PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES MELHORAR APRENDER.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES MELHORAR APRENDER."

Transcrição

1 ~ AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FRAGATA DO TEJO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FRAGATA DO TEJO - MOITA PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES MELHORAR APRENDER. DESENVOLVER Avenida Luís de Camões Moita : / : : Ano Letivo

2 ÍNDICE Introdução... 3 Relação com o Projeto Educativo... 5 Atividades Desporto Escolar Educação e Segurança Percurso Pedestre Comemorações/Atividades Visitas de Estudo Projetos / Parcerias Biblioteca Escolar/ Centro de Recursos Educativos Atividades dos Serviços Especializados de Apoio Educativo Atividades apresentadas posteriormente após aprovação do P.A.A. e aprovadas pelo Conselho Pedagógico Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 2 de 17

3 INTRODUÇÃO A DINÂMICA DE UMA ESCOLA ESPELHA-SE NO SEU PLANO ANUAL DE ATIVIDADES E RETRATA-SE NA SUA CONCRETIZAÇÃO BRITO, C., Gestão Escolar Participada - na escola todos somos gestores. A Escola ocupa um lugar fundamental na construção do futuro dos indivíduos e das sociedades. Desta forma, existe a necessidade de corresponder às expectativas pessoais dos jovens e das famílias e assumir um desafio intervir para exigir exigir uma escola de sucesso. Neste âmbito, o Plano Anual de Atividades é o documento de planeamento que + Nesta perspetiva, o Plano que a seguir se apresenta entronca e é tributário das planificações/programas dos diversos Órgãos da Escola, dos Departamentos Curriculares, dos Serviços, dos diferentes parceiros sociais (Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, EMAT, Centro de Saúde, Associação de Pais e outros) e das atividades que estes desenvolvem ao longo do ano letivo ou anos letivos. O Plano PluriAnual de Atividades tem como referência o Projeto Educativo e elenca três vertentes: Missão/Valores e Finalidades. Para que este processo seja operacionalizado ao longo do Plano, são traçados objetivos, formas de organização e programação d as atividades do Agrupamento, ao mesmo tempo que são identificadas as estruturas responsáveis, destinatários, data e avaliação/instrumentos para o seu desenvolvimento. A seleção de atividades e recursos pedagógicos inscritos no Plano PluriAnual de Atividades, que se repetem de forma regular num período de tempo superior a um ano letivo, devem responder à diversidade das necessidades e motivações dos alunos, refletindo o esforço que o Agrupamento de escolas tem vindo a fazer no investimento da qualidade da educação e no combate ao insucesso. Assim, e de acordo com o Projeto Educativo são objetivos deste Plano: Encarar a escola como uma Comunidade Educativa, onde todos os seus elementos (professores, pessoal não docente, alunos, pais e encarregados de educação) sejam atores participantes e agentes de mudança; Envolver a Comunidade Educativa na dinâmica do Agrupamento; Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 3 de 17

4 Criar condições para o desenvolvimento integral do aluno; Promover o desenvolvimento pessoal: saber ser, saber estar e saber fazer; Educar para a cidadania através da assunção de valores como a solidariedade, responsabilidade e autonomia; Fomentar a relação Escola/Família/Comunidade; Potenciar as atividades da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos; Incentivar dinâmicas de ação que tornem a escola num local privilegiado de intervenção pedagógica e de mudança cultural; Rentabilizar e divulgar os conhecimentos e saberes produzidos pelos elementos da Escola, contribuindo para as práticas e métodos inovadores; Desta forma, o Plano PluriAnual de Atividades deve criar um certo equilíbrio entre as atividades letivas e as não letivas, de modo a que, o sucesso e a formação pessoal e social dos nossos alunos sejam os objetivos primeiros desta instituição. Assim se constrói uma Escola cujo propósito é proporcionar uma oferta educativa de qualidade, exigência e responsabilidade, visando o desenvolvimento global e harmonioso do aluno, em colaboração com a família e articulação com a comunidade local. Todas as atividades desenvolvidas e que não tenham sido programadas até à data da aprovação do presente documento, em sede de Conselho Pedagógico, serão incluídas, em agenda. Nota: Em resultado da decorrente situação epidemiológica da doença COVID -19, algumas das atividades e visitas de estudo normalmente previstas não se encontram planificadas, no entanto, as atividades integradas no PA quadriénio 2017/21 serão, tão logo quanto possível, realizadas com as adaptações necessárias, tendo em atenção as condicionantes impostas pelo Plano de Contingência do COVID-19 e as orientações da DGS. Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 4 de 17

5 RELAÇÃO COM O PROJETO EDUCATIVO O Plano PluriAnual de Atividades do Agrupamento é um instrumento de planificação e gestão pedagógica, que permite concretizar as prioridades definidas no Projeto Educativo de Escola. Pretende-se que o mesmo seja o resultado de uma ação concertada de todos os intervenientes no processo educativo, de modo a dar resposta aos principais problemas da escola e através deste, ultrapassar as dificuldades surgidas. Assim, constam neste plano todas e quaisquer atividades que visem prosseguir as finalidades definidas no Projeto Educativo de Escola e as consequentes áreas de intervenção identificadas, a saber: Resultados Escolares Organização da Dimensão Pedagógica Dimensão Organizacional Global PROJETO EDUCATIVO-FINALIDADES E OBJETIVOS ESTRUTURAS ENVOLVIDAS PAIS E ENC. DE EDUCAÇÃO ALUNOS PESSOAL NÃO DOCENTE PROFESSORES COMUNIDADE LOCAL Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 5 de 17

6 Direção Executiva Conselho Geral Conselho Pedagógico Grupos Disciplinares Departamentos Curriculares Coordenador Diretores de Turma Serviços Especializados de Apoio Pessoal não Docente Associação de Pais e Encarregados deeducação PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Gabinete de Integração do Discente Projetos: PES P6-Ambiente, uma responsabilidade de todos Educação e Formação de Adultos Biblioteca Escolar/Centro Recursos Educativos Delegados de Turma Outros Parceiros: CPCJ EMAT Centro de Saúde CRI-CERCIMB 2 Comunidade Local (Autarquia) Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 6 de 17

7 ATIVIDADES 1. DESPORTO ESCOLAR Metodologia / Motivar os alunos para a prática das modalidades; Desenvolver conhecimentos adquiridos durante as aulas Educação Física elevando assim as suas capacidades básicas; Saber e aplicar as regras principais do jogo; Bruno Mota (multiactividades/ca noagem vários); João Lourenço (canoagem vários); Grupos Equipa de Desporto Escolar Complementar o trabalho desenvolvido na disciplina de Educação Física; Responsabilizar os alunos através da ocupação de cargos como dirigentes e árbitros; Desenvolver o carácter lúdico e cultural dos alunos, proporcionando uma atividade física com carácter competitivo sob orientação pedagógica; Motivar para a celebração de protocolos com entidades externas à escola, para que a escola se possa abrir mais Ao longo do ano César Ferreira (futsal iniciados masculinos); Henrique Carvalho (futsal iniciados femininos); Bruno Mota/João Lourenço (Centro de Formação de Atividades Náuticas Canoagem) Alunos do 2º e 3º Ciclos Relatório de atividade à comunidade local; Aumentar o interesse por aquilo que se faz na escola; Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 7 de 17

8 Metodologia / Motivar para a colaboração de toda a Comunidade Educativa (Professores, Alunos, Pessoal Administrativo, Auxiliares e Pais), na participação; Chamar a si alguns recursos da Escola para os prémios a distribuir. Sensibilizar a população do concelho da Moita para o regresso a atividades relacionadas com o rio (olhar de novo para o rio); Centro de Formação Desportiva de Atividades Náuticas Experimentar a modalidade de canoagem no 1 e 2 CEB e leccionar no 3 CEB do Agrupamento; Dinamizar atividades de articulação entre o CFD e as várias disciplinas (DAC); Colaborar em atividades dinamizadas pela CM da Moita, CN Moitense, Desporto Escolar, e outras entidades; Receber turmas e grupos/equipa de canoagem de Ao longo do ano Professores Bruno Mota/João Lourenço/Henrique Carvalho Alunos 1º e 2º ciclos (experimentaçã o) Alunos 3º ciclo (lecionação) Relatório da atividade concelhos vizinhos; Ser uma unidade de referência para eventos de canoagem do concelho. Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 8 de 17

9 2. 3. EDUCAÇÃO E SEGURANÇA Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 9 de 17

10 4. PERCURSO PEDESTRE 5. COMEMORAÇÕES/ATIVIDADES Dias Festivos Celebrações: - Día de la Hispanidad; - São Martinho; - Halloween / Día de los muertos. - O Dia das Línguas Estrangeiras; Divulgar e partilhar diferentes formas de socialização na comunidade. Criar situações que fomentem a autonomia de organização do trabalho. Promover o contacto com a língua e a cultura do país. Ao longo do Ano Letivo (em contexto de sala de aula) Docentes do Departamento de Línguas Alunos e professores em contexto de sala de aula As atividades propostas poderão não ser realizadas por motivos imprevistos / alheios aos dinamizadores. - Natal; Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 10 de 17

11 - Ano Novo - Día de los Reyes; - Carnaval; - S. Valentim; - Páscoa; ( ) Observação Plano Nacional da Leitura Semana da leitura Promover o gosto pelo livro e pela Leitura; Envolver os alunos em atividades que lhes desperte o interesse e o prazer pela leitura. 2.º Período (março) Professores de Português do 2º e 3º Ciclos em articulação com a BECRE Alunos do 2º e 3º Ciclos direta; Grelha de observação; Relatório final Atividades diversas de oferta online (peças de teatro, encontro com escritores, debates, ) Promover a articulação horizontal dos conteúdos contribuindo para a melhoria das aprendizagens dos alunos; Satisfazer e corresponder ao ímpeto exploratório e curiosidade intelectual; Promover a educação não formal, integrando as componentes pedagógica e lúdico-recreativa; Partilhar saberes; Ao longo do ano letivo Professores e educadores do Conselho de Docentes Outros Técnicos intervenientes/ Crianças do Jardim de Infância; Alunos de 1º ciclo Interesse, Participação Desempenho Avaliação dos trabalhos produzidos Desenvolver o espírito crítico dos alunos; Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 11 de 17

12 Contribuir para a formação de cidadãos responsáveis e solidários; Promover e desenvolver atividades diversas que contribuam para o desenvolvimento global dos alunos; Concretizar a articulação escola-meio e a formação pessoal e social dos alunos; Potenciar a aquisição e aplicação de técnicas de pesquisa, recolha e tratamento de informação; Promover o desenvolvimento de capacidades de observação e organização do trabalho; Participação nos seguintes projetos: Concurso Nacional de Leitura Conta-nos uma história Clube de Leitura em articulação com a BE/CRE Envolver os encarregados de educação/ familiares/pais na vida escolar dos seus educandos. Estimular o gosto e os hábitos de leitura; Melhorar a compreensão leitora; Promover a aquisição de conhecimentos e o desenvolvimento de competências e valores; Contribuir para a formação de cidadãos responsáveis e solidários Ao longo do ano letivo Conselho de Docentes; Professora bibliotecária Alunos dos 3.º e 4.º anos de escolaridade/ 1º ciclo (CNL) Crianças do Jardim de Infância; Alunos de 1º ciclo Interesse, Participação Desempenho Avaliação dos trabalhos produzidos Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 12 de 17

13 6. VISITAS DE ESTUDO 7. PROJETOS / PARCERIAS Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 13 de 17

14 8. BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS Desenvolvimento pessoal e autonomia; Bem estar socio emocional no regresso a escola Reflexão sobre a nova realidade da escola; Saúde, bem-estar e ambiente; Socialização, empatia e colaboração; Ao longo do ano letivo PB em articulação com todos os docentes interessados Todos os alunos Interesse, participação, e trabalhos produzidos Ligação a comunidade. Currículo e Aprendizagem Diluir situações de desigualdade geradas no contexto de ensino a distância; Desenvolvimento e consolidação de aprendizagens significativas; Ao longo do ano letivo PB em articulação com todos os docentes interessados Todos os alunos Interesse, participação Nº de sessões Apoio ao desenvolvimento do trabalho autónomo Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 14 de 17

15 Visitas Virtuais a museus Acesso online, a salas de museus, coleções e exposições; Reforço da comunicação e acesso a arte e a cultura; Ao longo do ano Divulgar informação histórica; letivo Visitas virtuais a Torre de Belém, Mosteiro dos Jerónimos, Galeria de arte Urbana e outros... PB em articulação com: Docentes de História Professores titulares de turma Todos os alunos Trabalhos produzidos Nº de sessões Clube de Leitura PNL 2027 Partilhar de reflexões e inquietações a partir da experiência de leitura de um livro. Pesquisar livros online, seguir páginas dos autores, acompanhar as leituras dos nossos amigos, recomendar livros aos amigos e partilhar comentários sobre os livros que lemos. Ao longo do ano letivo PB em articulação com todos os docentes interessados Todos os alunos Interesse, participação Nº. de sessões Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 15 de 17

16 9. ATIVIDADES DOS SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE APOIO EDUCATIVO SEAE Plano Anual de Atividades do Departamento de Educação Especial Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 16 de 17

17 10. ATIVIDADES APRESENTADAS POSTERIORMENTE APÓS APROVAÇÃO DO P.A.A. E APROVADAS PELO CONSELHO PEDAGÓGICO Avenida Luís de Camões Moita : / : : Página 17 de 17

DOMÍNIO A ATIVIDADES OBJETIVOS DATA DINAMIZADORES PÚBLICO-ALVO. - setembro. - Alunos de 5º ano de 5º ano para formação de.

DOMÍNIO A ATIVIDADES OBJETIVOS DATA DINAMIZADORES PÚBLICO-ALVO. - setembro. - Alunos de 5º ano de 5º ano para formação de. DOMÍNIO A - Visita à biblioteca de todos os alunos - Dar a conhecer o espaço/ - setembro - Alunos de 5º ano de 5º ano para formação de recursos da BE utilizadores. - Apoio/orientação na pesquisa e - Desenvolver

Leia mais

António de Jesus Seixas Recondução de Diretor

António de Jesus Seixas Recondução de Diretor António de Jesus Seixas Recondução de Diretor QUERER MAIS E MELHOR, CAMINHANDO JUNTOS, POR UMA ESCOLA DE QUALIDADE RUMO À EXCELÊNCIA. A minha filosofia de gestão participada assenta numa liderança partilhada

Leia mais

ESCOLA BÁSICA PADRE FRANCISCO SOARES Ano Letivo 2018/2019. Plano Anual de Atividades - BECRE

ESCOLA BÁSICA PADRE FRANCISCO SOARES Ano Letivo 2018/2019. Plano Anual de Atividades - BECRE ESCOLA BÁSICA PADRE FRANCISCO SOARES Ano Letivo 2018/2019 Pl Anual de Atividades - BECRE CÓDIGO DA ATIVIDADE B-D-G 651 B-F 652 ATIVIDADE A DESENVOLVER OBJETIVOS DESCRIÇÃO RESPONSÁVEIS DESTINATÁRIOS DATA

Leia mais

BIBLIOTECA ESCOLAR. Anual de Atividades. Agrupamento de Escolas Professor Abel Salazar. Ronfe Guimarães 2017/2018

BIBLIOTECA ESCOLAR. Anual de Atividades. Agrupamento de Escolas Professor Abel Salazar. Ronfe Guimarães 2017/2018 Agrupamento de Escolas Professor Abel Salazar Ronfe Guimarães. BIBLIOTECA ESCOLAR Plano 2017/2018 Anual de Atividades Biblioteca Escolar: Plano Anual de Atividades 2017/2018 P á g i n a 1 10 Agrupamento

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2015/2016. Bibliotecas do Agrupamento de Escolas D. Maria II

Plano Anual de Atividades 2015/2016. Bibliotecas do Agrupamento de Escolas D. Maria II - Receção aos alunos do pré- escolar, 1º, 5º e 10º anos e Encarregados de Educação - Fomentar o gosto pela leitura e pela frequência da Biblioteca Escolar (BE) - Sensibilizar os encarregados de educação

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Biblioteca do Trigal CAMPOS INTERVENÇÃO PROJETO EDUCATIVO CPI 3 CPI 5 CPI 6 ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEIS DATA LOCAL DESTINATÁRIOS Receção aos novos alunos e formação de utilizadores Comemoração do

Leia mais

Agrupamento de Escolas nº4 de Évora Escola Sede: Escola Secundária André de Gouveia 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO

Agrupamento de Escolas nº4 de Évora Escola Sede: Escola Secundária André de Gouveia 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO 1.1. IMPLEMENTAR A ORGANIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO CURRICULAR - Aprimorar ação educativa. Otimizar o desempenho de funções de coordenação. Valorizar a centralidade da escola e do

Leia mais

PROJETO DE DESPORTO ESCOLAR

PROJETO DE DESPORTO ESCOLAR PROJETO DE DESPORTO ESCOLAR 2013 2017 1. INTRODUÇÃO O Programa do Desporto Escolar para o quadriénio de 2013-2017 visa aprofundar as condições para a prática desportiva regular em meio escolar, como estratégia

Leia mais

Plano de Ações de Melhoria

Plano de Ações de Melhoria Plano de Ações de Escola Básica Elias Garcia Escola Básica Miquelina Pombo J. I. da Sobreda 2014/2015 1 INTRODUÇÃO O presente plano de ações de melhoria 2014/15 - resulta da avaliação do plano de ações

Leia mais

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA/ATIVIDADES

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA/ATIVIDADES PLANO DE ESTRATÉGICA/ATIVIDADES DIRETOR ORGANIZ PEDAGÓGICA Otimizar a ação educativa. Otimizar o desempenho de funções de coordenação. Elaborar um Plano Anual de Atividades que contemple: Atividades curriculares;

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Águeda PLANO DE ATIVIDADES Biblioteca Escolar 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014

Agrupamento de Escolas de Águeda PLANO DE ATIVIDADES Biblioteca Escolar 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014 1 DOMÍNIO A Apoio ao desenvolvimento curricular SUBDOMÍNIO: A.1. Curricular da BE com as Estruturas de Coordenação Educativa e Supervisão Pedagógica e os Docentes Escola/comunid.

Leia mais

PROJETO EDUCATIVO 2012/ /16

PROJETO EDUCATIVO 2012/ /16 ESCOLA SECUNDÁRIA/3º CEB POETA AL BERTO, SINES PROJETO EDUCATIVO 2012/13-2015/16 Aprovado pelo Conselho Geral a 8 de abril de 2013. ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. MISSÃO... 3 3. VISÃO... 3 4. VALORES..4

Leia mais

Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas de Mirandela

Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas de Mirandela 1- Caráter Informativo, Associativo e Social - Dinamização permanente da página do facebook da ; 1.1 Divulgar o trabalho da ; 1.2. Dar a conhecer as competências e dinâmica da ; 1.3. stimular uma maior

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - CRECHE E JARDIM DE INFÂNCIA -

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - CRECHE E JARDIM DE INFÂNCIA - Associação de Solidariedade Social da Urbanização do Seixo Regulamento Interno do Jardim de Infância PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - CRECHE E JARDIM DE INFÂNCIA - Instituição Particular de Solidariedade Social

Leia mais

Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos

Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos Carta de Missão 2013/2017 Maria Guilhermina Cruz de Pina Madeira Barros Ramos Compromissos Objetivos Estratégias Metas/Critérios de sucesso C1 Sucesso escolar

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MELGAÇO. Plano Plurianual de Atividades

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MELGAÇO. Plano Plurianual de Atividades AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MELGAÇO Plano Plurianual de Atividades 2014/2017 0 Índice Índice... 1 Introdução... 2 DIMENSÃO PEDAGÓGICA... 3 DIMENSÃO CÍVICA... 7 DIMENSÃO ESCOLA, FAMÍLIA, COMUNIDADE... 9 DIMENSÃO

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Aprovado em Conselho Geral de 9 de janeiro de 2018

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Aprovado em Conselho Geral de 9 de janeiro de 2018 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2017 2018 Aprovado em Conselho Geral de 9 de janeiro de 2018 Página 1 de 12 É no problema da educação que assenta o grande segredo do aperfeiçoamento da humanidade. Immanuel Kant

Leia mais

PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017

PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017 PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017 - Ao longo do ano - Manutenção do blogue da BE - Divulgar as actividades no blogue - Promover a integração da BE na Escola -Difusão da informação educativa -

Leia mais

Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques PLANO DE ATIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR /2016

Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques PLANO DE ATIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR /2016 Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques PLANO DE ATIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR - 2015 /2016 A. Currículo, literacias e aprendizagem A.1 Apoio ao currículo e formação para as literacias da informação

Leia mais

supertmatik Vocabulário Inglês

supertmatik Vocabulário Inglês (A PREENCHER PELA COMISSÃO DO PAA) Atividade Nº AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Projeto supertmatik Vocabulário Inglês Professora dinamizadora: Silvina Ferreira Ano letivo 2016-2017 Índice 1.

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Águeda PLANO DE ATIVIDADES Biblioteca Escolar 2012/2013. BibliotecaEscolar Agrupamento deescolasdeágueda

Agrupamento de Escolas de Águeda PLANO DE ATIVIDADES Biblioteca Escolar 2012/2013. BibliotecaEscolar Agrupamento deescolasdeágueda 1 Escola/comunid. Família/Comunid. DOMÍNIO A Apoio ao desenvolvimento curricular SUBDOMÍNIO: A.1. Curricular da BE com as Estruturas de Coordenação Educativa e Supervisão Pedagógica e os Docentes A.1.1

Leia mais

CIDADANIA E DES. Plano de DOMÍNIO BIBLIO ATIVIDADES OBJETIVOS DINAMIZADORES PÚBLICO ALVO C E E A B C D. Interculturalida

CIDADANIA E DES. Plano de DOMÍNIO BIBLIO ATIVIDADES OBJETIVOS DINAMIZADORES PÚBLICO ALVO C E E A B C D. Interculturalida OUTUBRO Média Saúde; desenvolvimento sustentável SETEMBRO Interculturalida de Acolhimento aos novos alunos Fomentar o gosto pela leitura e pela frequência da Biblioteca Escolar (BE). Sensibilizar os encarregados

Leia mais

DOMÍNIO: APOIO AO DESENVOLVIMENTO CURRICULAR

DOMÍNIO: APOIO AO DESENVOLVIMENTO CURRICULAR Desenvolver a articulação curricular da biblioteca com as estruturas pedagógicas e os docentes - Desenvolver atividades interdisciplinares, fomentando o espírito de cooperação e de partilha DOMÍNIO: APOIO

Leia mais

PLANO DE MELHORIA QUADRIÉNIO 2014/2018

PLANO DE MELHORIA  QUADRIÉNIO 2014/2018 PLANO DE MELHORIA QUADRIÉNIO 2014/2018 Índice Nota Introdutória... 1 1. Resultados da Avaliação Externa... 2 2. Plano de de Melhoria... 4 3. Acompanhamento e divulgação... 6 Nota Introdutória O presente

Leia mais

Conservatório de Música Calouste Gulbenkian Plano Anual de Atividades da Biblioteca 2017/2018 DOMÍNIO A CURRÍCULO, LITERACIAS E APRENDIZAGEM

Conservatório de Música Calouste Gulbenkian Plano Anual de Atividades da Biblioteca 2017/2018 DOMÍNIO A CURRÍCULO, LITERACIAS E APRENDIZAGEM Este Plano de Atividades visa contribuir para a meta deste Conservatório que pretende que os alunos se assumam como pessoas potencialmente autónomas, empreendedoras e responsáveis, com projetos de vida

Leia mais

Plano Anual de Atividades Biblioteca Escolar da Cruz da Areia

Plano Anual de Atividades Biblioteca Escolar da Cruz da Areia Plano de Atividades 2015-2016 Biblioteca Escolar da Cruz da Areia Nome da atividade Calendarização Dinamizadores Descrição da atividade Objetivos Público Alvo Dar a conhecer a BE Atividades de formação

Leia mais

Agrupamento De Escolas Bartolomeu Gusmão E.B.1. Rainha Sta. Isabel

Agrupamento De Escolas Bartolomeu Gusmão E.B.1. Rainha Sta. Isabel Agrupamento De s Bartolomeu Gusmão E.B.1. Rainha Sta. Isabel 1 Introdução Planos anual e plurianual de actividades documentos de planeamento, que definem, em função do projecto educativo, os objectivos,

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE PROMOÇÃO DO SUCESSO ESCOLAR

PROGRAMA NACIONAL DE PROMOÇÃO DO SUCESSO ESCOLAR PROGRAMA NACIONAL DE PROMOÇÃO DO SUCESSO ESCOLAR Plano de Ação Estratégica 1. Agrupamento de Escolas de São Lourenço Valongo (Ermesinde) 2. Histórico de sucesso Metas de sucesso 2013/14 2014/15 2015/16

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Biblioteca do Trigal CAMPOS INTERVENÇÃO PROJETO EDUCATIVO CPI 3 CPI 6 ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEIS DATA LOCAL DESTINATÁRIOS Receção aos novos alunos e formação de utilizadores Outubro, Mês Internacional

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DA BIBLIOTECA Ano letivo

PLANO DE ATIVIDADES DA BIBLIOTECA Ano letivo PLANO DE ATIVIDADES DA BIBLIOTECA Ano letivo 2016-2017 Meta(s) e/ou Finalidade(s) e/ou Objetivos do Projeto Educativo do Agrupamento / Escola não agrupada Reforçar e cimentar práticas colaborativas e de

Leia mais

PROJETO EDUCATIVO LINHAS, DIMENSÕES ESTRATÉGICAS, OBJETIVOS, METAS, OPERACIONALIZAÇÃO E AVALIAÇÃO

PROJETO EDUCATIVO LINHAS, DIMENSÕES ESTRATÉGICAS, OBJETIVOS, METAS, OPERACIONALIZAÇÃO E AVALIAÇÃO A. CIENTIFICA E PEDAGÓGICA A1. AUMENTAR O SUCESSO ESCOLAR A1.1 Promover o sucesso dos alunos e melhorar os resultados escolares LINHA 1. FOMENTAR A CONSTRUÇÃO DE UMA ESCOLA QUE PROMOVA A FORMAÇÃO INTEGRAL

Leia mais

Agrupamento de Escolas Martim de Freitas. Apresentação do. Projecto Educativo

Agrupamento de Escolas Martim de Freitas. Apresentação do. Projecto Educativo Agrupamento de Escolas Martim de Freitas Apresentação do Projecto Educativo 2010-2013 O que é um Projecto Educativo? Um Projecto Educativo é um documento que contém as orientações para a organização do

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALFENA PLANO DE MELHORIA 2018/2019

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALFENA PLANO DE MELHORIA 2018/2019 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALFENA PLANO DE MELHORIA 2018/2019 Introdução Conscientes de que todo o processo de autoavaliação tem um grande impacto no planeamento, organização e práticas profissionais, a

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE PROMOÇÃO DO SUCESSO ESCOLAR

PROGRAMA NACIONAL DE PROMOÇÃO DO SUCESSO ESCOLAR PROGRAMA NACIONAL DE PROMOÇÃO DO SUCESSO ESCOLAR Plano de Ação Estratégica 1. Agrupamento de Escolas de São Lourenço Valongo (Ermesinde) 2. Histórico de sucesso Metas de sucesso 2013/14 2014/15 2015/16

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES do Trigal CAMPOS INTERVENÇÃO PROJETO EDUCATIVO ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEIS DATA LOCAL DESTINATÁRIOS CPI 3 Receção aos novos alunos e formação de utilizadores -Motivar para a utilização da ; -Informar

Leia mais

Avaliação da biblioteca escolar. A. Currículo literacias e aprendizagem. Avaliação

Avaliação da biblioteca escolar. A. Currículo literacias e aprendizagem. Avaliação Avaliação da biblioteca escolar Avaliação 2014-2015 Recomendações do conselho pedagógico Alargar a colaboração curricular a outras áreas disciplinares, nomeadamente Inglês e Ciências Naturais. Aprofundar

Leia mais

Conservatório de Música Calouste Gulbenkian Plano Anual de Atividades da Biblioteca 2017/2018 DOMÍNIO A CURRÍCULO, LITERACIAS E APRENDIZAGEM

Conservatório de Música Calouste Gulbenkian Plano Anual de Atividades da Biblioteca 2017/2018 DOMÍNIO A CURRÍCULO, LITERACIAS E APRENDIZAGEM Este Plano de Atividades visa contribuir para a meta deste Conservatório que pretende que os alunos se assumam como pessoas potencialmente autónomas, empreendedoras e responsáveis, com projetos de vida

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR. Ano lectivo de 2013 2014

PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR. Ano lectivo de 2013 2014 PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR Ano lectivo de 2013 2014 A Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Educativos, de acordo com o que está definido no Projecto educativo, deste agrupamento (...)

Leia mais

PES Promoção e Educação para a Saúde

PES Promoção e Educação para a Saúde (A PREENCHER PELA COMISSÃO DO PAA) Atividade Nº AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Projeto PES Promoção e Educação para a Saúde Equipa Dinamizadora: Judite Barreto e Rosa Rêgo Ano letivo 2016/2017

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTO ANTÓNIO PLANO DE ACÇÃO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTO ANTÓNIO PLANO DE ACÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTO ANTÓNIO PLANO DE ACÇÃO Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas de Santo António Lectivo 2009/2010 DOMÌNIO A Apoio ao Desenvolvimento Curricular A.1 Articulação Curricular

Leia mais

Educação Especial Josefa d Óbidos 2008/98

Educação Especial Josefa d Óbidos 2008/98 1 PRESSUPOSTOS E PRIORIDADES Autenticidade Acção Eficácia Simplicidade Abertura a todas as formas e pretextos de colaboração Partilha Articulação entre todos os responsáveis para que se concretize e execute

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - CATL E SALA DE ESTUDO -

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - CATL E SALA DE ESTUDO - Associação de Solidariedade Social da Urbanização do Seixo Regulamento Interno do Jardim de Infância PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - CATL E SALA DE ESTUDO - Instituição Particular de Solidariedade Social NIF:

Leia mais

Escrito por Administrador Quinta, 05 Fevereiro :48 - Actualizado em Terça, 10 Novembro :11

Escrito por Administrador Quinta, 05 Fevereiro :48 - Actualizado em Terça, 10 Novembro :11 Plano de Ação e Plano Estratégico do Agrupamento 1.Plano de Ação Para dar consecução à missão e aos valores, pretende o Agrupamento desenvolver uma ação educativa alicerçada num conjunto de princípios

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Mafra

Agrupamento de Escolas de Mafra CARTA DE MISSÃO (Portaria n.º 266/2012, de 30 de agosto) Nome da Diretora Maria de Jesus Azevedo dos Santos Roxo Geraldes Pires Escalão 6º Escola : Agrupamento de Escolas de Mafra Grupo de Recrutamento

Leia mais

Agrupamento de Escolas de São Gonçalo

Agrupamento de Escolas de São Gonçalo Taxa média de retenção no 2.º ano de escolaridade de 12% no ano letivo 2014/2015 e de 11,6% no ano letivo 2015/2016. 1.º e 2.º anos. 3. Designação da Apoio educativo coadjuvante nas turmas de 1.º e 2.º

Leia mais

Resumo do relatório de auto-avaliação da biblioteca escolar 2009/2010. A. Apoio ao desenvolvimento curricular

Resumo do relatório de auto-avaliação da biblioteca escolar 2009/2010. A. Apoio ao desenvolvimento curricular Resumo do relatório de auto-avaliação da biblioteca escolar 2009/2010 A. Apoio ao desenvolvimento curricular A.1 Articulação curricular da BE com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica

Leia mais

PLANO DE PROMOÇAO DA LEITURA

PLANO DE PROMOÇAO DA LEITURA PLANO DE PROMOÇAO DA LEITURA 2016-17 1.Apresentação do plano 2. Objetivos gerais 3. Orientações 4. Objetivos específicos 5. Atividades 6. Avaliação 7. Aneos A leitura um bem essencial Para viver com autonomia,

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017

PLANO DE ATIVIDADES PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017 PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017 O Plano Anual de Atividades deve ser entendido como o instrumento da planificação das Atividades escolares, para um ano letivo, no qual estão plasmadas as decisões sobre os

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE S. PEDRO DO SUL

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE S. PEDRO DO SUL AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE S. PEDRO DO SUL REGULAMENTO INTERNO 2014 PARTE IV BIBLIOTECA ESCOLAR/CENTRO DE RECURSOS (BE/CR) Índice Artigo 1º - Constituição... 3 Artigo 2º - Definição... 3 Artigo 3º - Enquadramento

Leia mais

Plano anual de atividades

Plano anual de atividades Biblioteca Escolar Centro de Recursos Educativos Plano anual de atividades 201/2014 Agrupamento de Escol de Real Bibliotec Escolares O Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar/Centro de Recursos

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS CIDADE DO ENTRONCAMENTO

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS CIDADE DO ENTRONCAMENTO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 PREÂMBULO O Plano Anual de Atividades (PAA) constitui um dos instrumentos de autonomia, previstos na alínea c) do nº 1 do artigo 9º do Decreto/Lei nº 75/2008 de 22 de

Leia mais

Promoção da articulação curricular entre ciclos e da sequencialidade / transversalidade de conteúdos

Promoção da articulação curricular entre ciclos e da sequencialidade / transversalidade de conteúdos BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2008/2009 ÁREAS DE INTERVENÇÃO (projecto educativo): Ligação da escola à comunidade Prevenção do risco de abandono e insucesso escolar Promoção da articulação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SANTOS SIMÕES PLANO DE AÇÃO ESTATÉGICA PLANO NACIONAL DE PROMOÇÃO DO SUCESSO ESCOLAR

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SANTOS SIMÕES PLANO DE AÇÃO ESTATÉGICA PLANO NACIONAL DE PROMOÇÃO DO SUCESSO ESCOLAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SANTOS SIMÕES PLANO DE AÇÃO ESTATÉGICA PLANO NACIONAL DE PROMOÇÃO DO SUCESSO ESCOLAR Guimarães, 21 de novembro de 2018 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 2 2. MEDIDA 1 Melhor ensino, melhor

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2013/2014

PLANO ESTRATÉGICO 2013/2014 PLANO ESTRATÉGICO 2013/2014 Após a leitura dos pareceres elaborados pelos diferentes departamentos, procedeu-se ao levantamento de dados referentes a situações-problemas e foram delineadas estratégias

Leia mais

Deste modo o domínio privilegiado este ano é o Domínio A- Apoio ao desenvolvimento curricular

Deste modo o domínio privilegiado este ano é o Domínio A- Apoio ao desenvolvimento curricular 1º Período BibliotecaEscolar Agrupamento de Escolasde Águeda PLANO DE ACTIVIDADES 2010/2011 As actividades dinamizadas pela BE em articulação com os diferentes departamentos curriculares têm em vista a

Leia mais

Projeto Educação para a Saúde - PES

Projeto Educação para a Saúde - PES Projeto Educação para a Saúde - PES Coordenadora: Aldina Marques 1 1. Justificação As diversas áreas associadas à educação para a saúde, têm constituído uma das grandes prioridades educativas das Escolas

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOURÃO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOURÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOURÃO Plano Plurianual de Atividades (2013-2017) Plano Anual de Atividades (2015-2016) ÍNDICE Introdução... 2 Planeamento e organização escolar Calendário escolar 2015-2016...

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES PLANO DE ATIVIDADES 2017/2018

PLANO DE ATIVIDADES PLANO DE ATIVIDADES 2017/2018 PLANO DE ATIVIDADES 2017/2018 O Plano Anual de Atividades deve ser entendido como o instrumento da planificação das Atividades escolares, para um ano letivo, no qual estão plasmadas as decisões sobre os

Leia mais

(Portaria nº266/2012, de 30 de agosto)

(Portaria nº266/2012, de 30 de agosto) (Portaria nº266/2012, de 30 de agosto) dezembro, 2013 CARTA DE MISSÃO (Portaria n.º 266/2012, de 30 de agosto) Nome do Diretor Carlos Alberto Martins Carvalho Escalão 9º Unidade Orgânica : Agrupamento

Leia mais

EB1/PE da Pena. Ano Letivo 2016/2017

EB1/PE da Pena. Ano Letivo 2016/2017 EB1/PE da Pena Ano Letivo 2016/2017 Objetivos Promover o livro como estímulo à imaginação, como meio de obter informação, conhecimento e lazer. Envolver a comunidade educativa na promoção do livro e da

Leia mais

Projecto Educativo. Projecto Curricular do Agrupamento

Projecto Educativo. Projecto Curricular do Agrupamento E s c o l a M a r t i m d e F r e i t a s Projecto Educativo Doc. orientador dos princípios e valores do Agrupamento. Projecto Curricular do Agrupamento Doc. que está intimamente relacionado com a ideia

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS

PLANO DE AÇÃO DO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANO DE AÇÃO DO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS OBJETIVOS EDUCAR EM CIDADANIA 1. RESULTADOS ESCOLARES Alcançar os resultados esperados de acordo com o contexto do agrupamento. Melhorar

Leia mais

PLANO DE PROMOÇÃO DA LEITURA

PLANO DE PROMOÇÃO DA LEITURA PLANO DE PROMOÇÃO DA LEITURA 1. Apresentação do plano A leitura é um direito humano, condição indispensável de liberdade e de igualdade. O domínio competente da leitura suscita o conhecimento, enriquece

Leia mais

Projeto SuperTmatik Cálculo Mental. SuperTmatik QuiZmatemática

Projeto SuperTmatik Cálculo Mental. SuperTmatik QuiZmatemática Projeto SuperTmatik Cálculo Mental e SuperTmatik QuiZmatemática 2014/2015 Responsáveis: Professores do primeiro ciclo e de matemática Coordenadoras: Paula Forte e Isabel Rodrigues 0 Índice 1. Introdução

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR 2013/2014 PROPOSTA

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR 2013/2014 PROPOSTA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR 2013/2014 PROPOSTA DOMÍNIOS DO PE ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEIS DATA LOCAL DESTINATÁRIOS RECURSOS Comemoração do Mês internacional das bibliotecas escolares

Leia mais

Projeto SuperTmatik Cálculo Mental e SuperTmatik QuiZmatemática

Projeto SuperTmatik Cálculo Mental e SuperTmatik QuiZmatemática (A PREENCHER PELA COMISSÃO DO PAA) Atividade Nº AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Projeto SuperTmatik Cálculo Mental e SuperTmatik QuiZmatemática Responsáveis: Professores do primeiro ciclo e

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GAVIÃO. Ano letivo 2014/2015 PLANO DE FORMAÇÃO. Não há saber mais ou saber menos. Há saberes diferentes.

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GAVIÃO. Ano letivo 2014/2015 PLANO DE FORMAÇÃO. Não há saber mais ou saber menos. Há saberes diferentes. Ano letivo 2014/2015 PLANO DE FORMAÇÃO Não há saber mais ou saber menos. Há saberes diferentes. (Paulo Freire) Índice Introdução... 2 Objetivos... 3 Destinatários do Plano de Formação... 4 Etapas de Concretização

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES PLANO ANUAL DE ATIVIDADES INTRODUÇÃO O Plano Anual de Atividades constitui-se como um documento orientador de todas as atividades desenvolvidas ao longo de um ano letivo. Este plano é caracterizado por

Leia mais

Serviço de Psicologia e Orientação (SPO)

Serviço de Psicologia e Orientação (SPO) INTRODUÇÃO O Plano Anual de Atividades do Agrupamento (PAAA) constitui um dos instrumentos do exercício da autonomia previsto no nº 1, do artigo 9º, do Decreto-Lei n.º 75/2008, de 22 de Abril, assumindo-se

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Escola Secundária Henrique Medina 2017 RELATÓRIO DE ESCOLA Escola Secundária Henrique Medina

Leia mais

Processo de melhoria. Informação escolar. Processo de avaliação. Relatório de execução do plano de melhoria

Processo de melhoria. Informação escolar. Processo de avaliação. Relatório de execução do plano de melhoria Processo de melhoria Relatório de execução do plano de melhoria 2013-2014 Recomendações do conselho pedagógico -- Data de apresentação à direção/ conselho pedagógico 2015/7/14 Informação escolar Designação

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO (A PREENCHER PELA COMISSÃO DO PAA) Atividade Nº AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Clube da Matemática Professora Dinamizadora: Paula Forte Ano letivo 2017/2018 Aprovado em Conselho Pedagógico

Leia mais

Adenda ao Contrato de Autonomia

Adenda ao Contrato de Autonomia AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PINHEIRO E ROSA Adenda ao Contrato de Autonomia 2015/2018 Aprovado pelo Conselho Geral no dia 3 de maio de 2016 Rua António Gedeão nº 1-8005-546 Faro 1. IDENTIFICAÇÃO DA ALTERAÇÃO

Leia mais

I APRESENTAÇÃO II ENQUADRAMENTO

I APRESENTAÇÃO II ENQUADRAMENTO I APRESENTAÇÃO A evolução dos quadros sociais e familiares tem vindo a influenciar as medidas de orientação política, no que diz respeito à educação, uma vez que nos dá conta de alterações na sua organização

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx Na raiz do cvbnm qwe conhecimento... rtyui Plano Anual de Atividades opasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqw ertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvb

Leia mais

Plano Plurianual de Atividades Nota introdutória

Plano Plurianual de Atividades Nota introdutória Nota introdutória O Decreto-Lei n.º 75/2008 de 22 de abril, republicado pelo Decreto-Lei n.º137/2012 de 2 de julho, que regula o regime de autonomia, administração e gestão dos estabelecimentos públicos

Leia mais

AUTO-AVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO SEGUNDO O MODELO CAF AUTO-AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO AGRUPAMENTO

AUTO-AVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO SEGUNDO O MODELO CAF AUTO-AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO AGRUPAMENTO AUTO-AVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO SEGUNDO O MODELO CAF AUTO-AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO AGRUPAMENTO PLANO DE MELHORIAS Introdução A análise sobre dados recolhidos pela equipa de auto-avaliação do Agrupamento

Leia mais

Terceiro Ciclo da Avaliação Externa das Escolas. Campos de análise Referentes Indicadores

Terceiro Ciclo da Avaliação Externa das Escolas. Campos de análise Referentes Indicadores Quadro de referência Domínios, campos de análise, referentes e indicadores O quadro de referência do terceiro ciclo da Avaliação Externa das Escolas estrutura-se em quatro domínios Autoavaliação, Liderança

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE OURIQUE

AGRUPAMENTO VERTICAL DE OURIQUE AGRUPAMENTO VERTICAL DE OURIQUE Relatório de Reflexão Critica do Plano Anual de Atividades Ano Letivo 2011/2012 1ºPeríodo Índice Índice 2 Introdução 3 Grau execução e de satisfação 4 Participação dos agentes

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Aprovado em Conselho Geral de 14 de dezembro de 2016

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Aprovado em Conselho Geral de 14 de dezembro de 2016 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2016 2017 Aprovado em Conselho Geral de 14 de dezembro de 2016 Página 1 de 13 É no problema da educação que assenta o grande segredo do aperfeiçoamento da humanidade. Immanuel

Leia mais

Agrupamento de Escolas de S. João da Pesqueira

Agrupamento de Escolas de S. João da Pesqueira PRINCÍPIOS ORIENTADORES DA ORGANIZAÇÃO E GESTÃO CURRICULAR DAS ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR (AEC) ANO LETIVO 2018/19 1º CICLO 0 Índice INTRODUÇÃO... 2 1. FINALIDADES... 2 2. INSCRIÇÃO E ANULAÇÃO

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO (A PREENCHER PELA COMISSÃO DO PAA) Atividade Nº AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Projeto: Viajar com os números Equipa Dinamizadora: Docentes do 1º Ciclo Coordenador : Herondina da Costa Salgueiro

Leia mais

APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso

APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso Plano Plurianual de Melhoria APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso 1 18 de setembro de 2015 26 de abril de 2013 Organização do Agrupamento de Escolas da Caparica - AEC Secundária do

Leia mais

ATIVIDADES DO DESPORTO ESCOLAR

ATIVIDADES DO DESPORTO ESCOLAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SIDÓNIO PAIS ANO LETIVO 2017-2018 ATIVIDADES DO DESPORTO ESCOLAR Clube do Desporto Escolar JULHO DE 2017 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 I. ENQUADRAMENTO 2 II. PROJETO 3 III. AVALIAÇÃO 5 1 INTRODUÇÃO

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO (A PREENCHER PELA COMISSÃO DO PAA) Atividade Nº AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Projeto: A Alegria de Descobrir Equipa Dinamizadora: Docentes do 1º Ciclo Coordenador : Herondina da Costa Salgueiro

Leia mais

Avaliação Interna da Escola Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil

Avaliação Interna da Escola Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil Avaliação Interna da Escola Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil Comissão Interna de Avaliação Equipa da Biblioteca Escolar Novembro de 2009 Campo de Trabalho Áreas de Incidência da Avaliação Interna

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MONÇÃO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES ANO LETIVO 2018/2019 DINAMIZAÇÃO/ ORGANIZAÇÃO. Fernando Magalhães

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MONÇÃO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES ANO LETIVO 2018/2019 DINAMIZAÇÃO/ ORGANIZAÇÃO. Fernando Magalhães AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MONÇÃO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES ANO LETIVO 2018/2019 Nº 1 2 ATIVIDADES/ CALENDARIZAÇÃO Integração da BE nas estruturas de coordenação educativa e supervisão

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. FRANCISCO FERNANDES LOPES. PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO: 2008/2009 Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. FRANCISCO FERNANDES LOPES. PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO: 2008/2009 Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos ESCOLA SECUNDÁRIA DR. FRANCISCO FERNANDES LOPES PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO: 2008/2009 Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos A. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA BE - Reformulação do PEE no

Leia mais

AÇÃO ESTRATÉGICA Reformulação para o ano letivo 2016/2017 PLANO PLURIANUAL DE MELHORIA

AÇÃO ESTRATÉGICA Reformulação para o ano letivo 2016/2017 PLANO PLURIANUAL DE MELHORIA AÇÃO ESTRATÉGICA Reformulação para o ano letivo 2016/2017 PLANO PLURIANUAL DE MELHORIA (2014/2017) Avis, julho de 2016 6. Ação Estratégica 2016/2017 Eixo 1 Apoio à melhoria das aprendizagens Ação: MSE

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES Bibliotecas escolares do Agrupamento de escolas Mosteiro e Cávado

PLANO DE ATIVIDADES Bibliotecas escolares do Agrupamento de escolas Mosteiro e Cávado 20152016 Bibliotecas escolares do Agrupamento de escolas Mosteiro e Cávado 20152016 Domínio A Currículo, literacias e aprendizagem Intervenientes Público alvo Datas Desenvolver atividades curriculares

Leia mais

- Desenvolver um ensino de qualidade, tendo por base o desenvolvimento global e harmonioso das crianças;

- Desenvolver um ensino de qualidade, tendo por base o desenvolvimento global e harmonioso das crianças; INSTITUTO D. FRANCISCO GOMES O RELÓGIO 1º Ciclo PROJETO EDUCATIVO OBJETIVOS - Desenvolver um ensino de qualidade, tendo por base o desenvolvimento global e harmonioso das crianças; - Oferecer uma aprendizagem

Leia mais

OFERTA CURRICULAR ANO LETIVO 2018/2019

OFERTA CURRICULAR ANO LETIVO 2018/2019 OFERTA CURRICULAR ANO LETIVO 2018/2019 OS NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES: O Agrupamento de Escolas do Barreiro defende, para as suas ESCOLAS e JARDINS DE INFÂNCIA, o desenvolvimento, a sistematização e

Leia mais

Atividades Período Calendarização Dinamizadores Parcerias Colaborações Objetivos Eixos Orçam. Diretores de turma. Diretores de turma.

Atividades Período Calendarização Dinamizadores Parcerias Colaborações Objetivos Eixos Orçam. Diretores de turma. Diretores de turma. Plano Anual de Atividades Bibliotecas Coordenação das Bibliotecas do Agrupamento (24 atividades) Atividades Período Calendarização Dinamizadores Parcerias Colaborações Objetivos Eixos Orçam. Formação de

Leia mais

ORGÃO / ESTRUTRURA EDUCATIVA:

ORGÃO / ESTRUTRURA EDUCATIVA: ORGÃO / ESTRUTRURA EDUCATIVA: Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos Base estruturante do PEA: ECOSSISTEMA SOCIAL E HUMANO Eixos: 1. Aprender a aprender; 2. Aprender a construir estilos de vida

Leia mais

Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2018/2019

Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar 2018/2019 Plano Anual de Atividades da Biblioteca 2018/2019 As atividades delineadas neste Este Plano visam, essencialmente, a prestação de contributos para a promoção do sucesso educativo. Neste sentido, as atividades

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO ANEXO G - COORDENADORES DE CARGOS INSTITUÍDOS E DE INSTALAÇÕES

REGULAMENTO INTERNO ANEXO G - COORDENADORES DE CARGOS INSTITUÍDOS E DE INSTALAÇÕES ANEXO G - COORDENADORES DE CARGOS INSTITUÍDOS E DE INSTALAÇÕES 1. Coordenadores das Atividades de Complemento Curricular (ACC) (Culturais e Desportivas) Os Coordenadores das Atividades de Complemento Curricular,

Leia mais

RELATÓRIO. Plano Anual de Atividades. 1.º Período. Agrupamento de Escolas de Pedrógão Grande 2014/2015

RELATÓRIO. Plano Anual de Atividades. 1.º Período. Agrupamento de Escolas de Pedrógão Grande 2014/2015 RELATÓRIO 1.º Período Plano Anual de Atividades 2014/2015 Agrupamento de Escolas de Pedrógão Grande Índice Pág. Nota Introdutória 02 Formas de divulgação das s 04 Atividades realizadas durante o 1.º Período

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES

PLANO DE ATIVIDADES 201617 201617 Calendarização D 1 Atividades Objetivos Promotores Público alvo Recursos setembro A Receção aos pais e alunos do 5º ano Incentivar para o uso da biblioteca. Prestar informações sobre o funcionamento

Leia mais

PLANO DE MELHORIA

PLANO DE MELHORIA 2013 2015 INTRODUÇÃO O Plano Estratégico de Melhoria do Agrupamento de Vila Nova de Poiares foi elaborado para os anos letivos de 2013/2014 e 2014/2015, depois de ouvidos os diferentes órgãos de direção,

Leia mais