Gênero. esexualidades. Prof. Agenor

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gênero. esexualidades. Prof. Agenor"

Transcrição

1

2 Gênero esexualidades Prof. Agenor

3 A sociologia tem por objetivo fazer com que as pessoas possam ver e analisar o bosque e as arvores ao mesmo tempo. ALFRED N, WHITEHEAD

4 Questões sociais/atualidades O que é ser homem e ser mulher? Como propor uma educação de gênero? (educação de gênero e de sexualidades) O papel da mulher na contemporaneidade As novas organizações familiares A mudança histórica das expressões de gênero e de sexualidades A mudança das instituições sociais

5 O papel da religiosidade no debate sobre gênero O gênero como pauta do Estado Neoliberal laico O papel da socialização na construção do gênero Gênero e desigualdades sociais no trabalho Gênero e morte expectativa de vida de grupos sociais diferentes. Legalização do aborto União homoafetiva

6 A teoria QUEER É uma teoria sobre o gênero que afirma que a orientação sexual e a identidade sexual ou de gênero dos indivíduos são o resultado de um constructo social e que, portanto, não existem papéis sexuais essencial ou biologicamente in scritos na natureza humana, antes formas socialmente variáveis de desempenhar um ou vários papéis sociais.

7 Ponto de partida SEXO GÊNERO SEXUALIDADES Macho Fêmea Masculino Feminino Bissexual Heterossexual Homossexual

8 SEXO Fêmea Fêmea Intersexual Biológico Macho Gênero SEXUALIDADES Orientação sexual Dimensão do prazer Heterossexual Homossexual Bissexual Mulher Identidade de Gênero Mulher Transgênero Expressão de Gênero Feminino Homem Homem Masculino Feminino Andrógeno Masculino

9 ANDRÓGENO O termo androginia é definido como a mistura de características femininas e masculinas e um único indivíduo, ou ainda, uma forma de descrever um ser que não é nem do sexo feminino e nem masculino.

10 Sexo Biológico Gênero Cultural A diferença biológica é apenas o ponto de partida para a construção social do que é ser homem ou ser mulher. Sexo é atributo biológico, enquanto gênero é uma construção social e histórica. A noção de gênero, portanto, aponta para a dimensão das relações sociais do feminino e do masculino.

11 O que é gênero? A expressão "gênero" começou a ser utilizada para marcar que as diferenças entre homens e mulheres não são apenas de ordem física, biológica. Falar de relações de gênero é falar das características atribuídas a cada sexo pela sociedade e sua cultura. É o termo atualmente utilizado para definir e tratar da construção social da diferença sexual. Dessa forma, quando falamos em gênero, estamos evidenciando o que as sociedades entendem sobre o que é ser homem e ser mulher ou, o que consideram ser masculino e ser feminino. Sexualidades Refere-se ao dado sexual, que se define pelas práticas erótico-sexuais nas quais as pessoas se envolvem, bem como pelo desejo e atração que leva a sua expressão (ou não) através de determinadas práticas. Esse dado também é chamado por alguns/as de orientação sexual, e comumente classifica as pessoas em heterossexuais, homossexuais e bissexuais.

12 Família Existe grande expectativa familiar e social quanto ao comportamento da criança em função de seu sexo. Essas expectativas orientam o caminho que a criança percorrerá até tornar-se adulta e são um ponto de referência fundamental para a constituição psíquica e social do indivíduo.

LGBT: Público ou Privado. Gênero, Orientação Sexual e Identidade de Gênero

LGBT: Público ou Privado. Gênero, Orientação Sexual e Identidade de Gênero LGBT: Público ou Privado Gênero, Orientação Sexual e Identidade de Gênero 1969 Revolta de Stonewall que marca o Dia Mundial do Orgulho LGBT; 1973 A OMS deixa de classificar a homossexualidade como doença;

Leia mais

Categorias identitárias

Categorias identitárias Ana Alvaréz, TALLAS, Tienda3 Instalação, fotografia, vídeo (2008) Categorias identitárias Definições e terminologias Profa. Carla de Abreu l Disciplina: Cultura Visual e Construções de Gênero Perspectiva

Leia mais

NOME SOCIAL NO SISTEMA DE ATENDIMENTO

NOME SOCIAL NO SISTEMA DE ATENDIMENTO NOME SOCIAL NO SISTEMA DE ATENDIMENTO Sumário Apresentação...05 Entendendo a temática de Gênero...08 Valdete Cordeiro Coordenadora do Nudis Thaisson Amaral Assessor do Nudis Priscilla Bezerra Estagiária

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO / USP E A GARANTIA DOS DIREITOS DE ESTUDANTES LGBT

FACULDADE DE EDUCAÇÃO / USP E A GARANTIA DOS DIREITOS DE ESTUDANTES LGBT FACULDADE DE EDUCAÇÃO / USP E A GARANTIA DOS DIREITOS DE ESTUDANTES LGBT APRESENTAÇÃO A Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo FEUSP, em respeito aos tratados internacionais e nacionais referentes

Leia mais

O Senso Comum e os Corpos Generificados

O Senso Comum e os Corpos Generificados O Senso Comum e os Corpos Generificados Vincular o comportamento ao sexo, gênero à genitália, definindo o feminino pela presença da vagina e o masculino pelo pênis, remonta ao século XIX quando o sexo

Leia mais

GUIA PARA NÃO SER TRANSFÓBICO

GUIA PARA NÃO SER TRANSFÓBICO GUIA PARA NÃO SER TRANSFÓBICO A falta de informação é o combustível da intolerância. Por isso, o Catraca Livre desenvolveu um manual anti-transfobia com dicas práticas para falar sobre questões de gênero

Leia mais

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E MINORIAS

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E MINORIAS COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E MINORIAS PROJETO DE LEI N o 5.002, DE 2013 Dispõe sobre o direito à identidade de gênero e altera o art. 58 da Lei nº 6.015 de 31 de dezembro de 1973. Autores: Deputados

Leia mais

Glossário da Diversidade

Glossário da Diversidade Glossário da Diversidade REFERÊNCIAS - Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (2015). Manual de Comunicação LGBT. Retirado de: unaids.org.br/wp-content/uploads/2015/09/manual-de-comunica%c3%a7%c3%a3o

Leia mais

DIVERSIDADE SEXUAL NA EDUCAÇÃO. Lula Ramires Doutorando em Educação/USP

DIVERSIDADE SEXUAL NA EDUCAÇÃO. Lula Ramires Doutorando em Educação/USP DIVERSIDADE SEXUAL NA EDUCAÇÃO Lula Ramires Doutorando em Educação/USP Sobre Lula Graduação e licenciatura em Filosofia (USP) Mestrado em Educação (USP) dissertação sobre oito jovens gays no Ensino Médio

Leia mais

Nadya Araujo Guimarães FSL Introdução à Sociologia USP, 02/2014

Nadya Araujo Guimarães FSL Introdução à Sociologia USP, 02/2014 Nadya Araujo Guimarães FSL 0114 - Introdução à Sociologia USP, 02/2014 Foco do debate de hoje 1. Hoje a noção de corporeidade será trazida para o centro do debate 2. Ponto de partida para tal? Corpo é

Leia mais

DIREITOS HUMANOS, GÊNERO E MOVIMENTOS SOCIAIS

DIREITOS HUMANOS, GÊNERO E MOVIMENTOS SOCIAIS DIREITOS HUMANOS, GÊNERO E MOVIMENTOS SOCIAIS Prof. João Gabriel da Fonseca Graduado em História; Filosofia Pós-Graduado em História Cultural Mestre em História das Identidades. LGBT ou ainda, LGBTTTs,

Leia mais

FEMINISMO. Luta das mulheres pela igualdade

FEMINISMO. Luta das mulheres pela igualdade FEMINISMO Luta das mulheres pela igualdade Bases do feminismo moderno (TEORIA FEMINISTA) Concentração na luta com o patriarcado A teoria feminista defende que a dominação masculina e subordinação feminina

Leia mais

ESTUDOS DE GÊNERO NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E NO ESPORTE: ALGUNS CONTRAPONTOS¹

ESTUDOS DE GÊNERO NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E NO ESPORTE: ALGUNS CONTRAPONTOS¹ ESTUDOS DE GÊNERO NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E NO ESPORTE: ALGUNS CONTRAPONTOS¹ Kayro Hairy Arrais Silva Mestrando em Educação para a Saúde/IPC-POR Kayrohairy_ef@hotmail.com Orientador: Antonio Sousa Alves

Leia mais

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E MINORIAS. PROJETO DE LEI N o 5.002, DE 2013 I RELATÓRIO

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E MINORIAS. PROJETO DE LEI N o 5.002, DE 2013 I RELATÓRIO COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E MINORIAS PROJETO DE LEI N o 5.002, DE 2013 Dispõe sobre o direito à identidade de gênero e altera o art. 58 da Lei nº 6.015 de 31 de dezembro de 1973. Autores: Deputados

Leia mais

Sexualidade infantil?

Sexualidade infantil? Questões de sexualidade e gênero Colégio Miguel de Cervantes 20.10.2011 Prof.a Célia L. Amaral de Almeida Sexualidade infantil? A sexualidade é uma coisa natural nos seres humanos, é uma função como tantas

Leia mais

Não é o fim da história, diz filósofa sobre ensino de gênero nas escolas

Não é o fim da história, diz filósofa sobre ensino de gênero nas escolas Não é o fim da história, diz filósofa sobre ensino de gênero nas escolas (G1, 10/09/2015) Judith Butler, pensadora da teoria queer, deu palestra em SP nesta quarta. Em entrevista, ela falou sobre exclusão

Leia mais

FUNDAÇÃO NESTLÉ DE PREVIDÊNCIA PRIVADA - FUNEPP Tabela de Fatores Atuariais do Plano de Aposentadoria Programada - PAP

FUNDAÇÃO NESTLÉ DE PREVIDÊNCIA PRIVADA - FUNEPP Tabela de Fatores Atuariais do Plano de Aposentadoria Programada - PAP ÍNDICE Tabela I Tabela II Tabela III Tabela IV Tabela V Tabela VI Renda mensal vitalícia de participante válido do sexo Masculino sem continuação do benefício (participantes sem dependentes) Renda mensal

Leia mais

Compreender o conceito de gênero e as questões de poder implícitas no binarismo;

Compreender o conceito de gênero e as questões de poder implícitas no binarismo; Universidade Federal da Paraíba PIBID Sociologia Aluno: Felipe Furini Soares Plano de aula Temática: GÊNERO Introdução: A questão de orientação sexual é um debate presente na área de educação há um certo

Leia mais

RELAÇÕES DE GÊNERO E SEXUALIDADE A POSSIBILIDADE DA CRÍTICA NA ATUAÇÃO DO SEXÓLOGO. Psic. Esp. Giovanna Lucchesi CRP 06/92374

RELAÇÕES DE GÊNERO E SEXUALIDADE A POSSIBILIDADE DA CRÍTICA NA ATUAÇÃO DO SEXÓLOGO. Psic. Esp. Giovanna Lucchesi CRP 06/92374 RELAÇÕES DE GÊNERO E SEXUALIDADE A POSSIBILIDADE DA CRÍTICA NA ATUAÇÃO DO SEXÓLOGO Psic. Esp. Giovanna Lucchesi CRP 06/92374 FÊMEA SEXO Biológico Distinção com base na categoria biológica MACHO GÊNERO

Leia mais

O MUNDO DAS MULHERES Alain Touraine

O MUNDO DAS MULHERES Alain Touraine Brasília-DF, Setembro de 2007 Universidade de Brasília UNB Departamento de Serviço Social Mov. Soc., Poder Político e Cidadania Profa. Dra. Nair Bicalho O MUNDO DAS MULHERES Alain Touraine Alunas: Denise

Leia mais

DIVERSIDADE IDENTIDADE DE GÊNERO E ORIENTAÇÃO SEXUAL

DIVERSIDADE IDENTIDADE DE GÊNERO E ORIENTAÇÃO SEXUAL DIVERSIDADE IDENTIDADE DE GÊNERO E ORIENTAÇÃO SEXUAL PME por uma educação que respeite a diversidade O Plano Municipal de Educação foi construído por meio de discussões e conferência abertas a toda a comunidade

Leia mais

SEMANA 2 A NOÇAO MODERNA DA SEXUALIDADE. Autora: Cristiane Gonçalves da Silva

SEMANA 2 A NOÇAO MODERNA DA SEXUALIDADE. Autora: Cristiane Gonçalves da Silva Unidade 1 - Sexualidade: Dimensão conceitual, diversidade e discriminação SEMANA 2 A NOÇAO MODERNA DA SEXUALIDADE Autora: Cristiane Gonçalves da Silva Objetivo: Promover a reflexão sobre a trajetória

Leia mais

REVISÃO PARA P2 LINGUAGENS PROF. ANTONIO

REVISÃO PARA P2 LINGUAGENS PROF. ANTONIO REVISÃO PARA P2 LINGUAGENS PROF. ANTONIO SEXO não tem nada a ver com Orientação sexual identidade de gênero papéis de gênero QUESTÃO 1) Entenda identidade de gênero e orientação sexual A identidade de

Leia mais

Conceito de Gênero e Sexualidade no ensino de sociologia: Relato de experiência no ambiente escolar

Conceito de Gênero e Sexualidade no ensino de sociologia: Relato de experiência no ambiente escolar UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCIAÇÃO À DOCÊNCIA SUBPROJETO SOCIOLOGIA Elizabeth Cristina - elizcristina@hotmail.com Bolsista

Leia mais

Direitos da Diversidade Sexual e de Gênero (Aspectos introdutórios)

Direitos da Diversidade Sexual e de Gênero (Aspectos introdutórios) Direitos da Diversidade Sexual e de Gênero (Aspectos introdutórios) Profa. Adriana Galvão Moura Abílio Compreendendo as terminologias Sexo O sexo biológico de um ser humano é definido pela combinação dos

Leia mais

ÍNDICE DE CONSERVADORISMO BRASILEIRO

ÍNDICE DE CONSERVADORISMO BRASILEIRO ÍNDICE DE CONSERVADORISMO BRASILEIRO 2018 Objetivo Buscando analisar os resultados de alguns levantamentos pautados em temas que implicam no posicionamento de valores pessoais sobre determinados assuntos,

Leia mais

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES DIAGNOSTICADOS COM HIV NO BRASIL NA DÉCADA

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES DIAGNOSTICADOS COM HIV NO BRASIL NA DÉCADA PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES DIAGNOSTICADOS COM HIV NO BRASIL NA DÉCADA 2006-2015. Introdução: João Paulo Teixeira da Silva (1); Augusto Catarino Barbosa (2). (1) Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

GÊNEROS, SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO

GÊNEROS, SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO GÊNEROS, SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO O começo de tudo... Movimentos feministas - PRIMEIRA ONDA: Começo do século XX sufragismo - SEGUNDA ONDA: preocupações sociais e políticas e construções teóricas. - Distinção

Leia mais

ABORDAGEM DA SEXUALIDADE NO CONTEXTO DA VIOLÊNCIA. Marcos Antonio Ribeiro Moraes Coordenação de DST/Aids SPAIS - SMS -GO

ABORDAGEM DA SEXUALIDADE NO CONTEXTO DA VIOLÊNCIA. Marcos Antonio Ribeiro Moraes Coordenação de DST/Aids SPAIS - SMS -GO ABORDAGEM DA SEXUALIDADE NO CONTEXTO DA VIOLÊNCIA Marcos Antonio Ribeiro Moraes Coordenação de DST/Aids SPAIS - SMS -GO Como o interno, que na adolescência vive um momento crucial da formação sexual (adolescência),

Leia mais

sexo, sexualidade, gênero, orientação sexual e corpo

sexo, sexualidade, gênero, orientação sexual e corpo Antes de ler o texto que se segue, pense sobre as noções de sexo, sexualidade, gênero, orientação sexual e corpo. Em seguida, escreva nesta página o que você entende por essas noções. Traga o que você

Leia mais

O Poder da sexualidade escolha ou Karma? Astrologia como guia

O Poder da sexualidade escolha ou Karma? Astrologia como guia O Poder da sexualidade escolha ou Karma? Astrologia como guia Sexualidade e Reencarnação - O Retorno Reencarnação descarregamento de energias ( Karma + ou - ) Ligação com outras experiências Projeção sétupla

Leia mais

CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS

CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS HOMOPARENTALIDADE EM FOZ DO IGUAÇU PR MARTINS DE FARIAS, Adriana. Estudante do Curso de Antropologia e Diversidade Cultural ILAACH UNILA; E-mail: adriana.farias@aluno.unila.edu.br;

Leia mais

Processo Seletivo Sociologia

Processo Seletivo Sociologia Sociologia 1) Gabarito oficial definitivo sem distribuição dos pontos - Questão 1 Em Marx, a definição de classe social refere-se à condição social daquele que possui ou não a propriedade privada dos meios

Leia mais

A VIOLAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS EM RAZÃO DA ORIENTAÇÃO SEXUAL 1 A VIOLAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS EM RAZÃO DA ORIENTAÇÃO SEXUAL¹

A VIOLAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS EM RAZÃO DA ORIENTAÇÃO SEXUAL 1 A VIOLAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS EM RAZÃO DA ORIENTAÇÃO SEXUAL¹ A VIOLAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS EM RAZÃO DA ORIENTAÇÃO SEXUAL 1 Raíssa Schadeck 2, Anna Paula Bagetti Zeifert 3. 1 Projeto de Monografia realizado no Curso de Direito de Unijuí 2 Aluna do curso de Direito

Leia mais

político inferior, não existindo, necessariamente, uma relação entre este status e o tamanho numérico do grupo.

político inferior, não existindo, necessariamente, uma relação entre este status e o tamanho numérico do grupo. 1 Introdução O estudo da homossexualidade tem sido particularmente intenso ao longo dos últimos 30 anos. Inicialmente dominado por antropólogos, este campo teórico extremamente fértil tem pouco a pouco

Leia mais

ASSEXUALIDADE: O CAMINHO PARA FORA DO ARMÁRIO

ASSEXUALIDADE: O CAMINHO PARA FORA DO ARMÁRIO ASSEXUALIDADE: O CAMINHO PARA FORA DO ARMÁRIO Emanueli Haiduk 1 - Celer Faculdades Erlei Francisco Tavares 2 - Celer Faculdades Eixo Temático 3: Ciência, Saúde e Tecnologia Resumo Nossa atual sociedade

Leia mais

3.2 Populações O que é uma população? Quais os atributos de uma população? Tamanho populacional

3.2 Populações O que é uma população? Quais os atributos de uma população? Tamanho populacional 51 Licenciatura em Ciências USP/Univesp 3.2 Populações 3.2.1. O que é uma população? No tópico anterior definimos população como um grupo de indivíduos de uma mesma espécie que ocupam um determinado espaço

Leia mais

atualidade é a chamada ideologia de gênero. eloquente manifestação da rebeldia humana contra Deus.

atualidade é a chamada ideologia de gênero. eloquente manifestação da rebeldia humana contra Deus. OTema muito recorrente na atualidade é a chamada ideologia de gênero. OA ideologia de gênero é uma eloquente manifestação da rebeldia humana contra Deus. www.portalebd.org.br Slide 2 OQuando o Senhor criou

Leia mais

Atividades Acadêmico-Científico- -Culturais: Diversidade Cultural. Contextualização. Gênero. Teleaula 2. Letras. Diversidade de Gênero

Atividades Acadêmico-Científico- -Culturais: Diversidade Cultural. Contextualização. Gênero. Teleaula 2. Letras. Diversidade de Gênero Atividades Acadêmico-Científico- -Culturais: Diversidade Cultural Teleaula 2 Diversidade de Gênero Profa. Dra. Marcilene Garcia de Souza tutorialetras@grupouninter.com.br Letras Contextualização Por que

Leia mais

Promovendo o engajamento das famílias e comunidades na defesa do direito à saúde sexual e reprodutiva de adolescentes e jovens

Promovendo o engajamento das famílias e comunidades na defesa do direito à saúde sexual e reprodutiva de adolescentes e jovens Promovendo o engajamento das famílias e comunidades na defesa do direito à saúde sexual e reprodutiva de adolescentes e jovens Jaqueline Lima Santos Doutoranda em Antropologia Social UNICAMP Instituto

Leia mais

Entrevista com Jurandir Freire Costa

Entrevista com Jurandir Freire Costa Entrevista com Jurandir Freire Costa Homossexualismo e Homoerotismo Entrevista concedida ao Jornal do Comércio em 1992 Bolsista :Evelyn de Melo Paulo -Química Licenciatura UFLA De que trata o homoerotismo?

Leia mais

III SEMINÁRIO INTERNACIONAL ENLAÇANDO SEXUALIDADES 15 a 17 de Maio de 2013 Universidade do Estado da Bahia Campus I Salvador - BA

III SEMINÁRIO INTERNACIONAL ENLAÇANDO SEXUALIDADES 15 a 17 de Maio de 2013 Universidade do Estado da Bahia Campus I Salvador - BA HOMOSSEXUALIDADE NA EDUCAÇÃO BÁSICA: REPRESENTAÇÕES, INVESTIGAÇÕES E FORMAÇÃO DOCENTE Thaís Manoel Nascimento 1 Sandro Prado Santos 2 A questão da sexualidade do outro relacionado ao homossexualismo, pelo

Leia mais

GÊNERO E SEXUALIDADE NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES. Palavras-chave: Formação de professores. Prática pedagógica. Diversidade de gênero.

GÊNERO E SEXUALIDADE NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES. Palavras-chave: Formação de professores. Prática pedagógica. Diversidade de gênero. 1 GÊNERO E SEXUALIDADE NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES Lúcia Karla da Rocha Cunha Thatiana Peixoto dos Santos Flávia Maria Soares da Silva Universidade Federal da Paraíba-UFPB Resumo A prática pedagógica dos(as)

Leia mais

A ORIENTAÇÃO SEXUAL NO PROCESSO DE FORMAÇÃO ACADÊMICA: UM DEBATE NECESSÁRIO

A ORIENTAÇÃO SEXUAL NO PROCESSO DE FORMAÇÃO ACADÊMICA: UM DEBATE NECESSÁRIO 438 A ORIENTAÇÃO SEXUAL NO PROCESSO DE FORMAÇÃO ACADÊMICA: UM DEBATE NECESSÁRIO Letícia Lucia Silva Santos (UniUBE) Jaqueline de Melo Barros (UniUBE) Ao considerarmos que a discussão sobre diversidade

Leia mais

Falando de SEXO. Rose Fonseca

Falando de SEXO. Rose Fonseca Falando de SEXO Rose Fonseca INTRODUÇÃO Definições Ø Sexo Biológico: Externamente, as meninas, quando bebês, são identificadas pela presença da vulva, vagina e clitóris e os meninos pelo pênis e a bolsa

Leia mais

BINARISMO SEXUAL E QUESTÕES DE GÊNERO: UMA ANÁLISE DO FILME XXY

BINARISMO SEXUAL E QUESTÕES DE GÊNERO: UMA ANÁLISE DO FILME XXY BINARISMO SEXUAL E QUESTÕES DE GÊNERO: UMA ANÁLISE DO FILME XXY SANTANA, Alanny Nunes de. Discente de Psicologia da Universidade Federal de Campina Grande. E-mail: alannysantana@hotmail.com FARIAS, Fernanda

Leia mais

Veriano Terto Jr Vice-presidente da ABIA Rio de Janeiro - RJ

Veriano Terto Jr Vice-presidente da ABIA Rio de Janeiro - RJ Prevenção do HIV, das ISTs e das hepatites virais na população de gays e outros HSHs: como ressignificar o preservativo masculino no contexto da prevenção combinada Veriano Terto Jr Vice-presidente da

Leia mais

O FEMINISMO DE CATHRINE MACKINNON DESEJO E PODER

O FEMINISMO DE CATHRINE MACKINNON DESEJO E PODER O FEMINISMO DE CATHRINE MACKINNON DESEJO E PODER FEMINISMO E MARXISMO TRABAHO (valor) MARXISMO SEXUALIDADE (desejo) FEMINISMO Ambos prejudicados nas relações sociais. Feminismo e marxismo como teorias

Leia mais

Demografia III (Estrutura da População)

Demografia III (Estrutura da População) Gênero Demografia III (Estrutura da População) A identificação dos grupos masculino e feminino de uma população corresponde a estrutura de gênero. grandes diferenças de oportunidades e condições de vida

Leia mais

Proporcionar aos participantes uma visão da relação entre Gênero e Educação na perspectiva dos Direitos Humanos; Compreender e situar o tema da

Proporcionar aos participantes uma visão da relação entre Gênero e Educação na perspectiva dos Direitos Humanos; Compreender e situar o tema da Vanessa Pipinis Proporcionar aos participantes uma visão da relação entre Gênero e Educação na perspectiva dos Direitos Humanos; Compreender e situar o tema da violência no campo dos Estudos de Gênero;

Leia mais

ANEXO 3 CRUZAMENTOS COM RELIGIÃO - PESQUISA PUC

ANEXO 3 CRUZAMENTOS COM RELIGIÃO - PESQUISA PUC ANEXO 3 CRUZAMENTOS COM RELIGIÃO - PESQUISA PUC Parte 2 Tabela 2-1 Principal razão que leva a crer segundo o Qual a principal razão que leva a crer Católica não-praticante Católica praticante Outra religião

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE VALORES PESSOAIS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE VALORES PESSOAIS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE VALORES PESSOAIS DEZEMBRO DE 2016 JOB1713 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O principal objetivo desse projeto é avaliar a adesão da população à pautas

Leia mais

DIREITOS HUMANOS, POBREZA E EXCLUSÃO SOCIAL - UM OLHAR PARA TRAVESTIS E TRANSEXUAIS EM CONTEXTOS EDUCACIONAIS

DIREITOS HUMANOS, POBREZA E EXCLUSÃO SOCIAL - UM OLHAR PARA TRAVESTIS E TRANSEXUAIS EM CONTEXTOS EDUCACIONAIS 78 Revista Humanidades e Inovação v.4, n. 6-2017 DIREITOS HUMANOS, POBREZA E EXCLUSÃO SOCIAL - UM OLHAR PARA TRAVESTIS E TRANSEXUAIS EM CONTEXTOS EDUCACIONAIS HUMAN RIGHTS, POVERTY AND SOCIAL EXCLUSION

Leia mais

OBJECTIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS DA EDUCAÇÃO AFECTIVO- SEXUAL

OBJECTIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS DA EDUCAÇÃO AFECTIVO- SEXUAL OBJECTIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS DA EDUCAÇÃO AFECTIVO- SEXUAL Apesar das características específicas de algumas NEE, os objectivos da intervenção não terão necessariamente de se afastar daqueles que se

Leia mais

Legislação Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) - 1/5

Legislação Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) - 1/5 RESOLUÇÃO CONJUNTA CNAS E CNCD/LGBT Nº 01/2018 Estabelece parâmetros para a qualificação do atendimento socioassistencial da população LGBT no Sistema Único da Assistência Social SUAS. O CONSELHO NACIONAL

Leia mais

TÍTULO: ENTRE OS LIMITES E AS POSSIBILIDADES DE UMA PERSPECTIVA PEDAGÓGICA COM A CRIANÇA TRANSGÊNERO.

TÍTULO: ENTRE OS LIMITES E AS POSSIBILIDADES DE UMA PERSPECTIVA PEDAGÓGICA COM A CRIANÇA TRANSGÊNERO. TÍTULO: ENTRE OS LIMITES E AS POSSIBILIDADES DE UMA PERSPECTIVA PEDAGÓGICA COM A CRIANÇA TRANSGÊNERO. CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA INSTITUIÇÃO: FACULDADE

Leia mais

Sexualidade e TEA. Modos de subjetivação do sujeito com deficiência no discurso midiático. Ana Cláudia Serra Passos Psicóloga Sexóloga Psicanalista

Sexualidade e TEA. Modos de subjetivação do sujeito com deficiência no discurso midiático. Ana Cláudia Serra Passos Psicóloga Sexóloga Psicanalista Sexualidade e TEA Modos de subjetivação do sujeito com deficiência no discurso midiático. Ana Cláudia Serra Passos Psicóloga Sexóloga Psicanalista CRP 03/16744 Sexo X Sexualidade: Diferenças Sexo: ümarca

Leia mais

Ei, você trabalhadora e trabalhador do SUAS!

Ei, você trabalhadora e trabalhador do SUAS! Ei, você trabalhadora e trabalhador do SUAS! Você sabia que ser homem ou mulher é uma construção social? Você sabia que existem pessoas que não se identificam com o sexo do nascimento? Não se identificar

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 67 Como Pensa o Trabalhador do AfroReggae 2015 09 de janeiro de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social

Leia mais

The Dinner Party Ana Maria Silva Gomes, nº8368 Curso de Ciências da Arte e do Património, 1º ano FBAUL, 2014/2015

The Dinner Party Ana Maria Silva Gomes, nº8368 Curso de Ciências da Arte e do Património, 1º ano FBAUL, 2014/2015 The Dinner Party Ana Maria Silva Gomes, nº8368 Curso de Ciências da Arte e do Património, 1º ano FBAUL, 2014/2015 Resumo Explora-se o conceito de sexualidade e feminismo, nomeadamente abordados pelos autores

Leia mais

INFORMATIVO PARA A REDE SUAS: Garantia da utilização do Nome Social para as pessoas Travestis e Transexuais.

INFORMATIVO PARA A REDE SUAS: Garantia da utilização do Nome Social para as pessoas Travestis e Transexuais. INFORMATIVO PARA A REDE SUAS: Garantia da utilização do Nome Social para as pessoas Travestis e Transexuais. Ei, você trabalhadora e trabalhador do SUAS! Você sabia que ser homem ou mulher é uma construção

Leia mais

Educação e Diversidade. Tema 5: Gênero, sexualidade e diversidade na Escola.

Educação e Diversidade. Tema 5: Gênero, sexualidade e diversidade na Escola. Educação e Diversidade. Tema 5: Gênero, sexualidade e diversidade na Escola. Para início de conversa Como o gênero e a sexualidade são tratados em sala de aula? A questão do tabu não se discute. Dificuldades

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Parceria Apoio O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima

Leia mais

Apresentação do livro «Amor de Várias Cores»

Apresentação do livro «Amor de Várias Cores» Apresentação do livro «Amor de Várias Cores» 1 Amor de Várias Cores Livro com guia de exploração Público-alvo: 10-14 anos Ficha técnica Autoria: Cristiana Pereira de Carvalho e Criziany Machado Felix Prefácio:

Leia mais

SCRIPTS DE GÊNERO E A EROTIZAÇÃO DOS CORPOS INFANTIS [JANE FELIPE, 2008]

SCRIPTS DE GÊNERO E A EROTIZAÇÃO DOS CORPOS INFANTIS [JANE FELIPE, 2008] SCRIPTS DE GÊNERO E A EROTIZAÇÃO DOS CORPOS INFANTIS [JANE FELIPE, 2008] Um corpo não é apenas um corpo. É também seu entorno. Mais do que um conjunto de músculos, ossos, vísceras, reflexos e sensações,

Leia mais

Sumário. Valores... Conceitos... Comportamento... Direitos... Serviços e Contatos... Créditos...

Sumário. Valores... Conceitos... Comportamento... Direitos... Serviços e Contatos... Créditos... Guia da Diversidade Guia da Diversidade Este guia apresenta termos usuais, legislação e direitos referentes a pessoas LGBT. Ler o guia contribuirá para a boa convivência com os colegas e para o adequado

Leia mais

Unidade 2 - Saúde, sexualidade e reprodução SEMANA 4 SAÚDE, SEXUALIDADE E REPRODUÇAO. Autora: Cristiane Gonçalves da Silva

Unidade 2 - Saúde, sexualidade e reprodução SEMANA 4 SAÚDE, SEXUALIDADE E REPRODUÇAO. Autora: Cristiane Gonçalves da Silva Unidade 2 - Saúde, sexualidade e reprodução SEMANA 4 SAÚDE, SEXUALIDADE E REPRODUÇAO Autora: Cristiane Gonçalves da Silva Objetivos: Identificar e analisar como os conceitos sobre sexualidade, gênero

Leia mais

Realização. Copyright Centro Latino Americano em Sexualidade e Direitos Humanos IMS/UERJ. Andreia Barreto Leila Araújo Maria Elisabete Pereira

Realização. Copyright Centro Latino Americano em Sexualidade e Direitos Humanos IMS/UERJ. Andreia Barreto Leila Araújo Maria Elisabete Pereira Realização Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM/PR) Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (SECAD/MEC) Secretaria de Educação a Distância (SEED/MEC) Secretaria

Leia mais

Os conceitos de raça e racismo

Os conceitos de raça e racismo Raça, desigualdade e política no Brasil contemporâneo Márcia Lima 14/08/2017 Os conceitos de raça e racismo A redenção de Cã. Modesto Brocos, 1895. Roteiro O conceito de raça O conceito de racismo (# discriminação

Leia mais

RESENHA O CORPO DA ROUPA: A PESSOA TRANSGÊNERA ENTRE A TRANSGRESSÃO E A CONFORMIDADE COM AS NORMAS DE GÊNERO

RESENHA O CORPO DA ROUPA: A PESSOA TRANSGÊNERA ENTRE A TRANSGRESSÃO E A CONFORMIDADE COM AS NORMAS DE GÊNERO RESENHA O CORPO DA ROUPA: A PESSOA TRANSGÊNERA ENTRE A TRANSGRESSÃO E A CONFORMIDADE COM AS NORMAS DE GÊNERO Morgana Zardo Von Mecheln * Samira de Moraes Maia Vigano ** LANZ, Letícia. O corpo da roupa:

Leia mais

Parada Livre Porto Alegre 2004

Parada Livre Porto Alegre 2004 Parada Livre Porto Alegre 2004 Núcleo de Pesquisa em Antropologia do Corpo e da Saúde (NUPACS - UFRGS) Grupo pela Livre Expressão Sexual (NUANCES) Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC) Centro

Leia mais

ORIENTAÇÃO SEXUAL E DIVERSIDADE DE GÊNERO NO ENSINO BÁSICO

ORIENTAÇÃO SEXUAL E DIVERSIDADE DE GÊNERO NO ENSINO BÁSICO ORIENTAÇÃO SEXUAL E DIVERSIDADE DE GÊNERO NO ENSINO BÁSICO Wylamys Santos de Lima 1 Mariana Santos Lima 2 Márcia Eliane Silva Carvalho 3 GT6 - Educação, Inclusão, Gênero e Diversidade. RESUMO Este artigo

Leia mais

Eduarda Ferreira Regina Salvador e-geo, FCSH, UNL. Representações de Espaços Públicos de (Des)Igualdade

Eduarda Ferreira Regina Salvador e-geo, FCSH, UNL. Representações de Espaços Públicos de (Des)Igualdade Eduarda Ferreira Regina Salvador e-geo, FCSH, UNL Representações de Espaços Públicos de (Des)Igualdade 2 Contexto e objectivo Contexto Projecto de investigação Representing Spaces of (In)Equality: Layers

Leia mais

Identidades de gênero e identidades sexuais: o que a escola e os/as professores/as em formação têm haver com isso?

Identidades de gênero e identidades sexuais: o que a escola e os/as professores/as em formação têm haver com isso? Identidades de gênero e identidades sexuais: o que a escola e os/as professores/as em formação têm haver com isso? Introdução Suélen de Souza Andres 1, Daniela Romcy 2, Angelita Alice Jaeger 3 O estudo

Leia mais

60 mins Missão: Igualdade de Géneros. Assunto. Resultado de aprendizagem. Preparação

60 mins Missão: Igualdade de Géneros. Assunto. Resultado de aprendizagem. Preparação P1 Freida Pinto Atriz Missão: Igualdade de Géneros Assunto Geografia, Ciência, compreensão da linguagem Resultado de aprendizagem Conhecer a definição de igualdade de gênero Explorar algumas das causas

Leia mais

CURSO EFA NS TÉCNICO/A ADMINISTRATIVO/A

CURSO EFA NS TÉCNICO/A ADMINISTRATIVO/A CURSO EFA NS TÉCNICO/A ADMINISTRATIVO/A Módulo: CP_4 Processos Identitários Tema: Identidade Sexual Grupo 4: Carla, Carmen, Sílvia Data: 2009/04/01 1 Introdução Homofobia Transfobia Identidades Sexuais

Leia mais

Vamos falar de... Gênero? Um debate necessário

Vamos falar de... Gênero? Um debate necessário Vamos falar de... Gênero? Um debate necessário Por Mônica Karawejczyk 1 A mídia tem veiculado matérias mostrando como a desinformação e a intolerância sobre os debates envolvendo gênero estão por toda

Leia mais

militante LGBT e faz parte do Grupo Universitário de Diversidade Sexual Primavera nos Dentes. Atualmente

militante LGBT e faz parte do Grupo Universitário de Diversidade Sexual Primavera nos Dentes. Atualmente Entrevista por Daniela Araújo * Luíza Cristina Silva Silva militante LGBT e faz parte do Grupo Universitário de Diversidade Sexual Primavera nos Dentes. Atualmente é estudante do curso de Geografia na

Leia mais

DIVERSIDADE SEXUAL E GÊNERO (DSG) NO MEIO ESCOLAR E ORGANIZACIONAL

DIVERSIDADE SEXUAL E GÊNERO (DSG) NO MEIO ESCOLAR E ORGANIZACIONAL DIVERSIDADE SEXUAL E GÊNERO (DSG) NO MEIO ESCOLAR E ORGANIZACIONAL Psic. Esp. Giovanna Lucchesi Terapeuta de Casais Fundadora da DIVERSUS - Consultoria em Diversidade Sexual DSG A diversidade sexual e

Leia mais

GÊNERO, SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO: NOTAS PARA UMA EPISTEMOLOGIA. Bolsista: Lutemberg Lima de Medeiros

GÊNERO, SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO: NOTAS PARA UMA EPISTEMOLOGIA. Bolsista: Lutemberg Lima de Medeiros GÊNERO, SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO: NOTAS PARA UMA EPISTEMOLOGIA Bolsista: Lutemberg Lima de Medeiros SEFFNER, Fernando. Um Bocado Sexo, Pouco Giz, Quase Nada de Apagador e Muitas Provas: cenas escolas envolvendo

Leia mais

Organização. Andreia Barreto Leila Araújo Maria Elisabete Pereira. Nitadesign Anna Amedola. Claudia Regina Ribeiro Maria Lucia Resende

Organização. Andreia Barreto Leila Araújo Maria Elisabete Pereira. Nitadesign Anna Amedola. Claudia Regina Ribeiro Maria Lucia Resende Realização Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM/PR) Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (SECAD/MEC) Secretaria de Educação a Distância (SEED/MEC) Secretaria

Leia mais

História da sexualidade: a sexualidade como construção social

História da sexualidade: a sexualidade como construção social Daniel Arruda Ilana Mountian Leonel Cardoso Leonardo Tolentino Paulo Nogueira Projeto Educação sem Homofobia 2010 Encontro 5 Sexo é visto como algo natural. Ser homem e mulher é uma experiência que se

Leia mais

UM ESTUDO SOBRE AS SATISFAÇÕES NAS RELAÇÕES HOMOSSEXUAIS: ESTUDO DE CASOS

UM ESTUDO SOBRE AS SATISFAÇÕES NAS RELAÇÕES HOMOSSEXUAIS: ESTUDO DE CASOS UM ESTUDO SOBRE AS SATISFAÇÕES NAS RELAÇÕES HOMOSSEXUAIS: ESTUDO DE CASOS Mário Pereira da Costa Júnior Universidade Luterana do Brasil- Ulbra Campus Guaíba-RS Orientadora: Ms. Kléria Isolde Hirschfeld

Leia mais

Questões controversas do mundo contemporâneo. v. 10, n. 1, A mulher em jogo: as relações entre jogos digitais e gênero

Questões controversas do mundo contemporâneo. v. 10, n. 1, A mulher em jogo: as relações entre jogos digitais e gênero HUM@NÆ Questões controversas do mundo contemporâneo. v. 10, n. 1, 2016 A mulher em jogo: as relações entre jogos digitais e gênero Aline Malta Rodrigues 1 Marcelo Sabbatini 2 1 Gênero e sexualidade em

Leia mais

ASPECTOS E SIGNIFICADOS DE PSICÓLOGAS E PSICÓLOGOS FRENTE ÀS QUESTÕES DA BISSEXUALIDADE ASPECST AND MEANING OF PSICOLOGISTS BY QUESTIONS BISEXUALITY

ASPECTOS E SIGNIFICADOS DE PSICÓLOGAS E PSICÓLOGOS FRENTE ÀS QUESTÕES DA BISSEXUALIDADE ASPECST AND MEANING OF PSICOLOGISTS BY QUESTIONS BISEXUALITY ASPECTOS E SIGNIFICADOS DE PSICÓLOGAS E PSICÓLOGOS FRENTE ÀS QUESTÕES DA BISSEXUALIDADE ASPECST AND MEANING OF PSICOLOGISTS BY QUESTIONS BISEXUALITY Marcela Santana Pavoni santanapavoni@hotmail.com Graduanda

Leia mais

Sexo características biológicas que distinguem mulheres de homens.

Sexo características biológicas que distinguem mulheres de homens. Sexo características biológicas que distinguem mulheres de homens. Género construção social e cultural (aprendizagem) que leva as pessoas a desempenharem, de acordo com o sexo, determinados papéis sociais

Leia mais

GÊNERO E RENDIMENTO ESCOLAR: UM ESTUDO DE CASO DA UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO THEREZINHA DE JESUS SIQUEIRA PIMENTEL, SANTOS (SP)

GÊNERO E RENDIMENTO ESCOLAR: UM ESTUDO DE CASO DA UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO THEREZINHA DE JESUS SIQUEIRA PIMENTEL, SANTOS (SP) GÊNERO E RENDIMENTO ESCOLAR: UM ESTUDO DE CASO DA UNIDADE MUNICIPAL DE ENSINO THEREZINHA DE JESUS SIQUEIRA PIMENTEL, SANTOS (SP) Cristiane Giusti Vargas Mestranda em Práticas Docentes no Ensino Fundamental

Leia mais

Nadya Araujo Guimarães e André Vereta Nahoum FSL Introdução à Sociologia USP, 02/2015

Nadya Araujo Guimarães e André Vereta Nahoum FSL Introdução à Sociologia USP, 02/2015 Nadya Araujo Guimarães e André Vereta Nahoum FSL 0114 - Introdução à Sociologia USP, 02/2015 Foco do debate de hoje 1. Hoje a noção de corporeidade será trazida para o centro do debate 2. Ponto de partida

Leia mais

Sexualidade na escola: um estudo sobre a sexualidade dos adolescentes do IFRN Ipanguaçu

Sexualidade na escola: um estudo sobre a sexualidade dos adolescentes do IFRN Ipanguaçu Sexualidade na escola: um estudo sobre a sexualidade dos adolescentes do IFRN Ipanguaçu Camilla Danielle Silva de Lima¹, Jacira Janne dos Santos², Francisco Leônidas da Silva³, Mario Batista de Melo Junior

Leia mais

InfoReggae - Edição Especial 23 de outubro de 2013 Como pensa o trabalhador do AfroReggae. Coordenador Executivo José Júnior

InfoReggae - Edição Especial 23 de outubro de 2013 Como pensa o trabalhador do AfroReggae. Coordenador Executivo José Júnior Patrocínio: Patrocínio: O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das

Leia mais

Design como formador de opinião: uma breve discussão entre a construção social de gênero e a estética.

Design como formador de opinião: uma breve discussão entre a construção social de gênero e a estética. Design como formador de opinião: uma breve discussão entre a construção social de gênero e a estética. SIQUEIRA, Leonardo; Graduando em Design Gráfico; Universidade Federal de Pelotas csleonardo@hotmail.com

Leia mais

Componente Curricular: Psicologia e Sexualidade Professoras: Adalene Sales e Paula Montagna Período: 7º Noturno Ano:

Componente Curricular: Psicologia e Sexualidade Professoras: Adalene Sales e Paula Montagna Período: 7º Noturno Ano: DATA 28/01 Aula 1 04/02 Aula 2 Nº DE AULA TEÓRICA/ PRÁTICA CRÉDITOS Componente Curricular: Psicologia e Sexualidade Professoras: Adalene Sales e Paula Montagna Período: 7º Noturno Ano: 2015.1 TOTAL DE

Leia mais

Deste modo o IBDFAM, sente-se no dever de subsidiar a atuação dos membros do Congresso Nacional, por meio da presente NOTA PÚBLICA

Deste modo o IBDFAM, sente-se no dever de subsidiar a atuação dos membros do Congresso Nacional, por meio da presente NOTA PÚBLICA O Instituto Brasileiro de Direito de Família - IBDFAM, entidade científica sem fins lucrativos e de Utilidade Pública Federal (Portaria nº 2.134, de 27/05/2013), CNPJ nº 02.571.616/0001-48, com sede em

Leia mais

INTRODUCTORY REFLECTIONS ON THE CONCEPT OF GENDER: FEMALE AND MALE

INTRODUCTORY REFLECTIONS ON THE CONCEPT OF GENDER: FEMALE AND MALE REFLEXÕES INTRODUTÓRIAS SOBRE O CONCEITO DE GÊNERO: FEMININO E MASCULINO Adriana Horta de Faria 1 Fernanda Correia Bezerra 2 Josiane Peres Gonçalves 3 RESUMO: Os conceitos de sexo e gênero são geralmente

Leia mais

Roteiro de recuperação da 2ª etapa/2015 ENSINO RELIGIOSO

Roteiro de recuperação da 2ª etapa/2015 ENSINO RELIGIOSO Roteiro de recuperação da 2ª etapa/2015 Ensino Médio - Série: 1ª Professora: Teonila Soares Maia Conteúdos ENSINO RELIGIOSO A PESSOA HUMANA: UM SER DE RELAÇÕES Temas: Maria, toda humana e toda de Deus.

Leia mais

DISCUTINDO O CONCEITO DE GÊNERO: O QUE PENSA O EDUCADOR DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL?

DISCUTINDO O CONCEITO DE GÊNERO: O QUE PENSA O EDUCADOR DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL? DISCUTINDO O CONCEITO DE GÊNERO: O QUE PENSA O EDUCADOR DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL? Introdução Fernanda Cavalcante da Silva Universidade de Pernambuco fernanda_najara@hotmail.com A escola

Leia mais

O Direito de Adoptar?

O Direito de Adoptar? Direito da Igualdade Social 2010 2011 O Direito de Adoptar? A adopção por casais homossexuais Andreia Engenheiro Nº 2068 1. Família Tem influência de factores: - Religiosos; - Económicos; - Socio-culturais.

Leia mais

DISCUSSÕES SOBRE GÊNERO E SEXUALIDADE: O QUE DIZEM OS(AS) GRADUANDOS DE PEDAGOGIA DA UESB(CAMPUS/JEQUIÉ-BA)?

DISCUSSÕES SOBRE GÊNERO E SEXUALIDADE: O QUE DIZEM OS(AS) GRADUANDOS DE PEDAGOGIA DA UESB(CAMPUS/JEQUIÉ-BA)? DISCUSSÕES SOBRE GÊNERO E SEXUALIDADE: O QUE DIZEM OS(AS) GRADUANDOS DE PEDAGOGIA DA UESB(CAMPUS/JEQUIÉ-BA)? Lilian Moreira Cruz 1 Marcos Lopes de Souza 2 RESUMO Este artigo é resultado de uma pesquisa

Leia mais