dorescadastrodefornecedorescadastr INSTRUÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DA ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO PIAUÍ

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "dorescadastrodefornecedorescadastr INSTRUÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DA ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO PIAUÍ"

Transcrição

1 cadastrodefornecedorescadastrodefo rnecedorescadastrodefornecedoresca dastrodefornecedorescadastrodeforn ecedorescadastrodefornecedorescad astrodefornecedorescadastrodeforne cedorescadastrodefornecedorescadas trodefornecedorescadastrodefornece INSTRUÇÕES PARA dorescadastrodefornecedorescadastr DA ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO PIAUÍ odefornecedorescadastrodeforneced orescadastrodefornecedorescadastro JAN/2015 defornecedorescadastrodefornecedor escadastrodefornecedorescadastrode DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SUPRIMENTOS DGS fornecedorescadastrodefornecedores cadastrodefornecedorescadastrodefo rnecedorescadastrodefornecedoresca dastrodefornecedorescadastrodeforn ecedorescadastrodefornecedorescad astrodefornecedoresvcadastrodeforn ecedorescadastrodefornecedorescad astrodefornecedorescadastrodeforne

2 1. INTRODUÇÃO 1.1. O Cadastro de Fornecedores está voltado para o registro prévio e para o contínuo acompanhamento dos fornecedores de materiais, obras, serviços, locações e alienações demandados pela Eletrobras Distribuição Piauí A inscrição no Cadastro da ED PI, para fins de obtenção do Certificado de Registro Cadastral (CRC), facilitará a participação do fornecedor nas licitações, dispensando a apresentação de uma série de documentos de habilitação, quando o instrumento convocatório assim estabelecer, já que estes estarão devidamente registrados no sistema informatizado da Contratante. No entanto, não é obrigatório possuir o CRC para participar das licitações, exceto para participação em licitação na modalidade de Tomada de Preços, na qual o prévio cadastramento do fornecedor é uma exigência legal A inscrição no Cadastro da ED PI não dispensa o fornecedor da necessidade de consultar as aquisições e contratações de seu interesse, vez que não há mecanismos disponíveis para que a Eletrobras Distribuição Piauí informe automaticamente aos fornecedores cadastrados as licitações disponíveis O cadastramento está disponível a qualquer pessoa física ou jurídica, desde que atenda plenamente às condições de cadastramento aqui expostas, mediante a apresentação da documentação especificada pela Eletrobras Distribuição Piauí. 2. INSTRUÇÕES 2.1. Os interessados na inscrição no Cadastro de Fornecedores da Eletrobras Distribuição Piauí deverão apresentar a FICHA PARA INSCRIÇÃO CADASTRAL Anexo I, devidamente preenchida, seguida da documentação estabelecida nos Artigos 27 e 35 da Lei 8.666/93 e relacionada no presente documento Toda a documentação deverá ser encaminhada inicialmente apenas em versão digital. Somente quando solicitado ao fornecedor, o mesmo deverá encaminhar a documentação física conforme instruções do presente documento, para fins de verificação de sua autenticidade A documentação, seja em via digital ou física, nos termos do Item 2.2, deverá ser encaminhada por seção, como preceitua os Itens 03 e 04 do presente documento, sob pena de indeferimento, ou seja, com a seguinte ordenação: PLEITO PESSOA JURÍDICA PESSOA FÍSICA SEÇÃO A - HABILITAÇÃO JURÍDICA SEÇÃO B - REGULARIDADE FISCAL NOVO SEÇÃO F DOCUMENTOS SEÇÃO C QUALIFICAÇÃO TÉCNICA CADASTRO GERAIS SEÇÃO D QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA SEÇÃO E OUTROS DOCUMENTOS SEÇÃO G HABILITAÇÃO JURÍDICA RENOVAÇÃO CADASTRAL SEÇÃO H REGULARIDADE FISCAL SEÇÃO I QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA SEÇÃO J QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DOCUMENTAL SEÇÃO K OUTROS DOCUMENTOS SEÇÃO L DOCUMENTOS GERAIS 2

3 2.4. Quando solicitada pela ED PI, a documentação física (documentos originais ou cópias autenticadas) enviada pelo fornecedor deverá ter todas as suas páginas rubricadas e numeradas. Pede-se não usar pastas com espiral. As pastas, contendo a ficha e os documentos segregados por seção, deverão ser endereçadas à Gerência de Aquisição e Contratação DGSA, e entregues no Departamento de Logística e Suprimentos DGS, situado à Av. Maranhão, nº 759, Centro (Sul), Teresina/PI, no horário de 09h00min as 11h00min e 14h00min as 16h00min, por meio do sistema de "Aviso de Recebimento - AR" Os documentos em idioma estrangeiro deverão ser acompanhados de tradução por tradutor juramentado, em original ou cópia autenticada Quaisquer esclarecimentos pertinentes às informações e aos documentos a serem apresentados deverão ser solicitados à Gerência de Aquisição e Contratação DGSA, da seguinte forma: a) Via b) Via Carta destinada à Eletrobras Distribuição Piauí, situada à Av. Maranhão, nº 759, Centro (Sul), Teresina/PI, CEP , Att: Gerência de Aquisição e Contratação DGSA, Assunto: Cadastro de Fornecedores; c) Via telefone (86) /8096; d) Presencialmente, situado à Av. Maranhão, nº 759, Centro (Sul), Teresina/PI, Sala 217, Prédio Alberto Silva, no horário de 09h00min as 11h00min e 14h00min as 16h00min; 2.7. Os interessados que venham a obter registro no Cadastro de Fornecedores da Eletrobras Distribuição Piauí deverão manter atualizados os documentos e informações inicialmente fornecidos. 3. DOCUMENTAÇÃO PARA NOVO CADASTRO Será considerado pleiteante a novo cadastro, o fornecedor que não possuir registro cadastral na Eletrobras Distribuição Piauí ou possuir CRC junto à Companhia vencido há mais de 12 (doze) meses PESSOA JURÍDICA A1 A2 A3 A4 A5 SEÇÃO A - HABILITAÇÃO JURÍDICA Registro comercial, no caso de empresa individual. Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado, em se tratando de sociedades comerciais e, no caso de sociedade por ações, acompanhado de documentos de eleição de seus administradores. Inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova da diretoria em exercício. Decreto de autorização, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no País. Ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo órgão competente, quando a atividade assim o exigir. B1 B2 SEÇÃO B - REGULARIDADE FISCAL Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). Prova de inscrição no cadastro de contribuintes estadual ou municipal, se houver, relativo ao 3

4 B3 B4 B5 B6 B7 C1 C2 C3 C4 C5 C6 C7 SEÇÃO B - REGULARIDADE FISCAL domicílio ou sede da interessada, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com a categoria em que pretende cadastrar-se na Eletrobras Distribuição Piauí (para os efeitos do cadastramento, considera-se sede a matriz ou o único estabelecimento comercial da empresa). Prova de regularidade para com a Fazenda Federal (Certidão de Quitação de Tributos e Certidão Quanto à Dívida Ativa). Prova de regularidade para com a Fazenda Estadual do domicílio ou sede da interessada. Prova de regularidade para com a Fazenda Municipal do domicílio ou sede da interessada. Prova de regularidade relativa ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Prova de regularidade relativa à Justiça do Trabalho (CNDT Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas). SEÇÃO C QUALIFICAÇÃO TÉCNICA Registro ou inscrição na entidade profissional competente. Pelo menos 01 (um) atestado, em nome da interessada, devidamente registrado na entidade profissional competente, fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado, explicitando o serviço prestado ou o fornecimento realizado, bem como nome, endereço, telefone e fax do atestante, para cada categoria em que a interessada pretenda cadastrar-se. O atestado deve conter detalhamento suficiente que caracterize. O serviço/fornecimento compatível à categoria pretendida. Comprovação, pela interessada, de possuir em seu quadro permanente, na data de solicitação do registro cadastral, profissional de nível superior ou outro devidamente reconhecido pela entidade competente, detentor de atestado de responsabilidade técnica por execução de obra ou serviços de características semelhantes, quando for o caso. Indicação das instalações, equipamentos (tipos e quantidades) e pessoal técnico (especialidade e quantidade) utilizados para a realização dos serviços, nos casos de obra, instalação, montagem ou fabricação, conforme modelo orientativo do Anexo II, quando for o caso. Prova de atendimento de requisitos previstos em lei especial, quando for o caso. Outros documentos poderão ser solicitados dependendo da categoria de fornecimento escolhida pelo fornecedor. Neste caso, o fornecedor deverá observar atentamente a indicação das classes de produtos ou serviços prestados, conforme relação do Anexo VII. D1 D2 D3 D4 SEÇÃO D QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA Balanço Patrimonial e Demonstrações Contábeis do último exercício social, já exigíveis e apresentados na forma da Lei, vedada sua substituição por balancetes ou balanços provisórios. Serão considerados aceitos como na forma da Lei, o Balanço Patrimonial e Demonstrações Contábeis assim apresentados: I) Sociedades regidas pela Lei /07, que modifica a Lei nº 6.404/76: Publicado em Diário Oficial ou em jornal de grande circulação; II) Outras formas societárias: por fotocópia, acompanhado de cópia dos termos de abertura e de encerramento do Livro Diário do qual foram extraídos, devidamente autenticados na Junta Comercial ou outro órgão competente do Registro de Comércio, da sede ou domicílio da empresa. III) As empresas sujeitas à apresentação de Escrituração Contábil Digital (ECD) nos termos do art. 2º do Decreto Federal nº 6.022/2007, com a utilização do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), deverão apresentar em documentos impressos extraídos do livro digital o Balanço Patrimonial, a Demonstração de Resultado, os Termos de Abertura e Encerramento do Livro Digital e o Termo de Autenticação na Junta Comercial, todos emitidos pelo Programa Validador e Autenticador (PVA). A empresa nova que ainda não tenha encerrado nenhum exercício social deverá apresentar Balanço de Abertura transcrito no Livro Diário devidamente registrado no órgão competente, com respectivos termos de abertura e encerramento ou publicado em órgão da imprensa oficial no país ou jornal de grande circulação. Certidões negativas de falência ou concordata. Caso não conste a data de validade expressa no documento, a Eletrobras considerará 90 dias a partir da data de emissão. O Fornecedor deverá possuir índice de liquidez corrente LC 1, índice de liquidez geral LG 1 e índice de solvência geral SG 1. O cálculo dos índices deverá ser apresentado pelos fornecedores, considerando: 4

5 SEÇÃO D QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA E1 E2 E3 E4 SEÇÃO E OUTROS DOCUMENTOS Declaração, sob as penalidades da lei, de que a interessada não está sendo punida com suspensão temporária nem com declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração, conforme Anexo III, em anexo. Declaração, sob as penalidades da lei, de que seus dirigentes, sócios e gerentes não mantém vínculo empregatício com a Eletrobras Distribuição Piauí, conforme Anexo IV, em anexo. Declaração relativa ao cumprimento do disposto no inciso XXXIII do art. 7º da CF, que versa sobre trabalho infantil, degradante ou forçado, conforme Anexo V, em anexo. Declaração quanto a Gestão e Sustentabilidade, conforme Anexo VI, em anexo PESSOA FÍSICA F1 F2 F3 F4 F5 F6 F7 SEÇÃO F DOCUMENTOS GERAIS Cédula de identidade. Cadastro de Pessoa Física CPF. Comprovante de endereço. Provas de regularidade com a fazenda federal/ PGFN. Prova de registro, quando obrigatório, na entidade incumbida da fiscalização do exercício profissional e do pagamento da respectiva anuidade. Prova de atendimento de requisitos previstos em lei especial, quando for o caso. Declaração relativa ao cumprimento do disposto no inciso XXXIII do art. 7º da CF, que versa sobre trabalho infantil, degradante ou forçado, conforme Anexo V, em anexo. 4. DOCUMENTAÇÃO PARA RENOVAÇÃO DO REGISTRO CADASTRAL A renovação cadastral ocorre quando o fornecedor a requer em até 12 meses após o vencimento do seu último CRC emitido, através do envio do Formulário de Inscrição Cadastral e da documentação exigida, a saber: 4.1. PESSOA JURÍDICA G1 SEÇÃO G HABILITAÇÃO JURÍDICA Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado, em se tratando de sociedades comerciais e empresas individuais, e no caso de sociedades por ações, acompanhado de documentos de eleição de seus administradores, se houver alteração. H1 H2 H3 H4 H5 SEÇÃO H REGULARIDADE FISCAL Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). Prova de inscrição no cadastro de contribuintes estadual ou municipal, se houver, relativo ao domicílio ou sede da interessada, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com a categoria em que pretende cadastrar-se na Eletrobras Distribuição Piauí (para os efeitos do cadastramento, considera-se sede a matriz ou o único estabelecimento comercial da empresa). Prova de regularidade para com a Fazenda Federal (Certidão de Quitação de Tributos e Certidão Quanto à Dívida Ativa). Prova de regularidade para com a Fazenda Estadual do domicílio ou sede da interessada. Prova de regularidade para com a Fazenda Municipal do domicílio ou sede da interessada. 5

6 H6 H7 SEÇÃO H REGULARIDADE FISCAL Prova de regularidade relativa ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Prova de regularidade relativa à Justiça do Trabalho (CNDT Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas). I1 I2 I3 SEÇÃO I QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA Balanço Patrimonial e Demonstrações Contábeis do último exercício social, já exigíveis e apresentados na forma da Lei, vedada sua substituição por balancetes ou balanços provisórios. Serão considerados aceitos como na forma da Lei, o Balanço Patrimonial e Demonstrações Contábeis assim apresentados: I) Sociedades regidas pela Lei /07, que modifica a Lei nº 6.404/76: Publicado em Diário Oficial ou em jornal de grande circulação; II) Outras formas societárias: por fotocópia, acompanhado de cópia dos termos de abertura e de encerramento do Livro Diário do qual foram extraídos, devidamente autenticados na Junta Comercial ou outro órgão competente do Registro de Comércio, da sede ou domicílio da empresa. III) As empresas sujeitas à apresentação de Escrituração Contábil Digital (ECD) nos termos do art. 2º do Decreto Federal nº 6.022/2007, com a utilização do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), deverão apresentar em documentos impressos extraídos do livro digital o Balanço Patrimonial, a Demonstração de Resultado, os Termos de Abertura e Encerramento do Livro Digital e o Termo de Autenticação na Junta Comercial, todos emitidos pelo Programa Validador e Autenticador (PVA). A empresa nova que ainda não tenha encerrado nenhum exercício social deverá apresentar Balanço de Abertura transcrito no Livro Diário devidamente registrado no órgão competente, com respectivos termos de abertura e encerramento ou publicado em órgão da imprensa oficial no país ou jornal de grande circulação. Certidões negativas de falência ou concordata. Caso não conste a data de validade expressa no documento, a Eletrobras considerará 90 dias a partir da data de emissão. O Fornecedor deverá possuir índice de liquidez corrente LC 1, índice de liquidez geral LG 1 e índice de solvência geral SG 1. O cálculo dos índices deverá ser apresentado pelos fornecedores, considerando: I4 J1 J2 J3 SEÇÃO J QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DOCUMENTAL Atestados de Capacidade Técnica, caso necessite incluir novas classes comerciais. Prova de registro ou inscrição, quando obrigatório, na entidade incumbida da fiscalização do exercício profissional, que poderá ser feita através de recibo de pagamento de anuidade ou certidão de quitação. Prova de atendimento de requisitos previstos em lei especial quando for o caso. K1 K2 K3 K4 SEÇÃO K OUTROS DOCUMENTOS Declaração, sob as penalidades da lei, de que a interessada não está sendo punida com suspensão temporária nem com declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração, conforme Anexo III em anexo. Declaração, sob as penalidades da lei, de que seus dirigentes, sócios e gerentes não mantém vínculo empregatício com a Eletrobras Distribuição Piauí, conforme Anexo IV, em anexo. Declaração relativa ao cumprimento do disposto no inciso XXXIII do art. 7º da CF, que versa sobre trabalho infantil, degradante ou forçado, conforme Anexo V, em anexo. Declaração quanto a Gestão e Sustentabilidade, conforme Anexo VI, em anexo. 6

7 4.2. PESSOA FÍSICA L1 L2 L3 L4 L5 L6 L7 SEÇÃO L DOCUMENTOS GERAIS Cédula de identidade. Cadastro de Pessoa Física CPF. Comprovante de endereço. Provas de regularidade com a fazenda federal/ PGFN. Prova de registro, quando obrigatório, na entidade incumbida da fiscalização do exercício profissional e do pagamento da respectiva anuidade. Prova de atendimento de requisitos previstos em lei especial, quando for o caso. Declaração relativa ao cumprimento do disposto no inciso XXXIII do art. 7º da CF, que versa sobre trabalho infantil, degradante ou forçado, conforme Anexo V, em anexo. 5. ESCLARECIMENTOS GERAIS 5.1. As informações contidas no site sobre o cadastro de fornecedores são exclusivas para o processo de cadastro na Eletrobras Distribuição Piauí. O fornecedor, ao ser cadastrado nesta distribuidora, não estará se cadastrando para as demais empresas do Grupo Eletrobras. Cada empresa do Grupo Eletrobras tem seu processo próprio de cadastramento, sendo necessário se reportar a empresa de seu interesse. No portal da Eletrobras Holding, consta o link de acesso às demais empresas da holding Não é necessário autenticar as certidões cuja autenticidade pode ser aferida pela internet. Neste caso, tal informação estará expressa no corpo do próprio documento pelo órgão emissor. Toda a certidão cuja autenticidade não pode ser averiguada pela internet, deve ser apresentada em cópia autenticada, quando solicitada pela Eletrobras Distribuição Piauí O Fornecedor poderá, a qualquer tempo, ter cancelado o seu CRC quando da ocorrência de um dos seguintes eventos: Falência ou concordata decretada; Incorporação por outra empresa; Atividades encerradas; Suspensão de licitar e contratar pela empresa emitente No caso de suspensão de licitar e contratar, o CRC também ficará suspenso durante o mesmo período da penalidade Para certidões cuja validade não esteja expressa no corpo do documento, será considerada a validade de 90 dias a contar da data de emissão Os cadastrados responderão, sob as formas da lei, a qualquer tempo, pela veracidade das informações e documentos apresentados, assim como apresentarão quaisquer documentos adicionais que forem exigidos É de inteira responsabilidade dos fornecedores cadastrados manter seus dados atualizados junto ao setor de cadastro, bem como comunicar qualquer alteração ocorrida em sua organização, seja de ordem econômica, administrativa ou financeira, não se responsabilizando a Eletrobras Distribuição Piauí por quaisquer danos decorrentes da não atualização de dados. 7

8 5.8. A Eletrobras disponibiliza o CRC para retirada na sede da companhia, em Teresina/PI, ou, no caso de empresa fora do estado, o certificado será encaminhado via Correios. 8

INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA ELETROBRAS

INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA ELETROBRAS 1 INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA ELETROBRAS 2 INTRODUÇÃO O Cadastro de Fornecedores está voltado para o registro prévio e acompanhamento dos fornecedores de bens, obras e serviços

Leia mais

FICHA DE REGISTRO CADASTRAL. Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax: ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA. Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax:

FICHA DE REGISTRO CADASTRAL. Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax: ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA. Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax: FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DADOS DO FORNECEDOR RAZÃO SOCIAL: CNPJ: INSC. EST.: Endereço: Bairro: Cep: Cidade: Estado: DDD: Fone: Fax: e-mail: Site: ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA Endereço: Bairro: Cep:

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL INFORMAÇÕES

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL INFORMAÇÕES 1/9 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores da COCEL deverá apresentar os modelos

Leia mais

CONDIÇÕES E INSTRUÇÕES PARA CADASTRAMENTO e/ou CREDENCIAMENTO DE FORNECEDORES

CONDIÇÕES E INSTRUÇÕES PARA CADASTRAMENTO e/ou CREDENCIAMENTO DE FORNECEDORES CONDIÇÕES E INSTRUÇÕES PARA CADASTRAMENTO e/ou CREDENCIAMENTO DE FORNECEDORES 1. DEFINIÇÃO E OBJETIVO 1.1. O objetivo desta instrução é fornecer informações básicas aos interessados em obter seu cadastramento

Leia mais

CADASTRO. 4. Cópia autenticada da Inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova de diretoria em exercício.

CADASTRO. 4. Cópia autenticada da Inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova de diretoria em exercício. COMISSÃO DE CADASTRO DE FORNECEDORES CADASTRO Relação dos documentos necessários para CADASTRAMENTO no Serviço de Previdência Municipal - SEPREM, conforme artigos 27 a 31 da Lei Federal nº 8.666, de 21

Leia mais

CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL (CRC) LEI FEDERAL Nº DE 21 DE JUNHO DE 1993 E SUAS ALTERAÇÕES

CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL (CRC) LEI FEDERAL Nº DE 21 DE JUNHO DE 1993 E SUAS ALTERAÇÕES CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL (CRC) LEI FEDERAL Nº. 8.666 DE 21 DE JUNHO DE 1993 E SUAS ALTERAÇÕES 1 INSTRUÇÕES PARA OBTENÇÃO DO CRC A) O fornecedor deverá apresentar os documentos necessários para

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC"

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL CRC MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" DO MUNICÍPIO DE PARAÚNA/GO, PARA CADASTRO DE FORNECEDORES/PRESTADORES DE SERVIÇOS. RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO EDITAL Nº 005/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS PARA INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA. De conformidade com o disposto no artigo 34 da Lei Federal nº 8666, de

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC"

MANUAL DE PROCEDIMENTOS CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL CRC MANUAL DE PROCEDIMENTOS CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" CISSUL - CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚDE PARA GERENCIAMENTO DA REDE DE Página 1 de 5 SETOR DE LICITAÇÕES INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES

Leia mais

NORMAS PARA O REGISTRO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO SAAE

NORMAS PARA O REGISTRO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO SAAE NORMAS PARA O REGISTRO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO SAAE (SEÇÃO III DOS REGISTROS CADASTRAIS ART. 34 AO 37 DA LEI Nº 8.666/93 E ALTERAÇÕES POSTERIORES.) 1 Requerimento do interessado: a) Conforme modelo

Leia mais

MUNICÍPIO DE CAICÓ / RN CNPJ Nº: / Av. Cel. Martiniano, 993 Centro COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MUNICÍPIO DE CAICÓ / RN CNPJ Nº: / Av. Cel. Martiniano, 993 Centro COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO EDITAL DE INSCRIÇÃO E/OU RENOVAÇÃO A na forma do art. 34, 1 da Lei n 8.666/93, torna público que para fornecimento de materiais e prestações de serviços ao Município de Caicó / RN, os interessados deverão

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA PAULISTA DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA PAULISTA DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO. DIVISÃO DE LICITAÇÃO, COMPRAS E ALMOXARIFADO. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA INSCRIÇÃO E REGISTRO NO QUADRO DE FORNECEDORES DESTA PREFEITURA Endereço: Av. Antonio Pires Pimentel, n 2015 CEP: 12.914.000 Bragança

Leia mais

EDITAL Nº 001/2.019 CADASTRO DE FORNECEDORES DE BENS, PRESTADORES DE SERVIÇOS E EMPREITEIROS DE OBRAS E SERVIÇOS

EDITAL Nº 001/2.019 CADASTRO DE FORNECEDORES DE BENS, PRESTADORES DE SERVIÇOS E EMPREITEIROS DE OBRAS E SERVIÇOS EDITAL Nº 001/2.019 CADASTRO DE FORNECEDORES DE BENS, PRESTADORES DE SERVIÇOS E EMPREITEIROS DE OBRAS E SERVIÇOS O Município de Itapecerica da Serra torna público, para conhecimento dos interessados que

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA CADASTRO DE FORNECEDORES INSTRUÇÕES GERAIS. 1. OBJETIVO Estabelecer normas e procedimentos para efeito de habilitação em licitações da Prefeitura Municipal de Porto Ferreira, nos termos da Lei Federal

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO DA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO DA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO DA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS DO CÂMPUS DE ASSIS DA UNESP Emissão de Certificado de Registro Cadastral nos

Leia mais

EDITAL INSTITUTO SOLEIL Nº 02/2018

EDITAL INSTITUTO SOLEIL Nº 02/2018 EDITAL INSTITUTO SOLEIL Nº 02/2018 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO GERAL DE FORNECEDORES E PRESTADORES DE SERVIÇOS DO INSTITUTO SOLEIL O INSTITUTO SOLEIL, pessoa jurídica

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação

ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA DE COLINAS DO TOCANTINS Comissão Permanente de Licitação EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO DE FORNECEDORES O Município de Colinas do Tocantins, Estado do Tocantins, com fundamento nos artigos 34 a 37 da Lei nº 8.666/93 e demais alterações, torna público

Leia mais

1. DO CADASTRAMENTO E DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL

1. DO CADASTRAMENTO E DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL EDITAL DE CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL Nº 005/2019 Edital de Convocação de Pessoas Físicas e Jurídicas para Inscrição ou Renovação no Cadastro de Fornecedores da Prefeitura Municipal de Coqueiros

Leia mais

Prefeitura Municipal de Correntina publica:

Prefeitura Municipal de Correntina publica: Prefeitura Municipal de Correntina 1 Terça-feira Ano Nº 2641 Prefeitura Municipal de Correntina publica: Edital de Chamamento Público nº001/2018 Processo Administrativo 001/2018-Objeto:Convocação de pessoas

Leia mais

Universidade Municipal de São Caetano do Sul FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES

Universidade Municipal de São Caetano do Sul FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES FICHA DE REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES SETOR DE COMPRAS E LICITAÇÕES Requeremos por meio desta, junto ao Setor de Compras e Licitações Registro n.º EMPRESA Inscrição ( ) Revalidação ( ) Razão Social:...

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA DE CADASTRAMENTO ÚNICO DE FORNECEDOR INTRODUÇÃO

ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA DE CADASTRAMENTO ÚNICO DE FORNECEDOR INTRODUÇÃO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Pato Branco Diretoria de Planejamento e Administração Departamento de Materiais e Patrimônio ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO NO SISTEMA

Leia mais

CONCORRÊNCIA N 2014/0111L (7421) CENTRO DE APOIO AOS NEGOCIOS E OPERAÇÕES DE LOGISTICA SÃO PAULO (SP) Errata n 2

CONCORRÊNCIA N 2014/0111L (7421) CENTRO DE APOIO AOS NEGOCIOS E OPERAÇÕES DE LOGISTICA SÃO PAULO (SP) Errata n 2 CONCORRÊNCIA N 2014/0111L (7421) CENTRO DE APOIO AOS NEGOCIOS E OPERAÇÕES DE LOGISTICA SÃO PAULO (SP) Errata n 2 Comunicamos que os itens abaixo foram alterados: Item 5. HABILITAÇÃO, páginas 4, 5, 6 e

Leia mais

ANEXO II CONDIÇÕES DE FORNECIMENTO COMPLEMENTARES E OBRIGATÓRIAS

ANEXO II CONDIÇÕES DE FORNECIMENTO COMPLEMENTARES E OBRIGATÓRIAS ANEXO II CONDIÇÕES DE FORNECIMENTO COMPLEMENTARES E OBRIGATÓRIAS 1. LOCAL DE ENTREGA 1.1. A entrega será efetuada no endereço constante na Ordem de Fornecimento ou Pedido de Compra. NOTA 1 : AS ENTREGAS

Leia mais

Prefeitura do Município de Piracicaba Secretaria Municipal de Administração Departamento de Material e Patrimônio Divisão de Compras

Prefeitura do Município de Piracicaba Secretaria Municipal de Administração Departamento de Material e Patrimônio Divisão de Compras O, por intermédio da, comunica que, de acordo com o que dispõe a Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações, os Srs. Fornecedores da Prefeitura do Município de Piracicaba que desejarem se inscrever no CERTIFICADO

Leia mais

Estado da Bahia Câmara Municipal de Vereadores de Correntina

Estado da Bahia Câmara Municipal de Vereadores de Correntina Terça-feira, 02 de Janeiro de 2018 Edição N 380 Caderno I PORTARIA Nº 001/18. De 02 de janeiro de 2018. Nomeia Representante para acompanhar e fiscalizar a execução dos contratos administrativos desta

Leia mais

NÚMERO DA PÁGINA 01/06

NÚMERO DA PÁGINA 01/06 01/06 JOSÉ AUGUSTO DE CARVALHO GONÇALVES NUNES, Diretor Presidente da ÁGUAS E ESGOTOS DO PIAUÍ S/A - AGESPISA, no uso das atribuições que lhe confere o Estatuto Social da Empresa e, CONSIDERANDO a conveniência

Leia mais

ESCLARECIMENTOS REFERENTE: LICITAÇÃO CREDENCIAMENTO SPAL Nº 01/2018

ESCLARECIMENTOS REFERENTE: LICITAÇÃO CREDENCIAMENTO SPAL Nº 01/2018 ESCLARECIMENTOS REFERENTE: LICITAÇÃO CREDENCIAMENTO SPAL Nº 01/2018 Um licitante nos solicitou os seguintes esclarecimentos: Seguem respostas das unidades organizacionais da COPASA MG, responsáveis pela

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS E SERVIÇOS À SANEAGO

PROCEDIMENTOS PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS E SERVIÇOS À SANEAGO PROCEDIMENTOS PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS E SERVIÇOS À SANEAGO Para estar apto a fornecer produtos ou serviços à Saneago, o interessado deve protocolar, simultaneamente, duas solicitações: CRC + CHF/M

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES Aprovado o pedido será concedido o CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL- Anexo A-4.

CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES Aprovado o pedido será concedido o CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL- Anexo A-4. 1/9 CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES A inscrição no Cadastro de Fornecedores da CET é regulada pelas presentes Condições Gerais, nos termos da Seção III - DOS REGISTROS CADASTRAIS

Leia mais

ASPECTOS GERAIS. 1 - O que é o SICAF? O Sistema Unificado de Cadastramento de Fornecedores Sicaf, constitui-se em módulo informatizado que

ASPECTOS GERAIS. 1 - O que é o SICAF? O Sistema Unificado de Cadastramento de Fornecedores Sicaf, constitui-se em módulo informatizado que ASPECTOS GERAIS 1 - O que é o SICAF? O Sistema Unificado de Cadastramento de Fornecedores Sicaf, constitui-se em módulo informatizado que compõe o Sistema Integrado de Administração de Serviços Gerais

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DE PERNAMBUCO CADFOR SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO GERÊNCIA DE CADASTRO DE FORNECEDORES, MATERIAIS E SERVIÇOS ORIENTAÇÕES INICIAIS Como se tornar um

Leia mais

Prefeitura Municipal de Correntina publica:

Prefeitura Municipal de Correntina publica: Prefeitura Municipal de 1 Ano Nº 3303 Prefeitura Municipal de publica: Lei N 1.040/2018 de 20 de dezembro de 2018 Lei N 1.041/2018 de 20 de dezembro de 2018 Lei N 1.042/2018 de 20 de dezembro de 2018 Decreto

Leia mais

COMÉRCIO Revisão: 19/10/2017

COMÉRCIO Revisão: 19/10/2017 O cadastro de fornecedores na CELESC é unificado, sendo válido para Centrais Elétricas de Santa Catarina S/A, Celesc Distribuição S/A e Celesc Geração S/A. Poderão se inscrever no cadastro de fornecedores

Leia mais

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA A Capital Nacional da Cerâmica Artística e da Decoração Lei 13492/2017

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA A Capital Nacional da Cerâmica Artística e da Decoração Lei 13492/2017 INSTRUÇÕES GERAIS PARA OBTENÇÃO DO C.R.C. (CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL), CONFORME DISPOSTO NA LEI Nº 8.666/93 1. CADASTRAMENTO 1.1 PROCEDIMENTO 1.1.1 A empresa interessada em obter o Certificado

Leia mais

Câmara Municipal de Aparecida Estância Turístico-Religiosa

Câmara Municipal de Aparecida Estância Turístico-Religiosa 1 DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A INSCRIÇÃO NO REGISTRO CADASTRAL (Em conformidade com os artigos 28 a 31 da Lei Federal Nº 8.666/93 e demais alterações posteriores): Mediante requerimento conforme anexo

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/ SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/ SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2016 - SELEÇÃO DE PROPOSTA PARA ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS E RECOMENDAÇÕES PARA A CONSTRUÇÃO DE UM PORTFÓLIO DE SERVIÇOS ( SMART CAMPUS ) PARA

Leia mais

ANÁLISE DE DOCUMENTAÇÃO PARA HABILITAÇÃO TÉCNICA

ANÁLISE DE DOCUMENTAÇÃO PARA HABILITAÇÃO TÉCNICA ANÁLISE DE DOCUMENTAÇÃO PARA HABILITAÇÃO TÉCNICA LICITAÇÃO ELETRÔNICA: 61/2018 PROCESSO INTERNO: 333/2018 MODO DE DISPUTA: FECHADO CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO DATA: 03/01/2019 OBJETO: CONTRATAÇÃO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Palmeira dos Índios publica:

Prefeitura Municipal de Palmeira dos Índios publica: Prefeitura Municipal de Palmeira dos Índios 1 Terça-feira Ano VI Nº 1939 Prefeitura Municipal de Palmeira dos Índios publica: Aviso de Licitação PE Nº. 060/2018 - BB Nº. 733736 - Objeto: Registro de preços

Leia mais

Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde

Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde Município de Sinimbu Secretaria Municipal de Saúde AÇÕES E SERVIÇOS EM SAÚDE, NAS ÁREAS DE INTERNAÇÃO HOSPITALAR, DE ATENÇÃO AMBULATORIAL, DE APOIO DIAGNÓSTICO E TERAPÊUTICO, DE CARÁTER ELETIVO E URGÊNCIA/EMERGÊNCIA

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES - CRC (MATERIAL/SERVIÇOS)

CADASTRO DE FORNECEDORES - CRC (MATERIAL/SERVIÇOS) CADASTRO DE FORNECEDORES - CRC (MATERIAL/SERVIÇOS) ÍNDICE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DE MATERIAL/SERVIÇOS PÁGINA 2 FICHA DE INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES PÁGINA 4 DECLARAÇÃO

Leia mais

SISTEMA DE CADASTRO DE FORNECEDORES EDITAL

SISTEMA DE CADASTRO DE FORNECEDORES EDITAL SISTEMA DE CADASTRO DE FORNECEDORES EDITAL EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA DOS GATOS. Em conformidade com

Leia mais

LICITAÇÃO ELETRÔNICA N 53/2018- MODO DE DISPUTA FECHADO CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO

LICITAÇÃO ELETRÔNICA N 53/2018- MODO DE DISPUTA FECHADO CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO LICITAÇÃO ELETRÔNICA N 53/2018- MODO DE DISPUTA FECHADO CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO OBJETO: Contratação de empresa de engenharia especializada para execução das obras do TERGIP reforma da administração,

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013 DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES EDITAL DE CHAMAMENTO N.º 001/2013 Raul Camilo Isotton, Prefeito em exercício de Dois Vizinhos/PR, no uso de suas atribuições, em especial o contido na Lei Federal n.º

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1

CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1 CONCORRÊNCIA Nº 01/2016 PROCESSO SESI-CN 0201/2016 SESSÃO DE ABERTURA: 16/12/2016 às 10h00 SESI - CONSELHO NACIONAL ESCLARECIMENTO 1 A Comissão de Licitação do Conselho Nacional do SESI vem por meio desta

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014. O Prefeito Municipal de Guabiju, no uso de suas atribuições legais, em especial o art. 34, 1º da Lei 8.666/93 e suas posteriores alterações e em virtude da realização

Leia mais

PROCEDIMENTO CADASTRAL

PROCEDIMENTO CADASTRAL PROCEDIMENTO CADASTRAL SERVIÇOS DE LIMPEZA CONTROLE DE PRAGAS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE PILHAS E BATERIAS COLETA, TRANSPORTE DESCONTAMINAÇÃO E DESTINAÇÃO

Leia mais

Sexta-feira, 04 de Janeiro de 2019 Edição N Caderno I

Sexta-feira, 04 de Janeiro de 2019 Edição N Caderno I Sexta-feira, 04 de Janeiro de 209 Edição N.692 Caderno I Gabinete do Praça Duque de Caxias nº 39 Centro Areal/RJ Tel.: (24)2257-399 Cep.: 25.845-000 PORTARIA Nº 00/209/GP TORNA SEM EFEITO a Portaria nº

Leia mais

Companhia de Saneamento de Minas Gerais

Companhia de Saneamento de Minas Gerais COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha 525 Belo Horizonte MG NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE A COMPANHIA DE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ENTRE RIOS - BA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ENTRE RIOS - BA Ano II Edição n 83 Caderno 03 Prefeitura Municipal de Entre Rios publica: AVISO DE ABERTURA / CREDENCIAMENTO Nº 001/2018 EDITAL / CREDENCIAMENTO Nº 001/2018 Tv. Sen. Eduardo Veloso, Entre Rios - BA Tel.:

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA nº ABC 14/2018

TERMO DE REFERÊNCIA nº ABC 14/2018 1 TERMO DE REFERÊNCIA nº ABC 14/2018 1. OBJETO DA CONTRATAÇÃO O objeto da presente competição é a escolha da proposta mais vantajosa para compra de 2 (dois) relógios eletrônicos de ponto, cujas descrições

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA N⁰ 03/2018 EDITAL DE FOMENTO AO AUDIOVISUAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS À CONTRATAÇÃO COM A FAN E COM BRDE

CHAMADA PÚBLICA N⁰ 03/2018 EDITAL DE FOMENTO AO AUDIOVISUAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS À CONTRATAÇÃO COM A FAN E COM BRDE CHAMADA PÚBLICA N⁰ 03/2018 EDITAL DE FOMENTO AO AUDIOVISUAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS À CONTRATAÇÃO COM A FAN E COM BRDE ANEXO 5 1) DOCUMENTOS NECESSÁRIOS À CONTRATAÇÃO COM A FAN PROPONENTE PESSOA JURÍDICA

Leia mais

Fábio Tyrone Braga de Oliveira I. E. Comércio de Derivados de Petróleo Limitada EPP

Fábio Tyrone Braga de Oliveira I. E. Comércio de Derivados de Petróleo Limitada EPP 93 DIRETORIA DE AUDITORIA E FISCALIZAÇÃO-DIAFI DEPARTAMENTO DE ACOMPANHAMENTO DA GESTÃO MUNICIPAL I DEAGM I DIVISÃO DE ACOMPANHAMENTO DA GESTÃO MUNICIPAL VIII Processo TC nº Natureza Jurisdicionado Responsável

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES REGULAMENTO

CADASTRO DE FORNECEDORES REGULAMENTO CADASTRO DE FORNECEDORES REGULAMENTO O Movimento Brasil Competitivo, organização da sociedade civil de interesse público e associação civil de direito privado, sem fins lucrativos, com sede estabelecida

Leia mais

CHAMAMENTO 340/2016 PROCESSO:

CHAMAMENTO 340/2016 PROCESSO: CHAMAMENTO 340/2016 PROCESSO: 2016.07.2217.00 O Instituto do Câncer Infantil e Pediatria Especializada (ICIPE) torna pública a retificação com inclusão de subitem no item 7 DA DOCUMENTAÇÃO e do item 19.12

Leia mais

Centro de Estudos e Pesquisas 28 Organização Social em Saúde - RJ CNPJ nº 33.927.377/0001-40

Centro de Estudos e Pesquisas 28 Organização Social em Saúde - RJ CNPJ nº 33.927.377/0001-40 EDITAL PARA SELEÇÃO DE FORNECEDOR - AUDITORIA CONTÁBIL EXTERNA O Centro de Estudos e Pesquisas 28 (Organização Social em Saúde), entidade privada de utilidade pública, inscrito no, torna pública a realização,

Leia mais

CARTA-CONVITE Processo Seletivo nº 001/2013

CARTA-CONVITE Processo Seletivo nº 001/2013 CARTA-CONVITE Processo Seletivo nº 001/2013 A Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (ANPROTEC), com sede na cidade de Brasília, no SCN, quadra 1, bloco C Ed. Brasília

Leia mais

Instruções para o Cadastro de Fornecedor Internacional

Instruções para o Cadastro de Fornecedor Internacional 1. Contratações da Cemig Instruções para o Cadastro de Fornecedor A Companhia Energética de Minas Gerais - Cemig atua nas transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica. áreas de geração,

Leia mais

Manual de Cadastramento de Pessoas Físicas (Instrutores Externos e Prestadores de Serviços Autônomos)

Manual de Cadastramento de Pessoas Físicas (Instrutores Externos e Prestadores de Serviços Autônomos) Manual de Cadastramento de Pessoas Físicas (Instrutores Externos e Prestadores de Serviços Autônomos) Cadastro de Fornecedores Manual de Cadastramento de Pessoas Físicas 16. Jun. 2016 Pág.:1/6 Sumário

Leia mais

LICITAÇÃO ELETRÔNICA N 01/2018- MODO DE DISPUTA FECHADO CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO

LICITAÇÃO ELETRÔNICA N 01/2018- MODO DE DISPUTA FECHADO CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO LICITAÇÃO ELETRÔNICA N 01/2018- MODO DE DISPUTA FECHADO CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO OBJETO: execução das obras de Tratamento, Reparo e Pintura dos Tetos do Terminal Rodoviário Governador Israel

Leia mais

Companhia de Saneamento de Minas Gerais

Companhia de Saneamento de Minas Gerais COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE A COMPANHIA

Leia mais

DECRETO Nº DE 02 DE JANEIRO 2017.

DECRETO Nº DE 02 DE JANEIRO 2017. Gabinete do Praça Duque de Caxias nº 39 Centro Areal/RJ Tel.:(24)2257-399 Cep.: 25.845-000 E-mail: governo@areal.rj.gov.br DECRETO Nº.508 DE 02 DE JANEIRO 207. Altera 3º do Artigo 2 do Decreto nº 86, de

Leia mais

Prefeitura Municipal de Buritirama publica:

Prefeitura Municipal de Buritirama publica: Prefeitura Municipal de 1 Ano IX Nº 328 Prefeitura Municipal de publica: Aviso de Abertura-Chamamento Público 001-2018- Objeto:Cadastramento de fornecedores de materiais, equipamentos e prestadores de

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DA FASE DE HABILITAÇÃO - VOLUME 3

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DA FASE DE HABILITAÇÃO - VOLUME 3 Os documentos de Habilitação do Consórcio Estrada do Feijão Bahia, formado pelas empresas Construções Ltda e Paviservice Serviços de Pavimentação Ltda, foram analisados em conjunto com a B3/BM&FBOVESPA.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BURITIRAMA CNPJ: / Tel./Fax. (77) Avenida Buriti, 291 Centro Buritirama - Bahia CEP. 47.

PREFEITURA MUNICIPAL DE BURITIRAMA CNPJ: / Tel./Fax. (77) Avenida Buriti, 291 Centro Buritirama - Bahia CEP. 47. Aviso de Abertura - Chamamento Público 001-2019 Objeto: A Prefeitura Municipal de Buritirama comunica a todas as empresas nacionais e estrangeiras que está procedendo ao chamamento público para cadastramento

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Certificado de Registro Cadastral - CRC (Instituído pelo art. 34 da Lei 8.666, de 1993 e regulamentado pelo art. 1 do Decreto n 3.722, de 2001) CNPJ / CPF: 02.037.069/0001-15 Razão Social / Nome: G REFRIGERACAO

Leia mais

REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA

REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA REQUERIMENTO DE CADASTRO DE FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA Solicitamos o Cadastro de Fornecedores da UniRV - Universidade de Rio Verde, nos termos da Lei nº 8666/93 Art. 27,28 e 29 atualizada, conforme informações

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA nº ABC 34/2017

TERMO DE REFERÊNCIA nº ABC 34/2017 1 TERMO DE REFERÊNCIA nº ABC 34/2017 1. OBJETO DA CONTRATAÇÃO O objeto da presente competição é a escolha da proposta mais vantajosa para compra de 2 (dois) condicionadores de ar, cujas descrições estão

Leia mais

DOS CRITÉRIOS OBJETIVOS PARA PARTICIPAÇÃO

DOS CRITÉRIOS OBJETIVOS PARA PARTICIPAÇÃO Ofício Nº. 195/2017 - FPMA Araucária, 22 de setembro de 2017. Dispensa de licitação, em caráter emergencial, para contratação de assessoria contábil pelo período de 180 (cento e oitenta) dias. Ilustríssimo

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE DE SERVIÇOS GRÁFICOS E BRINDES. EDITAL n. 006/2013. TOMADA DE PREÇO n. 002/2013

PROJETO BÁSICO DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE DE SERVIÇOS GRÁFICOS E BRINDES. EDITAL n. 006/2013. TOMADA DE PREÇO n. 002/2013 PROJETO BÁSICO DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE DE SERVIÇOS GRÁFICOS E BRINDES EDITAL n. 006/2013 TOMADA DE PREÇO n. 002/2013 Item 01. Requisitos básicos com justificativa a. Serviço a ser licitado: contratação

Leia mais

2. HABILITAÇÃO JURÍDICA E CUMPRIMENTO DO DISPOSTO NO INCISO XXXIII DO ART. 7º. DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL

2. HABILITAÇÃO JURÍDICA E CUMPRIMENTO DO DISPOSTO NO INCISO XXXIII DO ART. 7º. DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL O cadastro de fornecedores na CELESC é unificado, sendo válido para Centrais Elétricas de Santa Catarina S/A, Celesc Distribuição S/A e Celesc Geração S/A. Poderão se inscrever no cadastro de fornecedores

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01 DE 03 DE NOVEMBRO DE 2010.

RESOLUÇÃO Nº 01 DE 03 DE NOVEMBRO DE 2010. RESOLUÇÃO Nº 01 DE 03 DE NOVEMBRO DE 2010. Dispõe sobre o Regulamento Interno de Credenciamento de Instituições Financeiras junto ao Instituto de Previdência de Prudentópolis nos casos de sua ausência

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES Página 1/6

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRAMENTO DE FORNECEDORES Página 1/6 FORNECEDORES Página 1/6 Para cadastramento no CPqD, os fornecedores deverão apresentar a seguinte documentação: Ficha de Inscrição Cadastral, fornecida pelo CPqD, devidamente preenchida; Comprovante dos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACÃO. Edital de Licitação

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACÃO. Edital de Licitação Edital de Licitação Modalidade.:Tomada de Preço DATA DA ABERTURA DA LICITAÇÃO: 22/02/2012 Numero...:0006/12 DATA ABERTURA DAS PROPOSTAS..: 13/03/2012 HORARIO...: 15:00 Fornecedor.: Endereço...: CGCMF...:

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PROCEDIMENTO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS EM REALIZAR ESTUDOS RELATIVOS À GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

CHAMADA PÚBLICA PROCEDIMENTO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS EM REALIZAR ESTUDOS RELATIVOS À GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA CHAMADA PÚBLICA PROCEDIMENTO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS EM REALIZAR ESTUDOS RELATIVOS À GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA 1. OBJETO Constitui objeto desta Chamada Pública a seleção de INTERESSADOS na realização

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACÃO - RS TOMADA DE PREÇOS Nº 012/2012

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACÃO - RS TOMADA DE PREÇOS Nº 012/2012 PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACÃO - RS TOMADA DE PREÇOS Nº 012/2012 TOMADA DE PREÇOS PARA AQUISIÇÃO DE VEÍCULOS TIPO UTILITÁRIO, ZERO QUILOMETRO PARA A SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N /2014

EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N /2014 EDITAL 008/2016 CONVÊNIO N 813037/2014 CONTRATAÇÃO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE WEBDESIGN NO AMBITO DO CONVÊNIO N 813037/2014 ENTRE O INSTITUTO DH E A SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 0315/17

MEMORIAL DESCRITIVO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 0315/17 MEMORIAL DESCRITIVO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 0315/17 O memorial descritivo para a coleta de preços visando à abertura do processo administrativo nº 0315/17, com o objetivo de realizar a compra de dietas

Leia mais

Prefeitura Municipal de Paripiranga publica:

Prefeitura Municipal de Paripiranga publica: Prefeitura Municipal de Paripiranga 1 Sexta-feira Ano X Nº 598 Prefeitura Municipal de Paripiranga publica: Errata Edital de Licitação - Pregão Presencial N.º 018/2017 - Na Publicação no Diário Oficial

Leia mais

INSTITUTO DE TÉCNICA E GESTÃO MODERNA. Instituto de Técnica e Gestão Moderna - ITGM

INSTITUTO DE TÉCNICA E GESTÃO MODERNA. Instituto de Técnica e Gestão Moderna - ITGM Instituto de Técnica e Gestão Moderna - ITGM Aviso de Seleção de Prestador de Serviço Concorrência n 026/2017 Objeto: Contratação de empresa especializada para a prestação de serviços locação de enxoval

Leia mais

ANÁLISE DE HABILITAÇÃO TÉCNICA

ANÁLISE DE HABILITAÇÃO TÉCNICA ANÁLISE DE HABILITAÇÃO TÉCNICA LICITAÇÃO ELETRÔNICA N 33/2018 - MODO DE DISPUTA FECHADO PROCESSO INTERNO: 237/2018 ECM: 57723 CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO DATA: 27/02/2018 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE

Leia mais

1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da presente concorrência/tomada de preços é a Prestação de Serviços de

1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da presente concorrência/tomada de preços é a Prestação de Serviços de I MEMORIAL TÉCNICO DO XXVII CBP: 1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da presente concorrência/tomada de preços é a Prestação de Serviços de INFORMÁTICA, AUDIVISUAL, MÍDIA DESK E EQUIPAMENTOS DE TRADUÇÃO

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO CREA-PA

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO CREA-PA MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO CREA-PA MAIO/2013 1. INTRODUÇÃO O cadastro de fornecedores é uma instituição da Lei 8.666/93, e tem por finalidade a emissão do Certificado

Leia mais

CONVITE PARA LICITAÇÃO

CONVITE PARA LICITAÇÃO CONVITE PARA LICITAÇÃO A Caixa Escolar Padre José Maria Xavier, convida a empresa para participar do processo licitatório, cujo objeto é a Contratação de Empresa de Consultoria e Eventos, para a Maratona

Leia mais

Normas Para Participação do SUCAF

Normas Para Participação do SUCAF Normas Para Participação do SUCAF (Sistema Único de Cadastro de Fornecedores do Município de Penedo) O Sistema Único de Cadastro de Fornecedores do Município de Penedo SUCAF, é regido pelo Decreto 488,

Leia mais

INSTITUTO DE TÉCNICA E GESTÃO MODERNA. Instituto de Técnica e Gestão Moderna - ITGM

INSTITUTO DE TÉCNICA E GESTÃO MODERNA. Instituto de Técnica e Gestão Moderna - ITGM Instituto de Técnica e Gestão Moderna - ITGM Aviso de Seleção de Prestador de Serviço Concorrência n 032/2017 Objeto: Contratação de empresa especializada no fornecimento de Materiais de Consumo Hospitalar

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 527, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016.

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 527, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 527, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016. Estabelece procedimentos para obtenção de autorização prévia para instalação de escritório de representação, cadastramento,

Leia mais

Ministério da Economia Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital Secretaria de Gestão

Ministério da Economia Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital Secretaria de Gestão Ministério da Economia Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital Secretaria de Gestão Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores - SICAF Declaração Declaramos para os fins

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 3/2018

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 3/2018 TERMO DE REFERÊNCIA Nº 3/2018 1. OBJETO DA CONTRATAÇÃO Contratação de empresa especializada em prestação de serviços gráficos para a confecção de banners e faixa de mesa gráfico para o Simpósio de Biologia

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 021/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 22 de Junho de 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO

ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO ANEXO À PORTARIA Nº 616/SAS, DE 16 DE MARÇO DE 2016. Formulário de Requerimento FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO Desejo receber comunicações da GEOS/SAS, via Correios, no endereço da sede social da empresa.

Leia mais

Associação dos Universitários de Terra Roxa AUTER Avenida Presidente Castelo Branco, nº 1037, Centro CNPJ: / Terra Roxa Pr.

Associação dos Universitários de Terra Roxa AUTER Avenida Presidente Castelo Branco, nº 1037, Centro CNPJ: / Terra Roxa Pr. Edital 001/2017 A ASSOCIAÇÃO DOS UNIVERSITÁRIOS DE TERRA ROXA -, através da Comissão Especial de Análise de Documentos constituída na forma da Portaria nº 001/2017, torna público, para conhecimento dos

Leia mais

3- Essa Ordem de Serviço e seus anexos são válidos a partir dessa data, devendo ser atendido na íntegra, e dê-se ciência aos interessados.

3- Essa Ordem de Serviço e seus anexos são válidos a partir dessa data, devendo ser atendido na íntegra, e dê-se ciência aos interessados. ORDEM DE SERVIÇO Nº 7-213 DA: DIRETORIA EXECUTIVA PARA: COMISSÃO DE CADASTRO DE FORNECEDORES A Diretoria Executiva da Eletrocar, representada nesse ato por seu Diretor Administrativo- Financeiro, visando

Leia mais

INSTITUTO DE TÉCNICA E GESTÃO MODERNA. Instituto de Técnica e Gestão Moderna - ITGM

INSTITUTO DE TÉCNICA E GESTÃO MODERNA. Instituto de Técnica e Gestão Moderna - ITGM Instituto de Técnica e Gestão Moderna - ITGM Aviso de Seleção de Prestador de Serviço Concorrência n 023/2017 Objeto: Contratação de Empresa Prestadora de Serviço de locação com instalação de equipamentos

Leia mais

Edital de chamada de empresas para o licenciamento de direito de uso e de exploração de pedido de criação

Edital de chamada de empresas para o licenciamento de direito de uso e de exploração de pedido de criação Edital de chamada de empresas para o licenciamento de direito de uso e de exploração de pedido de criação Edital NIT/UFRN nº 01/2017 A Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN torna público o

Leia mais

HABILITAÇÃO EM LICITAÇÕES

HABILITAÇÃO EM LICITAÇÕES HABILITAÇÃO EM LICITAÇÕES De acordo com a jurisprudência do TCU Atualizado até a IN 3/2018 - SEGES/MPDG SUMÁRIO 1. Introdução pag. 9 2. Interpretação das normas licitatórias pag. 11 3. Credenciamento pag.

Leia mais

Como ser um fornecedor da SAE: cadastramento

Como ser um fornecedor da SAE: cadastramento Guia Rápido Como ser um fornecedor da SAE: cadastramento Rapidez, celeridade e segurança empresarial em contratações Para começar... Este guia foi elaborado como orientação de cadastramento de fornecedor

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 01/2018 CHAMAMENTO PUBLICO DICAS PARA MELHOR ENTENDIMENTO E COMPREENSÃO SOBRE O EDITAL DE CREDENCIAMENTO:

EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 01/2018 CHAMAMENTO PUBLICO DICAS PARA MELHOR ENTENDIMENTO E COMPREENSÃO SOBRE O EDITAL DE CREDENCIAMENTO: EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 01/2018 CHAMAMENTO PUBLICO DICAS PARA MELHOR ENTENDIMENTO E COMPREENSÃO SOBRE O EDITAL DE CREDENCIAMENTO: 1. Sobre o Documento: O Edital é extenso, pois possui todas as informações

Leia mais