Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique"

Transcrição

1 Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique A. de Sousa Fernando 1

2 Principais Operadores do Sector Eléctrico Electricidade de Moçambique (EDM) Empresa Nacional de Electricidade, responsável pela Produção, Transporte, Distribuição e Comercialização de energia em Moçambique Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB) Produtor Independente (IPP), com a capacidade de produção 5x415 MW para fornecer a Moçambique, África do Sul e Zimbabwe MOTRACO (ITC) Transportador de energia (ITC): Estabelecida em 2000 com concessão para comercializar energia para a MOZAL e transportar energias para a Suazilândia e Moçambique 2

3 Evolução da Rede de Transporte de Energia Três capitais provinciais tinham fornecimento firme de energia 3 Todas capitais provinciais estão ligadas da Rede Nacional

4 Evolução da electrificação dos Distritos (Rede de Média Tensão) 55 Distritos 107 Distritos 4

5 Estratégia para desenvolvimento do Sector Sempre que possível associar grandes projectos com use intensivo de energia com infra-estruturas eléctricas que trazem mais valia ao país Aposta da maximização da energia de Cahora Bassa (hídrica) como a fonte primária do programa de electrificação Expansão da Rede Nacional para todas a capitais provinciais numa primeira fase e para os distritos numa segunda fase 5

6 Evolução de número Consumidores Novas Ligações Clientes Moçambique a seguir a África do Sul é o País com elevada taxa de novas ligações com uma média de novas ligações por ano 6

7 Evolução da taxa de acesso de energia eléctrica 8% 10% 12% 14% 16% 18% 21% 22%

8 Balanço Energético Producão Hídrica Produção Térmica Importação Cahora Bassa

9 Mozambique Hydropower Competences Load Forecast Demand [MW]

10 Constrangimentos no fornecimento de energia Moçambique é um País extenso Para o fornecimento de energia existem três corredores de transporte de energia 405 km Produção O corredor do Sul depende totalmente da linha de HVDC via África do Sul Cahora Bassa assegura cerca de 90% de energia do País e os restantes 10% pelas centrais de Mavuzi e Chicamba Produção Produção Consumo 410 km 1500 km 10

11 Recursos Naturais de Moçambique Moçambique é o segundo País na África Austral com grande potencial hídrico. O total do potential hídrico por se explorar é cerca de MW dos quais MW estão na província de Tete O Vale do Zambeze tem um potencial de mais de MW mas apenas 2075 MW na Cahora Bassa estão em exploração 11

12 Recursos Naturais de Moçambique: Potencial Hídrico Potential (MW) Total: MW Tete, Manica, 358 Zambézia, 472 Sofala, 805 Niassa, 160 Inhambane, 45 Maputo, 92 Gaza, 135 Nampula, 145 C. Delgado,

13 Recursos Naturais de Moçambique: Carvão Mineral Moçambique tem uma das maiores reservas de carvão no mundo e grandes investimentos estão sendo feitos na província de Tete Concessões foram atribuídas a Vale e Rio Tinto que estão na fase de exploração comercial do carvão As reservas existentes e provadas têm a capacidade de produzir mais de MW por um período de 30 anos 13

14 Recursos Naturais de Moçambique: Gás Natural Em fase de exploração comercial o gás natural de Temane com exportação para África do Sul e consumo interno Até 2014 deverão estar em operação centrais de produção de energia debitando cerca de 350 MW para o consumo local e exportação Mais descobertas de gás natural no Norte o que torna Moçambique País rico em recursos naturais Possibilidade de construção d de centrais de média e grande escala (200 a 1000 MW) para a satisfação dos consumos locais e exportação 14

15 Projectos de Produção de energia: Localização geográfica Benga (2000 MW) Lúrio (180 MW) Cahora Bassa North (1245MW) Alto-Malema (50 MW) Mphanda Nkuwa (1500 MW) Moatize (2400 MW) Mavuzi 2 & 3 (60 MW) Boroma (200 MW) Lupata (600 MW) Kuvaninga (40 MW) Ressano Garcia (160 MW) Massingir (25 MW) Temane (50 MW) Gigawatt (200 MW) Aggerko (100 MW) 15

16 Projecto da linha Tete Maputo: Ponto de Situação Aggreko Kuvaninga Sasol/EDM Gigawatt CTM Moatize Benga Massingir M Nkuwa MW 40 MW 170 MW 100 MW 80 MW 300 MW 500 MW 28 MW 1500 MW 16

17 Viabilização dos Projectos de Produção: Projecto da linha Tete - Maputo Evacuar cerca de 9200 MW a serem produzidos no vale do Zambeze Evacuar parte da energia para os consumidores sendo os de Moçambique com tratamento preferencial e a Região em segundo plano A Linha deve ser implementada por fases com base nas datas de implementação dos vários projectos de Produção de Energia Garantir a estabilidade técnica da linha durante a sua operação 17

18 Projecto da linha Tete - Maputo O projecto foi reformulado e limitado para uma capacidade de transporte de 3100 MW mantendo os requisitos mínimos e o custo reduziu em menos de 50% 18

19 Projecto da linha Tete Maputo: Custo estimado Summary CESUL Phase 1: 400 kv 900 MW HVAC Transmission and ± 500 kv 2,650 MW HVDC Transmission USD ( 000) Total HVAC Phase Total HVDC Stage 1 of Phase Total HVAC + HVDC Stage 1 of Phase Total HVDC Stage 2 of Phase Total CESUL Phase 1 (incl. Owner s Costs & Physical Contingencies, but excl. Price Contingencies)

20 Projecto da linha Tete Maputo: Ponto de Situação Criada a empresa que vai fazer a gestão do projecto Sociedade Nacional de Transporte de Energia (STE) Da estrutura accionista a EDM terá 51% e os restantes 49% pelos restantes parceiros, REN, Eskom, EDF e Eletrobrás 51% 49% 20

21 Projecto da linha Tete Maputo: Ponto de Situação A EDM está a coordenar as etapas subsequentes com os parceiros Concluído o Acordo de Desenvolvimento (JDA) devendo-se assinar nos próximos tempos Os parceiros de cooperação da EDM já manifestaram formalmente o apoio para a implementação do projecto Em preparação o Road Show do projecto 21

22 Monitoria dos Projectos A STE /Backbone B MNK C CBN D MASSINGIR Conceptual Pre-Feasibility Feasibility Commercial agreements Construction E ALTO MALEMA F BENGA G MOATIZE H LURIO I CTM J RESSANO GARCIA (EDM/SASOL) K BOROMA L LUPATA M - LINHA CAIA NACALA N D P M L K E C H A G O B Q J F I R N MAVUZI -3 O - KUVANINGA P - TEMANE Q GIGAWATT R - Agreeko 22

23 Conclusões Os projectos de Produção e Transporte de energia são fundamentais para o País A sua implementação vais exigir uma grande engenharia financeira para a mobilização dos fundos na ordem de 5 mil milhões de USD É fundamental diversificar as fontes de produção tendo em conta que o País tem recursos equilibrados (hídricos, carvão e gás natural) 23

24 Muito Obrigado! com energia costruimos futuro 24

Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique

Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique Augusto de Sousa Fernando asousa@edm.co.mz 1 Electricidade de Moçambique (EDM) Empresa Nacional de Electricidade, responsável pela Produção, Transporte,

Leia mais

REDE PRINCIPAL DE TRANSMISSÃO DE MOÇAMBIQUE

REDE PRINCIPAL DE TRANSMISSÃO DE MOÇAMBIQUE REDE PRINCIPAL DE TRANSMISSÃO DE MOÇAMBIQUE Memória Descritiva do Projecto 26 de Maio de 2013 ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Aspectos Principais da Proposta do Projecto para a Rede Principal de Transmissão

Leia mais

CREDELEC. O SERVIÇO PRÉ-PAGO da EDM SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE PRÉ-PAGAMENTO DE ENERGIA ELÉCTRICA BRASÍLIA 21 E 22/09/2011

CREDELEC. O SERVIÇO PRÉ-PAGO da EDM SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE PRÉ-PAGAMENTO DE ENERGIA ELÉCTRICA BRASÍLIA 21 E 22/09/2011 SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE PRÉ-PAGAMENTO DE ENERGIA ELÉCTRICA BRASÍLIA 21 E 22/09/2011 CREDELEC O SERVIÇO PRÉ-PAGO da EDM PRODUÇÃO TRANSPORTE DISTRIBUIÇÃO COMERCIALIZAÇÃO 1 SUMÁRIO CARACTERIZAÇÃO DO

Leia mais

IBO IBO CHEMBA CHEMBA. 2010 97 Distritos I Districts. 2011 107 Distritos I Districts CHÓKWÉ CHÓKWÉ

IBO IBO CHEMBA CHEMBA. 2010 97 Distritos I Districts. 2011 107 Distritos I Districts CHÓKWÉ CHÓKWÉ IBO IBO CHEMBA CHEMBA 2010 97 Distritos I Districts 2011 107 Distritos I Districts CHÓKWÉ CHÓKWÉ Ficha Técnica I Printing Publishing Electricidade de Moçambique, E.P. Unidade de Gestão de Desempenho

Leia mais

PROPOSTA DO PLANO ECONÓMICO E SOCIAL PARA 2013

PROPOSTA DO PLANO ECONÓMICO E SOCIAL PARA 2013 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ENERGIA DIRECÇÃO DE ESTUDOS E PLANIFICA ÇÃO PROPOSTA DO PLANO ECONÓMICO E SOCIAL PARA 2013 Nampula, 16 de Agosto de 2012 MINISTÉRIO DA ENERGIA 1 1. CONTEXTUALIZAÇÃO

Leia mais

Projecto do Sistema Nacional de Transporte de Energia (STE)

Projecto do Sistema Nacional de Transporte de Energia (STE) Projecto do Sistema Nacional de Transporte de Energia (STE) 1 Antecedentes Moçambique é um País extenso Para o fornecimento de energia existem três corredores de transporte de energia O corredor do Sul

Leia mais

Missão Empresarial a Moçambique. O financiamento para as empresas em Moçambique

Missão Empresarial a Moçambique. O financiamento para as empresas em Moçambique Missão Empresarial a Moçambique O financiamento para as empresas em Moçambique Maio de 2013 Enquadramento Macroeconómico Financiamento Bancário: - Tipos de Crédito; - Riscos de Crédito Água: Tipos de negócio

Leia mais

Audiência Parlamentar Internacional em Moçambique Maputo, 19 de Setembro de 2009 1. ELECTRIFICAÇÃO RURAL EM MOÇAMBIQUE Moçambique é rico em recursos energéticos, como é o caso da energia hidroeléctrica,

Leia mais

Moçambique 07-12-2010. Missão Empresarial Novembro 2010 PRESENÇA INTERNACIONAL

Moçambique 07-12-2010. Missão Empresarial Novembro 2010 PRESENÇA INTERNACIONAL PRESENÇA INTERNACIONAL Moçambique Portugal Espanha Benelux Suécia Dinamarca Noruega Finlândia Países Bálticos Polónia Hungria Bulgária Rússia Ucrânia Cazaquistão Turquia Irão Argentina Brasil México Estados

Leia mais

Diversificação e articulação da base produtiva e comercial em Moçambique

Diversificação e articulação da base produtiva e comercial em Moçambique Diversificação e articulação da base produtiva e comercial em Moçambique "Tendências do Investimento Privado em Moçambique: questões para reflexão" Nelsa Massingue da Costa Maputo, Setembro 2013 TENDÊNCIAS

Leia mais

"Aproveitamento do potencial hidroeléctrico de média escala em Mocambique e desafios para o seu desenvolvimento"

Aproveitamento do potencial hidroeléctrico de média escala em Mocambique e desafios para o seu desenvolvimento Conferência Aquashere 2014 "Aproveitamento do potencial hidroeléctrico de média escala em Mocambique e desafios para o seu desenvolvimento" Indice Introdução Potencial de Geração Hidroeléctrica do País

Leia mais

Apresentação a IX Conferencia da RELOP

Apresentação a IX Conferencia da RELOP Apresentação a IX Conferencia da RELOP 05 Dezembro 2016 1 EDM Enquadramento Legal 2011 Lei das PPPs 2012 Lei das Empresas Publicas 2014 Codigo de Rede 2005 Financiamento concessional 1997 2003 Aprovacao

Leia mais

EMPRESAS DE BRASIL E CHINA NA ÁFRICA Parceria, Concorrência e Desenvolvimento

EMPRESAS DE BRASIL E CHINA NA ÁFRICA Parceria, Concorrência e Desenvolvimento EMPRESAS DE BRASIL E CHINA NA ÁFRICA Parceria, Concorrência e Desenvolvimento O CASO DE MOÇAMBIQUE Por Cardoso T. Muendane, Ph.D. sics@sics.co.mz 2010 LAY OUT Breve apresentação de Moçambique IDE em Moçambique

Leia mais

OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE

OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E SEGURANÇA ALIMENTAR OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE ABRIL, 2015 Estrutura da Apresentação 2 I. Papel do CEPAGRI II. III. IV.

Leia mais

Apresentação à Missão Brasileira Março de 2015

Apresentação à Missão Brasileira Março de 2015 Apresentação à Missão Brasileira Março de 2015 Tomas Matola Banco Nacional de Investimento 2 Estrutura da Apresentação Enquadramento Macroeconómico O BNI, Visão, Missão, Valores, Objectivos e Capital Fontes

Leia mais

L ATITUDE PEMBA O MAR NO HORIZONTE

L ATITUDE PEMBA O MAR NO HORIZONTE L ATITUDE PEMBA O MAR NO HORIZONTE TANZÂNIA Mocimboa da Praia MALAWI Lichinga NIASSA CABO DELGADO NAMPULA Pemba Nacala TETE TETE ZAMBEZIA PEMBA MANICA SOFALA Quelimane CHIMOIO BEIRA para Hararre GAZA INHAMBANE

Leia mais

Apresentado por: Miquelina Menezes Maputo, 17 de Novembro de 2011

Apresentado por: Miquelina Menezes Maputo, 17 de Novembro de 2011 Energia Para Moçambique Análise do potencial do país no âmbito da geração de energias renováveis e revisão dos projectos de energia solar, eólica, hídrica, biomassa e biodiesel Apresentado por: Miquelina

Leia mais

VIII Conselho Coordenador

VIII Conselho Coordenador REPÚBLIC A DE MOÇAMBIQUE --------- MINISTÉRIO DA ENERGIA DIRECÇÃO NACIONAL DE ENERGIA ELÉCTRICA VIII Conselho Coordenador ESTRUTURA DE MERCADO E TARIFAS DE ELECTRICIDADE Nampula, 15 a 17 de Agosto de 2012

Leia mais

Fórum da Conectividade Rural

Fórum da Conectividade Rural FUNDO DO SERVIÇO DE ACESSO UNIVERSAL (FSAU) Fórum da Conectividade Rural O Fundo do Serviço de Acesso Universal e o seu papel na promoção de parcerias Público- Privadas para a conectividade rural Apresentado

Leia mais

Internet Como um Serviço Essencial

Internet Como um Serviço Essencial Internet Como um Serviço Essencial [O Desenvolvimento da Banda Larga e o Crescimento da Economia Digital ] 20 de Nov de 2015 americo@incm Pontos de Apresentação 1. Banda larga em Moçambique; 2. Como desenvolver

Leia mais

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO INSTITUTO PARA A PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES - IPEX

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO INSTITUTO PARA A PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES - IPEX 1 MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO INSTITUTO PARA A PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES - IPEX MOÇAMBIQUE Informação Geral IPEX Instituto para a Promoção de Exportações POTENCIAIS SECTORES DE EXPORTAÇÃO Por Provincia

Leia mais

Sector Eléctrico em Moçambique Uma análise da crise energética e seu impacto no ambiente de negócios.

Sector Eléctrico em Moçambique Uma análise da crise energética e seu impacto no ambiente de negócios. Sector Eléctrico em Moçambique Uma análise da crise energética e seu impacto no ambiente de negócios. [Amícar Cipriano ] [Março de 2015] Sumário Planificação deficitária em relação as taxas de crescimento

Leia mais

TENDÊNCIAS E PADRÕES DE INVESTIMENTO PRIVADO EM MOÇAMBIQUE:

TENDÊNCIAS E PADRÕES DE INVESTIMENTO PRIVADO EM MOÇAMBIQUE: TENDÊNCIAS E PADRÕES DE INVESTIMENTO PRIVADO EM MOÇAMBIQUE: QUESTÕES PARA ANÁLISE Nelsa Massingue e Carlos Muianga INTRODUÇÃO Nos últimos vinte anos, Moçambique registou um aumento significativo nos fluxos

Leia mais

Conferencia AQUASHARE 2012

Conferencia AQUASHARE 2012 REPÚBLICA DE MOCAMBIQUE MINISTERIO DA ENERGIA Conferencia AQUASHARE 2012 PERSPECTIVAS DA ENERGIA HIDROELECTRICA EM MOCAMBIQUE PASCOAL ALBERTO BACELA MINISTERIO DA ENERGIA MOCAMBIQUE MAPUTO, 10-11 MAIO

Leia mais

Instituto Nacional de Irrigação. A Perspectiva das Instituições Contratantes 31 de Maio de 2013

Instituto Nacional de Irrigação. A Perspectiva das Instituições Contratantes 31 de Maio de 2013 Instituto Nacional de Irrigação 31 de Maio de 2013 Estrutura da apresentação I. Reforma do subsector de irrigação em Moçambique II. O INIR - Instituto Nacional de Irrigação 1. Objectivos 2. Organização

Leia mais

Missão África: Moçambique e Angola

Missão África: Moçambique e Angola ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA ELÉTRICA E ELETRÔNICA Missão África: Moçambique e Angola Belo Horizonte, 27 de maio de 2015 Missão África Com o objetivo de retomar as relações com o continente africano

Leia mais

Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique. Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio

Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique. Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio 6 de Março de 2012 1 Agenda Dados Demográficos dados Sociais dados Políticos dados Económicos

Leia mais

ÁGUA E SAÚDE PÚBLICA. Estratégia de Desenvolvimento do Sector de Aguas de Moçambique.

ÁGUA E SAÚDE PÚBLICA. Estratégia de Desenvolvimento do Sector de Aguas de Moçambique. Públicas e Habitação 1 CONGRESSO DE ENGENHEIROS DE LÍNGUA PORTUGUESA ÁGUA E SAÚDE PÚBLICA Estratégia de Desenvolvimento do Sector de Aguas de Moçambique. DNA 18 OUTUBRO 2012 Maputo, October Outubro de2011

Leia mais

Centro de Promoção de Investimentos. Rafique Jusob

Centro de Promoção de Investimentos. Rafique Jusob Centro de Promoção de Investimentos Rafique Jusob CPI - Centro de Promoção de Investimentos O CPI oferece um pacote de serviços para assistência aos investidores nacionais e estrangeiros facilitando o

Leia mais

COM ENERGIA CONSTRUÍMOS FUTURO

COM ENERGIA CONSTRUÍMOS FUTURO COM ENERGIA CONSTRUÍMOS FUTURO 1 EDM - ELECTRICIDADE DE MOÇAMBIQUE, E.P. Com ENERGIA preservamos o Ambiente With ENERGY we preserve the Environment 2 SUMÁRIO ESTATÍSTICO 2010 ÍNDICE ÍNDICE Table of Contents

Leia mais

Oportunidades de Investimento nos principais setores em Moçambique Rui Andrade Maputo, 8/12/12

Oportunidades de Investimento nos principais setores em Moçambique Rui Andrade Maputo, 8/12/12 Seminário Oportunidades de Investimento nos principais setores em Moçambique Rui Andrade Maputo, 8/12/12 Oportunidades de Investimento Crescimento Sustentado Ciclo até 2011 Potencial de Crescimento Novo

Leia mais

República de Moçambique Ministério das Obras Públicas e Habitação. ABASTECIMENTO DE ÁGUA NAS PRINCIPAIS CIDADES Projectos e Cooperação

República de Moçambique Ministério das Obras Públicas e Habitação. ABASTECIMENTO DE ÁGUA NAS PRINCIPAIS CIDADES Projectos e Cooperação República de Moçambique Ministério das Obras Públicas e Habitação ABASTECIMENTO DE ÁGUA NAS PRINCIPAIS CIDADES Projectos e Cooperação Pedro Paulino Maio 2013 CONTEÚDO 1. CONTEXTO INSTITUCIONAL: Quadro

Leia mais

ISAQUE CHANDE COMISSÁRIO CONSELHO NACIONAL DE ELECTRICIDADE M. 15 a 17 de Novembro de 2011 Hotel Avenida Maputo Moçambique

ISAQUE CHANDE COMISSÁRIO CONSELHO NACIONAL DE ELECTRICIDADE M. 15 a 17 de Novembro de 2011 Hotel Avenida Maputo Moçambique ISAQUE CHANDE COMISSÁRIO CONSELHO NACIONAL DE ELECTRICIDADE M 15 a 17 de Novembro de 2011 Hotel Avenida Maputo Moçambique TEMA:REGULAÇÃO ENERGÉTICA EM MOÇAMBIQUE E AS ALTERAÇÕES COM VISTA A TORNAR OS PROJECTOS

Leia mais

Financiamento Bancário em Moçambique Sector da Água

Financiamento Bancário em Moçambique Sector da Água Financiamento Bancário em Moçambique Sector da Água Tiago Valença Pinto Maputo, 31 de Maio de 2013 tiago.pinto@mozabanco.co.mz O PIB Moçambicano cresceu 7,5% em 2012 e a inflação manteve-se em patamares

Leia mais

Atlas de Energias Renováveis de Moçambique. Estoril, 25 de Junho de 2015

Atlas de Energias Renováveis de Moçambique. Estoril, 25 de Junho de 2015 Atlas de Energias Renováveis de Moçambique Estoril, 25 de Junho de 2015 Sistema de Gest\ao de Qualidade com o Certificado N 26INNOQ/13 Sistema de Gestão da Qualidade com Certificado Nº PT08/02280 Sistema

Leia mais

OPORTUNIDADES DO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE

OPORTUNIDADES DO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE OPORTUNIDADES DO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE 1 O CEPAGRI (1-3) 2 Criado através do Decreto nº 20/2006 de 29 de Junho como instituição subordinada ao Ministério da Agricultura Criado com objectivo de: Estimular

Leia mais

Propriedade Intelectual nos Países de língua Portuguesa

Propriedade Intelectual nos Países de língua Portuguesa Propriedade Intelectual nos Países de língua Portuguesa Politicas de Saúde e AIDS Moçambique Eusébio Chaquisse, MD, MIH Universidade Lúrio - Nampula Introdução: Moçambique possui uma população 20 milhões

Leia mais

PROJECTO ATLAS DE ENERGIAS RENOVÁVEIS DE MOÇAMBIQUE

PROJECTO ATLAS DE ENERGIAS RENOVÁVEIS DE MOÇAMBIQUE Energia Para PROJECTO ATLAS DE ENERGIAS RENOVÁVEIS DE MOÇAMBIQUE Conselho Coordenador do Ministério da Energia PROJECTO DO ATLAS DE ENERGIAS RENOVÁVEIS DE MOÇAMBIQUE Apresentado por : Dra. Miquelina Menezes

Leia mais

PLANO NACIONAL DE ACÇÃO CONTRA MINAS 2008-2014

PLANO NACIONAL DE ACÇÃO CONTRA MINAS 2008-2014 Republica de Moçambique Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Instituto Nacional de Desminagem PLANO NACIONAL DE ACÇÃO CONTRA MINAS 2008-2014 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 1 1. ANÁLISE DA SITUAÇÃO...

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO 5ᵃ Edição ORÇAMENTO CIDADÃO 2016 Visão: Assegurar a participação do Cidadão em

Leia mais

A Estrategia de Desenvolvimento Rural e o Programa de Promoção do Uso dos Recursos Naturais para o Desenvolvimento

A Estrategia de Desenvolvimento Rural e o Programa de Promoção do Uso dos Recursos Naturais para o Desenvolvimento REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO ESTATAL Direcção Nacional de Promoção do Desenvolvimento Rural A Estrategia de Desenvolvimento Rural e o Programa de Promoção do Uso dos Recursos Naturais

Leia mais

Apresentação Do Banco. Setembro de 2010

Apresentação Do Banco. Setembro de 2010 Apresentação Do Banco Setembro de 2010 Conteúdos Onde estamos Missão Valores Accionistas Nosso mercado Responsabilidade social Factos Contactos Onde estamos Onde Estamos O Banco Terra está representado,

Leia mais

Oportunidades de Investimento no Sector Agrario em Mocambique

Oportunidades de Investimento no Sector Agrario em Mocambique Oportunidades de Investimento no Sector Agrario em Mocambique Apresentado pelo Director do Centro de Promoção da Agricultura Abdul Cesar Mussuale Turino, Fevereiro 2012 Estrutura de Apresentacao I. Informacao

Leia mais

SISTEMA ENERGÉTICO PORTUGUÊS

SISTEMA ENERGÉTICO PORTUGUÊS SISTEMA ENERGÉTICO PORTUGUÊS (ELETRICIDADE E GÁS NATURAL) Contexto Regulamentar O enquadramento legal decorre da implementação do designado "Terceiro Pacote Energético", da União Europeia, do qual fazem

Leia mais

Chave para Negócios. em Moçambique por Diogo Gomes de Araújo

Chave para Negócios. em Moçambique por Diogo Gomes de Araújo Case study SOFID: Chave para Negócios em Moçambique por Diogo Gomes de Araújo Business Roundtable: Moçambique Lisboa, 1 de Abril de 2011 1. O que é a SOFID? 2. O que oferece? 3. Onde actua? 4. Para quê?

Leia mais

Perspectivas para os Pólos de Crescimento em. Moçambique: Sumário do Relatório

Perspectivas para os Pólos de Crescimento em. Moçambique: Sumário do Relatório Perspectivas para os Pólos de Crescimento em Moçambique: Sumário do Relatório Agosto 2010 The World Bank Finance & Private Sector Development Africa Region 2 Perspectivas para os Pólos de Crescimento em

Leia mais

Cadeia de Comercialização de Carvão para cidade de Maputo

Cadeia de Comercialização de Carvão para cidade de Maputo Cadeia de Comercialização de Carvão para cidade de Maputo Situação actual e possíveis soluções Nilza Puna, INBAR Maputo, 16 de Junho de 2008 Objectivo: 1. Mapear a cadeia de comercialização de carvão 2.

Leia mais

TRANSPORTE E DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉCTRICA

TRANSPORTE E DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉCTRICA Este documento é de circulação restrita à sua audiência A sua transcrição ou reprodução não é permitida sem a prévia autorização escrita da nolimits Consulting TRANSPORTE E DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉCTRICA

Leia mais

STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE

STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE Hosted by Abt Associates Reduzir a desnutrição crónica em Moçambique: contexto internacional e assistência dos parceiros de desenvolvimento

Leia mais

Como Apresentar Projetose Exemplos de Operações por João Real Pereira Sumário ExemplosdeProjectosITF ComoApresentarProjetos PipelinedeProjetos Oportunidades nos Sectores dos TransportesedaEnergia Conclusões

Leia mais

Dados Pessoais: Naturalidade: Beira. Mandato: 2015/2017. Vice-Presidente do Conselho de Administração, WHATANA INVESTMENTS CORP

Dados Pessoais: Naturalidade: Beira. Mandato: 2015/2017. Vice-Presidente do Conselho de Administração, WHATANA INVESTMENTS CORP Dados Pessoais: Data de nascimento: 25 de Março de 1952 Naturalidade: Beira Nacionalidade: Moçambicana Cargo: Presidente do Conselho de Administração Início de Funções: 2015 Mandato: 2015/2017 Cargo que

Leia mais

MOÇAMBIQUE ACTUALIZAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR Janeiro 2005

MOÇAMBIQUE ACTUALIZAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR Janeiro 2005 MOÇAMBIQUE ACTUALIZAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR Janeiro 2005 TIPO DE ALERTA: NORMAL VIGILÂNCIA AVISO EMERGÊNCIA CONTEÚDO Perspectiva sobre Riscos... 2 Precipitação e implicações... 2 Análise de Mercados...

Leia mais

Seminário sobre Energia Eléctrica, Luanda, 8 & 9 Setembro 2011, UAN Produção de Energia eléctrica em Angola O mix actual e perspectivas futuras

Seminário sobre Energia Eléctrica, Luanda, 8 & 9 Setembro 2011, UAN Produção de Energia eléctrica em Angola O mix actual e perspectivas futuras Seminário sobre Energia Eléctrica, Luanda, 8 & 9 Setembro 2011, UAN Produção de Energia eléctrica em Angola O mix actual e perspectivas futuras Por ENE-E.P. ENE-E.P. Empresa Nacional de Electricidade (ENE-E.P).

Leia mais

Oportunidades de Investimento

Oportunidades de Investimento República de Angola Ministério da Energia e Águas Oportunidades de Investimento Fevereiro 2014 MINEA Oportunidades de Investimento 0 Agenda 1 Angola País em Desenvolvimento 2 Dinâmicas da Indústria de

Leia mais

A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura?

A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura? A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura? Outubro 2014 A agricultura é um importante contribuinte para a economia de Moçambique

Leia mais

Plano Estratégico do Sector de Energia (2009-2013) ÍNDICE

Plano Estratégico do Sector de Energia (2009-2013) ÍNDICE ÍNDICE 1 LISTA DE ABREVIATURAS...II 2 INTRODUÇÃO... 1 3 VISÃO... 3 4 MISSÃO... 4 5 SITUAÇÃO ACTUAL... 4 6 ANÁLISE... 5 7 RESUMO DAS INICIATIVAS ESTRATÉGICAS... 9 Iniciativas a Nível Legislativo e Institucional...

Leia mais

A Vale. Missão. Valores. Visão

A Vale. Missão. Valores. Visão A Vale Visão Ser a empresa de recursos naturais global, número um em criação de valor de longo prazo, com excelência, paixão pelas pessoas e pelo planeta. Missão Transformar recursos naturais em prosperidade

Leia mais

INTERNACIONALIZAÇÃO MOÇAMBIQUE E ANGOLA TESTEMUNHO. Moçambique FREDERICO MAGALHÃES CEO TEXTÁFRICA, CHIMOIO, MOÇAMBIQUE

INTERNACIONALIZAÇÃO MOÇAMBIQUE E ANGOLA TESTEMUNHO. Moçambique FREDERICO MAGALHÃES CEO TEXTÁFRICA, CHIMOIO, MOÇAMBIQUE INTERNACIONALIZAÇÃO MOÇAMBIQUE E ANGOLA TESTEMUNHO Moçambique FREDERICO MAGALHÃES CEO TEXTÁFRICA, CHIMOIO, MOÇAMBIQUE Moçambique PONTOS FORTES Moçambique está entre os 10 países do mundo que mais cresceram

Leia mais

Plano de Comercialização Agrícola para 2011 e 2012

Plano de Comercialização Agrícola para 2011 e 2012 MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO Plano de Comercialização Agrícola para 2011 e 2012 1 Estrutura de apresentação Objectivo do Plano Caracterização geral da comercialização agrícola Principais Intervenientes

Leia mais

ESTRATÉGIAS DO GOVERNO E OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE

ESTRATÉGIAS DO GOVERNO E OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE ESTRATÉGIAS DO GOVERNO E OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE 1 Preparada para o Lançamento da Nova Aliança para a Segurança Alimentar e Nutricional Maputo, 11 de Abril de 2013 Moçambique:

Leia mais

A AFD EM MOÇAMBIQUE. Uma parceria antiga e diversificada

A AFD EM MOÇAMBIQUE. Uma parceria antiga e diversificada A AFD EM MOÇAMBIQUE Uma parceria antiga e diversificada Acompanhar a estratégia de desenvolvimento e de crescimento Parque Nacional das Quirimbas actividades comunitárias (poços) Depois de mais de 15 anos

Leia mais

Manuel Ferreira De Oliveira. Presidente Executivo 05/06/2012

Manuel Ferreira De Oliveira. Presidente Executivo 05/06/2012 Manuel Ferreira De Oliveira Presidente Executivo 05/06/2012 Responder às PME Como está organizada a Galp? Qual a estratégia? Onde vai crescer? Quais os investimentos previstos? Em que mercados? Quais as

Leia mais

O que é importante para Moçambique é Importante para a Siemens

O que é importante para Moçambique é Importante para a Siemens O que é importante para é Importante para a Siemens Siemens 2015 Page 1 Números chave 2014 Siemens em resumo (Operações em curso; em milhões de, salvo indicação em contrário) FY 2014 FY 2013 Alteração

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE ASSISTÊNCIA MÉDICA PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE ORAL

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE ASSISTÊNCIA MÉDICA PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE ORAL Introdução REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE RELATÓRIO DA CAMPANHA NACIONAL DE SAÚDE ORAL NAS ESCOLAS Na semana de 20 a 24 de Agosto de 2012, decorreu a Campanha Nacional de Saúde Oral nas escolas, onde as cerimónias

Leia mais

MAPUTO, 21 FEVEREIRO 2014

MAPUTO, 21 FEVEREIRO 2014 MAPUTO, 21 FEVEREIRO 2014 AGENDA INTRODUÇÃO PROJECTOS EM CURSO Empreendimento de Pande e Temane Projecto de Distribuição de Gás em Maputo e Marracuane Projecto de LNG em Cabo Delgado DESAFIOS ENH- VISÃO

Leia mais

A sustentabilidade da economia requer em grande medida, a criação duma. capacidade própria de produção e fornecimento de bens e equipamentos,

A sustentabilidade da economia requer em grande medida, a criação duma. capacidade própria de produção e fornecimento de bens e equipamentos, REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE -------- MINISTÉRIO DA ENERGIA GABINETE DO MINISTRO INTERVENÇÃO DE S.EXA SALVADOR NAMBURETE, MINISTRO DA ENERGIA, POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA FÁBRICA DE CONTADORES DA ELECTRO-SUL

Leia mais

Investimento estrangeiro em Moçambique: garantias e incentivos

Investimento estrangeiro em Moçambique: garantias e incentivos 1 /9 Investimento estrangeiro em Moçambique: garantias e incentivos Moçambique tem efectuado um esforço de desenvolvimento muito significativo, procurando fundar sustentadamente o seu processo de crescimento.

Leia mais

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DEFINITIVOS E DE INDICADORES SÓCIO DEMOGRÁFICOS DO CENSO 2007

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DEFINITIVOS E DE INDICADORES SÓCIO DEMOGRÁFICOS DO CENSO 2007 APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DEFINITIVOS E DE INDICADORES SÓCIO DEMOGRÁFICOS DO CENSO 2007 Tete, 9 de Junho, 2009 INSTITUTO NACIONAL DE ESTATÍSTICA Nesta apresentação vamos abordar 16 tópicos do Censo 2007

Leia mais

CONTEÚDOS ENH VISÃO, MISSÃO & VALORES CONCESSÃO DOS DIREITO DE PESQUISA DE HC PESQUISA E PRODUÇÃO DE HIDROCARBONETOS PROJECTOS DE USO DE GÁS NATURAL

CONTEÚDOS ENH VISÃO, MISSÃO & VALORES CONCESSÃO DOS DIREITO DE PESQUISA DE HC PESQUISA E PRODUÇÃO DE HIDROCARBONETOS PROJECTOS DE USO DE GÁS NATURAL CONTEÚDOS ENH VISÃO, MISSÃO & VALORES CONCESSÃO DOS DIREITO DE PESQUISA DE HC PESQUISA E PRODUÇÃO DE HIDROCARBONETOS PROJECTOS DE USO DE GÁS NATURAL INVESTIMENTOS REALIZADOS ENH Parceiro de Preferência

Leia mais

1.1. Antecedentes do Estudo

1.1. Antecedentes do Estudo CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO 1.1. Antecedentes do Estudo 1.1.1. Antecedentes do Estudo A estrutura básica do Programa de Cooperação Triangular para o Desenvolvimento Agrícola da Savana Tropical em Moçambique

Leia mais

Megaprojetos Têm Muitos e Excessivos Incentivos Fiscais

Megaprojetos Têm Muitos e Excessivos Incentivos Fiscais 17 Edição: Fevereiro de 2013 Megaprojetos Têm Muitos e Excessivos Fiscais Adriano Nuvunga...alguns megaprojectos vão esgotar os recursos naturais antes de as empresas multinacionais começarem a pagar impostos

Leia mais

28 de Agosto de 2002. Destaques

28 de Agosto de 2002. Destaques Famine Early Warning Systems Network 28 de Agosto de 2002 Destaques Uma avaliação rápida de necessidades alimentares foi levada a cabo de 22 de Julho a 11 de Agosto de 2002 por equipas do PMA, FEWS NET,

Leia mais

Internacionalização de PME. Mercado de MOÇAMBIQUE

Internacionalização de PME. Mercado de MOÇAMBIQUE Internacionalização de PME Mercado de MOÇAMBIQUE 12 de Junho de 2013 Mercado de MOÇAMBIQUE ÍNDICE Índice Introdução MOÇAMBIQUE Sociedades Comerciais e Representações Comerciais Estrangeiras Lei de Investimentos

Leia mais

Contributo para o quase zero de energia no edificado

Contributo para o quase zero de energia no edificado Energia nos EDIFÌCIOS: 40 % da energia primária consumida Contributo para o quase zero de energia no edificado 24% das emissões de GEE 30% do consumo de electricidade (per capita: 1,5 MWh/ano) Edifícios

Leia mais

Apoio à Internacionalização das Empresas

Apoio à Internacionalização das Empresas Apoio à Internacionalização das Empresas 26 de Novembro de 2009 Apoio à internacionalização das empresas Moçambique: Dados Gerais O Sector Financeiro em Moçambique O Grupo Caixa Geral de Depósitos Soluções

Leia mais

Moçambique Negócios e Internacionalização

Moçambique Negócios e Internacionalização Moçambique Negócios e Internacionalização Lisboa, 1 de Abril 2011 PONTO DE PARTIDA: Além da área ferroviária, Portugal e Moçambique podem cooperar na área do transporte marítimo, dos estaleiros navais,

Leia mais

Investimento Privado em Angola

Investimento Privado em Angola Abril 2013 Investimento Privado em Angola Sectores Económicos Prioritários Investimento Privado em Angola Sectores Económicos Prioritários Sectores económicos prioritários Agricultura e Pecuária Indústria

Leia mais

Energia e Desenvolvimento A situação de Cabo Verde: Evolução, Ganhos e Perspectivas

Energia e Desenvolvimento A situação de Cabo Verde: Evolução, Ganhos e Perspectivas Energia e Desenvolvimento A situação de Cabo Verde: Evolução, Ganhos e Perspectivas Indicadores Socioeconómicos Rendimento per capita de 2010 foi de US$3.215, sendo que em 1975 era de US$190 Taxa de alfabetização:

Leia mais

Id: 40267 (42 years)

Id: 40267 (42 years) Foto não disponível Id: 40267 (42 years) DADOS PESSOAIS: Gênero: Masculino Data de nascimento: 25/06/1973 País: Mozambique, Região: Niassa, Cidade: Lichinga Ver CV completo Grave o CV TRABALHO DESEJADO:

Leia mais

Visão Ser o porto de referência para as cadeias logísticas da costa leste de África.

Visão Ser o porto de referência para as cadeias logísticas da costa leste de África. Corredor de Nacala Engloba : O Porto de Nacala, elemento central do Corredor; O Sistema ferroviário do Norte de Moçambique O Sistema ferroviário do Malawi; e O troço ferroviário Mchinji/Chipata, que permite

Leia mais

Comentários sobre o. Plano Decenal de Expansão. de Energia (PDE 2008-2017)

Comentários sobre o. Plano Decenal de Expansão. de Energia (PDE 2008-2017) Comentários sobre o Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2008-2017) PAULO CÉSAR RIBEIRO LIMA JANEIRO/2009 Paulo César Ribeiro Lima 2 Comentários sobre o Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2008-2017)

Leia mais

6º Fórum Mundial da Água

6º Fórum Mundial da Água 6º Fórum Mundial da Água A gestão integrada de recursos hídricos e de águas residuais em São Tomé e Príncipe como suporte da segurança alimentar, energética e ambiental Eng.ª Lígia Barros Directora Geral

Leia mais

SETOR FINANCEIRO BRASIL MOÇAMBIQUE UM LONGO HISTORIAL DE EMPREENDEDORISMO

SETOR FINANCEIRO BRASIL MOÇAMBIQUE UM LONGO HISTORIAL DE EMPREENDEDORISMO SETOR FINANCEIRO 2014 SETOR FINANCEIRO BRASIL MOÇAMBIQUE UM LONGO HISTORIAL DE EMPREENDEDORISMO Tendo reestruturado recentemente o seu portefólio no setor financeiro, o Grupo Américo Amorim concentra

Leia mais

POLITICAS DE ENERGIA DE BIOMASSA

POLITICAS DE ENERGIA DE BIOMASSA POLITICAS DE ENERGIA DE BIOMASSA 2008 1 1. ESTRUTURA DE APRESENTACAO Introducao Visao do me Recursos energéticos no pais Potencialidades energéticas no pais Instrumentos legais do sector Politica de energias

Leia mais

MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL

MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL República de Moçambique MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL Maputo, 06 de Outubro de 2006 1 PORQUE INSISTIR NO MEIO RURAL? Representa mais de 95% do território

Leia mais

O PAPEL DOS FORNECEDORES PRIVADOS DE ÁGUA EM MOÇAMBIQUE

O PAPEL DOS FORNECEDORES PRIVADOS DE ÁGUA EM MOÇAMBIQUE O PAPEL DOS FORNECEDORES PRIVADOS DE ÁGUA EM MOÇAMBIQUE Suzana Saranga Loforte Gestora de Recursos Hídricos & Meio Ambiente Direcção Nacional de Águas Ministério das Obras Públicas e Habitação de Moçambique

Leia mais

Como este trabalho cabe com os esforços baseados nas comunidades?

Como este trabalho cabe com os esforços baseados nas comunidades? Morbidez e Mortalidade dos Adultos no Moçambique: Prevalência e Estratégias para os Agregados Familiares Rurais que Enfretam Adversidade D. Mather, C. Donovan, H. Marrule, e A. Alage 6 de Novembro, 2003

Leia mais

Jonas Pohlmann e Caroline Slaven

Jonas Pohlmann e Caroline Slaven Jonas Pohlmann e Caroline Slaven 1 Considerações iniciais As relações da China com os países africanos têm sido, em larga medida, capitaneadas pelo interesse chinês em recursos naturais necessários para

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA Direcção Nacional dos Serviços Agrários

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA Direcção Nacional dos Serviços Agrários MINISTÉRIO DA AGRICULTURA Direcção Nacional dos Serviços Agrários AVALIAÇÃO PRELIMINAR DA CAMPANHA AGRÍCOLA 2009-10 Conteúdo da Apresentação 1. Previsão da estação chuvosa 2009/10 e interpretação na agricultura;

Leia mais

Plano de Expansão e Melhorias do Setor Elétrico do Estado do Amazonas MME. Ministério de Minas e Energia. Ministro Eduardo Braga 10 de Abril de 2015

Plano de Expansão e Melhorias do Setor Elétrico do Estado do Amazonas MME. Ministério de Minas e Energia. Ministro Eduardo Braga 10 de Abril de 2015 MME Ministério de Minas e Energia Plano de Expansão e Melhorias do Setor Elétrico do Estado do Amazonas Ministro Eduardo Braga 10 de Abril de 2015 Objetivo do Plano 1 1 2 3 Melhorar o suprimento de energia

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO DO ESTADO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO DO ESTADO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO S FINANÇAS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO DO ESTADO ANO 2012 JANEIRO A JUNHO RELATÓRIO 1. Introdução 2. Equilíbrio Orçamental 3. Receitas do Estado 4. Financiamento

Leia mais

CARVÃO E POBREZA: IMPACTO SOCIAL E ECONÓMICO LOCAL

CARVÃO E POBREZA: IMPACTO SOCIAL E ECONÓMICO LOCAL CARVÃO E POBREZA: IMPACTO SOCIAL E ECONÓMICO LOCAL Camilo Correia Nhancale 1 Cruzeiro do Sul Instituto de Investigação para o Desenvolvimento José Negrão e KUWUKA JDA Associação para a Juventude, Desenvolvimento

Leia mais

ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014

ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014 ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014 REPÚBLICA DA COLÔMBIA POPULAÇÃO 48 Milhões SUPERFÍCIE 1.141.748 Km2 CAPITAL Bogotá 7,3 milhões PRINCIPAIS CIDADES

Leia mais

D456789: N;74:<;= >:? S65A48:? AB5;54:? MINAG D6G;5H;I66 CJ=HJ5;? 6 AA4?: P5KA4: Boas Perspecvas de produção para a Campanha Agrícola 2014-15.

D456789: N;74:<;= >:? S65A48:? AB5;54:? MINAG D6G;5H;I6<H: >6 CJ=HJ5;? 6 AA4?: P5KA4: Boas Perspecvas de produção para a Campanha Agrícola 2014-15. D456789: N;74::? S65A48:? AB5;54:? MINAG D6G;5H;I66 CJ=HJ5;? 6 AA4?: P5KA4: Edição Nº 01 Campanha Agrícola 2014/15 Publicado em: 02/10/2014 B A Em Foco Boas Perspecvas de produção para a Campanha

Leia mais

WORKSHOP PERSPECTIVAS E DESAFIOS DA ENERGIA NUCLEAR NA MATRIZ ELÉTRICA DO BRASIL

WORKSHOP PERSPECTIVAS E DESAFIOS DA ENERGIA NUCLEAR NA MATRIZ ELÉTRICA DO BRASIL WORKSHOP PERSPECTIVAS E DESAFIOS DA ENERGIA NUCLEAR NA MATRIZ ELÉTRICA DO BRASIL GESEL / SINERGIA / EDF A OPÇÃO NUCLEAR PARA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO BRASIL Altino Ventura Filho Secretário de Planejamento

Leia mais

Integration of human resources to optimize energy management investments: Oil & Gas. Evento ipad Maputo: 22 Out 2013

Integration of human resources to optimize energy management investments: Oil & Gas. Evento ipad Maputo: 22 Out 2013 Integration of human resources to optimize energy management investments: Oil & Gas Evento ipad Maputo: 22 Out 2013 Agenda 1 2 3 4 Apresentação da Accenture Moçambique: Contexto Desenvolvimento de Conteúdo

Leia mais

AEROPORTOS DE MOÇAMBIQUE, E.P

AEROPORTOS DE MOÇAMBIQUE, E.P AEROPORTOS DE MOÇAMBIQUE, E.P 1. PROGRAMA DE INVESTIMENTOS 2. AEROPORTO INTERNACIONAL DE MAPUTO Maputo, 30 Nov 2010 INTRODUÇÃO Devido a dinâmica de desenvolvimento dos últimos tempos, algumas unidades

Leia mais

Oportunidades no Sector de Infraestruturas em Moçambique

Oportunidades no Sector de Infraestruturas em Moçambique MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, HABITAÇÃO E RECURSOS HÍDRICOS Oportunidades no Sector de Infraestruturas em Moçambique FÓRUM PARA COOPERAÇÃO ECONÓMICA E COMERCIAL CHINA E CPLP MACAU, JUNHO DE 2015 Índice

Leia mais

Consumo e geração de energia equilibrados

Consumo e geração de energia equilibrados Consumo e geração de energia equilibrados Consumo e geração de energia equilibrados Em Portugal, a rede de transporte de energia foi concebida tendo em conta a produção maciça e contínua de energia proveniente

Leia mais

Barragens no Espaço da CPLP Experiências, Soluções e Desafios Maputo, 17-18 de Novembro, 2014

Barragens no Espaço da CPLP Experiências, Soluções e Desafios Maputo, 17-18 de Novembro, 2014 Barragens no Espaço da CPLP Experiências, Soluções e Desafios Maputo, 17-18 de Novembro, 2014 Pequenas Barragens em Moçambique: Motivação, Projecto e Manutenção Prof. Álvaro Carmo Vaz CONSULTEC 1 1 Tópicos

Leia mais