REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE INGLÊS DO PORTO DIGITAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE INGLÊS 2016.1 DO PORTO DIGITAL"

Transcrição

1 REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE INGLÊS DO PORTO DIGITAL Parque Tecnológico 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) para participação no Curso de Inglês no primeiro semestre de Neste instrumento são apresentadas as informações e os procedimentos para inscrição, seleção e matrícula no curso. Este curso faz parte do Programa de Qualificação do Porto Digital e tem como objetivo capacitar os colaboradores das empresas embarcadas no Parque Tecnológico Porto Digital no uso da língua inglesa no contexto profissional, seja em atividades técnicas, como em atividades de geração de negócios. Com isso, espera-se gerar como benefício o aumento da capacidade competitiva do ambiente de TIC e Economia Criativa de Recife e, como consequência, melhores condições em acessar mercados internacionais e atrair novos empreendimentos multinacionais. A ação faz parte do Projeto de Consolidação do Parque Tecnológico Porto Digital, financiado pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco (SECTI). 2. CURSO OFERECIDO E INFORMAÇÕES GERAIS O NGPD propõe a realização de Curso de Inglês regular, de forma a capacitar os colaboradores das empresas embarcadas no Porto Digital no uso da língua inglesa. Mais sobre o curso abaixo: Curso de Inglês Objetivos do curso Carga horária do curso oferecido Página 1 de 7 O curso abordará as 04 habilidades básicas (leitura, escrita, audição e conversação) em diversos níveis de conhecimento, apresentando conteúdo teórico, aliado à prática, para que os alunos adquiram conhecimento da Língua Inglesa no contexto profissional. 43,5 horas por turma, sendo aproximadamente 29 encontros de 1,5 horas. Serão ofertadas 07 (sete) turmas, com 15 (quinze) vagas cada, totalizando assim, 105 (cento e cinco) vagas. O curso nas 07 (sete) turmas ocorrerá paralelamente, durante aproximadamente 04 (quatro) meses (ver item cronograma), de forma intensiva. As aulas serão ministradas por empresa competente contratada pelo NGPD, em salas localizadas no território do Porto Digital e serão disponibilizados aos alunos infraestrutura e material didático. Os horários serão determinados após a definição das turmas. Na medida do possível serão considerados os horários preferenciais informados no formulário de inscrição, onde cada candidato indicará sua preferência, por ordem. Porém, o NGPD não assegura disponibilidade de vagas nos horários preferenciais. Horários disponíveis: 1. Segunda e quarta, das 08h00 às 09h30 2. Segunda e quarta, das 12h00 às 13h30 3. Segunda e quarta, das 19h00 às 20h30 4. Terça e quinta, das 08h00 às 09h30 5. Terça e quinta, das 12h00 às 13h30 6. Terça e quinta, das 19h00 às 20h30 7. Sábado, das 08h00 às 11h15 (com intervalo de 15 minutos)

2 3. CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO 3.1. Empresas embarcadas Todas as empresas embarcadas no Porto Digital poderão ter colaboradores beneficiados pela capacitação. Estas, para serem favorecidas pelo programa, entretanto, precisam atender os seguintes pré-requisitos: a) Estar instalada fisicamente na área do Porto Digital; b) Atuar no setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) ou Economia Criativa. c) Estar com os dados cadastrais atualizados junto ao NGPD (Perfil Empresarial); d) Estar em situação regular perante programas e projetos do NGPD Colaboradores Para colaboradores, serão necessários os seguintes requisitos para participar do curso: a) Ser funcionário de empresa instalada no Porto Digital e que atua nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e/ou Economia Criativa; b) Ser indicado por representante da empresa no momento da inscrição por meio de formulário eletrônico e ter seus dados preenchidos corretamente; c) Estar em situação regular perante programas e projetos do NGPD. Caso o colaborador perca o vínculo com empresa do Porto Digital durante realização do curso, esse poderá finalizar a carga horária do semestre. No entanto, para continuidade no semestre seguinte, depende de estar vinculado à alguma empresa do Porto Digital e atender aos requisitos da chamada do curso. Cabe ao colaborador e à empresa, portanto, informarem ao NGPD o desligamento do funcionário para que a mesma não seja prejudicada ficando em situação irregular perante o núcleo gestor. 4. INSCRIÇÃO A inscrição deverá ser feita através de formulário online disponibilizado pelo Porto Digital e é composta pelos seguintes passos: 1) Verificar se a empresa encontra-se com seu o Perfil atualizado - A empresa deve verificar se seu nome consta na Lista de Empresas Embarcadas que pode ser encontrada no site clicando no menu Empresas, localizado na parte superior do site e escolhendo Empresas de TIC ou Empresas de Economia Criativa, a depender da área da empresa. 2) Preencher Formulário de Perfil Empresarial - Caso o nome da empresa não conste na lista, ela deve atualizar o Formulário de Perfil Empresarial disponível pelo link Se o nome da empresa estiver na lista, pule este passo e prossiga para o próximo. 3) Preencher Formulário de Inscrição Eletrônico - Um único profissional representante da empresa deverá preencher o Formulário de Inscrição Eletrônico para cada colaborador, disponível no link informando os dados da empresa, do seu representante e do colaborador indicado. Cada empresa poderá inscrever até 05 (cinco) Novos Colaboradores interessados em ingressar no curso de inglês ou que não tiveram desempenho satisfatório no semestre anterior (2015.2). Também devem indicar o número total de Colaboradores Concluintes colaboradores que concluíram o curso com desempenho e frequência satisfatórios em e que desejam continuar o curso. Colaboradores Concluintes serão priorizados no processo seletivo. Página 2 de 7

3 A indicação de Novos Colaboradores deve ser feita em ordem de prioridade para a empresa. Tal ordem de prioridade deverá ser demonstrada pela ordem de preenchimento dos formulários de inscrição, sendo o 1º formulário o do colaborador de maior prioridade e o último formulário o do colaborador de menor prioridade. Um único responsável de cada empresa deverá preencher e enviar um formulário para cada colaborador. Em caso de dois formulários do mesmo colaborador, será considerado o último enviado. O NGPD não se responsabiliza por informações incorretas nos formulários, sendo o representante responsável por informar os dados corretos. Além disso, os profissionais indicados serão responsáveis por conferir periodicamente suas respectivas caixas de entrada do informado no formulário, pois todo contato entre inscritos e NGPD/instituição de ensino acerca do processo seletivo, matrícula e demais assuntos referentes ao curso, serão realizados através dos s informados. O NGPD não se responsabiliza por mensagens encaminhadas automaticamente para spam ou enviadas durante período de férias do colaborador. 5. PROCESSO SELETIVO A seleção dos candidatos se dará através dos seguintes critérios, de acordo com a ordem abaixo: 1. Colaboradores Concluintes Terão prioridade, porém não haverá vaga garantida. Se houver formação de turma para o seu nível, os candidatos serão classificados a partir da sua média final no semestre Novos Colaboradores Os demais inscritos passarão por processo seletivo onde será aferido seu nível de conhecimento e será atribuída uma avaliação para cada participante. O processo seletivo para os Novos Colaboradores conta com duas fases de provas (objetiva e oral), ambas abordarão conceitos básicos de Inglês. Elas têm por objetivo nivelar o conhecimento dos candidatos e classificá-los a partir disso, não sendo eliminatórias. Os candidatos que participaram da primeira etapa de provas e não forem convocados para participar da segunda etapa encontram-se no nível básico de Inglês e, portanto, não é necessário participar da prova oral para determinar o seu nível, não significando que não serão convocados para a formação de turmas. A classificação dos candidatos ocorrerá de acordo com o resultado conjunto de ambas as avaliações, quando aplicável ou apenas pela primeira etapa. Cada candidato apenas concorrerá com outros candidatos de mesmo nível de conhecimento, de acordo com o aferido na avaliação. O local e horário específicos serão informados oportunamente aos inscritos. Dias e horários serão agendados para cada participante após as inscrições, segundo o cronograma (vide item 11 deste regulamento). O cargo do colaborador na empresa não será um critério seletivo. O conhecimento em inglês do colaborador será aferido para nivelamento e definição da turma que este poderá participar. Os candidatos só concorrerão no processo seletivo com outros do seu mesmo nível de conhecimento em inglês. CRITÉRIOS DE DESEMPATE Em caso de empate de dois ou mais candidatos, serão utilizados os seguintes critérios listados abaixo na ordem que serão considerados. Será priorizado o colaborador: Página 3 de 7

4 1. Com menor número de faltas no semestre (para empate entre Colaboradores Concluintes). 2. Que tiver sido indicado por sua empresa em nível prioritário maior (informado pela ordem de inscrição). 3. Cuja empresa tiver menor quantidade de funcionários selecionados; 4. Cuja empresa tiver menos profissionais irregulares (que cumpriram ou não o tempo de irregularidade) no Programa de Qualificação do Porto Digital; 5. Cuja empresa estiver há mais tempo instalada no Porto Digital; 6. MATRÍCULA Após a divulgação do resultado das turmas e dos candidatos selecionados, esses deverão efetuar a matrícula, presencialmente ou por meio de representante, mediante: I. Pagamento da taxa de matrícula no valor de R$145,00 (cento e quarenta e cinco reais), através do link II. Página 4 de 7 Apresentar os seguintes documentos no local e período indicados: a. Cópia do Documento de Identidade ou cópia de documento, equivalente nos termos da Lei, com foto e número de CPF, (apenas para Novos Colaboradores); b. Declarações de Responsabilidade do colaborador e da empresa, preenchidas e assinadas pelo colaborador e pelo superior da empresa, respectivamente, conforme arquivos enviados oportunamente aos alunos selecionados. Os documentos deverão ser apresentados no período constante no item 11 Cronograma, em local e horário a serem informados aos selecionados em momento oportuno. Depois de realizada a matrícula, em caso de desistências ou qualquer eventualidade, não haverá devolução da taxa de matrícula. Alertamos que na Declaração de Responsabilidade do Colaborador há uma Nota Promissória, que deve ser devidamente preenchida e assinada. Considerando que a oportunidade de capacitação de mão de obra do Porto Digital é subsidiada, tanto para o colaborador quanto para a empresa na qual trabalha, e que o número de vagas é limitado, impossibilitando contemplar todos os profissionais e empresas, a empresa deverá assumir a responsabilidade de cobrar e monitorar a assiduidade do(s) seu(s) colaborador(s) beneficiado(s) pela capacitação. Este, por sua vez, ao se matricular, assumirá o compromisso de comparecer a todas as aulas ministradas. 7. REMANEJAMENTOS Estudantes não selecionados no primeiro momento por indisponibilidade de vagas poderão ser chamados até decorrido 25% das aulas do curso, em caso de desligamento ou desistência de um estudante matriculado. A empresa contratada entrará em contato com o primeiro candidato da lista de remanejamento, que terá 01 (um) dia útil para responder. Caso não haja manifestação, o candidato será removido da lista e será contatado o candidato seguinte, segundo ordem de classificação, que também terá 01 (um) dia útil para apresentar resposta, e assim por diante. É importante salientar que os alunos remanejados perderão conteúdo de aulas dos dias anteriores ao remanejamento e, por isso, absorverão as faltas relativas a este período anterior ao seu ingresso nas aulas e deverão acompanhar atentamente as suas faltas no curso, pois devem ter, no mínimo, 75% (setenta e cinco por cento) de frequência no total das aulas do curso.

5 8. FALTAS, DESISTÊNCIAS E DESLIGAMENTO O limite de faltas é de 25% das horas de aulas totais do curso, equivalentes a 10,5h ou 7 aulas de 1,5h. Um aluno pode desistir sem ônus até o limite de 25% das horas iniciais (dentro das primeiras 10,5h de curso). Em casos de desligamento ou de desistência, o aluno fica obrigado a apresentar justificativa dirigida ao NGPD em formulário próprio (enviado aos alunos no início das aulas) até o dia 30 do mês em que o fato ocorreu. A justificativa, desde que devidamente preenchida e assinada, pode ser entregue ao professor durante as aulas ou enviadas ao NGPD através do e- mail Através do mesmo endereço, o formulário pode ser requisitado novamente. A justificativa será analisada para aprovação ou não pelo NGPD. Em caso de não-apresentação ou não-aprovação da justificativa, o estudante receberá as penalidades previstas no item 9 deste documento. Serão abonadas apenas faltas justificadas por motivos de força maior, tais como doença, férias e licenças, desde que comprovadas por documento legalmente válido. Em caso de férias, o colaborador terá um período máximo de 15 dias corridos abonados. Faltas por motivos de trabalho ou não devidamente comprovadas, não serão abonadas. Serão consideradas apenas as justificativas enviadas até o dia 30 do mês em que a falta ocorreu. Os alunos desistentes até decorrida 25% da carga horária do curso deverão devolver o livro entregue em bom estado, para que o aluno remanejado para sua vaga o utilize. Caso o colaborador falte alguma das avaliações durante o semestre, este deve preencher formulário de justificativa informando ao NGPD o motivo e requisitando remarcação em até 02 (dois) dias úteis após a data original da mesma. 9. PENALIDADES O aluno que descumprir as regras do curso presentes neste instrumento será considerado irregular no Programa de Qualificação do Porto Digital, ficando impedido de participar de qualquer iniciativa do mesmo pelo período de 1 (um) ano. A empresa também poderá ser punida com a irregularidade, ficando impedida de indicar colaboradores para qualquer iniciativa do Programa por igual período. Além disso, o colaborador penalizado deverá pagar o valor integral do curso que é R$ 955,70 (novecentos e cinquenta e cinco reais e setenta centavos), através da Nota Promissória existente na Declaração de Participação assinada para efetivação da matrícula. Este procedimento visa garantir o cumprimento de todas as regras e prazos do curso. Por isso, para participar do curso, o candidato deverá assinar a Nota Promissória no valor total do curso que será cobrada nas situações citadas anteriormente. O aluno desistente após os 25% das horas iniciais (após as primeiras 10,5h de curso) ou que não comparecer ao mínimo de 75% de aulas, que não devolver o livro recebido para realização do curso também ficará irregular e também deverá pagar o valor integral do curso através da Nota Promissória assinada. 10. RESPONSABILIDADES DO NGPD 1. Contratar empresa para realizar as capacitações nas áreas demandadas; 2. Gerenciar o Curso de Inglês inscrições, processo seletivo, matrícula, desligamentos e desistências; Página 5 de 7

6 3. Definir dias e horários das aulas e das turmas; Parque Tecnológico 4. Comunicar aos alunos e responsáveis das empresas via as informações básicas sobre a capacitação; 5. Fornecer toda infraestrutura e todo material didático necessário para capacitação; 6. Realizar as capacitações; 7. Fornecer certificados de conclusão das capacitações. DAS EMPRESAS EMBARCADAS NO PORTO DIGITAL 1. Estar com o cadastro empresarial atualizado; 2. Indicar os colaboradores inscritos, preenchendo os campos com as informações corretas no prazo estabelecido; 3. Assinar Declaração de Participação em conjunto com o colaborador, para ser entregue no ato da matrícula; 4. Monitorar a assiduidade dos seus colaboradores matriculados no curso; 5. Apresentar ao NGPD, em conjunto com o colaborador, justificativa para eventuais casos de desligamento ou desistência de algum dos seus colaboradores no curso, até o dia 30 do mês em que ocorreu o fato. DOS COLABORADORES 1. Estar ciente da sua indicação pela empresa e dos dados preenchidos no formulário de inscrição por representante da empresa; 2. Acessar aos s enviados pelo NGPD (checando periodicamente caixa de entrada e spam); 3. Realizar a matrícula presencialmente ou enviar representante, mediante pagamento da taxa de matrícula e apresentação dos documentos descritos no item 6. Matrícula; 4. Comparecer à, no mínimo, 75% do total da carga horária do curso, frequentando as aulas ministradas; 5. Apresentar ao NGPD, em conjunto com a empresa, justificativa para eventual caso de desligamento ou desistência. 11. CRONOGRAMA TIVIADE D SEMESTRE ATIVIDADE DATA Inscrição 02 a 15/02/2016 Convocação para processo seletivo 18/02/2016 Processo de seleção 1ª fase (Prova Objetiva) 19 a 23/02/2016 Convocação para 2ª fase 26/02/2016 Processo de seleção 2ª fase (Prova Oral) 29/02 a 02/03/2016 Resultado final 09/03/2016 Matrícula 10 a 14/03/2016 Remanejamento A partir de 15/03/2016 Início das aulas 17/03/2016 Término das aulas (previsão) 07/07/2016 Página 6 de 7

7 Parque Tecnológico 12. INFORMAÇÕES ADICIONAIS Caso o colaborador perca o vínculo com empresa do Porto Digital, esse poderá finalizar o curso (semestre). No entanto, não poderá se inscrever no Curso de Inglês do semestre seguinte, caso haja, ou em iniciativas das áreas de Linguagens de Programação e Gerenciamento de Projetos do Programa de Qualificação do Porto Digital. Dúvidas a respeito do conteúdo deste regulamento deverão ser dirigidas para o O NGPD, ao seu critério, poderá divulgar a pergunta e a resposta. APOIO: Página 7 de 7 A qualquer tempo, o presente regulamento poderá ser revogado, anulado ou modificado, no todo ou em parte, por motivo de interesse público ou exigência legal, sem que isso implique direito a indenização ou reclamação de qualquer natureza. O NGPD reserva-se o direito de resolver os casos omissos e as situações não previstas nesta chamada pública.

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE INGLÊS DO PORTO DIGITAL

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE INGLÊS DO PORTO DIGITAL REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE INGLÊS DO PORTO DIGITAL 1. APRESENTAÇÃO Atento às demandas dos colaboradores das empresas embarcadas, e por entender a importância da continuidade do aprendizado

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO WORKFLOW DIGITAL ENTENDENDO A PÓS-PRODUÇÃO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO WORKFLOW DIGITAL ENTENDENDO A PÓS-PRODUÇÃO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO WORKFLOW DIGITAL ENTENDENDO A PÓS-PRODUÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) para participação

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) para participação

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE DESENVOLVIMENTO EM ANDROID.

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE DESENVOLVIMENTO EM ANDROID. REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE DESENVOLVIMENTO EM ANDROID. 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) e Faculdade

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA DO PORTO DIGITAL

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA DO PORTO DIGITAL REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA DO PORTO DIGITAL 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NA SEGUNDA FASE DO CURSO DE FORMAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NA SEGUNDA FASE DO CURSO DE FORMAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NA SEGUNDA FASE DO CURSO DE FORMAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU (MBA) EM SISTEMAS E ESTRATÉGIAS DE INOVAÇÃO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU (MBA) EM SISTEMAS E ESTRATÉGIAS DE INOVAÇÃO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU (MBA) EM SISTEMAS E ESTRATÉGIAS DE INOVAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO VOLTADAS PARA WEB 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO UFMA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO UFMA EDITAL DE SELEÇÃO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL PARA O PROJETO CURSO DE ESTUDOS DE IDIOMAS - CEI 2016.1 A PRÓ-REITORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO divulga, por meio do presente

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM BANCO DE DADOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM BANCO DE DADOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM BANCO DE DADOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX NÚCLEO DE EDUCAÇÃO E CIDADANIA NUEC EDITAL

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX NÚCLEO DE EDUCAÇÃO E CIDADANIA NUEC EDITAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX NÚCLEO DE EDUCAÇÃO E CIDADANIA NUEC EDITAL A Universidade Federal Fluminense (UFF), por intermédio da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) e do

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO AO ENSINO

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO AO ENSINO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO AO ENSINO EDITAL DE MONITORIA TECNOLÓGICA A Universidade Potiguar UnP, através da Pró-Reitoria Acadêmica ProAcad, torna público o presente Edital e convida o seu corpo

Leia mais

5. Um mesmo aluno não poderá integrar mais de uma equipe.

5. Um mesmo aluno não poderá integrar mais de uma equipe. Regulamento Desafio FACAMP DESAFIO DA BOLSA DE VALORES BM&F BOVESPA O DESAFIO FACAMP 2016 Desafio da Bolsa de Valores BM&F BOVESPA, realizado pela FACAMP - Faculdades de Campinas tem por finalidade principal

Leia mais

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia FAPESB, no uso das suas atribuições, torna público o presente Edital

Leia mais

EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS - TURMA 2010 MESTRADO ACADÊMICO

EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS - TURMA 2010 MESTRADO ACADÊMICO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO EDITAL PROGRAMA

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 198/2008

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 198/2008 ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO EDITAL ESMPU n. 198/2008 A Escola Superior do Ministério Público da União ESMPU comunica que estão abertas as inscrições no período de 3 a 10 de dezembro

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS NO MUNICÍPIO DE AJURICABA

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS NO MUNICÍPIO DE AJURICABA EDITAL Nº 063/2014 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS NO MUNICÍPIO DE AJURICABA AIRTON LUIS COSSETIN, Prefeito do município de Ajuricaba/RS, no uso de suas atribuições

Leia mais

EDITAL DE 23 DE JDEZEMBRO DE 2015 PROCESSO DE INSCRIÇÕES INTERCÂMBIO LAUREATE 2016.2

EDITAL DE 23 DE JDEZEMBRO DE 2015 PROCESSO DE INSCRIÇÕES INTERCÂMBIO LAUREATE 2016.2 A Universidade Potiguar - UnP, mantida pela APEC - Sociedade Potiguar de Educação e Cultura Ltda., sociedade legalmente constituída, inscrita no CNPJ sob o nº 08.480.071/0001-40, torna pública as normas

Leia mais

EDITAL Nº. 120, DE 22 E JUNHO DE 2016

EDITAL Nº. 120, DE 22 E JUNHO DE 2016 O Reitor do INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE - IFFluminense, no uso de suas atribuições legais, torna pública a abertura das inscrições para o Processo Seletivo de Ingresso

Leia mais

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS 1 SUMÁRIO 3 INTRODUÇÃO 4 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 6 RESCISÃO DO CONTRATO DE ESTÁGIO 7 CONCLUSÃO DE CURSO 7 RELATÓRIO TÉCNICO 8 AVALIAÇÃO DE

Leia mais

SEMANA UNIVERSITÁRIA NA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

SEMANA UNIVERSITÁRIA NA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO SEMANA UNIVERSITÁRIA NA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO 1. OBJETIVOS O objetivo geral da Semana Universitária da Prefeitura Municipal de São Paulo é colaborar para a formação de estudantes universitários

Leia mais

EDITAL Nº 01/2016, de 18 de janeiro de 2016 DIVULGAÇÃO

EDITAL Nº 01/2016, de 18 de janeiro de 2016 DIVULGAÇÃO EDITAL Nº 01/2016, de 18 de janeiro de 2016 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PRESENCIAL PARA O PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2016 A Faculdade Católica Recife torna público aos

Leia mais

Tipo de Documento: Documentos do SGQ Data de Emissão: 25/08/2010 Data de revisão: 12/01/2016

Tipo de Documento: Documentos do SGQ Data de Emissão: 25/08/2010 Data de revisão: 12/01/2016 Página 1 de 8 EDITAL Nº 02/2016 A INCIT - Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá torna público que estarão abertas às inscrições para o processo seletivo de novas startups para o Programa

Leia mais

FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2015

FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2015 1 DA ABERTURA FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2015 O Diretor da Faculdade de Engenharia de Sorocaba FACENS, mantida pela Associação Cultural de Renovação

Leia mais

CURSISTAS A ESCOLA E A CIDADE: EDUCAÇÃO INTEGRAL

CURSISTAS A ESCOLA E A CIDADE: EDUCAÇÃO INTEGRAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS DEPARTAMENTO DE EMPREENDEDORISMO E GESTÃO EDITAL ESTABELECE NORMAS DO PROCESSO SELETIVO DE

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2014 Coordenador: Prof. Dr. João Hilton Sayeg de Siqueira Vice-Coordenadora: Prof. Dra. Jeni Silva Turazza Estarão abertas, no período de U14/04/2014U a U05/05/2014U,

Leia mais

EDITAL. CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENDOCRINOLOGIA, DIABETES E METABOLOGIA Turma 2014 Pós-Graduação Lato Sensu

EDITAL. CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENDOCRINOLOGIA, DIABETES E METABOLOGIA Turma 2014 Pós-Graduação Lato Sensu 1 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO BIOMÉDICO FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENDOCRINOLOGIA, DIABETES E METABOLOGIA EDITAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENDOCRINOLOGIA,

Leia mais

MBA EM GESTÃO PÚBLICA

MBA EM GESTÃO PÚBLICA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO PÚBLICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Núcleo de Educação a Distância UAB/UFU

Universidade Federal de Uberlândia Núcleo de Educação a Distância UAB/UFU CHAMADA PÚBLICA 02/2010 Processo Seletivo simplificado para contratação de tutores a distância temporários. O Núcleo de Educação a Distância NEAD da Universidade Federal de Uberlândia em parceria com o

Leia mais

MUNICÍPIO DE TRÊS PASSOS PODER EXECUTIVO

MUNICÍPIO DE TRÊS PASSOS PODER EXECUTIVO EDITAL Nº 012/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS NO MUNICÍPIO DE TRÊS PASSOS O Município de Três Passos/RS, torna público a abertura de inscrições para Processo Seletivo

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES INSTITUTO DE LETRAS NÚCLEO DE EXTENSÃO LICOM / LÍNGUAS PARA A COMUNIDADE

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES INSTITUTO DE LETRAS NÚCLEO DE EXTENSÃO LICOM / LÍNGUAS PARA A COMUNIDADE UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES INSTITUTO DE LETRAS NÚCLEO DE EXTENSÃO LICOM / LÍNGUAS PARA A COMUNIDADE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA O PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO

Leia mais

E D I T A L. 2º A taxa de inscrição para o Processo Seletivo dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu será

E D I T A L. 2º A taxa de inscrição para o Processo Seletivo dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu será EDITAL DC/SP-NPL 2/2013 ABRE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU DO CAMPUS SÃO PAULO DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF NO 1º SEMESTRE DE 2014. A Diretora do

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE FÍSICA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na Modalidade

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS PARA AS TURMAS DE PRÉ- VESTIBULAR/PRÉ-ENEM DO EQUALIZAR 2016

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS PARA AS TURMAS DE PRÉ- VESTIBULAR/PRÉ-ENEM DO EQUALIZAR 2016 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS PARA AS TURMAS DE PRÉ- VESTIBULAR/PRÉ-ENEM DO EQUALIZAR 2016 Leia atentamente este edital. Você deverá concordar com todo o texto antes de se inscrever no processo

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA FACIIP REGULAMENTO

PROGRAMA DE MONITORIA FACIIP REGULAMENTO PROGRAMA DE MONITORIA FACIIP REGULAMENTO Capitulo I Do Programa Art.1 O presente regulamento do Programa de Monitoria estabelece as regras para o exercício da monitoria por alunos regularmente matriculados

Leia mais

EDITAL PARA MONITORIA PERÍODO DE MARÇO DE 2015 A JULHO DE 2015

EDITAL PARA MONITORIA PERÍODO DE MARÇO DE 2015 A JULHO DE 2015 EDITAL PARA MONITORIA PERÍODO DE MARÇO DE 2015 A JULHO DE 2015 A pró-reitora do UniCEUB, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna público que as inscrições para o concurso interno de monitoria

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA EM CURSOS SUPERIORES E SUBSEQUENTES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA EM CURSOS SUPERIORES E SUBSEQUENTES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS OSÓRIO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE COOPERATIVAS

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE COOPERATIVAS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE COOPERATIVAS EDITAL nº 1/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO A Fundação Universidade Federal do Tocantins

Leia mais

EDITAL N 35/2013 PROCESSO SELETIVO DE TUTORES PARA O POLO MANAUS DO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU

EDITAL N 35/2013 PROCESSO SELETIVO DE TUTORES PARA O POLO MANAUS DO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL N 35/2013 PROCESSO SELETIVO DE TUTORES PARA O POLO MANAUS DO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU NA MODALIDADE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EaD): CURSO DE GESTÃO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA EaD: ESPECIALIZAÇÃO,

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO ISMART 2016 Projeto Bolsa Talento

EDITAL PROCESSO SELETIVO ISMART 2016 Projeto Bolsa Talento EDITAL PROCESSO SELETIVO ISMART 2016 Projeto Bolsa Talento O Instituto Social para Motivar, Apoiar e Reconhecer Talentos (Ismart) é uma entidade privada, que tem por missão concretizar o pleno potencial

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD Nº 01 - Edital de Solicitação de Matrícula

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD Nº 01 - Edital de Solicitação de Matrícula EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD Nº 01 - Edital de Solicitação de Matrícula A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) torna pública a divulgação do Edital Complementar ao Edital UFU/PROGRAD Nº

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA

CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA EDITAL Nº 443, de 1º de dezembro de 2015 A UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (UFRJ), por intermédio da Direção do Instituto de Química,

Leia mais

Programa de Treinamento de Profissionais de Aeroportos TREINAR

Programa de Treinamento de Profissionais de Aeroportos TREINAR PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL SECRETARIA DE NAVEGAÇÃO AÉREA CIVIL Programa de Treinamento de Profissionais de Aeroportos TREINAR EDITAL Nº 04/2016 SENAV/SAC-PR A Secretaria de Navegação

Leia mais

AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL

AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM PERICIA, AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL EDITAL nº 1/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO A Fundação Universidade Federal

Leia mais

Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 -

Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 - Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 - A Diretoria da PRACATUM Escola de Música e Tecnologias, no uso de suas atribuições e demais disposições

Leia mais

EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA

EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Pernambuco FACEPE convida as universidades públicas de Pernambuco, federais ou estaduais,

Leia mais

NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS AO CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 2 O SEMESTRE DE 2013

NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS AO CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 2 O SEMESTRE DE 2013 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS COORDENADORIA DE INGRESSO DISCENTE NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS AO CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD/DIRPS Nº 04/2016 - Edital de Solicitação de Matrícula

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD/DIRPS Nº 04/2016 - Edital de Solicitação de Matrícula EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD/DIRPS Nº 04/2016 - Edital de Solicitação de Matrícula A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) torna pública a divulgação do Edital Complementar ao Edital UFU/PROGRAD/DIRPS

Leia mais

EDITAL Nº 090/2015 PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO - MODALIDADE PRESENCIAL

EDITAL Nº 090/2015 PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO - MODALIDADE PRESENCIAL EDITAL Nº 090/2015 PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO - MODALIDADE PRESENCIAL A Diretoria de Relacionamento e Serviços ao Aluno do Centro Universitário Senac torna pública

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSISTAS E VOLUNTÁRIOS (PET-QUÍMICA/ PUCRS)

EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSISTAS E VOLUNTÁRIOS (PET-QUÍMICA/ PUCRS) Aos alunos do Curso de Química industrial e Licenciatura desta Universidade: O (PET) do Curso de Química desta Universidade, nos termos das disposições das normativas aplicáveis, abre este Edital de Seleção

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense- IFF Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - Polo MNPEF/IFF

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense- IFF Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - Polo MNPEF/IFF Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense- IFF Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física - Polo MNPEF/IFF EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-IFF N O 01/2014 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO

Leia mais

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua assinatura. São Bernardo do Campo, 14 de março de 2013 PROF. DR. MARCIO DE MORAES REITOR

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua assinatura. São Bernardo do Campo, 14 de março de 2013 PROF. DR. MARCIO DE MORAES REITOR RESOLUÇÃO CONSUN Nº 04/2013 Aprova Edital do Processo Seletivo do Programa de integralização de créditos para a conclusão do Curso Superior de Teologia 2º semestre de 2013 na modalidade a distância O Conselho

Leia mais

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física Polo UTFPR - Campo Mourão

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física Polo UTFPR - Campo Mourão Universidade Tecnológica Federal do Paraná Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física Polo UTFPR - Campo Mourão EDITAL N O 01/2015 - COMPLEMENTAR MNPEF- UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA

Leia mais

SOCIEDADE CIVIL ESPÍRITO SANTO

SOCIEDADE CIVIL ESPÍRITO SANTO EDITAL PARA O PROCESSO DE INSCRIÇÃO/ADMISSÃO DE ALUNOS PARA ATIVIDADES EXTRACURRICULARES NO COLÉGIO SANTA MARIA/2016. A Diretoria Geral da e a Diretoria Geral do Colégio Santa Maria estabelecem as normas

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PÓS-GRADUAÇÃO IUA nº. 002 de 22/01/2016

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PÓS-GRADUAÇÃO IUA nº. 002 de 22/01/2016 O INSTITUTO UNIVERSITÁRIO ATLÂNTICO IUA, em parceria com a INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA IPC Coimbra/Portugal e a Faculdade Einstein, torna público, para conhecimento dos interessados, que realizará

Leia mais

ASSOCIAÇÃO RONDONIENSE DE ENSINO SUPERIOR FATEC FACULDADE DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E DE TECNOLOGIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 02/2013

ASSOCIAÇÃO RONDONIENSE DE ENSINO SUPERIOR FATEC FACULDADE DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E DE TECNOLOGIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 02/2013 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 02/2013 A FACULDADE DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E DE TECNOLOGIA DE RONDÔNIA/FATEC-RO, mantida pela Associação Rondoniense de Ensino Superior/ARES, por meio da Comissão Especial

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA SETEC

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA SETEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA SETEC EDITAL SETEC Nº, DE DE JANEIRO DE 2015 SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA - SISUTEC O Secretário

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENFERMAGEM DO TRABALHO Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL Nº 157, DE 11 DE OUTUBRO DE 2012 PROCESSO SELETIVO 2013/1 PARA INGRESSO DE ALUNOS NO IF FARROUPILHA CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO

EDITAL Nº 157, DE 11 DE OUTUBRO DE 2012 PROCESSO SELETIVO 2013/1 PARA INGRESSO DE ALUNOS NO IF FARROUPILHA CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA REITORIA Rua Esmeralda, 430 Faixa Nova Camobi - 97110-767 Santa

Leia mais

1.2. O acompanhamento de Editais e comunicados referentes a este Processo Seletivo é de responsabilidade exclusiva do candidato.

1.2. O acompanhamento de Editais e comunicados referentes a este Processo Seletivo é de responsabilidade exclusiva do candidato. EDITAL Nº 11/2015, de 28 de abril de 2015 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA SERVIDORES PÚBLICOS DE ENSINO PARA INGRESSO NO CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO, DO PROFUNCIONÁRIO CURSOS A DISTÂNCIA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA - DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA - DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA - DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE A Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância da Universidade Federal de

Leia mais

Programa de Pós-graduação em Química Biológica do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis / CCS / UFRJ

Programa de Pós-graduação em Química Biológica do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis / CCS / UFRJ Programa de Pós-graduação em Química Biológica do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis / CCS / UFRJ EDITAL PARA INGRESSO NO PROGRAMA BOLSA NOTA 10 FAPERJ 2015/1 Informamos que abriremos inscrições

Leia mais

FACULDADE DE JAGUARIUNA Edital de Processo Seletivo 2015 Continuado

FACULDADE DE JAGUARIUNA Edital de Processo Seletivo 2015 Continuado O Diretor da Faculdade de Jaguariúna, no uso de suas atribuições legais e obedecendo ao disposto na legislação pertinente, torna públicas as normas que regulamentam o Processo Seletivo 2015 Continuado,

Leia mais

EDITAL DO 2º PROCESSO SELETIVO 2016 PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DA FACULDADE DE MINAS CAMPUS BELO HORIZONTE

EDITAL DO 2º PROCESSO SELETIVO 2016 PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DA FACULDADE DE MINAS CAMPUS BELO HORIZONTE EDITAL DO 2º PROCESSO SELETIVO 2016 PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DA FACULDADE DE MINAS CAMPUS BELO HORIZONTE 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES A Faculdade de Minas - Campus Belo Horizonte - MG, credenciada através

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA EDITAL N 026/2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA EDITAL N 026/2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA EDITAL N 026/2015 O Diretor-Geral do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL Nº 05/2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL Nº 05/2015 EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTOR PARA O CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM ACESSIBILIDADE NA ATIVIDADE FÍSICA ESCOLAR A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), por meio do Centro de Educação a Distância Cead,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO N 02-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL

PROCESSO SELETIVO N 02-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PROCESSO SELETIVO N 02-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL A unidade nacional do Sescoop Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo, personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos,

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO TRADICIONAL 2015/2

EDITAL PROCESSO SELETIVO TRADICIONAL 2015/2 EDITAL PROCESSO SELETIVO TRADICIONAL 2015/2 CONSOLIDADO A Diretora da Faculdade Cenecista de Vila Velha-FACEVV, com sede no município de Vila Velha, Estado do ES, torna público, na forma regimental e em

Leia mais

FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO

FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO EDITAL Nº 02/2015. Seleção Pública para Tutor. - UAEADTec UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO A UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E TECNOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO abre

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ Campus de Acaraú COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL IFCE Nº 01/2016 CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DE TRABALHADORES O Diretor-Geral

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo Tradicional

Leia mais

Prefeitura Municipal de Petrolina Autarquia Educacional do Vale do São Francisco AEVSF Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina FACAPE

Prefeitura Municipal de Petrolina Autarquia Educacional do Vale do São Francisco AEVSF Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina FACAPE PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS, CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO, COMÉRCIO EXTERIOR, ECONOMIA, GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E SERVIÇO SOCIAL, POR

Leia mais

2º Processo Seletivo para o 2º semestre de 2016. Edital

2º Processo Seletivo para o 2º semestre de 2016. Edital 2º Processo Seletivo para o 2º semestre de 2016 Edital A Direção Geral da Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora faz saber, através do presente Edital, que estarão abertas, no período de 10/06 a 04/07/2016,

Leia mais

Processo Seletivo CAp 2016 1º ano

Processo Seletivo CAp 2016 1º ano Edital de convocação A Universidade do Estado do Rio de Janeiro torna público o presente Edital, com normas, rotinas e procedimentos relativos ao processo seletivo, por meio de Sorteio Público, para ingresso

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM A Coordenadora da UAB da Universidade Estadual de Maringá, no uso das atribuições, TORNA PÚBLICO: A abertura de inscrições do processo seletivo para contratação e formação de

Leia mais

EDITAL Nº 16/2015. 2.1. A atividade de monitoria acadêmica na graduação em 2015 será exercida pelos alunos regulares dos cursos de graduação.

EDITAL Nº 16/2015. 2.1. A atividade de monitoria acadêmica na graduação em 2015 será exercida pelos alunos regulares dos cursos de graduação. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Pró-Reitoria de Graduação Av. dos Estados, 5001 Bairro Bangu Santo André - SP CEP 09210-580 Fone: (11) 4996.7983 gabinete.prograd@ufabc.edu.br

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DO SENAI BAHIA Processo Seletivo 2015.2

PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DO SENAI BAHIA Processo Seletivo 2015.2 PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DO SENAI BAHIA Processo Seletivo 2015.2 O Diretor Regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO

EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL CÂMPUS DE PALMAS Av: NS 15 ALC NO 14, Bloco D - Anfiteatro, Sala

Leia mais

Ato: Portaria Normativa 8/2015 31/07/2015 15:17:40 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PORTARIA NORMATIVA Nº 8, DE 2 DE JULHO DE 2015

Ato: Portaria Normativa 8/2015 31/07/2015 15:17:40 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PORTARIA NORMATIVA Nº 8, DE 2 DE JULHO DE 2015 Ato: Portaria Normativa 8/2015 31/07/2015 15:17:40 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PORTARIA NORMATIVA Nº 8, DE 2 DE JULHO DE 2015 Dispõe sobre o processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil Fies referente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL N o 032/2012 PROPESP/UFAM A UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS (UFAM), por intermédio da Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO CAMPUS ANGICAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO CAMPUS ANGICAL EDITAL /PROEX/PAE Nº 01/2012 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí, por meio da Pró- Reitoria de Extensão e da Diretoria-Geral do Campus Angical torna público o presente edital

Leia mais

Art. 2º Este Ato Administrativo entra em vigor na data de sua assinatura, revogadas as disposições em contrário.

Art. 2º Este Ato Administrativo entra em vigor na data de sua assinatura, revogadas as disposições em contrário. ATO ADMINISTRATIVO REITORIA Nº 15/2015 Aprova o Edital do Processo Seletivo do Programa de Integralização de Créditos para a Conclusão do Curso Superior de Teologia Vestibular 2º semestre de 2015 O REITOR

Leia mais

EDITAL 02/2014 - SELEÇÃO DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS NATURAIS E MATEMÁTICA

EDITAL 02/2014 - SELEÇÃO DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS NATURAIS E MATEMÁTICA UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS NATURAIS E MATEMÁTICA - PPGECIM e-mail: ppgecim@furb.br Rua Antônio da Veiga 140 Fones:

Leia mais

1ª SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PARTICIPAÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA DE INCLUSÃO SÓCIO-DIGITAL 2015

1ª SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PARTICIPAÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA DE INCLUSÃO SÓCIO-DIGITAL 2015 1ª SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PARTICIPAÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA DE INCLUSÃO SÓCIO-DIGITAL 2015 O INSTITUTO DE CULTURA, ARTE, CIÊNCIA E ESPORTES- INSTITUTO CUCA, entidade privada, sem fins lucrativos, qualificada

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 1º/2015 Coordenador: Prof. Dr. Saddo Ag Almouloud Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Barbara Lutaif Bianchini Estarão abertas, no período de 01/10/2014 a 24/10/2014, as inscrições

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL N o 056/2012 PROPESP/UFAM A UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS (UFAM), por intermédio da Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação,

Leia mais