondas, com a graça VLUZO! R 1R Flutuando sobre as ondas, ela insinua evoluções de uma bailarina. Não è por acaso. Durante muito tempo a windsurfista Beth Modesto ficou dividida entre a prancha e a sapatilha. A trilha sonora de suas exibições merecem uma sonata de Bach. Não è á toa. Desde os 5 anos de idade, quando começou a tocar piano, è o seu compositor preferido Aos 37 anos. mãe de dois filhos, a atual campeã brasileira de slalom (prancha média) e líder do Campeonato Brasileiro de \N indsurft optou por fazer arte no mar. Da Barra, onde mora ha 12 anos, visualiza as ondas generosas que conseguiram seduzi-la. "Depois do Havaí, aqui è o melhor lugar do mundo", empolga-se. Seu point preferido è o trecho á esquerda do Hotel "O Praia Linda vento daqui è perfeito de uma bailarina Praia do Pepè. ela poderá demonstrar sua performance para os moradores da região. "Vai ser uma grande festa. promete Segundo Beth. o fato de o campeonato estar sendo realizado pela primeira vez em vanas etapas, permite que o atleta se apresente em outros estados, garantindo maior espaço na midia. "O desgaste é maior, mas tem suas compensações", diz. Ate agora, ela já venceu as etapas de Fortaleza, Fioriaiiópolis e prepara-se para disputar a terceira etapa era Vitória. Sua trajetória no surt" começou quando tinha apenas 15 anos. A primeira vitória na modalidade slalom, foi em 89, no Campeonato Sul-Amencano. O slalom é ideal para quem gosta de velocidade. Mas o pique não se esgota nas competições. Beth sempre reserva fôlego para se divertir. "Gosto de dançar reggae, ouvir as músicas da Fernanda Abreu, assistir a shows no Metropara velejar nas ondas. completa Capn lim r i da corniana. Beth tem mania de fazer varias pol.tan ou ir ao Lokau. enumera. Fora coisas a» mesmo tempo. Mas sabe escolher Barra, «seus fins de semana são "«em Buaosseus caminhos. determinada Quan- Formada em Educação Física, com es- Búzios. "Sou dntiic dedico a alguma coisa, vou ate o A escolha do windsurte partiu de um pedalização cm Graz. na Austna. Beth ja btfiumento mais forte. "E o tipo de esporte morou em Londres. tália, Holanda. Havai. Califórnia e Nova orque Nessas idas que entra na veia e você se apaixona. s;ir attorças da natureza gera uma sensação e vindas aprendeu a falar cinco idiomas n.íi:mtítível". revela alemão, francês, inglês, espanhol e itauano. dezembro, quando a última "E etapa preciso ter cultura para aproveitar as * estiver sendo disputada ra coisas boas da vida", ensina. dftcpmpèin.itf 1 \ m.ilik". f jjj$jfl 0 fr*i j/jy"** v-hra K-* "* - WBr *""m **affwii M. i Cooperativa Eáwacional da Região de Jacarepaguá foi enacia parajugtr dos preços cobrados /» _

54 JORNAL DO BRAS1 BARRA QUNTA-FERA. 24 DE OUTUBRO DE Os segredos iimntlf novuhulc da Akxc a bu u lcta trmdru a con>,n,nuiori:uita da boa forma sao Folos Luis Alvamnga Bicicleta ergométrica computadorizada, musculação personalizada e aeróbica com funk e salsa são as novidades nas academias Fotos do Luís Alvaronga BlClCleia_ergumc_ Com im situa- ADRANA MORERA Aline Senna, 15 anos, que faz nada Com isso, pode reproduzir menos que duas horas diárias de ções como se estivesse percorrendo Uma olhadinha mais criteriosa no espelho pode ser o início de uma ginástica na Rio Sport Center. uma ladeira. grande preocupação. E quando se Enquanto a mulherada malha "Ê uma ginástica pedalada-que percebem aquelas gordurinhas índesejáveis que comprometem o vireia, os homens procuram definir aumenta a capacidade aeróbica e até ficar com um corpinho de se- melhora o condicionamento físico, P%pÍÈ0: suai. Justo agora que o verão esta os músculos, assim como o de uma fortalece a musculatura dos braços se aproximando. Mas ainda na escultura grega, nos aparelhos de o musculação. "Em e geral, os pernas", explica o professor Juan garotos tempo para suar a camisa Sosa. Ginástica e saúde são sinònimos na Akxe. Os sócios tem direito, e deixar fercm aurnentar os bicepes com corpo com silhueta de dar inveja. ievantanlcnto de peso", diz o pro- agora, ao cartão Cuide-se. que da L v «Para acompanhar as exigências Amar0 August0. Ele. no endeste exército de mllmores, as flerta 9K que os exercícios de demia. ( <; " ; direito a consultas médicas na aca- i academias da Barra estão cheias de muscyiaçã0 são individuais e deinovações para a próxima têmpora- sob q controje jos Os templos de culto ao corpo profls. da. Equipamentos superaiodernos, gpf distensões e ouginástica que imita movimentos de ""1.., também reservam espaço para.. animais e até aulas exclusivas de tros danos à saúde. quem não está disposto a definir o malhação sao novidades para pro Para quem não quer perder calorias levantando peso nas salas de corpo em aulas superlotadas. Na m var que boa fornia depende de muito suor e esforço. Academia KS, na Avenida Armando Lombardit o musculação, a Rio Sport Center personal training tem outra novidade para o verão. virou mania. E a malhação exclusiva, na Com tantas opções, só nao malha quem quer. A procura por gi- Sacudidas pela música, uma legião qual o professor aplica uma série de exercícios a um só aluno. nástica localizada c musculaçao de malhadores descobriu como se "È o caminho mais indicado para atividades que exigem força para a livrar dos pucuzinhos com as aulas de aerofunk, aeropagode c aerosalsa e merengue. Os exercícios asso- quem quer chegar no verão cm boa forma. Os resultados surgem já nos definição das curvas prometem AlewmNwewwww " "**t 1 } 4 L fl ser intensa na Rio Sport Center. na ciam a tradicional aeróbica aos ritnios dançantes. primeiros 30 dias", ensina Fábio Dazzi. coordenador dc musculação Avenida Aírton Sena. A academia importou, há cinco meses, aparelhos da empresa italiana Tech- Descontração "E da academia. A busca do corpo uma grande diversão. A gente brinca e bem modelado, segundo ele, deve ser moderada. Fábio alerta que o riogym, a mesma que montou um ao mesmo tempo emagrece. conta uso de anabolizantes e esteróides ginásio para os atletas se exercitarcjti em Atlanta, durante as olim- a advogada Cláudia Pepe, que aderiu à inovação. Apesar da descon- para aumentar a massa muscular piadas. "Chega "As causam sérios riscos à saúde. o verão, as mulhetração que os exercícios propiciam, academias se preocupam em asso- res querem estar com tudo em cima e os homens os os músculos á mostra". conta a empresária Cláudia Barros. dona da academia. As bi- Setas são computadorizadas, equipadas com um painel que informa o número de batimentos cardíacos t a quantidade de calorias perdidas com as pedaladas. Os aparelhos para aumentar a massa muscular, no entanto, transformam a academia cm um verdadeiro templo de culto ao corpo, um dos equipamentos mais disputados pelo público feminino é a mesa glútea. ideal para enrijecer as coxas e deixar o bumbum mais modelado. "Quero gear o máximo para quando o verão chegar", diz animada Ginástica natural é alternativa mitar os passos de um macaco, saltar como um gato e andar igual a um tigre fortalece a musculatura, aumenta a flexibilidade e alonga o corpo. F a ginástica natural baseada nos movimentos de animais, desenvolvida pelo professor Álvaro Romano, o Alvinho, na academia Akxe. As aulas dispensam a tecnologia dos aparelhos de musculação e prometem virar mania no próximo verão. "Os exercícios sào praticados com a força do próprio peso do corpo. Ê um tipo de malhação que faz bem para o espirito. Relaxa e transmite paz", ensina o professor Alvmho. -\ proposta de um exercício alternativo está fundamentada nos métodos da íoca aliada à técnica "Assim, oriental do jiu-jitsu. a ginástica possibilita movimentos para estimular a respiração, alongameruo, flexibilidade e o equilíbrio", explica Álvaro Romano, que esta o professor João Baiano diz que a "Procuramos ginástica funciona. reproduzir na academia aquilo que faz parte do cotidiano das pessoas. Assim, quando alguém estiver cm uma dancetcria. pode se exercitar sem problemas. diz Já o concorrente Marcelo Sampaio. da Akxe, foi buscar na California, nos Estados Unidos, a novidade para sua academia: o Farilck Çicíc Training. Simplificando, sao exercícios feitos sob uma bicicleta ergométrica computadorizada. A ginástica virou febre nos listados Unidos", garante Marcelo. Ao praticar o l~iirilck. o aluno varia a velocidade da bicicleta de acordo com a orientação do professor. sobre a ginástica natural na Universidade Fstácio de Sa. ciar ginástica à saúde. Uma dieta balanceada, livre de medicamentos e também a melhor maneira dc manter a forma", recomenda. A mordomia do personal iraining tem preço à altura: as aulas não saem por menos de RS 30, a hora. Mesmo assim, há quem não se importa em pagar caro em busca "E de um corpo perfeito. muito melhor. O atendimento é pcrsonalizado c não se corre o risco de la/er um exercício errado porque o professor não sai do lado", disse Sônia Kovacs. A empresária contratou o professor João Carlos Mendonça, que ensina com exclusividade os segredos da ginastica. Akxo Avenida Canal de Marapeiuli Tclj 5-323: A novidade e a aula hirtlck Ot/i Traning, que consiste em exercicios na bicicleta ergométrica. A academia aposta na ginástica natural. baseada em movimentos de animais* Rio Sport Club Avenida Aírton Sena Tel.: Musculaçao e o lorte da no\a temporada. A academia importou equipamentos de uma empresa italiana, responsável pelos aparelhos utilizados na Olimpíada de Atlanta. A ginástica aeróbica acompanhada de ritmos dançantes também è destaque. Academia KS Avenida Armando Lombardi, 663 Tel ) A moda para a nova temporada c o personal training, com atendimento exclusivo de um professor. H5L» srm cv * «*r.v.,.,,si- BLr*...-.* H _ - rs..... " ", jimp*. TT* ; ik. 1 # M l; u- m%$m. msm?m -4Bw».-.,. -WH, " > %:.i- * 1 HfilS m-. cmmmk».# 1 W m M$mk i m & $i tag im, & H! :$M\ -?-& H- r ft riti sxv* Além disso, Álvaro foi estudar na França a \ ida do homem primitivo. Depois de longas leituras sobre o assunto, ele desenvolveu exercicios que associam saltos, rolamentos. fle.xòes, rastejamentos e muitas cambalhotas. A idéia deu tão certo que Álvaro Romano 40 anos e um corpo de KL * %&*&*&& r - dar inveja a muitos gyrptsr garotões dá ml f, *. 1 ft -» T " *W aulas de personal training em lugares como a Estrada das Paineiras e iimiiii,:%fti até na Pedra da Gávea. A ginastica.slclii4 KfcriSsu. A S natural já conquistou nomes lamosos como o ator Marcelo Serrado e o cantor Evando Mesquita. Com o roqueiro da Blitz, Alvinho ganhou o prêmio de melhor coreografia na peça F.ros uma vtc, feita a partir de movimentos de animais. Ele tambem utilizou os fundamentos da ginástica natural para coreografar a expressão corporal do personagem Peri que o ator Márcio Garcia interpretou no filme O Guarani. Queria criar um método, onde as pessoas pudessem se exercitar integrado à natureza", cqnta. Fie e capaz de reproduzir com perfeição ONDE SUAR m&jaul 4 uisi-k;-?#1n iijw t.<.«< JP, * 7" ><-iiifsy1 JgB jf jt f " i?.-*!"*4 -«** -:S%."**1? *. - " *.?...".A. "*.?* v * " uk r.v 1">. V * v " - - t" ft,v --*, mtk&-ti - ; v -..-., v, ;-: -.. "./, -. ~%-t **"& 4.».» v V * "»* t,. TV7,» v.r - i*1, - * -. v " - -- i. _ -2v.,.. *? * JT. i;- - i V " f- "* / V --V * *. : /..?, "t!< " "»- " 7 *.<;-> viltos de sapos, gestos de uma aranha ou de uma cobra pronta para r; iniiln nem mofe&* Álvaro Romano como uma alternativa no mão dos principais movimentos da ginastica natural, vidicada pi to projesspr «

55 ... SQfflHB *-rf214. metr-n B>3_ -jmadememdria RAM. expansive! JNkJjMgr ll!nj h3t«!b[ r \ i "i f i Ol?/ A Co -MmV EmORESCB14A U1?MuinAcJ» t GARANT1A GARA.fcíTlA *1 1S b W Df 3 ANOS AfiOS M Wi; illjllxdfca contooleremoto g. aissb jaipw -josso CAS *. yl m Bfn u-svga Color 0.28 mm dot ü/icco CASAS /V_ pitch f \/Sf</V Hx,ela Portuques ngtd e Espannol Connote if«?w* tzac mxbb;sbz preco DJU-4A re oo a vist a ooektradabs 139,40 WfctA x3_a-z_-/ i +15, RS 28,90 menses TOTAL A PBAZO:Rs2.40 +lf 139,40 MENSAS TOTAL A PRAZO: RS Vl5T*\ 4 /\\ EM / 100p*as TV PHLPS 14" EM CORES GL-1019 COM VHF/UHF monitor E CONTROLE REMOTO Quant loopí-»* Quant "esso rs 378,00 avista b SS il S L A ou emtrada rs 35,20 TT irtp ; +15. RS Bspanw., ttcma do Jjuste com Wl cona* %* *>>* * totaita + rs 35,20 MENSAS pillflllfflfltwbs M TOTAL a PRAZO: prazo:. / / \ \ \V rs378,00 av-staouentbadars35,20 rs 563,20 i v\r\( tv-af jiftttj *15. RS 35,20 mensais total a prazo. «s < TV tv CCE 14" 14 EM CORES oui+4«rs 75,60 * J\ i r** }, ji _ji fi [ l j! oui+4. RS 75,60 mensais sem acr scmo HPS-1J81 OU 1+4. RS HPS-1481 COM VHF/UHF MENSAis sem acrescimo J r~. M * 1 ] V. Ji_-V_» SfBOSSSBMSS TV w MENSAS SEM ACRÉSCMO E CONTROLE REMOTO / C* BAYSONC17" ÜuaoJ 10C p«* B PRETOEBRANCO RS 338,00 AVSTA GARANTA OU ENTRADA RS 31,50 DE 1 ANO RS 31,50 MENSAS TOTAL A PRAZO: RS 504,00 EGARANT1A OU 1 + 4, RS 67,60 MENS/ jjjjjy fpp w sai ACBÊSCMO Q PHLPS TV PHLPS 20" l-ia/lü J ití LóíiiLlií EM CORES GL-1049 COM VHF/UHF E Ou «xf compro em <* ló pogomento» i*5), CONTROLE REMOTO Quant 100 í * joçcmíf).to cio de coreto c m demeu o codc 30 áoj p»r,*» cpei o compra, c jura boixos. FS 458,00 AVSTA fr-cj oueldo OU EMTRADA FtS 42,60 *mmjim TV ZENTH 21"EM "EM CORES re 330,00 avbtaouentoadars30.70 < WtKSjMXSSS +15*RS AR iRS30 70 mensais total a prazo-. ns h 42, STEREO COM VHF/UHF mensais mm***1 E.5,nsjut/w <! MENSAS E CONTROLE REMOTO CCE.2(TEM CORES_ TOTAL A PRAZO: prazo 09o" Quant 100 TV 20" EM pw;** MESASSE* acmscwo HPS-2080 COM VHF/UHF HS 681,60 RS 510,00 AVSTA E CONTROLE REMOTO STEREO OU 1 + 4, RS 91?60 00 ENTRADA R$47,50 MENSAS SJEM ACft SOMO MONTOR RS 47,50 MENSAS RS 398,OO AVSTA TOTAL A PRAZO: RS 760,00 CX J Em RADA RS 37, OO OU 1+4. RS 102,OO 16» P.s 37,00 MENSAS MENSAS SEM ACRÉSCMO OTAL A PRAZO: R 592,00 j ou 1-4. NS 79,60 mensais flh COM CNJggQQ AVStaouentradaRS37.W < H- TV tv zenith ZENTH 29" ou 1 -Hi. RS MENSAS SEM acbescmo d EM CORES T BT 29" th STEREO COM VHF/UHF SYSTEM LENOXX rfvcce TV CCE 5" EM CORES- EOONTROLE CONTROLE REMOTO STEREO M LEO SYCB520LCOM CB-520 COM VDEO TVP-55.COM VHF/UHF Qu, STEREO SflMMlH DUPLO DECK VÍDEO CASSETE E BADOAWFM RADO AM/FM CCE VCR 88X COM re 860,00 A vsta MONTOR monitor Mm UJ eontoe RS 328,00 AVSTA CONTROLE REMOTO ajefftradars80,00 K 156 j) OU ENTRADA RS 30,50 RS 156,00 AVSTA RS 398,00 A VEA OU ENTRADA RS 14,60 ou EÍÍTRAOA RS 3 7, OO,15. RS 30,50 MENSAS TOTAL A PRAZO: RS 14, RS 37,00 MENSAS MENSAS Ri 188.OO TOTAL A PRAZO RS 592.OO TOTAL A PRAZO: JZZ:79,60 MeeAis 1.4, OU 1+4. RS 1 J.,vru MENSA.S sem acrescimo - ou RS OU RS 65,60 o RS MENSAS MENSAS SEM ACRÉSCMO MÊWSAíS ou 1+4. n J,tsSlJiO rs 31J20 yj sal ACHfesaMO..gggsgsBh. SEM Acpéacêão Quant ioo GARANTA DE 1 ANO MENSAS SEM S M ACRÍSC*10 ACSteCJUC g22jjjgjggj.- ACWfeO"0 COM GARANTA CASAS BAHA»PRONTA ENTREGA GARANTA. RÁDO RELÓGO SANYO ATE SEMVOX RS /01/2001 MEsa COM comluminaria LUMNÁRA il MESA RACK rack la BRASFORMA MBR 1.9 VDEO rso,u/aa RS otuipaffi 8/10 parabouca 1S,00 RS 42,00 AVSTA VÍDEO GAME TEC TOY ANTENA AVSTA ou tmpa/ja RS 8.40 MASTER SYSTEM PARABÓLCA Quant. t00p«ça* - "Sr40- creceptormanual d.ooavta Mi/SEM S 4. RS 8,40 utfrttó PLASMATC PP 165 COM RS 176,00 AVSTA //SEMVOX TV KREY 20" EM CORES KTV-ToE20 VHFAHF total.,rt2mo Receptor n«ffiamena de sateliie rp 205 buper pa,asi ou OU ENTRADA entoa35,20 RS A menor antena PS WALKMAN SEMVOX KTV-2020 COM VHF/UHF parabólica 21/22 K- fern (xm a airthorjatf** *" melhor recepção tfc tnagem vl. >k,*» 35J20 PS-1221«AU. \\==:S=: avista ****> RS 35,20 MENSAS í-1221/22 AUTO REVERSE E CONTROLE REMOTO 100 & <;-*» RS A VSTA fs43,w at AVSTA rr ouekmadabs32,50 SBi ACKfSO RS 45,00 AVSTA RS378,00 avista entradafs W ;j*j ENTHAD. " ~" ~ 32,50 sai ACRÊsca<o ENTRADA RS j tl5«total. "176 OU ENTRADA 9,00 TOTAL: as OU ENTRADA RS 35,20,15. RS 32,50 MENSAS i +4* J.»<9,00 RS? 15«Ri35fJ-(J -*,aa L " TOTAL A PRAZO: «* hs 520,00 MENSAS RS 35,20 MENSAS 3?fffT3fWyKf?ffnnTT!*S ACRESCJMO Ouant. total ou 4.», 69,80 mensais toediro.\5m.yr.-l\ P ÍLWDO E SEM ACRÉSCMO TOTAL A PRAZO: RS total: rs 45,00 OU 1+4.RS 69,SO MENSAS -Hi. 75,61/ SEM*CRtSCa«0 WT SLPEB FAClLtt.WO. COJWllOl." TOTAL: RS 45,OO 100 Quant. o*ça» OU 1+4. RS 75,60 MENSAS ACJíÊSCaaO SEM ACRESOMO ACRÉSCMO to,0rttor,..r0 gr*a.. j 1 c :...( ( ***".~,T77> 1 lj* - A% <-*0 m 5- o»,ncl To au cat* > in<j"

56 DEaltressaowapjxJy.iAi FOGÃO CÔNSUL ( RS 196,00 A VSTA CALCULADORA AGENDA TCE C-706 Ou»nt >00 l*»," RS 27,00 AVSTA ASPRADOR ELECTROLUX \ 1 itgi TORNADO A-170 HpP* ij T"j j j 1 O >< H <o < h (/3 LU t/5 O a<t c aspirador WEROMAR COMPACT O) ( > 04 < o o o< m < wtu - < id O) *T CM UJ Q </) < ḎJ < >(/) < H aai L o RS AVSTA J4 j ~\ / i _ RPr-\ \ OUENTRADA US J Y O J ft&jyjgsm, PrsS KT FERRAMENTAS TOOLS 101 PEÇAS Ou*n< «00 p«k tt 57.OO A VSTA OU ENTRADA RS R 1 l,40mtn«a» SEM ACRf.iClMO TOTAl RS MACACO - HDRAUUCO FLOOR JACK 2 TONELADAS COM MALETA RS A VSTA OU ENTRADA RS * RS 10,80 MENSAS SEM ACRÉSCMO total rs 54,00 ~jnij *5? mj \ :"U rs 54,00 A VSTA OU ENTRADA rs s 10,80 MENSAS SEM ACRÉSCMO TOTAL: rs 54,00 FERRO AUTOMÁTCO BLACK & DECKER VFA-1110 RS 25,00 A VSTA SANDUCHERA SNGER SMS-1 RS 18,00 A VSTA OU f NTRADA RS 9,60.~9,60«HSAtó S M ACHÈSOMO TOTAL HS 48.OO #1 Oa»"i 100 \ H rm H in f» J VELUN F8005 /. / \ Ou»nl 100 P*Ç»«.fSSWtfK TOMTUOOl *? -.* NOSS 7<f-o scwdo A enwada no Aro da 18,00 4SE.:Mi rs 93,00 A VSTA gjjjy "" FOGÃO DAK ou entrada rs 18,60 ENCERADERA MAGSTER 4 BC ELECTROLUX B-60/61?4, RS 18,60"nsa» «. *c«t»c««cacto RS 136,00 A VSTA sr-t"- - /" total: rs 93,00 OU ENTRADA RS 27 0 «4».«27,20 M 8HBT rs 298,00 a v MÁQUNA DE WÀUTA / ** í.om (strinha total: rs 136,00 Consulte OU ENTRADA RS p»<.15, RS 27,SO ESCREVER OLVETT LETTERA 82/25 Uuant 100 p*«. * Ort» RS A vta S V J 100 Ouanl OU ENTRADA RS Z»,w " 5 (MÇ*» AR CONDCONADO n. 4, RS 28,80 MENSAS CÔNSUL A.MASTER M SEM ACRÉSCMO 14 MEGA MASTER HBB 7500 FRO T í total rs 144,00 WALTA NOVO TURBO CRCULADOR RS 123,00 AVSTA espremedor! MALLORY 30 CM ÍS 548,00 A VSTA OU ENTRADA RS n OU ENTRADA RS 24,60 SNGER EFS-1000 Quífrt 00 P"K»» RS A VSTA +15XB, 51,00 j MENSAS TOTAL A PRAZO RS 816,00.4. H ~""5 "" AOtÉÍOMO rs a vista OU ENTRADA RS 8.40 oj 1-4* rs 109,60««« TOTAL: RS ou entrada rs 7.20,4» RJ tfwalta LQÜDFCADOR.4. hs 7,20--- MENSAS SEM ACRÉSCMO ROMA Ou«nl 100 p«k«* total: rs 36,00 TOTAL RS Qxj#r.l 100 ] EiE3 ÍCK) E nju?rf8ww H jy..- - JH\ FURADERA BOSCH SUPER HOBBY COM KT HS 88,00 AVSTA ou ENTRADA RS x RS 17,60 MENSAS Ouanl SEM ACRÉSCMO ui Qu*(>t 100 p,»» FERRO BLACK & DECKER A VAPOR PFA-1411/1511 RS 42,00 A VSTA OU ENTRADA RS 8.40,4, RS8,40" "-a-!»a<»esc«0 TOTAL: RS CAFETERA SELD. 20 CAFÉS rs 54,00 A VSTA OU ENTRADA RS X O, 8&<f A,-> total rs 5i.OO *w MAX DUCHA LORENZETT PLUS 220 VOLTS OO P«K** RS 14,00 A VSTA 100 Qu»"l pts»» NALADOR ULTRASONCO US-800 BVOLT RS A VSTA ou entrada rs 21,60 A ««21 60 MENSAXS se* ackí»c**o TOTAL: RS VENTLADOR MALLORY 30 CM LUXO RS A VSTA OU ENTRAOA RS 8,00.nsS.OO""5"1 total: rs Guaianoies (SP) Shopping Tijuco (RJ) Shopping idlamand (MG) Shopping Def Rey (MG) Londrina (PR) 1 Poá (SP) Ribeirão Pires (SP) Assis (SP) Parque H São Lucas (SP> Blumenau (SC) FORNO MCROONDAS* SrarTAL COm"p R ATO GRATORO 36 LTROS RS A VSTA OU ENTRADA RS , RS 31,50 MENSAS TOTAL A PRAZO RS 504,00 NAO PERCA A OPOPTuWfOAOE DE FtCAfi SOCiA CESSE CXüBE in OU W,Bs67,6ftee«FORNO ELETR1CO NARDELL firenze 40 LTROS Qu*nl 1ÜC W* RS 184,00 A VSTA OU ENTRADA RS 36,80 +4x RS 36,80» SE» *c«esa«o TOTAL RS 184, OO voce GANHA MAS t UESES Cf GARANTA LAVADORA PLENNA. GRAN LUXO AUTOMATCA -2 mvs M SãÀiiÂ}tíb\ « A VtSTA OU ENTRADA RS 21,60? 15. RS 2 1,60 MENSAS total a prazo Rs34a.cn/ ou 1+4. H5 4ó, 40* DEPURADOR SUG ST AR 0.80 CM RS A VSTA,4,«l6,80--«< -.15, RS & OU

57 )CONSULCPA-50A4BOCAS CÔNSUL CFA-50A 4 gj REFRGERADOR. r3 electroluwwsimo EC Electrolux ELECTROLUX/PROSDOCMO.SPBjlgl Líder Lider mundial em eletrodomésticos eletrodomestlcos R LTROS O A a VSTA OU ENTRADA RS 39,20 fj 0uan,; posooomo! L af Quant.1 100,00 peças was j 9,20 MENSAS MENSAtSSEMACF SEM ACRÉSCMO SCMC( Quant 100 p«*;;»s RS 57*00 578,00 À A VSTA TOTAL: RS 196.OO Quant. 100 J?* oo,,-oop!fu3g RS ou ENTRADA RS 53,80 prigerador gift Jftfjg +15x +15xRS rs 53,80 53,SO MENSAS menses TOTAL A PRAZO: RS 860,81 TOTAL A prazo: r$ 1.560,00 r, FOGÃO CÔNSUL cr-rdninv/ - «K j CFA-76A 6 BOCAS mensaissem ACflfeCWOFREEZER FREEZER ELECTROLUX/ -A SKSttHBSS Ví»-xwí «~<j* cio vidro temperadoouwxrs*»wmtlw ou 1+4xRS Al PROSDOCMO PROSDÓCMO..Ej*3W ; ;.. RS rs 328,00 ã a vista """!, 1.1 MOBSKj,-kJ ou entoadars F LTROS OU ENTRADA RS , ELECTROLUX REFRGERADOR Jdti 11 s - +15*r$ 15x RS 30,50MENsw MENSAS Quant. 100 peças ELECTROLUX PROSDÓCMO prosdocimo g"b l ---- i. SSfHS t total a APRAZORS prazo: rs 488, ««..... D-33 D.33 fmi " " S ps A 4PS1H j S JC,:r+4lfS 65, O-, ««- 327 LTROS iye- RS 498,00 À VSTA MENSAS SS4 AC«É3C»O Quant, M OU OU ENTRADA RS 46,41 46,40 gggh.j RS rs 898,00, Mdm 1 OGAODAKO OGÀO A VSTA ;TnAtrada +15xRS MENSA.S J 1 i lster *= OU $$0 ENTRADA fclfssh RS 46,40 MENSAS STER 4 BOCAS TOTAL 742.4<f H MUg* j rs 83,60 TOTAL A PRAZO: RS 742,41 Quant QwrLj +15X +i5x RS rs 83, lm C$0 tt*" j 1 OU ou 1+4x RS 99,60 SMBPP j 2W00 VSA MENSAS MENSAS SEM rzo. MENSAS JEMACRESCMO ACRÉSCMO 298,00 A VSTA MTRADA RS 27,80 TOTAL A PRAZO: rs ,27,80 MENSAS BBl TOTAL A PRAZO: ou 1+4x FREEZER CÔNSUL RS 444,80 mensais rs 179,60 HA-31C 310 LTROS ou 1-t4«MENSAS SEM ACRÉSCMO Quant.: 100 peças rs 668,00 avista ou entrada rs 62,20 +15x RS 62,20 MENSAS TOTAL A PRAZO: RS 995,21 FOGÃO ou i+4x RS 133,60 CONTNENTAL PRNCE 6 BOCAS PROSDOCMO mensais ACRESCtMO HD FRONT LOAD MENSAS SEM ACRÉSCMO LE05 v «ss o 1 jiss Cônsul* W,W1" Consuls «W?S3S 1 TOTAL 6 PRAZO: RS 64J./ , S.RS ,10m,.» " PRNCEBOCAS MKUl i móveis M&VE1S EM em ioism ADOR SUGGAR.80 CM j***"1* LAVAD0RA LAVADORA J a vista uucr.1 entrada 1630 PRNCESS TANQUNHO TANOUNHO ) A VSTA OU ENTRADA RS lt>,&u ENKUTA ; princess fs HO» CNSAJSSEWACJSC»!0 TOTAL RS RS 89,00 A VSTA : i «atfisssge ou V --««ENTRADA RS 8JÍO " sattksst aaiiii M BM D 1 ANO *S,rs 8,30mensais TOTAL A PRAZO: RS Cju.liil 5x rs MENSAS ife 2»#ste" S&~9L._ i!to TOTAL A PRAZO: RS 132,80 ou 1+4if0..,STADO 17.M»SA8 - JT" POBTADO,Wr ttt.. SCsersrT! ]- - fwbh:fth ViSCOrtfe(fe/ 4b nimn pbonta pronta 0_,. j. ),\ \.awbwi«feto»ci?5 SkC;;;- entbega ENTREGA RFUL CENTRFUt SSSfomtBhba fl 9. refrigerador A P1 Cderou s DE ROUF1 L-:! FRGDA1RE FAtT FRGDARE SECADORA -Jk DUPLEX, -K2. o.. DUPLEX MRT-13 brastemp BRASTEMP Quant. ocs. vascansos,lu*euroawut. flg frost free compacta luxo \ Vasconsefos, Tíí CAMPOQMÊX FROST FREE COMPACTA rji CoroneiAgostttto. BSC LUXO rs v.a.auja Rua Coronel Agostinho, LTROS BSC 24END/F rs 166,00 a vit RlJ2 Aitreao ps a vista.ou TBtEajfOUS:RtjaDetin ALCÂNTARA: Rua AVredoBacker, 110 VOLTS NA RS 676,00 A VSTA ou entrada rs /785 * m*esópou&jdei?v COR BRANCA ou OU ENTRADA entrada RS rs 62,90 ; j +15xRS +15,rs 5,5f 15,i>V Moc&ra, 262/258*CMP0S: L- RS rs 898,00 A a VSTA vista +15xHS mensa,s j jj OU RS TOTAL gf5tal Rua Teotonõ Ferrara Araújo x RS 62,90 MENSAS MENSA 248,OO ; ou ENTRADA rs 83,60 OTAL tmsw+wubut CASTÍHO: AvSutxjfbana TOTAL A PRAZO: RS A PRAZO:RS 248,0 15x Rs 83,60MENSAS a prazo. rs1337,60 k 135y2(k*> oo 1-H»«K.33r2(X<v<sAZ sa.acrtsc»o.vv 35.20,,SEUACJxaao pfe4104/4106 p/s 4104/4106 SxRS S.3,60 TOTAL A PRAZO. RS 00 oj 1+4» +4«RS re 179,60 MEKSACS WtNSS bj34a ÍÊ t>a4 ASCKC

58 , A VSTA COSTURTRSETA COM MOVEL DSC LASER RS 258,00 AVSTA q. i " TOTAL» "**-» ftwia fjabbshbill CONTROL!E imar""*" A PRAZO: rs t; PHLPS philips, JB&BSa "MSW?*. REMOTO fuac. 7«ifflB... WBWBWEa roxnn ijam TgiSSH ll:: Sss ou 1+4RS <,<51 ** i>w 60 tn w Will, "-* ""- K RS268,00 + AVSTA ouomwdabs.w :**(.-i- mensais S W ACRteOMO < 15. «S 25,00 MENSAS TOTAL A PRAZO: LNGER r jfg jggglj J&m mi 1+4. RJ MEHSASSalACTaCMO ; gf J»«tMPW {Si* (OSTL1ALnW t UM A» W AMOt A»** 5 MAQUNA t "/ *"* MÁQUNA DE COSTURA W SNGER ZG ZAG FACLTA RÁDO -: 2343/749 COM MÓVEL j gravador wêêêêêêjfxb%!j- RS il gm9 g-j-gpgq CX ENTRADA 369,00 AVSTA STEREO -ihmes&i- :afl ÍM OU ENTHADA RS 34,40, L-:~fl,. t! SEMVOX iiiipíliffrpmg3f +15, RS MENSAS» B PS 33 6J.00 t flk auista oueimauais 2.60 «o:«5sm0 f SSlp,; PS-3320S,1ín TOTAL A PRAZO: m G J RS 63,00 A VSTA OU ENTRADA RS l*,w/ SYrnMMnUpLO SYSTEM PHLPS AS-325 DECK325 i ACRfcSCMO OU OU "H*" RS BS 73,80 jjjqj j +4, RS 12,60 MENSAS SEM ACHÉSCMO COM DUPLO DECK, SYSTEM LENOXX CTD-524 SSS SSSk -- 1gg MENSAS SEM ACRESCMÍ., J TOTAL: RS 63,00 CONTROLE REMOTO COM DUPLO DECK, -,. UU l-ftpa-s-dz- "WM FTA PARA l E RACK DSC LASER E RACK PK~ RS , rs vsta jyirfr í -_.j RÁDO R*D -G-R GRAVADOR r_gmln VÍDEO -"-- 358,00 AVSTA RS 298,00 AVSTA ptu?s yjufcwg]3 /V JO ou F&/,f*U áéhhbméia STEREO SEMVOX BtiFTmTjFtiili philips OU ENTRADA RS 33,30 OU ENTRADA RS 27,SO PCS-4230! mtmnpwê V W*7X fl T-120 / W O RS ,30 MENSAS! +is, 15. RS 27,80 MENSAS COM com DUPLO jhh BHH arit cxta NEBRATEL 3 TOTAL - : A PRAZO: TOTAL 59 A PRAZO: RJ TELEFONE BRATEL! BBP *4 0 5 LASER PADRÁO DECADCO RS 532,80 OU 1+4. R$ 59,60 RS AVSTA OU ENTOADA fsf RS 20,50 MULT1FREQUENCAL OU 1+-4* RS 71,60 MFNSAS Sf M ACRÉSCMO S «2 S2. p ;....,s.~o s.oo if AVSTA RS 20,50 MENSAS TOTAL A PRAZO Hl328,00 pi _>«250, l MENSAS SEM ACRÉSCMO Oui+4.Rs44,00 OU 1+4. RS 44,00 MENSAS mensais SEM semacr scimo ACRÉSCMO : p- qicicleta CALO Q MCRO,rnnWTEM SYSTEM is «S! CECARO 14/16 > gfflbsa kmgma SEM.VOX MB j, r>qk CADA RS 135 OO AA o SH Vsggpl SEMVOX COMcontrole MS-3121 fjbg o,j!*?af im COM *K remoj,b:vt CONTROLE REMOTO BVOLT HH - TJ L: qwmii ioo p,»> 9 RS90,00 avista pty S OU ENTOADA RS 18,00 i" " MNSAS-.S BCCLETA?a»L-4! < -""j1 mensais sem AcnEscMO Çiwew BANDERANTE TOTA BANCROSS TOTAL: R 90,00 MJ/SEMVQX POWER RANGERS ARO 12 RS AVSTA OU ENTRADA RS 16,40 MCRO SYSTEM SOUNDESGN +4, RS 16,40 Mf-NSAS 6987-B COM DSC S»4 ACtt&SCaíC LASER E CONTROLE TOTAl R$ REMOTO 110 MCD-633/53 «45800 AVSA VOLTS SYSTEM COUGAR -. COM DUPLO DECK. OUEntraDA RS 458,00 a vista ahh \ BCCLETA CALO MX-526/30 COM ENTRADA RS j5s BARRA FORTE ARO 26 3 S DSC LASER E RACK +15, DUPLO DECK E RACK RS 42,60 MENSAS i >i yt o CM».6 49H.OO A VSTA TOTAL A PRAZO: PHAZO: HS681,W RS RS J OO AVSTA p caí»rs CAOARS ,00 AVBTA VSTA OUENTHAOA RS 46,40 01 MENSAS SEM SEW ACRÉSCMO ACH6SOM0 { u\\ / f\\ EKTBAA 35,60 Z ouenthaoars i5x RS 46,40 MENSAS " i. < OU ENTOADA RS 35.6< RS 13,HO \ f \\ \ oc c/i RS 13,80 MENSAS TOTALAPRAZO: KV1-35,60-eHSAe a ktoi=4..y V. J 1 d TOTAL A PRAZO: RS HJ 220.SO 220,81 RS P A [flag ljh8 \ SE"sa00 2»«rTk.,1 i«oq60 ou- ) -H H*-- ou«-««- V V TOTAL.« w 5 ou OU 1+-4.R$29,60 RS ou1.4.rs/y,ou.; AUTO RADO 5 ACRESCMO MENSAS SEM ACRESCtMO AUTO RÁDO MENSAS SEM ACRÉSCMO Bk TOCA FTAS COUGAR BCCLETA ERGOMETRCA!"] Jtt*** i1" k SYSTEM SANYO «M CS-825 DGTAL M"AS2 MRALAGO M-28 M"28 SAfiYO dcx-850com kitauto Haf o-..w re25;24 RS 25S.00 y»t f DUPLO DECK. FALANTE ARLEN oueftoada RS24,00 AVSTA "A,<K" SG L AS E R, XART694 ENTRADA rs24,00 TR1AX1AL RS RS 78,00 AVSTA +S Ri24,00 RS MENSAS [ j/\\ m REmSTOERACK WOOAVTSTA OUEfJTHADARS TOTALAPRAZO H.MW0 f ENTOADA RS _ A PRAZO: RS 384,OO fn 1 OU FNTRADA RS , A 5y60 00**51,60 V «.RS +4. RS 15,60 MENSAS UtNSAS Síü ACKÊSOMO RS AVSTA 14,40 MENSAS SEM sacrfsomo ACflf SCMO \ BCCLETA V.> O oo KCH sc**g tot A p< 7«OO V X CHJ OU ENTOADA ENTRADA RS S3, TOTAL. H$ 72tOO TOTAL: RS [_ Quad/o VETTORE ARO 20 Quadfü em aço. ao. pintura laser QAniO PORTATL / cám *o c&/ttf*o shymark). stymaix) 18 marchas marcfus H RADO PORTÁTL +15. RS 83,60 MENSAS (TZmUT* COUGAR 3 FAXAS / RS 178,00 AVSTA \«TA > j AC-110 ou OU ENTOADA evtraoa RS 35, (A) OU > TOTAL A PRAZO: ZTAJ7% Pilha e MMnig filha luz RS ,,s35, RS 35,60 MENSAS u SEM SEM ACHÍaCMO KSSSCMO ou 1+4.RS 179,60 Rs24,00avBta 1 TOTAL: RS 178,00 VH-JV iogi MENSAS sat ACHtSOtO li.udualana 05 - NOVA GUAQU A. Ainar.ll Pei.olu. og y. ". Hr B amssstrf -5 U*JSS?25,ron-.rsySCrii7- V3S CASAS Cardoso ck».moraes "chado 35 - TJUCA R Condo de Donfim. J// B NLOPO. BARRA SHOPPNG: Av dab AinSiicas /C j BA4A c-doso. aa! MA-0ti%0 P%,t!irivfo, - total O WOO* m)nas : GERAS - JUtZ DE for A Lff l,.mkf ftfr* [32ZS3ÉÉEE1!S3ZSE3EZS3EB1ÍB55!E1E5SZ>

INFORME ESPECIAL ASSESSORIA PARLAMENTAR Nº 01

INFORME ESPECIAL ASSESSORIA PARLAMENTAR Nº 01 INFORME ESPECIAL ASSESSORIA PARLAMENTAR Nº 01 Elaborado em 09 de julho de 2013 REFORMA POLÍTICA DEPUTADOS DESCARTAM REFORMA POLÍTICA VÁLIDA PARA 2014 O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, afirmou

Leia mais

Quem reforma o sistema eleitoral?

Quem reforma o sistema eleitoral? Quem reforma o sistema eleitoral? O nó que amarra a reforma política no Brasil nunca foi desatado. O motivo é simples. Não há interesse. Historicamente, parlamentares só mudam as regras em benefício próprio.

Leia mais

DataPoder360 pesquisa nacional de opinião pública

DataPoder360 pesquisa nacional de opinião pública DataPoder360 pesquisa nacional de opinião pública agosto 2017 ficha técnica pesquisa telefônica IVR período de campo 12 a 14 de agosto de 2017 universo amostra brasileiros e brasileiras com 16 anos de

Leia mais

Bolsonaro vai ao Congresso e entrega proposta de reforma da Previdência

Bolsonaro vai ao Congresso e entrega proposta de reforma da Previdência Bolsonaro vai ao Congresso e entrega proposta de reforma da Previdência Bolsonaro entrega proposta de reforma da Previdência a Rodrigo Maia Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados Governo já havia adiantado

Leia mais

Democracia e Sistema Eleitoral Brasileiro

Democracia e Sistema Eleitoral Brasileiro Democracia e Sistema Eleitoral Brasileiro A democracia que conhecemos atualmente é um sistema político e governamental em que os cargos políticos são definidos através do voto. O seu oposto é a ditadura,

Leia mais

Atividade supervisionada de Assessoria de Comunicação

Atividade supervisionada de Assessoria de Comunicação Atividade supervisionada de Assessoria de Comunicação Turma 131 Professora: Cleide Luciane Antoniutti Integrantes: Diego De Souza Basto França Lidiane Da Silva Barbosa Dos Santos Lilian de Melo Virginia

Leia mais

Senado pode votar nesta terça-feira decisão do STF que afastou Aécio Neves

Senado pode votar nesta terça-feira decisão do STF que afastou Aécio Neves O Senado poderá colocar em votação, nesta terça-feira (3), a decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) que afastou Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato parlamentar e impôs a ele recolhimento

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS RIO GRANDE DO SUL OUTUBRO DE 2018 JOB0809-8

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS RIO GRANDE DO SUL OUTUBRO DE 2018 JOB0809-8 PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS OUTUBRO DE 2018 JOB0809-8 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo geral levantar um conjunto

Leia mais

Fundação da Ordem Social - SHIS QL 26, CONJUNTO 1 CASA 17 CEP Brasília DF (61)

Fundação da Ordem Social - SHIS QL 26, CONJUNTO 1 CASA 17 CEP Brasília DF (61) Análise de Conjuntura Política Cenário Nacional - Semana 18.09 22.09 Poder Executivo: o Pronunciamento de Temer na ONU: O presidente Michel Temer cumpriu, nesta terça-feira (19), a tradição que reserva

Leia mais

mesa: Reforma Política e Democracia Emerson Urizzi Cervi UFPR 20/05/2015

mesa: Reforma Política e Democracia Emerson Urizzi Cervi UFPR 20/05/2015 mesa: Reforma Política e Democracia Emerson Urizzi Cervi UFPR 20/05/2015 DIAGNÓSTICO Comissão Especial de fevereiro a maio de 2015 Relator: Marcelo Castro (PMDB-PI) -Foram realizados Seminários em assembleias

Leia mais

COMENTÁRIOS EQUIPE INSTITUTO ANÁLISE NOTÍCIAS ELEITORAIS

COMENTÁRIOS EQUIPE INSTITUTO ANÁLISE NOTÍCIAS ELEITORAIS COMENTÁRIOS EQUIPE INSTITUTO ANÁLISE NOTÍCIAS ELEITORAIS Eleições 2012: Partidos e Disputa pelas Prefeituras Como será o 2º Turno - Haverá 2º turno nas eleições de 2012 em 50 cidades do país, o que representa

Leia mais

A farsa democrática. :: portada :: Brasil :: Laerte Braga Rebelión

A farsa democrática. :: portada :: Brasil :: Laerte Braga Rebelión :: portada :: Brasil :: 11-09-2004 A farsa democrática Laerte Braga Rebelión A existência de uma justiça especializada para eleições, por si só, já é um fato caracterizador de arbítrio. Não há sentido

Leia mais

Todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta constituição.

Todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta constituição. O Parágrafo Único do Artigo 1º da nossa Constituição (1988) diz: Todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta constituição. 2012 é ano de o

Leia mais

19/08/17. Atualidades. Projeto de Reforma Política. Prof. Grega

19/08/17. Atualidades. Projeto de Reforma Política. Prof. Grega Atualidades Projeto de Reforma Política A Comissão Especial da Câmara dos Deputados concluiu nesta terça-feira (15/08/2017) a votação das emendas da parte da reforma política que necessita de alterações

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 41 Discurso na solenidade com membros

Leia mais

As propostas da Reforma Política que pode ser votada na Câmara em abril

As propostas da Reforma Política que pode ser votada na Câmara em abril As propostas da Reforma Política que pode ser votada na Câmara em abril Samir Oliveira Co nfira abaixo as principais propostas contidas no relatório sobre a reforma política que poderá ir a votação nos

Leia mais

"O BC não tem autonomia operacional. Só se a presidenta concordar"

O BC não tem autonomia operacional. Só se a presidenta concordar "O BC não tem autonomia operacional. Só se a presidenta concordar" www.istoedinheiro.com.br /noticias/entrevistas/20130411/nao-tem-autonomia-operacional-presidentaconcordar/148110 DINHEIRO? A nova regulamentação

Leia mais

FIESC. Clipping. Indústria comemora desoneração do ICMS. 13 de abril de 2018 Assessoria da Imprensa da FIESC

FIESC. Clipping. Indústria comemora desoneração do ICMS. 13 de abril de 2018 Assessoria da Imprensa da FIESC FIESC Clipping Indústria comemora desoneração do ICMS 13 de abril de 2018 Assessoria da Imprensa da FIESC Título: Fiesc e Fecomércio-SC comemoram redução da alíquota do ICMS - Data: 12/04/2018 - Veículo:

Leia mais

Comissão da reforma política aprova distritão e fundo de R$ 3,6 bilhões para campanhas

Comissão da reforma política aprova distritão e fundo de R$ 3,6 bilhões para campanhas Comissão da reforma política aprova distritão e fundo de R$ 3,6 bilhões para campanhas Modelo foi aprovado após votação do texto-base da reforma. Distritão divide estados e municípios em distritos e põe

Leia mais

DataPoder360 pesquisa nacional de opinião pública

DataPoder360 pesquisa nacional de opinião pública DataPoder360 pesquisa nacional de opinião pública julho 2017 ficha técnica pesquisa telefônica IVR período de campo 9 e 10 de julho de 2017 universo amostra brasileiros e brasileiras com 16 anos de idade

Leia mais

Brasília, quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013 JORNAL DE BRASÍLIA

Brasília, quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013 JORNAL DE BRASÍLIA 17 18 19 20 Po l í t i c a &Po d e r. 28 de fevereiro de 201 3 21 APROVADO NA CÂMARA Fim aos salários extras Agora, 14º e 15º salários só serão pagos no início e no fim do mandato Com um consenso forçado,

Leia mais

CONHEÇA AS NOVAS REGRAS DAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS

CONHEÇA AS NOVAS REGRAS DAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS CONHEÇA AS NOVAS REGRAS DAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2016 DE Novas regras das Eleições Municipais de 2016 Conheça as novas regras das Eleições Municipais de 2016 A Lei nº 13.165/2015, conhecida como Reforma

Leia mais

11/01/2016 Prefeitura prepara reforço em meio à crise

11/01/2016 Prefeitura prepara reforço em meio à crise Giro 11/01/2016 06:00 Márcia Abreu Em meio à crise, Prefeitura de Goiânia prepara reforço no caixa do Tesouro Em tempo de vacas magras, a Prefeitura de Goiânia vai tentar reforçar o caixa do Tesouro Municipal

Leia mais

CURSO MULHERES NO PODER LEGISLATIVO

CURSO MULHERES NO PODER LEGISLATIVO CURSO MULHERES NO PODER LEGISLATIVO Manhattan Plaza Brasília - DF 09 de dezembro de 2010 RELATÓRIO Aline Bruno Soares A Fundação Konrad Adenauer convidou mulheres eleitas para o Poder Legislativo a participarem

Leia mais

Redes sociais norteiam atuação de parlamentares no Congresso

Redes sociais norteiam atuação de parlamentares no Congresso Redes sociais norteiam atuação de parlamentares no Congresso Deputados e assessores filmam a entrega da reforma da Previdência pelo presidente Jair Bolsonaro, no gabinete do presidente da Câmara, Rodrigo

Leia mais

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE Rodada 114 07 a 10 de julho de 2013 ÍNDICE 1 DADOS TÉCNICOS 03 2 ELEIÇÃO PRESIDENCIAL 04 3 AVALIAÇÃO DO GOVERNO 13 4 EXPECTATIVA 21 5 CONJUNTURAIS 24 5.1 MANIFESTAÇÕES

Leia mais

Candidato - Partido (por ordem de exibição) Começa hoje a propaganda eleitoral no rádio e na TV

Candidato - Partido (por ordem de exibição) Começa hoje a propaganda eleitoral no rádio e na TV Começa nesta terça-feira (19) e segue até 2 de outubro a propaganda eleitoral na televisão e no rádio de candidatos às eleições. O PSB de Eduardo Campos, morto na última quarta-feira (18) em acidente aéreo,

Leia mais

CURSO FORMAÇÃO CIDADÃ DEMOCRACIA REPRESENTATIVA. Victor Barau

CURSO FORMAÇÃO CIDADÃ DEMOCRACIA REPRESENTATIVA. Victor Barau CURSO FORMAÇÃO CIDADÃ DEMOCRACIA REPRESENTATIVA Victor Barau 1- O Conceito da palavra Democracia Democracia demos = povo, e kratos = autoridade Origem Conceito Moderno: Revoluções Francesa e Americana.

Leia mais

Cotas para mulheres?

Cotas para mulheres? Cotas para mulheres? Direito: PEC propõe alterar a Constituição Federal para que, nas eleições para Câmara dos Deputados, Assembleias Legislativas dos Estados, Câmara Legislativa do Distrito Federal e

Leia mais

Tema da semana. Pedro Passos Coelho vence Eleições Legislativas. Vitória laranja e o fim de um ciclo rosa marcam noite eleitoral

Tema da semana. Pedro Passos Coelho vence Eleições Legislativas. Vitória laranja e o fim de um ciclo rosa marcam noite eleitoral Universidade do Algarve Curso Ciências da Comunicação Projeto Multimédia 2ºano 2ºsemestre Ano Letivo 2010-2011 Tema da semana Pedro Passos Coelho vence Eleições Legislativas Vitória laranja e o fim de

Leia mais

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE RODADA 136 9 a 12 de maio de 2018 Registro TSE: BR-09430/2018 ÍNDICE 1 DADOS TÉCNICOS... 03 2 AVALIAÇÃO DO GOVERNO... 04 3 EXPECTATIVA... 09 4 CONJUNTURAIS... 12 4.1

Leia mais

O grande silêncio aliado a revolta quanto ao resultado das eleições em Barra do Corda

O grande silêncio aliado a revolta quanto ao resultado das eleições em Barra do Corda O grande silêncio aliado a revolta quanto ao resultado das eleições em Barra do Corda Barra do Corda participou de um processo eleitoral neste ano de 2016 como nunca visto antes na história do município.

Leia mais

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE RODADA 133 08 a 11 de fevereiro de 2017 ÍNDICE 1 DADOS TÉCNICOS... 03 2 AVALIAÇÃO DO GOVERNO... 04 3 EXPECTATIVA... 09 4 CONJUNTURAIS... 12 4.1 ELEIÇÕES 2018... 12 4.2

Leia mais

Eleições 2018 e o Movimento Sindical Brasileiro

Eleições 2018 e o Movimento Sindical Brasileiro Eleições 2018 e o Movimento Sindical Brasileiro Calendário 2018 Janeiro VOTO Fevereiro Março Abril Junho 24/01 - Julgamento do Lula Eleições dos Presidentes das Comissões na CD; Início da discussão e votação

Leia mais

pesquisa nacional de opinião pública setembro 2017

pesquisa nacional de opinião pública setembro 2017 pesquisa nacional de opinião pública setembro 2017 ficha técnica pesquisa telefônica IVR período de campo 15 a 17 de setembro de 2017 universo amostra brasileiros e brasileiras com 16 anos de idade ou

Leia mais

ESTA PESQUISA ESTÁ REGISTRADA NA JUSTIÇA ELEITORAL (TSE E TRE/RN) COM OS CÓDIGOS: BR /2018 E RN /2018

ESTA PESQUISA ESTÁ REGISTRADA NA JUSTIÇA ELEITORAL (TSE E TRE/RN) COM OS CÓDIGOS: BR /2018 E RN /2018 ESTA PESQUISA ESTÁ REGISTRADA NA JUSTIÇA ELEITORAL (TSE E TRE/RN) COM OS CÓDIGOS: BR - 04034/2018 E RN - 07782/2018 1 - Informações Técnicas da Pesquisa 1.1 - Dados Gerais Público investigado: eleitores

Leia mais

CALENDÁRIO ELEITORAL ELEIÇÕES 2018

CALENDÁRIO ELEITORAL ELEIÇÕES 2018 CALENDÁRIO ELEITORAL ELEIÇÕES 2018 RESOLUÇÃO Nº 23.555 do Tribunal Superior Eleitoral JUNHO 30 de junho Data a partir da qual é vedado às emissoras de rádio e televisão transmitir programa apresentado

Leia mais

Eleição de 2018 será para: presidente governadores senadores deputados federais estaduais e distritais.

Eleição de 2018 será para: presidente governadores senadores deputados federais estaduais e distritais. Eleição de 2018 será para: presidente governadores senadores deputados federais estaduais e distritais. Primeiro turno acontece no dia 7 de outubro; segundo turno será em 28 de outubro. Vetos Além de

Leia mais

Resumo das propostas de reforma política

Resumo das propostas de reforma política Resumo das propostas de reforma política A proposta de votação da reforma política está consolidada em dois conjuntos agrupados: o primeiro, que depende de emenda constitucional e que trata de dois pontos

Leia mais

Aula 04 EXERCÍCIOS. Nos termos do artigo 89 do Código Eleitoral (Lei 4.737/1965): Art. 89. Serão registrados:

Aula 04 EXERCÍCIOS. Nos termos do artigo 89 do Código Eleitoral (Lei 4.737/1965): Art. 89. Serão registrados: Curso/Disciplina: Direito Eleitoral Aula: Direito Eleitoral - Exercícios 04 Professor : André Marinho Monitor : Virgilio Aula 04 EXERCÍCIOS 1. Questões. Comentários Questão 8 (correta - E) Nos termos do

Leia mais

Apresentação. Freire Neto

Apresentação. Freire Neto Bem vindos!!! Apresentação Freire Neto freire.rapaduracultural@gmail.com 984151051 Não precisa ser fácil, basta ser possível. Quem é você? Quem é você? X Parceria... Questão 3 Fortaleza - Ce Regional

Leia mais

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE Rodada 128 12 a 16 de julho de 2015 ÍNDICE 1 DADOS TÉCNICOS... 03 2 AVALIAÇÃO DO GOVERNO... 04 3 EXPECTATIVA... 09 4 CONJUNTURAIS... 12 4.1 ELEIÇÕES 2018... 12 4.2 LAVA

Leia mais

DataPoder360 Pesquisa Nacional de Opinião Pública

DataPoder360 Pesquisa Nacional de Opinião Pública DataPoder360 Pesquisa Nacional de Opinião Pública Abril 2017 Ficha Técnica Pesquisa Telefônica IVR Período de Campo 16 e 17 de abril de 2017 Universo Amostra Brasileiros e brasileiras com 16 anos de idade

Leia mais

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE Rodada 127 16 a 19 de março de 2015 ÍNDICE 1 DADOS TÉCNICOS... 03 2 AVALIAÇÃO DO GOVERNO... 04 3 EXPECTATIVA... 09 4 CONJUNTURAIS... 12 4.1 SITUAÇÃO POLÍTICA ATUAL...

Leia mais

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE Rodada 130 18 a 21 de fevereiro de 2016 ÍNDICE 1 DADOS TÉCNICOS... 03 2 AVALIAÇÃO DO GOVERNO... 04 3 EXPECTATIVA... 09 4 CONJUNTURAIS... 12 4.1 ELEIÇÕES 2018... 12 4.2

Leia mais

Fundação da Ordem Social - SHIS QL 26, CONJUNTO 1 CASA 17 CEP Brasília DF (61)

Fundação da Ordem Social - SHIS QL 26, CONJUNTO 1 CASA 17 CEP Brasília DF (61) Análise de Conjuntura Política Cenário Nacional - Semana 14.08 18.08 Poder Executivo: o Alteração da Meta Fiscal: Os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira, anunciaram

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES MORRO REDONDO

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES MORRO REDONDO ATA Nº 08 DA SESSÃO ORDINÁRIA DA 7ª LEGISLATURA DA CÂMARA MUNICIPAL DE RS, EM 18.03.2014. Aos dezoito (18) dias do mês de março do ano de dois mil e quatorze (2014), às nove horas quarenta e três(9h:43min.),

Leia mais

yared defende LeiS mais duras para motorista alcoolizado QUE MATAR NO TRÂNSITO INFORMATIVO MENSAL - NOVEMBRO 2017

yared defende LeiS mais duras para motorista alcoolizado QUE MATAR NO TRÂNSITO INFORMATIVO MENSAL - NOVEMBRO 2017 INFORMATIVO MENSAL - NOVEMBRO 2017 yared defende LeiS mais duras para motorista alcoolizado QUE MATAR NO TRÂNSITO Coerência incomum no Congresso Fim da cesta básica como punição para crime comum no trânsito

Leia mais

SECRETARIA DA FAZENDA CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO. Último Ano de Mandato: Principais Vedações da LRF e Lei Eleitoral

SECRETARIA DA FAZENDA CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO. Último Ano de Mandato: Principais Vedações da LRF e Lei Eleitoral Último Ano de Mandato: Principais Vedações da LRF e Lei Eleitoral Regras para o último ano do mandato Lei de Responsabilidade Fiscal (LC 0/2000) Art. 2, único Ato que resulte em aumento de despesa com

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública Nacional

Pesquisa de Opinião Pública Nacional Pesquisa de Estado Opinião do Pública Paraná Nacional Dezembro Junho de de 2018 2.018 Pesquisa Espírito Santo Junho de 2018 1 Pesquisa de Opinião Pública Nacional Account Manager: Murilo Hidalgo (paranapesquisas@gmail.com

Leia mais

RESUMO DO CONGRESSO ESTADUAL DE VEREADORES - GRAVATÁ-PE 26 A 28 DE MARÇO DE 2014

RESUMO DO CONGRESSO ESTADUAL DE VEREADORES - GRAVATÁ-PE 26 A 28 DE MARÇO DE 2014 RESUMO DO CONGRESSO ESTADUAL DE VEREADORES - GRAVATÁ-PE 26 A 28 DE MARÇO DE 2014 A cidade de Gravatá sediou o Congresso Estadual de Vereadores, realizado pela União dos Vereadores de Pernambuco, no período

Leia mais

O TESTE DA ESTRUTURAÇÃO DO CÉREBRO

O TESTE DA ESTRUTURAÇÃO DO CÉREBRO O TESTE DA ESTRUTURAÇÃO DO CÉREBRO A finalidade do teste é apontar a masculinidade ou feminilidade dos padrões do seu cérebro. Não há respostas certas nem erradas. O resultado é simplesmente uma indicação

Leia mais

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE RODADA 137 15 a 18 de agosto de 2018 Registro TSE: BR-09086/2018 ÍNDICE 1 DADOS TÉCNICOS... 03 2 ELEIÇÕES 2018... 04 3 LIMITE DE VOTO... 14 4 AVALIAÇÃO DO GOVERNO MICHEL

Leia mais

Título da Pesquisa: INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE XVII - CEDEC II

Título da Pesquisa: INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE XVII - CEDEC II Número da pesquisa: DAT/BR89.DEZ-00210 Título da Pesquisa: INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE XVII - CEDEC II Data: 15/12/89 Tamanho da amostra: 5802 Universo: Eleitores do Brasil var label sexo "Sexo".

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 91 CNT 11 a 16 de Fevereiro de 2008 SAS Q 06 - Lote 03 - Bloco J Rua Grão Pará, 737-4º andar Ed. Camilo Cola - 2 o andar

Leia mais

STF condena Paulo Maluf por lavagem de dinheiro e determina perda do mandato

STF condena Paulo Maluf por lavagem de dinheiro e determina perda do mandato STF condena Paulo Maluf por lavagem de dinheiro e determina perda do mandato A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) condenou nesta terça-feira (23) o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) pelo

Leia mais

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE Rodada 129 20 a 24 de outubro de 2015 ÍNDICE 1 DADOS TÉCNICOS... 03 2 AVALIAÇÃO DO GOVERNO... 04 3 EXPECTATIVA... 09 4 CONJUNTURAIS... 12 4.1 ELEIÇÕES 2018... 12 4.2

Leia mais

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE RODADA 134 13 a 16 de setembro de 2017 ÍNDICE 1 DADOS TÉCNICOS... 03 2 AVALIAÇÃO DO GOVERNO... 04 3 EXPECTATIVA... 09 4 CONJUNTURAIS... 12 4.1 ELEIÇÕES 2018... 12 4.2

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SÃO PAULO OUTUBRO DE 2018 JOB0012-8

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SÃO PAULO OUTUBRO DE 2018 JOB0012-8 PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS OUTUBRO DE 2018 JOB0012-8 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo geral levantar um conjunto

Leia mais

Investigação da Lava Jato aponta propina de R$ 26 milhões para Collor. Escrito por Toni Feitosa Qua, 05 de Agosto de :23 -

Investigação da Lava Jato aponta propina de R$ 26 milhões para Collor. Escrito por Toni Feitosa Qua, 05 de Agosto de :23 - As investigações da Operação Lava Jato apontam que o senador Fernando Collor de Mello (P TB-AL ) recebeu, entre 2010 e 2014, R$ 26 milhões como pagamento de propina por contratos firmados pela BR Distribuidora.

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA MESA DIRETORA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO MARANHAO, DEPUTADO HUMBERTO COUTINHO.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA MESA DIRETORA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO MARANHAO, DEPUTADO HUMBERTO COUTINHO. ESTADO DO MARANHÃO Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão Avenida Jerônimo de Albuquerque s/n-sítio Rangedor Cohafuma São Luís - MA - 65.071-750 -Tel.: 3131 4364/4365 - www.al.ma.leg.br Gabinete

Leia mais

1. Aprovadas as alterações à lei laboral, Antena 1 - Notícias, 18/07/ Aprovadas as alterações à lei laboral, TSF - Notícias, 18/07/2018 2

1. Aprovadas as alterações à lei laboral, Antena 1 - Notícias, 18/07/ Aprovadas as alterações à lei laboral, TSF - Notícias, 18/07/2018 2 Radios_18_Julho_2018 Revista de Imprensa 1. Aprovadas as alterações à lei laboral, Antena 1 - Notícias, 18/07/2018 1 2. Aprovadas as alterações à lei laboral, TSF - Notícias, 18/07/2018 2 3. Alterações

Leia mais

'Cultura de corrupção' não é desculpa para pagar propina, diz especialista em 'sanear' empresas

'Cultura de corrupção' não é desculpa para pagar propina, diz especialista em 'sanear' empresas 'Cultura de corrupção' não é desculpa para pagar propina, diz especialista em 'sanear' empresas Por Adriano Brito Jurista alemão Andreas Pohlmann afirma que quem paga propina quer, na verdade, ser promovido

Leia mais

Intenção de voto para presidente da Republica PO e 08/04/2016

Intenção de voto para presidente da Republica PO e 08/04/2016 Intenção de voto para presidente da Republica PO813859 07 e 08/04/2016 INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE ABRIL DE 2016 LULA (PT) E MARINA SILVA (REDE) LIDERAM INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA Petista

Leia mais

Pesquisa de opinião pública. Brasil Abril de 2019

Pesquisa de opinião pública. Brasil Abril de 2019 Pesquisa de opinião pública Brasil Abril de 2019 Data de campo 1 a 3 de abril de 2019 Método Pesquisa quantitativa, com entrevistas pessoais e domiciliares, realizadas com o uso de tablets. Público-alvo

Leia mais

Ministro Eliseu Padilha pede licença do governo para cirurgia

Ministro Eliseu Padilha pede licença do governo para cirurgia O advogado José Yunes, amigo do presidente Michel Temer, disse em depoimento ao Ministério Público que recebeu um envelope em 2014 a pedido de Eliseu Padilha, hoje ministro da Casa Civil. Em entrevista

Leia mais

No Brasil, Reforma Política é o nome dado ao conjunto de propostas de emendas constitucionais e revisões da lei eleitoral com fins de tentar melhorar

No Brasil, Reforma Política é o nome dado ao conjunto de propostas de emendas constitucionais e revisões da lei eleitoral com fins de tentar melhorar No Brasil, Reforma Política é o nome dado ao conjunto de propostas de emendas constitucionais e revisões da lei eleitoral com fins de tentar melhorar o sistema eleitoral nacional, proporcionando, segundo

Leia mais

O PT de Floriano, presidido pelo Celso Vieira (imagem), definiu os prazos para tomar as decisões sobre as Eleições Municipais de 2016.

O PT de Floriano, presidido pelo Celso Vieira (imagem), definiu os prazos para tomar as decisões sobre as Eleições Municipais de 2016. O PT de Floriano, presidido pelo Celso Vieira (imagem), definiu os prazos para tomar as decisões sobre as Eleições Municipais de 2016. Num comunicado enviado ao piauinoticias o presidente Celso informou

Leia mais

Pesquisa de Intenção de Voto Eleição 2018 Presidente

Pesquisa de Intenção de Voto Eleição 2018 Presidente Pesquisa de Intenção de Voto Eleição 2018 Presidente Rodada FS8 Campo: 20 e 21 de Outubro Divulgação: 22 de Outubro Registro no TSE: BR-03689/2018 Conteúdo da Apresentação 1. Metodologia 2. Cenário Espontâneo

Leia mais

29/11/2009. Entrevista do Presidente da República

29/11/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na chegada ao hotel Villa Itália Cascais-Portugal, 29 de novembro de 2009 Jornalista: (incompreensível) Presidente:

Leia mais

pesquisa nacional de opinião pública outubro 2017

pesquisa nacional de opinião pública outubro 2017 pesquisa nacional de opinião pública outubro 2017 resumo executivo A rodada deste mês da pesquisa DataPoder360 mostra que ocorreram poucas mudanças substanciais no cenário eleitoral entre setembro e outubro.

Leia mais

'Gravações mostram que houve conspiração criminosa contra a ordem democrática'

'Gravações mostram que houve conspiração criminosa contra a ordem democrática' Para o professor Aldo Fornazieri, integrantes do PSDB, PMDB e do Judiciário são cúmplices no golpe. Ele propõe a formação de um tribunal popular para julgar os envolvidos São Paulo Para o professor da

Leia mais

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE RODADA 135 28 de fevereiro a 03 de março de 2018 Registro TSE: BR-06600/2018 ÍNDICE 1 DADOS TÉCNICOS... 03 2 AVALIAÇÃO DO GOVERNO... 04 3 EXPECTATIVA... 09 4 CONJUNTURAIS...

Leia mais

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 29 OS GOVERNOS COLLOR E ITAMAR FRANCO ( )

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 29 OS GOVERNOS COLLOR E ITAMAR FRANCO ( ) HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 29 OS GOVERNOS COLLOR E ITAMAR FRANCO (1990-94) Fixação 1) (PUC) As eleições presidenciais brasileiras, ocorridas neste ano, envolveram oito candidatos, concorrendo por partidos

Leia mais

Lula presta depoimento a Sérgio Moro em Curitiba PR

Lula presta depoimento a Sérgio Moro em Curitiba PR Lula presta depoimento a Sérgio Moro em Curitiba PR Ex-presidente é interrogado como réu pela 1ª vez em processo da Lava Jato sobre triplex. Lula chega ao prédio Justiça Federal em Curitiba para depoimento

Leia mais

Resposta do Deputado Federal Bernardo Santana ao reclamos.

Resposta do Deputado Federal Bernardo Santana ao reclamos. 1 de 6 05/03/2012 09:32 Major Ezequiel - Minas Gerais Major Ezequiel, escondido entre as montanhas das Gerais, aninhado bem nos longes das distâncias. Lugar que venceu as mudanças e diz ao tempo que pr

Leia mais

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE RODADA 139 27 e 28 de setembro de 2018 Registro TSE: BR-03303/2018 ÍNDICE 1 DADOS TÉCNICOS... 03 2 ELEIÇÕES 2018 PRIMEIRO TURNO... 04 3 ELEIÇÕES 2018 SEGUNDO TURNO...

Leia mais

CONTRA CORRUPÇÃO. Roteiro para curta-metragem de Carlos Jean Ferreira Sardinha Lopes

CONTRA CORRUPÇÃO. Roteiro para curta-metragem de Carlos Jean Ferreira Sardinha Lopes CONTRA CORRUPÇÃO Roteiro para curta-metragem de Carlos Jean Ferreira Sardinha Lopes 26/04/2012 CENA 1 / CASA DE UMA CIDADÃ / INTERNA / NOITE Legenda mostra a data: [03/10/10]. Mulher anda lentamente até

Leia mais

... 5º São inelegíveis para os mesmos cargos, no período imediatamente subsequente, o Presidente da República, os Governadores de Estado e do

... 5º São inelegíveis para os mesmos cargos, no período imediatamente subsequente, o Presidente da República, os Governadores de Estado e do Reforma as instituições político-eleitorais, alterando os arts. 14, 17, 57 e 61 da Constituição Federal, e cria regras temporárias para vigorar no período de transição para o novo modelo, acrescentando

Leia mais

Uso contínuo preocupa Forças Armadas

Uso contínuo preocupa Forças Armadas Uso contínuo preocupa Forças Armadas BRASÍLIA Quando se fala de Exército, normalmente se pensa no combate a um elemento externo. No entanto, mais e mais as tropas federais vêm sendo chamadas para ações

Leia mais

Onda Bolsonaro marca disputa em RR

Onda Bolsonaro marca disputa em RR Federal University of Roraima, Brazil From the SelectedWorks of Elói Martins Senhoras October 22, Onda Bolsonaro marca disputa em RR Prof. Dr. Eloi Martins Senhoras This work is licensed under a Creative

Leia mais

Eduardo Paes e Filipe Pereira debateram saúde no SinMed/RJ

Eduardo Paes e Filipe Pereira debateram saúde no SinMed/RJ Eduardo Paes e Filipe Pereira debateram saúde no SinMed/RJ Dando continuidade aos debates com os candidatos a Prefeito do município do Rio de Janeiro, o SinMed/RJ recebeu, no último dia 14/8/08, Eduardo

Leia mais

Pesquisa XP com a População. Junho 2019

Pesquisa XP com a População. Junho 2019 Pesquisa XP com a População Junho 2019 Destaques A rodada de junho da pesquisa XP Ipespe mostra que a maioria da população passou a se dizer favorável à reforma da Previdência apresentada pelo governo

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SERGIPE OUTUBRO DE 2018 JOB0789-4

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SERGIPE OUTUBRO DE 2018 JOB0789-4 PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS OUTUBRO DE 2018 JOB0789-4 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo geral levantar um conjunto

Leia mais

Processo Eleitoral Brasileiro. Giuseppe Dutra Janino, PMP Maio / 2016

Processo Eleitoral Brasileiro. Giuseppe Dutra Janino, PMP Maio / 2016 Processo Eleitoral Brasileiro Giuseppe Dutra Janino, PMP Maio / 2016 Direcionamento Institucional Missão "Garantir a legitimidade do processo eleitoral e o livre exercício do direito de votar e ser votado,

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 92 CNT 21 a 25 de Abril de 2008 SAS Q 06 - Lote 03 - Bloco J Rua Grão Pará, 737-4º andar Ed. Camilo Cola - 2 o andar

Leia mais

09/12/2015 Consórcio privado no Eixo Anhanguera

09/12/2015 Consórcio privado no Eixo Anhanguera Giro 09/12/2015 06:00 Jarbas Rodrigues Jr. Consórcio privado deve administrar Eixo Anhanguera a partir de janeiro O Eixo Anhanguera deve ser administrado a partir de janeiro por consórcio privado, tendo

Leia mais

A importância do Contador na estrutura das campanhas eleitorais

A importância do Contador na estrutura das campanhas eleitorais A importância do Contador na estrutura das campanhas eleitorais IRENE SILVA OLIVEIRA Contadora Partidária e Eleitoral Coautora do Livro Contabilidade Eleitoral Aspectos Contábeis E Jurídicos Das Prestações

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES MORRO REDONDO

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES MORRO REDONDO ATA Nº 046 DA SESSÃO ORDINÁRIA DA 7ª LEGISLATURA DA CÂMARA MUNICIPAL DE RS, EM 17.09.2013. Aos dezessete (17) dias do mês de setembro do ano de dois mil e treze (2013), às nove horas e cinquenta e dois

Leia mais

PESQUISA IBOPE INTELIGÊNCIA/ TV Rádio Clube de Teresina. Piauí 3ª Rodada

PESQUISA IBOPE INTELIGÊNCIA/ TV Rádio Clube de Teresina. Piauí 3ª Rodada PESQUISA IBOPE INTELIGÊNCIA/ TV Rádio Clube de Teresina Piauí 3ª Rodada 24 de Setembro de 200. Eleição para governador do Piauí caminha para um segundo turno, em que Wilson Martins disputará com João Vicente

Leia mais

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE Rodada 116 31 de outubro a 04 de novembro de 2013 ÍNDICE 1 DADOS TÉCNICOS 03 2 ELEIÇÃO PRESIDENCIAL 04 3 AVALIAÇÃO DO GOVERNO 15 4 EXPECTATIVA 22 5 CONJUNTURAIS 25 5.1

Leia mais

A LISTA DE FACHIN RELATÓRIO DE ANÁLISE ESTRATÉGICA DE REDES SOCIAIS

A LISTA DE FACHIN RELATÓRIO DE ANÁLISE ESTRATÉGICA DE REDES SOCIAIS A LISTA DE FACHIN RELATÓRIO DE ANÁLISE ESTRATÉGICA DE REDES SOCIAIS 12/04/17 A LISTA DE FACHIN Nas 24 primeiras horas, a polarização tradicional entre governo e oposição deu lugar à crítica geral ao sistema

Leia mais

DIREITO ELEITORAL. Diplomação dos Eleitos. Prof. Rodrigo Cavalheiro Rodrigues

DIREITO ELEITORAL. Diplomação dos Eleitos. Prof. Rodrigo Cavalheiro Rodrigues DIREITO ELEITORAL Prof. Rodrigo Cavalheiro Rodrigues Serão eleitos os candidatos a Presidente da República e a Governador de Estado e do Distrito Federal, aqueles que obtiverem a maioria de votos, não

Leia mais

CLIPPING DIÁRIO POPULAR CAPA. PÁGs. 2 e 3

CLIPPING DIÁRIO POPULAR CAPA. PÁGs. 2 e 3 CLIPPING 28 04 2017 DIÁRIO POPULAR CAPA PÁGs. 2 e 3 PÁG. 4 Editorial Política é coisa para homem A suspeita de fraude eleitoral em Pelotas, que levou o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) a ingressar

Leia mais

DataPoder360 pesquisa nacional de opinião pública

DataPoder360 pesquisa nacional de opinião pública DataPoder360 pesquisa nacional de opinião pública junho 2017 ficha técnica pesquisa telefônica IVR Período de campo 17 a 19 de junho de 2017 Universo Amostra Brasileiros e brasileiras com 16 anos de idade

Leia mais

PF vê indícios de que Rodrigo Maia recebia dinheiro de caixa 3

PF vê indícios de que Rodrigo Maia recebia dinheiro de caixa 3 Em relatório de um dos inquéritos que investigam o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a Polícia Federal apontou indícios de que suas campanhas receberam dinheiro de empresas a mando da Odebrecht,

Leia mais

NOTA À IMPRENSA RESULTADOS DA 137ª PESQUISA CNT/MDA

NOTA À IMPRENSA RESULTADOS DA 137ª PESQUISA CNT/MDA NOTA À IMPRENSA RESULTADOS DA 137ª PESQUISA CNT/MDA A 137ª Pesquisa CNT/MDA, divulgada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) nesta segunda-feira (20), aborda as eleições de 2018. O levantamento

Leia mais

Conjuntura Política e Sucessão Presidencial. Murillo de Aragão e Cristiano Noronha

Conjuntura Política e Sucessão Presidencial. Murillo de Aragão e Cristiano Noronha Conjuntura Política e Sucessão Presidencial Murillo de Aragão e Cristiano Noronha Novembro de 2009 Ambiente político Governo bem avaliado Recuperação econômica Lula tem uma agenda legislativa Consolidar

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 145, DE 2011

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 145, DE 2011 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 145, DE 2011 Altera a Lei n 4.737, de 15 de julho de 1965, (Código Eleitoral), e a Lei n 9.504, de 30 de setembro de 1997, para instituir o sistema eleitoral

Leia mais