Revista da ASCOMCER Edição Especial PRODUTOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Revista da ASCOMCER Edição Especial PRODUTOS"

Transcrição

1 capa 1

2 ad PRODUTOS 2 3

3 1. Editorial Introdução Sumário Foto: Prezado Leitor, É com muito orgulho que lançamos a Revista ASCOMCER em Juiz de Fora e região. Em 4 de janeiro de 2013 completamos 50 anos de fundação da Associação Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer de Juiz de Fora ASCOMCER, e é uma honra poder lançar a primeira edição desta revista como sendo comemorativa. Fruto do planejamento e trabalho do Setor de Comunicação da ASCOMCER e com o apoio e patrocínio de empresas engajadas com nossa causa, você poderá folhear nas próximas páginas toda a história da ASCOMCER, nossa evolução em busca da excelência no atendimento e no sistema da gestão de qualidade, assim como conhecer melhor nossos trabalhos, campanhas e eventos. Mesmo sendo uma entidade civil de caráter filantrópico, temos buscado cada vez mais oferecer todos os recursos disponíveis para um atendimento de qualidade em oncologia alicerçado na ética e humanização. Nestes 50 anos todos os nossos recursos sempre foram voltados aos pacientes sem visar lucro, e o combate e a prevenção do câncer se tornaram nossa constante luta. Avançamos um grande passo ao tornar esta revista real, e esperamos contar com suas leituras nas nossas próximas edições. 1. EDITORIAL / INTRODUÇÃO 4 SUMÁRIO 5 2. HISTÓRIA Introdução: 50 anos de luta e esperança 6 Associação Feminina 7 O primeiro Hospital 7 A Década de transformações 8 O hospital atual 9 Presidentes da ASCOMCER RUMO A EXCELÊNCIA Tecnologia a serviço da vida 11 ASCOMCER possui um dos mais modernos equipamentos no combate ao câncer 12 ASCOMCER prima pela qualidade nos seus serviços prestados 14 Setores do Hospital passam a utilizar sistema de gestão de saúde informatizado ATENDIMENTO Pesquisas e a busca por novos conhecimentos no combate ao câncer 17 ASCOMCER oferece uns dos melhores atendimentos e tratamentos da cidade 18 ASCOMCER dedica atenção e espaço especial para os pacientes pequeninos em tratamento 19 ASCOMCER é o primeiro hospital em Juiz de Fora a implantar projeto às crianças com câncer HUMANIZAÇÃO Voluntariar-se para o bem 23 Comissão de Humanização promove a qualidade de vida de pacientes e funcionários 24 Pacientes integram o Grupo Vitoriosas e confeccionam próteses artesanais 25 RESGATANDO A AUTO-ESTIMA: UMA VITÓRIA A MAIS 26 Grupo de apoio auxilia familiares de pacientes com câncer 27 ASCOMCER é o primeiro hospital do Estado a utilizar suplementos em seus cardápios CAMPANHAS Doe sangue e compartilhe vidas 30 CAMPANHA VIRTUAL 30 APOIO DOS FUNCIONÁRIOS 31 ASCOMCER Sustentável 32 Evento de inauguração 33 Chico Rei ESPAÇO DO PACIENTE ENTREVISTA EVENTOS Mérito Legislativo 38 Simpósio de Nutrição 38 Eunice Ferrugini Presidente ASCOMCER Dr. João Paulo Vieira Diretor Clínico ASCOMCER Empresas que colaboraram para a realização desta Revista: Over Medicamentos, Oncoprod, Açotel, Caixa Econômica Federal, MPO Consultoria, MV Sistema, Kojio Comunicação, Santalmas e WColor Gráfica. ASCOMCER - Associação Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer de Juiz de Fora CNPJ: / Avenida Presidente Itamar Franco, 3500, Cascatinha, Juiz de Fora / MG - CEP: Tel: (32) DIAGRAMAÇÃO: Kojio Comunicação IMPRESSÃO: Gráfica W Color TIRAGEM: 10 mil exemplares JORNALISTA RESPONSÁVEL: A Revista ASCOMCER é uma publicação semestral da Associação Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer de Juiz de Fora (ASCOMCER), distribuída gratuitamente a empresas parceiras e conveniadas, colaboradores, fornecedores, clínicas médicas e farmácias da cidade, bem como disponibilizada virtualmente no site da instituição. DIRETORIA ATUAL: Presidente: Eunice Ferrugini; 1ª Vice-Presidente: Alessandra Sampaio; 2ª Vice-Presidente: Gemma G. Brandão; 1ª Secretária: Nadyr Alves Moreira; 2ª Secretária: Rosane Fonseca Barbosa; 1ª Tesoureira: Georgina Duque de A. Silva; 2ª Tesoureira: Maria da Conceição Teixeira; Administrador Hospitalar: Mauricio Sá de Carvalho; Diretor Clínico: Dr. João Paulo Vieira 4 5

4 2. História 50 anos de luta e esperança Prestes a completar 50 anos de existência, a ASCOMCER comemora todas as dificuldades enfrentadas e superadas em prol dos pacientes carentes, desde sua fundação até a construção do seu Hospital atual. Mergulhe na história da ASCOMCER nestas próximas páginas e entenda porque ela é reconhecida como um dos melhores hospitais de Minas Gerais no tratamento oncológico. Por A associação feminina A ASCOMCER, Associação Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer de Juiz de Fora, surgiu como resultado da Primeira Convenção Brasileira das Organizações de Voluntárias Femininas de Luta Contra o Câncer, realizada em julho de 1962, na cidade do Rio de Janeiro. A ASCOMCER foi fundada em 4 de janeiro de 1963 por Maria José Baeta Reis, que tinha sobrevivido a um câncer de colo uterino. Ela prosseguiu na luta a favor dos pacientes oncológicos carentes, se organizando dentro dos moldes e formalidades exigidas pela CNCA, e com o apoio da sociedade juizforana, que não hesitou em apoiar a causa. Da mesma forma, médicos do Departamento de Oncologia do Estado de Minas de Gerais, como Dr. Domingos Laércio de Lacerda, Dr. Geraldo Magela, Dr. José Carneiro Godim, Dra. Elza Halfeld e Dr. Wulmar Bastos, passaram a atender os pacientes carentes e a realizar palestras de esclarecimento à comunidade. Diante da preocupação de se levar tratamento ao paciente sem perdê-lo de vista após o diagnóstico, a ASCOMCER e seus voluntários ampliaram o tratamento médico. Na época, ainda sem possuir um local próprio para internação, o atendimento passou a ser feito O primeiro hospital em domicílio, onde eram levados medicamentos, alimentos e vestuário, bem como apoio e carinho para que o doente não se sentisse desamparado. Na época, as visitas eram feitas por uma equipe formada por um médico, uma enfermeira, uma voluntária e uma estagiária da Faculdade de Assistência Social. Em fevereiro de 1963 a ASCOMCER recebeu apoio da Sociedade São Vicente de Paulo, que durante 2 anos ofereceu à entidade 6 leitos de seu dormitório e condições para instalação de uma enfermaria destinada a abrigar seus pacientes. Nesta época, a primeira cozinheira e a primeira atendente de enfermagem foram contratadas. Em 5 anos muitas mudanças aconteceram. Em 64, o prefeito municipal Ademar Resende de Andrade cedeu um prédio na Rua Francisco Brandi destinado a oferecer atendimento aos pacientes da ASCOMCER. No ano seguinte, em outubro de 65, estes pacientes foram levados para a Fundação João de Freitas que contava com quatro cômodos, sendo eles cozinha, banheiro e quartos, onde permaneceram até serem transferidos para a Fazenda Tapera que, em regime de comodato, tornou-se o Instituto Dr. Cícero Tristão, mantido pela ASCOMCER. Dr Cícero Tristão, falecido em 54, era médico e dono da Fazenda Tapera na época. Em seu testamento cedeu a sede, existente desde 1710, à Santa Casa de Misericórdia (boa parte usada para a construção do cemitério Parque da Saudade). Em seu testamento dizia que a casa deveria ser mantida e conservada como patrimônio histórico da cidade e deveria também ser usada para manter um serviço de assistência aos desamparados. A ASCOMCER entrou em contato com o provedor da Santa Casa, Hugo Enéas 6 7

5 Mescolin, para a cessão da sede da Fazenda Tapera para continuação de seus trabalhos, tendo sido cedida por comodato e ajustado por tempo indeterminado. tão, na Avenida Alencar Tristão, 236, bairro Santa Terezinha, onde a ASCOMCER manteve durante 20 anos todo o seu atendimento aos pacientes carentes, chegando a contar co entidades do estado de Minas Gerais que receberam verbas destinadas a compra de equipamentos e materiais permanentes para ampliação do ambulatório. Em 1969, Maria José Baeta Reis fundou na sede da fazenda o Instituto Dr Cícero Tris- com 23 leitos, 3 enfermarias e um centro de atendimento intensivo. Em 1977 foi firmado um convênio com o Centro de Radioterapia e Medicina Nuclear do Hospital Dr. João Felício, onde durante anos foram feitos os tratamentos de radioterapia e cobaltoterapia dos pacientes Arquivo ASCOMCER da ASCOMCER. A fundadora da ASCOMCER, Maria José Baeta Reis, com sua equipe de voluntárias e de enfermeiras O hospital atual Foi no ano de 85 que a Câmara Munici- dar um tratamento digno e humanizado ao pal de Juiz de Fora aprovou e o então prefeito paciente oncológico carente, e foi inaugurado Tarcísio Delgado sancionou a Lei em que uma com o nome de Hospital Maria José Baeta Reis. área de m 2 localizado no bairro Cascatinha seria destinada a construção da sede pró- Atualmente, este Hospital, popularmen- pria da ASCOMCER. te conhecido como Hospital ASCOMCER, tem 94% de seu atendimento direcionado a Enquanto as obras estavam em anda- pacientes do Sistema Único de Saúde, sendo mento, o serviço de quimioterapia era ofere- os outros 6% dos atendimentos direcionados Arquivo ASCOMCER A década de transformações Arquivo ASCOMCER Instituto Dr Cícero Tristão após sua fundação na Fazenda Tapera cido no anterior Hospital Dr Cícero Tristão, enquanto o serviço de radioterapia acontecia no Hospital João Felício. A construção do novo Hospital era realizada sem nenhum tipo de subvenção oficial da Prefeitura de Juiz de Fora, e era mantida apenas de promoções mensais próprias e apoio da própria comunidade ou doações de empresas. Foi quando em 1987 o empresário Antonio aos diversos pacientes de planos de saúde e particulares. O hospital possui 72 leitos para internamentos, sendo estes 05 leitos de UTI, 05 leitos para pediatria, 29 para tratamento clínico, 24 para cirurgia, e 09 apartamentos para convênios e particulares. Em agosto de 71, a ASCOMCER assinou com o governo do Estado, através de sua Secretaria de Saúde, um convênio para implantação do Programa de Controle do Câncer, em consonância com as diretrizes da Política Nacional de Saúde e um Plano da Campanha Nacional de Combate ao Câncer. E no mês de dezembro foi assinado convênio com a AME de Juiz de Fora para prestação de serviços de exames. Em 73, graças a um convênio com a Prefeitura de Juiz de Fora, sob a administração do então prefeito Itamar Franco, a ASCOM- CER criou seu primeiro ambulatório e, no ano seguinte, seu trabalho foi reconhecido pelo Ministério da Saúde, através da Divisão Nacional do Câncer, sendo incluída entre as cin- Carlos Saraiva entregou a ASCOMCER a escritura de um de seus apartamentos para promoção de um bingo em prol do término das obras. Neste mesmo ano, a então presidente Maria Regina do Carmo recebeu grande ajuda financeira do governo alemão, através da Lateinamerika (sede em Bonn, Alemanha), para conclusão das obras do Hospital. Foi em 1988 que as obras no bairro Cascatinha foram finalizadas, com o propósito de Arquivo ASCOMCER A fundadora Maria José assina documento de doação do terreno ao lado de Itamar Franco 8 9

6 Após 50 anos de incansável dedicação aos pacientes oncológicos carentes, onde todos os recursos sempre foram voltados a eles sem visar lucro, o combate e a prevenção do câncer se tornaram luta constante fazendo com que a ASCOMCER ocupasse hoje um lugar de destaque na assistência hospitalar na área oncológica da cidade de Juiz de Fora e das cidades circunvizinhas. Arquivo ASCOMCER Foto: Obras do Hospital concluídas em 88 Presidentes da ASCOMCER Arquivo ASCOMCER A Presidente Eunice Ferrugini com a atual Diretoria da ASCOMCER 04/01/63 a 31/05/77 Maria José Baeta Reis (fundadora) 01/06/77 a 31/05/80 Arlette de Magalhães Bastos 01/06/80 a 31/05/82 Lucy Cruz Messias 01/05/82 a 31/05/84 Silvia Colucci Ribeiro 01/05/84 a 31/05/88 Maria Regina Guerra Carmo 01/06/88 a 3/01/92 Arlette de Magalhães Bastos 04/01/92 a 31/05/92 Gemma Galgani D. Brandão (interino) 01/06/92 a 31/05/04 Alair de Carvalho Villar 01/06/04 a 31/05/13 Eunice Inez de Almeida Ferrugini CONSELHO DELIBERATIVO ATUAL Jorge Moreira de Freitas (Presidente) Jair Olimpio de Sá (Secretário) Ítalo da Silva Barbério Jorge Helio Fellet José Pedro Reis Horta Josemilton Aragão Feitosa Luiz Carlos Garcia Moreira Lucy Hargreaves Laís de Carvalho Mauad Maria Regina Guerra Carmo Orlandsmidt Riani Ondina da Silva Sobreira Rolf Pery Curt Benda Selma Nogueira Rezende Tecnologia a serviço da saúde Centro Cirúrgico atual 10 11

7 3. Rumo a Excelência ASCOMCER possui um dos mais modernos equipamentos no combate ao câncer Por Diovani Bórtoli Durante os últimos 50 anos, diversas foram as evoluções desde a fundação da ASCOMCER até os dias atuais. Com a tecnologia não foi diferente, sempre crescendo e agregando técnicas modernas, principalmente no que se diz respeito à radioterapia. O Diretor Clínico do Hospital, Dr. João Paulo Vieira, explica que o primeiro aparelho adquirido pelo hospital foi a Bomba de Cobalto, no ano de 93, adquirida de uma empresa canadense através de convênio entre os governos dos dois países, e isso possibilitou o início de tratamento radioterápico. A ASCOMCER, já possuindo programas de prevenção e diagnóstico precoce, além do Centro de Quimioterapia e Radioterapia, completou em 1998 o tripé da formação de um hospital especializado em tratamento oncológico com a inauguração do Centro Cirúrgico, passando a diversificar o tratamento e realizar análises de outras patologias além das de colo uterino e de mama. Maxwell Costa Mas foi em 2004 que a ASCOMCER adquiriu, através do programa do parque radioterápico do Governo Federal, um dos mais modernos equipamentos de combate ao câncer em termos de tecnologia mundial: o Acelerador Linear. Este equipamento chegou em um momento oportuno, pois a Bomba de Cobalto já estava ficando obsoleta, não oferecendo um tratamento de radioterapia tão adequado aos pacientes, disse Dr. João Paulo. Com este aparelho, é possível garantir o controle exato de doses de radiação. O equipamento emite um feixe de elétrons com vários níveis de energia aliada ao uso de duas energias de fótons permitindo o tratamento de tumores mais profundos Por ter um sistema multilâminas, o aparelho assegura que tecidos benignos próximos ao tumor sejam poupados pela incidência da radiação. Comparando o tratamento que era feito através da Bomba de Cobalto anteriormente e o que é realizado hoje com o Acelerador Linear, o aparelho moderno agride menos o paciente, diminuindo os efeitos colaterais, atingindo o tumor com mais precisão e alcançando o objetivo com maior rapidez, explica. Desde sua aquisição, o Acelerador Linear vem recebendo atualizações através de programas específicos para atender melhor a radioterapia nos moldes que necessita. Atualmente a AS- COMCER é o hospital de Juiz de Fora que possui o Acelerador Linear mais potente e atualizado, através do software Eclipse.. O Serviço de Radioterapia da ASCOMCER utiliza o acelerador Linear no tratamento de seus pacientes Por ser um aparelho que emite uma quantidade muito grande de radiação, é necessário que se construa um espaço próprio para a instalação do Acelerador Linear, para que não atinja a comunidade, o público e os funcionários, e não contamine o meio ambiente. É preciso que o aparelho fique em um local com paredes de aproximadamente um metro e meio de concreto, afirma o Diretor Clínico. Além da ASCOMCER já estar buscando o aparelho de braquiterapia, que gasta menos energia e utiliza uma técnica para tratamento mais superficial, também está em busca de um novo acelerador linear para que não ocorra a menor chance de interrupção no tratamento do paciente, em caso de manutenção ou de pane do equipamento atual. LINHA DE EVOLUÇÃO DA ASCOMCER 15/ ASCOMCER recebe uma ambulância entregue pelo deputado Amílcar Padovani e que fazia parte do projeto de obras sociais do governo Newton Cardoso. Graças a um projeto deste deputado, a ASCOMCER era considerada utilidade pública no estado. 23/ Dia do sorteio das rifas vendidas a sociedade para angariar fundos para a compra de aparelhos para o Hospital, tais como o dosímetro, monitor de detectador de radiação, e a Bomba de Cobalto. Os prêmios para o sorteio incluíam terreno de 12x25m 2 localizado na Vivenda da Serra, TV a cores, colar de pérolas, anel de rubi e brilhantes, e liquidificador. Ricardo Cabral Por sermos um hospital que busca a extrema qualidade em atendimento e tratamento, e por também apresentarmos baixos riscos de infecção hospitalar devido às intervenções realizadas, é gratificante sermos procurados por grandes profissionais para a realização de cirurgias complexas, finaliza Dr. João Paulo Vieira. 12/ Compra do aparelho de Raio-X com apoio do Secretário de Saúde José Saraiva Felipe e do deputado Tarcísio Delgado. O aparelho Acelerador Linear, que permite atender os pacientes da radioterapia 29/ ASCOMCER envia carta para o Ministro da Saúde, Henrique Santillo, para angariar recursos para o pagamento da bomba de cobalto

8 3. Rumo a Excelência ASCOMCER prima pela qualidade nos seus serviços prestados Atualmente a qualidade é uma característica cada vez mais almejada e exigida em todos os hospitais cuja rotina é composta por várias atividades imprescindíveis para o seu funcionamento. O padrão de qualidade de um hospital depende de vários fatores que vão desde o treinamento de seus funcionários até as tecnologias empregadas no tratamento dos pacientes, desta forma é necessária a criação de um setor responsável pelo Sistema de Gestão de qualidade (SGQ), que tem como finalidade assegurar a satisfação dos pacientes, funcionários e partes interessadas. Por e Lo-Huama Marques Outro projeto de qualidade que é orientado através do Sistema de Gestão da Qualidade é o Projeto Métodos e Práticas Organizacionais (MPO), que utiliza a prática dos 5S, cujos princípios são o senso de utilização, senso de ordenação, senso de limpeza, senso de saúde e o senso de autodisciplina. Estes 5S são estratégias fundamentais para reduzir o desperdício, propor ambientes harmoniosos, redução de erros, locais organizados, agilidade nos atendimentos e redução do estresse de funcionários. Djalma é consultor especialista em implementação de projetos de qualidade da ASCOMCER Revista ASCOMCER: O que é a Acreditação física e aporte tecnológico que facilita o trabalho das equipes assistenciais, além de auxiliar Hospitalar? na decisão estratégica da Direção do Hospital e Djalma: É um projeto de qualidade que tem o na melhoria da imagem perante a comunidade objetivo de garantir a qualidade da assistência juizforana. por meio de mais de 800 requisitos previamente definidos em um Manual nos níveis de Segurança (I), Padronização (II) e Melhoria Continua RA: Como funciona esta metodologia? Djalma: Quando o Hospital estiver preparado, dos processos assistenciais (nível III). haverá uma auditoria interna onde será verificado o nível de atendimento aos requisitos do RA: E qual o objetivo de uma Acreditação? MBA. De acordo com este resultado, nós orientamos o hospital para contratação de uma IAC Djalma: Promover a implementação em nível nacional, de um processo permanente de melhoria da qualidade, estimulando os serviços de da ao Ministério da Saúde. (Instituição credenciada a ONA), que é vincula- saúde a atingirem padrões mais elevados de qualidade. O Sistema de Gestão da Qualidade da ASCOMCER tem o objetivo de orientar a implementação dos projetos de qualidade, sendo a Acreditação hospitalar um dos mais importantes, para garantir a qualidade da assistência por meio de adequação a uma série de protocolos. A Acreditação revela a responsabilidade e o comprometimento do Hospital com a comunidade de uma maneira geral, afirma Aliana Lima, coordenadora do Sistema de Gestão da Qualidade da ASCOMCER. Lo-Huama Marques Aliana Lima coordena o Sistema de Gestão de Qualidade no Hospital Confira abaixo a entrevista com o consultor especialista em implementação de projetos de qualidade da ASCOMCER, Djalma Luiz Perobeli, sobre a Acreditação Hospitalar. RA: Como está o projeto de Acreditação no ASCOMCER? Djalma: Está em uma fase bem adiantada. Nossa meta neste momento é concluir alguns requisitos de estrutura física e algumas ações provenientes das auditorias internas, além de realizar alguns ajustes de recursos humanos e, finalmente, contratarmos a Empresa Certificadora. RA: Por que é importante esta Acreditação? Djalma: A ASCOMCER está revelando a sua responsabilidade e o seu comprometimento com a comunidade de uma maneira geral, e a acreditação é importante para a promoção da melhoria na qualidade dos procedimentos assistenciais, aprimoramento profissional da equipe, redução de desperdício, controle sobre a execução dos serviços e garantia da qualidade do atendimento à sociedade. Além disso, a acreditação também é importante para a melhoria na estrutura RA: O Projeto de qualidade é aplicado em quais setores do Hospital? Djalma: Em todos os serviços, áreas e setores do Hospital, deste a recepção até a alta hospitalar do paciente. RA: Quais são os benefícios para a população juizforana? Djalma: Melhoria no atendimento, maior segurança para os pacientes, além de proporcionar uma constante modernização e confiança da qualidade dos serviços realizados pela ASCOMCER. RA: Qual o segredo para o sucesso de um projeto de Acreditação? Djalma: São vários segredos, a começar pelo apoio irrestrito da Direção e Presidência, a participação de todos os funcionários (incluindo o corpo clínico), e o investimento e a vontade de evoluir

9 3. Rumo a Excelência 4. Atendimento Setores do Hospital passam a utilizar sistema de gestão de saúde informatizado Por Pesquisas e a busca por novos conhecimentos no combate ao câncer Por Diovani Bórtoli Diante da missão de oferecer o melhor tratamento aos seus pacientes e da necessidade de um sistema de gestão informatizado, a ASCOMCER buscou a empresa MV no início do ano de 2012 a fim de buscar a qualidade e primar pela excelência em todos os departamentos do hospital. A MV é a 6ª maior empresa brasileira de software e 1ª no mercado de Sistemas de Gestão de Saúde. Os softwares desenvolvidos pela empresa padronizam e integram processos, garantindo a transformação de dados em informações e gerando conhecimento do negócio de saúde para a tomada de decisões. Este sistema permite informatizar todos os setores do Hospital, disse Anderson Moreira, coordenador do Setor de Tecnologia da Informação do Hospital ASCOMCER. Após buscarmos e firmarmos a parceria com a MV, adquirimos novos servidores, e antes de providenciarmos as instalações refizemos também todo o cabeamento de rede para garantir a segurança no tráfego das informações, acrescentou. O Sistema SOUL MV da empresa utiliza a tecnologia Java Flex/Full web em todos os níveis do processo, interligando as informações e criando um novo cenário para a gestão de saúde. Na ASCOMCER, o processo de consultoria da empresa MV começou em abril, e foi no final de julho que começaram os treinamentos de todos os funcionários para adaptação e utilização deste novo sistema de Gestão de Saúde. 16 Maxwell Costa No dia 1º de dezembro, os trabalhos do Hospital já começaram a ser feitos em cima do novo sistema, incluindo a utilização do novo Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP), que é um sistema de banco de dados que armazena todo histórico de saúde do paciente, objetivando garantir a continuidade do processo de atendimento, apoiando os profissionais da saúde a ter acesso aos dados, informações, receber alertas e apoiar a decisão clínica, bem como auxiliar em pesquisas médicas. Sem dúvida foi uma aquisição muito importante para o Hospital, disse Anderson. Segundo o administrador hospitalar, Maurício Sá, a ASCOMCER tem buscado ao máximo que esta implantação seja bem realizada. Nossas expectativas são as melhores possíveis. A gestão como um todo é o nosso grande foco, e sabemos que com este sistema teremos o controle de todas as atividades, além de redução de custos operacionais, de aumento do faturamento e principalmente da apuração dos custos por setor, concluiu ele. Funcionários da ASCOMCER já estão utilizando o Sistema SoulMV Com o intuito de divulgar, criar e fomentar o conhecimento científico no setor da saúde, sobretudo no campo oncológico, foi criado em 2010 o Centro de Estudos do Hospital AS- COMCER (CEHA). O Centro de Estudos é uma entidade civil, de caráter científico e sem fins lucrativos que, embora esteja integrada na estrutura organizacional da ASCOMCER, possui personalidade própria, regida por um Estatuto. Os eventos organizados pelo CEHA são direcionados não apenas aos colaboradores do Hospital, mas também aos profissionais de outras instituições. Durante os últimos dois anos de atividades foram realizadas palestras sobre diversos temas, com profissionais de renome da ASCOMCER e palestrantes convidados de outros hospitais. Atualmente os eventos têm uma periodicidade média de dois meses, mas a coordenação do Centro de Estudos planeja aumentar o número de palestras, cursos e simpósios para o ano de De acordo com coordenador do Centro de Estudos, Dr. Alexandre Guedes, o objetivo é sedimentar e ampliar o raio de atuação, tornando-o mais atrativo. Outro ponto destacado por ele é a intenção de oferecer um portfólio de atividades científicas, de modo permanente e qualificado, além de abrir caminho para a Maxwell Costa Dr. Alexandre Guedes coordena o Centro de Estudos consecução de uma ASCOMCER produtora de pesquisa. O câncer é foco de estudo em todo o mundo, e o nosso Hospital conta com profissionais de relevada competência, a maioria mestres e doutores, por isso o interesse em focar no estudo para que o CEHA possa ter maior visibilidade na geração de novos conhecimentos, disse Dr. Alexandre. Os eventos promovidos pelo CEHA são divulgados pelo site, e pela página no Facebook, 17

10 4. Atendimento ASCOMCER oferece uns dos melhores atendimentos e tratamentos da cidade Por A ASCOMCER tem buscado nas últimas décadas trabalhar e oferecer o melhor atendimento aos seus pacientes, aliando tecnologia, humanização e bons profissionais. Além dos serviços ambulatoriais como radioterapia e quimioterapia, o Hospital também oferece aos usuários do SUS, convênios e particulares exames de raios-x, patologia clínica, preventivo de câncer uterino e de mama, além de exames de ultrassonografia, mamografia, colonoscopia e endoscopia. A UTI do Hospital ASCOMCER é um serviço especializado destinado a pacientes que necessitam de cuidados especiais, particularmente aqueles com doenças mais graves ou que foram submetidos a cirurgias ou procedimentos de alta complexidade. Estes são monitorados 24 horas por dia por uma equipe multidisciplinar, composta por médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos e assistentes sociais. Contando com uma equipe cirúrgica especializada e com amplas salas, o Centro Cirúrgico do Hospital ASCOMCER está equipado para realizar os mais diversos procedimentos em oncologia, e foi habilitado também a realizar procedimentos de Alta Complexidade em Implante Coclear. Esta cirurgia consiste em estimular o nervo auditivo através do implante de um equipamento eletrônico na parte interna do ouvido, proporcionando aos portadores de alto grau de surdez ouvir com maior nitidez. 18 Maxwell Costa Maxwell Costa Além disso, a ASCOMCER também conta com o Departamento de Anestesiologia e Medicina Peri-Operatória, que está em conformidade com o que se pratica nos grandes centros médicos, incluindo anestesia para grandes procedimentos cirúrgicos oncológicos e também a pesquisa e a divulgação de conhecimentos nesta área. Nosso trabalho é ter cuidado com avaliação pré-operatória do paciente a ser anestesiado, a administração da anestesia propriamente dita, a recuperação pós-anestésica e o tratamento da dor aguda pós-operatória, disse o Coordenador do Departamento, Dr. Alexandre Guedes. A anestesia moderna é uma especialidade médica que garante a manutenção das funções vitais durante quaisquer procedimentos cirúrgicos, acrescentou. Laboratório Atendimento humanizado também no setor de Quimioterapia da ASCOMCER Dedicação às crianças internadas ASCOMCER dedica atenção e espaço especial para os pacientes pequeninos em tratamento Por Receber o diagnóstico de uma doença como o câncer não é fácil. Mais difícil ainda é para a família quando isso acontece com uma criança que ainda não tem entendimento do tratamento e da doença. Segundo divulgação do Instituto Nacional de Câncer (INCA), mais de casos novos de câncer infanto-juvenil são estimados anualmente no Brasil, representando a segunda causa de mortalidade proporcional entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos, para todas as regiões. Levando em consideração que a primeira causa é relacionada aos acidentes e à violência, podemos dizer que o câncer é a primeira causa de mortes por doença entre crianças e adolescentes. Embora esses índices assustem, o progresso no desenvolvimento do tratamento do câncer na infância foi espetacular nas últimas quatro décadas. É estimado que pelo menos 70% das crianças acometidas de câncer podem ser curadas, se diagnosticadas precocemente, e terão boa qualidade de vida após o tratamento adequado e em centros especializados. Ainda sim, são de importância fundamental para o controle dessa situação e o alcance de melhores resultados, as ações específicas do setor de saúde. Pensando no melhor tratamento aos seus pacientes pequeninos, a ASCOMCER busca oferecer o ambiente mais agradável Ricardo Cabral possível com leitos limpos e arrumados, com iluminação individual, divisórias sanfonadas e TVs com DVDs. Além disso, o Hospital oferece também a Brinquedoteca, espaço que favorece a criança a expressar de forma simbólica seu sofrimento e a diminuir as tensões provocadas pela internação, favorecendo a adesão ao tratamento. O brincar é uma atividade inerente ao comportamento infantil e indispensável ao processo de desenvolvimento, sendo considerada como fonte de adaptação e instrumento de formação, manutenção e recuperação da saúde. Na Brinquedoteca as crianças têm à disposição brinquedos, vídeo-game e jogos de aprendizado, que contribuem para diminuir o estado de ansiedade e angústia, além de minimizar o sofrimento e facilitar o enfrentamento da doença e do tratamento ao câncer. 19

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014 Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social Entidade: Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil Endereço: Rua Antônio Miguel Pereira

Leia mais

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo Projeto Amplitude Plano de Ação 2015 P r o j e t o A m p l i t u d e R u a C a p i t ã o C a v a l c a n t i, 1 4 7 V i l a M a r i a n a S ã o P a u l o 11 4304-9906 w w w. p r o j e t o a m p l i t u

Leia mais

Instituto Avon investe R$ 2,1 milhões em Minas Gerais para combate ao Câncer de Mama

Instituto Avon investe R$ 2,1 milhões em Minas Gerais para combate ao Câncer de Mama Instituto Avon investe R$ 2,1 milhões em Minas Gerais para combate ao Câncer de Mama São Paulo, 25 de julho de 2014 Minas Gerais recebeu um reforço de R$ 2,1 milhões na luta contra o câncer de mama. O

Leia mais

Programa de Ginástica Laboral

Programa de Ginástica Laboral Programa de Ginástica Laboral 1. IDENTIFICAÇÃO Nome: Programa de Ginástica Laboral (PGL) Promoção e Organização: Centro de Educação Física, Esportes e Recreação Coordenadoria do Campus de Ribeirão Preto.

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER II JORNADA DE TÉCNICOS DE ENFERMAGEM DO INCA

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER II JORNADA DE TÉCNICOS DE ENFERMAGEM DO INCA INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER II JORNADA DE TÉCNICOS DE ENFERMAGEM DO INCA FORMAÇÃO E EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE NA ATENÇÃO AO CÂNCER: DESAFIOS PARA OS TÉCNICOS DE ENFERMAGEM ESPECIALIZAÇÃO DO TÉCNICO

Leia mais

PROJETO. Responsável: Vera Andretta CPF 234.417.989-53 Função: Presidente

PROJETO. Responsável: Vera Andretta CPF 234.417.989-53 Função: Presidente PROJETO 1 IDENTIFICAÇÃO Abrangência do Projeto: ( x ) Estadual ( ) Regional ( ) Intermunicipal (no mínimo três municípios) 1.1 Dados Cadastrais do(s) Proponente(s) Proponente: Associação Paranaense de

Leia mais

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e Sexta Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e mudou o rumo da vida profissional FOLHA DA SEXTA

Leia mais

(UNIDADE CEBRAC BOTUCATU)

(UNIDADE CEBRAC BOTUCATU) CAMPANHA MAIS CIDADÃO (UNIDADE CEBRAC BOTUCATU) APRESENTAÇÃO Nossa Missão: Desenvolver o potencial das pessoas e formar o cidadão profissional para atuar com brilhantismo no mercado de trabalho Estar sintonizados

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL Das Atribuições dos Profissionais dos Recursos Humanos Atribuições comuns a todos os profissionais que integram a equipe: Conhecer a realidade das famílias pelas

Leia mais

SECRETARIA DE SAÚDE - Pronto Socorro Municipal recebe Licença Sanitária de Funcionamento: - Mais de 12 mil atendimentos nos mutirões:

SECRETARIA DE SAÚDE - Pronto Socorro Municipal recebe Licença Sanitária de Funcionamento: - Mais de 12 mil atendimentos nos mutirões: SECRETARIA DE SAÚDE - Pronto Socorro Municipal recebe Licença Sanitária de Funcionamento: o Pronto Socorro Adulto de Taubaté teve seu funcionamento aprovado pela Vigilância Sanitária Estadual. O documento

Leia mais

Ginástica Laboral como Meio de Promoção da Qualidade de Vida no Trabalho

Ginástica Laboral como Meio de Promoção da Qualidade de Vida no Trabalho 6 Ginástica Laboral como Meio de Promoção da Qualidade de Vida no Trabalho José Cicero Mangabeira Da Silva Gestor Em Recursos Humanos - Anhanguera Educacional - Campinas-SP Especialista Em Gestão Da Qualidade

Leia mais

Superando o tabu da doença: controle do câncer ganha destaque na mídia com campanhas de prevenção. Ano V - nº 18 - Rio Pesquisa 30

Superando o tabu da doença: controle do câncer ganha destaque na mídia com campanhas de prevenção. Ano V - nº 18 - Rio Pesquisa 30 Superando o tabu da doença: controle do câncer ganha destaque na mídia com campanhas de prevenção Ano V - nº 18 - Rio Pesquisa 30 31 Rio Pesquisa - nº 18 - Ano V SAÚDE Conhecer o passado para cuidar do

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

3 - Introdução. gestão hospitalar? 8 - Indicadores clínicos. 11 - Indicadores operacionais. 14 - Indicadores financeiros.

3 - Introdução. gestão hospitalar? 8 - Indicadores clínicos. 11 - Indicadores operacionais. 14 - Indicadores financeiros. 3 - Introdução 4 - Quais são as métricas para alcançar uma boa ÍNDICE As Métricas Fundamentais da Gestão Hospitalar gestão hospitalar? 8 - Indicadores clínicos 11 - Indicadores operacionais 14 - Indicadores

Leia mais

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS.

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS. ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS 40 Relatório de Gestão 2014 B lanço Soci l ESF Estratégia de Saúde da Família Relatório de Gestão 2014 41 GESTÃO DE PESSOAS Gestão de Pessoas Com o

Leia mais

Política de humanização no estado de São Paulo

Política de humanização no estado de São Paulo Artigo Política de humanização no estado de São Paulo Por Eliana Ribas A autora é psicanalista e doutora em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como coordenadora

Leia mais

Universidade Federal de Juiz de Fora Hospital Universitário Programa de Avaliação de Desempenho (PROADES) Segunda Fase

Universidade Federal de Juiz de Fora Hospital Universitário Programa de Avaliação de Desempenho (PROADES) Segunda Fase Universidade Federal de Juiz de Fora Hospital Universitário Programa de Avaliação de Desempenho (PROADES) Segunda Fase Registro de reuniões setoriais Setor: Serviço Social Unidade Dom Bosco Data: 29.05.2009

Leia mais

A QUALIFICAÇÃO DO TURISMO PARA O DESENVOLVIMENTO TURISTICO NOS CAMPOS GERAIS DO PARANÁ. Área: TURISMO

A QUALIFICAÇÃO DO TURISMO PARA O DESENVOLVIMENTO TURISTICO NOS CAMPOS GERAIS DO PARANÁ. Área: TURISMO A QUALIFICAÇÃO DO TURISMO PARA O DESENVOLVIMENTO TURISTICO NOS CAMPOS GERAIS DO PARANÁ Área: TURISMO SOUZA Janaína Terezinha de MASCARENHAS, Rubia Gisele Tramontin Resumo A atividade turística está ligada

Leia mais

Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011

Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011 Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011 Tema: O papel do terapeuta ocupacional para pessoas em tratamento de leucemia, linfoma, mieloma múltiplo ou mielodisplasia Total atingido de pessoas na sala: 26

Leia mais

Relatório de Atividades

Relatório de Atividades 1 Relatório de Atividades 2013 2 1- Identificação Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (GPACI) Rua Antônio Miguel Pereira, 45 Jardim Faculdade Sorocaba São Paulo CEP: 18030-250 Telefone:

Leia mais

O lançamento aconteceu em 8 de março de 2004, Dia Internacional da Mulher.

O lançamento aconteceu em 8 de março de 2004, Dia Internacional da Mulher. Sinopse As últimas décadas marcaram o avanço do papel da mulher na economia. Cada vez mais mulheres são responsáveis pela administração de seus lares e é crescente sua participação no mercado de trabalho,

Leia mais

Protocolos de acesso do Serviço Social 1- Caracterização do Serviço

Protocolos de acesso do Serviço Social 1- Caracterização do Serviço Protocolos de acesso do Serviço Social 1- Caracterização do Serviço A finalidade do trabalho do Assistente Social junto ao usuário do Hospital Universitário da UFJF, implica em favorecer o acesso deste

Leia mais

Instituto Sócrates Guanaes

Instituto Sócrates Guanaes Instituto Sócrates Guanaes Instituição de direito privado sem fins lucrativos; Fundado em 13 de julho de 2000; Qualificado como Organização Social; Reconhecido como instituição de utilidade pública municipal

Leia mais

Programa Assistência Sex, 16 de Setembro de 2011 10:32 - Última atualização Sex, 25 de Abril de 2014 10:17

Programa Assistência Sex, 16 de Setembro de 2011 10:32 - Última atualização Sex, 25 de Abril de 2014 10:17 Programa Assistência Através do Programa Assistência, o SESC tem como objetivo contribuir para a melhoria das relações e condições de vida da população, promovendo atividades sócio-culturais, de saúde

Leia mais

PRÊMIO ABF- AFRAS. Destaque em Responsabilidade Social WWW.DEPYLACTION.COM.BR. Elaborado por:

PRÊMIO ABF- AFRAS. Destaque em Responsabilidade Social WWW.DEPYLACTION.COM.BR. Elaborado por: PRÊMIO ABF- AFRAS Destaque em Responsabilidade Social Elaborado por: Depyl Action Franchising Av. Bias Fortes, 932 sl. 304 Lourdes CEP: 30170-011 Belo Horizonte / MG Fone: 31 3222-7701 Belo Horizonte,

Leia mais

BOAS PRÁTICAS. para humanizar o atendimento e gerar fidelização em Clínicas e Hospitais. Boas práticas para humanizar o atendimento

BOAS PRÁTICAS. para humanizar o atendimento e gerar fidelização em Clínicas e Hospitais. Boas práticas para humanizar o atendimento BOAS PRÁTICAS para humanizar o atendimento e gerar fidelização em Clínicas e Hospitais ÍNDICE Introdução 3 Explique e difunda a importância do termo 4 A humanização e o ambiente físico 6 Aperfeiçoamento

Leia mais

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR?

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? Descubra os benefícios que podem ser encontrados ao se adaptar as novas tendências de mercado ebook GRÁTIS Como o investimento em TI pode

Leia mais

Fórum. Desafio da Gestão das Organizações Não Governamentais

Fórum. Desafio da Gestão das Organizações Não Governamentais Fórum Desafio da Gestão das Organizações Não Governamentais Centro Infantil Boldrini Nov / 2013 José Alberto Vieira Saltini Importância do Terceiro Setor É inegável a crescente importância do Terceiro

Leia mais

BIC AMAZÔNIA S.A. RELATÓRIO DE DESEMPENHO SOCIAL JANEIRO DE 2015 I - APRESENTAÇÃO

BIC AMAZÔNIA S.A. RELATÓRIO DE DESEMPENHO SOCIAL JANEIRO DE 2015 I - APRESENTAÇÃO BIC AMAZÔNIA S.A. RELATÓRIO DE DESEMPENHO SOCIAL JANEIRO DE 2015 I - APRESENTAÇÃO A unidade BIC Amazônia está localizada na cidade de Manaus, no Estado do Amazonas, onde são produzidos canetas, lápis,

Leia mais

A GESTÃO HOSPITALAR E A NOVA REALIDADE DO FINANCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA RENILSON REHEM SALVADOR JULHO DE 2006

A GESTÃO HOSPITALAR E A NOVA REALIDADE DO FINANCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA RENILSON REHEM SALVADOR JULHO DE 2006 A GESTÃO HOSPITALAR E A NOVA REALIDADE DO FINANCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA RENILSON REHEM SALVADOR JULHO DE 2006 No passado, até porque os custos eram muito baixos, o financiamento da assistência hospitalar

Leia mais

FÓRUM DE HUMANIZAÇÃO HOSPITALAR E VOLUNTARIADO

FÓRUM DE HUMANIZAÇÃO HOSPITALAR E VOLUNTARIADO FÓRUM DE HUMANIZAÇÃO HOSPITALAR E VOLUNTARIADO A IMPORTÂNCIA DO VOLUNTARIADO NO PROCESSO DO HUMANIZAR FERNANDO BASTOS fernandobastosmoura@yahoo.com.br HUMANIZAÇÃO HOSPITALAR E PROFISSIONAIS DE SAÚDE DIAGNÓSTICO

Leia mais

A Importância da Causa

A Importância da Causa A Importância da Causa Panorama do Cenário Brasileiro Leucemia é o câncer mais comum entre crianças, e o linfoma é o 3º câncer mais comum entre este público Se detectados logo e tratados adequadamente,

Leia mais

Prevenção em dobro. Eixo de Prevenção do Câncer ganha segunda Unidade Móvel CAPA

Prevenção em dobro. Eixo de Prevenção do Câncer ganha segunda Unidade Móvel CAPA Prevenção em dobro Eixo de Prevenção do Câncer ganha segunda Unidade Móvel O eixo de Prevenção do Câncer do Programa Cuide-se+ acaba de ganhar um importante reforço no atendimento aos trabalhadores das

Leia mais

Asilo São Vicente de Paulo

Asilo São Vicente de Paulo Asilo São Vicente de Paulo O Asilo São Vicente de Paulo promove a qualidade de vida e o resgate à dignidade da pessoa idosa. Atualmente é responsável pela garantia dos direitos fundamentais de 150 idosas.

Leia mais

Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e

Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e Família Secretaria Municipal de Saúde CASC - Centro de Atenção a Saúde Coletiva Administração Municipal Horizontina RS Noroeste do Estado Distante 520 Km da

Leia mais

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde da Unimed SJC O Núcleo de Ação Integral à Saúde (NAIS) é o setor responsável pela promoção da saúde e prevenção

Leia mais

Redações vencedoras I Concurso de Redação

Redações vencedoras I Concurso de Redação Redações vencedoras I Concurso de Redação 1 Lugar Aluno: Julia Stefani Moraes Professora: Regina M. Macedo de Melo Castro Informação: A melhor maneira de combater o câncer Penso que falar sobre este assunto

Leia mais

ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR DENOMINAÇÃO DO CARGO: ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Desenvolver e implantar sistemas informatizados, dimensionando requisitos e funcionalidades do

Leia mais

Junho 2013 1. O custo da saúde

Junho 2013 1. O custo da saúde Junho 2013 1 O custo da saúde Os custos cada vez mais crescentes no setor de saúde, decorrentes das inovações tecnológicas, do advento de novos procedimentos, do desenvolvimento de novos medicamentos,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO Artigo 1º Atendendo à Portaria de número

Leia mais

Grupo Humana Alimentar

Grupo Humana Alimentar ONG +VIDA Você também pode ajudar Nos seus cinco anos de existência, várias conquistas foram possíveis. No entanto, esta organização não governamental precisa constantemente do auxílio da comunidade. Uma

Leia mais

HOSPITAL DE CANCER DE BARRETOS

HOSPITAL DE CANCER DE BARRETOS Hospital de Cancer Barretos -DE 120.000 m2 construídos HOSPITAL DEdeCANCER BARRETOS HOSPITAL DE CANCER DE BARRETOS A Fundação Pio XII foi instituída em 27 de novembro de 1967 e tem como objetivos primordiais:

Leia mais

DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ

DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ EIXO 1 DIREITO À SAÚDE, GARANTIA DE ACESSO E ATENÇÃO DE QUALIDADE Prioritária 1: Manter o incentivo aos Programas do Núcleo Apoio da Saúde da Família

Leia mais

MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER

MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER Área Temática: Saúde Adriane de Castro Martinez Martins 1 (Coordenadora) Claudecir Delfino Verli 2 Aline Maria de Almeida Lara 3 Modalidade: Comunicação

Leia mais

PORTARIA Nº 1.038, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2013

PORTARIA Nº 1.038, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2013 PORTARIA Nº 1.038, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2013 A SECRETÁRIA-EXECUTIVA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE, no uso das suas atribuições legais que lhe confere o art. 54 do Anexo I do Decreto n 8.065, de 7 de agosto de

Leia mais

relataram que mesmo com os cursos de treinamento oferecidos, muitas vezes se

relataram que mesmo com os cursos de treinamento oferecidos, muitas vezes se PEDAGOGIA HOSPITALAR: PERSPECTIVAS PARA O TRABALHO DO PROFESSOR. Bergamo, M.G. (Graduanda em Pedagogia, Faculdades Coc); Silva, D.M. (Graduanda em Pedagogia, Faculdades Coc); Moreira, G.M. (Curso de Pedagogia,

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) Este documento tem o propósito de promover o alinhamento da atual gestão

Leia mais

FÁBRICA ABERTA. destaque pág.02. sumário PROGRAMA DE PREVENÇÃO E RECUPERAÇÃO DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA

FÁBRICA ABERTA. destaque pág.02. sumário PROGRAMA DE PREVENÇÃO E RECUPERAÇÃO DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA Criando caminhos. ed. 04 - fevereiro março 2012 destaque pág.02 PROGRAMA DE PREVENÇÃO E RECUPERAÇÃO DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA sumário 02 03 03 04 05 07 07 07 08 Editorial Aniversariantes do Mês Dia Internacional

Leia mais

Dr. Cid Buarque de Gusmão Diretor Presidente Centro de Combate ao Câncer

Dr. Cid Buarque de Gusmão Diretor Presidente Centro de Combate ao Câncer Dr. Cid Buarque de Gusmão Diretor Presidente Centro de Combate ao Câncer 31 de Agosto de 2010 Centro de Combate ao Câncer QUEM SOMOS Centro de Combate ao Câncer NOSSAS DIRETRIZES Nossa Visão - O que buscamos

Leia mais

Perfil. Nossa estratégia de crescimento reside na excelência operacional, na inovação, no desenvolvimento do produto e no foco no cliente.

Perfil. Nossa estratégia de crescimento reside na excelência operacional, na inovação, no desenvolvimento do produto e no foco no cliente. Institucional Perfil A ARTSOFT SISTEMAS é uma empresa Brasileira, fundada em 1986, especializada no desenvolvimento de soluções em sistemas integrados de gestão empresarial ERP, customizáveis de acordo

Leia mais

O UNIVERSITÁRI FACULDADE ATENAS ESTÁ INTEGRADA COM A COMUNIDADE DE PARACATU

O UNIVERSITÁRI FACULDADE ATENAS ESTÁ INTEGRADA COM A COMUNIDADE DE PARACATU FACULDADE ATENAS ESTÁ INTEGRADA COM A COMUNIDADE DE PARACATU COM A REALIZAÇÃO DE DIVERSAS ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL, A INSTITUIÇÃO PROPORCIONA FORMAÇÃO HUMANIZADA AOS ALUNOS E TRAZ BENEFÍCIOS

Leia mais

Objetivo Principal. Objetivos Secundários

Objetivo Principal. Objetivos Secundários Objetivo Principal O Personal Med Hospitalar foi resultado de um longo esforço de O&M em hospitais de vários portes e regiões do Brasil. O sistema foi concebido a partir do detalhamento de 176 processos

Leia mais

"Acreditação: Valeu a pena investir na Certificação de Qualidade?" Centro Integrado de Atenção a Saúde CIAS Unimed Vitória - ES

Acreditação: Valeu a pena investir na Certificação de Qualidade? Centro Integrado de Atenção a Saúde CIAS Unimed Vitória - ES "Acreditação: Valeu a pena investir na Certificação de Qualidade?" Centro Integrado de Atenção a Saúde CIAS Unimed Vitória - ES AGENDA Programação do Evento - Histórico do Centro Integrado de Atenção a

Leia mais

VIVENCIANDO ATIVIDADE DE EXTENSÃO NUMA COMUNIDADE CARENTE ATRAVÉS DA CONSULTA DE ENFERMAGEM À MULHERES 1

VIVENCIANDO ATIVIDADE DE EXTENSÃO NUMA COMUNIDADE CARENTE ATRAVÉS DA CONSULTA DE ENFERMAGEM À MULHERES 1 1 VIVENCIANDO ATIVIDADE DE EXTENSÃO NUMA COMUNIDADE CARENTE ATRAVÉS DA CONSULTA DE ENFERMAGEM À MULHERES 1 Anna Maria de Oliveira Salimena 2 Maria Carmen Simões Cardoso de Melo 3 Ívis Emília de Oliveira

Leia mais

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE Av. Barbacena, 472 8º andar Barro Preto CEP: 30190-130 Belo Horizonte/MG Tel.: 3253.4917 E-mail: renata.gontijo@cemigsaude.org.br Portal Corporativo: www.cemigsaude.org.br

Leia mais

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação.

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Introdução Criar um filho é uma tarefa extremamente complexa. Além de amor,

Leia mais

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Justificativa: As transformações ocorridas nos últimos anos têm obrigado as organizações a se modificarem constantemente e de forma

Leia mais

O CUIDADO PRESTADO AO PACIENTE ONCOLÓGICO PELA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA

O CUIDADO PRESTADO AO PACIENTE ONCOLÓGICO PELA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 2007 O CUIDADO PRESTADO AO PACIENTE ONCOLÓGICO PELA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA Aline Paula

Leia mais

MUTIRÃO DE CIRURGIA DA CATARATA

MUTIRÃO DE CIRURGIA DA CATARATA MUTIRÃO DE CIRURGIA DA CATARATA A - Empresa Com um terreno de 1.000.000 m² e 354.000 m² de área construída, o Centro Comercial Leste Aricanduva surgiu em 1991 com a inauguração do primeiro shopping center

Leia mais

CONTADORES DE HISTÓRIA: EDUCAÇÃO E CULTURA NA SAÚDE

CONTADORES DE HISTÓRIA: EDUCAÇÃO E CULTURA NA SAÚDE Prêmio AEA 2014 - Projetos de Responsabilidade Social CONTADORES DE HISTÓRIA: EDUCAÇÃO E CULTURA NA SAÚDE Luana Costa*, Graziela Tamayosi*, Valdir Cimino** *Centro Tecnológico MAHLE Metal Leve S/A, **Associação

Leia mais

HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha.

HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha. HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha. Qualidade máxima e confiança são fundamentais no momento de escolher um hospital, e você precisa do que há de melhor na área médica. Por isso, prepare-se para

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

Gestão de Qualidade. HCFMRP - USP Campus Universitário - Monte Alegre 14048-900 Ribeirão Preto SP Brasil

Gestão de Qualidade. HCFMRP - USP Campus Universitário - Monte Alegre 14048-900 Ribeirão Preto SP Brasil Gestão de Qualidade O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, visando a qualidade assistencial e a satisfação do cliente compromete-se a um entendimento

Leia mais

THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES.

THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES. THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES. ANA LUCIA MESQUITA DUMONT; Elisa Nunes Figueiredo. Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte SMSA-BH (Atenção Básica)

Leia mais

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Toda empresa privada deseja gerar lucro e para que chegue com sucesso ao final do mês ela precisa vender, sejam seus serviços

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA Quando da apresentação de protocolos, manual de normas e rotinas, procedimento operacional padrão (POP) e/ou outros documentos,

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

NOVEMBRO AZUL: COMBATE E PREVENÇÃO AO CÂNCER DE PRÓSTATA

NOVEMBRO AZUL: COMBATE E PREVENÇÃO AO CÂNCER DE PRÓSTATA COMBATE E PREVENÇÃO AO ÍNDICE 03 04 07 12 19 24 Introdução Novembro Azul O câncer Você precisa se importar! Prevenção: Vencendo o preconceito Bons hábitos e Diagnóstico precoce são a melhor prevenção 27

Leia mais

A importância da Liderança no sucesso da implementação Lean

A importância da Liderança no sucesso da implementação Lean A importância da Liderança no sucesso da implementação Lean Paulo Cesar Brito Lauria Muitas empresas têm se lançado na jornada de implementar a filosofia lean nas últimas décadas. No entanto, parece que

Leia mais

Esta entidade surgiu da preocupação do médico alagoano Alberto Augusto de Araújo Jorge com a questão da saúde em meu Estado.

Esta entidade surgiu da preocupação do médico alagoano Alberto Augusto de Araújo Jorge com a questão da saúde em meu Estado. Senhor Presidente Senhoras deputados Senhores deputados Quero hoje usar esta tribuna para parabenizar os primeiros cinquenta anos de uma instituição de saúde do meu Estado de Goiás, a Associação de Combate

Leia mais

Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas

Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas Boas propostas são essenciais para que uma gestão tenha êxito, mas para que isso ocorra é fundamental que os dirigentes organizacionais

Leia mais

Seminário: "TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO"

Seminário: TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO Seminário: "TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO" FLEURY LINHA DO TEMPO Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso

Leia mais

Juliana S. Amaral Rocha Enfermeira de Práticas Assistenciais Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Junho/ 2015

Juliana S. Amaral Rocha Enfermeira de Práticas Assistenciais Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Junho/ 2015 Juliana S. Amaral Rocha Enfermeira de Práticas Assistenciais Hospital Alemão Oswaldo Cruz Junho/ 2015 MODELO ASSISTENCIAL - DEFINIÇÃO Forma como atribuições de tarefas, responsabilidade e autoridade são

Leia mais

O PROJETO. Exercícios físicos, boa alimentação, cuidados com o corpo e a mente. A busca. por um estilo de vida saudável é o atual

O PROJETO. Exercícios físicos, boa alimentação, cuidados com o corpo e a mente. A busca. por um estilo de vida saudável é o atual Exercícios físicos, boa alimentação, O PROJETO cuidados com o corpo e a mente. A busca por um estilo de vida saudável é o atual desafio da humanidade, que vive um cotidiano cada vez mais caótico. Na correria

Leia mais

COP 2013 COMMUNICATION ON PROGRESS PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS

COP 2013 COMMUNICATION ON PROGRESS PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS COP 2013 COMMUNICATION ON PROGRESS PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS 2003 É criada a G-COMEX ÓLEO & GÁS com o objetivo de prover soluções logísticas sob medida para o mercado de óleo, gás, energia e indústria

Leia mais

2. O que informatizar?

2. O que informatizar? A INFORMÁTICA NO CONSULTÓRIO MÉDICO No fascículo anterior, comentamos como a gestão de custos, mesmo sendo feita de maneira simplista, auxilia o consultório a controlar e avaliar seus resultados, permitindo

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

ESTIMULAR BRINCANDO: DESENVONVIMENTO DE BRINQUEDO, FERRAMENTA DE AUXILIO LÚDICO-EDUCATIVO NO TRATAMENTO DO CÂNCER INFANTIL

ESTIMULAR BRINCANDO: DESENVONVIMENTO DE BRINQUEDO, FERRAMENTA DE AUXILIO LÚDICO-EDUCATIVO NO TRATAMENTO DO CÂNCER INFANTIL ESTIMULAR BRINCANDO: DESENVONVIMENTO DE BRINQUEDO, FERRAMENTA DE AUXILIO LÚDICO-EDUCATIVO NO TRATAMENTO DO CÂNCER INFANTIL INTRODUÇÃO Amara Holanda Fabiane Romana Fernanda Oliveira Karen Trage Máuren Mássia

Leia mais

PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE

PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE Sérgio Dal-Ri Moreira Pontifícia Universidade Católica do Paraná Palavras-chave: Educação Física, Educação, Escola,

Leia mais

5.1 Nome da iniciativa ou Projeto. Academia Popular da Pessoa idosa. 5.2 Caracterização da Situação Anterior

5.1 Nome da iniciativa ou Projeto. Academia Popular da Pessoa idosa. 5.2 Caracterização da Situação Anterior 5.1 Nome da iniciativa ou Projeto Academia Popular da Pessoa idosa 5.2 Caracterização da Situação Anterior O envelhecimento é uma realidade da maioria das sociedades. No Brasil, estima-se que exista, atualmente,

Leia mais

Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante

Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante POR QUE CRIAR CIHDOTTs? 6294 hospitais no país Necessidade de descentralização Equipes localizadas dentro do hospital notificante

Leia mais

OUTUBRO. um mes PARA RELEMBRAR A IMPORTANCIA DA. prevencao. COMPARTILHE ESSA IDEIA.

OUTUBRO. um mes PARA RELEMBRAR A IMPORTANCIA DA. prevencao. COMPARTILHE ESSA IDEIA. OUTUBRO ROSA ^ um mes PARA RELEMBRAR A IMPORTANCIA DA ~ prevencao. COMPARTILHE ESSA IDEIA. ~ ^ O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete

Leia mais

PLANO DE TRABALHO EXERCÍCIO 2014. Dados de Identificação: Nome da Entidade: Associação de Cegos Louis Braille - ACELB. Bairro: Rubem Berta

PLANO DE TRABALHO EXERCÍCIO 2014. Dados de Identificação: Nome da Entidade: Associação de Cegos Louis Braille - ACELB. Bairro: Rubem Berta ASSOCIAÇÃO DE CEGOS LOUIS BRAILLE CNPJ. 88173968/0001-60 Endereço: Rua Braille, 480 Núcleo Residencial Costa e Silva Bairro: Rubem Berta POA-RS - CEP: 91150-140 e-mail: acelb@terra.com.br Fone: 3344-18-04-33406840

Leia mais

Mapeamento do Perfil Saúde em Instituição Pública - Fundação Centro de Atendimento Sócio Educativo ao Adolescente

Mapeamento do Perfil Saúde em Instituição Pública - Fundação Centro de Atendimento Sócio Educativo ao Adolescente 16 Mapeamento do Perfil Saúde em Instituição Pública - Fundação Centro de Atendimento Sócio Educativo ao Adolescente Leidiane Silva Oliveira Chagas Gestora de Recursos Humanos - Anhanguera Educacional

Leia mais

Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica

Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica Rogério Reis Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica CRESCIMENTO ECONÔMICO DA REGIÃO SUL IMPULSIONA MERCADO PARANAENSE POR ADRIANE DO VALE redacao@cipanet.com.br FOTOS

Leia mais

10 ANOS DO PROGRAMA COMUNITÁRIO PETROBRAS/REVAP.

10 ANOS DO PROGRAMA COMUNITÁRIO PETROBRAS/REVAP. POP: Prêmio Nacional de Relações Públicas Categoria: Relações Públicas e Responsabilidade Social Profissional: Aislan Ribeiro Greca Empresa: Petrobras 10 ANOS DO PROGRAMA COMUNITÁRIO PETROBRAS/REVAP. 2008

Leia mais

Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. HOSPITAL...

Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. HOSPITAL... Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. Baseado na NR 32 Segurança e Saúde no Trabalho em Serviços de Saúde Portaria N 1.748 de 30 de Agosto de 2011. HOSPITAL... Validade

Leia mais

Positive Deviance: Engajamento da equipe para melhorar a adesão ao Checklist Cirúrgico Time Out Perfeito

Positive Deviance: Engajamento da equipe para melhorar a adesão ao Checklist Cirúrgico Time Out Perfeito Positive Deviance: Engajamento da equipe para melhorar a adesão ao Checklist Cirúrgico Time Out Perfeito Ana L. Vasconcelos Coordenadora Programa Integrado de Cirurgia O Protocolo de cirurgia segura do

Leia mais

FANTÁSTICO E JORNAL NACIONAL DENUNCIAM ESQUEMA QUE TRANSFORMA SAÚDE EM BALCÃO DE NEGÓCIOS

FANTÁSTICO E JORNAL NACIONAL DENUNCIAM ESQUEMA QUE TRANSFORMA SAÚDE EM BALCÃO DE NEGÓCIOS FANTÁSTICO E JORNAL NACIONAL DENUNCIAM ESQUEMA QUE TRANSFORMA SAÚDE EM BALCÃO DE NEGÓCIOS A reportagem veiculada no programa Fantástico, da Rede Globo, no domingo (04/01), trouxe à tona um drama que assola

Leia mais

Cartaz Desenvolvido para a Campanha Leuceminas: Você Faz A Diferença Na Cura Do Câncer. 1

Cartaz Desenvolvido para a Campanha Leuceminas: Você Faz A Diferença Na Cura Do Câncer. 1 Cartaz Desenvolvido para a Campanha Leuceminas: Você Faz A Diferença Na Cura Do Câncer. 1 Marleyde Alves dos SANTOS 2 Daniel Cardoso Pinto COELHO 3 Cláudia CONDÉ 4 Raísa moysés GENTA 5 Bruno César de SOUZA

Leia mais

CARTA ACORDO Nº. 0600.103.002 Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

CARTA ACORDO Nº. 0600.103.002 Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo Ao Ministério da Saúde Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde Departamento de Gestão da Educação na Saúde E-mail: deges@saude.gov.br - prosaude@saude.gov.br CARTA ACORDO Nº. 0600.103.002

Leia mais

CONCEITO. Despertar a potencialidade de indivíduos

CONCEITO. Despertar a potencialidade de indivíduos CONCEITO Despertar a potencialidade de indivíduos Utilizar a Arte como meio de comunicação e expressão e a Cultura no resgate de histórias de vida e valores 17 anos de atuação 231 mil atendimentos ARTE

Leia mais

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos.

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. Q A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. É uma alusão à essência e ao compromisso da Secretaria

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES E PROJETOS EXECUTADOS EM 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES E PROJETOS EXECUTADOS EM 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES E PROJETOS EXECUTADOS EM 2004 A Fundação Aprender, no ano de 2004, procurou cumprir as etapas previstas no Planejamento 2003, levando a efeito iniciativas no sentido de ampliar

Leia mais

PROJETO DE ESTRUTURAÇÃO SAÚDE PÚBLICA Prefeitura Municipal de Itapeva - SP. Maio de 2014

PROJETO DE ESTRUTURAÇÃO SAÚDE PÚBLICA Prefeitura Municipal de Itapeva - SP. Maio de 2014 PROJETO DE ESTRUTURAÇÃO SAÚDE PÚBLICA Prefeitura Municipal de Itapeva - SP Maio de 2014 UMA RÁPIDA VISÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL HOJE Estrutura com grandes dimensões, complexa, onerosa e com falta de

Leia mais

PROGRAMA DE QUALIDADE DE VIDA DO TRABALHADOR

PROGRAMA DE QUALIDADE DE VIDA DO TRABALHADOR PROGRAMA DE QUALIDADE DE VIDA DO TRABALHADOR Prof. Dr. Jones Alberto de Almeida Divisão de saúde ocupacional Barcas SA/ CCR ponte A necessidade de prover soluções para demandas de desenvolvimento, treinamento

Leia mais

Apoio: BIT Company Franchising Rua Fidêncio Ramos, 223 conj. 131 13º andar Vila Olimpia

Apoio: BIT Company Franchising Rua Fidêncio Ramos, 223 conj. 131 13º andar Vila Olimpia Nome da empresa: BIT Company Data de fundação: Julho de 1993 Número de funcionários: 49 funcionários Localização (cidade e estado em que estão sede e franquias): Sede em São Paulo, com franquias em todo

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais