FLG-5134 Análise Geoespacial

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FLG-5134 Análise Geoespacial"

Transcrição

1 FLG-5134 Análise Geoespacial OPERAÇÕES COM MAPAS VETORIAIS Prof. Dr. Reinaldo Paul Pérez Machado

2 PROCESSO DE FORMAÇÃO DO CONHECIMENTO TERRITORIAL DADOS DESCREVEM OBJETOS E PROCESSOS DA REALIDADE TERRITORIAL INFORMAÇÃO RESPONDE O QUE QUANTO ONDE DESDE QUANDO EXISTE? EXPLICA CONHECIMENTO COMO E PORQUÊ EXISTE?

3 TOMADA DE DECISÕES

4 o quê é um dado geográfico? Hidrografia Uso do solo Rede de esgotos Cadastros Limites administrativos Relevo Outras capas

5 DESCRIÇÃO GEOGRÁFICA Onde está? O quê é? Quanto é? 51 N, 112 W Especie: Carvalho Altura: 15m Idade: 75 anos

6 Classificação dos dados Quantitativos Qualitativos Dicotômicos Ordinales EXEMPLOS

7 Classificação e estrutura dos dados desde o ponto de vista espacial (Matricial ou Vetorial?) ATRIBUTOS QUALITATIVOS QUANTITATIVOS V. ABSOLUTO INTERVALO PRESENCIA AUSÊNCIA OUTROS FEIÇÕES GRÁFICAS (FEATURES) PONTOS LINHAS POLÍGONOS LIMITES FLUXOS ESCALA DO MAPA

8 Classificação dos dados desde o ponto de vista temporal MUDANÇAS NO PRÓPRIO PROCESSO NATURAL DE DESENVOLVIMENTO DINÂMICA TEMPORAL CATEGORiA MUI ALTA ALTA ALTA-MÉDIA MÉDIA MÉDIA-BAIXA BAIXA MUITO-BAIXA PERÍODO (anos) menos ou mais X X X X X X X

9 ESTRUTURA DOS DADOS NO MODELO VECTORIAL I 7 II 8 3 IV 6 5 III Arco Polígono Polígono Direito Esquerdo I II II III III II II IV IV 0 0 III 0 IV IV I I 0

10 PRIMITIVAS DE DESENHO NO MODELO VECTORIAL Ponto Linha Polígono

11 Conceito de Topologia Topologia: São as relações de conectividade, adjacência, contenção (ou pertinência) e vizinhança, estabelecidas entre as entidades geográficas.

12 PRINCIPAIS OPERAÇÕES DE ANÁLISE ESPACIAL COM MAPAS VETORIAIS

13 Áreas de influência: Polígonos de Thiessen ou Voronoi

14 QUE SÃO AS BANDAS OU BUFFERS? Consiste na geração de elementos envolventes, em torno de feições lineares, areais ou pontuais.

15 BANDAS OU BUFFERS MULTIPLAS SOBRE FEIÇÕES LINEARES. ANALISE DE DISTÂNCIAS

16 INTERPOLAÇÕES SOBRE PONTOS. ANALISE DE VARIÁVEIS COM COMPORTAMENTO ANISOTRÓPICO. MÉTODOS COMPLEXOS

17 GERAÇÃO AUTOMATICA DE DISTRITOS Consiste na criação de novos polígonos por agregação de áreas menores a partir da dissolução das divisas internas. O processo todo é fundamentado e realizado a partir de atributos alfanuméricos comuns às novas áreas, sem necessidade de desenhar.

18 GERAÇÃO AUTOMATICA DE DISTRITOS

19 SUPERPOSIÇÃO DE POLÍGONOS (OVERLAY) Consiste na sobreposição das áreas provenientes de dois mapas diferentes. Em alguns sistemas este processo pode ser realizado graficamente ou apenas determinando o percentual de superposição na tabela de atributos alfanuméricos.

20 SUPERPOSIÇÃO DE POLÍGONOS (OVERLAY) 20

21 ROTERIZAÇÃO (Cálculo de rotas) Condições necessárias: Pontos com coordenadas (origem-destino) Base cartográfica de eixos de logradouros Algoritmo de roterização (SIG vetorial)

22 ROTERIZAÇÃO (Cálculo de rotas)

23 GEOCODIFICAÇÃO (Localização por endereço postal) Consiste na localização de pontos mediante a atribuição de coordenadas geográficas com base no seu endereço mpostal. Esta técnica, Muito utilizada em análise de mercado também é conhecida como Location Based Services (LBS).

24 GEOCODIFICAÇÃO (Localização por endereço postal) Condições necessárias: Listagem de pontos definidos pelo seu endereço postal Base cartográfica de eixos de logradouros Algoritmo de geocodificação (SIG vetorial)

25 GEOCODIFICAÇÃO (Lista de endereços)

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS Aula 2. SIG- Eng. Cartográfica Prof. Luciene Delazari

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS Aula 2. SIG- Eng. Cartográfica Prof. Luciene Delazari SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS Aula 2 SIG- Eng. Cartográfica Prof. Luciene Delazari Descrição de uma realidade com algum propósito Modelo MODELAR Termo geral para denotar o processo de construir representações

Leia mais

Mapas e suas representações computacionais

Mapas e suas representações computacionais Mapas e suas representações computacionais Tipos de dados: diversos tipos de dados são utilizados em SIG e suas representações computacionais. Mapas temáticos Descrevem de forma qualitativa, a distribuição

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO SIAD,

GEOPROCESSAMENTO SIAD, Aplicações do SIG GEOPROCESSAMENTO SIAD, 2005 SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS SIG é um sistema que engloba hardware, software, procedimentos e módulos, ou subsistemas, integrados e projetados para dar

Leia mais

DADOS EM GEOPROCESSAMENTO

DADOS EM GEOPROCESSAMENTO Universidade Federal de Campina Grande Centro de Tecnologia e Recursos Humanos Unidade Acadêmica de Engenharia Civil DADOS EM GEOPROCESSAMENTO Prof. Mauro Normando M. Barros Filho : dois grandes grupos

Leia mais

DADOS EM GEOPROCESSAMENTO

DADOS EM GEOPROCESSAMENTO Universidade Federal de Campina Grande Centro de Tecnologia e Recursos Humanos Unidade Acadêmica de Engenharia Civil DADOS EM GEOPROCESSAMENTO Prof. Iana Alexandra Alves Rufino : dois grandes grupos Dados

Leia mais

Tipos de dados. Fonte: Cap. 2 Conceitos Básicos em Ciência da Geoinformação

Tipos de dados. Fonte: Cap. 2 Conceitos Básicos em Ciência da Geoinformação Tipos de dados Fonte: Cap. 2 Conceitos Básicos em Ciência da Geoinformação Geoprocessamento Definição Denota a disciplina do conhecimento que utiliza técnicas matemáticas e computacionais para o tratamento

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (II)

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (II) UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE BIOSSISTEMAS DISCIPLINA: LEB450 TOPOGRAFIA E GEOPROCESSAMENTO II PROF. DR. CARLOS ALBERTO VETTORAZZI

Leia mais

O mundo real é muito complexo para ser representado em sua totalidade, em qualquer sistema de informações.

O mundo real é muito complexo para ser representado em sua totalidade, em qualquer sistema de informações. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL DE MINAS GERAIS Câmpus Inconfidentes Sistemas de Informações Geográficas Mundo Real X Modelo O mundo real é muito complexo para ser representado

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS Aula 1 - Conceitos. SIG- Eng. Cartográfica Prof. Luciene Delazari

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS Aula 1 - Conceitos. SIG- Eng. Cartográfica Prof. Luciene Delazari SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS Aula 1 - Conceitos SIG- Eng. Cartográfica Prof. Luciene Delazari Fonte: Rodrigues, 2009 Aula 1- Conceitos Por que usar um SIG? Um mapa representa os elementos da superfície

Leia mais

IGOT. SIG & DR Sistemas de Informação Geográfica e Detecção Remota

IGOT. SIG & DR Sistemas de Informação Geográfica e Detecção Remota SIG & DR Sistemas de Informação Geográfica e Detecção Remota Estrutura de Dados Vectorial vs Matricial 1. Estruturação gráfica e alfanumérica 2. Os erros de conversão 3. Vantagens e desvantagens matricial

Leia mais

Geoprocessamento. Aula 09 SIG: operações espaciais. Maio de 2017 P ROFA. MARIANA A. G I ANNOT TI

Geoprocessamento. Aula 09 SIG: operações espaciais. Maio de 2017 P ROFA. MARIANA A. G I ANNOT TI Geoprocessamento Aula 09 SIG: operações espaciais Maio de 2017 P ROF. JOSÉ ALBERTO QUINTA NILHA P ROFA. MARIANA A. G I ANNOT TI Tópicos: Vetor x Matriz Operações espaciais Exercício Estrutura da Aula Sugestão

Leia mais

PARTE 2 INTRODUÇÃO AO SIG/GIS. Mundo Real. Curso de Geoprocessamento: Prof. Alzir Felippe B. Antunes

PARTE 2 INTRODUÇÃO AO SIG/GIS. Mundo Real. Curso de Geoprocessamento: Prof. Alzir Felippe B. Antunes PARTE 2 INTRODUÇÃO AO SIG/GIS Mundo Real Camadas de Informações Estrutura dos Dados Geográficos Organização lógica dos dados para preservar sua integridade e facilitar o seu uso. Vetorial Raster ou Matricial

Leia mais

MODELAGEM. MODELAGEM Mundo Real versus Modelo 02/03/15. Mundo Real. Modelo. Sistemas de Informações Geográficas

MODELAGEM. MODELAGEM Mundo Real versus Modelo 02/03/15. Mundo Real. Modelo. Sistemas de Informações Geográficas INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL DE MINAS GERAIS Câmpus Inconfidentes Sistemas de Informações Geográficas Mundo Real versus Modelo Mundo Real Modelo 1 Entidade... Ente (Entidade/Objeto):

Leia mais

Projeto de símbolos. Cartografia Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia

Projeto de símbolos. Cartografia Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Projeto de símbolos Cartografia Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Há diferença? Cartografia Conceituação Os símbolos cartográficos aumentam o nível informativo dos mapas Representam a localização e as características

Leia mais

SISTEMAS DE INFOMAÇÃO GEOGRÁFICA Reconhecer conceitos associados aos SIG/GIS Estabelecer um conjunto de procedimentos em função da análise a efectuar

SISTEMAS DE INFOMAÇÃO GEOGRÁFICA Reconhecer conceitos associados aos SIG/GIS Estabelecer um conjunto de procedimentos em função da análise a efectuar Objectivos deste módulo: SISTEMAS DE INFOMAÇÃO GEOGRÁFICA Reconhecer conceitos associados aos SIG/GIS Estabelecer um conjunto de procedimentos em função da análise a efectuar Elisabete A. Silva elisabetesilva@de.ucp.pt

Leia mais

METODOLOGIA PARA A VETORIZAÇÃO TOPOLÓGICA E ANÁLISE ESPACIAL DAS ZONAS DE USO PERMITIDO PROPOSTAS NA NOVA LEI DE ZONEAMENTO DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO.

METODOLOGIA PARA A VETORIZAÇÃO TOPOLÓGICA E ANÁLISE ESPACIAL DAS ZONAS DE USO PERMITIDO PROPOSTAS NA NOVA LEI DE ZONEAMENTO DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO. METODOLOGIA PARA A VETORIZAÇÃO TOPOLÓGICA E ANÁLISE ESPACIAL DAS ZONAS DE USO PERMITIDO PROPOSTAS NA NOVA LEI DE ZONEAMENTO DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO. Reinaldo Paul Pérez Machado 1 RESUMO Em julho de 2004,

Leia mais

Geoprocessamento. Aula - 01/08/2016. Professor: Diogenes Carvalho Viana

Geoprocessamento. Aula - 01/08/2016. Professor: Diogenes Carvalho Viana Geoprocessamento Aula - 01/08/2016 Professor: Diogenes Carvalho Viana Ementa: Introdução ao Geoprocessamento. Característica dos SIGs. Dados Espaciais. Fontes de Dados. Bases digitais na Internet. Atlas

Leia mais

Modelo O QUE É MODELAR? SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS Prof. Luciene Delazari Aula 2. Modelos de dados e estruturas de dados

Modelo O QUE É MODELAR? SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS Prof. Luciene Delazari Aula 2. Modelos de dados e estruturas de dados SISTEMS DE INFORMÇÕES GEOGRÁFICS Prof. Luciene Delazari ula 2 Modelos de dados e estruturas de dados Modelagem de um SIG Estrutura de dados vetorial Estrutura de dados matricial Comparação entre vetorial

Leia mais

Análise de Dados Espaciais: Baseadas na Distância

Análise de Dados Espaciais: Baseadas na Distância Análise de Dados Espaciais: Baseadas na Distância Flávia F. Feitosa Disciplina PGT 035 Geoprocessamento Aplicado ao Planejamento e Gestão do Território Aula disponível em: https://flaviafeitosa.wordpress.com/talksteaching/geopgt/

Leia mais

SOFTWARE DE CADASTRO MOBILIÁRIO, IMOBILIÁRIO E LOGRADOUROS

SOFTWARE DE CADASTRO MOBILIÁRIO, IMOBILIÁRIO E LOGRADOUROS SOFTWARE DE CADASTRO MOBILIÁRIO, IMOBILIÁRIO E LOGRADOUROS O software de cadastro mobiliário, imobiliário e logradouros permite armazenar os dados dos imóveis e vias em um banco de dados geográfico e disponibiliza

Leia mais

Diagramas de Transformação e Apresentação

Diagramas de Transformação e Apresentação Bancos de Dados Geográficos Extensões do OMT-G: Diagramas de Transformação e Apresentação Clodoveu Davis Primitivas OMT-G para diagramas de classes Geo-campos: fenômenos de variação contínua Rede triangular

Leia mais

Modelagem de BDG. Modelagem de BDG

Modelagem de BDG. Modelagem de BDG Modelagem de BDG Modelagem de dados convencional abstração de entidades e relacionamentos do mundo real com propriedades alfanuméricas Modelagem de dados geográficos é mais complexa entidades com propriedades

Leia mais

Livro: Sistemas e Ciências da Informação Geográfica. SUMÁRIO 1 Introdução

Livro: Sistemas e Ciências da Informação Geográfica. SUMÁRIO 1 Introdução Livro: Sistemas e Ciências da Informação Geográfica SUMÁRIO 1 Introdução Sistemas, Ciência e Estudo 3 1.1 Introdução: Por que os SIG são importantes? 4 O espacial é especial 11 1.2 Dados, informação, conhecimento,

Leia mais

Conteúdo de Aquecimento N 1

Conteúdo de Aquecimento N 1 Conteúdo de Aquecimento N 1 Anderson Maciel Lima de Medeiros Julie Eugênio da Silva Francisco Medeiros Consultores em Geotecnologias 3 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE DADOS GEOGRÁFICOS DICA 1: O QUE

Leia mais

Trabalho Final da Disciplina CIC345 GEOPROCESSAMENTO

Trabalho Final da Disciplina CIC345 GEOPROCESSAMENTO Trabalho Final da Disciplina CIC345 GEOPROCESSAMENTO Prof. Tiago Garcia de Senna Carneiro Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto - Cursos - Ciência da Computação Engenharia Ambiental

Leia mais

ANÁLISE ESPACIAL DE DADOS GEOGRÁFICOS. Permite mensurar propriedades e relacionamentos considerando a localização espacial do fenômeno

ANÁLISE ESPACIAL DE DADOS GEOGRÁFICOS. Permite mensurar propriedades e relacionamentos considerando a localização espacial do fenômeno ANÁLISE ESPACIAL DE DADOS GEOGRÁFICOS Permite mensurar propriedades e relacionamentos considerando a localização espacial do fenômeno Relação entre análise espacial e as teorias disciplinares Dados Físicos

Leia mais

Tutorial QGIS Modelagem Numérica de Terreno

Tutorial QGIS Modelagem Numérica de Terreno Tutorial QGIS Modelagem Numérica de Terreno Sistemas de Informações Geográficas Engenharia de Agrimensura e Cartográfica 7º Período Alunos: Valter Antônio da Silva Thomas Lucas Ricardo Professor: Ângelo

Leia mais

BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS E WEBMAPPING. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS E WEBMAPPING. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS E WEBMAPPING Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza 1 BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS BD convencional Repositório de fatos do mundo real que possuem atributos

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO MÓDULO 1: Geoprocessamento com Software Livre 1.1. Conceitos Fundamentais em Geoprocessamento 1.2. Softwares Livres e Geotecnologias 1.3. Cartografia para Geoprocessamento 1.4. Fundamentos

Leia mais

Introdução a Sistema de Informações Geográficas - SIG

Introdução a Sistema de Informações Geográficas - SIG Introdução a Sistema de Informações Geográficas - SIG Projeto USEGEO BAHIA Ações em Geoprocessamento nos municípios da Bahia Prof. Patricia Lustosa Brito Departamento de Transportes, Universidade Federal

Leia mais

Sistemas de Informações Geográficas

Sistemas de Informações Geográficas Sistemas de Informações Geográficas Aula 3 Assuntos: # Revisão em geodésia # Georreferenciamento # Representação do mundo real no computador # Formatos vetorial e matricial # Modelo conceitual de banco

Leia mais

Banco de Dados para. Sistemas de Informação Geográfica (SIG) ROTEIRO. Conceitos. Fundamentos em Sistemas de Informação Geográfica (SIG)

Banco de Dados para. Sistemas de Informação Geográfica (SIG) ROTEIRO. Conceitos. Fundamentos em Sistemas de Informação Geográfica (SIG) Banco de Dados para Sistemas de Informação Geográfica (SIG) JUGURTA LISBOA FILHO Departamento de Informática Universidade Federal de Viçosa 36571-000 - Viçosa - MG e-mail: jugurta@dpi.ufv.br Módulo I ROTEIRO

Leia mais

Geomática ISA, Colecção de exercícios

Geomática ISA, Colecção de exercícios Geomática ISA, 2011-2012 Colecção de exercícios (I) Pretende criar-se um sistema de informação geográfica que contenha informação relativa aos seguintes conjuntos de dados. Para cada caso, indique quais

Leia mais

Modelos de dados geográficos. Prof. Dr. Cristiano Zerbato

Modelos de dados geográficos. Prof. Dr. Cristiano Zerbato Modelos de dados geográficos Prof. Dr. Cristiano Zerbato Introdução ESCALA Processos geográficos são dependentes de escala A mudança da percepção do espaço geográfico está relacionado com a mudança de

Leia mais

Ministrantes: Alex Lemos e Marco Malagodi

Ministrantes: Alex Lemos e Marco Malagodi Ministrantes: Alex Lemos e Marco Malagodi O que é Geotecnologia? Base vetorial: ponto, linha e polígono Atividade I Apresentação: Google Earth > Ferramentas Atividade II Atividade III Atividade IV Agenda

Leia mais

BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS E WEBMAPPING. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS E WEBMAPPING. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS E WEBMAPPING Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza 1 BDGEO E WEBMAPPING Dado geográfico Visões dos dados geográficos Exemplos de SIGs DADO GEOGRÁFICO Dado

Leia mais

Análise Multicritério e Modelagem de Dados Ambientais. Web Treinamento do Instituto GEOeduc Autor: Arthur Paiva

Análise Multicritério e Modelagem de Dados Ambientais. Web Treinamento do Instituto GEOeduc Autor: Arthur Paiva Análise Multicritério e Modelagem de Dados Ambientais Web Treinamento do Instituto GEOeduc Autor: Arthur Paiva SUMÁRIO Análise Espacial e Geoprocessamento Mapeamento Temático no Ambiente SIG Conceito de

Leia mais

Profa. Dra. Fernanda Sayuri Yoshino Watanabe

Profa. Dra. Fernanda Sayuri Yoshino Watanabe Geoprocessamento Graduação em Geografia 4º ano / 1º Semestre Profa. Dra. Fernanda Sayuri Yoshino Watanabe Departamento de Cartografia fernanda.watanabe@unesp.br 2019 Profa. Dra. Fernanda Sayuri Yoshino

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA SIG FORMATOS DE REPRESENTAÇÃO DE DADOS FORMATO VETORIAL

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA SIG FORMATOS DE REPRESENTAÇÃO DE DADOS FORMATO VETORIAL FORMATO VETORIAL 1 FORMATO VETORIAL Formato que utiliza como primitivas Pontos, Linhas e Polígonos, baseadas em equações matemáticas para representar imagens na computação gráfica Primitivas: elementos

Leia mais

Trabalho Final da Disciplina CIC345 GEOPROCESSAMENTO

Trabalho Final da Disciplina CIC345 GEOPROCESSAMENTO Trabalho Final da Disciplina CIC345 GEOPROCESSAMENTO Prof. Tiago Garcia de Senna Carneiro Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto - Cursos - Ciência da Computação Engenharia Ambiental

Leia mais

Sessão: Introdução aos Sistemas de Informação Geográfica (SIG) Aplicação / exercício

Sessão: Introdução aos Sistemas de Informação Geográfica (SIG) Aplicação / exercício Mestrado Integrado de Engenharia Civil (MEC) Mestrado em Planeamento e Operação de Transportes (MPOT) Disciplina: Gestão da Mobilidade Urbana Prof. Responsável: Rosário Macário Apoio: Ana Galelo Aulas

Leia mais

Operações elementares. Operações elementares. Topologia do espaço

Operações elementares. Operações elementares. Topologia do espaço Operações elementares Operações espaciais operações elementares operações espaciais cujo resultado é um valor lógico operações para derivação de informação - buffers - dissolução -overlay As operações

Leia mais

Aquisição e Integração de Dados

Aquisição e Integração de Dados Aquisição e Integração de Dados - Noções de cartografia - Transformações geométricas - Generalização cartográfica - Edição vetorial INPE - Divisão de Processamento de Imagens INPE BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS

Leia mais

Os solos do Vale dos Vinhedos

Os solos do Vale dos Vinhedos Os solos do Vale dos Vinhedos Carlos Alberto Flores Reinaldo Oscar Pötter Eliana Casco Sarmento Eliseu José Weber Heinrich Hasenack Projeto - Desenvolvimento de Indicações Geográficas e Alerta Vitícola

Leia mais

Introdução a Estruturas de Dados Espaciais - QuadTree

Introdução a Estruturas de Dados Espaciais - QuadTree Introdução a Estruturas de Dados Espaciais - QuadTree Ricardo C. Câmara de Meira Santos Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas ICEB Departamento de Ciência da

Leia mais

ANÁLISE ESPACIAL DE DADOS GEOGRÁFICOS. Permite mensurar propriedades e relacionamentos considerando a localização espacial do fenômeno

ANÁLISE ESPACIAL DE DADOS GEOGRÁFICOS. Permite mensurar propriedades e relacionamentos considerando a localização espacial do fenômeno ANÁLISE ESPACIAL DE DADOS GEOGRÁFICOS Permite mensurar propriedades e relacionamentos considerando a localização espacial do fenômeno Relação entre análise espacial e as teorias disciplinares Dados Físicos

Leia mais

O QUE É SIG INTRODUÇÃO 27/05/17 SIGNIFICADO. SIG Sistema de Informações Geográficas. GIS Geographic Information System

O QUE É SIG INTRODUÇÃO 27/05/17 SIGNIFICADO. SIG Sistema de Informações Geográficas. GIS Geographic Information System INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL DE MINAS GERAIS Câmpus Inconfidentes O QUE É SIG Geotecnologia aplicada ao meio ambiente INTRODUÇÃO SIGNIFICADO SIG Sistema de Informações Geográficas

Leia mais

SIG Sistema de Informações Geográficas

SIG Sistema de Informações Geográficas SIG Sistema de Informações Geográficas Disciplina: SIG Aula 3 Infraestrutura e tipos de dados espaciais O que é espaço geográfico? Qual é o espaço geográfico materializado por um SIG? O que é representação?

Leia mais

Sistemas de Informação Geográfica

Sistemas de Informação Geográfica Banco de Dados Sistemas de Informação Geográfica (SIG) Valéria Cesário Times vct@cin.ufpe.br Tópicos Conceitos Básicos Dados Espaciais SGBDE Dados Geográficos BD Geográficos Sistemas de Geoprocessamento

Leia mais

PTR2355 e PTR2389: Geoprocessamento

PTR2355 e PTR2389: Geoprocessamento PTR2355 e PTR2389: Geoprocessamento CLAUDIO Luiz MARTE José Alberto QUINTANILHA 2sem2011 Bibliografia (Informações Espaciais) Caderno Didático do INPE sobre SIG.. Disponível em: http://www.inpe.br/crs/geodesastres/imagens/publicacoes/cadernos

Leia mais

Mapeamento de logradouros e gestão territorial em favelas no Rio de Janeiro

Mapeamento de logradouros e gestão territorial em favelas no Rio de Janeiro Mapeamento de logradouros e gestão territorial em favelas no Rio de Janeiro Street mapping and management in informal settlements in Rio de Janeiro Leandro Gomes Souza Geógrafo Gerência de Geoprocessamento

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO. Bases conceituais e teóricas. Prof. Luiz Henrique S. Rotta

GEOPROCESSAMENTO. Bases conceituais e teóricas. Prof. Luiz Henrique S. Rotta 1 GEOPROCESSAMENTO Bases conceituais e teóricas Prof. Luiz Henrique S. Rotta GEOPROCESSAMENTO Disciplina do conhecimento que utiliza técnicas matemáticas e computacionais para o tratamento da informação

Leia mais

Proposta para Treinamento Níveis Iniciante e Avançado

Proposta para Treinamento Níveis Iniciante e Avançado Proposta para Treinamento Níveis Iniciante e Avançado 2018 1 um pouco sobre a nossa visão Por que Geoprocessamento? Para auxiliar na compreensão das constantes transformações que ocorrem na natureza e

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA. No nível mais próximo ao usuário, a interface homemmáquina define como o sistema é operado e controlado.

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA. No nível mais próximo ao usuário, a interface homemmáquina define como o sistema é operado e controlado. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA No nível mais próximo ao usuário, a interface homemmáquina define como o sistema é operado e controlado. Material para a prova Introdução à Ciência da Geoinformação (Clodoveu

Leia mais

Palavras Chave: Mapeamento, GIS, cartografia digital, tratamento de esgotos. RESUMO

Palavras Chave: Mapeamento, GIS, cartografia digital, tratamento de esgotos. RESUMO DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMA PARA O GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS E MAPEAMENTO DAS ÁREAS DE INFLUÊNCIA DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTOS DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Maria Carolina Gonçalves

Leia mais

CAPÍTULO 2 CONCEITOS DE GEOPROCESSAMENTO

CAPÍTULO 2 CONCEITOS DE GEOPROCESSAMENTO CAPÍTULO 2 CONCEITOS DE GEOPROCESSAMENTO Para iniciar um projeto de interface é necessário conhecer bem o domínio de sua aplicação. Neste sentido, este Capítulo revisa alguns conceitos importante de Geoprocessamento

Leia mais

Geoprocessamento & Sistema de Informação Geográfica

Geoprocessamento & Sistema de Informação Geográfica Universidade Federal de Mato Grosso Campus Universitário do Araguaia Bacharelado em Ciência da Computação Geoprocessamento & Sistema de Informação Geográfica Prof. Dr. Ivairton M. Santos 2015/2 Conteúdo

Leia mais

UFGD FCA PROF. OMAR DANIEL BLOCO 7 Estruturas de Dados Vetoriais

UFGD FCA PROF. OMAR DANIEL BLOCO 7 Estruturas de Dados Vetoriais UFGD FCA PROF. OMAR DANIEL BLOCO 7 Estruturas de Dados Vetoriais 1 (Copyright 1991-2006 SPRING - DPI/INPE) Quais tipos de dados são representados por estruturas vetoriais? Mapa temático: o Contém regiões

Leia mais

Instituto Superior de Agronomia Exame de SIGDR 2 a chamada 24 de junho de 2016 Proposta de resolução

Instituto Superior de Agronomia Exame de SIGDR 2 a chamada 24 de junho de 2016 Proposta de resolução Instituto Superior de Agronomia Exame de SIGDR 2 a chamada 24 de junho de 2016 Proposta de resolução 1. Considere o seguinte diagrama de operações num SIG que usa um sistema de coordenadas cartográfico

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SC CAMPUS FLORIANÓPOLIS DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE CONSTRUÇÃO CIVIL CURSO TÉCNICO DE AGRIMENSURA

INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SC CAMPUS FLORIANÓPOLIS DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE CONSTRUÇÃO CIVIL CURSO TÉCNICO DE AGRIMENSURA INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SC CAMPUS FLORIANÓPOLIS DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE CONSTRUÇÃO CIVIL CURSO TÉCNICO DE AGRIMENSURA Unidade Curricular: Geomática Geoprocessamento 3ª aula Introdução

Leia mais

Censo 2010: Construção da Base Territorial. Wolney Menezes Coordenador do Cadastro de Endereços

Censo 2010: Construção da Base Territorial. Wolney Menezes Coordenador do Cadastro de Endereços Censo 2010: Construção da Base Territorial Wolney Menezes Coordenador do Cadastro de Endereços Santiago 22 de outubro de 2013 Definição dos 314.018 setores censitários O projeto de mapeamento do Censo

Leia mais

Banco de dados Brasil

Banco de dados Brasil Banco de dados Brasil Elemento de resolução: célula de 100x100m Conteúdo: linhas de transmissão, casas, quadras, distritos, municípios, estados, país Quais distritos são cortados pela linha de transmissão

Leia mais

Estruturação do Cadastro Técnico para o Geoprocessamento da Prefeitura de Florianópolis SC

Estruturação do Cadastro Técnico para o Geoprocessamento da Prefeitura de Florianópolis SC Estruturação do Cadastro Técnico para o Geoprocessamento da Prefeitura de Florianópolis SC Dr. Cezario de Oliveira Lima Jr 1 Marcelo Teixeira Moreira 2 Ricardo José Dias 3 Emanoel Fernandes da Cunha 4

Leia mais

Banco de Dados Geográficos

Banco de Dados Geográficos Banco de Dados Geográficos Valéria Gonçalves Soares Professora DIMAp/UFRN Conteúdo Bancos de Dados Geográficos 1. Conceitos e Definições Características Gerais 2. Modelos de Dados Geográficos Modelos de

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA - TURMA 3/2018

CHAMADA PÚBLICA - TURMA 3/2018 CHAMADA PÚBLICA - TURMA 3/2018 CURSO DE TÉCNICAS DE GEOPROCESSAMENTO APLICADAS À SAÚDE Coordenador: Jonas Brant Relatores: Alessandro Lopes, Karina Matos e Patrícia Paiva CHAMADA PÚBLICA - TURMA 3/2018

Leia mais

D1. Terminologia relativa a objectos espaciais na norma SDTS (Spatial Data Transfer Standard).

D1. Terminologia relativa a objectos espaciais na norma SDTS (Spatial Data Transfer Standard). D1. Terminologia relativa a objectos espaciais na norma SDTS (Spatial Data Transfer Standard). Tradução de Fernanda Néry Versão de 18-09-1998 ÍNDICE 2 Conceitos relativos a dados espaciais... 3 2.2 Classificação

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO PARA APLICAÇÕES AMBIENTAIS E CADASTRAIS

GEOPROCESSAMENTO PARA APLICAÇÕES AMBIENTAIS E CADASTRAIS Universidade do Estado de Santa Catarina Departamento de Engenharia Civil GEOPROCESSAMENTO PARA APLICAÇÕES AMBIENTAIS E CADASTRAIS Profa. Adriana Goulart dos Santos Aula 2 o INTRODUÇÃO A SIG o MODELAGEM

Leia mais

RESPOSTA BASE GRÁFICA. Banco de Dados: Exemplo. Banco de Dados. Banco de Dados. Banco de Dados

RESPOSTA BASE GRÁFICA. Banco de Dados: Exemplo. Banco de Dados. Banco de Dados. Banco de Dados : Exemplo RESPOSTA AS RESPOSTAS À TODAS ESSAS PERGUNTAS, SOMENTE SERÃO POSSÍVEIS SE O SISTEMA POSSUIR UM BANCO DE DADOS QUE CONTENHA TODOS OS DADOS NECESSÁRIOS PARA AS MESMAS. FORMA GRÁFICA Mapa Desenho

Leia mais

Estruturas de Dados Espaciais: Vetorial X Raster

Estruturas de Dados Espaciais: Vetorial X Raster Geoprocessamento Estruturas de Dados Espaciais: Vetorial X Raster Os slides desta apresentação foram elaborados pelo Eng. Agr. M.Sc. Pedro Otávio Felipe e Eng. Agr. M.Sc. Junior Girotto, quando alunos

Leia mais

Camada de Informação 14/11/ o Parte

Camada de Informação 14/11/ o Parte Banco de Dados Geográficos Dado Descritivo ou Alfa-numérico 3 o Parte BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS A função destes dados é fornecer uma informaçã descritiva, qualitativa e/ou quantitativa, do objeto gráfico

Leia mais

Instituto Superior de Agronomia Exame de Geomática 2 a chamada 24 de junho de 2016 Proposta de resolução

Instituto Superior de Agronomia Exame de Geomática 2 a chamada 24 de junho de 2016 Proposta de resolução Instituto Superior de Agronomia Exame de Geomática 2 a chamada 24 de junho de 2016 Proposta de resolução 1. Considere o seguinte diagrama de operações num SIG que usa um sistema de coordenadas cartográfico

Leia mais

Análise de Dados Espaciais: Baseadas na Localização

Análise de Dados Espaciais: Baseadas na Localização Análise de Dados Espaciais: Baseadas na Localização Flávia F. Feitosa Disciplina PGT 035 Geoprocessamento Aplicado ao Planejamento e Gestão do Território Aula disponível em: https://flaviafeitosa.wordpress.com/talksteaching/geopgt/

Leia mais

ÍNDICE GERAL AGRADECIMENTOS RESUMO ABSTRACT SIMBOLOGIA 1. - INTRODUÇÃO 2. - DEFINIÇÃO DO PROBLEMA

ÍNDICE GERAL AGRADECIMENTOS RESUMO ABSTRACT SIMBOLOGIA 1. - INTRODUÇÃO 2. - DEFINIÇÃO DO PROBLEMA ÍNDICE GERAL AGRADECIMENTOS RESUMO ABSTRACT SIMBOLOGIA 1. - INTRODUÇÃO 2. - DEFINIÇÃO DO PROBLEMA 3. - SISTEMATIZAÇÃO DE CONCEITOS E REVISÃO DA LITERATURA 3.1 - INTERPOLAÇÃO ESPACIAL DE INFORMAÇÃO ASSOCIADA

Leia mais

RESOLUÇÃO CONJUNTA SEMAD/FEAM/IEF/IGAM Nº 2.684, 03 DE SETEMBRO DE 2018

RESOLUÇÃO CONJUNTA SEMAD/FEAM/IEF/IGAM Nº 2.684, 03 DE SETEMBRO DE 2018 RESOLUÇÃO CONJUNTA SEMAD/FEAM/IEF/IGAM Nº 2.684, 03 DE SETEMBRO DE 2018 Estabelece a especificação técnica que deverá ser atendida para o correto encaminhamento de dados geoespaciais digitais vetoriais

Leia mais

Manual do Navegador Sig Cuiabá

Manual do Navegador Sig Cuiabá Manual do Navegador Sig Cuiabá Módulo Público - Versão 1.3 04/2015 Elaboração: Gilmar Souza Acácio Conteúdo Introdução... 3 Características de um SIG... 3 Requisitos para a utilização do Sig Cuiabá...

Leia mais

APLICAÇÕES EM ARC VIEW

APLICAÇÕES EM ARC VIEW Universidade Federal de Minas Gerais Instituto Geociências Programa de Pós-Graduação em Geografia (Mestrado) Área de Concentração: Análise Ambiental APLICAÇÕES EM ARC VIEW PRODUÇÃO: CARLA ARÁUJO SIMÕES

Leia mais

Balcão Guia de Apoio à utilização da Funcionalidade para Georreferenciação de Operações (FGO)

Balcão Guia de Apoio à utilização da Funcionalidade para Georreferenciação de Operações (FGO) Balcão 2020 - Guia de Apoio à utilização da Funcionalidade para Georreferenciação de Operações (FGO) Índice 1 Informação Técnica:... 2 2 Passo-a-Passo:... 3 I. Formulário Candidatura - Caracterização -

Leia mais

AULA 9 Geocodificação de Endereços. 9.1 Como funciona a Geocodificação de Endereços

AULA 9 Geocodificação de Endereços. 9.1 Como funciona a Geocodificação de Endereços 9.1 AULA 9 Geocodificação de Endereços Nessa aula será apresentada a funcionalidade do TerraView relativa a Geocodificação de Endereços. Ela é usada em situações onde dados pontuais precisam ser tratados

Leia mais

MNT: MODELAGEM NUMÉRICA DE TERRENOS

MNT: MODELAGEM NUMÉRICA DE TERRENOS MNT: MODELAGEM NUMÉRICA DE TERRENOS LEB 450 Topografia e Geoprocessamento II Prof. Carlos A. Vettorazzi 1. Introdução MODELO : Representação da realidade sob a forma material (representação tangível) ou

Leia mais

Modelagem de um Banco de Dados Geográficos para a análise do estado de conservação da vegetação intra-urbana e suas relações com dados

Modelagem de um Banco de Dados Geográficos para a análise do estado de conservação da vegetação intra-urbana e suas relações com dados Modelagem de um Banco de Dados Geográficos para a análise do estado de conservação da vegetação intra-urbana e suas relações com dados socioeconômicos Setembro/2009 Giovanni A. Boggione TOPOGRAFIA SOCIAL

Leia mais

GEORREFERENCIAMENTO NO SETOR DE SANEAMENTO

GEORREFERENCIAMENTO NO SETOR DE SANEAMENTO GEORREFERENCIAMENTO NO SETOR DE SANEAMENTO Regina Darck Cançado Outubro/2015 ROTEIRO 1 Conceitos Básicos 2 As tecnologias 3 O Geoprocessamento na COPASA GEOPROCESSAMENTO Conjunto de tecnologias que utilizam

Leia mais

Banco de dados geográfico para cidades de pequeno porte: estudo de caso da Cidade de Andradas, MG

Banco de dados geográfico para cidades de pequeno porte: estudo de caso da Cidade de Andradas, MG Banco de dados geográfico para cidades de pequeno porte: estudo de caso da Cidade de Andradas, MG Aulus Roberto Romão Bineli 1,2 Adriana Cavalieri Sais 1,2 Rafael Henrique Gonçalves 1,2 1 GEOSYSTEC Rua

Leia mais

Aplicações em Sistemas de Informações Geográficas e Atlas Eletrônicos

Aplicações em Sistemas de Informações Geográficas e Atlas Eletrônicos Aplicações em Sistemas de Informações Geográficas e Atlas Eletrônicos Dr a Luciene Stamato Delazari Curso de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas Departamento de Geomática Universidade Federal do Paraná

Leia mais

Nesta parte da aula estamos interessados na representação vetorial dos dados.

Nesta parte da aula estamos interessados na representação vetorial dos dados. 1. Introdução A forma de modelar e representar os fenômenos geográficos no computador depende de sua percepção na forma de entidades discretas (objetos) ou campos contínuos. Quando lidamos com fenômenos

Leia mais

Cursos de Geoprocessamento com o Software Livre QGIS

Cursos de Geoprocessamento com o Software Livre QGIS Cursos de Geoprocessamento com o Software Livre QGIS EMENTAS Níveis Básico e Avançado CURSOS DE GEOPROCESSAMENTO COM O SOFTWARE LIVRE QGIS O QGIS é um dos mais robustos softwares gratuitos para Sistemas

Leia mais

Instituto Superior de Agronomia Exame da 2ª chamada de Geomática (ciclo 1) 26 de Junho de Uma possível resolução. Parte I (3 val.

Instituto Superior de Agronomia Exame da 2ª chamada de Geomática (ciclo 1) 26 de Junho de Uma possível resolução. Parte I (3 val. Instituto Superior de Agronomia Exame da 2ª chamada de Geomática (ciclo 1) 26 de Junho de 2013 Uma possível resolução Parte I (3 val.) 1. Considere o conjuntos de dados geográficos (cdg) de polígonos A

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável Cartografia Sistemática e Temática (IAD319) Prof. pablosantos@ufba.br 02 a Aula CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA

Leia mais

Instituto Superior de Agronomia Exame de Geomática 1 a chamada 8 de junho de 2016 Proposta de resolução

Instituto Superior de Agronomia Exame de Geomática 1 a chamada 8 de junho de 2016 Proposta de resolução Instituto Superior de Agronomia Exame de Geomática 1 a chamada 8 de junho de 2016 Proposta de resolução 1. (2 val.) Considere o seguinte diagrama de operações num SIG que usa um sistema de coordenadas

Leia mais

MundoGEO#Connnect Latin America A GEOINFORMAÇÃO EM SÃO PAULO

MundoGEO#Connnect Latin America A GEOINFORMAÇÃO EM SÃO PAULO MundoGEO#Connnect Latin America A GEOINFORMAÇÃO EM SÃO PAULO PROJETO DE MAPEAMENTO SISTEMÁTICO E TEMÁTICO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO E BACIA (PROJETO FEHIDRO) DIRETORIA

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS ESPACIAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SENSORIAMENTO REMOTO DIVISÃO DE PROCESSAMENTO DE IMAGENS

INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS ESPACIAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SENSORIAMENTO REMOTO DIVISÃO DE PROCESSAMENTO DE IMAGENS INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS ESPACIAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SENSORIAMENTO REMOTO DIVISÃO DE PROCESSAMENTO DE IMAGENS SER-300: INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO Laboratório I: Modelagem da Base

Leia mais

Importação de arquivos vetoriais (*mif e *shapefile) e associação de tabelas no Spring

Importação de arquivos vetoriais (*mif e *shapefile) e associação de tabelas no Spring UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE CARTOGRAFIA Laboratório de Geoprocessamento Importação de arquivos vetoriais (*mif e *shapefile) e associação de tabelas no

Leia mais

Dados Espaciais: Uma Introdução

Dados Espaciais: Uma Introdução Dados Espaciais: Uma Introdução Flávia F. Feitosa PGT002 Planejamento de Pesquisa 2 Slides & dados da aula disponíveis em: http://professor.ufabc.edu.br/~flavia.feitosa/cursos/pp2/ Julho de 2015 Os problemas

Leia mais

MÉTODOS DE REPRESENTAÇÃO DA CARTOGRAFIA TEMÁTICA: REPRESENTAÇÕES QUALITATIVAS MANIFESTAÇÃO PONTUAL

MÉTODOS DE REPRESENTAÇÃO DA CARTOGRAFIA TEMÁTICA: REPRESENTAÇÕES QUALITATIVAS MANIFESTAÇÃO PONTUAL MÉTODOS DE REPRESENTAÇÃO DA CARTOGRAFIA TEMÁTICA: REPRESENTAÇÕES QUALITATIVAS MANIFESTAÇÃO PONTUAL META Demonstrar a localização e a extensão dos fenômenos geográficos qualitativos a partir da manifestação

Leia mais

Noções básicas de SIG com QGIS

Noções básicas de SIG com QGIS Noções básicas de SIG com QGIS XXIII ENCONTRO ANIPES Alexandre Silva dos Santos Patrícia Alves Noções básicas de SIG com QGIS 1. Introdução ao QGIS 2. Sistema de Referências Cartográficas (SRC) 3. Inicialização

Leia mais

Análise espacial em Raster

Análise espacial em Raster Análise espacial em Raster Os rasters são números. Os SIG têm funções de Álgebra de Mapas que permitem a manipulação matemática dos valores nas células. A Álgebra de Mapas é uma linguagem que permite operações

Leia mais

Geoprocessamento. Laboratório 1: Modelagem e Criação de Bancos de Dados

Geoprocessamento. Laboratório 1: Modelagem e Criação de Bancos de Dados Geoprocessamento Laboratório 1: Modelagem e Criação de Bancos de Dados Tássia Alves Costa São José dos Campos Abril, 2014 Sumário 1. Objetivo... 3 2. Exercício 1 - Modelagem do Banco OMT-G p/ SPRING...

Leia mais

Representações para dados geográficos

Representações para dados geográficos Representações para dados geográficos Lúbia Vinhas GIScientists study the representations of the real world rather than the real world itself. Taylor & Reitsma, 2013 Geoprocessamento Representa a área

Leia mais

Noções OMT-Geo. Diretoria de Serviço Geográfico DSG EXÉRCITO BRASILEIRO. Apresentação : Cel Omar A. Lunardi

Noções OMT-Geo. Diretoria de Serviço Geográfico DSG EXÉRCITO BRASILEIRO. Apresentação : Cel Omar A. Lunardi EXÉRCITO BRASILEIRO Diretoria de Serviço Geográfico DSG Noções OMT-Geo Apresentação : Cel Omar A. Lunardi Eng.cart.omar@gmail.com Fontes :. CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOPROCESSAMENTO Karla Albuquerque

Leia mais

PRODUÇÃO CARTOGRÁFICA UD 1 CONVENÇÕES CARTOGRÁFICAS

PRODUÇÃO CARTOGRÁFICA UD 1 CONVENÇÕES CARTOGRÁFICAS UD 1 CONVENÇÕES CARTOGRÁFICAS Produto é o resultado de um trabalho, com valor agregado Ex: um objeto, um conceito, um evento. Para obter um produto é necessário: 1) Concepção: baseada na necessidade, visando

Leia mais