Configurando DNS Server. Prof. Armando Martins de Souza

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Configurando DNS Server. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com"

Transcrição

1 Configurando DNS Server. Prof. Armando Martins de Souza

2 Entendendo o DNS É o serviço responsável por: Traduzir nomes em endereços IP (e vice-versa), de um determinado domínio Internet. Domain Name System. O Linux/Unix, o servidor DNS é implementado pelo software BIND. Armando Martins 2

3 Entendendo o DNS De acordo com a Wikipédia, podemos definir DNS, como: Um sistema de gerenciamento de nomes hierárquico e distribuído que opera de acordo com duas definições: Examinar e atualizar seu banco de dados; Resolver nomes de domínios em endereços de rede (IP). Armando Martins 3

4 Entendendo o DNS Foi introduzido em Os nomes de hosts residentes em um banco de dados pode ser distribuído entre múltiplos servidores, fazendo com que: A carga no servidor seja diminuída; Seu tamanho é ilimitado; Não há degradação do serviço quando se adiciona mais servidores. Armando Martins 4

5 Entendendo o DNS Hierarquia: Imaginem armazenar todos os pares de domínio (Nome IP), seria inviável. Confiabilidade Na falha de um servidor, pederíamos todos os pedidos DNS do planeta. Volume de tráfego Um servidor tratando todos os pedidos do planeta. Armando Martins 5

6 Entendendo o DNS Hierarquia (cont...): Distância Os usuários estariam separados por longa distância, se tendo um delay muito grande na resposta. Manutenção de dados A todo momento haveria uma atualização no server. Armando Martins 6

7 Entendendo o DNS Armando Martins 7

8 Entendendo o DNS Porta de serviço 53 TCP e UDP. DNS-Berkley, desenvolvido originalmente para o SO Unix BSD 4.3. Existem 13 servidores raiz DNS no mundo. 10 nos EUA, 1 Asia e 2 Europa; Replicas foram criadas ao redor do mundo (inclusive no brasil desde 2003); Armando Martins 8

9 Entendendo o DNS Porta de serviço 53 TCP e UDP. DNS-Berkley, desenvolvido originalmente para o SO Unix BSD 4.3. Existem 13 servidores raiz DNS no mundo. 10 nos EUA, 1 Asia e 2 Europa; Replicas foram criadas ao redor do mundo (inclusive no brasil desde 2003); Armando Martins 9

10 Entendendo o DNS Tipos de configuração do servidor de nomes: Basicamente temos 3: Somente Cache; Executam o named, mas não são fontes oficiais de informações a respeito de domínios. Eles obtém respostas diretamente servidores Raiz da Internet. Configuração padrão do BIND (criada na instalação). dos Armando Martins 10

11 Entendendo o DNS Tipos de configuração do servidor de nomes: Basicamente temos 3: Somente Mestre; Fonte oficial de todas as informações a respeito de um domínio. Ele contém o banco de dados do domínio. Carrega informações a respeito do domínio através de arquivos locais. Armando Martins 11

12 Entendendo o DNS Tipos de configuração do servidor de nomes: Basicamente temos 3: Somente Escravo; É considerado um servidor autorizado, pois tem o banco de dados do domínio. Esse banco é recebido do servidor master. É também secundário. conhecido como servidor Armando Martins 12

13 Entendendo o DNS Arquivos Resolver: Arquivo de configuração do Descrição /etc/resolv.conf Define o servidor de nomes que o sistema utilizará. /etc/nsswitch.conf Define a ordem de pesquisa para resolução de nomes, como default primeiro ele verifica o /etc/hosts e depois o DNS server. Armando Martins 13

14 Inserindo serviço infra DNS - Topologia Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 14

15 Importando a Maquina Virtual (coringa) Escolher a coringa-v2.ova Armando Martins 16

16 Importando a Maquina Virtual (coringa) Armando Martins 17

17 Importando a Maquina Virtual (coringa) Armando Martins 18

18 Importando a Maquina Virtual (coringa) Armando Martins 19

19 Ajustando a Maquina Virtual Armando Martins 20

20 Ajustando a Maquina Virtual 1 Clicar (mudar MAC) 2 Clicar (Finalizar Conf.) Armando Martins 21

21 Ajustando a Maquina Virtual Armando Martins 22

22 Ajustando a Maquina Virtual Logar com: User: root Password: q1w2e3 Ps.: As falhas são normais nesse momento, porque devemos lembrar que instalamos vários serviços para tornar o server autonomo, isto significa que possívelmente não será necessário usarmos a Internet para trabalhar em nossa infraestrutura. Armando Martins 23

23 Ajustando a Maquina Virtual Como mudamos o MAC da maquina virtual é como se estivéssemos trocado o device fisicamente. O Debian mantém um cache de persistência dento do arquivo: /etc/udev/rules.d/70-persistent-net.rules Armando Martins 24

24 Ajustando a Maquina Virtual Armando Martins 25

25 Ajustando a Maquina Virtual Remover as linhas que estão dentro do retângulo. Isso irá remover a persistência que vincula o MAC a representação do device. Armando Martins 26

26 Ajustando a Maquina Virtual Arquivo após a remoção das linhas. Armando Martins 27

27 Ajustando a Maquina Virtual Vamos reiniciar o Server Armando Martins 28

28 Ajustando a Maquina Virtual Pronto Vamos Os ajustes necessários reiniciar o Server foram feitos, agora basta apenas configurar a interface de rede com o endereçamento de nossa topologia e instalar o dhcp Server. Armando Martins 29

29 Configurando o device de rede Interface deforam Rede:feitos, agora Pronto Configurar Os ajustesanecessários Usaremos as informações abaixo basta apenas configurar a interface de redepara comconfigurarmos, o a interface. endereçamento de nossa topologia e instalar o dhcp Server. Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 30

30 Configurando o device de rede Arquivo Pronto Agora salve e saia. Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 31

31 Configurando o device de rede Interface Configurada. Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 32

32 Configurando o device de rede Verificando o Gateway Default. Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 33

33 Instalando o DNS Instalando o serviço de DNS: Não há necessidade de instalar em nossa VM, pois já foi instalado para podermos evitar a necessidade de termos acesso a Internet. Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 34

34 Configurando o DNS Entrando do diretório de configuração do serviço de DNS Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 35

35 Configurando o DNS Arquivo principal conf. Local DNS Arquivo principal conf. DNS Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 36

36 Configurando o DNS Abrir o arquivo Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 37

37 Configurando o DNS Temos aqui todos os arquivos de conf. do Server referenciados Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) Vamos efetuar a conf. DNS: (DNS primário DMZ) De nosso domínio no DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Arquivo named.conf.local. Gateway Default: (Firewall Matriz) Podemos sair do arquivo agora Armando Martins 38

38 Configurando o DNS Aqui configuraremos, entre outras coisas a localização dos arquivo de Zona do server. Além de alguns outros parâmetros importantes para o funcionamento do server Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 39

39 Configurando o DNS Aqui informaremos as entradas de nosso DNS Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 40

40 Configurando o DNS Aqui informaremos as entradas de nosso DNS Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 41

41 Configurando o DNS Aqui configuraremos, entre outras coisas a localização dos arquivo de Zona do server. Além de alguns outros parâmetros importantes para o funcionamento do server Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 42

42 Configurando o DNS Aqui configuraremos, entre outras coisas a localização dos arquivo de Zona do server. Além de alguns outros parâmetros importantes para o funcionamento do server Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 43

43 Lembrando de nossa Topologia Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) Armando Martins 44

44 Configurando o DNS Entradas do Servidor DNS Matriz: Sufixo DNS: matriz.com.br Configurar os arquivos de zona. Servidor DNS Matriz: Eth0: (interface - DMZ) DNS: (DNS primário DMZ) DNS: (DNS secondário -DMZ Filial) Gateway Default: (Firewall Matriz) arquivos01 (LAN).6 dhcp01 (LAN).7 proxy01 (LAN).8 ns01 (DMZ).3 www (DMZ).4 smtp (DMZ).5 Alias: pop smtp pop3 smtp imap smtp dns ns01 Armando Martins 45

45 Configurando o DNS Inserir as configurações assinaladas Armando Martins 46

46 Criando estrutura para os arquivos de zona do DNS Criando o diretório para acomodar os arquivos de banco de dados. Armando Martins 47

47 Criando os arquivos de zona do DNS Indo para dentro do diretório criado para manter os asquivos de db. Armando Martins 48

48 Criando os arquivos de zona do DNS Usando o arquivo db.empty como modelo Armando Martins 49

49 Criando os arquivos de zona do DNS Usando o arquivo db.empty como modelo Armando Martins 50

50 Criando os arquivos de zona do DNS Nosso arquivo de zona matriz.com.br.db esta assim. Agora iremos configurar de acordo com nossas necessidades Armando Martins 51

51 Registros Basicos DNS Host (A) Responde um IP ao informar um nome; Start Of Authority (SOA) Indica o servidor autoritativo de uma zona, ou seja, possui a base de dados de registros para uma zona DNS; NameServers (NS) Indica os servidores DNS em operação para a respectiva zona DNS; Mail Exchange (MX) Indica os servidores de correio (SMTP) da zona; Canonical Name (CNAME) Um apelido para um registro de host, aponta para o mesmo IP; Ponteiro reverso (PTR) Usado em uma zona reversa, responde um nome ao informar um IP, o contrário do registro de host. Armando Martins 52

52 Registros Basicos DNS O registro SOA: 1. indica o servidor que tem as informações de registros sobre uma zona (mais confiável); 2. Controlar os períodos de sincronização com os DNS secundários; 3. Controla o tempo que outros servidores manterão registros de sua zona em seus caches. Armando Martins 53

53 Registros Basicos DNS As propriedades do registro SOA estão descritas abaixo: Host de origem - O host onde o arquivo foi criado; de contato - O endereço de da pessoa responsável pela administração arquivo de zona do domínio. Observe que um "." é usado em vez de um no nome do ; Número de série Este número deve ser incrementado sempre que houver alguma alteração na zona primária para que a alteração seja distribuídas aos secundários; Atualização Intervalo de tempo que o secundário espera para verificar se houve alteração no primário; Retry Tempo que o secundário aguarda para tentar uma nova atualização ao falhar uma tentativa; Armando Martins 54

54 Registros Basicos DNS As propriedades do registro SOA estão descritas abaixo: Tempo de expiração Se durante o tempo informado neste campo nenhuma atualização ou verificação da necessidade da mesma for atingido o DNS secundário para de responder por aquela zona; TTL Período o qual outros servidores manterão os registros de sua zona em seus caches. Armando Martins 55

55 Registros Basicos DNS Tipos de Zona: Zona primária - É a fonte primária de informações sobre esta zona e ele armazena a cópia mestra dos dados da zona. Zona secundária - É a fonte secundária de informações sobre esta zona. A zona secundária é simplesmente uma cópia da zona primária que está hospedada em outro servidor. Zona de stub - É a fonte somente de informações sobre os servidores de nomes autoritativos desta zona. A zona neste servidor precisa ser obtida de outro servidor DNS que hospede a zona. Armando Martins 56

56 Criando os arquivos de zona do DNS Nosso arquivo de zona esta configurado - salve e saia do arquivo Armando Martins 57

57 Criando os arquivos de zona do DNS Copiando o db matriz para criação do reverso Armando Martins 58

58 Criando os arquivos de zona do DNS Editando o arquivo para o reverso da dmz Armando Martins 59

59 Criando os arquivos de zona do DNS Editando o arquivo para o reverso da dmz Armando Martins 60

60 Criando os arquivos de zona do DNS Editando o arquivo para o reverso da lan Armando Martins 61

61 Criando os arquivos de zona do DNS Editando o arquivo para o reverso da lan Armando Martins 62

62 Criando os arquivos de zona do DNS Editando o arquivo para o reverso da dmz Armando Martins 63

63 Criando arquivos de cache Criando os arquivos para cache Armando Martins 64

64 Criando arquivos de cache Criando os arquivos para cache Armando Martins 65

65 Restartando o Serviço Restartando o Server Armando Martins 66

66 Restartando o Serviço Bom sinal, não tivemos erro no restart Armando Martins 67

67 Apontando o ip do resolver para o S.O. Vamos setar o ip do dns server no arquivo resolv.conf Armando Martins 68

68 Verificando o log do daemon do serviço Vamos olhar o arquivo de log do serviço. Armando Martins 70

69 Testando o Server Testando o reverso Armando Martins 71

70 Testando o Server Testando resolução Armando Martins 72

71 Configurando Servidor DNS FIM Configuração DNS Server Armando Martins 73

02-Configurando um Servidor DHCP. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

02-Configurando um Servidor DHCP. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com 02-Configurando um Servidor DHCP. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Entendendo o DHCP Entendendo o DHCP Inserindo Servidor na Infra. Instalação do serviço dhcpd3-server

Leia mais

Universidade Católica de Brasília Pró-reitoria de Graduação Curso de Ciência da Computação

Universidade Católica de Brasília Pró-reitoria de Graduação Curso de Ciência da Computação Universidade Católica de Brasília Pró-reitoria de Graduação Curso de Ciência da Computação INTRODUÇÃO 6 LABORATÓRIO DE REDES DE COMPUTADORES Serviços Básicos de Rede DNS Para o correto funcionamento de

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede O sistema de nome de domínio (DNS) é um sistema que nomeia computadores e serviços de rede e é organizado em uma hierarquia de domínios.

Leia mais

Configuração de um servidor DNS. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática

Configuração de um servidor DNS. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Configuração de um servidor DNS Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Configuração DNS O servidor DNS usado é o BIND versão 9. Para configuração do servidor DNS, deve-se acessar os arquivos de

Leia mais

Configurando servidor de DNS no CentOS O Domain Name System Sistema de Nomes de Domínio é de fundamental importância em uma rede.

Configurando servidor de DNS no CentOS O Domain Name System Sistema de Nomes de Domínio é de fundamental importância em uma rede. Configurando servidor de DNS no CentOS O Domain Name System Sistema de Nomes de Domínio é de fundamental importância em uma rede. O DNS é um sistema hierárquico em árvore invertida. Tem como origem o ponto

Leia mais

Firewall Primeiros Passos. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

Firewall Primeiros Passos. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Firewall Primeiros Passos. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Topologia de Trabalho Armando Martins 2 Entendendo o Anbiente Firewall Você recebeu duas máquinas virtuais:

Leia mais

Rafael Goulart - rafaelgou@gmail.com Curso ASLinux v.3

Rafael Goulart - rafaelgou@gmail.com Curso ASLinux v.3 Conceito Serviço que traduz RESOLVE nomes de máquinas para endereços IP e endereços IP para nomes de máquina. É um sistema hierárquico e descentralizado/distribuído. Simplifica a administração do complexo

Leia mais

BIND Um DNS Server Completo

BIND Um DNS Server Completo BIND Um DNS Server Completo Parque Tecnológico Itaipu (PTI) Missão ITAIPU: Gerar energia elétrica de qualidade, com responsabilidade social e ambiental, impulsionando o desenvolvimento econômico, turístico

Leia mais

Instalação e Configuração Servidor DNS

Instalação e Configuração Servidor DNS Instalação e Configuração Servidor DNS Instalação e Configuração Servidor DNS Passo Nº 1 Conferir o nome da máquina ( já configurado no passo Servidor Configuração DHCP ). # nano /etc/hostname Passo Nº

Leia mais

Tópicos Especiais em Informática

Tópicos Especiais em Informática Tópicos Especiais em Informática DNS Prof. Ms.-Eng. Igor Sousa Faculdade Lourenço Filho 10 de novembro de 2014 igorvolt@gmail.com (FLF) Tópicos Especiais em Informática 10 de novembro de 2014 1 / 15 Introdução

Leia mais

AULA 6: SERVIDOR DNS EM WINDOWS SERVER

AULA 6: SERVIDOR DNS EM WINDOWS SERVER AULA 6: SERVIDOR DNS EM WINDOWS SERVER Objetivo: Instalar e detalhar o funcionamento de um Servidor de DNS (Domain Name System) no sistema operacional Microsoft Windows 2003 Server. Ferramentas: - ISO

Leia mais

UM dos protocolos de aplicação mais importantes é o DNS. Para o usuário leigo,

UM dos protocolos de aplicação mais importantes é o DNS. Para o usuário leigo, Laboratório de Redes. Domain Name Service - DNS Pedroso 4 de março de 2009 1 Introdução UM dos protocolos de aplicação mais importantes é o DNS. Para o usuário leigo, problemas com o DNS são interpretados

Leia mais

Tutorial de TCP/IP Parte 26 Criando Registros

Tutorial de TCP/IP Parte 26 Criando Registros Introdução Tutorial de TCP/IP Parte 26 Criando Registros Prezados leitores, esta é a sexta parte, desta segunda etapa dos tutoriais de TCP/IP. As partes de 01 a 20, constituem o módulo que eu classifiquei

Leia mais

DNS Linux. Rodrigo Gentini gentini@msn.com

DNS Linux. Rodrigo Gentini gentini@msn.com Linux Rodrigo Gentini gentini@msn.com Domain Name System (DNS). O DNS é o serviço de resolução de nomes usado em todas as redes TCP/IP, inclusive pela Internet que, sem dúvidas, é a maior rede TCP/IP existente.

Leia mais

Configurando um Servidor de Arquivos SAMBA. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

Configurando um Servidor de Arquivos SAMBA. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Configurando um Servidor de Arquivos SAMBA. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Porque usar o Servidor Samba Server? Compartilhamento de arquivos; Servidor de arquivos;

Leia mais

DNS - Domain Name System

DNS - Domain Name System DNS - Domain Name System Converte nome de máquinas para seu endereço IP. Faz o mapeamento de nome para endereço e de endereço para nome. É mais fácil lembramos dos nomes. Internamente, softwares trabalham

Leia mais

Instalando e configurando servidor de DNS no Windows 2008R2

Instalando e configurando servidor de DNS no Windows 2008R2 Instalando e configurando servidor de DNS no Windows 2008R2 1- Configure um IP estático no servidor, conforme a ilustração: 2- Clique em Ferramentas Administrativas > Gerenciamento de Servidores > Funções

Leia mais

Instalando e Configurando o DNS Server

Instalando e Configurando o DNS Server Instalando e Configurando o DNS Server Seg, 27 de Outubro de 2008 18:02 Escrito por Daniel Donda A instalação do serviço DNS no Windows Server 2008 é bem simples e de extrema importância para uma rede.

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Sistema Operacional Linux > Servidor DNS (BIND) www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução O DNS é um dos serviços mais importantes na Internet porque

Leia mais

DNS Ubuntu Server 14.04

DNS Ubuntu Server 14.04 DNS Ubuntu Server 14.04 1. Passo Configuração do servidor (nomes e endereçamentos exemplos) IP: 192.168.0.1 Nome da máquina: professor Nome do domínio: aula.net 2. Passo Instalar pacote DNS #apt-get install

Leia mais

Configuração de DNS em Windows Servidor 2008

Configuração de DNS em Windows Servidor 2008 Reflexão Turma S-12-ano lectivo-2010-1011 Formador-João Afonso Formando-Pedro Gonçalves 14 Unidade: 14 Configuração de DNS em Windows Servidor 2008 Instalar o DNS 1. Abra o Servidor Manager Start\Administrative

Leia mais

GNU/Linux Debian Servidor DNS

GNU/Linux Debian Servidor DNS GNU/Linux Debian Servidor DNS Neste tutorial, será apresentado a configuração do serviço de rede DNS (Domain Name System) utilizando o sistema operacional GNU/Linux, distribuição Debian 7.5. Antes de começamos

Leia mais

DNS Parte 2 - Configuração

DNS Parte 2 - Configuração DNS Parte 2 - Configuração Adriano César Ribeiro (estagiário docente) adrianoribeiro@acmesecurity.org Adriano Mauro Cansian adriano@acmesecurity.org Tópicos em Sistemas de Computação 1 Revisão Prof. Dr.

Leia mais

Curso de Pós Graduação em Redes de Computadores. Módulo Laboratório de Linux Apostila 2. Serviço DNS

Curso de Pós Graduação em Redes de Computadores. Módulo Laboratório de Linux Apostila 2. Serviço DNS Curso de Pós Graduação em Redes de Computadores Módulo Laboratório de Linux Apostila 2 Serviço DNS Introdução DNS é o Servidor de Nomes do Domínio. Ele converte os nomes das máquinas para números IP, que

Leia mais

Instalando e Configurando o DNS Server

Instalando e Configurando o DNS Server Instalando e Configurando o DNS Server Seg, 27 de Outubro de 2008 18:02 Escrito por Daniel Donda Tw eetar 0 Like 0 A instalação do serviço DNS no Windows Server 2008 é bem simples e de extrema importancia

Leia mais

Servidor DNS. João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) Fatern 2009.1 1 / 15

Servidor DNS. João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) Fatern 2009.1 1 / 15 Servidor João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) Fatern 2009.1 1 / 15 O que? O que? O que o define Domain Name Server Serviço utilizado para traduzir nomes em endereços IP e vice-versa Baseado em uma hierarquia

Leia mais

Aula 3 Servidor DNS BIND

Aula 3 Servidor DNS BIND 1 Aula 3 Servidor DNS BIND Um servidor DNS é responsável em responder pelos domínios e direcionar tudo que é relacionado a ele, nele por exemplo pode se apontar onde fica www.dominio.com.br, vai apontar

Leia mais

Laboratório 3. Configurando o Serviço DNS

Laboratório 3. Configurando o Serviço DNS Neste laboratório iremos falar sobre o serviço DNS (Domain Name System). O DNS é um sistema de gerenciamento de nomes hierárquico e distríbuido visando resolver nomes de domínio em endereços de rede IP.

Leia mais

Redes de Computadores e a Internet

Redes de Computadores e a Internet Redes de Computadores e a Internet Magnos Martinello Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Departamento de Informática - DI Laboratório de Pesquisas em Redes Multimidia - LPRM 2011 Camada de Aplicação

Leia mais

Resolução de nomes. Professor Leonardo Larback

Resolução de nomes. Professor Leonardo Larback Resolução de nomes Professor Leonardo Larback Resolução de nomes A comunicação entre os computadores e demais equipamentos em uma rede TCP/IP é feita através dos respectivos endereços IP. Entretanto, não

Leia mais

Introdução a DNS & DNSSEC 1

Introdução a DNS & DNSSEC 1 Introdução a DNS & DNSSEC 1 David Robert Camargo de Campos Rafael Dantas Justo Registro.br 1 versão 1.0.0 (Revision: ) 1/28 DNS - Domain Name System O Sistema de Nomes de

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers DNS Parte 1 Linux Network Servers DNS é a abreviatura de Domain Name System. O DNS é um serviço de resolução de nomes. Toda comunicação entre os computadores e demais equipamentos de uma rede baseada no

Leia mais

Endereço de Rede. Comumente conhecido como endereço IP Composto de 32 bits comumente divididos em 4 bytes e exibidos em formato decimal

Endereço de Rede. Comumente conhecido como endereço IP Composto de 32 bits comumente divididos em 4 bytes e exibidos em formato decimal IP e DNS O protocolo IP Definir um endereço de rede e um formato de pacote Transferir dados entre a camada de rede e a camada de enlace Identificar a rota entre hosts remotos Não garante entrega confiável

Leia mais

Configurando um servidor DHCP

Configurando um servidor DHCP Configurando um servidor DHCP OBS.: Esse documento retrata uma configuração em uma rede do tipo rede local (192.168.xx.xx), onde existe um servidor contendo duas interfaces de rede, eth0 e eth1. Hoje em

Leia mais

Capítulo 5. nome. DNS ( Domain Name System ). O serviço BIND. Um dos serviços mais importantes numa rede TCP/IP é o serviço DNS.

Capítulo 5. nome. DNS ( Domain Name System ). O serviço BIND. Um dos serviços mais importantes numa rede TCP/IP é o serviço DNS. Capítulo 5 DNS ( Domain Name System ). O serviço BIND Um dos serviços mais importantes numa rede TCP/IP é o serviço DNS. Porquê? Porque é muito mais fácil lembrar nomes do que números IP! Exemplo: www.google.pt

Leia mais

O que é uma rede de computadores?

O que é uma rede de computadores? O que é uma rede de computadores? A rede é a conexão de duas ou mais máquinas com objetivo de compartilhar recursos entre elas. Os recursos compartilhados podem ser: Compartilhamento de conteúdos do disco

Leia mais

GUIA DE CONFIGURAÇÃO SERVIDOR DHCP

GUIA DE CONFIGURAÇÃO SERVIDOR DHCP GUIA DE CONFIGURAÇÃO SERVIDOR DHCP GUIA DE CONFIGURAÇÃO SERVIDOR DHCP Servidor DHCP O Serviço de DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol) permite que você controle a configuração e distribuição de endereços

Leia mais

Prática DNS. Edgard Jamhour

Prática DNS. Edgard Jamhour Prática DNS Edgard Jamhour Exercícios práticos sobre DNS. Esse roteiro de prática inclui apenas aspectos básicos de configuração desses serviços. Apenas esses aspectos básicos é que serão cobrados em relatório.

Leia mais

Técnico em informática ti 54 Configuração de serviços de rede no Windows 2003 server. 2003 Ser ver Enterprise

Técnico em informática ti 54 Configuração de serviços de rede no Windows 2003 server. 2003 Ser ver Enterprise 2003 Ser ver Enterprise Esta matéria está dividida em três tutoriais, que se complementam: Ao término, você será capaz de: 1. Instalar e configurar o DNS Server Eae galera seguinte vamos ao nosso passo

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 3 - DNS

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 3 - DNS Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 3 - DNS Prof.: Roberto Franciscatto Introdução O que é? Domain Name Server Introdução Domain Name Server Base de dados distribuída Root Servers

Leia mais

Introdução ao DNS. Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br http://www.lsi.usp.br/~volnys. Laboratório de Sistemas Integráveis http://www.lsi.usp.

Introdução ao DNS. Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br http://www.lsi.usp.br/~volnys. Laboratório de Sistemas Integráveis http://www.lsi.usp. 1 Introdução ao DNS Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br http://www.lsi.usp.br/~volnys Laboratório de Sistemas Integráveis http://www.lsi.usp.br/ 2 Agenda O que é DNS? Servidores DNS Requisição DNS Caching

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Capítulo 2.5 - DNS Prof. Jó Ueyama Março/2014 1 DNS: Domain Name System Pessoas: muitos identificadores: RG, nome, passaporte. Hosts e roteadores na Internet: endereços IP (32 bits)

Leia mais

DNS - Domain Name System

DNS - Domain Name System DNS - Domain Name System IFSC UNIDADE DE SÃO JOSÉ CURSO TÉCNICO SUBSEQUENTE DE TELECOMUNICAÇÕES! Prof. Tomás Grimm DNS Pessoas: muitos identificadores: RG, nome, passporte Internet hosts, roteadores: endereços

Leia mais

Domain Name System. Domain Name System DNS

Domain Name System. Domain Name System DNS Domain Name System Você aprenderá: O que é Domain Name System (DNS) e quais os seus componentes. O que é uma zona de autoridade. Como funcionamento do processo de resolução de nomes. DNS - 1 Domain Name

Leia mais

DNS DOMAIN NAME SERVER

DNS DOMAIN NAME SERVER DNS DOMAIN NAME SERVER INTRODUÇÃO Quando você navega na internet ou manda uma mensagem de e-mail, você estará utilizando um nome de domínio. Por exemplo, a URL "http://www.google.com.br" contém o nome

Leia mais

Arquitectura de Redes

Arquitectura de Redes Arquitectura de Redes Domain Name System Arq. de Redes - Pedro Brandão - 2004 1 Objectivo / Motivação Resolução de nomes (alfanuméricos) para endereços IPs Será que 66.102.11.99 é mais fácil de decorar

Leia mais

Arquitetura de Rede de Computadores

Arquitetura de Rede de Computadores TCP/IP Roteamento Arquitetura de Rede de Prof. Pedro Neto Aracaju Sergipe - 2011 Ementa da Disciplina 4. Roteamento i. Máscara de Rede ii. Sub-Redes iii. Números Binários e Máscara de Sub-Rede iv. O Roteador

Leia mais

Um dos serviços mais importantes numa rede TCP/IP é o serviço DNS. Porquê? Porque é muito mais fácil lembrar nomes do que números IP!

Um dos serviços mais importantes numa rede TCP/IP é o serviço DNS. Porquê? Porque é muito mais fácil lembrar nomes do que números IP! Capítulo 5 DNS ( Domain Name System ) O serviço BIND Um dos serviços mais importantes numa rede TCP/IP é o serviço DNS Porquê? Porque é muito mais fácil lembrar nomes do que números IP! Exemplo: wwwgooglept

Leia mais

Aula 2 Servidor DHCP. 2.1 dhcp

Aula 2 Servidor DHCP. 2.1 dhcp Aula 2 Servidor DHCP 2.1 dhcp DHCP é abreviação de Dynamic Host Configuration Protocol Protocolo de Configuração de Host (computadores) Dinâmico.Em uma rede baseada no protocolo TCP/IP, todo computador

Leia mais

Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O

Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O Í n d i c e Considerações Iniciais...2 Rede TCP/IP...3 Produtos para conectividade...5 Diagnosticando problemas na Rede...8 Firewall...10 Proxy...12

Leia mais

e-mails editores de e-mails Como configurar contas de nos principais Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails

e-mails editores de e-mails Como configurar contas de nos principais Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails Podemos acessar nossos e-mails pelo webmail, que é um endereço na internet. Os domínios que hospedam com a W3alpha, acessam os e-mails

Leia mais

DNS DOMAIN NAME SERVER

DNS DOMAIN NAME SERVER DNS DOMAIN NAME SERVER INTRODUÇÃO Quando você navega na internet ou manda uma mensagem de e-mail, você estará utilizando um nome de domínio. Por exemplo, a URL "http://www.google.com.br" contém o nome

Leia mais

Serviço DNS no PoP-SC

Serviço DNS no PoP-SC Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina Rede Metropolitana de Educação e Pesquisa da Região de Florianópolis 04 e 05 Outubro/2012 Serviço DNS no PoP-SC Rodrigo Pescador PoP-SC/RNP Organização: Apoio:

Leia mais

PÉGASUS (ETHERNET POCKET) STUDIO V1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

PÉGASUS (ETHERNET POCKET) STUDIO V1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO PÉGASUS (ETHERNET POCKET) STUDIO V1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Rua Coronel Botelho, 64 - Alto da Lapa - CEP: 05088-020 São Paulo - SP - Brasil +55 (11) 3832-6102 PÉGASUS (ETHERNET POCKET) STUDIO

Leia mais

Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral.

Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral. DVR Veicular Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral. Dentro do menu Geral, clique em rede, como mostra a figura.

Leia mais

Wireshark Lab: DNS. Versão 1.1 2005 KUROSE, J.F & ROSS, K. W. Todos os direitos reservados 2008 BATISTA, O. M. N. Tradução e adaptação para Wireshark.

Wireshark Lab: DNS. Versão 1.1 2005 KUROSE, J.F & ROSS, K. W. Todos os direitos reservados 2008 BATISTA, O. M. N. Tradução e adaptação para Wireshark. Wireshark Lab: DNS Versão 1.1 2005 KUROSE, J.F & ROSS, K. W. Todos os direitos reservados 2008 BATISTA, O. M. N. Tradução e adaptação para Wireshark. Como descrito na seção 2.5 do livro, o Domain Name

Leia mais

DNS: Domain Name System

DNS: Domain Name System DNS: Domain Name System O objetivo desta unidade é apresentar o funcionamento de dois importantes serviços de rede: o DNS e o DHCP. O DNS (Domain Name System) é o serviço de nomes usado na Internet. Esse

Leia mais

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços - italo@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia,

Leia mais

Introdução ao Active Directory AD

Introdução ao Active Directory AD Introdução ao Active Directory AD Curso Técnico em Redes de Computadores SENAC - DF Professor Airton Ribeiro O Active Directory, ou simplesmente AD como é usualmente conhecido, é um serviço de diretórios

Leia mais

III WTR do POP-BA III Workshop de Tecnologias de Redes Ponto de Presença da RNP na Bahia Instrutor: Ibirisol Fontes Monitor: Jundaí Abdon.

III WTR do POP-BA III Workshop de Tecnologias de Redes Ponto de Presença da RNP na Bahia Instrutor: Ibirisol Fontes Monitor: Jundaí Abdon. III WTR do POP-BA III Workshop de Tecnologias de Redes Ponto de Presença da RNP na Bahia Instrutor: Ibirisol Fontes Monitor: Jundaí Abdon Prática 1 Cenário: Na figura acima temos uma pequena rede, que

Leia mais

Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira

Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira Serviço DNS DNS significa Domain Name System (sistema de nomes de domínio). O DNS converte os nomes de máquinas para endereços IPs que todas as máquinas da

Leia mais

Curso de extensão em Administração de Serviços GNU/Linux

Curso de extensão em Administração de Serviços GNU/Linux Curso de extensão em Administração de Serviços GNU/Linux Italo Valcy - italo@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia Administração

Leia mais

Configurando o DDNS Management System

Configurando o DDNS Management System Configurando o DDNS Management System Solução 1: Com o desenvolvimento de sistemas de vigilância, cada vez mais usuários querem usar a conexão ADSL para realizar vigilância de vídeo através da rede. Porém

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES CURSO TÉCNICO DE INFORMÁTICA Módulo A REDES DE COMPUTADORES Protocolos de Rede FALANDO A MESMA LÍNGUA Um protocolo pode ser comparado a um idioma, onde uma máquina precisa entender o idioma de outra máquina

Leia mais

Confguração básica da rede

Confguração básica da rede Confguração básica da rede www.4linux.com.br - Sumário Capítulo 1 Confguração básica da rede...3 1.1. Objetivos... 3 1.2. Mãos a obra...4 Capítulo 2 Gerenciando... 13 2.1. Objetivos... 13 2.2. Troubleshooting...

Leia mais

Tutorial 02 Promovendo o Windows 2000/2003 Server a um Controlador de Domínio

Tutorial 02 Promovendo o Windows 2000/2003 Server a um Controlador de Domínio Tutorial 02 Promovendo o Windows 2000/2003 Server a um Controlador de Domínio Muitos tutoriais iniciam a explicação do processo em uma fase adiantada, ou seja, considerando que o leitor já sabe algumas

Leia mais

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER V14 de BricsCAD vem com um novo sistema de licenciamento, com base na tecnologia de licenciamento de Reprise Software. Este novo sistema oferece um ambiente

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Redes de Computadores Redes de Computadores 2 1 Máquinas e processos podem ser identificados por endereços (hierárquicos ou não) conforme visto, como IP, IP+NroPorta, No uso por usuários

Leia mais

DarkStat para BrazilFW

DarkStat para BrazilFW DarkStat para BrazilFW ÍNDICE Índice Página 1 O que é o DarkStat Página 2 DarkStat e a inicialização do sistema Página 2 DarkStat e a finalização do sistema Página 2 Tela Principal do DarkStat Página 3

Leia mais

Edital 012/PROAD/SGP/2012

Edital 012/PROAD/SGP/2012 Edital 012/PROAD/SGP/2012 Nome do Candidato Número de Inscrição - Assinatura do Candidato Secretaria de Articulação e Relações Institucionais Gerência de Exames e Concursos I N S T R U Ç Õ E S LEIA COM

Leia mais

LABORATÓRIO WIRESHARK: DNS

LABORATÓRIO WIRESHARK: DNS LABORATÓRIO WIRESHARK: DNS Conforme descrito na seção 2.5 do livro, o Domain Name System (DNS) traduz nomes de hosts para endereços IP, cumprindo um papel fundamental na infra-estrutura da Internet. Neste

Leia mais

Formação IPv6 Maputo Moçambique 26 Agosto 29 Agosto 08

Formação IPv6 Maputo Moçambique 26 Agosto 29 Agosto 08 Formação IPv6 Maputo Moçambique 26 Agosto 29 Agosto 08 DNS Pedro Lorga (lorga@fccn.pt) Carlos Friaças (cfriacas@fccn.pt) Exercício Prático: DNS Objectivos Neste exercício completará as seguintes tarefas:

Leia mais

CSAU 10.0. Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar.

CSAU 10.0. Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar. CSAU 10.0 Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar. Data do Documento: Janeiro de 2012 Sumário 1. Sobre o manual do CSAU... 3 2. Interface do CSAU 10.0... 4 2.1. Início... 4 2.2. Update...

Leia mais

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Capitulo 1

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Capitulo 1 Capitulo 1 Montagem de duas pequenas redes com a mesma estrutura. Uma é comandada por um servidor Windows e outra por um servidor linux, os computadores clientes têm o Windows xp Professional instalados.

Leia mais

Redes. Pablo Rodriguez de Almeida Gross

Redes. Pablo Rodriguez de Almeida Gross Redes Pablo Rodriguez de Almeida Gross Conceitos A seguir serão vistos conceitos básicos relacionados a redes de computadores. O que é uma rede? Uma rede é um conjunto de computadores interligados permitindo

Leia mais

Arquitectura de Redes

Arquitectura de Redes Arquitectura de Redes Domain Name System DNS 1 Objectivo / Motivação 2 'What's the use of their having names the Gnat said, 'if they won't answer to them?' Alice no País das Maravilhas Resolução de nomes

Leia mais

Passo a Passo da instalação da VPN

Passo a Passo da instalação da VPN Passo a Passo da instalação da VPN Dividiremos este passo a passo em 4 partes: Requisitos básicos e Instalação Configuração do Servidor e obtendo Certificados Configuração do cliente Testes para saber

Leia mais

Sistemas de Nomes Hierarquicos: DNS

Sistemas de Nomes Hierarquicos: DNS Sistemas de Nomes Hierarquicos: DNS April 19, 2010 Sumário O Problema DNS: Um Serviço de Nomes Hierárquico Resource Records Resolução de Nomes Aspectos de Implementaçao Leitura Adicional Nomes DNS e Endereços

Leia mais

Relatório de Instalação do Windows 2003 Server

Relatório de Instalação do Windows 2003 Server Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Relatório de Instalação do Windows 2003 Server Instalação do Windows 2003 Server quarta-feira, 3 de dezembro de 2013 Índice Introdução...

Leia mais

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho vi http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Administração de Redes de Computadores Resumo de Serviços em Rede Linux Controlador de Domínio Servidor DNS

Leia mais

1. O DHCP Dynamic Host Configuration Protocol

1. O DHCP Dynamic Host Configuration Protocol CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO TIPO 5 2º ANO TÉCNICO DE INFORMÁTICA/INSTALAÇÃO E GESTÃO DE REDES 2008/2009 INSTALAÇÃO REDES CLIENTE SERVIDOR WINDOWS SERVER 2003 Após a instalação Instalação de serviços de

Leia mais

Formando-Fernando Oliveira Formador- João Afonso Mediador-Cristina Goulão Curso Técnico de Informática e Gestão de Redes ufcd / 20 11/11/2013 Turma

Formando-Fernando Oliveira Formador- João Afonso Mediador-Cristina Goulão Curso Técnico de Informática e Gestão de Redes ufcd / 20 11/11/2013 Turma Formando-Fernando Oliveira Formador- João Afonso Mediador-Cristina Goulão Curso Técnico de Informática e Gestão de Redes ufcd / 20 11/11/2013 Turma -SDR LINUX ADMINISTRAÇÃO DNS significa (sistema de nomes

Leia mais

Exercícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Segundo Bimestre

Exercícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Segundo Bimestre Exercícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour Segundo Bimestre Exercicio 1: Considere a seguinte configuração de rede estruturada em VLANs 220.0.0.2/24 C VLAN 2 B VLAN 1 A VLAN 1 VLAN 1,2,3

Leia mais

Entendendo como funciona o NAT

Entendendo como funciona o NAT Entendendo como funciona o NAT Vamos inicialmente entender exatamente qual a função do NAT e em que situações ele é indicado. O NAT surgiu como uma alternativa real para o problema de falta de endereços

Leia mais

Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY

Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY Conteúdo Programático! Introdução ao Active Directory (AD)! Definições! Estrutura Lógica! Estrutura Física! Instalação do Active Directory (AD)!

Leia mais

Resolvendo problemas de conexão de rede wireless no pregão 83/2008

Resolvendo problemas de conexão de rede wireless no pregão 83/2008 Resolvendo problemas de conexão de rede wireless no pregão 83/2008 Recentemente forma instalados em minha cidade novos laboratórios do pregão 83/2008 mas em nenhum deles os terminais acessavam a rede.

Leia mais

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall (definições) Por que do nome firewall? Antigamente, quando as casas

Leia mais

Conceitos de relação de confiança www.jpinheiro.net jeferson@jpinheiro.net

Conceitos de relação de confiança www.jpinheiro.net jeferson@jpinheiro.net Conceitos de relação de confiança www.jpinheiro.net jeferson@jpinheiro.net Procedimento para criar uma árvore O procedimento usado para criar uma árvore com o Assistente para instalação do Active Directory

Leia mais

Aloque 1024 MB de RAM para a VM. Crie um novo disco virtual. Figura 03. Figura 04.

Aloque 1024 MB de RAM para a VM. Crie um novo disco virtual. Figura 03. Figura 04. Aloque 1024 MB de RAM para a VM. Figura 03. Crie um novo disco virtual. Figura 04. 2 Escolha o formato de disco padrão do Virtual Box, VDI. Figura 05. Escolha o disco rígido Dinamicamente Alocado. Figura

Leia mais

Alta Disponibilidade na IPBRICK

Alta Disponibilidade na IPBRICK Alta Disponibilidade na IPBRICK IPBRICK International 5 de Dezembro de 2012 1 Conteúdo 1 Introdução 3 1.1 Vantagens.................................... 3 2 Requisitos HA 4 3 Configuração HA 4 3.1 Serviço

Leia mais

GUIA PRÁTICO DE INSTALAÇÃO

GUIA PRÁTICO DE INSTALAÇÃO GUIA PRÁTICO DE INSTALAÇÃO 1 1. PROCEDIMENTOS ANTES DA INSTALAÇÃO SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios 1.1. Solicitar Senha para Fechamento de PLP Solicitar ao seu consultor comercial a senha

Leia mais

HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL

HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL REDES DE COMPUTADORES Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL 1 HTTP Uma página WWW é composta de objetos e endereçado por uma

Leia mais

Nesse artigo abordaremos os principais aspectos de instalação e uso do NTOP no Fedora Core 4.

Nesse artigo abordaremos os principais aspectos de instalação e uso do NTOP no Fedora Core 4. Diego M. Rodrigues (diego@drsolutions.com.br) O NTOP é um programa muito simples de ser instalado e não requer quase nenhuma configuração. Ele é capaz de gerar excelentes gráficos de monitoramento das

Leia mais

QUAL O PROCEDIMENTO PARA CONFIGURAR AS IMPRESSORAS DE REDE BROTHER EM UM SISTEMA DEC TCP / IP para VMS (UCX) Procedimento

QUAL O PROCEDIMENTO PARA CONFIGURAR AS IMPRESSORAS DE REDE BROTHER EM UM SISTEMA DEC TCP / IP para VMS (UCX) Procedimento Procedimento Visão geral Antes de usar a máquina Brother em um ambiente de rede, você precisa instalar o software da Brother e também fazer as configurações de rede TCP/IP apropriadas na própria máquina.

Leia mais

Configuração de DNS Reverso

Configuração de DNS Reverso Configuração de DNS Reverso Nos casos em que os serviços fornecidos pela Brasil Telecom exigirem configurações de DNS Reverso, estas serão executadas de forma centralizada pelo CNRS em Brasília. As solicitações

Leia mais

BIND 9 Instalação e configuração

BIND 9 Instalação e configuração BIND é um software de código aberto que implementa os protocolos para a Internet Domain Name System (DNS), sendo o software DNS mais amplamente utilizado na Internet, proporcionando uma plataforma robusta

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Menu Configurações - Multi-Empresa Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Cadastrar Empresas... 3 3.2 Agendar Sincronização... 3 4 FUNCIONALIDADES...

Leia mais

Redes de Computadores. Funcionamento do Protocolo DNS. Consulta DNS. Consulta DNS. Introdução. Introdução DNS. DNS Domain Name System Módulo 9

Redes de Computadores. Funcionamento do Protocolo DNS. Consulta DNS. Consulta DNS. Introdução. Introdução DNS. DNS Domain Name System Módulo 9 Slide 1 Slide 2 Redes de Computadores Introdução DNS Domain Name System Módulo 9 EAGS SIN / CAP PD PROF. FILIPE ESTRELA filipe80@gmail.com Ninguém manda uma e-mail para fulano@190.245.123.50 e sim para

Leia mais

Segurança de Redes de Computadores

Segurança de Redes de Computadores Segurança de Redes de Computadores Aula 5 Segurança na Camada de Aplicação Ataques em Sistemas DNS (Domain Name System) Prof. Ricardo M. Marcacini ricardo.marcacini@ufms.br Curso: Sistemas de Informação

Leia mais