Gestão de Projetos. Gestão de projetos p. 151

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gestão de Projetos. Gestão de projetos p. 151"

Transcrição

1 Gestão de Projetos Gestão de projetos p. 151

2 Certificações internacionais em Gestão de Projetos. António Andrade Dias Responsável das Formações Gestão de Projetos Os Gestores de projetos devem fazer mais do que gerir o Âmbito, controlar os Custos e fazer respeitar Prazos. Têm que entregar com Qualidade. Estão condenados a estar à altura para antecipar e gerir ameaças, a explorar oportunidades, a gerir o Risco. Os Gestores de Projetos estão no centro do sucesso das organizações modernas, tornando-se vital a sua profissionalização, através de um cuidadoso percurso formativo. O desenvolvimento das suas competências deve permitir-lhes: - Gerir projetos de progressiva complexidade, por vezes em contextos globais e multiculturais, utilizando as melhores práticas internacionalmente aceites; - Saber captar, manter ativos e desenvolver nos colaboradores uma perspetiva de projeto; - Saber fazer acontecer, definindo prioridades, antecipando e dominando os riscos, liderando a equipa e comunicando. Para apoiar o desenvolvimento das competências do Gestor de projetos, propomos um conjunto de formações centradas no corpo teórico da gestão de projetos, conforme os referenciais de boas práticas internacionais do PMI IPMA e ISO e da metodologia de Gestão de Projetos - Prince2 Preparação para a certificação IPMA nível D Certificação PMI PRINCE2 Foundation PRINCE2 Practitioner ISO e ainda formações nas técnicas, métodos e nas competências de liderança para obter o melhor da sua equipa de projeto. CEGOC, BEYOND KNOWLEDGE. 149

3 Gestão de Projetos Gestão de Projetos Gestão de projetos Project management Gestão de projetos (Project management) + Microsoft Project Acompanhar o planeamento da gestão de projetos com software adequado Gestão de projetos: as melhores práticas Certificação PMP Curso de preparação para o exame de certificação Project Management Professional Preparação da Certificação IPMA nível D Aplicação da Norma NP ISO 21500: Prince2 Foundation Adquirir a certificação PRINCE2 Foundation Prince2 Practitioner Adquirir a certificação PRINCE2 Pratitioner Microsoft Project Aperfeiçoamento Preparar e gerir um projeto utilizando as funcionalidades disponíveis do Microsoft Project Microsoft Project Avançado Dominar as funcionalidades mais avançadas do Microsoft Project e aplicá-lo aos projetos mais complexos Gerir uma equipa de projetos A gestão sem autoridade formal Encontrar a sua formação Índice do Guia 1 Índice detalhado 73 Índice das formações no 241 Procura por palavras-chave 263 Angola - Moçambique Formações em Angola/Luanda 9/40 Formações em Moçambique/Maputo 41/72 Escolher a sua solução de aprendizagem Formações inter, intra e mistas 3/4 Formações elearning 243 Formações em idiomas Ficha de inscrição pág. 269 Ciclo de formação Certificação Best Formação mista Global Learning by Cegos Avaliação de aprendizagem Renovado 2014 Novidade 2014 Cegoc 2014

4 Gestão de projetos 5 A Gestão de projetos Project management n No final da formação o participante será detentor de técnicas e ferramentas necessárias a gestão corrente de projetos. n O conhecimento adquirido permitirá a aplicação correta dos instrumentos de apoio ao planeamento de projetos sistematizada através de uma abordagem metodológica que permita a homogeneizar a informação em ambiente de projeto. n Conhecer as ferramentas informáticas existentes para melhorar o planeamento, organização e controlo dos projetos. n GP s, Chefes de Projeto, Team Leaders. n Membros de equipes de projeto. n Responsáveis de novos produtos. n Responsáveis de Obras. n Responsáveis de projetos de investigação e desenvolvimento. n Dirigentes e Quadros Superiores chamados a participar em grupos de trabalho de um projeto. n Abordagem às melhores praticas de gestão de projetos - IPMA e PMI. n Trabalhos práticos e exercícios para aprofundamento dos conceitos. 1 Projetos e Gestão de Projetos n Definição de Projeto. n Porque falham os projetos. 2 Standards em Gestão de Projetos n Associações profissionais de Gestores de Projetos. n O Project Management Body of Knowledge. n Certificação em Gestão de Projetos. 3 O Gestor do Projeto n O perfil do Gestor de Projetos. n Gestor de Projetos ou coordenação técnica de equipas de projeto. n A Gestão de Projetos como profissão. n Estruturas tipo Project Office. 4 Definição de objetivos n Primeira etapa da abordagem do projeto. n Alvos, objetivos, requisitos, especificações. n Brainstorming. 5 Metodologia da Gestão de Projetos n Ciclo de vida de um projeto. n Ciclo de vida da Gestão de Projetos. 6 Definição de um projeto n Definição do âmbito detalhado. n Conteúdo da especificação de um projeto. n Estrutura do documento de especificação. n Definição de templates. 7 Constituição de uma equipa n Pessoas, grupos e equipas. n O papel de liderança do chefe do projeto. n O líder técnico. 8 Stakeholder Analisys n Gestão do risco. n Gestão da comunicação. 9 Planeamento do projeto n Organograma de tarefas. n Definição das tarefas. n Duração de uma tarefa. n Estrutura do projeto. n Redes de projeto. n Pert/CPM. n Gráficos de Gantt. Curso referenciado pelo PMI (são atribuídos 20 PDU s para preparar ou manter a sua certificação) 10 Início da execução do projeto n Criação de um plano base. n Acompanhamento da execução do projeto. n Reporting de desempenho. n Medição do avanço físico. 11 Execução do projeto n Técnicas de controlo de execução. n Recolha de informação. n Alterações ao plano. 12 Conclusão do projeto n Uma fase do ciclo de vida e não uma mera formalidade. n Relatório de conclusão. n Capitalizar resultados. 21 horas 3 DIAS Ref.ª 05-A ªinsc ªinsc a 26 de março 19 a 21 de maio 22 a 24 de setembro 20 a 22 de outubro Pós laboral 15 horas 5 DIAS 990 2ªinsc ªinsc a 11 de abril 10 a 14 de novembro Gestão de projetos (project management) + Microsoft Project Acompanhar o planeamento da gestão de projetos com software adequado u Primeira parte 3 dias (21 horas) Realização do curso 05-A-133: Gestão de projetos (ver objetivos e conteúdo nesta página) u Segunda parte 2 dias () Microsoft Project Utilizar o Ms Project, como ferramenta de simulação, gestão e controlo dos projetos. n Esta formação privilegia uma pedagogia alternando os aspetos metodológicos com o treino prático. n Utilização de um caso de estudo em que fica evidenciado o ciclo de vida do projeto e aplicação do mesmo numa ferramenta de gestão e controlo - Ms Project. n Trabalhos práticos de consolidação de conceitos teóricos. SEGUNDA PARTE MICROSOFT PROJECT 1 Iniciar um projeto n Ambiente geral do projeto. n Apresentação das informações. n Construir um planning de cenário grandes malhas. 35 horas 5 DIAS Ref.ª 05-A Construir o planning detalhado n Definir o planning. n Afetar os recursos. n Otimizar o planning. n Explorar o planning. 3 Fazer o acompanhamento do Projeto n Pilotar o projeto. n Integrar as alterações. 2ªinsc ªinsc e 28 de março 19 e 23 de maio 4 Concluir o dossiê projeto e explorar as formatações n Fazer a síntese. 5 Conclusão n Exercício de síntese. n Fazer evoluir a gestão de projetos com o Ms PROJECT. 22 a 26 de setembro 20 a 24 de outubro Formação também agendada em ANGOLA-Luanda (pág. 9/40) e MOÇAMBIQUE-Maputo (pág. 41/72) 151 Cegoc 2014 Consulte todas as informações em

5 5 A Gestão de projetos Gestão de projetos: as melhores práticas O principal objetivo num projeto é terminá-lo com sucesso. Um projeto mobiliza todas as capacidades de quem nele se envolve para construir um futuro e para visualizar o resultado final. Como identificar as verdadeiras razões que impulsionam o desenvolvimento do projeto? Como estabelecer as suas diferentes fases? Este curso dá-lhe os instrumentos necessários para dominar todas as fases do processo: desde a compreensão da inovação que lançou a iniciativa à sua implementação no terreno. No final da ação o participante estará dotado de conhecimentos ao nível da gestão de prazo, gestão de custo, gestão de risco e gestão de âmbito, necessários a uma gestão ocasional de projetos, dando enfoque especial ao funcionamento das equipas de projeto, desde a fase de iniciação até ao encerramento do projeto. Todos os colaboradores de uma organização chamados a intervir em ambiente de Projeto. n Esta formação privilegia uma pedagogia ativa suportada em exemplos e casos práticos. n Serão abordados os referenciais IPMA, PMI e a ISO NP 21500: módulos e-learning Princípios-base da gestão de projetos Determinar em que medida o projeto contribui para os objetivos da empresa. Prever e organizar o desenvolvimento progressivo do projeto. Assegurar o controlo e a execução do projeto. Gerir o projeto no dia-a-dia. Posicionar-se como gestor do projeto na empresa. O enquadramento do projeto O projeto: porquê preparar-se antes de agir? Estruturar a preparação do projeto: o plano de projeto. Utilizar um mapa organizativo de tarefas. Gerir as alterações do projeto. Planeamento de projetos Transformar a ideia inicial num plano concreto. Consolidar o empenho da equipa na execução do projeto. Ver e ajustar os espaços de manobra no projeto. Formalizar e divulgar o empenho da equipa de projeto. Elaborar um orçamento de projeto Definir os conceitos-chave associados a orçamentos de projetos. Definir o orçamento do projeto. Planear o orçamento no tempo. Manter o controlo do orçamento do projeto. Prever os riscos dos projetos Definir riscos e dominar o processo de gestão associado. Identificar riscos. Avaliar os riscos. Agir proporcionalmente ao risco. Monitorizar a exposição do projeto aos riscos. 2 dias de Formação Presencial 1 Princípios base da gestão de projetos n Conceitos. n Ciclo de vida do projeto. 2 Os conteúdos do projeto e a gestão do desempenho n Project charter. n Work breakdown structure (estrutura de decomposição do projeto). n Controlo das alterações. 3 Gestão do tempo n Construção de um calendário. n Otimização do calendário. 4 Gestão de custos n O que é uma estimativa? n O processo de estimativa dos custos. n Orçamento do projeto e orçamentação de custos. 5 Gestão de riscos n Gestão de riscos em projetos. n Identificar e avaliar riscos. n Preparar as respostas ao risco. n Monitorizar e minimizar riscos. 6 Trabalhar numa equipa de projeto n Eficácia pessoal dos membros da equipa de projeto. n Eficácia coletiva da equipa de projeto. 7 Conduzir o projeto n Monitorizar o projeto. n Gestão do andamento do projeto. n Relatórios de progresso do projeto. n Fecho do projeto. Questionário de autoposicionamento: avaliação dos conhecimentos Introdução e tomada de contacto com os primeiros instrumentos Reforço dos conhecimentos e consolidação das práticas Questionário de autoposicionamento: avaliação dos progressos Formação em sala: aplicação prática permanente, estudos de caso, coaching entre pares, plano de ações individual Blended Global Ref.ª 05-A-8505 Pré-avaliação online + 5 módulos elearning de 7 horas (Total: 21h) IVA à taxa em vigor elearning: realização de 5 módulos online (7 horas) 12 de fevereiro a 16 de março (online) + 17 e 18 de março (presencial) Avaliação final online 10 de setembro a 12 de outubro (online) + 13 e 14 de outubro (presencial) Treino presencial 2 dias () Modalidade intra empresa: também realizamos esta formação na sua empresa adaptada às suas equipas : Ficha de inscrição pág. 269 Cegoc 2014

6 Gestão de projetos 5 A Certificação PMP Curso de preparação para o exame de certificação Project Management Professional No final da ação o participante estará apto a: n realizar com sucesso o exame de certificação PMP bem como terá adquirido conhecimentos e práticas de acordo com este referencial; n validar conhecimentos pré adquiridos em gestão de projetos; n validar os ensinamentos obtidos através da experiência dos participantes face ao referencial PMBok ; n compreender o espirito das questões do exame de certificação. GP s, Chefes de Projeto, Diretores de Projeto, Chefes de Equipa que desejam seguir uma formacão para a preparação para o exame certificação PMP. u Métodos pedagógicos n Apoio na preparação do dossiê de candidatura ao exame de certificação. n Acesso permanente a uma base de dados com questões do exame de certificação. n Exercícios e estudos de casos para completar a aquisição de competências necessárias ao sucesso no exame PMP. n O grupo CEGOS - CEGOC é organismo de formação acreditado como REP pelo PMI. u Pré requisitos Necessária a elegibilidade para a candidatura junto do PMI. Os critérios de elegibilidade são definidos pelo PMI e estão descritos em Na presente data os critérios base de elegibilidade são os seguintes: n possuir um diploma universitário e experiência profissional em gestão de projetos no mínimo de horas ao longo de 36 meses nos últimos 8 anos de atividade profissional; n ou possuir uma formação equivalente ao 12.º ano de escolaridade e experiência em atividades de gestão de projetos no mínimo de horas ao longo de 60 meses nos últimos 8 anos de atividade profissional; n frequência de uma formação em gestão de projetos no mínimo de 35 horas. PRIMEIRA PARTE (presencial) 1 Organização do plano de trabalho n Clarificar as suas motivações pessoais. n Definir o ritmo de trabalho e os meios profissionais e pessoais de o assegurar. 2 Assistência à realização do dossiê de inscrição para obter a elegibilidade PMP n Folha de Excel para facilitar o trabalho sobre as experiências passadas. n Apoio do Formador. 3 Enquadramento da Gestão de Projetos n Definições essenciais, ligação com a estratégia, programas e portefólio de projetos. n Ciclo de vida de projeto. n Ligação entre projeto e organização da empresa. 4 Os 5 grupos de processos do Gestão de Projetos n Arranque, planeamento execução, acompanhamento e monitorização, encerramento. n Os processos no PmBok Guide e os processos da ISO NP Gestão da Integração n Do âmbito do projeto ao processo de encerramento. 6 Conteúdo do projeto n Requisitos e o conteúdo. n O WBS: Estrutura Analitica do Projeto. 7 Testes online n Os testes são postos online por temática, para facilitar a aplicação do plano de aprendizagem. ENTRE SESSÕES (à distância) 1 Gestão do Tempo n Exercício de treino: cálculo do caminho crítico, folga livre e folga total. n Aprofundamento das técnicas de referência não descritas no PMBoK Guide. 2 Testes online n Os testes podem ser realizados várias vezes, em momentos diferentes da progressão, para acompanhar o progresso de aprendizagem. 3 Interações com o Consultor-formador Cegoc (ao longo da formação) n Contactos telefónicos ou por s sobre os conteúdos da formação e sobre o dossiê de elegibilidade. n Acompanhamento e relance dos participantes à distância. SEGUNDA PARTE (presencial) 1 Ponto de situação sobre os trabalhos de cada participante. 2 Gestão dos custos do projeto n Aprofundamento dos métodos de estimativa. n Aprofundamento e exercício sobre os Earned Value Management. 3 Gestão da qualidade do projeto n Aprofundamento dos instrumentos e técnicas da qualidade e respetivos dos modelos. 4 Gestão dos recursos humanos do projeto n Contributos complementares sobre gestão de recursos humanos em ambiente de projeto. 5 Gestão da comunicação do projeto n Contributos complementares sobre os estilos de comunicação. 6 Gestão das partes interessadas n Contributos complementares às boas práticas associadas. ENTRE SESSÕES (à distância) 1 Gestão dos riscos do projeto. 2 Gestão das Aquisições Procurement do projeto n Clarificação sobre os modelos de contrato. 3 Testes online. TERCEIRA PARTE (presencial) 1 A problemática da responsabilidade profissional n Código de ética e de conduta profissional do PMP. n A PMP examination specification. 2 Ponto de situação sobre o plano de trabalho e organização dos trabalhos da reta final. 3 Retorno sobre os pontos mais difíceis do ciclo de preparação. 4 Testes online/simulação do exame. A JUZANTE DA FORMAÇÃO (à distância) 1 Acesso ao conjunto de recursos e de testes. 2 Trabalho pessoal, leitura de textos fundamentais. DURANTE A FORMAÇÃO EM SALA: + 4 MÓDULOS DE ELEARNING PMP: apresentação do curso n A organização dos conteúdos. n Conteúdos e objetivos da formação presencial. n Conteúdo e objetivos dos módulos online. PMP: a gestão do tempo n Encontrar vários instrumentos e métodos para planear e controlar a calendarização do seu projeto. n Analisar um estudo de caso e realizar 5 exercícios. n Responder a 19 perguntas sobre a gestão do tempo. PMP: a gestão dos riscos n Encontrar vários instrumentos e métodos para analisar e gerir os riscos do seu projeto. n Responder a 10 perguntas sobre a gestão dos riscos. PMP: gestão do procurement n Planeamento de compras e aquisições. n Pedido de respostas a fornecedores. n Seleção de fornecedores. n Administração de contratos. n Fecho de contratos. Formação Blended Treino presencial 2 dias () Formação à distância Treino presencial 2 dias () Formação à distância Treino presencial 1 dia (7 horas) Autoestudo e testes 35 horas 5 DIAS + 4 módulos elearning de 120 horas (Total: 155h) 2ªinsc e 15 de abril de abril a 14 de maio Ref.ª 05-A-636B 3ªinsc e 16 de maio + 17 de maio a 15 de junho + 16 de junho + 17 de junho a 11 de julho 18 e 19 de setembro + 20 de Set. a 15 de outubro + 16 e 17 de outubro + 18 de Out. a 16 de novembro + 17 de novembro + 18 de Nov. a 15 de dezembro 153 Cegoc 2014 Consulte todas as informações em

7 5 A Gestão de projetos Preparação da certificação IPMA nível D No final da ação o participante estará apto a: n realizar com sucesso o exame de certificação IPMA - Nível D, bem como, terá adquirido conhecimentos e práticas de acordo com este referencial; n validar conhecimentos pré adquiridos em gestão de projetos; n validar os ensinamentos obtidos através da experiência dos participantes face ao referencial ICB-NCB Apogep; n compreender o espirito das questões do exame de certificação. GP s, Chefes de Projeto, Diretores de Projeto, Chefes de Equipa que desejam seguir uma formação para a preparação para o exame certificação IPMA Nível D. n Simulação de questões típicas de exames de certificação. n Exercícios e estudos de casos para completar a aquisição de competências necessárias ao sucesso no exame IPMA - Nível D. IPMA D é a certificação de gestão de projetos que mais cresce em Portugal. Mais de profissionais do setor público e privado foram certificados sob o modelo de Certificação APOGEP-IPMA nos últimos anos, sendo a certificação mais procurada no mercado. Oferecemos em associação com a APOGEP, membro nacional da IPMA um curso de preparação intensiva para aqueles que desejam fazer o exame IPMA Nível D. Os exames são realizados em Portugal pela Comissão de Certificação da APOGEP. IPMA Certification é um sistema de certificação baseado em competências. Ao contrário Ref.ª 05-A-977 de uma certificação baseada no conhecimento, que mede o nível do candidato face a um corpo específico de conhecimento, a certificação IPMA mede a competência na utilização de métodos e técnicas. Ao frequentar este curso você irá: Ter dominio das três áreas de competência do ICB-NCB, estudando todas as técnicas de gestão de projetos, elementos comportamentais e contextuais; Treinar o modelo de exercicios a que será submetido no exame. Simular em tempo real a realização de um exame de certificação IVA à taxa em vigor Inclui o custo de inscrição no exame. 30 e 31 de janeiro Tópicos do O curso é composto de exposições, exercícios, testes, e simulação do exame em tempo real. n Introdução ao Sistema de Certificação IPMA. n Princípios básicos de Gestão de Projetos. n Gestão de Projetos, s e Portefólio. n Competências Técnicas. n Competências Comportamentais. n Competências Contextuais. n Métodos na gestão de Projetos. n Estruturas organizacionais. n Estudos de caso. n Simulação de exame. 4 e 5 de setembro Aplicação da norma NP ISO 21500:2012 n No final da formação o participante ficará com os conhecimentos, competências, metodologias e práticas da gestão profissional de projetos conforme definidos pela norma NP ISO 21500: Linhas de orientação para a gestão de projetos (ISO 21500:2012 Guidance on Project Management). n Pretende-se que os participantes fiquem aptos a gerir cada etapa do ciclo de vida do projeto, cumprindo com os objetivos, prazos e orçamentos estabelecidos, e observando as linhas de orientação sistematizadas na referida norma, bem como terão adquirido o conhecimento necessário à sua sistematização processual. n GP s, Chefes de Projeto, Team Leaders n Membros de equipes de projeto. n O standard e material de preparação serão fornecidos aos participantes para uma primeira aproximação à ISO NP 21500:2012. n Trabalhos práticos e exercícios para aprofundamento dos conceitos. 1 Introdução n Porque precisamos de normas. n O desafio da normalização da Gestão de Projetos. n A estrutura da NP Princípios da Gestão de Projetos n Projetos e operações. n Conceitos de projetos, programas e portefólio. Ref.ª 05-A n Eficácia e eficiência na gestão de projetos. n Critérios e fatores de sucesso. n Contexto do projeto e da organização. n Os objetivos e constrangimentos do projeto. n Gestão de stakeholders e suas expectativas. n Conceito de ciclo de vida de projeto e ciclo de vida de produto. 2ªinsc ªinsc e 21 de março 3 Processos de gestão de projetos n Processos e competências na gestão de projetos. n Aplicação dos processos de gestão de projetos duas abordagens. 4 Aplicação metodológica da Norma NP21500:2012 n Inicio do projeto. n Planeamento do projeto. n Controlo do projeto. n Encerramento do projeto. 29 e 30 de setembro 154 Ficha de inscrição pág. 269 Cegoc 2014

8 Gestão de projetos 5 A Prince2 Foundation Adquirir a certificação PRINCE2 Foundation No final da ação o participante estará apto a realizar com sucesso o exame de certificação Prince2 Foundation, bem como terá adquirido conhecimentos e práticas de metodologia e a sua sistematização processual. n GP s, Chefes de Projeto, Team Leaders. n Membros de equipas de projeto utilizadores da metodologia Prince2. n O standard e material de preparação serão fornecidos aos participantes para uma primeira aproximação à metodologia Prince2. n Trabalhos práticos e exercícios para aprofundamento dos conceitos. n Exame no final do último dia. n O grupo CEGOS é organismo de formação acreditado pela APMG International. 1 Introdução ao PRINCE2. 2 Princípios do PRINCE2 n A metodologia n Porquê o PRINCE2 define princípios? n Conhecer os 7 princípios: - justificação do negócio; - lições tiradas da experiência; - papéis e responsabilidades definidas; - gestão por sequências; - gestão por exceção; - focalização no produto; - adaptação ao contexto do projeto. 3 Temas PRINCE2 n Conhecer os 7 temas: - caso do negócio; - organização; - qualidade; - planos; - risco; - mudança; - progressão. n Comentar estes 7 temas. n Relacionar estes 7 temas com situações reais de projeto. 4 Processos PRINCE2 n Dominar os 7 processos: - elaborar o projeto; - dirigir o projeto; - iniciar o projeto; - controlar uma sequência; - gerir a entrega de produtos; - gerir um limite de sequência; - encerrar o projeto. n Estabelecer a lista dos dados de entrada e de saída de cada um desses processos. n Identificar a finalidade dos principais produtos assim como os seus conteúdos chave. 5 Os anexos principais do PRINCE2 n A adaptação do PRINCE2 ao contexto do projeto. n Modelos de descrição de produto para os produtos PRINCE2. n Gouvernance papéis e responsabilidades. n Listas de controlo. n Glossário. 21 horas 3 DIAS Ref.ª 05-A IVA à taxa em vigor Inclui o custo de inscrição no exame. 26 a 28 de maio 1 a 3 de dezembro Prince2 Practitioner Adquirir a certificação PRINCE2 Practitioner No final da ação o participante estará apto a realizar com sucesso o exame de certificação Prince2 Practitioner, bem como terá adquirido conhecimentos e práticas de metodologia e a sua sistematização processual, através da adaptação da metodologia a projetos reais. n GP s, Chefes de Projeto, Team Leaders. n Membros de equipas de projeto utilizadores da metodologia Prince2. n Exercícios práticos de aplicação da Metodologia. n Exame no final do último dia. n O grupo CEGOS é organismo de formação acreditado pela APMG International. u Pré requisitos Os participantes devem possuir a certificação Prince2 Foundation. 1 Introdução ao PRINCE2 Practitioner n Particularidades da certificação do nível Practitioner. n Truques e dicas para a passagem no exame. n Nota: o exame é constituído por questões de escolhas múltiplas complexas. Desenrola-se em 2h30. n Pode ser consultado o livro de referência sobre o PRINCE2. Trata-se pois de um exame sobre a aplicação prática do método. 2 Rever os Princípios do PRINCE2 n Rever os 7 princípios e a sua aplicação. n Como utilizar os princípios como linha diretriz da adaptação do método. n Adaptação ao contexto do projeto. 3 Rever os Temas PRINCE2 n Conhecer os 7 temas: - caso de negócio; - organização; - qualidade; - planos; - risco; - mudança; - progressão. n Poder comentar estes 7 temas. n Relacionar estes 7 temas com situações reais de projeto. 4 Processos PRINCE2 n Dominar os 7 processos: - elaborar o projeto; - dirigir o projeto; - iniciar o projeto; - controlar uma sequência; - gerir a entrega de produtos, - gerir um limite de sequência; - encerrar o projeto. n Estabelecer a lista dos dados de entrada e de saída a aplicar, assim como as atividades relativas aos processos sobre casos particulares de projeto. n Fazer a ligação entre os produtos de management e os processos. 5 Visão sistémica e razões profundas que subentendem PRINCE2 n As ligações Temas Processos Técnicas Produtos. n As razões que explicam a estrutura PRINCE2. n A facilidade de utilizar a metodologia em qualquer tipo de projeto. Ref.ª 05-A IVA à taxa em vigor Inclui o custo de inscrição no exame. 29 e 30 de maio 4 e 5 de dezembro 155 Cegoc 2014 Consulte todas as informações em

9 5 A Gestão de projetos Microsoft Project Aperfeiçoamento Preparar e gerir um projeto utilizando as funcionalidades disponíveis do Microsoft Project No final da formação os participantes deverão ser capazes de: n estruturar e planear um projeto com o Microsoft Project; n utilizar o Microsoft Project no acompanhamento da execução de um projeto; n executar tarefas de adaptação do Microsoft Project às suas necessidades específicas. Chefes de projetos e membros de equipa de projeto encarregada da gestão da planificação e do acompanhamento de projetos. n Pedagogia baseada na metodologia hands on em que cada participante terá computador para experienciar os temas abordados e desenvolver exercícios práticos propostos. n Plano pedagógico com alternância entre exposições e exercícios práticos individuais. n Análise e discussão de situações específicas apresentadas pelos participantes. Ref.ª 09-C ªinsc ªinsc. 250 Este curso permite-lhe estruturar a preparação, planeamento e gestão de um projeto através do Microsoft Project, definindo um cronograma de atividades e uma alocação efetiva de recursos. 1 Introduzir o Microsoft Project como ferramenta de gestão de projetos n Iniciar um projeto. n Definição das opções. n Criação e alteração de calendários. n Abertura de um novo projeto. 2 Definir das atividades de um projeto n Criação de atividades; Hierarquia das atividades (WBS). n Atividades sumário; Visualização e alteração dos níveis de hierarquia. n Criação de milestones. n Tipos de atividades; Unidades de tempo; Duração das atividades. 3 Criar a estrutura de um projeto através de um referencial de cronograma e relação de atividades n Relações de dependência entre atividades; Formas de criar as relações de dependência; Tipos de relações de dependência. n Outras características de uma relação de dependência. 4 Alocar e definir os recursos n Recursos do projeto. n Tipos de recursos. n Criação de um recurso. n Parametrização e calendário de um recurso. n Formas de alocação de um recurso. 23 e 24 janeiro 13 e 14 março n Afetação de recursos em função do tipo de atividade. n Duração vs. Trabalho; Afetação a tempo parcial; Sobrecarga de recursos. 5 Aprofundar as características de uma atividade n Definição de prioridades; Criação de restrições de datas. n Introdução de notas e anexos; Criação de uma atividade recorrente. 6 Aprofundar as características de um recurso n Definição da sua disponibilidade. n Criação de tabelas de custos. n Introdução de notas e anexos. 7 Caracterizar opções avançadas na gestão de custos e recursos n Criação e Aplicação de diferentes tabelas de custos. n Aplicação de Work Contours. n Definição e aplicação de overtime. n Criação de custos fixos numa atividade; Afetação de recursos de custo fixo. 8 Visualizar o projeto e introduzir os gráficos de Gantt n Aplicação e formatação de outras views. n Aplicação e formatação de outras tables. n Aplicação de filtros. n Definição e ordenação de grupos. n Visualizar gráficos de Gantt e opções disponíveis. n Personalização da escala de tempo. n Formatação de grelhas. n Criação e alteração de tipos de barras e de texto. n Opções de impressão. 9 Analisar a alocação de recursos n O Resource Usage e o Resource 29 e 30 abril 25 e 26 setembro Graph; Identificação de sobrecargas; Personalização das vistas. n Acrescentar informação às vistas. n Opções de formatação. 10 Resolver problemas de sobrecarga de recursos n Considerações sobre o nivelamento de recursos; Definição de parâmetros para o nivelamento; Aplicação e anulação do nivelamento; Análise na vista de Detail Gantt. 11 Introduzir métodos de acompanhamento de um projeto n O Tracking Gantt; Criação de uma Baseline e de planos interinos. n Atualização dos dados do projeto; Atualização dos dados de uma atividade; Criação de uma interrupção no projeto. 12 Criar relatórios no Microsoft Project n Tipos de relatórios. n Visualização, paginação e impressão. n Criação de relatórios personalizados. 13 Exportar e analisar dados noutras aplicações n Criação e aplicação de mapas de exportação. n Exportação dos dados para o Excel. 14 Introduzir métodos de planeamento com múltiplos projetos n Projetos e subprojetos. n Inserir um projeto noutro. n Relações de dependência interprojeto. 15 Partilhar recursos n Criação de uma pool de recursos. n Atualização da pool de recursos. n Análise consolidada de todos os projetos que partilham a pool. n Considerações adicionais. 27 e 28 outubro 11 e 12 dezembro Formação também agendada em ANGOLA-Luanda (pág. 9/40) e MOÇAMBIQUE-Maputo (pág. 41/72) 156 Ficha de inscrição pág. 269 Cegoc 2014

Gestão de Projetos. António Andrade Dias. Responsável das Formações Gestão de Projetos

Gestão de Projetos. António Andrade Dias. Responsável das Formações Gestão de Projetos Gestão de Projetos António Andrade Dias Responsável das Formações Gestão de Projetos Gestão de Projetos Gestão.... 74 Project management Gestão (Project management) + Microsoft Project... 74 Acompanhar

Leia mais

Projetos e Organização

Projetos e Organização Projetos e Organização Gestão de projetos p. 114 Organização p. 121 Certificações internacionais em Gestão de Projetos. António Andrade Dias Responsável das Formações Projetos e Organização Os Gestores

Leia mais

CATÁLOGO DE FORMAÇÃO project management - management personal effectiveness

CATÁLOGO DE FORMAÇÃO project management - management personal effectiveness CATÁLOGO DE FORMAÇÃO project management - management personal effectiveness 2015 Rua Bombarda 58 Santa Joana 3810-013 Aveiro, Portugal emete@emete.com 1 ÍNDICE PREPARAÇÃO PARA A CERTIFICAÇÃO PMP...4 GESTÃO

Leia mais

Gestão de Projectos. Área de Management/ Comportamental

Gestão de Projectos. Área de Management/ Comportamental Gestão de Projectos Área de / Comportamental INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES Tel. (+351) 21 314 34 50 Fax. (+351) 21 314 34 49 e-mail. cursos@globalestrategias.pt Web. www.globalestrategias.pt 63 Project Fundamentals

Leia mais

SPEEXX Empowering Communication

SPEEXX Empowering Communication Empowering Communication Empowering communication speexx Coach... 38 speexx Live... 38 speexx Phone... 39 speexx 1:1... 39 Encontrar a sua formação Índice do Guia 2 Índice detalhado 10 Procura por palavras-chave

Leia mais

SOBRE O LIVRO... XVII. 1. Introdução à Gestão de Projetos... 1. 1.1 Definição de projeto... 1. 1.2 Ciclo de vida do projeto... 3

SOBRE O LIVRO... XVII. 1. Introdução à Gestão de Projetos... 1. 1.1 Definição de projeto... 1. 1.2 Ciclo de vida do projeto... 3 Índice SOBRE O LIVRO... XVII 1. Introdução à Gestão de Projetos... 1 1.1 Definição de projeto... 1 1.2 Ciclo de vida do projeto... 3 1.3 Gestão de projetos... 3 1.4 Ciclo de vida da gestão de projetos...

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt

www.highskills.pt geral@highskills.pt Objetivos Gerais Microsoft Project no Suporte à Gestão Profissional de Projetos Este Curso pretende dotar os participantes das seguintes competências: utilização eficaz da ferramenta Microsoft Project

Leia mais

- Project Management Institute. Disciplina de Engenharia de Software. PMP- Project Management Professional PMBOK

- Project Management Institute. Disciplina de Engenharia de Software. PMP- Project Management Professional PMBOK Disciplina de Engenharia de Software Material elaborado por Windson Viana de Carvalho e Rute Nogueira Pinto em 19/07/2004 Material alterado por Rossana Andrade em 22/04/2009 - Project Management Institute

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO ESPECÍFICO. Regulamento

CURSO DE FORMAÇÃO ESPECÍFICO. Regulamento CURSO DE FORMAÇÃO ESPECÍFICO ÍNDICE PREÂMBULO... 3 Procedimentos Técnico-Pedagógicos... 4 1.1. Destinatários e condições de acesso... 4 1.2. Organização dos cursos de formação... 4 1.3. Componentes de

Leia mais

Marketing Digital. Carla Machado. Francesco Berrettini. Responsável das Formações Marketing Digital

Marketing Digital. Carla Machado. Francesco Berrettini. Responsável das Formações Marketing Digital Marketing Digital Francesco Berrettini Responsável das Formações Marketing Digital Carla Machado Coordenadora Pedagógica das Formações Marketing Digital Marketing Digital Digital Marketing - Professional

Leia mais

TREINAMENTOS MAGAZINE 3 WORKSHOP INTERNACIONAL DE LIDERANÇA 5 GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS 7 INTRODUÇÃO AO GERENCIAMENTO DE PROJETOS

TREINAMENTOS MAGAZINE 3 WORKSHOP INTERNACIONAL DE LIDERANÇA 5 GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS 7 INTRODUÇÃO AO GERENCIAMENTO DE PROJETOS TREINAMENTOS MAGAZINE 3 WORKSHOP INTERNACIONAL DE LIDERANÇA Líderes eficazes devem encontrar maneiras de melhorar o nível de engajamento, compromisso e apoio das pessoas, especialmente durante os períodos

Leia mais

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada.

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. Anexo A Estrutura de intervenção As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. 1. Plano de ação para o período 2016

Leia mais

F.1 Gerenciamento da integração do projeto

F.1 Gerenciamento da integração do projeto Transcrição do Anexo F do PMBOK 4ª Edição Resumo das Áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos F.1 Gerenciamento da integração do projeto O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos

Leia mais

Proposta. Gerenciando Projetos com Microsoft Project. Apresentação Executiva. Gerenciando Projetos com Ms-Project

Proposta. Gerenciando Projetos com Microsoft Project. Apresentação Executiva. Gerenciando Projetos com Ms-Project Gerenciando Projetos com Microsoft Project Apresentação Executiva 1 O Microsoft Project é utilizado principalmente para o planejamento e controle de projetos. Atualmente é a ferramenta mais utilizada no

Leia mais

Indice. Parte I - Um Modelo de Gestão de Projectos. Introdução... 1

Indice. Parte I - Um Modelo de Gestão de Projectos. Introdução... 1 r Indice Introdução.......................................... 1 Parte I - Um Modelo de Gestão de Projectos 1- Características da Gestão de Projectos 11 1.1 Definição de Projecto 11 1.2 Projectos e Estratégia

Leia mais

Projetos Organização. n Gestão de Projetos 142 n Organização 151

Projetos Organização. n Gestão de Projetos 142 n Organização 151 Projetos Organização n Gestão de Projetos 142 n Organização 151 PROJETOS ORGANIZAÇÃO 7 A Gestão de projetos Gestão de projetos Project management n Chefes de projetos de toda a espécie. n Responsáveis

Leia mais

Gestão de Projectos. Alguns dos tópicos abordados:

Gestão de Projectos. Alguns dos tópicos abordados: 1. Enquadramento: Cada projecto possui uma dada finalidade que normalmente se pode identificar pelo próprio nome do projecto, por exemplo, o projecto da nova ponte Y, o projecto do novo carro Híbrido Y,

Leia mais

Preparatório para o Exame de PMP Autora: Rita Mulcahy Edição: 8ª, em português (alinhado ao Guia PMBoK 2013 5ª Edição)

Preparatório para o Exame de PMP Autora: Rita Mulcahy Edição: 8ª, em português (alinhado ao Guia PMBoK 2013 5ª Edição) Preparatório para Certificação PMP Objetivo Este treinamento tem como finalidade preparar o profissional que atua como gerente de projetos, para que possa realizar com segurança o exame de Certificação

Leia mais

Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003

Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003 Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003 29 3.1 GERENCIAMENTO DO ESCOPO O Gerenciamento do Escopo do Projeto engloba os processos necessários para assegurar que o projeto inclua todas

Leia mais

METODOLOGIA HSM Centrada nos participantes com professores com experiência executiva, materiais especialmente desenvolvidos e infraestrutura tecnológica privilegiada. O conteúdo exclusivo dos especialistas

Leia mais

Management, Liderança e Coaching

Management, Liderança e Coaching Management, Liderança e Coaching Mário Ceitil Managing Partner Responsável das Formações Liderança e Coaching Paulo Finuras Diretor dos Mercados Internacionais, Consultoria RH e Capital Humano Responsável

Leia mais

Fatores Críticos de Sucesso em GP

Fatores Críticos de Sucesso em GP Fatores Críticos de Sucesso em GP Paulo Ferrucio, PMP pferrucio@hotmail.com A necessidade das organizações de maior eficiência e velocidade para atender as necessidades do mercado faz com que os projetos

Leia mais

EMENTA E8 E9. PIP Trabalho Final de Planejamento Integrado (Projetos e Sub-Projetos) MIP Medição do Projeto ESTUDO DE CASO

EMENTA E8 E9. PIP Trabalho Final de Planejamento Integrado (Projetos e Sub-Projetos) MIP Medição do Projeto ESTUDO DE CASO Anexo 1 - Escopo do Curso de Ferramenta de Apoio ao Gerenciamento de Projetos MSProject 2010 Abordagem PMBOK 4ª Edição E1 Elaborar Termo de Abertura do Projeto (TAP) e Registro das Especificações do Projeto

Leia mais

Project Management Training. Rua de Santo Amaro à Estrela, 17 A 1249-028 Lisboa Portugal Tel: (+351) 213 190 540 e-mail: contacto@knownow.

Project Management Training. Rua de Santo Amaro à Estrela, 17 A 1249-028 Lisboa Portugal Tel: (+351) 213 190 540 e-mail: contacto@knownow. Project Management Training Rua de Santo Amaro à Estrela, 17 A 1249-028 Lisboa Portugal Tel: (+351) 213 190 540 e-mail: contacto@knownow.pt Índice 1. ABORDAGENS FORMATIVAS 1.1 Formação Prática em Gestão

Leia mais

LEARNING MENTOR. Leonardo da Vinci DE/09/LLP-LdV/TOI/147 219. Perfil do Learning Mentor. Módulos da acção de formação

LEARNING MENTOR. Leonardo da Vinci DE/09/LLP-LdV/TOI/147 219. Perfil do Learning Mentor. Módulos da acção de formação LEARNING MENTOR Leonardo da Vinci DE/09/LLP-LdV/TOI/147 219 Perfil do Learning Mentor Módulos da acção de formação 0. Pré-requisitos para um Learning Mentor 1. O papel e a função que um Learning Mentor

Leia mais

Gestão de Projectos Lisboa 18, 19 e 20 de outubro de 2016

Gestão de Projectos Lisboa 18, 19 e 20 de outubro de 2016 Curso Especializado Competências e habilidades para controlar e dominar todas as etapas de planificação, desenvolvimento e monitorização Conceitos, Processos e Técnicas fundamentais da Gestão de Projectos

Leia mais

REGULAMENTO DA FORMAÇÃO E DA VALORI- ZAÇÃO PROFISSIONAIS

REGULAMENTO DA FORMAÇÃO E DA VALORI- ZAÇÃO PROFISSIONAIS REGULAMENTO DA FORMAÇÃO E DA VALORI- ZAÇÃO PROFISSIONAIS Documento aprovado por deliberação do Conselho Superior em 16 de julho de 2014 P á g i n a 0 REGULAMENTO DA FORMAÇÃO E DA VALORIZAÇÃO PROFISSIONAIS

Leia mais

4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge

4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge 58 4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge No Brasil, as metodologias mais difundidas são, além do QL, o método Zopp, o Marco Lógico do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Mapp da

Leia mais

Gerenciamento do escopo

Gerenciamento do escopo Gerenciamento do escopo Gerenciamento do escopo Escopo pode ser definido como a soma dos produtos de um projeto, bem como a descrição de seus requisitos. O momento de definir o escopo é a hora em que o

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013

FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013 FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Especialização em Gestão de Projectos Nível 1 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER Este curso constitui

Leia mais

GESTÃO MUSEOLÓGICA E SISTEMAS DE QUALIDADE Ana Mercedes Stoffel Fernandes Outubro 2007 QUALIDADE E MUSEUS UMA PARCERIA ESSENCIAL

GESTÃO MUSEOLÓGICA E SISTEMAS DE QUALIDADE Ana Mercedes Stoffel Fernandes Outubro 2007 QUALIDADE E MUSEUS UMA PARCERIA ESSENCIAL CADERNOS DE MUSEOLOGIA Nº 28 2007 135 GESTÃO MUSEOLÓGICA E SISTEMAS DE QUALIDADE Ana Mercedes Stoffel Fernandes Outubro 2007 QUALIDADE E MUSEUS UMA PARCERIA ESSENCIAL INTRODUÇÃO Os Sistemas da Qualidade

Leia mais

Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos Humanos e das Comunicações

Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos Humanos e das Comunicações ENAP Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos

Leia mais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. Gestão de Projectos

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. Gestão de Projectos Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama Sines Tecnopolo Pós-Graduação Gestão de s Edital 1ª Edição 2012 1 Enquadramento O Sines Tecnopolo apresenta, em parceria com

Leia mais

MANUAL DO CURSO Normas Internacionais de Auditoria

MANUAL DO CURSO Normas Internacionais de Auditoria MANUAL DO CURSO ÍNDICE ENQUADRAMENTO DESCRIÇÃO DESTINATÁRIOS OBJETIVOS ESTRUTURA E DURAÇÃO AUTORES FUNCIONAMENTO E METODOLOGIA DO CURSO AVALIAÇÃO E CERTIFICAÇÃO PORTAL E CONTEÚDOS MULTIMÉDIA PORTAL ORDEM

Leia mais

Gerência de Projetos CMMI & PMBOK

Gerência de Projetos CMMI & PMBOK Gerência de Projetos CMMI & PMBOK Uma abordagem voltada para a qualidade de processos e produtos Prof. Paulo Ricardo B. Betencourt pbetencourt@urisan.tche.br Adaptação do Original de: José Ignácio Jaeger

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO QUALIDADE, AMBIENTE, SEGURANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL FORMAÇÃO SGS ACADEMY PORQUÊ A SGS ACADEMY? Criada, em 2003, como área de negócio da

Leia mais

i 3.2 Assegurar Integridade e Profissionalismo 43 9 3.2.1 Lucro Pessoal 44

i 3.2 Assegurar Integridade e Profissionalismo 43 9 3.2.1 Lucro Pessoal 44 ICE Introdução 1 PARTE I - CONTEXTO DA GESTÃO DE PROJECTOS E NORMAS DO MERCADO 1. Enquadramento da Gestão de Projectos 7 1.1 Definição de Projecto 7 1.2 Intervenientes no Projecto 9 1.3 Triângulo de Restrições

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO

PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 1. Identificação do Curso Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Recursos Humanos 2. Destinatários Profissionais em exercício de funções na área de especialização do curso ou novos

Leia mais

Manual. Coordenador / Diretor de Curso. Ano letivo 2012/2013

Manual. Coordenador / Diretor de Curso. Ano letivo 2012/2013 Manual do Coordenador / Diretor de Curso Ano letivo 2012/2013 Índice Índice... 1 Atribuições do Coordenador/Diretor de Curso... 2 Horários... 4 Alteração de Horários... 5 Arquivo de Documentação... 5 C1

Leia mais

PROPOSTA DE CANDIDATURA PARTE B (ANEXO TÉCNICO) SISTEMA DE INCENTIVOS À INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO (SI I&DT) AVISO Nº 10/SI/2015

PROPOSTA DE CANDIDATURA PARTE B (ANEXO TÉCNICO) SISTEMA DE INCENTIVOS À INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO (SI I&DT) AVISO Nº 10/SI/2015 PROPOSTA DE CANDIDATURA PARTE B (ANEXO TÉCNICO) SISTEMA DE INCENTIVOS À INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO (SI I&DT) AVISO Nº 10/SI/2015 PROJETOS DEMONSTRADORES INDIVIDUAIS Título do projeto /

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos PMI, PMP e PMBOK PMI (Project Management Institute) Estabelecido em 1969 e sediado na Filadélfia, Pensilvânia EUA, o PMI é a principal associação mundial, sem fins lucrativos,

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA ABERTURA A People & Skills foi criada para responder às necessidades de um mercado cada vez mais apostado em desenvolver e consolidar competências que

Leia mais

Questões atualizadas no PMBoK 5ª edição versão 2015. Respostas comentadas com justificativa e seção do PMBoK correspondente.

Questões atualizadas no PMBoK 5ª edição versão 2015. Respostas comentadas com justificativa e seção do PMBoK correspondente. Copyright 2015 PMtotal.com.br - Todos os direitos reservados PMI, Guia PMBOK, PMP, CAPM são marcas registradas do Project Management Institute, Inc Simulado de 20 questões para as provas CAPM e PMP do

Leia mais

FICHA DE CURSO. Gestão de Projetos

FICHA DE CURSO. Gestão de Projetos FICHA DE CURSO DESCRIÇÃO DO CURSO Este curso segue as recomendações do PMBOK Guide 5ª Edição do Project Management Institute (PMI) e da ISO 21500, da International Standards Organization (ISO) para apresentar

Leia mais

Catálogo de cursos online

Catálogo de cursos online www.pwc.pt/academy PwC s Academy Catálogo de cursos online PwC s Academy Portefólio de soluções formativas de profissionais para profissionais Soluções de aprendizagem online Os cursos em formato de elearning

Leia mais

Gestão de Projetos MBE_UFRGS_2012

Gestão de Projetos MBE_UFRGS_2012 Gestão de Projetos MBE_UFRGS_2012 Istefani Carísio de Paula Programa 07/03 - Conceitos, definições e método de GP 14/03 Gestão de Portfólio 21/03- Gestão de Portfólio 28/03 Iniciação e Planejamento do

Leia mais

Gestão de Projetos para Profissionais de Vendas

Gestão de Projetos para Profissionais de Vendas Como adquirir aptidões e Skills de gestão de projetos para ganhar e conducir negócios complexos Gestão de Projetos para Profissionais de Vendas Lisboa, 19 e 20 de Abril de 2016 Identificar a correta estratégia

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gerenciamento de Projetos Coordenação Acadêmica: Dr. André Valle

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gerenciamento de Projetos Coordenação Acadêmica: Dr. André Valle CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gerenciamento de Projetos Coordenação Acadêmica: Dr. André Valle APRESENTAÇÃO A FGV é uma instituição privada sem fins lucrativos, fundada em 1944,

Leia mais

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda.

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda. 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa, com sede em Castelo Branco, é uma empresa criada em 2007 que atua nos domínios da engenharia civil e da arquitetura. Atualmente, é uma empresa

Leia mais

Cegoc Moçambique O MAIOR GRUPO EUROPEU DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL AGORA EM MOÇAMBIQUE. cegoc.co.mz

Cegoc Moçambique O MAIOR GRUPO EUROPEU DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL AGORA EM MOÇAMBIQUE. cegoc.co.mz Cegoc Moçambique Formação e Consultoria em Capital Humano O MAIOR GRUPO EUROPEU DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL AGORA EM MOÇAMBIQUE cegoc.co.mz O maior grupo europeu de formação profissional agora em Moçambique

Leia mais

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro:

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro: Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009 do PMBOK do PMI Acompanha o livro: l CD com mais de 70 formulários exemplos indicados pelo PMI e outros desenvolvidos

Leia mais

Jonas de Souza H2W SYSTEMS

Jonas de Souza H2W SYSTEMS Jonas de Souza H2W SYSTEMS 1 Tecnólogo em Informática Fatec Jundiaí MBA em Gerenciamento de Projetos FGV Project Management Professional PMI Mestrando em Tecnologia UNICAMP Metodologia de apoio à aquisição

Leia mais

1 Inicie um novo. Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007. projeto

1 Inicie um novo. Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007. projeto Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007 1 Inicie um novo Antes de começar um novo, uma organização deve determinar se ele se enquadra em suas metas estratégicas. Os executivos

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE PORTFOLIO DE SERVIÇOS

APRESENTAÇÃO DE PORTFOLIO DE SERVIÇOS APRESENTAÇÃO DE PORTFOLIO DE SERVIÇOS Versão 1 2010 A SIX SIGMA BRASIL apresenta a seguir seu portfolio de capacitação e consultoria de serviços de gerenciamento de projetos, processos (lean e seis sigma)

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos

Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula visam tratar da identificação bem como do estabelecimento de uma estrutura organizacional apropriada ao

Leia mais

GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP. AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça

GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP. AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP Entidade interlocutora: Identificação do Projecto AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça Nº do projecto: 2001/EQUAL/A2/AD/139 Designação do projecto: Área

Leia mais

GUIA DO FORMANDO DIAGNOSTICAR, AVALIAR E INTERVIR EDIÇÃO DAIB1P ÁREA: PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE

GUIA DO FORMANDO DIAGNOSTICAR, AVALIAR E INTERVIR EDIÇÃO DAIB1P ÁREA: PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE GUIA DO FORMANDO DIAGNOSTICAR, AVALIAR E INTERVIR EDIÇÃO DAIB1P ÁREA: PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE Índice ENQUADRAMENTO DESCRIÇÃO DESTINATÁRIOS OBJETIVOS ESTRUTURA E DURAÇÃO AUTOR METODOLOGIA PEDAGÓGICA

Leia mais

Planejamento Recursos

Planejamento Recursos UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina FEJ Faculdade de Engenharia de Joinville Planejamento Recursos Prof. Régis K. Scalice DEPS Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas Objetivos da

Leia mais

Gestão da Formação. > Formação Pedagógica Inicial de Formadores 101. > Formação Pedagógica Contínua de Formadores 102

Gestão da Formação. > Formação Pedagógica Inicial de Formadores 101. > Formação Pedagógica Contínua de Formadores 102 > Formação Pedagógica Inicial de Formadores 101 > Formação Pedagógica Contínua de Formadores 102 > Diagnóstico de Necessidades de Formação 103 > Avaliação da Formação 104 Gestão da Formação 99 Calendário

Leia mais

) A B M O E Ã ( Ç S E A IR S E D R M P E M E E IVO T D U O C Ã E Ç X A E R O T D IS A R IN T M S D E A Colaboração; M E

) A B M O E Ã ( Ç S E A IR S E D R M P E M E E IVO T D U O C Ã E Ç X A E R O T D IS A R IN T M S D E A Colaboração; M E MESTRADO EXECUTIVO EM DIREÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS (EMBA) Colaboração; MESTRADO EXECUTIVO EM DIREÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS (EMBA) DIRIGIDO A: OBJETIVOS: Graduados universitários e profissionais

Leia mais

Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades

Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades Objetivos da Aula: Nesta aula, iremos conhecer os diversos papéis e responsabilidades das pessoas ou grupos de pessoas envolvidas na realização de

Leia mais

Como concluir um projeto com sucesso?

Como concluir um projeto com sucesso? Como concluir um projeto com sucesso? Luiz Eduardo Cunha, Eng. Professor da FAAP e do IMT 1 Luiz Eduardo Cunha Graduado em Engenharia de Produção EPUSP Pós-Graduado em Gestão do Conhecimento e Inteligência

Leia mais

ORDEM DOS FARMACÊUTICOS - RESPOSTA A PEDIDO DE CREDITAÇÃO

ORDEM DOS FARMACÊUTICOS - RESPOSTA A PEDIDO DE CREDITAÇÃO Filipe Leonardo De: suporte@sensocomum.pt Enviado: sexta-feira, 16 de Novembro de 2012 17:40 Para: mguedes.silva@mjgs.pt ; joanaviveiro@ordemfarmaceuticos.pt; joaomartinho@ordemfarmaceuticos.pt Assunto:

Leia mais

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com Moçambique Agenda EVENTOS 2013 NEW!! Também in Company INSCREVA-SE EM inscrip@iirportugal.com VISITE www.iirportugal.com INOVAÇÃO Estimado cliente, Temos o prazer de lhe apresentar em exclusiva o novo

Leia mais

Gestão de Projetos PMI - PMBOK

Gestão de Projetos PMI - PMBOK Os Processos de um projeto 2 Projetos são organizados por processos, adaptados, à sua natureza e ao seu ciclo de vida. Gestão de Projetos PMI - PMBOK São realizados por pessoas que estão alocadas no projeto

Leia mais

O Fórum Económico de Marvila

O Fórum Económico de Marvila Agenda O Fórum Económico de Marvila A iniciativa Cidadania e voluntariado: um desafio para Marvila A Sair da Casca O voluntariado empresarial e as políticas de envolvimento com a comunidade Tipos de voluntariado

Leia mais

Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custo

Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custo Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custo A Abordagem do PMI para as Áreas de Tríplice Restrição O PMI define nove áreas de conhecimento e vários processos divididos entre estas áreas. Embora nenhuma delas

Leia mais

Planejamento e Gerência de Projetos de Software. Prof.: Ivon Rodrigues Canedo. PUC Goiás

Planejamento e Gerência de Projetos de Software. Prof.: Ivon Rodrigues Canedo. PUC Goiás Planejamento e Gerência de Projetos de Software Prof.: Ivon Rodrigues Canedo PUC Goiás Projeto É um trabalho que visa a criação de um produto ou de serviço específico, temporário, não repetitivo e que

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Desenvolvendo o Plano de Gerenciamento do Projeto. Coletando Requisitos. Declarando

Leia mais

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001

O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 O PROCESSO DE REVISÃO ISO 9001 Andreia Martins Gestora de Cliente andreia.martins@apcer.pt Tópicos Enquadramento do Processo de Revisão Principais Alterações Pensamento Baseado em Risco Informação Documentada

Leia mais

Gestão de Projetos para ENSAIOS CLÍNICOS

Gestão de Projetos para ENSAIOS CLÍNICOS A gestão eficiente do Ensaio tem um impacto signficativo nos tempos, alcance e orçamento do desenvolvimento dos medicamentos 2ª Edição Curso Prático Saiba como melhorar os aspetos chave de todas as fases

Leia mais

* Categoria I (profissionais com 3º grau completo): 4.500 horas e 36 meses de experiência nos últimos 6 anos;

* Categoria I (profissionais com 3º grau completo): 4.500 horas e 36 meses de experiência nos últimos 6 anos; Desde 1984, o Project Management Institute tem se dedicado ao desenvolvimento e manutenção de um rigoroso Programa de Certificação Profissional, com base em um exame, visando o avanço da profissão de Gerenciamento

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Project Management Institute. Prof. Miguel Torres miguel.torres@terra.com.br

Gerenciamento de Projetos Project Management Institute. Prof. Miguel Torres miguel.torres@terra.com.br Gerenciamento de Projetos Project Management Institute Prof. Miguel Torres miguel.torres@terra.com.br Objetivo do Curso Criar condições e proporcionar métodos para o desenvolvimento da capacidade gestora,

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

Unidade I GERENCIAMENTO DE. Profa. Celia Corigliano

Unidade I GERENCIAMENTO DE. Profa. Celia Corigliano Unidade I GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Objetivo Estimular o aluno no aprofundamento do conhecimento das técnicas de gestão profissional de projetos do PMI. Desenvolver em aula

Leia mais

Porque garantir o sucesso dos seus projectos não é opcional!

Porque garantir o sucesso dos seus projectos não é opcional! MBA EM GESTÃO DE PROJECTOS IMOBILIÁRIOS Porque garantir o sucesso dos seus projectos não é opcional! Introdução A ESAI é a única escola que se dedica exclusivamente ao ensino das actividades imobiliárias

Leia mais

I) D A P ( O Ã Ç E IR D A T L A E D A M A R G O R Colaboração; P

I) D A P ( O Ã Ç E IR D A T L A E D A M A R G O R Colaboração; P PROGRAMA DE ALTA DIREÇÃO (PADI) Colaboração; PROGRAMA DE ALTA DIREÇÃO (PADI) DIRIGIDO A: O PADI (Programa de Alta Direção) está dirigido a pessoas que levam vários anos desempenhando funções de Direção

Leia mais

Palestra Gratuita sobre Certificação PMP - 5ª Edição Prof. André Ricardi, PMP

Palestra Gratuita sobre Certificação PMP - 5ª Edição Prof. André Ricardi, PMP Palestra Gratuita sobre Certificação PMP - 5ª Edição Prof. André Ricardi, PMP 17 -agosto-2013 Agenda Apresentação Institucional Certificação PMP Mudanças na Certificação PMP Preparação para o Exame de

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Projetos tem por fornecer conhecimento teórico instrumental que

Leia mais

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas ECONOMISTA - RIVAS ARGOLO 2426/D 62 9905-6112 RIVAS_ARGOLO@YAHOO.COM.BR Objetivo deste mini curso : Mostrar os benefícios do gerenciamento de projetos

Leia mais

Trabalho Interdisciplinar. MS Project

Trabalho Interdisciplinar. MS Project Aula Prática: Introdução ao Microsoft Project Professional MS Project Como vimos em nossas aulas, a EAP Estrutura Analítica do Projeto é o primeiro passo para criar um cronograma de um projeto estruturado.

Leia mais

Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos

Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos Aula 1 Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com http://www.bolinhabolinha.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com

Leia mais

CICLO CERTIFICADO ACTIVISION CIEO Coaching Indivíduos, Equipas & Organizações

CICLO CERTIFICADO ACTIVISION CIEO Coaching Indivíduos, Equipas & Organizações CICLO CERTIFICADO ACTIVISION CIEO Coaching Indivíduos, Equipas & Organizações Representado por: 1 OBJECTIVOS PEDAGÓGICOS! Adquirir as 11 competências do coach de acordo com o referencial da ICF! Beneficiar

Leia mais

Ficha técnica do curso

Ficha técnica do curso Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática 40h Domine os conhecimentos em gerenciamento de projetos e esteja um passo a frente no mercado. Cada vez mais, as empresas reconhecem a importância de profissionais

Leia mais

MASTER EXECUTIVO GESTÃO ESTRATÉGICA

MASTER EXECUTIVO GESTÃO ESTRATÉGICA Pág.: 1/10 HISTÓRICO DO DOCUMENTO / EMISSÃO Data Ver. Objeto da Revisão Elab. / Verif. (Função / Nome / Assinatura(*)) C. Técnicocientífica/ S. Iglésias Aprovação (Função / Nome / Assinatura(*)) Diretora/

Leia mais

Módulo 2: Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custos do Projeto

Módulo 2: Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custos do Projeto ENAP Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 2: Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custos do

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E INVESTIMENTOS ATRAVÉS DO GERENCIAMENTO DE PROGRAMAS CONSULTORIA

OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E INVESTIMENTOS ATRAVÉS DO GERENCIAMENTO DE PROGRAMAS CONSULTORIA OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E INVESTIMENTOS ATRAVÉS DO GERENCIAMENTO DE PROGRAMAS CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Alcance melhores resultados através da gestão integrada de projetos relacionados ou que compartilham

Leia mais

Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP

Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP DARCI PRADO Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP Versão 2.0.0 Janeiro 2014 Extraído do Livro "Maturidade em Gerenciamento de Projetos" 3ª Edição (a publicar)

Leia mais

Microsoft Project 2007

Microsoft Project 2007 www.gerentedeprojeto.net.br Microsoft Project 2007 Criando a EAP Alexandre Paiva de Lacerda Costa, PMP, MCTS, ITIL Sumário Estrutura Analítica do Projeto (EAP)... 3 Criar a EAP e o dicionário da EAP...

Leia mais

EXECUTIVE MASTER OF FASHION BUSINESS (Pós-graduação)

EXECUTIVE MASTER OF FASHION BUSINESS (Pós-graduação) EXECUTIVE MASTER OF FASHION BUSINESS (Pós-graduação) Rua Castilho 90 2ºesq 1250-071 Lisboa, Portugal Rua José Gomes Ferreira nº219 - Aviz 4150-442 Porto, Portugal info@beill.pt / www.beill.pt Sobre A Beill

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO O presente Regulamento pretende enquadrar as principais regras e linhas de orientação pelas quais se rege a atividade formativa da LEXSEGUR, de forma a garantir

Leia mais

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS PROJETO NOVAS FRONTEIRAS DECLARAÇÃO DE TRABALHO TREINAMENTO STATEMENT OF WORK Preparado por Nelson Azevedo Membro do Time Versão 1 Aprovado por Rodrigo Mendes Lemos Gerente do Projeto 28/11/2010 Propósito

Leia mais

Auditorias da Qualidade

Auditorias da Qualidade 10 páginas sobre s da Qualidade "Não olhes para longe, despreocupando-se do que tens perto." [ Eurípedes ] VERSÃO: DATA de EMISSÃO: 9-10-2009 AUTOR: José Costa APROVAÇÃO: Maria Merino DESCRIÇÃO: Constitui

Leia mais

SQUADRA TRAINING IMPROVE YOUR BUSINESS PERFORMANCE! ÍNDICE CALENDÁRIO 2º SEMESTRE 2014 APRESENTAÇÃO PORTFÓLIO CONTACTOS E INFORMAÇÕES

SQUADRA TRAINING IMPROVE YOUR BUSINESS PERFORMANCE! ÍNDICE CALENDÁRIO 2º SEMESTRE 2014 APRESENTAÇÃO PORTFÓLIO CONTACTOS E INFORMAÇÕES SQUADRA TRAINING ÍNDICE 2 CALENDÁRIO 2º SEMESTRE 2014 3 APRESENTAÇÃO 5 PORTFÓLIO 14 1 CONTACTOS E INFORMAÇÕES IMPROVE YOUR BUSINESS PERFORMANCE SQUADRA TRAINING CALENDÁRIO 2º SEM. 2014 2 VENDER COM SUCESSO

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANO DE MELHORIA

ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANO DE MELHORIA ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANO DE MELHORIA 2012-2015 PLANO DE MELHORIA (2012-2015) 1. CONTEXTUALIZAÇÃO DO PROCESSO Decorreu em finais de 2011 o novo processo de Avaliação Externa

Leia mais

Centros para a Qualificação e o Ensino Profissional (CQEP) Estrutura, competências e objetivos

Centros para a Qualificação e o Ensino Profissional (CQEP) Estrutura, competências e objetivos Centros para a Qualificação e o Ensino Profissional (CQEP) Estrutura, competências e objetivos Maria João Alves Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional 24 de novembro de 2014 I SIMPÓSIO

Leia mais