ESPECIFICAÇÕES ITEM 11 - QUEPE MASCULINO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESPECIFICAÇÕES ITEM 11 - QUEPE MASCULINO"

Transcrição

1 ESPECIFICAÇÕES ITEM 11 - QUEPE MASCULINO 01 - NOMENCLATURA: Quepe masculino 02- UNIDADE: Um 03 - APLICAÇÃO: Comandante Geral, Corregedor, Diretores, Gerentes, Inspetores, Guardas Municipais MATERIAL: Para a capa: - tecido azul-marinho (CC). Consumo de 350 mm para confecção de 2 quepes (CC); Para a armação: - fita com bordado xadrez quadriculadoem preto e branco com 45 mm de largura; - forro de tecido acetinado na cor azul royal; - castelo de material sintético rígido; - arame de aço para armação; - tira de material sintético, com 42 mm de largura, para carneira; - pala de papelão, revestida da seguinte forma: a) para Comandante Geral, Corregedor, Diretores, Gerentes e Inspetores: Revestido por tecido bordado azul-marinho na parte superior e por material sintético na cor preta na parte inferior; e b) para os demais GM: Forrado na parte superior por material sintético verniz brilhante e por material sintético na cor preta na parte inferior; e - debrum das palas e da carneira em plástico brilhante na cor preta (CC) com espessura de 0,20mm (CD) e largura de 5mm (CD) na parte superior e 5mm (CD) na parte inferior. 05 CONFECÇÃO: O quepe deverá obedecer aos desenhos e detalhes da presente especificação; e

2 O quepe deverá ser confeccionado pelo número que corresponda à circunferência da cabeça, medida pela circunferência interna do boné, variando do número 51 (correspondente a 510 mm) ao 62 (correspondente a 620 mm) (CC) DETALHES: Capa: De formato ovalado, medindo 280mm (CD) no comprimento por 250mm (CD) na largura, confeccionada em tecido azul-marinho(cc), costurado com linha na cor azul (CC). A capa será armada por intermédio de um arco de arame de aço (CC), formato roliço, firmemente embutido e costurado entre a parte lateral e a tampa do quepe. A parte lateral será entretelada em toda a sua volta (CC). Na parte inferior da capa existirá, cobrindo toda a sua porção cilíndrica, uma fita com bordado quadriculadoem preto e branco (CC), com 45mm de largura (CD); Pala: Será confeccionada em papelão, revestida com tecido azul-marinho ou com material sintético verniz brilhante na cor preta, conforme item (CC), tendo a inclinação de 111 (CD) e costurada à armação propriamente dita. Partindo do zero nas laterais e alcançando no centro frontal a largura máxima de 65mm (CD); Obs.:As palas revestidas com tecido azul-marinho possuirão os seguintes bordados: a) dois ramos duplos de carvalho que se entrelaçam cobrindo toda a área, na cor prata, Comandante Geral, Corregedor (CC); e Obs: As palas dos demais quepes revestidas de tecido azul marinho e as revestidas com material sintético serão sem bordado e destinadas aos demais guardas municipais (CC); Armação: Confeccionado em material sintético flexível (CC), na cor preta (CC), com 65mm (CD) de largura, sendo que na parte inferior é revestida em toda a sua volta por um viés de feltro de 10mm (CD) de largura na parte externa e 30mm (CD) de largura na parte interna e na parte superior possui em toda a sua volta um viés de material sintético de 5mm (CD) de largura de cada lado(cc); Carneira: Internamente a armação será protegida em toda a circunferência, por uma carneira confeccionada em material sintético (CC), na cor preta (CC), com 42mm de largura (CD). A parte inferior da carneira terá um debrum em plástico preto (CC); Jugular:

3 Externamente, existirá uma fita com bordado xadrez quadriculado em preto e branco com 35 mm de largura circundando toda a jugular, conforme modelo RUG Castelo: O castelo terá 60mm de altura (CC), sendo medido a partir do lado superior da fita quadriculada; Forro: A parte interna da capa será forrada por tecido acetinado na cor azul royal. O seu ajuste ao boné será feito por meio de uma entretela não tecida, fixa ao forro na sua face de contato com o boné. No centro do forro haverá, costurado a este, um plástico cristal em formato trapezoidal, que tomará a porção central do forro, equidistante das bordas. Neste plástico haverá o logotipo do Comando da GMC(gládio alado) e da empresa; Distintivo para quepe e bone O distintivo para quepe e boné previsto no RUG, com as seguintes dimensões: com 55 mm de altura e 40 mm de largura, observando as demais proporções em relação ao modelo original; sendo fixado na parte frontal do quepe, de modo que sua borda inferior fique faceando com da parte superior da fita quadriculada, sendo que, para o Comandante Geral, Corregedor, deverá ser acrescido de um ramo duplo estrelaçado de carvalho de cada lado do distintivo para quepe e boné, partindo da base para o topo do distintivo e para Diretores, Gerentes e Inspetores um ramo simples de carvalho, com as mesmas caracteristicas acima Todas as medidas deverão observar a tabela de tolerância abaixo: Dimensões (mm) Tolerância Inclusive Exclusive mm mm mm mm Acima de mm

4 07 AMOSTRAGEM: Deverão ser elaboradas peças piloto para aprovação e posteriormente serão realizados exames por amostragem INSPEÇÃO E EXAME: O material poderá ser inspecionado durante a confecção a critério da DIPA da GMC; As amostras retiradas na forma do item 07 serão examinadas, e Serão considerados dois critérios para a definição do parecer sobre o material examinado: a) Critério crítico (CC)- aquele(s) julgado(s) imprescindível(eis) para o bom desempenho do item, cujo cumprimento deverá ser integral; e b) Critério desejável (CD) aquele(s) julgado(s) de menor gravidade que o anterior, porém necessário à composição do item e cujo cumprimento deverá ser igual ou superior ao nível de qualidade estabelecido RECEBIMENTO E RECUSA: Será considerado aprovado o material que atender plenamente às características classificadas como critério crítico (CC) e, no mínimo, 82% das classificadas como critério desejável (CD); e Será recusado o lote do material entregue cujas características das amostras submetidas a exame não satisfaçam os índices e/ou as exigências da presente especificação. 10 MARCAÇÃO: O material deverá possuir, no plástico cristal, existente na parte interna do boné, o logotipo do Comando da GMC (gládio alado) e da empresa, com o CNPJ, nome da empresa e com a numeração do quepe (não se aceita qualquer tipo de etiqueta adesiva ou carimbo) ACONDICIONAMENTO; As peças deverão ser embaladas individualmente de acordo com as normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT aplicáveis a este procedimento, com a numeração de tamanho à vista.

5

6 ESPECIFICAÇÕES ITEM 12 - QUEPE FEMININO 01- NOMENCLATURA: Quepe feminino azul-marinho. 02- APLICAÇÃO: Comandante Geral, Corregedor, Diretores, Gerentes, Inspetores, Guardas Municipais. 03 ESPECIFICAÇÕES: a) Confeccionado em feltro de lã azul marinho, formato oval, compõe-se de duas partes: aba e copa; b) a copa tem aproximadamente 120 mm de altura, de acordo com o numero do chapéu, sendo que da base ao topo ela e levemente afunilado, com a parte superior achatada; c) a aba, ligada a copa no seu limite inferior por um anel de diâmetro variável, conforme a numeração, tem 45mm de largura, com uma dobra para cima de 7mm, na borda, feita por costura simples; d) na parte dianteira a aba e levemente caída, enquanto que na parte traseira e bem levantada, dando o formato final do chapéu; e) o chapéu e forrado em tecido azul marinho de poliéster/algodão que cobre toda a superfície interna, arrematado na base por uma carneira preta de couro com 35 mm de largura, em toda sua extensão; f) na parte externa, na base da copa, uma fita quadriculada em preto e branco bordado,com 30 mm de largura em toda sua extensão,constitui a cinta; g) o emblema do chapéu é o distintivo para quepe e boné da de Contagem (GMC) previsto no RUG, com as seguintes dimensões: com 60 mm de altura e 45 mm de largura, observando as demais proporções em relação ao modelo original; sendo fixado na parte frontal do chapéu, de modo que sua borda inferior fique faceando com da parte superior da fita quadriculada, sendo que, para o Comandante Geral, Corregedor, Diretores, Gerentes e Inspetores deverá ser acrescido de um ramo de carvalho de cada lado do distintivo para quepe e boné, partindo da base para o topo do distintivo; h)- O chapeu deverá ser confeccionado pelo número que corresponda à circunferência da cabeça, medida pela circunferência interna do chapeu, variando do número 51 (correspondente a 510 mm) ao 62 (correspondente a 620 mm). 04- AMOSTRAGEM: Deverão ser elaboradas peças piloto para aprovação e posteriormente serão realizados exames por amostragem. 05- INSPEÇÃO E EXAME: - O material poderá ser inspecionado durante a confecção a critério da DIPA da GMC; - As amostras retiradas na forma do item 09 serão examinadas, e Serão considerados dois critérios para a definição do parecer sobre o material examinado: b) Critério crítico (CC)- aquele(s) julgado(s) imprescindível(eis) para o bom desempenho do item, cujo cumprimento deverá ser integral; e c) Critério desejável (CD) aquele(s) julgado(s) de menor gravidade que o anterior, porém necessário à composição do item e cujo cumprimento deverá ser igual ou superior ao nível de qualidade estabelecido. 06- RECEBIMENTO E RECUSA:

7 Será considerado aprovado o material que atender plenamente às características classificadas como critério crítico (CC) e, no mínimo, 85% das classificadas como critério desejável (CD); e - Será recusado o lote do material entregue cujas características das amostras submetidas a exame não satisfaçam os índices e/ou as exigências da presente especificação. 07 MARCAÇÃO: Os valores dos parâmetros contidos na etiqueta de conservação serão de responsabilidade do fornecedor, sendo que os valores abaixo servem apenas como exemplo. A etiqueta de identificação e conservação da peça deverá ser inserida em uma das extremidades, no lado do avesso do cobertor, conforme figura abaixo: Vista da frente Vista do verso 08 ACONDICIONAMENTO: As peças deverão ser embaladas individualmente de acordo com as normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT aplicáveis a este procedimento, com a numeração de tamanho à vista.

8 ESPECIFICAÇÕES DO ITEM 13 - SAIA CURTA AZUL MARINHO 01- NOMENCLATURA: Saia curta azul-marinho. 02- UNIDADE: Um 03- APLICAÇÃO: Municipais. Feminino: Comandante Geral, Corregedor, Diretores, Gerentes, Inspetores, Guardas 04- MATERIAL EMPREGADO: Tecido: (Consumo médio estimado) Tecido azulmarinho (CC) Composição 55% Poliéster 45% Lã (CC) Tecido pincipal Forro Entretela Largura Acetato Nome comercial 1.500mm 100% (CC) Entretela colante (CC) Consumo 700mm Composição 100% poliéster (CC) Largura 900mm Consumo 100mm Linhas: Pesponto Pesponto Ponto Overloque Botoneira Caseadeira Travete externo interno fixo Título Cor (CC) Azul Azul Azul Azul Azul Azul Azul Composição pol./alg. pol./alg. Pol./alg. pol./alg. pol./alg. pol./alg. pol./alg. Pontos p/ cm Nº da agulha Aviamentos:

9 Produto Consumo Tamanho Cor Aplicação Botão (CC) 1 14mm Azul Fechar cós da cintura Entretela colante (CC) 100mm 800mm Branca Entretelar cós da cintura Zíper de nylon (CC) 1 200mm Azul Traseiro da saia 05- REQUISITOS GERAIS: A confecção obedecerá ao modelo do desenho anexo, apresentando perfeito acabamento nos mínimos detalhes, não sendo permitido: costuras enrugadas ou malfeitas, caseado frouxo ou malfeito, entretela mal aplicada, zíper mal aplicado, nuanças sensíveis na mesma peça e linhas soltas não retiradas por ocasião do acabamento da peça; e No exame das amostras serão utilizados dois critérios: Critério Crítico (CC) e Critério Desejável (CD), conforme item INSPEÇÃO E EXAME da presente especificação DETALHES: Deverá satisfazer as seguintes características: Possuirá cós anatômico, inteiriço com 40mm (quarenta milímetros) (CD) de altura, entretelado (CC) e fechado no trespasse com caseado de olho (CC) com botão (CC) de 14mm (quatorze milímetros) (CD) e um zíper (CC) com 200mm (duzentos milímetros) (CC) de comprimento na cor azulescuro (CC); Aplicado sobre o cós existirão seis passadores (CC) de 10mm (dez milímetros) (CD) de largura, sendo dois aplicados na parte da frente (CC), dois na parte de trás (CC) e dois nas laterais (CC). As extremidades dos passadores deverão estar embutidas sob o cós (CD); A saia possuirá quatro pences (CC): duas na frente (CC) e duas atrás (CC), com 80mm (oitenta milímetros) (CD) de comprimento, distribuídas proporcionalmente; O acabamento interno será todo overlocado (CC) e a barra chuleada (CD); Deverá possuir forro em acetato 100% (CC); e Possuirá abertura transpassada (CC), de 200mm (duzentos e milímetros) a 250mm (duzentos e cinquenta milímetros) (CD) conforme o tamanho da peça. 07 MEDIDAS: Medidas em milímetros CARACTERÍSTICAS DIMENSÕES

10 Tamanhos Cintura (CC) Quadril (CC) Comprimento total sem cós e sem barra (CC) Largura do cós (CD) Comprimento de abertura traseira (CD) Largura do passante (CD) Observação: O comprimento do cós à barra é medido da base do cós à barra Tabela de tolerância: Dimensões (mm) Tolerância Inclusive Exclusive mm mm mm mm Acima de mm OBS.: Não haverá tolerância para quantidade de botões, ilhoses, caseados, orifícios, rebites, zíperes, passadeiras, fivelas, fechos rápidos, pinos de fixação, fechos de pressão, velcros, costuras, tipo de entretela. 08 SEQUÊNCIA OPERACIONAL: FASE Nº OPERAÇÕES MAQ. ACESSÓRIOS Preparação 01 Colar entretela no cós Manual Ferro 02 Passar cós dobrando 9mm na borda entretelada e 10mm na Manual Ferro outra (inferior) 03 Preparar passantes Galoneira Dobrador 04 Chulear laterais do dianteiro Overloque 05 Chulear meio traseiro e laterais Overloque Montagem 06 Fazer pences do dianteiro Ponto fixo 07 Fazer pences do traseiro Ponto fixo 08 Fechar o traseiro até a altura do zíper Ponto fixo 09 Fixar zíper do lado esquerdo Ponto fixo 10 Fixar e pespontar zíper do lado direito Ponto fixo

11 FASE Nº OPERAÇÕES MAQ. ACESSÓRIOS Montagem 11 Elaborar transpasse e rebater do lado direito Ponto fixo 12 Fixar passantes no dianteiro e traseiro Ponto fixo 13 Costurar borda não entretelada do cós no avesso da cintura Ponto fixo Acabamento 14 Chulear a barra Overloque 15 Casear Caseadeira 16 Pregar botão Botoneira 17 Limpar Manual 18 Revisar Manual 19 Passar Manual Ferro 20 Embalar Manual Seladora 09 AMOSTRAGEM: Deverão ser elaboradas peças piloto para aprovação e posteriormente serão realizados exames por amostragem INSPEÇÃO E EXAME: O material poderá ser inspecionado durante a confecção a critério da DIPA da GMC; As amostras retiradas na forma do item 09 serão examinadas, e Serão considerados dois critérios para a definição do parecer sobre o material examinado: d) Critério crítico (CC)- aquele(s) julgado(s) imprescindível(eis) para o bom desempenho do item, cujo cumprimento deverá ser integral; e e) Critério desejável (CD) aquele(s) julgado(s) de menor gravidade que o anterior, porém necessário à composição do item e cujo cumprimento deverá ser igual ou superior ao nível de qualidade estabelecido RECEBIMENTO E RECUSA: Será considerado aprovado o material que atender plenamente às características classificadas como critério crítico (CC) e, no mínimo, 72% das classificadas como critério desejável (CD); e

12 11.02 Será recusado o lote do material entregue cujas características das amostras submetidas a exame não satisfaçam os índices e/ou as exigências da presente especificação. 12 MARCAÇÃO: Os valores dos parâmetros contidos na etiqueta de conservação serão de responsabilidade do fornecedor, sendo que os valores abaixo servem apenas como exemplo. A etiqueta de identificação e conservação deverá ser inserida em uma das extremidades, no lado do avesso da peça, conforme figura abaixo: Vista da frente Vista do verso OBS: Não se aceita qualquer tipo de etiqueta adesiva ou carimbo). 13 ACONDICIONAMENTO: As peças deverão ser embaladas individualmente de acordo com as normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT aplicáveis a este procedimento, com a numeração de tamanho à vista.

13

14 ESPECIFICAÇÕES ITEM 14 - CALÇA AZUL MARINHO COM FAIXA REFLETIVA 01- NOMENCLATURA: Calça AZUL MARINHO COM FAIXA REFLETIVA 02- UNIDADE: Um 03- APLICAÇÃO: Guardas Municipais 04- MATERIAL EMPREGADO: Tecido: (Consumo médio estimado) TECIDO PRINCIPAL Nome Comercial: TERBRIM Composição: 67% Poliéster 33% Algodão Linhas: Largura: 1500mm Consumo: 1400mm ENTRETELA Nome Comercial: ENTRETELA COLANTE 77g/m² Composição: 100% pes Largura: 900mm Consumo: 200mm Pesponto Pesponto Ponto Overloque Interloque Travete Externo Interno fixo Título Cor Azulescura Azulescura Azulescura Azul-escura (CC) Azul-escura (CC) Azul-escura (CC) (CC) (CC) (CC) Composição Pol./Alg. Pol./Alg. Pol./Alg. Pol./Alg. Pol./Alg. Pol./Alg. Pontos/ cm Nº da agulha

15 04.03 Aviamentos: Produto Consumo Tamanho Cor Aplicação Botão de massa 4 furos (CC) 13 15mm (CD) Preto (CC) Bolso e vista dianteira Entretela colante sanforizada (CC) (fusionada ou não) 200mm ---- Branca Lapelas de bolso e cós da calça Cadarço 1080mm 10mm de largura (CD) Branco (CC) Barra da boca da calça 05- REQUISITOS GERAIS: A confecção obedecerá ao modelo do desenho anexo, apresentando perfeito acabamento, nos mínimos detalhes, não sendo permitido: costuras enrugadas ou malfeitas, caseados frouxos ou malfeitos, entretela mal aplicada, desalinhamento entre os botões e as casas da braguilha, botões mal pregados ou frouxos, nuanças sensíveis na mesma peça e linhas soltas não retiradas por ocasião do acabamento da peça; e No exame das amostras serão utilizados dois critérios: Critério Crítico (CC) e Critério Desejável (CD), conforme item INSPEÇÃO E EXAME da presente especificação DETALHES: Deverá satisfazer as seguintes características: O cós deverá ser entretelado (CC), o seu fechamento será feito por 1 (um) botão (CC). Deverá ter 7 passadeiras (CC) do mesmo tecido da calça, com 10mm (dez milímetros) (CD) de largura e 40mm (quarenta milímetros) de abertura (CD); as extremidades das passadeiras deverão estar sobrepostas ao cós (CD); Possuirá 4 (quatro) bolsos (CC), sendo: 2 (dois) traseiros (CC), e 02 (dois) nas laterais externas das pernas (CC); Os bolsos traseiros serão chapados externamente (CC), fixados com costuras duplas (CC) e possuirão portinholas retangulares (CC) de 60mm (sessenta milímitros) (CD) de altura, com ângulos inferiores com chanfros de 20mm (vinte milímetros) (CD). Os bolsos serão fechados por velcro (CC) que serão escamoteados por uma carcela (CC) do mesmo tecido. Os bolsos terão 135mm (cento e trinta e cinco milímetros) (CD) de largura e 165mm (cento e sessenta e cinco milímetros) (CD) de altura para as calças números 01, 02 e 03 e 145mm (cento e quarenta e cinco milímetros) (CD) por 170mm (cento e setenta milímetros) (CD), respectivamente, para as calças números 04 e 05. A parte superior da portinhola deverá distar 70mm (setenta milímetros) (CD) da base do cós;

16 Os bolsos laterais externos das pernas serão fixados na altura acima do joelho com costuras duplas (CC), possuem fole (CC) e são fechados por portinholas retangulares (CC) de 55mm (cinquenta e cinco milímetros) (CD) de altura. Serão fechados por velcro (CC) que serão escamoteados por uma carcela (CC) do mesmo tecido. Os bolsos terão 180mm (cento e oitenta milímetros) de largura (CD) e 210mm (duzentos e dez milímetros) de altura (CD) da base dos bolsos chapados tipo faca; faixas refletivas com 25mm nas laterais sobre as costuras passando sobre o bolso A braguilha deverá ser fechada por 04 (quatro) botões (CC); As calças terão um passador (CC) de 15mm (quinze milímetros) (CD) de largura na boca da perna (CC), permitindo a passagem de um cadarço ajustável de 10mm (dez milímetros) (CD) de largura; As costuras laterais (ilharga), dos bolsos (traseiros e dianteiros) e das entrepernas terão de ser DUPLAS (CC), distando 5mm (cinco milímetros) (CD) entre si, sendo a externa executada a 2mm (dois milímetros) (CD) das bordas; As costuras do fundilho e do gancho serão TRIPLAS (CC) e as demais simples (CC); Serão mosqueados os seguintes pontos: as laterais superiores de todos os bolsos, as laterais da portinholas e passadeiras em ambas as extremidades (CC); As calças deverão estar bem passadas, apresentando um bom aspecto. 07 MEDIDAS: Medidas em milímetros CARACTERÍSTICAS DIMENSÕES Tamanhos Cintura (CC) Quadril (CC) Ilharga (CC) Entrepernas (CD) Comprimento do gancho (CC) Largura da boca (CD) Largura do cós (CD) Largura das passadeiras (CD) Quantidade de passadeiras (CC) Bolsos traseiros: Altura (CD) Largura (CD) Altura da portinhola (CD) Bolsos dianteiros: Abertura (CD) Altura (CD) Bolsos laterais:

17 Largura (CD) Altura (CD) Altura da portinhola (CD) Observações: - O comprimento da ilharga é medida da base do cós até a bainha, tomado na lateral externa da perna; - O comprimento da entrepernas é medido entre a primeira costura do fundo da calça até a bainha, tomado na lateral interna da perna; e - O comprimento do gancho é medido na base do cós até a costura da entrepernas Tabela de tolerâncias: Dimensões (mm) Tolerância Inclusive Exclusive mm mm mm mm Acima de mm OBS.: Não haverá tolerância para quantidade de botões, ilhoses, caseados, orifícios, rebites, zíperes, passadeiras, fivelas, fechos rápidos, pinos de fixação, fechos de pressão, velcros, costuras, tipo de entretela. 08 AMOSTRAGEM: Deverão ser elaboradas peças piloto para aprovação e posteriormente serão realizados exames por amostragem INSPEÇÃO E EXAME: O material poderá ser inspecionado durante a confecção a critério da DIPA da GMC; As amostras retiradas na forma do item 08 serão examinadas, Serão considerados dois critérios para a definição do parecer sobre o material examinado:

18 f) Critério crítico (CC)- aquele(s) julgado(s) imprescindível(eis) para o bom desempenho do item, cujo cumprimento deverá ser integral; e g) Critério desejável (CD) aquele(s) julgado(s) de menor gravidade que o anterior, porém necessário à composição do item e cujo cumprimento deverá ser igual ou superior ao nível de qualidade estabelecido RECEBIMENTO E RECUSA: Será considerado aprovado o material que atender plenamente às características classificadas como critério crítico (CC) e, no mínimo, 87% das classificadas como critério desejável (CD); e Será recusado o lote do material entregue cujas características das amostras submetidas a exame não satisfaçam os índices e/ou as exigências da presente especificação. 11 MARCAÇÃO: Os valores dos parâmetros contidos na etiqueta de conservação serão de responsabilidade do fornecedor, sendo que os valores abaixo servem apenas como exemplo. A etiqueta de identificação e conservação deverá ser inserida em uma das extremidades, no lado do avesso da peça, conforme figura abaixo: Vista da frente Vista do verso Não se aceita qualquer tipo de etiqueta adesiva ou carimbo. 12 ACONDICIONAMENTO: As peças deverão ser embaladas individualmente de acordo com as normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT aplicáveis a este procedimento, com a numeração de tamanho à vista.

19 ESPECIFICAÇÕES ITEM 15 - ABRIGO Nº NOMENCLATURA: ABRIGO Nº UNIDADE: Um 03 - APLICAÇÃO: Masculino e feminino: Comandante Geral, Corregedor, Diretores, Gerentes, Inspetores, Guardas Municipais MATERIAL EMPREGADO: Tecido: (Consumo médio estimado) Tecido principal Entretela 01 - Tecido de nylon azul marinho, impermeável (CC) 02 Acanelado Largura 1.400mm 600mm Nome Comercial Manta acrílica Composição Consumo Composição % Nylon (CC) 1.600mm 100% Acrílico %0 Poliéster (CC) 400mm Largura 1.400mm Consumo 250 mm Linhas: Pesponto Pesponto Ponto Overloqu Interloque Botoneira Caseadeira externo interno fixo e Título Cor Azul Azul Azul Azul Azul Azul Azul Composição 100%pes 100%pes 100%pes 100%pes 100%pes 100%pes 100%pes Pontos p/ cm Nº da agulha Aviamentos:

20 Produto Consumo Tamanho Cor Aplicação Velcro (CC) 600mm 20mm larg. Preta Contorno interno da jaqueta e platinas Botão massa (CC) 2 14mm Preta (CD) Gola da jaqueta Zíper de nylon (CC) 1 550mm Azul Vista dianteira OBSERVAÇÕES: 01 Fechar forro interno (ombros, cavas e laterais) com máquina interloque bitola de um centímetro de largura (CD); e 02 Fazer o matelassê com calçador para matelassê, regulado para cinqüenta milímetros de distância (CD). 05- REQUISITOS GERAIS: A confecção obedecerá ao modelo do desenho anexo, apresentando perfeito acabamento, nos mínimos detalhes, não sendo permitido: costuras enrugadas ou malfeitas, caseados frouxos ou malfeitos, desalinhamento entre os bolsos, nuanças sensíveis na mesma peça e linhas soltas não retiradas por ocasião do acabamento da peça No exame das amostras serão utilizados dois critérios: Critério Crítico (CC) e Critério Desejável (CD), conforme item INSPEÇÃO E EXAME da presente especificação DETALHES: Deverá satisfazer as seguintes características: Gola tipo esporte com pontas com 90mm (noventa milímetros) (CD) de comprimento, arredondadas para o modelo feminino (CC); as costas serão lisas (CC); deverá possuir, na base da gola, uma aleta de 25mm (vinte e cinco milímetros) de largura (CD) por 40 mm (quarenta milímetros) de comprimento (CD), constituindo-se de um prolongamento do colarinho (CC), sem emendas, no lado esquerdo da gola; a aleta deverá ser presa a um botão de 14mm de diâmetro (quatorze milímetros) (CC) localizado por baixo da extremidade esquerda (CC), quando aberto e, a um botão (CC) localizado por baixo da estremidade direita (CC), quando fechado As platinas serão do mesmo tecido, costuradas e embutidas na junção da manga com o corpo da jaqueta numa extremidade (CC), e presas por um velcro (CC) tipo toque macio de 20mm (vinte milímetros) (CD) de largura por 10mm (dez milímetros) (CD) de altura fixado ao ombro na outra extremidade (CC); terão comprimentos diferentes (conforme medidas

21 constantes do desenho em anexo); não serão aceitas platinas cujas estremidades mais estreitas sejam costuradas ao ombro (CC) Será fechado por um zíper (CC) em toda a extensão frontal, da gola até a barra, coberto por uma vista de 10mm (dez milímetros) (CD) de largura, de cada lado (CC); Possuirá externamente 02 (dois) bolsos (CC) embutidos em diagonal (CC) com 160mm (cento e sessenta milímetros) (CD) de abertura formando um ângulo de 60º (sessenta graus) (CD) com a linha que se prolonga pela parte inferior das aberturas destes bolsos; a extremidade superior do bolso até o zíper deverá distar 160mm (cento e sessenta milímetros) (CD), a extremidade inferior do bolso até o cós deverá distar 90mm (noventa milímetros) (CD); a profundidade dos bolsos será de 150mm (cento e cinquenta milímetros) (CC) medida na parte mediana de sua abertura, o formato do bolso deverá seguir o desenho anexo (CD); Possuirá sanfonas de 70mm (setenta milímetros) (CD) de largura nos punhos e na cintura; esta última terminará a 50mm (cinquenta milímetros) (CD) da abertura da jaqueta; Possuirá um forro matelassê, removível, na cor azul-marinho, que forrará toda a superfície interna do casaco, fixado através de velcros tipo toque macio (CC); estes velcros serão aplicados da seguinte forma: um central (CC), sobre o eixo vertical das costas a 15mm da barra, dois (CC), 15mm abaixo da gola, equidistantes 90mm do eixo vertical das costas. Haverá, ainda, duas fileiras de três velcros eqüidistantes entre si, 120mm, cada qual acompanhando as aberturas frontais, a 85mm das extremidades a partir de 55 mm da barra (CC) e dois em cada manga, na altura dos punhos, conforme desenho anexo; e As costuras serão todas simples (CC) Na manga direita deverá ser afixada por velcro a Bandeira do Município de Contagem, emplastificada, devidamente nivelada, com as dimensões 50 mm de altura por 70 mm de largura, a parte superior da Bandeira deverá ficar 35 mm abaixo da junção da manga com o corpo da jaqueta (CC); Na manga esquerda deverá ser afixado a marca GUARDA MUNICIPAL em arco conforme definido no RUG, bordado em linha branca, com fundo azul marinho, emplastificado, com acabamentos laterais em linha azul marinho, devidamente nivelado e o vértice superior do arco deverá fircar a 35 mm da junção da manga com o corpo da jaqueta (CC) Na parte frontal superior esquerda da jaqueta deverá ser bordado direto na peça o distintivo da GMC especificado no RUG, com 70 mm de altura por 55 mm de largura, onde o vertice da base do distintivo deverá estar posicionado na intercessão em 90º da linha imaginária que parte da junção inferior da manga esqueda com o corpo da jaqueta no sentido da junção inferior da manga direita com o

22 corpo da jaqueta, com a linha imaginária que parte do vertice da gola do lado esquerdo no ponto do prolongamento da custura do fechamento superior esquedo da parte frontal com a parte anterior da jaqueta. (CC) Na parte frontal superior direita da jaqueta deverá afixado por velcro targeta retangular em tecido azul marinho, emplastificada, com acabamento lateral em linha azul marinho, com nome e posto de graduação em linha branca, devendo a base da targeta de forma centralizada estar posicionada na intercessão em 90º da linha imaginária que parte da junção inferior da manga direita com o corpo da jaqueta no sentido da junção inferior da manga esquerda com o corpo da jaqueta, com a linha imaginária que parte do vertice da gola do lado direito no ponto do prolongamento da custura do fechamento superior direita da parte frontal com a parte anterior da jaqueta. (CC) 07 MEDIDAS: Tabela de medidas masculina (Medidas em milímetros): CARACTERÍSTICAS DIMENSÕES Tamanhos: Circunferência da gola (CC) Ponta da gola (CD) Tórax (CC) Cintura (CD) Comprimento total (CC) Contorno do braço (CD) Comprimento da manga (CC) Largura da sanfona: Cintura (CD) Largura da sanfona: Punhos (CD) Vistas do zíper frontal (CD) Ombreiras: Comprimento (CC) Largura da base (CC) Largura no chanfro (CC) CARACTERÍSTICAS DIMENSÕES Largura do velcro (CD) Altura do velcro (CD) Bolsos: Abertura dos bolsos em diagonal (CD) Distância da extremidade superior do bolso até o zíper (CD) Distância da extremidade inferior do bolso até o cós (CD) Profundidade dos bolsos (CC) Disância da sanfona da cintura à

23 abertura da jaqueta (CD) Aleta: Comprimento (CD) Largura (CD) Diâmetro do botão (CC) Tabela de medidas feminina (Medidas em milímetros): CARACTERÍSTICAS DIMENSÕES Tamanhos: Circunferência da gola (CC) Ponta da gola (CD) Tórax (CC) Cintura (CD) Comprimento total (CC) Contorno do braço (CD) Comprimento da manga (CC) Largura da sanfona: Cintura (CD) Largura da sanfona: Punhos (CD) Vistas do zíper frontal (CD) Ombreiras: Comprimento (CC) Largura da base (CC) Largura no chanfro (CC) Largura do velcro (CD) Altura do velcro (CD) Bolsos: Abertura dos bolsos em diagonal (CD) Distância da extremidade superior do bolso até o zíper (CD) Distância da extremidade inferior do bolso até o cós (CD) Profundidade dos bolsos (CC) Disância da sanfona da cintura à abertura da jaqueta (CD) Aleta: Comprimento (CD) Largura (CD) Diâmetro do botão (CC) Observações: - O tórax é medido na altura das axilas; - O comprimento da manga é medido considerando a sanfona; - A largura da manga é medida na metade do comprimento sem considerar a

24 sanfona; e - O comprimento total é medido da gola à barra considerando a sanfona Tabela de tolerância: Confecção Dimensões (mm) Tolerância Inclusive Exclusive mm mm mm mm Acima de mm Tecidos Dimensões Tolerância Natureza da fibra + 3% Encolhimento à lavagem + 2% Resistência à tração Limite inferior: - 5 % Limite superior: não há Alongamento à tração Limite inferior: - 5 % Limite superior: não há Espessura + 0,05 mm Largura Limite inferior: - 0,4 % Limite superior: não há Gramatura (peso/m²) Limite inferior: - 0,5 % Limite superior: + 10% Densidade (Nº fios p/ cm) Inclusive Exclusive fio fios fios Acima de fios Cor Clara (branco, bege, azul-claro) CMC Fatores 2:1:0,6 Cor Médio tom (verde-musgo) CMC Fatores 2:1:0,8 Cor Escura (azulaeronáutica, marrom, azulbaratéia, verdeescuro, azulferrete) CMC Fatores 2:1:1 Nos itens em que a especificação seja de uma única fibra não haverá tolerância para a composição da natureza das fibras.

25 08 MOLDE PARA CORTE: PARTES DO MOLDE CÓDIGO DAS VEZES A SER CORTADO PARTES Tecido: Dianteiro 057/01 2 Taseiro 057/02 1 Revel da vista dianteira 057/03 2 Manga superior 057/04 2 Manga inferior 057/05 2 Gola superior 057/06 1 Gola inferior 057/07 1 Pé da gola 057/08 2 Revel do decote traseiro 057/09 1 Platina do ombro 057/10 4 Acabamento do zíper da barra 057/11 1 Vivo do bolso dianteiro 057/12 2 Espelho do bolso dianteiro 057/13 2 Acanelado: Manga 057/14 2 Barra 057/15 1 Forro: Dianteiro 057/16 2 Traseiro 057/17 1 Manga superior 057/18 2 Manga inferior 057/19 2 Bolso interno esquerdo 057/20 1 Bolso dianteiro 057/21 4 Matelassé: Dianteiro 057/22 4 Traseiro 057/23 2

26 09 SEQUÊNCIA OPERACIONAL: Secretaria de Governo FASE Nº OPERAÇÕES MAQ. ACESSÓRIOS Preparação 01 Fusionar entretela na platina, gola, pé da gola, vivo Manual Ferro do bolso 02 Costurar vivo do bolso Ponto fixo 03 Abrir bolso Manual Tesoura 04 Fixar espelho do bolso no forro Ponto fixo 05 Pespontar vivo do bolso Ponto fixo 06 Fechar bolso Ponto fixo 07 Costurar platina do ombro Ponto fixo 08 Virar platina Manual 09 Pespontar platina segurando o velcro do outro lado Ponto fixo 10 Costurar gola Ponto fixo 11 Virar gola Manual 12 Pespontar gola Ponto fixo 13 Unir gola e pé de gola Ponto fixo FASE Nº OPERAÇÕES MAQ. ACESSÓRIOS Montagem 14 Unir ombros Interloque 15 Fixar platina Ponto fixo 16 Fixar mangas Interloque 17 Fechar laterais Interloque Forro 18 Fixar bolso inferior esquerdo do forro Ponto fixo 19 Unir ombros Interloque 20 Fixar mangas do forro Interloque 21 Fechar laterais Interloque 22 Fixar forro no revel dianteiro e decote traseiro Ponto fixo 23 Costurar acanelado da barra no forro Ponto fixo 24 Costurar acanelado na barra da jaqueta Ponto fixo 25 Unir acanelado da manga em conjunto com a peça e Ponto fixo o forro 26 Virar jaqueta Manual 27 Fixar o velcro nas marcações do revel dianteiro e Ponto fixo decote traseiro 28 Fixar zíper no dianteiro, juntamente com o revel Ponto fixo 29 Pespontar zíper Ponto fixo 30 Fixar gola Ponto fixo 31 Pespontar pé da gola Ponto fixo 32 Costurar velcro no ombro Ponto fixo 33 Marcar caseado no pé da gola Manual 34 Casear o pé da gola Caseadeira 35 Marcar botão Manual

27 36 Fixar botão Botoneira Colete interno 37 Fazer matelassé Ponto fixo 38 Unir ombros Interloque 39 Fechar laterais Interloque 40 Fechar bordas do revel e da barra Ponto fixo 41 Fechar cavasw deixando uma abertura na parte Ponto fixo inferior para virar o colete 42 Pespontar toda a borda do colete Ponto fixo 43 Fixar velcro nas marcações Ponto fixo 44 Revisar Manual 45 Limpar Manual Tesoura 46 Passar Manual Ferro 47 Embalar Manual 10 AMOSTRAGEM: Deverão ser elaboradas peças piloto para aprovação e posteriormente serão realizados exames por amostragem INSPEÇÃO E EXAME: O material poderá ser inspecionado durante a confecção a critério da DIPA da GMC; As amostras retiradas na forma do item 10 serão examinadas, e Serão considerados dois critérios para a definição do parecer sobre o material examinado: a) Critério crítico (CC)- aquele(s) julgado(s) imprescindível(eis) para o bom desempenho do item, cujo cumprimento deverá ser integral; e b) Critério desejável (CD) aquele(s) julgado(s) de menor gravidade que o anterior, porém necessário à composição do item e cujo cumprimento deverá ser igual ou superior ao nível de qualidade estabelecido 12 - RECEBIMENTO E RECUSA: Será considerado aprovado o material que atender plenamente às características classificadas como critério crítico (CC) e, no mínimo, 86% das classificadas como critério desejável (CD); e Será recusado o lote do material entregue cujas características das amostras submetidas a exame não satisfaçam os índices e/ou as exigências da presente especificação.

28 13 MARCAÇÃO: Os valores dos parâmetros contidos na etiqueta de conservação serão de responsabilidade do fornecedor, sendo que os valores abaixo servem apenas como exemplo. A etiqueta de identificação e conservação deverá ser inserida em uma das extremidades, no lado do avesso da peça, conforme figura abaixo: Vista da frente Vista do verso OBS: Não se aceita qualquer tipo de etiqueta adesiva ou carimbo). 14 ACONDICIONAMENTO: As peças deverão ser embaladas individualmente de acordo com as normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT aplicáveis a este procedimento, com a numeração de tamanho à vista.

29 GMC JAQUETA AZULMARINHO COM FORRO REMOVÍVEL(MASC/FEM) MODELO FEMININO

30

31 GMC JAQUETA AZUL-MARINHO C OM FORRO REMOVÍVEL (M ASC /FEM )

32 (TAM 1, 2 E 3) (TAM 4, 5 E 6) Secretaria de Governo 50 COSTURA 140 CORTE 150 MEDIDA MEDIDAS EM MM

33 ITEM 16 - CAMISA AZUL-CLARO DE MANGAS CURTAS 01- NOMENCLATURA: Camisa azul-claro de mangas curtas. 02- UNIDADE: Um 03- APLICAÇÃO: Masculino e feminino: Comandante Geral, Corregedor, Diretores, Gerentes, Inspetores, Guardas Municipais. 04- MATERIAL EMPREGADO: Tecido: (Consumo médio estimado) TECIDO PRINCIPAL ENTRETELAS Tecido azul-claro Largura 1.500mm Nome Comercial Entretela colante Nome Comercial Entretela colante Composição 73% Poliéster 27% Algodão Consumo 1.150mm tecida Entretela de algudão colante tecida, sanforizada e fusionada(cc). Peso: Base 86gr/m2 Adesivo (LMP) 26 gr/m2 Total 112gr/m2 não tecida Composição gramatura 60 ± 5 g/m 2 Largura 900mm Consumo 700mm Linhas: Pesponto Pesponto Ponto Overloqu Interloque Botoneira Caseadeira Travete externo interno fixo e Título Cor Azul Azul Azul Azul Azul Preta Azul Azul Composição pol/alg pol/alg pol/alg pol/alg pol/alg pol/alg pol/alg pol/alg Pontos p/ cm

34 Nº da agulha Aviamentos: Produto Consumo Tamanho Cor Aplicação Botão (quatro furos) 7 14mm Preto Vista dianteira e portinholas dos bolsos Entretela de algodão colante tecida, sanforizada e fusionada(cc). Peso: Base 86gr/m2 Adesivo (LMP) 26 gr/m2 Total 112 gr/m2 700mm Branca Dupla nos seguintes locais: Gola, lapela até o primeiro botão e portinholas dos bolsos. Entretela colante não tecida e Branca Vista dianteira. fusionada 60 ± 5 g/m 2 (CC). Obs: Linha na cor do tecido (nº 120 pes/co) para fechamento, caseamento e mosqueamento e linha preta (nº 120) para pregar botões (CC); e Botões de plástico preto com 14mm (quatorze milímetros) de diâmetro e quatro furos (CC). 05- REQUISITOS GERAIS: A confecção obedecerá ao modelo do desenho anexo, apresentando perfeito acabamento, nos mínimos detalhes, não sendo permitido: costuras enrugadas ou malfeitas, caseados frouxos ou malfeitos, desalinhamento entre os bolsos, nuanças sensíveis na mesma peça e linhas soltas não retiradas por ocasião do acabamento da peça; e No exame das amostras serão utilizados dois critérios: Critério Crítico (CC) e Critério Desejável (CD), conforme item INSPEÇÃO E EXAME da presente especificação DETALHES: Deverão atender as seguintes características: Gola tipo esporte (CC), com pontas de 80mm (oitenta milímetros) (CD) e lapela de 40mm (quarenta milímetros) (CD), aberta até a altura do primeiro botão, pespontada com costura simples em toda a volta (CC); costas inteiras, com pala externa a altura das espáduas (CC). A base da pala distará 100 (cem) milímetros da base da gola (CD) e termina em ponta no centro (CC), formando um ângulo cujo vértice dista 120 (cento e vinte) milímetros da base da gola (CD), para os números 01, 02 e 03 e 140 (cento e quarenta) milímetros (CD) para os números 04, 05 e 06. A lapela da camisa (amostra) será presa com uma costura na altura do ombro (CC) para prender a entretela e a lapela, não podendo esta costura ficar aparecendo (CC);

35 A junção da manga com o corpo da camisa deve ser feito com costuras rebatidas com 2 agulhas (CC); As ombreiras, tipo platina, serão do mesmo tecido, costuradas e embutidas na junção da manga com o corpo da camisa numa extremidade e presas por um botão (CC) de 14 (quatorze) milímetros de diâmetro (CD), fixado ao ombro, na outra extremidade; Mangas Curta, a camisa devera ser acompanhada das patentes dos devidos Guardas municipais,bem como a bandeira do municipio do lado direito da manga com as seguintes dimençoes 65mmx55mm bordado e emplastificado afixado por velcro,distintivo da GMC com70mmx50mm de dimençoes em aço inox corroido, pintado,com o numero de matricula de cada GMC e resinado, plaqueta de acrilico azul marinho com as bordas douradas 75mmx17mm de dimençoes contendo em branco a graduaçao e o nome do integrante da gmc, breve bordados com a descriçao em branco com o fundo azul marinho emplastificado com as bordas bordado em azul marinho A camisa é fechada na frente por cinco botões (CC) que abotoam sobre um macho de 35mm (trinta e cinco) milímetros de largura (CD), aplicado no lado esquerdo (CC), da gola à barra. O centro do primeiro botão estará 25mm (vinte e cinco) milímetros (CD) acima da linha formada pela parte superior das portinholas dos bolsos; Os caseados para fechar a camisa e as portinholas são feitas no sentido vertical e os das ombreiras no sentido horizontal (CC); Possui dois bolsos retangulares (CC) fixados com costuras duplas e com 125mm (cento e vinte e cinco milímetros) de largura (CD) por 135mm (cento e trinta e cinco milímetros) de altura (CD) para os números 01, 02 e 03 e 135mm (cento e trinta e cinco milímetros) (CD) por 145mm (cento e quarenta e cinco milímetros) (CD) para os números 04, 05 e 06. Os bolsos possuirão ângulos inferiores chanfrados com 20 mm (vinte milímetros) (CD) e machos centrais de 35mm (trinta e cinco milímetros) (CD) de largura, sendo fechados por portinholas pentagonais de 35mm (trinta e cinco milímetros) (CD) de lado menor para os números 01, 02 e 03 e de 45mm (quarenta e cinco milímetros) (CD) de lado menor para os números 04, 05 e 06. As portinholas terminarão em ponta, formando um ângulo com lados retos, cujo vértice distará da borda superior da portinhola 20mm (vinte milímetros) (CD) mais que a parte inferior dos lados menores. Na parte lateral direita do bolso esquerdo existirá uma divisão porta-lápis (CC) limitada por uma costura que ficará sob a prega macho do bolso e com abertura sobre a portinhola correspondente à largura do porta-lápis. Este porta-lápis ficará sob a prega do macho do bolso. Estes bolsos deverão distar também 30mm (trinta milímetros) do macho central (CD); Os pespontos da camisa terão que contar 5 (cinco) pontos por centímetro (CD) distando 6mm (seis milímetros) (CD) das bordas, onde não houver costura dupla; A camisa deverá ser entretelada nos seguintes pontos: gola, lapela até o primeiro botão, ombreiras, portinholas dos bolsos e macho central; Os bolsos, as portinholas, as ombreiras e a pala serão aplicados obedecendo o mesmo sentido da armadura do tecido, para não causar nuança;

36 A costura de fechamento da manga deverá ser mosqueada na sua extremidade como medida de reforço (CC). Assim como travetes nos cantos superiores dos bolsos e das portinholas; As ombreiras terminarão em ponta, formando um ângulo com os lados, cujo vértice distará da união com a camisa 20mm (vinte milímetros) (CD) mais que as extremidades dos lados da ombreira Na manga direita deverá ser afixada por velcro a Bandeira do Município de Contagem, emplastificada, devidamente nivelada, com as dimensões 50 mm de altura por 70 mm de largura, a parte superior da Bandeira deverá ficar 35 mm abaixo da junção da manga com o corpo da camisa (CC); Na manga esquerda deverá ser afixado a marca GUARDA MUNICIPAL em arco conforme definido no RUG, bordado em linha branca, com fundo azul marinho, emplastificado, com acabamentos laterais em linha azul marinho, devidamente nivelado e o vértice superior do arco deverá fircar a 35 mm da junção da manga com o corpo da camisa (CC) Na parte frontal superior esquerda da camisa deverá ser afixado por velcro distintivo da GMC em aço inox corroido, especificado no RUG, com 70 mm de altura por 50 mm de largura, onde o vertice da base do distintivo deverá estar posicionado de forma centralizada com o bolso frontal esquerdo da camisa a 25 mm da parte superior do referido bolso. (CC) Na parte frontal superior direita da camisa deverá afixado por velcro targeta retangular em tecido azul marinho, emplastificada, com acabamento lateral em linha azul marinho, com nome e posto de graduação em linha branca, devendo a targeta estar centralizado com o bolso frantal direito da camisa, faceando a parte superior do referido bolso.(cc) 07 MEDIDAS: Medidas em milímetros CARACTERÍSTICAS DIMENSÕES Tamanhos Tórax (CC) Costas (CC) Contorno da cava (CC) Comprimento total (CC) Comprimento da manga curta (CD) Ombro (CD) Platina do ombro: Largura da base (CD) Largura da extremidade (CD) Comprimento (CD) Bolso: Largura (CD) X Comprimento (CD) CARACTERÍSTICAS Portinhola do bolso: Largura (CD) X Altura lateral (CD) X X X X X X 145 DIMENSÕES X X X X X X 45

37 Altura central (CD) Observações: - O tórax é medido na altura das axilas; e - O comprimento total é medido da base da gola à barra Tabela de tolerância: Dimensões (mm) Tolerância Inclusive Exclusive mm mm mm mm Acima de mm OBS.: Não haverá tolerância para quantidade de botões, ilhoses, caseados, orifícios, rebites, zíperes, passadeiras, fivelas, fechos rápidos, pinos de fixação, fechos de pressão, velcros, costuras, tipo de entretela. 08 SEQUÊNCIA OPERACIONAL: FASE Nº OPERAÇÕES MAQ. ACESSÓRIOS Preparação 01 Fusionar entretela na gola, platina, portinhola, no Manual Ferro revel do dianteiro da camisa e na lapela. 02 Costurar gola Ponto fixo 03 Refilar gola Manual Tesoura 04 Virar gola Manual 05 Passar gola manual Ferro 06 Pespontar gola, largura do pesponto 7mm Ponto fixo 07 Costurar barra do lado inferior da platina Ponto fixo 08 Costurar platina Ponto fixo 09 Refilar platina Manual Tesoura 10 Virar platina Manual 11 Passar platina Manual Ferro 12 Pespontar platina na largura de 7mm Ponto fixo Portinhola 13 Costurar portinhola para a abertura de caneta Ponto fixo 14 Refilar portinhola Manual Tesoura 15 Virar portinhola Manual 16 Passar portinhola manual Ferro 17 Pespontar portinhola na largura de 7mm Ponto fixo Bolso 18 Costurar a prega do bolso Ponto fixo

38 19 Passar a prega do bolso Manual Ferro 20 Chulear a boca do bolso Overloque 21 Costurar a barra do bolso Ponto fixo FASE Nº OPERAÇÕES MAQ. ACESSÓRIOS 22 Vincar bolso utilizando gabarito Manual Ferro 23 Fixar bolso direito nas marcações Ponto fixo 24 Pespontar o bolso com costura dupla Ponto fixo 25 Fixar bolso esquerdo nas marcações Ponto fixo Bolso 26 Pespontar o bolso com costura dupla Ponto fixo 27 Fazer uma costura no bolso porta caneta até a Ponto fixo distância da prega macho 28 Fixar portinhola direita com espaço de 10mm acima Ponto fixo do bolso 29 Dobrar e pespontar na largura de 7mm Ponto fixo 30 Fixar portinhola esquerda com espaço de 10mm acima do bolso deixando uma abertura de 45mm para a caneta Ponto fixo 31 Dobrar e pespontar na largura de 7mm Ponto fixo 32 Fazer a barra da manga na largura de 25mm (CD) Ponto fixo Montagem 33 Unir ombros Interloque 34 Pespontar ombros Ponto fixo 35 Fixar a platina no ombro Ponto fixo 36 Fixar mangas Interloque 37 Pespontar mangas na largura de 7mm Ponto fixo 38 Fechar laterais Ponto fixo 39 Rebater gola colocando a etiqueta no meio da gola Ponto fixo 40 Fazer acabamento na barra da manga Ponto fixo 41 Chulear barras Overloque 42 Fazer barra da camisa na largura de 10mm (CD) Ponto fixo Acabamento 43 Pespontar a vista desde o ombro até a barra na largura de 7mm Ponto fixo 44 Casear Caseadeira 45 Marcar botão Manual 46 Fixar botão Botoneira 47 Limpar Manual 48 Revisar Manual 49 Passar Manual Ferro 50 Embalar Seladora 09- AMOSTRAGEM:

39 Deverão ser elaboradas peças piloto para aprovação e Secretaria de Governo posteriormente serão realizados exames por amostragem. 10- INSPEÇÃO E EXAME: O material poderá ser inspecionado durante a confecção a critério da DIPA da GMC; As amostras retiradas na forma do item 09 serão examinadas, e Serão considerados dois critérios para a definição do parecer sobre o material examinado: h) Critério crítico (CC)- aquele(s) julgado(s) imprescindível(eis) para o bom desempenho do item, cujo cumprimento deverá ser integral; e i) Critério desejável (CD) aquele(s) julgado(s) de menor gravidade que o anterior, porém necessário à composição do item e cujo cumprimento deverá ser igual ou superior ao nível de qualidade estabelecido. 11- RECEBIMENTO E RECUSA: Será considerado aprovado o material que atender plenamente às características classificadas como critério crítico (CC) e, no mínimo, 85% das classificadas como critério desejável (CD); e Será recusado o lote do material entregue cujas características das amostras submetidas a exame não satisfaçam os índices e/ou as exigências da presente especificação. 12 MARCAÇÃO: Os valores dos parâmetros contidos na etiqueta de conservação serão de responsabilidade do fornecedor, sendo que os valores abaixo servem apenas como exemplo. A etiqueta de identificação e conservação da peça deverá ser inserida em uma das extremidades, no lado do avesso do cobertor, conforme figura abaixo: Vista da frente Vista do verso

40 13 ACONDICIONAMENTO: Secretaria de Governo As peças deverão ser embaladas individualmente de acordo com as normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT aplicáveis a este procedimento, com a numeração de tamanho à vista DETALHE DOS BOTÕES

41 25 10 Secretaria de Governo GMC DETALHE DOS BOTÕES

42

43 140 mm = TAM. 04, 05 E mm = TAM. 01, 02 E 03

44 (TAM 1, 2 E 3) (TAM 4, 5 E 6) Secretaria de Governo GMC C AM ISA M ASC ULINA AZUL-C LARO, DE M ANG AS C URTAS 50 COSTURA 140 CORTE 150 MEDIDA M EDIDAS EM mm

45 ESPECIFICAÇÕES ITEM 17 - MEIA PRETA DE NYLON 01 - NOMENCLATURA: Meia preta 02 - UNIDADE: Par 03 - APLICAÇÃO: Masculino e Feminino: Comandante Geral, Corregedor, Diretores, Gerentes, Inspetores, Guardas Municipais MATERIAL: Malha de nylon texturizado (CC); Matéria-Prima: Poliamida 2x78/23 ou 24. (CC) 05 - REQUISITOS GERAIS: No exame das amostras serão utilizados dois critérios: Critério Crítico (CC) e Critério Desejável (CD), conforme item INSPEÇÃO E EXAME da presente especificação; Não deverá apresentar nodosidade, fios corridos, manchas, falhas ou outros defeitos que prejudiquem a sua qualidade e aspecto; bico Deverá constituir-se de um corpo único (CC), sem emendas entre o punho, a perna e o pé, sendo fechado no 06- DETALHES: Deverá satisfazer as seguintes características: Natureza do fio Resistência à tração Do punho Peso de um pé Peso de um pé Número de malhas no contorno da perna (CD) Cor Nylon texturizado (CC) Mínimo de 60 kgf (CC) Mínimo de 9 g (CD) 10 ± 0,20 g (CD) De 175 a 220 agulhas Preta ou branca (CC) A meia deverá ser confeccionada com base na seguinte tabela de medidas: PARTES PARTES COMPRIMENTO LARGURA A Punho - De 70 a 80 mm (CD)

46 B Punho De 65 a 75 mm (CD) - C Perna - De 70 a 80 mm (CC) D Perna 165 a 180 mm (CD) - E Pé - De 70 a 80 mm (CC) F Pé De 230 a 250 mm (CC) Tabela de tolerâncias: Dimensões (mm) Tolerância Inclusive Exclusive mm mm mm mm Acima de mm OBS.: Não haverá tolerância para quantidade de botões, ilhoses, caseados, orifícios, rebites, zíperes, passadeiras, fivelas, fechos rápidos, pinos de fixação, fechos de pressão, velcros, costuras, tipo de entretela. 07 AMOSTRAGEM: Deverão ser elaboradas peças piloto para aprovação e posteriormente serão realizados exames por amostragem. 08 INSPEÇÃO E EXAME: O material poderá ser inspecionado durante a confecção a critério da DIPA da GMC; As amostras retiradas na forma do item 07 serão examinadas, e Serão considerados dois critérios para a definição do parecer sobre o material examinado: a) Critério crítico (CC)- aquele(s) julgado(s) imprescindível(eis) para o bom desempenho do item, cujo cumprimento deverá ser integral; e b) Critério desejável (CD) aquele(s) julgado(s) de menor gravidade que o anterior, porém necessário à composição do item e cujo cumprimento deverá ser igual ou superior ao nível de qualidade estabelecido. 09 RECEBIMENTO E RECUSA: Será considerado aprovado o material que atender plenamente às características classificadas como critério crítico (CC) e, no mínimo, 33% das classificadas como critério desejável (CD); e Será recusado o lote do material entregue cujas características das amostras submetidas a exame não satisfaçam os índices e/ou as exigências da presente especificação. 10 MARCAÇÃO:

47 Deverá ser impresso no pé da meia, por processo de transferência de calor ou similar, o nome e a marca do fabricante e a composição do produto (não são aceitos quaisquer tipos de etiqueta adesiva ou carimbo) 11 ACONDICIONAMENTO: As peças deverão ser embaladas individualmente de acordo com as normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT aplicáveis a este procedimento, com a numeração de tamanho à vista.

48 Largura do punho (A) Punho (B) Largura do cano (C) Cano (D) Largura do pé (E) Pé (F)

49 ESPECIFICAÇÕES ITEM 18 - CAMISETA BRANCA PARA CONDICIONAMENTO FISICO 01- NOMENCLATURA: Camiseta branca para condicionamento físico 02- UNIDADE: Um 03- APLICAÇÃO: Masculino e feminino: Comandante Geral, Corregedor, Diretores, Gerentes, Inspetores, Guardas Municipais. 04- MATERIAL EMPREGADO: Tecido: (Consumo médio estimado) Tecido principal Acanelado Nome Comercial Meia malha 30.1 Largura tubular 850mm Nome Comercial Acanelado Largura tubular 650mm Composição (CC) 100% Algodão (penteado) Consumo 750mm Composição (CC) 97,5% Algodão 2,5% elastano Consumo 100mm Linhas: Pesponto Pesponto Overloque Galoneira externo interno Título Cor Branca Branca Branca Branca Composição Poliéster Poliéster Poliéster Poliéster Pontos p/ cm Nº da agulha(bola) Aviamentos: Produto Consumo Tamanho Cor Aplicação Etiqueta de numeração 1 Padrão Decote traseiro Etiqueta de CGC 1 Padrão Sob a etiqueta de numeração

50 Etiqueta de composição 1 Padrão Sob a etiqueta do CGC 05- REQUISITOS GERAIS: No exame das amostras serão utilizados dois critérios: Critério Crítico (CC) e Critério Desejável (CD), conforme item INSPEÇÃO E EXAME da presente especificação A confecção obedecerá em tudo ao modelo dos desenhos anexos, apresentando perfeito acabamento nos seus mínimos detalhes; Não deverá apresentar manchas, falhas, empelotamentos, fios corridos, franzidos ou outros defeitos que prejudiquem a sua qualidade e aspecto; O fio empregado deverá ser bem preparado e torcido, apresentando diâmetro uniforme; As camisetas deverão ser confeccionadas com ribanas nas mangas e na gola (CC), medindo 25mm (vinte e cinco milímetros) de largura (CD); As costuras das ribanas das mangas, bem como a costura da gola devem ser do tipo galoneira (CC); A camiseta deve possuir uma bainha medindo 20mm (vinte milímetros) (CD) com a costura do tipo interloque; Fechamento na overloque, 5mm (cinco milímetros) de costura (CD); Fazer barra da camiseta na galoneira; e Rebater a gola na galoneira Na parte frontal superior esquerda da camisa deverá ser bordado direto na peça o distintivo da GMC especificado no RUG, com 70 mm de altura por 50 mm de largura, onde o vertice da base do distintivo deverá estar posicionado na intercessão em 90º da linha imaginária que parte da junção inferior da manga esqueda com o corpo da camisa no sentido da junção inferior da manga direita com o corpo da camisa, com a linha imaginária que parte do vertice da gola do lado esquerdo no ponto do prolongamento da custura do fechamento superior esquedo da parte frontal com a parte anterior da camisa. (CC) Na parte frontal superior direita da camisa deverá ser bordado direto na peça nome e posto de graduação em linha azul marinho, devendo a base das inscrições de forma centralizada estar posicionada na intercessão em 90º da linha imaginária que parte da junção inferior da manga direita com o corpo da camisa no sentido da junção inferior da manga esquerda com o corpo da camisa, com a linha imaginária que parte do vertice da gola do lado direito no ponto do prolongamento da custura do fechamento superior direita da parte frontal com a parte anterior da camisa. (CC)

51 06 - DETALHES: A malha deverá satisfazer as seguintes características: Cor (CC) Branca Espessura do tecido (CD) 0,40 mm Número de laçadas por cm: Horizontais (CD) 18 Verticais (CD) 14 Peso por metro de fio (CD) 0,020g Natureza da fibra (CC) Algodão (penteado) Gramatura (CC) 146g/m 2 Pesponto por cm (CD) Tolerâncias: Dimensões Tolerância Natureza da fibra + 3% Encolhimento à lavagem + 2% Resistência à tração Limite inferior: - 5 % Limite superior: não há Alongamento à tração Limite inferior: - 5 % Limite superior: não há Espessura + 0,05 mm Largura Limite inferior: - 0,4 % Limite superior: não há Gramatura (peso/m²) Limite inferior: - 0,5 % Limite superior: + 10% Densidade (Nº fios p/ cm) Inclusive Exclusive fio fios fios Acima de fios Cor Clara (branco, bege, azulclaro) CMC Fatores 2:1:0,6 Nos itens em que a especificação seja de uma única fibra não haverá tolerância para a composição da natureza das fibras.

52 07 MEDIDAS: Medidas em milímetros MEDIDAS BÁSICAS DIMENSÕES Tamanhos PP P M G GG EG A Tórax (CC) B Comprimento total (CC) C Ombro (CD) D Comprimento de manga sem acanelado (CD) E Largura acanelado da manga (CD) F Largura acanelada da gola (CD) Obs: O tórax é medido na altura das axilas e o comprimento total é medido da base da gola à barra, no centro das costas Tabela de tolerância: Dimensões (mm) Inclusive Exclusive Tolerância mm mm mm mm Acima de mm OBS.: Não haverá tolerância para quantidade de botões, ilhoses, caseados, orifícios, rebites, zíperes, passadeiras, fivelas, fechos rápidos, pinos de fixação, fechos de pressão, velcros, costuras, tipo de entretela. 08 MOLDE PARA CORTE: PARTES DO MOLDE CÓDIGO DAS PARTES VEZES A SER CORTADO Tecido: Dianteiro 035/01 1 Traseiro 035/02 1 Manga 035/03 2 Acanelado do decote 035/04 1 Acanelado da manga 035/05 2

53 09 SEQUÊNCIA OPERACIONAL: Secretaria de Governo FASE Nº OPERAÇÕES MAQ. ACESSÓRIOS Preparação 01 Unir acanelado do decote e barra da Overloque manga 02 Unir ombros Overloque 03 Colocar acanelado no decote Overloque Montagem 04 Fixar mangas Overloque 05 Fechar mangas e laterais Overloque 06 Colocar acanelado na manga Overloque Acabamento 07 Fazer barra da camiseta Galoneira 08 Pespontar decote Galoneira 09 Revisar Manual 10 Limpar Manual Tesoura 11 Passar Manual Ferro 12 Embalar Manual 10- AMOSTRAGEM: Deverão ser elaboradas peças piloto para aprovação e posteriormente serão realizados exames por amostragem INSPEÇÃO E EXAME: O material poderá ser inspecionado durante a confecção a critério da DIPA da GMC; As amostras retiradas na forma do item 10 serão examinadas, e Serão considerados dois critérios para a definição do parecer sobre o material examinado: c) Critério crítico (CC)- aquele(s) julgado(s) imprescindível(eis) para o bom desempenho do item, cujo cumprimento deverá ser integral; e d) Critério desejável (CD) aquele(s) julgado(s) de menor gravidade que o anterior, porém necessário à composição do item e cujo cumprimento deverá ser igual ou superior ao nível de qualidade estabelecido RECEBIMENTO E RECUSA:

54 12.01 Será considerado aprovado o material que atender plenamente às características classificadas como critério crítico (CC) e, no mínimo, 85% das classificadas como critério desejável (CD); e Será recusado o lote do material entregue cujas características das amostras submetidas a exame não satisfaçam os índices e/ou as exigências da presente especificação.

55 13 MARCAÇÃO: Os valores dos parâmetros contidos na etiqueta de conservação serão de responsabilidade do fornecedor, sendo que os valores abaixo servem apenas como exemplo. A etiqueta de identificação e conservação deverá ser inserida em uma das extremidades, no lado do avesso da peça, conforme figura abaixo: Vista da frente Vista do verso 14 ACONDICIONAMENTO: As peças deverão ser embaladas individualmente de acordo com as normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT aplicáveis a este procedimento, com a numeração de tamanho à vista.

56

57 ESPECIFICAÇÕES ITEM 19 - CALÇAO AZUL MARINHO PARA CONDICINAMENTO FISICO 01 - NOMENCLATURA: Calção azul-marinho para condicionamento físico 02 - UNIDADE: Um 03 - APLICAÇÃO: Masculino e feminino: Comandante Geral, Corregedor, Diretores, Gerentes, Inspetores, Guardas Municipais. 04- MATERIAL EMPREGADO: Tecido: (Consumo médio estimado) Tecido principal Forro Composição 100% Poliéster Largura 1.500mm Nome Comercial Malha furadinha Consumo Composição Masculino 550mm 77% Poliéster Feminino 450 mm 23% Viscose Largura tubular 1.550mm Consumo 400mm Observação: os tecidos deverão apresentar as seguintes características: Características Tecido Forro Armação (CC) Tela malha furadinha Espessura (CD) 0,28mm 0,32mm Gramatura (CC) 100g/m 2 75g/m 2 Nº de fios por cm (urdume)(cd) 44 4,5 simples Nº de fios por cm (trama)(cd) simples Cor (CC) Azul-Aeronáutica Branca Natureza da fibra (CC) Poliéster 100% Poliéster / Viscose Resistência à tração no urdume (CC) 60 dan Resistência à tração na trama (CC) 95 dan Alongamento à tração no urdume (CD) 45% Alongamento à tração na trama (CD) 35% Encolhimento no urdume (CC) ±1% Encolhimento na trama (CC) ±1% Linhas: Pesponto Ponto fixo Overloque Interloque Botoneira Caseadeira Travete externo Título Cor Azul Azul Azul Azul Azul Azul Azul Composição 100% pes 100% pes 100% pes 100% pes 100% pes 100% pes 100% pes

58 Pontos p/ cm Nº da agulha Aviamentos: Produto Consumo Tamanho Cor Aplicação Elástico (CC) 700mm 40mm larg. Branco Cintura do calção Cordão (CC) 1.200mm Branco Cintura do calção 05 - REQUISITOS GERAIS: A confecção deverá apresentar perfeito acabamento, nos mínimos detalhes não sendo permitido: costuras enrugadas ou malfeitas, nuanças sensíveis na mesma peça e linhas soltas por ocasião do acabamento da peça No exame das amostras serão utilizados dois critérios: Critério Crítico (CC) e Critério Desejável (CD), conforme item INSPEÇÃO E EXAME da presente especificação. 06 DETALHES: Confeccionado em nylom azul-marinho; com listras (CC) brancas de cada lado, dependendo da graduaçao do Gmc com 10mm de largura cada (CD), e com 09mm de intervalo entre si (CD); Costurar as listras brancas do calção na galoneira 3 agulhas (CD); Será fechado por costuras simples (CC); Rebater o elástico da cintura com máquina 4 agulhas (CD), ponto corrente; Fechar o gancho e laterais com interloque (CC); Casear a cintura para passar o cordão (CC); Fazer a barra do calção na galoneira (CC); No calção feminino não haverá forro (CC); e Cor (CC): Measured On: CM 3600d CRIISS SCI/100 CMC (L:C) = 2,0 : 1,0 cf = 1,0 D65 10º F2 10º A 10º L* 26,44 23,84 24,06 A* 3,79 2,55-3,13 B* -27,45-32,49-30,41 C* 27,71 32,59 30,57 h 277,85 274,48 264,11 Measured On: CM 3600d SCI/100 % Reflectance CRIISS λ Reflectância(% λ Reflectância(% ) ) , ,21

59 80 15, , , , , , , , , , , , , , , , , , Para Comandante Geral, Corregedor, Diretores, Gerentes e Inspetores, duas faixas em cada uma das laterais do calção, com largura de 10 mm cada uma das faixas, na cor branca, e distantes 10 mm uma da outra conforme modelo 10º Uniforme G1 e G2 do RUG Para Guardas Municipais não haverá a aplicação de faixas laterais conforme modelo 10º Uniforme G3 e G4 do RUG 07 MEDIDAS: Medidas em milímetros a) Calção masculino MEDIDAS BÁSICAS DIMENSÕES Tamanhos PP P M G GG EG A Comprimento lateral (CC) B Cintura (sem tensionar) (CD) C Quadril (CD) D Largura do elástico (CD) E Largura da perna (CD) b) Calção feminino MEDIDAS BÁSICAS DIMENSÕES Tamanhos PP P M G GG EG A Comprimento lateral (CC) B Cintura (sem tensionar) (CD) C Quadril (CD) D Largura do elástico (CD) E Largura da perna (CD) Tabela de tolerância: Medidas: Tecido: Inclusive Exclusive mm mm mm mm Acima de mm

60 Dimensões Tolerância Encolhimento à lavagem + 2% Resistência à tração Limite inferior: - 5 % Limite superior: não há Alongamento à tração Limite inferior: - 5 % Limite superior: não há Espessura + 0,05 mm Largura Limite inferior: - 0,4 % Limite superior: não há Gramatura (peso/m²) Limite inferior: - 5 % Limite superior: + 10%

61 08 MOLDE PARA CORTE: a) masculino: PARTES DO MOLDE CÓDIGO DAS PARTES VEZES A SER CORTADO Tecido: Dianteiro 030/01 2 Traseiro 030/02 2 Listras laterais 030/03 2 Forro:: Dianteiro 030/04 1 Traseiro 030/05 1 b) Feminino: PARTES DO MOLDE CÓDIGO DAS PARTES VEZES A SER CORTADO Tecido: Dianteiro 029/01 2 Traseiro 029/02 2 Listras laterais 029/ AMOSTRAGEM: Deverão ser elaboradas peças piloto para aprovação e posteriormente serão realizados exames por amostragem INSPEÇÃO E EXAME: O material poderá ser inspecionado durante a confecção a critério da DIPA da GMC; As amostras retiradas na forma do item 09 serão examinadas, e Serão considerados dois critérios para a definição do parecer sobre o material examinado: Serão considerados dois critérios para a definição do parecer sobre o material examinado: e) Critério crítico (CC)- aquele(s) julgado(s) imprescindível(eis) para o bom desempenho do item, cujo cumprimento deverá ser integral; e f) Critério desejável (CD) aquele(s) julgado(s) de menor gravidade que o anterior, porém necessário à composição do item e cujo cumprimento deverá ser igual ou superior ao nível de qualidade estabelecido RECEBIMENTO E RECUSA: Será considerado aprovado o material que atender plenamente às características classificadas como critério crítico (CC) e, no mínimo, 78% das classificadas como critério desejável (CD); e Será recusado o lote do material entregue cujas características das amostras submetidas a exame não satisfaçam os índices e/ou as exigências da presente especificação.

62 12 MARCAÇÃO: Os valores dos parâmetros contidos na etiqueta de conservação serão de responsabilidade do fornecedor, sendo que os valores abaixo servem apenas como exemplo. A etiqueta de identificação e conservação deverá ser inserida em uma das extremidades, no lado do avesso da peça, conforme figura abaixo: Vista da frente OBS: Não se aceita qualquer tipo de etiqueta adesiva ou carimbo. Vista do verso 13 ACONDICIONAMENTO: As peças deverão ser embaladas individualmente de acordo com as normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT aplicáveis a este procedimento, com a numeração de tamanho à vista.

63

64 ESPECIFICAÇÕES DO ITEM 20 - CAPA PARA CHUVA 01- NOMENCLATURA: Capa de chuva azul- marinho impermeável. 02 UNIDADE: Um 03- APLICAÇÃO: Masculina e Feminina: comandante Geral, Corregedor, Diretores, Gerentes, Inspetores, Guardas Municipais. 04- MATERIAL EMPREGADO: Tecido: (Consumo médio estimado) Tecido principal Tecido de nylon azulmarinho, emborrachado (CC) Largura 1.500mm Nome Comercial Malha furadinha (CC) Tela de ventilação Largura 1.500mm Composição 100% nylon (CC) Consumo 3.300mm Composição 100% Poliéster Consumo 250mm Linhas: Pesponto Pesponto Ponto Overloque Interloque Botoneira Caseadeira externo interno fixo Título Cor (CC) Azul Azul Azul Azul Azul Azul Azul Composição 100% pes 100% pes 100% pes 100% pes 100% pes 100% pes 100% pes Pontos p/ cm Nº da agulha Aviamentos:

65 Produto Consumo Tamanho Cor Aplicação Botão de massa (quatro furos) 5 22mm Preto Vista dianteira (CC) (CD) (CC) Botão de massa (quatro furos) (CC) 9 14mm (CD) Preto (CC) 1 na base da gola, 2 nas platinas dos ombros, 5 no decote traseiro e capuz e 1 no porta-capa 05- REQUISISTOS GERAIS: 0501 A confecção obedecerá ao modelo do desenho anexo, apresentando perfeito acabamento, nos mínimos detalhes, não sendo permitido costuras enrugadas ou malfeitas, caseados frouxos ou malfeitos, desalinhamento entre os bolsos, nuanças sensíveis na mesma peça e linhas soltas não retiradas por ocasião do acabamento da peça; e No exame das amostras serão utilizados dois critérios: Critério Crítico (CC) e Critério Desejável (CD), conforme item INSPEÇÃO E EXAME da presente especificação. 06- DETALHES: Possui gola com pontas (CC) de 90mm de comprimento (CD), que será fechada por um botão (CC) de 14mm (quatorze milímetros) de diâmetro (CD), cujo caseado será no sentido horizontal (CC); Na parte interna traseira (CC), imediatamente abaixo da gola, serão fixados 5 (cinco) botões de massa (CC) de 14mm (quatorze milímetros) de diâmetro (CD), distribuídos no perímetro da gola, que terão por finalidade fixar o capuz na capa; A capa é abotoada na frente (CC), sem trespasse (CC), por 1 (um) botão de 14mm (quatorze milímetros) de diâmetro e 5 (cinco) botões (CC) de 22mm (vinte e dois milímetros) de diâmetro (CD), sendo o centro do primeiro (de 14mm de diâmetro) pregado junto à base da gola; o centro do segundo (de 22mm de diâmetro) pregado a 190mm (cento e noventa milímetros) (CD) da base da gola e os restantes (de 22mm de diâmetro) serão pregados a 120mm (cento e vinte milímetros) (CD) de distância entre si (distância medida de centro a centro dos botões). Os botões são cobertos por uma carcela do mesmo tecido da capa (CC); a carcela deverá ser mosqueada (CC) nos espaços médios entre botões; Possui dois bolsos (CC) embutidos em diagonal, sem portinholas (CC); com 180mm (cento e oitenta milímetros) de altura (CD), medida perpendicularmente, na extremidade inferior de sua abertura. Terão abertura tanto para dentro como para fora (CC) de 170mm (cento e setenta milímetros) (CD). A abertura desses bolsos será reforçada externamente com uma faixa dupla de tecido medindo 40mm (quarenta milímetros) de largura (CD), contornada por costuras duplas (CC). Os bolsos distarão 170mm (cento e setenta milímetros) (CD) do centro do terceiro botão (de cima para baixo), medidos da primeira costura externa do bolso, na parte mediana;

66 As ombreiras, tipo platina, serão do mesmo tecido (CC), costuradas e embutidas na junção da manga com o corpo da capa (CC), numa extremidade, e presas por um botão de massa (CC) de 14mm (quatorze milímetros) de diâmetro (CD), fixado ao ombro (CC), na outra extremidade; As costas possuirão, em sua parte superior (CC), uma tela de poliéster azul escuro (CC), sobreposta por uma pala (CC), que ultrapassará a parte inferior da mesma em 70mm (setenta milímetros) (CD), sendo solta na parte inferior (CC), para proporcionar uma área de ventilação; possuirá, ainda, costuras laterias (CC) e uma abertura central de 370mm (trezentos e setenta milímetros) (CD) em sua extremidade inferior, conforme desenho anexo; O capuz será constituído de três partes (CC): duas laterais e uma faixa central em todo o seu contorno longitudinal. Esta faixa terá 40mm (quarenta milímetros) de largura (CD). No perímetro da abertura frontal existirá uma bainha de 10mm (dez milímetros) de largura (CD), sob a qual correrá um cardaço azul-escuro (CC) para permitir o ajustamento à face; sua borda inferior será acrescida de duas palas (CC): uma interna, com 40mm (quarenta milímetros) de largura (CD) e com 5 botões de massa de 14 mm (quatroze milímetros) (CC), para abotoamento na gola e outra, externa, com 100mm de largura (CD) para evitar a infiltração d água; devera ter tambem a capa que proteje o quepe As costuras dos ombros, das cavas, das laterais e do capuz serão duplas (CC). As costuras das mangas e da abertura central das costas serão simples, fechadas no interloque, rebatidas (CC). As bordas do tecido serão overlocadas internamente (CC); As costuras dos ombros, das cavas, das mangas, das laterais e do capuz deverão ser vedadas através de processo de selagem termo-eletrônica (CC); Os caseados do fechamento da capa serão no sentido horizontal (CC); Deverá acompanhar a capa um estojo (CC), tipo envelope, no mesmo tecido da capa, para seu acondicionamento, medindo 240mm (CD) por 160mm (CD) e fechada por um botão de massa (CC) de 14mm (quatorze milímetros) de diâmetro (CD); Utilizar agulha ponta redonda respeitando os números indicados acima; e A aplicação do vedante através de processo de selagem termo-eletrônica (CC) nas costuras não poderá acarretar prejuízo na apresentação da peça, como enrugamento, amarelamento, alteração da cor predominante, etc (CC). 07- MEDIDAS: Medidas em milímetros DESCRIÇÃO DIMENSÃO Tamanhos Circunferência da gola (CC)

67 Ponta da gola (CD) Tórax (CC) Largura da espádua (CC) Comprimento da manga (CC) Boca da manga (CD) Comprimento da gola à barra (CC) /2 Circunferência da barra (CD) Comprimento da pala (CD) Altura do capuz (CC) Bolsos Abertura (CD) Platina do ombro: Comprimento (CD) Largura na base (CD) Largura no chanfro (CD) Observações: - O tórax é medido na altura das axilas, com a peça fechada; - O comprimento total é medido da base da gola à barra, no centro das costas; - O comprimento da pala é medido na base da gola; - A altura do capuz é medida lateralmente na parte frontal; - A circunferência da gola é medida na linha do degolo, no encontro de sua ponta com a lapela; - A largura da espádua é medida pelo meio das duas cavas, nas costas; - O comprimento da manga é medido da costura da cava até a barra do punho, externamente; - A abertura do bolso é medida internamente; e - A ½ circunferência da barra é medida com a peça fechada, em repouso Tabela de tolerâncias: Dimensões (mm) Tolerância Inclusive Exclusive mm mm mm mm Acima de mm OBS.: Não haverá tolerância para quantidade de botões, ilhoses, caseados, orifícios, rebites, zíperes, passadeiras, fivelas, fechos rápidos, pinos de fixação, fechos de pressão, velcros, costuras, tipo de entretela. 08 MOLDE PARA CORTE: PARTES DO MOLDE CÓDIGO DAS VEZES A SER CORTADO

68 PARTES Tecido: Dianteiro 036/01 2 Traseiro 036/02 2 Revel dianteiro 036/03 2 Manga 036/04 2 Pala externa 036/05 1 Pala interna 036/06 1 Bolso dianteiro 036/07 2 Gola da capa 036/08 2 Platina do ombro 036/09 4 Vista dupla do dianteiro 036/10 2 Vivo do bolso 036/11 2 Detalhe da gola da capa 036/12 2 Detalhe da manga 036/13 2 Capuz 036/14 2 Parte externa do capuz 036/15 1 Faixa de prender o capuz 036/16 1 Faixa central do capuz 036/17 1 Estojo da capa 036/A1 1 Aba do estojo 036/A SEQUÊNCIA OPERACIONAL: FASE Nº OPERAÇÕES MAQ. ACESSÓRIOS Preparação 01 Marcar bolso 02 Costurar vivo do bolso Ponto fixo 03 Fazer abertura do bolso Manual 04 Fixar o espelho no forro do bolso Ponto fixo 05 Fixar revel da frente Ponto fixo 06 Fechar bolso Ponto fixo 07 Fechar platina Ponto fixo 08 Virar platina Ponto fixo 09 Pespontar platina Ponto fixo 10 Fixar detalhe da gola Ponto fixo 11 Fechar gola Ponto fixo 12 Pespontar gola Ponto fixo 13 Fazer barra da pala superior das costas Ponto fixo 14 Fazer barra da pala inferior Ponto fixo 15 Costurar faixa do capuz Ponto fixo 16 Fazer barra do capuz Ponto fixo 17 Costurar detalhe da manga Ponto fixo

69 Preparação 18 Fechar as costas Ponto fixo 19 Fechar ombro Ponto fixo FASE Nº OPERAÇÕES MAQ. ACESSÓRIOS 20 Fixar platina e etiqueta Ponto fixo 21 Pregar manga Ponto fixo 22 Fechar lateral Ponto fixo 23 Pespontar borda da vista Ponto fixo 24 Pespontar a vista Ponto fixo 25 Pregar gola Ponto fixo 26 Fazer barra da capa Ponto fixo 27 Fazer barra da manga Ponto fixo 28 Marcar caseado Ponto fixo 29 Casear Ponto fixo 30 Marcar botão Ponto fixo 31 Pregar botão Ponto fixo 32 Fazer arremate Ponto fixo 10- AMOSTRAGEM: Deverão ser elaboradas peças piloto para aprovação e posteriormente serão realizados exames por amostragem. 11- INSPEÇÃO E EXAME: O material poderá ser inspecionado durante a confecção a critério da DIPA da GMC; As amostras retiradas na forma do item 10 serão examinadas, e Serão considerados dois critérios para a definição do parecer sobre o material examinado: g) Critério crítico (CC)- aquele(s) julgado(s) imprescindível(eis) para o bom desempenho do item, cujo cumprimento deverá ser integral; e h) Critério desejável (CD) aquele(s) julgado(s) de menor gravidade que o anterior, porém necessário à composição do item e cujo cumprimento deverá ser igual ou superior ao nível de qualidade estabelecido; e A impermeabilização será inspecionada pelo teste do chuveiro. 12- RECEBIMENTO E RECUSA:

70 12.01 Será considerado aprovado o material que atender plenamente às características classificadas como critério crítico (CC) e, no mínimo, 77% das 26 classificadas como critério desejável (CD); e Será recusado o lote do material entregue desde que as características das amostras submetidas a exame não satisfaçam os índices e/ou as exigências da presente especificação. 13 MARCAÇÃO: Os valores dos parâmetros contidos na etiqueta de conservação serão de responsabilidade do fornecedor, sendo que os valores abaixo servem apenas como exemplo. A etiqueta de identificação e conservação deverá ser inserida em uma das extremidades, no lado do avesso da peça, conforme figura abaixo: Vista da frente Vista do verso 14 ACONDICIONAMENTO: As peças deverão ser embaladas individualmente de acordo com as normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT aplicáveis a este procedimento, com a numeração de tamanho à vista.

71 TAM ANO S 04 e M EDIDAS EM M ILÍM ETRO S

FICHAS REFERENCIAIS UNIFORMES SENAC

FICHAS REFERENCIAIS UNIFORMES SENAC FICHAS REFERENCIAIS UNIFORMES SENAC RECEPÇÃO - SECRETARIA ESCOLAR - CENTRAL DE MATRÍCULA CAIXAS - CONTACT CENTER - BIBLIOTECA FEMININO - INVERNO 01 RECEPÇÃO - SECRETARIA ESCOLAR - CENTRAL DE MATRÍCULA

Leia mais

Uniformização das Unidades de Atendimento Integrado

Uniformização das Unidades de Atendimento Integrado Uniformização das Unidades de Atendimento Integrado 1 POSTOS UAI - PROJETO DE UNIFORMIZAÇÃO ARTIGO COD. PAG FUNÇÃO AGASALHO FEMININO BEGE T- 11/ T-12 58 COPEIRA AGASALHO FEMININO PRETO T-13 13 ATEN. RECEPÇÃO,

Leia mais

ANEXO IX ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Referente ao Pregão nº 038/2010

ANEXO IX ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Referente ao Pregão nº 038/2010 ANEXO IX ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Referente ao Pregão nº 038/2010 LOTE 01: ESPECIFICAÇÕES DO ITEM 1: Blusa para usuários do sexo feminino, colarinho, com pence de busto no sentido horizontal frente e pence

Leia mais

FICHA TÉCNICA DATA: 18-05-12 FARDAMENTO ALUNO TÉCNICO

FICHA TÉCNICA DATA: 18-05-12 FARDAMENTO ALUNO TÉCNICO 1 FICHA TÉCNICA FARDAMENTO ALUNO TÉCNICO DATA: 18-05-12 DESCRIÇÃO: CAMISETA COM RECORTES LATERAIS, MANGA MEIA CAVA COM RECORTE NO CORPO DA CAMISETA, GOLA EM ESTILO MANDARIM COM ABERTURA EM ZÍPER E PUNHO

Leia mais

DESCRIÇÃO UNIFORMES BLAZER FEMININO

DESCRIÇÃO UNIFORMES BLAZER FEMININO DESCRIÇÃO UNIFORMES BLAZER FEMININO Blazer padrão alfaiataria, acinturado, modelo tradicional com três botões bolsos com lapelas. Tecido composto c/ 100% poliéster, (padrão Sanyotex ou Superior); Sanyotex:

Leia mais

UNIFORME SESI. Especificação Técnica

UNIFORME SESI. Especificação Técnica UNIFORME SESI Especificação Técnica 2015 SUMÁRIO 1. CAMISETA MANGA CURTA 3 2. CAMISETA MANGA LONGA 10 3. REGATA 17 4. POLO MASCULINA 24 5. POLO FEMININA 32 6. JAQUETA MASCULINA - TACTEL 40 7. JAQUETA MASCULINA

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 14 / 15

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 14 / 15 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 14 / 15 CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 12 / 14 Aos dezesseis dias do mês de abril do ano de 2015, nas dependências do Departamento de Compras e Licitações, situado na Avenida Presidente

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS ESTADO DO PARÁ

TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS ESTADO DO PARÁ 1. Dados Gerais da Licitação Número do Processo Licitatório PA 031/2016 Exercício 2016 Modalidade Tipo Objeto Registro de Preços Originário de Pregão Presencial Menor Preço Status Publicada Contratação

Leia mais

ANEXO V PROPOSTA COMERCIAL PADRONIZADA PREGÃO N. 038/2010

ANEXO V PROPOSTA COMERCIAL PADRONIZADA PREGÃO N. 038/2010 À DME Distribuição S/A - DMED PREGÃO N. 038/2010 A empresa..., inscrita no CNPJ/MF sob o n..., estabelecida à Av./Rua..., n..., bairro..., na cidade de..., CEP..., telefone..., fax..., e-mail..., vem pela

Leia mais

DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS

DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS 1- COLETE : - Azul marinho; - 02 (duas) faixas refletivas, na direção horizontal, na cor laranja;

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE UNIFORME EXECUTIVO PARA ATENDENTE COMERCIAL

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE UNIFORME EXECUTIVO PARA ATENDENTE COMERCIAL ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE UNIFORME EXECUTIVO PARA ATENDENTE COMERCIAL 1. PALETÓ MASCULINO 30039 Paletó padrão alfaiataria, três botões, 03 (três) bolsos embutidos (externo) 01 (um) bolso embutido (interno)

Leia mais

Camiseta Gola Redonda para os alunos da Rede Pública Estadual

Camiseta Gola Redonda para os alunos da Rede Pública Estadual Camiseta Gola Redonda para os alunos da Rede Pública Estadual Especificação Técnica SEEDUC01E/2013 1 OBJETIVO Esta norma fixa as condições exigíveis para a confecção e recebimento da camiseta escolar que

Leia mais

APÊNDICE V. Modelos de Uniforme e Crachá

APÊNDICE V. Modelos de Uniforme e Crachá APÊNDICE V Modelos de Uniforme e Crachá MARÇO DE 2016 1 23 ÍNDICE 1.1. Apresentação...3 1.2. Tecidos...3 2.1. Gerente Feminino...5 2.2. Atendente Feminino...7 2.3. Gestante...9 2.4. Orientador Feminino...

Leia mais

S.R. DA HABITAÇÃO E EQUIPAMENTOS. Portaria n.º 8/2004 de 5 de Fevereiro

S.R. DA HABITAÇÃO E EQUIPAMENTOS. Portaria n.º 8/2004 de 5 de Fevereiro S.R. DA HABITAÇÃO E EQUIPAMENTOS Portaria n.º 8/2004 de 5 de Fevereiro Atendendo a que os modelos dos uniformes e distintivos a utilizar pelos elementos do Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros

Leia mais

MUNICIPIO DE ERECHIM PREFEITURA MUNICIPAL

MUNICIPIO DE ERECHIM PREFEITURA MUNICIPAL ADITIVO Nº 419/2014 ADITIVO AO CONTRATO ADMINISTRATIVO N.º 197/2014 ADITIVO AO CONTRATO ADMINISTRATIVO N. 197/2014 PROCESSO N.º 13443/2013 PREGÃO PRESENCIAL N.º 199/2013 AQUISIÇÃO DE EPIs - DIVERSAS SECRETARIAS

Leia mais

REGULAMENTO DO UNIFORME N.º 2 FARDA DE TRABALHO DO REGIMENTO DE SAPADORES BOMBEIROS. CAPÍTULO I Disposições gerais

REGULAMENTO DO UNIFORME N.º 2 FARDA DE TRABALHO DO REGIMENTO DE SAPADORES BOMBEIROS. CAPÍTULO I Disposições gerais REGULAMENTO DO UNIFORME N.º 2 FARDA DE TRABALHO DO REGIMENTO DE SAPADORES BOMBEIROS CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º Objecto O presente regulamento define o uniforme n.º 2, farda de trabalho, dos

Leia mais

COMO TIRAR MEDIDAS. Na modelagem industrial, as medidas são padronizadas, mas é sempre bom saber como elas são tiradas.

COMO TIRAR MEDIDAS. Na modelagem industrial, as medidas são padronizadas, mas é sempre bom saber como elas são tiradas. COMO TIRAR MEDIDAS Na modelagem industrial, as medidas são padronizadas, mas é sempre bom saber como elas são tiradas. MEDIDAS HORIZONTAIS OU DE CIRCUNFERÊNCIA. 1. PESCOÇO OU DEGOLO: passe a fita métrica

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1-OBJETO: Registro de preço para eventual aquisição de uniformes, ternos e coturnos para a Justiça Federal de Primeiro Grau - Seção Judiciária do Espírito Santo, conforme especificações

Leia mais

CARTA CONVITE 015/2015 MATÃO

CARTA CONVITE 015/2015 MATÃO CARTA CONVITE 015/2015 MATÃO A OSCIP INSTITUTO DE GESTÃO DE PROJETOS DA NOROESTE PAULISTA, organização da sociedade civil de interesse público, inscrita no CNPJ sob nº. 07.393.885/0001-85, estabelecida

Leia mais

ATO Nº 173/2004. I - Técnico Judiciário - Área Administrativa - Especialidade Transporte; (Redação dada pelo Ato nº 121/2009)

ATO Nº 173/2004. I - Técnico Judiciário - Área Administrativa - Especialidade Transporte; (Redação dada pelo Ato nº 121/2009) ATO Nº 173/2004 Dispõe sobre o uso de uniforme de serviço por servidores ocupantes dos cargos que especifica ou requisitados, dentre outras providências. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA

Leia mais

RESULTADO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 689/2010 SES/SENAI PR

RESULTADO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 689/2010 SES/SENAI PR RESULTADO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 689/2010 SES/SENAI PR A Comissão de Licitações do Sistema FIEP, instituída pela Portaria nº 06/2010, informa o RESULTADO do Pregão Presencial nº 689/2010: Protocolo: 6018/2010

Leia mais

Coordenadoria Geral de Licitações ATA PUBLICADA DOC 16/08/2007 PÁG. 63/64. Anexo I MEMORIAL DESCRITIVO

Coordenadoria Geral de Licitações ATA PUBLICADA DOC 16/08/2007 PÁG. 63/64. Anexo I MEMORIAL DESCRITIVO ATA UBLICADA DOC 16/08/2007 Á. 63/64 Anexo I EORIAL DESCRITIVO I DA DESCRIÇÃO DO OBJETO 1 O presente emorial presta-se a DESCRIÇÃO DE UNIFORES ARA O USO DE SERVIDORES JUNTO AS RAÇAS DE ATENDIENTO DAS SUBREFEITURAS,

Leia mais

DOCUMENTO Nº 31 - SETEMBRO/08. Manual de Uniformes

DOCUMENTO Nº 31 - SETEMBRO/08. Manual de Uniformes DOCUMENTO Nº 31 - SETEMBRO/08 Manual de Uniformes ROBERTO REQUIÃO Governador do Estado do Paraná VALTER BIANCHINI Secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento INSTITUTO AGRONÔMICO DO PARANÁ -

Leia mais

LOTE 01 LOTE 02 ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

LOTE 01 LOTE 02 ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1 - OBJETO: Aquisição de uniformes de uso diário para agentes de segurança lotados na Seção de Transporte e Vigilância SETRAV e Grupo Especial de Segurança - GES, conforme

Leia mais

Projeto de Uniformização. Gerente: Mara Nogueira Machado Consultor: Sidney Araújo

Projeto de Uniformização. Gerente: Mara Nogueira Machado Consultor: Sidney Araújo Projeto de Uniformização Gerente: Mara Nogueira Machado Consultor: Sidney Araújo DETALHE Camisa Fem Tradicional TECIDO: Tricoline Elastano TECIDO DETALHE: Microleve COR: Branco COR DETALHES: 10 Verde Bandeira

Leia mais

BARRACA BÁSICA ESPECIFICAÇÃO

BARRACA BÁSICA ESPECIFICAÇÃO INSTRUÇÁO NORMATIVA / DIRETORIA DE ABASTECIMENTO BARRACA BÁSICA ESPECIFICAÇÃO IN / D Abst / C1 II no 0041 201 1 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... I 2. NORMAS CONIPLENIENTARES... I 3. CARACTER~STICAS GERAIS... 2 4.

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 70. UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 02

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 70. UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 02 1 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Código N 70 UNIFORMES E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA Revisão: 02 CAMISA POLO DE ALTA VISIBILIDADE CLASSE 2 Manga Curta Fiscalização Data: 11/08/2015 Páginas: 16 1. PREÂMBULO Aquisição

Leia mais

R E G U L A M E N T O UNIFORMES ESCOLARES E FARDAS DE TRABALHO

R E G U L A M E N T O UNIFORMES ESCOLARES E FARDAS DE TRABALHO R E G U L A M E N T O UNIFORMES ESCOLARES E FARDAS DE TRABALHO Outubro 2015 1 UNIFORMES E FARDAS DE TRABALHO Os uniformes escolares e fardas de trabalho integram a imagem das Escolas de Hotelaria e Turismo

Leia mais

Página 1 de 6 KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS COMPOSTO DE: - 01 cobertor; - 02 macacões curto tipo short; - 02 conjuntos tipo pagão;

Página 1 de 6 KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS COMPOSTO DE: - 01 cobertor; - 02 macacões curto tipo short; - 02 conjuntos tipo pagão; KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS COMPOSTO DE: - 01 cobertor; - 02 macacões curto tipo short; - 02 conjuntos tipo pagão; - 02 gorros de moletom; - 02 calças compridas; - 02 pares de meia recém-nascido; -

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR MF - 02.010 MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MANUAL DO FORNECEDOR MF - 02.010 MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS VERSÃO 6 PAG: 1 / 7 Esta instrução tem por objetivo acrescentar especificações de conformidade aos controles atuais de rotina, estabelecendo padrões mínimos de qualidade para desenvolvimento de produtos,

Leia mais

CARTA CONVITE 015/2015 MATÃO

CARTA CONVITE 015/2015 MATÃO CARTA CONVITE 015/2015 MATÃO A OSCIP INSTITUTO DE GESTÃO DE PROJETOS DA NOROESTE PAULISTA, organização da sociedade civil de interesse público, inscrita no CNPJ sob nº. 07.393.885/0001-85, estabelecida

Leia mais

Manual de Uniformização. Versão

Manual de Uniformização. Versão Manual de Uniformização Versão 11.2014 Apresentação Este manual tem como objetivo padronizar as características técnicas dos uniformes operacionais utilizados pelos transportadores que prestam serviço

Leia mais

Intro. O Banco BiG decidiu proteger cada um dos 95 bombeiros voluntários de Carregal do Sal, adquirindo equipamentos de combate a fogos que incluem:

Intro. O Banco BiG decidiu proteger cada um dos 95 bombeiros voluntários de Carregal do Sal, adquirindo equipamentos de combate a fogos que incluem: Intro. O Banco BiG decidiu proteger cada um dos 95 bombeiros voluntários de Carregal do Sal, adquirindo equipamentos de combate a fogos que incluem: _Casaco _Calças _Botas _Luvas _Cógula Estes equipamentos

Leia mais

Convidamos Vossas Senhorias a apresentarem proposta de preços para o fornecimento de uniformes.

Convidamos Vossas Senhorias a apresentarem proposta de preços para o fornecimento de uniformes. COTAÇÃO ELETRÔNICA nº 5/2012 - SELIC Brasília-DF, 23 de julho de 2012. Prezados Senhores, Convidamos Vossas Senhorias a apresentarem proposta de preços para o fornecimento de uniformes. 2. Para que a Administração

Leia mais

MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI. MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI

MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI. MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI Chapéu de palha encapado com veludo preto, decorado com renda branca franzida na borda arabescos e acabamento feito com galão dourado,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VERA CRUZ

PREFEITURA MUNICIPAL DE VERA CRUZ ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA DAS ESPECIFICAÇÕES DO MATERIAL CAMISETA MANGA CURTA EMEI: Camiseta manga curta, gola redonda, corpo e mangas em meia malha PV (67% poliéster e 33% viscose) gramatura de 165

Leia mais

PREGÃO Nº 008/2012 CML/PM ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 003/2013 GERP/SEMAD EMPRESA VENCEDORA: COMÉRCIO E INDÚSTRIA EQUILÍBRIO LTDA

PREGÃO Nº 008/2012 CML/PM ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 003/2013 GERP/SEMAD EMPRESA VENCEDORA: COMÉRCIO E INDÚSTRIA EQUILÍBRIO LTDA PREGÃO Nº 008/2012 CML/PM ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 003/2013 GERP/SEMAD No dia 16 de abril de 2013, no Órgão Gerenciador, foram registrados os preços das empresas abaixo identificadas, para eventual

Leia mais

Tipos de Pontos de Costura

Tipos de Pontos de Costura Tipos de Pontos de Costura São Paulo 2009 2009 Equipe responsável Elaboração Maria Luiza Veloso Mariano Joveli Ribeiro Rodrigues Diagramação Joveli Ribeiro Rodrigues Ficha catalográfica MARIANO, Maria

Leia mais

SUMÁRIO. Apresentação. I. Instrução Normativa da Presidência... 05 II. Despacho da Corregedoria... 16

SUMÁRIO. Apresentação. I. Instrução Normativa da Presidência... 05 II. Despacho da Corregedoria... 16 SUMÁRIO Apresentação I. Instrução Normativa da Presidência... 05 II. Despacho da Corregedoria... 16 SEPARATA DO BOLETIM DE SERVIÇO Nº 20 ANO XXV Outubro - 2012 APRESENTAÇÃO Esta Separata do Boletim de

Leia mais

7518 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 273 24 de Novembro de 2001 MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA. c) Uniforme n. o 2; d) Uniforme n. o 3.

7518 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 273 24 de Novembro de 2001 MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA. c) Uniforme n. o 2; d) Uniforme n. o 3. 7518 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 273 24 de Novembro de 2001 MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA Portaria n. o 1314/2001 de 24 de Novembro Nos termos do disposto no artigo 43. o do Regulamento Geral

Leia mais

Impermeáveis Resistência e Qualidade em Impermeáveis

Impermeáveis Resistência e Qualidade em Impermeáveis Impermeáveis Resistência e Qualidade em Impermeáveis Impermeáveis fabricados com matéria prima de alta qualidade, soldados eletronicamente, muito resistentes e disponíveis em diversos modelos que se adequam

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG. 1. OBJIVO 02 2. ÂMBITO 02 3. CONCEITOS 02 4. NORMAS E LEGISLAÇÃO APLICÁVEIS 02 5. CONDIÇÕES GERAIS 04 6. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 17 7. ALTERAÇÕES 19 8. ANEXOS 19 Elaboração: Wagner R.

Leia mais

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO FICHA TÉCNICA DE PRODUTO Referência: 003 Tecido: JEANS CLARO Grade: P- XG Modelagem: CAMISA MASCULINA BÁSICA LEVEMENTE ACINTURADA. Tamanho Base: M ALTURA DA GOLA 4,5 CM Desenvolvida por: COMPASSING PROJETOS

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº 04-059/2014 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 051/2014

PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº 04-059/2014 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 051/2014 Estado da Paraíba PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº 04-059/2014 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 051/2014 Aos vinte e dois dias do mês de outubro do ano de 2014 a, através da Comissão Especial de Registro de Preços,

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL REVENDAS AGO 2014 VER 01

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL REVENDAS AGO 2014 VER 01 MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL REVENDAS AGO 2014 VER 01 INTRODUÇÃO Este é o manual de identidade visual para Revendas da Liquigás. As orientações aqui contidas substituem as informações anteriores. Aqui você

Leia mais

ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROCESSO N.º: 2015-0.109.508-7 EDITAL N.º: 004/SEME/2016 MODALIDADE: Pregão Eletrônico Sistema BEC TIPO: Menor preço por lote OBJETO: Constituição

Leia mais

INDUSTRIA ACTIVA BLUSÕES CALÇAS POLARES PARKAS

INDUSTRIA ACTIVA BLUSÕES CALÇAS POLARES PARKAS INDUSTRIA ACTIVA BLUSÕES CALÇAS POLARES PARKAS BLUSÃO E CALÇA BICOLOR SERIE COBRE BLUSÃO HOMEM BICOLOR Blusão bicolor com fecho central escondido com aba e multibolsos. Frente e trás com contraste. M-3XL

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO E QUANTIDADE DO OBJETO

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO E QUANTIDADE DO OBJETO ANEXO I ESPECIFICAÇÃO E QUANTIDADE DO OBJETO LOTE 0 Item DESCRIÇÃO DO MATERIAL Código Quant. Unid. 2 3 4 5 6 7 8 9 0 CURTA, GOLA CARECA, IMPRESSÃO EM SILK SCREEN, TAMANHO P (66CM X 46 CM), CONFORME LAY-OUT

Leia mais

FICHAS REFERENCIAIS ENXOVAL - RESTAURANTES

FICHAS REFERENCIAIS ENXOVAL - RESTAURANTES FICHAS REFERENCIAIS ENXOVAL - RESTAURANTES ITEM 01 TOALHA DE MESA RETANGULAR TECIDO: MICROFIBRA LARGURA: 1m50cm a 1m60 COMPOSIÇÃO: 100% POLIÉSTER (valor aproximado) PESO: 273g/m² (valor aproximado) SUGESTÃO

Leia mais

ANEXO II Especificação Técnica dos Uniformes

ANEXO II Especificação Técnica dos Uniformes ANEXO II Especificação Técnica dos Uniformes UNIFORMES EDUCAÇÃO INFANTIL E FUNDAMENTAL 1 - Jaqueta Forrada modelo Inverno Confeccionada em Tactel 4 cabos 100% poliéster, gramatura mínima de 115g/m². Cor

Leia mais

PRODUTO: ARMÁRIO DE MADEIRA Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009. 2.2.1. Painéis da caixa, inclusive o vertical interno, portas e prateleiras.

PRODUTO: ARMÁRIO DE MADEIRA Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009. 2.2.1. Painéis da caixa, inclusive o vertical interno, portas e prateleiras. 1 CÓDIGO SUPRI: 71.654.002.001.0029-1 PRODUTO: ARMÁRIO DE MADEIRA Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009 1. DESTINAÇÃO Para guarda de materiais de escritório em geral. 2. REQUISITOS GERAIS (VER DESENHOS

Leia mais

JALECO FEMININO JALECO MASCULINO

JALECO FEMININO JALECO MASCULINO JALECO FEMININO JALECO MASCULINO - Jaleco feminino: com mangas longas, três bolsos chapados na frente, conforme ilustração, fechamento por 4 botões com caseados no sentido vertical, vista de botões embutida,

Leia mais

MOLDE MOLDESROBERTO MARQUES ONLINE. Molde: 154 - Saia Mini Com Godê Na Barra 75 KB BONECA TÉCNICA. na sua medida. Tamanhos PP P M G GG

MOLDE MOLDESROBERTO MARQUES ONLINE. Molde: 154 - Saia Mini Com Godê Na Barra 75 KB BONECA TÉCNICA. na sua medida. Tamanhos PP P M G GG MOLDESROBERTO MARQUES.com.br MOLDESROBERTO MARQUES na sua medida Molde: 15 - Saia Mini Com Godê Na Barra Tamanhos: 6/ 8/0/ 2/ /6/ 8/50/52/5 Confira periodicamente as medidas para saber, segundo a nossa

Leia mais

Material. 2 Cristiane Débora

Material. 2 Cristiane Débora Feltro : - Cor de pele - Verde claro - verde escuro - Branco - Cáqui - Marrom - Laranja - Bege Papelão Paraná Palito de churrasco Manta siliconada 2 mini botões/ 2 meio pérolas pretas Linhas das cores

Leia mais

CAMISA MANGA LONGA AZUL MÉDIO (ROYAL) MASCULINA CAMISA MANGA LONGA AZUL A MASCULINA CAMISA MANGA LONGA BRANCA MASCULINA

CAMISA MANGA LONGA AZUL MÉDIO (ROYAL) MASCULINA CAMISA MANGA LONGA AZUL A MASCULINA CAMISA MANGA LONGA BRANCA MASCULINA CAMISA MANGA LONGA AZUL MÉDIO (ROYAL) MASCULINA CAMISA MANGA LONGA AZUL A MASCULINA CAMISA MANGA LONGA BRANCA MASCULINA CAMISA MANGA CURTA AZUL MÉDIO (ROYAL) MASCULINA CAMISA MANGA CURTA AZUL A MASCULINA

Leia mais

APOSTILA. modelagem industrial & SOB medida

APOSTILA. modelagem industrial & SOB medida APOSTILA modelagem industrial & SOB medida PROFESSOR ROBERTO FERREIRA Página 1 SUMÁRIO TABELA DE MEDIDAS 04 SAIA BÁSICA 07 MOLDE BÁSICO BLUSA FEMININA 09 MANGA BÁSICA CURTA 11 VESTIDO BÁSICO 12 CALÇA JUSTA

Leia mais

PROPOSTA. Pregão. Proposta(s)

PROPOSTA. Pregão. Proposta(s) PROPOSTA Pregão Órgão: Prefeitura Municipal de Passo Fundo Número: 033/2012 Número do Processo: 2012/7598 Unidade de Compra: Município de Passo Fundo Proposta(s) Item: 0001 Descrição: Lote 01 - Conforme

Leia mais

Marca Unid Quant PANGUE UNID 5

Marca Unid Quant PANGUE UNID 5 Item 2 4 5 Especificação Antena esportiva oficial para voleibol modelo aferida ou seja, aprovada e federação paulista de voleibol (FPV) e ou confederação brasileira de voleibol (CBV), para jogos competitivos,

Leia mais

Rua Almirante Lamego, 381 Centro Florianópolis (48) Florianópolis - GUARDA-VIDAS CIVIS

Rua Almirante Lamego, 381 Centro Florianópolis (48) Florianópolis  - GUARDA-VIDAS CIVIS ESTADO DE SANTA CATARINA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO DO CORPO DE BOMBEIROS Rua Almirante Lamego, 381 Centro Florianópolis (48) 225-3333 88.015-600 - Florianópolis e-mail - ccbcmt@pm.sc.gov.br GUARDA-VIDAS

Leia mais

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL. Processo de Licitação N º 650/2013 Interressado: Departamento de Água e Esgoto e Coordenadoria Administrativa.

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL. Processo de Licitação N º 650/2013 Interressado: Departamento de Água e Esgoto e Coordenadoria Administrativa. EDITAL PREGÃO PRESENCIAL PREÂMBULO Processo de Licitação N º 650/2013 Interressado: Departamento de Água e Esgoto e Coordenadoria Administrativa. Recurso Orçamentário: 03.01.02.17.122.0087.2153.3390.3023-51

Leia mais

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO FICHA TÉCNICA DE PRODUTO Referência: 004 Tecido: JEANS CLARO Grade: P- XG Modelagem: CAMISA FEMININA C/ RECORTES E ACINTURADA. Tamanho Base: M ALTURA DA GOLA 4,5 CM Desenvolvida por: COMPASSING PROJETOS

Leia mais

CEMIG DISTRIBUIÇÃO S.A INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DO CABO EN320

CEMIG DISTRIBUIÇÃO S.A INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DO CABO EN320 a EMISSÃO INICIAL FTY MM LYT 18/12/14 REV. ALTERAÇÕES EXEC. VISTO APROV. DATA EXEC. VISTO APROV. FTY MM LYT DATA: CEMIG DISTRIBUIÇÃO S.A LD 1 ALMENARA - JEQUITINHONHA, 138kV (Op. 69 kv) 18/12/14 INSTRUÇÕES

Leia mais

ANEXO II. Especificações Técnicas. Pregão 08/2015.

ANEXO II. Especificações Técnicas. Pregão 08/2015. ANEXO II Especificações Técnicas Pregão 08/2015. 1. VESTUÁRIO 1.1 CAMISETA UNISSEX DE MANGAS LONGAS: Camiseta confeccionada em malha 67% poliéster e 33% viscose e gramatura 158g/m2 + ou 2%, na cor Pantone

Leia mais

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO FICHA TÉCNICA DE PRODUTO Referência: 006 Tecido: POLIÉSTER TECIDO, FORRO E FIBRA. Grade: P- XG Modelagem: JAQUETA FEMININA ACINTURADA. Tamanho Base: M Desenvolvida por: COMPASSING PROJETOS COM DESIGN Descrição

Leia mais

PRODUTO: ARMÁRIO DE AÇO COM DUAS PORTAS DE CORRER Portaria nº 69/SMG- G/2009 de 03/07/2009

PRODUTO: ARMÁRIO DE AÇO COM DUAS PORTAS DE CORRER Portaria nº 69/SMG- G/2009 de 03/07/2009 1 G/2009 de 03/07/2009 1. DESTINAÇÃO Para guarda de material de escritório em geral. 2. REQUISITOS GERAIS (VER DESENHO Nº 9w1 e/ou 11w1 ) 2.1. DESCRIÇÃO O móvel será todo de aço compondo-se de uma caixa

Leia mais

Dicas para orientar a cliente na escolha de biquínis e da roupa mais adequada para cada tipo de corpo.

Dicas para orientar a cliente na escolha de biquínis e da roupa mais adequada para cada tipo de corpo. Dicas para orientar a cliente na escolha de biquínis e da roupa mais adequada para cada tipo de corpo. Biquíni Ideal Aquelas que têm seios grandes precisam antes de tudo de sustentação. Tops com alças

Leia mais

Condições Gerais para Apresentação de Proposta Comercial para Compras

Condições Gerais para Apresentação de Proposta Comercial para Compras FUNDAÇÃO ZERBINI EDITAL DE CONVITE n CV 005/13 PROCESSO n 019/13 DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS ENVELOPES: /04/2013 até 10:00 hrs. DATA DE ABERTURA DOS ENVELOPES: /04/2013 às 10:00 hrs. Condições Gerais

Leia mais

O quadro abaixo tem as indicações de agulhas, linhas e comprimento de pontos adequados aos vários tipos de tecidos:

O quadro abaixo tem as indicações de agulhas, linhas e comprimento de pontos adequados aos vários tipos de tecidos: Relação de Tecido, Agulha, Linha e Ponto Para obter os melhores resultados, escolha sempre uma agulha de número e ponta adequados ao tecido. A agulha mais fina é de nº 9 e a mais grossa é de nº 18. Quanto

Leia mais

MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC

MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC CALÇA ADIDAS MASCULINA Tecido: Elanca 28% Algodão e 72% Poliéster Pantone Verde: 190415 ESPECIFICAÇÃO DOS DETALHES: Largura do Cós: Elástico

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 16/0018-PG REGISTRO DE PREÇOS ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS

PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 16/0018-PG REGISTRO DE PREÇOS ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 16/0018-PG REGISTRO DE PREÇOS ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS Item 1 Uso Interno (RCMS e Item) 16/1244-01 16/1244-09 16/4136-01 16/2085-02 16/2827-03 16/2827-04 16/2827-06 Descrição

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL

MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL N. o 138 17 de Junho de 2003 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B 3535 5 Estabelecer que a Comissão é presidida pelo Ministro Adjunto do Primeiro-Ministro e tem a seguinte composição: a) Um representante da Presidência

Leia mais

CAMISA MANGA LONGA AZUL MÉDIO (ROYAL) FEMININA CAMISA MANGA LONGA AZUL A FEMININA CAMISA MANGA LONGA BRANCA FEMININA

CAMISA MANGA LONGA AZUL MÉDIO (ROYAL) FEMININA CAMISA MANGA LONGA AZUL A FEMININA CAMISA MANGA LONGA BRANCA FEMININA CAMISA MANGA LONGA AZUL MÉDIO (ROYAL) FEMININA CAMISA MANGA LONGA AZUL A FEMININA CAMISA MANGA LONGA BRANCA FEMININA CAMISA MANGA CURTA AZUL MÉDIO (ROYAL) FEMININA CAMISA MANGA CURTA AZUL A FEMININA CAMISA

Leia mais

ANEXO XIII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS UNIFORMES OPERAÇÕES. Camisa Polo Sulgás Operação

ANEXO XIII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS UNIFORMES OPERAÇÕES. Camisa Polo Sulgás Operação ANEXO XIII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS UNIFORMES OPERAÇÕES Camisa Polo Sulgás Operação Tecido: Malha Piquê 50x50 Referência Cor Azul: Azul Hawaii (Aradefe) Referência Cor azul Marinho: Detalhes (manga, gola,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 21, DE 19 DE MARÇO DE 2009. ANEXO 02. Padrões de desempenho e de acabamento de elementos de ocupação predial

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 21, DE 19 DE MARÇO DE 2009. ANEXO 02. Padrões de desempenho e de acabamento de elementos de ocupação predial INSTRUÇÃO NORMATIVA N 21, DE 19 DE MARÇO DE 2009. ANEXO 02 Padrões de desempenho e de acabamento de elementos de ocupação predial 1. ARMÁRIO ALTO Armário com duas portas, revestido com laminado melamínico

Leia mais

REPUBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DO INTERIOR GABINETE DO MINISTRO RELATÓRIO

REPUBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DO INTERIOR GABINETE DO MINISTRO RELATÓRIO REPUBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DO INTERIOR GABINETE DO MINISTRO RELATÓRIO À medida que a Polícia Nacional vai atingindo um desenvolvimento que se pode considerar à altura dos objectivos traçados para a

Leia mais

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO FICHA TÉCNICA DE PRODUTO Referência: 002 Desenvolvida por: COMPASSING PROJETOS COM DESIGN Tecido: MALHA PIQUET Descrição da peça: CAMISA POLO MASCULINA, ESTRUTURA RETA E CLÁSSICA, BÁSICA PARA Grade: P-

Leia mais

Catálogo Eletrônico. Email: montich@ Contato: (11) 2356-6456 / (11) 99857-9813 2013

Catálogo Eletrônico. Email: montich@ Contato: (11) 2356-6456 / (11) 99857-9813 2013 Catálogo Eletrônico Email: montich@ 2013 APRESENTAÇÃO A MONTICH ENGENHARIA, fundada em julho de 2013, com sede própria, hoje é especializada diretamente no seguimento de Fabricação, Projetos e Instalações

Leia mais

Técnica: Boneca de tecido ( Cisne Shok/ Cisne Super Bebê)

Técnica: Boneca de tecido ( Cisne Shok/ Cisne Super Bebê) 1 Criação e execução: Vilma Maurer Material 1 nov. de Cisne Shok (nov. de 100g) na cor 24 (lilás) e 1117 (marrom mescla). 1 nov. de Cisne Super Bebê (nov. de 100g) na cor 5030 (lilás). Tecido de algodão

Leia mais

REGULAMENTO DE UNIFORMES

REGULAMENTO DE UNIFORMES POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS ANEXO III REGULAMENTO DE UNIFORMES TÍTULO I Generalidades Art. 1º O presente Regulamento

Leia mais

Sábado, 9 de novembro de 2013 - nº 1542 - Ano XVII EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE AUDIENCIA PÚBLICA

Sábado, 9 de novembro de 2013 - nº 1542 - Ano XVII EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE AUDIENCIA PÚBLICA Imprensa Oficial da Estância de Atibaia EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE AUDIÊNCIA PÚBLICA A Prefeitura da Estância de Atibaia, por esse edital CONVOCA os interessados e o público em geral, para a Audiência Pública

Leia mais

MANUAL DE VISUALISAÇÃO. Conselho Regional de Medicina do Estado de Santa Catarina Descrição: Blusa Suplex Microlight decote V

MANUAL DE VISUALISAÇÃO. Conselho Regional de Medicina do Estado de Santa Catarina Descrição: Blusa Suplex Microlight decote V Descrição: Blusa Suplex Microlight decote V OPÇÕES DE TECIDO: (1) Microlight na cor branca / Composição: 100% Poliamida / Quantidade: 1 metro - manga curta ou manga longa ETIQUETAS: 1 etiqueta na cor branca

Leia mais

Diário Oficial. Estado de Mato Grosso do Sul

Diário Oficial. Estado de Mato Grosso do Sul 11-1 0-1977 Diário Oficial Estado de Mato Grosso do Sul ANO XXXII n. 7.655 CAMPO GRANDE-MS, QUARTA-FEIRA, 68 PÁGINAS GOVERNADOR ANDRÉ PUCCINELLI Vice-Governador MURILO ZAUITH Secretário de Estado de Governo

Leia mais

FORMULÁRIO-PROPOSTA. Valor unitário. Valor total. Item Descrição Qtde. 1 Móvel com Gavetas 12,00m². 2 Móvel com Portas de Abrir 70,00m²

FORMULÁRIO-PROPOSTA. Valor unitário. Valor total. Item Descrição Qtde. 1 Móvel com Gavetas 12,00m². 2 Móvel com Portas de Abrir 70,00m² FORMULÁRIO-PROPOSTA Nome da empresa (razão social):... Endereço:... Cidade:... UF:... CEP:... CNPJ/MF n.:... Telefone/fax:... Responsável pela assinatura do contrato: Nome:... Cargo/função:...Telefone/fax:...

Leia mais

DESIGN E FUNCIONALIDADE

DESIGN E FUNCIONALIDADE P5341 P. 13 Touca em sarja com tiras de ajuste no mesmo tecido e tom. DESIG E FUCIOALIDADE ao serviço dos profissionais de hotelaria e restauração P4422 P. 125 Avental comprido. Disponível em 23 cores.

Leia mais

Portaria n.º 254/2011 de 30 de Junho. Regulamento de Uniformes dos Militares do Exército (RUE)

Portaria n.º 254/2011 de 30 de Junho. Regulamento de Uniformes dos Militares do Exército (RUE) Portaria n.º 254/2011 de 30 de Junho Regulamento de Uniformes dos Militares do Exército (RUE) 2011 MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL Portaria n.º 254/2011 de 30 de Junho O Decreto-Lei n.º 249/95, de 21 de

Leia mais

MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC

MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC CALÇA MASCULINA Tecido: Elanca (PA) ou Seletel Pantone Verde: 190415 (Beckauser) ESPECIFICAÇÃO DOS DETALHES: Largura do Cós: Elástico de

Leia mais

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO FICHA TÉCNICA DE PRODUTO Referência: 001 Desenvolvida por: COMPASSING PROJETOS COM DESIGN Tecido: MALHA PIQUET Descrição da peça: CAMISA POLO FEMININA, ACINTURADA, COM FRANZIDO LEVE NO OMBRO, ESTRUTURA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARLOS BARBOSA SECRETARIA MUNICIPAL DE PROJETOS E OBRAS PÚBLICAS MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARLOS BARBOSA SECRETARIA MUNICIPAL DE PROJETOS E OBRAS PÚBLICAS MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: MÓVEIS PARA SECRETARIA DE PROJETOS E OBRAS PÚBLICAS RUA ASSIS BRASIL, 11, CENTRO CARLOS BARBOSA GENERALIDADES O presente documento tem por objetivo: Instruir as condições que

Leia mais

INDUSTRIA ATIVA ROUPA DE CAÇA E AVENTURA COLETES CALÇAS CAMISOLAS

INDUSTRIA ATIVA ROUPA DE CAÇA E AVENTURA COLETES CALÇAS CAMISOLAS INDUSTRIA ATIVA ROUPA DE CAÇA E AVENTURA COLETES CALÇAS CAMISOLAS COLETE SINTRA Colete com múltiplos bolsos (total 15) de diferentes tamanhos e fácil abertura com palas com velcro e fechos, que nos dá

Leia mais

DESCRIÇÃO DOS UNIFORMES, INSÍGNIAS E DISTINTIVOS DO RUCBMRN

DESCRIÇÃO DOS UNIFORMES, INSÍGNIAS E DISTINTIVOS DO RUCBMRN CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO RIO GRANDE DO NORTE REGULAMENTO DE UNIFORMES DO CBMRN (RUCBM) ANEXO I DA PORTARIA Nº 153 GAB CMDO, DE 29 DE AGOSTO DE 2014. DESCRIÇÃO DOS UNIFORMES, INSÍGNIAS E DISTINTIVOS

Leia mais

História que gera confiança. Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE

História que gera confiança. Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE História que gera confiança Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE Conjunto antichama TECIDOS: CAMISA 134 Ultra Soft - 88% algodão e 12% poliamida - 237 g/m² ATPV 10,8 cal/cm² CALÇA 219 Ultra Soft - 88% algodão

Leia mais

Ideal Work Uniformes e EPI s Ltda. Rua Pio XI, 824 - Alto da Lapa São Paulo - SP - CEP: 05060-000 Fone: (11) 3833-0264 - duplor@idealwork.com.

Ideal Work Uniformes e EPI s Ltda. Rua Pio XI, 824 - Alto da Lapa São Paulo - SP - CEP: 05060-000 Fone: (11) 3833-0264 - duplor@idealwork.com. www.centraldecatalogos.com.br - (11) 3723-5566 Ideal Work Uniformes e EPI s Ltda. Rua Pio XI, 824 - Alto da Lapa São Paulo - SP - CEP: 05060-000 Fone: (11) 3833-0264 - duplor@idealwork.com.br www.idealwork.com.br

Leia mais

FORMULÁRIO-PROPOSTA. Nome da empresa (razão social):... Endereço:... Cidade:... UF:... CEP:... CNPJ/MF n.:... Telefone/fax:... Nome:...

FORMULÁRIO-PROPOSTA. Nome da empresa (razão social):... Endereço:... Cidade:... UF:... CEP:... CNPJ/MF n.:... Telefone/fax:... Nome:... FORMULÁRIO-PROPOSTA Nome da empresa (razão social):... Endereço:... Cidade:... UF:... CEP:... CNPJ/MF n.:... Telefone/fax:... Responsável pela assinatura do contrato: Nome:... Cargo/função:...Telefone/fax:...

Leia mais

ZJ20U93 Montagem e Operacional

ZJ20U93 Montagem e Operacional www.zoje.com.br ZJ20U93 Montagem e Operacional ÍNDICE 1. Aplicação...2 2. Operação segura...2 3. Cuidados antes da operação...2 4. Lubrificação...2 5. Seleção da agulha e do fio...3 6. A Inserção da agulha...3

Leia mais

História que gera confiança. Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE

História que gera confiança. Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE História que gera confiança Vestimentas de Proteção EM ESTOQUE Conjunto antichama CAMISA MASCULINA ANTICHAMA - Risco 2 CA 19.972 SIG 42410 MOD. AX 007640-02555 - Azul royal 007640-07191 - Cinza médio 007640-13405

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO À FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA

FUNDAÇÃO DE APOIO À FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA PREÂMBULO EDITAL DE PREGÃO (PRESENCIAL) PARA REGISTRO DE PREÇOS n 009/2012 PROCESSO n 43/2012 -M DATA DA REALIZAÇÃO: 15/06/2012 HORÁRIO: 08:30 h. LOCAL DA REALIZAÇÃO SESSÃO: Sala de abertura de licitações

Leia mais

Crescendo com Você. Montagem de Sistemas

Crescendo com Você. Montagem de Sistemas Crescendo com Você Montagem de Sistemas Estocagem Armazene as chapas em local seco e abrigado. Transporte as chapas de duas em duas. Transporte as chapas na posição vertical. Os calços devem ter 5 cm de

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR MF 02.017 OPERAÇÃO DE ALARMES PAG: 1 / 12 POSICIONAMENTO DE ETIQUETAS DE ALARME EM PRODUTO VIGÊNCIA: 01/06/2012

MANUAL DO FORNECEDOR MF 02.017 OPERAÇÃO DE ALARMES PAG: 1 / 12 POSICIONAMENTO DE ETIQUETAS DE ALARME EM PRODUTO VIGÊNCIA: 01/06/2012 OPERAÇÃO DE ALARMES PAG: 1 / 12 Esta Instrução tem por finalidade estabelecer o fluxo de operações para entrega de produtos previamente colocada etiquetas de alarme no fornecedor. A retirada das etiquetas

Leia mais

1.4. ITEM 02: SUPORTE - Dimensões: 760 x 440 x 80 mm (LxPxA) 1.5. QUANTIDADE: 1308 1.6. VALOR REGISTRADO: R$245,00

1.4. ITEM 02: SUPORTE - Dimensões: 760 x 440 x 80 mm (LxPxA) 1.5. QUANTIDADE: 1308 1.6. VALOR REGISTRADO: R$245,00 ATA DE REGISTRO DE PREÇO DADOS DO PREGÃO NÚMERO DO PREGÃO: 06/2014 NÚMERO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS: 06/2014 ÓRGÃO GESTOR: ESCOLA DE SARGENTOS DE LOGÍSTICA UASG: 160318 CONTATO NO ÓRGÃO PARA ADESÃO:

Leia mais

Feminino. Tipos de corpo. Ampulheta

Feminino. Tipos de corpo. Ampulheta O guia de tamanho será desenvolvido para auxiliar os e-consumidores, no momento da compra. O e-consumidor terá disponível um guia de auxilio a medidas, de forma que permitirá que o mesmo obtenha informações

Leia mais