Normas Acadêmicas da Graduação. Direitos e Deveres dos Alunos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Normas Acadêmicas da Graduação. Direitos e Deveres dos Alunos"

Transcrição

1 Normas Acadêmicas da Graduação Direitos e Deveres dos Alunos

2 Cancelamento do Registro Acadêmico Desligamento da UFMG Terá seu registro acadêmico cancelado e será desligado da UFMG o aluno que se encontrar em uma das seguintes situações: deixar de efetuar a matricula em um semestre; for infreqüente em todas as matérias que estiver matriculado no semestre; apresentar rendimento semestral global insuficiente em três semestres consecutivos ou não; ultrapassar o tempo máximo de conclusão de curso (20 semestres para o curso noturno)

3 Abreviação do curso É facultado aos alunos dos cursos de Graduação abreviar a duração de seus cursos, mediante avaliação específica, aplicada por banca examinadora oficial. O aluno poderá requerer junto ao colegiado a avaliação de aproveitamento de estudos, em atividades em que não esteja ou tenha sido matriculado, nos prazos fixados pelo Calendário Acadêmico.

4 Matrícula A matrícula é de responsabilidade do aluno.é importante a verificação da existência de vagas nas turmas solicitadas e compatibilidade de horários. A matrícula deve ser efetuada observando-se, no que se refere às atividades academicas curriculares, à seqüência estabelecida, os pré-requisitos e deve incluir, obrigatoriamente, as atividades acadêmicas curriculares do período anterior não cursadas ou cursadas sem aprovação e o mínimo de créditos exigidos para cada curso. O aluno do noturno poderá matricular em: 12 créditos (min) e 20 (max) A matrícula semestral pode ser feita pela Internet, no endereço Este endereço só é ativado nos períodos de matrícula. Após acessar o formulário, por meio de senha individual, o aluno pode fazer a matrícula por disciplina, conforme a matriz de opções oferecidas pelo seu curso.

5 Matrícula em disciplinas eletivas Pode ser feita desde que autorizada pelo Colegiado do curso de origem. As disciplinas eletivas poderão ser computadas para efeito do mínimo de créditos necessários à matrícula; Eletiva como formação livre: 4 (min) e 12 (max); Eletiva como formação complementar: 0 (min) e 32 (max); Os créditos obtidos nestas disciplinas serão registrados no Histórico Escolar como atividade extracurricular. Disciplinas cursadas como eletivas não Serão computadas no cálculo do RSG Rendimento Semestral Global.

6 Trancamento de matrícula Trancamento de matrícula é a suspensão parcial ou total das atividades acadêmicas. O Trancamento Total da Matrícula pode ser solicitado desde a efetivação da matrícula até o último dia do semestre letivo. No decorrer do seu curso, o aluno tem direito apenas a um trancamento total sem justificativa, com duração de um semestre letivo. O trancamento total, com justificativa, pode ser concedido por mais de uma vez e com duração determinada, a juízo do Colegiado de curso. O Trancamento Parcial pode ser concedido até duas vezes em cada disciplina, sendo uma com justificativa e a outra sem, dentro dos prazos previstos pelo Calendário Acadêmico. O trancamento parcial não poderá ocorrer caso a soma dos créditos das disciplinas não trancadas resulte em um número inferior ao mínimo de créditos exigidos pelos cursos.

7 Dispensa de disciplinas Estudos feitos pelo aluno em outras instituições de ensino superior, antes do ingresso na UFMG, e disciplinas isoladas cursadas com aproveitamento na UFMG poderão, eventualmente, ser aproveitados para a integralização do curso. Para isto, o aluno deverá solicitar a(s) dispensa(s) junto ao Colegiado de seu curso, apresentando o(s) respectivo(s) programas(s) e o histórico escolar.

8 Matrícula em Disciplinas Isoladas A UFMG oferece, à comunidade em geral, matrícula em disciplinas integrantes dos currículos de cursos de Graduação para complementação de conhecimentos. A oferta é feita com base em vagas remanescentes da matrícula geral dos cursos, nos prazos previstos no Calendário Acadêmico.

9 Rendimento Semestral Global O Rendimento Semestral Global corresponde à média ponderada do desempenho acadêmico do aluno em cada semestre. Para o seu cálculo, convertem-se os conceitos obtidos em cada atividade/disciplina em valores, observando-se a seguinte correspondência: Conceito Nota A 5 B 4 C 3 D 2 E 1 F 0 O valor do conceito de cada disciplina em que o aluno se matriculou no semestre, excluídas as porventuras trancadas, é multiplicado pelo seu respectivo número de créditos; estes produtos são somados e o resultado é dividido pelo número total de créditos em que o aluno se matriculou no semestre.

10 Rendimento Semestral Global Importante: O rendimento semestral global menor ou igual a 1 é considerado insuficiente, podendo levar à exclusão do aluno da Universidade, em caso de ocorrer em 3 semestres, consecutivas ou não.o rendimento semestral global dos alunos de reopção, de rematrícula e de continuidade de estudos é considerado desde o seu ingresso na UFMG. É desejável que o aluno mantenha sempre um alto rendimento semestral global, na medida em que, por se tratar de um parâmetro de desempenho, ele se refletirá em todos os processos de seleção durante sua vida acadêmica e profissional, incluindo a concessão de bolsas acadêmicas.

11 Tempo de Integralização de Curso Noturno: Mínimo = 10; Referência = 12; Máximo = 20. Nenhum aluno pode permanecer na Universidade além do tempo de integralização estabelecido para seu curso, conforme estabelecido no artigo 33 das Atuais Normas Gerais do Ensino de Graduação da UFMG: O tempo de integralização para os alunos reoptantes, transferidos, de rematrícula e de obtenção de novo título será estabelecido pelo Colegiado de curso, considerando o tempo máximo fixado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão e o plano de adaptação curricular a ser cumprido.

12 Conclusão de Curso A UFMG confere o grau de graduado após a integralização de todos os créditos do currículo: obrigatórios e optativos. A colação de grau é realizada após o encerramento do período letivo, em sessão solene, presidida pelo reitor ou seu representante. Após a colação de grau, aluno deve requerer seu diploma. O processo é conduzido pela Seção de Ensino da unidade.

Programa de Pós-Graduação em Zoologia

Programa de Pós-Graduação em Zoologia Faculdade de Biociências Programa de Pós-Graduação em Zoologia Regulamento Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Art. 1º - O Programa de Pós-Graduação em Zoologia (PPGZoo), vinculado à Faculdade

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática

Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática Faculdade de Física Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática Regulamento Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Art. 1 - O Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ Av. Pádua Dias, 11 Caixa Postal 9 Piracicaba/SP 13418-900 SERVIÇO DE GRADUAÇÃO Fones/Fax: (19) 3429.4158 e 3429.4328 http://www.esalq.usp.br/graduacao

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM TURISMO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM TURISMO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE FACULDADE DE TURISMO E HOTELARIA CURSO DE GRADUAÇÃO EM TURISMO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM TURISMO NITERÓI 2016 UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

EDITAL PRE Nº 007/2016

EDITAL PRE Nº 007/2016 EDITAL PRE Nº 007/2016 (Reopção de Curso para alunos no âmbito da UFCG câmpus de Campina Grande, Cajazeiras, Sousa, Patos, Cuité, Sumé e Pombal - Período Letivo para ingresso: 2016.1) 1. Pelo presente

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE FARMÁCIA

ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE FARMÁCIA ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE FARMÁCIA O artigo 8º da RESOLUÇÃO CNE/CES 2, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2002 do CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR institui que o projeto pedagógico

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR E PARA TRANSFERÊNCIA DE OUTRA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR

PROCESSO SELETIVO PARA PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR E PARA TRANSFERÊNCIA DE OUTRA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PROCESSO SELETIVO PARA PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR E PARA TRANSFERÊNCIA DE OUTRA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR O reitor do Centro Universitário de Brasília - UniCEUB - faz saber, mediante

Leia mais

REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO

REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO PORTO ALEGRE 2014 SUMÁRIO CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES E SUAS

Leia mais

EDITAL No. 418 - PROCESSO DE SELEÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DO QUATERNÁRIO

EDITAL No. 418 - PROCESSO DE SELEÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DO QUATERNÁRIO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DO QUATERNÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO QUINTA DA BOA VISTA S/N. SÃO CRISTÓVÃO CEP 20940-040 RIO DE JANEIRO, RJ BRASIL Tel: (21) 3938-1179 geoquater@mn.ufrj.br

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA EDITAL N. 1/2012

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA EDITAL N. 1/2012 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA EDITAL N. 1/2012 PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS AO CURSO DE DOUTORADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA NO PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE

Leia mais

REGIMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGIMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE MARECHAL RONDON REGIMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ENFERMAGEM São Manuel 2016 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DA FMR As Atividades Complementares, conforme

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DO PROGRAMA E SEUS OBJETIVOS Art. 1º - Este Regulamento complementa

Leia mais

EDITAL Nº004 DE 08 DE AGOSTO DE 2016

EDITAL Nº004 DE 08 DE AGOSTO DE 2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS AVANÇADO PIUMHI Rua Severo Veloso, 1880 Bairro Nova Esperança-

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO PARA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO PARA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO PARA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Institui as normas para a realização do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e as condições de aproveitamento, para

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DA FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DA FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DA FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E FINALIDADES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Art. 1 - O Estágio Supervisionado,

Leia mais

Norma para Trabalho de Conclusão de Curso em. CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares

Norma para Trabalho de Conclusão de Curso em. CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares Norma para Trabalho de Conclusão de Curso em Engenharia Elétrica Robótica e Automação Industrial CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares Art. 1 Art. 2 A presente norma tem como objetivo regulamentar a

Leia mais

NORMAS ESPECÍFICAS DE MATRÍCULA NOS ESTÁGIOS DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA PARA O 2º SEMESTRE DE 2014

NORMAS ESPECÍFICAS DE MATRÍCULA NOS ESTÁGIOS DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA PARA O 2º SEMESTRE DE 2014 NORMAS ESPECÍFICAS DE MATRÍCULA NOS ESTÁGIOS DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA PARA O 2º SEMESTRE DE 2014 1. MATRÍCULA NO ESTÁGIO E INSCRIÇÃO NOS PROJETOS DO NPJ 1.1. O estágio obrigatório de prática jurídica

Leia mais

Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional Normas Acadêmicas

Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional Normas Acadêmicas Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional Normas Acadêmicas 1 - Acesso e Matrícula A admissão de discentes no PROFMAT se dá por meio do Exame Nacional de Acesso, versando sobre programa de conteúdo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE DANÇA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DANÇA EDITAL 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE DANÇA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DANÇA EDITAL 2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE DANÇA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DANÇA EDITAL 2014 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ESTUDOS CONTEMPORÂNEOS EM DANÇA 1. PROPOSTA DO CURSO Este curso de Especialização

Leia mais

167673 Estágio Curricular Estágio Obrigatório Graduação em Enga. Mecatrônica

167673 Estágio Curricular Estágio Obrigatório Graduação em Enga. Mecatrônica 167673 Estágio Curricular Estágio Obrigatório Graduação em Enga. Mecatrônica Prof. Eduardo Stockler Tognetti (coordenador de estágio) Departamento de Engenharia Elétrica Universidade de Brasília UnB 1

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS E PADRÕES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS E PADRÕES ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS E PADRÕES SÃO PAULO 2016 Pg 1/5 Este conjunto de normas e procedimentos tem por objetivo normalizar as Atividades Complementares como componente curricular dos cursos de

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRATIVAS DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM CAPÍTULO I DO PROGRAMA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRATIVAS DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM CAPÍTULO I DO PROGRAMA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRATIVAS DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM CAPÍTULO I DO PROGRAMA Art. 1. O presente Regulamento disciplina o processo

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS FACULDADE DE DIREITO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO MÉDICO EDITAL

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS FACULDADE DE DIREITO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO MÉDICO EDITAL - TURMA 2011 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU - PRORROGAÇÃO A Faculdade de Direito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) faz saber aos interessados que, no período de 25 de maio a 02 de setembro de

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO N 020 /01 Aprova a criação do Curso de Especialização em Direito do Consumidor O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, no uso da competência que lhe atribui o artigo 11, parágrafo

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO nº 032 /98 Autoriza a reformulação do Curso de Especialização em Jornalismo Cultural - Pós-Graduação lato sensu. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA,

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 10 DE 28 DE ABRIL DE 2016

RESOLUÇÃO nº 10 DE 28 DE ABRIL DE 2016 Resolução nº 10/2016 Pág. 1 de 06 RESOLUÇÃO nº 10 DE 28 DE ABRIL DE 2016 Aprova a Regulamentação do Programa Apoio Pedagógico. A Presidente do Conselho Coordenador do Ensino, da Pesquisa e da Extensão

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI CAMPUS SETE LAGOAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS Tendo em

Leia mais

MANUAL ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Rio de Janeiro 2013

MANUAL ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Rio de Janeiro 2013 MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Rio de Janeiro 13 1 DOS OBJETIVOS Este documento tem por objetivo orientar os alunos quanto aos critérios e às condições para convalidação dos créditos de atividades

Leia mais

11-0> PORTARIA Nº- 1.556, DE 8 DE SETEMBRO DE 2006

11-0> PORTARIA Nº- 1.556, DE 8 DE SETEMBRO DE 2006 11-0> PORTARIA Nº- 1.556, DE 8 DE SETEMBRO DE 2006 79 Dispõe sobre procedimentos de manutenção de bolsas do Programa Universidade para Todos - ProUni pelas instituições de ensino superior participantes

Leia mais

FIES Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior

FIES Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior FIES Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior O FIES é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições

Leia mais

Estado de Alagoas Universidade Estadual de Alagoas- UNEAL Pró-Reitoria de Graduação- PROGRAD

Estado de Alagoas Universidade Estadual de Alagoas- UNEAL Pró-Reitoria de Graduação- PROGRAD Estado de Alagoas Universidade Estadual de Alagoas- UNEAL Pró-Reitoria de Graduação- PROGRAD EDITAL INTERNO N.º 15/2014 PIBID/PROGRAD PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA A Pró-Reitoria de Graduação

Leia mais

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA EDITAL 02/2014

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA EDITAL 02/2014 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA EDITAL 02/2014 O Reitor do Centro Universitário UNA, Prof. Átila Simões da Cunha, no uso de suas atribuições,

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA EAD 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA EAD 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA EAD 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

EDITAL. Quadro I Cursos, turnos e vagas oferecidos. Total de vagas anuais. Manhã 120 60 60. Tarde 120 60 60. Manhã 130 65 65.

EDITAL. Quadro I Cursos, turnos e vagas oferecidos. Total de vagas anuais. Manhã 120 60 60. Tarde 120 60 60. Manhã 130 65 65. EDITAL A Universidade FUMEC faz saber aos interessados, por meio do presente Edital, as normas de realização do Processo Seletivo 2013, segundo semestre, para preenchimento das vagas de seus cursos Superiores

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DO SISTEMA TERRESTRE

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DO SISTEMA TERRESTRE REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DO SISTEMA TERRESTRE TÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO Art. 1 - O Curso de Doutorado em Ciência do Sistema Terrestre do INPE tem como objetivo a formação de recursos

Leia mais

EDITAL PARA INGRESSO EXTRAVESTIBULAR 2º Semestre/2016

EDITAL PARA INGRESSO EXTRAVESTIBULAR 2º Semestre/2016 EDITAL PARA INGRESSO EXTRAVESTIBULAR 2º Semestre/2016 O Reitor do Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná CEULJI/ULBRA, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais e da Lei nº. 9.870, torna

Leia mais

VESTIBULAR CEFET-SC 2008/2. EXAME DE CLASSIFICAÇÃO e. Educação Profissional e Tecnológica, Pública e Gratuita!

VESTIBULAR CEFET-SC 2008/2. EXAME DE CLASSIFICAÇÃO e. Educação Profissional e Tecnológica, Pública e Gratuita! EXAME DE CLASSIFICAÇÃO e VESTIBULAR CEFET-SC 2008/2 Educação Profissional e Tecnológica, Pública e Gratuita! EDITAL Nº 08/COING/2008 PROCESSO SELETIVO 2008/2 CURSO DE ENSINO MÉDIO PARA JOVENS E ADULTOS

Leia mais

Áreas de Concentração Sinais e Sistemas 16 Engenharia de Potência 21 Sistemas de Computação e Telecomunicações 23 Total 60

Áreas de Concentração Sinais e Sistemas 16 Engenharia de Potência 21 Sistemas de Computação e Telecomunicações 23 Total 60 Edital de Seleção 2015/1º. semestre Mestrado O Coordenador do (PPGEE) da da Universidade Federal de Minas Gerais TORNA PÚBLICO que, no período de 04 (quatro) a 18 (dezoito) de novembro de 2014, estarão

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFJF/IF SUDESTE MG N O 01/2015

EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFJF/IF SUDESTE MG N O 01/2015 Universidade Federal de Juiz de Fora Instituto de Ciências Exatas Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física Polo 24- UFJF/IF Sudeste MG EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFJF/IF SUDESTE

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO - PPGCOM

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO - PPGCOM EDITAL Nº. 01, DE 18 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO PPGCOM da Universidade Federal de Sergipe comunica que estarão abertas inscrições para a seleção de estudantes

Leia mais

FAQ RECUPERAÇÃO DE FÉRIAS - ALUNOS

FAQ RECUPERAÇÃO DE FÉRIAS - ALUNOS FAQ RECUPERAÇÃO DE FÉRIAS - ALUNOS 1) O que é a Recuperação de Férias? A Recuperação de Férias é um programa que a Estácio oferece para você recuperar as suas notas nas disciplinas em que tiver sido reprovado

Leia mais

15/07/2015 PRIMEIRA 15 e 16/07/2015 22/07/2015 SEGUNDA LISTA DE ESPERA 22 e 23/07/2015

15/07/2015 PRIMEIRA 15 e 16/07/2015 22/07/2015 SEGUNDA LISTA DE ESPERA 22 e 23/07/2015 INSTRUÇÕES DE MATRÍCULA PARA OS CANDIDATOS SELECIONADOS E DA LISTA DE ESPERA OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO DE GRADUAÇÃO - 2º SEMESTRE DE 2015 (CONFORME EDITAL Nº 205 DIPS/UFLA, de 22/5/2015) Antes de efetuar

Leia mais

REGULAMENTO COMPLEMENTAR DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA FACULDADE SUL BRASIL FASUL

REGULAMENTO COMPLEMENTAR DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA FACULDADE SUL BRASIL FASUL REGULAMENTO COMPLEMENTAR DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA FACULDADE SUL BRASIL FASUL A política de formação profissional da Faculdade Sul Brasil FASUL, em consonância

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA MECATRÔNICA RESOLUÇÃO Nº 02/2013-CMCA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA MECATRÔNICA RESOLUÇÃO Nº 02/2013-CMCA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA MECATRÔNICA RESOLUÇÃO Nº 02/2013-CMCA Regulamenta a atividade acadêmica específica de Trabalho de Conclusão

Leia mais

EDITAL Nº 0021/2014 DE ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA BOLSA NO MESTRADO DESTINADO AOS PROFESSORES DO CENTRO UNIVERSITÁRIO EURO-AMERICANO

EDITAL Nº 0021/2014 DE ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA BOLSA NO MESTRADO DESTINADO AOS PROFESSORES DO CENTRO UNIVERSITÁRIO EURO-AMERICANO EDITAL Nº 0021/2014 DE ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA BOLSA NO MESTRADO DESTINADO AOS PROFESSORES DO CENTRO UNIVERSITÁRIO EURO-AMERICANO A Magnífica Senhora Reitora do CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA/FISIOLOGIA VEGETAL

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA/FISIOLOGIA VEGETAL REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA/FISIOLOGIA VEGETAL O Programa de Pós-Graduação em Agronomia, com área de concentração em Fisiologia Vegetal (PPGFV), nos níveis de mestrado e de doutorado,

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU A DISTÂNCIA EM GESTÃO ESCOLAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU A DISTÂNCIA EM GESTÃO ESCOLAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU A DISTÂNCIA EM GESTÃO ESCOLAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO INFORMES GERAIS PARA CURSISTAS OURO PRETO 2013 APRESENTAÇÃO O Curso de Especialização em Gestão Escolar

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015 ACESSO POR TRANSFERÊNCIA CURSO DE MEDICINA ENTRADA 2015.2

EDITAL Nº 001/2015 ACESSO POR TRANSFERÊNCIA CURSO DE MEDICINA ENTRADA 2015.2 EDITAL Nº 001/2015 ACESSO POR TRANSFERÊNCIA CURSO DE MEDICINA ENTRADA 2015.2 A Faculdade Pernambucana de Saúde FPS, no uso de suas atribuições declara aberto processo seletivo para preenchimento de vagas

Leia mais

EDITAL Nº 012/2015 - DIRGRAD PROGRAMA DE DUPLA DIPLOMAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL - UTFPR CÂMPUS CAMPO MOURÃO E INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO - PORTUGAL

EDITAL Nº 012/2015 - DIRGRAD PROGRAMA DE DUPLA DIPLOMAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL - UTFPR CÂMPUS CAMPO MOURÃO E INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO - PORTUGAL EDITAL Nº 012/2015 - DIRGRAD PROGRAMA DE DUPLA DIPLOMAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL - UTFPR CÂMPUS CAMPO MOURÃO E INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO - PORTUGAL O Diretor de Graduação e Educação Profissional da Universidade

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO 3 - CRITÉRIOS PARA A CONCESSÃO E RENOVAÇÃO

ORDEM DE SERVIÇO 3 - CRITÉRIOS PARA A CONCESSÃO E RENOVAÇÃO OS-006 /SR-1/2013 01/05 1 - FINALIDADE A presente Ordem de Serviço tem como finalidade modificar a OS-006-/SR-1/08 e regulamentar a operacionalização do Programa de Estágio Interno Complementar. 2 - OBJETIVO

Leia mais

Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial e a Distância Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015

Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial e a Distância Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015 Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial e a Distância Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015 Aditamento nº 11 Define as normas específicas do Processo Seletivo ENEM UnP 2016.2 da graduação,

Leia mais

EDITAL. Quadro I Relação dos Cursos, Turnos e Vagas. Total de vagas anuais. Nº de alunos por turma. noite 130 65 65 65. manhã 130 65 65 65

EDITAL. Quadro I Relação dos Cursos, Turnos e Vagas. Total de vagas anuais. Nº de alunos por turma. noite 130 65 65 65. manhã 130 65 65 65 EDITAL A Universidade FUMEC faz saber aos interessados, por meio do presente Edital, as normas de realização do Processo Seletivo 2013, com duas entradas, para preenchimento das vagas de seus cursos Superiores

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES PERGUNTAS FREQUENTESPERGUNTAS PERGUNTAS MAIS FREQUENTES PEPPPPPPPPPPPPRGPEPERGUNTAS FPERREQUENTESUNTAS FREQUENTES 1 O que é o FIES? O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) é um

Leia mais

EDITAL. TURMA 2013 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Vagas remanescentes

EDITAL. TURMA 2013 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Vagas remanescentes UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO- UERJ CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES FACULDADE DE EDUCAÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA: processo ensinoaprendizagem

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ROBERTO MANGE ANÁPOLIS - GOIÁS

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ROBERTO MANGE ANÁPOLIS - GOIÁS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI ROBERTO MANGE ANÁPOLIS - GOIÁS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU TERMO ADITIVO Nº 01 AO EDITAL 02/2015 Seleção de candidatos às vagas no curso de Pós-Graduação lato sensu

Leia mais

PROGRAMA DE AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO PARA PRÁTICA ESPORTIVA INTRODUÇÃO

PROGRAMA DE AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO PARA PRÁTICA ESPORTIVA INTRODUÇÃO PROGRAMA DE AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO PARA PRÁTICA ESPORTIVA INTRODUÇÃO O Programa de Auxílio Alimentação para Prática Esportiva foi implantado em caráter experimental, no período de Agosto a Dezembro de 2011,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. EDITAL/PRG/nº.

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. EDITAL/PRG/nº. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL/PRG/nº. 14/2015 DE CURSO E/OU POLO - PERÍODO 2015.2 (Republicado) PARA ALUNOS DOS

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DO DIREITO DA FIB

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DO DIREITO DA FIB REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DO DIREITO DA FIB A Diretora da Faculdade de Direito das Faculdades Integradas Brasileiras - FIB, nos termos do artigo 12, inciso XXIII do Regimento Geral

Leia mais

EDITAL N.º 02/2015 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OS CURSOS TÉCNICOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES AO ENSINO MÉDIO

EDITAL N.º 02/2015 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OS CURSOS TÉCNICOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES AO ENSINO MÉDIO EDITAL N.º 02/2015 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OS CURSOS TÉCNICOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES AO ENSINO MÉDIO O, mantido pela Associação Paranaense de Cultura, torna pública a abertura

Leia mais

CAPÍTULO II DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS

CAPÍTULO II DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente instrumento dispõe sobre as normas e procedimentos a serem observados

Leia mais

DA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

DA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES As atividades complementares a serem desenvolvidas e suas respectivas cargas horárias são as especificadas do Eixo Temático e Regulamento de Atividades Complementares

Leia mais

EDITAL DE EXTENSÃO Nº 02/2016 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA IDIOMAS APLICADOS A SERVIÇO DE TURISMO

EDITAL DE EXTENSÃO Nº 02/2016 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA IDIOMAS APLICADOS A SERVIÇO DE TURISMO EDITAL DE EXTENSÃO Nº 02/2016 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA IDIOMAS APLICADOS A SERVIÇO DE TURISMO A Pró-Reitora de Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CAMPUS SANTA INGRESSO NOS CURSOS SUPERIORES DE GRADUAÇÃO DO IFES CAMPUS SANTA EDITAL Nº 03 DE 10 DE MARÇO DE 2015 O Diretor-Geral do Campus Santa Teresa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

Regimento do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional

Regimento do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional Regimento do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional Capítulo I Natureza e Objetivos Artigo 1 - O Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT) tem como objetivo proporcionar

Leia mais

Programa de Mobilidade Acadêmica Regional para Cursos Acreditados pelo Sistema ARCUSUL - MARCA CONVOCATÓRIA DE SELEÇÃO 2013/02

Programa de Mobilidade Acadêmica Regional para Cursos Acreditados pelo Sistema ARCUSUL - MARCA CONVOCATÓRIA DE SELEÇÃO 2013/02 Programa de Mobilidade Acadêmica Regional para Cursos Acreditados pelo Sistema ARCUSUL - MARCA CONVOCATÓRIA DE SELEÇÃO 2013/02 O Diretor de Relações Internacionais da Universidade Federal de Minas Gerais

Leia mais

F A C U L D A D E S E S T. Edital nº 02 P r o c e s s o S e l e t i v o - E X T R A V E S T I B U L A R 2016 / 2

F A C U L D A D E S E S T. Edital nº 02 P r o c e s s o S e l e t i v o - E X T R A V E S T I B U L A R 2016 / 2 F A C U L D A D E S E S T Edital nº 02 P r o c e s s o S e l e t i v o - E X T R A V E S T I B U L A R 2016 / 2 São Leopoldo, 2016 A Faculdades EST torna pública a abertura das inscrições ao Processo Seletivo

Leia mais

Regimento do Programa de Pós-Graduação em Química - Mestrado

Regimento do Programa de Pós-Graduação em Química - Mestrado Regimento do Programa de Pós-Graduação em Química - Mestrado Regimento do Programa de Pós-Graduação em Química - Mestrado Da Natureza e dos Objetivos Art. 1 o. O da Universidade Federal de Juiz de Fora

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DE COMPLEMENTARES O presente documento destina-se a reger as normas para registro acadêmico das atividades complementares dos Cursos de Graduação em Comunicação

Leia mais

O professor orientador tem, entre outros, os seguintes deveres específicos:

O professor orientador tem, entre outros, os seguintes deveres específicos: REGULAMENTO DA MONOGRAFIA - TCC A Monografia Final consiste em pesquisa individual orientada, em qualquer área do conhecimento no âmbito do Curso de Graduação, constituindo atividade obrigatória para a

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA EDITAL Nº. 01, DE 05 DE FEVEREIRO DE 2016

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA EDITAL Nº. 01, DE 05 DE FEVEREIRO DE 2016 EDITAL Nº. 01, DE 05 DE FEVEREIRO DE 2016 PROCESSO SELETIVO O Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Sergipe comunica que estarão abertas inscrições para a seleção para preenchimento de

Leia mais

Resolução Normativa PUC n o 010/12 ASSUNTO: ENSINO GRADUAÇÃO E SEQUENCIAL PROGRAMA DE INTERCÂMBIO - ENVIO

Resolução Normativa PUC n o 010/12 ASSUNTO: ENSINO GRADUAÇÃO E SEQUENCIAL PROGRAMA DE INTERCÂMBIO - ENVIO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS Resolução Normativa PUC n o 010/12 Campinas (SP), 14/2/12 DESTINATÁRIO: TODAS AS UNIDADES DA PUC-CAMPINAS ASSUNTO: ENSINO GRADUAÇÃO E SEQUENCIAL PROGRAMA DE

Leia mais

EDITAL N.º 06/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA INGRESSO NO CURSO DE EXTENSÃO DE INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO

EDITAL N.º 06/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA INGRESSO NO CURSO DE EXTENSÃO DE INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ - IFCE CAMPUS BOA VIAGEM EDITAL N.º 06/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA INGRESSO NO CURSO DE EXTENSÃO DE INTRODUÇÃO

Leia mais

Processos Seletivos 2016 Educação a Distância VESTIBULAR 2016.2 EaD On-line PN

Processos Seletivos 2016 Educação a Distância VESTIBULAR 2016.2 EaD On-line PN Processos Seletivos 2016 Educação a Distância VESTIBULAR 2016.2 EaD On-line PN Aditivo nº 18 ao Edital de Vestibular de 2016 Educação a Distância, que rege o Vestibular Seleção 2016.2 EaD On-line PN a

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE BIBLIOTECONOMIA E COMUNICAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE BIBLIOTECONOMIA E COMUNICAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE BIBLIOTECONOMIA E COMUNICAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO RESOLUÇÃO 01/2016 O Conselho do Programa de Pós-Graduação em Comunicação

Leia mais

REGULAMENTO PROMOÇÃO: INCENTIVO ACADÊMICO 2016.2

REGULAMENTO PROMOÇÃO: INCENTIVO ACADÊMICO 2016.2 REGULAMENTO PROMOÇÃO: INCENTIVO ACADÊMICO 2016.2 A Reitoria do Centro Universitário Una, no uso de suas atribuições, torna público os critérios para o Programa Incentivo Acadêmico 2016.2, conforme as disposições

Leia mais

PROGRAMA GRENOBLE- BRÉSIL 2012-2013

PROGRAMA GRENOBLE- BRÉSIL 2012-2013 PROGRAMA GRENOBLE- BRÉSIL 2012-2013 PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ENTRE A UFRGS E A UNIVERSITÉ DE GRENOBLE PROMOVIDO PELA SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS (RELINTER UFRGS) Apresentação Através do Programa

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS LABORATÓRIO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 001/2016

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS LABORATÓRIO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 001/2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS LABORATÓRIO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 001/2016 Edital de abertura do PROCESSO SELETIVO para o PROGRAMA DE MONITORIA DE GRADUAÇÃO

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DESTINADO À CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR Nº 2016/2.

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DESTINADO À CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR Nº 2016/2. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DESTINADO À CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR Nº 2016/2. O Grupo Kroton torna público, para conhecimento dos interessados, os procedimentos e normas que regulamentam a realização do

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA RESOLUÇÃO/UEPB/CONSEPE/032/2009. Dispõe sobre o Trabalho de Conclusão de Curso - TCC e dá outras providências O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE, da UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA (UEPB),

Leia mais

P O R T A R I A N O R M A T I V A

P O R T A R I A N O R M A T I V A PORTARIA NORMATIVA NRCA-SJP N.º 02/2015 REGULAMENTA OS PROCEDIMENTOS DE MATRÍCULA SUBSEQUENTE PARA O PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2016 DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE FAE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS. O Coordenador

Leia mais

EDITAL 019/2016 PROCESSO SELETIVO PARA A PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

EDITAL 019/2016 PROCESSO SELETIVO PARA A PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EDITAL 019/2016 PROCESSO SELETIVO PARA A PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADO ACADEMICO E MESTRADO PROFISSIONAL 1º SEMESTRE DE 2016 VAGAS REMANESCENTES Mônica Gomes Abel, Secretária Geral do Centro Universitário

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS FACULDADE DE FILOSOFIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS FACULDADE DE FILOSOFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS FACULDADE DE FILOSOFIA REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO BACHARELADO EM FILOSOFIA PREÂMBULO Este Regulamento

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE CURSOS E ATIVIDADES DE EXTENSÃO DA USP

ORIENTAÇÕES SOBRE CURSOS E ATIVIDADES DE EXTENSÃO DA USP ORIENTAÇÕES SOBRE CURSOS E ATIVIDADES DE EXTENSÃO DA USP FORMAÇÃO PROFISSIONAL Prática Programa de Residência Profissionalizante Atualização Graduação Sim Não Sim Concluída Carga horária mínima Definida

Leia mais

EDITAL nº 03, de 24/05/2016

EDITAL nº 03, de 24/05/2016 EDITAL nº 03, de 24/05/2016 A ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL PARQUE DA JUVENTUDE, município de São Paulo, atendendo o disposto no 3º do Artigo 62 do Regimento Comum das Escolas Técnicas Estaduais do Centro Estadual

Leia mais

M a n u a l d o P r o U n i 2 0 1 6 P á g i n a 1

M a n u a l d o P r o U n i 2 0 1 6 P á g i n a 1 M a n u a l d o P r o U n i 2 0 1 6 P á g i n a 1 O Programa Universidade para Todos (Prouni) foi criado pelo Governo Federal em 2004 e tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA NUTRIÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA 2015

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA NUTRIÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA 2015 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA NUTRIÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA 2015 NORMAS PARA CONCESSÃO DE BOLSAS - CAPES/CNPq Todos os pedidos de concessão de bolsas

Leia mais

EDITAL Nº 001 - SELEÇÃO MESTRADO 2016

EDITAL Nº 001 - SELEÇÃO MESTRADO 2016 EDITAL Nº 001 - SELEÇÃO MESTRADO 2016 O Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas: Bioquímica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGBIOQ /UFRGS), de acordo com o regimento

Leia mais

UNIVERSIDADE VALE DO RIO DOCE UNIVALE Fundação Percival Farquhar Entidade Mantenedora EDITAL Nº 001/2015

UNIVERSIDADE VALE DO RIO DOCE UNIVALE Fundação Percival Farquhar Entidade Mantenedora EDITAL Nº 001/2015 UNIVERSIDADE VALE DO RIO DOCE UNIVALE Fundação Percival Farquhar Entidade Mantenedora EDITAL Nº 001/2015 DISPÕE SOBRE A INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA DE CANDIDATOS PORTADORES DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR

Leia mais

MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO (ênfase em Finanças) - PROCESSO SELETIVO

MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO (ênfase em Finanças) - PROCESSO SELETIVO MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO (ênfase em Finanças) - PROCESSO SELETIVO - PERÍODO LETIVO: 2º SEMESTRE DE 2016 - E D I T A L O, mantido pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado FECAP, torna

Leia mais

Informações sobre estágios e bolsas INFORMAÇÕES GERAIS

Informações sobre estágios e bolsas INFORMAÇÕES GERAIS Informações sobre estágios e bolsas INFORMAÇÕES GERAIS 1. Este é um processo seletivo para prospecção de estudantes de cursos de nível médio, profissionalizante e graduação que têm interesse em fazer estágio

Leia mais

Normas Aplicáveis ao Mestrado Profissional em Economia

Normas Aplicáveis ao Mestrado Profissional em Economia Normas Aplicáveis ao Mestrado Profissional em Economia 2011 Redação aprovada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da FGV/EESP em sua Reunião Ordinária de 21/10/2010 nos termos do Regimento

Leia mais

DÚVIDAS FREQUENTES DE FUTUROS INTERCAMBISTAS

DÚVIDAS FREQUENTES DE FUTUROS INTERCAMBISTAS DÚVIDAS FREQUENTES DE FUTUROS INTERCAMBISTAS Este documento, que contempla perguntas e respostas sobre INTERCÂMBIO ACADÊMICO, foi elaborado a partir de questionamentos constantes feitos por alunos de diferentes

Leia mais

EDITAL 1 DAS VAGAS. Nº de alunos por turma. Vagas para o segundo semestre. vagas anuais. noite 130 65 65. Gestão Comercial*** manhã 130 65 65

EDITAL 1 DAS VAGAS. Nº de alunos por turma. Vagas para o segundo semestre. vagas anuais. noite 130 65 65. Gestão Comercial*** manhã 130 65 65 EDITAL A Universidade FUMEC faz saber aos interessados, por meio do presente Edital, as normas de realização do Processo Seletivo 2012, segundo semestre, para preenchimento das vagas de seus cursos Superiores

Leia mais

1.1. O processo seletivo será regido por este edital, pelas resoluções nº 12/2008, 19/2009 e 02/2011

1.1. O processo seletivo será regido por este edital, pelas resoluções nº 12/2008, 19/2009 e 02/2011 Edital PPGEC n o 002/2013 Edital de abertura de inscrições e do processo de seleção 2014/1 para ingresso ao Programa de Pós graduação em Engenharia Civil O Extrato do edital foi publicado no dia 21 de

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA E D I T A L

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA E D I T A L REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA E D I T A L SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS (AS) Nº 04/2015 Embrapa Meio-Norte

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE - CAMPUS CONCÓRDIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE - CAMPUS CONCÓRDIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE - CAMPUS CONCÓRDIA Rod. SC 283 km 08 Vila Fragosos Concórdia SC - CEP 89.700-000 Fone: (49) 3441-4800/3441-4834

Leia mais

EDITAL DC/IT-NPL 2/2013

EDITAL DC/IT-NPL 2/2013 EDITAL DC/IT-NPL 2/2013 ABRE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU DO CAMPUS ITATIBA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF NO 1º SEMESTRE DE 2014. O Diretor do Campus

Leia mais

Programa de Pós-Graduação Mestrado em Ciências Contábeis Coordenação

Programa de Pós-Graduação Mestrado em Ciências Contábeis Coordenação EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA SELEÇÃO DE ALUNOS NÃO MATRICULADOS INTERESSADOS EM CURSAR DISCIPLINAS ISOLADAS 1º. Semestre 2016 O Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, no uso

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA

PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF SBF

Leia mais