Processos Patológicos Gerais 3º ano/2012 Carga horária 144 horas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Processos Patológicos Gerais 3º ano/2012 Carga horária 144 horas"

Transcrição

1 Processos Patológicos Gerais 3º ano/2012 Carga horária 144 horas Diretor do Depto de Ciências Patológicas Prof.Dr. Dino Martini Filho Coordenadora do Curso: Profa. Dra. Geanete Pozzan OJETIVOS GERAIS: Patologia é palavra de origem grega que significa estudo (logos) do sofrimento (pathos). Dedica-se ao estudo das alterações morfológicas e funcionais das células, tecidos e órgãos, encontradas nas diferentes doenças, sejam elas de natureza genética ou adquirida (infecciosa, nutricional, física, química). Além de estudar a etiologia e as alterações morfológicas, a patologia estuda o mecanismo pelo qual as doenças se desenvolvem (patogenia) e seu significado clínico (alterações funcionais). A anatomia patológica divide-se classicamente em Patologia Geral e Patologia Especial. O curso ministrado no 2º ano baseou-se nos principais mecanismos de agressão tecidual e os aspectos morfológicos das lesões celulares, abordando conceitos iniciais de adaptação celular, degenerações, morte celular e os distúrbios circulatórios. No terceiro ano, retomamos estes conceitos gerais, e os aplicamos no estudo dos processos inflamatórios (inespecíficos e específicos) e no estudo das neoplasias, procurando sempre correlacionar os achados anatomopatológicos com as manifestações clínico-laboratoriais, enfatizando a visão multidisciplinar para o melhor entendimento das doenças. O aprendizado de Patologia segue posteriormente com o estudo de Anatomia Patológica dos Órgãos e Sistemas, ministrada de maneira integrada com as cadeiras clínicas no segundo semestre do terceiro ano (Anatomia Patológica dos Órgãos e Sistemas I) e ao longo de todo o quarto ano (Anatomia Patológica dos Órgãos e Sistemas II). OJETIVOS ESPECÍFICOS: O aluno do terceiro ano do curso de graduação deve ser capaz de: Conhecer os conceitos gerais de lesão celular, adaptação, degenerações, morte celular.

2 Conhecer os conceitos de processo inflamatório agudo e crônico inespecífico, regeneração e reparação. Entender como se processam os fenômenos vasculares, os eventos celulares e o papel dos mediadores químicos e moléculas de adesão envolvidos neste processo. Distinguir o processo inflamatório crônico com resposta tecidual inespecífica daquele com reação tecidual específica, chamada de granulomatosa. Conhecer o padrão de resposta tecidual a diferentes agentes infecciosos: bactérias, micobactérias, vírus e fungos. Conhecer os conceitos gerais sobre os processos neoplásicos, sua classificação, bem como os mecanismos de crescimento e difusão das neoplasias. Compreender a importância prognóstica da graduação e estadiamento das neoplasias. Conhecer a etiopatogenia das neoplasias e a contribuição do estudo imunohistoquímico no seu diagnóstico e prognóstico. Ser capaz de reconhecer as alterações morfológicas dos Processos Patológicos Gerais discutidos durante o curso. Correlacionar estas alterações morfológicas com os sintomas, sinais e exames complementares presentes nas situações clínicas abordadas. Correlacionar estes conhecimentos básicos sobre os Processos Patológicos Gerais com o estudo da Patologia dos Órgãos e Sistemas, discutidas no curso pré-clinico e clínico (terceiro e quarto anos do curso de graduação), onde se aborda ainda a patogenia, evolução clínica e prognóstico das doenças mais prevalentes de modo multidisciplinar juntamente com as cadeiras clínicas e cirúrgicas.

3 EMENTA: FUNDAÇÃO ARNALDO VIEIRA DE CARVALHO - C.N.P.J.: / Compreender a importância do estudo de necropsias num hospital-escola e desenvolver o espírito crítico através da discussão de temas propostos ao longo do curso, baseados nos casos estudados. Conhecer os princípios que norteiam o preenchimento correto dos atestados de óbito. A disciplina estará voltada à compreensão da etiologia, fisiopatologia e alterações morfofuncionais dos seguintes temas: o Processos inflamatórios: Processos inflamatórios agudos e crônicos Modulação da resposta inflamatória Reparação e regeneração Estudo de doenças infecciosas com padrão de resposta tecidual granulomatosa. Estudo do padrão de resposta tecidual nas Doenças inflamatórias mediadas imunologicamente. o Processos neoplásicos: Conceitos gerais. Classificação e nomenclatura. Comportamento biológico. Crescimento e difusão. Graduação e estadiamento Fatores relacionados à gênese das neoplasias. Métodos diagnósticos e prognósticos.

4 Conteúdo programático: 1. Funções das células inflamatórias. Noções de Imunidade inata e adaptativa. 2. Prova Introdução à patologia. / Fisiopatologia geral das inflamações. Inflamação aguda: fenômenos vasculares e eventos celulares. Padrões da resposta inflamatória. 3. Mediadores químicos da inflamação. Modulação da resposta inflamatória. 4. Inflamação crônica. Reparação e regeneração. 5. Alterações anatomopatológicas das doenças inflamatórias mediadas imunologicamente. 6. Aula prática I processos inflamatórios 7. Tuberculose. Hanseníase. 8. Aula prática II processos inflamatórios 9. Sífilis. Micoses. 10. Aula prática III processos inflamatórios 11. Correlação clínico patológica inflamações 12. Prova patologia 13. Neoplasias Conceitos gerais. Classificação e nomenclatura. Comportamento biológico. 14. Crescimento e difusão das neoplasias. Graduação e estadiamento. 15. Fatores relacionados à gênese das neoplasias. Métodos diagnósticos e prognósticos. 16. Aula prática IV neoplasias 17. Aula prática V neoplasias 18. Correlação clínico-patológica neoplasias 19. Prova patologia 20. Período de revisão para prova teórico-prática 21. Prova teórico-prática patologia

5 METODOLOGIA DE ENSINO: As aulas teóricas formais são ministradas para 50% dos alunos (Divisão da turma em dois grupos A e ), estimulando o desenvolvimento de discussões clínico-patológicas. Nas aulas práticas os grupos A e são subdivididos em 3grupos (Grupos A1, A2, A3 e 1, 2, 3). As aulas práticas devem ser acompanhadas pelos roteiros de estudo, disponibilizados aos alunos. O curso compreende 60 horas dedicadas à discussão anatomoclínica de casos de necropsia. Os alunos são divididos em 3 grupos que correspondem aos três rodízios do período da manhã. O estudo das necropsias será realizado em duas etapas: (1) estudo macroscópico das alterações identificadas no momento da necropsia e discussão sobre a elaboração do atestado de óbito e, (2) apresentação do estudo microscópico e discussão anatomoclínica, com a participação de professores da Propedêutica e Clínica Médica. CRONOGRAMA CONTENDO HORÁRIOS, AULAS E DOCENTES. Data Horário Tema Docente 02/02 Pato 1 13:00/17:00 Funções das células inflamatórias. Prof a. D ra. Wilma C. Neves Forte 5ª f. A Pato 2 13:00/17:00 Fisiopatologia geral das inflamações. Prof.Dr. Dino Martini Filho Inflamação aguda: fenômenos vasculares e eventos celulares. Padrões da resposta inflamatória 03/02 PATO 6ª f. Gru A 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru A 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 03/02 Pato 2 13:00/17:00 Fisiopatologia geral das inflamações. Prof.Dr. Dino Martini Filho 6ª f. A Inflamação aguda: fenômenos vasculares e eventos celulares. Padrões da resposta inflamatória Pato 1 13:00/17:00 Funções das células inflamatórias. Prof a. D ra. Wilma C. Neves Forte

6 07/02 PATO 3ª.f. Gru A 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru A 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 09/02 Pato 3 13:00/17:00 Mediadores químicos da inflamação. Prof.Dr. Dino Martini Filho 5ª.f. A Modulação da resposta inflamatória. Pato 4 13:00/17:00 Inflamação crônica. Reparação e regeneração. Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes 10/02 PATO 6ª f. Gru A 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru A 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 14/02 PATO 3ª f. Gru A 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru A 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 16/02 Pato 4 13:00/17:00 Inflamação crônica. Reparação e regeneração. Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes 5ª.f. A Pato 3 13:00/17:00 Mediadores químicos da inflamação. Prof.Dr. Dino Martini Filho Modulação da resposta inflamatória. 17/02 PATO 6ª f. Gru A 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru A 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 23/02 Pato 5 13:00/17:00 Alterações anatomopatológicas das doenças Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes 5ª.f. inflamatórias mediadas imunologicamente Pato 6 13:00/17:00 Pratica inflamações I Prof a. D ra. Geanete Pozzan A Prof a. D ra. Maria Antonieta L. Galvão Prof a. D ra. Geanete Pozzan

7 24/02 PATO 6ª f. Gru A 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru A 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 28/02 PATO 3ª.f. Gru A 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru A 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 29/02 Pato 6 13:00/17:00 Pratica inflamações I Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi 4ª.f. Prof a. D ra. Helena Müller Prof a. D ra. Maria de Fátima Araújo Pato 5 13:00/17:00 Alterações anatomopatológicas das doenças Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes A inflamatórias mediadas imunologicamente 01/03 Pato 7 13:00/17:00 Tuberculose Prof a. D ra. Helena Müller 5ª.f. A Hanseníase Prof a. D ra. Helena Müller 02/03 PATO 6ª f. Gru A 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru A 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 06/03 PATO 3ª f. Gru A 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru A 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 06/03 Pato 7 13:00/17:00 Tuberculose Prof a. D ra. Helena Müller 3ª f. Hanseníase Prof a. D ra. Helena Müller 09/03 PATO 6ª.f Gru A 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru A 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan

8 13/03 PATO 3ª.f. Gru A 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru A 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 15/03 Pato 8 13:00/17:00 Prática inflamações II Prof a. D ra. Geanete Pozzan 5ª.f. A Prof a. D ra. Maria Antonieta L. Galvão Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes 16/03 PATO 6ª.f Gru A 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru A 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 16/03 Pato 8 13:00/17:00 Prática inflamações II Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi 6ª.f. Prof a. D ra. Helena Müller Prof a. D ra. Maria de Fátima Araújo 20/03 PATO 3ª.f. Gru A 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru A 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 22/03 Pato 9 13:00/17:00 Sífilis Prof a. D ra. Helena Müller 5ª.f. A Micoses 23/03 PATO 6ª.f Gru A 09:00/12:00 Apresentação dos seminários Prof a. D ra. Geanete Pozzan 27/03 PATO 3ª.f. Gru 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 27/03 Pato 9 13:00/17:00 Sífilis Prof a. D ra. Helena Müller 3ª.f. Micoses

9 29/03 Pato 10 13:00/17:00 Pratica inflamações III Prof a. D ra. Geanete Pozzan 5ª.f. A Prof a. D ra. Maria Antonieta L. Galvão Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes Pato 11 13:00/17:00 Correlação clínico-patológica inflamações Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes 30/03 PATO 6ª.f Gru 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 03/04 PATO 3ª.f. Gru 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 10/04 PATO 3ª.f. Gru 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 12/04 Pato 11 13:00/17:00 Correlação clinicopatológica inflamações Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes 5ª.f. A Pato 10 13:00/17:00 Pratica inflamações III Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Prof a. D ra. Helena Müller Prof a. D ra. Maria de Fátima Araújo 13/04 PATO 6ª.f Gru 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 17/04 PATO 3ª.f. Gru 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan

10 20/04 PATO FUNDAÇÃO ARNALDO VIEIRA DE CARVALHO - C.N.P.J.: / ª.f Gru 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 24/04 PATO 3ª.f. Gru 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 27/04 PATO 6ª.f. Gru 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 27/04 Pato 12 13:00/17:00 PRIMEIRA PROVA DE PATOLOGIA 6ª.f. A/ 03/05 Pato 13 13:00/17:00 Neoplasias Conceitos gerais. Classificação e Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes 5ª.f. A nomenclatura. Comportamento biológico. 04/05 PATO 6ª.f. Gru 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia 08/05 PATO 3ª.f. Gru 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 08/05 Pato 13 13:00/17:00 Neoplasias Conceitos gerais. Classificação e Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes 3ª.f. nomenclatura. Comportamento biológico. 10/05 Pato 14 13:00/17:00 Crescimento e difusão das neoplasias. Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes 5ª.f. A Graduação e estadiamento. Pato 15 13:00/17:00 Fatores relacionados à gênese das neoplasias. Métodos diagnósticos e prognósticos Prof a. D ra. Maria Antonieta L. Galvão

11 11/05 PATO FUNDAÇÃO ARNALDO VIEIRA DE CARVALHO - C.N.P.J.: / ª.f. Gru 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 15/05 PATO 3ª.f. Gru 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 17/05 Pato 15 13:00/17:00 Fatores relacionados à gênese das neoplasias. Prof a. D ra. Maria Antonieta L. Galvão 5ª.f. A Métodos diagnósticos e prognósticos Pato 14 13:00/17:00 Crescimento e difusão das neoplasias. Graduação e estadiamento. Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes 18/05 PATO 6ª.f. Gru 09:00/12:00 Apresentação dos seminários Prof a. D ra. Geanete Pozzan 22/05 PATO 3ª.f. Gru C 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru C 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 24/05 Pato 16 13:00/17:00 Aula prática neoplasias I Prof a. D ra. Geanete Pozzan 5ª.f. A Prof a. D ra. Maria Antonieta L. Galvão Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes Pato 17 13:00/17:00 Correlação clinicopatológica neoplasias Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi 25/05 PATO 6ª.f. Gru C 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru C 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan

12 29/05 PATO 3ª.f. Gru C 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru C 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 31/05 Pato 17 13:00/17:00 Correlação clinicopatológica neoplasias Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi 5ª.f A Pato 16 13:00/17:00 Aula prática neoplasias I Prof a. D ra. Geanete Pozzan Prof a. D ra. Maria Antonieta L. Galvão Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes 01/06 PATO 6ª.f. Gru C 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru C 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 04/06 Pato 18 15:00/17:00 Aula prática neoplasias II Prof a. D ra. Geanete Pozzan 2ª.f A Prof a. D ra. Maria Antonieta L. Galvão Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes 05/06 PATO 3ª.f Gru C 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru C 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 05/06 Pato 18 13:00/17:00 Aula prática neoplasias II Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi 3ª.f Prof a. D ra. Helena Müller Prof a. D ra. Maria de Fátima Araújo Prof a. D ra. Lycia Mara Jenné Mimica 12/06 PATO 3ª.f Gru C 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru C 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan

13 15/06 PATO 6ª.f Gru C 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru C 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 15/06 Pato 19 SEGUNDA PROVA DE PATOLOGIA 6ª.f A/ 19/06 PATO 3ª.f Gru C 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru C 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 21/06 Pato 20 13:00/15:00 Revisão de laminas prova prática patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 5ª.f. A Prof a. D ra. Maria Antonieta L. Galvão Prof.Dr. Roberto Antonio P. Paes Pato 20 15:00/17:00 Revisão de laminas prova prática patologia Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Prof a. D ra. Helena Müller Prof a. D ra. Maria de Fátima Araújo 22/06 PATO 6ª.f. Gru C 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru C 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 22/06 Pato 21 13:00/17:00 PROVA TEORICO-PRATICA PATOLOGIA Prof.Dr. Pedro Paulo Chieffi 6ª.f. A/ Prof a. Maria Aparecida Paschoallotti 26/06 PATO 3ª.f Gru C 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru C 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan

14 29/06 PATO FUNDAÇÃO ARNALDO VIEIRA DE CARVALHO - C.N.P.J.: / ª.f. Gru C 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Geanete Pozzan Gru C 10:30/12:00 Discussão clínico-patológica sala 34 Patologia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 03/07 PATO 3ª.f Gru C 08:00/10:30 Aula de necropsia Necrotério Prof a. D ra. Fabíola Del Carlo ernardi Gru C 10:30/12:00 Seminário / monografia Prof a. D ra. Geanete Pozzan 04/07 Pato 13:00/17:00 PROVA SUSTITUTIVA PATOLOGIA 4ª.f 06/07 PATO 6ª.f. Gru C 09:00/12:00 Apresentação dos seminários Prof a. D ra. Geanete Pozzan 11/07 Pato 13:00/17:00 Exame de 1ª Época de Patologia 4ª.f. 16/07 a 31/07 Recesso Acadêmico CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO: COGNITIVA (CONHECIMENTOS): o Provas parciais teóricas (duas), utilizando questões dissertativas e testes de múltipla escolha. A avaliação na forma de testes é sempre cumulativa, ou seja, em todas as provas é cobrado todo o conteúdo abordado até o momento. As questões dissertativas referem-se ao conteúdo do bloco estudado. o Seminário e monografia: Os alunos, divididos em grupos, deverão produzir, ao final de cada bloco do curso de necropsias, monografia e apresentar um seminário sobre temas apresentados a cada grupo pelos professores do departamento.

15 PSICOMOTORA (HAILIDADES): o Prova Teórico-prática, relacionada ao estudo das lâminas (aulas práticas): consiste na capacidade de reconhecer as alterações morfológicas que caracterizam os principais processos patológicos e capacidade de correlacionar estas alterações com o conhecimento teórico ministrado. AFETIVA (ATITUDES): o Conceito de aulas práticas: Avaliação do comportamento, da postura e participação dos alunos durante as aulas práticas e durante o curso de necropsias. MÉDIA FINAL: A média final de aproveitamento será obtida da seguinte maneira: o Média aritmética das provas teóricas parciais Peso 6 o Prova teórico prática - Peso 2 o Seminário e Monografia Peso 1 o Conceito de aula prática: Peso 1 REFERÊNCIAS ILIOGRÁFICAS: ÁSICA: RASILEIRO FILHO, G. et al. ogliolo: Patologia. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan 8ª edição, ROINS E COTRAN. Patologia ases Patológicas das Doenças 8º edição COMPLEMENTAR: RUIN, Emanuel, et al. Rubin Patologia ases Clínico-Patológicas da Medicina. 4º Edição, 2006.

16 CORPO DOCENTE: Prof. Dr. Dino Martini Filho FUNDAÇÃO ARNALDO VIEIRA DE CARVALHO - C.N.P.J.: / Profa Eliane F Taddeo (propedêutica) Profa Dra Fabíola Del Carlo ernardi Profa. Dra. Geanete Pozzan Profa Dra Helena Muller Prof Dr José Carlos de Aguiar onadia (propedêutica) Prof. Dr. José Donato de Próspero Profa Dra.Maria Antonieta Longo Galvão Silva Profa. Dra. Maria de Fátima Araújo Nascimento Prof. Dr. Roberto Antonio Pinto Paes Grupos de Aula Prática: A1 Profa Dra Geanete Pozzan A2 Profa. Dra. Maria Antonieta Longo Galvão A3 Profa Dra Helena Müller 1 Prof Dra Fabiola Del Carlo ernardi 2 - Prof. Dr Roberto Antonio Pinto Paes 3 Profa Dra Maria de Fatima Araujo Profa. Dra. Geanete Pozzan Coordenadora da Disciplina de Processos Patológicos gerais Prof.Dr. Dino Martini Filho Chefe do Departamento de Ciências Patológicas FCMSCSP

17

PROGRAMA INTEGRADO DA DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À PATOLOGIA GERAL E AOS MECANISMOS DE AGRESSÃO E DEFESA 2º Ano 2013

PROGRAMA INTEGRADO DA DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À PATOLOGIA GERAL E AOS MECANISMOS DE AGRESSÃO E DEFESA 2º Ano 2013 PROGRAMA INTEGRADO DA DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À PATOLOGIA GERAL E AOS MECANISMOS DE AGRESSÃO E DEFESA 2º Ano 2013 Departamento de Ciências Patológicas da FCMSCSP Chefe do Departamento: Prof.Dr. Dino Martini

Leia mais

CURSO DE FARMÁCIA Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 PLANO DE CURSO

CURSO DE FARMÁCIA Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 PLANO DE CURSO CURSO DE FARMÁCIA Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 Componente Curricular: Patologia Geral Código: FAR 314 Pré-requisito: - Período Letivo: 2015.1 Professor:

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Bloco I - Apresentação da disciplina

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Bloco I - Apresentação da disciplina PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO 1 PROGRAMA DE DISCIPLINA Bloco I - Apresentação da disciplina Disciplina PATOLOGIA AMBIENTAL Código CBI 213 Departamento DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - DECBI Unidade ICEB

Leia mais

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 64823 MICROBIOLOGIA GERAL 17/34 ODONTOLOGIA MICROBIOLOGIA

Leia mais

Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de SP Curso de Graduação em Enfermagem Autorização em 04/12/00 Parecer No. 1115/00

Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de SP Curso de Graduação em Enfermagem Autorização em 04/12/00 Parecer No. 1115/00 PROGRAMA DA DISCIPLINA DE MICROBIOLOGIA Plano de Ensino Ano Letivo 2012 1º Semestre CHEFE DA DISCIPLINA: Profª Dra. Lycia Mara Jenné Mímica COORDENADOR DO CURSO: CORPO DOCENTE: Profª. Alessandra Navarini

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO EMENTAS DISCIPLINAS MATRIZ 3 1º AO 3º PERÍODO 1 º Período C.H. Teórica: 90 C.H. Prática: 90 C.H. Total: 180 Créditos: 10

Leia mais

Curso de Graduação em Medicina

Curso de Graduação em Medicina Curso de Graduação em Medicina Disciplina: Histologia e Citologia Ano: 2012 Série: 1º ano Carga Horária: 172 horas teórico-práticas Departamento: ogia Coordenador: Profa. Duarte Barros Considerações: A

Leia mais

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now. 1 Conteúdos e Práticas do Programa de Residência Médica em Patologia 1) Objetivos gerais do programa: Como médico, o patologista deverá exercer suas atividades segundo os preceitos éticos, com humanismo,

Leia mais

INTRODUÇÃO À PATOLOGIA Profª. Thais de A. Almeida

INTRODUÇÃO À PATOLOGIA Profª. Thais de A. Almeida INTRODUÇÃO À PATOLOGIA Profª. Thais de A. Almeida DEFINIÇÃO: Pathos: doença Logos: estudo Estudo das alterações estruturais, bioquímicas e funcionais nas células, tecidos e órgãos visando explicar os mecanismos

Leia mais

SELEÇÃO EXTERNA DE PROFESSORES. Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO

SELEÇÃO EXTERNA DE PROFESSORES. Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO SELEÇÃO EXTERNA DE PROFESSORES Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO A coordenadora do curso de Medicina, Profa. Alessandra Duarte Clarizia, nos termos das regras fixadas pela Pró-Reitoria de Graduação do

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE CAMPOS

FACULDADE DE MEDICINA DE CAMPOS F.B.P.N. FACULDADE DE MEDICINA DE CAMPOS Bases da Anatomia - Sustentação 005.006.001/16.508 C.A.P PLANO DE CURSO 1º período - 2014 I. IDENTIFICAÇÃO: FACULDADE DE MEDICINA DE CAMPOS DISCIPLINA: ANATOMIA

Leia mais

Área de Biologia Craniofacial e Biomateriais

Área de Biologia Craniofacial e Biomateriais Bibliografia e tópicos para a prova de seleção 2013 (Mestrado / Doutorado) Área de Biologia Craniofacial e Biomateriais Tópicos - Mestrado e Doutorado (prova teórica*) *O candidato poderá excluir um número

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PNEUMOLOGIA Ato de Oficialização: ATA de 12.03.1992 Conselho Departamental

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PNEUMOLOGIA Ato de Oficialização: ATA de 12.03.1992 Conselho Departamental PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PNEUMOLOGIA Ato de Oficialização: ATA de 12.03.1992 Conselho Departamental 1. Nome do Curso e Área de Conhecimento: Curso de Especialização em

Leia mais

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: Patologia Geral Código: ODO-010 Pré-requisito: - Período Letivo:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS. 1. Modalidade da Ação. 2. Apresentação do Proponente

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS. 1. Modalidade da Ação. 2. Apresentação do Proponente UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS 1. Modalidade da Ação Projeto - Ação Processual e contínua de caráter educativo, social, cultural, científico

Leia mais

CURSO: MEDICINA 1º PERÍODO Nº DE AULAS SEMANAIS AULAS. Anatomia Sistêmica e Aplicada I 04 06 200 166. Histologia 03 03 120 100

CURSO: MEDICINA 1º PERÍODO Nº DE AULAS SEMANAIS AULAS. Anatomia Sistêmica e Aplicada I 04 06 200 166. Histologia 03 03 120 100 CURSO: MEDICINA 1º PERÍODO Anatomia Sistêmica e Aplicada I 04 06 200 166 Histologia 03 03 120 100 Biologia Celular 03-60 50 Bioquímica Celular 04-80 66 Embriologia Aplicada 01 02 60 50 Iniciação á Prática

Leia mais

Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1

Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1 Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1 MED-100 - Unidades de Ensino da área de conhecimento das bases moleculares e celulares dos processos normais e alterados, da estrutura e função

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA: BIOQUÍMICA

PROGRAMA DE DISCIPLINA: BIOQUÍMICA PROGRAMA DE DISCIPLINA: BIOQUÍMICA Departamento de Ciências Fisiológicas Carga horária total: 188h Ano letivo: 2012 - Série: 1º ano - Curso de Medicina Coordenador: Professor Doutor Wagner Ricardo Montor

Leia mais

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 Eixos longitudinais, conteúdos e objetivos cognitivos psicomotores Eixos transversais, objetivos Per. 1º Ano eixo integrador: O CORPO HUMANO CH INT. COMUM. HAB.

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Logotipo

Universidade Federal de Minas Gerais Logotipo Página 1 de 7 /09/23 APROVAÇÃO LEGENDA CÂMARA DE PÓS GRADUAÇÃO 26/08/1975 AC - ÁREA DE CONCENTRAÇÃO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DOCUMENTO 05/09/1975 PARECER CH - CARGA

Leia mais

Rua Dr. Cesário Motta Jr., 61- CEP: 01221-020 - São Paulo - SP. Telefone: (55 11) 3367-7700 www.fcmscsp.edu.br

Rua Dr. Cesário Motta Jr., 61- CEP: 01221-020 - São Paulo - SP. Telefone: (55 11) 3367-7700 www.fcmscsp.edu.br PROGRAMAÇÃO DAS DISCIPLINAS DE SISTEMA URINÁRIO E ANATOMIA PATOLÓGICA I Departamento de Clínica Médica da FCMSCSP Departamento de Cirurgia da FCMSCSP Departamento de Ciências Patológicas da FCMSCSP 3º

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX 1. Nome do Curso e Área de Conhecimento: Curso de Especialização em Diagnóstico por Imagem do Tórax 4.01.00.00-6

Leia mais

EDITAL Nº 01/COREMU/UFRA/2016 ANEXO III ROTEIRO DA PROVA PRÁTICA ESPECÍFICA POR ÁREA

EDITAL Nº 01/COREMU/UFRA/2016 ANEXO III ROTEIRO DA PROVA PRÁTICA ESPECÍFICA POR ÁREA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM ÁREA PROFISSIONAL DE SAÚDE EM MEDICINA VETERINÁRIA EDITAL Nº 01/COREMU/UFRA/2016

Leia mais

residência mastologia

residência mastologia residência RESIDÊNCIA Médica em mastologia CADERNO DO CURSO Reprodução autorizada pelo autor somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino, não sendo autorizada sua reprodução para quaisquer

Leia mais

PLANO DE CURSO 4 PERÍODO ANO: 2013.2

PLANO DE CURSO 4 PERÍODO ANO: 2013.2 PLANO DE CURSO 4 PERÍODO ANO: 2013.2 CURSO: MEDICINA DISCIPLINA: SEMIOLOGIA CARGA HORÁRIA: 432 horas PROFESSOR TITULAR: Edino Jurado PROFESSORES:Cláudio Teixeira, Edilberto Paravidine, Evaldo Otal, Ézil

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MEDICINA VETERINÁRIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 249 Optativos: 12.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MEDICINA VETERINÁRIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 249 Optativos: 12. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:10:25 Curso : MEDICINA

Leia mais

CURSO DE COMPLEMENTAÇÃO ESPECIALIZADA TRICOLOGIA & ONICOPATIAS

CURSO DE COMPLEMENTAÇÃO ESPECIALIZADA TRICOLOGIA & ONICOPATIAS CURSO DE COMPLEMENTAÇÃO ESPECIALIZADA TRICOLOGIA & ONICOPATIAS Período de Seleção 10 de outubro a 07 de novembro de 2014 Taxa de Inscrição R$ 100,00 Taxa de Matrícula R$ 400,00 Mensalidade R$ 724,00 Forma(s)

Leia mais

ODONTOLOGIA PERIODONTIA I. 5º Período / Carga Horária: 90 horas

ODONTOLOGIA PERIODONTIA I. 5º Período / Carga Horária: 90 horas ODONTOLOGIA PERIODONTIA I 5º Período / Carga Horária: 90 horas 1. PRÉ-REQUISITO: Biossegurança e Orientação Profissional Odontológica; Diagnóstico por Imagem I; Patologia Buço Denta. 2. EMENTA: O aluno

Leia mais

SELEÇÃO INTERNA DE PROFESSORES. Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO

SELEÇÃO INTERNA DE PROFESSORES. Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO SELEÇÃO INTERNA DE PROFESSORES Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO A coordenadora do curso de Medicina, Profa. Alessandra Duarte Clarizia, nos termos das regras fixadas pela Pró-Reitoria de Graduação do

Leia mais

Estrutura Curricular do Curso de Medicina Habilitação: Bacharel em Medicina Carga Horária: 8220 horas Regime: Semestral Turno de Aplicação: Integral

Estrutura Curricular do Curso de Medicina Habilitação: Bacharel em Medicina Carga Horária: 8220 horas Regime: Semestral Turno de Aplicação: Integral FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína. ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 Fone:

Leia mais

PLANO DE CURSO 1ª SÉRIE ANO: 2008

PLANO DE CURSO 1ª SÉRIE ANO: 2008 PLANO DE CURSO 1ª SÉRIE ANO: 2008 CURSO: MEDICINA DEPARTAMENTO: SAÚDE COLETIVA DISCIPLINA: IMUNOLOGIA BÁSICA CARGA HORÁRIA: 72h/a PROFESSORES: Prof. Dr. Valmir Laurentino Silva Prof a. Dr a. Maria das

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO EDITAL 08/2014 O Prof. Cléber José Mazzoni, coordenador da Comissão de Monitoria, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições para os Programas de Monitoria 2014/15, conforme segue:

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia em Angiologia Código: Fisio 228 Pré-Requisito: ------- Período Letivo:

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ENFERMAGEM Atividades Complementares Compreende atividades extracurriculares desenvolvidas conforme opção do aluno, correlacionadas com os objetivos gerais

Leia mais

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NO PRÓ-SAÚDE/FAMEB/UFBA.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NO PRÓ-SAÚDE/FAMEB/UFBA. UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA FACULDADE DE MEDICINA DA BAHIA - FAMEB 199 anos Grupo Gestor do Projeto Pró-Saúde (Ministério da Saúde FAMEB/UFBA) Pavilhão de Aulas da FAMEB, Av. Reitor Miguel Calmon Campus

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE BIOMEDICINA Introdução à Biomedicina Apresentação ao aluno das diversas áreas de atuação do profissional Biomédico analisando a estrutura curricular oferecida

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE Credenciada pela Portaria/MEC nº 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ: 03.866.544/0001-29 e Inscrição Municipal nº 005.312-3

Leia mais

APLICAÇÃO DO ULTRASSOM NA ESTÉTICA CORPORAL NO TRATAMENTO DO FIBRO EDEMA GELÓIDE (FEG).

APLICAÇÃO DO ULTRASSOM NA ESTÉTICA CORPORAL NO TRATAMENTO DO FIBRO EDEMA GELÓIDE (FEG). APLICAÇÃO DO ULTRASSOM NA ESTÉTICA CORPORAL NO TRATAMENTO DO FIBRO EDEMA GELÓIDE (FEG). Cintia Tosoni Leonardo Ribeiro (*) Monia Luci Pawlowski (*) Tatiane Costa de Sousa (*) (*) Acadêmicas do CST em Estética

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 2.891, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2002

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 2.891, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2002 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 2.891, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2002 Define o currículo do Curso de Graduação em Odontologia. O REITOR

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FAMERP PLANO DE ENSINO. Carga horária Total:

FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FAMERP PLANO DE ENSINO. Carga horária Total: FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FAMERP CURSO DE : MEDICINA SÉRIE: 1ª. série ANO LETIVO: 2010 BLOCO I IDENTIFICAÇÃO Código da Disciplina PLANO DE ENSINO Nome da Disciplina Biologia Molecular

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO FACULDADE DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: HISTOLOGIA DOS ÓRGÃOS GRADE: RESOLUÇÃO CEPEC Nº 831 SEMESTRE: 2 ANO: 2011 MATRIZ

Leia mais

Bacharelado em Medicina Veterinária

Bacharelado em Medicina Veterinária Bacharelado em Medicina Veterinária INFORMAÇÕES Duração do Curso: 05 anos (10 semestres) Horário: Manhã Número de Vagas: 100 anuais Coordenador: Profº Dr. Carlos Tadeu Bandeira de Lavor O CURSO O Curso

Leia mais

SELEÇÃO EXTERNA DE PROFESSORES. Cursos de Ciências Biológicas, Engenharia de Alimentos, Farmácia, Fisioterapia e Nutrição EDITAL DE SELEÇÃO

SELEÇÃO EXTERNA DE PROFESSORES. Cursos de Ciências Biológicas, Engenharia de Alimentos, Farmácia, Fisioterapia e Nutrição EDITAL DE SELEÇÃO SELEÇÃO EXTERNA DE PROFESSORES Cursos de Ciências Biológicas, Engenharia de Alimentos, Farmácia, Fisioterapia e Nutrição EDITAL DE SELEÇÃO Os (as) coordenadores (as) dos cursos de Ciências Biológicas,

Leia mais

ADENDO AO EDITAL N.º 037/2015 MATRÍCULA PARA CLASSE ESPECIAL 2015-2

ADENDO AO EDITAL N.º 037/2015 MATRÍCULA PARA CLASSE ESPECIAL 2015-2 ADENDO AO EDITAL N.º 037/2015 MATRÍCULA PARA CLASSE ESPECIAL 2015-2 Mônica Gomes Abel, Secretária Geral do Centro Universitário São Camilo, no uso de suas atribuições e por ordem da Profa. Dra. Margareth

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMATICO PARA PROVA DE TRANSFERÊNCIA MEDICINA UNITAU

CONTEÚDO PROGRAMATICO PARA PROVA DE TRANSFERÊNCIA MEDICINA UNITAU CONTEÚDO PROGRAMATICO PARA PROVA DE TRANSFERÊNCIA MEDICINA UNITAU PARA O 2º PERÍODO: - Bases Morfológicas Médicas I: 1-Terminologia e mecanismos do desenvolvimento. 2-Gametogênese. 3-Fertilização. 4-Desenvolvimento

Leia mais

PEDIATRIA CLÍNICA 1. OBJETIVOS

PEDIATRIA CLÍNICA 1. OBJETIVOS PEDIATRIA CLÍNICA PROGRAMA PARA O 6º. ANO DE MEDICINA 2015 Estágio obrigatório em tempo integral, que visa à formação em Pediatria Geral, em estagio prático, sob supervisão docente, com ênfase ao raciocínio

Leia mais

ODONTOLOGIA BIOSSEGURANÇA E ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL ODONTOLOGICA 3º Período / Carga Horária: 72 Horas

ODONTOLOGIA BIOSSEGURANÇA E ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL ODONTOLOGICA 3º Período / Carga Horária: 72 Horas ODONTOLOGIA BIOSSEGURANÇA E ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL ODONTOLOGICA 3º Período / Carga Horária: 72 Horas 1. PRÉ-REQUISITO: Não há pré-requisito 2. EMENTA: Estudar a definição, histórico, aplicações, simbologia

Leia mais

Hospital de Base do Distrito Federal - HBDF Unidade de Ginecologia Oncológica / UGON Estágio médico em Ginecologia Oncológica

Hospital de Base do Distrito Federal - HBDF Unidade de Ginecologia Oncológica / UGON Estágio médico em Ginecologia Oncológica 1. Observações gerais: Estágio de capacitação em Ginecologia Oncológica da Unidade de Ginecologia Oncológica (UGON) do Hospital de Base do Distrito Federal: O estágio em Ginecologia Oncológica da Unidade

Leia mais

ANEXO. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 4ª etapa do curso

ANEXO. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 4ª etapa do curso ANEXO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 4ª etapa do curso Células e Tecidos do Sistema Imune Anatomia do sistema linfático Inflamação aguda e crônica Mecanismos de agressão por

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE MEDICINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE MEDICINA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE MEDICINA PLANO DE ENSINO DO MÓDULO Introdução ao estudo da medicina II área do conhecimento Clínica Médica/ Cardiologia (2013/semestre

Leia mais

No Estágio Curricular Supervisionado em História II a carga horária será de: Teoria- 40h/aula e Prática - 60h: Estágio de regência na escola.

No Estágio Curricular Supervisionado em História II a carga horária será de: Teoria- 40h/aula e Prática - 60h: Estágio de regência na escola. UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA CURSO DE HISTÓRIA/LICENCIATURA MANUAL DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO EM HISTÓRIA Apresentação O Estágio Curricular Supervisionado

Leia mais

COMPROMETIMENTO COM OS ANIMAIS, RESPEITO POR QUEM OS AMA.

COMPROMETIMENTO COM OS ANIMAIS, RESPEITO POR QUEM OS AMA. COMPROMETIMENTO COM OS ANIMAIS, RESPEITO POR QUEM OS AMA. CITOLOGIA CLÍNICA O exame citológico é uma das grandes ferramentas para auxiliar o médico veterinário no diagnóstico, prognóstico e na tomada de

Leia mais

CURSO DE COMPLEMENTAÇÃO ESPECIALIZADA ONCOLOGIA CUTÂNEA

CURSO DE COMPLEMENTAÇÃO ESPECIALIZADA ONCOLOGIA CUTÂNEA CURSO DE COMPLEMENTAÇÃO ESPECIALIZADA ONCOLOGIA CUTÂNEA Período de Seleção 10 de outubro a 07 de novembro de 2014 Taxa de Inscrição R$ 100,00 Taxa de Matrícula R$ 400,00 Mensalidade R$ 724,00 Forma(s)

Leia mais

Curso de Especialização em Endodontia

Curso de Especialização em Endodontia Curso de Especialização em Endodontia Coordenador: Prof. Nilton Vivacqua EndodontiaAvancada.com OBJETIVOS DO CURSO Este curso tem como objetivos colocar à disposição de clínicos gerais, a oportunidade

Leia mais

1. GRADE CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA BIOTECNOLÓGICA

1. GRADE CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA BIOTECNOLÓGICA 1. GRADE CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA BIOTECNOLÓGICA 1 2. CARACTERÍSTICAS GERAIS DO CURSO DE ENGENHARIA BIOTECNOLÓGICA Para melhor entendimento desta proposta de reestruturação curricular apresentamos

Leia mais

DISCIPLINAS CHP CHS CHST CHSP

DISCIPLINAS CHP CHS CHST CHSP MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA (Bacharelado) Aplicada aos Ingressantes a partir de 2011/1 Turnos Integral Matutino/Vespertino e Integral Vespertino/Noturno 1 o Período BIOLOGIA CELULAR

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 179/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 179/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 179/2012 Altera o Currículo do Curso de Medicina, para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MED- 035/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

2º CICLO MÓDULO IV OBJETIVOS DO CICLO

2º CICLO MÓDULO IV OBJETIVOS DO CICLO CURSO DE MEDICINA O currículo do Curso de Medicina da UCG será desenvolvido a partir de dois grandes eixos:?eixo teórico-prático integrado Eixo do desenvolvimento pessoal No eixo teórico-prático integrado,

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 COMPONENTE CURRICULAR: Fisioterapia em Dermatologia

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 COMPONENTE CURRICULAR: Fisioterapia em Dermatologia CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 COMPONENTE CURRICULAR: Fisioterapia em Dermatologia CÓDIGO: Fisio 227 CH TOTAL: 60hs PRÉ-REQUISITO: -----

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO Biologia Geral, Citologia e Genética Estudo da célula, seus componentes e relação com as funções

Leia mais

BIOESTATÍSTICA Ementa: Desenvolvimento do aprendizado de estatística descritiva, análise dos dados, probabilidade, amostragem, testes estatísticos.

BIOESTATÍSTICA Ementa: Desenvolvimento do aprendizado de estatística descritiva, análise dos dados, probabilidade, amostragem, testes estatísticos. 1º SEMESTRE ANATOMIA I Construção geral do corpo. Anatomia ósteo-articular. Miologia. Sistema Cardiovascular. Sistema respiratório, digestivo e urogenital. Neuroanatomia. Anatomia Radiológica. CITOLOGIA

Leia mais

MANUAL DO ALUNO ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL LATINO AMERICANA INSTITUTO SUL-AMERICANO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO SETOR ACADÊMICO

MANUAL DO ALUNO ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL LATINO AMERICANA INSTITUTO SUL-AMERICANO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO SETOR ACADÊMICO 2015 MANUAL DO ALUNO ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL LATINO AMERICANA INSTITUTO SUL-AMERICANO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO SETOR ACADÊMICO Organizadores: Setor Acadêmico e Administrativo do ISPED Mmanmanual Página

Leia mais

Rejeição de Transplantes Doenças Auto-Imunes

Rejeição de Transplantes Doenças Auto-Imunes Rejeição de Transplantes Doenças Auto-Imunes Mecanismos da rejeição de transplantes Envolve várias reações de hipersensibilidade, tanto humoral quanto celular Habilidade cirúrgica dominada para vários

Leia mais

DRT: Professor(es): Eder de Carvalho Pincinato 1134997 Carga horária: 4 horas/aula (2 hs teóricas e 2 hs práticas

DRT: Professor(es): Eder de Carvalho Pincinato 1134997 Carga horária: 4 horas/aula (2 hs teóricas e 2 hs práticas Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: FARMÁCIA Disciplina: CITOLOGIA CLÍNICA DRT: Professor(es): Eder de Carvalho Pincinato 1134997 Carga horária: 4 horas/aula (2 hs teóricas

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR 2014/1. 60 h. 104 h. 146 h. 72 h 2º SEMESTRE. Carga horária

ESTRUTURA CURRICULAR 2014/1. 60 h. 104 h. 146 h. 72 h 2º SEMESTRE. Carga horária MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE MEDICINA DE DIAMANTINA - FAMED CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA ESTRUTURA CURRICULAR 2014/1 MED001 MED002 MED003

Leia mais

FFARM Faculdade de Farmácia

FFARM Faculdade de Farmácia FFARM Faculdade de Farmácia Secretaria: Prédio12 - Bloco A Fone: 3320-3512 E-mail: farmácia@pucrs.br www.pucrs.br/farmacia Departamentos: Análises Clínicas e Toxicológicas n.º 351 Desenvolvimento e Produção

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO CNE/CES 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2003. (*)

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO CNE/CES 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2003. (*) CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO CNE/CES 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2003. (*) Institui Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Medicina Veterinária.

Leia mais

Disciplina: Patologia Oral 4 e 5º períodos CÂNCER BUCAL. http://lucinei.wikispaces.com. Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira

Disciplina: Patologia Oral 4 e 5º períodos CÂNCER BUCAL. http://lucinei.wikispaces.com. Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira Disciplina: Patologia Oral 4 e 5º períodos CÂNCER BUCAL http://lucinei.wikispaces.com Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira 2012 Sigmund Freud ( 1856-1939, 83 anos ) durante 59 anos, mais de 20 charutos/dia

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 8 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM DOR Unidade Dias e Horários

Leia mais

PROJETO DE SOLICITAÇÃO DE DISCIPLINAS NO PROGRAMA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PID/2015

PROJETO DE SOLICITAÇÃO DE DISCIPLINAS NO PROGRAMA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PID/2015 1 PROJETO DE SOLICITAÇÃO DE DISCIPLINAS NO PROGRAMA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PID/2015 I. Professor orientador: Gualter Funk de Queiroz II. Disciplinas de atuação: Citologia e Histologia /Histologia Médica

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE

PLANO DE TRABALHO DOCENTE PLANO DE TRABALHO DOCENTE IDENTIFICAÇÃO: COLÉGIO ESTDUAL DARIO VELLOZO CURSO: TÉCNICO EM ENFERMAGEM PROF. ENFª. ARLETE JUÇARA REFOSCO TANURE DISCPLINA: ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA APLICADA A ENFERMAGEM

Leia mais

PLANO DE ENSINO I IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA: ANO SEMESTRE PERÍODO. 2010 Primeiro V TOTAL (H/A) SEMESTRAIS/ANUAL 36 50 86

PLANO DE ENSINO I IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA: ANO SEMESTRE PERÍODO. 2010 Primeiro V TOTAL (H/A) SEMESTRAIS/ANUAL 36 50 86 NIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGLO MINEIRO PLANO DE ENSINO I IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA: ANO SEMESTRE PERÍODO 2010 Primeiro V CRSO: Medicina COMPONENTE CRRICLAR : Disciplina Semiologia Médica CÓDIGO: DCM

Leia mais

Atividade Prática como Componente Curricular)

Atividade Prática como Componente Curricular) PLANO DE ENSINO PERÍODO LETIVO/ANO: 2008 ANO DO CURSO: 3ºsérie Curso: Odontologia Modalidade:Anual Turno:Integral Centro: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Campus: Cascavel APCC 4 Total Disciplina

Leia mais

A causa exata é determinada em apenas 12-15% dos pacientes extensamente investigados

A causa exata é determinada em apenas 12-15% dos pacientes extensamente investigados LOMBALGIA Prof. Jefferson Soares Leal Turma: Fisioterapia e Terapia Ocupacional Faculdade de Medicina da UFMG Aula e bibliografia recomendada estarão disponíveis para os alunos para donwload no site www.portalvertebra.com.br

Leia mais

BIOMEDICINA. 1. TURNO: Integral HABILITAÇÃO: Bacharelado em Biomedicina

BIOMEDICINA. 1. TURNO: Integral HABILITAÇÃO: Bacharelado em Biomedicina BIOMEDICINA 1. TURNO: Integral HABILITAÇÃO: Bacharelado em Biomedicina GRAU ACADÊMICO: Biomédico PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos Máximo = 6 anos 2. HISTÓRICO DO CURSO O curso de Biomedicina tem uma

Leia mais

III Princípios Gerais da Formação Médica

III Princípios Gerais da Formação Médica I Motivação Aprovação da Lei 12.871 de 22/10/2013; Necessidade de ter diretrizes curriculares em sintonia com o programa Mais Médicos; A oportunidade de atualizar e aprimorar as diretrizes de 2001; Acompanhar

Leia mais

Orientações para Preenchimento do Plano de Ensino

Orientações para Preenchimento do Plano de Ensino Orientações para Preenchimento do Plano de Ensino Este documento tem como objetivo orientar os docentes da UFCSPA na elaboração do Plano de Ensino de disciplinas no formato adequado ao Sistema de Registro

Leia mais

FACULDADE SANTA TEREZINHA CEST COORDENAÇÃO DO CURSO DE FISIOTERAPIA

FACULDADE SANTA TEREZINHA CEST COORDENAÇÃO DO CURSO DE FISIOTERAPIA PLANO DE ENSINO DADOS DA DISCIPLINA CÓDIGO NOME CH TOTAL PERÍODO HORÁRIO 0395 Recursos Terapeuticos Manuais PROFESSOR (ES) Profa. Esp. Maria da Consolação Rios da Silva 60 h T-40 h/p-20 h 4º MATUTINO EMENTA:

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de 21/10/11 - DOU de 24/10/11 PLANO DE CURSO

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de 21/10/11 - DOU de 24/10/11 PLANO DE CURSO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de 21/10/11 - DOU de 24/10/11 Componente Curricular: Citologia e Histologia Código: Pré-requisito: ---- Período

Leia mais

PLANO DE CURSO. Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ONCOLOGIA. Pré-requisito:

PLANO DE CURSO. Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ONCOLOGIA. Pré-requisito: CURSO DE ENFERMAGEM R e c o n h e c i d o p e l a P o r t a r i a n º 2 7 0 d e 1 3 / 1 2 / 1 2 D O U N º 2 4 2 d e 1 7 / 1 2 / 1 2 S e ç ã o 1. P á g. 2 0 Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ONCOLOGIA

Leia mais

EDITAL FMJ- 052/2015, de 22/12/2015 ANEXO I

EDITAL FMJ- 052/2015, de 22/12/2015 ANEXO I ANEXO I Edprosel ATRIBUIÇÕES do Cargo de Professor Auxiliar da Faculdade de Medicina de Jundiaí. Descrição Sumária: Elaborar, aplicar e acompanhar o planejamento das atividades, em observação aos objetivos

Leia mais

Curso de pós-graduação latu sensu em CIRURGIA ONCOPLÁSTICA DA MAMA. Instituto de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas

Curso de pós-graduação latu sensu em CIRURGIA ONCOPLÁSTICA DA MAMA. Instituto de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas Curso de pós-graduação latu sensu em CIRURGIA ONCOPLÁSTICA DA MAMA Instituto de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas Objetivos Devido a grande e incessante expansão e diversificação dos conhecimentos médicos,

Leia mais

FABIO Faculdade de Biociências

FABIO Faculdade de Biociências FABIO Faculdade de Biociências Secretaria: Prédio 12 - Bloco A - sala 204 Fone: 33.20.35.45 E-mail: biociencias@pucrs.br www.pucrs.br/fabio Departamentos: Ciências Morfológicas n.º 311 Ciências Fisiológicas

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Ementas das Disciplinas CURSO DE GRADUAÇÃO DE FISIOTERAPIA ATIVIDADES COMPLEMENTARES As atividades complementares correspondem a 204 horas realizadas nos diferentes espaços proporcionados

Leia mais

1º SEMESTRE 30 30-02 2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA TOTAL TEORIA PRÁTICA

1º SEMESTRE 30 30-02 2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA TOTAL TEORIA PRÁTICA 1º SEMESTRE Introdução a 90 60 30 06 Anatomia Humana 90 60 30 06 Biologia Celular e Molecular Embriologia e Histologia Humana Antropologia da Saúde Educação em Saúde Relações Étnico-Raciais Metodologia

Leia mais

ORGANIZAÇÃO E ANÁLISE DE BANCO DE DADOS E ARTIGOS CIENTÍFICOS EM PATOLOGIA DO TRATO GENITAL FEMININO

ORGANIZAÇÃO E ANÁLISE DE BANCO DE DADOS E ARTIGOS CIENTÍFICOS EM PATOLOGIA DO TRATO GENITAL FEMININO ORGANIZAÇÃO E ANÁLISE DE BANCO DE DADOS E ARTIGOS CIENTÍFICOS EM PATOLOGIA DO TRATO GENITAL FEMININO Identificação Disciplina: Organização e Análise de Banco de Dados e Artigos Científicos em Patologia

Leia mais

Residência em Patologia Veterinária

Residência em Patologia Veterinária Residência em Patologia Veterinária Paulo César Maiorka Departamento de Patologia FMVZ-USP I Seminário Nacional de Residência em Medicina Veterinária CFMV 16-17 junho 2008 - São Paulo Na Resolução nº 824,

Leia mais

DISCIPLINAS MINISTRADAS PELO DEPARTAMENTO DE CLÍNICA E CIRURGIA VETERINÁRIA

DISCIPLINAS MINISTRADAS PELO DEPARTAMENTO DE CLÍNICA E CIRURGIA VETERINÁRIA DISCIPLINAS MINISTRADAS PELO DEPARTAMENTO DE CLÍNICA E CIRURGIA VETERINÁRIA Anestesiologia e Técnica Cirúrgica Carga-Horária: 120h Pré-medicação anestésica. Anestesia local. Anestesias regionais. Anestesia

Leia mais

UNIDADES DE ENSINO DE NITERÓI CLASSE A: ADJUNTO A - REGIME: 40H DE 1 - Escola de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Arquitetura Área de

UNIDADES DE ENSINO DE NITERÓI CLASSE A: ADJUNTO A - REGIME: 40H DE 1 - Escola de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Arquitetura Área de UNIDADES DE ENSINO DE NITERÓI CLASSE A: ADJUNTO A - REGIME: 40H DE 1 - Escola de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Arquitetura Área de Conhecimento: PROJETO DE HABITAÇÃO SOCIAL (uma vaga). Provas

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PLANO DE ENSINO Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: EDUCAÇÃO FISICA Núcleo Temático: Disciplina:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRO-REITORIA ACADÊMICA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRO-REITORIA ACADÊMICA DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Campus: Uruguaiana Curso: Enfermagem Componente Curricular: Genética Humana Código: UR 1303 Pré requisito: UR 1103 Co- requisito: ---------- Professor: Michel Mansur Machado Carga

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS MINISTRADAS NA DISCIPLINA DE RTM II PARA A ATUAÇÃO PROFISSIONAL DO DISCENTE DE FISIOTERAPIA

A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS MINISTRADAS NA DISCIPLINA DE RTM II PARA A ATUAÇÃO PROFISSIONAL DO DISCENTE DE FISIOTERAPIA A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS MINISTRADAS NA DISCIPLINA DE RTM II PARA A ATUAÇÃO PROFISSIONAL DO DISCENTE DE FISIOTERAPIA RESUMO SILVA 1, Thays Gonçalves ALMEIDA 2, Rogério Moreira de Centro de Ciências da

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PATOLOGIA GERAL E ORAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PATOLOGIA GERAL E ORAL SUB- PATOLOGIA GERAL E ORAL Estomatologia Métodos de Diagnóstico I e II Processos Patológicos PROGRAMA SUGERIDO (PROVA ESCRITA / DIDÁTICA / PRÁTICA) - TEMAS 1. Cistos dos maxilares. 2. Neoplasias benignas

Leia mais

C U R S O : PSICOLOGIA N O T U R N O. N e u r o a n a t o m i a

C U R S O : PSICOLOGIA N O T U R N O. N e u r o a n a t o m i a C U R S O : PSICOLOGIA N O T U R N O N e u r o a n a t o m i a P L A N O D E E N S I N O 1 IDENTIFICAÇÃO Unidade : Instituto de Biologia Código 31 Departamento : Morfologia - Código 04 Prof.Regente:.CARLOS

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia em Geriatria Código: Fisio 229 Pré-requisito: -------- Período Letivo:

Leia mais

ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas

ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas 1. PRÉ-REQUISITO: Não há Pré-Requisitos 2. EMENTA: Conceito de Anatomia com as diversas formas de seu estudo. Conceito de normal,

Leia mais

ANEXO I EDITAL DE ABERTURA Nº 076/2015-UFAM

ANEXO I EDITAL DE ABERTURA Nº 076/2015-UFAM Unidade Acadêmica QUADRO II VAGAS PARA O INSTITUTO DE SAÚDE E BIOTECNOLOGIA Área de Vagas Requisito Mínimo Carga Classe/ Nº de Conhecimento para Horária Padrão Vagas negros Comunidade ÁREA I Comunidade

Leia mais

Regulamento do Curso de Especialização em Sanidade Animal

Regulamento do Curso de Especialização em Sanidade Animal Regulamento do Curso de Especialização em Sanidade Animal DA CARACTERIZAÇÃO Art. 1º - O curso de Especialização em Sanidade Animal destina-se à qualificação de profissionais fornecendo elementos de capacitação

Leia mais