PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS - PUCC CENTRO DE ECONOMIA E ADMINISTRAÇÃO CEA FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO BRUNA DE FÁTIMA PIRES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS - PUCC CENTRO DE ECONOMIA E ADMINISTRAÇÃO CEA FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO BRUNA DE FÁTIMA PIRES"

Transcrição

1 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS - PUCC CENTRO DE ECONOMIA E ADMINISTRAÇÃO CEA FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO BRUNA DE FÁTIMA PIRES PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL PARA ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS QUE ESTÃO INGRESSANDO NO MERCADO DE TRABALHO CAMPINAS 2008

2 1 BRUNA DE FÁTIMA PIRES R.A.: PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL PARA ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS QUE ESTÃO INGRESSANDO NO MERCADO DE TRABALHO Relatório de Estágio Supervisionado a ser desenvolvido no curso de Administração da Faculdade de Administração da PUC Campinas, como requisito para obter o grau de bacharel em Administração, sob orientação da professora Silvia Machado. CAMPINAS 2008

3 2 Aos meus pais: meus primeiros e maiores professores de educação financeira.

4 3 AGRADECIMENTOS Agradeço a Deus, meu criador. Agradeço à minha família, que me ensinou a sonhar, a acreditar e a vencer. E a todos aqueles que me fazem acreditar em um mundo melhor: professora Vanda, Raquel, Paula, Luiz Antônio... Obrigada por compartilharem comigo riquezas que o dinheiro jamais será capaz de comprar. O dinheiro Ele pode comprar uma casa, mas não um lar. Ele pode comprar uma cama, mas não o sono. Ele pode comprar um relógio, mas não o tempo. Ele pode comprar um livro, mas não o conhecimento. Ele pode comprar um título, mas não o respeito. Ele pode comprar um médico, mas não a saúde. Ele pode comprar o sangue, mas não a vida. Ele pode comprar o sexo, mas não o amor. Gustavo Cerbasi

5 4 AUTORIZAÇÃO Autorizo a publicação e a disponibilizarão deste Relatório de Estágio Supervisionado na Biblioteca da PUC-Campinas, para consultas públicas e referências bibliográficas, mas reproduções, totais ou parciais, somente poderão ser feitas mediante autorização expressa do autor, conforme o que dispõe a legislação vigente sobre direitos autorais. Nome do aluno Assinatura do aluno Campinas, 01 de Fevereiro de 2009.

6 5 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DEFINIÇÃO DO PROBLEMA OU OPORTUNIDADE Caracterização da Organização e de seu Ambiente Caracterização da Organização Caracterização do Ambiente Situação Problemática Objetivos Objetivo Geral Objetivos Específicos Justificativa Oportunidade Viabilidade Importância REVISÃO DA LITERATURA Definições do Planejamento Financeiro Problemas decorrentes da falta de Educação Financeira Vigilância na relação Custo Benefício Destaques da Realidade Brasileira Atual Características da Cultura Financeira Brasileira Breve Retrospectiva da Economia Brasileira O Plano Real e a Viabilidade do Planejamento Financeiro Pessoal O Dinheiro do Mundo Atual: suas Vantagens e Armadilhas Poupança x Consumo O Grande Desafio e as Recompensas da Disciplina Financeira Barreiras e Dificuldades na Administração das Finanças Pessoais Envolvimento com os Processos de Compra Influências do Processo Decisório Aprimorando o Processo de Tomada de Decisão Vantagens da Compra à Vista ou a Prazo O Planejamento Financeiro Pessoal Processo de Elaboração do Planejamento Financeiro Pessoal Importância e Recompensas do Planejamento Financeiro Pessoal O Planejamento Financeiro Pessoal na prática Etapas para Elaboração de um Orçamento Doméstico Controle do Planejamento Financeiro Pessoal Dicas para um bom Planejamento Financeiro Preparo Físico Financeiro Descobrindo a Renda Desejada e a Poupança Mensal O Valor do Dinheiro no Tempo A Matemática Financeira e a Mágica dos Juros Compostos Investimentos Conceitos Relacionados a Investimentos Alternativas de Investimento do Mercado Financeiro O Perfil do Investidor Participação dos Jovens nos Investimentos Home Broker Fórmula da Abundância Financeira O Preparo do Jovem frente suas Finanças Pessoais...69

7 Futuro Milionário METODOLOGIA DE PESQUISA Plano ou Delineamento da Pesquisa, de acordo com o Propósito ou Objetivo Geral estabelecido Tipo de Pesquisa Definição da Área ou População-Alvo (universo) de estudo Plano de Amostragem Plano de Coleta de Dados Técnicas de Coletas de Dados Cronograma de Atividades ANÁLISE DE RESULTADOS Análise das Pesquisas Realizadas com os Estudantes Universitários Análise de Dados do Questionário (Q1) Análise de Dados das Entrevistas (E1) Análise das Pesquisas Realizadas com os Especialistas Entrevistas (E2) Questionário (Q2) Breve Análise das Pesquisas Realizadas com os Especialistas CONCLUSÃO Propostas, Planos ou Sugestões Importância do Estudo para a Organização e para a Autora REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ANEXOS Anexo A Questionário (Q1) Anexo B Entrevista (E1) Anexo C Entrevista (E2) Anexo D Questionário (Q2)

8 7 APRESENTAÇÃO O trabalho de estágio aqui desenvolvido aborda o tema Planejamento Financeiro Pessoal. Assunto este, cujo desenvolvimento e aplicação, envolve estudantes universitários da Faculdade de Administração da PUC-Campinas. O público escolhido, estudantes universitários que estão ingressando no mercado de trabalho, é cada vez mais alvo das empresas, por se tratar de um grupo que está iniciando sua vida financeira e ao mesmo tempo pelo despreparo que traz, em sua maioria, frente às finanças. A educação financeira no Brasil é pouco praticada tanto pelos pais como pelas escolas. Isso traz conseqüências para a vida adulta e revela uma sociedade que não sabe administrar seu dinheiro, uma sociedade pobre e consumista. O objetivo deste trabalho é descobrir se o estudante universitário está preparado ou não para gerenciar suas finanças pessoais e analisar quais as dificuldades encontradas no desenvolvimento e prática de um planejamento financeiro pessoal. Essa avaliação será feita através de pesquisas, onde será analisado o que o estudante pensa sobre planejamento financeiro pessoal e suas atitudes frente às finanças. Muito mais que gerenciar entradas e saídas de caixa, o planejamento financeiro pessoal requer conhecimento amplo e profundo de conceitos relacionados às finanças e administração. Além disso, seu desenvolvimento somente é possível com a determinação de objetivos, o que leva as pessoas a repensarem seus gastos no presente, na busca de um usufruto maior no futuro. Os principais assuntos relacionados a finanças pessoais analisados neste trabalho são: o comportamento dos brasileiros em relação ao seu dinheiro, suas causas e conseqüências; influências internas e externas no processo de compra; o planejamento financeiro pessoal (conceitos, processos e dicas); tipos de investimentos entre outros. Determinação e disciplina financeira são fatores essenciais para realização de sonhos. A prática de um planejamento financeiro pessoal trará além de qualidade de vida financeira, maior qualidade de vida profissional e pessoal.

9 8 1. DEFINIÇÃO DO PROBLEMA OU OPORTUNIDADE 1.1. Caracterização da Organização e de seu Ambiente Caracterização da Organização Para desenvolvimento da caracterização da Organização foram utilizados dados extraídos da internet no site institucional da PUC-Campinas (2007). A história da PUC-Campinas começou no dia 7 de Junho de 1941, quando nasceu a primeira unidade da Universidade, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras. A Diocese de Campinas adquiriu, à época, o antigo casarão de propriedade de Joaquim Polycarpo Aranha, conhecido por Barão de Itapura. Em 1955, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras passou a ser Universidade Católica, reconhecida pelo Conselho Federal de Educação. O título de Pontifícia foi concedido pelo Papa Paulo VI em Não tardou para que o casarão construído no final do século XIX se tornasse pequeno para agrupar todos os cursos da Universidade. Assim, os novos campi foram surgindo de acordo com a necessidade de espaço: o Campus I, o Campus II, o Seminário e o Instituto de Letras. Segundo dados de 2006, ano em que a PUC-Campinas comemorou seus 65 anos de existência, a Universidade é constituída atualmente por 3 campi, totalizando 39 cursos de graduação com cerca de alunos: Campus I: alunos Campus II: alunos Campus Central: alunos O Campus I é o maior espaço da PUC-Campinas. É onde estudam mais de 50% dos alunos da Universidade e, também, onde está localizada a Reitoria. Funcionam no Campus I todos os cursos do Centro de Economia e Administração (CEA), os cursos do Centro de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologia (CEATEC), os cursos do Centro de Ciências Humanas (CCH), exceto Direito, os cursos do Centro de Linguagem e Comunicação (CLC), exceto Letras,

10 9 além dos cursos de Educação Física e Serviço Social do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA). Outros dados: Número de alunos de Pós-Graduação: 998 (297 Stricto Sensu e 701 Lato Sensu). Número de alunos de extensão concluintes: 751. Alunos beneficiados com programas de bolsas de estudo: alunos. Número de professores: 960 (342 doutores, 323 mestres e 118 especialistas). Número de funcionários: Profissionais formados: mais de 140 mil. Número de alunos em constantes atividades de estágios: cerca de 1,5 mil. Infraestrutura: Laboratórios: 121 Dois centros poliesportivos (em dois campi) com 29 quadras, salão de ginástica e dança, sala de musculação, piscina, campo de futebol, minicampo e pista de atletismo. Bibliotecas: 8 A Universidade tem caráter privado, confessional, filantrópico e comunitário. O processo de seleção ocorre por meio de vestibular, ENEM e aptidão. A Universidade oferece Bolsa de estudos integral, percentual e aceita financiamento externo Caracterização do Ambiente Este trabalho será desenvolvido com estudantes dos 3 e 4 anos do curso de Administração de Empresas (noturno) da PUC-Campinas. O curso de Administração está localizado no Centro de Economia e Administração (CEA) do Campus I da Universidade.

11 10 Conforme dados do site da PUC (2007), o CEA é integrado pelas seguintes faculdades: Ciências Econômicas, Ciências Contábeis e Administração. As três estão entre as mais tradicionais instituições da Universidade. Surgiram em 1941, com as "Faculdades Campineiras", que deram origem a PUC-Campinas. O centro tem 25% dos alunos da Universidade e já formou em torno de 10 mil profissionais. O curso de Administração possui como infra-estrutura: Laboratórios de informática Laboratórios de apoio computacional Laboratório do núcleo de pesquisa Acervo específico na Biblioteca Setorial do Campus I A pesquisa Caracterização e Perfil dos Vestibulandos e Matriculados de 2007, realizada pela Coordenadoria do Ingresso Discente (CID), de acordo com o site Universia (2007a), aponta algumas características dos estudantes: 76,02% procuram um curso universitário em busca de um bom emprego e uma formação profissional para o mercado de trabalho; 37,49% escolheram o curso para obter realização pessoal e 60,90% acham que o curso escolhido é o ideal para o futuro; 83,53% cursam uma universidade pela primeira vez; 46,10% prestaram vestibular na PUC-Campinas e em universidades públicas; 56,34% se informam por meio da internet e 32,27% pela televisão; 39,48% fizeram cursinho pré-vestibular. Os estudantes do Curso de Administração moram em Campinas e em cidades vizinhas. A maioria dos estudantes dos 3 e 4 anos estudam no período noturno e trabalham ou faz estágio durante o dia Situação Problemática Em 2008, as empresas vêm trabalhando cada vez mais suas estratégias de Marketing. Propagandas criativas, formas de pagamentos cada vez mais

12 11 atraentes, e meios de comunicação diferenciados têm sido utilizados para atrair novos clientes. Entre eles, estão os estudantes universitários que, assim que entram no mercado de trabalho e passam a receber salário, tornam-se público alvo da empresas. Estes estudantes são influenciados pelos meios de comunicação que induzem ao consumo e assim gastam com produtos muitas vezes supérfluos que satisfazem um desejo momentâneo. Isso ocorre por que o jovem, nesta fase, dificilmente elabora um planejamento financeiro pessoal, no qual pode-se identificar os objetivos de curto e longo prazo e gerenciar o recurso financeiro para melhor proveito deste. Além disso, o jovem geralmente desconhece ferramentas que possam auxiliá-lo na avaliação de uma compra, na pesquisa de preços e analise da melhor forma de pagamento Objetivos Objetivo Geral Verificar o preparo do estudante universitário para gerenciar suas finanças pessoais, analisando quais as dificuldades encontradas no desenvolvimento e prática de um planejamento financeiro pessoal Objetivos Específicos 1. Desenvolver a revisão da literatura sobre Planejamento Financeiro Pessoal; 2. Pesquisar o que os estudantes universitários pensam sobre Planejamento Financeiro Pessoal; 3. Avaliar o comportamento dos estudantes universitários diante de suas finanças pessoais; 4. Identificar as principais dificuldades dos estudantes universitários para elaboração e controle de um Planejamento Financeiro Pessoal.

13 12 5. Analisar a importância de um planejamento financeiro pessoal para os estudantes universitários Justificativa Oportunidade O trabalho possibilitará analisar o comportamento do estudante universitário em sua relação com o dinheiro e mostrar como a viabilização do planejamento financeiro pessoal, após a implementação do Plano Real, pode ajudar as pessoas a ter maior qualidade de vida. Além disso, o projeto visa esclarecer equívocos a respeito do planejamento financeiro pessoal, segundo dados do site Financenter (2007), como: Confundir planejamento Financeiro com Investimentos; Esperar momentos de crise para tomar a iniciativa de fazer o Planejamento Financeiro; Esperar retornos irreais para seus investimentos; Não estabelecer objetivos financeiros mensuráveis; Pensar que Planejamento Financeiro é a mesma coisa que planejamento para aposentadoria; Pensar que Planejamento Financeiro é para quando ficarem velhos; Pensar que Planejamento Financeiro é Planejamento Tributário; Pensar que Planejamento Financeiro é somente para quem possui muito dinheiro; Pensar que utilizar os serviços de um Consultor Financeiro significa perder o controle de suas finanças pessoais; Tomar uma decisão financeira sem entender seus efeitos em sua situação financeira global.

14 Viabilidade O desenvolvimento de um Planejamento Financeiro Pessoal depende de seu grau de conhecimento, disposição para fazer escolhas e iniciativa (CERBASI, 2007). Sendo assim, o planejamento financeiro pessoal é viável para o público jovem universitário que está iniciando sua carreira profissional, pois este tem contato constante com a tecnologia, informações, universidade, ambiente propício para aprender e motivar-se sem ter altos gastos para obter as informações que precisa. Além de ser um momento da vida quando é necessário fazer escolhas, traçar objetivos que na maioria das vezes envolve dinheiro, como, por exemplo, a compra de um automóvel, casa própria, plano de previdência, cursos de graduação e pósgraduação, casamento, entre outros. Ou seja, é de grande importância nesta fase aprender a administrar suas finanças, desde o primeiro salário, garantindo no futuro, sua independência financeira. A pesquisa sobre planejamento financeiro pessoal será desenvolvida e avaliada na própria Universidade (PUC-Campinas), com os alunos do curso de Administração de Empresas, do período noturno, durante o período letivo Importância Esse trabalho mostrará, sobretudo, como os estudantes universitários se relacionam com o dinheiro. Os resultados obtidos através deste trabalho permitirão verificar se há falhas na cultura e na educação financeira brasileira, e até mesmo verificar as tendências de consumo, das alternativas de crédito e investimentos. O jovem universitário que souber elaborar e administrar um planejamento financeiro pessoal ampliará seus conhecimentos financeiros, aprendendo a avaliar melhor uma compra, os preços aplicados, formas de pagamento estabelecidas, tipos de investimentos, como alcançar sua independência financeira, refletindo uma sociedade que sabe valorizar e usufruir melhor do dinheiro que possui.

15 14 2. REVISÃO DA LITERATURA 2.1. Definições de Planejamento Financeiro O conceito de Planejamento Financeiro está inserido no assunto Administração Financeira, uma das três áreas de Finanças: Mercados Monetários e de Capitais, Investimentos e Administração Financeira. De acordo com Gitman (2004) o processo de planejamento financeiro consiste na elaboração de planos financeiros de longo prazo, os quais orientam a formulação de planos e orçamentos de curto prazo. Segundo Weston e Brigham (2000), planejamento financeiro é a projeção de vendas, lucros e de ativos baseada em estratégias alternativas de produção e de marketing, bem como a determinação de recursos necessários para alcançar essas projeções. No site Financenter (2007), encontra-se a definição planejamento financeiro aborda a programação do seu orçamento, a racionalização dos gastos e a otimização de seus investimentos. O processo de planejamento financeiro pessoal segue etapas semelhantes ao do planejamento financeiro empresarial, só que voltado para pessoas. Consiste na formulação de objetivos, determinação e gerenciamento de recursos financeiros, além de muita disciplina para alcançá-los. Planejar-se financeiramente, conforme o site Serasa (2007) significa organizar a nossa vida financeira de tal maneira que possamos formar reservas para os imprevistos da vida e sistematicamente construir um patrimônio (financeiro e imobiliário), que garanta na aposentadoria fontes de renda suficientes para termos uma vida tranqüila e confortável. De acordo com Cerbasi (2005b) o planejamento financeiro pessoal não se restringe a um apanhado de técnicas para disciplinar gastos e acumular poupança. É muito mais amplo, envolve entender o que é importante gastar hoje e o que pode ser adiado. O site Financenter (2007) vai ainda um pouco mais a fundo: O planejamento das finanças não visa apenas o sucesso financeiro, ele é relevante para o sucesso pessoal e profissional. Conforme citações anteriores, é possível afirmar que o planejamento financeiro pessoal trata do gerenciamento do recurso financeiro de modo que esse recurso traga benefícios maiores no longo prazo.

16 15 Nos últimos anos, devido mudanças nos aspectos econômicos, políticos e sociais, tornou-se viável a prática do planejamento financeiro. Porém, para facilitar seu desenvolvimento e controle é necessário superar barreiras de natureza histórica e tantos outros obstáculos enfrentados diariamente, os quais, ao longo do tempo, podem comprometer as finanças pessoais e conseqüentemente a qualidade de vida das pessoas. As dificuldades, influências, assim como vantagens e benefícios de um planejamento financeiro pessoal serão analisados ao longo deste trabalho, bem como a importância do controle das finanças pessoais para os estudantes que estão ingressando no mercado de trabalho Problemas decorrentes da falta de Educação Financeira Em finanças pessoais, muito se tem escrito, mas pouca coisa se tem dito sobre educação financeira pessoal e menos ainda se tem colocado em prática. Pessoas não instruídas financeiramente tendem a ter dificuldades para administrar seus próprios recursos. É natural que essas pessoas desconheçam conceitos como juros, investimentos, taxas, entre outras relacionadas ao mundo das finanças. Sendo assim, pessoas com pouco conhecimento financeiro não sabem avaliar uma compra ou analisar o melhor investimento para seus recursos (SOUSA; TORRALVO, 2008). Um exemplo é o uso de cartões de crédito. Com tanta facilidade e baixa instrução, há pessoas que preferem pagar a parcela mínima da fatura do cartão de crédito para não sacar recursos da poupança. Ou seja, investem seus recursos em uma aplicação de baixa remuneração e pagam juros altíssimos sobre gastos muitas vezes desnecessários, ou até mesmo tomam dinheiro emprestado à taxa de juros mais elevada entre as possíveis linhas de empréstimo (SOUSA; TORRALVO, 2008). De acordo com Rocha (2008), a administração das finanças pessoais é um assunto que deveria começar a ser discutido nas escolas brasileiras. Embora a educação financeira seja um processo trabalhoso, contínuo e complexo, é fundamental para que o ser humano entenda o mundo em que vive e os riscos do sistema financeiro. Quando o indivíduo tem as finanças em ordem, ele toma decisões e enfrenta melhor as adversidades. E isso ajuda não só nos estudos, mas também nos aspectos familiares (ROCHA, 2008).

17 16 Embora a mídia tenha se esforçado para fazer matérias didáticas sobre finanças pessoais e embora seja fácil encontrar informações sobre o assunto, as pessoas não estão preparadas para entendê-las. Anos atrás as famílias se reuniam e tentavam entender o mundo. Hoje, toda responsabilidade da educação foi transferida para a escola, porém a escola não tem condições de ensinar tudo, ela precisa, acima de tudo, preparar as pessoas para procurar oportunidades e não para procurar um emprego. A família precisa voltar a aprofundar suas ligações e criar vínculos com o sucesso, e ao professor cabe o papel de mediador (ROCHA, 2008). De acordo com D Aquino (2007), nos países desenvolvidos a educação financeira cabe às famílias. Às escolas cabe a função de reforçar a formação adquirida em casa. No Brasil, a educação financeira não está presente nem no universo familiar nem tampouco nas escolas. Assim, a criança não aprende a lidar com dinheiro nem em casa, nem na escola. As conseqüências deste fato são determinantes para uma vida de oscilações econômicas, com graves repercussões tanto na vida do cidadão, quanto na do país (D AQUINO, 2007). Pode-se concluir que a educação financeira deveria iniciar dentro da família e ser complementada nas escolas, onde as pessoas poderiam aprofundar-se em conceitos mais específicos e receber um apoio na busca de oportunidades. Infelizmente, essa não é a realidade brasileira. A falta de educação financeira, conforme Sousa e Torralvo (2008), reflete uma não valorização do dinheiro, acompanhada de um desperdício maior e desnecessário deste. Além disso, a falta de discernimento financeiro acaba influenciando outras áreas da vida social. Comportamentos agressivos e pessimistas, brigas e discussões na família podem estar associados a problemas financeiros Vigilância na relação Custo-Benefício Conforme Sousa e Torralvo (2008) é comum o aumento do consumo quando se eleva a renda. Muitas pessoas, assim que conseguem uma promoção e começam a ganhar mais, mudam seu padrão de vida, compram uma casa melhor, um carro novo, passam a usar roupas de marcas importadas, a fazer viagens para o exterior e não abrem mão de obter o ultimo lançamento dos produtos de maior preferência.

18 17 Esse comportamento reflete certa falta de planejamento financeiro. Investe-se muito no conforto e na realização de desejos momentâneos, mas a falta de conhecimento financeiro faz com que as pessoas não percebam que a compra de um carro novo, por exemplo, acarretará perda do dinheiro com a desvalorização do automóvel e diversas despesas fixas como: seguro, IPVA, estacionamento e manutenção. Conforme Cerbasi (2007a), o que muitos pensam ser um investimento é na verdade um custo. Investimento é quando se adquire algo, para, em determinado tempo, obter lucro, seja na compra de um imóvel ou em uma aplicação financeira. Investimento sempre é feito com o intuito de ganhar dinheiro. O ideal seria utilizar os ganhos extras, com o aumento da renda, para fazer investimentos. É claro que não se deve privar de bens e serviços que trazem conforto e que sejam motivo de desejo. Mas, ao contrário, com uma reflexão maior sobre a tomada de decisão com relação ao consumo e a com a utilização de um planejamento financeiro, é possível atingir objetivos estipulados sem desperdiçar recursos, nem comprometer seu futuro financeiro (SOUSA; TORRALVO, 2008) Destaques da Realidade Brasileira Atual Características da Cultura Financeira Brasileira Paralelamente à falta de conhecimento e de disciplina financeira, tem-se a percepção de que muitos brasileiros cultivam a prática financeira de curto prazo e voltada ao consumo (SOUSA; TORRALVO, 2008, p.20). Conforme Sousa e Torralvo (2008), alguns dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), elaborada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre os anos de 2002 e 2003 no Brasil, revelam que mais de 82% do orçamento médio de uma família brasileira destina-se a despesas de consumo. Esse patamar supera 90% do orçamento para famílias com renda mensal de até R$ 1,2 mil (rendimento em que se enquadram 58,5% das famílias brasileiras) e se mantém acima de 70% mesmo entre as famílias mais ricas. Outros números apontam para a tendência consumista da sociedade brasileira: em torno de 3% do orçamento familiar mensal é destinado à educação e

19 18 em média 10,59% é destinado a gastos com automóvel, incluindo despesas com combustível, manutenção e aquisição de veículos próprios. De acordo com Cerbasi (2005a), a noção de riqueza da cultura brasileira está associada a bens materiais, ou seja, busca-se obter coisas que possam ser mostradas, exibidas a amigos e parentes. Muitos jovens e profissionais, logo no início de sua carreira, fazem de tudo para conseguir seu primeiro carro, verdadeiro símbolo de liberdade, afirmação social e status. Este é o primeiro objeto a aparecer na relação patrimonial de todo jovem. Muitas vezes sacrifica a maior parte do salário para pagar o financiamento ou consórcio. De acordo com o site Abril (2003), em uma edição especial para jovens: O poder de consumo dos jovens é um filão que anima vários setores da economia. A maior parte do que se produz no mercado publicitário, que movimenta 13 bilhões de reais por ano, tem como alvo a parcela de 28 milhões de brasileiros com idade entre 15 e 22 anos. O materialismo associado à nossa cultura acaba por gerar problemas no final de uma carreira bem-sucedida (CERBASI, 2005a, p.30). Se todo o dinheiro conquistado for investido em bens materiais, no final da carreira profissional, quando se aposentar, só haverá contas a pagar. A aposentadoria não será suficiente para manter esses imóveis e o padrão de vida elevado, até então conquistado. Outras culturas, como a comunidade judaica, valorizam a negociação, o enriquecimento não a posse de bens específicos e o sucesso nos negócios próprios. As crianças judia não têm aula de finanças nas escolas, mas aprendem com a própria família a valorizar a riqueza construída com seu suor. Outro exemplo é a cultura americana. Diferentemente do jovem brasileiro que sonha com seu primeiro carro, a maioria dos jovens americanos têm seus esforços concentrados em conseguir, no menor prazo possível, o primeiro milhão de dólares. A razão do primeiro milhão está na conquista da aposentadoria (CERBASI, 2005a, p.34). Além do perfil consumista, de acordo com Sousa e Torralvo (2008), o brasileiro tem uma visão de curto prazo, considerada também como componente cultural. Em média, apenas 0,29% do orçamento familiar mensal é destinado para um plano de previdência privado. Para famílias com rendimento mensal de até R$ 2 mil, esse patamar não supera 0,10%, o que engloba mais de 75% das famílias brasileiras, e atinge pouco mais de 0,50% em famílias com rendimentos mensais superiores a R$ 6 mil, cerca de 5% do total das famílias brasileiras.

20 19 Em relação a investimentos, os brasileiros apresentam um perfil conservador, tendo como principais investimentos: a caderneta de poupança e investimentos de baixo risco, como Referenciados DI, Curto Prazo e Renda Fixa. Já em relação aos jovens, especificamente, o perfil mais apresentado é o de arrojado. Nota-se um grande interesse dos jovens sobre investimentos, principalmente em relação à Bolsa de Valores. Assim, verifica-se no Brasil a presença de uma cultura financeira voltada principalmente ao consumo e uma visão de curto prazo. Poucos se preocupam em formar uma poupança para realizações futuras ou para a obtenção de estabilidade e independência financeira. Da mesma maneira, o brasileiro, de modo geral, se mostra conservador e avesso a riscos em seus investimentos. Essas características podem ser atribuídas, em parte, às freqüentes instabilidades político-econômicas na história recente do Brasil, entre as principais temos o elevado nível de inflação, quando era preferível consumir a poupar, e governantes com linhas ideológicas distintas, refletindo no aumento das instabilidades e da segurança institucional no Brasil. O contrário nota-se em relação aos jovens, o perfil mais agressivo é devido não possuírem a memória inflacionária dos anos pré-real. Atualmente, este cenário político-econômico mudou: a inflação está sob controle há mais de uma década e o Brasil vive um regime democrático há mais de duas décadas (SOUSA; TORRALVO, 2008, p.23). Entretanto, quase nada mudou na dinâmica relacionada à cultura financeira do país. Para que isso aconteça é necessário tempo e maior educação financeira, de modo que as pessoas possam tirar proveito da estabilidade econômica e administrar melhor suas finanças pessoais, obtendo maior qualidade de vida. No caso dos jovens, embora haja certo interesse por finanças, eles ainda não estão preparados para administrá-las, buscando apenas ganhos imediatos Breve Retrospectiva da Economia Brasileira Conforme afirma Sousa e Torralvo (2008), durante muitos anos a economia brasileira foi caracterizada por uma grande descontrole inflacionário. De 1950 a 1990, foram registradas variações anuais de índices de preços superiores a

Mensagem do Administrador

Mensagem do Administrador Educação Financeira Índice 1. Mensagem do administrador... 01 2. O Cartão de crédito... 02 3. Conhecendo sua fatura... 03 4. Até quanto gastar com seu cartão... 07 5. Educação financeira... 08 6. Dicas

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

M = C. (1 + (i. T)) Juros compostos:- Como calcular juros compostos: montante, capital inicial, fórmula, taxa, tempo, etc.

M = C. (1 + (i. T)) Juros compostos:- Como calcular juros compostos: montante, capital inicial, fórmula, taxa, tempo, etc. Material de Estudo para Recuperação 9 ano. Juros Simples O regime de juros será simples quando o percentual de juros incidirem apenas sobre o valor principal. Sobre os juros gerados a cada período não

Leia mais

Gestão de Finanças Pessoais Nome do Palestrante

Gestão de Finanças Pessoais Nome do Palestrante Gestão de Finanças Pessoais Nome do Palestrante Como nos relacionamos com o dinheiro? O que é dinheiro? Como nos relacionamos com o dinheiro? O que o dinheiro significa para você? Sonhos Sonhos não se

Leia mais

Manual de. Educação Financeira. Dicas para planejar e poupar seu dinheiro. Cecreb MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA

Manual de. Educação Financeira. Dicas para planejar e poupar seu dinheiro. Cecreb MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA Manual de Educação Financeira MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA Dicas para planejar e poupar seu dinheiro 1 A filosofia da Manual de Educação Financeira 2 Um dos princípios básicos das Cooperativas de Crédito

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

Veja dicas para se livrar das dívidas e usar bem o crédito

Veja dicas para se livrar das dívidas e usar bem o crédito Veja dicas para se livrar das dívidas e usar bem o crédito Especialistas dão dicas para sair do vermelho. É fundamental planejar gastos e usar bem o crédito. Por Anay Cury e Gabriela Gasparin Do G1, em

Leia mais

CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA

CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA ÍNDICE PLANEJANDO SEU ORÇAMENTO Página 2 CRÉDITO Página 12 CRÉDITO RESPONSÁVEL Página 16 A EDUCAÇÃO FINANCEIRA E SEUS FILHOS Página 18 PLANEJANDO SEU ORÇAMENTO O planejamento

Leia mais

SUPERENDIVIDAMENTO. Saiba planejar seus gastos e evite dívidas.

SUPERENDIVIDAMENTO. Saiba planejar seus gastos e evite dívidas. SUPERENDIVIDAMENTO Saiba planejar seus gastos e evite dívidas. Nos últimos anos, houve um crescimento significativo de endividados no Brasil. A expansão da oferta de crédito e a falta de controle do orçamento

Leia mais

Use bem o seu dinheiro

Use bem o seu dinheiro 1016323-6 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

BANRIDICAS FINANCEIRAS. A sua cartilha sobre Educação Financeira

BANRIDICAS FINANCEIRAS. A sua cartilha sobre Educação Financeira BANRIDICAS FINANCEIRAS A sua cartilha sobre Educação Financeira Planejando seu orçamento Traçar planos e colocar tudo na ponta do lápis - não é tarefa fácil, mas também não é impossível. O planejamento

Leia mais

POR QUE PRECISAMOS SER RACIONAIS COM O DINHEIRO?

POR QUE PRECISAMOS SER RACIONAIS COM O DINHEIRO? ORGANIZE SUA VIDA POR QUE PRECISAMOS SER RACIONAIS COM O DINHEIRO? - Para planejar melhor como gastar os nossos recursos financeiros QUAIS OS BENEFÍCIOS DE TER UM PLANEJAMENTO FINANCEIRO? - Para que possamos

Leia mais

Orçamento Use o Dinheiro com Sabedoria

Orçamento Use o Dinheiro com Sabedoria Orçamento Use o Dinheiro com Sabedoria Use o Dinheiro com Sabedoria Serasa Experian e Educação Financeira O Programa Serasa Experian de Educação Financeira Sonhos Reais é uma iniciativa que alia o conhecimento

Leia mais

Sonhos. Sonhos não costumam ser autorrealizáveis. É necessário agir

Sonhos. Sonhos não costumam ser autorrealizáveis. É necessário agir Sonhos Sonhos não costumam ser autorrealizáveis É necessário agir Como transformar sonhos em projetos? 1) Saiba aonde você quer chegar 2) Internalize a visão de futuro trazida pela realização do projeto

Leia mais

Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro Maio 2009 ... O Brasil é onde mais pessoas se preocupam com o futuro e onde menos se faz poupança Pesquisa realizada em 12 países, pelo Principal Financial Group (03/2004) ... Famílias se endividam mais

Leia mais

1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO

1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO BEM VINDO AO GUIA DE 10 PASSOS DE COMO MELHORAR MUITO A SUA VIDA FINANCEIRA! APROVEITE! 1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO Quando se trata do nosso dinheiro, a emoção sempre tende a ser um problema.

Leia mais

ANEFAC Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade

ANEFAC Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade PESQUISA DE UTILIZAÇÃO DO 13º SALÁRIO A Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração (ANEFAC) realizou durante o mês de outubro de a 15ª edição da Pesquisa de Utilização do 13º salário.

Leia mais

cartilha educação financeira

cartilha educação financeira cartilha educação financeira cartilha educação financeira A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA A educação financeira é decisiva para o bem-estar presente e futuro das famílias, contudo, ela nem sempre

Leia mais

Aprenda como renegociar suas dívidas e A TER

Aprenda como renegociar suas dívidas e A TER Aprenda como renegociar suas dívidas e VOLTAR A TER CRÉDITO O PROBLEMA FINANCEIRO PODE LEVAR SUA FAMÍLIA À RUÍNA. A dívida entra pela porta da frente e o amor sai pela porta dos fundos. É fácil identificar

Leia mais

DO PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA

DO PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA GUIA PARA A ESCOLHA DO PERFIL DE INVESTIMENTO DO PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA Caro Participante: Preparamos para você um guia contendo conceitos básicos sobre investimentos, feito para ajudá-lo a escolher

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS Resultados dos estudos sobre a redução de taxas de juros praticadas por bancos públicos e privados. Orientações aos consumidores. Face aos diversos anúncios de redução de juros veiculados na mídia a partir

Leia mais

Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil

Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil Mais de um terço dos brasileiros desconhecem o valor das contas que vencem no próximo mês. Falta

Leia mais

PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil

PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários

Leia mais

Dos documentos que se seguem quais os necessários para abrir uma conta num banco?

Dos documentos que se seguem quais os necessários para abrir uma conta num banco? Quais as principais funções de um banco? A Captar depósitos e gerir a poupança dos seus clientes. B Conceder empréstimos a empresas, particulares e ao Estado. C Disponibilizar meios e formas de pagamento

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA para FICAR NO Azul

GESTÃO FINANCEIRA para FICAR NO Azul GESTÃO FINANCEIRA para ficar no azul índice 03 Introdução 04 Capítulo 1 O que é gestão financeira? 06 Capítulo 2 Gestão financeira e tomada de decisões 11 13 18 Capítulo 3 Como projetar seu fluxo financeiro

Leia mais

Revista EXAME: As 10 armadilhas da Previdência Complementar

Revista EXAME: As 10 armadilhas da Previdência Complementar Revista EXAME: As 10 armadilhas da Previdência Complementar Os fundos de previdência privada, sejam fechados ou abertos, têm características próprias e vantagens tributárias em relação aos investimentos

Leia mais

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo IV

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo IV Mark Ford 11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo IV Capítulo Quatro O Guia Definitivo para enfrentar suas Dívidas Em algum nível, mesmo que rudimentar, todos sabemos que o endividamento é perigoso.

Leia mais

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente.

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente. Guia do Crédito Certo Para entender e usar corretamente. Índice 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Conhecendo o crédito. 1 \ O que fazer para ter uma vida financeira saudável? 2 Para que serve o crédito? 5 O Crédito Certo

Leia mais

E-book de Fundos de Investimento

E-book de Fundos de Investimento E-book de Fundos de Investimento O QUE SÃO FUNDOS DE INVESTIMENTO? Fundo de investimento é uma aplicação financeira que funciona como se fosse um condomínio, onde as pessoas somam recursos para investir

Leia mais

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 623 casos, gerando um erro máximo de 3,9%

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R 8 DICAS ESSENCIAIS PARA ESCOLHER SUA CORRETORA W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos, citados, utilizando-os

Leia mais

MÓDULO 2 // ORÇAMENTO FAZ O EQUILÍBRIO A PARTIR DE 18 ANOS

MÓDULO 2 // ORÇAMENTO FAZ O EQUILÍBRIO A PARTIR DE 18 ANOS MÓDULO 2 // ORÇAMENTO FAZ O EQUILÍBRIO A PARTIR DE 18 ANOS MÓDULO 2 // BATE-BOLA FINANCEIRO O Bate-Bola Financeiro é um videogame educacional desenvolvido para ajudar estudantes a entenderem melhor os

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R 8 PASSOS PARA INVESTIR EM AÇÕES SEM SER UM ESPECIALISTA W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos, citados,

Leia mais

O PIBID E A FORMAÇÃO DE ALUNOS DA EJA: UMA EXPERIÊNCIA COM EDUCAÇÃO FINANCEIRA 1

O PIBID E A FORMAÇÃO DE ALUNOS DA EJA: UMA EXPERIÊNCIA COM EDUCAÇÃO FINANCEIRA 1 O PIBID E A FORMAÇÃO DE ALUNOS DA EJA: UMA EXPERIÊNCIA COM EDUCAÇÃO FINANCEIRA 1 Resumo: Delane Santos de Macedo 2 Universidade Federal do Recôncavo da Bahia delayne_ba@hotmail.coml Gilson Bispo de Jesus

Leia mais

Com inflação e juros em alta, hora de fazer 'ajuste fiscal' em casa

Com inflação e juros em alta, hora de fazer 'ajuste fiscal' em casa Veículo: O Globo Data: 07/09/15 Com inflação e juros em alta, hora de fazer 'ajuste fiscal' em casa Em tempos de desaceleração da economia e inflação e juros em alta, a cada mês as famílias se deparam

Leia mais

FLUXO DE CAIXA. Dinâmica: O que faço de diferente ou estranho. (Objetivo: Conhecer um pouco cada participante)

FLUXO DE CAIXA. Dinâmica: O que faço de diferente ou estranho. (Objetivo: Conhecer um pouco cada participante) FLUXO DE CAIXA Dinâmica: O que faço de diferente ou estranho. (Objetivo: Conhecer um pouco cada participante) Brainstorming: Chuva de ideias ou Toró de parpite: O QUE É FLUXO DE CAIXA? (Objetivo: Saber

Leia mais

PESQUISA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA SPC BRASIL. Janeiro 2014

PESQUISA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA SPC BRASIL. Janeiro 2014 PESQUISA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA SPC BRASIL Janeiro 2014 PESQUISA DO SPC BRASIL REVELA QUE 81% DOS BRASILEIROS SABEM POUCO OU NADA SOBRE SUAS FINANÇAS PESSOAIS Os brasileiros ainda estão muito distantes

Leia mais

REALIZAÇÃO: PARCERIA:

REALIZAÇÃO: PARCERIA: REALIZAÇÃO: PARCERIA: A partir de agora você descobrirá a importância do planejamento financeiro pessoal e familiar, aprenderá a lidar melhor com o seu dinheiro, controlar suas despesas e tomar decisões

Leia mais

Educação Financeira e Orçamento Doméstico

Educação Financeira e Orçamento Doméstico Objetivo de hoje... Sensibilizar os participantes da importância do planejamento e controle financeiro para educação financeira e melhores praticas do orçamento doméstico. Dinheiro pode proporcionar coisas

Leia mais

Investimento para Mulheres

Investimento para Mulheres Investimento para Mulheres Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem

Leia mais

Guia de Finanças Pessoais

Guia de Finanças Pessoais Guia de Finanças Pessoais GUIA DE FINANÇAS PESSOAIS Como estão suas FinanÇas? De onde vem o dinheiro não costuma ser um mistério. Em geral, as pessoas têm uma boa noção de suas receitas, provenientes do

Leia mais

Longo Prazo, Poupança das Famílias e os Fundos de Investimento

Longo Prazo, Poupança das Famílias e os Fundos de Investimento Longo Prazo, Poupança das Famílias e os Fundos de Investimento Longo prazo, Poupança das Famílias e os Fundos de Investimento Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF Centro de

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em fevereiro/2015. Estas elevações podem ser atribuídas aos seguintes

Leia mais

ORIENTAÇÃO FINANCEIRA

ORIENTAÇÃO FINANCEIRA ORIENTAÇÃO FINANCEIRA SENADO FEDERAL Mesa Biênio 2015-2017 Senador Renan Calheiros PRESIDENTE Senador Jorge Viana PRIMEIRO-VICE-PRESIDENTE Senador Romero Jucá SEGUNDO-VICE-PRESIDENTE Senador Vicentinho

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em janeiro/2015. Estas elevações podem ser atribuídas aos seguintes

Leia mais

Administrando o Fluxo de Caixa

Administrando o Fluxo de Caixa Administrando o Fluxo de Caixa O contexto econômico do momento interfere no cotidiano das empresas, independente do seu tamanho mercadológico e, principalmente nas questões que afetam diretamente o Fluxo

Leia mais

Elementos de Análise Financeira Matemática Financeira e Inflação Profa. Patricia Maria Bortolon

Elementos de Análise Financeira Matemática Financeira e Inflação Profa. Patricia Maria Bortolon Elementos de Análise Financeira Matemática Financeira e Inflação O que é Inflação? Inflação É a elevação generalizada dos preços de uma economia O que é deflação? E a baixa predominante de preços de bens

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 3: Gerenciamento de dívidas

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 3: Gerenciamento de dívidas Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 3: Gerenciamento de dívidas Objetivo Auxiliar no gerenciamento de dívidas e de como quitá-las, conscientizando as pessoas da importância em diminui-las e de

Leia mais

4 passos para uma Gestão Financeira Eficiente

4 passos para uma Gestão Financeira Eficiente 4 passos para uma Gestão Financeira Eficiente Saiba como melhorar a gestão financeira da sua empresa e manter o fluxo de caixa sob controle Ciclo Financeiro Introdução Uma boa gestão financeira é um dos

Leia mais

Juros Simples. www.siteadministravel.com.br

Juros Simples. www.siteadministravel.com.br Juros Simples Juros simples é o acréscimo percentual que normalmente é cobrado quando uma dívida não foi pago na data do vencimento. Financiamento de casa própria A casa própria é o sonho de muitas famílias,

Leia mais

O único tipo de conta-corrente desejável 94 Pesquise uma conta-corrente melhor 95 Pague suas contas pela internet 95 Atualize seus depósitos e saques

O único tipo de conta-corrente desejável 94 Pesquise uma conta-corrente melhor 95 Pague suas contas pela internet 95 Atualize seus depósitos e saques Sumário Agradecimentos 15 Prefácio por Gustavo Cerbasi 19 1 Só para mulheres 23 2 Imagine o que é possível 29 QUADRO: Sua própria vida rica: um exercício 39 3 Nem vergonha, nem culpa 43 A história de Suze

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 5: Serviços Bancários

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 5: Serviços Bancários Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 5: Serviços Bancários Objetivo Conscientizar nossos clientes sobre os serviços bancários e as funções de cada funcionário O conteúdo deste material é baseado

Leia mais

Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos

Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos Conforme aprovado pelo Conselho Deliberativo em reunião realizada em 4 de abril de 2011 a São Bernardo implementará em 1º de julho de 2011

Leia mais

Bom Crédito. Lembre-se de que crédito é dinheiro. Passos

Bom Crédito. Lembre-se de que crédito é dinheiro. Passos Bom Crédito Lembre-se de que crédito é dinheiro É. Benjamin Franklin, Político Americano e inventor quase impossível passar a vida sem pedir dinheiro emprestado. Seja algo básico como usar um cartão de

Leia mais

POUPANÇA INVESTIMENTO E SISTEMA FINANCEIRO. Sistema financeiro serve para unir pessoas que poupam com as pessoas que

POUPANÇA INVESTIMENTO E SISTEMA FINANCEIRO. Sistema financeiro serve para unir pessoas que poupam com as pessoas que Aula 21 12/05/2010 Mankiw (2007) - Cap 26. POUPANÇA INVESTIMENTO E SISTEMA FINANCEIRO. investem. Sistema financeiro serve para unir pessoas que poupam com as pessoas que INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS NA ECONOMIA

Leia mais

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano.

PESQUISA DE JUROS. As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano. PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em dezembro/2013 sendo esta a sétima elevação do ano. Esta elevação é reflexo da elevação da Taxa Básica de Juros (Selic)

Leia mais

Marcos Puglisi de Assumpção 10. PLANOS DE PREVIDÊNCIA

Marcos Puglisi de Assumpção 10. PLANOS DE PREVIDÊNCIA Marcos Puglisi de Assumpção 10. 2010 Uma das maiores preocupações de um indivíduo é como ele vai passar o final de sua vida quando a fase de acumulação de capital cessar. É preciso fazer, o quanto antes,

Leia mais

Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento

Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF Centro de Estudos em Finanças Escola

Leia mais

TREINAMENTO BRADESCARD. Lojas BP

TREINAMENTO BRADESCARD. Lojas BP TREINAMENTO BRADESCARD Lojas BP 1 Cartão BradesCard O BradesCard facilita a realização dos seus clientes de forma prática e flexível. Especializado no Varejo, oferece um portfólio completo de produtos

Leia mais

Financiamento de automóveis: Investimento ou gasto dispendioso? *

Financiamento de automóveis: Investimento ou gasto dispendioso? * Financiamento de automóveis: Investimento ou gasto dispendioso? * Com a queda da taxa básica de juros, a economia brasileira observa uma aceleração do crédito como nunca antes vista. Os juros em baixa

Leia mais

PERFIS DE INVESTIMENTO

PERFIS DE INVESTIMENTO PERFIS DE INVESTIMENTO Índice 3 Apresentação 3 Como funciona a ELETROS? 4 Como são os investimentos em renda variável? 5 Como são os investimentos em renda fixa? 6 Como são os investimentos nos demais

Leia mais

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II Capítulo II Mark Ford 11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo Dois Como uma nota de $10 me deixou mais rico do que todos os meus amigos Das centenas de estratégias de construção de riqueza que

Leia mais

IMA Institute of Management Accountants PESQUISA DE JUROS

IMA Institute of Management Accountants PESQUISA DE JUROS PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em outubro/2013, sendo esta a sexta elevação no ano. Esta elevação pode ser atribuída à última elevação da Taxa de Juros

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito ficaram praticamente estáveis em janeiro/2013 frente a dezembro/2012. Pessoa Física Das seis

Leia mais

O impacto das emoções na nossa vida GET-PE

O impacto das emoções na nossa vida GET-PE O impacto das emoções na nossa vida financeira e em nossos investimentos. financeira e em nossos investimentos. GET-PE GET-PE Grupo de Estudo e Trabalho em Psicologia Econômica www.getpe.com.br BEM-VINDOS!

Leia mais

Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro Planejamento Financeiro I Curso Planejamento e Educação Financeira Uma parceria Órama e Dinheirama. Planejamento Financeiro Por Sandra Blanco Consultora de Investimentos da Órama, mais de anos de mercado,

Leia mais

O melhor crédito para você

O melhor crédito para você 1016324-4 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

Matemática Financeira. Prof. Dr. Geraldo Nunes Silva DCCE-IBILCE-UNESP

Matemática Financeira. Prof. Dr. Geraldo Nunes Silva DCCE-IBILCE-UNESP Matemática Financeira Prof. Dr. Geraldo Nunes Silva DCCE-IBILCE-UNESP O que se espera do aluno ao final do curso? Capacidade para analisar fluxos de caixa; Saber avaliar alternativas de investimentos;

Leia mais

1 Onde estou e aonde quero chegar

1 Onde estou e aonde quero chegar Seu futuro é agora O Programa RENDA MAIS da Fundação Atlântico tem como objetivo fomentar o conhecimento sobre educação financeira e previdenciária junto aos seus Participantes. No módulo de Educação Financeira

Leia mais

Mercado de Capitais. O Processo de Investir. Professor: Roberto César

Mercado de Capitais. O Processo de Investir. Professor: Roberto César Mercado de Capitais O Processo de Investir Professor: Roberto César PASSOS PARA INVESTIR NA BOLSA 1 - Defina um Objetivo 2 - Formas de Investir 3 - Encontre a melhor Corretora para você 4 - Abra sua conta

Leia mais

CAPÍTULO 4 Sabe quanto você vai poder pagar? É hora de sentar na mesa com o credor.

CAPÍTULO 4 Sabe quanto você vai poder pagar? É hora de sentar na mesa com o credor. E-BOOK COMO SE PREPARAR PARA A NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS CAPÍTULO 4 Sabe quanto você vai poder pagar? É hora de sentar na mesa com o credor. Com dívidas em quase 20 instituições diferentes, Joana fez uma lista

Leia mais

Educação Financeira PASSATEMPOS. O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA. Diretox Dominox caça-palavra

Educação Financeira PASSATEMPOS. O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA. Diretox Dominox caça-palavra Educação Financeira O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA PASSATEMPOS Diretox Dominox caça-palavra 2 O Paraná Banco propõe um desafio consciente a você! O Paraná Banco,

Leia mais

Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo. Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015

Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo. Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM

Leia mais

12 perguntas. que você precisa fazer para o seu cliente.

12 perguntas. que você precisa fazer para o seu cliente. 12 perguntas que você precisa fazer para o seu cliente. Introdução Neste final de ano, a Icatu Seguros quer convidar a todos para uma reflexão sobre decisões aparentemente simples, mas que nem sempre são

Leia mais

DATUSPREV CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR!

DATUSPREV CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR! DATUSPREV INFORMATIVO CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR! Quem já cumpriu 5 anos de contribuição pode solicitar o benefício de aposentadoria programada? Essas e mais informações pra você neste Informativo.

Leia mais

Matemática. Aula: 04/10. Prof. Pedro Souza. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Matemática. Aula: 04/10. Prof. Pedro Souza. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Matemática Aula: 04/10 Prof. Pedro Souza UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO PARA

Leia mais

Sonho Planejado, Sonho Realizado

Sonho Planejado, Sonho Realizado Sonho Planejado, Sonho Realizado Escola Estadual Alceu Gomes da Silva Sala 12 - Sessão 2 Professor(es) Apresentador(es): Lilian Gomes dos Santos Realização: Foco Educação Financeira e apoio às habilidades

Leia mais

Amigos, amigos, negócios à parte!

Amigos, amigos, negócios à parte! Reforço escolar M ate mática Amigos, amigos, negócios à parte! Dinâmica 4 2º Série 2º Bimestre Aluno DISCIPLINA Ano CAMPO CONCEITO Matemática Ensino Médio 2ª Numérico Aritmético Matemática Financeira Primeira

Leia mais

IDÉIAS EM CONSTRUÇÃO DOCUMENTOS PARA ESTUDO 03-03

IDÉIAS EM CONSTRUÇÃO DOCUMENTOS PARA ESTUDO 03-03 1 IDÉIAS EM CONSTRUÇÃO DOCUMENTOS PARA ESTUDO 03-03 O PAPEL DO FUNDO ROTATIVO NA FORMAÇÃO DE UMA NOVA CULTURA DE CRÉDITO Introdução Obedecendo a mesma dinâmica dos dois números anteriores, esse texto trata

Leia mais

O FGTS TRAZ BENEFÍCIOS PARA O TRABALHADOR?

O FGTS TRAZ BENEFÍCIOS PARA O TRABALHADOR? O FGTS TRAZ BENEFÍCIOS PARA O TRABALHADOR? FERNANDO B. MENEGUIN 1 O FGTS - Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, regido pela Lei nº 8.036, de 11/05/90, foi instituído, em 1966, em substituição à estabilidade

Leia mais

Nosso presente é cuidar do seu futuro

Nosso presente é cuidar do seu futuro Nosso presente é cuidar do seu futuro Quem quer ser um milionário? Investimento Mensal - R$ 1.000,00 R$ 1.200.000,00 Evolução Patrimonial R$ 1.000.000,00 R$ 800.000,00 R$ 600.000,00 R$ 400.000,00 R$ 200.000,00

Leia mais

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA!

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! Prezado participante, 2 Brasil Foods Sociedade de Previdência Privada Cartilha Plano III Um dos grandes objetivos da política de recursos humanos de

Leia mais

Neste e-book vamos esclarecer melhor como é feita essa transição financeira, quais os melhores investimentos para a aposentadoria, como você deve administrar os demais gastos, onde é possível cortar despesas

Leia mais

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança 03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança Render 5 Vezes Mais por Leandro Sierra Índice Apresentação...03 Introdução... 04 Passo 1...05 Passo 2... 08 Educação Financeira para a Segurança do seu Investimento...

Leia mais

COOPERATIVA DE CRÉDITO

COOPERATIVA DE CRÉDITO 3 COOPERATIVISMO Baseia-se na união de pessoas onde cada membro deve contribuir com uma parcela ou quota parte, colaborando para a melhoria das condições econômicas e sociais de todos que fazem parte dessa

Leia mais

Fundamentos de Finanças

Fundamentos de Finanças Fundamentos de Finanças Logística Prof. Marcelo dos Santos O que se espera do aluno ao final do curso? Capacidade para analisar fluxos de caixa; Saber avaliar alternativas de investimentos; Aumento da

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA - FGV

MATEMÁTICA FINANCEIRA - FGV MATEMÁTICA FINANCEIRA - FGV 01. (FGV) O preço de venda de um artigo foi diminuído em 20%. Em que porcentagem devemos aumentar o preço diminuído para que com o aumento o novo preço coincida com o original?

Leia mais

www.anefac.com.br Rua 7 de abril. 125 - conj. 405 - CEP 01043-000 República - São Paulo-SP - Telefone: 11 2808-320 PESQUISA DE JUROS

www.anefac.com.br Rua 7 de abril. 125 - conj. 405 - CEP 01043-000 República - São Paulo-SP - Telefone: 11 2808-320 PESQUISA DE JUROS PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em maio/2014, sendo esta a décima segunda elevação seguida, quinta elevação no ano. Estas elevações podem ser atribuídas

Leia mais

O que é e como funciona uma operação de swap

O que é e como funciona uma operação de swap O que é e como funciona uma operação de swap! O que é Swap! O que é Hedge! Mecanismo básico de funcionamento de uma operação de Swap Autores: Francisco Cavalcante(f_c_a@uol.com.br)! Administrador de Empresas

Leia mais

DA INCUBAÇÃO À ACELERAÇÃO DE NEGÓCIOS: NOVAS ROTAS DE DESENVOLVIMENTO

DA INCUBAÇÃO À ACELERAÇÃO DE NEGÓCIOS: NOVAS ROTAS DE DESENVOLVIMENTO 1 DA INCUBAÇÃO À ACELERAÇÃO DE NEGÓCIOS: NOVAS ROTAS DE DESENVOLVIMENTO Cesar Simões Salim Professor e Autor de livros de empreendedorismo cesar.salim@gmail.com Visite meu blog: http://colecaoempreendedorismo.blogspot.com/

Leia mais

MICROFINANÇAS. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil

MICROFINANÇAS. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil MICROFINANÇAS Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil

Leia mais

Entenda o Novo Sistema de Pagamentos Brasileiro O Novo SPB O que muda com o novo SPB Saiba o que não muda com o novo SPB Saiba mais

Entenda o Novo Sistema de Pagamentos Brasileiro O Novo SPB O que muda com o novo SPB Saiba o que não muda com o novo SPB Saiba mais * Informações de janeiro/2002 * Sumário Entenda o Novo Sistema de Pagamentos Brasileiro O Novo SPB Benefícios do Novo SPB O que é Porque mudar O que muda O que muda com o novo SPB Transferências só com

Leia mais

MERCADO DE AÇÕES MULHERES

MERCADO DE AÇÕES MULHERES MULHERES NA BOLSA 32 REVISTA RI Março 2011 Está ficando para trás o tempo em que a Bolsa de Valores era um reduto identificado com o gênero masculino. Hoje esse espaço também já é ocupado pelas mulheres

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA Centro de Ciências Sociais e Humanas Programa de Pós-Graduação em Administração

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA Centro de Ciências Sociais e Humanas Programa de Pós-Graduação em Administração UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA Centro de Ciências Sociais e Humanas Programa de Pós-Graduação em Administração GERENCIAMENTO FINANCEIRO DOS BENEFÍCIOS ADVINDOS DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA: UMA ANÁLISE

Leia mais

Tema do Case Projeto Educação Financeira online e Consumo Consciente - Icatu Seguros e FGV

Tema do Case Projeto Educação Financeira online e Consumo Consciente - Icatu Seguros e FGV Tema do Case Projeto Educação Financeira online e Consumo Consciente - Icatu Seguros e FGV Autores e Coautores Aura Rebelo e Maria Angélica Ferreira Rodrigues Resumo do Case Icatu Seguros e FGV Online

Leia mais

2012, UMA FRUSTRAÇÃO PARA O MERCADO DA ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA.

2012, UMA FRUSTRAÇÃO PARA O MERCADO DA ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA. Brasília, 10 de Janeiro de 2013 NOTA À IMPRENSA 2012, UMA FRUSTRAÇÃO PARA O MERCADO DA ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA. Por: (*) Rafhael Carvalho Marinho O índice de preços imobiliários verifica a existência de

Leia mais

11 Segredos. Capítulo VIII. para a Construção de Riqueza !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

11 Segredos. Capítulo VIII. para a Construção de Riqueza !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Mark Ford 11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo VIII Capítulo Oito Cinco alternativas para ficar rico sem depender do mercado de ações No meu esforço de surpreendê-lo com verdades sobre a construção

Leia mais

SONHOS AÇÕES. Planejando suas conquistas passo a passo

SONHOS AÇÕES. Planejando suas conquistas passo a passo SONHOS AÇÕES Planejando suas conquistas passo a passo Todo mundo tem um sonho, que pode ser uma viagem, a compra do primeiro imóvel, tranquilidade na aposentadoria ou garantir os estudos dos filhos, por

Leia mais

Perfil de investimentos

Perfil de investimentos Perfil de investimentos O Fundo de Pensão OABPrev-SP é uma entidade comprometida com a satisfação dos participantes, respeitando seus direitos e sempre buscando soluções que atendam aos seus interesses.

Leia mais

Para poder concluir que chegamos a: a) registrar os eventos; b) controlar o patrimônio; e c) gerar demonstrações

Para poder concluir que chegamos a: a) registrar os eventos; b) controlar o patrimônio; e c) gerar demonstrações Contabilidade: é objetivamente um sistema de informação e avaliação, destinado a prover seus usuários com demonstrações e análise de natureza econômica financeira. tratar as informações de natureza repetitiva

Leia mais