Agenda. Gerência de Configuração de Software. Atividade Sala. Quais os problemas? P1) Duplicidade de Trabalho. P2) Trabalhos Sobrepostos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Agenda. Gerência de Configuração de Software. Atividade Sala. Quais os problemas? P1) Duplicidade de Trabalho. P2) Trabalhos Sobrepostos"

Transcrição

1 Agenda Gerência de Configuração de Software Vamos entender o Problema? Quais os problemas? Gerência de Configuração Marcos Dósea Entender os problemas... Quais os problemas? Problema 1) Duplicidade de Trabalho Problema 2) Trabalhos sobrepostos Problema 3) Perda de trabalho Problema 4) Histórico de Mudanças Problema 5) Versão inconsistente P1) Duplicidade de Trabalho O mesmo trabalho é realizado por mais de um desenvolvedor. Ex: Classe GerenciaCalculosCusto Torna-se mais difícil de controlar quando a solução é armazenada de forma distinta. Ex: pastas calculos e pasta custo Quem foi o maluco que mandou vocês realizarem o trabalho? P2) Trabalhos Sobrepostos Usando um repositório compartilhado é gravada apenas as alterações do último desenvolvedor. Ex: Classe GerenciaCalculosCusto Problema pode ser maior quando a implementação correta é sobreposta pela implementação errada. 1

2 P3) Perda de Trabalho Imagine agora se houve implementações diferentes entre dois desenvolvedores. Um dos trabalhos será perdido. Terá o trabalho garantindo apenas aquele que salvar por último os seus trabalhos. P4) Histórico de Mudanças Quem implementou o método errado? Quem foi o responsável por dar 20% de desconto no preço de atacado? Quem foi o responsável por dar 10% de desconto no preço de atacado? Quem foi o maluco que ordenou que vocês fizessem isso? Quero que retorne com a implementação anterior da classe! P5) Versão Inconsistente Como resolver esses problemas? A evolução das classes deixa a sistema insconsistente até que uma nova bateria de testes seja realizada. E se ocorrer um erro grave? Como recuperar a última versão estável do sistema e realizar uma correção urgente, sem atrapalhar a evolução do sistema? Solução Trivial Solução Trivial Repositório Compartilhado Desenvolvedor A Desenvolvedor B Programa de A A1 A2 A3 Componente Compartilhado Programa de B B1 B2 B3 2

3 A Solução Gerência de Configuração É a arte de identificar, organizar e controlar mudanças no software que está sendo construído. O objetivo é maximizar a produtividade pela minimização de erros (Pressman, 2002). Gerência de Configuração Onde a GCM será utilizada? É o desenvolvimento e uso de padrões e procedimentos para o gerenciamento de sistemas de software em desenvolvimento. Define como registrar mudanças e relacioná-las a diferentes versões do sistema (Sommerville, 2007). Modelo de Negócio Requisitos Artefatos de Gerenciamento Modelos Análise Processo de Desenvolvimento de Software Testes Modelos Projeto Código Fonte Onde a GCM será utilizada? Por que GCM? Modelo de Negócio Requisitos Artefatos de Gerenciamento Modelos Análise Processo de Desenvolvimento Mudanças de Software Testes Modelos Projeto Código Fonte Evolução do software => MUDANÇAS 75% do custo total do ciclo de vida do software é com manutenção. 20% do tempo para consertar erros. 80% do tempo para modificações nos requisitos: Requisitos funcionais Regras de negócio Reengenharia da aplicação. 3

4 Gerência de Configuração Gerência do Configuração no MPS.Br Considerada muitas vezes como etapa do gerenciamento de qualidade: Sistema liberado é verificado pela equipe de GQ. Essencial usar padrões para certificação da qualidade. Ex: Padrão para Plano de GC seguindo a norma IEEE Gerência de Configuração Gerenciamento de Mudanças Gerenciamento de Versões Gerenciamento de Builds Gerência de Configuração Gerenciamento de Mudanças P1) Duplicidade de Trabalho Gerenciamento de Versões Gerenciamento de Builds Gerenciamento de Mudanças Controla o processo de solicitação de mudanças, análise de custo e benefício das mudanças, aprovação e rastreabilidade de quais componentes foram alterados. Gerenciamento de Mudanças Change Request Form (CRF) Exemplo: 4

5 Algumas Ferramentas Redmine Redmine Bugzilla Jira Trac IBM Rational ClearQuest Bugzilla Processo de Gerenciamento de Mudanças Exemplo Estados de uma Solicitação de Mudança Exemplo Vamos solicitar uma Mudança? 5

6 Atividade de Sala Crie uma mudança para seu parceiro: Defeito reportado pelo desenvolvedor Defeito reportado pelo usuário Nova funcionalidade Simule o atendimento dessas mudanças. Gerência de Configuração Gerenciamento de Mudanças Gerenciamento de Versões Gerenciamento de Builds Gerenciamento de Versões Processo de identificar e manter a rastreabilidade das versões de um sistema, objetivando recuperar, quando solicitado, uma versão que implementa um determinando conjunto de funcionalidades. O Repositório É a base para utilização de um sistema de controle de versão. Cada cliente possui uma cópia de trabalho do repositório. Alguns Repositórios CVS Subversion (SVN) Mercurial IBM Rational ClearCase Microsoft Visual Source Safe. VisualSVN Server O Repositório 6

7 VisualSVN Server O Repositório Explorar as configurações do VisualSVN Gerenciamento de Versões Passo 1) Definir o Repositório Local (físico e lógico) onde os itens de um sistema são guardados Pode conter diversas versões do sistema Utiliza mecanismos de controle de acesso Definir o Repositório Layout do Repositório trunk: linha principal do desenvolvimento branches: cópias divergentes da linha base do desenvolvimento. tags: fotografias de versões estáveis do sistema. Repositório Repositório Definir o Repositório Exemplo: code.google.com com SVN Definir o Repositório Exemplo: Visual SVN 7

8 Definir o Repositório Exemplo: Visual SVN Definir o Repositório Exemplo: Visual SVN Defina um repositório do seu grupo Utilize a função browse do TortoiseSVN para acessar os arquivos do repositório criado pelo colega. Gerência de Configuração Gerenciamento de Mudanças Gerenciamento de Versões Gerenciamento de Builds Gerenciamento de Versões Processo de identificar e manter a rastreabilidade das versões de um sistema, objetivando recuperar, quando solicitado, uma versão que implementa um determinando conjunto de funcionalidades. O Repositório É a base para utilização de um sistema de controle de versão. Cada cliente possui uma cópia de trabalho do repositório. 8

9 Conceitos Básicos Item de Configuração Conjunto de itens de hardware/software vistos como uma entidade única para fins de gerência de configuração. Conceitos Básicos Configuração do Software Toda informação produzida como parte do processo de desenvolvimento de software. Dados Código Fonte Dados Documentos Código Fonte Documentos Como Operar com o Repositório? Check-in e Check-out Passo 2) Executar Operações do Cliente Ckeck-in - Merge Ckeck-out - Marcar Tag Lock - Branches Desenvolvedor Repositório Como Operar com o Repositório? Operação 1) Check-out Recupera a (última) versão de um item de configuração guardada no repositório. Escrita: obtém o lock do item e cria uma cópia para edição no cliente. Leitura: cria uma cópia apenas para leitura no cliente. Check-out Como Operar com o Repositório? Operação 2) Check-in Ação de inserir/atualizar um item de configuração no repositório Verifica o lock do item de configuração, e caso seja possível, incrementa a versão do item. Check-in cliente Repositório cliente Repositório 9

10 Gerenciamento de Versões Operação 2) Check-in Cada check-in no repositório cria uma nova revisão (baseline) do mesmo. Faça o Check-out do seu repositório. Qual a revisão que você está trabalhando? Crie 1 arquivo na pasta trunk e faça o checkin. Faça check-out e visualize a revisão. Crie agora mais dois novos arquivo na pasta trunk e faça o check-in. Visualize agora as revisões dos três arquivos criados. Baselines Revisão é um tipo de baseline item fluxo de desenvolvimento Como Operar com o Repositório? Operação 3) Lock Resolve a Atualização Simultânea Garante que apenas o usuário que detém o lock pode alterar o arquivo Problema: serializa o trabalho dos desenvolvedores tempo Como Operar com o Repositório? Operação 4) Merge Unificação de diferentes versões de um mesmo item de configuração Integração dos itens de configuração de um branch com os itens de configuração do fluxo principal Mesmo com o uso de ferramentas, em vários casos há necessidade de intervenção humana Repositório Tradicional Relembrando o problema... 10

11 Soluções dos Repositórios Política Pessimista (Lock-Modify-Unlock) Política Otimista (Copy-Modify-Merge) Política Pessimista Enfatiza o check-out reservado Bloqueia o(s) item(ns) de configuração Inibe o paralelismo Política Pessimista Usando o TortoiseSVN Atividade de Sala Faça o bloqueio de um arquivo armazenado no repositório. Solicite ao seu colega que tente alterar esse arquivo e depois gravar no repositório. Ele conseguiu? Não esqueça de desbloquear o arquivo. Política Pessimista Problemas Pode causar problemas administrativos, quando um lock não é liberado. Pode causar serialização de trabalho desnecessária, por exemplo, editar o mesmo arquivo mas em locais diferentes. Causa um falso senso de segurança, por exemplos, arquivos dependentes que são editados por desenvolvedores distintos podem não trabalhar juntos. 11

12 Soluções dos Repositórios Política Pessimista (Lock-Modify-Unlock) Política Otimista (Copy-Modify-Merge) Política Otimista Assume que a quantidade de conflitos é naturalmente baixa. É mais fácil e produtivo tratar cada conflito individualmente. Um conflito ocorre quando a mesma linha ou região do arquivo é modificada. A junção (merge) é automática na maioria dos casos e manual quando ocorrem conflitos. Política Otimista Crie um arquivo com um texto qualquer na linha 1 e 3. Grave o arquivo no repositório. Altere o arquivo e insira um texto na linha 5 e ao mesmo tempo peça a seu colega para baixar o arquivo do repositório e colocar um texto na linha 4 Tentem gravar o arquivo no repositório. O que aconteceu? Baixem a nova versão do arquivo. Agora insira textos diferentes na linha 2, cada um na sua cópia de trabalho. Tentem gravar o arquivo. O que aconteceu? Qual política utilizar? Política Pessimista Artefatos não textuais (imagem, vídeo, etc) Artefatos onde a junção manual é complexa. Política Otimista Nas demais situações. 12

13 Ciclo de Trabalho Típico 1) Atualizar cópia de trabalho 2) Realizar as mudanças 3) Revisar as mudanças 4) Consertar os erros 5) Resolver Conflitos 6) Publicar mudanças (commit) Usando o sistema de controle de versão implemente as classes passadas na primeira aula. Política Pessimista Política Otimista Ciclo de Trabalho Típico 1) Atualizar cópia de trabalho 2) Realizar as mudanças 3) Revisar as mudanças 4) Consertar os erros 5) Resolver Conflitos 6) Publicar mudanças (commit) Criem o arquivo GerenciadorAluno.java Crie os métodos: void inserir(aluno a); void consultar(aluno a); Ao mesmo tempo peça ao colega para criar os métodos: void remover(string matricula) void alterar(aluno a) Gravem no repositório. 13

14 Excluindo e Renomeando Exclusão com o TortoiseSVN A exclusão de um arquivo/pasta da cópia de trabalho não implica na exclusão do mesmo no repositório. O mesmo acontece para renomeação. O SVN possui um comando delete e rename que devem ser executados no arquivo. Em seguida deve ser feita a gravação (commit) no repositório. Renomear com o TortoiseSVN Dever de Sala Faça a exclusão de um arquivo do repositório. Renomeie um arquivo do repositório. Ignorando Arquivos Ignorando com o TortoiseSVN Alguns arquivos podem ser marcados para serem ignorados pelo sistema de versionamento. Isso é comum para arquivos de compilação ou arquivos temporários. 14

15 Dever de Sala Baselines Crie um arquivo na cópia de trabalho Marque esse arquivo para ser ignorado pelo sistema de versionamento. Baselines São marcos no versionamento dos artefatos. Representam conjuntos de itens de configuração que foram formalmente aprovados. Baselines são marcadas a partir de revisões do repositório. Uma baseline é identificada através de uma tag. Baselines Versão do Sistema: É uma instância do sistema que difere, de alguma maneira, de outras instâncias. Release do Sistema: Versão do sistema distribuída aos clientes. Gerenciamento de Versões Tags no TortoiseSVN Operação 5) Marcar Tag São rótulos associados a um snapshot do repositório num determinado momento. Um tag referencia um ou mais arquivos em um ou mais diretórios Usadas normalmente para denominar uma versão do projeto ou release. Sistema de Biblioteca

16 Tags no TortoiseSVN Marque uma tag da versão atual do projeto. Faça novas alterações na mainline. Marque uma nova tag do projeto. Branches É uma linha de desenvolvimento independente de outras linhas mas que compartilha um histórico. Deve ser criado quando múltiplas necessidades precisam ser atendidas. Branches Fazer um branche é simplesmente criar uma cópia de uma revisão. Apesar de manter o histórico o branche pode evoluir de forma indepentente. Gerenciamento de Versões Braches no TortoiseSVN Operação 6) Criar Branch Criação de um fluxo alternativo para atualização de versões de itens de configuração Devem existir regras bem definidas para criação de branches Por que e quando devem ser criados? Quais os passos? Quando retornar ao fluxo principal? 16

17 Braches no TortoiseSVN Atividade de Sala Crie um branche da sua linha de desenvolvimento principal. Reintegrando um Branche Reintegrando Branches É possível reintegrar branches à sua linha principal através de uma operação de merge. Pode ser necessário quando uma grande alteração não deve atrapalhar a linha principal do desenvolvimento. Reintegrando Branches Reintegrando Branches 17

18 Atualizando um Branche Atualizando Branches Para que as modificações de um branche não fiquem muito distantes da linha principal pode-se fazer sua atualização. A atualização de um branche também é feita através da operação de merge. Atualiazando Branches Atualiazando Branches Criar um novo branche a partir do trunk. Criar um novo arquivo no trunk. Criar um novo arquivo no branche. Alterar um mesmo arquivo existente no trunk e no branche criado. Atualizar o branche a partir do trunk. Reintegrar o branche ao trunk. Referências Sommerville, Ian. Engenharia de Software. 8a edição. Addison Wesley. Pressman R. Engenharia de Software. 6a edição. McGraw-Hill. Cristine Dantas. Gerência de Configuração de Software. Revista de Engenharia de Software. Edição 2. Disponível no link. Acesso em Março

Gerência de Configuração. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br

Gerência de Configuração. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br Gerência de Configuração Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br Introdução Mudanças durante o desenvolvimento de software são inevitáveis: os interesses

Leia mais

Gerência de Configuração. Profº Rômulo César

Gerência de Configuração. Profº Rômulo César Gerência de Configuração Profº Rômulo César Gerência de Configuração Cenário Atual Projetos cada vez mais complexos em relação ao tamanho, sofisticação e tecnologias envolvidas Grandes equipes geograficamente

Leia mais

Controle de Versão de Software. Luiz Jácome Júnior

Controle de Versão de Software. Luiz Jácome Júnior Controle de Versão de Software Luiz Jácome Júnior Motivação Alguém já sobrescreveu o código de outra pessoa por acidente e acabou perdendo as alterações? Tem dificuldades em saber quais as alterações efetuadas

Leia mais

Versionamento de Código. Núcleo de Desenvolvimento de Software

Versionamento de Código. Núcleo de Desenvolvimento de Software Versionamento de Código Núcleo de Desenvolvimento de Software Por quê? Facilidades de utilizar um sistema de versionamento de código. Várias versões Quando se salva uma nova versão de um arquivo, a versão

Leia mais

Introdução ao Controle de Versões. Leonardo Murta (leomurta@ic.uff.br)

Introdução ao Controle de Versões. Leonardo Murta (leomurta@ic.uff.br) Introdução ao Controle de Versões Leonardo Murta (leomurta@ic.uff.br) Introdução A Engenharia de Software... Abordagem disciplinada para o desenvolvimento de software Grande diversidade de metodologias

Leia mais

Gerenciamento de configuração. Gerenciamento de Configuração. Gerenciamento de configuração. Gerenciamento de configuração. Famílias de sistemas

Gerenciamento de configuração. Gerenciamento de Configuração. Gerenciamento de configuração. Gerenciamento de configuração. Famílias de sistemas Gerenciamento de Gerenciamento de Configuração Novas versões de sistemas de software são criadas quando eles: Mudam para máquinas/os diferentes; Oferecem funcionalidade diferente; São configurados para

Leia mais

Gerência de Configuração de Software

Gerência de Configuração de Software Gerência de Configuração de Software Desenvolvendo software de forma eficiente e disciplinada O Cristine Dantas É bacharel em Informática pela UFRJ e mestre em Engenharia de Sistemas e Computação pela

Leia mais

ES06 Especialização em Engenharia de Software Prof.: Misael Santos (misael@gmail.com) Ago/2010

ES06 Especialização em Engenharia de Software Prof.: Misael Santos (misael@gmail.com) Ago/2010 Gestão de Configuração de Software - Conceitos Principais - ES06 Especialização em Engenharia de Software Prof.: Misael Santos (misael@gmail.com) Ago/2010 Agenda Configuração Itens de Configuração Versionamento

Leia mais

GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com

GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com Objetivo Apresentar a GC (Gerencia de Configuração) no contexto da Engenharia de Software Mostrar a importância da GC no controle

Leia mais

Prof. Júlio Valente Agosto/2015. CV Resumido

Prof. Júlio Valente Agosto/2015. CV Resumido Gerenciamento de Configuração e Aquisição de Software Prof. Júlio Valente Agosto/2015 CV Resumido Autor do livro Prática de Análise e Projeto de Sistemas. Gerente do projeto de Totalização e Divulgação

Leia mais

Julio Cezar Fialho Freire de Carvalho 1, Aline Maria Malachini Miotto Amaral 2 1 INTRODUÇÃO

Julio Cezar Fialho Freire de Carvalho 1, Aline Maria Malachini Miotto Amaral 2 1 INTRODUÇÃO 26 a 29 de outubro de 2010 ISBN 978-85-61091-69-9 ESTUDO E DEFINIÇÃO DA APLICAÇÃO PARA CONTROLE DE VERSÕES DOS ARTEFATOS GERENCIADOS PELA FERRAMENTA S.A.Do.M (SOFTWARE ARTIFACTS DOCUMENTATION AND MANAGEMENT)

Leia mais

Introdução à Gerência de Configuração. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Introdução à Gerência de Configuração. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Introdução à Gerência de Configuração Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Introdução A Engenharia de Software... Abordagem disciplinada para o desenvolvimento de software Grande diversidade

Leia mais

Controle de Versão. Prof. Msc. Bruno Urbano Rodrigues. bruno@urbano.eti.br

Controle de Versão. Prof. Msc. Bruno Urbano Rodrigues. bruno@urbano.eti.br Controle de Versão Prof. Msc. Bruno Urbano Rodrigues bruno@urbano.eti.br Apresentação - Docente Mestre em Ciência da Computação na Universidade Federal de Goiás. Especialista em Gestão de Software pela

Leia mais

ISO/IEC 12207: Gerência de Configuração

ISO/IEC 12207: Gerência de Configuração ISO/IEC 12207: Gerência de Configuração Durante o processo de desenvolvimento de um software, é produzida uma grande quantidade de itens de informação que podem ser alterados durante o processo Para que

Leia mais

Gerência de Configuração de Software Funções

Gerência de Configuração de Software Funções Universidade Estadual de Maringá Departamento de Informática Ciência da Computação Processo de Engenharia de Software II Gerência de Configuração de Software Funções Rafael Leonardo Vivian {rlvivian.uem

Leia mais

PROJETO CEMEA. Um trabalho educacional

PROJETO CEMEA. Um trabalho educacional PROJETO CEMEA Um trabalho educacional CEMEA: Objetivo geral A partir de um sistema já existente, temos como missão: Melhorar suas funcionalidades; Documentar tanto o código, quanto suas funções; Acrescentar

Leia mais

Sistema de Controle de Versão - CVS

Sistema de Controle de Versão - CVS - CVS Adailton Magalhães Lima adailton@webapsee.com Não há nada permanente exceto a modificação. Heráclitos 500 a.c. Adaptado de ESTUDO E PROPOSTA DE MODELOS DE PROCESSO DE SOFTWARE PARA O LABORATÓRIO

Leia mais

Gerenciamento de Configuração de Software

Gerenciamento de Configuração de Software Gerenciamento de Configuração de Software Prof. Ricardo Argenton Ramos [Baseado na apresentação do prof. Masiero ICMC-USP] Contexto para Gerência de Configuração 2 Problema dos Dados Compartilhados Desenvolvedor

Leia mais

Ferramenta de apoio a gerência de configuração de software. Aluno: Rodrigo Furlaneto Orientador: Everaldo Artur Grahl

Ferramenta de apoio a gerência de configuração de software. Aluno: Rodrigo Furlaneto Orientador: Everaldo Artur Grahl Ferramenta de apoio a gerência de configuração de software Aluno: Rodrigo Furlaneto Orientador: Everaldo Artur Grahl Roteiro de apresentação Introdução Objetivos Fundamentação Teórica Gerência de Configuração

Leia mais

Gestão de Modificações. Fabrício de Sousa

Gestão de Modificações. Fabrício de Sousa Gestão de Modificações Fabrício de Sousa Introdução Inevitáveis quando o software é construído Confusão As modificações não são analisadas antes de serem feitas Não são registradas antes de serem feitas

Leia mais

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CVS NO ECLIPSE

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CVS NO ECLIPSE PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CVS NO ECLIPSE Agosto 2007 Sumário de Informações do Documento Tipo do Documento: Manual Título do Documento: MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO

Leia mais

Gerência de Configuração de Software Introdução

Gerência de Configuração de Software Introdução Universidade Estadual de Maringá Departamento de Informática Ciência da Computação Processo de Engenharia de Software II Gerência de Configuração de Software Introdução Rafael Leonardo Vivian {rlvivian.uem

Leia mais

Gerência de Configuração de Software. Msc. Ernani Sales Implementador Oficial MPS.BR ernani@webapsee.com

Gerência de Configuração de Software. Msc. Ernani Sales Implementador Oficial MPS.BR ernani@webapsee.com Gerência de Configuração de Software Msc. Ernani Sales Implementador Oficial MPS.BR ernani@webapsee.com Introdução O que é GCS? Terminologia Agenda Modelos, Padrões e Normas Processo de GCS Padrão IEEE

Leia mais

Engenharia de Software I

Engenharia de Software I Engenharia de Software I Rogério Eduardo Garcia (rogerio@fct.unesp.br) Bacharelado em Ciência da Computação Aula 03 In a calm sea every man is a pilot. Engenharia de Software I Aula 3 Gerenciamento de

Leia mais

Atividades da Engenharia de Software GERENCIAMENTO DA CONFIGURAÇÃO DE SOFTWARE. Atividades da Engenharia de Software. Processo de Desenvolvimento de

Atividades da Engenharia de Software GERENCIAMENTO DA CONFIGURAÇÃO DE SOFTWARE. Atividades da Engenharia de Software. Processo de Desenvolvimento de SCE186-ENGENHARIA DE SOFTWARE Módulo 1 Atividades da Engenharia de GERENCIAMENTO DA CONFIGURAÇÃO DE SOFTWARE Profª Rosely Sanches rsanches@icmc.usp.br 2003 DEFINIÇÃO CONSTRUÇÃO SOFTWARE PRODUTO MANUTENÇÃO

Leia mais

J820. Integração Contínua. com CVS, CruiseControl, Cruise Control. argonavis.com.br. AntHill Gump e Helder da Rocha (helder@acm.

J820. Integração Contínua. com CVS, CruiseControl, Cruise Control. argonavis.com.br. AntHill Gump e Helder da Rocha (helder@acm. J820 Integração Contínua com CVS, CruiseControl, Cruise Control AntHill Gump e Helder da Rocha (helder@acm.org) Integração contínua Um dos requisitos para implementar a integração contínua é ter um sistema

Leia mais

ITIL V3 (aula 2) AGENDA: GERENCIAMENTO DE MUDANÇA GERENCIAMENTO DE LIBERAÇÃO GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO

ITIL V3 (aula 2) AGENDA: GERENCIAMENTO DE MUDANÇA GERENCIAMENTO DE LIBERAÇÃO GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO ITIL V3 (aula 2) AGENDA: GERENCIAMENTO DE MUDANÇA GERENCIAMENTO DE LIBERAÇÃO GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO Gerência de Mudanças as Objetivos Minimizar o impacto de incidentes relacionados a mudanças sobre

Leia mais

ESTUDO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA PARA CONTROLE DE VERSÕES

ESTUDO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA PARA CONTROLE DE VERSÕES ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 ESTUDO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA PARA CONTROLE DE VERSÕES Vilson Raphael Vello de Andrade 1 ;

Leia mais

2. GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO DE SOTWARE

2. GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO DE SOTWARE 1. INTRODUÇÃO Constata se, atualmente, que organizações voltadas ao desenvolvimento de software, buscam alavancar seus níveis de competitividade, uma vez que o mercado de desenvolvimento de software apresenta

Leia mais

QualisTec. Plano de Gerência de Configuração. Projeto: Simul-e. Versão 1.1. Página 1 de 16. Plano de Gerência de Configuração

QualisTec. Plano de Gerência de Configuração. Projeto: Simul-e. Versão 1.1. Página 1 de 16. Plano de Gerência de Configuração 1 QualisTec Projeto: Simul-e Versão 1.1 Arquivo: Gerenciamento de Configuração QualisTec - v1.1.doc Página 1 de 16 2 Histórico de Alterações Data Versão Descrição Autor 28/04/2015 1.0 Documento de Gerenciamento

Leia mais

Capítulo 25. Gerenciamento de Configuração. Engenharia de Software Prof. Flávio de Oliveira Silva, Ph.D.

Capítulo 25. Gerenciamento de Configuração. Engenharia de Software Prof. Flávio de Oliveira Silva, Ph.D. Capítulo 25 Gerenciamento de Configuração slide 624 2011 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. Tópicos abordados Gerenciamento de mudanças Gerenciamento de versões Construção de sistemas

Leia mais

Controle de Versão com CVS

Controle de Versão com CVS Controle de Versão com CVS Danilo Toshiaki Sato www.dtsato.com Treinamento ALESP SPL Agenda 1. Introdução 2. Conceitos Importantes 3. Operações mais comuns - Eclipse 4. Processo de Liberação SPL 5. Conclusão

Leia mais

O primeiro passo é habilitar acesso externo através de web service a configuração é bem simples e não exige maiores explicações.

O primeiro passo é habilitar acesso externo através de web service a configuração é bem simples e não exige maiores explicações. Integração de Controle de versão com Redmine. A integração do controle de versão pode permitir uma interatividade bem interessante entre os tickets e projetos do redmine com o controle de versão segue

Leia mais

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 Rational Quality Manager Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 1 Informações Gerais Informações Gerais sobre o RQM http://www-01.ibm.com/software/awdtools/rqm/ Link para o RQM https://rqmtreina.mvrec.local:9443/jazz/web/console

Leia mais

MOD9 Processos de Transição de Serviços

MOD9 Processos de Transição de Serviços Curso ITIL Foundation MOD9 Processos de Transição de Serviços Service Transiction Professor: Fernando Palma fernando.palma@gmail.com http://gsti.blogspot.com 1 Curso ITIL Foundation Transição significa

Leia mais

Manual de Utilização do Tortoise SVN. Fábrica de Software. Algar Tecnologia Unidade BH

Manual de Utilização do Tortoise SVN. Fábrica de Software. Algar Tecnologia Unidade BH Manual de Utilização do Tortoise SVN Fábrica de Software Algar Tecnologia Unidade BH Revisão 1.2 Elaborado por Crhistian Souza EPG Sumário 1. Autenticando-se no SVN da Algar Tecnologia... 3 2. Trabalhando

Leia mais

Controle de Versão com GIT

Controle de Versão com GIT Controle de Versão com GIT Túlio Toffolo tulio@toffolo.com.br http://www.toffolo.com.br Conteúdo Extra Algoritmos e Estruturas de Dados História do GIT Linus usa BitKeeper para gerenciar o código de suas

Leia mais

Plano de Gerência de Configuração

Plano de Gerência de Configuração Plano de Gerência de Configuração Objetivo do Documento Introdução A aplicação deste plano garante a integridade de códigos-fonte e demais produtos dos sistemas do, permitindo o acompanhamento destes itens

Leia mais

Integração de Ferramentas de Apoio a Processos Outubro 2010 GUSTAVO VAZ NASCIMENTO

Integração de Ferramentas de Apoio a Processos Outubro 2010 GUSTAVO VAZ NASCIMENTO Integração de Ferramentas de Apoio a Processos Outubro 2010 GUSTAVO VAZ NASCIMENTO AGENDA AGENDA 1. Sobre a Shift 2. Integração de ferramentas de apoio 1. SCMBug Integração entre SCM Tools e ferramentas

Leia mais

Introdução aos Projectos

Introdução aos Projectos Introdução aos Projectos Categoria Novos Usuários Tempo necessário 20 minutos Arquivo Tutorial Usado Iniciar um novo arquivo de projeto Este exercício explica a finalidade ea função do arquivo de projeto

Leia mais

Conteúdo. Disciplina: INF 02810 Engenharia de Software. Monalessa Perini Barcellos

Conteúdo. Disciplina: INF 02810 Engenharia de Software. Monalessa Perini Barcellos Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Disciplina: INF 02810 Prof.: (monalessa@inf.ufes.br) Conteúdo 1. Introdução 2. Processo de Software 3. Gerência de

Leia mais

TUTORIAL PRÁTICO SOBRE Git. Versão 1.1

TUTORIAL PRÁTICO SOBRE Git. Versão 1.1 TUTORIAL PRÁTICO SOBRE Git por Djalma Oliveira Versão 1.1 "Git é um sistema de controle de revisão distribuida, rápido e escalável" (tradução rápida do manual). Basicamente é

Leia mais

Tutorial SVN Básico Engenharia de Software. Denise Notini Nogueira denotini@dcc.ufmg.br

Tutorial SVN Básico Engenharia de Software. Denise Notini Nogueira denotini@dcc.ufmg.br Tutorial SVN Básico Engenharia de Software Denise Notini Nogueira denotini@dcc.ufmg.br As vantagens do controle de Versão As principais vantagens de se utilizar um sistema de controle de versão para rastrear

Leia mais

Salvando modificações localmente (commit) Enviando modificações para o servidor (push) Sinalizando versão estável (tag)

Salvando modificações localmente (commit) Enviando modificações para o servidor (push) Sinalizando versão estável (tag) Salvando modificações localmente (commit) Enviando modificações para o servidor (push) Sinalizando versão estável (tag) Desfazendo modificações (reset) Verificar status de repositório 5 Não vamos fazer,

Leia mais

Versionamento Ágil com Git

Versionamento Ágil com Git Versionamento Ágil com Git Como paramos de nos preocupar e aprendemos a amar versionamento ágil Brazil Scrum Gathering São Paulo, 13 de Maio de 2009 Quem? Tiago M. Jorge Agile Coach, WebCo Internet Ronaldo

Leia mais

Gerência da Configuração de Software. Teresa Maciel DEINFO/UFRPE

Gerência da Configuração de Software. Teresa Maciel DEINFO/UFRPE Gerência da Configuração de Software Teresa Maciel DEINFO/UFRPE 1 Propósito Garantir a integridade dos itens que compõem uma versão do produtos de software, através do controle de versões e mudanças dos

Leia mais

Sistemas de Controle de Versão ~Subversion~ Juliano Ferraz Ravasi UNESP Rio Claro - 2005

Sistemas de Controle de Versão ~Subversion~ Juliano Ferraz Ravasi UNESP Rio Claro - 2005 Sistemas de Controle de Versão ~Subversion~ Juliano Ferraz Ravasi UNESP Rio Claro - 2005 Por que Controle de Versão? Programar...... é difícil;... toma muito tempo;... exige cooperação de várias pessoas;...

Leia mais

Capítulo X. Gerenciar Mudanças dos Requisitos. Aluizio Saiter, M. Sc.

Capítulo X. Gerenciar Mudanças dos Requisitos. Aluizio Saiter, M. Sc. Capítulo X Gerenciar Mudanças dos Requisitos., M. Sc. 2 1. Sobre a disciplina de gerência de requisitos. 2. Boas práticas em engenharia de software. 3. Introdução a gerência de requisitos. 4. Introdução

Leia mais

Gerenciamento de Configuração

Gerenciamento de Configuração Gerenciamento de Configuração Adriano J. Holanda 18/11/2015 Adriano J. Holanda Gerenciamento de Configuração 18/11/2015 1 / 18 Gerenciamento de Configuração Definição Gerenciamento de Configuração se refere

Leia mais

UM CASE DE IMPLANTAÇÃO DA GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO E MUDANÇA (NÍVEL F) DO MPS.BR UTILIZANDO PADRÕES ABERTO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO

UM CASE DE IMPLANTAÇÃO DA GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO E MUDANÇA (NÍVEL F) DO MPS.BR UTILIZANDO PADRÕES ABERTO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO Nome do Pesquisador(Aluno): Thiago Magalhães Zampieri Nome do Orientador: Simone Tanaka Titulação do Orientador: Especialista Instituição: null Curso para apresentação: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO / CIÊNCIA

Leia mais

O aplicativo de desktop Novell Filr é compatível com as seguintes versões do sistema operacional Windows:

O aplicativo de desktop Novell Filr é compatível com as seguintes versões do sistema operacional Windows: Readme do aplicativo de desktop Novell Filr Abril de 2015 1 Visão geral do produto O aplicativo de desktop Novell Filr permite que você sincronize os seus arquivos do Novell Filr com o sistema de arquivos

Leia mais

Integrando a Gestão de Configuração do CMMI com o Gerenciamento de Liberação do ITIL

Integrando a Gestão de Configuração do CMMI com o Gerenciamento de Liberação do ITIL 16 Integrando a Gestão de Configuração do CMMI com o Gerenciamento de Liberação do ITIL Marlon Gracietti de Amorim, Cláudio Ratke Departamento de Sistemas e Computação Universidade Regional de Blumenal

Leia mais

Processo Controle de Documentos e Registros

Processo Controle de Documentos e Registros Dono do Processo Marilusa Lara Bernardes Bittencourt Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado criticamente por Representante da Direção Substituto: Kelly Vitoriny 1. OBJETIVOS: Descrever a forma como

Leia mais

Análise Comparativa de Sistemas de Controle de Versões Baseados em Código Aberto

Análise Comparativa de Sistemas de Controle de Versões Baseados em Código Aberto Análise Comparativa de Sistemas de Controle de Versões Baseados em Código Aberto Erivan de Sena Ramos 1, Rejane Cunha Freitas 2 1 Faculdade Integrada do Ceará (FIC), Fortaleza, CE, Brasil, erivansr@gmail.com

Leia mais

SEAD 2006 Integração Contínua...usando software livre CHRISTIANO MILFONT - http://www.milfont.org cmilfont@gmail.c om 20/10/2006

SEAD 2006 Integração Contínua...usando software livre CHRISTIANO MILFONT - http://www.milfont.org cmilfont@gmail.c om 20/10/2006 SEAD 2006 Integração Contínua...usando software livre CHRISTIANO MILFONT - http://www.milfont.org cmilfont@gmail.com 20/10/2006 ROTEIRO 1. HISTÓRICO. 2. GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO. 3. FERRAMENTAS. 4. CONTROLE

Leia mais

APLICATIVO PARA ATUALIZAÇÃO EMPRESARIAL

APLICATIVO PARA ATUALIZAÇÃO EMPRESARIAL APLICATIVO PARA ATUALIZAÇÃO AUTOMÁTICA DE UM SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL Marlon Gracietti de Amorim Orientador: Prof. Cláudio Ratke Roteiro de apresentação 1.Introdução 2. Objetivos 3. Fundamentação

Leia mais

Edidoc. Copyright 2005-2010, ProDesk Consultoria e Treinamento. Porto Alegre/RS, Brasil.

Edidoc. Copyright 2005-2010, ProDesk Consultoria e Treinamento. Porto Alegre/RS, Brasil. Manual do usuário Edidoc Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-UsoNãoComercial-Compartilhamento pela mesma licença. Para ver uma cópia desta licença, visite http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.5/br/

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

Gerência de Projetos e Manutenção de Software Aula 9 Gerência de Configuração e Mudanças Andréa Magalhães Magdaleno andrea@ic.uff.

Gerência de Projetos e Manutenção de Software Aula 9 Gerência de Configuração e Mudanças Andréa Magalhães Magdaleno andrea@ic.uff. Gerência de Projetos e Manutenção de Software Aula 9 Gerência de Configuração e Mudanças Andréa Magalhães Magdaleno andrea@ic.uff.br Agenda Rebobinando... Análise de Valor Agregado Gerência de Configuração

Leia mais

Objetivo. Introdução; História; Conceito; SVN; Instalação; Prática através de exercícios.

Objetivo. Introdução; História; Conceito; SVN; Instalação; Prática através de exercícios. Tema Subversion Objetivo Introdução; História; Conceito; SVN; Instalação; Prática através de exercícios. Introdução É um sistema de controle de versão e revisão, distribuído entre os que utilizam desta

Leia mais

Requisitos. Professor Gabriel Baptista ( gabriel.baptista@uninove.br ) ( http://sites.google.com/site/professorgabrielbaptista )

Requisitos. Professor Gabriel Baptista ( gabriel.baptista@uninove.br ) ( http://sites.google.com/site/professorgabrielbaptista ) Qualidade de Software Aula 8 (Versão 2012-01) 01) Requisitos Professor Gabriel Baptista ( gabriel.baptista@uninove.br ) ( http://sites.google.com/site/professorgabrielbaptista ) Revisando... 1. Qual o

Leia mais

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7)

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7) SafeNet Authentication Client 8.2 SP1 (Para MAC OS 10.7) 2/28 Sumário 1 Introdução... 3 2 Pré-Requisitos Para Instalação... 3 3 Ambientes Homologados... 4 4 Tokens Homologados... 4 5 Instruções de Instalação...

Leia mais

O e-docs foi testado e homologado pela Microsoft via certificadora internacional Verisign.

O e-docs foi testado e homologado pela Microsoft via certificadora internacional Verisign. O e-docs Uma ferramenta com interface intuitiva, simples e dinâmica para você que necessita: Centralizar e estruturar o conhecimento corporativo. Manter a flexibilidade necessária para a colaboração. Permite

Leia mais

Git e contribuição para projetos Open Source. Bruno Orlandi

Git e contribuição para projetos Open Source. Bruno Orlandi Git e contribuição para projetos Open Source Bruno Orlandi Bruno Orlandi 4º Ano Ciências de Computação ICMC USP PET Computação HTML5 Web e Mobile Gosta de compartilhar conhecimento @BrOrlandi Instalando

Leia mais

Projeto SCCM Implantação do ClearCase e ClearQuest UCM

Projeto SCCM Implantação do ClearCase e ClearQuest UCM Projeto SCCM Implantação do ClearCase e ClearQuest UCM Leonardo Ventura Nunes Unibanco leonardo.nunes@unibanco.com.br Wilson Roberto Melaré Unibanco wilson.melare@unibanco.com.br Introdução Desafios Visão

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes

FAQ Perguntas Frequentes FAQ Perguntas Frequentes 1. COMO ACESSO A PLATAFORMA DE ENSINO?... 2 2. NÃO CONSIGO REALIZAR O MEU CADASTRO NO AMBIENTE VIRTUAL DO MMA.... 4 3. FIZ MEU CADASTRO NO SITE E NÃO RECEBI O E-MAIL DE CONFIRMAÇÃO

Leia mais

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista Nome: Gabarito Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista 1) O Centro das configurações do Windows, onde pode ser acessado cada um dos dispositivos componentes

Leia mais

Curso Avançado Sistema EMBI

Curso Avançado Sistema EMBI Curso Avançado Sistema EMBI Módulo Atendentes e Administradores Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste trabalho pode ser reproduzida em qualquer forma por qualquer meio gráfico, eletrônico ou

Leia mais

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Plano de Desenvolvimento de Software Versão <1.

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Plano de Desenvolvimento de Software Versão <1. ARCO - Associação Recreativa dos Correios Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Versão Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor Página

Leia mais

Diretrizes de Qualidade de Projetos

Diretrizes de Qualidade de Projetos Diretrizes de Qualidade de Projetos Versão 1.5 MAPA/SE/SPOA/CGTI, 2012 Página 1 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 15/01/2012 1.0 Criação do Artefato Pérsio Mairon 10/03/2012 1.1 Inclusão

Leia mais

Gerência de Configuração. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Gerência de Configuração. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Gerência de Configuração Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Introdução A Engenharia de SoBware... Abordagem disciplinada para o desenvolvimento de sobware Grande diversidade de metodologias

Leia mais

Produto IV: ATU SAAP. Manual de Referência

Produto IV: ATU SAAP. Manual de Referência Produto IV: ATU SAAP Manual de Referência Pablo Nogueira Oliveira Termo de Referência nº 129275 Contrato Número 2008/000988 Brasília, 30 de outubro de 2008 1 Sistema de Apoio à Ativideade Parlamentar SAAP

Leia mais

Introdução ao Git. Introdução ao GIT. Anderson Moreira. Baseado nos slides disponíveis em http//free electrons.com

Introdução ao Git. Introdução ao GIT. Anderson Moreira. Baseado nos slides disponíveis em http//free electrons.com Introdução ao GIT Introdução ao Git Anderson Moreira Copyright 2009, Free Electrons. Creative Commons BY SA 3.0 license Latest update: Aug 28, 2015, Document sources, updates and translations: http://free

Leia mais

SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição Configurando a Conexão com o Banco de Dados

SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição Configurando a Conexão com o Banco de Dados SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição 1 Configurando a Conexão com o Banco de Dados 2 Primeiro Acesso ao Sistema Manutenção de Usuários 3 Parametrizando o Sistema Configura

Leia mais

Mini-Curso Gerência de Configuração Visão prática

Mini-Curso Gerência de Configuração Visão prática www.asrconsultoria.com.br Mini-Curso Gerência de Configuração Visão prática Copyright ASR Consultoria e Assessoria em Qualidade 1 Direitos de Uso do Material Material desenvolvido pela ASR Consultoria

Leia mais

Tutorial de uso do Subversion com RapidSVN

Tutorial de uso do Subversion com RapidSVN Universidade Federal de São Carlos Departamento de Computação Tutorial de uso do Subversion com RapidSVN João Celso Santos de Oliveira Orientação: Prof.ª Dra. Marilde T. P. Santos - São Carlos - Agosto

Leia mais

Gestão de Desenvolvimento de Sistemas por Controle de Versão Utilizando SVN. Software para Controle de Versão SVN/Subversion

Gestão de Desenvolvimento de Sistemas por Controle de Versão Utilizando SVN. Software para Controle de Versão SVN/Subversion Gestão de Desenvolvimento de Sistemas por Controle de Versão Utilizando SVN Software para Controle de Versão SVN/Subversion Subversion é uma solução opensource Interação com o desenvolvedor Projetos que

Leia mais

Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Manual de Navegação e Operação

Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Manual de Navegação e Operação Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Índice 1. Introdução... 4 2. Acessando a área exclusiva... 5 3. Trocando a senha... 6 4. Mensagens... 7 4.1. Conhecendo a tela principal... 7 4.2. Criando uma

Leia mais

Engenharia de Requisitos

Engenharia de Requisitos 1 Engenharia de Requisitos Gerenciamento de Requisitos Prof Ms Vinícius Costa de Souza www.inf.unisinos.br/~vinicius 2 Agenda Introdução Requisitos voláteis x estáveis Identificação Armazenamento Gerenciamento

Leia mais

Outlook 2003. Apresentação

Outlook 2003. Apresentação Outlook 2003 Apresentação O Microsoft Office Outlook 2003 é um programa de comunicação e gerenciador de informações pessoais que fornece um local unificado para o gerenciamento de e-mails, calendários,

Leia mais

Redmine. Simplificando a gestão de projetos 28-08-2014

Redmine. Simplificando a gestão de projetos 28-08-2014 Redmine Simplificando a gestão de projetos 28-08-2014 Sobre o palestrante Eliel Gonçalves Formação técnica em processamento de dados e graduação em tecnologia em processamento de dados. Possui 15 anos

Leia mais

3 Estudo de Ferramentas

3 Estudo de Ferramentas 3 Estudo de Ferramentas Existem diferentes abordagens para automatizar um processo de desenvolvimento. Um conjunto de ferramentas pode ser utilizado para aperfeiçoar o trabalho, mantendo os desenvolvedores

Leia mais

ARQUITETURA DO SISTEMA ERP PEGASUS

ARQUITETURA DO SISTEMA ERP PEGASUS ARQUITETURA DO SISTEMA ERP PEGASUS Elaborado por: Bruno Duarte Nogueira Arquiteto de Software Data: 05/03/2012 1 Sumário 1. Introdução... 3 2. Tecnologias... 3 2.1. Web Tier... 3 2.1.1. Facelets 1.1.14...

Leia mais

Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.

Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4. Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5 Por: Fabio Pozzebon Soares Página 1 de 11 Sistema ProJuris é um conjunto de componentes 100% Web, nativamente integrados, e que possuem interface com vários idiomas,

Leia mais

Ícaro Technologies e ASR Consultoria

Ícaro Technologies e ASR Consultoria Be Competitive Ícaro Technologies e ASR Consultoria Uma solução para Gerência Integrada de Requisitos e Configuração, facilmente replicável, baseada em Softwares Livres Copyright Ícaro Technologies, 2006

Leia mais

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II)

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) A seguir vamos ao estudo das ferramentas e aplicativos para utilização do correio

Leia mais

SaaS Email and Web Services 8.3.0

SaaS Email and Web Services 8.3.0 Notas de versão Revisão A SaaS Email and Web Services 8.3.0 Conteúdo Sobre esta versão Novos recursos Problemas resolvidos Encontrar a documentação do serviço McAfee SaaS Sobre esta versão Obrigado por

Leia mais

Anote aqui as informações necessárias:

Anote aqui as informações necessárias: banco de mídias Anote aqui as informações necessárias: URL E-mail Senha Sumário Instruções de uso Cadastro Login Página principal Abrir arquivos Área de trabalho Refine sua pesquisa Menu superior Fazer

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO... 3. 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4. 2. Ferramentas e Configurações... 5. 2.1 Ver Perfil... 5. 2.2 Modificar Perfil...

Sumário INTRODUÇÃO... 3. 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4. 2. Ferramentas e Configurações... 5. 2.1 Ver Perfil... 5. 2.2 Modificar Perfil... Sumário INTRODUÇÃO... 3 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4 2. Ferramentas e Configurações... 5 2.1 Ver Perfil... 5 2.2 Modificar Perfil... 6 2.3 Alterar Senha... 11 2.4 Mensagens... 11 2.4.1 Mandando

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 10 de Outubro de 2013. Revisão aula anterior Documento de Requisitos Estrutura Padrões Template Descoberta

Leia mais

PDS - DATASUS. Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS

PDS - DATASUS. Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS PDS - DATASUS Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS Coordenação Geral de Arquitetura e Engenharia Tecnológica Coordenação de Padronização e Qualidade de Software Gerência de Padrões e Software

Leia mais

Pós Graduação Engenharia de Software

Pós Graduação Engenharia de Software Pós Graduação Engenharia de Software Ana Candida Natali COPPE/UFRJ Programa de Engenharia de Sistemas e Computação FAPEC / FAT Estrutura do Módulo Parte 1 QUALIDADE DE SOFTWARE PROCESSO Introdução: desenvolvimento

Leia mais

ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais

ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais PRERELEASE 03/07/2011 Avisos legais Avisos legais Para consultar avisos legais, acesse o site http://help.adobe.com/pt_br/legalnotices/index.html.

Leia mais

Integração do Teamcenter com o Catia V5

Integração do Teamcenter com o Catia V5 Integração com o Catia V5 Benefícios Menos tempo gasto por sua equipe técnica tentando encontrar as revisões corretas de dados do Catia Processos consistentes de trabalho seguidos em todos os formatos

Leia mais

Redmine. Simplificando a gestão de projetos 28-08-2014

Redmine. Simplificando a gestão de projetos 28-08-2014 Redmine Simplificando a gestão de projetos 28-08-2014 Sobre o palestrante Eliel Gonçalves Formação técnica em processamento de dados e graduação em tecnologia em processamento de dados. Possui 15 anos

Leia mais

Conceitos e Aplicações Sobre Pastas Públicas com o MDaemon 6.0

Conceitos e Aplicações Sobre Pastas Públicas com o MDaemon 6.0 Conceitos e Aplicações Sobre Pastas Públicas com o MDaemon 6.0 Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N Technologies. Todos os Direitos

Leia mais

Windows. Introdução. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional

Windows. Introdução. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional Windows Prof. Leandro Tonietto Cursos de Informática Unisinos Março-2008 O que é Sistema operacional? O que é Windows? Interface gráfica: Comunicação entre usuário e computador de forma mais eficiente

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais