Jornadas de Educação Pelo Desporto 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Jornadas de Educação Pelo Desporto 1"

Transcrição

1 Jornadas de Educação Pelo Desporto 1

2 Jornadas de Educação Pelo Desporto As Jornadas de Educação Pelo Desporto alinham-se com os objetivos gerais do Diálogo Estruturado na área da juventude, uma vez que este evento deverá ser entendido como um fórum de reflexão sobre as prioridades, a implementação e o acompanhamento da cooperação do tema Desporto como ferramenta de Emprego Juvenil. No seio das Jornadas, poderão ser identificados vários domínios de atuação que se relacionam com os 8 domínios de ação sobre os quais devem ser tomadas iniciativas no âmbito do Diálogo Estruturado: Educação e Formação; Emprego e Empreendedorismo; Saúde e Bem-Estar; Participação; Voluntariado; Inclusão Social; Jovens e o Mundo e Inovação e Criatividade. Este evento pretende dar reposta às seguintes dificuldades: Debater o Desemprego Juvenil (Portugal é o quarto país da UE com maior taxa de desemprego Juvenil de 30,1%.); Promover a política da Comissão Europeia de valorização de competências adquiridas através do âmbito da educação não formal; Fomento das políticas de empreendedorismo e autoemprego; Sensibilização e valorização acerca da participação cívica dos jovens e do voluntariado. Jornadas de Educação Pelo Desporto 2

3 O Evento As Jornadas de Educação Pelo Desporto vão ocorrer de 28 a 30 de Abril de 2015 na Escola Superior de Educação de Coimbra. A temática a abordar será "Desporto como ferramenta de Emprego Juvenil", sendo que é um evento de Diálogo Estruturado atuando como uma plataforma que reúne 120 jovens, para discutir e debater as questões de (des) emprego e empreendedorismo juvenil, educação e participação cívica. O programa será projetado para reunir jovens ativos e dinâmicos, para proporcionarlhes a oportunidade de explorar os temas propostos pela IUNA e o significado dos valores europeus, para elevar seu sentimento de pertença para a Europa e capacitálos a ter um papel ativo nas suas comunidades locais. Metodologia O evento terá a duração de 3 dias: sessões plenárias, grupos de trabalho, workshops e de diálogo estruturado. Ao longo do evento haverá ainda tempo para atividades paralelas, sendo elas direcionadas para o nível da saúde e bem-estar relacionadas com a prática de atividades físicas e com o espaço de convívio destinado aos jovens participantes. Financiamento Este projeto é financiado pelo Programa Erasmus+ / Juventude em Ação, em concreto, através da candidatura apoiada na Ação 3, Suporte Às Reformas Políticas. Esta ação fomenta a qualidade do diálogo estruturado, tendo como grande objetivo a aproximação de jovens aos decisores públicos, criando cidadãos interessados, jovens com consciência cívica e pessoas empenhadas na resolução do seu presente e na perspetiva do seu futuro. Parceiros São nossos parceiros: Plano Nacional de Ética no Desporto; Instituto Português do Desporto e Juventude; Instituto Politécnico de Coimbra: Escola Superior de Educação de Coimbra; Escola Superior de Enfermagem de Coimbra. Jornadas de Educação Pelo Desporto 3

4 Embaixador do Evento - Jorge Pina Embaixador do Evento é uma personalidade importante que aparece como destaque, que possa servir de exemplo para os outros através dos seus feitos e das suas conquistas. Neste sentido, temos a honra de apresentar como Embaixador das Jornadas de Educação Pelo Desporto o atleta paraolímpico Jorge Pina. Jorge Pina é considerado, nos dias de hoje, como uma referência do boxe nacional, tendo conquistado o título de campeão nacional de boxe ao serviço do Sporting Clube de Portugal. Aquando se preparava para a conquista do título mundial de boxe, Jorge Pina sofreu a fatalidade de perder 90% da sua visão. Exemplo de superação, determinação e paixão pelo desporto, Jorge Pina reergueu se perante as dificuldades encontradas e tornou-se atleta paraolímpico na modalidade de atletismo, participando Jogos Paralímpicos de Pequim em 2008, nos de Londres em 2012 e prepara-se agora para os Jogos de Rio de Janeiro em Jorge Pina cria em 2011 a Associação Jorge Pina, tendo como missão a promoção e o desenvolvimento de atividades em favor da comunidade e em áreas de relevo social, trabalhando com crianças e jovens desfavorecidos, pessoas com necessidades educativas especiais, entre outros públicos. Recentemente inaugurou Escola de Atletismo Adaptado fruto da parceria desenvolvida entre a Associação Jorge Pina e a Rexona. Esta escola foi pensada por Jorge Pina para dar formação desportiva gratuita na área do Atletismo a qualquer criança ou jovem com necessidades de saúde especiais. Jornadas de Educação Pelo Desporto 4

5 Objetivos do Evento A Associação IUNA apresenta como objeto da realização do evento os seguintes objetivos, Objetivo geral: Promover a discussão e o debate dos às temáticas do (des) emprego e empreendedorismo juvenil, educação e participação cívica, junto dos jovens. Objetivos Específicos: o Dotar os jovens de ferramentas para o planeamento e desenvolvimento de projetos no âmbito do desporto social e educativo. o Promover a apresentação de ideias ao programa de financiamento ERASMUS + que conduzam a melhoria da qualidade e o desempenho dos sistemas de educação e formação no ensino superior e aumente a participação cívica do jovem na sociedade. o Promover o debate no Ensino Superior da valorização e reconhecimento das competências de educação não formal, especialmente adquiridas através do associativismo e do voluntariado no Desporto adequando o jovem às necessidades atuais do mercado de trabalho; o Preparar os Jovens para uma participação pró-ativa, informada, estratégica e estruturada nos fóruns nacionais e internacionais. Temas do Evento Programa será estruturado com foco nos seguintes temas: o Educação Pelo Desporto; o Educação Não Formal; o Empregabilidade e Empreendedorismo. Jornadas de Educação Pelo Desporto 5

6 Condições de Participação Sendo este, um projeto financiado pelo ERASMUS +, as condições estabelecidas são as seguintes: Inscrição - GRATUITA A inscrição já inclui: documentação, todas as refeições, programa cultural, transporte entre locais do evento. Alojamento será assegurado a um limite máximo de 40 pessoas. Transporte Existirá por parte da organização um apoio à deslocação dos participantes. A organização reembolsará, mediante comprovativos de despesas (recibos) de transporte público em 2a classe, 65% do valor das mesmas, até 35 euros. Alimentação O jantar de quarta-feira, as refeições de quinta-feira e o almoço de sexta-feira serão assegurados pela organização. Alojamento As noites de quarta-feira, quinta-feira serão asseguradas pela organização. Todos (as) os (as) participantes ficam alojados em local a definir pela organização sendo a sua ocupação orientada pela ordem de chegada das respetivas inscrições. NOTA: o alojamento será assegurado a um limite máximo de 40 pessoas. Certificado de Participação Será entregue um certificado de participação a quem participar em, pelo menos, 80% das atividades do evento. Data limite das inscrições: 31 de Março de 2015 Jornadas de Educação Pelo Desporto 6

7 Atividades Programadas Cada participante das Jornadas poderá inscrever-se para participar várias atividades, entre oficinas temáticas, workshops e eventos paralelos. Sessões Plenárias (3) Serão realizadas 3 Sessões Plenárias que resultam em apresentações e mesas de debate com a participação de atletas, líderes políticos e associativos bem com figuras intelectuais nas áreas de objeto das Jornadas: inclusão social, educação, deporto, empregabilidade e empreendedorismo. Cursos/Workshops (6) Serão realizadas 6 Cursos teóricos e práticos de atualização e aperfeiçoamento, divididos nos três dias do evento. Para os Cursos\Workshops serão convidados formadores e instituições que tenham por base Exemplos de Boas Práticas, projetos esses que demonstrem o que de melhor se faz pela inclusão social em Portugal, na área do desporto e da educação não-formal. Ações Para o Futuro - Concurso de ideias Momento destinado à apresentação de ideias de projetos de inclusão pelo desporto, previamente elaborados e submetidos para a organização do evento, esperando depois pela comunicação da aprovação da organização. Projetos esses que serão alvo de um concurso. Estes projetos serão apresentados e defendidos no último dia do evento perante um júri, composto por diversos nomes, selecionados por áreas, entre as quais, conceção de projetos; financeira e desporto. Poderá, eventualmente, haver lugar para algum dos nossos parceiros no projeto, caso seja manifestado o interesse. Após a apresentação e defesa dos projetos perante o júri, efetua-se então a divulgação dos resultados, revelando quais foram os 3 melhores projetos e consequentemente qual o projeto vencedor. Existirá um prémio monetário para o projeto vencedor (valor ainda em negociação). Todos estes projetos darão origem à criação de uma Rede de Projetos ID. Eventos Paralelos Ao longo dos 3 dias do evento, o Congresso oferece aos seus participantes a possibilidade de desfrutar de algumas atividades lúdicas e desportivas, como por exemplo, atividades físicas nos espaços próximos ao evento, como por exemplo no Homesplace; Pavilhão Dr. Mário Mexia; Escola Secundária Infanta Dona Maria, bem como a participação na boa prática dos Night Runners, da Escola Superior de Educação de Coimbra. Este evento potencia ainda um espaço de convívio após o jantar formal marcado para o segundo dia. Jornadas de Educação Pelo Desporto 7

8 Programa Provisório Data Horário Terça-Feira (28) Quarta-Feira (29) Quinta-Feira (30) 9h00 9h30 Dia do EMPREENDEDORISMO através do Desporto Abertura das Jornadas Sessão Plenária: Dia da EDUCAÇÃO Não Formal através do Desporto Sessão Plenária: Dia das Ações Para o Futuro Empreendedorismo no ensino superior Educação Não-Formal através do desporto 11h00 11h30 Workshop teórico: - O contributo do Associativismo para a promoção do empreendedorismo (exemplos de boas práticas) Pausa Workshop teórico: - Desporto Inclusivo (Exemplos de Boas Práticas; dentro e fora de água) Ações Para o Futuro Concurso de Ideias: - Apresentação de ideias de projetos desportivos - Defesa dos projetos perante o júri 13h00 14h30 Workshop prático: Escola Secundária Infanta Dona Maria (a confirmar) Workshop prático: Almoço Pavilhão Dr. Mário Mexia (fora de água) (a confirmar) Sessão Plenária: Apresentação do programa ERASMUS + 15h30 *Exercício prático de acordo com os componentes teóricos aprendidos na parte da manhã Piscinas (dentro de água) (a confirmar) *Exercício prático de acordo com os componentes teóricos aprendidos na parte da manhã Entrega de prémios (Vencedores Ações Para o Futuro Concurso de Ideias) 17h00 17h30 Reunião de reflexão e de avaliação do dia de trabalho Pausa Reunião de reflexão e de avaliação do dia de trabalho Encerramento das 2º Jornadas de Educação Pelo Desporto 18h30 Encerramento do Dia de Atividades Pausa 20h00 Jantar Oficial do Evento Jantar 21h30 Noite de Convívio Jovem Night Runners Jornadas de Educação Pelo Desporto 8

9 Informações Técnicas Destinatários As Jornadas de Educação Pelo Desporto procuram corresponder às preocupações e expectativas dos participantes, nomeadamente: o Jovens universitários ou jovens recém-licenciados à procura do primeiro emprego, oriundos de áreas sociais e educativas e desportivas; o Jovens empreendedores; o Jovens ativos em organizações desportivas e organizações de juventude a nível local; o Público em Geral. Vetores estruturantes As Jornadas orientam-se em torno de cinco eixos: o Formação ações e processos no âmbito do sistema de ensino formal e de modalidades e contextos de educação não formal; o Intervenção projetos, programas, ações no terreno: promotores, agentes, orientações, objetivos, condições, recursos, incentivos; o Investigação projetos, dinâmicas, lacunas e resultados relacionados com o conhecimento da situação, identificação dos pontos críticos e a avaliação da ação realizada; o Definição de políticas medidas oficiais ou particulares, globais ou sectoriais, de âmbito nacional ou europeu orientadas para fazer da educação e inclusão pelo Desporto um objetivo e uma preocupação assumidos pela sociedade; o Mostra de produtos e serviços produzidos no âmbito de projetos ou de outros enquadramentos; produzidos para apoiar e incentivar a ação. Resultados A Associação IUNA e os seus parceiros pretendem reunir nas Jornadas de Educação Pelo Desporto cerca de 120 pessoas, na sua maioria jovens estudantes, jovens empreendedores sociais e jovens à procura do primeiro desemprego. Pretendemos criar uma REDE NACIONAL firme, e empenhada no sector social, com vontade e empenho para saber e partilhar mais. Pretendemos, com este evento, a criação de 10 ideias de projeto/atividades no âmbito da inclusão pelo desporto, concebidas durante a atividade Ações Para o Futuro. Os feedbacks dos participantes irão revelar o impacto que as histórias inspiradoras têm no público, e a forma como podemos apresentar as boas iniciativas desenvolvidas no nosso país, e a força das Parcerias como alavanca do desenvolvimento. Jornadas de Educação Pelo Desporto 9

10 Instituições a alcançar com o projeto: Ensino Universitário: Algarve Coimbra Évora Lisboa Porto Trás-os-Montes Ensino Politécnico: Coimbra Rio Maior Leiria Maia A escolha das Instituições de Ensino Superior é feita segundo os seguintes critérios: Distribuição geográfica Número de alunos inscritos Número de alunos da CPLP Organização do Evento: Associação IUNA Equipa Técnica José Ferramenta Presidente da Associação IUNA João Paulo Malho Coordenador do Evento e Coordenador de projetos no âmbito do Programa ID, da Associação IUNA Pedro Miguel de Andrade Estagiário na Associação IUNA no âmbito da licenciatura em Animação Socioeducativa Jornadas de Educação Pelo Desporto 10

11 Jornadas de Educação Pelo Desporto 11

LÍDERES DA CPLP ENCONTRO DE JOVENS. Este desafio é nosso! Iº ENCONTRO DE JOVENS LÍDERES COMUNIDADE DE PAÍSES DA CPLP NA DIÁSPORA PORTUGUESA

LÍDERES DA CPLP ENCONTRO DE JOVENS. Este desafio é nosso! Iº ENCONTRO DE JOVENS LÍDERES COMUNIDADE DE PAÍSES DA CPLP NA DIÁSPORA PORTUGUESA ENCONTRO DE JOVENS Iº ENCONTRO DE JOVENS LÍDERES COMUNIDADE DE PAÍSES DA CPLP NA DIÁSPORA PORTUGUESA Aveiro, 22 a 24 de Junho de UNIVERSIDADE DE AVEIRO Entidades Promotoras Parceiros Apoios O que é o Festival

Leia mais

Conselho Nacional de Juventude

Conselho Nacional de Juventude CHAMADA PARA 130 PARTICIPANTES Reflexão para a Acção: Rumo ao Emprego Jovem Evento Nacional Lisboa 1 a 3 de Abril 2011 Conselho Nacional de Juventude O Conselho Nacional de Juventude (CNJ), criado em 1985,

Leia mais

Workshop Estratégias para Vencer Mostra de Oportunidades de Emprego

Workshop Estratégias para Vencer Mostra de Oportunidades de Emprego Workshop Estratégias para Vencer Mostra de Oportunidades de Emprego Allegro Alfragide - FNAC 26/10 às 17H00 AJUDE Associação Juvenil para o Desenvolvimento Patrícia Campaniço I&D Social Manager inovacaosocial@ajude.pt

Leia mais

I EMJ 8 de Junho de 2013 Recomendações finais Participantes nos grupos de trabalho que produziram as recomendações:

I EMJ 8 de Junho de 2013 Recomendações finais Participantes nos grupos de trabalho que produziram as recomendações: Nr Área Recomendação Valido Abstenh o-me C/6 E/7 F/7 Voluntariado Aproveitar espaços sem utilização para fazer jardins, espaços para convívio e locais de desporto para a população. Promover a limpeza dos

Leia mais

Estiveram presentes 98 técnicas em representação de 66 Instituições.

Estiveram presentes 98 técnicas em representação de 66 Instituições. 1. No dia 4 de Dezembro, a União Distrital de Santarém em parceria com Segurança Social, levou a efeito o ultimo dos 5 encontros realizados em várias zonas do distrito, sobre o tema "Encontros de Partilha",

Leia mais

Programa de Promoção da Prática Desportiva Desenvolvimento da Atividade Interna. Enquadramento e Regulamento

Programa de Promoção da Prática Desportiva Desenvolvimento da Atividade Interna. Enquadramento e Regulamento Programa de Promoção da Prática Desportiva Desenvolvimento da Atividade Interna Enquadramento e Regulamento PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA PRÁTICA DESPORTIVA - DESENVOLVIMENTO DA ATIVIDADE INTERNA Programa e

Leia mais

PROGRAMA CIDADANIA ATIVA 2013-16

PROGRAMA CIDADANIA ATIVA 2013-16 PROGRAMA CIDADANIA ATIVA 2013-16 FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN Luís Madureira Pires Lisboa, 22 de março de 2013 Enquadramento > O Mecanismo Financeiro EEE (MF/EEE) Desde a assinatura do acordo do Espaço

Leia mais

II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade. Tema: Uso Sustentável da Água. Regulamento do Concurso de Ideias

II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade. Tema: Uso Sustentável da Água. Regulamento do Concurso de Ideias II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade Tema: Uso Sustentável da Água Regulamento do Concurso de Ideias (Aberto a todos os cidadãos) 1. O que é? O concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade

Leia mais

II Edição 2014/2015 - REGULAMENTO -

II Edição 2014/2015 - REGULAMENTO - II Edição 2014/2015 - REGULAMENTO - Iniciativa de: Com o apoio de: 1. Apresentação O voluntariado é considerado como uma atividade inerente ao exercício de cidadania que se traduz numa relação solidária

Leia mais

Formação Nacional de Formadores para a Participação Juvenil

Formação Nacional de Formadores para a Participação Juvenil Contexto Não é claro, nem na Convenção Europeia sobre os Direitos Humanos nem na Declaração Universal dos Direitos Humanos, como é que a participação (juvenil) na sociedade civil é assegurada como Direito

Leia mais

É para estes jovens, atentos à sua sociedade, que se destina o concurso de ideias Projeto Voluntariado Jovem.

É para estes jovens, atentos à sua sociedade, que se destina o concurso de ideias Projeto Voluntariado Jovem. 1. APRESENTAÇÃO A juventude, período intermédio entre a infância e a idade adulta, é indubitavelmente uma fase determinante na afirmação do eu, perante si mesmo e perante os outros. Nesta fase, a consciência

Leia mais

Iniciativa Move-te, faz Acontecer

Iniciativa Move-te, faz Acontecer Iniciativa Move-te, faz Acontecer Entidades Promotoras: Associação CAIS (Projecto Futebol de Rua): Fundada em 1994, a Associação CAIS tem como Missão contribuir para o melhoramento global das condições

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS 1. APRESENTAÇÃO PRINCÍPIOS E VALORES Acreditamos pela força dos factos que o desenvolvimento desportivo de um Concelho ou de uma Freguesia, entendido na sua vertente quantitativa e qualitativa, exige uma

Leia mais

Enquadramento e critérios de Candidatura

Enquadramento e critérios de Candidatura Enquadramento e critérios de Candidatura A cidadania ativa constitui um elemento chave do reforço da coesão social. O Conselho da União Europeia instituiu o ano de 2011, como Ano Europeu do Voluntariado

Leia mais

PROGRAMA ESCOLA + Voluntária

PROGRAMA ESCOLA + Voluntária PROGRAMA ESCOLA + Voluntária 1. Apresentação O voluntariado é considerado como uma atividade inerente ao exercício de cidadania que se traduz numa relação solidária para com o próximo, participando de

Leia mais

O CONSELHO DA UE E OS REPRESENTANTES DOS GOVERNOS DOS ESTADOS-MEMBROS, REUNIDOS NO CONSELHO,

O CONSELHO DA UE E OS REPRESENTANTES DOS GOVERNOS DOS ESTADOS-MEMBROS, REUNIDOS NO CONSELHO, C 172/8 PT Jornal Oficial da União Europeia 27.5.2015 Conclusões do Conselho sobre a maximização do papel do desporto de base no desenvolvimento de competências transversais, especialmente entre os jovens

Leia mais

(2006/C 297/02) considerando o seguinte: constatando que:

(2006/C 297/02) considerando o seguinte: constatando que: C 297/6 Resolução do Conselho e dos Representantes Governos dos Estados-Membros, reunidos no Conselho, relativa à realização dos objectivos comuns em matéria de participação e informação dos jovens para

Leia mais

AÇÃO 2 COOPERAÇÃO PARA A INOVAÇÃO E O INTERCÂMBIO DE BOAS PRÁTICAS

AÇÃO 2 COOPERAÇÃO PARA A INOVAÇÃO E O INTERCÂMBIO DE BOAS PRÁTICAS AÇÃO 2 COOPERAÇÃO PARA A INOVAÇÃO E O INTERCÂMBIO DE BOAS PRÁTICAS Acção 1 1 AÇÃO 2 COOPERAÇÃO PARA A INOVAÇÃO E O INTERCÂMBIO DE BOAS PRÁTICAS A B Parcerias Estratégicas na área da Educação, Formação

Leia mais

Plano Estratégico de Iniciativas à Empregabilidade Jovem e de Apoio às PME Exponor, 15 de Junho de 2012

Plano Estratégico de Iniciativas à Empregabilidade Jovem e de Apoio às PME Exponor, 15 de Junho de 2012 Plano Estratégico de Iniciativas à Empregabilidade Jovem e de Apoio às PME Exponor, 15 de Junho de 2012 Contexto: O Impulso Jovem, Plano Estratégico de Iniciativas de Promoção da Empregabilidade Jovem

Leia mais

Encontro Os Jovens e a Política

Encontro Os Jovens e a Política Encontro Os Jovens e a Política Grupo de Trabalho de Política Local 2 Recomendações às Organizações de Juventude - Promover a formação de líderes e dirigentes associativos juvenis. 3 Recomendações ao Governo

Leia mais

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção 02 Estratégia Nacional de

Leia mais

DESAFIO PORTUGAL 2020

DESAFIO PORTUGAL 2020 DESAFIO PORTUGAL 2020 Estratégia Europa 2020: oportunidades para os sectores da economia portuguesa Olinda Sequeira 1. Estratégia Europa 2020 2. Portugal 2020 3. Oportunidades e desafios para a economia

Leia mais

ESCOLAS EMPREENDEDORAS DA CIM VISEU DÃO LAFÕES

ESCOLAS EMPREENDEDORAS DA CIM VISEU DÃO LAFÕES ESCOLAS EMPREENDEDORAS DA 2013/2014 Tondela, 23 de Outubro de 2013 Objetivos do projeto Criar uma cultura empreendedora; Promover o espírito de iniciativa, de cooperação e criatividade; Partilhar experiências

Leia mais

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012 Plano de Acção - Rede Social Plano de Acção Rede Social Conselho Local da Acção Social de Figueira de Castelo Plano de Acção Rede Social Acções a desenvolver Objectivos Resultados esperados Calendarização

Leia mais

SISTEMA DE APOIO A ACÇÕES COLECTIVAS (SIAC)

SISTEMA DE APOIO A ACÇÕES COLECTIVAS (SIAC) AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº 01 / SIAC / 2012 SISTEMA DE APOIO A ACÇÕES COLECTIVAS (SIAC) PROGRAMA ESTRATÉGICO +E+I PROMOÇÃO DA PARTICIPAÇÃO NO 7.º PROGRAMA-QUADRO DE I&DT (UNIÃO EUROPEIA)

Leia mais

Conferência Internacional

Conferência Internacional Lisboa, 18, 19 e 20 NOV. 2010 combaterpobreza@iscsp.utl.pt ORGANIZAÇÃO APRESENTAÇÃO CONSELHO CIENTÍFICO COMISSÃO ORGANIZADORA ENQUADRAMENTO LOCAL ANTEVISÃO DO PROGRAMA CONVITE À APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÕES

Leia mais

Programa de Apoio à Qualidade nas Escolas (PAQUE)

Programa de Apoio à Qualidade nas Escolas (PAQUE) Programa de Apoio à Qualidade nas Escolas (PAQUE) 1. Título alusivo à iniciativa Programa de Apoio à Qualidade nas Escolas (PAQUE). 2. Entidades parceiras Identificação das organizações (Organismo público,

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PARA A ECONOMIA CÍVICA PORTUGAL

ASSOCIAÇÃO PARA A ECONOMIA CÍVICA PORTUGAL ASSOCIAÇÃO PARA A ECONOMIA CÍVICA PORTUGAL MISSÃO A Associação para a Economia Cívica Portugal é uma Associação privada, sem fins lucrativos cuja missão é: Promover um novo modelo de desenvolvimento económico

Leia mais

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org 1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org CONCEITO Realização do 1º Fórum União de Exportadores CPLP (UE-CPLP) que integra:

Leia mais

SIALM Sistema de Incentivos de Apoio Local a Micro empresas. CCDRC, 14 fevereiro 2013

SIALM Sistema de Incentivos de Apoio Local a Micro empresas. CCDRC, 14 fevereiro 2013 SIALM Sistema de Incentivos de Apoio Local a Micro empresas CCDRC, 14 fevereiro 2013 PROGRAMA VALORIZAR RCM n.º 7/2013, de 9/01 Valorização do território do interior e de baixa densidade demográfica e

Leia mais

Linhas de Acção. 1. Planeamento Integrado. Acções a desenvolver: a) Plano de Desenvolvimento Social

Linhas de Acção. 1. Planeamento Integrado. Acções a desenvolver: a) Plano de Desenvolvimento Social PLANO DE ACÇÃO 2007 Introdução O CLASA - Conselho Local de Acção Social de Almada, de acordo com a filosofia do Programa da Rede Social, tem vindo a suportar a sua intervenção em dois eixos estruturantes

Leia mais

I N C E N T I V O S A O E M P R E E N D E D O R I S M O Page 1. Incentivos ao EMPREENDEDORISMO

I N C E N T I V O S A O E M P R E E N D E D O R I S M O Page 1. Incentivos ao EMPREENDEDORISMO I N C E N T I V O S A O E M P R E E N D E D O R I S M O Page 1 Incentivos ao EMPREENDEDORISMO Abril 2015 I N C E N T I V O S A O E M P R E E N D E D O R I S M O Pag. 2 ÍNDICE 1. Enquadramento... 3 2. Criação

Leia mais

Regulamento da Rede de Mentores

Regulamento da Rede de Mentores Regulamento da Rede de Mentores 1. Enquadramento A Rede de Mentores é uma iniciativa do Conselho Empresarial do Centro (CEC) e da Associação Industrial do Minho (AIMinho) e está integrada no Projeto Mentor

Leia mais

Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável.

Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável. GREEN PROJECT AWARDS BRASIL Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável. CANDIDATURAS 201 INSCRIÇÕES NO PRIMEIRO ANO INSCRIÇÕES FEITAS

Leia mais

PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO

PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO Jorge Abegão Secretário-Técnico do COMPETE Coimbra, 28 de janeiro de 2015 Estratégia Europa 2020 ESTRATÉGIA EUROPA 2020 CRESCIMENTO INTELIGENTE

Leia mais

ERASMUS+ QUALIFICAÇÃO E AÇÃO PARA A INCLUSÃO. E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o

ERASMUS+ QUALIFICAÇÃO E AÇÃO PARA A INCLUSÃO. E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o ERASMUS+ E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o QUALIFICAÇÃO E AÇÃO PARA A INCLUSÃO SEMINÁRIO EMPODERAR COMUNIDADES, DESENVOLVER REGIÕES VISEU DÃO LAFÕES NA EUROPA AUDITÓRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL MANGUALDE,

Leia mais

Regulamento. Foremor

Regulamento. Foremor Regulamento Foremor Preâmbulo O presente projeto decorre de uma candidatura realizada pela MARCA ADL ao programa ERASMUS+, no âmbito da KA1 Learning Mobility for Individuals e está integrada numa iniciativa

Leia mais

ECONOMIA SOCIAL PORTUGUESA: PAPEL NO PÓS-TROIKA GERIR UMA FUNDAÇÃO É UM COMPROMISSO PARA O FUTURO

ECONOMIA SOCIAL PORTUGUESA: PAPEL NO PÓS-TROIKA GERIR UMA FUNDAÇÃO É UM COMPROMISSO PARA O FUTURO GERIR UMA FUNDAÇÃO É UM COMPROMISSO PARA O FUTURO Citação de Dr. Emílio Rui Vilar 2 Tempo de mudanças sociais Estamos no início de um século que se adivinha difícil e instável nos seus Problemas Globais

Leia mais

de CriAtividade ABRINDO PORTAS PARA O FUTURO!

de CriAtividade ABRINDO PORTAS PARA O FUTURO! ABRINDO PORTAS PARA O FUTURO! PROMOTOR O Torrance Center (www.tcportugal.org) é uma associação científico-pedagógica, sem fins lucrativos, que tem por objetivo promover o desenvolvimento da criatividade

Leia mais

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais:

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais: PROJETO DA SHELL BRASIL LTDA: INICIATIVA JOVEM Apresentação O IniciativaJovem é um programa de empreendedorismo que oferece suporte e estrutura para que jovens empreendedores de 18 a 30 anos desenvolvam

Leia mais

SESSÃO DE CAPACITAÇÃO

SESSÃO DE CAPACITAÇÃO SESSÃO DE CAPACITAÇÃO Apoios Financeiros para a Área Social 27 de Maio de 2013 MISSÃO ÁREAS ESTATUTÁRIAS ARTE BENEFICÊNCIA EDUCAÇÃO CIÊNCIA Promoção do desenvolvimento individual e apoio à inclusão social

Leia mais

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA!

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! NOSSA VISÃO Um mundo mais justo, onde todas as crianças e todos os adolescentes brincam, praticam esportes e se divertem de forma segura e inclusiva. NOSSO

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020 Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020 Medida 1 INOVAÇÃO Ação 1.1 GRUPOS OPERACIONAIS Enquadramento Regulamentar Artigos do Regulamento (UE) n.º 1305/2013, do Conselho e do Parlamento

Leia mais

REGULAMENTO Orçamento Tu decides!

REGULAMENTO Orçamento Tu decides! 1 REGULAMENTO Orçamento Tu decides! PREÂMBULO O diálogo entre os cidadãos e o poder autárquico constitui um eixo fundamental para o desenvolvimento de uma cidade. A participação de todos na escolha e definição

Leia mais

YA ENTREPRENEURSHIP SCHOOL

YA ENTREPRENEURSHIP SCHOOL YA ENTREPRENEURSHIP SCHOOL YA Entrepreneurship School é um projeto que pretende fomentar o empreendedorismo nos jovens dos 13 aos 18 anos. YA Entrepreneurship School pretende ser uma rampa de lançamento

Leia mais

Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar

Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar Curso de Formação Avançada Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar Em colaboração com 9 de Maio a 21 de Junho de 2008 Instituto Superior de Agronomia / Universidade Técnica

Leia mais

1) Breve apresentação do AEV 2011

1) Breve apresentação do AEV 2011 1) Breve apresentação do AEV 2011 O Ano Europeu do Voluntariado 2011 constitui, ao mesmo tempo, uma celebração e um desafio: É uma celebração do compromisso de 94 milhões de voluntários europeus que, nos

Leia mais

Apoio Institucional:

Apoio Institucional: Apoio Institucional: YA ENTREPRENEURSHIP SCHOOL Enquadramento Os Parceiros A YA Entrepreneurship School é um projeto fruto de uma parceria entre o Audax e a UPAJE que pretende fomentar o empreendedorismo

Leia mais

Intercâmbio Juvenil Youth Outdoor II

Intercâmbio Juvenil Youth Outdoor II Intercâmbio Juvenil Youth Outdoor II Associação de Defesa do Património Cultural e Natural de Soure 21 a 29/julho/2015 adpcns@sapo.pt 1 Objetivo do Intercâmbio Youth Outdoor II! é um projeto de intercâmbio

Leia mais

ERASMUS+ MOBILIDADE TRANSNACIONAL, E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o FACTOR DE EMPREGABILIDADE

ERASMUS+ MOBILIDADE TRANSNACIONAL, E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o FACTOR DE EMPREGABILIDADE ERASMUS+ E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o MOBILIDADE TRANSNACIONAL, FACTOR DE EMPREGABILIDADE APG II CONGRESSO NACIONAL DO EMPREGO UNIVERSIDADE LUSÓFONA 30 DE SETEMBRO DE 2014 O projeto Europeu tem vindo

Leia mais

REGULAMENTO DA REDE DE PERCEÇÃO E GESTÃO DE NEGÓCIOS DO PROGRAMA IMPULSO JOVEM. CAPÍTULO I Âmbito de aplicação

REGULAMENTO DA REDE DE PERCEÇÃO E GESTÃO DE NEGÓCIOS DO PROGRAMA IMPULSO JOVEM. CAPÍTULO I Âmbito de aplicação REGULAMENTO DA REDE DE PERCEÇÃO E GESTÃO DE NEGÓCIOS DO PROGRAMA IMPULSO JOVEM CAPÍTULO I Âmbito de aplicação Artigo 1.º Objeto O presente Regulamento define o regime de acesso aos apoios concedidos pelo

Leia mais

PPP e Desenvolvimento de Competências Desenvolvimento e implementação de projetos de parcerias de desenvolvimento público-privadas

PPP e Desenvolvimento de Competências Desenvolvimento e implementação de projetos de parcerias de desenvolvimento público-privadas 13 de maio de 2015 PPP e Desenvolvimento de Competências Desenvolvimento e implementação de projetos de parcerias de desenvolvimento público-privadas Virpi Stucki Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento

Leia mais

Projeto de Resolução n.º 617/XII. Recomenda ao Governo a valorização e reconhecimento da educação não formal EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

Projeto de Resolução n.º 617/XII. Recomenda ao Governo a valorização e reconhecimento da educação não formal EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Projeto de Resolução n.º 617/XII Recomenda ao Governo a valorização e reconhecimento da educação não formal EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Enquadramento O debate e o apelo ao reconhecimento da educação não formal

Leia mais

PROGRAMA IMPULSO JOVEM

PROGRAMA IMPULSO JOVEM PROGRAMA IMPULSO JOVEM (O PROGRAMA IMPULSO JOVEM APRESENTA UM CONJUNTO DE MEDIDAS DE INCENTIVO À CRIAÇÃO DE EMPREGO JOVEM, UM DOS PRINCIPAIS DESAFIOS COM QUE PORTUGAL SE CONFRONTA ATUALMENTE.) 1. PASSAPORTE

Leia mais

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal aposta no Sistema Educativo Formação e Criação de Novas Infra-Estruturas UMA OPORTUNIDADE PARA O SEU SECTOR CO-FINANCIADO 75% 1ª PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA DA FILEIRA DA EDUCAÇÃO AIP - Feiras, Congressos

Leia mais

O que é o concurso EUemPT?

O que é o concurso EUemPT? O que é o concurso EUemPT? O concurso EUemPT, uma atividade educativa sobre a UE, é uma iniciativa da Comissão Europeia, promovida pelo Centro de Informação Europeia Jacques Delors, concebida e implementada

Leia mais

Programa Operacional Regional do Algarve

Programa Operacional Regional do Algarve Programa Operacional Regional do Algarve Critérios de Seleção das Candidaturas e Metodologia de Análise Domínio Temático CI Competitividade e Internacionalização Prioridades de investimento: 11.2 Aprovado

Leia mais

UDAL - União Desportiva Alta de Lisboa ISU - Instituto de Solidariedade e Cooperação Universitária

UDAL - União Desportiva Alta de Lisboa ISU - Instituto de Solidariedade e Cooperação Universitária REFERÊNCIA: 062 DESIGNAÇÃO: Altarix Empreende BIP/ZIP em que pretende intervir: 20. Sete Céus 21. Galinheiras - a) Ameixoeira b) Charneca 26. Pedro Queiróz Pereira 66. Charneca do Lumiar 67. Alta de Lisboa

Leia mais

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA INED INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETO EDUCATIVO MAIA PROJETO EDUCATIVO I. Apresentação do INED O Instituto de Educação e Desenvolvimento (INED) é uma escola secundária a funcionar desde

Leia mais

> MENSAGEM DE BOAS VINDAS

> MENSAGEM DE BOAS VINDAS > MENSAGEM DE BOAS VINDAS A (DPE), da (DREQP), inicia, com o primeiro número desta Newsletter, um novo ciclo de comunicação e aproximação ao público em geral e, de forma particular, aos seus parceiros

Leia mais

Prioridades do FSE para o próximo período de programação 2014-2020

Prioridades do FSE para o próximo período de programação 2014-2020 Prioridades do FSE para o próximo período de programação 2014-2020 Rosa Maria Simões 31 de janeiro de 2013, Auditório CCDR Lisboa e Vale do Tejo Agenda Resultados da intervenção FSE Contributos do FSE

Leia mais

Plano de Formação. Psicologia e Orientação em Contexto Escolar 2014/2015

Plano de Formação. Psicologia e Orientação em Contexto Escolar 2014/2015 Plano de Formação Psicologia e Orientação em Contexto Escolar 2014/2015 Enquadramento A evolução tecnológica e a incerteza com que atualmente todas as sociedades se confrontam colocam desafios acrescidos

Leia mais

Tópicos de Agenda a reter:

Tópicos de Agenda a reter: Tópicos de Agenda a reter: Educação Não Formal Intercâmbios Serviço Voluntário Europeu Participação Democrática Cidadania Ativa Diálogo Estruturado O QUE SERÁ O ERASMUS+ 2014-2020? Educação Formal Educação

Leia mais

Como sempre, e de acordo com a nossa missão, continuaremos a dar a conhecer a Síndrome de Asperger e a APSA à sociedade em geral.

Como sempre, e de acordo com a nossa missão, continuaremos a dar a conhecer a Síndrome de Asperger e a APSA à sociedade em geral. Plano de Atividades 2016 INTRODUÇÃO O Plano de Atividades para 2016 agora apresentado tem como mote central DAR SENTIDO. Dar Sentido a tudo o que fazemos, o que nos envolve e o que envolve os outros. Centrarse-á

Leia mais

FÓRUM INTERNACIONAL DE JUVENTUDE UMA FORMA DE CIDADANIA ENCURTAR A DISTÂNCIA FORTALECER A CIDADANIA

FÓRUM INTERNACIONAL DE JUVENTUDE UMA FORMA DE CIDADANIA ENCURTAR A DISTÂNCIA FORTALECER A CIDADANIA CONVITE FÓRUM INTERNACIONAL DE JUVENTUDE UMA FORMA DE CIDADANIA ENCURTAR A DISTÂNCIA FORTALECER A CIDADANIA A Associação Chã de Matias e a FAJUDIS Federação de Associações Juvenis do Distrito de Santarém,

Leia mais

Estrutura da Apresentação

Estrutura da Apresentação Capacitar para Qualificação e Inovação das Redes Sociais do Minho-Lima (CQIRS-ML) Seminário Redes Sociais, Desenvolvimento e Coesão Social do Alto Minho: Diagnóstico, Perspetivas e Ações 2014-2020 19 de

Leia mais

COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO DAS EMPRESAS DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA 2014-2020

COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO DAS EMPRESAS DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA 2014-2020 COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO DAS EMPRESAS DA 2014-2020 18-11-2015 INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL, IP-RAM MISSÃO Promover o desenvolvimento, a competitividade e a modernização das empresas

Leia mais

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89 N 9º15'50. AGENDA 21 escolar Pensar Global, agir Local Centro de Educação Ambiental Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.84" O 918 773 342 cea@cm-tvedras.pt Enquadramento A Agenda

Leia mais

«Erasmus+» - Perguntas mais frequentes

«Erasmus+» - Perguntas mais frequentes COMISSÃO EUROPEIA NOTA INFORMATIVA Estrasburgo/Bruxelas, 19 de novembro de 2013 «Erasmus+» - Perguntas mais frequentes (ver também IP/13/1110) O que é o «Erasmus+»? O «Erasmus+» é o novo programa da União

Leia mais

Turnaround Social 26/07/2015. Instrumentos de Financiamento Portugal 2020. 27 junho 2015. Portugal 2020

Turnaround Social 26/07/2015. Instrumentos de Financiamento Portugal 2020. 27 junho 2015. Portugal 2020 Instrumentos de Financiamento Portugal 2020 27 junho 2015 Portugal 2020 1 Apoios ao setor social A estratégia constante do PO ISE procura dar resposta a um conjunto de compromissos assumidos por Portugal

Leia mais

D6. Documento de suporte à Implementação das Iniciativas Piloto REDE INTERMUNICIPAL DE PARCERIAS DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO E SOCIAL

D6. Documento de suporte à Implementação das Iniciativas Piloto REDE INTERMUNICIPAL DE PARCERIAS DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO E SOCIAL ÍNDICE 1. OBJETIVOS E METODOLOGIA 1.1. Objetivos 1.2. Metodologia de Trabalho 2. IDENTIFICAÇÃO DAS INICIATIVAS PILOTO 3. INICIATIVAS PILOTO 4. IMPLEMENTAÇÃO DE INICIATIVAS PILOTO - MATERIAIS DE SUPORTE

Leia mais

Exmo. Presidente do município da Murtosa, Joaquim Santos Baptista; - na sua pessoa uma saudação aos eleitos presentes e a esta hospitaleira terra!

Exmo. Presidente do município da Murtosa, Joaquim Santos Baptista; - na sua pessoa uma saudação aos eleitos presentes e a esta hospitaleira terra! Exmo. Presidente do município da Murtosa, Joaquim Santos Baptista; - na sua pessoa uma saudação aos eleitos presentes e a esta hospitaleira terra! 1 Exmo. Diretor-Geral da Educação, em representação do

Leia mais

Protocolo de Colaboração

Protocolo de Colaboração v Protocolo de Colaboração O Programa do XVIII Governo Constitucional estabelece, designadamente, o relançamento da economia e a promoção do emprego, Tendo em vista a prossecução desses objetivos importa

Leia mais

O Desenvolvimento Local no período de programação 2014-2020 - A perspetiva do FSE - 10 de maio de 2013

O Desenvolvimento Local no período de programação 2014-2020 - A perspetiva do FSE - 10 de maio de 2013 O Desenvolvimento Local no período de programação 2014-2020 - A perspetiva do FSE - 10 de maio de 2013 Quadro Financeiro Plurianual 2014-2020 Conselho europeu 7 e 8 fevereiro 2013 Política de Coesão (Sub-rubrica

Leia mais

ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS

ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS ENCONTRO DA COMISSÃO SECTORIAL PARA A EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO CS/11 ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS OPORTUNIDADES, DESAFIOS E ESTRATÉGIAS DE QUALIDADE APRESENTAÇÃO DO TRABALHO GT2 - Ensino Superior

Leia mais

Recomendações Encontro Nacional de Juventude 2015

Recomendações Encontro Nacional de Juventude 2015 Recomendações Encontro Nacional de Juventude 2015 O Conselho Nacional de Juventude (CNJ) organizou, de 30 de outubro a 1 de novembro de 2015, em Cascais, na Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril, o

Leia mais

Fórum Regional de Seguridade Social para as Américas 24-27 de maio de 2010 Brasília, Brasil

Fórum Regional de Seguridade Social para as Américas 24-27 de maio de 2010 Brasília, Brasil Promover e desenvolver a seguridade social no mundo ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE SEGURIDADE SOCIAL Fórum Regional de Seguridade Social para as Américas 24-27 de maio de 2010 Brasília, Brasil www.issa.int

Leia mais

Carta do Conselho da Europa sobre a Educação para a Cidadania Democrática e a Educação para os Direitos Humanos

Carta do Conselho da Europa sobre a Educação para a Cidadania Democrática e a Educação para os Direitos Humanos Carta do Conselho da Europa sobre a Educação para a Cidadania Democrática e a Educação para os Direitos Humanos Introdução A educação desempenha um papel essencial na promoção dos valores fundamentais

Leia mais

EMISSOR: Presidência do Conselho de Ministros e Ministério da Economia e do Emprego

EMISSOR: Presidência do Conselho de Ministros e Ministério da Economia e do Emprego DATA: Segunda-feira, 31 de dezembro de 2012 NÚMERO: 252 SÉRIE I EMISSOR: Presidência do Conselho de Ministros e Ministério da Economia e do Emprego DIPLOMA: Portaria n.º 427/2012 SUMÁRIO: Regulamenta a

Leia mais

FORMAÇÃO ACREDITADA PARA PROFESSORES 2015/2016

FORMAÇÃO ACREDITADA PARA PROFESSORES 2015/2016 FORMAÇÃO ACREDITADA PARA PROFESSORES 2015/2016 QUEM SOMOS A APF Associação para o Planeamento da Família, é uma Organização Não Governamental com estatuto de IPSS (Instituição Particular de Solidariedade

Leia mais

EIXO 1 - Empreendedorismo, Empregabilidade e Educação

EIXO 1 - Empreendedorismo, Empregabilidade e Educação PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL de ODEMIRA 2014-2015 EIXO 1 - Empreendedorismo, Empregabilidade e Educação Promover o conhecimento e o acesso dos empresários aos apoios e incentivos no âmbito do empreendedorismo

Leia mais

O contributo da EAPN Portugal / Rede Europeia

O contributo da EAPN Portugal / Rede Europeia 2011 Ano Europeu das Atividades de Voluntariado que Promovam uma Cidadania Ativa O contributo da EAPN Portugal / Rede Europeia Anti - Pobreza José Machado 22 Outubro 2011 Estrutura da Comunicação Pobreza

Leia mais

INCENTIVOS ÀS EMPRESAS

INCENTIVOS ÀS EMPRESAS INCENTIVOS ÀS EMPRESAS Gestão de Projectos info@ipn-incubadora.pt +351 239 700 300 BEST SCIENCE BASED INCUBATOR AWARD Incentivos às Empresas Objectivos: - Promoção do up-grade das empresas de PME; - Apoiar

Leia mais

Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 B-3-D-2. Atualização janeiro 2015

Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 B-3-D-2. Atualização janeiro 2015 ANEXO B APÊNDICE 3 ADENDA D RAM - GOVERNAÇÃO - EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOVERNAÇÃO Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 B-3-D-1 Estratégia Nacional para o Mar 2013-2020 B-3-D-2 GOVERNAÇÃO (EDUCAÇÃO,

Leia mais

Ser empreendedor em Portugal é ser:

Ser empreendedor em Portugal é ser: Ser empreendedor em Portugal é ser: Um pouco louco; Muito curioso; Muito persistente; Capaz de arriscar de forma sustentada; É ter noção das limitações do mercado nacional e das potencialidades do mercado

Leia mais

Bolsas ES Jovem / Optimus Alive. FAQ s

Bolsas ES Jovem / Optimus Alive. FAQ s Bolsas ES Jovem / Optimus Alive FAQ s I FINALIDADE DO PROGRAMA ES JOVEM 1. Qual é a finalidade do programa ES Jovem? Este programa tem como finalidade dar a conhecer o setor da economia social aos jovens,

Leia mais

Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020

Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020 COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 30 de julho de 2014 Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020 Informações gerais O Acordo de Parceria abrange cinco fundos: Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional

Leia mais

Ideias finais (Concurso Nacional de Ideias Cidades Criativas )

Ideias finais (Concurso Nacional de Ideias Cidades Criativas ) Ideias finais (Concurso Nacional de Ideias Cidades Criativas ) O Concurso "Cidades Criativas", iniciativa dirigida a jovens alunos de Área de Projecto do 12.º ano, chegou ao fim. Durante cerca de nove

Leia mais

PRÉMIOS EUROPEUS DE PROMOÇÃO EMPRESARIAL MANUAL OPERACIONAL

PRÉMIOS EUROPEUS DE PROMOÇÃO EMPRESARIAL MANUAL OPERACIONAL 2015 PRÉMIOS EUROPEUS DE PROMOÇÃO EMPRESARIAL 2015 MANUAL OPERACIONAL Prémios Europeus de Promoção Empresarial 2015 2/13 ÍNDICE 1. DEFINIÇÃO E JUSTIFICAÇÃO... 3 1.1. Um prémio que reconhece a excelência

Leia mais

IERA um projeto gerador de oportunidades. 30 de junho de 2015 celso guedes de carvalho

IERA um projeto gerador de oportunidades. 30 de junho de 2015 celso guedes de carvalho IERA um projeto gerador de oportunidades 30 de junho de 2015 celso guedes de carvalho um projeto da Região A criação da IERA foi um desafio estratégico assumido por 14 parceiros comprometidos com a promoção

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO 2º TRIMESTRE 2014

PLANO DE FORMAÇÃO 2º TRIMESTRE 2014 AGÊNCIA PARA A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA O seu conhecimento em primeiro lugar! AGÊNCIA PARA A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA INTRODUÇÃO No primeiro trimestre a Agência para a Modernização Administrativa

Leia mais

PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA

PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA UNIVERSIDADE DO PORTO PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA LITERACIA FINANCEIRA DA U.PORTO Outubro de 2012 Enquadramento do programa na Estratégia Nacional de Formação Financeira Plano Nacional de Formação Financeira

Leia mais

REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE

REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE Os Amigos do Cáster em parceria com a Câmara Municipal de Ovar criam o PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE, inserido no âmbito do Programa Integrado de

Leia mais

Factores Determinantes para o Empreendedorismo. Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008

Factores Determinantes para o Empreendedorismo. Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008 Factores Determinantes para o Empreendedorismo Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008 IAPMEI Instituto de Apoio às PME e à Inovação Principal instrumento das políticas económicas para Micro e Pequenas

Leia mais

Puerta Joven. Juventud, Cultura y Desarrollo A.C.

Puerta Joven. Juventud, Cultura y Desarrollo A.C. Puerta Joven. Juventud, Cultura y Desarrollo A.C. Declaração de Princípios Quem Somos Somos uma organização não-governamental dedicada à promoção da liderança juvenil e da participação da cultura da juventude

Leia mais

OdiArquivo 2012 CONFERÊNCIA ORÇAMENTO DE ESTADO 2012

OdiArquivo 2012 CONFERÊNCIA ORÇAMENTO DE ESTADO 2012 OdiArquivo 2012 CONFERÊNCIA ORÇAMENTO DE ESTADO 2012 A Câmara Municipal de Odivelas em colaboração com a empresa B Time realizou no dia 28 de Janeiro, no auditório do Centro de Exposições de Odivelas,

Leia mais

AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2015/2016 AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO Orientações Pedagógicas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução A atividade de enriquecimento curricular,

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO TRIÉNIO 2014-2016

PLANO ESTRATÉGICO TRIÉNIO 2014-2016 PLANO ESTRATÉGICO TRIÉNIO 2014-2016 MENSAGEM INICIAL Assimilar um saber, um conteúdo, uma praxis em Terapia da Fala é uma condição sine quo non para que haja uma base científica. Contudo, esta base de

Leia mais

AVISO. Admissão de Pessoal. (m/f)

AVISO. Admissão de Pessoal. (m/f) AVISO Admissão de Pessoal (m/f) A AJITER Associação Juvenil da Ilha Terceira pretende admitir jovens recém-licenciados à procura do primeiro emprego, para estágio no seu serviço, ao abrigo do Programa

Leia mais