Educação Corporativa no Brasil Habilidades para uma nova era do conhecimento

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Educação Corporativa no Brasil Habilidades para uma nova era do conhecimento"

Transcrição

1 Educação Corporativa no Brasil Habilidades para uma nova era do conhecimento Pesquisa 2016

2 A importância da educação em todos os momentos A Deloitte, por meio de sua prática de Educação Empresarial e em parceria com o Grupo DMRH, apresenta a edição 2016 de seu relatório sobre o cenário da educação corporativa no Brasil. O estudo tem como objetivo analisar as práticas e as estratégias das organizações a respeito de educação no ambiente empresarial. No atual cenário econômico desafiador, é natural que as corporações repensem os seus investimentos, e os projetos de formação continuada de profissionais muitas vezes figuram entre os que sofrem impacto frente a prioridades estratégicas de negócios. Ainda assim, esta edição do estudo mostra que, apesar da crise econômica afetar investimentos em educação no curto prazo, é crescente a intenção das empresas em priorizar essa prática nos próximos anos. Inovações, modelos diferenciados de alocação de pessoas, parcerias e, acima de tudo, o foco em soluções de alto impacto podem ajudar as organizações a manter (ou até mesmo ampliar) suas estratégias nesse sentido. Em comparação a outro levantamento realizado pela Deloitte em 2014 sobre o assunto, foi identificado um aumento de 42% na quantidade de organizações com equipes dedicadas à pratica de educação empresarial, e um crescimento de 14% no número de empresas com universidades corporativas. Pontualmente, porém, os investimentos em estruturas de apoio e conteúdos apresentaram queda. Houve uma retomada da modalidade presencial no período frente ao modelo a distância um indicador de que resgatar modelos tradicionais pode ser uma solução para simplificar e manter a essência do processo de formação. O resultado sugere que as empresas pretendem aguardar um momento mais favorável para fazer investimentos em plataformas de educação a distância de forma robusta, a fim de que tenham efetividade, mesmo que isso signifique adiá-los por um período. A experiência tem mostrado que, com resiliência para adaptar formatos e direcionar os temas de formação, as empresas poderão manter esta prática tão importante para a qualificação e a retenção de seus melhores profissionais. Marcos Braga Diretor da Deloitte Educação Empresarial Adriana Chaves Sócia-diretora responsável pela divisão Desenvolvimento e Carreira do Grupo DMRH Esta edição do estudo mostra que, apesar da crise econômica afetar investimentos em educação no curto prazo, é crescente a intenção das empresas em priorizar essa prática nos próximos anos. 2

3 Índice Principais resultados 4 Amostra do estudo e perfil dos respondentes 5 Estrutura de educação corporativa 7 Práticas de treinamento 10 Investimentos realizados 13 Estratégias de formação 16 3

4 Principais resultados Empresas aderem mais a práticas de educação corporativa O número de empresas com equipes dedicadas à educação corporativa aumentou 42% em 2016, em relação à pesquisa realizada em A quantidade de organizações com universidades corporativas, por sua vez, registrou um crescimento de 14% nesta edição da pesquisa, comparada ao estudo anterior. Treinamentos ficam mais curtos Embora tenha aumentado o número de organizações com estrutura dedicada para educação corporativa, houve uma queda no número de profissionais treinados por essas empresas. No entanto, considerando a amostra total, a média geral de trabalhadores treinados aumentou de 364 em 2014 para 391 em A média geral de horas de treinamento por profissional, por sua vez, caiu de 30 em 2014 para 26 em Modalidade presencial é retomada A participação dos treinamentos presenciais em relação ao total registrou um crescimento de 67% para 74% entre 2014 e 2016, enquanto a modalidade a distância caiu de 33% para 26% no período. A retomada do modelo presencial sugere que as organizações estão mantendo o foco em práticas tradicionais, preservando os investimentos para a implementação de plataformas robustas de educação a distância para um próximo momento. Parcerias ganham espaço Programas de educação corporativa desenvolvidos por profissionais internos ou terceirizados mantiveram-se em um patamar semelhante ao verificado na pesquisa anterior, com discreto aumento da segunda modalidade e uma leve queda da primeira. Hard skills crescem em comparação a soft skills As competências consideradas técnicas e específicas para o desenvolvimento de determinadas funções (conhecidas como hard skills) ganharam relevância frente às habilidades relacionadas a aspectos da personalidade do profissional (as chamadas soft skills). Esse movimento sugere um pragmatismo das organizações em relação às formações necessárias para o aumento da produtividade e da eficiência. Contudo, vale o alerta de que os investimentos em soft skills têm grande relevância para o negócio e para os desafios do mercado de trabalho atual. 4

5 Amostra do estudo e perfil dos respondentes Os resultados da pesquisa deste ano tiveram como base as respostas de 178 respondentes. Mais da metade (57%) dos participantes pertencem ao grupo executivo de sua organização. O estudo contou com a participação de empresas dos mais variados portes e setores de atuação, em uma amostra diversificada. Cargo Faturamento em 2015 Número de funcionários Presidente / CEO Diretor / Superintendente Gerente Supervisor / Coordenador Analista / Assistente Outros 1 1 Outros: Consultor; Sócio, Vice-presidente de RH; Professor universitário Até R$ 50 milhões Entre R$ 50 milhões e R$ 100 milhões Entre R$ 100 milhões e R$ 250 milhões Entre R$ 250 milhões e R$ 500 milhões Entre R$ 500 milhões e R$ 1 bilhão Entre R$ 1 bilhão a R$ 2,5 bilhões Entre R$ 2,5 bilhões a R$ 5 bilhões Mais de R$ 5 bilhões Menos de 100 De 101 a 300 De 301 a 500 De 501 a De a De a De a De a Mais de

6 Setores de atuação Serviços de tecnologia da informação 15% Energia 2% Atividades financeiras 9% Veículos e autopeças 2% Prestação de serviços 8% Agronegócio 2% Educação 7% Bens de Consumo 1% Máquinas, equipamentos e ferramentas 7% Editorial e gráfico 1% Alimentos e bebidas 5% Eletroeletrônicos 1% Construção 5% Perfumaria e cosméticos 1% Eletrônica, automação e telecomunicações 5% Serviços relativos a atividades imobiliárias 1% Indústria química 5% Siderurgia e Metalurgia 1% Indústria farmacêutica 4% Turismo, hotelaria e lazer 1% Comércio 3% Saneamento 1% Petróleo, gás e mineração 3% Têxtil e calçados 1% Saúde 3% Outros 3% Serviços de transporte e logística 3% Mais de um terço dos respondentes (36%) pertence a empresas de controle familiar. Há também a participação expressiva de organizações controladas por grupo empresarial (23%), firmas de controle pulverizado (14%) e empresas pertencentes a investidores institucionais, como fundos de investimentos (%). Praticamente 80% dos respondentes são da região Sudeste, sendo que 60% da amostra total tem como origem o estado de São Paulo. Controle da empresa Região de origem Familiar Grupo empresarial Controle pulverizado Investidor institucional Público Outros São Paulo Sudeste (sem São Paulo) Sul Nordeste Centro-Oeste Norte 6

7 Estrutura de educação corporativa Em relação ao levantamento realizado pela Deloitte em 2014, houve um aumento de 14% no número de empresas que contam com uma estrutura de universidade corporativa. Em relação ao número de empresas que contam com equipe dedicada à pratica de educação empresarial, o crescimento foi ainda mais expressivo, de 42%. Esses resultados indicam que, apesar da crise e até como forma de lidar com os desafios impostos por este cenário muitas empresas estão mantendo ou ampliando as práticas de formação de seus profissionais. Tem universidade corporativa? Há quanto tempo? % 32% Crescimento de 14% Menos de 1 ano De 2 a 3 anos De 4 a 6 anos Outros Conta com equipe dedicada à educação corporativa? 45% 64% Crescimento de 42% 4 pessoas estão envolvidas, em média, na equipe de educação corporativa 7

8 A área de educação empresarial se reporta, em 30% das vezes à diretoria, e, em um quarto dos casos, à área de RH. Entre as empresas que não possuem estrutura de educação corporativa 68% do total apenas 38% declaram ter planos para implementar esta estrutura no futuro. Quando perguntadas em quanto tempo pretendem implementar a prática, 60% dos respondentes que ainda não realizam esta prática assinalaram um prazo de dois a três anos. A quem a área de educação empresarial se reporta? Diretor Área de RH 4 Gerente 6 Supervisor/ Coordenador Gestor da área Superintendente 19 Outros Sessenta e cinco por cento dos respondentes declararam possuir prédio, andar ou sala exclusivos na empresa para que as aulas e cursos sejam ministrados. A locação de espaços em universidades é algo ainda pouco explorado pelas organizações participantes do estudo apenas 3% utilizam este recurso. 24 Não é possível avaliar Tem planos de implementar uma estrutura de educação corporativa Em quanto tempo pretende implementar uma estrutura de educação corporativa Local de cursos e treinamentos Sim Não Até 6 meses 1 ano 2 anos 3 anos 4 anos Outros Prédio ou andar exclusivo Salas exclusivas Locação de prédios ou salas Locação de salas em universidades Outro Não sei avaliar 8

9 O Moodle foi o Learning Management System (LMS) mais mencionado pelas empresas, embora muitas não tenham especificado a marca do sistema utilizado. Os dispositivos mais utilizados nos programas de educação corporativa são os computadores, tanto notebooks (84%) quanto desktops (60%). O uso de smartphones em projetos de educação corporativa saltou de % na edição passada para 33% neste ano. Plataformas e provedores utilizados (em % de respondentes; respostas múltiplas) Learning Management System (LMS) Moodle Learning space Web-CT Blackboard NEOLUDE Docent Amadeus elml Não sei avaliar Outro Dispositivo utilizado em programas de educação corporativa Notebook Desktop Smartphone Tablet TV via satélite Outros / Não sei avaliar

10 Práticas de treinamento Na amostra total, a média de profissionais treinados no último ano cresceu de 364 na pesquisa de 2014 para 391 na edição de Entre as empresas que contam com universidades corporativas e equipe dedicada à educação empresarial, as médias são mais altas. No entanto, houve queda na quantidade média de profissionais treinados por essas organizações no mesmo período. Quantidade de profissionais treinados 21 Até a a a Mais de Não sei avaliar Média geral de profissionais treinados 364 em em 2016 Média de profissionais treinados em empresas com equipes dedicadas 542 em 2014 Média de profissionais treinados em empresas com universidades corporativas 649 em em em

11 O tempo médio destinado a treinamento por profissional sofreu queda de 30 horas em 2014 para 26 horas em Na amostra de empresas com universidade corporativa, essa queda foi ainda mais contundente, de 43 horas para 25 horas no período. Esse resultado coloca as organizações com estrutura de universidade corporativa, que na edição anterior estavam avançadas em relação às demais nesse sentido, no mesmo patamar da amostra geral. Uma hipótese para este indicador é a de que essas ações sofreram impacto do próprio cenário econômico dos últimos anos. Outro fator que pode justificar essa queda é a necessidade por treinamentos mais curtos no atual contexto, as empresas teriam precisado otimizar seus treinamentos, não apenas pela questão de custo, mas pela dificuldade em manter um profissional em treinamento e afastado de suas atividades por muitos dias. Horas gastas por profissional treinado Até 8 horas Entre 9 e 15 horas Entre 16 e 39 horas Entre 40 e 80 horas Entre 81 e 100 horas Mais de 100 horas Não sei avaliar Média geral de horas de treinamento por profissional 30 em em 2016 Média de horas de treinamento por profissional em empresas com equipes dedicadas 37 em 2014 Média de horas de treinamento por profissional em empresas com universidades corporativas 43 em em em 2016 Embora tenha aumentado o número de empresas com estrutura própria de educação corporativa, houve uma queda no número de profissionais treinados, bem como no número de horas dedicadas.

12 Metade das organizações entrevistadas declarou ter feito entre 10 e 30 treinamentos no último ano. A média de treinamento foi outro indicador a sofrer queda, tanto na amostra geral, quanto entre as empresas com universidade corporativa e equipes dedicadas a treinamentos. Quantidade de treinamentos Média geral de treinamentos 37 em em 2016 Formação de futuros líderes A maioria das empresas está investindo no desenvolvimento de profissionais que ocupam cargos de média gestão, porém, investem menos na formação dos futuros líderes da organização. Vale ressaltar a importância de que o investimento na formação profissional abranja a todos na organização, com enfoque necessário nas necessidades de cada categoria. Profissionais que atuam como gestores demandam principalmente formação em competências comportamentais, enquanto profissionais em início de carreira necessitam desenvolver qualificações técnicas Até a a a Mais de Média de treinamentos em empresas com equipes dedicadas 46 em 2014 Média de treinamentos em empresas com universidades corporativas 49 em em em 2016 Não sei avaliar Cargos dos profissionais treinados (em % de respondentes; respostas múltiplas) Diretores Gerentes Supervisores Coordenadores Sêniores Plenos Júniores Trainees Estagiários

13 Investimentos realizados Sessenta por cento dos entrevistados aplicam até 1% do faturamento em projetos de educação corporativa. Uma porcentagem similar (75%) declarou investir, em média, até R$ por ano por profissional. Porcentagem do faturamento investido em educação corporativa Média anual investida por profissional Até 0,5% De 0,5% a 1% De 1% a 2% De 2% a 5% Mais de 5% Não sei avaliar Menos de R$ De R$ a R$ De R$ a R$ De R$ a R$ De R$ a R$ De R$ a R$ Mais de R$

14 No detalhamento dos diferentes investimentos feitos em educação corporativa, houve queda em todos os itens levantados. Os recursos mais impactados foram aqueles destinados à manutenção (queda de quase 50%) e estrutura de apoio (decréscimo de quase 20%). A contratação de conteúdos sofreu uma queda de 13% e passou do segundo investimento mais expressivo para o terceiro. O investimento na produção de conteúdos também registrou queda. Embora os recursos tenham caído tanto para os conteúdos presenciais quanto para aqueles de ensino a distância, estes últimos foram mais impactados. Composição percentual estimada do investimento total em treinamento para cada um dos itens abaixo (em %) Contratação de terceiros Deslocamentos e hospedagens Contratação de conteúdos Logística Estrutura de apoio Manutenção * * Para permitir a comparação com a edição de 2014, foram realizadas reponderações para distribuir a composição. Composição percentual estimada do investimento total em treinamento para cada um dos itens abaixo (em %) Conteúdos internos (presencial) Conteúdos internos (a distância) Conteúdos externos (presencial) Conteúdos externos (a distância)

15 Entre as modalidades de educação empresarial, a presencial aumentou a sua participação em 2016 em relação ao treinamento a distância. A destinação dos investimentos a treinamentos ministrados por profissionais terceirizados registrou um discreto aumento, aproximando a sua participação em relação aos profissionais internos das empresas. Apesar de os recursos destinados a treinamentos do tipo funcional continuarem como os mais expressivos em termos de participação no total, a parcela destinada a aportes para a formação de líderes oscilou positivamente. Composição percentual estimada do investimento total em treinamento para cada um dos itens abaixo (em %) Presencial A distância Composição percentual estimada do investimento total em treinamento para cada um dos itens abaixo (em %) Profissionais internos Profissionais terceirizados Composição percentual estimada do investimento total em treinamento para cada um dos itens abaixo (em %) Funcional Liderança

16 Estratégias de formação Os treinamentos direcionados às chamadas hard skills (competências consideradas técnicas e específicas para a realização de determinado trabalho) aumentaram sua participação em relação ao total neste ano, em relação à pesquisa realizada em As formações em habilidades relacionadas a aspectos comportamentais, conhecidas como soft skills, registraram uma queda no período. As proporções entre as categorias de treinamento não sofreram grandes movimentações em relação à amostra anterior: as operacionais (tais como técnicas de atendimento, operação de equipamentos, etc.), as de gestão (contabilidade, finanças, comercial, etc.) e os de tecnologia da informação mantiveram-se em patamares similares frente aos dados da edição de 2014 do estudo. Composição percentual estimada do investimento total em treinamento para cada um dos itens abaixo (em %) Hard skills Soft skills Dentro da competência hard skills, composição percentual estimada do investimento total em treinamento para cada um dos itens (em %) Operacional Gestão Tecnologia

17 Apoio da alta administração Os níveis de apoio e envolvimento da alta administração no sistema caíram em relação ao levantamento realizado em Os aspectos da educação corporativa mais relacionados à estratégia da empresa são os currículos e as competências isso significa que as organizações direcionam esforços a treinamentos vinculados às necessidades concretas de melhoria de desempenho de seus profissionais. O vínculo às metas e aos objetivos do profissional vem na sequência, com uma aderência importante das empresas a programas que se relacionam com o desenvolvimento individual de seus colaboradores. No entanto, quando perguntados sobre a relação entre os projetos de formação e o plano de carreira de seus colaboradores, o vínculo ainda é baixo, indicando uma visão mais pragmática e de curto prazo para as práticas de educação profissional. Nível de apoio da alta administração Alto ou muito alto Normal Baixo Nível de envolvimento no sistema de educação corporativa Alto ou muito alto Normal Baixo Itens vinculados à estratégia da empresa Currículos e competências Metas e objetivos do profissional Planos de carreira Muito vinculado Relativamente vinculado Pouco vinculado 17

18 Avaliação de desempenho Quando questionados sobre os mecanismos utilizados para a avaliação do retorno sobre o investimento em práticas de educação corporativa, o grau de satisfação dos participantes desponta como o recurso mais aplicado. Vale considerar, porém, que é preciso manter em vista práticas de mensuração de resultado mais objetivas, com foco na absorção de conhecimento e na contribuição para a realização dos trabalhos no dia a dia. O aumento direto de produtividade, por exemplo, surge apenas e terceiro lugar, com 44% de aderência pelas empresas. Mecanismos para avaliação do retorno sobre o investimento (em % de respondentes; respostas múltiplas) Satisfação dos participantes Satisfação dos clientes Aumento direto de produtividade Aprendizado, simulações e avaliação em grupo Aumento direto na qualidade Métodos e habilidades utilizados em campo Incentivo motivacional

19 Liderança do projeto: Deloitte e Grupo DMRH Marcos Braga Diretor da Deloitte Educação Empresarial Amauri Bathe Gerente de Operações da Deloitte Educação Empresarial Adriana Chaves Sócia-diretora responsável pela divisão Desenvolvimento e Carreira Danilca Galdini Diretora de Pesquisa O conteúdo deste relatório e todos os resultados e análises relacionados à pesquisa Educação Corporativa no Brasil Habilidades para uma nova era do conhecimento foram produzidos pela Deloitte, em parceria com o Grupo DMRH. A reprodução de qualquer informação inserida neste relatório requer autorização expressa da Deloitte com o compromisso de citação da fonte. Para mais informações, contate a Deloitte pelo

20 A Deloitte refere-se a uma ou mais entidades da Deloitte Touche Tohmatsu Limited, uma sociedade privada, de responsabilidade limitada, estabelecida no Reino Unido ( DTTL ), sua rede de firmas-membro, e entidades a ela relacionadas. A DTTL e cada uma de suas firmas-membro são entidades legalmente separadas e independentes. A DTTL (também chamada Deloitte Global ) não presta serviços a clientes. Consulte para obter uma descrição mais detalhada da DTTL e suas firmas-membro. A Deloitte oferece serviços de auditoria, consultoria, assessoria financeira, gestão de riscos e consultoria tributária para clientes públicos e privados dos mais diversos setores. A Deloitte atende a quatro de cada cinco organizações listadas pela Fortune Global 500, por meio de uma rede globalmente conectada de firmas-membro em mais de 150 países, trazendo capacidades de classe global, visões e serviços de alta qualidade para abordar os mais complexos desafios de negócios dos clientes. Para saber mais sobre como os cerca de profissionais da Deloitte impactam positivamente nossos clientes, conecte-se a nós pelo Facebook, LinkedIn e Twitter Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reservados.

Agenda 2017 Ano novo, novo ciclo as visões das empresas para um mundo de transformações aceleradas

Agenda 2017 Ano novo, novo ciclo as visões das empresas para um mundo de transformações aceleradas Agenda Ano novo, novo ciclo as visões das empresas para um mundo de transformações aceleradas Agenda Pergunta a responder... Para onde vão a economia, o ambiente de negócios e a gestão empresarial em?

Leia mais

Pesquisa Agenda 2019 Expectativas do empresariado para o País e os seus negócios

Pesquisa Agenda 2019 Expectativas do empresariado para o País e os seus negócios Pesquisa Agenda 2019 Expectativas do empresariado para o País e os seus negócios Novembro de 2019 O que pensam e esperam os líderes empresariais do Brasil Levantamento realizado pela Deloitte após o 2º

Leia mais

Jornada da captação Transformação financeira na busca de recursos 22 de junho de 2017

Jornada da captação Transformação financeira na busca de recursos 22 de junho de 2017 Jornada da captação Transformação financeira na busca de recursos 22 de junho de 2017 Jornada da captação Transformação financeira na busca de recursos A 10ª edição da pesquisa realizada pela Deloitte

Leia mais

Pesquisa Agenda 2018 Perspectivas e estratégias das empresas para um ano decisivo e de grandes transformações. Dezembro de 2017

Pesquisa Agenda 2018 Perspectivas e estratégias das empresas para um ano decisivo e de grandes transformações. Dezembro de 2017 Pesquisa Perspectivas e estratégias das empresas para um ano decisivo e de grandes transformações Dezembro de 2017 1 Índice 3 Principais conclusões 4 Amostra da pesquisa 5 7 Expectativa de resultados 8

Leia mais

Agenda 2019 Expectativas do empresariado para o País e os seus negócios. Novembro, 2018

Agenda 2019 Expectativas do empresariado para o País e os seus negócios. Novembro, 2018 Headline Agenda 2019 Verdana Bold Expectativas do empresariado para o País e os seus negócios Novembro, 2018 Agenda 2019 Perfil da amostra 826 empresas Soma das receitas totaliza R$ 2,8 trilhões (2017)

Leia mais

Agenda 2019 Expectativas do empresariado para o País e os seus negócios. Novembro, 2018

Agenda 2019 Expectativas do empresariado para o País e os seus negócios. Novembro, 2018 Headline Agenda 2019 Verdana Bold Expectativas do empresariado para o País e os seus negócios Novembro, 2018 Agenda 2019 Perfil da amostra 826 empresas Soma das receitas totaliza R$ 2,8 trilhões (2017)

Leia mais

Folha de pagamento Soluções para a excelência de seus processos

Folha de pagamento Soluções para a excelência de seus processos Folha de pagamento Soluções para a excelência de seus processos Desafios e respostas para um ambiente regulatório complexo Atualmente, as empresas enfrentam um cenário de negócios em constante evolução,

Leia mais

O Verdadeiro Valor do Pricing Da estratégia de preços à excelência comercial

O Verdadeiro Valor do Pricing Da estratégia de preços à excelência comercial O Verdadeiro Valor do Pricing Da estratégia de preços à excelência comercial O desafio do valor na gestão de preços O cenário econômico mundial enfrenta importantes desafios atualmente, pontuados por incertezas

Leia mais

Governança de Terceiros e Gestão de Riscos Parceiros por perto para uma melhor gestão e mitigação dos riscos

Governança de Terceiros e Gestão de Riscos Parceiros por perto para uma melhor gestão e mitigação dos riscos Governança de Terceiros e Gestão de Riscos Parceiros por perto para uma melhor gestão e mitigação dos riscos Gestão de terceiros na era da transparência Entre os principais fatores que impulsionam a necessidade

Leia mais

Heading in Verdana Regular

Heading in Verdana Regular Heading in Verdana Regular Gestão de riscos e RIs Evolução contínua para criar e preservar valor nas relações com investidores Junho de 2016 Relações com investidores em perspectiva Nove anos acompanhando

Leia mais

Pesquisa Agenda 2018 Perspectivas e estratégias das empresas para um ano decisivo e de grandes transformações

Pesquisa Agenda 2018 Perspectivas e estratégias das empresas para um ano decisivo e de grandes transformações Pesquisa Agenda 2018 Perspectivas e estratégias das empresas para um ano decisivo e de grandes transformações Revista Mundo Corporativo Agenda para a retomada A nova edição da revista eletrônica da Deloitte

Leia mais

Pesquisa de Remuneração e Práticas de RH Melhores práticas e informações para entender os desafios da gestão de talentos

Pesquisa de Remuneração e Práticas de RH Melhores práticas e informações para entender os desafios da gestão de talentos 2019 Melhores práticas e informações para entender os desafios da gestão de talentos Perspectivas para 2019 Perspectivas para o ano 2019 No terceiro trimestre de 2018, a Deloitte promoveu pesquisas com

Leia mais

63% Pesquisa de Natal 2016 Revelações sobre os hábitos de consumo do brasileiro. O que influencia o consumidor na hora da compra 73% D/E 63% C 56% A/B

63% Pesquisa de Natal 2016 Revelações sobre os hábitos de consumo do brasileiro. O que influencia o consumidor na hora da compra 73% D/E 63% C 56% A/B Pesquisa de Natal 2016 Revelações sobre os hábitos de consumo do brasileiro A Pesquisa de Natal 2016, realizada pela Deloitte, revela os hábitos e preferências dos brasileiros nas compras de presentes

Leia mais

Balanço Mercado de Trabalho 2012

Balanço Mercado de Trabalho 2012 Balanço Mercado de Trabalho 2012 x Resultados Fevereiro/2013 Apresentação Respondentes: 1646 profissionais do LinkedIn Período: de 12/dez/2012 a 24/jan/2013 Público:participantes dos seguintes grupos de

Leia mais

WORKSHOP NOVO MERCADO: COMPLIANCE E CONTROLES INTERNOS. Setembro, 2018

WORKSHOP NOVO MERCADO: COMPLIANCE E CONTROLES INTERNOS. Setembro, 2018 WORKSHOP NOVO MERCADO: COMPLIANCE E CONTROLES INTERNOS Setembro, 2018 Ser compliance é conhecer as normas da organização, seguir os procedimentos recomendados, agir em conformidade aos seus processos e

Leia mais

Global Mobile Consumer Survey 2017 O celular no dia a dia do brasileiro

Global Mobile Consumer Survey 2017 O celular no dia a dia do brasileiro Global Mobile Consumer Survey 2017 O celular no dia a dia do brasileiro Impacting the Future O canal sobre transformação digital da Deloitte Acesse nossa página especial com conteúdos produzidos pela Deloitte

Leia mais

Indústria 4.0: você está preparado? Janeiro de 2018

Indústria 4.0: você está preparado? Janeiro de 2018 Indústria 4.0: você está preparado? Janeiro de 2018 Introdução Índice Como os executivos brasileiros avaliam que Indústria 4.0 poderá beneficiar seus clientes, funcionários, empresas, comunidades e a sociedade

Leia mais

Headline Verdana Bold Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2019 Ano-base 2018

Headline Verdana Bold Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2019 Ano-base 2018 Headline Verdana Bold Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2019 Ano-base 2018 Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2019 Amostra e metodologia Participação de 20 bancos Amostra da pesquisa representa

Leia mais

CFO Program Para uma carreira em constante mudança

CFO Program Para uma carreira em constante mudança Para uma carreira em constante mudança CFO Academy 05 CFO Lab 08 Finance Lab 10 CFO Conference 12 CFO Club 14 CFO Insights 16 Contatos 19 Iniciativas relevantes para um dos cargos mais difíceis do mundo

Leia mais

Entendendo a. Recuperação Judicial e. as alternativas para a. solução da crise. empresarial

Entendendo a. Recuperação Judicial e. as alternativas para a. solução da crise. empresarial Entendendo a Recuperação Judicial e as alternativas para a solução da crise empresarial Associação Comercial e Industrial de Joinville Outubro de 2016 Mudança de perspectivas Maturidade Crescimento Declínio

Leia mais

Headline Verdana Bold Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2018 Ano base 2017

Headline Verdana Bold Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2018 Ano base 2017 Headline Verdana Bold Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2018 Ano base 2017 Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária Amostra e metodologia Nesta edição, houve aumento da participação de 17 para 24

Leia mais

Inventário de emissões de gases de efeito estufa

Inventário de emissões de gases de efeito estufa Inventário de emissões de gases de efeito estufa Ano inventariado: 2017 Deloitte Touche Tohmatsu Nome fantasia: Deloitte CNPJ: 49.928.567/0001-11 Setor econômico: Atividades profissionais, científicas

Leia mais

PESQUISA REALIZADA COM OS PARTICIPANTES DO 14º SEMINÁRIO NACIONAL DE GESTÃO DE PROJETOS

PESQUISA REALIZADA COM OS PARTICIPANTES DO 14º SEMINÁRIO NACIONAL DE GESTÃO DE PROJETOS PESQUISA REALIZADA COM OS PARTICIPANTES DO 14º SEMINÁRIO NACIONAL DE GESTÃO DE PROJETOS APRESENTAÇÃO O perfil do profissional de projetos CENÁRIO Pesquisa realizada durante o 14 Seminário Nacional de Gestão

Leia mais

Rodovias das Colinas S.A.

Rodovias das Colinas S.A. Rodovias das Colinas S.A. Informações Financeiras Intermediárias Referentes ao Trimestre Findo em 30 de Junho de 2017 e Relatório sobre a Revisão de Informações Trimestrais Deloitte Touche Tohmatsu Auditores

Leia mais

Best Managed Companies. Regulamento da pesquisa (edição 2017)

Best Managed Companies. Regulamento da pesquisa (edição 2017) Best Managed Companies Regulamento da pesquisa (edição 2017) Critérios de participação A pesquisa A Estratégia do Reposicionamento, edição 2017, somente admite a participação de empresas que se inscrevam

Leia mais

CONFIDENCE PRODUCTIVITY ON BUDGET ON TIME

CONFIDENCE PRODUCTIVITY ON BUDGET ON TIME CONFIDENCE PRODUCTIVITY ON BUDGET ON TIME Infrastructure & Capital Projects Excelência para uma abordagem integrada de todo o ciclo de vida dos projetos Infraestrutura: um mercado em transformação A utilização

Leia mais

Hora Decisiva CFO na Era Digital. Othon Almeida Sócio-líder do CFO Program Brasil

Hora Decisiva CFO na Era Digital. Othon Almeida Sócio-líder do CFO Program Brasil Hora Decisiva CFO na Era Digital Othon Almeida Sócio-líder do CFO Program Brasil Desafios do CFO Deloitte 2 Desafios diários do CFO Deloitte Papel dos executivos na crise 3 Quatro Faces do CFO Ao mesmo

Leia mais

Auditoria Independente USP, 26 de outubro de 2018

Auditoria Independente USP, 26 de outubro de 2018 Auditoria Independente USP, 26 de outubro de 2018 Com vocês hoje Délio Leite Sócio de Auditoria Felipe Araújo Gerente de Auditoria Matheus Martins Sênior de Auditoria Rubens Assistente de Auditoria 2018

Leia mais

Programa de Desenvolvimento de Fornecedores. Implementação nas empresas do Brasil. Instituto de Logística e Supply Chain

Programa de Desenvolvimento de Fornecedores. Implementação nas empresas do Brasil. Instituto de Logística e Supply Chain Programa de Desenvolvimento de Fornecedores Implementação nas empresas do Brasil 2011 Instituto de Logística e Supply Chain Apresentação Procurando entender em que estágio a prática de implementação de

Leia mais

PANORAMA DO TREINAMENTO NO BRASIL Dados, informações, fatos, análises.

PANORAMA DO TREINAMENTO NO BRASIL Dados, informações, fatos, análises. PANORAMA DO TREINAMENTO NO BRASIL - 2017 Dados, informações, fatos, análises. Este questionário em PDF é para auxiliar na coleta de dados. As perguntas devem ser respondidas no link: www.cmpesquisa.com.br/t&d

Leia mais

PESQUISA REALIZADA COM OS PARTICIPANTES DO 15º SEMINÁRIO NACIONAL DE GESTÃO DE PROJETOS

PESQUISA REALIZADA COM OS PARTICIPANTES DO 15º SEMINÁRIO NACIONAL DE GESTÃO DE PROJETOS PESQUISA REALIZADA COM OS PARTICIPANTES DO 15º SEMINÁRIO NACIONAL DE GESTÃO DE PROJETOS APRESENTAÇÃO O perfil do profissional de projetos CENÁRIO Pesquisa realizada durante o 15 Seminário Nacional de Gestão

Leia mais

10/8/2011. Administração de Recursos Humanos TREINAMENTO: DESENVOLVIMENTO: Concluindo: T&D é o processo educacional aplicado de

10/8/2011. Administração de Recursos Humanos TREINAMENTO: DESENVOLVIMENTO: Concluindo: T&D é o processo educacional aplicado de TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAL Administração de Recursos Humanos É o processo de desenvolver qualidades nos RHs para habilitá-los a serem mais produtivos e contribuir melhor para o alcance dos

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Atenção:

APRESENTAÇÃO. Atenção: GestãodeSuprimentosnas EmpresasIndustriaisBrasileiras PráticaseTendências em Compras APRESENTAÇÃO A coleção Panorama Logístico é composta por um conjunto de relatórios que apresentam resultados detalhados

Leia mais

1. DADOS DA EMPRESA. Nome do contato: do contato: Telefone do contato: Nome da Empresa: Endereço: Cidade: CEP:

1. DADOS DA EMPRESA. Nome do contato:  do contato: Telefone do contato: Nome da Empresa: Endereço: Cidade: CEP: PANORAMA DO TREINAMENTO NO BRASIL - 2015 Dados, informações, fatos, análises. Este questionário em PDF é para auxiliar na coleta de dados. As perguntas devem ser respondidas no link: www.cmpesquisa.com.br/t&d

Leia mais

1. DADOS DA EMPRESA. Nome do contato: do contato: Telefone do contato: Nome da Empresa: Endereço: Cidade: Estado: CEP:

1. DADOS DA EMPRESA. Nome do contato:  do contato: Telefone do contato: Nome da Empresa: Endereço: Cidade: Estado: CEP: PANORAMA DO TREINAMENTO NO BRASIL - 2016 Dados, informações, fatos, análises. Este questionário em PDF é para auxiliar na coleta de dados. As perguntas devem ser respondidas no link: www.cmpesquisa.com.br/t&d

Leia mais

Women Athletes Global Leadership Network. Women Athletes Global Leadership Network

Women Athletes Global Leadership Network. Women Athletes Global Leadership Network Women Athletes Global Leadership Network Programa Como apoiadora oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016 TM, a Ernst & Young promove o Women Athletes Global Leadership Network, novo programa para explorar

Leia mais

Empresários do setor de TI mostram-se confiantes. Ano 02 Nº2 Dez. 2016

Empresários do setor de TI mostram-se confiantes. Ano 02 Nº2 Dez. 2016 Empresários do setor de TI mostram-se confiantes Ano 02 Nº2 Dez. 2016 SUMÁRIO EXECUTIVO Os índices do Indica TI apresentaram melhora em relação à última pesquisa, realizada em abril. No entanto, apesar

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 13º Seminário Nacional de Gestão de Projetos APRESENTAÇÃO

Pesquisa realizada com os participantes do 13º Seminário Nacional de Gestão de Projetos APRESENTAÇÃO Pesquisa realizada com os participantes do de APRESENTAÇÃO O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 13 Seminário Nacional de, ocorrido em, apresenta o perfil do profissional da

Leia mais

Alimentos Perecíveis 2010

Alimentos Perecíveis 2010 Alimentos Perecíveis 2010 Apresentação O ILOS Instituto de Logística e Supply Chain apresenta o relatório Panorama Instituto ILOS: ". O trabalho é baseado em extensa pesquisa realizada com 92 grandes organizações

Leia mais

O GRUPO SOLPANAMBY TEM SUAS RAÍZES FINCADAS NA CIDADE DE CAMPINAS, EM SÃO PAULO.

O GRUPO SOLPANAMBY TEM SUAS RAÍZES FINCADAS NA CIDADE DE CAMPINAS, EM SÃO PAULO. Institucional O GRUPO SOLPANAMBY TEM SUAS RAÍZES FINCADAS NA CIDADE DE CAMPINAS, EM SÃO PAULO. O DNA empreendedor do grupo pode ser visto na habilidade dessa família empresária, que busca resultados sustentáveis

Leia mais

Mercado de Venture Capital aposta no crescimento do País

Mercado de Venture Capital aposta no crescimento do País Mercado de Venture Capital aposta no crescimento do País Edição 2011 da pesquisa Tendências Globais em Venture Capital, da Deloitte, mostra que o foco dos investimentos se concentra em duas áreas: infraestrutura

Leia mais

Headline Verdana Bold Reimagine everything Deloitte+SAP

Headline Verdana Bold Reimagine everything Deloitte+SAP Headline Verdana Bold Reimagine everything Deloitte+SAP Como nós podemos apoiá-lo para redesenhar seu negócio, obter o máximo de seus investimentos SAP e planejar futuras demandas digitais A escolha do

Leia mais

Julho de Prêmio Valor Inovação Brasil. 4 a Edição

Julho de Prêmio Valor Inovação Brasil. 4 a Edição Julho de 2018 Prêmio Valor Inovação Brasil 2018 4 a Edição Inovação Inovação é a geração e desenvolvimento estruturado, de maneira recorrente, de novas ideias que criam valor significativo para as empresas

Leia mais

Liderança na 4ª Revolução Industrial Quatro personas para lidar com uma era de mudanças e incertezas. Março de 2019

Liderança na 4ª Revolução Industrial Quatro personas para lidar com uma era de mudanças e incertezas. Março de 2019 Liderança na 4ª Revolução Industrial Quatro personas para lidar com uma era de mudanças e incertezas Março de 2019 Liderança na 4ª Revolução Industrial O que a pesquisa lançada pela Deloitte em Davos (janeiro

Leia mais

A Força do Estado do Rio de Janeiro

A Força do Estado do Rio de Janeiro A Força do Estado do Rio de Janeiro Janeiro de 2010 Introdução Nesta nova edição da Sondagem Empresarial A força do Estado do Rio de Janeiro, realizada pela PricewatrhouseCoopers e O Globo, contamos com

Leia mais

Governança em empresas estatais Desafios e estratégias para adequação aos requerimentos da Lei nº /16

Governança em empresas estatais Desafios e estratégias para adequação aos requerimentos da Lei nº /16 Governança em empresas estatais Desafios e estratégias para adequação aos requerimentos da Lei nº 13.303/16 Pesquisa 2018 A busca pelo aprimoramento da governança corporativa nas empresas estatais brasileiras

Leia mais

As dores da jornada. Othon Almeida. Dezembro de Sócio-líder do CFO Program Brasil, Deloitte

As dores da jornada. Othon Almeida. Dezembro de Sócio-líder do CFO Program Brasil, Deloitte As dores da jornada Othon Almeida Sócio-líder do CFO Program Brasil, Deloitte Dezembro de 2014 O panorama econômico brasileiro mudou ao longo das décadas... 2015-2018:??????? 2011-2014: Esgotamento do

Leia mais

Estudo de perspectivas de carreiras e profissões

Estudo de perspectivas de carreiras e profissões ÍNDICE EDITORIAL METODOLOGIA PERFIL DOS ENTREVISTADOS INVESTIMENTOS DAS COMPANHIAS EM 2017 PLANOS DE CONTRATAÇÃO PLANOS DE CARREIRA PRIORIDADES REGIONAIS DE CARREIRA DESAFIOS PARA CRESCER EM 2017 DESAFIOS

Leia mais

Matéria sobre a Pesquisa: de- rh-para

Matéria sobre a Pesquisa:  de- rh-para Matéria sobre a Pesquisa: www.isk.com.br/perspectivas-de de- rh-para para-2017 EmpresasParticipantes Perfil das Empresas Participantes 2% 23% Origem de Capital 37% Nacional Segmento de Atuação Multinacional

Leia mais

ATUAÇÃO. A Wiabiliza integra modelos Organizacionais, de Negócios e Pessoas, criando soluções sob medida em:

ATUAÇÃO. A Wiabiliza integra modelos Organizacionais, de Negócios e Pessoas, criando soluções sob medida em: ATUAÇÃO A Wiabiliza integra modelos Organizacionais, de Negócios e Pessoas, criando soluções sob medida em: REESTRUTURAÇÕES ORGANIZACIONAIS CADEIA DE GESTÃO DE CONTROLES E PROCESSOS GESTÃO DE RH INDICADORES

Leia mais

CARÊNCIA DE PROFISSIONAIS NO BRASIL

CARÊNCIA DE PROFISSIONAIS NO BRASIL CARÊNCIA DE PROFISSIONAIS NO BRASIL Estudo com 130 empresas de grande porte no Brasil*; Faturamento das empresas atinge U$S 350 bilhões, superando a marca de 22% do Produto Interno Bruto brasileiro; Composição

Leia mais

Celebrar com confiança Estudo de Natal Retail & Consumer Products

Celebrar com confiança Estudo de Natal Retail & Consumer Products Celebrar com confiança Estudo de Natal 2017 Retail & Consumer Products Hábitos de consumo de Natal e Ano Novo Evolução do consumo Aproximadamente, quanto espera gastar do seu orçamento familiar nas festas

Leia mais

Carência de Profissionais no Brasil Paulo Resende Paulo Renato de Sousa Joao Victor Rodrigues Silva 2010

Carência de Profissionais no Brasil Paulo Resende Paulo Renato de Sousa Joao Victor Rodrigues Silva 2010 Carência de Profissionais no Brasil Paulo Resende Paulo Renato de Sousa Joao Victor Rodrigues Silva 2010 Carência de Profissionais no Brasil Estudo com 130 empresas de grande porte no Brasil*; Faturamento

Leia mais

EDUCAÇÃO CORPORATIVA

EDUCAÇÃO CORPORATIVA EDUCAÇÃO CORPORATIVA 2016 2017 A Saint Paul Educação Corporativa oferece às organizações, projetos educacionais para que os colaboradores possam se desenvolver constantemente, transformando o aprendizado

Leia mais

Apresentação. Atenção:

Apresentação. Atenção: 100 95 75 25 5 0 capa_azul2009 Tuesday, December 02, 2008 11:50:46 AM Apresentação Este Panorama Logístico tem como tema a, e traz análises sobre as experiências e expectativas das empresas com relação

Leia mais

Ernst & Young University.

Ernst & Young University. Ernst & Young University. De portas abertas para o seu crescimento pessoal e profi ssional. A educação está no cerne de grande parte dos problemas que afligem o Brasil. No atual cenário de globalização

Leia mais

EDUCAÇÃO CORPORATIVA

EDUCAÇÃO CORPORATIVA EDUCAÇÃO CORPORATIVA 2016 2017 A Saint Paul Educação Corporativa oferece às organizações, projetos educacionais para que os colaboradores possam se desenvolver constantemente, transformando o aprendizado

Leia mais

Perspectivas para o setor global de saúde para 2018 A evolução dos cuidados inteligentes com a saúde Fevereiro, 2018

Perspectivas para o setor global de saúde para 2018 A evolução dos cuidados inteligentes com a saúde Fevereiro, 2018 Perspectivas para o setor global de saúde para 2018 A evolução dos cuidados inteligentes com a saúde Fevereiro, 2018 O que são cuidados inteligentes com a saúde? Cuidados com a saúde adequados oferecidos

Leia mais

Índice Geral. CAPÍTULO 1 - Entraves para a realização do comércio externo 27

Índice Geral. CAPÍTULO 1 - Entraves para a realização do comércio externo 27 Apresentação A coleção "Panorama Logístico" é um conjunto de Relatórios de Pesquisa elaborados pelo Centro de Estudos em Logística CEL/COPPEAD, que abordam diferentes temas relacionados à situação da logística

Leia mais

Apresentação. IAtenção:

Apresentação. IAtenção: Apresentação Este Panorama Logístico tem como tema a Tecnologia de Informação no Supply Chain. O relatório foi realizado com base em ampla pesquisa conduzida com 108 gestores de grandes empresas atuantes

Leia mais

EXPOPOSTOS & CONVENIÊNCIA

EXPOPOSTOS & CONVENIÊNCIA EXPOPOSTOS & CONVENIÊNCIA O evento oficial dos setores de distribuição e revenda de derivados de petróleo, equipamentos, lojas de conveniência e food service do Brasil. É o grande momento de atualização

Leia mais

Graduação. Avaliação de Alunos e Concluintes 1º semestre de Agosto/2012

Graduação. Avaliação de Alunos e Concluintes 1º semestre de Agosto/2012 Graduação Avaliação de Alunos e Concluintes 1º semestre de 2012 Agosto/2012 FICHA TÉCNICA Período de aplicação da pesquisa Maio e Junho de 2012. Formato Pesquisa realizada em laboratório de informática,

Leia mais

DESTAQUES DO CENSO IBRI/CVM. 39,26% das empresas são listadas em Bolsa há mais de 20 anos

DESTAQUES DO CENSO IBRI/CVM. 39,26% das empresas são listadas em Bolsa há mais de 20 anos Censo IBRI/CVM da Área de Relações com Investidores DESTAQUES DO CENSO IBRI/CVM 287 empresas participaram do censo IBRI/CVM 71,18% das empresas são listadas em Bolsa 39,26% das empresas são listadas em

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Unidade 4: Implementação e controle do planejamento estratégico 1 SEÇÃO 4.1 A ESTRUTURA E A CULTURA ORGANIZACIONAL NA IMPLEMENTAÇÃO DA ESTRATÉGIA 2 Estrutura organizacional Especifica

Leia mais

Treinamento Presencial: Inteligência de Mercado Aplicada a Compras. Data: 20 de Setembro de 2016 Carga horária: 8 horas Local: São Paulo/ SP

Treinamento Presencial: Inteligência de Mercado Aplicada a Compras. Data: 20 de Setembro de 2016 Carga horária: 8 horas Local: São Paulo/ SP Treinamento Presencial: Inteligência de Mercado Aplicada a Compras Data: 20 de Setembro de 2016 Carga horária: 8 horas Local: São Paulo/ SP Procurement Business School Quem somos: Procurement Business

Leia mais

Favor indicar o departamento no qual opera: 19% Relações externas, Comunicação Estratégia e inovação Gestão de Risco Meio Ambiente, saúde e segurança

Favor indicar o departamento no qual opera: 19% Relações externas, Comunicação Estratégia e inovação Gestão de Risco Meio Ambiente, saúde e segurança Favor indicar o departamento no qual opera: 19% 6% Relações externas, Comunicação Estratégia e inovação Gestão de Risco Meio Ambiente, saúde e segurança N=16 75% Outros Outros: Recursos Humanos Área Administrativa

Leia mais

LIGHT Serviços de Eletricidade S.A.

LIGHT Serviços de Eletricidade S.A. LIGHT Serviços de Eletricidade S.A. ITR Demonstrações Financeiras Referentes ao 1º Trimestre de 2016 Parecer dos Auditores Independentes LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S.A. BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS 2019

GESTÃO DE PESSOAS 2019 TENDÊNCIAS EM GESTÃO DE PESSOAS 2019 10 ANOS DE ESTUDO Katia Moreno e José Antonio Silva Amostra da Pesquisa 63 empresas participantes 32 setores representados 80% dos respondentes são diretores ou gerentes

Leia mais

Boas Práticas de RH UnimedBH. Data: 3 de maio Local: OCEMG Júnia Marçal Rodrigues

Boas Práticas de RH UnimedBH. Data: 3 de maio Local: OCEMG Júnia Marçal Rodrigues Boas Práticas de RH UnimedBH Data: 3 de maio Local: OCEMG Júnia Marçal Rodrigues Unimed-BH em números 5.684 médicos cooperados Atuação 34 municípios na região metropolitana de BH 4.003 colaboradores diretos

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Cuidar de gente. Este é o nosso negócio. QUEM SOMOS? A Realize é uma consultoria de desenvolvimento e gestão de pessoas, especializada em liderança, estruturação deprocessos

Leia mais

Stronger optimism Deloitte Portugal CFO Survey Q November, 2017

Stronger optimism Deloitte Portugal CFO Survey Q November, 2017 Stronger optimism Deloitte Portugal CFO Survey Q3 2017 November, 2017 Outlook Perspetivas económicas para Portugal Como vê as perspetivas económicas para Portugal nos próximos 12 meses? -68% +37% +93%

Leia mais

CONCESSÕES Indústria de Energia. 12 de Julho de 2011

CONCESSÕES Indústria de Energia. 12 de Julho de 2011 CONCESSÕES Indústria de Energia 12 de Julho de 2011 Impactos sobre as Demonstrações Financeiras Patrimônio Líquido Amostra (20 empresas - 90%) 01.01.2009 31.12.2009 Patrimônio líquido publicado 53.638.381

Leia mais

> Premiações Valor 2016

> Premiações Valor 2016 Premiações 2016 > Premiações Valor 2016 Prêmio Inovação: 285 presentes. Entrega do prêmio às 10 empresas mais inovadoras do país. Valor Carreira: 310 presentes. Reconhecimento às 35 melhores empresas

Leia mais

RELATÓRIO ACADÊMICO DA PESQUISA MEPT 2017

RELATÓRIO ACADÊMICO DA PESQUISA MEPT 2017 RELATÓRIO ACADÊMICO DA PESQUISA MEPT 2017 Prof. Dr. André Luiz Fischer Prof. Dr. Wilson Aparecido Costa de Amorim Profª Fabiana Bittencourt Fevorini Guilherme Donizetti Silva Maio/2018 FICHA CATALOGRÁFICA

Leia mais

Valor Inovação Brasil

Valor Inovação Brasil Prêmio Valor Inovação Brasil 5ª edição Marcelo Gil Líder Strategy& Brasil Pesquisa Inovação Strategy& - Valor Buscamos identificar a criação e o desenvolvimento estruturado, de maneira recorrente, de novas

Leia mais

Escola Brasileira de Coaching - Preparando Empresas e o Terceiro Setor para o sistema esocial da União.

Escola Brasileira de Coaching -  Preparando Empresas e o Terceiro Setor para o sistema esocial da União. Escola Brasileira de Coaching - Preparando Empresas e o Terceiro Setor para o sistema esocial da União. São Paulo, 10 de abril de 2017 1 S u m á r i o Ficha Técnica 03 Apresentação 04 Fases de adequação

Leia mais

Portugal 2020 Investir no futuro. R&D and Government Incentives

Portugal 2020 Investir no futuro. R&D and Government Incentives Portugal 2020 Investir no futuro R&D and Government Incentives 1 Qualificação e Internacionalização (QI) das Pequenas e Médias Empresas (PME) Síntese Tipologias de projetos Atividades económicas elegíveis

Leia mais

Termômetro tributário

Termômetro tributário Termômetro tributário Tendências e desafios do profissional no Brasil Dezembro, 2015 O estudo traz indicadores que demonstram que o gestor tributário tem se mostrado cada vez mais multifacetado, qualificado,

Leia mais

PERFIL DOS PARTICIPANTES

PERFIL DOS PARTICIPANTES PERFIL DOS PARTICIPANTES 690 EMPRESAS PARTICIPANTES DAS EMPRESAS ESTÃO CONCENTRADAS NESTES SEGMENTOS DE ATUAÇÃO COMENTÁRIOS INICIAIS INFORMAÇÕES GERAIS Bens de consumo não duráveis: Alimentos, Bebidas,

Leia mais

Portuguese Real Estate Investment Survey 4ª Edição 2018 Keep on doing great

Portuguese Real Estate Investment Survey 4ª Edição 2018 Keep on doing great Portuguese Real Estate Investment Survey 4ª Edição 2018 Keep on doing great Prefácio Fechamos o ano 2018, com a certeza de que, o sucesso do Portuguese Real Estate Investment Survey, depende e continuará

Leia mais

Global Mobile Consumer Survey 2017 O celular no dia a dia do brasileiro

Global Mobile Consumer Survey 2017 O celular no dia a dia do brasileiro O celular no dia a dia do brasileiro 1 Índice e amostra da pesquisa 3 do usuário 15 no País 4 na palma da mão 20 do smartphone 9 e serviços 23 2 e amostra da pesquisa 2.000 entrevistados no Brasil Os usuários

Leia mais

Função. Funções já auditadas no Salário BR -

Função. Funções já auditadas no Salário BR - Ajudante da Indústria de Alimentos Ajudante de Agronegócios Ajudante de Construção Ajudante de Eletrônicos Ajudante de Energia Ajudante de Forças Armadas Ajudante de Gráfica Ajudante de Indústria de Acessórios

Leia mais

CUSTOS LOGÍSTICOS NO BRASIL Núcleo de Logística, Supply Chain e Infraestrutura

CUSTOS LOGÍSTICOS NO BRASIL Núcleo de Logística, Supply Chain e Infraestrutura CUSTOS LOGÍSTICOS NO BRASIL 2017 Núcleo de Logística, Supply Chain e Infraestrutura Equipe Paulo Tarso Vilela de Resende (coordenador) Paulo Renato de Sousa Ramon Victor Cesar Arthur Quintão Bolsistas

Leia mais

UNIVERSIDADE CEUMA PROCESSO SELETIVO MANUAL DO CANDIDATO

UNIVERSIDADE CEUMA PROCESSO SELETIVO MANUAL DO CANDIDATO UNIVERSIDADE CEUMA PROCESSO SELETIVO MANUAL DO CANDIDATO Este manual é para você que busca desenvolver seus potenciais. Venha ser um EMPRESÁRIO JÚNIOR MAS O QUE É UMA EMPRESA JÚNIOR? Uma empresa júnior

Leia mais

Indicador de Demanda por Crédito e Investimento do Micro e Pequeno Empresário

Indicador de Demanda por Crédito e Investimento do Micro e Pequeno Empresário Indicador de Demanda por Crédito e Investimento do Micro e Pequeno Empresário Março 2017 Indicador de Propensão a Investir Sem ver necessidade, micro e pequenos empresários não pretendem investir nos próximos

Leia mais

Prêmio Valor Inovação Brasil 2017

Prêmio Valor Inovação Brasil 2017 Prêmio Valor Inovação Brasil 2017 Inovação Inovação é a geração e desenvolvimento estruturado, de maneira recorrente, de novas ideias que geram valor significativo para as empresas Critérios de participação

Leia mais

Graduação. Avaliação Concluintes 2º semestre de 2012

Graduação. Avaliação Concluintes 2º semestre de 2012 Graduação Avaliação Concluintes 2º semestre de 2012 Janeiro/2013 FICHA TÉCNICA Período de aplicação da pesquisa Durante o mês de novembro. Formato Pesquisa realizada em laboratório de informática, em formato

Leia mais

Diretor Administrativo e Financeiro na LIGA ÁLVARO BAHIA CONTRA MORTALIDADE INFANTIL - HOSPITAL ESTADUAL DA CRIANÇA

Diretor Administrativo e Financeiro na LIGA ÁLVARO BAHIA CONTRA MORTALIDADE INFANTIL - HOSPITAL ESTADUAL DA CRIANÇA Robson Amorim Diretor Administrativo e Financeiro na LIGA ÁLVARO BAHIA CONTRA MORTALIDADE INFANTIL - HOSPITAL ESTADUAL DA CRIANÇA amorim@eaconsultoria.com Resumo Carreira desenvolvida com sólida experiência

Leia mais

Transporte Rodoviário de Cargas no Brasil. A percepção dos transportadores. Instituto de Logística e Supply Chain

Transporte Rodoviário de Cargas no Brasil. A percepção dos transportadores. Instituto de Logística e Supply Chain Transporte Rodoviário de Cargas no Brasil A percepção dos transportadores 2011 Instituto de Logística e Supply Chain Apresentação Com objetivo de realizar uma análise sobre o novo momento vivido no mercado

Leia mais

Tendências na área de Recursos Humanos

Tendências na área de Recursos Humanos Tendências na área de Recursos Humanos Confira a 6ª edição do maior censo de Recursos Humanos, realizado pelo RH Portal em 2016. Veja o que os profissionais estão falando sobre a realidade do RH no mercado

Leia mais

Obtendo sucesso através da Gestão de Clima

Obtendo sucesso através da Gestão de Clima Obtendo sucesso através da Gestão de Clima Mais de 70% das grandes empresas aplicam instrumentos ligados a Gestão de Clima Organizacional. As pequenas e médias empresas tem aumentado cada vez mais a participação

Leia mais

Valid Soluções e Serviços de Segurança em Meios de Pagamento e Identificação S.A.

Valid Soluções e Serviços de Segurança em Meios de Pagamento e Identificação S.A. Valid Soluções e Serviços de Segurança em Meios de Pagamento e Identificação S.A. Demonstrações Financeiras Individuais e Consolidadas Referentes ao Exercício Findo em 31 de Dezembro de 2016 e Relatório

Leia mais

Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária

Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2017 Ano Base 2016 Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária Amostra e metodologia Participação de 17 bancos, que representam 91% dos ativos da indústria bancária

Leia mais

1. Volume de Vendas do Comércio Varejista

1. Volume de Vendas do Comércio Varejista Nº 180 Desempenho do Varejo Cearense em Janeiro de 2018 Enfoque Econômico é uma publicação do IPECE que tem por objetivo fornecer informações de forma imediata sobre políticas econômicas, estudos e pesquisas

Leia mais

Resultados Gerais. 2 Estudo Latino-Americano de Tecnologia de Recursos Humanos

Resultados Gerais. 2 Estudo Latino-Americano de Tecnologia de Recursos Humanos Resultados Gerais 2 Estudo Latino-Americano de Tecnologia de Recursos Humanos O uso da tecnologia de Recursos Humanos nunca foi tão alto na América Latina. Quase 40% das empresas da região contam com uma

Leia mais

65 ESPECIAL SONDAGEM

65 ESPECIAL SONDAGEM Indicadores CNI SONDAGEM 65 ESPECIAL Indústria e energia Dois terços da indústria tem prejuízos com falhas de fornecimento de energia elétrica A energia elétrica é um insumo importante para a indústria:

Leia mais

Os principais ramos de atividade

Os principais ramos de atividade Março de 2017 Os principais ramos de atividade O volume dos anúncios de operações de fusões e aquisições, ofertas públicas de aquisições de ações (OPAs) e reestruturações societárias alcançou o montante

Leia mais