Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "www.estheticschool.eu"

Transcrição

1 Informações e inscrições: Tel:

2 PROGRAMA DO CURSO Metalo-cerâmica e ceramo-cerâmica As relações clínica/laboratório Prof. Dr. Marc OBRECHT Director Científico Médico Dentista Diplomado pela Faculdade de Medicina de Estrasburgo ( França ) Ex-assistente do Hospital Universitário na Faculdade de Nancy (França) Laureado do Diploma Universitário de Prótese Professor Convidado da Post-graduate New York University Professor Convidado do DIPLOMA UNIVERSITÁRIO Universidade de PARIS XII Director do programa de post-graduate New York University para a Espanha Director e Professor do Curso de Oclusão e Prótese em Portugal promovido pelo EUROPEAN CLINICS CORPORATION Conferencista internacional Autor de numerosas publicações na Europa e USA Actualmente na Europa, os médicos especialistas e os protesistas desejosos de melhorar o seu desempenho quotidiano sentem grandes dificuldades em formar-se através de cursos teóricos e práticos correctamente estruturados (Aos professores exercendo em universidades francesas por exemplo falta-lhes, com evidência, o sentido clínico decorrente do exercício no privado). Encaramos a realização de um curso de prótese que permitirá aos médicos dentistas aprender o exercício das suas funções de uma forma mais ergonómica, de melhorar a qualidade das suas prestações pela aplicação de conhecimentos e técnicas mais fiáveis. Estes cursos poderão ser modulados em função das questões levantadas pelos participantes. Desejamos vivamente que cada participante saia deste ensino com a bagagem suficiente para aplicar as novas técnicas de trabalho, obtendo assim toda a satisfação na sua prática quotidiana. Estes cursos, com o intuito de obter progressão e compreensão, situar-se-ão no quadro de um ciclo de oito sessões onde os médicos dentistas e estomatologistas poderão assistir a cursos teóricos, e posteriormente a cursos práticos adaptados aos desejos dos participantes. O programa será dividido em 9 módulos. Cada módulo terá uma carga horária de 12 ou 16 horas. No primeiro módulo os alunos escolherão um tema individual para uma pesquisa bibliográfica, que será apresentada e entregue no final do curso. No quarto módulo serão seleccionados os Trabalhos Clínicos devidamente documentados, já montados em articulador, com as fotografias e as respectivas radiografias do caso. A partir do 5º Módulo os alunos poderão trazer os seus próprios pacientes para a realização de Trabalhos Clínicos. DIPLOMAS ESPECIAIS PARA A MELHOR PESQUISA E MELHOR APRESENTAÇÃO. Material: A lista do material necessário será comunicada aos participantes após a sua inscrição.

3 1º e 2º MÓDULOS DO EXAME CLÍNICO AO ESTABELECIMENTO DO PLANO DE TRATAMENTO Teoria: 1. Exame Clínico Endobucal: Exame Dentário Exame Parodontal Exame Oclusal 2. Exame Extrabucal: 3. Exame Instrumental: Moldagens de estudo segundo a técnica de LAURITZEN Montagem dos modelos sobre articulador semi-adaptável Análise dos modelos Análise oclusal 4. Encerado Diagnóstico: Objectivos Interesse Técnica de realização A pesquisa estética e funcional pelo encerado Como utilizar as cerras coloridas (Iniciação à compreensão da estrutura do dente natural) 5. Estabelecimento do Plano de Tratamento Organização lógica e ergonómica das diferentes fases de um tratamento protésico Apresentação de casos clínicos variados com o seu caso de tratamento específico. 6. Estudo Fotográfico Intra bucal: Iniciação à fotografia numérica intra e extra oral Que tipo de aparelho fotográfico, as películas, os afastadores, os espelhos ; Realização do diaporama de um caso clínico Trabalhos Práticos: A técnica de LAURITZEN. A montagem sobre articulador semi-ajustável. Análise oclusal O encerado diagnóstico (etapa conceptual da construção de uma prótese fixa)

4 3º e 4º MÓDULOS - Com Prática Clínica A partir do 4º módulo os alunos poderão trazer os seus próprios pacientes para a realização de trabalhos clínicos OS PREPAROS E OS LIMITES CERVICAIS Teoria : 1. As preparações : Princípios das preparações Os guias de preparação A preparação adaptada à forma dos dentes naturais As preparações atípicas As preparações para dentes vivos (como gerir a vitalidade pulpar) Os limites cervicais: Os diferentes tipos de acabamentos cervicais Situação dos limites (supra ou intra-sulcular) Trabalhos Práticos : Ensinamento de uma técnica ergonómica de preparação. Os diferentes tipos de preparação; Preparações para coroas obtidas a partir de moldes e coroas ceramo-metálicas. Realização de preparações com explicações anatómicas sobre modelos Frasaco. Preparação de um inlay core em método directo sobre um dente mono-radicular e multi-radicular.

5 5º MÓDULO Em Espanha durante o mês de Maio Aquando da realização do Congresso Internacional de Implantologia e Reabilitação Oral promovido pela ESORIB em parceria com a New York University.

6 6º MODULO - Com Prática Clínica DA PRÓTESE TRANSITÓRIA À MOLDAGEM Teoria: 1. A prótese transitória Objectivos e interesse da prótese transitória. As técnicas de realização: Técnica indirecta no laboratório Técnica directa na cadeira Importância da prótese transitória no plano de tratamento protético. 2. A reconstrução dos dentes desvitalizados. 3. A gestão da gengiva marginal: As preparações parodontais pré-protéticas. Observação e maturação dos tecidos gengivais marginais. Como preparar os limites sub-gengivais atraumáticos. 4. As técnicas de moldagem As técnicas de evicção gengival. Relembrança das três classes de materiais de impressão. As técnicas de impressão. Tratamento das impressões. Fundição das impressões e preparação dos modelos. Trabalhos Práticos : Realização de prótese transitório segundo a técnica indirecta no laboratório. Realização de uma coroa provisória anterior segundo a técnica da faceta pré-fabricada.

7 7º MÓDULO - Com Prática Clínica DA CONFECÇÃO DAS ESTRUTURAS À COLOCAÇÃO DAS PRÓTESES Teoria : 1. Transferência dos Dados Clínicos ao Laboratório. A montagem sobre articulador dos modelos de trabalho nas diferentes situações clínicas Que referências clínicas são indispensáveis ao ceramista para a confecção das próteses. 2. Objectivação dos Limites Cervicais : Como ler e respeitar o registo dos limites cervicais A preparação dos guias e a objectivação do perfil de emergência 3. A Confecção das Estruturas: Relembrança acerca da resistência das estruturas. As etapas de laboratório. Soldaduras primárias e secundárias. Antes 4. Ensaio Clínico das Estruturas: 5. A Escolha da Tinta/Coloração: Estudo da tinta/coloração dos dentes naturais (modificação em função da estrutura, do desgaste, da idade, da situação sobre a arcada e do sexo). Depois Realização de um esquema de tinta/coloração. Contributo da fotografia numérica na transferência da tinta ao laboratório 6. A Montagem da Cerâmica. 7. A Adesão. Trabalhos práticos : Discussão e demonstração da confecção das armações (exemplos clínicos) As leis de biomecânica. Demonstração em directo da tomada de tinta e da sua comunicação ao laboratório

8 8º MÓDULO - Com Prática Clínica ESTÉTICA EM PRÓTESE CERÂMICA E METALOCERÂMICA Teoria : 1. As Bases da Estética Bucal : Harmonia do rosto e do sorriso. Anatomia da dentição natural : Anatomia dos dentes anteriores superiores e inferiores Evolução da morfologia dentária em função da abrasão Disposição/alinhamento dos dentes naturais. A tinta/coloração: (evolução da tinta/coloração em função da idade, do sexo, do desgaste). 2. O Exame Clínico Estético: Os elementos fundamentais a detectar. A investigação estética pelo encerado. 3. Os Testes Estéticos com a Prótese Transitória: Técnicas de realização no sector anterior. Como modificar a estética e adaptá-la segundo os desejos do paciente? 4. Os Acertos Estéticos Durante os Ensaios Clínicos : Como dialogar e evoluir com o seu ceramista. Ajuda da cera adicionada no acerto das formas. Ajuda da fotografia numérica para a visualização do resultado pelo ceramista dos ensaios clínicos. Trabalhos Práticos : Encerado e ensino da morfologia dentária. Como utilizar as ceras coloridas (iniciação à compreensão da estrutura do dente natural) Estudo estético sobre modelos de dentes naturais. Estudo sobre modelos de diferentes disposições/alinhamentos dentários Montagem de dentes do comércio (pré-fabricados) com diferentes disposições/alinhamentos

9 9º MÓDULO - Com Prática Clínica ESTÉTICA EM PRÓTESE SOBRE IMPLANTES E PRÓTESE TOTAL OU OVERDENTURE Teoria : 1. Estética e prótese sobre implantes : Relembrança dos princípios estéticos de base Do exame clínico à decisão terapêutica Como realizar guias de diagnóstico e cirúrgicos Quais são os critérios fundamentais que regem a prótese sobre implantes: Factores anatómicos Factores histológicos Factores estéticos Factores biomecânicos e oclusais A prótese unitária no sector anterior: Relembrar do perfil de emergência Realização de falsos moignons sobre implantes Os obstáculos a evitar A reconstrução fixa total à arcada maxilar sobre implantes 2. Estética e prótese total: Relembrança das modificações anatómicas que surgem com a idade Quais são os elementos fundamentais a restaurar no desdentado total: Harmonia do rosto e do sorriso Relembrar acerca do registo das relações inter-maxilares Importância da dimensão vertical Escolha da forma e da coloração dos dentes pré-fabricados Porcelana ou resina? Os ensaios clínicos A colocação das próteses Trabalhos práticos : Continuação do ensino da morfologia dentária A escolha dos dentes pré-fabricados Realização de montagens animadas: erros a evitar Como melhorar a morfologia dos dentes pré-fabricados Maquilhagem e personalização dos dentes em porcelana de próteses totais (com o objectivo de realizar trabalhos estéticos com um aspecto natural) APRESENTAÇÃO E ENTREGA DOS TRABALHOS DE PESQUISAS BIBLIOGRÁFICAS APLICAÇÃO DOS TRABALHOS CLÍNICOS FINAIS JANTAR COM ENTREGA DOS CERTIFICADOS

10 ORGANIZAÇÃO DO CURSO A organização pedirá disciplina horária Horário dos cursos: Sexta-feira: das 16:00 as 20:00 Sábado: Manhã: das 9:30h às 13h30 / das 15h30 às 20:00, com duas pausas para café Domingo: Manhã: das 9:30h às 13h30, com uma pausa para café A utilização do material vídeo está proibida durante os cursos. Os telemóveis estão igualmente proibidos. A realização dos trabalhos práticos é obrigatória. Com o intuito de aproveitar ao máximo do ensino prático, os participantes terão de ter em sua posse o material inscrito na lista de cada sessão. No fim do primeiro dia de cada sessão, os participantes poderão debater os seus casos clínicos ou pedir conselhos. ANO º MÓDULO: 5, 6 Fevereiro 2º MÓDULO: 5, 6 Março 3º MÓDULO: 2, 3 Abril 4º MÓDULO: 6, 7 e 8 Maio 5º MÓDULO: Maio - EM ESPANHA COM ESORIB & NYU, DATA A SER MARCADA! 6º MÓDULO: 10, 11 e 12 Junho 7º MÓDULO: 1, 2 e 3 Julho 8º MÓDULO: 9, 10 e 11 Setembro 9º MÓDULO: 7, 8 Outubro Rua da Quinta, 620, Foz do Douro PORTO Informações e inscrições: Tel: Apoio

Curso de Prótese e Oclusão

Curso de Prótese e Oclusão Curso de Prótese e Oclusão Dr. Marc Obrecht - Director Científico 10 módulos no Porto com 1 dos módulos em parceria com ESORIB & New York University Início: 6 de dezembro de 2014 Durante os módulos são

Leia mais

DIPLOMA UNIVERSITÁRIO DE IMPLANTOLOGIA E REABILITAÇÃO ORAL (30 ECTS)

DIPLOMA UNIVERSITÁRIO DE IMPLANTOLOGIA E REABILITAÇÃO ORAL (30 ECTS) DIPLOMA UNIVERSITÁRIO DE IMPLANTOLOGIA E REABILITAÇÃO ORAL (30 ECTS) Curso realizado em parceria entre a Universidade Fernando Pessoa e o Centro Europeu de Pós Graduação Medicina Dentária Objetivos do

Leia mais

SIMPLES E EFICIENTES PROCEDIMENTOS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES

SIMPLES E EFICIENTES PROCEDIMENTOS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE Dr. Dario Adolfi Dr. Oswaldo Scopin de Andrade Dr. Maurício Adolfi Data: 7 a 11 de outubro de 2013 OBJETIVOS: Saiba como planejar uma reabilitação total e mostrar ao paciente

Leia mais

1º MODULO - 21 e 22 de novembro DO EXAME CLÍNICO AO ESTABELECIMENTO DO PLANO DE TRATAMENTO

1º MODULO - 21 e 22 de novembro DO EXAME CLÍNICO AO ESTABELECIMENTO DO PLANO DE TRATAMENTO 1º MODULO - 21 e 22 de novembro DO EXAME CLÍNICO AO ESTABELECIMENTO DO PLANO DE TRATAMENTO Teoria: 1. Exame Clínico Endobucal: Exame Dentário Exame Parodontal Exame Oclusal 2. Exame Extrabucal: 3. Exame

Leia mais

CURSOS ICMDS PROSTODONTIA

CURSOS ICMDS PROSTODONTIA CURSOS ICMDS PROSTODONTIA OBJECTIVOS Aprimorar a pratica clinica dos profissionais que praticam Prostodontia no seu dia dia e buscam a exelência no planeamento Estético, Mock up, Metal Free, nos Preparos

Leia mais

TIPO DE TRATAMENTO PREÇO ( )

TIPO DE TRATAMENTO PREÇO ( ) 01. CONSULTA Consulta (exame clínico) 39,00 Consulta (exame clínico "Check-up" sem tratamentos) 29,00 02. MEDICINA DENTÁRIA PREVENTIVA Aplicação tópica de fluor c/ moldeiras 10,00 Selante de fissuras p/dente

Leia mais

TABELA DE VALORES MEDICINA DENTÁRIA SORRISO MAIS Estimado Cliente,

TABELA DE VALORES MEDICINA DENTÁRIA SORRISO MAIS Estimado Cliente, TABELA DE VALORES MEDICINA DENTÁRIA SORRISO MAIS Estimado Cliente, Aconselhamos sempre antes de qualquer ato médico a solicitação de um orçamento. 1 CONSULTA (EXAMES / ATOS MÉDICOS NÃO ÍNCLUIDOS) A1.01.01.01

Leia mais

IMPORTANTES PROCEDIMENTOS CLÍNICOS E LABORATORIAIS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES

IMPORTANTES PROCEDIMENTOS CLÍNICOS E LABORATORIAIS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES Dr. Dario Adolfi Data: 27, 28 e 29 de novembro de 2013 OBJETIVOS: Saiba como planejar uma reabilitação total através do enceramento de diagnóstico e a importância das técnicas de preparo e como executar

Leia mais

28º CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM PRÓTESE FIXA SOBRE DENTES E IMPLANTES

28º CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM PRÓTESE FIXA SOBRE DENTES E IMPLANTES 28º CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM PRÓTESE FIXA SOBRE DENTES E IMPLANTES NORMAS DE FUNCIONAMENTO CALENDÁRIO O Curso de Aperfeiçoamento em prótese fixa sobre dentes e implantes decorrerá durante um período

Leia mais

CURSO EXTENSIVO DE ENCERAMENTO E CERÂMICA

CURSO EXTENSIVO DE ENCERAMENTO E CERÂMICA Dr. Dario Adolfi Dr. Ivan Ronald Huanca Duração: 6 meses/módulos de 2 dias. Datas: 11 e 12 de março de 2010 8 e 9 de abril de 2010 13 e 14 de maio de 2010 17 e 18 de junho de 2010 15 e 16 de julho de 2010

Leia mais

ARTIGO PRELIMINAR ARTIGO 1.º DEFINIÇÕES ARTIGO 2.º ÂMBITO TERRITORIAL ARTIGO 3.º ÂMBITO DO CONTRATO. PROTECÇÃO SAÚDE ORAL Condições Gerais

ARTIGO PRELIMINAR ARTIGO 1.º DEFINIÇÕES ARTIGO 2.º ÂMBITO TERRITORIAL ARTIGO 3.º ÂMBITO DO CONTRATO. PROTECÇÃO SAÚDE ORAL Condições Gerais ARTIGO PRELIMINAR Entre a Real Seguros, adiante designada por Seguradora ou abreviadamente por Real Seguros e o Tomador de Seguro identificado nas Condições Particulares, estabelece-se o presente contrato

Leia mais

DENTALREDE, LDA. TABELA DE CO-PAGAMENTOS (Extraído da Nomenclatura da Ordem dos Médicos Dentistas) MARINHA

DENTALREDE, LDA. TABELA DE CO-PAGAMENTOS (Extraído da Nomenclatura da Ordem dos Médicos Dentistas) MARINHA DENTALREDE, LDA. TABELA DE CO-PAGAMENTOS (Extraído da Nomenclatura da Ordem dos Médicos Dentistas) MARINHA ATOS MÉDICOS Co-pag. 01 - CONSULTAS A1.01.01.01 Primeira consulta de medicina dentária (tratamentos

Leia mais

FORMAÇÃO EM IMPLANTOLOGIA E PRÓTESE FIXA

FORMAÇÃO EM IMPLANTOLOGIA E PRÓTESE FIXA 28 Maio - 2 Junho 2012 FORMAÇÃO EM IMPLANTOLOGIA E PRÓTESE FIXA curriculum v vitae curric u Prof. Dr. Fernando Almeida Phd 2006 FMDUP - Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto. Administrador

Leia mais

ANEXO TABELA DE ACTOS DENTÁRIOS E PREÇOS. Dentisteria

ANEXO TABELA DE ACTOS DENTÁRIOS E PREÇOS. Dentisteria Dentisteria ANEXO TABELA DE ACTOS DENTÁRIOS E PREÇOS Particulares Sócios S P G L Sócios MSU Restauração de 1 face 50,00 22,50 27,50 Restauração de 2 faces 55,00 30,00 35,00 Restauração de 3 faces 75,00

Leia mais

Ficha de Protocolo. Telefone: 229412864 Telemóvel: 914917367 Fax: 229412864

Ficha de Protocolo. Telefone: 229412864 Telemóvel: 914917367 Fax: 229412864 Ficha de Protocolo Resumo do Protocolo Entidade: CLIMAIA Clínica Central da Maia, Lda. Local: Maia Serviços/Produtos: Medicina Dentaria e Especialidades Médicas em regime de ambulatório, abrangendo as

Leia mais

Doutorado em Odontologia pela UFRJ. Pós-Graduado em Implantes CERTO Odontologia FLAVIO QUEIROZ HENRIQUES. Especialista e Mestre em Prótese Dental

Doutorado em Odontologia pela UFRJ. Pós-Graduado em Implantes CERTO Odontologia FLAVIO QUEIROZ HENRIQUES. Especialista e Mestre em Prótese Dental Professores: RODRIGO REIS Master of Science em Odontologia Restauradora pela University of Michigan Master of Science em Biomateriais pela University of Michigan Doutorado em Odontologia pela UFRJ Pós-Graduado

Leia mais

8º Curso de Aperfeiçoamento em Implantologia e Prótese sobre Implantes (2014)

8º Curso de Aperfeiçoamento em Implantologia e Prótese sobre Implantes (2014) 8º Curso de Aperfeiçoamento em Implantologia e Prótese sobre Implantes (2014) ESTA PÓS GRADUAÇÃO DESTINA-SE A TODOS OS MÉDICOS DENTISTAS QUE PRETENDAM INICIAR OU APROFUNDAR CONHECIMENTOS NA ÁREA DE REABILITAÇÃO

Leia mais

CONDIÇÕES ESPECIAIS COBERTURA DE ASSISTÊNCIA DENTÁRIA - COMPARTICIPAÇÃO A CARGO DA PESSOA SEGURA

CONDIÇÕES ESPECIAIS COBERTURA DE ASSISTÊNCIA DENTÁRIA - COMPARTICIPAÇÃO A CARGO DA PESSOA SEGURA CONDIÇÕES ESPECIAIS COBERTURA DE ASSISTÊNCIA DENTÁRIA - COMPARTICIPAÇÃO A CARGO DA PESSOA SEGURA 1. CONSULTA (1) 10109 Consulta de urgência (com exclusão de tratamentos) S/Custo 10110 Exame clínico/consulta

Leia mais

CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES DENTISTAS

CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES DENTISTAS CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES Dr. Dario Adolfi Dr. Gustavo Javier Vernazza Dr. Oswaldo Scopin de Andrade Data: 20 a 24 de setembro de 2010 PROGRAMA DO CURSO PRIMERO DIA Dr. Gustavo

Leia mais

Tabela Dentária + ACTOS MÉDICOS (Extraído da Nomenclatura da Ordem dos Médicos Dentistas) 01 - CONSULTAS

Tabela Dentária + ACTOS MÉDICOS (Extraído da Nomenclatura da Ordem dos Médicos Dentistas) 01 - CONSULTAS ACTOS MÉDICOS (Extraído da Nomenclatura da Ordem dos Médicos Dentistas) 01 - CONSULTAS A1.01.01.01 Primeiro consulta de medicina (tratamentos não incluídos) A1.01.01.02 Consulta de medicina dentária (tratamentos

Leia mais

ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES

ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES LISBOA - 28 JANEIRO DE 2016 A 2 DE DEZEMBRO DE 2016 Bem-vindo ao Wilma Simões European Institute Como uma apaixonada pela Ortopedia Funcional dos Maxilares, é um prazer

Leia mais

Tabela de preços convencionada para medicina dentária e estomatologia

Tabela de preços convencionada para medicina dentária e estomatologia Tabela de preços convencionada para medicina dentária e estomatologia Em consequência de condições específicas convencionadas com os prestadores, o valor assumido pela Pessoa Segura poderá, em algumas

Leia mais

ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA

ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA Cirurgia Oral A Cirurgia Oral é uma especialidade da Medicina Dentária que inclui o diagnóstico e o tratamento cirúrgico de patologias dos tecidos moles e tecidos duros

Leia mais

Módulo de Higiene e Prevenção Oral

Módulo de Higiene e Prevenção Oral 1 de 5 16/04/2013 11:16 Módulo de Higiene e Prevenção Oral Actos Médicos Gratuitos Actos Médicos Gratuitos Consulta de Medicina Dentária / Exame Clínico Consulta urgência Consulta de Reavaliação e/ou Revisão

Leia mais

PROTOCOLO ENERGIA POSITIVA CONTRA A OBESIDADE

PROTOCOLO ENERGIA POSITIVA CONTRA A OBESIDADE PROTOCOLO ENERGIA POSITIVA CONTRA A OBESIDADE A incidência e a prevalência quer da pré-obesidade quer da obesidade têm vindo a aumentar na União Europeia e, também, em Portugal, constituindo um importante

Leia mais

ORAL CARE INSTITUTE. Tabelas de Preços. Protocolo "Cofre de Previdência" Estruturas Dento-Alveolares

ORAL CARE INSTITUTE. Tabelas de Preços. Protocolo Cofre de Previdência Estruturas Dento-Alveolares 100.000 CONSULTA 100.001 Consulta 1ª Vez + Plano de Tratamentos Grátis 100.002 Consulta Regular (Semestral) Grátis 101.000 DENTISTERIA 101.100 Restauração (amálgamas e compositórios) 101.101 Restauração

Leia mais

TRAUMATISMO DENTÁRIO EM DENTIÇÃO DECÍDUA UM CASO CLÍNICO DE TRAÇÃO ORTODÔNTICA

TRAUMATISMO DENTÁRIO EM DENTIÇÃO DECÍDUA UM CASO CLÍNICO DE TRAÇÃO ORTODÔNTICA Prémio Ortodontia 2015 TRAUMATISMO DENTÁRIO EM DENTIÇÃO DECÍDUA UM CASO CLÍNICO DE TRAÇÃO ORTODÔNTICA ARTIGO VENCEDOR RESUMO Os traumatismos em dentição decídua poderão afetar a dentição permanente, afetando

Leia mais

Curso AOTrauma para Enfermeiros Avanços no Tratamento de Fracturas

Curso AOTrauma para Enfermeiros Avanços no Tratamento de Fracturas Programa preliminar Curso AOTrauma para Enfermeiros Avanços no Tratamento de Fracturas 16 a 18 de Junho de 2011 Évora, Portugal Curso AOTrauma para Enfermeiros Avanços no Tratamento de Fracturas, Évora

Leia mais

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 10 Especialidade: ENDODONTIA

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 10 Especialidade: ENDODONTIA Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 10 Grupo: 100-Diagnose - As consultas deverão ser faturadas em Guias de Atendimento - GA, separadamente dos demais procedimentos, que serão faturados

Leia mais

F U L L S C I E N C E rótese Coluna de P

F U L L S C I E N C E rótese Coluna de P 41 Coluna de Prótese Utilização de prótese parcial acrílica overlay para diagnóstico da dvo prévia a reabilitação estética Gil Montenegro 1 Weider Oliveira Silva 2 Tarcísio Pinto 3 Rames Abraão Basilio

Leia mais

Excelência estética obtida com diagnóstico, planejamento e tratamento integrados

Excelência estética obtida com diagnóstico, planejamento e tratamento integrados Caso Selecionado Excelência estética obtida com diagnóstico, planejamento e tratamento integrados Carlos Eduardo Francischone O caso clínico apresentado mostra resultados estéticos e funcionais excelentes,

Leia mais

ODONTOLOGIA ESTÉTICA

ODONTOLOGIA ESTÉTICA ODONTOLOGIA ESTÉTICA O sorriso enaltece os dentes que podem assim como outros elementos da face denunciar a idade cronológica do ser humano por meio de desgastes ou mesmo pela alteração da cor. Nesse contexto,

Leia mais

UNIODONTO BELÉM - COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLOGICA TABELA DE ATOS NÃO COBERTOS - NOMENCLATURA DOS ATOS - PREVENÇÃO R$ 81000073

UNIODONTO BELÉM - COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLOGICA TABELA DE ATOS NÃO COBERTOS - NOMENCLATURA DOS ATOS - PREVENÇÃO R$ 81000073 UNIODONTO BELÉM COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLOGICA TABELA DE ATOS NÃO COBERTOS NOMENCLATURA DOS ATOS PREVENÇÃO R$ 81000073 CONSULTA ODONTOLÓGICA PARA AVALIAÇÃO TÉCNICA DE AUDITORIA 130,00

Leia mais

Curso Implantología Curso de Formação contínua 2012. Primeira edição

Curso Implantología Curso de Formação contínua 2012. Primeira edição Curso Implantología Curso de Formação contínua 2012 Primeira edição Curso Implantología Curso Formação Contínua 2012 Este curso é dirigido preferencialmente a vós, médicos dentistas que pretendem aprofundar

Leia mais

Calgaro. Mais de 40 anos criando resultados surpreendentes.

Calgaro. Mais de 40 anos criando resultados surpreendentes. O Laboratório Calgaro conhece bem o poder transformador de um sorriso e sabe que só é possível mudar a vida das pessoas com muita dedicação e profissionalismo. É por isso que o Calgaro é o parceiro ideal

Leia mais

18 a 20 de Novembro de 2011. Estoril. Organização: Auditório do Centro Escolar - ESHTE. www.cim-estoril.com

18 a 20 de Novembro de 2011. Estoril. Organização: Auditório do Centro Escolar - ESHTE. www.cim-estoril.com 18 a 20 de Novembro de 2011 Organização: Estoril Auditório do Centro Escolar - ESHTE www.cim-estoril.com Apresentação Na sequência das três edições realizadas em anos anteriores, a Associação Desportos

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE Informação Pessoal Nome JORGE, NUNO MIGUEL ROCHA orada URB. JANELAS DE FARO LOTE 13 LOJA A/B 8005-547 FARO Telefone 289815792 Correio electrónico nunojorge@riafaro.pt

Leia mais

Semestre: 2 Quantidade de Módulos:8 Unidade de Ensino:Núcleo de Saúde

Semestre: 2 Quantidade de Módulos:8 Unidade de Ensino:Núcleo de Saúde 212 Semestre: 2 Módulo: 8º Período e Mês Início do Módulo:216/1 Numero da Página: 1 Impresso em:16/12/215 11:48:45 5697 TÉCNICAS DE PESQUISA EM ODONTOLOGIA II DCOP(N/C)APS 2 1 Estudo dos tipos de trabalhos

Leia mais

Ponto de Contato. Conjugando Procedimentos Restauradores Indiretos e Diretos: Mimetizando Materiais Restauradores à Estrutura Dental

Ponto de Contato. Conjugando Procedimentos Restauradores Indiretos e Diretos: Mimetizando Materiais Restauradores à Estrutura Dental Ponto de Contato Conjugando Procedimentos Restauradores Indiretos e Diretos: Mimetizando Materiais Restauradores à Estrutura Dental Conjugating direct and indirect restorative procedures: Restorative materials

Leia mais

www.sirona.com.br CURSOS ACADEMIA DENTAL SIRONA

www.sirona.com.br CURSOS ACADEMIA DENTAL SIRONA www.sirona.com.br CURSOS ACADEMIA DENTAL SIRONA INICIANTES SW INLAB 4.2 Objetivo: visa iniciar os novos usuários do sistema Cerec inlab a manusear o SW 4.2 e seus periféricos (CEREC MC XL e infire HTC

Leia mais

FAÇA VOCÊ MESMO O SEU PROGRAMA EM 4 PASSOS WWW.BOX4.EU HTTP://WWW.INSTITUTOVELASCO.ORG.BR

FAÇA VOCÊ MESMO O SEU PROGRAMA EM 4 PASSOS WWW.BOX4.EU HTTP://WWW.INSTITUTOVELASCO.ORG.BR FAÇA VOCÊ MESMO O SEU PROGRAMA EM 4 PASSOS TÉCNICA CIRÚRGICA CIRURGIA AVANÇADA CARGA IMEDIATA CIRURGIA ORAL MENOR E PROCEDIMENTOS BASICOS IMPLANTOLOGIA FORMAÇÃO CIRÚRGICA E PROTÉTICA EM IMPLANTOLOGIA WWW.BOX4.EU

Leia mais

Regime Jurídico das Cooperativas de Ensino Decreto-Lei nº 441 A/82 de 6 de Novembro

Regime Jurídico das Cooperativas de Ensino Decreto-Lei nº 441 A/82 de 6 de Novembro Regime Jurídico das Cooperativas de Ensino Decreto-Lei nº 441 A/82 de 6 de Novembro ARTIGO 1º Âmbito As cooperativas de ensino, abreviadamente e suas organizações de grau superior regem-se pelas disposições

Leia mais

REABILITAÇÃO COMPLEXA FIXA Oclusão, Ortodontia, Endodontia, Implantologia e Prótese Fixa

REABILITAÇÃO COMPLEXA FIXA Oclusão, Ortodontia, Endodontia, Implantologia e Prótese Fixa REABILITAÇÃO COMPLEXA FIXA Oclusão, Ortodontia, Endodontia, Implantologia e Prótese Fixa FOTOGRAFIAS INICIAIS 1 Linha de sorriso média 2 - Projecção dos dentes no sentido vestibular 3 3 4 5 3, 4 e 5 os

Leia mais

Tabela Simplificare Denti II

Tabela Simplificare Denti II Tabela Simplificare Denti II Em consequência de condições especifícas convencionadas com os prestadores, o valor assumido pela Pessoa Segura poderá, em algumas circunstâncias, ser inferior ao valor máximo

Leia mais

UEPB EMENTAS DO CURSO DE ODONTOLOGIA Campus I ANATOMIA E HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA BUCAL CARGA HORÁRIA 120

UEPB EMENTAS DO CURSO DE ODONTOLOGIA Campus I ANATOMIA E HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA BUCAL CARGA HORÁRIA 120 UEPB EMENTAS DO CURSO DE ODONTOLOGIA Campus I ANATOMIA E HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA BUCAL Desenvolvimento da face e da cavidade oral- Odontogênese - Desenvolvimento do Dente - Estrutura do Esmalte e Amelogênese

Leia mais

Corredor da Fortaleza do Monte ESTATUTO DE ARRENDAMENTO

Corredor da Fortaleza do Monte ESTATUTO DE ARRENDAMENTO Corredor da Fortaleza do Monte ESTATUTO DE ARRENDAMENTO 1. INFORMAÇÃO GERAL SOBRE O CORREDOR DA FORTALEZA DO MONTE O Corredor da Fortaleza do Monte, adiante designado por Corredor, administrado pelo Museu

Leia mais

III Congresso Internacional da Montanha. Desporto e Turismo Activo

III Congresso Internacional da Montanha. Desporto e Turismo Activo II Congresso Internacional da Montanha Desporto e Turismo Activo 23 a 25 de Novembro de 2007 Organização: Estoril Auditório do Centro Escolar - ESHTE www.cim-estoril.com Apresentação Na sequência das duas

Leia mais

Tabela Protocolada. TABELA DE PREÇOS PLANO BELLEFORM Valor Valor

Tabela Protocolada. TABELA DE PREÇOS PLANO BELLEFORM Valor Valor TABELA DE PREÇOS PLANO BELLEFORM Valor Valor 0. DIAGNÓSTICO ORAL Exame inicial oral e diagnóstico 0,00 Consulta urgência (fora do horário de funcionamento da clínica) 20,00 RADIOGRAFIAS Radiografia periapical

Leia mais

O Sistema METACON. Metawax transforma-se numa substância acrílica por fotopolimerização

O Sistema METACON. Metawax transforma-se numa substância acrílica por fotopolimerização 1. Introdução O sistema Metacon é baseado num conceito absolutamente novo e único: a cera fotopolimerizável. O sistema dispõe de pró-formas como pranchas rugosas, retenções de buracos, barras linguais

Leia mais

Tabela de Preços de Serviços Médicos -2011 HealthIndustry Card

Tabela de Preços de Serviços Médicos -2011 HealthIndustry Card Tabela de Preços de Serviços Médicos -2011 HealthIndustry Card SETEMBRO DE 2011 HEALTHINDUSTRY LX FACTORY Rua Rodrigues Faria 103, Edifício1 2.1 1350-501 LISBOA Telefone e Fax: 212 970 838 E-mail: healthindustrylx@gmail.com

Leia mais

TABELA DE PREÇOS. (Estomatologia)

TABELA DE PREÇOS. (Estomatologia) TABELA E PREÇOS (Estomatologia) (última actualização Janeiro 2012) 01.Consulta VALOR A1.01.01.01 1ª Consulta de medicina dentária (check 0 up+orçamento) A1.01.01.05 Consulta de urgência ( observação+medicação)

Leia mais

Dr. Marco António Castro Clínicas Médicas e Dentárias

Dr. Marco António Castro Clínicas Médicas e Dentárias Dr. Marco António Castro Clínicas Médicas e Dentárias Tabela proposta a sócios CCD- V.N.Gaia 01 CONSULTA Consulta de medicina dentária 10 Consulta para apresentação e discussão de plano de tratamento 10

Leia mais

Documentação Processo de Aprovação de Peças de Produção (Aprovação de Amostras Iniciais)

Documentação Processo de Aprovação de Peças de Produção (Aprovação de Amostras Iniciais) Documentação Processo de Aprovação de Peças de Produção (Aprovação de Amostras Iniciais) Normas de Trabalho Confidencial, todos os direitos reservados. Observar ISO 16016 Novembro de 2005 VN 3205 ICS 01.

Leia mais

CARAMÊS ADVANCED EDUCATION CENTER

CARAMÊS ADVANCED EDUCATION CENTER NOVO PROGRAMA [Revisto & Atualizado] CARAMÊS ADVANCED EDUCATION CENTER CURSO MODULAR DE FORMAÇÃO DE ASSISTENTES DENTÁRIOS 6.ª edição Início a 21 de novembro de 2015 ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DESCRIÇÃO

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE PARLAMENTO NACIONAL. LEI N. 4 /2005 de 7 de Julho Lei do Investimento Nacional

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE PARLAMENTO NACIONAL. LEI N. 4 /2005 de 7 de Julho Lei do Investimento Nacional REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE PARLAMENTO NACIONAL LEI N. 4 /2005 de 7 de Julho Lei do Investimento Nacional Cabe ao Estado estabelecer as políticas necessárias para melhorar o desenvolvimento económico

Leia mais

REGULAMENTO EXPOSIÇÃO DE AVICULTURA ALCAC 2014

REGULAMENTO EXPOSIÇÃO DE AVICULTURA ALCAC 2014 REGULAMENTO EXPOSIÇÃO DE AVICULTURA ALCAC 2014 A Exposição/Concurso de Avicultura ALCAC 2014 decorrerá de acordo com o regulamento elaborado pela Associação Lusa de Criadores de Aves de Capoeira (ALCAC)

Leia mais

Consultas Médicas. Clínica Geral. Ortopedia. Pediatria. Pneumologia/ Alergologia 1ª Consulta. Nutrição. Psicologia

Consultas Médicas. Clínica Geral. Ortopedia. Pediatria. Pneumologia/ Alergologia 1ª Consulta. Nutrição. Psicologia Ficha de Protocolo Resumo do Protocolo Entidade: Clínica de Médico-Dentária São Pedro do Chile, Lda Local: Lisboa Serviços/Produtos: Especialidades de Medicina Dentária, Clínica Geral, Ortopedia, pediatria,

Leia mais

CLÍNICA DO SORRISO PREÇÁRIO DAS FAMÍLIAS NUMEROSAS

CLÍNICA DO SORRISO PREÇÁRIO DAS FAMÍLIAS NUMEROSAS CLÍNICA DO SORRISO PREÇÁRIO DAS FAMÍLIAS NUMEROSAS CONSULTAS Consulta de Medicina Dentária (Check-up) Consulta de Urgência (após o horário de funcionamento normal) 30 CIRURGIA ORAL Exodontia simples 25

Leia mais

CURSO INTERNACIONAL DE REABILITAÇÃO ORAL E ESTÉTICA PERIIMPLANTAR

CURSO INTERNACIONAL DE REABILITAÇÃO ORAL E ESTÉTICA PERIIMPLANTAR CURSO INTERNACIONAL DE REABILITAÇÃO ORAL E ESTÉTICA PERIIMPLANTAR 2012 2013 INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES Rose Cabral Telemóvel 935 014 972 e-mail: rose.cabral@signovinces.com.br Daniele Siqueira Telefones:

Leia mais

PLANO CURSO DE IMPLANTOLOGIA ORAL. Mindelo - S. Vicente - Cabo Verde

PLANO CURSO DE IMPLANTOLOGIA ORAL. Mindelo - S. Vicente - Cabo Verde PLANO CURSO DE IMPLANTOLOGIA ORAL Ninguém é tão ignorante que não tenha algo a ensinar. Ninguém é tão sábio que não tenha algo a aprender. - Blaise Pascal Mindelo - S. Vicente - Cabo Verde Ano 2015 Índice

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE BAGUIM DO MONTE

JUNTA DE FREGUESIA DE BAGUIM DO MONTE Introdução O presente regulamento pretende ser um instrumento regulador da actividade da Biblioteca da Junta de Freguesia de Baguim do Monte. O principal objectivo é salvaguardar o interesse comum de todos

Leia mais

ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES

ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES LISBOA - 28 JANEIRO DE 2016 A 2 DE DEZEMBRO DE 2016 28 E 29 DE JANEIRO DE 2016 MÓDULO 01 OFM: Definição, Princípios Fundamentais e Características Básicas da Ortopedia

Leia mais

REGRAS DE SUBMISSÃO DE TRABALHOS. Centro de Congressos do Hotel Axis Vermar Conference & Beach Resort - Póvoa de Varzim

REGRAS DE SUBMISSÃO DE TRABALHOS. Centro de Congressos do Hotel Axis Vermar Conference & Beach Resort - Póvoa de Varzim REGRAS DE SUBMISSÃO DE TRABALHOS Centro de Congressos do Hotel Axis Vermar Conference & Beach Resort - Póvoa de Varzim CONDIÇÕES GERAIS: A Direção da Região Norte da Associação Portuguesa de Cardiopneumologistas

Leia mais

Candidatura a pedido de Apoio Institucional à Embaixada do Japão

Candidatura a pedido de Apoio Institucional à Embaixada do Japão Candidatura a pedido de Apoio Institucional à Embaixada do Japão 1 de Agosto de 2015

Leia mais

SEMINÁRIOS AVANÇADOS GESTÃO DE PROJECTOS

SEMINÁRIOS AVANÇADOS GESTÃO DE PROJECTOS SEMINÁRIOS AVANÇADOS DE GESTÃO DE PROJECTOS 2007 Victor Ávila & Associados - Victor Ávila & Associados Centro Empresarial PORTUGAL GLOBAL, Rua do Passeio Alegre, nº 20 4150- Seminários Avançados de Gestão

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA REGULAMENTO 2011 As provas Semifinal e Final nacionais do Concurso Nacional de Leitura Ler+ obedecem este ano a um novo formato: Quem quer ser Milionário Especial Ler+, cujas provas serão realizadas em

Leia mais

Manual do Fénix. Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso. Candidatura Online para o 2.

Manual do Fénix. Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso. Candidatura Online para o 2. Manual do Fénix Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso Candidatura Online para o 2. º Ciclo SI (Versão 1.0) Maio 2011 Este manual tem como objectivo auxiliar na

Leia mais

FESTIVAL INTERNACIONAL DE JARDINS DE PONTE DE LIMA REGULAMENTO. 1º Objectivos

FESTIVAL INTERNACIONAL DE JARDINS DE PONTE DE LIMA REGULAMENTO. 1º Objectivos FESTIVAL INTERNACIONAL DE JARDINS DE PONTE DE LIMA REGULAMENTO 1º Objectivos São objectivos do Festival contribuir a nível local, nacional e internacional para uma maior sensibilidade para a arte dos jardins

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO NEODENT E ILAPEO

PROGRAMA DE FORMAÇÃO NEODENT E ILAPEO PROGRAMA DE FORMAÇÃO NEODENT E ILAPEO 2015 CONHEÇA O ILAPEO < O ILAPEO, Instituto Latino Americano de Investigação e Ensino Odontológico, criado em 2004, tem os seus princípios fundamentais baseados na

Leia mais

Assunto: Auxílio estatal notificado N 254/2005 Portugal Auxílio à formação a conceder à Blaupunkt Auto - Rádio Portugal, Lda.

Assunto: Auxílio estatal notificado N 254/2005 Portugal Auxílio à formação a conceder à Blaupunkt Auto - Rádio Portugal, Lda. COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 08.II.2006 C(2006) 241 final Assunto: Auxílio estatal notificado N 254/2005 Portugal Auxílio à formação a conceder à Blaupunkt Auto - Rádio Portugal, Lda. Excelência, I. Procedimento

Leia mais

Como a palavra mesmo sugere, osteointegração é fazer parte de, ou harmônico com os tecidos biológicos.

Como a palavra mesmo sugere, osteointegração é fazer parte de, ou harmônico com os tecidos biológicos. PRINCIPAIS PERGUNTAS SOBRE IMPLANTES DENTÁRIOS. O que são implantes osseointegrados? É uma nova geração de implantes, introduzidos a partir da década de 60, mas que só agora atingem um grau de aceitabilidade

Leia mais

Implantes dentários. A solução mais natural, estética e segura

Implantes dentários. A solução mais natural, estética e segura Implantes dentários A solução mais natural, estética e segura Sorria naturalmente Os implantes dentários são tão reais como um dente: fiáveis, duradouros, estéticos e funcionais Os implantes: Em que consistem?

Leia mais

Reabilitação Oral Estética e Função Relato de caso clínico

Reabilitação Oral Estética e Função Relato de caso clínico Reabilitação Oral Estética e Função Relato de caso clínico Autor: Frederico dos Reis GOYATÁ Especialista, Mestre e Doutor em Prótese Resumo: As reabilitações orais com as próteses totais removíveis contribuem

Leia mais

TABELA DE REEMBOLSO. diamante R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00

TABELA DE REEMBOLSO. diamante R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00 TABELA DE REEMBOLSO diamante R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00 Urgência / Emergência Curativo em caso de hemorragia bucal R$ 37,80 Curativo

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Diretoria Geral de Pessoal Centro de Recrutamento e Seleção de Praças

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Diretoria Geral de Pessoal Centro de Recrutamento e Seleção de Praças POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Diretoria Geral de Pessoal Centro de Recrutamento e Seleção de Praças CONCURSO PÚBLICO DE ADMISSÃO AO INGRESSO DE NOVOS OFICIAIS DE SAÚDE DA POLÍCIA MILITAR

Leia mais

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação?

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Índice Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Como efectuar uma operação de confirmação de estimativas? Como aceder ao Serviço de Certificação

Leia mais

Prof Dr.Avelino Veit Mestre Ortodontia Doutor Implantodontia Fundador projetos socio-ambientais Natal Azul e Salve o Planeta Azul

Prof Dr.Avelino Veit Mestre Ortodontia Doutor Implantodontia Fundador projetos socio-ambientais Natal Azul e Salve o Planeta Azul Prof Dr.Avelino Veit Mestre Ortodontia Doutor Implantodontia Fundador projetos socio-ambientais Natal Azul e Salve o Planeta Azul Reabilitação oral e estética Amamos reconstruir sorrisos Protocolo Branemark

Leia mais

A cópia perfeita da natureza. Informações sobre o produto

A cópia perfeita da natureza. Informações sobre o produto A cópia perfeita da natureza Informações sobre o produto Até as formas de produção merecem ser chamadas de premium Muitas vezes, os resultados que desejamos só são alcançados através de uma síntese de

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ESTUDAR COM ATENÇÃO AMPLIAR AS IMAGENS PARA OBSERVAR OS DETALHES O periodonto (peri= em redor de; odontos = dente) compreende a gengiva, o ligamento periodontal,

Leia mais

Marketing Pessoal. aumentem de valor.

Marketing Pessoal. aumentem de valor. P U B L I C A Ç Ã O N º 3 2 3 D E Z E M B R O 2 0 0 9 Marketing Pessoal PONTOS DE INTERESSE: Conceito Na Prática Definir Objectivos Marca Pessoal Marketing Pessoal pode ser definido como o processo de

Leia mais

Linha 1: Resposta biológica nas terapias em Odontologia.

Linha 1: Resposta biológica nas terapias em Odontologia. Linha 1: Resposta biológica nas terapias em Odontologia. Descrição. O entendimento dos processos fisiológicos, celulares e moleculares associados com o uso de diversos materiais, medicamentos e demais

Leia mais

CIRCULAR DE 2011. Numa segunda parte chamaremos a atenção para alguns aspectos de índole contabilística. Aspectos de natureza fiscal

CIRCULAR DE 2011. Numa segunda parte chamaremos a atenção para alguns aspectos de índole contabilística. Aspectos de natureza fiscal CIRCULAR DE 2011 Das constantes alterações implementadas, tanto a nível fiscal como legal, através de circulares, fomos dando conhecimento, pelo menos, das que de uma forma directa ou indirectamente afectem

Leia mais

Tendo em vista: Que as Partes desejam criar uma nova estrutura de cooperação, mais ampla, em benefício dos Países Beneficiários;

Tendo em vista: Que as Partes desejam criar uma nova estrutura de cooperação, mais ampla, em benefício dos Países Beneficiários; Decreto n.º 13/99 Convénio entre o Governo de Portugal e o Banco Interamericano de Desenvolvimento com o Propósito de Estabelecer Um Fundo Português de Cooperação Técnica, assinado em Washington, em 5

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE BAGUIM DO MONTE. Regulamento de Utilização dos Espaços Colectivos

JUNTA DE FREGUESIA DE BAGUIM DO MONTE. Regulamento de Utilização dos Espaços Colectivos Nota Justificativa A Junta de Freguesia de Baguim do Monte dispõe de um Auditório, duma Sala de Formação e dum Salão Polivalente, que coloca ao serviço dos cidadãos, permitindo a sua utilização, para diversos

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Departamento. Carga horária ODONTOPEDIATRIA - ODT 7013. Odontologia

PLANO DE ENSINO. Departamento. Carga horária ODONTOPEDIATRIA - ODT 7013. Odontologia PLANO DE ENSINO DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Semestre: 2011/2 Nome da disciplina Departamento Fase Carga horária ODONTOPEDIATRIA - ODT 7013 Odontologia 8a 4 horas-aula/semana 72 horas-aula/semestre

Leia mais

Simplegis - Menos leis, Mais acesso e Melhor aplicação. Perguntas & Respostas

Simplegis - Menos leis, Mais acesso e Melhor aplicação. Perguntas & Respostas Simplegis - Menos leis, Mais acesso e Melhor aplicação Perguntas & Respostas 1. Quais os objectivos e medidas do Simplegis? 1.º Objectivo: Simplificar a legislação Com o Simplegis são adoptadas medidas

Leia mais

Tabela de Preços Convencionados para Medicina Dentária e Estomatologia

Tabela de Preços Convencionados para Medicina Dentária e Estomatologia Tabela de Preços Convencionados para Medicina Dentária e Estomatologia Em consequência de condições específicas convencionadas com os prestadores, o valor assumido pela Pessoa Segura poderá, em algumas

Leia mais

Ecologia para Aldeias de Pesquisa para a Paz

Ecologia para Aldeias de Pesquisa para a Paz Ecologia para Aldeias de Pesquisa para a Paz O Centro de Pesquisa para a Paz Tamera está a desenvolver um modelo de grande escala para renaturalização da paisagem e produção de alimentos em cooperação

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI (Sra. Fátima Bezerra PT/RN)

CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI (Sra. Fátima Bezerra PT/RN) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI (Sra. Fátima Bezerra PT/RN) Regulamenta o exercício das profissões de Técnico em Saúde Bucal (TSB) e de Auxiliar em Saúde Bucal (ASB). O CONGRESSO NACIONAL DECRETA:

Leia mais

Programa Jornada Resistência Equestre

Programa Jornada Resistência Equestre Programa Jornada Resistência Equestre Data: Sexta-feira, 12 de Outubro Local: Centro Cultural de Fronteira Inscrição: Gratuita, no local 8.30 Recepção e entrega da documentação 9.00 - As bases do barefoot

Leia mais

Ministério d. da Presidência do Conselho, em 7 de Abril de 2008. Registado com o n.º DL 178/2008 no livro de registo de diplomas

Ministério d. da Presidência do Conselho, em 7 de Abril de 2008. Registado com o n.º DL 178/2008 no livro de registo de diplomas Registado com o DL 178/2008 no livro de registo de diplomas da Presidência do Conselho, em 7 de Abril de 2008 A Lei 44/2004, de 19 de Agosto, com as alterações introduzidas pelo -Lei 100/2005, de 23 de

Leia mais

INSTITUTO GEOGRÁFICO PORTUGUÊS

INSTITUTO GEOGRÁFICO PORTUGUÊS MINISTÉRIO DO AMBIENTE, DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL INSTITUTO GEOGRÁFICO PORTUGUÊS CONDIÇÕES E DOCUMENTAÇÃO PARA REQUERER CONCESSÃO / RENOVAÇÃO DE ALVARÁ PARA O EXERCÍCIO

Leia mais

PUBLICAÇÕES: TECNOMETAL n.º 149 (Novembro/Dezembro de 2003) KÉRAMICA n.º 264 (Janeiro/Fevereiro de 2004)

PUBLICAÇÕES: TECNOMETAL n.º 149 (Novembro/Dezembro de 2003) KÉRAMICA n.º 264 (Janeiro/Fevereiro de 2004) TÍTULO: Atmosferas explosivas risco de explosão AUTORIA: Paula Mendes PUBLICAÇÕES: TECNOMETAL n.º 149 (Novembro/Dezembro de 2003) KÉRAMICA n.º 264 (Janeiro/Fevereiro de 2004) INTRODUÇÃO A protecção contra

Leia mais

Regulamento dos II Jogos de Direito Civil

Regulamento dos II Jogos de Direito Civil Regulamento dos II Jogos de Direito Civil PARTE I Disposições Gerais Art. 1.º: Âmbito de Aplicação O presente Regulamento rege o funcionamento dos Jogos de Direito Civil II (JDC), organizados pela Associação

Leia mais

APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL DO SISTEMA CAD/CAM

APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL DO SISTEMA CAD/CAM APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL Data: 24 a 27 de novembro de 2015 Atualmente existe uma forte tendência no mercado mundial sobre os Sistemas CAD/CAM. A proposta deste programa é brindar-lhes com toda

Leia mais

PLANO DE CURSO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO PROCESSO NÚMERO: NOME DO CURSO: Curso Técnico em Prótese Dentária

PLANO DE CURSO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO PROCESSO NÚMERO: NOME DO CURSO: Curso Técnico em Prótese Dentária INSTITUTO FEDERAL PARANÁ Campus Curitiba MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PLANO DE CURSO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO PROCESSO NÚMERO: NOME DO CURSO: Curso Técnico em Prótese Dentária EIXO TECNOLÓGICO: Ambiente,

Leia mais

ALTERAÇÃO DE VIAS. Distribuidor circular giratório. Tipo: MWW

ALTERAÇÃO DE VIAS. Distribuidor circular giratório. Tipo: MWW ALTERAÇÃO DE VIAS Distribuidor circular giratório Tipo: MWW Aplicação Os distribuidores circulares do tipo MWW-M foram concebidos para o transporte pneumático do produto desde uma única tubagem de entrada

Leia mais

CADERNOS TÉCNICOS PROCIV. 11 Guia para a Elaboração de Planos Prévios de Intervenção Conceito e Organização

CADERNOS TÉCNICOS PROCIV. 11 Guia para a Elaboração de Planos Prévios de Intervenção Conceito e Organização CADERNOS TÉCNICOS PROCIV 11 Guia para a Elaboração de Planos Prévios de Intervenção Conceito e Organização EDIÇÃO: AUTORIDADE NACIONAL DE PROTECÇÃO CIVIL SETEMBRO DE 2009 02 Cadernos Técnicos PROCIV #11

Leia mais

08/09. Relatório Síntese & Contas. Centro de Actividades Ocupacionais de São Vicente

08/09. Relatório Síntese & Contas. Centro de Actividades Ocupacionais de São Vicente 08/09 Relatório Síntese & Contas Centro de Actividades Ocupacionais de São Vicente Apresentação Medidas e estratégias adoptadas para a angariação de fundos Medidas gerais adoptadas para contenção de despesas

Leia mais

ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil

ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil 1 DIAGNÓSTICO 1.1 Consulta Clínico 1.2 Consulta Especialista 1.3 Condicionamento em Odontologia para crianças

Leia mais