CURSO DE ARTES CÊNICAS 2009/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CURSO DE ARTES CÊNICAS 2009/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE ARTES CÊNICAS 2009/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO CÓDIGO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PRÉ-REQUISITO CR CHS CHS AULAS PR ART361 Dramaturgia A º ART501 Jogos Teatrais I 1º ART503 Expressão Vocal I 1º ART507 Expressão Corporal I 1º ART511 Teatro Grego e Romano º ART558 Teoria Geral da Arte º EDU303 Metodologia Científica º ART362 Dramaturgia B ART º ART504 Expressão Vocal II ART º ART508 Expressão Corporal II ART º ART512 Teatro do Medieval ao Barroco ART º ART517 Interpretação I ART º ART533 Caracterização 2º ART363 Dramaturgia C ART º ART505 Expressão Vocal III ART º ART509 Expressão Corporal III ART º ART515 Teatro Brasileiro do Descobrimento ao Século XIX º ART518 Interpretação II ART º ART520 Direção I 3º ART528 Cenografia I 3º ART364 Dramaturgia D ART º ART506 Expressão Vocal IV ART º ART510 Expressão Corporal IV ART º ART513 Teatro dos Séculos XVIII e XIX ART º ART521 Direção II ART º ART539 Interpretação III ART º ART540 Som e Ritmo I º ART514 Teatro do Século XX º ART516 Teatro Brasileiro do Século XX ART º ART538 Tópicos de Pesquisa em Teatro º ART544 Ética e Legislação º ART545 Som e Ritmo II ART º ART552 Interpretação IV ART º ART579 Música Cênica I º ART553 Interpretação V ART º ART577 Iluminação 6º ART580 Música Cênica II ART º ART524 Arte e Contemporaneidade º TCC101 TCC: Pesquisa de Linguagem Atuação ART º TCC102 TCC: Atuação em Montagem e Apresentação ART º COMPONENTES CURRICULARES QUANTIDADE CRÉDITOS CARGA HORÁRIA/horas Disciplinas Obrigatórias Disciplinas Eletivas Trabalho de Conclusão de Curso Atividades Complementares TOTAL OBSERVAÇÃO: Para integralização do currículo o aluno deverá cursar, além das disciplinas obrigatórias, no mínimo, 240 horas de disciplinas eletivas. Deverá, ainda, realizar 200 horas de atividades complementares e 420 horas de trabalho de conclusão de curso (TCC). Conforme Resolução CEPE 3454, de 24/11/2008, o semestre letivo tem 18 semanas e a duração da hora/aula (h/a) é de 50 minutos. Centro Convergência Campus Morro do Cruzeiro Ouro Preto MG Brasil Homepage: Fone (031) Fax (031)

2 CÓDIGO DISCIPLINAS ELETIVAS PRÉ-REQUISITO CR CHS CHS AULAS ART403 Evolução da Ópera ART404 Evolução do Cinema ART406 Dramaturgia III ART ART407 Introdução à Técnica de Dança Moderna ART408 Mímica ART409 Técnica Circense ART410 Oficina de Experimentação Vocal ART411 Oficina de Experimentação Corporal ART412 Introdução à Arquitetura Cênica ART413 Oficina de Criação A ART414 Oficina de Criação B ART415 Legislação de Incentivo à Cultura ART416 Estudos Teatrais A ART417 Estudos Teatrais B ART419 Contato Improvisação e Estudos sobre o Corpo ART420 Arte e Conhecimento ART421 Artaud e a Performance ART422 Processos de Criação Colaborativa ART423 Laboratório de Ações Físicas ART424 O Cinema Brasileiro e seus Diretores ART425 Oficina de Dublagem ART426 Canto para Ator I ART427 Canto para Ator II ART431 Os Pressupostos de Meyerhold na Conformação do Corpo ART432 Oficina de Expressão Corporal III ART433 Oficina de Máscaras ART434 Dramaturgia Moderna e Teatro Épico ART435 Iluminação II ART436 Tópicos em Etnologia da Arte ART437 Coro Cênico: Laboratório de Expressão ART438 Interpretação para a Câmera ART439 A Indústria do Teatro Musical ART440 Rádio-Teatro e Outros Formatos de Ficção Radiofônica ART441 Produto Teatral: o fantasma do objeto ART442 Interpretação para Câmera II ART443 Performance/Instalação ART465 Dramaturgia E ART ART522 Direção III ART ART534 Folclore Brasileiro I FIL101 Introdução à História da Filosofia FIL107 Ética FIL115 História da Filosofia I: Filosofia Grega I FIL116 História da Filosofia II: Filosofia Grega II FIL117 História da Filosofia III: Filosofia Medieval FIL118 História da Filosofia IV: Filosofia Moderna I FIL119 História da Filosofia V: Filosofia Moderna II FIL128 História da Filosofia VI: Filosofia Contemporânea I FIL129 História da Filosofia VII: Filosofia Contemporânea II FIL130 Estética Geral FIL143 Filosofia da Arte FIL431 Estética I FIL432 Estética II FIL433 Estética III FIL434 Estética IV FIL435 Estética V LET302 Leitura e Produção de Textos I LET306 Teoria da Literatura I LET401 Introdução ao Estudos Lingüísticos II LET452 Crítica Literária LET456 Teoria da Literatura II LET554 Seminário de Dramaturgia Brasileira MUS107 Canto Coral I MUS108 Canto Coral II

3 UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE ARTES CÊNICAS 2009/2 BACHARELADO EM DIREÇÃO TEATRAL CÓDIGO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PRÉ-REQUISITO CR CHS CHS AULAS PR Horas h/a T P ART361 Dramaturgia A º ART501 Jogos Teatrais I 1º ART503 Expressão Vocal I 1º ART507 Expressão Corporal I 1º ART511 Teatro Grego e Romano º ART558 Teoria Geral da Arte º EDU303 Metodologia Científica º ART362 Dramaturgia B ART º ART504 Expressão Vocal II ART º ART508 Expressão Corporal II ART º ART512 Teatro do Medieval ao Barroco ART º ART517 Interpretação I ART º ART533 Caracterização 2º ART363 Dramaturgia C ART º ART505 Expressão Vocal III ART º ART509 Expressão Corporal III ART º ART515 Teatro Brasileiro do Descobrimento ao Século XIX º ART518 Interpretação II ART º ART520 Direção I 3º ART528 Cenografia I 3º ART364 Dramaturgia D ART º ART506 Expressão Vocal IV ART º ART510 Expressão Corporal IV ART º ART513 Teatro dos Séculos XVIII e XIX ART º ART521 Direção II ART º ART529 Cenografia II ART º ART539 Interpretação III ART º ART540 Som e Ritmo I º ART514 Teatro do Século XX º ART516 Teatro Brasileiro do Século XX ART º ART522 Direção III ART º ART538 Tópicos de Pesquisa em Teatro º ART544 Ética e Legislação º ART545 Som e Ritmo II ART º ART579 Música Cênica I º ART523 Direção IV ART º ART577 Iluminação 6º ART580 Música Cênica II ART º ART524 Arte e Contemporaneidade º TCC001 TCC: Pesquisa de Linguagem Teoria e Prática da ART º Encenação TCC002 TCC: Prática de Montagem e Apresentação ART º COMPONENTES CURRICULARES QUANTIDADE CRÉDITOS CARGA HORÁRIA/horas Disciplinas Obrigatórias Disciplinas Eletivas Trabalho de Conclusão de Curso Atividades Complementares TOTAL Observação: Para integralização do currículo o aluno deverá cursar, além das disciplinas obrigatórias, no mínimo, 240 horas de disciplinas eletivas. Deverá, ainda, realizar 200 horas de atividades complementares e 420 horas de trabalho de conclusão de curso (TCC). Conforme Resolução CEPE 3454, de 24/11/2008, o semestre letivo tem 18 semanas e a duração da hora/aula (h/a) é de 50 minutos. Centro Convergência Campus Morro do Cruzeiro Ouro Preto MG Brasil Homepage: Fone (031) Fax (031)

4 CÓDIGO DISCIPLINAS ELETIVAS PRÉ-REQUISITO CR CHS CHS AULAS ART205 Direção V ART ART403 Evolução da Ópera ART404 Evolução do Cinema ART406 Dramaturgia III ART ART407 Introdução à Técnica de Dança Moderna ART408 Mímica ART409 Técnica Circense ART410 Oficina de Experimentação Vocal ART411 Oficina de Experimentação Corporal ART412 Introdução à Arquitetura Cênica ART413 Oficina de Criação A ART414 Oficina de Criação B ART415 Legislação de Incentivo à Cultura ART416 Estudos Teatrais A ART417 Estudos Teatrais B ART419 Contato Improvisação e Estudos sobre o Corpo ART420 Arte e Conhecimento ART421 Artaud e a Performance ART422 Processos de Criação Colaborativa ART423 Laboratório de Ações Físicas ART424 O Cinema Brasileiro e seus Diretores ART425 Oficina de Dublagem ART426 Canto para Ator I ART427 Canto para Ator II ART431 Os Pressupostos de Meyerhold na Conformação do Corpo ART432 Oficina de Expressão Corporal III ART433 Oficina de Máscaras ART434 Dramaturgia Moderna e Teatro Épico ART435 Iluminação II ART436 Tópicos em Etnologia da Arte ART437 Coro Cênico: Laboratório de Expressão ART438 Interpretação para a Câmera ART439 A Indústria do Teatro Musical ART440 Rádio-Teatro e Outros Formatos de Ficção Radiofônica ART441 Produto Teatral: o fantasma do objeto ART442 Interpretação para Câmera II ART443 Performance/Instalação ART465 Dramaturgia E ART ART534 Folclore Brasileiro I FIL101 Introdução à História da Filosofia FIL107 Ética FIL115 História da Filosofia I: Filosofia Grega I FIL116 História da Filosofia II: Filosofia Grega II FIL117 História da Filosofia III: Filosofia Medieval FIL118 História da Filosofia IV: Filosofia Moderna I FIL119 História da Filosofia V: Filosofia Moderna II FIL128 História da Filosofia VI: Filosofia Contemporânea I FIL129 História da Filosofia VII: Filosofia Contemporânea II FIL130 Estética Geral FIL143 Filosofia da Arte FIL431 Estética I FIL432 Estética II FIL433 Estética III FIL434 Estética IV FIL435 Estética V LET302 Leitura e Produção de Textos I LET306 Teoria da Literatura I LET401 Introdução ao Estudos Lingüísticos II LET452 Crítica Literária LET456 Teoria da Literatura II LET554 Seminário de Dramaturgia Brasileira MUS107 Canto Coral I MUS108 Canto Coral II

5 UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE ARTES CÊNICAS/LICENCIATURA /2 CÓDIGO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PRÉ-REQUISITO CR CHS CHS AULAS PER ART361 Dramaturgia A º ART501 Jogos Teatrais I 1º ART503 Expressão Vocal I 1º ART507 Expressão Corporal I 1º ART511 Teatro Grego e Romano º ART558 Teoria Geral da Arte º EDU303 Metodologia Científica º ART362 Dramaturgia B ART º ART502 Jogos Teatrais II ART º ART504 Expressão Vocal II ART º ART508 Expressão Corporal II ART º ART512 Teatro do Medieval ao Barroco ART º EDU238 Fundamentos da Educação: História º EDU311 Política e Gestão Educacional º ART363 Dramaturgia C ART º ART505 Expressão Vocal III ART º ART509 Expressão Corporal III ART º ART515 Teatro Brasileiro do Descobrimento ao Século XIX º ART517 Interpretação I ART º EDU208 Psicologia da Educação I º ART364 Dramaturgia D ART º ART506 Expressão Vocal IV ART º ART510 Expressão Corporal IV ART º ART513 Teatro dos Séculos XVIII e XIX ART º ART518 Interpretação II ART º EDU209 Psicologia da Educação II º ART393 Estágio Supervisionado: Observação º ART514 Teatro do Século XX º ART516 Teatro Brasileiro do Século XX ART º ART520 Direção I 5º ART540 Som e Ritmo I º ART555 Jogos Dramáticos e Práticas Psicomotoras na Educação ART501/ º Infantil EDU210 Organização do Trabalho Escolar º ART394 Estágio Supervisionado: Planejamento e Regência I º ART521 Direção II ART º ART528 Cenografia I 6º ART545 Som e Ritmo II ART º ART556 Educação Teatral no Ensino Fundamental e Médio ART501/ º EDU230 Fundamentos da Educação: Antropologia º ART395 Estágio Supervisionado: Planejamento e Regência II º ART524 Arte e Contemporaneidade º ART531 Materiais Expressivos 7º ART557 Teatro no Ensino Profissionalizante º ART396 Estágio Supervisionado: Portfólio º COMPONENTES CURRICULARES QUANTIDADE CRÉDITOS CARGA HORÁRIA/horas Disciplinas Obrigatórias Disciplinas Eletivas Estágios Atividades (Acadêmico Científico Culturais) Prática como Componente Curricular TOTAL OBSERVAÇÃO: Para integralização do currículo o aluno deverá cursar, além das disciplinas obrigatórias, no mínimo, 240 horas em Disciplinas Eletivas. Deverá, ainda, realizar 200 horas de Atividades Complementares e 400 horas de Práticas como Componentes Curriculares. Conforme Resolução CEPE 3454, de 24/11/2008, o semestre letivo tem 18 semanas e a duração da hora/aula (h/a) é de 50 minutos. Centro Convergência Campus Morro do Cruzeiro Ouro Preto MG Brasil Homepage: Fone (031) Fax (031)

6 CÓDIGO DISCIPLINAS ELETIVAS PRÉ-REQUISITO CR CHS CHS AULAS ART403 Evolução da Ópera ART404 Evolução do Cinema ART406 Dramaturgia III ART ART407 Introdução à Técnica de Dança Moderna ART408 Mímica ART409 Técnica Circense ART410 Oficina de Experimentação Vocal ART411 Oficina de Experimentação Corporal ART412 Introdução à Arquitetura Cênica ART413 Oficina de Criação A ART414 Oficina de Criação B ART415 Legislação de Incentivo à Cultura ART416 Estudos Teatrais A ART417 Estudos Teatrais B ART419 Contato Improvisação e Estudos sobre o Corpo ART420 Arte e Conhecimento ART421 Artaud e a Performance ART422 Processos de Criação Colaborativa ART423 Laboratório de Ações Físicas ART424 O Cinema Brasileiro e seus Diretores ART425 Oficina de Dublagem ART426 Canto para Ator I ART427 Canto para Ator II ART431 Os Pressupostos de Meyerhold na Conformação do Corpo ART432 Oficina de Expressão Corporal III ART433 Oficina de Máscaras ART434 Dramaturgia Moderna e Teatro Épico ART435 Iluminação II ART436 Tópicos em Etnologia da Arte ART437 Coro Cênico: Laboratório de Expressão ART438 Interpretação para a Câmera ART439 A Indústria do Teatro Musical ART440 Rádio-Teatro e Outros Formatos de Ficção Radiofônica ART441 Produção Teatral: o fantasma do objeto ART465 Dramaturgia E ART ART522 Direção III ART ART533 Caracterização ART534 Folclore Brasileiro I ART538 Tópicos de Pesquisa em Teatro ART577 Iluminação EDU309 Tópicos Especiais em Educação: A Escola e a Cultura Afro-Brasileira FIL101 Introdução à História da Filosofia FIL107 Ética FIL115 História da Filosofia I: Filosofia Grega I FIL116 História da Filosofia II: Filosofia Grega II FIL117 História da Filosofia III: Filosofia Medieval FIL118 História da Filosofia IV: Filosofia Moderna I FIL119 História da Filosofia V: Filosofia Moderna II FIL128 História da Filosofia VI: Filosofia Contemporânea I FIL129 História da Filosofia VII: Filosofia Contemporânea II FIL130 Estética Geral FIL143 Filosofia da Arte FIL431 Estética I FIL432 Estética II FIL433 Estética III FIL434 Estética IV FIL435 Estética V LET302 Leitura e Produção de Textos I LET306 Teoria da Literatura I LET401 Introdução ao Estudos Lingüísticos II LET452 Crítica Literária LET456 Teoria da Literatura II LET554 Seminário de Dramaturgia Brasileira MUS107 Canto Coral I MUS108 Canto Coral II

CURSO DE ARTES CÊNICAS 2007/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO

CURSO DE ARTES CÊNICAS 2007/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO CURSO DE ARTES CÊNICAS 2007/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO CÓDIGO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PRÉ-REQUISITO CR CHS AULAS PR ART501 Jogos Teatrais I - 3 60 2 2 1º ART503 Expressão Vocal I - 3 60 2 2 1º ART507

Leia mais

RESOLUÇÃO CEPE N 3.031

RESOLUÇÃO CEPE N 3.031 RESOLUÇÃO CEPE N 3.031 Un..,,idd F.d.,.I de 0.0 Pr00 Aprova alterações curriculares para o Curso de Artes Cênicas: Modalidade Licenciatura. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal

Leia mais

5.4 PLANO DE EXECUÇÃO CURRICULAR

5.4 PLANO DE EXECUÇÃO CURRICULAR 5.4 PLANO DE EXECUÇÃO CURRICULAR Bacharelado em Educação Física 429F Plano Curricular de Duração Média 4 anos Autorização: Resolução CEPE nº 55/01, de 18 de setembro de 2001. Carga Horária Mínima CFE:

Leia mais

GRADE HORÁRIA 2015 CURSO DE BACHARELADO EM ARTES CÊNICAS

GRADE HORÁRIA 2015 CURSO DE BACHARELADO EM ARTES CÊNICAS SEGUNDA-FEIRA CURSO DE BACHARELADO EM ARTES S DESIGN CÊNICO COMUNICAÇÃO E SEMIÓTICA MARCOS CAMARGO SALA 10 BL 01 ESCRITA CRIATIVA PARA A CENA SEMINÁRIO DE PESQUISA DISCENTE ANA DESIGN CÊNICO COMUNICAÇÃO

Leia mais

GRADE HORÁRIA 2015 CURSO DE BACHARELADO EM ARTES CÊNICAS

GRADE HORÁRIA 2015 CURSO DE BACHARELADO EM ARTES CÊNICAS SEGUNDA-FEIRA CURSO DE BACHARELADO EM ARTES S CULTURA E IDENTIDADE COMUNICAÇÃO E SEMIÓTICA ESCRITA CRIATIVA PARA A CENA PAULO SEMINÁRIO DE PESQUISA DISCENTE CULTURA E IDENTIDADE COMUNICAÇÃO E SEMIÓTICA

Leia mais

GRADE HORÁRIA 2015 CURSO DE BACHARELADO EM ARTES CÊNICAS

GRADE HORÁRIA 2015 CURSO DE BACHARELADO EM ARTES CÊNICAS SEGUNDA-FEIRA CURSO DE BACHARELADO EM ARTES S CULTURA E IDENTIDADE COMUNICAÇÃO E SEMIÓTICA ESCRITA CRIATIVA PARA A CENA PAULO SEMINÁRIO DE PESQUISA DISCENTE CULTURA E IDENTIDADE COMUNICAÇÃO E SEMIÓTICA

Leia mais

DISCIPLINAS PRÉ-REQUISITOS

DISCIPLINAS PRÉ-REQUISITOS BACHARELADO EM MÚSICA HABILITAÇÃO: CANTO DO NÚCLEO COMUM DO NÚCLEO ESPECÍFICO / HABILITAÇÃO ESPECÍFICA OPTATIVAS CRÉDITO OBRIGATÓRIAS S PERCEPÇÃO MUSICAL I 50 10-04 - HISTÓRIA E ARTE I 25 05-02 - LINGUA

Leia mais

GRADE HORÁRIA 2015 CURSO DE BACHARELADO EM ARTES CÊNICAS

GRADE HORÁRIA 2015 CURSO DE BACHARELADO EM ARTES CÊNICAS SEGUNDA-FEIRA CURSO DE BACHARELADO EM ARTES S CULTURA E IDENTIDADE COMUNICAÇÃO E SEMIÓTICA ESCRITA CRIATIVA PARA A CENA PAULO SEMINÁRIO DE PESQUISA DISCENTE CULTURA E IDENTIDADE COMUNICAÇÃO E SEMIÓTICA

Leia mais

DISCIPLINAS OPTATIVAS DO BACHARELADO EM ATUAÇÃO CÊNICA. Disciplinas optativas oferecidas pelo Bacharelado em Atuação Cênica

DISCIPLINAS OPTATIVAS DO BACHARELADO EM ATUAÇÃO CÊNICA. Disciplinas optativas oferecidas pelo Bacharelado em Atuação Cênica 1 DISCIPLINAS OPTATIVAS DO BACHARELADO EM ATUAÇÃO CÊNICA Serão oferecidas aos alunos do Bacharelado em Atuação Cênica 101 disciplinas optativas, dentre as quais o aluno deverá cumprir a carga mínima de

Leia mais

Regimento de Atividades Complementares do Bacharelado em Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Catarina.

Regimento de Atividades Complementares do Bacharelado em Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Catarina. Regimento de Atividades Complementares do Bacharelado em Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Catarina. CAPÍTULO I Das Disposições Iniciais Art.1º - Observando o disposto no Artigo 08º da Resolução

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA HABILITAÇÕES EM ARTES PLÁSTICAS, DESENHO E ARTES CÊNICAS CURRÍCULO PLENO - BACHARELADO 1 ANO - HABILITAÇÃO EM ARTES PLÁSTICAS Estética e História da Arte I 02 0 02 76 Folclore

Leia mais

GRADE CURRICULAR LICENCIATURA EM MATEMÁTICA I MATÉRIAS OBRIGATÓRIAS

GRADE CURRICULAR LICENCIATURA EM MATEMÁTICA I MATÉRIAS OBRIGATÓRIAS GRADE CURRICULAR LICENCIATURA EM MATEMÁTICA MATÉRIAS DISCIPLINA I MATÉRIAS OBRIGATÓRIAS 1. Álgebra - Álgebra Elementar - Álgebra I - Álgebra II - Álgebra Linear - Lógica Matemática - Teoria dos Números

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO FINAL PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL Nº 001/2016

CLASSIFICAÇÃO FINAL PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL Nº 001/2016 CLASSIFICAÇÃO FINAL PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL Nº 001/2016 CLASSIFICAÇÃO UNIDADE CURSO DISCIPLINA 1 Guaíba Eng. da Computação Produção Textual 2 Guaíba Eng. da Computação Circuitos Elétricos I 3 Guaíba

Leia mais

Currículo do Curso de Bacharelado em Educação Física 2006.1

Currículo do Curso de Bacharelado em Educação Física 2006.1 Currículo do Curso de Bacharelado em Educação Física 2006.1 Criação: Resolução Nº 003/CEG/2005, de 08 de junho de 2005 Portaria Nº 164/PREG/2005 Objetivo do Curso: O objetivo do Curso de Bacharelado em

Leia mais

CURSO e IFES: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA/UENF

CURSO e IFES: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA/UENF Música e Educação Educação de Jovens e Adultos Língua Portuguesa na Educação 2 Licenciatura plena em Letras (todas as habilitações) ou Linguística Teatro e Educação Estágio Curricular Supervisionado 1

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE HISTÓRIA (LICENCIATURA) - 2018/2(currículo 4) CAMPUS MARIANA CÓDIGO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PRÉ-REQUISITO CHS CHA AULAS FIL126 FILOSOFIA 60 72 4 0 1 HIS104 INTRODUCAO AO ESTUDO DA HISTORIA 60

Leia mais

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º. Formação de Professores. Supervisionado I Supervisionado II Supervisionado. Amazônia Teatro II.

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º. Formação de Professores. Supervisionado I Supervisionado II Supervisionado. Amazônia Teatro II. YAMAMOTO, Karina Ribeiro. A formação em jogo: reestruturação do Projeto Político Pedagógico do curso de Teatro da UFT. Palmas: Universidade Federal do Tocantins; Professora. A existência de professores

Leia mais

Grade Curricular QUÍMICA USP

Grade Curricular QUÍMICA USP Grade Curricular QUÍMICA USP SEMESTRE 1 5910261 Elementos de Cálculo e Aplicações 8 0 8 5910267 Informática Instrumental 5931001 Química Geral Experimental 8 0 8 5931002 Iniciação à Química 8 0 8 5931003

Leia mais

ARTES - 1º AO 5º ANO

ARTES - 1º AO 5º ANO 1 Ano Artes Visuais 1 Bimestre O fazer artístico do aluno desenho, pintura, dobradura, colagem e modelagem. Competências/Habilidades Reconhecimento e utilização dos elementos da linguagem visual; Música

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURRÍCULOS DOS CURSOS - 2006 CURSO DE PSICOLOGIA CURRÍCULO PLENO - BACHARELADO 1º ANO T P CH/S CH/A Antropologia 03 0 03 120 Estatística I 02 0 02 80 Filosofia da Ciência I 02 0 02 80 Fisiologia 02 02

Leia mais

ANO/SEMESTRE 2016/2 ACB - ARTES CÊNICAS - BACHARELADO CURRÍCULO 4 TURMA IDEAL 16.2

ANO/SEMESTRE 2016/2 ACB - ARTES CÊNICAS - BACHARELADO CURRÍCULO 4 TURMA IDEAL 16.2 ACB - ARTES CÊNICAS - BACHARELADO 1º TURMA IDEAL 16.2 DIURNO 13:30-14:20 ART361-11T - Elvina ART511-11T - Luciana EDU303-T - ART503-11P - Marco ART507-11T - Éden 14:20-15:10 ART361-11P - Elvina ART511-11T

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2013 175. MATEMÁTICA Bacharelado. COORDENADORA Rosane Soares Moreira Viana rsmviana@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2013 175. MATEMÁTICA Bacharelado. COORDENADORA Rosane Soares Moreira Viana rsmviana@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 175 MATEMÁTICA Bacharelado COORDENADORA Rosane Soares Moreira Viana rsmviana@ufv.br 176 Currículos dos Cursos UFV Bacharelado ATUAÇÃO O bacharel em Matemática está apto para

Leia mais

Integralização do Curso Nova grade de Ciência Proposta

Integralização do Curso Nova grade de Ciência Proposta Caros alunos, esse documento é um guia para facilitar o entendimento do processo de migração do currículo e não é definitivo. O processo de criação da nova grade ainda está em fase final de elaboração.

Leia mais

Curso: Bacharelado em Psicologia. Portaria de Autorização n 657 de 08/05/2009 Publicado no D.O.U. 11/05/2009

Curso: Bacharelado em Psicologia. Portaria de Autorização n 657 de 08/05/2009 Publicado no D.O.U. 11/05/2009 Curso: Bacharelado em Psicologia Portaria de Autorização n 657 de 08/05/2009 Publicado no D.O.U. 11/05/2009 Área de Formação: Psicologia Diploma em: Bacharel em Psicologia Período de Integralização: Mínimo

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR EN - ESCOLA DE COMUNICAÇÃO E NEGÓCIOS COMUNICAÇÃO SOCIAL - HAB. PUBLICIDADE E PROPAGANDA (100 )

MATRIZ CURRICULAR EN - ESCOLA DE COMUNICAÇÃO E NEGÓCIOS COMUNICAÇÃO SOCIAL - HAB. PUBLICIDADE E PROPAGANDA (100 ) Página de. Disciplinas Obrigatórias ª SÉRIE - COMUNICAÇÃO SOCIAL - HAB. PUBLICIDADE E PROPAGANDA 0 FILOSOFIA E ÉTICA NFH.000_0 0 FOTOGRAFIA PUB._0 0 HISTÓRIA DA ARTE E DA CULTURA PUB.0_0 0 HISTÓRIA DA

Leia mais

RESOLUÇÃO N 031, DE 13 DE JUNHO DE 2016

RESOLUÇÃO N 031, DE 13 DE JUNHO DE 2016 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 031, DE 13 DE JUNHO DE 2016 Aprova o alinhamento da matriz do curso de Ciências Biológicas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº. 10/2015 Aprova a estrutura curricular contida no Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Prof. Dr. Celso Reni Braida 37219433

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Prof. Dr. Celso Reni Braida 37219433 Documentação: jetivo: Titulação: Diplomado em: Renovação Atual de Reconhecimento - Port. nº286/mec de 21/12/12-DOU 27/12/12.Curso reconhecido pelo Decreto Federal 6266, de 26/06/1959, publicado no Diário

Leia mais

Resolução nº 024, de 16 de abril de 2015.

Resolução nº 024, de 16 de abril de 2015. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretaria Educação Profissional e Tecnológica Instituto Feral Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Gran do Sul Conselho Superior Resolução nº 024, 16 abril

Leia mais

PROCESSO Nº 297/10 PROTOCOLO Nº 7.661.835-6 PARECER CEE/CES Nº 149/10 APROVADO EM 06/04/10 INTERESSADA: FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ FAP

PROCESSO Nº 297/10 PROTOCOLO Nº 7.661.835-6 PARECER CEE/CES Nº 149/10 APROVADO EM 06/04/10 INTERESSADA: FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ FAP PROCESSO Nº 297/10 PROTOCOLO Nº 7.661.835-6 PARECER CEE/CES Nº 149/10 APROVADO EM 06/04/10 CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR INTERESSADA: FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ FAP MUNICÍPIO: CURITIBA ASSUNTO: Adequação

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 7 semestres. Prof. Sérgio Nunes Melo 37216543

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 7 semestres. Prof. Sérgio Nunes Melo 37216543 Documentação: Objetivo: Titulação: Diplomado em: Resolução nº 003/CEG/2007, de 16 de maio de 2007 Portaria Normativa nº40/2007/mec - Exclusivamente para Registro de Diplomas. Visando a formação de profissionais

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições,

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições, SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 13/2014 Altera a estrutura curricular contida no Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 7 semestres. Profª. Drª. Priscila Genara Padilha 37216543

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 7 semestres. Profª. Drª. Priscila Genara Padilha 37216543 Documentação: Objetivo: Titulação: Diplomado em: Resolução nº 003/CEG/2007, de 16 de maio de 2007 Portaria Normativa nº40/2007/mec - Exclusivamente para Registro de Diplomas. Visando a formação de profissionais

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO LICENCIATURA EM LÍNGUA PORTUGUESA EDU236 Fundamentos da Educação: Sociologia - 30 36 2 0 3º EDU237 Fundamentos da Educação: Filosofia - 30 36 2 0 3º LET812 Estudos de Leitura - 60 72 2 2 3º LET872 Teoria

Leia mais

Horário de Aula 2016/1 - Educação Física - LICENCIATURA

Horário de Aula 2016/1 - Educação Física - LICENCIATURA TURMA L1 (1º Período) Horário de Aula 2016/1 - Educação Física - LICENCIATURA 07:00 Antropologia e Ed. Fís. Formação e Atuação em Ed. História e Ed. Física Ginástica ESP055 ESP054-11:40 Física EEF021 EFI041

Leia mais

Currículo do Curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios

Currículo do Curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios Currículo do Curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios Bacharelado ATUAÇÃO O egresso do curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios terá competências e habilidades para: aplicar conhecimentos científicos

Leia mais

Curso: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Curriculo: 100-177/13 DISCIPLINAS EM OFERTA 1ºº Semestre de 2016 - NOTURNO

Curso: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Curriculo: 100-177/13 DISCIPLINAS EM OFERTA 1ºº Semestre de 2016 - NOTURNO GR01156 GR01443 GR02648 GR01560 GR02671 GR01195 1º PERÍODO Carga Horária Docentes Biologia Educacional 36.00 Cornelio Schwambach Didática 72.00 Silvia Iuan Lozza Estudo do Homem Contemporâneo - Humanas

Leia mais

RESOLUÇÃO N o RESOLVE

RESOLUÇÃO N o RESOLVE RESOLUÇÃO N o Estabelece o Currículo Pleno do Curso de Ciência da Computação - Bacharelado, do Setor de Ciências Exatas, da Universidade Federal do Paraná.. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, órgão

Leia mais

Disciplina. Eixo Estudos Continuados TPET: Políticas públicas em educação e cultura. 36 horas. Pré-requisito Não tem

Disciplina. Eixo Estudos Continuados TPET: Políticas públicas em educação e cultura. 36 horas. Pré-requisito Não tem POLÍTICAS PÚBLICAS EM EDUCAÇÃO E CULTURA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ Instituída pela Lei n o 10.425, de 19/04/2002 D.O.U. DE 22/04/2002 PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROEN COORDENADORIA

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - UCS

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - UCS ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - UCS Prof. Matheus Parmegiani Jahn Coordenação do Curso de Ciências Biológicas Universidade de Caxias do Sul Abaixo estão algumas orientações gerais

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS

DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS Nome Disciplina Curso Número do Parecer Data da Aprovação Anita Prado Koneski Estética Metodologia Científica Proc682/950CONSEPE 17/07/96 Estética e História da Arte Estética

Leia mais

Curso de Licenciatura em Matemática VITÓRIA

Curso de Licenciatura em Matemática VITÓRIA Curso de Licenciatura em Matemática VITÓRIA Coordenador Antonio Henrique Pinto Horário Matutino Duração 4 anos (8 semestres) Carga horária 3.060 horas de créditos em disciplinas e de estágio obrigatório

Leia mais

Área do Conhecimento: Arte

Área do Conhecimento: Arte Área do Conhecimento: Arte Série: 1ª Carga Horária: 4h/a Período: Semestral (conteúdos) Elementos Formais Composição Movimentos e Períodos 1. Ponto, linha, plano, volume, textura, cor 2. Ponto, linha,

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: ENGENHARIA DE PETRÓLEO SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia de Petróleo da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnica nas áreas

Leia mais

O curso de Administração da FACHASUL

O curso de Administração da FACHASUL O administrador gerencia recursos financeiros, materiais e humanos de uma empresa. Ele tem lugar em praticamente todos os departamentos de uma organização pública, privada ou sem fins lucrativos. Em recursos

Leia mais

FILOSOFIA Habilitação: Licenciatura

FILOSOFIA Habilitação: Licenciatura FILOSOFIA Habilitação: Licenciatura Criação Resolução n.º 100, de 25.05.72 Reativação do Curso na UEL 28.02.94 Reconhecimento Decreto Estadual n.º 4.496, de 17.06.98 Grau Licenciado em Filosofia Código

Leia mais

RESOLUÇÃO CEPE N.º 4.581

RESOLUÇÃO CEPE N.º 4.581 RESOLUÇÃO CEPE N.º 4.581 Aprova alteração curricular para o Curso de Educação Física. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Ouro Preto, considerando a delegação deste Conselho

Leia mais

Aprovado no CONGRAD: 25.08.09 Vigência: ingressos a partir 2010/1. CÓD. 1328 - CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL NOITE Currículo nº 03 MATRIZ CURRICULAR

Aprovado no CONGRAD: 25.08.09 Vigência: ingressos a partir 2010/1. CÓD. 1328 - CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL NOITE Currículo nº 03 MATRIZ CURRICULAR Aprovado no CONGRAD: 25.08.09 Vigência: ingressos a partir 2010/1 CÓD. 1328 - CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL NOITE Currículo nº 03 MATRIZ CURRICULAR I - NÚCLEO BÁSICO Metodologia Científica e Tecnológica

Leia mais

TEATRO INICIANTES SEGUNDA-FEIRA

TEATRO INICIANTES SEGUNDA-FEIRA 1/2/2016 Coordenadora: Ana Loureiro TEATRO INICIANTES SEGUNDA-FEIRA 4ª, 5ª e 6ª séries/ef Professor: Marcelo Oliveira PLANEJAMENTO ANUAL 2016 INTENÇÃO FORMADORA DA ÁREA: Desenvolvimento do potencial humano

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV NUTRIÇÃO. COORDENADORA Ana Íris Mendes Coelho aicoelho@ufv.br

Currículos dos Cursos UFV NUTRIÇÃO. COORDENADORA Ana Íris Mendes Coelho aicoelho@ufv.br 134 NUTRIÇÃO COORDENADORA Ana Íris Mendes Coelho aicoelho@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 135 Bacharelado ATUAÇÃO O Nutricionista é um profissional de saúde, legal e tecnicamente habilitado para

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS. COORDENADOR José Antônio Marques Pereira

Currículos dos Cursos UFV CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS. COORDENADOR José Antônio Marques Pereira 88 CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS COORDENADOR José Antônio Marques Pereira jamperei@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 89 Bacharelado ATUAÇÃO O egresso do curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios

Leia mais

Prof. Humberto Luís de Deus Inácio 1 Prof. Ricardo Lira de Rezende Neves Profa. Renata de Lima Silva Coordenadores dos Cursos presenciais da FEFD/UFG

Prof. Humberto Luís de Deus Inácio 1 Prof. Ricardo Lira de Rezende Neves Profa. Renata de Lima Silva Coordenadores dos Cursos presenciais da FEFD/UFG UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO VESPERTINO 2º PERIODO FUNDAMENTOS SÓCIO-PEDAGÓGICOS DA 16h50-18h30 13h10-14h50 EDUCAÇÃO FÍSICA Bloco A Sala 2 Prof. Rúbia PESQUISA

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS. COORDENADOR José Antônio Marques Pereira

Currículos dos Cursos UFV CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS. COORDENADOR José Antônio Marques Pereira 92 Currículos dos Cursos UFV CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS COORDENADOR José Antônio Marques Pereira jamperei@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2012 93 Ciência e Tecnologia de Laticínios ATUAÇÃO O egresso

Leia mais

FACULDADE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA Credenciamento: Portaria Nº 3.494 de 24/11/2003 BACHARELADO EM NUTRIÇÃO 1º SEMESTRE DISCIPLINA T P CR PRÉ- REQUISITO

FACULDADE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA Credenciamento: Portaria Nº 3.494 de 24/11/2003 BACHARELADO EM NUTRIÇÃO 1º SEMESTRE DISCIPLINA T P CR PRÉ- REQUISITO CURRÍCULO PLENO 1º SEMESTRE DISCIPLINA T P CR PRÉREQUISITO Nutrição e Alimentação Humana 72 04 Anatomofisiologia Humana I T 54 04 Anatomofisiologia Humana I P Introdução à Saúde Coletiva 54 03 Histologia

Leia mais

Horários de Aulas do 2º Período Letivo de 2016 CURSO: LICENCIATURA EM ARTES CÊNICAS

Horários de Aulas do 2º Período Letivo de 2016 CURSO: LICENCIATURA EM ARTES CÊNICAS CURSO: LICENCIATURA EM ARTES CÊNICAS 2º SEMESTRE OBRIGATÓRIO PERÍODO DIURNO CAC0547 Poéticas do Corpo e da Voz II (*) TER QUI 13h30-17h15 8h-11h45 Andréia/Alice Andréia 13 CAC0549 História das Artes Cênicas

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Ciências Contábeis

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Ciências Contábeis MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS GRADE 9 Currículo Pleno aprovado pelo Conselho de Curso para o ano de 2013 Cód. Disc. DISCIPLINAS 1º SEMESTRE CRÉD. CH TOTAL TEÓRICA PRÁTICA 3201-1 Matemática

Leia mais

RESOLUÇÃO CEPE Nº 4.085

RESOLUÇÃO CEPE Nº 4.085 RESOLUÇÃO CEPE Nº 4.085 Aprova alteração curricular para o Curso de Educação Física. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Ouro Preto, considerando a delegação deste Conselho

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM DANÇA CONTEMPORÂNEA

PÓS-GRADUAÇÃO EM DANÇA CONTEMPORÂNEA PÓS-GRADUAÇÃO EM DANÇA CONTEMPORÂNEA Entidades: Instituto Politécnico do Porto/ Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo (ESMAE); Câmara Municipal do Porto / Teatro Municipal do Porto Rivoli Campo

Leia mais

Informativo THE 2014 Testes de Habilidades Específicas

Informativo THE 2014 Testes de Habilidades Específicas 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO PROCESSO SELETIVO DISCENTE THE 2014 ESCOLA DE TEATRO CANDIDATOS AOS CURSOS DE BACHARELADO EM ARTES CÊNICAS HABILITAÇÃO CENOGRAFIA BACHARELADO EM

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CIÊNCIAS CONTÁBEIS Missão A missão do curso é formar profissionais em Ciências Contábeis com elevada competência técnica, crítica, ética e social, capazes de conceber

Leia mais

Bacharelado em Ciência da Computação 2009

Bacharelado em Ciência da Computação 2009 Bacharelado em Ciência da Computação 2009 1 Resumo do Curso Tipo do Curso Duração mínima Carga horária mínima obrigatória Bacharelado anos 3.212 horas (contadas em 15 semanas) 21 créditos Turno Regime

Leia mais

* Percepção de como se cria e se compõe a musica neste período, a que publico esta destinada, quais são os artistas.

* Percepção de como se cria e se compõe a musica neste período, a que publico esta destinada, quais são os artistas. COLÉGIO ESTADUAL ANTONIO JOSÉ REIS-ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PLANO DE TRABALHO DOCENTE - 2014 PROFESSORA: Patricia Fermino Antonio SÉRIE: 7 º ANO TURMAS: C e D Áreas Artísticas: ( X ) Artes Visuais (

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : QUÍMICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 201 Optativos: 6. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : QUÍMICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 201 Optativos: 6. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:17:07 Curso : QUÍMICA VAGAS

Leia mais

Grade 2015.1 Duas Titulações

Grade 2015.1 Duas Titulações Grade 2015.1 Duas Titulações 1º semestre CH Disciplina 1Psicologia, Ciência e Profissão Disciplina 2Origens Evolucionárias do comportamento Disciplina 3Teorias da Personalidade Disciplina 4Processos Psicológicos

Leia mais

DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA EMENTÁRIO DE DISCIPLINAS ATIVAS

DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA EMENTÁRIO DE DISCIPLINAS ATIVAS DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA EMENTÁRIO DE DISCIPLINAS ATIVAS GFL00024 - INTRODUÇÃO À FILOSOFIA Delimitação do objeto próprio da Filosofia. Divisão da Filosofia. Caracterização dos diferentes tipos de saber.

Leia mais

TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS

TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS 132 TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS COORDENADOR DO CURSO DE TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS José Alexandrino Andrade Rocha jarocha@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 133 CURRÍCULO DO CURSO DE TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS

Leia mais

CAPÍTULO II DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS

CAPÍTULO II DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente instrumento dispõe sobre as normas e procedimentos a serem observados

Leia mais

Ementas do Curso de Licenciatura em Música. Habilitações Educação Musical e Instrumento/Canto

Ementas do Curso de Licenciatura em Música. Habilitações Educação Musical e Instrumento/Canto ! Universidade Federal da Paraíba Centro de Ciências Humanas Letras e Artes Curso de Licenciatura em Música Ementas do Curso de Licenciatura em Música Habilitações Educação Musical e Instrumento/Canto

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO nº 032 /98 Autoriza a reformulação do Curso de Especialização em Jornalismo Cultural - Pós-Graduação lato sensu. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA,

Leia mais

Estrutura curricular da Licenciatura em Educação Básica 2015/2016

Estrutura curricular da Licenciatura em Educação Básica 2015/2016 Estrutura curricular da Licenciatura em Educação Básica 2015/2016 Sigla Obrigatórios Optativos Educação FEG 18 2 Português FAD 30 Matemática FAD 30 5 Estudo do Meio FAD 30 Expressão Físico-Motora FAD 6

Leia mais

Universidade de Caxias do Sul Centro de Ciências Exatas e Tecnologias. Cursos de Química

Universidade de Caxias do Sul Centro de Ciências Exatas e Tecnologias. Cursos de Química Universidade de Caxias do Sul Centro de Ciências Exatas e Tecnologias Cursos de Química O que Faz: O Licenciado em química é um profissional com formação generalista, abrangente em todas as áreas da Química.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS Quadro 2 - Áreas de Concentração dos Componentes Curriculares e Cargas Horárias Carga Horária (hora relógio Exigência 60 como Componente Curricular 400 400 Conteúdos Curriculares de Natureza Científico-cultural

Leia mais

CURSO: MUSEOLOGIA HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM MUSEOLOGIA

CURSO: MUSEOLOGIA HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM MUSEOLOGIA CURSO: MUSEOLOGIA HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM MUSEOLOGIA 1º SEMESTRE 1 CID Introdução à Museologia 4 OBR OBR 2 VIS 153699 Fundamentos de Linguagem Visual 6 OBR OBR 3 CID 182010 Introdução à Biblioteconomia

Leia mais

CURSO: Engenharia de Controle e Automação Campus Praça XI Missão

CURSO: Engenharia de Controle e Automação Campus Praça XI Missão CURSO: Engenharia de Controle e Automação Campus Praça XI Missão O Curso de Engenharia de Controle e Automação da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólidos conhecimentos

Leia mais

TURMAS MÓDULO B - 2015 TURMAS MÓDULO C - 2015 TURMAS. Início Término Disciplinas. Início Término Disciplinas. Início Término Disciplinas

TURMAS MÓDULO B - 2015 TURMAS MÓDULO C - 2015 TURMAS. Início Término Disciplinas. Início Término Disciplinas. Início Término Disciplinas BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Calouros - Quintas-feiras, das 18h20 às 20h25 (C3) - Núcleo Comum 03 primeiros Módulos, Veteranos - Quintas-feiras das 20h30 às 22h35 (C3) 2013/02 2012/08 - - - - MÓDULO NÚCLEO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UNIRIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UNIRIO RESOLUÇÃO N.o 2628, DE 08 DE SETEMBRO DE 2005 Dispõe sobre a regulamentação das Atividades Complementares nos currículos dos Cursos de Graduação da UNIRIO. o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, em

Leia mais

EDITAL. 1º As disciplinas não-passíveis e passíveis de Avaliação de Suficiência e Exame de Proficiência estão descritas no quadro anexo a este Edital.

EDITAL. 1º As disciplinas não-passíveis e passíveis de Avaliação de Suficiência e Exame de Proficiência estão descritas no quadro anexo a este Edital. EDITAL SG N.º 19/2011 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE INSCRIÇÃO PARA A AVALIAÇÃO DE SUFICIÊNCIA E O EXAME DE PROFICIÊNCIA DA FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO. O Secretário-Geral da FAE Centro Universitário, no uso

Leia mais

Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 72. Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 36. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 18. Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 54

Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 72. Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 36. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 18. Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 54 Página: 1 de 5 Período 01 - - PS16101 - História das Ideias Psicológicas - Ativa desde: PS16102 - Sociologia - Ativa desde: PS16103 - Metodologia Científica - Ativa desde: PS16104 - Fundamentos do Desenvolvimento

Leia mais

Introdução ao Pensamento Científico 40 34 Atividades Acadêmico-Científico- Culturais

Introdução ao Pensamento Científico 40 34 Atividades Acadêmico-Científico- Culturais MATRIZ CURRICULAR Licenciatura em Educação Física 1º período da História da Educação Física 40 34 Fundamentos Sociofilosóficos da 60 50 Educação Bases Biológicas 60 50 Anatomia I* 20 + 40* 17 + 34* Psicomotricidade

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA QUÍMICA. COORDENADOR Antônio Marcos de Oliveira Siqueira antonio.siqueira@ufv.br

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA QUÍMICA. COORDENADOR Antônio Marcos de Oliveira Siqueira antonio.siqueira@ufv.br 278 Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA QUÍMICA COORDENADOR Antônio Marcos de Oliveira Siqueira antonio.siqueira@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2014 279 Engenheiro Químico ATUAÇÃO O Engenheiro

Leia mais

Letras Tradução Espanhol-Português Ementário

Letras Tradução Espanhol-Português Ementário Letras Tradução Espanhol-Português Ementário Componentes Curriculares CH Ementa Cultura Clássica 04 Estudo da cultura das civilizações clássica em suas diversas fases, tendo em vista reflexões sobre a

Leia mais

PREFEITURA DE VITÓRIA SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA ESCOLA TÉCNICA DE TEATRO, DANÇA E MÚSICA FAFI EDITAL SEMC N.º 09/2014

PREFEITURA DE VITÓRIA SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA ESCOLA TÉCNICA DE TEATRO, DANÇA E MÚSICA FAFI EDITAL SEMC N.º 09/2014 PREFEITURA DE VITÓRIA SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA ESCOLA TÉCNICA DE TEATRO, DANÇA E MÚSICA FAFI EDITAL SEMC N.º 09/2014 EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA PARA OFICINAS SEMESTRAIS NAS ÁREAS DE TEATRO, DANÇA

Leia mais

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRATIVAS DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM ES Curso de Administração reconhecido pelo Decreto Federal nº 78.951, publicado no D.O.U. de 16-12-1976 Curso de Ciências Contábeis

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ART001 EXPRESSÃO BIDIMENSIONAL - DESENHO I Desenho de observação. Conceito. Artistas. Técnica de representação gráfica da tridimensionalidade. Proporção, volume, luz e sombra, perspectiva.

Leia mais

Universidade Federal do Ceará Engenharia da Computação Campus de Sobral. Regulamento de Programa de Atividades Complementares

Universidade Federal do Ceará Engenharia da Computação Campus de Sobral. Regulamento de Programa de Atividades Complementares Universidade Federal do Ceará Engenharia da Computação Campus de Sobral Regulamento de Programa de Atividades Complementares Abril de 2010 (atualizado em 2012) SUMÁRIO Sumário INTRODUÇÃO... 3 DISPOSIÇÕES

Leia mais

CAPÍTULO II DOS OBJETIVOS DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

CAPÍTULO II DOS OBJETIVOS DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Versão final MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA O ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE LICENCIATURA DA UNOESC CAPÍTULO I DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Art. 1º O Estágio Curricular Supervisionado

Leia mais

LICENCIATURA EM FÍSICA

LICENCIATURA EM FÍSICA LICENCIATURA EM FÍSICA COORDENADOR Robson Luiz Santos robsonls@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2010 63 ATUAÇÃO O curso de Licenciatura em Física oferece ao estudante a oportunidade de obter ampla formação

Leia mais

RESOLUÇÃO N 59/2009/CONEPE. O CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO da UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE, no uso de suas atribuições legais,

RESOLUÇÃO N 59/2009/CONEPE. O CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO da UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE, no uso de suas atribuições legais, SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 59/2009/CONEPE Aprova as Normas Específicas do Estágio Curricular

Leia mais

FILOSOFIA PRIMEIRO CICLO

FILOSOFIA PRIMEIRO CICLO FILOSOFIA PRIMEIRO CICLO Plano Curricular Percurso 1 QUESTÕES APROFUNDADAS DE FILOSOFIA (QAF) FORMAÇÃO FUNDAMENTAL Antropologia Filosófica 4,5 Axiologia e Ética 4,5 Epistemologia 4 Estética e Teorias da

Leia mais

Matriz Curricular - Bacharelado em Música - Habilitação em Canto

Matriz Curricular - Bacharelado em Música - Habilitação em Canto Matriz Curricular - Bacharelado em Música - Habilitação em Canto NC = Núcleo Comum OH = Obrigatórias por Habilitação PF = Práticas de Formação EL = Eletiva ES = Estágio Supervisionado OP = Optativa 1º

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE PSICOLOGIA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Origens e Recursos Teórico-Metodológicos Antropologia 02 0 02 40 Estatística Descritiva e Probabilidade 02 0 02 40 Fisiologia do Sistema

Leia mais

6º Ano JUSTIFICATIVA/ OBJETIVO:

6º Ano JUSTIFICATIVA/ OBJETIVO: ESTADO DO PARANÁ - SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO ESTADUAL DARIO VELLOZO - ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL. PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2014 DISCIPLINA: ARTE SÉRIE: 6ºA, 6ºB, 6ºC, 6ºD,

Leia mais

COMPOSIÇÃO CURRICULAR CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILINGUE MODALIDADE: BACHARELADO. 1. Conteúdos Básicos Profissionais

COMPOSIÇÃO CURRICULAR CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILINGUE MODALIDADE: BACHARELADO. 1. Conteúdos Básicos Profissionais 1.1 Conteúdos Básicos Gerais COMPOSÇÃO CURRCULAR CURSO DE SECRETARADO EXECUTVO BLNGUE MODALDADE: BACHARELADO 1. Conteúdos Básicos Profissionais Disciplinas Créditos Carga Horária nstituições de Direito

Leia mais

AACCs (Atividades Acadêmico-Científico Culturais) Bacharelado em Artes Cênicas (BAC)

AACCs (Atividades Acadêmico-Científico Culturais) Bacharelado em Artes Cênicas (BAC) Atualizado em 01/04 AACCs (Atividades Acadêmico-Científico Culturais) Bacharelado em Artes Cênicas (BAC) Regulamento 1. O estudante do Curso de Bacharelado em Artes Cênicas Habilitação em Interpretação

Leia mais

RELATÓRIO DE ANÁLISE DOS DADOS DO ÚLTIMO INGRESSANTE NOS CURSOS DA UFPEL, UTILIZANDO O SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA (SISU)

RELATÓRIO DE ANÁLISE DOS DADOS DO ÚLTIMO INGRESSANTE NOS CURSOS DA UFPEL, UTILIZANDO O SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA (SISU) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO COORDENADORIA DE REGULAÇÃO E ACOMPANHAMENTO PROCURADOR EDUCACIONAL INSTITUCIONAL RELATÓRIO DE ANÁLISE

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE)

PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE) Núcleo de Apoio à Prática Profissional das Licenciaturas CURSOS DE LICENCIATURAS PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE) ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Atualizado em 17 jun 2016 5º. PERÍODO 4º. PERÍODO

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PORTARIA NORMATIVA Nº 03, 19 DE JULHO DE 2013

COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PORTARIA NORMATIVA Nº 03, 19 DE JULHO DE 2013 COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PORTARIA NORMATIVA Nº 03, 19 DE JULHO DE 2013 Institui as normas e as atividades aprovadas para o aproveitamento de carga horária para compor Atividades Complementares

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MODA BACHARELADO (Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1)

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MODA BACHARELADO (Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1) MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MODA BACHARELADO (Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1) Fase Cod. Disciplina Prérequisitos Carga Horária Teórica Prática Total cred Hora

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MINEIROS

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MINEIROS CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MINEIROS DEPARTAMENTO DE ESTÁGIOS CURRICULARES SUPERVISIONADOS OBRIGATÓRIOS, TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (T.C.C) E ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL PRÁTICO MINEIROS - GOIÁS 2014

Leia mais

CFH - sala HORÁRIO DE AULA 2012.2 2ª FASE NOTURNO Turma 02329

CFH - sala HORÁRIO DE AULA 2012.2 2ª FASE NOTURNO Turma 02329 CFH - sala HORÁRIO DE AULA 2012.2 2ª FASE NOTURNO Turma 02329 18:30 19:20 FIL 5641 FIL5632 FIL5602 FIL 5621 19:20 20:10 FIL 5641 FIL 5632 FIL5602 FIL 5621 20:20 21:10 FIL 5641 FIL 5632 FIL5602 FIL 5621

Leia mais