Hospital das Clínicas Universidade Federal de Minas Gerais PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Hospital das Clínicas Universidade Federal de Minas Gerais PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO"

Transcrição

1 Hospital das Clínicas Universidade Federal de Minas Gerais PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PERÍODO DE REFERÊNCIA: 2013 (REVISÃO APÓS REUNIÃO EBSERH AGOSTO DE 2013) Belo Horizonte 2013

2 Índice Introdução... 3 Apresentação da EBSERH... 4 Documentos de Referência... 5 Metodologia aplicada... 5 Glossário... 6 Princípios e Diretrizes... 7 Alinhamento Estratégico com a EBSERH... 8 Estrutura Organizacional do Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) Referencial Estratégico de Tecnologia da Informação Breve Histórico da TI no HC/UFMG Resultados dos PDTIs Anteriores Inventário de Necessidades Sistemas Informatizados Infraestrutura Tecnológica Plano de Metas e de Ações Plano de Gestão de Pessoas Proposta Orçamentária de TI Plano de Investimento em Serviços e Equipamentos Plano de Gestão de Riscos Planilha de Necessidades Fatores Críticos de Sucesso Conclusão ANEXO I Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 2 de 26

3 Introdução Em 2013, o cenário externo do Hospital das Clínicas da UFMG é bastante diferente dos anos anteriores, a preparação do hospital para adesão à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) norteou a elaboração do Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI) de Este planejamento foi delineado com o objetivo do alinhamento em um futuro próximo com o planejamento de tecnologia da informação da EBSERH. Considerando a importância do planejamento de longa duração e em atendimento à Instrução Normativa n 4 de 19 de maio de 2008, o Plano Diretor de Tecnologia da Informação se refere ao planejamento de tecnologia da informação para o ano de 2013, tem validade a partir da data de sua publicação e será revisto no próximo ano para ajustes e adequação de seu conteúdo à estratégia a organização. Esta versão do Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI) de 2013 foi revisada em agosto de 2013, como resultado do alinhamento estratégico que ocorreu entre o Hospital das Clínicas da UFMG e a EBSERH. Nos dias 1 e 2 de agosto de 2013, o diretor de Gestão de Processos e Tecnologia da Informação da EBSERH e sua equipe realizaram uma visita técnica no HC-UFMG. No encerramento da visita, foi realizada uma reunião entre a diretoria da EBSERH, a diretoria do HC-UFMG e a equipe de TI do HC-UFMG, onde foram definidas as estratégias comuns às duas instituições. O Hospital das Clínicas da UFMG e a Universidade Federal de Minas Gerais estão em processo de negociação para a adesão do hospital universitário à empresa EBSERH. O processo se iniciou a partir da manifestação pela adesão por parte da UFMG assinado em A EBSERH trabalha em conjunto com o hospital no dimensionamento dos serviços prestados pelas suas unidades e da necessidade de contratação de pessoal. Essas informações farão parte do Plano de Reestruturação, um dos anexos do contrato a ser assinado. A partir da assinatura do contrato, é constituída a equipe de governança do Hospital formada por pelo Superintendente e três gerentes (Atenção à Saúde; Administrativo e de Ensino e Pesquisa). Um dos principais objetivos da EBSERH é a contratação de pessoal para a operação e gestão dos hospitais universitários, de forma a resolver os vínculos precários de servidores, contratados sob a forma de terceirização por intermédio das fundações de apoio das universidades sob diversos formatos, considerada irregular pelo Tribunal de Contas da União. O Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI) está alinhado ao: Plano de Desenvolvimento Institucional da UFMG, Plano Diretor do HC/UFMG Projeto de informatização dos hospitais universitários federais da EBSERH: Implantação do Aplicativo de Gestão para Hospitais Universitários AGHU (Anexo I), Modernização da infraestrutura de tecnologia da informação do HC-UFMG. Define metas relativas à tecnologia da informação complementares aos referidos planos para propiciar o desenvolvimento adequado do cumprimento da missão da UFMG, do HC/UFMG e da EBSERH. Este alinhamento é garantido através da aprovação do plano pelo Comitê Gestor de Tecnologia da Informação (CGTI) do HC/UFMG. Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 3 de 26

4 Apresentação da EBSERH A criação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) integra um conjunto de ações empreendidas pelo Governo Federal no sentido de recuperar os hospitais vinculados às universidades federais. Desde 2010, por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), criado pelo Decreto nº 7.082, foram adotadas medidas que contemplam a reestruturação física e tecnológica das unidades, com a modernização do parque tecnológico; a revisão do financiamento da rede, com aumento progressivo do orçamento destinado às instituições; a melhoria dos processos de gestão; a recuperação do quadro de recursos humanos dos hospitais e o aprimoramento das atividades hospitalares vinculadas ao ensino, pesquisa e extensão, bem como à assistência à saúde. Com a finalidade de dar prosseguimento ao processo de recuperação dos hospitais universitários federais, foi criada, em 2011, por meio da Lei nº , a EBSERH, uma empresa pública vinculada ao Ministério da Educação. Com isso, a empresa passa a ser o órgão do MEC responsável pela gestão do Programa de Reestruturação e que, por meio de contrato firmado com as universidades federais que assim optarem, atuará no sentido de modernizar a gestão dos hospitais universitários federais, preservando e reforçando o papel estratégico desempenhado por essas unidades de centros de formação de profissionais na área da saúde e de prestação de assistência à saúde da população integralmente no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). São competências da EBSERH: Administrar unidades hospitalares, bem como prestar serviços de assistência médico-hospitalar, ambulatorial e de apoio diagnóstico e terapêutico à comunidade, integralmente disponibilizados ao Sistema Único de Saúde; Prestar, às instituições federais de ensino superior e a outras instituições públicas congêneres, serviços de apoio ao ensino e à pesquisa e à extensão, ao ensino-aprendizagem e à formação de pessoas no campo da saúde publica, em consonância com as diretrizes do Poder Executivo; Apoiar a execução de planos de ensino e pesquisa de instituições federais de ensino superior e de outras instituições públicas congêneres, cuja vinculação com o campo da saúde pública ou com outros aspectos da sua atividade torne necessária essa cooperação, em especial na implementação de residência médica ou multiprofissional e em área profissional da saúde, nas especialidades e regiões estratégicas para o SUS; Prestar serviços de apoio à geração do conhecimento em pesquisas básicas, clínicas e aplicadas nos hospitais universitários federais e a outras instituições públicas congêneres; Prestar serviços de apoio ao processo de gestão dos hospitais universitários e federais e a outras instituições públicas congêneres, com a implementação de sistema de gestão único com geração de indicadores quantitativos e qualitativos para o estabelecimento de metas. Fonte: sitio internet acessado em 11 de janeiro de Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 4 de 26

5 Documentos de Referência Para a elaboração deste documento, foram utilizados como diretrizes principais a Instrução Normativa nº 4 de 2008 da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (IN 4/2008 SLTI/MP) e os acórdãos emitidos pelo Tribunal de Contas da União (TCU). A SLTI/MP é responsável pela regulamentação das compras e contratações e pelas normas relacionadas ao uso de Tecnologia da Informação no âmbito da Administração Pública Federal. Os trabalhos da SLTI têm os objetivos de ampliar a transparência e o controle social sobre as ações do Governo Federal. Adicionalmente, foram utilizados os documentos listados abaixo: Decreto Nº 7.082, de 27 de janeiro de 2010, Plano Diretor do Hospital das Clinicas da UFMG , Plano de Desenvolvimento Institucional da Universidade Federal de Minas Gerais, Manual de Padrões de Acreditação da Joint Commission International para Hospitais (4ª edição), Plano Operativo Anual do Hospital das Clínicas da UFMG para o ano de 2013, O planejamento de implantação do Aplicativo de Gestão para Hospitais Universitários (AGHU), que é um projeto do Ministério da Educação (Anexo I). Planos Diretores de Informática do HC-UFMG de 2010, 2011 e Alinhamento estratégico entre o Hospital das Clínicas da UFMG e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) Visita Técnica da Diretoria de Gestão de Processos e Tecnologia da Informação da EBSERH nos dias 1 e 2 de agosto de Metodologia aplicada Para o desenvolvimento deste plano, foram realizadas diversas reuniões com o Comitê Gestor de Tecnologia da Informação (CGTI), que envolve diferentes agentes, entre os quais se podem destacar: os diretores, os assessores, o Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) e o corpo gerencial das unidades funcionais do HC/UFMG. Também foram utilizados vários documentos, dentre eles, a documentação do AGHU, os requisitos para implantação do AGHU, a IN 4/2008 SLTI/MP, dentre outros. Coube ao Núcleo de Tecnologia da Informação a redação deste documento, juntamente com a revisão do PDTI de Este documento foi submetido à revisão e aprovação pela Diretoria e Conselho Diretor do Hospital das Clínicas da UFMG. Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 5 de 26

6 Glossário AGH Aplicativos para Gestão Hospitalar - HCPA AGHU Aplicativos de Gestão para Hospitais Universitários CGTI Comitê Gestor de Tecnologia da Informação EBSERH Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares EDIS Emergency Department Information System Sistema de Informação para Serviços de Urgência FNS Fundo Nacional de Saúde HC/UFMG Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais HCPA Hospital das Clínicas de Porto Alegre HU Hospital Universitário HUF Hospital Universitário Federal JCI Joint Comission International MEC Ministério da Educação MP Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão MS Ministério da Saúde NTI Núcleo de Tecnologia da Informação do HC\UFMG PACS Picture Archiving and Communication System - Sistema de Comunicação e Arquivamento de Imagens PDTI Plano Diretor de Tecnologia da Informação PROHOSP Programa de Melhoria e Fortalecimento dos Hospitais de Minas Gerais REHUF Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais RIS Radiology Information System - Sistema de Informação da Radiologia SADT Serviço Auxiliar de Diagnostico e Terapêutica SGBD Data Base Management System (DBMS) - Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados SES-MG Secretária Estadual de Saúde de Minas Gerais SLTI Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação SMS Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte SUS Sistema Único de Saúde SWOT Strengths, Weaknesses, Opportunities, Treats (Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças) TCU Tribunal de Contas da União UFMG Universidade Federal de Minas Gerais Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 6 de 26

7 Princípios e Diretrizes A tecnologia da informação em saúde tem um papel fundamental no planejamento, na gestão e na assistência aos pacientes das instituições de saúde. Atualmente, para obter maior eficiência e maior eficácia na atenção à saúde é imprescindível o uso de equipamentos, infraestrutura de rede e sistemas disponibilizados e gerenciados pela área de tecnologia da informação. A assistência à saúde é extremamente dependente de informação, e é função da tecnologia da informação facilitar o acesso à informação pelos profissionais e pacientes. No HC/UFMG, esta função é intimamente relacionada à pesquisa e ensino (respectivamente criação e disseminação de conhecimento), o que aumenta sua importância. De acordo com o artigo. 3º da Instrução Normativa nº 4/2008 SLTI/MP, as contratações de Tecnologia da Informação deverão ser precedidas de planejamento, elaborado no Plano Diretor de Tecnologia da Informação - PDTI, alinhado à estratégia do órgão ou entidade. Atendendo estas recomendações, este planejamento foi confeccionando através do alinhamento com os objetivos e as diretrizes estratégicas definidas com o Plano Diretor do Hospital para o período de 2010 a Neste documento, elaborado pela atual Diretoria do Hospital das Clínicas da UFMG, empossada em 01 de julho de 2010, o mapa estratégico priorizou o compromisso com a gestão do hospital, para os próximos quatro anos. Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 7 de 26

8 No Plano Diretor do Hospital ficou definido como uma das prioridades a implementação de um novo sistema informatizado de gestão, através da implantação do AGHU (Aplicativo de Gestão para Hospitais Universitários) e outros sistemas de apoio, assistenciais e administrativos. Para concluir os princípios e as diretrizes, é importante registrar que, conquanto o PDTI de 2013 expresse o posicionamento da HC/UFMG sobre a Tecnologia da Informação, este documento deverá ser revisto e atualizado sistematicamente, sempre que necessário ou anualmente, de maneira que possa acompanhar as mudanças dos contextos interno e externo, mantendo o alinhamento com o Plano Diretor do HC/UFMG. Alinhamento Estratégico com a EBSERH Diante da assinatura de contrato, em futuro próximo, entre a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares para que a EBSERH assuma a Gestão do Hospital das Clínicas da UFMG, o Plano Diretor de Informática (PDTI) de 2013 foi confeccionando de forma a manter um alinhado estratégico entre o HC-UFMG e a EBSERH. Nos dias 1 e 2 de agosto de 2013, o diretor de Gestão de Processos e Tecnologia da Informação da EBSERH e sua equipe realizaram uma visita técnica no HC-UFMG. No encerramento da visita, foi realizada uma reunião entre a diretoria da EBSERH, a diretoria do HC-UFMG e a equipe de TI do HC- UFMG para definição da atualização e melhoria da infraestrutura de rede, sala segura, recursos de tecnologia da informatização e sistemas aplicativos: Foram acertados os seguintes tópicos: 1. Apoio mútuo entre a equipe da DGPTI da EBSERH, a equipe de TI do HC-UFMG e a diretoria do HC-UFMG. 2. Instalação de uma nova Sala Segura em container, a ser colocado em área externa. O HC- UFMG irá participar do projeto da EBSERH com este objetivo. 3. Projeto e estruturação da nova rede de dados para o HC-UFMG. O HC-UFMG irá participar do projeto da EBSERH com este objetivo. Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 8 de 26

9 4. Instalação de link dedicado de internet pela RNP no HC-UFMG, conforme proposta feita pela DGPTI da EBSERH (projeto já em andamento). 5. Terceirização de impressão. O HC-UFMG irá participar da ata de registro de preços que está sendo realizada pela EBSERH. O HU irá informar as suas necessidades de impressão. 6. Aquisição dos equipamentos ativos de rede, conforme proposta já acertada com a empresa NetSul. Produtos já licitados pelo HCPA em Porto Alegre para serem adquiridos com recursos do BNDES. A equipe de infraestrutura da EBSERH irá agilizar o processo com a equipe do HCPA/AGHU. 7. Aquisição de storages para armazenamento dos exames de imagem. O HC-UFMG informará os requisitos de armazenamento de acordo com o que foi licitado pelo HCPA/AGHU, para ser adquirido com recursos do BNDES. A equipe de infraestrutura da EBSERH irá intermediar e agilizar o processo com a equipe do HCPA/AGHU. 8. Aquisição de estações de trabalho para o HU. O HC-UFMG informará a quantidade de estações de trabalho de acordo com suas necessidades atuais. para serem adquiridas com recursos do BNDES. A equipe de infraestrutura da EBSERH irá licitar, adquirir e organizar o processo de aquisição. 9. Implantação dos módulos de internação e pacientes do AGHU (Anexo I) no HC-UFMG. A equipe de TI do HU irá entrar em contato com o Sr. Bruno Oliveira, coordenador de Sistemas da EBSERH, para iniciar a implantação do AGHU no HC-UFMG. Segue abaixo a sugestão de implantação do Hospital das Clinicas da UFMG. Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 9 de 26

10 Estrutura Organizacional do Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) A unidade de TI é representada pelo Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) e é ligado diretamente à Diretoria Geral, de acordo com o organograma da instituição. A equipe é composta por: 1 gerente de TI (FUNDEP), 1 médico para suporte e orientação ao negócio (analista de negócio) (HCCOOP), 1 médico para suporte e orientação ao negócio (analista de negócio) (UFMG), 3 analistas de sistemas (UFMG), 2 analistas de sistemas (FUNDEP), 1 coordenador de infra-estrutura (FUNDEP). 11 técnicos de suporte técnico (1 UFMG, 10 FUNDEP), 1 administrativo (FUNDEP), 1 Guarda Jovem (Cruz Vermelha). Referencial Estratégico de Tecnologia da Informação Missão Prover recursos de tecnologia da informação inovadores que resultem na melhoria da assistência, ensino e pesquisa em saúde, privilegiando a modularidade das soluções para a sustentabilidade tecnológica do HC/UFMG. Visão Otimizar de forma incremental o trabalho de todas as unidades funcionais, através da automatização de processos e fornecimento de informações, avaliando o custo-benefício da melhoria na assistência, ensino e pesquisa Valores - Alinhamento Estratégico - Cooperação - Excelência em TI - Inovação - Comprometimento - Ética, respeito e transparência - Foco no usuário e paciente - Profissionalismo Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 10 de 26

11 Análise SWOT da TI organizacional Forças Interesse elevado e disposição do corpo assistencial em utilizar recursos de tecnologia da informação. Alto potencial de captação de recursos para a assistência, ensino e pesquisa em saúde. Parque tecnológico de hardware atualizado. Recursos internos experientes. Oportunidades Recursos externos de projetos para reestruturação tecnológica (REUF, PROHOSP e outros) Participação no projeto AGHU (Aplicativos de Gestão para Hospitais Universitários) Fraquezas Infraestrutura de rede precária para atendimento das necessidades atuais e futuras. Pequeno controle sobre o andamento de projetos de esferas governamentais superiores Recursos humanos limitados para a demanda atual Ameaças Instabilidades políticas na distribuição dos recursos. Tempo limitado para licitação de sistemas e equipamentos, por expiração do prazo para uso dos recursos (rubrica). Breve Histórico da TI no HC/UFMG A evolução da tecnologia de informação no Hospital das Clínicas da UFMG é resultado de um processo que, conforme linha do tempo sintetizada nos quadros abaixo, foi lançado no começo da década de 1980, por ocasião da criação do Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI). Gestão Hospitalar Sistema de gestão hospitalar responsável pelo faturamento, estoque, farmácia, custos, gestão de prontuários, dentre outros. É o primeiro sistema que foi implantado no HC- UFMG, possui interface em modo caracter. Os módulos deste sistema estão sendo substituídos por sistemas mais modernos para a área hospitalar. SINPLES - Controla a chegada do paciente no hospital (internação), sua permanência (unidades de internação, leitos) e sua saída (alta médica e hospitalar). Contém todas as informações dos pacientes. Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 11 de 26

12 No período entre 2009 e 2012, o Hospital das Clínicas da UFMG iniciou um processo de modernização e substituição do sistemas legados, processo que continua previsto neste PDTI. Neste período foram implantados os seguintes sistemas e módulos: - Sistema de Prescrição Eletrônica, - Sistema de Informação para Serviços de Urgência (EDIS/Alert); - Sistema de Gestão Laboratorial (Matrix); - Aplicativo de Comunicação e Arquivamento de Imagens (PACS) em conjunto software para estações de laudo de imagens da radiologia stand alone (AGFA); - Sistema de controle de Ponto Eletrônico (Velti); - Aplicação para acompanhamento de custos versus faturamento; - Sistema de Pedido online de exames; - Módulo de agendamento dos ambulatórios e IAG do sistema MV 2000; - Módulo de quimioterapia (assistencial e faturamento) do sistema MV Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 12 de 26

13 Resultados dos PDTIs Anteriores Os resultados do planejamento de tecnologia da Informação, definidas nos PDTIs de 2010, 2011 e 2012, para o Hospital das Clínicas da UFMG, foram os seguintes: PDTI 2010 Resultado Situação 2010 Atualização do parque tecnológico de estações de trabalho e impressoras Em andamento Instalação dos novos servidores de médio e grande porte Treinamento no software de gerenciamento de máquinas virtuais VMWare Instalação da Infraestrutura de rede, estações de trabalho e impressoras no Ambulatório Jenny Faria Implantação do Sistema de Prescrição Eletrônica Implantação do Sistema de Gestão Laboratorial desenvolvido pela Matrix Implantação de módulo de custos versus faturamento Implantação do módulo de laudo de exames do sistema da MV no IAG Em andamento Em andamento Em andamento PDTI 2011 Resultado Situação 2011 Atualização do parque tecnológico de estações de trabalho e impressoras Ampliação dos servidores de médio e grande porte Substituição dos servidores mais antigos pelos novos equipamentos Em andamento Ampliação do backbone da rede local através da instalação de 5 pares de fibra ótica. Criação e ativação das subredes x.x para suportar o crescimento do nº de equipamentos conectados à rede do HC/UFMG Implantação do Sistema de Prescrição Eletrônica Implantação do Sistema de Gestão Laboratorial desenvolvido pela Matrix Treinamento nas ferramentas gerenciais e de geradores de relatórios do sistema da Matrix Instalação dos relógios de ponto eletrônico conectados à rede local do hospital Instalação do sistema de controle do ponto eletrônico Implantação de módulo de custos versus faturamento Implantação do módulo de agendamento de consultas do sistema da MV em todos os ambulatórios do HC/UFMG Implantação do módulo de internação e pacientes dos Aplicativos de Gestão para os Hospitais Universitários AGHU Em andamento Aguardando EBSERH Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 13 de 26

14 O inicio do processo de implantação dos Aplicativos de Gestão para os Hospitais Universitários AGHU foi prevista nos PDTIs de 2011 e 2012, mas o Ministério da Educação (MEC) e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) não iniciaram o projeto de implantação do sistema no HC/UFMG. Na visita técnica da Diretoria de Gestão de Processos e Tecnologia da Informação da EBSERH nos dias 1 e 2 de agosto de 2013, ficou definido que o HC-UFMG irá iniciar a implantação do sistema no final de 2013, em data a ser definida pela EBSERH. No PDTI de 2012 foi previsto o processo licitatório para reestruturação do backbone da infraestrutura de rede, este projeto foi cancelado em função do projeto em andamento na EBSERH para licitação, contratação e implementação de projeto de nova rede estruturada de dados para todos os hospitais universitários. Este projeto será financiado com recursos da EBSERH e o HC-UFMG foi incluído no mesmo. Os quantitativos dos equipamentos ativos de rede, servidores e storage licitados em 2012 foram adquiridos em menor quantidade que o total licitado, devido aos recursos financeiros recebidos serem insuficientes. Os equipamentos licitados faltantes serão adquiridos com recursos financeiros de PDTI 2012 Término da implantação do agendamento de consultas médicas (sistema MV2000) Implantação do sistema de Pedidos Online de Exames Laboratoriais nas unidades de internação Implantação do sistema de Pedidos Online de Exames Laboratoriais nos ambulatórios do hospital Execução da reforma da sala segura Implantação dos sistemas de PACS (Picture Archiving and Communication System) da AGFA Implantação dos módulos de agendamento e laudos do sistema MV na radiologia - RIS (Radiology Information System) Implantação do faturamento da Oncologia (MV 2000) Instalação de 2(dois) no-breaks na sala segura Preparação de edital e processo para adquirir equipamentos ativos de rede, servidores e storage. Licitação para adquirir equipamentos ativos de rede, servidores e storage. Instalação dos equipamentos ativos de rede, servidores e storage. Implantação do módulo de internação e pacientes dos Aplicativos de Gestão para os Hospitais Universitários AGHU PRAZO Em andamento Em andamento Em andamento Aguardando EBSERH Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 14 de 26

15 Inventário de Necessidades Sistemas Informatizados O Hospital das Clínicas da UFMG já informatizou grande parte de seus processos assistenciais e administrativos nos últimos 5(cinco) anos. No Plano Diretor de 2013, o planejamento prevê a informatização de processos não atendidos e a continuidade na substituição e modernização dos processos que utilizam os sistemas legados. No planejamento de informatização para 2013, os objetivos principais são a informatização da emissão de laudos e agendamento da radiologia, o início da implantação e da utilização do prontuário eletrônico no hospital, conforme quadro abaixo. O prontuário eletrônico é um repositório de dados que armazena todas as informações de saúde, clínicas e administrativas, ao longo da vida de um pacientes. A introdução do Registro Eletrônico dos Pacientes no HC/UFMG é uma necessidade e uma recomendação da empresa certificadora em qualidade da Joint Comission International (JCI). A utilização do prontuário eletrônico pelos médicos, enfermeiros e demais profissionais de saúde agiliza o processo de tomada de decisão e a efetividade do cuidado, melhora os resultados dos tratamentos realizados, aumenta a segurança no atendimento dos pacientes. O Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 15 de 26

16 projeto de implantação do prontuário eletrônico no HC-UFMG vai iniciar em 2013 e encerrar em 2014, devido ao grau de complexidade e tamanho da instituição. O Sistema de Comunicação e Arquivamento de Imagens (PACS), que armazena as imagens médicas e faz interfaceamento com equipamentos de exames de imagens (Raio X, mamografia, Tomografia, Ressonância Magnética, hemodinâmica e outros), foi implantado no ano de O módulo de radiologia do MV 2000 que controla e agendamento e emissão de laudos dos exames imagem tem a previsão de conclusão em junho de A implantação deste módulo na radiologia permitirá aos médicos laudarem os exames de imagem armazenados no sistema PACS, com a inclusão automática dos laudos no prontuário eletrônico do paciente. O projeto de instalação do sistema integrado de gestão hospitalar, denominado Aplicativo de Gestão para Hospitais Universitários AGHU (Anexo I) está dependendo de uma definição de um cronograma oficial a ser acordado com a EBSERH, A partir da formalização da inclusão do HC-UFMG no processo de implantação do sistema, será elaborado um cronograma definitivo. A previsão de início de implantação é para o final de A proposta do Hospital das Clínicas da UFMG é iniciar a implantação dos Aplicativos de Gestão para Hospitais Universitários (AGHU) pelos módulos Pacientes e Internação, e gradativamente expandir para os outros módulos. Com a implantação dos módulos Pacientes e Internação do AGHU, o sistema SINPLES será substituído integralmente. Infraestrutura Tecnológica Com a finalidade de subsidiar as necessidades do HC/UFMG, em relação ao incremento da infraestrutura para atender as diretrizes definidas neste PDTI para o ano de 2013, é apresentada a seguir a infraestrutura tecnológica atual com o respectivo diagnóstico. 1. Estações de Trabalho e Impressoras O parque tecnológico de estações de trabalho e impressoras está aproximadamente com 5% que tem mais de 5 anos de uso. Estes equipamentos estão atualizados, fruto do planejamento de atualização tecnológica previsto nos PDTIs de 2010 a Foi realizado um trabalho de substituição das estações de trabalho obsoletas e substituição de impressoras matriciais por impressoras laser, que propiciou uma melhoria na performance dos equipamentos e diminuição significativa dos chamados de manutenção. É objetivo do Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) manter este grau de atualização. Atualmente, o HC/UFMG possui estações de trabalho e 300 impressoras. 2. Sala Segura A sala de servidores segura atual foi reformada, 2(dois) no-breaks foram instalados e as instalações elétricas foram ampliadas; de forma a viabilizar o recebimento de novos servidores adquiridos pelo hospital e enviados pela EBSERH. Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 16 de 26

17 A sala atual será mantida até a EBSERH adquirir para o HC-UFMG uma nova Sala Segura, em container para ser colocado em área externa. Este projeto deverá ser apresentado no PDTI de Servidores O parque de servidores atual é composto por equipamentos servidores físicos, que suportam servidores lógicos, conforme descrito abaixo: 10(dez) servidores para rack de grande porte (8 cores) 4(quatro) servidores para rack de médio porte (4 cores) 15(quinze) servidores de pequeno porte. Os servidores de pequeno porte são em sua maioria estações de trabalho e gabinetes em torre, está sendo feito um trabalho de virtualização destes servidores, com o objetivo de diminuir o número de equipamentos físicos e melhor aproveitamento do espaço físico da sala segura. 4. Rede Local A Rede Local atual é o principal ponto crítico do HC/UFMG, precisa ser totalmente ampliada e readequada para atender as demandas atuais e futuras do hospital. A reestruturação da rede local é um dos requisitos para a implantação completa do AGHU no hospital. A EBSERH irá licitar: Empresa para projetar uma nova rede para o hospital; Empresa para executar o projeto de reestruturação da rede de dados do hospital. A qualidade dos serviços atual da rede local já está comprometida, pois nos últimos 5 anos o hospital passou de 700 para equipamentos ligados em rede, com uma melhoria insuficiente nos equipamentos ativos de rede (switches) e na infraestrutura de rede. Em função do planejamento do PDTI de 2012, o HC-UFMG colocou novos ativos de rede (switches) para a melhoria da estrutura atual. Esta solução viabilizou a espera do projeto de construção de uma nova estrutura de rede pela EBSERH, que irá atender estas necessidades plenamente. Plano de Metas e de Ações O plano de metas foi desenvolvido com o escopo temporal de 1 ano, quando deverá ser revisto e atualizado. Como o horizonte temporal é pequeno para a implantação de grandes sistemas de gestão hospitalar e a reestruturação da infraestrutura de tecnologia da informação, o plano de metas define que a implantação e o início dos processos previstos sejam progressivos e modulares, com pontos de medição do projeto bem definidos. Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 17 de 26

18 META Instalação dos novos equipamentos ativos de rede Implantação do sistema de Pedidos Online de Exames Laboratoriais nos ambulatórios do hospital Implantação do prontuário eletrônco nos ambulatórios Implantação do prontuário eletrônco nas unidades de internação Implantação dos módulos de agendamento e laudos do sistema MV na radiologia - RIS (Radiology Information System) Homologação e treinamento no módulo de internação do AGHU Desenvolvimento e homologação do interfaceamento do AGHU com os sistemas em uso no HC/UFMG. Implantação do módulo de internação do AGHU Instalação dos servidores e storage de dados Manutenção corretiva, manutenção evolutiva e suporte aos sistemas já implantados. Instalação dos novos equipamentos de tecnologia da informação. Manutenção técnica do parque tecnológico. PRAZO julho-2014 junho-2014 dezembro-2014 junho-2014 maio-2013 março-2014 março-2014 abril-2014 junho-2013 N/A N/A N/A Plano de Gestão de Pessoas Para a implantação do sistema AGHU, a equipe atual é insuficiente e sem a devida capacitação. A Diretoria de Gestão de Processos e Tecnologia da Informação EBSERH planejará a alocação dos recursos humanos necessários para a implantação do sistema em cada hospital universitário. O dimensionamento do quantitativo e a qualificação destes profissionais serão definidos pela equipe coordenadora do AGHU na EBSERH em comum acordo a equipe do NTI no HC/UFMG.Os atuais analistas de sistemas do Núcleo de Tecnologia da Informação deverão ser capacitados para implantar e manter o sistema AGHU. Os funcionários do suporte técnico deverão ser capacitados nos softwares que suportam o AGHU e na configuração dos ativos de rede (Switches). Segue abaixo o plano de capacitação para 2013, já validados pela equipe do AGHU: Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 18 de 26

19 Projeto Curso Alunos AGHU 1 - Treinamento do sistema operacional Linux Ubuntu 6 Treinar a equipe local, para a utilização e manutenção dos servidores linux sistema operacional. AGHU 2- Treinamento do ambiente do Servidor de Aplicação (JBoss) 12 Treinar a equipe local, para a utilização e manutenção dos servidores de aplicação. AGHU 3- Treinamento do ambiente do Servidor de Banco de Dados (PostgreSQL) 12 Treinar a equipe local, para a utilização e manutenção dos servidores de banco de dados. AGHU 4 - Treinamento do Ambiente de retaguarda (CUPS, LDAP, DNS, etc.) 6 Treinar a equipe local, para a utilização e manutenção dos servidores de autenticação (LDAP) e impressão (CUPS) centralizada e demais serviços necessários. Rede 5 - Configuração de Equipamentos Ativos de Rede 6 Treinar a equipe local, para a instalação, utilização e manutenção dos equipamentos ativos de rede (stwitches). Rede 6 - Configuração de Servidor Firewall 6 Treinar a equipe local, para a instalação, utilização e manutenção de servidor firewall, que controla toda a segurança de acesso a rede interna do HC/UFMG. Proposta Orçamentária de TI Como dito acima, o orçamento da Tecnologia da Informação no Hospital das Clínicas da UFMG é proveniente, em sua maior parte, de recursos externos ao hospital. As principais fontes de recursos financeiros para a reestruturação e modernização do hospital são oriundas do REUF/MEC, EBSERH, PROHOSP/SES-MG, dentre outros. A proposta orçamentária foi criada a partir da estimativa de gastos com projetos aprovados ou em curso de aprovação, e poderá ser revista à luz de novas informações que modifiquem o orçamento. Área Funcional ou Projeto Valor Observações Implantação do sistema de gestão hospitalar N/A AGHU financiamento EBSERH AGHU Recursos humanos para implantação do AGHU N/A AGHU financiamento EBSERH Servidores para o sistema AGHU N/A AGHU financiamento EBSERH Aquisição de Equipamentos Ativos de Rede (switches de distribuição e de borda) Aquisição de 3 storages (unidades de armazenamento em disco) R$ ,00 PROHOSP Aquisição restante edital 2012 R$ ,00 PROHOSP Aquisição restante edital 2012 Recursos humanos N/A Contratos com a FUNDEP. TOTAL R$ ,00 Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 19 de 26

20 Plano de Investimento em Serviços e Equipamentos Os investimentos em serviços e equipamentos em 2013 serão distribuídos entre dois objetivos: reforma da infraestrutura da sala segura e de redes e a implantação dos sistemas AGHU, PACS e RIS. Os valores estimados são listados abaixo. Serviço ou Equipamento Investimento Aquisição de Equipamentos Ativos de Rede (switches de distribuição e de borda) R$ ,00 Aquisição de 3 storages (unidades de armazenamento em disco) R$ ,00 TOTAL R$ ,00 Plano de Gestão de Riscos Os maiores riscos identificados na fase de planejamento se referem ao pequeno orçamento dedicado à área de tecnologia e, consequentemente, à necessidade de recursos externos para a manutenção dos projetos. Os recursos externos possuem demandas de prazo e requisitos que exigem esforços extras para planejamento e resposta a tempo. Os riscos e ações correspondentes para diminuição dos riscos e mitigação dos prejuízos são listados abaixo: Risco Consequência Ações Adiamento do início da implantação do sistema AGHU no HC/UFMG Anulação de licitação por erro na construção do edital ou inadequação dos fornecedores O HC/UFMG continuaria com os sistemas atuais. Adiamento na utilização dos benefícios do novo sistema de gestão. Atrasos nas implementações dos projetos. Necessidade de refazer o processo licitatório, Perda dos recursos financeiros. Atuar junto ao MEC e comitê gestor do AGHU no HCPA para manter os prazos definidos, Preparar a estrutura mínima necessária no HC/UFMG para a implantação do AGHU. Criação do Plano Diretor de Tecnologia da Informação, Definição de requisitos detalhado no edital, considerando a realidade do mercado de fornecedores do Brasil Perda do prazo de licitação Sistemas AGHU, PACS e RIS não atenderem as necessidades do HC/UFMG Necessidade de refazer o processo licitatório, Perda dos recursos financeiros. Resistência dos profissionais, perda de eficiência e eficácia nos processos Definição precoce de requisitos, Elaboração de edital de licitação, Realizar processo licitatório dentro dos prazos legais. Criação do Plano Diretor de Tecnologia da Informação, Envolvimento dos profissionais no levantamento de requisitos, Definição detalhada de requisitos, Acompanhamento e monitoramento da implantação dos novos sistemas. Data: 30/08/2013 1ª revisão Página 20 de 26

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 Versão 1.0 1 APRESENTAÇÃO O Planejamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO DIRETOR DE TI

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO DIRETOR DE TI MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO DIRETOR DE TI Plano de Trabalho Elaboração do Plano Diretor de Tecnologia da Informação

Leia mais

Organização dos Estados Ibero-americanos. Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

Organização dos Estados Ibero-americanos. Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação (MEC) em seus processos de formulação, implantação e

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 883, DE 5 DE JULHO DE 2010

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 883, DE 5 DE JULHO DE 2010 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 883, DE 5 DE JULHO DE 2010 Regulamenta o Decreto nº 7.082, de 27 de janeiro de 2010, que institui o Programa Nacional de Reestruturação

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação (MEC) em seus processos de formulação, implantação e

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação (MEC) em seus processos de formulação, implantação e

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico A decisão pela realização do Planejamento Estratégico no HC surgiu da Administração, que entendeu como urgente formalizar o planejamento institucional. Coordenado pela Superintendência

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PERÍODO 2012 A 2016 MANAUS/AM VERSÃO 1.0 1 Equipe de Elaboração João Luiz Cavalcante Ferreira Representante da Carlos Tiago Garantizado Representante

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

INTRODUÇÃO OBJETIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS

INTRODUÇÃO OBJETIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS INTRODUÇÃO Com base no Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais - REHUF, destinado à reestruturação e revitalização dos hospitais das universidades federais, integrados

Leia mais

Jeanne Liliane Marlene Michel Diretora de Gestão de Pessoas

Jeanne Liliane Marlene Michel Diretora de Gestão de Pessoas XXXII Encontro Nacional de Dirigentes de Pessoal e de Recursos Humanos das Instituições Federais de Ensino Fortaleza - 2012 Jeanne Liliane Marlene Michel Diretora de Gestão de Pessoas 1 CARACTERIZAÇÃO

Leia mais

Objetivos. PDI - Plano Diretor de Informática. O que é? Como é feito? Quanto dura sua elaboração? Impactos da não execução do PDI

Objetivos. PDI - Plano Diretor de Informática. O que é? Como é feito? Quanto dura sua elaboração? Impactos da não execução do PDI Objetivos Assegurar que os esforços despendidos na área de informática sejam consistentes com as estratégias, políticas e objetivos da organização como um todo; Proporcionar uma estrutura de serviços na

Leia mais

PDTI - Definição. Instrumento de diagnóstico, planejamento e

PDTI - Definição. Instrumento de diagnóstico, planejamento e PDTI - Definição Instrumento de diagnóstico, planejamento e gestão dos recursos e processos de Tecnologia da Informação que visa atender às necessidades tecnológicas e de informação de um órgão ou entidade

Leia mais

PDTI UFLA: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Segundo Modelo de Referência da SLTI/MPOG

PDTI UFLA: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Segundo Modelo de Referência da SLTI/MPOG PDTI UFLA: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Segundo Modelo de Referência da SLTI/MPOG Forplad Regional Sudeste 22 de Maio de 2013 Erasmo Evangelista de Oliveira erasmo@dgti.ufla.br Diretor de

Leia mais

RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011

RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011 RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011 Dispõe sobre a Política de Governança de Tecnologia da Informação do Tribunal de Contas da União (PGTI/TCU). O TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO, no uso de suas

Leia mais

SEPLAN. Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico. RESOLUÇÃO Nº 003/2006 - CEPINF de 15 de agosto de 2006.

SEPLAN. Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico. RESOLUÇÃO Nº 003/2006 - CEPINF de 15 de agosto de 2006. RESOLUÇÃO Nº 003/2006 - CEPINF de 15 de agosto de 2006. DEFINE a Política de Informática do Estado do Amazonas. O PRESIDENTE DO COMITÊ ESTADUAL DE POLÍTICA DE INFORMÁTICA, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

ANEXO X DIAGNÓSTICO GERAL

ANEXO X DIAGNÓSTICO GERAL ANEXO X DIAGNÓSTICO GERAL 1 SUMÁRIO DIAGNÓSTICO GERAL...3 1. PREMISSAS...3 2. CHECKLIST...4 3. ITENS NÃO PREVISTOS NO MODELO DE REFERÊNCIA...11 4. GLOSSÁRIO...13 2 DIAGNÓSTICO GERAL Este diagnóstico é

Leia mais

RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09

RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09 RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09 29 de setembro de 2009 PLANO DE TRABALHO - PDTI O presente Plano de Trabalho objetiva o nivelamento do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima aos requisitos de tecnologia da informação

Leia mais

AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO QUADRO DE SERVIDORES DA COTEC

AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO QUADRO DE SERVIDORES DA COTEC MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA Coordenação-Geral de Administração e Tecnologia da Informação Coordenação

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Esta iniciativa tem como finalidade reorganizar a área de Tecnologia da Informação TI do TJMG, sob o ponto de vista de gestão e infraestrutura, baseados em sua estrutura

Leia mais

Incentivar a inovação em processos funcionais. Aprimorar a gestão de pessoas de TIC

Incentivar a inovação em processos funcionais. Aprimorar a gestão de pessoas de TIC Incentivar a inovação em processos funcionais Aprendizagem e conhecimento Adotar práticas de gestão participativa para garantir maior envolvimento e adoção de soluções de TI e processos funcionais. Promover

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultoria pessoa física para serviços de preparação

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) Este documento tem o propósito de promover o alinhamento da atual gestão

Leia mais

DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA

DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA 1 APRESENTAÇÃO Este conjunto de diretrizes foi elaborado para orientar a aquisição de equipamentos

Leia mais

1. AÇÕES ESTRATÉGICAS E METAS

1. AÇÕES ESTRATÉGICAS E METAS 1. AÇÕES S E S 1.1. Quadro de Ações Estratégicas e Metas para 2013 AÇÃO Criar filial da EBSERH ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Registrar nos órgãos federais, estaduais e municipais Delegar competências e definir

Leia mais

Metas de desempenho, indicadores e prazos. de execução

Metas de desempenho, indicadores e prazos. de execução Metas de desempenho, indicadores e prazos de execução HOSITAL UNIVERSITÁRIO GETÚLIO VARGAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS NOVEMBRO DE 2013 1 SUMÁRIO 1. Indicadores... 3 2. Quadro de Indicadores de

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 13/06/2014 14:08:02 Endereço IP: 177.1.81.29 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Relatório de Informações Gerenciais Setorial do 1º Semestre de 2013 DIRETORIA GERAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÂO DGTEC RELATÓRIO DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS 1º

Leia mais

Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação. Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região

Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação. Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região Dezembro/2010 2 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Missão: Prover soluções efetivas de tecnologia

Leia mais

Reunião de Abertura do Monitoramento 2015. Superintendência Central de Planejamento e Programação Orçamentária - SCPPO

Reunião de Abertura do Monitoramento 2015. Superintendência Central de Planejamento e Programação Orçamentária - SCPPO Reunião de Abertura do Monitoramento 2015 Superintendência Central de Planejamento e Programação Orçamentária - SCPPO Roteiro da Apresentação 1. Contextualização; 2. Monitoramento; 3. Processo de monitoramento;

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC

Planejamento Estratégico de TIC Planejamento Estratégico de TIC Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe 2010 a 2014 Versão 1.1 Sumário 2 Mapa Estratégico O mapa estratégico tem como premissa de mostrar a representação visual o Plano

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI (2013-2015) - UFPel

Planejamento Estratégico de TI (2013-2015) - UFPel Planejamento Estratégico de TI (2013-2015) - UFPel 1 Missão Prover soluções de TI, com qualidade, à comunidade da UFPel. 2 Visão Ser referência em governança de TI para a comunidade da UFPel até 2015.

Leia mais

CONTROLE DA GESTÃO HOSPITALAR: UMA RESPOSTA À SOCIEDADE. GIL PINTO LOJA NETO AUDITOR GERAL EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES - MEC

CONTROLE DA GESTÃO HOSPITALAR: UMA RESPOSTA À SOCIEDADE. GIL PINTO LOJA NETO AUDITOR GERAL EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES - MEC CONTROLE DA GESTÃO HOSPITALAR: UMA RESPOSTA À SOCIEDADE. GIL PINTO LOJA NETO AUDITOR GERAL EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES - MEC SUMÁRIO O ESTADO BRASILEIRO E AS ESTATAIS; A EBSERH: CARACTERIZAÇÃO,

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA Quando da apresentação de protocolos, manual de normas e rotinas, procedimento operacional padrão (POP) e/ou outros documentos,

Leia mais

Comissão Deliberativa de Tecnologia da Informação dos Hospitais Universitários da UFC - CODETI

Comissão Deliberativa de Tecnologia da Informação dos Hospitais Universitários da UFC - CODETI Comissão Deliberativa de Tecnologia da Informação dos Hospitais Universitários da UFC - CODETI 01/07/2011 A implantação da Comissão Deliberativa de Tecnologia da Informação dos Hospitais Universitários

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação (MEC) em seus processos de formulação, implantação e

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO Controle de Versões Autor da Solicitação: Subseção de Governança de TIC Email:dtic.governanca@trt3.jus.br Ramal: 7966 Versão Data Notas da Revisão 1 03.02.2015 Versão atualizada de acordo com os novos

Leia mais

Modelo de Referência. Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI 2010

Modelo de Referência. Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI 2010 Modelo de Referência Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI 2010 Versão 1.0 Premissas do modelo 1. Este modelo foi extraído do material didático do curso Elaboração do Plano Diretor de Tecnologia

Leia mais

PORTARIA-TCU Nº 385, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2009 (Revogada) (Portaria - TCU nº 36, de 31/01/2011, BTCU nº 03, de 31/01/2011)

PORTARIA-TCU Nº 385, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2009 (Revogada) (Portaria - TCU nº 36, de 31/01/2011, BTCU nº 03, de 31/01/2011) PORTARIA-TCU Nº 385, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2009 (Revogada) (Portaria - TCU nº 36, de 31/01/2011, BTCU nº 03, de 31/01/2011) Dispõe sobre as competências da Secretaria de Infraestrutura de Tecnologia da

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) nº 001/2009

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) nº 001/2009 TERMO DE REFERÊNCIA (TR) nº 001/2009 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultor (a) para desenvolver, treinar e implantar o Sistema de Gestão de Projetos do IBAMA. 2 JUSTIFICATIVA 2.1 Contextualização: O

Leia mais

Modelo de Referência 2011-2012

Modelo de Referência 2011-2012 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação - SLTI Modelo de Referência 2011-2012 Plano Diretor de Tecnologia de Informação Ministério do Planejamento,

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PLANO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRIÊNIO /2015 DSI/CGU-PR Publicação - Internet 1 Sumário 1. RESULTADOS

Leia mais

SAÚDE. Coordenador: Liliane Espinosa de Mello

SAÚDE. Coordenador: Liliane Espinosa de Mello Coordenador: Liliane Espinosa de Mello SAÚDE Visão: Que Santa Maria seja o principal Polo na Área de Saúde do interior do Rio Grande do Sul, contribuindo para a melhor qualidade de vida da população da

Leia mais

Estabelecer os procedimentos para o gerenciamento dos sistemas e demais aplicações informatizadas do TJAC.

Estabelecer os procedimentos para o gerenciamento dos sistemas e demais aplicações informatizadas do TJAC. Código: MAP-DITEC-001 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Gerência de Sistemas Aprovado por: Diretoria de Tecnologia da Informação 1 OBJETIVO Estabelecer os procedimentos para o gerenciamento

Leia mais

Realizar pesquisas de satisfação da comunidade frente aos serviços prestados e torná-las públicas

Realizar pesquisas de satisfação da comunidade frente aos serviços prestados e torná-las públicas PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS FT DE GESTÃO PÚBLICA - "A SANTA MARIA QUE QUEREMOS" Visão: Que em 2020 Santa Maria seja um município que preste Serviços de Qualidade a seus cidadãos, com base

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 12/06/2014 13:58:56 Endereço IP: 200.252.42.196 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 080/2014, DE 25 DE JUNHO DE 2014 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG

RESOLUÇÃO Nº 080/2014, DE 25 DE JUNHO DE 2014 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG RESOLUÇÃO Nº 080/2014, DE 25 DE JUNHO DE 2014 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG O Conselho Universitário da UNIFAL-MG, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA E INFORMÁTICA EM SAÚDE (CTIS)

REGIMENTO INTERNO COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA E INFORMÁTICA EM SAÚDE (CTIS) Página 1 de 12 GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA E INFORMÁTICA EM SAÚDE REGIMENTO INTERNO COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA E INFORMÁTICA

Leia mais

Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO

Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura OEI/TOR/MEC/DTI nº 003/2009 TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR 1. Projeto: OEI/BRA/09/004

Leia mais

Implantação do Sistema de Divulgação de Melhores Práticas de Gestão na Administração Pública

Implantação do Sistema de Divulgação de Melhores Práticas de Gestão na Administração Pública Ministério do Planejamento, Orçamento e Programa 0792 GESTÃO PÚBLICA EMPREENDEDORA Objetivo Promover a transformação da gestão pública para ampliar os resultados para o cidadão e reduzir custos. Indicador(es)

Leia mais

Avaliação dos Resultados do Planejamento de TI anterior

Avaliação dos Resultados do Planejamento de TI anterior Avaliação dos Resultados do Planejamento de TI anterior O PDTI 2014 / 2015 contém um conjunto de necessidades, que se desdobram em metas e ações. As necessidades elencadas naquele documento foram agrupadas

Leia mais

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A.

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. Estudo de Caso Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes um novo serviço, que foi denominado de

Leia mais

Elaboração dos documentos

Elaboração dos documentos Estudo de Caso Área de conhecimento Gerência de Escopo Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes

Leia mais

Experiência: REDUÇÃO DA TAXA DE CANCELAMENTO DE CIRURGIAS ATRAVÉS DA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO ASSISTENCIAL

Experiência: REDUÇÃO DA TAXA DE CANCELAMENTO DE CIRURGIAS ATRAVÉS DA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO ASSISTENCIAL Experiência: REDUÇÃO DA TAXA DE CANCELAMENTO DE CIRURGIAS ATRAVÉS DA OTIMIZAÇÃO DO PROCESSO ASSISTENCIAL Hospital de Clínicas de Porto Alegre Ministério da Educação Responsável: Sérgio Carlos Eduardo Pinto

Leia mais

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html Página 1 de 5 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 1.559, DE 1º DE AGOSTO DE 2008 Institui a Política Nacional

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 08/08/2014 19:53:40 Endereço IP: 150.164.72.183 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

NOTA TÉCNICA 33 2012

NOTA TÉCNICA 33 2012 NOTA TÉCNICA 33 2012 Proposta de regulamentação da base nacional de dados das ações e serviços do Componente Básico da Assistência Farmacêutica no SUS Assembleia do CONASS de 17 outubro de 2012 Brasília,

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

SITUAÇÃO DOS RECURSOS HUMANOS DA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NAS IFES

SITUAÇÃO DOS RECURSOS HUMANOS DA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NAS IFES SITUAÇÃO DOS RECURSOS HUMANOS DA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NAS IFES Introdução A questão dos recursos humanos na área de Tecnologia da Informação é assunto de preocupação permanente no Colégio de

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO

RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SISTEMATIZAÇÃO DOS RESULTADOS Atendendo a solicitação do CNMP, o presente documento organiza os resultados

Leia mais

ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR DENOMINAÇÃO DO CARGO: ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Desenvolver e implantar sistemas informatizados, dimensionando requisitos e funcionalidades do

Leia mais

Governança de TI no Governo. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Paulo Roberto Pinto

Governança de TI no Governo. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Paulo Roberto Pinto Governança de TI no Governo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Paulo Roberto Pinto Agenda Agenda Contexto SISP IN SLTI 04/2008 EGTI Planejamento

Leia mais

PEX Process Excellence Week Brasil 2013 Caso Prático:

PEX Process Excellence Week Brasil 2013 Caso Prático: PEX Process Excellence Week Brasil 2013 Caso Prático: Como criar uma plataforma de negócios com um conjunto de estruturas determinantes em prol a sustentabilidade das estratégias organizacionais? Jacson

Leia mais

Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A

Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A Esperança_TI S.A S/A Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A 25/11/2014 Gerador do documento: Gerente de Negociação: Marcos Alves de Oliveira Marcos Antônio de Morais Aprovação

Leia mais

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social Programa 0465 SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO - INTERNET II Objetivo Incrementar o grau de inserção do País na sociedade de informação e conhecimento globalizados. Público Alvo Empresas, usuários e comunidade

Leia mais

Portaria nº 339 de 08 de Maio de 2002.

Portaria nº 339 de 08 de Maio de 2002. Portaria nº 339 de 08 de Maio de 2002. O Secretário de Assistência à Saúde, no uso de suas atribuições legais, Considerando a Portaria GM/MS nº 866, de 09 de maio de 2002, que cria os mecanismos para organização

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 Reestrutura as unidades vinculadas à Secretaria de Tecnologia da Informação SETIN do Tribunal Superior do Trabalho.

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA Consultor por Produto

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA Consultor por Produto MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇÃO E PROJETOS EDUCACIONAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA Consultor por Produto

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001, 10 de março de 2009. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA GABINETE DO REITOR

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001, 10 de março de 2009. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA GABINETE DO REITOR INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001, 10 de março de 2009. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA GABINETE DO REITOR Dispõe sobre a Política de uso de Softwares Livres no âmbito da UDESC O REITOR da FUNDAÇÃO

Leia mais

Número do Recibo:83500042

Número do Recibo:83500042 1 de 21 06/06/2012 18:25 Número do Recibo:83500042 Data de Preenchimento do Questionário: 06/06/2012. Comitête Gestor de Informática do Judiciário - Recibo de Preenchimento do Questionário: GOVERNANÇA

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação.

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional 1. Função no Projeto: Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. 2. Nosso Número BRA/12/010 3. Antecedentes A missão

Leia mais

Fundação Municipal de Tecnologia da Informação e Comunicação de Canoas Diretoria Executiva PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Fundação Municipal de Tecnologia da Informação e Comunicação de Canoas Diretoria Executiva PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fundação Municipal de Tecnologia da Informação e Comunicação de Canoas Diretoria Executiva PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 2012 2015 Controle de Revisão Ver. Natureza Data Elaborador Revisor

Leia mais

Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal

Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS SUBCHEFIA DE ASSUNTOS FEDERATIVOS Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal Mapa de obras contratadas pela CEF, em andamento com recursos do Governo Federal 5.048

Leia mais

Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília

Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília Rio de Janeiro São Paulo Belo Horizonte Brasília MGS Plano de execução de serviço Projeto de transformação de Processos Estrutura do Documento 1. Introdução

Leia mais

COMPETÊNCIA, CONSCIENTIZAÇÃO E TREINAMENTO

COMPETÊNCIA, CONSCIENTIZAÇÃO E TREINAMENTO COMPETÊNCIA, CONSCIENTIZAÇÃO E TREINAMENTO OBJETIVO DA SEÇÃO Esta seção apresenta a Competência, Conscientização e do Sistema da Qualidade da TELEDATA que atende ao item 6.2.2 Norma ISO 9001:2008. DIRETRIZES

Leia mais

Prefeitura Municipal de Brejetuba

Prefeitura Municipal de Brejetuba INSTRUÇÃO NORMATIVA SPO Nº. 001/2014 DISPÕE SOBRE ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO DO PPA NO MUNICÍPIO DE BREJETUBA-ES. VERSÃO: 01 DATA DE APROVAÇÃO: 06/05/2014 ATO DE APROVAÇÃO: Decreto Municipal

Leia mais

15/09/2015. Gestão e Governança de TI. Modelo de Governança em TI. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor

15/09/2015. Gestão e Governança de TI. Modelo de Governança em TI. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor Gestão e Governança de TI Modelo de Governança em TI Prof. Marcel Santos Silva PMI (2013), a gestão de portfólio é: uma coleção de projetos e/ou programas e outros trabalhos que são agrupados para facilitar

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Art. 1º - A Diretoria de Tecnologia de Informação e Comunicação DTIC da Universidade FEDERAL DO ESTADO DO RIO

Leia mais

Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA. Levantamento da Gestão de TIC

Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA. Levantamento da Gestão de TIC Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA Levantamento da Gestão de TIC Cotação: 23424/09 Cliente: PRODABEL Contato: Carlos Bizzoto E-mail: cbizz@pbh.gov.br Endereço: Avenida Presidente Carlos

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação (PETI) Secretaria de Tecnologia da Informação Florianópolis, março de 2010. Apresentação A informatização crescente vem impactando diretamente

Leia mais

Realizar pesquisas de satisfação da comunidade frente aos serviços prestados e torná-las públicas

Realizar pesquisas de satisfação da comunidade frente aos serviços prestados e torná-las públicas PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS FT DE GESTÃO PÚBLICA - "A SANTA MARIA QUE QUEREMOS" Visão: Que em 2020 Santa Maria seja um município que preste Serviços de Qualidade a seus cidadãos, com base

Leia mais

Ajuda da pesquisa acerca da Governança de TI da Administração Pública Federal

Ajuda da pesquisa acerca da Governança de TI da Administração Pública Federal Ajuda da pesquisa acerca da Governança de TI da Administração Pública Federal 1. Há planejamento institucional em vigor? Deverá ser respondido SIM caso o Órgão/Entidade possua um planejamento estratégico

Leia mais

Diretoria de Informática TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Brivaldo Marinho - Consultor. Versão 1.0

Diretoria de Informática TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Brivaldo Marinho - Consultor. Versão 1.0 TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Brivaldo Marinho - Consultor Versão 1.0 CONTROLE DA DOCUMENTAÇÃO Elaboração Consultor Aprovação Diretoria de Informática Referência do Produto

Leia mais

Declaração de Escopo

Declaração de Escopo 1/9 Elaborado por: Adriano Marra, Bruno Mota, Bruno Leite, Janaina Versão: 1.4 Lima, Joao Augusto, Paulo Takagi, Ricardo Reis. Aprovado por: Porfírio Carlos Roberto Junior 24/08/2010 Time da Equipe de

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO POP Nº X.XX.XXX.XX

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO POP Nº X.XX.XXX.XX Versão:.0 PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO POP Nº X.XX.XXX.XX MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NUCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÂO Versão Nº.0 Data da Revisão 05/06/05 Data de

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

Governança da Capacidade de TI

Governança da Capacidade de TI Coordenadoria de Tecnologia da Informação Documentos Formais Governança da Sumário 1 Introdução... 03 2 Políticas do Documento de Governança da... 04 3 Governança da... 05 4 Principais Serviços para Governança

Leia mais

SIMPLIFICAÇÃO DE PROCESSOS

SIMPLIFICAÇÃO DE PROCESSOS SIMPLIFICAÇÃO DE PROCESSOS 1 FINALIDADE DO PROJETO ESTRATÉGICO Simplificar e padronizar os processos internos, incrementando o atendimento ao usuário. Especificamente o projeto tem o objetivo de: Permitir

Leia mais

FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃODE RECURSOS HUMANOS DA ANTT

FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃODE RECURSOS HUMANOS DA ANTT FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃODE RECURSOS HUMANOS DA ANTT Quadro de Servidores SITUAÇÃO 2008 2009 Abril 2010 CARGOS EFETIVOS (*) 429 752 860 Analista Administrativo 16 40 41 Especialista em Regulação 98 156 169

Leia mais

A experiência do IRSSL com o Contrato de Gestão do HMIMJ

A experiência do IRSSL com o Contrato de Gestão do HMIMJ A experiência do IRSSL com o Contrato de Gestão do HMIMJ O contexto Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio Libanês (2005) Assistencialismo Hospital Municipal Infantil Menino Jesus (2005) Responsabilidade

Leia mais

Diretoria de Informática

Diretoria de Informática Diretoria de Informática Estratégia Geral de Tecnologias de Informação para 2013-2015 EGTI 2013-2015 Introdução: Este documento indica quais são os objetivos estratégicos da área de TI do IBGE que subsidiam

Leia mais

Realizar pesquisas de satisfação da comunidade frente aos serviços prestados e torná-las públicas

Realizar pesquisas de satisfação da comunidade frente aos serviços prestados e torná-las públicas PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS FT DE GESTÃO PÚBLICA - "A SANTA MARIA QUE QUEREMOS" Visão: Que em 2020 Santa Maria seja um município que preste Serviços de Qualidade a seus cidadãos, com base

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA DO SISTEMA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI Nº 002/2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA DO SISTEMA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI Nº 002/2015 INSTRUÇÃO NORMATIVA DO SISTEMA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI Nº 002/2015 DISPÔE SOBRE AS NORMAS E PROCEDIMENTOS NO TOCANTE À AQUISIÇÃO, LOCAÇÃO E UTILIZAÇÃO DE SOFTWARE, HARDWARE, SUPRIMENTOS DE TECNOLOGIA

Leia mais

Caso Embrapa: Processo de planejamento da contratação e demonstração de economicidade: outsourcing de impressão 12 Dezembro, 2012

Caso Embrapa: Processo de planejamento da contratação e demonstração de economicidade: outsourcing de impressão 12 Dezembro, 2012 Caso Embrapa: Processo de planejamento da contratação e demonstração de economicidade: outsourcing de impressão 12 Dezembro, 2012 Edméia Leonor Pereira de Andrade Chefe do DTI Agenda? A Embrapa? Governança

Leia mais

Plano de Ação 2015: Objetivos estratégicos, Indicadores, Metas e Projetos priorizados

Plano de Ação 2015: Objetivos estratégicos, Indicadores, Metas e Projetos priorizados E77p Espírito Santo. Tribunal de Contas do Estado. Plano de Ação 2015: Objetivos estratégicos, Indicadores, Metas e Projetos priorizados / Tribunal de Contas do Estado. Vitória/ES: TCEES, 2015. 13p. 1.Tribunal

Leia mais

Gestão e Tecnologia da Informação

Gestão e Tecnologia da Informação Gestão e Tecnologia da Informação Superintendência de Administração Geral - SAD Marcelo Andrade Pimenta Gerência-Geral de Gestão da Informação - ADGI Carlos Bizzotto Gilson Santos Chagas Mairan Thales

Leia mais