Português. Grupo PPE Serviço de Imprensa e Comunicação. Carta gráfica

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Português. Grupo PPE Serviço de Imprensa e Comunicação. Carta gráfica"

Transcrição

1 Português Grupo PPE Serviço de Imprensa e Comunicação Carta gráfica Versão: 01/10/2012

2

3 Porquê uma carta gráfica? Em maio de 2011, o Grupo PPE decidiu reunir a produção de todas as suas publicações numa «Equipa das Publicações», que faz parte do Serviço de Imprensa e Comunicação. A equipa é responsável por assegurar que todas as publicações apoiem as mensagens e as atividades do Grupo PPE e por manter a coerência gráfica em todas as publicações produzidas no seio do Grupo PPE. Tendo em vista a consecução deste último objetivo, tomou-se a decisão de criar uma carta gráfica com todas as regras básicas relativas à utilização dos elementos gráficos que constituem a identidade gráfica do Grupo PPE. A carta gráfica definirá: o logótipo: as cores, o posicionamento, as dimensões, as diferentes versões linguísticas, as variações de fundos brancos e coloridos, a utilização em combinação com outros logótipos, etc.; os tipos de letra utilizados; as diferentes paletas de cores para os diferentes materiais informativos; os princípios que regem a escolha das imagens e das ilustrações. A presente carta procura ser tão exaustiva quanto possível e prevê uma ampla diversidade de contextos em que se devem aplicar as regras relativas à utilização dos elementos gráficos, dando, contudo, liberdade suficiente para que possa evoluir ao longo do tempo e abranger a grande variedade de publicações produzidas pelo Grupo PPE. Esta carta é um trabalho de referência para os artistas gráficos e tipógrafos que trabalham com o Grupo PPE. Serve também de base para os «modelos» que serão produzidos para as várias brochuras publicadas no seio do Grupo PPE. Carta gráfica do Grupo PPE - 3

4 O logótipo do Grupo PPE Existem duas versões do logótipo do Grupo PPE: o coração e o nome do Grupo PPE (fig. 1) o coração, o nome do Grupo PPE e o texto «no Parlamento Europeu» (fig. 2) (fig. 1) O coração, por si só, não pode ser considerado como o logótipo do Grupo PPE (ver p. 7) O logótipo do Grupo PPE também vem em cores diferentes, assim como numa versão negativa e numa versão positiva. A versão «negativa» consiste num logótipo claro num fundo escuro, e a «positiva» consiste num logótipo escuro num fundo claro. (fig. 2) Existem seis variantes de cores para o logótipo: Versão negativa logótipo todo branco (fig. 3) logótipo todo branco sobre fundo azul (fig. 4) logótipo branco com estrelas amarelas (fig. 5) logótipo branco com estrelas amarelas sobre fundo azul (fig. 6) Versão positiva logótipo todo azul sobre fundo branco (fig. 7) logótipo azul com estrelas amarelas sobre fundo branco (fig. 8) Nota: Se a cor do fundo não for indicada, deve considerar-se que o fundo é transparente. Como existem publicações apenas a preto e branco, temos duas versões adicionais do logótipo: logótipo preto (fig. 10) logótipo branco sobre fundo preto (fig. 9) 4 - Carta gráfica do Grupo PPE

5 (fig. 3) (fig. 7) (fig. 4) (fig. 8) (fig. 5) (fig. 6) (fig. 9) (fig. 10) Carta gráfica do Grupo PPE - 5

6 Coração, nome do Grupo PPE e o texto «no Parlamento Europeu» Como terá reparado, o tamanho do nome do Grupo PPE e do coração não têm as mesmas proporções nas diferentes versões do logótipo mostradas anteriormente (fig. 1 e 2). Não se trata de um erro nem de uma ilusão. (fig. 11) Se o texto do logótipo é mais pequeno, proporcionalmente ao coração, na fig. 2 do que na fig.1, isso deve-se à presença das palavras «no Parlamento Europeu». Se imaginar o texto destas duas versões contido num retângulo, a altura do retângulo será a mesma nos dois logótipos (fig. 11). Não existe nenhuma outra versão, em que o texto seja tão grande como o coração (fig. 12), centrado sob o coração (fig. 13) ou encaixado no interior do coração (fig. 14). (fig. 12) Quando o nome do Grupo PPE é mencionado ao lado do coração, é sempre única e exclusivamente como nas figuras 1 e 2. (fig. 13) (fig. 14) Repare também que o nome do Grupo PPE é em inglês «EPP Group», e que um logótipo com o coração e a abreviatura EPP (fig. 15), enquanto nome do Grupo EPP, estaria incorreto (fig. 15) 6 - Carta gráfica do Grupo PPE

7 Utilização apenas do coração como logótipo Tal como vimos na página anterior (fig. 1 e 2), o logótipo do Grupo PPE é composto pelo nome do Grupo PPE e pelo coração com as estrelas. O coração, por si só, não pode ser considerado como o logótipo. Contudo, o coração pode ser utilizado sozinho nas seguintes situações: em material promocional; como elemento de ilustração; como elemento de fundo (ver secção relevante); como ícone na Internet. Repare, contudo, que, à exceção do caso de utilização como ícone, deve estar sempre presente o nome do Grupo PPE e/ou o logótipo completo As dimensões do logótipo Tendo em vista a sua fácil identificação, é importante garantir que o logótipo mantenha sempre as dimensões corretas nos documentos em que é inserido. Assim, não deve ser esticado nem estreitado. Se for necessário redimensioná-lo, o formato deve ser sempre preservado. Carta gráfica do Grupo PPE - 7

8 As cores do logótipo Para além do branco, o logótipo inclui ainda a cor azul e um tom de amarelo. Deve ter-se cuidado para utilizar sempre as cores indicadas abaixo. Estas cores expressam-se por valores diferentes consoante surjam num ecrã ou impressas. Devem, portanto, definir-se dois códigos de cores, um para a Web e outro para impressão Impressão A primeira versão a cores do logótipo é destinada às tipografias para revistas, brochuras, impressão têxtil e outros materiais como objetos promocionais, autocolantes, etc. Encontra-se em formato CMYK. O azul do logótipo do Grupo PPE é o Pantone Reflex Blue C, enquanto, para o amarelo, será utilizado o Pantone Coated 137C. Pantone Reflex Blue C CMYK RGB Pantone Coated 137C CMYK RGB Web A segunda versão de cores será definida no formato RGB e num código hexadecimal, para divulgação na Internet. Código hexadecimal para o azul: # Código hexadecimal para o amarelo: #FF9F Carta gráfica do Grupo PPE

9 As cores do logótipo Deve garantir-se, evidentemente, que o logótipo nunca é variado utilizando tons de azul ou de amarelo diferentes dos anteriormente indicados. (fig. 16) (fig. 17) (fig. 18) À exceção da utilização como fundo (ecrã ou página), deve também garantir-se que a opacidade do logótipo se mantém a 100 %, de modo a evitar o surgimento de tons divergentes dos especificados (fig. 16). O mapa de cores é o seguinte: se o logótipo não for monocromático em azul ou branco, as estrelas serão amarelas e as linhas que formam o coração serão azuis ou brancas. O inverso não pode, em caso algum, ser utilizado (fig. 17). Os exemplos ilustrados à esquerda (fig. 16 a 19) estão, portanto, incorretos. (fig. 19) Carta gráfica do Grupo PPE - 9

10 Resolução O logótipo está disponível em diferentes formatos de imagem e em diferentes tamanhos. Se for inserido num documento para impressão, a sua resolução deve ser suficientemente alta para prevenir a distorção ou pixelização. Para documentos para impressão, deve utilizar-se o logótipo com resolução de 300 dpi. Para utilizar no ecrã, deve utilizar-se a versão de 72 dpi. Se tiver de ser redimensionado, deve escolher-se um logótipo razoavelmente grande, que possa depois ser reduzido, e nunca o contrário. Se um logótipo de pequenas dimensões for aumentado, a qualidade de imagem pode ser má, comprometendo a qualidade da visualização Que logótipo para que finalidade? O logótipo está disponível nos seguintes formatos: EPS Impressão JPG 72dpi PowerPoint, Web JPG 300dpi PowerPoint, Word PNG Web, PowerPoint Por ser um formato vetorial, o formato EPS pode ser utilizado na maioria das aplicações e redimensionado sem qualquer perda de qualidade. Se for reduzido em Word, o logótipo de 300 dpi resultará numa melhor qualidade de impressão do que o logótipo de 72 dpi na sua dimensão original. O formato PNG (e algumas versões do logótipo em EPS) tem a vantagem de ter um fundo transparente, o que pode ser benéfico para utilização na Web ou para inserção em diapositivos de PowerPoint. insertion dans des slides Powerpoint Carta gráfica do Grupo PPE

11 Posicionamento (fig. 20) Sempre que o logótipo for colocado num documento, deve respeitar-se a zona de exclusão: trata-se do espaço em torno do logótipo que deve manter-se limpo e que não pode ser invadido como resultado do posicionamento do logótipo muito próximo do limite da página. A zona de exclusão pode ser visível (no caso do logótipo apresentado em fundo azul) ou invisível (fundo transparente). (fig. 21) O ponto de referência para definir esta zona, nas três versões do logótipo apresentadas à esquerda, é a primeira curva da parte superior do coração: e (fig. 22) Limite da página Na versão do logótipo com o texto «no Parlamento Europeu», a zona de exclusão começa sob a linha de base do texto «no Parlamento Europeu» (fig. 20). Na versão do logótipo que contém o nome do Grupo PPE, a zona de exclusão começa sob a linha de base do nome (fig. 21). Repare que a zona de exclusão deve ser respeitada quando o coração é utilizado em materiais de promoção (fig. 22). LOREM IPSUM À esquerda encontram-se duas ilustrações em que a zona de exclusão do logótipo não foi respeitada. A evitar! Carta gráfica do Grupo PPE - 11

12 Combinação de logótipos Alinhamento vertical Acabámos de ver que a zona de exclusão em torno do logótipo deve ser respeitada. Trata-se de uma regra importante para o posicionamento do logótipo. É igualmente necessário ter em conta determinadas instruções quando o logótipo do Grupo PPE for inserido junto de outros logótipos (de partidos, grupos políticos, organizações, etc.). Assim, nas nossas publicações, cartazes, folhetos, etc.: o logótipo do Grupo PPE deve aparecer sempre em primeiro lugar (como lemos da esquerda para a direita, isto significa o mais à esquerda possível horizontalmente e, num alinhamento vertical, no topo); apesar de existirem três variantes do logótipo e de as suas dimensões mudarem proporcionalmente de uma língua para a outra (ver a secção sobre Versões linguísticas), este logótipo não pode ser menor do que os restantes. O logótipo positivo (colorido sobre fundo branco/ transparente) é, geralmente, utilizado sobre fundo branco. O logótipo negativo (branco e amarelo sobre fundo azul) é, geralmente, utilizado sobre um fundo colorido ou sobre uma fotografia. Em certos casos, pode ser necessário escolher o logótipo negativo com fundo azul para utilizar sobre um fundo branco. Não existe um espaço definido obrigatório entre logótipos, o que dependerá, obviamente, do caso específico de cada publicação. Deve apenas garantir-se o respeito pelo equilíbrio entre o layout e a zona de exclusão do logótipo Carta gráfica do Grupo PPE

13 Alinhamento horizontal Carta gráfica do Grupo PPE - 13

14 Versões linguísticas O logótipo do Grupo PPE está atualmente disponível em 23 línguas: Alemão (DE) Búlgaro (BG) Checo (CZ) Croata (HR) Dinamarquês (DA) Eslovaco (SK) Esloveno (SL) Espanhol (ES) Estónio (ET) Finlandês (FI) Francês (FR) Grego (EL) Húngaro (HU) Inglês (EN) Italiano (IT) Letão (LV) Lituano (LT) Maltês (MT) Neerlandês (NL) Polaco (PL) Português (PT) Romeno (RO) Sueco (SV) O nome do Grupo PPE não tem o mesmo comprimento em todas estas línguas, pelo que não ocupa o mesmo espaço. Este aspeto não deve ser negligenciado Carta gráfica do Grupo PPE

15 Evitar efeitos em Photoshop (fig. 23) (fig. 24 (fig. 25) O Photoshop tornou possível a qualquer pessoa adicionar, com facilidade, efeitos (sombras (fig. 23 e 24), gradações (fig. 25 e 26), margens (fig. 27 e 28) ou volume (fig. 29 e 30)) às imagens. Este tipo de efeitos não é permitido, quer seja utilizando camadas ou filtros. Se for necessário adicionar uma sombra ao logótipo para o destacar, por exemplo queira consultar as instruções relacionadas com as sombras mais abaixo, nesta página. Os efeitos de gradação e de volume que podem ser aplicados às camadas em Photoshop não acrescentam nada ao logótipo e podem prejudicar a sua legibilidade e identificação. (fig. 26) (fig. 27) (fig. 28) Contudo, em alguns casos, o logótipo do Grupo PPE pode ter de ser utilizado na sua versão negativa (branco, branco e amarelo) sobre um fundo claro ou sobre uma fotografia. Nesse caso, será necessário acrescentar uma ligeira sombra que permita que o logótipo se destaque com maior eficácia. Os valores recomendados para a sombra são: (fig. 29) (fig. 30) Em Adobe Photoshop: Cor: # (par défaut) Opacidade: 75 % Modo de mistura: Multiply Distância: 3 Difusão: 0 Tamanho: 5 Em Adobe Illustrator ou InDesign: Opacidade: 75 % Modo de mistura: Multiply Deslocamento X: 0,47 mm Deslocamento Y: 0,47 mm Difusão: 0,47 mm Ângulo: 135 Cor: #231F20 (por predefinição) Carta gráfica do Grupo PPE - 15

16 Tipos de letra Myriad Pro Títulos e capas Os tipos de letra da família Myriad Pro (fig. 31) são utilizados para: títulos e subtítulos de publicações; palavras que surjam nas capas de publicações; títulos e subtítulos em publicações; palavras que surjam na contracapa (ver secção relevante). Devido ao tamanho variável dos títulos e subtítulos e à quantidade variável de informação que os acompanha nas capas, por exemplo, esta carta não define o tamanho do tipo de letra. Se existir um subtítulo para além do título, estes devem ser separados por um espaçamento entre linhas correspondente ao seu tamanho. Myriad Pro Light Myriad Pro Light Italic Myriad Pro Regular Myriad Pro Italic Myriad Pro Semibold Myriad Pro Semibold Italic Myriad Pro Bold Myriad Pro Bold Italic Myriad Pro Black Myriad Pro Black Italic (fig. 31) Conteúdo Para uma melhor legibilidade, deve utilizar-se um tipo de letra serifada para o conteúdo. Os títulos nunca devem ser num dos tipos de letra serifada indicados à direita (fig. 32). O tamanho do tipo de letra e o espaçamento mínimo são definidos do seguinte modo: Garamond tamanho: 12pt espaçamento entre linhas: 14pt Georgia tamanho: 11pt espaçamento entre linhas: 21pt Times tamanho: 12pt espaçamento entre linhas: 14pt Times New Roman tamanho: 12pt espaçamento entre linhas:14pt 16 - Carta gráfica do Grupo PPE

17 Tipos de letra serifada Exemplos Garamond Garamond italic Garamond bold Georgia Georgia italic Georgia bold Georgia bold italic Title Subtitle Issue Times Times italic Times bold Times bold italic Times New Roman Times New Roman italic Times New Roman bold Times New Roman bold italic (fig. 32) Aenean commodo ligula Loremp ipsum Nulla suscipit libero scelerisque risus viverra eget tempus odio blandit. Quisque nec magna et libero consequat pellentesque imperdiet vel dui. Nullam ante nulla, vehicula sed sagittis in, hendrerit ac nulla. Etiam pellentesque porta metus, quis tincidunt sapien pellentesque ac. Vivamus sed urna id est luctus pellentesque vitae nec velit. Nam sem purus, congue id tincidunt phaelus at, hendrerit id mauris. Vestibulum ante ipsum primis in faucibus orci luctus et ultrices posuere cubilia Curae; Mauris adipiscing commodo lorem quis consequat. Morbi venenatis eros eget nulla suscipit quis elementum enim aliquet. Sed sollicitudin sodales consectetur. Carta gráfica do Grupo PPE - 17

18 Paleta de cores Opacidade 100% Com base na cor Pantone Reflex Blue presente no logótipo, definiu-se uma paleta de cores que consiste em 10 cores para além desse azul. As cores desta paleta são as cores a utilizar nas publicações do Grupo PPE. É útil ter uma série de cores de base diferentes, por exemplo, para: CMYK RGB CMYK RGB distinguir diferentes categorias ou capítulos numa publicação; identificar rapidamente a capa de uma publicação numa série. A existência de uma lista de cores «autorizadas» previne a utilização de cores que não sejam permitidas nas publicações do Grupo PPE. Reduzindo a opacidade para 20 %, é possível obter tons de cores da paleta original. Estes tons podem ser utilizados como fundos coloridos nas publicações. Com esta opacidade, o texto em primeiro plano é perfeitamente legível e a cor é identificável. Se a opacidade for mais reduzida, a cor torna-se tão esbatida que deixa de ser discernível, enquanto o texto se torna mais difícil de ler se se utilizarem valores mais elevados. CMYK RGB CMYK RGB CMYK RGB CMYK RGB CMYK RGB CMYK RGB CMYK RGB CMYK RGB CMYK RGB Carta gráfica do Grupo PPE

19 Opacidade 20% Opacidade 100% - Texto consectetur adipiscing elit. consectetur adipiscing elit. consectetur adipiscing elit. consectetur adipiscing elit. consectetur adipiscing elit. consectetur adipiscing elit. consectetur adipiscing elit. consectetur adipiscing elit. consectetur adipiscing elit. consectetur adipiscing elit. consectetur adipiscing elit. Carta gráfica do Grupo PPE - 19

20 Utilização de cores Tal como se pode ver à direita (fig. 33), as diferentes cores funcionam bem com o Reflex Blue presente no logótipo, que serve sempre como ponto de referência e como a base principal. Por vezes, será necessário acrescentar um rebordo branco ou uma sombra para as tornar mais salientes. No que diz respeito à utilização de cores para os fundos de página, temos duas opções: um fundo colorido sólido (com opacidade de 20 % para as cores da paleta, como referimos acima) ou um fundo graduado (fig. 34). Se o texto ou os elementos da cor tiverem de ser justapostos a outros ou colocados sobre um fundo colorido, é necessário ter cuidado para reter um grau de harmonia, evitando efeitos demasiado extravagantes que não se coadunem com a identidade visual do Grupo PPE (fig. 34 a 36). (fig. 33) 20 - Carta gráfica do Grupo PPE

21 Imagens de fundo, consectetur adipiscing elit. Ut sed mauris ac est pellentesque tempor. Donec imperdiet sollicitudin sodales. Nunc cursus, odio tempor accumsan volutpat, orci orci egestas justo, eu aliquet mauris magna sed sapien. Integer sit amet est sed eros egestas interdum eu non justo. (fig. 34), consectetur adipiscing elit. Ut sed mauris ac est pellentesque tempor. Donec imperdiet sollicitudin sodales. Nunc cursus, odio tempor accumsan volutpat, orci orci egestas justo, eu aliquet mauris magna sed sapien. Integer sit amet est sed eros egestas interdum eu non justo. Continuando com a utilização de cores de fundo, vejamos um terceiro tipo de fundo: um fundo formado por uma imagem. A utilização de uma imagem de fundo nas páginas de uma publicação pode permitir que o assunto discutido seja realçado, para além de acrescentar corpo/textura às páginas brancas. Por motivos de clareza e homogeneidade, não se deve simplesmente colocar uma imagem sobre o fundo (fig. 34), mesmo que a opacidade seja reduzida (fig. 35). A imagem terá um melhor resultado se se utilizar uma imagem monocromática num dos tons retirados da paleta de cores do Grupo PPE (fig. 36). No que diz respeito aos fundos coloridos, a imagem deve ter uma opacidade de 20 %. (fig. 35), consectetur adipiscing elit. Ut sed mauris ac est pellentesque tempor. Donec imperdiet sollicitudin sodales. Nunc cursus, odio tempor accumsan volutpat, orci orci egestas justo, eu aliquet mauris magna sed sapien. Integer sit amet est sed eros egestas interdum eu non justo. (fig. 36) Carta gráfica do Grupo PPE - 21

22 O coração como imagem de fundo Sempre que o coração do logótipo do Grupo PPE seja utilizado como fundo de página, ou se se utilizar uma parte das suas curvas (o logótipo enquanto elemento gráfico pode ser cortado), deve garantir-se que este se mantém reconhecível e que não é distorcido. Deve evitar-se a utilização de perspetiva, bem como a remoção de elementos que sirvam para identificar o logótipo do Grupo PPE Carta gráfica do Grupo PPE

23 Segue-se o exemplo da margem de uma publicação: O coração do logótipo como elemento gráfico LOREM LOREM Enquanto, para o logótipo, se deve respeitar a zona de exclusão (ver p. 11), quando o logótipo é utilizado como elemento gráfico existe apenas uma regra: não distorcer (fig. 38) (alongar, escrever por cima, conferir perspetiva) nem rodar o logótipo (fig. 37), para que este seja sempre identificável. (fig. 37) Segue-se o exemplo de um elemento de um folheto: LOREM LOREM (fig. 38) Carta gráfica do Grupo PPE - 23

24 Grelhas para publicações As publicações devem utilizar as grelhas que se encontram nas páginas seguintes. Capas As capas de publicações que utilizem papel de tamanho internacional (DIN A), quer em orientação vertical, (fig. 39), quer horizontal (fig. 40), baseiamse numa divisão vertical tripartida e numa divisão horizontal bipartida da página. Estas zonas permitem que as fotografias e a informação da capa sejam dispostas de uma forma que permita uma rápida identificação das publicações do Grupo PPE. Existem várias combinações, mas apenas as indicadas na página seguinte podem ser utilizadas para as publicações do Grupo PPE. (fig. 39) A área que não se encontra ocupada pela imagem deve ser sempre uma área sólida no tom de azul do Grupo PPE. Devem evitar-se gradações e imagens de fundo. O logótipo do Grupo PPE e os títulos devem ser sempre inseridos nas áreas sólidas. A contracapa nunca deve conter uma imagem e deve consistir apenas numa área sólida em azul com informação sobre a publicação e os colaboradores. (fig. 40) 24 - Carta gráfica do Grupo PPE

25 Lorem ipsum dolor si amet consectetur adipiscing Lorem ipsum dolor si amet consectetur adipiscing (fig. 41) (fig. 43) (fig. 42) (fig. 44) Carta gráfica do Grupo PPE - 25

26 Posicionamento de elementos na capa Posicionamento e tamanho do logótipo 75 mm A posição e o tamanho do logótipo são constantes. Para uma página A4, o logótipo deve ter uma largura de 75 mm (a altura varia consoante a versão linguística) e deve ser posicionado a 17 mm de distância do limite da zona sólida (tanto para a esquerda, como para cima e para baixo). Para o formato A5, a margem não varia e a largura do logótipo será de 55 mm. O logótipo será sempre posicionado no canto inferior esquerdo da zona sólida (ver o exemplo na página anterior). Posicionamento e tamanho dos títulos Como o comprimento dos títulos e dos subtítulos das publicações é variável como vimos anteriormente o tamanho do texto não é especificado. No que diz respeito ao posicionamento, os títulos devem sempre começar na linha vertical das grelhas da capa (fig. 39 e 40). Assim, se observarmos os exemplos da página anterior, podemos ver que o texto começa precisamente no limite dos lados esquerdo e direito da página (fig. 41). A margem entre o texto e o limite da zona sólida deve ser de 17 mm, para que, no caso de capas em formato horizontal, o texto e os logótipos sejam alinhados pelo limite inferior da página. À exceção apenas de uma capa em formato horizontal em que a imagem ocupe só o terço inferior (fig. 44), o texto começa sempre 17 mm abaixo da imagem. Unicamente neste caso, o alinhamento é feito a partir do limite inferior da página. O texto dos títulos deve ser alinhado à esquerda, e deve ter-se atenção para garantir um espaço de pelo menos 17 mm em relação ao limite direito da página Carta gráfica do Grupo PPE

27 (fig. 45) (fig. 47) (fig. 46) (fig. 48) Carta gráfica do Grupo PPE - 27

28 Mais informação sobre títulos É necessário ter cuidado para manter uma proporção semelhante à indicada nos exemplos da página 25 (fig. 41 e 44). Para os diferentes elementos do texto, segundo a importância dos textos, devem utilizar-se os tipos de letra indicados à direita. Os tamanhos podem variar consoante o comprimento dos textos. O texto deve ser sempre: em branco; sem efeitos (sem sombras, por exemplo); alinhado à esquerda; em caixa normal (nunca tudo em maiúsculas). Sempre que necessário, utilize, para o nome do serviço, Myriad Pro Light Título em Myriad Pro Bold Subtítulo em Myrial Pro Semibold Myriad Pro Italic 28 - Carta gráfica do Grupo PPE

29 Contracapas Sob o logótipo, nesta última página, devem ser indicados os seguintes elementos na ordem especificada: «Publicado por: Grupo PPE no Parlamento Europeu - Equipa das Publicações» «Editor: Chefe do Serviço de Imprensa e Comunicação» «Responsável: Chefe de Serviço ou coordenador encarregado» Internet: Direitos de autor: Grupo PPE no Parlamento Europeu Publié par : Editeur : Chef de service : Coordinateur : Artwork : Internet : Copyright : Groupe PPE au Parlement européen service responsable Jeff de Service John Smith Print service Groupe PPE au Parlement européen O alinhamento deve ser sempre feito a partir do limite inferior esquerdo da capa: deve respeitar-se a margem de 17 mm abaixo e à esquerda deste bloco. O logótipo é posicionado a 17 mm de distância do limite esquerdo e tem as mesmas dimensões que na capa frontal. A margem será de 10 mm para publicações de formato A5. O bloco de texto está alinhado com o limite inferior da página. O texto em branco é composto por: Myriad Pro Semibold (11pt) para os títulos; uma tabulação (ou duas, consoante a versão linguística); Myriad Pro Regular (11pt) para os campos. (fig. 49) O código QR (código de barras bidimensional) do sítio Web do Grupo tem de ser inserido no canto superior esquerdo de todas as publicações (com as mesmas margens). Cada lado deverá medir 15 mm. Veja o modelo na próxima página (fig. 50). Carta gráfica do Grupo PPE - 29

30 Publicado por: Editor: Responsável: Internet: Direitos de autor: Grupo PPE no Parlamento Europeu Chefe do Serviço de Imprensa e Comunicação Chefe de serviço ou coordenador encarregado Grupo PPE no Parlamento Europeu (fig. 50) 30 - Carta gráfica do Grupo PPE

31

32 Publicado por: Editor: Responsável: Internet: Direitos de autor: Grupo PPE no Parlamento Europeu LÓPEZ DE PABLO Pedro Chefe do Serviço de Imprensa e Comunicação Sandra Carreira Grupo PPE no Parlamento Europeu

R.Boquino Manual de Identidade Visual

R.Boquino Manual de Identidade Visual R.Boquino Manual de Identidade Visual Normas padrão para construção e uso correto da marca. Comunicação institucional padrão Apresentação 3 Envelope 36 18 Conceito da marca 4 Envelope 34 19 Marca 5 Envelope

Leia mais

Manual de Identidade Visual. Abril de 2014

Manual de Identidade Visual. Abril de 2014 Manual de Identidade Visual Abril de 2014 ÍNDICE 03 Para que serve este manual? 04 O logotipo 06 Variações do logotipo 07 Escala cromática 08 Fundos preferenciais 09 Malha construtiva 10 Área de não-interferência

Leia mais

GUIA SIMPLIFICADO DA LOGOMARCA

GUIA SIMPLIFICADO DA LOGOMARCA GUIA SIMPLIFICADO DA LOGOMARCA 1 2 Introdução 04 A logomarca 05 Variantes de cor 06 Dimensões mínimas 07 Área de não-interferência 08 Usos incorretos 09 Cores institucionais 10 Tipografia Grafismo 11 12

Leia mais

MANUAL DE REGRAS BÁSICAS. CAPAS MESTRADO Instituto Politécnico de Viana do Castelo

MANUAL DE REGRAS BÁSICAS. CAPAS MESTRADO Instituto Politécnico de Viana do Castelo INSTITUTO POLITÉCNICO MANUAL DE REGRAS BÁSICAS CAPAS MESTRADO Instituto Politécnico de Viana do Castelo Capa Tese de Mestrado INSTITUTO POLITÉCNICO Dimensões da capa: A4+lombada variável+a4 Papel: Coché

Leia mais

SOCALOR saunas Manual de Identidade Visual

SOCALOR saunas Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Normas padrão para construção e uso correto da marca. Comunicação institucional padrão Apresentação 3 Envelope 36 18 Conceito da marca 4 Envelope 34 19 Marca 5 Envelope 32 20

Leia mais

atividade florestal não-madeireira título da categoria com opção de uso de icone

atividade florestal não-madeireira título da categoria com opção de uso de icone buscar no site OK Página inicial links rápidos a fazenda santa maria nononononono não- título em destaque texto complementar Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Praesent vestibulum

Leia mais

wireframe do novo site

wireframe do novo site wireframe do novo site home METRÔ PAINÉIS S ANUNCIE QUEM SOMOS Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nam imperdiet sed eros ut luctus. Suspendisse eu vulputate massa. Nullam dignissim,

Leia mais

Normas para envio de artigos:

Normas para envio de artigos: NORMAS PARA ENVIO DE ARTIGOS Formatação da página: recuo superior e da lateral esquerda de 3 cm. Recuo inferior e da lateral direita de 2,5 cm, conforme a formatação deste documento. Título: fonte Arial,

Leia mais

Manual de normas - AREANATejo Índice 02

Manual de normas - AREANATejo Índice 02 Índice 02 1.1 Logótipo da AREANATejo 1.2 Grelhas de construção 1.3 Cor 1.4 Tipografia Oficial 1.5 Reduções Máximas do Logótipo 1.6 Comportamentos a uma cor 1.7 Comportamento Cromático sobre Fundo de Cor

Leia mais

MANUAL DE USO DE MARCA

MANUAL DE USO DE MARCA MANUAL DE USO DE MARCA INTRODUÇÃO A MARCA FAPEU A marca é um dos bens mais preciosos de uma empresa. Ela existe para ser vista e lembrada pelos consumidores, identificando-se com os produtos, serviços

Leia mais

d ce R E V I S T A D I G I TA L

d ce R E V I S T A D I G I TA L d ce R E V I S T A D I G I TA L Doce Revista Digital Há 25 anos no mercado, a imagem da Doce Revista é marcada pelo jornalismo ágil e independente. É a única publicação nacional voltada exclusivamente

Leia mais

Manual de Identidade Visual. 1 iuni Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual. 1 iuni Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual 1 iuni Manual de Identidade Visual SUMÁRIO iuni Manual de Identidade Visual 2 Sumário 1. 2. 3. 4. 5. 6. A Marca Versão preferencial - VP Dimensões preferenciais Marca p&b Cores

Leia mais

T12design MÓVEIS DE ALTO PADRÃO. Manual de Identidade Visual T12 Design

T12design MÓVEIS DE ALTO PADRÃO. Manual de Identidade Visual T12 Design Índice Capítulo Apresentação... O logo e seus elementos... Variações cromáticas... Reduções e reservas... Aplicação em fundos de cor... Tipografias de apoio... Usos indevidos... Cartão de Visita... Pág.

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ECOBRAZ

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ECOBRAZ Sumário Sumário 1. Apresentação 2. O logo e seus elementos...... 3. Variações Cromáticas 4. Reduções e Reservas 5. Aplicação em fundo de cor 6. Tipografias de apoio 7. Usos indevidos..................

Leia mais

Sorriso. Metálico. Ponto de Vista. A Saúde bucal infantil. Entrevista. Comportamento

Sorriso. Metálico. Ponto de Vista. A Saúde bucal infantil. Entrevista. Comportamento Sorriso Entrevista Dr Alisson explica as vantagens dos aparelhos Autoligados Comportamento O que te faz feliz? Fique Ligado Participe, curta, compartilhe e ganhe brindes especiais Escova de dentes: A maior

Leia mais

BRAND GUIDELINES RTP MÚSICA

BRAND GUIDELINES RTP MÚSICA RTP MÚSICA VERSÃO VERTICAL GRELHA / EIXOS BRAND GUIDELINES GRELHA / EIXOS VERSÃO VERTICAL VERSÃO HORIZONTAL BRAND GUIDELINES VERSÃO MOSCA COMPORTAMENTOS CROMÁTICOS (VERSÃO HORIZONTAL E VERTICAL) Cor Directa

Leia mais

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS 01 03 APRESENTAÇÃO Este guia de identidade uniformiza a utilização da marca Fundação Bienal de Cerveira. Estas normas devem ser cumpridas de modo rigoroso para que a imagem da

Leia mais

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO INTERNET PARA CARTÃO SUL

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO INTERNET PARA CARTÃO SUL PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO INTERNET PARA CARTÃO SUL I. Objetivos e Descrição Redesign do website que a empresa possui, acrescentando novos recursos, informações mais detalhadas dos produtos e serviços,

Leia mais

Manual de normas 2009 - identidade corporativa Sanitana

Manual de normas 2009 - identidade corporativa Sanitana Este manual estabelece as normas básicas de utilização da marca Sanitana nas situações mais comuns. O cumprimento destas normas fortalece a marca e evita a incoerência em erros indesejáveis. Em caso de

Leia mais

Selos de Certificação. Guia de Uso - Anexo 2 Elaborado em 28.07.2010

Selos de Certificação. Guia de Uso - Anexo 2 Elaborado em 28.07.2010 Selos de Certificação Guia de Uso - Anexo 2 Elaborado em 28.07.2010 Sumário 01. Abertura 02. Versões Cromáticas 03. Regras de Uso 04. Exemplos de Aplicações 05. Arquivos 2 01. Abertura Os Selos de Certifi

Leia mais

Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2

Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Brasil 2013, v-1.7.1 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Modelo canônico de

Leia mais

Olá! Vamos conhecer todas as aplicações e usos da sua Marca e de todos os elementos que formam sua identidade?

Olá! Vamos conhecer todas as aplicações e usos da sua Marca e de todos os elementos que formam sua identidade? Olá! Vamos conhecer todas as aplicações e usos da sua Marca e de todos os elementos que formam sua identidade? Índice O que é a Marca? Conceito 4 Personalidade da Marca 5 Como ela é? Marca Principal Versão

Leia mais

Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul. Manual de Marca NORMAS GRÁFICAS E APLICAÇÕES

Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul. Manual de Marca NORMAS GRÁFICAS E APLICAÇÕES Manual de Marca NORMAS GRÁFICAS E APLICAÇÕES Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Mato Grosso do Sul aguardamos envio de uma imagem de mato grosso do sul Manual de Marca NORMAS GRÁFICAS

Leia mais

OS CAMINHOS PARA UMA APOSENTADORIA PLANEJADA

OS CAMINHOS PARA UMA APOSENTADORIA PLANEJADA CAPITANIA MULTI CRÉDITO PRIVADO OS CAMINHOS PARA UMA Apresentação de Produto 2º Tri 2009 APOSENTADORIA PLANEJADA Capitânia Asset & Risk Management www.capitania.net Rua Dona Leopoldina, 48 São João -Porto

Leia mais

Wireframes. 2006 Guilhermo Reis www.guilhermo.com

Wireframes. 2006 Guilhermo Reis www.guilhermo.com Wireframes 2006 Guilhermo Reis www.guilhermo.com 2 Definição Wireframes Diagrama que representa todos os elementos de uma página, definindo esses elementos, a hierarquia entre eles, agrupamentos e suas

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CENTEIAS

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CENTEIAS MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Introdução A Marca Versões Cores Fonte Padrão Papelaria Template de Apresentações 4 5 6 7 8 9 18 ÍNDICE Este manual tem a função de estabelecer os parâmetros corretos para

Leia mais

MANUAL DE NORMAS Normas Normas.indd indd :09:36 12:09:36

MANUAL DE NORMAS Normas Normas.indd indd :09:36 12:09:36 MANUAL DE NORMAS Universo cromático Pantone 470 C C M Y K 0% 58% 100% 33% Black 50% Black Família Tipográfica Barmeno Regular utilizado nas palavras municipal de lisboa abcdefghijklmnopqrstuvxz ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVXZ

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ATUALIZAÇÃO: MARÇO/2017

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ATUALIZAÇÃO: MARÇO/2017 MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ATUALIZAÇÃO: MARÇO/2017 INTRODUÇÃO Neste manual de identidade visual da Comissão de Graduação do Instituto de Física da Universidade de São Paulo serão oferecidas soluções e

Leia mais

CCM002 Metodologia de Pesquisa em Ciência da Computação. Apresentações. Prof. Jesús P. Mena-Chalco 3Q-2016

CCM002 Metodologia de Pesquisa em Ciência da Computação. Apresentações. Prof. Jesús P. Mena-Chalco 3Q-2016 1 CCM002 Metodologia de Pesquisa em Ciência da Computação Prof. Jesús P. Mena-Chalco jesus.mena@ufabc.edu.br 3Q-2016 2 Pratique, pratique, pratique,. Pode inovar, não ha regra apenas sugestões. Pode falar

Leia mais

Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio Manual de Identidade Corporativa

Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio Manual de Identidade Corporativa Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio Manual de Identidade Corporativa 1 Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio A Identidade Visual da Afeal é um de seus principais

Leia mais

SUPER LOGO EXEPLO DE APRESENTAÇÂO

SUPER LOGO EXEPLO DE APRESENTAÇÂO SUPER LOGO EXEPLO DE APRESENTAÇÂO Capa com titulo da apresentação com sub-titulo ou texto de apoio, ou outras informações muito sumárias, caso necessário Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing

Leia mais

ISEL Instituto Superior de Engenharia de Lisboa ADEETC Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Teleconumicações e de Computadores

ISEL Instituto Superior de Engenharia de Lisboa ADEETC Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Teleconumicações e de Computadores ISEL Instituto Superior de Engenharia de Lisboa ADEETC Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Teleconumicações e de Computadores MERCM Mestrado em Eng. de Redes de Comunicação e Multimédia Dissertação

Leia mais

IT- MKT-001-COM Data: 28/01/2015 versão: 04. Manual de aplicação da marca

IT- MKT-001-COM Data: 28/01/2015 versão: 04. Manual de aplicação da marca Manual de aplicação da marca IT- MKT-001-COM Data 15/08/2014 versão 02 SumárioApresentação 3 A marca 4 Memorial descritivo... 5 Versão preferencial... 6 Padrões cromáticos... 7 Versões positiva/negativa...

Leia mais

EMBRACE THE FUTURE SERVIÇO PÓS-VENDA ONDE ESTAMOS NEGÓCIO ÁREAS DE EDIFÍCIO PLATINUM MOÇAMBIQUE

EMBRACE THE FUTURE SERVIÇO PÓS-VENDA ONDE ESTAMOS NEGÓCIO ÁREAS DE EDIFÍCIO PLATINUM MOÇAMBIQUE MENU EMBRACE THE FUTURE ÁREAS DE NEGÓCIO SERVIÇO PÓS-VENDA ONDE ESTAMOS EM DESTAQUE PORTUGAL MARROCOS ARGÉLIA EDIFÍCIO PLATINUM GANA ANGOLA ARGENTINA O Grupo Ramos Ferreira vai ser responsável, em parceria

Leia mais

Um exemplo de projeto feito em L A TEX: Procure um título suficientemente claro

Um exemplo de projeto feito em L A TEX: Procure um título suficientemente claro Um exemplo de projeto feito em L A TEX: Procure um título suficientemente claro Projeto de Pesquisa - Nome da Instituição/Agência de fomento Proponente: Jesús P. Mena-Chalco Centro de Matemática, Computação

Leia mais

Marca. Depto. de Marketing do Pirâmide Natal Resort & Convention - V. 01 - Revisado em 28/05/2008.

Marca. Depto. de Marketing do Pirâmide Natal Resort & Convention - V. 01 - Revisado em 28/05/2008. Marca Esta é a Marca que deve ser utilizada prioritariamente. Existe uma relação única entre tipologia, corpo, forma e cores que deve ser rigorosamente respeitada. Qualquer alteração modifica totalmente

Leia mais

O PROJETO PROMOVER A IMPORTÂNCIA DE UMA EDUCAÇÃO ACOMPANHADA E INTERVENTORA PROMOVER RELAÇÕES DE INTERAÇÃO COM A NATUREZA E OS ANIMAIS

O PROJETO PROMOVER A IMPORTÂNCIA DE UMA EDUCAÇÃO ACOMPANHADA E INTERVENTORA PROMOVER RELAÇÕES DE INTERAÇÃO COM A NATUREZA E OS ANIMAIS FONTE BOA O PROJETO PROMOVER A IMPORTÂNCIA DE UMA EDUCAÇÃO ACOMPANHADA E INTERVENTORA PROMOVER RELAÇÕES DE INTERAÇÃO COM A NATUREZA E OS ANIMAIS missão A MISSÃO DA FONTE BOA JUNTA DOIS UNIVERSOS DIFERENTES.

Leia mais

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MOD02_PR02_V03 1

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MOD02_PR02_V03 1 MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MOD02_PR02_V03 1 DATA: Outubro 2016 ELABORADO: Laura Santos EDITADO: Bruno Filipe APROVADO: Manuel Serejo ASSUNTO: Normas para apresentação de documentos Normas e apresentação

Leia mais

2. MARCA COM ASSINATURA. 2.4 Tamanho mínimo para logotipo com assinatura. Tamanho mínimo: y = 5 cm

2. MARCA COM ASSINATURA. 2.4 Tamanho mínimo para logotipo com assinatura. Tamanho mínimo: y = 5 cm 2.4 Tamanho mínimo para logotipo com assinatura Tamanho mínimo: y = 5 cm largura (y) > 5 cm O tamanho mínimo para o logotipo com assinatura é de 5 cm de largura. Essa regra é a mesma tanto para o logotipo

Leia mais

Recursos Naturais. Cores quentes, energia, países de clima tropical, desigualdade social. Conceito: mover para somar. Projeção de cinema

Recursos Naturais. Cores quentes, energia, países de clima tropical, desigualdade social. Conceito: mover para somar. Projeção de cinema Ven.ti.la.dor adj (ventilar+dor2) Que ventila; ventilante. sm 1 Aparelho que renova o ar de ambientes fechados ou que o põe em circulação; aparelho que produz corrente de ar. Recursos Naturais { Cores

Leia mais

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MOD02_PR02_V05 1

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MOD02_PR02_V05 1 MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MOD02_PR02_V05 1 DATA: Outubro 2018 ELABORADO: Laura Santos EDITADO: Bruno Filipe APROVADO: Manuel Serejo ASSUNTO: Normas para apresentação de documentos Normas e apresentação

Leia mais

wireframe homepage Onde buscar ajuda para animais carentes onde denunciar maus tratos Feiras de doação por todo o Brasil Apadrinhe um cão

wireframe homepage Onde buscar ajuda para animais carentes onde denunciar maus tratos Feiras de doação por todo o Brasil Apadrinhe um cão wireframe homepage tipo Quem somos Doações em dinheiro Onde r ajuda para animais carentes equipe Doações em mantimentos onde denunciar maus tratos banner 720 álbum x 160 de fotos Doaçòes medicinais Feiras

Leia mais

KIT DE NORMAS GRAFICAS

KIT DE NORMAS GRAFICAS KIT DE NORMAS GRAFICAS ÍNDICE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 INTRODUÇÃO CONCEÇÃO DO SELO CORES DO SELO SELO MONOCROMÁTICO REFERÊNCIAS DE COR OUTRAS CORES FUNDOS FOTOGRÁFICOS ÁREA DE PROTEÇÃO REDUÇÃO TIPOGRAFIA

Leia mais

TÍTULO DO ARTIGO EM PORTUGUÊS TÍTULO DO ARTIGO EM INGLÊS

TÍTULO DO ARTIGO EM PORTUGUÊS TÍTULO DO ARTIGO EM INGLÊS TÍTULO DO ARTIGO EM PORTUGUÊS TÍTULO DO ARTIGO EM INGLÊS Nome completo (sem abreviações) do Autor 1, última titulação, endereço profissional Nome completo (sem abreviações) do Autor 2, última titulação,

Leia mais

Manual de Normas Gráficas Março 2017

Manual de Normas Gráficas Março 2017 Manual de Normas Gráficas Março 2017 1 Introdução A Frusantos é uma empresa familiar, com aspiração comum, visão de crescimento e compromisso com o senso de legado, de geração em geração. Visão Ser empresa

Leia mais

MANUAL DA MARCA E IDENTIDADE VISUAL VERSÃO 1.0 SETEMBRO DE 2015

MANUAL DA MARCA E IDENTIDADE VISUAL VERSÃO 1.0 SETEMBRO DE 2015 MANUAL DA MARCA E IDENTIDADE VISUAL VERSÃO 1.0 SETEMBRO DE 2015 Gran Viver Urbanismo, maior Loteadora de Minas. A Gran Viver Urbanismo, maior loteadora de Minas é uma empresa do Grupo Seculus. Os principais

Leia mais

Manual da marca Revespetro

Manual da marca Revespetro Manual da marca Sumário O valor da marca Construção da marca Marca Marca com efeitos Paleta de cores Tipografia Tipografia de apoio Malha de proporção Box Branco Versões das marcas em positivo Versões

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL 1 MENSAGEM DA PRESIDÊNCIA O conjunto marca/logotipo é o elemento gráfico e visual pelo qual somos reconhecidos nos diversos meios em que atuamos. As suas formas foram concebidas

Leia mais

Arquitetura de Informação - 7

Arquitetura de Informação - 7 Arquitetura de Informação - 7 Ferramentas para Web Design Prof. Ricardo Ferramentas para Web Design 1 Ícone Imagem Banner Logotipo Título 1 Título 2 Tabela Disclaimer Título 1 Título 2 Ícone Ícone Imagem

Leia mais

Manual de identidade visual

Manual de identidade visual Manual de identidade visual apresentação....................................3 Versões horizontal e vertical........................4 grid de construção................................5 Cores institucionais...............................6

Leia mais

MANUAL DE USO DA MARCA INSTITUTO NACIONAL DO SEMIÁRIDO

MANUAL DE USO DA MARCA INSTITUTO NACIONAL DO SEMIÁRIDO MANUAL DE USO DA MARCA INSTITUTO NACIONAL DO SEMIÁRIDO SUMÁRIO 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 1.6 1.7 1.8 1.9 1.10 1.11 1.12 1.13 1.14 1.15 1.16 Introdução Assinatura institucional Malha de construção Assinatura

Leia mais

A construção do logótipo (relações entre os diferentes elementos);

A construção do logótipo (relações entre os diferentes elementos); Manual Normas Este manual de normas gráficas é um instrumento de trabalho que visa definir um conjunto de regras e recomendações que garantam a aplicação correcta da identidade gráfica da ANI. As várias

Leia mais

POCH MANUAL DE NORMAS

POCH MANUAL DE NORMAS POCH MANUAL DE NORMAS 2015 A MARCA A marca é o elemento mais identificativo da identidade corporativa. A normalização da mesma é essencial para preservar a sua legibilidade e percepção. Por esse motivo,

Leia mais

Um teste do L Y X. efeefe

Um teste do L Y X. efeefe Um teste do L Y X efeefe Sexta-feira, 13 de agosto de 2010 Esse texto é teste do software L Y X para a diagramação de publicações online. Também vou utilizá-lo como base para converter para diversos formatos

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual sumário Manual de Identidade Visual EBSERH Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares 3 a marca 4 malha construtiva 5 cores institucionais 6 aplicações em fundo colorido 7

Leia mais

Manual de Uso da. identidade visual. Atualização: julho/2015

Manual de Uso da. identidade visual. Atualização: julho/2015 Manual de Uso da identidade visual Atualização: julho/2015 TRABALHO EDITORIAL Revisão e atualização: Daniela Cairo Otávio Filho Projeto gráfico e editoração: Ricardo Martins Francisco Junior. Bahia. Ministério

Leia mais

Manual de identidade. Centro de Informação Europeia Jacques Delors

Manual de identidade. Centro de Informação Europeia Jacques Delors Manual de identidade (CIEJD) Direcção-Geral dos Assuntos Europeus (DGAE) Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) Autor: Carla Lopes design.avulso@gmail.com www.designavulso.blogspot.com Acesso em linha:

Leia mais

Intro. Índice. Um teste do L Y X. Contents. efeefe. Sexta-feira, 13 de agosto de I O primeiro capítulo 1. II O segundo capítulo 3.

Intro. Índice. Um teste do L Y X. Contents. efeefe. Sexta-feira, 13 de agosto de I O primeiro capítulo 1. II O segundo capítulo 3. Um teste do L Y X efeefe Sexta-feira, 13 de agosto de 2010 Abstract Esse texto é teste do software L Y X para a diagramação de publicações online. Também vou utilizá-lo como base para converter para diversos

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Você tem um nome e gosta de ser tratado por ele da forma CORRETA.

APRESENTAÇÃO. Você tem um nome e gosta de ser tratado por ele da forma CORRETA. APRESENTAÇÃO Este é um manual que determina a utilização correta da marca da Universidade Católica de Pelotas, orientando sobre as regras que devem ser seguidas na aplicação e reprodução em todos os materiais

Leia mais

Normas para apresentação e elaboração de Trabalhos Finais de Licenciatura e Mestrado

Normas para apresentação e elaboração de Trabalhos Finais de Licenciatura e Mestrado Normas para apresentação e elaboração de Trabalhos Finais de Licenciatura e Mestrado Normas para apresentação e elaboração dos Trabalhos Finais Nota prévia: As normas agora aprovadas devem ser entendidas

Leia mais

LOGÓTIPO - VERSÕES A CORES. LOGÓTIPO O logótipo do turismo de Portugal foi criado para expressar o nosso espírito e modo de ser.

LOGÓTIPO - VERSÕES A CORES. LOGÓTIPO O logótipo do turismo de Portugal foi criado para expressar o nosso espírito e modo de ser. LOGÓTIPO O logótipo do turismo de Portugal foi criado para epressar o nosso espírito e modo de ser. O logótipo é parte integrante de uma série de elementos gráficos que criam uma imagem e aspecto consistentes

Leia mais

Wireframes. Definição. Wireframes

Wireframes. Definição. Wireframes Wireframes Guilhermo Reis www.guilhermo.com 2 Definição Wireframes Diagrama que representa todos os elementos de uma página, definindo esses elementos, a hierarquia entre eles, agrupamentos e suas importâncias

Leia mais

O ALUNO SURDO E OS PROCESSOS DE INTERAÇÃO NA COMPREENSÃO DO ENUNCIADO MATEMÁTICO

O ALUNO SURDO E OS PROCESSOS DE INTERAÇÃO NA COMPREENSÃO DO ENUNCIADO MATEMÁTICO O ALUNO SURDO E OS PROCESSOS DE INTERAÇÃO NA COMPREENSÃO DO ENUNCIADO MATEMÁTICO Ludmyla Sathler Aguiar do Nascimento 1 GD12 Educação Matemática e Inclusão A leitura e compreensão textual expõem o quanto

Leia mais

MELHOR TURISMO2020. Manual de Normas Gráficas ESTE MANUAL ESTABELECE AS NORMAS DE UTILIZAÇÃO DA MARCA.

MELHOR TURISMO2020. Manual de Normas Gráficas ESTE MANUAL ESTABELECE AS NORMAS DE UTILIZAÇÃO DA MARCA. MELHOR Manual de Normas Gráficas ESTE MANUAL ESTABELECE AS NORMAS DE UTILIZAÇÃO DA MARCA. by ESTE MANUAL É UM INSTRUMENTO DE TRABALHO, ILUSTRANDO E DEFININDO AS UTILIZAÇÕES DA IDENTIDADE GRÁFICA E ESCLARECENDO

Leia mais

espaço publicitário SEJA FELIZ o poder da alegria dentário? pág.9 tratá-la? pág.9 saúde? pág.9 TEM IDADE CERTA para uso do aparelho

espaço publicitário SEJA FELIZ o poder da alegria dentário? pág.9 tratá-la? pág.9 saúde? pág.9 TEM IDADE CERTA para uso do aparelho edição 01 ano 01 Fevereiro de 2015 Publicação bimestral com distribuição gratuita no Circuito das Águas Paulista www.circuitosaude.com.br SEJA FELIZ o poder da alegria pág.7 TEM IDADE CERTA para uso do

Leia mais

MANUAL DE NORMAS. Guia de identidade visual. Abril. 2016

MANUAL DE NORMAS. Guia de identidade visual. Abril. 2016 MANUAL DE NORMAS Guia de identidade visual Abril. 2016 A logomarca tem como base a interação com as pessoas. É por isso que é tão importante que todos os que trabalham com a logomarca Nosso Shopping percebam

Leia mais

Manual de Normas Gráficas. CASES - Cooperativa António Sérgio para a Economia Social

Manual de Normas Gráficas. CASES - Cooperativa António Sérgio para a Economia Social Manual de Normas Gráficas CASES - Cooperativa António Sérgio para a Economia Social CASES 2015 Assinatura CASES Versões da assinatura CASES v1 v3 v5 Positivo v2 v4 v5 Negativo v1. Esta assinatura deverá

Leia mais

A C R A M A L D A U N A

A C R A M A L D A U N A MANUAL DA MARCA BRIEFING & PROCESSO CRIATIVO 01 CONCEITO E CONSTRUÇÃO DA MARCA 02 GRADE 04 PALETA DE CORES 05 APLICAÇÕES MONOCROMÁTICAS 05 APLICAÇÕES 06 CRÉDITOS 07 01 BRIEFING & PROCESSO CRIATIVO BRIEFING...

Leia mais

IFDR, IP MANUAL DE NORMAS

IFDR, IP MANUAL DE NORMAS IFDR, IP MANUAL DE NORMAS Este guia de normas representa, no seu conteúdo, o conjunto das regras básicas de utilização da marca, bem como das suas declinações e complementos visuais. A utilização dos elementos

Leia mais

Como gerenciar com sucesso o seu empreendimento

Como gerenciar com sucesso o seu empreendimento GRANDE ARACAJU SERGIPE Ano I Edição 1 Março/Abril 2018 ADMINISTRAÇÃO Como gerenciar com sucesso o seu empreendimento Entrevista com Dr. ANTONIO JOSÉ DA SILVA Administrador da SET & Cia. EXPEDIENTE EDITORIAL

Leia mais

MANUAL NORMAS GRÁFICAS

MANUAL NORMAS GRÁFICAS MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS NOVEMBRO 2016 MIGUEL GATA INTRODUÇÃO 2 MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS BEM-VINDO ao Manual de Normas Gráficas da ESCOLA PROFISSIONAL PRÁTICA UNIVERSAL BRAGANÇA Dada a importância que

Leia mais

Manual de identidade LINHA PROFISSIONAL

Manual de identidade LINHA PROFISSIONAL Índice Proporções do logotipo Manual de identidade LINHA PROFISSIONAL A Black & Decker desenvolveu este guia para manter o padrão visual na comunicação da LINHA PROFISSIONAL. Nela você encontrará os elementos

Leia mais

A maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas

A maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas PLANOS PLUS & TOP A maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas Pesquisar Reclamar Comparar Responder Replicar Resolver Consumidores ReclameAQUI Empresas O ReclameAQUI

Leia mais

Manual de identidade visual

Manual de identidade visual Manual de identidade visual Indrodução Neste manual de uso de marca, é possível encontrar todas as informações, denominações, padrões, variações, elementos e aplicações do novo sistema de identidade visual

Leia mais

L 276/4 PT Jornal Oficial da União Europeia. DECISÃO N. o 190. de 18 de Junho de 2003

L 276/4 PT Jornal Oficial da União Europeia. DECISÃO N. o 190. de 18 de Junho de 2003 L 276/4 PT Jornal Oficial da União Europeia DECISÃO N. o 190 de 18 de Junho de 2003 relativa às características técnicas do cartão europeu de seguro de doença (Texto relevante para efeitos do EEE e do

Leia mais

Equipe abntex2. Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2

Equipe abntex2. Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Brasil 2013 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Modelo canônico de Relatório

Leia mais

Brand Identity Guidelines

Brand Identity Guidelines Brand Identity Guidelines manual PARA QUÊ? Índice 1.0 Logotipo 00 1.1 Apresentação 00 1.2 Cores Institucionais 00 1.3 Símbolo 00 1.4 Família Tipográfica 00 1.5 Redução 00 1.6 Versões 00 Este manual explica

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Capítulo 1 Normatização Geral 1. Conceito de Marca 1.1. Identidade de Foz do Iguaçu 1.2. Pôster Conceitual 2. Assinaturas Padrão 2.1. Assinaturas em Português 2.2. Assinaturas

Leia mais

EDITAL 03/2019 DISCIPLINA ESPECIAL: DIPLOMACIA MULTILATERAL E LIDERANÇA

EDITAL 03/2019 DISCIPLINA ESPECIAL: DIPLOMACIA MULTILATERAL E LIDERANÇA EDITAL 03/2019 DISCIPLINA ESPECIAL: DIPLOMACIA MULTILATERAL E LIDERANÇA O presente documento versa sobre os requisitos para a submissão da inscrição na Disciplina Diplomacia Multilateral e Liderança, ofertada

Leia mais

Arte Sacra é destaque no Salão de Negócios do Minas Trend 2013. Frutacor lança coleção Inverno 2014. Confira o festival de Jazz no CCCP

Arte Sacra é destaque no Salão de Negócios do Minas Trend 2013. Frutacor lança coleção Inverno 2014. Confira o festival de Jazz no CCCP Arte Sacra é destaque no Salão de Negócios do Minas Trend 2013 Frutacor lança coleção Inverno 2014 Fashion City Brasil participará da Fenim Confira o festival de Jazz no CCCP Bodytech loren ipsum ad vitor

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual 02 01. O MANUAL O objetivo deste manual é garantir, através do cumprimento de suas normas, que as aplicações referentes a sua identidade visual sejam feitas de forma correta,

Leia mais

D I G I TA L ATENÇÃO NAS MÍDIAS DIGITAIS, OS DESCONTOS DIFEREM DOS PRATICADOS NA MÍDIA IMPRESSA. CONSULTE-NOS.

D I G I TA L ATENÇÃO NAS MÍDIAS DIGITAIS, OS DESCONTOS DIFEREM DOS PRATICADOS NA MÍDIA IMPRESSA. CONSULTE-NOS. D I G I TA L ATENÇÃO NAS MÍDIAS DIGITAIS, OS DESCONTOS DIFEREM DOS PRATICADOS NA MÍDIA IMPRESSA. CONSULTE-NOS. Plásticos em Revista Digital Plásticos em Revista é a mais antiga publicação de seu segmento,

Leia mais

Fulano de Tal. Exemplo de livro produzido com. Publicações Acadêmicas Ltda. abntex2 v-1.9.5

Fulano de Tal. Exemplo de livro produzido com. Publicações Acadêmicas Ltda. abntex2 v-1.9.5 Fulano de Tal Exemplo de livro produzido com abntex2 Publicações Acadêmicas Ltda. abntex2 v-1.9.5 Fulano de Tal Exemplo de livro produzido com abntex2 Publicações Acadêmicas Ltda. abntex2 v-1.9.5 2015

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ENGENHARIA MECÂNICA

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ENGENHARIA MECÂNICA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ENGENHARIA MECÂNICA PRIMEIRO AUTOR SEGUNDO AUTOR TERCEIRO AUTOR QUARTO AUTOR QUINTO AUTOR SEXTO AUTOR TÍTULO COMPLETO DO PROJETO PROJETO

Leia mais

MANUAL DE NORMAS REPRESENTAÇÃO GRÁFICA

MANUAL DE NORMAS REPRESENTAÇÃO GRÁFICA MANUAL DE NORMAS REPRESENTAÇÃO GRÁFICA QUALIDADE E INOVAÇÃO Regras de identificação visual Este manual estabelece regras gráficas da iniciativa QI PME - Norte com vista a uma uniformização das peças gráficas

Leia mais

Manual de Identidade Visual Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Manual de Identidade Visual Governo do Estado do Rio Grande do Sul Manual de Identidade Visual Governo do Estado do Rio Grande do Sul todos pelo rio grande É com muita satisfação que apresentamos a nova forma de expressão do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Daqui

Leia mais

d ce D I G I TA L ATENÇÃO NAS MÍDIAS DIGITAIS, OS DESCONTOS DIFEREM DOS PRATICADOS NA MÍDIA IMPRESSA. CONSULTE-NOS. R E V I S T A

d ce D I G I TA L ATENÇÃO NAS MÍDIAS DIGITAIS, OS DESCONTOS DIFEREM DOS PRATICADOS NA MÍDIA IMPRESSA. CONSULTE-NOS. R E V I S T A d ce R E V I S T A D I G I TA L ATENÇÃO NAS MÍDIAS DIGITAIS, OS DESCONTOS DIFEREM DOS PRATICADOS NA MÍDIA IMPRESSA. CONSULTE-NOS. Doce Revista Digital Há 31 anos no mercado, a imagem da Doce Revista é

Leia mais

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS, JORNALISMO E SERVIÇO SOCIAL COLEGIADO DE JORNALISMO PROJETOS EXPERIMENTAIS DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA

Leia mais

advisor senior seu sucesso nosso compromisso senior advisor

advisor senior seu sucesso nosso compromisso senior advisor senior advisor COACHING FINANCEIRO BRANDING SERVIÇOS CONTÁBEIS COACHING FINANCEIRO SERVIÇOS CONTÁBEIS BRANDING A Senior Advisor é uma consultoria multidisciplinar, que tem como foco principal, auxiliar

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CCDRC comissão de coordenação e desenvolvimento regional do centro Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro Rua Bernardim Ribeiro, 80. 3000-069 Coimbra,

Leia mais

Preparação de um trabalho de pesquisa: - Citações e Referências bibliográficas

Preparação de um trabalho de pesquisa: - Citações e Referências bibliográficas CCM002 Metodologia de Pesquisa em Ciência da Computação Apresentações Preparação de um trabalho de pesquisa: - Citações e Referências bibliográficas Prof. Jesús P. Mena-Chalco jesus.mena@ufabc.edu.br 3Q-2017

Leia mais

Introdução. Este manual de identidade define um conjunto de regras e recomendações que visam garantir a utilização e aplicação correcta da marca Keep.

Introdução. Este manual de identidade define um conjunto de regras e recomendações que visam garantir a utilização e aplicação correcta da marca Keep. BRAND GUIDELINES Introdução Este manual de identidade define um conjunto de regras e recomendações que visam garantir a utilização e aplicação correcta da marca Keep. A identidade visual Keep deverá ser

Leia mais

Normas para apresentação e elaboração de Trabalhos Finais de Licenciatura e Mestrado

Normas para apresentação e elaboração de Trabalhos Finais de Licenciatura e Mestrado Normas para apresentação e elaboração de Trabalhos Finais de Licenciatura e Mestrado Versão n.º2-01/02/2011 Normas para apresentação e elaboração dos Trabalhos Finais Nota prévia: As normas agora aprovadas

Leia mais

IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE NORMAS BÁSICO. Partir de uma ideia para um novo valor.

IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE NORMAS BÁSICO. Partir de uma ideia para um novo valor. Partir de uma ideia para um novo valor. 01 A FUNÇÃO DO MANUAL A criação da identidade visual da Coimbra Criativa e Empreeendedora tem por base um sistema de aplicações coerente, organizado e bem definido.

Leia mais

AMAZÔNIA PARA SEMPRE. Inclusão Digital. Acessibilidade. País do Futebol. Sustentabilidade & Gestão Social

AMAZÔNIA PARA SEMPRE. Inclusão Digital. Acessibilidade. País do Futebol. Sustentabilidade & Gestão Social www.revistaresponsa.com.br Sustentabilidade & Gestão Social Inclusão Digital A internet sobe a favela Pág. 09 Acessibilidade Adaptação por todos os lados Pág. 15 País do Futebol Como a Copa do Mundo no

Leia mais

Fórum Metodologias Ativas MetA 2015

Fórum Metodologias Ativas MetA 2015 Fórum Metodologias Ativas MetA 2015 Professor, venha compartilhar suas experiências diferenciadas e inovadoras de ensino! Participe dessa onda Saberes da Universidade - Metodologias Ativas http://www.pucsp.br/reunindo-saberes-da-universidade

Leia mais

MANUAL DE USO DA MARCA E IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE USO DA MARCA E IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE USO DA MARCA E IDENTIDADE VISUAL manual PARA QUÊ? Este manual explica como utilizar a marca Marchesoni. Por marca não entendemos apenas o logotipo, mas todo o material e as ideias que se relacionam

Leia mais

FULL BANNER CAPA 1 (728X90px)

FULL BANNER CAPA 1 (728X90px) abertura do abertura do abertura do abertura do FULL BANNER CAPA 1 SUPER BANNER CAPA 1 (960X240px) SOCIAL VÍDEOS Michel Teló fala de eliminação do The Voice Brasil que gerou burburinho nas redes Michel

Leia mais