BOLETIM SEMANAL SUBSECRETARIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BOLETIM SEMANAL SUBSECRETARIA"

Transcrição

1 BOLETIM SEMANAL Ano: Nº de Julho de Expediente Subsecretaria: Patrick Tranjan Pauta: Comunicados Externos Conjuntos com as Coordenadorias 1

2 SUMÁRIO I CG - CHEFIA DE GABINETE... pág Inclusão na SED de Cadernos de Orientação para a Correta Instrução Processual (Processos Licitatórios)... pág.03 II CITEM - COORDENADORIA DE INFORMAÇÃO, TECNOLOGIA, EVIDENCIA E MATRICULA...pág Levantamento do parque tecnológico da rede estadual...pág. 04 III - CISE - COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS ESCOLARES...pág Documento Orientador - Retomada Das Aulas na Rede Estadual... pág Comunicados CISE de 26 A 30/07/ pág. 11 IV COPED COORDENADORIA PEDAGÓGICA... pág Ciências da Natureza e Ciências Humanas - 1ª série EM...pág Compilado de referências para organização pedagógica do 2º semestre de 2021 e gravação dos plantões de dúvidas sobre organização pedagógica e administrativa das escolas... pág Sistema de registro da recuperação intensiva de julho - frequência e avaliação... pág.15 4.Evento Novo Ensino Médio - suporte na definição do rol dos itinerários formativos ofertados pelas escolas...pág.15 V- EFAPE - ESCOLA DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO 1. Cátedra de Educação Básica Minicursos da semana.... pág Atualização das atividades relacionadas ao Programa de Alfabetização Ambiental... pág Atualização das atividades relacionadas ao Programa Escola + Segura em ERRD... pág20 4. Programação Profissionais da Educação CMSP... pág Comunicado: Ações Formativas MMR... pág 26 VI - CMSP - CENTRO DE MÍDIAS SP... pág Plantões de dúvidas que as coordenadorias da Seduc-SP... pág27 2. Processo seletivo alunos Embaixadores pág LIVES... pág 29 VII - COFI COORDENADORIA DE ORÇAMETO E FINANÇAS...pág.30 1.Operação de coleta de dados suspensão de contratos... pág.30 2.Repasse PDDE São Paulo COVID... pág Orientações sobre o PDDE São Paulo Dignidade Íntima... pág 31 VIII - DE ARTICULAÇÃO REGIONAL DA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO 1.Portaria da Chefe de Gabinete, de pág.32 CONSIDERAÇÕES GERAIS... pág.33 2

3 I CHEFIA DE GABINETE 1. Inclusão na SED de Cadernos de Orientação para a Correta Instrução Processual (Processos Licitatórios) Interessados: Dirigentes Regionais de Ensino, Diretores de CAF e NCS, Foi incluído na SED, na data de 26/07, o Caderno de Orientação para a Correta Instrução Processual n 07 Transporte Escolar Unificado. Material de cunho orientativo, os Cadernos de Orientação DESUP/CENOT estão sendo produzidos a partir da experiência do corpo técnico do Centro de Normatização e Controle de Serviços Terceirizados do Departamento de Suprimentos e Licitações. Tendo em vista a verificação de elevado número de devoluções para os mesmos processos, acreditamos que a realização da instrução com atenção às orientações contidas nos cadernos evitará retrabalhos, gerando celeridade processual e redução no número dias necessários da abertura à efetivação da contratação. As mesmas observações que os técnicos do CENOT realizam na certificação da correta instrução processual estão presentes nestes materiais, que serão constantemente atualizados e divulgados na seção Pré-Contratos da Secretaria Escolar Digital. O acesso a estes arquivos se dará a partir do caminho Financeiro > Pré Contratos > Ficha Cadastral da Ação > Documentos. Atenciosamente, CG/DESUP/CENOT 3

4 II CITEM - COORDENADORIA DE INFORMAÇÃO, TECNOLOGIA, EVIDENCIA E MATRÍCULA 1. Levantamento do parque tecnológico da rede estadual Interessados: Dirigentes Regionais de Ensino, A equipe CITEM está levantando todo o atual parque tecnológico das escolas da rede. Para isso, pedimos o apoio de toda a equipe NIT das Diretorias de Ensino nessa tarefa. Buscamos dados atualizados para trabalhar e fazer todos os ajustes para a comunidade escolar. Agradecemos desde já o apoio e contamos com todas e todos. Atenciosamente, Equipe CITEM 4

5 III - CISE - COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS ESCOLARES 1. Documento Orientador - Retomada Das Aulas na Rede Estadual Interessados: Dirigentes Regionais de Ensino, 1 - Introdução Este documento tem como objetivo orientar as Diretorias de Ensino sobre a gestão dos serviços de transporte escolar, alimentação escolar e cuidador durante o retorno às aulas e atividades presenciais no contexto da pandemia de Covid-19. Conforme regulamentado pelo Decreto nº , de 17/12/2020, e pela Resolução SEDUC nº 11, de 26/01/2021, o retorno das aulas e atividades presenciais da rede estadual, a partir do segundo semestre de 2021, respeitando as diretrizes municipais que podem autorizar ou adotar medidas mais restritivas: A partir de 02/08 - retomada opcional das aulas presenciais da Educação Básica para o segundo semestre de 2021 em todo o Estado de São Paulo. Nessa nova etapa, para calcular a porcentagem de alunos permitidos será levada em consideração, a capacidade total de acolhimento das escolas considerando sua infraesturtura e não mais uma porcentagem fixa do total de matrículas. O distanciamento mínimo entre as pessoas passa a ser de 1,0 metro e não mais de 1,5 metro. Cada escola irá elaborar o seu plano de retorno levando em consideração a realidade da comunidade escolar, e neste momento a volta às aulas presenciais não será obrigatória para os estudantes. Acrescentamos que as diretorias de ensino deverão, em conjunto com a unidade escolar, identificar quais os alunos retornarão às atividades presenciais, bem como organizar a rotina de frequência, se atentando aos ajustes necessários em relação aos contratos de prestação de serviços (Ex: Transporte e cuidador). Os contratos e convênios de alimentação escolar encontram-se ativos, as Diretorias de Ensino deverão acompanhar a execução, respeitando normativos municipais que impeçam a retomada das aulas presenciais, devendo encaminhar o respectivo termo ao Departamento de Alimentação Escolar (DAESC). Cabe ressaltar que alguns decretos podem restringir as aulas presenciais, mas não necessariamente a abertura das escolas, permitindo o fornecimento de alimentação escolar e outros serviços na escola Em relação aos alunos público-alvo da Educação Especial a. Observar que as orientações são válidas para todos os alunos que não estão em grupo de risco e que, portanto, podem voltar ao presencial (ou seja, independentemente de o aluno ter uma deficiência ou não); b. Em relação aos serviços de cuidador, conforme será detalhado no Item deste documento orientador, desde que respeitados os protocolos sanitários de higienização e distanciamento, havendo demanda para compartilhamento do profissional cuidador, poderá ser restabelecida a regra de compartilhamento de 1 (um) cuidador para até 3 (três) alunos. 5

6 c. No caso dos alunos surdos ou com baixa audição que fazem uso de leitura labial, a escola deve providenciar a compra de máscaras transparentes para professores e alunos da turma, usando os recursos do PDDE Estadual. d. Casos omissos devem ser trazidos para análise da Diretoria de Ensino e, se necessário, do órgão central. 2 - Dos contratos Para a reativação dos contratos suspensos pela Resolução SE n. 27/2020, além de garantir que todos estejam com o aditamento, consignando o período de suspensão, atentando ao disposto na Resolução SEDUC n. 68/2020, as equipes regionais deverão observar a necessidade de celebrar aditamentos de duas maneiras, supressões e/ou acréscimos quantitativos e acréscimos qualitativos. Das supressões de natureza quantitativa: Considerando a retomada das atividades letivas presenciais, os contratos de transporte, manipulação de merenda e cuidador podem ter supressão do objeto contratado, com progressiva recomposição, na medida em que aumenta o número de alunos em atividades presenciais. Assim, considerando tanto uma perspectiva a médio prazo que vislumbra a futura necessidade de prestação total dos serviços contratados, como as hipóteses de alterações constantes do número de alunos que optaram pelo retorno presencial, existe a necessidade de estabelecimento de um fluxo periódico, para efetivar os aditamentos que se fizerem necessários, tanto para supressão, quanto para os posteriores acréscimos quantitativos. Deste modo, inicialmente as diretorias de ensino precisarão consolidar os planos de retorno, conforme previamente indicado, de modo a aferir, a partir da relação de alunos que manifestaram interesse de retorno, qual serviço, em qual quantidade e com qual configuração será necessário. De posse destas informações, a seguinte análise precisará ser feita: 1. Caso a supressão necessária observada seja inferior a 25% ( 1º, artigo 65, da Lei Federal 8666/93), a empresa deverá ser notificada do aditamento de supressão que deverá ser providenciado, conforme orientações de rotina expedidas pela COFI/SEDUC. 2. Caso a supressão necessária seja superior a 25%, a empresa precisará ser formalmente consultada, para que manifeste aceitação, ou não, pela proposta ( 2º, inciso II, artigo 65, da Lei Federal 8666/93). Havendo concordância da contratada, o aditamento de supressão deverá ser providenciado, conforme orientações de rotina expedidas pela COFI/SEDUC. Adotados os procedimentos acima, certamente, ocorrerão outras alterações, referentes à prestação destes serviços, ocasionadas por novas mudanças no quantitativo de alunos que optarem pelas atividades presenciais; neste sentido, os planos deverão ser atualizados e novos aditamentos deverão ocorrer. Para os casos em que os Municípios editem decreto local, vedando o retorno das aulas em ambiente escolar, a suspensão do contrato, deverá ser providenciada, cabendo ao gestor adotar as providências conforme dispõe o inc. XIV do Art. 78 da Lei federal nº 8.666/93, justificando adequadamente a necessidade de suspensão, bem como providenciando a notificação da contratada. 6

7 Para os contratos que atendam diversos municípios e que terão aulas suspensas e aulas presenciais, o contrato deve ser aditado suprimindo o objeto, nos moldes legais. Encerradas as razões que ensejaram a supressão, o quantitativo das contratações poderão retornar ao status quo anterior. Quanto ao pagamento dos serviços, tratando-se de contratos de serviços contínuos, é de rigor que o pagamento ocorra após procedimento de medição do quanto executado. Preliminarmente, ressaltamos que quando novos estudantes demonstrarem interesse em retornar às atividades presenciais, as Diretorias de Ensino deverão atentar-se aos seguintes aspectos: Transporte escolar: A equipe regional deverá verificar se as rotas em operação em determinado momento possuem capacidade de absorção do novo aluno que, porventura, pretenda retornar às atividades presenciais, neste caso, não será necessário aguardar o novo período de aditamento, para iniciar o atendimento deste novo aluno; Cuidador: Havendo interesse pelo retorno presencial do aluno que necessita do auxílio de cuidador, a diretoria de ensino deverá organizar o atendimento mantendo um profissional por aluno (sempre que possível), e caso o aluno público alvo da educação especial e sua família deseje, deverá ter prioridade de frequência presencial, sendo permitida a frequência em mais dias da semana, desde que respeitado o limite diário de ocupação da escola. Alimentação Escolar: considerando que os contratos de alimentação por posto e refeição servida já estão ativos desde 01 de fevereiro de 2021, as Diretorias deverão zelar pela manutenção dos serviços e vigências, atentando para possíveis acréscimos e supressões de acordo com as orientações já existentes, conforme Comunicado nº 157/2020. Por fim, respeitando-se os princípios da eficiência e probidade, e considerando que os contratos celebrados estabelecem em suas cláusulas contratuais pagamentos através de medição, será necessário acompanhamento contínuo da efetiva presença dos alunos, constantes do plano de retorno elaborado por cada unidade escolar, de modo a aferir que o serviço planejado permanece sendo efetivamente prestado, garantindo que o pagamento ocorra sobre o executado, e observado o limite contratual. Destaca-se o Parecer CJ/SE nº 267/2021 (para baixar o parecer, clique aqui), o qual traz a base da orientação acima, no seus item 17: 17. Quanto ao pagamento dos serviços, tratando-se de contratos de serviços contínuos, é de rigor que o pagamento ocorra após procedimento de medição do quanto executado, situação que não se altera. (grifo nosso) Desse modo, quando houver a ciência, por parte das unidades escolares e da Diretoria de Ensino, de que determinado(s) aluno(s) não comparecerão às atividades presenciais seguidamente, a Diretoria de Ensino deverá notificar o prestador de serviço de que não haverá necessidade do serviço para os referidos alunos, e cessar os pagamentos referentes a esta parcela do alunado, enquanto são procedidos os trâmites para a formalização do aditivo contratual. Neste item, há que se ressaltar o fato de que, por conta das situações imprevisíveis decorrentes das medidas administrativas adotadas em combate a disseminação do COVID 19, foram necessárias supressões contratuais significativas, que não poderiam ser compensadas, neste momento, por aditivos de até 25% do contrato, como estabelecido na Lei 8.666/1993. Para esses casos, é possível utilizar o instrumento de recomposição, detalhado pela Consultoria Jurídica no seu Parecer CJ/SE 267/2021 (para baixar o parecer, clique aqui), em especial no item 25, reproduzido abaixo: 7

8 25. Dessa forma, me parece possível concluir que, nos casos de prestação de serviços contínuos em que se verifique necessidade de supressão de objeto que corresponda a percentual até mesmo superior a 25% do valor inicial atualizado do contrato, uma vez restabelecida a demanda inicialmente contratada, o percentual suprimido poderá ser recomposto em sua integralidade, sem que isto implique em violação das disposições dos 1o e 2o do Art. 65 da Lei federal no 8.666/93. (grifo nosso) Ou seja, excepcionalmente devido à pandemia, é possível realizar aditamentos superiores ao limite de 25%, lembrando que deverão ter obrigatoriamente o aceite da empresa se ultrapassar o limite legal de 25%, a fim de recompor a demanda original prevista no contrato, anteriormente à sua supressão. O fluxo de apresentação de proposta de aditamento, acrescendo e devolvendo a contratação à sua capacidade originária deverá ocorrer nos termos estabelecidos para qualquer outro aditamento, devendo ser encaminhados para o respectivo departamento da Coordenadoria de Infraestrutura de Serviços Escolares (CISE) e ao Departamento de Contratos e Convênios (DECON/COFI). Transporte Escolar: Uma vez identificado o número de alunos que manifestaram interesse pelo retorno presencial e que utilizam o serviço de transporte escolar (regular, especial, unificado, bilhetagem), a equipe deverá organizar a frequência desses alunos nos dias da semana, respeitando a ocupação máxima dos veículos em até 50%, respeitando o distanciamento de uma poltrona sim outra não. Neste sentido, alertamos quanto a importância de, ao elaborar a rotina de frequência, procedido do estudo da capacidade física de cada escola, identificando quantos alunos poderão ocupar o espaço por dia, diferenciando, dentre eles, a quantidade de alunos que utilizam o transporte, alocando esses alunos pelos dias da semana e complementando a margem de ocupação/dia por sala de aula, com os demais alunos que não necessitam do serviço de transporte para chegada até a escola. Cabe destacar que nos casos em que as escolas possuam capacidade de frequência presencial de 100% dos alunos, e que todos manifestem interesse pelo retorno presencial, a diretoria de ensino deverá verificar a necessidade de aditivo para acréscimo de veículos em seus contratos, haja vista a necessidade de mantermos (até segunda ordem) ocupação dos veículos com 50% da capacidade, respeitando um assento ocupado e um assento vazio. OBSERVAÇÃO: Os alunos que utilizam o serviço de transporte via SEC-LIGADO e que manifestarem a intenção pelo retorno presencial, após definida a frequência semanal (com dias e horários), a diretoria de ensino deverá encaminhar para o correio eletrônico uma relação contendo: nome do aluno, R.A, endereço residencial, unidade escolar, endereço da unidade escolar, dia e horário de frequência (Anexo I) para que a equipe do DEST possa alinhar a retomada do atendimento com a EMTU. A mesma relação de informações também deverá ser enviada para o DEST com o detalhamento dos alunos que frequentam as instituições de educação especial jurisdicionadas à diretoria de ensino e que utilizam o transporte SEC - LIGADO. Cuidador: Uma vez identificada a demanda de estudantes que manifestaram interesse pelo retorno presencial e que utilizam o serviço de cuidador (desde que não pertençam ao grupo de risco), a escola deverá organizar a frequência desses alunos nos dias da semana, e caso exista necessidade de compartilhamento do 8

9 profissional cuidador (conforme regra geral de compartilhamento de 1 cuidador para até 3 alunos) o mesmo poderá ser realizado, desde que obedecidos os protocolos de distanciamento e higienização. Caso não exista demanda para compartilhamento do cuidador, o mesmo poderá ser mantido com atendimento exclusivo de um único aluno (se necessário) até que os demais atendidos retornem presencialmente Programa de Alimentação Escolar No que diz respeito aos contratos de prestação de serviços de preparo e distribuição de alimentação escolar, deve-se considerar o número de alunos cujos pais ou responsáveis demonstraram interesse no retorno presencial e a capacidade de atendimento das escolas. As diretorias de ensino deverão estimar a quantidade de alunos comensais, contando com a parceria das unidades escolares e tendo como referência os planos de retorno aprovados, para início a partir de agosto de Além disso, vale ressaltar que as escolas podem fornecer alimentação escolar para todos os alunos matriculados, mesmo que por qualquer motivo não estejam presenciais nas instituições de ensino. Nos termos da Resolução SE n. 68/2020, as empresas deverão ser notificadas, indicando quais unidades escolares reabrirão e destacando a quantidade de alunos que compareceram às atividades presenciais. 3. Dos convênios Dos convênios de transporte escolar Para melhor compreensão, passamos a destacar exemplos de organização de distribuição da demanda nos convênios de transporte: Cenário 1 Nos municípios conveniados onde o Prefeito decretou o não retorno das atividades presenciais em nenhuma rede (Municipal ou Estadual), os convênios permanecerão suspensos até segunda ordem. Cenário 2 Nos municípios conveniados onde o Prefeito informa que ambas as redes retornarão às atividades presenciais em Agosto 2021: a diretoria de ensino deverá estabelecer um plano com as informações dos alunos que retornarão e necessitam do serviço de transporte, repassar para o responsável pela gestão do convênio na Prefeitura, e orientar sobre os protocolos de distanciamento e higienização que deverão ser cumpridos aplicada na distribuição diária dos alunos de ambas as redes que utilizam o veículo (distribuição da demanda nos dias da semana, taxa de ocupação do veículo no limite de até 50% da capacidade, higienização do veículo, protocolo do uso de máscara). O repasse da SEDUC será realizado na totalidade, conforme estabelecido no Plano de Trabalho, contudo, é importante que tanto a diretoria de ensino quanto a Prefeitura atentem ao controle do serviço executado, para que não tenham óbices quando da Prestação de Contas pelo Município ao final do exercício (implicando em devolução de recursos não aplicados no convênios). A diretoria de ensino deverá verificar junto à equipe da Prefeitura, se em razão da taxa de ocupação dos veículos no limite de 50% haverá a necessidade de aditivo para acréscimo de veículos para execução do convênio. Nestes casos, solicitamos que a Diretoria de Ensino informe imediatamente a equipe do DEST, para que possamos auxiliar com a proximidade que a situação requer. 9

10 Dos convênios de Alimentação Escolar (Gestão Descentralizada - Convênios com as prefeituras) : Considerando que todos os convênios de Alimentação Escolar se encontram ativos, as Diretorias deverão acompanhar a execução dos mesmos. Cabe ressaltar que alguns decretos podem restringir as aulas presenciais mas não necessariamente a abertura das escolas, permitindo o fornecimento de alimentação escolar e outros serviços na escola. Caso haja algum normativo municipal que impeça o retorno das aulas presenciais, a diretoria deverá encaminhar o normativo para o 4. Da entrega e utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) No intuito de oferecer às Unidades Escolares condições de assegurar o retorno às atividades presenciais programado para o próximo dia 02/08 com o cumprimento dos protocolos, é importante que as Diretorias de Ensino verifiquem se as unidades estão devidamente abastecidas, com os equipamentos adequados seguindo os protocolos estabelecidos para a retomada segura das atividades presenciais. Reforçamos que todos os estudantes, professores e servidores das escolas e Diretorias de Ensino deverão utilizar a máscara durante todo o período em que estiverem em suas unidades. Vale ressaltar que as escolas são responsáveis por monitorar a utilização dos EPIs, e que não deve ser permitida a permanência de pessoas sem máscara nestes locais. É importante conscientizar, em todos os momentos, os estudantes a respeito da utilização de tais equipamentos para prevenir a disseminação do covid-19. Destacamos ainda que será realizado o repasse da segunda parcela de recursos para aquisição de insumos de combate à disseminação do COVID-19 pelas Unidades Escolares. Caso sejam identificadas Unidades Escolares desabastecidas, a Diretoria de Ensino responsável deverá entrar em contato com o CEQUI/DGINF/CISE através do solicitando a entrega ou ainda, em caso de indisponibilidade, realizar a aquisição de EPIs utilizando os recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE Paulista), para aquisição dos seguintes itens: 1. Máscaras de tecido, em caráter de complementação e/ou reposição àquelas adquiridas e entregues pela administração central; estas máscaras deverão ser de material suficiente respirabilidade, conforto e que não provoque alergias, como, por exemplo, o algodão. Também deverá se atentar ao tamanho adquirido, de modo que seja compatível aos alunos e servidores a quem será disponibilizado; 2. Máscaras descartáveis para serem ofertadas pontualmente a alunos que esqueçam as máscaras de tecido ou pais e responsáveis quando da ida destes às Unidades Escolares; 3. Máscaras transparentes para docentes que lecionem em classes que tenham alunos com deficiência auditiva, de modo a permitir a leitura labial; 4. Face Shields em caráter de complementação e/ou reposição àqueles adquiridos e entregues pela administração central; 5. Termômetros digitais para reposição de itens danificados por mau uso ou extravio; 6. Dispensers de álcool em gel; 7. Dispensers de sabonete líquido; 8. Dispensers de papel toalha; 10

11 9. Recipientes de difusão e aplicação de álcool em gel; 10. Tapetes sanitizantes, pedilúvios ou outros com finalidade virucida; 11. Totens para reposição de itens danificados por mau uso ou extravio; 12. Adesivos e outros materiais de comunicação visual para demarcação de pisos e paredes, com fins de orientar a distâncias entre as pessoas, bem como para fins orientativos das práticas de protocolos que devem ser respeitados; 13. Faixas e outros materiais de isolamento e equipamentos a serem mantidos em desuso, como bebedouros que não permitem o enchimento de recipientes; 14. Aquisição de insumos: álcool em gel, sabonete líquido, papel toalha, copos descartáveis e papel higiênico, quando houver necessidade de complementação do quantitativo adquirido através da Rede de Suprimentos; 15. Materiais de limpeza, em complemento àqueles passíveis de aquisição através da Rede de Suprimentos, com destaque aos insumos de indicada eficácia virucida e/ou álcool de alto teor. Os produtos não devem apresentar duplicidade com aqueles que são ofertados contratualmente pelas empresas de limpeza terceirizada; 16. Sacos plásticos de uso individual para acondicionamento das máscaras de tecido nos momentos de consumo de alimentos; 17. Serviços de busca ativa, eventualmente contratados pela escola para entrar em contato com os alunos, como por exemplo, carros de som para divulgar informações sobre o retorno das aulas; 18. Manutenção e reparos de bebedouros, pias e banheiros, caso já tenha sido utilizado todo o recurso do PDDE Paulista Regular; 19. Contratação de serviços de limpeza pesada; 20. Demais insumos ou serviços diversos não listados acima, desde que relacionados ao enfrentamento da pandemia; 5. Da manutenção de pias, banheiros, bebedouros e caixilhos Para o segundo semestre reitera-se a orientação para que sejam realizadas manutenções preventivas nas pias, banheiros, bebedouros e caixilhos das escolas, dando continuidade ao bom trabalho que tem sido realizado com o recurso do PDDE Paulista. É importante que as escolas tenham ambientes adequados para a volta às aulas e incentiva-se a demarcação dos espaços para garantir o distanciamento e a sinalização dos protocolos. 2. Comunicados CISE de 26 A 30/07/2021 Interessados: Dirigentes de Ensino, Diretores de CAF, NCS, Agentes técnicas de Assistência à saúde, Supervisores e Diretores de Escolas. A COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS ESCOLARES, no uso de suas atribuições, comunica as Diretorias de Ensino e escolas estaduais pertencentes a gestão Centralizada do Programa de Alimentação Escolar, os seguintes assuntos: 11

12 DAESC - CENUT/CELOG/CEPAE 1 - Organização das dependências (cozinha/despensa) e atualização dos exames médicos dos manipuladores Considerando o início do segundo semestre na próxima semana, solicitamos que as Diretorias de Ensino orientem as escolas a verificarem as condições de higiene da cozinha e despensa, organização dos estoques, equipamentos com funcionamento adequado, utensílios adequados e o que mais for pertinente para o preparo da alimentação. Para as Diretorias que possuem ASEs (agente de serviços escolares) atuando no preparo da alimentação escolar, solicitamos que verifiquem, além dos itens supramencionados, a possibilidade de realizar os exames médicos periódicos exigidos pela Portaria CVS 05/2013 e a Portaria 2619/ Para as Diretorias com Municípios conveniados, solicitamos que reforcem com os Municípios a necessidade da oferta de refeição aos alunos no ambiente escolar. Em caso de dúvidas enviar para 2 - Pesquisa Atendimento Alimentação Escolar - Questionário Kit Disponibilizamos para os responsáveis dos alunos menores e para os alunos maiores de 18 anos, questionário no sistema SED para obtermos informações relativas a intenção de retirar na unidade escolar em que está matriculado, um Kit de gêneros alimentícios. A pesquisa terá como público alvo os alunos vulneráveis (enquadrados no Cadúnico- pobreza e extrema pobreza recebendo Bolsa família) do sistema Centralizado e ficará disponível para o preenchimento de 28/07 até 10/08/2021. Solicitamos que as Diretorias do sistema Centralizado divulguem o questionário entre as escolas. Para auxiliar as equipes das unidades escolares e das diretorias, estará disponível na SED, menu: serviços escolares - alimentação escolar - supervisão alimentar - relatório merenda em casa e kit com a lista de alunos que se enquadram nos critérios de vulnerabilidade e disponibilizamos o tutorial no link abaixo. Em caso de dúvidas enviar para 3 - Pesquisa Atendimento Alimentação Escolar - Municípios Conveniados Visando acompanhar o atendimento dos municípios conveniados (Referência Atendimento do mês Julho/2021), bem como para as devidas informações que devem ser prestadas ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, solicitamos o preenchimento da planilha através do link abaixo, até o dia 02/08/ Para acessar o link é necessário logar com o utilizando o domínio servidor.educacao.sp.gov.br Em caso de dúvidas enviar para 12

13 IV COPED COORDENADORIA PEDAGÓGICA 1. Ciências da Natureza e Ciências Humanas - 1ª série EM Interessados: Regionais de Ensino, equipes de Supervisão de Ensino, equipes do Núcleo Pedagógico, equipes gestoras das Escolas e Professores As provas de Ciências da Natureza - CN e de Ciências Humanas - CH, da Avaliação da Aprendizagem em Processo do 2º Bimestre AAP 2, conforme comunicados anteriores, não foram disponibilizadas para a 1ª série do ensino médio de modo a otimizar o tempo dos estudantes na atividade de manifestação de interesse quanto aos itinerários formativos para o novo modelo do ensino médio. Conforme planejado, estas provas serão abertas agora para oportunizar sua realização pelos estudantes desta série, com o respectivo apoio posterior às atividades pedagógicas dos professores e equipes gestoras. Assim, as AAP 2 de CN e CH, da 1ª série EM, estarão disponíveis na Plataforma CAEd no período de 28 de julho a 13 de agosto de Para esclarecimentos eventualmente necessários, utilizar os seguintes canais: Diretorias de Ensino - Dirigente, Supervisor ou PCNP (dúvidas de escolas devem ser direcionadas às respectivas Diretorias de Ensino) Portal de Atendimento da SEDUC - para problemas relacionados com o acesso ao sistema (integração de alunos ou atualização de perfil de acesso dos educadores) Suporte do CAEd para problemas relacionados à Plataforma (por meio dos Diretores das escolas ou do Dirigente de Ensino ou responsável na DE pelo acompanhamento). COM EXT AAP CH CN.docx - Documentos Google Atenciosamente, /COPED/DAVED 2. Compilado de referências para organização pedagógica do 2º semestre de 2021 e gravação dos plantões de dúvidas sobre organização pedagógica e administrativa das escolas Interessados: Dirigentes de Ensino, Supervisores, e gestores escolares Elaboramos o Compilado de referências para organização pedagógica do 2º semestre de 2021 (disponível neste link) com o intuito de apoiar as escolas no planejamento e organização para o 2º semestre de 2021, 13

14 considerando a atualização dos protocolos sanitários e consequente revisão no atendimento aos estudantes, assim como a organização pedagógica para acolhê-los, apoiá-los para que continuem seus estudos e tenham suas aprendizagens garantidas. Este documento reforça e complementa as informações transmitidas nas lives dos dias 1 e 2 de julho, cuja gravação pode ser encontrada neste link, e os materiais da apresentação neste link, assim como outras informações já transmitidas anteriormente. Além disso, ele complementa a Resolução SEDUC 65/2021 (link), que dispõe sobre a realização das aulas e atividades presenciais nas instituições de educação básica no segundo semestre do ano letivo de Por fim, compartilhamos abaixo os links das gravações e apresentações das transmissões realizadas via CMSP nesta terça-feira 27 de julho no Canal Diretoria de Ensino sobre a organização administrativa e pedagógica das escolas para o 2º semestre: organização administrativa das escolas (gestão de pessoas, sistemas, financeiro, infraestrutura e serviços) o o link da apresentação link da gravação organização pedagógica o o link da apresentação gravação ficará disponível até 28/7 no Repositório do CMSP Lembramos que nos próximos dias também realizaremos transmissões ao vivo pelo CMSP, desta vez com o público de diretores e vice-diretores de escola, para apoiar as escolas na organização do 2º semestre, conforme a tabela abaixo: Tema Canal CMSP Dat a Horário início Horário término Plantão de dúvidas sobre organização administrativa do 2º semestre Gestão de pessoas e sistemas Plantão de dúvidas sobre organização administrativa do 2º semestre Financeiro, infraestrutura e serviços Plantão de dúvidas sobre organização pedagógica do 2º semestre Trio Gestor Trio Gestor Trio Gestor 28/ 7 10:00 12:00 28/ 7 14:00 16:00 29/ 7 10:00 11:30 14

15 3. Sistema de REGISTRO da recuperação intensiva de julho - frequência e avaliação Interessados: Dirigentes de Ensino, Supervisores de Ensino, equipes dos núcleos pedagógicos, dos centros de informações educacionais e gestão de rede escolar (CIE), e dos núcleos de gestão da rede escolar e matrícula (NRM), dos núcleos de Vida Escolar (NVE)gestores escolares e professores, A partir de hoje (27/07), está disponível na plataforma SED, o lançamento de frequência e de avaliações referentes à recuperação intensiva de julho. O lançamento de frequência deverá ser feito conforme tutorial disponível no link, assim como as avaliações devem seguir orientações disponíveis neste link, com prazo até às 23h59 do dia 04 de agosto de É essencial que seja feito o registro da frequência das aulas da recuperação de julho realizadas desde 19 de julho até sua conclusão, no dia 30, quanto das avaliações, visto que o desempenho dos estudantes durante a recuperação serão considerados para o fechamento de notas do 3º bimestre. Em casos de dúvidas ou problemas relacionados ao cadastramento na SED, registre uma ocorrência no portal de Atendimento, através do link: Para mais informações a respeito do Projeto de Recuperação Intensiva de julho, acesse os seguintes documentos, ambos já disponibilizados anteriormente: Resolução 58/2021 (link) Documento orientador (link). 4. Evento Novo Ensino Médio - suporte na definição do rol dos itinerários formativos ofertados pelas escolas Interessados: Dirigentes Regionais de Ensino Seguindo com as etapas de implementação do Novo Ensino Médio, até dia 18 de agosto as unidades escolares deverão definir o rol de itinerários que irão ofertar para seus estudantes da 2ª série em Esse é um processo que deve ser muito bem estruturado nas escolas para garantir que atenda os desejos dos estudantes e, ao mesmo tempo, garanta que todos os professores tenham aulas para serem atribuídas. Para ajudar nesse processo, a SEDUC irá organizar, no dia 6 de agosto, uma ação que fomente essa discussão em todas as escolas. Um dia dedicado para a discussão dos itinerários formativos! Neste dia, haverá uma transmissão pelo CMSP para explicar melhor para os professores como se dará a definição de quais itinerários formativos em cada escola. Em seguida, haverá um tempo para que o trio gestor converse com os professores sobre os itinerários a serem ofertados naquela escola. Para que seja possível reunir todos os professores ao mesmo tempo para essa discussão, os estudantes das três séries do ensino médio, nesse dia, deverão permanecer em casa e realizarão as atividades letivas apenas pelo CMSP. Os estudantes da 2ª e da 3ª série terão aulas normais e os da 1ª série terão um conteúdo específico sobre os itinerários formativos. Para organizar esse dia, as escolas devem planejar em quais períodos irão reunir os professores de ensino médio, podendo fazer de manhã (das 7h às 12h), de tarde (das 13h às 18h) e a noite (das 19h às 23h). Elas podem se organizar para fazer nos três períodos, em dois ou apenas um, de acordo com sua realidade. As 15

16 primeiras duas horas de cada período serão destinadas para a apresentação centralizada, enquanto o tempo restante será aberto para discussão local entre professores e gestão escolar. A programação para os estudantes será organizada da seguinte forma: Os estudantes das três séries do Ensino Médio devem acompanhar as aulas pelo CMSP Os estudantes de 1ª terão uma programação especial sobre os itinerários formativos Essa programação especial sobre os itinerários formativos será exibida nos 3 períodos Os estudantes podem ser recebidos na escola para que assistam as aulas do CMSP da escola A programação para a equipe de gestão escolar e os professores será organizada da seguinte forma: 1ª parte (2 horas) Horário: turno da manhã: 7h às 9h turno da tarde: 13h às 15h turno da noite: 19h às 21h Atividade desenvolvida: Orientação, pela SEDUC no CMSP, sobre a definição dos itinerários formativos em cada escola. Local: Transmissão pelo Canal de Gestão do CMSP Professores assistem presencialmente da unidade escolar (a menos que ainda estejam em teletrabalho) 2ª parte: intervalo de 30 minutos 3ª parte (até 2 horas e 30 minutos) Horário: turno da manhã: 9h30 às 12h turno da tarde: 15h30 às 18h turno da noite: 21h30 às 23h Equipe de gestão escolar deverá organizar um espaço com os professores para discussão sobre os itinerários formativos. Atividade desenvolvida: É importante esclarecer as dúvidas dos professores. Caso haja dúvidas mais complicadas/específicas, não hesitem em pedir ajuda para a diretoria de ensino e/ou para a Coped. Neste momento, podem ser utilizados alguns materiais como: o resultado da manifestação de interesse dos estudantes as ementas dos itinerários formativos as matrizes curriculares dos itinerários a simulação de carga horária para cada componente em cada combinação de itinerários 16

17 a proposta da equipe gestora para o rol de itinerários a serem ofertados Não é necessário definir, neste momento, o rol de itinerários que a escola irá ofertar. Mas é preciso que a equipe escolar se atente para a data final de definição: dia 18 de agosto. Local: Unidade escolar Importante: Os professores devem participar dessas atividades formativas apenas dentro dos limites de sua jornada / carga horária. Caso a quantidade de tempo para a formação extrapole a jornada / carga horária de um professor, este não precisa participar (embora seja bem-vindo, caso queira). Os estudantes/escolas de ensino fundamental continuam com sua rotina inalterada. Obter o Outlook para ios 17

18 V EFAPE - ESCOLA DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO 1. Cátedra de Educação Básica Minicursos da semana Prezado(a), Nesta semana, com o início da programação do 2º semestre, será possível acompanhar mais dois minicursos da Cátedra de Educação Básica, uma iniciativa do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP e do Itaú Social. Esses minicursos têm foco em práticas e didáticas, e são oferecidos aos professores da Rede Pública e aos demais interessados. No canal da Cátedra, no YouTube, você poderá acompanhá-los, das 19h às 21h30, de acordo com a programação a seguir: 03/08 I Minicurso 19: As Ideias de Conhecimento Tácito, a ideia de Indício e a Multidimensionalidade na Avaliação Expositor: Nilson José Machado 05/08 I Minicurso 20: Aprendizagem escolar e formas de abstração Expositor: Lino de Macedo Para mais informações, acesse o site Não será necessário fazer inscrição antecipada e, para obter o atestado de participação, você deverá preencher um formulário que será disponibilizado durante a transmissão de cada minicurso. Atenção: As participações nos eventos da Cátedra não serão consideradas para evolução funcional. Participe! Atenciosamente, Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação do Estado de São Paulo Paulo Renato Costa Souza 18

19 2. Atualização das atividades relacionadas ao Programa de Alfabetização Ambiental Prezados(as) Dirigentes, Equipes de Supervisão de Ensino, Equipes do Núcleo Pedagógico, Gestores (as) Escolares e Professores(as), Em continuidade às ações de apoio ao Programa de Alfabetização Ambiental, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEDUC SP) realizará a atualização das atividades. As ações formativas, desenvolvidas em parceria com a Secretaria da Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA), visam a apoiar os profissionais da Educação no desenvolvimento de projetos e/ou atividades de sustentabilidade e Educação Ambiental nas Unidades Escolares (UE). O objetivo destas ações formativas é subsidiar os profissionais da Educação com a temática ambiental. Adicionalmente aos diálogos de formação ambiental, com o propósito de promover temáticas socioambientais nos processos de ensino e aprendizagem, além de fortalecer as escolas como espaços educadores sustentáveis, estão sendo realizadas também Reuniões de Trabalho. Estas visam a orientar os profissionais da Educação quanto ao desenvolvimento da temática nas ATPC das UE partilhando experiências e desafios, na busca colaborativa de soluções possíveis para as questões ambientais apresentadas nos contextos escolares. I. Reuniões de Trabalho do Programa de Alfabetização Ambiental As Reuniões de Trabalho são destinadas aos Professores Coordenadores do Núcleo Pedagógico (PCNP) e aos Gestores Escolares, especialmente os Professores Coordenadores (PC), e ocorrem pelo menos uma semana antes das formações com os professores durante as ATPC. A 1ª Reunião de Trabalho do Programa de Alfabetização Ambiental sobre Resíduos Sólidos foi realizada no dia 8 de junho, conforme cronograma a seguir. A 2ª Reunião de Trabalho do Programa de Alfabetização Ambiental sobre Conservação da Biodiversidade, prevista para o dia 3 de agosto, será transmitida ao vivo, das 13h30 às 14h15, no canal Gestão, e depois, já gravada, será disponibilizada no YouTube e no repositório do CMSP. Assim, será desenvolvida nas ATPC da escola preferencialmente na semana de 9 a 13 de agosto ou em outro momento oportuno da unidade escolar. Cronograma: Reuniões de Trabalho do Programa de Alfabetização Ambiental Data Tema Carga horária Local 08/06 1ª Reunião de trabalho Resíduos Sólidos 45 minutos Canal Gestão das 14h30 às 15h15 de 14/06 a 18/06 1ª pauta formativa de paa Resíduos Sólidos duas ATPC Unidade Escolar 03/08 2ª Reunião de trabalho Conservação da Biodiversidade 45 minutos Canal Gestão das 13h30 às 14h15 de 09/08 a 13/08 2ª pauta formativa de paa Conservação da Biodiversidade duas ATPC Unidade Escolar II. Diálogos do Programa de Alfabetização Ambiental Os diálogos do Programa de Alfabetização Ambiental são destinados: aos PCNP de todas as áreas do conhecimento, em especial dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, e das áreas de Ciência da Natureza e Ciências Humanas dos Anos Finais do Ensino Fundamental; aos gestores escolares e aos professores das unidades escolares. Gostaríamos de reforçar que, no dia 17 de agosto, em continuidade aos diálogos formativos, será realizado o 4º Diálogo do Programa de Alfabetização Ambiental. Todas as formações serão 19

20 transmitidas ao vivo das 14h às 15h, no canal Desenvolvimento Profissional 2, e depois, já gravadas, serão disponibilizadas no YouTube e no repositório do CMSP. Cronograma dos Diálogos do Programa de Alfabetização Ambiental Data Tema Carga horária Local 23/02 27/04 24/06 17/08 19/10 07/12 1º Diálogo do paa Apresentação do PAA 2º Diálogo do paa Resíduos Sólidos 3º Diálogo do paa Resíduos Sólidos 4º Diálogo do paa Conservação da Biodiversidade 5º Diálogo do paa Resíduos Sólidos 6º Diálogo do paa Conservação da Biodiversidade 60 minutos 60 minutos 60 minutos 60 minutos 60 minutos 60 minutos Canal Desenvolvimento Profissional 2 das 15h às 16h Canal Desenvolvimento Profissional 2 das 15h às 16h Canal Desenvolvimento Profissional 2 das 14h às 15h Canal Desenvolvimento Profissional 2 das 14h às 15h Canal Desenvolvimento Profissional 2 das 14h às 15h Canal Desenvolvimento Profissional 2 das 14h às 15h As ações formativas ocorrerão na modalidade EaD via CMSP, e possuem carga horária de uma hora cada, totalizando seis horas de formação. Assim, não serão computadas para evolução funcional segundo a legislação vigente. Para mais informações, consulte a programação do CMSP destinada aos professores e aos profissionais da Educação no link. Atenciosamente, Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação do Estado de São Paulo Paulo Renato Costa Souza 3. Atualização das atividades relacionadas ao Programa Escola + Segura em ERRD Prezados(as) Dirigentes, Equipes de Supervisão de Ensino, Equipes do Núcleo Pedagógico, Gestores(as) Escolares e Professores(as), Em continuidade às ações de apoio ao Programa Escola + Segura em ERRD, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEDUC SP) realizará a atualização das atividades. As ações formativas desenvolvidas em parceria com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a Defesa Civil do Estado de São Paulo e demais parceiros visam a apoiar os profissionais da Educação no desenvolvimento de projetos e ações de intervenção nas Unidades Escolares (UE). Estes, estão relacionados à Educação em Redução de Riscos de Desastres (ERRD). O objetivo destas ações formativas é subsidiar os profissionais da Educação com a temática da Redução de Riscos de Desastres (RRD). Adicionalmente aos diálogos de formação em ERRD, com o propósito de promover o tema nos processos de ensino e aprendizagem, além de fortalecer as escolas como espaços 20

21 educadores resilientes, serão realizadas também Reuniões de Trabalho. Estas visam a orientar os profissionais da Educação quanto ao desenvolvimento da temática nas ATPC das UE partilhando experiências e desafios, na busca colaborativa de soluções possíveis para a gestão de desastres apresentados nos contextos escolares. III. Reuniões de Trabalho do Programa Escola + Segura em ERRD As Reuniões de Trabalho serão destinadas aos Professores Coordenadores do Núcleo Pedagógico (PCNP) e aos Gestores Escolares, especialmente os Professores Coordenadores (PC), e ocorrem pelo menos uma semana antes das formações com os professores durante as ATPC. A 1ª Reunião de Trabalho do Programa Escola + Segura em ERRD, prevista para o dia 5 de outubro, será transmitida ao vivo, das 13h30 às 14h15, no canal Gestão, e depois, já gravada, será disponibilizada no YouTube e no repositório do CMSP. Assim, será desenvolvida nas ATPC da escola, preferencialmente na semana de 11 a 15 de outubro, ou em outro momento oportuno da unidade escolar. Cronograma: Reuniões de Trabalho do Programa Escola + Segura em ERRD Data Tema Carga horária Local 05/10 1ª Reunião de trabalho 45 minutos Canal Gestão das 13h30 às 14h15 de 11/10 a 15/10 1ª pauta formativa de RRD duas ATPC Unidade Escolar IV. Trilhas formativas do Programa Escola + Segura em ERRD As trilhas formativas do Programa Escola + Segura em ERRD são destinadas: aos PCNP de todas as áreas do conhecimento; aos gestores escolares e aos professores das unidades escolares. Gostaríamos de reforçar que, durante o mês de agosto, em continuidade às formações, serão realizadas a 5ª Trilha Formativa (4 de agosto), a 6ª Trilha Formativa (11 de agosto) e a 7ª Trilha Formativa (19 de agosto) do Programa Escola + Segura em ERRD. Todas as formações serão transmitidas ao vivo das 13h às 14h, no canal Formação de Professores, e depois, já gravadas, serão disponibilizadas no YouTube e no repositório do CMSP. Cronograma das Trilhas Formativas do Programa Escola + Segura em ERRD Data Tema Carga horária Local 19/05 1ª Trilha de rrd Apresentação do Programa 60 minutos Canal Formação de Professores das 13h às 14h 1º/06 2ª Trilha de rrd Risco de desastres 60 minutos Canal Formação de Professores das 13h às 14h 16/06 3ª Trilha de rrd Percepção de Risco 60 minutos Canal Formação de Professores das 13h às 14h 07/07 4ª Trilha de rrd Mudanças Climáticas e desastres 60 minutos Canal Formação de Professores das 13h às 14h 04/08 5ª Trilha de rrd Comunidades Resilientes 60 minutos Canal Formação de Professores das 13h às 14h 11/08 6ª Trilha de rrd Drogas e Violência 60 minutos Canal Formação de Professores das 13h às 14h 19/08 7ª Trilha de rrd Primeiros-Socorros 60 minutos Canal Formação de Professores das 13h às 14h 21

22 09/09 8ª Trilha de rrd Arboviroses e Sindemia 60 minutos Canal Formação de Professores das 13h às 14h 27/10 9ª Trilha de rrd Culminância com a Rede 60 minutos Canal Formação de Professores das 13h às 14h As ações formativas ocorrerão na modalidade EaD via CMSP, e possuem carga horária de uma hora cada, totalizando nove horas de formação. Assim, não serão computadas para evolução funcional segundo a legislação vigente. Para mais informações, consulte a programação do CMSP destinada aos professores e aos profissionais da Educação no link. Atenciosamente, Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação do Estado de São Paulo Paulo Renato Costa Souza 4. Programação Profissionais da Educação CMSP Olá, servidor(a)! Para você ficar por dentro de todas pautas que serão trabalhadas nesta semana, de 02 a 06 de agosto, a EFAPE preparou e disponibilizou a programação de Formação no site do CMSP. Com essa programação, além de conteúdos inéditos, você poderá se organizar para assistir às reprises e ficar por dentro de algum assunto que você perdeu ou até assistir novamente e aprofundar-se nos temas já trabalhados. Acesse e confira! Estas ações também poderão ser assistidas em outros momentos, já que ficam disponíveis no Repositório do Centro de Mídias, e também no canal do CMSP no YouTube. Anote na agenda! Título: Formação TikTok e a Educação Dia: 4 de agosto de Horário: das 14h às 15h30. Local: no canal Desenvolvimento Profissional 1, do CMSP. O TikTok já faz parte do nosso cotidiano e, por isso, a Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação do Estado de São Paulo Paulo Renato Costa Souza (EFAPE) em parceria com a Coordenadoria de Informação, Tecnologia, Evidência e Matrícula (CITEM), convidam você para a formação TikTok e a Educação. Lançado no ano de 2016, o TikTok é um aplicativo direcionado para criar e compartilhar vídeos curtos de até 60 segundos, e dispõe de amplos recursos para criar e publicar diferentes conteúdos de forma criativa, além de ter a cada dia mais usuários adeptos. O TikTok se tornou um espaço democrático de aprendizagem em rede, além de ser reconhecido como um dos recursos mais utilizados pelos alunos por ter formato audiovisual, por muitas celebridades o utilizarem e por possibilitar a criação e recriação de conteúdos com criatividade, humor e linguagem mais próxima da 22

23 utilizada por eles. Isto possibilita, por exemplo, a elaboração de pequenas histórias, dublagens e participações em desafios. Diante deste cenário, o objetivo desta formação será para você conhecer mais sobre como usar este recurso de forma pedagógica, desde a produção de conteúdo, a captação e a proximidade com os alunos, até a divulgação de suas produções. Destinado a todos os servidores da SEDUC, o encontro contará com a participação de Ana Paula Marolla, formadora da EFAPE, e Ronaldo da Silva Marques, especialista sobre TikTok. Série Memória Escolar Dia: 5 de agosto de Horário: das 14h às 15h30. Local: no canal Desenvolvimento Profissional 1, do CMSP. No próximo programa da Série Memória Escolar, vamos abordar o tema da memória oral, com orientações relativas à Sensibilização para Trabalhos com Memória Oral. Para apresentar a temática, o historiador Diógenes Nicolau entrevistará a professora Edivane Rodrigues, demonstrando, na prática, como devem ser conduzidos trabalhos de memória oral. O tema é relevante para todos aqueles que estiverem realizando ações de memória em suas escolas ou diretorias, uma vez que a memória oral é uma fonte de informação de inestimável valor nesses casos. Título: Web 4 Relacionamento Interpessoal (Engajamento com os outros) Data: 06/08/2021 Horário: das 15h45 às 17h15. Local: no canal Desenvolvimento Profissional 1, do CMSP. A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEDUC SP), em parceria com o Instituto Ayrton Senna (IAS) e com o apoio da Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação (EFAPE), promove o percurso Jornada formativa: práticas de autoconhecimento e desenvolvimento das competências socioemocionais. Diante da complexidade do mundo atual, torna-se cada vez importante apoiar os educadores no seu autodesenvolvimento e nos conhecimentos sobre suas próprias competências socioemocionais, para poderem lidar de forma construtiva e criativa com os desafios da vida profissional e pessoal. O que é a Jornada formativa? A Jornada formativa tem como premissa o alinhamento à Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para a formação inicial de Professores da Educação Básica, por meio de conteúdos atuais que relacionam competências socioemocionais às temáticas do cotidiano do educador, pautados em evidências científicas. Por meio de atividades práticas, os educadores terão a oportunidade de conhecer as competências socioemocionais, além de experimentar ferramentas, para desenvolverem o autoconhecimento. Assim, poderão identificar como mobilizá-las, a fim de encontrarem as melhores soluções diante das diversas situações do cotidiano. As atividades poderão ser desenvolvidas antes, durante e após a formação, conforme interesse e disponibilidade de cada educador em dar continuidade à ação formativa. 23

24 A Jornada formativa está organizada em cinco percursos: 1. Eu, Educador 2. Comunicação 3. Relacionamento Interpessoal 4. Autoconhecimento emocional 5. Saberes e Fazeres Docente Ao longo dessa jornada, cada tema relacionado ao percurso será pauta de uma webconferência de uma hora e meia de duração, realizada ao vivo pelo aplicativo do CMSP, no Canal Desenvolvimento Profissional 1. Informamos que retomaremos as transmissões das webconferências. Confira abaixo a programação das próximas transmissões que ocorrerão às sextas-feiras, das 10h às 11h30, com reprises no mesmo dia, das 14h às 15h30. Tema Data Web 4 Relacionamento Interpessoal (Engajamento com os outros) Web 5 Autoconhecimento Emocional (Resiliência emocional) Web 6 Saberes e Fazeres Docentes Também serão disponibilizados materiais complementares no AVA-EFAPE, como os Diários de Bordo, que são guias para auxiliar no percurso. Estes poderão ser lidos antes dos encontros e retomados após as transmissões. Importante: Tanto a gravação da webconferência quanto os materiais utilizados serão disponibilizados no AVA EFAPE. Vocês poderão acessar a grade de programação do CMSP em: Para quem é a Jornada formativa? Podem participar todos os servidores do Quadro do Magistério, do Quadro de Apoio Escolar e do Quadro da Secretaria da Educação, desde que estiverem com cadastros ativos na Secretaria Escolar Digital (SED) no mês de maio /2021. Atenção: Esta ação não prevê inscrições, nem certificação. Assim, estará disponibilizada no AVA EFAPE a todos os servidores, conforme público-alvo. Qual o período de realização e como acessá-la? A Jornada formativa poderá ser realizada até o dia 30 de setembro de 2021 e, para obter mais informações, acessem o site Aproveitem essa jornada de autodesenvolvimento! Série: Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis - ODS 3 e 10: Avanços e desafios da Lei Maria da Penha 24

25 Data: 06/08/2021 Horário: das 15h45 às 17h15. Local: no canal Desenvolvimento Profissional 1, do CMSP. Todas as sextas-feiras, das 15h45 às 17h15, o Canal de Desenvolvimento Profissional transmite a série: Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis, produzida em parceria entre as Secretarias da Saúde, Justiça e Educação. Voltada para os profissionais da educação, a série abordará os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável ODS e a forma como podem ser trabalhados na escola. São 17 ODS ao todo e foram formulados pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2015, de forma a organizar uma agenda mundial a ser desenvolvida até A intenção é implementar políticas públicas voltadas para os cuidados principais que a humanidade precisa tomar para eliminar a pobreza extrema, a fome, melhorar a qualidade da educação, proteger o planeta e trabalhar para que as sociedades sejam mais inclusivas e pacíficas. Nossas convidadas especiais para desenvolverem a formação serão: Angélica de Maria Mello de Almeida desembargadora aposentada TJSP 06/08/202 1 ODS 3 e 10 Avanços e desafios da Lei Maria da Penha Desembargadora, integrante da 12ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo. Graduada pela Faculdade Paulista de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, turma de 1969, dedicou-se à advocacia criminal até 1995, quando foi nomeada juíza do Tribunal de Alçada Criminal de São Paulo pelo critério do Quinto Constitucional Classe Advogado, tornando-se a primeira mulher a integrar o quadro de magistrados daquela Corte. Dra. Albertina Duarte Takiuti Coordenadora do Programa da Saúde do Adolescente da Secretaria de Estado da Saúde e membro do GT de Combate as Violências do Estado de São Paulo Médica Ginecologista e Obstetra - Doutorado e Mestrado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - FMUSP. Responsável pelo Ambulatório de Ginecologia da Adolescência do Hospital das Clínicas - 25

26 FMUSP. Indicada para o Prêmio 1000 mulheres para o Nobel da Paz em 2005 Fernanda Luiza de Souza Farias Professora da SEDUC-SP Mestre em Física pelo Instituto Federal, graduada em Física e Pedagoga. Mulher preta inspirada pelas filhas faz do papel um campo de amor, reflexões e afetos. É autora do livro "África, o seu povo maior legado", Amor, consciência e reparação e de textos que podem ser encontrados nas antologias - Cadernos Negros Poemas, Todas as Marias II, Mulheres das letras 2020, Alma de Poeta, Antologia, Pandemia, Mulheres das letras 2021 A cada semana, um ou mais ODS serão trabalhados, sempre para trazer elementos que contribuam para que os profissionais da educação conheçam e reconheçam as formas de contribuir para que a agenda 2030 seja desenvolvida na escola. A nossa formação e dos nossos estudantes poderá se tornar cada vez mais comprometida com os princípios necessários para melhorar toda sociedade e o nosso planeta. Atenciosamente, Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação do Estado de São Paulo Paulo Renato Costa Souza 5. Comunicado: Ações Formativas MMR Interessados : Dirigentes, equipes de Supervisão de Ensino e equipes do Núcleo Pedagógico, Gestores(as) Escolares e Professores(as), O Método de Melhoria de Resultados (MMR) faz parte do Programa estratégico da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEDUC SP), cujo objetivo visa à melhoria contínua da qualidade do aprendizado por meio da implementação de um método de gestão nas Diretorias de Ensino e Unidades Escolares. É definido como uma metodologia de gestão com vistas a potencializar o planejamento, o desenvolvimento, o monitoramento e a avaliação de ações educacionais, a partir de um plano com ações interventivas, na busca contínua da melhoria da aprendizagem dos estudantes. Nesse sentido, em continuidade às ações formativas de apoio ao MMR, serão desenvolvidas formações em ATPC e transmitidas via Centro de Mídias da Educação de São Paulo (CMSP), e as pautas formativas estarão disponíveis no Repositório do CMSP. Isso tudo visa a auxiliar a implementação e acompanhamento de planos e resultados nas escolas. As ações formativas têm como objetivos: Proporcionar aos professores e aos profissionais da Educação a aprofundarem-se nos conceitos que fundamentam os diferentes tipos de ações do plano de melhoria e a análise dos indicativos de desempenho e fluxo disponíveis; Propiciar um espaço colaborativo em que os professores poderão fazer parte dos processos de construção e desenvolvimento das ações do plano de melhoria; Identificar, por fim, novos problemas e/ou a necessidade de fortalecimento do plano para o segundo semestre. 26

27 I. ATPC As formações serão realizadas nos dias 3, 4 e 5 de agosto, durante as ATPC dos Anos Finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, desenvolvidas pela EFAPE e transmitidas via CMSP. Serão distribuídas por área do conhecimento (terça-feira: Ciências Humanas; quarta-feira: Linguagens; quinta-feira: Ciências da Natureza e Matemática), conforme segue: Data ATPC Público-alvo Canal 03/08 04/08 05/08 Plano de Melhoria Articulado às diferentes áreas do conhecimento Parte I Plano de Melhoria Articulado às diferentes áreas do conhecimento Parte I Plano de Melhoria Articulado às diferentes áreas do conhecimento Parte I PEB II Ciências Humanas PEB II Linguagens PEB II Ciências da Natureza e Matemática Canal Formação de Professores das 7h45 às 8h30 Canal Formação de Professores das 7h45 às 8h30 Canal Formação de Professores das 7h45 às 8h30 II. Pautas Formativas Para apoiar o trabalho dos professores nas Unidades Escolares, serão disponibilizadas as Pautas Formativas no Repositório do CMSP. Sugerimos para estas serem desenvolvidas nas ATPC destinadas as Escolas entre os dias 9 e 13 de agosto, ou em momento oportuno, conforme segue: Sugestão de data Pauta Público-alvo 09/08 MMR (Método de Melhorias de Resultados) 10/08 11/08 12/08 Plano de Melhoria Articulado às diferentes áreas do conhecimento Parte II Plano de Melhoria Articulado às diferentes áreas do conhecimento Parte II Plano de Melhoria Articulado às diferentes áreas do conhecimento Parte II PEB I Anos Iniciais PEB II Ciências Humanas PEB II Linguagens PEB II Ciências da Natureza e Matemática Para mais informações, consulte a programação do CMSP destinada aos professores e aos profissionais da Educação no link. Atenciosamente, Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação do Estado de São Paulo Paulo Renato Costa Souza 27

28 VI - CMSP - CENTRO DE MÍDIAS SP 1. Plantões de dúvidas que as coordenadorias da Seduc-SP Interessados: Diretorias de Ensino Venha participar dos plantões de dúvidas que as coordenadorias da Seduc-SP prepararam para responder às suas questões pedagógicas, administrativas e de gestão: 27/07 às 10h <<canal Diretoria de Ensino>> Administrativo: gestão de pessoas, sistemas, financeiro, infraestrutura e serviços 27/07 às 14h <<canal Diretoria de Ensino>> Organização pedagógica 28/07 às 10h <<canal Trio Gestor>> Administrativo: gestão de pessoas e sistemas 28/07 às 14h <<canal Trio Gestor>> Administrativo: financeiro, infraestrutura e serviços 29/07 às 10h <<canal Trio Gestor>> Organização pedagógica #élánoapp #CMSPeEscolaJuntos 2. Processo seletivo alunos Embaixadores 2021 Interessados: Dirigentes Regionais de Ensino, Conforme já comunicado à rede, estamos com processo seletivo aberto para Alunos Embaixadores do Centro de Mídias. A primeira etapa, nas unidades escolares, já foi encerrada, e no dia 02/08 iniciaremos a etapa de seleção nas Diretorias de Ensino. Conforme o edital do processo seletivo, que pode ser encontrado no site do Centro de Mídias em Materiais de Orientação > Documentos e Informativos, a DE deverá selecionar 7 estudantes sendo: 1 (um) do quinto ano;* 1 (um) da EJA;* 2 (dois) dos anos finais; 3 (três) do Ensino Médio 28

29 *Caso a Diretoria não possua a inscrição de anos iniciais ou EJA, poderá selecionar três estudantes dos anos finais e três do Ensino Médio. Nesta etapa, a seleção deverá ser realizada por uma comissão de PCNPs de acordo com a disponibilidade da Diretoria, incluindo o PCNP, responsável pelo grêmio. Os dados dos alunos selecionados deverão ser indicados neste formulário ( do dia 02/08/21 ao dia 16/08/21. Após essa fase, os alunos passarão para a última etapa, realizada por uma equipe de seleção composta por integrantes do Centro de Mídias. O resultado final será divulgado via CMSP no dia 31 de agosto de Mais uma vez agradecemos o apoio das Diretorias de Ensino às ações propostas pelo CMSP e nos colocamos à disposição para sanar quaisquer dúvidas sobre o processo seletivo dos alunos Embaixadores LIVES 29

30 VII COFI COORDENADORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS. 1. Operação de coleta de dados suspensão de contratos Interessados: Dirigentes Regionais de Ensino, Com o objetivo de aprimorar a utilização do módulo de contratos na Secretaria Escolar Digital (SED), será necessário efetuar uma atualização de informações referentes a todos os contratos em que já foi realizado o procedimento de retomada da execução após período de suspensão dentro da SED. Dessa forma, informamos que membros da equipe do Centro de Controle e Acompanhamento de Contratos - CCONT/DECON/COFI vão entrar em contato por telefone a partir da próxima quarta-feira, dia 28/07/2021, junto aos técnicos dos Centros de Administração, Finanças e Infraestrutura CAF. Nesse contato, serão coletados dados para atualizações de informações no módulo de contratos referentes a contratações, como: "valor mensal do contrato atualizado", "datas de suspensão" e "acréscimos/supressões", entre outros. Após essa rodada de atualizações, serão desenvolvidas melhorias nas funcionalidades do módulo de contratos da SED, a fim de aperfeiçoar o monitoramento das execuções de todos os contratos celebrados com a Pasta. 2. Repasse PDDE São Paulo COVID Interessados: Dirigentes Regionais de Ensino, Considerando a Resolução Seduc-64, de 26/07/2021, que dispõe sobre a autorização de aquisição de produtos e equipamentos necessários à prevenção do contágio do Coronavírus (COVID 19), informamos que até o final da semana serão disponibilizados os repasses de recursos financeiros às APMs via PDDE São Paulo. Os valores de repasses para cada APM habilitada serão calculados de acordo com os critérios constantes na Resolução SE 67, de 11 de dezembro de 2019, alterada pela Resolução SE 73, de 27 de dezembro de 2019 e pela Resolução Seduc 89, de O recurso será repassado totalmente em custeio, com valor total de cerca de 25 milhões. É importante lembrar que APMs com pendências na prestação de contas (reprovações, reprovações por atraso e reprovações por atraso na revisão) podem não receber o recurso nesse primeiro momento. A prestação de contas do referido recurso ocorrerá em

31 3. Orientações sobre o PDDE São Paulo Dignidade Íntima Interessados: Dirigentes Regionais de Ensino, Com o intuito de orientar as Diretorias de Ensino nas orientações sobre o PDDE São Paulo Dignidade Íntima, recomendamos que os servidores das equipes dos Centros de Administração, Finanças e Infraestrutura CAF assistam no dia 30/07/2021 (sexta-feira), das 12h até às 13h, a formação do Programa Dignidade Íntima no canal Gestão do CMSP. Atenciosamente, COFI 31

32 VIII DE ARTICULAÇÃO REGIONAL DA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO. 1. Portaria da Chefe de Gabinete, de Interessados: Dirigentes Regionais de Ensino, A CHEFE DE GABINETE DA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições legais, expede a presente Portaria, CONVOCANDO, à vista do que lhe apresentou a Subsecretaria de Acompanhamento da Grande São Paulo e Subsecretaria de Acompanhamento do Interior, os Dirigentes Regionais de Ensino, para Reunião de Trabalho: I Dia: 29 de julho de 2021; II Horário: 08:00 às 18:00 horas; III Local: Teatro Fernando de Azevedo - Praça da República, 53 - Centro - São Paulo/SP. IV Despesas de diárias/transporte: - Serão de responsabilidade de cada Diretoria de Ensino V Informações adicionais: Subsecretaria de Articulação Regional Telefone (11) e

33 Considerações Gerais 1. A Supervisão deve manter monitoramento constante dos itens relacionados ao enfrentamento da Pandemia Covid19 nas Diretorias de Ensino, considerando: a. Controle dos estoques de modo que não faltem insumos de combate à Covid19 nas unidades escolares e na própria DE b. Planejamento do descarte de itens vencidos e planejamento de reposição de itens próximos da validade c. Envio de itens em estoque nas Diretorias de Ensino para as escolas 2. Secretário Estadual da Educação participa de congresso sobre volta às aulas Evento gratuito acontece de 26 a 29 de julho, das 14h às 20h30 SEX, Regras da Fase de Transição Todo o estado de São Paulo permanece na fase de transição, o que permite o retorno gradual e seguro das atividades. 33

Prefeitura Municipal de Anagé publica:

Prefeitura Municipal de Anagé publica: 1 Segunda-feira Ano X Nº 923 Prefeitura Municipal de Anagé publica: Decreto nº 53/2017: Regulamenta o estágio de estudantes em órgãos municipais, com base na Lei Federal nº 11.788, de 29 de janeiro de

Leia mais

Reunião de Trabalho Professores Coordenadores. Diretoria de Ensino da Região de Carapicuíba Dirigente Regional de Ensino Junho/2017

Reunião de Trabalho Professores Coordenadores. Diretoria de Ensino da Região de Carapicuíba Dirigente Regional de Ensino Junho/2017 Reunião de Trabalho Professores Coordenadores Diretoria de Ensino da Região de Carapicuíba Dirigente Regional de Ensino Junho/2017 Pauta Acolhimento; Aquecimento; o que nos dizem os registros? Refletindo

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO 1 MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO BETIM MG 2 Este manual tem como objetivo orientar e auxiliar o aluno na compreensão das atividades, normas e diretrizes

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA

MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA 1 MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA BETIM MG (ANEXO I - PPC) 2 Este manual tem como objetivo orientar e auxiliar o aluno na compreensão das atividades, normas

Leia mais

DIRETORIA DE ENSINO DIADEMA

DIRETORIA DE ENSINO DIADEMA DIRETORIA DE ENSINO DIADEMA Dirigente Regional de Ensino: Liane de Oliveira Bayer Supervisores de Ensino: Mércia, Rita e Roseli PCNPs: Cristiane e Débora PLANO DE AÇÃO ANOS FINAIS E ENSINO MÉDIO PAUTA

Leia mais

Avaliação da Aprendizagem em Processo... De acordo com:

Avaliação da Aprendizagem em Processo... De acordo com: Avaliação da Aprendizagem em Processo... De acordo com: A Coordenadoria de Informação, Monitoramento e Avaliação Educacional em conjunto com a Coordenadoria de Gestão da Educação Básica, considerando a

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO COLEGIADO DE CIÊNCIAS SOCIAIS RESOLUÇÃO Nº 01/2012

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO COLEGIADO DE CIÊNCIAS SOCIAIS RESOLUÇÃO Nº 01/2012 UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO COLEGIADO DE CIÊNCIAS SOCIAIS RESOLUÇÃO Nº 01/2012 Regulamenta o Estágio Profissional Supervisionado no Curso de Ciências Sociais Bacharelado, em conformidade

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA/FUNDAÇÃO UNITINS /N. 001/2012. O Reitor da Fundação Universidade do Tocantins - UNITINS, no uso de suas atribuições legais e

INSTRUÇÃO NORMATIVA/FUNDAÇÃO UNITINS /N. 001/2012. O Reitor da Fundação Universidade do Tocantins - UNITINS, no uso de suas atribuições legais e INSTRUÇÃO NORMATIVA/FUNDAÇÃO UNITINS /N. 001/2012 Dispõe sobre orientações para Programa de Reingresso para os alunos dos cursos EaD, turmas 2007 e 2008, na modalidade de educação a distância, no âmbito

Leia mais

INSCRIÇÕES PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM EDUCAÇÃO, POBREZA E DESIGUALDADE SOCIAL NA MODALIDADE EAD TURMA 2019

INSCRIÇÕES PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM EDUCAÇÃO, POBREZA E DESIGUALDADE SOCIAL NA MODALIDADE EAD TURMA 2019 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO DIRETORIA DE POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA COORDENAÇÃO GERAL DE ACOMPANHAMENTO DA

Leia mais

COMUNICADO DE ABERTURA PROCESSO SELETIVO CLT Nº 003 / 2018

COMUNICADO DE ABERTURA PROCESSO SELETIVO CLT Nº 003 / 2018 COMUNICADO DE ABERTURA PROCESSO SELETIVO CLT Nº 003 / 2018 O Centro Internacional de Energias Renováveis-Biogás - CIBiogás-ER, comunica a abertura do Processo Seletivo nº 003/2018, com o objetivo de prover

Leia mais

MATRÍCULA ENSINO MÉDIO 2017

MATRÍCULA ENSINO MÉDIO 2017 MATRÍCULA ENSINO MÉDIO 2017 DER-ITS - Diretoria de Ensino da Região de Itapecerica da Serra CIE - Centro de informações Educacionais e Gestão da Rede Escolar NRM Núcleo de Gestão da Rede Escolar e Matrícula

Leia mais

Centro de Ensino Superior Dom Alberto Faculdade Dom Alberto

Centro de Ensino Superior Dom Alberto Faculdade Dom Alberto Centro de Ensino Superior Dom Alberto Faculdade Dom Alberto REGULAMENTO DE DISCIPLINAS ENSINO A DISTÂNCIA - EAD Santa Cruz do Sul, 2018 REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS EAD Disposições Preliminares São consideradas

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO REGULAMENTO DE ESTÁGIO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC NÚCLEO DE CARREIRA PROFISSIONAL MAIO 2012 CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS GERAIS Art. 1º. Este regulamento tem por finalidade disciplinar as atividades

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE TURISMO CAPÍTULO I DA NATUREZA

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE TURISMO CAPÍTULO I DA NATUREZA REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE TURISMO CAPÍTULO I DA NATUREZA Art. 1º O Projeto Pedagógico do Curso Turismo da UFPR prevê a realização de estágio nas modalidades de obrigatório

Leia mais

NÚCLEO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA FACHUSC FACULDADE DE CIENCIAS HUMANAS DO SERTÃO CENTRAL REGULAMENTO

NÚCLEO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA FACHUSC FACULDADE DE CIENCIAS HUMANAS DO SERTÃO CENTRAL REGULAMENTO DA FACHUSC FACULDADE DE CIENCIAS HUMANAS DO SERTÃO CENTRAL REGULAMENTO O Núcleo de Estágio Supervisionado é um órgão de assessoramento das coordenações de curso, é um núcleo de apoio didático-pedagógico

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO LICENCIATURA EM LETRAS

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO LICENCIATURA EM LETRAS REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO LICENCIATURA EM LETRAS TÍTULO l ESTÁGIO CAPÍTULO I PRINCÍPIOS E DIRETRIZES Art. 1 A Prática de Ensino e Estágio Supervisionado desenvolver-se-á de acordo com as normas

Leia mais

EDITAL Nº 37 SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA IFRO/SEDUC ANEXO I PONTUAÇÃO DA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS

EDITAL Nº 37 SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA IFRO/SEDUC ANEXO I PONTUAÇÃO DA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS EDITAL Nº 37 SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA IFRO/SEDUC ANEXO I PONTUAÇÃO DA AVALIAÇÃO DE COMPONENTES AVALIADOS PONTUAÇÃO EQUIPE MULDISCIPLINAR 1 02: Tempo de experiência profissional na área de Educação

Leia mais

COMUNICADO DA COMISSÃO DE ATRIBUIÇÃO DE AULAS - ATRIBUIÇÃO EJA 2º SEMESTRE de 2019 E 1ª ATRIBUIÇÃO DE AULAS GERAL DO 2º SEMESTRE:

COMUNICADO DA COMISSÃO DE ATRIBUIÇÃO DE AULAS - ATRIBUIÇÃO EJA 2º SEMESTRE de 2019 E 1ª ATRIBUIÇÃO DE AULAS GERAL DO 2º SEMESTRE: PÁGINA 1 Diretores, professores, funcionários e comunidade escolar. A circular da DER Leste 3 é um importante instrumento de comunicação entre todos os profissionais da educação, pais, alunos e comunidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Diretoria de Planejamento e Projetos Educacionais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Diretoria de Planejamento e Projetos Educacionais UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Diretoria de Planejamento e Projetos Educacionais Edital nº 14/2018 PROGRAMA DE APOIO ACADÊMICO ESPECÍFICO PAAE A Universidade

Leia mais

Prática Profissional das Licenciaturas (Manual do Aluno)

Prática Profissional das Licenciaturas (Manual do Aluno) Prática Profissional das Licenciaturas (Manual do Aluno) CABO FRIO 2017 ÚLTIMA ALTERAÇÃO EM: 16/03/17 1 - ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O ALUNO O Estágio Curricular Supervisionado tem como fundamentação legal

Leia mais

MANUAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA FORMAÇÃO PEDAGÓGICA 30 de agosto de 2017

MANUAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA FORMAÇÃO PEDAGÓGICA 30 de agosto de 2017 MANUAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA FORMAÇÃO PEDAGÓGICA 30 de agosto de 2017 Documentos base: (A) Resolução Conselho Nacional de Educação/Conselho Pleno 2/2015. Diário Oficial da União, Brasília, 2 de

Leia mais

Programas de Atendimento aos Estudantes

Programas de Atendimento aos Estudantes Programas de Atendimento aos Estudantes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo - IFSP Câmpus Guarulhos 1. Integração dos Ingressantes O atendimento ao estudante no IFSP Guarulhos

Leia mais

Resolução SE 11, de

Resolução SE 11, de Resolução SE 11, de 17-2-2017 Altera a Resolução SE 52, de 9-8-2011, que dispõe sobre as atribuições dos integrantes das classes do Quadro de Apoio Escolar - QAE da Secretaria da Educação O Secretário

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC DO CURSO DE DESIGN

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC DO CURSO DE DESIGN UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC ÁREA DAS CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA CURSO DE DESIGN MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC DO CURSO DE DESIGN São Miguel do Oeste,

Leia mais

FORMAÇÃO PMALFA C O O R D E N A D O R E S M U N I C I P A I S W W W. U N D I M E - S C. O R G. B R

FORMAÇÃO PMALFA C O O R D E N A D O R E S M U N I C I P A I S W W W. U N D I M E - S C. O R G. B R FORMAÇÃO PMALFA C O O R D E N A D O R E S M U N I C I P A I S W W W. U N D I M E - S C. O R G. B R Objetivo do Programa - Fortalecer e apoiar as unidades escolares no processo de alfabetização dos estudantes

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE ENSINO Orientação Normativa nº. 03/2009-PROEN/IFRN Natal, 15 de outubro de 2009. A PRÓ-REITORA

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ESTÁGIOS DA FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNESP CAMPUS DE ILHA SOLTEIRA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ESTÁGIOS DA FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNESP CAMPUS DE ILHA SOLTEIRA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ESTÁGIOS DA FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNESP CAMPUS DE ILHA SOLTEIRA Do Programa Artigo 1º O Programa de Estágios da Faculdade de Engenharia da UNESP Campus de Ilha Solteira

Leia mais

ANEXO B - ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II e III E PRÁTICA DE ENSINO

ANEXO B - ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II e III E PRÁTICA DE ENSINO ANEXO B - ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II e III E PRÁTICA DE ENSINO TÍTULO l ESTÁGIO CAPÍTULO 1 PRINCÍPIOS E DIRETRIZES Art. 1 O Estágio Supervisionado I, II e III, disciplinas pedagógicas integrantes dos

Leia mais

Orientações Kit do Estudante

Orientações Kit do Estudante Orientações Kit do Estudante O Estágio é o ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de estudantes. Ele integra o itinerário

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 54, DE 27 DE JUNHO DE 2017 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA AS VAGAS GRATUITAS EM CURSOS TÉCNICOS NA FORMA CONCOMITANTE, NO ÂMBITO DO PRONATEC/MEDIOTEC 2º SEMESTRE/2017 O Reitor do Instituto Federal

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências Exatas Coordenação do Curso de Matemática

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências Exatas Coordenação do Curso de Matemática RESOLUÇÃO Nº 01/2018 Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências Exatas Coordenação do Curso de Matemática O Coordenador do Curso de Matemática, no uso de suas atribuições,

Leia mais

SisRAC Sistema de Relatórios de Acompanhamento dos Convênios do Programa Segundo Tempo. Coordenação de Convênio

SisRAC Sistema de Relatórios de Acompanhamento dos Convênios do Programa Segundo Tempo. Coordenação de Convênio Portal do Projeto PST Brasil em Convênio com o Ministério do Esporte - Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social SisRAC Sistema de Relatórios de Acompanhamento dos Convênios do

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSUP Nº 47, DE 24 DE OUTUBRO DE 2016

RESOLUÇÃO CONSUP Nº 47, DE 24 DE OUTUBRO DE 2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO CONSUP Nº 47, DE 24 DE OUTUBRO

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO PEDAGÓGICO/MONITORIA CAPÍTULO I - DEFINIÇÃO CAPÍTULO II - DOS OBJETIVOS

PROGRAMA DE APOIO PEDAGÓGICO/MONITORIA CAPÍTULO I - DEFINIÇÃO CAPÍTULO II - DOS OBJETIVOS PROGRAMA DE APOIO PEDAGÓGICO/MONITORIA REGULAMENTA E ESTABELECE CRITÉRIOS PARA O PROGRAMA APOIO PEDAGÓGICO OU MONITORIA PERTENCENTE AO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NORMATIZADO PELA INSTRUÇÃO NORMATIVA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA (UNILAB) PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA (UNILAB) PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA (UNILAB) PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 03/2018, de 06 de fevereiro de 2018 SELEÇÃO DE BOLSISTAS DO PROGRAMA

Leia mais

Especificação Funcional

Especificação Funcional PROCESSO DE: Trabalho de Conclusão de Curso I [RF01] Histórico das Versões Versão Data das alterações Responsável 01 25.01.2018 Implementação. Direção, Coordenação e Supervisão de TCC Índice 1. Introdução

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO E DA COE DO CURSO DE MATEMÁTICA - LICENCIATURA CÂMPUS DE TRÊS LAGOAS UFMS ANO 2017 CAPÍTULO I DA REGULAMENTAÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO E DA COE DO CURSO DE MATEMÁTICA - LICENCIATURA CÂMPUS DE TRÊS LAGOAS UFMS ANO 2017 CAPÍTULO I DA REGULAMENTAÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO E DA COE DO CURSO DE MATEMÁTICA - LICENCIATURA CÂMPUS DE TRÊS LAGOAS UFMS ANO 2017 CAPÍTULO I DA REGULAMENTAÇÃO Art. 1º O Regulamento de Estágio do Curso de Matemática do Câmpus

Leia mais

Perguntas Frequentes Ensino Superior

Perguntas Frequentes Ensino Superior Coordenação de Educação CEDUC Perguntas Frequentes Ensino Superior SOBRE A REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO DE GRADUAÇÃO DA REDE CNEC. 1. O que é a Reestruturação do Ensino de Graduação da Rede CNEC? É a implantação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS HUMANAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE PSICOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS HUMANAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE PSICOLOGIA REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DO CURSO DE PSICOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Capítulo I DA NATUREZA Art. 1º - O Projeto Pedagógico do Curso de Psicologia do Setor de Ciências Humanas

Leia mais

PORTARIA GD Nº 06, DE 23/04/2010

PORTARIA GD Nº 06, DE 23/04/2010 PORTARIA GD Nº 06, DE 23/04/2010 Aprova o Regulamento do Programa de Estágios da Faculdade de Engenharia da UNESP - Campus de Ilha Solteira. O Diretor da Faculdade de Engenharia do Campus de Ilha Solteira,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA SEGUNDO TEMPO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2017

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2017 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2017 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS- CCL Coordenação do Curso de Letras

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS- CCL Coordenação do Curso de Letras REGULAMENTO DE MONITORIA TÍTULO I DA DEFINIÇÃO E DOS OBJETIVOS CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO Art. 1 o A Monitoria no Centro de Comunicação e Letras (CCL) será regida por este regulamento e corresponderá ao conjunto

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. Ofício Circular n.º 024/2014 Porto Alegre, 28 de novembro de 2014.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. Ofício Circular n.º 024/2014 Porto Alegre, 28 de novembro de 2014. Ofício Circular n.º 024/2014 Porto Alegre, 28 de novembro de 2014. Assunto: Programa de Monitorias Acadêmicas PROGRAD/SEAD Senhor(a) Coordenador(a) de Comissão de Graduação: Senhor(a) Chefe de Departamento:

Leia mais

Manual do Estágio Supervisionado

Manual do Estágio Supervisionado IBB Ano 2015 1. APRESENTAÇÃO: A partir do 1º Semestre Letivo de 2016, os alunos em fase de conclusão do Curso de (Currículo 2013) deverão realizar o Estágio Curricular Supervisionado. O presente manual

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2018

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2018 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2018 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

Diário Oficial do dia Página da Secretaria de Educação

Diário Oficial do dia Página da Secretaria de Educação Diário Oficial do dia 27-11-2015 Página da Secretaria de Educação INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04/2015 Orienta procedimentos para a elaboração do Calendário Escolar das Escolas da Rede Estadual de Ensino do

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA RESOLUÇÃO 001/2012 FEF/UFG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA RESOLUÇÃO 001/2012 FEF/UFG UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA RESOLUÇÃO 001/2012 FEF/UFG Institui e regulamenta o funcionamento do Estágio Curricular Não Obrigatório dos cursos de Licenciatura e Bacharelado

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS COM ÊNFASE NOS PAÍSES ÁRABES 1º Semestre de 2018

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS COM ÊNFASE NOS PAÍSES ÁRABES 1º Semestre de 2018 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS COM ÊNFASE NOS PAÍSES ÁRABES 1º Semestre de 2018 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente

Leia mais

EDITAL 01/2018 EDITAL DE INSCRIÇÃO DE PROFESSOR COORDENADOR

EDITAL 01/2018 EDITAL DE INSCRIÇÃO DE PROFESSOR COORDENADOR EDITAL 01/2018 EDITAL DE INSCRIÇÃO DE PROFESSOR COORDENADOR Fundamento legal: Resolução SE 75, de 30-12-2014 alterada pela Resolução SE 3, de 12-1-2015 e Resolução SE 6, de 20-01-2017 que dispõe sobre

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01/2008 REGULAMENTO DO ESTÁGIO PROFISSIONAL OBRIGATÓRIO DOS CURSOS TÉCNICOS

RESOLUÇÃO Nº 01/2008 REGULAMENTO DO ESTÁGIO PROFISSIONAL OBRIGATÓRIO DOS CURSOS TÉCNICOS RESOLUÇÃO Nº 01/2008 REGULAMENTO DO ESTÁGIO PROFISSIONAL OBRIGATÓRIO DOS CURSOS TÉCNICOS CAPÍTULO I DO ESTÁGIO PROFISSINAL OBRIGATÓRIO E SUAS FINALIDADES Art. 1º - O Estágio Profissional Obrigatório, previsto

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING EAD 2º Semestre de 2017

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING EAD 2º Semestre de 2017 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING EAD 2º Semestre de 2017 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

DIRETRIZES PARA A REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 DOS CURSOS DE LICENCIATURA

DIRETRIZES PARA A REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 DOS CURSOS DE LICENCIATURA DIRETRIZES PARA A REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 DOS CURSOS DE LICENCIATURA Considerando a importância de garantir unidade de princípios e ações no processo de desenvolvimento dos estágios supervisionados

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO COLEGIADO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO COLEGIADO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS RESOLUÇÃO DOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS I E II DO CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Art. 1º Os Estágios Supervisionados I e II representam parte integrante do currículo do Curso de Bacharelado

Leia mais

EDITAL N 014/ Endereço: Dr Oswaldo Cruz Casa Oswaldo Cruz -São Luiz do Paraitinga - SP

EDITAL N 014/ Endereço: Dr Oswaldo Cruz Casa Oswaldo Cruz -São Luiz do Paraitinga - SP EDITAL N 014/18 Contratação de Serviços Especializados em Assessoria em Comunicação Projeto Nosso Paraitinga Diálogos Roda D Agua AKARUI FEHIDRO 2016 ps-361 - Contrato 032/2017 1. IDENTIFICAÇÃO DO TERMO

Leia mais

REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES OBRIGATÓRIOS E NÃO OBRIGATÓRIOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE FAMETRO

REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES OBRIGATÓRIOS E NÃO OBRIGATÓRIOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE FAMETRO REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES OBRIGATÓRIOS E NÃO OBRIGATÓRIOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE FAMETRO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º O presente Regulamento fixa diretrizes e normas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA SEGUNDO TEMPO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

MUNICÍPIO DE VITÓRIA DA CONQUISTA

MUNICÍPIO DE VITÓRIA DA CONQUISTA DESCRIÇÃO DO CARGO DE PROFESSOR E DAS FUNÇÕES DE CONFIANÇA DENOMINAÇÃO DO CARGO: Professor FORMA DE PROVIMENTO: Ingresso por concurso público de provas e títulos. REQUISITOS PARA PROVIMENTO Para ingresso

Leia mais

CONSIDERANDO a Orientação Normativa nº 7, de 30 de outubro de 2008, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão,

CONSIDERANDO a Orientação Normativa nº 7, de 30 de outubro de 2008, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, RESOLUÇÃO nº 04 DE 08 DE JUNHO DE 2009 Dispõe sobre a realização de Estágios obrigatórios e não obrigatórios por alunos da UFPel O Presidente do Conselho Coordenador do Ensino, da Pesquisa e da Extensão

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO. Campus de Blumenau. Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO. Campus de Blumenau. Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 3 REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Campus de Blumenau Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas O Diretor Geral Pró Tempore do Instituto Federal Catarinense Campus de Blumenau,

Leia mais

Manual para Estágio Supervisionado. dos cursos de Bacharelado da FIAP. Modalidade EAD.

Manual para Estágio Supervisionado. dos cursos de Bacharelado da FIAP. Modalidade EAD. Manual para Estágio Supervisionado dos cursos de Bacharelado da FIAP. Modalidade EAD. Instruções Gerais 1- Neste manual o aluno dos cursos de Bacharelado na modalidade EAD da FIAP, Sistemas de Informação

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO 1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO MINUTA RESOLUÇÃO/UEPB/CONSEPE/XX/2013 Regulamenta e define a carga horária e a ementa do componente curricular Estágio Supervisionado,

Leia mais

NORMAS. Etapa de Preparação Pedagógica (EPP) Etapa de Estágio Supervisionado em Docência (EESD)

NORMAS. Etapa de Preparação Pedagógica (EPP) Etapa de Estágio Supervisionado em Docência (EESD) Edital FDRP - PAE 48/2016 A Comissão Coordenadora do PAE (CCPAE) e a Comissão de Pós-Graduação da FDRP/USP tornam pública a abertura de inscrições para a Etapa de Estágio Supervisionado em Docência (EESD)

Leia mais

DO OBJETIVO E LOCAL DE ATUAÇÃO

DO OBJETIVO E LOCAL DE ATUAÇÃO EDITAL Nº. 01/2018 PROGRAMA DE ACOLHIMENTO E INCENTIVO À PERMANÊNCIA PAIP (EDITAL 50/2017/CGPA/PROGRAD) BOLSA DE MONITORIA NO PROJETO ORIENTAÇÃO, ARTICULAÇÃO E PROMOÇÃO DE AÇÕES EM PROL DA MELHORIA DO

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO ALUNO. Campo Limpo Paulista

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO ALUNO. Campo Limpo Paulista MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO ALUNO Campo Limpo Paulista - 2017 1 FERRAMENTAS O objetivo principal destas ferramentas é realizar o apoio às aulas, disponibilizando informações e conteúdos das disciplinas

Leia mais

Gestão para a Aprendizagem Edital de Seleção

Gestão para a Aprendizagem Edital de Seleção Gestão para a Aprendizagem Edital de Seleção Programa para o apoio a secretarias de educação na gestão pedagógica e formação de educadores. I. Contexto A Fundação Lemann acredita que alcançar a excelência

Leia mais

FICHA ED. INF. 01 DIRETRIZ ESTRATÉGIAS META

FICHA ED. INF. 01 DIRETRIZ ESTRATÉGIAS META FICHA ED. INF. 01 Implantar um programa de formação continuada para todos os profissionais que atuam na educação infantil. Contratar através da SME profissionais especializados que ofereçam formação aos

Leia mais

CÂMPUS SÃO LUÍS DE MONTES BELOS CURSO DE LETRAS REGULAMENTO DA PRÁTICA DE ENSINO E ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LETRAS

CÂMPUS SÃO LUÍS DE MONTES BELOS CURSO DE LETRAS REGULAMENTO DA PRÁTICA DE ENSINO E ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LETRAS CÂMPUS SÃO LUÍS DE MONTES BELOS CURSO DE LETRAS REGULAMENTO DA PRÁTICA DE ENSINO E ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LETRAS SÃO LUÍS DE MONTES BELOS 2017 - CÂMPUS SÃO LUÍS DE MONTES BELOS CURSO DE LETRAS

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS ESCOLARES

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS ESCOLARES GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS ESCOLARES DEPARTAMENTO DE ALIMENTAÇÃO E ASSISTÊNCIA AO ALUNO TRANSPORTE ESCOLAR Fevereiro/2017 Legislação

Leia mais

13/10/2017 Publicação do edital 13/10 a 17/12/2017 Período de inscrições. Divulgação do resultado final. Período para interposição de recursos

13/10/2017 Publicação do edital 13/10 a 17/12/2017 Período de inscrições. Divulgação do resultado final. Período para interposição de recursos PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM EDUCAÇÃO, POBREZA E DESIGUALDADE SOCIAL, MODALIDADE SEMIPRESENCIAL PRORROGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES O Coordenador do Curso de Aperfeiçoamento em

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA EAD 1º Semestre de 2018

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA EAD 1º Semestre de 2018 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA EAD 1º Semestre de 2018 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS EXATAS

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS EXATAS REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS EXATAS Capítulo I DA NATUREZA Art. 1º. O Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Ciências Exatas do Setor Palotina da UFPR prevê a realização

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 2019 PROFESSOR ARTICULADOR ESCOLA/FAMÍLIA/COMUNIDADE PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 2019 PROFESSOR ARTICULADOR ESCOLA/FAMÍLIA/COMUNIDADE PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA EDITAL DE CREDENCIAMENTO 2019 PROFESSOR ARTICULADOR ESCOLA/FAMÍLIA/COMUNIDADE PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA A Dirigente de Ensino Região de Americana torna pública a abertura de inscrição, específica para

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA DO INSTITUTO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL 01/2019

PROGRAMA DE MONITORIA DO INSTITUTO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL 01/2019 PROGRAMA DE MONITORIA DO INSTITUTO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL 01/2019 DISPÕE SOBRE O EDITAL 2019 DO PROGRAMA DE MONITORIA DO INSTITUTO DE ARQUITETURA E URBANISMO 1. FINALIDADE O Programa de Monitoria

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS. (cursos presenciais e à distância)

REGULAMENTO INSTITUCIONAL ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS. (cursos presenciais e à distância) FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS (cursos presenciais e à distância) CACOAL 2018 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Art. 1º Este regulamento

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO CRIAÇÃO E DIREÇÃO DE FORMATOS TELEVISIVOS DE NÃO FICÇÃO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO CRIAÇÃO E DIREÇÃO DE FORMATOS TELEVISIVOS DE NÃO FICÇÃO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO CRIAÇÃO E DIREÇÃO DE FORMATOS TELEVISIVOS DE NÃO FICÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

PROPOSTA DE DIRETRIZES PARA A INTEGRAÇÃO CURRICULAR. ATUALIZAÇÃO DOS PPC s

PROPOSTA DE DIRETRIZES PARA A INTEGRAÇÃO CURRICULAR. ATUALIZAÇÃO DOS PPC s PROPOSTA DE DIRETRIZES PARA A INTEGRAÇÃO CURRICULAR ATUALIZAÇÃO DOS PPC s O PAPEL DOS DEPARTAMENTOS E DEMAIS AGENTES ENVOLVIDOS... ATUALIZAÇÃO DOS PPC s Contribuições da Comissão Central (DDE, DEP, DAEST,

Leia mais

RESOLUÇÃO. Bragança Paulista, 30 de junho de Gilberto Gonçalves Garcia, OFM Presidente

RESOLUÇÃO. Bragança Paulista, 30 de junho de Gilberto Gonçalves Garcia, OFM Presidente RESOLUÇÃO CONSEPE 73/2006 APROVA O REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PSICOLOGIA, DO CÂMPUS DE SÃO PAULO, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão

Leia mais

Dispõe sobre o estágio de estudantes em órgãos da Administração Municipal.

Dispõe sobre o estágio de estudantes em órgãos da Administração Municipal. LEI Nº 2.168/2013 Dispõe sobre o estágio de estudantes em órgãos da Administração Municipal. Hilário Casarin, Prefeito Municipal de São Miguel das Missões, RS, no uso de suas atribuições que lhe confere

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO- BRASILEIRA (UNILAB)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO- BRASILEIRA (UNILAB) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO- BRASILEIRA (UNILAB) RESOLUÇÃO N 03, DE 22 DE MARÇO DE 2013. Aprova o Regimento Interno do Polo de Apoio Presencial de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS AVANÇADO EM JANDAIA DO SUL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS AVANÇADO EM JANDAIA DO SUL REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS EXATAS Capítulo I DA NATUREZA Art. 1º. O Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Ciências Exatas do Campus Jandaia do Sul da UFPR prevê

Leia mais

ENGENHARIA CIVIL Curso de Graduação Bacharelado

ENGENHARIA CIVIL Curso de Graduação Bacharelado FASIPE CENTRO EDUCACIONAL LTDA. Mantenedora FACULDADE FASIPE Mantida ENGENHARIA CIVIL Curso de Graduação Bacharelado REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Sinop - MT REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Dispõe

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO II DO CONCEITO

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO II DO CONCEITO RESOLUÇÃO Nº 040/2015, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2015 Aprova o Regulamento do Estágio Obrigatório do Curso de Engenharia de Telecomunicações. O Reitor da Fundação Universidade Regional de Blumenau, no uso de

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA EDUCAÇÃO PORTARIA:

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA EDUCAÇÃO PORTARIA: PORTARIA: A SECRETÁRIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso das suas atribuições, em especial as dispostas no artigo 90, incisos I e II da Constituição do Estado e considerando: - o dever constitucional e legal

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS RESOLUÇÃO CSA N o 020/2016 O Diretor Acadêmico e o Diretor Administrativo das Faculdades Integradas dos Campos Gerais,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E NATURAIS COLEGIADO DE CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E NATURAIS COLEGIADO DE CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E NATURAIS COLEGIADO DE CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS Anexo 1 Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso - Monografia do Curso de Ciências

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO EMPRESARIAL 1º Semestre de 2018

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO EMPRESARIAL 1º Semestre de 2018 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO EMPRESARIAL 1º Semestre de 2018 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

1.6 O cronograma completo do curso será disponibilizado no endereço eletrônico em Documentação/ Cronograma do Curso.

1.6 O cronograma completo do curso será disponibilizado no endereço eletrônico  em Documentação/ Cronograma do Curso. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CAMPUS UNIVERSITÁRIO REITOR JOÃO DAVID FERREIRA LIMA - TRINDADE CEP: 88.040-900 - FLORIANÓPOLIS SC Telefone:

Leia mais

CADASTRO DE AÇÕES DE FORMAÇÃO

CADASTRO DE AÇÕES DE FORMAÇÃO I Nome do curso REGULAMENTO CURSO DESCENTRALIZADO Introdução à Educação Digital Proinfo Integrado II Apresentação: breve descrição do curso O Ministério da Educação (MEC) possui um programa educacional

Leia mais

Diretoria de Ensino - Região de Piraju. Ano II - Circular nº 06/2018 de 16/02/2018. Sandra de Fátima Tavares Rodrigues Tonon

Diretoria de Ensino - Região de Piraju. Ano II - Circular nº 06/2018 de 16/02/2018. Sandra de Fátima Tavares Rodrigues Tonon Diretoria de Ensino - Região de Piraju. Ano II - DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO PIRAJU CIRCULAR Nº 06/18 Sandra de Fátima Tavares Rodrigues Tonon Dirigente Regional de Ensino GABINETE... 02 NPE (Núcleo Pedagógico)...

Leia mais

Republicação do Comunicado da CGRH/CGEB sobre REPOSIÇÃO DE AULAS

Republicação do Comunicado da CGRH/CGEB sobre REPOSIÇÃO DE AULAS 26/06/2015 67 Republicação do Comunicado da CGRH/CGEB sobre REPOSIÇÃO DE AULAS A CGRH enviou às diretorias de ensino a republicação (anexa) do Comunicado CGRH/CGEB de 23/06/2015, com alterações pontuais.

Leia mais

ANEXO II REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS. Capítulo I DA NATUREZA

ANEXO II REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS. Capítulo I DA NATUREZA ANEXO II REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS Capítulo I DA NATUREZA Art. 1º. O Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia de Alimentos do Campus de Jandaia do Sul da UFPR prevê a

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CONSELHO COORDENADOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 0 5/2000

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CONSELHO COORDENADOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 0 5/2000 UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CONSELHO COORDENADOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 0 5/2000 EMENTA: Estabelece normas e critérios para funcionamento de cursos seqüenciais na Universidade

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Capítulo I DA NATUREZA Art. 1º. O Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Computação do Câmpus Jandaia do Sul da UFPR prevê a realização

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA GESTÃO ESTRATÉGICA EM SEGUROS 1º Semestre de 2017

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA GESTÃO ESTRATÉGICA EM SEGUROS 1º Semestre de 2017 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA GESTÃO ESTRATÉGICA EM SEGUROS 1º Semestre de 2017 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas

Leia mais