ICMS - Substituição tributária - Produtos submetidos ao regime por meio de Protocolos - Quadro sinótico

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ICMS - Substituição tributária - Produtos submetidos ao regime por meio de Protocolos - Quadro sinótico"

Transcrição

1 ICMS - Substituição tributária - Produtos submetidos ao regime por meio de Protocolos - Quadro sinótico 22 de Fevereiro de 2013 Em face da publicação do Despacho SE/Confaz nº 27/ DOU 1 de , este procedimento foi atualizado (tópico 4 - Relação de Protocolos vigentes). ICMS - Substituição tributária - Produtos submetidos ao regime por meio de Protocolos - Quadro sinótico Sumário 1. Introdução 2. Aplicação do regime 3. Protocolos ICM/ICMS 4. Relação de protocolos vigentes 1. Introdução O regime da substituição tributária, que pode ser instituído por meio de lei estadual para aplicação interna no Estado, depende da celebração de convênio ou protocolo para ser aplicado em âmbito interestadual. Nesta matéria, apresentamos a relação dos principais protocolos ICM/ICMS celebrados desde 1983, que tratam da aplicação do regime de substituição tributária nas operações com os produtos e serviços listados, em ordem alfabética, na tabela constante do item Aplicação do regime A Constituição Federal/1988 dispõe sobre a possibilidade de a lei atribuir a sujeito passivo de obrigação tributária a condição de responsável pelo pagamento de imposto ou contribuição cujo fato gerador deva ocorrer posteriormente. A Lei Complementar nº 87/1996 estabelece as regras básicas a serem observadas pelos Estados e pelo Distrito Federal na instituição do ICMS e dispõe, entre outros aspectos, que: a) a lei estadual poderá atribuir a responsabilidade pelo pagamento do ICMS a contribuinte do imposto ou a depositário a qualquer título, hipótese em que estes assumirão a condição de contribuintes substitutos; b) a responsabilidade será atribuída em relação a mercadorias, bens e serviços previstos em lei de cada Estado; c) a adoção do regime da substituição tributária em operações interestaduais dependerá de acordo específico (convênio ou protocolo) celebrado pelos Estados envolvidos. Dessa forma, a instituição do regime de substituição tributária para determinadas mercadorias ou serviços, com vistas à aplicação dentro de determinado Estado, pode ser feita por meio de lei da respectiva Unidade da Federação. Observe-se que para instituir esse regime, visando aplicá-lo em operações interestaduais, é exigida a celebração de acordo entre os Estados envolvidos. 1/16

2 ( Constituição Federal/1988, art. 150, 7º; Lei Complementar nº 87/1996, arts. 5º, 6º e 9º ) 3. Protocolos ICM/ICMS No item a seguir, elaboramos quadro prático com os principais protocolos ICM/ICMS vigentes, celebrados desde 1983, considerando-se as inclusões e exclusões de Estados ocorridas após sua publicação original, com os respectivos produtos. Salientamos que, além das disposições constantes em cada protocolo, o contribuinte sujeito à retenção do ICMS em favor de outros Estados deverá verificar as normas vigentes sobre o assunto em suas legislações, a fim de cientificar-se quanto a possíveis exigências complementares ou quanto à não aplicação do regime por ter sido denunciado pelo Estado. 4. Relação de protocolos vigentes Descrição Protocolo ICM/ICMS nº Unidades da Federação signatárias Absorventes higiênicos 20/1990 Goiás, Minas Gerais, Paraná e Rondônia 43/1993 Rio Grande do Sul e Santa Catarina Açúcar 46/1992 Rio Grande do Norte e São Paulo Açúcar de cana Água mineral ou potável Água mineral ou potável e gelo Aguardente 21/ /1991 Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Pará Alagoas, Bahia, Maranhão, Pará, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte e Amapá 16/1992 Goiás e Mato Grosso 11/ / /2008 Acre, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Distrito Federal, Pará, Amapá, Rondônia, Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Goiás, Tocantins, Piauí, Amazonas, Maranhão, Roraima, Rio Grande do Norte, Ceará e Sergipe Nota: A partir de 1º , deixam de se aplicar as disposições deste Protocolo às operações com gelo originadas ou destinadas ao Estado de Pernambuco Alagoas, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Amapá, Ceará, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe, Bahia, Pará, Paraíba e Distrito Federal Distrito Federal - Efeitos a partir de 1º Pará - Efeitos a partir de 1º Ceará e São Paulo (aplicação no Estado do Ceará a partir de 1º ) 100/ /1988 Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte 2/16

3 Aguardente de cana Agulhas 24/2005 Álcool etílico hidratado combustíveis (AEHC) e álcool para fins não combustíveis 17/1988 Paraíba e Rio Grande do Norte 46/1992 Rio Grande do Norte e São Paulo 17/2004 Alagoas, Amapá, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná e Tocantins Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Mato Grosso, Rondônia, Acre, Amapá, Amazonas, Pará e Roraima Algodão 43/1993 Rio Grande do Sul e Santa Catarina Algodão em caroço Algodão farmacêutico 19/1991 Bahia e Ceará 20/1990 Goiás, Minas Gerais, Paraná e Rondônia 34/2009 Minas Gerais e São Paulo 86/2009 Rio Grande do Sul e São Paulo Artefatos de uso doméstico 189/2009 Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais e ao Rio de Janeiro - a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) 38/2012 Sergipe e São Paulo Sergipe - Efeitos a partir de 1º /2012 Santa Catarina e São Paulo - Efeitos a partir de 40/2009 Minas Gerais e São Paulo 61/2009 Minas Gerais e Rio de Janeiro 94/2009 Rio Grande do Sul e São Paulo 109/2009 Bahia e São Paulo Artigos de papelaria 199/ /2010 Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) Minas Gerais e Bahia (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) Artigos de vestuário 39/2012 Sergipe e São Paulo Sergipe - Efeitos a partir de 1º /2012 Santa Catarina e São Paulo - Efeitos a partir de 106/2011 Minas Gerais e Rio Grande do Sul (efeitos a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) 119/2011 Rio Grande do Sul e São Paulo Sul (efeitos a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) 2/2012 Rio Grande do Sul e São Paulo Sul (efeitos a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) 105/2011 Minas Gerais e Rio Grande do Sul (efeitos a partir da 3/16

4 Artigos para bebê data prevista em decreto do Poder Executivo) 120/2011 Rio Grande do Sul e São Paulo Sul (efeitos a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) 3/2012 Rio Grande do Sul e São Paulo Sul (efeitos a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) Atadura 43/1993 Rio Grande do Sul e Santa Catarina 41/2008 Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro, Espírito Santo e Distrito Federal - Distrito Federal: efeitos a partir da data prevista em ato do Poder Executivo Autopeças 24/2009 Espírito Santo e São Paulo 97/2010 Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima, Sergipe e Tocantins, Pernambuco e Santa Catarina 129/2010 Autopropulsados - ver "Peças..." Aves abatidas 28/ / /2007 Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rondônia Alagoas, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Amapá, Ceará, Bahia, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Espírito Santo e Distrito Federal Distrito Federal - Efeitos a partir de 1º Pará - Efeitos a partir de 1º Mato Grosso do Sul, São Paulo, Alagoas e Distrito Federal Distrito Federal - Efeitos a partir de 1º /2008 Mato Grosso e São Paulo 14/2008 Ceará e São Paulo 91/2008 Bebidas quentes 96/2009 Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e São Paulo Adesão: Espírito Santo - Efeitos a partir de 1º /2009 Bahia e São Paulo 52/2010 Amapá e Pará 48/2011 Espírito Santo e São Paulo 54/2011 Amapá e São Paulo 92/2011 Maranhão e São Paulo - Efeitos a partir de 1º /2012 Piauí e São Paulo - Efeitos a partir de 1º /2012 Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina Efeitos a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo do Estado destinatário 29/2009 Minas Gerais e São Paulo 4/16

5 57/2009 Minas Gerais e Rio de Janeiro 87/2009 Rio Grande do Sul e São Paulo 110/2009 Bahia e São Paulo Bicicletas 203/2009 Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. 25/2010 Minas Gerais e Bahia (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) 133/ /2012 Santa Catarina e São Paulo - Efeitos a partir de 35/2009 Minas Gerais e São Paulo 58/2009 Minas Gerais e Rio de Janeiro 97/2009 Rio Grande do Sul e São Paulo 108/2009 Bahia e São Paulo Brinquedos 204/ /2010 Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) Minas Gerais e Bahia (efeitos em relação às operações a Minas Gerais a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) 134/ /2012 Sergipe e São Paulo Sergipe - Efeitos a partir de 1º /2012 Santa Catarina e São Paulo - Efeitos a partir de Cana-de-açúcar 22/1994 Bahia, Espírito Santo e Minas Gerais Carne bovina 28/1993 Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rondônia Carvão vegetal 8/2005 Espírito Santo e Minas Gerais 160/2010 Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná e Tocantins 20/1985 Bahia e Distrito Federal 21/1985 Bahia e Goiás Cerveja 11/ /1992 Acre, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Distrito Federal, Pará, Amapá, Rondônia, Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Goiás, Tocantins, Piauí, Amazonas, Maranhão, Roraima, Rio Grande do Norte, Ceará e Sergipe Nota: A partir de 1º , deixam de se aplicar as disposições deste Protocolo às operações com gelo originadas ou destinadas ao Estado de Pernambuco Alagoas, Amazonas, Acre, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe, Tocantins e Roraima 16/1992 Goiás e Mato Grosso 5/16

6 46/1992 Rio Grande do Norte e São Paulo Chope 10/1992 Alagoas, Amazonas, Acre, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe, Tocantins e Roraima 46/1992 Rio Grande do Norte e São Paulo Cimento de qualquer espécie 7/ /1985 Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Distrito Federal e Rio Grande do Sul Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Bahia, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraíba, Rondônia, Sergipe, Alagoas, Ceará, Acre, Pará, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima, Tocantins, Distrito Federal e Goiás 20/1985 Bahia e Distrito Federal 21/1985 Bahia e Goiás 20/1987 Acre, Amazonas, Goiás, Mato Grosso, Rondônia e Distrito Federal 6/1989 Amazonas e Roraima 8/1994 Amapá e Amazonas 59/2009 Minas Gerais e Rio de Janeiro 85/2009 Rio Grande do Sul e São Paulo Colchoaria 190/2009 Amapá, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe - Mato Grosso e Minas Gerais: operações destinadas a esses Estados - efeitos a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo - Goiás e Sergipe - operações destinadas a esses Estados - efeitos a partir de 1º Espírito Santo - efeitos a partir de 1º / /2011 Bahia e São Paulo 49/2011 Espírito Santo e São Paulo 56/2011 Amapá e São Paulo 72/2011 Amapá e Pernambuco 111/2012 Santa Catarina e São Paulo - Efeitos a partir de Combustíveis líquidos e lubrificantes derivados de petróleo Cosméticos e artigos de perfumaria 20/1993 Amazonas e Roraima 25/1991 Roraima e São Paulo 10/2008 Mato Grosso e São Paulo 13/2008 Ceará e São Paulo (aplicação no Estado do Ceará a partir de 1º ) 6/16

7 106/2008 Alagoas e São Paulo - Efeitos a partir de 36/2009 Minas Gerais e São Paulo 98/2009 Rio Grande do Sul e São Paulo 191/2009 Amapá, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) Cosméticos, perfumaria, artigos de higiene pessoal e de toucador Disco fonográfico, fita virgem ou gravada 130/ /2010 Paraná e São Paulo 55/2011 Amapá e São Paulo 79/2011 Amapá e Pernambuco - efeitos a partir de 1º /2012 Amapá e Pará - Efeitos a partir de 1º /2012 Rio de Janeiro e São Paulo - Efeitos a partir de 112/2012 Santa Catarina e São Paulo - Efeitos a partir de 215/2012 São Paulo e Distrito Federal - Efeitos a partir de 1º / /1985 Rio Grande do Sul e Distrito Federal - Efeitos a partir de 1º Amazonas, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pará, Pernambuco, Alagoas, Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia, Sergipe, Distrito Federal, Piauí, Acre, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Amapá, Rio Grande do Sul, Rondônia, Tocantins, Roraima, Maranhão, Mato Grosso, Goiás e Santa Catarina Energia elétrica e serviços de comunicação Escovas e pastas dentifrícias 39/1985 Paraná e Santa Catarina 34/1998 Paraíba e Pernambuco 43/1993 Rio Grande do Sul e Santa Catarina Esparadrapo 20/1990 Goiás, Minas Gerais, Paraná e Rondônia 43/1993 Rio Grande do Sul e Santa Catarina 20/1985 Bahia e Distrito Federal 21/1985 Bahia e Goiás 39/1985 Paraná e Santa Catarina 24/1987 Goiás, Minas Gerais e Mato Grosso 9/1991 Goiás, Distrito Federal e Minas Gerais Farinha de trigo 46/1992 Rio Grande do Norte e São Paulo 7/16

8 28/1993 Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rondônia 13/1997 Acre, Goiás e Minas Gerais 46/2000 Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe e Espírito Santo 27/2009 Minas Gerais e São Paulo 60/2009 Minas Gerais e Rio de Janeiro 89/2009 Rio Grande do Sul e São Paulo Ferramentas 193/2009 Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais e ao Paraná, a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) Filmes fotográfico e cinematográfico e slides 41/2012 Sergipe e São Paulo Sergipe - Efeitos a partir de 1º /2012 Santa Catarina e São Paulo - Efeitos a partir de 15/1985 Amazonas, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pará, Alagoas, Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia, Sergipe, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Amapá, Rio Grande do Sul, Rondônia, Maranhão, Tocantins, Pernambuco, Piauí, Mato Grosso, Acre, Roraima, Distrito Federal e Santa Catarina 39/1985 Paraná e Santa Catarina Fio de algodão 20/1999 Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte Fraldas 43/1993 Rio Grande do Sul e Santa Catarina Gado em pé Gado em pé para abate - diferença de preço, se houver, depois da remessa, nas operações interestaduais 10/1985 Mato Grosso do Sul e Paraná 3/1988 Mato Grosso do Sul e São Paulo 26/2009 Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Tocantins Gado gordo 2/1990 Goiás e Mato Grosso do Sul Gaze 20/1990 Goiás, Minas Gerais, Paraná e Rondônia 43/1993 Rio Grande do Sul e Santa Catarina 38/2009 Minas Gerais e São Paulo 90/2009 Rio Grande do Sul e São Paulo Instrumentos musicais 194/2009 Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais e ao Rio de Janeiro - a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) 114/2012 Santa Catarina e São Paulo - Efeitos a partir de 8/16

9 Lâmina de barbear, aparelho de barbear descartável e isqueiro Lâmpada elétrica 16/1985 Amazonas, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pará, Bahia, Ceará, Sergipe, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Rondônia, Amapá, Maranhão, Tocantins, Piauí, Mato Grosso, Acre, Alagoas, Roraima, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Goiás, Distrito Federal, Santa Catarina e Paraná 39/1985 Paraná e Santa Catarina 17/1985 Amazonas, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pará, Ceará, Bahia, Sergipe, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Rondônia, Amapá, Maranhão, Tocantins, Piauí, Mato Grosso, Acre, Alagoas, Roraima, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Goiás, Distrito Federal, Santa Catarina e Paraná Leite em pó 12/ /1985 Paraná e Santa Catarina 47/1992 Rio de Janeiro e Espírito Santo São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Goiás, Paraná, Tocantins, Espírito Santo, Pernambuco, Bahia e Ceará 18/1993 Espírito Santo e Minas Gerais 34/1993 Bahia e Minas Gerais Leite fresco 12/1994 Bahia e Espírito Santo 19/1995 Rio de Janeiro e Espírito Santo 18/2003 Espírito Santo e Minas Gerais 19/2003 Bahia e Espírito Santo Mamadeiras 20/1990 Goiás, Minas Gerais, Paraná e Rondônia 43/1993 Rio Grande do Sul e Santa Catarina 157/2009 Minas Gerais e Rio de Janeiro 159/2009 Minas Gerais e São Paulo Máquinas e aparelhos mecânicos, elétricos, eletrodomésticos e automáticos 195/2009 Amapá, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais e ao Paraná, a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo e ao Estado do Pará, a partir de 1º ) 112/2011 Amapá e São Paulo - Efeitos a partir de 1º /2012 Amapá e Pernambuco - Efeitos a partir de 1º /2012 Amapá e Pará - Efeitos a partir de 1º /2012 Santa Catarina e São Paulo - Efeitos a partir de 9/16

10 Máquinas e ferramentas (outras) 169/2012 Rio Grande do Sul e São Paulo - Efeitos a partir de 1º /2009 Minas Gerais e Rio de Janeiro Massas alimentícias 29/1992 Rio de Janeiro e Espírito Santo Massas alimentícias não cozidas nem recheadas, biscoitos, bolachas, bolos, wafers, pães, panetones e similares derivados da farinha de trigo 50/2005 Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe Materiais de construção 11/2008 Mato Grosso e São Paulo 21/2008 Ceará e São Paulo (aplicação no Estado do Ceará a partir de 1º ) 104/2008 Alagoas e São Paulo - efeitos a partir de 32/2009 Minas Gerais e São Paulo 92/2009 Rio Grande do Sul e São Paulo 104/2009 Bahia e São Paulo 196/ /2010 Amapá, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais e ao Rio de Janeiro - a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) Minas Gerais e Bahia (efeitos a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo dos Estados signatários) Adesão: Espírito Santo - Efeitos a partir de 1º / /2011 Minas Gerais e Distrito Federal Materiais de construção, acabamento, bricolagem ou adorno 25/2011 Distrito Federal e São Paulo - efeitos a partir da data prevista em ato do Poder Executivo distrital Distrito Federal - Efeitos a partir de 1º /2011 Amapá e São Paulo 71/2011 Paraná e São Paulo - efeitos a partir de 1º /2011 Goiás e São Paulo - efeitos a partir de 1º /2011 Acre, Amapá, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Sergipe e Distrito Federal Denúncia: - Rio Grande do Norte - Efeitos a partir de (Despacho SE/Confaz nº 171/2012 ) Efeitos: a) Amapá, a partir de 1º ; b) Goiás, a partir de 1º ; c) Distrito Federal - Efeitos a partir de 1º ; d) demais Estados signatários, a partir da data prevista 10/16

11 em ato do Poder Executivo. Este Protocolo não se aplica às operações interestaduais com destino a estabelecimento de contribuintes localizados nos Estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Rondônia 93/2011 Maranhão e São Paulo - Efeitos a partir de 1º /2012 Amapá e Pará - Efeitos a partir de 1º /2012 Sergipe e São Paulo - Efeitos a partir de 1º /2012 Santa Catarina e São Paulo - Efeitos a partir de 20/2013 Espírito Santo e São Paulo - Efeitos a partir de 1º /2008 Mato Grosso e São Paulo 18/2008 Ceará e São Paulo (aplicação no Estado do Ceará a partir de 1º ) 97/ /2008 Alagoas e São Paulo 33/2009 Minas Gerais e São Paulo 93/2009 Rio Grande do Sul e São Paulo 106/2009 Bahia e São Paulo Materiais de limpeza 197/ /2010 Amapá, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais e ao Rio de Janeiro - a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) Adesão: Espírito Santo - Efeitos a partir de 1º /2011 Amapá e São Paulo 80/2011 Amapá e Pernambuco 31/2012 Amapá e Pará - Efeitos a partir de 1º /2012 Santa Catarina e São Paulo - Efeitos a partir de 216/2012 São Paulo e Distrito Federal - Efeitos a partir de 1º /2013 Rio Grande do Sul e Distrito Federal - Efeitos a partir de 1º /2009 Minas Gerais e São Paulo 91/2009 Rio Grande do Sul e São Paulo 198/2009 Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais e ao Paraná, a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) 132/ /2011 Minas Gerais e Distrito Federal 11/16

12 22/2011 Distrito Federal e São Paulo - efeitos a partir da data prevista em ato do Poder Executivo distrital Distrito Federal - Efeitos a partir de 1º /2011 Goiás e São Paulo - efeitos a partir de 1º Materiais elétricos 84/2011 Acre, Amapá, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Sergipe e Distrito Federal. Efeitos: a) Amapá, a partir de 1º ; b) Goiás, a partir de 1º ; c) Distrito Federal, a partir de 1º ; d) demais Estados signatários, a partir da data prevista em ato do Poder Executivo. Este Protocolo não se aplica: a) às operações interestaduais com destino a estabelecimento de contribuintes localizados nos Estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Rondônia; e b) na remessa para estabelecimento de contribuinte localizado no Estado do Rio de Janeiro de produtos relacionados nos itens 2, 10, 16, 19 e 25 do Anexo Único desse Protocolo. 94/2011 Maranhão e São Paulo - Efeitos a partir de 1º /2011 Amapá e São Paulo - Efeitos a partir de 1º /2012 Amapá e Pará - Efeitos a partir de 1º /2012 Sergipe e São Paulo - Efeitos a partir de 1º /2012 Santa Catarina e São Paulo - Efeitos a partir de Medicamentos 9/1990 Rio Grande do Sul e Santa Catarina 20/1990 Goiás, Minas Gerais, Paraná e Rondônia 30/1992 Rio Grande do Norte e Espírito Santo 43/1993 Rio Grande do Sul e Santa Catarina 24/1989 São Paulo e Espírito Santo Óleos comestíveis Peças, componentes e acessórios diversos, para autopropulsados e outros fins Pilha e bateria elétricas 28/1992 Paraná, Goiás, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul 29/1992 Rio de Janeiro e Espírito Santo 28/1993 Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rondônia 22/2008 Ceará e São Paulo 18/1985 Amazonas, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pará, Pernambuco, Bahia, Sergipe, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Rondônia, Amapá, Maranhão, Tocantins, Piauí, Acre, Mato Grosso, Alagoas, Roraima, Rio Grande do Norte, Ceará, Goiás, Distrito Federal, Santa Catarina e Paraná 12/16

13 39/1985 Paraná e Santa Catarina Preservativos 43/1993 Rio Grande do Sul e Santa Catarina Produtos agrícolas 13/1985 Distrito Federal e São Paulo 28/2009 Minas Gerais e São Paulo 95/2009 Rio Grande do Sul e São Paulo 188/2009 Amapá, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo e ao Estado do Amapá, a partir de 1º ) 114/2011 Amapá e São Paulo - Efeitos a partir de 1º Produtos alimentícios 20/ /2012 Amapá e Pernambuco - Efeitos a partir de 1º Sergipe e São Paulo Sergipe - Efeitos a partir de 1º /2012 Amapá e Pará - Efeitos a partir de 1º /2012 Santa Catarina e São Paulo - Efeitos a partir de 217/2012 São Paulo e Distrito Federal - Efeitos a partir de 1º.03, /2013 Rio Grande do Sul e Distrito Federal - Efeitos a partir de 1º Produtos de colchoaria (suportes elásticos para cama, colchões, inclusive box e travesseiros, e pillow) 30/2009 Minas Gerais e São Paulo 27/2012 Amapá e Pará - Efeitos a partir de 1º /2012 Sergipe e São Paulo - Efeitos a partir de 1º Produtos de venda a domicílio 19/1992 São Paulo e Distrito Federal 31/2009 Minas Gerais e São Paulo 62/2009 Minas Gerais e Rio de Janeiro 88/2009 Rio Grande do Sul e São Paulo Produtos eletrônicos, eletroeletrônicos e eletrodomésticos 192/2009 Amapá, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (efeitos em relação às operações destinadas a Minas Gerais a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo) - Paraná: efeitos a partir de 1º , em relação às operações com as mercadorias relacionadas no inciso I da cláusula segunda do Protocolo ICMS nº 16/ / /2011 Amapá e São Paulo 70/2011 Paraná e São Paulo - Efeitos a partir de 1º /2011 Amapá e Pernambuco 13/16

14 Produtos eletrodomésticos, eletroeletrônicos e equipamentos de informática Produtos farmacêuticos - ver também "Medicamentos e remédios" 28/2012 Amapá e Pará - Efeitos a partir de 1º /2012 Sergipe e São Paulo Sergipe - Efeitos a partir de 1º /2012 Santa Catarina e São Paulo - Efeitos a partir de 15/2007 Mato Grosso do Sul, São Paulo e Alagoas 8/2008 Mato Grosso e São Paulo 19/2008 Ceará e São Paulo (aplicação no Estado do Ceará a partir de 1º ) 18/1999 Amazonas e Roraima 99/2009 Paraná e Bahia 68/2007 Rio de Janeiro e São Paulo 7/2008 Mato Grosso e São Paulo 23/2008 Ceará e São Paulo (aplicação no Estado do Ceará a partir de 1º ) 95/2008 Produtos farmacêuticos, soros e vacinas de uso humano 25/2009 Espírito Santo e São Paulo 37/2009 Distrito Federal, Minas Gerais e São Paulo - Distrito Federal: efeitos a partir da data prevista em decreto do Poder Executivo 105/2009 Bahia e São Paulo 59/2011 Amapá e São Paulo 95/2011 Maranhão e São Paulo - Efeitos a partir de 1º Produtos farmacêuticos, soros e vacinas de uso humano ou veterinário 12/2007 Mato Grosso do Sul, São Paulo e Alagoas 25/1989 Tocantins e Distrito Federal Produtos não especificados 26/1989 Tocantins e Maranhão 27/1992 Goiás e Distrito Federal 6/1997 Minas Gerais e Espírito Santo Rações tipo pet para animais domésticos 26/2004 Alagoas, Amapá, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Sergipe, Tocantins, Acre, Amazonas, Roraima, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Bahia 13/2007 Mato Grosso do Sul, São Paulo e Alagoas 91/2007 Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina 100/2007 Rio Grande do Sul e São Paulo 9/2008 Mato Grosso e São Paulo 17/2008 Ceará e São Paulo 14/16

15 Reator e ampola que compõem a lâmpada elétrica fluorescente de sódio, de mercúrio ou semelhante 98/ /1992 Rio de Janeiro e Espírito Santo 20/1985 Bahia e Distrito Federal Refrigerantes e bebidas hidroeletrolíticas (isotônicas) e energéticas 21/1985 Bahia e Goiás 11/ /1992 Acre, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Distrito Federal, Pará, Amapá, Rondônia, Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Goiás, Tocantins, Piauí, Amazonas, Maranhão, Roraima, Rio Grande do Norte, Ceará e Sergipe Nota: A partir de 1º , deixam de se aplicar as disposições deste Protocolo às operações com gelo originadas ou destinadas ao Estado de Pernambuco Alagoas, Amazonas, Acre, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe, Tocantins e Roraima 16/1992 Goiás e Mato Grosso 46/1992 Rio Grande do Norte e São Paulo Remédios 39/1985 Paraná e Santa Catarina Seringas 43/1993 Rio Grande do Sul e Santa Catarina 24/2005 Alagoas, Amapá, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná e Tocantins Soros 43/1993 Rio Grande do Sul e Santa Catarina 4/1984 Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina Sorvetes Sorvetes de qualquer espécie e preparados para fabricação de sorvete em máquina 1/1990 Minas Gerais e Rio de Janeiro 45/ /2005 Acre, Amapá, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Pará, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo, Alagoas, Espírito Santo, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, Tocantins, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Bahia, Amapá, Paraíba, Sergipe, Mato Grosso, Amazonas e Roraima. - Exclusão: Piauí e Tocantins, em relação às operações com preparados para fabricação de sorvete em máquina Starter 47/1992 Rio de Janeiro e Espírito Santo Suportes elásticos para cama, colchões, inclusive box, travesseiros e pillow - ver também "Colchoaria" Telhas, cumeeira e caixas d'água de cimento, 102/2007 Rio Grande do Sul e São Paulo 20/2008 Ceará e São Paulo (aplicação no Estado do Ceará a partir de 1º ) 107/2008 Alagoas e São Paulo 3/2009 Paraná e São Paulo Acre, Amapá, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato 15/16

16 amianto, fibrocimento, polietileno e fibra de vidro 32/1992 Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, São Paulo, Sergipe, Tocantins e Distrito Federal Tintas e vernizes 31/1992 Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso, Distrito Federal, Tocantins, Goiás e Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Ceará Tomate in natura 10/1991 Bahia e Pernambuco Trigo 6/1989 Amazonas e Roraima Trigo em grão 46/2000 Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe Vacinas 43/1993 Rio Grande do Sul e Santa Catarina Vinhos e sidras Vinhos, sidras e outras bebidas fermentadas Xarope ou extrato concentrado destinado ao preparo de refrigerante em máquina pre-mix ou post-mix 15/2008 Ceará e São Paulo 99/ / /1992 Alagoas, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Amapá, Ceará, Pará, Paraíba, Piauí, Sergipe e Distrito Federal Distrito Federal - Efeitos a partir de 1º Pará - Efeitos a partir de 1º Paraíba - Efeitos a partir da data prevista em ato do Poder Executivo Alagoas, Amazonas, Acre, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe, Tocantins e Roraima 46/1992 Rio Grande do Norte e São Paulo Legislação Referenciada Constituição Federal/1988 Despacho SE/Confaz nº 171/2012 Lei Complementar nº 87/1996 Sobre a IOB Política de Privacidade Copyright 2009 IOB Todos os direitos reservados 16/16

PRODUTOS SUJEITOS A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. CONVÊNIO OU PROTOCOLO Conv. ICMS 045/99 Prot. ICMS 019/92 Conv. ICMS 037/94 DISPOSITIVO DO RICMS

PRODUTOS SUJEITOS A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. CONVÊNIO OU PROTOCOLO Conv. ICMS 045/99 Prot. ICMS 019/92 Conv. ICMS 037/94 DISPOSITIVO DO RICMS PRODUTOS SUJEITOS A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA MERCADORIA Venda porta-a-porta de quaisquer mercadorias destinadas a revendedores não inscritos Cigarros e outros produtos derivados do fumo Cimento Refrigerante,

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS ICMS

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS ICMS SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS ICMS CONCEITO A substituição tributária é o instituto pelo qual o Estado transfere a responsabilidade de recolhimento do imposto para terceiro, que não deu causa ao

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES DOS SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES DOS SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES DOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

Leia mais

Setores indutriais com maior demanda por formação segundo UF (todas as ocupações) - Média anual 2014/15

Setores indutriais com maior demanda por formação segundo UF (todas as ocupações) - Média anual 2014/15 Setores indutriais com maior demanda por formação segundo UF (todas as ocupações) - Média anual 2014/15 Estado Rondônia Acre Amazonas Roraima Pará Amapá Tocantins Maranhão Piauí Ceará Rio Grande do Norte

Leia mais

Substituição Tributária e Antecipação

Substituição Tributária e Antecipação Substituição Tributária e Antecipação Regra Geral Novembro/2013 1 1.Introdução... 5 2. Substituição Tributária conceito... 5 3. Base Legal Operações Internas e Interestaduais... 6 3.1. Operações Internas...

Leia mais

FLUXO TRANSPORTE AQUAVIÁRIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO TRANSPORTE AQUAVIÁRIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Estados Norte 0 0,00 0 0 0 0,00 Rondônia

Leia mais

NÚMERO DE ACIDENTES POR DIA DA SEMANA

NÚMERO DE ACIDENTES POR DIA DA SEMANA RODOVIÁRIAS Quadro 13 - UF: ACRE Ano de 211 82 5 6 8 9 5 3 14 4 11 9 4 4 63 2 4 7 6 6 9 4 8 4 4 3 6 68 4 2 8 3 1 8 4 9 2 6 7 5 63 3 6 3 2 13 9 8 7 5 1 5 1 67 4 2 9 6 8 5 5 7 6 6 4 5 85 3 7 1 1 4 7 9 6

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS

Leia mais

FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO DE, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA -

Leia mais

Calendário de Obrigações e Tabelas Práticas - Tributário

Calendário de Obrigações e Tabelas Práticas - Tributário Calendário de Obrigações e Tabelas Práticas - Tributário EXTRA BAHIA Mantenha esta folha encartada no Calendário Tributário Estadual para Agosto/2010. Calendário Mensal de Obrigações e Tabelas Práticas

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS E SERVIÇOS COMPLEMENTARES POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS E SERVIÇOS COMPLEMENTARES POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS E COMPLEMENTARES POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

Leia mais

FLUXO FABRICAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES, REBOQUES E CARROCERIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO FABRICAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES, REBOQUES E CARROCERIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO FABRICAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES, REBOQUES E CARROCERIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES FINANCEIRAS, DE SEGUROS E SERVIÇOS RELACIONADOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES FINANCEIRAS, DE SEGUROS E SERVIÇOS RELACIONADOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES FINANCEIRAS, DE SEGUROS E RELACIONADOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA

Leia mais

RANKING NACIONAL DO TRABALHO INFANTIL (5 a 17 ANOS) QUADRO COMPARATIVO DOS DADOS DA PNAD (2008 e 2009)

RANKING NACIONAL DO TRABALHO INFANTIL (5 a 17 ANOS) QUADRO COMPARATIVO DOS DADOS DA PNAD (2008 e 2009) NACIONAL DO TRABALHO INFANTIL (5 a 17 ANOS) QUADRO COMPARATIVO DOS DADOS DA PNAD (2008 e 2009) População Ocupada 5 a 17 anos 2008 Taxa de Ocupação 2008 Posição no Ranking 2008 População Ocupada 5 a 17

Leia mais

Grandes Regiões e Unidades da Federação: Esperança de vida ao nascer segundo projeção populacional: 1980, 1991-2030 - Ambos os sexos

Grandes Regiões e Unidades da Federação: Esperança de vida ao nascer segundo projeção populacional: 1980, 1991-2030 - Ambos os sexos e Unidades da Federação: Esperança de vida ao nascer segundo projeção populacional: 1980, 1991-2030 - Ambos os sexos Unidades da Federação 1980 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002

Leia mais

FLUXO TELECOMINICAÇÕES SEM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO TELECOMINICAÇÕES SEM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO TELECOMINICAÇÕES SEM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO TELECOMINICAÇÕES SEM FIO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA

Leia mais

FLUXO DO ARMAZENAMENTO E ATIVIDADES AUXILIARES DOS TRANSPORTES POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO DO ARMAZENAMENTO E ATIVIDADES AUXILIARES DOS TRANSPORTES POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO DO ARMAZENAMENTO E ATIVIDADES AUXILIARES DOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO DO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA

Leia mais

FLUXO DE TRANSPORTES TERRESTRE POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO DE TRANSPORTES TERRESTRE POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO DE TRANSPORTES TERRESTRE POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO DE TRANSPORTES TERRESTRE, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA

Leia mais

Boletim. Federal. Manual de Procedimentos. IPI - Nota fiscal de reajuste de preço. ICMS - IPI e Outros

Boletim. Federal. Manual de Procedimentos. IPI - Nota fiscal de reajuste de preço. ICMS - IPI e Outros Boletim Manual de Procedimentos Federal IPI - Nota fiscal de reajuste de preço 1. INTRODUÇÃO Nas vendas de mercadorias, a base de cálculo do IPI é o valor da operação, incluídos todos os encargos cobrados

Leia mais

FLUXO COMÉRCIO E REPARAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO COMÉRCIO E REPARAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO COMÉRCIO E REPARAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 29 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 29 E REPARAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS,

Leia mais

Tabela 1 - Conta de produção por operações e saldos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação - 2004-2008

Tabela 1 - Conta de produção por operações e saldos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação - 2004-2008 (continua) Produção 5 308 622 4 624 012 4 122 416 3 786 683 3 432 735 1 766 477 1 944 430 2 087 995 2 336 154 2 728 512 Consumo intermediário produtos 451 754 373 487 335 063 304 986 275 240 1 941 498

Leia mais

OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE SETEMBRO DE 2015

OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE SETEMBRO DE 2015 OBRIGAÇÕES ESTADUAIS/RS DE SETEMBRO DE 2015 04/09/2015 GIA/Água Natural Fornecedores de água natural canalizada Prazo para transmitir pela internet a GIA até o dia 4 do segundo mês subsequente da ocorrência

Leia mais

ICMS - Tabela - Pagamento do Imposto - Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais (GNRE) Formas de Preenchimento

ICMS - Tabela - Pagamento do Imposto - Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais (GNRE) Formas de Preenchimento ICMS - Tabela - Pagamento do Imposto - Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais (GNRE) Formas de Preenchimento Este procedimento dispõe sobre os requisitos necessários para a emissão da GNRE

Leia mais

PROGRAMA CURSO EXTENSÃO EM ICMS/RS

PROGRAMA CURSO EXTENSÃO EM ICMS/RS PROGRAMA CURSO EXTENSÃO EM ICMS/RS O curso abrangerá todo o Regulamento do ICMS/RS, desde o básico até a legislação avançada. Para fazer jus ao certificado o contratante deverá comprovar presença mínima

Leia mais

Página 1 de 12 Agenda Tributária Emissão: às 14:02h Agenda Tributária (Janeiro de 2014) Obrigações Filtros Aplicados: Agenda: Janeiro/2014 - Estado: São - Cidade: São - Dia Inicial: 1 - Dia Final: 31 Dia

Leia mais

Paraná > Dezembro/2015

Paraná > Dezembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Paraná > Dezembro/20

Leia mais

Figura 1: Distribuição de CAPS no Brasil, 25. RORAIMA AMAPÁ AMAZONAS PARÁ MARANHÃO CEARÁ RIO GRANDE DO NORTE PAIUÍ PERNAMBUCO ACRE ALAGOAS SERGIPE TOCANTINS RONDÔNIA PARAÍBA BAHIA MATO GROSSO DISTRITO

Leia mais

APÊNDICE XXVII. CRÉDITO ADMITIDO (% sobre a Base de Cálculo) 1% UNIDADE DA FEDERAÇÃO DE ORIGEM ITEM MERCADORIA BENEFÍCIO

APÊNDICE XXVII. CRÉDITO ADMITIDO (% sobre a Base de Cálculo) 1% UNIDADE DA FEDERAÇÃO DE ORIGEM ITEM MERCADORIA BENEFÍCIO APÊNDICE XXVII MERCADORIAS ORIUNDAS DE OUTRAS UNIDADES DA FEDERAÇÃO BENEFICIADAS COM INCENTIVO OU FAVOR FISCAL OU FINANCEIRO-FISCAL EM DESACORDO COM A LEI COMPLEMENTAR Nº 24/75 UNIDADE DA FEDERAÇÃO DE

Leia mais

Tabela 4 - Participação das atividades econômicas no valor adicionado bruto a preços básicos, por Unidades da Federação - 2012

Tabela 4 - Participação das atividades econômicas no valor adicionado bruto a preços básicos, por Unidades da Federação - 2012 Contas Regionais do Brasil 2012 (continua) Brasil Agropecuária 5,3 Indústria 26,0 Indústria extrativa 4,3 Indústria de transformação 13,0 Construção civil 5,7 Produção e distribuição de eletricidade e

Leia mais

Informações sobre salários e escolaridade dos professores e comparativo com não-professores

Informações sobre salários e escolaridade dos professores e comparativo com não-professores Informações sobre salários e escolaridade dos professores e comparativo com não-professores Total de profissionais, independentemente da escolaridade 2003 2007 2008 Professores da Ed Básica (públicas não

Leia mais

DECRETO Nº 3.940, DE 20 DE MARÇO DE 2000

DECRETO Nº 3.940, DE 20 DE MARÇO DE 2000 DECRETO Nº 3.940, DE 20 DE MARÇO DE 2000 Publicado no DOE(PA) 28.03.00. Alterado pelo Decreto 4.313/00. Revogado pelo Dec. 4.676/01, efeitos a partir de 19.06.01. Institui regime de tributação do Imposto

Leia mais

ANEXO 88 MARGENS DE VALOR ADICIONADO (MVA) PARA ANTECIPAÇÃO OU SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

ANEXO 88 MARGENS DE VALOR ADICIONADO (MVA) PARA ANTECIPAÇÃO OU SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANEXO 88 MARGENS DE VALOR ADICIONADO (MVA) PARA ANTECIPAÇÃO OU SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA (previsto nos arts. 61 e 65) ITEM MERCADORIA MVA (%) AQUISIÇÕES NA INDÚSTRIA AQUISIÇÕES NO ATACADO 1 Cigarros, cigarrilhas,

Leia mais

Maranhão > Novembro/2015

Maranhão > Novembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Maranhão >

Leia mais

FLUXO CONSTRUÇÃO - SERVIÇOS ESPECIALIZADOS PARA CONSTRUÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO CONSTRUÇÃO - SERVIÇOS ESPECIALIZADOS PARA CONSTRUÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO - SERVIÇOS ESPECIALIZADOS PARA, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO DE, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Estados

Leia mais

ALTERAÇÕES: Decreto nº 20.407/04, Decreto nº 20.914/04 RESPONSABILIDADE

ALTERAÇÕES: Decreto nº 20.407/04, Decreto nº 20.914/04 RESPONSABILIDADE Anexos 4.0 Substituição Tributária Anexos 4.2 Substituição Tributária das Operações com Água Mineral, Água Potável, Cerveja, Chope, Gelo e Refrigerante. Protocolo ICMS 11/1991 Alterações: Protocolo ICMS

Leia mais

Boletim Informativo. Junho de 2015

Boletim Informativo. Junho de 2015 Boletim Informativo Junho de 2015 Extrato Geral Brasil 1 EXTRATO BRASIL ÁREA ** 397.562.970 ha 227.679.854 ha 57,27% Número de Imóveis cadastrados: 1.727.660 Observações: Dados obtidos do Sistema de Cadastro

Leia mais

Comércio em Números. Brasil. meses.

Comércio em Números. Brasil. meses. Belo Horizonte MG Abril de 2015 O Comércio em Números é um acompanhamento sistemático das estatísticas econômicas. Trata-se de um estudo que busca acompanhar o comportamento das variáveis de desempenho

Leia mais

LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX

LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX SUMÁRIO 1 ICMS 1.1 CONTRIBUINTE 1.2 FATO GERADOR DO IMPOSTO 1.3 BASE DE CÁLCULO DO IMPOSTO 1.4 REDUÇÃO DA BASE DE CÁLCULO 1.5 CARTA DE CORREÇÃO 1.6 CÓDIGO DA SITUAÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica Emissão de Nota Fiscal Eletrônica DANFE - Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica. É um documento que serve para acobertar a circulação da mercadoria. Impresso em via única; Validade em meio digital

Leia mais

ANEXO VI SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM OPERAÇÕES OU PRESTAÇÕES INTERESTADUAIS - ESTADOS SIGNATÁRIOS DE ACORDOS TABELA I CIMENTO DE QUALQUER ESPÉCIE

ANEXO VI SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM OPERAÇÕES OU PRESTAÇÕES INTERESTADUAIS - ESTADOS SIGNATÁRIOS DE ACORDOS TABELA I CIMENTO DE QUALQUER ESPÉCIE ANEXO VI SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM OPERAÇÕES OU PRESTAÇÕES INTERESTADUAIS - ESTADOS SIGNATÁRIOS DE ACORDOS TABELA I CIMENTO DE QUALQUER ESPÉCIE PROTOCOLO ICM 11/85 Adesão Rondônia - Protocolo ICM 11/87,

Leia mais

Boletim Informativo. Maio de 2015. * Errata: Tabela Fonte de Dados - Por Estado

Boletim Informativo. Maio de 2015. * Errata: Tabela Fonte de Dados - Por Estado Boletim Informativo Maio de 2015 * Errata: Tabela Fonte de Dados - Por Estado Extrato Geral Brasil EXTRATO BRASIL ÁREA ** 397.562.970 ha 212.920.419 ha 53,56 % Número de Imóveis cadastrados: 1.530.443

Leia mais

ICMS PRAZOS DE ENTREGA E RECOLHIMENTO ESTADO DE SÃO PAULO

ICMS PRAZOS DE ENTREGA E RECOLHIMENTO ESTADO DE SÃO PAULO ICMS PRAZOS DE ENTREGA E RECOLHIMENTO ESTADO DE SÃO PAULO 02/Jun. 2ª Feira. Operações interestaduais com combustíveis derivados de petróleo e com álcool etílico anidro carburante A entrega das informações

Leia mais

Boletim Informativo* Agosto de 2015

Boletim Informativo* Agosto de 2015 Boletim Informativo* Agosto de 2015 *Documento atualizado em 15/09/2015 (Erratas páginas 2, 3, 4 e 9) EXTRATO GERAL BRASIL 1 EXTRATO BRASIL 396.399.248 ha 233.712.312 ha 58,96% Número de Imóveis Cadastrados²:

Leia mais

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego - Ano de 2014 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 23/01/15

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego - Ano de 2014 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 23/01/15 INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego - Ano de 2014 - Brasil Subseção Dieese Força Sindical Elaboração: 23/01/15 Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged),

Leia mais

Até: Sexta-feira, dia 2 ICMS - Scanc Fato Gerador: Dezembro/2014

Até: Sexta-feira, dia 2 ICMS - Scanc Fato Gerador: Dezembro/2014 Até: Sexta-feira, dia 2 - Scanc Transportador Revendedor Retalhista (TRR) Entrega das informações relativas às operações interestaduais com combustíveis derivados de petróleo ou com álcool etílico carburante

Leia mais

2. Que produtos estão sujeitos à substituição tributária a partir de 1º de novembro de 2010? DECRETO/PROTOCOLO

2. Que produtos estão sujeitos à substituição tributária a partir de 1º de novembro de 2010? DECRETO/PROTOCOLO 1. O que é substituição tributária? O regime de substituição tributária é caracterizado pelo deslocamento da responsabilidade pelo pagamento do ICMS relativo a determinadas operações ou prestações para

Leia mais

ICMS: ANTECIPAÇÃO TRIBUTÁRIA DO IMPOSTO NA ENTRADA DE MERCADORIA PROVENIENTE DE OUTRA UNIDADE DA FEDERAÇÃO - PROCEDIMENTO

ICMS: ANTECIPAÇÃO TRIBUTÁRIA DO IMPOSTO NA ENTRADA DE MERCADORIA PROVENIENTE DE OUTRA UNIDADE DA FEDERAÇÃO - PROCEDIMENTO ICMS: ANTECIPAÇÃO TRIBUTÁRIA DO IMPOSTO NA ENTRADA DE MERCADORIA PROVENIENTE DE OUTRA UNIDADE DA FEDERAÇÃO - PROCEDIMENTO Sumário 1. Introdução 2. Antecipação tributária 3. Produtos sujeitos - Relação

Leia mais

CREDITO SUPLEMENTAR E G R M I F FUNC PROGRAMATICA PROGRAMA/ACAO/SUBTITULO/PRODUTO S N P O U T VALOR F D D E 0083 PREVIDENCIA SOCIAL BASICA 48553400

CREDITO SUPLEMENTAR E G R M I F FUNC PROGRAMATICA PROGRAMA/ACAO/SUBTITULO/PRODUTO S N P O U T VALOR F D D E 0083 PREVIDENCIA SOCIAL BASICA 48553400 ORGAO : 33000 - MINISTERIO DA PREVIDENCIA SOCIAL UNIDADE : 33201 - INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ANEXO CREDITO SUPLEMENTAR PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1,

Leia mais

www.icmspratico.com.br Facilitadores: Paulo Almada & Ivanildo França Fortaleza, 06/06/14

www.icmspratico.com.br Facilitadores: Paulo Almada & Ivanildo França Fortaleza, 06/06/14 Fortaleza, 06/06/14 Facilitadores: Paulo Almada & Ivanildo França Em análise: I C M S Questões Atuais Arquivos Eletrônicos ICMS-ST com Material de Construção ICMS-ST com Supermercado/minimercado/atacadistas

Leia mais

Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual. Julho 2013

Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual. Julho 2013 Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual Julho 2013 SS JUSTIÇA MG SS Justiça MG Julho 2013 Tabela 1 Tribunais de Justiça Estadual posicionados conforme Vencimento Básico Vencimentos

Leia mais

Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual. Julho 2014

Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual. Julho 2014 Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual Julho 2014 SS JUSTIÇA MG SS Justiça MG Julho 2014 Tabela 1 Tribunais de Justiça Estadual posicionados conforme Vencimento Básico Vencimentos

Leia mais

CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 22/10 a 28/10/2013 LEGISLAÇÃO

CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 22/10 a 28/10/2013 LEGISLAÇÃO CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 22/10 a 28/10/2013 LEGISLAÇÃO Lei nº 12.873, de 24.10.2013 DOU de 25.10.2013 - Autoriza a Companhia Nacional de Abastecimento a utilizar o Regime Diferenciado de Contratações

Leia mais

Substituição Tributária Minas Gerais Minas Gerais Visão Geral O Decreto nº 44.147 de 14/11/2005, introduziu a ST no Estado de diversos setores, dentre os quais HPPC; O Decreto nº 44.894 de 18/09/2008,

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES ESTADUAL - SÃO PAULO JANEIRO DE 2014

AGENDA DE OBRIGAÇÕES ESTADUAL - SÃO PAULO JANEIRO DE 2014 AGENDA DE OBRIGAÇÕES ESTADUAL - SÃO PAULO JANEIRO DE 2014 Dia: 02 SP - Transmissão Eletrônica de Dados - Operações Interestaduais com Combustíveis - Transportador Revendedor Retalhista - TRR O Transportador

Leia mais

SUBSTITUI O TRIBUT RIA

SUBSTITUI O TRIBUT RIA SUBSTITUI O TRIBUT RIA ENTENDENDO O REGIME Regras gerais do Regime de Substituição Tributária Conheça as regras gerais concernentes ao regime de substituição tributária do ICMS de forma a permitir a correta

Leia mais

FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO

Leia mais

Operações interestaduais com combustíveis derivados de petróleo e com álcool etílico anidro carburante

Operações interestaduais com combustíveis derivados de petróleo e com álcool etílico anidro carburante ICMS PRAZOS DE ENTREGA E RECOLHIMENTO ESTADO DE SÃO PAULO 02/Jan. 6ª Feira. Operações interestaduais com combustíveis derivados de petróleo e com álcool etílico anidro carburante A entrega das informações

Leia mais

Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não

Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não especificados anteriormente 0116-4/99 Cultivo de outras

Leia mais

RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014*

RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014* RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014* Estabelece parâmetros para o Licenciamento Ambiental das atividades de comércio atacadista e de confecção e fabricação de produtos têxteis. O SECRETÁRIO

Leia mais

O AUMENTO DA CARGA TRIBUTÁRIA DE BETO RICHA E O IMPACTO DO AUMENTO DO ICMS SOBRE PREÇOS DOS PRODUTOS BÁSICOS

O AUMENTO DA CARGA TRIBUTÁRIA DE BETO RICHA E O IMPACTO DO AUMENTO DO ICMS SOBRE PREÇOS DOS PRODUTOS BÁSICOS O AUMENTO DA CARGA TRIBUTÁRIA DE BETO RICHA E O IMPACTO DO AUMENTO DO ICMS SOBRE PREÇOS DOS PRODUTOS BÁSICOS Cid Cordeiro Silva Economista e Especialista em Finanças Públicas I O SISTEMA TRIBUTÁRIO NO

Leia mais

ICMS Substituição Tributária. Outubro 2004

ICMS Substituição Tributária. Outubro 2004 ICMS Substituição Tributária Conceituação Consiste na alteração do momento do fato gerador, gerando uma antecipação do pagamento do imposto incidente nas operações seguintes. Responsabilidade Tributária

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS O COMÉRCIO RESPONDE POR 12,7% DO PIB BRASILEIRO O COMÉRCIO VAREJISTA É RESPONSÁVEL POR 42% DO COMÉRCIO

Leia mais

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego Fevereiro de 2015 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 19/03/2015

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego Fevereiro de 2015 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 19/03/2015 INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego Fevereiro de 2015 - Brasil Subseção Dieese Força Sindical Elaboração: 19/03/2015 Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Leia mais

FLUXO FABRICAÇÃO DE MÁQUINAS, APARELHOS E MATERIAIS ELÉTRICOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO FABRICAÇÃO DE MÁQUINAS, APARELHOS E MATERIAIS ELÉTRICOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO FABRICAÇÃO DE MÁQUINAS, APARELHOS E MATERIAIS ELÉTRICOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DAPARAÍBA

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES IMOBILIÁRIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES IMOBILIÁRIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Estados Norte 7.938 0,37 0 0,00-7.938 0,37

Leia mais

Comunicado CAT n 36, De 29-07-2004

Comunicado CAT n 36, De 29-07-2004 Comunicado CAT n 36, De 29-07-2004 (DOE de 30-07-2004; Rep 31-07-2004) Esclarece sobre a impossibilidade de aproveitamento dos créditos de ICMS provenientes de operações ou prestações amparadas por benefícios

Leia mais

LEIAUTE ARQUIVO TEXTO DIF ELETRÔNICO - VERSÃO 2014

LEIAUTE ARQUIVO TEXTO DIF ELETRÔNICO - VERSÃO 2014 ANEXO ÚNICO À PORTARIA SEFAZ N o 1.300, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013. ANEXO III À PORTARIA SEFAZ N o 1.859 DE 23 DE DEZEMBRO DE 2009 LEIAUTE ARQUIVO TEXTO DIF ELETRÔNICO - VERSÃO 2014 1. DADOS TÉCNICOS DE

Leia mais

Palestra. ICMS - Substituição Tributária - Atualização. Julho 2013. Elaborado por: Katia de Angelo Terriaga

Palestra. ICMS - Substituição Tributária - Atualização. Julho 2013. Elaborado por: Katia de Angelo Terriaga Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

IMPOSTO UF Descrição 10/02/2010 Comprovante de Pagamento ou Crédito a Pessoa Jurídica de Juros sobre o Capital Próprio (JANEIRO/2010) INSS FEDERAL

IMPOSTO UF Descrição 10/02/2010 Comprovante de Pagamento ou Crédito a Pessoa Jurídica de Juros sobre o Capital Próprio (JANEIRO/2010) INSS FEDERAL IMPOSTO UF Descrição 10/02/2010 Comprovante de Pagamento ou Crédito a Pessoa Jurídica de Juros sobre o Capital Próprio (JANEIRO/2010) INSS FEDERAL GPS - Envio ao Sindicato (JANEIRO/2010) IPI FEDERAL Cigarros

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS. atualizado em 03/02/2016

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS. atualizado em 03/02/2016 atualizado em 03/02/2016 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS alterado os itens 2; 4.3; 5.1; 5.2; 5.3; 5.7; 6.2; 6.3; 7; 7.1; 7.5; 11; 11.1.1; 11.1.3; 11.2.1; 11.2.2; 11.3; 11.3.1; 11.3.3 em 26/01/2016

Leia mais

INFORMATIVO DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA (atualizado em 17/05/2011)

INFORMATIVO DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA (atualizado em 17/05/2011) INFORMATIVO DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA (atualizado em 17/05/2011) Esclarecimentos relevantes: 1. O presente informativo: a) foi elaborado com base no Regulamento do ICMS de Santa Catarina, em vigor em

Leia mais

PALESTRA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA CONSIDERAÇÕES GERAIS

PALESTRA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA CONSIDERAÇÕES GERAIS CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL MINÁRIO DE ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE ASSUNTOÁBEIS DE PORTO ALEGRESEMINÁRIO PALESTRA

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS. (atualizado em 04/03/2015)

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS. (atualizado em 04/03/2015) SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS (atualizado em 04/03/2015) 2 1. INTRODUÇÃO... 5 2. DO REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA... 7 3. INAPLICABILIDADE DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA... 12 4. CÁLCULO DO IMPOSTO

Leia mais

FLUXO TELECOMINICAÇÕES COM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO TELECOMINICAÇÕES COM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO TELECOMINICAÇÕES COM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO TELECOMINICAÇÕES COM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS. (atualizado até 16/10/2013)

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS. (atualizado até 16/10/2013) SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REGRAS GERAIS (atualizado até 16/10/2013) 2 1. INTRODUÇÃO... 5 2. DO REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA... 7 3. INAPLICABILIDADE DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA... 12 4. CÁLCULO DO IMPOSTO

Leia mais

REDUÇÃO DA MVA DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM 70%, NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL DE SANTA CATARINA

REDUÇÃO DA MVA DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM 70%, NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL DE SANTA CATARINA REDUÇÃO DA MVA DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM 70%, NAS SAÍDAS DESTINADAS A EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL DE SANTA CATARINA Matéria elaborada com base na Legislação vigente em 15.07.2011. SUMÁRIO: 1 - INTRODUÇÃO

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 03/12/2009

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 03/12/2009 AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS Dia 07/12/2009 SALÁRIOS - Pagamento de salários - mês de NOVEMBRO/2009 - Base legal: Art. 459, parágrafo único da CLT. FGTS - Recolhimento do mês de NOVEMBRO/2009 - Base

Leia mais

ANO XXVI - 2015 1ª SEMANA DE JANEIRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 01/2015

ANO XXVI - 2015 1ª SEMANA DE JANEIRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 01/2015 ANO XXVI - 2015 1ª SEMANA DE JANEIRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 01/2015 ASSUNTOS DIVERSOS DAS COMPLEMENTAR - GENERALIDADES SOBRE A EMISSÃO... Pág. 02 ICMS PR ALÍQUOTAS DO ICMS - REGIÃO NORTE - ATUALIZAÇÃO

Leia mais

Avaliação das Contas Regionais do Piauí 2008

Avaliação das Contas Regionais do Piauí 2008 Avaliação das Contas Regionais do Piauí 2008 A economia piauiense, em 2008, apresentou expansão em volume do Produto Interno Bruto (PIB) de 8,8% em relação ao ano anterior. Foi a maior taxa de crescimento

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 01/04/2010

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 01/04/2010 AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS Dia 07/04/2010 SALÁRIOS - Pagamento de salários - mês de MARÇO/2010 - Base legal: Art. 459, parágrafo único da CLT. FGTS - Recolhimento do mês de MARÇO/2010 - Base legal:

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL MINÁRIO DE ASSUNTOS COÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE ASSUNTOÁBEIS DE PORTO ALEGRESEMINÁRIO PALESTRA

Leia mais

CARGA TRIBUTÁRIA SOBRE AS Micro e pequenas empresas RANKING DOS ESTADOS 2012

CARGA TRIBUTÁRIA SOBRE AS Micro e pequenas empresas RANKING DOS ESTADOS 2012 CARGA TRIBUTÁRIA SOBRE AS Micro e pequenas empresas RANKING DOS ESTADOS 2012 Tributos incluídos no Simples Nacional Brasília 19 de setembro de 2013 ROTEIRO 1 2 3 4 O PROJETO RESULTADOS DIFERENÇA NAS ALÍQUOTAS

Leia mais

COMUNICADO CAT Nº 36, de 29-07-2004

COMUNICADO CAT Nº 36, de 29-07-2004 Página 1 de 10 Portal do Governo Cidadão.SP Investimentos.SP Destaques Home Institucional Serviços Legislação Prestando Contas Municípios e Parcerias Notícias Download Fale Conosco Índices : Legislação

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 01/07/2011

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS. AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. Fonte:- http://www.bauru.sp.gov.br/ - em 01/07/2011 AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS Dia 06/07/2011 SALÁRIOS - Pagamento de salários - mês de JUNHO/2011 - Base legal: Art. 459, parágrafo único da CLT. Dia 07/07/2011 FGTS - Recolhimento do mês de JUNHO/2011

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO Brasília

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO Brasília SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO Brasília Mensagem eletrônica n.º 229/2015-SIC/DIREX/DPF Prezada Senhora, 1. Trata-se de requerimento de informação

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE

POLÍTICA NACIONAL DE POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS 15/09/2014: implantação - situação atual Joaquim Antônio de Oliveira joaquim.oliveira@mma.gov.br (61) 2028 2504 Resíduos sólidos: um problema de caráter social, ambiental

Leia mais

SIMPLES NACIONAL. Eliana Souza de O. Guerrize

SIMPLES NACIONAL. Eliana Souza de O. Guerrize SIMPLES NACIONAL Eliana Souza de O. Guerrize OBJETIVO DO ENCONTRO Breve explanação da legislação Demonstrar alguns procedimentos SIMPLES NACIONAL SIMPLES NACIONAL Regime Especial Unificado de Arrecadação

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. AGENDA TRIBUTÁRIA FEDERAL (SRF e INSS)

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS AGENDA DE OBRIGAÇÕES MUNICIPIO/BAURU-SP. AGENDA TRIBUTÁRIA FEDERAL (SRF e INSS) AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS Dia 06/12/2011 SALÁRIOS - Pagamento de salários - mês de NOVEMBRO/2011 - Base legal: Art. 459, parágrafo único da CLT. Dia 07/12/2011 FGTS - Recolhimento do mês de NOVEMBRO/2011

Leia mais

CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 29/10 a 07/11/2013 LEGISLAÇÃO

CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 29/10 a 07/11/2013 LEGISLAÇÃO CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 29/10 a 07/11/2013 LEGISLAÇÃO Decreto nº 8.138, de 06.11.2013 DOU de 07.11.2013 - Dispõe sobre os bens destinados à pesquisa e à lavra de jazidas de petróleo e gás natural

Leia mais

ANO XXVI - 2015 3ª SEMANA DE FEVEREIRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 08/2015

ANO XXVI - 2015 3ª SEMANA DE FEVEREIRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 08/2015 ANO XXVI - 2015 3ª SEMANA DE FEVEREIRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 08/2015 IPI NOMENCLATURA COMUM DO MERCOSUL NCM PARTE I - CONSULTA À RECEITA FEDERAL... Pág. 101 ICMS RJ ESTADOS SIGNATÁRIOS DO PROTOCOLO

Leia mais

ANTECIPAÇÃO PARCIAL, DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA E SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

ANTECIPAÇÃO PARCIAL, DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA E SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANTECIPAÇÃO PARCIAL, DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA E SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANTECIPAÇÃO PARCIAL- ANTECIPAÇÃO SEM ENCERRAMENTO DE FASE 71. Qual a definição para o cálculo da antecipação parcial? Nas aquisições

Leia mais

ESTUDO SOBRE ARRECADAÇÃO DE IPVA E SUA PROPORCIONALIDADE EM RELAÇÃO À FROTA DE VEÍCULOS E À POPULAÇÃO BRASILEIRA

ESTUDO SOBRE ARRECADAÇÃO DE IPVA E SUA PROPORCIONALIDADE EM RELAÇÃO À FROTA DE VEÍCULOS E À POPULAÇÃO BRASILEIRA ESTUDO SOBRE ARRECADAÇÃO DE IPVA E SUA PROPORCIONALIDADE EM RELAÇÃO À FROTA DE VEÍCULOS E À POPULAÇÃO BRASILEIRA JOÃO ELOI OLENIKE GILBERTO LUIZ DO AMARAL LETÍCIA MARY FERNANDES DO AMARAL FERNANDO STEINBRUCH

Leia mais

Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009

Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Coordenação detrabalho e Rendimento Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009

Leia mais

A S S I P I. ICMS VENDAS INTERESTADUAIS NÃO CONTRIBUINTES Apresentação ASSIPI

A S S I P I. ICMS VENDAS INTERESTADUAIS NÃO CONTRIBUINTES Apresentação ASSIPI A S S I P I ICMS VENDAS INTERESTADUAIS NÃO CONTRIBUINTES Apresentação ASSIPI Os dados apresentados a seguir constam do texto da Emenda Substitutiva 5, aprovada no Senado Federal e publicada no Diário Oficial

Leia mais

NOVIDADES NA LEGISLAÇÃO DE ICMS PARA 2016

NOVIDADES NA LEGISLAÇÃO DE ICMS PARA 2016 NOVIDADES NA LEGISLAÇÃO DE ICMS PARA 2016 Operações Interestaduais destinadas para não contribuintes Alterações determinadas pela EC87/2015 Alterações relacionadas ao regime de substituição tributária

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Efetuadas diversas alterações no Cordilheira Escrita Fiscal com o objetivo de tratar a apuração do ICMS-ST, emissão de GNRE e geração da GIA-ST, bem

Leia mais

DECRETO Nº 4.886 DECRETA:

DECRETO Nº 4.886 DECRETA: DECRETO Nº 4.886 Introduz alterações no Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto nº 1.980, de 21 de dezembro de 2007. O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87,

Leia mais

Linha Temática II - Migrações Internas e Internacionais Contemporâneas em São Paulo... 55

Linha Temática II - Migrações Internas e Internacionais Contemporâneas em São Paulo... 55 Linha Temática II - Migrações Internas e Internacionais Contemporâneas em São Paulo...... 55 Distribuição relativa (%) de imigrantes bolivianos no Estado de São Paulo em 20 I O..._... 62 Distribuição relativa

Leia mais

Pergunte à CPA. Substituição Tributária entre os Estados de SP e MG

Pergunte à CPA. Substituição Tributária entre os Estados de SP e MG 12/06/2014 Pergunte à CPA Substituição Tributária entre os Estados de SP e MG Apresentação: Helen Mattenhauer Convênio e Protocolos CONVÊNIO: Constitui um acordo entre os Estados, cujo elaboração tem por

Leia mais

Tabela 4 - Participação das atividades econômicas no valor adicionado bruto a preços básicos, por Unidades da Federação - 2010

Tabela 4 - Participação das atividades econômicas no valor adicionado bruto a preços básicos, por Unidades da Federação - 2010 Contas Regionais do Brasil 2010 (continua) Brasil Agropecuária 5,3 Indústria 28,1 Indústria extrativa 3,0 Indústrias de transformação 16,2 Construção civil 5,7 Produção e distribuição de eletricidade e

Leia mais