Objetivos. Essa pesquisa buscou identificar o grau de conhecimento dos paulistas a respeito da FAPESP e sobre Ciência e Tecnologia.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Objetivos. Essa pesquisa buscou identificar o grau de conhecimento dos paulistas a respeito da FAPESP e sobre Ciência e Tecnologia."

Transcrição

1 População

2 Objetivos Essa pesquisa buscou identificar o grau de conhecimento dos paulistas a respeito da FAPESP e sobre Ciência e Tecnologia.

3 3 POPULAÇÃO Principais resultados

4 Principais resultados 4 * 63% dos paulistas têm algum interesse por Ciência e Tecnologia (6% muito interesse); dos temas investigados, Medicina e Saúde (5%) e meio ambiente e ecologia (39%) são áreas próximas da ciência e estão em primeiro e terceiro lugares * Os paulistas buscam informações sobre Ciência e Tecnologia principalmente na TV, internet e conversa com amigos * O conhecimento científico é associado principalmente no cuidado com a saúde (70%) e menos associado à formação de opiniões políticas e sociais 30%) * A maioria absoluta percebe a importância da Ciência na vida cotidiana e reconhece os avanços proporcionado por ela, mas muitos consideram difícil entender o tema * 88% consideram muito importante o investimento em Ciência e Tecnologia e a maioria considera que o país tem pouco destaque nessa área

5 Principais resultados 5 * 86% acham que o governo deve financiar a pesquisa científica mesmo que não traga benefícios imediatos * Para 39%, o país está atrasado e para 70% o investimento em Ciência e Tecnologia é menos que o suficiente * 77% não sabem dizer o nome de qualquer instituição de pesquisa (nem mesmo o de universidades) * Profissão de cientista é a terceira mais admirada (6%), abaixo de professor (77%) e Médico (70%) * 6% já ouviram falar na FAPESP * Maioria não sabe a área de atuação da FAPESP; 5% citam financiamento de pesquisas e 4% consideram que é uma instituição de ensino * 9% apoiam a existência de instituições de fomento à pesquisa

6 Metodologia 6 Pesquisa quantitativa, com abordagem pessoal dos entrevistados, mediante aplicação de questionário estruturado com cerca de 5 minutos de duração. Universo População adulta do Estado de São Paulo. Foram entrevistados homens e mulheres, com 6 anos ou mais, de todas as classe sociais. Amostra Foram realizadas no total 3.7 entrevistas, abrangendo as 5 mesorregiões do Estado de SP. Margem de erro Para o total da amostra é de,0 pontos percentuais, para mais ou para menos, dentro de um nível de confiança de 95%. Checagem O Datafolha realiza a checagem de 0% de todo o material. Data de campo De 7 de setembro a 03 de outubro de 03.

7 Metodologia 7 As entrevistas foram realizadas em 38 cidades do Estado de São Paulo de pequeno, médio e grande porte em todas as 5 mesorregiões do Estado. Mesorregiões (amostra) - Mesorregião de São José do Rio Preto - Mesorregião de Ribeirão Preto 3- Mesorregião de Araçatuba 4- Mesorregião de Bauru 5- Mesorregião de Araraquara 6- Mesorregião de Piracicaba 7- Mesorregião de Campinas 8- Mesorregião de Presidente Prudente 9- Mesorregião de Marília 0- Mesorregião de Assis - Mesorregião de Itapetininga - Mesorregião Macro Metropolitana Paulista 3- Mesorregião do Vale do Paraíba Paulista 4- Mesorregião Litoral Sul-Paulista 5- Mesorregião Metropolitana de São Paulo

8 8 POPULAÇÃO Interesse por Ciência e Tecnologia

9 Lembrança de Ciência e Tecnologia Espontânea e múltipla, em % Quando se fala sobre ciência e tecnologia, qual a primeira coisa que vem à cabeça? 9 APARELHOS TECNOLÓGICOS Informática a 4 anos: 4% Ensino Médio: 4% Telefonia/ Celulares Eletrodomésticos 5 DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO 9 Desenvolvimento/ Avanço Avanços tecnológicos 8 Homens: 3% INTERNET 9 MEDICINA/ SAÚDE 8 EDUCAÇÃO/ ESTUDOS 4 PESQUISAS 3 MEIO AMBIENTE ÁREAS DA CIÊNCIA OUTROS NADA * Citações NÃO até % SABE/ NÃO LEMBRA Total 60 anos ou mais: 3% Ensino fundamental: 3% Renda familiar mensal de até S.M: 5% Não PEA: 5% Fonte: P. Quando se fala sobre Ciência e Tecnologia, qual é a primeira coisa que vem a sua cabeça? O que mais?

10 Interesse por Ciência & Tecnologia e outros assuntos Estimulada e única, em % Medicina e saúde despertam maior interesse; 6% têm muito interesse por Ciência & Tecnologia 0 Taxa de muito interesse Medicina e saúde 5 Alimentação e consumo 45 Ciência e tecnologia Meio ambiente e ecologia Religião Esportes Cinema, arte e cultura Muito interessado Interessado % Ciência e tecnologia 6 Pouco interessado 7 Economia e empresas Moda 4 4 Nada interessado 8 Política Astrologia e esoterismo 7 Não sabe Curiosidades sobre a vida de pessoas famosas 7 Fonte: P. Você diria que é muito interessado, interessado, pouco interessado ou nada interessado por assuntos ligados a: Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

11 Perfil do entrevistado sócio demográfico Em % Têm muito interesse por ciência e tecnologia principalmente os homens e mais escolarizados Sexo Idade Média 40 anos anos 3 Masculino Feminino 6 a 4 anos 5 a 34 anos 35 a 44 anos 45 a 59 anos 60 anos ou mais Escolaridade Renda familiar mensal Fundamental Médio Superior Até S.M. Mais de a 5 S.M. Mais de 5 a 0 S.M. Mais de 0 S.M. Total Muito interesse Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

12 Razões para ter e para não ter interesse por Ciência e Tecnologia Espontânea e múltipla, em % Tem interesse Não tem interesse Conhecimento/ aprendizado/aprender sobre esse assunto 3 Desconhecimento/assunto complicado 3 Faz parte da vida/é importante 7 Não gosta de ciência e tecnologia 9 Gosta do assunto/acompanha as novidades Não tem tempo 7 Diagnóstico, tratamento e cura de doenças 0 Trabalha na área/ atualização profissional 0 Não tem interesse profissional 4 Facilita o dia a dia 9 Não faz parte do dia a dia 3 Faz curso na área/pretende fazer um curso na área 4 Outras respostas 9 Outras respostas Não sabe 3 Fonte: P.3 Por quais motivos você é muito interessado por ciência e tecnologia?

13 requência com que se informa sobre C&T stimulada e única, em % 3 Um terço costuma assistir a programas ou documentários na TV sobre ciência e tecnologia Assistir programas ou documentários na TV sobre ciência e tecnologia ou sobre natureza Utilizar a internet para procurar informação sobre ciência Conversar com os seus amigos sobre temas relacionados à ciência, tecnologia ou meio ambiente Ler notícias científicas nos jornais Ler revistas de divulgação científica Ouvir programas de rádio sobre ciência e tecnologia Ler livros de divulgação científica Participar de alguma ação relacionada com ciência, tecnologia ou meio ambiente, como manifestações ou protestos Visitar museus, centros ou exposições sobre ciência e tecnologia Frequentemente De vez em quando Fonte: P.6 Com que frequência você costuma(leia CADA ITEM): frequentemente, de vez em quando ou nunca? Base: Total da amostra = 3.7

14 Utilidade da Ciência Estimulada e única, em % Conhecimento científico e tecnológico tem muita utilidade, principalmente, para a saúde e prevenção de doenças No cuidado com a saúde e prevenção de doenças O conhecimento científico e tecnológico tem muita utilidade: 70 4 Na minha compreensão do mundo Na preservação do entorno da minha casa e do meio ambiente 47 5 Nas minhas decisões como consumidor 43 Na minha profissão ou trabalho 4 Na formação das minhas opiniões políticas e sociais 30 Fonte: P.7 O conhecimento científico e tecnológico tem muita utilidade, alguma utilidade ou nenhuma utilidade (LEIA CADA ITEM):

15 Compreensão de Ciência e Tecnologia Estimulada e única, em % 5 Maioria considera que não é possível fazer ciência sem tecnologia Concordância com as frases (concorda muito + concorda em parte) Avanços tecnológicos só são possíveis através de descobertas científicas 78 A Ciência se preocupa mais com teorias enquanto a Tecnologia está focada na prática de conhecimento 74 Ciência e Tecnologia são coisas diferentes 66 É possível fazer Ciência sem Tecnologia 33 Total Fonte: P.a Agora eu vou ler algumas frases e gostaria de saber se você concorda ou discorda de cada uma delas. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

16 Fonte: P.8 Em que medida você concorda ou discorda das seguintes afirmações (LEIA CADA ITEM): Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas. Compreensão de Ciência e Tecnologia Estimulada e única, em % Maioria reconhece a importância da Ciência Concordância com as frases (concorda muito + concorda em parte) 6 A Ciência faz parte das nossas vidas e todos nós deveriamos ter interesse por ela 9 A Ciência tornará nossas vidas mais fáceis O conhecimento científico e tecnológico melhora a capacidade das pessoas para decidir coisas importantes em suas vidas É importante para a minha vida diária saber sobre Ciência Nos dias de hoje, é fácil se informar sobre os novos avanços científicos Os benefícios que a Ciência traz são maiores que os malefícios 8 Quanto mais eu sei sobre Ciência mais preocupado eu fico 64

17 Fonte: P.8 Em que medida você concorda ou discorda das seguintes afirmações (LEIA CADA ITEM): Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas. Compreensão de Ciência e Tecnologia Estimulada e única, em % Maioria considera difícil entender sobre Ciência Concordância com as frases (concorda muito + concorda em parte) 7 Ciência e Tecnologia são tão especializadas que a maioria das pessoas não consegue entendê-las 79 Eu estou fascinado com as realizações da Ciência 68 Eu não consigo acompanhar os avanços em Ciência e Tecnologia porque a velocidade dos avanços é muito rápida 66 Eu não sou suficientemente inteligente para compreender a Ciência e Tecnologia 54 A escola me afastou da Ciência 6

18 Fonte: P.8 Em que medida você concorda ou discorda das seguintes afirmações (LEIA CADA ITEM): Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas. Compreensão de Ciência e Tecnologia Estimulada e única, em % Maioria defende que o governo financie a pesquisa científica Concordância com as frases (concorda muito + concorda em parte) 8 Mesmo que não traga benfícios imediatos, a pesquisa científica que promova conhecimento deve ser financiada pelo Governo 86 Os avanços científicos tendem a beneficiar mais os mais ricos do que os mais pobres 60 Quando tomam decisões, os políticos deveriam levar mais em conta as evidências científicas do que a opinião pública 5 A velocidade do desenvolvimento científico e tecnológico dificulta o seu controle pelo Governo 50 Os financiamentos governamentais à Ciência deveriam ser suspensos pois esse dinheiro seria melhor gasto em outras áreas 3

19 POPULAÇÃO Financiamento e investimentos em Ciência e Tecnologia no Brasil

20 Áreas em que o Brasil se destaca Estimulada e única, em % Esporte é a área em que o país mais se destaca e que tem a melhor avaliação Taxa de muito destaque, em % Avaliação positiva do governo (ótimo + bom) Esporte 60 Esporte 49 Agricultura e pecuária 4 Energia 4 Turismo Indústria Turismo Ciência e tecnologia Cultura Arte e cultura 4 Meio ambiente 3 Desenvolvimento de tecnologias Economia 0 Pesquisa científica Educação 0 8 Habitação Combate ao desemprego Combate à fome e à miséria Saúde 9 Total Educação 4 Fonte: P.5 Na sua opinião, o Brasil tem muito destaque, algum destaque, pouco destaque ou nenhum destaque em: Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

21 Investimento em Ciência e Tecnologia Estimulada e única, em % 3 88% avaliam como muito importante o investimento em C&T Muito importante 88 Renda familiar mensal de mais de 5 a 0 S.M: 97% Ensino superior: 95% Renda familiar mensal de mais de 0 S.M: 94% Conhece a FAPESP: 93% Pouco importante 9 Nada importante Não sabe Fonte: P.4 Na sua opinião, o investimento em ciência e tecnologia é muito importante, um pouco importante ou nada importante para o país? Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

22 Conhecimento de instituições de pesquisa Espontânea e múltipla, em % 77% não sabem informar algum nome de instituições de pesquisa 4 INSTITUTOS/ FUNDAÇÕES UNIVERSIDADES 0 IBGE INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) USP UNICAMP ITA 7 4 Entre os mais ricos e entre os mais escolarizados o conhecimento é maior, alcançando 30%. FAPESP foi citada, mas não alcançou % Butantan UNESP Embrapa CNPQ Fiocruz / Fundação Osvaldo Cruz IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) FAPESP Outras respostas ref. a Institutos/ Fundações 0 3 Total PUC FGV Outras respostas ref. a Univ. EMPRESAS PRIVADAS HOSPITAIS OUTRAS RESPOSTAS NENHUMA/ NÃO CONHECE NÃO SABE * Citações até % 5 Ensino fundamental: 65% 60 anos ou mais: 6% Renda familiar mensal de até S.M: 6% Fonte: P.0 Quais instituições que fazem pesquisa científica no Brasil você conhece? Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

23 TOTAL São José do Rio Preto Ribeirão Preto Araçatuba Bauru Araraquara Piracicaba Campinas Presidente Prudente Marilia Assis Itapetininga Macrometropolitana Paulista Vale do Paraíba Paulista Litoral Sul Paulista Metropolitana de São Paulo Conhecimento de instituições de pesquisa Espontânea e múltipla, em % 5 MESORREGIÕES INSTITUTOS/ FUNDAÇÕES UNIVERSIDADES EMPRESAS PRIVADAS HOSPITAIS OUTRAS RESPOSTAS NENHUMA/ NÃO CONHECE NÃO SABE/ NÃO LEMBRA Base Fonte: P.0 Quais instituições que fazem pesquisa científica no Brasil você conhece? Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

24 Financiamento de pesquisa Espontânea e múltipla, em % Governo é citado como o principal financiador da pesquisa científica e tecnológica no país; 4% não sabem informar algum nome GOVERNO/ POLÍTICOS EMPRESAS PRIVADAS 5 44 Ensino superior: 57% Renda familiar mensal de 5 a 0 S.M: 56% Renda familiar mensal de mais de 0 S.M: 56% 6 POPULAÇÃO 4 EMPRESAS PÚBLICAS UNIVERSIDADES INSTITUIÇÕES/ FUNDAÇÕES LIGADAS À PESQUISA ONGS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS OUTRAS RESPOSTAS NÃO SABE/ NÃO LEMBRA 4 Renda familiar mensal de até S.M: 60% Ensino fundamental: 58% 60 anos ou mais: 5% Não PEA: 49% Fonte: P. Na sua opinião, quem financia, normalmente, a pesquisa científica e tecnológica em nosso país? Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

25 Avaliação da pesquisa científica no Brasil Estimulada e única, em % 70% avaliam como insuficiente o investimento do país em Ciência e Tecnologia; 39% avaliam como atrasada a pesquisa científica no país Grau de desenvolvimento do país em pesquisa científica Avançado Intermediário Atrasado Não sabe Investimento em Ciência e Tecnologia no país Mais do que o suficiente Suficiente Menos do que o suficiente Fonte: P. Na sua opinião, o Brasil é um país avançado, intermediário, ou atrasado em temas de pesquisa científica? P. 3 Na sua opinião, o investimento no Brasil em C&T é: mais do que suficiente, suficiente ou menos que suficiente? Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

26 Prestígio de algumas profissões Estimulada e única, em % 8 Professor é a profissão mais admirada; cientista fica em terceiro Taxa de muita admiração, em % Professor Médico Cientista Engenheiro Jornalista Esportista Religioso Juiz Empresário Advogado Militar Artista Curandeiro Político Fonte: P.8 Pensando nessas profissões, você diria que tem: muita admiração, alguma admiração, pouca admiração ou nenhuma admiração (LEIA CADA ITEM): Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

27 9 POPULAÇÃO Conhecimento sobre a FAPESP

28 Conhecimento da FAPESP Estimulada e única, em % 6% já ouviram falar da FAPESP; maioria não sabe o que faz a FAPESP 30 Conhecimento da FAPESP O que faz a FAPESP? Sim 6 Renda familiar mensal de mais de 0 S.M: 45% Ensino superior: 36% Não tem religião: 34% FAZ/ FINANCIA PESQUISAS INSTITUIÇÃO DE ENSINO DESENVOLVE/ DIVULGA TECNOLOGIA BOLSA DE ESTUDOS/ RECURSOS FINANCEIROS 5 4 Renda familiar mensal de mais de 0 S.M: 4% Ensino superior: 38% Não tem religião: 37% Não 74 CURSOS/ FORMAÇÃO PROFISSIONAL OUTRAS RESPOSTAS 3 Total NÃO SABE/ NÃO LEMBRA 65 * Base: Entrevistados que já ouviram falar da FAPESP = 84 entrevistas Fonte: P.4 Você já ouviu falar da FAPESP? P. 5 O que faz a FAPESP? Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

29 O QUE FAZ A FAPESP CONHECIMENTO DA FAPESP TOTAL São José do Rio Preto Ribeirão Preto Araçatuba Bauru Araraquara Piracicaba Campinas Presidente Prudente Marilia Assis Itapetininga Macrometropolitana Paulista Vale do Paraíba Paulista Litoral Sul Paulista Metropolitana de São Paulo Conhecimento da FAPESP Estimulada e única, em % 3 MESORREGIÕES Sim Não Base FAZ/ FINANCIA PESQUISAS INSTITUIÇÃO DE ENSINO DESENVOLVE/ DIVULGA TECNOLOGIA BOLSA DE ESTUDOS/ RECURSOS FINANCEIROS CURSOS/ FORMAÇÃO PROFISSIONAL OUTRAS RESPOSTAS NÃO SABE/ NÃO LEMBRA Base* Fonte: P.4 Você já ouviu falar da FAPESP? P. 5 O que faz a FAPESP? Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas. * Base: Entrevistados que já ouviram falar da FAPESP = 84 entrevistas

30 Posicionamento em relação às instituições públicas de fomento à pesquisa 34 (Estimulada e única, em %) A maioria apoia a existência de instituições de fomento à pesquisa, sobretudo, os mais escolarizados e mais ricos Posicionamento A favor Contra Não sabe Ensino superior: 96% Renda familiar mensal de mais de 5 a 0 S.M: 96% Não tem religião: 94% 60 anos ou mais: 8% Total Fonte: P.6 Você é a favor ou contra a existência de instituições de fomento à pesquisa no país, financiadas pelo Estado, como a FAPESP? Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

31 Vínculo com alguma instituição de pesquisa Espontânea e múltipla, em % 6% têm ou já tiveram vínculo com alguma instituição de fomento à pesquisa científica; universidades são destaque 35 Tem Já teve Vínculo UNIVERSIDADES PARTICULARES 3 UNIVERSIDADES PARTICULARES 3 UNIVERSIDADES PÚBLICAS 3 UNIVERSIDADES PÚBLICAS 4 Sim 6 HOSPITAIS 8 INSTITUIÇÕES/ FUNDAÇÕES LIGADAS À PESQUISA Nunca teve 94 ESCOLAS TÉCNICAS ESTADUAIS INSTITUTOS/ ASSOCIAÇÕES MÉDICAS INSTITUIÇÕES/ FUNDAÇÕES LIGADAS À PESQUISA ESCOLAS TÉCNICAS ESTADUAIS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO LIGADAS ÀS INDÚSTRIAS HOSPITAIS 5 0 Total Ensino superior: 0% Renda familiar mensal de mais de 0 S.M: 6% Não tem religião: 4% Renda familiar mensal de mais de 5 a 0 S.M: % SBC TRANS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO LIGADAS ÀS INDÚSTRIAS ONGs PREFEITURAS OUTRAS RESPOSTAS * Base: Entrevistados que têm vínculo = 76 entrevistas 3 0 PREFEITURAS PETROBRÁS OUTRAS RESPOSTAS NÃO SABE/ NÃO LEMBRA * Base: Entrevistados que já tiveram vínculo = 3 entrevistas 5 4 Fonte: P.7 Você tem vínculo com alguma instituição que promove a pesquisa científica? Quais? P.7a Você já teve vínculo com alguma instituição que promove a pesquisa científica? Quais? Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

32 36 36 POPULAÇÃO Perfil da amostra: População em geral

33 Perfil do entrevistado sócio demográfico Em % 37 Sexo 78% têm renda familiar mensal de até 5 S.M; 44% nível médio e 9% superior Idade Média 40 anos Masculino Feminino 6 a 4 anos 5 a 34 anos 35 a 44 anos 45 a 59 anos 60 anos ou mais Escolaridade Renda familiar mensal Fundamental Médio Superior Até S.M. Mais de a 5 S.M. Mais de 5 a 0 S.M. Mais de 0 S.M. Recusa Não sabe Total Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

34 Perfil do entrevistado sócio demográfico Em % 89% têm alguma religião; católicos são 47% Religião 38 Católica 47 Evangélica Pentecostal 5 Evangélica não Pentecostal Espirita Kardecista/ Espiritualista 5 7 Umbanda Candomblé ou outras religiões afro- Outras religiões Não tem religião nenhuma 3 0 * Citações até %. É ateu/ não acredita em Deus Total Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

35 Perfil do entrevistado sócio demográfico Em % 39 Não PEA 7% PEA 73% PEA Assalariado registrado Free-lance/ bico Assalariado sem registro Autônomo regular (Paga ISS) 5 Funcionário público 4 Aposentado Dona de casa Estudante Vive de rendas Empresário Estagiário/ aprendiz Profissional liberal (autônomo universitário) 3 Outros NAO PEA Outros PEA 0 Desempregado (Não procura Desempregado (procura emprego) 6 Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

36 Perfil do entrevistado sócio demográfico Em % 40 Mesorregiões Metropolitana de São Paulo 5 Piracicaba 3 Campinas 9 Presidente Prudente Macrometropolitana Paulista Ribeirão Preto Vale do Paraíba Paulista Itapetininga Araraquara Araçatuba Assis São José do Rio Preto 4 Litoral Sul Paulista Bauru 4 Marilia Mesorregiões: - Mesorregião de São José do Rio Preto; - Mesorregião de Ribeirão Preto; 3- Mesorregião de Araçatuba; 4- Mesorregião de Bauru; 5- Mesorregião de Araraquara; 6- Mesorregião de Piracicaba; 7- Mesorregião de Campinas; 8- Mesorregião de Presidente Prudente; 9- Mesorregião de Marília; 0- Mesorregião de Assis; - Mesorregião de Itapetininga; - Mesorregião Macro Metropolitana Paulista; 3- Mesorregião do Vale do Paraíba Paulista; 4- Mesorregião Litoral Sul-Paulista; 5- Mesorregião Metropolitana de São Paulo Total Base: Total da amostra = 3.7 entrevistas.

PESQUISADORES. Pesquisadores

PESQUISADORES. Pesquisadores Pesquisadores Objetivos 2 Conhecer a opinião dos pesquisadores apoiados pela FAPESP sobre o tema Ciência e Tecnologia. 3 Principais resultados Principais resultados 4 Melhores recursos financeiros e credibilidade

Leia mais

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões OBJETIVOS CONSULTAR A OPINIÃO DOS BRASILEIROS SOBRE A SAÚDE NO PAÍS, INVESTIGANDO A SATISFAÇÃO COM SERVIÇOS PÚBLICO E PRIVADO, ASSIM COMO HÁBITOS DE SAÚDE PESSOAL E DE CONSUMO DE MEDICAMENTOS METODOLOGIA

Leia mais

P.FiltroI : Você tem título de eleitor? 1 Sim (PROSSIGA) Não (AGRADEÇA E ENCERRE)

P.FiltroI : Você tem título de eleitor? 1 Sim (PROSSIGA) Não (AGRADEÇA E ENCERRE) PO 813638D INTENÇÃO DE VOTO PARA PREFEITO DE PORTO ALEGRE Nº CPD: Nº CIDADE: 1100 CHECAGEM: 1 CHECADO 2 SEM TELEFONE 3 TELEFONE ERRADO 4 NÃO ENCONTRADO Nº DE PONTO: V. FECHADAS: QTD: Nº QUESTIONÁRIO: Nº

Leia mais

Junho / 2014. Reformas políticas

Junho / 2014. Reformas políticas Junho / 2014 Reformas políticas Metodologia Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.125 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do

Leia mais

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. METODOLOGIA METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.085 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas foram

Leia mais

Avaliação dos planos e seguros saúde

Avaliação dos planos e seguros saúde 1 Avaliação dos planos e seguros saúde Estado de São Paulo Agosto/2012 Objetivo 2 Conhecer a opinião dos usuários de planos ou seguros de saúde do Estado de São Paulo, investigando a utilização dos serviços

Leia mais

Intenção de voto para presidente da República PO813749. www.datafolha.com.br

Intenção de voto para presidente da República PO813749. www.datafolha.com.br Intenção de voto para presidente da República PO813749 01 e 02/07/2014 INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE JULHO DE 2014 EM MÊS MARCADO POR COPA, DILMA RECUPERA PREFERÊNCIA DE ELEITORES Queda nos votos em

Leia mais

Pesquisa Quantitativa Plastivida. Setembro de 2012

Pesquisa Quantitativa Plastivida. Setembro de 2012 Pesquisa Quantitativa Plastivida Setembro de 2012 objetivo geral Verificar a opinião da população de Belo Horizonte acerca da retirada das sacolas plásticas dos estabelecimentos comerciais da cidade e

Leia mais

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 1 Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 2013 Índice 2 OBJETIVO E PÚBLICO ALVO METODOLOGIA PLANO DE SAÚDE O MERCADO DE PLANO DE SAÚDE PERFIL

Leia mais

Percepção pública da CT&I no Brasil 2015

Percepção pública da CT&I no Brasil 2015 Percepção pública da CT&I no Brasil 2015 Percepção pública da CT&I no Brasil 2015 Questionário Pesquisa realizada entre os dias 22/12/2014 e 16/3/2015, em 1962 entrevistas. Equipe Mariano Laplane (Supervisão)

Leia mais

População brasileira Música - Internet Propaganda. Outubro/ 2007

População brasileira Música - Internet Propaganda. Outubro/ 2007 População brasileira Música - Internet Propaganda Outubro/ 00 Objetivo Este estudo têm como objetivo identificar entre a população brasileira os seguintes aspectos: Música estilo musical mais ouvido; Internet

Leia mais

Relacionamento dos médicos associados à SOGESP com os Planos de saúde. Apresentação em Agosto de 2012

Relacionamento dos médicos associados à SOGESP com os Planos de saúde. Apresentação em Agosto de 2012 1 Relacionamento dos médicos associados à SOGESP com os Planos de saúde Apresentação em Agosto de 2012 Índice 2 Objetivo Metodologia Perfil do médico associado Avaliação das operadoras de planos de saúde

Leia mais

Percepção Pública da Ciência e Tecnologia no Brasil. Resultados da enquete de 2010. Ministério da Ciência e Tecnologia

Percepção Pública da Ciência e Tecnologia no Brasil. Resultados da enquete de 2010. Ministério da Ciência e Tecnologia Percepção Pública da Ciência e Tecnologia no Brasil Resultados da enquete de 2010 Ministério da Ciência e Tecnologia Informações Gerais Pesquisa nacional promovida pelo Ministério da Ciência e Tecnologia,

Leia mais

Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. Junho / 2014 Metodologia Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.126 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas

Leia mais

Jus>fica>va. Obje>vos

Jus>fica>va. Obje>vos Jus>fica>va O Brasil está entre os dez maiores emissores de gases de efeito estufa do mundo e a cada ano os brasileiros de Norte a Sul do país são mais afetados pelas consequências das mudanças climá>cas

Leia mais

Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis. Agosto de 2015

Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis. Agosto de 2015 Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis Agosto de 2015 2 A Lei nº 15.374 de 2011 proíbe a disponibilização de sacolas plásticas descartáveis nos estabelecimentos comerciais

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013 1 AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO Temas 2 Objetivo e metodologia Utilização dos serviços do plano de saúde e ocorrência de problemas Reclamação ou recurso contra o plano de

Leia mais

Atitudes pela Educação Novembro de 2014

Atitudes pela Educação Novembro de 2014 Atitudes pela Educação Novembro de 2014 Realização: Instituto Paulo Montenegro IBOPE Inteligência Parceiros da pesquisa: Todos Pela Educação Fundação Itaú Social Fundação Maria Cecília Souto Vidigal Fundação

Leia mais

N : PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Entrevistador: Nome do entrevistado: (xx)xxxxxxxx. Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2.

N : PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Entrevistador: Nome do entrevistado: (xx)xxxxxxxx. Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2. Entrevistador: Nome do entrevistado: Telefone: (xx)xxxxxxxx N : Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2.Rural Estado: AC AP DF MA MT PE RJ RR SE AL BA ES MG PA PI RN RS SP AM CE GO MS PB PR

Leia mais

METODOLOGIA & PERFIL

METODOLOGIA & PERFIL Maio2010 JOB 100283 METODOLOGIA & PERFIL Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo Geral Levantar um conjunto de informações

Leia mais

Educação Integral Relatório em Junho/2013

Educação Integral Relatório em Junho/2013 Comunidade Escola Família Educação Integral Relatório em Junho/2013 Objetivo 3 O principal objetivo desta pesquisa é avaliar o conhecimento da população brasileira sobre educação integral. Metodologia

Leia mais

PROJETO Manifestações de Março/2015

PROJETO Manifestações de Março/2015 PROJETO Manifestações de Março/2015 NOTA METODOLÓGICA Tipo de pesquisa: Quantitativa, realizada face a face, com aplicação de questionário estruturado, de cerca de 10 minutos de duração, composto por questões

Leia mais

OS CUIDADOS PALIATIVOS EM PORTUGAL. Resultados Quantitativos

OS CUIDADOS PALIATIVOS EM PORTUGAL. Resultados Quantitativos OS CUIDADOS PALIATIVOS EM PORTUGAL Resultados Quantitativos Outubro 2008 1 METODOLOGIA FICHA TÉCNICA Total da Amostra: 606 Entrevistas telefónicas, realizadas por CATI (computer assisted telephone interview).

Leia mais

Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais.

Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Espírito Santo Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais.!"#$& "' "" ""() *'+#',- &',,,."/ "0112 *"#/3'""45'6'" ')$'"+789#&' &'&*"#" *"',01.

Leia mais

Opinião do. brasileiro sobre Voluntariado. Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014

Opinião do. brasileiro sobre Voluntariado. Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014 Opinião do brasileiro sobre Voluntariado Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014 Índice 2 Objetivo e Metodologia Perfil demográfico da população brasileira Exercício da Atividade Voluntária

Leia mais

PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CIDADE:

PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CIDADE: PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CPD: Nº CIDADE: CHECAGEM: 1 CHECADO 2 SEM TELEFONE 3 TELEFONE ERRADO 4 NÃO ENCONTRADO

Leia mais

Investimento para Mulheres

Investimento para Mulheres Investimento para Mulheres Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

Há mais de uma década pesquisadores. Para melhor informar

Há mais de uma década pesquisadores. Para melhor informar COMUNICAÇÃO y Para melhor informar Dois novos estudos, um da Unicamp e outro da Academia de Ciências da Bahia, ampliam a compreensão sobre a percepção pública da ciência no país Carolina Rossetti de Toledo

Leia mais

Ordem dos Advogados do Brasil. Exame da Ordem

Ordem dos Advogados do Brasil. Exame da Ordem Ordem dos Advogados do Brasil Exame da Ordem Agosto/ 2010 Sumário METODOLOGIA DESTAQUES RESULTADOS 1. OPINIÃO SOBRE O EXAME DA ORDEM 2. OPINIÃO SOBRE POSSIVEIS PROBLEMAS COM O EXAME DA ORDEM 3. OPINIÃO

Leia mais

DISCRIMINAÇÃO RACIAL PRECONCEITO DE COR NO BRASIL

DISCRIMINAÇÃO RACIAL PRECONCEITO DE COR NO BRASIL DISCRIMINAÇÃO RACIAL E PRECONCEITO DE COR NO BRASIL Fundação Perseu Abramo Fundação Rosa Luxemburgo DISCRIMINAÇÃO RACIAL E PRECONCEITO DE COR NO BRASIL TRABALHO REMUNERADO PARTICIPAÇÃO NA PEA POSIÇÃO NA

Leia mais

Intenção de voto para presidente 2014 PO813734. www.datafolha.com.br

Intenção de voto para presidente 2014 PO813734. www.datafolha.com.br Intenção de voto para presidente 2014 PO813734 19 e 20/02/2014 INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE FEVEREIRO DE 2014 MESMO COM DESEJO DE MUDANÇA, DILMA MANTÉM LIDERANÇA NA CORRIDA ELEITORAL 67% preferem ações

Leia mais

cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol. 19, nº 2, novembro, 2013, Encarte Tendências. p.475-485

cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol. 19, nº 2, novembro, 2013, Encarte Tendências. p.475-485 cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol. 19, nº 2, novembro, 2013, Encarte Tendências. p.475-485 Este encarte Tendências aborda as manifestações populares que tomaram as grandes cidades brasileiras em junho

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ENSINO BÁSICO JULHO DE 2006 OPP165 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA Levantar junto à população da área em estudo opiniões relacionadas ao ensino básico.

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Abril / 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

PLANOS DE SAÚDE. Leandro de Souza Lino

PLANOS DE SAÚDE. Leandro de Souza Lino 1 PLANOS DE SAÚDE Leandro de Souza Lino Na atualidade, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a qualidade de vida e, por sua vez, com a saúde. Assim, a necessidade de ter planos de saúde se faz

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA. Janeiro/2015

Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA. Janeiro/2015 Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA Janeiro/2015 OBJETIVOS Objetivo Principal: Esta estudo teve como objetivo principal verificar e quantificar a opinião pública brasileira quanto ao tema Segurança

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Pesquisa de Opinião Pública Nacional Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Julho de 2008 Roteiro I. Metodologia II. III. IV. Eleições e Política Corrupção eleitoral

Leia mais

Reforma Política. Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil

Reforma Política. Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Reforma Política Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Introdução 2 Objetivos Abrangência Geográfica Método de coleta Datas

Leia mais

Avaliação de Planos de Saúde. Maio de 2015

Avaliação de Planos de Saúde. Maio de 2015 Avaliação de Planos de Saúde Maio de 2015 Índice OBJETIVO METODOLOGIA PLANO DE SAÚDE O Mercado de plano de saúde Perfil do beneficiário vs Não beneficiário Beneficiários Satisfação, Recomendação, Continuidade

Leia mais

CONSELHO DE CLASSE. A visão dos professores sobre educação no Brasil

CONSELHO DE CLASSE. A visão dos professores sobre educação no Brasil CONSELHO DE CLASSE A visão dos professores sobre educação no Brasil INTRODUÇÃO Especificações Técnicas Data do Campo 19/06 a 14/10 de 2014 Metodologia Técnica de coleta de dados Abrangência geográfica

Leia mais

Eixo 1 - Autonomia econômica e igualdade no mundo do trabalho, com inclusão social.

Eixo 1 - Autonomia econômica e igualdade no mundo do trabalho, com inclusão social. Eixo 1 - Autonomia econômica e igualdade no mundo do trabalho, com inclusão social. Estes dados são resultado de um processo participativo sem desenho amostral e cumprimento de cotas, cuja margem de erro

Leia mais

Simon Schwartzman. A evolução da educação superior no Brasil diferenças de nível, gênero e idade.

Simon Schwartzman. A evolução da educação superior no Brasil diferenças de nível, gênero e idade. A educação de nível superior superior no Censo de 2010 Simon Schwartzman (julho de 2012) A evolução da educação superior no Brasil diferenças de nível, gênero e idade. Segundo os dados mais recentes, o

Leia mais

Esta é a pesquisa de satisfação

Esta é a pesquisa de satisfação Esta é a pesquisa de satisfação dos usuários de saneamento básico realizada entre a categoria residencial dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário regulados pela Agência em 244 municípios

Leia mais

Sumário Executivo. Pesquisa de Opinião: Conhecimento e Avaliação dos Programas Sociais do MDS

Sumário Executivo. Pesquisa de Opinião: Conhecimento e Avaliação dos Programas Sociais do MDS Sumário Executivo Pesquisa de Opinião: Conhecimento e Avaliação dos Programas Sociais do MDS Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasília,

Leia mais

Censo Demográfico 2010. Características Gerais da População, Religião e Pessoas com Deficiência

Censo Demográfico 2010. Características Gerais da População, Religião e Pessoas com Deficiência Censo Demográfico 2010 Características Gerais da População, Religião e Pessoas com Deficiência Rio de Janeiro, 29 de junho de 2012 A presente publicação dá continuidade à divulgação dos resultados do Censo

Leia mais

Especificações Técnicas

Especificações Técnicas Especificações Técnicas Metodologia Técnicaeformadecoleta: Quantitativa: survey telefônico, com amostra 2.322 entrevistas, realizadas entre os dias 17 de junho e 07 de julho de 2009, pelo Instituto Vox

Leia mais

Metodologia e Amostra

Metodologia e Amostra Metodologia e Amostra 1. Estimativa de Investidores Pessoas Físicas 1.000 entrevistas telefônicas com população brasileira de 18 anos ou mais das classes ABC Margem de erro amostral máxima estimada para

Leia mais

O brasileiro e sua relação com o dinheiro III. Módulo 1 - População

O brasileiro e sua relação com o dinheiro III. Módulo 1 - População O brasileiro e sua relação com o dinheiro III Módulo - 200 Metodologia 2 Técnica Pesquisa quantitativa, com abordagem pessoal e domiciliar, nas capitais brasileiras e em cidades do interior e região metropolitana

Leia mais

Especificações Técnicas - Pesquisa Quantitativa -

Especificações Técnicas - Pesquisa Quantitativa - Especificações Técnicas - Pesquisa Quantitativa - A pesquisa foi realizada através do BUS do IBOPE Inteligência pesquisa omnibus multiclientes, com periodicidade mensal e representatividade nacional. O

Leia mais

AVALIE ENSINO MÉDIO 2013 Questionário do Estudante

AVALIE ENSINO MÉDIO 2013 Questionário do Estudante AVALIE ENSINO MÉDIO 2013 Questionário do Estudante Caro Estudante, O Projeto Avalie pretende conhecer melhor o perfil do estudante do Ensino Médio da Bahia, por isso a sua participação representa a garantia

Leia mais

consulta participativa de opinião

consulta participativa de opinião consulta participativa de opinião Interesses e perspectivas dos jovens da Brasilândia, Cachoeirinha e Freguesia do Ó CONSULTA PARTICIPATIVA DE OPINIÃO: INTERESSES E PERSPECTIVAS DOS JOVENS DA BRASILÂNDIA,

Leia mais

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate )

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate ) 1 Roteiro de Áudio Episódio 1 A língua, a ciência e a produção de efeitos de verdade Programa Hora de Debate. Campanhas de prevenção contra DST: Linguagem em alerta SOM: abertura (Vinheta de abertura do

Leia mais

Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1

Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Índice Objetivo, metodologia e amostra... 03 Perfil dos Respondentes... 04 Principais constatações sobre os hábitos de consumo

Leia mais

Pesquisa IBOPE Ambiental. Setembro de 2011

Pesquisa IBOPE Ambiental. Setembro de 2011 Pesquisa IBOPE Ambiental Setembro de 2011 Com quem falamos? Metodologia & Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas telefônicas. Objetivo geral Identificar

Leia mais

51% das mulheres brasileiras declaram que estão vivendo melhor do que há um ano

51% das mulheres brasileiras declaram que estão vivendo melhor do que há um ano 51% das mulheres brasileiras declaram que estão vivendo melhor do que há um ano 51% das mulheres brasileiras declaram que estão vivendo melhor do que há um ano Levantamento do IBOPE Media feito em todo

Leia mais

Avaliação governo Dilma Rousseff. Expectativas econômicas. 03 a 05/06/2014. www.datafolha.com.br

Avaliação governo Dilma Rousseff. Expectativas econômicas. 03 a 05/06/2014. www.datafolha.com.br Intenção de voto presidente Avaliação governo Dilma Rousseff Opinião sobre os protestos Expectativas econômicas PO813747 03 a 05/06/2014 INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE JUNHO DE 2014 DILMA CAI, MAS ADVERSÁRIOS

Leia mais

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online.

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Assunto E-commerce Metodologia Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Quantidade de entrevistas realizadas: 1.652 mulheres Perfil: 18 a 50 anos Mercado: Brasil

Leia mais

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Avaliação do Serviço o de abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Pesquisa realizada entre 24 e 28 de Abril de 2010 Informações Metodológicas Tipo de pesquisa: Survey, utiliza-se de questionário

Leia mais

PF.1 : Você vota aqui no município de? Sim (PROSSIGA) Não (AGRADEÇA E ENCERRE)

PF.1 : Você vota aqui no município de? Sim (PROSSIGA) Não (AGRADEÇA E ENCERRE) PO 813761A INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813761A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813761D INTENÇÃO DE VOTO PARA GOVERNADOR DO CEARÁ PO 813761D INTENÇÃO DE VOTO PARA SENADOR DO CEARÁ Nº CPD: Nº CIDADE:

Leia mais

Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável

Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável Contexto Em abril de 2012, o governo através da diretoria da agência reguladora de energia elétrica (ANEEL) aprovou regras destinadas a reduzir

Leia mais

BRASÍLIA: UMA CIDADE, DOIS OLHARES

BRASÍLIA: UMA CIDADE, DOIS OLHARES PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL BRASÍLIA: UMA CIDADE, DOIS OLHARES Abril/2010 2 Brasília: uma cidade, dois olhares O DataSenado, por ocasião das comemorações dos 50 anos da fundação de Brasília, realizou

Leia mais

Seguros de Vida no Mercado Brasileiro

Seguros de Vida no Mercado Brasileiro Seguros de Vida no Mercado Brasileiro São Paulo, /06/0 Job -034743 Nobody s Unpredictable Objetivos e metodologia Metodologia Quantitativa, por meio de pesquisa amostral com questionário estruturado a

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MARÇO DE 2014 JOB0402 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Avaliar a atual administração do município de Acopiara. Acopiara

Leia mais

FICHA DE CADASTRO EMPRETEC. Município Data: / /

FICHA DE CADASTRO EMPRETEC. Município Data: / / FICHA DE CADASTRO EMPRETEC Município Data: / / Caro Empreendedor, Obrigado por seu interesse pelo Empretec, um dos principais programas de desenvolvimento de empreendedores no Brasil e no Mundo! As questões

Leia mais

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões 8 Passos para o Recrutamento Eficaz Por Tiago Simões Uma das coisas que aprendi na indústria de marketing de rede é que se você não tem um sistema de trabalho que comprovadamente funcione, muito provavelmente

Leia mais

Metodologia. MARGEM DE ERRO O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Metodologia. MARGEM DE ERRO O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Metodologia COLETA Entrevistas domiciliares com questionário estruturado. LOCAL DA PESQUISA Município de São Paulo. UNIVERSO moradores de 16 anos ou mais. PERÍODO DE CAMPO de 26 de setembro a 1º de outubro

Leia mais

RADIOGRAFIA DO INVESTIDOR DE FUNDOS NO BRASIL. IBOPE Opinião

RADIOGRAFIA DO INVESTIDOR DE FUNDOS NO BRASIL. IBOPE Opinião RADIOGRAFIA DO INVESTIDOR DE FUNDOS NO BRASIL METODOLOGIA 1. Estimativa de Investidores Pessoas Físicas 1.000 entrevistas telefônicas com população brasileira de 18 anos ou mais das classes ABC. Margem

Leia mais

Análise do perfil dos empreendedores. Novembro/2013

Análise do perfil dos empreendedores. Novembro/2013 Análise do perfil dos empreendedores Novembro/2013 2 SUMÁRIO Como chegamos nos números? O Estado de São Paulo e as deficiências Perfil do empreendedores com deficiência Como é no meu Escritório Regional

Leia mais

Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Conselho Regional de Medicina rayer@usp.br

Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Conselho Regional de Medicina rayer@usp.br Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Conselho Regional de Medicina rayer@usp.br RELAÇÃO DOS MÉDICOS COM A INDÚSTRIA DE MEDICAMENTOS, ÓRTESES/ PRÓTESE E EQUIPAMENTOS MÉDICO-HOSPITALARES Conhecer

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA SETEMBRO DE 2008 JOB796 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto à população da área em estudo opiniões relacionadas à Ilhabela. Ilhabela

Leia mais

Assunto Investimentos femininos

Assunto Investimentos femininos Assunto Investimentos femininos SOPHIA MIND A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado.

Leia mais

PF.1: Você vota na cidade de? (CITE CIDADE) 1 Sim (PROSSIGA) 2 Não (ENCERRE)

PF.1: Você vota na cidade de? (CITE CIDADE) 1 Sim (PROSSIGA) 2 Não (ENCERRE) PO 813767A INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813767A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813767B INTENÇÃO DE VOTO PARA GOVERNADOR DE SÃO PAULO PO 813767B INTENÇÃO DE VOTO PARA SENADOR DE SÃO PAULO Nº CPD: Nº

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO MARÇO DE 2012 JOB2178 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Entender como a população brasileira percebe questões relacionadas

Leia mais

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL Natal, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando compra...

Leia mais

O papel das empresas e o lucro. 20 de Setembro de 2009

O papel das empresas e o lucro. 20 de Setembro de 2009 O papel das empresas e o lucro 1 20 de Setembro de 2009 O papel das empresas e o lucro Roberta Atherton Magalhães Dias No ano de 2005, a Futura realizou uma pesquisa que avaliava, na percepção dos capixabas,

Leia mais

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A visão dos brasileiros O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água Dezembro, 2006 METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para

Leia mais

PERFIL SÓCIO DEMOGRÁFICO PERFIL DEMOGRÁFICO:

PERFIL SÓCIO DEMOGRÁFICO PERFIL DEMOGRÁFICO: DISCRIMINAÇÃO RACIAL E PRECONCEITO DE COR NO BRASIL PERFIL SÓCIO DEMOGRÁFICO PERFIL DEMOGRÁFICO: SEXO: 52 48 49 51 50 50 57 43 51% 49%..Masculino FAIXA ETÁRIA: 12% 18%..Feminino 27% 27 Branca Parda Preta

Leia mais

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião Família Qual era a profissão dos seus pais? Como eles conciliavam trabalho e família? Como era a vida de vocês: muito apertada, mais ou menos, ou viviam com folga? Fale mais sobre isso. Seus pais estudaram

Leia mais

O brasileiro e sua relação com o dinheiro II

O brasileiro e sua relação com o dinheiro II O brasileiro e sua relação com o dinheiro II 2007 2 Módulo I: 2 Perfil da amostra (Estimulada e única, em %) 3 Forma que recebe seu salário (PEA*) 2007 Em dinheiro/ espécie 55 NE: 70% Depósito em conta

Leia mais

PO 813747A INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE (BRASIL) PO 813747B AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA 1 CHECADO 2 SEM TELEFONE 3 TELEFONE ERRADO 4 NÃO ENCONTRADO

PO 813747A INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE (BRASIL) PO 813747B AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA 1 CHECADO 2 SEM TELEFONE 3 TELEFONE ERRADO 4 NÃO ENCONTRADO PO 813747A INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE (BRASIL) PO 813747B AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA Nº CPD: Nº CIDADE: CHECAGEM: 1 CHECADO 2 SEM TELEFONE 3 TELEFONE ERRADO 4 NÃO ENCONTRADO Nº DE PONTO: V. FECHADAS:

Leia mais

f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil

f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil f/nazca + datafolha abril 2014 A computação social aumenta as possibilidades da inteligência coletiva e, por sua vez, a potência do povo

Leia mais

INDÍGENAS NO BRASIL. Perfil sócio-demográfico. Capítulo 1 DEMANDAS DOS POVOS E PERCEPÇÕES DA OPINIÃO PÚBLICA

INDÍGENAS NO BRASIL. Perfil sócio-demográfico. Capítulo 1 DEMANDAS DOS POVOS E PERCEPÇÕES DA OPINIÃO PÚBLICA Capítulo 1 Perfil sócio-demográfico [em %] INDÍGENAS NO BRASIL Base: Total da amostra A + B (2006) POP NAC MACRO REGIÕES Norte 7% Nordeste 27% Centro-oeste 7% Sudeste 43% Sul 15% NATUREZA E PORTE TOTAL

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADE CURSO DE INICIAÇÃO POLÍTICA ETEC-CEPAM - 2010

RELATÓRIO DE ATIVIDADE CURSO DE INICIAÇÃO POLÍTICA ETEC-CEPAM - 2010 RELATÓRIO DE ATIVIDADE CURSO DE INICIAÇÃO POLÍTICA ETEC-CEPAM - 2010 Autoria: Prof. Dr. Introdução Entre os dias 08 e 10 de dezembro de 2010 ocorreu na sede da Etec-Cepam a primeira edição do curso de

Leia mais

Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning)

Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning) Estímulo Experimental: Texto para filmagem dos discursos políticos (Brasil Thad Dunning) DISCURSOS 1, 2, 3 e 4 sem mensagem de raça ou classe (o texto do discurso é para ser lido duas vezes por cada ator,

Leia mais

Pesquisa Semesp 2009. Índice de Imagem e Reputação

Pesquisa Semesp 2009. Índice de Imagem e Reputação Pesquisa Semesp 2009 Índice de Imagem e Reputação Uma ferramenta estratégica para a qualidade de mercado Desvendar qual é a real percepção de seus públicos estratégicos com relação à atuação das instituições

Leia mais

FUNDEP. Pesquisa de Opinião Pública Nacional

FUNDEP. Pesquisa de Opinião Pública Nacional FUNDEP Pesquisa de Opinião Pública P Nacional Junho de 2008 ROTEIRO I. METODOLOGIA II. PERFIL DOS ENTREVISTADOS III. PERCEPÇÃO DA CORRUPÇÃO IV. INTERESSE PÚBLICO E CORRUPÇÃO V. COMBATE À CORRUPÇÃO: POLÍCIA

Leia mais

cultura em nova iguaçu

cultura em nova iguaçu cultura em nova iguaçu metodologia campo: 11 de abril a 30 de maio de 2014 margem de erro 6pp 299 pessoas com mais de 12 anos foram entrevistadas em Nova Iguaçu entrevistados foram abordados em pontos

Leia mais

INDÍGENAS NO BRASIL DEMANDAS DOS POVOS E PERCEPÇÕES DA OPINIÃO PÚBLICA INDÍGENAS NO BRASIL DEMANDAS DOS POVOS E PERCEPÇÕES DA OPINIÃO PÚBLICA

INDÍGENAS NO BRASIL DEMANDAS DOS POVOS E PERCEPÇÕES DA OPINIÃO PÚBLICA INDÍGENAS NO BRASIL DEMANDAS DOS POVOS E PERCEPÇÕES DA OPINIÃO PÚBLICA DEMANDAS DOS POVOS E PERCEPÇÕES DA Módulo II Survey nacional Nota Metodológica Módulo I Amostra Quantitativa Universo: população brasileira adulta urbana e rural (16 anos e mais). Amostragem: probabilística

Leia mais

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Maio de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Mapear atitudes e comportamentos das pessoas que não possuem conta corrente em banco com relação

Leia mais

DATA POPULAR SAÚDE NA NOVA CLASSE MÉDIA BRASILEIRA. RENATO MEIRELLES renato@datapopular.com.br

DATA POPULAR SAÚDE NA NOVA CLASSE MÉDIA BRASILEIRA. RENATO MEIRELLES renato@datapopular.com.br DATA POPULAR SAÚDE NA NOVA CLASSE MÉDIA BRASILEIRA RENATO MEIRELLES renato@datapopular.com.br NOS ÚLTIMOS ANOS O BRASIL PASSOU POR UMA DAS MAIS PROFUNDAS MUDANÇAS DE SUA HISTÓRIA AB DE % Essa é a classe

Leia mais

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. não Eu Não r que o f existe coleção Conversas #14 - outubro 2014 - a z fu e r tu r uma fa o para c ul m d im ad? e. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção

Leia mais

Apresentação dos convidados e do moderador. Como vai a vida. O que está acontecendo de bom e de ruim.

Apresentação dos convidados e do moderador. Como vai a vida. O que está acontecendo de bom e de ruim. PESQUISA SEGUROS ROTEIRO 1. Abertura da reunião Apresentação dos convidados e do moderador 2. Aquecimento Como vai a vida. O que está acontecendo de bom e de ruim. Está dando para viver? 3. Valores (espontâneo)

Leia mais

2010 Edelman Trust Barometer Março 2010. Resultados para Portugal

2010 Edelman Trust Barometer Março 2010. Resultados para Portugal 2010 Edelman Trust Barometer Março 2010 Resultados para Portugal Edelmen Trust Barometer em Portugal A Ficha Técnica O Universo Indivíduos com telefone fixo e/ou telemóvel, residentes em Portugal, com

Leia mais

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. Eu quero não parar coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - de consigo.o usar que eu drogas f o? aç e Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

estão em evidência hoje?

estão em evidência hoje? estão em evidência hoje? delas. Muito antes de entender quem eram e como pensavam as mulheres, percebemos que era fundamental identificar as diferenças comportamentais entre homens e mulheres. Afinal,

Leia mais