Reunião Executiva 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Reunião Executiva 2013"

Transcrição

1

2 2acontece Reunião Executiva 2013 Por Fátima Idogava Em 28 de fevereiro e 01 de março, aconteceu na cidade de Embu das Artes, próximo à cidade de São Paulo, a Reunião Executiva realizada anualmente, com a participação de todos os diretores, superintendentes, gerentes e coordenadores, cujo principal objetivo foi o de apresentar os resultados do Grupo HTB e respectivas áreas de negócio, bem como as perspectivas para Esta reunião foi uma excelente oportunidade de integração de toda a liderança e, para tanto, foi realizada uma atividade em grupo, que visou o trabalho em equipe, o planejamento participativo, a criatividade para solução de problemas, comunicação, a visão sistêmica entre outros. Os lideres foram divididos em grupos e orientados para a montagem de uma torre com bastões de madeira e barbante e que deveria ser sustentável, ou seja, ficar em pé. Palavra da Diretoria Confira abaixo a entrevista concedida pelos diretores Detlef Dralle e Jörg Wiemeyer ao jornal Tapume: colaboradores. Devemos nos dedicar diariamente, com disciplina, ao cumprimento do combinado, buscando sempre o aprimoramento contínuo e nunca aceitar baixo padrão de qualidade, nos preparando desta forma, para os anos pós-boom que certamente virão. Jörg: É responsabilidade de todos nós mantermos esta conquista! Contamos com o empenho dos nossos colaboradores nesta empreitada. Tapume: Como foi o ano de 2012 para a HOCHTIEF do Brasil e para a Construtora TEDESCO? Quais foram os desafios enfrentados? Detlef: Em termos gerais, 2012 foi um ótimo ano para o Grupo HTB. Tivemos uma entrada de contratos e de produção recordes e o resultado econômico também foi acima do planejado. Colhemos os primeiros frutos da bem sucedida estratégia de regionalização e aumentamos a carteira de obras em andamento, que atualmente gira em torno de R$ 2 bilhões. Os desafios de abrir um novo Escritório no Rio de Janeiro e integrar a Construtora TEDESCO ao Grupo HTB foram vencidos com sucesso. Colaboradores na dinâmica de grupo aplicada no 2º dia do evento Tapume: Quais são os planos para 2013? O que há de novo no planejamento estratégico da empresa? Jörg: Para 2013, manteremos a direção estratégica de crescimento sustentável, o que significa um crescimento que prioriza muito mais a qualidade dos serviços do que o volume de obras. O Grupo HTB continuará ampliando o seu portfólio e para tanto definimos em nosso Planejamento Estratégico, os seguintes posicionamentos das empresas do Grupo: a HOCHTIEF do Brasil se diferenciará pelas soluções e serviços realizados sob medida, agregando valor percebido ao negócio do Cliente, com eficácia operacional em suas operações. E a Construtora TEDESCO, se diferenciará pelo custo competitivo ofertado, entregando os projetos com a qualidade e os prazos contratados por seus Clientes. Tapume: Como, nós colaboradores, podemos contribuir para atingirmos as metas definidas pela empresa? Detlef: Temos certeza de que conseguimos superar as metas graças à dedicação e o comprometimento de todos os nossos Detlef Dralle e Jörg Wiemeyer apresentando a Reunião Executiva

3 Série: Código de Conduta HOCHTIEF do Brasil Doações e Patrocínios Por: Zenilton Magalhães Nenhum colaborador poderá garantir benefícios indevidos a parceiros de negócios O mesmo se aplica para outros colaboradores e terceiros. Em particular, essa situação pode ser presumida quando a natureza ou o nível de um benefício puder ter impacto inadmissível sobre os atos e decisões do beneficiário. Terceiros não podem ser usados para driblar esta norma. Quando tratamos de doações e patrocínios, devemos ter em mente que a HOCHTIEF do Brasil vem atuando com ações de responsabilidade social. Vale lembrar também que a empresa não faz qualquer tipo de doação direta ou indireta a partidos políticos ou a políticos individualmente. Doações a outros beneficiários não políticos, são válidas, mas não podem ser usadas para driblar as normas do nosso Código de Conduta. Vale ressaltar que o não cumprimento destes requisitos poderá ocasionar a rescisão do contrato de trabalho do colaborador. Acesso ao código na íntegra: Grupo Zech: Escritórios Vodafone na Alemanha Por Julia Niblett 3acontece Após a conclusão e entrega bem sucedidas do novo Campus da Vodafone em Düsseldorf, o Grupo Zech ganhou o contrato de um novo projeto para a operadora de telefonia móvel Vodafone. A Phoenix Real Estate Development GmbH, parte da divisão imobiliária do Zech Group, é a desenvolvedora do projeto para o novo prédio de escritórios de seis andares, estacionamento no piso inferior e área verde externa, que será construído em Eschborn, na Alemanha. O projeto do novo prédio - New Waves I, com aproximadamente m² e investimento total de 35 milhões de Euros, segue os mesmos princípios do Campus da Vodafone em Düsseldorf e seguirá também os mesmos padrões em termos de qualidade e sustentabilidade. A filial da Zechbau em Frankfurt será encarregada da construção. A Vodafone assinou um contrato de arrendamento de 10 anos pelo espaço de escritório da nova propriedade. Este prédio de escritórios vai se tornar o Centro de Tecnologia de Excelência da Vodafone, com mais de funcionários. Ficha Técnica Prazo da obra Março/ Maio/2014 Tipo de contrato: Arrendamento/Preço Máximo Garantido (PMG) Área do Terreno: m² Área construída: ~ m²

4 4negócios REC Sapucaí Empreendimento da HOCHTIEF do Brasil, fará parte de um dos cartões postais mais famosos do mundo O empreendimento foi lançado em junho de 2011 e está sendo construído na área da antiga fábrica da cervejaria Brahma, na Marquês de Sapucaí, ao lado da Passarela do Samba, no Rio de Janeiro. Projetado por Oscar Niemeyer, ícone da arquitetura mundial, o edifício terá a imponência de 130 mil metros quadrados de área distribuída em 20 pavimentos, envolto por uma imensa fachada de vidro e será exibido em um dos cartões postais mais famosos do mundo. De acordo com Pedro Keleti, superintendente de negócios, outro ponto importante é que será um empreendimento ambientalmente correto. Contará com um sistema para reuso de água e a fachada permitirá a entrada de luz com redução da passagem de calor, diminuindo o consumo de energia do ar condicionado. Por essas e outras características será uma obra com certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), dentro dos requisitos do Green Building Council, ressalta Pedro. A construção está a todo vapor e a segunda fase de obras foi iniciada em agosto de Faz parte do escopo a estrutura de concreto armado, as fachadas, as instalações prediais, os acabamentos dos halls, lobby e os subsolos. Para garantir a eficiência das atividades e o cumprimento dos prazos, foi necessário superar algumas barreiras. Tivemos que repensar a logística de entrega de produtos, como, por exemplo, o concreto e demais insumos. Além disso, precisamos utilizar uma área limitada de trabalho, pois não há espaço suficiente para o canteiro de obras. Os desafios estão sendo superados e o andamento dos trabalhos atende todas as expectativas, inclusive no que diz respeito à aproximação e estreitamento das relações com a comunidade vizinha à obra, finaliza Pedro. Ficha Técnica Prazo da obra Fase 2: Agosto/ Novembro/2014 Tipo de Contrato PMG (Preço Máximo Garantido) Gestor Pedro Keleti Colaboradores no pico Volume de concreto m³ Aço 4500 t de armadura frouxa e 700 t de protendido Fachada Unitizada em Vidro m²

5 Como anda a unidade NIC.br Por Fátima Idogava Em janeiro de 2012, a HOCHTIEF do Brasil foi contratada pela empresa NIC.br - Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR NIC.br para a realização de uma pré-construção e construção de um Data Center a ser localizado na região de Santo Amaro, em São Paulo. Os projetos estão sendo finalizados (fase de pré- -construção). A construção do Data Center já foi iniciada em meados de fevereiro de 2013, sendo que este projeto foi dividido em duas fases: Na primeira fase, a HTB irá executar toda a parte de contenções, realizando a cravação de perfis metálicos, prancheamento das cortinas e execução de tirantes provisórios, bem como os serviços de escavação da obra. Faz parte desta fase a execução dos contrafortes para contenção das divisas. Já na segunda fase, os serviços compreendem as fundações, estrutura de concreto, fechamentos, acabamentos e todas as instalações pertinentes e necessárias à conclusão do empreendimento (elétrica, hidráulica, ar condicionado, combate a incêndio, etc). Nesta obra, destaca-se a cravação de perfis, visto que há expectativas de identificação de rocha no terreno e, se confirmado, haverá necessidade de complemento de contenção. A expectativa do cliente é alta no tocante à qualidade e soluções de engenharia para viabilizar o custo do empreendimento, comenta Juliano Diniz, gerente de negócio. E S T U D O P R E L I M I N A R S Ã O P A U L O J U L H O Ficha Técnica Prazo da obra 1ª Fase: Fevereiro/ Agosto/2013 2ª Fase: Abril/ Abril/2014 (estimado) Tipo de Contrato 1ª Fase: Administração 2ª Fase: Preço Máximo Garantido (PMG) Gerentes de negócio E D I F Í C I O C O Juliano R P O R A T Diniz I V O E D A T A C E N T E R N I C. b r - N Ú C L E O D E I N F O R M A Ç Ã O E C O O R D E N A Ç Ã O D O P O N T O B R Colaboradores no pico 1ª Fase: 45 2ª Fase: 250 Volume de concreto: 1ª Fase: m³ 2ª Fase: m³ (estimado) 5 negócios M O N I C G U S T A V O B a r T O D O S O S D I R E I

6 6negócios Novos Contratos TEDESCO Sicredi e Moving Por Jaqueline Nazário SICREDI A Construtora TEDESCO está realizando a construção da sede regional administrativa da Cooperativa de Crédito Sicredi em Teutônia, RS. Esta obra, com prazo de 12 meses de execução, terá pavimento inferior técnico e de estacionamento, térreo com agência bancária de atendimento e anfiteatro, dois pavimentos administrativos e laje técnica. O escopo dos serviços conta com topografia, terraplanagem, fundações (estaca raiz, blocos e vigas de fundação), contrapiso armado no pavimento inferior de estacionamento, estrutura mista, com pilares de concreto moldados in loco, vigas de concreto protendido, lajes pré-moldadas com capeamento em concreto, pórticos e brises metálicos, instalações elétricas, hidrossanitárias e prevenção e combate a incêndio, acabamentos e revestimentos. Neste projeto, vale destacar, o desafio de redesenhar os projetos de fundação e de estruturas de concreto, metálica e de climatização (aditivo de contrato) e a busca de mão de obra local qualificada. Ficha Técnica Prazo da obra Tipo de contrato Gestor Colaboradores no pico 80 Volume de concreto m³ Novembro/ Novembro/2013 Empreitada Global Frederico Alban Neto MOVING Na região central de Porto Alegre, a Construtora TEDESCO está realizando a construção de um edifício garagem composto por seis pavimentos com cobertura impermeabilizada, fundações em estacas tipo hélice contínua, em estrutura de concreto moldada in loco com lajes planas protendidas nas duas direções, impermeabilizações, instalações elétricas, hidráulicas e de incêndio. A obra terá dois elevadores, 414 vagas de estacionamento e 12 lojas localizadas no térreo do empreendimento. Devido a região ter restrições de circulação, o desafio a ser enfrentado nesta obra será o cronograma e a logística da obra. Ficha Técnica Prazo da obra Tipo de contrato Gestores Colaboradores no pico 60 Volume de concreto m³ Dezembro/ Setembro/2013 Empreitada Global Sérgio Chang Baldino e Juliano Maestri

7 Edifício Barão em fase final Iniciado em 2010, o Edifício Barão, pertencente a seguradora Porto Seguro, já conta com 83% de sua obra finalizada. No momento, estamos iniciando a operação e o check list de entrega por andar. As atividades em foco estão relacionadas aos acabamentos dos andares, instalações prediais, acabamentos do térreo e dos halls, comenta Carlos Britto, gerente de negócio. De acordo com Britto, a entrega dos andares está atendendo a demanda de moving do cliente e está em conformidade com o cronograma. Já as entregas das áreas externas, incluindo o paisagismo, e também a finalização da área da usina de energia, tiveram o prazo prorrogado devido a algumas dificuldades na definição de projeto. Foi desenvolvido um plano para geração provisória de energia que irá atender as necessidades temporariamente. Assim, a entrega de quatro andares, no final do mês de abril, e a entrega dos demais, no final de maio, não será prejudicada. Todo esforço individual é muito importante, mas o sucesso da implantação deste empreendimento está, certamente, ligado à atitude coletiva, ao espírito de equipe. A multidisciplinaridade exigida por um projeto como este nos conduz a um aprendizado constante. Acrescento também que a participação dos profissionais da Companhia Porto Seguro, bem como o trabalho desenvolvido pela a empresa gerenciadora Tallento Engenharia, precisam ser destacados. Nossas metas são conjuntas, nosso sucesso é conjunto, ressalta Britto. Ficha Técnica Prazo da obra Tipo de Contrato Gerente Março/ Agosto/2013 Empreitada Global Carlos Britto Área construída m² Colaboradores no pico 345 Volume de concreto m³ 7negócios

8 8fique por dentro Capacitação de colaboradores do Rio de Janeiro Por Cláudia Domingos Desde o final de 2011, quando se iniciou a estruturação da Diretoria do Rio de Janeiro DRJ, já foram contratados mais de 100 profissionais de diversas áreas, que residem na cidade do Rio de Janeiro ou adjacências, para compor as equipes do escritório da área de negócio e dos projetos em andamento, além de outros quase 60 profissionais transferidos de outras bases. Em função dessa grande demanda, observou-se a necessidade de montar uma sala de treinamento para formar essa mão de obra nos princípios e processos da empresa, bem como no sistema integrado. Após uma análise detalhada das várias opções, a sala, batizada de Sala Leblon, foi montada aproveitando a estrutura do canteiro de obras da Unidade CNII, que é uma das unidades de negócio que mais a utiliza, além de se localizar em uma região próxima ao centro da cidade e com acesso fácil através de transporte público. Estrategicamente, também optou-se por utilizar um módulo do mesmo tipo de container já utilizado por várias obras, que oferece conforto térmico e acústico. Ao término dessa obra, o container poderá ser transportado para outra unidade, mantendo as mesmas funcionalidades. Além de treinamentos do sistema integrado, a sala será utilizada para realizar integração de novos colaboradores, cursos in company e da Escola Técnica, aplicação de teste de proficiência de Inglês e, até mesmo, para pequenos workshops, comenta Ana Pinheiro, analista de Recursos Humanos. Evento: Future Building Expo Revestir A HOCHTIEF do Brasil participou da conferência Future Building, que ocorreu no Transamérica Expo Center, nos dias 05 e 06 de março, em paralelo com a 11ª Expo Revestir - Feira Internacional de Revestimentos. O evento teve a ousada proposta de apresentar o tema A Construção e a Arquitetura do Amanhã: Tecnologias Inteligentes na Concepção do Projeto à Entrega do Empreendimento, oferecendo palestras sobre construção do futuro, projetos futurísticos, materiais convencionais e sustentáveis, certificações, inovações tecnológicas, entre outros. Thomas Martin Diepenbruck, gerente de controlling técnico da HTB, foi um dos palestrantes e apresentou o tema Cenário do mercado brasileiro nas novas tecnologias da construção.

9 Programa Capacitação Profissional - Perspectivas e Resultados Por Ana Pinheiro fique por dentro O programa de Capacitação de Jovens Profissionais é um ponto de partida e uma ótima oportunidade de desenvolvimento para jovens engenheiros e arquitetos que gostam de aprendizados e desafios e que querem construir suas carreiras de maneira sólida. Os resultados deste investimento podem ser vistos através da qualidade do trabalho que é prestado por cada um destes profissionais, que hoje contribuem com a empresa com uma visão mais ampla das diversas áreas e suas interfaces. Temos hoje, duas turmas concluídas e duas turmas em andamento, além de mentores, líderes de equipe e instrutores de treinamento, que participam ativamente do desenvolvimento destes profissionais. A evolução de cada jovem tem sido um indicador importante de que o programa está no caminho certo. O engenheiro de produção, Andre Rodrigues, acredita que sairá do programa um profissional melhor, mais capacitado e mais bem preparado Já consigo identificar vários temas que estão diretamente ligados em minha rotina. Com certeza, acredito que vou crescer muito profissionalmente, e até mesmo pessoalmente. Além disso, o programa tem contribuído para a retenção de talentos, como cita Waldir Mattos, gerente de recursos humanos Os jovens enxergam o programa como uma grande oportunidade de crescimento na empresa. Todos os envolvidos se beneficiam com o programa, pois há uma troca constante de conhecimentos. O gerente de serviços técnicos, Pedro Pazin, participa do programa como mentor e relata que en- controu uma oportunidade de transmitir sua experiência na HTB, onde completou 35 anos. O papel de mentor permite uma interação com uma pessoa mais jovem, com várias metas e objetivos de futuro, que sempre agregam valor. Novas turmas serão formadas a cada ano, pois a capacitação dos jovens profissionais está alinhada com os princípios da HTB, principalmente, em tratar os colaboradores como fator de sucesso. 9 Feira de Tecnologia nos Estados Unidos International Roofing Expo Entre os dias 5 e 7 de fevereiro, foi realizado na cidade de San Antonio/Texas nos Estados Unidos, o maior evento do mundo ligado ao setor de impermeabilizações: a International Roofing Expo. Esta exposição, além de apresentar ao setor produtos e sistemas de vanguarda, oferece a oportunidade de participação de discussões de cases técnicos através de workshops e palestras. A HOCHTIEF do Brasil esteve presente com a participação do gerente de impermeabilizações Luciano Silva. Atualmente, o acesso às tecnologias mais avançadas no Brasil se tornou bastante facilitado, porém não podemos deixar de destacar a grande distância entre a importância dada aos sistemas impermeabilizantes no exterior e no Brasil observa Luciano. Além disso, o nível de industrialização dos processos de aplicação, através de ferramentas específicas e equipamentos, é bastante elevado já que o custo da mão de obra no exterior é alto complementa. Outra tendência observada durante o evento é a utilização de telhados verdes, que além de conferir maior conforto térmico ao ambiente interno, oferecem um grande apelo ecológico às edificações.

10 tecnologia Proteção de Pisos Acabados Por Lusimélia Roberto 10 Contribuindo para um mundo melhor A proteção de pisos com mantas de polietileno foi adotada com o intuito de reduzir custos e desperdícios de materiais e aumentar a produtividade em obras e reformas ao proteger, durante os trabalhos, superfícies e pisos já instalados. Trata-se de uma manta laminada de espuma, autoadesiva, removível de fácil fixação e média adesividade, flexível e resistente. É composta de dois filmes de polietileno laminados em espuma também de polietileno expandido e adesivo de borracha natural. Vem sendo utilizada em algumas de nossas obras como proteção de pisos eficaz e mais amigável ao meio ambiente ao substituir os sacos de aniagem com gesso e também a proteção de papelão e resina, que muitas vezes não contemplam reciclagem e incrementam os resíduos que se acumulam nos aterros. Trata-se de mais uma alternativa para a redução da quantidade de resíduos e uma proposta sustentável para a destinação deles, podendo ser fixado em vários tipos de piso, tais como: porcelanatos, cerâmicas, laminados de madeira, madeira natural, granitos, mármores, vinílicos, cimento queimado, resinas dentre outros. Protege também superfícies como: aço inoxidável, alumínio, chapas pré-pintadas, perfis metálicos e plásticos, laminados plásticos e chapas de alumínio. que não ocorre com a proteção de gesso, que precisa secar antes de poder ser acessada. Outros tipos de proteção exigem muito mais mão de obra e tempo para serem utilizadas. A manta de polietileno não requer manutenção e a remoção é simples podendo o produto ser destinado para a reciclagem. Ela pode ser comprada sob encomenda, com medidas especiais, com ou sem instalação inclusa, sendo que, no segundo caso, a vendedora indica os colocadores especializados, mesmo sendo o produto de muito fácil aplicação. Vida útil Pode permanecer aplicado durante três meses em ambiente interno. Após este período, devem ser reavaliadas as condições do produto. O prazo de validade é de seis meses após a fabricação. Produtividade e economia Em um comparativo com a proteção convencional executada com sacos de aniagem e gesso, por exemplo, a manta de polietileno é de colocação mais rápida. Ela pode ser comprada em rolos que precisam ser desenrolados com a face colante voltada para o piso e caminhando sobre ela, garante-se a fixação, necessitando apenas de vedações nas laterais e nas emendas com fita adesiva apropriada. O trabalho se dá em um ambiente mais saudável, pois não há liberação de partículas no ar. A área fica liberada imediatamente, o Rolo de manta de polietileno Agenda de Eventos Técnicos Março/Abril 2013 Por: Fátima Idogava Data Evento Local Contato 09 de abril Seminário Gerenciamento de Obras São Paulo - SP 10 de abril Painel Sustentabilidade na Construção Civil 2013 São Paulo - SP 13 de abril 6º Construser São Paulo - SP 13 /04 a 15/04/2013 Seminário: Sustentabilidade e viabilidade do negócio imobiliário Rio de Janeiro - RJ

11 A importância do Simulado de Emergência Colaboração: Evaise Nakamura Simulado de Emergência na UN Tishman Faria Lima Foi realizado na UN Tishman Faria Lima, um simulado de emergência com os participantes da HTB e subcontratada, sob a coordenação da equipe de QSM - Qualidade, Saúde, Segurança e Meio Ambiente. Os colaboradores participantes foram treinados e orientados para o cenário da emergência, que contou com a primeira avaliação da vítima, procedimento de atendimento, imobilização e acionamento do resgate em casos mais graves. 11qsm O que é um Simulado? Simulado é um exercício prático que imita uma situação real, que tem por objetivo avaliar a eficiência dos planos de emergência, bem como treinar as equipes de resposta, promover a integração entre os envolvidos no atendimento a emergências. A preparação é ponto fundamental para a realização de um atendimento adequado a uma emergência. Se estivermos bem preparados, as chances de realizarmos um bom atendimento são grandes, cumprindo com segurança os procedimentos que foram estabelecidos no PAE (Plano de Ação de Emergência).

12 12nossa gente Homenagem por Tempo de Casa É com satisfação que divulgamos os homenageados de janeiro e fevereiro: Por Cláudia Domingos Dardson Petinati Tempo de HTB: 25 anos Função atual: Gerente de Planejamento Unidade atual: Engenharia Outras funções ocupadas: Gerente de Planejamento de Obra, Engenheiro Especialista, Engenheiro de Planejamento. Unidades onde trabalhou: Diretoria de Edificações, Planejamento Luy Cesar Prado Marcondes Tempo de HTB: 15 anos Função atual: Gerente de Negócio Unidade atual: Edifício JK18 Outras funções ocupadas: Coordenador de Produção, Engenheiro de Apoio Técnico e Engenheiro de Produção. Unidades onde trabalhou: Residencial Praça Vila Nova, Cidade Jardim Corporate Center, REC Berrini, Shopping Cidade Jardim, Colégio Porto Seguro, Brasil Telecom, Panamérica Park. Eliete Miyazaki Barros Tempo de HTB: 15 anos Função atual: Coordenadora de Contratos Unidade atual: Edifício FL17 Outras funções ocupadas: Coordenadora de Orçamentos, Arquiteta de Apoio Técnico, Orçamentista. Unidades onde trabalhou: Diretoria de Edificações, Propostas, Condomínio Residencial Praça Villa-Lobos, Transamérica Expocenter. Nova Série: Construindo o Futuro Fabio Tadeus Reis D. Laquiman Tempo de HTB: 15 anos Função atual: Analista Administrativo Unidade atual: Serviços Prediais e Administrativos Outras funções ocupadas: Assistente Administrativo, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Almoxarifado, Auxiliar de Serviços Gerais. Unidades onde trabalhou: HOCHTIEF Facility Management, US Logística. Ricardo Serowik Teixeira Tempo de HTB: 10 anos Função atual: Gerente de Negócios Unidade atual: Stihl Centro de Logística Outras funções ocupadas: Gerente de Contratos, Coordenador de Contratos, Coordenador de Apoio Técnico, Engenheiro de Apoio Técnico, Engenheiro de Suprimentos, Estagiário Unidades onde trabalhou: Prysmian, CSA ThyssenKrupp. Shopping Independência, CST BOF, Terphane, Petrobras REFAP Francisco Firmo de Oliveira Tempo de HTB: 10 anos Função atual: Encarregado Aprendiz de Serviços Gerais Unidade atual: Assistência Técnica Outras funções ocupadas: Pedreiro de Manutenção Geral Unidades onde trabalhou: Induscred, Hilton Hotel, CSA ThyssenKrupp, Edifício Castelo, Shopping Metrô Boulevard Tatuapé, Védat, Polietilenos União, FEI, REC Berrini, Shopping Cidade Jardim, Cidade Jardim Corporate Center, CD Bracor, Vila Fasano dos Lagos, Projac, Petrobras REFAP, Vilares Metals, Votorantim, CBA, Shopping Villa- Lobos, Extra (Móoca e Jaguaré), Laboratório Fleury, WalMart (Washington Luiz e Jabaquara), Transamérica Expocenter, entre outras. Por Adriana Teles Construindo o futuro Nesta edição destacamos o colaborador Danilo Pessoa, engenheiro de suprimentos da UN CBVP Fábrica de Vidros, que foi incentivado pelo professor e orientador, Dr. Flávio Leal Maranhão a buscar alternativas sustentáveis para todas as disciplinas da engenharia. Foi aí que surgiu a ideia do trabalho com reciclagem de gesso, que era classificado no CONAMA nº 307 como resíduo Classe C, ou seja, resíduos para os quais não foram desenvolvidas tecnologias ou aplicações economicamente viáveis que permitam a sua reciclagem ou recuperação. Essa classificação o motivou a buscar uma metodologia de reciclagem fácil e economicamente viável. No decorrer de sua pesquisa, foi publicada a resolução CONAMA nº 431, que alterou a classificação do gesso para Classe B, resíduos recicláveis para outras destinações, o qual o estimulou ainda mais a viabilizar a tecnologia, já que utilizava o gesso reciclado como material novo e não como subproduto. Danilo conta que para a implementação da metodologia, foram realizados ensaios em laboratório submetendo o gesso hidratado e moído a radiação infravermelha. Após coleta dos dados, foi desenvolvido um equipamento que processa o resíduo desde a moagem até a exposição à radiação e aplicado em escala piloto em uma obra. O estudo de viabilidade econômica foi feito com base nos dados de compra e destinação de gesso de várias obras, inclusive do AGRE Domo Business, obra em que ele trabalhava na época. Seu estudo lhe rendeu o terceiro lugar no 18º Premio Falcão Bauer de Inovação Tecnológica e a cerimônia aconteceu no Sinduscon GO e foi publicado na revista Construir Mais. Segue link abaixo: Expediente: TAPUME, publicação interna para os colaboradores da HOCHTIEF do Brasil. Coordenação: Fátima Idogava. Comissão do Tapume: Adriana Teles, Ana Paula Pinheiro, Cláudia Domingos, Fábio Moraes, Fernanda Soares, Juliana Oliveira, Luiz Nunes, Tieko Nakamura, Thomas Diepenbruck e Zenilton Magalhães. Av. Alfredo Egídio de Souza Aranha, São Paulo. Jornalista Responsável: Joel C. de Oliveira Jr. (MTb ). Colaboração (texto): Francini Pessôa. Layout/Diagramação: Toni. Criação e Editoração Eletrônica: Multiart Comunicação - Fone (0xx11) É permitida a reprodução das matérias desde que seja citada a fonte. Tiragem: 1500 exemplares. Fale conosco:

Jan/Fev - 2015 Publicação interna da HOCHTIEF do Brasil - Ano XXI - nº 125 P.5 P.4 P.6 P.10

Jan/Fev - 2015 Publicação interna da HOCHTIEF do Brasil - Ano XXI - nº 125 P.5 P.4 P.6 P.10 Jan/Fev - 2015 Publicação interna da HOCHTIEF do Brasil - Ano XXI - nº 125 P.5 P.4 P.6 P.10 2 Turma 2013 dos Jovens Profissionais com Detlef Dralle, Waldir Mattos e Ana Chalita. Jovens Profissionais -Turma

Leia mais

Encerramento do Programa de Capacitação de Jovens Profissionais Turma 2011

Encerramento do Programa de Capacitação de Jovens Profissionais Turma 2011 2acontece Encerramento do Programa de Capacitação de Jovens Profissionais Turma 2011 Por Cláudia Domingos Após aproximadamente dois anos de treinamentos, exercícios, estudo de línguas, visitas a obras,

Leia mais

Grupo Usiminas fabrica em Cubatão e Ipatinga, em Minas Gerais, perfis de aço para a construção de habitações

Grupo Usiminas fabrica em Cubatão e Ipatinga, em Minas Gerais, perfis de aço para a construção de habitações Edição: 5132010 Litoral Paulista, sexta-feira, 20 de agosto Página: 1 Grupo Usiminas fabrica em Cubatão e Ipatinga, em Minas Gerais, perfis de aço para a construção de habitações w w w. u s i m i n a s.

Leia mais

Oportunidades de ganhos gerados pela adoção de Sistemas Estruturais em Aço e mistos Aço-Concreto

Oportunidades de ganhos gerados pela adoção de Sistemas Estruturais em Aço e mistos Aço-Concreto Oportunidades de ganhos gerados pela adoção de Sistemas Estruturais em Aço e mistos Aço-Concreto XI Fórum Técnico Gestão do Processo Construtivo Sinduscon-DF, 21 de novembro de 2013 Oportunidades oferecidas

Leia mais

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME Sistema de ds A SOLUÇÃO INTELIGENTE PARA A SUA OBRA SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME www.placlux.com.br VOCÊ CONHECE O SISTEMA CONSTRUTIVO LIGHT STEEL FRAME? VANTAGENS LIGHT STEEL FRAME MENOR CARGA

Leia mais

Boletim Informativo do Grupo Premodisa

Boletim Informativo do Grupo Premodisa Nº36 DEZ. 2014 Boletim Informativo do Grupo Premodisa Mais qualidade e qualificação Mudanças aperfeiçoam planejamento e produtividade. Acesse aqui. Alunos da FACENS visitam Grupo Premodisa Estudantes de

Leia mais

ESTUDO DE CASO SOBRE A APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS EM AÇO EM EDIFÍCIO RESIDENCIAL VERTICAL DE MÉDIO PADRÃO EM PRESIDENTE PRUDENTE

ESTUDO DE CASO SOBRE A APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS EM AÇO EM EDIFÍCIO RESIDENCIAL VERTICAL DE MÉDIO PADRÃO EM PRESIDENTE PRUDENTE Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 221 ESTUDO DE CASO SOBRE A APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS EM AÇO EM EDIFÍCIO RESIDENCIAL VERTICAL DE MÉDIO PADRÃO EM PRESIDENTE

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA Resolução nº 307, de 5 de Julho de 2002. Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil, disciplinando as ações

Leia mais

Encontro Econômico Brasil-Alemanha 2012 Por Fátima Idogava

Encontro Econômico Brasil-Alemanha 2012 Por Fátima Idogava 2acontece Heiner Helbig, visitantes do Banco do Brasil, Burkhard Schmidt, Kurt Zech e Detlef Dralle. Encontro Econômico Brasil-Alemanha 2012 Por Fátima Idogava Anualmente é realizado o Encontro Econômico

Leia mais

PRIDE IPIRANGA RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS CIVIS PERÍODO OUTUBRO DE 2015

PRIDE IPIRANGA RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS CIVIS PERÍODO OUTUBRO DE 2015 PERÍODO OUTUBRO DE 2015 Andamento das Obras Execução dos barracões e Mobilização de canteiro de obras quantidade a executar 70% - quantidade acumulada ao final do período 70%; Durante o período executaremos

Leia mais

Despedida e homenagem ao Sr. Hartmut Veigele

Despedida e homenagem ao Sr. Hartmut Veigele 2acontece Presidente da HOCHTIEF do Brasil fala sobre o mercado da construção civil Por Fátima Idogava A HOCHTIEF do Brasil marcou presença na região sul do país, com a participação do diretor presidente

Leia mais

ESPAÇO CORPORATIVO SILVA BUENO - CSB 261

ESPAÇO CORPORATIVO SILVA BUENO - CSB 261 ESPAÇO CORPORATIVO SILVA BUENO - CSB 261 RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS PERÍODO MAIO DE 2015 Andamento das obras no período Obras no Ático: Início da instalação de luminárias iniciado; Conclusão das

Leia mais

Processo de seleção de materiais em uma construção sustentável em estrutura metálica - estudo de caso: a ampliação do Cenpes

Processo de seleção de materiais em uma construção sustentável em estrutura metálica - estudo de caso: a ampliação do Cenpes UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL - PROPEC Processo de seleção de materiais em uma construção sustentável em estrutura metálica

Leia mais

ENCONTRO SOBRE INOVAÇÃO E CRITÉRIOS SUSTENTÁVEIS NA CONSTRUÇÃO CIVIL

ENCONTRO SOBRE INOVAÇÃO E CRITÉRIOS SUSTENTÁVEIS NA CONSTRUÇÃO CIVIL ENCONTRO SOBRE INOVAÇÃO E CRITÉRIOS SUSTENTÁVEIS NA CONSTRUÇÃO CIVIL Majestic Palace Hotel 16 I out I 2012 19h I 22h consultores Promover o desenvolvimento de forma sustentável, surgiu a necessidade de

Leia mais

Materiais de Construção. Prof. Aline Fernandes de Oliveira, Arquiteta Urbanista 2010

Materiais de Construção. Prof. Aline Fernandes de Oliveira, Arquiteta Urbanista 2010 Materiais de Construção de Oliveira, Arquiteta Urbanista 2010 APLICAÇÕES DOS MATERIAIS NA ARQUITETURA O ENVELOPE MADEIRAS MADEIRAS MADEIRAS MADEIRAS MADEIRA E FIBRAS NATURAIS FIBRAS NATURAIS CONCRETO

Leia mais

A Straub Sustentabilidade tem como missão prestar consultoria em sustentabilidade para Greenbuildings e toda a cadeia da construção civil.

A Straub Sustentabilidade tem como missão prestar consultoria em sustentabilidade para Greenbuildings e toda a cadeia da construção civil. 1. Quem somos A Straub Sustentabilidade tem como missão prestar consultoria em sustentabilidade para Greenbuildings e toda a cadeia da construção civil. Nossa política é agir com ética, consciência, transparência,

Leia mais

Criando Oportunidades

Criando Oportunidades Criando Oportunidades Clima, Energia & Recursos Naturais Agricultura & Desenvolvimento Rural Mercados de Trabalho & Sector Privado e Desenvolvimento Sistemas Financeiros Comércio & Integração Regional

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE RESOLUÇÃO N. 307, DE 05 DE JULHO DE 2002 Alterações: Resolução CONAMA n. 348, de 16.08.04 Resolução CONAMA n. 431, de 24.05.11 Resolução CONAMA n. 448, de 18.01.12 Resolução

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA EM GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO DE PROJETOS TÉCNICOS NUMA EMPRESA DE CONSTRUÇÃO CIVIL

RELATO DE EXPERIÊNCIA EM GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO DE PROJETOS TÉCNICOS NUMA EMPRESA DE CONSTRUÇÃO CIVIL RELATO DE EXPERIÊNCIA EM GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO DE PROJETOS TÉCNICOS NUMA EMPRESA DE CONSTRUÇÃO CIVIL Áurea Araujo Bruel, Msc candidate Engenheira Civil, Mestranda do PPGCC/UFPR e-mail aabruel@yahoo.com.br

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 (DOU de 17/07/2002)

RESOLUÇÃO Nº 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 (DOU de 17/07/2002) RESOLUÇÃO Nº 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 (DOU de 17/07/2002) Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil. Correlações: Alterada pela Resolução nº 469/15

Leia mais

2 DESCRIÇÃO DO LOCAL. Figura 1 Edifício Philadélphia

2 DESCRIÇÃO DO LOCAL. Figura 1 Edifício Philadélphia 4 1 INTRODUÇÃO Esse relatório tem como objetivo apresentar as atividades desenvolvidas pelo acadêmico Joel Rubens da Silva Filho no período do estágio obrigatório para conclusão do curso de Engenharia

Leia mais

CATEGORIA PRODUTOS E LANÇAMENTOS IMOBILIÁRIOS DO ANO

CATEGORIA PRODUTOS E LANÇAMENTOS IMOBILIÁRIOS DO ANO CATEGORIA PRODUTOS E LANÇAMENTOS IMOBILIÁRIOS DO ANO EMPREENDIMENTOS DE PEQUENO PORTE 01 APRESENTAÇÃO MELNICK EVEN DA EMPRESA APRESENTAÇÃO DA EMPRESA A Melnick Even, com 20 anos de atuação no mercado gaúcho

Leia mais

LEI Nº 1822, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2014. Revoga o Anexo I, e altera os Anexos II e III da Lei Municipal n 1.215/2009, e dá outras providências.

LEI Nº 1822, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2014. Revoga o Anexo I, e altera os Anexos II e III da Lei Municipal n 1.215/2009, e dá outras providências. LEI Nº 1822, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2014. Revoga o Anexo I, e altera os Anexos II e III da Lei Municipal n 1.215/2009, e dá outras providências. O Sr. Adriano Xavier Pivetta, Prefeito de Nova Mutum, Estado

Leia mais

Mar/Abr - 2014 Publicação interna da HOCHTIEF do Brasil - Ano XXI - nº 120. Entrega do Edifício CN2

Mar/Abr - 2014 Publicação interna da HOCHTIEF do Brasil - Ano XXI - nº 120. Entrega do Edifício CN2 Mar/Abr - 2014 Publicação interna da HOCHTIEF do Brasil - Ano XXI - nº 120 Entrega do Edifício CN2 P.6 P.7 P.8 Alinhamento da Estratégia Organizacional Por Fátima Idogava Conforme divulgado no Workshop

Leia mais

Visita técnica ao canteiro de obras Hotel Bourbon

Visita técnica ao canteiro de obras Hotel Bourbon Visita técnica ao canteiro de obras Hotel Bourbon Juliano Soares Silveira Kathleen Dall Bello Foz do Iguaçu, 26 de fevereiro de 2014. Por meio do Engenheiro Silvio C. do Prado após contato nos telefones:

Leia mais

28/9/2010. Revalorização dos Projetos de Arquitetura Face às Novas Demandas. Silvio Melhado 24/09/10. Contexto atual

28/9/2010. Revalorização dos Projetos de Arquitetura Face às Novas Demandas. Silvio Melhado 24/09/10. Contexto atual Revalorização dos Projetos de Arquitetura Face às Novas Demandas Silvio Melhado 24/09/10 Contexto atual 2 1 2 Normas de desempenho A Importância da Gestão do Processo de Projeto 6 1 2 4 5 6 7 8 9 10 11

Leia mais

06 de agosto de 2014. Thomas Diepenbruck. Transformando Visão em Valor.

06 de agosto de 2014. Thomas Diepenbruck. Transformando Visão em Valor. 06 de agosto de 2014 Thomas Diepenbruck 1 2 Expertise em engenharia e construção 3500 colaboradores 400+ projetos realizados 48 anos de atuação no Brasil Foco em edificações, obras industriais e de infraestrutura

Leia mais

cidades verdes OUTUBRO 2014

cidades verdes OUTUBRO 2014 cidades verdes ESPAÇOS DE QUALIDADE OUTUBRO 2014 Edifício Cidade Nova Universidade Petrobras 1987 Ano de Fundação Parque Madureira Rio+20 1999 2007 2010 Alinhamento com Agenda 21 1 o LEED NC Core & Shell

Leia mais

Infinity Tower características de projeto e tecnologia de sistemas prediais para a sustentabilidade.

Infinity Tower características de projeto e tecnologia de sistemas prediais para a sustentabilidade. Realização: Parceiro: Infinity Tower características de projeto e tecnologia de sistemas prediais para a sustentabilidade. Cesar Ramos - Gerente de projetos da Yuny Incorporadora Daniel Gallo - Gerente

Leia mais

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida

Soluções inteligentes em energia. Energia para a vida Soluções inteligentes em energia Energia para a vida O Brasil e o mundo contam com a nossa energia. A Prátil é uma empresa de soluções inteligentes em energia, que atua nos segmentos de infraestrutura

Leia mais

TIPOS DE ESTRUTURAS. Prof. Marco Pádua

TIPOS DE ESTRUTURAS. Prof. Marco Pádua TIPOS DE ESTRUTURAS Prof. Marco Pádua A função da estrutura é transmitir para o solo a carga da edificação. Esta carga compõe-se de: peso próprio da estrutura, cobertura, paredes, esquadrias, revestimentos,

Leia mais

PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM

PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM Com mais de 20 anos de experiência na fabricação de pré-moldados em concreto, a PRÉ-MOLD RM oferece uma completa linha de produtos para a dinamização de sua obra. Laje Treliçada Bidirecional; Laje Treliçada

Leia mais

Desenvolvimento de construtoras e empreiteiros

Desenvolvimento de construtoras e empreiteiros Desenvolvimento de construtoras e empreiteiros Renato Regazzi Impacto do crescimento da construção Números em 2010 R$ 152,4 bilhões PIB do setor 2010 Emprego formal 2,8 milhões de trabalhadores no estoque

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

INSTITUTO ALGE DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JANILSON CASSIANO

INSTITUTO ALGE DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JANILSON CASSIANO CONSTRUINDO NO SISTEMA (CES) LIGHT STEEL FRAMING O sistema Light Steel Frame é caracterizado por um esqueleto estrutural leve composto por perfis de aço galvanizado que trabalham em conjunto para sustentação

Leia mais

Eng. Paulo Sanchez Diretor da Sinco Engenharia Ltda. Caso Sinco na Implantação do BIM

Eng. Paulo Sanchez Diretor da Sinco Engenharia Ltda. Caso Sinco na Implantação do BIM Eng. Paulo Sanchez Diretor da Sinco Engenharia Ltda. Caso Sinco na Implantação do BIM BIM SINCO IMPLANTAÇÃO BIM CASOS DE SUCESSO SINCO BIM PROCESSO INTEGRADO Sinco Empresa 26 Anos no mercado da construção

Leia mais

Por que utilizarmos paredes de concreto

Por que utilizarmos paredes de concreto Seminário: Por que utilizarmos paredes de concreto Engenheiro Geraldo Antonio Cêsta Diretor Técnico da Rodobens Negócios Imobiliários ÍNDICE GERAL DA PALESTRA 1. NECESSIDADE DO MERCADO IMOBILIÁRIO NACIONAL

Leia mais

Material preliminar sujeito a alterações

Material preliminar sujeito a alterações Uma região privilegiada, cercada por algumas das mais importantes vias de acesso como as avenidas Ibirapuera, Rubem Berta, Indianópolis, Av. Dos Bandeirantes, entre outras que ligam o bairro a toda a cidade.

Leia mais

ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL

ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL 1. EMPRESA A EMPRESA ILHA PURA EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS É UMA EMPRESA CRIADA COM O OBJETIVO

Leia mais

aulo São P Rio de Janeiro o SC Tede

aulo São P Rio de Janeiro o SC Tede 2acontece Fotos tiradas pelos colaboradores Fotos: Edevaldo Tadeu - OlhoDigital.com.br; Tedesco Rio de Janeiro São Paulo Festas de confraternização 2012 Em dezembro de 2012, foram realizadas as festas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL (PGRCC)

TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL (PGRCC) TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL (PGRCC) 1 JUSTIFICATIVA Este Termo de Referência tem como finalidade orientar os grandes e pequenos geradores

Leia mais

Resíduos da Construção Civil INEA DIRETORIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL (DILAM)

Resíduos da Construção Civil INEA DIRETORIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL (DILAM) Resíduos da Construção Civil INEA DIRETORIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL (DILAM) Legislação e Normas Resolução CONAMA n 307 de 04 de Maio de 2002 Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão

Leia mais

TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO

TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO Curso Técnico de Edificações Profª Engª Civil Alexandra Müller Barbosa EMENTA Estudos de procedimentos executivos: Estruturas portantes, Elementos vedantes, Coberturas, Impermeabilização,

Leia mais

O sucesso da política depende do forte comprometimento de cada um dos envolvidos no processo, de governo e empresas até consumidores.

O sucesso da política depende do forte comprometimento de cada um dos envolvidos no processo, de governo e empresas até consumidores. ECONOMIA - 19/08/14 BRIEFING DE POSICIONAMENTO SOBRE A POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS 1. CONTEXTO Posicionamento geral para quaisquer entrevistas realizadas no âmbito da terceira edição do projeto

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL-AERONÁUTICA. Iron House Real Estate

RELATÓRIO DE ESTÁGIO INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL-AERONÁUTICA. Iron House Real Estate INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL-AERONÁUTICA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Iron House Real Estate São Paulo-SP, 18 novembro de 2013 Herton Ferreira Cabral Junior FOLHA DE APROVAÇÃO

Leia mais

APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS EM EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS ANDARES

APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS EM EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS ANDARES Autor: Paulo André Brasil Barroso Eng. Civil. Pós-graduado em cálculo estrutural McGill University Montreal Canadá 1975/1977. Sócio de uma das maiores empresas fabricantes de estruturas metálicas do país

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL TRIMESTRAL 004 JUNHO/15

RELATÓRIO GERENCIAL TRIMESTRAL 004 JUNHO/15 RELATÓRIO GERENCIAL TRIMESTRAL 004 JUNHO/15 Relatório Gerencial Trimestral elaborado por: Leandro Toré de Castro Diretor de Contrato 61 3878 4718 ltcastro@odebrecht.com Thiago Galvão Diretor de Contrato

Leia mais

Soluções sustentáveis para a vida.

Soluções sustentáveis para a vida. Soluções sustentáveis para a vida. A Ecoservice Uma empresa brasileira que está constantemente em busca de recursos e tecnologias sustentáveis para oferecer aos seus clientes, pessoas que têm como conceito

Leia mais

Acordo de Cooperação Técnica entre o Brasil e a Alemanha GTZ

Acordo de Cooperação Técnica entre o Brasil e a Alemanha GTZ PROJETO COMPETIR Projeto COMPETIR Acordo de Cooperação Técnica entre o Brasil e a Alemanha SENAI GTZ SEBRAE OBJETIVO Ampliar a competitividade das empresas da cadeia produtiva da Construção Civil, visando:

Leia mais

SUSTENTABILIDADE E CERTIFICAÇÃO AQUA EM EMPREENDIMENTO COMERCIAL

SUSTENTABILIDADE E CERTIFICAÇÃO AQUA EM EMPREENDIMENTO COMERCIAL FICHA TÉCNICA Empresa: Syene Empreendimentos Projeto: Syene Corporate Área Construída: 77.725,45 m² Data de implementação: 01/09/2010 Responsável: Jealva Fonseca Contato: jealva@syene.com.br INTRODUÇÃO

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA 1. INTRODUÇÃO 1.1. O objetivo deste Termo de Referência é disponibilizar aos interessados em atender a solicitação de propostas da PPP ESPLANADA SUSTENTÁVEL

Leia mais

de empresas, empreendimentos, projetos e obras: tendências e práticas

de empresas, empreendimentos, projetos e obras: tendências e práticas ENCONTRO DE DIRETORES E GESTORES DA CONSTRUÇÃO Planejamento, gestão e governança corporativa de empresas, empreendimentos, projetos e obras: tendências e práticas Por Roberto Souza CONSULTORIA E GERENCIAMENTO

Leia mais

Alphamondo (LANÇAMENTO 2013) Rio da Ostras VGV: 160 MM PREVISÃO DE LANÇAMENTO JULHO DE 2013

Alphamondo (LANÇAMENTO 2013) Rio da Ostras VGV: 160 MM PREVISÃO DE LANÇAMENTO JULHO DE 2013 Atuando desde 1986 no mercado da construção, a SINCO desenvolve e aplica em seus empreendimentos engenharia de ponta, com qualidade e pontualidade na entrega desuas obras. Ao longo de todos esses anos,

Leia mais

1 solidez e compromisso com o futuro

1 solidez e compromisso com o futuro S o l i d e z e c o m p r o m i s s o c o m o F u t u r o 1 solidez e compromisso com o futuro 2 solidez e compromisso com o futuro EMPRESA Há mais de 55 anos estabelecida e reconhecida no mercado brasileiro

Leia mais

TUPER ESTRUTURAS PLANAS

TUPER ESTRUTURAS PLANAS TUPER ESTRUTURAS PLANAS LAJES MISTAS NERVURADAS Soluções estruturais e arquitetônicas em aço, traduzidas em estética, conforto, segurança e versatilidade. Catálogo destinado ao pré-lançamento do produto.

Leia mais

AMBIENTE EFICIENTE Consultoria

AMBIENTE EFICIENTE Consultoria AMBIENTE EFICIENTE Consultoria ESCOPO DOS SERVIÇOS CERTIFICAÇÃO LEED A certificação LEED pode ser aplicada no Brasil em oito tipologias: Novas Construções (New Construction) Edifícios Existentes Operação

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

Terrazas do Atlântico Av. Atlântica, 1726 Cavaleiros

Terrazas do Atlântico Av. Atlântica, 1726 Cavaleiros [IDEA] 1 Este é um breve relatório do andamento das nossas obras, que pretendemos enviar com menor periodicidade, para manter uma posição mais atualizada das nossas operações. Terrazas do Atlântico Av.

Leia mais

Sistemas construtivos à base de cimento. Uma contribuição efetiva para a construção sustentável

Sistemas construtivos à base de cimento. Uma contribuição efetiva para a construção sustentável Seminário: Sistemas construtivos à base de cimento. Uma contribuição efetiva para a construção sustentável Hugo da Costa Rodrigues Filho Hugo da Costa Rodrigues Filho Associação Brasileira de Cimento Portland,

Leia mais

Lançamento. I n f o r m a ç õ e s : 3893.0000 www.tradepenhaoffice.com.br. R e a l i z a ç ã o e i n c o r p o r a ç ã o :

Lançamento. I n f o r m a ç õ e s : 3893.0000 www.tradepenhaoffice.com.br. R e a l i z a ç ã o e i n c o r p o r a ç ã o : Lançamento I n f o r m a ç õ e s : 3893.0000 www.tradepenhaoffice.com.br R e a l i z a ç ã o e i n c o r p o r a ç ã o : c o n s t r u ç ã o : F I N A N C I A M E N T O : v e n d a s : Central de Atendimento:

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 Publicada no DOU nº 136, de 17/07/2002, págs. 95-96

RESOLUÇÃO N o 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 Publicada no DOU nº 136, de 17/07/2002, págs. 95-96 RESOLUÇÃO N o 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 Publicada no DOU nº 136, de 17/07/2002, págs. 95-96 Correlações: Alterada pela Resolução nº 448/12 (altera os artigos 2º, 4º, 5º, 6º, 8º, 9º, 10 e 11 e revoga os

Leia mais

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO PARANÁ CÂMARA TÉCNICA DE ARQUITETURA DE INTERIORES

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO PARANÁ CÂMARA TÉCNICA DE ARQUITETURA DE INTERIORES CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO PARANÁ CÂMARA TÉCNICA DE ARQUITETURA DE INTERIORES A Câmara Técnica de Arquitetura de Interiores do CAU/PR Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná, terá como

Leia mais

Soluções construtivas em aço. Steel framing estrutura em perfis galvanizados dobrados a frio. www.constructalia.com

Soluções construtivas em aço. Steel framing estrutura em perfis galvanizados dobrados a frio. www.constructalia.com Soluções construtivas em aço Steel framing estrutura em perfis galvanizados dobrados a frio www.constructalia.com Aplicações do aço Fundações e contenções Estruturas Coberturas Fechamentos Fachadas Foto:

Leia mais

Nova Obra - Mercedes-Benz em Iracemápolis. Reunião Executiva 2015. Escola Técnica Tecnologia de concreto. Utilização de Recursos Naturais Obras HTB

Nova Obra - Mercedes-Benz em Iracemápolis. Reunião Executiva 2015. Escola Técnica Tecnologia de concreto. Utilização de Recursos Naturais Obras HTB Mar/Abr - 2015 Publicação interna da HTB - Ano XXI - nº 126 Nova Obra - Mercedes-Benz em Iracemápolis P.5 Reunião Executiva 2015 P.3 P.4 Escola Técnica Tecnologia de concreto P.11 Utilização de Recursos

Leia mais

...VAI MUITO ALÉM DO QUE VOCÊ IMAGINA

...VAI MUITO ALÉM DO QUE VOCÊ IMAGINA REVISTA AU REFERÊNCIAS DE APLICAÇÃO DE PISO ELEVADO O CHÃO QUE VOCÊ PISA......VAI MUITO ALÉM DO QUE VOCÊ IMAGINA 1- Quais as principais diferenças entre pisos elevados para áreas internas e externas? E

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS ISOPORTEC A ISOPORTEC é focada na produção de soluções em isopor de alta performance para a construção civil, valorizando produtos que fazem diferença nos projetos mais complexos.

Leia mais

Encontro promovido pela CTE tem participação da HOCHTIEF do Brasil. Grupo Zech. Torre de Resfriamento na Índia. 2acontece

Encontro promovido pela CTE tem participação da HOCHTIEF do Brasil. Grupo Zech. Torre de Resfriamento na Índia. 2acontece 2acontece Encontro promovido pela CTE tem participação da HOCHTIEF do Brasil Por Ana Reis Realizado no dia 11 de setembro, em São Paulo, o evento Caminhos para Inovação na Construção e Implantação do BIM

Leia mais

Gestão de Resíduos nos Canteiros: Resultados e Continuidade. Engª Tatiana G. de Almeida Ferraz, MSc. SENAI - BA

Gestão de Resíduos nos Canteiros: Resultados e Continuidade. Engª Tatiana G. de Almeida Ferraz, MSc. SENAI - BA Gestão de Resíduos nos Canteiros: Resultados e Continuidade Engª Tatiana G. de Almeida Ferraz, MSc. SENAI - BA Impacto dos Resíduos de Construção Resíduos nas obras Impacto dos Resíduos de Construção Resíduos

Leia mais

Evento VDI - A importância do fator humano Por: Fátima Idogava

Evento VDI - A importância do fator humano Por: Fátima Idogava 2acontece Evento VDI - A importância do fator humano Por: Fátima Idogava Ocorreu no Club Transatlântico, São Paulo, o Simpósio Internacional - Excelência em Produção, realizado pela VDI Associação de Engenheiros

Leia mais

Profª. Angela A. de Souza DESENHO DE ESTRUTURAS

Profª. Angela A. de Souza DESENHO DE ESTRUTURAS DESENHO DE ESTRUTURAS INTRODUÇÃO A estrutura de concreto armado é resultado da combinação entre o concreto e o aço. Porém, para a sua execução, não é suficiente apenas a presença desses dois materiais;

Leia mais

ESTRUTURAS MISTAS: AÇO - CONCRETO

ESTRUTURAS MISTAS: AÇO - CONCRETO ESTRUTURAS MISTAS: AÇO - CONCRETO INTRODUÇÃO As estruturas mistas podem ser constituídas, de um modo geral, de concreto-madeira, concretoaço ou aço-madeira. Um sistema de ligação entre os dois materiais

Leia mais

TNT Cargas e Encomendas Expressas

TNT Cargas e Encomendas Expressas TNT Cargas e Encomendas Expressas Introdução Ação: Programa Road Safety Período: outubro de 2011 - atual Responsável pela ação: Setor de Treinamento de Motoristas E-mail: emerson.lima@tntbrasil.com.br

Leia mais

Paulo Sérgio Ferrari Mazzon

Paulo Sérgio Ferrari Mazzon Tecnologia de Aquecimento Solar de Água Abyara, São Paulo, 03 de Julho de 2008 Paulo Sérgio Ferrari Mazzon Luciano Torres Pereira Grupo Soletrol Soletrol Industria e Comércio Soletrol l Tecnologia Universidade

Leia mais

Projetos de Engenharia Laudos Técnicos Consultorias Treinamentos Representações

Projetos de Engenharia Laudos Técnicos Consultorias Treinamentos Representações KARLA COLOCAR COMO PANO DE FUNDO, PLANTA DE ENGENHARIA, COMO NO SITE DA PROJETAR Projetos de Engenharia Laudos Técnicos Consultorias Treinamentos Representações Projetar - Projetos e Consultoria Ltda.

Leia mais

Sua empresa focada no seu core business. Otimização direcionada. Facility Management próximo aos seus processos operacionais.

Sua empresa focada no seu core business. Otimização direcionada. Facility Management próximo aos seus processos operacionais. Sua empresa focada no seu core business. Otimização direcionada. Facility Management próximo aos seus processos operacionais. Transformando desafios em oportunidades. Novas dimensões de eficácia requerem

Leia mais

PAREDES EXTERNAS EM CONCRETO ARMADO MOLDADO IN LOCO COMO SOLUÇÃO PARA EDIFÍCIOS VERTICAIS

PAREDES EXTERNAS EM CONCRETO ARMADO MOLDADO IN LOCO COMO SOLUÇÃO PARA EDIFÍCIOS VERTICAIS I CONFERÊNCIA LATINO-AMERICANA DE CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL X ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO 18-21 julho 2004, São Paulo. ISBN 85-89478-08-4. PAREDES EXTERNAS EM CONCRETO ARMADO MOLDADO

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE DA CONSTRUTORA COPEMA

MANUAL DA QUALIDADE DA CONSTRUTORA COPEMA 1/10 INFORMAÇÕES SOBRE A EMPRESA... 2 ABRANGÊNCIA DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE... 3 1. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE:... 4 - MANUAL DA QUALIDADE... 4 Escopo do SGQ e definição dos clientes... 4 Política

Leia mais

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS BUSINESS GAME UGB VERSÃO 2 Luís Cláudio Duarte Graduação em Administração de Empresas APRESENTAÇÃO (DADOS DE IDENTIFICAÇÃO) O Business Game do Centro Universitário Geraldo Di Biase (BG_UGB) é um jogo virtual

Leia mais

O MELHOR DA CONSTRUÇÃO EM UM SÓ LUGAR. 01 a 04 de OUTUBRO RIOCENTRO. www.feiraconstruir.com.br/rio

O MELHOR DA CONSTRUÇÃO EM UM SÓ LUGAR. 01 a 04 de OUTUBRO RIOCENTRO. www.feiraconstruir.com.br/rio O MELHOR DA CONSTRUÇÃO EM UM SÓ LUGAR RIOCENTRO 01 a 04 de OUTUBRO www.feiraconstruir.com.br/rio UM RIO EM PLENO VAPOR Grandes projetos e investimentos desenvolvendo nosso estado PRINCIPAIS EIXOS DE CRESCIMENTO

Leia mais

A NOVA GERAÇÃO DE OBRAS SISTEMA PREMIERE

A NOVA GERAÇÃO DE OBRAS SISTEMA PREMIERE A NOVA GERAÇÃO DE OBRAS SISTEMA PREMIERE Esta inovação faz nascer a técnica industrial aplicada a construção no Brasil SISTEMA DE CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL A Construção Sustentável Premiere representa uma

Leia mais

grandes profissionais.

grandes profissionais. Soluções e Equipamentos para Controle Térmico Negócios empresariais, o resultado dos grandes profissionais. Relação entre pessoas geram negócios empresariais O termo (B2B - business to business em inglês)

Leia mais

Relatório do Administrador FIP BVEP PLAZA

Relatório do Administrador FIP BVEP PLAZA Relatório do Administrador FIP BVEP PLAZA 3º Trimestre 2015 O Fundo O FIP BVEP PLAZA tem como objetivo o investimento na empresa BVEP Empreendimentos Imobiliários SPE III S.A. que é proprietária de 100%

Leia mais

PROJETO DE AMPLIAÇÃO DO CENPES Centro de Pesquisa da Petrobras. Autor: Siegbert Zanettini Co-autor: José Wagner Garcia

PROJETO DE AMPLIAÇÃO DO CENPES Centro de Pesquisa da Petrobras. Autor: Siegbert Zanettini Co-autor: José Wagner Garcia PROJETO DE AMPLIAÇÃO DO CENPES Centro de Pesquisa da Petrobras Autor: Siegbert Zanettini Co-autor: José Wagner Garcia PARTIDO ARQUITETÔNICO DIRETRIZES GERAIS O edital do concurso aliado ao interesse por

Leia mais

21 a 23. novembro 2012. 13h00 20h30 São Paulo - Brasil www.itechfair.com.br

21 a 23. novembro 2012. 13h00 20h30 São Paulo - Brasil www.itechfair.com.br 21 a 23 novembro 2012 13h00 20h30 São Paulo - Brasil www.itechfair.com.br O Grupo Cipa Fiera Milano O Grupo A organização da itech - Feira Internacional de Tecnologia da Informação, é do Grupo Cipa Fiera

Leia mais

Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem

Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem 1) COMO FUNCIONA? O PROBLEMA OU SITUAÇÃO ANTERIOR Anteriormente, todos os resíduos recicláveis ou não (com exceção do papelão), ou seja, papel, plásticos, vidros,

Leia mais

Empreendimento Villas Fasano do Lago

Empreendimento Villas Fasano do Lago Empreendimento Villas Fasano do Lago 2 acontece Workshop Gerencial Encontro Econômico Brasil-Alemanha 2011 Por Fátima Idogava O Encontro Econômico Brasil-Alemanha, realizado em setembro de 2011, no Píer

Leia mais

Edifícios Consolação I e II

Edifícios Consolação I e II Edifícios Consolação I e II Os edifícios Consolação I e II estão localizados na Rua da Consolação, 2.403/2.411/2387, na quadra delimitada Rua Bela Cintra e Antonio Carlos, Bela Vista - São Paulo, SP. Trata-se

Leia mais

CONSTRUINDO RIO SUSTENTÁVEL 2012/2015

CONSTRUINDO RIO SUSTENTÁVEL 2012/2015 PROGRAMA DE COMPETITIVIDADE DAS MICROS E PEQUENAS EMPRESAS DO ENCADEAMENTO DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CONSTRUINDO RIO SUSTENTÁVEL 2012/2015 Desempenho recente da Construção Civil De

Leia mais

FOCO NO PROCESSO QUALIDADE. Cliente. Desenvolvimento do produto e projeto. Uso e operação. Gerenciamento e Execução de. Lançamento e vendas.

FOCO NO PROCESSO QUALIDADE. Cliente. Desenvolvimento do produto e projeto. Uso e operação. Gerenciamento e Execução de. Lançamento e vendas. QUALIDADE Cliente Uso e operação Desenvolvimento do produto e projeto FOCO NO Gerenciamento e Execução de obras PROCESSO Lançamento e vendas Suprimentos Planejamento e orçamento de obras Padronização dos

Leia mais

Macrolocalização. Conj. Nacional MASP. Parque Trianon. FIESP Reserva Cultura. Top Center FENAC. Hosp. Beneficência Porturguesa. Hosp.

Macrolocalização. Conj. Nacional MASP. Parque Trianon. FIESP Reserva Cultura. Top Center FENAC. Hosp. Beneficência Porturguesa. Hosp. LOCALIZAÇÃO Macrolocalização Conj. Nacional MASP Parque Trianon FIESP Reserva Cultura FENAC Top Center Hosp. Beneficência Porturguesa Hosp. Osvaldo Cruz Shopping Paulista Centro Cultural Hospital do Coração

Leia mais

Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas

Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas 10/11/2009 Carlos Chaves LOG Gestão de Obras Subsistemas Deus está nos detalhes Mies van der Rohe (1886-1969) Pavilhão alemão na Feira Mundial de Barcelona

Leia mais

Bairro Novo: Sistema Construtivo em Paredes de Concreto.

Bairro Novo: Sistema Construtivo em Paredes de Concreto. Bairro Novo: Sistema Construtivo em Paredes de Concreto. 1 Escolha do Sistema Construtivo Sistema construtivo com foco nas seguintes características: Alta produtividade Baixo custo de construção Redução

Leia mais

Desafios de Seleção de Materiais e Fornecedores

Desafios de Seleção de Materiais e Fornecedores Desafios de Seleção de Materiais e Fornecedores VERA FERNANDES HACHICH Conselho Brasileiro da Construção Sustentável CBCS TESIS Tecnologia de Sistemas em Engenharia 5 de novembro 2009 Tópicos Palestra

Leia mais

C o n s t r u t o r a

C o n s t r u t o r a C o n s t r u t o r a Trabalhamos em todo território nacional, com equipes qualificadas, supervisão diária, trazendo qualidade, preço, prazo e excelência em sua obra. Clientes Principais Serviços Projetos

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL CAMPUS CAMPO MOURÃO ENGENHARIA CIVIL CÉSAR RODIGHERI RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO Relatório de Estágio Curricular

Leia mais

O Meio Ambiente e a Indústria da Construção. Andre Aranha Campos Coordenador do COMASP Conselheiro do SindusCon-SP

O Meio Ambiente e a Indústria da Construção. Andre Aranha Campos Coordenador do COMASP Conselheiro do SindusCon-SP O Meio Ambiente e a Indústria da Construção Andre Aranha Campos Coordenador do COMASP Conselheiro do SindusCon-SP SEMINÁRIO TÉCNICO SEGURANÇA E SAÚDE NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO 03 de fevereiro de 2012

Leia mais

Instituto Tecnológico de Aeronáutica Engenharia de Infra-Estrutura Aeronáutica. Relatório de Estágio Curricular. Rodrigo Ferreira de Oliveira

Instituto Tecnológico de Aeronáutica Engenharia de Infra-Estrutura Aeronáutica. Relatório de Estágio Curricular. Rodrigo Ferreira de Oliveira Instituto Tecnológico de Aeronáutica Engenharia de Infra-Estrutura Aeronáutica Relatório de Estágio Curricular Rodrigo Ferreira de Oliveira São José dos Campos. Novembro 2005 Relatório de Estágio Curricular

Leia mais

Projeto de Curso de Pós-Graduação MULTI MBA FAGV TURMA 02. MBA Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu E AUDITORIA.

Projeto de Curso de Pós-Graduação MULTI MBA FAGV TURMA 02. MBA Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu E AUDITORIA. Projeto de Curso de Pós-Graduação MULTI MBA FAGV TURMA 02. MBA Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS E PROJETOS - GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS E LIDERANÇA

Leia mais