3.3 - LOTERIAS DE PROGNÓSTICOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "3.3 - LOTERIAS DE PROGNÓSTICOS"

Transcrição

1 mod3 11/21/03 11:58 AM Page Segundo o Dicionário Aurélio, a palavra PROGNÓSTICO também significa PROFECIA. Portanto, o apostador, ao fazer sua aposta nesse tipo de Loteria, está profetizando, tentando prever o futuro, adivinhando que números serão sorteados naquele jogo em que ele apostou. Atualmente as Loterias de Prognósticos da CAIXA dividem-se em: NUMÉRICOS São aquelas em que são utilizados números como fonte de aposta, entre os quais, o apostador terá que escolher aqueles que, segundo a sua capacidade de profetizar, serão os sorteados no próximo concurso ou concursos (Teimosinha). São elas: - QUINA - MEGA-SENA - LOTOMANIA - DUPLA SENA - LOTOFÁCIL ESPORTIVOS São aquelas que utilizam o esporte como fonte de aposta. Atualmente a CAIXA utiliza apenas o Futebol para essa modalidade de Loteria. São elas: - LOTECA - LOTOGOL Guia de Gerenciamento Empresarial 17

2 mod3 11/21/03 11:58 AM Page QUINA HISTÓRICO O primeiro sorteio da Quina foi realizado em 13 de março de O novo produto veio substituir a Loto oferecendo maior probabilidade de acerto com a alteração da quantidade de dezenas do volante de 100 para 80. A princípio, eram realizados dois sorteios por semana; a partir de 30 de março de 1998, passaram a ser três sorteios semanais, o que proporcionou significativo acréscimo da arrecadação. CARACTERÍSTICA DO PRODUTO A Quina é uma modalidade de jogo de apostas de prognósticos numéricos, cujo resultado é a apuração de 5 dezenas sorteadas dentre um total de 80. Após a indicação de 5 a 7 prognósticos, por meio de volante ou verbalmente, o apostador recebe o bilhete emitido pela máquina (sistema on-line) de captação de apostas. Os sorteios, franqueados ao público, são realizados nas Unidades Móveis de Sorteio, denominadas "CAMINHÃO DA SORTE", em local previamente divulgado pela imprensa ou, excepcionalmente, no Auditório da CAIXA, em Brasília DF, três vezes por semana, às terças-feiras, quintas-feiras e sábados, às 20h. Nos sorteios, são utilizados dois globos, um correspondente à dezena e outro à unidade. No globo das dezenas, são sorteadas bolas numeradas de 0 a 7 e no globo das unidades, de 0 a 9. Quando for sorteada a dezena 00, será considerada, para efeito de premiação, a dezena 80. Uma das principais características da Quina é o baixo preço da aposta mínima, que permite a todo tipo de público, maiores de 18 anos, apostar nessa modalidade. Outra forte característica é a excelente probabilidade de acerto, quando o apostador opta pela marcação de 7 dezenas entre as 80 constantes no volante. Além da forma tradicional de apostar, ao escolher as dezenas no volante de apostas, o apostador tem mais duas alternativas: TEIMOSINHA: para apostadores que jogam sempre os mesmos números, o sistema permite a opção de repetir a aposta por 3,6 ou 12 concursos consecutivos. SURPRESINHA: caso o apostador prefira uma aposta surpresa, o sistema poderá fazer de 1 a 8 jogos diferentes, que concorrerão no mesmo concurso. 18 Guia de Gerenciamento Empresarial

3 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 19 PROBABILIDADE Do universo de 01 até 80, a probabilidade de ganhar na Quina está diretamente associada à quantidade de dezenas jogadas. Qtde. de dezenas jogadas Probabilidade de acerto 1 em... Quina Quadra Terno PREMIAÇÃO Corresponde a 46% da renda bruta, distribuídos conforme as faixas abaixo: - 1ª faixa - 30% do valor global da importância destinada a prêmios, rateados entre os bilhetes de apostas que contiverem cinco prognósticos certos - Quina. - 2ª faixa 30% do valor global da importância destinada a prêmios, rateados entre os bilhetes de apostas que contiverem quatro prognósticos certos - Quadra. - 3ª faixa - 40% do valor global da importância destinada a prêmios, rateados entre os bilhetes de apostas que contiverem três prognósticos certos - Terno. Se não existir aposta premiada, o valor do prêmio a ela destinado será acumulado no concurso seguinte, na respectiva faixa. PÚBLICO-ALVO O produto é destinado ao público em geral, maiores de 18 anos, porém seu público preferencial é formado por apostadores sensíveis a preço, que gostam de pequenos prêmios freqüentes. CONCORRÊNCIA - produtos lotéricos estaduais; - títulos de capitalização; - bingos de entidades desportivas; - jogos de entidades filantrópicas; - raspadinhas ligadas a entidades diversas; - jogo do bicho. Guia de Gerenciamento Empresarial 19

4 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 20 PREÇO O preço da aposta da Quina é muito baixo com relação ao praticado pelo mercado. A política de preços das loterias de prognósticos é determinada pelo Governo Federal. O valor pago está relacionado à quantidade de números marcados no volante e não à quantidade de apostas efetuadas, o que faz com que o preço seja atrativo. COMERCIALIZAÇÃO A Quina é comercializada por intermédio dos equipamentos de captação de aposta on-line das Unidades Lotéricas da CAIXA. DISTRIBUIÇÃO DA ARRECADAÇÃO Prêmio Total 51,00% - Fundo Nacional da Cultura 3,00% - Comitê Olímpico Brasileiro 1,70% - Comitê Paraolímpico Brasileiro 0,30% Prêmio Bruto 46,00% - Imposto de Renda Federal 13,80% - Prêmio Líquido 32,20% Desp. De Custeio e Man. de Serviços 20,00% - Comissão do Lotérico 9,00% - Tarifa de Administração 10,00% Fundo para Desenvolvimento das Loterias 1,00% Seguridade Social 18,10% Crédito Educativo/FIES 7,76% Fundo Penitenciário Nacional 3,14% Renda Bruta 100,00% Adicional Sec. Nac. de Esportes 4,50% Arrecadação Bruta 104,50% PAGAMENTO DOS PRÊMIOS O pagamento do prêmio é efetuado mediante a apresentação do bilhete premiado e após a sua validação pelo equipamento de captação de apostas. São verificados a autenticidade, o valor do prêmio e o prazo de pagamento. Após o pagamento do prêmio, o bilhete deve ser destruído imediatamente. Os prêmios são pagos na Rede de Unidades Lotéricas até o limite de R$ 800,00 (oitocentos reais) e nas Agências da CAIXA, sem limite de valor. Os prêmios prescrevem 90 dias após a data do sorteio. Após esse prazo, os valores são repas- 20 Guia de Gerenciamento Empresarial

5 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 21 sados ao Tesouro Nacional para aplicação no FIES Fundo de Investimento ao Ensino Superior. TRIBUTAÇÃO Os ganhadores recebem valores líquidos. A tributação é efetuada na fonte. VOLANTE PONTOS FORTES - abrangência nacional; - menor valor de aposta; - grande pulverização de prêmios; - facilidade de jogar; - credibilidade do nome da CAIXA. PONTOS A SEREM TRABALHADOS - deslocamento do apostador até uma Unidade Lotérica para a realização das apostas. - educação dos apostadores sobre o modo de realizar suas apostas, bem como sobre vantagens e benefícios sociais. Guia de Gerenciamento Empresarial 21

6 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 22 DICAS DE VENDAS - Oferecer a teimosinha com apostas de R$ 2,00 para fidelizar o cliente. - Jogos prontos - aposta mínima (R$ 0,50) estratégia no troco (Quer o troco ou tenta a sorte?) - Dispor, no guichê, jogos prontos com aposta mínima (R$0,50) estratégia no troco com a frase Quer o troco ou tenta a sorte? - Motivar os atendentes/vendedores por meio de campanhas de vendas com metas preestabelecidas. FONTES DE CONSULTA Portal dos Lotéricos INTERNET: Verso do volante LEGISLAÇÃO - Institui a modalidade de Loteria de Números: Lei nº 6.717, de Imposto de Renda Federal: Lei nº 4506, de , Lei 8.981, de , Lei nº 9.065, de e Decreto 3.000, de Fundo Nacional da Cultura: Lei 8.313, de / Lei 9.999, de Fundo Penitenciário Nacional: Lei Complementar nº 79, de Adicional Secretaria Nacional do Esporte: Lei nº 9.615, de / MP , de Seguridade Social: Lei nº 8.212, de Prêmio Bruto: Circular CAIXA 263, de 07/10/ Despesas de Custeio e Manutenção de Serviços: Circular CAIXA 263, de 07/10/ Crédito Educativo/FIES: Lei 9.288, de Portaria MF 223, de Responsáveis pela elaboração e revisão do conteúdo Escritório de Negócios Manaus/AM ALAESSE ARAÚJO DA SILVA (Coordenador) Matr JOSÉ ERIVAN FERREIRA DE SOUZA Matr OTANIEL PEREIRA DA SILVA Matr Guia de Gerenciamento Empresarial

7 mod3 11/21/03 11:58 AM Page DUPLA SENA HISTÓRICO Derivada da SENA ESPECIAL, modalidade de loteria 6/50, com concursos esporádicos nos anos 1993/1994, com premiação para 6 e 5 acertos. Em 03 de abril de 1995, iniciou-se a comercialização dessa modalidade de loteria (6/48) sob o nome de SUPERSENA, com dois sorteios semanais, dos quais o primeiro se realizou em 10 de abril de Em 11 de setembro de 1997, foi alterada para SUPERSENA - Dupla Chance, com dois sorteios no mesmo concurso; no primeiro sorteio, premiava a sena (6 números) e no segundo, a maior quantidade de números acertados (6, 5, 4...). Em 29 outubro de 2001, a SUPERSENA Dupla Chance foi alterada para a modalidade 6/50, sob o nome de DUPLA SENA, com premiação da sena no primeiro sorteio e premiação da sena, quina e quadra no segundo. CARACTERÍSTICA DO PRODUTO É uma modalidade de loterias de prognósticos que oferece ao apostador duas chances de ganhar em 2 sorteios distintos por concurso, com um mesmo bilhete. O resultado é a apuração de 6 números sorteados dentre um total de 50. Após a indicação de 6 a 15 prognósticos, por meio de volante ou verbalmente, o apostador recebe o bilhete emitido pelo sistema on-line de captação de apostas. Os sorteios, franqueados ao público, são realizados nas Unidades Móveis de Sorteio, denominadas "CAMINHÃO DA SORTE", em local previamente divulgado pela imprensa ou, excepcionalmente, no Auditório da CAIXA, em Brasília DF, duas vezes por semana, às 20h, às terças e sextas-feiras. Na DUPLA SENA são realizados dois sorteios consecutivos: o primeiro, para premiação de apostas com o acerto dos 6 números sorteados - FAIXA ÚNICA; o segundo, para premiação de apostas com o acerto de 6, 5 ou 4 dos outros seis números sorteados (o cliente concorre com os mesmos números apostados). Nos sorteios são utilizados dois globos, um correspondente à dezena e outro à unidade. O globo das unidades é carregado com bolas numeradas de 0 a 9, e o das dezenas, com bolas de 0 a 4. A dezena 00 representa o número 50. O apostador tem a possibilidade de efetuar as apostas preenchendo os campos dos números impressos no volante ou solicitando a realização da aposta por meio de digitação em teclado do terminal de captação de apostas. Guia de Gerenciamento Empresarial 23

8 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 24 O apostador tem à sua disposição as modalidade de apostas TEIMOSINHA e SURPRESINHA. TEIMOSINHA É a aposta que concorre a vários concursos. Para apostadores que jogam sempre os mesmos números, o sistema permite a opção de repetir a aposta por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos. Se não existir a indicação da quantidade de concursos, a aposta valerá apenas para 1 concurso. SURPRESINHA A aposta surpresa é a composição de uma aposta a partir de números aleatórios, indicados pelo sistema on-line de captação de apostas. Caso o apostador prefira uma aposta surpresa, o sistema poderá fazer de 1 a 7 jogos diferentes, que concorrerão no mesmo concurso. PREÇO A política de preço das loterias de prognósticos é determinada pelo Governo Federal. A aposta mínima da Dupla Sena custa R$ 1,00. O valor pago é relacionado à quantidade de apostas efetuadas, conforme o quadro abaixo: Dezenas Apostas Preço (R$) , , , , , , , , , ,00 COMERCIALIZAÇÃO A DUPLA SENA é comercializada por intermédio dos equipamentos de captação de apostas online da Rede de Casas Lotéricas da CAIXA. 24 Guia de Gerenciamento Empresarial

9 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 25 PREMIAÇÃO Corresponde a 46% da renda bruta, assim distribuídos: Primeiro sorteio - 30% para os acertadores dos 6 números sorteados (Sena) - Faixa Única. Segundo sorteio - 30% para os acertadores dos 6 números sorteados (Sena). - 20% para os acertadores dos 5 números sorteados (Quina). - 20% para os acertadores dos 4 números sorteados (Quadra). ACUMULAÇÃO DE PRÊMIOS Se não existir aposta premiada em qualquer uma das faixas de premiação, o valor destinado a prêmios fica acumulado para a Faixa Única (Sena) do 1º sorteio do concurso seguinte. PROBABILIDADE Do universo de 01 até 50, a probabilidade de ganhar na DUPLA SENA está diretamente associada à quantidade de números jogados. Qtde. de números jogados Probabilidade de acerto 1 em... Sena Quina Quadra Guia de Gerenciamento Empresarial 25

10 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 26 DISTRIBUIÇÃO DA ARRECADAÇÃO Prêmio Total 51,00% - Fundo Nacional da Cultura 3,00% - Comitê Olímpico Brasileiro 1,70% - Comitê Paraolímpico Brasileiro 0,30% Prêmio Bruto 46,00% - Imposto de Renda Federal 13,80% - Prêmio Líquido 32,20% Desp. de Custeio e Man. de Serviços 20,00% - Comissão dos Lotéricos 9,00% - Tarifa de Administração 10,00% - Fundo para Desenvolvimento das Loterias 1,00% Seguridade Social 18,10% Crédito Educativo/FIES 7,76% Fundo Penitenciário Nacional 3,14% Renda Bruta 100,00% Adicional Sec. Nac. de Esportes 4,50% Arrecadação Bruta 104,50% PAGAMENTO DE PRÊMIOS O pagamento do prêmio é efetuado ao portador do comprovante de aposta premiada após a sua validação pelo equipamento on-line de captação de apostas, por meio do qual é verificada a autenticidade bem como o valor do prêmio e o prazo de pagamento. Após o pagamento do prêmio, o bilhete deve ser destruído imediatamente. Os prêmios são pagos na Rede de Unidades Lotéricas até o limite de R$ 800,00 (oitocentos reais) e nas Agências da CAIXA, sem limite de valor. Os prêmios prescrevem em 90 dias após a data do sorteio. Após esse prazo, os valores são repassados ao Tesouro Nacional, para aplicação no FIES Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior. 26 Guia de Gerenciamento Empresarial

11 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 27 O sistema calcula o pagamento de prêmio na proporção dos números apostados x apostas realizadas, conforme a tabela abaixo: QUANT. NÚMEROS APOSTAS QUANTIDADE DE PRÊMIOS A RECEBER 1º SORTEIO 6 NÚMEROS 6 NÚMEROS 2º SORTEIO ACERTANDO 5 NÚMEROS 4 NÚMEROS Sena Sena Quina Quadra Quina Quadra Quadra TRIBUTAÇÃO Os ganhadores recebem valores líquidos. A tributação é efetuada na fonte. DIFERENCIAL DO PRODUTO A principal característica da DUPLA SENA é o fato de haver dois sorteios no mesmo concurso para uma mesma aposta. O apostador tem duas chances de acertar os números sorteados: uma no 1º sorteio para quem acertar os 6 números sorteados (Sena) Faixa Única; outra no 2º sorteio, com ganhos para: >> quem acertar 6 números; >> quem acertar 5 números; >> quem acertar 4 números. Guia de Gerenciamento Empresarial 27

12 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 28 PÚBLICO-ALVO O produto é destinado ao público em geral maiores de 18 anos. CONCORRÊNCIA - produtos lotéricos estaduais; - títulos de capitalização; - bingos de entidades desportivas; - jogos de entidades filantrópicas; - raspadinhas ligadas a entidades diversas; - jogo do bicho. PONTOS FORTES - duas chances de concorrer, em 2 sorteios distintos a cada concurso; - quatro faixas de premiação; - possibilidade de marcar até 15 dezenas por jogo; dessa forma, a partir de 7 dezenas, o apostador realizará um jogo combinado, o que aumenta suas chances de ganhar e a quantidade de prêmios a receber; - prêmios de grande valor; - incidência de ganhadores em todos os concursos; - facilidade de jogar; - recursos arrecadados direcionados para áreas de interesse social; - credibilidade do nome da CAIXA. PONTOS A SEREM TRABALHADOS - deslocamento do apostador até uma Unidade Lotérica para a realização das apostas; - esclarecimento aos apostadores sobre a relação dezenas apostadas x apostas realizadas (jogo combinado); - esclarecimento aos apostadores sobre a premiação dos 2 sorteios em um mesmo concurso; - educação dos apostadores quanto ao modo de realizar suas apostas e quanto às vantagens e benefícios sociais. 28 Guia de Gerenciamento Empresarial

13 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 29 DICAS DE VENDAS - Nos dias de sorteio, principalmente nos concursos acumulados, praticar o gerenciamento da fila, ou seja, disponibilizar um atendente/vendedor para explicar o jogo aos apostadores. - Disponibilizar jogos prontos com 7 (sete) dezenas e sugerir aos apostadores jogo com 7(sete) dezenas, pois aumenta-se a probabilidade de acerto e, caso seja contemplado na 2ª faixa, aumenta-se o valor da premiação (veja acima em PAGAMENTO DE PRÊMIOS). VOLANTE FONTES DE CONSULTA Portal dos Lotéricos INTERNET: O verso do volante LEGISLAÇÃO - Institui a modalidade de Loteria de Números: Lei nº 6.717, de Imposto de Renda Federal: Lei nº 4506, de , Lei 8.981, de , Lei nº 9.065, de e Decreto 3.000, de Fundo Nacional da Cultura: Lei 8.313, de / Lei 9.999, de Fundo Penitenciário Nacional: Lei Complementar nº 79, de Adicional Secretaria Nacional de Esportes: Lei nº 9.615, de / MP , de Seguridade Social: Lei nº 8.212, de Prêmio Bruto: Portaria MF 188 de e Circular CAIXA 263/2001, de Despesas de Custeio e Manutenção de Serviços: Circular CAIXA 263/2001, de Guia de Gerenciamento Empresarial 29

14 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 30 - Crédito Educativo/FIES: Lei 9.288, de Comitê Olímpico Brasileiro e Comitê Paraolímpico Brasileiro: Lei nº , de Portaria nº 223, de Responsáveis pela elaboração e revisão do conteúdo Escritório de Negócios Manaus/AM ALAESSE ARAÚJO DA SILVA (Coordenador) Matr JOSÉ ERIVAN FERREIRA DE SOUZA Matr OTANIEL PEREIRA DA SILVA Matr Guia de Gerenciamento Empresarial

15 mod3 11/21/03 11:58 AM Page MEGA-SENA HISTÓRICO Lançada em 4 de março de 1996, a Mega-Sena substituiu a SENA e oferece maior atratividade na premiação decorrente de acumulações. Seu primeiro sorteio foi realizado no dia 11 de março. Hoje é o carro-chefe das Loterias Federais, a preferência do público apostador, em razão dos grandes prêmios que oferece. CARACTERÍSTICA DO PRODUTO A Mega-Sena é uma modalidade de jogo de apostas de prognósticos, cujo resultado é a apuração de 6 números sorteados dentre um total de 60. Após a indicação de 6 a 15 prognósticos, por meio de volante ou verbalmente, o apostador recebe o bilhete emitido pelo sistema on-line de captação de apostas. Os sorteios, franqueados ao público, são realizados nas Unidades Móveis de Sorteio, denominadas "CAMINHÃO DA SORTE" em local previamente divulgado pela imprensa ou, excepcionalmente, no Auditório da CAIXA, em Brasília DF, duas vezes por semana, às quartas-feiras e aos sábados, às 20h. Nos sorteios são utilizados dois globos, um correspondente à dezena e outro à unidade. No globo das dezenas, são sorteadas bolas numeradas de 0 a 5 e no das unidades, de 0 a 9. Quando for sorteada a dezena 00, será considerada, para efeito de premiação, a dezena 60. A principal característica da Mega-Sena é a acumulação de 25% do montante destinado à premiação em cada concurso para os concursos de final zero e cinco imediatamente posterior. Esse valor se integrará ao prêmio da sena (6 dezenas certas) nos concursos de final 0 ou 5 e possibilitará volumosos prêmios aos apostadores. Além da forma tradicional de apostar, ao escolher as dezenas no volante de apostas a cada concurso, o apostador tem mais duas alternativas: TEIMOSINHA: para apostadores que jogam sempre os mesmos números, o sistema permite a opção de repetir a aposta por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos. SURPRESINHA: caso o apostador prefira uma aposta surpresa, o sistema poderá fazer de 1 a 7 jogos diferentes, que concorrerão no mesmo concurso. Guia de Gerenciamento Empresarial 31

16 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 32 PREMIAÇÃO Corresponde a 46% da renda bruta, assim distribuídos: 35% para os acertadores das 6 dezenas sorteadas (Sena); 20% para os acertadores de 5 das 6 dezenas sorteadas (Quina); 20% para os acertadores de 4 das 6 dezenas sorteadas (Quadra); 25% se destinam a integrar a premiação dos acertadores das 6 dezenas sorteadas (SENA) nos concursos de final zero ou cinco. Se não existir aposta premiada em qualquer uma das faixas de premiação, o valor destinado a prêmios fica acumulado para o concurso seguinte, na respectiva faixa. PROBABILIDADE Do universo de 01 até 60, a probabilidade de ganhar na Mega-Sena está diretamente associada à quantidade de números apostados. Qtde. de dezenas jogadas Probabilidade de acerto 1 em... Sena Quina Quadra PÚBLICO-ALVO O produto é destinado ao público em geral, maiores de 18 anos. Caracteriza-se também por aqueles que, com perfil de "Sonhador de grande prêmio", jogam pensando em mudar de vida, ou por aqueles que jogam, simplesmente, pelo entretenimento. PREÇOS A aposta mínima (6 dezenas) custa R$ 1,50. A política de preços das loterias de prognósticos é determinada pelo Governo Federal. 32 Guia de Gerenciamento Empresarial

17 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 33 O valor pago é relacionado à quantidade de apostas efetuadas, conforme o quadro: Dezenas Apostas Preço R$ , , , , , , , , , ,50 CONCORRÊNCIA produtos lotéricos estaduais; títulos de capitalização; bingos de entidades desportivas; jogos de entidades filantrópicas; "raspadinhas" ligadas a entidades diversas; "jogo do bicho". COMERCIALIZAÇÃO A Mega-Sena é comercializada por intermédio dos equipamentos de captação de apostas, online da Rede de Casas Lotéricas da CAIXA. PAGAMENTO DOS PRÊMIOS O pagamento do prêmio é efetuado mediante a apresentação do bilhete premiado e após a sua validação pelo equipamento de captação de apostas. Serão verificados a autenticidade, o valor do prêmio e o prazo de pagamento. Após o pagamento do prêmio, o bilhete deve ser destruído imediatamente. Os prêmios são pagos na Rede de Unidades Lotéricas até o limite de R$ 800,00 (oitocentos reais) e, nas Agências da CAIXA, sem limite de valor. Os prêmios prescrevem em 90 dias após a data do sorteio. Após esse prazo, os valores são repassados ao Tesouro Nacional para aplicação no FIES Fundo de Investimento ao Ensino Superior. Guia de Gerenciamento Empresarial 33

18 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 34 O sistema calcula o pagamento de prêmio na proporção das dezenas apostadas x apostas realizadas, conforme a tabela: QUANTIDADE DE PRÊMIOS A RECEBER APOSTAS ACERTANDO 6 DEZENAS 5 DEZENAS 4 DEZENAS Qtd. Dezenas Apostas feitas Sena Quina Quadra Quina Quadra Quadra TRIBUTAÇÃO Os ganhadores recebem valores líquidos. A tributação é efetuada na fonte. DISTRIBUIÇÃO DA ARRECADAÇÃO Prêmio Total 51,00% - Fundo Nacional da Cultura 3,00% - Comitê Olímpico Brasileiro 1,70% - Comitê Paraolímpico Brasileiro 0,30% Prêmio Bruto 46,00% - Imposto de Renda Federal 13,80% - Prêmio Líquido 32,20% Desp. de Custeio e Man. De Serviços 20,00% - Comissão do Lotérico 9,00% - Tarifa de Administração 10,00% - Fundo para Desenvolvimento das Loterias 1,00% Seguridade Social 18,10% Crédito Educativo/FIES 7,76% Fundo Penitenciário Nacional 3,14% Renda Bruta 100,00% Adicional Sec. Nac. de Esportes 4,50% Arrecadação Bruta 104,50% 34 Guia de Gerenciamento Empresarial

19 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 35 PONTOS FORTES abrangência nacional; grandes prêmios; destinação de recursos para obras de cunho social do Governo Federal; percentual da arrecadação destinado à premiação; a mais popular das modalidades de prognósticos; possibilidade de combinar em até 15 dezenas por jogo; prêmios de grande valor; acumulação programada de prêmios nos concursos de final zero e cinco, e eventuais acumulações; facilidade de jogar; recursos arrecadados direcionados para áreas de interesse social; credibilidade do nome da CAIXA. PONTOS A SEREM TRABALHADOS deslocamento do apostador até uma Unidade Lotérica para a realização das apostas; esclarecimento aos apostadores da relação dezenas apostadas x apostas realizadas. VOLANTE FONTES DE CONSULTA Portal dos Lotéricos Internet - Verso do Volante Guia de Gerenciamento Empresarial 35

20 mod3 11/21/03 11:58 AM Page 36 LEGISLAÇÃO Institui a modalidade de Loteria de Números: Lei nº 6.717, de Imposto de Renda Federal : Lei nº 4506, de , Lei 8.981, de e Lei nº 9.065, de Fundo Nacional da Cultura: Lei 8.313, de / Lei 9.999, de Fundo Penitenciário Nacional: Lei Complementar nº 79, de Adicional Secretaria Nacional do Esporte: Lei nº 9.615, de / MP , de Seguridade Social: Lei nº 8.212, de Prêmio Bruto: Circular CAIXA 263, de 07/10/2002 Despesas de Custeio e Manutenção de Serviços: Circular CAIXA 263, de 07/10/2002 Crédito Educativo/FIES: Lei 9.288, de Portaria MF nº 223, de Responsáveis pela Elaboração e Revisão do Conteúdo Escritório de Negócios TRIÂNGULO MINEIRO/MG Ronaldo Carlos Galvão (coordenador) João Nilton de Castro Oliveira Paulo César Albino Guia de Gerenciamento Empresarial

3.1 LOTÉRICA FEDERAL DO BRASIL... 03 10 3.1.1 HISTÓRICO... 03 3.1.2 CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO... 03 3.1.3 PLANO DE SORTEIO... 04

3.1 LOTÉRICA FEDERAL DO BRASIL... 03 10 3.1.1 HISTÓRICO... 03 3.1.2 CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO... 03 3.1.3 PLANO DE SORTEIO... 04 SUMÁRIO MÓDULO 3 PRODUTOS 3.1 LOTÉRICA FEDERAL DO BRASIL... 03 10 3.1.1 HISTÓRICO... 03 3.1.2 CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO... 03 3.1.3 PLANO DE SORTEIO... 04 3.1.4 PREMIAÇÃO... 04 3.1.5 PROBALIDADE... 04

Leia mais

3.2 - LOTERIA INSTANTÂNEA

3.2 - LOTERIA INSTANTÂNEA mod3 11/21/03 11:58 AM Page 11 3.2-3.2.1 - HISTÓRICO A Loteria Federal do Brasil Instantânea, lançada em 22 de agosto de 1991, com o objetivo de atender às necessidades dos clientes das Loterias Federais,

Leia mais

A Loteria Federal do Brasil, conhecida como a loteria tradicional, foi a primeira loteria a ser administrada pela Caixa Econômica Federal.

A Loteria Federal do Brasil, conhecida como a loteria tradicional, foi a primeira loteria a ser administrada pela Caixa Econômica Federal. mod3 11/21/03 11:58 AM Page 3 PRODUTOS 3.1-3.1.1 - HISTÓRICO A Loteria Federal do Brasil, conhecida como a loteria tradicional, foi a primeira loteria a ser administrada pela Caixa Econômica Federal. Antes

Leia mais

Versão Fevereiro/2011.

Versão Fevereiro/2011. Versão Fevereiro/2011. A S L O T E R I A S C A I X A...................................... 3 R E P A S S E S................................................. 4 A T E N D I M E N T O A O S C I D A D Ã O

Leia mais

Circular CEF nº 441 (DOU de 01/08/08)

Circular CEF nº 441 (DOU de 01/08/08) Circular CEF nº 44 (DOU de 0/08/08) Regulação das loterias de números: Loto III - Quina / Loto V - Mega-Sena / Loto VIII - Lotomania / Loto IX - Dupla Sena / Loto XII - Lotofácil. O Vice-presidente de

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL VICE-PRESIDÊNCIA DE FUNDOS DE GOVERNO E LOTERIAS

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL VICE-PRESIDÊNCIA DE FUNDOS DE GOVERNO E LOTERIAS CAIXA ECONÔMICA FEDERAL VICE-PRESIDÊNCIA DE FUNDOS DE GOVERNO E LOTERIAS CIRCULAR No- 486, DE 9 DE SETEMBRO DE 2009 Regulação das Loterias de Números: Loto III - Quina / Loto V - Mega-Sena / Loto VIII

Leia mais

Produtos Bancários CAIXA. Item 3- Loterias Parte 2

Produtos Bancários CAIXA. Item 3- Loterias Parte 2 Produtos Bancários CAIXA Item 3- Loterias Parte 2 Produtos Bancários CAIXA Item 3- Loterias Parte 2 Como jogar: TELA CHEIA MEGASENA APOSTA O sistema escolhe Concorrer com a SORTEIOS RATEIO SEM GANHADOR

Leia mais

Mega da Virada. Existem outros concursos especiais como: Lotomania de Páscoa Quina de São João Lotofácil da Independência

Mega da Virada. Existem outros concursos especiais como: Lotomania de Páscoa Quina de São João Lotofácil da Independência Agenda O que é a Mega da Virada? Quais são as Loterias do Brasil Os termos básicos do Mercado de Loterias Quais são suas regras básicas Calendário de Sorteios Uma noção do mercado de Loterias no Brasil

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01/2013-ASSEJERN

RESOLUÇÃO Nº 01/2013-ASSEJERN RESOLUÇÃO Nº 01/2013-ASSEJERN Regulamenta o Bolão ASSEJERN de Loterias para as loterias administradas pela Caixa Econômica Federal. A Diretoria Executiva da Associação dos Servidores da Justiça Eleitoral

Leia mais

PORTARIA 45/2011. III-Símbolo: Considera-se símbolo a representação gráfica de números randômicos dentro do sistema.

PORTARIA 45/2011. III-Símbolo: Considera-se símbolo a representação gráfica de números randômicos dentro do sistema. PORTARIA 45/2011 A Diretoria da Loteria do Estado de Minas Gerais, no uso das atribuições que lhe conferem a Lei Delegada n 180 de 20/01/2011 em especial os arts. 192 e 193, Decreto Estadual nº 44.599,

Leia mais

Como jogar. Keno Minas. O novo jogo da Loteria Mineira.

Como jogar. Keno Minas. O novo jogo da Loteria Mineira. Como jogar Keno Minas. O novo jogo da Loteria Mineira. IB00-Cartilha Como Jogar.indd 8/7/0 :: PM IB00-Cartilha Como Jogar.indd 8/7/0 :: PM . A Loteria de Minas Gerais e a INTRALOT A Loteria do Estado de

Leia mais

0046 - Transferência da Cota-Parte dos Estados e DF Exportadores na Arrecadação do IPI (CF, Art. 159)

0046 - Transferência da Cota-Parte dos Estados e DF Exportadores na Arrecadação do IPI (CF, Art. 159) Programa 0903 - Operações Especiais: Transferências Constitucionais e as Decorrentes de Legislação Específica Número de Ações 22 0044 - Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal - FPE (CF,

Leia mais

Correspondência. 1º Dezena de milhar 0 a 4, 5, 6, 7, 8 ou 9. 2º Unidade de milhar 0 a 9. 3º Centena 0 a 9. 4º Dezena 0 a 9.

Correspondência. 1º Dezena de milhar 0 a 4, 5, 6, 7, 8 ou 9. 2º Unidade de milhar 0 a 9. 3º Centena 0 a 9. 4º Dezena 0 a 9. REGULAMENTO LOTERIAS LOTERIA FEDERAL 1. Os sorteios da Loteria Federal são realizados na localidade programada para os sorteios, no Caminhão da Sorte, em locais de grande evidência pública, previamente

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO DAS LOTERIAS CAIXA

NOTA DE ESCLARECIMENTO DAS LOTERIAS CAIXA NOTA DE ESCLARECIMENTO DAS LOTERIAS CAIXA As Loterias Caixa, em face de um spam divulgado na internet com informações inverídicas sobre o processo de sorteio e apuração das loterias federais, em especial

Leia mais

11.1.20 - Conta NÃO FEBRABAN

11.1.20 - Conta NÃO FEBRABAN mod11a 11/21/03 3:24 PM Page 39 11.1.20 - Conta NÃO FEBRABAN CONT Utilizando o teclado numérico, selecione o tipo da Conta a receber. 2. Em seguida, siga as solicitações contidas na tela e tecle ENVIAR

Leia mais

Reunião da Comissão de Jogos da FEBRALOT e área de Loterias da Caixa

Reunião da Comissão de Jogos da FEBRALOT e área de Loterias da Caixa Reunião da Comissão de Jogos da FEBRALOT e área de Loterias da Caixa Dando continuidade às reuniões periódicas realizadas entre a Comissão de Jogos da FEBRALOT e a área de Loterias da Caixa, os executivos

Leia mais

Mensagem da Presidenta

Mensagem da Presidenta a Sorte em Números Mensagem da Presidenta As Loterias da CAIXA são fundamentais na estratégia de crescimento e manutenção das políticas públicas do país, além de serem oportunidade para a realização dos

Leia mais

REGULAMENTO DO SORTEIO - UMBARATO

REGULAMENTO DO SORTEIO - UMBARATO REGULAMENTO DO SORTEIO - UMBARATO A CAPEMISA Seguradora de Vida e Previdência S/A, inscrita no CNPJ nº 08.602.745/0001-32, é subscritora dos Títulos de Capitalização da Modalidade Incentivo, emitidos e

Leia mais

SUMÁRIO MÓDULO 4 ROTINAS OPERACIONAIS

SUMÁRIO MÓDULO 4 ROTINAS OPERACIONAIS SUMÁRIO MÓDULO 4 ROTINAS OPERACIONAIS 4.1 - LOTERIA DE PROGNÓSTICOS... 03 28 4.2 - LOTERIA INSTANTÂNEA... 29 34 4.3 - LOTERIA FEDERAL DO BRASIL... 35 42 4.4 - CONSULTA DE SALDO... 43 44 4.5 - DEPÓSITOS

Leia mais

Ourocap Milênio. Processo SUSEP nº 10.004340/00-18 CONDIÇÕES GERAIS

Ourocap Milênio. Processo SUSEP nº 10.004340/00-18 CONDIÇÕES GERAIS Ourocap Milênio Processo SUSEP nº 10.004340/00-18 CONDIÇÕES GERAIS GLOSSÁRIO Subscritor é a pessoa que subscreve a proposta de aquisição do Título, assumindo o compromisso de efetuar o pagamento na forma

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO PLANO DE PAGAMENTO ÚNICO (PU)

CONDIÇÕES GERAIS DE TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO PLANO DE PAGAMENTO ÚNICO (PU) CONDIÇÕES GERAIS DE TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO PLANO DE PAGAMENTO ÚNICO (PU) I INFORMAÇÕES INICIAIS 1.1- SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: LIDERANÇA CAPITALIZAÇÃO S.A. 1.2- SITE DA SOCIEDADE: www.telesena.com.br

Leia mais

COMO APOSTAR DE MANEIRA INTELIGENTE E OBTER ÊXITO EM SEUS JOGOS

COMO APOSTAR DE MANEIRA INTELIGENTE E OBTER ÊXITO EM SEUS JOGOS Revelado o Segredo!!! COMO GANHAR NA LOTOMANIA!!! COMO APOSTAR DE MANEIRA INTELIGENTE E OBTER ÊXITO EM SEUS JOGOS A Loteria para quem tem mania de ganhar. Em um cartão você escolhe cinqüenta números, dos

Leia mais

bolão do apostebem 2013

bolão do apostebem 2013 APRESENTAÇÃO O objetivo deste bolão é concorrer com mais chances ao sorteio especial da Mega da Virada, a ser realizado em dezembro de 2013. A tendência é que o prêmio ultrapasse R$ 240 milhões. Para isso

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO PLANO DE PAGAMENTO ÚNICO (PU)

CONDIÇÕES GERAIS DE TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO PLANO DE PAGAMENTO ÚNICO (PU) CONDIÇÕES GERAIS DE TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO PLANO DE PAGAMENTO ÚNICO (PU) I INFORMAÇÕES INICIAIS 1.1- SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: LIDERANÇA CAPITALIZAÇÃO S.A. 1.2- SITE DA SOCIEDADE: www.telesena.com.br

Leia mais

3.4.1. As contas que tiverem alguma pendência cadastral no período de elegibilidade, tais como nome, endereço ou CPF irregular.

3.4.1. As contas que tiverem alguma pendência cadastral no período de elegibilidade, tais como nome, endereço ou CPF irregular. O Banco do Brasil S.A., por meio da Diretoria de Empréstimos e Financiamentos, localizada no SAUN, Quadra 5 Lote B Ed. Banco do Brasil Torre I 1º andar em Brasília DF, é o realizador da Promoção Carro

Leia mais

I INFORMAÇÕES INICIAIS II - GLOSSÁRIO

I INFORMAÇÕES INICIAIS II - GLOSSÁRIO I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: INVEST CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 93.202.448/0001-79 NOME FANTASIA DO PRODUTO: INVESTCAP POP-PM 61 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.901593/2014-42

Leia mais

CAPEMISA SEGURADORA MITRASEG CORRETORA REGULAMENTO DO SORTEIO

CAPEMISA SEGURADORA MITRASEG CORRETORA REGULAMENTO DO SORTEIO CAPEMISA SEGURADORA MITRASEG CORRETORA REGULAMENTO DO SORTEIO A CAPEMISA SEGURADORA DE VIDA E PREVIDÊNCIA, inscrita no CNPJ nº 08.602.745/0001-32, é subscritora dos Títulos de Capitalização da modalidade

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 200 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO MENSAL CONDIÇÕES GERAIS

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 200 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO MENSAL CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 200 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.900570/2013-30 II - GLOSSÁRIO Subscritor

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO PLANO DE PAGAMENTO ÚNICO (PU)

CONDIÇÕES GERAIS DE TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO PLANO DE PAGAMENTO ÚNICO (PU) CONDIÇÕES GERAIS DE TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO PLANO DE PAGAMENTO ÚNICO (PU) I INFORMAÇÕES INICIAIS 1.1- SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: LIDERANÇA CAPITALIZAÇÃO S.A. 1.2- SITE DA SOCIEDADE: www.telesena.com.br

Leia mais

REGULAMENTO. PROMOÇÃO COMERCIAL Vivo Finanças Pessoais

REGULAMENTO. PROMOÇÃO COMERCIAL Vivo Finanças Pessoais REGULAMENTO PROMOÇÃO COMERCIAL Vivo Finanças Pessoais Dados da Promotora: TELEFÔNICA DATA S.A Rua Monsenhor Jerônimo, 94 Engenheiro de Dentro Rio de Janeiro RJ CEP: 20730-110 CNPJ: 04.027.547/0034-08 A

Leia mais

Art. 13. As extrações serão realizadas em sala franqueada ao público, pelo sistema de urnas transparentes e de esferas numeradas por inteiro ;

Art. 13. As extrações serão realizadas em sala franqueada ao público, pelo sistema de urnas transparentes e de esferas numeradas por inteiro ; COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO PROJETO DE LEI N o 7.446, DE 2006 Altera a redação do artigo 13, do Decreto-Lei n.º 204, de 27 de fevereiro de 1967 Dispõe sobre a exploração de loterias e dá outras providências.

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PIC

CONDIÇÕES GERAIS DO PIC CONDIÇÕES GERAIS DO PIC I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: CIA ITAÚ DE CAPITALIZAÇÃO CNPJ: 23.025.711/0001-16 PIC - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.005217/2012-63 WEB-SITE:

Leia mais

CG DA MODALIDADE POPULAR PM CONDIÇÕES GERAIS DO APLUBCAP POPULAR 2262 SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.

CG DA MODALIDADE POPULAR PM CONDIÇÕES GERAIS DO APLUBCAP POPULAR 2262 SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076. CONDIÇÕES GERAIS DO APLUBCAP POPULAR 2262 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 226 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº:

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO. NOME DA PROMOÇÃO: SÁBADO DA SORTE 2014 PERÍODO DA PROMOÇÃO: 01/08/2014 à 31/07/2015.

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO. NOME DA PROMOÇÃO: SÁBADO DA SORTE 2014 PERÍODO DA PROMOÇÃO: 01/08/2014 à 31/07/2015. REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO NOME DA PROMOÇÃO: SÁBADO DA SORTE 2014 PERÍODO DA PROMOÇÃO: 01/08/2014 à 31/07/2015. O objetivo desta Promoção Comercial é fomentar a adesão e incentivar

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Unidade Universitária de Ciências Exatas e Tecnológicas Curso de Licenciatura em Matemática. Probabilidade na Mega-Sena

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Unidade Universitária de Ciências Exatas e Tecnológicas Curso de Licenciatura em Matemática. Probabilidade na Mega-Sena UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Unidade Universitária de Ciências Exatas e Tecnológicas Curso de Licenciatura em Matemática Probabilidade na Mega-Sena Samuel Wesley da Silva Morais ANÁPOLIS 2012 2 Samuel

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 PROCESSO SUSEP Nº: 15414.

CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 PROCESSO SUSEP Nº: 15414. I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 166 : POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004323/2012-20 II - GLOSSÁRIO Subscritor é

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 513 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO MENSAL CONDIÇÕES GERAIS

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 513 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO MENSAL CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 513 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.900001/2014-75 II - GLOSSÁRIO Subscritor

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 636 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A.

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 636 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 636 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.901295/2014-52 II - GLOSSÁRIO Subscritor

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO APLICAP 026

CONDIÇÕES GERAIS DO APLICAP 026 CONDIÇÕES GERAIS DO APLICAP 026 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLICAP CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 13.122.801/0001-71 APLICAP 026 MODALIDADE: PU POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.900500/2014-62

Leia mais

PM48 MPE. SITE NA INTERNET : www.brasilcap.com CONDIÇÕES GERAIS GLOSSÁRIO

PM48 MPE. SITE NA INTERNET : www.brasilcap.com CONDIÇÕES GERAIS GLOSSÁRIO PM48 MPE SITE NA INTERNET : www.brasilcap.com CONDIÇÕES GERAIS GLOSSÁRIO Subscritor é a pessoa que subscreve a proposta de aquisição do Título, assumindo o compromisso de efetuar o pagamento na forma convencionada

Leia mais

REGULAMENTO PROMOÇÃO COMERCIAL. Fatura Premiada VeranCard

REGULAMENTO PROMOÇÃO COMERCIAL. Fatura Premiada VeranCard REGULAMENTO PROMOÇÃO COMERCIAL Fatura Premiada VeranCard Dados da Promotora: Veran Administradora de Cartões de Crédito LTDA. CNPJ: 11.853.182/0001-60 ENDEREÇO: Avenida Vinte e Seis de Março, 187 - Centro

Leia mais

Produtos e Subprodutos

Produtos e Subprodutos Produtos e Sub-Produtos Alguns itens comercializados na Loja têm uma característica marcante: eles possuem uma validade bem definida, enquanto que outros não têm validade, porém apresentam séries distintas

Leia mais

Apresentação do Sistema O Real Segredo da Lotofacil + Super Pacote Completo da Lotofacil Passo-A-Passo Parte I

Apresentação do Sistema O Real Segredo da Lotofacil + Super Pacote Completo da Lotofacil Passo-A-Passo Parte I Apresentação do Sistema O Real Segredo da Lotofacil + Super Pacote Completo da Lotofacil Passo-A-Passo Parte I Um Realização dos Senhores das Loterias. http://www.senhordasloterias.com Olá Saudações visitante

Leia mais

REGULAMENTO PROMOÇÃO CARREFOUR GARANTIA ESTENDIDA TELEMARKETING

REGULAMENTO PROMOÇÃO CARREFOUR GARANTIA ESTENDIDA TELEMARKETING REGULAMENTO PROMOÇÃO CARREFOUR GARANTIA ESTENDIDA TELEMARKETING Dados da Promotora: Cardif do Brasil Seguros e Garantias S.A. CNPJ: 08.279.191/0001-84 Rua Campos Bicudo, 98 1º ao 7º andar, São Paulo -

Leia mais

REGULAMENTO PARA CAMPANHA DE CAPITALIZAÇÃO 2012 SICOOB CREDICER

REGULAMENTO PARA CAMPANHA DE CAPITALIZAÇÃO 2012 SICOOB CREDICER REGULAMENTO PARA CAMPANHA DE CAPITALIZAÇÃO 2012 SICOOB CREDICER Participe da campanha de capitalização e concorra a duas motos: 01 MOTO KASINSKI MIRAGE 150 01 MOTO HONDA TITAN 150 EX 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. Mês de Vigência Taxa de Juros 1º 0,65% a.m. 2º ao 12º 0,45% a.m.

CONDIÇÕES GERAIS. Mês de Vigência Taxa de Juros 1º 0,65% a.m. 2º ao 12º 0,45% a.m. PLIN FIDELIDADE MODALIDADE TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.003764/2008-28 CONDIÇÕES GERAIS GLOSSÁRIO Subscritor é a pessoa que subscreve a proposta de aquisição do Título, assumindo o compromisso

Leia mais

Regulamento Seguro de Proteção Financeira

Regulamento Seguro de Proteção Financeira Regulamento Seguro de Proteção Financeira 1. Cessão: apenas de participação nos sorteios. 2. Promotora: A Cardif do Brasil Vida e Previdência S.A, é titular e proprietária de Títulos de Capitalização,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SUPERXCAP

CONDIÇÕES GERAIS SUPERXCAP CONDIÇÕES GERAIS SUPERXCAP Versão 2013 Processo SUSEP Nº: 15414.900275/2013-83 ÍNDICE I II III IV V VI VII VIII IX X XI XII XIII XIV INFORMAÇÕES INICIAIS........... Pág. 4 GLOSSÁRIO... Pág. 4 OBJETIVO...

Leia mais

PLIN DOS SONHOS Processo SUSEP: 15414.003752/2004-70 Período de Comercialização: 01/03/2005 a 27/02/2009

PLIN DOS SONHOS Processo SUSEP: 15414.003752/2004-70 Período de Comercialização: 01/03/2005 a 27/02/2009 PLIN DOS SONHOS Processo SUSEP: 15414.003752/2004-70 Período de Comercialização: 01/03/2005 a 27/02/2009 CONDIÇÕES GERAIS GLOSSÁRIO Subscritor - é a pessoa que subscreve a proposta de aquisição do Título,

Leia mais

Condições Gerais Agromania CAP

Condições Gerais Agromania CAP Condições Gerais Agromania CAP CONDIÇÕES GERAIS DO (PU 12 MESES VERSÃO 16) I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Sul América Capitalização S.A. SULACAP CNPJ Nº 03.558.096/0001-04 (PU 12 MESES

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS ÍNDICE I Informações Iniciais... 4 II Glossário... 4 III Objetivo... 5 IV Natureza do Título... 5 V Vigência... 5 VI Pagamento... 5 VII Carência...

Leia mais

PROMOÇÃO COMERCIAL VIVO MODA

PROMOÇÃO COMERCIAL VIVO MODA PROMOÇÃO COMERCIAL VIVO MODA Dados da Promotora: SUPPORTCOMM S.A., inscrita no CNPJ sob o nº 03.792.440/0001-17, situada na Avenida Paulista, 2.300 16 andar - Conjunto 161., Bela Vista São Paulo SP Brasil

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP MULTISORTE PM24P I INFORMAÇÕES INICIAIS

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP MULTISORTE PM24P I INFORMAÇÕES INICIAIS CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP MULTISORTE PM24P I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRASILCAP CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 OUROCAP MULTISORTE PM24P - MODALIDADE: TRADICIONAL

Leia mais

REGULAMENTO PROMOÇÃO COMERCIAL PRÊMIO IMEDIATO

REGULAMENTO PROMOÇÃO COMERCIAL PRÊMIO IMEDIATO REGULAMENTO PROMOÇÃO COMERCIAL PRÊMIO IMEDIATO Dados da Promotora: Reader s Digest Brasil Ltda. Seleções do Reader s Digest Rua do Carmo, 43 10 o. andar Centro CEP: 20.011-020 Rio de Janeiro RJ CNPJ/MF

Leia mais

VI - PAGAMENTO 6.1 - Este Título é de pagamento único, cabendo ao Subscritor o pagamento de uma única parcela na data indicada.

VI - PAGAMENTO 6.1 - Este Título é de pagamento único, cabendo ao Subscritor o pagamento de uma única parcela na data indicada. CONDIÇÕES GERAIS DO (PU 12 MESES versão 178) I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Sul América Capitalização S.A. SULACAP CNPJ Nº 03.558.096/0001-04 (PU 12 MESES versão 178) - MODALIDADE:

Leia mais

1. DO PRAZO E DA ABRANGÊNCIA GEOGRÁFICA DA PROMOÇÃO

1. DO PRAZO E DA ABRANGÊNCIA GEOGRÁFICA DA PROMOÇÃO A PANAMERICANA DE SEGUROS S.A. que é subscritora dos Títulos de Capitalização emitidos e administrados pela CARDIF CAPITALIZAÇÃO S.A., inscrita no CNPJ sob o n 11.467.788/0001-67, cuja Nota Técnica e respectiva

Leia mais

REGULAMENTO Promoção Seguro Luiza Prestamista

REGULAMENTO Promoção Seguro Luiza Prestamista REGULAMENTO Promoção Seguro Luiza Prestamista Dados da Promotora: Cardif do Brasil Vida e Previdência S.A. CNPJ: 03.546.261/0001-08 Rua Campos Bicudo, 98 4º andar, São Paulo, CEP: 04536-010. 1. Cessão:

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS - TC MEGA DATA

CONDIÇÕES GERAIS - TC MEGA DATA Página 1 de 6 CONDIÇÕES GERAIS - TC MEGA DATA I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: HSBC Empresa de Capitalização (Brasil) S.A. TC MEGA DATA MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº 15414.000814/2006-53

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP

CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP CONDIÇÕES GERAIS DO CONFIANÇA CAP CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP Versão: 05/2013 Proc. SUSEP 15414.004330/2012-21 CONDIÇÕES GERAIS DO CONFIANÇA CAP SUMÁRIO I - INFORMAÇÕES

Leia mais

AVALIAÇÃO PRELIMINAR DO PROJETO DE LEI N O 4.855/2001

AVALIAÇÃO PRELIMINAR DO PROJETO DE LEI N O 4.855/2001 AVALIAÇÃO PRELIMINAR DO PROJETO DE LEI N O 4.855/2001 Emile Boudens Consultor Legislativo da Área XV Educação, Desporto, Bens Culturais, Diversões e Espetáculos Públicos ESTUDO JANEIRO/2002 Câmara dos

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 510 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A.

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 510 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 510 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.902145/2013-85 II - GLOSSÁRIO Subscritor

Leia mais

INGRESSO PREMIÁVEL CAPEMISA - FUTEBOLCARD REGULAMENTO DO SORTEIO

INGRESSO PREMIÁVEL CAPEMISA - FUTEBOLCARD REGULAMENTO DO SORTEIO INGRESSO PREMIÁVEL CAPEMISA - FUTEBOLCARD REGULAMENTO DO SORTEIO A CAPEMISA Seguradora de Vida e Previdência S/A, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 08.602.745/0001-32, é subscritora dos Títulos de Capitalização

Leia mais

CNPJ: 03.209.092/0001-02 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004260/2008-25 WEB-SITE:

CNPJ: 03.209.092/0001-02 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004260/2008-25 WEB-SITE: CONDIÇÕES GERAIS SANTANDER CAP SORTE FÁCIL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Santander Capitalização S/A CNPJ: 03.209.092/0001-02 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004260/2008-25

Leia mais

3.2 A participação na presente promoção não impede o titular de participar de qualquer outro evento oferecido pelo Banco do Brasil.

3.2 A participação na presente promoção não impede o titular de participar de qualquer outro evento oferecido pelo Banco do Brasil. O Banco do Brasil S.A., por meio da Diretoria de Empréstimos e Financiamentos, localizada no SAUN, Quadra 5 Lote B Ed. Banco do Brasil Torre I -1º andar em Brasília DF, é o realizador da Promoção Poupança

Leia mais

GLOSSÁRIO. Subscritor é a pessoa que adquire o Título, responsabilizando-se pelo seu pagamento.

GLOSSÁRIO. Subscritor é a pessoa que adquire o Título, responsabilizando-se pelo seu pagamento. GLOSSÁRIO Subscritor é a pessoa que adquire o Título, responsabilizando-se pelo seu pagamento. Titular é o próprio subscritor ou outra pessoa expressamente indicada pelo mesmo, sendo este o proprietário

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP TORCIDA BRASIL

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP TORCIDA BRASIL CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP TORCIDA BRASIL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 OUROCAP TORCIDA BRASIL MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

RealCap PM Sonhos - Sorteios Mensais CONDIÇÕES GERAIS GLOSSÁRIO

RealCap PM Sonhos - Sorteios Mensais CONDIÇÕES GERAIS GLOSSÁRIO RealCap PM Sonhos - Sorteios Mensais CONDIÇÕES GERAIS GLOSSÁRIO Subscritor é a pessoa que subscreve a proposta de aquisição do Título, assumindo o compromisso de efetuar o pagamento na forma convencionada

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO REALCAP MEGA SONHOS. (Empresa Incorporadora da Real Capitalização S.A. desde 30/09/2009)

CONDIÇÕES GERAIS DO REALCAP MEGA SONHOS. (Empresa Incorporadora da Real Capitalização S.A. desde 30/09/2009) CONDIÇÕES GERAIS DO REALCAP MEGA SONHOS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Santander Capitalização S/A (Empresa Incorporadora da Real Capitalização S.A. desde 30/09/2009) CNPJ: 03.209.092/0001-02

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP EMPRESA FLEX

CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP EMPRESA FLEX CONDIÇÕES GERAIS DO OUROCAP EMPRESA FLEX I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRASILCAP CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 OUROCAP EMPRESA FLEX - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

OUROCAP EMPRESA CONDIÇÕES GERAIS - MODALIDADE TRADICIONAL SITE NA INTERNET: www.brasilcap.com GLOSSÁRIO

OUROCAP EMPRESA CONDIÇÕES GERAIS - MODALIDADE TRADICIONAL SITE NA INTERNET: www.brasilcap.com GLOSSÁRIO OUROCAP EMPRESA CONDIÇÕES GERAIS - MODALIDADE TRADICIONAL SITE NA INTERNET: www.brasilcap.com GLOSSÁRIO Subscritor - é a pessoa que subscreve a proposta de aquisição do Título, assumindo o compromisso

Leia mais

Produtos Bancários CAIXA. Item 3- Loterias

Produtos Bancários CAIXA. Item 3- Loterias Produtos Bancários CAIXA Item 3- Loterias Produtos Bancários CAIXA Item 3- Loterias Loterias Federais: Item 3- Loterias Administração das LOTERIAS FEDERAIS Delegada à CAIXA desde 1962 Loterias Federais:

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE JOGOS NO BRASIL

REFLEXÕES SOBRE JOGOS NO BRASIL REFLEXÕES SOBRE JOGOS NO BRASIL O QUE SE BUSCA? CONDUZIR PARA O PLANO EMPRESARIAL A ATIVIDADE DE JOGOS OPORTUNIDADES Empregos Formais Renda para os trabalhadores Tributos para o Estado Dinamizar uma cadeia

Leia mais

Anexo I - Regulamento Seu Cartão Dá Sorte

Anexo I - Regulamento Seu Cartão Dá Sorte Anexo I - Regulamento Seu Cartão Dá Sorte CREDZ ADMINISTRADORA DE CARTÕES DE CRÉDITO Endereço: AVENIDA BRIGADEIRO FARIA LIMA, Nº 1309 11º ANDAR JARDIM PAULISTANO, SÃO PAULO - SP CNPJ 12.109.247/0001-20

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36

CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36 Página 1 de 7 CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: HSBC Empresa de Capitalização (Brasil) S.A. CNPJ: 33.425.075/0001-73 TC CASH 36 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

REGULAMENTO PROMOÇÃO COMERCIAL 23º GRANDE CONCURSO DE SELEÇÕES DO READER S DIGEST

REGULAMENTO PROMOÇÃO COMERCIAL 23º GRANDE CONCURSO DE SELEÇÕES DO READER S DIGEST REGULAMENTO PROMOÇÃO COMERCIAL 23º GRANDE CONCURSO DE SELEÇÕES DO READER S DIGEST Dados da Promotora: Reader s Digest Brasil Ltda. Seleções do Reader s Digest Rua do Carmo, 43 10 o. andar Centro 20011-020

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO N.º, DE 2011.

PROJETO DE LEI DO SENADO N.º, DE 2011. PROJETO DE LEI DO SENADO N.º, DE 2011. O Congresso Nacional decreta: Regulamenta a prática do jogo de Bingo. Art. 1. Fica autorizada a prática do jogo de bingo em todo o território nacional com base no

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SANTANDER CAP SORTE UNIVERSITÁRIO I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO:

CONDIÇÕES GERAIS SANTANDER CAP SORTE UNIVERSITÁRIO I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: CONDIÇÕES GERAIS SANTANDER CAP SORTE UNIVERSITÁRIO I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Santander Capitalização S/A CNPJ: 03.209.092/0001-02 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.001039/2009-04

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO NOME DA PROMOÇÃO: LC CAP - A SORTE QUE VOCÊ PRECISA PERÍODO DA PROMOÇÃO: 01/09/2013 à 31/12/2013 1ª PRORROGAÇÃO: 01/01/2014 à 30/04/2014 A PROMOÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico Parecer n o 06816/2009/RJ COGAP/SEAE/MF Em 15 de dezembro de 2009. Referência: Processo n.º 18101.000650/2009-29. Assunto: Distribuição Gratuita

Leia mais

CG DA MODALIDADE TRADICIONAL PU CONDIÇÕES GERAIS DA ZURICHCAP TRADICIONAL PU 01

CG DA MODALIDADE TRADICIONAL PU CONDIÇÕES GERAIS DA ZURICHCAP TRADICIONAL PU 01 CONDIÇÕES GERAIS DA ZURICHCAP TRADICIONAL PU 01 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ZURICH BRASIL CAPITALIZAÇÃO S/A. CNPJ: 17.266.009/0001-41 ZURICHCAP TRADICIONAL PU 01 MODALIDADE: TRADICIONAL

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PU Tricap Empresarial Único 1000 TRADICIONAL

CONDIÇÕES GERAIS DO PU Tricap Empresarial Único 1000 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS DO PU Tricap Empresarial Único 1000 TRADICIONAL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73 PU 81.4 - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS II. GLOSSÁRIO

CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS II. GLOSSÁRIO CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: CARDIF CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ Nº. : 11.467.788/0001-67 PRODUTO: PR_PU_POPULAR1_S100_1S_CS0834 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº:

Leia mais

REGULAMENTO PORTAL RIC TV RECORD

REGULAMENTO PORTAL RIC TV RECORD REGULAMENTO PORTAL RIC TV RECORD O portal RIC TV RECORD BLUMENAU E ITAJAÍ tem como principal objetivo a diversão e interação com o telespectador, onde o mesmo, ao fazer uma ligação para o portal de voz,

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico Parecer n o 06809/2009/RJ COGAP/SEAE/MF Em 11 de dezembro de 2009. Referência: Processo n.º 18101.000672/2009-99. Assunto: Distribuição Gratuita

Leia mais

2. Os clientes participantes receberão números da sorte para concorrer na promoção, de acordo com os seguintes critérios:

2. Os clientes participantes receberão números da sorte para concorrer na promoção, de acordo com os seguintes critérios: O Banco do Brasil S.A., por meio da Diretoria de Empréstimos e Financiamentos, localizada no SAUN, Quadra 5, Lote B Ed. Banco do Brasil, Torre I, 1º andar, Asa Norte em Brasília DF, é o realizador da Promoção

Leia mais

REGULAMENTO PROMOÇÃO: FESTIVAL DE PRÊMIOS PLANO CAMARGO

REGULAMENTO PROMOÇÃO: FESTIVAL DE PRÊMIOS PLANO CAMARGO REGULAMENTO PROMOÇÃO: FESTIVAL DE PRÊMIOS PLANO CAMARGO A presente PROMOÇÃO COMERCIAL sofreu algumas alterações, assim fiquem atentos as mesmas constantes nesse Regulamento que serão válidas a partir de

Leia mais

Retrospectiva e Tendências da Capitalização no Brasil

Retrospectiva e Tendências da Capitalização no Brasil Retrospectiva e Tendências da Capitalização no Brasil Do tempo dos mil-réis à era digital Palestra na 5ª CONSEGURO Brasília - 09/06/11 Prof. Roberto Macedo E-mail: roberto.macedo@post.harvard.edu CONTEÚDO

Leia mais

LEI Nº 9.615, DE 24 DE MARÇO DE 1998

LEI Nº 9.615, DE 24 DE MARÇO DE 1998 LEI Nº 9.615, DE 24 DE MARÇO DE 1998 Institui normas gerais sobre desporto e dá outras providências. CAPÍTULO IV DO SISTEMA BRASILEIRO DO DESPORTO Seção II Do Instituto Nacional do Desenvolvimento do Desporto

Leia mais

2.2.1. Após a confirmação do cadastro, o participante visualizará sua combinação de sorteio.

2.2.1. Após a confirmação do cadastro, o participante visualizará sua combinação de sorteio. REGULAMENTO PROMOÇÃO COMERCIAL Desafio Premiado 4ª Fase Promotora: Mongeral Aegon Seguros e Previdência S.A. CNPJ: 33.608.308/0001-73 Travessa Belas Artes n 15 Centro Rio de Janeiro/RJ CEP - 20.060-000

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO REALCAP PRESENTE. (Empresa Incorporadora da Real Capitalização S.A. desde 30/09/2009) CNPJ: 03.209.092/0001-02

CONDIÇÕES GERAIS DO REALCAP PRESENTE. (Empresa Incorporadora da Real Capitalização S.A. desde 30/09/2009) CNPJ: 03.209.092/0001-02 CONDIÇÕES GERAIS DO REALCAP PRESENTE I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Santander Capitalização S/A (Empresa Incorporadora da Real Capitalização S.A. desde 30/09/2009) CNPJ: 03.209.092/0001-02

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico Parecer n o 06291/2010/RJ COGAP/SEAE/MF Rio de Janeiro, 19 de abril de 2010. Referência: Processo n.º 18101.000200/2010-70. Assunto: Distribuição

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO DIN DIN COPA SANTANDER LIBERTADORES

CONDIÇÕES GERAIS DO DIN DIN COPA SANTANDER LIBERTADORES CONDIÇÕES GERAIS DO DIN DIN COPA SANTANDER LIBERTADORES I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Santander Capitalização S/A CNPJ: 03.209.092/0001-02 Din Din Copa Santander Libertadores MODALIDADE:

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO NOME DA PROMOÇÃO: SORTE EXTRA PERÍODO DA PROMOÇÃO: 01/06/2013 à 31/05/2014 1ª PRORROGAÇÃO: 01/06/2014 à 31/05/2015 A PROMOÇÃO SORTE EXTRA sofreu algumas

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0015, DE 29 DE JUNHO DE 2000

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0015, DE 29 DE JUNHO DE 2000 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0015, DE 29 DE JUNHO DE 2000 Publicado no DOE(Pa) de 29.06.00 Dispõe sobre a regulamentação, implantação e execução da campanha denominada Nota da sorte, Cidadania Premiada. A SECRETÁRIA

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO CAP FIADOR I INFORMAÇÕES INICIAIS. SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 II GLOSSÁRIO

CONDIÇÕES GERAIS DO CAP FIADOR I INFORMAÇÕES INICIAIS. SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 II GLOSSÁRIO CONDIÇÕES GERAIS DO CAP FIADOR I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 CAP FIADOR MODALIDADE: Tradicional PROCESSO SUSEP Nº: 15414.005233/2011-75

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO NOME DA PROMOÇÃO: ANUNCIE E CONCORRA A PRÊMIOS PERÍODO DA PROMOÇÃO: 01/07/2014 à 24/02/2015 1ª PRORROGAÇÃO: 25/02/2015 à 25/05/2015 A PROMOÇÃO ANUNCIE

Leia mais

GLOSSÁRIO. Data de aniversário é o mesmo dia do início de vigência para todos os meses subsequentes, enquanto o plano estiver em vigor.

GLOSSÁRIO. Data de aniversário é o mesmo dia do início de vigência para todos os meses subsequentes, enquanto o plano estiver em vigor. PLIN EMPRESARIAL Processo SUSEP: 15414.003337/2007-69 Período de Comercialização: 26/10/2007 a 27/02/2009 CONDIÇÕES GERAIS GLOSSÁRIO Subscritor é a pessoa que subscreve a proposta de aquisição do Título,

Leia mais

OUROCAP ESTILO FLEX SITE NA INTERNET: www.brasilcap.com CONDIÇÕES GERAIS MODALIDADE TRADICIONAL GLOSSÁRIO

OUROCAP ESTILO FLEX SITE NA INTERNET: www.brasilcap.com CONDIÇÕES GERAIS MODALIDADE TRADICIONAL GLOSSÁRIO OUROCAP ESTILO FLEX SITE NA INTERNET: www.brasilcap.com CONDIÇÕES GERAIS MODALIDADE TRADICIONAL GLOSSÁRIO Subscritor - é a pessoa que subscreve a proposta de aquisição do Título, assumindo o compromisso

Leia mais

Promoção Ourocard Empresarial Elo

Promoção Ourocard Empresarial Elo O Banco do Brasil S.A., localizado no SAUN, Quadra 5 Lote B Torre I Ed. Banco do Brasil, 2 o andar em Brasília DF, inscrito no CNPJ/MF sob nº 00.000.000/0001-91 é o realizador da Promoção Ourocard Empresarial

Leia mais

COMUNICADO. Anuidade Bônus

COMUNICADO. Anuidade Bônus COMUNICADO Anuidade Bônus Dados da Promotora: DMCARD ADMINISTRADORA DE CARTOES DE CREDITO LTDA. Av. Eng. Juarez de Siqueira Brito Wanderley, 240 Eldorado São José dos Campos SP. CNPJ: [05.355.090/0001-57.]

Leia mais