POLÍTICA DE COMBATE E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E FINANCIAMENTO AO TERRORISMO W. ADVISORS - ENGENHARIA FINANCEIRA LTDA.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "POLÍTICA DE COMBATE E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E FINANCIAMENTO AO TERRORISMO W. ADVISORS - ENGENHARIA FINANCEIRA LTDA."

Transcrição

1 POLÍTICA DE COMBATE E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E FINANCIAMENTO AO TERRORISMO W. ADVISORS - ENGENHARIA FINANCEIRA LTDA. ( Sociedade ) CAPÍTULO I - OBJETIVO Versão: Março/ A presente Política de Combate e Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Financiamento ao Terrorismo ( Política ) tem por objetivo traçar normas e procedimentos visando o combate e prevenção à lavagem de dinheiro em operações envolvendo os clientes da Sociedade e contrapartes de operações objeto de análise e aconselhamento, em especial aquelas que possam vir a ocorrer fora do ambiente de bolsa Entende-se como cliente, para os fins desta Política, os investidores para os quais a Sociedade presta o serviço de consultoria de valores mobiliários Ainda que as operações objeto de análise ou assessoramento não sejam concluídas ou levadas a mercado, ou ainda, que o conhecimento de tal fato não chegue à Sociedade, tal situação não eximirá a Sociedade de analisar as operações nos termos desta Política, efetuando comunicação ao COAF, sempre que se fizer necessário, nos termos disposto neste documento Para tanto são descritos abaixo os critérios utilizados pela Sociedade para a identificação, registro e comunicação de operações financeiras cujas características sejam excepcionais no que se refere às partes envolvidas, forma de realização, e/ou instrumentos utilizados; ou para as quais falte, objetivamente, fundamento econômico ou legal, havendo assim a possibilidade de constituir indícios de crimes de lavagem de dinheiro ou ocultação de bens, direitos e valores, conforme previsto na Lei nº de 3 de março de 1998 e demais normativos Esta Política aplica-se a todos os colaboradores da Sociedade, em especial àqueles atuantes no departamento de Compliance, ficando sob a responsabilidade do Diretor de Compliance a supervisão do cumprimento desta Política pela Sociedade e seus colaboradores. CAPÍTULO II - DEFINIÇÃO 2.1. Constitui lavagem de dinheiro a ocultação ou dissimulação da natureza, origem, localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente, de infração penal Incorre ainda no mesmo crime de lavagem de dinheiro quem, para ocultar ou dissimular a utilização de bens, direitos ou valores provenientes de qualquer infração penal: a) os converte em ativos lícitos; b) os adquire, recebe, troca, negocia, dá ou recebe em garantia, guarda, tem em depósito, Erro! Nome de propriedade do documento desconhecido.

2 movimenta ou transfere; c) importa ou exporta bens com valores não correspondentes aos verdadeiros; d) utiliza, na atividade econômica ou financeira, bens, direitos ou valores que sabe serem provenientes de infração penal; e) participa de grupo, associação ou escritório tendo conhecimento de que sua atividade principal ou secundária é dirigida à prática de crimes previstos na Lei nº 9.613/98. CAPÍTULO III CRITÉRIOS OPERACIONAIS 3.1. A Sociedade adota Política de Cadastro e Suitability, a qual descreve os procedimentos de cadastro, Conheça o seu Cliente e verificação da adequação do produto/serviço ao perfil do cliente. Dessa maneira, o processo de identificação dos clientes permite que a Sociedade adote mecanismos para conhecer a origem do patrimônio do cliente, o monitoramento da compatibilidade das operações e produtos analisados com o Perfil de Risco do cliente, o conhecimento da origem e destino dos seus recursos, de modo a prevenir que a Sociedade seja utilizada para atividades ilegais ou imprópria O processo de Conheça o seu Cliente conta com a realização de visitas presenciais aos clientes, sejam eles pessoas físicas ou jurídicas, de modo a analisar a compatibilidade das informações fornecidas pelo cliente durante o processo de cadastro, nos termos previstos na Política de Cadastro e Suitability São atribuições do compliance da Sociedade, sempre que possível e aplicável à sua estrutura operacional em função da atividade por ela desempenhada, seu porte e volume de transações realizadas: a) adotar medidas de controle, de acordo com procedimentos prévia e expressamente estabelecidos, que procurem confirmar as informações cadastrais dos seus clientes ou operações em análise, de forma a evitar o uso da conta por terceiros; b) adotar controles e procedimentos internos visando a identificação dos beneficiários finais, conforme a natureza e a possibilidade desta identificação; c) registrar e informar ao diretor responsável pela consultoria de valores mobiliários se, na análise cadastral dos clientes ou operações, houver suspeita quanto à sua atividade econômica/financeira, ou se identificada pessoa politicamente exposta; d) supervisionar de maneira rigorosa as operações e relações mantidas pelos clientes considerados pessoas politicamente expostas, conforme definição outorgada pela Instrução CVM nº 301/99 e Resolução COAF nº 29, e certificar-se de que seu cadastro se encontra atualizado; e) identificar os clientes da Sociedade que sejam investidores estrangeiros e clientes de

3 instituição estrangeira fiscalizada por autoridade governamental assemelhada à CVM, admitindo-se, nesta hipótese, que as providências concernentes ao combate e prevenção à lavagem de dinheiro sejam tomadas pela instituição estrangeira, desde que assegurado à CVM o acesso aos dados e procedimentos adotados; f) acompanhar os comunicados aprovados pelo Grupo de Ação Financeira contra a Lavagem de Dinheiro e o Financiamento do Terrorismo GAFI/FATF, de modo a permitir a identificação de operações com a participação de pessoas naturais residentes ou entidades constituídas em países e jurisdições que, na avaliação do organismo, possuem deficiências estratégicas na prevenção da lavagem de dinheiro e no combate ao financiamento do terrorismo O compliance da Sociedade deve atentar-se, em especial, para as seguintes características pessoais dos clientes da Sociedade: a) pessoas residentes ou com recursos provenientes de países reconhecidos, por fontes seguras, por não possuírem padrões de prevenção e combate à lavagem de dinheiro adequada ou por apresentarem altos riscos de crime de corrupção; b) pessoas envolvidas com tipos de negócios ou setores conhecidos pela suscetibilidade à lavagem de dinheiro; c) pessoas politicamente expostas, indivíduos que ocupam ou ocuparam posições públicas, inclusive aquelas oriundas de países com os quais o Brasil possua elevado número de transações financeiras e comerciais, fronteiras comuns ou proximidade étnica, linguística ou política; d) assessores comerciais; e e) investidores não-residentes, especialmente quando constituídos sob a forma de truste e sociedades com títulos ao portador; investidores com grandes fortunas geridas por áreas de instituições financeiras voltadas para clientes com este perfil ( private banking ) Ademais, de modo a garantir o fiel cumprimento das práticas de prevenção aos crimes de lavagem de dinheiro ou ocultação de bens, direitos e valores e financiamento ao terrorismo, a Sociedade manterá rotinas para identificação, registro e comunicação de ocorrências descritas nesta Política, as quais possibilitam a pronta análise das operações classificadas como suspeitas, permitindo a comunicação aos órgãos competentes Dessa maneira, além do processo de identificação e conhecimento clientes que permita estabelecer a sua identidade, conhecer a atividade exercida, averiguar a origem e destino dos recursos, conforme rotinas acima estabelecidas, caberá ao departamento Compliance realizar consultas em sites de buscas para confirmação de dados e/ou identificação de informações desabonadoras, tais como: - Tribunal de Justiça Estadual do domicílio dos clientes;

4 - Justiça Federal da Seção Judiciária do domicílio dos clientes; - Ferramenta de pesquisa Google ( - IEPTB-BR - Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil ( e - Ferramenta SERASA Experian e SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). - Cadastro Nacional de Empresas Inidôneas e Suspensas CEIS ( v.br/ceis) - Cadastro de Entidades Privadas Sem Fins Lucrativos Impedidas CEPIM ( - OFAC Sanctions List ( - Ministério do Trabalho Lista Suja do Trabalho Escravo 3.7. Com base nas informações fornecidas pelo responsável pelo cliente, mediante análise da Ficha Cadastral, documentos pessoais fornecidos pelos clientes, Relatório de Visita e respostas ao Questionário de Suitability, o departamento de Compliance completará o processo de análise e identificação dos clientes com base nos dados extraídos das fontes, pesquisas e controles internos mencionados nesta Política, de modo a avaliar se o cliente, ou mesmo a operação em análise, apresentam potenciais riscos à Sociedade e/ou seus clientes Caso identificado qualquer risco, ainda que potencial, o Diretor de Compliance adotará todas as medidas cabíveis quanto à comunicação aos órgãos competentes, conforme procedimentos definidos no capítulo a seguir. CAPÍTULO IV - COMUNICAÇÃO 4.1. O COAF deverá ser comunicado, abstendo-se a Sociedade de dar ciência de tal ato a qualquer pessoa, inclusive àquela a qual se refira a informação, no prazo de 24 (vinte e quatro) horas a contar da ocorrência que, objetivamente, permita fazê-lo, acerca de todas as propostas de transação, abarcadas pelos registros de que trata esta Política que possam constituir-se em sérios indícios de crimes de "lavagem" ou ocultação de bens, direitos e valores provenientes dos crimes elencados na Lei nº 9.613, de 1998, inclusive o terrorismo ou seu financiamento, ou com eles relacionar-se, em que: a) se verifiquem características excepcionais no que se refere às partes envolvidas, forma de realização ou instrumentos utilizados; ou, b) falte, objetivamente, fundamento econômico ou legal Não é condição para a comunicação de uma operação suspeita que a Sociedade tenha convicção de sua ilicitude, bastando que seja possível firmar uma consistente e fundamentada convicção de sua atipicidade. Este reporte deverá ser trabalhado individualmente e fundamentado de maneira mais detalhada possível, sendo que dele deverão constar, sempre que aplicável, as seguintes informações: a) data de início de relacionamento do cliente com a instituição; b) data da última atualização cadastral;

5 c) valor declarado pelo cliente da renda e do patrimônio na data da sua última atualização cadastral; d) modalidades operacionais realizadas pelo cliente que ensejaram a identificação do evento atípico, quando for o caso; e) no âmbito da política Conheça seu Cliente, eventuais informações suplementares obtidas quando da aplicação do inciso I do artigo 3º-A da Instrução CVM nº 301/99; f) dados que permitam identificar a origem e o destino dos recursos que foram objeto dos negócios do cliente comunicado; g) informações adicionais que possam melhor explicar a situação suspeita identificada (sem prejuízo da descrição do inciso do artigo 6º da Instrução CVM nº 301/99 que guarda relação com o evento atípico detectado), ou seja, a razão pela qual o evento foi considerado atípico por parte da instituição Os registros das conclusões de suas análises acerca de propostas de operações que fundamentaram a decisão de efetuar, ou não, a comunicação, devem ser mantidas pelo prazo mínimo de 5 (cinco) anos, ou por prazo superior por determinação expressa da CVM, em caso de processo administrativo Caso não tenha sido prestada nenhuma comunicação nos termos do item 4.1. acima, a Sociedade deverá comunicar ao COAF, anualmente, até o último dia útil do mês de janeiro, por meio de sistema eletrônico disponível na página da COAF na rede mundial de computadores, a não ocorrência no ano civil anterior de transações ou propostas de transações passíveis de serem comunicadas, por meio do envio da declaração negativa. CAPÍTULO V DISPOSIÇÕES GERAIS 5.1. Esta Política prevalece sobre quaisquer entendimentos orais ou escritos anteriores, obrigando os Colaboradores da Sociedade aos seus termos e condições A não observância dos dispositivos desta Política resultará na aplicação de sanções previstas na Política de Enforcement adotada pela Sociedade.

Política de Prevenção e Combate à Lavagem de Dinheiro

Política de Prevenção e Combate à Lavagem de Dinheiro Política de Prevenção e Combate à Lavagem de Dinheiro Propriedade da Latitude Investment Partners Gestão e Finanças. Proibida a reprodução total ou parcial deste Código sem a devida autorização prévia.

Leia mais

MANUAL DE COMBATE E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO ALOCC GESTÃO FINANCEIRA LTDA. ( ALOCC )

MANUAL DE COMBATE E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO ALOCC GESTÃO FINANCEIRA LTDA. ( ALOCC ) MANUAL DE COMBATE E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO ALOCC GESTÃO FINANCEIRA LTDA. ( ALOCC ) 1. Introdução O presente Manual de Combate e Prevenção à Lavagem de Dinheiro ( Manual ) da ALOCC visa, através

Leia mais

MANUAL DE CADASTRO GARDE ASSET MANAGEMENT GESTÃO DE RECURSOS LTDA. CNPJ/ MF / E DA GARDE PREVIDÊNCIA ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS LTDA.

MANUAL DE CADASTRO GARDE ASSET MANAGEMENT GESTÃO DE RECURSOS LTDA. CNPJ/ MF / E DA GARDE PREVIDÊNCIA ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS LTDA. MANUAL DE CADASTRO GARDE ASSET MANAGEMENT GESTÃO DE RECURSOS LTDA. CNPJ/ MF 18.511.433/0001-77 E DA GARDE PREVIDÊNCIA ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS LTDA. CNPJ/ MF 30.701.673/0001-30 Data: 19 de junho de 2018

Leia mais

INSTRUÇÃO CVM Nº 463, DE 08 DE JANEIRO DE 2008.

INSTRUÇÃO CVM Nº 463, DE 08 DE JANEIRO DE 2008. Altera a Instrução CVM nº 301, de 16 de abril de 1999, e dispõe acerca dos procedimentos a serem observados para o acompanhamento de operações realizadas por pessoas politicamente expostas. A PRESIDENTE

Leia mais

POLÍTICA DE SELEÇÃO, CONTRATAÇÃO E MONITORAMENTO DE PRESTADORES DE SERVIÇO AWARE GESTÃO DE RECURSOS LTDA. ( Sociedade ) Versão vigente: fevereiro/2019 Versão anterior: abril/2017 CAPÍTULO I OBJETIVO 1.1.

Leia mais

POLÍTICA DE Prevenção a Lavagem de Dinheiro

POLÍTICA DE Prevenção a Lavagem de Dinheiro P á g i n a 1 POLÍTICA DE Prevenção a Lavagem de Dinheiro FMD Gestão de Recursos S.A. Agosto de 2017. P á g i n a 2 Este material foi elaborado pela FMD Gestão de Recursos S.A., não podendo ser copiado,

Leia mais

Manual de Compliance da Progredir Consultoria de Investimentos Ltda. Manual de Compliance

Manual de Compliance da Progredir Consultoria de Investimentos Ltda. Manual de Compliance Manual de Compliance Versão atual: novembro/2018 Pág.: 1/6 CAPÍTULO I INTRODUÇÃO E OBJETIVOS 1.1 O Compliance visa garantir a reputação da Sociedade que é seu ativo mais valioso, por meio da apresentação,

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO Sumário INTRODUÇÃO... 3 LAVAGEM DE DINHEIRO... 3 FERRAMENTAS DE COMBATE E PREVENÇÃO AOS CRIMES DE LAVAGEM DE DINHEIRO... 4 KNOW YOUR CLIENT KYC... 5 MONITORAMENTO...

Leia mais

Política de Compliance

Política de Compliance Política de Compliance Atualizado em 30 de Março de 2017 1 Índice INTRODUÇÃO... 3 1. Manuais e políticas internas... 3 2. Segurança da Informação... 3 3. Programa de Treinamento... 4 4. Investimentos Pessoais...

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO A GARIN adota as melhores práticas no conhecimento de seus clientes ( Clientes ) e na prevenção e combate à Lavagem de Dinheiro. Nesse sentido, a GARIN avalia

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO MAIO / 2016 SUMÁRIO 1.1. Introdução... 3 1.2. Lavagem de dinheiro... 3 1.3. Conceitos... 4 1.4. Ferramentas de Combate e Prevenção aos crimes de Lavagem de Dinheiro...

Leia mais

POLÍTICA INTERNA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO

POLÍTICA INTERNA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO POLÍTICA INTERNA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO REDASSET GESTÃO DE RECURSOS LTDA. ( RED OU SOCIEDADE ) SUMÁRIO 1. Objetivo... 3 2. Definição... 3 3. Critérios

Leia mais

POLÍTICA INTERNA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO

POLÍTICA INTERNA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO Litus Gestão de Recursos Ltda. ( Litus ou Sociedade ) Este material foi elaborado pela LITUS Gestão de Recursos Ltda., não podendo ser copiado, reproduzido ou distribuído sem prévia e expressa concordância

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE JF TRUST GESTORA DE RECURSOS LTDA. ( Sociedade )

MANUAL DE COMPLIANCE JF TRUST GESTORA DE RECURSOS LTDA. ( Sociedade ) MANUAL DE COMPLIANCE JF TRUST GESTORA DE RECURSOS LTDA. ( Sociedade ) Controle de Versões: Elaboração: Agosto/2015 Revisão: Junho/2016 Referência: Art. 14, inciso III, da Instrução CVM nº 558/15 1. Compliance

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE DA ATLANTIS INVESTIMENTOS LTDA. ("Sociedade")

MANUAL DE COMPLIANCE DA ATLANTIS INVESTIMENTOS LTDA. (Sociedade) MANUAL DE COMPLIANCE DA ATLANTIS INVESTIMENTOS LTDA. ("Sociedade") Versão Março/20 16 1. Compliance é uma atividade adotada pelo mercado financeiro internacional, que com preceitos éticos, e sempre em

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E KYC

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E KYC POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E KYC JUNHO DE 2018 Sumário POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E KYC... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Lavagem de Dinheiro... 3 1.3. Conceitos... 5 1.4.

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE MILECH CONSULTORES LTDA. ( Sociedade )

MANUAL DE COMPLIANCE MILECH CONSULTORES LTDA. ( Sociedade ) MANUAL DE COMPLIANCE MILECH CONSULTORES LTDA. ( Sociedade ) Versão: Março/2018 1. Objetivo 1.1. Compliance é uma atividade adotada pelo mercado financeiro internacional, que com preceitos éticos e sempre

Leia mais

Polı tica de Prevenção à Lavagem de Dinheiro, ao Financiamento do Terrorismo e à Corrupção

Polı tica de Prevenção à Lavagem de Dinheiro, ao Financiamento do Terrorismo e à Corrupção Polı tica de Prevenção à Lavagem de Dinheiro, ao Financiamento do Terrorismo e à Corrupção Objetivo Promover a adequação das atividades operacionais e controles internos da JOURNEY CAPITAL às normas pertinentes

Leia mais

Política de Prevenção à Lavagem de Dinheiro, ao Financiamento do Terrorismo e à Corrupção

Política de Prevenção à Lavagem de Dinheiro, ao Financiamento do Terrorismo e à Corrupção Política de Prevenção à Lavagem de Dinheiro, ao Financiamento do Terrorismo e à Corrupção Política de Prevenção à Lavagem de Dinheiro, ao Financiamento do Terrorismo e à Corrupção Objetivo Promover a adequação

Leia mais

TT Investimentos Ltda.

TT Investimentos Ltda. TT Investimentos Ltda. Política de Prevenção à Lavagem de Dinheiro (Abril 2018) ÍNDICE 1. Objetivo... 3 2. Descrição... 3 3. Identificação de Clientes... 3 4. Monitoramento... 4 5. Comunicação ao COAF...

Leia mais

BONSUCESSO ASSET ADMINISTRADORA DE RECURSOS LTDA

BONSUCESSO ASSET ADMINISTRADORA DE RECURSOS LTDA ELABORAÇÃO: APROVAÇÃO: COMPLIANCE JULIANA PENTAGNA GUIMARÃES Diretoria da Sociedade LEANDRO SALIBA Diretoria da Sociedade INDICE 1. OBJETIVO... 2 2. APLICAÇÃO... 2 3. POLÍTICAS... 2 4. COMPETÊNCIAS...

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE BERKANA INVESTIMENTOS E GESTÃO DE RECURSOS LTDA. ( Sociedade )

MANUAL DE COMPLIANCE BERKANA INVESTIMENTOS E GESTÃO DE RECURSOS LTDA. ( Sociedade ) MANUAL DE COMPLIANCE BERKANA INVESTIMENTOS E GESTÃO DE RECURSOS LTDA. ( Sociedade ) Versão: Junho/2016 Referência: Artigo 14, inciso III da Instrução CVM nº 5558/15. Compliance é uma atividade adotada

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE REGRAS PROCEDIMENTOS CONTROLES INTERNOS TERCON INVESTIMENTOS LTDA.

MANUAL DE COMPLIANCE REGRAS PROCEDIMENTOS CONTROLES INTERNOS TERCON INVESTIMENTOS LTDA. MANUAL DE COMPLIANCE REGRAS PROCEDIMENTOS CONTROLES INTERNOS TERCON INVESTIMENTOS LTDA. AGOSTO 2016 Mensagem dos sócios aos clientes/investidores Nosso modelo proporciona a melhor relação custo/benefício,

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE FIERE INVESTIMENTOS LTDA. ( Sociedade )

MANUAL DE COMPLIANCE FIERE INVESTIMENTOS LTDA. ( Sociedade ) MANUAL DE COMPLIANCE FIERE INVESTIMENTOS LTDA. ( Sociedade ) Versão: Dezembro/2018 1. Compliance é uma atividade adotada pelo mercado financeiro internacional, que com preceitos éticos, e sempre em conformidade

Leia mais

NORMA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO NA GESTÃO DE RECURSOS DE TERCEIROS

NORMA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO NA GESTÃO DE RECURSOS DE TERCEIROS NORMA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO NA GESTÃO DE RECURSOS DE TERCEIROS Versão: setembro/2016 1. OBJETIVO Em conformidade com as diretrizes de Prevenção à Lavagem

Leia mais

MANUAL DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO

MANUAL DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO VALOR CONSULTORIA EMPRESARIAL LTDA. MANUAL DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E MANUAL DE COMPLIANCE Versão 1.0 Vigência Novembro / 2018 Atividade Elaboração Revisão Aprovação Área Consultor Externo Diretora

Leia mais

NORMA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO GESTÃO DE RECURSOS DE TERCEIROS

NORMA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO GESTÃO DE RECURSOS DE TERCEIROS NORMA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO GESTÃO DE RECURSOS DE TERCEIROS Versão: outubro/2018 1. OBJETIVO Em conformidade com as diretrizes de Prevenção à Lavagem

Leia mais

POLÍTICA DE KNOW YOUR CLIENT (KYC) E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO

POLÍTICA DE KNOW YOUR CLIENT (KYC) E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO POLÍTICA DE KNOW YOUR CLIENT (KYC) E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO Outubro/2016 POLÍTICA DE KNOW YOUR CLIENT (KYC) E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO O termo lavagem de dinheiro abrange diversas atividades

Leia mais

Controles Internos POLÍTICA DE SIGILO E CONFIDENCIALIDADE

Controles Internos POLÍTICA DE SIGILO E CONFIDENCIALIDADE Controles Internos POLÍTICA DE SIGILO E CONFIDENCIALIDADE 1. O presente Código de Conduta tem também como objetivo estabelecer a política de sigilo e confidencialidade e de proteção propriedade intelectual

Leia mais

Manual de Compliance

Manual de Compliance Manual de Compliance Propriedade da Latitude Investment Partners Gestão e Finanças. Proibida a reprodução total ou parcial deste Código sem a devida autorização prévia. Atualizada em 31/05/2016. ÍNDICE

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE

MANUAL DE COMPLIANCE MANUAL DE COMPLIANCE Última versão: Junho de 2016 Versão vigente: Janeiro de 2019 A Pacifico Administração de Recursos tem como único objetivo a gestão de recursos de terceiros, visando o lucro no longo

Leia mais

Manual de Compliance

Manual de Compliance Páginas 1/6 CAPÍTULO I Definição e Objetivos 1.1. Este ( Manual ) tem por objetivo definir rotinas internas que garantam o fiel cumprimento pelos colaboradores da FIDUC Gestão Fiduciária S.A. ( Companhia

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO Julho de 2017 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO... 3 3. CONCEITOS... 3 4. REGULAMENTAÇÃO... 4 5. RESPONSABILIDADES... 5 6. AÇÕES DE PREVENÇÃO...

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE. OCEANA INVESTIMENTOS ADMINISTRADORA DE CARTEIRA DE VALORES MOBILIÁRIOS LTDA ( Empresa ou Oceana )

MANUAL DE COMPLIANCE. OCEANA INVESTIMENTOS ADMINISTRADORA DE CARTEIRA DE VALORES MOBILIÁRIOS LTDA ( Empresa ou Oceana ) MANUAL DE COMPLIANCE OCEANA INVESTIMENTOS ADMINISTRADORA DE CARTEIRA DE VALORES MOBILIÁRIOS LTDA ( Empresa ou Oceana ) Versão: Junho/2016 I. Introdução: 1. Compliance é uma atividade adotada pelo mercado

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE GAMA INVESTIMENTOS LTDA. ( Sociedade )

MANUAL DE COMPLIANCE GAMA INVESTIMENTOS LTDA. ( Sociedade ) MANUAL DE COMPLIANCE GAMA INVESTIMENTOS LTDA. ( Sociedade ) Versão: Janeiro/2017 1. Compliance é uma atividade adotada pelo mercado financeiro internacional, que com preceitos éticos, e sempre em conformidade

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO ÁREA EMITENTE NÚMERO EMISSÃO VERSÃO/REVISÃO CONTROLES INTERNOS / PLD

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO ÁREA EMITENTE NÚMERO EMISSÃO VERSÃO/REVISÃO CONTROLES INTERNOS / PLD DENOMINAÇÃO POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO ÁREA EMITENTE NÚMERO EMISSÃO VERSÃO/REVISÃO CONTROLES INTERNOS / PLD 16.2012 20.08.2012 01.00 Todos os colaboradores de nossa instituição, de todos

Leia mais

MANUAL DE REGRAS, PRODECIMENTOS E CONTROLES INTERNOS

MANUAL DE REGRAS, PRODECIMENTOS E CONTROLES INTERNOS MANUAL DE REGRAS, PRODECIMENTOS E CONTROLES INTERNOS Versão: Setembro 2017 1. Introdução Este Manual de Regras, Procedimentos e Controles Internos ( Manual ) foi elaborado com o intuito de garantir, por

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE DA AWARE GESTÃO DE RECURSOS LTDA. ( Sociedade )

MANUAL DE COMPLIANCE DA AWARE GESTÃO DE RECURSOS LTDA. ( Sociedade ) MANUAL DE COMPLIANCE DA AWARE GESTÃO DE RECURSOS LTDA. ( Sociedade ) Versão Junho/2016 1. Compliance é uma atividade adotada pelo mercado financeiro internacional, que com preceitos éticos, e sempre em

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE

MANUAL DE COMPLIANCE MANUAL DE COMPLIANCE Versão Junho/2016 1. A rigor, o termo compliance, usualmente utilizado para se referir ao conjunto de princípios relacionados aos controles internos, diz respeito muito mais a uma

Leia mais

MANUAL DE REGRAS, PRODECIMENTOS E CONTROLES INTERNOS

MANUAL DE REGRAS, PRODECIMENTOS E CONTROLES INTERNOS MANUAL DE REGRAS, PRODECIMENTOS E CONTROLES INTERNOS Versão: Setembro 2018 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Princípios Gerais... 3 3. O Comitê de Risco & Compliance... 4 4. Regras, Procedimentos, Políticas,

Leia mais

Política de Compliance

Política de Compliance Política de Compliance Atualizado em 08 de Dezembro de 2018 Ultima versão: novembro de 2018 1 Índice INTRODUÇÃO... 3 1. Manuais e políticas internas... 4 2. Segurança da Informação... 4 3. Programa de

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE

MANUAL DE COMPLIANCE MANUAL DE COMPLIANCE Junho de 2016 A Pacifico Administração de Recursos tem como único objetivo a gestão de recursos de terceiros, visando o lucro no longo prazo que advirá das taxas de administração e

Leia mais

ADAM CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO

ADAM CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO ADAM CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO Data de elaboração: 27.06.2016 Versão: 1.0 ÍNDICE POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO... 3 1.1. Indícios de Lavagem

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE Regras, procedimentos e controles internos. SAGA GESTÃO DE INVESTIMENTOS FINANCEIROS LTDA. ( Sociedade ) CAPITULO I Introdução

MANUAL DE COMPLIANCE Regras, procedimentos e controles internos. SAGA GESTÃO DE INVESTIMENTOS FINANCEIROS LTDA. ( Sociedade ) CAPITULO I Introdução MANUAL DE COMPLIANCE Regras, procedimentos e controles internos SAGA GESTÃO DE INVESTIMENTOS FINANCEIROS LTDA. ( Sociedade ) CAPITULO I Introdução 1.1. O presente Manual tem por objetivo a definição de

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE

MANUAL DE COMPLIANCE MANUAL DE COMPLIANCE Versão: Março/2017 A STS GAEA Capital e Assessoria Ltda. ( GAEA ) elaborou este Manual de Compliance 1 visando definir as rotinas internas que garantam o fiel cumprimento, pelos seus

Leia mais

7. Compete ao compliance a adoção das seguintes rotinas no tocante às matérias abaixo elencadas:

7. Compete ao compliance a adoção das seguintes rotinas no tocante às matérias abaixo elencadas: MANUAL DE COMPLIANCE E, H e R INVESTIMENTOS LTDA. ( Sociedade ) (Versão Março/2018) 1. Compliance é uma atividade adotada pelo mercado financeiro internacional, que com preceitos éticos, e sempre em conformidade

Leia mais

H. H. PICCHIONI S/A CORRETORA DE CÂMBIO E VALORES MOBILIÁRIOS DA ÁREA DE SUPORTE OPERACIONAL PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO

H. H. PICCHIONI S/A CORRETORA DE CÂMBIO E VALORES MOBILIÁRIOS DA ÁREA DE SUPORTE OPERACIONAL PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO A.A5 1/6 29/06/2012 DA ÁREA DE SUPORTE OPERACIONAL 1. CONTEÚDO DESTE DOCUMENTO PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO Este documento contém os critérios relativos à identificação, registro e comunicação de operações

Leia mais

POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO, À LAVAGEM E À OCULTAÇÃO DE BENS, DIREITOS E VALORES

POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO, À LAVAGEM E À OCULTAÇÃO DE BENS, DIREITOS E VALORES POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO, À LAVAGEM E À OCULTAÇÃO DE BENS, DIREITOS E VALORES 13/5/2016 Informação Pública ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 3 2 ESCOPO... 3 3 APLICABILIDADE...

Leia mais

TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM No 301, DE 16 DE ABRIL DE 1999, COM ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELA INSTRUÇÃO CVM Nº 463/08.

TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM No 301, DE 16 DE ABRIL DE 1999, COM ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELA INSTRUÇÃO CVM Nº 463/08. TEXTO INTEGRAL DA, COM ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELA INSTRUÇÃO CVM Nº 463/08. Dispõe sobre a identificação, o cadastro, o registro, as operações, a comunicação, os limites e a responsabilidade administrativa

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE DORSET CAPITAL INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA. ( Sociedade ) Versão Junho/2016

MANUAL DE COMPLIANCE DORSET CAPITAL INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA. ( Sociedade ) Versão Junho/2016 MANUAL DE COMPLIANCE DORSET CAPITAL INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA. ( Sociedade ) Versão Junho/2016 1. Compliance é uma atividade adotada pelo mercado financeiro internacional, que com preceitos éticos,

Leia mais

ITENS C, D E K DO CAPÍTULO 4 DO MANUAL INTERNO DE COMPLIANCE ITEM C DO CAPÍTULO 4 DO MANUAL INTERNO DE COMPLIANCE

ITENS C, D E K DO CAPÍTULO 4 DO MANUAL INTERNO DE COMPLIANCE ITEM C DO CAPÍTULO 4 DO MANUAL INTERNO DE COMPLIANCE ITENS C, D E K DO CAPÍTULO 4 DO MANUAL INTERNO DE COMPLIANCE ITEM C DO CAPÍTULO 4 DO MANUAL INTERNO DE COMPLIANCE C. Treinamento Contínuo Com a intenção de que seus Colaboradores tenham arraigado em seus

Leia mais

POLÍTICA PLD-FT POLÍTICA REVISÃO PÁGINAS ÁREA DESCRIÇÃO DA ALTERAÇÃO /09/15 - Compliance Criação da Política 02 06/06/16 - Compliance

POLÍTICA PLD-FT POLÍTICA REVISÃO PÁGINAS ÁREA DESCRIÇÃO DA ALTERAÇÃO /09/15 - Compliance Criação da Política 02 06/06/16 - Compliance Pág.: 1 / 5 POLÍTICA REVISÃO PÁGINAS ÁREA Nº DATA ALTERADAS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DA ALTERAÇÃO 01 21/09/15 - Compliance Criação da Política 02 06/06/16 - Compliance Aprimoramento do monitoramento de operações

Leia mais

Manual de Compliance MANUAL DE COMPLIANCE. Última atualização: MARÇO/2017

Manual de Compliance MANUAL DE COMPLIANCE. Última atualização: MARÇO/2017 MANUAL DE COMPLIANCE Última atualização: MARÇO/2017 Sempre foi política da Kadima Asset Management conduzir suas atividades dentro dos mais elevados padrões de honestidade e integridade e em conformidade

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE. PLATINUM CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA ( Sociedade )

MANUAL DE COMPLIANCE. PLATINUM CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA ( Sociedade ) MANUAL DE COMPLIANCE PLATINUM CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA ( Sociedade ) Revisão 1 Em vigor a partir de 26/10/2016 (em consonância com a ICVM 558, de 26/03/2015). 1. Compliance é uma atividade adotada

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE (Art. 14, inc. III, ICVM 558) ALOCC GESTÃO FINANCEIRA LTDA. ( ALOCC )

MANUAL DE COMPLIANCE (Art. 14, inc. III, ICVM 558) ALOCC GESTÃO FINANCEIRA LTDA. ( ALOCC ) MANUAL DE COMPLIANCE (Art. 14, inc. III, ICVM 558) ALOCC GESTÃO FINANCEIRA LTDA. ( ALOCC ) 1. Objeto Compliance é uma atividade adotada pelo mercado financeiro internacional, que com preceitos éticos,

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC N.º 1.530, DE 22 DE SETEMBRO DE O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

RESOLUÇÃO CFC N.º 1.530, DE 22 DE SETEMBRO DE O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO CFC N.º 1.530, DE 22 DE SETEMBRO DE 2017. Dispõe sobre os procedimentos a serem observados pelos profissionais e organizações contábeis para cumprimento das obrigações previstas na Lei n.º 9.613/1998

Leia mais

MANUAL DE CADASTRO RBR ASSET MANAGEMENT

MANUAL DE CADASTRO RBR ASSET MANAGEMENT MANUAL DE CADASTRO RBR ASSET MANAGEMENT 1. OBJETIVO 1.1. Este Manual de Cadastro visa atender às exigências da Lei 9.613/98 e suas alterações, bem como da Instrução CVM 301/99, conforme alterada. 1.2.

Leia mais

POLÍTICA CONHEÇA SEU CLIENTE

POLÍTICA CONHEÇA SEU CLIENTE ÍNDICE PÁGINA A SUA ORIGEM E IMPORTÂNCIA 02 B OBJETIVO 02 C ABRANGÊNCIA 02 D POLÍTICA CONHEÇA SEU 02 E CADASTRO DE 03 F APROVAÇÃO DO 03 G AVALIAÇÃO DE RISCO 05 H MANUTENÇÃO DE DOCUMENTAÇÃO CADASTRAL 05

Leia mais

TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM Nº 301, DE 16 DE ABRIL DE 1999, COM ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELAS INSTRUÇÕES CVM Nº 463/08, 506/11 E 523/12.

TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM Nº 301, DE 16 DE ABRIL DE 1999, COM ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELAS INSTRUÇÕES CVM Nº 463/08, 506/11 E 523/12. TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM Nº 301, DE 16 DE ABRIL DE 1999, COM ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELAS INSTRUÇÕES CVM Nº 463/08, 506/11 E 523/12. Dispõe sobre a identificação, o cadastro, o registro, as operações,

Leia mais

TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM Nº 301, DE 16 DE ABRIL DE 1999, COM ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELAS INSTRUÇÕES CVM Nº 463/08, 506/1, 523/12 E 534/13.

TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM Nº 301, DE 16 DE ABRIL DE 1999, COM ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELAS INSTRUÇÕES CVM Nº 463/08, 506/1, 523/12 E 534/13. TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM Nº 301, DE 16 DE ABRIL DE 1999, COM ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELAS INSTRUÇÕES CVM Nº 463/08, 506/1, 523/12 E 534/13. Dispõe sobre a identificação, o cadastro, o registro,

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO Julho 2018 Esta política é propriedade da É proibida a cópia, distribuição ou uso indevido deste documento sem expressa autorização da

Leia mais

POLÍTICA DE COMBATE E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO

POLÍTICA DE COMBATE E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO POLÍTICA DE COMBATE E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO Versão 2 Agosto 2016 INTRODUÇÃO A GUARDA INVESTIMENTOS GESTORA DE RECURSOS LTDA. (GUARDA INVESTIMENTOS) está obrigada a seguir as leis, regulamentos

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE CHARLES RIVER ADMINISTRADORA DE RECURSOS FINANCEIROS LTDA. ( Sociedade ) Versão Maio/2017

MANUAL DE COMPLIANCE CHARLES RIVER ADMINISTRADORA DE RECURSOS FINANCEIROS LTDA. ( Sociedade ) Versão Maio/2017 MANUAL DE COMPLIANCE CHARLES RIVER ADMINISTRADORA DE RECURSOS FINANCEIROS LTDA. ( Sociedade ) Versão Maio/2017 1. Compliance é uma atividade adotada pelo mercado financeiro internacional, que com preceitos

Leia mais

Política de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e ao Financiamento do Terrorismo. São Paulo, dezembro de 2013 Versão 1

Política de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e ao Financiamento do Terrorismo. São Paulo, dezembro de 2013 Versão 1 São Paulo, dezembro de 2013 Versão 1 Sumário 1. Introdução... 1 2. Conceitos... 1 3. Objetivos... 1 4. Área de aplicação... 1 5. Responsabilidades... 2 6. Confidencialidade... 2 7. Comunicação... 2 8.

Leia mais

O Papel do Banco Central no Sistema Nacional de PLD/CFT

O Papel do Banco Central no Sistema Nacional de PLD/CFT O Papel do Banco Central no Sistema Nacional de PLD/CFT Composição Orgãos normativos Entidades supervisoras SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL Operadores Conselho Monetário Nacional - CMN Banco Central do Brasil

Leia mais

Manual de Controles Internos e Compliance

Manual de Controles Internos e Compliance Página 1 de 5 Versão vigente: fevereiro/2019 Versão anterior: outubro/2018 1. Objetivo Este ( Manual ) visa estabelecer as diretrizes que garantam, por meio de Controles Internos adequados, o permanente

Leia mais

REAG GESTORA DE RECURSOS LTDA.

REAG GESTORA DE RECURSOS LTDA. REAG GESTORA DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE SELEÇÃO, CONTRATAÇÃO E SUPERVISÃO DE GESTORES E FUNDOS DE TERCEIROS PARA ALOCAÇÃO MAIO DE 2017 Página 1 de 5 CAPÍTULO I INTRODUÇÃO APRESENTAÇÃO 1.1. A REAG Gestora

Leia mais

POLÍTICA DE COMPLIANCE E CONTROLES INTERNOS

POLÍTICA DE COMPLIANCE E CONTROLES INTERNOS POLÍTICA DE COMPLIANCE E CONTROLES INTERNOS ÍNDICE POLÍTICA DE COMPLIANCE E CONTROLES INTERNOS... 2 I. Apresentação... 2 II. Abrangência... 2 III. Objetivos... 2 IV. Estrutura... 3 A. Sub- Comitê de Compliance...

Leia mais

POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO, À LAVAGEM E À OCULTAÇÃO DE BENS, DIREITOS E VALORES

POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO, À LAVAGEM E À OCULTAÇÃO DE BENS, DIREITOS E VALORES POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO E COMBATE AO FINANCIAMENTO DO TERRORISMO, À LAVAGEM E À OCULTAÇÃO DE BENS, DIREITOS E VALORES 11/08/2017 INFORMAÇÃO INTERNA SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE

MANUAL DE COMPLIANCE MANUAL DE COMPLIANCE 1. INTRODUÇÃO E OBJETIVO 1.1. Compliance é uma atividade adotada pelo mercado financeiro internacional, que com preceitos éticos, e sempre em conformidade com todas as leis onde quer

Leia mais

POLITICA DE COMBATE A LAVAGEM DE DINHEIRO E FINANCIAMENTO AO TERRORISMO

POLITICA DE COMBATE A LAVAGEM DE DINHEIRO E FINANCIAMENTO AO TERRORISMO A AMB Consultores Associados possui regras e diretrizes que contribuem para a excelência na condução de seus negócios. Procura manter suas atividades dentro dos mais altos padrões de conformidade, devendo

Leia mais

LAVAGEM DE DINHEIRO NO MERCADO DE SEGUROS. Professor: Aluízio Barbosa

LAVAGEM DE DINHEIRO NO MERCADO DE SEGUROS. Professor: Aluízio Barbosa NO MERCADO DE SEGUROS Professor: Aluízio Barbosa Ocultar ou dissimular a natureza, origem, localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente,

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO E ANTICORRUPÇÃO DA NOVA MILANO INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO E ANTICORRUPÇÃO DA NOVA MILANO INVESTIMENTOS POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO E ANTICORRUPÇÃO DA NOVA MILANO INVESTIMENTOS Junho de 2016 INTRODUÇÃO A presente Política de Prevenção e Combate à Lavagem de Dinheiro e Anticorrupção

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO DA IDEIASNET S.A.

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO DA IDEIASNET S.A. POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO DA IDEIASNET S.A. Lavagem de dinheiro é a prática criminosa que consiste em converter ou transformar bens ou dinheiro, obtidos com prática de atividades

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA RESOLUÇÃOO Nº 1.902, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2013 Define as obrigações das pessoas físicas e das pessoas jurídicas que exploram atividade de economia e finanças, em razão dos crimes de lavagem ou ocultação

Leia mais

POLÍTICA DE SELEÇÃO DE PRESTADORES DE SERVIÇOS TABOAÇO, NIECKELE E ASSOCIADOS GESTÃO PATRIMONIAL LTDA. ( TNA )

POLÍTICA DE SELEÇÃO DE PRESTADORES DE SERVIÇOS TABOAÇO, NIECKELE E ASSOCIADOS GESTÃO PATRIMONIAL LTDA. ( TNA ) POLÍTICA DE SELEÇÃO DE PRESTADORES DE SERVIÇOS TABOAÇO, NIECKELE E ASSOCIADOS GESTÃO PATRIMONIAL LTDA. ( TNA ) 1. Responsabilidade A presente Política de Seleção de Prestadores de Serviços ( Política )

Leia mais

A Lei nº 9.613/98, e alterações posteriores, definem a lavagem como:

A Lei nº 9.613/98, e alterações posteriores, definem a lavagem como: Lei 9613/98 Dispõe sobre os crimes de "lavagem" ou ocultação de bens, direitos e valores; a prevenção da utilização do sistema financeiro para os ilícitos previstos nesta Lei; Definição de lavagem de dinheiro

Leia mais

Políticas Corporativas

Políticas Corporativas 1 IDENTIFICAÇÃO Título: Restrições para Uso: POLÍTICA DE PREVENÇÃO AO CRIME DE LAVAGEM DE DINHEIRO E FINANCIAMENTO AO TERRORISMO Acesso Controle Livre Reservado Confidencial Controlada Não Controlada Em

Leia mais

15 POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO

15 POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO 15 POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO 15.1 Introdução Lavagem de dinheiro é o ato de ocultar a verdadeira origem e titularidade dos frutos de atividade criminal internacionalmente reconhecida,

Leia mais

REAG GESTORA DE RECURSOS LTDA. JULHO DE 2016

REAG GESTORA DE RECURSOS LTDA. JULHO DE 2016 REAG GESTORA DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE DISTRIBUIÇÃO DE COTAS E SUITABILITY JULHO DE 2016 1 1. OBJETIVO 1.1. A REAG Gestora de Recursos Ltda. ( REAG Gestora ) não exercerá outras atividades no mercado

Leia mais

TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM Nº 301, DE 16 DE ABRIL DE 1999, COM ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELAS INSTRUÇÕES CVM Nº 463/08, 506/11, 523/12, 534/13 E

TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM Nº 301, DE 16 DE ABRIL DE 1999, COM ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELAS INSTRUÇÕES CVM Nº 463/08, 506/11, 523/12, 534/13 E TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM Nº 301, DE 16 DE ABRIL DE 1999, COM ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELAS INSTRUÇÕES CVM Nº 463/08, 506/11, 523/12, 534/13 E 553/14. Dispõe sobre a identificação, o cadastro, o

Leia mais

MANUAL DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO

MANUAL DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO MANUAL DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO 20 Com o objetivo de alinhar e regulamentar as atividades internas da TAG de acordo com as normas de Prevenção e Combate à Lavagem de Dinheiro: Índice

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO Tutors Multi Family Office Gestão de Patrimônio EIRELI -ME

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO Tutors Multi Family Office Gestão de Patrimônio EIRELI -ME POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO Tutors Multi Family Office Gestão de Patrimônio EIRELI -ME Prevenção e Combate à Lavagem de Dinheiro O COAF 1 caracteriza o crime de lavagem de dinheiro

Leia mais

Magnetis Investimentos

Magnetis Investimentos Magnetis Investimentos Política de Know Your Client (KYC), Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Financiamento ao Terrorismo Data base: 04 de outubro de 2018 Rua Cardeal Arcoverde, 2365-11º andar Pinheiros

Leia mais

Elaborado por: Aprovado por: Data de Atualização: Manual de Compliance. Regras, procedimentos e controles internos

Elaborado por: Aprovado por: Data de Atualização: Manual de Compliance. Regras, procedimentos e controles internos Elaborado por: Aprovado por: Data de Atualização: Manual de Compliance Regras, procedimentos e controles internos Versão 02 / Junho de 2016 Índice 1) Introdução... 3 2) Papéis e Responsabilidades... 3

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E COMBATE AO TERRORISMO

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E COMBATE AO TERRORISMO POLÍTICA DE PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E COMBATE AO TERRORISMO Atualização Fevereiro de 2017 Índice Apresentação... 3 Objetivos... 3 Conceitos... 3 Definição... 3 Etapas do crime de Lavagem de Dinheiro...

Leia mais

POLÍTICA DE KNOW YOUR CLIENT (KYC) E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO

POLÍTICA DE KNOW YOUR CLIENT (KYC) E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO POLÍTICA DE KNOW YOUR CLIENT (KYC) E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO Dezembro/2017 POLÍTICA DE KNOW YOUR CLIENT (KYC) E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO O termo lavagem de dinheiro abrange diversas atividades

Leia mais

Manual de Compliance. Introdução

Manual de Compliance. Introdução Manual de Compliance Versão junho/2017 Introdução 1. Compliance é uma atividade adotada pelo mercado financeiro internacional, que com preceitos éticos, e sempre em conformidade com todas as leis onde

Leia mais

I - EFPC: as entidades fechadas de previdência complementar;

I - EFPC: as entidades fechadas de previdência complementar; INSTRUÇÃO SPC N o 20, DE 1 o DE FEVEREIRO DE 2008 Estabelece orientações e procedimentos a serem adotados pelas entidades fechadas de previdência complementar - EFPC em observância ao disposto no art.

Leia mais

COAF Resolução 23 - Comercialização de JÓIAS Qua, 09 de Janeiro de :47 - Última atualização Seg, 28 de Janeiro de :57

COAF Resolução 23 - Comercialização de JÓIAS Qua, 09 de Janeiro de :47 - Última atualização Seg, 28 de Janeiro de :57 Dispõe sobre os procedimentos a serem adotados pelas pessoas físicas ou jurídicas que comercializam joias, pedras e metais preciosos, na forma do 1º do art. 14 da Lei nº 9.613, de 3.3.1998. O PRESIDENTE

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO E ANTICORRUPÇÃO RIO DAS PEDRAS INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO E ANTICORRUPÇÃO RIO DAS PEDRAS INVESTIMENTOS POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO E ANTICORRUPÇÃO RIO DAS PEDRAS INVESTIMENTOS março de 18 Ficha Técnica: Título: Área responsável: Descrição do documento: Aplicação: Tipo: Criado por:

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO. Versa Gestora de Recursos Ltda.

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO. Versa Gestora de Recursos Ltda. POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À LAVAGEM DE DINHEIRO Versa Gestora de Recursos Ltda. Janeiro/2018 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO... 3 NORMAS REGULADORAS... 4 DIRETOR RESPONSÁVEL

Leia mais

POLÍTICA DE COMBATE E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E FINANCIAMENTO DO TERRORISMO

POLÍTICA DE COMBATE E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E FINANCIAMENTO DO TERRORISMO POLÍTICA DE COMBATE E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO E FINANCIAMENTO DO TERRORISMO Este material foi elaborado pela DOMO INVEST Gestora de Ativos Financeiros e Valores Mobiliários Ltda. ( DOMO Invest

Leia mais

CONTEÚDO Seção I - Do Alcance Seção II - Dos procedimentos e controles internos Seção III - Do Cadastro de Clientes

CONTEÚDO Seção I - Do Alcance Seção II - Dos procedimentos e controles internos Seção III - Do Cadastro de Clientes CONTEÚDO Seção I - Do Alcance Seção II - Dos procedimentos e controles internos Seção III - Do Cadastro de Clientes Seção IV - Do Registro das Operações Seção V - Das Comunicações Seção VI - Da Guarda

Leia mais

POLÍTICA DE KNOW YOUR CLIENT E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO

POLÍTICA DE KNOW YOUR CLIENT E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO POLÍTICA DE KNOW YOUR CLIENT E PREVENÇÃO À LAVAGEM DE DINHEIRO 1 Junho/2016 2 SUMÁRIO 1. OBJETIVO 3 2. CONHEÇA SEU CLIENTE ( KNOW YOUR CLIENT ) E IDENTIFICAÇÃO E NEGOCIAÇÃO COM PESSOA POLITICAMENTE EXPOSTA

Leia mais