Engenheiros Agrônomos e Florestais, Biólogos, profissionais de nível superior da área de Fitossanidade.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Engenheiros Agrônomos e Florestais, Biólogos, profissionais de nível superior da área de Fitossanidade."

Transcrição

1 OBJETIVO O curso de MBA-IAC em Fitossanidade objetiva reunir conhecimentos sobre Fitossanidade, segurança na agricultura, gestão de pessoas e comunicação, com abordagem teórica e prática. O curso trará a competência e a diversidade científica do IAC, aplicadas à difusão e transferência de conhecimento na área agrícola, com caráter interdisciplinar, associando a área técnica a informações sobre gestão e comunicação. Associados, esses conhecimentos podem gerar eficazes ferramentas para levar aos diversos públicos o conhecimento agrícola e suas relações com os universos rural e urbano, desde as atividades da agricultura até a disponibilização do produto final ao consumidor, abrangendo diferentes aspectos da cadeia produtiva. PÚBLICO ALVO Engenheiros Agrônomos e Florestais, Biólogos, profissionais de nível superior da área de Fitossanidade. CARGA HORÁRIA: 560 horas. 1

2 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO MÓDULO 1 AGRONEGÓCIO Docentes: Guilherme Soria Bastos Filho e Luiz A. Pinazza Conceitos. Cadeias no agronegócio (organização, setores, arranjos produtivos locais). A importância do agronegócio na economia brasileira. Políticas agroindustriais e cadeias produtivas. Grandes temas (barreira comercial, meio ambiente, legislação trabalhista, estrangeiros e fundos de investimento). Crédito rural e financiamento (novos títulos e derivativos). O perfil do produtor agrícola brasileiro. Custos e margem bruta. Fontes de financiamento para a produção e operações de troca (barter). Análise da cadeia e o setor de defensivos no Brasil. Desafios (profissionalização e sucessão familiar, pesquisa e tecnologia). Cenários para a agricultura brasileira e mundial. MÓDULO 2 - GESTÃO EMPRESARIAL & FINANÇAS Docentes: Alessandro Ramos Costa Contempla métodos de administração de empresas, orientados a controles financeiros e planejamento, objetivando a projeção e realização de resultados financeiros reais. Pensamento financeiro aplicado à gestão integrada de negócios; Matemática financeira básica; Ciclo econômico e ciclo financeiro; Administração e controle de fluxo de caixa; Administração de prazos de recebimentos e pagamentos; Administração de estoques; Orçamento; Formação e administração de capital de giro; Formação dos custos; Formação de preço de venda; Sistemas de financiamento; Medição de viabilidade e retorno sobre negócios; Análise e tomada de decisão com base em cenários. 2

3 MÓDULO 3 MARKETING Docente: Eduardo Eugênio Spers Apresentar uma visão geral do conceito de marketing, do sistema de marketing, da administração de marketing e suas especificidades para o segmento agrícola e agroindustrial. Discutir os aspectos estratégicos e tático-operacionais do marketing em diferentes sistemas agroindustriais. Fornecer uma base para o processo de análise do mercado e do ambiente de marketing para os agronegócios. Discutir o papel e a função do marketing e a sua capacidade de gerar valor às organizações do agronegócio. Capacitar o aluno na elaboração e na avaliação de um plano de marketing para sistemas agroindustriais. Percepções, atitudes e o comportamento do consumidor final de alimentos, fibras e bioenergia. Comportamento, segmentação e marketing de relacionamento aplicado ao consumidor rural. MÓDULO 4 - GESTÃO DE PESSOAS Docentes: Jeffrey Abrahams e Rosana Gammaro Pilares de Sucesso de uma empresa, estratégia, finanças, sistemas de informação e medidas, tecnologia, pessoas, desenho organizacional, cargos e salários, sistema hay, avaliações de desempenho, gestão de pessoas e liderança, cultura empresarial. Desenvolvimento e treinamento, executivo transgênico. Atração - seleção e formas de retenção, descrição de uma função, conhecimentos, Know how, competências (Como medir, tipos de testes, avaliações); valores; perfis e estilo. Sistemas de Recrutamento, desenvolvimento, retenção. Características dos traços genéticos de um high potential. "Como "fazer o "roguing", seleção natural e hibridação veículo e DNA inserido e como inserir" traits". Necessidades das empresas. Coaching - O que é tipos, vantagens. Você líder, seu perfil. Exercício final. 3

4 MÓDULO 5 - ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Docentes: Alessandro Ramos Costa Contempla métodos de administração de empresas, orientados a desenvolvimento de ações de cunho estratégico e tático mercadológico e planejamento empresarial focado em resultados. Planejamento empresarial como estratégia de sucesso no mercado globalizado; Competitividade e empreendedorismo; Gestão estratégica empresarial; Ferramentas de análise estratégica; Construção de modelos estratégicos com foco em resultados; Esferas estratégicas integradas a táticas e operações; Plano de negócio; Aplicação de planos estratégicos em agronegócios. MÓDULO 6 - LEGISLAÇÃO BRASILEIRA DE AGROTÓXICOS Docentes Júlio César Britto; Guilherme Luiz Guimarães e Luis C. Ribeiro Legislação Federal de Agrotóxicos e Procedimentos para Registro, Pesquisa e Experimentação: - Análise Agronômica; Rótulos e bulas; Estações Experimentais. Avaliação Toxicológica: Estudos Agudos, Sub-Crônicos, Crônicos e Especiais; Ingestão Diária Aceitável; Limite Máximo de Resíduos; Classificação Toxicológica. Avaliação Ambiental Potencial de Periculosidade Ambiental: Propriedades Físico Químicas; Cadeia Alimentar; Comportamento Ambiental; Aspectos Toxicológicos. Legislação Estadual. 4

5 MÓDULO 7: MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA E MONOGRAFIA Docentes: Christina Dudienas, Carla Gomes e Adriana Parada Dias da Silveira. Princípios básicos da pesquisa e experimentação científicas: Conceitos estatísticos básicos; Delineamentos experimentais empregados nos diversos estudos relacionados à fitossanidade; Interpretação de resultados com base na análise estatística. Divulgação científica: Qual a razão para divulgar a ciência: importância e resultados para a pesquisa científica, os profissionais de C, T & I e para a sociedade; Para quem divulgar e como divulgar; Canais de divulgação: interações sociais em eventos, visitas, instituições abertas, exposições; imprensa; Como lidar com a imprensa: linguagem; tempo; o que divulgar: como identificar assunto para divulgar; como lidar com conflitos estudo de caso; o que deve ser evitado no relacionamento com jornalistas; as diferentes interações com os diversos veículos TV, rádio, internet, impressos. Redação científica e Técnicas de apresentação: Princípios da redação científica; Formato de textos científicos e de divulgação técnica; Monografia X discussão crítica; Técnicas de apresentação oral, pôster e outras. MÓDULO 8 BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS E USO EFICIENTE DE DEFENSIVOS Docentes: José Annes Marinho, Luis Carlos Castanheira e Flávio Zambrone Legislação: Legislação federal em segurança do trabalho na área agrícola e qualidade de EPI no Brasil; Portaria 121, Portaria 194, ISO e Diferenciar NR6 e NR31. 5

6 Defesa Vegetal: Importância da Defesa Vegetal no Brasil; Aplicações básicas das boas práticas no campo; Noções básicas a respeito ciclo de vida dos defensivos (desenvolvimento, estudos, custos). Avaliação da Exposição aos defensivos no campo: Avaliação da exposição no uso EPI; Aspectos relevantes na toxicologia de defensivos e a relação com a exposição no campo. MÓDULO 9: MANEJO DE PLANTAS DANINHAS EM CULTIVOS Docentes: Carlos Alberto Azania e Andréa A. Pádua Mathias Azania Princípios e conceitos em plantas daninhas; Estratégias de manejo de plantas daninhas; Características dos principais grupos de herbicidas - mecanismos de ação e comportamento no solo e na planta; Manejo integrado de plantas daninhas em culturas de interesse agrícola; Conceitos e manejo de resistência de plantas daninhas a herbicidas. MÓDULO 10: MANEJO DE PRAGAS EM PLANTAS Docentes: César Pagotto Stein e Marcos Doniseti Michelotto Princípios e conceitos em Entomologia; Métodos de controle de pragas: genético, cultural, mecânico, biológico, legislativo e químico; Conceitos em manejo integrado; Manejo integrado de pragas em culturas de interesse agrícola; Características dos principais grupos químicos de acaricidas e inseticidas; Conceitos e manejo de resistência de pragas a acaricidas e inseticidas. 6

7 MÓDULO 11: MANEJO DE NEMATÓIDES EM PLANTAS Docente: Carlos Eduardo Rossi e Leila Luci Dinardo-Miranda Introdução à Nematologia: aspectos biológicos das principais espécies e sintomatologia; Métodos de controle de nematóides: exclusão, resistência genética, cultural, físico, biológico, e químico; Conceitos e formas de implementar o manejo integrado de nematoides em culturas de interesse agrícola. MÓDULO 12: CONTROLE DE DOENÇAS DE PLANTAS Docentes: Margarida Fumiko Ito, Christina Dudienas e José A. Caram de Souza Dias. Princípios e conceitos em Fitopatologia; Doenças causadas por vírus: epidemiologia, diagnose e controle; Métodos de controle de doenças: genético, cultural, biológico, legislativo e químico; Manejo da resistência de plantas a doenças; Manejo integrado de doenças em culturas de interesse agrícola. MÓDULO 13: TECNOLOGIA E EQUIPAMENTOS DE APLICAÇÃO DE AGROTÓXICOS Docentes: Hamilton Humberto Ramos e Luiz César Pio Conceitos básicos em tecnologia de aplicação de agrotóxicos; Equipamentos de aplicação. 7

8 MÓDULO 14: AVANÇOS E TENDÊNCIAS NA DEFESA FITOSSANITÁRIA Docentes: Marçal Zuppi, Patrícia Cia, Laércio Zambolim e Raquel Ghini Desenvolvimento de pesquisa agrícola nos diferentes aspectos da defesa fitossanitária, Melhoramento genético para resistência de plantas a pragas e doenças, Transgenia e obtenção de plantas transgênicas, Medidas de prevenção à introdução de pragas e patógenos (sistemas de quarentena e técnicas de diagnose), Agricultura de precisão, Mudanças climáticas e fitossanidade, Manejo fitossanitário em pós-colheita, Indução de resistência. 8

Curso - MBA em Fitossanidade

Curso - MBA em Fitossanidade Curso - MBA em Fitossanidade 1. Objetivo O curso de MBA-IAC em Fitossanidade objetiva reunir conhecimentos sobre Fitossanidade, segurança na agricultura, gestão de pessoas e comunicação, com abordagem

Leia mais

MÓDULO 01: CONCEITOS EM MACROECONOMIA Docente: Silvio J. C. Fernandes 15/02/2016 a 28/02/2016

MÓDULO 01: CONCEITOS EM MACROECONOMIA Docente: Silvio J. C. Fernandes 15/02/2016 a 28/02/2016 MÓDULO 01: CONCEITOS EM MACROECONOMIA Docente: Silvio J. C. Fernandes 15/02/2016 a 28/02/2016 (20 horas) Macroambiente Economia Brasileira e Internacional. Economia Internacional Europa, EUA, China e Emergentes.

Leia mais

Curriculum Vitae resumido dos docentes

Curriculum Vitae resumido dos docentes Curriculum Vitae resumido dos docentes José Annes Marinho Engenheiro Agrônomo, formado pela Universidade de Passo Fundo, RS; MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas, RJ e pós-graduação em Proteção

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES E RESPOSTAS.

PERGUNTAS FREQUENTES E RESPOSTAS. PERGUNTAS FREQUENTES E RESPOSTAS. O QUE É IMPORTANTE VOCÊ SABER SOBRE AGROTÓXICOS, CIÊNCIA E TECNOLOGIA. O que são os AGROTÓXICOS? Agrotóxicos, pesticidas, produtos fitossanitários, defensivos agrícolas

Leia mais

Forest Stewardship Council FSC Brasil

Forest Stewardship Council FSC Brasil São Paulo, 19 de dezembro de 2014. Edital de convocação Candidatura para Grupo Consultivo Nacional de Manejo Integrado de Pragas (GCNMIP) O Conselho Brasileiro de Manejo Florestal FSC Brasil, é uma organização

Leia mais

CURRÍCULO RESUMIDO DOS DOCENTES

CURRÍCULO RESUMIDO DOS DOCENTES CURRÍCULO RESUMIDO DOS DOCENTES Alessandro Ramos Costa Empresário do ramo de serviços, fundador e diretor da empresa Mercador Assessoria Empresarial Ltda. Empresa de consultoria organizacional e Mercador

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO FITOSSANITÁRIA NO AGRONEGÓCIO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Abril 2012 ESPM-SUL

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO FITOSSANITÁRIA NO AGRONEGÓCIO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Abril 2012 ESPM-SUL PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO FITOSSANITÁRIA NO AGRONEGÓCIO MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Abril 2012 ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Instituto Phytus Santa Maria Rua Duque de

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL DO EGRESSO. O IFFarroupilha, em seus cursos, prioriza a formação de profissionais que:

PERFIL PROFISSIONAL DO EGRESSO. O IFFarroupilha, em seus cursos, prioriza a formação de profissionais que: PERFIL PROFISSIONAL DO EGRESSO O IFFarroupilha, em seus cursos, prioriza a formação de profissionais que: Tenham competência técnica e tecnológica em sua área de atuação; Sejam capazes de se inserir no

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

A Matriz curricular do curso de Engenharia Agronômica das Faculdades Integradas de Santa Fé do Sul fica estabelecida da seguinte forma:

A Matriz curricular do curso de Engenharia Agronômica das Faculdades Integradas de Santa Fé do Sul fica estabelecida da seguinte forma: 5.2 Objetivo do Curso Capacitar o aluno para que se torne um profissional com habilidades para produzir mais e melhor, com competência para gerenciar e gerar tecnologias que reduzam os impactos negativos

Leia mais

Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café

Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) Norma Técnica Específica da Produção Integrada do Café Marcus Vinícius Martins M.Sc. em Agronomia Fiscal Federal Agropecuária

Leia mais

Legislação Federal e o Sistema de Registro de Agrotóxicos no Brasil

Legislação Federal e o Sistema de Registro de Agrotóxicos no Brasil Seminário Legislação de Agrotóxicos, Receituário Agronomico, Comercialização e Uso - Aspectos Técnicos e Legais Legislação Federal e o Sistema de Registro de Agrotóxicos no Brasil Engº Agrº Júlio Sérgio

Leia mais

Curriculum docentes MBA Fitossanidade

Curriculum docentes MBA Fitossanidade Curriculum docentes MBA Fitossanidade Alessandro Ramos Costa Empresário do ramo de serviços, fundador e diretor da empresa Mercador Assessoria Empresarial Ltda. empresa de consultoria organizacional e

Leia mais

A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES

A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES Campus Graduação na área de Artes Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de Artes em geral. Desenvolver projetos e atividades extra-curriculares nas Artes

Leia mais

3.1. Curso: Auxiliar de Recursos Humanos

3.1. Curso: Auxiliar de Recursos Humanos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL PROFESSOR INTERNO - Nº 09/2014

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - CURSO DE AGRONOMIA (DIURNO)

MATRIZ CURRICULAR - CURSO DE AGRONOMIA (DIURNO) MATRIZ CURRICULAR - CURSO DE AGRONOMIA (DIURNO) Ingressantes a partir de 2015 1º SEMESTRE HORAS 2º SEMESTRE HORAS Introdução à Engenharia Agronômica 60 Metodologia Científica 60 Álgebra Linear 60 Desenho

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 5 05

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

FOLDER PRODUÇÃO INTEGRADA DE ARROZ IRRIGADO. Produção Integrada de Arroz Irrigado

FOLDER PRODUÇÃO INTEGRADA DE ARROZ IRRIGADO. Produção Integrada de Arroz Irrigado FOLDER PRODUÇÃO INTEGRADA DE ARROZ IRRIGADO Produção Integrada de Arroz Irrigado O que é a Produção Integrada de Arroz Irrigado? A Produção Integrada é definida como um sistema de produção agrícola de

Leia mais

Missão do Curso. Objetivos. Perfil do Profissional

Missão do Curso. Objetivos. Perfil do Profissional Missão do Curso A função primordial do Engenheiro Agrônomo consiste em promover a integração do homem com a terra através da planta e do animal, com empreendimentos de interesse social e humano, no trato

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MIGUEL MOFARREJ

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MIGUEL MOFARREJ CURSO: AGRONOMIA 1ª PROVA 07:20 HORAS 2ª PROVA 09:15 HORAS Classe: 1º TERMO MATUTINO Sala: 2ª C H A M A D A Matemática I Prof. Sidney Ferrari ICA Prof. Julio Guerreiro Comunicação e Expressão Profª. Patrícia

Leia mais

MBA Gestão Estratégica do Agribusiness

MBA Gestão Estratégica do Agribusiness MBA Gestão Estratégica do Agribusiness Inscrições Abertas: Início das aulas: 24/08/2015 Término das aulas: 24/08/2016 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às 22h30 Semanal Quarta-Feira 18h30

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO DE AGRONOMIA DO IFES CAMPUS SANTA TERESA

CORPO DOCENTE DO CURSO DE AGRONOMIA DO IFES CAMPUS SANTA TERESA SECRETARIA EDUCAÇÃO SUPERIOR INSTITUTO FERAL DO ESPÍRITO SANTO CORPO DOCENTE DO CURSO AGRONOMIA DO IFES DOCENTE ADRIANO GOLDNER COSTA ALBERTO CHAMBELA NETO ANANIAS OLIVEIRA LIMA ANTONIO ELIAS SOUZA DA

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR E COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR E COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS ORGANIZAÇÃO CURRICULAR E COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS 1 ORGANIZAÇÃO CURRICULAR E COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS SUMÁRIO INTERATIVO ENTENDENDO SOBRE O PROGRAMA TELECURSO TEC... 3 ÁREAS DE ESTUDO DO TELECURSO

Leia mais

Bem-vindo ao futuro da agricultura Esta apresentação reúne os principais fatos observados nos clientes na safra de 2014/2015 no dia-a-dia com o

Bem-vindo ao futuro da agricultura Esta apresentação reúne os principais fatos observados nos clientes na safra de 2014/2015 no dia-a-dia com o Bem-vindo ao futuro da agricultura Esta apresentação reúne os principais fatos observados nos clientes na safra de 2014/2015 no dia-a-dia com o Strider nas fazendas A queda de braço entre custo e produtividade:

Leia mais

I PERÍODO DE TECNOLOGIA EM AGRONEGÓCIO. Disciplina: Administração em Agronegócios

I PERÍODO DE TECNOLOGIA EM AGRONEGÓCIO. Disciplina: Administração em Agronegócios I PERÍODO DE TECNOLOGIA EM AGRONEGÓCIO Disciplina: Administração em Agronegócios A evolução do setor agrícola brasileiro. Os ciclos da agricultura brasileiro. A modernização da agricultura. O crescimento

Leia mais

ENGENHARIA AGRONÔMICA - USP

ENGENHARIA AGRONÔMICA - USP Apresentação ENGENHARIA AGRONÔMICA - USP A Agronomia está intimamente ligada à produção de alimentos, sejam estes de origem animal ou vegetal. Compete ao Engenheiro Agrônomo produzir, conservar, transformar

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Manfred Willy Müller Fisiologia Vegetal, Ph.D.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Manfred Willy Müller Fisiologia Vegetal, Ph.D. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Manfred Willy Müller Fisiologia Vegetal, Ph.D. Pesquisas em andamento na Ceplac Manfred Willy Müller Eng. Agro. Ph.D. Centro de Pesquisas do Cacau GENÉTICA

Leia mais

Contribuições das Instituições Brasileiras de Ensino na Formação e Capacitação em Patologia de Sementes na Última Década

Contribuições das Instituições Brasileiras de Ensino na Formação e Capacitação em Patologia de Sementes na Última Década Contribuições das Instituições Brasileiras de Ensino na Formação e Capacitação em Patologia de Sementes na Última Década Norimar D Ávila Denardin Carlos Alberto Forcelini XIX - CONGRESSO BRASILEIRO DE

Leia mais

PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIAS 1. O CENÁRIO DO SETOR AGROPECUÁRIO BRASILEIRO

PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIAS 1. O CENÁRIO DO SETOR AGROPECUÁRIO BRASILEIRO PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIAS 1. O CENÁRIO DO SETOR AGROPECUÁRIO BRASILEIRO A economia brasileira tem passado por rápidas transformações nos últimos anos. Neste contexto ganham espaço novas concepções, ações

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Logística Empresarial

Curso Superior de Tecnologia em Logística Empresarial PRIMEIRA FASE 01 CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I Funções, gráficos e aplicações; cálculo diferencial e aplicações; funções de duas ou mais variáveis: derivadas parciais e aplicações; aplicação computacional

Leia mais

GRADE CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM BIOTECNOLOGIA CAMPUS DE ARARAS

GRADE CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM BIOTECNOLOGIA CAMPUS DE ARARAS GRADE CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM BIOTECNOLOGIA CAMPUS DE ARARAS PERFIL 1 215090 Física para 1 04 220612 Tópicos em Matemática I 04 220663 Introdução a 04 220671 Fundamentos de Química 04 220680

Leia mais

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial 01 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS I EMENTA: Introdução à administração de recursos humanos; orçamento de pessoal; processo de recrutamento e seleção de pessoal; processo de treinamento e desenvolvimento

Leia mais

Curso de MBA. Especialização em GESTÃO SUSTENTÁVEL DO AGRONEGÓCIO (COM ÊNFASE NO NOVO CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIRO)

Curso de MBA. Especialização em GESTÃO SUSTENTÁVEL DO AGRONEGÓCIO (COM ÊNFASE NO NOVO CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIRO) Curso de MBA Especialização em GESTÃO SUSTENTÁVEL DO AGRONEGÓCIO (COM ÊNFASE NO NOVO CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIRO) 1 2 SUMÁRIO 4. FORMATO. 5. CONCEPÇÃO. 7. OBJETIVO. 7. PÚBLICO ALVO. 8. DIFERENCIAIS INOVADORES

Leia mais

25/06/2015 PRODUTOS FITOSSANITÁRIOS. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Câmpus de Jaboticabal DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO. Sinonímias: Agrotóxicos

25/06/2015 PRODUTOS FITOSSANITÁRIOS. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Câmpus de Jaboticabal DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO. Sinonímias: Agrotóxicos UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Câmpus de Jaboticabal Depto. Fitossanidade Tecnologia de Aplicação Introdução Cultivo de plantas graníferas (culturas anuais) na safra 2014/15: Área de 57,21 milhões de ha

Leia mais

MBA DISCIPLINAS DIA HORARIO local ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Aplicação da HP12c em Operações Financeiras 13/09/2014 08hs as 17hs Lab.

MBA DISCIPLINAS DIA HORARIO local ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Aplicação da HP12c em Operações Financeiras 13/09/2014 08hs as 17hs Lab. Obs: As disciplinas citadas abaixo estão alinhadas para o modulo denominado MODULO FINANCEIRO que será ofertado no dia 13/09/14 - PROF. MARCIO CARVALHO ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Aplicação da HP12c em Operações

Leia mais

Eixo Tecnológico: Recursos Naturais PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO

Eixo Tecnológico: Recursos Naturais PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO Administração Central Unidade do Ensino Médio e Técnico GFAC Grupo de Formulação e Análises Curriculares Eixo Tecnológico: Recursos Naturais CAPÍTULO 3 PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO MÓDULO III Habilitação

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria

Leia mais

Um ano de farta colheita

Um ano de farta colheita Um ano de farta colheita Estamos muito felizes, pois o trabalho que realizamos em 2012 rendeu uma farta colheita, como demonstramos neste balanço: o Balanço de Atividades ANDEFedu de 2012. Além de palestras

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA 1 CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INTRODUÇÃO A PUBLICIDADE E PROPAGANDA... 4 02 HISTÓRIA DA ARTE... 4 03 COMUNICAÇÃO

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

FACULDADES GAMMON - HORÁRIO DE AULA PARA O 1º TERMO 2º SL/2015 CURSO: AGRONOMIA

FACULDADES GAMMON - HORÁRIO DE AULA PARA O 1º TERMO 2º SL/2015 CURSO: AGRONOMIA 2ª 07:50 08:40 3ª 09:00 09:50 4ª 09:50 10:40 5ª 10:50 11:40 Tarde 6ª 13:00 13:50 7ª 13:50 14:40 8ª 15:00 15:50 9ª 15:50 16:40 10ª 16:50 17:40 FACULDADES GAMMON - HORÁRIO DE AULA PARA O 1º TERMO 2º SL/2015

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EXCELÊNCIA EM VENDAS

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EXCELÊNCIA EM VENDAS Apresentação Atenta aos movimentos do mercado e ao cenário competitivo vivenciado pelas empresas e profissionais, a ADVB/RS atua na área de educação corporativa e oferece conhecimentos alinhado às principais

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria de

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 39-CEPE/UNICENTRO, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013. Aprova o Curso de Especialização em MBA em Cooperativismo e Desenvolvimento de Agronegócios, modalidade regular, a ser ministrado no Campus Santa

Leia mais

Trabalho resgatado da época do Sinac. Título: Os Defensivos Agrícolas e a Comercialização. Autor: Equipe do Decen e Senar.

Trabalho resgatado da época do Sinac. Título: Os Defensivos Agrícolas e a Comercialização. Autor: Equipe do Decen e Senar. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA Companhia Nacional de Abastecimento Conab Diretoria de Gestões de Estoques Diges Superintendência de Programas Institucionais e Sociais de Abastecimento

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO Ementa: Identificar os elementos básicos das organizações: recursos, objetivos e decisões. Desenvolver

Leia mais

Missão Salesiana de Mato Grosso Universidade Católica Dom Bosco Pró-reitoria de Ensino e Desenvolvimento

Missão Salesiana de Mato Grosso Universidade Católica Dom Bosco Pró-reitoria de Ensino e Desenvolvimento OFERECIMENTO DE DISCIPLINAS A DISTÂNCIA 2011B (27/06/2011) Calendário das disciplinas Tipo Início Término MODULO I 18/07/2011 10/09/2011 MODULO II 12/09/2011 12/11/2011 SEMESTRAL 18/07/2011 12/11/2011

Leia mais

Logística e Organização de Cadeias Produtivas

Logística e Organização de Cadeias Produtivas II SEMANA ACADÊMICA DE ENGENHARIA AGRÍCOLA ENGENHARIA DO AGRONEGÓCIO Logística e Organização de Cadeias Produtivas Prof. Luís César da Silva UFES - CCA Desafios do Agronegócio Globalizado Atender padrões

Leia mais

EVOLUÇÃO DO CONSUMO DE AGROTOXICOS NO BRASIL 2003-2007

EVOLUÇÃO DO CONSUMO DE AGROTOXICOS NO BRASIL 2003-2007 EVOLUÇÃO DO CONSUMO DE AGROTOXICOS NO BRASIL 2003-2007 Resumo com base em dados publicados pela Andef- Associação Nacional das Empresas de Defensivos Agrícolas (ORGANIZADOS pelo Diretor executivo da ANDEF

Leia mais

Mercer College Brasil 2014. Programa de Desenvolvimento em Gestão do Capital Humano

Mercer College Brasil 2014. Programa de Desenvolvimento em Gestão do Capital Humano Mercer College Brasil 2014 Programa de Desenvolvimento em Gestão do Capital Humano APRENDA, PRATIQUE E DESENVOLVA-SE COM O MERCER COLLEGE VISÃO GERAL OBJETIVOS Os objetivos do Programa de Desenvolvimento

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR

ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR Campus Araras/SP ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR MEC Ministério da Educação Ministro: Aloizio Mercadante SESu Secretaria de Ensino Superior Secretário: Amaro Henrique Pessoa Lins UFSCar Universidade Federal de

Leia mais

BASF Cana Crescer a cada desafio

BASF Cana Crescer a cada desafio BASF Cana Crescer a cada desafio Pag. 1 Pag. 2 Soluções integradas por todo o ciclo da cana-de-açúcar. Pag. 3 Cada dia nos desafia a crescer. Pag. 4 Buscar oportunidades para produzir mais, melhor e com

Leia mais

Quem somos. A maior franquia de jardinagem do Brasil! Nosso foco é tratamento e nutrição de plantas e gramados;

Quem somos. A maior franquia de jardinagem do Brasil! Nosso foco é tratamento e nutrição de plantas e gramados; Conheça a maior franquia de jardinagem do Brasil! Sobre nós A Ecojardim partiu do sonho de um jovem técnico agrícola que tinha em suas mãos mais de 15 anos de experiência nos mercados de agricultura e

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1 BUSINESS GAME UGB Eduardo de Oliveira Ormond Especialista em Gestão Empresarial Flávio Pires Especialista em Gerencia Avançada de Projetos Luís Cláudio Duarte Especialista em Estratégias de Gestão Marcelo

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Apresentação O programa de MBA em Estratégia e Liderança Empresarial tem por objetivo preparar profissionais para

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE S (ÁREA: GESTÃO) TECNÓLOGO SERIADO ANUAL - NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização:A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO

Leia mais

INFORMAÇÕES - CREDENCIADOS 2011

INFORMAÇÕES - CREDENCIADOS 2011 Consultorias INFORMAÇÕES - CREDENCIADOS 2011 Telefones 1 AMPLA CONSULTORIA (11) 3231-1927/ 9182.9490 amplacte@ig.com.br; 2 (11) 2959-3801 /83481325 bureau.de.negocios@terra.com.br; 3 ATUALIZAR CONSULTORIA

Leia mais

MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas

MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas Página 1 de 6 MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas Carga Horária: 360 horas/ aulas presenciais + monografia orientada. Aulas: sábados: 8h30 às 18h, com intervalo para almoço. Valor: 16 parcelas

Leia mais

Culturas de Suporte Fitossanitário Insuficiente Cenário Mundial. Recife, 04 de dezembro de 2008

Culturas de Suporte Fitossanitário Insuficiente Cenário Mundial. Recife, 04 de dezembro de 2008 Culturas de Suporte Fitossanitário Insuficiente Cenário Mundial Recife, 04 de dezembro de 2008 Lei 7.802/1989 artigo 3º Agrotóxicos só poderão ser produzidos, importados, exportados, manipulados comercializados

Leia mais

Apresentação da FAMA

Apresentação da FAMA Pós-Graduação Lato Sensu CURSO DE ESPECIIALIIZAÇÃO 444 horras/aulla 1 Apresentação da FAMA A FAMA nasceu como conseqüência do espírito inovador e criador que há mais de 5 anos aflorou numa família de empreendedores

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

VAGAS. Ger Supply Chain. Coord Adm Vendas / Gerente Jr

VAGAS. Ger Supply Chain. Coord Adm Vendas / Gerente Jr VAGAS Ger Supply Chain Coord Adm Vendas / Gerente Jr Superior Completo e MBA em Logística Experiência na posição de 5 anos mínimo Reporte: Diretor Industrial Inglês Fluente e desejável espanhol Reportando-se

Leia mais

Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Manhã Tarde Manhã Tarde Manhã Tarde Manhã Tarde Manhã Tarde

Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Manhã Tarde Manhã Tarde Manhã Tarde Manhã Tarde Manhã Tarde BLOCO I ANFITEATRO A 78 carteiras c/ PG - EA Manutenção e Lubrificação de Máquinas Agrícolas PG -EA Ensaio de Máquinas Agrícolas Radiação Solar- SALA 2 SALA 3 SALA 4 50 carteiras c/ SALA 7 SALA 8 SALA

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

Uso da biotecnologia garante US$ 3,6 bilhões à agricultura brasileira, aponta novo estudo da ABRASEM

Uso da biotecnologia garante US$ 3,6 bilhões à agricultura brasileira, aponta novo estudo da ABRASEM Uso da biotecnologia garante US$ 3,6 bilhões à agricultura brasileira, aponta novo estudo da ABRASEM Resultados incluem primeiro ano de cultivo de milho geneticamente modificado, além das já tradicionais

Leia mais

A PRODUÇÃO INTEGRADA DE CITROS - PIC Brasil

A PRODUÇÃO INTEGRADA DE CITROS - PIC Brasil A PRODUÇÃO INTEGRADA DE CITROS - PIC Brasil Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico José Antonio Alberto da Silva Pesquisador Científico APTA-Colina Coordenador da PIC no Estado de

Leia mais

Desenvolvimento De Competências Técnicas Para o Manejo De Estufas Agrícolas

Desenvolvimento De Competências Técnicas Para o Manejo De Estufas Agrícolas III CURSO DE IMERSÃO EM CULTIVO PROTEGIDO DE TOMATE DE MESA 2015 Desenvolvimento De Competências Técnicas Para o Manejo De Estufas Agrícolas OBJETIVOS De 9 a 13 de JUNHO de 2015 Cunha - SP Iniciar e aprofundar

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ECO003 ECONOMIA DE EMPRESAS I Organização econômica e problemas econômicos. Demanda, oferta e elasticidade. Teoria do consumidor. Teoria da produção e da firma, estruturas e regulamento de

Leia mais

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Engenharia Agrícola e dá outras providências.

Leia mais

X (X-X): Total de Créditos (Carga Teórica semanal-carga Prática semanal)

X (X-X): Total de Créditos (Carga Teórica semanal-carga Prática semanal) Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Curso: Engenharia Agrícola e Ambiental Matriz Curricular 1 Período IB 157 Introdução à Biologia 4 (2-2) IT 103 Técnicas Computacionais em Engenharia 4 (2-2)

Leia mais

Desenvolvimento de software para previsão do comportamento dos pesticidas no ambiente e seu impacto causado na fauna.

Desenvolvimento de software para previsão do comportamento dos pesticidas no ambiente e seu impacto causado na fauna. Desenvolvimento de software para previsão do comportamento dos pesticidas no ambiente e seu impacto causado na fauna. Adolfo Luís de CARVALHO 1 ; Vinícius Alves SILVA 2 ; Gustavo Rabelo Botrel MIRANDA

Leia mais

Muito Satisfatório Satisfatório Pouco Satisfatório

Muito Satisfatório Satisfatório Pouco Satisfatório Muito Satisfatório Satisfatório Pouco Satisfatório 160 140 135 120 100 105 113 80 60 43 40 32 20 0 7 0 1 0 Questão 01 Questão 02 Questão 03 Q1: Informe o grau de satisfação referente a palestra sobre a

Leia mais

Curso de Qualificação Profissional: AGROECOLOGIA E AGRICULTURA FAMILIAR

Curso de Qualificação Profissional: AGROECOLOGIA E AGRICULTURA FAMILIAR Curso de Qualificação Profissional: AGROECOLOGIA E AGRICULTURA FAMILIAR Justificativa: A agricultura familiar é responsável por parte considerável da produção agrícola do país, abastecendo principalmente

Leia mais

SÚMULA DA 53ª REUNIÃO DA CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, REALIZADA EM 09.11.2006 INÍCIO: 08:30 hs. - ENCERRAMENTO: 12:00 hs.

SÚMULA DA 53ª REUNIÃO DA CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, REALIZADA EM 09.11.2006 INÍCIO: 08:30 hs. - ENCERRAMENTO: 12:00 hs. SÚMULA DA 53ª REUNIÃO DA CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, REALIZADA EM 09.11.2006 INÍCIO: 08:30 hs. - ENCERRAMENTO: 12:00 hs. CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO: 01 - Processo nº 25/2006 Unidade Universitária:

Leia mais

QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ELETRÔNICA INTEGRADO

QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ELETRÔNICA INTEGRADO 1 QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ELETRÔNICA INTEGRADO DISCIPLINAS Dispositivos Semicondutores de Potência (Eletrônica Integrado) GRADUAÇÕES Eletroeletrônica

Leia mais

Gestão. Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Qualidade. Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

Gestão. Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Qualidade. Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da Qualidade Gestão O tecnólogo em Gestão da Qualidade é o profissional que desenvolve avaliação sistemática dos procedimentos, práticas e rotinas internas e externas de uma entidade, conhecendo e aplicando

Leia mais

Desenvolvendo competências nos gestores públicos

Desenvolvendo competências nos gestores públicos Desenvolvendo competências nos gestores públicos Walter Sigollo Superintendente de Recursos Humanos e Qualidade 26/maio/2011 Contexto do País - Mercado Estudo Mercer Consulting Outsourcing - abril 2011

Leia mais

PROJETO CAMPO FUTURO CUSTO DE PRODUÇÃO DO CAFÉ EM LUÍS EDUARDO MAGALHÃES-BA

PROJETO CAMPO FUTURO CUSTO DE PRODUÇÃO DO CAFÉ EM LUÍS EDUARDO MAGALHÃES-BA PROJETO CAMPO FUTURO CUSTO DE PRODUÇÃO DO CAFÉ EM LUÍS EDUARDO MAGALHÃES-BA Os produtores de Luís Eduardo Magalhães se reuniram, em 09/04, para participarem do levantamento de custos de produção de café

Leia mais

Projeto de Vendas e Marketing. Projeto de Vendas A ARTE DE VENDER. Instituição: Profissional em Marketing: Emir José Nogueira Mendonça 1 / 19

Projeto de Vendas e Marketing. Projeto de Vendas A ARTE DE VENDER. Instituição: Profissional em Marketing: Emir José Nogueira Mendonça 1 / 19 Projeto de Vendas A ARTE DE VENDER Instituição: Profissional em Marketing: Emir José Nogueira Mendonça 1 / 19 Carga Horária: Horas Período: / / CONTEÚDO PROGRAMÁTICO TEMAS 1. Conceito 2. Características

Leia mais

Boas Práticas Agricolas na Agricultura Familiar Orientações sobre Boas Práticas Agrícolas

Boas Práticas Agricolas na Agricultura Familiar Orientações sobre Boas Práticas Agrícolas SOYPSI/BACP Boas Práticas Agricolas na Agricultura Familiar Orientações sobre Boas Práticas Agrícolas Gebana Brasil- Coopafi-Emater 06 DE JULHO 2012 NO PARQUE DE EXPOSIÇÕES EVENTO REALIZADO EM CAPANEMA

Leia mais

Como fazer o seu primeiro MBA?

Como fazer o seu primeiro MBA? GRADE CURRICULAR Como fazer o seu primeiro MBA? Escolha o MBA desejado no seu escritório virtual e confira a Grade Curricular do curso. Faça um a um, todos os módulos referentes ao MBA escolhido baseando-se

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING MÓDULO I 304101 FUNDAMENTOS DE MARKETING Fundamentos do Marketing. Processo de Marketing.

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Comércio

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Comércio Habilitação: Comércio Aviso: Este catálogo é constantemente atualizado pelo Centro Paula Souza para obter informações atualizadas consulte o site: www.cpscetec.com.br/crt Comércio de Compras (EII) - Habilitação

Leia mais

Comunicado Edital 07/2013 IPIRANGA DO NORTE

Comunicado Edital 07/2013 IPIRANGA DO NORTE Comunicado Edital 07/2013 A Comissão de Seleção do PRONATEC Campus Sorriso, designada pelas Portarias nº 020/2013, nº 024/2013 e 026/2013 serve-se do presente para publicar o Resultado Preliminar de Análise

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Projetos tem por fornecer conhecimento teórico instrumental que

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL 1 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2013.1 Atualizado em 7 de agosto BRUSQUE de 2013 pela Assessoria (SC) de Desenvolvimento 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 3 01 INTRODUÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E AMBIENTAIS CAMPUS CEDETEG, GUARAPUAVA, PR

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E AMBIENTAIS CAMPUS CEDETEG, GUARAPUAVA, PR UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E AMBIENTAIS CAMPUS CEDETEG, GUARAPUAVA, PR EDITAL nº 18/2015 PPGA/UNICENTRO ABERTURA DE INSCRIÇÕES DE CANDIDATOS À MATRÍCULA EM DISCIPLINAS

Leia mais

Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária Situação Atual e Propostas para a Indução de Melhorias Através da Inovação Tecnológica

Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária Situação Atual e Propostas para a Indução de Melhorias Através da Inovação Tecnológica Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária Situação Atual e Propostas para a Indução de Melhorias Através da Inovação Tecnológica E V A L D O F E R R E I R A V I L E L A E V A L D O V I L E L A @ G

Leia mais

A necessidade do profissional em projetos de recuperação de áreas degradadas

A necessidade do profissional em projetos de recuperação de áreas degradadas A necessidade do profissional em projetos de recuperação de áreas degradadas Moacyr Bernardino Dias-Filho Engenheiro Agrônomo, pesquisador da Embrapa Amazônia Oriental, Belém, PA www.diasfilho.com.br Conceito

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 16/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase Cód. I

Leia mais

Análise de risco em alimentos, com foco na área de resistência microbiana

Análise de risco em alimentos, com foco na área de resistência microbiana IV CONGRESSO BRASILEIRO DE QUALIDADE DO LEITE Análise de risco em alimentos, com foco na área de resistência microbiana Perigo (hazard): agente biológico, químico ou físico, ou propriedade do alimento

Leia mais

RECURSOS HUMANOS EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO

RECURSOS HUMANOS EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO RECURSOS HUMANOS EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA Técnicas de leitura, interpretação e produção de textos, expressão oral e apresentação de trabalhos acadêmicos, argumentação

Leia mais